Leilão Live Online 390 I Antiguidades, Arte Moderna e Contemporânea

Page 1

PALÁCIO DO CORREIO VELHO LEILÕES E ANTIGUIDADES, S.A.

1


2

Antiguidades Arte Moderna e Contemporânea 390 Leilão Live Online Presencial 13, 14 e 15 Dezembro 2021 19h00 Exposição 10, 11 e 12 Dezembro www.pcv.pt



136

469 133

470

164

161

4

210

169

170

222 221 173

132

474 211


5


CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

CEO - Chief Executive Officer João Thomaz Perestrello Pinto Ribeiro CFO - Chief Finantial Officer Sebastião Pinto Ribeiro CAO - Chief Administrator Officer Sérgio Seabra de Sousa ASSEMBLEIA GERAL Ana Pinto Ribeiro

EQUIPA

COORDENAÇÃO GERAL Clara de Mello DEPARTAMENTO COMERCIAL Sara de Sousa e Andrade Mariana Ramirez DEPARTAMENTO APOIO AO CLIENTE

6

Sóraia Paulino Mariana Sousa Rosa Mateus RESTAUROS Ana de Castro DEPARTAMENTO PERITAGEM E CATALOGAÇÃO GERAL Maria Reis Maria Inês Augusto JOALHARIA E OURIVESARIA Henrique Braga (Consultor Joias) Sofia Ruival (Consultora Ourivesaria) LIVROS RAROS E MANUSCRITOS Isabel Maiorca Carolina Pires Tatiana Rodrigues ARMAS ANTIGAS - MILITÁRIA José Faria e Silva Dom Vasco Teles da Gama HERÁLDICA E GENEALOGIA Lourenço Correira de Matos

DEPARTAMENTO FINANCEIRO E ADMINISTRATIVO Marta Soares Sara Alves Carla Figueiredo DEPARTAMENTO MARKETING, DESIGN, IMAGEM COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIA DESIGN E PAGINAÇÃO Margarida Leote MARKETING E COMUNICAÇÂO DIGITAL Tânia Alegria FOTOGRAFIA E PRÉ-IMPRESSÃO Daniel Viana Martins Pedro Ramos dos Santos Jorge Nabais CONSULTORIA INFORMÁTICA José Pinto Ribeiro DEPARTAMENTO LOGÍSTICA E TRANSPORTES António Marques Márcia Sousa Rodrigo Esteves Nuno Guerreiro Nuno Borges TIPOGRAFIA AGIR DEPÓSITO LEGAL: 492524/21

LOTE DE CONTRACAPA 335

PALÁCIO DO CORREIO VELHO - LEILÕES E ANTIGUIDADES, S.A. Calçada do Combro, 38 A - 1º . 1200-114 Lisboa, Portugal | tel +351 213 242 980 | fax +351 213 426 536 | email mail@pcv.pt


7

Lote 129

PROVENIÊNCIAS <Antiga Colecção Alice Nazareth Fernandes <Família Calheiros Viegas d’Almeida Leitão <Colecção Comandante Jorge Bandeira <Família Freitas Branco <Casa em Évora de Maria Luísa Murteira <Antiga Colecção António Capucho, José Abecassis e outras proveniências <Colecção Prof. Malafaya Baptista <Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz <Colecção Maria Velho Falcão Pinto Monteiro <Colecção José Osório de Castro <Quinta de São João, Sintra <Espólio do artista plástico Eduardo Nery <Antiga Colecção Condes de Ficalho


8


1ª Sessão - 13 de Dezembro de 2021 às 19.00h - Lote 001 a 253

001 Paliteiro em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Figura feminina de “equilibrista” segurando estrela, em vulto perfeito, sobre selim de uma bicicleta. Assente em base de formato elíptico, com quatro pés vazados. Com contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Defeitos e faltas. Peso aprox.: 142 g.; Alt. aprox.: 22 cm. € 160 / € 200

9

001

002

002 Paliteiro em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Figura masculina a tocar flauta, em vulto perfeito, junto a vaso com duas asas em animal fantástico, apoiado em elemento de enrolamentos vegetalistas. Assente em base de formato rectangular. Com contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Pequenos defeitos e sinais de uso, Peso aprox.: 276 g.; Alt. aprox.: 16,5 cm. € 180 / € 400

003 Paliteiro em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Burro em vulto perfeito, junto a tronco com ramo e folhagens, com copo de bordo recortado. Assente em base alteada com motivos vegetalistas, com três pés (um partido). Com contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Faltas, falhas e defeitos. Peso aprox.: 170 g.; Alt. aprox.: 16,5 cm. € 140 / € 300 003


004

007 005 006

10

004 Salva em prata portuguesa de António Firmo da Costa, séc. XIX. Bordo estriado, com fundo liso, assente sobre três pés de enrolamentos. Contraste de Lisboa (L-37.0a), 1804 a c.1812, e marca de ourives gasta, possivelmente AFC (L-86.0), de António Firmo da Costa, 1793 a 1824. Sinais de uso, riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 858 g.; Diam. aprox.: 33 cm. € 800 / € 1.600

005 Galheteiro D. Maria com suporte em prata portuguesa, séc. XIX, com duas galhetas, uma mostardeira e um polvilhador em vidro com decoração a dourado. Suporte liso de formato circular, com dois níveis separados por quatro colunas, com pega central. Galhetas, mostardeira e polvilhador, parcialmente dourados e gravados, com decoração de estrelas, grinaldas e motivos vegetalistas. Com marca de contraste do Porto (P-28.0a), em uso c.1810 a 1839, e marca de ourives gasta, possivelmente MIN (P-502.0 ou 502.0a), atribuível a Manuel José da Nóbrega, datável de 1794 a 1825. Falhas, faltas, gastos, riscos e defeitos. Peso aprox.: 558 g.; Alt. aprox.: 26,5 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 300 / € 600

006 Tesoura de morrões com bandeja em prata portuguesa, séc. XIX. Bandeja de formato rectangular com bordo de gradinha, assente sobre quatro pés de garra e bola, Tesoura de morrões com hastes de gradinha e apagador decorado com flores. Com marca de contraste de Lisboa (L-42.0b), em uso de 008

c.1822 a c.1860, e marca de ourives JPVD (L-442.0), atribuível a Joaquim Prudêncio Vital Dinis, em uso de 1812 a c.1852. Pequenos defeitos e riscos. (2) Peso aprox.: 268 g., Comp. aprox.: 18 cm. e 14 cm. € 200 / € 400

007 Par de saleiros em prata francesa, séc. XIX/ XX, com quatro almas em vidro azul. Pega central decorada com enrolamentos, cachos de uvas e parras, com dois saleiros de formato elíptico, decorados com grinaldas e cabeças femininas, assente sobre quatro pés de enrolamento. Com marca de contraste francesas, de 950 milésimos, em uso de 1838 a 1973, e marca de ourives F G, não identificado. Duas almas partidas e coladas. Restauros, faltas e defeitos. (2) Peso aprox.: 456 g.; Comp. aprox.: 16,3 cm.; Alt. aprox.: 10 cm. € 300 / € 600

008 Cafeteira em prata francesa de Puiforcat, séc. XIX/XX, com asa em pau-santo. Corpo liso em forma de balaústre, botão da tampa em forma de botão de flor. Com contraste


009

francês, em uso no séc. XIX/XX, de 950 milésimos, e marca de ourives Puiforcat. Riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 404 g.; Alt. aprox.: 20 cm. Émile Puiforcat cria a famosa ourivesaria Puiforcat em 1820, juntamente com o seu irmão Jean-Baptiste Fuchs. Em 1857 regista o contraste apresentado nesta peça, numa moldura em forma de losangulo, com um faca ao centro, ladeada pelas iniciais E e P, de Émile Puiforcat. € 200 / € 400

009 Estrutura de galheteiro em prata francesa Império, séc. XIX, com encaixe para duas galhetas. Com pega central decorada com cabeças de felinos, encaixes com gradinha sustentada por três “putto”, assente em base elíptica com quatro pés de garra. Decoração com frisos de folhagens. Contraste de Paris, de 950 milésimos, em uso de 1819 a 1838, e remarcadas portuguesas, de importação particular e contraste de Lisboa (Águia), de 916 milésimos, em uso no séc. XX. Junto com adaptação de dois copos em vidro moldado. Defeitos, riscos e pequenas amolgadelas. Peso aprox.: 656 g.; Alt. aprox.: 30,5 cm. € 300 / € 600

010

010 Serviço chá em prata portuguesa, séc. XIX, composto por bule, açucareiro, leiteira e tigela de pingos. Corpo decorado com frisos, com frutos em relevo ou guilhochados, e cercaduras com flores. Assente sobre quatro pés de bola, bule com asa em madeira entalhada. Com marca de contraste do Porto (P-35.0), em uso em c.1853 a 1855, com marca de ourives LARA (P-454.0), atribuível a Luís António Rodrigues de Araújo. Um pé muito oxidado. Oxidações, riscos, amolgadelas e pequenos defeitos. (4) Peso total aprox.: 2594 g.; Alt. máx. aprox.: 20 cm. € 1.200 / € 2.000

011 Par de saleiros duplos neoclássicos em prata francesa, séc. XIX, com almas em vidro azul. Pega central com enrolamentos vegetalistas, com dois encaixes elípticos vazados, decorados com grinaldas e laços. Com marca de Paris, de 950 milésimos, em uso de 1838 a 1973, e marca de ourives de Paillard Fréres (1868-1888). Defeitos, falhas, faltas e restauros. (2) Peso aprox.: 134 g.; Comp. aprox.: 13,5 cm. € 180 / € 300

011

11


012 Par de castiçais D. Maria em prata portuguesa, de início do séc. XIX. Fuste em forma de coluna facetada, assente em base circular com caneluras côncavas. Com marca de contraste do Porto (P-18), em uso c.1803 a 1810, e marca de ourives APD (P-90.0), não identificado, da mesma época. Um castiçal ligeiramente torto. Pequenos defeitos, riscos e sinais de uso. (2) Peso aprox.: 672 g.; Alt. aprox.: 23,5 cm. € 800 / € 1.200

12

013 Taça de brandy (tambuladeira) em prata holandesa, séc. XVIII. Corpo lobulado decorado com enrolamentos vegetalistas, medalhão liso encimado por coroa estilizada. Com duas asas recortadas decoradas com cabeças. Assente sobre pé central lobulado. Com contraste holandês da cidade de Zwolle, provincia de Overijsel, em uso no ano em 1726 e remarcas holandesas, em uso de 1814 a 1953, de 833 milésimos. Pequenos defeitos e pequenas amolgadelas. peso aprox.: 106 g.; Comp. aprox.: 16,5 cm.; Diam. aprox.: 10,5 cm. € 400 / € 800

013


13

014 Salva em prata portuguesa, trabalho atribuível ao final do séc. XVII, séc. XVIII. Bordo ondulado e corpo com decoração repuxada e cinzelada, de gomos largos e espiralados, decorados com flores relevadas e ponteadas. Centro circular alteado, decorado com cesto de flores. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Pequenos restauros e pequenos defeitos. Peso aprox.: 274 g.; Diam. aprox.: 28,5 cm. € 400 / € 800


015 Cómoda em formato meia-lua, Luís XVI, do séc. XVIII, em diversas madeiras, com duas portas e dois gavetões. Tampo em mármore recortado acompanhando as linhas da cintura, moldurado por rebaixo, em tons de salmão, cinzento e branco. Decoração de marchetaria, em madeira contrastante e tingida de verde, representando objectos do quotidiano, troféu de música e urnas com flores. Interior das portas com uma prateleira. Com aplicação de montagens em bronze dourado, com motivos arquitectónicos, laços e frisos de perlado. Resaturos, vestígios de caruncho, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 84 x 116 x 50 cm. € 3.000 / € 6.000

14


15


016 Covilhete de bordo recortado em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa tendo ao centro reserva com figuras europeias, estando a figura feminina representada de pé, segurando lenço, protegendo o seu amante adormecido, dos raios de sol. Friso de grinaldas de flores. Cabelo e gastos. Comp. aprox.: 13 cm. “La Porcelaine des Compagnies des Indes a décor occidental” de François et Nicole Hervouët e Yves Bruneau, pág. 159, fig.: 7.49. € 200 / € 400

016

16

017

017 Bule em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa tendo ao centro reserva com figuras europeias, estando a figura feminina representada de pé, segurando lenço, protegendo o seu amante adormecido, dos raios de sol. Friso de grinaldas de flores. Botão da tampa em forma de fruto. Pequenas falhas e gastos. Alt. aprox.: 15 cm “La Porcelaine des Compagnies des Indes a décor occidental” de François et Nicole Hervouët e Yves Bruneau, pág. 159, fig.: 7.49. € 800 / € 1.600

018 Frasco de chá em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa tendo ao centro reserva com figuras europeias, estando a figura feminina representada de pé, segurando lenço, protegendo o seu amante adormecido, dos raios de sol. Friso de grinaldas de flores. Falta da tampa. Gastos e falhas. Alt. aprox.: 11,5 cm. “La Porcelaine des Compagnies des Indes a décor occidental” de François et Nicole Hervouët e Yves Bruneau, pág. 159, fig.: 7.49. € 300 / € 600

018


019 Covilhete de bordo recortado em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa tendo ao centro reserva com figuras europeias, estando a figura feminina representada de pé, segurando lenço, protegendo o seu amante adormecido, dos raios de sol. Friso de grinaldas de flores. Gastos. Comp. aprox.: 18,5 cm. “La Porcelaine des Compagnies des Indes a décor occidental” de François et Nicole Hervouët e Yves Bruneau, pág. 159, fig.: 7.49. € 300 / € 600 020 Cafeteira em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa tendo ao centro reserva com figuras europeias, estando a figura feminina representada de pé, segurando lenço, protegendo o seu amante adormecido, dos raios de sol. Friso de grinaldas de flores. Asa dupla entrelaçada decorada com flores a dourado. Botão da tampa em forma de fruto. Gastos. Alt. aprox.: 22 cm. “La Porcelaine des Compagnies des Indes a décor occidental” de François et Nicole Hervouët e Yves Bruneau, pág. 159, fig.: 7.49. € 1.000 / € 2.000

019

17

020


021 MARIA REIS (séc. XX) Natureza morta com romãs e objectos Óleo sobre cartão (?) Assinado e datado de 1955 Dim. aprox.: 13 x 16,5 cm. Emoldurado. € 300 / € 600

021

18

022 Bernard Johann DE HOOG (1866/67-1943) Retrato de Senhora Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 38 x 29.5 cm. Emoldurado. € 400 / € 600

022

023 Atribuível a ROMERO DE TORRES, Enrique (1870-1956) Natureza morta com romãs Óleo sobre cartão (?) Assinado e datado de 1938 Dim. aprox.: 13 x 16,5 cm. € 160 / € 300 023


19

024

024 DOMINIQUE ROZIER (1840-1901) Natureza morta com flores Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 65 x 81 cm. Restaurado e reentelado. Emoldurado. € 800 / € 1.600

025 Autor não identificado Natureza morta com vaso com sardinheiras Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 55 x 46 cm. Pequeno restauro. Emoldurado. € 600 / € 1.200 025


026 027

20

026 Par de castiçais/tocheiros em prata portuguesa, séc. XX. Corpo martelado e decorado com cercaduras de caneluras espiraladas. Com chaminé amovível, com decoração vazada em gradinha, com flores estilizadas. Com marca de contraste (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso. (2) Peso aprox.: 1004 g.; Alt. aprox.: 30 cm. € 300 / € 600

028

027 Taça de formato quadrangular em prata portuguesa, séc. XX, de David Ferreira. Corpo martelado e bordo recortado. Com contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos, marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por David Ferreira, Porto. Sinais de uso e riscos.

Peso aprox.: 704 g.; Dim. aprox.: 26,5 x 26,5 cm. € 380 / € 600 028 Cafeteira em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Decoração policromada e dourada com frutos e flores. Asa dupla entrelaçada, terminando em motivos vegetalistas em relevo. Botão da tampa em forma de fruto. Gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 25 cm. € 400 / € 800 029 029 Tapete oriental em lã e seda, em tons de bege, cor-de-laranja, azul, amarelo e encarnado. Profusa decoração com reservas com nichos arquitectónicos e vasos com flores. Barras com decoração floral e com frisos de motivos geométricos e estilizados. Gastos e pequenos defeitos. Dim. aprox.: 150 x 96,5 cm. € 400 / € 800


21

029


030 Floreira com estrutura em prata e cinco floreiras “túlipas” em vidro, junto com “plateau” em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Floreira em arame de prata, decorada com medalhão, grinaldas e cabeças de animal fantástico. Junto com “plateau” de formato rectangular, decorado com motivos vegetalistas, com quatro pés de garra e bola. Verso em madeira e fundo em espelho. Floreira sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c); e “plateau” com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Uma túlipa partida e colada. Defeitos, amolgadelas e restauros. (2) Peso aprox. floreira: 924 g.; Dim. aprox. “plateau”: 67,5 x 35,5 cm.; Comp. aprox. floreira: 55 cm. € 500 / € 1.000

22


23

031 Jarro e bacia em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Corpos decorados com elementos vegetalistas, flores, concheados e enrolamentos. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Defeitos e amolgadelas. (2) Peso aprox.: 3802 g.; Diam. aprox.: 46 cm.; Alt. aprox.: 46,5 cm. € 1.600 / € 2.600


032 Par de mesinhas de cabeceira, em madeira maciça e folheada, com três gavetas e uma prateleira. Tampo em mármore em tons de branco e cinzento, com gradinha em metal amarelo. Pernas torneadas, terminando em pés com montagens em metal amarelo (faltam duas). Puxadores em metal em forma de coroa de louro. Restauros, falhas, faltas e defeitos (2) Dim. aprox.: 77 x 44 x 31,5 cm. € 300 / € 600 033 “Breakfast-table” inglesa, em madeira e madeira de raiz folheada. Tampo basculante, com decoração de filete embutido em madeira contrastante. Assente sobre coluna central gomada terminando em três pernas curvas decoradas com enrolamentos e motivos vegetalistas. Com rodízios. Manchas, riscos e pequenas falhas e defeitos. Dim. aprox.: 72 x 114 cm. € 600 / € 1.000

032

24

033


035 034 038

036 037

034 Salva de três pés em prata inglesa, séc. XIX, assente sobre três pés. Bordo recortado e decorado com enrolamento vegetalistas e concheados, fundo gravado com os mesmos motivos e medalhões com flores, tendo ao centro um timbre gravado. Com marca de Londres, em uso em 1862, de 925 milésimos, e marca de ourives de George John Richards & Edward Charles Brown. Sinais de uso, riscos e pequenas manchas Peso aprox.: 384 g., Diam. aprox.: 21,5 cm. € 180 / € 300

035 Salva em prata inglesa Jorge II, do séc. XVIII, assente sobre três pés de enrolamentos. Bordo recortado decorado com concheados e aletas. Com marca de Londres, em uso em 1758, de 925 milésimos, e marca de ourives de Richard Rugg I. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 758 g.; Diam. aprox.: 28 cm. € 300 / € 600 036 Caneca para cerveja “pint” em metal, com fundo em vidro, também conhecida como “cowboy tankard”. Muitos gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 13,3 cm. € 40 / € 60

037 Tesoura de morrões e bandeja em prata portuguesa, séc. XIX. Bandeja recortada, decorada com enrolamentos vegetalistas, assente sobre quatro pés de garra. Tesoura de hastes recortadas em enrolamentos vegetalistas estilizados. Tesoura sem marcas, atribuível ao séc. XIX/XX, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Bandeja com marca de contraste do Porto (P-40.0), em uso de 1861 a 1870, e marca de ourives LJF (P-459.0), atribuível a Luís José Ferreira. Pequenos defeitos e riscos. (2) Peso aprox.: 292 g.; Comp. aprox.: 24,3 cm. e 17 cm. € 200 / € 400

038 Pequeno gomil em prata dourada inglesa, início do séc. XX. Corpo em forma de elmo invertido, com mascarão sobre concheado junto ao bocal, assente sobre pé parcialmente gomado. Asa perdida em forma de cariátide. Com marca de contraste de Londres, 925 milésimos, em uso de 1909, e marca de ourives de Mappin & Webb. Gastos e sinais de uso. Peso aprox.: 416 g.; Alt. aprox.: 14 cm. € 600 / € 1.000

25


040

039

26

039 Par de castiçais em cerâmica Davenport. Decoração policromada e dourada representando padrão geométrico, frisos de perlado e base decorada com motivos florais e friso de folhagem. Marcados. “Craquelé”, gastos e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 26 cm. € 120 / € 200

040 Conjunto de duas travessas em cerâmica Davenport. Decoração policromada e dourada com motivos florais, enrolamentos e elementos estilizados. Gastos, cabelos e pequenos defeitos. (2) Comp. aprox.: 45,5 cm € 300 / € 600

041 Chávena com pires em porcelana europeia, decoração policromada e dourada representando paisagem e figuras. Cabelos, gastos e pequenos defeitos. Diam. aprox.: 16,5 cm. € 120 / € 200

041


042

042 Copo em porcelana inglesa Flight & Barr (1792-1804), Worcester. Fundo em tons salmão com decoração de padrão geométrico e flores a dourado. Centro com reserva recortada representando paisagem com figuras. Gastos, sinais de uso e pequenos defeitos. Marcado “Flight & Barr Worcester / Manufacturers to their Majesties”. Gastos, sinais de uso e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 10 cm. Em 1789 George III concedeu a Flight um mandato real, permitindolhes usar a coroa real e as palavras ‘Manufacturers to their Majesties’ Flight & Barr (1792-1804) Após a morte de John Flight em

043

1791, Joseph Flight faz parceria com Martin Barr (c.1757-1813) e, no final do século XVIII, a Worcester Company desenvolve técncias que melhoram a qualidade, aproximando-a com a melhor produção de porcelana francesa. € 300 / € 600 27

043 Chávena com pires em porcelana alemã. Decoração em tons salmão e dourado, representando paisagem de campo com figuras em tons policromos. Frisos de enrolamentos, folhagem e padrão estilizado. Marcados (KPM). Gastos e sinais de uso. (2) Diam. aprox. pires: 13,5 cm. € 100 / € 160


044

28

044 Serviço de chá e café em prata portuguesa, séc. XX/XXI, de J. Alves. Composto por tabuleiro, bule, cafeteira, leiteira e açucareiro, com decoração gravada de motivos estilizados, de inspiração vegetalista e arcos. Pegas decoradas com folhagens e interior da leiteira dourada. Com marca de contraste (Águia), 1º título, de 925 milésimos, e marca de ourives de Carlos Alberto Ferreira Alves, assinado J. Alves. Sinais de uso e riscos. (5) Peso aprox.: 6860 g.; Alt. aprox. cafeteira: 25,5 cm.; Comp. aprox.: 64,5 cm. € 2.600 / € 4.000

045 Tabuleiro em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Corpo de formato elíptico, com aba de gomos espiralados, com fundo liso decorado ao centro com monograma gravado. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Sinais de uso, riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 3658 g.; Comp. aprox.: 76,5 cm. € 1.400 / € 2.800

046 Serviço de chá e café estilo “Art Déco” em prata portuguesa, séc. XIX/XX, composto por cafeteira, bule, leiteira, açucareiro, taça de pé e manteigueira com prato e tampa em prata, com alma adaptada em vidro. Corpo liso com caneluras decorado no bojo com monograma gravado. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos, comercializado por Martins, Fº &Cª. Taça de pé, prato e tampa da manteigueira, sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos, amolgadelas, riscos e sinais de uso. (7) Peso aprox.: 2568 g.; Alt. máx. aprox.: 21,5 cm. € 1.000 / € 2.000


045

046

046

29

047 Par de castiçais de saia D. José em prata portuguesa, do séc. XVIII. Corpo espiralado com base de bordo recortado, decoração repuxada e cinzelada com reservas com molduras de aletas, flores e concheados. Arandelas amovíveis. Com marca de contraste d e Lisboa (L-29.0), em uso em c.1750 a c.1770, e marca de ourives J.N/C. (L-436.0), atribuível a Joaquim Nunes Colares, datável de 1764 a 1807, remarcados com duas cabeças de velho. Arandelas sem contraste, marcadas com cabeça de velho. Sinais de uso, riscos e amolgadelas. (2) Peso aprox.: 890 g.; Alt. aprox.: 24 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 4.000 / € 8.000 047


048

30

048 Escola Inglesa do séc. XVIII Paisagem com caçador, cavaleiro, pastores e gado Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 53,5 x 80 cm. Craquelé. Restauros. Emoldurado. € 1.000 / € 2.000

049

049 Escola francesa do séc. XVIII/XIX Paisagens com militares e outras figuras Par de óleos elípticos sobre madeira Não assinados Dim. aprox.: 30.5 x 40.8 cm. Um com restauro no suporte. Emoldurados. € 800 / € 1.600


31


32

050


050 Par de “laughing boys” em porcelana chinesa, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde com motivos florais. As figuras encontram-se de pé e seguram, cada uma, uma jarra com flores. Com furações, cabelos, defeitos e gastos (2) Alt. aprox.: 27,5 cm. Peças com a mesma tipologia encontram-se ilustradas no catálogo “Porcelanas” de Mary Salgado Lobo Antunes, Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva, pág. 61. Estas peças “Laughing boy” representam uma figura masculina de sorriso rasgado, simbolizando harmonia e a emoção do nascimento de um filho varão. Na decoração destas peças são representados tesouros, símbolos auspiciosos que representam a riqueza, vitória e sucesso. € 3.000 / € 6.000

051 Cómoda francesa, do séc. XVIII, em diversas madeiras maciças e folheadas, com duas gavetas e dois gavetões. Tampo recortado, acompanhando as linhas da cintura, em mármore em tons de cinzento e branco, moldurado por rebaixo. Decoração aproveitando o jogo dos veios das madeiras. Cantos com aplicação de montagens em bronze cinzelado e dourado de enrolamentos e motivos vegetalistas “rocaille”. Puxadores e escudetes em bronze cinzelado e dourado repetindo a mesma decoração. Com estampilha gravada do “maître ébèniste” “V I E” e marca “JME” da “Jurande des Maîtres Ébènistes”. Com chave. Pequenos restauros, pequenas falhas, vestígios de caruncho e defeitos. Dim. aprox.: 86 x 129 x 63 cm. “V I E”, de Sébastien VIÉ, “maître ébéniste” em 1767. Para mais informações, este “maître ébèniste” vem referenciado em NICOLAY, Jean - L’art et la manière des maîtres ébénistes français au XVIIIe siècle. Tome I. Les truquages, comment reconnaître l’authenticité des meubles anciens. Paris: Pygmalion, 1976; pp. 475, 480 e 481. € 4.000 / € 8.000

33

051


34

052 Escudela com tampa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde representando paisagem com peónias e outros motivos florais. Tampa decorada com reservas com flores, qilin e outro animal fantástico. Gastos e pequenas falhas. Comp. aprox.: 18 cm. € 500 / € 1.000


053

053 Par de pequenos pratos em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde com motivos florais. Marcados com flor. Pequenas falhas e faltas. (2) Diam. aprox.: 15,5 cm. € 300 / € 600

054 Par de saleiros em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Corpo gomado e recortado, em forma de flor, com base parcialmente vazada, com decoração em tons da família verde representando motivos florais. Pequenas falhas, gastos e pequenos defeitos. (2) Dim. aprox.: 5,8 x 8,6 cm. Com etiqueta “Pierre Saqué”. € 4.000 / € 6.000

054

35


Casa-Real, Ministro-Adjunto do 1º Ministro Marquês de Pombal, Ministro do Reinado de D. Maria I e fundador da Biblioteca Nacional de Lisboa. Um saleiro encontra-se ilustrado em “A Porcelana Chinesa e os Brasões do Império” de Nuno de Castro, pág. 121 e outras peças em “A Porcelana da Companhia das Índias nas Colecções Brasileiras” de Jorge Getulio Veiga, págs. 196-197, est. 164-165. € 1.600 / € 3.000

36

055 Par de saleiros de bordo recortado em porcelana chinesa da Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa, amarelo, verde, “rouge de fer” e dourado com flores, grinaldas e brasão de armas de José de Seabra da Silva. Gastos, falhas e defeitos. (2) Comp. aprox.: 8 cm. José de Seabra da Silva, Fidalgo da

055

056 Par de pratos “rechaud” em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Qianlong, cerca de 1755. Decoração com esmaltes em tons de “rouge de fer”, dourado e da família rosa representando ao centro arranjo floral. Aba com grinaldas e brasão de armas de José Seabra da Silva, 2º serviço. Gastos, pequenas falhas e pequenos defeitos. (2) Comp. aprox.: 28 cm. José de Seabra da Silva, fidalgo da Casa-Real, Ministro-Adjunto do primeiro Ministro Marquês Pombal, Ministro no reinado de D. Maria I, fundador da Biblioteca Nacional de Lisboa, viveu exilado no Brasil. Uma peça do mesmo serviço encontra-se ilustrada em “A Porcelana Chinesa e os Brasões do Império” de Nuno de Castro, pág. 121. € 4.000 / € 8.000


056

37


38

057 Conjunto de terrina e travessa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Decoração “em tons de “rouge de fer”, dourado, azul e “aubergine” com brasão de armas de Joaquim Pedro Quintela, 1º Barão de Quintela. Falta da grelha da travessa, pequenas falhas e gastos. (2) Comp. aprox: 40,5 cm. Joaquim Pedro Quintela, 1º Barão de Quintela, Fidalgo-Cavaleiro da Casa Real, do Conselho da Rainha D. Maria I, Alcaide-Mor de Sortelha, Senhor da Herdade de Farrobo, seu filho foi o primeiro Conde de Farrobo. Uma terrina do mesmo serviço encontra-se ilustrada em “A Porcelana Chinesa e os Brasões do Império” de Nuno de Castro, pág. 196 e em “Ceramica Brazonada” de Conde de Castro e Solla, vol. I, estampa VII, descrito nas págs. 11-14. € 8.000 / € 16.000


39


40

058 Oficina europeia do séc. XIX Paisagem com figuras Óleo sobre madeira Dim. aprox.: 54 x 45 cm. Restaurado. Craquelé. Emoldurado (falhas). Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 800 / € 1.200


41

059 Seguidor de Pietro Longhi (1702-1785) “Il Concertino” Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 74,5 x 63 cm. Existe uma gravura com este tema, aberta por Charles Joseph Flipart. Emoldurado com moldura em madeira entalhada e dourada. € 5.000 / € 10.000


42

060


060 Relógio de mesa Império, em bronze e bronze dourado. Com escultura de vulto perfeito de Eros (Cupido) e Psiquê. Psiquê está representada coroando Eros com uma coroa de flores. Relógio em bronze dourado, com mostrador com decoração de guilhochada, em reserva de coroa de louros, encimando representação de lira com motivos florais em baixo-relevo. Base de formato rectangular, decorada com motivos florais e vegetalistas, com friso de padrão vegetalista, assente sobre quatro pés em forma de pata de animal alada e motivos vegetalistas. Gastos, oxidações, riscos, faltas, restauros, falhas e defeitos. Alt. aprox.: 67 cm. € 1.000 / € 2.000

43

061 Busto de Marie Antoinette, escultura em porcelana biscuit francesa, Sèvres, segundo original de Felix Lecomte. Base em porcelana vidrada em tons de azul e friso dourado. Busto com inscrição “LECOMTE” e base com marca incisa Sèvres. Falhas, faltas e restauros. Alt. aprox. total: 60 cm. € 1.600 / € 3.000 061


44

062

062 Atribuível a Bartolomeo GUIDOBONNO (1654-1709) Figura feminina com ramo de flores Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 112 x 90 cm. Reentelado, pequenos restauros. Emoldurado. € 4.000 / € 8.000

063 Armário louceiro inglês em mogno maciço e folheado, com quatro portas, sendo as superiores de vidrinhos. Com cimalha saliente recortada. Interiores pintados a negro. Corpo superior com seis prateleiras e corpo inferior com duas prateleiras. Grande falta, restauro e falha numa porta. Duas prateleiras cortadas ao meio. Vestígios de caruncho, falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 231,5 x 140 x 39,5 cm. € 800 / € 1.600


45

063


064 Retrato de senhora do séc. XVIII, bordado elíptico em seda e fio metálico sobre linho. Com moldura em madeira entalhada e dourada, em forma de medalhão encimado por laço, com restauros. Verso da moldura com etiqueta de colecção: “Colecção Alfredo Guimarães”. Faltas e manchas. Dim. aprox.: 8 x 6 cm.; Dim. aprox moldura: 14 x 10,5 cm. Chamamos a atenção para o detalhe deste trabalho, patente em diversos em pormenores como as rendas ou as jóias, nomeadamente no “devant-de-corsage” avivado com fio de metal. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 400 / € 800

46

064

065 Retrato do rei Luís XIV, segundo obra do pintor da corte H. Rigaud, miniatura pintada sobre madeira, assinada e datada “J. M.Oropesa, 1887”. O “rei sol”, rei de França entre 1643 a 1715, está representado com manto de arminho e insígnia da Ordem de “Saint-Esprit”. Com moldura em metal prateado e dourado, decorado com enrolamentos, motivos vegetalistas e florais, com aplicação de vidros coloridos. Com argola de suspender móvel. Faltas, pequenos defeitos e manchas. Dim. aprox.: 10 x 8 cm.; Dim. aprox. moldura: 13 x 12 cm. François José Hyacinthe Rigaud, é o autor do mais famoso o retrato de Luis XIV, datado de 1701, sendo reconhecido como o mais importante pintor de retratos da corte de Luís XIV. A obra de Rigaud, que serve de inspiração para esta obra, encontra-se hoje exposta no museu do Louvre. € 1.000 / € 2.000 066 Possivelmente Peter Jacob Horemans (1700-1776) Segundo “A Terra” de Nicolas Lancret Óleo sobre tela Dim. aprox.: 138 x 106 cm. Restaurado. Emoldurado. € 6.000 / € 12.000

065


47

066


48


49


50

067 Parte de serviço de jantar em porcelana austríaca, Viena (1806-1822). Decoração pintada por K. Radlmacher, W. Draskowitz, J. Jordan e J. Marenzeller, com fundo em tons de cor-de-rosa, com reservas de formato rectangular, de cantos cortados, delimitadas por perlado, representando paisagens a “grisaille” e sépia com “putti”, reservas em forma de losango com figuras neoclássicas em tons policromos e motivos vegetalistas a dourado. Composto por: 2 terrinas grandes com tampa e “plateau”, 2 travessas peixeiras com grelhas, 6 saleiros, 2 cremeiras com travessas fixas e colheres, 4 pratos cobertos formato redondo, 4 pequenas terrinas com tampa e pratos, 64 pratos rasos, 22 pratos de sopa, 19 pratos de sobremesa, 6 (2+2+2) travessas de formato elíptico, 6 pratos de servir redondos (2+2+2), 4 pratos de servir oitavados e 4 saladeiras. Marcado. Gastos, falhas, restauros, cabelos, faltas e sinais de uso. (153) Comp. aprox.: 63 cm € 15.000 / € 30.000


51


52


53

068 D’ ALBA, Louis Albert Guislain Bacler (1761-1824) Vistas de Nice - “Vue de la ville de Nice, entrée du port, et fort Montalban / Vue de la ville de Nice et du fort Montalban” Par de guaches sobre papel Assinadas e datadas de 1795 Dim. aprox.: 47,5 x 65 cm e 47 x 63 cm. Verso da moldura com inscrições e estampilhas coladas: monograma de Josefine Bonaparte; M. Deschamps, intend. milit., à Auxerre. Yonne”; e indicação de local manuscrito, incluindo “1795. par le général Dalbe, peintre du cabinet de Napóleon (60** 1816)”; e restos de fita estampilhada de inventariação de Jean Charles Krafft, Architecte et Dessinateur // Au nombre de vinght livre (...) // La Recueil d’architecture civile” (1812). € 15.000 / € 25.000


54


55

069 À maneira de Jacob BOGDANI (1660-1724) - meados do séc. XVIII Aves numa balaustrada Par de óleos sobre tela Um assinado (ilegível) Dim. aprox.: 89 x 75 cm. Restaurados e reentelados. Emoldurados (defeitos). € 8.000 / € 16.000


56


57

070 Invulgar e rara pulseira em forma de cobra, possivelmente inglesa, trabalho de c. 1840, de corpo articulado, em prata cravejada com tuquesas, granadas e diamantes. Dez diamantes em talhe antigo de brilhante com cerca de 0,50 ct, e a cabeça da cobra cravejada com um diamante em talhe rosa coroado, com 8mm x 6mm, rodeado por motivo de pétalas. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Faltam cerca de dez turquesas. Sinais de uso e gastos. Peso total aprox.: 94,9 g.; Diam interior. aprox.: 6 cm. Embora sejam raras as pulseiras e colares articulados em forma de cobra, a célebre actriz mexicana Maria Félix foi uma apaixonada por estas peças, tendo na sua colecção algumas variantes deste modelo. No Museu Victoria & Albert existe também um colar e uma pulseira de desenho muito semelhante, com o número de inventário M.58-1951, tendo estes pertencido à colecçao da Sra. Cory. € 10.000 / € 20.000


071 Colar em ouro branco de 800 ml, com pérolas de água doce e cravejado com 132 diamantes em talhe brilhante, com o peso total aproximado de 1,32 ct. Com contraste do Porto, em uso em 1985 a 1998. Sinais de uso. Peso aprox.: 74,7 g.; Comp. aprox.: 41,5 cm. € 2.000 / € 4.000

58


072

072 Pulseira “rivière” em ouro branco de 800 ml, cravejada com 36 diamantes em talhe de brilhante, com o peso total aproximado de 2,90 ct. Com contraste do Porto em uso de 1985 a 1998. Sinais de uso. Peso aprox.: 23,7 g.; Comp. aprox.: 20 cm. € 2.000 / € 4.000 073 Diamante em talhe de brilhante com o peso aproximado de 2,12 ct, com ligeira tonalidade, pequenas clivagens e um cristal junto à cintura ( Graus L~M VS2 ). € 5.000 / € 8.000

073

59


074

60

075

074 Caixa para rapé em ouro e esmaltes, trabalho atribuível ao séc. XIX/XX. Corpo recortado, em forma de peanha, cinzelado e esmaltado em tons de cor-de-laranja, com motivos vegetalistas, motivos geométricos e panejamentos estilizados. Com marcas fantasiosas, não identificadas, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, riscos e gastos. Peso aprox.: 99,3 g.; Dim. aprox.: 4,5 x 7,5 x 2,8 cm. € 2.800 / € 4.000

075 Caixa para rapé em ouro e esmaltes, trabalho atribuível ao séc. XIX/XX. Corpo de formato elíptico, de bordo recortado e gomado, cinzelado e esmaltado em tons de azul e castanho. Decoração com motivos vegetalistas e florais, sendo o centro da tampa com reserva elíptica representando vista de cidade, com rio e ponte. Com marcas fantasiosas, não identificadas, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, riscos e gastos. Peso aprox.: 96,5 g.; Dim. aprox.: 1,5 x 9 x 6 cm. € 2.800 / € 4.000


076

076 Caixa para rapé em ouro e esmaltes, atribuível ao séc. XIX/XX. Tampa cinzelada e esmaltada em tons de verde e cor-de-laranja, com reserva com paisagem campestre com figuras e casa. Bordo recortado e decorado com arcos esmaltado em tons de verde. Marcas fantasiosas, sem contrastes, com mais de 50 anos, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 103 g.; Comp. aprox.: 8 cm. € 3.000 / € 5.000

61

077

077 Pequena caixa para rapé em ouro de formato elíptico, séc. XIX/XX, decorada com esmaltes policromos. Corpo cinzelado e esmaltado, sendo a tampa decorada com medalhão, com representação alusiva ao amor, encimado por laço e rodeado por motivos vegetalistas. Marcada no bordo com o nº 42, com marca de garantia francesa, em uso no séc. XIX/XX, com interior da tampa marcado 20K e marcas não identificadas. Sem contrastes nacionais, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Falta de esmaltes. Restauros, gastos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 36,5 g.; Dim. aprox.: 2 x 5 x4 cm. € 1.000 / € 2.000


078

62

078 Caixa para rapé francesa, em ouro de 750 milésimos, do séc. XX. Corpo rectangular guilhochado com motivos de padrão. Com marca francesa, registada em 1919. Sinais de uso, riscos e gastos. Peso aprox.: 108 g.; Dim. aprox.: 1,5 x 7,5 x 6 cm. € 3.000 / € 5.000

079 Caixa para rapé em metal plaqueado, marcada 18K R. Corpo de formato rectangular, de lados ondulados, guilhochado e decorado com motivos vegetalista, geométricos e reserva lisa no centro da tampa. Gastos, riscos e pequenos defeitos. Comp. aprox.: 8,3 cm. € 140 / € 200

079

guilhochada. Com marcas fantasiosas, não identificadas, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, riscos e gastos. Sinais de uso, gastos e riscos. Peso aprox.: 132,4 g. Dim. aprox.: 2,8 x 7,4 x 5,2 cm. € 3.800 / € 6.000

080 Caixa para rapé em ouro e esmaltes, trabalho atribuível ao séc. XIX/XX. Corpo de formato rectangular, cinzelado e esmaltado em tons de azul e “rouge-de-fer”, simulando edifício, decorado na tampa e lados com fachadas arquitectónicas. Verso com reserva

080


081

081 Caixa para rapé em ouro, esmaltes e safiras, trabalho atribuível ao séc. XIX/ XX. Corpo de formato circular, gravado, guilhochado e esmaltado, decorado na tampa com moldura cravejada com safiras redondas, tendo ao centro medalhão esmaltado e dourado, decorado com cesto de flores e pássaros, encimado por flores e panejamentos. Lados decorados com reservas representando vasos de flores e medalhões com flor-de-liz. Interior gravado com cartela. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos, riscos e sinais de uso.

Peso aprox.: 74,4 g.; Diam. aprox.: 5 cm. Em nossa opinião o medalhão da tampa poderá ser a adaptação de tampa de relógio de fabrico anterior. € 2.000 / € 4.000

Com marcas fantasiosas, não identificadas, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Gastos, sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 135 g.; Comp. aprox.: 9 cm. A tampa em tartaruga poderá ser uma aproveitamento de peça do séc. XIX. € 3.000 / € 5.000 63

082 Caixa de formato oval em ouro e esmaltes, atribuível ao séc. XIX/XX com decoração cinzelada e esmaltada a encarnado e azul. Tampa em tartaruga com aplicações em metal, decorada com incrustações de motivos vegetalistas e duplo escudos lisos.

082


083 Cordão em ouro português de 800 milésimos, séc. XX, com marca de contraste do Gondomar, em uso de 1900 a 1913. Junto com pendente crucifixo em ouro brasileiro, atribuível ao séc. XIX, com decoração estilizada. Sem contraste, ao abrigo do DecretoLei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Pequenos defeitos, riscos e gastos. Comp. aprox. cordão: 200 cm.; Peso aprox. cordão: 44,8 g.; Comp. aprox. crucifixo: 7 cm.: Peso aprox. crucifixo: 12,4 g. Cordão com argola extra. € 2.800 / € 4.000

64


084 Caixa para rapé em ouro e esmaltes, trabalho atribuível ao séc. XIX/XX. Corpo de formato elíptico, cinzelado e esmaltado, em tons policromados, decorado com enrolamentos vegetalistas. Tampa com aplicação de medalhão esmaltado, representando busto de figura feminina. Com marcas fantasiosas, não identificadas, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, riscos e gastos. Peso aprox.: 154 g.; Dim. aprox.: 2 x 8,5 x 6,5 cm. € 4.000 / € 6.000

084

65

085 Caixa para rapé em ouro, atribuível ao séc. XIX. Corpo repuxado e cinzelado, decorado com motivos vegetalistas, medalhão, cartelas e motivos estilizados, sendo a tampa com aplicação de camafeu em imitação de ágata, ladeado por sereias com cornucópias da abundância. Com marcas fantasiosas, não identificadas, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, gastos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 153,1 g.; Comp. aprox.: 8,5 cm. € 4.000 / € 6.000

085


086

66

086 Cordão em ouro português de 800 milésimos, séc. XX/XXI, com contraste em uso de 1985 a 2020. Junto com pendente crucifixo relicário em ouro brasileiro, atribuível ao séc. XIX, com decoração vegetalista e floral, com verso gravado com símbolos da Paixão. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Gastos e sinais de uso. Peso aprox. cordão: 53,3 g.; Peso aprox. crucifixo: 34,7 g.; Peso aprox.:196 g.; Comp. aprox. cordão: 200 cm.; Comp. aprox. crucifixo: 10 cm. € 4.400 / € 6.000 087 Cordão em ouro português do séc. XIX. Com marca municipal de difícil leitura, da segunda metade do séc. XIX e marca de ourives A.C, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso. Peso aprox.: 105,8 g.; Comp. aprox.: 194 cm. € 5.000 / € 8.000

087

088 Anel em ouro branco de 800 ml, cravejado com esmeralda quadrada, com cerca de 3 ct e 2 diamantes em talhe brilhante, com o peso total aproximado de 0,12 ct. Com contraste de Lisboa, em uso de 1938 a 1984. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 3,87 g.; Tam.: 9 € 800 / € 1.600


088

67

089 Cordão em ouro português de 800 milésimos, séc. XIX/XX, com marca de contraste do Porto, em uso de 1887 a 1938. Junto com crucifixo relicário brasileiro em ouro, com decoração estilizada, e verso com gravação de motivos da Paixão. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeito na dobradiça. Sinais de uso e riscos. (2) Peso. aprox.: 134 g.; Peso aprox. crucifixo: 63,2 g.; Comp. aprox. cordão: 196 cm.; Comp. aprox. crucifixo: 11,4 cm. Cordão com argola de mola posterior. € 10.000 / € 20.000

089


68

090


090 Grande cordão em ouro português, 800 milésimos. Com contraste do Porto em uso de 1938 a 1937. Sinais de uso. Peso aprox.: 196 g.; Comp. 210 cm. € 9.000 / € 14.000

091 Colar em platina, com fio de malha cadeado e centro cravejado com turmalina redonda e pendente com água-marinha, em talhe rectangular com cerca de 20,60 ct, de cor azul com tonalidade esverdeada. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Pequenos defeitos e sinais de uso. Peso aprox.: 9,14 g.; Comp. aprox. fechado: 29,5 cm. O fecho do fio não se encontra ao centro. € 800 / € 1.600

69

091

092 Pulseira em ouro cravejada ao centro com quartzo hialino, ametista, citrino, turmalinas e águas-marinhas, todas em talhe retangular. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Pequenas amolgadelas e falhas. Peso aprox.: 10,48 g.; Comp. aprox.: 16,5 cm. € 400 / € 800

092


70


71


72

093 Cómoda francesa, Luís XVI, do séc. XVIII, em diversas madeiras maciças e folheadas, com três gavetas dissimuladas no friso superior e dois gavetões. Tampo em mármore em tons de branco, moldurado por rebaixo. Decoração aproveitando o jogo dos veios da madeira e com aplicação de montagens em bronze cinzelado e dourado com frisos, frisos de perlado, rosetas, motivos florais e friso de enrolamentos vegetalistas, sendo a madeira por baixo, no friso, tingida de verde. Montantes decorados com flor no cubo de intersecção e reserva de godrões com laços, motivos vegetalistas e urnas floridas. Pés terminando em ponteira de bronze dourado. Puxadores em bronze dourado, de formato circular. Com estampilha gravada do “maître ébèniste” “M. OHNEBERG” e marca “JME” da “Jurande des Maîtres Ébènistes”. Com chave. Tampo com manchas. Vestígios de caruncho, pequenos restauros, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 90,5 x 113,5 x 54 cm. “M. OHNEBERG”, de Martin OHNEBERG, “maître ébéniste” em 1773, fabricou cómodas, cantoneiras, secretárias, entre outros, mas tudo de linhas simples com embutidos e bronzes de desenhos elaborados. Para mais informações, este “maître ébèniste” vem referenciado em NICOLAY, Jean - L’art et la manière des maîtres ébénistes français au XVIIIe siècle. Tome I. Les truquages, comment reconnaître l’authenticité des meubles anciens. Paris: Pygmalion, 1976; pp. 348, 349 e 353. € 15.000 / € 26.000


73


74

094 Prato coberto com travessa em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Decoração em tons de azul, dourado e “rouge de fer” com brasão de armas de Joaquim Pedro Quintela, 1 º Barão de Quintela. Grande cabelo com restauro, gastos, sinais de uso e pequenos defeitos. (2) Comp. aprox.: 40,6 cm. Joaquim Pedro Quintela, 1º Barão de Quintela, Fidalgo-Cavaleiro da Casa Real, do Conselho da Rainha D. Maria I, Alcaide-Mor de Sortelha, Senhor da Herdade de Farrobo, seu filho foi o primeiro Conde de Farrobo. Uma terrina do mesmo serviço encontra-se ilustrada em “A Porcelana Chinesa e os Brasões do Império” de Nuno de Castro, pág. 196 e em “Ceramica Brazonada” de Conde de Castro e Solla, vol. I, estampa VII, descrito nas págs. 11-14. € 8.000 / € 16.000


75


095

76

095 Casal de pombos, esculturas em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons de amarelo, castanho e verde. Pequenos restauros, gastos e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 17 cm. € 1.000 / € 2.000 096 Floreira em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa, “rouge de fer” e dourado. Corpo decorado com padrão geométrico, motivos florais e reservas representando vista de jardim com figuras orientais e paisagens com pássaros. Frisos de grega e elementos vegetalistas. Gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 23,5 cm. € 1.400 / € 2.800

096


097 Chocolateira em prata francesa, séc. XVIII. Corpo em forma de pêra, com decoração gravada e guilhochada com motivos de enrolamentos vegetalistas, assente sobre três pés altos de sapata. Tampa decorada com estrela, com orifício para pá de mexer o cacau, com tampa móvel, e apoio lateral em enrolamento. Pega lateral em pau-santo torneado. Com marcas de contraste francesas, em uso de 1783 a 1789, marca de “maison de commune” muito gasta, possivelmente de 1784 e marca de ourives possivelmente de René-Pierre Ferrié, mestre em 1775. Amolgadelas, riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 1010 g.; Alt. aprox.: 26,5 cm. René-Pierre Ferrié em 1769 trabalhou com Claude Bourdillat, tornando-se mestre em 1775, mantendo a sua loja aberta até 1793. € 3.000 / € 6.000

77


78

099 098

098 Cafeteira neoclássica em prata italiana, do séc. XIX. Corpo em forma de balaústre, decorado com cercaduras de folhagens e flores, assente em três pés altos, unidos ao corpo por cariátides. Bico em colo de cisne, rematado por cabeça de cavalo. Asa em ébano. Com marca italiana de Nápoles, de 833 milésimos, em uso de 1824 a 1872. Com restauros a estanho, riscos e defeitos. Peso aprox.: 976 g.; Alt. aprox.: 31cm. € 500 / € 1.000

099 Cafeteira em prata italiana, do séc. XIX. Corpo em forma de balaústre decorado com friso de palmetas, assente em três pés de garra, unidos ao corpo por bustos. Bico em colo de cisne, terminando em cabeça de cavalo, e asa em pau-santo entalhado. Com marca italiana de Nápoles, de 833 milésimos, em uso de 1824 a 1872. Com restauros e defeitos. Peso aprox.: 766 g.; Alt. aprox.: 22 cm. € 400 / € 800


79

100 Lavanda em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Yongzheng/Qianlong. Decoração em tons da família rosa, azul, verde, “rouge de fer” e dourado, tendo no fundo representando motivos florais e enrolamentos vegetalistas. Aba decorada com padrão geométrico e reservas recortadas com frutos e flores. Bordo decorado com dois diferentes frisos de elementos florais. Falhas, gastos, pequenos cabelos e sinais de uso. Comp. aprox.: 39,5 cm. € 3.000 / € 6.000


101

101 Poncheira em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa representando reservas com paisagens com cenas de caça, com figuras, cães e cavalos. Corpo decorado com padrão geométrico e interior decorado com enrolamentos vegetalistas e motivos florais. Gastos, falhas, pequena falha restaurada e pequeno cabelo. Diam. aprx.: 28,3 cm. € 4.000 / € 6.000

80

102

102 Mesa de abas em madeira e madeira de raiz, maciça e folheada, com duas pernas de cancela. Tampo decorado com friso embutido em madeira contrastante. Pernas torneadas, decoradas com motivos vegetalistas entalhados, unidas ao centro por travessa torneada, terminando em pés curvos, com rodízios. Com estampilha de fabricante, em papel, “J8432 / Millar & Beatty, Ltd. / House Furnishers, / Grafton Street, Dublin.”. Falhas, manchas, vestígios de caruncho e defeitos. Dim. aprox.: 74 x 117 x 91 cm. € 600 / € 1.200


81


104

103

82

103 Par de apliques de dois lumes, estilo Império, em bronze dourado, parcialmente patinado a negro. Corpo decorado com cariátide alada segurando os dois lumes, sendo os braços em forma de duas cornucópias. Electrificados com “velas”, com ”abat-jours”. Gastos e pequenas manchas . (2) Alt. aprox.: 49 cm. € 300 / € 600

104 Par de apliques de dois lumes, estilo Império, em bronze dourado, parcialmente patinado a negro. Decoração com motivos vegetalistas, encimado por lira com fitas e folhagens, com dois braços em forma de trompa de caça e cisne. Electrificados com “velas” e com “abat-jours”. Gastos e sinais de uso. (2) Dim. aprox.: 42,5 cm. € 300 / € 600

105

105 Conjunto de quatro fauteuils D. José, do séc. XVIII, em nogueira. Espaldar curvo decorado com motivos florais e vegetalistas. Braços curvos terminando em enrolamento para fora. Cintura decorada com motivo floral ao centro. Com quatro pernas curvas. Costas, apoios dos braços e assento estofados a tecido de padrão em tons de bege. Restauros, falhas, faltas, vestígios de caruncho e defeitos. (4) Alt. aprox.: 85,5 cm. € 800 / € 1.200


107 Relógio de mesa inglês, do séc. XIX. Caixa em madeira patinada com montagens em bronze dourado, de motivos florais e vegetalistas, encimada por motivo de enrolamentos, aletas e motivos vegetalistas. Laterais vazadas com “putti” e enrolamentos vegetalistas em metal dourado. Com pega móvel. Mostrador em metal com numeração árabe e romana a negro, indicação de “Song”, “Minuet” e “Jigg”, com decoração de motivos vegetalistas. Assente sobre quatro pés de enrolamentos vegetalistas. Mostrador marcado “Roblinson/London”. Falhas, gastos, vestígios de caruncho, faltas e defeitos. Alt. aprox. total: 58 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação das máquinas dos relógios que vende em leilão. € 3.000 / € 6.000

107

83

106

106 Conjunto de dois elementos decorativos em madeira entalhada e dourada. Decoração de laços e fitas entrelaçadas com motivos vegetalistas. Gastos, pequenas falhas e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 149 cm. € 200 / € 400

107


84

108 Molheira dupla em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração com esmaltes em tons de “rouge de fer”, azul e da família rosa representando elementos vegetalistas e reservas com peixes, serviço conhecido como pertencente a Madame Pompadour. Gastos e pequenos defeitos. Comp. aprox.: 21,8 cm. Peça com a mesma decoração em “Porcelain de la Campagnie des Indes, Fribourg: Office du Livre, 1962”, BEURDELEY, Michel, pág.198. € 2.000 / € 4.000


85

109 “Wine cooler” em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração com esmaltes em tons de “rouge de fer”, azul e da família rosa representando elementos vegetalistas e reservas com peixes, serviço conhecido como pertencente a Madame Pompadour. Bordo e base com frisos de padrão geométrico. Pegas em forma de cabeças de animais. Falhas, defeitos e gastos. Alt. aprox.: 18 cm; Comp. aprox.: 26 cm. Peça com a mesma decoração em “Porcelain de la Campagnie des Indes, Fribourg: Office du Livre, 1962”, BEURDELEY, Michel, pág.198 e Howard, “The Choice of the Private Trader” , Londres, 1994, no. 76, p. 89 e no. 271. Um par, com montagens em bronze, foi vendido na Christie’s, em abril deste ano, por €15.000. € 4.000 / € 8.000


86

110 Par de caixas em porcelana japonesa Kutani, final do séc. XIX. Decoração a “rouge de fer”, dourado e negro, representando paisagem com figuras. Botão da tampa com folhagens em relevo. Marcada. Restauros, falhas, gastos e defeitos. (2) Comp. aprox.: 28 cm. € 500 / € 1.000


111 Chocolateira em prata francesa, séc. XVIII. Corpo liso em forma de pêra, com gravação de brasão de armas de casamento com coronel de marquês, assente sobre três pés altos de sapata. Tampas decoradas com frisos estriados circulares, com orifício para pá de mexer o cacau, com tampa móvel e apoio lateral em enrolamento. Bico com decoração junto ao

corpo de concheado e fruto, com pega lateral em ébano facetado, de fabrico posterior. Com contraste de Paris em uso de 1756 a 1762, marca da “maison commune” de 1761, e marca de ourives de difícil leitura, possivelmente “P F”. Restauros e pequenos defeitos. Peso aprox.: 888 g.; Alt. aprox.: 26,5 cm. € 3.000 / € 6.000

87


88


112

112 Atribuível a Antoine Joseph BOUVARD (1840-1920) Vista de Veneza Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 46 x 92 cm. Emoldurado. € 6.000 / € 12.000

113 Conjunto de quatro fauteuils, D. Maria, em nogueira. Espaldar de formato elíptico, com decoração entalahda de laço e fita entrelaçada. Braços curvos terminando em apoio decorado com fita entrelaçada e motivos vegetalistas. Cintura repetindo a mesma

113

decoração com flor nos cubos de intersecção. Pernas parcialmente caneladas. Costas, apoios dos braços e assentos estofados a seda em tons de azul. Vestígios de caruncho, pequenas manchas, restauros, falhas e defeitos. Alt. aprox.: 96,5 cm. € 1.000 / € 2.000

89


114 115 116 117

90

114 Par de salvas ou bandejas elípticas em prata america Tiffanys & Co, do séc. XIX/XX. Bordo recortado e aba parcialmente vazada, decorado com enrolamentos vegetalistas, treliça e flores. Centro com vestígios de brasão apagado. Marcada Tiffanys & Co, em uso de 1891 a 1902 (Charles L. Tiffanys), 925 milésimos, e numerada, nº3316. Sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Pequenos defeitos e riscos. (2) Peso aprox.. 1202 g.; Dim. aprox.: 32,5 x 25 cm. € 1.600 / € 3.000

115 Paliteiro(?) em prata portuguesa do séc. XIX/XX. Figura feminina em vulto perfeito segurando taça em forma de vieira, possivelmente de fabrico posterior, assente em base em forma de coluna decorada com motivos vegetalistas, com quatro pés de garra. Base com marca de contraste de Lisboa (L-44.0 ou variante), em uso de c.1843 a c.1870, e marca de ourives ilegível. Sinais de uso, faltas e substituições. Peso aprox.: 238 g.; Alt. aprox.: 20,5 cm. Era um paliteiro que foi posteriormente alterado, com uma concha, deixando de ter a função de paliteiro. € 200 / € 400

116 Par de mostardeiras Império com tampa em prata francesa, da primeira metade do séc. XIX, com almas em cristal Baccarat. Corpo vazado decorado com cabeças de carneiro, enrolamentos

118

vegetalistas e flores, assente sobre três pés de bode e asa com enrolamento decorado com flor. Interior da tampa com monograma gravada. Com contraste de Paris, de 950 milésimos, em uso de 1809 a 1819, e marca da Associação de Ourives, atribuível a 1793 a 1794. Junto com colheres posteriores, só com marca de ourives, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Pequenos defeitos, amolgadelas e riscos. (4) Peso aprox.: 288 g.; Alt. aprox.: 10,5 cm. € 300 / € 600

117 Pequena cafeteira em prata suíça, da primeira metade do séc. XX, segundo modelo do séc. XIX. Corpo em forma de balaústre, com decoração em relevo de grinaldas de flores e motivos vegetalistas. Assente sobre três pés. Com marcas suiças de Genéve, de 800 milésimos, em uso de 1934 a 1935. Falta do espigão da charneira. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 366 g.; Alt. aprox.: 17 cm. € 200 / € 400

118 Acendedor de charutos em prata alemã de J.D. Schleißner & Söhne, séc. XIX/XX. Fuste em forma de golfinho, com tampa/apagador suspensa por corrente, assente em base de bordo recortado, decorado com conchas e cabeças de golfinhos. Com marcas de alemãs de 916 milésimos, de Hanau, e marca de J.D. Schleißner & Söhne, sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Pequenos defeitos. Peso aprox.: 190 g.; Alt. aprox.: 17 cm. € 300 / € 600


119

119 Gomil e lavanda oitavada em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons de “rouge de fer”, azul, verde e dourado representando paisagem com motivos florais. Aba decorada com friso de enrolamentos, flores e reservas com paisagens com pagodes e figuras. Bacia com furações. Tampa aro e montagem em metal. Falhas, gastos e defeitos. Comp. aprox. bacia: 33,5 cm; Alt. aprox. jarro: 23,5 cm. € 3.000 / € 6.000

120 Pequena terrina com tampa e travessa em porcelana chinesa da Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração com esmaltes em tons de azul, dourado e da família rosa representando elementos vegetalistas, padrão de enrolamentos e cestos com flores. Botão da tampa em forma de flor. Asas duplas entrelaçadas, terminando em motivos vegetalistas em relevo. Pequenas falhas e gastos. (2) Comp. aprox. travessa: 20,5 cm Com etiqueta “Exposição de Porcelanas da Companhia das Índias / Museu da Quinta das Cruzes / Funchal 1960”, com o nº 386/16. € 800 / € 1.600

120

91


121 “Secrétaire à abattant” francesa, Luís XVI, do séc. XVIII, em diversas madeiras maciças e folheadas, com tampo de rebater e duas portas. Topo com tampo em mármore em tons de preto e branco. Interior com seis gavetas, duas prateleiras com divisória e nicho central, tampo de escrita forrado a carneira em tons de castanho com ferros a ouro. Portas revelando no interior prateleira com divisória ao centro. Decoração de marchetaria com motivos geométricos em madeira contrastante. Cantos com aplicação de montagens em bronze dourado

92

de motivos vegetalistas. Fecharias e puxadores em bronze dourado decorados com motivos vegetalistas e perlado. Com estampilha gravada do “maître ébéniste” “J.B.HENRY”. Com chaves. Muitos vestígios de caruncho, manchas, falhas, restauros e defeitos. Dim. aprox.: 144 x 98 x 39,5 cm. “J.B.HENRY”, de Jean-Baptiste HENRY”maître ébéniste” em 1777, não se conhecendo muitas obras da sua autoria. Este “maître ébèniste” vem referenciado em NICOLAY, Jean - L’art et la manière des maîtres ébénistes français au XVIIIe siècle. Tome I. Les truquages, comment reconnaître l’authenticité des meubles anciens. Paris: Pygmalion, 1976; pp. 174 e 222. € 4.000 / € 8.000


122 Círculo de Corneluis Troost (1697-1750) Figuras no jardim Par de óleos sobre madeira Não assinados Dim. aprox.: 19,5 x 31 cm. Molduras em madeira entalhada, vazada e dourada, com defeitos. Placas de atribuição a C. TROOST (1697-1750). € 3.000 / € 6.000

122

123 Tapete oriental em lã e seda, em tons de cor-de-laranja, amarelo, bege, azul e verde. Profusa decoração com paisagem cenas de caça com caçadores e animais. Barra decorada com reservas com inscrições em árabe e motivos florais. Gastos, manchas e defeitos. Dim. aprox.: 205 x 135 cm. € 2.000 / € 4.000

122

123

93


94


124 “Semainier” francês, Luís XVI, do séc. XVIII, em diversas madeiras maciças e folheadas, com sete gavetas. Topo com tampo em mármore moldurado por rebaixo, em tons de cinzento e branco. Decoração de marchetaria aproveitando os contrastes e os diferentes veios da madeira. Cantos com aplicação de montagens em bronze dourado com enrolamentos e motivos florais e vegetalistas. Fecharias e puxadores em bronze dourado, com laços, motivos vegetalistas e frisos de perlado. Com estampilha gravada do “maître ébèniste” “I.S.REBOUR” e marca “JME” da “Jurande des Maîtres Ébènistes”. Com chave. Vestígios de caruncho, falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 149,5 x 97 x 41 cm. “I.S.REBOUR”, de Isaac-Simon REBOUR, “maître ébéniste” em 1767, executou quase todos os móveis em madeira folheada, como secretárias, mesas, cómodas e “chiffoniers”, gostando também do fabrico de móveis de mecanismo mais pequenos. O facto de raramente se encontrar a sua estampilha em móveis leva-nos a crer que terá produzido pouco mobiliário. Para mais informações, este “maître ébèniste” vem referenciado em NICOLAY, Jean - L’art et la manière des maîtres ébénistes français au XVIIIe siècle. Tome I. Les truquages, comment reconnaître l’authenticité des meubles anciens. Paris: Pygmalion, 1976; pp. 384 e 393. € 3.000 / € 6.000

95


96

125 Relógio de mesa francês, do séc. XIX/XX, VICENTI ET Cie. Caixa em mogno com aplicações em metal dourado, mostrador em esmalte branco com numeração romana a negro, autonomia de oito dias, toca horas e meias horas. Falhas, faltas, gastos e defeitos. Alt. aprox.: 34 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação das máquinas dos relógios que vende em leilão. € 300 / € 600


126 Relógio francês, do séc. XIX. Caixa em madeira revestida a placas de tartaruga e de bronze dourado, com enrolamentos vegetalistas e motivos florais, sendo o fundo interior da caixa com motivos de padrão geométrico e reserva com motivos vegetalistas. Com aplicação de montagens em bronze dourado com “putti”, mascarão, cabeças de bode, motivos vegetalistas e aletas, terminando em pés de enrolamento vegetalista. Encimada por escultura de vulto perfeito, em bronze dourado, representando figura feminina com tocha e flores. Mostrador em bronze dourado, com decoração relevada com atlantes, enrolamentos vegetalistas, anjinho, panejamento, aves e motivos florais e vegetalistas. Numeração em esmalte branco com números romanos a negro. Assente sobre mísula repetindo a mesma decoração. Interior da porta traseira profusamente decorado com enrolamentos vegetalistas. Marcado “Guydevaux Besançon”. Vestígios de caruncho, faltas, falhas, restauros e defeitos. Alt. aprox. relógio: 84 cm.; Alt. aprox. mísula: 34 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação das máquinas dos relógios que vende em leilão. € 5.000 / € 10.000

97


98

127 Importante terrina “presentoir” neoclássica em prata francesa, primeira metade do séc. XIX, de Jean Baptiste Claude Odiot. Terrina de corpo liso decorado nas asas com elementos vegetalistas, botão da tampa em forma de botão de flor e bordo com friso de palmetas. Tampa e corpo decorados com gravação de brasão de armas das familias Vorontsov e Branick, alusivas ao casamento entre o príncipe Vorontsov e a condessa Branicka. Terrina fixa em base elíptica alteada, com friso de palmetas e friso perlado, assente em quatro pés de bola. Alma em prata com duas pegas em forma de vieiras. Com marcas francesas de Paris, 1º título, de 950 milésimos, em uso de 1809 a 1819, e marca de ourives JBCO, de Jean Baptiste Claude Odiot. Pequenos defeitos, amolgadelas e sinais de uso. Peso total aprox.: 5622 g.; Dim. aprox.: 37 x 46 x 30 cm. Muito provavelmente trata-se de uma peça encomendada para o casamento do Príncipe russo Mikhail Semyonovich Vorontsov, Conde Vorontsov, com Elizaveta Ksaverievna Branitskaia, Condessa Branicka, ocorrido a 20 de Abril de 1819. A condessa Branicka, era filha de Franciszek Ksawery Branicki, que serviu no exército russo e no exércio francês, tendo sido em França agraciado com o título de conde. € 15.000 / € 30.000


99


100


128 Lavanda e gomil em prata portuguesa, séc. XIX. Lavanda de formato elíptico com bordo perlado e aba gomada. Gomil em forma de balaústre, parcialmente gomado, de bocal largo avivado por friso estriado. Com marca de contraste do Porto (P-25.0a), em uso de 1810 a 1826, e marca de ourives APS (P-139.0), atribuível a António Pereira Soares, citado de 1797 a 1825. Sinais de uso, riscos e pequenos defeitos. (2) Peso aprox.: 1900 g.; Comp. aprox. lavanda: 41 cm. Alt. aprox. gomil: 28,5 cm. € 2.800 / € 3.800

101


102

129 TRAYER Jean Joseph Trayer (1795-1847) Mosteiro da Batalha Óleo sobre tela Assinado e datado de 1830 Dim. aprox.: 73 x 100 cm. Deste tema, existe também uma gravura de Henry L’ Évêque e aberta por Benjamin Comte. Pequenos restauros. Reentelado. Emoldurado (moldura dourada (restaurada), com vestígios de caruncho. € 18.000 / € 25.000


103


104

130 Oficina europeia do séc. XVII Paisagem com figuras Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 58 x 124,5 cm. Restauros e craquelé. Verso com etiqueta (em mau estado) de galerista “James A. Butti - Fine Art Collector and Dealer in Articles of Virtu - 7 Queen Street, Edinburgh”. Emoldurado. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 1.000 / € 2.000


105


106


107


108

131 Par de ”fauteuils”, Luís XVI, em madeira entalhada e pintada em tons de azul. Cintura com cubos de intersecção decorados com flor. Pernas caneladas. Costas, apoios dos braços e assentos estofados a tecido adamascado em tons de azul, amarelo e encarnado. Gastos, falhas, vestígios de caruncho, faltas e defeitos. (2) Alt. aprox.: 90 cm. € 600 / € 1.200


109

132

132

132 Par de jarras em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas com figuras femininas orientais. Corpo decorado com jarras com flores. Ligeira diferença no tamanho. Uma com restauro no bordo. Gastos e defeitos. (2) Alt. aprox.: 25 e 25,5 cm. € 800 / € 1.600

133 Garrafa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde e “powder blue” com reservas recortadas e em forma de leque com paisagem com flores e objectos auspiciosos. Vestígios de dourado. Gastos e pequenas faltas no esmalte. Alt. aprox.: 21 cm. € 500 / € 1.000 133


136

135 Jarrão em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde e “powder blue” com reservas representandos pássaros em ramos, borboletas e flores. Fundo profusamente decorado com enrolamentos, motivos florais e padrão de alvéolos. Gastos, pequenas falhas e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 44,5 cm. € 1.600 / € 3.000

110

134

136 Par de garrafas em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde e “powder blue” com reservas com flores flores e objectos auspiciosos. Gastos e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 18 cm. € 800 / € 1.600

134 Jarrão em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde e “powder blue” com reservas recortadas representando vistas de jardim com cerca, figuras femininas orientais, flores e animais. Fundo com duplo círculo a azul. Falhas, pequeno repinte, gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 44 cm. € 1.600 / € 3.000

135


111

137 Grande prato em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde representando ao centro vista de jardim com cerca e figuras. Aba decorada com reservas com paisagens com flores. Marcado. Gastos e pequenas falhas. Diam. aprox.: 40,5 cm. € 3.000 / € 6.000


138

112

138 Costas

139

138 “Putti”, duas esculturas do séc. XVIII, em madeira pintada e dourada. As figuras apresentam-se desnudas, segurando uma corneta na mão e com a perna esquerda ligeiramente levantada. Restauros, gastos, falhas, faltas, dedos partidos e defeitos. (2) Alt. aprox. máx.: 65 cm. Um com numeração nas costas “9662”. € 4.000 / € 8.000

139 Par de colunas coríntias, do séc. XVIII, em madeira entalhada e dourada. Fustes decorados com tremidos. Capitéis decorados com motivos vegetalistas e enrolamentos. Faltas, falhas, gastos, vestígios de caruncho e defeitos. (2) Alt. aprox.: 105,5 cm. € 1.000 / € 2.000


113 140

140 Abraham I HULK (1813-1897) “On the Scheldt” Óleo sobre madeira Assinado Dim. aprox.: 34,5 x 55 cm. Emoldurado. € 4.000 / € 8.000

141 Par de “chenets” em bronze dourado e suporte em ferro. Decoração com cães deitados sobre estrutra com friso de padrão geométrico cubo com flor e pernas com caneluras. Com pináculos em forma de bola. Oxidações e defeitos. (2) Dim. aprox.: 24,5 x 35 x 33 cm. € 400 / € 800

141


114


115

142 DOUMET, Zacarias Felix (n. 1761) “Barre de Lisbonne ou Entrée duTage” “Vue de Belem et d’une Partie de Lisbonne” Par de guaches sobre papel decorados com bordas pintadas em “trompe-l’oeil” Assinadas e datadas, com Inscrição no canto inferior esquerdo “Dessiné d’après Nature par Zacharie Felix Doumet et peint par luy même en 1807” e “Dessiné d’après Nature par Zacharie Felix Doumet et peint à la gouache par luy même en 1807” Dim. aprox.: 37,5 x 57 cm. Estas obras vêm acompanhadas por um dossier de peça, passado pela Vyvyan-Robinson & Co. Lda, Londres. Emoldurados. € 15.000 / € 25.000


116


117

143 Edward Brian SEAGO (1910-1974) “Street Corner - Cascais” Óleo sobre platex Assinado Dim. aprox.: 30 x 40 cm. Verso com indicação de título e n.º 17705 e com etiquetas com detalhes sobre a obra de: Richard Green (Londres) e Kennedy Galleries (Nova Iorque) e outra. Emoldurado. € 8.000 / € 10.000


118

144 Edward Brian SEAGO (1910-1974) “Cottages at Cabo da Roca - Portugal” Óleo sobre platex Assinado Dim. aprox.: 28,5 x 41 cm. Verso com indicação de título. Emoldurado. € 10.000 / € 12.000


119

145 Edward Brian SEAGO (1910-1974) Vista de São João do Estoril Óleo sobre platex Assinado Dim. aprox.: 26 x 40 cm. Verso com inscrição sobre o local. Emoldurado. € 10.000 / € 12.000


120

146

146 REIS, Maria Guilhermina Silva Reis Escola Portuguesa do séc. XIX Paisagem Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 66 x 100 cm. Emoldurado. € 7.500 / € 12.000

147 A. DE FARO / Visconde de Faro e Oliveira, Aníbal José de Faro e Oliveira (1888-1953) Doca de Santarém Óleo sobre tela, colada sobre cartão Assinado. Dim. aprox.: 9 x 14 cm. Verso com inscrições manuscritas, indicando o autor como sendo o Visconde Faro. € 300 / € 600

147

148 Atribuído a William WYLD (1806-1889) Torre de Belém Técnica mista sobre papel Não assinado Dim. aprox.: 29,5 x 41,5 cm. Verso com etiqueta com detalhes sobra a obra. Emoldurada. € 1.600 / € 2.200 149 Anónimo, séc. XIX Convento da Graça Aguarela sobre papel Não assinado Dim. aprox.: 29,5 x 42 cm. Papel amarelado e com manchas. Emoldurado. € 1.200 / € 1.800


121 148

149


122

150 Par de grandes pratos em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde representando ao centro paisagem com fénix e qilin. Aba decorada com reservas com motivos florais e objectos. Verso decorado com motivos florais a “rouge de fer” e verde. Marcados. Gastos, defeitos de fabrico e pequenos defeitos. (2) Diam. aprox.: 40,8 cm. € 6.000 / € 12.000


123


124

151 Par de grandes pratos em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde e “powder blue” representando ao centro vista de jardim com casal de figuras e criado. Aba decorada com reservas representando paisagens e flores. Verso decorado com flores em tons de verde e “rouge de fer”. Marcados. Gastos, sinais de uso e pequenos defeitos. Diam. aprox.: 40,2 cm. Prato com a mesma decoração em “The Choice of the Private Trader / The Private Market in Chinese Export Porcelain illustrated from the Hodroff Collection”, de David S. Howard, pág. 53 € 6.000 / € 12.000


125


126

152 Par de grandes pratos em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas com paisagens fluviais com barcos e figuras. Fundo profusamente decorado com motivos florais. Versos decorados com frutos a “rouge de fer” e verde. Marcados. Gastos e pequenos defeitos. (2) Diam. aprox.: 40 cm. € 6.000 / € 12.000


127


153 Taça em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas recortadas representando paisagens com aves, objectos auspiciosos e flores. Fundo profusamente decorado com motivos florais e enrolamentos. Marcada. Gastos e falha com pequeno restauro. Diam. aprox.: 18,6 cm. € 400 / € 800

153

128

154

154 Par de covilhetes em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas recortadas e em forma de leque representando paisagens e flores. Verso decorado com flores a “rouge de fer” e verde. Ligeiras diferenças na decoração e tamanho. Gastos, falhas, faltas e pequenos cabelos. (2) Diam. aprox.: 16,1 e 16,5 cm. € 200 / € 400

155 Covilhete em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde. Fundo profusamente decorado com enrolamentos vegetalistas e flores, com reservas recortadas com paisagens com aves, objectos e flores. Marcado. Gastos, defeitos de fabrico e pequenas falhas. Diam aprox.: 26,5 cm. € 400 / € 800

155


129


130

156 Grande e importante travessa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração com composição a sépia ao centro, representando “Alegoria ao Outono” com “putti”, cestos, uvas e outros frutos. Aba decorada com flores, grinaldas e, ao centro, timbre possivelmente da família Martin. Decoração segundo desenho de Giovanni Battista Cipriani (1727-1785) e gravura de Francesco Bartolozzi (1728-1815). Gastos e pequenas falhas. Dim. aprox.: 60 x 49 cm. Poderá ter sido encomendado para a família Martin de Inglaterra, devido à presença do timbre, apesar de não existir proveniência do serviço que o prove. Esta versão com o brasão é conhecida tendo representado cenas alegóricas ao Verão e ao Outono, apesar de provavelmente existirem também as outras estações do ano representadas. É mais comum aparecer em venda o tema “Alegoria ao Verão”. Um prato do mesmo serviço encontra-se ilustrado no catálogo Sotheby’s, New York, Outubro 2000, colecção Mildred R. e Rafy Y. Mottahedeh, lote 308, em “China for the West, Chinese Porcelain and other Decorative Arts for Export, illustrated from the Mottahedeh Collection” de David Howard e John Ayers, vol. II, págs. 376-377, figs. 370a e em “Chinese Armorial Porcelain” de David Sanctuary Howard p. 335. € 10.000 / € 20.000


131


159 Cafeteira em prata inglesa Jorge II, da primeira metade do séc. XVIII. Corpo em forma de pêra com profusa decoração em relevo, repuxada e cinzelada de motivos florais, enrolamentos vegetalistas, treliça, concheados e aletas, com duas reservas gravadas, uma com brasão estrangeiro e outra com timbre. Tampa alteada, com decoração de flores e motivos vegetalistas, com botão da tampa em forma de figura masculina oriental reclinada. Bico em forma de colo de cisne, decorado na união ao corpo por flores e folhagens. Asa em madeira entalhada. Com marcas de Londres, de 925 milésimos, sem marca data, possivelmente dos anos 30 do séc. XVIII, com marca de ourives EP, de Edward Pocock, em uso de 1728 a 1738. Pequenos defeitos e sinais de uso. Peso aprox.: 1178 g.; Alt. aprox.: 27,5 cm. € 1.600 / € 2.600

132 157

157 Paliteiro em prata portuguesa, séc. XIX. Figura de pastor com flauta e bengala em vulto perfeito, junto a tronco assente em base simulando terreno com pedras. Sobre quatro pés esféricos. Com contraste do Porto (P-37.0 ou variante), em uso de 1855 a 1861, e marca de ourives JAPL (P-401.0), atribuível a Joaquim António Pereira Leal, remarcado com cabeça de velho. Falta de porca na bengala. Sinais de uso, riscos e pequenas amolgadelas. Peso aprox.: 230 g.; Alt. aprox.: 16 cm. € 400 / € 800

158 Paliteiro em prata portuguesa, séc. XIX. Figura de Marquês de Pombal em vulto perfeito, com bengala, em substituição de vara e documentos. Assente em plinto vazado, com quatro pés semi-esféricos. Com contraste do Porto (P-40.0d), em uso de 1861 a 1870, e marca de ourives muito gasta, possivelmente FPA (P-277.0), não identificado, da mesma época. Falta de uma porca, defeitos e restauros. Peso aprox.: 154 g.; Alt. aprox.: 17 cm. € 300 / € 600

158


133

159


134


135


136


137

160 Importante par de salvas de pé em prata dourada, dita salva de “bastiães”. Corpo com decoração repuxada e cinzelada, separada por frisos de meias pérolas, com centro circular alteado. Aba com profusa decoração em relevo com fundo puncionado decorado com estilização de videiras, com parra e uvas, alusivas ao vinho. Sobre o mesmo, surgem figuras zoomórficas de natureza fantástica, sendo umas com tronco humano e pernas de animal, bem como a representação do “homem-silvestre” (ou homem-selvagem), aves, cães e outros animais. Centro circular alteado em três níveis, decorado com motivos vegetalistas e medalhões, sendo o centro, em nossa opinião, com representação da vitória sobre o infiel. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Gastos, pequenos defeitos e possíveis pequenos restauros. (2) Peso aprox.: 2954 g.; Diam. 38,5 cm. e 39,5 cm. Sabemos da existência de algumas salvas desta tipologia, variando a decoração do medalhão central, e todas sem marcas de contraste. Alguns exemplares pertencem a colecções particulares, outras a colecções públicas como a Fundação Ricardo Espírito Santo Silva, o Museu do Caramulo, o Museu Nacional de Arte Antiga ou a Casa Museu Medeiros e Almeida. Muitas destas salvas vêm ilustradas na obra de Mário Beirão Reis, “Ourivesaria Civil Indo-portuguesa - As salvas de D. João de Castro”, obra de 1977. A colecção Pedro Costa tem uma salva muito semelhante, ilustrada in SANTOS, Reynaldo dos, QUILHÓ, Irene, “Ourivesaria Portuguesa nas Colecções Particulares”, Lisboa, 1974, pág. 83, fig.81.Nesta obra os autores, atribuem ao centro “possivelmente as “justas” dum cortejo nupcial (1451) em que o Infante D. Fernando foi vencido por um homem “selvagem”. Na mesma obra na página 136, vem ilustrado um exemplar da mesma tipologia, embora tendo ao centro a representação das armas de Almeida ou Mellos, pertencente à colecção de Francisco de Barros e Sá. € 20.000 / € 30.000


161

161 Escudela em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas com paisagens com aves, insectos e flores. Uma pega restaurada, gastos, pequenos defeitos e falhas. Comp. aprox.: 18,5 cm. Com etiqueta “Hofleverancier / Lochen Den Haag N’jstad”. € 300 / € 600

138

163

162 Jarra piveteiro em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração a azul sob vidrado e em tons da família verde com borboletas, objectos auspiciosos e flores. Vestígios de dourado (friso de grega). Falhas e gastos.. Alt. aprox.: 29,5 cm. € 400 / € 800

162

163 Jarra piveteiro em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração a azul sob vidrado e em tons da família verde com reservas com borboletas, objectos auspiciosos e flores. Vestígios de dourado (friso de grega). Gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 28,5 cm. € 400 / € 800


165 164

164 Par de pratos oitavados em porcelana chinesa, Companhia das Índias. Decoração estilo família verde representando ao centro paisagem com aves e flores. Aba decorada com reservas recortadas com motivos florais. Marcados. Gastos e cabelos. (2) Diam. aprox.: 22 cm. € 400 / € 800 165 Canudo em porcelana chinesa, Companhia das Índias, séc. XIX. Decoração “powder blue” e estilo família verde com reservas representando vistas de jardim com cerca e figuras. Fundo decorado com dragões, fénix e friso de grega. Gastos, falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 27,5 cm. € 400 / € 800

164

139


140

166 Par de importantes jarrões em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue”, corpo profusamente decorado com enrolamentos e motivos vegetalistas, reservas com paisagens, qilins, peixes, ceptro ruyi, objectos auspiciosos, pássaros em ramos, jarras, borboletas, rolos e outros. Fundo com duplo círculo a azul. Gastos, defeitos de fabrico, um com cabelo e restauro no fundo. (2) Alt. aprox.: 74,8 cm. Um com etiqueta “Pierre Saqué / 12, av. Montaigne”. € 10.000 / € 20.000


141

167 Móvel vitrine inglês, em mogno e outras madeiras, com quatro portas, sendo as superiores em vidro. Interior forrado a tecido em tons de bege, com três prateleiras em vidro. Decoração pintada e policromada com frisos de grega e motivos vegetalistas. Portas com reservas pintadas com figuras mitológicas e anjinhos. Com chave. Uma perna com reforço em metal, falhas, restauros, vestígios de caruncho e defeitos. Dim. aprox.: 189,5 x 116 x 35 cm. € 1.600 / € 3.000


168 Par de pequenas jarras bojudas em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (16621722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas com flores e ramos. Uma muito restaurada. Falhas, gastos e defeitos. (2) Alt. aprox.: 15 cm. € 200 / € 400

168

171 Pequena garrafa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde e “powder blue” com reservas recortadas e em forma de leque, representando paisagens com flores e objectos auspiciosos. Falha restaurada no bordo, gastos e cabelos. Alt. aprox.: 15,5 cm. € 200 / € 400

142

169

169 Bule em porcelana chinesa, Companhia das Índias, séc. XIX. Decoração em tons da família verde e “powder blue”, com reservas representando vistas de jardim com cerca e figuras. Bico e pega com restauros, gastos e pequenas falhas. Alt. aprox.: 21,5 cm. € 200 / € 400

170 Bule em porcelana chinesa, Companhia das Índias, séc. XIX. Decoração em tons da família verde e “powder blue”, com reservas recortadas representando paisagens com pássaros. Bico integralmente restaurado. Gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 21,5 cm. € 80 / € 160 170


172 171

143

172 Covilhete em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde com reservas geométricas e em forma de leque com representação de paisagens, pássaro, insecto e flores. Fundo e verso a azul sob vidrado. Marcado. Cabelo, minúsculas falhas e gastos. Diam. aprox.: 27,7 cm. € 400 / € 800 173 Conjunto de dois jarros com tampa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde, sendo um decorado com reservas recortadas representando paisagens com insectos e flores e outro com peixes, caranguejo e camarão. Verso com duplo círculo. Gastos e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 20 cm. € 1.000 / € 2.000

173


144

174

174 MARQUES DE OLIVEIRA João Marques da Silva Oliveira (1853-1927) Paisagem Óleo sobre madeira Verso assinado e datado de 1879 Dim. aprox.: 23 x 36,5 cm. Emoldurado. € 18.000 / € 30.000

175 VELOSO SALGADO José Veloso Salgado (1864-1945) “Gerez” Óleo sobre madeira Assinado e datado de 1918 Dim. aprox.: 24 x 33 cm. Verso com inscrição. Emoldurado. € 6.000 / € 12.000

176 VELOSO SALGADO José Veloso Salgado (1864-1945) Fonte Óleo sobre madeira Assinado e datado de 1930 Dim. aprox.: 46 x 60,5 cm. Emoldurado. € 6.000 / € 10.000


175

176

145


146

177

177 Hippolyte Camille DELPY (1842-1910) Vista de rio com barco Óleo sobre madeira Assinado Dim. aprox.: 29,5 x 53 cm. Verso marcado com as iniciais do autor. € 4.000 / € 8.000

178 JOÃO VAZ João José Vaz (1859-1931) Paisagem da costa - Funchal Óleo sobre tela, colada em cartão Assinado Dim. aprox.: 31 x 25,5 cm. Verso com biografia do artista e inscrição com local. Emoldurado. € 12.000 / € 18.000


147

178


148

179 JOÃO VAZ João José Vaz (1859-1931) Óleo sobre madeira Assinado Dim. aprox.: 30,5 x 40 cm. Emoldurado. € 20.000 / € 40.000


149

180 ALVES CARDOSO Artur Alves Cardoso (1882-1930) Óleo sobre tela Assinado e datado de 1919 Dim. aprox.: 45 x 60 cm. Verso com etiqueta da Colecção Alice da Nazareth Fernandes. Emoldurado. Proveniência: Antiga Colecção Alice Nazareth Fernandes € 8.000 / € 16.000


150


151

181 Móvel vitrine com estrutura em madeira entalhada e dourada decorada com motivos florais e vegetalistas, com uma porta (fundo). Laterais e frente em vidro. Interior pintado em tons de verde, com fundo de abrir, forrado a veludo “capitoné” em tons de “bordeaux”. Com duas prateleiras em vidro. Assente sobre quatro pés torneados. Vestígios de caruncho, gastos, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 160 x 77,5 x 55 cm. € 500 / € 1.000


152

182 Grande prato em porcelana chinesa da Companhia das Índias, reinado de Qianlong (1736-1795). Decoração a “grisaille” e dourado, tendo ao centro representada cena de casamento com Juno, deusa do casamento, a coroar casal sob o arco que tem inscrito ‘ Semper de amor pro te firmissimus atque fidelis”. Nas colunas que ladeiam o arco estão representados os brasões de cada família. Aba decorada com enrolamentos e motivos vegetalistas estilizados. Com furação. Gastos e pequenos defeitos. Diam. aprox.: 42 cm. Com etiqueta antiga. € 3.000 / € 6.000


153

183 Molheira em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Decoração em tons da família rosa e em tons de verde com ramos e folhas a dourado, ao centro reserva com o brasão de D. António de São José de Castro, Bispo do Porto, bordo com quatro reservas decoradas com paisagens e figuras chinesas. Asa dupla entrelaçada, terminando em motivos florais em relevo. Gastos e falhas. Comp. aprox.: 18 cm. D. António de São José de Castro, Bispo do Porto, Governador da Cidade do Porto, Presidente da Junta Provisória do Governo, membro da Regência e do Governo. Filho ilegítimo do 1º Conde de Resende, nasceu cerca de 1750 e faleceu em 1814. Peças do mesmo serviço encontram-se ilustradas em “A porcelana Chinesa e os Brasões do Império”de Nuno de Castro, pág. 197 e no catálogo da exposição “Caminhos da Porcelana Dinastias Ming e Qing” da Fundação do Oriente Lisboa 1999, págs. 196-199. Existem peças do mesmo serviço em diversas colecções públicas e privadas nacionais e estrangeiras, nomeadamente Museu Nacional Soares dos Reis - Porto, Museu Nacional de Arte Antiga - Lisboa, Henry Francis du Pont Wintherthur Museum - USA e British Museum - Londres. € 8.000 / € 16.000


184 Travessa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Decoração em tons da família rosa e em tons de verde com ramos e folhas a dourado, ao centro reserva com o brasão de D.

154

177

António de São José de Castro, Bispo do Porto, bordo com quatro reservas decoradas com paisagens e figuras chinesas. Falta da grelha. Restaurada, gastos e faltas no esmalte. Comp. aprox.: 37,5 cm. € 1.000 / € 2.000


185 Prato raso em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Decoração em tons da família rosa e em tons de verde com ramos e folhas a dourado, ao centro reserva com o brasão de D. António de São José de Castro, Bispo do Porto, aba com quatro reservas decoradas com paisagens e figuras chinesas. Gastos, falhas e cabelos. Diam. aprox.: 25 cm. € 4.000 / € 8.000 186 Grande prato em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Decoração em tons da família rosa e em tons de verde com ramos e folhas a dourado, ao centro reserva com o brasão de D. António de São José de Castro, Bispo do Porto, aba com quatro reservas decoradas com paisagens e figuras chinesas. Gastos e pequenos cabelos. Diam. aprox.: 38,5 cm. D. António de São José de Castro, Bispo do Porto, Governador da Cidade do Porto, Presidente da Junta Provisória do Governo, membro da Regência e do Governo. Filho ilegítimo do 1º Conde de Resende, nasceu cerca de 1750 e faleceu em 1814. Peças do mesmo serviço encontram-se ilustradas em “A porcelana Chinesa e os Brasões do Império”de Nuno de Castro, pág. 197 e no catálogo da exposição “Caminhos da Porcelana Dinastias Ming e Qing” da Fundação do Oriente Lisboa 1999, págs. 196-199. Existem peças do mesmo serviço em diversas colecções públicas e privadas nacionais e estrangeiras, nomeadamente Museu Nacional Soares dos Reis - Porto, Museu Nacional de Arte Antiga Lisboa, Henry Francis du Pont Wintherthur Museum - USA e British Museum - Londres. € 8.000 / € 16.000

185

155

186


187 Terrina com travessa em porcelana chinesa da Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Corpo gomado, decorado com ondas em relevo e friso de perlado. Decoração em tons da família rosa e em tons de verde com ramos e folhas a dourado com brasão de armas de D. António de São José de Castro - Bispo do Porto (1º serviço). Restauro na junção do botão da tampa. Gastos e pequenos defeitos (2) Comp. aprox. máx.: 28 cm. D. António de São José de Castro, Bispo do Porto, Governador da Cidade do Porto, Presidente da Junta Provisória do Governo, membro da Regência e do Governo. Filho ilegítimo do 1º Conde de Resende, nasceu cerca de 1750 e faleceu em 1814. Peças do mesmo serviço encontram-se ilustradas em “A porcelana Chinesa e os Brasões do Império”de Nuno de Castro, pág. 197 e no catálogo da exposição “Caminhos da Porcelana Dinastias Ming e Qing” da Fundação do Oriente Lisboa 1999, págs. 196-199. Existem peças do mesmo serviço em diversas colecções públicas e privadas nacionais e estrangeiras, nomeadamente Museu Nacional Soares dos Reis - Porto, Museu Nacional de Arte Antiga - Lisboa, Henry Francis du Pont Wintherthur Museum - USA e British Museum - Londres. € 40.000 / € 80.000

156


157


188

158

188

189

188 Lavanda de formato elíptico, em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Corpo gomado, com bordo recortado, com decoração em tons da família verde, representando paisagem com aves em ramos e motivos florais. Aba decorada, no interior, com friso de padrão geométrico e reservas com borboletas e, no exterior, reservas com fénix. Faltas, gastos e pequenos defeitos. Com. aprox.: 42 cm. € 2.000 / € 4.000 189 Par de escudelas com tampa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Yongzheng (1722-1735). Decoração em tons da família rosa e dourado representando paisagem com flores. Fundo decorado com enrolamentos e motivos florais. Asas decoradas com cabeças de animal estilizadas. Gastos, sinais de uso e defeitos de fabrico. (2) Comp. aprox.: 17 cm. Com etiqueta “Pierre Saqué / 12, av. montaigne”. € 600 / € 1.000


159

190 ”Aiguière” com tampa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Corpo gomado, com decoração em tons da família verde, profusamente decorado com reservas com vistas de jardim com motivos florais. Colo decorado com friso de alvéolos e bico com motivos vegetalistas e cabeça de animal estilizada. Falhas, faltas e gastos. Alt. aprox.: 24,5 cm. Peça semelhante em “Famille Verte - Chinese Porcelain in Green Enamels”, Jörg, Christian J.A, 2011 pp. 150-151, fig. 147. € 6.000 / € 12.000


160

191

191 ALFREDO KEIL Alfredo Cristiano Keil (1851-1907) Vales - Ferreira de Zêzere Óleo sobre tela, colada sobre suporte rígido, montado em grade Assinado Dim. aprox.: 34 x 51,5 cm. Restaurado. Emoldurado. € 15.000 / € 30.000

192 CONDEIXA Ernesto Ferreira Condeixa (1857-1933) Vista de rua com figuras e burro Óleo sobre tela Assinado e datado (?) Dim. aprox.: 45 x 35 cm. Restaurado. Emoldurado. € 5.000 / € 8.000


161

192


162

193 HIND, Frank (1884-1904) “Old Portugal - Oporto” Óleo sobre madeira Assinado, com indicação “Portugal” Dim. aprox.: 32,5 x 24 cm. Verso com inscrições. Emoldurado. € 800 / € 1.200


163

194 SILVA PORTO António Carvalho da Silva Porto (1850-1893) “Ponte do Bico” Óleo sobre madeira Assinado (1882) Dim. aprox.: 33,4 x 56 cm. Esta obra vem ilustrada e participou in: Exp.: Silva Porto (1859-1893) - Exposição Comemorativa do centenário da sua morte, Museu Nacional Soares dos Reis, 1993, págs. 272/287, cat. 204. Emoldurado (pequenas falhas). Exposições: - Lisboa, 1882 - Lisboa, 1894

- Porto, 1934 - Exposição Retrospectiva da obra de Silva Porto no Centenário do sus Nascimento, Museu Nacional Soares dos Reis, 1950 - Exposição do Centenário da morte de Silva Porto, Museu Nacional Soares dos Reis, 1993 Reproduzido em: - Catálogo da Exposição Retrospectiva da obra de Silva Porto no Centenário do sus Nascimento, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto, 1950, pág. XXIX - Silva Porto, 1850-1893, Instituto Português de Museus, 1993, cat. 204, pág. 272 Proveniência: Antiga Colecção Condes de Ficalho. € 24.000 / € 40.000


164

195 ROQUE GAMEIRO Alfredo Roque Gameiro (1864-1935) S. Pedro do Sul Aguarela sobre papel Assinada e datada de 1917 Dim. aprox.: 17,5 x 25 cm. Manchada. Emoldurada. € 600 / € 800


165 196

196 MARQUES DE OLIVEIRA João Marques da Silva Oliveira (1853-1927) Vista de rio Óleo sobre tela, colada sobre cartão Assinado Dim. aprox.: 21,5 x 31,5 cm. Pequenos restauros e cartão abaulado. Emoldurado. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 3.000 / € 6.000

197 COLUMBANO Columbano Bordalo Pinheiro (1857-1929) Aguarela sobre papel Assinado e datado de 1877 Dim. aprox.: 21 x 14 cm. Manchado. Emoldurado. € 800 / € 1.200

197


198

166

198 NAVARRO DA COSTA Mário Navarro da Costa (1883-1931) Praia Pastel sobre papel Assinado Dim. aprox.: 16 x 25 cm. Manchas de humidade. Emoldurado. € 500 / € 700

199

199 Doris HICKSON (séc. XX) Estoril Óleo sobre tela, colada sobre cartão Assinado Dim. aprox.: 36 x 46 cm. Verso com etiquetas e etiquetas. Emoldurado. € 600 / € 800


200

167

200 ABEL CARDOSO Abel de Vasconcelos Cardoso (1877-1964) “Os barcos” - (Póvoa do Varzim) Óleo sobre madeira Assinado Dim. aprox.: 8,8 x 17,5 cm. Verso com inscrições. Emoldurado. € 3.000 / € 6.000

201 ALVES DE SÁ João Alves de Sá (1878 - 1982) Marinha com barcos Aguarela sobre papel Assinada e datada de 1944 Dim. aprox.: 25,5 x 25,5 cm. Verso da moldura com manchas de humidade. Emoldurada. € 800 / € 1.200

201


168

202 Par de grandes pratos em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas representando paisagens, pagodes, figuras e flores. Verso decorado com flores a “rouge de fer” e verde. Marcados. Com furações. Gastos, defeitos de fabrico e falhas. (2) Diam. aprox.: 40,5 cm. € 6.000 / € 12.000


169


170

203 Par de grandes pratos em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde e “powder blue” representando ao centro composição com jarras com flores, livros, rolos e taças. Aba decorada com reservas com objectos auspiciosos e flores. Verso em tons de “rouge de fer” e verde com motivos florais. Marcados. Gastos, sinais de uso, faltas no frete, pequenos defeitos e falhas. (2) Diam. aprox.: 38,5 cm. Verso com inscrição “Nº 134” e etiqueta do Rijksmuseum Amsterdam. € 6.000 / € 12.000


171


172

204 Par de grandes pratos em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde com reservas representando paisagens com fénix, qilin e objectos auspiciosos. Verso decorado com motivos florais em tons de “rouge de fer” e verde. Marcados. Gastos, repintes e falhas no frete. Diam. aprox.: 40,2 cm. € 6.000 / € 12.000


173


205 Placa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, séc. XIX. Decoração em tons da família rosa representando paisagem com galos em rochedos, peónias e outros motivos florais. Bordo decorado com friso de “faux bois”. Em suporte em tamarindo com filetes em metal. Gastos, pequenas falhas e pequenos defeitos. (2) Dim. aprox. placa: 39,5 x 26 cm; Alt. aprox. total com base: 52 cm. € 3.000 / € 6.000 205 Lateral

174 205 206

206 Pug, escultura em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons de castanho. Falta de uma parte da orelha. Pequenas falhas. Comp. aprox.: 17 cm. € 500 / € 1.000

207

207 Conjunto de três mesas de encaixar, chinesas, do séc. XIX, em madeira lacada a negro. Profusa decoração a dourado com paisagens com jardins, pagodes e figuras orientais. Pernas recortadas em forma de lira terminando em pés em forma de cabeça de animal fantástico, unidas por travessa curva. Faltas, falhas, gastos, restauros e defeitos. Dim. aprox. máx.: 72 x 44 x 30 cm. € 300 / € 600


175

208 Par de bergères estilo Luís XV, em madeira entalhada e pintada em tons de azul e dourado. Espaldar curvo encimado por motivos floral entalhado. Braços e pernas curvos. Cintura recortada decorada com flores. Costas, apoios dos braços, laterais, assentos e almofadas estofados a teido adamascado em tons de amarelo e bege. Restauros, falhas, gastos e defeitos. (2) Alt. aprox.: 95 cm. € 600 / € 1.200


176


177


209

178

209 Duas placas em porcelana chinesa, Companhia das Índias, séc. XIX. Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas em forma de folha representando jarra com flores, rolos e outros objectos auspiciosos. Fundo profusamente decorado com motivos florais e enrolamentos a dourado. Pequenas falhas e gastos. (2) Dim. aprox.: 17 x 27 cm. € 400 / € 800

210 Placa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, séc. XIX. Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reserva em forma de folha representando paisagem com gafanhoto, borboleta e motivos florais. Fundo profusamente decorado com motivos florais e enrolamentos a dourado. Pequenas falhas e gastos. Dim. aprox.: 17 x 27 cm. € 300 / € 600

210

211 Taça em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde e “powder blue”, com reservas recortadas representando, no interior, paisagens com animais, qilin e figuras e, no exterior, motivos florais. Fundo profusamente decorado com enrolamentos e flores. Marcada. Partida e colada, pequenas falhas e gastos. Diam. aprox.: 18,5 cm. € 200 / € 400


211

179

212

212 Taça em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde com reservas recortadas e em forma de leque com flores. Interior decorado com friso com motivos estilizados. Marcada. Faltas, gastos e falhas. Diam. aprox.: 14,7 cm. € 100 / € 200 213 Jarra em porcelana chinesa Companhia das Índias, séc. XIX. Decoração a azul sob vidrado e estilo família verde com reservas recortadas com ramos e flores. Gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 24 cm. € 300 / € 600

213


214 Escola europeia, séc. XVIII/XIX Figuras e barcos junto a fortaleza Óleo sobre tela Dim. aprox.: 30,5 x 37,5 cm. Craquelé. Verso com etiqueta de Christie, Manson & Woods, Londres, 1921. Emoldurado. € 500 / € 1.000 215 “Fauteuil” Luís XVI, em madeira pintada em tons de cinzento. Espaldar recortado rematado por pináculos. Braços curvos com apoios canelados. Cintura ligeiramente curva com cubos de intersecção decorados com flor. Pernas parcialmente caneladas. Costas, apoios dos braços e assento estofados a pele em tons de castanho decorada com ferros a ouro. Muitos gastos, um braço partido, vestígios de caruncho, manchas, falhas e defeitos. Alt. aprox.: 83,5 cm. € 100 / € 200

214

216 Tabuleiro de gamão/xadrez em diversas madeiras e marfim. Tabuleiro de fechar, com exterior para xadrez e interior para gamão. Decoração embutida em madeira contrastante, marfim e marfim tingido, de padrão geométrico. Junto com 28 peças (13+15), sendo 13 em marfim e 15 em madeira e 4 dados. Substituições, falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox. tabuleiro (fechado): 9 x 47,5 x 30,5 cm. € 400 / € 800

180

215

217 Mesa de jogo dita “tric-trac”, francesa, Luís XVI, em diversas madeiras maciças e folheadas, com duas pequenas gavetas para fichas e tampo duplo amovível. Tampo com um dos lados de escrita, forrado a carneira castanha com ferros a ouro e o outro forrado a feltro castanho. Interior com tabuleiro de gamão, com marcação em osso e osso tingido de verde e dois apoios laterais forrados a carneira castanha com ferros a ouro. Junto com copo em couro e dados e 30 peças sendo 15 em madeira tingida de preto e 15 em marfim. Com aplicação de montagens em bronze dourado. Puxadores em forma de flor em bronze dourado. Vestígios de caruncho, falhas, faltas, restauros e defeitos. Dim. aprox.: 71,5 x 111 x 66,5 cm. € 2.600 / € 5.000


216

216 Tampo

181

217 Tampo

217


218

182

218 Par de taças em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde, com fundo a azul sob vidrado, com reservas representando paisagens e flores. Marcadas. Cabelo, gastos e falhas. (2) Diam. aprox.: 11,8 cm. € 400 / € 800 219 Conjunto de duas jarras em porcelana chinesa, Companhia das Índias, séc. XIX.. Decoração “powder blue” e estilo família verde com reservas com vistas de jardim com cerca e figuras. Fundo decorado com dragões e fénix. Colo decorado com friso de motivos florais. Uma restaurada, gastos, falhas e faltas. (2) Alt. aprox.: 26,5 e 25,5 cm € 400 / € 800

219

219


220 Taça em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas recortadas e em forma de leque representando paisagens com qilin e flores e insectos. Interior com fundo decorado com reserva circular com figuras femininas e jarra com flores e friso de padrão geométrico com motivos florais. Marcada. Falhas, faltas, gastos e defeitos. Diam. aprox.: 17,5 cm. € 200 / € 400

220 Vista 1

221 Bule em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas representando paisagem com borboletas e flores. Botão da tampa em forma de cão de fóo estilizado. Gastos pequenas faltas no esmalte e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 11,5 cm € 300 / € 600

220

222 Bule em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com duas reservas, uma representando paisagem com galo, galinha e pintos e outra vista de jardim com pássaro em ramo e flores. Botão da tampa em forma de cão de fóo estilizado. Falhas, gastos e defeitos de fabrico. Alt. aprox.: 11 cm € 300 / € 600

221

222

183


223 Covilhete em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas recortadas e em forma de leque representando paisagens com ramos e flores. Verso decorado com flores a “rouge de fer” e verde. Marcado. Gastos, falhas e pequeno cabelo. Diam aprox.: 27 cm. € 400 / € 800

184

224 Covilhete em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Fundo a azul sob vidrado, com decoração em tons da família verde, representando reservas recortadas com paisagens com aves e flores. Marcado. Gastos, sinais de uso e falhas. Diam aprox.: 27,6 cm. € 400 / € 800


185

225 Conjunto de dois pratos em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde e “powder blue”, com vista de jardim com pássaro e flores ao centro, aba decorada com reservas com motivos florais e insectos. Verso com decoração a azul. Marcados. Falhas, cabelo, gastos e defeitos. (2) Diam. aprox.: 27,5 cm. € 500 / € 1.000


226 Pequena mesa de centro, estilo Luís XVI, com duas gavetas e dois estiradores. Tampo de formato circular, em mármore em tons de branco, com gradinha em metal amarelo. Com sobre-tampo de encaixar, móvel, em madeira, sendo um dos lados forrado a carneira para tampo de escrita e o outro forrado a feltro verde, para tampo de jogo, ambos com ferros a ouro. Estiradores forrados a carneira castanha com ferros a ouro. Decoração em madeira contrastante e tingida de verde, com friso embutido, urnas e motivos florais estilizados. Pernas em forma de pirâmide invertida, terminando em pés com montagens em metal amarelo. Gastos, falhas, tampo em mármore partido e colado, amolgadelas, manchas e defeitos. Dim. aprox.: 74 x 64,5 cm. € 400 / € 800 226

186

227

227 Mesa de abas inglesa, Jorge III, em mogno maciço e folheado e outras madeiras, com uma gaveta simulando duas. Decoração embutida em madeira contrastante, com friso de motivos florais e vegetalistas. Pernas em forma de pirâmide invertida terminando em rodízios. Fissuras, manchas, falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 72 x 80 x 57 cm. € 400 / € 800


229 231

228 230

187

228 Doze pratos marcadores em prata portuguesa, séc. XX. Bordo recortado com friso e concheados, com decoração gravada de aletas e motivos vegetalistas. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa. Peso aprox.: 7310 g.; Diam. aprox.: 28 cm. € 3.000 / € 6.000

229 Grande travessa elíptica em prata portuguesa, séc. XX. Bordo recortado com friso e concheados, com decoração gravada de aletas e motivos vegetalistas. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa. Riscos e pequena amolgadela. (2) Peso aprox.: 1814 g.; Comp. aprox.: 50,5 cm. € 700 / € 1.400

230 Molheira em prata portuguesa, séc. XX, com concha. Bordo recortado com friso e concheados, com decoração gravada de aletas e motivos vegetalistas. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa. Riscos e pequenos defeitos. (2) Peso aprox.: 404 g.; Comp. aprox.: 19 cm. € 160 / € 300

231 Conjunto de 12 pratos para manteiga em prata portuguesa, séc. XX. Bordo recortado com friso e concheados. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa. Riscos e oxidações. (12) Peso aprox.: 840 g.; Diam. aprox.: 9 cm. € 320 / € 600


232 232

234 233

188

232 Par de travessas elípticas em prata portuguesa, séc. XX. Bordo recortado com friso e concheados, com decoração gravada de aletas e motivos vegetalistas. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa. Riscos e sinais de uso. (2) Peso aprox.: 2760 g.; Comp. aprox.: 45,5 cm. € 1.200 / € 2.000

233 Conjunto de 20 lavabos em prata portuguesa, séc. XX, Bordo recortado com friso e concheados, com decoração gravada de aletas e motivos vegetalistas. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa.. Amolgadelas, riscos e sinais de uso. (20) Peso aprox.: 3058 g.; Diam. aprox.: 10 cm. € 1.200 / € 2.000

234 Par de molheiras com travessa fixa, em prata portuguesa, séc. XX, com duas conchas molheiras. Bordo recortado com friso e concheados, com decoração gravada de aletas e motivos vegetalistas. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa. Conchas com amolgadelas. Riscos e oxidações. (4) Peso aprox.: 1524 g.; Comp. aprox.: 24 cm. € 700 / € 1.400


235

235

236 237

189

235 Par de travessas elípticas em prata portuguesa, séc. XX. Bordo recortado com friso e concheados, com decoração gravada de aletas e motivos vegetalistas. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa. Riscos e sinais de uso. (2) Peso aprox.: 2740 g.; Comp. aprox.: 45,5 cm. € 1.200 / € 2.000

236 Par de pratos cobertos em prata portuguesa, séc. XX. Bordo recortado com friso e concheados, corpo decorado com gravação de aletas e motivos vegetalistas. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa. Sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox.: 3270 g.; Diam. aprox.: 26 cm. € 1.400 / € 3.000

237 Par de travessas fundas de formato elíptico em prata portuguesa, séc. XX. Bordo recortado com friso e concheados, com decoração gravada de aletas e motivos vegetalistas. Com contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives de Ricardo Antas Leite, comercializado por A. d’Abreu, Lda, Lisboa. Riscos e sinais de uso. (2) Peso aprox.: 2082 g.; Comp. aprox.: 33 cm. € 800 / € 1.600


238 Paliteiro em prata portuguesa, séc. XIX. Urna com ananás em vulto perfeito, sobre base alteada com cercadura de enrolamentos vegetalistas. Base de

190

formato quadrangular com quatro pés de enrolamento. Com contraste de Lisboa (L-46.0a), em uso de c.1870 a c.1879, e marca de ourives de difícil leitura. Defeitos, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 212 g.; Alt. aprox.: 16,5 cm. € 400 / € 800

238

240

239 Paliteiro em prata portuguesa, séc. XIX. Veado em vulto perfeito junto a tronco com ramo de folhagens, assente em base circular alteada decorada com flores e friso perlado. Com quatro pés de garra. Com contraste de Lisboa (L-49 ou variante), em uso de c.1879 a 1881, e marca de ourives **STA, provavelmente A/COSTA (L-76.0a), atribuível a António Costa, 1887 a 1801. Restauros, pequenos defeitos e sinais de uso. Peso aprox.: 218 g; Alt. aprox.: 18 cm. € 300 / € 600

239

241


242 Par de jarras adaptadas a candeeiros em porcelana chinesa, Companhia das Índias. Decoração em tons da família rosa, “rouge de fer” e dourado com motivos florais. Cabeças de animal estilizadas com argola em relevo. Friso de cabeças de ruyi e elementos estilizados. Montagens em metal. Com “abat-jours”. Gastos, cabelos, falhas e defeitos. (2) Alt. aprox. jarra: 41 cm; Alt. aprox. total: 88 cm. € 800 / € 1.600

242

243 Paliteiro em prata portuguesa, do séc.XIX. Vaso de flores, “albarrada”, com vaso parcialmente gomado e decorado com cercadura de flores, assente em salva circular com três pés de garra.. Com marca de contraste do Porto (P-55.0b), em uso de 1877 a 1881, e marca de ourives RUSSO (P-565.0), de José Gonçalves Russo, em uso em 1870 a 1886. Amolgadelas, sinais de uso e pequenos defeitos. Peso aprox.: 332 g.; Alt. aprox.: 24 cm. € 400 / € 800

191

240 Paliteiro em prata, trabalho atribuível ao Brasil, séc. XIX. Corpo em forma de salva de pé guilhochada com frutos diversos, em vulto perfeito. Assente em base circular guilhochada, com três pés de garra. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Faltas e defeitos. Peso aprox.: 554 g.; Alt. aprox.: 17 cm. € 300 / € 600

241 Paliteiro em prata portuguesa, séc. XIX/XX, Vaso em forma de urna com duas asas em enrolamento, assente em plinto decorado com cestos de flores, sobre base quadrangular decorada com enrolamentos vegetalistas. Com contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos, marca de ourives de João Joaquim Monteiro (18871949). Bordo do vaso com amolgadelas. Pequenos defeitos, sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 248 g.; Alt. aprox.: 15,5 cm. € 240 / € 400 243


192

244 “David com cabeça de Golias” Escultura em bronze, segundo original de Marius Jean Antonin Mercié Com marca de fundidor de “F. Barbedienne” Ostenta assinatura “A. Mercié” Alt. aprox.: 75,5 cm. Com marca de “Réduction Mécanique A. Collas”, de Achille Collas. Falta da placa, pequenos defeitos. € 1.000 / € 2.000


193

245 “Vénus sortant du bain” Escultura em bronze patinado Segundo original de Christophe Gabriel Allegrain Alt. aprox.: 85 cm. O original desta obra “Vénus sortant du bain”, de 1767, está no Museu do Louvre, com os números de colecção e inventário MR 1747 e N 15451. Christophe Gabriel Allegrain foi um escultor francês, do séc. XVIII, membro da “Académie Royale de Peinture et de Sculpture”. Base com placa identificativa. Manchas e pequenos defeitos. € 800 / € 1.600


194


195

246 Par de esculturas em madeira patinada e marmoreada representando “Tyche”, deusa da abundância ou figura alegórica à Primavera e “Deméter”, deusa da agricultura e das colheitas ou figura alegórica ao Verão. As figuras estão representadas sentadas segurando nos respectivos atributos, cornucópia de flores e ramo de espigas. Faltas, falhas, vestígios de caruncho e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox. máx.: 130 cm. Segundo informação do vendedor estas esculturas pertenceram ao Marquês de Forbin, tendo estado no “Château de La Verdière”. € 5.000 / € 10.000


196


197


198

247

247 Centro de mesa em prata inglesa, cristal e vidro, séc. XIX. Base recortada e decorada com motivos vegetalistas, frisos de folhagens, medalhão liso e gravação do brasão da família Barry. Com três suportes para taças, decoradas com enrolamentos vegetalistas, sendo o central maior e ladeado na base por quatro musas, figuras femininas alusivas à astronomia, arte e música. Taça central em cristal lapidado, com falha colada, ladeada por duas taças substituídas em vidro, de fabrico posterior. Com marca de contraste de Sheffield, de 925 milésimos, em uso em 1898, e marca de ourives de Lee & Wigfull. Falta de duas porcas. Falhas, pequenos defeitos e sinais de uso. Peso aprox.: 5702 g., Alt. aprox.: 30 cm.; Comp. aprox.: 59 cm. Poderá ter sido pertença de um dos sete filhos de Sir Charles Barry, reputado arquitecto das Casas do Parlamento, em Londres, e de outros projectos. Proveniência: Quinta de São João, Sintra € 2.000 / € 3.000 248 Centro de mesa em cristal lapidado com montagens em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Decoração neo-manuelina, com esferas armilares, cruz de Cristo, brasão de armas português, cabos e elementos de inspiração arquitectónica. Taça assente em quatro suportes em forma de colunas, sobre base circular com quatro pés em forma de cabeças de “golfinho”. Com enchimento em madeira na base, assente sobre base em mármore recortado. Com marca de contraste (Javali II), de 833 milésimos, e marca de ourives de Rocha, Oliveira & Simões, Porto, registada em 1919. Taça com pequenas falhas e riscos. Pequenos defeitos e sinais de uso. Alt. aprox.: 62 cm.; Larg. aprox.: 43 cm. € 800 / € 1.600


199

248


250

200 249

249 Par de apliques franceses, Império, em bronze dourado, de três lumes, em forma de cupido sobre bola, segurando na mão direita cornucópia de frutos com três braços curvos decorados com motivos vegetalistas e padrão simulando escamas terminando em pináculo em forma de fogaréu. Base de formato arquitectónico decorada com motivos florais e frisos de folhagem e concheado. Oxidações, gastos e defeitos. (2) Alt. aprox.: 70 cm. € 2.000 / € 4.000

250 Relógio de suspender austríaco, do fabricante Carl Wurm. Corpo em madeira patinada, com montagens em bronze dourado de friso gomado e cantos com flores. Mostrador em esmalte branco, com numeração árabe a negro, sendo o centro em bronze dourado com decoração guilhochada. Porta em vidro convexo, com decoração estilizada gravada em bronze dourado. Mostrador marcado “Carl Wurm / in Wien”. Verso marcado e com número “928”. Pega de suspender em bronze dourado em forma de cobras entrelaçadas e motivo vegetalista. Gastos, pequenas falhas e defeitos. Dim. aprox. total: 20,5 x 15 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação das máquinas dos relógios que vende em leilão. € 200 / € 300 251 Relógio de mesa, estilo Luís XVI, em mármore e bronze. Mostrador em esmalte branco com numeração romana a negro, marcado “Bilger a Paris”. Estrutura em mármore em tons de branco, com duas colunas em tons de cinzento, encimadas por pináculo em forma de bola. Com montagens em bronze dourado. Colunas decoradas com frisos de encordoado, motivos vegetalistas e cabeças de leão abocanhando argola, de onde saem correntes com bola na ponta, que unem ao corpo central onde se encontra a máquina do relógio. Bases decoradas com troféus e correntes. Base com montagens de frisos geométricos. Mostrador encimado por escultura da deusa Atena, em vulto perfeito em bronze dourado. Com chave. Falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 52 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação das máquinas dos relógios que vende em leilão. € 1.200 / € 2.200


201

251


252

202

252 Par de “chenets” franceses, em bronze dourado com suporte em ferro. “Chenets” em forma de esfinge, com figuras alegóricas, sendo uma representando a “Madame du Barry” e outra a “Madame Pompadour”. As figuras estão deitadas sobre base recortada decorada com cartela, enrolamentos, aletas e motivos vegetalistas. Pequenos vestígios de oxidação, gastos e pequenos defeitos. (2) Dim. aprox.: 37 x 30 cm. € 800 / € 1.600 253 Espelho com moldura em madeira entalhada e dourada. Profusa decoração parcialmente vazada com aletas, concheados, flores, motivos arquitectónicos, enrolamentos vegetalistas e feixe de plumas estilizado. Faltas, falhas, manchas, fissuras e defeitos. Dim. aprox.: 184 x 86 cm. € 300 / € 600

252 Pormenor


203

253


204


2ª Sessão - 14 de Dezembro de 2021 às 19.00h - Lote 254 a 490

255

254 256 257

254 Par de castiçais em prata portuguesa, séc. XIX, Corpo decorado com motivos vegetalistas, sendo o fuste em forma de balaústres, assente em base de formato quadrangular com reservas de flores. Com quatro pés de garra. Com contraste do Porto (P-38.0 ou variante), em uso de 1853 a 1861, e marca de ourives de difícil leitura, possivelmente JM (P-355.0 ou variante), não identificado, datável de 1810 a 1877. Sinais de uso, riscos e pequenos defeitos. (2) Peso aprox.: 734 g.; Alt. aprox.: 23,5 cm. € 400 / € 800

255 Grande salva/tabuleiro de gradinha em prata portuguesa, séc. XX. Corpo circular com orla e centro gravado com enrolamentos vegetalistas, assente sobre quatro pés de garra. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 1628 g.; Diam. aprox.: 41,5 cm. € 500 / € 1.000

256 Bule em prata portuguesa, séc. XIX. Corpo decorado com cercadura de motivos vegetalistas e flores, assente sobre três pés de bola. Bico em forma de animal fantástico. Asa em madeira entalhada, restaurada. Com marca de contraste do Porto (P-35.0), em c.1853 a 1555 e marca de ourives, possivelmente AIR (P_126.0), atribuível a Manuel da Silva, da mesma época. Falta de parte do espigão da charneira. Pequenos defeitos, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 1290 g.; Alt. aprox.: 21 cm. € 500 / € 1.000

257 Taça de pé em prata portuguesa, séc. XX, de corpo parcialmente canelado. Aba com gravação e data. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos, marca de ourives Manuel Alcino (1963-1986). Pequena oxidação, sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 530 g.; Diam. aprox.: 20 cm. € 180 / € 220

205


258 Pato, escultura de Luiz Ferreira em prata portuguesa e corpo em geodo de ametista, séc. XX/XXI. Montagens em prata na cabeça, parte do corpo e patas, sendo a cabeça articulada. Olhos com pedras aplicadas. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 835 milésimos e marca de ourives Venâncio Pereira Lda. (1976), marca de Luiz Ferreira, LF. Pequenos defeitos, sinais de uso e riscos. Comp. aprox.: 9,5 x 13 x 8 cm. € 1.000 / € 1.200

258

206

259 Pato, escultura em labradorite e ouro, sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Cabeça partida e colada, falta de uma pata. Falhas e faltas. Comp. aprox.: 18 cm. € 160 / € 300

259

260 Fruto, escultura de Luiz Ferreira em geodo de ametista com prata portuguesa, coral e contas de pedra dura, séc. XX. Com marca de contraste do Porto (Águia) de 833 milésimos, e marca de ourives Venâncio Pereira Lda. (1976), marca de Luiz Ferreira, LF. Sinais de uso e riscos. Dim. aprox.: 11 x 22,5 x 13 cm. € 1.000 / € 1.600

260


261 Galo, terrina com tampa de Luiz Ferreira em porcelana chinesa e prata portuguesa, séc. XX. Corpo em porcelana com decoração em tons de verde e preto, simulando penas e patas, com cabeça em prata e olhos aplicados em lápis-lazuli. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos, marca de ourives Venâncio Pereira Lda. (1976), e marca de Luiz Ferreira, LF. Sinais de uso, pequenos defeitos e riscos. Dim. aprox.: 25 x 23,5 x 17 cm. € 1.400 / € 3.000

262 Patos, par de terrinas com tampa em porcelana chinesa e prata de Luiz Ferreira, séc. XX. Corpo decorado em tons de castanho, amarelo e verde, simulando penas, com cabeça em prata dourada com olhos aplicados em granadas. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos, marca de ourives de Venâncio Pereira Lda. (1976), e marca de Luiz Ferreira, LF. Gastos e sinais de uso. (2) Comp. aprox.: 23 cm. € 2.000 / € 4.000

207

261

262


263

263

264

208

265 266 267


268

209

267 263 Par de grandes travessas em prata portuguesa, séc. XX, da Casa Leitão & Irmão. Bordo recortado e moldurado, decorado com enrolamentos, folhagens e concheados em relevo. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox.: 5524 g.; Diam. aprox.: 51 cm. € 2.200 / € 4.000

264 Conjunto de 14 pratos marcadores em prata portuguesa, séc. XX, da Casa Leitão & Irmão. Bordo recortado e moldurado, decorado com enrolamentos, folhagens e concheados em relevo. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Sinais de uso e riscos. (14) Peso aprox.: 10884 g.; Diam. aprox.: 28,5 cm. € 4.000 / € 6.000

265 Par de pratos grandes de servir em prata portuguesa, séc. XX, da Casa Leitão & Irmão. Bordo recortado e moldurado, decorado com enrolamentos, folhagens e concheados em relevo. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Pequenos defeitos e riscos. (2) Peso aprox.: 3282 g.; Diam. aprox.: 39,5 cm. € 1.400 / € 2.000

266 Par de pratos de servir em prata portuguesa, séc. XX, da Casa Leitão & Irmão. Bordo recortado e moldurado, decorado com enrolamentos, folhagens e concheados em relevo. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Pequenos defeitos e riscos. (2) Peso aprox.: 2088 g.; Diam. aprox.: 33 cm. € 800 / € 1.200

Conjunto 14 pratos para pão em prata portuguesa, séc. XX, da Casa Leitão & Irmão. Bordo recortado e moldurado, decorado com enrolamentos, folhagens e concheados em relevo. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Sinais de uso e riscos. (2)

Peso aprox.: 2206 g.; Diam. aprox.: 14,3 cm. € 800 / € 1.200

268 Salva em prata espanhola, trabalho possivelmente do séc. XVII/XVIII, com marcas do séc. XIX. Corpo profusamente repuxado e cinzelado, sendo a aba decorada com enrolamentos de motivos vegetalistas e diversos animais, orla com enrolamentos de motivos vegetalistas e cabeça de animais fantásticos. Centro com reserva circular decorada com ave de rapina a bicar um fruto, com moldura relevada de motivos vegetalistas. Com marca de Madrid, em uso em 1827, sem marca de ourives. Em nossa opinião esta marcação poderá ser uma marcação posterior ao fabrico. Furação, gastos e pequenos defeitos.

Peso aprox.: 298 g.; Diam. aprox.: 24 cm. € 500 / € 1.000


269 Grande prato em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa, “rouge de fer” e dourado representando motivos florais. Bordo decorado com álveolos e enrolamentos. Falhas, cabelo e gastos. Diam. aprox.: 38 cm. € 200 / € 400

269

210

270

270 Prato de bordo recortado em porcelana chinesa da Companhia das Índias, reinado Qianlong (17361795). Decoração em tons da família rosa e dourado representando paisagem com figura em búfalo de água, animais, flores e motivos vegetalistas. Gastos, falhas e pequenos cabelos. Diam. aprox.: 25,5 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 100 / € 200

271

271 Grande prato em porcelana chinesa da Companhia das Índias, reinado de Qianlong (1736-1795). Decoração da família rosa e dourada representando motivos florais e enrolamentos. Gastos. Diam. aprox.: 34,5 cm. € 260 / € 500


272

272 Terrina com travessa de bordo recortado, em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa representando motivos florais e friso de pontas de lança. Aba e bordo decorados com friso de padrão geométrico simulando escamas e motivos vegetalistas. Botão da tampa em forma de fruto. Gastos, sinais de uso e pequenas falhas. (2) Comp. aprox. travessa: 37,7 cm. € 2.000 / € 3.000

273

273 Prato de bordo recortado em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa e dourado representando motivos florais, vegetalistas e friso de pontas de lança estilizada. Aba decorada com friso de padrão geométrico simulando escamas. Muitas faltas de vidrado no bordo, falhas, gastos e defeitos. Diam. aprox.: 23 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 50 / € 100

274 Covilhete em porcelana chinesa da Companhia das Índias, reinado de Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa, rouge de fer e dourado representando flor de lótus, decorado ao centro com reserva de motivos florais. Gastos e pequenos defeitos. Diam. aprox.: 27,5 cm. € 300 / € 500

274

211


275 Travessa oitavada em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração a azul sob vidrado representando ao centro peónias e outros motivos florais. Aba decorada com rolos, cabeças de ruyi estilizadas, reservas de padrão e elementos vegetalistas. Gastos, falhas (sendo uma, uma grande falha visível no verso) e pequenos defeitos. Comp. aprox.: 33,5 cm € 200 / € 300

275

212

276 Grande prato em porcelana chinesa, Companhia das Índias. Decoração a azul sob vidrado representando paisagem com pagodes ao centro, friso de padrão geométrico e aba com flores e timbre com leão. Falhas, gastos e cabelo. Diam. aprox.: 35 cm. € 200 / € 300

276

277 Grande travessa de bordo recortado em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração a azul sob vidrado representando ao centro motivos florais e argolas. Aba decorada com diferentes flores e friso de padrão geométrico e reservas com enrolamentos. Bordo partido e colado, cabelo, falhas, gastos e defeitos. Comp. aprox.: 42 cm. € 100 / € 160

277


278 Taça de bordo recortado e aba ondulada em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi, c. 1700. Decoração a azul sob vidrado representando caranguejo ao centro, peixes e algas. Marcado com “aranha”, “shou”, que representa longevidade. Falhas e cabelos. Diam. aprox.: 21 cm Com etiqueta “Earle Vandekar / Guaranteed Genuin e London”. € 400 / € 800

278

279

279 Covilhete em porcelana chinesa, decoração a azul sob vidrado, representando ao centro paisagem com figuras orientais. Ostenta marca Wanli, podendo no entanto, em nossa opinião, tratar-se de fabrico posterior. Falha, sinais de uso e gastos. Diam. aprox.: 15,2 cm. € 300 / € 600

280

280 Conjunto de 6 chávenas de chá com pires em porcelana Meissen. Decoração “Blue Onion” em tons de azul com motivos florais. Falhas e gastos. (12) Diam. aprox. pires: 15,5 cm € 300 / € 600

213


214


em mármore em tons de cinzento. Interior com nicho central, quatro gavetas e tampo de escrita forrado a carneira verde com ferros a ouro. Com montagens em metal dourado representando palmetas, figuras femininas e figuras híbridas com cornetas, cabeça de Hermes e motivos florais e vegetalistas estilizados. Assente sobre base recortada. Vestígios de caruncho, oxidações, pequenas falhas, restauros, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 129,5 x 76 x 39,5 cm. € 1.000 / € 2.000

281 Escola Europeia do séc. XVII/XVIII - segundo modelos de Rafaello Sanzio Sagrada Família com São João Baptista e Anjos Óleo sobre cobre Não assinado Dim. aprox.: 41 x 29,5 cm. Restauros. Emoldurado. € 2.000 / € 4.000 282 Cadeirão de braços estilo vitoriano em madeira patinada. Costas, apoios dos braços e assento estofados a veludo “bordeaux”, com pregaria. Manchas, gastos, riscos, pequenas faltas e defeitos. Alt. aprox.: 110 cm. € 200 / € 400 283 Secretária estilo império em mogno e raiz de mogno maciço e folheado, com duas gavetas e tampo de rebater, com espelho aplicado. Topo com tampo

281

284 Cadeira de braços “gondole”, estilo império, em mogno. Espaldar curvo, braços curvos terminando em motivo vegetalista. Costas e assento estofados a tecido de padrão em tons de bege e cor-de-rosa. Gastos e pequenos defeitos. 215 Alt. aprox.: 89 cm. € 200 / € 400

283 282

284


285

285 Faldistório império, em mogno maciço e folheado. Braços e pernas curvos, unidas ao centro por travessa torneada. Com aplicação de montagens de motivos vegetalistas, carrancas e palmetas, em bronze dourado. Assento estofado a tecido amarelo, com remate em tons de azul e amarelo. Faltas, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 61,5 x 65 x 40 cm. Com etiqueta da Colecção Alfredo Guimarães. € 200 / € 400

216

287 Mesa de apoio estilo império, de formato circular, em mogno e raiz de mogno maciço e folheado. Tampo com centro em mármore em tons de preto com laivos a branco, debruado com montagem em metal amarelo. Assente sobre três pernas em forma de colo de cisne, terminando em pata de animal, em madeira pintada e dourada. Assente sobre base recortada com três pés de bola achatada. Vestígios de caruncho, falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 70 x 65,5 cm. € 600 / € 1.200 288 Par de cadeiras estilo império em mogno, com aplicações em bronze dourado. Espaldar e cintura decorados com frisos de folhas de louro e rosetas. Pernas dianteiras com montagens em bronze dourado em forma de cabeça de leão alada, terminando em pata de animal. Espaldar e assento estofados a seda em tons de verde. Manchas, gastos, falhas, faltas e defeitos. (2) Alt. aprox.: 91 cm. € 400 / € 800

286

286 Candeeiro de tecto de seis lumes estilo Império, em bronze dourado e patinado de negro. Decorado ao centro com fogaréu e electrificado com “velas”. Gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 76 cm. € 400 / € 800

287

288

288


289 Cómoda império, do séc. XIX, em mogno e raiz de mogno maciço e folheado, com uma gaveta e três gavetões. Tampo em mármore em tons de preto com laivos a branco. Decoração com montagens em bronze dourado sendo a frente das gavetas com cenas da antiguidade clássica com figuras e animais e puxadores em forma de coroa de louros rematada por palmetas. Cantos frontais decorados com cisne em alto-relevo. Montantes em forma de coluna adossada, com capitéis e base decorados com frisos de palmetas e motivos vegetalistas. Pés frontais arredondados. Pequenas falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 94 x 131 x 59 cm. € 3.000 / € 6.000

217


290 Espelho de tremó francês, Luís XVI, com moldura em madeira entalhada, dourada e pintada. Moldura decorada com borlas e motivos estilizados e encimada por águias envoltas em motivos vegetalistas e florais. Falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 112,5 x 64 cm. € 500 / € 1.000 291 Castiçal estilo império, em bronze dourado. Fuste em forma de coluna canelada, com capitel e base decorados com folhagens em relevo. Assente sobre três pernas decoradas com motivos vegetalistas e terminando em pata de animal, sobre base recortada. Gastos e sinais de uso. Alt. aprox.: 33,8 cm. € 200 / € 400 292 “Lit bateau” império, do séc. XIX, em mogno maciço e folheado. Decoração com aplicação de montagens em bronze dourado com cisne em alto-relevo. Montantes em forma de coluna adossada, com capitéis e base decorados com frisos de palmetas e motivos vegetalistas.

218

290

291

292


219

293

Lateral com cabeça em reserva ladeada por motivos vegetalistas, em bronze dourado. Pés frontais arredondados. Com rodízios. Pequenas falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox. cabeceira: 110 x 112 cm.; Dim. aprox. interior: 94 x 183 cm.; Dim. aprox. total: 110 x 193,5 x 112 cm. € 500 / € 1.000

293 Tapeçaria do séc. XVII com paisagem com árvores, vista de rio, castelo e aves. Barras laterais com enrolamentos, cestos com frutos e flores. Verso forrado a tecido castanho. Restauros, falhas, gastos e defeitos. Dim. aprox.: 315 x 230 cm. Proveniência: Quinta de São João, Sintra € 1.600 / € 3.000


294 Rara e importante caneca Carlos II, em prata inglesa, do séc. XVII. Corpo bojudo com colo e asa canelados, e corpo decorado com gravação de ramos com flores e pássaros. Com marca de contraste de Londres, de 1683 e marca de ourives não identificada IA. Pequenos defeitos ou restauros e sinais de uso. Peso aprox.: 184 g.; Alt. aprox.: 9 cm. O Metropolitan Museum, New York, tem na sua colecção uma caneca muito semelhante, do mesmo ano de fabrico, com o nº63.53.56, proveniente da colecção “The Joseph M. and Aimee Loeb May”. A marca de ourives encontra-se registada, embora não esteja identificado o ourives. € 1.400 / € 3.000 294

295 Jarro em prata portuguesa, séc. XX, com interior dourado. Corpo bojudo decorado com motivos vegetalistas em relevo, asa em enrolamento e bocal recortado. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 1238 g.; Alt. aprox.: 24 cm. € 450 / € 800

220

296 Chaleira em prata inglesa, de meados do séc. XIX. Bule de asa fixa, repuxado e cinzelado, decorado com motivos de aletas, flores, concheados, padrão de treliça e de escamas, e reserva gravada com timbre. Botão da tampa em forma de motivos vegetalistas e bico decorado com folhagens, mascarão e remate em forma de cabeça de ave. Assente em trempe, com lamparina, com profusa decoração, vazada e cinzelada de flores, enrolamentos, concheados e bustos femininos. Com contraste de Londres, em uso em 1866, de 925 milésimos, e marca de ourives R.H , de Robert Harper, em uso de 1859 a 1882. Riscos, pequenos defeitos e amolgadelas. Peso aprox.: 1554 g.; Alt. aprox.: 39 cm. € 2.000 / € 4.000

295


221

296


297 Escultura em bronze, segundo original de Alberto Giacometti “Falling Man” Assente sobre base em mármore Com selo de garantia de Paris Alt. aprox. total: 48 cm. € 400 / € 800

298 BARROS Augusto Barros Ferreira, dito Barros (1929-1998) Óleo sobre madeira Assinado (1983) Dim. aprox.: 14 x 10 cm. Verso assinado e datado de “Porto Salvo” 1983. Inserido numa caixa de acrílico. € 300 / € 600

222

297

298

299 CUTILEIRO João Cutileiro (1937-2021) Nu feminino Placa em diversas pedras Múltiplo Assinado e datado de 1993 (?), edição 16/25 Dim. aprox.: 30,5 x 30,5 cm. Pequenas falhas. € 200 / € 400 300 Reprodução da obra “La Petite Danseuse de Quatorze Ans” Escultura em bronze policromado Assente sobre base em mármore Ostenta assinatura “Degas”, com marca de fundidor Dim. aprox. total: 38,5 x 18,2 x 13,2 cm. € 1.000 / € 2.000

300 299


223

301 QUERUBIM LAPA Querubim Lapa de Almeida (1925-2016) Placa de suspensão em cerâmica policromada com representação de figuras e pássaro Assinada Verso com indicação “Lisboa” Dim. aprox.: 30,5 x 30,5 x 4 cm. Restaurada. “Craquelé” e pequenos defeitos. Com furações para suspender. € 2.000 / € 4.000


224

302

302 BOTELHO Carlos Botelho (1899-1982) Vista de Alfama Técnica mista sobre papel Assinado e datado de 1960 Dim. aprox.: 46 x 64 cm Emoldurado. € 15.000 / € 26.000

303 BOTELHO Carlos Botelho (1899-1982) Óleo sobre tela Assinado e datado de 1971 Dim. aprox.: 72 x 54 cm. Emoldurado. € 14.000 / € 28.000


225

303


226

304

304 HOGAN João Manuel Navarro Hogan (1914-1988) Paisagem Óleo sobre tela Assinado e datado de 1967 Dim. aprox.: 73 x 91 cm. Emoldurado. € 15.000 / € 25.000

305 HOGAN João Manuel Navarro Hogan (1914-1988) Encosta de Campolide Óleo sobre tela Assinado e datado de 1962 Dim. aprox.: 63 x 48 cm. Emoldurado. € 8.000 / € 16.000


227

305


228

306 CUTILEIRO João Cutileiro (1937-2021) Nu feminino Escultura em diversas pedras mármore (c. 1977) Alt. aprox.: 147 cm. Adquirida na galeria Valentim de Carvalho. Escultura instável a precisar de restauros. Falhas, restauros e defeitos. € 7.000 / € 10.000


229

307 JÚLIO Júlio Maria dos Reis Pereira (1902-1983) Óleo sobre cartão Assinado e datado de 1931 Dim. aprox.: 62 x 78 cm. Pequenos defeitos. Emoldurado. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 30.000 / € 60.000


230

308

308 “Lounge chair”, cadeira segundo modelo de Charles Eames, em contraplacado moldado com estofos em pele em tons de branco com “capitoné”. Não marcada. Sinais de uso e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 82 cm. € 700 / € 1.400

309 DACOSTA António Dacosta (1914-1990) “Sereia ao sol” Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 103 x 121 cm. Verso assinado, com indicação de título. Exposições: - Centro de Arte Moderna, da Fundação Calouste Gulbenkian, de 23 Fevereiro a 27 de Março de 1988. - Casa de Serralves, de 8 de Abril a 8 de Maio de 1988 Reproduzido em: - António Dacosta, Centro de Arte Moderna FCG, 1988, Lisboa, cat. 73. - António Dacosta, Catálogo Raisonné (versão digital), CAM - Fundação Calouste Gulbenkian, 2014, pág. 152. € 50.000 / € 80.000


231

309


232

310 PAULA REGO Paula Figueiroa Rego (n. 1935) “Os Mexilhões” / “Mussel Beach” Colagem, têmpera e tinta acrílica sobre tela Não assinado (1969) Dim. aprox.: 140 x 140 cm. Verso com etiqueta de participação da Bienal de São Paulo, com detalhes sobre a obra. Esta obra vem ilustrada in: MCEWEN, John, “Paula Rego”, Phaidon Press, 1992, pág. 85, cat. 78. € 150.000 / € 300.000


233


311

234

312

311 Covilhete de bordo recortado em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa com o brasão de armas de Joaquim Inácio da Cruz Sobral (1725-1781) - 4º serviço (5 grinaldas). Pequenas falhas e defeitos de fabrico. Diam. aprox.: 22 cm. Joaquim Inácio da Cruz Sobral, fidalgo da Casa Real, comerciante na Baía, Administrador da Alfândega de Lisboa, Senhor da Vila de Sobral, do Conselho do Rei D. José I. Uma escudela com tampa do mesmo serviço encontra-se ilustrada em “A Porcelana Chinesa e os Brasões do Império” de Nuno de Castro, pág. 140. € 800 / € 1.600

312 Par de covilhetes de bordo recortado em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa com brasão de armas de Joaquim Inácio da Cruz Sobral. Aba decorada com enrolamentos vegetalistas e florais, reservas de padrão e grinaldas. Gastos e pequenos defeitos. Comp. aprox.: 15,5 cm. Joaquim Inácio da Cruz Sobral, fidalgo da Casa Real, comerciante na Baía, Administrador da Alfândega de Lisboa, Senhor da Vila de Sobral, do Conselho do Rei D. José I. Brasão ilustrado em “A Porcelana Chinesa e os Brasões do Império” de Nuno de Castro, pág. 138. € 1.600 / € 3.000


235

313 Travessa oitavada em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração a azul sob vidrado e com esmaltes em tons de dourado e da família rosa tendo ao centro o brasão de Francisco António da Veiga Cabral da Câmara Pimentel, Visconde de Mirandela, aba encanastrada e decorada com grinaldas de flores. Pequenos defeitos e gastos. Comp. aprox.: 40,5 cm. Francisco António da Veiga Cabral da Câmara Pimentel, 1º Visconde de Mirandela, Fidalgo-Cavaleiro da Casa Real, Marechal do Exército, 80º Governador da Índia de 19«794 a 1807, Governador interino da Capitania de Santa Catarina e Governador de Armas do Rio de Janeiro, membro do Supremo Conselho de Justiça Militar. Nasceu em Portugal em 1734 e faleceu no Brasil em 1810. Uma travessa do mesmo serviço encontra-se ilustrada em “A Porcelana Chinesa e os Brasões do Império” de Nuno de Castro, pág. 177. € 3.000 / € 6.000


314 Terrina em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa, verde, “rouge de fer” e dourado representando ao centro paisagens com galos, rochedos, borboletas e motivos florais e vegetalistas. Tampa e base com friso de motivos vegetalistas e flores. Pegas em forma de cabeça de lebre. Falta numa orelha, pequenas falhas, pequenos defeitos de fabrico e gastos. Comp. aprox.: 35 cm. € 1.000 / € 2.000

236

314

315 Escultura de dois corpos, possivelmente incensório, em forma de galo em porcelana japonesa, Kakiemon, período Edo, final do séc. XVII. Decoração em tons policromos. Galo está representando sentado, sobre as patas, com a cabeça voltada para trás, com o bico aberto. Asas junto ao corpo e as longas penas da cauda erguem-se acima do corpo em arcos parcialmente abertos. Base com compartimento, decorada em tons de verde, com representação de flores e enrolamentos a “rouge de fer” e dourado. Gastos, pequenas falhas e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 23 cm. Desde meados do século XVII, figuras e animais da porcelana japonesa Arita eram produzidos para exportação para a Europa Os modelos de galos e galinhas em diferentes variações de representação e decoração eram muito populares e apreciados na Europa, conhecendo-se um exemplar levado para Dresden em 1730, peça que foi copiada em Meissen. Estas peças são caracterizadas pelas cores fortes e vibrantes Kakiemon. Para peças semelhantes consultar: ‘Porcelain for Palaces’, British Museum 1990, fig.169, da Burghley House, “Japanese Porcelain” London 1965, de Jenyns, Soame, “Japanese Export Porcelain”. Oxford 2002, pág. 194 de Oliver Impey e “Fine & Curious / Japanese Export Porcelain in Dutch Collections”, Amsterdam 2003, de Jörg, Christian J.A. Escultura do mesmo período de fabrico, vendido na leiloeira Christie’s em 2018 e, de modelo semelhante, na Bonhams, Londres, em 2009. Figura de um galo, possivelmente destinado a queimar incenso, em porcelana japonesa, fornos Arita, período Edo encontra-se na colecção do Victoria & Albert Museum. € 4.000 / € 8.000


237 315 Vista 1

315 Vista 2

315 Vista 3


238

316 Oficina europeia possivelmente do séc. XVII Nossa Senhora com o Menino Jesus Óleo sobre madeira Dim. aprox.: 60 x 44 cm. Uma obra semelhante encontra-se no Museu de Atenas, Grécia, Inv. II43. € 3.000 / € 6.000


239

317 Grande prato em porcelana chinesa dita “Swatow”, dinastia Ming, reinado Wanli, séc. XVI. Decoração a azul sob vidrado, inspirada no comércio marítimo com a China, tendo ao centro rosa dos ventos estilizada, duas naus navegando em mares ondulados, peixe e paisagem montanhosa com rochedos e pagodes. Aba com quatro reservas com cartelas, sendo duas com representação de aves e outras duas com motivos florais e vegetalistas, separadas entre si por motivos geométricos encimados por flores de lótus. Bordo e motivo central delineados por filetes. Verso decorado a azul. Faltas, falhas, defeitos de fabrico, cabelos, gastos e defeitos. Diam. aprox.: 46,5 cm. Estes pratos são vulgarmente designados como decorados com as armas da cidade de Lisboa, as naus e os corvos são desde o séc. XIV utilizados como simbolos olissiponenses. Para peças identicas ver “China for the West” de David S. Howard & John Ayers, Vol. I, pág. 52; “Choice of the Private Trader” de David S. Howard, pág. 38; e catálogo “Do Tejo aos Mares da China - Uma epopeia Portuguesa”, P.N.Q., pág. 78-79; e “Portugal na Porcelana da China 500 anos de comércio” de A. Varela Santos, pág. 214-215; “A Porcelana Chinesa ao tempo do Império” de Nuno de Castro, pág. 83. € 5.000 / € 10.000


318 Segundo original de Miguel Angelo e gravura de Orazio Borgiani (1578 - 1616) Escola Peninsular do séc. XVII Calvário - Jesus Cristo, Nossa Senhora e São João Óleo sobre madeira Não assinado Dim. aprox.: 57 x 48,5 cm. Restaurado. Emoldurado. € 1.600 / € 2.200

240 318

319 Oficina do séc. XVIII Nossa Senhora do Carmo Óleo sobre cobre Não assinado Dim. aprox.: 29 x 22 cm. Pequenas falhas, restauros e desgaste. Emoldurado. € 200 / € 300 320 Oficina ibérica do séc. XVII Nossa Senhora coroada Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 57 x 45,5 cm. Restaurado. Emoldurado com moldura em madeira entalhada e dourada a ouro fino. € 800 / € 1.600 319


241

320


321 Lote de dois fragmentos de esculturas gandara, do séc. II a V em estuque, representando cabeças de figuras femininas. Assentes sobre suporte em ferro, tendo uma base em acrílico. Falhas, restauros e defeitos. (2) Alts. aprox. esculturas: 13,5 cm. e 14,5 cm.; Alts. aprox. total: 20,5 cm. e 23 cm. € 300 / € 600 322 Fragmento de escultura gandara, do séc. II - V, em pedra, representando “Manjusri”, um dos oito bodhisattvas da sabedoria. A figura está representada de pé, com o pé esquerdo pousado sobre a cabeça de um cão de fóo. Assente sobre base em madeira. Faltas, falhas e defeitos. Alt. aprox. escultura: 42 cm.; Alt. aprox. total: 44,5 cm. € 400 / € 600

321

323 Lote de fragmento de escultura gandara, do séc. II a V em pedra, representando cabeça de figura feminina e placa em xisto, com alto-relevo representando buda sentado inserido em nicho arquitectónico. Cabeça assente sobre suporte em ferro. Faltas das mãos do buda, falhas e defeitos. (2) Alt. aprox. cabeça: 11,8 cm.; Alts. aprox. máx.: 16 cm. e 21,7 cm. € 260 / € 400

242

323

322

323


324

324 Grande bezoar, com montagens em prata decoradas com motivos vegetalistas. Com mais de 50 anos, sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Com argola para suspender. Pequenos defeitos. Alt. aprox. máx.: 12,5 cm. € 1.600 / € 3.000

326

326 Pequena caixa-escritório, trabalho mogol, do séc. XVII, com porta de rebater, em madeira e marfim. Profusa decoração com aplicação de placas de marfim esgrafitado com motivos florais e vegetalistas. Interior com sete gavetas de diferentes tamanhos. Pegas laterais e espelho da fechadura em ferro. Substiuições, restauros, falhas, fatas e defeitos. Dim. aprox.: 13,5 x 24,5 x 17,3 cm. € 2.000 / € 3.000

325

325 Pequeno contador indo-português, do séc. XVII, em diversas madeiras, com cinco gavetas simulando seis. Decoração embutida, em marfim e madeira contrastante, com motivos de padrão geométrico e floral estilizado. Ferragens e pegas laterais em metal rendilhado. Assente sobre quatro pés de bola. Restauros, falhas, vestígios de caruncho, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 31 x 39 x 30 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 2.000 / € 4.000

327 Caixa em filigrana de prata, com bezoar, de formato esférico, trabalho indiano, Goa (?). Caixa profusamente decorada com enrolamentos vegetalistas e florais, rematada por elemento floral nos fechos de cada calote esférica. Com mais de 50 anos, sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Com argola para suspender, sendo a argola e a porca de fabrico posterior. Amolgadelas e pequenos defeitos. Peso aprox.: 94 g.; Diam. aprox.: 7,2 cm.; Alt. aprox.: 8 cm. € 1.600 / € 3.000

327

243


244

328 Importante contador de aparato italiano, estilo renascentista, do séc. XIX, em ébano, decorado com embutidos e esculturas em marfim. Caixa com estrutura arquitectónica com três portas e três gavetas, assente sobre base sustentada por duas esculturas de vulto perfeito, representando “venezianos mouros” ajoelhados sobre plataforma rectangular, sobre seis pés, com três gavetas. Decoração renascentista em marfim esculpido contrastante com o ébano, representando: figuras clássicas como Vénus e Cupido; Baco, carrancas, “putti” de vulto perfeito, mascarões, figuras híbridas, frisos de enrolamentos vegetalistas, painéis com filetes de padrão geométrico e elementos arquitectónicos como frontões, volutas e colunas. Porta central contendo no interior templete com portinhola e seis gavetas no interior; e laterais com prateleiras. Fecharias do séc. XIX. Falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 265 x 150 x 65 cm. € 15.000 / € 30.000


245


246


247


248


329 Nossa Senhora com Menino Jesus, escultura do séc. XVI/XVII, em marfim. Nossa Senhora está representada coroada, sentada em majestade. Usa cabelos ondulados apanhados sob o véu. Enverga túnica comprida até aos pés. O Menino Jesus, sentado ao seu colo, é representado com túnica comprida, usa cabelos encaracolados e segura a bola do Mundo na mão esquerda enquanto abençoaria com a mão direita (falta da mão). Muitas fissuras, falhas, faltas e defeitos. Peso aprox.: 2206 g.; Alt. aprox.: 30 cm. € 5.000 / € 10.000

249


250


251

330


330 Importante crucifixo relicário com Jesus Cristo crucificado, trabalho cingalês, do séc. XVII, em marfim. Jesus Cristo, de feições orientais, está representado agonizante, usando cendal drapeado preso à cintura por nó. Usa longos cabelos caindo sobre os ombros e costas. Cruz em ébano, com terminais e legenda “INRI” em cobre recortado. Cruz com nove relicários, com relíquias. Assente sobre base recortada com catorze relicários, com relíquias, sendo o central com “Agnus Dei” em cera. Relicários com moldura em cobre recortado e vazado. Vestígios de dourado. Falta dos terminais. Pequeno restauro, gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox. Cristo: 54 cm.; Alt. aprox. total: 170 cm. € 30.000 / € 60.000

252


253


254

331 Oficina de Bartolomé Ordonez, início do séc. XVI Retábulo representando elaborada composição de Calvário com Jesus Cristo crucificado, dois ladrões, Nossa Senhora, São João e inúmeras figuras a pé e a cavalo, um cão e um macaco Escultura alto relevo, em madeira pintada. Faltas e falhas. Emoldurada (faltas e falhas). Dim. aprox.: 66 x 49 cm. Bartolomé Ordóñez (1490-1520), escultor espanhol, foi um dos criadores da escola espanhola renascentista. Influenciado pelos mestres renascentistas italianos, desenvolveu o próprio estilo original que causou grande impacto e que foi amplamente assimilado na produção escultória espanhola da época. Proveniência: Quinta de São João, Sintra € 1.000 / € 2.000


255


256


257


332 Nossa Senhora do Carmo, escultura do séc. XVIII, em madeira policromada, estofada e dourada. Nossa Senhora está representada de pé, sobre nuvens e três cabeças de anjos aladas. Enverga túnica comprida até aos pés, cingida à cintura, escapulário do Carmo com brasão coroado da Ordem das Carmelitas. Usa véu sobre a cabeça e manto comprido caído sobre os ombros e costas. Vestes profusamente decoradas com enrolamentos e motivos vegetalistas e véu com estrelas a dourado. Na mão direita segura um orbe e, na mão esquerda, o Menino Jesus sentado. O Menino Jesus é representado desnudo abençoando com a mão direita. Assente sobre peanha em madeira entalhada e dourada, decorada com flores e motivos vegetalistas. Com coroas em prata, sem marcas, com mais de 50 anos, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Gastos, pequenas falhas e defeitos. Peso aprox. prata: 28 g.; Alt. aprox. escultura: 35 cm.; Alt. aprox. total: 48,5 cm. € 2.000 / € 4.000

258

332

333 São José com o Menino Jesus, escultura indo-portuguesa, do séc. XVIII, em marfim, parcialmente dourado. São José está representado de pé, usa barbas e longos cabelos caindo sobre os ombros. Segura o Menino Jesus na mão esquerda, desnudo, segurando a bola do Mundo na mão esquerda e abençoando com a mão direita. Vestes do São José avivadas a dourado. Assente sobre peanha recortada decorada com motivos vegetalistas a dourado. Com base em madeira recortada. Com vara de açucenas em prata, com mais de 50 anos, sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Falhas, fissuras, faltas, gastos e defeitos. Peso aprox. prata: 14 g.; Alt. aprox. marfim: 18 cm.; Alt. aprox. total: 24 cm. € 2.600 / € 3.600


259

333


260


261

334 Jesus cristo crucificado, escultura indo-portuguesa, do séc. XVII, em marfim. A figura está representada em agonia, usando cendal drapeado preso à cintura por cordão com nó de laçada. Cendal decorado com debrum de friso de círculos concêntricos. Usa longa barba e longos cabelos ondulados caindo sobre os ombros e costas. Com cruz de fabrico posterior, em madeira patinada. Pequenas falhas. Alt. aprox. Cristo: 58,5 cm.; Alt. aprox. cruz: 94,5 cm. € 8.000 / € 16.000


262


335 Raro grupo escultórico representando a Assumpção e Coroação de Nossa Senhora, escultura do séc. XVIII, em madeira policromada, estofada e dourada. Nossa Senhora é coroada por três anjos esvoaçantes, usa longos cabelos ondulados caindo sobre os ombros e costas. Enverga túnica comprida até aos pés, com manto drapeado sobre as costas preso à frente na diagonal sobre o braço, ambos profusamente decorados com enrolamentos e motivos florais e vegetalistas. Está representada de pé sobre três cabeças de anjo aladas e três anjinhos de vulto perfeito, estando um deles apoiado sobre peanha dourada e entalhada decorada com motivos vegetalistas e friso gomado. Escultura assente sobre andor carregado por quatro figuras de anjos, sobre base decorada com motivos florais estilizados e friso de óvulos. Restauros, gastos, falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 65 cm. Chamamos a atenção para a rara representação, composição e qualidade desta escultura. Salientamos o carácter etéreo, reforçado pela verticalidade e leveza das figuras que coroam e sustentam Nossa Senhora. € 8.000 / € 12.000

263


264


265


266


267

336


268


269

336 Importante grupo escultórico representando a Deposição de Cristo no túmulo, escultura do séc. XVIII, em barro policromado, estofado e dourado. Toda a cena se desenvolve à volta de Jesus Cristo representado morto, com chagas abertas, deitado sobre mesa e parcialmente envolto num sudário branco. O seu corpo inanimado é apoiado por Nossa Senhora e Nicodemos. Nossa Senhora, ajoelhada à cabeça de Jesus Cristo, segura-o pelos ombros enquanto lhe apoia a cabeça e ajeita o sudário. Nicodemos segura o Seu braço direito levantado enquanto Lhe lava o corpo com uma esponja. A seus pés, Maria Madalena, segura, na mão direita o pote com unguentos. São João de Arimateia retira os unguentos para ungir o corpo de Jesus, enquanto o envolve no sudário. Atrás, ao centro da composição está representado São João Evangelista, em sofrimento, levando as mãos à cabeça. Todas as figuras envergam vestes profusamente decoradas em tons policromos e dourados com motivos florais e vegetalistas. Em maquineta em madeira entalhada, recortada e dourada, profusamente decorada com enrolamentos vegetalistas, aletas, motivos vegetalistas e feixe de plumas estilizado ao centro, sendo a frente e as laterais envidraçadas. Base e fundo da maquineta forrados a veludo em tons de azul. Falhas, gastos, pequenas faltas e defeitos. Dim. aprox. escultura: 30 x 42,5 x 15 cm.; Dim. aprox. maquineta: 78 x 64 x 33 cm. Chamamos a atenção para a força escultórica desta peça que nos transmite o sofrimento e desespero das personagens aqui representadas. Realçamos a qualidade da decoração policroma e do estofado das vestes, que enaltecem a qualidade e a beleza desta peça. € 8.000 / € 16.000


270

337


337 Oficina do séc. XIX Retrato do Papa Pio VI Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 100 x 76 cm. Restauros. Emoldurado. € 400 / € 800 338 Reis Magos, grupo escultórico do séc. XVIII, em barro policromado. Os Reis Magos estão representados a cavalo, segurando nas mãos os presentes para o Menino Jesus. Em maquineta de madeira dourada com topo e lados envidraçados. Gastos, manchas, pequenas falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 19,5 x 27 x 12 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 2.000 / € 4.000 271

338


272

339 Arca do séc. XVII, em carvalho. Frente com almofadas entalhadas em alto e baixo-relevo representando cena da Anunciação, Natividade e, ao centro, figura feminina segurando pergaminho.Cenas inseridas em reservas em forma de nicho arquitectónico, decorado com colunas e friso de óvulos, ladeadas por colunas em forma de atlante com soldado. Laterais decoradas com enrolamentos em baixo-relevo. Parte superior decorada com friso de óvulos e de padrão geométrico. Assente sobre quatro pés de bola. Com pegas, fecharia e reforços em ferro. Arca fechada, sem chave. Riscos, vestígios de caruncho, pequenas falhas e defeitos. Dim. aprox.: 76 x 110 x 60 cm. Proveniência: Quinta de São João, Sintra € 3.000 / € 5.000


273

340 Cena da Paixão de Cristo - flagelação em metal esmaltado, em tons policromos e dourado, fabrico Limoges, atribuível a Pierre Reymond (c. 1513-c.1584). Verso assinado ou com inscrição a dourado “P.R.” Faltas e falhas. Emoldurado. Dim. aprox.: 23 x 18 cm. € 1.000 / € 1.600


343 Pai do Céu, escultura do séc. XVII, em madeira policromada e dourada. Pai do céu está representado sentado em majestade, segurando nas mãos um crucifixo com Jesus Cristo, representado morto, escultura em chumbo com vestígios de policromia. Muitos vestígios de caruncho, falhas, restauros, nariz restaurado, base com acrescentos, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 49 cm. € 500 / € 800

274

341 343

341 Porta de sacrário do séc. XVII, em madeira entalhada, pintada e dourada. Profusa decoração de enrolamentos e motivos vegetalistas. Restauros, vestígios de caruncho, gastos, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 72 x 52 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 600 / € 1.000 342 São Brás, escultura do séc. XVII, em madeira policromada. Falhas, gastos, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 20 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 200 / € 400

342

344 Figura feminina, escultura do séc. XVII em madeira policromada e dourada. A figura está representada com trajes do séc. XVII e um joelho no chão. Usa longos cabelos apanhados em penteado. Vestígios de caruncho, muitos gastos, fissuras, falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 41 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 700 / € 1.000 344


275

345 Sagrada Família Peregrina, escultura do séc. XVII, em carvalho policromado e dourado. Nossa Senhora e São José, envergam túnica comprida até aos pés, com manto caindo sobre os ombros e costas, com auréolas. Nossa Senhora tem o Livro aberto na mão e São José o Livro fechado. Ambos seguram o Menino Jesus pelas mãos. Este está representado ao centro, de pé com as pernas cruzadas, usa cabelos encaracolados, veste túnica comprida cingida à cintura por cordão com nó de laçada e calça sandálias. Em segundo plano está representada um árvore numa alusão à Árvore da Vida, ladeada por flores e por uma vara de açucenas. Vestígios de caruncho, repintes, faltas, falhas, gastos e defeitos. Dim. aprox.: 78 x 56 cm. € 1.000 / € 2.000


276

346 Painel composto por 48 azulejos, séc. XIX/XX, de José Maria Pereira Júnior - Pereira Cão (1841-1921), representando ao centro composição com Nossa Senhora do Carmo, Santa Ifigénia e S. Lourenço, inserida em cartela encimada por cabeça de anjo alada e concheado, ladeada por colunas com fogaréus e enrolamentos vegetalistas. Com legendas e indicação de data 1750. Em moldura em madeira. Restauros, substituições, repintes, faltas, falhas, defeitos e defeitos de fabrico Dim. aprox.: 114 x 87 cm € 1.600 / € 3.000


347 Caixa para tabaco em forma de cabeça de negra em faiança portuguesa, séc. XVIII/XIX. Decoração policromada, a figura está representada com um laço à volta do pescoço e um lenço branco com flores atado à cabeça, formando uma pega. Restauros, falhas, faltas, gastos e defeitos. Alt. aprox.: 22 cm. Proveniência: Colecção Maria Velho Falcão Pinto Monteiro € 500 / € 1.000

348 Cesto em faiança portuguesa, fabrico de Lisboa da Real Fábrica de Louça ao Rato, período Tomás Brunetto, séc. XVIII. Aba parcialmente vazada, decoração a azul com motivos florais. Marcado. Restauros, “craquelé”, falhas e defeitos. Comp. aprox.: 26,5 cm. € 1.000 / € 1.200

277

347 Frente

347 Lateral

348


278


349 Circuncisão do Menino Jesus, grupo escultórico flamengo, do séc. XVI, em carvalho. O Menino Jesus está representado ao centro, desnudo, deitado sobre mesa com toalha, apoiado numa almofada. O Menino Jesus é amparado por Nossa Senhora e circuncisado por São Simeão. A seu lado surgem-nos São José e Ana, uma profetisa judia, que falou sobre Jesus a todos os que esperavam a redenção de Jerusalém. À frente da mesa estão gravadas as “Tábuas da Lei” de Moisés, que ditam que ao oitavo dia após o nascimento todos os rapazes devem ser circuncisados. Nossa Senhora e a profetisa Ana usam longos cabelos

279

ondulados caindo sobre os ombros, com véu sobre a cabeça. São José é representado de barbas, com túnica comprida até aos pés e sobre-túnica. São Simeão enverga vestes de religioso, com chapéu sobre a cabeça com crescente de lua ao centro. Marcada. Falhas, faltas, fissuras e defeitos. Dim. aprox.: 42 x 35 x 15 cm. São Lucas é o único evangelista a fazer menção à circuncisão de Jesus, Evangelho de Lucas (2.21), este episódio é visto como a primeira vez em que o sangue de Jesus Cristo foi derramado, e demonstra a humanidade de Jesus Cristo. € 5.000 / € 10.000


280

350

350 LÁZARO LOZANO Bonifácio Lázaro Lozano (1906-1999) Vista de rua Santiago de Compostela (?) Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 63,5 x 53 cm. € 3.000 / € 6.000

351 JÚLIO RESENDE (1917-2011) Torre Eiffel - estudo de menina Óleo sobre cartão (frente e verso) Assinado e datado de 1947 Dim. aprox.: 35 x 27 cm. Verso com etiquetas antigas de colecção. Proveniência: Colecção Prof. Malafaya Baptista € 7.000 / € 14.000


281

351


352 COSTA PINHEIRO António Costa Pinheiro (1932-2015) D. Sebastião Tinta sobre papel Não assinado, datado de 22.XII.90 (1990) e certificado pela viúva do artista Dim. aprox.: 48 x 36 cm. Esta obra participou de uma exposição do artista, realizada na Casa das Artes em Tavira. Emoldurado. € 300 / € 600

352

353 COSTA PINHEIRO António Costa Pinheiro (1932-2015) D. Sebastião Tinta sobre papel Assinado e datado de 21.12.90 (1990) Dim. aprox.: 48 x 36 cm. Esta obra participou de uma exposição do artista, realizada na Casa das Artes em Tavira. Emoldurado. € 400 / € 800

282

354 JÚLIO POMAR Júlio Artur da Silva Pomar (1926-2018) Fernando Pessoa Tinta sobre papel Assinado e datado de 1983 (a lápis) Dim. aprox.: 104 x 74 cm. Papel amarelado. Emoldurado. € 10.000 / € 15.000 353


283

354


284


285

355 JÚLIO RESENDE (1917-2011) “Divertimento” Óleo sobre tela Assinado (1993) Dim. aprox.: 80 x 180 cm. Verso assinado e datado de 1993, com detalhes sobre a obra e dedicatória, datada de 2008. Emoldurado. € 10.000 / € 20.000


286

356


287

357

356 JÚLIO RESENDE (1917-2011) Procissão dos Senhores dos Passos Óleo sobre madeira Assinado e datado de 1954 Dim. aprox.: 53,5 x 45,5 cm. Pequenos restauros. Emoldurado. € 6.000 / € 10.000

357 JÚLIO RESENDE (1917-2011) Técnica mista sobre madeira Verso assinado e datado de 1974 Dim. aprox.: 53 x 47 cm. Emoldurado. € 5.000 / € 10.000


288

358 JÚLIO RESENDE (1917-2011) “Os gatos” Óleo sobre tela Assinado e datado de 1989 Dim. aprox.: 200 x 300 cm. Sujidades. Esta obra consta do catálogo da exposição, CM Matosinhos, 2001. Não emoldurado. € 15.000 / € 20.000


289


290

359 CHAGALL Marc Chagall (1887-1985) Paravent / Biombo de 4 folhas Litografia sobre papel Não assinado, sem edição Dim. aprox. (folha): 147 x 46,5 cm. Manchado e com vincos. Esta peça foi vista pelo comité de Marc Chagall. € 4.000 / € 6.000


291


292

360 VIEIRA DA SILVA Maria Helena Vieira da Silva (1908-1992) Têmpera sobre papel Assinado e datado 1962 Dim. aprox.: 67 x 33,5 cm. Verso com etiquetas da Denise Cadé Gallery Ltd, Galerie Zlotowski, Paris e Achim Moeller, Londres, com detalhes sobre a obra. Segundo informação da etiqueta da Denise Cadé Gallery, esta obra participou na exposição “European artist of the 1950’s” - Fev. e Março 1996. Obra ilustrada no Catalogue Raisonné VIEIRA DA SILVA, pág. 366 (1806). Emoldurado. € 75.000 / € 150.000


293


294


295

361 Parte de serviço em porcelana Villeroy & Boch, decoração “French Garden”, com diferentes variações (Fleurence, Vienne, Orange e Valence). Composto por: 8 pratos rasos, 6 pratos de sopa, 6 pratos de fruta, 6 pratos de doce, 1 assadeira, 1 prato de servir, 1 tarteira, 1 travessa, 1 torteira, 1 tigela, 6 pratos marcadores, 1 prato fundo, 6 tigelas, 1 tabuleiro de plástico, 1 terrina com tampa elíptica, 2 pratos cobertos redondos, 1 travessa grande, 1 molheira com travessa, 3 saladeiras (1+1+1) de diferentes modelos, 2 assadeiras de formato quadrangular, 6 taças de consomé com pires, 6 xícaras de café com pires, 6 chávenas de chá com pires, 7 chávenas ligeiramente maiores de chá com pires, 5 pequenas taças, 6 copos para ovos, 1 bule, 1 cafeteira, 1 leiteira e 1 açucareiro. Sinais de uso e pequenos gastos. (122) Comp. aprox. máx.: 43 cm € 2.000 / € 4.000


362

296

362 Faqueiro em prata portuguesa, séc. XX, cabos decorados com concheado. Composto por 12 colheres de sopa, 12 facas de peixe, 11 garfos de peixe, 12 facas de carne, 12 garfos de carne, 11 garfos de sobremesa, 12 facas de sobremesa, 10 colheres de sobremesa, 11 garfos para bolo, 11 colheres de chá, 11 colheres de café, 1 pá para açúcar e 1 concha molheira. Com marca de contraste (Águia), de 833 milésimos. Riscos, sinais de uso e pequenos defeitos. (127) Peso aprox.: 5956 g. € 2.200 / € 4.000

363 Parte de faqueiro em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Cabos moldurados e decorados com cartela recortada. Composto por 24 colheres de sopa, 22 garfos de carne, 24 facas de carne, 6 colheres de sobremesa, 8 garfos de sobremesa, 4 colheres de café, 6 colheres de chá e 1 concha para sopa. Ligeiras diferenças de decoração ou tamanho. Com diferentes marcas de contraste, sendo uns com contraste do Porto (P-55.0b), em uso de 1877 a 1881 e marca de ourives COSTA ((P-218.0), de António da Costa; outros com contraste (Javali II) e (Águia), de 833 milésimos, e alguns sem marcas de contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos, sinais de uso e oxidações. (95) Peso aprox: 5552 g. € 2.000 / € 4.000

363


297

364 Faqueiro em prata francesa, parcialmente dourada, séc. XIX/XX. Cabos com decoração de vaso com flores, enrolamentos e motivos vegetalistas. Composto por 18 colheres de sopa, 26 facas de carne, 27 garfos de carne, 18 colheres de sobremesa em

prata dourada, 18 garfos de sobremesa em prata dourada, 18 facas de sobremesa em prata dourada, 11 garfos para bolo em prata dourada, 14 colheres para gelado e 11 talheres de servir. Com marca de contraste de Paris, de 950 milésimos, em uso de 1838 a 1973. Muitos gastos no dourado. Riscos, gastos, pequenas amolgadelas e pequenos defeitos. (161) Peso aprox. prata: 9128 g. € 3.600 / € 6.000


298


299

365 Parte de serviço em porcelana Villeroy & Boch, decoração “French Garden”, com diferentes variações (Fleurence, Vienne, Orange e Valence). Composto por: 1 terrina elíptica, 2 pratos cobertos de diferentes formatos, 1 tigela, 1 prato fundo, 2 (1+1) travessas, 1 torteira, 7 pratos rasos, 6 sopas, 6 pratos de doce, 4 pratos de fruta, 3 tigelas, 6 xícaras de café com pires, 6 chávenas de chá com pires, 6 chávenas ligeiramente maiores de chá com 7 pires, 6 tacinhas, 3 (1+1+1) saladeiras de diferentes modelos, 3 taças de consomé com pires, 3 (1+1+1) travessas fundas de diferentes formatos, 1 assadeira de formato quadrangular, 1 assadeira, 1 saladeira baixa, 1 tigela maior, 1 tabuleiro de plástico, 6 pratos marcadores, 6 copos para ovos, 1 bule, 1 xícara, 1 chávena e 1 açucareiro sem tampa. Pequenas falhas, gastos e sinais de uso. (110) Comp. aprox. máx.: 37,5 cm € 1.000 / € 2.000


367

366

368 369

300

366 Galheteiro em prata francesa, trabalho do séc. XVIII, com duas galhetas em vidro decorado com motivos vegetalistas gravados. Estrutura decorada com enrolamentos, grinaldas e frisos moldurados, com pega central em balaústres, terminando em folhas de acanto. Marcas francesas da cidade de Lille, em uso no séc. XVIII, de 950 milésimos, e marca de ourives, possivelmente de Jean Baptiste Joseph Le Roux, mestre em 1746 e ainda activo cerca de 1760. Falta das tampas das galhetas, Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 570 g.; Alt. aprox.: 23 cm. € 300 / € 600

367 Salva D. José em prata portuguesa, do séc. XVIII. Bordo recortado e decorado com concheados e aletas, orla gravada com motivos florais e aletas, sendo o centro decorado com flor. Assente sobre três pés vazados. Com marca de contraste de Évora (E-5.0), em uso de 1769 a 1778, e marca de ourives P.F (E-42.0) atribuível a Pedro Raposo, remarcada com duas cabeças de velho. Pequenos defeitos, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 496 g.; Diam. aprox.: 28 cm. Em nossa opinião os pés poderão ser de fabrico posterior. € 400 / € 800

368 Saleiro em prata inglesa, séc. XIX. Corpo circular, decorado em relevo com cartela de enrolamentos com monograma gravado e reservas recortadas com flores e folhagens. Assente em três pés de garra, unidos ao corpo por cabeças de leão. Com marca de contraste de Londres, de 925 milésimos, em uso em 1864, e marca de ourives de Daniel & Charles Houle. Amolgadelas e defeitos. Peso aprox.: 164 g., Diam. aprox.: 10 cm. € 100 / € 200


370

371

371

301

369 Tesoura de morrões e bandeja, séc. XIX. Bandeja de formato rectangular, com bordo de gradinha, assente sobre quatro pés. Tesoura de morrões com hastes em gradinha. Bandeja com marca de contraste de Lisboa (L-43.0), em uso de c.1822 a c.1860, e marca de ourives JPVD(L-442.0), de Joaquim Prudêncio Vital Dinis, remarcado com cabeça de velho. Tesoura de morrões com marca de contraste de Lisboa (L-43.0), em uso de c.1822 a c.1860, e marca de ourives AJAR (L-111.0), atribuível a António Joaquim Antunes Ribeiro, remarcada com cabeça de velho. Pequenos defeitos, sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox.: 223 g.; Comp. aprox.: 17,5 cm. e 15 cm. € 200 / € 400

370 Grande tabuleiro em prata portuguesa da Casa Leitão & Irmão, séc. XIX/XX. Corpo de formato rectangular, de bordo recortado decorado com concheados e enrolamentos vegetalistas. Fundo gravado e guilhochado, com gomos ligeiramente espiralados, tendo ao centro reserva com monograma gravado, encimado por coroa de conde. Com duas asas laterais. Com contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Pequenas amolgadelas, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 3648 g.; Comp. aprox.: 69,5 cm. € 1.600 / € 3.000

371 Serviço de chá e café em prata protuguesa, séc. XIX/XX, composto por bule, cafeteira, leiteira e açucareiro. Corpo em forma de pêra com caneluras espiraladas, decorados com reservas de enrolamentos vegetalistas, flores e concheados. Com marcas de contraste (Javali II), de 833 milésimos. Sinais de uso e pequenos defeitos. (4) Peso aprox.: 3196 g.; Alt. aprox. máx.: 28,5 cm. € 1.400 / € 2.000


372 Faqueiro em prata portuguesa, design do Arq. Álvaro Siza Vieira, séc. XX/XXI. Composto por 12 colheres de sopa, 12 garfos de peixe, 12 facas de peixe, 12 garfos de carne, 12 facas de carne, 12 colheres de sobremesa, 12 garfos de sobremesa, 12 facas de sobremesa, 12 colheres de café, 12 colheres de chá, 12 facas para manteiga, 11 garfos para aperitivos e 8 talheres de servir. Em móvel faqueiro original, em pau-rosa folheado e montagens em prata, com 13 gavetas e uma porta deslizante, com falta da chave, defeitos e falhas. Com marca de contraste do Porto (Águia), 1º título, de 925 milésimos, em uso de 1985 a 2020, marca de ourives Fernando Reis Ldª (reg. 1993) e assinatura de Siza Vieira. Sinais de uso e pequenos defeitos. (151) Peso aprox: 8706 g.; Dim. aprox. móvel: 105,5 x 52,5 x 55 cm. Puxador e dobradiça da porta soltos. € 6.000 / € 12.000 302 372

373 Faqueiro em prata inglesa, séc. XX, composto por 16 colheres de sopa, 12 garfos de peixe, 12 facas de peixe, 24 garfos de carne, 24 facas de carne, 12 colheres de sobremesa, 22 (10+12) garfos de sobremesa, 24 (12+12) facas de sobremesa, 12 colheres de chá e 4 talheres de servir. Os garfos de sobremesa e facas de sobremesa são duas variantes, podendo ser um conjunto para servir lanche, sendo as lâminas das facas em prata. Com marca de contraste de Londres, de 925 milésimos, em uso em 1920, e marca de ourives de Francis Higgins & Son Ltd. Junto com 1 faca de servir e 4 garfos de servir, de modelo semelhante, em prata norueguesa de 925 milésimos e 830 milésimos. Com mais de 50 anos, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). E com dois garfos de sobremesa de modelo semelhante, em metal prateado inglês Mappin & Webb. Em estojo, com gaveta vazia, com defeitos. Pequenos defeitos, riscos e sinais de uso. (162) Peso aprox. prata: 10228 g. € 3.400 / € 6.000

373


372

303

373


374

304

374

374 Faqueiro “Art Déco” em prata portuguesa, séc. XX, completo para 12 pessoas. Composto por 12 colheres de sopa, 12 garfos de peixe, 12 facas de peixe, 12 garfos de carne, 12 facas de carne, 12 colheres de sobremesa, 12 garfos de sobremesa, 12 facas de sobremesa, 12 colheres de café, 12 colheres de chá, 12 garfos para bolo e 19 talheres de servir. Com contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Gastos, riscos e pequenos defeitos. (151) Peso aprox.: 7700 g. € 2.000 / € 4.000

375 Faqueiro prata alemã séc. XX, marca Bruckmann, modelo 415, “Louis XV, Rokoko”, de 1908. Composto por 12 colheres de sopa, 12 facas de peixe, 12 garfos de peixe, 12 facas de carne, 12 garfos de carne, 12 facas de sobremesa, 12 colheres de sobremesa, 12 garfos de sobremesa, 12 colheres de chá, 12 colheres de gelado e 14 talheres de servir. Conjunto para bolo ou lanche composto por 12 facas, 12 garfos e 11+1 colheres (uma de modelo diferente). Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Com indicação de fabricante “ Bruckmann Sterling Silver”. Pequenos defeitos e riscos. (170) Peso total aprox.: 6498 g. € 3.400 / € 6.000

376 Faqueiro em prata portuguesa estilo D. João V completo para 12 pessoas, do séc. XX, parcialmente dourada. Cabos decorados com concheados e enrolamentos em relevo. Composto por 12 colheres de sopa, 12 garfos de peixe, 12 facas de peixe, 12 garfos de carne, 12 facas de carne, 12 colheres de sobremesa, 12 garfos de sobremesa, 12 facas de sobremesa, 12 colheres de chá, 12 colheres de café, 12 garfos para bolo e 20 talheres de servir. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Pequenos defeitos, gastos e riscos. (152) Peso aprox.: 7300 g. Proveniência: Quinta de São João, Sintra € 3.000 / € 5.000


375

376

305


306


307

377 Serviço em porcelana alemã Meissen, decoração “Blue Onion”, composto por 5 travessas de diferentes tamanhos, 2 pratos de servir, 1 saladeira, 2 pratos cobertos, 1 terrina com tampa, 1 travessa com aba vazada, 3 pratos vazados de diferentes tamanhos (2+1), 1 fruteira de dois níveis, 2 molheiras com travessas fixas, 1 mostardeira, 2 taças pequenas em forma de concha, 2 saleiros com pés em forma de concha, 1 açucareiro, 1 especieiro, 1 leiteira com pés, 1 pequena leiteira, 1 cafeteira com tampa, 1 bule de chá, 12 chávenas de chá com pires, 12 xícaras de café com pires, 2 talheres de salada em metal e porcelana, 24 pratos rasos, 12 pratos de sopa, 12 pratos de fruta, 6 pratos de doce, 6 pratos de pão. Ligeiras diferenças na decoração. Faltas, falhas e defeitos. (139) Alt. aprox. máx.: 34 cm (fruteira) € 4.000 / € 8.000


378

378 Pormenor

308

378 Par de molheiras Jorge III em prata inglesa, séc. XVIII. Corpo em forma de barco com gomos simulando ondas e bojo com timbre gravado, assente sobre pé central de bordo recortado e decorado com godrões, concheados e motivos vegetalistas. Asa perdida rematada por enrolamento, decorada com folhagens e flores imbricadas. Com marcas de Londres, de 925 milésimos, em uso em 1765, e marca de ourives ilegível. Pequenos defeitos, riscos e sinais de uso. (2) Peso aprox.: 1210 g.; Comp. aprox.: 21 cm. Numeração incisa no verso do pé. € 800 / € 1.600

379 Galheteiro D. Maria em prata portuguesa, séc. XVIII/XIX, com duas galhetas, quatro polvilhadores (3+1) e uma mostadeira, em vidro, com tampas em prata e vidro. Suporte em forma de naveta, com fundo em madeira, com decoração guilhochada e gravada de medalhões, motivos vegetalistas e estilizados. Com pega central, com rosca moída. Todas as peças com marca de contraste de Lisboa (L-36.0 ou variante), em uso de c. 1795 a 1803, e marca de ourives DMS (L-234.0 ou variante), atribuível a Domingos Mendes da Silveira, remarcada com cabeça de velho. Falhas, defeitos e riscos. Peso total aprox. suporte: 462 g.; Alt. aprox.: 24,5 cm.; Larg. aprox.: 19 cm. Alguns vidros de fabrico posterior. € 600 / € 800

380 Salva em prata portuguesa estilo D. José, do séc. XIX/XX. Bordo recortado e decorado com concheados, enrolamentos e flores. Orla gravada com flores, aletas, concheados e treliça, assente sobre três pés de enrolamento. Com contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos, e marca de ourives da mesma época. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 558 g.; Diam. aprox.: 30 cm. € 240 / € 340

381 Conjunto de dois copos em prata portuguesa, séc. XIX, de modelo semelhante. Bordo decorado com frisos estriados e timbre gravado. Interior com vestígios de dourado. Um com marca de contraste de Lisboa (L-43.0), em uso de c.1822 a c.1860, e marca de ourives LIM (L-467.0), atribuível a Leandro José de Matos. Outro com marca de contraste do Porto (P-28.0a), em uso de c.1810 a 1839, e marca de ourives difícil leitura. Gastos, pequenos defeitos e pequenas amolgadelas. (2) Peso total aprox.: 326 g.; Alt. aprox.: 9,5 cm. € 240 / € 300

380 381 379


309 382

382 Terrina com tampa em prata portuguesa martelada, séc. XX. Botão da tampa em forma de esquilo, assente em ramo com flores, com quatro pés de garra unidos ao corpo por enrolamentos vegetalistas. Com marcas de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Junto com travessa em prata portuguesa, séc. XX, de corpo martelado. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), 1º título, de 916 milésimos. Sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox. total: 4106 g.; Comp. aprox.: 34,5 cm. e 49,2 cm. € 100 / € 2.600

383 Cafeteira Jorge III em prata inglesa, do séc. XVIII. Corpo liso em forma de balaústre com bojo gravado com reserva de flores. Pé, bico e tampa decorados com friso perlado.

Botão da tampa em forma de urna. Com asa em madeira entalhada. Com marca de Londres, de 950 milésimos, em uso em 1776, e marca de ourives, possivelmente de Charles Wright (1770-1782). Amolgadelas, riscos e gastos. Peso aprox.: 948 g.; Alt. aprox.: 29 cm. € 800 / € 1.600 383


385 384

386

310

384 Travessa em prata portuguesa, séc. XX, de bordo recortado e moldurado. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 916 milésimos, e marca de ourives de Manuel Alcino (1963 a 1986). Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 946 g.; Comp. aprox.: 42 cm. € 340 / € 600

385 Travessa em prata portuguesa, séc. XX, de bordo recortado e moldurado. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 916 milésimos, e marca de ourives de Manuel Alcino (1963 a 1986). Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 1414 g.; Comp. aprox.: 48,5 cm. € 500 / € 1.000

386 Serviço de chá e café em prata portuguesa, séc. XX/XXI, composto por bule, cafeteira, leiteira e açucareiro. Corpos parcialmente gomados, sendo a asa do bule e cafeteira em madeira. Com marcas de contraste do Porto (Águia), 1º título, de 925 milésimos.

Sinais de uso, pequenos defeitos e riscos. (4) Peso aprox.: 4038 g.; Alt. aprox. máx.: 28 cm. € 1.400 / € 2.000

387 Salva de gradinha em prata portuguesa, séc. XIX, de João Ramos Ortiz. Bordo com friso decorado com flores e enrolamentos, assente sobre três pés. Com marca de contraste de Lisboa (L-46 ou variante), em uso de c.1870 c.1879, e marca de ourives JRO (L-445-0), atribuível a João Ramos Ortiz, datável de 1810 a c.1879. Defeitos, pequenas oxidações e riscos. Peso aprox.: 706 g.; Diam. aprox.: 27,7 cm. Proveniência: Família Freitas Branco € 260 / € 500

388 Serviço de chá em prata portuguesa, séc. XIX, composto por bule, açucareiro, leiteira e tigela de pingos, com ligeiras diferenças de modelo. Corpos decorados com caneluras verticais. Com diversas marcas de contraste em uso no séc. XIX, sendo contraste do Porto (P-25.0a), datável de 1810 a 1826, açucareiro com contraste do Porto (P28.0) datável de 1810 a 1839; marca de

386

ourives AIR (P-121.0), atribuível a António José Rodrigues, citado entre 1803 a 1833, e bule com marca de ourives diferente, possivelmente AM. Todas remarcadas com duas cabeças de velho. Amolgadelas, riscos e sinais de uso. (4) Peso aprox.: 2040 g.; Alt. aprox.: 17,5 cm. Proveniência: Família Freitas Branco € 700 / € 1.400

389 Cafeteira em prata portuguesa, séc. XIX, com asa em pau-santo entalhado. Corpo liso decorado com frisos canelados, com botão da tampa em forma de bolbo. Com marca de contraste do Porto (P-30.0 ou variante), datável de 1832 a 1843, e marca de ourives HIS (P-302.0), não identificado, remarcado com quatro cabeças de velho. Sinais de uso, riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 1196 g.; Alt. aprox.: 30 cm. € 800 / € 1.600

390 Salva D. José em prata portuguesa, séc. XVIII, assente sobre três pés de garra e bola. Bordo recortado e decorado com flores, concheados e aletas, orla gravada com motivos semelhantes assente sobre três pés de garra e bola. Com marca de contraste


387

389

388

do Porto (P-16.0), datável de 1784 a 1792 e marca de ourives IPP (P-367.0a ou variante), atribuível a Joao Pinto Pereira, citado entre 1759 e 1810. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 692 g.; Diam. aprox.: 30,5 cm. € 400 / € 800

391 Par de saleiros duplos neoclássicos em prata francesa, do séc. XVIII, com almas em vidro azul. Com pega central em forma de urna canelada, com decoração vazada de gradinha e medalhão encimado por laço, gravado com monograma. Assentes sobre oito pés de bode. Com marcas de contraste francesas, em uso de 1781 a 1789 e marca de Noël de Neusecourt . Vidros com falhas. Gastos, sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox.: 322 g., Comp. aprox.: 13,5 cm. € 400 / € 800

392 Tinteiro em prata portuguesa, séc. XIX, com tinteiro, areeiro, caixa de obreias, sineta, castiçal e porta penas. Assente em bandeja de gradinha de formato rectangular, com quatro pés de garra. Com marca de contraste de Lisboa (L-43,o ou variante), datável de c.1822 a c.1860, e marca de ourives JPVD (L-442.0a), atribuível a Joaquim Prudêncio Vital Diniz, em uso de 1812 a 1852. Pequenos defeitos, riscos e restauro. Peso aprox.: 416 g; Comp. aprox.: 16,5 cm. € 200 / € 400

393 Par de castiçais altos D. Maria em prata portuguesa, séc. XIX. Corpo decorado com caneluras, com fuste em forma de coluna. Com marca de contraste do Porto (P-28.0), em uso de 1810 a 1839, e marca de ourives IFG (P-268.0), atribuível a José Ferreira Guimarães, citado entre 1799 a 1842, remarcados com cabeça de velho. Sinais de uso e pequenos defeitos. (2) Peso aprox.: 1006 g.; Alt. aprox.: 28 cm. € 800 / € 1.600

390

391

393

392

311


395 396

394

397

312

394 Par de castiçais em prata portuguesa, séc. XX/XXI, inspirados em modelo do séc. XIX. Fuste canelado, e corpo decorado com cercaduras vazadas com motivos vegetalistas, flores e escudete. Com marca de contraste (Águia), 1º título, de 925 milésimos, e marca de ourives Topázio. Sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox.: 1116 g.; Alt. aprox.: 34,2 cm. € 400 / € 800

395 Par de pratos de servir em prata portuguesa, séc. XX, de bordo recortado e moldurado. Com marca de contraste do Porto (Águia), 1º título, de 915 milésimos, e marca de ourives de Manuel Alcino, em uso de 1963 a 1986. Sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox.: 1940 g.; Diam. aprox.: 35 cm. € 700 / € 1.400

396 Prato de servir em prata portuguesa, séc. XX, de bordo recortado e moldurado. Com marca de contraste do Porto (Águia), 1º título, de 915 milésimos, e marca de ourives de Manuel Alcino, em uso de 1963 a 1986, comercializado por A. de Abreu, Lda. Lisboa. Pequenos defeitos e riscos. Peso aprox.: 716 g.; Diam. aprox.: 32,5 cm. € 280 / € 400

397 Taça circular em prata portuguesa, séc. XX, assente sobre pé central. Bordo recortado e decorado com friso perlado. Verso com datas gravadas. Com marca de contraste de Lisboa, (Águia), de 833 milésimos, Joalharia do Carmo. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 996 g.; Diam. aprox.: 27 cm. € 400 / € 600


313

398 Escola francesa do séc. XIX, cópia de original Louis Michel Van Loo Retrato do Rei Filipe V de Espanha Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 104 x 83 cm. Restauros e defeitos. Emoldurado. € 1.600 / € 2.600


314

399 Grande salva de aparato em prata portuguesa, séc. XX. Profusa decoração em relevo com concheados, aletas e enrolamentos, com centro alteado e liso. Com marca de contraste (Águia), de 833 milésimos. Verso com argola de suspender e marca de posse incisa. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 1562 g.; Diam. aprox.: 51 cm. € 550 / € 1.000


315

400 Par de candelabros de três lumes em prata portuguesa, séc. XX, da Casa Leitão & Irmão. Profusa decoração em relevo de motivos e enrolamentos vegetalistas, com cabeças de leão, caneluras, grinaldas de frutos, medalhões, motivos geométricos e cabeças femininas com toucado. Base com cartela com furação preparada para aplicar monograma o brasão. Assente sobre quatro pés de garra. Com marcas de contraste de Lisboa (Águia), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox.: 5930 g.; Alt. aprox.: 50 cm. € 2.000 / € 4.000


402 São Paulo, escultura do séc. XVII, em madeira policromada, estofada e dourada. São Paulo está representado segurando o Livro na mão esquerda, com túnica comprida até aos pés e manto encarnado sobre os ombros. Faltas, gastos, vestígios de caruncho, falhas e defeitos. Alt. aprox.: 35,5 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 600 / € 1.000

316

401

401 Nossa Senhora da Lapa, escultura do séc. XVIII em madeira policromada, estofada e dourada. Nossa Senhora está representada de pé, sobre nuvens e três cabeças de anjos aladas. Usa longos cabelos loiros ondulados, enverga túnica dourada, comprida até aos pés, profusamente decorada com flores, cingida à cintura por cordão. Usa véu sobre a cabeça e manto caindo sobre os ombros. Base oitavada e marmoreada. Vestígios de caruncho, falhas, faltas, restauros e defeitos. Alt. aprox.: 45,5 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 600 / € 1.000 402


317

403

403 Nossa Senhora, escultura do séc. XVIII, em madeira policromada, estofada e dourada. Nossa Senhora está representada de pé sobre nuvens, com as mãos postas em oração. Usa túnica comprida com manto caindo sobre a cabeça e os ombros. Assente sobre peanha recortada, pintada e dourada. Sobre base, adaptada, em madeira pintada e dourada, decorada com folhas de acanto. Muitas faltas, falhas, gastos, fissuras e defeitos. Alt. aprox. escultura: 16,5 cm.; Alt. aprox. total: 26,5 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 600 / € 1.000 404 São Paulo, escultura do séc. XVII, em madeira policromada. São Paulo usa longas barbas e cabelos ondulados. Está representado descalço, com túnica até aos pés, cingida à cintura e manto comprido caindo sobre os ombros. Segura a espada na mão esquerda e, na mão direita, segura o Livro fechado. Base partida e colada, gastos, restauros, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 63 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 800 / € 1.600 404


405 Menino Jesus, escultura em madeira policromada e dourada. O Menino está representado de pé, abençoando com a mão direita. Usa cabelos ondulados, enverga túnica comprida até aos pés e calça sandálias. Assente sobre base simulando nuvens, adaptada. Faltas, falhas, restauros, vestígios de caruncho, gastos e defeitos. Alt. aprox.: 81 cm. Proveniência: Colecção Maria Velho Falcão Pinto Monteiro € 160 / € 300

406

406 Bloco de Hans Leonhard SCHÄUFELEIN (c. 1480-c.1540) “Noli me tangere” - Aparição de Jesus Cristo a Maria Madalena após Ressurreição Gravura sobre papel (datável do séc. XVII) Com monograma de Abrecht Dürer (oficina) Dim. aprox.: 18,5 x 18,5 cm. Cortada, restaurada e manchas. “Passepartout” com informações sobre a obra. Emoldurada. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 60 / € 100

318

407

405

407 Campainha/sineta de altar, em bronze. Encimada por elementos recortados estilizados. Assente sobre base com três pés em forma de pata de animal. Junto com maceta para tocar, em madeira. Pequenas oxidações, riscos, gastos e defeitos. (2) Alt. aprox.: 50 cm.; Comp. aprox. maceta: 28 cm. € 100 / € 200


409 Nossa Senhora da Conceição, escultura portuguesa do séc. XVII, em madeira policromada, estofada e dourada. Nossa Senhora está representada com as mãos postas sobre o peito, de pé sobre o crescente de lua, nuvens e três cabeças de anjo aladas. Enverga túnica comprida até aos pés, com manto sobre a cabeça e os ombros. Gastos, falhas, faltas, restauros e defeitos. Alt. aprox.: 37,5 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 600 / € 1.000

319

408

408 Santa Bárbara, escultura do séc. XVIII, em madeira policromada e dourada. Santa Bárbara usa longos cabelos ondulados caindo sobre os ombros e costas. Enverga túnica comprida até aos pés com sobre-túnica e manto sobre os ombros. Segura a torre na mão esquerda. Base oitavada com inscrição “S. Barbora”. Muitas fissuras, gastos, falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 38 cm. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 600 / € 1.000 409


320

410 Pormenor

410 Jesus Cristo crucificado, escultura hispano-filipina, do séc. XVIII, em marfim. A figura está representada em agonia, usando cendal drapeado preso à cintura por cordão com nó de laçada. Com cruz em pau-santo. Faltas, falhas e defeitos. Alt. aprox. Cristo: 28,5 cm.; Alt. aprox. total: 52 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 2.000 / € 4.000 411 Santo António com o Menino Jesus, escultura indo-portuguesa, do séc. XVIII, em marfim. Santo António está representado de pé segurando na mão esquerda o Menino Jesus, desnudo, a abençoar e com a Bola do Mundo. Com resplendor em prata, sem marcas, com mais de 50 anos, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017,

410

de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Falta de uma mão, pequenas falhas e defeitos. Peso aprox. prata: 4,5 g.; Alt. aprox. escultura: 16,8 cm.; Alt. aprox. total: 19,8 cm. € 700 / € 1.400

412 Santo António com o Menino Jesus, escultura do séc XVIII, em barro policromado. Santo António enverga vestes franciscanas, segura o Menino Jesus ao colo, desnudo, sentado sobre o livro e segurando a bola do Mundo na mão esquerda. Com peanha de formato arquitectónico em tons de cinzento. Com resplendor. Pequenas falhas, faltas, gastos e defeitos. Alt. aprox.: 43 cm.; Alt. aprox. total: 47,5 cm. € 300 / € 500 411


321

412

413 Jesus Cristo jansenista, escultura europeia do séc. XVIII, em marfim. A figura está representada agonizante com cendal drapeado à cintura. Com cruz em madeira patinada. Legenda “INRI” em marfim. Faltas, falhas, restauros e pequenos defeitos. Alt. aprox. Cristo: 27 cm.; Alt. aprox. total: 61,5 cm. € 1.000 / € 2.000 413


322

414

414 Pia de água benta, do séc. XVII, trabalho colonial espanhol. Pequena pia com coração coroado ao centro, ladeada por dois anjinhos, encimada, ao centro, por São Miguel Arcanjo, segurando escudo com legenda “Qvis vt Devs” e espada na mão direita, pisando o demónio, ladeado por enrolamentos vegetalistas. Encimado por baldaquino com passamanaria, profusamente decorado com enrolamentos e motivos vegetalistas, com cabeças de “putti”, aletas e enrolamentos vazados. Gastos, restauros, falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 27,5 cm. € 500 / € 1.000

415 À maneira de Júlio Romano, oficina de finais do séc. XVIII Assumpção de Nossa Senhora Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 171 x 130 cm. Restaurado. Verso com etiqueta com indicação de autor “Jules Romain / Julio Romano”. Emoldurado. € 3.000 / € 6.000


323

415


324

416

416 Nossa Senhora, retábulo do séc. XVIII, em madeira entalhada, policromada, estofada e dourada. Nossa Senhora surge-nos ao centro, representada de pé sobre nuvens e cabeça de anjo alada. Com as mãos postas em oração, usa túnica comprida até aos pés e manto sobre a cabeça caindo sobre as costas, está ladeada por dois anjos, que lhe seguram o manto, e duas cabeças de anjo aladas. Com resplendor pintado a dourado. Gastos, restauros, fissuras e pequenas falhas. Dim. aprox.: 53 x 39,5 cm. € 600 / € 1.200 417 Nossa Senhora da Assunção, escultura em madeira policromada, estofada e dourada. Nossa Senhora está representada de pé, pisando a serpente com a maçã, sobre nuvens com crescente de lua, anjinhos e cabeças de anjos aladas. Usa longos cabelos encaracolados caindo sobre os ombros e tem as mãos postas em oração. Assente sobre peanha, adaptada, em madeira dourada e parcialmente vazada, profusamente decorada com flores e enrolamentos vegetalistas. Com olhos em vidro. Com coroa em metal pintado a dourado. Marcada “A. A. Estrella / Esculp. / Porto 1907”. Gastos, falhas e defeitos. Alt. aprox. escultura: 57 cm.; Alt. aprox. total: 82,5 cm. € 3.000 / € 6.000


325

417


419

418 Santa Bárbara, escultura flamenga do séc. XV/XVI, em madeira policromada. A figura está representada junto à torre e segurando livro aberto na mão direita. Usa longos cabelos ondulados caindo sobre os ombros. Enverga túnica comprida até aos pés com manto sobre os ombros. Vestígios de caruncho, falhas, faltas, restauros e defeitos. Alt. aprox.: 55 cm. € 600 / € 1.000 419 MAPA. PORTUGAL Willem e Joan BLAEU. «Portugallia // et // Algarbia // quae // olim Lusitania». 1630. Os dizeres acima transcritos integram-se numa bonita composição, em baixo à esquerda, que tem como motivo principal dois astrónomos mouriscos que utilizam os seus instrumentos de medição; na parte superior foram representados os brasões dos reinos de Portugal e do Algarve, Neptuno e quatro naus com as velas desfraldadas. No canto inferior direito aparece o seguinte registo: « Amsterdami // Apud Guiljelmum et Joannem Blaew». Belo mapa colorido gravado e impresso possivelmente em 1630, na posição horizontal, publicado por Willem e Joan Blaeu, e baseado no levantamento de Fernando Alvares Secco de 1560. Papel amarelado e com picos de humidade. Emoldurado. Dim. aprox.: 38 x 50 cm. Proveniência: Colecção Maria Velho Falcão Pinto Monteiro € 200 / € 400

326

420 Burra alemã, do séc. XVI/XVII, em ferro. Decoração pintada com motivos florais e enrolamentos vegetalistas policromados. Interior pintado em tons de encarnado, com mecanismo de fechadura forrado a chapa de metal vazada e recortada, decorada com sereias coroadas nas laterais e águia coroada ao centro. Espelho da fecharia em ferro recortado e vazado decorada com enrolamentos vegetalistas. Pegas em ferro torcido e fechos com cadeados. Com chave. Gastos, oxidações, sinais de uso e defeitos. Dim. aprox.: 60 x 113 x 58,7 cm. € 2.000 / € 4.000 418


327

420


421 Mesa pé-de-galo D. João V, do séc. XVIII, em pau-santo. Tampo de bordo recortado com friso alteado e decorado com enrolamentos estilizados. Assente sobre coluna central gomada, com três pernas curvas terminando em pés de garra e bola. Sem gaiola. Com reforço em metal. Riscos, restauros, sinais de uso e defeitos. Dim. aprox.: 76 x 76,5 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 2.000 / € 4.000 422 Mesa pé-de-galo, do séc. XVIII, em pau-santo. Tampo de formato rectangular assente sobre coluna central torneada com três pernas curvas terminando em pé achatado. Manchas, sinais de uso e riscos. Dim. aprox.: 73,5 x 80 x 78 cm. € 800 / € 1.600

328 421

423 Conjunto de seis cadeiras estilo D. José em sicupira e murta. Espaldar curvo com cachaço recortado e vazado decorado com aletas e motivos vegetalistas, com tabela central recortada. Assentos com saial recortado decorado à frente com concheado e motivos vegetalistas. Pernas curvas terminando em pés de enrolamento, unidas ao centro por travessas torneadas. Coxins amovíveis estofados a tecido de padrão em tons de bege e ocre. Falhas, restauros, pequenas faltas e defeitos. (6) Alt. aprox.: 115 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 2.000 / € 4.000

422


329 423


424

330

425


426 Conjunto de quatro cadeiras D. José, do séc. XVIII, em pau-santo. Cachaço recortado e vazado decorado com enrolamentos, aletas e motivos vegetalistas. Espaldar vazado com tabela central recortada. Cintura recortada decorada com aletas e motivos vegetalistas. Pernas curvas de joelho saliente, terminando em pés de enrolamento, unidas ao centro por travessas recortadas e torneadas. Coxins amovíveis estofados a veludo em tons de castanho. Pequenas falhas, sinais de uso e defeitos. (4) Alt. aprox.: 114 cm. € 3.000 / € 6.000

331

426

424 Par de cadeiras D. José, do séc. XVIII, em pau-santo. Cachaço recortado decorado com concheado estilizado, enrolamentos, aletas e motivos vegetalistas. Espaldar vazado com tabela central recortada. Cintura recortada decorada com aletas e motivos vegetalistas. Pernas curvas de joelho saliente, terminando em pés de enrolamento, unidas ao centro por travessas recortadas. Joelhos e pés decorados com motivos vegetalistas. Coxins amovíveis estofados a veludo em tons de castanho. Pequenas falhas, sinais de uso e defeitos. (2) Alt. aprox.: 110 cm. € 1.600 / € 3.000

425 Cómoda D. Maria, do séc. XVIII, em pau-santo e outras madeiras, com dois gavetões. Tampo em mármore recortado, acompanhando as linhas da cintura, em tons de bege e “bordeaux”, moldurado por rebaixo. Cintura e laterais ligeiramente curvas. Decoração com diversas madeiras de cor contrastante representando reservas de enrolamentos com flores, pássaros e borboleta. Puxadores e escudetes em bronze cinzelado e dourado com motivos “rocaille”. Riscos, falhas, faltas, vestígios de caruncho e defeitos. DIm. aprox.: 84,5 x 125 x 58 cm. € 4.000 / € 8.000

426


332


333

427 Invulgar conjunto de seis cadeiras em madeira exótica decoradas com embutidos em osso, formando padrão geométrico. O modelo é inspirado nas cadeiras inglesas do séc. XIX, ao espírito dos móveis coloniais, executadas nas Filipinas no séc. XX. Assentos estofados a seda em tons de ”bordeaux” com risca a verde. Falhas e pequenos defeitos. (6) Alt. aprox.: 87,5 cm. Para desenho de modelos semelhantes ver: Pictorial Dictionary of British 19th Century Furniture Design, Antique Collectors’ Club, Woodbridge - Suffolk, 1977, pág. 213, ”London Chairmakers 1823, plate I. € 5.000 / € 8.000


428 Rowland HILDER (1905-1993) “Snow filled lane” Técnica mista sobre papel Assinado Dim. aprox.: 36 x 56 cm. Verso com etiqueta da Galeria Duncan Campbell, com detalhes sobre a obra. Emoldurado. € 600 / € 800

428

334

429 CALIXTO Benedito (1853-1927) Óleo sobre aglomerado Assinado Dim. aprox.: 24 x 33 cm. Pequenos defeitos. Emoldurado. Verso da moldura com etiquetas de colecção. Proveniência: Quinta de São João, Sintra € 3.000 / € 6.000 429

430 Atribuível a John BRETT (1831-1902) “Study of a boat” Aguarela sobre papel Não assinado Dim. aprox.: 12,5 x 17 cm. Manchas. Verso com etiqueta de J.S. Maas &Son Ltd., com atribuição da obra. Emoldurado. € 200 / € 300 430


335

431 MURTEIRA Jaime Murteira (1910 - 1986) Azenhas do mar Óleo sobre platex Assinado e datado de 1955 Dim. aprox.: 23 x 33 cm. € 5.000 / € 10.000


336


337

432 FRANCIS SMITH (1881-1961) Vista de rua com figuras Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 61 x 50 cm. Emoldurado. € 20.000 / € 40.000


338


339

Lote 434


340

433

433 PEDRO LEITÃO (1922-2009) “Varina” Óleo sobre tela Assinado e datado de 1950 Dim. aprox.: 35 x 24 cm. Pequenas faltas e craquelé. Indicação de título no verso da grade (tapado). Emoldurado (pequenos defeitos). € 4.000 / € 8.000

434 MEDINA Henrique Medina (1901-1984) “Promessa a São Bartolomeu do Mar” Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 137 x 118 cm. Verso da grade com inscrição sobre o título e o autor; e duas etiquetas da I Bienal Hispanoamericana de Arte, 12 de Outubro de 1951, Madrid, Espanha, com detalhes sobre a obra. Esta obra vem ilustrada in: Setenta Anos de Pintura - MEDINA, Editor David Jorge Pereira - Livraria Sólivros de Portugal, 1981,Trofa, pág. 194/195. Emoldurado. € 40.000 / € 80.000


341

434


435 Conjunto de duas cadeiras em madeira, couro e pregaria. Espaldar com cachaço recortado decorado com feixe de plumas. Cintura recortada, pernas de joelho saliente terminando em pés de garra e bola, decoradas com motivos vegetalistas. Espaldar e assento em couro lavrado decorado com pregaria, sendo o espaldar com águias bicéfalas coroadas e o assento com golfinho inserido em reserva de motivos estilizados, enrolamentos e flores. Vestígios de caruncho, gastos, falhas, faltas e defeitos. (2) Alt. aprox.: 114,5 cm. € 400 / € 800 436 Cómoda D. José do séc. XVIII, em pau-santo, com duas gavetas e um gavetão. Tampo recortado moldurado por rebaixo. Frente ligeiramente curva, saial recortado decorado com concheado estilizado e motivos vegetalistas. Pernas de joelho saliente decorados com motivos vegetalistas estilizados, terminando em pés de enrolamento. Fecharias e puxadores em latão recortado. Com chave. Restauros, vestígios de caruncho no interior das gavetas, pequenas falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 86 x 104 x 61 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 2.000 / € 4.000

435

342

436


343

437

437 Reposteiro de porta, em veludo encarnado, com armas reais portuguesas aplicadas, em diversos tecidos bordados a dourado. com aplicação de passamanaria a dourado. Manchas, gastos, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 210 x 209 cm. € 260 / € 500 438 Cadeirão de braços, do séc. XVII, em madeira patinada e couro e pregaria.

Espaldar recortado. Braços curvos terminando em enrolamento. Assente sobre quatro pernas torneadas, unidas por travessas torneadas, com testeira vazada de enrolamentos, aletas e plumas estilizadas. Espaldar e assento estofados a couro e pregaria, encimados por pináculos em metal amarelo. Couro substituído e com defeitos. Vestígios de caruncho, falhas, gastos e defeitos. Alt. aprox.: 135 cm. € 300 / € 600 438


439

344

439 Calvário, tríptico em metal esmaltado, em tons policromos e dourado, fabrico Limoges, do séc. XIX, segundo obra original do atelier de Monvaerni. Cena central com crucificação de Jesus Cristo, ladeado pelo ladrão bom e ladrão mau. Do lado direito estão representados soldados e, do lado esquerdo, Nossa Senhora, Salomé, São João, Maria Madalena ajoelhada, segurando a cruz, e outras figuras. Painéis laterais

com representação de Santa Bárbara e Santiago. Moldura em metal com flores aplicadas, inserida em madeira. Defeitos, restauros, fissuras, faltas e falhas. Dim. aprox. (esmaltes): 20 x 17,5 cm.; 20 x 7 cm. Peça original no Taft Museum of Art e tríptico com decoração semelhante no Met Museum. € 1.000 / € 2.000

440 Arca do séc. XVII, do norte de Portugal, em pau-santo e cedro, com tampo de levantar e duas gavetas. Decoração com frisos de tremidos. Assente sobre quatro pés em forma de bolacha achatada. Ferragens recortadas e vazadas em ferro. Com chaves. Riscos, pequenos defeitos, manchas, restauros, vestígios de caruncho e sinais de uso. Dim. aprox.: 72 x 142 x 56 cm. € 1.600 / € 3.000 441 Tapeçaria do séc. XVII, representando paisagem com árvores tendo ao centro figura feminina segurando cornucópia com frutos, junto a ”puto”. Muitos gastos, restauros, falhas e defeitos. Dim. aprox. tapeçaria: 177 x 175,5 cm.; Dim. aprox. total: 184 x 182 cm. € 1.000 / € 2.000

440

442 Pequena caixa contador do séc. XVII em ébano e marfim, com três gavetas simulando quatro, com aplicações de placas esgrafitadas e gravadas com animais fantásticos e figuras mitológicas. Emoldurado com filetes de marfim. Fissuras, faltas, falhas, restauros e defeitos. Dim. aprox.: 22 x 42 x 26,5 cm. € 1.400 / € 2.800


345

441

442 Lateral

442 Frente


443 Posição 1

443 Posição 2

346

443 MOMONARI-KABUTO, capacete japonês do séc. XVII/XVIII, dito em forma de pêssego, composto por duas placas em ferro unidas por uma aresta central, com vestígios de laca ”sabinuri”, imitando ferro. A guarda do pescoço, ”shikoro”, é composta por quatro lamelas de ferro lacadas a negro, sendo os ”fukigaeshi”, também em ferro lacado, fixos à primeira lamela. Lamelas móveis suportadas por cordão entrelaçado de algodão. Com vestígios de laca. Oxidações, faltas, falhas e defeitos. Comp. aprox.: 32 cm. Estes capacetes inspiram-se no formato dos morriões do séc. XVI/XVII usados pelos portugueses (Nanbanjin, assim chamados pelos japoneses), que foram os primeiros europeus a chegar ao Japão na primeira metade do séc. XVI. € 1.000 / € 2.000

444 Baú Namban do séc. XVII, em criptoméria japónica lacada a negro, dourado e prateado. Decoração com reservas com galos, imitação em pele de raia e frisos com padrão de motivos estilizados. Interior lacado a negro. Ferragens substituídas. Faltas, falhas, restauros e defeitos. Dim. aprox.: 38 x 77,5 x 31,5 cm. € 2.000 / € 3.000 443 Posição 3

440


445 Invulgar baloiço indiano em madeira exótica. Corpo composto por duas traves laterais, com base em forma de elementos vazados em forma de meio-círculo, recortadas, vazadas e profusamente decoradas com motivos entalhados e torneados. Profusa decoração em baixo-relevo de motivos florais e vegetalistas. Com reservas com aplicação de miniaturas pintadas, representando cenas com figuras orientais. Baloiço suspenso por correntes, sendo o assento com cachaço recortado, repetindo a mesma decoração, tendo ao centro reserva com miniatura de figura oriental feminina. Manchas, falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 208 x 220 x 136 cm. € 2.000 / € 4.000

347


446 Invulgar cálice em prata dourada, trabalho do séc. XVIII. Corpo com profusa decoração “rocaille” gravada, com enrolamentos vegetalistas, flores, concheados e treliça. Fuste em forma de balaústre com a mesma decoração e copo parcialmente liso. Assente em base alteada, gravada com os mesmos motivos, com bordo de friso de palmetas. Marcado com “cabeça de velho”. Sinais de uso, gastos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 490 g.; Alt. aprox.: 24,5 cm. Interior do copo com antiga etiqueta de colecção. € 1.000 / € 2.000 447 Arca em sicupira e vinhático, do séc. XVIII, com duas gavetas. Tampa moldurada por friso de torcidos, frente e lados decorados com moldurados de tremidos. Ferragens em ferro. Pés torneados. Uma fecharia substituída. Pequenos defeitos, riscos, sinais de uso e restauros. Dim. aprox.: 76 x 173 x 67 cm. Proveniência: Colecção Comandante Jorge Bandeira € 1.400 / € 2.800

348

446

448 Grande pote em porcelana chinesa, Companhia das Índias, do séc. XVIII. Corpo profusamente decorado, a azul sob vidrado, com flores, motivos vegetalistas, enrolamentos e cabeças de ruyi estilizadas. Colo com friso de padrão geométric. Um grande cabelo, cabelos, defeitos de fabrico, pequenas falhas e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 65 cm. € 4.000 / € 8.000

447


349

448


449 Grande jarrão em porcelana Gokan Kobo, Paris. Decoração policromada e dourada com flores. Marcado. Sinais de uso e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 110 cm. € 1.000 / € 2.000

450

451 Terrina com tampa e travessa em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Decoração a azul sob vidrado representando paisagem fluvial com pagodes. Grande falta no interior da tampa. Defeitos, pequenas falhas e sinais de uso. (2) Comps. aprox.: 32 cm. e 35 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 800 / € 1.600

350

449

450 Grande travessa peixeira, redonda, em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração a azul sob vidrado representando ao centro vista de jardim com cerca, figura feminina oriental segurando jarra de flores, peónias e outros motivos florais. Aba decorada com reservas recortadas de padrão geométrico e de álveolos, flores, enrolamentos e motivos vegetalistas. Sinais de uso e pequenos defeitos. Diam. aprox.: 47 cm € 500 / € 1.000

451

452 Grande prato em porcelana chinesa, séc. XIX. Decoração policromada e dourada representando ao centro divindades, qilin, cão, livros, morcego e outros. Aba decorada com friso de padão geométrico, com reservas com paisagens fluviais, pagodes e figuras. Bordo com friso de pontas de lança estilizadas. Duplo frete. Gastos, falhas e defeitos de fabrico. Diam. aprox.: 47 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 1.000 / € 2.000


351

452

453 Rara bacia degolada, para barba em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração a azul sob vidrado representando peónias e outros motivos florais. Com furações para suspensão. Gastos, pequenos restauros e defeitos de fabrico. Comp. aprox.: 31,5 cm. € 500 / € 1.000

453


454 Posição1

454 Maçaroca, escultura do séc. XIX, em marfim. Pequenas falhas e faltas. Comp. aprox.: 30 cm. € 500 / € 1.000

454 Posição2

455 Cartoneira oriental, do séc. XIX, em marfim. Profusa decoração entalhada em alto e baixo-relevo com paisagens com pagodes e figuras orientais em cenas do quotidiano, envoltas em motivos florais e vegetalistas. Pequenas falhas e defeitos. Dim. aprox.: 10,6 x 6,8 cm. € 500 / € 1.000

352

455 Aberta 455 Fevhada

456 Pequeno tabuleiro de formato quadrangular, trabalho oriental, em madeira e osso. Lados com decoração vazada de enrolamentos florais e vegetalistas. Cantos reforçados com latão, decorado com motivos vegetalistas e estilizados. Oxidações, faltas e pequenos defeitos. Dim. aprox.: 8 x 24,5 x 24,5 cm. € 100 / € 200

456


457 Taça Guzarate, do séc. XVI/XVII, em placas de madrepérola, com montagens em prata. Fundo decorado com flor. Base com friso em prata decorado com perlado. Placas de madrepérola fixas com pinos metálicos. Com mais de 50 anos, sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Restauros, amolgadelas, falhas e defeitos. Diam. aprox.: 11,8 cm. € 800 / € 1.600 458 Almofariz com mão, trabalho Indo-português do séc. XVII, em marfim. Pequenas falhas, faltas e fissuras. (2) Alt. aprox. almofariz: 18,8 cm.; Comp. aprox. mão: 22,5 cm.; Peso apro.: 2060 g. € 1.600 / € 3.000

458 Posição1

353

457

458 Posição1


354

459 PEREIRA CÃO José Maria Pereira Júnior, dito Pereira Cão, séc. XIX Naturezas mortas com flores Par de óleos sobre tela Assinados Dim. aprox.: 100 x 60 cm. Restaurados. Emoldurados. € 2.000 / € 3.000


355


356

460

460 DOURDIL Luis César Pena Dourdil Dinis (1914-1992) Técnica mista sobre papel Assinado Dim. aprox.: 70 x 100 cm. € 2.400 / € 4.000

461 BUAL Artur Bual (1926-1999) Cristo crucificado Óleo sobre tela Assinado e datado de 1995 Dim. aprox.: 162 x 97 cm. Esta obra vem acompanhada por um certificado de autenticidade e proveniência, passado pelos descendentes do artista. A obra esteve exposta na Igreja da Amadora, numa exposição intilulada “Cristos” e aparece em parte, numa fotografia de uma exposição de Artur Bual, no site da Câmara Municipal da Amadora, Galeria Municipal Artur Bual. Emoldurado. € 10.000 / € 15.000


357

461


462

358

463

462 NERY Eduardo José Nery de Oliveira (n.1938-2013) “Luz Imanente, Luz Emanente” Técnica mista sobre derivado de madeira Verso assinado, datado de 1990 e com indicação de título Dim. aprox.: 50 x 121 cm. Pequenos defeitos. Emoldurado. Proveniência: Espólio do artista plástico Eduardo Nery. € 10.000 / € 20.000

463 GIL TEIXEIRA LOPES Manuel Gil Teixeira Lopes (n.1936) “Página de um diário IV” Técnica mista sobre papel Assinado e datado (?) Dim. aprox.: 68 x 98 cm. Emoldurado. € 1.600 / € 2.600


359

464 AREAL António Santiago Gonçalves Areal e Silva (1934-1978) Óleo sobre platex Assinado e datado de 1975 Dim. aprox.: 90 x 63 cm. Não emoldurado. € 10.000 / € 20.000


465 CARGALEIRO Manuel Cargaleiro (n.1927) Guache sobre papel Assinado e datado de 1959 Dim. aprox.: 23 x 16 cm. Esta obra está certificada pela Fundação Manuel Cargaleiro. Papel ligeiramente amarelado. Não emoldurado. € 800 / € 1.600 466 KOONS, Jeff (n. 1955) Escultura - múltiplo de Balloon Dog (rose gold) “Éditions Studio”, Galerie C.O.A. Edição nº 519/999 Dim. aprox.: 30 x 30 x 12 cm. Esta peça está na caixa original e vem acompanhada de um certificado de autenticidade da galeria “C.O.A.”. € 1.000 / € 2.000

360

465

466 Posição 2

466 Posição 1


361

467 ANTÓNIO PALOLO João António da Silva Palolo (1946-2000) Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 98 x 68 cm. Não emoldurado. € 8.000 / € 16.000


470

468 Covilhete em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde com reservas recortadas em forma de flor representando vistas de jardim com ramos floridos e motivos florais. Marcado. Pequenas falhas e gastos. Diam. aprox.: 27,3 cm. € 300 / € 400

468

362

469 Par de jarras em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde representando reservas circulares com vistas de jardim com cerca com qilins e reservas recortadas com representação de pássaros em ramos. Vestígios de dourado Uma com restauro. Falhas, gastos e defeitos. (2) Alt. aprox.: 28 cm. Uma jarra com vestígios de etiqueta do Rijksmuseum Amsterdam 1936. € 700 / € 1.400 470 Pequeno bule em porcelana chinesa, Companhia das Índias, séc. XIX. Decoração “powder blue” e estilo família verde, com flores a dourado. Corpo decorado com duas reservas côncavas com galos e flores em relevo. Falhas, faltas e gastos. Alt. aprox.: 12,8 cm € 300 / € 600

469

471 Bule em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração “powder blue” com reservas com objectos auspiciosos. Fundo produsamente


decorado com motivos florais e friso de cabeças de ruyi. Gastos e pequenas falhas. Alt. aprox.: 10,5 cm € 300 / € 600

recortadas com flores, ramos e pássaros. Cabelo na tampa. Gastos e pequenos defeitos. Junto com tampa. Alt. aprox.: 21,5 cm € 400 / € 800

472 Jarra em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Decoração em tons da família verde com reservas recortadas com flores, jarra e outros objectos. Gastos. Alt. aprox.: 21,5 cm. € 300 / € 600 473 Bule em porcelana chinesa, Companhia das Índias, séc. XIX. Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas

474 Par de jarras em forma de cabaças em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (16621722). Decoração “powder blue” e em tons da família verde com reservas recortadas e em forma de leque, representando objectos auspiciosos, qilins, insectos e flores. Ligeras diferenças no tamanho. Restauros, faltas no esmalte, falhas e defeitos. (2) Alt. aprox.: 24 e 23,5 cm. € 600 / € 1.000

471

363

472

474

473


477 “Carriage clock” do séc. XIX, com caixa em bronze dourado. Profusa decoração gravada de flores e enrolamentos vegetalistas. Mostrador em esmalte branco com numeração árabe e romana a negro e decoração de flores a dourado. Marcado “BOLVILLER À PARIS” e numerado “409L”. Falta do estojo. Oxidações, gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox. máx.: 18 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação das máquinas dos relógios que vende em leilão. € 140 / € 280

477

364

475

475 Grande tapete oriental em lã, em tons de azul, “bordeaux”, bege e cor-de-rosa. Profusa decoração de reservas com motivos vegetalistas e florais estilizados. Restauros, buracos, manchas, gastos, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 505 x 300 cm. Proveniência: Casa em Évora de Maria Luísa Murteira € 1.000 / € 2.000

476 Tapete oriental em seda, em tons de bege, “bordeaux” e castanho. Profusa decoração de motivos florais e vegetalistas, enrolamentos, animais e motivos estilizados. Friso com reservas com inscrições em árabe. Gastos, falhas, faltas, manchas e defeitos. Dim. aprox.: 326 x 214 cm. € 3.000 / € 6.000

476


478 Relógio de mesa em bronze dourado e patinado. Caixa de formato rectangular decorada com troféu e cantos com motivos vegetalistas, em bronze dourado, assente sobre pés em forma de enrolamentos vegetalistas. Mostrador em metal, com numeração romana a negro, envolto em representação de mar revolto com gôndola com figura de mouro, em bronze dourado. Com chave. Gastos, falhas e defeitos. Alt. aprox.: 56 cm. O Palácio do correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação das máquinas dos relógios que vende em leilão. € 1.000 / € 2.000

479 Par de colunas em madeira pintada e dourada a ouro fino. Fuste em forma de figuras femininas com corpo em forma de motivos vegetalistas, sustentando peanha. Assentes sobre base decorada com folhas frisos de folhas de acanto e óvulos, reservas com motivos florais e de padrão geométrico. Falhas, faltas, vestígios de caruncho, gastos e defeitos. (2) Alt. aprox.: 100 cm. € 600 / € 1.200 480 Pequeno gomil dourado em prata dourada, trabalho atribuível ao séc. XVIII, possivelmente alemão. Corpo em forma de elmo invertido, com decoração gravada de enrolamentos vegetalistas. e motivos estilizados. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Pé amolgado. Defeitos, gastos e restauros. Peso aprox.: 484 g.; Alt. aprox.: 19,5 cm. € 400 / € 800 478

365

480

479

479


481

366

481 Serviço de chá e café em prata portuguesa, séc. XX, composto por bule, cafeteira, açucareiro e leiteira. Corpo parcialmente gomado, alguns com asas em pau-santo. Com contraste (Javali II), 833 milésimos, e marca de ourives João Joaquim Monteiro (1887-1949). Pequenos defeitos, pequenos restauros e riscos. (4) Peso aprox.: 1632 g.; Alt. aprox. máx.: 20,5 cm. € 800 / € 1.600

482 Jarro com tampa em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Corpo em forma de balaústre, parcialmente gomado, com botão da tampa em forma fruto, assente em base oitavada. Asa com isoladores, unida ao corpo por elemento de cartela com motivos vegetalistas. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Pequenos defeitos, riscos e amolgadelas. Peso aprox.: 602 g.; Alt. aprox.: 24 cm. Por ter isoladores será um jarro para bebida quente. € 300 / € 400 483 Salva em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Bordo recortado e aba decorada em relevo com concheados, aletas e enrolamentos. Assente sobre três pés vazados. Com marca de contraste (Javali II), de 833 milésimos. Pequenas amolgadelas no bordo, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 1150 g.; Diam. aprox.: 47,5 cm. € 500 / € 1.000

482

484 Bule em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Corpo parcialmente canelado, de secção elíptica. Com contraste (Javali II), de 833 milésimos. Defeitos e restauros. Peso aprox.: 732 g.; Alt. aprox.: 17,5 cm. € 300 / € 600

485 Serviço de chá e café em prata portuguesa, séc. XX. Corpo parcialmente gomado, com friso perlado. Composto por bule, cafeteira, açucareiro e leiteira. Contraste (Javali II), 833 milésimos. Com asas em pau-santo, uma asa partida. Defeitos, amolgadelas e uma asa partida. (4) Peso aprox.: 1820 g.; Alt. aprox. máx.: 20 cm. € 800 / € 1.600

486 Serviço em prata portuguesa, séc. XIX, composto por bule, cafeteira e açucareiro. Corpo guilhochado e puncionado com cartela, botão da tampa em forma de flor com asa e bico decorado com motivos vegetalistas e perlado. Com marca de contraste do Porto (P-44.0e ou variante), de c.1870 a c.1877, e marca de ourives AURIFICIA (P-179.0a u variante), da Companhia Aurificia. Defeitos e gastos. (3) Peso aprox.: 2688 g.; Alt. aprox.: 26,5 cm. € 1.000 / € 2.000


483

484 485

367

486


487 Serviço em prata portuguesa, séc. XX, composto por bule, cafeteira, leiteira e açucareiro. Corpo decorado com frisos de caneluras verticais, assente sobre pé central. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Defeitos, riscos e amolgadelas. (4) Peso aprox.: 1756 g.; Alt. aprox.: 17 cm. € 800 / € 1.600

488 Par de taças de pé em prata portuguesa da Casa Leitão & Irmão, séc. XIX/XX. Taças amovíveis de bordo ondulado com aba parcialmente vazada, decoradas em relevo com elementos vegetalistas e grinaldas de flores suspensas por laços. Pé de decoração semelhante. Com marca de contraste de Lisboa (Javali), 1º título, de 915 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Pequenos defeitos, sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox. total: 1746 g.; Diam. aprox.: 23, 5 cm.; Alt. aprox.: 12 cm. € 850 / € 1.600 368

489 Par de pequenas taças em prata portuguesa da Casa Leitão & Irmão, séc. XIX/XX. Corpo de bordo ondulado com aba parcialmente vazada, decoradas em relevo com elementos vegetalistas e grinaldas de flores suspensas por laços. Com marca de contraste de Lisboa (Javali), 1º título, de 915 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Pequenos defeitos, sinais de uso e riscos. (2) Peso aprox.: 538 g.; Diam. aprox.: 16 cm. € 260 / € 500

490 Serviço de chá e café em prata francesa, séc. XIX/XX, de Emile Puiforcat. Composto por cafeteira, bule, leiteira e açucareiro com corpo em forma de urna, decorado com friso de folhagens e frisos estriados, com fitas entrelaçadas. Bojo com monograma gravado. Com marca de contraste francesa, 1º título, de 950 milésimos, em uso de 1838 a 1973. Sinais de uso e riscos. (4) Peso aprox.: 1974 g.; Alt. aprox.: 25 cm. € 1.000 / € 2.000


487

369

489 488

488

490


370


3ª Sessão - 15 de Dezembro de 2021 às 19.00h - Lote 491 a 735

493 492 491

494

371

491 Salva em prata portuguesa, séc. XIX/XX, assente sobre três pés. Bordo recortado e decorado com concheados e motivos vegetalistas, com orla gravada com treliça, aletas e motivos vegetalistas. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos, comercializado por A. X. Carvalho. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 338 g.; Diam. aprox.: 20 cm € 150 / € 300

493 Salva em prata portuguesa, séc. XIX/XX, assente sobre três pés. Bordo recortado e decorado com concheados e motivos vegetalistas, com orla gravada com treliça, aletas e motivos vegetalistas. Com marca de contraste de Lisboa (Javali II), de 833 milésimos, comercializado por X. Carvalho. Pequenos defeitos, sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 1028 g.; Diam. aprox.: 31,5 cm. € 450 / € 800

492 Salva em prata portuguesa, séc. XIX/XX, assente sobre três pés. Bordo recortado e decorado com concheados e motivos vegetalistas, com orla gravada com treliça, aletas e motivos vegetalistas. Com marca de contraste de Lisboa (Javali II), de 833 milésimos, comercializado por X. Carvalho. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 748 g.; Diam. aprox.: 26 cm € 340 / € 600

494 Jarro em prata portuguesa da Casa Leitão & Irmão, séc. XX. Corpo com profusa decoração em relevo de enrolamentos vegetalistas, flores, aletas e reservas. Asa em enrolamentos vegetalistas. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), de 916 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Defeitos, riscos e amolgadelas. Peso aprox.: 916 g.; Alt. aprox.: 23,5 cm. € 350 / € 500


495 Tabuleiro de gradinha em prata portuguesa, séc. XX. Corpo de formato rectangular, aba de gradinha e bordo ondulado de godrões. Assente sobre quatro pés de garra e bola. Com marca de contraste (Águia), 833 milésimos. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 2552 g.; Comp. aprox.: 48,5 cm. € 900 / € 1.400

496 Taça em prata portuguesa, séc. XX/XXI, da Casa Leitão & Irmão. Bordo quadrangular decorado com friso perlado, com fundo circular e interior dourado. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), 1º título, de 925 milésimos, da Casa Leitão & Irmão. Sinais de uso, gastos e riscos. Peso aprox.: 668 g.; Dim. aprox.: 25 x 25 cm. € 300 / € 500

372

497 Jarro em prata portuguesa, séc. XX/XXI, da Casa Leitão & Irmão. Corpo em forma de balaústre com pega em enrolamento, decorada com motivos vegetalistas estilizados. Com marca de contraste (Águia), de 925 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Amolgadela no encaixe da asa ao corpo, pequenos defeitos e riscos. Peso aprox.: 1006 g.; Alt. aprox.: 27 cm. € 400 / € 600

498 Par de pequenas taças ou lavabos em prata portuguesa, séc. XIX, de bordo perlado. Com marca de contraste (Javali II), de 833 milésimos. Pequenos defeitos e riscos. (2) Peso aprox.: 298 g.; Diam. aprox.: 11 cm. € 120 / € 180

499 Bandeja em prata francesa, séc. XX, comercializado por Maison Boin-Taburet. Corpo de formato rectangular, com aba parcialmente gomada. Com marca de contraste muito gasta (cabeça de Minerva), de 950 milésimos, e marca de ourives ilegível, marcado BoinTaburet, Paris. Fissuras, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 272 g.; Comp. aprox.: 21,5 cm. A Maison Boin-Taburet foi fundada em 1873 pelo ourives George Boin e seu sogro, o fabricante de joias, Emile Taburet. As suas

obras na década de 1880 inspiradas no revivalismo do estilo Luís XV, levou-os à medalha de ouro na Exposição Universal de Paris, de 1889. Porém, será no movimento modernista “Art Déco”, que Boin-Taburet cria as suas melhores obras, demonstrando um domínio criativo e técnico, mantendo-a como uma das casas de grande reconhecimento na ourivesaria francesa. € 60 / € 100

500 Pequeno jarro com tampa em prata inglesa, séc. XX, em forma de bilha. Com inscrição. Com marca de contraste de Birmingham, de 925 milésimos, em uso em 1937, e marca de ourives de William J Holmes. Pequenos defeitos, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 190 g.; Alt. aprox.: 14 cm. € 80 / € 120

501 Conjunto de 6 cinzeiros individuais em prata portuguesa, séc. XX, da Casa Leitão & Irmão. De formato circular com um apoio para cigarro. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), 1º título, de 916 milésimos e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Riscos e sinais de uso. (6) Peso aprox.: 242 g.; Diam. aprox.: 7 cm.; Comp.: 8,3 cm. € 100 / € 200

502 Caixa cigarreira em prata portuguesa, séc. XX. Corpo liso rectangular com interior forrado a madeira, com falta da divisória. Tampa com gravação de data e aplicação emblema em prata dourada da “Equipagem de Santo Huberto”, Santo Estevão. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), 833 milésimos. Sinais de uso e riscos. Peso total aprox.: 440 g., Dim. aprox.: 14,5 x 9,5 cm. € 120 / € 160

503 Aneleira em prata portuguesa, séc. XIX/XX, da Casa Leitão & Irmão. Bordo recortado e decorado com vieiras nos cantos. Com marca de contraste de Lisboa (Javali I), 1º título, de 916 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Pequenos defeitos e riscos. Peso aprox.: 62 g.; Dim. aprox.: 10,3 x 10,3 cm. € 30 / € 60


495

497

496

373

498

499 500

502 501

503


506 Retrato masculino, miniatura da primeira metade do séc. XIX. Emoldurada. Falhas, restauros e defeitos. Dim. aprox.: 5,5 x 4,5 cm.; Diam. aprox. moldura: 9,5 x 10,5 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 100 / € 200

504

374

506

504 Retrato de senhora, miniatura elíptica. Com moldura estilo Luis XVI, em metal dourado, encimada por laço, flores, tocha flamejante e aljava com flechas, símbolos do amor. Gastos, manchas e sinais de uso. Dim. aprox.: 8,5 x 6,3 cm.; Dim. aprox. moldura: 11,5 x 7,7 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 80 / € 160 505 Retratos masculinos, séc. XIX, duas miniaturas elípticas. Com molduras em pau-santo e aros em metal. Defeitos, restauro e manchas. (2) Dim. aprox.: 5 x 4 cm.; Dim. aprox. moldura: 7,4 x 6,4 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 200 / € 400

508 Retrato de senhora com chapéu e plumas, miniatura elíptica assinada “Cl. Duproche” (?). Em moldura de pausanto com aro em metal. Pequenos defeitos. Dim. aprox.: 5 x 6 cm.; Dim. aprox. moldura: 12,5 x 11 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 80 / € 160

507

507 Retrato do rei Jorge IV, miniatura elíptica do monarca inglês (1762-1830), com condecoração. Verso com papel com a inscrição “George IV”. Com moldura pintada a negro e folheada a madeira raiz. Falhas e pequenos defeitos. Dim. aprox.: 8 x 5,5 cm.; Dim. aprox. moldura: 13,8 x 12 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 160 / € 300

505

505


509

508

509 Retrato masculino, séc. XIX, miniatura elíptica representando figura com uniforme de oficial da Guarda Real da Policia, com a Ordem Militar de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa e a Ordem de Cristo. Assinada “G. Roland F.” (?), datada de 1836. Defeitos, falhas e restauros. Dim. aprox.: 6,5 x 5,5 cm.; Dim. aprox. moldura: 12,7 x 11,2 cm. O uniforme de oficial da Guarda Real de Policia aqui representando, foi usado entre 1801 e 1834. Na assinatura o F será de fecit. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 300 / € 600

375

510 Retrato masculino, séc. XIX, miniatura representando oficial do Estado-maior do exército no período da Guerra Penínsular (1808 a 1834). Com moldura em pausanto e aro em metal. Pequenos defeitos e restauros. Dim. aprox.: 5,7 x 4,7 cm.; Dim. aprox. moldura: 11,3 x 10 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 160 / € 300 510


511

511

511

376

512

512

511 Oficina europeia do séc. XVIII Retrato de duas figuras femininas e uma figura masculina Três pastéis (2+1) sobre papel Não assinados Dim. aprox.: 34 x 29 cm.; 34 x 27 cm. Verso de uma com etiqueta antiga. Emoldurados (faltas). € 500 / € 1.000

513

512 “The Milk Woman” e “The Woman taking Coffee”, par de gravuras coloridas, segundo Louis Marin Bonnet, 1774. Com manchas. Emolduradas. Dim. aprox.: 28,5 x 23 cm. O museu “The MET” possui nas suas colecções exemplares semelhantes, vindo publicadas no site do museu, com indicação de não estarem expostas. € 340 / € 450


513 Atribuído ao VISCONDE DE MENESES Luís de Miranda Pereira Henriques de Meneses,2º Visconde de Meneses (1817-1878) Retrato de oficial do segundo quartel do séc. XIX (finais do reinado de Jorge IV / Guilherme IV / início do reinado de Victória) Técnica mista sobre papel Não assinado Dim. aprox.: 22 x 17 cm. Verso da moldura com inscrição manuscrita, atribuindo a autoria ao Visconde de Meneses. Emoldurado (defeitos). € 300 / € 600 514 LUÍSA ALMEDINA Luísa Guedes Machado de Figueiredo Abreu (Condessa de Vinhó e Almedina) (n.1874) Retrato de figura feminina Óleo sobre tela Assinado e datado 1893 Dim. aprox.: 80 x 62 cm. Restaurado. Reentelado. Emoldurado. € 800 / € 1.600 377

514

515 Oficina europeia do séc. XVIII Cabeça de figura feminina Desenho sobre papel Não assinado Dim. aprox.: 21 x 17 cm. Verso com etiqueta antiga com inscrições manuscritas. Manchas de humidade. Emoldurado. € 1.000 / € 2.000

515


516 Autor não identificado Bombardeamento de uma rua de cidade, séc. XVIII Técnica mista sobre papel Não assinado, com inscrição Dim. aprox.: 23 x 34,5 cm. Pequenos defeitos. Verso da moldura com inscrição do nome de Peter Lagendijk (1683-1756). Emoldurado. € 200 / € 400

516

378

517 Vista de Lisboa tirada de Cacilhas, litografia colorida sobre papel, segundo Noel e aberto por Wells. Com legenda. Papel amarelado e manchado. Emoldurada. Dim. aprox.: 46,5 x 63 cm. € 160 / € 300 518 “View and Plan of the graet Aqueduct of Lisbon”, gravura sobre papel, segundo L’Evêque e aberta por Compte. Com legenda. Manchas de humidade. Emoldurada. Dim. aprox.: 47 x 71 cm. € 400 / € 500

517


518

519 CERVANTES DE HARO, séc. XX. Vista panorâmica de Coimbra e dos arredores Conjunto de duas obras a tinta sobre papel Assinados, datados de 1924 e 1921, com diversas inscrições e dedicatórias a Alexandre Ferreira e Humberto Pelágio Dim. aprox.: 9 x 27,7 cm.; 11 x 25 cm. Papéis amarelados e com manchas. Emoldurados. € 400 / € 800

379

519


520

380

520 PILLEMENT Jean-Baptiste Pillement (1728-1808) “La Sortie du Bois” e “L’entrée du Bois” Par de gravuras sobre papel, abertas por W. Elliot Com legendas e datadas de 1764 Dim. aprox.: 37,5 x 51,5 cm. € 300 / € 600

522 Atribuível a CASANOVA Enrique Casanova (1850-1913) Monograma Aguarela sobre papel Assinado “CA”(?) Dim. aprox.: 28,5 x 40 cm. Papel amarelado. Emoldurado (defeitos). € 200 / € 300

521 OFÉLIA MARQUES (1906-1952) Desenho a lápis de cor, pastel e grafite sobre papel Assinado e datado de 1938 Dim. aprox.: 26 x 19,5 cm. Papel amarelado e manchas de humidade. Emoldurado. € 200 / € 400

523 Autor não identificado Estudo Tinta sobre papel Não assinado Dim. aprox.: 30 x 23 cm. Manchas de humidade. Emoldurado (faltas). Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 120 / € 160

522

523

521

524 CASANOVA Enrique Casanova (1850-1913) Estudo para um tecto Aguarela sobre papel Assinado, datado de 31 de Outubro de 1901, com dedicatória Dim. aprox.: 18,5 x 44 cm. Papel amarelado, com manchas de humidade. Emoldurado (defeitos). € 1.600 / € 2.600


524

525 D. CARLOS DE BRAGANÇA, (1863-1908) “Regattas de Paço d’Arcos” Desenho a tinta-da-China sobre papel Assinado e datado de 1881 Dim. aprox.: 22,5 x 30,5 cm. Manchas de humidade. Emoldurado. € 600 / € 800

526 D. CARLOS DE BRAGANÇA, (1863-1908) Marinha Aguarela sobre papel Assinada e datada de 1883 Dim. aprox.: 30 x 41 cm.

526

Papel amarelado. Esta obra é proveniente do leilão das colecções reais realizado pelo Palácio do Correio Velho (leilão n.º1 - 1989). Emoldurada. € 2.000 / € 4.000

381

527 D. CARLOS DE BRAGANÇA, (1863-1908) Fragata Escola D. Fernando (1879-80) Aguarela sobre papel Assinada e datada de 1884 Dim. aprox.: 30 x 41 cm. Papel amarelado. Esta obra é proveniente do leilão das colecções reais realizado pelo Palácio do Correio Velho (leilão n.º1 - 1989). Emoldurada. € 2.000 / € 4.000

525

527


528 Mesa de jogo D. José, do séc. XVIII, em pau-santo e outras madeiras, com uma gaveta. Tampo de bordo recortado acompanhando as linhas da cintura. Decoração embutida em madeiras contrastantes, representando padrão geométrico e reservas com motivos florais. Assente sobre quatro pernas curvas terminando em enrolamento vegetalista, sendo uma de cancela. Interior forrado a feltro verde. Vestígios de caruncho, falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 75 x 80 x 39 cm. Proveniência: Família Calheiros Viegas d’ Almeida Leitão € 3.000 / € 6.000

528 Fechada

382

529 Conjunto de sete cadeiras D. Maria, em pau-santo. Espaldar vazado em forma de escudo, decorado com tabela vazada com motivos vegetalistas. Cintura recortada decorada com motivo floral e perlado. Assentos em palhinha. Palhinha com defeitos. Falhas, pequenos restauros, sinais de uso e defeitos. (7) Alt. aprox.: 94,5 cm. € 1.200 / € 1.600

528 Aberta

530 Mesa de casa de jantar em madeira parcialmente dourada. Tampo de formato rectangular, moldurado por rebaixo, avivado a dourado. Pernas curvas de joelho saliente, decoradas com motivos vegetalistas avivados a dourado. Riscos, gastos, sinais de uso e pequenos defeitos. Dim. aprox.: 76,5 x 236,5 x 131,5 cm. € 500 / € 600


383 529

530


531 Pequena secretária em pausanto e outras madeiras. Parte superior com friso de gradinha em metal amarelo. Tampo de rebater revelando no interior duas gavetas e compartimento. Tampo de escrita forrado a veludo em tons de encarnado e carneira com ferros a ouro. Saias e pernas curvas. Decoração embutida em madeira contrastante representando motivos florais. Com montagens em metal amarelo. Com chave. Sinais de uso, pequenas falhas e defeitos. Dim. aprox.: 91,5 x 71 x 44,5 cm. € 400 / € 800 532 Móvel de apoio inglês em diversas madeiras maciças e folheadas, com duas portas e uma gaveta. Corpo superior com nicho e prateleira. Interior com uma prateleira. Decoração de frisos em

madeira contrastante e policromada com urna ao centro e motivos vegetalistas. Com chave. Falta de tecido nas portas, falhas, manchas, faltas, sinais de uso e defeitos. Dim. aprox.: 113 x 79 x 40 cm. € 340 / € 500 533 Conjunto de seis cadeiras inglesas, do séc. XIX, em mogno. Espaldares vazados, compostos por elementos verticais, decorados com flores e motivos vegetalistas. Assentos trapezoidais, pernas e travessas de secção retangular, sendo as traseiras em forma de sabre. Coxins estofados a tecido floral. Restauros e pequenos defeitos. (6) Alt. aprox.: 92 cm. Proveniência: Colecção Comandante Jorge Bandeira € 600 / € 1.200 531

384

534 Par de apliques em bronze dourado, estilo neoclássico. Decoração relevada com grinaldas com flores, enrolamentos e motivos vegetalistas, encimados por urna com panejamento e fogaréu. Gastos e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 42,5 cm. € 300 / € 600 535 Par de apliques em bronze dourado, estilo neoclássico. Decoração relevada com grinaldas com flores, enrolamentos e motivos vegetalistas, encimados por urna com panejamento e fogaréu. Gastos e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 42,5 cm. € 300 / € 600 532

536 Mesa de casa de jantar em mogno. Tampo de formato quadrangular com cantos cortados, assente sobre quatro pernas torneadas, decoradas com caneluras. Com duas tábuas de aumento, com sistema de manivela. Com rodízios. Riscos, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 72 x 120 x 139,5 cm.; Dim. aprox. tábua: 120 x 44,5 cm. Proveniência: Colecção Comandante Jorge Bandeira € 800 / € 1.600


534 535

533

385

536


386

537

538


537 Par de cadeiras francesas em madeira pintada e dourada. Espaldar curvo moldurado por friso de fitas. Cintura decorada com friso de fitas, flor nos cubos de intersecção e reserva ao centro com motivos vegetalistas. Espaldar e assentos estofados a tecido “petit-point” com ramos de flores. Numeradas. Muitos gastos, falhas, faltas, vestígios de caruncho, restauros e defeitos. (2) Alt. aprox.: 91,5 cm. Com etiqueta de inventário do Palácio Seelowitz, com o nº *57 (?). € 600 / € 800 538 Consola estilo Luís XV, em madeira entalhada e dourada a ouro fino. Tampo em mármore recortado em tons de branco, acompanhando as linhas da cintura. Decoração entalhada, parcialmente vazada com concheados, flores, aletas, enrolamentos e motivos vegetalistas. Pernas curvas em duplo “C”, decoradas com motivos vegetalistas unidas ao centro por travessas recortadas com elemento central alteado, de enrolamentos e motivos vegetalistas. Gastos, vestígios de caruncho, restauros, faltas, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 88,5 x 123 x 53 cm. € 300 / € 600 539 Móvel secretária com alçado, inglês, em diversas madeiras, com quatro portas e tampo de rebater. Corpo superior com portas de vidrinhos, sendo o interior com duas prateleiras. Corpo inferior com duas portas e uma gaveta simulada revelando no interior tampo de escrita em carneira encarnada com ferros a ouro, portinhola central, nichos e quatro pequenas gavetas. Decoração de frisos em madeira contrastante e decoração pintada com motivos florais, urnas floridas, cabeças de anjos aladas e reservas com figuras da antiguidade clássica. Assente sobre quatro pés com enrolamentos. Com chave. Faltas, falhas, manchas e pequenos defeitos. Dim. aprox.: 178,5 x 78 x 37 cm. € 2.000 / € 3.000

387

539


540

541

543

542

388

540 Salva em prata portuguesa, séc. XIX/XX, assente sobre três pés vazados. Bordo recortado e aba parcialmente vazada decorada com aletas, flores, laços e medalhões. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos, e marca de ourives de Augusto César Trindade Machado. Pequenos defeitos e riscos. Peso aprox.: 440 g.; Diam. aprox.: 25,5 cm. € 200 / € 400

541 Caixa com tampa em prata portuguesa, séc. XX. Corpo de formato cilíndrico liso. Interior com vestígios de dourado. Com marca de contraste (Águia), de 833 milésimos. Pequenos defeitos e riscos. Peso aprox.: 178 g.; Alt. aprox.: 10 cm. € 60 / € 80

542 Caixa cigarreira forrada a prata portuguesa,

séc. XX, da Casa Leitão & Irmão. Interior e fundo em madeira. Corpo liso de formato rectangular, com interior da tampa dourada, gravada com inscrição e data. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), de 916 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Amolgadela, riscos e pequenos defeitos. Peso total aprox.: 590 g.; Comp. aprox.: 20,5 cm. € 180 / € 240

543 Caixa em prata portuguesa, séc. XX, com tampa decorada em alto relevo com flores. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Pequenos defeitos, sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 258 g.; Diam. aprox.: 10,5 cm € 80 / € 160

544 Salva de gradinha em prata portuguesa, séc. XIX, assente sobre três pés. Bordo decorado com friso de flores, fundo liso com monograma gravado ao centro. Com marca de contraste de Lisboa (L-44.0 ou variante), em uso de cerca de 1843 a cerca

de 1870 e marca de ourives IJS (L-363.0), atribuível a Isidoro José dos Santos, citado entre 1828 a 1832. Pequenos defeitos, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 638 g.; Diam. aprox.: 29 cm. € 300 / € 600

545 Lote de bule, açucareiro e leiteira em prata portuguesa, séc. XIX. Corpos com profusa decoração de reservas de enrolamentos vegetalistas e florais, sendo a leiteira e açucareiro com pegas em forma de serpente e botão da tampa em forma de bode. Bule de decoração semelhante, com pega em pau-santo e bico rematado por cabeça de animal fantástico. Bule com marca de contraste de Lisboa (L-46.0), em uso de c.1870 a c.1879, e marca de ourives AFXC (L-88.0), atribuível a António Francisco Xavier da Costa. Açucareiro e leiteira com marca de contraste de Lisboa (L-44.0), datável de c.1843 a c.1870, e marca de ourives DCEC (L-214.0), atribuível a Domingos da Cruz Estanislau Costa. Pequenos defeitos e sinais de uso. (3) Peso aprox.: 1854 g.; Alt. aprox.: máx.: 17,5 cm. € 700 / € 1.400


544

546

545

389

546 Par de castiçais em prata portuguesa, de final séc. XIX. Fuste decorado com cegonha e corpo guilhochado e puncionado. Assente sobre três pés em forma de cabeça de golfinho. Com marca de contraste do Porto (P-55.0b) ou variante, em uso de 1877 a 1881 e marca de ourives AURIFICIA (P-179.0b ou variante), da Companhia Aurifícia. Restauros, defeitos e gastos. 82) Peso aproc.: 522 g.; Alt. aprox.: 26,5 g. € 260 / € 300

547 Tinteiro em prata portuguesa, séc. XIX, com dois tinteiros, caixas de obreias, sineta e dois suportes para penas. Base de formato rectangular com bordo de gradinha, assente sobre quatro pés decorados com vieira. Com marca de contraste de Lisboa (L-41.0), em uso de c.1822 a 1843, e marca de ourives JPVD (L-442.0), atribuível Joaquim Prudêncio Vital Dinis, citado de c.1812 a 1852, remarcado com duas cabeças de velho. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 354 g.; Comp. aprox.: 15 cm. Chamamos a atenção da raridade da sineta estar contrastada. € 240 / € 400

547


548

390

550 Oficina portuguesa do séc. XVII/XVIII Cena dupla: Santana e São Joaquim com a Pomba do Espírito Santo / Amamentação de Jesus com São José e Pai do Céu Óleo sobre madeira Não assinado Dim. aprox.: 28 x 39,5 cm. € 500 / € 1.000

548 Grande tinteiro em latão do séc. XVIII e posterior, com dois tinteiros, com almas posteriores em porcelana da Vista Alegre. Centro com caixa, sendo a tampa um castiçal amovível, sendo a base da caixa feita de um aproveitamento de outra peça, com marca. Assente em bandeja recortada e moldurada, com quatro pés vazados. Defeitos, falha e restauros. Comp. aprox.: 28 cm. € 100 / € 200

551 Cómoda em pau-santo e outras madeiras com três gavetas. Frente das gavetas com decoração embutida em madeira contrastante com figuras da antiguidade clássica, animais e troféus. Manchas, falhas e pequenos defeitos. Dim. aprox.: 94 x 131 x 57 cm. € 500 / € 1.000

549 Invulgar side-board em vidro. Pernas em vidro, com bases em madeira. Interior das pernas com tocheiros em madeira entalhada e dourada. Sinais de uso, gastos, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 75 x 190 x 43 cm. € 500 / € 1.000

549


550

391

551


552 Par de apliques de três lumes em bronze dourado. Decoração de enrolamentos e motivos vegetalistas. Copos em forma de flor. Com “abatjours”. Electrificados. Gastos, sinais de uso e defeitos. (2) Alt. aprox.: 35 cm € 260 / € 300

552

553 Par de cadeiras de braços D. Maria, do séc. XVIII, em pau-santo. Espaldar de formato elíptico, com tabela central vazada, decorada com friso de perlado, enrolamentos e motivos vegetalistas estilizados. Braços ligeiramente curvos terminando em enrolamento. Pernas parcialmente decoradas com caneluras. Assentos em palhinha. Pequenos defeitos e sinais de uso. (2) Alt. aprox.: 99 cm. € 4.000 / € 6.000

392

553

552


554 Papeleira neoclássica, do séc. XVIII, em diversas madeiras. Caixa de linhas direitas com duas gavetas e três gavetões, assente sobre base com pés torneados. Tampo de rebater mostrando fábrica com portinhola central, escaninhos e gavetas. Decoração embutida formando moldurados e espinhados em madeiras contrastantes. Vestígios de caruncho, restauros, pequenos defeitos e substituições. Dim. aprox.: 104,5 x 105 x 55 cm. Proveniência: Colecção Comandante Jorge Bandeira € 800 / € 1.600

393

554


555 Tapete oriental em lã e seda, em tons de “bordeaux”, azul, bege e amarelo. Decoração com vaso florido ao centro ladeado por árvores floridas. Barras com profusa decoração de motivos florais e vegetalistas. Verso forrado a tecido em tons de bege. Manchas, partido, faltas, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 199 x 128 cm. € 500 / € 1.000

556

394

555

557

556 Tapete oriental em lã e seda, em tons de cor-de-laranja, bege, amarelo, castanho e verde. Profusa decoração com medalhões, motivos florais, vegetalistas e estilizados. Faltas, manchas e defeitos. Dim. aprox.: 160 x 105 cm. € 400 / € 800

557 Par de tapetes em lã e seda, em tons de cor-de-rosa, lilás, amarelo e azul. Profusa decoração com motivos florais e estilizados. Partidos, muitos gastos, muitas faltas, muitas falhas e defeitos. (2) Dim. aprox.: 204 x 127 cm. € 500 / € 1.000


395

558 Rara colcha portuguesa alusiva aos quatro continentes, do séc. XVII/XVIII, bordada com elementos de inspiração oriental e retirados de gravuras, em lã e outros materiais. Centro ornado por jardim representando: fonte de três níveis com peixes no interior da taça maior e encimada por leão rompante; quatro conjuntos de figuras com sombrinhas orientais, bem como vários animais, flores e figuras femininas e masculinas distribuídas uniformemente. Campo dividido em quatro áreas (em canto) correspondendo aos quatro continentes: África, Europa, Ásia e América. Restante decoração representando ciprestes e outras árvores, composições florais, aves e animais como camelos, leões, leopardos, serpentes, macacos, etc. Faltas, falhas, restauros e defeitos. Dim. aprox.: 290 x 170 cm. Proveniência: Casa em Évora de Maria Luísa Murteira € 2.000 / € 4.000


559 Lustre de saco de seis lumes, em vidro e cristal. Decorado com pingentes e bacalhaus. Com “abat-jours”. Falhas e defeitos. Alt. aprox.: 90 cm. Proveniência: Casa em Évora de Maria Luísa Murteira € 500 / € 1.000

396


560

397

560 Mesa vitrine inglesa, com tampo de formato elíptico, em vidro. Decoração pintada com flores e grinaldas de flores. Pernas unidas ao centro por pernas curvas com pequena prateleira ao centro. Interior forrado a tecido em tons de verde. Com rodízios. Gastos, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 76,5 x 71 x 45,5 cm. € 300 / € 600 561 Toucador em diversas madeiras, com sete gavetas e uma prateleira. Corpo superior com espelho central, basculante, e três pequenas gavetas. Corpo inferior com quatro gavetas. Decoração pintada com urnas floridas, flores, grinaldas e festões de flores. Falhas, gastos, manchas, vestígios de caruncho e defeitos. Dim. aprox.: 125,5 x 59,7 x 37 cm. € 260 / € 360

561


562 EVARISTO BARRIO (1841-1924) “Las cuentas de la ausencia” Óleo sobre tela Assinado e datado de 1875 Dim. aprox.: 30 x 24,5 cm. Restaurado. Verso com etiqueta antiga. € 1.600 / € 3.000

563 EVARISTO BARRIO (1841-1924) “Al amor” Óleo sobre tela Assinado e datado de 1875 Dim. aprox.: 36,5 x 27 cm. Restaurado e reentelado. Verso com etiqueta antiga. Emoldurado. € 1.600 / € 3.000

398

562

564 EVARISTO BARRIO (1841-1924) “La carta de recomendacion” O Imperador Carlos V, recebe o seu filho, Filipe II, futuro Rei de Espanha. Possivelmente no Monasterio de Yuste Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 30 x 24,5 cm. Verso com etiqueta antiga. Emoldurado. € 1.600 / € 3.000 563


399

564


400

565

565 A. DE FARO / Visconde de Faro e Oliveira, Aníbal José de Faro e Oliveira (1888-1953) Perdizes Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 52 x 45 cm. Emoldurado. € 400 / € 800

566 PORTELA JÚNIOR, Severo Portela Júnior (1898-1985) Óleo sobre contraplacado Assinado e datado de 1944 Dim. aprox.: 34 x 31,5 cm. Verso com inscrição: Portela Júnior // (...) // Inspirado no Grupo do Leão”. Pequenos defeitos. Emoldurado. € 4.000 / € 8.000


401

566


402

567 DOMINGOS REBELO Domingos Maria Xavier Rebelo (1891-1975) Retrato da família de Domingos Rebelo: o pintor, em pé à direita; e os seus irmãos: em pé Maria da Gloria e José Maria e sentado Manuel Maria) Óleo sobre tela Assinado e datado de 1924 Dim. aprox.: 137 x 179 cm. Restaurado e com grade nova. Emoldurado. € 3.000 / € 6.000


403


570 Colher de servir prata inglesa, séc. XIX, cabo decorado com gravação de monograma. Com marca de Londres, de 950 milésimos, em uso em uso de 1888, e marca de ourives de John Aldwinckle & Thomas Slater (1884 a 1894). Gastos, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 120 g.; Comp. aprox.: 28,5 cm. € 40 / € 60

568

404

568 “Cachepot” em prata portuguesa, séc. XX. Corpo martelado, parcialmente gomado, com duas asas laterais. Com marca de contraste (Águia), 1º título, de 916 milésimos. Sinais de uso. Peso aprox.: 1044 g.; Alt. aprox.: 14,5cm.; Comp. aprox.: 27,5 cm. € 380 / € 500

569 Jarro em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Corpo oitavado, decorado com caneluras e frisos de vieiras, com asa em pau-santo. Interior dourado, com gastos. Com marca de contraste (Javali II), de 833 milésimos. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 522 g.; Alt. aprox.: 18,5 cm. € 260 / € 300 569

570

571

572


405 373

571 Grande colher de servir em prata inglesa, séc. XIX, cabo com gravação de timbre. Com marca de contraste de Londres, de 950 milésimos, em uso em 1849, e marca ourives de William Robert Smily (1842-1851). Sinais de uso, riscos e gastos. Peso aprox.: 164 g.; Comp. aprox.: 30,5 cm. € 40 / € 60

573 Tabuleiro “Art Déco” em prata portuguesa, séc. XX. Corpo liso sextavado, com duas pegas em madeira. Com marca de contraste (Águia), de 833 milésimos. Oxidações e pequenos defeitos. Peso aprox. total: 1650 g.; Comp. aprox.: 52 cm.; Diam. aprox.: 43,5 cm. € 500 / € 1.000

572 Par de conchas de molheira em prata inglesa, do séc. XIX. Cabos decorados com gravação de reserva com monograma. Com marca de contraste de Londres, de 925 milésimos, em uso em 1849, e marca de ourives de Samuel Hayne & Dudley Cater (1841 a 1853). Riscos e pequenos defeitos. (2) Peso aprox.:172 g. ; Comp. aprox.: 19 cm. € 70 / € 90 574

574 Grande floreira “Art Déco” em vidro e vidro fosco decorada com motivos florais estilizados. Assinada “Helbert”. Gastos, pequenos riscos e sinais de uso. Dim. aprox.: 26 x 46,5 x 17,5 cm. Proveniência: Colecção Maria Velho Falcão Pinto Monteiro € 300 / € 600


575

576

406

575 Salva estilo D. João V em prata portuguesa, séc. XIX/XX, assente sobre quatro pés de garra e bola. Bordo recortado e aba decorada com concheados, flores e enrolamentos vegetalistas, sendo a orla gravada com os mesmos motivos. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos e marca de ourives de João Joaquim Monteiro (1887-1949). Pequenos defeitos e riscos.

579

578 577

Peso aprox.: 1076 g.; Diam. aprox.: 38,5 cm. Os pés poderão ter sido colocados posteriormente. € 500 / € 800

576 Jarro em prata portuguesa, séc. XIX/XX, decorado com frisos de flores. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Amolgadelas. Peso aprox.: 750 g.; Alt. aprox.: 19 cm. € 300 / € 600

577 Taça com tampa em prata portuguesa, séc. XX, sendo a tampa com inscrição datada de 1960. Corpo parcialmente canelado, decorado com frisos de godrões, dividido por níveis, sendo o último sustentado por quatro golfinhos. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 916 milésimos, Mergulhão. Sinais de uso e riscos. Peso arox.: 482 g.; Alt. aprox.: 21 cm. Inscrição na

tampa: “A.N.L / Lisboa Sagres 1960 / Comemorações Henriquinas”. € 180 / € 220

578 Par de candelabros de dois lumes em vidro e prata portuguesa, séc. XIX/XX, José Rosas. Base e fuste em vidro com montagem em prata, em forma de coluna, decorada com perlados, grinaldas e motivos florais, com copos em forma de capitel. Com braços ditos de “serpentina”, com arandelas de bordo recortado e perlado. Assentes em base de formato quadrangular com quatro pés de bola achatada. Com marcas do Porto (Javali II), de 833 milésimos, marca de ourives de Augusto César Trindade Machado (1870-1887), comercializado por José Rosas. Pequenas falhas, riscos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 25,5 cm. € 800 / € 1.200 579 Parte de seviço de copos em cristal composto por 30 taças de champanhe, 22 copos de água, 32 copos de vinho branco, 32 copos de vinho tinto, 32 copos de licor e 2 jarros de água.


580

Decoração lapidada com friso de motivos vegetalistas. Com ligeiras diferenças de fabrico. Pequenas falhas. (150) Alt. aprox. copo água: 16,6 cm.; Alt. aprox. jarro: 22,5 cm. € 600 / € 1.200

580 Serviço de chá e café em prata portuguesa, séc. XX, composto por bule, cafeteira, leiteira e açucareiro. Corpo com profusa decoração em relevo de enrolamentos, concheados, aletas, flores e motivos vegetalistas e estilizados. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso e riscos. (4) Peso aprox.: 5174 g.; Alt. aprox. máx.: 32 cm. € 1.800 / € 2.400

581 Paliteiro em prata portuguesa, séc. XIX. Anjo com arco e flecha, em vulto perfeito, alusivo ao amor, sobre plinto facetado com cercadura de motivos vegetalistas, assente em base quadrangular com quatro pés de

407

garra. Com contraste do Porto (P-32.0 ou variante), registado em 1843, e marca de ourives CBA (P-220.0), atribuível a Caetano Rodrigues d e Araújo, datável de c.1853 a 1861. Sinais de uso, riscos e pequenas manchas. Peso aprox.: 186 g.; Alt. aprox.: 13 cm. € 200 / € 400

581


582

582 Par de potes adaptados a candeeiros em porcelana chinesa, Companhia das Índias, reinado Kangxi (1662-1722). Fundo a azul sob vidrado, decorado com reservas recortadas em forma de folhas, representando paisagens, pagodes e pássaros em ramos. Com “abat-jour”. Defeitos e sinais de uso. (2) Alt. aprox. (até ao casquilho): 37 cm. € 400 / € 600

408

583 Par de castiçais em prata portuguesa, séc. XIX. Fuste em balaústres parcialmente oitavados, decorados com cercaduras de flores, assente sobre base quadrangular com quatro pés de garra. Electrificados, com caixilho em forma de vela e “abatjours”, com defeitos e faltas. Com marca de contraste de Lisboa (L-42.0), em uso de c.1822 a c.1860, e marca de ourives IIAR (L-350.0 ou variante), atribuível a José Joaquim Antunes Ribeiro, em uso de 1823 a c. 1843. Gastos, riscos e pequenos defeitos. (4) Alt. aprox. castiçais: 22,5 cm. € 400 / € 800

583

584 Conjunto de “toilette” em prata portuguesa, séc. XIX/XX, composto por espelho de mesa, aneleira, escova de mão, espelho de mão, dois frascos para


584

409

perfume em vidro com tampas em prata e uma caixa com tampa. Decoração com friso estriado e fitas entrelaçadas, vidros dos frascos gravados com grinaldas. Frascos para perfume, espelho de mão e escova com marca de contraste de Lisboa (Javali II), de 833 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Espelho de mesa, com defeitos na estrutura de madeira, com marca de contraste de Lisboa (Javali II), de 833 milésimos e marca diferente marca ourives. Aneleira e caixa com tampa sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos, faltas, riscos e amolgadelas. (7) Alt. aprox espelho de mesa: 37 cm.; Peso aprox. aneleira, caixa e tampas dos frascos: 406 g. € 400 / € 800 585 Grande par de candelabros de dois lumes em metal prateado, com enchimento. Decoração de inspiração neoclássica, com gomos, concheados e caneluras, com dois braços amovíveis. Defeitos, gastos, amolgadelas e falhas. (2) Alt. aprox.: 57,5 cm. € 300 / € 600

585


586

410 588

586 Tapete de oração em lã, em tons de “bordeaux”, azul, bege, amarelo e cor-de-rosa. Profusa decoração de motivos florais. Assinado. Gastos, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 131 x 82 cm. € 300 / € 600 587 Pequeno tapete de oração oriental em lã, em tons de bege, “bordeaux”, cor-de-laranja e azul. Decoração com “mihrab” ao centro, com dois lampadários suspensos e profusa decoração de enrolamentos e motivos vegetalistas e estilizados. Gastos, manchas e defeitos. Dim. aprox.: 183 x 132 cm. € 200 / € 400 587

588 Tapete de oração, oriental, em lã, em tons de bege, azul, “bordeaux”, amarelo e cor-de-rosa. Decoração representando mihrab ao centro, com urna florida e lampadário. Barra profusamente decorada com motivos florais estilizados. Gastos, manchas e defeitos. Dim. aprox.: 131 x 87 cm. € 200 / € 400


589 Jesus Cristo crucificado, escultura indo-portuguesa, do séc. XVII, em marfim. A figura está representada morta, usando cendal drapeado preso à cinura por cordão. Usa barba e cabelos encaracolados, caindo sobre os ombros e costas. Com cruz em madeira com resplendor e terminais em madeira dourada, com peanha decorada com frisos de motivos vegetalistas e panejamentos. Vestígios de policromia.

Faltas, gastos, um terminal partido e colado e defeitos. Alt. aprox. Cristo: 31 cm.; Alt. aprox. total: 103,5 cm. € 800 / € 1.600 590 Braço relicário, escultura do séc. XVII/XVIII, em madeira policromada, estofada e dourada. Com relíquia. Muitos gastos, falhas, faltas, vestígios de caruncho e defeitos. Alt. aprox.: 6,5 cm. € 100 / € 200

411

590

589

591 Nossa Senhora com menino Jesus, escultura em pedra. Nossa Senhora está representada coroada, de pé sobre peanha, segurando ao colo o menino Jesus, também coroado. Falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 82 cm. € 500 / € 1.000

591


592 Segundo original de Dirck Bouts (1415/20-1475) Oficina europeia do séc. XVII Mater Dolorosa Óleo sobre carvalho Dim. aprox.: 26,5 x 21 cm. Restauros. Emoldurado. € 600 / € 1.200

593 Nossa Senhora de Guadalupe, pintura mexicana e “enconchado” sobre madeira. Fissuras e falhas. Emoldurada. Defeitos. Dim. aprox.: 33 x 19 cm. € 300 / € 600

592

412

593

594 Oficina portuguesa do séc. XVII/ XVIII São Francisco Xavier Óleo sobre porta de oratório Não assinado Dim. aprox.: 62 x 35,5 cm. Verso com arabesco. Gastos, falhas e faltas. Não emoldurado. € 300 / € 600 594

595 À maneira do séc. XVI, oficina do séc. XVIII Cena da amamentação Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 117 x 92 cm. Restauros e gastos. Emoldurado. € 800 / € 1.600


413

595


596 Oficina europeia do séc. XVIII - segundo modelo de Luca Giordano (?) “L’Abandon de Psyche par Cupidon” Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 78 x 62 cm. Restaurado e reentelado. Emoldurado. € 800 / € 1.600

414 596

597 Cópia de Pietro Novelli, também conhecido como Monrealese Êxtase de São Francisco Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 110 x 80 cm. Restauros. A pintura original é datável de 1624/1630. € 800 / € 1.600 598 Oficina Portuguesa do séc. XVIII Santo António beijando o pé ao Menino Jesus Óleo sobre tela Dim. aprox.: 210 x 116 cm. Craquelé. Restaurado e reentelado. Emoldurado. Proveniência: Quinta de São João, Sintra € 4.000 / € 6.000 597


415

598


599 Par de jarras do séc. XIX, em vidro coalhado em tons de salmão. Decoração com friso alteado em tons de azul e dourado e reserva central com friso dourado e representação de bustos de figuras femininas da antiguidade clássica em tons de sépia, sobre fundo branco. Gastos. (2) Alt. aprox.: 25 cm. € 200 / € 400 599

600 Par de jarras do séc. XIX em vidro coalhado em tons de verde. Decoração relevada com flores e folhagens em tons de verde, azul e dourado. Gastos e mínimas falhas. (2) Alt. aprox.: 33 cm. € 200 / € 400

416

600

601

601 Par de “porte-ananas” em cristal rubi e branco, com decoração a dourado de enrolamentos e motivos vegetalistas. Com pingentes em cristal incolor. Faltam pingentes, pequenas falhas, gastos e defeitos. (2) Alt. aprox.: 32,5 cm. € 500 / € 1.000


602 Serviço de jantar em porcelana francesa Theodore Haviland Limoges, decoração policromada com faisões e flores, composto por: 35 pratos rasos, 12 pratos de sopa, 2 pratos de servir, 1 prato fundo, 4 azeitoneiras, 1 travessa de carne, 1 prato coberto oitavado, 1 saladeira, 1 molheira dupla com travessa fixa, 1 tampa de terrina. Cabelos, travessa restaurada, falhas, gastos e defeitos. (59) Comp. aprox.: 40 cm € 800 / € 1.600

417


603 Reprodução de astrolábio em latão, com legenda “Astrolábio Aveiro/ 1575/ Museu de Marinha - Portugal”, suspenso por tripé sobre base de madeira. Legenda descolada e peça solta. Defeitos e falhas. Alt. aprox. total: 21 cm.: Comp. aprox. astrolábio: 12 cm. € 40 / € 80

604 Reprodução de astrolábio em bronze, da Casa Leitão & Irmão, em placa de madeira com legenda “Astrolábio Náutico Português / 1555”, inpirado no original do museu The McManus: Dundee’s Art Gallery & Museum, Escócia. Falta do suporte para suspender. Oxidações, faltas e sinais de uso. Comp. aprox. astrolábio: 21 cm.; Comp. aprox. placa: 33 cm. € 50 / € 100

603

418

605 Réplica de astrolábio náutico “Kronborg” em prata da Casa Leitão & Irmão, séc. XX/XXI. Reprodução por ocasião das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, Edição Banco Fonsecas & Burnay. Em estojo original, com legenda em prata “Astrolábio Naútico 1600”, com documento. Marca de contraste de Lisboa (Águia), de 925 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Com moldura posterior em madeira. Com selo das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, com lacre. Sinais de uso, riscos e defeitos no lacre. Peso aprox. astrolábio: 228 g.; Comp. máx.: 11 cm. € 100 / € 200 606 Réplica de astrolábio náutico “Santa Escolástica” em prata da Casa Leitão & Irmão, séc. XX/XXI. Reprodução por ocasião das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, Edição Banco Fonsecas & Burnay. Em estojo original, com legenda em prata “Astrolábio Naútico 1624”, e documento. Marca de contraste de Lisboa (Águia), de 925 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Com moldura posterior em madeira. Falta o selo das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”. Sinais de uso e riscos. Peso aprox. astrolábio: 146 g.; Comp. máx.: 7,5 cm. € 100 / € 200

604

607 Réplica de astrolábio náutico em prata da Casa Leitão & Irmão, séc. XX/XXI. Reprodução por ocasião das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, Edição Banco Fonsecas & Burnay. Em estojo original, com legenda em prata “Astrolábio Naútico 1626”, com documento incompleto. Marca de contraste de Lisboa (Águia), de 925 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Com moldura posterior em madeira. Com selo das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”. Sinais de uso, riscos e lacre com defeitos. Peso aprox. astrolábio: 220 g.; Comp. máx.: 11 cm. € 100 / € 200


608 Réplica de astrolábio náutico “Dundee” em prata da Casa Leitão & Irmão, séc. XX/XXI. Reprodução por ocasião das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, Edição Banco Fonsecas & Burnay. Em estojo original, com legenda em prata “Astrolábio Naútico 1555”, com documento. Marca de contraste de Lisboa (Águia), de 925 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Com moldura posterior em madeira. Com selo das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, com lacre. Sinais de uso, riscos e defeitos no lacre e estojo. Peso aprox. astrolábio: 142 g.; Comp. máx.: 10 cm. € 100 / € 200

609 Réplica de astrolábio náutico “Oxford (Vera Cruz)” em prata da Casa Leitão & Irmão, séc. XX/XXI. Reprodução por ocasião das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, Edição Banco Fonsecas & Burnay. Em estojo original, com legenda em prata “Astrolábio Naútico séc. XVII”, e documento. Marca de contraste de Lisboa (Águia), de 925 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Com moldura posterior em madeira. Com selo das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, com lacre. Sinais de uso, riscos e defeitos no lacre. Peso aprox. astrolábio: 114 g.; Comp. máx.: 8 cm. € 100 / € 200

610 Réplica de astrolábio náutico “Palermo” em prata da Casa Leitão & Irmão, séc. XX/XXI. Reprodução por ocasião das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, Edição Banco Fonsecas & Burnay. Em estojo original, com legenda em prata “Astrolábio Naútico 1540”, com documento. Marca de contraste de Lisboa (Águia), de 925 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Com moldura posterior em madeira. Com selo das “Comemorações Descobrimentos Portugueses”, com lacre. Sinais de uso, riscos e defeitos no lacre. Peso aprox. astrolábio: 104 g.; Comp. máx.: 9 cm. € 100 / € 200

419

605

606

607

608

609 610


611

612

420

611 Relógio de lapela Patek Philippe, movimento nº136751 e caixa em ouro de 750 milésimos, nº250957, com mostrador em esmalte branco e numeração árabe. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, gastos e riscos. Peso total aprox.: 26 g.; Diam. aprox.: 3,2 cm. € 800 / € 1.600 612 Relógio de bolso Longines cronómetro, com movimento nº2992229 e caixa em ouro de 750 ml, com tampa exterior guilhochada. Mostrador em esmalte branco com numeração árabe. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Pequenos defeitos e sinais de uso. Peso aprox.: 60,1 g.; Diam. 4,6 cm. € 300 / € 600

613

613 Relógio de bolso Cyma, cronómetro com movimento nº279476, com caixa em ouro de 750 milésimos e tampa interior em metal e exterior em ouro guilhochado e gravado com escudo. Mostrador em esmalte branco com numeração árabe. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Falhas no mostrador. gastos, riscos e sinais de uso. Peso total aprox.: 74,5 g.; Diam. aprox.: 4,9 cm. € 200 / € 400 O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão.


614 Relógio de bolso Longines, cronómetro com movimento calibre 1879 nº4488345, com caixa em ouro de 750 milésimos e tampa exterior guilhochada. Mostrador em esmalte branco com numeração árabe a negro. Sem marcas, ao abrigo do DecretoLei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos na caixa e no mostrador. Sinais de uso, riscos e gastos. Peso total aprox.: 64,4 g.; Diam. aprox.: 4,6 cm. € 300 / € 600

614

615 Relógio de lapela com movimento mecânico, com caixa em ouro de 585 milésimos, sendo a tampa interior em metal e exterior em ouro gravado com florões. Tampa exterior com decoração gravada e cartela lisa. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Pequenos defeitos, oxidações e sinais de uso. Peso total aprox.: 22,5 g.; Diam. aprox.: 3,0 cm. € 100 / € 200

615

421

616 Relógio de bolso de movimento mecânico com caixa em metal prateado, alusivo ao Regicídio de 1908, com inscrição no aro do vidro “Pela Lusitania Gloriosa”. Tampa relevada com os bustos do Rei D. Carlos e o Príncipe Luiz Filipe, com inscrição “S. M. D. Carlos I / D. Luiz Filipe/ 1º 1908 Fev”. Defeitos, gastos e falhas. Diam. aprox.: 4,9 cm. € 100 / € 200 617 Relógio de lapela, Patek Philippe, movimento nº92686 e caixa nº206561 em ouro de 750 ml, com mostrador branco. Verso da tampa gravada com monograma e a data de 27-9.920. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Mostrador com pequenos defeitos, amolgadela na argola e sinais de uso. Peso aprox. total: 25,2 g.; Diam. aprox.: 3,1 cm; € 2.000 / € 4.000

616

617

O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão.


619

618

422

em esmalte branco com numeração romana a negro. Sem marcas, ao abrigo do DecretoLei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, riscos e gastos. Peso total aprox.: 75,8 g.; Diam. aprox.: 4,6 cm. € 3.000 / € 6.000

620

620 Relógio de bolso Vacheron & Constantin c.1915, cronómetro com movimento calibre K1001/1 nº584832 e caixa nº6760/414513, em ouro branco de 750 milésimos, com mostrador prateado. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso e riscos. Peso total aprox.: 37,6 g. Diam. aprox.: 4,1 cm. € 3.000 / € 6.000

621

618 Relógio de bolso International Watch, cronómetro com movimento nº308585 e caixa nº343756, em ouro de 750 milésimos, com tampa exterior cinzelada e decorada com medalhão liso envolto por motivos vegetalistas. Mostrador em esmalte branco com numeração romana. Sem marcas, ao abrigo do DecretoLei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº

2, alínea c). Sinais de uso, gastos e riscos. Peso total aprox.: 95,2 g.; Diam. aprox.: 5,2 cm. € 2.000 / € 4.000 619 Relógio de bolso Patek Philippe, cronómetro com movimento nº103073 e caixa nº215118, em ouro de 750 ml. Mostrador

621 Relógio de bolso Vacheron & Constantin, de c.1915, cronómetro com movimento nº364489 e caixa nº233807, em ouro de 750 milésimos, tampa interior gravada com “R. Carassale Montevideo”. Mostrador em esmalte branco com numeração romana a negro. Sem marcas, ao abrigo do DecretoLei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, riscos, gastos. Peso total aprox.: 90,8 g.; Diam. aprox.: 5,2 cm. € 2.000 / € 4.000

O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão.


622 Relógio de bolso Patek Philippe, cronómetro com movimento nº881394 e caixa nº627957, em ouro de 750 ml, tampa lisa e mostrador dourado. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Riscos, pequenos defeitos e sinais de uso. Peso total aprox.: 54,4 g.; Diam. aprox.: 4,1 cm. € 2.600 / € 4.000

623

622

623 Relógio de pulso Vacheron & Constantin, modelo Tank, ref. 4108 c.1950, com caixa em ouro de 750 ml e movimento cal.1001 nº522749, caixa nº343859, mostrador dourado, bracelete em pele. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Riscos, pequenos defeitos e gastos. Diam. aprox.: 3,3 x 2,5 cm. € 1.800 / € 3.000 624 Relógio de bolso Patek Philippe, cronómetro com movimento nº159647 e caixa nº268690, em ouro de 750 milésimos e tampa exterior gravada com monograma. Mostrador em esmalte branco e numeração árabe a negro. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Junto com corrente em ouro de 800 ml com moeda em ouro, ½ Libra de 1911, com contraste do Porto, em uso de 1887 a 1937. Pequenos defeitos, riscos e sinais de uso. (2) Peso aprox.: 75,8 g (relógio); Peso aprox. corrente: 17,3 g.; Diam. aprox.: 4,6 cm. € 3.600 / € 6.000

423

624

O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão.


626 627

424

625 Colar em ouro de 585 ml, cravejado com 6 rubis ovais, 21 diamantes em talhe navette com o peso total cerca de 1,05 ct e 47 em talhe de brilhante com o peso total aproximado de 1,88 ct. Com contraste nacional em uso desde 2021. Sinais de uso. Peso aprox.: 19 g.; Comp. aprox.: 41,5 cm. € 1.200 / € 2.000

625

626 Par de brincos ocos em ouro de 750 milésimos, de formato triangular. Com contraste nacional, em uso desde 2021. Amolgadelas e riscos. (2) Peso aprox.: 17,94 g.; Comp. aprox.: 5,5 cm. € 400 / € 800 627 Pendente em ouro de 750ml, com elemento em jadeíte verde, com moldura e centro cravejados com 28 diamantes em talhe de brilhante com o peso total aproximado de 3,50 ct. Com marca de contraste nacional, em uso desde 2021. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 13,9 g.; Comp. aprox.: 3,6 cm. € 1.400 / € 2.000

628

628 Relógio de pulso homem marca Breitling, modelo Aerospace Repetition Minutes Refª 65062 com caixa em titânio e bracelete de caucho azul. Movimento de quartzo calibre ETA E10391 multifunções e vidro safira. Com estojo, caixa e documentos. Pequenos defeitos e gastos. Diam. aprox.: 4,0 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. € 1.600 / € 3.000


629 Colar em ouro de 800 ml, sendo o centro cravejado com 45 diamantes em talhe brilhante, com o peso total aproximado de 1,55 ct, com pendente em forma de coração. Com marca de contraste nacional, em uso desde 2021. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 34,4 g. € 1.400 / € 3.000 630 Colar em ouro de 375 ml, em malha de corda com fecho cravejado com 51 diamantes em talhe de brilhante, com o peso total aproximado de 2,70 ct. Com contraste nacional, em uso de 2021. Sinais de uso. Peso aprox.: 121,58 g.; Comp. aprox.: 48 cm. € 2.800 / € 4.000

629

425

631 Pulseira em ouro branco de 800 ml, com 6 pérolas e 59 diamantes em talhe 8/8 (falta 1), com o peso total cerca de 2,80 ct. Com contraste de Lisboa, em uso em 1938 a 1984. Sinais de uso e pequenos defeitos. Peso aprox.: 33,3 g.; Comp. aprox.: 17,5 cm. € 1.000 / € 2.000

630

631


632

632 Par de esculturas chinesas em marfim representando guanines. Uma das figuras está representada sentada em cão de fóo, com uma perna ligeiramente dobrada, segurando nas mãos ceptro ruyi e vaso com ramo de salgueiro, com o qual ela espalha o néctar divino da vida, sendo o vaso o símbolo da compaixão e da sabedoria. A outra guanin está sentada em elefante, com uma perna ligeiramente dobrada, segurando nas mãos uma rosa e o vaso com ramo de salgueiro. Ambas são representadas com resplendor. Com aplicação de pedras coloridas. Assentes sobre bases em madeira. Falhas, faltas e pequenos defeitos. (2) Peso aprox.: 612 g.; Alts. aprox.: 17,5 cm. e 18 cm. € 1.200 / € 2.000

426

633 Par de grandes jarrões em porcelana japonesa Satsuma, com decoração em tons policromos e dourado com profusa decoração de reservas de padrão geométrico e paisagem com montanhas, guerreiros, dignitários e outras figuras. Laterais do bojo decoradas com flores com argola fixa e cordão com nós em relevo a dourado. Gastos, partido e colado, falhas, restauros e defeitos. (2) Alt. aprox.: 113,5 cm. € 500 / € 1.000 634 Cópia de Retrato de Jane Seymor, Rainha de Inglaterra Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 100 x 79 cm. O original da pintura é de autoria de Hans Holbein (m. 1543). Desgaste. Emoldurado. € 800 / € 1.600

633


427

634


635 Oficina europeia do séc. XVII Retrato de figura masculina Óleo sobre madeira Assinado (ilegível) Dim. aprox.: 25 x 20 cm. Restauros. Emoldurado. € 500 / € 1.000

428 635

636 Segundo modelo de Simon Vouet (1590-1649) Caridade Romana - Pero e Simon Óleo sobre tela Dim. aprox.: 82 x 61,5 cm. Restauros e falhas na camada pictórica. € 500 / € 1.000 637 Oficina europeia do séc. XVII São João e o cordeiro, inseridos num festão de flores Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 95 x 74,5 cm. Restauros e reentelado. Emoldurado. € 5.000 / € 8.000 636


429

637


430

638 Biombo oriental de 4 folhas, em madeira lacada, decorado com aplicações de pedras-duras, representando cenas do quotidiano chinês. Manchas, fissuras, restauros e riscos. Dim. aprox de cada folha.: 173 x 41 x 2,4 cm. € 800 / € 1.600


431


639 Par de pinturas iluminadas sobre textos impressos, sobre papel Kadjar. Pigmentos e ouro. Pérsia, séc. XVIII. Defeitos, restauros, rasgões e marcas de fita-cola. Emolduradas. Dim. aprox.: 27 x 17 cm. € 160 / € 300 640 Lote de miniatura com representação de um asceta aplacando animais; e um manuscrito iluminado, com decoração geométrica e fitomórfica. Pigmentos e ouro sobre papel. Pérsia, séc. XVIII (época safávide). Papeis ligeiramente amarelados. Emoldurados. Dim. aprox.: 17,5 x 9 cm.; 45 x 29 cm. € 260 / € 500

639

432

640

641

641 Estojo persa “Qalamdan”, do séc. XVIII/XIX, em “papier-mâché”. Profusa decoração policromada e dourada com reservas representando figuras europeias, sendo a central com representação de Nossa Senhora com o Menino Jesus, envoltas em motivos florais, aves e motivos vegetalistas. Interior em tons de encarnado com profusa decoração a dourado de flores e enrolamentos vegetalistas. Gastos, falhas e defeitos. Comp. aprox.: 21,5 cm. € 300 / € 500


642

642 Polvorinho de aparato, fabrico do Norte da Índia, séc. XIX, em madeira. Decoração incrustada de placas de madre-pérola e pequenos pinos em metal dourado com motivo estilizados. Tampa e botão da tampa em osso em forma de flor de lótus estilizada. Com argola de suspender. Falhas, faltas, riscos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 15 cm. € 500 / € 1.000 643 Caixa escritório do séc. XVIII, em ébano. Interior com diversos compartimentos. Decoração geométrica de friso embutido. Tampa com cantos decorados com motivos vegetalistas entalhados. Com pegas em metal. Com chave. Riscos, falhas, faltas e pequenos defeitos. Dim. aprox.: 14 x 42 x 30 cm. € 300 / € 600

644 Bilheteira de pé em tartaruga, corno de animal e madeira, trabalho do séc. XIX. Bandeja com profusa decoração entalhada e vazada com motivos florais e vegetalistas sobre padrão de treliça. Pé em forma de bola da felicidade, em corno de animal, sobre coluna e base torneadas, em madeira. Restauros, partida e colada, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 21,2 x 14,5 cm. € 200 / € 400

433

643 644


645 Escola espanhola, segunda metade do séc. XIX, - segundo gravuras de Francisco Goya “Los Desastres de la Guerra” Par de óleos sobre tela Não assinados Dim. aprox.: 35,8 x 43,8 cm. Faltas na camada pictórica, restauros e reentelados. Francisco Goya criou esta inovadora série de 80 gravuras onde regista, não os actos heróicos dos soldados, mas sim o efeito devastador da guerra. Emoldurados com molduras antigas em madeira entalhada e dourada. € 1.600 / € 2.600

645

434

646 Escola francesa do séc. XIX (1º quartel) Paisagens fluviais com figuras Par de óleos sobre tela, colados sobre cartão Diam. aprox.: 30 cm. Pequenos restauros e craquelé. Emoldurado. € 800 / € 1.600 647 Conjunto de quatro cadeiras, neoclássicas em nogueira entalhada. Espaldar vazado sendo os cantos decorados com flores aplicadas em metal amarelo. Decoração embutida em madeira contrastante de motivos florais e frisos de padrão geométrico. Coxins amovíveis estofados a veludo em tons de azul. Vestígios de caruncho, falhas, uma com espaldar partido, manchas, restauros e defeitos. (4) Alt. aprox.: 92,5 cm. € 1.000 / € 2.000 645


646

435

647


648

436

648 PILLEMENT Jean-Baptiste Pillement (1728-1808) Paisagem com ponte, ruína, figuras e gado Aguarela sobre papel Assinada e datada de 1769 Dim. aprox.: 33,5 x 44 cm. Manchas e defeitos. Emoldurada. € 600 / € 1.200

649 PILLEMENT Jean-Baptiste Pillement (1728-1808) “Chinoiserie” Técnica mista e lápis sobre papel Assinado Dim. aprox.: 42 x 30 cm. Restauro. O museu “The MET” possui nas suas colecções desenhos semelhantes, vindo publicados no site do museu, com indicação de não estarem expostas. Emoldurado. € 1.000 / € 2.000 649


650 Escola europeia do séc. XVIII Vista de jardim com figuras Óleo sobre tela Assinado (pouco legível) Dim. aprox.: 63,5 x 76 cm. Restauros. Emoldurado. € 1.000 / € 2.000

650

651 Atribuível a Eugène Louis LAMI (1800-1890) “H. M. The Queen in Windsor Park” Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 54 x 65 cm. Verso com notícia referente a um livro com ilustrações de Eugène Lami. Emoldurado. € 8.000 / € 10.000

651

437


438

652

652


653

652 Par de tapetes orientais em lã, em tons de azul, “bordeaux”, bege e verde, entre outros. Profusa decoração floral e de enrolamentos vegetalistas com motivos estilizados ao centro. Barra e frisos com motivos florais. Gastos, faltas, falhas, manchas e defeitos. (2) Dim. aprox.: 210 x 140 cm. € 1.600 / € 3.000

439

653 Conjunto de quatro apliques de dois lumes, franceses, estilo Luís XV, em bronze dourado. Braços e corpo em forma de elementos vegetalistas. Electrificados, com velas. Com quebra-luzes, com defeitos. Gastos e defeitos. (4) Alt. aprox.. 40 cm. € 300 / € 400 654 Biombo de cinco folhas, oriental, do séc. XIX, em madeira lacada. Decoração incisa e lacada em tons policromos, com fundo em tons de “bordeaux” representando paisagem de jardim com figuras em cenas do quotidiano, flores, pássaros, pássaros em ramo e frisos com motivos estilizados e suástica. Verso lacado a negro. Falhas, faltas, fissuras, gastos e defeitos. Dim. aprox.: 172,5 x 31,5 cm. (cada folha); Dim. aprox. total: 172,5 x 157,5 cm. € 800 / € 1.600 654


655

440

655 Arca em diversas madeiras, com tampo de abrir e uma gaveta. Decorada com almofadas salientes. Com ferragens e puxadores em metal amarelo parcialmente vazado. Assente sobre quatro pés de bola. Manchas, riscos, falhas, faltas, vestígios de caruncho e defeitos. Dim. aprox.: 70 x 16 x 57 cm. € 300 / € 600

656

656 Pequeno bufete em pau-santo com uma gaveta simulando duas. Tampo moldurado por friso com torcidos. Gavetas e laterais com almofadas salientes e friso de tremidos, sendo os cantos com decoração de enrolamentos vegetalistas. Pernas profusamente torneadas unidas por travessas torneadas. Cubos de intersecção decorados com metal rendilhado. Puxadores e ferragens em metal amarelo rendilhado. Manchas, faltas, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 55 x 60 x 44 cm. € 300 / € 600

657 Pequeno bufete em pau-santo com uma gaveta simulando duas. Tampo moldurado por friso com torcidos. Gavetas e laterais com almofadas salientes e friso de tremidos, sendo os cantos com decoração de enrolamentos vegetalistas. Pernas profusamente torneadas unidas por travessas torneadas. Cubos de intersecção decorados com metal rendilhado. Puxadores e ferragens em metal amarelo rendilhado. Manchas, faltas, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 55 x 60 x 44 cm. € 300 / € 600

657


658 Cadeira de braços, com mecanismo de escadote de biblioteca, inglesa, do séc. XIX, em madeira exótica. Espaldar com cachaço curvo e tabela central horizontal. Braços terminando em enrolamento. Assento de rebater transformando-se em pequeno escadote de biblioteca. Assento em palhinha. Riscos, manchas, sinais de uso e defeitos. Alt. aprox. cadeira: 92 cm. € 500 / € 1.000 659 Par de cadeiras, do séc. XVIII/XIX, em pau-santo. Espaldar recortado encimado por elemento vegetalista, com tabela central recortada e vazada. Pernas dianteiras ligeiramente curvas decoradas com enrolamentos e motivos estilizados, unidas ao centro por travessas torneadas e recortadas decoradas com motivos vegetalistas. Coxins amovíveis em couro lavrado decorado com reserva de padrão geométrico, aletas e enrolamentos. Gastos, faltas, falhas e defeitos. (2) Alt. aprox.: 101,5 cm. € 360 / € 600

658

441

659


660 Relógio de caixa alta, em madeira maciça e folheada. Caixa de formato arquitectónico, sendo a parte superior com porta envidraçada e laterais com aplicação de placas em metal dourado vazado. Parte inferior com uma porta. Mostrador em metal esmaltado em tons de branco, com indicação de “Strike e Silent”, mostrador de segundos e mostrador de horas com numeração romana a negro. Com pesos e chave. Falhas, faltas, restauros e defeitos. Alt. aprox.: 230 cm. O Palácio do Correio velho não se responsabiliza pelo estado de conservação das máquinas dos relógios que vende em leilão. € 500 / € 1.000

661

442

662

660

661 Mesa vitrine estilo “Chippendale”, em madeira, com tampo e lados envidraçados. Tampo com decoração entalhada, em baixo-relevo, com friso de padrão geométrico. Pernas com caneluras unidas ao centro por travessas recortadas e vazadas, com pequena prateleira de gradinha ao centro. Falta de um vidro, faltas, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 76 x 57 x 41,5 cm. € 200 / € 300

662 Mesa de apoio estilo Chippendale em madeira. Tampo com gradinha de enrolamentos. Cintura vazada com motivos orientalizantes. Assente sobre pernas simulando bambu, unidas ao centro por travessas simulando bambu. Riscos, falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 74 x 72,5 x 52 cm. € 400 / € 800


663 “Bonheur du jour” em diversas madeiras. Corpo superior com espelho ao fundo, encimado por prateleira com gradinha em metal amarelo. Gaveta revelando no interior tampo de escrita de levantar, forrado a carneira em tons de verde com friso a dourado. Corpo inferior com prateleira recortada e prateleira amovível. Pernas com caneluras avivadas a dourado. Com rodízios. Vestígios de caruncho, falhas, riscos, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 102 x 83,5 x 49,7 cm. € 600 / € 800 664 Par de cadeiras de braços, estilo Chippendale. Espaldar com cachaço curvo e recortado decorado com motivos vegetalistas. Tabela central vazada com motivos estilizados e vegetalistas. Braços ligeiramente curvos. Coxim amovível estofado a tecido em tons de bege. Manchas e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 94 cm. € 260 / € 360 663

664

443


665 JACINTO LUÍS (n.1945) Natureza morta Óleo sobre tela Assinado e datado de 1991 Dim. aprox.: 97 x 130 cm. Pequenos defeitos. Emoldurado (moldura com pequenos defeitos). € 1.000 / € 2.000

665

444

666 BRANISLAV MIHAJLOVIC (n.1961) “Abobora I” Técnica mista com colagens sobre tela e sobre madeira Assinado e datado de 2000 Dim. aprox.: 50 x 58 cm. Verso com etiqueta com dados sobre a obra. Emoldurado. € 1.000 / € 2.000

666

667 Autor não identificado “Ressurreição” Técnica mista sobre tela Verso assinado e datado de 2003 Dim. aprox.: 150 x 150 cm. € 600 / € 1.200 667


668

445

668 BRANISLAV MIHAJLOVIC (n.1961) Técnica mista com colagens Assinado e datado de 2003 Dim. aprox.: 74,5 x 151 cm. Pequenas falhas. Não emoldurado. € 4.000 / € 8.000

669 BRANISLAV MIHAJLOVIC (n.1961) Técnica mista com colagens sobre papel Assinado e datado de 2001 Dim. aprox.: 39 x 30 cm. Emoldurado. € 400 / € 800

669


670 BOTELHO Carlos Botelho (1899-1982) “TROIKA” Desenho a tinta sobre papel Assinado e datado de 1930 Dim. aprox.: 30 x 21,7 cm. Defeitos ao redor do papel. Não emoldurado. € 500 / € 1.000

446

671 CARGALEIRO Manuel Cargaleiro (n.1927) Tinta sobre papel Assinado e datado de 1981 Dim. aprox.: 37 x 28 cm. (folha) Esta obra está certificada pela Fundação Manuel Cargaleiro. Papel amarelado e com defeitos nas pontas. Não emoldurado. € 800 / € 1.600


447

672 CARGALEIRO Manuel Cargaleiro (n.1927) Guache sobre papel Assinado e datado de 1962 Dim. aprox.: 16 x 11 cm. Esta obra está certificada pela Fundação Manuel Cargaleiro. Emoldurado. € 1.000 / € 2.000


673 CARGALEIRO Manuel Cargaleiro (n.1927) Guache sobre papel Assinado e datado de 1966 Dim. aprox.: 27 x 16 cm. Esta obra está certificada pela Fundação Manuel Cargaleiro. Papel ligeiramente amarelado. Não emoldurado. € 800 / € 1.600

448

673

674 CARGALEIRO Manuel Cargaleiro (n.1927) Tinta sobre papel Assinado e datado de 1963 Dim. aprox.: 31 x 24 cm. Esta obra está certificada pela Fundação Manuel Cargaleiro. Papel ligeiramente amarrotado. Não emoldurado. € 800 / € 1.600 674


675

449

675 COSTA PINHEIRO António Costa Pinheiro (1932-2015) “La fenêtre de ma tête XXXV estudo (Matisse) Óleo sobre tela Verso assinado e datado de Mü - Maio de 1984 Dim. aprox.: 35,5 x 50 cm. Não emoldurado. € 800 / € 1.600

676 CARGALEIRO Manuel Cargaleiro (n.1927) Guache sobre papel Assinado e datado de 1979 Dim. aprox.: 24,5 x 16,5 cm. Papel ligeiramente amarelado. Não emoldurado. € 3.000 / € 6.000 676


677 JOÃO BORGES (n. 1953) “Havia uma espécie de lá... além...” Acrílico sobre tela Assinado e datado de 2006 Dim aprox.: 70 x 70 cm. Varso assinado e datado de 2006, com indicação de título. Não emoldurado. € 1.000 / € 2.000

677

450

678 CELESTE MAIA Maria Celeste Maia Bentley (n. 1941) Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 104 x 117 cm. € 2.500 / € 5.000 678


679 JÚLIO POMAR Júlio Artur da Silva Pomar (n.1926) “Rouge” Serigrafia sobre papel Assinada (1976), edição n.º 7/100 Dim. aprox.: 109,5 x 74,5 cm. Edição Atelier Michel Caza, Paris e Galerie Bellechasse, Paris. Tiragem de 100 exemplares + 30 PA. Emoldurada. € 400 / € 800

451

679

680 GRAÇA MORAIS (n. 1948) Técnica mista sobre papel Assinado e com dedicatória Dim. aprox.: 31,5 x 20,5 cm. Emoldurado. € 1.000 / € 2.000 680


452 681

681 MÁRIO HENRIQUE Mário Henrique Leiria (1923-1980) “Paisagem interrompida” Óleo sobre platex Assinado e datado de 1949 Dim. aprox.: 36,5 x 43 cm. Verso assinado e datado de 1949, com indicação de título e com etiquetas de: Fundação Calouste Gulbenkian (Exposição Congresso de Escritores) e da Colecção Galeria 111 - ilustrado no catálogo da exposição no Museu do Chiado 16/11 a 31/12 de 1994, pág. 63, cat. 52. € 5.000 / € 10.000

682

682 JOÃO BORGES (n. 1953) Acrílico sobre tela Assinado e datado de 2005 Dim. aprox.: 100 x 100 cm. Verso assinado e datado de 2005, com indicação de título. Emoldurado. Proveniência: € 3.000 / € 5.000


453

683

683 COSTA PINHEIRO António Costa Pinheiro (1932-2015) “uma das janelas-espaço-poético de Fernando Pessoa” Técnica mista sobre papel Assinado e datado de 1979 Dim. aprox.: 73 x 99 cm. Pequenas manchas de humidade. Emoldurado. € 4.000 / € 8.000

684 JOÃO BORGES (n. 1953) “Sonho de um toureiro” Acrílico sobre tela Assinado e datado de 2003 Dim aprox.: 73 x 60 cm. Verso assinado e datado de 2003, com indicação de título. Não emoldurado. € 1.000 / € 2.000 684


454

685

685 JÚLIO POMAR Júlio Artur da Silva Pomar (1926-2018) Serigrafia sobre papel Assinada, edição PA n.º 10/20 Dim. aprox.: 34 x 43 cm. Emoldurado (defeitos). € 500 / € 1.000

686

686 EMÍLIA NADAL (n. 1938) Técnica mista sobre papel Assinada Dim. aprox.: 21,5 x 18 cm. Emoldurado. € 160 / € 260


687 David Alfaro SIQUEIROS (1896-1974) Técnica mista sobre papel Assinada (desvanecida) Dim. aprox.: 63 x 45,5 cm. Vincos e craquelé. Esta obra vem acompanhada por um certificado de autenticidade e de proveniência, passado por Luísa Racanelli, assistente do artista. Emoldurada. € 8.000 / € 12.000

455

687

688 JÚLIO RESENDE (1917-2011) Barco e figuras Aguarela sobre papel Assinado de datado de 1958 (?) Dim. aprox. mancha: 21 x 32,5 cm. Manchas. € 500 / € 1.000

688


689 JOÃO SALEMA Maria João Salema (n. 1974) “Paisagem” Óleo sobre tela Verso assinado e datado de 1994 Dim. aprox.: 70 x 70 cm. Não emoldurado. € 700 / € 1.000

456

689

690 JOÃO BORGES (n. 1953) “Just a second... just a Portuguese second...” Intervenção sobre impressão de fotografia sobre tela Verso assinado, com inscrição Dim. aprox.: 80 x 60 cm. € 1.000 / € 2.000 690


457

691 SOFIA AREAL (n.1960) “Jogo do galo” Acrílico sobre tela Assinado e datado de 2007 Dim. aprox.: 100 x 100 cm. Verso assinado e datado com detalhes sobre a obra. Não emoldurado. € 3.000 / € 6.000


692 JOSÉ LEITE (1873-1939) Jardim Óleo sobre tela, colada sobre cartão Assinado e datado “Gerês” 1915 Dim. aprox.: 34 x 26 cm. Cartão ligeiramente abaulado. Emoldurado. € 400 / € 600

692

693 Papeleira miniatura em pau-santo e outras madeiras, com tampo de rebater e três gavetas. Decoração de friso embutido em madeira contrastante. Interior com portinhola central, gavetas e escaninhos. Frente e laterais ligeiramente onduladas. Assente sobre quatro pés curvos. Ferragens e fecharias em metal amarelo, com decoração estilo “rocaille”. Restauros, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 35,8 x 46,5 x 23,5 cm. € 200 / € 400

458

693


694 FAUSTO GONÇALVES (1893-1946) Claustro Óleo sobre tela Assinado e datado (?) Dim. aprox.: 56 x 46 cm. Pequena falha e pequenos restauros. Emoldurado. € 700 / € 1.000 695 ”Breakfast-table” inglesa, regency, do séc. XIX, em pau-santo e outras madeiras. Tampo de formato circular moldurado por rebaixo. Assente sobre coluna central decorada com caneluras e elementos vegetalistas estilizados, sobre base recortada com três pés em forma de garra e bola. Manchas, riscos, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 73,5 x 120 cm. € 500 / € 1.000

459

694

695


460

696 Painel de azulejos, recortado, da fábrica Viúva Lamego, composto por 34 azulejos representando Santo António com o Menino Jesus. Santo António está representado inserido em nicho arquitectónico encimado por cruz e decorado com grinaldas de flores e cabeças de anjo aladas. Decoração em tons de azul, amarelo, verde, encarnado e vinoso. Marcado “VA Lamego / Lisboa”. Emoldurado. Defeitos e falhas. Dim. aprox.: 114,5 x 75,5 cm. € 400 / € 600


697 Talha em forma de urna em faiança portuguesa, fabrico atribuível ao Porto. Decoração esponjada em tons de azul e branco com friso de de folhagem e motivos florais, carranca e friso de perlado. Faltas, falhas, gastos e defeitos. Alt. aprox.: 50,5 cm. Com o nº 279.C da colecção António Capucho. € 300 / € 500

698 Terrina com tampa e travessa oitavada, em faiança portuguesa, fabrico atribuível a Coimbra. Decoração simulando marmoreado, em tons de azul. Falhas, gastos, cabelos “craquelé”, defeitos e uma das pegas partida e gatada. (2) Comp. máx. aprox.: 39 cm. Proveniência: Antiga Colecção António Capucho, José Abecassis e outras proveniências. € 300 / € 500

461 697

698


699 DOMINGOS REBELO Domingos Maria Xavier Rebelo (1891-1975) “Maria blusa amarela - Atelier Arquinha” Retrato de Maria Josefina (esposa de Domingos Rebelo) Óleo sobre tela Assinado e datado de 1923 Dim. aprox.: 65 x 54 cm. Verso com inscrições. Restaurado e com grade nova. Não emoldurado. € 800 / € 1.600

462

699

700

700 DOMINGOS REBELO Domingos Maria Xavier Rebelo (1891-1975) Estudo Aguarela sobre papel Assinado Dim. aprox.: 69 x 49 cm. € 500 / € 800


701 DOMINGOS REBELO Domingos Maria Xavier Rebelo (1891-1975) Estudo para os discípulos Grafite, cor, pastel seco sobre papel Não assinado (década de 40), autenticado pela descendente Dim. aprox.: 98 x 68 cm. Esta obra vem acompanhada por um certificado de autenticidade passado pelas descendentes do artista. Restaurado. Emoldurado. € 400 / € 800

463

701

702

702 DOMINGOS REBELO Domingos Maria Xavier Rebelo (1891-1975) Pescador Carvão sobre papel Assinado (1920) Dim. aprox.: 45 x 32 cm. Manchas e com restauro. Emoldurado. € 200 / € 400


464

704 703

703 JOSÉ FRANCO (1920-2009) São Pedro Escultura em barro parcialmente pintado Assinada Alt. aprox.: 34,5 cm. Falta no capote, falhas e defeitos. Proveniência: Colecção João Osório de Castro € 200 / € 400 704 JOSÉ FRANCO (1920-2009) Camões Escultura em barro parcialmente pintado Assinada Alt. aprox.: 35 cm. Pequenas falhas e faltas. Proveniência: Colecção João Osório de Castro € 200 / € 400

705 JOSÉ FRANCO (1920-2009) São Francisco Escultura em barro parcialmente pintado Assinada Alt. aprox.: 39 cm. Pescoço partido e colado, falhas e faltas. Proveniência: Colecção João Osório de Castro € 200 / € 400 705


706 JOSÉ FRANCO (1920-2009) Baco Escultura em barro Assinada Alt. aprox.: 39,5 cm. Falhas e defeitos. Proveniência: Colecção João Osório de Castro € 300 / € 500

465

706

707 JOSÉ FRANCO (1920-2009) Santo António com Menino Jesus Escultura em barro parcialmente pintado Assinada Alt. aprox.: 34 cm. Falta uma mão, falhas e defeitos. Proveniência: Colecção João Osório de Castro € 140 / € 240 707


708 Autor não identificado Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 64 x 54 cm. Restaurado. Emoldurado. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 3.000 / € 5.000

466

708

709 Oficina europeia do séc. XIX Ensinando a ler Óleo sobre madeira Não assinado Dim. aprox.: 31 x 27 cm. Restaurado e emoldurado. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 300 / € 500 709


710 FERNANDO DOS SANTOS (n.1892-1965) Óleo sobre madeira Assinado e datado de 1909 (?) Dim. aprox.: 32 x 23,5 cm. Com dedicatória. Emoldurado. € 500 / € 1.000

710

711 Autor não identificado Paisagem Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 46 x 61 cm. Restauros. Emoldurado. Proveniência: Colecção Professor Doutor António Ferraz Júnior e Dr. José Manuel Ferraz € 800 / € 1.200 711

712 JÚLIO RAMOS (1868-1945) Vista de campo Óleo sobre cartão Assinado (frente e verso) Dim. aprox.: 14,5 x 23,5 cm. Emoldurado. € 300 / € 600 712

467


713 Tapete oriental em lã, em tons de azul, encarnado, bege, amarelo e verde. Profusa decoração com enrolamentos, motivos florais e vegetalistas. Gastos, falhas manchas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 402 x 315 cm. Proveniência: Quinta de São João, Sintra € 2.000 / € 3.000 714 Tapete oriental em lã, em tons de azul, “bordeaux”, bege, amarelo e verde. Profusa decoração estilizada de padrão com enrolamentos, motivos florais e vegetalistas. Gastos, falhas manchas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 600 x 410 cm. Proveniência: Quinta de São João, Sintra € 4.000 / € 6.000

468

713

715 Conjunto de três elementos decorativos, neoclássicos, adaptados de elementos arquitectónicos de interior, sendo um nicho e dois adaptados a espelho, em madeira policromada e dourada. Cimalhas recortadas decoradas com frisos de padrão geométrico, motivos vegetalistas e enrolamentos. Montantes com decoração pintada de flores e motivos vegetalistas. Nicho com enrolamentos e duas colunas, sendo o interior encimado por elemento dourado e vazado profusamente decorado com urnas com flores, motivos estilizados e enrolamentos, aplicado sobre espelho, com espelho ao centro. Interior com aplicação de grande peanha de corpo gomado. Vestígios de caruncho, falhas, repintes, restauros, partido e colado, faltas e defeitos. (3) Dims. aprox.: 250 x 108 x 51 cm. e 220 x 110 cm. € 1.000 / € 2.000 714


469

715


716 SALETTE TAVARES (1922-1994) “O menino Ivo” Múltiplo impresso sobre papel Assinado, edição nº 7/16 Dim. aprox.: 60 x 39,5 cm. Papel ligeiramente amarelado e com marcas de humidade. Não emoldurado. € 400 / € 800

717 CUTILEIRO João Cutileiro (1937-2021) Desenho a tinta sobre papel Assinado e datado de 1987 Dim. aprox.: 21 x 29 cm. Emoldurado. € 200 / € 400

470

716

718 SALETTE TAVARES (1922-1994) “Les Murmures des Mures Müres” Múltiplo impresso sobre papel Assinado, edição nº 14/16 Dim. aprox.: 40 x 40 cm. Papel ligeiramente amarelado e com poucas manchas de humidade. Não emoldurado. € 300 / € 600

717

718


719 SARA MAIA (n. 1974) Tinta da china sobre papel Assinado Dim. aprox.: 100 x 70 cm. Pequeno rasgo. Não está emoldurado. € 400 / € 800

471

719

720 SARA MAIA (n. 1974) Desenho a tinta sobre papel craft Assinado Dim. aprox.: 39 x 23 cm. Papel com vinco e sujidade. Não emoldurado. € 200 / € 400 720


721

472

721 BUAL Artur Bual (1926-1999) Óleo sobre tela Assinado e datado de 1997 Dim. aprox. (mancha): 49 x 71,5 cm. Manchas. Emoldurado. € 3.000 / € 6.000

722 JÚLIO RESENDE (1917-2011) Aguarela sobre papel Assinado e datado de 1970 Dim. aprox.: 62 x 47,5 cm. Papel amarelado e manchado. Emoldurado. € 600 / € 1.000 722


473

723

723 MIRA SOUSA DIAS (n. 1949) Tríptico a óleo sobre tela Assinado e datado de 2003 Dim. aprox.: 120 x 120 cm. Não emoldurado. € 500 / € 1.000

724 BUAL Artur Bual (1926-1999) “Sinfonia Poética” Óleo sobre tela Assinado e datado de 1971 Dim. aprox.: 82,5 x 57,5 cm. € 800 / € 1.200 724


474

725

725 MÓNICA DE MORAIS “Ícaro” Tríptico - técnica mista sobre tela Verso assinado Dim. aprox.: 140 x 170 cm. Verso com etiqueta e biografia da artista. Não emoldurado. € 2.000 / € 4.000 726 Autor não identificado Técnica mista em placas metálicas Não assinado, com etiqueta “Augusto” Dim. aprox.: 100 x 100 cm. Verso com carimbo da Alphaville Galeria de Arte. Riscos e defeitos. Emoldurado. € 300 / € 600 726


475

727

727 ALEXANDRE FISGA (n. 1966) Óleo sobre tela Verso assinado e datado de 2000 Dim. aprox.: 97 x 146 cm. Manchas de humidade. Emoldurado. € 800 / € 1.600

728 RAUL PEREZ (n.1944) Óleo sobre tela Assinado e datado de 1982 Dim. aprox.: 28,5 x 22,5 cm. € 2.000 / € 4.000 728


729

476

729 PEDRO PROENÇA (n. 1962) “Prôtogonos” Óleo sobre derivado de madeira Assinado Dim. aprox.: 71 x 99 cm. Não emoldurado. € 2.600 / € 4.000

730 ESCADA José Jorge da Silva Escada (1939-1980) Óleo sobre tela Verso assinado e datado 1973 (tela e grade) Dim. aprox.: 55,5 x 38 cm. Pequenos restauros. Verso da grade com etiqueta da Galeria Filomena Soares, com detalhes sobre a obra. Emoldurado (pequenas falhas). € 6.000 / € 12.000 730


731

731 CAMARINHA Guilherme Camarinha (1913 - 1994) Estudo para tapeçaria Guache sobre papel Assinado e datado de 1983 Dim. aprox.: 51 x 108 cm. Emoldurado. € 2.000 / € 4.000

732 VIEIRA DA SILVA Maria Helena Vieira da Silva (1908-1992) Serigrafia sobre papel Assinada, edição n.º 109/200 Dim. aprox. (mancha): 24,5 x 23,5 cm. Emoldurada. € 500 / € 1.000

477

733

733 VIEIRA DA SILVA Maria Helena Vieira da Silva (1908-1992) Serigrafia sobre papel Assinado, edição n.º 27/200 Dim. aprox. (mancha): 22 x 16 cm. € 400 / € 800 732


478

734

734 CHARTERS DE ALMEIDA D. João Charters de Almeida e Silva (n. 1935) Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 80 x 65 cm. Emoldurado. € 1.000 / € 2.000

735 CALVET Carlos Frederico Pereira de Sequeira Bramão Calvet da Costa (1928-2014) Óleo sobre platex Assinado e datado de 1964 Dim. aprox.: 89 x 42 cm. Emoldurado. € 5.000 / € 10.000


479

735


ÍNDICE DE AUTORES AUTHOR’S INDEX

480

A. DE FARO(1888-1953) 147, 565 ABEL CARDOSO (1877-1964) 200 Abraham I HULK (1813-1897) 140 ALEXANDRE FISGA (n. 1966) 727 ALFREDO KEIL (1851-1907) 191 ALVES CARDOSO (1882-1930) 180 ALVES DE SÁ (1878 - 1982) 201 AREAL (1934-1978) 464 BARROS (1929-1998) 298 Bernard Johann DE HOOG (1866/67-1943) 22 BOTELHO (1899-1982) 302, 303, 670 BRANISLAV MIHAJLOVIC (n.1961) 666, 668, 669 BUAL (1926-1999) 461, 721, 724 CALIXTO, Benedito (1853-1927) 429 CALVET, (1928-2014) 735 CAMARINHA, Guilherme Camarinha (1913 - 1994) 731 CARGALEIRO (n.1927) 465, 671, 672, 673, 674, 676 CASANOVA, Enrique Casanova (1850-1913) 522, 524 CELESTE MAIA, Maria Celeste Maia Bentley (n. 1941) 678 CERVANTES DE HARO, séc. XX 519 CHAGALL, Marc Chagall (1887-1985) 359 CHARTERS DE ALMEIDA (n. 1935) 734 COLUMBANO, Columbano Bordalo Pinheiro (1857-1929) 197 CONDEIXA, Ernesto Ferreira Condeixa (1857-1933) 192 COSTA PINHEIRO (1932-2015) 352, 353, 675, 683 CUTILEIRO, João Cutileiro (1937-2021) 299, 306, 717 D’ ALBA, Louis Albert Guislain Bacler (1761-1824) 68 D. CARLOS DE BRAGANÇA, (1863-1908) 525, 526, 527 DACOSTA, António Dacosta (1914-1990) 309 David Alfaro SIQUEIROS (1896-1974) 687 DOMINGOS REBELO (1891-1975) 567, 699, 700, 701, 702 DOMINIQUE ROZIER (1840-1901) 24 Doris HICKSON (séc. XX) 199 DOUMET, Zacharie Felix (n. 1761) 142 DOURDIL, Luis César Pena Dourdil Dinis (1914-1992) 460 Edward Brian SEAGO (1910-1974) 143, 144, 145 EMÍLIA NADAL (n. 1938) 686 ESCADA, José Jorge da Silva Escada (1939-1980) 730 Eugène Louis LAMI (1800-1890) 651 EVARISTO BARRIO (1841-1924) 562, 563, 564 FAUSTO GONÇALVES (1893-1946) 694 FERNANDO DOS SANTOS (n.1892-?) 710 FRANCIS SMITH (1881-1961) 432 GIL TEIXEIRA LOPES (n.1936) 463 GRAÇA MORAIS (n. 1948) 680 HIND, Frank (1884-1904) 193 Hippolyte Camille DELPY (1842-1910) 1

CONTRASTES PORTUGUESES EM VIGOR DESDE 1887 ATÉ AOS DIAS DE HOJE

HOGAN (1914-1988) 304, 305 JACINTO LUÍS (n.1945) 665 JOÃO BORGES (n. 1953) 677, 682, 684, 690 JOÃO SALEMA, Maria João Salema (n. 1974) 689 JOÃO VAZ, João José Vaz (1859-1931) 178, 179 John BRETT (1831-1902) 430 JOSÉ FRANCO (1920-2009) 703, 704, 705, 706, 707 JOSÉ LEITE (1873-1939) 692 JÚLIO POMAR (1926-2018) 354, 679, 685 JÚLIO RAMOS (1868-1945) 712 JÚLIO RESENDE (1917-2011) 351, 355, 356, 357, 358, 722 JÚLIO, Júlio Maria dos Reis Pereira (1902-1983) 307 KOONS, Jeff (n. 1955) 466 LÁZARO LOZANO, Bonifácio Lázaro Lozano (1906-1999) 350 LUÍSA ALMEDINA (Condessa de Vinhó e Almedina) (n.1874) 514 MARIA REIS (séc. XX) 21 MÁRIO HENRIQUE, Mário Henrique Leiria (1923-1980) 681 MARQUES DE OLIVEIRA (1853-1927) 174, 196 MEDINA, Henrique Medina (1901-1984) 434 MIRA SOUSA DIAS (n. 1949) 723 MÓNICA DE MORAIS 725 MURTEIRA, Jaime Murteira (1910 - 1986) 431 NAVARRO DA COSTA (1883-1931) 198 NERY, Eduardo José Nery de Oliveira (n.1938-2013) 462 OFÉLIA MARQUES (1906-1952) 521 PALOLO, João António da Silva Palolo (1946-2000) 467 PAULA REGO, Paula Figueiroa Rego (n. 1935) 310 PEDRO LEITÃO (1922-2009) 433 PEDRO PROENÇA (n. 1962) 729 PEREIRA CÃO, séc. XIX 459 PILLEMENT (1728-1808) 520, 648, 649 PORTELA JÚNIOR, Severo Portela Júnior (1898-1985) 566 QUERUBIM LAPA (1925-2016) 301 RAUL PEREZ (n.1944) 728 REIS, Maria Guilhermina Silva Reis, séc. XIX 146 ROMERO DE TORRES, Enrique (1870-1956) 23 ROQUE GAMEIRO (1864-1935) 195 Rowland HILDER (1905-1993) 428 SALETTE TAVARES (1922-1994) 716, 718 SARA MAIA (n. 1974) 719, 720 SILVA PORTO (1850-1893) 194 SOFIA AREAL (n.1960) 691 TRAYER, Jean Joseph Trayer (1795-1847) 129 VELOSO SALGADO (1864-1945) 175, 176 VIEIRA DA SILVA (1908-1992) 360, 732, 733 VISCONDE DE MENESES, 2º Visconde de Meneses (1817-1878) 513 William WYLD (1806-1889) 148

Marca de contraste (Javali II), em uso de 1887 a 1938, e marca de ourives da mesma época. Marca de contraste (Javali I), 1º título, em uso de 1887 a 1938, e marca de ourives da mesma época. Marca de contraste (Águia 833), em uso de 1938 a 1985, e marca de ourives da mesma época. Marca de contraste (Águia 916), 1º título, em uso de 1938 a 1985, e marca de ourives da mesma época. Com marca de contraste (Águia 835), em uso desde 1985, e marca de ourives da mesma época. Com marca de contraste (Águia 925), 1º título, em uso desde 1985, e marca de ourives da mesma época.


ORDEM DE COMPRA / LICITAÇÃO TELEFÓNICA ABSENTEE / TELEPHONE BIDDING SLIP DATA I DATE

HORA I TIME

RAQUETE Nº I PADDLE NUMBER

RECEBIDO POR I RECEIVED BY

IMPORTANTE : Clientes que nunca tenham comprado no Palácio do Correio Velho deverão anexar cópia de documento de identificação e do cartão de contribuinte IMPORTANT : Bidders who have never previously purchased at Palácio do Correio Velho should attach a copy of their ID document and VAT number

Nº DO LEILÃO I AUCTION NUMBER

390

TÍTULO DE VENDA I SALE TITLE Leilão Live Online I Antiguidades, Arte Moderna e Contemporânea

NOME PARA FACTURA I INVOICE NAME Nº CLIENTE I CLIENT NUMBER

CONTRIBUINTE FISCAL I VAT NUMBER

EMAIL

CIDADE I CITY

PAÍS I COUNTRY

MORADA I ADDRESS -

CÓDIGO POSTAL I ZIP CODE

NOME PARA CONTACTO I CONTACT NAME TELEFONES PARA LICITAÇÃO TELEFÓNICA I TELEPHONE NUMBERS DURING THE SALE

Por favor preencha de forma clara este impresso ou envie o pedido por email contendo todos os dados pedidos no impresso o mais cedo possível, pois, no caso de propostas de igual valor, terá preferência a que for recepcionada em primeiro lugar. As ordens de compra e licitações telefónicas deverão ser recebidas pelo Palácio do Correio Velho até 4 horas antes do início do leilão. mail@pcv.pt Please complete and return this form as quickly as possible or send us your request by email with all fields requieredin this form, because in the event of two identical bids being received, the first bid received shall prevail. Bids should be submitted at least 4 hours before the auction. mail@pcv.pt Nº DO LOTE LOT NUMBER

VALOR MÁXIMO € MAXIMUM AMOUNT €

DESCRIÇÃO DO LOTE LOT DESCRIPTION

LICITAÇÃO ESCRITA I WRITTEN BID

Nº DO LOTE LOT NUMBER

VALOR MÁXIMO € MAXIMUM AMOUNT €

DESCRIÇÃO DO LOTE LOT DESCRIPTION

LICITAÇÃO TELEFÓNICA I TELEPHONE BID

PÓS-LEILÃO I AFTER SALE

ORDEM DE COMPRA RECEBIDA POR TELEFONE | ABSENTEE BID RECEIVED BY PHONE Para licitações adicionais, anexe uma nova página I For additional bids, please attach a separate page. Concordo com as Condições Negociais do Palácio do Correio Velho e com as condições para as ordens de compra e licitações telefónicas, publicadas no site da Empresa, em www.pcv.pt . I agree with Palácio do Correio Velho’s terms and conditions of sale and the information set out in the absentee and telephone bidding terms and conditions on the Company website, at www.pcv.pt .

Data I Date

Assinatura I Signature

PALÁCIO DO CORREIO VELHO - LEILÕES E ANTIGUIDADES, S.A. Calçada do Combro, 38 A - 1º . 1200-114 Lisboa, Portugal | tel +351 213 242 980 | fax +351 213 426 536 | email mail@pcv.pt

481


CONDIÇÕES PARA ORDENS DE COMPRA

ABSENTEE AND TELEPHONE BIDDING TERMS

E LICITAÇÕES TELEFÓNICAS

AND CONDITIONS

Por favor envie as suas ofertas o mais cedo possível antes de cada leilão, pois, no caso de propostas de igual valor, terá preferência a que for recepcionada em primeiro lugar. As Ordens de Compra e Licitações Telefónicas deverão ser recebidas pelo Palácio do Correio Velho até 4 horas antes do início do leilão.

Please send your bids as quickly as possible before each auction, because in the event of two identical bids being received, the first bid received shall prevail. Absentee and Telephone Bids should be received by Palácio do Correio Velho at least 4 hours before the start of the auction.

Os clientes licitantes bem sucedidos receberão uma factura detalhada, com as suas compras e instruções de pagamento.

Successful bidders will receive an itemised invoice, specifying their purchases and payment instructions.

Todas as licitações estão sujeitas às Condições Negociais do Palácio do Correio Velho, bem como no site www.pcv.pt.

All bids are subject to Palácio do Correio Velho’s Terms and Conditions of Sale, printed in the auction catalogue and available in the site www.pcv.pt.

O Palácio do Correio Velho solicitará aos seus novos clientes o fornecimento de uma prova de identidade, através da entrega de um documento oficial que contenha uma fotografia, tal como o passaporte, cartão de cidadão ou bilhete de identidade.

Palácio do Correio Velho requires proof of identity for new clients, via an official document containing a photo - such as a passport, identity card or driver’s license.

O Palácio do Correio Velho usará a informação prestada pelos seus clientes para a organização dos seus leilões e outros serviços relacionados com a sua actividade e marketing, bem como para gerir e operar o seu negócio, de acordo com a lei. Ao concordar com estas condições, os clientes aceitam o tratamento dos seus dados pessoais pelo Palácio do Correio Velho. A qualquer momento os clientes podem impedir a utilização dos seus dados pessoais para fins comerciais, mediante notificação enviada ao Palácio do Correio Velho.

Palácio do Correio Velho will use the information provided by its clients to organize its auctions and related and marketing services, and manage and operate its business, in accordance with prevailing legislation. Upon agreeing with these terms and conditions, clients agree that Palácio do Correio Velho may process their personal data. Clients may refuse use of their personal data for marketing purposes at any time, by notifying Palácio do Correio Velho.

De acordo com as Condições Negociais do Palácio do Correio Velho, os licitantes bem sucedidos pagarão uma comissão sobre o preço de martelo, como parte do valor total da compra.

In accordance with Palácio do Correio Velho’s Terms and Conditions, a buyer’s premium will be added to the successful bid price and is payable by the Buyer as part of the total purchase price.

Este serviço é gratuito e confidencial. This service is free and confidential.

482

ORDENS DE COMPRA Por favor registe com precisão os números dos lotes, descrições e o valor de martelo máximo que está disposto a pagar por cada lote. As Ordens de Compra, quando solicitadas por telefone são aceites por conta e risco do cliente e deverão ser confirmados por carta, fax ou e-mail. As Ordens de Compra serão executadas ao melhor preço, respeitando outros lances ou reservas.

LICITAÇÕES TELEFÓNICAS Por favor indique de forma clara o número de telefone para contacto no momento do leilão, incluindo o código do País. Ligar-lhe-emos momentos antes do lote ser apresentado em leilão. De acordo com as Condições Negociais do Palácio do Correio Velho, uma ordem de licitação telefónica implica que o comprador aceita, pelo menos, a aquisição do lote pelo valor da estimativa mínima, mesmo em caso de impedimento da ligação telefónica. As licitações por telefone ficarão condicionadas à disponibilidade das linhas telefónicas do Palácio do Correio Velho. O acesso às licitações telefónicas implica o preenchimento, assinatura e entrega do impresso até 4 horas antes do início do leilão. Nem o Palácio do Correio Velho nem nenhum dos seus colaboradores poderá ser responsabilizado por erros ou falhas na execução deste serviço de licitações, quer por deficiência nas ligações telefónicas, quer por dificuldades na recepção da licitação ou na sua transmissão ao pregoeiro.

WRITTEN BIDS Please record accurately the lot numbers, descriptions and the top hammer price you are willing to pay for each lot. Telephone calls from absentee bidders will be accepted only at the caller’s risk and must be confirmed by letter, fax or e-mail. Bids are to be executed for the lowest price as is permitted by other bids or reserves.

TELEPHONE BIDS Please clearly specify the telephone number on which you may be reached at the time of the sale, including the country code. We will call you from the saleroom shortly before your lot is offered. According to Palácio do Correio Velho Conditions of Sale, a telephone bid order implies that the bidder accepts to purchase the lot for the lower estimate, as his first bid, even if unable to place the telephone call. Telephone bids are limited to the availability of telephone lines at Palácio do Correio Velho. Telephone bidders must complete, sign and deliver the telephone bid form at least 4 hours prior to the auction. Neither Palácio do Correio Velho nor any of its employees can be liable for any error or failure for the fulfilment of the bidding service, either by bad telephone connection or difficulty in transmitting information to the auctioneer.

PALÁCIO DO CORREIO VELHO - LEILÕES E ANTIGUIDADES, S.A. Calçada do Combro, 38 A - 1º . 1200-114 Lisboa, Portugal | tel +351 213 242 980 | fax +351 213 426 536 | email mail@pcv.pt


483


484

pcv.pt