Page 1

Lisboa 3 e 4 Junho 2020 LeilĂŁo Live Online


2

Lote 176

Lote 176

Lote 176

3 Lote 176

Lote 176


CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

CEO - Chief Executive Officer João Thomaz Perestrello Pinto Ribeiro CFO - Chief Finantial Officer Sebastião Pinto Ribeiro CAO - Chief Administrator Officer Sérgio Seabra de Sousa ASSEMBLEIA GERAL Ana Pinto Ribeiro

EQUIPA

DEPARTAMENTO COMERCIAL COORDENAÇÃO GERAL Clara Melo Sara de Sousa e Andrade Mariana Ramirez DEPARTAMENTO APOIO AO CLIENTE Pedro de Freitas Gomes Ana Isabel Viçoso Sóraia Paulino Mariana Sousa RESTAUROS Ana de Castro DEPARTAMENTO PERITAGEM E CATALOGAÇÃO

4

GERAL André Miragaia (Coordenador) Maria Reis Maria Inês Augusto Joana Faísca Filipa Figueiredo Beatriz Palma (Estagiária) Tatiana Rodrigues (Estagiária) Teresa Túlio (Estagiária) JOALHARIA E OURIVESARIA Henrique Braga (Consultor Joias) Sofia Ruival (Consultora Ourivesaria) LIVROS RAROS E MANUSCRITOS Isabel Maiorca Pedro Teixeira da Mota Carolina Pires

DEPARTAMENTO FINANCEIRO E ADMINISTRATIVO Marta Soares Sara Alves Carla Figueiredo DEPARTAMENTO MARKETING, DESIGN, IMAGEM COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIA DESIGN E PAGINAÇÃO Margarida Leote MARKETING E COMUNICAÇÃO DIGITAL Tânia Alegria

5

FOTOGRAFIA E PRÉ-IMPRESSÃO Daniel Viana Martins Pedro Ramos dos Santos Jorge Nabais CONSULTORIA INFORMÁTICA José Pinto Ribeiro DEPARTAMENTO LOGISTICA E TRANSPORTES António Marques João Cordas Gonçalo Simões Filipe Correia Rodrigo Esteves TIPOGRAFIA AGIR DEPÓSITO LEGAL: 467073/20

ARMAS ANTIGAS - MILITÁRIA José Faria e Silva Dom Vasco Teles da Gama HERÁLDICA E GENEALOGIA Lourenço Correira de Matos Lote 177

EXPOSIÇÃO 375

LEILÃO 375

31 de Maio - Domingo das 15h00 às 20h00 1 de Junho - Segunda das 15h00 às 21h00 3 de Junho - Quarta às 19h00 4 de Junho - Quinta às 19h00

PALÁCIO DO CORREIO VELHO - LEILÕES E ANTIGUIDADES, S.A. Calçada do Combro, 38 A - 1º . 1200-114 Lisboa, Portugal | tel +351 213 242 980 | fax +351 213 426 536 | email mail@pcv.pt

PROVENIÊNCIAS < < < <

Colecção Rudolfo Burmester Colecção Particular - Munich Colecção Condessa de Monsaraz Espólio Dr. Luiz Miguel Rosa Dias, sobrinho e herdeiro do poeta Fernando Pessoa


1ª Sessão - 3 de Junho de 2020 às 19.00h - Lote 001 a 204

6

7

001 Luta de galos, par de esculturas em prata espanhola, parcialmente dourados, séc. XX/XXI. Com marcas espanholas de 915 milésimos, em uso no séc. XX, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos, restauros e amolgadelas. (2) Peso aprox.: 610 g.; Comp. máx. aprox.: 29 cm. € 200 / € 400

Lote 106


002 Taça de pingos em prata portuguesa, do séc. XIX, com bordo de friso estriado. Com contrate de Lisboa (L-39.0 ou variante), e marca de ourives I.I.A (L-347.0), atribuível a Joaquim José de Abreu, datável de c.1796 a c.1822. Riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 378 g.; Diam. aprox.: 16,5 cm. € 180 / € 280

003 Salva D. Maria em prata portuguesa, séc. XIX, assente sobre três pés. Fundo liso e bordo com friso estriado. Com marca de ourives “SS” (P-577.0), possívelmente do ourives do Porto António Pinto dos Santos Silva, registada em 1865 e remarcada com cabeça de velho. Pequenos defeitos e riscos. Peso aprox.: 504 g.; Diam. aprox.: 26 cm. € 250 / € 500

8

004 Salva D. Maria em prata portuguesa, séc. XIX. Fundo liso, assente sobre três pés em forma de enrolamentos. Com marcas de garantia de Lisboa (L-38.0b), datável de c.1810 - c. 1822, e marca de ourives “JAL”, atribuível a Joaquim Lourenço dos Santos, da mesa época. Amolgadelas, defeitos e riscos. Peso aprox.: 246 g.; Diam. aprox.: 18 cm. € 120 / € 200

005 Par de castiçais em prata portuguesa, séc. XIX com monograma gravado. Assente sobre quatro pés em forma de bola. Com contraste de Lisboa (L-38.0 ou variante), marca de ourives TIC, (L-603.0), atribuível a Torcato José Clavina Bernardes, datável de c. 1813 a c. 1848. Sinais de uso e pequenos defeitos.(2) Peso aprox.: 1274 g.; Alt. aprox.: 27,5 cm. € 400 / € 800

006 Tinteiro de secretária em prata portuguesa, séc. XIX, com tinteiro, areeiro, caixa de obreias, sineta, castiçal e porta penas. Bandeja de formato rectangular, decorada na aba com friso de enrolamentos vegetalistas. assente sobre quatro pés. Com marca de contraste de Lisboa, possivelmente (L-44), em uso de c.1843 a c.1870, sem marca de ourives, estando as peças remarcadas com cabeça de velho. Faltas, amolgadelas e riscos. Peso. aprox.: 820 g.; Comp. aprox.: 20,5 cm. € 400 / € 800 007 Salva de gradinha em metal prateado, assente sobre três pés. Gastos e defeitos. Diam. aprox.: 30,5 cm. € 40 / € 80

003 004 005 002 006

008 Tabuleiro rectangular em prata portuguesa, séc. XIX/XX, com os cantos cortados. Bordo estriado e decorado com friso de flores. Com contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Sinais de uso, riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 1444 g; Comp. aprox.: 54,5 cm € 600 / € 1.000

9

009 Jarro bojudo em prata portuguesa, séc. XX. Corpo liso decorado com friso de godrões. Pega em forma de enrolamento vegetalista. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), de 833 milésimos, Eloy. Amolgadelas e riscos. Peso aprox.: 862 g.; Alt. aprox.: 25,5 cm. € 300 / € 600

008

010 Serviço de chá em prata inglesa, séc. XX, composto por bule, açucareiro e leiteira. Corpo parcilamente gomado. Pega em madeira. Com marcas de garantia de Londres, em uso em 1906, de 925 milésimos. Gastos e defeitos. Peso. aprox.: 974 g.; Comp. aprox. bule: 28 cm. € 300 / € 600 007 010 009

010


013 Travessa oitavada em porcelana chinesa. Decoração dita Cantão, a azul sob vidrado, com paisagem fluvial. Pequenos defeitos de fabrico. Comp. aprox.: 39,5 cm. € 150 / € 300

011

013

011 Taça em porcelana chinesa. Decoração dita Cantão, a azul sob vidrado, com paisagens fluviais com pagodes. Gastos e pequenos defeitos de fabrico. Dim. aprox.: 11,5 x 25 cm. € 100 / € 200

10

014 Travessa oitavada em porcelana chinesa. Decoração dita Cantão, a azul sob vidrado, com paisagem fluvial com pagodes. Pequenos defeitos de fabrico e sinais de uso. Comp. aprox.: 35 cm. € 150 / € 300

012 Prato coberto em porcelana chinesa, dita Cantão. Decoração a azul sob vidrado com paisagem fluvial. Pequenas falhas e sinais de uso. Comp. aprox.: 28 cm. € 100 / € 200

014

012

015 Travessa oitavada em porcelana chinesa. Decoração dita Cantão, a azul sob vidrado, com paisagem fluvial com pagodes. Pequeno cabelo, pequenos defeitos de fabrico e mínimas falhas no bordo. Comp. aprox.: 34,5 cm. € 150 / € 300

015

11


017

12

016

016 Travessa de bordo recortado em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração a azul sob vidrado com peónias e outros motivos florais. Bordo decorado com friso de padrão geométrico. Falhas e sinais de uso. Comp. aprox.: 40 cm. € 200 / € 400 017 Terrina com tampa e travessa em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração a azul sob vidrado representando frutos, peónias e outros motivos florais, livros e motivos vegetalistas. Botão da tampa em forma de fruto. Tampa restaurada, gastos e sinais de uso. Comp. aprox. terrina: 32,5 cm; Comp. aprox. travessa: 37,5 cm. € 400 / € 800

13


018 Posição 1

14

15

018 Posição 2

202001140002 018 Diana a caçadora segurando cão Escultura em bronze Assente sobre base em mármore Ostenta assinatura “E. Mc Cartan” Dim. aprox.: 32 x 17 x 11cm. Com marca de garantia Bronzes de Paris. € 250 / € 500

019

202001140001 019 “The Vine” Escultura em bronze Ostenta assinatura “H. Frishmuth” Assente sobre base em mármore Alt. aprox. total: 38,3 cm. Com marca de garantia Bronzes de Paris. € 300 / € 600

020

202001140003 020 Figura feminina sentada Escultura em bronze Ostenta assinatura “Pierre Colinet” Alt. aprox.: 28 cm. Com marca de garantia de bronzes francesa € 200 / € 400 202001140004 021 Figura feminina sentada Escultura em bronze Ostenta assinatura “Pierre Colinet” Alt. aprox.: 28 cm. Com marca de garantia de bronzes francesa. € 200 / € 400

022

202001210105 022 Figura feminina sentada segurando taça Escultura em bronze patinado Alt. aprox.: 78 cm. Partida e colada, faltas e defeitos. € 100 / € 200 021


023 Posição 1

023 Posição 3

023 Touro Escultura em bronze segundo original de Pablo Picasso Não assinada Dim. aprox.: 14,5 x 25 cm. € 250 / € 500 024 CRISTINA ATAÍDE (n. 1951) Escultura em diversos mármores Assinada e datada de 1988 Taça com número de edição 1/50 Diam. aprox. máx.: 37 cm.; Alt. aprox. máx.: 24 cm. Pequenos defeitos. € 500 / € 1.000

16

023 Posição 2

17

025 Christian MAAS (n.1951) “Fin de L’Été” Escultura em bronze Marcada, assinada e datada de “Seoul 97” Edição nº1/8 Com marca de fundidor. Alt. aprox. total: 190 cm. Riscos e pequenos defeitos. € 800 / € 1.600 024

025


025

18

19

028 CABRITA REIS Pedro Cabrita Reis (n.1956) “THE SLEEP OF REASON, 3RD SERIES, (WHITE) #1” Acrílico sobre fotografia montada sobre alumínio Verso assinado e datado “16 December 05” Dim. aprox.: 50 x 75 cm. € 7.000 / € 10.000

025

026 CROFT José Pedro Croft (n.1957) Gravura sobre papel Assinada, edição HC n.º 3/10 Dim. aprox.: 56 x 76 cm. € 600 / € 1.000

027 CROFT José Pedro Croft (n.1957) Gravura sobre papel Assinada, edição HC n.º1/10 Dim. aprox.: 56 x 76 cm. € 600 / € 1.000


031 MICHAEL YOUNG (n. 1966) Protótipo “Writing Desk” Diversos materiais sintéticos e feltro em tons de bege, com uma gaveta Dim. aprox.: 117,5 x 146 x 55 cm. Sinais de uso, pequenas falhas e pequenos defeitos. € 2.000 / € 4.000

029

20

21

029 FERNANDO DIREITO (n.1944) Figuras Óleo sobre tela Assinado e datado de 1967 Dim. aprox.: 60 x 81 cm. € 350 / € 600

030 Ilio BURRUNI (1917-2016) “L’Albero Notturno” Óleo sobre tela Assinado e datado de 1961 (frente e verso) Dim. aprox.: 62 x 39,5 Emoldurado. Verso com informações sobre a obra. Falhas na camada pictórica e craquelé. € 500 / € 1.000

028


22

23

032 VÍTOR RIBEIRO (n.1957) “Enlace” Escultura em brecha de Santo António Assente sobre base em ferro Alt. aprox.: 162 cm. Esta obra vem ilustrada na capa do catálogo da Galeria de São Mamede, “Das Margens”, 2008. € 2.000 / € 4.000 033 SANCHES Rui Sanches (n. 1954) “D. Sebastião I” Madeira, pedra e tinta de óleo Datada de 1990 Dim. aprox.: 152 x 80 x 44 cm. € 5.000 / € 8.000 032 033


036

034

038

037 035

24

034 Anel em ouro branco de 800 milésimos, cravejado com 6 safiras redondas e 10 diamantes em talhe de brilhante com o peso total aproximado de 1,50 ct. Com contraste do Porto, em uso em 1938 a 1984, e ourives Sousa & Coelho de Guimarães. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 8,88 g.; Tam.: 24 € 800 / € 1.500 035 Par de brincos em ouro de 800 ml com 2 pérolas dos Mares do Sul de 15 mm e 2 diamantes em talhe princesa cravejados em virola, aparentemente puros e quase incolores (graus VVS e I/J) com o peso total aproximado de 1,64 ct. Com contraste de 800 milésimos em uso desde 1985. Sinais de uso. (2) Peso aprox.: 15,2 g.; Alt. aprox.: 2,6 cm. Proveniência: Colecção Condessa de Monsaraz € 2.400 / € 4.000 036 Anel em ouro 800ml cravejado com 3 diamantes em talhe antigo de brilhante, com o peso total aproximado de 0,62 ct. Com contraste em uso desde 1985. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 9,5 g.; Tam.: 13 € 300 / € 600 037 Anel em platina cravejado com diamante em talhe antigo de brilhante, de cor branca com ligeira tonalidade e puro à lupa de 10x (graus J/K VVS) com o peso aproximado de 1,44 ct. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 4,5 g.; Tam.: 23 € 1.200 / € 1.800

038 Lote composto por fio e alfinete de peito em ouro de 800 ml e prata de 833 ml, sendo o alfinete cravejado com pérola de cultura e diamantes em talhe rosa. Com contraste do Porto, em uso de 1938 a 1984. Sinais de uso e riscos. (2) Peso total aprox.: 20,8 g.; Comp. aprox. alfinete: 4 cm. € 400 / € 600

039

25

039 Par de brincos em ouro e prata com fechos de tarraxa, cravejados com 2 pérolas de cultura, diamantes talhe rosa e 10 em talhe antigo de brilhante com o peso total aproximado de 0,50 ct. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Oxidações e sinais de uso. (2) Peso aprox.: 9,8 g; Alt. aprox.: 3 cm. € 250 / € 500 040 Par de brincos em ouro de 800 milésimos em forma de flor. Cravejadas com ½ pérolas e 2 granadas redondas, fechos de mola. Com marcas de contraste do Porto em uso em 1938-84. Sinais de uso. Peso aprox.: 13,8 g. € 350 / € 600

040

041 Pulseira em ouro de 800 milésimos e platina de 500 milésimos, centro cravejado com 5 diamantes em talhe antigo de brilhante com o peso total aproximado de 0,95 ct. Com contraste de Lisboa, em uso em 1887 a 1937. Sinais de uso. Peso aprox.: 10 g.; Comp. aprox.: 17,3 cm. € 600 / € 1.000 041

038


043 045

042

042 Anel em ouro de 800 ml, cravejado com citrino oval com cerca de 21 ct. Com constraste do Porto, em uso em 1938 a 1984. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 12,3 g.: Tam.: 14 € 200 / € 400 26

043 Anel em ouro cravejado com ágata verde oval e 2 diamantes em talhe antigo de brilhante com o peso total aproximado de 0,27 ct. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 7,98 g.; Tam.: 20 € 240 / € 350 044 Anel de finais do séc. XVIII início do XIX em ouro e prata, formado por dois corações cravejados com 12 diamantes em talhe rosa. Em estojo de época. Sem marcas de contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso. Peso aprox.: 1,6 g.; Tam.: 12 € 100 / € 200 045 Anel em ouro e prata, cravejado com diamantes em talhe rosa e 7 em talhe antigo de brilhante com o peso total aproximado de 0,45 ct. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso, riscos e gastos. Peso aprox.: 4,8 g.; Tam.: 20 € 100 / € 200 046 Corrente para relógio em ouro de 800 milésimos, elos cravejados com imitações de turquesa. Com marca de ensaiador do Porto em uso na 2ª metade do séc. XIX.

044

E elementos sem marcas de contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Defeitos, faltas e sinais de uso. Peso aprox.: 14,7 g. € 350 / € 500 27

047 Colar em ouro bicolor de 800 milésimos, formado por 3 fios em malha de cadeado engranzados, com 49 pérolas de água-doce ovais. Com marca de contraste do Porto, em uso desde 1985. Sinais de uso. Peso aprox.: 49,7 g.; Comp. apropx.: 84 cm. € 700 / € 1.200 048 Cordão de 200 centímetros em ouro de 800 milésimos. Com marca de ensaiador do Porto em uso na 2ª metade do séc. XIX. Sinais de uso. Peso aprox.: 29,7 g. € 750 / € 1.250 049 Colar em ouro de 750 milésimos, em malha de elos de cadeado oco e elos sextavados. Com contraste do Porto, em uso desde 1985. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 16,1 g.; Comp. aprox.: 46 cm. € 380 / € 600

050

050 Pulseira em ouro de 800 milésimos, em malha de barbela batida com fecho de caixa e corrente segurança. Com três pendentes em forma de coração lisos, em ouro de 800 milésimos. Contrastes do Porto em uso em 1938 a 1984. Pequenas amolgadelas, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 95,39 g. Comp. aprox.: 20,3 cm. € 2.800 / € 5.000

049

048

046

047


052

051

28

29

051 Consola Império em mogno maciço e folheado, com uma gaveta. Pernas curvas decoradas com motivos vegetalistas terminando em pés de garra, assente sobre base recortada. Tampo em mármore em tons de cinzento. Falhas, faltas, vestígios de caruncho, restauros e defeitos. Dim. aprox.: 83 x 104 x 55 cm. € 200 / € 400 052 Conjunto de canapé de quatro lugares e par de cadeirões, estilo império, em pau-santo. Espaldares recortados, braços e pernas curvas. Decoração com montagens em metal de rosetas e motivos vegetalistas. Estofados a veludo em tons de “bordeaux”. Pés terminando em pata de animal, em bronze. Sinais de uso e pequenos defeitos. (3) Comp. aprox. canapé: 240 cm.; Alt. aprox.: 80 cm. € 1.200 / € 2.400

052


053 Pequena secretária em pau-santo e outras madeiras. Parte superior ladeada por friso de gradinha em metal amarelo. Tampo de rebater revelando no interior duas gavetas e compartimento. Tampo de escrita forrado a veludo em tons de encarnado e carneira com ferros a ouro. Saias e pernas curvas. Decoração embutida em madeira contrastante representando motivos florais. Com montagens em metal amarelo. Com chave. Sinais de uso, pequenas falhas e defeitos. Dim. aprox.: 91,5 x 71 x 44,5 cm. € 400 / € 800

30

053 Fechada

31

054

054 Conjunto de 11 cadeiras em madeira. Decoração de filete embutido em madeira contrastante. Espaldares recortados em forma de escudo, com tabela central vazada. Assentos em palhinha. Uma cadeira com perna partida. Gastos, manchas, sinais de uso e defeitos. (11) Alt. aprox.: 95 cm. € 150 / € 250

053 Aberta

054


32

33

055

055 LUCÍLIA DE BRITO Lucília Rosa de Brito Amaral (1918-2007) Amorosos Técnica mista sobre papel Assinada e datada de 1953 Dim. aprox.: 49 x 40 cm. € 100 / € 200

056 DOMINGOS SEQUEIRA Domingos António de Sequeira (1768-1837) Minerva Desenho a carvão sobre papel Assinado Dim. aprox.: 39 x 27 cm. Manchas, rasgões, picos de humidade e defeitos. Emoldurado. Verso da moldura com os seguintes dados: “Prov. Col. Jorge de Brito Ver Nro 86 cat. exp. DNA 1997 Ver fig. 12 Junot protegendo a cidade de Lisboa. Da figura de Palas” € 400 / € 800

056

057 SOARES DOS REIS António Soares dos Reis (1847-1889) Nu masculino Desenho a lápis sobre papel Assinado Dim. aprox.: 59 x 31 cm. Emoldurado. € 200 / € 400

057


058

0058 Marmelos Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 18,5 x 25 cm. € 200 / € 300 34

0059 BRAUMANN Dr. Max Braumann (1880-1969) Bailarico Óleo sobre tela Assinado e datado de 1930 Dim. aprox.: 53 x 58 cm € 500 / € 800

059

0060 VELOSO SALGADO José Veloso Salgado (1864-1945) Duas figuras Óleo sobre tela Assinado, com dedicatória Dim. aprox.: 52,5 x 40,5 cm. € 800 / € 1.600

35

060


063

064 Lado A

36

061

061 Travessa de formato elíptico em faiança inglesa, Davenport. Decoração a azul representando paisagem fluvial com pagodes. Marcada. “Craquelé”, pequenas falhas no bordo e pequenos defeitos. Comp. aprox.: 44 cm. € 200 / € 400

062 Lote de 3 pratos em faiança pó-de-pedra, decoração a azul, representando paisagens com animais e figuras e motivos florais. Dois marcados sendo um Davenport. Falhas e cabelos. (3) Diam. máx. aprox.: 25 cm. € 30 / € 50

063 Pia de água benta em faiança portuguesa, possivelmente de Viana, início do séc. XIX. Decoração em tons de amarelo, vinoso, azul e verde, representando na parte superior Cristo crucificado e motivos vegetalistas e na parte inferior uma cruz. Com furação para suspender. Pequenos defeitos e falhas no vidrado. Alt. aprox.: 21,5 cm € 150 / € 250

064 Jarra em faiança portuguesa, parcialmente vidrada e relevada. Decoração em tons de azul, vinoso, amarelo e cor-de-laranja representando reservas decoradas com cenas mitológicas, sendo uma a representação de figura feminina junto a fonte e anjo e outra paisagem marítima com figura feminina junto a lira. Reservas ladeadas por enrolamentos vegetalistas e grinaldas de flores com mascarões. Assinada João Alves de Sá e datada de 1920. Minúsculas falhas na base. Alt. aprox.: 17 cm. € 200 / € 400

37

065

065 Tinteiro com tampa em faiança. Decoração policromada com flores, grinaldas de flores e carrancas. Faltas e falhas. Comp. aprox.: 9,5 cm. € 30 / € 50 066 Par de jarras em faiança portuguesa, fábrica Carvalinho. Decoração de motivos florais, vegetalistas e estilizados, do pintor Carlos Branco. Assinadas e marcadas. Restauros, partidas, faltas e falhas. (2) Alt. aprox.: 23,5 cm. € 80 / € 120

062

064 Lado B

066


38

39

067 Prato em faiança portuguesa, do séc. XVII/XVIII. Decoração a vinoso e azul representando motivos florais e vegetalistas. Falhas no vidrado, falhas no bordo, cabelo em forma de estrela, pequenos defeitos de fabrico. Diam. aprox.: 36 cm. € 400 / € 800

068 Prato em faiança portuguesa. Decoração em tons de azul e vinoso. Frisos com decoração dita “de contas” e arranjo floral ao centro. Gatos, cabelos, falhas e gastos. Diam. aprox.: 31 cm. € 150 / € 250


069 070

40

069 Lote de talheres em prata portuguesa, composto por 29 colheres (de sopa e sobremesa), 7 facas de sobremesa, 4 garfos de sobremesa, 1 garfo de peixe, 14 colheres de chá, 6 colheres de café, 2 pás para açucar e 1 concha para açúcar. Tudo em prata de diferentes modelos e decorações, sendo alguns com monagramas. Diversas marcas de garantia em uso no séc. XIX e marca de contraste (Javali II), de 833 milésimos. Defeitos e amolgadelas. (64) Peso aprox.: 1870 g. € 400 / € 800 070 Parte de serviço de copos em cristal composto por 11 taças de champanhe, 16 copos de água, 14 de vinho, 11 de licor e 1 garrafa sem tampa, com decoração gravada de motivos estilizados. Junto com 17 taças de champanhe em vidro incolor e verde, de diferente modelo e decoração. Sinais de uso e pequenas falhas. (69) Alt. aprox. máx.: 19,4 cm. € 350 / € 600 071 Lote de 15 (9+6) cálices de pé, em tons de verde e incolor. Nove com decoração estriada e relevada com motivos florais estilizados e seis com decoração relevada. Falhas, uma base partida e defeitos. (15) Alts. aprox.: 19 cm. e 10,5 cm. € 25 / € 50 071

41


074

072 073

42

43

072 Grande tavessa em prata francesa do séc. XX, PUIFORCAT. Bordo recortado e decorado com friso de enrolamentos e óvulos. Com marcas de garantia francesa, cabeça de Minerva, de 925 milésimos, e marca de ourives Puiforcat, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Riscos, sinais de uso e pequenas amolgadelas. Peso aprox.: 2114 g., Comp. aprox.: 55 cm. € 1.000 / € 2.000

073 Grande tavessa em prata francesa do séc. XXI, PUIFORCAT. Bordo recortado e decorado com friso de enrolamentos e óvulos. Com marcas de garantia francesa, cabeça de Minerva, de 925 milésimos, e marca de ourives Puiforcat, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 2128g.; Comp. aprox.: 55 cm. € 1.000 / € 2.000

074 Faqueiro em prata francesa, PUIFORCAT, séc.XX, modelo “Lauzun”. Cabos decorados com motivos vegetalistas e geométricos estilizados. Composto por 12 colheres de sopa, 12 garfos de carne, 12 facas de carne, 12 garfos de peixe. 12 facas de peixe, 12 colheres de sobremesa, 12 garfos de sobremesa,12 facas de sobremesa , 9 colheres de chá e 14 talheres de servir. Com marcas de garantia francesa, cabeça de Minerva, de 925 milésimos, e marca de ourives Puiforcat, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, gastos e riscos. (119) Peso aprox.: 8738 g. € 5.000 / € 10.000 075 Faqueiro em prata francesa, PUIFORCAT, séc.XX, modelo “Lauzun”. Cabos decorados com motivos vegetalistas e geométricos estilizados. Composto por 12 colheres de sopa, 12 garfos de carne, 12 facas de carne, 12 garfos de peixe. 12 facas de peixe, 12 colheres de sobremesa, 12 garfos de sobremesa,12 facas de sobremesa , 12 colheres de chá e 14 talheres de servir. Com marcas de garantia francesa, cabeça de Minerva, de 925 milésimos, e marca de ourives Puiforcat, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso, gastos e riscos. (122) Peso aprox.: 8800 g. € 6.000 / € 10.000

075


076 Terrina com tampa e travessa em porcelana chinesa “Cantão”. Decoração a azul sob vidrado representando paisagem fluvial com pagodes. Pegas da base da terrina em forma de cabeças de lebre- Botão da tampa em forma de enrolamento. Botão da tampa partido e colado. Pequenas falhas e sinais de uso. (2). Comp. aprox.: 35,5 cm. € 800 / € 1.200

44

45

077 Terrina com tampa e travessa em porcelana chinesa, decoração dita “Cantão” a azul sob vidrado representando paisagem fluvial com pagodes. Base da terrina de diferente fabrico, com pegas em forma de cabeça de lebre. Botão da tampa em forma de enrolamento. Falhas e defeitos. (2) Comp. aprox máx.: 35,5 cm. € 800 / € 1.600


46

078 Jarro em porcelana chinesa, Companhia das Índias, Ming. Decoração a azul sob vidrado representando frutos, motivos florais e enrolamentos vegetalistas. Muitos restauros, falhas, gastos e defeitos. Alt. aprox.: 25 cm. € 3.000 / € 6.000

47


48

49

079 JOÃO QUEIROZ (n.1957) Sem título Óleo sobre tela Verso assinado e datado de 2004 Dim. aprox.: 170 x 90 cm. € 4.000 / € 8.000


50

51

081

080 RENÉ BERTHOLO (1935-2005) “O Dono das Torres” Óleo sobre tela Assinado e datado de 2003 Dim. aprox.: 131 x 81 cm. Exposições: Galeria Fernando Santos, Porto, 2003; Publicações: René Bértholo, Galeria Fernando Santos, texto de João Miguel Fernandes Jorge especificamente sobre esta obra, 2003, capa do livro e pág. 7. Este catálogo entregue ao comprador como parte do lote. € 15.000 / € 25.000

080

081 JUSTINO ALVES João António dos Santos Justino Alves (1940-2015) Óleo sobre platex Assinado e datado de 1972 Dim. aprox.: 33 x 41 cm. Verso com etiqueta com informações sobre a obra. € 4.000 / € 6.000


52

53

082 EDUARDO ALARCÃO (1930-2003) Vista de rua Técnica mista sobre papel Assinado e datado LX / VIII / 31 / 88 Com indicação “Única/50” Dim. aprox.: 61 x 39 cm Emoldurado. € 300 / € 600

083 PALOLO João António da Silva Palolo (1946-2000) Óleo sobre tela Assinado e assinado e datado no verso, Lisboa, 1987 Dim. aprox.: 55 x 45,5 cm. Emoldurado. “Craquelé”. Moldura com defeitos. € 1.500 / € 3.000


54

55

084 COSTA PINHEIRO António Costa Pinheiro (1932-2015) “Mar Tenebroso - Bartolomeu Dias” Desenho a tinta sobre papel Assinado e datado de 1997 Dim. aprox.: 70 x 49,5 cm. Pequeno rasgão. € 300 / € 500

085 COSTA PINHEIRO António Costa Pinheiro (1932-2015) “Magia” Técnica mista sobre papel Assinado e datado de Maio de 1999 Dim. aprox.: 70,5 x 100 cm. € 700 / € 1.000


56

57

086

086 ÓSCAR ALVES (n. 1935) Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 80 x 100 cm. Pequeno defeito. € 500 / € 1.000

087 PEDRO PROENÇA (n. 1962) “Fixos” Acrílico sobre tela Assinado Dim. aprox.: 200 x 150 cm. € 2.000 / € 4.000

087


58

59

088


60

61

088

088 Conjunto de doze cadeiras, estilo D. José, do séc. XX. Espaldar recortado com tabela central vazada decorada com flores. Cintura curva com saial recortado decorado com concheado e motivos vegetalistas. Pernas curvas de joelho saliente decoradas com motivos vegetalistas, terminando em pés de enrolamento, unidas ao centro por travessa recortada. Assentos estofados a tecido em tons de azul. Pequenas falhas, riscos e sinais de uso. (12) Alt. aprox.: 110 cm. € 3.600 / € 6.000

089 Pequeno bufete, do séc. XVIII, em pau-santo, com duas gavetas. Tampo moldurado por friso com rebaixo. Gavetas e laterais com almofadas salientes. Pernas profusamente torneadas unidas por travessas torneadas em espiral. Puxadores e ferragens em latão rendilhado. Faltas, manchas, riscos e defeitos. Dim. aprox.: 76,7 x 98,5 x 52,5 cm. € 800 / € 1.600

089


62

63

090 Grande armário em castanho, com três portas do séc. XVIII, adaptadas. Portas decoradas com almofadas molduradas por frisos de tremidos. Base recortada assente sobre dois pés de cachorro terminando em enrolamento. Interior com seis (3+3) prateleiras separadas por divisória. Falhas, faltas, restauros, substituições e defeitos. Dim. aprox.: 188 x 193,5 x 60 cm. € 3.000 / € 5.000


092

64

091

65

091 Salva em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Bordo recortado, aba decorada com florões, aletas e motivos estilizados. Com marca de contraste (Javali II), de 833 milésimos. Pequenas amolgadelas, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 904 g.; Diam. aprox.: 37,5 cm. € 400 / € 800

092 Serviço de chá em prata portuguesa, séc. XIX, composto por bule, leiteira, açucareiro e tigela de pingos Corpo liso facetado, sendo o bule e a cafeteira com asa em madeira, uma colada. Junto com cafeteira do mesmo modelo, sem marcas, de fabrico posterior, com mais de 50 anos, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Com contraste de Lisboa (L-36), em uso de c.1810 a 1822, e marca de ourives de difícil leitura, possivelmente I/I.N /L-359.0), atribuível a Joaquim José Nunes, em uso de 1795 a 1809, uma remarcada com cabeça de velho. Leiteira com base amolgada. Amolgadelas, riscos e pequenos defeitos. (5) Peso total aprox.: 3780 g; Alt. máx. aprox.: 34 cm. € 2.000 / € 4.000

093 Serviço “tête-à-tête” em prata portuguesa, séc. XIX/XX, composto por bule, cafeteira, açucareiro e leiteira. Corpo bojudo com friso de perlado e folhagens. Com contraste (Javali II), de 833 milésimos. Açucareiro sem tampa, uma asa partida e falta de uma charneira. Amolgadelas e riscos. (4) Peso aprox.: 712 g.; Alt. máx.: 15 cm. € 280 / € 500

093


66

094 Salva de aparato em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Aba em relevo com decoração de concheados, aletas e flores, e fundo gravado com os mesmos motivos estilizados. Com marca de contraste do Porto (Javai II), de 833 milésimos, Reis Filhos. Verso com argola de suspender. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 2172 g.; Diam. aprox.: 52,5 cm. € 1.000 / € 2.000

67


095 Menino Jesus Bom Pastor, escultura Indo-portuguesa, do séc. XVII, em marfim. O Menino Jesus, adormecido, encontra-se representado sentado de pernas cruzadas. Enverga vestes de pastor esculpidas em ponta de diamante, cingidas na cintura por cordão com nó de laçada. Cabeça apoiada sobre a mão direita, assente sobre cabaça. Sobre o ombro e perna, duas ovelhas, e bornal a tiracolo. Peanha do tipo canónico com dois socalcos. No primeiro, fonte Manuelina jorrando água, na qual bebem as Ibis, aves do paraíso. No segundo surge-nos Maria Madalena na gruta, deitada sobre o flanco, apoiando a cabeça na mão direita, e apontando o Livro com a mão esquerda, sendo esta a posição iconográfica de Buda na sua Segunda Iluminação. Por toda a peanha ovelhas pastam, simbolizando as Almas. De ambos os lados encontramos os dois leões, Guardas do Paraíso. Cabelo com vestígios de dourado. Faltas, falhas e defeitos. Alt. aprox.: 13,5 cm. € 1.500 / € 2.500

68

095

096

69

096 “Agnus Dei”, escultura do séc. XVIII, em madeira pintada e dourada. O Cordeiro está representado deitado sobre livro em tons de encarnado e dourado. Assente sobre quatro pés esféricos. Restauros, gastos e falhas. Dim. aprox.: 16,5 x 23 x 11 cm. € 300 / € 600 097 Maria Madalena, figura de calvário, escultura do séc. XVII, em marfim. Assente sobre base em madeira pintada e dourada. Pequenos defeitos. Alt. aprox. escultura: 6,7 cm.; Alt. aprox. total: 14,8 cm. € 100 / € 200

097


70

71

098 Nossa Senhora, escultura portuguesa do séc. XIX, em madeira policromada. Enverga longo manto cobrindo os ombros e costas, preso no antebraço esquerdo. Restauros, falta das mãos, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 65 cm. € 300 / € 600 099 Escola europeia do séc. XVIII, segundo modelo de Murillo Nossa Senhora com Menino Óleo sobre tela Dim. aprox.: 80 x 63,5 cm. Restauros e “craquelé”. Moldura com vestígios de caruncho. € 800 / € 1.600 098

099


72

101 100

100 Canapé D. José, do séc. XVIII, de três lugares, em pau-santo entalhado. Cachaços e espaldar entalhados e vazados decorados com motivos vegetalistas e estilizados. Braços ligeiramente ondulados, cintura curva decorada com motivos vegetalistas. Pernas curvas de joelho saliente terminando em pés de enrolamento. Assento em palhinha. Sinais de uso, falhas e pequenos defeitos. Comp. aprox.: 186 cm. € 800 / € 1.600 101 Par de mesas de encostar estilo D. José, em pau-santo, com duas gavetas. Tampo recortado acompanhando as linhas da cintura, moldurado por rebaixo. Cintura curva com saial recortado decorado com concheado e enrolamentos vegetalistas. Pernas curvas decoradas com motivo vegetalista, terminando em pés de sapata. Pequenos sinais de uso e defeitos. (2) Dim. aprox.: 88 x 127 x 50 cm. € 1.500 / € 3.000

73


74

75

101 101


102

104

76

102 Par de cestos em porcelana chinesa da Companhia das Índias, reinado Qianlong (1736-1795). Decoração em tons da família rosa, “rouge de fer” e dourado representando vista de jardim com cerca, peónias e outros motivos florais. Aba parcialmente vazada, decorada com reservas com flores e bordo decorado com friso “cell-shape”. Base decorada com friso de pontas de lança estilizadas e asas decoradas com enrolamentos. Falhas, sinais de uso e pequenos defeitos. (2) Comp. aprox.: 26,5 cm € 1.400 / € 1.800

103 Par de escudelas em porcelana chinesa Companhia das Índias, reinado Jiaqing (1796-1820). Decoração em tons da família rosa, “rouge de fer” e dourado com reservas com figuras orientais e motivos florais. Falhas, gastos e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 12 cm. € 200 / € 400

104 Copo em vidro coalhado com decoração policromada e dourada representando figura masculina. Gastos no dourado e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 7,5 cm. € 100 / € 0

77

105 Jarra em porcelana chinesa do século XIX, com decoração em tons policromos representando motivos florais e morcegos. Gastos e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 44,5 cm. € 1.000 / € 2.000

105 103


106 Rara floreira de parede em forma de galo em porcelana chinesa da Companhia das Índias, reinado Kanxi (1662-1722) ou reinado Qianlong (1736-1795) (?). Decoração realista em tons de “rouge de fer”, sépia, verde, castanho e amarelo. Animal sentado com patas recolhidas com pescoço e cabeça virados de lado. Abertura para colocação das flores e furação para suspender. Restauros e falhas. Comp. aprox.: 22 cm. Para peças com o mesmo tipo de formato e decoração ver “Copeland Collection - Chinese and Japonese Ceramic Figures”, The Peabody Museum of Salem, pags. 209-211. € 10.000 / € 20.000

78

79


80

81

107 Raro tinteiro em prata portuguesa, da primeira metade do séc. XIX. Corpo de formato esférico com duas tampas de rebater de bordo recortado, tendo no interior dois tinteiros, dois suportes para penas e compartimento para obreias ou fósforos. Encimado por botão da tampa de mecanismo de pressão, com mola adaptada, que faz deslizar as tampas para a parte inferior do globo. Assente em pé central decorado com frisos estriados. Com marca de contraste de Lisboa (L-42.0 ou variante), em uso em c.1822 a c.1860, marcada várias vezes em diferentes elementos, e pé com marca de ourives JAO (L-408.0), atribuível a José Anastácio de Oliveira, datável de c.1804 a c.1822. Restauros e pequenos defeitos. Peso aprox.: 664 g.; Alt. aprox.: 26 cm. Este modelo de inspiração inglesa, é bastante invulgar na ourivesaria portuguesa. São conhecidos dois do ourives António Firmo da Costa, em que o corpo esférico está decorado com o mapa do globo terrestre. Consultar in “António Firmo da Costa, Um ourives de Lisboa Através da Sua Obra”, Casa Museu Dr. Anastácio Gonçalves, 2000, pág. 156/7. € 2.000 / € 4.000


82

83

108 Grande salva de aparato D. João V em prata portuguesa, atribuível à primeira metade do séc. XVIII. Bordo recortado e decorado com friso de motivos vegetalistas, aletas e treliça, aba gomada gravada na orla com concheados, aletas, folhas de acanto, treliça e motivos vegetalistas. Centro circular de moldura recortada com decoração semelhante ao bordo, com gravação de escudo partido, I cortado, 1 Leite Pereira, 2 Pinheiro; II cortado, 1 Medeiros, 2 Cerveira; timbre de Leite Pereira, coronel de nobreza. Trata-se das armas de casamento de José António Leite Vilaça e D. Antónia Teresa Violante de Araújo Pestana de Sá Medeiros. Verso com argola para suspender. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Pequenos defeitos e sinais de uso. Peso aprox.: 1808 g.; Diam. aprox.: 50, 5 cm. Esta salva pertenceu à colecção do Eng. Henrique Chaves, vindo ilustrada no livro Santos e Quilhó, “Ourivesaria Portuguesa nas Colecções Particulares”, Reynaldo e Irene, Lisboa, 1974, pág. 188 e 189, itens 257 e 258; e OREY, Leonor d’, “Ourivesaria”, Fundação Ricardo Espírito Santo Silva, 1998, pág. 75. José António Leite Vilaça era filho de José Pinheiro Leite e D. Antónia Teresa de Silvestre de Medeiros Pestana, filho este, por sua vez, de Francisco de Araújo Ceveira e de Maria Francisca de Medeiros. € 8.000 / € 16.000


84

109 Oficina portuguesa do séc. XVII - círculo de Bento Coelho da Silveira São João Baptista Óleo sobre tela Dim. aprox.: 78 x 88 cm. Reentelado, “craquelé”, restauros e pequenas falhas na camada pictórica. € 1.000 / € 2.000

85


86

110 Oficina portuguesa do séc. XVII - círculo de Bento Coelho da Silveira São José com o Menino Jesus Óleo sobre tela Dim. aprox.: 75 x 99 cm. Reentelado, restauros, “craquelé” e pequenas falhas na camada pictórica. € 1.000 / € 2.000

87


88

111 Oficina portuguesa do séc. XVII - círculo de Bento Coelho da Silveira Santa Catarina de Siena Óleo sobre tela Dim. aprox.: 76 x 99 cm. Reentelado, restauros, “craquelé” e pequenas falhas na camada pictórica. € 1.000 / € 2.000

89


90

112 Oficina portuguesa do séc. XVII - círculo de Bento Coelho da Silveira Arcanjo São Miguel Óleo sobre tela Dim. aprox.: 78 x 102 cm. Reentelado, “craquelé”, pequenos restauros e pequenas falhas na camada pictórica. € 1.000 / € 2.000

91


92

93

114

113

113 Jesus Cristo crucificado, escultura do séc. XVIII, em madeira pintada. Base e cruz em pau-santo entalhado, com terminais e resplendor entalhados e dourados. Restauros, faltas, falhas, gastos e defeitos. Alt. aprox. Cristo: 24 cm.; Alt. aprox. total: 92 cm. € 300 / € 600

114 Diálogo de Jesus com os Fariseus, placa em marfim entalhado em alto e baixo-relevo em marfim. A cena apresenta-nos, em primeiro plano, Jesus falando com os Fariseus, sendo o plano de fundo a representação de interior e exterior de diversos edíficios com figuras em celebração e em cenas do quotidiano. Pequenas falhas e defeitos. Dim. aprox.: 9,4 x 15,3 cm. € 3.500 / € 5.000


117

115

94

115 Faqueiro em prata portuguesa, séc. XIX/XX e XX, cabos com remate vegetalista Composto por 12 colheres de sopa, 12 facas de carne, 12 garfos de carne, 12 facas de peixe, 12 garfos de peixe, 12 colheres de sobremesa, 12 facas de sobremesa, 12 garfos de sobremesa, 12 colheres de chá, 12 colheres de café e 3 talheres de servir. Cabos decorados com motivo vegetalista. Com marcas de contraste do Porto, sendo (Javali II), de 833 milésimos e (Águia), de 833 milésimos. Defeitos, amolgadelas e riscos, (123) Peso aprox.: 6030 g. € 1.800 / € 2.500

116 Faqueiro em prata portuguesa, séc. XX, composto por 12 colheres de sopa, 12 facas de carne, 12 garfos de carne, 12 facas de peixe, 12 garfos de peixe, 12 colheres de sobremesa, 12 facas de sobremesa, 12 garfos de sobremesa, 11 colheres de chá e 1 pá para açúcar. Cabos decorados com motivos vegetalistas estilizados. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso e riscos. (108) Peso aprox.: 4440 g. € 2.000 / € 4.000

117 Parte de faqueiro em prata portuguesa, séc. XIX e séc. XX, segundo modelo “meia-cana”. Composto por 12 colheres de sopa, 21 (12+9) facas de peixe, 21 (12+9) garfos de peixe, 20 facas de carne, 24 (13+11) garfos de carne, 13 (8+5) facas de sobremesa, 20 (1+7+12) garfos de sobremesa, 18 (7+11) colheres de sobremesa, 12 (3+9) colheres de chá, 25 (7+18) colheres de café e 11 talheres de servir. Diferenças de modelo e alguns com monograma. Alguns com vestígios de marca e outros sem, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c); E outros com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos Peso aprox.: 9794 g. € 4.000 / € 6.000

118 Faqueiro em prata portuguesa, séc. XX, composto por 12 colheres de sopa, 12 facas de carne, 12 garfos de carne, 12 facas de peixe, 12 garfos de peixe, 12 colheres de sobremesa, 12 facas de sobremesa, 12 garfos de sobremesa, 12 garfos de bolo, 12 colheres de chá, 12 colheres de café e 17 talheres de servir, com cabos decorados com caneluras relevadas. Com marcas de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso, restauros e pequenos defeitos. (149) Peso aprox.: 6942 g. € 2.000 / € 3.000

118

116

95


96

97

119 Painel composto por 216 azulejos (9 x 24) do séc. XVIII. Decoração em tons de azul representando jardim com palácio ao centro, Vénus, cupidos e outras figuras. Bordadura ornada com figuras híbridas, “putti”, enrolamentos vegetalistas e flanqueado por par de figuras segurando cestos. Restauros, falhas, pequenas faltas e substituições. Dim. aprox.: 126 x 342 cm. € 6.000 / € 10.000


000

120 Candelabro de quatro lumes em prata alemã, séc. XIX/XX. Profusa decoração de elementos vegetalistas e flores, braços em forma de enrolamentos vegetalistas. Com marcas de contraste alemãs de 800 milésimos, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro art. 2º, nº 2, alínea c). Riscos, amolgadelas e pequenos defeitos. Peso aprox.: 1090 g.; Alt. aprox.: 44 cm. € 350 / € 600

98

121 Taça gomada em prata portuguesa, séc. XX, Pedro Batista. Corpo em forma de flor, decorada com cercadura de enrolamentos vegetalistas e flores gravadas. Sem marcas de contraste, com mais de 50 anos, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c), Pedro Batista, Porto. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 720 g.; Diam. aprox.: 31,5 cm. € 250 / € 500

121 120 122

122

99

122 Serviço de chá e café em prata portuguesa, séc. XIX/XX, composto por cafeteira, bule, açucareiro e leiteira. Decoração relevada e gravada com motivos florais e elementos estilizados. Com marcas de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Amolgadelas, defeitos e gastos. (4) Peso. aprox.: 1486 g.; Alt. aprox. cafeteira: 25 cm. € 600 / € 1.200

123 Serviço de chá e café em prata portuguuesa, séc. XIX/XX, composto por bule, cafeteira, leiteira, açucareiro com tampa e tabuleiro. Corpos bojudos, gomados, decorados com friso moldurado. Asas em forma de enrolamentos e aletas. Tabuleiro moldurado por friso duplo, com pegas em forma de enrolamento. Com marca de ourives do Porto (Javali II), de 833 milésimos, Guia, Lisboa. Sinais de uso, riscos e pequenos defeitos. (5) Peso aprox.: 4060 g.; Comp. aprox. tabuleiro: 57,8 cm. € 1.600 / € 3.000

123


124 CROFT José Pedro Croft (n.1957) Gravura sobre papel Assinada, edição HC n.º 1/4 Dim. aprox.: 50 x 65 cm. € 500 / € 800

124

100

101

125 CROFT José Pedro Croft (n.1957) Gravura sobre papel Assinada, edição HC n.º 1/4 Dim. aprox.: 50 x 65 cm. € 500 / € 800

126 Ilídio SALTEIRO (n.1953) Óleo sobre tela Assinado e datado de 1990 (frente e verso) Dim. aprox.: 161 x 161 cm. Emoldurado. € 800 / € 1.600 124


102

103

127

128

127 JOÃO RIBEIRO (n.1955) Técnica mista sobre papel Assinado e datado de 1995 Dim. aprox.: 34 x 49 cm. € 200 / € 400

128 CARLOS CORREIA (1975-2018) Cena de interior Óleo sobre tela Verso assinado e datado de 2010 Dim. aprox.: 50 x 61 cm. € 1.000 / € 2.000

129 ENRICO BIANCO (1918-2013) Paisagem com cavalos e figura Óleo sobre platex Assinado e datado de 1975 Dim. aprox.: 28 x 58 cm. € 800 / € 1.600

129


104

105

130

130 FRANCISCO SIMÕES (n.1946) Nu feminino Óleo sobre tela Assinado e datado de 1996 Dim. aprox.: 98 x 79 cm. Emoldurado. Esta obra vem ilustrada no catálogo da Galeria de Arte ConVosco, Lisboa, pág 11. € 700 / € 1.000

131 BRANISLAV MIHAJLOVIC (n.1961) Técnica mista sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 170 x 140 cm. Emoldurado. € 2.500 / € 3.000

131


132 Importante conjunto de quatro castiçais de saia D. João V em prata, atribuível à primeira metade do séc. XVIII. Corpo decorado com gomos espiralados, base circular alteada, de bordo recortado. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Restauros, pequenas amolgadelas, riscos e sinais de uso. (4) Peso aprox. total: 2008 g.; Alt. aprox.: 25 cm. € 6.000 / € 12.000

106

107


108

109


110

133 Floreira de J. PIAULT em prata francesa, do séc. XIX, com grelha e alma em metal dourado. Corpo de formato elíptico parcialmente vazado, repuxado e cinzelado, com decoração de motivos estilizados, flores, concheados e medalhão liso ladeado por enrolamentos, motivos vegetalistas e frutos, encimado por cabeça de leão. Assente sobre quatro pés de garra, com duas asas salientes em forma de figuras antropomórficas, com busto de mulher. Com marca de contraste francês em uso desde 1839, de 950 milésimos, inscrição J. Piault e marca de ourives. “Plateau” em prata portuguesa da Casa Leitão & Irmão, séc. XIX/XX, com decoração semelhante, assente sobre oito pés. Verso com estrutura em madeira. Com contraste de Lisboa (Javali I), 1º título, de 915 milésimos, e marca de ourives da Casa Leitão & Irmão. Sinais de uso e riscos. Peso aprox. floreira: 3612 g.; Peso aprox. plateau: 3770 g.; Comp. aprox.: 54 cm. e 60 cm. Linzeler Frères foi uma importante ourivesaria/joalharia francesa, registada por Robert Linzeler a 14 de Abril de 1897. Compra a marca Jules Piault, fazendo uso desta e dos seus desenhos no fabrico das suas peças. A marca Linzeler Frères trabalhou para diversos clientes importantes como Napoleão Bonaparte entre outros, tendo também ganho medalhas de ouro na Feira Universal de 1889. € 10.000 / € 20.000

111


112

134 SILVA PORTO António Carvalho da Silva Porto (1850-1893) Ovelhas Óleo sobre madeira Assinado Dim. aprox.: 22,5 x 35,5 cm. Verso do suporte e da moldura com carimbos da Colecção Jorge de Brito. Conhecido como o “divino mestre” iniciou uma revolução artística com a introdução do paisagismo, pintado em plena natureza e sujeito às variações cromáticas provocadas pela intensidade da luz. Com a técnica da pincelada livre, característica da corrente naturalista em que se insere, capta costumes, onde a figura humana aparece reduzida na paisagem envolvente. Integrou conjuntamente com João Vaz, António Ramalho, José Malhoa, Ribeiro Cristino e Rafael Bordalo Pinheiro o Grupo do Leão, assim designado pelo facto dos seus membros se encontrarem assiduamente no café “Leão d’ Ouro”. Silva Porto substituiu o romântico Tomás da Anunciação, por morte deste em 1879, na cadeira de Paisagem da Real Academia de Belas Artes de Lisboa. Exposições: Exposição Comemorativa do Centenário da norte de Silva Porto, Museu Nacional de Soares dos Reis, 1993 Publicações: Silva Porto, Instituto Português de Museus, pág. 414 € 8.000 / € 16.000

113


114

115

135 FRANCIS SMITH (1881-1961) Vista de rua com figuras Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 61 x 50 cm. € 22.500 / € 30.000


137 138

136

139 141

116

117 140

136 Alfinete de peito em forma de insecto, em ouro e prata, cravejado com 2 “cabochons” redondos de crisoprásio, fios com pérolas naturais, diamantes em talhe rosa e 2 em talhe antigo de brilhante com o peso total aproximado de 1,25 ct. Junto com 2 pendentes em ouro, prata, diamantes e 2 “cabochons”. Sem marcas de contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Defeitos, um fio de pérolas partida e sinais de uso. Peso aprox.: 9,2 g; Alt. aprox.: 5,5 cm. € 1.200 / € 2.000 137 Alfinete de peito em forma de ramo de flores, com duplo clip em platina cravejado com 148 diamantes em talhe 8/8, com o peso total cerca de 5,80 ct e 8 em talhe antigo de brilhante com o peso total aproximado de 1 ct. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Pequeno defeito no encaixe. Sinais de uso. Peso aprox.: 36,2 g.; Comp. aprox. máx.: 6 cm. € 2.800 / € 4.000 138 Aliança em platina cravejada com 20 diamantes em talhe 8/8 com o peso total aproximado de 0,90 ct. Sem contraste, com mais de 50 anos, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso, Peso aprox.: 3,2 g.; Tam: 14 € 700 / € 1.200

139 Alfinete em ouro branco 800 milésimos, em forma de duas asas, cravejado com 112 diamantes em talhe brilhante incolores, 1 diamante de cor amarelo “fancy” e 1 diamante em talhe gota de cor “conhaque”. Com contraste do Porto, em uso desde 1985. Sinais de uso. Peso aprox.: 13,2 g.; Comp. aprox.: 8,5 cm. € 2.500 / € 3.500 140 Alfinete de peito elíptico em platina, cravejado com safira natural em “cabochon” e pequenas safiras sintéticas, diamantes em talhe rosa e 22 em talhe antigo de brilhante com o peso total aproximado de 1,60 ct. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso. Peso aprox.: 11,4 g.; Dim. aprox.: 5,3 x 2,7 cm. € 700 / € 1.200 141 Adereço composto por colar, pulseira e anel em ouro bicolor de 750 ml, em malha de fios entrançados com motivos “grega” em relevo. Com marca de fabrico de Vicenza nº 1585, e contraste do Porto, em uso desde 1985. Amolgadelas, pequenos defeitos e sinais de uso. (3) Peso aprox.: 67,6 g. Tam.: 13 € 1.600 / € 2.500


142

118

119

144

143

142 Anel em ouro bicolor cravejado com safira australiana em talhe oval com cerca de 4,60 ct. Sem marcas de contraste ao abrigo do DecretoLei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 8,1 g.; Tam.: 20. € 220 / € 300 143 Alfinete de peito em ouro de 800 milésimos, com placa redonda esmaltada e cravejada com strasses (possível aproveitamento de tampa de relógio do séc. XVIII), verso com chapa de madrepérola. Decoração policromada com reserva representando paisagem fluvial com figura. Com marca de contraste do Porto em uso ente 1887 e 1937 e marca de ourives de Francisco Ferreira Machado reg. em 1893.

Riscos, pequenas amolgadelas e sinais de uso. Peso bruto aprox.: 28 g. € 250 / € 500 144 Pendente laça em ouro com diamantes, trabalho português de meados do séc. XVIII, composto por três elementos. Decoração de enrolamentos vegetalistas e fitas. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso e falta de dois diamantes. Peso aprox.: 15,7 g.; Dim. aprox.: 7 x 5 cm. Esta obra esteve em depósito na colecção do Museu Nacional de Arte Antiga, tendo pertencido ao coleccionador Américo Barreto, vindo ilustrada in OREY, Leonor d’, “Cinco Séculos de Joalharia”, Museu Nacional de Arte Antiga, 1995, p.47, fig. 62. € 2.000 / € 4.000

145 Pendente medalhão D. Maria em ouro, séc. XIX. Centro com medalhão elíptico esmaltado sobre cobre com busto feminino, em moldura de ouro cinzelado, com perlado e laços, encimado por vaso com grinaldas. Sem contraste ao abrigo do DecretoLei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso, riscos e gastos. Peso total aprox.: 21,2 g.; Dim. aprox.: 7 x 4 cm. € 500 / € 800

145


120

121


122

123


146 Importante terrina Jorge III em prata inglesa, de inicio do séc. XIX, de William Pitt. Corpo profusamente decorado em relevo com enrolamentos vegetalistas, grinaldas, perlados, laços e flores. Bojo decorado com reservas sextavadas com símbolos alusivos à Medicina, Prudência e outros, tendo ao centro medalhão decorado com brasão de armas da família Ferguson. Tampa com decoração de motivos vegetalistas, com botão da tampa em forma de flor e gravação de timbre. Com duas asas laterais móveis, em forma de cordão suspenso por flores. Com marcas de garantia de Londres, de 925 milésimos, em uso em 1801 e marca de ourives WP, de William Pitt. Sinais de uso, riscos Peso aprox.: 4840g.; Comp. aprox.: 40,5 cm. € 10.000 / € 20.000

124

125


126

127

147

149

147 José Maria de Almeida (1906-1995) “Traquilidade - Vizeu Portugal” Óleo sobre tela Assinado e datado de 1969 Dim. aprox.: 60 x 82 cm. Emoldurado. € 500 / € 800

148

148 Círculo de William Miller FRAZER (1864-1961) Paisagem Óleo sobre tela Não assinado Dim. aprox.: 30 x 45 cm € 300 / € 500

149 Francesco Guinart Candelisch (1888-1974) “Playa de Estoril” Óleo sobre tela Assinado (frente e verso) Dim. aprox.: 60 x 73 cm. Emoldurado. Craquelé e manchas. € 1.500 / € 2.000

150 MOTA URGEIRO Joaquim Mota Urgeiro (n. 1946) “Palácio da Vila” Óleo sobre madeira Assinado (frente e verso) Dim. aprox: 24 x 30 cm. € 250 / € 500 150


128

129

151 ALFREDO KEIL Alfredo Cristiano Keil (1851-1907) Paisagem com figuras Óleo sobre cartão Assinado Dim. aprox.: 22,5 x 16 cm. Inscrição no verso: “Ao destinto artista Exmo. Sr. Leonel Marques Pereira como testemunho de apreciação pelo seu talento e estima pela sua pessoa oferece Alfredo Keil, 20 Abril 1883”. € 6.000 / € 10.000


130

131

152 Par de apliques em prata sul americana, com profusa decoração repuxada e cinzelada. Placa recortada decorada com enrolamentos vegetalistas, frutos, concheados, cabeças de anjos aladas, Sagrado Coração, tendo ao centro reserva com “M”, possivelmente Mariano e outro com ”IHS”. Encimadas por ave, parcialmente em vulto perfeito, com brasão de armas fantasioso ao centro. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro art. 2º, nº 2, alínea c). Furações, amolgadelas, faltas e defeitos. (2) Peso aprox.: 4998 g.; Alt. aprox.: 83 cm. € 2.500 / € 5.000


132

133

153

153 Taça de pé gomada em prata oriental, possivelmente indiana, com profusa decoração em relevo, de motivos vegetalistas, animais, figuras e flores. Sem marcas, com mais de 50 anos, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Fissuras, restauros e pequenos defeitos. Peso aprox.: 676 g.; Dim. aprox.: 17 x 21 cm. € 300 / € 600

154 Espelho de formato rectangular em madeira forrada a prata, trabalho sul-americano. Profusa decoração de enrolamentos vegetalistas, concheados, aletas, flores e motivos estilizados, sendo os quatro cantos do espelho decorados com aplicação de reserva elíptica (falta uma). Com mais de 50 anos, sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos e faltas. Dim. aprox.: 97 x 65 cm. € 1.400 / € 2.500

154


134

135

155 Atril em madeira forrada a prata sul-americana. Decoração em relevo com enrolamentos vegetalistas e motivos de flores estilizadas, com a sigla “M” coroada, alusão mariana. Base recortada com os mesmos motivos, tendo ao centro um medalhão com figura de anjo gravado. Verso decorado com representação em relevo do Pelicano Eucaristico. Com mais de 50 anos, sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Faltas, defeitos e substituições. Dim. aprox.: 30 x 38,5 x 26,5 cm € 1.400 / € 2.000


136

137

156


138

156 Contador em madeira forrado a prata, trabalho sul-americano. Caixa de formato rectangular, com tampa de rebater, tendo no interior 9 gavetas de diferentes tamanhos. Todo o corpo é forrado a prata com profusa decoração em relevo de enrolamentos vegetalistas, aves, reservas circulares lisas e gaveta central do interior com brasão fantasioso. Sem marcas, com mais de 50 anos, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Falta do fecho. Faltas, substituições e defeitos. Dim. aprox.: 33 x 60,5 x 35 cm. € 5.000 / € 8.000

139


140

141

157

157 NUNO RAMINHOS Nuno Miguel Raminhos (n.1971) “Dangerous girl with a sword” Acrílico sobre tela Assinado e datado de 2008 (frente e verso) Dim. aprox.: 130 x 110 cm. Não emoldurado. Pequenas manchas. € 700 / € 1.000

159 DUARTE VICTÓRIA (n. 1973) “Reds” Óleo sobre tela (linho) Verso assinado e datado de 2013 Dim. aprox.: 130 x 156 cm. Não emoldurado. € 2.000 / € 3.000

158 BELA SILVA (n.1966) Figura feminina sentada Guache sobre papel Não assinado Dim. aprox.: 42 x 32 cm. Emoldurado. € 500 / € 800

158


142

143

160 161

160 MALHÂO Daniel Malhão (n. 1971) Céu à noite Fotografia Não assinada Dim. aprox.: 30 x 59,5 cm. € 800 / € 1.600

161 DANIEL MALHÃO (n. 1971) “Floresta” Fotografia Não assinada Dim. aprox.: 80 x 96 cm. € 1.500 / € 2.500

162 JOÃO PAULO SERAFIM (n. 1974) Retrato de Serge Gainsbourg Fotografia Verso assinado Dim. aprox.: 35 x 34,5 cm. Verso do suporte com detalhes sobre a obra. € 500 / € 800

162


144

145

163 KAYO LENNAR (n.1923) Óleo sobre tela Assinado e datado de 1967 Dim. aprox.: 130 x 190 cm. € 400 / € 600

164 COSTA PINHEIRO António Costa Pinheiro (1932-2015) “Natureza - morta” Técnica mista sobre tela Verso assinado e datado de 1965 Dim. aprox.: 50 x 92,5 cm. Pequenos defeitos. Verso com indicação de título. € 2.000 / € 4.000


146

147

165

165 BUAL Artur Bual (1926-1999) Figura feminina Técnica mista sobre papel, colado sobre suporte rígido Assinado e datado de 1982 Dim. aprox.: 98 x 69 cm. € 5.000 / € 8.000

166 JÚLIO RESENDE (1917-2011) Óleo sobre tela Assinado e datado de 1983 Dim. aprox.: 98 x 70 cm. € 18.000 / € 20.000

166


167

148

149

168

167 Par de peanhas em madeira entalhada e dourada. Decoração relevada com motivos vegetalistas. Ligeira diferença no tamanho. Gastos e pequenas falhas. (2) Alt. máx. aprox.: 17 cm. € 150 / € 250

168 Pequena peanha em madeira entalhada e dourada. Decoração com brasão de armas fantasioso. Gastos e pequenas falhas. Alt. máx. aprox.: 16,9 cm. € 70 / € 100

169 Apóstolos, conjunto de duas esculturas, do séc. XIX, em madeira patinada. Assentes sobre par de peanhas em madeira patinada, profusamente decoradas com enrolamentos e motivos vegetalistas em relevo. Restauros, falhas e defeitos. (2) Alt. aprox. máx. esculturas: 43 cm.; Alt. aprox. peanhas: 25,5 cm. € 400 / € 800

169


150

151

170 Grande armário de dois corpos, à maneira do séc. XVII, com quatro portas. Corpo superior revelando no interior prateleiras e duas gavetas. Corpo inferior com uma prateleira. Cimalha saliente, frente e lados decorados com almofadas salientes. Assente sobre quatro pés de bola. Sinais de uso, vestígios de caruncho, faltas, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 256 x 180 x 70 cm. € 1.000 / € 2.000


152

153

173

171 Nossa Senhora da Conceição, escultura do séc. XIX, em barro policromado. A figura está representada com as mãos pousadas sobre o peito, assente sobre a bola do Mundo e nuvens, pisando a serpente com o pé direito. Com resplendor. Gastos, restauros e pequenas falhas. Alt. aprox.: 48 cm. € 200 / € 400

171 172

172 Anjo candelário, escultura em barro policromado e dourado. A figura está representada segurando tocheiro na mão direita. Assente sobre base decorada com motivos vegetalistas. Restauros, partida e colada, falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 91 cm. € 50 / € 80

173 Pietá, escultura em madeira policromada, estofada e dourada. Base em cortiça pintada simulando rochas e terreno. Faltas, restauros, gastos, falhas e defeitos. Alt. aprox.: 27 cm. € 300 / € 600


154

155

174 Menino Jesus, escultura do séc. XVIII, em madeira policromada e dourada. Restauros, faltas, pequenas falhas e defeitos. Alt. aprox.: 24 cm. € 500 / € 1.000 175 Sant’Ana ensinando Nossa Senhora a ler, escultura do séc. XVIII, em madeira policromada, estofada e dourada. Sant’Ana está representada sentada num cadeirão de espaldar alto, com Nossa Senhora segurando e apontando o Livro no seu colo. Ambas envergam túnicas compridas até aos pés, profusamente decoradas com motivos e enrolamentos vegetalistas. Gastos, fissuras, faltas, restauros, vestígios de caruncho e falhas. Alt. aprox.: 28 cm. € 1.800 / € 2.500 174

175


156

176 Raro e excepcional oratório D. José, do séc. XVIII, em pau-santo, pau-rosa, ébano e buxo, com duas portas, uma gaveta e um pequeno estirador. Corpo de formato arquitectónico, encimado por elementos em talha vazada de enrolamentos vegetalistas, aletas, concheado estilizado e feixe de plumas ao centro. Portas e lados almofadados decorados com motivos vegetalistas e estilizados entalhados. Interior das portas com quatro placas pintadas sobre cobre representando Nossa Senhora da Luz, São Pedro, Nossa Senhora e Menino Jesus coroados e Nossa Senhora. Interior com fundo com resplendor em madeira entalhada encimado por baldaquino profusamente trabalhado em talha fina, sendo o interior pintado com céu estrelado. Ao centro crucifixo da Terra Santa, adaptado, com aplicação de placas de madrepérola, com Jesus Cristo crucificado em madeira policromada. Laterais com quatro nichos decorados com “marqueterie” em diversas madeiras, encimados por elementos em talha fina, com aletas, motivos vegetalistas e flores. Nos nichos estão quatro esculturas em madeira finamente entalhada, policromada, estofada e dourada representando São Jerónimo, Santa Bárbara, São Francisco de Xavier e São Brás. Com resplendores, báculo e cruz. Com estrutura para suspender. Verso com placa em metal do restaurador “Augusto José Barreira”. Pináculos frontais posteriores. Falta uma mão no São Francisco, faltas de dedos, faltas de placas de madrepérola na cruz, restauros, falhas, gastos e defeitos. Dim. aprox.: 80 x 50 x 27 cm € 5.000 / € 10.000

157


158

159


160

161

176 Destaque


177 Importante “epergne” Jorge III de THOMAS PITTS em prata dourada inglesa, séc. XVIII. Com profusa decoração vazada e recortada, encimado por cesto assente em concheado alteado, com oito braços amovíveis em enrolamento, com quatro pratos e quatro cestos suspensos por asa móvel. Com decoração de flores, concheados, grinaldas e laços, finamente repuxados e cinzelados. Várias peças com monograma gravado. Com marca de contraste de Londres, de 925 milésimos, em uso em 1769, e marca de ourives de Thomas Pitts (1761-1791). Um cesto de suspender posterior em prata, sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c.

162

Pequenas amolgadelas e defeitos, gastos e riscos. Peso aprox.: 4640 g.; Dim. aprox.: 40 x 62 x 62 cm. “Epergne” foi no séc. XVIII a peça de centro mais importante para a mesa de jantar. Símbolo de poder e riqueza do seu proprietário, estas peças apresentavam um requinte de execução, parecendo brilhar com o movimento dos seus cesto e pratos suspensos, onde eram colocados frutas, condimentos e outros alimentos, podendo se adaptar aos requisitos da ementa. Thomas Pitts ficou conhecido pelas suas “epergnes”, de desenhos variados e decoração vegetalistas ou de “chinoiserie”. € 15.000 / € 25.000

163


164

165

178 JÚLIO RESENDE (1917-2011) Óleo sobre tela, colada sobre madeira Assinado Dim. aprox.: 32 x 23,7 cm. Proveniência: Colecção Rudolfo Burmester € 7.000 / € 10.000

179 DÓRDIO GOMES Simão Dórdio Gomes (1890-1976) Cavalos Ténica mista sobre papel Assinado e datado de 1942 Dim. aprox.: 50 x 66 cm. Defeitos na moldura. € 8.000 / € 16.000


166

180 POUSÃO Henrique Pousão (1859-1884) “Volta de estrada, Capri” Óleo sobre tela Não assinado (c. 1882) Dim. aprox.: 40 x 71 cm. Esta obra foi oferta do pintor à sua irmã e por descendência encontra-se na posse das actuais proprietárias. Pequenas falhas. Esta obra participou nas exposições: Pousão 1859-1884, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 1984, pág. 127, cat. 230. Segundo este catálogo: “Henrique Pousão, depois do seu regresso de Itália, ofereceu este quadro a sua irmã Maria do Carmo, que igualmente dele fez oferta a sua filha D. Raquel Pousão, casada com o Dr. Fernando Lopes.” RODRIGUES, António, Henrique Pousão, Edições INAPA, 1998, pág. 82 e 83. Transcrição op. cit.: “Pousão terá realizado esta pintura após os oito estudos de Capri, pois retoma, no plano rigoroso da estruturação compositiva, os propósitos formativos das experiências tectónicas daqueles. A disposição horizontal do suporte, tal como a verticalidade das tábuas da referida série de estudos, participa na construção da horizontalidade da composição. As linhas convergentes da perpectiva organizam o espaço clássico segundo a qualidade construtiva dos elementos da pintura, isto é, conduzem o olhar para o ponto de encontro dos dois lados da rua, determinado pela vontade do pintor de sobrepor a construção interna do espaço ao horizonte. As casas, à direita, constituem uma sucessão de módulos geométricos e planos de cor. O passeio, o muro, o arvoredo e a torre, à esquerda, formam um todo sólido e geométrico, no entendimento também arquitectónico das formas do espaço. A relação equivalente das duas metades arquitectónicas perfaz o equilíbrio perfeito da composição. As pinceladas espessas e áridas estão dispostas de modo a coincidirem com as principais linhas do desenho e a reforçar a sensação de harmonia natural, dandonos uma sensação de ordem e de serenidade. O procedimento formal sugere a possibilidade de Pousão poder vir a desenvolver pesquisas próximas de Cézzanne.” Exposições: Vila Viçosa / Lisboa / Porto 1984. € 30.000 / € 60.000

167


168

181 Pequeno altar em madeira entalhada, policromada e dourada, adaptado a espelho. Estrutura de formato arquitectónico decorada com enrolamentos, ladeada por colunas. Falhas, vestígios de caruncho, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 170 x 180 cm. € 800 / € 1.600

169


170

171

183

182

182 Espelho com moldura em madeira entalhada. Profusa decoração de motivos vegetalistas, florais, aletas e enrolamentos. Vestígios de dourado. Gastos, vestígios de caruncho, falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 175 x 130 cm. € 800 / € 1.600

183 Painel em madeira entalhada representando brasão de armas eclesiástico espanhol. Com argola para suspender. Falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 93 cm. € 200 / € 400


184 Par de lanternas de parede em metal, folha de metal e vidro martelado, ao estilo marroquino. Electrificadas. Amolgadelas e defeitos. Alt. aprox.: 50 cm. € 100 / € 150

185 Mesa baixa em diversos materiais. Tampo em vidro, com adaptação de porta do séc. XVII, em madeira entalhada. Estrutura e pés em ferro. Falhas, vestígios de caruncho, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 41 x 197,3 x 109,7 cm. € 800 / € 1.600

184

184

172

173

185


187

186

186 Pulseira rígida em ouro de 800 milésimos, cravejada com 2 pedras rosa e ½ pérolas naturais, gravada e esmaltada a negro. Centro relevado com decoração de enrolamentos e motivos estilizados. Marca de ensaiador do Porto da 2ª metade do séc. XIX. Defeitos e riscos. Peso aprox.: 28,3 g. € 700 / € 1.200

174

000

187 Anel em ouro de 800 ml, decorado com esmaltes negros e cravejado com safira oval e 40 diamantes, em talhe de brilhante com peso total aproximado de 0,40 ct. Com contraste do Porto, em uso desde 1985. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 9,3 g.; Tam.: 17 € 300 / € 500 188 Anel em ouro 800 ml e prata 925 ml, aro decorado com 2 grifos e cravejado com safira oval e 26 diamantes em talhe 8/8 e de brilhante com o peso total aproximado de 0,30 ct. Com contraste em uso desde 1985. Sinais de uso. Peso aprox.: 7,8 g; Tam.: 14 € 230 / € 360 000

189 Par de botões de punho em ouro de 800 milésimos, em forma de naveta,ocos. Com contraste em uso de 1887 a 1937. Sinais de uso, gastos e riscos. Peso aprox.: 4,9 g. Comp. aprox.: 3,3 cm. € 140 / € 200 190 Par de botões de punho em ouro de 800 milésimos, de formato circular, esmaltados a negro. Contraste do Porto em uso em 1938 a 1984. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 6,4 g. Diam. aprox.: 1,5 cm. € 190 / € 300 191 Medalha circular em ouro de 800 milésimos, com Anjo da Guarda e verso gravado com nome e data. Contraste do Porto em uso em 1938-84. Sinais de uso, gastos e riscos. Peso aprox.: 2,9 g. Diam. aprox.: 1,5 cm. € 90 / € 180

188

192 Pulseira em ouro de 800 ml, em malha de barbela, com duas moedas sendo libra rainha Victoria de 1892 e moeda de 2.000 reis D, Luís 1864. Com contraste do Porto, em uso em 1938-84. Sinais de uso. (3) Peso aprox.: 55,3 g.; Comp. aprox.: 17,5 cm. € 1.500 / € 2.500 189

193 Fio em ouro de 800 ml, em malha de cadeado duplo, com medalha relicário com imitação de moeda de Luís XVI, de 1788. Com marcas de garantia francesas, sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c.. Fio com contraste do Porto, em uso em 1938 a 1984. Sinais de uso. (2) Peso aprox.: 22,8 g. € 550 / € 800 194 Fio de barbela com pendente múltiplo em ouro, composto por quatro elementos, só com marca de ourives. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Pequenos defeitos e riscos. (2) Peso aprox.: 10 g.; Comp. aprox.: 60 cm. € 250 / € 500 195 Corrente para relógio de algibeira, ouro malha de elos ovais e fuzis, muito usada. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso. Peso aprox.: 10,7 g. € 240 / € 350 196 Medalha elíptica em ouro de 800 milésimos, representando Nossa Senhora da Conceição, assinada João da Silva. Com contraste do Porto, em uso em 1938 a 1984. Sinais de uso, gastos e riscos. Peso aprox.: 7,3 g. Comp. aprox.: 2,5 cm. € 200 / € 400

175

190

196

191

192 197

197 Par de botões de punho em ouro de 800 milésimos, sextavados e lisos, Com contraste do Porto, em uso em 1938 a 1984. Amolgadelas, riscos e sinais de uso. (2) Peso aprox.: 14,3 g. Diam. aprox.: 1,5 cm. € 420 / € 800

000

000 193 000

195

194 000

000


198

176

177

199

198 GUANDALINI Marino Guandalini “Largo Camões” Óleo sobre tela Assinado e datado de 1957 Dim. aprox.: 46 x 60 cm Emoldurado. Verso com etiquetas com informação sobre a obra. € 600 / € 1.000

199 LUCÍLIA DE BRITO Lucília Rosa de Brito Amaral (1918-2007) Paisagem Óleo sobre platex Assinado e datado de 1971 Dim. aprox.: 45,5 x 60 cm. € 200 / € 300

200 ABEL MANTA (1888-1982) Paisagem Óleo sobre tela Assinado e datado de 1945 Dim. aprox.: 51 x 62 cm. € 3.000 / € 5.000


178

179

201 SILVA PORTO António Carvalho da Silva Porto (1850-1893) “Condução de cabrestos” Óleo sobre tela Assinado (1890) Dim. aprox.: 45 x 56 cm. Esta obra participou e vem ilustrada in: Silva Porto (1859-1893) Exposição Comemorativa do centenário da sua morte, Museu Nacional Soares dos Reis, 1993, pág. 344, cat. 287. Segundo este catálogo, o título e data sugeridos para esta pintura

baseiam-se no Catálogo da Exposição d’Arte”, Lisboa, 1890, onde esta obra foi exposta pela primeira vez. Exposições: Porto, 1890, n.º 58 (preço 150$000); Porto 1934, n.º 53. Bibliografia: Manuel M. Rodrigues, 1890, reprod. p. e b. segundo gravura de Alberto Varela Aldemira; 1954, reprod. p. e b. (estampa LXXXIII); António Garcês da Silva, 1972. “Outro quadro igualmente bom é a “Condução de cabrestos”. Três campinos do Ribatejo, a cavalo, acompanham uma porção de vacas. Perfeitamente movimentado o grupo, sente-se o andar pesado e sonolento dos animais, o choutar compassado dos cavalos, aquela caracterização enfim justa e bem sentida de um traço da vida camponesa.” M. M. Rodrigues, 1890. Verso com inscrições na grade e dados sobre a obra. € 50.000 / € 100.000


180

181

202


182

183

202

202


184

185

202


186

187

202 Invulgar grande tabuleiro de Jules PIAULT em prata francesa, final do séc. XIX. Corpo rectangular com duas asas cinzeladas e decoradas com cabeças de leão, enrolamentos vegetalistas e cabeças de golfinho estilizadas. Aba com cantos decorados com aplicações de mascarões e cabeças de leão, tendo no centro medalhões lisos. Fundo cinzelado em relevo, com medalhão central encimado por cabeça de leão, envolto em profusa decoração de enrolamentos e motivos vegetalistas, aletas, frutos, moldurados e figuras zoomórficas. Com marca de contraste francês em uso desde 1839, de 950 milésimos, e marca de exportação francesa em uso de 1878 a 1973, e marca de ourives e gravação de J. Piault. Riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 4702 g.; Comp. aprox.: 73 cm. Linzeler Frères foi uma importante ourivesaria/joalharia francesa, registada por Robert Linzeler a 14 de Abril de 1897. Compra a marca Jules Piault, fazendo uso desta e dos seus desenhos no fabrico das suas peças. A marca Linzeler Frères trabalhou para diversos clientes importantes como Napoleão Bonaparte entre outros, tendo também ganho medalhas de ouro na Feira Universal de 1889. € 15.000 / € 25.000

202


203 Urna em porcelana francesa em tons de azul com decoração a dourado com friso de motivos vegetalistas e frutos. Base em madeira forrada a metal e montagem em metal. Marcada “Dore a Sèvres”. Falta da tampa, pequenas falhas, gastos, cabelos e defeitos. Alt. aprox.: 73 cm. Com inscrição: “Maria João de Souza Machado, en reconnaissance de la genereuse àssistance quel à donnée à l’équipage naufragé du navire français L’African Juin 1876”. € 300 / € 600

188

189

204 Relógio de mesa francês Luís XVI, em ébano e bronze dourado. Caixa em forma de lira encimada por bolbo, ladeada por dois enrolamentos de folhas de acanto em bronze. Base de formato rectagular decorada com friso de folhas de carvalho, amarrados por fitas. Assente sobre quatro pés. Mostrador esmaltado, com numeração a negro, árabe e romana, com postigo circular decorada com friso de fitas entrelaçadas com pérolas, encimado por laço. Assinado Martin AParis. Sinais de uso, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 50 cm Adquirido, provavelmente, por Francis, 5º Duque de Bedford (morre em 1802), para a casa Bedford em Londres. € 4.000 / € 8.000 202 202


2ªSessão - 4 de Junho de 2020 às 19.00h - Lote 205 a 427 205

206

207

208

209

211 210

190

205 Prato de servir/tabuleiro em prata portuguesa, séc. XX. Bordo decorado com friso de godrões. Sem marcas de contraste, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Muitos riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 1224 g.; Diam. aprox.: 40 cm. € 450 / € 800

206 Travessa em prata portuguesa, séc. XX, com bordo decorado com friso estriado. Com monograma. Com marca de contraste do Porto (Águia), 1º título, de 916 milésimos. Sinais de de uso e riscos. Peso aprox.: 1942 g.; Comp. aprox.: 47 cm. € 700 / € 1.200

207 Prato de servir de formato quadrangular em prata portuguesa, séc. XX, David

Ferreira. Fundo liso com bordo de godrões. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos, David Ferreira. Pequenas amolgadelas e riscos. Peso aprox.: 670 g.; Dim. aprox.: 27,5 x 27,5 cm. € 240 / € 500

208 Taça de bordo recortado em prata portuguesa, séc. XX, David Ferreira. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos, David Ferreira. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 192 g.; Diam. aprox.: 15,5 cm. € 70 / € 120 € 70 / € 120 209 Par de “coasters” em prata portuguesa com fundo em pau-santo, séc. XX. Com bordo de gradinha. Um com marcas de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos, J. Rosas, e outro com marcas de difícil leitura,

ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Amolgadela e pequenos defeitos. (2) Diam. aprox.: 15 cm. € 80 / € 160

210 Pássaro em pedra dura e prata dourada portuguesa, Luíz Ferreira, séc. XX. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Marcado “LF”. Pequenas amolgadelas e riscos. Comp. aprox.: 9,8 cm € 200 / € 400

211 Copo em prata portuguesa, séc, XIX/XX. Corpo decorado em relevo com flores e elementos vegetalistas. Com marca de contraste (Javali II), de 833 milésimos. Amolgadelas e riscos. Peso aprox.: 112 g.; Alt. aprox.: 10,5 cm. € 50 / € 100

191


212 215

212A 214 218

216 213 217

192

212 Prato em prata portuguesa, séc. XX, de fundo liso. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Oxidações, riscos e pequenas amolgadelas. Peso aprox.: 274 g.; Diam. aprox.: 24 cm. € 100 / € 200

212 A Conjunto de saleiro, polvilhador e mostardeira em metal prateado inglês. Decoração com friso de perlado. Almas em vidro azul. Marcados “H. Bros. S./EPBM”. Mostardeira com charneira da tampa partida. Gastos, riscos, pequenas amolgadelas e defeitos. (3) Alt. aprox. máx.: 10 cm. € 20 / € 40

213 Lote de faca abre cartas, copo e pequeno cinzeiro com aplicação de pedra dura, em prata portuguesa, séc. XIX/XX e XX. Cinzeiro em prata dourads. Com marcas de contraste do Porto (Águia e Javali II), de 833 milésimos. Defeitos, amolgadelas e sinais de uso. Peso total aprox.: 120 g.; Comp. aprox. máx.: 18 cm. € 40 / € 80

214 Conjunto de polvilhador e duas mostardeiras em prata portuguesa, séc. XX, em forma de balaústre. Com contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos, um marcado Rosas. Uma mostardeira com alma em vidro azul e outra com dobradiça partida. Gastos, riscos e amolgadelas. (3) Peso aprox.: 164 g.; alt, aprox.: 7,5 cm. € 50 / € 100

215 Salva elíptica em prata possivelmente espanhola, trabalho atribuível ao séc. XIX. Decoração relevada com motivos florais e concheados, com bordo ondulado. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c. Riscos, pequenos defeitos e pequenas amolgadelas. Peso aprox.: 386 g.; Comp. aprox.: 44,5 cm € 200 / € 400

216 Conjunto de grande pinça e polvilhador em metal prateado inglês. Marcados. Gastos e riscos. Comp. aprox.: 28,5 cm. e 17,5 cm. € 20 / € 40

217 Conjunto de 5 covilhetes em forma de vieira (2+1+2), em prata portuguesa, séc. XX. De modelos e tamanhos diferentes. Com marcas de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso e riscos. (5) Peso aprox.: 210 g.; Comp. aprox. máx.: 7 cm. € 70 / € 140

218 Palmatória em prata, trabalho atribuível ao séc. XIX/XX, em forma de folhas. Com marcas de contraste muito gastas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Falta dos pés e folhas na arandela. Amolgadelas, falhas e defeitos. Peso aprox.: 150 g.; Comp. aprox.: 17,5 cm. € 50 / € 100

193


221 219

194 219 A

219 Parte de serviço em porcelana da Vista Alegre, modelo “Cozinha Velha”, composto por 22 pratos rasos, 16 pratos de sopa, 15 pratos de sobremesa e 17 pratos de doce. Diferentes marcas. Falhas e gastos. (70) Diam. máx.: 25,5 cm € 300 / € 600 219 A Lote de 2 pratos em porcelana da Vista Alegre. Decoração policromada e dourada com motivos florais, à maneira da Companhia das Índias. Marcados, com marca nº 31 (1924-1947). Gastos. (2) Diam. aprox.: 23,7 cm. € 40 / € 80

221 Parte de serviço em porcelana da Vista Alegre composto por: 26 pratos rasos, 12 pratos de sopa, 12 pratos de fruta, 12 pratos de doce, 1 covilhete, 1 saladeira, 1 taça, 1 travessa e seis pequenos covilhetes circulares. Decoração Iris com motivos florais. Marcado. Pequenas falhas e cabelos. (72) Comp. aprox. máx.: 34 cm. € 500 / € 800

222 Pote com tampa, de grandes dimensões, em porcelana portuguesa da Vista Alegre. Decoração policromada e dourada, Iris. Marca nº 36 (1980-1992). Gastos e sinais de uso. Alt. aprox.: 23,5 cm. € 80 / € 100

220

220 Serviço de chá em porcelana da Vista Alegre, decoração a azul “Cozinha Velha”, composto por bule, leiteira, açucareiro e 12 chávenas de chá com pires. Marcado. Em caixas originais. Sinais de uso. (27) Alt. aprox. bule: 15 cm. € 100 / € 200 220

222

195


223 Jarro em cerâmica em tons de azul com decoração a dourada de motivos florais e vegetalistas. Pega em forma de animal fantástico estilizado. Gastos, cabelos e defeitos de fabrico. Alt. aprox.: 22 cm. € 30 / € 50

196

197

223

224 Jarro em cerâmica, decoração a azul sob vidrado representando motivos florais e vegetalistas. Marcado. Pequenas falhas e sinais de uso. Alt. aprox.: 20,5 cm. € 30 / € 60 225 Reservatório em porcelana, provavelmente francesa Jacob Petit, em forma de músico turco sentado em rochedo. Decoração policromada e dourada. Com lamparina adaptada. Não marcado. Restauros, faltas, falhas e defeitos. Alt. aprox.: 36 cm. € 200 / € 400

225 224


226 Tapete oriental Keshan em fio de lã. Decoração em tons de encarnado, azul, verde, cor-delaranja, cor-de-rosa e bege representando motivos vegetalistas e flores com medalhão ao centro. Sinais de uso. Dim. aprox.: 283 x 201 cm € 400 / € 600

227

227 Tapete oriental em lã, em tons de azul, “bordeaux” e bege. Decoração de motivos florais e vegetalistas com reserva ao centro. Sinais de uso, manchas, rasgões, gastos e defeitos. Dim. aprox.: 272 x 196 cm. € 400 / € 800

226

228

198

231

228 Tapete oriental Tabriz em fio de lã. Decoração em tons de encarnado, azul, verde, amarelo e bege, representando motivos vegetalistas com medalhão ao centro. Com etiqueta de fabricante. Pequenos defeitos. Dim. aprox.: 295 x 196 cm. € 500 / € 1.000 229 Tapete oriental em lã em tons de “brodeaux”, bege, azul e verde. Manchas, sinais de uso, gastos e defeitos. Dim. aprox.: 300 x 200 cm. € 400 / € 800

229

230

230 Tapete oriental Bidjar em fio de lã. Decoração em tons de azul, encarnado, ocre e verde representando motivos florais e geométricos com medalhão ao centro. Sinais de uso. Dim. aprox.: 303 x 195,5 cm € 400 / € 600 231 Conjunto de 4 apliques de dois lumes, em metal amarelo. Decoração representando tecido com borlas pendentes. Electrificados. Sinais de uso, oxidações e defeitos. (4) Alt. aprox.: 64 cm. € 60 / € 100 232 Armário rústico com duas portas (adaptadas). Interior com duas prateleiras. Portas decoradas com motivos estilizados. Muitas faltas, falhas, vestígios de caruncho e defeitos. Dim. aprox.: 121,5 x 127,5 x 26,5 cm. Proveniência: Espólio Dr. Luiz Miguel Rosa Dias, sobrinho e herdeiro do poeta Fernando Pessoa € 200 / € 400

199

232


233 “Seminaire” em mogno maciço e folheado. Decoração de filete embutido em madeira contrastante. Puxadores em metal amarelo. Riscos, falhas, restauros e defeitos. Alt. aprox.: 135 x 78,5 x 42,5 cm. € 150 / € 300

234 Mesa de centro em diversas madeiras maciças e folheadas. Decoração de filete embutido em madeira contrastante. Assente sobre coluna central facetada terminando em três pernas curvas. Sinais de uso, vestígios de caruncho, riscos, falhas e pequenos defeitos. Alt. máx. aprox.: 70,5 cm. Diam. aprox.: 84 cm. € 300 / € 500 235 Pequeno sofá de dois lugares, estofado a tecido de veludo com padrão com flores e pássaros em ramos. Com aplicação de passamanaria com borlas. Defeitos, gastos, rasgões e sinais de uso. Comp. aprox.: 122 cm. € 100 / € 200

234

200

201

233 235


238

202

236

237

236 Cómoda papeleira, do séc. XVIII, em vinhático e outras madeiras, com dois gavetões, duas gavetas e tampo de rebater. Fábrica com portinhola central, gavetas e escaninhos. Ferragens em metal amarelo recortado. Assente sobre quatro pés recortados. Sinais de uso, gastos, vestígios de caruncho e defeitos. Dim. aprox.: 103 x 96,5 x 55 cm. € 200 / € 300

238 Par de poltronas e sofá de dois lugares, estofados a couro e pregaria. Pés em madeira. Gastos, vestígios de caruncho, defeitos e sinais de uso. (3) Comp. aprox. máx.: 130 cm.; Alt. aprox.: 74 cm. € 400 / € 800

237 Banqueta estilo D. João V, do séc. XX, em pau-santo entalhado. Assento recortado moldurado por rebaixo. Cintura recortada decorada com motivos vegetalistas. Pernas curvas de joelho saliente decoradas com motivos vegetalistas, terminando em pés de garra e bola. Assento amovivel, em couro lavrado profusamente decorado com enrolamentos vegetalistas e pregaria. Couro rasgado, sinais de uso, falhas e pequenos defeitos. Dim. aprox.: 48 x 54 x 54 cm. € 150 / € 250

238

203


239 DUFFAU Edouard-Jacques Duffau (1840-1900) Marinha Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 31,5 x 45 cm. € 400 / € 800

239

241

204

205

241 CHARBONNIER Claudia Bret Charbonnier (1883 - 1951) Natureza morta com flores Aguarela sobre papel Assinado Dim. aprox.: 32,5 x 48,5 cm. € 150 / € 250

240 FRANCISCO MAYA Francisco José Peile da Costa Maya Vista de praia com barcos Óleo sobre platex Assinado Dim. aprox.: 27 x 35 cm. Manchas. € 500 / € 1.000

242 Autor não identificado Natureza morta, jarra com flores Óleo sobre tela Dim. aprox.: 55 x 38 cm. Emoldurado. Pequenos defeitos. € 150 / € 250 240

242


206

207

244

243

243 Segundo original de Niccolo Ricciolini Alegoria à Esperança e Felicidade Óleo sobre tela Dim. aprox.: 65 x 53 cm. Restauros e “craquelé”. € 500 / € 800

244 José Alcazar Tejedor (1850-1907) Cena de interior com cardeal e figuras Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 44 x 74,5 cm. Defeitos, faltas, reentelado e rasgões no suporte. € 700 / € 1.400


247

248

245 247

208

209

247

249 250

246

245 Lote de 5 sinetes em diversos materiais, sendo prata, madrepérola, metal e outro material, trabalho do séc. XIX/XX. Diferentes decorações com motivos vegetalistas, figuras, entre outras, com monogramas e brasões, sendo dois estrangeiros e um com escudo partido, I (...), II Macedo. Alguns com enchimento. Sem marcas, com mais de 50, sendo com marcas estrangeiras não identificadas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos e amolgadelas. (5) Comp. aprox. máx.: 9,5 cm. € 150 / € 250

246 Frasco para Santos Óleos em prata, do séc. XVIII, com tampa de rosca. Corpo de secção quadrangular com profusa decoração gravada de enrolamentos vegetalistas. Sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso e gastos. Peso aprox.: 60 g., Alt. aprox.: 8,3 cm.

€ 300 / € 600 247 Lote de 8 bolsas em malha de prata de diferentes modelos e tamanhos. Com diversas marcas de contraste do Porto e de Gondomar (Javali II) de 833 milésimos, uma com marca de contraste do séc. XIX (P-44.0c ou variante), em uso entre 1870 e 1877, e marca de ourives da mesma época, e duas sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Faltas, falhas, amolgadelas e defeitos. (8) Peso. aprox.: 271 g.; Comp. máx.: 12,5 cm. € 50 / € 100 248 Caixa de rapé em prata portuguesa, séc. XIX. Tampa guilhochada e gravada com motivos vegetalistas e florais. Interior

251

em prata dourada. Com marca de ensaiador do Porto (P-44. 0e), em uso entre 1870 e 1877, e marca de ourives “AGM”, atribuível a António Gomes Mendes, da mesma época. Gastos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 46 g.; Comp. aprox.: 6,5 cm. € 40 / € 80

250 Cigarreira “Art Nouveau” em prata, trabalho atribuível ao séc. XIX/XX. Com marcas de garantia desvanecidas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Riscos, amolgadelas e defeitos. Peso aprox.: 50 g; Comp. aprox.: 8 cm. € 20 / € 40

249 Pequena caixa em prata portuguesa decorada com esmaltes, séc. XIX/XX. Tampa com reserva reprentando “putto” sobre golfinho com tridente. Decoração gravada com flores. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Gastos, riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.:26 g.; Comp. aprox.: 5 cm. € 10 / € 20

251 Cigarrreira “Art Déco” em prata portuguesa, séc. XX. Decoração em relevo com representação do Mosteiro da Batalha. Verso com inscrição. Com marcas de contraste (Águia), de 833 milésimos. Interior dourado. Riscos, oxidações e pequenos defeitos. Peso aprox.: 118 g.; Comp. aprox.: 11,5 cm. € 40 / € 80


252 Terrina e travessa em prata portuguesa do séc. XX. Terrina de corpo bojudo, com decoração gravada de elementos vegetalistas, treliça e animais fantasticos. Botão da tampa em forma de “putto” com cornucópia e duas asas laterais unidas ao corpo por folhagem. Travessa decorada na aba com gravação dos mesmo motivos. Com marca de contraste de Lisboa (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso e pequenos riscos. (2) Peso total aprox.: 3784 g.; Comp. aprox.: 34 cm. e 40 cm. € 1.400 / € 2.500

210

211


253 Taça com tampa, em cristal parcialmente fosco. Decoração relevada com nus femininos. Botão da tampa em forma de cacho de uvas. Pequenas falhas. Alt. máx. aprox.: 37,5 cm. € 150 / € 250 254 Nossa Senhora da Apresentação, escultura em porcelana biscuit da Vista Alegre. Marca incisa. Sem resplendores. Pequenas manchas. Alt. aprox.: 31 cm. € 50 / € 100

255 Par de moldura em prata oriental, provavelmente indiana ou birmanesa, encimada por aplicação de elemento em dourado. Verso em madeira pintada. Sem marcas, com mais de 50 anos, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos e riscos. (2) Peso aprox.: 1502 g.; Dim. aprox.: 38,5 x 23,5 cm. € 500 / € 1.000

256 Taça de pé em prata portuguesa, séc. XX/XXI, de corpo gomado. Com marcas de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Riscos, gastos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 172 g; Diam. aprox.: 11,5 cm. € 50 / € 100

255 255

256 257

212

213

257 Garrafa com tampa em cristal ATLANTIS e aro em prata portuguesa, séc. XX. Decoração lapidada espiralada. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 835 milésimos. Sinais de uso. Alt. aprox.: 27,5 cm. € 80 / € 0

258 Espelho de mão “Art Nouveau” em prata inglesa, séc. XX. Com profusa decoração em relevo com busto feminino de ondulantes cabelos, com flores e enrolamentos. Com contraste de Birmingham, de 925 milésimos, em uso em 1904. Espelho com defeitos e manchas. Amolgadelas e defeitos. Comp. aprox.: 26 cm. € 100 / € 200

258


214

259 Parte de serviço em porcelana da Vista Alegre, composto por 18 pratos de sopa, 18 pratos rasos, 18 pratos de fruta e 14 xícaras de café com 15 pires. Decoração Vila Franca, policromada com citrinos. Marcados. Falhas e sinais de uso. (83) Diam. aprox. máx.: 27 cm. € 200 / € 400

215

260 Parte de serviço em porcelana Block SPAL. Decoração a prateado e cinzento com friso de padrão. Composto por 12 pratos de sopa, 12 pratos rasos, 12 pratos de sobremesa, 12 pratos de doce, 1 saladeira, 1 travessa. Junto com 2 pratos de servir de diferente decoração. Marcado. Falhas e sinais de uso. (52) Comp. aprox. travessa: 40 cm € 300 / € 600


261

263

216

217

261 PINTO DO COUTO Rodolfo Pinto do Couto (1888 - 1945) Busto de Liev Nikoláievich Tolstói Escultura em bronze Assente sobre base em madeira Assinada Com placa identificativa de “Pinto do Couto” Alt. aprox.: 24 cm. Oxidações e defeitos. € 300 / € 600

263 Miniatura de formato elíptico representando El Rei D. Carlos, com moldura de formato rectangular em metal. Moldura decorada nos cantos com elementos de enrolamentos vegetalistas. Verso da miniatura com inscrição “H. M. Carlos I/ King of Portugal/ ***zer Laszlu (?) Painted/ by permission, from/ The Royal Palace/Lisbon”. Gastos e defeitos. Dim. aprox.: 7,5 x 6,4 cm. € 300 / € 600 264

262

262 Gravura a água-forte sobre papel, aberta por Francesco Bartolozzi, segundo o quadro de Domenico Pelegrini. Inscrição : «Dom Ioão Principe do Brasil Regente de Portugal». Ao centro, em baixo, o escudo de armas portuguesas, coroadas, ladeadas por dois anjos tenentes. Picos de humidade e pequenos defeitos no suporte. Dim. aprox.: 28 x 17 cm. Emoldurada. € 100 / € 200

264 Caixa em tartaruga, do séc. XIX. Profusa decoração em baixo-relevo com figuras, pagodes, árvores e enrolamentos vegetalistas, com reserva ao centro com monograma. Pequenas falhas e defeitos. Dim. aprox.: 9,7 x 6,5 cm. € 800 / € 1.200


269

218

219

270

268 267 266 265

271

265 Pulseira em ouro de 800 ml, malha em fios de corda e elos náuticos ocos. Com contraste do Porto, em uso desde 1985. Amolgadelas e riscos. Peso aprox.: 27,4 g.; Comp. aprox.: 20,5 cm. € 700 / € 1.200 266 Pulseira em ouro de 800 ml, com malha de chapas elípticas onduladas. Com contraste do Porto, em uso de 1985 a 1998. Fecho a necessitar de afinação. Sinais de uso. Peso aprox.: 22 g.; Comp. aprox.: 20,5 cm. € 550 / € 800

267 Colar em ouro bicolor de 800 ml, em malha de elos ovalados e centro com elemento com pequenas pérolas de cultura em pingentes, cravejado com diamantes rosa, 6 em talhe 8/8 e 1 em talhe de brilhante com cerca de 0,06 ct. Com contraste de Lisboa, de 1938 a 1984. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 31 g. € 800 / € 1.600 268 Pulseira em ouro de 800 ml, em malha de elos ocos ovais. Com constraste do Porto, em uso desde 1985. Sinais de uso. Peso aprox.: 36,3 g.; Comp. aprox.: 21 cm. € 900 / € 1.500

269 Lote composto por 2 placas circulares em porcelana da Vista Alegre, com a decoração policromada e dourada com flores, com aros em ouro. Uma adaptada a pulseira em ouro de 800 milésimos com fio de malha de barbela e outra a alfinete tubular liso em ouro. Contraste do Porto, em uso em 1887-1937 e sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Placas marcadas. Uma placa com verso com data de “19/8/921”. Pequenas falhas e defeitos. (2) Peso bruto aprox. total: 11,9 g.; Diam. aprox.: 3,3 cm. e 2,2 cm. € 120 / € 180

270 Pulseira estilo “Art Deco” em ouro de 800 milésimos, em malha de elos ocos polidos e foscos. Com contraste do Porto, em uso em 1938 a 1984. Pequenas amolgadelas e riscos. Peso aprox.: 32,6 g.; Comp. aprox.: 19,5 cm. € 850 / € 1.500 271 Fio e cruz em ouro de 800 ml, sendo a cruz cravejada com 5 topázios azuis em talhe

272

273

pêra e zircónias. Com constraste do Porto e Lisboa , em uso desde 1985. Sinais de uso. Peso total: 15,7 g.; Comp. aprox. cruz: 3,5 cm. € 350 / € 600 272 Fio em ouro de 800 ml, em malha de barbela larga facetada, com pendente ouro cravejado com ametista oval com cerca de 17,50 ct e zircónias. Com contraste do Porto, em uso desde

1985. Sinais de uso. Peso aprox.: 33,9 g.: Comp. aprox. pendente: 2,9 cm. € 750 / € 1.250 273 Pulseira estilo “Art Deco” em ouro de 800 milésimos, com elos bicolores ocos. Com contraste do Porto em uso em 1938 a 1984. Pequenas amolgadelas e riscos. Peso aprox.: 47,9 g.; Comp. aprox.: 19 cm. € 1.250 / € 1.750


274 Conjunto de 12 cálices de pé alto, em vidro, em tons de castanho. Pés espiralados. Com ligeiras diferenças de tamanho. Falhas e defeitos. (12) Alt. aprox.: 13,5 cm. € 40 / € 80

275 Colher em prata martelada, séc. XX, de David Ferreira. Segundo modelo do séc. XVII/XVIII. Com contraste (Águia), de 833 milésimos, David Ferreira. Sinais de uso. Peso aprox. 128 g; Comp. aprox.: 26 cm. € 50 / € 100

274

276 Lote de colher, concha molheira e faca para manteiga, de modelos diferentes, em prata portuguesa, séc. XX. Uma colher com aplicação de conta em tons de verde. Com marcas de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso e pequenos defeitos. Conta partida. Peso aprox.: 66 g., Comp. máx. aprox.: 16 cm. € 20 / € 40

220

274

277 Par de talheres de servir em metal prateado inglês, com cabos em osso e aro em prata inglesa, séc. XX. Com marcas de garantia de Sheffield, em uso em 1907, de 925 milésimos. Gastos, riscos e sinais de uso. (2) Comp. aprox. máx.: 30,3 cm. € 30 / € 60

278 Espátula em prata, atribuível ao séc. XIX/XX. Decoração parcialmente vazada com cornucópias de flores e cabo com monograma gravado. Com marcas de garantia não identificadas, com mais de 50 anos, ao abrigo do DecretoLei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 120 g.; Comp. aprox.: 31 cm. € 60 / € 120

279 Pinça em prata portuguesa, início do séc. XIX, com monograma AG, de Aires Gouveia. Com marca de ensaiador do Porto (P-25. 0a ), em uso entre 1810 e 1826, e marca de ourives “LARA” atribuível a Luís António Rodrigues de Araújo, da mesma época. Gastos, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 54 g.; Comp. aprox.: 14 cm. € 20 / € 40 280 Conjunto de 12 colheres de sopa, modelo dito “caninhas”, em prata portuguesa, séc. XIX/XX. Junto com e pinça em prata portuguesa, séc. XIX/XX, com remates em forma de concha. Com marcas de garantia (Javali II), de 833 milésimos, sendo as colheres com marca do ourives de João Joaquim Monteiro. Riscos e pequenos defeitos. (13) Peso aprox.: 642 g, € 200 / € 400

275

278 276

221 277

279

274 280


281

281 EMMÉRICO NUNES Emmérico Hartwich Jacinto Nunes (1888-1965) Desenho humorístico Tinta sobre papel Assinado (München) Dim. aprox.: 16,5 x 12,5 cm. Manchas. € 150 / € 250

282A

282A AUGUSTO BARROS Augusto Barros Ferreira, dito Barros (1929-1998) Guache sobre papel Assinado Dim. aprox.: 37,5 x 28 cm. Emoldurado. Proveniência: € 600 / € 1.000

222

282 ALMADA NEGREIROS, José de Almada Negreiros, (1893-1970) Sapato Placa em cerâmica Viúva lamego Edição póstuma, com assinatura Marcada VL, 100/200 Moldura em metal: 40 x 31 cm Dim. aprox. placa: 36,5 x 28,5 cm Com certificado de garantia, assinada por José de Almada Negreiros (filho) € 200 / € 400

282

283 EMMÉRICO NUNES Emmérico Hartwich Jacinto Nunes (1888-1965) Desenho humorístico Tinta-da-China sobre papel Assinado Dim. aprox.: 24 x 19 cm. Manchas. € 150 / € 250

283

223

284

284 COSTA PINHEIRO António Costa Pinheiro (1932-2015) “Pormenor - Cabeça Alberto Caeiro / C.F. Pessoa - heterónimo” Técnica mista sobre papel Assinado e datado de III de 1981 Dim. aprox.: 60 x 88 cm. Com carimbo. Picos de humidade. Proveniência: Colecção Particular - Munich € 800 / € 1.600

285 RAUL PEREZ (n.1944) Tinta-da-china e aguarela sobre papel Assinada e datada de 1999 Dim. aprox.: 18 x 13 cm. € 500 / € 800 285


286 ROCHA PINTO Carlos Guilherme Brito da Rocha Pinto (n. 1951) Acrílico sobre tela Assinado e datado 2002 (frente e verso) Dim. aprox.: 60 x 50 cm. Verso com informações sobre a obra. € 200 / € 300

287 COSTA PINHEIRO António Costa Pinheiro (n. 1932) Técnica mista sobre papel Assinado Dim. aprox.: 28 x 21 cm. € 1.000 / € 2.000

286

224

225

288 RITA Mário Rita (n.1958) “Série nº 10” Óleo sobre tela Assinado (frente e verso) e datado de 1995 Dim. aprox.: 130 x 97 cm. Emoldurado. Esta obra vem ilustrada no catálogo da Exposição “Colectiva de Natal 99”, da Galeria Arte e Oficina em Setúbal. Junto com certificado de Autenticidade da Galeria Arte e Oficina. € 800 / € 1.600

288 287


289 Par de lanternas de tecto em metal, folha de metal e vidro martelado, ao estilo marroquino. Electrificadas. Amolgadelas, gastos e sinais de uso. Alt. aprox. lanterna: 58 cm. € 150 / € 250 290 Conjunto de três cadeiras de espaldar alto. Espaldares e assentos estofados a tecido em tons de encarnado. Pés curvos em madeira patinada. Sinais de uso. (3) Alt. aprox.: 126 cm. Estas cadeiras estiveram expostas no Pavilhão de Portugal na Exposição do Mundo Português, em 1940. € 900 / € 1.500

289

291 Espelho com moldura em gesso dourado e madeira entalhada, vazada e dourada a prata dourada, envolta em elementos vegetalistas e florais. Restauros e sinais de uso. Alt. aprox.: 130 cm. € 150 / € 250 292 Mesa de casa de jantar em madeira entalhada. Tampo de formato rectangular, decorado com friso de elementos vegetalistas, assente sobre pés em forma de balaústre decorados com enrolamentos, motivos vegetalistas e concheados, terminando em pés de enrolamentos, unido ao centro por travessa. Com uma tábua de aumento. Riscos, manchas e sinais de uso. Dim. aprox.: 78 x 256 x 110 cm. Com etiqueta da “Casa Leandro Martins - Móveis”. € 800 / € 1.600

226

227

291

292

290


228

229

293


293 Conjunto de 10 cadeiras, modelo inglês, em pau-santo, sendo quatro de fabrico posterior. Espaldar com tabela central recortada e vazada com reserva de formato quadrangular ao centro e frisos de perlado. Espaldar e cintura decorados com caneluras e motivos florais entalhados. Pernas dianteira torneadas parcialmente caneladas. Assentos em palhinha. Vestígios de caruncho, falhas, restauros, gastos e defeitos. (10) Alt. aprox.: 92 cm. € 1.500 / € 2.500

293

294 Conjunto de dois canapés em pau-santo. Braços curvos decorados com feixe de plumas estilizado. Cintura recortada decorada com enrolamentos e motivos estilizados. Estofados a tecido de padrão em tons de amarelo. Sinais de uso, manchas, vestígios de caruncho e defeitos. (2) Comp. aprox. máx.: 225 cm. € 1.200 / € 2.400

294

230

231

294


295

232

233

296

295 Tabuleiro “Art nouveau” em prata inglesa, séc. XX, com decoração em relevo de elementos vegetalista e flores. Com marca de Birmingham em uso em 1904, de 925 milésimos. Amolgadelas, riscos e sinais de uso. Peso aprox.: 198 g.; Comp. aprox.: 28,5 cm. € 100 / € 200

296 Caixa em forma de peixe de corpo articulado em prata estrangeira, com olhos aplicados. Com marcas não identificadas e remarca de importação inglesa, de 925 milésimos, sem contraste nacional, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos e pequenos restauros. Peso aprox.: 298 g. Comp. aprox.:26,5 cm. € 400 / € 800 297 Moldura em madeira com montagem em prata séc. XIX/XX, com pintura elíptica representando Eugénia le Doux, datada de 1840. Com marcas de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Defeitos, amolgadelas e fissuras. Dim. aprox.: 43 x 31 cm. € 300 / € 600

297


297A MALTA Eduardo Malta (1900-1967) Natureza morta com frutos e cerâmica Óleo sobre tela Assinado e datado de MCMXXXVI (1936) Dim. aprox.: 61 x 81 cm Esta obra foi oferecida pelo autor ao Embaixador Luís Norton de Matos, casado com Isolda Lino, filha do Arquitecto Raul Lino. Não emoldurado. “Craquelé”. Proveniência: Antiga Colecção do Embaixador Luís Norton de Matos € 2.000 / € 4.000

234

235


302 Garrafa com tampa, em cristal lapidado. Tampa partida, pequenas falhas e sinais de uso. Alt. aprox.: 19,5 cm. € 30 / € 50 303 Par de garrafas com tampa, em cristal lapidado. Uma tampa adaptada. Falhas e sinais de uso. (2) Alt. aprox.: 37,5 cm. e 34 cm. € 40 / € 60 304 Garrafa com tampa em vidro incolor e em tons de azul cobalto. Sinais de uso. Alt. aprox.: 38,8 cm. € 40 / € 80

298

236

298 Lote de talheres em prata portuguesa, séc. XIX e XIX/XX . Composto por 12 facas de carne (5+1+6) com cabos em prata, 11 garfos (5+6), 5 colheres de sobremesa e pá de açucar em prata portuguesa. Modelos diferentes com gravação de monograma “AG”. Com marcas de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos, diversas marcas de contraste do Porto em uso no séc. XIX, e marcas de difícil leitura e desvanecidas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Riscos, gastos e pequenos defeitos. (29) Peso. aprox.: 1042 g. € 250 / € 500

299 Conjunto de 6 garfos para bolo em prata dourada portuguesa, séc. XX. Garfos decorados com friso de palmetas e cabos em osso. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso e pequenos defeitos. (6) Comp. aprox.: 11,5 cm. € 20 / € 40

300 Conjunto de 12 colheres de chá e 1 pá para açúcar em prata portuguesa parcialmente dourada, séc. XIX/XX. Cabos espiralados terminando em forma de pata de animal. Com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Gastos e sinais de uso. (13) Peso aprox.: 122 g.; Comp. aprox. máx.: 12 cm. € 60 / € 120 301 Conjunto de 12 garfos para bolo em prata portuguesa, séc. XX. Cabos decorados com friso de perlado. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso e riscos. (12) Peso aprox.: 239 g. € 80 / € 160

303

302

299

304

300

301

237


305

306

306

308

238

305 Prato coberto “rechaud” com tampa em metal prateado. Decoração com friso de perlado. Assente sobre quatro pés de enrolamento. Pegas em forma de perlado. Gastos e defeitos. Comp. aprox.: 35,5 cm. € 30 / € 60 306 Par de pratos cobertos em metal prateado. Tampas parcialmente gomadas. Defeitos, riscos, amolgadelas e gastos. Diam. aprox.: 23,3 cm. € 80 / € 120

307

307 Tabuleiro de gradinha em metal prateado, de formato elíptico. Centro decorado com armas da baronesa da Regaleira. Assente sobre base com quatro pernas em madeira entalhada, adaptada a mesa. Muitos gastos e defeitos. Comp. aprox. tabuleiro: 61 cm. € 50 / € 100

239

308 Parte de faqueiro em metal prateado CHRISTOFLE, modelo “Vêndome Coquille”, composto por 12 colheres de sopa, 12 facas de carne, 12 garfos de carne, 12 facas de peixe, 12 garfos de peixe, 12 colheres de sobremesa, 12 facas de sobremesa, 12 garfos de sobremesa, 11 colheres de chá, 10 colheres de café e 9 talheres de servir. Sinais de uso e riscos. (126) € 800 / € 1.600 309 Parte de faqueiro em prata portuguesa, do séc. XIX, XIX/XX e XX, modelo dito “caninha”. Composto por 12 colheres de sopa, 12 facas de carne, 7 garfos de carne, 10 facas de sobremesa, 6 garfos de sobremesa e 4 colheres de sobremesa. Com marcas de contraste do Porto, (Javali II e Águia), de 833 milésimos e diversas marcas em uso no séc. XIX. Duas facas sem marcas, ao abrigo do Decreto-Lei 120/2017, de 15 de setembro - art. 2º, nº 2, alínea c). Defeitos. (51) Peso. aprox.: 1799 g.; Dim. aprox. máx.: 22 cm. € 800 / € 1.500

309


310

313 313 311

240

241

310 Salva/tabuleiro de gradinha em prata portuguesa, séc. XX. Formato circular com bordo de gradinha, fundo liso e assente sobre quatro pés de gradinha. Marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso, riscos e pequenas oxidações. Peso aprox.: 974 g.; Diam. aprox.: 31 cm. € 350 / € 500 311 Taça de pingos em prata portuguesa, primeira metade do séc. XIX. Corpo parcialmente gomado, com monograma gravado, assente sobre três pés de bola achatada. Com marca de ensaiador do Porto (P-28.0a) em uso entre 1810 e 1839, e marca de ourives atribuível a António Pereira Soares, da mesma época. Riscos, amolgadelas e defeitos. Peso aprox.: 318 g.; Diam. aprox.: 15 cm. € 120 / € 180 312 Conjunto de bule, açucareiro e leiteira em prata portuguesa, séc. XIX e XIX/XX. Decoração relevada, com ligeiras diferenças, representando motivos florais e frisos

gomados. Assentes sobre pés em forma de garra. Bule com marca de contraste do Porto (Javali II), de 833 milésimos. Açucareiro com marca do Porto (P-25.0 ou variante), usada entre 1810 e 1826, e marca de ourives de difícil leitura (possivelmente P-458.0 ou variante) em uso entre 1786 e 1821. Leiteira com marca do Porto (P.37.0a ou variante) usada entre 1855 e 1861, e marca de ourives de difícil leitura, da mesma época. Amolgadelas, gastos e defeitos. (3) Peso aprox. total: 2015 g.; Alt. aprox. máx.: 20,5 cm. € 750 / € 1.200

313 Grande tabuleiro em prata inglesa, da primeira metade do séc. XX, de Elkington & Co. Bordo de godrões, fundo liso com gravação de brasão inglês ao centro. Com marca de contraste de Birmingham, de 925 milésimos, em uso em 1906. Marcado Elkington & Co. Gastos, sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 4676 g.; Comp. aprox.: 76 cm. € 1.500 / € 3.000


314 Par de castiçais orientais em latão, parcialmente dourado. Fuste em forma de grou assente sobre tartaruga, com copo amovíveis, em forma de flor. Ostentam marca CHRISTOFLE. Restauro, pequenas oxidações. (2) Alt. aprox.: 29,5 cm. € 400 / € 800

314

316

242

243

316 Castiçal em forma de cão de fóo em porcelana chinesa Companhia das Índias. Decoração em tons de cor-de-laranja. Animal representando deitado sobre as patas, com cabeça virada para o lado e dorso com fuste de castiçal. Com base em madeira. Faltas, falhas e defeitos. (2) Comp. aprox.: 15 cm. € 600 / € 800

315 Jue/ jarro chinês em bronze. Decoração gravada e parcialmente relevada de gregas e motivos estilizados. Três pernas decoradas com répteis estilizados e asa decorada com cabeça de animal. Reserva com inscrição. Defeitos, oxidações e gastos. Alt. aprox.: 26 cm. € 1.000 / € 2.000

315

317 Perfumador chinês em metal esmaltado “cloisonné”, com decoração de motivos vegtelistas e reservas com paisagens com grous. Com duas asas laterais em forma de cabeças de animais e tampa parcialmente vazada em forma de morcegos, com botão da tampa em forma de cão de fóo. Pequenos defeitos e oxidações. Comp. aprox.: 13,3 cm. € 400 / € 800 317


318 Cadeira de braços, estilo D. Maria, em madeira entalhada. Costas, apoios dos braços e assento estofados a veludo em tons de verde com pregaria. Decoração com caneluras côncavas e reservas com rosetas de flores na cintura. Falhas, vestígios de caruncho, sinais de uso e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 93 cm. € 50 / € 80

320 Par de camas, estilo D. Maria, em diversas madeiras embutidas. Cabeceiras decoradas ao centro com reserva com composição floral policromada e decoração de filete embutido em madeira contrastante. Pés de formato quadrangular terminando em esfera torneada. Sinais de uso, falhas, faltas e defeitos. (2) Larg. máx. aprox.: 101 cm. € 100 / € 200

320

244

245

319

320

318

319 Tocheiro em madeira entalhada e dourada. Decoração de motivos vegetalistas e friso de perlado. Arandela em folha de metal, decorada com friso de grega e motivos vegetalistas. Falhas, gastos e defeitos. Alt. aprox.: 53 cm. € 50 / € 100

321 Cómoda, estilo D. Maria, em diversas madeiras, com uma gaveta simulando três e duas portas. Decoração geométrica embutida e portas com reservas com decoração floral pintada em tons policromos. Puxadores e escudetes em metal amarelo. Assente sobre quatro pés em forma de pirâmide invertida. Gastos, falhas, riscos, manchas, restauros e defeitos. Dim. aprox.: 85 x 100 x 43 cm. € 80 / € 120

321


325 Grupo escultórico anglo-indiano, oriundo de Lucknow, do séc. XIX, em marfim, representando, provavelmente, cortejo real. A figura central está representada sentada em palanquim, carregado por súbditos e ladeado por guardas reais. Base de formato rectangular, assente sobre quatro pés. Faltas, defeitos e restauro. Comp. aprox.: 22 cm.; Peso aprox.: 240 g. € 500 / € 800

322 Lado A 322 Lado B

246

247

322 Taça de libação em corno de rinoceronte. Decoração entalhada, relevada e parcialmente vazada representando frutos, insecto e motivos vegetalistas. Sinais de uso e pequenos defeitos. Peso aprox.: 558 g; Alt. aprox.: 11 cm. € 1.700 / € 2.400

323

323 Netsuke em forma de carneiro, escultura em marfim, do séc. XIX/XX. O carneiro está representado de pé sobre rochedo. Assinado. Pequenos defeitos. Alt. aprox.: 5 cm. € 150 / € 250

324

324 Taça em corno de rinoceronte. Sinais de uso. Peso aprox.: 115 g.; Diam. aprox: 11 cm. € 600 / € 1.200


327 326

326 Pormenor

326

326

248

249

326 Toalha em linho com decoração bordada de motivos florais estilizados e elementos geométricos. Junto com 12 guardanapos. Manchas e pequenos defeitos. (13) Dim. aprox. toalha: 310 x 186 cm. € 80 / € 160 327 Conjunto de dois leques com varetas em marfim, sendo um com pano em papel pintado. Decoração vazada com motivos vegetalistas e estilizados e decoração relevada com figuras e motivos neoclássicos e papel policromado com cenas galantes com figuras. Defeitos, faltas e falhas. Comp. aprox.: 27 cm. € 50 / € 100

328 Par de mangas de farmácia em vidro em tons de azul. Pequenos defeitos e um com fissura na base (2) Alt. aprox.: 21 cm. € 30 / € 60 328 A Par de mangas de farmácia em vidro em tons de azul. Sinais de uso e pequenos defeitos. (2) Alt. aprox.: 21 cm. € 30 / € 60

328A 328


250

251

330

330 LUZ Alfredo Luz (n. 1951) Óleo sobre tela Assinado Dim. aprox.: 70 x 70 cm. € 1.000 / € 2.000

329 RAÚL INDIPWO Raúl José Aires Corte Peres Cruz (1933-2006) Paisagem com figuras Óleo sobre tela Assinado e datado de 1988 Dim. aprox.: 80,5 x 99,5 cm. Verso com etiqueta “A (emigração)”. € 300 / € 600

331 BALTAZAR TORRES (n.1961) “HOME” Acrílico sobre tela Verso assinado e datado de 2002 Dim. aprox.: 60 x 60 cm. Verso do suporte com detalhes sobre a obra. € 1.000 / € 2.000 331


332

333

252

253

332 Lote composto por 3 alfinetes de gravata em ouro, cravejados com ½ pérolas naturais, ½ pérolas de imitação e moeda de ouro de 1.000 reis, D. João V 1741. Com marcas de contraste do Porto em uso entre 1887-1937 e sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso e pequenos defeitos. Peso aprox. total: 6,4 g. € 150 / € 300 333 Lote composto por 3 alfinetes de gravata em ouro e prata, cravejados com pedras de imitação e 1 diamante em talhe antigo de brilhante com cerca de 0,10 ct. Com marcas de contraste do Porto em uso entre 1887-1937 e sem marcas de contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso e pequenos defeitos. Peso aprox. total: 6,5 g. € 160 / € 250

334 Relógio de pulso de senhora “Arte Deco”, marca Vulcain, caixa em ouro de 800 ml e platina de 500 ml, cravejada com rubis sintéticos e diamantes em talhe de brilhante com o peso total aproximado de 0,40 ct, movimento mecânico. Falta da bracelete. Com contraste do Porto, em uso de 1938 a 1984. Defeitos, oxidações e riscos. Peso bruto aprox.: 27,79 g.; Comp. aprox.: 5,3 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. € 550 / € 800

335 Conjunto composto por fio de malha de barbela em ouro de 800 milésimos; pendente em ouro com vidro oval; par de brincos em ouro de 800 milésimos com 2 ametistas ovais e anel em ouro de 800 milésimos com ametista oval.

337

Com diferentes contrastes, sendo contraste de Lisboa, em uso em 1887 a 1937, contraste do Porto, em uso desde 1985 e sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso e riscos. (5) Peso total aprox.: 20,4 g.; Tam. anel: 9 € 400 / € 800 336 Pulseira em ouro de 800 ml, em malha de elos ocos elípticos em fio de corda. Com constraste do Porto, em uso desde 1985. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 32,9 g.; Comp, aprox.: 23 cm. € 800 / € 1.200 337 “Châtelaine” em metal dourado e pedra duras, com chave e sinete. Decoração vazada de motivos vegetalistas e medalhão alusivo ao Amor. Falta de uma argola. Faltas, defeitos e gastos. Comp. aprox.: 13 cm. € 200 / € 400

334

336

335

335


339 338

342 Relógio de algibeira Charles Le Roy - A Paris, com movimento de fuso com chave e nº8206. Caixa em ouro, guilhochada e esmaltada, com aplicações em prata cravejadas com “strasses”. Mostrador em esmalte branco com numeração romana nas horas e árabe nos minutos. Mecanismo não funciona. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Defeitos e falhas. Peso bruto aprox.: 61,4 g.; Diam. aprox.: 4,3 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. Proveniência: € 800 / € 1.600 343 Pulseira rígida em ouro de 800 ml, “Art Deco”, em forma de cinto com fivela cravejada com rubis sintéticos e 8 diamantes em talhe de brilhante com o peso total aproximado de 0,40 ct. Com contraste de Lisboa, em uso em 1938 a 1984 e marca de ourives de Raúl Ferreira & Mário. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 69,3 g.; Diam. aprox. máx.: 6,8 cm. € 1.800 / € 2.500

254

340

341

338 Pulseira rígida em ouro de 800 milésimos, em forma de cobra, cravejada com rubis sintéticos. Com contraste do Porto, em uso em 1938 a 1984. Sinais de uso e riscos. Peso aprox.: 23,7 g.; Diam. máx. aprox.: 7 cm. € 600 / € 1.000 339 Pulseira rígida em ouro de 800 milésimos, fio oco de secção “rectangular”, cravejado com turquesas. Com contraste de Lisboa 1938 a 1984. Pequenas amolgadelas e riscos. Peso aprox.: 12,3 g.; Diam. máx. aprox.: 6 cm. € 300 / € 600 342

343

344 Pulseira rígida em ouro, em chapa lisa, decorada com motivos geométricos e cravejada com 1/2 pérolas naturais. Com marca de ensaiador do Porto, de finais do séc. XIX. Amolgadelas, riscos e defeitos. Peso aprox.: 22,4 g.; Diam. máx.: 6,4 cm € 580 / € 1.000

255

345 Pulseira rígida em ouro, decoração gravada, com centro esmaltado a negro e cravejado com ½ pérolas naturais e 2 granadas. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Riscos e pequenos defeitos. Peso aprox.: 16,7 g.; Diam. máx. aprox.: 5,6 cm. € 400 / € 800

344

340 Pulseira rígida em ½ cana lisa em ouro de 800 milésimos. Com marcas de contraste do Porto em uso em 1938-84. Defeitos e sinais de uso. Peso aprox.: 6 g. € 150 / € 250 341 Pulseira rígida em ouro de 800 milésimos. Fio redondo oco com decoração gravada com pendente em forma de cruz. Marca de ensaiador do Porto da 2ª metade do séc. XIX. Defeitos. Peso aprox.: 11,1 g. € 280 / € 400

000

000

345


256

257

346 Lustre de 6 lumes em metal, com pingentes em vidro. Decoração com motivos vegetalistas. Gastos, oxidações e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 60 cm. € 200 / € 400

347 Caixa de música em madeira, séc. XIX, com mecanismo de cilindro com 10 melodias. Caixa em diversas madeiras folheadas e maciças com decoração de filetes em metal embutidos. Pegas em metal amarelo relevado. Interior em madeira patinada, com tampo interior em vidro relevando mecanismo. Faltas, fissuras, riscos e defeitos. Dim. aprox.: 40 x 84 x 47 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação dos mecanismos que vende em leilão. € 800 / € 1.600


258

259

348 Cómoda papeleira em diversas madeiras, com três gavetas simulando quatro, sendo a superior tampo de rebater. Fábrica com portinhola central, gavetas e escaninhos. Assente sobre pés recortados. Puxadores em madeira torneada. Falhas, riscos, manchas, sinais de uso e defeitos. Dim. aprox.: 93 x 94 x 47 cm. € 100 / € 200


351

350 Coluna oriental em madeira. Tampo de formato quadrangular, coluna com decoração vazada de motivos geométricos. Pequenas falhas, manchas e defeitos. Dim. aprox.: 99 x 32 x 32 cm. € 400 / € 800

352

351 Espelho de formato circular, com moldura em madeira pintada. Decoração policromada com motivos florais. Pequenas falhas e defeitos. Diam. aprox.: 52 cm. € 20 / € 30

260

352 Pequena mesa de abas, em mogno maciço e folheado, com uma gaveta simulando quatro. Interior da gaveta com divisórias. Assente sobre coluna central torneada terminando em trés pés com montagens em metal e rodízios. Puxadores em metal amarelo em forma de cabeça de leão. Sinais de uso, riscos, restauros, manchas, faltas, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 69 x 38 x 52,5 cm. (fechada) € 150 / € 250

349

349 Nu feminino Escultura em barro parcialmente pintado Assente sobre base em madeira patinada Ostenta assinatura “Jacques Maillet” Alt. aprox. escultura: 86 cm.; Alt. aprox. total: 91 cm. Pequenas falhas e defeitos. € 1.500 / € 2.500

261

350

353 Conjunto de seis cadeiras em madeira. Espaldar vazado com tabela central recortada decorada com embutidos em madeira contrastante com enrolamentos vegetalistas. Assentos em palhinha. Vestígios de caruncho, restauros, falhas e defeitos. (6) Alt. aprox.: 86 cm. € 300 / € 600

353


262

263

354

354 Mesa de casa de jantar em diversas madeiras maciças e folheadas. Decoração de frisos embutidos em madeiras contrastantes. Assente sobre seis pernas em forma de pirâmide invertida, sendo duas de recolher. Com quatro tábuas de aumento, de fabrico posterior, com muitos defeitos e de diferente acabamento. Riscos, manchas, vestígios de caruncho e defeitos. Dim. aprox. fechada: 75,5 x 140,5 x 123,5 cm.; Dim. aprox. aberta: 75,5 x 236 x 123,5 cm. € 800 / € 1.600

355 Harpa de fabrico francês, do séc. XVIII, em madeira pintada e dourada. Decoração entalhada e dourada representando motivos vegetalistas e de chinoiseries a dourado com paisagens com figuras e insectos. Caixa com decoração policromada com paisagens com figuras, troféus e flores. Marcada H. Naderman à Paris. Assente sobre quatro pés. Sem cordas. Vestígios de caruncho, faltas, falhas, restauros e defeitos. Alt. aprox.: 160 cm. € 3.000 / € 4.000

355


356 Litografia representando caricatura de D. Pedro II, Imperador do Brasil, de Raphael Bordallo Pinheiro. Pertencente à obra ÁLBUM DAS GLORIAS, nº 5, com a legenda “Já sei, Já sei” e datada de Maio de 1880. Manchas no suporte, pequenos rasgões e pequenos defeitos. Não emoldurada. Dim. aprox. total: 35,5 x 23 cm. € 50 / € 100 357 Gravura a negro sobre papel, intitulada “Le Redop à la muraille sur la gauche”, segundo original de Johann Elias Ridinger (1695 1767). Verso com etiqueta com informações sobre a obra. Emoldurada. Manchas e pequenos defeitos. Dim. aprox. mancha: 18 x 13,5 cm. € 50 / € 100 358 Sem Lote

264

265

356

359

359 Ilio BURRUNI (1917-2016) “Eze village/Côte D’azur” Óleo sobre tela Assinado e datado de 1962 (frente e verso) Dim. aprox.: 59 x 84 cm. Emoldurado. Defeitos no suporte e na camada pictórica. Craquelé. € 1.000 / € 1.500

360 Autor não identificado Tropas napoleónicas invadindo a Rússia Óleo sobre madeira Assinado. Dim. aprox.: 42 x 49 cm. Emoldurado. Falhas na camada pictórica e vestígios de caruncho. € 500 / € 800

357

360


266

267

361

364

362

363

361 NUNO NUNES-FERREIRA (n.1976) “Project for a new face” Técnica mista sobre duas telas Verso assinado e datado de 2000 Dim. aprox.: 99 x 119 cm. Emoldurado. Pequenas manchas de humidade. € 1.500 / € 2.500

362 CROFT José Pedro Croft (n.1957) Gravura sobre papel Assinada, edição HC n.º 1/4 Dim. aprox.: 50 x 65 cm. € 500 / € 800

363 CROFT José Pedro Croft (n.1957) Gravura sobre papel Assinada, edição HC n.º 1/4 Dim. aprox.: 50 x 65 cm. € 500 / € 800

364 Autor não identificado “Ressurreição” Técnica mista sobre tela Verso assinado e datado de 2003 Dim. aprox.: 150 x 150 cm. € 500 / € 1.000


268

269

365

365 PORTELA JÚNIOR Severo Portela Júnior (1898-1985) “Cabeça de rapariga - apontamento” Óleo sobre madeira Assinado (1958) Dim. aprox.: 20,7 x 18,5 cm. Verso do suporte com indicação de título, data, outras inscrições e o nº. 36. € 2.000 / € 3.000

366 MARTINI VIVALDO (1908-1989) “Pour Míriame et Simon” Óleo sobre tela Assinado e datado de Genéve 1973 (no verso) Dim. aprox.: 82 x 66 cm. Emoldurado. “Craquelé”. € 1.000 / € 1.500

366


270

271

367 Armário em pau-santo, à maneira do séc. XVIII, com duas portas. Cimalha saliente, decorada com friso de motivos vegetalistas estilizados. Montantes torneados em espiral, frente e lados decorados com almofadas salientes. Interior com duas gavetas tendo, o interior das portas espelhado. Assente sobre quatro pés de bola achatada. Sinais de uso, pequenas falhas, faltas e defeitos. (2) Dim. aprox.: 230 x 168 x 69 cm. € 700 / € 1.000

368 Armário em pau-santo, à maneira do séc. XVIII, com duas portas. Cimalha saliente, decorada com friso de motivos vegetalistas estilizados. Montantes torneados em espiral, frente e lados decorados com almofadas salientes. Interior com duas gavetas. Assente sobre quatro pés de bola achatada. Sinais de uso, pequenas falhas, faltas e defeitos. (2) Dim. aprox.: 230 x 168 x 69 cm. € 700 / € 1.000


369

272

273

370

369 Par de apliques de um lume, em metal pintado de preto, em forma de lanterna. Junto com um aplique, do mesmo modelo, em metal dourado. Electrificados. Sinais de uso, gastos e defeitos. (2) Alt. aprox.: 48 cm. € 50 / € 80

370 Cantoneira de dois corpos, em madeira, com quatro portas. Interior com prateleiras, sendo as do corpo superior com balaustrada. Montantes laterais decorados em madeira contrastante simulando caneluras. Assente sobre pés recortados. Falhas e defeitos. Dim. aprox.: 206,5 x 108 cm. € 200 / € 300

371 Par de elementos decorativos, do séc. XVIII, em madeira entalhada, policromada e dourada. Decoração relevada representando motivos vegetalistas e anjos segurando cornucópia de flores e frutos. Faltas, gastos, vestígios de caruncho, restauros, falhas e defeitos. (2) Alt. aprox.: 118 cm. € 3.000 / € 4.000

371


376

372

373

374

375

377

274

275

372 Salva de bordo recortado em metal prateado inglês. Assente sobre quatro pés. Marcada “H. Bros. S./EPNS”. Gastos, riscos e pequenos defeitos. Diam. aprox.: 35 cm. € 30 / € 60

375 Par de taças de pé em prata portuguesa, séc. XX, com bordo de godrões. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Amolgadelas e riscos. (2) Peso aprox.: 660 g.; Diam. aprox.: 19 cm. € 240 / € 300

373 Tabuleiro circular em prata portuguesa, final do séc. XIX. Fundo liso gravado com ramo de flor e monograma. Com marca de contraste do Porto de difícil leitura, em uso no final do séc. XIX, marca de ourives do PORTUENSE (P-516), de Augusto César Trindade Machado, datável de c.1870 a 1886. Pequenos defeitos e riscos. Peso aprox.: 842 g.; Diam. aprox.: 36 cm. € 400 / € 800

376 Salva/tabuleiro de gradinha em prata portuguesa, séc. XX. Formato circular com bordo de gradinha, com fundo liso, assente sobre quatro pés de gradinha. Marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Sinais de uso, riscos e pequenas oxidações. Peso aprox.: 1684 g.; Diam. aprox.: 41,5 cm. € 600 / € 1.000

374 Par de taças de pé em prata portuguesa, séc. XX, com bordo de godrões. Com marca de contraste do Porto (Águia), de 833 milésimos. Amolgadelas e riscos. (2) Peso aprox.: 846 g.; Diam. aprox.: 21 cm. € 300 / € 500

377 Serviço de chá e café em prata portuguesa, início do séc. XIX. Composto por bule, cafeteira, açucareiro, leiteira e tigela de pingos. Corpo liso de secção elíptica, com caneluras côncavas e frisos estriados. Bule e cafeteira com pegas em madeira. Com marcas de ensaiador de Lisboa (L-38.0a e/ou variantes) datável de ca.1810 - ca. 1822, e marcas de ourives “AJM”, António José Mota, da mesma época. Pequenos defeitos, amolgadelas e riscos. (5) Peso aprox. total: 3484 g.; Alt. aprox.: 29,5 cm. € 3.000 / € 6.000


responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. € 550 / € 800

379

378

383 Relógio de pulso senhora marca Tissot, movimento de quartzo (avariado) com caixa em aço e plaquè de ouro. Bracelete em ouro de 800 milésimos, com marca de contraste do Porto em uso em 1938 a 1984. Defeitos. Peso aprox. ouro 25,3 g; Peso bruto aprox.: 31,7 g. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. € 600 / € 1.000

380

276 382

381

202001000007 378 Relógio de algibeira, marca International Watch, caixa em ouro de 750 ml com o Nº387063. Tampa exterior guilhochada e reserva gravada com monograma, movimento mecânico Nº360567. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Amolgadelas, gastos e defeitos. Peso bruto aprox.: 73,4 g.; Diam. aprox.: 4,8 cm O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. € 550 / € 800 379 Relógio de lapela marca Patek Philippe, caixa em ouro de 750 ml Nº206561 verso gravado com monograma, movimento mecânico Nº92686 c. de 1892. Mostrador em esmalte branco com segundos às 6h00. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017,

art. 2, nº 2, alínea c. Amolgadelas, riscos, gastos e defeitos. Peso bruto aprox.: 25,3 g.; Diam. aprox.: 3,1 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. € 1.500 / € 2.500 380 Relógio de algibeira, marca Vacheron & Constantin, modelo Chronometre Royal, com caixa em ouro de 750 ml Nº215691, movimento mecânico Nº351171. Tampa exterior raiada, com reserva lisa elíptica. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso, gastos e riscos. Peso bruto aprox.: 131,8 g.; Diam. aprox.: 5,7 cm. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. € 3.300 / € 5.000

381 Relógio de algibeira, marca Waltham, caixa lisa em ouro de 750 ml Nº344399 e movimento mecânico Nº22048210 cerca de 1918. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Riscos e pequenos defeitos. Peso bruto aprox.: 59,5 g.; Diam. aprox.: 4,5 mm O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. € 500 / € 800 382 Relógio de algibeira, marca Tissot, com caixa lisa em ouro de 585 ml, Nº703402, movimento mecânico Nº560933 calibre 38.2. Mostrador dourado com segundos às 6h00. Sem contraste, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c.Sinais de uso e riscos. Peso bruto aprox.: 48,8 g.; Diam. aprox.: 4,6 cm O Palácio do Correio Velho não se

277

384 Relógio de pulso homem, marca Orator, caixa redonda em ouro de 750 ml Nº104820/1081, movimento mecânico suíço calibre 1080, segundos ao centro com ponteiro vermelho. Bracelete em pele (partida). Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Defeitos e riscos. O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação da máquina dos relógios que vende em leilão. € 200 / € 400 385 Relógio de pulso marca Vacheron & Constantin, modelo Tank calibre 1001, com caixa em ouro de 750 ml e movimento mecânico Nº522749. Com bracelete em pele. Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Riscos, pequenos defeitos e oxidações. Dim aprox.: 32 x 25 mm O Palácio do Correio Velho não se responsabiliza pelo estado de conservação das máquinas que vende em leilão. € 1.600 / € 2.500

383

385 384


386 Lote de 11 peças composto por: 2 turmalinas rosa com o peso total de 9,64 ct, bolsa em malha de prata, 2 pares de botões de punho em prata, anel em ouro e prata com 2 diamantes e 3 safiras; Pendente coração em ouro e prata com pérola; Medalha de prata; Contas de coral; Ágata cornalina oval e colar de pérolas de imitação com fecho em prata e vidros. Com marcas de contraste diversas e sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Defeitos, faltas e sinais de uso. (11) Peso aprox. total 76 g.; Tam. anel: 8 € 40 / € 80

278

388 Lote de 23 peças e fragmentos em ouro nomeadamente medalhas, anéis e pendentes. Com marcas de contraste diversas e sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Defeitos, sinais de uso, faltas e amolgadelas. (23) Peso aprox.: 14,2 g. € 350 / € 500

388

386

387 Lote de 10 peças em ouro e relógio de pulso (incompleto) em ouro e prata, contrastes diversos e sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Faltas, sinais de uso e pequenos defeitos. (11) Peso aprox. total: 20 g. € 300 / € 600

389 387

389 Lote de 14 peças e fragmentos em ouro com pequenos elementos de prata e outros materiais. Com marcas de contraste diversas e sem marcas de contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Defeitos, faltas e amoldagelas. (14) Peso aprox.: 12 g. € 300 / € 500

279


395

390

391

396

392

280

281 397

393 394

390 4000 reis em ouro, Rio de Janeiro, D. Pedro II, quase Bela. Peso aprox.: 8,0 g.; Diam. aprox.: 2,7 cm. € 1.750 / € 3.000 391 1/2 coroa, 5000 reis, D. Luís I,1862, Bela. Peso aprox.: 8,8 g.; Diam. aprox.: 2,3 cm. € 500 / € 800

392 Moeda em ouro de 800 reis “Meio Escudo”, D. João V, 1732. Muitos gastos. Peso aprox.: 1,48 g.; Diam. aprox.: 1,8 cm. € 40 / € 80

393 1/2 coroa em ouro, 5000 reis, D. Luís I, 1869, Bela/MBC. Peso aprox.: 8,7 g.; Diam. aprox.: 2,4 cm. € 450 / € 900

395 1/2 coroa em ouro, 2500 réis, D. Maria II, 1851, MBC. Peso aprox.: 4,4 g.; Diam. aprox.: 1,9 cm. € 270 / € 400

394 Moeda em ouro de 2.000 reis D. Luís I, 1864. Gastos. Peso aprox.: 3,5 g.; Diam. aprox.: 1,9 cm. € 100 / € 200

396 Moeda em ouro, D. Luís I, 10.000 réis, 1884. Gastos Peso aprox.: 17,76 g.; Diam. aprox.: 2,8 cm. € 550 / € 800

398

397 Moeda de 50 pesos mexicanos em ouro, 1945, adaptada a pendente com aro ouro com marca de ourives de Lisboa, Evaristo Alves Lopes (1947-1969). Sem contraste ao abrigo do Decreto-Lei n.º 120/2017, art. 2, nº 2, alínea c. Sinais de uso e riscos. Peso total aprox.: 45,4 g.; Diam. aprox.: 3,8 cm. € 1.300 / € 1.800 398 Duas Libras em ouro Rei George V, 1911. Gastos. Peso aprox.: 15,76 g.; € 500 / € 1.000


282

283 399

401

399 À maneira de Vernet, séc. XX Paisagem com figuras Óleo sobre tela Assinado “F. NUNES” Dim. aprox.: 67,5 x 108 cm. € 150 / € 300

400

400 Paisagem de aldeia com figuras Óleo sobre madeira Assinado (?) Dim. aprox.: 40,5 x 61 cm. “Craquelé”. € 500 / € 1.000

401 Escola europeia do séc. XIX Marinha Óleo sobre cartão Dim. aprox.: 36 x 46 cm. Pequenos restauros e “craquelé”. € 500 / € 1.000


284

285

402 Conjunto de oito cadeiras, D. João V, em pau-santo e outras madeiras, sendo seis do séc. XVIII e duas do séc. XX. Espaldar recortado com tabela central vazada. Cintura curva com saial recortado decorado com concheado e motivos vegetalistas. Pernas curvas de joelho saliente decoradas com motivos vegetalistas, terminando em pés de garra e bola, unidas ao centro por travessa recortada em forma de “X”. Pequenas falhas, restauros, vestígios de caruncho, riscos e sinais de uso. (8) Alt. aprox.: 107 cm. € 8.000 / € 16.000


286

287

403 Cómoda D. João V, em nogueira entalhada e parcialmente dourada, com três gavetões. Falta das fecharias, restauros e pequenos defeitos. Dim. aprox.: 96 x 127 x 65 cm. € 1.500 / € 3.000


288

289

404

404 Lustre de saco de 7 lumes em vidro e cristal, com pingentes e contas. Falhas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 90 cm. € 80 / € 0

405 Lustre de bengalas de 8 lumes em vidro. Braços ondulados e bengalas com decoração espiralada, com bacalhaus e pingentes. Copos em metal amarelo. Faltas, restauros, substituições e pequenos defeitos. Alt. aprox.: 100 cm. € 400 / € 600

405


290

291

406 Escola holandesa ao estilo do séc. XVIII Natureza morta com caça Óleo sobre tela Dim. aprox.: 90 x 140 cm. Pequenos restauros, reentelado e “craquelé”. € 400 / € 800

407 Escola europeia do séc. XIX Vista de porto com barcos, ruínas e figuras Óleo sobre tela Dim. aprox.: 46 x 55 cm. Restauros, reentalado. € 2.000 / € 4.000


292

293

408

408


294

408 VALIOSO CONJUNTO DE DEZ (10) CARTAS DE DUARTE RIBEIRO DE MACEDO DIRIGIDAS AO 3º CONDE DE CASTELO MELHOR, E 6º CONDE DA CALHETA, FAMOSO MINISTRO DEL REI D.. AFONSO VI, D. LUIZ DE VASCONCELOS E SOUSA. que foi Reposteiro - Mór da Casa Real, Escrivão da Puridade, Conselheiro de Estado do referido Soberano e de D.João V, Senhor de Valhelhas, Almendra e Mouta Santa, Alcaide - Mór e Comendador de Pombal. Nasceu em 1635 e morreu em 1720. Iniciou a sua carreira ao serviço da Nação acompanhando seu Pai na Campanha de 1658, onde revelou grande bravura. Acercou - se do jovem soberano D.Afonso VI, ainda tutelado pela regência da Rainha - Mãe D.Luiza de Gusmão e conquistou a sua confiança. Como ficou dito foi nomeado Escrivão da Puridade do Rei, cargo que exerceu com omnipotência absoluta. No meio desta brilhante acção governativa, a fraca personalidade de D. Afonso VI continuava a ser objecto da hostilidade de todos os que desejavam ver cair o valido.Tentou o Conde de Castelo - Melhor contemporizar com as exigências do partido do Infante D. Pedro, conservando o seu lugar e a confiança do monarca. Chegada que foi a Portugal D. Francisca Isabel de Sabóia, esta tomou posição contra Castelo - Melhor, servindo os interesses da França, enquanto o grande ministro só tinha em vista os interesses do seu Rei e do seu país. Castelo - Melhor a seguir à deposição de D.Afonso VI, saiu do Reino e não houve injúria nem acusações que os seus inimigos lhe poupassem. Fixando - se em Londres, aí prestou tais relevantes serviços a D. Catarina, Rainha da Grã - Bretanha, que esta obteve de D.Pedro II, em 1685, que o Conde voltasse ao Reino, indo viver para Pombal e voltando à corte em 1687. No reinado de D. João V foi de novo chamado ao Conselho de Estado, onde se conservou até morrer. Do seu segundo casamento em 1695 com a princesa Pelágia Sinfrânia de Rohan, filha do Principe Francisco de Rohan Soubise e da princesa Ana de Rohan - Chabot, teve vários filhos, dos quais o primogénito; José, sucedeu na Casa. O autor destas importantes e valiosas «Cartas», Duarte Ribeyro de Macedo, foi Cavaleiro da Ordem de Cristo, do Conselho de D.Pedro II, doutor em Direito pela Universidade de Coimbra, desembargador e Conselheiro da Fazenda, e um dos mais cultos diplomatas portugueses do seu tempo, tendo nascido em Lisboa, em Fevereiro de 1618 e falecendo em Alicante em 10 - VII -1680. Depois de tomar o gráu de Mestre na Universidade de Évora, doutorou - se em Direito Cesáreo na Universidade de Coimbra, e seguindo a carreia da magistratura, foi então nomeado Juiz de Fóra em Elvas, passando depois como Corregedor para a Torre de Moncorvo. Quando o Conde de Soure, D.João da Costa, foi nomeado ministro em França, escolheu Ribeiro de Macedo para seu secretário, e cuja acção lhe prestou os mais relevantes serviços. A missão era dificil pois o Cardeal Mazarin queria a todo o custo firmar uma paz vantajosa com a Espanha e negociar o casamento de Luís XIV com uma princesa espanhola. Mazarin acabaria por nos sacrificar, mas o Conde de Soure batia - se pelos nossos direitos. Nos interesses da Espanha estava o tornar a reaver os seus direitos à corôa de Portugal e que se tinham perdido em 1640. Em 1666, seis anos após estas negociações,

Ribeiro de Macedo publicava como que a justificação do seu procedimento e do Conde de Soure na obra: «Juizo Histórico e Juridico sobre a Paz celebrada entre as Corôas de França e Castela no ano de 1660». Tudo leva a crer que Duarte Ribeiro de Macedo tomou, em várias contendas o partido de D. Pedro e da Rainha D.Luíza de Gusmão, não só por ter mandado imprimir em Paris, em 1667, o «Panegírico Histórico - Genealógico da Serenissima Casa de Nemours» mas também porque todos os seus amigos como o Padre António Vieira, D. Rodrigo de Menezes e outros, pertenciam a esse partido e ainda porque mal D.Pedro II tomou conta do poder, o encheu de honras e mercês. Em 1668 foi enviado a França como ministro residente, com a missão, da parte de D.Pedro, de se escusar por Portugal haver feito pazes com a Espanha, sem prévio acordo com a França, sua aliada. Residiu em França nove anos como ministro de Portugal, tendo lutado pelo estreitamento e melhoria da nossa aliança. É depois enviado para Madrid. Quando se começou a tratar do casamento de D. Isabel de Portugal com o Duque de Sabóia, Ribeiro de Macedo foi designado e enviado como Embaixador Extraordinário. Mas, quando em Alicante ia a embarcar para Itália, faleceu subitamente em 1680.Todos os seus escritos foram coleccionados, e acrescentados de alguns inéditos, nas «Obras» do Dr. Duarte Ribeiro de Macedo, Lisboa, 1743, e novamente em 1767, sendo alguns deles considerados dos primeiros escritos políticos de Economia, muito valorizados, por exemplo, por António Sérgio, já em nossos dias. Em 1817, é feita uma nova edição, com novos inéditos. CONTEÚDO DAS CARTAS Carta nº 1 - Madrid, 30 de Novembro de 1678. Refere que não recebeu os papéis de D. Francisco, que Deus têm. Diz que é muito conveniente informar a todos desta conjura. Deseja que os Católicos estejam inocentes. «Mande - me Vª.Senhoria dizer como passa S. Majestade». Diz ainda que não se viram publicados os Capítulos de Paz. Entre outros assuntos, dá também conhecimento que morreu um grande ministro, o Conde de Villa Hermosa, que tinha ido na véspera a enterrar. «Deus guarde a Vossa Senhoria como desejo». E «tudo isto faz armonia para uma paz geral...». Carta nº 2 - Madrid, 13 de Dezembro de 1678. Refere que ainda bem que o Conde está na Corte, caso contrário o Rei ficaria desamparado. Fala de um negócio que é nosso e da sua Religião e que o mundo está todo em confusão e que só a França parece que acerta no que faz. Narra um caso recente, no qual o Duque de Ossuna, cansado de sofrer os galanteios com que o Conde de Humanes lhe inquietava uma dama sua, o mandou esperar por seus homens e lhe bateram com cinco paus, não sem fazer sangue, pois um foi ferido por um pistoleiro que faleceu. O Duque de Ossuna foi mandado para um Castelo junto de Mérida e o dito Conde de Humanes vai para um presídio em África. Diz que a Paz não se ratifica sem que se ajuste à do Imperador do Sacro Império.

Carta nº 3 - Madrid, 26 de Janeiro de 1679. Refere que Dom Francisco de Lima morreu e deixou a Misericórdia por herdeira com 200,00 patacas, mas os legados devem ser mais de 100,00 e também outras heranças. Nomeou - se Mordomo - Mór de S. Majestade a Rainha o Marquês de Astorga, e Camareira a Duquesa de Terra - Nova. Para levar a jóia anteriormente escolhida foi designado como Embaixador o Duque de Pastrana. Refere ainda um assunto anedótico de que em outra posta mandará uma cópia a S, Senhoria. Carta nº 4 - Madrid, 8 de Fevereiro de 1679. Carta difícil de lêr, pois está com a tinta e a letra algo sumidas. A marca de água do papel é formada por uma elipse tendo no campo uma cruz solta sob corôa. Dois leões suportam a elipse, que tem na parte inferior duas circunferências tangentes, vazias no campo. Entre uns e outros assuntos de Estado, nomeadamente movimentações diplomáticas e relativas à guerra, Ribeiro de Macedo confirma que recebeu uma carta datada de Dezembro de 1678 e gostou de saber que Sua Senhoria tem passado bem de saúde, o que devido às grandes tempestades tornam tal notícia preciosa. De referir que o papel de carta com esta marca foi usado de 1651 até 1700. Carta nº 5 - Madrid, 8 de Abril de 1679. Refere que foi muito útil ao serviço de Sua Alteza e da Senhora Rainha, Vª Senhoria, ou seja a presença do Conde de Castelo Melhor nessa corte, «e graças também à Providência Divina». Dá notícia da carta que recebeu do Marquês de Arronches vinda de Poitiers. Refere ainda Duarte Ribeyro de Macedo que também tinha recebido uma certidão de Viena que está enviando ao Conde. Carta nº 6 - Madrid, 19 de Abril de 1679. Ribeyro de Macedo começa por dizer que tinha chegado a notícia que o Duque D.Jozé estava em Bruxelas, notícia essa acreditada por vários Conselheiros de Estado. Assina : «Um criado de Vª Senhoria Duarte Ribeyro de Macedo». Entre outros assuntos, diz que lhe parece que a guerra está para continuar porque caso contrário não se falava em pagamentos até que os Tratados de Paz se desvanecessem de todo.

Carta nº 8 - Madrid, 28 de Junho de 1679. Refere que S. Majestade El - Rei tinha prorrogado o Parlamento para Outubro e que tinha esperança de que fosse para arrefecer a fúria destes homens. O Marquês de Vilares afirma que a Infanta já está casada com o Duque de Sabóia. Dá ainda notícia de que o Rei irá brevemente a Valladolid e que D.João passará depois a Burgos e que comprou uma jóia que custou 20.000 dobrões que será provavelmente um presente para a noiva. Referência ainda a uns problemas com os Breves de Roma e desejo de que o Papa não ceda até se vêr obedecido. Com belo sinete sobre papel. Carta nº 9 - Madrid, 12 de Julho de 1679. Carta na qual refere desgostos particulares de Sua Majestade e diz que se o Inverno não fosse tão rigoroso, ele se oferecia para ir ter com o monarca Diz que nesta Corte há muita ignorância e as pessoas se alegram com os males alheios como se fosse remédio próprio. Refere - se a uma cidade onde o Rei de França está a construir uma fortificação de sete baluartes e dá pormenores desses ditos trabalhos. Dá noticia, mais outra vez, do casamento de Mademoiselle e que ainda não se esclareceu a dúvida com o Embaixador de França, o qual : «como eu já disse a Vª Senhoria quer que D.José lhe dê a mão», e para isso estão fazendo «tantas deligências». Carta nº 10 - Madrid, 7 de Setembro de 1679. Carta com o respectivo endereço: «Monsieur Le Comte de Castelmelhor À Londres» e na qual Duarte Ribeiro de Macedo protesta ao Conde de Castelo - Melhor a crença na inocência deste, desejando - lhe («que triunfe de todas as calúnias») e informa que D.João está com febres terçãs malignas. Assina : Criado de V.Sª «Duarte Ribeyro de Macedo». Marca de água do papel : Escudo com faixa e dois castelos sob cruz a dentro de um circulo com um desenho. Carta com belo sinete coroado sobre papel. € 3.000 / € 6.000

Carta nº 7 - Madrid, 31 de Maio de 1679. Carta com o respectivo endereço: «À Monsieur Le Comte de Castelmelhor À Londres». Duarte Ribeiro de Macedo informa não lhe ter chegado por onde lhe vêm a missiva do Conde Embaixador. Refere que há muitos Ministros Estrangeiros que só acreditam no que ele lhes diz, e...« o nosso temor durará enquanto o Parlamento não acabar de decidir todos os negócios». Referência também ao casamento de Mademoiselle (sic) e que se tinham pedido em dote algumas Praças, e diz o Marquês de Los Balbazes que El - Rei respondera que dotar sua sobrinha tocava a seu irmão e que se ele pudesse dar praças, as desse. Assina: «Criado de Vª Senhoria - Duarte Ribeyro de Macedo». Esta carta tem o sinete de Ribeiro de Macedo sobre lacre. 408

295


409

296

297

410

409 Raro dobrão em ouro, M (Minas Gerais), D. João V, 1726, com carimbo português, escudete coroado aposto no reverso, MBC. Peso aprox.: 52,3 g.; Diam. aprox.: 3,8 cm. € 12.000 / € 20.000

410 Meio dobrão em ouro, M (Minas Gerais), D. João V, 1725, MBC. Peso aprox.: 26,6 g.; Diam. aprox.: 3,2 g. € 3.400 / € 5.000

411 Raro meio dobrão em ouro, M (Minas Gerais),D. João V, 1724. MBC. Peso aprox.: 26,3 g.; Diam. aprox.: 3,2 cm. € 20.000 / € 30.000


413

298

299

415

414

412 Raro dobrão em ouro, M (Minas Gerais), D. João V, 1724, MBC. Peso aprox.: 53,0 g.; Diam. aprox.: 3,7 cm. € 12.500 / € 18.000

412

413 Dobra em ouro, R (Rio de Janeiro), D. João V, 1730, MBC. Peso aprox.: 27,7 g.; Diam. aprox.: 3,7 cm. € 5.500 / € 10.000

414 Dobra em ouro R (Rio de Janeiro), D. João V, 1732, MBC. Peso aprox.: 28,0 g.; Diam. aprox.: 3,7 cm. € 4.900 / € 8.000

415 Dobra em ouro, M (Minas Gerais), D. João V, 1730, Bela. Peso aprox.: 28,4 g.: Diam. aprox.: 3,7 cm. € 3.400 / € 6.000


418

416

300

301

419

420

417

416 Meia peça em ouro, B (Bahia), D. Maria I, 1783, Bela. Peso aprox.: 7,0 g.; Diam. aprox.: 2,5 cm. € 8.600 / € 16.000

417 Quartinho em ouro, 1000 reis, M (Minas Gerais). D. JoãoV, 1725, MBC. Peso aprox.: 2,2 g.; Diam. aprox.: 11,7 cm. € 3.300 / € 6.000

418 Dobra em ouro, R (Rio de Janeiro), D. João V, 1729, Bela. Peso aprox. 28,4 g.; Diam. aprox.: 3,7 cm. € 8.500 / € 12.000

419 Dobra em ouro, M (Minas Gerais), D. João V, 1731, MBC. Pso aprox.: 27,9 g.; Diam. aprox.: 3,7 cm. € 3.100 / € 6.000

420 Dobra em ouro, M (Minas Gerais), D. João V, 1732, MBC. Peso aprox.: 28,3 g.; Diam. aprox.: 3,7 cm. € 3.200 / € 6.400


421

302

303

421 Busto de figura feminina, escultura em alabastro e material sintético. Base com inscrição “Studio Prof. G. Bessi “. Pequenos defeitos e falhas. Alt. aprox.: 36 cm. Esta peça esteve envernizada, tendo sido o verniz parcialmente removido. € 300 / € 500 422 Ernest RANCOULET (1870-1915) “Repousseurde la Renaissance” Escultura em bronze Ostenta assinatura do autor, com inscrição na base “Metrial Edit Paris” Alt. aporx.: 65 cm. € 1.000 / € 2.000 423 Grande pote em grés de vidrado em tons de azul. Verso marcado com letras “MPS”. Defeitos. Alt. aprox.: 75 cm. € 1.000 / € 2.000

423

422


424 Pequeno móvel de apoio, do séc. XIX, fabrico de Goa, em madeira exótica patinada, com duas portas. Encimado por tabela recortada e vazada, profusamente decorada com enrolamentos vegetalistas, frutos, leões estilizados e, ao centro, medalhão com figura feminina coroada. Tampo recortado acompanhando as linhas da cintura, decorado com friso de elementos concêntricos, sendo a cintura decorada com motivos vegetalistas estilizados em relevo. Corpo ondulado, repetindo a mesma decoração da tabela superior, com portas parcialmente vazadas. Interior com uma prateleira. Montantes em forma de coluna com corpo de animal fantástico, terminando em motivos vegetalistas. Assente sobre quatro pés recortados, sendo os frontais em forma de cachorro. Falhas, faltas, restauros e defeitos. Dim. aprox.: 114 x 108 x 35 cm. Segundo informação do cliente, este móvel foi oferta do Sultão Barghash bin Said de Zanzibar, que governou Zanzibar entre 7 de outubro de 1870 e 26 de março de 1888, ao Comandante Joaquim do Ó Ramos, seu avô. € 800 / € 1.600

425 Barco com 4 mastros, escultura em marfim entalhado. Velas decoradas com Cruz de Cristo. Base em madeira e marfim. Pequenas falhas, faltas e defeitos. Dim. aprox.: 62 x 72 x 13 cm.; Peso aprox.: 8.2 kg. € 1.500 / € 2.500

304

305

425

425A

424

425A Caixa de costura Indo-inglesa, do séc. XIX, Ceilão, em madeira forrada a placas de marfim, com uma gaveta. Interior com divisórias, caixas, compartimentos e suporte rotativo. Decoração esgrafitada com reserva com monograma ao centro e frisos de enrolamentos e elementos vegetalistas. Com chave. Restauros, faltas, falhas e defeitos. Dim. aprox.: 13,2 x 44 x 28,5 cm. Este tipo de peças eram, na altura, fabricadas para o mercado inglês. € 800 / € 1.600


426 Apsara, escultura oriental, em marfim policromado. Apsaras são divindades femininas, bailarinas, da religião hindu e budista. A figura está representada de pé, com uma perna dobrada sobre a outra, em posição de dança. Usa longos cabelos apanhados caindo sobre as costas, trajes e jóias de grande riqueza, ditas celestiais, sendo grandes brincos em forma de flor, um comprido colar e pulseiras. Vestígios de policromia sugerindo vestuário profusamente decorado. Muitos gastos, falhas, falta das asas, faltas e defeitos. Alt. aprox.: 21 cm. Em nossa opinião poderá tratar-se de uma escultura do séc. XVIII, mas não o conseguimos confirmar. Apsaras são, na religião hindu e na religião budista, divindades femininas que vêm das águas e das nuvens e cujo significado do nome é “movendo-se nas águas”, são a personificação feminina da

beleza, elegância e requinte, podendose fazer uma analogia a Afrodite, deusa do amor, da beleza e da sexualidade na mitologia grega. As Apsaras são também associadas a ritos de fertilidade. Podem mudar de forma e, geralmente, tornam-se mulheres dos Gandharvas, seres celestiais das mitologias hindu e budista que tocam tão bem múscia quanto as Apsaras dançam. Pertencem ao paraíso do Indra e “escolhem” os grandes guerreiros, sendo que se um deles morrer em batalha, com a arma na mão as Apsaras guiam as suas almas até ao Paraíso. No Atharda-Veda, texto sagrado do hinduísmo, são descritas como seres que podem levar à loucura, havendo para isso encantamentos que se podem usar contra elas, têm controlo sobre os animais da floresta, fazem acertadas premonições e podem fazer pequenos milagres. € 3.000 / € 4.000

306

307

426

426

426


308

309

427 Par de cães de fóo em cerâmica chinesa, séc. XX. Decoração relevada e policromada em tons de verde castanho e amarelo. As figuras encontram-se sentadas, com pata pousada sobre cria e bola mundo, assentes sobre base de formato rectangular. Partido e colado, restauros, falhas, gastos e defeitos. Alt. aprox.: 47 cm; Comp. aprox.: 48 cm. € 400 / € 800


ÍNDICE DE AUTORES AUTHOR’S INDEX

310

Lote 096

ABEL MANTA, (1888-1982) 200 ALFREDO KEIL (1851-1907) 151 ALMADA NEGREIROS (1893-1970) 282 BALTAZAR TORRES (n.1961) 331 BELA SILVA (n.1966) 158 BRANISLAV MIHAJLOVIC (n.1961) 131 BRAUMANN, Dr. Max Braumann (1880-1969) 59 BUAL, Artur Bual (1926-1999) 165 CABRITA REIS, Pedro Cabrita Reis (n.1956) 28 CARLOS CORREIA (1975-2018) 128 CHARBONNIER (1883 - 1951) 241 Christian MAAS (n.1951) 25 COSTA PINHEIRO (1932-2015) 85, 164, 284, 287 CRISTINA ATAÍDE (n. 1951) 24 CROFT, José Pedro Croft (n.1957) 26, 27, 124, 125, 362, 363 DOMINGOS SEQUEIRA (1768-1837) 56 DÓRDIO GOMES (1890-1976) 179 DUARTE VICTÓRIA (n. 1973) 159 DUFFAU (1840-1900) 239 EDUARDO ALARCÃO (1930-2003) 82 EMMÉRICO NUNES (1888-1965) 281, 283 ENRICO BIANCO (1918-2013) 129 Ernest RANCOULET (1870-1915) 422 FERNANDO DIREITO (n.1944) 29 Francesco Guinart Candelisch (1888-1974) 149 FRANCIS SMITH (1881-1961) 135 FRANCISCO MAYA, Francisco José Peile da Costa Maya (1915-1993) 240 FRANCISCO SIMÕES (n.1946) 130 GUANDALINI, Marino Guandalini 198 Ilídio SALTEIRO (n.1953) 126 Ilio BURRUNI (1917-2016) 30, 359 CONTRASTES PORTUGUESES EM VIGOR DESDE 1887 ATÉ AOS DIAS DE HOJE

JOÃO PAULO SERAFIM (n. 1974) 162 JOÃO QUEIROZ (n.1957) 79 JOÃO RIBEIRO (n.1955) 127 José Alcazar Tejedor (1850-1907) 244 José Maria de Almeida (1906-1995) 147 JÚLIO RESENDE (1917-2011) 166, 178 JUSTINO ALVES, João António dos Santos Justino Alves (1940-2015) 81 KAYO LENNAR (n.1923) 163 LUCÍLIA DE BRITO (1918-2007) 55, 199 LUZ, Alfredo Luz (n. 1951) 330 MALHÂO, Daniel Malhão (n. 1971) 160, 161 MARTINI VIVALDO (1908-1989) 366 MICHAEL YOUNG (n. 1966) 31 MOTA URGEIRO (n. 1946) 150 NUNO NUNES-FERREIRA (n.1976) 361 NUNO RAMINHOS (n.1971) 157 ÓSCAR ALVES (n. 1935) 86 PALOLO (1946-2000) 83 PEDRO PROENÇA (n. 1962) 87 PINTO DO COUTO (1888 - 1945) 261 PORTELA JÚNIOR (1898-1985) 365 POUSÃO (1859-1884) 180 RAÚL INDIPWO (1933-2006) 329 RAUL PEREZ (n.1944) 285 RENÉ BERTHOLO (1935-2005) 80 RITA, Mário Rita (n.1958) 288 ROCHA PINTO (n. 1951) 286 SANCHES (n. 1954) 33 SILVA PORTO (1850-1893) 134, 201 SOARES DOS REIS (1847-1889) 57 VELOSO SALGADO (1864-1945) 60 VÍTOR RIBEIRO (n.1957) 32

Marca de contraste (Javali II), em uso de 1887 a 1938, e marca de ourives da mesma época. Marca de contraste (Javali I), 1º título, em uso de 1887 a 1938, e marca de ourives da mesma época. Marca de contraste (Águia 833), em uso de 1938 a 1985, e marca de ourives da mesma época. Marca de contraste (Águia 916), 1º título, em uso de 1938 a 1985, e marca de ourives da mesma época. Com marca de contraste (Águia 835), em uso desde 1985, e marca de ourives da mesma época. Com marca de contraste (Águia 925), 1º título, em uso desde 1985, e marca de ourives da mesma época.

311


ORDEM DE COMPRA / LICITAÇÃO TELEFÓNICA ABSENTEE / TELEPHONE BIDDING SLIP

INFORMAÇÕES GERAIS

DATA I DATE

Rua da Misericórd ia

Rua d

Rua Lu z

do Com

a Ros a

Sorian o

culo

Calçada

bro

Nº CLIENTE I CLIENT NUMBER

CONTRIBUINTE FISCAL I VAT NUMBER

EMAIL

CIDADE I CITY

PAÍS I COUNTRY

ado

r da

Bica

MORADA I ADDRESS Praça s Camõe

Luís de

Largo do Chiado

-

CÓDIGO POSTAL I ZIP CODE

NOME PARA CONTACTO I CONTACT NAME TELEFONES PARA LICITAÇÃO TELEFÓNICA I TELEPHONE NUMBERS DURING THE SALE

Rua Dr. José Espirito Santo, 34E 1950-096 Lisboa tel: +351 210 148 142

312

TÍTULO DE VENDA I SALE TITLE Leilão Antiguidades e Arte Moderna e Contemporânea

Rua d o Loreto

Armazém / Leilões Online

www.pcv.pt

375

NOME PARA FACTURA I INVOICE NAME

Elev

Calçada do Combro, 38 A - 1º 1200-114 Lisboa - Portugal tel: +351 213 242 980 fax: +351 213 426 536 email: mail@pcv.pt

Nº DO LEILÃO I AUCTION NUMBER

Rua do Sé

Sede PALÁCIO DO CORREIO VELHO

RECEBIDO POR I RECEIVED BY

IMPORTANTE : Clientes que nunca tenham comprado no Palácio do Correio Velho deverão anexar cópia de documento de identificação e do cartão de contribuinte IMPORTANT : Bidders who have never previously purchased at Palácio do Correio Velho should attach a copy of their ID document and VAT number

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO Todos os dias úteis das 9h30 às 13h30 e das 14h30 às 18h00

HORA I TIME

RAQUETE Nº I PADDLE NUMBER

Por favor preencha de forma clara e envie-nos este impresso o mais cedo possível, pois, no caso de propostas de igual valor, terá preferência a que for recepcionada em primeiro lugar. As ordens de compra e licitações telefónicas deverão ser recebidas pelo Palácio do Correio Velho até 4 horas antes do início do leilão. Cais do Sodré

MARCAÇÃO DE AVALIAÇÕES

Sempre que pretenda agendar uma avaliação dentro ou fora do Palácio do Correio Velho, deverá contactar-nos, através do telefone +351 213 242 980 ou enviando um e-mail para mail@pcv.pt.

CONDIÇÕES NEGOCIAIS

Este Catálogo é, tão só, um mostruário das peças que vão ser leiloadas nos próximos dias 3 e 4 de Junho de 2020. As Condições Negociais que regulam a actividade da empresa Palácio do Correio Velho – Leilões e Antiguidades, SA e disciplinam as relações contratuais com ela relacionadas, encontram-se no Site da Empresa e deverão ser consultadas por todos os interessados através de www.pcv.pt (Condições e Termos Negociais), para onde se remete.

PREÇÁRIO

O preçário relativo a vários custos e serviços prestados pode ser consultado em : https://www.pcv.pt/files/gallery/precario.pdf

Please complete and return this form as quickly as possible, because in the event of two identical bids being received, the first bid received shall prevail. Bids should be submitted at least 4 hours before the auction. Nº DO LOTE LOT NUMBER

VALOR MÁXIMO € MAXIMUM AMOUNT €

DESCRIÇÃO DO LOTE LOT DESCRIPTION

LICITAÇÃO ESCRITA I WRITTEN BID

Nº DO LOTE LOT NUMBER

VALOR MÁXIMO € MAXIMUM AMOUNT €

DESCRIÇÃO DO LOTE LOT DESCRIPTION

LICITAÇÃO TELEFÓNICA I TELEPHONE BID

PÓS-LEILÃO I AFTER SALE

ORDEM DE COMPRA RECEBIDA POR TELEFONE | ABSENTEE BID RECEIVED BY PHONE

LEVANTAMENTO DOS LOTES ADQUIRIDOS

ORDENS DE COMPRA E LICITAÇÕES TELEFÓNICAS

Os lotes adquiridos deverão ser recolhidos até 8 (oito) dias após a data do leilão, mas nunca antes do pagamento ao Palácio do Correio Velho do montante total em dívida. A entrega de lotes de maior dimensão deverá ser previamente agendada com o serviço de apoio a clientes, contactando para o efeito o Sr. Pedro Gomes, através do telefone + 351 210 148 142. Se não puder estar presente no leilão, não se esqueça de preencher o formulário ordem de compra e licitação telefónica ou acompanhar o Leilão ao vivo através da plataforma Invaluable ( www.invaluable.com ).

Importante: a informação aqui disponibilizada não substitui nem dispensa a leitura das Condições Negociais do Palácio do Correio Velho, também publicadas no nosso web site: www.pcv.pt

Para licitações adicionais, anexe uma nova página I For additional bids, please attach a separate page. Concordo com as Condições Negociais do Palácio do Correio Velho e com as condições para as ordens de compra e licitações telefónicas, publicadas no verso deste impresso, nos catálogos deste leilão e no site da Empresa, em www.pcv.pt . I agree with Palácio do Correio Velho’s terms and conditions of sale and the information set out in the absentee and telephone bidding terms and conditions, published on the back of this form, in the auction catalogues and on the Company website, at www.pcv.pt .

Data I Date

Assinatura I Signature

PALÁCIO DO CORREIO VELHO - LEILÕES E ANTIGUIDADES, S.A. Calçada do Combro, 38 A - 1º . 1200-114 Lisboa, Portugal | tel +351 213 242 980 | fax +351 213 426 536 | email mail@pcv.pt

313


CONDIÇÕES PARA ORDENS DE COMPRA

ABSENTEE AND TELEPHONE BIDDING TERMS

E LICITAÇÕES TELEFÓNICAS

AND CONDITIONS

Por favor envie as suas ofertas o mais cedo possível antes de cada leilão, pois, no caso de propostas de igual valor, terá preferência a que for recepcionada em primeiro lugar. As Ordens de Compra e Licitações Telefónicas deverão ser recebidas pelo Palácio do Correio Velho até 4 horas antes do início do leilão.

Please send your bids as quickly as possible before each auction, because in the event of two identical bids being received, the first bid received shall prevail. Absentee and Telephone Bids should be received by Palácio do Correio Velho at least 4 hours before the start of the auction.

Os clientes licitantes bem sucedidos receberão uma factura detalhada, com as suas compras e instruções de pagamento.

Successful bidders will receive an itemised invoice, specifying their purchases and payment instructions.

Todas as licitações estão sujeitas às Condições Negociais do Palácio do Correio Velho que se encontram impressas no catálogo do leilão, bem como no site www.pcv.pt.

All bids are subject to Palácio do Correio Velho’s Terms and Conditions of Sale, printed in the auction catalogue and available in the site www.pcv.pt.

O Palácio do Correio Velho solicitará aos seus novos clientes o fornecimento de uma prova de identidade, através da entrega de um documento oficial que contenha uma fotografia, tal como o passaporte, cartão de cidadão ou bilhete de identidade.

Palácio do Correio Velho requires proof of identity for new clients, via an official document containing a photo - such as a passport, identity card or driver’s license.

O Palácio do Correio Velho usará a informação prestada pelos seus clientes para a organização dos seus leilões e outros serviços relacionados com a sua actividade e marketing, bem como para gerir e operar o seu negócio, de acordo com a lei. Ao concordar com estas condições, os clientes aceitam o tratamento dos seus dados pessoais pelo Palácio do Correio Velho. A qualquer momento os clientes podem impedir a utilização dos seus dados pessoais para fins comerciais, mediante notificação enviada ao Palácio do Correio Velho.

Palácio do Correio Velho will use the information provided by its clients to organize its auctions and related and marketing services, and manage and operate its business, in accordance with prevailing legislation. Upon agreeing with these terms and conditions, clients agree that Palácio do Correio Velho may process their personal data. Clients may refuse use of their personal data for marketing purposes at any time, by notifying Palácio do Correio Velho.

De acordo com as Condições Negociais do Palácio do Correio Velho, os licitantes bem sucedidos pagarão uma comissão sobre o preço de martelo, como parte do valor total da compra.

In accordance with Palácio do Correio Velho’s Terms and Conditions, a buyer’s premium will be added to the successful bid price and is payable by the Buyer as part of the total purchase price.

Este serviço é gratuito e confidencial.

This service is free and confidential.

314

315

ORDENS DE COMPRA

WRITTEN BIDS

Por favor registe com precisão os números dos lotes, descrições e o valor de martelo máximo que está disposto a pagar por cada lote.

Please record accurately the lot numbers, descriptions and the top hammer price you are willing to pay for each lot.

As Ordens de Compra, quando solicitadas por telefone são aceites por conta e risco do cliente e deverão ser confirmados por carta, fax ou e-mail.

Telephone calls from absentee bidders will be accepted only at the caller’s risk and must be confirmed by letter, fax or e-mail.

As Ordens de Compra serão executadas ao melhor preço, respeitando outros lances ou reservas.

Bids are to be executed for the lowest price as is permitted by other bids or reserves.

LICITAÇÕES TELEFÓNICAS

TELEPHONE BIDS

Por favor indique de forma clara o número de telefone para contacto no momento do leilão, incluindo o código do País. Ligar-lhe-emos momentos antes do lote ser apresentado em leilão.

Please clearly specify the telephone number on which you may be reached at the time of the sale, including the country code. We will call you from the saleroom shortly before your lot is offered.

De acordo com as Condições Negociais do Palácio do Correio Velho, uma ordem de licitação telefónica implica que o comprador aceita, pelo menos, a aquisição do lote pelo valor da estimativa mínima, mesmo em caso de impedimento da ligação telefónica. As licitações por telefone ficarão condicionadas à disponibilidade das linhas telefónicas do Palácio do Correio Velho. O acesso às licitações telefónicas implica o preenchimento, assinatura e entrega do impresso até 4 horas antes do início do leilão. Nem o Palácio do Correio Velho nem nenhum dos seus colaboradores poderá ser responsabilizado por erros ou falhas na execução deste serviço de licitações, quer por deficiência nas ligações telefónicas, quer por dificuldades na recepção da licitação ou na sua transmissão ao pregoeiro.

According to Palácio do Correio Velho Conditions of Sale, a telephone bid order implies that the bidder accepts to purchase the lot for the lower estimate, as his first bid, even if unable to place the telephone call. Telephone bids are limited to the availability of telephone lines at Palácio do Correio Velho. Telephone bidders must complete, sign and deliver the telephone bid form at least 4 hours prior to the auction. Neither Palácio do Correio Velho nor any of its employees can be liable for any error or failure for the fulfilment of the bidding service, either by bad telephone connection or difficulty in transmitting information to the auctioneer.

PALÁCIO DO CORREIO VELHO - LEILÕES E ANTIGUIDADES, S.A. Calçada do Combro, 38 A - 1º . 1200-114 Lisboa, Portugal | tel +351 213 242 980 | fax +351 213 426 536 | email mail@pcv.pt

Lote 175


316

Lote 000