Page 1

30 de julho a 5 de agosto | 2016

Mais detalhes e fotos das matérias no site www.jornaldagente.inf.br

Ano 13 | nº 724 | Distribuição gratuita

Foto Consuelo Fernandez

João Doria apresenta planos para a região durante o À Mesa com Empresários > Páginas 14 e 15

Cinemini Nostalgia exibe “E.T. – O Extra Terrestre” no Sesc Pompeia > Página 28

Abastecimento

Foto Divulgação

Novo Entreposto é apresentado a permissionários da Ceagesp

Prédio incendiado é revitalizado

Foto Tiago Gonçalves

Presidente do Novo Entreposto de São Paulo Sérgio Benassi afirma que próximos passos do projeto dependem da formalização da aderência dos permissionários > Página 5 Após manifestação e incêndio em março de 2014, o prédio do Departamento de Entreposto da Capital da Ceagesp foi revitalizado e entregue em cerimônia na sexta-feira (29). “Houve a perda física de um prédio do Estado, mas felizmente hoje temos a honra de poder entregá-lo totalmente revitalizado”, disse o presidente da Ceagesp, Antonio Carlos do Amaral Filho.

Segurança

Moradores debatem futuro de albergue TOCHA OLÍMPICA PASSA PELA REGIÃO - O primeiro revezamento da tocha olímpica no Memorial da América Latina, no último domingo (24), aconteceu em frente à Mão do Memorial e teve a participação de Márcio Berti – fundador do Instituto Chefs Especiais, gastronomia inclusiva para Pessoas Síndrome de Down

Secretária adjunta de Assistência Social discute com moradores e vereador Eliseu Gabriel o futuro do prédio da Rua Camacam na > Página 3 Vila Anastácio


2

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Bronca da gente MANUTENÇÃO “Mais uma vez recorro a vocês para reclamar de um serviço mal executado pela Subprefeitura da Lapa.Trata-se de manutenção no asfalto da Rua Guaicurus, executado ontem, 25 de julho, ao lado do PoupaTempo, junto ao cruzamento com a Rua Caio Graco, a poucos passos da sede da Subprefeitura, onde a equipe de manutenção colocou uma placa de aço sobre um buraco não tapado, porém a colocação da placa foi feita de modo incorreto e displicente, o que provoca um forte estrondo cada vez que um veículo passa sobre a placa, impedindo o descanso dos moradores das proximidades. Incrível que isso ocorra ao lado do gabinete do subprefeito”, Evaldo Valente Guimarães. RESPOSTA DA SPTRANS

A SPTrans esclarece que os reparos no local seriam feitos pela Sabesp em um prazo de 30 dias. Contudo, para antecipar o conserto do poço de visita em questão, que está sobre a faixa no sistema viário, a equipe de obras da SPtrans irá realizar os reparos necessários na madrugada da sexta-feira (29).

Envie sua bronca ou mesmo elogios para Redação JG – Rua Catão, 1006, CEP 05049-000, Vila Romana ou pelo email: redacao@jornaldagente.inf.br; se preferir vá direto ao site: www.jornaldagente.inf.br, seção Bronca da Gente.

www.jornaldagente.inf.br Redação e publicidade: Rua Marco Aurélio, 780 | Vila Romana CEP 05048-000 | São Paulo

É necesário a implantação de uma política pública eficiente, integrada, que atenda todos os envolvidos, não só o morador de rua

Editorial

Artigo

Por Maria Isabel Coelho

Por José Luiz Batista

Compartilhando espaços A ocupação do espaço público é um problema sério. Tem gente quem não respeita o bem que é de todos e transforma as ruas, praças e calçadas em uma verdadeira propriedade particular. Não é difícil assistir gente que joga aquele “inocente papelzinho de bala” pela janela do carro ou enquanto caminha pela calçada ou praça, transformando a rua em lata de lixo. O uso indevido desses espaços se agrava a cada dia. Na reunião do Fórum Social da Vila Leopoldina dessa semana, moradores da Rua Avelino Chaves reclamaram que a população de rua tomou as calçadas com barracas. Gislei e Antônio Alberto Rodrigues disseram que quem transita pelo local, principalmente as crianças que vão para as atividades das associações Acaia e Nossa Turma, precisam passar pelo meio da rua por causa das barracas no caminho. A supervisora de Assistência Social, Cleide Leonel Amaro Mendes visitou a Avelino Chaves na manhã de sexta-feira e constatou o caos. Cleide pediu aos moradores de rua para tirar as barracas até o início da semana (quando haverá nova operação de zeladoria). É que com a volta às aulas a situação tende a se agravar com o aumentao de crianças que circulam a caminho da escola. O medo é que aconteça algum acidente grave. Fora isso, as reclamações também incluem o uso de drogas a qualquer horário na calçada. Outro caso é da comunidade da Vila Anastácio. Eles reclamam dos moradores de rua que são levados para o albergue emergencial instalado no antigo prédio do Centro de jovens que foi desativado. Por causa da Operação Baixas Temperaturas, a população de rua é recolhida pela central da Secretaria de DesenvolDIRETOR: Ubirajara de Oliveira EDITORA: Maria Isabel Coelho REDAÇÃO E REPORTAGEM: Maria Isabel Coelho e Ana Paula Ferreira FOTOGRAFIA: Tiago Gonçalves SISTEMAS E INTERNET: William Mastrangi DISTRIBUIÇÃO: Pedro de Jesus Secco

vimento e Assistência Social e levados para o albergue temporário. Sem dúvida uma questão de humanidade e preservação da vida. Mas, segundo os relatos, os moradores de rua saem do albergue e acabam pelas rua e Praça Mataúna. Além da ocupação da praça, recém-reformada, a comunidade relata ameaças com faca por parte de usuários do albergue. A Secretária adjunta de Desenvolvimento e Assistência social, Cristina Cordeiro prometeu tomar providências e pedir reforço da Guarda Civil Metropolitana e também apoio da Polícia Militar para aumentar a segurança na região. Tanto na Leopoldina quando na Vila Anastácio, o poder público, no caso a prefeitura, tem um papel importante como mediador de conflitos entre aqueles moram nas casas e condomínios, que nasceram ou escolheram o bairro para viver, e aqueles que por algum motivo foram parar nas ruas do bairro. É necesário a implantação de uma política pública eficiente, integrada, que atenda todos os envolvidos, não só o morador de rua. No Á Mesa com empresários de segunda-feira o empresário e candidato do PSDB á prefeito João Doria falou de sua impressão sobre o problema. “A quantidade de desabrigados que moram nas ruas da Vila Leopoldina, nos canteiros, debaixo de arvores, de marquises, no entorno da Ceagesp e mais a cracolândia que está se instalando, é uma tristeza”. É verdade, é uma tristeza. É preciso afastá-las da oferta de drogas e dar qualificação, esperança, para que eles saiam de vez das ruas e volte para suas famílias. Só assim a comunidade vai de fato compartilhar aquilo que é de todos: o espaço público. PUBLICIDADE: Alice Ferreira, Janaina Gois, Rosana Braccialli, Samuel Barcellos, Sandra G. Holdschip EDITORAÇÃO ELETRÔNICA: Beatriz Oliveira, Kenny Rogers Lima, Ericson Blasquez e Thiago Alan

Nas mãos do permissionário Foi apresentado aos permissionários da Ceagesp o projeto de uma nova central de abastecimento privada, no último dia 26, no auditório da Associação Paulista de Supermercados - APAS. Com o nome de NESP - Novo Entreposto de São Paulo, terá como localização o bairro de Perus, na zona norte de São Paulo. A Ceagesp não será transferida nem privatizada. A decisão de continuar na Vila Leopoldina ou não depende única e exclusivamente do Governo Federal. Qual a posição do Sincaesp quanto a este projeto? O papel do Sindicato é defender um ambiente de negócios saudável para o produtor, o atacadista e o varejista. Queremos que o consumidor receba produtos com qualidade e baixo custo. Não podemos deixar que o consumidor pague caro e o produtor seja mal remunerado. Queremos eficiência no entreposto, por isso defendemos um novo modelo de gestão. Estudos apontam que isso é possível. Queremos também um novo marco regulatório para o abastecimento. Em momento algum o Sincaesp, como entidade, foi consultado ou convidado a participar das reuniões a respeito do novo mercado. Para o Sindicato nada muda. Nós sempre representaremos e defenderemos os interesses dos comerciantes que atuam em centrais de abastecimento de alimentos com relação a tributos, contratos, dissídios, etc. Ficar na Vila Leopoldina, ir para Perus ou ficar nos dois, é o empresário que decide. Não é papel do sindicato influenciar sua decisão. O Sincaesp apoiará a decisão que melhor atenda aos interesses dos comerciantes de FLV (Futas, Legumes e Verduras). José Luiz Batista é presidente do Sincaesp – Sindicato dos Permissionários em Centrais de Abastecimento de Alimentos do Estado de São Paulo

IMPRESSÃO: OESP GRÁFICA. Av. Celestino Bourroul, 100, Limão. Tel: 3856-3536 CIRCULAÇÃO GRATUITA PORTA-A-PORTA: Água Branca, Pompeia, Romana, Ipojuca, Lapa de Baixo, Lapa, Alto da Lapa, City Lapa, Parque da Lapa, Hamburguesa e Leopoldina TIRAGEM COMPROVADA: 30 mil exemplares

CONTATOS • REDAÇÃO Tel: 3874-5526 e 3874-5527 / redacao@jornaldagente.inf.br • PUBLICIDADE vendas@jornaldagente.inf.br | LAPA/LEOPOLDINA Tel: 3874-5545 e 3874-5546 / leopoldina@jornaldagente.inf.br | LAPA/ROMANA Tel: 3874-5539 e 3874-5540 / pompeia@jornaldagente.inf.br | Tel: 3874-5538 / rosana@jornaldagente.inf.br


Subprefeitura Lapa realiza no sábado (30), das 9h às 14h, a Operação Cata-Bagulho nas ruas Tonelero, Camilo, Felix Della Rosa, Aurelia, Marco Aurelio e outras

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

3

Segurança

O futuro do antigo Centro de Convivência para crianças e adolescentes Paulo de Tarso foi tema da reunião entre moradores da Vila Anastácio, o vereador Eliseu Gabriel e a secretária adjunta de Desenvolvimento e Assistência Social, Cristina Cordeiro, na segunda-feira (25). O encontro foi marcado por novas reclamações de moradores por causa do albergue emergencial que hoje ocupa o espaço. Além da secretária adjunta, participaram da reunião a coordenadora da Proteção Social Básica do município de São Paulo, Sandra Vanderci, e a supervisora da Assistência Social da Lapa (SAS – Lapa), Cleide Leonel Amaro Mendes. A moradora da região Patrícia Toth relatou que no domingo (24) sua irmã foi atacada por um homem que saiu do albergue com faca, quando estava a caminho da igreja, às 19h. Outro dia, um rapaz que deveria estar no centro de acolhida foi à igreja, também com

Foto Ana Paula Ferreira

Encontro busca definição para futuro de albergue emergencial

Secretária adjunta Cristina Cordeiro se comprometeu a intensificar segurança na região faca, e ameaçou as pessoas. “Entendo que é uma emergência. Estamos falando de seres humanos. Mas cadê nossa segurança? Eles estão atacando nós que nem tínhamos esse tipo de problema”, questionou. “Eles falam que não estão nem tomando café da manhã. A perua vem, ‘larga’ aqui e vai embora. Depois, de manhã, abre a porta e os coloca pra

fora sem roupa, alimentação e banheiro, porque a praça (Mataúna) virou banheiro público. Aqui virou um descarte de pessoas”, completou a moradora Regina Isabel Guedes Starck. Já Neide de Oliveira fez uma representação no Ministério Público sobre o problema. Diante dos pedidos para que as atividades do albergue fossem encerra-

das, Cristina esclareceu que o serviço de acolhimento vai só até o dia 15 de setembro e se comprometeu a acionar a Polícia Militar e Guarda Civil Metropolitana para intensificar a segurança e reforçar a entrada e a saída dos albergados. Já sobre os moradores não receberem café da manhã, a coordenadora rebateu a fala de Regina: “Não é verdade. Eu lhe convido a ir às 6h lá e a senhora vai ver o café da manhã servido, assim como tem o jantar, cama, cobertor e banheiro”. A proposta para os moradores – após o encerramento das atividades do albergue emergencial – é que o prédio passe a dar espaço a um serviço intergeracional, com atendimento para crianças, jovens, adultos e idosos. “Para implantarmos esse serviço precisamos comprovar a demanda. Então vocês precisam se mobilizar para ter uma resposta até o dia 15 (de setembro) para saber se a proposta pode ser trabalhada”, explicou Cristina. (APF)


4

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

A segunda fase da Eleição para o Conselho Municipal de Transporte e Trânsito de São Paulo será realizada neste sábado (30) e elegerá 10 representantes da sociedade civil

Lapa mundi

Bom para Perus e bom para a Lapa, melhor ainda para São Paulo Por Paulo Frange

O vereador PAULO FRANGE foi o relator da Lei de Zoneamento de São Paulo. Durante 9 meses foram realizadas 48 audiências públicas com cerca de 8 mil participantes e mais de 5 mil contribuições. A oportunidade foi única para fazer justiça e tratar do desenvolvimento de Perus, sempre esquecido e abandonado pelo Poder Público. A criação de empregos neste distrito foi a tônica das reivindicações locais no processo das audiências públicas da Lei e acatadas por Frange. A demarcação de duas áreas como ZOE – Zona de Operações Especiais em Perus foi fundamental para que a NESP S/A assumisse a tarefa de criar a nova Central de Abastecimento. Segundo o vereador PAULO FRANGE, a transferência da CEAGESP representa a retirada de caminhões da cidade de São Paulo, principalmente da região da Lapa. “Esses caminhões não circularão por Perus, pois estão avançadas as tratativas com o Governo do Estado para a abertura com acesso para a Rodovia dos Bandeirantes. Melhor ainda é todo este empreendimento estar antes do Pedágio. Outros gigantes do abastecimento como, a Zona Cerealista de São Paulo também naturalmente serão incorporados nesse projeto”. Frange destaca: “A CEAGESP funcionando com mais espaço e como Centro de Logística, o abastecimento de um estabelecimento em São Paulo, que recebe 4 ou 5 tipos de produtos diferentes transportados por caminhões, receberá uma única carga montada com esses mesmos produtos em uma única carga montada com esses mesmos produtos em uma única viagem, com um único caminhão”.

Candidato 1 O empresário lapeano Armando Inglês postou na sua página do facebook: “Agora é oficial! Saio candidato a vereador e agradeço a confiança depositada em mim pelo partido PDT. Esta será uma campanha verdadeira entre amigos, os quais também agradeço, pois acompanham a nossa trajetória já há algum tempo. Convido a todos para que juntos possamos estar nesta nova etapa de vida, que nossas águas sejam sempre transparentes e que os bons ventos nos levem para os melhores caminhos”. Candidato 2 Outro morador da região que teve a candidatura confirmada na Convenção Municipal do PRTB foi o presidente da Associação Viva Leopoldina, Umberto de Campos Sarti, que se afastou do

Por GREG MATTOS com a colaboração da REDAÇÃO

Conselho Participativo para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal. Candidato 3 Flávia Amorim Maia também teve o nome confirmado na convenção de segunda-feira do PRTB de Levi Fidelix para a disputa de uma vaga de vereadora pelo partido. Candidato 4 O morador da Lapa de Baixo José Trindade Celis é outro confirmado como candidato na convenção do Partido Verde, que teve a presença do senador Álvaro Dias. Dos Verdes, Celis disputa eleição para Câmara na mesma legenda do vereador Gilberto Natalini que busca a reeleição. Vice Morador da City Lapa, fundador da Amocity e presidente afastado do Conseg Leopoldina, Jairo Gli-

Convenção No próximo domingo, dia 3, o presidente estadual do PHS, vereador Laércio Benko, realiza a plenária estadual do partido com seus pré-candidatos a prefeito e a vereador das cidades da Grande São Paulo. Na capital, o vereador Laércio Benko apoia o candidato do PSDB João Doria. O evento acontece na Câmara Municipal de São Paulo (Viaduto Jacareí, 100, Centro, Plenário Primeiro de Maio, 1º andar) com início às 9h. Reeleição O vereador e candidato a reeleição Celso Jatene circulou pela região na última quarta-feira (27) onde se reuniu com moradores da Vila Romana na tapeçaria do seu assessor Adriano Romão.

Luciana Borges tem candidatura oficializada em convenção do PSDC Fotos Samuel Barcellos

www.paulofrange.com.br Consulte as Leis: Lei 13.463/02 de combate à Catarata e o Glaucoma. Lei 14.227/06 – Semana de Prevenção ao Glaucoma Projeto de Lei 385/16 – Semana de Prevenção e Combate ao Edema Macular Diabético

kson foi oficializado como vice na chapa do PRTB do candidato a prefeito de São Paulo Levi Fidelix.

A empresária do ramo imobiliário Luciana Borges teve sua candidatura a vereadora oficializada em convenção do PSDC (Partido Social Democrata Cristão) para as próximas eleições de outubro. Com a presença das principais lideranças do partido, entre elas, o presidente nacional José Maria Eymael e o agora candidato a prefeito João Bico, e a vice Silvia Cristina, professora do Mackenzie, a convenção foi realizada na manhã de domingo passado, dia 24, no Espaço Immensità, em Santana.

Transporte A segunda fase da Eleição para o Conselho Municipal de Transporte e Trânsito de São Paulo será neste sábado, 30, e elegerá 10 representantes da sociedade civil. Podem votar nos conselheiros os cidadãos maiores de 16 anos e residentes em São Paulo. É necessário apresentar CPF ou outro documento com foto. Como previsto no edital de inscrição, metade das vagas estão reservadas para as mulheres. Serão escolhidos pela população os conselheiros que irão representar cada região da cidade. A votação será realizada em 11 subprefeituras. Moradores da região Oeste devem votar na Subprefeitura do Butantã – Rua Ulpiano da Costa Manso,201.


“A cidade de São Paulo precisa dessa mudança e nós de uma estrutura adequada para trabalhar”, presidente do Novo Entreposto de São Paulo (NESP), Sérgio Benassi

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

5

Abastecimento

A discussão sobre a adesão de comerciantes e produtores da Ceagesp ao novo entreposto começa a ganhar força. O novo centro de abastecimento de transporte e logística, em área localizada em Perus, foi apresentado a 250 permissionários da Ceagesp pela presidência e o conselho do Novo Entreposto de São Paulo (NESP), na tarde de terça-feira, 26, na sede da APAS, no Alto da Lapa. O presidente do NESP, Sérgio Benassi explicou que o projeto surgiu há cerca de dois anos. “Somos um grupo da iniciativa privada que se uniu em busca de melhores condições de trabalho: higiene, logística adequada e, sobretudo, segurança de que teremos onde vender nossos produtos” enfatizou Benassi, acrescentando que por não ser dono do ponto comercial (na Ceagesp), os comerciantes ficam à mercê de mudanças de governo ou licitações. Ele falou sobre dados financeiros para a adesão ao projeto. “São condi-

Foto Divulgação

Novo Entreposto busca adesão de permissionários da Ceagesp

Vereador Fange participa de reunião do NESP com permissionários da Ceagesp ções especiais para aqueles que aderirem até 30 de setembro. Nosso metro quadrado de construção custará cerca de R$ 5000,00, o mesmo valor de uma construção simples, como um prédio de apartamentos”, disse o presidente do Nesp, que afirmou: os próximos passos dependem da formalização da aderência dos permissionários ao projeto. “A cidade de São Paulo precisa dessa

mudança e nós de uma estrutura adequada para trabalhar”, afirmou Benassi. Relator da Lei de Zoneamento, o vereador Paulo Frange falou da importância de transferir a Ceagesp a Leopoldina para Perus. “A Lei de Zoneamento deixa as regras claras quanto à legalidade de um empreendimento na região de Perus que possa recepcionar o novo entreposto. Temos ali o Rodoanel, as

rodovias Bandeirantes e Anhanguera, os trens da CPTM, para o transporte de passageiros, e as composições de carga, operadas pela iniciativa privada, que vêm do interior e chegam ao corredor de exportação do Porto de Santos. Adicionalmente, liberaremos a Vila Leopoldina de cerca de 14 mil caminhões/ dia, que representam trânsito e poluição para a cidade”, explicou Frange. O Sindicato dos Permissionários em Centrais de Abastecimento de Alimentos do Estado (Sincaesp) defende um ambiente de negócios saudável para o produtor, o atacadista e o varejista. “Não podemos deixar que o consumidor pagar caro e o produtor ser mal remunerado. Queremos eficiência no entreposto, por isso defendemos um novo modelo de gestão”, explica o presidente do Sincaesp, José Luiz Batista. “Ficar na Vila Leopoldina, ir para Perus ou ficar nos dois, é o empresário que decide. Não é papel do sindicato influenciar sua decisão”, conclui o presidente do Sincaesp, (MIC)


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

“Os nossos atletas merecem essa festa”, Arlete Aquino, moradora da Barra Funda, sobre as Olimpíadas no Brasil

Olimpíadas Foto Tiago Gonçalves

6

Ex-atleta de salto triplo Jadel Gregorio recebeu a chama olímpica no Memorial

Memorial da América Latina teve três revezamentos da tocha O Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 passou pela cidade no domingo (24). São Paulo foi a última capital que recebeu a tocha antes do Rio de Janeiro, cidade-sede dos Jogos Olímpicos Rio 2016. O revezamento começou no Parque da Independência, em frente ao Museu do Ipiranga e seguiu um percurso de 51 km. Foram cerca de 260 condutores de diferentes origens, profissões e histórias – mostrando um retrato da diversidade brasileira. A tocha Olímpica passou por importantes cartões postais da cidade como o Theatro Municipal, o Marco Zero da Praça da Sé, a Avenida Paulista, o Parque do Ibirapuera, o Estádio do Pacaembu, o Mercado Municipal e o Memorial da América Latina. Pela região da Subprefeitura Lapa teve revezamentos na região da Avenida Sumaré com a participação do cartunista, ilustrador e roteirista Laerte, do escritor de romances e peças de teatro Marcelo Rubens Paiva, do educador físico, ex-segurança e ex-pugilista Nilson José Garrido e da apresentadora Sabrina Sato (na Praça Ana Maria Poppovic). Foram três revezamentos no Memorial da América Latina: na Mão, na passarela e outro em frente à Secretaria da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo. O primeiro revezamento teve a participação

de Márcio Berti - fundador do Instituto Chefs Especiais, gastronomia inclusiva para Pessoas Síndrome de Down – na Mão do Memorial e o secretário-adjunto de Esporte e Juventude e recordista sul-americano de salto triplo, Jadel Gregorio recebeu a chama olímpica no último revezamento do complexo do Memorial, em frente à Secretaria da Pessoa com Deficiência, na noite de domingo. “Logo após encerrar minha carreira como atleta, tenho a honra de entrar para a história da primeira Olimpíada disputada no Brasil”, disse Jadel. A moradora da Barra Funda, Arlete Aquino levou a família para acompanhar a passagem da tocha olímpica no Memorial. “Esse é um evento importantíssimo para o Brasil, fiquei extremamente emocionada. Com tudo isso que a gente está passado (crise política e econômica), é normal alguma crítica, mas é um evento lindo que a gente tem que vivenciar. Os nossos atletas merecem essa festa”. Ao deixar o Memorial, a tocha seguiu para o Sambódromo do Anhembi onde aconteceu o acendimento da pira por três craques do passado: Rivellino representando o Corinthians, Ademir da Guia, o Palmeiras, e Zetti, o São Paulo, seguido de show de Ludmilla e Luan Santana. A abertura das Olimpíadas no Rio será no dia 5 de agosto. (MIC)


A RUA DA GENTE Rua Carlos Weber A Rua Carlos Weber, localizada na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo, foi oficializada em 3 de novembro de 1954. Sua extensão tem início na travessa com a Rua Guaipá e termina na travessa com a Rua Teerã. Seu nome é uma homenagem ao barão e compositor alemão Karl Friedrich Ernst Von Weber, nascido na cidade de Eutin em 19 de novembro de 1786. Weber se dedicou primeiro a litografia e pintura. Depois, passou para a música e se tornou o fundador da ópera romântica na Alemanha. O compositor foi aluno de grandes mestres da época, como Valesi e Haydn, e dirigiu as Orquestras de Breslau, Praga e Dresden. Em 1826, foi convidado para ir a Londres para encenar uma de suas obras, mas morreu durante a preparação do trabalho, vítima de tuberculose, em 5 de junho daquele ano. Por volta da década de 1940, a rua ainda se chamava Valdemar Gerson. Naquela época, o local era formado apenas por chácaras, onde também se criava gado. “Onde hoje está o prédio do Sesi passava um córrego que vinha lá do Pelezão. Lá só se passava a pé, por cima de uma madeira. Por lá também passava o gado das chácaras”, relembra Alcides Gregório, morador da região desde que nasceu, em 1934. Nesta época também foi construída a primeira capelinha da região. “Depois de um tempo vieram as instalações do Café Pelé, próximo ao prédio do SESI, e a fábrica de violões Gianinni”, completa Gregório. Há cerca de dez anos houve o “boom” imobiliário, que valorizou a região, com condomínios de alto padrão. Hoje, além dos prédios, uma gama completa de estabelecimentos comerciais se estabeleceram na rua, tais como colégios, lojas, bares, supermercados, restaurantes, cafés, padarias, farmácias, etc. Há quem diga que o bairro se tornará a nova Moema.

A MELHOR

PIZZA DA REGIÃO

MARGUERITA

3832-1971 2936-1260 3832-1260 Rua Carlos Weber, 1129 • Vila Leopoldina www.pizzariadodavid.com.br


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

PSD homologa a candidatura de Andrea Matarazzo como vice de Marta Suplicy e confirma os candidatos a Câmara Municipal neste sábado na quadra da Rosas de Ouro

Comunidades da Zona Oeste cobram reabertura do Hospital Sorocabana O vereador Gilberto Natalini (PV/SP) e lideranças da Lapa e região, vem trabalhando firmemente pela reabertura do Hospital Sorocabana, levando em conta o Decreto nº 61.902, assinado pelo Governador do Estado, em 1º de abril deste ano. De acordo com o decreto, fica permitido o uso, a título gratuito e pelo prazo de 20 (vinte) anos, por parte da Prefeitura de São Paulo, do imóvel onde funcionou o Sorocabana até o seu fechamento em 2010. O vereador Gilberto Natalini em parceria com as comunidades daquela região, desde o início da crise desencadeada com o fechamento do hospital, se posicionou no sentido de manter o atendimento público à população. Sucessivas reuniões foram realizadas com as autoridades estaduais e municipais, tendo como objeto a solução de um problema que afetaria diretamente a população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS). Após a mobilização da população local, da qual o vereador participou ativamente, o Governo do Estado retomou o prédio do hospital e cedeu à Prefeitura em 2012, tendo sido implantados no local dois equi-

pamentos de Saúde, um Assistência Médica Ambulatorial AMA 24 horas e um AMA Especialidades. Em 2014, o AMA 24 horas e o AMA Especialidades foram transformados em um Hospital Dia da Rede Hora Certa. E, em janeiro deste ano foi implantado um Centro Especializado em Reabilitação (CER II). “Estamos questionando a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, sobre a assinatura do Termo de Permissão de Uso, enviado pelo Governo do Estado em 06 de junho, deste ano. A assinatura deste documento permite que a administração municipal possa iniciar as obras de reforma do Hospital Sorocabana”, disse o vereador Gilberto Natalini.

Evento

Luiza Eluf abre a série Café com Política A pré-candidata a CâCidadania de São Paulo, mara Municipal de São de março de 1990 a dePaulo pelo PSD, Luiza zembro de 1993 além de Nagib Eluf, abre na terçaSecretária Nacional dos -feira, 2, a série Café com Direitos da Cidadania do Política Eleições 2016, Ministério da Justiça (de jarealizada pela Página Edineiro a dezembro de 1995) tora e Jornal da Gente com e Subprefeita da Lapa o apoio do Flores na Va(2007 e 2008). Dona de randa, em encontro com um vasto currículo, Luiza lideranças comunitárias Pré-candidata Luiza Eluf Eluf é autora de livros da região. Ex-subprefeita da Lapa e sobre crimes sexuais e passionais. O procuradora de Justiça aposentada, primeiro foi “A paixão no banco dos Luiza Eluf ingressou no Ministério Púréus” (2002), que aborda casos de asblico do Estado de São Paulo em 1983 sassinatos de mulheres que chocaram com trajetória marcada pela luta pelos o Brasil, como os de Ângela Diniz direitos da mulher. Afastou-se da car(1976), Eliane de Grammont (1981), reira para exercer cargos políticos: foi Daniella Perez (1992), Sandra Goassessora da Segurança Pública do mide (2000), entre outros. Estado de São Paulo (1986/1990), do Em 2010, candidatou-se a desecretário Estadual da Justiça de São putada federal pelo Partido Verde Paulo (1990/1991), e dirigente da e, em 2012, concorreu a vereadora Assessoria de Defesa da Cidadania pelo PMDB na Capital, obtendo a da Secretaria Estadual de Justiça e da suplência. (MIC) Foto Tiago Gonçalves

8

Política

Vereador Nabil Bonduki participa do Café com a Redação na sede do JG

Vereador Nabil visita Jornal da Gente Centro odontológico

Pelloso

CRO 8165 Dra. Ana Rita Aterje Pelloso • CRO 80748

A natureza faz... ...nós lapidamos

Por que nos melhores momentos da vida, você está sorrindo! • Tratamentos Clínicos • Próteses • Ortodontia (aparelhos fixos e removíveis) • Dentística (Clareamento a laser) • Implantodontia

Novidade: Lentes de Contato Dental

Venha nos visitar - Rua Albion, 09 • Lapa

3641-7946

O vereador e candidato a reeleição à Câmara Municipal pelo PT, Nabil Bonduki participou do Café com a Redação na sede do Jornal da Gente, na manhã de sexta-feira (29). O vereador falou das mudanças na Lei Eleitoral para captação de recursos e do prazo mais curto de campanha. Mestre e doutor em estruturas ambientais urbanas e livre-docente em planejamento urbano pela USP, ele foi autor do substitutivo do Plano Diretor Estratégico da Cidade. Para ele a discussão sobre a mudança da Ceagesp da Vila Leopoldina é um assunto da Cidade, não só da região.

“É um assunto de abastecimento da Cidade e de levar emprego para periferia (Perus), mas acho que não se deve tirar tudo da Leopoldina. É preciso audiência pública para discutir tudo isso”. Nabil foi secretário municipal de Cultura. Em março reassumiu o mandato de vereador para concorrer à reeleição para o legislativo. Foi no período de sua gestão na secretária que o Tendal da Lapa foi transformado em Casa de Cultura e inserido no Plano Municipal de Cultural para ser transformado em um centro cultural. (MIC)


Leia também a edição digital do jornal no site: www.jornaldagente.inf.br

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

9

informe publicitário

Grupo Medial Service celebra aniversário de 25 anos

O O Grupo Medial Service celebrou 25 anos existência no mês de julho. Marco Roder, fundador da empresa, reuniu a equipe para comemorar a data e homenagear os funcionários que estão na empresa há mais de dez anos. A companhia nasceu em 1991, com foco em manutenção de eletrodomésticos. Três anos depois, com a expansão no mercado, Roder deu início aos seguimentos de climatização, câmara industrial e revitalização de eletroportáteis especializada em logística reversa. Em 2000, então, o empresário iniciou as atividades com a empresa Indrel – empresa especializada no desenvolvimento e fabricação de produtos de refrigeração científica para as áreas médico-hospitalar, laboratorial e de pesquisas científicas, sendo hoje coordenador nacional de assistência técnica. A indrel marcou presença na pessoa do coordenador comercial da área laboratorial Alcides Calderam. Quatorze anos depois, com o rápido crescimento de seus negócios, o empresário decidiu separar as empresas, fundou a G3 – TEC (localizada na Rua Votupoca, 221, na Vila Ipojuca) a fim de absorver os serviços oferecidos pelo grupo no início da companhia e transformou a marca Medial Service na única empresa responsável pela pós-venda e manutenção da Indrel em São Paulo e Grande São Paulo. Hoje, após 25 anos da fundação da empresa, Roder orgulha-se das conquistas do grupo. “Não tem uma palavra correta para expressar. Somos impar. São vinte e cinco anos de trabalho com seriedade e comprometimento que nos remete a uma trajetória de vida profissional e pessoal coberta de gloria”. O empresário ainda enfatiza que todas as conquistas ao longo destes anos são resultado da dedicação conjunta da equipe Medial Service. “ Para mim, uma marca se solidifica através de um trabalho feito em conjunto, como uma engrenagem. Isso é essencial. A Medial Service é uma família. Todos os colaboradores são fundamentais e enriquecem o crescimento alcançado ao longo dos anos”.

Marco roder e sua equipe

irmãos roder

Marco e família

Alcides Calderam e marco roder

Homenagem à Maria Inês Pissaia Roder, mãe de Marco Roder Marco não deixou de ressaltar a importância que sua mãe, Maria Inês Pissaia Roder, teve na trajetória do Grupo Medial Service. Falecida em novembro de 2015, Maria deu grande apoio ao filho desde o início do projeto. “Quando falei para ela que queria montar a empresa, ela me concedeu o prédio (sede do Grupo Medial Service). Após se aposentar integrou-

-se ao grupo coordenando e gerindo a área administrativa até seu ultimo dia de sobrevida”, relembra o empresário. “Foi fundamental o apoio e dedicação para o sucesso ao longo desses 25 anos”. Lembra ainda “Que todos os princípios básicos tais como: honestidade, respeito e reciprocidade para com o próximo me tornou um ser humano mais completo”.

A recíproca é verdadeira. “Me sinto muito feliz pelas oportunidades que tenho aqui dentro, pela liberdade que tenho. É muito bom trabalhar aqui”, afirma Leandro Dantas Silva, funcionário do grupo há 20 anos. Gidenilson Pires entrou na empresa em 2004, com apenas 17 anos. Hoje, aos 31 anos, garante que é um prazer fazer parte da equipe. “Só tenho a agradecer à empresa, ao patrão... O Marco, para mim, é um segundo pai. Ele sempre me ajudou. É aquele patrão que sabe deixar todos bem à vontade”. “Aqui nada mais do é que uma casa para nós”, completa Leandro Lau Soares, funcionário há 16 anos. Ulisses Roder, irmão de Roder e gerente técnico do Grupo Medial Service há 10 anos, também vibra com as conquistas da empresa. “Pra mim é muito importante participar destes 25 anos de empresa. Eu me lembro do Marco idealizando a empresa na época, indo conversar com minha mãe sobre os planos e tendo o aval de toda a família”. Dentre todos os funcionários homenageados destacam - se Cassiano dos Santos, Ulisses Roder, Leandro Dantas Silva, Leonardo Dantas Silva, Luciano Dantas Silva, Isaias dos Santos, Gidenilson Pires, Jeandro Ferreira e Leandro Lau Soares. O evento também foi prestigiado pela esposa de Roder, Clotilde A. P. Roder e seus filhos Bianca P. Roder e Vinícius P. Roder e o sogro Maximino , além dos gestores da empresa G3 – TEC, Rinaldo Piemonte, Cinthia Paulino e Júlio César Roder. “Tudo é construído com uma ação divina baseada em honestidade e respeito com o ser humano. Sem isso, nada aconteceria. O respeito, a honestidade e o apoio religioso. A gente deve agradecer a Deus por mais essa conquista, que é impar”, conclui Roder. MEDIAL SERVICE Praça Sá Pinto, 26 Vila Ipojuca - SP Tel: 3872-3201


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Co nf ira Es

ta s e O ut ra s D el íc ia s!

CO ME NDA TR AB AL HA MO S SO B EN

Rua Guaipá, 1072 A 3831-4369 • 3854-2126 www.goiadoceria.com.br

MASSAS ARTESANAIS

Agora de casa nova!

O Vizinhança Solidária inclui ações como chamar a polícia pelo 190 ao identificar alguém em atitude suspeita, além da criação de grupos para interação pelo Whatsapp

Comunidade

Comunidade

Associação discute projeto de segurança para casas e comércios

Moradores reclamam de barracas que atrapalham pedestres

A presidente da Assampalba (Associação de Amigos e Moradores pela Preservação do Alto da Lapa e Bela Aliança), Luiza Eluf se reúne com moradores de casas e donos de comércio da região da City Lapa e Bela Aliança na terça-feira, 2, para discutir o projeto de Vizinhança Solidária, a partir das 19h30, no auditório do Colégio Santo Ivo. “Temos uma região onde predominam as casas e para manter o bairro vivo é preciso proteger o morador da violência. Precisamos olhar para o todo e não só para o próprio imóvel. Com o apoio do Capitão (Ricardo) Nicotari (comandante da 2ª Cia da PM) queremos envolver todos na prevenção. A ideia é por câmeras nas entradas e saídas do bairro, que serão monitoradas pela PM. Agora, é preciso que os vizinhos se conheçam, assim um será auxiliar do outro e se necessário acionar a polícia”, explica Luiza Eluf.

O coordenador de projetos da Ascom – Associação Comunitária São Matheus, Francis Larry, participou da reunião do Fórum Social de Vila Leopoldina na terça-feira, 27, no salão da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes. A nova organização assumiu, no último dia 20, o Serviço Especializado de Abordagem Social às pessoas em situação de rua que fazem uso das ruas para o consumo abusivo de substâncias psicoativas em cenas de uso (SEAS - Modalidade 4) na região da Leopoldina, no lugar do Instituto Santa Lúcia. A supervisora de Assistência Social da Lapa, Cleide Leonel Amaro informou que a nova organização dará continuidade ao trabalho que era realizado pelo Instituto Santa Lúcia. Cleide explicou que o trabalho que vem sendo feito no trailer (que fica na Rua Manoel Bandeira), junto com a saúde, é de levar atividades para tirar a atenção das pessoas para as drogas. Moradores da Rua Avelino Chaves, Gislei e Antônio Alberto Rodrigues reclamaram que as calçadas foram tomadas por barracas. “As crianças que frequentam a escolas e associações como Nossa turma e Acaia tem que dar a volta pela rua. Moro ali há 60 anos e não posso mais sair nem com meu neto”, reclamou Gislei. Outro problema apontado foi o uso de drogas na rua. “Quem tem que combater o tráfico é a polícia civil. Vocês tem que cobrar o delegado na reunião do Conseg”, orientou Adaucto Durigan. O diretor da Fundação Casa Leopoldina (antiga Febem), Josué Dantas participou da reunião. Ele foi pedir apoio para encaminhamento de jovens que deixam a unidade, após o cumprimento de medidas socioeducativas, para retorno a sociedade. (MIC)

Foto Divulgação

10

Reunião vai abordar tema Vizinhança Solidária Moradora da região da Bela Aliança, Carla Banietti conta que desde que o projeto-piloto Vigilância Solidária foi implantado em 2015, na região da Rua Aquidabã (Bela Aliança), não ocorreram mais assaltos ou furtos no trecho. O projeto inclui várias ações como chamar a polícia pelo 190 ao identificar alguém em atitude suspeita, além da criação de grupos de moradores para interação pelo Whatsapp. A ideia é espalhar o projeto pela região e fechar o bairro com monitoramento por câmeras – como já é feito em algumas vias. O comandante da 2ª Cia da Polícia Militar, Capitão Nicotari, explica que o programa Vizinhança Solidária não depende apenas da câmera. “Tem todo um procedimento a ser seguido pelo cidadão para que tudo funcione corretamente. Inicialmente é um programa para as casas, mas há o interesse e estudo do uso do programa em condomínios”, informa o capitão. A reunião da Assampalba será na Unidade II do Colégio Santo Ivo, na Rua Passo da Pátria, 1705, e terá a participação do capitão Nicotari. (MIC)

Abordagem

Rua Espartaco, 566 • Lapa

TEL: 3812-2175

A supervisora de Assistência Social, Cleide Leonel disse que visitou a Rua Avelino Chaves na manhã de sexta-feira. “É verdade, eles estão tomando toda a calçada”, relata a supervisora, que avisou os ocupantes da calçada que é preciso tirar as barracas até a semana que vem (quando haverá nova operação de zeladoria) porque as pessoas não têm onde passar e com a volta as aulas a situação vai se agravar porque muitas crianças passam pela rua para chegar às escolas.


Leia também a edição digital do jornal no site www.jornaldagente.inf.br

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

11

INFORME PUBLICITÁRIO

Tradicional casa de eventos da Lapa reabre em grande estilo para atender todos os tipos de eventos

Emerson Guimarães, proprietário

New Areópago promove “1º Workshop Areópago Eventos” A New Areópago Eventos promoveu no último domingo (24) o “1º Workshop Areópago Eventos”, com a presença de parceiros da empresa, fornecedores e clientes. Além de demonstrações de produtos e serviços dos parceiros, o evento apresentou aos visitantes a reformulação do salão de festas, que agora conta com novos equipamentos como elevador privativo, dois telões de projeção em HD, sala VIP para os contratantes e ar condicionado climatizado por ambiente. Além dos eventos sociais, como casamentos, festa de

debutantes, aniversários, bodas, desfiles, entre outras comemorações, o espaço também está aberto para eventos corporativos, tais como coffee break, confraternizações, palestras, treinamentos e workshops. A atual infraestrutura da casa tem capacidade para receber de 100 a 400 pessoas, de acordo com o tipo de evento. “Com a reforma, melhoramos a infraestrutura do salão para atender melhor, e contamos com iluminação mais fria, em led, uma cozinha ampla e completa, palco com pista de dança anexa com estrutura para bandas, mesas redondas e quadradas, espaço exclusivo para

gelar bebidas e muito mais”, afirma o empresário e proprietário da casa, Emerson Guimarães. O local também conta com grandes diferenciais como: estacionamento próprio com valet, localização privilegiada e agora com infraestrutura e decoração própria sem necessidades de gastos com ornamentos e arranjos. NEW AREÓPAGO EVENTOS Rua Clélia, 910 Vila Romana 3872-4038 / 3872-4226 99116-8507 / 99635-2810 www.areopago.com.br


Coluna

da luiza

O Colégio Pré-Médico, em parceria com a Bonsai Mizuno, promove sua 1ª Exposição e Feira de Bonsai nos dias 6 e 7 de agosto, das 9h às 17h, na R. Dom João V

Evento

Comunidade

Por Luiza Nagib Eluf

São Paulo, um país Ninguém mora na União nem no Estado, todos moramos nos municípios. Essa célebre frase de André Franco Montoro, muito repetida ao longo das últimas décadas, é absolutamente verdadeira e tem um significado mais profundo do que pode parecer. A importância de ressaltar a prioridade que o gerenciamento dos municípios deveria ter em nossas vidas se evidencia apenas a cada biênio eleitoral, por ocasião da escolha de prefeitos e vereadores. Ao menos nessas ocasiões, as preocupações mudam de foco, forçando uma reflexão sobre o cotidiano. Mais especificamente, nós todos moramos em determinada rua, em imóveis numerados, ou em condomínios e comunidades. São Paulo, por seu gigantismo, nos dá a impressão de ser um “país”, dentro do qual nos aninhamos em nossos “cantinhos” particulares, tentando nos proteger da violência e nos esquecer do resto. O surgimento de grandes condomínios fez com que os paulistanos se afastassem psicologicamente da cidade. Criou-se o sentimento de que não se mora mais no município, como dizia Montoro, mas em um conjunto de habitações superpostas ou ladeadas, que têm nome próprio e infraestrutura de micro- cidades. As grandes favelas, hoje chamadas de comunidades, por sua vez, se multiplicaram e se “autoprotegeram” da interferência do Estado legalmente constituído, a ponto de impedir a entrada da Polícia no local e constituir autoridades administrativas próprias, seguindo regras por vezes contrárias às leis oficialmente vigentes. A multiplicação dos condomínios afastou a população de sua cidade. Distanciou os munícipes de seus conterrâneos, eliminou a solidariedade, acirrando a competição. Hoje, na megalópole, as pessoas moram em seus espaços reservados e não querem se preocupar com as mazelas do entorno. Só quem mora em São Paulo são os que escolheram casas para viver. As antigas e maravilhosas casas, de qualquer tamanho ou idade, nas quais você abre a porta e dá de cara com a rua. Essas pessoas sabem que moram num município e sentem a responsabilidade de zelar por ele. Mas é pouca gente para o tamanho do problema. Hoje, nossa megalópole abandonada grita por socorro e pede aos munícipes que reconheçam sua verdadeira importância. Luiza Nagib Eluf é Advogada e ex-procuradora de justiça do Ministério Público de São Paulo. É autora de sete livros, dentre os quais “A paixão no banco dos réus”, sobre crimes passionais. www.luizaeluf.com.br | facebook.com/luizaeluf

Vereador Police Neto participa da reunião de moradores na Praça Almir Ballestero

Festa comunitária comemora revitalização de praça Sábado foi dia de festa comunitária na Praça Almir Ballestero. Moradores se mobilizaram para arrecadar doações e levar frutas, bolos, salgado e café para compartilhar em comemoração a entrega da obra de revitalização da area verde da Vila Hamburguesa. Enquanto as crianças brincavam os adultos colocavam a conversa em dia. O processo de revitalização durou quase dois. A praça recebeu emenda parlamentar do vereador José Police Neto (PSD) que prestigiou o encontro comunitário. A conselheira participativa Alexandra Swerts apresentou o projeto feito com a comunidade. “Cada um trouxe uma coisa e a ideia é comemorar a etapa de entrega da obra que teve o engajamento dos moradores. A primeira reunião foi em 2 de junho de 2014, teve o abaixo-assinado e cada um colaborou com ideias para o projeto. Ganhamos mais mesas de jogos, bancos. Todo dia vêm as senhorinhas jogar dominó e com as férias as avós trouxeram os netos. O parquinho ainda está sem finalizar, mas a ocupação está plena”, revela Alexandra. “A noite está mais iluminada, tem mais segurança e as pessoas vem fazer lanche aqui”, acrescentou a conselheira e mo-

radora da região. Jesus Portes foi um dos voluntários no evento. “O resultado da mudança é visivel. O importante agora é usar e se sentir dono da praça”, comentou o morador entre um churros e outro feito com a máquina emprestada pela Paróquia Nossa Senhora de Lurdes para a festa na praça. Para o morador há 81 anos na região, Wilson Lourenço, a praça melhorou muito com a reforma. A calçada foi feita pela Subprefeitura e a emenda do vereador garantiu a colocação de equipamentos de ginástica, brinquedos do parquinho, mesas de jogos e grama. “Essa praça teve reforma há 20 anos quando colocaram os primeiros brinquedos que agora foram trocados. Com a reforma a praça está mais descente”, disse Arnaldo Jeronymo que espera que o local não vire banheiro de cachorros como antes. Para Police, o envolvimento da comunidade na recuparação do espaço público foi fundamental. Falta ainda a colocação de grama sintética no parque infantil, uma decisão do movimento que acompanha a revitalização, que será feito em nova etapa. (MIC)

Fundação monta loja em praça para doação de peças Uma campanha da Fundação Alphaville levou solidariedade para a Praça Miguel Dell’Erba, no sábado (23), com The Street Store, em frente ao Terminal de ônibus: uma loja montada a céu aberto com peças arrecadadas pela organização para que pessoas que necessitam tenham oportunidade de escolher como numa loja ou shopping. Cerca de 1500 peças foram expostas para doação e mais de 40 voluntários fizeram o atendimento a quem procurou pela ajuda. A gerente da Fundação Alphaville, Fernanda Toledo explica que a ação The Street Store é mundial. “Começou em 2014 na Cidade do Cabo na África do Sul em uma Ong de lá e a gente tem uma Ong aqui (Fundação Alphaville) que fez essa parceria e trouxe essa mesma forma deles trabalharem pra cá. O conceito é de uma loja de rua para dar a experiência para as pessoas que vão receber a doação, de estar numa loja e poder escolher o que de fato precisam.”. Entre aqueles que se beneficiam da ação estão pessoas em situação de rua, mas também desempregados e quem passa por dificuldades financeiras. A The Street Store é feita uma vez por ano em locais diferentes. As peças chegam à fundação por meio de doações. As pessoas interessadas em contribuir devem entrar em contato por email (fundação@alphaville. org.br) ou pelo site do instituto (site fundaçãolphaville.com). (MIC) Foto Maria Isabel Coelho

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Foto Maria Isabel Coelho

12

ACONTECE Cursos

A União Fraterna reinicia, na próxima quarta-feira (3), o segundo semestre de 2016 das atividades do Projeto Social da Terceira Idade. Estão abertas vagas para os cursos gratuitos de

tai chi chuan, tricô, crochê, vivência teatral, danças em linha, circular, e agora também danças de salão. As inscrições podem ser feitas na Rua Guaicurus, 27, pelo e-mail (adm@uniaofraterna.gov.br) ou pelos telefones 3864-2657 e 3672-0358.

Ação disponibiliza 1500 peças para doação


Leia também a edição digital do jornal no site www.jornaldagente.inf.br

ESPECIAL

30 de julho a 5 de agosto | 2016

www.jornaldagente.inf.br

Tecnologia é o ponto forte em planos de gestão de João Doria

Candidado debate temas relacionados à região como Ceagesp e Sorocabana

> Página 15

> Página 15

13

À MESA COM EMPRESÁRIOS

João Doria apresenta planos de gestão Fotos Consuelo Fernandez

João Doria abriu a série Eleições 2016 do À Mesa com Empresários na última segundafeira (25), no Espaço Armazém, na Vila Leopoldina. O candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSDB surpreendeu ao afirmar que, caso seja eleito, planeja transformar as subprefeituras em prefeituras regionais, com áreas menores de cobertura em cada uma delas > Páginas 14 e 15

Atuamos na preservação dos interesses gerais da indústria e dos nossos associados ASSOCIE-SE E CONHEÇA OS SERVIÇOS DE NOSSA DISTRITAL

Rua Pio XI, 500 - Lapa - CEP 05060-000 - SP Tel. (11) 2894-9606 O Braço Forte da Indústria Paulista

www.ciespoeste.org.br


Encontro À Mesa com Empresários com o candidato João Doria pode ser visto

30 de julho a 5 de agosto | 2016

14

www.jornaldagente.inf.br

acessando o link www.youtube.com/watch?v=hmhCHJLrxTc

Evento

O candidato do PSDB a Prefeitura de São Paulo João Doria abriu a série Eleições 2016 do À Mesa com Empresários na última segunda-feira (25). O encontro é uma iniciativa da Página Editora e Jornal da Gente em parceria com o Buffet Morenos e Espaço Armazém e apoio do Ciesp Oeste, Instituto Anastassiadis, Ciesp Oeste e Portal Tudoeste. Também estiveram presentes no evento Mario Covas Neto, vereador e presidente municipal do PSDB, Carlos Fernandes, presidente municipal do PPS, Eliseu Gabriel, vereador e presidente municipal do PSB, Laércio Benko, vereador e presidente estadual do PHS, Luiz Penna, presidente nacional do Partido Verde, os vereadores Claudino de Souza e Gilberto Natalini, e o deputado Celino Cardoso. Além de fazer fortes críticas à gestão do atual Prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e ao Partido dos Trabalhadores (PT), Doria falou aos empresários e lideranças comunitárias sobre seu projeto

Foto Consuelo Fernandez

João Doria abre série Eleições 2016 do À Mesa com Empresários

João Doria planeja trazer mais tecnologia para a Cidade de São Paulo para a Cidade de São Paulo, entre eles, transformar as subprefeituras em prefeituras regionais, com áreas menores de cobertura em cada uma delas. A grande aposta do candidato, contudo, é na tecnologia. “São Paulo será uma cidade de 5G, digital. Nossa ideia é, em um ano e meio, a cidade inteira estar digital em

seus procedimentos, gestão, na facilidade das pessoas em utilizar o celular para trabalhar, se locomover, para ter acesso à saúde, educação, etc”. Outro ponto levantado foi o programa de redução de velocidade. Doria garantiu que, assim que for eleito, retomará a velocidade das marginais Pi-

nheiros e Tietê. “A razão primordial do programa de redução de velocidade é arrecadatória, tirar dinheiro para cobrir o déficit da prefeitura. Na semana seguinte à minha posse, a velocidade das marginais Tietê e Pinheiros voltará a ser 70km/h na pista local e 90km/h na pista expressa, mantendo controle e sinalização, e estimulando através de programas educativos aquilo que precisa ser feito”. João Doria também abordou assuntos de interesse regional como a mudança da Ceagesp, a reabertura do Hospital Sorocabana, e planos de ciclovias “É assim que vamos fazer nossa gestão. Com muita inovação, muita transparência, alta eficiência e com garra e entusiasmo. O que falta nesse prefeito é garra, vontade de fazer. Eu tenho essa vontade. Eu amo minha cidade, gosto desse povo e vou trabalhar ao lado daqueles que quiserem erguer essa mesma bandeira. É assim que vamos transformar São Paulo em um bom exemplo para todo o Brasil”, concluiu. (APF)

Claudinho no Encontro À Mesa com Empresários

O INSTITUTO CULTURAL ANASTASSIADIS FIRMOU UM CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO EM AÇÕES SOCIAIS, CULTURAIS E EDUCACIONAIS COM A SOCIEDADE BENEFICENTE UNIÃO FRATERNA QUE CONTEMPLA A RESTAURAÇÃO DE SUA SEDE. ACESSE NOSSO SITE. VENHA CONHECER O PROJETO E PARTICIPAR DESTA HISTÓRIA.

O vereador Claudinho de Souza é paulistano do bairro de Vila Santa Maria e está em seu terceiro mandato consecutivo na Câmara Municipal de São Paulo. Claudinho foi reeleito com 37.441 mil votos em 2012. Sua experiência de mais de 20 anos na política lhe deu oportunidade de ser muito atuante no trabalho social para a região noroeste. Além de elaborar importantes projetos para a cidade de São Paulo, Claudinho se tornou ‘zelador’ desta região onde nasceu e vive até hoje.

PROMOVEMOS E APOIAMOS A CULTURA, DEFESA E CONSERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO PÚBLICO E PRIVADO, HISTÓRICO E ARTÍSTICO.

Na Câmara Municipal, Claudinho ocupou o cargo de primeiro-secretário e vice-presidente da Mesa Diretora da Casa Legislativa, foi membro da Comissão Permanente do Idoso e atualmente é membro da Comissão de Educação, Cultura e Esportes.

2182 7452 | www.institutoanastassiadis.org.br

Entre suas atividades parlamentares está a autoria de importantes leis para o município, entre elas: Auto de Licença de Funcionamento Condicionado, Habite-se Eletrônico, Lei do Lacre, Armazenagem

adequada de botijões de gás e criação do Conselho de Representantes dos Conselhos de Escola. O vereador é pré-candidato à reeleição para ocupar uma cadeira na Câmara Municipal de São Paulo e seu objetivo é continuar trabalhando pela região que ele conhece de perto as demandas e que andam abandonadas pela Prefeitura. “Conhecer de perto as necessidades dos comerciantes e moradores dos bairros é fundamental para propor iniciativas e ações que tragam qualidade de vida ao cidadão. São Paulo é enorme e cada candidato deve conhecer de perto o que sua região necessita”, afirma Claudinho. “O encontro promovido pela Página Editora, permite de forma democrática que o candidato demonstre o que ele pensa e deseja para a sua cidade e aos eleitores de fazerem uma avaliação e interagirem direto com o candidato, excelente iniciativa”.


“A Ceagesp deve ir para uma área próxima ao Rodoanel para facilitar a vida de todos”, candidado à Prefeitura de São Paulo pelo PSDB, joão Doria

30 de julho a 5 de agosto | 2016

www.jornaldagente.inf.br

15

EVENTO

O candidato João Doria falou sobre seu projeto para a Cidade de São Paulo durante o Á Mesa com Empresários. “Vamos fortalecer as prefeituras regionais que deixarão de ser subprefeituras, valorizar o papel da mulher, dos jovens, e colocar muita tecnologia e inovação, transformar São Paulo”, disse o candidato. “Doria também abordou temas de interesse regional. Ceagesp -“A Ceagesp deve ir para uma área próxima ao Rodoanel para facilitar a vida de todos, do entreposto, da logística, dos que trabalham e da comunidade que está no entorno. E no lugar da Ceagesp colocar um grande centro de tecnologia e inovação para a Cidade no ensino de crianças, jovens e adultos”. Ciclovias - “Não sou contra as ciclovias, sou contra a implantação como foi feita (na atual gestão), de forma apressada e cara. Vamos reestudar o

Foto Maria Isabel Coelho

Candidato fala de projetos em encontro com lideranças da região

Hospital Sorocabana estava entre pontos da região citados pelo candidado tema e apoiar a permanência da ciclovia exceto nos locais onde não tiver nenhuma necessidade e representar mais uma interferência que uma facilidade seja na mobilidade ou lazer. A manutenção das ciclovias será colocada para o setor privado que vai

melhorar muito as condições de preservação”. Sorocabana - “Vamos retomar o processo do Hospital Sorocabana junto com o governo federal e estadual para reabertura do hospital e fazer dele uma referência na Cidade de São

Paulo. Não se pode deixar um hospital que existe abandonado, deteriorado, com os gravíssimos problemas de saúde que temos na Capital”. Habitação popular - “Nós temos um déficit habitacional enorme de na Cidade. São 177 mil famílias que esperam por uma habitação. Com o apoio do setor privado, a partir de operações que permitem o setor civil construir em áreas nobres com um gabarito maior, vamos utilizar essa diferença de gabarito para cobrar do setor privado a implantação de projetos liderados pela prefeitura”. Creches - “Nós temos mais de 160 mil crianças fora da creche. Não vamos construir creches porque não há dinheiro nem tempo para isso. Vamos utilizar próprios públicos municipais e estaduais e junto com as OSs, organizações sociais, permitir que esses espaços sejam adaptados e adequados para atender as crianças de zero a 3 anos”.

Adriana Ramalho prestigiou o evento

Soninha Francine presente no À Mesa

A pré-candidata a vereadora Adriana Ramalho (PSDB) também prestigiou o evento, e elogiou a iniciativa do almoço. “É fundamental porque população do bairro é sempre a mais indicada para indicar as prioridades da região, é preciso saber ouvir se quisermos representar de fato os desejos e necessidades das pessoas”, disse. Perto de disputar uma eleição pela primeira vez, Adriana Ramalho recebeu o apoio da deputada federal Mara Gabrilli (PSDB)

Costumo dizer que ser subprefeita ou subprefeito deveria ser condição indispensável para quem pretende disputar a prefeitura Não existe maneira melhor (ou pior!) de conhecer os problemas todos da cidade e a estupidez da máquina pública. Mas a possibilidade de ouvir moradores, comerciantes, usuários dos serviços públicos, funcionários e as pessoas que circulam pela região também é inigualável. Haddad, mesmo no final de sua gestão, ainda não conhece a cidade e a administração pública - e relegou as subprefeituras à penúria ainda maior do que no tempo em que eu estive na Lapa.

para continuar seu trabalho na Lapa. Sobre o bairro, ela dispara: “Me preocupa que a Lapa seja hoje uma subprefeitura com zero leitos hospitalares do SUS, precisamos que a prefeitura assuma de fato suas responsabilidades com o Hospital Sorocabana. Além disso, não dá para aceitar que os mesmos pontos sofram com alagamentos sempre que chove. Precisamos de soluções definitivas”, concluiu.

O orçamento é ridículo! Não dá pra nada! Isso torna os conselhos participativos sem propósito, porque suas cobranças e demandas são impossíveis. Durante o já tradicional À Mesa com Empresários da região da Lapa promovido pelo Jornal da Gente, João Dória demonstra conhecimento e preocupação com a necessidade de descentralizar a cidade de verdade, dotando as subprefeituras, que vai tratar como, segundo ele, prefeituras regionais, com autonomia e recursos para realmente serem braços do governo e não meros balcões de reclamação, totalmente dependentes do poder central.


16

30 de julho a 5 de agosto | 2016

Aqui você fica sabendo de tudo o que acontece no bairro

www.jornaldagente.inf.br

Gente da gente Comunidade prestigia À Mesa com João Doria 1. Vereador Eliseu Gabriel com João Doria e associados do CIESP Oeste.

1

2. João Doria ao lado dos vereadores Claudinho de Souza, Gilberto Natalini, Laércio Benko e o presidente do PPS, Carlos Fernandes.

2

3. Adriana Ramalho com João Doria e Ubirajara de Oliveira. 4. Eudoxios Anastassiadis com Luiza Eluf e convidados. 5. Silvio Silva, do CIESP Oeste, com associados, Sebrae e Senai Leopoldina.

3

4 6

6. Representantes da ACSP Oeste, Areópago, Albert Sabin, Colégio Heitor Garcia, Lapacor e Aldora prestigiaram o evento. 7. Carlos Fernandes e Soninha Francine com o deputado Celino Cardoso e a filha Aline Cardoso. 8. Frigorífico B.B., Centro Universitário São Camilo - Pompeia, Colégio Madre Paula Montalt, Carlos Alberto Ramos, Companhia das Folhas e Jornal da Gente. 9. Associados do RCSP – Lapa, Alto da Lapa, Jornal da Gente e Paulo Ricardo Dourado.

5 7

8

9


Leia também a edição digital no site www.jornaldagente.inf.br

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Faça a escolha certa

Venha para o Sacolão! • Frutas • Açougue • Vinhos • Pães • Legumes • Mercearia • Frios • Verduras • Azeites • Queijos • Produtos Importados... E muito mais

Especiarias e Frutas Secas

Frutas Verduras

Rua Caio Gracco, 322 • Lapa Vila Romana ✆ 3872-6466 Entre na loja pelas ruas Caio Graco ou Coriolano.

Horário de Atendimento: Segunda a sábado: das 7h às 21h. Domingos e feriados: das 8h às 15h.

322

17


18

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Leia também a edição digital no site www.jornaldagente.inf.br

INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL C.N.P.J. 62.715.529/0001-49 • Rua moacir trancoso, 48 Água Branca - São Paulo SP - CEP 05037-120 Demonstrações dos fluxos de caixa - Método indireto Exercícios findos em 31 de dezembro de 2015 e 2014 (Em Reais)

Balanços patrimoniais em 31 de dezembro de 2015 e 2014 (Em Reais) Ativo Nota 2015 2014 Passivo Nota 2015 2014 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 4 894.454,25 870.402,94 Contas e títulos a pagar 8 111.597,03 174.403,96 Convênios públicos a receber 5 5.395,38 282.626,26 Obrigações trabalhistas e encargos 9 485.994,94 464.254,44 Adiantamentos 6 91.750,99 129.779,30 Receita antecipadas 10 61.305,64 - Despesas antecipadas 11.880,04 6.470,19 Recursos de lei de incentivo fiscal 11 65.169,98 356.643,00 Outros ativos circulantes 15.536,15 12.599,76 Outros passivos circulantes 8.929,39 30.347,49 1.019.016,81 1.301.878,45 732.996,98 1.025.648,89

2015

Fluxo de caixa das atividades operacionais Superávit (déficit) do exercício Ajustes por: Depreciação

2014

15.018,61 191.380,30 35.507,20

34.897,77

Resultado líquido ajustado 50.525,81 226.278,07 (Aumento) redução nos ativos Não Circulante Não Circulante Em convênios públicos a receber 277.230,88 (218.828,68) Realizável a longo prazo Provisão para contingências 12 - 28.000,00 Em adiantamentos 38.028,31 13.287,68 Depósitos para recursos judiciais 14.074,97 7.408,11 Em despesas antecipadas (5.409,85) 821,23 Imobilizado 7 624.586,46 445.380,81 Em outros ativos circulantes (2.936,39) 2.429,14 638.661,43 452.788,92 Patrimônio Líquido 14 Em depósitos para recursos judiciais (6.666,86) (7.408,11) Patrimônio social 701.018,48 509.638,18 Aumento (redução) nos passivos Ajuste de avaliação patrimonial 208.644,17 Superávit (déficit) do exercício 15.018,61 191.380,30 (62.806,93) (21.963,43) Em contas e títulos a pagar Em obrigações trabalhistas e encargos 21.740,50 43.347,62 924.681,26 701.018,48 Em receitas antecipadas 61.305,64 Total do ativo 1.657.678,24 1.754.667,37 Total do passivo e 1.657.678,24 1.754.667,37 Em recursos de lei de incentivo fiscal (291.473,02) 356.643,00 patrimônio líquido Em outros passivos circulantes (21.418,10) (681,80) Em provisão para contingências (28.000,00) As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras (20.405,82) 167.646,65 Juliana Iazzetti Venturini / Contadora - CRC 1SP 245105/O-9 Lédio Milanez Caixa líquido proveniente das atividades operacionais 30.119,19 393.924,72 Diretor - Presidente Monello Contadores C.P.F. 344.761.729-20 CRC 2SP 014827/O-0 Fluxo de caixa das atividades de investimentos Demonstrações de resultados dos períodos findos em 31 de dezembro de 2015 e 2014 (Em Reais) (6.068,68) (166.911,72) Aquisição de imobilizado Nota 2015 2014 Caixa líquido usado nas atividades de investimentos (6.068,68) (166.911,72) Receitas das atividades de Assistência Social Convênios e parcerias beneficentes e assistenciais 16 3.356.262,53 2.872.584,26 Variação do caixa e equivalentes de caixa 24.051,31 227.013,00 Despesas das atividades de Assistência Social Demonstração do aumento (redução) do caixa e equivalentes de caixa Despesas com pessoal 17 (1.875.825,46) (1.729.129,97) No fim do exercício 894.454,25 870.402,94 Despesas administrativas e gerais 18 (2.237.603,96) ((1.722.518,12) No início do exercício 870.402,94 643.389,94 Despesas financeiras e bancárias (16.599,80) (10.626,45) Despesas fiscais, tributárias e previdenciárias (7.895,13) (9.201,20) Variação do caixa e equivalentes de caixa 24.051,31 227.013,00 (4.137.924,35) (3.471.475,74) As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras. Déficit das Atividades de Assistência Social (781.661,82) (598.891,48) Receitas das atividades de Educação Convênios e parcerias públicas 16 1.559.682,37 1.558.383,45

Lédio Milanez Diretor - Presidente C.P.F. 344.761.729-20

Juliana Iazzetti Venturini / Contadora - CRC 1SP 245105/O-9 Monello Contadores CRC 2SP 014827/O-0

Notas explicativas às demonstrações contábeis

Despesas das atividades de Educação Exercícios findos em 31 de dezembro de 2015 e 2014 (Em Reais) Despesas com pessoal 17 (1.234.933,67) (1.167.160,60) Despesas administrativas e gerais 18 (473.987,17) (465.384,09) 1 - Objetivos sociais Despesas financeiras e bancárias (1.781,48) (2.498,19) Instituto Rogacionista Santo Aníbal, C.N.P.J. 62.715.529/0001-49, fundado em 02 de agosto de 1969, é uma associação civil de direito privado, de natureza Despesas fiscais, tributárias e previdenciárias (624,68) (1.690,18) confessional, de caráter assistencial e educacional, com atividade preponderante na área de Assistência Social, sem fins econômicos e lucrativos, que se (1.711.327,00) (1.636.733,06) rege pelo seu Estatuto Social e pela legislação aplicável. Déficit das atividades de Educação Outras receitas (institucionais e de captação) Doações 19 Receitas obtidas com serviços voluntários 20 Receitas com aluguéis Receitas de eventos e campanhas sociais Recuperação de despesas Receitas financeiras Superávit (déficit) do exercício

(151.644,63)

(78.349,61)

403.363,13 182.131,20 154.143,38 129.378,97 44.939,74 34.368,64 868.621,39

504.088,98 167.118,48 143.176,32 9.620,00 19.785,93 24.831,68 868.621,39

15.018,61

191.380,30

As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras Lédio Milanez Diretor - Presidente C.P.F. 344.761.729-20

Juliana Iazzetti Venturini / Contadora - CRC 1SP 245105/O-9 Monello Contadores CRC 2SP 014827/O-0

Demonstrações das mutações do patrimônio líquido Exercícios findos em 31 de dezembro de 2015 e 2014 (Em Reais) Patrimônio AJUSTE AVALIAÇÃO Superávit (déficit) Total social PATRIMONIAL do exercício DO PL Saldo em 31/12/2013 765.895,07 Incorporação à conta patrimônio social (256.256,89) Superávit do exercício Saldo em 31/12/2014 Incorporação à conta patrimônio social Ajuste de avaliação patrimonial Superávit do exercício SALDO EM 31/12/2015 Lédio Milanez Diretor - Presidente C.P.F. 344.761.729-20

- - -

(256.256,89) 509.638,18 256.256,89 191.380,30 191.380,30

509.638,18 - 191.380,30 - - 208.644,17 - 701.018,48 208.644,17

191.380,30 701.018,48 (191.380,30) - 208.644,17 15.018,61 15.018,61 15.018,61 924.681,26

Juliana Iazzetti Venturini / Contadora - CRC 1SP 245105/O-9 Monello Contadores CRC 2SP 014827/O-0

O Instituto tem a Assistência Social como a sua atividade preponderante; e tem como objetivo institucional desenvolver ações de garantia e defesa de direitos da criança e do adolescente, atender e assessorar as famílias e indivíduos que e encontram em situação de vulnerabilidade e/ou risco pessoal e/ou social, além de operar na concessão de benefícios. O Instituto atua em sintonia com as normas que regem a Política Nacional de Assistência Social e em observância à Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). Para atendimento de seus objetivos institucionais, o Instituto Rogacionista envida esforços, dentro de suas possibilidades e especialidades, para: I. Promover, oferecer e desenvolver a Assistência Social através de atividades para o exercício da cidadania por meio da garantia e defesa dos direitos e formação da criança, adolescente, jovens e adultos; II. Oferecer e desenvolver a Educação Infantil em atividade de escola e/ou creche para crianças em situação de risco e/ou vulnerabilidade social; III. Oferecer e desenvolver Ensino Técnico Profissional e Profissionalizante como instrumento de convivência e fortalecimento de vínculos familiares e sociais, visando a inclusão no mercado de trabalho; IV. Promover e desenvolver a Proteção Social através de atividades da assistência social, da educação, de atividades esportivas, da cultura, da religião e de comunicação social, inclusive com cursos, encontros, palestras, congressos, seminários, simpósios, conferencias e meios de comunicações sociais; V. Oferecer e desenvolver a Proteção Social, Básica e Especial, por meio de ações para as famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e/ou risco pessoal e/ou social; VI. Oferecer e desenvolver atividades de Atendimentos de forma continuada, permanente e planejada, através de serviços, execução de programas e projetos e mediação à concessão de benefícios de proteção básica e especial, para as famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e/ou risco pessoal e/ ou social; VII. Realizar atividades de Assessoramento de forma continuada, permanente e planejada, por meio da prestação de serviços, execução de programas ou projetos voltados prioritariamente para o fortalecimento dos movimentos sociais e das organizações dos usuários, formação e capacitação de lideranças, dirigidos preferencialmente ao público de assistência social; VIII. Promover atividades contínuas, permanentes e planejadas de Garantia e Defesa de Direitos, através da prestação de serviços e execução de programas ou projetos voltados prioritariamente para a defesa e efetivação dos direitos socioassistenciais, construção de novos direitos, promoção da cidadania, enfrentamento das desigualdades sociais, articulação de órgãos públicos de defesa de direitos, dirigidos ao público da Assistência Social; IX. Possibilitar atividades de Amparo e Assistência às Famílias e aos Indivíduos em situação de vulnerabilidade e/ou risco pessoal e/ou social por meio da assistência social, da educação, do esporte e lazer, da cultura e de outras políticas públicas sociais. O Instituto presta serviços gratuitos permanentes, continuados e planejados de forma universal e sem qualquer discriminação de usuários. Toda ação administrativa do Instituto Rogacionista na consecução de seus objetivos institucionais, se caracteriza como promoção assistencial, educacional, beneficente e de inclusão social ao atendimento de suas finalidades, inclusive seus investimentos patrimoniais, despesas, receitas, ingressos, desembolsos e suas gratuidades. O Instituto foi reconhecido como entidade de Utilidade Pública Municipal, nos termos do Decreto nº 11.182 de 30 de julho de 1974. Foi registrado no Conselho Nacional de Assistência Social (extinto CNAS) pelo processo nº 255.153/1976-50, deferido em sessão realizada em 16 de novembro de 1977, recadastrada pela Resolução CNAS nº 135, de 05 de agosto de 1996, publicada no Diário Oficial da União de 14 de agosto de 1996. Também está inscrito no Conselho Municipal de Assistência Social do Município de São Paulo, conforme Certificado de Inscrição nº 319/2012.


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Leia também a edição digital no site www.jornaldagente.inf.br 2 - Base de preparação

5 - Convênios públicos a receber

a. Declaração de conformidade As demonstrações contábeis foram elaboradas de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade, consubstanciadas nos pronunciamentos técnicos do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) e nas disposições aplicáveis às instituições sem fins lucrativos, ITG 2002 – Entidade Sem finalidade de Lucros e posteriores alterações e NBC TG 1000– Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas, expedidas pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), que visam orientar o atendimento às exigências legais sobre procedimentos contábeis a serem cumpridos pelas pessoas jurídicas de direito privado sem finalidade de lucros.

2015 2014

b. Base de mensuração As demonstrações contábeis foram preparadas com base no custo histórico. c. Moeda funcional e moeda de apresentação As demonstrações contábeis estão sendo apresentadas em reais. d. Uso de estimativas e julgamentos A preparação das demonstrações contábeis de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade exige que a Administração faça julgamentos, estimativas e premissas que afetam a aplicação de políticas contábeis e os valores reportados de ativos, passivos, receitas e despesas. Os resultados reais podem divergir dessas estimativas. Estimativas e premissas são revistas de uma maneira contínua. Revisões com relação a estimativas contábeis são reconhecidas no período em que as estimativas são revisadas e em quaisquer períodos futuros afetados.

3 - Principais políticas contábeis As políticas contábeis descritas em detalhes abaixo têm sido aplicadas de maneira consistente a todos os períodos apresentados nessas demonstrações contábeis. a. Instrumentos financeiros Ativos e passivos financeiros não derivativos O Instituto reconhece os empréstimos e recebíveis e depósitos inicialmente na data em que foram originados. Todos os outros ativos e passivos financeiros são reconhecidos inicialmente na data da negociação na qual o Instituto se torna uma das partes das disposições contratuais do instrumento. O Instituto Rogacionista tem os seguintes ativos e passivos financeiros não derivativos: ativos financeiros registrados pelo valor justo por meio do resultado e empréstimos e recebíveis. Ativos financeiros registrados pelo valor justo por meio do resultado Um ativo financeiro é classificado pelo valor justo por meio do resultado caso seja classificado como mantido para negociação e seja designado como tal no momento do reconhecimento inicial. Os ativos financeiros são designados pelo valor justo por meio do resultado se o Instituto gerencia tais investimentos e toma decisões de compra e venda baseadas em seus valores justos de acordo com a gestão de riscos documentada e a estratégia de investimentos do Instituto. Os custos da transação, após o reconhecimento inicial, são reconhecidos no resultado como incorridos. Ativos financeiros registrados pelo valor justo por meio do resultado são medidos pelo valor justo, e mudanças no valor justo desses ativos são reconhecidas no resultado do exercício. Empréstimos e recebíveis Empréstimos e recebíveis são ativos financeiros com pagamentos fixos ou calculáveis que não são cotados no mercado ativo. Tais ativos são reconhecidos inicialmente pelo valor justo acrescido de quaisquer custos de transação atribuíveis. Após o reconhecimento inicial, os empréstimos e recebíveis são medidos pelo custo amortizado através do método dos juros efetivos, decrescidos de qualquer perda por redução ao valor recuperável. Os empréstimos e recebíveis abrangem clientes, outros créditos, empréstimos e financiamentos, fornecedores e outras contas a pagar.

PMSP – Termo de Conv. Proc. 2013.0.002.144-2 PMSP – Termo de Conv. Proc. 2014.0.228.439-6 PMSP – Termo de Conv. Proc. 2013.0.002.178-7 PMSP – Termo de Conv. Proc. 2009.0.215.535-7 Diretoria Reg. Educ. Pirituba PA 2012.0.319.018-9

6 - adiantamentos 2015 2014 Adiantamentos a colaboradores Adiantamentos a fornecedores

f. Imobilizado Registrado ao custo de aquisição, formação ou construção. As depreciações são calculadas pelo método linear, com base em taxas que levam em conta o tempo de vida útil estimado dos bens. O Instituto optou por reavaliar os ativos imobilizados (bens móveis) pelo valor justo, na data de encerramento dessas demonstrações. Os efeitos dessa reavaliação tiveram a sua contrapartida no patrimônio social. O laudo foi elaborado por empresa especializada e teve como data base 31 de dezembro de 2015. Os bens, sem um mercado ativo de venda e compra, foram avaliados através do cálculo do seu valor de reposição, deduzida a sua depreciação técnica. O valor de reposição foi obtido através de pesquisa junto aos fabricantes ou distribuidores do bem avaliado, ou de seu similar. Para os bens com disponibilidade no mercado de usados utilizou-se o método comparativo de dados de mercado. A depreciação técnica foi determinada considerando o uso, estado de conservação, idade e expectativa do bem. O laudo também teve como escopo definir a vida útil remanescentes dos bens, os quais estão sendo apresentados abaixo: Tabela de Consulta de Vidas Úteis para Ativos Novos Conta Contábil Vida Útil (em anos) Taxa de Depreciação Anual Taxa de Depreciação Mensal Máquinas e Equipamentos 8 12,5000% 1,0417% Equipamentos de Informática e Periféricos 6 16,6667% 1,3889% Equipamentos de ÁudioVisual 8 12,5000% 1,0417% Móveis e Utensílios 10 10,0000% 0,8333% Veículos 6 16,6667% 1,3889% g. Demais ativos circulantes Os demais ativos circulantes estão apresentados aos valores de custo, que não excedem o valor de realização. h. Passivos circulantes Os passivos circulantes são demonstrados pelos valores conhecidos ou calculáveis acrescidos, quando aplicável dos correspondentes encargos, variações monetárias incorridas até a data do balanço patrimonial. i. Provisões Uma provisão é constituída no balanço, quando possui uma obrigação legal ou constituída como resultado de um evento passado, e é provável que um recurso econômico, seja requerido para saldar a obrigação. As provisões são registradas tendo como base as melhores estimativas do risco envolvido. j. Patrimônio líquido Representa o patrimônio inicial, acrescido ou reduzido dos superávits (déficits) apurados anualmente desde a data de sua constituição.

4 - Caixa e equivalentes de caixa

2015 2014

Caixa 103,90 386,71 Bancos conta movimento 2.917,60 189.197,12 Bancos conta poupança 349.132,19 288.448,22 Aplicações financeiras (i) 477.033,58 35.330,89 Conta corrente - Incentivos fiscais 65.266,98 357.040,00

894.454,25 870.402,94

(i) As aplicações referem-se a fundos de investimentos em cotas de fundo de investimentos principal referenciado DI e classificado como caixa e equivalentes de caixa por possuir liquidez imediata e pelo fato da administração efetuar resgates rotineiros em conformidade com a necessidade de caixa do Instituto. O fundo acompanha as variações diárias da taxa de juros do CDI ou da taxa SELIC, mediante aplicação de seus recursos em cotas de fundos de investimentos.

91.750,99 129.779,30

2014 2015 Saldo Aquisições reavaliação baixas Saldo

Imobilizado Terrenos Imóveis Instalações Biblioteca Máquinas e Equipamentos Móveis e utensílios Matl. didático e pedagógico Equipamentos de audiovisual Veículos Equipamentos de informática

90.024,00 - - - 90.024,00 400.528,17 - - - 400.528,17 32.112,87 - - (32.112,87) 1,00 - - (1,00) 69.111,45 1.364,72 53.920,00 (70.476,17) 53.920,00 67.598,69 4.400,00 114.870,00 (71.998,69) 114.870,00 2.278,35 - - (2.278,35) - - 11.160,00 - 11.160,00 113.564,08 - 31.200,00 (113.564,08) 31.200,00 46.267,20 303,96 78.960,00 (46.571,16) 78.960,00

Total

821.485,81

6.068,68 290.110,00 (337.002,32) 780.662,17

2014 2015 Saldo Aquisições reavaliação baixas Saldo

INTANGÍVEL

TOTAL

e. Despesas antecipadas Refere-se a pagamento de apólice de seguros e vale transporte de colaboradores, cujo período de vigência beneficia o exercício seguinte e estão representadas pelo seu valor nominal.

89.633,95 40.145,35

7 - Imobilizado Movimentação do imobilizado

b. Apuração do resultado O reconhecimento das receitas e despesas é efetuado em conformidade com o princípio de competência de exercício.

d. Adiantamentos Referem-se a adiantamentos a fornecedores e créditos com funcionários, por ocasião do pagamento de férias, cuja apropriação da despesa ocorrerá em exercício seguinte.

83.566,78 8.184,21

Cessão de uso de software

c. Convênios públicos a receber Refere-se a valores a receber decorrentes de contratos firmados com entes públicos e estão apresentados aos valores de custo. A administração do Instituto não constituiu provisão para devedores duvidosos em 2015 e 2014 por não existirem créditos de liquidação duvidosa.

47.400,04 104.390,04 89.381,34 41.350,39 104,45

5.395,38 282.626,26

Caixa e equivalentes de caixa Compreendem dinheiro em caixa, depósitos bancários de livre movimentação e investimentos financeiros de curto prazo, de alta liquidez e com risco insignificante de mudança de valor demonstrado pelo valor da aplicação, acrescidos dos rendimentos correspondentes, apropriados até a data do balanço.

A receita decorrente de doações e patrocínios de projetos incentivados, recebida na forma de ativo monetário, é reconhecida no resultado do exercício, de maneira sistemática, ao longo do período correspondente às despesas incorridas no desenvolvimento das atividades do projeto

5.395,38 - - - -

19

74,00

-

-

Total 74,00 -

821.559,81

Movimentação da depreciação/amortização 2014 Saldo Imobilizado final

(74,00)

-

- (74,00)

-

6.068,68 290.110,00 (337.076,32) 780.662,17

2015 depreciação/ baixa da deprec./ Saldo amortização amortização final

Terrenos - - - Imóveis (140.056,19) (16.019,52) - (156.075,71) Instalações (25.485,58) (1.362,12) 26.847,70 Biblioteca 1,00 - (1,00) Máquinas e Equipamentos (35.814,15) (4.678,78) 40.492,93 Móveis e utensílios (43.236,92) (3.611,94) 46.848,86 Matl. didático e pedagógico (2.278,35) - 2.278,35 Equipamentos de audiovisual - - Veículos (91.082,80) (6.917,52) 98.000,32 Equipamentos de informática (38.150,01) (2.917,32) 41.067,33 Total

(376.105,00)

(35.507,20)

255.536,49 (156.075,71)

INTANGÍVEL

2014 2015 Saldo amortização baixa da Saldo final amortização final

Cessão de uso de software

(74,00)

-

74,00

-

Total (74,00) - 74,00 -

TOTAL

(376.179,00)

(35.507,20)

255.610,49 (156.075,71)

Resumo do imobilizado Custo depreciação líquido Em 31 de dezembro de 2014 Em 31 de dezembro de 2015

821.559,81 780.662,17

(376.179,00) (156.075,71)

445.380,81 624.586,46

8 - CONTAS E TÍTULOS A PAGAR 2015 2014 Fornecedores de materiais Fornecedores de serviços Outros credores

75.017,62 24.316,13 12.263,28

110.930,11 52.848,85 10.625,00

111.597,03 174.403,96

9 - Obrigações trabalhistas e encargos

2015 2014

Salários a pagar 155.382,89 168.134,37 Fornecedores de serviços (ii) 266.816,04 247.665,99 Impostos e contribuições a recolher 63.192,77 46.656,88 Benefícios a pagar 603,24 547,20 Processos trabalhistas - 1.250,00

485.994,94 464.254,44

(ii) O passivo para remuneração de funcionários, principalmente relativo aos encargos de férias, é provisionado à medida que vencem os períodos aquisitivos.


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

20

Leia também a edição digital do jornal no site www.jornaldagente.inf.br

10 - Receitas antecipadas

Objetivo Geral

Composto por antecipações recebidas da Prefeitura do Município de São Paulo, para aplicação em projetos, no decorrer do próximo exercício.

Oferecer proteção social à criança e ao adolescente, em situação de vulnerabilidade e risco pessoal e social, por meio do desenvolvimento de suas potencialidades, bem como favorecer aquisições para a conquista da autonomia, protagonismo e cidadania, mediante o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários.

11 - Recursos de lei de incentivo fiscal O montante de R$ 65.169,98 (R$ 356.643,00 em 2014) refere-se ao Projeto “Futuros Craques – Instituto Rogacionista”, beneficiado pela Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, e está registrado no passivo circulante enquanto não aplicado em suas finalidades. A contrapartida deste saldo está em conta corrente específica, na rubrica caixa e equivalentes.

12 - Provisão para contingências O Instituto é parte (pólo passivo) em ações judiciais e administrativas, decorrentes do curso normal das operações, envolvendo substancialmente questões previdenciárias, cíveis e trabalhistas. A Administração, com base em informações de seus assessores jurídicos, análise das demandas judiciais pendentes e com base na experiência referente às quantias reivindicadas, constituiu provisão em montante considerado suficiente para cobrir as prováveis perdas estimadas com as ações em curso. Trabalhistas: em 31 de dezembro de 2015 existiam reclamações trabalhistas no montante de R$ 41.737,04, que foram classificados pelos assessores jurídicos como de risco de perda possível, consequentemente, nenhuma provisão foi constituída nas demonstrações contábeis do exercício.

13 - Patrimônio Líquido a. Patrimônio Social Os superávits do Instituto Rogacionista são empregados integralmente nos seus objetivos sociais comentados na Nota Explicativa 1. O Patrimônio Social acumula valores recebidos de ajustes contábeis, doações patrimoniais e parcelas de superávits (déficits) de exercícios anteriores. O valor do resultado é incorporado ao Patrimônio Social, conforme Resolução CFC N.º 1.409/12 que aprovou Interpretação ITG 2002 – Entidade sem Finalidade de Lucros. b. Dissolução ou extinção Na eventual decisão de encerramento das atividades do Instituto Rogacionista, o remanescente de seu patrimônio associativo é destinado para uma congênere ou afim, sem fins econômicos e lucrativos, de preferencia constituída pelos Religiosos Professos, Rogacionista do Coração de Jesus e na sua falta, para uma pessoa jurídica de igual natureza, enquadrada no conceito de Organização da Sociedade Civil e que preencha os requisitos da Legislação em vigor ou, ainda para uma instituição pública conforme for decidido pela Assembléia Geral.

 Centro de Serviço para Criança e Adolescente – CCA Madre Nazarena

Atende crianças e adolescentes de 06 a 14 anos e 11 meses, advindas da região da Vila Leopoldina e suas respectivas famílias, indicadas pelo Conselho Tutelar, CRAS Lapa, Vara da Infância e Juventude, entre outros. O CCA tem capacidade para atendimento de 120 crianças e adolescentes. O serviço é conveniado com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social – SMADS, conforme Termo de Convênio 037/ SMADS/2010, Processo nº 2009.0.215.535-7, sendo renovado em abril de 2015, pelo Termo de Convênio 031/ SMADS /2015, Processo nº 2014.0.345.771.5, com vigência de 01/05/2015 a 30/04/2017.  Centro de Convivência para Criança e Adolescente – CCA São Lucas Atende crianças e adolescentes de 06 a 14 anos e 11 meses, advinda da região da Barra Funda, Lapa e adjacências e suas respectivas famílias. O CCA tem capacidade para atendimento de 180 crianças e adolescentes. O serviço é conveniado com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social – SMADS, conforme Termo de Convênio 173/SMADS/2013, Processo nº 2013.0.002.144-2, com vigência de 01/04/2013 a 31/03/2018. • Unidades de Proteção Básica – CEDESP

Nome

Tipologia

Atendimento/Dia

Idade

Centro de Convivência Centro de Desenvolvimento 160 pessoas a partir dos 15 anos Internacional Santo Social e Produtivo - CEDESP Antonio

Situação Vulnerabilidade e Riscos Sociais e Pessoal

Caracterização

14 - Imunidades / Isenções tributárias

É um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos. Desenvolve atividades com adolescentes, jovens e adultos com a finalidade de investir na formação pessoal, social e profissional em diferentes habilidades e competências, por meio de ações socioeducativas, preparando-os para o mundo do trabalho e o convívio social.

O Instituto Rogacionista é imune de Impostos e de Contribuições para a Seguridade Social por força do artigo 150, inciso VI, alínea “c” e do § 7º do art. 195, da Constituição Federal. Ademais, cumpre integralmente todos os requisitos previstos no Código Tributário Nacional para gozo da imunidade tributária.

Objetivo Geral

O Instituto Rogacionista está sob proteção da Adin nº 2028-5, STF, datada de 14/07/1999 que suspendeu os efeitos da Lei nº 9.732/98, que visam limitar a Isenção (Imunidade) das Contribuições à Seguridade Social – INSS.

Ofertar proteção social a jovens e adultos em situação de vulnerabilidade e risco social por meio da capacitação de habilidades laborais e de intervenção social a fim de favorecer aquisições para o alcance da autonomia, do protagonismo, da cidadania e o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

A título de demonstração, o Instituto Rogacionista vem evidenciando suas Contribuições Sociais Usufruídas do com base na Lei 8.212/91, em sua redação primitiva. Esses valores anuais equivalem à Isenção (Imunidade) Usufruída – INSS.

O público alvo são adolescentes, jovens e adultos a partir da idade de 15 anos, residente na região ou imediações e adolescentes e jovens em cumprimentos de medidas socioeducativas.

O serviço oferece 160 vagas e é conveniado com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social – SMADS, conforme Termo de Convênio 224/SMADS/2014, Processo nº 2014.0.228.439-6, com vigência de 11/11/2014 a 10/11/2016.

2015 2014

Custo da Isenção Usufruída-I.N.S.S.-Empresa Custo da Isenção Usufruída-I.N.S.S.-RAT Custo da Isenção Usufruída-I.N.S.S.-Terceiros

531.092,27 497.216,74 26.387,73 24.706,37 139.960,77 130.969,95

697.440,77

• Unidades de Proteção Especial – Adultos em Situação de Rua

652.893,06

15 - Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social - CEBAS

Nome

Centro de Acolhida Zancone Antonio

Tipologia

Atendimento/Dia

Centro de Acolhimento Provisório para Homens em Situação de Rua

Idade

150 pessoas a partir dos 18 anos (100 conviventes fixos e 50 para o centro de serviço)

Situação Homens em situação de rua

A certificação das entidades beneficentes de assistência social é concedida às pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, reconhecidas como entidades beneficentes de assistência social com a finalidade de prestação de serviços nas áreas de assistência social, saúde e educação e que atendam ao disposto na Lei nº 12.101, de 27 de novembro de 2009. Em 15 de outubro de 2013 foi publicada a Lei nº 12.868, que entre outros alterou dispositivos da Lei 12.101 de 27 de novembro de 2.009.

Caracterização

O Instituto Rogacionista Santo Aníbal foi registrado no Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS, pelo processo nº 255.153/1976-50, tendo seu Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social original concedido conforme processo nº 44006.003308/1997-6 em 17 de abril de 1998.

Espaço para acolhimento provisório, por 24 horas, destinado a homens em situação de rua. Possibilita orientação aos conviventes para regularização de documentos pessoais, ao mercado de trabalho e atendimento a saúde. Favorecer a reinserção familiar e social permitindo o processo de saída das ruas.

Posteriormente a Lei nº 12.101/2009, a competência para a certificação passou a ser do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o qual através do Processo nº 71000.049282/2010-71 concedeu a renovação do CEBAS, para o período de 17/04/2010 a 16/04/2015.

Objetivo Geral

O Instituto protocolizou tempestivamente o pedido de renovação em 18 de dezembro de 2014, pelo processo nº 71000.139273/2014-03, através do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o qual encontra-se em análise, na data de encerramento desta demonstração.

Acolher as pessoas em situação de rua e oferecer estrutura e condições de suprir suas necessidades básicas, proporcionando meios de desenvolvimento de sua autonomia, reinserção familiar e social e de geração de renda, garantindo seus direitos.

Inscrito como entidade de assistência social no Conselho Municipal de Assistência Social (COMAS), do Município de São Paulo, sob o nº 309/2012, o Instituto Rogacionista desenvolve serviços e programas específicos de assistência social, de acordo com a Lei Orgânica da Assistência Social, regulamentada pela Norma Operacional Básica – NOB/SUAS, com tipificação apresentada na Resolução nº 109, de 11 de novembro de 2009.

O serviço tem capacidade de atendimento de 150 pessoas (100 conviventes fixos e 50 para o centro de serviço) e mais 20 vagas na ocorrência de baixas temperaturas.

De acordo com as diretrizes e procedimentos previstos pela NOB/SUAS, as ações desenvolvidas pela entidade qualificam-se como serviços e programas assistenciais planejados e gratuitos, de caráter permanente e contínuo. Os serviços realizados estão enquadrados tanto na Proteção Social Básica, quanto na Proteção Social Especial. Todos são conveniados com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, atendendo prioritariamente a demanda dos CRAS e CREAS de suas áreas de abrangência, de forma gratuita, contínua e planejada, conforme preconizado pelo SUAS. O Instituto Rogacionista, atua na cidade de São Paulo (SP), onde tem sua sede e departamentos, oferecendo serviços socioassistenciais prestados, de forma gratuita, de modo que os usuários não contribuem com nenhum tipo de remuneração ou contraprestação, tendo com isso a gratuidade integral dos seus serviços prestados. Identificação dos serviços:

Assistência Social • Unidades de Proteção Básica - Crianças e Adolescentes

O serviço é conveniado com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social – SMADS, conforme Termo de Convênio 322/SMADS/2013, Processo nº 2013.0.002.178-7, com vigência de 01/04/2013 a 31/03/2018. O custo do atendimento gratuito, dos serviços assistenciais, pode ser assim demonstrado:

2015 2014 Receitas das atividades de Assistência Social Convênios e parcerias públicas Despesas das atividades de Assistência Social Despesas com pessoal Despesas administrativas e gerais Despesas financeiras e bancárias Despesas fiscais, tributárias e previdenciárias

3.356.262,53 (1.875.825,46) (2.237.603,96) (16.599,80) (7.895,13) (4.137.924,35)

Déficit das Atividades de Assistência Social

Nome

CCA Madre Nazarena CCA São Lucas

Tipologia

Atendimento/Dia

Idade

Serviço de Convivência 120 06 a 14 anos e Fortalecimento de Vínculos Serviço de Convivência 180 06 a 14 anos e Fortalecimento de Vínculos

Situação Vulnerabilidade e Riscos Sociais Vulnerabilidade e Riscos Sociais

2.872.584,26 (1.729.129,97) (1.722.518,12) (10.626,45) (9.201,20) (3.471.475,74)

(781.661,82)

(598.891,48)

Educação

Nome

Tipologia

Atendimento/Dia

Idade

Situação

CEI Santa Marina

Educação Infantil

61

02 a 04 anos

-

CEI Santo Aníbal

Educação Infantil

150

0 meses a 03 anos

-

Caracterização Caracterização É um serviço de fortalecimento de vínculos e convivência que desenvolve atividades com crianças e adolescentes, tendo por foco a constituição de espaço de convivência a partir dos interesses, demandas e potencialidades dessa faixa etária. As intervenções são pautadas em experiências lúdicas, culturais e esportivas como formas de expressão, interação, aprendizagem, sociabilidade e proteção social. Atende, também, crianças e adolescentes com deficiência, retiradas do trabalho infantil e/ou submetidas a outras violações de direitos, por meio de atividades que contribuam para ressignificar vivências de isolamento, bem como propiciar experiências favorecedoras do desenvolvimento de sociabilidades e prevenção de situações de risco social.

As Unidades Educativas proporcionam ações de cuidado e de educar em atendimento integral às crianças de ambos os sexos visando o seu desenvolvimento global e favorecendo suas condições de vida, através do processo de formação sócio educativo concorrendo para o desenvolvimento da comunidade. Elas executam as suas ações sócio-pedagógicas em parceria e complementariedade às das famílias. Desenvolve atividades político-sociais para o desenvolvimento completo do educando, facilitando o exercício da cidadania por meio de acesso ao sistema de garantia e de defesa dos direitos, além da formação. Objetivo Geral Garantir à criança, por meio do educar e do cuidar, acesso a processos de apropriação, renovação e articulação de conhecimentos e aprendizagens de diferentes linguagens, assim como o direito à proteção, à saúde, à liberdade, à confiança, ao respeito, à dignidade, à brincadeira, à convivência e à interação com outras crianças.


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Leia também a edição digital no site www.jornaldagente.inf.br

 Centro de Educação Infantil - CEI Santa Marina

Atende crianças de 02 a 03 anos e 11 meses e possui capacidade para atendimento de 61 crianças. O serviço é conveniado com a Secretaria Municipal de Educação – SME, conforme Termo de Convênio 401/SME/2012, posteriormente Aditado pelo Termo nº 052/DRE-PJ/2015, referente Processo nº 2012-0.319.018-9, com vigência de 30 meses a partir de 01/07/2015.

 Centro de Educação Infantil - CEI Aníbal Di Francia

Atende são crianças de 04 meses a 03 anos e 11 meses, de ambos os sexos, e possui capacidade para atendimento de 161 crianças. O serviço é conveniado com a Secretaria Municipal de Educação – SME, conforme Termo de Convênio 402/SME/2012, posteriormente Aditado pelo Termo nº 007/DRE-PJ/2015, referente Processo nº 2012.0.304.200-7, com vigência de 30 meses a partir de 01/07/2015.

19 - Doações Créditos de NF Paulista Cooperadores diversos Donativos de pessoas jurídicas Donativos em gêneros Doação de bem imobilizado Donativos de pessoas físicas

2015 173.544,62 162.436,36 37.855,00 29.527,15 - -

21

2014 77.124,39 226.965,33 30.538,42 9.490,00 158.216,00 1.754,84

403.363,13 504.088,98

O custo do atendimento, com serviços de Educação, pode ser assim demonstrado:

2015

2014

Receitas das atividades de Educação Convênios e parcerias públicas 15 1.559.682,37 1.558.383,45 Despesas das atividades de Educação Despesas com pessoal 16 (1.234.933,67) (1.167.160,60) Despesas administrativas e gerais 17 (473.987,17) (465.384,09) Despesas financeiras e bancárias (1.781,48) (2.498,19) Despesas fiscais, tributárias e previdenciárias (624,68) (1.690,18) (1.711.327,00) (1.636.733,06) Déficit das Atividades de Assistência Social

(151.644,63)

(78.349,61)

20 - Receitas de serviços voluntários Em cumprimento a Interpretação ITG-2002 aprovada pela Resolução CFC 1.409/12, o Instituto passou a mensurar e reconhecer o trabalho voluntário pelo valor justo da prestação de serviço como se tivesse ocorrido o desembolso financeiro. As receitas correspondentes aos trabalhos voluntários foram reconhecidas na rubrica de Receitas obtidas com Serviços voluntários. As correspondentes despesas foram reconhecidas considerando a sua função. Nesse sentido, os custos atribuídos aos trabalhos voluntários identificados nos exercícios de 2015 e2014 foram tratados na rubrica de Despesas Gerais e Administrativas (nota 18). O valor justo dos trabalhos voluntários descritos acima foram determinados a partir do valor que o Instituto estaria disposto a pagar a um terceiro para que ele prestasse o mesmo serviço prestado pelo voluntário.

21 - Cobertura de seguros O Instituto Rogacionista adota a política de contratar cobertura de seguros para os bens sujeitos a riscos por montantes considerados suficientes para

cobrir eventuais sinistros, considerando a natureza de sua atividade. 16 - Receitas de convênios e parcerias públicas Assistência Social 2015 2014 22 - Partes relacionadas PMSP–SMADS-Termo Conv. Proc.2013.0.002.178-7 Cto Acolh Zancone 1.093.602,28 1.068.231,74

PMSP–SMADS-Termo Conv. Proc.2014.0.228.439-6 CEDESP PMSP–SMADS-Termo Conv. Proc.2013.0.002.144-2 CCA S. Lucas PMSP–SMADS-Termo Conv. Proc.2014.0.345.771-5 CCA M. Nazarena PMSP–SMADS-Termo Conv. Proc.2009.0.215.535-7 CCA M. Nazarena PMSP–SMADS-Termo Conv. Proc.2008.0.293.963-1 CEDESP Gov.Est.SP–Lei Paulista de Incentivo ao Esporte-“Proj Futuros Craques”

857.686,21 170.098,20 584.445,10 550.086,78 317.020,82 205.010,20 478.185,08 - 605.982,46 3.057.764,61 2.872.584,26 298.497,92 -

3.356.262,53 2.872.584,26

O Instituto Rogacionista não efetuou nenhuma transação ou contratou partes relacionadas e os conselheiros da Entidade não são remunerados.

23 - Instrumentos financeiros O Instituto Rogacionista opera apenas com instrumentos financeiros não-derivativos que incluem aplicações financeiras, contas a receber e outros recebíveis, caixa e equivalentes de caixa, assim como contas a pagar e outras dívidas, cujos valores são representativos a respectivos valores de mercado. São Paulo, 31 de dezembro de 2.015.

Educação Lédio Milanez PMSP–SME-Termo Conv. Proc.2012.0.304.200-7 CEI Sto Aníbal PMSP–SME-Termo Conv. Proc.2012.0.319.018-9 CEI Sta Marina Programa Nacional de Alimentação – PNAE

1.129.017,30 1.118.555,00 430.665,07 396.628,45 1.559.682,37 1.515.183,45 - 43.200,00

1.559.682,37 1.558.383,45

Diretor - Presidente C.P.F. 344.761.729-20

Juliana Iazzetti Venturini / Contadora - CRC 1SP 245105/O-9 Monello Contadores CRC 2SP 014827/O-0

INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL

CNPJ. : 62.715.529/0001-49 17 - Despesas com pessoal “RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES” Assistência Social 2015 2014

Salários e remunerações Provisões de férias, 13º salários e encargos Encargos sociais Benefícios Outras remunerações de pessoal Contingências trabalhistas (-) Rateio do pessoal administrativo

(1.356.449,57) (1.263.339,95) (322.014,38) (306.821,24) (183.471,11) (158.610,24) (57.492,70) (50.173,66) (38.903,06) (33.710,53) - (7.500,00) 82.505,36 91.025,65

A Diretoria 1) Examinamos as demonstrações contábeis do INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL, que compreende o Balanço Patrimonial em 31 de dezembro de 2015, e as respectivas Demonstrações do Resultado do Período, das Mutações do Patrimônio Líquido, e dos Fluxos de Caixa para o exercício findo naquela data, assim como o resumo das principais práticas contábeis e demais notas explicativas.

(1.875.825,46) (1.729.129,97)

2) Responsabilidade da administração sobre as demonstrações contábeis: A administração da Entidade é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, e pelos controles internos que ela (administração) determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações contábeis livres de distorção relevante, Salários e remunerações (819.166,61) (784.958,77) independentemente se causada por fraude ou erro. Provisões de férias, 13º salários e encargos (190.471,39) (178.060,73) Encargos sociais (94.874,86) (73.991,68) 3) Responsabilidade dos auditores independentes: Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações Outras remunerações de pessoal (31.306,72) (22.786,20) contábeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem Benefícios (16.608,73) (16.337,57) o cumprimento de exigências éticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de Rateio do pessoal administrativo (82.505,36) (91.025,65) que as demonstrações contábeis estão livres de distorção relevante. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e divulgações apresen (1.234.933,67) (1.167.160,60) tados nas demonstrações contábeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor 18 - Despesas administrativas e gerais considera os controles internos relevantes para a elaboração e adequada apresentação das demonstrações contábeis da companhia para Assistência Social 2015 2014 planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para fins de expressar uma opinião sobre a eficácia desses controles internos da companhia. Uma auditoria inclui, também, a avaliação da adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabiAlimentação (838.496,57) (752.440,19) lidade das estimativas contábeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações contábeis tomadas em Despesas com ocupação/manutenção de imóveis (298.246,47) (303.154,45) conjunto. Prestadores de serviços - PJ (580.944,81) (283.568,90) Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. Materiais de consumo (170.921,33) (82.829,92) Utilidades e serviços (98.233,23) (101.738,00) 4) Opinião: As demonstrações contábeis acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial Serviços voluntários (91.065,60) (83.559,36) Depreciação (35.507,20) (34.897,77) e financeira do INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL em 31 de dezembro de 2015, o desempenho de suas operações, os seus fluxos de Doações assistenciais (29.527,15) (9.490,00) caixa para o exercício findo naquela data, de acordo as práticas contábeis adotadas no Brasil. Prestadores de serviços - PF (16.686,50) (15.445,98) Seguros (5.533,80) (4.529,12) Outras (72.441,30) (50.864,43) São Paulo - SP, 10 de junho de 2016. (2.237.603,96) (1.722.518,12)

Educação

Educação

AUDISA AUDITORES ASSOCIADOS Prestadores de serviços - PJ (131.338,13) (145.152,63) CRC/SP 2SP 024298/O-3 Alimentação (94.246,02) (89.956,42) Serviços voluntários (91.065,60) (83.559,12) Despesas com ocupação/manutenção de imóveis (40.844,68) (57.295,66) Materiais de consumo (66.172,52) (44.199,02) Alexandre Chiaratti do Nascimento Utilidades e serviços (39.937,96) (36.316,91) Contador Outras (10.382,26) (8.904,33) CRC/SP 187.003/ O- 0 (473.987,17) (465.384,09) CNAI – SP – 1620


22

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Leia também a edição digital do jornal no site www.jornaldagente.inf.br

Gente da gente

3

2

Evento

1. João Doria com Francisco Apolinário da Silva, do PSDB Lapa, e Carlos Alberto Ramos, pré candidato a vereador pelo PHS, no evento À Mesa com Empresários, na última segunda-feira (25), na Vila Leopoldina. (Foto: Tiago

1

Gonçalves)

6

2.

Bertalan Braun, diretor do Frigorífico B.B., com João Doria durante o evento À Mesa com Empresários, na última segunda-feira (25), na Vila Leopoldina. (Foto:

Tiago Gonçalves)

5

4

3.

Lideranças Comunitárias e o professor José Carlos de Barros Lima, diretor do Colégio Santo Ivo, durante evento À Mesa com Empresários, na última segunda-feira (25), na Vila Leopoldina.

9

(Foto: Tiago Gonçalves)

4. Thereza Santos, Celso e Miriam Gioia e Luciana Borges durante o evento À Mesa com Empresários, na última segunda-feira (25), na Vila Leopoldina. (Foto: Tiago

8

7

12

Gonçalves)

5. A Associação dos Advogados da Lapa, Adriana Ramalho, Eudoxios Anastassiadis e Laercio Benko prestigiaram o evento À Mesa com Empresários com João Doria, na última segunda-feira (25), na Vila Leopoldina. (Foto: Tiago Gon-

10

11

13

çalves)

6. João Doria com João Paulo Bar-

bosa, da ACM Lapa, Fabio Riva, Eudoxios Anastassidis e os vereadores Gilberto Natalini e Claudinho de Souza no evento À Mesa com Empresários, na última segunda-feira (25), na Vila Leopoldina.

Agenda

7.

O presidente do Memorial da América Latina e cineasta João Batista de Andrade cumprimentou Márcio Berti, na passagem da tocha olímpica no monumento da Mão, na noite de domingo (24). (Foto:

Daniel Agostini)

8. Emerson Guimarães e equipe durante o 1º Workshop para Noivas e Debutantes, realizado no New Areópago Eventos, no domingo (24). (Foto: Tiago Gonçalves)

9.

Camila Helena Gonçalves entrega o pin de presidente do Rotaract Avenida Paulista – Memorial da América Latina a Maria Fernanda Morgado Urea para a gestão 2016-2017, no último sábado (23). (Foto: Samuel Barcellos)

10. Bertalan Braun, diretor do Frigorífico B.B. e sócio do Restau-

rante Cortés, no Shopping Villa Lobos, segurando a Tocha Olímpica durante almoço na última terça-feira (26). A tocha ficará exposta no restaurante até o fim dos Jogos Olímpicos. (Foto: Ana

Paula Ferreira)

11.

Marco Roder e equipe do Grupo Medial durante a comemoração de 25 anos da empresa, realizada na última quinta-feira (28), na Pizzaria Vituccio. (Foto:

Raissa Sousa)

12.

A empreendedora e fundadora da “Gente Urbana”, Aline

Cardoso, ministrou a palestra “Cidadania, Política e Gestão Pública em São Paulo”, no Fórum de Jovens Empreendedores, na última quinta-feira (28), sede da Distrital Oeste. (Foto: Maria

Isabel Coelho)

Rotary

13.

Foram homenageados na reunião do RCSP – Lapa da última quarta-feira (27) os intercambistas que já participaram e os novos que irão participar do intercâmbio sob a orientação do Oficial de intercambio Carlos Zorzela. (Foto: Samuel Bar-

cellos)


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Leia também a edição digital no site www.jornaldagente.inf.br

DIVERSOS VENDO RESTAURANTE - ALTO DA LAPA Funciona das 11h as 15h (só p/ almoço), movimento 45mil, seg a sáb. 25 anos no local, ótimas instalações. F: 99126-4884 / 3831-3822

PRECISA-SE LAVADOR DE CARROS C/ experiência em polimento e cristalização para trabalhar de segunda a sábado. Salário R$ 1.000,00. Tratar Lave Sem Maria Clara Family. Rua Marco Aurélio, 650 – Vila Romana - Fone: 3801-9153

DOMÉSTICA QUE COZINHE BEM Só fazer o jantar, trivial bem variado p/ 2 pessoas e serviços gerais. Fone 3873-1881

A

25 PERTO DE VOCÊ!

ens E m b a l a g ri os o s s e c a e s! a t s e f a par • • • •

Fantasias Kit Decorativos Saco de lixo Sacolas

PAKPLAST www.festaspakplast.com.br

Rua Afonso Sardinha, 162 | 3647-9761 Rua Albion, 51 Lapa | 3836-9134 (estacionamento próprio)

Anuncie aqui

Informe-se sobre os anúncios diferenciados do novo JG

ALUGA-SE SALÃO DE FESTAS V. LEOPOLDINA

2339-1953 Tratar com Luiz Carlos 3ª a 5ª - das 20h as 21h Rua Frederico Wolf, 268

OFEREÇO-ME PARA TRABALHAR

JHX MANUTENÇÃO

Como Faxineira ou Passadeira. Tenho experiência. Fone: 95901-0801

Reformas em geral, hidráulica, elétrica, pintura, consertos de freezer, geladeira, máquina de lavar e ar condicionado. Atendimento 24 horas. Orçamento sem custo. Tel: 9.9653-3138 (vivo)/ 9.8016-4980 (oi)/ 9.5430-5004/ 9.8246-7344 (tim), 9.4763-2678 (Nextel) c/ Jurandir.

Desentupimento e encanador, conserto e instalação de telhados e calhas, recuperação de estuque c/ madeiramento novo, impermiabilização de lajes, colocação de manta em telhado, troca de caixa d´agua, limpeza e desinfecção. Fone: 3622-8000 / 3625-1362 / 4171-6677 S.O.S MICROS

Manutenção, conserto, configuração, antivírus, e-mail, etc. Atendimento domiciliar e empresarial, inclusive sáb., dom. e feriados, (dia/ noite). Tratar: 3831-7086/99340-1995 MARCENEIRO – PAULO ROBERTO

Restauração de móveis em geral, executamos pequenos serviços sob medida e planejados. Sede própria há 35 anos. – Fones: 3836-4629 / 97393-3644(Oi) / 96183-4480 (Vivo) MARCENEIRO SIQUEIRA

Pequenos serviços, reforma de móveis planejados e sob medida, restauração de móveis, pintura e patina. Vários clientes na Lapa. F: 3835-7424/ 98169-1861- V. Leopoldina (Sede própria)

RECLAMAÇÃO Referente à loja Melissa Interiores Design Móveis & Decorações - Eireli – Epp R. Cônego Eugenio Leite, 1020, Pinheiros - SP Motivo: realizei uma compra em 19/09/2015 de um guarda roupa de peroba e uma cama com o número do pedido 0142 valor R$ 8.792,00. Foi feita a entrega em 64 dias e como minha casa é um sobrado e o armário foi entregue montado, não foi possível subir para o segundo andar. Solução dada pela loja: cortar o armário ao meio o que ficou horrível! Foi deixado o armário na minha casa até a entrega de um novo modelo que escolhi para entrar no meu quarto montado, pagando mais R$ 900,00 por isso e com o prazo de mais 60 dias para a entrega! Até hoje não entregaram esse armário e nem vieram dar o acabamento na minha cama! Depois de muitas reclamações minhas e mentiras ditas pela loja, a vendedora me informou em 27/07/2016 que o armário está na loja montado e mais pesado e o ABSURDO!!! que terei que contratar um içamento para que o armário seja colocado na minha casa!

A N U N C I O S P O R L I N H A A PA R T I R D E R $ 2 8 , 0 0 R E A I S N O N O V O J G

SERVIÇOS TELHADOS E CALHAS ABEK

23

Anuncie aqui

Informe-se sobre os anúncios diferenciados do novo JG

MONTEFERRARIO ADVOCACIA OAB nº 46.637/SP

Trabalhista - doença ocupacional, acidente trabalho, reclamação trabalhista Previdenciária - aposentadoria, pensão, auxílio doença, auxílio acidentário, revisão aposentadoria Família - inventário, divórcio, pensão, guarda menores, alimentos Cível - regularização terras/imóveis, compra/venda imóveis, locação, despejo, renovatória, cobrança, usucapião, ações indenizatórias, revisão de contrato bancário/financiamento Administrativa - desapropriação, serv. público, desvio função Direito Consumidor - planos de saúde

Rua Trajano, 235 – Lapa 3862-6619 • Celular 9 4242-6040

anamaria@monteferrarioadvogados.com

LOCAÇÃO DE ANDAIMES

Marteletes e Rompedores Escoras para laje Escadas ENTREGAMOS E RETIRAMOS Central de atendimento:

3868-4230

ID: 928*2040 Whatsapp 7915-1464 Rua Francisco Alves, 483 – Lapa

www.proobra.com.br

FAEDDO ADVOGADOS

Advocacia Trabalhista Atendimento com hora marcada

3884-3726 faeddo@faeddo.com.br www.faeddo.com.br Rua Trajano, 182, Lapa conjunto 101/ 104


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

RASPAGEM DE TACOS E ASSOALHOS Máquinários importados que aspiram mais pó

Instalação de Pisos laminados e Vinílicos, Rodapés especiais em MDF Branco R. Alice Macuco Alves, 47 - Alto da Lapa ( altura do n° 885 da Cerro Corá)

(11) 3871-4830 | 3672-1907 www.atuartaplicadora.com.br

Leia também a edição digital no site www.jornaldagente.inf.br

GRAFIATO LATA 14 LTS

KEBELA BRANCO.........R$ 45,00 COLORIDO......R$ 52,80

LATEX ACRÍLICO EUCALAR 18 L R$ 145,00

ENTREGA SEM FRETE NA REGIÃO!

RUA ALBION, 570 - LAPA 36414392

36413913

ATÉ

*PROMOÇÃO VÁLIDA DE 30/7 À 05/8

24

3X

NO CARTÃO

RUA AFONSO SARDINHA 652 25031370 989484576 alfredo.madeiras@hotmail.com

Sala de espera com TV e WI FI

Você vai perceber a diferença!

Loja de conveniência

LAVAGEM | LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO*

POLIMENTO * | CRISTALIZAÇÃO * LAVAGEM PADRÃO Carros grandes

Carros pequenos e médios

Carros pequenos ..... R$ Carros médios ......... R$

40,00 45,00

R$

60,00

Motos

R$

35,00 (até 200cc)

Consulte nossos preços para os outros serviços inclusive CHASSIS

*EM ATÉ 3X NO CARTÃO Rua Marco Aurélio, 650 | Vila Romana | Tel. 4306-5503

• Vendas de Cartuchos e Toners Novo Compatível e Originais • Manutenção de Impressoras e Computadores • Locação de equipamentos

3641-9222

Nextel: 94003-7981 /I.D: 55*115*17454 Whatsapp: 011-9-9701-0551 E-mail: dagotecsuprimentos@gmail.com


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Leia também a edição digital no site www.jornaldagente.inf.br

IMÓVEIS

25

Anuncie aqui

Informe-se sobre os anúncios diferenciados do novo JG

PARA ANUNCIAR: LAPA/LEOPOLDINA 3874-5545 / 3874-5546 LAPA/ROMANA 3874-5539 / 3874-5540

LOCAÇÃO ALUGA-SE

GALPÃO C/ 600 M² - VILA ANASTÁCIO

V. LEOPOLDINA - APTO - R$ 1.750,00

CASA ITANHAÉM C/ PISCINA

SALA PARA PROFISSIONAIS

Escritório, 6 wcs, copa/coz., 1 vestiário, Pé dir. de 6 m. Fone: 3851-1414 / 99571-3704 zap/ 96965-4767 zap.

1 vaga, 2 dorms. (c/arms), sala p/ 2 ambs. c/ sacada, WC c/ box, gab. e hidro, coz. c/ arm, área de serv, e lazer. Segunda a sexta, em horário cml: 3641-4141 e 98929-5472. VENDE-SE VENDA

À 500m da praia, 6 dts.(3 stes ) + 3 wcs, copa, sl. jantar, sl. estar, 2 churrasq., salão de festas, piscina de alvenaria 5X10m, garag. p/ 6 autos. R$ 820mil. Ac. troca p/ casa ou apto. na região. Doc. OK. Tratar: 3864-6997 / 99934-2164 c/ Francisco

PERDIZES APTO. R. MINERVA 93 M²

VENDE-SE - ALTO LAPA

2 dorms c/ arm., sala 2 ambs, cozinha c/ arm., qto de emprega, 1 vaga privativa. R$ 560 mil. Tel: 3672-1092 / 9.4840-6977. CRECI 13351.

Apto, 45m²AU, 1 dorm, sala, coz, banh, arms, carpete de madeira, garagem, cond. baixo, s/ lazer. Imperdível, ref.06930 só R$ 370 mil Creci nº 12.974-J – Fone: 36413966

Alugo 2 salas para profissionais da saúde / beleza, dentro de nova sede de clínica estética na V. Ipojuca. Infra completa, excelente local. Raquel 96651-6732

ALUGO EXCELENTE PONTO COMERCIAL R. Aliança Liberal, esq. c/ R. Bela Aliança - V. Leopoldina Fone: 96375-1918

CASA V. IPOJUCA - R. CROATA 1 dorm, coz, banh, a.s. R$ 850,00 Fone: 3836-1866 / 99281-9332

APTO POMPÉIA - R. COTOXÓ 1 dorm e 1 vaga. R$ 1.500,00 Fone: 38361866 / 99281-9332

APTO V. LEOPOLDINA 2 dorms (1suíte) e 2 vgs, c/ ar condicionado e armários R$ 2.200,00 Fone: 3836-1866 / 99281-9332

APTO - PORTAL DOS BANDEIRANTES 2 dorms e 1 vaga. R$ 1.200,00 Fone: 3836-1866 / 99281-9332

GALPÃO NA FREGUESIA DO Ó. 900 m² de galpão e 200 m² de escrit, vestiário, 6 wcs, copa/coz, pé dir. 6 m, c/ energia trifás. Fone: 3851-1414 / 99571-3704 zap / 96965-4767 zap

ALUGA-SE - POMPÉIA Conj. coml. 42m²AU, wc, vão livre, piso elevado ardósia gar, condom. alto nível, aluguel R$ 2.600,00 + encargos, consulte ref. 07427, Creci nº 12.974-J – Fone: 36413966

CASA DE FUNDOS – POMPÉIA Indep., reformada. 1 dorm., sala, coz., WC., a.s. Ótimas condições. R$ 900,00, aceita depósito. Tel: (11) 94815-8668 c/ Yvone.

APTO. VILA IPOJUCA – R$ 1.400,00 2 dorms. (1suíte), sala. coz., WC, a. serviço. 1 vaga. Contato: 9.8369-6283.

VILA ROMANA - PRÉDIO COML

Quarto, sala, coz, banh, a.serviço, s/ garag. P/ 1 mulher. Fone: 3673-7923

R$ 7.000,00. 3 pavimentos: 2 Salões + 2 WCs, parte inferior com 2 salas, cozinha, WC social, corredor lateral, AT +/- 300 m². Ana Elisa 98674-0085 / CRECI 75614

CASA INDEPENDENTE - OSASCO

ÁGUA FRIA - APTO. - R$ 1.000,00

Bairro Chac. São João. Próx. Av. Mutinga, 2 dorms, sala, coz. e 2 vgs. Fone: 3851-1414 / 99571-3704 zap / 96965-4767 zap. R$ 1.300,00

2 dormitórios, sala ampla, cozinha, WC social, AU 73 m², armários na cozinha + balcão, condomínio R$ 331,00. Ana Elisa 98674-0085 / CRECI 75614

ALUGO - CASA V. ROMANA

VENDO URGENTE CASA VELHA P/ demolição - Vila Anastácio. Imóvel c/ 6,00 x 21,00m. Tr: c/ Moraes 3851-1414 / 7880-7442(nextel) ou Claudio 995713704 zap.. R$ 300mil. Est. proposta. PRAIA GRANDE – BALNEÁRIO FLÓRIDA Só R$ 260 mil. Vendo casa de 1 dormitório amplo, cozinha, sala, garagem, 1 edícula para 5 autos, com 6,5m de frente e 27,5m de fundos. Também aceito troca por imóvel na Vila Romana. Tratar pelos telefones (11) 3801-9153 e (11) 99265-4210 – c/ Maria Clara ou Zildo.

VENDO APTO FREGUESIA DO Ó 81m², 10º andar, Cond. Viverde (Tecnisa), pronto p/ morar, 3 dorms, c/ móveis planej, 1 vg, 25 itens de lazer, 3 piscinas. Próx. ao futuro Metrô. R$ 650mil. Tratar: Cel: 99934-2164 / 7873-5539 c/ Frank.

VENDE-SE - LAPA – APTO. 68M²AU 2dts, sala, coz, wc, páteo estacionam, localiz. privileg, só R$ 360 mil, vender urgente -creci nº 12.974-j - tel. 3641-3533

VENDE-SE TERRENO – ALTO DA LAPA Local R. Curuzu, 195, c/ 525 m² e edícula. Tratar c/ Felício 3834-7601 ou R. Curuzu nº 201.

SALA COMERCIAL 27,23 M² 1 vaga, copa c/ WC. Rua Clélia, 550, Conj. 14. R$ 220.000. Tel. 9.4780-/6124.

POMPÉIA - APTO. R$ 800 MIL 3 dormitórios (1 suíte), sala 3 ambientes, cozinha, copa, lavabo, WC social, WC empregada, 1 vaga, armários AU 136 m². Ana Elisa 98674-0085 / CRECI 75614.

LOCAÇÃO PERDIZES - APTO R$ 2.500,00 - 1 VAGA 3 dorms.(1 suíte c/arm),

ÁGUA BRANCA - APTO R$ 2.250,00 - 2 VAGAS

2 dorms(1 suíte), sala c/sacada,

sala, WC c/box, coz., deps de c/churrasqueira, coz. planej, WC VEJA OUTRAS OFERTAS empreg. e área de serviço. c/box, semi mobiliado, c/ lazer. EM NOSSO SITE ATENDIMENTO DE SEGUNDA A SEXTA CJ. CML. - R. ROMA R. ALBION - CONJ. CML E-mail: equipe@equipeimoveis.com.br 1.000,00 - 1 VAGA - 32 M² R$ 1.000,00 - 1 VAGA

3641-4141

(11) 98929-5472 (11) 2362-4961

www.equipeimoveis.com.br Rua Roma, 620 Conj. 147 B - Lapa - SP CRECI 19.283-J

LAPA - APTO - R$ 1.400,00 1 VAGA ROTATIVA 2 dorms, (1 c/arm) sala p/ 2 ambs, piso frio total, WC social, coz, e a. serviço. Em excelente estado.

FREGUESIA DO Ó CASA DE FUNDOS R$ 1.000,00

Sala s/ divisórias c/ 1 WC e mini copa, iluminação, ar-condicionado, persianas, piso frio e pintura nova.

40 m² c/ divisória, mini copa e armário, piso frio, e tubulação p/ar condicionado. Ótima localização.

1 dorms, sala p/ 2, cozinha, WC c/ boxe e a. serviço.

LAPA - APTO - R$ 2.300,00 - 2 VAGAS - 98 M²

V. MADALENA APTO - R$ 3.500,00

LAPA - APTO R$ 1.400,00 - 98 M² DE AU

3 dorms. c/ arms, sala p/ 2 ambs, WC c/ gab e box, coz. c/ gab. e arms, deps. empreg, a. serviço, lazer.

2 VAGAS - 110 m² 3 dorms. c/ arms (1 suite), sala p/2 ambs, WC soc c/gab, coz c/arm e gab, a. serv, deps. de empregada.

2 dorms.(2 c/arms), salas p/ 2 ambs, WCs c/box e gab, coz. c/arm e a. serv. c/arm. Cond. baixo.

PERDIZES - APTO R$ 2.000,00 - 1 VAGA

ALTO DA LAPA - APTO R$ 2.300,00 - 1 VAGA

3 dorms c/arms, sala 2 ambs, 2 dorms. c/arms, sala 2 WC c/box e gab, coz. planej, ambs, WC c/box, coz, área de serv. e WC de empregada. a. serv c/arm, e lazer. 86 m² a.ú.

FREGUESIA DO Ó - APTO 1 VAGA - R$ 1.200,00 2 dorms. c/ arms, sala p/ 2 ambs,, WC, coz. c/ arms, a. serviço, lazer.

VILA MANGALOT - APTO ALTO PINHEIROS - APTO C.P. LAPA - APTO 1 VAGA - R$ 1.000,00 R$ 1.400,00 - COND. BAIXO R$ 1.600,00 - 1 VAGA 2 dorms. c/ arms, sala p/ 2 ambs., WC, coz. c/ arms, e a. serviço, lazer.

2 dorms. c/arms, sala p/ 2 ambs, WC c/box , coz. c/ gab e arm, a.serv. e lazer.

C. PARQUE LAPA - APTO PINHEIROS - APTO R$ 2.300,00 - 1 VAGA R$ 1.300,00 - COND. BAIXO

2 dorms, sala p/ 2 ambs c/ sacada, WC c/ box, cozinha, área serviço e lazer. VILA ROMANA APTO - R$ 6.000,00 3 Vagas - 162 m²

3 suítes, sala com varanda 2 dorms c/arms., sala p/ 2 2 dorms, sala p/2 ambs, WC gourmet, lavabo, coz. planej, ambs, WCs c/box e gab., social c/ box e gab, coz c/gab, deps de empregada e a. serv. c/ a. de serviço e lazer. coz, a. de serviço, lazer. arm. - 2 p/ andar. Ótimo estado.


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Leia também a edição digital no site www.jornaldagente.inf.br

LAPA – SALA COMERCIAL 30 m², REFORMADA,

Rua Roma, R$ 1.300,00 Ref. R01

GALPÕES – V. ANASTÁCIO E PQ S. DOMINGOS

150 m² R$ 3.700,00 e 250 m² R$ 4.500,00 ligue para + detalhes.

Ótimo para alimentícios, setor de produção moderno, depósito, vestiários/ WC, escritórios com banheiro, R$ 3.500,00.

BUTANTÃ SALÃO COMERCIAL

70 m² de área na Av. Eng. Heitor A. Eiras Garcia. Reformado. Pé direito alto. CONSULTE

LOCAÇÃO

SOBRADO 3 dorms, suíte, sala, lavand, depós, depend. empr, quintal, garagens p/ 3 autos. R$ 4.000,00. Fone 3673-3410.

2 dorms c/ varanda e arms., bhs, sala, lavabo, copa, coz. desp. Vista panorâmica reformada R$ 2.500,00

creci 72.481

ALTO DA LAPA - TERRENO

WWW.SAOPAULOMULTIMOVEIS.COM.BR CONSULTE: Financiamento, Contratos, Renegociações, Inadimplência, etc...

VILA ROMANA

VILA IPOJUCA

FREGUESIA DO Ó

CASA 1 dorm, sala, cozinha, banheiro, lavand. e quintal, muito boa! R$ 1.700,00 Fone 3673-3410.

APTO 2 dorms, sala, cozinha, banheiro, 1 vg de garagem, R$ 900,00 Fone 3673-3410.

VILA IPOJUCA

Imóvel Comercial 3 salas, cozinha, loja, lateral coberta com pé direito alto, 1 garagem, AT 150 m², Rua Tonelero Fone 3673-3410.

3 andares, 1.800 m² + estacionamento prox. ao Memorial da A. L. e Av. Francisco Matarazzo. CONSULTE Ref.: NT

APTO 2 dorms., s/ garagens, R$ 1.500,00, Rua Clélia Fone 3673-3410

SUMAREZINHO

38 3 6 - 7 3 0 0

ar condic, 30m²AU,

Desde 1977

CRECI 33.888

LOCAÇÃO

www.berticonsultoria.com.br

3864-3500

3673-3410

APTO – VILA ROMANA

SOBRADO VILA ROMANA

98 m²AU, 2 dorms, sala grande, cozinha, banh, wc.e, lavand, s/ vg, 2° andar. R$ 1.600,00 (cond. baixo). – FH

APTO – VILA IPOJUCA

APTO – ALTO DA LAPA

2 dorms, sala, coz. c/ arms emb, 2 banhs, á. serv, varanda, saleta, 1 vg. coberta p/ carro. R$ 2.350,00 (não tem IPTU). - CS 83m² AU, 3 dorms, suíte, sala, cozinha, wcs, á. serv, armário emb, lazer e 2 vgs. R$ 2.700,00. – CS

R. Catão, 1250 Vila Romana

APTO – VILA ROMANA

65m²AU, 2 dorms, sala, cozinha, wc, á. serv, sacada, lazer e 1 vg. R$ 1.600,00. CS

60m² AU, armários embut, 2 dorms, sala, cozinha, wc, á. serviço, lazer e 1 vg de garag. R$ 1.300,00 – CS

CASA VILA ROMANA Próx. a hospital, 3 dorms, sala, cozinha, banh, dep. empr. e 1 vg. R$ 2.600,00. – FH

ÁGUA BRANCA SOBRADO Comercial 8 salas, banhs, 3 vgs p/ autos, totalmente reformado, prox. Shopping West Plaza, R$ 10.000,00 Fone 3673-3410.

APTO VILA ROMANA

50 ANOS REALIZANDO SONHOS

240m²AT, 3 pavimentos, c/ 80m² cada, wcs, copa e área de serv. R$ 4.300,00 – CS

2 dorms, 3 vagas, demais deps, quintal 180 m² a.t. R$ 750.000,00 Ref J05 VILA ROMANA

VENDA VILA ROMANA

SOBRADO NOVO 3 dorms, 1 suíte, 3 vgs, churrasq, 160m²AC, R$ 1.100.000,00 Fone 3673-3410.

APTO 3 dorms., 2 suítes, armários, 2 vgs, 101m²AU, lazer R$ 990 mil Fone 3673-3410 VILA IPOJUCA

PRAIA DO TOMBO – GUARUJÁ

SOBRADO 3 dorms, 2 suítes, no fundo + 1 suíte, sala, coz, lavanderia, 1 gar., R$ 900 mil Fone 3673-3410. VILA ROMANA

SOBRADO 3 dorms, suíte, c/arms, lavabo, terraço, churrasq, lavand, deposito, 2 vgs. R$ 980 mil. Fone 3673-3410.

VENDA

PRÉDIO COMERCIAL VILA ROMANA

VILA ANASTÁCIO ASSOBRADADA

Oportunidade 290 m² (10 X 29) de terreno. R$ 45.000,00 Ref. T17

88m²AT , 3 dorms, suíte, sala p/ CASA TÉRREA VILA ROMANA 2 ambs, cozinha, wc social, dep. Excel. localiz, próximo a tudo, empr, sacada, 3 vgs, lazer, arms emb, andar alto. R$ 3.200,00. – CS 5X26m², 2 dormitórios e vaga. R$ 540 mil. - FH

APTO – SUMARÉ

Próx. ao metro, 94m², 3 dorms (1ste), sala, cozinha repleta de arms, banh. social, 2 vgs fixas. R$ 715 mil. (reformado). - FH

APTO 4 dorms, 2 suítes, sacadas, 2 vgs, 2 apto p/ andar, lazer compl. 214 m²AU, R$ 860 mil. Ac. permuta c/ apto 2 dorms, 2 garag. de menor valor, na região das Perdizes. Fone 3673-3410. PIRITUBA PORTAL DOS BANDEIRANTES

APTO 2 dorms, 1 vaga. Vago, 50m²AU, R$ 270 mil. Fone 3673-3410.

APTO TÉRREO VILA ROMANA

65m², 2 dorms, sala, cozinha, wcs, á. serv, arms e garagem. R$ 410 mil. – CS

APTO – LAPA

58m², 2 dorms, suíte, sala c/ sacada, coz. c/ arms, banh. social, lazer compl. e 1 vg. R$ 480mil, cond. R$ 600,00 (OASIS). - FH

PABX: 3836-9177 Rua Pio XI, 738 - Alto da Lapa LOCAÇÃO

VENDAS ALTO DA LAPA IMPERDÍVEL – 1.250.000,00

VILA ROMANA APTO – R$ 480.000

LAPA DE BAIXO GALPÃO – 1.800,00

Alto padrão, lazer total. 101m², 2 dorm., 2 suíte, 4 BH, 1 vaga, dep. Empregada e área de serv. Cód. 4388

Living 2 ambs, terraço. 3 dorm 1 suíte, copa / cozinha planejada, despensa, área de serviço, dep. de empregada. Cód. 2772

77² A.Ú – 2 vagas. Próximo ao comercio e escolas. 2 dorms. 2 banheiros, living c/ sacada, coz. planejada, área de serviço. CÓD 4005

Com pé direito, altura 5m, boa localização, bom para depósito em geral ou firma pequena. Cód. 1382

VILA LEOPOLDINA SOBRADO. – R$ 860.000

AGUA BRANCA SOBRADO - 880.000,00

ALTO DA LAPA APTO – 1.270.000,00

VILA POMPEIA BELISSÍMO APTO – 2.500,00

3 dorms, s/ 1 suíte, armários, terraço e copa/coz. 2 vagas – Local tranquilo. Cód. 3254

150m². 3 dorms., s/ 1 suíte, BH. social, 2 sls, copa e coz. Fundos 1 qto c/ BH., á. de serv., quintal. Ótima localização, imóvel podendo ser residencial ou comercial. Cód. 1793

150M², 3 dorm., sendo 1 suíte, 2 BH., 3 vagas e área de lazer. Cód. 4405

VILA ROMANA SOBRADO – R$ 530.000

LAPA DE BAIXO APTO – 430.000,00

VILA ANASTACIO LINDO APTO – 365.000,00

2 dorms. sala, terraço grande, lavabo, ampla cozinha, dep. de emp. 2 vagas. CÓD 4063

3 dorm. ref. p/2 drs. sendo 1 suíte, living 2 ambientes, 98m² de área útil, hidromassagem. Armário embutidos. Cód. 4343

VILA HAMBURGUESA LINDO APTO - 1.500.000,00

ALTO DA LAPA APTO – 420.000,00

160m², 4 dorm., s/ 2 suítes, 5 BH, área de lazer, 3 vagas. Cód. 4407

Com ótima distribuição, 2 dorm. 1 BH, sala, coz., vaga rotativa. Cód. 3845

ALTO DA LAPA BELO APTO – 530.000,00

ALTO DE PINHEIROS OPORTUNIDADE ÚNICA – 380.000,00 3 dorm e coz., c/ arm. embu.,living 2 amb. vaga de garagem - Cód. 4355

74m², 3 dorm., s/ 1 suíte, 2 BH, living 2 ambinte. 1 vaga. Cód. 4214

JARINÚ - TERRENO

Sobrado novo c/ 2 dorms, lavabo, demais deps, 2 vagas cobertas, 115 m² a.t., 60 m² a.u., SOMENTE R$ 370.000,00. Ref. T06

Confira mais ofer tas no site: www.ber ticonsultoria.com.br

www.macedoimoveis.com.br

BARRA FUNDA LINDO APTO – 615.000

CITY LAPA – TÉRREA

3 dorms (1 suite), sala 3 ambs, 4 vagas, edícula c/ 2 dorms, Terreno 630 m² - R$ 1.200.000,00. Ref J04 6,5 x 35 m² aceita permuta por apartamento. R$ 499.000,00 Ref T05

3 dorms (1 suíte), sala, copa, coz. planej., terraço, 4 vagas OPORTUNIDADE – aceita permuta. P. São Domingos. R$ 790.000,00 Ref.: T22

CITY LAPA

sni@sni-imoveis.com.br Sala Comercial, c/ banheiro, www.sni-imoveis.com.br

VILA MENCK

LAPA – SOBRADO DE VILA

PARQUE SÃO DOMINGOS TÉRREA 3 dorms, sala 3 ambs, demais deps, móveis planejados, quintal, edícula. R$ 1.060.000,00. ACEITA PERMUTA. Ref J22 VILA MANGALOT COND. FECHADO

336 m² próximo a Rua Cerro Corá. Casa antiga. R$ 1.050.000,00. Ref R03

TERRENO - VILA ANASTÁCIO

10 X 25 m, Rua tranquila R$ 850.000,00 Ref. T04

SALA Coml de 36 m² AU + 2 banhs, c/ ar condicion, 1 vg garagem, R$ 1.300,00. Fone 3673-3410.

VILA ROMANA

CASA de 1 dorm., sala, cozinha, R$ 1.300,00, s/ condomínio, s/ garagem c/armários planejados, R$ 1.000,00 Fone 3673-3410. Fone 3673-3410.

Rua Aurélia, 927 • Vila Romana Sede Própria

3 dorms c/ arms, bhs, sala 2 ambs, dep. emp., 1 vaga, R$ 640.000,00 Ref.: P07

BARRA FUNDA – PRÉDIO COMERCIAL

VILA MADALENA COML / RES.

ALTO DA LAPA – TERRENO

VENDAS VILA LEOPOLDINA – APTO

VILA IPOJUCA – TÉRREA

2 dorms, 2 bhs, quintal, demais deps Reformada. R$ 2.100,00

CRECI 8654

LOCAÇÃO

PRÉDIO COMERCIAL – VILA IPOJUCA ar condicionado, armário, andar alto.

CRECI J 12.570

26

3 dorm., 2 BH, 2 vagas, área de lazer completa Cód. 3986

VILA ROMANA APTO – 1.100,00

2 dorm., BH, sala, coz., vaga e garagem. Venha conhecer! Oportunidade, todo planejado. Cód. 4334

VENHA CONFERIR!!! – 1 dorm., BH social 1 sala. Cód. 1876

ALTO DA LAPA ÓTIMA LOCALIDADE CASA TÉRREA – 1.290.000,00

PARQUE RESIDENCIAL DA LAPA SOBRADO – 1.900,00

3 dorm. 3 BH., 1 sala, coz. 4 vagas, dep. empregada e área de serv. Cód. 4252

ALTO DA LAPA - Cobertura Duplex – 2.000.000,00 280m², 3 dorm., s/ 2 suítes, dep. empregada 3 vagas, área de lazer. Cód. 4402

2 dorm., 2 BH, 2 vagas e edicula Cód. 2965 VILA ROMANA APTO. – R$ 1.650,00

ALTO PADRÃO - 64m² A.Ú – 1 vaga. 2 dorms, 2 BH, sala. dep. de emp., salão de festas, á. de lazer rico em arms. planejados CÓD 1258

ALTO DA LAPA APTO MARAVILHOSO – 2.600,00

LAPA - IMPERDÍVEL APTO – R$ 1.500,00

2 dorm. sendo 1 suíte, 3 BH, depend. empregada, vaga de garagem e lazer completo. cód. 4332

100m² A.Ú . Prox. Fac Campos Salles. 3 dorms. s/ 1 suíte, demais dependências. 1 vaga – Lazer no cond. CÓD 1502

LAPA DE BAIXO – APTO 1.300,00 ÓTIMA OPORTUNIDADE

ALTO DA LAPA APTO. – R$ 1.300

2 dorm. 1 BH social, 1 sala coz., área de serv. 1 vaga Cód. 4322

1 dorms, armários, banheiro, sala. coz, área de serviço. 1 vaga de garagem. CÓD. 994

PARQUE RESIDENCIAL DA LAPA SOBRADO – 3.000,00

ALTO DA LAPA LINDO APTO – 2.600,00

3 suítes, sendo uma máster com closet, sala 2 ambs., lavabo, coz. planejada, lavandeira. Garagem 2 carros Cód. 4133

Lazer completo, 2 dorm., 2 BH, 1 vaga, dep. empregada, coz, lavabo e sala. Cód. 4194

VILA IPOJUCA CASA TERREA – 3.000,00

LAPA APARTAMENTO – R$ 2.750,00

Comercial e residencial 3 dorm., 3 BH, 6 vagas, 2 salas no quintal. Cód. 4387

COBERTURA DUPLEX - 2 dorms., 2 suíte, 2 sala, lavabo, 2 vagas, coz., BH. social, área de laser completa Cód. 4320

VILA IPOJUCA APTO. – R$ 1.150

ALTO DA LAPA BELO APTO – 1.500,00

A.Ú. 60m² - 1 vaga – local tranqüilo. 2 dorms. s/ 1 suíte, sala, coz. e área de serviço. CÓD. 773

2 dorm., sala, coz., BH, 1 vaga. Cód. 4316

PARCERIA COM BANCOS PARA FINANCIAMENTOS E USO DO FGTS E AVALIAÇÃO DO SEU IMÓVEL. PROCURE-NOS !

Veja estas e outras ofertas com fotos em nosso site:

www.macedoimóveis.com.br - REALIZE SEU SONHO!


30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

CRECI 22891

R. DONA GERMAINE BURCHARD, 365 TELEFONE: (11) 3673-8533 – SP - SP www.biazon.com.br | eibiazon@biazon.com.br

CONSULTORIA EM COMPRAS, VENDAS E LOCAÇÕES

LOCAÇÃO

KITNET - R. MARIA ANTÔNIA - CONSOLAÇÃO - R$ 1.000,00 1 dorm, cozinha, banheiro

KITNET - AV. GAL OLIMPIO DA SILVEIRA - STA CECÍLIA - R$ 1.000,00 1 dorm c/armário, cozinha, banh, s/ vaga.

VENDAS APTO. BARRA FUNDA APTO. JD. BONFIGLIOLI REF:36889 REF:36891

KITNET - R. MARQUES DE ITU - REPÚBLICA - R$ 800,00 1 dorm, sala, cozinha, banh, s/ vaga

LOFT - R. ITAPICURU - PERDIZES - 49M² - R$ 1.300,00 Banheiro, lavabo, coz. americ, varanda, 1 vaga

Av. Sta Marina - 61m, living Av. Engº.Heitor A.Eiras Garcia 2 ambs c/ terr. grill envidr, 2 dts 106m, living 2 ambs, terr. grill, (1 ste c/ arms), bh. social, coz. lavabo, 3 dts c/ arms(1ste), bh. americ. c/ arms, á.serv, 1 vg, social, coz. c/ arms, á.serv. c/ lzr compl. R$ 480 mil. banh, 2 vgs, lzr. compl. R$ 800 mil.

APTO - R. MONTE ALEGRE - PERDIZES - R$ 2.500,00

2 dorms, sala, cozinha, banh, a.s, quarto e banh. de empr, 1 vaga 2 dorms, sala, cozinha, banh, a.s, 1 vaga

2 dorms c/arms, sala c/sacada, coz. c/arms, banh, a.s, 1 vaga 3 dorms, sala, coz, banh, á.serv, banh. empr, 2 vgs

3 dts c/arms, 2 salas, coz. c/arms, banh, escrit, a.s, quarto e banh.empr, 1 vg.

LOJA - AV. SUMARÉ - PERDIZES - 115M² - R$ 5.000,00 Salão 80m², 2 banhs, 1 cozinha, mezanino 35m²

SALAS COML. - R. D. GERMAINE BURCHARD - ÁGUA BRANCA - 59M² - R$ 1.800,00 3 salas, 2 banheiros, 3 vagas

Creci: 1657-J

CASA - PIRITUBA

R. Maria Lucia Duarte, 243 - 2 dorms, sala, coz, banh, A.S. garagem. R$ 800,00 Cel. 99958-2587

PERMUTA - CASA PIQUERI GALPÃO X CASA PERUIBE STA. PARNAÍBA/CAJAMAR 3 casas em terreno de 420 m², 4 vgs Cel. 99958-2587 LOCAÇÃO

GALPÃO – V. ROMANA 300 m² - R$ 4.500,00 Cel. 99958-2587

R. Gomes Freire, 257 - Lapa  3832-2911 LOCAÇÃO

VENDA

APTO – V. LEOPOLDINA

750m² c/ banheiro, copa e escritório. R$ 10.000,00 LOJA – LAPA

R. Dronsfield, 269 - 40m² c/ banh. – R$ 1.800,00

LOJA - LAPA

R. Martin Tenório, medindo 5 x 30m, próx. R. 12 Outubro e Fórum. R$ 10.000,00 Cel. 99958-2587

CONJ. COML. LAPA

60m², 2 banhs, copa, R. Clemente Álvares, 450 R$ 1.600,00 Cel. 99958-2587

GALPÃO – LAPA

R. Emilio Goeldi, terreno 1700m² e constr. 1500m², recepção, escrit. vgs. R$ 20.000,00 Cel. 99958-2587

APTO. ALTO DA LAPA

R. Passo da Pátria, 901 3 dorms, 2 vgs R$ 2.500,00

SOBRADO V. LEOPOLDINA

R. Aliança Liberal, 550 3 dorms, sala, copa, coz, garagem R$ 3.500,00 Cel. 99958-2587

SOBRADO – LAPA

Rua Gago Coutinho, 229 2 dorms, sala, coz, quarto fds, garagem R$ 1.800,00

V. ROMANA CASAS V. ROMANA 130M²AC/165M²AT SOBRADO AT 8 X 28 X 10 Terreno com 2 casas velhas, 3dts(1ste), sala, coz, wc, cada uma com 2 dorms, 3 vagas, jardim, quintal, sala, coz, wc, a. serviço, precisa de modernização, gar, exc. localização, local privilegiado, R$ 850 mil só R$ 650 mil consulte ref. 07394 A. LAPA – SOBRADO

CRECI 12974

V. LEOPOLDINA 150M²AT / 220M²AC LINDO APTO. 99M²AU 3dts(1ste), sala, coz, wc, 2dts (1ste) c/arms, sala lavabo, sala ampla, 2 vagas, edícula grande c/wc, depósito, 2 ambs c/sacada, lavabo, maravilhosa coz, despensa, chur., bom quintal gar, oportunidade, só R$ 1.200.000,00, vender R$ 650 mil – consulte urgente - consulte ref. 06437 ref. 06790 V. ROMANA - APTO. 77M²AU BUTANTÃ – APTO. 98M²AU 3dts(1ste) c/arms, sala ampla 2dts, sala, coz, 2 wcs, a. c/sacada, coz. planejada, wc, serviço, gar, lazer completo, 2 vagas, lazer, reformado, elevador social para 2 aptos, imperdível, preço abaixo da elevador de serviço p/4 avaliação, só R$ 580 mil, aptos, excelente localização, confira!!! - consulte ref. 07157 só R$ 350 mil

A FORÇA DE

UM NOME

3641- 3966

VENDAS

APTO - R. HARMONIA - SUMARÉZINHO - 110M² - R$ 3.500,00 APTO - R. PEIXOTO GOMIDE - CERQUEIRA CESAR - 160M² - R$ 2.700,00

www.ymaimoveis.com.br

R. Brentano – 118 m²AU, 4 dorms (2stes), 3 vgs R$ 890 mil. Cel. 99958-2587

R. Domingos Rodrigues, 506 - Lapa

APTO - R. OSCAR FREIRE - CERQUEIRA CESAR - R$ 2.000,00

Av. Sta Marina - 61m, living 2 ambs R. Faustolo, 103m, living p/ 2 ambs, terr. c/ terr. grill, 2 dts (1ste c/ sacada e c/ churrasq. envidr, 3 dts c/ arms(1ste), bh.social, coz. ampla c/ arms, á. serv. c/ arms), bh. social, coz. c/ arms, bh, 2 vgs, lzr compl. R$ 3.800,00 á.serv, 1 vg, lzr compl. R$ 2.000,00

www.lapaimoveis.com.br

Desde 1976

www.ramosimoveis.com.br

APTO - R. RAUL POMPÉIA - V. POMPÉIA - 70M² - R$ 1.800,00

LOCAÇÕES APTO ALTO PADRÃO - LAPA APTO BARRA FUNDA REF:37924 REF:37925

Lapa Imóveis

27

CRECI J-3.513-9

ESCRITÓRIO IMOBILIÁRIO BIAZON LTDA.

CRECI: 159-J

Leia também a edição digital no site www.jornaldagente.inf.br

LAPA SOBRADOS NOVOS 150M²AC / 165M²AT 2stes, sala ampla, coz, wcs, 4 vagas, jd, quintal, chur, portão automático, acabamento primeiríssima, rua sem saída, R$ 850 mil consulte ref. 0607

Rua Bairi, 29 - Alto da Lapa Plantão aos sábados das 9h às 17h

SIGA À FRENTE CORAJOSAMENTE, PORQUE A VITORIA SORRI SOMENTE AQUELES QUE NÃO PARAM NO MEIO DA ESTRADA

Mais ofertas nos sites www.lucianaimoveis.com.br |

www.vivareal.com.br

LAPA - APTO R$ 830 MIL

VILA ROMANA APTO. R$ 2.450 MIL

V. ROMANA APTO. R$ 970 MIL

3 dormitórios 3 dormitórios (1 suíte), sala 3 suítes, sala (1 suíte), sala 2 ambientes, cozinha, 3 ambientes, cozinha, 2 ambientes, cozinha, WC social, lavabo, WC social, lavabo, WC social, área área serviço, dep. dep. empregada, repleto serviço, 2 vagas, armários, elevador empregada, armários, ampla varanda, privativo, churrasqueira AU 100 m², prédio AU 122 m², armários, na varanda, 3 vagas, com lazer completo. prédio com piscina. AU 208 m².

V.ROMANA APTO. R$ 800 MIL

ALTO DA LAPA SOBRADO R$ 980 MIL

PIRITUBA APTO. R$ 260MIL

LAPA DEBAIXO APTO R$ 380 MIL

ALTO DA LAPA SOBRADO R$ 2.900 MIL Excelente localização com 4 dormitórios

2 dormitórios, (2 suítes), 3 salas, copa/cozinha, lavabo, sala, cozinha, WC social, 1 vaga, escritório, dependência de empregada, despensa, AU 64 m², prédio 4 vagas de garagem, com elevador. jardins, frente com 11 metros, AC de 361 m².

PERDIZES APTO. R$ 365 MIL

NOSSA SENHORA DO Ó – APTO R$ 356 MIL

Ótima localização vista privilegiada com Ótima localização com 2 dormitórios sendo 3 dormitórios sendo 1 suíte 2 dormitórios, 1 dormitório, 1 suíte, sala 2 ambientes, com sacada, 2 salas, copa 2 dormitórios, sala sala, AU 45 m², cozinha americana, sala, cozinha com para dois ambientes, e cozinha, dependência cozinha com ampla área de serviço, de empregada, todas armários e gabinete, cozinha, varanda, armário e gabinete, novo e moderno (semias dependências com 1 WC, área de serviço, 1 WC, área de mobiliado), metragem armários, 5 banheiros, WC , área de AU 57 m², cond. serviços, 1 vaga, garagem com portão 88 m², vaga de garagem serviço, sem vaga, Baixo, localização fixa, portaria 24 horas, automático e espaço para AU 45 m². Cond. Baixo. excelente. 4 carros. 2 aptos. por andar.

LOCAÇÕES CITY LAPA APTO. LAPA DE BAIXO R$ 2.200,00 APTO. ESTUDA PROPOSTA R$ 1.400,00

Rua Arborizada, 2 dormitórios, 3 dormitórios com sala ampla, armários, sala 2 ambientes, cozinha com cozinha, WC social, armários, dependência de AU 73 m², armários empregada, AU 90 m², na cozinha + vaga de garagem, lazer balcão, condomínio completo, cond. R$ 331,00. R$ 753,00.

POMPÉIA APTO. R$ 2.000,00

PARQUE SÃO DOMINGOS CASA R$ 1.700,00 3 dormitórios

3 dormitórios amplos, sala, cozinha (1 suíte), sala com armários, 3 ambientes, 2 WCs, área de repleto de armários, serviço, lavanderia, AU 136 m², quintal, 1 vaga, AU prédio sem lazer. 125 m². Vale a pena conhecer!

ALTO DA LAPA APTO. R$ 1.700,00

VILA ROMANA COMERCIAL R$ 4.500,00

ÁGUA FRIA R$ 1.500,00

PERDIZES APTO R$ 1.800,00

2 dormitórios, sala, cozinha, WC social, AU 65 m², prédio sem elevador, trav. da Av. Água Fria.

2 dormitórios, sala, cozinha, WC social, lavabo, WC empregada, AU 60 m², próximo da Av. Prof. Alfonso Bovero.

VILA ROMANA APTO. R$ 1.700,00 2 dormitórios, sala, cozinha com gabinete, 1 WC com box, área de serviço, AU 76m². Cond. R$ 420,00.

PIRITUBA APTO. R$ 1.000,00 2 dormitórios, sala, cozinha com gabinete, 1 WC com box, área de serviço, AU 45m². Cond. R$ 252,90.

LAPA - APTO. R$ 1.800,00 2 dormitórios, sala com sacada, cozinha, WC social, 1 vaga, AU 58 m², prédio com lazer completo.

ALTO DE PINHEIROS APTO. R$ 1.600,00 2 dormitórios com armários, sala com sacada, cozinha com armários, AU 56 m², 2 vagas de garagem demarcadas, área de lazer completa, cond. R$ 590,00.

PARQUE LAPA ALTO DA LAPA SÃO DOMINGOS COMERCIAL APTO R$ 3.500,00 SOBRADO R$ 1.800,00 SEM (ESTUDA R$ 2.200,00 CONDOMÍNIO PROPOSTA)

Mobiliado com Rua Francisco 1 dormitório, sala 3 dormitórios com sacada, cozinha Alves - salão amplo (1 deles com armário e sacada), sala americana, área de com divisórias, serviço, AU 41 m², 2 banheiros, cozinha com amplo terraço, lavabo, cozinha vaga de garagem, e vaga para 4 carros, completa de armários, prédio novo, lazer dependência de área aproximada de completo, cond. empregada, quintal, 300 m². de R$ 545,00. vaga para 2 carros.

Próximo do Shopping da Lapa e Terminal 04 Salas com 04 banheiros, cozinha e área de serviço – área total com 189 m² - em excelente estado e pintura nova e piso frio.

3 dormitórios sendo 1 suíte repletos de armários, piso taco de madeira , sala ampla, varanda envidraçada, cozinha com armários e gabinetes, 2 vagas fixas e com deposito, dependência de empregada, AU 107 m², lazer completo.


28

30 de julho a 5 de agosto | 2016 www.jornaldagente.inf.br

Leia também a edição digital do jornal no site www.jornaldagente.inf.br

Teatro

CURTAS

Espetáculo retrata depoimentos de refugiados Foto Divulgação

Por Ana Paula Ferreira semanajg@jornaldagente.inf.br

Diante do drama de milhares de refugiados que morreram ao tentar atravessar o mar Mediterrâneo em busca de abrigo na Europa, a Cia. Nova de Teatro leva ao Teatro Cacilda Becker (Rua Tito, 295) o espetáculo “Barulho D’Água”. Com adaptação do texto do dramaturgo italiano Marco Martinelli, a narrativa dá voz a depoimentos de cinco refugiados – colhidos pelo próprio autor na região da Sicília, na Itália. A interpretação destes personagens cabe ao ator Alexandre Rodrigues, conhecido por protagonizar o filme “Cidade de Deus”, lançado em 2002. O elenco conta ainda com Vicente Latorre e Rosa Freitas. O espetáculo fica em cartaz até o dia 7 de agosto, às sextas-feiras e sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h, com entrada franca – os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência.

“Cinemini Nostalgia” no Sesc Pompeia Dos dias 13 a 28 de agosto, o Sesc Pompeia (Rua Clélia, 93) promove o “Cinemini Nostalgia”, programação que convida os pais a reverem clássicos do cinema de sua infância juntamente a seus filhos, propondo assim uma aproximação entre as referências audiovisuais das duas gerações.”E.T. - O Extra Terreste” (1982), de Steven Spielberg, “Os Fantasmas Se Divertem” (1988), de Tim Burton, “Gremlins” (1984), de Joe Dante, e “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (1941), de Mel Stuart, são alguns dos filmes escolhidos para a programação, que serão exibidos com dublagem em português. As sessões acontecem sempre aos sábados e domingos, às 12h, com entrada franca (os ingressos devem ser retirados uma hora antes da sessão).

Olimpíadas Interplanetárias chegam ao Espaço de Leitura

Alexandre Rodrigues dá vida às histórias dos refugiados

Sob comando do palhaço Adão, o Espaço de Leitura do Parque da Água Branca (Avenida Francisco Matarazzo, 455) recebe neste sábado (30) as Olimpíadas Interplanetárias, do Sarau Supersônico. Durante a atividade, o público é convidado a participar de todas as modalidades, como revezamento de versos, declamação sincronizada, desenhos das bandeiras para as comissões esportivas interplanetárias e arremesso de poesia. A proposta é compartilhar textos e poemas da literatura infantil e infanto-juvenil num espaço aberto onde toda a família pode participar. A atividade tem início às 15h e é aberta ao público.

Jornal da Gente - Edição 724 - 30 de julho a 5 de agosto de 2016