Page 1

Saúde. Projeto municipal visa trabalhar sem preconceito e nem discriminação. P 7

Dia dos Pais. Frank Sinatra fala da expectativa local. P 9

Economia.

Contagem

10 a 16 de agosto de 2018 Ano VI - Número 762 - www.otempocontagem.com.br

Tiragem desta edição: 35.000 exemplares

Vinícius Faria propõe desburocratizar o alvará sanitário do comércio.

SAMUEL JUNIO/CMC

FCDL/DIVULGAÇÃO

Página 3

Ato. Tribunal de Justiça extingue ações que contestavam o imposto na cidade

Cobrança do IPTU é mantida na Lei

Política

Protesto dos comerciantes no Legislativo repercute Debate entre os empreendedores e os secretários municipais de Governo. P4 SAMUEL JUNIO TOMAZ/CMC/DIVULGAÇÃO

Decisão foi tomada esta semana, por órgão especial composto por 25 desembargadores, que destacaram a importância do tributo para preservar a capacidade econômica da prefeitura e os investimentos. P3 PMC/DIVULGAÇÃO

Sociedade

Confira quem está em alta na coluna Sendo Breve Noivados, casamentos e o evento destaque, o Iº Churrascão Fogo de Chão Black Bull. P10

Economia

Atacadista Apoio Mineiro inaugura nova loja na cidade A unidade conta com 160 colaboradores e teve investimentos de cerca de R$ 7 milhões. P8

Especializado

Jovens vencem estadual de vôlei O técnico escolar, Thomaz Henrique, explica como os resultados vieram. P12

NOVOS TEMPOS/DIVULGAÇÃO

SIGAM AS NOSSAS DIÁRIAS

PELAS REDES SOCIAIS

@otempocontagem


2

O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018


O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

3


4

O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

Opinião

Clique da semana

Bate Debate Andrea Andrade

O TEMPO CONTAGEM

Jornalista e Editora

Eleições 2018, pior que está pode ficar

A

EMPRESARIAL. O Deputado Federal Newton Cardoso Jr (MDB MG) esteve, nesta terça (7), na sede da Associação Comercial e Industrial de Contagem para falar sobre o Refis e a Reforma Tributária. Durante reunião a Diretoria executiva da ACIC e empresários da região, o Parlamentar apresentou um balanço positivo do programa de parcelamento de tributos do qual foi relator no Congresso Nacional. "Tenho a honra e a alegria de ter sido relator do Refis, que salvou milhares de empresas em todo o Pais, gerou empregos e contribuiu para a recuperação da nossa economia. Com o Refis, já foram arrecadados 40 bilhões de reais aos cofres públicos. Dinheiro que vai pra saúde, educação e segurança pública", afirmou.

I… Vinícius Faria Sozinho no ninho. O vereador do PCdoB é um dos poucos que busca fiscalizar e se posta nas reuniões plenárias e nas reuniões na sala da presidência, onde tudo é realmente definido.

PMC/DIVULGAÇÃO

SAMUEL JUNIO TOMAZ/CMC/DIVULGAÇÃO

Destaque no Facebook

Y…

Sérgio Reis adia show O Carretão Trevo Contagem informou esta semana que o show do cantor Sérgio Reis, que seria realizado na última quinta-feira, 09 de agosto, foi adiado devido a um procedimento médico o qual o artista foi submetido. Uma nova data será divulgada em breve e os ingressos não precisarão ser trocados Sérgio Reis, 78 anos, passou por um procedimento cirúrgico no coração, na última sexta-feira

(3), em São Paulo. Ele se recupera bem e decidiu adiar a agenda de shows desta semana. O cantor gravou um vídeo direcionado ao público de Contagem e disse que em breve se apresentará na cidade com o carinho de sempre. A organização do evento deseja melhoras ao artista e coloca os seguintes canais de comunicação à disposição para mais informações: Telefone: 31 3396 1640 E-mail: reservas@carretaotrevo.com.br

Ivayr Soalheiro O ex-vereador assumiu a secretaria de Desenvolvimento Urbano e pode ficar marcado pela mudança na cobrança da Taxa de Publicidade. Ele tem tentado explicar, mas precisa melhorar muito.

CMC/DIVULGAÇÃO

grande maioria do povo brasileiro não se sente representado pelos políticos no poder. E de uns tempos para cá, cresceram os "fake news" aem que a disseminação da mentira é casual. Se antes, cada brasileiro se colocava como técnico da Seleção Brasileira, agora cada um acredita que a sua verdade é única e absoluta de defendem "mitos" que não passam de falsários que se mantém há anos no poder recebendo polpudos salários e seus penduricalhos. Quantos políticos temos nos parlamentos federal, estadual e municipal que sequer sabem qual a função que deveriam exercer e pior, desconhecem o básico da ética na política. O pior é que elegeremos presidente, governadores e legisladores. Ao que parece, os partidos serão os mesmos e os candidatos, também (em sua maior parte , estão hoje no poder). As eleições de 2018 não resolverão os nossos problemas e podem até agravá-los, a depender do presidente eleito e do seu apoio parlamentar. E podem aparecer novos "Tiriricas, pior que tá fica. A eleição de 2018 será marcada por um percentual recorde de abstenções, votos brancos e nulos. A confirmação desse cenário poderá levar a um quadro em que nenhum candidato à Presidência tenha um percentual de votos superior a 20%, e uns dois ou três, embolados na faixa de 14% a 16%. Pelo apontar das pesquisas recentes teremos eventual segundo turno, em que o Brasil terá que optar entre duas alternativas marcadas pela ausência de compromisso com a democracia, valores republicanos e estabilidade política, e nenhum projeto consistente de sustentabilidade fiscal. A política tem a clarividência de forjar relações dialéticas. No cenário pré-crise, PT e PSDB eram colocados como duas faces de uma mesma moeda e, por vários motivos, cultuaram essa dualidade em parte, fruto das hegemonias do núcleo paulista na direção geral dos dois partidos. Não é estranho, portanto, a observação apontada nas pesquisas eleitorais, que indica a decadência dos dois partidos e a ascensão de partidos periféricos sem representação ideológica ou significado político. Um dos critérios para que o voto seja consciente é depositá-lo naquele candidato cujas propostas você realmente se identifica. Aquele nome que você tem orgulho de indicar aos seus conhecidos, por se tratar de um candidato ético, competente e com propostas de altíssima qualidade. Ainda é muito comum pessoas transformarem seu voto em mercadoria, trocando-o por benefícios individuais e pouco éticos, muitas vezes até ilegais. Essas práticas são comumente denunciadas pela imprensa, por investigações feitas pela Justiça Eleitoral e ações da sociedade civil para combater o fenômeno. Todos esses casos mostram que a compra de votos ainda é uma prática bastante recorrente em parte do eleitorado. O calendário eleitoral contém todas as datas relativas às ações que serão tomadas ao decorrer do ano eleitoral. Desse modo, por meio delas, os cidadãos podem se informar sobre quais, como e quando essas ações deverão ser praticadas. Desde o dia 20 de julho foi dado início às convenções partidárias, cuja finalidade é deliberar sobre coligações e escolher os respectivos candidatos a Presidente e Vice-Presidente da República, Governador e Vice-Governador, Senador e respectivos suplentes, Deputado Federal e Deputado Estadual . A partir dessa data também, é dado ao candidato o direito de resposta a informações que afetem sua imagem, caráter, caluniosas, difamatórias ou injuriosas, difundidas por meios de comunicação social. Contato: contagem@otempo.com.br

m… Glória da Aposentadoria Já está cansativo. Mas a vereadora continua correndo atrás de mostrar as obras do governo como iniciativas dela. Para que tá feio Glória. Tem cometido erros infantis. Muda de vida ou.....

Esse texto não traduz a opinião de O Tempo Contagem e, sim, do autor

EXPEDIENTE ANDRÉA ANDRADE PEREIRA EDITORA RESPONSÁVEL

SEMPRE EDITORA CNPJ: 26.198.515/0004-84

VITTORIO MEDIOLI

LAURA MEDIOLI

MARINA MEDIOLI

HERON GUIMARÃES

ANA WEISS

FUNDADOR

PRESIDENTE

VICE-PRESIDENTE

DIRETOR EXECUTIVO

SUPERINTENDENTE DE JORNALISMO

REDAÇÃO E INDUSTRIAL - Av. Babita Camargos, 1645 - Cidade Industrial Contagem - MG - CEP 32.210-180 Tel. (31) 2101-3019 - Fax (31) 2101-3826 E-mail: contagem@otempo.com.br


CMC/DIVULGAÇÃO

O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

5

Política

Obras de infraestrutura Depois de ouvir apelos da comunidade do Bernardo Monteiro, o vereador e presidente da Câmara, Daniel Carvalho (PV) solicitou a realização urgente de obras de drenagem pluvial na São Francisco (antiga Rua M).

Lei. A isenção do IPTU permanece para imóveis avaliados em até R$ 140 mil, entre outros

Tribunal de Justiça extingue ações que questionavam IPTU Decisão foi tomada por órgão especial composto por 25 desembargadores, que destacaram a importância do tributo para preservar a capacidade econômica local RODRIGO PAIVA/PMC/DIVULGAÇÃO

Novas decisões judiciais legitimaram a revisão das regras de isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) residencial aprovada pela Câmara Municipal de Contagem no final de 2016 e implementada pela prefeitura no início de 2017. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) extinguiu nesta semana duas ações que questionavam a validade da Lei Complementar nº 214, com novos critérios para a isenção do tributo. As Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) foram propostas pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e pela Federação Sindical e Democrática dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico ME. O TJMG, no entanto, considerou legítima a nova regra para cobrança do IPTU residencial. Os desembargadores destacaram a importância da implantação de uma política fiscal e tributária mais justa no Município. De acordo com procurador da Fazenda Municipal, Armênio Gonçalves, a decisão do

TJMG mais uma vez consolida a legalidade do IPTU, deixando claro que a cobrança é constitucional e essencial para manter em dia as contas e os investimentos da administração municipal. “O conceito de justiça tributária é notório e amplamente aplicado em Contagem, pois 50,4% dos imóveis residenciais permanecem isentos do pagamento de IPTU”, ressalta o procurador. Os desembargadores destacaram que o imposto é importante para preservar a capacidade econômica da prefeitura. A arrecadação é revertida em investimentos em setores essenciais, como Saúde, Educação e infraestrutura urbana.Em 2017, a Prefeitura de Contagem transferiu 30% do que foi arrecadado com o IPTU para a Saúde, o dobro do mínimo exigido por lei. Para a Educação foram transferidos 27%, 2% a mais do que determina a Constituição Federal. Também foram feitos investimentos na pavimentação de ruas, obras de infraestrutura e manutenção da cidade, além de apoio à execução de proje-

MUNICÍPIO. Estão isentos aposentados e pensionistas com renda mensal líquida inferior a R$ 5.190,00, e os casos já previstos na Lei

tos habitacionais e de assistência social. Isenção A isenção do IPTU perma-

nece para imóveis avaliados em até R$ 140 mil. Estão isentos aposentados e pensionistas com renda mensal líquida inferior a R$

5.190,00, desde que tenham um único imóvel e residam no mesmo, e cujo valor venal não exceda R$ 600 mil. Instituições educa-

cionais e templos religiosos também permanecem isentos à cobrança, dentre outros casos previstos na lei, aprovada há dois anos.

Vigilância. O Projeto de Lei Completar nº 002/2018 foi protocolado e começou a tramitar na Câmara Municipal

Vinícius Faria propõe desburocratização do alvará ARQUIVO PESSOAL/DIVULGAÇÃO

Na terça-feira (7), durante a 22ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Contagem, o vereador Vinícius Faria apresentou o Projeto de Lei Complementar nº 002/2018 que moderniza a legislação sanitária de Contagem. Segundo o parlamentar, a proposta de alteração do Código de Saúde do Município de Contagem introduz dispositivo que assegura a validade do alvará sanitário até que a Vigilância Sanitária analise e emita parecer conclusivo à solicitação de renovação dentro do prazo previsto na lei de 120 dias antes do vencimento. "Os

serviços públicos precisam ser modernizados com o objetivo de garantir mais transparência e mais segurança aos usuários, sejam eles cidadãos, outros entes públicos, empresas e estabelecimentos comerciais" explica Vinícius Faria. Prazos A emissão de Alvará Sanitário, condição para o funcionamento dos estabelecimentos das mais variadas finalidades, nem sempre é emitido no prazo limite entre o protocolo e o prazo final do vencimento. "Em geral, devido ao grande

fluxo de demanda, não há prazo para assegurar que será realizado dentro do previsto, o que gera insegurança para o funcionamento dos estabelecimentos. Buscamos mais transparência e segurança jurídica. Tal medida contribuirá para uma melhor prestação de serviços e a continuidade de atividades importantes para os cidadãos, empresas e para o próprio poder público" finaliza Vinícius Faria. O comerciante Renato Lucas, responsável pelo estabelecimento “Zé do Frango”, no Bairro Amazonas, descreveu a demora da emissão do alvará

sanitário. “Fica complicado para nós, comerciantes, a demora da vigilância sanitária. Temos que cumprir o prazo de 120 dias, mas, se tem alguma divergência, além da demora da primeira visita, o retorno demora ainda mais”, disse Renato Lucas. 120 dias Ainda segundo Renato, a demora prejudica a loja e aos consumidores. “Trabalho com carnes, tenho a obrigação de preocupar com a higiene do meu comércio. Os meus clientes sabem da nossa preocupação com isso, mas e se um dia,

logo depois dos 120 dias, algum cliente questionar? A gente trabalha dentro da lei, e é muito importante ter os documentos comprovando isso. A demora da vigilância sanitária não pode nos prejudicar”, explica o comerciante. O Projeto de Lei Completar nº 002/2018 foi protocolado e começou a tramitar na Câmara Municipal. Em seu pronunciamento, Vinícius Faria destacou que vivemos um tempo de crise e que o seu mandato tem se pautado por apresentar propostas que contribuam para o desenvolvimento do comércio e da indústria. AÇÃO. Comerciante pede ajuda


6

O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

Política

Ato. De acordo com a Prefeitura, a taxa é cobrada desde 1993, com a Lei 2.575

Protesto na Câmara Representantes dos empreendedores de Contagem questionaram na reunião cobrança da Taxa de Fiscalização de Engenhos de Publicidade SAMUEL JUNIO TOMAZ/CMC/DIVULGAÇÃO

A reunião plenária desta terça-feira (7) foi marcada pela manifestação dos comerciantes a respeito da cobrança de taxa de fiscalização de empenho de publicidade (TFEP). O vereador Alex Chiodi (SD) manifestou apoio aos comerciantes e pediu sensibilidade do executivo para o cancelamento da cobrança, do exercício de 2018, para que a pauta seja melhor debatida. "A manifestação dos comerciantes é justa e está sendo feito de forma ordeira. Eles estão aqui reivindicando seus direitos, pois foram pegos de surpresa com essa cobrança sem nenhuma orientação prévia", destacou Chiodi. O parlamentar lembrou que desde o mês de julho várias reuniões foram realizadas para tratar sobre a taxação, inclusive na semana passada os representantes dos comerciantes estiveram na Câmara Municipal de Contagem para buscar apoio dos vereadores. "Não podemos jogar nas costas dos pequenos e médios empresários as despesas da máquina pública e ao invés de cortar gastos aumentá-los. No momento em que vivemos uma crise grave na economia, onde temos milhares de comércios fechando as portas ou demitindo os empregados, estes que ajudam a manter essa cidade até mais que as grandes empresas, deixar que eles paguem mais um imposto,

principalmente da forma como está sendo cobrado", argumentou. De acordo com a Prefeitura, a taxa é cobrada desde 1993, de acordo com a Lei Municipal Nº 2.575 daquele ano, mas apenas 4.700 estabelecimentos eram cadastrados, antes da revisão da Administração realizada neste ano, que indicou mais de 13 mil comércios. Entretanto, os empreendedores reclamaram da falta de notificação em anos anteriores e o prazo reduzido para a adequação do comércio ao que é exigido. Comerciantes O empresário José Maurício de Barros, conhecido como Mauricinho, começou sua participação ressaltando que é reivindicação de todos os lojistas e comerciantes de Contagem a revogação da taxa de publicidade. “Pedimos o fim desta taxa, uma vez que já honramos com os compromissos de IPTU e muitas outras taxas e impostos, que oneram os empreendedores”, afirmou. “O nosso questionamento é se o fato de termos uma identificação em nossa loja pode ser considerada para a cobrança da taxa de publicidade. Será que não podemos ter identificação na nossa porta?”, completou. Ele ressaltou que a Administração Municipal deveria ter uma postura mais de orien-

MANIFESTO. Lojistas levaram faixas e cartazes na reunião plenária de terça-feira e foram ouvidos

tação dos lojistas sobre a inadequação de suas placas, antes de aplicar “taxas punitivas”. “Se o poder público chegasse para mim e dissesse que minha placa ou minha faixa seria uma agressão ou poluição visual, eu tomaria as providências. Mas não da forma que foi feito, de me aplicarem uma taxa de R$ 4 mil para pagamento a vista em um momento de dificuldade e reces-

são econômica”, desabafou. O comerciante reconheceu a legalidade da cobrança, mas pediu mais sensibilidade à Prefeitura, para que a taxa não seja apenas parcelada – o que foi prometido pelo prefeito Alex de Freitas (PSDB) em reunião no dia 13 de julho –, mas que seja revista por completo. “Em momento de crise e desemprego, o que nos preocupa é colocar a conta em nos-

sas costas, sem diálogo e informação para os comerciantes, mas também em relação à Câmara, pois a taxa foi colocada no recesso legislativo, faltando respeito do Executivo com esta Casa”, pontuou, pedindo apoio dos vereadores. Líder de Governo na Câmara, o vereador Teteco (MDB) garantiu uma reunião com os secretários na Câmara na quinta-feira (9.)

Impasse sobre a Taxa de Publicidade é debatido SAMUEL JUNIO TOMAZ/CMC/DIVULGAÇÃO

"alto valor" pelas placas de identificação de seus estabelecimentos, sem terem tempo de se adequarem às exigências. Segundo a Prefeitura, a taxa é cobrada desde 1993, de acordo com a Lei Municipal Nº 2.575 daquele ano, mas apenas 4.700 estabelecimentos eram cadastrados, antes da revisão da Administração realizada neste ano, que indicou mais de 13 mil comércios. A partir de 30 de novembro, as taxas seriam geradas e parceladas para pagamento em até cinco vezes, conforme a legislação. Para o ano que vem, a ideia é de atualizar a legislação, a partir de um projeto que será encaminhado pela

Duas caras 1 Sobre o debate da cobrança da Taxa de Publicidade na cidade, tem vereador muito esperto. Enquanto Alex Chiodi destacou que é alta a carga tributária assumida pelos comerciantes e propôs que a Prefeitura faça uma campanha educativa, antes de cobrar pelas placas de identificação, alguns se calaram e somente Leo Motta (PSL), Arnaldo de Oliveira (PTB), Vinícius Faria (PCdoB), Daniel do Irineu (PP) e Jair Tropical (PCdoB) externaram publicamente seu apoio.

Duas caras 2

Acordo. Secretários municipais estiveram no Legislativo em reunião para manter as negociações

A Câmara Municipal de Contagem intermediou, nesta quinta-feira (9), na presidência da Casa, o debate entre representes dos empreendedores de Contagem e os secretários municipais de Governo, Vladimir de Faria Azevedo, de Desenvolvimento Urbano, Ivayr Soalheiro, e de Fazenda, Gilberto Silva Ramos. Os comerciantes reivindicam a revogação da Taxa de Fiscalização de Engenhos de Publicidade, cuja cobrança foi ampliada neste ano, após recadastramento do comércio pela Prefeitura. A principal reclamação dos comerciantes é de terem sido pegos de surpresa no mês de julho com uma taxa de

Questão de ordem

Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação para a Câmara Municipal ainda neste ano, e será debatido com os vereadores e todas as entidades representativas de lojistas, comerciantes e empreendedores de Contagem. Durante a reunião, os empreendedores relataram suas dificuldades diante do contexto econômico do país e os impactos que a taxa pode causar na geração de emprego e renda no município. Eles não concordaram com a cobrança da taxa neste ano, principalmente no valor que foi apresentada, e questionaram os critérios. Diante do impasse, as negociações permanecem.

Os demais vereadores como PT e do PCdoB que deveriam ser oposição nem disfarçam o apoio total e irrestrito ao governo do PSDB. A atual legislatura é uma vergonha. Mesmo os que questionam, na frente do prefeito Alex de Freitas mudam de posição. O único que propôs criar um projeto de Lei para revogar o formato da cobrança da Taxa de Publicidade foi Vinícius Faria (PCdoB) mas não obteve apoio. Ou seja, nenhum parlamentar em coragem de fiscalizar o governo.

O Rei O prefeito Alex de Freitas (PSDB) reina soberano em Contagem. Depois da exoneração do secretário de Obras, o Reinaldo Alves, e outras demissões, o chefe do Executivo mostra que não está para brincadeira. Está procurando acertar e colocar a gestão para funcionar privilegiando os mais carentes. Isso é claro. Ainda tem setores deficientes, cabeças vão rolar, afinal, diferente de outros o Rei tem coragem e assume o governo. Trocando mais algumas peças ele acha o rumo. Oremos.

Reforma Tributária O Presidente da ACIC, Egmar Pereira Panta, defende a Reforma Tributária. "Com a fala do deputado Newton Cardoso Jr. tivemos uma visão mais detalhada do Refis e entender os principais pontos da Reforma Tributária. Contagem, por ter uma característica industrial, foi diretamente favorecida pelo Refis. Diversas empresas estavam com dívidas impagáveis, por conta dos juros e multas altíssimos, que puderam regularizar com o Refis", disse Egmar.

REUNIÃO. Governo e empreendedores continuam buscando a solução


RICARDO LIMA/PMC/DIVULGAÇÃO

O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

7

A semana

Morar Contagem O prefeito Alex de Freitas vai lançar na próxima segunda-feira (13) o programa “Morar Contagem”. A meta é investir R$ 3 bilhões para zerar o déficit habitacional no Município.

DST. Nos encontros ocorrem também distribuição de preservativos e de material informativo

Projeto local trabalha a saúde sem preconceito e nem discriminação CTA de Contagem tem promovido várias rodas de conversa com transexuais voluntárias para aproximá-las de serviços de saúde relacionados às ISTs / Aids FÁBIO SILVA/PMC/DIVULGAÇÃO

As experiências de preconceito e exclusão comuns às trajetórias das pessoas trans acabam por dificultar a iniciativa de busca por equipamentos de saúde, incluindo aqueles relacionados ao diagnóstico e tratamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Com o objetivo de promover o acesso aos serviços do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) por pessoas trans, esclarecer dúvidas e falar sobre prevenção e tratamento das ISTs, a Secretaria

Municipal de Saúde (SMS) promoveu uma roda de conversa em uma casa-pensão na região do Industrial. A visita à casa aconteceu no mês passado. Participaram do encontro seis das aproximadamente 12 trans, oriundas de diferentes lugares. A participação na roda de conversa se deu de forma voluntária. O diálogo foi mediado por Simone Maia e Cláudia Oliveira, aconselhadoras do CTA de Contagem. A solicitação da visita de integrantes do CTA par-

tiu de Giselle Rodrigues, que acolhe as meninas na casa. A ação foi viabilizada graças à articulação e iniciativa do coordenador do IST / Aids do Centro de Consultas Especializadas (CCE) Iria Diniz, Paulo Henrique Teixeira Belmiro. Na ocasião, houve também distribuição de preservativos e de material informativo sobre a Profilaxia Pós-Exposição (PEP), que consiste no uso de medicamentos antiretrovirais após um possível contato com o vírus HIV em situações co-

mo violência sexual, relação sexual desprotegida e acidente ocupacional, e sobre a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP), uso preventivo de medicamentos antes da exposição ao vírus do HIV. O coordenador do programa IST / Aids, Paulo Henrique, comenta sobre a especificidade da ação. “É uma ação de promoção à saúde voltada a um público muito específico, de difícil acesso e vulnerável, que precisa de muita atenção e um olhar diferenciado”, afirma o coordenador.

AÇÃO. Articulação e iniciativa do coordenador do IRIA Paulo Henrique


8

O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

A semana

Virtual. Além das lojas físicas, a marca agora conta também com vendas via e-commerce

Contagem inaugura nova loja do atacadista Apoio Mineiro A nova loja, inaugurada na quarta (8), teve investimentos superiores a R$ 7 milhões, terá 3.850 m2 de área de vendas e contará, inicialmente, com 160 colaboradores. HIPERTEXTO/DIVULGAÇÃO

Uma nova unidade do Apoio Mineiro foi inaugurada na quarta-feira, dia 8 de agosto, na Avenida Babita Camargos, 1295 - Cidade Industrial. A nova loja, que teve investimentos superiores a R$ 7 milhões, terá 3.850 m2 de área de vendas e contará, inicialmente, com 160 colaboradores. Será a 15ª unidade do Apoio Mineiro inaugurada pelo Grupo Super Nosso. O Apoio Mineiro da Babita Camargos será a quarta loja inaugurada pelo Grupo este ano. No primeiro semestre foram abertos o Super Nosso Planalto (abril), Super Nosso Salgado Filho (maio) e Apoio Mineiro Waldomiro Lobo (junho). A estimativa é de que, contabi-

lizando as quatro novas unidades, foram investidos mais de R$ 30 milhões e gerados cerca de 520 novos empregos. A expectativa é de que outras 3 novas lojas sejam inauguradas pelo Grupo até o final do ano. E-commerce Além das lojas físicas, a marca Apoio Mineiro conta agora com vendas via e-commerce. Lançado recentemente, o Apoio Entrega tem mais de 10 mil produtos à disposição e realiza entregas em todo o território mineiro. A expectativa é de que, em menos de três anos, o Apoio Entrega seja a maior loja do Grupo em termos de faturamento. Segundo o diretor-superin-

tendente do grupo, Rodolfo Nejm, a bandeira Apoio Mineiro segue um modelo de lojas maiores com grande variedade de produtos e preços mais atratativos e que, por isso, tem como fogo principal os públicos das classes C e D. Crescimento O segmento de atacado de autosserviço vem mostrando sua força no mercado brasileiro. O setor é hoje o que mais cresce no país. São mais de 650 lojas espalhadas por todo o território nacional, com faturamento anual que ultrapassa os R$ 90 bilhões. É também um importante empregador, com mais de 75 mil postos de trabalho diretos e outros milhares indiretos.

10 MIL PRODUTOS. Investimento alto gera emprego para a cidade e mostra crescimento atacadista


O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

A semana

9

Ecoonomia. Primeira data comemorativa do 2º semestre serve como termômetro do varejo

CDL prevê aumento de 3% nas vendas no Dia dos Pais Frank Sinatra explica que o número de pessoas que deverá presentear seus pais não muda, embora o recurso destinado à compra esteja mais escasso, a data é lembrada DOUGLAS MAGNO/O TEMPO

Uma das datas mais populares do calendário brasileiro, e bastante importante para o comércio, o Dia dos Pais, comemorado no próximo dia 12 de agosto, é uma ótima oportunidade para alavancar as vendas no segundo semestre e homenagear uma figura fundamental da vida de qualquer pessoa: o pai. A previsão da CDL-Contagem é um crescimento de 3% em relação ao ano passado, nos setores impactados pela data, tais como vestuário, perfumes e cosméticos, calçados e acessórios (cintos, carteiras, meias, etc.), ferramentas, arti-

gos esportivos, bebidas, joias e relógios, óculos, livrarias, smartphones e chocolate. O setor de bares e restaurantes também deve se beneficiar com a data. "Assim como ocorreu no Dia das Mães - quando o comércio cresceu cerca de 5% o Dia dos Pais também sensibiliza os consumidores; no entanto, o crescimento não deve ser muito significativo. Esperamos um resultado discreto nas vendas, insuficiente para reverter as perdas acumuladas", comenta Frank Sinatra, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Con-

tagem. Segundo a entidade, o contagense deve desembolsar, em média, R$110,00 com presentes. Frank Sinatra explica que o número de pessoas que deverá presentear seus pais não muda, embora o recurso destinado à compra esteja mais escasso, o que leva à uma redução do ticket médio de compras. “Mais uma vez as vendas em uma data importante para o varejo serão afetadas pelo cenário econômico e político no País. Então, nesse momento, o lojista deve ter em mente que o giro do estoque e a presença de dinheiro em caixa

são mais importantes do que a margem de lucro”, afirma o líder lojista. Ele observa que as vendas relacionadas ao Dia dos Pais, primeira data comemorativa do segundo semestre, servem como termômetro para analisar o desempenho do varejo no período, ainda permeado por incertezas no campo político e por uma recuperação econômica gradual. “Se as vendas forem positivas, teremos um bom indicativo do que podemos esperar das próximas datas comemorativas importantes para o comércio, como Dia das Crianças e Natal”, diz..

COMÉRCIO. Para estimular tem as promoções, ofertas, liquidações


10

O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

A semana

Sendo breve com Gabriela & Nikola

Dulce Bravo contagem@otempo.com.br

Helen & Emanuel

Um SIM emocionante

Felizes para sempre

Este, sem dúvidas, foi um dos casamentos mais emocionantes que assisti. O emocionante SIM foi no espetacular Lanai Eventos que recebeu com maestria os 300 convidados de Gabriela Baruffi e Nikola Joncew. Gabi estava linda e radiante no seu tão sonhado dia e Nikola a recebeu no altar visivelmente emocionado. A celebração foi conduzida pelo querido Padre Jean que também emocionou a todos com suas palavras. Em seguida uma belíssima recepçao foi oferecida com as melhores bebidas e o impecável Buffet Santa Lúcia, tudo sendo registado pelas lentes do excelente fotógrafo André Usagi. Os noivos, os mais animados dos últimos tempos, abriram e fecharam a pista de dança que ficou lotada durante toda a noite. Convidados de vários estados e de outros países que estavam presentes não cansavam de elogiar a magnitude da festa, com toda razão, sem defeitos. A este maravilhoso casal desejo uma vida longa e repleta de bençãos, que o amor de vocês continue contagiando a todos nós.

Helendiany Aline Silva de Paulo e Emanuel Junio Lopes, ela filha do amigo Caldeira – Brantt Eventos, disseram o Sim em um lindoe charmosomini wedding noúltimo sábado. O cenário escolhido pelo casal foi o Espaço Jardins que foi carinhosamente preparado para receber os convidados. Helen estava lindíssima em um vestido sereia e arrancou suspiros e olhares quando, ao lado do pai, seguiu para o altar. Emanuel tmbém não ficou pra trás, alinhadíssimo emum terno azulmarinho. Buffet deFátima Catrinque esteve presente com os comes e bebes fartos e deliciosos e minha friend Josi Contarelli responsável pelo registro deste momento incrível. Aos noivos meus votos de uma vida linda e feliz!

Gabriela Diniz e Lucas Rois Casamento à vista Lucas Rois e Gabriela Diniz esbanjam sorrisos e tansbordam amor. E por terem certeza desse amor, o casal deu o ponta pé inicial para o início de uma vida a dois. As famílias se reuniram na residencia dos pais de Lucas para um delicioso e informal jantar onde os pombinhos trocaram alianças e ficaram noivos. Os pais da noiva Délio e Sonia Diniz e do noivo Cláudio Neiva e Jacqueline Rois não só abençoaram como fazem muito gosto. Nos bastidores os preparativos já estão sendo pensados, que venha o grande dia lindo e abençoado. Desejo ao Lucas e Gabi, casal lindo e simpático, toda a felicidade do mundo, que o amor e a cumplicidade sejam constantes nesta futura união.

Fogo no chão

Palheiro Black Bull Iº Churrascão Fogo de Chão Black Bull dos empresários Eduardo e Adriana Machado,

FOTOS LEONARDO ALBERTO/DIVULGAÇÃO


O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

11


ANDERSON GERÔNIMO/DIVULGAÇÃO

O TEMPO CONTAGEM 10 a 16 de agosto de 2018

12

Esportes

Copa Amazonas no CSU Abrindo a rodada, no sábado (4), o Pains FC no jogo eletrizante venceu o Olímpia por 4 a 3. No domingo (5), o Novo Riacho venceu o Idec por 2 a 0. O Celtic venceu o Falcons por 4 a 3 e o Sem Saída fechando a rodada ganhou do TFC por 1 a 0.

Estadual. Competição disputada na cidade de Uberaba, entre os dias 30 de julho a 4 de agosto

Campeão estadual de vôlei O professor e técnico de vôlei do Novos Tempos, Thomaz Henrique, explica que os resultados vieram dentro de um planejamento de trabalho iniciado no ano de 2013 NOVOS TEMPOS/DIVULGAÇÃO

As estudantes/atletas das equipes de vôlei feminino de quadra e praia do Colégio Novos Tempos são as campeãs nas respectivas categorias da Etapa Estadual dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG/2018), disputada na cidade de Uberaba, de 30 de julho a 4 de agosto. De forma inédita, as meninas, garantiram a classificação para os Jogos Escolares da Juventude (Brasileiro), competição realizada pelo COB que será disputada em Natal, Rio Grande do Norte, de 12 a 25 de novembro. Como não bastasse o

inédito feito da meninas, o Colégio Novos Tempos foi a única escola da cidade a ter um competidor na modalidade da natação, o estudante/atleta Renzzo Silva Rocha, que ficou em 4º lugar nado-peito e 5º colocado no 50 metros livre. O professor e técnico de vôlei do Novos Tempos, Thomaz Henrique, explica que os resultados vieram dentro de um planejamento de trabalho. Um projeto que iniciou em 2013 e que ainda não está por todo alcançado. As garotas se classificaram para a semifinal, em primeiro lugar do grupo B. As-

sim, o time de Contagem enfrentou a equipe do Colégio Santa Dorotéia (BH) e venceu por 2 a 0. Um duplo 25 a 18 e 25 a 18. A final do feminino módulo I foi entre Novos Tempos e Colégio Nacional (Uberlândia), com vitória por 2 a 0, parciais de 25x16 e 25x10. A equipe de vólei de quadra é formada pelas estudantes/atletas: Ana Clara Fabris, Ana Clara Zaneti, Clara Magalhães, Geovanna Paula, Isabella Alves, Júlia Buzette, Julia Furrier, Júlia Oliveira, Julia Rocha, Livia Gonçalves, Nicole Fernandes e Thabata Graziele.

TIME. A final do feminino módulo I foi entre Novos Tempos e Colégio Nacional com vitória expressiva

O Tempo Contagem, 10 a 16 de agosto de 2018  

Edição semanal do jornal O Tempo Contagem

O Tempo Contagem, 10 a 16 de agosto de 2018  

Edição semanal do jornal O Tempo Contagem

Advertisement