Page 1

Ano III - Edição: 103 | 22 a 28 de Junho de 2012 | Distribuição Gratuita 

















A notĂ­cia da sua cidade



Vereadores de situação e oposição de Mandirituba não se entendem e o projeto que aumenta o número de cadeiras no Legislativo fica na gaveta. Pelo menos por hora. Os parlamentares da ala situacionista entendem que o assunto deve ser discutido em sessão ordinåria e com a presença da população e não na surdina. O presidente JosÊ Luiz de Oliveira tentou colocar o assunto em votação no final da tarde de quarta-feira, mas a falta de quatro vereadores fez com que a sessão sequer fosse iniciada. ZÊ Luiz garante que o assunto estå encerrado e que não pretende mais colocar em votação o projeto.







Passarelas foram construídas sobre a BR-116 em Fazenda Rio Grande e em Mandirituba, mas alguns pedestres ignoram os elevados e cruzam a rodovia sem se preocupar com risco de acidentes. Para evitar a transposição, a empresa concessionåria pretende instalar grades de proteção, mas não estipulou prazo.

Buracos e mais buracos na rodovia BR-476







PM prende assaltantes Marcelo Pelanda de mercado em propĂľe tĂ­tulo de cidadania a Beto Richa Fazenda Rio Grande 
















































02 Opinião

22 a 28 de Junho de 2012

EDITORIAL 6

Entre uma dose e outra Todo mundo já tomou algum medicamento pelo menos uma vez na vida. Uma das coisas mais difíceis ao fazer uso de um medicamento é seguir à risca as recomendações do médico ou do dentista que prescreveu o produto. Entre tantos detalhes, o intervalo entre as tomadas é essencial. A indústria farmacêutica, ao desenvolver um produto, tenta tornar o mais cômodo possível o ato de tomar um medicamento. É claro que uma substância que pudesse ser administrada apenas uma vez ao dia seria o desejado. Melhor ainda seria apenas uma dose na semana, ou no mês. Entretanto, por alguns motivos, a maior parte dos produtos disponíveis em uma farmácia precisa ser administrada mais de uma vez por dia. É aí que aparecem as recomendações “a cada oito horas” ou “a cada doze horas”, por exemplo. Quando se toma um comprimido, há uma substância presente na formulação que é a responsável pelo efeito farmacológico. Essa substância é denominada fármaco. Para que um medicamento faça efeito, o fármaco precisa estar presente no local afetado pela doença, em concentrações adequadas e no momento certo. Para isso, o fármaco precisa ser conduzido do ponto onde foi administrado até o órgão “doente”. Após o paciente deglutir (engolir) um comprimido, essa massa compactada de pós irá se molhar e, na sequência, o comprimido será desintegrado, permitindo que o fármaco seja dissolvido. Depois, o fármaco, a partir

da mucosa gástrica ou intestinal, tem que atravessar diversas camadas de células até encontrar um vaso sanguíneo que o permita circular por todo o organismo, sendo direcionado ao local afetado. Portanto, a corrente circulatória é a principal encarregada de “entregar” o fármaco onde ele deve “trabalhar”, ou seja, promover o efeito farmacológico.Fica fácil entender a obrigatoriedade de o fármaco estar numa quantidade adequada na corrente circulatória, por todo o período de tratamento, já que é a partir do sangue que o fármaco é deslocado até o local necessário. Portanto, quando um indivíduo “pula” uma dose, ou espaça demais uma dose da outra, não seguindo o que lhe foi proposto, a concentração plasmática (no sangue) do fármaco cai para valores incompatíveis com a manutenção do efeito esperado. E aí, nesses “buracos” farmacológicos, a doença se agrava, pois os sintomas voltam ou as bactérias criam resistência (entre várias outras consequências). Portanto, o tempo entre uma dose e outra, estipulado pelo médico ou pelo dentista, deve ser respeitado. Nada de brincadeira, pois a sua saúde está em jogo!

Publicação de responsabilidade da Empresa Midfaz Comunicação CNPJ: 04.460.773/0001-01 Rua Francisco Claudino dos Santos, 260 - Sala 03 - Pioneiros - Fazenda Rio Grande - PR

Direção Geral: Pedro E. Silva; Depto Comercial: 41 9693-2591; Fotografias: Barbosa Junior; Diagramação: Roberto Bicudo | 41 9614-8951; Colaboradores: Jhéssika Patrícia, Dílson Damas, Hermes Hildebrand, Luis F. Kemp, e Osmar Cardoso Rolim; Contatos: www.oreporter.jor.br | oreporterfrg@hotmail.com; Telefones: 41 3060-6863 / 9693-2591; Circulação: Semanal em Curitiba, Fazenda Rio Grande, Mandirituba, Agudos do Sul, Pinhais, Tijucas do Sul, Piên, Lapa, Araucária, Contenda, Quitandinha e Campo do Tenente, Piraquara. 







!

As matérias assinadas não expressam necessariamente a opinião do jornal

Jornal Filiado a

"

#

$

%

&

%

'

(

)

*

7

6

8

6

9

6

:

6

;

6

<

6

=

6

>

6

;

6

Casa Rachid A chamada Casa dos Rachid, localizada em frente ao prédio da prefeitura de Campo do Tenente, região sul do Paraná, quase na divisa com Santa Catarina, foi construída há muitos anos e apesar de tanto tempo, sua estrutura original é mantida. É uma das mais belas estruturas de madeiras existentes na região. Quem passa pela frente do casarão é remetido ao passado e fica a imaginar que muitas pessoas passaram pelo local e certamente com muitas histórias para contar. Importante que famílias mantenham as estruturas de casas antigas, pois estas construções contam o passado, a história de Campo do Tenente. D

W

F

D

Q

A

J

F

C

B

E

P

x

F o

L

w

K

O

J

K

P

K

S

B

J

B

O

F

M

O

W

O

A

?

V

j

E

u

A

N

R

S

L

F

D

A

O

M

A

G

J

~

K

A

O

L

L

r

L

A

l



y

K

C

D

U

L

D r

L

O

A

J

B

[

S

F

S

?

ƒ

P

G

F

A

B

A

C

F

J

A

A

R

F

H

s

\

[

C

]

S

^

_

A

\

]

E

‡

O

s

f

]

B

ˆ

‰

Š

C

O

g

]

s

B

r

L

K

l

M

N

M

L

X

K

A

J

I

A

K

V

B

~

I

A

K

D

A

F

L

S

V

H

L

A

R

F

J

A

F

r

K

B

k

J

A

L

~

F

K

S

A

I

A

R

r

Y

?

@

A

B

C

B

D

E

F

G

F

H

F

I

J

F

Z

[

\

[

]

^

_

\

Z

]

a

^

g

\

^

_

K

L

K

L

K

V

K

K

K

A

A

D

O

A

C

A

D

J

A

S

A

B

S

F

R

J

B

F

C

A

J

B

D

A

J

B

S

F

M

K

G

r

`

D

O

J

P

J

B

F

D

Q

A

I

A

]

\

z

_

^

]

`

\

h

{

N

L

M

N

L

L

A

D

L

A

O

A

A

F

S

J

A

D

F

C

F

J

F

S

K

N

D

S

B

J

B

O

F

L

K

B

A

N

K

u

C

A

„

L

K

L

V

K

J

I

F

K

C

L

F

K

L

D

K

V

L

K

A

R

K

K

B

A

B

|

C

A

A

C

A

A

I

B

O

F

J

F

G

J

O

B

}

W

O

A

H

F

B

T

t

F

F

K

A

? L

K

H

L

K

J

B

r

K

R

S K

A

D

W

I

H

l

M

K

K

N

L

l

M

L

K

…

M

L

K

L

N

K

X

Y

Z

[

\

[

]

^

_

\

O

U A M

V

L

L

D

A

O

J

O

A

D

F

J

P

S

B

J

A

A

F

H

A

B

A

G

J

A

C

A

D

R

L

l

F

M

L

K

L

V

l

M

L

†

V

L

‡

\

g

[

a

^

]

‡

Ž

\

g

Š

h

a

d

h

\

]

P

A K

X

Y

Z

[

\

[

]

^

_

\

`

[

a

b

G

G

H

F

}

W

F

G

J

I

F

J

A

A

C

F

J

A

H

F

D

E

D

A

R

r

_

K

L

M

L

L

K

V

K

N

L

c D ]

d

]

d

]

^

[

e

]

f

^

g

\

g

d

h

i

W

F

M

I

L

A

J

A

F

L

S

j

k

J

F

O

S

C

D

S

A

L

L

M

L

l

j

F

J

F

B

D

O

A

k

J

B

S

F

S

K

G

A

D

S

A

O

S

A

Q

A

F

K

H

L

B

k

F

J

F

C

A

G

m

H

B

J

A

A

M

K

L

V

N

F

S

G

A

H

F

G

J

A

n

A

B

L

D

B

D

k

s

A

F

H

B

K

J

F

A

[

M

C

~

A

G

B

S

F

B

S

F

D

O

\

[

]

^

_

F

O

s

J

B

[

K

C

L

G

O

B

J

K

•

–



ª

k

O

M

C

L

F

J

B

F

B

K

A

C

S

A

I

A

J

K

D

u

C

M

A

A

C

C

L

F

M

[

\

[

]

^

_

\

]

‡

I

L

M

B

S

f

A

]

D

ˆ

O

A

‰

C

Š

A

g

D

H

]

O

K

N

A

J

y

X

]

Š

Œ

[

Š

_

F

S

A

F

L

Q

A

D

S

F



B

t

F

D

S

A

L

G



B

A

O

E

P

r

u

L

K

K

L

M

\



_

b

€



_

f

[

d

‚

l

A

H

F

G

J

J

M

L

N

S

M

L

B

Q

A

J

|

F

D

D

M

L

F

A

S

F

K

M

}

W

A

N

L

A

G

J

~

V

H

B

A

O

A

L

F

D

L

m

C

A

l

A

M

J

l

S

—

ž

¾

Ÿ

N

²

”

 

©

˜

¡

°

¢

¿

–

œ

²

A

G

F

A

M

S

K

A

F

L

u

v

™

”

£

±

¬

¤

L

À

š

J

K

L

C

n

J

A

D

O

A

F

M

E

A

N

A

L

E

V

K

l

C

u

A

C

A

J

A

B

M

D

F

A

O

N

F

k

A

C

F

K

R

L

X

u

Z

[

\

[

]

l

S

A

B

J

F

D

F

C

F

J

F

S

A c

M

K

N

T

^

_

\

]

‡

\

g

[

a

_

\

d

_

a

h

b

b

g

‘

”

¥

L

A

F

”

?

X

F

N

“

A

F

K

P

t

œ

J

S

A

Z

k

L

›

F

F

r

C

F

’

H

K

O

r

L

L

B

B

F

K

H

M

J

q

C

A

C

d

p

G

K

R

M

S p

A

p

O

L

o

B

K

J

L

Z

Q

A

J

‹

M

A N

B

K

A

r

K

F

L

s

y

I

S

l

N

O

L

A

K

L

J

C

S

K

r

A

V

D

A

K

F

u

M

K

J

O

L

A

J

G L

L

D

M

J

L

N

A

r

L

?

C

]

¦

­

Ÿ

±

©

§

¤

³

Ÿ

Á

¨

¬

©

ª

²

¨

«

Â

¯

¬

­

¨

À

©

±

®

Ã

¯

¬

«

©

©

¬

­

¨

«

©

²

¬

­

°

±

¯

©

²

¬

¬

ª

©

³

´

¬

²

µ

¬

²

­

³

©

ª

«

±

²

«

·

³

¸

¹

¬

­

²

©

º

±

¹

¬

»

¼

¼

½

+

,

-

.

-

/

0

Bom dia ao jornal Pedro Bala. Nós taxistas da Fazenda Rio Grande e a grande parte da população estamos esperando matéria porque estamos ainda com essa falta de taxi em Fazenda Rio Grande. Apenas estão enrolando quando de verdade vai aumentar nossa frota e as autoridades vão olhar pelo menos um pouco para nossa categoria já que nem um ponto de taxi com uma casinha temos. Estamos esperando abraço Cassiano Miranda - via facebook Nota da redação: sobre aumento da frota de taxi, este Repórter já veiculou matéria mostrando a necessidade do aumento de carros para atender a demanda, já que a cidade, com aproximadamente 85 mil habitantes, tem apenas 18 carros. Entretanto, é importante salientar, que alguns proprietários, que tem mais de um carro servindo a população, é contrário ao aumento da frota. Tenho 68 anos de idade, trabalhei durante 35 anos, com salário de professora. Economizei muito para ter uma velhice digna. Mas estou cansada, muito cansada. Estou cansada de ver o governo ficar com meu dinheiro, que ganhei pela força, e dar para vagabundos com preguiça de ganhá-lo. Estou cansada pelos menores de idade que não podem trabalhar, mas podem votar, dirigir, drogar-se, matar e roubar sem penalidade. Estou cansada de ver pessoas inocentes pagando por ricaças criminosas. Estou cansada de pessoas que não assumem suas

1

0

2

3

-

4

0

5

responsabilidades e ouvi-las culpando o governo e a sociedade. Estou cansada da corrupção sem fim de nossos políticos. Sim estou cansada, esgotada, pois não vejo luz no fundo do poço. Maria Aparecida Felizola - Ex-professora de Londrina Os últimos acontecimentos nos levam a pensar seriamente onde iremos parar? Recentemente descobriu-se, e com provas, a adulteração criminosa de bombas de combustíveis em vários postos em Curitiba. Resultado: nenhuma punição e agora, quase como vingança, aumentam os preços como querem. Silêncio das autoridades Estão elencadas no Código Brasileiro de Trânsito as penalidades para a falta de sinal para mudança de direção; buzina; som imbecilmente alto e de péssimo gosto; desrespeito a transeuntes em faixas de pedestres; bares e lanhouses hospedando os mais mal educados clientes, que gritam, dizem impropérios e gracejos. O que falta, para ser mais bem organizado e controlado? Creio que só bom senso, coisa que muitos administradores públicos, eleitos para serem nossos representantes, parecem desconhecer. Romero Ribeiro da Fonseca - Curitiba E-mail´s Envie para: leitor@oreporter.jor.br Serão publicados textos com até 1.000 caracteres, desde que o autor aceite divulgar seu nome completo e a cidade. Sem estas especificações o e-mail será arquivado, bem como aqueles que contenham palavrões ou ofensas.

‚


Fazenda Rio Grande 03

22 a 28 de Junho de 2012

Ä

Ñ

È

Æ

Å

Ê

Ø

Ñ

Í

Ë

Ç

Å

Ê

Õ

Ë

Ì

È

Ê

Æ

Ë

Ê

Î

Å

Ù

Ï

Ë

Î

Ë

Ç

È

Ú

Ð

Õ

Æ

Ð

Ê

Õ

Ë

Í

Å

Ú

Å

Ï

È

Ë

Ä

Motoristas que precisam passar pela rodovia que liga Curitiba a Fazenda Rio Grande, têm que redobrar os cuidados devido ao excesso de buracos na pista. A quantidade de buracos é tão grande naquele trecho de aproximadamente 2 quilômetros, entre a Ceasa e o inicio da Rua Nicola Pelanda, que muitas colisões traseiras acontecem no local. Para o motorista José Vilmar dos Santos, que passa pelo trecho com freqüência, muitos acidentes acontecem na rodovia, pela presença de buracos. "Sempre vejo funcionários promovendo a operação tapa buracos, mas isso é

ineficiente. Com certeza, diante do intenso trânsito de carros e caminhões, o asfalto tem que receber pavimento resistente e não mais tapa buracos”, enaltece Vilmar. Já Carlos Augusto Damasceno, que passa todos os dias pelo trecho, é um local perigoso. “Quem passa aqui tem que redobrar a atenção, pois tem que ficar atento quem vai à frente, quem vem atrás e quem está na sua esquerda ou direita. É um trecho de extremo perigo e alguma melhoria tem que ser feita com urgência”, sugere. "É uma vergonha. Nós pagamos tantos impostos para ter uma estrada como essa aqui", reclamou Car-

los Augusto. Além dos buracos, a sinalização é precária e algumas placas estão cobertas pelo mato e não há acostamento durante o trecho tomado de buracos. O representante comercial Crisley Oliveira afirma que um amigo morreu após um acidente na rodovia. “Eu perdi um amigo que foi desviar de um buraco e foi parar na pista contrária, batendo de frente com um caminhão”, lamentou. Para poder desviar dos buracos, os motoristas seguem em ziguezague e em alguns locais, os condutores precisam reduzir e muito a velocidade para poder desviar dos buracos. (Da Redação).

Å

Æ

Å

Ç

È

Ç

É

È

Ê

Æ

Ë

Ì

Í

Å

Î

Å

Ï

Ð

Ñ

É

Æ

Í

Ë

Ì

A epidemia dos acidentes de trânsito é agravada pelo crescimento acelerado da frota de motos, além do despreparo e da imprudência dos condutores desse tipo de veículo. A mortalidade entre motociclistas é alta e de acordo com estatísticas, só nestes primeiros meses de 2012, perto de cem pessoas ficaram feridas ou perderam a vida em acidentes no perímetro urbano de

Ë

Ê

Ê

Ë

Ò

Ð

Î

Ð

Î

Ó

Ë

È

Ô

Ë

Ë

Î

Ë

Í

Ð

É

Ë

Ç

Å

Õ

Fazenda Rio Grande e no trecho de pista simples entre Fazenda Rio Grande e Curitiba. Para especialistas, o grande número de acidentes envolvendo motociclistas é decorrente de fatores como o crescimento exagerado da frota de motos (12% ao ano), problemas na fiscalização, falta de campanhas educativas e, principalmente, por causa da imprudência. Em qualquer rua do município fazendese,

Ö

Õ

Ñ

Ë

×

é comum ver motociclistas dirigindo em alta velocidade. Na BR-116, além da alta velocidade, os condutores de motos fazem manobras perigosas e ultrapassagens em locais proibidos, como em faixa amarela contínua. A Polícia Rodovia Federal tem realizado blitz em pontos estratégicos da BR116 com o objetivo de evitar abusos de parte dos motociclistas. (Da Redação).


04 Fazenda Rio Grande

para utilizar as passarelas. Para João Valter Rodrigues, de 20 anos, é mais prático atravessar a rodovia para chegar ao trabalho. “Todos os dias atravesso a BR para ir ao trabalho. Não utilizo a passarela porque teria que dar a volta e perderia algum tempo”, afirmou. Já o auxiliar administrativo Daniel Rodrigues de Oliveira, de 33 anos, admitiu que a preguiça de subir a passarela é a principal razão para se arriscar entre os veículos. “Desço do ônibus em frente ao shopping e só de pensar em ir até a passarela, fico com preguiça e daí prefiro me arriscar cruzando a BR”, disse. Até mesmo alunos de uma escola particular nas imediações da passarela deixam de passar pelo elevado. A aluna D.M. disse que tem preguiça de caminhar e dessa forma prefere correr risco

Pressa, distância e até mesmo preguiça. Inúmeras são as justificativas para o não uso das passarelas de pedestres na rodovia BR116, que corta Fazenda Rio Grande e Mandirituba. A qualquer hora do dia, é comum encontrar quem arrisca a vida ao atravessar a rodovia. Em Fazenda Rio Grande a passarela foi construída no quilometro 127, em frente ao Mercado Central. Outra vem sendo erguida no quilometro 129, entrada do Bairro Estados. Em Mandirituba, no quilômetro 141. Tanto em Fazenda Rio Grande como em Mandirituba os flagrantes mostram que os moradores, que tanto pediram as passarelas, ignoram e cruzam a rodovia, correndo riscos de acidentes. A maioria dos entrevistados confessou não ter paciência nem tempo

Û

Ü

Ý

Þ

ß

Þ

Ü

ß

Ý

Ü

à

á

â

â

Ü

Ü

ã

ä

â

ß

Ü

á

å

22 a 28 de Junho de 2012

á

ä

æ

Ü

å

á

ç

Ü

å

Þ

Ü

ã

Ü

â

â

Ü

Ý

á

ç

Ü

è

de vida. “Nem passo por lá”, resumiu a estudante. Há ainda aqueles que não acreditam no perigo ao atravessar. “Nunca usei a passarela e não morri até hoje”, revela o auxiliar de serviços gerais, José Mariano, de 50 anos. De todos os entrevistados, apenas o funcionário público Francisco José, 52, afirmou usar a passarela. “Sempre utilizo. Prefiro levar um tempo maior para atravessar a colocar em risco a minha vida”, declarou. Com o objetivo de reduzir o índice de acidentes de trânsito e incentivar o uso da passarela de pedestres , a empresa concessionária promete instalar grades de contenção nas imediações das passarelas de Fazenda Rio Grande e Mandirituba. Entretanto, o inicio das obras não tem data definida. (Da Redação)

é

á

å

á

â

ß

Ý

á

â

â

á

Ü

Ý

Ý

ä

â

ê

Ü

ë

Ü

Þ

Ü

ß

Ý

Privilegiados com a exposição da imagem em emissoras de TV e rádio em relação a outros candidatos, os comunicadores que devem disputar a eleição em Fazenda Rio Grande e região começam a deixar os palanques eletrônicos. Todos são obrigados pela legislação eleitoral a ficar distante dos microfones a partir da realização das convenções dos partidos cujo prazo é 30 de junho. As datas definidas no calendário eleitoral e a enxurrada de pedidos de cassação movidos pelo Ministério Público Eleitoral contra candidatos comunicadores, em 2010,

Ü

à

á

â

â

Ü

Ý

Ü

Ý

Þ

å

Þ

à

ä

Ü

á

ë

ì

Ü

í

á

î

å

Ü

são as principais causas da antecipação. O calendário eleitoral determina que o dia 30 deste mês é a “data a partir da qual é vedado às emissoras de rádio e de televisão transmitir programa apresentado ou comentado por candidatos escolhidos em convenção”. Comunicadores reclamam, pois dizem que deixam de ganhar salários no período. Todos alegam que têm famílias para sustentar. O advogado especializado em processos eleitorais, Délcio Santos, explicou que os radialistas e comunicadores são obrigados a deixar o trabalho a

ï

ä

Þ

Û

Ý

Ü

î

å

á

è

partir do momento em que o nome deles for confirmado na convenção e homologação na Justiça Eleitoral. “A partir da convenção e consequentemente da homologação, o candidato tem que sair da TV e do rádio”, declarou. Em Fazenda Rio Grande, pelos menos seis pessoas apresentam programas nas rádios locais. O artigo 27 da resolução nº 23.370 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prevê cancelamento do registro de candidatura caso as emissoras continuem a veicular programas que levem o nome de um candidato. (Da Redação)


Fazenda Rio Grande 05

22 a 28 de Junho de 2012

i

j

k

Â?

l

m

Â&#x17D;

n

Â?

o

p

o

q

r

k

q

s

q

t

u

v

w

u

x

q

y

z

{

l

m

r

k

|

}

~

}



Â&#x20AC;

Â

}



Â&#x201A;

Â&#x20AC;



Â&#x192;



Â&#x201E;

Â&#x2026;

Â&#x2020;

}

Â&#x201A;

Â&#x2021;

Â&#x2C6;

Â&#x2030;

Â&#x160;

Â&#x2039;

Â&#x152;

}

Â&#x2021;

Â&#x17D;

Â&#x20AC;

Â&#x152;

Â&#x201A;

~

Â&#x2018;

Â&#x2039;

Â&#x2019;

Â&#x201C;

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;

}

Â&#x2013;

Â&#x2C6;



Â&#x2C6;

Â&#x2014;

Â&#x2DC;

Â&#x152;

}

Â?

Â&#x2021;

Â&#x20AC;

Â&#x2122;

Â&#x2C6;

Â&#x2014;

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

Â&#x161;

Â&#x2C6;



Â&#x201A;

Â&#x2C6;

Â&#x203A;

Â&#x192;

Â&#x20AC;

Â&#x2030;

ÂŁ

ÂŁ



Â&#x2C6;

Â&#x20AC;

Â&#x2021;

Â&#x201C;

Â&#x2C6;

Â&#x153;

Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x17D;

Â&#x2030;

}

Â&#x17E;



Â&#x2C6;

Â&#x2014;

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x2039;

Â&#x;

Â&#x2C6;

Â&#x201A;

Â&#x20AC;

~

 

Â&#x20AC;

Â&#x2022;

ÂĄ

¢

Â&#x17D;

Â&#x2014;

O vereador Marcelo Pelanda (PSD) protocolou na Câmara de Vereadores, o projeto de Decreto Legislativo n° 02/2012, que concede o tĂ­tulo de cidadĂŁo honorĂĄrio ao governador Beto Richa. â&#x20AC;&#x153;O governador tem prestado relevantes serviços ao povo fazendense, liberando recursos para uma sĂŠrie de obras e merece essa honrariaâ&#x20AC;?, justificou Pelanda. Na reuniĂŁo desta semana, o projeto foi lido em plenĂĄrio e agora segue as comissĂľes para avaliação. A expectativa de seja apresentado em breve para discussĂŁo e aprovação em plenĂĄrio. Para o vereador Marcelo Pelanda, o tĂ­tulo de cidadĂŁo honorĂĄrio ao governador Beto Richa representa uma homenagem ao trabalho e Ă  dedicação do governador para com o municĂ­pio de Fazenda Rio Grande. â&#x20AC;&#x153;Ao prestarmos essa homenagem, queremos entregar ao governador uma nova certidĂŁo de nascimento, que assim passa a ser um cidadĂŁo da nossa terra. Ă&#x2030; com satisfação que vamos promover oportunamente essa homenagem ao nosso governadorâ&#x20AC;?, comentou Marcelo Pelanda. (O RepĂłrter)

z

Â?

Â&#x2C6;

Â&#x160;

Â&#x2030;

Â&#x201D;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

ÂĄ

Â&#x201D;

Â&#x20AC;

ÂŁ

¤

Â&#x2014;

¢

Â&#x20AC;



Â&#x20AC;

Â&#x160;

Â&#x20AC;

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

}



Â&#x20AC;

Â&#x2C6;

Â&#x201A;

Â&#x20AC;

Â?

Â&#x20AC;

Â&#x152;

}

Â&#x2021;

Â&#x20AC;

Â&#x2122;

ÂĽ

¢

¢

Â&#x2C6;

Â&#x2020;



Â&#x152;

Â&#x20AC;

Â&#x2030;



Â&#x2DC;



Â&#x2030;

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

Â&#x2C6;

Â&#x201A;



Â&#x2C6;

Â&#x2122;

~

Â&#x2C6;

ÂĽ

Â&#x20AC;

ÂŚ

Â&#x20AC;

Â&#x20AC;

Â&#x2021;

Â&#x201C;

Â&#x2C6;

Â&#x153;

Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x2030;

}

Â&#x17E;



Â&#x2C6;

ÂŹ

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

ÂĄ

Â&#x152;

}

Â&#x2021;

}

Â&#x2022;

Â&#x2030;

Â&#x2014;

Â&#x2022;

Â&#x2014;

Â&#x2022;

Â&#x2030;

Â&#x2C6;

Â&#x2014;

Â&#x20AC;

Â&#x201A;

Â&#x152;

Â&#x2039;

ÂĄ

Â&#x2C6;

Â&#x160;

ÂŻ

Â&#x2021;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x20AC;

Â&#x2C6;

Â&#x2014;



Â&#x2022;

°

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

­

Â&#x201A;

Â?

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x2122;

}

Â&#x2039;

Â&#x2122;

¨

Š

Â&#x20AC;

Â&#x203A;

}

Â&#x2039;

Â&#x2020;

Â&#x2030;

Â&#x2021;

Â&#x2C6;



ÂŁ

Â&#x2018;

Â&#x2039;

Â&#x2013;



Â&#x20AC;

Â&#x153;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;

}

¤

}



Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x201C;

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;

}

Â&#x2013;

Â&#x2C6;



Â&#x2C6;

Â&#x2014;

Â&#x203A;

Â&#x2DC;

ÂŞ

Â&#x192;

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

ÂŤ

Â&#x2C6;

Â&#x2030;

Â&#x152;

}

Â&#x2014;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;



Â&#x152;

}

ÂĄ

Â&#x2021;

Â?



Â&#x201A;

Â&#x201D;

ÂĄ

|

Â&#x152;

Â?

Â&#x2C6;

§

Â&#x17D;

Â&#x2C6;

Â?

Â&#x152;

~

Â?

}

Â?

ÂŤ

ÂŁ

Â?

Â&#x201E;

Â&#x17D;

Â&#x161;

ÂŁ

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

Â&#x160;

}

Â&#x152;

Â&#x2C6;

Â&#x2030;

Â&#x201D;

Â&#x2020;

ÂŽ

Â&#x17E;

Â&#x2C6;



}

Â&#x201A;

Â&#x17D;

Â&#x2039;

Â&#x20AC;

}

Â&#x201D;

ÂĄ

Â&#x2013;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;



Â&#x20AC;

Â&#x201C;

Â&#x2DC;

Â&#x2030;

}

Â&#x17D;

Â

Â&#x2022;

Â&#x20AC;



Â&#x2022;

Â&#x2C6;



Â&#x2021;

Â&#x2C6;

Â&#x2014;

}

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

ÂĄ

Â&#x2C6;

Â&#x201E;



Â&#x2C6;

Â&#x203A;

Â&#x17D;

ÂŞ



Â&#x2C6;

Â&#x2122;

}

Â&#x201D;

ÂĄ

Â&#x;

Â&#x2030;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x2039;

Âą

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

Â&#x161;

Â&#x20AC;

Â&#x2021;

ÂŻ

Â&#x;

Â&#x2030;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

²

Âł

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

Â&#x201D;

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x201D;

}



Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x2030;

Â&#x2021;

Â



Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x201D;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x17D;

Â



Â&#x20AC;

Â&#x192;

Â&#x20AC;

Â&#x2030;

Â&#x201A;



Â&#x2C6;

Â



}

Â&#x2021;

}

Â&#x201A;

}



Â&#x2C6;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x192;

Â?

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x201A;

Â?

}



Â&#x2014;

Â&#x2C6;

Â&#x160;

Â&#x2030;

Â&#x201D;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

Â

Â&#x20AC;

Â&#x160;

}

Â&#x152;

}

Â&#x2014;

ÂŤ

Â&#x2030;

Â&#x201A;

Â&#x20AC;

Â&#x2C6;

Â&#x2039;

Â&#x;

Â&#x20AC;

Â&#x201A;

Â&#x17D;

ÂĄ

Â&#x2DC;

}

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x192;

}



Â&#x2021;

Â&#x2C6;

Â&#x2C6;

Â&#x201E;



Â&#x2C6;

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x17D;

Â&#x161;

Â&#x20AC;

Â&#x2C6;

Â&#x2122;

}

Â&#x2C6;

}

Â



Â&#x2014;

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x152;

Â&#x160;

Â&#x2C6;



}

Â?

Â&#x201A;



Â&#x2021;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x201C;

Â&#x2C6;

Â&#x153;

Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x2030;

}

Â&#x17E;



Â&#x2C6;

Â&#x20AC;

ÂĄ

Â&#x2C6;

Â&#x201A;

ÂŻ

Â&#x17D;

Â&#x20AC;

Ă°

Â&#x201D;

Â&#x201A;

Ăą

Â&#x20AC;

Â&#x2021;

ò



Ăł



Ăş

Ă´





Â&#x20AC;

Ăś

á

Ăť



Ă˝

Â&#x2021;

Ăľ

Ă˝





}

ø

Ăž

Ăş



}

Ăş

Ăť



Â&#x201A;

Ăš

Ăş

Ăş

Â&#x2014;

Ăť

Ăž



Â&#x2C6;

Ăź

Ăž

ÂĄ

Â&#x2030;

Ă˝

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Ăş

Ăť

Ăş

Â&#x2014;

Ăť

Ăž

Ăş

Â&#x2014;

Ă˝

Ăž

Ăş

Â&#x20AC;

Ăż

Ăş



Ăş

Â&#x2021;



Ăş

Ă˝

Â&#x2021;







Ăš

Â&#x2C6;







Ăş

Â&#x2014;

Â&#x2022;

}



Â&#x20AC;

Ăť



Ăş



Â&#x160;

Â&#x2C6;





Ăž

Â&#x201D;

Ăş

Â&#x20AC;

Â&#x20AC;

Ă˝



Ăť

Ă˝

A

Ăš



Â&#x20AC;





Â&#x201A;

Ă˝





Â&#x2021;

Ă˝







Ă˝



Ăş

}

Ă˝

Â&#x2014;

}

Ăş

Ăš

Ăť

Ă˝





Ă˝

Ăť

Ăž

Â&#x2C6;







Â&#x192;

?

Ăž



Ăş

Â&#x2022;





Ă˝



Ăž



Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Ă˝

Ăş

Â&#x201A;

Ăş

Ăš



´



Ă˝



Â&#x2C6;

Ăž



Ăž





Ăş







Ăş

8

Ăš

Ă˝



!







 

Ă˝

Ă˝



















Ăş



Ăž



Ăş



Ăž



Ăş

Ăş







Ăš





Ă˝

5

Ă˝







Ăş

=

Ă˝

Ă˝



@



Ăş







Ăş

Ăş



























Ăş

Ă˝







Ă˝



Ă˝

Ăş





Ăž



Ăş

+

Ăž







Ăż







Ăž













Ăž







Ă˝











Ăž



Ăž



Ăş



Ă˝









Ă˝



Ăť







Ăž



Ăş





Ăş



Ăş

Ăş



Ăž

Ăş



Ăš













Ăž







Ă˝



Ăť

Ăş

Ăş

Ăş





Ăť



Ăş

Ăž

Ăş





















Ăž









Ăť











Ăş

Ăş



Ăť

Ăž

Ăž



Ăş



Ăş





Ăž



Ăž

Ăş

Ăş

Ăş



Ă°



ò

.

B

$

á

C

Ăš



Ăž



Ăť







Ăť



Ă˝











Ă˝



Ăž





Ăş





Ăş



Ăş





Ăť



Ăž





















Ăż







Ăť

Ăž

Ăş



Ăž









Ă˝





@





Ăž



Ăť



Ă˝

Ăž

Ă˝



Ăž



Ăž

Ăž



Ăť



Ăž

Ăş

Ă˝



Ăť



Ăş





Ăş

Ăş



Ăť











D













Ăş



Ăž



Ăş





Ăş







Ăş



Ăş

!







Ă˝

Ăş



Ăž

+





Ă˝



Ăš













 









Ăť



Ăş



Ăž







Ăš

"

Ăş



Ă˝

Ă˝







Ăš











Ăž



Ăť







D











Ăş







Ăş

Ăž





Ă˝





Ăž



Ăť



Ăş



Ăş



Ăż



Ăş



Ăż







Ăž

8



Ăş







Ăť

Ăş

Ăž

Ăş







Ăž



Ă˝











Ăž









Ăş







Ă˝

Ăť

Ă°

#

á

$

Ăş

Ăž

Ăş



Ăž

Ăş

Ăš

)

Ăž



Ăş



Ăť



ò

Ăş



Ăş

Ăś





Ăş

Ă˝

Ăś

%

Ăť



Ăş

*

Ăš

Ă˝





Ăş









Ăş

Ă˝







Ăť





Ăž



Ăš





Ăş

Ăž



Ăş



Ă˝



(





Ăż





Ă˝



Ăş









Ă˝





Ăş

Ăş











Ă˝











Ăť





Ă˝



Ăś

Ăž







ò

'

Ă˝



Ă˝

Ăž



Ă˝



Ă˝

Ăş

Ă˝

&







Ă˝



Ă˝

+



Ă˝







Ăž



Ă˝



Ă˝

E



Ăť











Ă˝





Ăş





Ăš



Ă˝



Ăş

Ăž

Ăž



Ăž





E

Ăž



Ăş



Ăž

Ăş







Ăż



Ăş











Ăž

Ă˝



Ăž









Ăş

Ăş

Ăş



Ăş

Ăž

Ă˝





Ăş







Ăť

Ă˝







Ăş



Ă˝





Ăş



Ăş

Ăť

Ăş







Ăť







Ăť



Ă˝



Ă˝













Ăš







Ăş

Ăş



Ăš

Ăž

Ăž

Ă˝





Ăş

Ăş







Ăť

Ă˝









Ăş

Ăž

Ăş











Ăş





Ăş

+



Ăť



Ă˝

















Ăş

Ăž

Ăť



Ăş

Ăž











Ăť















Ă˝



Ăť

Ăş



Ăť

Ăž



Ăť

Ăť

Ăž

Ăž









F

$

G



ò

&

Ăş



Ă˝





Ă°



Ăş

*

+

Ăž



Ăž







Ăş

Ă˝







Ăş

Ăş

Ăş

Ăž



Ăş



Ăş





Ăž

Ăž

Ă˝



Ăş



Ăş

Ă˝









Ă˝





Ăž

Ăş

+

Ăť







Ăş







Ăž

Ăş





Ăž

Ăş



Ă˝





Ăş

Ăž











Ă´

H

Ăş

&



Ăš



Ăž





Ăť



Ăť



J

Ăş



"



Ăş

Ăž

Ăş





Ăž







Ă˝







Ăž



Ăş



Ă˝



Ăž





,



Ăž

Ăş



Ăş





*

Ăş

(

Ăş



I



Ăş





,

Ăż

Ă˝

)

Ăž

Ăş



Ăť











Ăž

Ăž

Ăš



Ă˝



Ă˝





Ăş





Ăż





Ă˝



Ăť





Ăş

Ăş

Ăť

Ăž



Ă˝









Ăş





Ăž

Ăš





Ă˝





Ăş



Ăş

Ăş





Ăž





















,





Ăş















Ă˝







Ăş

*



Ăş

Ă˝



Ăž

Ăš



Ăž





Ăş

Ăž

Ă˝



Ăž



Ă˝



Ăž





Ă˝









Ăť









Ăş

Ăť







Ăş



















Ăş



Ăž



Ăş





Ăť





Ăž

Ăş



Ăş

Ăž





Ăť

4

Ăş















Ăž









Ăş









Ăş









Ăş



Ăť





Ăť



Ăš

Ăź

Ă˝

Ăť

Ăž

Ăş



Ă˝

Ă˝



Ăş





Ăž









Ăť







Ăž

Ăş



Ăž

Ăş



Ăş











Ăş

Ă˝



















Ăž

Ăş

Ăş

Ăş



Ăş

Ăş









Ăş















Ă˝

Ăž







Ăž





Ăž

-

Ăş

Ă˝





Ăž



7

K

L



M

N

Ăš

O

4

Ăť

4

Ăş

Ăž

Ăş



7

Ă°

ò

.

Ăş













Ăž

Ăş











Ăş

Ăş

Ă˝





Ăş



Ăž



Ăź



Ă°



Ă˝







F





P

M





Ăš

N



%

Ă˝



Ăś

$





Ăş

P



4



4



?

Ăş





Ă˝



Ăš











Ăş



Ăž



K

Ăş



Ă˝

Ă˝



Ăť

Ăť

Ăť



Ăş









Ă˝





Ă˝







Ăş

!

Ăş





Ăť





Ăž

Ăş















Ăş



Ă˝

*





ø

2









Ă´

0

Ăš



Ăš

4







3

1







Ăş







Ăž



ø





Ăś

0

Ăş





Ă˝

ø

/





'

'

Ăš



'

Ăž

Ăş

Ăş



Ăş





Ă˝









Ăş

&





Ăž



&









7





Ăť

Ăž



Ăť



Ăş

Ăş



Ăş



Ă˝



Ăş



Ăş





Ăş





Ăź

Ăž



Ăž









Ăž





Ăš

Ăş





Ăş

Ăž



Ăž



Ăž



Ăş



7



Ăş

Ăş



Ăş



Ăž

Ă˝

5



Ă˝





Ă˝



+

Ăš





Ăž



Ăş

Ăş

6

Ăş



Ăş



Ă˝





Ăž



Ă˝



Ăž











Ăş







Ă˝



Ăť



Ă˝

Ăš





Ăž



Ăş



Ăş

Ă˝

Ăş



Ăş





Ă˝









Ăž



Ă˝



Ă˝





Ăş

Ă˝



Ăş



Ă˝

Ăť

Ăş



Ăş

Ăž



Ăž

Ăş



Ăş

Ăş

Ă˝

Ăš



Ăş





Ăş







Ăş

Ăž

Ăž



Ăş

Ăş







Ăť



7

Ăş

Ăž

Ăž

Ă˝



Ăş



Ă˝









*







8





U

V

W

X

X

Y

Z

[

\

W

]

^

Y

^

W

_

`

W

a

T

b

c

b

Y

_

`

b

d

e

W

f

b

]

^

W

g

Y

`

h

T

W

]

^

Ăş



9





Ă˝



Ăş

8

T

Ăš





Ăş



Ăş



Ă˝

Ă˝

5



Ă˝











Ăş



!











Ă˝

Ăş



Ăť

7





Ăş



Ăž

Ăž

:



Ăş

Ăş

Ăť





Ăž















Ăž



Ăş



Ă˝











Ăş

Ă˝

Ăž

Ăž





Ă˝



Ăş





Ăš

Ăş

Ă˝



Ăť

Ă˝



Ăš

Ăž



Ăž



Ăž

Ăž





Ă˝







Ă˝













@

















Ă˝



Ăž



Ăş



Ăş

Ăť



Ă˝

Ăž









Ăž

















Ăş





Ăş













Ăž



Ăş

Ăş

b

Ă°

dade se torna mais do que necessĂĄrioâ&#x20AC;?, opina Nassib. O Dr. Nassib disse que deseja ser o prefeito de Fazenda Rio Grande pois entende que a cidade, que cresce dia apĂłs dia, precisa de grandes investimentos. â&#x20AC;&#x153;Se a cidade cresce avassaladoramente, claro precisa de novos projetos que garantam melhor qualidade de vida aos moradores e como mĂŠdico, sei que o maior problema ĂŠ a saĂşde. Ă&#x2030; um problema nacional, mas em Fazenda Rio Grande a situação encontra-se preocupante, com postos de saĂşde obsoletos e sem

Ăş



Ăş

S

Ăş



Ă˝





mĂŠdicosâ&#x20AC;?. O prĂŠ-candidato explicou que pretende usar a experiĂŞncia para conseguir recursos do Governo Federal para o setor de saĂşde. â&#x20AC;&#x153;Enfim, comandar uma cidade do porte de Fazenda Rio Grande ĂŠ um grande desafio, mas motivador, pois desejo ver a cidade onde moro crescer de forma organizadaâ&#x20AC;?, pondera Nassib Hammad. Sobre aporte financeiro para a campanha, Nassib disse que vai promover uma campanha de casa em casa, gastando a sola do sapato e com a ajuda dos amigosâ&#x20AC;?. (Da Redação)

Ă´

;

ò

&

&

Ăł

'

<







Ăş



Ăş



Ăť



Ăş





Ăş



!





Ăž









Ăş





Ăš



Ăž









Ăž

Ăž



Ăş











Ăž

:

Ăş



Ăş

Ăť



Ăş

Ă˝

Ăž

Ăş



Ăş

3

Ăş

=





Ă˝







Ăş









Ă˝



Ăš







Ăť

Ăž



Ăş









Ăš





Ăş



Ăş



Ăš















?

Ă˝

Ă˝



Ăż









Ăż



Ăş









Ăş



Ăť



Ăž

Ăž















Ă˝

















Ă˝



Ă˝









?

Ăş







Ă˝

Ăş

Ă˝

Ăš



>



Ă˝





Ăš

4









Ăş

8





Ăş



!



Ăš



Ăş

7

Ăş

Ăş



Ăş



Ăş











Ăž



Ăş



Ăş









Ăť



Ăş



Ăž

Ăş

Ăź

Ăť





Ăž

Ăš









Ă˝



Ă˝

Ăş

Q

Ăş

Ăš

Ăş

Ă˝



Ă˝



Ăž



Ăž



Ăş



Ă˝



Ăş



Ăş



Ăš

Ă˝

Ă˝







Ăž



Ăş

Ă˝









Ă˝









Ă˝

Ăş

Ăš





Ăş







Ăş

=



Ă˝



Ăş

Ăş

Ă˝

















Ăž



Ăş













Ăž



Ăş





Ă˝









Ă˝



Ăť



Ăž





Ăş







Ăş











Â&#x20AC;

Â&#x160;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

ÂŞ

Â&#x201E;



Â&#x2030;

Â&#x17D;

Â&#x152;

Â&#x160;

Â&#x2030;

Â&#x2C6;

Â&#x2018;

Â&#x20AC;



Â&#x201A;

ÂŁ

Â&#x20AC;

}

Âś

Â&#x2022;

Â&#x152;









Ăž

,

Ăž



Ăž



Â&#x17D;

Â&#x201A;



Â&#x2C6;

Â&#x2022;

Â&#x2030;

Â&#x201D;

Â&#x201D;

Â&#x20AC;



Ăş

R



Ăş



Ăş



=





Ăş

Ăş



Ăž



Ă˝



Ăž







Ăž



Ă˝



Ăš





Ăť



Ăš









Ăť





Ăş









Ăž















Ăş













Â&#x20AC;

Â&#x2C6;

Â&#x2014;

Â&#x17D;

Â&#x2021;

Â&#x2030;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

Â&#x2DC;

Â?

Â&#x201E;

Â&#x2C6;

ÂŤ

Â&#x2C6;

Â&#x2030;

Â

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

Â&#x201D;

Â&#x2C6;



Â&#x201D;

}

Â&#x2C6;

Â

}

Â&#x2014;

Â&#x201A;

Â&#x20AC;

Â&#x2C6;

Â&#x201A;

ÂŻ

Â&#x17D;

Â&#x20AC;

Â&#x2C6;

Â&#x17D;

Â&#x161;

Â&#x17D;

Â&#x2022;

Â&#x152;

Â&#x2030;

!

Ăť

@

Ăş

Ăş



MiĂşdas Â&#x17D;

ÂŞ



Ăž



......

......

O mĂŠdico cardiologista Nassib Hammad confirmou que ĂŠ candidato a sucessĂŁo do prefeito Chico Santos em Fazenda Rio Grande, embora a convenção do PSL - Partido Social Liberal ocorra somente no prĂłximo dia 30. Nassib disse que o candidato a vice ainda estĂĄ indefinido, mas de forma antecipada, afirmou nĂŁo ter um estilo agressivo e que pretende fazer uma campanha de propostas para melhorar a cidade. Para o candidato, Fazenda Rio Grande necessita de maiores investimentos nas ĂĄreas de saĂşde e segurança e acredita que a população estĂĄ insatisfeita com o trabalho da atual administração. â&#x20AC;&#x153;NĂŁo quero atacar ninguĂŠm, mas como cidadĂŁo fazendense, tenho observado que nossa população reclama bastante da falta de investimentos nestes setores e jĂĄ elaborei um plano de ação para melhorar atendimentos em todos os postos de saĂşde e principalmente no Pronto Atendimento, sem deixar de lado o hospital. Na ĂĄrea de segurança precisamos melhorar o efetivo e a vinda do batalhĂŁo para a ci-

Ăş



Â&#x2022;

Â&#x2030;

Â&#x20AC;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x2014;

Â&#x201A;

Â&#x201A;

}

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x2014;



Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x20AC;

Â&#x2022;



Â&#x2030;

Â&#x2C6;

Â&#x161;

Â&#x160;

Â&#x2030;

Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

}

Â&#x201D;

Â&#x2014;

Â&#x2022;

}

Â&#x20AC;

Â&#x2021;

ÂŤ

Â&#x20AC;

Â&#x20AC;

Â&#x2022;

Â&#x2021;

}

Â&#x2022;

ÂŤ

Â&#x20AC;

Â&#x2030;

¡

Â&#x2030;

Â&#x2C6;

Â&#x152;

Â&#x20AC;



Â&#x2C6;

Â&#x2030;

}

Â&#x2014;

Â&#x2022;

Â&#x2021;

Â&#x2030;

Â&#x2C6;

Â&#x152;

Â&#x2014;



}

Š

Â&#x192;

}

}

Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x201D;

Â&#x20AC;

Â&#x201A;

Â&#x2014;

Â&#x2DC;

ÂĽ

}

ÂŁ

Â&#x2022;

Â&#x2030;

ÂŁ

Âľ

Â&#x2C6;

Â&#x2018;

ÂŁ

Â&#x17D;

Â



Â&#x2022;

}

¸

¡

Â&#x2030;

Â&#x2021;

}

Â&#x20AC;

Â&#x201A;

Â&#x20AC;

Â&#x2021;



Â&#x2DC;

Â&#x2022;

Â&#x2030;

}

Â&#x161;

Â&#x20AC;

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

ÂŤ

Â&#x20AC;

Â&#x201A;

}

Â&#x152;

Â&#x2C6;



Â&#x2C6;

Â

Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

Â&#x2021;

š

Â&#x201D;

Â&#x2030;

Â&#x152;

Â&#x2C6;

ÂĄ

Â

}

Â&#x2030;

Â&#x201D;

Â&#x2C6;

Â&#x2021;

Â&#x2C6;

Â&#x2030;

}



Â&#x2030;

Â&#x2C6;

Â?

Â&#x201D;

Â&#x2C6;

Â



Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x201A;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;

}

Â&#x17D;

Â&#x2C6;

Â



Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x201A;



Â&#x20AC;

Â&#x201D;

Â

Â&#x160;

Â&#x20AC;

Â&#x2030;

Â&#x201A;

Â&#x20AC;

Â&#x2030;

Â?

}

Â



Â&#x2C6;

Â&#x2021;

Â&#x152;

Â&#x2C6;



Â&#x201E;

}

Â&#x201D;

Â

š

Â&#x160;

Â&#x17D;

}

Â&#x20AC;

Â&#x201A;

}

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x160;

Â&#x20AC;

Â&#x2030;

Â&#x2030;

Â&#x20AC;

Â&#x201C;

Â&#x2C6;

Â&#x153;

Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x17D;

ÂŞ

Â&#x201E;



Â&#x2030;

Â&#x20AC;

Â&#x152;

}

Â&#x2014;

Â&#x152;

Â&#x20AC;

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x2022;

Â&#x160;

Â&#x201D;

Âś

Âą

Â&#x2C6;



Â&#x152;

Â&#x20AC;

Â&#x160;

}

Â&#x2013;

Â&#x20AC;

}

Âş

Â&#x201A;

Â&#x160;

}

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x152;

Â&#x2030;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;

Š

}

Â&#x2020;

}

Â&#x2014;

Â&#x2030;

}

Â&#x17E;



Â&#x2C6;

Â&#x2014;

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x2C6;

}

Â&#x201E;

}

ÂŤ

Â&#x20AC;



Â&#x2014;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;

}



Âť

Â&#x20AC;

Â&#x201A;

}

Â&#x2030;

Â&#x152;

Â&#x2020;

Â&#x2C6;

Âś

}

Â&#x201D;

Â&#x20AC;

Â&#x152;



Â&#x20AC;

Â&#x201A;



Â&#x2C6;

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x2013;

Â&#x2030;

ÂŽ

Â&#x2014;

­

ÂŻ

Â&#x160;

Â&#x2030;

}

Âź

Â&#x160;

Â&#x2030;

ÂŤ

Â&#x20AC;

Â&#x2030;



Â&#x2C6;

Â&#x160;

Â&#x2030;

Â&#x201E;

Âť

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

}

Â&#x201D;

Â&#x2C6;

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

Â&#x2014;

Â&#x20AC;

Â&#x2022;

Â&#x2021;

}

Â

Â&#x2C6;

Â&#x2014;

}

Â&#x2C6;

Â&#x2014;

Â&#x2022;



Â&#x2DC;

Â&#x2C6;



Â&#x2030;

}

Â&#x2C6;



Â&#x20AC;

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x2122;

Š

}

Â&#x20AC;

Â&#x2022;

Â&#x2030;

Â&#x201D;

Â&#x201D;

Â&#x20AC;

Â&#x161;

Â&#x2030;

}

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

ÂŤ

Â&#x20AC;

Â&#x20AC;

Â&#x2021;

Â&#x17D;



Â&#x2021;

Â&#x2C6;



Â&#x17D;

}

Â&#x17D;

Â

Â&#x2C6;

}

Â&#x2DC;

Â&#x17D;

Â&#x201A;

Â&#x160;

Â?

Â&#x2C6;

Â&#x17D;

Â&#x152;

}

Â&#x17D;

Â&#x161;

Â?

Â&#x2022;

Â&#x152;

Â&#x201A;

}

Â&#x2021;

Â&#x2022;

}

}

Â&#x201D;

Â&#x2021;

´

Â&#x20AC;

Â&#x2014;

Â&#x201A;

}

Â&#x2022;

Â&#x20AC;

Â&#x160;

Â&#x2030;

Â&#x152;

Â&#x2C6;

Â&#x2022;

}

Â&#x152;

}

Â&#x2021;

Â&#x2C6;

Â&#x201D;

Â&#x20AC;

Â

Â&#x2C6;



Â&#x2C6;

Â&#x2122;

Š

}

Â&#x2022;

Â&#x2C6;

Â&#x2021;

Â&#x160;

Â&#x2020;

Â&#x20AC;



Â&#x2039;




06 Fazenda Rio Grande

Está na Lei e os prédios públicos somente poderão ser pintados com as cores da bandeira municipal, ou seja, azul, amarelo e branco. Depois de que escolas, creches, hospital e outros prédios públicos foram “repintados” com as cores azul e amarelo, a oposição de Fazenda Rio Grande entrou com uma ação no Ministério Público e justificou que a administração fazendense, ao pintar os órgãos públicos de azul e amarelo, estava fazendo promoção partidária. “Eu determinei a reforma de prédios e a pintura de todos com as mesmas cores que sempre tiveram”, disse o prefeito Chico Santos. Apesar do argumento da oposição é possível observar através de um vídeo institucional de 2008, onde o ex-prefeito Antonio Wandescheer fazia uma prestação

de contas, que escolas, postos de saúde tinham as cores azul e amarelo. “Está no vídeo e não estamos inventando nada para justificar”. O prédio do Fórum foi inaugurado no dia 16 de agosto de 2007 e com recursos do FUNREJUS - Fundo de Reequipamento do Poder Judiciário e o prefeito era o Toninho e as cores do judiciário sempre foram nas cores padrão do município, embora o amarelo tenha desbotado e ficou meio bege. O prédio que abriga as Secretarias de Saúde, Educação e Ação Social foi construído pelo ex-prefeito com as cores azul e amarelo. O terminal do transporte de passageiros tem as cores azul e amarelo e foi construído pela COMEC -Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento

O Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, (paralisia infantil), doença prevenida somente por meio da vacina teve início no sábado (16). A Prefeitura de Fazenda Rio Grande disponibilizou atendimento em 14 postos de vacinação. Ao todo, 54% das crianças de zero a 5 anos, que são o público alvo da campanha, foram imunizados. A campanha segue até o dia 6 de julho e está disponível em todas a Unidades de Saúde, para participar basta levar a carteira de vacinação da criança. “As campanhas são importantes também para colocar o cartão de vacina da criança em dia”, salientou a coordenadora da campanha Nelcelí Garcia, infor-

mando que os números alcançados no primeiro dia da campanha foram bastante positivos. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar 95% das crianças. “Os pais tiveram uma boa participação nessa campanha, o que é muito importante, pois a poliomielite é uma doença que está erradicada no Brasil, mas para que continue assim é necessário criarmos barreiras e isso só pode ser feito com a imunização”, explicou Nelcelí. Entre as crianças vacinadas, estiveram, Maria Luíza de oito mêses e Antônio Carlos, de 3 anos levados pela mãe Liliane Pereira, que disse acreditar que essa é uma forma segura e sem sofrimento de proteger os

22 a 28 de Junho de 2012

½

¾

¿

À

Á

Â

Ã

Â

Ä

Á

À

Å

Æ

Ç

Å

Â

Æ

È

Å

Ä

Á

Æ

Urbano e um dos diretores era o ex-prefeito de Fazenda Rio Grande. “Então, se esses prédios eram pintados com as cores azul e amarelo, o prefeito Chico Santos procurou manter as cores padrão estampadas

filhos contra a doença: ''eles ficaram felizes em poder ganhar um abraço da Maria Gotinha e os pirulitos'', afirmou Liliane. Carla Gonçalves Dias, é mãe de Carlos André, de apenas 4 anos, e mantém atualizada a caderneta de vacinação do filho. “Ele nunca perdeu uma campanha, as vacinas estão todas em dia ”, contou. Um caminhão de som, enfeitado com bexigas, passeou pela cidade, visitando os pontos de vacinação, carregando a Maria Gotinha e pessoas da equipe de saúde. O secretário de Saúde, Pedro Cavichiolo esteve presente durante todo o trabalho, explicando sobre a importância do mesmo. “Queremos passar segurança e mudar a visão

É

Å

Ê

Ë

Ä

¿

Ã

É

Á

Ê

Â

¾

Á

Ì

É

Â

Í

Î

Å

Ï

Ä

Â

Ì

É

Á

Ð

Ä

Á

Ñ

Á

Î

Ò

Å

Ó

Ô

Î

È

Å

Õ

Â

Ì

Ò

Å

Æ

Â

È

Å

Ã

Ö

negativa que as crianças têm a respeito de tomar vacina, mostrando que isso é para o bem delas”, afirmou o mesmo. A mãe do menino Pedro Henrique, a advogada Andinara Bandeira, teve um exemplo em sua família das consequências da poliomielite. “Um primo meu teve a

coloca. As passarelas erguidas pela Autopista Planalto Sul em Fazenda Rio Grande tem a cor amarelo como destaque. O repórter tentou ouvir o ex-prefeito Antonio Wandescheer mas sem sucesso. (Da Redação)

taria de Obras que forneceremos uma cópia. Afinal, a ex-administração, possivelmente por questão de logística, esqueceu de se livrar do material, que está amontoado em uma sala aqui na secretaria”,

no pavilhão municipal”, opina o secretário de Obras Claudemar Caseiro. “Temos um lote muito grande do vídeo promocional elaborado pelo ex-prefeito e se alguém duvidar, basta passar aqui na Secre-

Â

Ì

Ô

Å

¿

Â

È

Â

Ã

Ö

Â

Ì

Ô

Â

É

Á

×

Â

È

Î

Ì

Â

Ø

paralisia infantil e pelas seqüelas da doença, precisa usar muletas até o dia de hoje. Uma das pernas afinou. Devido a isso, ele já desenvolveu problemas na coluna. Então nunca deixo de vacinar meu filho. É importante para mantê-lo prevenido”, destacou. Conforme o Minis-

Ç

Å

tério da Saúde, a vacina contra a pólio é segura. Ela se destina a crianças menores de 5 anos, mesmo as que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarréia. É importante ressaltar que não existe tratamento para a pólio, apenas a prevenção por meio da vacina. (Da Assessoria)


Mandirituba 07

22 a 28 de Junho de 2012

Padre a 12 anos, dos quais cinco frente a igreja matriz de Mandirituba, o Padre JoĂŁo Maria Stech ĂŠ uma pessoa simples e de fala fĂĄcil e ao mesmo temo que fala do seu amor ao sacerdĂłcio, nĂŁo esconde sua paixĂŁo pelo Coritiba. NĂŁo perde um jogo do Coxa e mostra com satisfação a carteira de sĂłcio torcedor e ĂŠ conhecido nas cadeiras inferiores, tradicional reduto de coxas-brancas â&#x20AC;&#x153;cornetasâ&#x20AC;?. â&#x20AC;&#x153;Aqui a gente fica mais perto do campoâ&#x20AC;?, justifica. Padre JoĂŁo diz que ama ser padre. â&#x20AC;&#x153;Se mil vezes nascesse, nasceria padreâ&#x20AC;?, diz satisfeito o religioso, que ĂŠ administrador financeiro da Dioce-

Ăł

Ă´

Ăľ

Ăś

á

ø

Ăš

á

se de SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais, que congrega 37 parĂłquias e ĂŠ coordenador geral da diocese sĂŁojoense. Vivo o dia a dia da igreja, mas considero o lazer importante e vou aos jogos do Coritiba, pois no estĂĄdio ĂŠ possĂ­vel extravasar.

Ă  Lapa. Quando optou pelo seminĂĄrio, achou que teria de deixar de lado a sua paixĂŁo. â&#x20AC;&#x153;Mas esse ĂŠ meu Ăşnico hobby. Levo a emoção do estĂĄdio para a minha igreja. A missa tem de ser vibrante. Eu falo para os meus fiĂŠis que com â&#x20AC;&#x2DC;Jesus

mantĂŠm contato com a maioria dos jogadores. â&#x20AC;&#x153;O atleta precisa de amigos, pois muitos moram na concentração ou em hotĂŠis e dessa forma precisam ficar rodeado de pessoas. Sou como um psicĂłlogo e procuro alertar os jogadores em inicio de carreira, pois a maioria tem o sonho, com o primeiro salĂĄrio, de comprar um carrĂŁo do ano. A vida tem outras prioridades e dessa forma interajo com atletas procurando mostrar a cada um como ĂŠ a vida de jogador, que muitas vezes ĂŠ curtaâ&#x20AC;?, completa o padre, Ă&#x2122;

Ă&#x2122;

Ă&#x161;

Ă&#x203A;

Ă&#x153;

Ă?

Ă&#x17E;

Ă&#x;

Ă 

Ă&#x;

ĂĄ

Ă&#x161;

Ă&#x153;

â

Ă&#x161;

ĂŁ

Ă&#x;

ä

Ă&#x161;

ĂŁ

Ă&#x161;

ä

Influenciado pelo pai, João Maria começou a torcer pelo Coxa ainda criança em Antônio Olinto, próximo

Ăş

Ăš

Ăť

Ăš

Ă´

Ăź

Ă˝

á

Ăž

Ăš

Ăż

Ăš

â

ĂĽ

Ă?

ĂŚ

Ă&#x161;

Ă&#x203A;

Ă&#x;

ĂŁ

ç

è

ĂŠ

Ă?

Ă&#x203A;

Ă?

ĂŁ

Ă&#x;

Ă&#x153;

Ă&#x161;

ĂŞ

Ă 

Ă&#x;

o jogo nunca estĂĄ perdidoâ&#x20AC;&#x2122;â&#x20AC;?, explica. AlĂŠm de torcer pelo Coritiba, o padre JoĂŁo Maria diz que



Ăľ

á

ø

Ăš











Ăş

Ăš

á

Ă˝

Ăş

Ăź

Ăš





Ăľ



Ă?

Ă˝

ĂŤ

Ă&#x17E;

Ă&#x;

á

Ă 

Ă&#x;

ĂĄ

Ă&#x161;

Ă&#x153;

â

Ă&#x161;

ĂŁ

Ă&#x;

ä

Ă&#x161;

â

ä

Ă&#x161;

ĂŹ

Ă?

ä

Ă&#x203A;

Ă?

Ă­

ĂŤ

ĂŽ

ĂŤ

ĂŻ

Ăľ

Ăł

Ăş

Ăš

Ăź

Ăľ

á

Ăż

Ă˝



Ă&#x161;

Ă&#x153;

Ă?

ĂŁ

â

Ă&#x203A;

Ă&#x161;

Ăą

Ă&#x;

ò

Ă&#x;

è

ĂŚ

Ă&#x;

Ă&#x2122;

Ă?

Ă&#x153;

Ă?

â

Ă&#x153;

Ă&#x161;

a entrada do time em campo e pede em silĂŞncio que vença o melhor, â&#x20AC;&#x153;desde que o melhor seja o Coritibaâ&#x20AC;?. Devido ao fanatismo pelo time, Padre JoĂŁo Maria Stech celebrou a missa dos 100 anos do Coxa. â&#x20AC;&#x153;Fiquei muito emocionado de poder fazer parte do centenĂĄrio do Coritibaâ&#x20AC;?, contou.

que mantĂŠm uma escolhinha do Coxa na cidade de Mandirituba. â&#x20AC;&#x153;O Coritiba ĂŠ um amor para mim, amor mesmo, capaz de me fazer derramar lĂĄgrimas. Quando perde eu fico muito chateado. Mas tenho muitas alegrias tambĂŠmâ&#x20AC;?, releva o sacerdote. Da mureta no estĂĄdio, ele benze

Ăż

Ă°






08 Mandirituba

A prefeitura de Mandirituba atravÊs da secretaria de Educação, Cultura e Esporte, deu início aos trabalhos do Programa Formação pela Escola, uma parceria firmada com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE, visando fortalecer a atuação dos agentes e parceiros envolvidos na execução, no monitoramento, na avaliação, na prestação de contas e no controle social de açþes educacionais financiadas pela autarquia que Ê vinculada ao MinistÊrio da Educação - MEC. Voltado, para a capacitação de profissionais de ensino, tÊcnicos e gestores públicos municipais e estaduais, repre-

Visando mais segurança para os moradores de Areia Branca dos Assis, a prefeitura de Mandirituba instalou na última semana, 5 redutores de velocidade nas principais ruas do distrito. O projeto executado pela secretaria de obras da prefeitura, vem atender uma reivindicação da população por mais segurança no trânsito, devido ao desrespeito por parte de alguns motoristas que

sentantes da comunidade escolar e da sociedade organizada, o programa tem como propósito contribuir para a melhoria da qualidade da gestão e fortalecimento do controle social dos recursos públicos destinados à educação. O programa consiste na oferta de cursos de capacitação, em que os participantes conhecem os detalhes da execução das açþes e programas da autarquia, como a concepção, as

trafegam em velocidade alÊm do permitido nas vias locais. As lombadas que tambÊm receberam placas de sinalização indicativas conforme prevê as leis de trânsito, foram instaladas em pontos estratÊgicos do bairro: em frente a escola municipal Vitor Leal Claudino, em frente ao Centro Municipal de Educação Infantil - CMEI Primeiros Passos e outros 3 pontos considerados relevantes pelos tÊcnicos

22 a 28 de Junho de 2012

diretrizes, os principais objetivos, os agentes envolvidos, a operacionalização, a prestação de contas e os mecanismos de controle social. Com isso, busca-se estimular a participação da sociedade nessas açþes. Os cursos são oferecidos na modalidade a distância, como forma de potencializar os esforços de formação continuada dos diversos atores envolvidos na execução de programas do FNDE.

da secretaria municipal de obras. A localidade de 4 Pinheiros tambÊm serå contemplada com os redutores de velocidade na fase de conclusão das obras. Segundo o diretor do departamento de obras, Rosmar de Souza, em 4 Pinheiros jå foram instaladas as placas de sinalização e nos próximos dias serão implantadas as lombadas assim como em Areia Branca dos Assis.

cipais: a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentĂĄvel e da erradicação da pobreza e a estrutura institucional para o desenvolvimento sustentĂĄvel. Voltada para a produção de um produto 100% sustentĂĄvel e ecolĂłgico, a MADEPLAST foi destaque no maior jornal de circulação do estado do ParanĂĄ, Gazeta do Povo e na RPC TV, afiliada da Rede Globo no ParanĂĄ pela participação na Rio+20. Confiram trechos da entrevista do superintendente da MADEPLAST, Guilherme Bampi na Gazeta do Povo: â&#x20AC;&#x153;A madeira plĂĄstica substitui a madeira de forma sustentĂĄvel. Para isso usamos resĂ­duos plĂĄsticos descartados pela indĂşstria e restos de madeira e serragem vindos de madeireiras legalizadas. Desenvolvemos a tecnologia em parceria com instituiçþes de ensino. Ă&#x2030; uma tecnologia brasileira. Estamos honrados em participar da Rio+20 e disseminar a ideia sustentĂĄvelâ&#x20AC;?, comemora Guilherme Hoffmann Bampi, superintendente da Madeplast.

Convidada pelo SEBRAE para representar o Paranå na Rio+20, a MADEPLAST instalada em Mandirituba ganha destaque na imprensa paranaense. A empresa fabricante de madeira ecológica comemora a presença no evento tanto pelo reconhecimento de um trabalho sÊrio voltado para a sustentabilidade, quanto pela oportunidade de apresentar seus produtos na Conferência das Naçþes Unidas sobre Desenvolvimento Sustentåvel, a Rio+20. Realizada de 13 a 22 de junho de 2012, na cidade do Rio de Janeiro. A Conferência trouxe para o Brasil 200 delegaçþes de países diferentes onde serão discutidos dois temas prin-

Nesta terça-feira (19) os mil alunos das Escolas Municipais Bom Jesus e Alice Machado Ferreira em Mandirituba foram pĂşblico para a apresentação teatral do grupo â&#x20AC;&#x153;Nosso Amiguinhoâ&#x20AC;?, vindo de Curitiba para falar sobre bullying e promoção da paz. â&#x20AC;&#x153;Nosso Amiguinhoâ&#x20AC;? ĂŠ uma revista mensal assinada pela secretaria municipal de Educação e distribuĂ­da nas escolas. Ela discute sobre o carĂĄter da criança, princĂ­pios morais, estimula a leitura, promove o crescimento cultural e social, dĂĄ dicas de saĂşde e realiza tarefas escolares. Essa atividade extracurricular proporcionada aos alunos baseou-se 

























#

estĂĄ programada para agosto, desta vez para os alunos das Escolas Municipais Vitor Leal Claudino e Nossa Senhora do Rocio. â&#x20AC;&#x153;Ler â&#x20AC;&#x2DC;Nosso Amiguinhoâ&#x20AC;&#x2122; ĂŠ tomar porçþes mensais de educação saudĂĄvel que certamente contribuirĂŁo para o crescimento em todos os sentidosâ&#x20AC;?. Deixou o recado, a secretĂĄria de Educação, Ă&#x2030;lia Simas Rodrigues.

em uma peça de teatro para divulgar a revista. Assuntos referentes à briga dentro das escolas foram tratados e explicados com descontração e numa linguagem apropriada as crianças. A revista segue o cunho de serviço social para incentivar a paz nas escolas. Segundo a secretaria de Educação de Mandirituba, outra peça de teatro com o grupo jå 



























$

As inscriçþes para o curso de Auxiliar Administrativo do Programa Nacional de Acesso ao Ensino TÊcnico - Pronatec jå estão abertas em Mandirituba e vão atÊ 20 de julho. As inscriçþes são feitas na secretaria municipal de Educação, localizada no prÊdio da prefeitura, e podem se inscrever maiores de 16 anos, cursan-



%

















&



'



(





!



"









do o 2º ou 3º ano do ensino mÊdio. O candidato ao curso deve estar com cópia do documento de identidade, CPF e comprovante de residência em mãos no ato da inscrição. O curso serå na nova sede do Senai e terå início dia 31 de julho no período da tarde. Mais informaçþes podem ser obtidas na secretaria municipal de Educação.


Mandirituba 09

22 a 28 de Junho de 2012

Vereadores de Mandirituba não se entendem sobre o aumento de vereadores

p

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

[

\

X

W

[

X

]

^

]

X

Z

[

_

O

V

`

]

a

Z

`

[

P

Q

`

[

P

]

b

O

_

Q

_

X

i

j

k

]

O

l

R

S

T

m

`

[

b

V

a

W

]

`

O

[

b

Q

n

X

Q

k

X

O

j

`

n

Q

Z

Q

X

b

[

`

Q

V

[

_

X

Z

X

Q

_

[

Z

q

)

_

X

X

c

Z

Q

X

Q

b

_

_

[

O

Z

X

Z

O

V

W

]

T

d

Q

e

P

Q

V

V

[

]

`

[

b

W

Z

Q

[

Q

]

P

X

b

W

[

_

[

b

f

P

X

Z

[

_

X

c

Q

b

_

O

Z

O

a

]

d

Q

Y

[

_

X

P

[

V

W

X

Z

o

o

`

Q

_

X

O

Z

Q

V

T

X

n

V

[

r

Q

W

Q

W

Q

X

*

+

,

-

.

/

0

1

2

1

+

3

0

4

5

2

h

h

g

Vereadores de situação e oposição de Mandirituba não se entendem e o projeto que aumenta o número de cadeiras no Legislativo fica na gaveta, pelo menos por hora. Os parlamentares da ala situacionista entendem que este projeto já foi votado anteriormente e reprovado por unanimidade. Ocorre, que, os vereadores da oposição e o Presidente da Câmara, em comum acordo, querem que o projeto venha a ser votado novamente. Os parlamentares da ala situacionista entendem que caso o projeto venha a ser votado novamente, terá que ser discutido em sessão ordinária e com a presença da população e não na surdina, como idealiza o presidente José Luiz de Oliveira e os vereadores da oposição. Imediatamente após a reunião da terça-feira, dia 19, o presidente disse ao Repórter, que o assunto era analisado pela assessoria jurídica, entretanto no dia seguinte iria para votação em sessão marcada no afogadilho por volta das 16h30. O vereador Gima - Giumar Fernandes, disse, que o projeto tem que ser discutido em plenário e em sessão normal. Sou contra o aumento, mas desejo que a reunião seja aberta a população”, opina. O projeto, para ser aprovado deve receber seis votos, a favor, mas quatro vereadores

faltaram a sessão marcada para as 16:30horas da quarta-feira. Faltaram os vereadores Gima Giumar Fernandes, Celso Luiz Machado, o Celso Batata, Marília Segala Lourenço e Valdir do Carmo Cruz. Como não deu quorum, a votação foi cancelada. Decepcionado com a situação, o presidente Zé Luiz ligou para a redação de O Repórter e disse que o assunto estava encerrado e que o projeto foi engavetado. Entretanto, o projeto pode ser votado até o dia 30 e não será surpresa se reaparecer na pauta. Vereadores da ala governista são contrários ao aumento do número de cadeiras, pois observam que nove vereadores é número suficiente para tomar as decisões no Legislativo. “Sou contra o aumento de duas cadeiras e não mudo de opinião”, disse Celso Luiz Machado, o Celso Batata. O presidente da Câmara José Luiz de Oliveira, ao ser abordado sobre a existência do projeto na terça-feira, dizia que a assessoria jurídica analisava o assunto e que a votação não tinha data para acontecer, mas entrou na pauta no dia seguinte, quarta-feira. “Eu não posso falar pelos demais vereadores, mas eu sou contra o aumento do número de vereadores, mas como representante do povo, quero discutir o assunto em sessão aberta”, disse Gima. O presidente Zé Luiz disse que pela

Lei, o município pode ter onze vereadores. “É constitucional e a Lei é clara e no caso de Mandiritiuba podemos ter 11 cadeiras”, sintetizou Zé Luiz. O vereador José Zonete Pinheiro (DEM) disse que promoveu uma enquete no programa que comanda numa emissora local e que 90 por cento se mostrou favorável ao aumento no número de cadeiras a partir de 2013. “Foram três meses de enquete, embora a participação de parte do ouvinte tenha sido pequena, mas de dez, nove são favoráveis a onze vereadores”, disse Zonete. “Sou favorável ao aumento, pois a cidade está crescendo e se não aumentar agora, lá na frente terá que ser aumentado o número de cadeiras, então que seja aumentado agora”, resumiu o vereador, que já presidiu o Legislativo. Outro assunto que deve ou deveria entrar na pauta é o salário dos vereadores da próxima legislatura. Atualmente a remuneração é de R$ 2.930,00 e de acordo com uma pessoa ligada ao Legislativo, pode chegar perto de R$ 6.000,00. José Luiz disse na terça-feira, que o assunto era avaliado pelo departamento jurídico. “Estamos estudando o novo salário, mas vai ficar dentro do índice inflacionário, nada mais que isto”, disse o presidente, entretanto, se chegar a R$ 6 mil, estará bem acima da inflação. (Da Redação)

Independente se o projeto será votado ou não dentro do prazo limite, que é 30 de junho, o Repórter promoveu uma enquete junto a um grupo de quinze pessoas. Apenas uma delas disse ser favorável ao aumento do número de cadeiras. Uma única pergunta foi feita: “o senhor (a) é favorável ou contra o aumento de vereadores na Câmara de Mandirituba? A grande maioria se posicionou contrária a iniciativa. “É importante saber o posicionamento das pessoas”, disse Pedro Evangelista, o Pedro Bala, diretor deste Semanário. Amâncio José Machado é contrário: “Sou contra pois os vereadores pouco fazem pela nossa cidade”, resumiu. Antonio Donizete Lelis foi mais longe na sua opinião: “Seria favorável se os vereadores trabalhassem pela cidade e eu desafio qualquer um deles a mostrar um projeto favorecendo o povo de Mandirituba. Tem vereadores demais e ainda querem colocar mais dois. Sou contrário”. O jovem Sandro Carvalho da Costa foi

irônico: “A Câmara deveria ter apenas três vereadores”.

6

7

6

J

L

8

9

A

9

D

<

9

<

9

C

>

D

:

;

K

A

;

<

<

=

<

E

L

A

K

<

>

<

9

M

?

@

;

A

F

I

A

G

B

D

<

:

B

G

H

C

A

A

G

C

I

;

<

>


10 Quitandinha s

t

u

v

22 a 28 de Junho de 2012

w

A Prefeitura de Quitandinha, por meio da Secretaria de Saúde, comprou mais um novo veículo para compor a frota municipal. Desta vez a prefeitura adquiriu mais uma ambulância de simples remoção, esta da marca Volkswagen Saveiro. Avaliada em aproximadamente R$ 59 mil, a nova ambulância chega ao município para contribuir na remoção e deslocamentos de pessoas feridas ou doentes. “É um novo veículo que chega para ajudar nos atendimentos à população. A área da saúde é muito importante e constantemente temos investido para que os serviços possam ser prestados da melhor forma possível”, afirmou o prefeito Neco Prado.

A Prefeitura de Quitandinha, por meio da Secretaria de Saúde, adquiriu um Raio-X Odontológico para o auxílio nos procedimentos de saúde bucal. O aparelho foi apresentado na última semana pelo secretário da pasta Daniel Andrade. Novidade no serviço público do município, o equipamento chega para auxiliar os profissionais com exames complementares, além de agilizar e melhorar os diagnósticos para o tratamento. “Esse aparelho é uma inovação no município. Antes

O secretário de Saúde de Quitandinha, Daniel Andrade, destacou a importância do novo veículo para o município. “Estávamos ansiosos aguardando à chegada de uma nova ambulância. Constantemente precisamos estar deslocando as pessoas para Curitiba e o novo veículo contribuirá para agilizarmos esse processo de deslocamento”, frisou o secretário, sobre o veículo que foi adquirido através de uma emenda do deputado federal Ratinho Júnior. em garantir um bom atendimento à população na área de saúde, a Prefeitura de Quitandinha têm realizado diversos e constantes investimentos neste setor. Somente na administração do prefeito Neco

Prado, por exemplo, já foram construídos o Centro de Atendimento Materno e Infantil, o CAMI, a Clínica da Mulher, feito a reforma do Posto de Saúde da sede e a adequação de outras quatro Unidades de Saúde do interior do município. Mais recentemente também tiveram início as obras de construção da Unidade de Saúde da Comunidade da Lagoa Verde, entre tantos outros investimentos feitos pela atual administração. Porém, um serviço oferecido pelo município e que estava em situação precária na cidade era o de remoção e transporte dos pacientes quitandinhenses. Logo no início de sua administração, Neco Prado viabilizou uma ambu-

lância, de cor vermelha, a qual por muito tempo prestou serviço para o município. Com o passar dos meses, novos investimentos foram feitos e hoje o município atende a população com muito mais

qualidade e comodidade. Atualmente a Prefeitura de Quitandinha conta com quatro novas ambulâncias de remoção simples, além de outros sete carros e dois microônibus que atuam no transporte de pacientes

a população tinha que desembolsar dinheiro para fazer esse exame complementar que, a partir de agora, será disponibilizado gratuitamente para os quitandinhenses”, explica Daniel Andrade. Além deste equipamento, segundo o coordenador de odontologia de Quitandinha, Luis Henrique Lemos, a prefeitura ainda adquiriu outros equipamentos que chegam para melhorar os procedimentos de saúde bucal. Entre eles estão dois aventais de chumbo com protetor

de tiróide, 2 Fotopolimerizadores, 2 aparelhos Amalgamadores, um Negatoscópio, uma caixa de revelação de Raio-X, posicionadores de filmes radiográficos, micro-motores e canetas de alta rotação, que estão avaliados em aproximadamente R$ 10 mil. “São equipamentos necessários que chegam para melhor atender a população da sede e também do interior do município”, garante Lemos. últimos anos o município de Quitandinha tem se destacado junto à população, no quesito

de investimentos feitos com o objetivo de melhorar a saúde bucal dos munícipes. Além de novos equipamentos e profissionais, ainda existe o Programa Gerando Sorriso, que foi criado em 2006 e que tem alcançado resultados positivos desde a sua implantação. ampliar a qualidade de vida dos estudantes da rede municipal de ensino, mais especificamente na área de saúde bucal, a Prefeitura de Quitandinha ainda

realizou a entrega de escovas de dentes as diretoras das escolas municipais. O prefeito Neco Prado tem tratado a saúde bucal como uma de suas prioridades. Para

para consultas especializadas em Curitiba e região. Hoje o município de Quitandinha conta ainda com um veículo Kombi exclusivo para o transporte de pacientes que fazem o tratamento de Hemodiálise.

tanto, ele vem realizado constantes investimentos com o objetivo de atender ainda melhor a população quitandinhense”, concluiu o secretário de Saúde, Daniel Andrade.


Quitandinha 11

22 a 28 de Junho de 2012 x

y

z

{

|

}

~

z

}



|

Por. Dílson Damas Relações Públicas FESTA A programação do 51º aniversário de Quitandinha realizada na última semana foi um sucesso. De acordo com a Comissão Organizadora, próximo de 30 mil pessoas passaram pela Praça da Bíblia prestigiando o evento durante os sete dias. Para conferir tudo o que rolou, acesse o site: www.clikhype.com.br ou o Facebook do JP Vai Uma Foto Aí. FESTA 2 O ex-deputado federal e pré-candidato a prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, mantendo a tradição de muitos anos, cancelou seus compromissos em Curitiba para participar das festividades em Quitandinha no sábado (16). Nesta oportunidade ele participou do Show Gospel, no Clube Recreativo, e finalizou sua visita na Praça da Bíblia. Nos dois eventos Fruet foi cumprimentado e recebeu palavras de incentivo e apoio. DINHEIRO O bom público que prestigiou os sete dias de festa em Quitandinha aqueceu as vendas das barracas. Quem apostou alugando um espaço está com o sorriso de orelha a orelha, já que o faturamento foi muito bom.

A Comissão Organizadora da 9ª Festa do Produtor Rural e também do 51º aniversário de emancipação política do município de Quitandinha, ao realizar o evento de sete dias, preferiu não contratar empresas terceirizadas para realizar os serviços de limpeza nos locais do evento. Priorizando a Associação dos Coletores de Materiais Recicláveis do município, a ACOMAR, cinco associados assumiram a responsabilidade desta área e trabalharam durante todo o decorrer das festividades, a qual teve início segunda-feira (11) e se estendeu até domingo (17). Todo o material recolhido foi levado para o depósito da entidade, no bairro Vista Alegre, onde será separado e posteriormente vendido para as empresas especializadas em materiais

recicláveis. De acordo com o gerente da ACOMAR, Nelson Maria Ferreira Bueno, essa parceria feita com a prefeitura vai ajudar muito os associados. “Nossa renda mensal é baixa, porém, esse mês nós venderemos os produtos recolhidos na festa e também vamos receber diárias pelo trabalho realizado. Com certeza nossa renda será maior”, explicou Bueno. Para a Assistente Social, Terezinha Ferreira Meres, essa oportunidade que a prefeitura deu para ACOMAR foi muito importante para os associados. “Essa iniciativa valorizou a mão de obra local e com certeza com um custo bem menor de uma empresa terceirizada. Além disso, ao mesmo tempo alavancamos a renda dos trabalhadores da entidade”, justificou

Terezinha. De acordo com a primeira dama e secretária de Assistência Social de Quitandinha, Silvia Anderle, colaboradora desta parceria, as pessoas que trabalham na ACOMAR também precisam de oportunidades para mostrar seus valores. “Eles fizeram um trabalho muito importante durante as festividades de 51 anos de Quitandinha. Mantiveram os locais das festividades limpos o tempo todo e, talvez, nem mesmo uma empresa terceirizada fizesse um trabalho tão bem feito como os associados fizeram. Eles estão de parabéns”, disse Silvia Anderle. O presidente da Comissão Organizadora da Festa, Cristiano Prado, também enalteceu o trabalho da ACOMAR. “Esse foi um dos pontos altos do evento”, garantiu ele.

COMPETÊNCIA O Colégio Estadual Eleutério Fernandes de Andrade de Quitandinha, está abrindo vagas para ex-alunos que já concluíram o ensino médio, mas não estão na universidade. São cursos profissionalizantes em Segurança do Trabalho, Técnico de Serviços Público, Administração e no mês de agosto será iniciado o curso de Logística. QUITANDINHA A movimentação dos partidos é grande em Quitandinha, pois o prazo para as convenções se encerra no próximo dia 30. Com a possibilidade de ter três grupos concorrendo a Prefeitura Municipal, o número de candidatos a vereador pode passar de 80. Lembramos que só têm ‘9’ cadeiras na Câmara de Vereadores. A disputa será acirrada... QUITANDINHA 2 O prefeito Neco Prado se encaminha para o fechamento do seu segundo mandato. São 90 meses a frente do município. Mas o prefeito não pára, pois sua intenção é pavimentar várias ruas no perímetro urbano e dar início a construção de uma nova creche. QUITANDINHA 3 João Purungo (PRB) vem falando como pré-candidato a vereador. Ele já exerceu a função por dois mandatos, chegando a ser presidente do Legislativo por dois anos. AGUDOS DO SUL O vice-prefeito Augustinho Trémeio (PPL) vem mantendo contato com os demais grupos políticos para saber que decisão deve tomar nos próximos dias. Trémeia, Rosane Trémeia (PRB), Daniel Hortes (PSC), Luciane Teixeira (PMDB), Alamir da Avipec (PT), Iverson Pires (DEM), e o atual prefeito Antonio Gonçalves da Luz (PP), são os nomes comentados no município como pré-candidatos a prefeito. Até o dia 30 o mistério continuará no ar. MANDIRITUBA O ex-deputado Gerando Cartário (PTB) está de volta na mídia. A TV já tem mostrado sua imagem. Os comentários continuam na cidade de que o ex-deputado pode concorrer ao cargo máximo do município. Vamos aguardar... MANDIRITUBA 2 Rodrigo Rodrigues (PDT), Assessor de Comunicação da Prefeitura, vem sendo assediado por vários grupos comunitários para colocar seu nome no páreo visando uma cadeira no Legislativo Municipal. Nós próximos dias teremos o desfecho dessa história, se Rodrigues vai encarar esse desafio ou não... CAMPO DO TENENTE O PRB, dirigido pelo ex-prefeito Edson de Souza, trabalha para lançar vários candidatos a vereador visando ter um representante da sigla no Legislativo Municipal.


12 Serviรงos

22 a 28 de Junho de 2012


S

o.c.i.a.l.

Social 13

22 a 28 de Junho de 2012

€



‚

’

ƒ

„

“



”

…

ƒ

•

†

‡

–



ˆ

•

—

€

ƒ

”

…

˜

‚



Å

Í

Å

Î

Æ

Ç

Ï

Ô

È

Ì

É

Ç

Ì

Ó

Ê

Ë

Ì

Ö

Ø

Æ

Û

Ç

É

Ç

Ì

Æ

Ú

Ï

Ø

Æ

©

¹

§



¨

©

ª

·

©

¸



…

ƒ



¸

ƒ

Œ

±



Ž

ª

±



…

ƒ

µ

º





‹

€

‰

ƒ





‚

»

§

Ñ

‰



¯

…

ª

ƒ

Æ

Å

Æ

Ï

ƒ

Æ

Š



É

×

Ò

Ë

È

Æ

Ü

É

Æ

Ç

Ì

Å

Ý

Å

Ê

Æ

Þ

Ì

Ñ

Ø

…

‹

Œ

‚

‚





Ž



‡





ƒ



‚



‘

Ž



Ì

Ì

Å

Å

Ñ

É

È

Æ

Æ

Ç

Ç

Ë

Å

â

Ù

œ

—

£



•

ž

Ÿ

œ

—

”



™

›

˜

˜

š

™

”

¤

˜

•

 

á

Ç

™

œ

”

œ



”

š

É

Æ

Ë

Ï

ã

Ë

É

Ó



Ì

­

¬

Œ



‰

¦

¯

ƒ

‰

…

ƒ

²

ƒ

§

®

³

Œ

„

‰



Œ



‚

ª



¯

Ë

Ë

Ê

Í

Ø

Ì

Æ

Ê

Ë

Ñ

Æ

É

Ñ

Ò

Ë

Ô

¡

Ê

É

Ì

ä

å

Ê

É

Ì

ä

æ

Æ

Ð

É

Æ

×

Ë

Ñ

Ë

¥

©

ƒ

Ê

‘

Ù

›

ß

à

Ì



‚

Ç

Æ

Ô

à

¬

„

É

É

Ó

š

«

É

Ï

ã

ç

Ì

Ç

Ì

Ñ

Õ

…

Ê

Ð

Ó

¢

¦

Ì

Ñ

Ó

Ù

Ì

Ê

Ì

Ë

Ñ

Æ

Å

Ð

Ë

Ë

È

Ì

Æ

Ô

Í

Å

Ç

Ê

Õ

Æ

Æ

‰

™

Ä

ƒ

Œ

‰

€

²

´



ƒ

‰

¯

³

ƒ

µ

‚



Œ

ƒ

‰

²

¯



‡

‚





ƒ

Œ

¯

¯





…

ª

ƒ

Å

é

è

°

‰

²

§



¼

…



‹



‰

¯

²

½

¾

²

´



ª



‰

¿

¿

À

¿

Á

Á

Â

Â



½

À

Â

½

Ã

¾

À

Â

§

ê

ë

ì

í

ï

ñ

í

ò

û

ì

õ

ñ

ë

ó

ö

ö

ì

ô

ñ

þ

ì

÷

ù

ì

í

ô

ú

÷

ú

ì

û

ó

ï

ó

ñ

ó

ý

÷

ñ

ñ

ù

ö

ö

ú

ì

í

ü

ð

ñ

î

÷

ì

ù

ô

ó

þ

ì

î

ù

î

÷

í

ó

û

ó

î

÷

ù



÷

ë

ó

õ

ù

÷

÷

ö

þ

ù

÷

ì

ù

ó

ô

÷

ì

÷

í

ó

ø

õ

÷

ì



ñ

õ

ñ

ù

÷

ñ

ù



÷

ê

ê

ë

ì

í

ï

ñ

í

ì

í

ñ

î

ñ

ë

í

ó

ë

ì

í

î

ì

ï

ì

ð

ì

ñ

ï

ë

í

ò

î

ó

í

ì

ô

õ

ñ

ö

ì

ù

÷

í

ó

ø

ñ

ù

ì

ú

í

÷

ë

í

ô

ñ

ö

ì

þ

ó

ö

ú

÷

ñ

ó

ì

û

õ

ñ

ô

ò

ì

í

ò



ï



ñ



÷

û

ñ

÷

÷

î

ì

ô

ò

ù

ó

ï

ó

ö

ö

ì

ù

ê



ì

ë

ì

ø

÷

ù

ì

ü

í

ñ

ö

ý

ñ

ñ

þ

ù

ì

ì

í

ÿ

ë

ô

ì

ó

þ

û

ì

ó

î

÷





î

ó

ñ



î



÷

û

ù

÷

÷



ù

ì

î

÷

û

÷

ó

ó

÷

þ

ù

û

÷

ó

÷

í

ò

ð

ü

ô

ù

÷

î



÷

ð

ì

ô

ó

÷

ù



ñ



ñ

÷

ú

í

÷

ó

û

ù

í

ó

ø

ñ

ù

÷

ì

÷

ó

î

ì

ù



÷

A LOJA LENNE'S foi eleita pelo terceiro ano consecutivo em 2012 na pesquisa realizada em Contenda pelo ILAP como a melhor loja da cidade no quesito qualidade e atendimento. Agradecemos a todos que nos escolheram para representar nossa cidade no ramo do comércio,

! o d a g i r b O Muito

o Nosso Calça de Plush ou Moleton de 89,90

por

Blusas e Jaquetas por

50,00

39,90 Conjunto de Plush de 184,00

por

89,90

FOTOS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. OFERTAS VÁLIDAS ENQUANTO DURAR O ESTOQUE.

41 3625-2474

Av. João Franco, 202 Contenda | PR


14 Tijucas do Sul

No Ăşltimo dia 16 ocorreu a Campanha Nacional de Vacinação contra a paralisia infantil. Com a adesĂŁo dos pais e a organziação e planejamento da secretaria de SaĂşde Lorena Isabel Claudino da Costa, equipe de apoio administrativo e o envolvimento dos profissionais do setor, o objetivo foi alcançado, pois foram vacinadas 100,09% das crianças de 0 a 5 anos incompletos. A poliomielite ou â&#x20AC;&#x153;paralisia infantilâ&#x20AC;? ĂŠ uma doença infecto-contagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia flĂĄcida, de inĂ­cio sĂşbito. O dĂŠficit motor instala-se subitamente e a evolução dessa manifestação, frequentemente, nĂŁo ultrapassa

Em Tijucas do Sul, representantes do PT e do PSD se reuniram no último såbado, 16, para confirmar a formação de uma frente de oposição composta de vårios prÊ-candidatos a vereador. Na parte da manhã, foi ministrado curso e palestra para os candidatos à chapa majoritåria, bem como aos prÊ-candidatos à vereança. No período vespertino, o grupo trabalhou para a junção de propostas e metas para o plano de governo e demais assuntos que envolvem as siglas PT/PSD. Vårias lideranças e muitos populares estiveram presentes na reunião interpartidåria como tambÊm os prÊ-candidatos a prefeito HÊlio de Oliveira e a vice Amaury

22 a 28 de Junho de 2012

trĂŞs dias. Acomete em geral os membros inferiores, de forma assimĂŠtrica, tendo como principal caracterĂ­stica a flacidez muscular, com sensibilidade conservada e arreflexia (ausĂŞncia de reflexos) no segmento atingido. Esta doença encontra-se erradicada no paĂ­s desde o inĂ­cio dos anos 90, em virtude do ĂŞxito da polĂ­tica de prevenção, vigilância e controle desenvolvida pelos trĂŞs nĂ­veis do Sistema Ă&#x161;nico de SaĂşde (SUS). Lorena Claudino da Costa agradece a todos que de alguma forma contribuĂ­ram para que a meta fosse alcançada, garantindo assim a saĂşde das crianças do municĂ­pio. (Da Assessoria)

Leprevost. â&#x20AC;&#x153;Elaborando esse plano de governo, o que queremos para Tijucas do Sul ĂŠ mostrar o que ĂŠ melhor para o municĂ­pioâ&#x20AC;?, disse HĂŠlio. Para o vereador Claudemir da Rocha, â&#x20AC;&#x153;precisamos acreditar muito na eleição do HĂŠlio e do Amaury. Temos que levar o nome dele para todos os lugares do municĂ­pio com a convicção que ele serĂĄ nosso prĂłximo prefeitoâ&#x20AC;?, disse Claudemir. Para o prĂŠ-candidato a vice-prefeito, Amaury Leprevost, â&#x20AC;&#x153;o encontro foi importante para mostrar que estamos fortalecidos em todas as bases e que teremos candidaturas representativas de todos os segmentos da sociedadeâ&#x20AC;?, disse. (Da Assessoria)

A coligação PP, PV e PMDB deu demonstração de uma grande uniĂŁo em torno do projeto para vencer as eleiçþes deste ano. Numa reuniĂŁo realizada na noite da Ăşltima sexta-feira, 15, presidentes dos trĂŞs partidos polĂ­ticos firmaram compromisso com o nome de JosĂŠ Altair â&#x20AC;&#x153;GRINGOâ&#x20AC;? Moreira candidato a reeleição para prefeito e viceNelson LuĂ­s Alves de Souza, o NelsĂŁo, que formarĂĄ a chapa para as eleiçþes de outubro. A reuniĂŁo foi coordenada e articulada pelos presidentes dos partidos, JosĂŠ Gringo Moreira, do PP, Antenor Dissenha, do PMDB e Edgar Rocha Loures do PV, que ao final destacaram como principal fator positivo a uniĂŁo que se viu em torno de todos os prĂŠ-candidatos Ă  vereadores que se fizeram presentes ao encontro. TambĂŠm estiveram presentes ao encontro o vereador Clodomir da Rocha, do PMDB alĂŠm do empresĂĄrio Oldair Costa, do PSD e Carlos Camargo, assessor da SEDU. A reuniĂŁo foi conduzida com muita competĂŞncia pelo Sr. Nivaldo Gomes. O prefeito Gringoficou entusiasmado com o encontro e principalmente com o sentimento de uniĂŁo entre todos os partidos que compareceram ao evento. â&#x20AC;&#x153;Vamos,agora, com força total mostrar todo nosso empenho no intuito de vencer o pleito de outubro e seguir o planejamento jĂĄ traçadoâ&#x20AC;?,

Mais uma escola de futebolde Tijucas do Sul ĂŠ oficializada numa parceria com a localidade de Fagundes, para a projeção de seus jogadores e valorização de seu trabalho. JoĂŁo Maria, proprietĂĄrio do campo onde acontecerĂĄ as avaliaçþes e treinamentos, recepcionou o prefeito JosĂŠ Gringo Moreira, a chefe de gabinete Margarete Camargo, o professor Jairo, ex-Coritiba, Corinthians e Seleção Brasileira, Ivair Biscaia e o tĂŠcnico Paulinho, responsĂĄvel pelo treinamento da garotada. ApĂłs o primeiro treino dos 41 garotos e 1 garota inscritos, houve uma reuniĂŁo dos pais e dos prĂłprios participantes onde foram incentivados por todos. Para o prefeito Gringo, â&#x20AC;&#x153;o objetivo desta parceria ĂŠ



























































!











#















!







$

%



disse o prefeito. NelsĂŁo, do PV, falou visivelmente entusiasmado com a demonstração de uniĂŁo e força dospartidos.â&#x20AC;&#x153;O trabalho de articulação polĂ­tica estĂĄ apenas começando e a reuniĂŁo foi apenas o inicio da construção de uma grande aliança que se formarĂĄ para vencer, pois estou hĂĄ 32 anos em Tijucas do Sul, jĂĄ fui vereador no municĂ­pio, e tenho certezaque estĂĄ uniĂŁo veio pra ficarâ&#x20AC;?, disse. Antenor Dissenha, presidente do PMDB, falou da importância que os candidatos Ă  vereança tĂŞm na eleição. â&#x20AC;&#x153;Eles, os candidatos, sĂŁo a mola mestra em ajudar a eleger o prefeito e o vice, percorrendo os 4 cantos do municĂ­pio e difundindo os planos de governo da chapa majoritĂĄriaâ&#x20AC;?, finalizou. Para o presidente do PV, Edgar Rocha Loures, â&#x20AC;&#x153;ĂŠ muito importante para o municĂ­pio a uniĂŁo desses partidos para a vitĂłria em outubroâ&#x20AC;?, resumiu Loures. No final, Amarildo Carvalho, do PSDB, colocou-se Ă  disposição para o total apoio ao prefeito Gringo. (Da Assessoria)

criar mais espaços para a prĂĄtica do esporte em Tijucas do Sulâ&#x20AC;?, justificou Gringo. O professor Jairo Nascimento ficou entusiasmado com a desenvoltura dos atletas que mostraram excelente nĂ­vel tĂŠcnico e disse,â&#x20AC;&#x153;participe, tambĂŠm, faça parte desta grande parceria, desta grande famĂ­lia, e passe a aproveitar mais as oportunidadesoferecidas, bem como valorize o seu trabalho desenvolvidoâ&#x20AC;?, finalizou Jairo. As Escolas de Futebol do municĂ­pio estĂŁo localizadas na Sede e Lagoa com o professorJairo e professor Jonas, em

















































































!



































"

Fagundes e Campina com o professor Paulo Obzurt, no Rio de Uma, Campestre e Postinho com o professor Paulo Bueno, em Lagoa com o professor Danilo. Hoje, Tijucas do Sul conta com 378 alunos nas Escolas de Futebol e 140 no Futsal, totalizando 418 atletas.


zAgudos do Sul 15

22 a 28 de Junho de 2012

A presidente do Provopar e secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, entregou em Agudos do Sul na quinta-feira (30) dois mil cobertores e peças de roupas e agasalhos para famílias em situação de vulnerabilidade social. “A campanha Espalhe Calor é um movimento de solidariedade, de amor ao próximo, especialmente pelas famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social”, disse a secretária

Fernanda Richa. Apesar do tempo chuvoso, o público lotou as dependências do Rancho HS para acompanhar a entrega de 2 mil cobertores para mil famílias inscritas no CRAS – Centro de Referência de Assistência Social. “A metade veio da zona rural”, revelou o prefeito Antonio Gonçalves da Luz, que colocou nove ônibus à disposição das famílias selecionadas para receber os cobertores. Ele considerou importante a visita de Fernanda Richa

não só pela entrega dos cobertores e roupas. “Ela tem a oportunidade de conhecer de perto a realidade e as necessidades dos municípios”, disse. Segundo ele, Agudos do Sul ocupa a 269ª posição no ranking estadual do IDH – Índice de Desenvolvimento Humano. “Não temos indústrias e o índice de desemprego é elevado, daí a importância desses cobertores entregues pelo governo do Estado, por meio do Provopar”, acrescentou. (AEN)

O empresário Daniel Hortz (PSC) anunciou oficialmente a pré-candidatura à prefeitura de Agudos do Sul. Afirmando ser defensor da política de renovação, o empresário diz que o PSC sairá com chapa pura, ou seja, sem coligar com outras siglas. “Bem ainda temos um prazo e os partidos que desejarem somar ao nosso, que nos procurem, pois estamos aberto ao diálogo”, diz Hortz, que esteve recentemente em Brasília conversando com o deputado federal Ratinho Junior e com a presidenta Dilma Roussef. Sobre o candidato a vice, Daniel Hortz disse que dois nomes são vistos com bons olhos, pois são de sua extrema confiança. “O Valmir Gornik do PT e o Nelson Binbatt são pessoas que tenho confiança e sei que poderei deixar a prefeitura em boas mãos, quando da necessidade de alguma viagem”, comentou Daniel. Daniel Karleno entrou na disputa eleitoral em 2008, mas um problema de saúde o obrigou a abandonar a campanha. “Estava numa posição

&

'

(

)

*

)

+

*

,

-

.

/

*

.

0

1

2

(

'

3

'

-

4

0

5

)

4

0

)

-

0

'

'

6

2

0

6

*

7

0

(

*

.

-

+

*

7

8

9

privilegiada e em condições de vencer o pleito, mas a doença me venceu e fui obrigado a abandonar a campanha”, disse o empresário, que afirma estar confiante na vitória. “Por onde passo recebo o carinho da população e temos grandes chances de vencer a eleição”, destaca. Apesar de se apresentar como candidato, o nome do empresário Daniel Hortz será oficializado na convenção do PSC marcada para o próximo dia 30. Ele antecipa que o grupo será forte e coeso. “Vamos lançar uma chapa com excelentes nomes”, finaliza o pré-candidato. (Da Redação)

Seis automóveis reforçam a frota da prefeitura de Agudos do Sul. Os veículos apreendidos em Foz do Iguaçu, no Paraná, foram doados pela Receita Federal. O projeto solicitando as doações foi de iniciativa da Secretaria Municipal de Administração e Finanças, segundo informou o titular da pasta Genézio da Luz. Conforme o secretário, este é o segundo lote de veículos recebidos em doação da Receita Federal. Juntos, os veículos somam R$ 77 mil. A prefeitura de Agudos recebeu um Gol Power 2002, Corsa 2006, Peugeot 2001, Fox 2006 e

uma Van Furgão. “Estamos providenciando a regularização da documentação dos veículos e assim que tudo fique pronto, integraremos os seis veículos a frota do município. A intenção é servir os setores de saúde, educação, enfim, todos os veículos recebidos serão impor-

tantes. Ao recebermos os carros, deixamos de investir na aquisição de novos veículos e dessa forma temos condições de investir em outros setores da administração”, finaliza Genézio. Todos os veículos passarão por revisão antes de serem usados. (Da Redação)


16 Esportes

22 a 28 de Junho de 2012

Em jogo disputado no último domingo, dia 17, quem enfrentou o frio para ir ao Parque Verde viu as equipes do Real Fazenda e do Arsenal fazerem uma partida bastante disputada e pegada. Com o gramado um pouco molhado, os jogadores tiveram dificuldades mas não deixaram de balançar as redes. O placar de 4x2 em favor do Real levou à loucura a torcida que compareceu com faixas, batuques e gritos de guerra e aumentou ainda mais sua vantagem. No jogo de volta o Real pode até perder por dois gols de diferença que levanta o caneco. O Arsenal precisa vencer por no mínimo três gols de diferença para ser campeão. O Arsenal começou melhor e mais aceso. Com mais posse de bola e não deixando o adversário jogar, os gols saíram rapidamente. Antes dos 20 minutos de jogo o placar já estava 2x0 para o alvinegro. O primeiro gol veio com o atacante Véio que recebeu dentro da grande área, puxou para a perna esquerda e chutou no canto. O segundo saiu em cobrança de falta com o zagueiro Paulinho Botafogo que soltou a pancada. Após sofrer os O

P

Q

R

S

T

O

U

V

U

W

R

gols o Real se organizou, saiu mais pro jogo e teve tranquilidade para empatar ainda antes do intervalo. Como Arsenal começou a tocar em demasia a bola e sem objetividade o adversário conseguiu crescer no jogo. No primeiro gol do Real, Charles bateu falta em direção a grande área e a bola foi direto pro gol. No segundo, tabela entre Carlinhos e Piter que terminou com o camisa 10 empatando. Na etapa complementar o Arsenal não conseguiu se encontrar. Diferentemente dos minutos iniciais, a equipe não mostrava sua força especialmente no meio-campo e dava espaços para a equipe adversária cobrada por Piter e Nico já nos últimos minutos de que aproveitava para tocar a bola com tranquilidade. Foi uma segunda etapa de um jogo. Foram os números finais da partida de ida da Arsenal nervoso contra um Real paciente. Os gols decisão. Real Fazenda 4x2 Arsenal. Redação/Luis Daimom saíram com Ligeirinho aproveitando rebote na falta E

;

C

<

@

D

;

F

B

G

H

@

G

B

;

F

;

B

I

D

;

D

@

<

G

J

G

S

O Campeonato Municipal de Futebol de Quitandinha – Segunda Divisão, terá mais três partidas neste final de semana. Os jogos acontecerão no domingo (24), no Estádio Francisco Lechinoski. Às 10h se enfrentarão Vasco B e Doce Grande, pelo Grupo B, enquanto que às 13h30 jogam Unidos do Sul e Esportivo Júnior, pelo Grupo D. Fechando à rodada se enfrentam Manchester e Matão, pelo Grupo C, às 15h30.

Na última rodada, realizada no domingo (10), o Aventureiros venceu a equipe do Matão por 1 a 0, em partida válida pelo Grupo C. Renan foi o autor do gol nesta ocasião. Pelo Grupo D, se enfrentaram as equipes do Salso e do Pangaré. Em uma partida com seis gols, a equipe do Salso goleou o adversário pelo placar de 5 a 1. Eugênio (2), Celso, Gustavo e Flavinei marcaram para o Salso, enquanto que Josnei descontou para o Pangaré. Pelo Grupo C, a equipe do TLC goleou a Campina por 7 a 0. Carter, João Colaço (2), Geovane, Alisson e Célio foram os autores do gol.

:

;

<

=

>

Próxima Rodada Domingo (24) 10H - Vasco B X Doce Grande 13H30 - Unidos Do Sul X Ef Junior 15H30 - Manchester X E C Matão ?

=

<

@

A

B

;

C

D

@

K

;

D

=

;

H

;

D

=

B

D

@

L

;

M

@

C

D

;

N

G

=

A

;

C

D

@


Campo do Tenente 17

22 a 28 de Junho de 2012

A Biblioteca Cidadã Cacilda Moraes Ribas está implantada em Campo do Tenente, através de uma parceria entre o governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria do Estado e Cultura e administração municipal, no comando do prefeito Celso Wenski e do vice Jorge Quege. Pelo convênio, o Estado concede ao município a edificação de projeto – padrão de 184 m² em alvenaria, equipada com moderno e apropriado mobiliário para uso dos munícipes, com acervo bibliotecário de aproximadamente 2000 títulos, equipamentos de áudio, vídeo e informática, além de acesso á internet. Seu painel decorativo, está sendo pintado pelo artista plástico local, Juliano da Silva, tendo como motivos, os atrativos histórico – culturais e turísticos do município, como o Morro de Santana, a Capela da Santa Cruz, o Casarão Stahlke/ Villa Anna, a Estação Ferroviária e estrada de ferro, Casa da Cultura

– Dom Polski e Grupo Folclórico Niezapomnayka, o Mosteiro Trapista e monges, a ponte de ferro (divisa entre Campo do Tenente e Lapa) e os Tropeiros e o Caminho das Tropas. O prefeito Celso Wenski e o vice prefeito Jorge Quege, comentam da importância de se oferecer a todos os munícipes tenenteanos, este novo centro de cultural de encontros que será a Biblioteca Cidadã Cacilda Moraes Ribas. “Campo do Tenente há muitos anos, contou apenas com a velha e desatualizada biblioteca municipal, agora graças a parceria com o governo do Estado, podemos oferecer aos munícipes, um moderno, confortável e alternativo centro cultural, que certamente vem somar na melhoria da qualidade da Educação e Cultura local e da consequente qualidade da melhoria de vida de nossa população”, comentam felizes os dois administradores municipais: Celso e Jorge. (Da Assessoria)

Durante a sessão ordinária da Câmara de vereadores de Fazenda Rio Grande o assunto das passarelas recentemente instaladas foi bastante discutido. Vários pedidos de usuários insatisfeitos com a obra inacabada motivaram o vereador Márcio Wozniack a propor o requerimento 108/12 à OHL, para que a empresa priorize a finalização da obra com a construção da rampa para cadeirantes e acabamento do acesso da ciclovia até a passarela que em dias de chuva dificulta muito a passagem dos pedestres devido ao barro que se forma, o documento pede ainda a possibilidade de instalar iluminação na parte interior da passarela para dar mais segurança aos usuários. O requerimento foi aprovado por unanimidade e agora segue para apreciação da concessionária.

X

Y

Z

[

Y

\

]

^

_

`

a

^

b

`

c

d

\

a

\

e

^

f

^

f

]

^

f

g

^

^

f

_

\

f

]

h

`

^

c

i

`

g

^

a

^

_

\

f

_

[

j

g

k

\

As alunas colégio estadual Victor Bussmann, Bruna Ferreira Jaros e Tainá Eduarda Lima, foram contempladas na modalidade futsal, e na quarta feira, dia 20, assinaram contrato com governo estadual juntamente com seus responsáveis para receberem a bolsa atleta mensal do Projeto Talento Olímpico do Paraná 2016. A cerimônia de Lançamento do projeto aconteceu no Centro de Convenções de Curitiba na Rua Barão do Rio Branco, 370 - Centro. Os atletas contemplados com as bolsas foram indicados pelas federações de 24 modalidades olímpicas (220 atletas) e de 08 modalidades paraolímpicas (30 atletas), levando-se em conta o desempenho individual nas últimas competições. São atletas de 11 a 18 anos de idade, com potencial para participar de disputas nacionais e internacionais, com ênfase nas Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2016 e/ou 2020. Considerando critérios pré-estabelecidos, a lista passou pela análise da comissão de avaliação do programa TOP 2016, formada por nove representantes de entidades esportivas.


18 Serviรงos

22 a 28 de Junho de 2012


Serviços 19

22 a 28 de Junho de 2012

Vem aí

2010

Edição 2012

2009

2011

Faça já a sua inscrição Rua Cesar Carelli, 161 Informações:

41

Pioneiros

3627-3417

Promoção Vereador Marcelo Pelanda


20 Policial

22 a 28 de Junho de 2012

Uma pessoa morreu em um acidente entre um caminhão e um carro no final da tarde do domingo, dia 17, na BR-116, na localidade de Areia Branca dos Assis, em Mandirituba. O motorista que dirigia o veículo morreu no local. Era morador de Areia Branca dos Assis. Claudinei Bora, 37 anos, dirigia o Chevete placa ADE-8612. Na altura do quilômetro 150 bateu de frente com o caminhão Mercedes Benz, placa BWS-0455, cujo condutor não teve seu nome revelado, mas que permaneceu no local até a finalização dos levantamentos de praxe. A rodovia BR-116, no trecho entre Mandirituba e Quitandinha têm sido palco de constantes acidentes, muitos deles com vítimas fatais. Alguns desses acidentes envolvendo carros, ônibus, caminhões e motos, ocorrem em trechos de pistas simples. Nos últimos dois meses, pelo menos seis pessoas perderam a vida no trecho. “É uma pista perigosa e de grande movimento”, comentou Leonides Barbosa, que acompanhou o trabalho da Polícia Federal. l

Policiais militares de Fazenda Rio Grande prenderam no início da noite de segunda-feira, dia 18, três homens acusados de praticarem assaltos em Fazenda Rio Grande. Por volta das 16h30, eles invadiram o Mercado São Lourenço, localizado na Avenida Paraguai, no Bairro Nações e levaram mercadorias e certa importância em dinheiro. A Polícia Militar foi informada do roubo e iniciou buscas e prendeu o trio no Sitio Cercado, onde moravam. De acordo com o proprietário do estabelecimento, os rapazes foram violentos. Foram presos Luiz Henrique Moraes Levandoski, 31 anos, Luciano Gustavo Pinto, 21 e John Lenon Pinheiro de Jesus, 21 anos. Com o trio, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e cerca de R$ 300,00, além de produtos levados do mercado. Os acusados foram conduzidos para a Delegacia de Polícia, onde foram autuados em flagrante. Depois do roubo, o trio deixou o mer‹

p

Œ

n

—



Ž

˜

p

s

q



p



q

n



o

Œ

s

m

n

o

p

q

r

p

q

s

t

u

v

v

w

Foto: Barbosa Junior

p

u

‘

‹

n

’

Œ

m

™

n



s

s

q

q

’

o

p

“

’

”

q

‹

p

q

’

q

s

m

Œ

•

s

o

’

•

o

p

s

•

•

s

–

r

’

p

cado e uma testemunha anotou a placa do Fiat Uno prata, placa HJV-7924, usado no assalto. As características dos assaltantes e do veículo foram repassadas para a Polícia Militar, que iniciou a procura. “Geralmente os bandidos deixam a cidade pela Avenida Brasil, já que a rodovia vive congestionada. A equipe foi para a região e logo avistou o carro. Houve acompanhamento tático e quando eles estavam no Sitio Cercado, receberam voz de assalto”, comentou o Tenente Rasera, comandante da PM de Fazenda Rio Grande. Os assaltantes foram entregues na delegacia de polícia e tudo indica que o trio tenha cometido outros assaltos em Fazenda Rio Grande.

O corpo de Ivanildo Ferreira Pego, 61 anos, foi encontrado na tarde do domingo, dia 17, jogado em uma valeta no final da Rua Estados Unidos, no Jardim Santarém, em Fazenda Rio Grande. O aposentado estava desaparecido desde a terça-feira, dia 12. Um menino que empinava pipa foi quem localizou o corpo e avisou a família, que tratou de chamar a polícia. Um familiar disse que Ivanildo, na terça-feira, havia ido consultar num posto de saúde e depois passou em um mercado. Ele decidiu ir embora e a esposa ficou fazendo compras. Desde aquele dia não foi mais visto. A família colocou anúncios em rádios, jornais e sites, mas a procura sem sucesso. Depois de intensa procura, a família recebeu o comunicado que Ivanildo estava morto em uma valeta no final da Rua Estados Unidos, cerca de mil metros de onde morava. A esposa disse que ele carregava cerca

A chamada gangue da dinamite voltou a atacar em Fazenda Rio Grande, após longos meses de inatividade no município. Seis homens fortemente armados tiveram uma ação frustrada ao tentar roubar o caixa eletrônico do banco Bradesco, no Rodocenter 21, na BR-116. A ação

x

y

z

{

y

|

}

~



€



‚

ƒ

|

y

}

„



€

ƒ

}

…

€

|

€

†

‡

€

ˆ

‰

…

€

|

y

‰

Š



‚

|

y

‰

de R$ 1.000,00 e esta importância não foi encontrada. A jaqueta que usava também não foi encontrada. A polícia, num primeiro momento, trabalha com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte), mas a perícia não encontrou nenhum ferimento no corpo. Ivanildo era hipertenso e possivelmente tenha sofrido mal súbito e caído no local. A polícia investiga o caso.

teria acontecido por volta das 3h30. De acordo com os frentistas, o bando chegou em dois carros, renderam os funcionários e dois seguranças, antes da tentativa de roubo. Um deles relatou que viu até uma metralhadora nas mãos de um dos assaltantes. Os

bandidos usaram explosivos em um dos dois caixas, que ficou destruído, mas que não foi suficiente para conseguir abri-lo. A outra boca ficou intacta, provavelmente uma desistência da ação após o forte barulho. A polícia esteve no local, promoveu buscas, mas não encontrou a quadrilha.


22 a 28 de Junho de 2012 š › œ  ž Ÿ   ¡   ¢ ž › £ £ ž ¤ ¥ œ › £ š › œ  ž Ÿ   ª ¥ œ Ÿ ¥ š › œ  ž Ÿ   Ÿ ¥ ¦   ¢ œ ë 

Atas e Editais 21 ž ¢    œ › ¤ › £ ê ž ¡  › ì š Ÿ  ž ¡ « œ ž › Ÿ ¥ ¢   ¬  ¥ ¬ Ÿ › ­ š œ ¢   ¦ ž ¡ ¡ §   ¥ ¨ ¥ ¢ ©  ž ª › š œ   ª ž ¡ « œ ž › Ÿ ¥ ¢   ¬  ¥ ¬ Ÿ › ­ š œ ¢   ¦ ž ¡ ¡ §   ¥ ¨ ¥ ¢ ©  ž ª › š œ   ª ž ¡ « œ ž › Ÿ ¥ í © ž  › ¬ Ÿ ž ¬ ê › ­

¢

 

¦

ž

¡

¡

§

 

¥

¨

¥

¢

©



ž

ª

›

š

œ

 

ª

®

¯

°

±

²

³

¯

®

´

µ

·

µ

´

²

¸

¹

µ

¯

®

´

µ

·

®

¸

¹

µ

º

»

°

´

°

¼

²

³

®

¯

°

±

²

³

¯

®

´

µ

·

µ

´

²

¸

¹

µ

¯

®

´

µ

·

®

¸

¹

µ

º

»

°

´

°

¼

²

³

š

œ

®

¯

°

±

²

³

¯

®

´

µ

·

µ

´

²

¸

¹

µ

¯

®

´

µ

·

®

¸

¹

µ

º

»

°

´

°

¼

²

³

¬

½

¾

¿

À

Á

Â

½

¾

Ã

Ä

£

À

Å

Æ

¾

Ç

Ä

È

É

½

À

Â

Ê

Æ

Å

½

Á

­

Ë

Ì

Ä

Â

Ì

½

Í

Ê

½

Ì

Ä

Ã

½

¾

¬

½

¾

¿

À

Á

Â

½

¾

Ã

Ä

£

À

Å

Æ

¾

Ç

Ä

È

É

½

À

Â

Ê

Æ

Å

½

Á

­

Ë

Ì

Ä

Â

Ì

½

Í

Ê

½

Ì

Ä

Ã

½

¾

¬

½

¾

¿

À

Á

Â

½

¾

Ã

Ä

£

À

Å

Æ

¾

Ç

Ä

È

É

½

À

Â

Ê

Æ

Å

½

Á

À

À

Â

Ì

½

Í

î

½

Á

Â

Æ

Ã

Ä

Ã

À

¿

½

Ã

½

¾

½

¾

Ë

Ç

Æ

Ä

Ã

½

¾

Ä

½

š

¡

£

­

Ã

À

¾

¿

À

¦

Î

Í

Æ

Ì

Ï

Ð

Æ

½

­

Ð

Ä

Á

Ä

Ä

¢

½

Í

Ê

À

Í

È

É

½

¿

½

Ã

½

¾

½

¾

Ë

Ç

Æ

Ä

Ã

½

¾

Ä

½

š

ª

­

Ã

À

¾

¿

À

¦

Î

Í

Æ

Ì

Ï

Ð

Æ

½

­

Ð

Ä

Á

Ä

Ä

¢

½

Í

Ê

À

Í

È

É

½

Ì

½

Â

½

¥

¾

¿

Ä

¿

Î

¿

½

Ã

½

š

Ÿ



­

Ë

Ì

Ä

Â

Ì

½

Í

Ê

½

Ì

Ä

Ã

½

¾

¿

½

Ã

½

¾

½

¾

Ë

Ç

Æ

Ä

Ã

½

¾

¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

­

Ñ

Î

À

¾

À

Á

Ò

Á

À

Ä

Ç

Æ

Ó

Ä

Ã

Ä

Í

½

Ã

Æ

Ä

Ô

Õ

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

­

¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

­

Ñ

Î

À

¾

À

Á

Ò

Á

À

Ä

Ç

Æ

Ó

Ä

Ã

Ä

Í

½

Ã

Æ

Ä

Ô

Õ

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

­

Ä

½

š

Ä

Á

ï

Ã

½

Ÿ

À

Â

½

Ì

Á

Ò

ï

Ì

½



Á

Ä

ã

Ä

Ç

×

Æ

¾

¿

Ä

ð

š

Ÿ



­

Ã

À

¾

¿

À

¦

Î

Í

Æ

Ì

Ï

Ð

Æ

½

­

Ì

½

Â

Æ

Í

Æ

Ì

Æ

½

Ú

¾

Ù

Û

Ü

Õ

Õ

×

¾

À

À

Í

Ì

À

Á

Á

Ä

Â

À

Í

¿

½

Ú

¾

Ù

Ý

Ü

Õ

Õ

×

½

Á

Ä

¾

­

Í

Ä

Ì

½

Â

Æ

Í

Æ

Ì

Æ

½

Ú

¾

Ù

Û

Ü

Õ

Õ

×

¾

À

À

Í

Ì

À

Á

Á

Ä

Â

À

Í

¿

½

Ú

¾

Ù

Ý

Ü

Õ

Õ

×

½

Á

Ä

¾

­

Í

Ä

Ð

Ä

Á

Ä

Ä

¢

½

Í

Ê

À

Í

È

É

½

¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

­

Ñ

Î

À

¾

À

Á

Ò

Á

À

Ä

Ç

Æ

Ó

Ä

Ã

Ä

Í

½

Ã

Æ

Ä

Ô

Õ

›

Ê

Þ

¦

½

Æ

¾

ß

¾

£

Î

Ð

Æ

½

Í

­

à

á

Õ

­

Ì

À

Í

¿

Á

½

­

Í

À

¾

¿

Ä

Ì

Æ

Ã

Ä

Ã

À

Ì

½

Â

Ä

¾

À

Å

Î

Æ

Í

¿

À

Ü

›

Ê

Þ

¦

½

Æ

¾

ß

¾

£

Î

Ð

Æ

½

Í

­

à

á

Õ

­

Ì

À

Í

¿

Á

½

­

Í

À

¾

¿

Ä

Ì

Æ

Ã

Ä

Ã

À

Ì

½

Â

Ä

¾

À

Å

Î

Æ

Í

¿

À

Ü

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

­

Ì

½

Â

Æ

Í

Æ

Ì

Æ

½

Ú

¾

Ù

Ô

Ü

Õ

Õ

×

¾

À

À

Í

Ì

À

Á

Á

Ä

Â

À

Í

¿

½

Ú

¾

 

œ

Ÿ

¥

¦

Ÿ

 

Ÿ

ž

›

Ü

 

œ

Ÿ

¥

¦

Ÿ

 

Ÿ

ž

›

Ü

Ù

Û

Ü

Õ

Õ

×

½

Á

Ä

¾

­

Í

Ä

œ

Î

Ä

 

Ç

Ï

Ê

Æ

½

ñ

À

Â

Ð

­

è

è

­

Ì

À

Í

¿

Á

½

­

Í

À

¾

¿

Ä

Ì

Æ

Ã

Ä

Ã

À

Ù

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ã

À

Ç

Æ

ã

À

Á

Ä

È

É

½

¾

½

ã

Á

À

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

Î

Á

Ä

Ð

Á

ä

Ð

Á

Æ

Ä

À

Ù

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ã

À

Ç

Æ

ã

À

Á

Ä

È

É

½

¾

½

ã

Á

À

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

Î

Á

Ä

Ð

Á

ä

Ð

Á

Æ

Ä

À

Ì

½

Â

Ä

¾

À

Å

Î

Æ

Í

¿

À

Ü

Ì

½

Ç

Æ

Å

Ä

È

å

À

¾

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

Ä

¾

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

æ

Ì

½

Ç

Æ

Å

Ä

È

å

À

¾

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

Ä

¾

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

æ

 

œ

Ÿ

¥

¦

Ÿ

 

Ÿ

ž

›

Ü

Ø

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ä

Ð

Á

½

Ê

Ä

È

É

½

Ã

½

¾

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

½

¾

­

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

½

¾

Ø

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ä

Ð

Á

½

Ê

Ä

È

É

½

Ã

½

¾

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

½

¾

­

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

½

¾

Ù

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ã

À

Ç

Æ

ã

À

Á

Ä

È

É

½

¾

½

ã

Á

À

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

Î

Á

Ä

Ð

Á

ä

Ð

Á

Æ

Ä

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

­

Ñ

Î

À

Ì

½

Í

Ì

½

Á

Á

À

Á

É

½

Ä

½

Ð

Ç

À

Æ

¿

½

Þ

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

­

Ñ

Î

À

Ì

½

Í

Ì

½

Á

Á

À

Á

É

½

Ä

½

Ð

Ç

À

Æ

¿

½

Þ

À

Ì

½

Ç

Æ

Å

Ä

È

å

À

¾

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

Ä

¾

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

æ

Ô

â

›

¾

¾

Î

Í

¿

½

¾

ç

À

Á

Ä

Æ

¾

Þ

Ô

â

›

¾

¾

Î

Í

¿

½

¾

ç

À

Á

Ä

Æ

¾

Þ

Ø

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ä

Ð

Á

½

Ê

Ä

È

É

½

Ã

½

¾

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

½

¾

­

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

½

¾

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

­

Ñ

Î

À

Ì

½

Í

Ì

½

Á

Á

À

Á

É

½

Ä

½

Ð

Ç

À

Æ

¿

½

Þ

¢

½

Í

¿

À

Í

Ã

Ä

­

Ù

è

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

Þ

¢

½

Í

¿

À

Í

Ã

Ä

­

Ù

è

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

Þ

Ô

â

›

¾

¾

Î

Í

¿

½

¾

ç

À

Á

Ä

Æ

¾

Þ

›

¬



 

¬

ž

 

¢

›

œ

£

 

¡

é

¥

œ

œ

¥

ž

œ

›

š

›

Ÿ

ž

£

ê

›

¦

›

¨

š

œ

¥

¡



¥

¡

 

¾

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

½

¾

Ã

À

Ê

À

Á

É

½

À

¾

¿

Ä

Á

Æ

Í

¾

Ì

Á

Æ

¿

½

¾

Ö

Î

Í

¿

½

Ú

¢

½

Â

Æ

¾

¾

É

½

š

Á

À

¾

Æ

Ã

À

Í

¿

À

Ã

½

š

¡

£

¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

Ã

À

¢

½

Í

¿

À

Í

Ã

Ä

š

Á

À

¾

Æ

Ã

À

Í

¿

À

Ã

½

š

ª

¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

Ã

À

¢

½

Í

¿

À

Í

Ã

Ä

š

Á

½

Ê

Æ

¾

ä

Á

Æ

Ä

è

á

×

½

Á

Ä

¾

Ä

Í

¿

À

¾

Ã

Ä

Ì

½

Í

Ê

À

Í

È

É

½

­

Í

½

Â

À

¾

Â

½

À

Í

Ã

À

ð

Á

À

È

½

Ä

Ì

Æ

Â

Ä

Ã

À

¾

Ì

Á

Æ

¿

½

Þ

¥

Ÿ

ž



›

£

Ÿ

¥

¢

 

¬

ª

 

¢

›

ò

§

 

Ÿ

¥

¢

 

¬

ª

¥

¬

ò

§

 

¦

©

¬

ž

¢

ž

š

›

£

¥

Ÿ

ž



›

£

Ÿ

¥

¢

 

¬

ª

 

¢

›

ò

§

 

Ÿ

¥

¢

 

¬

ª

¥

¬

ò

§

 

¦

©

¬

ž

¢

ž

š

›

£

í

Î

Æ

¿

Ä

Í

Ã

Æ

Í

×

Ä

­

Ù

Ù

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

Þ

¢

¥

¢

ž

£

ž

›

œ

ž

¤

¥

ž

œ

 

£

¥

¦

 

¡

¬

½

¾

¿

À

Á

Â

½

¾

Ã

Ä

£

À

Å

Æ

¾

Ç

Ä

È

É

½

À

Â

Ê

Æ

Å

½

Á

À

À

Â

Ì

½

Í

î

½

Á

Â

Æ

Ã

Ä

Ã

À

¬

½

¾

¿

À

Á

Â

½

¾

Ã

Ä

£

À

Å

Æ

¾

Ç

Ä

È

É

½

À

Â

Ê

Æ

Å

½

Á

À

À

Â

Ì

½

Í

î

½

Á

Â

Æ

Ã

Ä

Ã

À

š

Á

À

¾

Æ

Ã

À

Í

¿

À

Ã

½

š

Ÿ



¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

Ã

À

í

Î

Æ

¿

Ä

Í

Ã

Æ

Í

×

Ä

Ì

½

Â

½

¥

¾

¿

Ä

¿

Î

¿

½

Ã

½

š

ê

¡

­

Ë

Ì

Ä

Â

Ì

½

Í

Ê

½

Ì

Ä

Ã

½

¾

¿

½

Ã

½

¾

½

¾

Ë

Ç

Æ

Ä

Ã

½

¾

Ì

½

Â

½

¥

¾

¿

Ä

¿

Î

¿

½

Ã

½

š



­

Ë

Ì

Ä

Â

Ì

½

Í

Ê

½

Ì

Ä

Ã

½

¾

¿

½

Ã

½

¾

½

¾

Ë

Ç

Æ

Ä

Ã

½

¾

Ð

Ä

Á

Ä

Ä

¢

½

Í

Ê

À

Í

È

É

½

¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

­

Ñ

Î

À

¾

À

Á

Ò

Á

À

Ä

Ç

Æ

Ó

Ä

Ã

Ä

Í

½

Ã

Æ

Ä

Ô

Õ

Ð

Ä

Á

Ä

Ä

¢

½

Í

Ê

À

Í

È

É

½

¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

­

Ñ

Î

À

¾

À

Á

Ò

Á

À

Ä

Ç

Æ

Ó

Ä

Ã

Ä

Í

½

Ã

Æ

Ä

Ô

Õ

ó

ô

õ

ö

÷

ø

ô

ó

ù

ú

û

ü

ú

ù

÷

ù

÷

ú

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

­

Ì

½

Â

Æ

Í

Æ

Ì

Æ

½

Ú

¾

Ù

Ô

Ü

Õ

Õ

×

¾

À

À

Í

Ì

À

Á

Á

Ä

Â

À

Í

¿

½

Ú

¾

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

­

Ì

½

Â

Æ

Í

Æ

Ì

Æ

½

Ú

¾

Ù

Ô

Ü

Õ

Õ

×

¾

À

À

Í

Ì

À

Á

Á

Ä

Â

À

Í

¿

½

Ú

¾

Ù

Û

Ü

Õ

Õ

×

½

Á

Ä

¾

­

Í

Ä

œ

Î

Ä

 

Ç

Ï

Ê

Æ

½

ñ

À

Â

Ð

­

è

è

­

Ì

À

Í

¿

Á

½

­

Í

À

¾

¿

Ä

Ì

Æ

Ã

Ä

Ã

À

Ù

Û

Ü

Õ

Õ

×

½

Á

Ä

¾

­

Í

Ä

œ

Î

Ä

 

Ç

Ï

Ê

Æ

½

ñ

À

Â

Ð

­

è

è

­

Ì

À

Í

¿

Á

½

­

Í

À

¾

¿

Ä

Ì

Æ

Ã

Ä

Ã

À

Ì

½

Â

Ä

¾

À

Å

Î

Æ

Í

¿

À

Ü

Ì

½

Â

Ä

¾

À

Å

Î

Æ

Í

¿

À

Ü

ý

þ

ÿ

 

¡

¢

£

 

¤

¥

 

£

¦

§

¨

©

¢

¡

¡

¦

¨



ÿ

¨



¢

¡

¨

ÿ

¢

¦





¤

¢



¢

þ

¦



£

¨







 

œ

Ÿ

¥

¦

Ÿ

 

Ÿ

ž

›

Ü

 

œ

Ÿ

¥

¦

Ÿ

 

Ÿ

ž

›

Ü



!

"

#

$  %    % &

"

!

#

!

'

( £ ¨ ©  ¤ ¢  ) þ

¢

¨

£

 



¢

 

¤

0

§

ý

1

2

ý

§

3

4

¡

 



¡

Ù

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ã

À

Ç

Æ

ã

À

Á

Ä

È

É

½

¾

½

ã

Á

À

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

Î

Á

Ä

Ð

Á

ä

Ð

Á

Æ

Ä

À

Ù

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ã

À

Ç

Æ

ã

À

Á

Ä

È

É

½

¾

½

ã

Á

À

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

Î

Á

Ä

Ð

Á

ä

Ð

Á

Æ

Ä

À

!  ¨ ¤    ¤  ¢ ¨ ¤ ¦ ¢ ¡ 4 þ

$ %  7 5 &

$

!

8 4 ¦

¦

ÿ

¦

þ

¦

ÿ

¥

¢



¢

þ

¦

ÿ

 

©

£

¦

&

%

5

6



5

&

Ì

½

Ç

Æ

Å

Ä

È

å

À

¾

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

Ä

¾

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

æ

Ì

½

Ç

Æ

Å

Ä

È

å

À

¾

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

Ä

¾

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

æ

! ÿ

"

!  7 5

$ &

$

!

8

 

¦



¢

9

¦

ÿ

@

¡

 

¤

¨

£

¢

¦

A

B

£

 

C



¤

D

¨

£

 

A

E

F

A

4

¤

¦

&

G



Ø

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ä

Ð

Á

½

Ê

Ä

È

É

½

Ã

½

¾

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

½

¾

­

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

½

¾

Ø

â

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

À

Ä

Ð

Á

½

Ê

Ä

È

É

½

Ã

½

¾

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

½

¾

­

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

½

¾

£

 



¢

H

1

I



ÿ

0

4

P



¦

3

©

¦

9

¨

¤

¦

¡

4

F

Q

R

4



 

¤

¥

ÿ

¨

£

 



¢

S

¤

4

T

¡

F

U

V

E

E

D

¡

4

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

­

Ñ

Î

À

Ì

½

Í

Ì

½

Á

Á

À

Á

É

½

Ä

½

Ð

Ç

À

Æ

¿

½

Þ

À

Ð

Á

½

Ð

½

Á

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

­

Ñ

Î

À

Ì

½

Í

Ì

½

Á

Á

À

Á

É

½

Ä

½

Ð

Ç

À

Æ

¿

½

Þ

þ

¦

ÿ

¦

£

 



¢

W

 

ÿ

¦

ÿ

¡

¨

W

ÿ

 

¦

¡

 

X



¢

¤

¥

 

¨

ÿ

£

 

©

£

¨

£

¢

¦

V

Ô

â

›

¾

¾

Î

Í

¿

½

¾

ç

À

Á

Ä

Æ

¾

Þ

Ô

â

›

¾

¾

Î

Í

¿

½

¾

ç

À

Á

Ä

Æ

¾

Þ

@

Y

¡



¨



D

¦

£

¨

¡

§

¦

¤

£

¢

£

¦

¥

¨

¡

`



ÿ

 

a

 

¢

¥

¨

4

2

¢



 



ÿ

 

a

 

¢

¥

¨

 



 

ÿ

 

¦

£

¨

ÿ

 

¡

þ

¦

ÿ

¦

¦

¡

 



 

¢

b

c

 

¡

£

 

¡

¥

 

¦

¤

¨

d

í

Î

Æ

¿

Ä

Í

Ã

Æ

Í

×

Ä

­

Ù

Ù

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

Þ

í

Î

Æ

¿

Ä

Í

Ã

Æ

Í

×

Ä

­

Ù

Ù

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

Þ

@

3

þ

ÿ

¨



¦

ÿ

þ

¨

¡

¡

)



 

¢

¡



¨



¢

X

¦

b

c

 

¡



¨

©

¨



¥

ÿ

¦

¡

¦

X

ÿ

 

©

¢

¦

b

c

 

¡

þ

¦

ÿ

¥

¢

£

T

ÿ

¢

¦

¡

4

¥

¦

¤

¥

¨

þ

¦

ÿ

¦

 



 

¢

b

e

¨

©

¦

f

¨

ÿ

¢

¥

T

ÿ

¢

¦

 

þ

ÿ

¨

þ

¨

ÿ



¢

¨

¤

¦



d

ç

ž

£

¦

›

œ

¢

 

¡

¢

 

œ

Ÿ

¥

ž

œ

 

ª

¥

ž

ç

›

›

œ

£

ž

¬

Ÿ

 

ª

¥

¬



©

œ

›

š

Á

À

¾

Æ

Ã

À

Í

¿

À

Ã

½

š

ê

¡

¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

Ã

À

í

Î

Æ

¿

Ä

Í

Ã

Æ

Í

×

Ä

š

Á

À

¾

Æ

Ã

À

Í

¿

À

Ã

½

š



¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

Ã

À

í

Î

Æ

¿

Ä

Í

Ã

Æ

Í

×

Ä

@

ý



¥

ÿ

¨

¡

¦

¡

¡



¤

¥

¨

¡

£

 

¢

¤

¥

 

ÿ

 

¡

¡

 

þ

¦

ÿ

¥

¢

£

T

ÿ

¢

¨

0

š

Ä

Á

ï

Ã

½

Ã

½

¾



Á

Ä

ã

Ä

Ç

×

Ä

Ã

½

Á

À

¾

ð

š



¯

°

±

²

³

´

°

¯

µ

·

¸

µ

³

µ

³



¢

 

¤

@



ÿ

0

4

F

B

£

 

C



¤

D

¨

A

E

F

A

¥

Ã

Æ

¿

Ä

Ç

Ã

À

¢

½

Í

Ê

½

Ì

Ä

È

É

½

¹

º

»

¼

½

¾

¿

¼

À

Á

¼

¿

Â

Ã

Ä

Å

¾

½

½

Â

Ä

Æ

»

Ä

Ç

¾

½

Ä

»

¾

Â

È

É

À

¾

Ê

¾

Â

º

Ë

¿

Ä

Ì

Í

Î

Ï

 

Ð

Á

À

¾

Æ

Ã

À

Í

¿

À

Ã

½

Ÿ

Æ

Á

À

¿

ä

Á

Æ

½

½

Î

q

¢

½

Â

Æ

¾

¾

É

½

š

Á

½

Ê

Æ

¾

ä

Á

Æ

Ä

¦

Î

ð

Ð Ì Ñ Ò Ó Ô Î Õ Î Ñ Í Õ Ö Ô Ñ × Î Ø Ù Õ Ö Ò Ñ Ö Ô Ñ Ï Ò Ñ Í Ô × Ø Ô Ò Ñ Ú ¿ Ä ¿ Ä

g

h

i

p

q

r

s

r

h

t

q

s

u

v

w

h

i

t

x

y

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

â

Ã

½

š

Ä

Á

ï

Ã

½

Ã

½

¾



Á

Ä

ã

Ä

Ç

×

Ä

Ã

½

Á

À

¾

­

Ì

½

Í

Ê

½

Ì

Ä

½

¾

Ì

½

Í

Ê

À

Í

ð

Å

É

À

¾

Ê

Û

º

¾

Ä

¿

¼

Æ

¾

Ü

À

Ý

Ã

¹

Þ

ß

¹

Ã

à

á

½

¼

É

½

Ê

Ä

À

Ç

¼

À

Ê

¾

Ä

À

Â

¾

½

á

º

Â

»

Â

Ì

Æ

½

Í

Ä

Æ

¾

­

Ì

½

Í

î

½

Á

Â

À

À

¾

¿

Ä

¿

Î

¿

½

Ð

Ä

Á

Ä

Ð

Ä

Á

ï

Ì

Æ

Ð

Ä

Á

Ã

Ä

¢

½

Í

Ê

À

Í

È

É

½

º

Â

»

Á

¾

Ê

¾

º

Â

»

¼

Å

¿

Â

Ö

Õ

â

ã

Ø

â

Ö

Ñ

Õ

Ù

ä

â

Ô

Ö

Ô

Ì

Ñ

×

á

Â

»

¼

Â

Ë

¾

å

Â

»

æ

½

¼

À

Ä

¿

¾

Â

ç

è

€

r

x

y

q



x

v

‚

x

¿

¼

é

É

À

ê

Ä

¿

¼

ç

ë

ì

ç

á

À

Â

Ö

í

Ù

Ñ

Ò

Ñ

Ù

ä

â

Ô

Ö

Ô

Ì

Ñ

×

¿

¼

Æ

¾

î

Þ

ï

Æ

»

Ý

á

ð

É

Â

¦

Î

Í

Æ

Ì

Æ

Ð

Ä

Ç

Ä

¾

À

Á

Á

À

Ä

Ç

Æ

Ó

Ä

Ã

Ä

Í

½

Ã

Æ

Ä

Ô

Õ

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

­

Ì

½

Â

à

Å

Â

å

Ä

À

Â

½

á

ì

ñ

ò

á

Ê

¼

À

Á

»

Ä

¿

¼

Æ

¾

Ü

À

á

ó

½

ì

ô

õ

ë

ë

ê

½

á

º

Â

»

Â

¿

¼

Ë

¾

ö

¼

»

Â

»

½

Ä

ö

»

¼

Æ

Í

Æ

Ì

Æ

½

Ä

¾

Ù

à

×

½

Á

Ä

¾

À

À

Í

Ì

À

Á

Á

Ä

Â

À

Í

¿

½

Ä

¾

Ù

r

Ü

Õ

Õ

×

½

Á

Ä

¾

Í

½

¡

Ä

Ç

É

½

Â

½

¼

÷

É

¾

À

Á

¼

Ä

»

¿

¼

Å

¿

Ä

¿

¾

Â

õ

u

v

w

x

y

z

v

u

{

|

}

~

|

{

y

{

y

|

š

Ä

Á

½

Ñ

Î

Æ

Ä

Ç

Ã

À

¦

Ä

Í

Ã

Æ

Á

Æ

¿

Î

ã

Ä

­

Ç

½

Ì

Ä

Ç

Æ

Ó

Ä

Ã

½

Í

Ä

š

Á

Ä

È

Ä

¤

½

Â

s

À

¾

Î

¾

­

æ

ø

½

Ê

Ä

Ë

ê

Â

¿

Ä

½

Ã

Â

À

¿

¾

¿

Â

Á

Ä

½

ù

Æ

»

¼

ú

¼

¾

Á

Ä

á

ß

¾

Ê

¼

Æ

»

¼

ú

¼

¾

Á

Ä

¼

Ç

¼

»

¼

Â

¿

Ä

»

¼

½

¢

À

Í

¿

Á

½

­

Í

À

¾

¿

Ä

Ì

Æ

Ã

Ä

Ã

À

Ã

À

¦

Ä

Í

Ã

Æ

Á

Æ

¿

Î

ã

Ä

Ü

Ð

Ä

Á

Ä

Ã

À

Ç

Æ

ã

À

Á

Ä

Á

¾

½

ã

Á

À

º

Â

»

Â

Â

½

¼

Ë

¼

¾

û

ü

¼

½

¿

¼

½

Á

¼

Â

À

Ä

ý

½

¾

À

Å

Î

Æ

Í

¿

À

­

 

Á

Ã

À

Â

Ã

½

Ÿ

Æ

Ä

æ

à

º

»

Ä

Ç

Â

»

º

Ä

½

½

Û

Ç

¼

¾

½

Ê

Ä

Ë

¾

÷

Â

û

ü

¼

½

Ê

Ä

Å

Ä

É

Á

»

Â

½

Â

÷

»

¼

Å

¾

Â

û

ü

¼

½



€



‚

ƒ

„

…

‚

†

‡

‚

…

ˆ

‰

Š

‹

„

ƒ

ƒ

ˆ

Š

Œ



Š



„

ƒ

Š



„

ˆ

Ž



†

„



„

ˆ

€

‘

…

Š

’

“

”

•

’

–

—

˜

™

š

›

º

Â

»

Á

¾

¿

ó

»

¾

Â

½

á

Á

Â

À

Á

Ä

º

Â

»

Â

¼

Ë

¼

¾

û

þ

Ä

Å

Â

ÿ

Ä

»

¾

Á

ó

»

¾

Â

¼

º

»

Ä

º

Ä

»

Ê

¾

Ä

À

Â

Ë

ý

ð

Ÿ

À

Ç

Æ

ã

À

Á

Ä

È

É

½

¾

½

ã

Á

À

Ì

½

Ç

Æ

Å

Ä

È

É

½

Ð

Ä

Á

ï

Ã

Ò

Á

Æ

Ä

Ð

Ä

Á

Ä

À

Ç

À

Æ

È

É

½

“

›

”

™

–

œ

”

—

™

“

˜

–

›



…

Š

…

Š

‹



†

„



ž

€

„

Š

…

‚

Œ

„

Ÿ

†

 

‰



¡

¢



‰

£

¤

ƒ

‚



ƒ

Â

Ä

Ö

½

Á

Æ

¿

Ò

Á

Æ

Ä

Þ

Ÿ

Æ

¾

Ì

Î

¾

¾

É

½

­

Ä

Ð

Á

½

Ê

Ä

È

É

½

À

Í

½

Â

À

Ã

Ä

Ì

½

Ç

Æ

Å

Ä

È

É

½

Þ



Š

†



‚

†



„

Š

†

ˆ

„

ƒ

¤

€

ˆ



ˆ

€

ˆ



‡

„



„

€

ˆ



‚

‹

…

ˆ

”

›

¥

¦

§

¥

”

–

›

¨

©

¥

™

”

™

’

–

œ

¤

ˆ

æ

¹

É

Á

»

Ä

½

Â

½

½

É

À

Á

Ä

½

¿

¼

¾

À

Á

¼

»

¼

½

½

¼

º

Â

»

Á

¾

¿

ó

»

¾

Ä

Ý

ð

¥

¾

Ì

½

Ç

×

Ä

Ã

À

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

½

¾

Ä

š

Á

À

î

À

Æ

¿

½

À

ª

Æ

Ì

À

š

Á

À

î

À

Æ

¿

½



‚

ˆ

‘

„

ª

ˆ



«

ƒ

‚

†

Š

…

„

ˆ

¬

­

…

‚

®



†

¯

Š

…

‚

¬

°

±

¬

¤

†

ˆ

”

²

¨

–

—

–

¨

©

¥

™

”

™

’

–

œ

ð

¥

¾

Ì

½

Ç

×

Ä

Ã

À

¢

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

½

¾

Ä

ª

À

Á

À

Ä

Ã

½

Á

…

‚

Œ

„

³

¡

´

Œ



 

¤

µ



ˆ

£

‹

ˆ

ª

Š

†

ˆ

ƒ

¤

±

·

¤



‚

†

‡



Š

…

‚

Œ

„

Ÿ

†

¤

¸

ƒ

±

¹

º

°

°

¯

ƒ

¤

Æ

¾

¼

À

æ

Æ

»

Ý

á

ì

è

¿

¼

é

É

À

ê

Ä

ç

ë

ì

ç

€ ð ¡ ½ Á ¿ À Æ ½ à ½ ¾ Á À ¾ Ð À Ì ï Ê ½ ¾ Í

ˆ



ˆ

…

‚

‘

„

»

‚



ˆ



ƒ

Š

»



‚

ˆ

ƒ

‚

¼



„

†

‡

‚

Š



…

‚

‹

…

Š

…

„

ˆ

º

t

Â

À

Á

½

¾

Ð

Ä

Á

Ä

Ì

Ä

Í

Ã

Æ

Ã

Ä

¿

½

¾

Ä

ª

À

Á

À

Ä

Ã

½

Á

Þ

«

½

ƒ



Š

‘

¯

ˆ

…

Š

ƒ

‰

ˆ

†

…

„

…

ˆ

‡

Š

ƒ

¾

Œ



‚

¿

‚

„

‡

Š

¤

¢

„



‚

Œ



‚

¿

‚

„

‡

Š

‚



‚



‚

ˆ

…

Š



‚

ƒ

ð

 

Î

¿

Á

½

¾

Ä

¾

¾

Î

Í

¿

½

¾

Ã

À

Æ

Í

¿

À

Á

À

¾

¾

À

Ð

Ä

Á

ï

Ã

Ò

Á

Æ

½

À

À

Ç

À

Æ

¿

½

Á

Ä

Ç

Þ

€

ˆ



ˆ

ˆ

ƒ

‚

‘

‚

„

À

Á

‚

ƒ

…

‚

ƒ

‡

‚

ˆ

†

Š

Â

¦

Ä

Í

Ã

Æ

Á

Æ

¿

Î

ã

Ä

­

Ø

Õ

Ã

À

Ö

Î

Í

×

½

Ã

À

Ø

Õ

Ù

Ø

Þ

 

³

¡

¢

³

£

¢

¯

·

°

¯

¡

«

£

€



Š



ˆ



€

Š

ƒ

ƒ

ž



‚

„

ƒ



Š

‘

„

¼

ˆ

À

Á

‚

ƒ



Š

‹

Š



‡



ˆ

ƒ

ˆ

¼



‚

‹

„

ˆ

À

Á

‚

ƒ

€

ˆ



‡

„

…

¸



„

ˆ

ƒ

¤

‡

ˆ

†

‡

Š

€

ˆ



ˆ

‚

‘

‚

„

À

Ã

Š

‹

ˆ

Ä

Š



„

‡

¸



„

ˆ

‚

€



Š

€

Š





„

Š

†

ˆ

‘

Â

ç

À

Á

¾

½

Í

é

À

Á

Á

À

Æ

Á

Ä

Ã

Ä

¢

Á

Î

Ó

ð

š

Á

À

¾

Æ

Ã

À

Í

¿

À

¤

¥

¦

§

¨

©

¦





¦

«





‡



Š

ƒ

ˆ

ƒ

ƒ



†

‡

Š

ƒ

…

‚

„

†

‡

‚



‚

ƒ

ƒ

‚

€

ˆ



‡

„

…

¸



„

Š

 

ƒ

„

…

†

‡

ˆ

„

ƒ

‰



‘

’



‰

‡

‰

‡























!













Œ

„

‚

†

«

Œ



 

¤

±

­

…

‚

®



†

¯

Š

¬

°

±

¬

“

”

•

–

—

˜

™

–

d

e

–

™

f

g

h

i

˜

—

—

f

h

j

•

h

k

˜

—

h

•

˜

f

l

m

d

˜

n

˜

f

”

o

™

h

p

q

r

s

p

t

u

v

w

x

y

"

#

$

%

&

'

(

%

)

0

%

(

1

2

'

$

%

0

1

$

'

1

3

4

)

'

5

'

#

6

7

(

1

8

9

2

@

A

8

B

C

D

E

2

"

9

"

@

E

B

F

q

y

z

w

t

{

w

q

v

t

r

u

t

q

w

{

|

w

u

y

}

™

h

™

h

i

m

d

˜

n

~

”

˜

h

™

–

j

˜



d

€

g

“



‚

“

g

ƒ

„

{

Å

Æ

Ç

È

É

Ê

Ë

Ì

Í

Î

Ï

Ð

È

É

y

Ñ

È

Ì

Æ

È

É

2

G

3

"

@

C

B

D

B

@

C

E

9

D

B

"

H

(

1

I

4

)

'

5

P

#

'

1

(

%

8

'

%

)

Q

@

"

R

S

"

@

B

T

&

%

4

&

—

–

m

—

n

h

d

k

–

d

n

˜

h

d

f

˜

—

„

”

f

•

f

”

f

•

e

˜

n

˜

”

f

•

–

i

™

f

z

y

…

†

|

…

z

t

y

5

1

)

U

%

)

5

'

1

)

6

'

&

T

#

6

$

6

#

6

$

0

'

5

'

#

6

$

%

I

(

6

V

W

X

Y

`

X

V

a

W

b

c

X

d

V

d

e

a

f

T

6

‡

ˆ

…

w

z

w

p

t

{

„

f

•

–

f

o

˜

‰

f

•

Š

—

–

d

h

™

˜

f

‹

Œ

™

–



m

d

Ž

h

™

–

‹





‹

„

d

f

Ò

Ì

É

Ï

Ë

È

É

Ñ

Ó

É

{

Î

Ê

Ë

Ï

Ï

Æ

Î

Ò

Ì

Î

Ô

Ë

Ï

Î

Ì

Æ

Õ

Ç

Ñ

Ë

Ö

Ë

×

Æ

Å

Ø

Ò

Ù

{

$

%

6

7

'

g

6

$

h

&

%

)

1

(

'

6

i

p

(

%

q

4

)

r

1

(

%

i

s

t

i

T

)

6

V

u

b

a

v

a

b

c

X

d

V

d

e

a

f

z

‘

‡

t

u

t

‡

ˆ

…

w

z

w

p

t

{

™

–

j

˜

’



“

j

•

€

„

”

m

f

ƒ

i

f

‰

h

d

f

—

„



•

–

„

n

–

d

e

•

h

(

%

8

'

w

R

x

8

$

Q

T

C

4

6

B

I

6

g

1

)

6

&

T

t

y

€

T

5

%

)

0

$

1

(

%

8

'



)

T

‚

&

t

ƒ

„

s

s

r

&

T

™

–

j

˜



d

„

—

—



˜

™





Ž

—

„

”

f

•

f

™

–

o

˜

š

–

•

f

•

—

h

š

•

–

f

—

–

›

m

˜

d

e

–

h

•

™

–

i

™

h

#

6

$

6

(

%

7

'

…

%

$

6

$

&

1

…

$

%

6

&

%

†

4

'

)

0

%

1

$

(

%

I

(

1

(

'

6

„

™

˜

f

™

h

G

&

5

1

7

r

6

(

1

&

@

6

)

(

'

(

6

0

1

&

‡

8

$

%

ˆ

%

'

0

1

T

S

'

5

%

8

$

%

ˆ

%

'

0

1

%

U

%

$

%

6

(

1

$

%

&

Š

œ

—

n

h

o

Ž

f

™

h

—

g

f

d

™

˜

™

f

e

h

—



j

•

–

ž

–

˜

e

h

„

‚

˜

n

–

j

•

–

ž

–

˜

e

h

–

k

–

•

–

f

™

h

•

–

—

#

6

$

6

6

&

%

7

%

'

‰



%

&

(

%

&

0

%

6

)

1

‘

”

f

•

f

f

—

–

o

–

˜

Ÿ

 

–

—

™

–

—

e

–

f

d

h

¡

h

B

#

$

1

U

6

$

#

1

&

&

P

U

%

'

&

5

1

7

'

†

6

‰



%

&

5

1

I

1

4

0

$

6

&

6

†

$

%

I

'

6

‰



%

&

Š

ƒ

”

•

h

k

f

•

”

h

—

—

~

k

–

˜

—

n

h

o

˜

›

f

Ÿ

 

–

—

n

h

i

h

m

e

•

f

—

f

›

•

–

i

˜

f

Ÿ

 

–

—

#

6

$

0

'

(

‚

$

'

6

&

T

0

6

)

0

1

#

6

$

6

%

7

%

'

‰

’

1

I

6

“

1

$

'

0

‚

$

'

6

%

#

$

1

#

1

$

5

'

1

)

6

7

‘

”

f

•

e

˜

™

—

•

˜

f

—

„

e

f

d

e

h

”

f

•

f

–

o

–

˜

Ÿ

¢

h

i

f

£

h

•

˜

e

—

•

˜

f

–

”

•

h

”

h

•

n

˜

h

d

f

o

¡

h

"

4

0

$

1

&

6

&

&

4

)

0

1

&

(

%

'

)

0

%

$

%

&

&

%

#

6

$

0

'

(

‚

$

'

1

Q

Š

“

m

e

•

h

—

f

—

—

m

d

e

h

—

™

–

˜

d

e

–

•

–

—

—

–

”

f

•

e

˜

™

—

•

˜

h

€

8

'

%

)

h

8

$

Q

T

t

p

(

%

q

4

)

r

1

i

s

t

i

j

˜

–

d

Š

j

•

€

„



Œ

™

–



m

d

Ž

h

‹





‹

”

•

–

—

˜

—

™

d

™

–

e

f

g

—

˜

–

‡

‘

†



‘

…



‘

ƒ

¤

¥

ƒ

ˆ

…

¤

‡

¦

‡

¥

„



h

–

™

i

—

j

™

g

k

™

l



—

–

™

k

˜

–

—

˜

”

f

g

—

m

—

n

•

o

j

˜

h

p





§

¨

©

ª

«

¬

©

­

®

©


22 Serviço

IPVA 2012 PAGO

ELIAUTO Veículos

22 a 28Rio de Junho de 2012 Avenida das Paineiras, 305 - Jardim Eucaliptos - Fazenda Grande

A mais de 7 anos fazendo bons negócios e muitos amigos

FOX G2 | Total Flex DH, vidros e travas elétricas, limpador e desembaçador traseiro, ano 2011.

ASTRA HATCH CD, 1.8, completo, bancos de couro, rodas de liga aro 17, ano 2003.

VECTRA ELEGANCE 2.0 Flex completo, ar digital + roda de liga ano 2009.

PALIO ELX 1.4, Alarme, vidros e travas elétricas, limpador e desembaçador traseiro, cd player, ano 2006.

Ent.+ parc. de R$ 570,00 fixas

Financia em 60 x fixas

Financia em 60 x fixas

Financia em 60 x fixas

VECTRA CD Completo, Bancos de couro, automático, ano 2001.

SPACE FOX SPORT LINE 1.6 flex, completa, rodas de liga, ano 2010.

GOL GV 1.0 flex, limpador e desemb. traseiro, cd player, rodas de liga, ano 2010.

Financia em 60 x fixas

Financia em 60 x fixas

PRISMA JOY flex, ar quente, travas elétricas desembaçador traseiro, ano 2010. SEM ENTRADA.

Financia em 60 x fixas

Financia em 60 x fixas

PEUGEOT 206 Escapade Completa, ABS, farol de neblina, ano 2007.

MÉGANE GRAND TOUR completa, ar condicionado digital, computador de bordo, freios a disco nas 4 rodas, ano 2012.

CROSS FOX 1.6 flex. Completo, rodas de liga, alarme, cd play, ano 2011

Financia em 60 x fixas

Entrada + parc. 745,00 fixas

VECTRA ELITE 2.0 Automático, completo, teto solar, bancos de couro, ABS, rodas de liga, ano 2010.

Entrada + parc. 989,00 fixas

PEUGEOT PARTNER 1.6 DH, trava elétrica, ano 2008.

SAVEIRO 1.6 Flex Alarme, vidros e trava elétrica, ar quente, protetor de caçamba, capota marítima, ano 2011.

MONTANA CONQUEST flex. 1.4, DH. Vidros e travas elétricas, cd play, ano 2010.

SAVEIRO CL 1.6 MI Capota marítima, protetor de caçamba, ano 1998.

Financia em 60x fixas

Financia em 60x fixas

Financia em 60x fixas

*Estamos comprando seu veículo, pagamos à vi t *Veículos revisados com garantia. *Aceitamos seu carro na troca mesmo com finan *Refinanciamos seu próprio veículo em até 60x com a melhor taxa do mercado.

Av. das Paineiras, 305 Eucaliptos - Fazenda Rio Grande

3604-4136 | 3627-3643 www.eliautoveiculos.com.br

Ent + parc. 469,00 fixas

o. o.

Ent + parc. 428,00 fixas


Atas e Editais 23

22 a 28 de Junho de 2012 Edital de convocação Patria Livre A comissão executiva do partido Patria Livre PPL do município de Mandirituba PR através de seu presidente nos termos referidos de seu estatuto ,ficam convocados por este edital todos os filiados ao partido, em dia com suas obrigações para participar da convenção municipal a realizar-se-á no dia 30 de junho de 2012 a partir das 19,30 horas com encerramento as 22,00 horas na chácara do Lauri Palu situada na rua Maria Nilsa Kurek de Sousa numero 74 bairro da Lagoinha Ordem do dia A) Escolha do candidato a prefeito e vice-prefeito ou coligações com outros partidos, para as eleições de 07 de outubro de 2012. B) Escolha de candidatos a vereadores ou coligações com outros partidos para eleições de 07 de outubro de 2012 C) Assuntos de interesse do partido. Mandirituba 20 de junho de 2012 Giovanni Palu Galvan Presidente

Edital de convocação A comissão executiva do partido da Social Democracia do Brasil do município de Mandirituba PR através de seu presidente nos termos referidos de seu estatuto ,ficam convocados por este edital todos os filiados ao partido, em dia com suas obrigações para participar da convenção municipal a realizar-se-á no dia 30 de junho de 2012 a partir das 19,30 horas com encerramento as 22,00 horas na chácara do Lauri Palu situada na rua Maria Nilsa Kurek de Sousa numero 74 bairro da Lagoinha Ordem do dia A) Escolha do candidato a prefeito e vice-prefeito ou coligações com outros partidos, para as eleições de 07 de outubro de 2012. B) Escolha de candidatos a vereadores ou coligações com outros partidos para eleições de 07 de outubro de 2012 C) Assuntos de interesse do partido. Mandirituba 20 de junho de 2012 João Edilson Franco Claudino Presidente

Edital de convocação A comissão executiva do partido do movimento democrático brasileiro PMDB do município de Mandirituba PR através de seu presidente nos termos referidos de seu estatuto ,ficam convocados por este edital todos os filiados ao partido, em dia com suas obrigações para participar da convenção municipal a realizar-se-á no dia 30 de junho de 2012 a partir das 19,30 horas com encerramento as 22,00 horas na chácara do Lauri Palu situada na rua Maria Nilsa Kurek de Sousa numero 74 bairro da Lagoinha Ordem do dia A) Escolha do candidato a prefeito e vice-prefeito ou coligações com outros partidos, para as eleições de 07 de outubro de 2012. B) Escolha de candidatos a vereadores ou coligações com outros partidos para eleições de 07 de outubro de 2012 C) Assuntos de interesse do partido. Mandirituba 20 de junho de 2012 Silvio Galvan Presidente

Edital de convocação A comissão executiva do partido popular PP do município de Mandirituba PR através de seu presidente nos termos referidos de seu estatuto ,ficam convocados por este edital todos os filiados ao partido, em dia com suas obrigações para participar da convenção municipal a realizar-se-á no dia 30 de junho de 2012 a partir das 19,30 horas com encerramento as 22,00 horas na chácara do Lauri Palu situada na rua Maria Nilsa Kurek de Sousa numero 74 bairro da Lagoinha Ordem do dia A) Escolha do candidato a prefeito e vice-prefeito ou coligações com outros partidos, para as eleições de 07 de outubro de 2012. B) Escolha de candidatos a vereadores ou coligações com outros partidos para eleições de 07 de outubro de 2012 C) Assuntos de interesse do partido.

PMDB- PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO CONVENÇÃO PARTIDÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Ficarn convocados os integrantes do PMDB- PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO com direito a voto, para a convenção partidária que definira a indicação dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores, bem como efetuar coligações com outros partidos, com a seguinte pauta: a) Escolha por voto direto e secreto, de candidatos do partido, para concorrerem, as eleições do dia 07 de outubro de 2012, aos cargos de prefeito vice-prefeito e vereadores à Câmara Municipal; b) Decidir sobre possíveis coligações com outros partidos; c) Tratar de outros assuntos relacionados às eleições municipais. Local: Clubinho-de Tijucas do Sul-PR- dia 30 de junho de 2012, na Rua João da Silva Pereira S/N Com início as 9h30mim e término as 11h30mim. Com a presente convocação, fica cancelado o edital publicado no jornal O REPÓRTER edição dodia 15 de junho 2012. Tijucas do Sul, 20 de junho de 2012. JOSÉ ANTENOR DISSENHA - Presidente do Dir. Municipal

PP - PARTIDO PROGRESSISTA CONVENÇÃO PARTIDÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Ficam convocados os integrantes do PP-PARTIDO PROGRESSISTA com direito a voto, para a convenção partidária que definirá a indicação dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores, bem como efetuar coligações com outros partidos, com a seguinte pauta: a) Escolha por voto direto e secreto, de candidatos do partido, para concorrerem, as eleições do dia 07 de outubro de 2012, aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores à Câmara Municipal; b) Decidir sobre possíveis coligações com outros partidos; c) Tratar de outros assuntos relacionados às eleições municipais. Local: Clubinho - de Tijucas do Sui-PR, 30 de junho de 2012 na Rua João da Silva Pereira S/N com início as 9h30mim e término as 11h30mim Com a presente convocação, fica cancelado o edital publicado no jornal OREPÓRTER edição dodia 15 de junho 2012. Tijucas do Sul 20 de junho de 2012.

Ú

Partido Verde do Paraná - PV/PR EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA CONVENÇÃO MUNICIPAL PARTIDO VERDE DE TIJUCAS DO SUL / PR O Presidente da Comissão Municipal do Partido Verde de Tijucas do Sul / PR, conforme inciso II do art. 65 do Estatuto, convoca seus convencionais para participar da Convenção, nos termos dos arts. 54, 55 e 106 do Estatuto, a realizar-se no dia 30 de junho de 2012, na sede do Partido Verde situado na Rua Hermínio Catarino de Camargo, n* 1670, das 14hOOmin às 17hOOmin, nesta cidade para deliberar sobre as seguintes Ordens do Dia: 1. Escolher os candidatos a Prefeito, Vice-Prefeito e Vereador; 2. Decidir sobre as coligações dentro dos princípiosprogramáticos doPartido; 3. Deliberar sobreoutros assuntospertinentesàs eleições municipais de 2012. Tijucas do Sul, 18 de junho de 2012.

Û

ì

Ü

Þ

à

á

â

Ý

æ

ò

Þ

í

ã

å

æ

à

å

Ü

ä

ß

Û

â

Þ

á

ç

æ

Û

á

â

á

ê

è

ã

î

Þ

ä

ß

á

ß

å

è

è

í

é

ï

Ü

æ

ç

ß

á

Û

ê

Û

ç

Þ

è

æ

å

ß

Û

ð

Û

á

æ

é

ñ

î

Ü

Ü

Û

ê

æ

å

á

æ

Ü

ß

ë

Ú

à

é

ß

ß

ó

ß

æ

ê

ë

ê

Ú

ñ

ß

à

Ú

é

ç

Ü

ß

ß

ï

è

æ

ï

ê

ß

ô

ç

Ü

æ

Û

Û

õ

ß

ê

ã

ç

è

ß

æ

è

ç

ï

æ

á

â

Û

è

å

ç

æ

Þ

ß

ß

è

Ú

Û

æ

Û

ê

Ü

Ý

ö

Þ

ç

ß

ß

è

÷

ø

ß

Ü

Ü

á

á

Û

á

å

ó

è

å

ß

ù

å

å

æ

Ü

æ

ù

ä

Ü

Ü

Ü

æ

Û

å

æ

ä

á

ç

ð

ê

ñ

ñ

ê

Ü

ü

û

æ

è

æ

ý

ß



ã

ç

è

ý

ó



Ý

ã

û

ß

á

Û

á



é

ê

Þ

ê

Û

á

è

ã

á

Ü

Þ

Û

ê

í

Û

ß

Ü

á

â

þ

û



ß

ö

î

è

ÿ

Û

á

å

ê

ß

í

è

þ

ñ

ö

Ú

ç

æ

á

ç

ß

Û

ï

ß

Û

Þ

è

ñ

ó

Ü

Û

ð

æ



ß

Þ

ß

è

æ

ã

á

Þ

õ

æ

ç

Û

æ

å

á

ã

ß

Û

Þ

õ

Û

ê

ö

ß

Û

÷

ì

ê

ç

ß

å

ý

Û

Þ

á

ç

÷

ì

ê

ç

ß

å

ý

Û

Þ

á

î



÷

Þ

ß

ß

Ü

í

á

æ

ß

Þ

ß

æ

ç

æ

ê

á

â

Û

ÿ

õ

è

ý

Û

Þ

æ

è

Ü

æ

í

æ

ã

÷

ò

ã

õ



í

Û

ã

å

è

æ

ß

Ü

ß

Þ

ê

æ

î

Ü

Û

Û

æ

ê

í

ä

â

Ü

Ü

Û

á

ß

è

Û

ê

Ü

ê

ã

ç

ï

Þ

è

Ü

ï

ã

ä

Û

æ

Þ

á

Û

è

Û

å

ý

Û

ß

Þ

ä

ß

ð

å

ñ



æ

Û

ß

ð

á

ñ

ß

è

â

ß

Û

ó

Ü

á

Ý



Þ

Þ

Û

Ü

ç

æ

ß

å

Û

â



æ

Û

Û

Ü

ð

Û

ñ

Ü

ê

Ü

æ

Û

í

Ü

ê

ã



Û

á

á

ä

â

Û

Û

ö

Ü

Û

á

Þ

Û

æ

ê

â

í

Þ

ß

Û

á

ê

í

ç

Û

ß

Ý

Ú

ê

ï

ß

Ü

ê

á

á

Ü

è

á

æ

ð

ñ

ß

ó

ö

í

ß

þ

ß

ê

Þ

û

÷

á

Þ

Ú

æ

á

Ü

á

ü

ê

è

ã

æ

í

è

Þ

á

ý

á

Ü

á

ß

æ

á

í

Û

ó

è

ê

Þ

í

á

ê

á

Û

ü

ß

Ü

æ

÷

ø

á

Û

å

ß

ß

á

ß

Ü

á

Þ

æ

ç

á

Ú

Ü

á

á

æ

í

ß

Ü

ß

ê

â

Û

Ü

Û

ç

Û

è

Þ

æ

Þ

Û

í

ß

ê

Û

Ü

å

ö

ø

Û

è

Û

ß

ß

Þ

Û

æ

â



ß



Û

ê

ð

á

Û

û

ÿ

Û

ß

Ü

ã

Ü

ú

ê

Ü

Ü

Û

Û

Û

ä

Þ

æ

æ

Ú

ß

â

ß

Û

ê

ê

ß

Þ

í

ó

á

í

ß

è

Ü



ã

è

á



í

á

ß

Þ

Û

Û

è

ó

Þ

á

÷



í

Û

Û

Û

ò

í

ê

Þ

Ü

Û

á

Û

á

ç

Þ

æ

ç

á

á

â

þ

Û

û

Ü

ÿ

Ý

þ

Þ



Ü

æ

ß

á

á

å

á

æ

í

ß

Ü

Û

å

á

Ü

á

÷

Mandirituba 20 de junho de 2012 Manoel Airton Cruz Presidente

JOSÉ ALTAIR MOREIRA Presidente do Diretório Municipal Edital de convocação A comissão executiva do partido Socialista Brasileiro do município de Mandirituba PR através de seu presidente nos termos referidos de seu estatuto ,ficam convocados por este edital todos os filiados ao partido, em dia com suas obrigações para participar da convenção municipal a realizar-se-á no dia 30 de junho de 2012 a partir das 19,30 horas com encerramento as 22,00 horas na chácara do Lauri Palu situada na rua Maria Nilsa Kurek de Sousa numero 74 bairro da Lagoinha Ordem do dia A) Escolha do candidato a prefeito e vice-prefeito ou coligações com outros partidos, para as eleições de 07 de outubro de 2012. B) Escolha de candidatos a vereadores ou coligações com outros partidos para eleições de 07 de outubro de 2012 C) Assuntos de interesse do partido. Mandirituba 20 de junho de 2012 Irivan de jesus Ferreira Presidente


24 Serviรงo

22 a 28 de Junho de 2012


O Reporter  

Jjornal oreporter 103

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you