Page 1

>>>>>>>>>>>>>CAPA<<<<<<<<<<<<


ÍNDICE EDITORIAL ............................................................................. 2

FICHA TÉCNICA

MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA............................................... 3 NÚCLEOS DA AEISA ............................................................... 4

Edição: AEISA

ASSOCIAÇÕES ........................................................................ 8

Coordenação: Erico Monteiro

DEPARTAMENTO RECREATIVO ........................................... 10 DEPARTAMENTO CIENTÍFICO-CULTURAL ........................... 11 DEPARTAMENTO DESPORTIVO ........................................... 12 HISTÓRIAS & CURIOSIDADES - Pavilhão de Exposições ...... 14 PASSATEMPOS .................................................................... 15 Sudoku ................................................................................ 15 Quebra- Cabeças..................................................................15

Redação: Pedro Tomás Grafismo: Pedro Tomás, Monteiro, João Tomé

Erico

Revisão: Vera Rocha, Erico Monteiro Colaboração: João Pedro Gomes, Ivo Romeiro, João Barros, Francisco Palma

QUAL É O DEUS VERDADEIRO, O FALSO E O ALEATÓRIO?...15 Anedotas e Adivinhas.......................................................... 16 Soluções Passatempos………………………………………………………..17 PARCEIROS………………………………………………………………………..18

EDITORIAL Caros leitores, Apresento-vos a 79ª edição do jornal O Quercus e a última edição deste ano letivo! Nesta edição poderão encontrar a tradicional mensagem da presidência sobre o contínuo trabalho desenvolvido, assim como a divulgação das atividades de cada departamento constituinte da nossa associação. Poderão também contar com a participação dos núcleos ZootecnISA, NAgroISA, NAISA, NubISA, AlimentISA e ainda com a participação da nossa tuna feminina, Tunassa, e as associações IAAS e APEF. Por fim terão também novas anedotas, passatempos e quebra-cabeças para vos alegrar um pouco o dia! Reforço que este jornal é feito para toda a comunidade estudantil do nosso instituto de modo a que possam acompanhar e sejam informados de todas as atividades que decorrem no mesmo e de todo o trabalho diário feito pela nossa AEISA. Posto isto, estamos sempre abertos a críticas e sugestões pelo que apelamos a que exponham as vossas dúvidas, sugestões e/ou críticas, de modo a tornar este jornal o mais atrativo e dinâmico possível. Não hesitem em enviar um e-mail para aeisa.oquercus@isa.ulisboa.pt! Pedro Tomás, Secção “O Quercus”


MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA Passados que estão estes primeiros cinco meses de mandato é altura de fazer uma retrospetiva do trabalho realizado até então. Apesar de todos os constrangimentos que ocorreram no início deste mandato, acreditamos que o percurso que delineámos para a Associação dos Estudantes se encontra a ser trilhado por uma equipa excecional e que já demonstrou por diversas vezes a sua capacidade de superação. Alguns projetos que até agora tinham ficado em “standby”, como é exemplo a sala 24H, por vários motivos alheios à AEISA, poderão este mês de maio receber uma nova lufada de ar fresco, com algumas melhorias substanciais como a colocação das máquinas de vending. Felicitamos, com muito orgulho, todos os estudantes do ISA que obtiveram excelentes resultados em representação da AEISA, nas várias provas desportivas, como nossa equipa de rugby ou da nossa equipa de futsal, pois acreditamos que este esforço e dedicação está a dar frutos, não só para o reconhecimento da própria AEISA, bem como, para o enriquecimento desportivo e formação pessoal dos nossos estudantes atletas. Gostávamos de agradecer à nossa equipa todo o empenho e dedicação nos nossos projetos e atividades diárias, pois sem eles toda esta jornada teria sido impossível. Lançamos ainda um apelo ao preenchimento do inquérito aos serviços prestados pela cantina do ISA, devido a várias reclamações que nos têm vindo a chegar e que demonstram uma possível diminuição da qualidade do serviço. Essas reclamações têm sido remetidas para os Serviços de Ação Social da Universidade de Lisboa com vista à sua breve resolução, todavia quanto mais dados houver que comprovem a diminuição da qualidade, mais fácil é para a AEISAfazer pressão nas entidades gestoras para que estas solucionem o problema.

Saudações Agronómicas!


NÚCLEOS DA AEISA AlimentISA – Núcleo de Engenharia Alimentar do Instituto Superior de Agronomia A presente direção do AlimentISA conta já com 4 meses de mandato, e embora esta seja a última edição d’ O Quercus deste semestre, o balanço possível até à data é bastante positivo. Ao longo destes meses toda a comunidade estudantil, sobretudo os estudantes de Engenharia Alimentar, já puderam participar em diversas atividades. Entre estas contam-se as formações “Sistema de Gestão da Qualidade - ISO 9001:2005” e, mais recentemente, “Valor Calórico na Rotulagem, segundo a legislação”, dinamizadas em parceria com a CFPSA, onde a adesão dos alunos foi total, esgotando as vagas disponíveis. Realizaram-se também duas palestras, uma sobre “Food Defense”, com a Eng. Paula Severino, ex-aluna de Engenharia Alimentar, do ISA, e outra, incluída na Semana dos Saberes, dinamizada pela AEISA, sobre “o Azeite na Dieta Mediterrânica”, onde contámos com a Dr. Amélia Delgado. Com recurso às plataformas online (Site Oficial e Página do Facebook) o núcleo tem promovido as várias aulas abertas lecionadas e as recentes notícias da área alimentar. Perante a grande aderência do Jantar de Curso já realizado, no Restaurante Santa Rita, estejam atentos que o próximo não tardará a chegar! Para breve, contamos com o lançamento de um novo modelo de camisola de curso, para a qual recebemos várias propostas. A grande afluência dos estudantes aos eventos realizados é o que motiva esta direção a fazer mais e melhor, pelo que nos comprometemos a dar continuidade ao bom trabalho! Voltamos a encontrar-nos aqui, para o próximo semestre. Até lá, fiquem atentos! Bons exames e boas férias. Saudações Alimentares

NAISA– Núcleo de Engenharia do Ambiente do Instituto Superior de Agronomia O NAISA, como núcleo do curso de Engenharia do Ambiente do ISA, pretende reaproximar os alunos, levando-os a todo um mundo de descoberta, conhecimento e interajuda. Queremos dar aos alunos uma perspetiva do que é ser um engenheiro do ambiente. Para isto, proporcionamos jantares de curso, como forma de integração e aproximação, palestras, workshops e quaisquer eventos relacionados com a nossa área. Este ano, já estivemos presentes na Semana dos Saberes, onde vigorou o tema “O nosso mediterrâneo”, sendo que o nosso núcleo compactuou com a APEF (Associação Portuguesa de Estudantes Florestais). Tivemos várias palestras, todas elas baseadas no subtema “Frutos Secos e cortiça”. No passado dia 28 de Abril, os alunos puderam desfrutar de uma tarde dedicada ao Ambiente, o Workshop de Abordagens Inteligentes e Sustentáveis, baseado em conversas com Engenheiros e Ex-Alunos. O feedback foi bastante positivo, foram cumpridos os objetivos de aproximar os alunos ao mercado de trabalho e de aprofundarem os seus conhecimentos. Continuamos focados nos nossos objetivos, queremos continuar a providenciar momentos aos nossos colegas, fazêlos sentir em casa, continuar com mais jantares de curso, disponibilizar camisolas de curso e cada vez mais eventos que possam ser produtivos para os alunos.


NAgroISA – Núcleo de Estudantes de Engenharia Agronómica do Instituto Superior de Agronomia Jornadas Agronómicas: Nos dias 14, 16 e 17 de Março o Núcleo de Estudantes de Engenharia Agronómica do ISA realizou as jornadas Agronómicas contando com várias personalidades da área. O primeiro dia de jornadas foi dedicado à Horto-Fruticultura contando com a participação da APH (Associação Portuguesa de Hortifruticultura) para abertura do dia, seguidamente o Professor António Monteiro trouxe-nos o tema “Estar preparado para a horticultura do futuro”, continuando tivemos uma apresentação sobre o mercado de trabalho nesta área, pela visão da Eng.ª. Sara Domingues que trabalha na Herdade Vale da Rosa. Para encerrar este dia tivemos dois antigos alunos do nosso Instituto que nos vieram dar a sua experiência após a saída do ISA e entrada no mercado de trabalho.

No dia 16 o tema escolhido foi a proteção integrada, com a participação da Professora Elisabete Figueiredo para abertura da sessão, seguida da Engª. Paula Carvalho representante da DGAV (Direção Geral de Alimentação e Veterinária) dedicada ao tema “ A Homologação dos produtos fitofarmacêuticos na União Europeia e em Portugal”. Terminando o dia com o tema “ A indústria da proteção das plantas” tendo como orador o presidente da ANIPLA (Associação Nacional da Indústria para a Proteção de Plantas), Eng.º. António Lopes Dias. O último dia foi sobre a temática viticultura e enologia, para abertura do dia iniciou o Professor Carlos Lopes falando sobre a tecnologia e inovação na área da viticultura, seguiu-se o Dr. Aníbal Coutinho da Sonae para nos falar sobre as novas abordagens às provas de vinhos. A Engª. Joana Maçanita da Fita Preta e o Eng.º. Bernardo Cabral da Companhia das Lezírias, ambos exs. alunos do nosso Instituto vieram-nos dar o seu testemunho sobre a sua experiência pessoal na área. Para terminar o dia, o Professor Jorge Ricardo da Silva falou-nos sobre a degustação de vinhos elementares antes de se realizarem algumas provas de vinhos orientada pelo Professor Manuel Malfeito sobre como avaliar defeito ou feitio no vinho.

Agradecemos a todos aqueles que participaram neste evento e esperamos contar novamente convosco para o próximo ano!


NubISA – Núcleo de Estudantes de Biologia do Instituto Superior de Agronomia VI Jornadas de Biologia do ISA - VIJB Nos dias 27 e 28 do passado mês de abril realizaram-se no Instituto Superior de Agronomia as VI Jornadas de Biologia, organizadas pelo NuBISA. Ao longo destes dois dias foi possível assistir a diversas palestras que englobaram várias temáticas, desde a problemática do leite de vaca, abordada pelo professor do Instituto Ricardo Boavida Ferreira, passando pelos microplásticos ou ainda por temas menos conhecidos mas em grande ascensão como a astrobiologia, palestra apresentada por um actual aluno da ISA, Sérgio Paulino. As Jornadas de Biologia puderam contar com vários oradores exteriores ao ISA, como por exemplo Milene Matos da Associação BioLiving que nos foi falar sobre Educação Ambiental ou a professora Cristina Branquinho da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Na sexta-feira, último dia das Jornadas, os participantes tiveram a oportunidade de participar num workshop sobre colecções de história natural, gastronomia molecular ou invertebrados do solo, podendo assim aprender como pesquisar em determinadas bases de dados, colocar em prática conhecimentos adquiridos em aulas, explorando a biodiversidade existente nos solos da tapada, ou mesmo aventurar-se na cozinha e desfrutar de “ar de morango”. Com alunos de todos os anos de Biologia e ainda alunos exteriores, as VI Jornadas de Biologia contaram com mais de meia centena de participantes, reunindo os dois dias do evento. Este número é uma grande satisfação para a organização, que conta alcançar ainda mais visitantes na edição do próximo ano.

Curso de mergulho

Sessão de Esclarecimento

O NuBISA em parceria com a Haliotis está a organizar o curso de mergulho, com condições especiais para os alunos de biologia. O Curso realizar-se-á no fim-desemana de 6 e 7 de maio, estando estes dois dias destinados à componente teórica e prática em piscina. Para além deste fim-de-semana haverá mais dois dias, definidos posteriormente, que incluíram quatro mergulhos na Ilha das Berlengas (para mais informações podes contactar-nos através da nossa página do Facebook).

No dia 10 de maio, pelas 13:30h o NuBISA vai realizar uma Sessão de Esclarecimento, no Salão Nobre, a qual será dirigida pela professora coordenadora do curso de Biologia, Leonor Morais. O intuito desta Sessão de Esclarecimento é dar oportunidade aos alunos do curso de Biologia de ficarem a conhecer melhor o seu curso. Tendo como aspetos a abordar as diversas opções oferecidas no programa de mobilidade Erasmus, as cadeiras opcionais que poderão fazer no 1º semestre do 3º ano, como os alunos se podem propor para estágios, como funciona o projeto no final do curso, como se procede às candidaturas para mestrados, e todas as questões que os estudantes possam colocar, para que possam ter uma maior informação e deste modo fiquem a conhecer melhor o seu curso e tirar o maior proveito possível de todas as oportunidades que o ISA tem para lhes oferecer.

Jantar de Curso – Final de maio Caloiro e caloira, veterano e veterana. Não há desculpa para faltares, depois deste belo jantar já sabes que vamos aos bares. Vem daí queimar os últimos neurónios e baralhar esses cromossomas. Agarra na sangria e na cerveja, mas depois cura a ressaca que os exames não são de


ZootecnISA – Núcleo de Engenharia Zootécnica do Instituto Superior de Agronomia Panorama Aproveitaremos esta edição do Quercus e última deste ano letivo, para vos dar um panorama do que foi realizado pelo ZootecnISA até agora. Desde o início do novo mandato que procuramos satisfazer os nossos alunos a nível Recreativo e Social, mas essencialmente a nível Científico-Cultural. Nessa perspetiva, intensificámos a informação publicada nas redes sociais, focando-a em formações, seminários e workshops espalhados por todo o país e ainda, algumas novidades que poderiam ser interessantes ao nível da indústria Agro-Pecuária. Organizámos aquelas que foram as I Jornadas Zootécnicas com o tema Nutrição Animal, constituídas por dois de palestras e um dia de visita de estudo. No ramo das Saídas Profissionais, comprometemo-nos a fazer uma pesquisa mensal de oportunidades de trabalho e estágios disponíveis, cumprimos. A nível de Merchandising e, apesar de terem sido lançadas duas campanhas até à data, pretendemos ainda lançar uma terceira campanha, no próximo ano letivo, com fatos-macaco, permitindo que os nossos alunos possam comprar o material necessário para as aulas práticas na nossa faculdade, sem terem que recorrer a lugares exteriores ao ISA. Por fim, continuamos confiantes de que as parcerias que pretendemos ter com a AEFMV e com o núcleo FAUNA-FMV, fiquem positivamente concluídas até ao final deste ano letivo. Entrámos focados naquele que teria que ser o nosso trabalho para atingir os objetivos propostos e com os quais nos tínhamos comprometido. Foi graças a esse trabalho e às atividades elaboradas ao longo destes meses que o ZootecnISA conseguiu contactos com a APEZ (Associação Portuguesa de Engenheiros Zootécnicos) – que desde então convida regularmente, através do ZootecnISA, os nossos alunos a participarem nas atividades elaboradas pela mesma. Com o FAUNA, com a prof. Ana Cristina Monteiro, com o Dr. Ricardo Mesquita e com os Engenheiros Jerónimo Pinto e Jaime Piçarra (Secretário-Geral da IACA) – que partilha connosco e convida os alunos a participar nas atividades organizadas pela IACA (Associação Portuguesa dos Industriais de Alimentos Compostos para Animais). Marta Parrinha, Presidente do ZootecnISA

TUNASSA – Tuna Feminina do Instituto Superior de Agronomia Como assim o semestre já está a chegar ao fim? De Fevereiro a Maio, com férias de Carnaval, da Páscoa e Feriados à mistura nem deste pelo tempo passar. Nestes meses, entre muita festa e algum estudo, a nossa Tuna não tem parado. No mês de Março tivemos uma agenda muito preenchida! Nós sabemos que segues a nossa página do Facebook, mas caso ainda não sigas tens aqui o convite oficial para ires lá colocar um likezinho e ver o que andamos a fazer! No mês de Março rumámos à outra Margem para participar no Festival "Marias" organizado pela Tuna Maria – Tuna Feminina da FCT UNL e no "XIV Capas Ricas" organizado pela in’Spiritus Tuna – Tuna Feminina da Cooperativa Egas Moniz, de onde trouxemos muitas aventuras e o prémio de Melhor Solista e de Melhor Passe Calles, respetivamente. Mais recentemente foi a nossa vez de ser a Tuna Anfitriã! Organizámos o nosso "V Vai Rapariga” agregado à “VII Serenata Agronómica”, que devemos dizer que esta última foi espetacular, obrigada pela vossa presença! Destas duas grandiosas noites (e dias) de festa resta-nos agradecer a todos aqueles que tornaram o nosso sonho possível. Desde o apoio incansável da AEISA, aos caloiros e veteranos presentes que não deixam morrer o Espírito Agronómico. E claro, às Tunas que estiveram presentes, sem elas nada disto faria sentido. Apesar do semestre caminhar a passos largos para o final, não tornes isso um impeditivo para te juntar a nós no Lagar todas as Segundas e Quintas-Feiras às 17h. Encontramo-nos Lá! 7


ASSOCIAÇÕES IAAS - Associação Internacional de Estudantes de Agricultura e Ciências Relacionadas Agricultura e Ciências Relacionadas (IAAS)

IAAS Portugal

Fundada em 1957 na Tunísia, a Associação Internacional de Estudantes de Agricultura e Ciências Relacionadas (IAAS) está hoje presente em cerca de 50 países, sendo a maior associação juvenil do mundo com mais de 10000 associados. A IAAS Portugal iniciou a sua atividade em 1961 no Instituto Superior de Agronomia, contando atualmente com sete comités locais, no Algarve, Santarém, Coimbra, Viseu, Vila Real, Porto e Ponte de Lima, estando o comité de Évora em processo de reabertura. A missão da IAAS é promover o intercâmbio de conhecimentos e ideias entre estudantes de todo o mundo, debatendo os temas atuais e discutindo futuras problemáticas e soluções para o nosso setor. Um dos maiores catalisadores desta troca de conhecimentos é o programa de intercâmbio da IAAS, que, em 50 anos, já proporcionou esta experiência a mais de 20000 jovens. Atualmente a IAAS Portugal está num processo de revitalização, contando com uma equipa jovem e empenhada em dinamizar o comité nacional. No passado dia 22 de fevereiro decorreu, na Sala de Atos do nosso instituto, a sessão de apresentação dos órgãos sociais da IAAS Portugal para o mandato 2016/2017. Contámos com a generosa presença dos professores Ricardo Braga e Domingos Almeida que, enquanto alunos, puderam beneficiar da experiência de intercâmbio da IAAS e nos transmitiram um pouco desta vivência e do marco que esta deixou nas suas vidas. A IAAS organiza todos os anos encontros nacionais, que ocorrem semestralmente, alternando entre comités. Este evento reúne todos os comités locais ativos e todos os sócios interessados em participar. Neste evento promove-se o convívio, conhecimento e troca de ideias entre todos, tendo ainda uma vertente mais técnica, em que se visitam explorações na área geográfica onde decorre o encontro. Este último encontro decorreu nos dias 24, 25 e 26 de março, organizado pela IAAS Porto. Após a receção no Campus Agrário de Vairão (Porto), seguiu-se um convívio e jantar partilhado entre os comités presentes. O dia de sábado começou com a Assembleia Geral Nacional, seguindo-se uma visita a uma exploração de kiwi amarelo. Domingo visitámos a Quinta de Lourosa onde pudemos provar o vinho verde da casa e saber um pouco mais sobre esta cultura. Após uma parceria entre a IAAS e a APJE (Associação Portuguesa de Jovens Enófilos) realizou-se, dia 30 de março, no Salão Nobre do Instituto Superior de Agronomia, uma prova de vinhos com o objetivo de promover o setor vinícola. Foram apresentados mais de 100 vinhos de 20 produtores de norte a sul do país. Recebemos um feedback bastante positivo e, como tal, esperamos repetir o evento. Como maior evento da IAAS, temos o 24 Horas Agricultura Syngenta, que é o evento que organizamos com mais orgulho. Teve lugar nos dias 1 e 2 de abril, na Escola Superior Agrária de Coimbra. Reuniu cerca de 150 alunos de todas as escolas do ensino superior e profissional do nosso país. Contou ainda, pela primeira vez, com a participação de uma equipa espanhola, da Escola Politécnica de Valência. Esta edição incidiu principalmente sobre a temática da agricultura de precisão, uma temática atual e decisiva para a agricultura nacional e mundial. Inúmeras provas dos mais diversos foros fizeram parte da edição do 24 Horas Agricultura Syngenta 2017. Dia 28 de Abril tivemos o primeiro dia de campo da IAAS, em que levámos todos os interessados a três explorações agrícolas no Ribatejo, sendo o principal objetivo o contacto com o meio e com profissionais da área. Num futuro próximo queremos que esta iniciativa consiga percorrer várias explorações por todo o país, tendo uma duração mais prolongada. 8


Em parceria com um conjunto de alunos do ISA e com o apoio da AGROGES e do ISA, estamos a organizar a Segunda Edição das Conversas sobre Agricultura no Instituto. O ciclo de conferências decorrerá ao longo de 3 semanas, levando profissionais do sector aos alunos, para que possam aprender mais com quem trabalha no campo e com problemáticas distintas todos os dias. Dia 27 de abril foi debatido o tema “Jovens agricultores, oportunidades e desafios”, dia 4 de maio debater-se-á “Pecuária, diferenciação e novos mercados” e no dia 11 de maio “Floresta regada, qual o seu potencial?”. A IAAS Portugal garante assim o compromisso com todos os estudantes, em proporcionar-lhes mais e melhor conhecimento, assim como o contacto direto com o campo e com os profissionais que nele trabalham. Nos próximos anos continuaremos a dar o nosso melhor, para que mais estudantes possam beneficiar de tudo o que a IAAS Portugal tem para oferecer.

Associação Portuguesa de Estudantes de Engenharia Florestal (APEF)

APEF em ação, a nível local, nacional e internacional A APEF continua a desenvolver trabalho no âmbito da sua representatividade dos estudantes da área florestal. Exemplo disso foram o ENEF (Encontro Nacional de Estudantes Florestais) e a comemoração do Dia Internacional das Florestas, a qual foi marcada com uma churrascada de braços abertos a toda a comunidade do ISA. Talvez o passo que merece maior destaque, no presente, seja a recente re-adesão à IFSA (International Forestry Students Association), que como o próprio nome indica, representa os estudantes florestais a nível internacional promovendo a troca de conhecimento, o alargar de horizontes, novas experiências e incutindo o espírito de contacto e cooperação internacionais. No momento em que este artigo foi escrito, dois elementos da direção da APEF encontravam-se em representação da mesma - e como tal, dos estudantes florestais portugueses – no SERM 2017 (South European Regional Meeting), na Bulgária. O SERM consiste num encontro anual organizado pela IFSA, reunindo os comités locais (como é o caso da APEF) a nível regional, para debater assuntos e dar a conhecer a realidade florestal do país anfitrião. Este evento é um forte contributo para a coesão do trabalho da IFSA, a nível regional. Foi com grande entusiasmo que a APEF participou neste evento.

9


DEPARTAMENTO RECREATIVO O departamento recreativo, ao longo deste novo mandato tem vindo a trabalhar de modo a realizar as suas normais atividades recreativas mas também apoiar ao máximo todos os eventos realizados por outras identidades, tais como o festival de tunas da Universidade Lusíada, o V festival VAI RAPARIGA realizado pela nossa tuna feminina - Tunassa, assim como todos os outros eventos em que foi necessário a ajuda, o que é fulcral para que estes decorram da melhor forma possível. Estamos também gratos pela famosa Festa do Pecado 2017, que teve uma grande adesão e que correu da forma esperada! Nesta grande noite contámos com a presença de Bispo que trouxe o seu Rap diretamente da linha de Sintra, Algueirão Mem Martins, 2725! Contámos também com a animação dos nossos amigos Quimbé e Rubim, que nos enlouqueceram em cima do palco com o projeto P*ta da Loucura, que deixou toda a gente com uma gargalhada e uma grande noite de música! E ainda os grandes Kiss Kiss Bang Bang que não nos desapontaram e deram tudo no nosso belíssimo Palácio de Exposições. Em baixo deixaremos algumas fotos que marcaram esta grande noite! Estamos também a preparar para os nossos queridos finalistas, que acabam uma etapa da sua vida, um fantástico e memorável baile de gala, em que não vai faltar nada! Agradecemos a todos que marcaram presença nos nossos eventos e que sem vocês seria impossível realizar este trabalho, cá vos esperamos nos próximos!

10


DEPARTAMENTO CIENTÍFICO-CULTURAL O fim do semestre aproxima-se e o Departamento Cientifico-Cultural da tua Associação de Estudantes, olhando para trás, faz um balanço positivo de todo o trabalho realizado até aqui, com uma boa parte do plano de atividades cumprido. De salientar a Semana dos Saberes, com o tema “O Nosso Mediterrâneo” onde contámos com a participação ativa dos vários núcleos de estudantes, para a realização das diversas palestras e do Mercado dos Saberes, a convite de várias empresas. Uma iniciativa que teve um grande sucesso e, que por essa mesma razão, pretendemos repetir. Porque o ISA é para todos nós como uma segunda casa, junta-te e vem festejar os 100 anos do Ed. Principal, onde poderás contar com um programa repleto de surpresas, entre exposições, tertúlias, conferências e convívios. Esta é uma oportunidade única onde a ciência e a cultura se juntam, em prol da existência d’ “O ISA na Tapada da Ajuda: Centenário do Edifício Principal". Consulta o programa em: https://www.isa.ulisboa.pt/vida-no-isa/destaques/noticias/20170314-o-isa-na-tapada-daajuda-centenario-do-edificio-principal

- Conferência IEAS: «Ética nas ciências do património arquitectónico», dia 15 de Maio na Academia de Ciências de Lisboa;

-Colóquios da Associação dos arqueólogos Portugueses, Dia 17 de Maio, no Largo do Carmo; - Seminário Lisboa | Certificação Alimentar e Comunicação, dia 17 de Maio, Íbis Lisboa Saldanha;

- Ciclo de Palestras de como se construiu Lisboa: Interiores e sistemas construtivos da arquitetura dos séculos XVI-XVII (por António Miranda), Dia 30 de Maio, no Museu de Lisboa.

- Lua Cheia nos Miradouros de Lisboa Dia 10 de Maio, 20:00h – 23:00h, Miradouro das Portas do Sol; - Erasmus Sunset Party – by Erasmus Life Lisboa, Dia 11 de Maio, 17:00h – 00:00h, Destination Hostels. - Degustação Gastronómicos: Portugal vs. Angola, Dia 16 de Maio, com início às 19:30 no Restaurante Bastardo; - Festa do Cinema – Bilhetes a 2,5 € em todas as salas de cinema, Dia 22 de Maio; - Exposições “Histórica e Participativa de Física”, “A Aventura da terra – Um Planeta em Evolução” e “Allosaurus: Um Dinossáuro, Dois Continentes”, durante todo o mês de Maio, no Museu Nacional da História Natural e da Ciência.

11


DEPARTAMENTO DESPORTIVO Durante os dias 20, 21, 24, 26, 27 e 28 de Abril a AEISA organizou mais um mítico Campeonato da Tapada, onde contou com a participação de 10 equipas inicialmente dispostas em 2 grupos de 5 equipas em que posteriormente apenas 4 passariam a uma fase a eliminar. Com cerca de 100 participantes e 27 jogos durante a sua realização. Com 8 equipas apuradas para os quartos-de-final foram as equipas Swag On e Os Fod*lhões que se conseguiram apurar para a grande final onde o vencedor seria premiado com a oferta de bilhetes para a Festa do Pecado a acontecer na noite de 28 de Abril. Numa final disputadíssima onde a formação dos Swag On (na foto à direita) acabaria por levar a melhor numa vitória muito suada por 4 a 3, renovando assim o seu título que tinha conquistado na edição anterior do Campeonato da Tapada. O Departamento Desportivo da AEISA quer desde já agradecer a todas as equipas que decidiram participar neste evento tão especial, como também a disponibilidade e o auxílio que ofereceram à organização para que este Campeonato tivesse sido feito com as melhores condições possíveis. Por fim a AEISA quer felicitar a equipa Swag On pela sua conquista e para o ano contamos contigo para fazeres parte deste campeonato e quem sabe….Alcançar a gloriosa vitória!! Qualquer dúvida ou informação que queiras podes deslocar-te à sede da Associação dos Estudantes do ISA ou através do contacto: aeisa.desportivo@isa.ulisboa.pt Em seguida, os resultados do campeonato e algumas estatísticas:

Grupo A Classificação 1 Swag On 2 Boémia Fut 3 Picoto FC 4 Reis da Aldeia 5 Atletico INBIO

Pontos 12 9 6 3 0

DG +9 +4 -2 -2 -9

GM 11 9 5 8 3

GS 2 5 7 10 12

JF 4 4 4 4 4

V 4 3 2 1 0

D 0 1 2 3 4

E 0 0 0 0 0

Pontos 10 10 4 3 1

DG +11 +8 -5 -1 -12

GM 14 12 5 9 4

GS 3 4 10 10 16

JF 4 4 4 4 4

V 3 3 1 1 0

D 0 0 2 3 3

E 1 1 1 0 1

Grupo B Classificação 1 Os Fod*lhões 2 Os Varrascos 3 Pichas d’Aço 4 Bukéceta 5 Iraque Unit

DF=(GM-GS); GM=golos marcados; GS=golos sofridos; JF=jogos feitos; V=vitórias; D=derrotas; E=empates 12


Resultados dos grupos Jogos Picoto FC Os Varrascos Boémia Fut Bukéceta Reis da aldeia Atletico INBIO Os Varrascos Bukéceta Swag On Picoto FC Pichas d’aço Swag On Picoto FC Iraque Unit Iraque Unit Os Varrascos Iraque Unit Atletico INBIO Swag On Os Fod*lhões

Reis da aldeia Iraque Unit Reis da aldeia Pichas d’aço Atletico INBIO Picoto FC Pichas d’aço Os Fod*lhões Atletico INBIO Boémia Fut Os Fod*lhões Boémia Fut Swag On Pichas d’aço Os Fod*lhões Bukéceta Bukéceta Boémia Fut Reis de aldeia Os Varrascos

6 5 1 0 5 0 3 0 3 0 2 4 0 0 0 3 4 1 4 1

3 0 0 1 2 2 1 1 0 6 6 0 3 0 5 2 7 2 2 1

4 2 3 6 1(gp)

2 1 0 6 3(gp)

Bukéceta Pichas d’aço Picoto FC Os Fod*lhões

Swag On Os Varrascos

4 2

2 7

Boémia Fut Os Fod*lhões

Swag On

4

3

Os Fod*lhões

Grupo A B A B A A B B A A B A A B B B B A A B

Quartos de Final Swag On Boémia Fut Os Varrascos Reis da aldeia

Meias Finais

Final

Melhores Marcadores Golos 9 8 8 7

Nome Fred Castro Samuel Cristóvão José Umbelino Francisco Subtil

Equipa Swag On Bukéceta Os Fod*lhões Os Fod*lhões 13


HISTÓRIAS & CURIOSIDADES - Pavilhão de Exposições

O Palácio ou Pavilhão de Exposições do Instituto Superior de Agronomia foi projetado pelo arquiteto Pedro d’Avilla, inspirado no desaparecido Palácio de Trocadero, construído sobre a colina de Chaillot, em Paris. Foi construído sob a ordem do rei D. Luís I, para realizar a 3ª Exposição Agrícola de Lisboa, em 1884, dando origem a outros certames como uma quermesse, organizada pela rainha D. Maria Pia a favor de creches . “O edifício consta de três pavilhões de cúpulas hemisféricas, ligadas por duas galerias curvilíneas, tudo em ferro e vidro; “(…) o declive do terreno faz com que o pavimento se situe do lado da fachada sul, a nível superior ao do solo, dando lugar a uma cave de alvenaria, o que proporciona o lançamento de uma larga varanda que percorre a fachada Sul das alas laterais, rodeia o torreão central, e recebe dois lanços de escadaria divergentes e simétricos em relação ao eixo do edifício. Cada um dos pavilhões laterais é servido por um lanço de escadaria (…)” (C ARDOSO , 1992). O palácio ou pavilhão - «indubitavelmente elegante», como o qualificou Jorge de Mello no nº 1 da Revista da Exposição – identifica-se pela sua presença envolvente, disciplinada na organização do espaço de exposição e ordenada volumetricamente a partir de um eixo que comporta o torreão ou pavilhão central, e do qual divergem duas alas laterais, a nascente e a poente, ambas igualmente rematadas por pavilhões menores, de planta octogonal, cobertos como o central por domos que exponenciam o ritmo da composição. A fachada norte estabelece, pela sua intransig ente opacidade, um notável contraste contrapontístico com o dominante «pano» de vidro da fachada sul, que prolonga por transparência o espaço interior, assim virtualmente alongado até à balaustrada que delimita o terraço fronteiro, este abraçando, num percurso contínuo, toda a frontaria do edifício, e que, em 1884, se cobria por vistoso toldo sombreiro, sustentado por turcos de ferro.”. Atualmente é um local de comemorações e de atividades culturais, sendo também conhecido pela realização das nossas mais famosas festas como é o caso da recente Festa do Pecado e a festa Magusto Agronómico!

14


PASSATEMPOS

Sudoku Dificuldade

Quebra- Cabeças QUAL É O DEUS VERDADEIRO, O FALSO E O ALEATÓRIO? Nesta edição do Quercus podemos contar com mais um desafiante quebra-cabeças: Os deuses de Boolos. Este teste foi desenvolvido pelo filósofo americano George Boloos e foi publicado na revista The Harvard Review of Philosophy tendo, na altura, recebido o título de “O quebra-cabeças mais difícil de sempre”. Será que conseguirás decifrar este enigma dos deuses? Tenta a tua sorte….ou engenho!

Reza a lenda que existiam três deuses: o Verdadeiro, o Falso e o Aleatório. O deus Verdadeiro diz sempre a verdade, o deus Falso diz sempre mentiras e o deus Aleatório pode dizer a verdade ou a mentira, aleatoriamente. Tens de descobrir qual dos três é o deus Verdadeiro, Falso ou Aleatório. Para tal, tens de fazer perguntas de “sim ou não” a um deus de cada vez. O problema é que os deuses não respondem em português, mas antes na língua deles. Os Deuses Verdadeiro, Falso e Aleatório vão responder “da” ou “ja”, mas nós não sabemos qual destas palavras é a resposta positiva ou a negativa. O exercício exige que saibas o seguinte: 1. Podes perguntar mais que uma pergunta a um dos deuses mas, por consequência, nenhuma a outro deus. 2. O teor da segunda pergunta e a quem ela se dirige pode estar dependente da resposta à primeira, e assim sucessivamente. 3. As respostas de Aleatório são uma questão de acaso, com as mesmas probabilidades de lançar uma moeda ao ar e calhar “cara” ou “coroa”. 4. Aleatório vai responder “da” ou “ja” perante qualquer pergunta de “sim ou não”. 15


Anedotas e Adivinhas Sabes qual é o elemento químico mais bem informado? – O Frâncio que fica mesmo ao lado do Rádio. Como se chama o cereal preferido de um vampiro? – Aveia. Qual a diferença entre uma vaca e um palhaço? – A vaca gosta de palha crua e o palhaço de palhaçada. Como chama uma mulher que visitou uma plantação de uva? – Viúva. Porque é que o bombeiro não gosta de andar? – Porque ele socorre. O que é que acontece se cruzarmos um elefante com um canguru? – Buracos enormes na Austrália. Estão a mãe e a filha a dormir no corredor. Que horas são? – Falta um quarto para as duas! Antes de uma guerra entre os americanos e os índios, afirma o ajudante do capitão: – Capitão, os índios estão-se a aproximar! – São amigos ou inimigos? – Pergunta o capitão – Devem ser amigos Capitão, pois vêm todos juntos. Porque é que uma abelha morreu eletrocutada? – Porque pousou numa rosa choque. O que é que uma reta que está na casa de banho diz quando batem à porta? – Tangente. Quem é o mais velho, o sol ou a lua? – A Lua porque já pode sair à noite. Porque é que os surfistas comem a comida fria? – Porque detestam microondas. Porque é que os gatos não gostam de estrelas? – Porque astronomia. O que acontece quando um elefante se apoia numa pata? – O pato fica viúvo!

16


Soluções Passatempos

1. Sudoku

2. Quebra-Cabeças- Quem é o deus Verdadeiro, Falso e Aleatório? Admitimos…..este era um pouco complicado mas se não fosse difícil não tinha piada, não é?! Vá, na verdade até é mais simples do que parece, mas que dá dores de cabeça, dá! Então cá vai: Se assumirmos “P” como uma qualquer pergunta de “sim ou não” (És o deus Verdadeiro ou És o deus Falso?) podemos tomar em conta a seguinte questão “Q”: Se eu lhe perguntasse “P”, responderia “ja”? Quando um dos deuses é questionado com “Q”, a resposta “ja” vai indicar a resposta correta de “P” e a resposta “da” vai indicar a resposta errada de “P”. Isto porque, matematicamente, a união de duas respostas positivas dá outra resposta positiva e a união de uma resposta negativas também resulta numa resposta positiva.

17


PARCEIROS

Triunfo da Liberdade - Quercus Bar - Posto Apícola - Clínica Veterinária de Alcântara - Meteorturtle

18


>>>>>>>>>CONTRA-CAPA<<<<<<<<

19

Edição nº79 - Maio 2017  

Edição nº79 do Jornal "O Quercus" - Maio 2017. Edição: AEISA | Redação: Pedro Tomás | Coordenação: Erico Monteiro

Edição nº79 - Maio 2017  

Edição nº79 do Jornal "O Quercus" - Maio 2017. Edição: AEISA | Redação: Pedro Tomás | Coordenação: Erico Monteiro

Advertisement