Issuu on Google+

VIOLÊNCIA NA GRÉCIA

Cerca de 50 jovens lançaram em Atenas cocktails molotov contra a polícia

Há 143 anos, sempre consigo. 1868

Continente - 0,60 € (IVA INCLUIDO) – Ilhas - S. Miguel e Madeira - 0,75 € (IVA INCLUIDO) – Porto Santo 0,80 € (IVA INCLUIDO)

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

Diretor: Rui Alas Pereira | ISSN 0873-170 X |

|

DIÁRIO NACIONAL

Ano CXLIV | N.º 190

Quinta-feira, 27 de setembro de 2012

GOVERNO AFETA GRAVEMENTE FUNDAÇÕES DO EDIFÍCIO SOCIAL

GUERR A ABERTA  Depois da decisão anunciada pelo Governo, relativamente ao encerramento de várias Funda-

ções e ao corte nos apoios financeiros a muitas outras, ninguém se entende e poucos no poder local aceitam a medida, anunciando não acatar as ordens para fechar, como é o caso do autarca Rui Rio com a "Porto Social". É mais uma «guerra» aberta pelo Executivo de Passos Coelho, que também passa a ser preso por ter cão e por não ter, com toda a gente a reclamar dos… cortes!

COMBOIOS Nova greve

SEM FUMO BRANCO

GNR Agentes

da CP vai

contestam valor

afetar circulação

dos aumentos

ao longo da

dos serviços

próxima semana

remunerados

MANIF

TELEVISÃO

Arménio Carlos

ADDICT diz que

(CGTP) diz que

privatização

a mobilização

da RTP pode falir

de sábado será a

Conselho extraordinário durou quase sete horas

maior de sempre

mas ministros entraram mudos e saíram calados...

as produtoras nacionais


local Porto

2 | O Primeiro de Janeiro

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012 Oncologia no Porto

Recriação histórica no século XIV

“Os Piratas em Matosinhos” na sexta-feira Artesãos, piratas, comerciantes, nobres, mendigos, marinheiros, corsários e escravos e nobres vão participar nesta iniciativa. O Forte da Nossa Senhora das Neves e o centro histórico de Leça da Palmeira são o cenário escolhido para a recriação histórica “Os Piratas em Matosinhos”, que, a partir de sextafeira, remeterá os visitantes para o século XIV. Numa área de cerca de um hectare, artesãos, piratas, comerciantes, nobres, mendigos, marinheiros, corsários, alquimistas, escravos e nobres, entre

outras personagens, vão participar nesta iniciativa, em Matosinhos. “Tudo vai acontecer na zona DR envolvente à fortaleza”, afirmou o vereador da Cultura da Câmara de Matosinhos, Fernando Rocha. O autarca disse que “a ideia de fazer esta recriação nasceu de algum aprofundamento da história local”, acrescentando que a iniciativa “assenta em nomes e factos concretos”. Fernando Rocha recordou que João Gonçalves Zarco, descobridor da ilha da Madeira que “casou e viveu em Matosinhos”, de início, foi um corsário. Também João Rodrigues de Sá, alcaide-mor do Porto e donatário de Matosinhos, tinha Forte da Nossa Senhora das fundeados barcos de corso ali. Neves. Cenário escolhido para O próprio Forte de Nossa a recriação histórica Senhora das Neves, conhecido

DR

como castelo de Leça, foi construído para combater os ataques de piratas. A animação arrancará na sexta-feira, pelas 15h30, com “A caça ao tesouro – À descoberta do século XVII”, seguindo-se um Baile de Máscaras e um espetáculo de malabares de fogo e pirotecnia. Estão programadas várias dramatizações durante o fim de semana, “com tiros de canhão e tentativas de assalto”, por exemplo. Fernando Rocha referiu que esta iniciativa contará com a presença de cerca de uma centena de comerciantes/artesãos e entre 60 a 70 animadores. Através de uma inscrição prévia, os visitantes poderão conhecer gratuitamente a fortaleza, estando previstas “três visitas diurnas e uma noturna”.

Novo banco de tumores O Instituto Português de Oncologia do Porto inaugurou ontem o seu Banco de Tumores, que permitirá colher e preservar tecidos normais e tumorais para investigação biomédica, com o objetivo de alcançar novas formas de deteção, diagnóstico e tratamento do cancro. O banco do IPO/Porto pretende potenciar a colaboração nacional e internacional. Vila do Conde

“Oxalá” de Margarida Mestre

Em estreia absoluta, o Circular Festival de Artes Performativas apresenta, no sábado, pelas 21h30, a peça “Oxalá” de Margarida Mestre, no Auditório Municipal de Vila do Conde. Ofestival inclui na sua programação uma encomenda deste projeto performativo co-criado e interpretado por um grupo de 10 participantes.

Ciência

Baixa do Porto invadida por cientistas A baixa do Porto vai ser invadida na sexta-feira à noite por dezenas de investigadores da Universidade do Porto que vão trocar os laboratórios tradicionais pela praça Gomes Teixeira, abordando temas como medicina regenerativa ou cozinha molecular. O manequim que adivinha sentimentos através de um abraço e faz uma projeção multimédia em função desse sentimento, a apreciação termográfica do esforço dos músicos em palco ou uma competição de cocktails moleculares denominada “Science Chef ” são algumas das atividades que vão poder ser vistas e experienciadas pela população. A “Noite dos Investigadores” arranca às 18h00 na praça Gomes Teixeira (Praça dos Leões) e prolonga-se até à meia-noite, terminando com alguns alpinistas a escalar de forma livre a fachada da Reitoria da Universidade do Porto.

Santo António

Debater de cooperação transfronteiriça

Seminário de dispositivos médicos

Porto acolhe seminário da UE DR

O Porto recebe em 2013 um seminário do Comité das Regiões da União Europeia (UE) para debater “matérias fundamentais sobre a cooperação transfronteiriça” a partir das relações entre o Norte de Portugal e a Galiza, foi ontem anunciado. Discutir a “governação multinível” e “o envolvimento das comunidades locais e regionais na tentativa de encontrar soluções de desenvolvimento”

Seminário. José Luís Carneiro

é o objetivo do encontro, explicou o presidente da Câmara de Baião, José Luís Carneiro, autor da proposta que mereceu “o apoio esmagador” da Comissão de Coesão Territorial (COTER) do Comité das Regiões. A proposta da cidade do Porto venceu a intenção do representante da secretaria de Estado dos Transportes da Saxónia para a realização do evento na cidade alemã de Leipzig.

Trazer o seminário para a segunda cidade de Portugal é importante, “porque permite, a partir do Porto e do Norte, lançar uma discussão, que vai envolver também a Galiza” sobre as relações transfronteiriças. A reunião, a realizar “em maio ou setembro”, conta já com “o compromisso do responsável das relações exteriores da Junta da Galiza”.

A Associação Portuguesa das Empresas de Dispositivos Médicos, em conjunto com a Associação de Enfermeiros de Sala de Operações Portugueses e a Associação Nacional de Esterilização, vai promover um seminário sobre reprocessamento e reutilização dos dispositivos médicos, no dia 18 de outubro, no auditório do Hospital de Santo António, no Porto.


regiões

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 3

Garraiada cancelada

Património da UNESCO

Prótoiro critica Macário Correia

Valença reforça candidatura

A associação Prótoiro acusou, ontem, o presidente da Câmara de Faro, Macário Correia, de tentar alcançar “protagonismo” ao cancelar uma garraiada naquela cidade, numa altura em que decorre a “perda de mandato” do autarca. Em comunicado, a associação disse que Macário Correia resolveu “evidenciar-se” e “sobrepor-se à liberdade” dos munícipes, que “deixará de representar”.

A Câmara de Valença entregou ao Governo uma nova versão da candidatura da fortaleza da cidade a património mundial para garantir a sua inscrição na lista nacional de propostas a submeter à UNESCO. Segundo explicou Jorge Mendes, esta nova versão do primeiro documento, entregue em 2011, é “tecnicamente mais detalhada” e foi concluída pelos técnicos do município no mês de julho.

Para passes escolares

Tarouca quer uma “bolsa social” A Câmara de Tarouca quer criar uma “bolsa social” que permita manter o pagamento dos passes escolares dos alunos que residem a menos de quatro quilómetros da escola, de forma a contornar a Lei dos Compromissos.

Barrocas e Taias

Primária é casa mortuária A escola primária de Barroças e Taias vai reabrir domingo mas passa agora a funcionar como casa mortuária, disse a Câmara de Monção.

Sete detidos por assaltos a residências e empresas na zona de Bragança

PJ apanha responsáveis por onda de assaltos DR

Segundo as autoridades, os suspeitos são na sua maioria desempregados e beneficiários do Rendimento Social de Inserção.

A três primas menores

Nove crimes de abuso sexual

Um homem de 50 anos, acusado de nove crimes de abuso sexual de três primas menores, que à data dos factos, entre 2005 e 2008, tinham 9,11 e 12 anos, começa a ser julgado, hoje, às 09h30 no Tribunal de Benavente.

A Polícia Judiciária anunciou, ontem, a detenção de um grupo organizado de sete pessoas suspeitas de vários assaltos nos últimos meses a residências e empresas na zona de Bragança. Os detidos, seis homens e uma mulher, com idades entre os 20 e os 62 anos, são suspeitos de crimes de roubo agravado e furto qualificado e atuariam “com alguma organização, com preparação prévia dos crimes, mediante vigilância dos locais e vítimas e dotados de logística adequada”, divulgou a PJ, em comunicado. Os suspeitos são na sua maioria desempregados e beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI). Dois dos mais recentes assal-

Brangança. PJ deteve sete pessoas, seis homens e uma mulher, com idades entre os 20 e os 62 anos tos atribuídos ao grupo ocorreram em Bragança e Macedo de Cavaleiros e tiveram como alvo armazéns industriais, onde conseguiram desativar os alarmes de segurança. Os principais alvos dos alegados assaltantes seriam sobretudo residências. De acordo com a PJ, as autoridades identificaram “duas de-

zenas” de ocorrências em que os detidos terão estado envolvidos, durante o decurso deste ano, no Distrito de Bragança, provocando “grande intranquilidade e insegurança junto da população”. Os indivíduos foram detidos, na terça-feira, numa operação conduzida pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real

da PJ, em colaboração com a PSP e a GNR de Bragança. Por outro lado, a GNR anunciou a apreensão, no distrito da Guarda, de quatro máquinas industriais, supostamente furtadas em França, avaliadas em 280 mil euros, e a identificação de quatro suspeitos da prática de crimes de recetação.

Assalto em Mem Martins

Botija de gás rebenta mais caixa multibanco

Chuvas fortes regressam

Alerta para mau tempo na Madeira

O Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira emitiu, ontem, um aviso de chuvas fortes até ao final da manhã de hoje, pedindo às pessoas redobradas precauções particularmente nas zonas afetadas pelos incêndios de julho.

Três homens encapuzados assaltaram, na madrugada de ontem, uma caixa de multibanco nas bombas de gasolina da Galp em Mem Martins, em Sintra. O assalto ocorreu cerca das 04h20, quando os três homens utilizaram uma botija de gás para fazer explodir a máquina, revelou uma fonte oficial da PSP. Os três homens conseguiram fugir de carro e que a Polícia Judiciária foi imediatamente chamada ao local e está a dirigir as investigações. Já a divisão da Amadora do Comando Metropolitano da PSP anunciou que deteve em flagrante delito três homens por tráfico de estupefacientes no bairro da Cova da Moura. As detenções dos suspeitos, com idades entre os 18 e 26 anos, ocorreram após uma investigação de seis meses.

 PUB

Direcção Nacional

Convocatória

Assembleia – Geral Eleitoral Nos termos estatutários, convocam-se todos os Associados da Associação Coração Amarelo, para se reunirem em sessão ordinária da sua Assembleia - Geral, no próximo dia 26 de Outubro de 2012, pelas 16.00h, em sala cedida para o efeito no Hotel Dom Pedro Palace, sito na Avenida Eng. Duarte Pacheco 24, em Lisboa, com a seguinte Ordem de Trabalhos: 1. Aceitação das listas de candidaturas; 2. Eleição dos Corpos Sociais. Se à data fixada não se encontrarem presentes mais de metade dos Associados da Associação com direito a voto, a Assembleia funcionará meia hora depois com o quorum presente. Só os Associados em pleno uso dos seus direitos, i.e., com a quota em dia e inscritos há mais de seis meses, poderão participar e validamente votar na Assembleia, conforme previsto no Art° 34, n°1, dos Estatutos da Associação. Lisboa, 15 de Setembro de 2012 A Presidente da Mesa da Assembleia - Geral


4 | O Primeiro de Janeiro

opinião

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

PRIMEIRA VIAGEM MARÍTIMA DE CIRCUM -NAVEGAÇÃO – Parte 2 Conclusão O REGRESSO

RUI FALEIRO e FRANCISCO FALEIRO – COSMÓGRAFOS.

Com a morte de Fernão de Magalhães, teve que assumir o comando Rui Faleiro tornou-se notável na ciência náutica, dedicando-se ao estudo da expedição, o espanhol Mestre Juan Sebastian Elcano. das longitudes, e além desse cálculo, terá sido o primeiro cosmógrafo a esComo a nau Concepción, estava com um número muito reduzido de tudar o magnetismo terrestre. homens para a tripular, resolveram incendiá-la, e prosseguiram com Em fins do século XII, ainda era arriscado aos navios afastarem-se muito Henrique Cayolla* as outras naus para chegar às Molucas, onde obtiveram o seu suprida terra, sendo de boa prudência os mareantes seguirem sempre com terra mento de especiarias. A Trinidad teve que ali permanecer para reparos, à vista. Ao ladearem a costa de África, esta ficava-lhes do lado esquerdo do e a “Victoria” voltou sozinha para casa, contornando o Índico pelo sul, a fim de não navio, resultando daí o nome de bombordo, isto é, o lado do navio donde era bom avistarencontrar navios portugueses. A Trinidad, após os reparos tentou seguir uma rota se a terra. Primeiro com o astrolábio, depois com o sextante, os marinheiros passaram a pelo Pacífico até a América Central, no entanto acabou tendo de retornar às Molucas calcular as latitudes, e a internar-se mais no oceano onde seus tripulantes foram aprisionados pelos portugueses que haviam chegado. A Sócio e mestre de Fernão de Magalhães, Rui Faleiro planeou com ele a viagem que se propunau “Victoria” dobrou o Cabo da Boa Esperança em 1522, fez escala em Cabo Verde, nham fazer às ricas ilhas Molucas. Esta viagem marítima viria a resultar na primeira de circumonde alguns homens foram detidos pelos portugueses, alcançando finalmente o pornavegação, à volta da Terra. Nunca se conseguiu apurar de qual dos dois foi a iniciativa. to de S. Lúcar de Barrameda, com apenas 18 homens na tripulação. A convite de Fernão de Magalhães, os irmãos Faleiro tinham-se instalado em Sevilha Uma única nau tinha completado a circum-navegação do globo ao alcançar Sevilha pelo ano de 1517, colocando-se assim os três ao serviço do rei espanhol. Carlos I, autorizou em 6 de Setembro de 1522. Juan Sebastián Elcano, a restante tripulação da expedição no ano seguinte a viagem, convencido de que tal empresa não ia contra as cláusulas do de Magalhães, e o último navio da frota, regressaram assim decorridos três anos após Tratado de Tordesilhas. a partida. Esta situação ajuda a patentear como a ciência náutica portuguesa continuava bem à Estava completado um feito notabilíssimo, para o qual muito contribui o nosso frente, podendo dizer-se que, os progressos marítimos de Espanha, eram feitos com base navegador Fernão de Magalhães. No entanto, foi uma figura mal amada, pois muitos na técnica e ciência portuguesa. não lhe perdoaram o facto de ter servido o imperador Carlos V, que também era Rei de Rui Faleiro esteve assim com Magalhães na preparação desta grande operação, o que lhe Espanha, depois de ter sido dispensado pelo rei D.Manuel. A culpa não foi pois dele, valeu, inclusivamente, a prisão num Portugal que não perdoava a quem fosse ao estrangeimas de quem não acreditou nele. É até de enaltecer que tenha conseguido montar uma ro transmitir ou promover conhecimentos náuticos. expedição daquela envergadura num país que não era o seu. Ele representou um grupo Enquanto Magalhães era navegador e soldado, com vários anos de trabalhos, Rui Faleide portugueses que projectaram o seu saber para fora das fronteiras, e nunca deixou ro era um grande nome na cosmografia, astrologia, e outras ciências humanas, que vivia de ser português. Foi graças a ele que Portugal esteve no início da globalização. na Serra da Estrela, Covilhã, e nunca viajara nem possuía dotes militares nem de audácia Cronologia das principais datas. (OBS: FM-Fernão Magalhães) de aventureiro. • 1505 - FM partiu para a Índia na armaAinda em 1518, o rei espanhol elevou-os a da de D. Francisco de Almeida. Comendadores da Ordem de Santiago. • 1511 - Participou, sob o comando de Sobre a viagem, enquanto as tarefas de Afonso de Albuquerque, na conquista de Magalhães respeitavam à armação da frota, Malaca. o recrutamento da tripulação e a provisão de • 1513 - Regressou a Lisboa. armas, equipamentos e víveres, as de Faleiro • 1514 - Foi ferido em combate, em dirigiam-se à organização das cartas geográficas e trabalhos de carácter científico. Azamor (Marrocos); novamente em LisNa armada não seguiu Rui Faleiro, o mais boa, D. Manuel recusou-lhe o aumento na certo por se encontrar doente, ou devido ao tença. seu génio irascível, que mais tarde o levaria à • 1517 - Dirigiu-se a Sevilha para apreloucura. Ao regressar à pátria foi preso, pelo sentar a Carlos V o seu plano de alcançar facto de ao tempo, as leis portuguesas serem as “Ilhas das Especiarias” pelo Ocidente. severas para com aqueles que abandonassem Este acto viria a criar-lhe problemas com o nosso rei D.Manuel I, que o interpretou o País, levando segredos ou irem colaborar no negativamente em relação à sua fidelidade estrangeiro em expedições marítimas. Fosse à pátria. por que fosse, Rui Faleiro acabou por ser sol• 1519 - Iniciou a que foi a primeira viato a pedido do rei espanhol, voltando de novo gem de circum-navegação; alcançou a baía para Sevilha. Pouco tempo depois enlouqueda Guanabara. ceu, tendo ficado a receber, por mercê do rei • 1520 - Alcançou a foz do Rio da Prata; espanhol, uma tença, e ao cuidado de seu irfez invernada na baía de S. Julião; dominou mão Francisco. Este, em 1525, publicou em um motim; atravessou o Estreito e alcançou Sevilha o “Tratado de la Esfera y de la Arte o Oceano Pacífico. de Marear”, no qual expôs os conhecimentos • 1521 - Descobriu a Ilha dos Ladrões; do seu irmão. descobriu o arquipélago das Filipinas, penRuy Faleiro terá morrido em 1544, deixansando que se tratava das Molucas e aí, FM do o seu nome ligado à ciência náutica, que foi morto em combate. permitiu as viagens de longo curso. • 1522: Juan Sebastián Elcano, Mestre, Com a intervenção de portugueses, tinhaque tinha assumido o comando da expedise assim sido escrita, com sangue, suor, e lágrição, concluiu a primeira viagem de circummas, mais uma grande página da epopeia da navegação. nossa Pátria, Nação Valente e Imortal. • 1525: Apenas 4 homens, dos 55 da tripulação original do Trinidad, regressaram *Criador da petição Metro finalmente a Espanha. para a Trofa


Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

opinião

O Primeiro de Janeiro | 5

DESMEMBRAMENTO DISCIPLINAR No meu tempo de escola, fui aluno de EV (Educação Visual), mas havia quem tivesse ET (Educação Tecnológica); os meus irmãos, por sua vez, tiveram EVT (Educação Visual e Tecnológica). Agora parece que voltámos a ter EV e ET em separado. É uma forma, entre tantas outras, de garantir colocação a todos os professores (todos, quanto possível), tal como prometeu o ministro Nuno Crato. Qual é o problema? O problema é que estas “novas” disciplinas não têm programa. Ou melhor, têm meio programa. E o que é que o ministro da Educação e Ciência diz sobre isto? Diz o seguinte: “Tal como anteriormente os professores farão a separação de conteúdos e de actividades de EV e de ET a partir das orientações curriculares publicadas”. Ou seja, é uma questão de fazer as coisas com calma. Não sei se esta separação disciplinar se aplicará noutras disciplinas. Talvez venhamos a ter Física e Química separadas (no meu tempo eram juntas, agora não sei), assim como Educação Moral e Educação Religiosa (também separadas), o que ainda não sei se é boa ideia ou não. No caso de EVT, perdão, de EV e de ET, aplaudo a iniciativa com entusiasmo. É verdade que isto vai aumentar a carga horária dos alunos, mas não olhemos só para o lado mau (mau para eles, não para os professores e muito menos para os pais que conseguem mais algum tempo de sossego), pensemos em todos os aspectos positivos que isto proporciona. Em primeiro lugar, o professor terá muito mais tempo para explicar a matéria – cerca do dobro do tempo –, ou seja, as possibilidades de bom aproveitamento aumentam sem que haja necessidade de trabalhar os números. Quando tiverem de desenhar uma árvore ou construir um motor, os alunos terão tempo para desenhar uma árvore perfeita, tão perfeita que até dará frutos quando terminada, e de construir o motor mais potente e eficaz de sempre. O sempiterno dilema do moto-contínuo deixará de existir. Acima de tudo, estou a pensar no descanso que isto também significará para os alunos. Sim, terão mais tempo de aulas, como já se percebeu, mas terão também mais tempo para pensar nas coisas, para reflectir sobre significantes e significados. O mesmo acontecerá com os professores. Terão mais tempo para explicar a matéria e mais tempo para se desesperarem com aqueles alunos que continuarem a não conseguir achar o raio da circunferência. O FIM DA COMIDA DE PLÁSTICO Toda a gente sabe— Pronto, “toda a gente” é capaz de ser exagero. Alguma gente, vá. Quer dizer, se calhar “alguma” também é capaz de ser demais. Já sei!

É possível que haja quem saiba que eu não sou a pessoa com os hábitos alimentares mais saudáveis. Devia ser, mas o que faz bem é tão caro que é incomportável; além disso, não enche da mesma maneira. Ainda assim, foi com grande alívio que soube da notícia de que a Disney vai acabar com os anúncios à comida de plástico. Trata-se de um primeiro passo, importante sem dúvida, que só surtirá efeito se for continuado. Acabar com a promoção desse tipo de produtos é crucial – diria até que só peca por tardio – para combater esses malefícios alimentares. Todavia, será uma iniciativa condenada à partida se não for levada até ao fim. Felizmente para a minha saúde, infelizmente para a minha gula, eu não posso comer comida de plástico porque já não possuo dentição. Anos de infância sem vigilância, a comer cubos de Lego como se fossem caldos de carne ou pinypons como se fossem croquetes deram-me cabo dos dentes. De vez em quando vou a uma loja de brinquedos, compro um boneco (digo que é para a sobrinha), ponho na misturadora com um pouco de água e meio quilo de açúcar mascavado e bebo. Só que não sabe ao mesmo. Enfim, os excessos da juventude são pagos na idade adulta, como se costuma dizer. Para mim, já não há volta a dar; para outros pode bem ser a última oportunidade antes que seja tarde demais. O NOVO FIZZ Acho revoltante quando o desrespeito pelas instituições mais sagradas da vida e da cultura portuguesas é tão evidente que deixa de ser desrespeito e passa a ser quase norma. Acho também revoltante ter começado este artigo com uma frase tão longa e tão sem graça e por esse facto vou admoestar-me. Vou também admoestar-me pela segunda frase; se calhar com menos força devido à inclusão do verbo admoestar. Bom, se calhar o melhor é parar com isto e ir directo ao cerne do assunto em questão antes que fique todo negro. E também antes que o objecto do assunto desapareça. Palpita-me que não há de tardar muito para que isso aconteça. Caros leitores (os mais distraídos, os outros já terão percebido sobre que objecto trata este artigo), o tema que vos trago hoje é o novo Fizz. Italizo o adjectivo novo porque, ainda que o Fizz que se vende nos dias de hoje possa ser o mesmo Fizz que comíamos em crianças, a verdade é que não é. O Fizz que comíamos em crianças, além de vir em escudos, tinha mais do que 65 kcal e continha (mesmo que não o apregoasse) corantes e aromas artificiais. E daí talvez não. De qualquer modo, não dizendo se tinha ou não, cada um podia sonhar à sua vontade: os pais julgando que aquilo levava limão genuíno, nós acreditando que sorver aquilo era tão saudável como fazer uma hemodiálise com Tang. O Fizz de hoje, seguindo aquela política deprimente de que os gelados queremse sem substâncias artificiais é uma coisa sem graça. Gustativamente, parece saber ao mesmo, embora isso possa ser só impressão minha. Longe vão os tempos em que comi o meu último Fizz dos antigos, por isso só posso estabelecer comparações com base em memórias que o tempo se encarregou de dissipar. Posso, no entanto, afirmar, que mesmo que a receita se mantenha exactamente igual, o novo não toca nos calcanhares do antigo. Não digo isto por conservadorismo; sou apenas alguém que acredita que quando algo começa a tentar entrar em campos que o descaracteriza, perde a sua essência, a sua razão de ser. O Fizz e outros gelados não existem como complementos ou substitutos de fruta e sim como escapes a isso. Sim, são mais saudáveis que certas substâncias, e ainda bem, mas por favor não os tornem saudáveis demais. Um pouco de químicos nunca fez mal a ninguém. Joel G. Gomes Escritor, Guionista e Cronista


6 | O Primeiro de Janeiro

nacional

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

Rui Rio que manter “Porto Social”

Onda de críticas com fim de fundações Poucos aceitam o fim de várias fundações. Há quem anuncie que não vai acatar as ordens para fechar, como é o caso de Rui Rio. Após a decisão anunciada pelo Governo, rapidamente choveram críticas à intenção de fechar fundações e cortar apoios financeiros a muitas outras. Depois da reação do presidente do Inatel, que diz não compreender esta atitude “cega de cortar a direito”, agora muitos outros responsáveis, inclusive alguns autarcas do PSD, dizem à boca cheia que não vão cumprir as ordens para encerrar e vão contestar a decisão, recorrendo aos tribunais se for caso disso. O presidente da Câmara do Porto revelou a intenção de manter a Fundação “Porto Social”, cuja extinção foi recomendada pelo Governo, com o objetivo de evitar o “aumento da despesa pública”. “O gabinete jurídico da Câmara está a estudar a lei para defender o interesse público e evitar o aumento da despesa pública, mantendo a fundação Porto Social”, afirmou o autarca. Para Rui Rio, a recomendação do Governo para extinguir a Fundação para o Desenvolvimento Social do Porto (FDSP) vai traduzir-se, “inevitavelmente, numa grave perda para a cidade e num previsível agravamento dos custos camarários”. Alertando que o município “não tem, no momento, condições de assegurar” as atividades da fundação “no domínio da ação social”, o edil prometeu apresentar brevemente ao executivo uma proposta para manter a FDSP, apesar das condicionantes legais. O presidente da Fundação para a Proteção e Gestão Ambiental das Salinas do Samouco disse que ficou surpreendido com a extinção anunciada pelo Governo, afirmando que vai contestar a decisão no prazo previsto de dez dias. “Ficámos surpresos com a decisão, pois não estávamos à espera. Agora temos 10 dias para argumentar e é isso que vamos

fazer. Estamos notificados, mas existem afirmações que não concordamos e informaDRções que não receberam por não ser possível colocar no questionário e vamos ver se corrigem a posição”, disse Firmino Sá. Segundo o presidente, a fundação esteve desativada até 2009, mas tem vindo a desenvolver um trabalho importante nos últimos anos. “Temos um projeto de hortas solidárias, onde damos apoio a 60 hortelões, alguns deles que pertencem a famílias carenciadas. Temos também a única marinha a produzir sal no estuário, algo que aconteceu este ano pela primeira vez, apoio aos burros mirandeses, uma bióloga em formação e organizamos várias visitas ao local”, defendeu. O Presidente da Câmara da Mealhada diz ser “uma vergonha” o anuncio governamental de cessação total de apoios à Fundação Mata do Bussaco (FMB), frisando que o Governo “nunca” atribuiu verbas àquela entidade. “Este anúncio é uma vergonha. O Governo não deu verba nenhuma à Fundação Mata do Bussaco, retiram aquilo que nunca deram”, referiu Carlos Cabral. O autarca lembrou que a Mata Nacional do Bussaco “é monumento nacional” e a “joia da coroa” do município e que o Estado “para além de não dar nada, ainda está a poupar milhares de euros” com as actividades de gestão, animação, conservação e proRui Rio. O gabinete jurídico está a estudar a lei para defender moção do espaço desenvolvio interesse público, mantendo a fundação Porto Social das pela FMB. A Câmara de Vila Nova de Cerveira também recusou a Fundações é precisamente o contrário. proposta de encerramento da Houve um rato, leia-se um fundação que gere a bienal de PSD diz que PS Largo do Rato [onde fica a arte da vila, garantindo que a ‘pariu’ montanhas sede do PS], que foi parindo próxima edição do evento será várias montanhas, que acurealizada “conforme o prode despesa O líder parlamentar do PSD muladas dão vários milhões gramado”. acusou ontem o PS de ter de euros”, afirmou Luís A reitoria da Universidaparido “montanhas” de Montenegro, numa referência de de Coimbra “não se prodespesa e sublinhou que a a declarações do líder da bannuncia, para já”, sobre a repoupança de 150 milhões de cada do PS, Carlos Zorrinho. comendação do governo no euros com o financiamento O presidente da bancada sentido de a instituição extinde fundações significa que social-democrata assinalou guir as fundações Cultural da reduz em 55 por cento essas que, “de 2008 a 2010, o EsUniversidade de Coimbra e despesas. tado gastou 820 milhões de Museu da Ciência. Idêntica “Eu bem sei que houve aleuros com o funcionamené a posição da Câmara Muguém que disse que a monto das fundações, gastou nicipal de Coimbra, parceira tanha pariu um rato, mas qualquer coisa como 275 da UC, na Fundação Museu quero dizer que a situação milhões de euros por ano”. da Ciência (FMC).

Requerimento dirigido ao primeiro-ministro

PS quer estudos O líder parlamentar do PS, Carlos Zorrinho, encabeça um grupo de deputados socialistas subscritor de um requerimento dirigido ao primeiro-ministro, pedindo a divulgação dos estudos que fundamentaram a proposta do Governo sobre “extinção” de fundações. O requerimento dirigido a Pedro Passos Coelho é assinado pelos vice-presidentes da bancada socialista Inês de Medeiros, António Braga, Mota Andrade, José Junqueiro, Odete João, Basílio Horta e Sónia Fertuzinhos e pela deputada Isabel Santos. “Perante o resultado anunciado, o PS entende que o Governo tem o dever e a obrigação de explicar ao povo português e ao Parlamento o motivo pelo qual uma medida tão importante no processo de ajustamento orçamental em curso se traduziu na extinção de quatro fundações, na recomendação do encerramento de 13 entidades ligadas a instituições de ensino superior e 21 outras cuja ´competência decisória’ se encontra cometida às autarquias”, refere o requerimento do PS. Para a bancada do PS, na questão das fundações, importa “determinar se o Governo sobrevalorizou a questão e não existiam assim tantas ´gorduras’ ou o Governo não foi rigoroso na sua análise e nas opções que tomou”.


economia

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

O Primeiro de Janeiro | 7

ADDICT alerta para problemas da privatização da RTP

Produtoras em risco Segundo a ADDICT, privatização da RTP pode levar à insolvência de produtoras nacionais e deixar sem emprego duas mil pessoas.

Em linha com a Europa

Bolsa de Lisboa com queda acentuada

O PSI 20, o principal índice da bolsa portuguesa, fechou, ontem, a desvalorizar 2,25 por cento, para os 5.213,57 pontos, com os mercados a recearem a tensão social e financeira que se verifica em Espanha. Das 20 cotadas do índice, apenas a Jerónimo Martins fechou o dia no verde, com um avanço de 0,82 por cento para os 12,95 euros por título. A EDP e a EDP Renováveis tiveram também quedas decisivas. A agitação social em Espanha, bem como as incertezas em torno de um eventual resgate total à economia do país, contribuíram para a queda das bolsas europeias. As principais praças no «velho continente» desvalorizavam embora a diferentes níveis, entre os 1,56 de Londres e os 3,92 por cento de Madrid.

A ADDICT (Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas) alertou, ontem, para o facto de a privatização da RTP pode levar à insolvência de produtoras nacionais. Se a RTP for realmente privatizada, grande parte das 200 empresas que operam no sector pode falir e cerca de dois mil profissionais da área correm o risco de perder o emprego. A ADDICT pretende, assim, redireccionar o debate público da esfera da recepção para a produção. A Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas recordou, me comunicado, que “a RTP assumiu, em especial, nos últimos vinte anos um papel dinamizador neste sector

Privatização. Segundo a ADDICT, alterações na RTP pode deixar sem emprego duas mil pessoas e insolver produtoras nacionais

económico”. A sua privatização, reforçou a ADDICT, pode conduzir ao desaparecimento ou à redução significativa do número de produções independentes, que é já diminuto. Além disso, o canal público de televisão pode ser um importante pólo de descentralização, através dos centros de produção regionais, à semelhança do que acontece na BBC. Por exemplo, no Norte de Portugal, existem muitos profissionais qualificados que podem ser uma mais valia para o mercado audiovisual, defende a associação. Recorde-se que o sector audiovisual tem sofrido, nos últimos anos, uma contracção devido à existência dos dois canais privados de televisão em sinal aberto, que pouco contratam o trabalho de produtoras externas. Para a ADDICT, “a implementação da TDT também não ajudou o sector, uma vez que só contempla quatro canais, não permitindo o impulso da indústria de conteúdos.”

Setor da construção em agonia

«Números negros»

ERSE pode ficar com poderes policiais

Após mais de uma década de crise setorial, o setor por tuguês da constr ução sof reu nos últimos dois anos um for te agravamento da situação devido à deterioração da conjuntura económica, batendo recordes de quebras de produção, encerramentos e desemprego. S egundo a Federação Portuguesa da Indústria da C onstr ução e Obras Públi-

cas (FEPICOP), entre 2010 e 2012 o número de insolvências no setor duplicou, afetando 1.440 novas empresas, enquanto o desemprego atingiu mais 110 mil trabalhadores. Para este ano, a C onfederação Portuguesa da C onstrução e do Imobiliário (CPCI) projeta o encerramento de mais de 13 mil empresas e a perda de 140 mil postos de traba-

Introdução de fosfatos no bacalhau

Noruega quer acordo com indústria nacional

O regulador da energia vai ter poderes policiais e de efetuar buscas domiciliárias se, amanhã, os deputados aprovarem na Assembleia da República o novo regime sancionatório, um passo essencial para o mercado livre do gás e da eletricidade. A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), à semelhança da Autoridade da Concorrência, poderá assim estar preparada em termos de lei para responder às relações entre as empresas e os consumidores de gás e de eletricidade quando entrar em vigor a liberalização do setor a 1 de janeiro de 2013. A Proposta de Lei do Governo, a ser debatida hoje em plenário, indica que a ERSE terá poderes de inquérito e inspeção junto dos intervenientes do mercado de energia e que, em casos mais graves, vai poder selar “os locais das instalações das entidades reguladas ou outras pessoas coletivas em que se encontre documentação, como os respetivos suportes”.

A Noruega quer ultrapassar as dúvidas em torno da introdução de fosfatos no bacalhau e chegar a um acordo com a indústria portuguesa antes do Natal, altura em que mais se vende este produto. O embaixador norueguês em Portugal, Ove Thorsheim, revelou que está agendado para os próximo dias um encontro com a Associação dos Industriais do Bacalhau no qual pretende apresentar propostas para tranquilizar a indústria. “Queremos trabalhar com a indústria para saber que tipo de certificação pode ser desenvolvida”, afirmou, reafirmando que a alteração que está a ser discutida a nível europeu não afeta o mercado português.

lho, a um ritmo diário de desaparecimento de 29 empresas e de 436 empregos. De acordo com os dados do IEFP, ao longo do primeiro semestre do ano estavam inscritos nos centros de emprego, em termos médios mensais, cerca de 94.600 desempregados oriundos deste setor, mais 29,5 por cento do que no mesmo período de 2011.


8 | O Primeiro de Janeiro

sociedade

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

Agentes da GNR contestam valores dos remunerados

Aumentos “indignos” A Associação dos Profissionais da Guarda contesta, ainda. a falsa ideia de que “os polícias eram os únicos a ser aumentados”. A Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) considerou, ontem, “insignificantes” e “indignos” os aumentos dos novos valores dos serviços remunerados prestados pelos elementos das forças de segurança, adiantando que são “apenas de alguns cêntimos”. A APG/GNR lamenta que nenhuma das propostas apresentada ao Ministério da Administração Interna (MAI) tenha sido acolhida, além de criticar que os serviços remunerados continuem com caráter obrigatório para os militares da GNR, ao contrário dos agentes da PSP. “Este tipo de serviços, por vezes extraordinariamente penosos, são feitos fora do

horário normal de serviço e frequentemente pagos com largos meses de atraso”, refere a associação, em comunicado, sublinhando que os aumentos “não têm significado, sendo alguns na ordem dos cêntimos”. A APG contesta a falsa ideia de que “os polícias eram os únicos a ser aumentados” e o desconto que é feita às entidades desportivas. De acordo com o diploma, o aumento dos serviços remunerados é mais significativo nas categorias de agente da PSP e guarda da GNR, que, pelo período de quatro horas e nos dias úteis das 08h00 às 20h00, vão ser aumentados em cerca de 25 por cento, passando dos atuais 28,68 euros para 36 euros. Para os oficiais, que vão passar a receber 42 euros, o aumento é de cerca de 16 por cento e para os sargentos e chefes, a subida dos gratificados é de aproximadamente 15 por cento, situando o valor de quatro horas nos 38 euros.

Serviços remunerados. APG/GNR lamenta que nenhuma das propostas apresentadas tenha sido acolhida pelo MAI

Estudo da Deco Proteste

Jumbo na liderança O estudo da Deco Proteste assegura que o Jumbo ganha à concorrência ao praticar os preços mais baixos do mercado, com a cadeia a colocar três lojas nos primeiros lugares. Um consumidor que viva na Amadora pode poupar 435 euros por ano se escolher entre o Jumbo do Dolce Vira Tejo e o supermecado Seleção. É a poupança

máxima no estudo dar revista da associação de consumidores, que aconselha os portugueses a procurar, procurar os produtos de menor custo. Aquela loja “arrasa os Mosqueteiros e o C ontinente que brilharam no estudo anterior”, refere o estudo da Proteste, a que o DN online teve acesso e que será publicado na edição de outubro.

Seguem-se-lhe os Jumbo de Vila Nova de Gaia e Jumbo do Rio Tinto, sobretudo nas mercearias e drogarias. A comparação entre cadeias coloca na segunda posição o Continente, o Continente Modelo, o Pão de Açúcar e o Pingo Doce, relegando para terceiro lugar o Continente B om Dia. A Deco aconselha os consumidores a compararem preços.

Obras de renovação dos próprios reclusos

Caxias vai duplicar capacidade de lotação O Estabelecimento Prisional de Caxias vai quase duplicar a sua capacidade de lotação, depois de concluídas as obras de renovação das instalações, em 2014, um trabalho desenvolvido pelos próprios reclusos que terão condições mais dignas de alojamento. A primeira fase de obras, que arrancou há um ano, foi inaugurada ontem e pertence a um plano que contempla três fases. A etapa seguinte será a de requalificar o 3.º piso esquerdo - deverá estar concluída em setembro de 2013, restando os outros pisos. Com 369 reclusos, mas apenas com 270 lugares, alguns pisos do estabelecimento estavam fechados por falta de condições.

Estudo europeu ensina

Insistir para as crianças comerem vegetais Se um bebé entre os quatro e sete meses de vida provar dez vezes uma sopa de brócolos, em dias diferentes, tem mais probabilidade de vir a gostar desse legume em idade préescolar, conclui um estudo europeu. “Muitas vezes, os pais desistem à primeira, porque a criança faz caretas feias, muitas vezes alguns [pais] até podem testar uma segunda vez, mas se à segunda vez a criança desiste, eles também não vão insistir mais naquele alimento”, lamenta Carla Lopes, a responsável em Portugal pelo «Aprender a gostar de vegetais». O estudo indica que quando os vegetais têm um sabor mais amargo, se as crianças forem expostas repetidamente “comem tanto esse alimento como outro qualquer”, defende Carla Lopes.

Fuzileiros demarcam-se de protestos em Belém

A Associação de Fuzileiros demarcou-se, ontem, de qualquer apoio ou participação na manifestação da passada sextafeira frente ao Palácio de Belém, na qual foram identificados cinco homens fardados com antigos uniformes do Corpo de Fuzileiros. Na sequência dessa manifestação frente à residência oficial do Presidente da República, enquando estava reunido o Conselho de Estado, a Marinha Portuguesa veio esclarecer, em comunicado, que desconhece que militares do ramo no ativo tenham participado na manifestação junto a Belém, mas informou que está a proceder a “averiguações internas”. Ontem, a AFZ emitiu um comunicado para afirmar que “não se vincula a qualquer tipo de manifestação de rua, considerando absolutamente abusivos todos e quaisquer apelos para tal que utilizem a denominação FUZILEIROS e/ou simbologias que se possam confundir com aquelas que esta Associação tem o direito de ostentar”.


Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

internacional

O Primeiro de Janeiro | 9

Povo contra novo pacote de austeridade que já foi concluído pelo governo

Confrontos em nova greve geral na Grécia Contestação violenta na rua, no dia em que ministério das Finanças “concluiu” o novo pacote de medidas exigidas pela troika.

Barack Obama destaca-se em estados chave

Vantagem essencial O presidente dos EUA, Barack Obama, aumentou a vantagem, para 10 pontos percentuais, sobre o candidato republicano, Mitt Romney, nos estados-chave de Ohio e Flórida, segundo uma sondagem publicada, ontem, pelo jornal The New York Times. Realizada pelo instituto de pesquisas de opinião da Universidade Quinnipiac entre 18 e 24 de Setembro, a pesquisa divulgada pelo The New York Times apresenta uma margem de erro de três pontos percentuais. Nenhum candidato presidencial republicano conseguiu vencer as eleições nacionais sem ter ganho no Ohio e, segundo a última pesquisa, Obama aparece com uma vantagem de 10 pontos percentuais sobre Romney neste estado. Nas pesquisas eleitorais realizadas no final de Julho e no final de Agosto, a diferença entre os candidatos era de apenas seis pontos, 50% para Obama e 44% para o republicano Romney. Na Flórida, onde a sondagem ouviu 1.196 pessoas, Obama possui 53% dos votos, enquanto Romney possui 44%. O Instituto Gallup, uma referência em pesquisas eleitorais, indicou, ontem também, que Obama continua com 48% dos votos, sem mudanças em relação à última semana, enquanto Romney perdeu um ponto e se encontra com 45%.

A Grécia cumpriu, ontem, uma greve geral contra novas medidas de austeridade - a terceira convocada em 2012, mas a primeira no mandato do actual governo de coligação -, apesar dos avisos dos credores internacionais sobre o agravamento da situação financeira no país. Funcionários públicos, professores, advogados e muitos outros profissionais parecem mobilizados contra os planeados novos cortes nos salários e pensões, numa economia que atravessa o quinto ano consecutivo de recessão e quase dois anos e meio depois do início das políticas de austeridade impostas pela «troika». “SOS-salvem o país, mas sobretudo o seu povo” foi o lema do protesto, impresso em centenas de cartazes sindicais espalhados por Atenas. Ao final da tarde, cerca de 50 pessoas tinham sido detidas em Atenas, durante os distúrbios registados no final da marcha de protesto contra as novas medidas de austeridade. Na altura, um portavoz da polícia grega, citado pela agência noticiosa Efe, anunciou que existiam “50 detidos, mas o número” ainda não era definitivo porque as operações prosseguiam. “Não temos registo de feridos», acrescentou o responsável. Os confrontos ocorreram na praça Syntagma, frente ao Parlamento, quando um grupo de jovens lançou diversos objetos, incluindo cocktails molotov, em direção às forças de intervenção, que utilizou gás lacrimogéneo para dispersar a manifestação. Os distúrbios alastraram a outras zonas da capital, com perseguições e confrontos entre a polícia e manifestantes. Samaras fecha novo pacote

Já depois das manifestações, soube-se que o ministério das Finanças grego “concluiu” o novo pacote de medidas económicas exigidas pela troika de credores internacionais e vai

DR

submeter o documento, hoje, aos parceiros da coligação governamental, indiciou. As novas medidas, que preveem uma redução de 11,5 mil milhões de euros no orçamento de Estado para 2013 e 2014, foi “concluída” durante uma reunião na noite de terça-feira, que não foi anunciada, entre o ministro das Finanças Iannis Stournaras e o primeiro-ministro Antonis Samaras, precisou a mesma fonte citada pela agência noticiosa AFP. No caso de aprovação pelos chefes dos partidos- o Pasok e a Dimar manifestaram nas últimas semanas sérias reservas face ao novo plano de austeridade, apesar de possuírem reduzida margem de manobra-, o plano será de seguida submetido à troika para um acordo final, antes do seu envio na próxima semana para o Parlamento. De acordo com o ministério, os representantes da troika são “em princípio” esperados em Atenas no domingo para retomar as negociações com os responsáveis gregos, confrontados com uma crescente vaga de contestação social expressa na greve geral de 24 horas de ontem. Madrid de novo na rua

Grécia. Confrontos na terceira greve geral de 2012 culminaram com a detenção de, pelo menos, 50 pessoas em Atenas

“É muito mau”

França ultrapassa três milhões de desempregados

A barreira simbólica de três milhões de desempregados foi superada em Agosto em França, confirmou, ontem, o ministro do Trabalho, Michel Sapin. “Sim, é mau, é muito mau, ao ritmo que já havia sido registado antes do Verão. Acredito que o número, simbólico mas forte, de três milhões de desempregados em França seja superado”, declarou o

ministro ao canal France 2. Caso sejam considerados no número de desempregados os trabalhadores que exerceram actividade reduzida, às vezes de apenas poucas horas por mês, o resultado alcança 4,45 milhões de desempregados. Segundo Sapin, os três milhões de desempregados sem nenhuma actividade são o “resultado de uma política” que o governo socialista encontrou ao chegar ao poder, em Maio, e “uma das razões pelas quais os franceses desejaram mudar de presidente”.

Em Espanha, depois de na noite de terça feira graves confrontos terem levado a mais de 60 feridos e 35 detidos, as autoridades espanholas fecharam, pouco antes das 19h00 (18h00 em Lisboa) o acesso ao Congresso de Deputados pela Praça de Neptuno, onde se concentrava uma nova manifestação. “Não nos representam” e “estas são as nossas armas”, com os braços no ar e as palmas abertas, foram as palavras mais ouvidas no início da concentração, convocada depois dos confrontos de terça-feira à noite, no mesmo local. Muitos manifestantes optaram por sentar-se no chão, de costas para o Congresso, numa altura em que estavam algumas centenas de pessoas já concentradas no local. Do outro lado da mesma estrada, no acesso da Puerta del Sol até ao Congresso, o acesso também foi cortado, quando ainda se vivia um clima de aparente tranquilidade e sem indício de novos confrontos.


futebol

10 | O Norte Desportivo

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

SPORTING

ACADÉMICA

PAÇOS DE FERREIRA-BENFICA

Carrilo e Rubio nas seleções

Makelele pode falhar Marítimo

Marco Ferreira é o árbitro nomeado

Os avançados «leoninos» foram convocados pelos selecionadores do Peru e Chile, respetivamente, para os próximos compromissos. Carrillo está nos eleitos para defrontar Bolívia e Paraguai, da fase de qualificação para o Mundial 2014, a 12 e 16 de Outubro, enquanto Diego Rubio foi chamado para os amigáveis da seleção sub-20 ante a Colômbia, México e Argentina, a 9, 11 e 13 de outubro.

O médio brasileiro foi a ausência mais notada no regresso ao trabalho dos «estudantes», após o empate com o Benfica. Makelele está a contas com um estiramento na coxa esquerda e está em dúvida para a partida de domingo, na Madeira. Halliche, João Real, Marcos Paulo e Saleiro também estão entregues ao departamento médico e são cartas fora do baralho de Pedro Emanuel.

O madeirense foi o escolhido para dirigir a visita do Benfica ao terreno do Paços de Ferreira, agendada para amanhã. De acordo com um comunicado do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, o «clássico» do Minho entre o Vitória de Guimarães e o Sporting de Braga, também na sextafeira à noite, será dirigido pelo árbitro Paulo Baptista, de Portalegre.

PAÇOS DE FERREIRA

«Encarnados» preocupam Barcelona

Daniel Alves espera muitas dificuldades na Luz DR

O lateral brasileiro elogiou a equipa de Jorge Jesus, mas reconhece que a ausência de Luisão pode ajudar os catalães. Daniel Alves defende que só um Barcelona ao melhor nível pode aspirar a conquistar os três pontos no Estádio da Luz, palco do encontro com o Benfica a contar para a segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Em declarações prestadas à Rádio Renascença, o lateral «blaugrana» enalteceu a qualidade da equipa benfiquista, apesar de reconhecer a importância que Javi Garcia e Witsel tinham na equipa. “Eram jogadores importantes, mas um clube grande como o Benfica poderá não DEFOUR AMBICIOSO

“Sonho marcar na final da «Champions»” Apesar de estar a cumprir apenas a sua segunda época de dragão ao peito, o internacional belga já conquistou um campeonato e duas supertaças, virando agora agulhas para a Liga dos Campeões. O sonho de Defour não passa só por ganhar a competição de clubes mais importante do Mundo, mas também fazer o golo decisivo… no último minuto. “Tenho o sonho de marcar o golo da vitória do FC Porto no último minuto da final da «Champions»”, revelou o ex-jogador do Standard de Liége, em entrevista à RTP.

Barcelona atento. Daniel Alves assume que a ausência do compatriota Luisão é uma vantagem para a equipa espanhola

sentir a falta deles. O Benfica tem o Bruno César, um grande jogador que está a fazer uma boa campanha aí, o Pablo Aimar, que também conhecemos, e o Nolito, que foi meu companheiro no Barcelona. É preciso respeitar muito a equipa do Benfica. Vai ser um jogo bastante difícil, para o qual o Barcelona tem de se preparar muito bem”, referiu Daniel Alves. Quem também está fora do embate da próxima terça-feira é o compatriota Luisão, ausência que o Barcelona vai tentar aproveitar. “O Luisão é um grande jogador e é uma perda muito importante para o Benfica. É o capitão de equipa há muito tempo e isso diz muito dele. É um jogador respeitado e o Barcelona vai tentar aproveitar a sua ausência”, finalizou o internacional brasileiro.

Hurtado em dúvida para o Benfica O internacional peruano falhou o treino de ontem do Paços de Ferreira, devido a uma entorse no tornozelo direito, e está em dúvida para a receção de amanhã aos «encarnados». Hurtado lesionou-se sozinho na sessão de trabalho de terçafeira, num lance em que colocou mal o pé direito na relva, e ontem efetuou um exame para se perceber a extensão da lesão. A confirmar-se a ausência do extremo peruano no encontro com o Benfica, o técnico pacense, Paulo Fonseca, será obrigado a mudar todo o corredor esquerdo da equipa, já que Antunes é ausência confirmada, por ter sido expulso frente ao Nacional.

LIMA

Helton, Alex Sandro, Castro e Mangala

ADoP realizou testes a quatro jogadores do FC Porto A Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) marcou presença no treino de ontem do FC Porto, que decorreu no Olival, tendo realizado testes de despistagem aos jogadores Helton, Alex Sandro, Castro e Mangala. A presença da brigada da ADoP acabou por constituir a principal nota da sessão de preparação dos «dragões», inserida na preparação do encontro de sábado com o Rio Ave, em Vila do Conde, relativo à 5.ª jornada da I Liga de futebol, já que Fernando continua a trabalhar com limitações. “Fernando esteve in-

Helton analisado. ADoP foi surpresa no treino

tegrado no treino de forma condicionada e deve estar perto de abandonar a vigilância médica”, lê-se na informação publicada no «site» oficial do clube, acrescentando que o defesa Emídio Rafael, em tratamento, foi o único a ficar de fora da sessão de trabalho realizada no Olival. O plantel às ordens de Vítor Pereira tem nova sessão de treino prevista para as 10h30 de hoje, novamente no Olival e à porta fechada, seguindose a conferência de imprensa do treinador de antevisão do jogo com o Rio Ave.

“Golo deu-me mais confiança”

O avançado brasileiro que se estreou a marcar com a camisola do Benfica, em Coimbra, está moralizado para continuar a ajudar a nova equipa, apesar de assumir que ainda não está totalmente adaptado à realidade benfiquista. “O golo dá-me confiança, mas faz parte do meu trabalho. Infelizmente não vencemos. Ainda não estou completamente adaptado, mas conto com a ajuda de todos para o conseguir rapidamente”, referiu o ex-jogador do Sporting de Braga, que também lamentou a arbitragem de Carlos Xistra: “Sinto alguma tristeza porque o nosso trabalho semanal foi prejudicado”, comentou Lima.


futebol

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

O Norte Desportivo | 11

Rui Vitória garante Vitória de Guimarães preparado para o dérbi

“Queremos oferecer a vitória aos adeptos” DR

Hulk

“Não tenho problemas com ninguém”

O ex-jogador do FC Porto tem estado envolvido em polémica no Zenit por causa do seu salário, mas assegura que tem sentido o apoio de todos. “Estou concentrado em ajudar a equipa desde que cheguei à Rússia. Sintome totalmente apoiado pelos meus colegas e restantes empregados do clube. Não tenho problemas com ninguém”, disse Hulk ao «site» do clube.

Ricardo Quaresma

Marselha e Lyon entram na corrida Com o futuro indefinido, o internacional português tem cada vez mais clubes interessados na sua contratação. De acordo com o «site» Top Mercato, Marselha e Lyon são os mais recentes pretendentes de Ricardo Quaresma, juntando-se ao Liverpool, que também tem o extremo debaixo de olho. Quaresma tem contrato com o Besiktas até ao final da temporada.

O treinador vitoriano assume que jogar em casa pode ser uma vantagem para a sua equipa derrotar o rival Sporting de Braga. Rui Vitória considera que não há favorito no dérbi minhoto com o Sporting de Braga, agendado para amanhã, a contar para a quinta jornada da I Liga. Para o treinador vimaranenses, este é um dos jogos especiais do futebol português, defendendo que o fator casa pode ser determinante no resultado final. “Nestes derbis nunca há favoritos, mas temos uma grande vantagem que é jogarmos no nosso estádio, perante os nossos adeptos. Grande parte dos pontos que temos hoje deve-se a eles e gostaríamos de lhes dar a alegria de uma vitória. A vontade de competir e enfrentar o adversário é muita”, destacou Rui Vitória, durante a conferência de antevisão ao encontro. O técnico vimaranense frisou que o triunfo em casa do Moreirense, na última jornada, trouxe moral e confiança à equipa, tendo notado que “é mais importante trabalhar em cima de vitórias do que em derrotas”, mas espera dificuldades perante um adversário que impõe “o máximo de respeito”. “Apesar de vir a apresentar alguma irregularidade, o Sporting de Braga é uma equipa de qualidade, com vários jogadores internacionais, muito habituados a situações de maior stresse competitivo”, elogiou Rui Vitória, garantindo, no entanto que a sua equipa “está preparada e vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para vencer”. “Temos que dar a vida uns pelos outros e pelo clube, empenharmo-nos ao máximo. É um jogo para, na dose certa, jogar com coração e cabeça”, resumiu. Noutro sentido, Rui Vitória abordou o afastamento de Alex da equipa titular para dizer que ficou satisfeito com a postura do jogador, apesar

Taça da Liga

Moreirense derrotado na Feira

Motivação. O Vitória de Guimarães prepara-se para defrontar o Sporting de Braga, depois da primeira vitória no campeonato

Sporting

Primeira vitória anima Insúa

Em entrevista ao jornal oficial do clube, o lateral argentino mostrou-se convicto de que o triunfo sobre o Gil Vicente foi o primeiro de muitos e já aponta baterias para a deslocação ao terreno do Estoril. “Claro que agora estamos melhor e mais motivados e com o apoio dos nossos adeptos tornamo-nos mais fortes ainda. Este sábado queremos vencer de novo, continuar assim

e ganhar mais confiança ainda. Que este triunfo seja o princípio de uma sequência vitoriosa”, declarou Insúa, que se estreou a titular frente ao Gil Vicente. O primeiro triunfo no campeonato devolveu a confiança aos «leões», que voltaram a acreditar numa época positiva que terminará em festa. “Queremos pensar jogo a jogo e chegar ao final da temporada a lutar pelos títulos. Em maio seremos felizes. É o que queremos, o que querem os adeptos”, vaticinou o ex-jogador do Liverpool.

O Feirense venceu o Moreirense, por 1-0, em jogo da primeira «mão» da segunda fase da Taça da Liga, decidido por um golo na própria baliza do defesa Paulinho. Durante a primeira parte, o Feirense tapou todos os caminhos para a sua baliza, acabando por chegar ao golo na primeira oportunidade que criou: Aos 21 minutos, Jorge Gonçalves fez um cruzamento rasteiro na direito e Paulinho, na tentativa de impedir que a bola chegasse a Fonseca, introduziu-a na própria baliza. Na segunda parte, o Moreirense foi mais audaz e chegou com mais frequência à baliza contrária, e quase chegava ao empate por intermédio de Fábio Espinho, que, aos 63 minutos, rematou cruzado, mas viu o defesa Oliveira desviar a bola para canto com o guarda-redes Marco já batido. da insatisfação de ser suplente. “O que ele disse foi que são os interesses coletivos que importam. Falou em insatisfação, mas no sentido positivo e realçou que mais importante do que ele foi a vitória em Moreira de Cónegos. Isso é o que um «capitão» deve dizer”, salientou. Os vitorianos voltam a treinar esta manhã e no final o técnico divulgará a lista de convocados. O «clássico» minhoto tem início às 21h30 de amanhã, no Estádio D. Afonso Henriques. O Vitória de Guimarães é nono classificado, com cinco pontos, enquanto o Sporting de Braga ocupa a terceira posição, com sete.


modalidades

12 | O Norte Desportivo

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

Pedido ao Estado para preparar Jogos Paralímpicos no Rio Janeiro, em 2016

Jogos Olímpicos 2020

Madrid não retira candidatura

CPP quer duplicar valor que lhe é atribuído DR

A proposta prevê um aumento do montante das bolsas de preparação, bem como dos valores disponibilizados para os atletas. O Comité Paralímpico de Portugal (CPP) apresentou uma proposta no valor de 3,5 milhões de euros para a preparação dos Jogos Paralímpicos Rio2016, que prevê um aumento de mais de 50 por cento em relação ao ciclo Londres2012. A proposta, apresentada à tutela no início de agosto e ontem divulgada pelo organismo, prevê um aumento do montante das bolsas de preparação, bem como dos valores disponibilizados para a preparação dos atletas. Humberto Santos, presidente do CPP, considera “fundamental” o reforço do apoio do Estado na preparação paralímpica, mas defende também a importância de “um envolvimento cada vez maior de um conjunto de entidades privadas”. “A proposta prevê que as bolsas de nível 1 subam de 450 para 518 euros, as de nível 2 de 322 para 386 euros, e as de terceiro nível de 161 para 225 euros”, esclareceu Humberto Santos. Na preparação para os Jogos Paralímpicos, que se disputam de 7 a 18 setembro de 2016, no Rio de Janeiro (Brasil), o CPP pretende também aumentar de 7.000 para 8.750 euros a verba anual de preparação por atleta, o que representa um acréscimo de 25 por cento em relação ao ciclo Londres2012. De acordo com Humberto Santos, a proposta foi apresentada à tutela “no início de agosto, de forma a permitir que a mesma seja analisada e, se necessário, alterada”, de forma a que o contrato-programa possa ser assinado em janeiro de 2013. O presidente do CPP, organismo que ontem festejou o quarto aniversário, destaca ainda o facto de a proposta “prever uma diferenciação no enquadramento das modalidades e um reajustamento dos critérios de integração”. A proposta defende ainda a integração do projeto

O vice-alcaide de Madrid, Miguel Ángel Villanueva, assegurou que a capital espanhola “não vai retirar a candidatura aos Jogos Olímpicos de 2020”, apesar dos riscos financeiros envolvidos numa altura de crise profunda no país. A proposta de renúncia à candidatura foi apresentada pela UPyD (União Progresso e Democracia),mas rejeitada pelo PP e pelo PSOE.

Futsal

Rio Ave já conta com Cardinal O internacional português é reforço de peso para os vila-condenses a partir da próxima jornada, depois do seu certificado internacional ter dado entrada na FPF. Em agosto, Cardinal rumou aos russos do Politech, mas preferiu regressar ao plantel do Rio Ave, com quem já tinha trabalhado na prétemporada. A estreia pode ser contra os Piratas de Creixomil.

Mais apoio. Comité Paralímpico Português formalizou proposta para reivindicar mais dinheiro do Estado para os atletas Triatlo

Portugueses competem no Japão

O olímpico João Silva vai defender no sábado o triunfo conquistado há um ano na etapa de Yokohama do Campeonato do Mundo de triatlo, sendo acompanhado no Japão por João Pereira. Beneficiando da ausência de alguns dos principais competidores internacionais, nomeadamente os irmãos Jonathan e Alistair, a dupla lusa vai tentar amealhar o

máximo de pontos para subir no «ranking» mundial. Com 1442 pontos, João Silva é 18.º na classificação, enquanto os 604 pontos conferem a João Pereira o 46.º posto, quando faltam apenas disputar as etapas de Yokohama e a grande final, em outubro em Auckland (Nova Zelândia). A classificação final do Campeonato do Mundo vai contemplar as cinco melhores pontuações no circuito bem como a da grande final, que tem peso acrescido.

esperanças paralímpicas, algo que, a concretizar-se, será inédito. O projeto de preparação para os Jogos Londres2012, disputados há cerca de um mês, teve um valor global de 2,3 milhões de euros, valor superior em 50 por cento à verba disponibilizada para os Jogos Pequim2008. A preparação paralímpica dos atletas portugueses é suportada pela Secretaria de Estado do Desporto e Juventude e pela Secretaria de Estado da Solidariedade e Segurança Social.

Ténis

Pedro Sousa derrotado em Madrid

O tenista português foi eliminado do «challenger» de Madrid, ao ser derrotado pelo britânico Alexander Ward, por 2-6, 6-4 e 6-1. Oriundo da fase de qualificação, o 440.º tenista do «ranking» mundial superou a derrota no primeiro parcial para vencer o encontro em três «sets». Pedro Sousa ganhou cinco pontos de «break», mas não foi suficiente.


Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

cultura e espetáculos

O Primeiro de Janeiro | 13

Filme libanês no Festival de San Sebastián

“O Atentado” favorito DR

Academia de Cinema

Helen Mirren vai receber prémio carreira

A atriz britânica Helen Mirren receberá, em dezembro, um prémio de honra da Academia Europeia de Cinema pelo “contributo para o cinema europeu e internacional”, informou o organismo. Helen Mirren, de 67 anos, recebeu um Óscar de melhor atriz em 2006 por ter desempenhado o papel da rainha Isabel II no filme “A Rainha”. O prémio de honra ser-lhe-á entregue a 01 de dezembro, em Malta, durante a cerimónia dos Prémios Europeus de Cinema, que distinguem as melhores produções de cinema da Europa.

“The Attack” (O Atentado), do libanês Ziad Doueiri, aborda o, pelo menos aparente, beco sem saída que é o conflito israelo-árabe. JM Bastos, em San Sebastián

Numa altura em que o certame entrou na sua segunda metade fazemos hoje referência a mais cinco filmes apresentados na competição oficial do 60º Festival de Cinema de San Sebastián. Do renomado realizador francês Laurent Cantet, autor de títulos belíssimos como “Recursos Humanos” e “A Turma / Entre les murs”, ambos distribuídos comercialmente em Portugal, pôde aqui ser visto “Foxfire”, um filme realizado nos Estados Unidos. Neste seu trabalho ambientado no início dos anos 50 do século passado numa pequena cidade americana, o espetador segue um pequeno grupo de raparigas adolescentes que cria uma sociedade secreta feminina que decide viver de acordo com as suas próprias regras afrontando uma sociedade conservadora e dominada pelos homens. “Foxfire” é uma obra cinematográfica com algum interesse, narrada com desenvoltura e bem interpretada pelas jovens actrizes, mas que fica longe do nível a que Cantet nos habituou.

“The Attack”. Filme do libanês Ziad Doueiri Uma viagem ao passado, aos tempos da II Guerra Mundial é a proposta da austríaca Barbara Albert em “Die Lebenden” / A Morte e a Vida, que aborda as questões do comprometimento mais ou menos consciente de militares ao serviço do regime nazi com as atrocidades cometidas nos campos de concentração. A viagem de uma jovem de 25 anos, neta de um elemento das SS, de a Berlim a Viena, de Varsóvia à Roménia, em busca da sua identidade e da descoberta do seu passado familiar é

o tema deste filme que reabre o debate sobre os sentimentos de culpa e o peso na consciência. Outro filme de memórias, estas bem mais recentes, é “Voltar a Nascer” do italiano Sergio Castellito. Penélope Cruz interpreta a figura de uma mulher que, passados quase vinte anos, regressa a Sarajevo cidade de que escapou, com um filho recém nascido. O mais interessante dos filmes de que hoje falamos é “The Attack” (O Atentado) do libanês Ziad Doueiri. Adaptação

de um best-seller de Yasmina Khadra, publicado em França e traduzido em mais de 40 países incluindo Portugal, o filme aborda o, pelo menos aparente, beco sem saída que é o conflito israelo-árabe, a partir do dilema moral com que se debate um médico árabe que trabalha em Israel e cuja mulher é a causadora de um atentado suicida que causa dezanove mortos. Um tema difícil num filme bem realizado, fluente, e que prende a atenção do espetador do princípio até ao fim da projeção.

Portas abertas no próximo domingo

Serralves celebra “Festa do Outono” Penafiel

Lobo Antunes apresenta novo livro

O escritor António Lobo Antunes vai apresentar o seu novo livro “Não é Meia Noite Quem Quer” na edição de 2012 do Festival Literário Escritaria, em Penafiel. António Lobo Antunes vai também ser o escritor homenageado deste certame que decorre pela quinta vez em Penafiel. Como nas edições anteriores, o evento vai “tomar conta, de 26 a 28 de outubro, das artérias da cidade, através do teatro, arte de rua, colóquios e inúmeras atividades em torno da obra literária de António Lobo Antunes”.

DR

A Fundação de Serralves, no Porto, volta a abrir os portões, no domingo, para celebrar a chegada do outono, num evento de multidões que pretende “reavivar antigas tradições e costumes”. Entre as 10h00 e as 19h00, “A Festa do Outono” convida “todas as famílias” a descobrirem a biodiversidade no Parque, explorando as suas capacidades nas diversas oficinas programadas. “Distinguir o canto das aves, compreender o ciclo de vida de anfíbios e répteis, analisar regurgitações de corujas, procurar a presença de micro-roedores

Serralves. Festa do Outono recebeu em 2011 mais de 23 mil pessoas

no Parque e construir hotéis de insetos são algumas das propostas que o Serviço Educativo preparou”, refere, em comunicado, Serralves. Com entrada gratuita, a Festa do Outono, que em 2011 recebeu mais de 23 mil pessoas, vai também apresentar o espetáculo teatral “Quase Nada”, em língua portuguesa e língua gestual, um evento que vai marcar o Dia Internacional do Surdo, que se comemora no domingo. A Fanfarra Recreativa e Improvisada Colher de Sopa também marca presença no Prado de Serralves, sendo

que o grupo junta músicos provenientes de diversas áreas, como o free-jazz, o rock psicadélico, a música clássica indiana, a salsa, o death metal e a música sinfónica. Será também no Prado que decorrerá o espetáculo “O Baile”, de Aldara Bizarro, em memória dos bailes de bairro, de aldeias e vilas portuguesas. Nesta quarta edição, em destaque estará a “Burroteca”, uma biblioteca ambulante que “tem o burro como parceiro, uma vez que é ele que transporta os livros que servirão de base ao contador de histórias Jorge Ribeiro”.


14 O Primeiro de Janeiro |

roteiro

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

Roteiro Cultural

“SUPERBANDS”

Espetáculo - “SUPERBANDS” – Quarta a Sábado Um espetáculo irreverente com a banda sonora inspirada na música das maiores bandas de rock de todos os tempos “The Doors”, “Beatles”, “Queen” e “Rolling Stones”. Grandes êxitos como “Riders On The Storm”, “Can’t Buy Me Love”, “Bohemian Rhapsody” e “Satisfaction” serão interpretados por um elenco de fantásticos bailarinos, que farão o público vibrar ao som de uma banda sonora contagiante com temas lendários da história do rock!

“O Bravo Som dos Tambores”

‘A DIFFERENT TIME’ MARTA HUGON Dia 29 de Setembro (sábado) no Pequeno Auditório do Teatro de Vila Real, dia 4 de Outubro (quinta-feira): no Teatro Municipal de Bragança, dia 6 de Outubro (sábado) no Teatro Ribeiro Conceição, em Lamego - Festival Douro Jazz. Novo trabalho ‘A DIFFERENT TIME’ é composto na sua maioria por temas originais, com letras da cantora e música e arranjos do pianista Filipe Melo, incluindo também temas de compositores como André Fernandes e Bernardo Sassetti sendo Marta Hugon a vocalista dos músicos. A sua prioridade é a empatia musical com o grupo. Dotada de um sólido conhecimento da tradição do jazz - ensina na escola do Hot Club de Portugal, tendo também sido solista da Big Band - Marta Hugon manifesta uma constante necessidade de se reinventar musicalmente e de acompanhar o espírito dos tempos. Estas várias vertentes resultaram num percurso sólido de constante evolução: no seu primeiro disco, Tender Trap, Marta Hugon interpretou os standards na sua forma mais pura e honesta. No segundo, Story Teller, mostrou maior ousadia na selecção e na interpretação dos temas e dos arranjos. Neste seu novo disco, decide avançar para um repertório de música original, em que funde na perfeição a sua forte personalidade musical com a do grupo de músicos que a acompanha há vários anos. A Different Time é um disco de canções. Ouvemse ecos de Joni Mitchell, Nick Drake, Elliott Smith e dos Beatles. É também a primeira vez em que a cantora recorre a arranjos orquestrais, da autoria de Filipe Melo, para acompanhar o seu trio habitual. Mais uma

vez, o resultado é único: Marta Hugon já não é uma promessa, é uma confirmação. Ouvir este disco é embarcar numa viagem que percorre várias épocas e várias memórias. Não é apenas mais um disco de jazz, é um testemunho pessoal e uma partilha de histórias simples e intemporais. Para se ouvir vezes sem conta.

Concertos ao Domingo

No próximo domingo, 30 de Setembro, às 21h30, Guimarães recebe mais uma estreia nacional. Pelas mãos do cineasta João Botelho, e no âmbito da Capital Europeia da Cultura, surge “O Bravo Som dos Tambores”, uma curta-metragem que tem como tema as Nicolinas – festa popular mais antiga Guimarães, que é organizada pelos estudantes da cidade em honra a São Nicolau de Mira. Ao longo de 26 minutos, o documentário relata a experiência de Sara Vaz – bailarina e actriz de 32 anos que interpreta o papel de personagem do filme – que se assume como uma observadora e participante eufórica, durante a descoberta das festas Nicolinas. A estreia do filme decorre no CAE São Mamede e conta com a presença de João Botelho. O Bravo Som dos Tambores” insere-se no projecto “Histórias de Guimarães”, uma série de 12 curtas-metragens, que têm como tema central a cidade de Guimarães e os seus lugares, temas e mitologias. O projecto é exclusivamente constituído por realizadores portugueses – como João Canijo, Rui Simões, Tiago Pereira e Bruno de Almeida –, convidados a organizar um leque de testemunhos em que o olhar documental se pode transfigurar através da ficção. Neste sentido, convidamos o vosso órgão de comunicação social para marcar presença na estreia de “O Bravo Som dos Tambores”, que se realiza no próximo domingo, 30 de Setembro, às 21h30, no CAE São Mamede.

Os Concertos ao Domingo estão de volta ao centro da cidade de Lisboa e o preço é especial de forma a chegar ainda a mais públicos. Com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, o Cinema São Jorge recebe um ciclo de concertos comentados, com solistas convidados que se destacam em diversas áreas e programas bem diversos. Os concertos desta nova temporada acontecem às 18h00 de domingo, e sempre com o preço único de cinco euros. O ciclo começa já este domingo, dia 30 de setembro, com um concerto integrado nas comemorações do Ano do Brasil em Portugal, inaugurando deste modo a programação de música erudita desta iniciativa. Em parceria com a Embaixada do Brasil em Portugal, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, sob a direção do maestro Cesário Costa, vai tocar com um solista que faz parte da história recente do Brasil. O percussionista e compositor Ney Rosauro, natural do Rio de Janeiro, tem vindo a construir uma sólida carreira internacional, sendo considerado um dos mais importantes compositores do seu país nesta área instrumental. O seu percurso como autor e intérprete é bem a súmula de diversas influências, em que a tradição clássica europeia encontra soluções inesperadas de ritmo, mergulhando por vezes nas fontes originais da música do Brasil. Tem sido convidado para tocar com formações em todo o mundo e as suas obras

muitas vezes escolhidas por outros conhecidos percussionistas internacionais. É a primeira vez que Ney Rosauro toca com a Orquestra Metropolitana de Lisboa. Esta série de apresentações vai levar até ao palco do São Jorge a Orquestra Metropolitana de Lisboa, as Percussões da Metropolitana, a Orquestra Académica Metropolitana, e tem já confirmada a presença dos maestros Jesús Medina e Evgeny Bushkov.


publicidade/editais

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 18/09/2012 JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia Juízo de Execução Processo nº 3642/08.2TBVNG EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 15.941,82€ Exequente(s): Caixa Geral de Depósitos, S.A. Executados: Paula Cristina da Silva Vieira Barbosa, Manuel António Cardoso Pinto e José Ernesto Pimenta Barbosa N.º Processo Interno: PE162908 1.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 24 de Outubro de 2012, pelas 14horas00minutos, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia na Rua Conselheiro Veloso da Cruz, n.º 801, 4404-502 Vila Nova de Gaia, pelos interessados na compra dos seguintes bens: Verba um: Fracção autónoma designada pela letra “C” correspondente a habitação no primeiro andar esquerdo com entrada pelo n.º 595 da Rua de Monte Belo, do prédio constituído em regime de propriedade horizontal sito na Rua de Monte Belo, n.º 595, da freguesia de Mafamude, Concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz urbana sob o artigo 6895 e descrito sob o n.º 03515/080694-C da 2.ª Conservatória de Registo Predial de Vila Nova de Gaia, com o valor base de €65.000,00 sendo o bem adjudicado a quem melhor preço oferecer acima de €70% daquele valor, ou seja, €45.500,00. O bem foi penhorado aos Executados José Ernesto Pimenta Barbosa e Paula Cristina da Silva Vieira Barbosa. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO Av. da República, 740, 7º, sala 73 – 4430-190 V. N. de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – e.mail: 2090@solicitador.net

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 18/09/2012

JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

Tribunal Judicial da Comarca de Paços de Ferreira

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 20/09/2012

INSOLVÊNCIA DE FRANCISCO JOSÉ ABREU CASSAPO E OUTRO(S) TRIBUNAL JUDICIAL DA COVILHÃ - 3.º Juízo – Proc. Insolvência n.º Nº 618/11.6TBCVL Vai o Exmo. Senhor Administrador da Insolvência, do supra identificado processo, proceder à venda nos termos que abaixo se explanam, dos seguintes prédios: Verba 1 - Fracção autónoma designada pela letra “C”, identificada como Cave menos um, com uma garagem privativa na cave menos um e uma arrecadação no sótão, ambas identificadas com a letra “C” do prédio urbano descrito na Conservatória do Registo Predial da Covilhã, sob o nº 2158, freguesia do Tortosendo, e inscrito na competente matriz predial sob o artº 3390, Sito na Quinta da Canada, freguesia de Tortosendo, concelho de Covilhã, com o valor de venda de 120.880,00 € Verba 2 - Fracção autónoma correspondente ao rés-do-chão, letra “C”, situada na Rua Conde da Ericeira, Nº 8, concelho da Covilhã, descrito na CRP desta cidade, sob o nº 96- C e inscrito na matriz predial respectiva sob o artº 618, da freguesia de Santa Maria c/ licença de habitação nº 106/09, com o valor base de venda de 54.800,00 €, sendo o valor mínimo para venda no montante de 38.360,00 €, abaixo do qual não serão aceites para análise as propostas que vierem ser apresentadas Os bens são vendidos no estado físico, económico e jurídico em que se encontram (artº 164º, nº 6 do CIRE) Os interessados na sua aquisição poderão visitá-los no dia 01 de Outubro entre as 10 horas e as 11 horas. As propostas deverão ser formuladas por escrito e enviadas por carta registada c/ aviso de recepção, com a identificação do nº do processo, até ao dia 09 de Outubro de 2012, para o escritório do Administrador de Insolvência, sito em Rua 1º de Maio, Vivenda 3 – 6230 – 339 FUNDÃO e, deverão, conter a identificação completa do proponente, acompanhadas de fotocópias do bilhete de identidade e cartão de contribuinte fiscal e/ou certidão comercial da empresa. Depois de analisadas as propostas todos os proponentes serão informados por carta registada, da decisão, respeitando-se para o efeito o estipulado nos artigos 164º, nºs 2, 3 e 4 do CIRE Covilhã, 20 de Setembro de 2012 O Administrador de Insolvência Dr. João António Marrucho de Carvalho

2º Juízo Cível

Processo nº 532/08.2TBPFR EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 68.106,60€ Exequente(s): Caixa Geral de Depósitos, SA Executados: José Maria Coelho de Almeida, José Campos Frutuoso, Maria Emília Matos Monteiro e Deolinda Matos Monteiro N.º Processo Interno: PE161408 1.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 23 de Outubro de 2012 pelas 14h00m, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do mesmo Tribunal, sito na no Praça da República, 4590-527 Paços de Ferreira, pelos interessados na compra dos seguintes bens: Verba um: Prédio urbano composto por casa de caves com um pavimento e quintal, que confronta a norte e sul com caminho público, a nascente com José Campos Frutuoso e a poente com enxurreira, sito no Lugar do Fontão, da freguesia de Roriz, concelho de Santo Tirso, inscrito na matriz urbana sob o artigo 142 e descrito sob o n.º 245/19890203 na Conservatória do Registo Predial de Santo Tirso, pelo valor com de €30.000,00, sendo o bem adjudicado a quem melhor preço oferecer acima de €70% daquele valor, ou seja, €21.000,00. O bem foi penhorado aos Executados Deolinda Matos Monteiro e José Campos Frutuoso. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO Av. da República, 740, 7º, sala 73 – 4430-190 V. N. de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – e.mail: 2090@solicitador.net

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 18/09/2012

Tribunal Judicial de Caminha Secção Única

Processo: 455/06.0TBCMN-A Habilitação de Herdeiros N/Referência: 1082599 Data: 13-09-2012 Requerente: Banco Espirito Santo S.A.-Sociedade Aberta Requerido: Vanessa Laginha de Castro Rocha e outro(s)... 1.ª Publicação

ANÚNCIO Nos autos acima identificados, correra éditos de 50 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando a Requerida: Mónica Patrícia Laginha de Castro Pinto Basto, estado civil: Solteira, NIF - 255459076, domicílio: Solar da Laginha, Afife, 4900-000 Viana do Castelo, com última residência conhecida na morada indicada, para no prazo de 10 dias, decorrido que seja o dos éditos, contestar, querendo, a habilitação de herdeiros, sob pena de vir a ser julgado sucessor dos falecidos João Isidro da Mota Laginha de Castro e Elsa da Mota Laginha de Castro, para consigo prosseguir a causa principal, tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial que se encontra nesta Secretaria, à disposição do citando. Fica advertido de que é obrigatória a constituição de mandatário judiciai. Passei o presente e mais dois de igual teor para serem afixados. O Juíz de Direito Dr(a). Pedro Jorge Matos O Ofícial de Justiça, Mário Domingues

DEPARTAMENTO DE PUBLICIDADE Telefone: 22 0967846/7

Fax: 22 0967845

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 24/09/2012

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 24/09/2012

Tribunal Judicial de Barcelos 4.ºJuízo Cível Processo: 2143/11.6TBBCL Carta Precatória (Distribuída) N/Referência: 7385088 Data: 14-09-2012 Exequente: Finicredito - Sfac, S. A. Executado: Avelino Silva Ferreira e outro(s)... Processo de origem: Processo n° 4869/03.9TJPRT do Porto - Cível, 1o Juízo (extinto), 1o Juízo - 2a Secção 1.ª Publicação

ANÚNCIO Nos autos acima identificados foi designado o dia 10-12-2012, pelas 14:00 horas, neste Tribunal, para a abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na Secretaria deste Tribunal, pelos interessados na compra do(s) seguinte(s) bem/bens: Prédio urbano registado na matriz predial sob o artigo 124, da freguesia de Bastuço (S. João), sito no lugar da Bouça, 4755-091 Bastuço (S. João), pelo valor patrimonial actual (reportado a 2006 - €1.046,20). penhorados a Executado: Avelino Silva Ferreira, nascido(a) em 26-07-1953, concelho de Barcelos, freguesia de Bastuço (São João) [Barcelos], NIF - 124025048, BI - 6840925, domicílio: Rua de S. Domingos, N° 122, Bastuço S. João, 4755-000 Barcelos É fiel depositário Manuel de Jesus Fernandes Torres, NIF 178751421, BI - 6375662, Endereço: Centro Comercial Castro, Loja N° 5, Av. da Liberdade, 27 / 30, 4750-312 Barcelos. Nota: No caso de venda mediante proposta em carta fechada, em Execução Comum (instaurada em data igual ou posterior a 15/09/2003) os proponentes devem juntar à sua proposta, como caução, um cheque visado, à ordem do Solicitador de Execução ou, na sua falta, da secretaria, no montante correspondente a 20% do valor base dos bens ou garantia bancária no mesmo valor (n° 1 ao Art° 897° doCPC). O Juiz de Direito, Dr(a). Rui Silva Reis A Oficial de Justiça, Maria do Carmo Carvalho

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 24/09/2012

Comarca de Grande Lisboa Noroeste - Sintra

Comarca de Grande Lisboa Noroeste - Sintra

Juízo de Execução

Juízo de Execução

Processo: 10923/08.3TMSNT - 1°Juízo Processo Comum VALOR: 39.653,70 € Exeq: Finicrédito - Instituição Financeira de Crédito, SA Exec: Luís Alberto da Silva Dias e outro. Ref.ª Int.: 190/09.PRT-A 1.ª Publicação

Processo: 10923/08.3TMSNT - 1°Juízo Processo Comum VALOR: 39.653,70 € Exeq: Finicrédito - Instituição Financeira de Crédito, SA Exec: Filipe dos Santos Cavaleiro e outro. Ref.ª Int.: 190/09.PRT-A 1.ª Publicação

ANÚNCIO

ANÚNCIO

A CITAR: Luís Aberto da Silva Dias. OBJECTO E FUNDAMENTO DA CITAÇÃO Nos termos e para os efeitos do disposto no art.º 248°. e ss. do Código Processo Civil, correm éditos de 30 (trinta) dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o ausente Luís Alberto da Silva Dias, com última residência conhecida na Rua do Colégio, n° 3., freguesia e concelho da Amadora, para no prazo de 20 (vinte) dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou deduzir oposição a execução supra referenciada, nos termos do art°, 812º n° 6 e 813° n°1, ambos do Código Processo Civil. O duplicado do requerimento executivo e a cópia dos documentos encontram-se à disposição do citando na Secretária do Tribunal da Comarca da Grande Lisboa Noroeste - Sintra,

A CITAR: Filipe dos Santos Cavaleiro OBJECTO E FUNDAMENTO DA CITAÇÃO Nos termos e para os efeitos do disposto no art.º 248°. e ss. do Código Processo Civil, correm éditos de 30 (trinta) dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o ausente Filipe dos Santos Cavaleiro, com última residência conhecida na Av. Fernando Ribeiro, n.º12 - 7.º esq, freguesia de Queluz, na comarca de Sintra, para no prazo de 20 (vinte) dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou deduzir oposição a execução supra referenciada, nos termos do art°, 812º n° 6 e 813° n°1, ambos do Código Processo Civil. O duplicado do requerimento executivo e a cópia dos documentos encontramse à disposição do citando na Secretária do Tribunal da Comarca da Grande Lisboa Noroeste - Sintra,

MEIOS DE OPOSIÇÃO Nos termos do disposto no artigo 60° do C.P.C. e tendo em consideração o valor do processo, para se opor a execução é [não] obrigatória a constituição de Advogado.

MEIOS DE OPOSIÇÃO Nos termos do disposto no artigo 60° do C.P.C. e tendo em consideração o valor do processo, para se opor a execução é [não] obrigatória a constituição de Advogado.

COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução prazo supra indicado e não pague ou caucione a quantia exequenda, seguem-se os termos do artigo 832° do C.P.C, sendo promovida venda dos bens penhorados necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, acrescido de 10%, nos termos do disposto no n° 3 do artigo 821° do C.P.C.

COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução prazo supra indicado e não pague ou caucione a quantia exequenda, seguem-se os termos do artigo 832° do C.P.C, sendo promovida venda dos bens penhorados necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, acrescido de 10%, nos termos do disposto no n° 3 do artigo 821° do C.P.C.

PAGAMENTO, DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda no escritório do signatário (dias e horas constantes do rodapé) em dinheiro ou cheque visado. À quantia exequenda acrescem, para além dos juros calculados nos termos do pedido, a taxa de justiça inicial no montante de 24,00 € e os honorários é despesas do Agente de Execução, que nesta data ascendem a 3.965,40 €.

PAGAMENTO, DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda no escritório do signatário (dias e horas constantes do rodapé) em dinheiro ou cheque visado. À quantia exequenda acrescem, para além dos juros calculados nos termos do pedido, a taxa de justiça inicial no montante de 24,00 € e os honorários é despesas do Agente de Execução, que nesta data ascendem a 3.965,40 €.

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Este edital encontra-se afixado na porta do último domicílio conhecido do citando, na Junta de Freguesia respectiva e no Tribunal Judicial respectivo. São também publicados dois anuncios consecutivos no Jornal Diário. Os prazos começam a contar-se a contar da publicação do último anúncio,

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Este edital encontra-se afixado na porta do último domicílio conhecido do citando, na Junta de Freguesia respectiva e no Tribunal Judicial respectivo. São também publicados dois anuncios consecutivos no Jornal Diário. Os prazos começam a contar-se a contar da publicação do último anúncio,

O Agente de Execução

O Agente de Execução

HÁ 143 ANOS TODOS OS DIAS CONSIGO

Rua de Santa Catarina, n.º 489 4000-446 Porto

O Primeiro de Janeiro | 15

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 24/09/2012 CARLA MENDES Agente de Execução Cédula n.º 3076

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 24/09/2012 CARLA MENDES Agente de Execução Cédula n.º 3076

Tribunal Judicial de Tondela

Tribunal Judicial de Sátão

1.º Juízo Cível

Secção Única

Processo: 416/08.4TBTND-1.ºJuízo Processo Comum Exequente: Finicrédito - Instituição Financeira de Crédito, SA. Executado: Henrique Manuel Rodrigues de Figueiredo Proc. Int. n.°253/08.PRT-A 1.ª Publicação

Processo: 317/08.6TBSAT - Secção Única Processo Comum Exequente: Finicrédito - Instituição Financeira de Crédito, SA. Executado: Ricardo Miguel Marques Regado Proc. Int. n.°745/08.PRT-A 1.ª Publicação

ANÚNCIO

ANÚNCIO

A CITAR: Henrique Manuel Rodrigues de Figueiredo.

A CITAR: Ricardo Miguel Marques Regado

OBJECTO E FUNDAMENTO DA CITAÇÃO Nos termos e para os efeitos do disposto no art. 248°. do Código Processo Civil, correm éditos de 30 (trinta) dias, contados da data de afixação dos editais, citando o ausente Henrique Manuel Rodrigues de Figueiredo, com última residência conhecida em Rua Principal, n.º 50, freguesia e concelho de Tondela, para no prazo de 20 (vinte) dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou deduzir oposição à execução e, no mesmo prazo, à penhora supra referenciada, nos termos do artº.813° n°1 e 2, do Código Processo Civil. O duplicado do requerimento executivo e a cópia dos documentos encontram-se à disposição do citando na Secretária do Tribunal Judicial de Tondela. MEIOS DE OPOSIÇÃO Nos termos do disposto no artigo 60° do Código Processo Civil. é obrigatória a constituição de Advogado. COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução e/ou penhora no prazo supra indicado e não pague ou caucione a quantia exequenda, seguemse os termos do artigo 886° do Código Processo Civil, sendo promovida a venda dos bens penhorados necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, acrescido de 10%, nos termos do disposto no n° 3 do artigo 821° do Código Processo Civil. PAGAMENTO, DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda no escritório do signatário (dias e horas constantes do rodapé) em dinheiro ou cheque visado. À quantia exequenda acrescem, para além dos juros calculados nos termos do pedido, a taxa de justiça inicial no montante de 24,00 € e os honorários e despesas do Solicitador de Execução, que nesta data ascendem a 1.135,00 €. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Este edital encontra-se afixado na porta do último domicílio conhecido do citando, na Junta de Freguesia respectiva e no Tribunal Judicial de Tondela.

OBJECTO E FUNDAMENTO DA CITAÇÃO Nos termos e para os efeitos do disposto no art. 248°. do Código Processo Civil, correm éditos de 30 (trinta) dias, contados da data de afixação dos editais, citando o ausente Ricardo Miguel Marques Regado, com última residência conhecida em Rua da Tapada, Pereiro, freguesia e concelho de Satão, para no prazo de 20 (vinte) dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou deduzir oposição à execução e, no mesmo prazo, à penhora supra referenciada, nos termos do artº.813° n°1 e 2, do Código Processo Civil. O duplicado do requerimento executivo e a cópia dos documentos encontram-se à disposição do citando na Secretária do Tribunal Judicial de Satão. MEIOS DE OPOSIÇÃO Nos termos do disposto no artigo 60° do Código Processo Civil. é obrigatória a constituição de Advogado. COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução e/ou penhora no prazo supra indicado e não pague ou caucione a quantia exequenda, seguemse os termos do artigo 886° do Código Processo Civil, sendo promovida a venda dos bens penhorados necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, acrescido de 10%, nos termos do disposto no n° 3 do artigo 821° do Código Processo Civil. PAGAMENTO, DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda no escritório do signatário (dias e horas constantes do rodapé) em dinheiro ou cheque visado. À quantia exequenda acrescem, para além dos juros calculados nos termos do pedido, a taxa de justiça inicial no montante de 24,00 € e os honorários e despesas do Solicitador de Execução, que nesta data ascendem a 1.542,40 €. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Este edital encontra-se afixado na porta do último domicílio conhecido do citando, na Junta de Freguesia de Satão, e no Tribunal Judicial da Comarca de Satão.

A Agente de Execução Carla Mendes

A Agente de Execução Carla Mendes

Paços de Ferreira Avenida Dr.Nicolau Carneiro, 15 - 2º Dtº Ft. 255 965 242 // Fax: 255 965 470 4590-511 Paços de Ferreira

Povoa de Varzim Avenida Mouzinho Albuquerque C Com Premar Lj. 11 Tel. E fax: 252 681 597 4490-409 Povoa de Varzim

Paços de Ferreira Avenida Dr.Nicolau Carneiro, 15 - 2º Dtº Ft. 255 965 242 // Fax: 255 965 470 4590-511 Paços de Ferreira

Povoa de Varzim Avenida Mouzinho Albuquerque C Com Premar Lj. 11 Tel. E fax: 252 681 597 4490-409 Povoa de Varzim


publicidade/editais

Tribunal Judicial de Vila Nova Gaia

Processo: 1774/06.0TBBCL-A Interdição / Inabilitação N/Referência: 7368043 Data: 07-09-2012 Requerente: Álvaro de Almeida Martins Requerido: João Manuel de Almeida Martins

Juízo de Execução

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido João Manuel de Almeida Martins, com residência em domicílio: Avenida Alcaides de Faria, n.º4, Arcolzelo, 4750-106 Barcelos para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. A Juiza de Direito, Dra. Magda Campos O Oficial de Justiça, Miguel Miranda

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012

www.oprimeirodejaneiro.pt

www.oprimeirodejaneiro.pt

www.oprimeirodejaneiro.pt

VENDE-SE no Pº 1987/12.6TJVNF – 2º J as seguintes viaturas: 03-39-FZ e 42 – 94 – ZV pelo preço global de 500€ atendendo ao estado das mesmas. Propostas para o Apartado 47, 4634-909 Marco de Canavezes até ao dia 04 de Outubro de 2012

Carta Precatória para venda (Extraída dos autos de Execução Comum, n° 3669/09.6YYPRT do Porto -1° e 2° Juízos de Execução -1° Juízo - 2.ª Secção para venda Exequente: Banco Espirito Santos, S.A Executado(s): Vitor Manuel Santos Fontes e Outros(s) 1.ª Publicação

FAZ-SE SABER que nos autos acima identificados, encontrase designado o dia 17 de Outubro de 2012, pelas 14h30m no Tribunal Judicial de Vila Nova Gaia - Juízo de Execução, para abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na secretaria do Tribunal, pelos interessados na compra do seguinte bem: Fracção Autónoma designada pelas letras AS, correspondente ao R/C, Direito, Centro - Tipo T3, sito na Rua Éden Club n°25, R/C, Dto, Centro, da freguesia de Arcozelo, Concelho Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o n° 5465 e descrito na Conservatória Registo Predial sob o n° 978/19910131- AS. O bem pertence aos Executados Horácio Albano de Magalhães Pereira e Maria de Fátima Cravo Pereira, casados no regime de comunhão adquiridos, residentes na Rua Éden Club n°25 R/C, Dto, Centro, Arcozelo. Valor base: 128.500,00 € Serão aceites as propostas do melhor preço igual ou acima de 70% do valor anunciado. Nos termos do n°1 do artigo 897° do Código Processo Civil, os proponentes devem juntar à sua proposta, como caução, um cheque visado, à ordem do agente de execução no montante correspondente a 5 % do valor anunciado para a venda, ou garantia bancária no mesmo valor. É fiel depositário do bem, que o deve mostrar, Horácio Albano de Magalhães. O Agente de Execução Paula Maria Rocha da Silva Av.ª Fabril do Norte, 819, Lj. AE 4460-314 SENHORA DA HORA

Tel. 222010071 Fax. 222010071

1983@solicitador.net

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012

JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia Juízo de Execuçãol Processo nº 653/08.1TBVNG EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 76.067,90€ Exequente(s): Caixa Geral de Depósitos, SA Executados: Paulo Américo Mendes da Rocha e Maria da Conceição da Silva Moreira Rocha N.º Processo Interno: PE156608

1.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 05 de Dezembro pelas 14horas00minutos, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia, sito no na Rua Conselheiro Veloso da Cruz, n.º 801, 4404-502 Vila Nova de Gaia, pelos interessados na compra dos seguintes bens: Verba um: Fracção autónoma designada pelas letras “AM” afecta a habitação no quarto andar esquerdo do corpo I, com entrada pelo n.º 1799 da Avenida Vasco da Gama, do prédio urbano em regime de propriedade horizontal sito na Avenida Vasco da Gama, n.ºs 1781, 1799, 1825 e 1827, e Rua Clube Futebol Oliveira do Douro, n.º 301, da freguesia de Oliveira do Douro, concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o n.º 4365-AM, e descrito sob o n.º 00944/250587-AM na 2.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia. Verba dois: Fracção autónoma designada pelas letras “BF” afecta a cave com entrada pelo n.º 301 do prédio urbano em regime de propriedade horizontal sito na Avenida Vasco da Gama, n.ºs 1781, 1799, 1825 e 1827, e Rua Clube Futebol Oliveira do Douro, n.º 301, da freguesia de Oliveira do Douro, concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o n.º 4365-BF, e descrito sob o n.º 00944/250587-BF na 2.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia, A serem vendidas em regime de lote único com o valor base de €68.750,00 (sendo 60.750,00 para a fracção “AM” - habitação - e €8.000,00 para a fracção “BF” – cave), sendo o bem adjudicado a quem melhor preço oferecer acima de €70% daquele valor, ou seja, €48.125,00. O bem foi penhorado aos Executados Paulo Américo Mendes da Rocha e Maria da Conceição da Silva Moreira Rocha. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO

Pº 247/09.4TJPRT - 3 º J Cível - 1 Secção Insolv. “Ana Maria Soares da Silva Pereira e Joaquim Fernando Brás Pereira”; Nif: 166840360 e 137 667 469 1.ª Publicação

ANTÓNIO BONIFÁCIO (Lic.º Dtº. U. Coimbra) ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA * (c. idf. 369-DGAJ-MJ) Telm. 96 435 14 42 ** antonio.bonifacio@sapo.pt (m/refª 264.5)

Pº 1220/09.8TBMCN-2º Jº Insolv: “ Correia, Costa & Filhos, Ldª NIF 504 772 830

Apenso da Liquidação 1.ª Publicação

Leva-se ao conhecimento do Tribunal o seguinte

ANÚNCIO/EDITAL

APENSO DA LIQUIDAÇÃO V/ref: 11307817 de 09.08.2012 e V/desp: 11306752 de 08.08.2012 Levando-se ao conhecimento do Tribunal e dos credores hipotecários, nos termos e para os efeitos do art.º164.2 do CIRE, presumindo o acordo dos mesmos se nada disserem no prazo de 10 dias, o seguinte:

ANÚNCIO/ EDITAL REGULAMENTO DA VENDA (tentativa de venda) (na modalidade de proposta, por qualquer meio, e posteriormente confirmada por carta , via CTT( para dar certeza da apresentação), por ser a mais conveniente para o caso, e para o bom desempenho da função, economia de recursos, celeridade e transparência e certezas ) art. 164º.1, in fine Cire. (envia-se modelo de proposta para confirmação quando pedido ao AI) 1 – Identificação dos bens, valor e outras informações: Verba 1, 2 e 3 - Quinhão hereditário sobre bens móveis em 1/6 da partilha de 22.2.2000 (lote de bens móveis melhor descritos no auto de apreensão e de natureza familiar)- Valor base: 1/6 de 4.500€ (constante do auto de apreensão). Verba 5: Prédio Urbano, Casa rés-do-chão, 1º e 2º andar com logradouro; matriz 104 Macieira da Lixa; CRP: 1052 Felgueiras – valor base: 25 mil euros (vpt) - com 2 Hipoteca CEMG para garantia de 104.000 € e 97.000 € Verba 6: Direito a ½, Sobre casa de dois corpos e quintal; CRP 105 Macieira da Lixa; CRP 414 Felgueiras – valor base: 10 mil euros (vpt) Hipoteca CGD para garantia de 4.000 € (20.000$); Verba 7: Direito a 1/2 Sobre a casa “Tapada da Fura” em Pençais; matriz 983, Macieira da Lixa e CRP – 361 Felgueiras: valor base: 81 mil euros Hipoteca DGI para garantia de 81.000 € . Verba 8: Prédio Rústico, “campo da Vila Nova”, matriz 1138 e CRP 75 Felgueiras – valor base: 5 mil euros; Verba 9: Direito a ½ do prédio rústico “Lameiro do Rio” – matriz: 1173, Macieira da Lixa, CRP 356 Felgueiras; valor base: 2 mil euros. Verba 10: direito a ½ do prédio rústico “Tapada da Cancela da Varziela” – matriz 853, Macieira da Lixa, CRP 359 Felgueiras – valor base: 2 mil euros. Verba 11: direito a ½ do prédio rústico “Tapada do Cristelo” – matriz 858 Macieira da Lixa, CRP 360 Felgueiras – valor base 2 mil euros. Verba 12: direito a ½ do prédio rústico “campo da Galope” – matriz 1159 Macieira da Lixa, CRP 363 Felgueiras – valor base 2 mil euros Verba 13: direito a ½ do prédio rústico “campo da Várzea” – matriz 1197 Macieira da Lixa, CRP 365 Felgueiras – valor base 2 mil euros Verba 14: direito a ½ do prédio rústico “campos de trás dos Moinhos” – matriz 1134 Macieira da Lixa, CRP 368 Felgueiras – valor base 2 mil euros Verba 15: direito a ½ do prédio rústico “tapada da sorte” – matriz 942 Macieira da Lixa, CRP 370 Felgueiras – valor base 2 mil euros ** O mesmo se diga do credor hipotecário, nos termos do artº. 164, 2 do Cire. Mandatária da CGD: Dr.ª Paula Magalhães. Fax.223 723 192.Mandatária da CEMG: Dr. Almeida Efigénio Fax: 214 726 806 3- As propostas devem ser sempre confirmadas, via CTT (questão de certeza) até ao próximo dia 10 de Outubro de 2012, para o Apartado 47, 4634-909 Marco de Canaveses. Devem mencionar a identificação completa do proponente, fotocópia do BI/NIPC, endereço e contacto, e ainda caução efectiva de 20% da respectiva proposta, (podendo ser usado o impresso modelo que se disponibiliza) O preço e os eventuais impostos não isentos serão pagos nos 15 dias seguintes (seguidos). 4- Cada verba é vendida no estado físico e jurídico em que se encontra, sem quaisquer garantias, sendo fiel depositário o A.I., Dr. António Bonifácio, Telf. 96 435 14 42 Todos os encargos com a aquisição são da conta do comprador, nomeadamente todo o IMI em dívida, registos, alvarás, licenças, etc. 5 – Nos 10 dias seguintes ao termo do prazo para a recepção das propostas que fazem presumir a adesão a estas condições de venda, o resultado das mesmas, será comunicado pelo AI a todos os interessados e ao Tribunal, por relatório. 6 – É dado cumprimento ao artº 161º, 164º e outros do Cire, presumindose o acordo tácito se nada for dito, e serão atendidos os direitos de preferência / remissão / cedência de posição, etc, após a notificação dos resultados da venda aos insolventes (singulares) e interessados conhecidos, que tenham manifestado tal interesse por escrito, junto do AI, para exercerem tal direito, nos 10 dias seguintes. Verificando-se situações de empate, repetir-se-á a notificação aos interessados para que licitem entre eles, num prazo de 3 dias. 7 – Vai publicado, pelo menos, no “Primº de Janeiro,” jornal e edição online, gratuito, alargando a área de difusão a todo o País (e estrangeiro) e, em qualquer outro jornal, mediante sugestão de interessado. Vai, ainda, difundido por todos os investidores conhecidos do AI, habituados a compras de bens apreendidos, podendo ser utilizado o impresso, modelo proposta, usado, habitualmente, para o efeito por este AI. 8- Aceita-se qualquer outra proposta noutros termos, para ponderação do AI, mas fica a adjudicação condicionada ao parecer favorável da C. C. 9- Vai cópia à CC (existindo), presumindo-se a sua concordância, tirada do silêncio deste órgão colegial (artº 69 Cire) não se opondo, no prazo de 10 dias. 10- O(s) credor(es) hipotecário(s) é (são) convidado(s) a requerer (em) a adjudicação nos termos do artº 164.3 e 4 do Cire, no prazo e condições ali estipuladas (devendo enviar caução de 20% sob pena de ineficácia da proposta).

Av. da República, 740, 7º, sala 73 – 4430-190 V. N. de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – e.mail: 2090@solicitador.net

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012

REGULAMENTO DA VENDA (Nova tentativa de venda)

(na modalidade de proposta, por qualquer meio, e posteriormente confirmada por carta fechada , via CTT ( para dar certeza da data de apresentação), por ser a mais conveniente para o caso, e para o bom desempenho da função, economia de recursos, celeridade e transparência e certezas ) art. 164º.1, in fine Cire. (envia-se modelo de proposta para confirmação quando pedido ao AI) 1 – Identificação dos bens: no quadro infra. 2 – Valor: infra

1

Matriz Freguesia

CRP Concelho

Descrição

220 Sernande

75 FLG

Pavilhão

valor base €

Preço mínimo a anunciar para a venda = 70%v.bas e €*

VPT 886-A cpc €

Avaliação 568º cpc 886 A – (valor de mercad)

492.080 €

* Preço (mínimo): propostas só acima deste valor. Informa-se: (pedido de adjudicação, …) a)- e- mail de 11.7.2010 ** valor sugerido pelo credor hipotecário para a primeira tentativa, tendo nas seguintes sido reduzido o preço com passagem do preço mínimo para a base da tentativa seguinte. (1) Tem uma primeira hipoteca voluntária a favor do BES em 18.08.2006 assegurando um capital máximo de 737.500€; Tem uma segunda hipoteca a favor do BES em 18.06.2008 para o montante máximo assegurado de 204.139,65€ Tem uma 3ª hipoteca voluntária a for de BANIF em 10.12.2008, para o montante máximo de 1.122.712,00€. Nesta data vai CÓPIA aos credores hipotecário na pessoa dos Mandatário (banif) Dr. Nuno Cerejeira Namora, R. Dr. Joaquim Pires de Lima, 388,4200PRT, Fax 225507220 e (Bes) Drª Susana Proença- em av.. Dr. Antunes Guimarães, 698, 4500-075 PRT, Fax 228346741 para efeitos do nº 10 infra. Vai cópia por correio registado ao suposto promitente adquirente e alegado direito de retenção ao Adelino Teixeira Marques, Av. da Republica, nº250, Baltar - Paredes, e sua mandatária à Drª Idalina Teixeira, fax:255 822 186, para efeitos do nº10. Vai cópia à CC – (só existe um suplente e um efectivo), apresentando-se sugestão nesta data para a reorganização da mesma. 3- As propostas são sempre confirmadas, via CTT (questão de certeza) até ao próximo dia 12 de Outubro de 2012 para o Apartado 4634-909 Marco de Canaveses. Devem mencionar a identificação completa do proponente, fotocópia do BI/NIPC, endereço e contacto, e ainda caução efectiva de 20% da respectiva proposta,( podendo ser usado o impresso modelo que se disponibiliza) O preço e os eventuais impostos não isentos serão pagos nos 15 dias seguintes (seguidos). 4- Cada verba é vendida no estado físico e jurídico em que se encontra, sem quaisquer garantias, sendo fiel depositário o A.I., Dr. António Bonifácio, Telf. 96 435 14 42 Todos os encargos com a aquisição são da conta do comprador, nomeadamente o IMI em dívida, registos, alvarás, licenças, etc. 5 – Nos 10 dias seguintes ao termo do prazo para a recepção das propostas que fazem presumir a adesão a estas condições de venda, o resultado das mesmas, será comunicado pelo AI a todos os interessados e ao Tribunal, por relatório. 6 – Foi dado cumprimento ao artº 161º, 164º e outros do Cire, e serão atendidos os direitos de preferência / remissão / cedência de posição, etc, após a notificação dos resultados da venda aos insolventes (singulares) e interessados conhecidos, que tenham manifestado tal interesse por escrito, junto do AI, para exercerem tal direito, nos 10 dias seguintes. Verificando-se situações de empate, repetir-se-á a notificação aos interessados para que licitem entre eles, num prazo de 3 dias. 7 – Vai publicado, pelo menos, no “Primº de Janeiro,”também com edição on-line, de acesso, pela Internet, gratuito, alargando a área de difusão a todo o País (e estrangeiro) e, em qualquer outro jornal, mediante sugestão de interessado. Vai, ainda, difundido por todos os investidores conhecidos do AI, habituados a compras de bens apreendidos, podendo ser utilizado o impresso, modelo proposta, usado, habitualmente, para o efeito por este AI. 8- Aceita-se qualquer outra proposta noutros termos, para ponderação do AI, mas fica a adjudicação condicionada ao parecer favorável da C. C. e credor hipotecário. 9- Vai cópia à CC (existindo), presumindo-se a sua concordância, tirada do silêncio deste órgão colegial (artº 69 Cire) não se opondo, no prazo de 10 dias. 10- O (s) credor (es) hipotecário (s) é (são) convidado (s) a requerer (em) a adjudicação nos termos do artº 164.3 e 4 do Cire, no prazo e condições ali estipuladas (devendo enviar caução de 20% sob pena de ineficácia da proposta), assim como o suposto promitente comprador, a quem, sendo reconhecido o seu direito será devolvido o preço entretanto pago na medido da sentença do reconhecimento. 11- Informa-se que foi invocado um direito de retenção ( ap. I) e que por despacho de 15.9.2011 foi mandado prosseguir a venda, encontrando-se o pavilhão livre nesta fase. / Ac. STJ de 12.2.2004 CJ/STJ,2004,1º57 citado no despacho referido) MCN, 25.09.2012

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012

VENDE-SE no Pº 284/ 11.9TBBAO, em que é insolvente “Adquirir e Gostar, S.A”, a verba 25, correspondente a 1/6 indiviso misto, matriz 519U – 43 R, S. Dinis, CRP 408 Vila Real, do prédio misto (casa rés-do-chão e 1º andar), por qualquer preço, até ao dia 12 de Outubro de 2012 (conferir condições de venda publicadas no Pº de Janeiro de 06 e 07.09.2012).

MCN, 19.09.2012

OP rimeiro de Janeiro Primeiro

Desde 1868 a informá-lo

Quer anunciar ao melhor preço Telefone: 22 096 78 46

Prefª 892º CPC Remição 912 cpc Credores garantidos preferentes 165 cire

(1) BES a) BANIF

2.º Juízo Cível

PAULA MARIA ROCHA DA SILVA Agente de Execução Cédula n.º 1983

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012 ANTÓNIO BONIFÁCIO (Lic.º Dtº. U. Coimbra) ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA * (c. idf. 369-DGAJ-MJ) Telm. 96 435 14 42 ** antonio.bonifacio@sapo.pt (m/refª 196.5)

216.090,00€

Tribunal Judicial de Barcelos

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 25/09/2012

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

** 308.700 mil

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 24 /0 9/2012 24/0 /09

verba

16 | O Primeiro de Janeiro

Tlm: 91 282 06 79

?

Fax: 22 096 78 45

email: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt


publicidade/editais

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012

Pº 444/11.2TBPRG 1º J Insolv: “José Carlos Pinto Rebelo” e mulher, “Patrícia Cláudia Martins Mota” Nif: 211 974 536 e 213 112 132. (D.R. 21.07.2011) APENSO DA LIQUIDAÇÃO 1.ª Publicação Leva-se ao conhecimento do Tribunal o seguinte

ANTÓNIO BONIFÁCIO (Lic.º Dtº. U. Coimbra) ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA * (c. idf. 369-DGAJ-MJ) Telm. 96 435 14 42 ** antonio.bonifacio@sapo.pt (m/refª 411)

1.ª Publicação

Hab. T3, garagem fechada e arrumos, varanda, logradouro

REGULAMENTO DA VENDA (tentativa de venda)

(na modalidade de proposta, por qualquer meio, e posteriormente confirmada por carta , via CTT( para dar certeza da apresentação), por ser a mais conveniente para o caso, e para o bom desempenho da função, economia de recursos, celeridade e transparência e certezas ) art. 164º.1, in fine Cire. (envia-se modelo de proposta para confirmação quando pedido ao AI)

Verba

Matriz Freguesia

CRP Concelho

Descrição

valor base €

* Preço (mínimo): propostas só acima deste valor. ** Comissão de Credores, como órgão colegial de liquidação, deve decidir em acta. (artº 69), o valor a fixar, presumindo-se a sua adesão no silêncio, decorridos 10 dias. O mesmo se diga dos credores hipotecários termos do artº. 164, 2 do Cire. Mandatário do BES: Dr. João Baldaia. Fax: 225 430 239 3- As propostas são sempre confirmadas, via CTT (questão de certeza) até o dia 10 de Outubro de 2012, para o Apartado 47, 4634-909 Marco de Canaveses. Devem mencionar a identificação completa do proponente, fotocópia do BI/NIPC, endereço e contacto, e ainda caução efectiva de 20% da respectiva proposta,( podendo ser usado o impresso modelo que se disponibiliza) O preço e os eventuais impostos não isentos serão pagos nos 15 dias seguintes (seguidos). 4- Cada verba é vendida no estado físico e jurídico em que se encontra, sem quaisquer garantias, sendo fiel depositário o A.I., Dr. António Bonifácio, Telf. 96 435 14 42 Todos os encargos com a aquisição são da conta do comprador, nomeadamente todo o IMI em dívida, registos, alvarás, licenças, etc. 5 – Nos 10 dias seguintes ao termo do prazo para a recepção das propostas que fazem presumir a adesão a estas condições de venda, o resultado das mesmas, será comunicado pelo AI a todos os interessados e ao Tribunal, por relatório. 6 – Foi dado cumprimento ao artº 161º, 164º e outros do Cire, e serão atendidos os direitos de preferência / remissão / cedência de posição, etc, após a notificação dos resultados da venda aos insolventes (singulares) e interessados conhecidos, que tenham manifestado tal interesse por escrito, junto do AI, para exercerem tal direito, nos 10 dias seguintes. Verificando-se situações de empate, repetir-se-á a notificação aos interessados para que licitem entre eles, num prazo de 3 dias. 7 – Vai publicado, pelo menos, no “Primº de Janeiro,” jornal também com edição on- line, de acesso, pela Internet, gratuito, alargando a área de difusão a todo o País (e estrangeiro) e, em qualquer outro jornal, mediante sugestão de interessado. Vai, ainda, difundido por todos os investidores conhecidos do AI, habituados a compras de bens apreendidos, podendo ser utilizado o impresso, modelo proposta, usado, habitualmente, para o efeito por este AI. 8- Aceita-se qualquer outra proposta noutros termos, para ponderação do AI, mas fica a adjudicação condicionada ao parecer favorável da C. C. 9- Vai cópia à CC (existindo), presumindo-se a sua concordância, tirada do silêncio deste órgão colegial (artº 69 Cire) não se opondo, no prazo de 10 dias. 10- O(s) credor(es) hipotecário(s) é (são) convidado(s) a requerer (em) a adjudicação nos termos do artº 164.3 e 4 do Cire, no prazo e condições ali estipuladas (devendo enviar caução de 20% sob pena de ineficácia da proposta). MCN, 24.09.2012

ANÚNCIO

1 – Identificação dos bens, valor e outras informações : cfr. quadro infra. 2 – Valor: Prefª 892º CPC Remição 912 cpc Credores garantidos preferentes 165 cire

2 Hip. BES, S.A.: 1ª – Mont. Máx: 203.397,80 2ª – Mont. Máx: 35.375,00

16 – I S. João da Pesqueira

120,000 €

1860 S. João da Pesqueir a

41.160 €

2

886A cpc €

139.172,74

Descrição

28.812€

CRP Concelho

valor base €

Verba

Matriz Freguesi a

1.ª Publicação

ANÚNCIO/EDITAL

1 – Identificação dos bens, valor e outras informações : cfr. quadro infra. 2 – Valor: Avaliaçã o 568º cpc 886 A – (valor de mercad)

Processo: 22/12.9TBMIR Procedimento Cautelar N/Referência: 698773 Data: 29-08-2012 Requerente: Dimi - Bar Discoteca, Limitada Requerido: Parcas-Representações, Lda

Leva-se ao conhecimento do Tribunal o seguinte

(na modalidade de proposta, por qualquer meio, e posteriormente confirmada por carta , via CTT( para dar certeza da apresentação), por ser a mais conveniente para o caso, e para o bom desempenho da função, economia de recursos, celeridade e transparência e certezas ) art. 164º.1, in fine Cire. (enviase modelo de proposta para confirmação quando pedido ao AI)

VPT

Secção Única

Inicio da LIQUIDAÇÃO

REGULAMENTO DA VENDA (Nova tentativa de venda)

Preço mínimo a anunciar para a venda = 70%v.bas e 889.2cpc €*

Tribunal Judicial de Mira

Pº 357/12.0TBCTB – 2º J Insolv. “Adelino José Henrique Carrilho, Nif: 160 299 918 e Laura Mª Martins Carrilho Nif.160 299 764" – R. Dr. João Morato Grave, Lt 156, 1º Dtº, 6000-241 Castelo Branco Mandatário do Insolvente – Dr. António Martins. Tel.272 339 420. Fax.272 339 429.

ANÚNCIO/EDITAL

1

Castelo Branco

2926 – E Castelo Branco

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012

Prédio urbano, andar Dt.º

Preço mínimo a anunciar para a venda = 70%v.bas e 889.2cpc €*

100 mil euros*

ANTÓNIO BONIFÁCIO (Lic.º Dtº. U. Coimbra) ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA * (c. idf. 369-DGAJ-MJ) Telm. 96 435 14 42 ** antonio.bonifacio@sapo.pt (m/refª 364.5)

O Primeiro de Janeiro | 17

VPT 886-A cpc €

Avaliaçã o 568º cpc 886 A – (valor de mercad)

Prefª 892º CPC Remição 912 cpc Credores garantidos preferentes 165 cire

Nos autos acima identificados, correm éditos de 10 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando: Requerido: Parcas-Representações, Lda, NIF - 503710300, domicílio: Rua do Quanza, 28, 4250-382 Porto com última residência conhecida na(s) morada(s) indicada(s) para, no prazo_de 10 dias, decorrido que seja o dos éditos nos termos do disposto no artº 385, nº 6.º do Código de Processo Civil, e em alternativa: • Recorrer em 15 dias, nos termos gerais, do despacho que decretou a providência, quando entenda que, face aos elementos apurados, ela não deveria ter sido decretada; • Deduzir oposição, no prazo de 10 dias quando pretenda alegar factos ou produzir meios de prova não tidos em conta pelo tribunal e que possam afastar os fundamentos da providência ou determinar a sua redução. Fica advertido de que é obrigatória a constituição de mandatário judicial. Passei o presente e mais dois de igual teor para serem afixados. O Juiz de Direito, Dr(a). Jorge Manuel Loureiro O Oficial de Justiça, José António Simões

Hipoteca mont.máx. 43.389,60€

CGD, Max:

* Preço (mínimo): propostas só acima deste valor.

*valor sugerido pelo credor hipotecário, por e-mail de 03.09.2012 e anexo ao Desp.Judicial 3073149 de 05.09.2012 Vai cópia ao Dr. Rogério da Costa Pereira, R. António Augusto de Aguiar, 112, 2º Esq. 6200-050 Covilhão, Telf: 275 320 710, Fax: 275 320 719 3- As propostas são sempre confirmadas, via CTT (questão de certeza) até ao próximo dia 10 de Outubro de 2012, para o Apartado 47, 4634-909 Marco de Canaveses. Devem mencionar a identificação completa do proponente, fotocópia do BI/NIPC, endereço e contacto, e ainda caução efectiva de 20% da respectiva proposta,( podendo ser usado o impresso modelo que se disponibiliza) O preço e os eventuais impostos não isentos serão pagos nos 15 dias seguintes (seguidos). 4- Cada verba é vendida no estado físico e jurídico em que se encontra, sem quaisquer garantias, sendo fiel depositário o A.I., Dr. António Bonifácio, Telf. 96 435 14 42 Todos os encargos com a aquisição são da conta do comprador, nomeadamente todo o IMI em dívida, registos, alvarás, licenças, etc. 5 – Nos 10 dias seguintes ao termo do prazo para a recepção das propostas que fazem presumir a adesão a estas condições de venda, o resultado das mesmas, será comunicado pelo AI a todos os interessados e ao Tribunal, por relatório. 6 – É dado cumprimento ao artº 161º, 164º e outros do Cire, presumindo-se o acordo tácito se nada for dito, e serão atendidos os direitos de preferência / remissão / cedência de posição, etc, após a notificação dos resultados da venda aos insolventes (singulares) e interessados conhecidos, que tenham manifestado tal interesse por escrito, junto do AI, para exercerem tal direito, nos 10 dias seguintes. Verificando-se situações de empate, repetir-se-á a notificação aos interessados para que licitem entre eles, num prazo de 3 dias. 7 – Vai publicado, pelo menos, no “Primº de Janeiro,” jornal e edição on-line, gratuito, alargando a área de difusão a todo o País (e estrangeiro) e, em qualquer outro jornal, mediante sugestão de interessado. Vai, ainda, difundido por todos os investidores conhecidos do AI, habituados a compras de bens apreendidos, podendo ser utilizado o impresso, modelo proposta, usado, habitualmente, para o efeito por este AI. 8- Aceita-se qualquer outra proposta noutros termos, para ponderação do AI, mas fica a adjudicação condicionada ao parecer favorável da C. C. 9- Vai cópia à CC (existindo), presumindo-se a sua concordância, tirada do silêncio deste órgão colegial (artº 69 Cire) não se opondo, no prazo de 10 dias. 10- O(s) credor(es) hipotecário(s) é (são) convidado(s) a requerer (em) a adjudicação nos termos do artº 164.3 e 4 do Cire, no prazo e condições ali estipuladas (devendo enviar caução de 20% sob pena de ineficácia da proposta). MCN, 22.09.2012

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012

JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia Juízo de Execuçãol Processo nº 13512/07.6TBVNG EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 59.060,37€ Exequente(s): Caixa Geral de Depósitos, SA Executados: Artur Soares Ferreira, Adérito Pinto Ferreira, Ana Cristina Martins Oliveira e Helena Soares Guedes N.º Processo Interno: PE151607

1.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 14 de Novembro de 2012, pelas 14h30m, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, no Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia, sito na Rua Conselheiro Veloso da Cruz, n.º 801, 4404502 Vila Nova de Gaia, pelos interessados na compra dos seguintes bens: Verba um: Fracção autónoma designada pelas letras “SS” correspondente a uma habitação no 6.º andar traseiras com entrada pelo n.º 1124 do prédio urbano sito na Avenida da República, n.º 1124, da freguesia de Mafamude, do Concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o artigo 3994 e descrito sob o n.º 00357/161085 na 2.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia, com o valor base de €75.000,00, sendo o bem adjudicado a quem melhor preço oferecer acima de €70% daquele valor, ou seja, €52.500,00. O bem foi penhorado aos Executados Artur Soares ferreira e Ana Cristina Martins Oliveira. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO Av. da República, 740, 7º, sala 73 – 4430-190 V. N. de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – e.mail: 2090@solicitador.net


publicidade/editais

18 | O Primeiro de Janeiro

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 19/09/2012

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 25/09/2012

JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia Juízo de Execução Processo nº 3642/08.2TBVNG EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 15.941,82€ Exequente(s): Caixa Geral de Depósitos, S.A. Executados: Paula Cristina da Silva Vieira Barbosa, Manuel António Cardoso Pinto e José Ernesto Pimenta Barbosa N.º Processo Interno: PE162908 2.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 24 de Outubro de 2012, pelas 14horas00minutos, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia na Rua Conselheiro Veloso da Cruz, n.º 801, 4404-502 Vila Nova de Gaia, pelos interessados na compra dos seguintes bens: Verba um: Fracção autónoma designada pela letra “C” correspondente a habitação no primeiro andar esquerdo com entrada pelo n.º 595 da Rua de Monte Belo, do prédio constituído em regime de propriedade horizontal sito na Rua de Monte Belo, n.º 595, da freguesia de Mafamude, Concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz urbana sob o artigo 6895 e descrito sob o n.º 03515/080694-C da 2.ª Conservatória de Registo Predial de Vila Nova de Gaia, com o valor base de €65.000,00 sendo o bem adjudicado a quem melhor preço oferecer acima de €70% daquele valor, ou seja, €45.500,00. O bem foi penhorado aos Executados José Ernesto Pimenta Barbosa e Paula Cristina da Silva Vieira Barbosa. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO Av. da República, 740, 7º, sala 73 – 4430-190 V. N. de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – e.mail: 2090@solicitador.net

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 19/09/2012

JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

Tribunal Judicial da Comarca de Paços de Ferreira 2º Juízo Cível

Processo nº 532/08.2TBPFR EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 68.106,60€ Exequente(s): Caixa Geral de Depósitos, SA Executados: José Maria Coelho de Almeida, José Campos Frutuoso, Maria Emília Matos Monteiro e Deolinda Matos Monteiro N.º Processo Interno: PE161408 2.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 23 de Outubro de 2012 pelas 14h00m, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do mesmo Tribunal, sito na no Praça da República, 4590-527 Paços de Ferreira, pelos interessados na compra dos seguintes bens: Verba um: Prédio urbano composto por casa de caves com um pavimento e quintal, que confronta a norte e sul com caminho público, a nascente com José Campos Frutuoso e a poente com enxurreira, sito no Lugar do Fontão, da freguesia de Roriz, concelho de Santo Tirso, inscrito na matriz urbana sob o artigo 142 e descrito sob o n.º 245/19890203 na Conservatória do Registo Predial de Santo Tirso, pelo valor com de €30.000,00, sendo o bem adjudicado a quem melhor preço oferecer acima de €70% daquele valor, ou seja, €21.000,00. O bem foi penhorado aos Executados Deolinda Matos Monteiro e José Campos Frutuoso. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO Av. da República, 740, 7º, sala 73 – 4430-190 V. N. de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – e.mail: 2090@solicitador.net

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

HÁ 143 ANOS TODOS OS DIAS CONSIGO

Rua de Santa Catarina, n.º 489 4000-446 Porto «O PRIMEIRO DE JANEIRO», 25/09/2012

Tribunal Judicial de Barcelos 4.ºJuízo Cível Processo: 2143/11.6TBBCL Carta Precatória (Distribuída) N/Referência: 7385088 Data: 14-09-2012 Exequente: Finicredito - Sfac, S. A. Executado: Avelino Silva Ferreira e outro(s)... Processo de origem: Processo n° 4869/03.9TJPRT do Porto - Cível, 1o Juízo (extinto), 1o Juízo - 2a Secção 2.ª Publicação

ANÚNCIO Nos autos acima identificados foi designado o dia 10-12-2012, pelas 14:00 horas, neste Tribunal, para a abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na Secretaria deste Tribunal, pelos interessados na compra do(s) seguinte(s) bem/bens: Prédio urbano registado na matriz predial sob o artigo 124, da freguesia de Bastuço (S. João), sito no lugar da Bouça, 4755-091 Bastuço (S. João), pelo valor patrimonial actual (reportado a 2006 - €1.046,20). penhorados a Executado: Avelino Silva Ferreira, nascido(a) em 26-07-1953, concelho de Barcelos, freguesia de Bastuço (São João) [Barcelos], NIF - 124025048, BI - 6840925, domicílio: Rua de S. Domingos, N° 122, Bastuço S. João, 4755-000 Barcelos É fiel depositário Manuel de Jesus Fernandes Torres, NIF 178751421, BI - 6375662, Endereço: Centro Comercial Castro, Loja N° 5, Av. da Liberdade, 27 / 30, 4750-312 Barcelos. Nota: No caso de venda mediante proposta em carta fechada, em Execução Comum (instaurada em data igual ou posterior a 15/09/2003) os proponentes devem juntar à sua proposta, como caução, um cheque visado, à ordem do Solicitador de Execução ou, na sua falta, da secretaria, no montante correspondente a 20% do valor base dos bens ou garantia bancária no mesmo valor (n° 1 ao Art° 897° doCPC). O Juiz de Direito, Dr(a). Rui Silva Reis A Oficial de Justiça, Maria do Carmo Carvalho

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 19/09/2012

Tribunal Judicial de Caminha Secção Única

Processo: 455/06.0TBCMN-A Habilitação de Herdeiros N/Referência: 1082599 Data: 13-09-2012 Requerente: Banco Espirito Santo S.A.-Sociedade Aberta Requerido: Vanessa Laginha de Castro Rocha e outro(s)... 2.ª Publicação

ANÚNCIO Nos autos acima identificados, correra éditos de 50 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando a Requerida: Mónica Patrícia Laginha de Castro Pinto Basto, estado civil: Solteira, NIF - 255459076, domicílio: Solar da Laginha, Afife, 4900-000 Viana do Castelo, com última residência conhecida na morada indicada, para no prazo de 10 dias, decorrido que seja o dos éditos, contestar, querendo, a habilitação de herdeiros, sob pena de vir a ser julgado sucessor dos falecidos João Isidro da Mota Laginha de Castro e Elsa da Mota Laginha de Castro, para consigo prosseguir a causa principal, tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial que se encontra nesta Secretaria, à disposição do citando. Fica advertido de que é obrigatória a constituição de mandatário judiciai. Passei o presente e mais dois de igual teor para serem afixados. O Juíz de Direito Dr(a). Pedro Jorge Matos O Ofícial de Justiça, Mário Domingues

www.oprimeirodejaneiro.pt www.oprimeirodejaneiro.pt www.oprimeirodejaneiro.pt

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 25/09/2012

Comarca de Grande Lisboa Noroeste - Sintra

Comarca de Grande Lisboa Noroeste - Sintra

Juízo de Execução

Juízo de Execução

Processo: 10923/08.3TMSNT - 1°Juízo Processo Comum VALOR: 39.653,70 € Exeq: Finicrédito - Instituição Financeira de Crédito, SA Exec: Luís Alberto da Silva Dias e outro. Ref.ª Int.: 190/09.PRT-A 2.ª Publicação

Processo: 10923/08.3TMSNT - 1°Juízo Processo Comum VALOR: 39.653,70 € Exeq: Finicrédito - Instituição Financeira de Crédito, SA Exec: Filipe dos Santos Cavaleiro e outro. Ref.ª Int.: 190/09.PRT-A 2.ª Publicação

ANÚNCIO

ANÚNCIO

A CITAR: Luís Aberto da Silva Dias. OBJECTO E FUNDAMENTO DA CITAÇÃO Nos termos e para os efeitos do disposto no art.º 248°. e ss. do Código Processo Civil, correm éditos de 30 (trinta) dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o ausente Luís Alberto da Silva Dias, com última residência conhecida na Rua do Colégio, n° 3., freguesia e concelho da Amadora, para no prazo de 20 (vinte) dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou deduzir oposição a execução supra referenciada, nos termos do art°, 812º n° 6 e 813° n°1, ambos do Código Processo Civil. O duplicado do requerimento executivo e a cópia dos documentos encontram-se à disposição do citando na Secretária do Tribunal da Comarca da Grande Lisboa Noroeste - Sintra,

A CITAR: Filipe dos Santos Cavaleiro OBJECTO E FUNDAMENTO DA CITAÇÃO Nos termos e para os efeitos do disposto no art.º 248°. e ss. do Código Processo Civil, correm éditos de 30 (trinta) dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o ausente Filipe dos Santos Cavaleiro, com última residência conhecida na Av. Fernando Ribeiro, n.º12 - 7.º esq, freguesia de Queluz, na comarca de Sintra, para no prazo de 20 (vinte) dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou deduzir oposição a execução supra referenciada, nos termos do art°, 812º n° 6 e 813° n°1, ambos do Código Processo Civil. O duplicado do requerimento executivo e a cópia dos documentos encontramse à disposição do citando na Secretária do Tribunal da Comarca da Grande Lisboa Noroeste - Sintra,

MEIOS DE OPOSIÇÃO Nos termos do disposto no artigo 60° do C.P.C. e tendo em consideração o valor do processo, para se opor a execução é [não] obrigatória a constituição de Advogado.

MEIOS DE OPOSIÇÃO Nos termos do disposto no artigo 60° do C.P.C. e tendo em consideração o valor do processo, para se opor a execução é [não] obrigatória a constituição de Advogado.

COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução prazo supra indicado e não pague ou caucione a quantia exequenda, seguem-se os termos do artigo 832° do C.P.C, sendo promovida venda dos bens penhorados necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, acrescido de 10%, nos termos do disposto no n° 3 do artigo 821° do C.P.C.

COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução prazo supra indicado e não pague ou caucione a quantia exequenda, seguem-se os termos do artigo 832° do C.P.C, sendo promovida venda dos bens penhorados necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, acrescido de 10%, nos termos do disposto no n° 3 do artigo 821° do C.P.C.

PAGAMENTO, DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda no escritório do signatário (dias e horas constantes do rodapé) em dinheiro ou cheque visado. À quantia exequenda acrescem, para além dos juros calculados nos termos do pedido, a taxa de justiça inicial no montante de 24,00 € e os honorários é despesas do Agente de Execução, que nesta data ascendem a 3.965,40 €.

PAGAMENTO, DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda no escritório do signatário (dias e horas constantes do rodapé) em dinheiro ou cheque visado. À quantia exequenda acrescem, para além dos juros calculados nos termos do pedido, a taxa de justiça inicial no montante de 24,00 € e os honorários é despesas do Agente de Execução, que nesta data ascendem a 3.965,40 €.

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Este edital encontra-se afixado na porta do último domicílio conhecido do citando, na Junta de Freguesia respectiva e no Tribunal Judicial respectivo. São também publicados dois anuncios consecutivos no Jornal Diário. Os prazos começam a contar-se a contar da publicação do último anúncio,

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Este edital encontra-se afixado na porta do último domicílio conhecido do citando, na Junta de Freguesia respectiva e no Tribunal Judicial respectivo. São também publicados dois anuncios consecutivos no Jornal Diário. Os prazos começam a contar-se a contar da publicação do último anúncio,

O Agente de Execução

O Agente de Execução

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 25/09/2012 CARLA MENDES Agente de Execução Cédula n.º 3076

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 25/09/2012 CARLA MENDES Agente de Execução Cédula n.º 3076

Tribunal Judicial de Tondela

Tribunal Judicial de Sátão

1.º Juízo Cível

Secção Única

Processo: 416/08.4TBTND-1.ºJuízo Processo Comum Exequente: Finicrédito - Instituição Financeira de Crédito, SA. Executado: Henrique Manuel Rodrigues de Figueiredo Proc. Int. n.°253/08.PRT-A 2.ª Publicação

Processo: 317/08.6TBSAT - Secção Única Processo Comum Exequente: Finicrédito - Instituição Financeira de Crédito, SA. Executado: Ricardo Miguel Marques Regado Proc. Int. n.°745/08.PRT-A 2.ª Publicação

ANÚNCIO

ANÚNCIO

A CITAR: Henrique Manuel Rodrigues de Figueiredo.

A CITAR: Ricardo Miguel Marques Regado

OBJECTO E FUNDAMENTO DA CITAÇÃO Nos termos e para os efeitos do disposto no art. 248°. do Código Processo Civil, correm éditos de 30 (trinta) dias, contados da data de afixação dos editais, citando o ausente Henrique Manuel Rodrigues de Figueiredo, com última residência conhecida em Rua Principal, n.º 50, freguesia e concelho de Tondela, para no prazo de 20 (vinte) dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou deduzir oposição à execução e, no mesmo prazo, à penhora supra referenciada, nos termos do artº.813° n°1 e 2, do Código Processo Civil. O duplicado do requerimento executivo e a cópia dos documentos encontram-se à disposição do citando na Secretária do Tribunal Judicial de Tondela. MEIOS DE OPOSIÇÃO Nos termos do disposto no artigo 60° do Código Processo Civil. é obrigatória a constituição de Advogado. COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução e/ou penhora no prazo supra indicado e não pague ou caucione a quantia exequenda, seguemse os termos do artigo 886° do Código Processo Civil, sendo promovida a venda dos bens penhorados necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, acrescido de 10%, nos termos do disposto no n° 3 do artigo 821° do Código Processo Civil. PAGAMENTO, DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda no escritório do signatário (dias e horas constantes do rodapé) em dinheiro ou cheque visado. À quantia exequenda acrescem, para além dos juros calculados nos termos do pedido, a taxa de justiça inicial no montante de 24,00 € e os honorários e despesas do Solicitador de Execução, que nesta data ascendem a 1.135,00 €. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Este edital encontra-se afixado na porta do último domicílio conhecido do citando, na Junta de Freguesia respectiva e no Tribunal Judicial de Tondela.

OBJECTO E FUNDAMENTO DA CITAÇÃO Nos termos e para os efeitos do disposto no art. 248°. do Código Processo Civil, correm éditos de 30 (trinta) dias, contados da data de afixação dos editais, citando o ausente Ricardo Miguel Marques Regado, com última residência conhecida em Rua da Tapada, Pereiro, freguesia e concelho de Satão, para no prazo de 20 (vinte) dias, decorrido que seja o dos éditos, pagar ou deduzir oposição à execução e, no mesmo prazo, à penhora supra referenciada, nos termos do artº.813° n°1 e 2, do Código Processo Civil. O duplicado do requerimento executivo e a cópia dos documentos encontram-se à disposição do citando na Secretária do Tribunal Judicial de Satão. MEIOS DE OPOSIÇÃO Nos termos do disposto no artigo 60° do Código Processo Civil. é obrigatória a constituição de Advogado. COMINAÇÃO EM CASO DE REVELIA Caso não se oponha à execução e/ou penhora no prazo supra indicado e não pague ou caucione a quantia exequenda, seguemse os termos do artigo 886° do Código Processo Civil, sendo promovida a venda dos bens penhorados necessários para garantir o pagamento da quantia exequenda, acrescido de 10%, nos termos do disposto no n° 3 do artigo 821° do Código Processo Civil. PAGAMENTO, DESPESAS E HONORÁRIOS Poderá efectuar o pagamento da quantia exequenda no escritório do signatário (dias e horas constantes do rodapé) em dinheiro ou cheque visado. À quantia exequenda acrescem, para além dos juros calculados nos termos do pedido, a taxa de justiça inicial no montante de 24,00 € e os honorários e despesas do Solicitador de Execução, que nesta data ascendem a 1.542,40 €. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Este edital encontra-se afixado na porta do último domicílio conhecido do citando, na Junta de Freguesia de Satão, e no Tribunal Judicial da Comarca de Satão.

A Agente de Execução Carla Mendes

A Agente de Execução Carla Mendes

Paços de Ferreira Avenida Dr.Nicolau Carneiro, 15 - 2º Dtº Ft. 255 965 242 // Fax: 255 965 470 4590-511 Paços de Ferreira

Povoa de Varzim Avenida Mouzinho Albuquerque C Com Premar Lj. 11 Tel. E fax: 252 681 597 4490-409 Povoa de Varzim

Paços de Ferreira Avenida Dr.Nicolau Carneiro, 15 - 2º Dtº Ft. 255 965 242 // Fax: 255 965 470 4590-511 Paços de Ferreira

Povoa de Varzim Avenida Mouzinho Albuquerque C Com Premar Lj. 11 Tel. E fax: 252 681 597 4490-409 Povoa de Varzim


publicidade/editais

Aviso Nos Termos da Portaria n.º 83-A/2009, de 22 janeiro, torna-se publico que se encontra aberto, o procedimento concursal para 6 contratos individuais de trabalho a termo resolutivo certo a tempo parcial, para Assistentes Operacionais (Serviços de Limpeza) de acordo com o aviso n.º 12566/2012 publicado no Diário da República II Série n.º 183 de 20 de Setembro de 2012. Porto, 25 setembro 2012 O Presidente da Comissão Administrativa Provisória, José Manuel Perdigão Barros Monteiro Novais

DEPARTAMENTO DE PUBLICIDADE Telefone: 22 096 78 46

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

Comarca do Baixo Vouga Oliveira do Bairro - Juízo de Família e Menores

Processo: 467/12.4T2OBR Divórcio Sem Consentimento do Outro Cônjuge Autor: Anabela de Jesus Martins Oliveira Réu: Manuel José Dias Oliveira

ANÚNCIO Nos autos acima identificados, correm éditos de 30 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o réu, Manuel José Dias Oliveira, com última residência conhecida em domicílio: Estrada Nacional 1, 3780-351 Avelãs de Caminho, para no prazo de 30 dias, decorrido que seja o dos éditos, contestar, querendo, a presente acção, com a indicação de que a falta de contestação não importa a confissão dos factos articulados pela autora, tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial que se encontra nesta Secretaria, à disposição do citando. Fica advertido de que é obrigatória a constituição de mandatário judicial. Oliveira do Bairro, 20-09-2012 N/Referência: 15917252 O Juiz de Direito, Dr(a). Cecília Peixoto A Oficial de Justiça Sandra Francisco

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia 2.º Juízo Cível

Processo: 6785/12.4TBVNG Interdição / Inabiiítação N/Referencia: 15997766 Data: 12-09-2012 Requerente: Maria Carmo Cunha Pinho da Silva Interdito: Mário Jorge Cunha Pinho da Silva

ANÚNCIO Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/inabilitação em que é requerido Mário Jorge Cunha Pinho da Silva, com residência em domicilio: Rua da Barroca 156, Santa Marinha, 4430000 VILA NOVA DE GAIA, para efeito de ser decretada a sua interdição por.

Fax: 22 096 78 45

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

Juízos Cíveis do Porto

Juízos Cíveis do Porto

1.º Juízo Cível

2.º Juízo Cível

2.º Juízo Cível

1.º Juízo Cível

1.º Juízo Cível

Processo: 1434/12.3TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11328387 Data: 13-09-2012 Requerente: Ministério Publico Porto Requerido: Maria Lurdes Moreira

Processo: 1219/12.7TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11316490 Data: 03-09-2012

Processo: 1274/12.0TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11321987 Data: 07-09-2012

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Processo: 1306/12.1TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11319790 Data: 05-09-2012 Requerente: Serviços do Ministério Público-Varas Cíveis do Porto Requerido: José Augusto Pinto de Sousa

Processo: 1283/12.9TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11321103 Data: 06-09-2012 Requerente: Ministério Público Requerido: Agostinho da Silva Pereira

Juízos Cíveis do Porto

ANÚNCIO Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido Maria Lurdes Moreira, com residência em domicílio: Rua Eng º Pedro Inácio Lopes, BIº 3 - E12 - Casa 2, Campanhã, 4300-000 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. A Juiz de Direito, Dr(a). Susana Raquel Sousa Pereira A Oficial de Justiça, Angélica Cordeiro

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

O/A Mmº(ª) Juiz de Direito Dr. Paulo Ramos de Faria, do(a) 2.º Juízo Cível - Juízos Cíveis do Porto: Faz saber que foi distribuída neste tribunal,a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido Bruno Filipe da Silva Monteiro, com residência em domicílio: Bairro do Cerco do Porto, BI-25 Ent.550 Casa 42, Campanhã, 4300-000 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica .

O/A Mmº(ª) Juiz de Direito Dr. Paulo Ramos de Faria, do(a) 2S Juízo Cível - Juízos Cíveis do Porto: Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido Judite Aguiar Lourenço, com residência em domicílio: Casa do Repouso-Rua Barros Lima, 860-, Porto, 4300-061 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica .

O Juiz de Direito, Dr(a). Paulo Ramos de Faria

O Juiz de Direito, Dr(a). Paulo Ramos de Faria

O Juiz de Direito, Dr(a). Margarida Alexandra de Meira Pinto Gomes

A Juiz de Direito, Dr(a). Susana Raquel Sousa Pereira

O Oficial de Justiça, Maria João Cardoso

O Oficial de Justiça, Maria João Cardoso

O Oficial deJustiça, Manuel José Rodrigues Ramalho

A Oficial de Justiça, Angélica Cordeiro

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

3.º Juízo Cível

1.º Juízo Cível

3.º Juízo Cível

Processo: 1435/12.1TJPRT Interdição / Inabititação N/Referência: 11319827 Data: 05-09-2012 Requerente: Ministério Publico Porto Requerido: Paulo Fernando Valente da Silva Lapo

Processo: 1284/12.7TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11318480 Data: 04-09-2012 Requerente: Ministério Público Requerido: Fernando Jorge Bragança Teixeira

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Processo: 1282/12.0TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11321231 Data: 06-09-2012 Requerente: Ministério Público - Varas Cíveis do Porto-1a Secção Requerido: José Francisco Carvalho Silva

ANÚNCIO

O Juiz de Direito, Dr(a). Ana Rosa Martins da Silva O Oficial de Justiça, Vitor Caldeira

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/Inabilitação em que é requerido Fernando Jorge Bragança Teixeira, divorciado, nascido em 11/ 05/1953, em Cedofeita, Porto com domicílio no Centro Hospitalar Conde Ferreira, na R. Costa Cabral, n° 1211, 4200-227 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. O Juiz de Direito, Dr(a). João Bernardo Peral Novais O Oficial de Justiça, Helena Barquinha

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

A Oficial de Justiça, Olinda Pascoal

A Oficial de Justiça, Fernanda Pinto Basto

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

2.º Juízo Cível

2.º Juízo Cível

Processo: 1272/12.3TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11327671 Data: 13-09-2012 Requerente: Serviços Ministério Publico das Varas Civeis do Porto Requerido: Siivia Licéria Pereira de Almeida

Processo: 1133/12.6TJPRT Divisão de Coisa Comum Requerente: Luís Miguel da Costa Cardoso Requerido: Sandra Filipa Cardoso de Sousa Costa

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/Inabilitação em que é requerido Jaime Augusto Pereira Mesquita, com residência em domicílio: Centro Hospitalar Conde Ferreira, Rua Costa Cabral, N°1211, 4200-227 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido Silvia Licéria Pereira de Almeida, com residência em domicílio: Passeio das Fontainhas, Bairro da Tapada, Casa 9, 4000-236 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.

A Juiz de Direito, Dra. Alexandra Lage

A Juiz de Direito, Dr(a). Alexandra Lage

A Ofícial de Justiça, Fernanda Silva

O Oficial de Justiça, Joaquim Carvalho

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

1.º Juízo Cível

Processo: 1280/12.4TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11328363 Data: 13-09-2012 Requerente: Ministério Público Varas Cíveis do Porto-1ª Secção Requerido: Maria Adelaide Ferreira Silva

Processo: 1273/12.1 TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11320917 Data: 06-09-2012 Requerente: Serviços do Ministério Público-Varas Cíveis do Porto Requerido: Luis Manuel Sampaio Gomes

Processo: 1415/12.7TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11319799 Data: 05-09-2012 Requerente: Serviços do Ministério Público-Varas Cíveis do Porto Requerido: Manuel António Morais

Processo: 1308/12.8TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11324773 Data: 11-09-2012 Requerente: Serviços do Ministério Público-Varas Cíveis do Porto Requerido: Natalia Carvalho Castim

A Juiz de Direito, Dr(a). Virgínia Maria Correia Martins O Oficial de Justiça, Irene Azevedo

ANÚNCIO Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido Luis Manuel Sampaio Gomes, com residência em domicílio: Travessa Nova do Covelo n.º 8 4050 Porto e actualmente internado no Serviço de Medicina A do Hospital de S. João, sito na Alameda Professor Hernâni Monteiro - 4200 3419 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. O Juiz de Direito, Dr(a). Susana Raquel Sousa Pereira A Oficial de Justiça, Angélica Cordeiro

Juízos Cíveis do Porto

Processo: 1307/12.0TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11319476 Data: 05-09-2012 Requerente: Serviços do Ministério Público-Varas Cíveis do Porto Requerido: Jaime Augusto Pereira Mesquita

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

ANÚNCIO Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido Manuel António Morais, com residência em domicílio: Centro Hospitalar Conde Ferreira, Porto, 4000-000 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por Anomalia Psíquica. O Juiz deJDireito, Dr(a). Margarida Alexandra de Meira Pinto Gomes O Oficial de Justiça, Maria Conceição Roxo

ANÚNCIO Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição em que é requerido Natalia Carvalho Castim, com residência em domicílio: Casa de Repouso Sara Costa, Lda., Rua Santos Pousada, 323, Porto, 4000486 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. A Juíz de Direito Dr(a). Mónica Alexandra da Silva Oliveira A Oficial de Justiça, Sandra Cruz

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

Tribunal Judicial de Felgueiras 3.º Juízo Cível

Processo: 1271/12.5TBFLG Interdição / Inabilitação N/Referência: 3238716 Data: 06-09-2012

ANÚNCIO O/A Mm°(a) Juiz de Direito Dr(a). Carla Alexandra Alves Fraga, do(a) 3o Juízo -Tribunal Judicial de Felgueiras: Faz saber que foi distribuída neste tribunal,a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido Maria do Carmo Mendes Teixeira, com residência em domicílio: Rua da Aldeia, 123, Baltar, Paredes, para efeito de ser decretada a sua interdição por inabilitação. O Juiz de Direito Dra. Carla Alexandra Alves Fraga O Oficial de Justiça Fernando Costa

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

2.º Juízo Cível

1.º Juízo Cível

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal,a ação de Interdição/lnabilitação movida pelo Ministério Público em que é requerida Maria Adelaide Ferreira Silva, solteira, nasceu em 02 de Novembro de 1926, na freguesia de Bonfim, com residência em domicílio: Lar Ctº Social Paroquial N. Sra do Amial, Rua Nova do Tronco, 4250-504 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. Passei o presente e outro de igual teor para serem afixados.

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido Agostinho da Silva Pereira, com residência em domicílio: Centro Hospitalar Conde Ferreira sito, Rua Costa Cabral, 1211, 4200227 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.

Juízos Cíveis do Porto

1.º Juízo Cível

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Juízos Cíveis do Porto

2.º Juízo Cível

Processo: 1206/12.5TJPRT Interdição / Inabilitação N/Referência: 11328496 Data: 13-09-2012 Requerente: - Ministério Público Requerido: Maria Cecília Santos Lima

O Juiz de Direito, Dr(a). Cláudia Cristina Moreira Salazar

O Oficial de Justiça, Jorge Ferreira Martins

Porto, 05-09-2012

Juízos Cíveis do Porto

3.º Juízo Cível

O Juiz de Direito, Dr(a). Maria Helena Oliveira da Silva

O Juiz de Direito, Dr(a). Ana Rosa Martins da Silva

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido José Augusto Pinto de Sousa, com residência em domicílio: Centro Hospitalar Conde Ferreira, Rua Costa Cabral, N.º 1211,4200227 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.

Juízos Cíveis do Porto

Juízos Cíveis do Porto

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/lnabilitação em que é requerido Maria Cecília Santos Lima, com residência em domicílio: Rua Costa Cabral,1211, 4200-227 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a ação de Interdição/Inabilitação em que é requerido José Francisco Carvalho Silva, com residência em domicílio: Centro Hospitalar Conde Ferreira, Porto, 4000000 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psiquica.

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

ANÚNCIO

Juízos Cíveis do Porto

Juízos Cíveis do Porto

ANÚNCIO

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

Juízos Cíveis do Porto

Juízos Cíveis do Porto

Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal,a ação de lnterdição/Inabilitação requerido Paulo Fernando Valente da Silva Lapo, com residência no Centro Hospitalar Conde Ferreira, Porto, 4100-000 Porto, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. Passei o presente e outro de igual teor para serem afixados.

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

Juízos Cíveis do Porto

Juízos Cíveis do Porto

Juízos Cíveis do Porto

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

ANÚNCIO Correm éditos de 20 dias para citação dos credores desconhecidos que gozem de garantia real sobre os bens abaixo indicados, para reclamarem o pagamento dos respetivos créditos pelo produto de tais bens, no prazo de 15 dias, findo o dos éditos, que se começará a contar da data da segunda e última publicação do anúncio, em que são: Requerente: Luís Miguel da Costa Cardoso, estado civil: Divorciado, NIF 206395019, domicílio: Lugar de Vila Nova, Oliveira do Douro, 4690 Cinfães, 4690-000 Cinfães Requerido: Sandra Filipa Cardoso de Sousa Costa, estado civil: Casado, nascida em 01-01-1986, freguesia de Favaios [Alijo], nacional de Portugal, NIF - 188430636, domicílio: Rua do Godim, Nº 459, 2º, Campanhã, 4050-122 Porto Descrição: Bem Imóvel: a fração autónoma designa pela letra “C”, correspondente a uma habitação tipo T2, sita na Rua São Rosendo, nº 455/459, 4300-478 Porto, da freguesia do Bonfim, concelho do Porto, inscrita na matriz urbana sob o art. º 11421-C e descrita na 1.ª C. R. Predial do Porto sob o n.º 1407-C. Porto, 14-09-2012 N/Referência: 11330581 O Juiz de Direito, Dr. Paulo Ramos de Faria O Oficial de Justiça, Fátima Sobral

www.oprimeirodejaneiro.pt

Agrupamento Escolas Carolina Michaëlis

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27 /0 9/2012 27/0 /09

www.oprimeirodejaneiro.pt

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

O Primeiro de Janeiro | 19

www.oprimeirodejaneiro.pt

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012


publicidade/editais

Carta Precatória para venda (Extraída dos autos de Execução Comum, n° 3669/09.6YYPRT do Porto -1° e 2° Juízos de Execução -1° Juízo - 2.ª Secção para venda Exequente: Banco Espirito Santos, S.A Executado(s): Vitor Manuel Santos Fontes e Outros(s) 2.ª Publicação

FAZ-SE SABER que nos autos acima identificados, encontrase designado o dia 17 de Outubro de 2012, pelas 14h30m no Tribunal Judicial de Vila Nova Gaia - Juízo de Execução, para abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na secretaria do Tribunal, pelos interessados na compra do seguinte bem: Fracção Autónoma designada pelas letras AS, correspondente ao R/C, Direito, Centro - Tipo T3, sito na Rua Éden Club n°25, R/C, Dto, Centro, da freguesia de Arcozelo, Concelho Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o n° 5465 e descrito na Conservatória Registo Predial sob o n° 978/19910131- AS. O bem pertence aos Executados Horácio Albano de Magalhães Pereira e Maria de Fátima Cravo Pereira, casados no regime de comunhão adquiridos, residentes na Rua Éden Club n°25 R/C, Dto, Centro, Arcozelo. Valor base: 128.500,00 € Serão aceites as propostas do melhor preço igual ou acima de 70% do valor anunciado. Nos termos do n°1 do artigo 897° do Código Processo Civil, os proponentes devem juntar à sua proposta, como caução, um cheque visado, à ordem do agente de execução no montante correspondente a 5 % do valor anunciado para a venda, ou garantia bancária no mesmo valor. É fiel depositário do bem, que o deve mostrar, Horácio Albano de Magalhães. O Agente de Execução Paula Maria Rocha da Silva Av.ª Fabril do Norte, 819, Lj. AE 4460-314 SENHORA DA HORA

Tel. 222010071 Fax. 222010071

1983@solicitador.net

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia Juízo de Execuçãol Processo nº 653/08.1TBVNG EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 76.067,90€ Exequente(s): Caixa Geral de Depósitos, SA Executados: Paulo Américo Mendes da Rocha e Maria da Conceição da Silva Moreira Rocha N.º Processo Interno: PE156608

2.ª Publicação

ANÚNCIO Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 05 de Dezembro pelas 14horas00minutos, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia, sito no na Rua Conselheiro Veloso da Cruz, n.º 801, 4404-502 Vila Nova de Gaia, pelos interessados na compra dos seguintes bens: Verba um: Fracção autónoma designada pelas letras “AM” afecta a habitação no quarto andar esquerdo do corpo I, com entrada pelo n.º 1799 da Avenida Vasco da Gama, do prédio urbano em regime de propriedade horizontal sito na Avenida Vasco da Gama, n.ºs 1781, 1799, 1825 e 1827, e Rua Clube Futebol Oliveira do Douro, n.º 301, da freguesia de Oliveira do Douro, concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o n.º 4365-AM, e descrito sob o n.º 00944/250587-AM na 2.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia. Verba dois: Fracção autónoma designada pelas letras “BF” afecta a cave com entrada pelo n.º 301 do prédio urbano em regime de propriedade horizontal sito na Avenida Vasco da Gama, n.ºs 1781, 1799, 1825 e 1827, e Rua Clube Futebol Oliveira do Douro, n.º 301, da freguesia de Oliveira do Douro, concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o n.º 4365-BF, e descrito sob o n.º 00944/250587-BF na 2.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia, A serem vendidas em regime de lote único com o valor base de €68.750,00 (sendo 60.750,00 para a fracção “AM” - habitação - e €8.000,00 para a fracção “BF” – cave), sendo o bem adjudicado a quem melhor preço oferecer acima de €70% daquele valor, ou seja, €48.125,00. O bem foi penhorado aos Executados Paulo Américo Mendes da Rocha e Maria da Conceição da Silva Moreira Rocha. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO

Agrupamento de Escolas de Águas SAntas

Pº 247/09.4TJPRT - 3 º J Cível - 1 Secção Insolv. “Ana Maria Soares da Silva Pereira e Joaquim Fernando Brás Pereira”; Nif: 166840360 e 137 667 469 2.ª Publicação

APENSO DA LIQUIDAÇÃO V/ref: 11307817 de 09.08.2012 e V/desp: 11306752 de 08.08.2012 Levando-se ao conhecimento do Tribunal e dos credores hipotecários, nos termos e para os efeitos do art.º164.2 do CIRE, presumindo o acordo dos mesmos se nada disserem no prazo de 10 dias, o seguinte:

ANÚNCIO

ANÚNCIO/ EDITAL REGULAMENTO DA VENDA (tentativa de venda) (na modalidade de proposta, por qualquer meio, e posteriormente confirmada por carta , via CTT( para dar certeza da apresentação), por ser a mais conveniente para o caso, e para o bom desempenho da função, economia de recursos, celeridade e transparência e certezas ) art. 164º.1, in fine Cire. (envia-se modelo de proposta para confirmação quando pedido ao AI)

Rua Nova Corim 4425-151 Águas Santas Tlf: 229712570 Fax: 229720212 “Informa-se que foi publicado no Diário da Republica n.º174, 2ª serie de 07/09/2012 e que se encontra aberto, pelo prazo de dez dias úteis a contar da data de publicação( até dia 20/ 09/2012), o aviso para procedimento concursal de recrutamento para ocupação de 5 postos de trabalho em regime de contrato de trabalho em funções publicas a termo certo, a tempo parcial (4horas/dia). Os candidatos devem apresentar as suas candidaturas em requerimento próprio, dirigido ao Diretor do Agrupamento, devidamente datado e assinado, podendo ser entregue pessoalmente nos Serviços de Administração Escolar, sito na Escola Secundária /2,3 de Águas Santas, Rua Nova Corim , 4425-151 Águas Santas Maia, durante as horas normais de funcionamento (9h00 ás 16h30) ou remetido pelo correio, sob registo e com aviso de recepção, para a morada indicada, até ao termo do prazo afixado.”

Verba 1, 2 e 3 - Quinhão hereditário sobre bens móveis em 1/6 da partilha de 22.2.2000 (lote de bens móveis melhor descritos no auto de apreensão e de natureza familiar)- Valor base: 1/6 de 4.500€ (constante do auto de apreensão). Verba 5: Prédio Urbano, Casa rés-do-chão, 1º e 2º andar com logradouro; matriz 104 Macieira da Lixa; CRP: 1052 Felgueiras – valor base: 25 mil euros (vpt) - com 2 Hipoteca CEMG para garantia de 104.000 € e 97.000 € Verba 6: Direito a ½, Sobre casa de dois corpos e quintal; CRP 105 Macieira da Lixa; CRP 414 Felgueiras – valor base: 10 mil euros (vpt) Hipoteca CGD para garantia de 4.000 € (20.000$); Verba 7: Direito a 1/2 Sobre a casa “Tapada da Fura” em Pençais; matriz 983, Macieira da Lixa e CRP – 361 Felgueiras: valor base: 81 mil euros Hipoteca DGI para garantia de 81.000 € . Verba 8: Prédio Rústico, “campo da Vila Nova”, matriz 1138 e CRP 75 Felgueiras – valor base: 5 mil euros; Verba 9: Direito a ½ do prédio rústico “Lameiro do Rio” – matriz: 1173, Macieira da Lixa, CRP 356 Felgueiras; valor base: 2 mil euros. Verba 10: direito a ½ do prédio rústico “Tapada da Cancela da Varziela” – matriz 853, Macieira da Lixa, CRP 359 Felgueiras – valor base: 2 mil euros. Verba 11: direito a ½ do prédio rústico “Tapada do Cristelo” – matriz 858 Macieira da Lixa, CRP 360 Felgueiras – valor base 2 mil euros. Verba 12: direito a ½ do prédio rústico “campo da Galope” – matriz 1159 Macieira da Lixa, CRP 363 Felgueiras – valor base 2 mil euros Verba 13: direito a ½ do prédio rústico “campo da Várzea” – matriz 1197 Macieira da Lixa, CRP 365 Felgueiras – valor base 2 mil euros Verba 14: direito a ½ do prédio rústico “campos de trás dos Moinhos” – matriz 1134 Macieira da Lixa, CRP 368 Felgueiras – valor base 2 mil euros Verba 15: direito a ½ do prédio rústico “tapada da sorte” – matriz 942 Macieira da Lixa, CRP 370 Felgueiras – valor base 2 mil euros ** O mesmo se diga do credor hipotecário, nos termos do artº. 164, 2 do Cire. Mandatária da CGD: Dr.ª Paula Magalhães. Fax.223 723 192.Mandatária da CEMG: Dr. Almeida Efigénio Fax: 214 726 806 3- As propostas devem ser sempre confirmadas, via CTT (questão de certeza) até ao próximo dia 10 de Outubro de 2012, para o Apartado 47, 4634-909 Marco de Canaveses. Devem mencionar a identificação completa do proponente, fotocópia do BI/NIPC, endereço e contacto, e ainda caução efectiva de 20% da respectiva proposta, (podendo ser usado o impresso modelo que se disponibiliza) O preço e os eventuais impostos não isentos serão pagos nos 15 dias seguintes (seguidos). 4- Cada verba é vendida no estado físico e jurídico em que se encontra, sem quaisquer garantias, sendo fiel depositário o A.I., Dr. António Bonifácio, Telf. 96 435 14 42 Todos os encargos com a aquisição são da conta do comprador, nomeadamente todo o IMI em dívida, registos, alvarás, licenças, etc. 5 – Nos 10 dias seguintes ao termo do prazo para a recepção das propostas que fazem presumir a adesão a estas condições de venda, o resultado das mesmas, será comunicado pelo AI a todos os interessados e ao Tribunal, por relatório. 6 – É dado cumprimento ao artº 161º, 164º e outros do Cire, presumindose o acordo tácito se nada for dito, e serão atendidos os direitos de preferência / remissão / cedência de posição, etc, após a notificação dos resultados da venda aos insolventes (singulares) e interessados conhecidos, que tenham manifestado tal interesse por escrito, junto do AI, para exercerem tal direito, nos 10 dias seguintes. Verificando-se situações de empate, repetir-se-á a notificação aos interessados para que licitem entre eles, num prazo de 3 dias. 7 – Vai publicado, pelo menos, no “Primº de Janeiro,” jornal e edição online, gratuito, alargando a área de difusão a todo o País (e estrangeiro) e, em qualquer outro jornal, mediante sugestão de interessado. Vai, ainda, difundido por todos os investidores conhecidos do AI, habituados a compras de bens apreendidos, podendo ser utilizado o impresso, modelo proposta, usado, habitualmente, para o efeito por este AI. 8- Aceita-se qualquer outra proposta noutros termos, para ponderação do AI, mas fica a adjudicação condicionada ao parecer favorável da C. C. 9- Vai cópia à CC (existindo), presumindo-se a sua concordância, tirada do silêncio deste órgão colegial (artº 69 Cire) não se opondo, no prazo de 10 dias. 10- O(s) credor(es) hipotecário(s) é (são) convidado(s) a requerer (em) a adjudicação nos termos do artº 164.3 e 4 do Cire, no prazo e condições ali estipuladas (devendo enviar caução de 20% sob pena de ineficácia da proposta). MCN, 19.09.2012

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

VENDE-SE no Pº 284/

Rua de Santa Catarina, n.º 489 4000-446 Porto Telefone: 22 096 78 46 Tlm: 91 282 06 79 Fax: 22 096 78 45

11.9TBBAO, em que é insolvente “Adquirir e Gostar, S.A”, a verba 25, correspondente a 1/6 indiviso misto, matriz 519U – 43 R, S. Dinis, CRP 408 Vila Real, do prédio misto (casa rés-do-chão e 1º andar), por qualquer preço, até ao dia 12 de Outubro de 2012 (conferir condições de venda publicadas no Pº de Janeiro de 06 e 07.09.2012).

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

VENDE-SE no Pº 1987/12.6TJVNF – 2º J as seguintes viaturas: 03-39-FZ e 42 – 94 – ZV pelo preço global de 500€ atendendo ao estado das mesmas. Propostas para o Apartado 47, 4634-909 Marco de Canavezes até ao dia 04 de Outubro de 2012

O Diretor Manuel Carneiro Ferreira

1 – Identificação dos bens, valor e outras informações:

Av. da República, 740, 7º, sala 73 – 4430-190 V. N. de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – e.mail: 2090@solicitador.net

email: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

ANTÓNIO BONIFÁCIO (Lic.º Dtº. U. Coimbra) ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA * (c. idf. 369-DGAJ-MJ) Telm. 96 435 14 42 ** antonio.bonifacio@sapo.pt (m/refª 264.5)

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

Pº 1220/09.8TBMCN-2º Jº Insolv: “ Correia, Costa & Filhos, Ldª NIF 504 772 830

Apenso da Liquidação 2.ª Publicação Leva-se ao conhecimento do Tribunal o seguinte

ANÚNCIO/EDITAL REGULAMENTO DA VENDA (Nova tentativa de venda)

(na modalidade de proposta, por qualquer meio, e posteriormente confirmada por carta fechada , via CTT ( para dar certeza da data de apresentação), por ser a mais conveniente para o caso, e para o bom desempenho da função, economia de recursos, celeridade e transparência e certezas ) art. 164º.1, in fine Cire. (envia-se modelo de proposta para confirmação quando pedido ao AI) 1 – Identificação dos bens: no quadro infra. 2 – Valor: infra

1

Matriz Freguesia

CRP Concelho

Descrição

220 Sernande

75 FLG

Pavilhão

valor base €

Preço mínimo a anunciar para a venda = 70%v.bas e €*

VPT 886-A cpc €

492.080 €

Avaliação 568º cpc 886 A – (valor de mercad)

Prefª 892º CPC Remição 912 cpc Credores garantidos preferentes 165 cire

(1) BES a) BANIF

www.oprimeirodejaneiro.pt

www.oprimeirodejaneiro.pt

www.oprimeirodejaneiro.pt

Juízo de Execução

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012 ANTÓNIO BONIFÁCIO (Lic.º Dtº. U. Coimbra) ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA * (c. idf. 369-DGAJ-MJ) Telm. 96 435 14 42 ** antonio.bonifacio@sapo.pt (m/refª 196.5)

216.090,00€

Tribunal Judicial de Vila Nova Gaia

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

** 308.700 mil

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 26/09/2012 PAULA MARIA ROCHA DA SILVA Agente de Execução Cédula n.º 1983

verba

20 | O Primeiro de Janeiro

* Preço (mínimo): propostas só acima deste valor. Informa-se: (pedido de adjudicação, …) a)- e- mail de 11.7.2010 ** valor sugerido pelo credor hipotecário para a primeira tentativa, tendo nas seguintes sido reduzido o preço com passagem do preço mínimo para a base da tentativa seguinte. (1) Tem uma primeira hipoteca voluntária a favor do BES em 18.08.2006 assegurando um capital máximo de 737.500€; Tem uma segunda hipoteca a favor do BES em 18.06.2008 para o montante máximo assegurado de 204.139,65€ Tem uma 3ª hipoteca voluntária a for de BANIF em 10.12.2008, para o montante máximo de 1.122.712,00€. Nesta data vai CÓPIA aos credores hipotecário na pessoa dos Mandatário (banif) Dr. Nuno Cerejeira Namora, R. Dr. Joaquim Pires de Lima, 388,4200PRT, Fax 225507220 e (Bes) Drª Susana Proença- em av.. Dr. Antunes Guimarães, 698, 4500-075 PRT, Fax 228346741 para efeitos do nº 10 infra. Vai cópia por correio registado ao suposto promitente adquirente e alegado direito de retenção ao Adelino Teixeira Marques, Av. da Republica, nº250, Baltar - Paredes, e sua mandatária à Drª Idalina Teixeira, fax:255 822 186, para efeitos do nº10. Vai cópia à CC – (só existe um suplente e um efectivo), apresentando-se sugestão nesta data para a reorganização da mesma. 3- As propostas são sempre confirmadas, via CTT (questão de certeza) até ao próximo dia 12 de Outubro de 2012 para o Apartado 4634-909 Marco de Canaveses. Devem mencionar a identificação completa do proponente, fotocópia do BI/NIPC, endereço e contacto, e ainda caução efectiva de 20% da respectiva proposta,( podendo ser usado o impresso modelo que se disponibiliza) O preço e os eventuais impostos não isentos serão pagos nos 15 dias seguintes (seguidos). 4- Cada verba é vendida no estado físico e jurídico em que se encontra, sem quaisquer garantias, sendo fiel depositário o A.I., Dr. António Bonifácio, Telf. 96 435 14 42 Todos os encargos com a aquisição são da conta do comprador, nomeadamente o IMI em dívida, registos, alvarás, licenças, etc. 5 – Nos 10 dias seguintes ao termo do prazo para a recepção das propostas que fazem presumir a adesão a estas condições de venda, o resultado das mesmas, será comunicado pelo AI a todos os interessados e ao Tribunal, por relatório. 6 – Foi dado cumprimento ao artº 161º, 164º e outros do Cire, e serão atendidos os direitos de preferência / remissão / cedência de posição, etc, após a notificação dos resultados da venda aos insolventes (singulares) e interessados conhecidos, que tenham manifestado tal interesse por escrito, junto do AI, para exercerem tal direito, nos 10 dias seguintes. Verificando-se situações de empate, repetir-se-á a notificação aos interessados para que licitem entre eles, num prazo de 3 dias. 7 – Vai publicado, pelo menos, no “Primº de Janeiro,”também com edição on-line, de acesso, pela Internet, gratuito, alargando a área de difusão a todo o País (e estrangeiro) e, em qualquer outro jornal, mediante sugestão de interessado. Vai, ainda, difundido por todos os investidores conhecidos do AI, habituados a compras de bens apreendidos, podendo ser utilizado o impresso, modelo proposta, usado, habitualmente, para o efeito por este AI. 8- Aceita-se qualquer outra proposta noutros termos, para ponderação do AI, mas fica a adjudicação condicionada ao parecer favorável da C. C. e credor hipotecário. 9- Vai cópia à CC (existindo), presumindo-se a sua concordância, tirada do silêncio deste órgão colegial (artº 69 Cire) não se opondo, no prazo de 10 dias. 10- O (s) credor (es) hipotecário (s) é (são) convidado (s) a requerer (em) a adjudicação nos termos do artº 164.3 e 4 do Cire, no prazo e condições ali estipuladas (devendo enviar caução de 20% sob pena de ineficácia da proposta), assim como o suposto promitente comprador, a quem, sendo reconhecido o seu direito será devolvido o preço entretanto pago na medido da sentença do reconhecimento. 11- Informa-se que foi invocado um direito de retenção ( ap. I) e que por despacho de 15.9.2011 foi mandado prosseguir a venda, encontrando-se o pavilhão livre nesta fase. / Ac. STJ de 12.2.2004 CJ/STJ,2004,1º57 citado no despacho referido) MCN, 25.09.2012

DEPARTAMENTO DE PUBLICIDADE Telefone: 22 096 78 46

Tlm: 91 282 06 79 Fax: 22 096 78 45


publicidade/editais

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

Pº 444/11.2TBPRG 1º J Insolv: “José Carlos Pinto Rebelo” e mulher, “Patrícia Cláudia Martins Mota” Nif: 211 974 536 e 213 112 132. (D.R. 21.07.2011) APENSO DA LIQUIDAÇÃO 2.ª Publicação Leva-se ao conhecimento do Tribunal o seguinte

ANTÓNIO BONIFÁCIO (Lic.º Dtº. U. Coimbra) ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA * (c. idf. 369-DGAJ-MJ) Telm. 96 435 14 42 ** antonio.bonifacio@sapo.pt (m/refª 411)

Inicio da LIQUIDAÇÃO

ANÚNCIO/EDITAL

REGULAMENTO DA VENDA (Nova tentativa de venda)

* Preço (mínimo): propostas só acima deste valor. ** Comissão de Credores, como órgão colegial de liquidação, deve decidir em acta. (artº 69), o valor a fixar, presumindo-se a sua adesão no silêncio, decorridos 10 dias. O mesmo se diga dos credores hipotecários termos do artº. 164, 2 do Cire. Mandatário do BES: Dr. João Baldaia. Fax: 225 430 239 3- As propostas são sempre confirmadas, via CTT (questão de certeza) até o dia 10 de Outubro de 2012, para o Apartado 47, 4634-909 Marco de Canaveses. Devem mencionar a identificação completa do proponente, fotocópia do BI/NIPC, endereço e contacto, e ainda caução efectiva de 20% da respectiva proposta,( podendo ser usado o impresso modelo que se disponibiliza) O preço e os eventuais impostos não isentos serão pagos nos 15 dias seguintes (seguidos). 4- Cada verba é vendida no estado físico e jurídico em que se encontra, sem quaisquer garantias, sendo fiel depositário o A.I., Dr. António Bonifácio, Telf. 96 435 14 42 Todos os encargos com a aquisição são da conta do comprador, nomeadamente todo o IMI em dívida, registos, alvarás, licenças, etc. 5 – Nos 10 dias seguintes ao termo do prazo para a recepção das propostas que fazem presumir a adesão a estas condições de venda, o resultado das mesmas, será comunicado pelo AI a todos os interessados e ao Tribunal, por relatório. 6 – Foi dado cumprimento ao artº 161º, 164º e outros do Cire, e serão atendidos os direitos de preferência / remissão / cedência de posição, etc, após a notificação dos resultados da venda aos insolventes (singulares) e interessados conhecidos, que tenham manifestado tal interesse por escrito, junto do AI, para exercerem tal direito, nos 10 dias seguintes. Verificando-se situações de empate, repetir-se-á a notificação aos interessados para que licitem entre eles, num prazo de 3 dias. 7 – Vai publicado, pelo menos, no “Primº de Janeiro,” jornal também com edição on- line, de acesso, pela Internet, gratuito, alargando a área de difusão a todo o País (e estrangeiro) e, em qualquer outro jornal, mediante sugestão de interessado. Vai, ainda, difundido por todos os investidores conhecidos do AI, habituados a compras de bens apreendidos, podendo ser utilizado o impresso, modelo proposta, usado, habitualmente, para o efeito por este AI. 8- Aceita-se qualquer outra proposta noutros termos, para ponderação do AI, mas fica a adjudicação condicionada ao parecer favorável da C. C. 9- Vai cópia à CC (existindo), presumindo-se a sua concordância, tirada do silêncio deste órgão colegial (artº 69 Cire) não se opondo, no prazo de 10 dias. 10- O(s) credor(es) hipotecário(s) é (são) convidado(s) a requerer (em) a adjudicação nos termos do artº 164.3 e 4 do Cire, no prazo e condições ali estipuladas (devendo enviar caução de 20% sob pena de ineficácia da proposta). MCN, 24.09.2012

Matriz Freguesia

CRP Concelho

Descrição

Castelo Branco

2926 – E Castelo Branco

Prédio urbano, andar Dt.º

valor base €

Hab. T3, garagem fechada e arrumos, varanda, logradouro

Verba

16 – I S. João da Pesqueira

REGULAMENTO DA VENDA (tentativa de venda)

(na modalidade de proposta, por qualquer meio, e posteriormente confirmada por carta , via CTT( para dar certeza da apresentação), por ser a mais conveniente para o caso, e para o bom desempenho da função, economia de recursos, celeridade e transparência e certezas ) art. 164º.1, in fine Cire. (envia-se modelo de proposta para confirmação quando pedido ao AI) 1 – Identificação dos bens, valor e outras informações : cfr. quadro infra. 2 – Valor:

Prefª 892º CPC Remição 912 cpc Credores garantidos preferentes 165 cire

2 Hip. BES, S.A.: 1ª – Mont. Máx: 203.397,80 2ª – Mont. Máx: 35.375,00

1860 S. João da Pesqueir a

41.160 €

2

886A cpc €

120,000 €

Descrição

139.172,74

CRP Concelho

28.812€

Matriz Freguesi a

valor base €

Verba

1 – Identificação dos bens, valor e outras informações : cfr. quadro infra. 2 – Valor: Avaliaçã o 568º cpc 886 A – (valor de mercad)

Aviso

2.ª Publicação Leva-se ao conhecimento do Tribunal o seguinte

(na modalidade de proposta, por qualquer meio, e posteriormente confirmada por carta , via CTT( para dar certeza da apresentação), por ser a mais conveniente para o caso, e para o bom desempenho da função, economia de recursos, celeridade e transparência e certezas ) art. 164º.1, in fine Cire. (enviase modelo de proposta para confirmação quando pedido ao AI)

VPT

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

Pº 357/12.0TBCTB – 2º J Insolv. “Adelino José Henrique Carrilho, Nif: 160 299 918 e Laura Mª Martins Carrilho Nif.160 299 764" – R. Dr. João Morato Grave, Lt 156, 1º Dtº, 6000-241 Castelo Branco Mandatário do Insolvente – Dr. António Martins. Tel.272 339 420. Fax.272 339 429.

ANÚNCIO/EDITAL

Preço mínimo a anunciar para a venda = 70%v.bas e 889.2cpc €*

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

1

Preço mínimo a anunciar para a venda = 70%v.bas e 889.2cpc €*

100 mil euros*

ANTÓNIO BONIFÁCIO (Lic.º Dtº. U. Coimbra) ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA * (c. idf. 369-DGAJ-MJ) Telm. 96 435 14 42 ** antonio.bonifacio@sapo.pt (m/refª 364.5)

O Primeiro de Janeiro | 21

VPT 886-A cpc €

Avaliaçã o 568º cpc 886 A – (valor de mercad)

Prefª 892º CPC Remição 912 cpc Credores garantidos preferentes 165 cire

Hipoteca mont.máx. 43.389,60€

CGD, Max:

* Preço (mínimo): propostas só acima deste valor.

*valor sugerido pelo credor hipotecário, por e-mail de 03.09.2012 e anexo ao Desp.Judicial 3073149 de 05.09.2012 Vai cópia ao Dr. Rogério da Costa Pereira, R. António Augusto de Aguiar, 112, 2º Esq. 6200-050 Covilhão, Telf: 275 320 710, Fax: 275 320 719 3- As propostas são sempre confirmadas, via CTT (questão de certeza) até ao próximo dia 10 de Outubro de 2012, para o Apartado 47, 4634-909 Marco de Canaveses. Devem mencionar a identificação completa do proponente, fotocópia do BI/NIPC, endereço e contacto, e ainda caução efectiva de 20% da respectiva proposta,( podendo ser usado o impresso modelo que se disponibiliza) O preço e os eventuais impostos não isentos serão pagos nos 15 dias seguintes (seguidos). 4- Cada verba é vendida no estado físico e jurídico em que se encontra, sem quaisquer garantias, sendo fiel depositário o A.I., Dr. António Bonifácio, Telf. 96 435 14 42 Todos os encargos com a aquisição são da conta do comprador, nomeadamente todo o IMI em dívida, registos, alvarás, licenças, etc. 5 – Nos 10 dias seguintes ao termo do prazo para a recepção das propostas que fazem presumir a adesão a estas condições de venda, o resultado das mesmas, será comunicado pelo AI a todos os interessados e ao Tribunal, por relatório. 6 – É dado cumprimento ao artº 161º, 164º e outros do Cire, presumindo-se o acordo tácito se nada for dito, e serão atendidos os direitos de preferência / remissão / cedência de posição, etc, após a notificação dos resultados da venda aos insolventes (singulares) e interessados conhecidos, que tenham manifestado tal interesse por escrito, junto do AI, para exercerem tal direito, nos 10 dias seguintes. Verificando-se situações de empate, repetir-se-á a notificação aos interessados para que licitem entre eles, num prazo de 3 dias. 7 – Vai publicado, pelo menos, no “Primº de Janeiro,” jornal e edição on-line, gratuito, alargando a área de difusão a todo o País (e estrangeiro) e, em qualquer outro jornal, mediante sugestão de interessado. Vai, ainda, difundido por todos os investidores conhecidos do AI, habituados a compras de bens apreendidos, podendo ser utilizado o impresso, modelo proposta, usado, habitualmente, para o efeito por este AI. 8- Aceita-se qualquer outra proposta noutros termos, para ponderação do AI, mas fica a adjudicação condicionada ao parecer favorável da C. C. 9- Vai cópia à CC (existindo), presumindo-se a sua concordância, tirada do silêncio deste órgão colegial (artº 69 Cire) não se opondo, no prazo de 10 dias. 10- O(s) credor(es) hipotecário(s) é (são) convidado(s) a requerer (em) a adjudicação nos termos do artº 164.3 e 4 do Cire, no prazo e condições ali estipuladas (devendo enviar caução de 20% sob pena de ineficácia da proposta). MCN, 22.09.2012

Encontram-se abertos procedimentos concursais comuns para constituição de relações jurídicas de emprego público por tempo indeterminado com vista ao preenchimento de trinta e nove postos de trabalho das carreiras/categorias de Técnico Superior e Assistente Técnico (m/f) do Mapa de Pessoal da Câmara Municipal do Porto: Ref.ª A – para doze postos de trabalho da carreira/categoria de Assistente Técnico (m/f) 12º Ano de Escolaridade ou curso que lhe seja equiparado, para a área do Município do Porto; Ref.ª B – para seis postos de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Arquitetura com Inscrição na Ordem profissional, para a Direção Municipal de Urbanismo; Ref.ª C – para seis postos de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Engenharia Civil, para a área do Município do Porto; Ref.ª D – para dois postos de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Recursos Humanos, para a Direção Municipal de Recursos Humanos; Ref.ª E – para um posto de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Psicologia com Inscrição na Ordem profissional, para a Direção Municipal de Recursos Humanos; Ref.ª F – para um posto de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Administração Pública ou na área de Gestão da Qualidade, para a Direção Municipal de Recursos Humanos; Ref.ª G – para um posto de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Engenharia, para a Polícia Municipal; Ref.ª H – para um posto de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Turismo/Comunicação, para o Departamento Municipal de Turismo; Ref.ª I – para três postos de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura, para a Direção Municipal da Presidência; Ref.ª J – para um posto de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Contabilidade e Gestão, para a Direção Municipal de Finanças e Património; Ref.ª K – para um posto de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Ciência da Informação, para a Direção Municipal de Cultura; Ref.ª L – para dois postos de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura na área das Ciências da Educação, para a área do Município do Porto; Ref.ª M – para dois postos de trabalho da carreira/categoria de Técnico Superior (m/f) Licenciatura em Ciências da Computação, e ou Informática, para a Direção Municipal de Sistemas de Informação A formalização das candidaturas deverá ser feita até 2012-1010, nos termos precisos do aviso nº 12824/2012 publicado na II Série do Diário da República, nº 186, de 2012-09-25. Poderá obter informações adicionais na Divisão Municipal de Seleção, Mobilidade e Gestão de Carreiras, sita à Rua do Bolhão, nº 192, 4000-111 Porto, telefone: 22 209 7200, endereço de correio electrónico: recrutamento@cm-porto.pt. Porto, 25 de setembro de 2012 A Diretora do Departamento Municipal de Gestão de Recursos Humanos

(Sónia Cerqueira)

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

JORGE FIGUEIREDO Agente de Execução Cedula: 2090

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia Juízo de Execuçãol Processo nº 13512/07.6TBVNG EXECUÇÃO COMUM para pagamento de quantia certa VALOR: 59.060,37€ Exequente(s): Caixa Geral de Depósitos, SA Executados: Artur Soares Ferreira, Adérito Pinto Ferreira, Ana Cristina Martins Oliveira e Helena Soares Guedes N.º Processo Interno: PE151607

2.ª Publicação

Faz-se saber que nos autos acima identificados, foi designado o dia 14 de Novembro de 2012, pelas 14h30m, para a abertura de propostas que sejam entregues até esse momento, no Tribunal Judicial da Comarca de Vila Nova de Gaia, sito na Rua Conselheiro Veloso da Cruz, n.º 801, 4404502 Vila Nova de Gaia, pelos interessados na compra dos seguintes bens: Verba um: Fracção autónoma designada pelas letras “SS” correspondente a uma habitação no 6.º andar traseiras com entrada pelo n.º 1124 do prédio urbano sito na Avenida da República, n.º 1124, da freguesia de Mafamude, do Concelho de Vila Nova de Gaia, inscrito na matriz sob o artigo 3994 e descrito sob o n.º 00357/161085 na 2.ª Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de Gaia, com o valor base de €75.000,00, sendo o bem adjudicado a quem melhor preço oferecer acima de €70% daquele valor, ou seja, €52.500,00. O bem foi penhorado aos Executados Artur Soares ferreira e Ana Cristina Martins Oliveira. Só serão aceites propostas acompanhadas de cheque visado, à ordem do Agente de Execução, no montante correspondente a 20% do valor base do bem, ou garantia bancária no mesmo valor. Os proponentes deverão indicar o seu nome completo, morada, números de Bilhete de Identidade e contribuinte e apresentar as propostas até ao dia e hora designados para a sua abertura. O Agente de Execução JORGE FIGUEIREDO

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 27/09/2012

Tribunal Judicial de Mira Secção Única

ANÚNCIO

Av. da República, 740, 7º, sala 73 – 4430-190 V. N. de Gaia Tel: 22 377 90 47 – Fax: 22 377 90 48 – e.mail: 2090@solicitador.net

Desde 1868 a informá-lo

Processo: 22/12.9TBMIR Procedimento Cautelar N/Referência: 698773 Data: 29-08-2012 Requerente: Dimi - Bar Discoteca, Limitada Requerido: Parcas-Representações, Lda

2.ª Publicação

ANÚNCIO Nos autos acima identificados, correm éditos de 10 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando: Requerido: Parcas-Representações, Lda, NIF - 503710300, domicílio: Rua do Quanza, 28, 4250-382 Porto com última residência conhecida na(s) morada(s) indicada(s) para, no prazo_de 10 dias, decorrido que seja o dos éditos nos termos do disposto no artº 385, nº 6.º do Código de Processo Civil, e em alternativa: • Recorrer em 15 dias, nos termos gerais, do despacho que decretou a providência, quando entenda que, face aos elementos apurados, ela não deveria ter sido decretada; • Deduzir oposição, no prazo de 10 dias quando pretenda alegar factos ou produzir meios de prova não tidos em conta pelo tribunal e que possam afastar os fundamentos da providência ou determinar a sua redução. Fica advertido de que é obrigatória a constituição de mandatário judicial. Passei o presente e mais dois de igual teor para serem afixados. O Juiz de Direito, Dr(a). Jorge Manuel Loureiro O Oficial de Justiça, José António Simões

DEPARTAMENTO DE PUBLICIDADE Telefone: 22 096 78 46

Tlm: 91 282 06 79 Fax: 22 096 78 45


agenda

22 | O Primeiro de Janeiro

Farmácias de serviço

Telefones Úteis Hospitais Santo António Tel. 222 077 500 Linha Azul 222 084 601 São João Tel. 225 512 100 Pediátrico Maria Pia Tel. 226 089 900 Linha Azul 226 099 674 Maternidade Júlio Dinis Tel. 226 087 400 Psiquiátrico Conde Ferreira Tel. 225 022 031 Magalhães Lemos Tel. 226 192 400 Privados Ordem do Carmo Tel. 222 008 113 Ordem da Lapa Tel. 225 502 828 Ordem da Trindade Tel. 222 083 656 Prelada - Tel. 228 330 600 Militar Reg. Nº1 Tel. 226 063 011/ 12/13 Santa Maria Tel. 225 504 844 São Francisco Tel. 222 008 441 CONCELHO DE MATOSINHOS Distrital -Tel. 229 372 091 Pedro Hispano Tel. 229 391 000 Linha Azul 229 391 100 CONCELHO DE V. N. GAIA Eduardo Santos Silva Tel. 227 865 100 227 839 001 Vila Nova de Gaia Tel. 223 778 100/ 223 754180

MAIA Aliança – Rua Nossa Senhora da Caridade, 953 – Vermoim – Tel. 229 440 886 REFORÇO Moreira Barros – Rua Ponte de Parada, 399 – Águas Santas – Tel. 229 039 052 VALONGO Marques da Cunha – Rua Capitão Aresta, 198 / 4440-539 VALONGO Tel. 224 224 433 GONDOMAR Central – Rua Dr. Joaquim da Costa, 931 – Valbom – Tel. 224 837 321 Fonseca – Rua D. João Castro – Seixo – Tel. 224 809 597 MATOSINHOS Ferreira da Silva – Norte Shopping – Senhora da Hora – Tel. 229 120 500 Santana – Rua de Santana, 331 – Leça do Balio – Tel. 229 039 900 VILA NOVA DE GAIA PERMANENTE De Salgueiros – Tv. De Salgueiros, 50 – Canidelo – Tel. 227 819 012 De Coimbrões – Rua Domingos Matos, 680 – Sta. Marinha – Tel. 227 811 924 Dias - Largo da Gandara, 747 Avintes 4430-825 Avintes Campolinho – Av. Antunes C. Moreira, 915 – Valadares – Tel. 227 110 123 Manso Preto - Rua da Guarda, 1879

Grijó 4415-475 Grijó REFORÇO Confiança - Rua de São Mamede, 1254 Serzedo 4410-021 Serzedo Invicta – Rua Jardim, 511 – Vilar do Paraíso – Tel. 227 133 540 Oliveira – Gav. Da Rua Silveira c/ Rua Santos Pousada – Oliveira do Douro – Tel. 227 820 038 Portela – Rua Marques Sá da Bandeira, 234 – Tel. 223 750 719 AMARANTE Amarante – Av.ª 1.º de Maio / Edifício Mirante / 4600-013 Amarante Tel. 255 422 449 FELGUEIRAS J. Reis – Rua Rebelo Carvalho / 4610212 Felgueiras Tel. 255 922 640 LOUSADA Fonseca – Rua Santo António, 554 – Silvares / 4620-651 Lousada Tel. 255 912 141 MARCO DE CANAVESES Farmácia Cabanelas - Lugar de Eiro Soalhães - Tel.:255511565 PAREDES Lopes Caçola – Praceta Jaime P. Moura, Loja 35 4620-030 Lousada Tel. 255 811 673 PENAFIEL Sameiro – Rua D. António F Gomes, 230-B – Tel. 255 713 071/2/3 SANTO TIRSO Central – Tel. 252 852 923 TROFA Trofense – Rua Costa Ferreira, C. C. Loja 2 – Tel. 252 412 543

Banda Desenhada

ZÉ do boné

Sr. Perfeito

Passatempos

Televisão

Serviço permanente PORTO PERMANENTE Monte dos Burgos – Rua Monte dos Burgos, 808 – Tel. 227 623 946 Antiga Porta do Olival – Cp. Mártires da Pátria, 122 (à Cordoaria) – Tel. 222 004 262 Correia – Pr. Mousinho de Albuquerque, 78 – Tel. 226 067 429

No final do mês há uma nova reunião do pessoal da escola

Oh não, outra?

É sempre a mesma coisa, sentamo-nos à volta de uma mesa, bebemos…

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

…elas elogiam os maridos, eu minto sobre o meu…

Hoje

Amanhã

RTP1 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 20:00Telejornal 21:00 De Caras 21:45 Decisão Final 22:45 Chibanga (Documentário) 23:45 5 Para a Meia-Noite 01:00 O Advogado do Diabo (Filme) 03:30 Ribeirão do Tempo 04:15 Televendas 06:05 Nós

RTP1 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça da Alegria 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Vidas em Jogo 15:15 Portugal no Coração 18:00 Portugal em Direto 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal 21:00 Sexta às 9 21:45 Decisão Final 22:45 Portugueses Pelo MundoBissau 23:45 5 Para a Meia-Noite 01:00 Jonah Hex (Filme) 02:45 Ribeirão do Tempo 04:15 Televendas 06:05 Mudar de Vida

RTP2 07:00 Zig Zag 13:45 República do Saber 14:00 Sociedade Civil (R/) 15:30 Diário Câmara Clara (R/) 15:45 Olhar o Mundo (R/) 16:10 National Geographic O Desastre do Golfe (R/) 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 A Teoria do Big Bang 19:00 Ingrediente Secreto (R/) 19:30 Com Ciência 20:00 Zig Zag 21:00 National Geographic 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:48 Mad Men ÚLTIMO 23:30 Janela Indiscreta com Mário Augusto 00:00 Geosfera 00:30 Com Ciência (R/) 01:00 Bairro Alto(R/) 01:45 Euronews 03:45 24 Horas 05:00 Diário Câmara Clara (R/) 05:15 Sociedade Civil (R/)

RTP2 07:00 Zig Zag 13:45 República do Saber 14:00 Sociedade Civil 15:30 Diário Câmara Clara (R/) 15:45 Com Ciência (R/) 16:10 National Geographic Teste o seu Cérebro (R/) 17:00 Zig Zag 18:00 A Fé dos Homens 18:30 A Teoria do Big Bang 19:00 Consigo 19:30 A Entrevista de Maria Flor Pedroso 20:00 Zig Zag 21:00 National Geographic Teste o seu Cérebro 22:00 Hoje 22:37 Diário Câmara Clara 22:45 Sob Suspeita 23:30 Apresento-vos as Irmãs Fokkens (Doc) 00:30 Palcos - David Guetta 01:45 Geosfera 02:15 Consigo (R/) 02:45 A Entrevista de Maria Flor Pedroso (R/) 03:15 Euronews 03:45 24 Horas 05:00 Diário Câmara Clara (R/) 05:15 Sociedade Civil (R/)

SIC 06:00 Jornal da Tarde 07:00 Edição da Manhã 08:40 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:30 Toca a Mexer - Diário 14:45 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 18:35 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:35 Dancin' Days 22:40 Sorteio do Totoloto 22:45 Gabriela 23:00 Avenida Brasil 23:45 Insensato Coração 00:30 Toca a Mexer - Diário 00:45 Mentes Criminosas 01:25 European Poker Tour 02:30 As Taras de Tara 03:05 Televendas TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Vídeo Pop 19:00 Casa dos Segredos 3 Diário da Tarde 20:00 Jornal das 8 21:30 Casa dos Segredos 3 Diário 22:15 Louco Amor 23:15 Doce Tentação 00:15 Casa dos Segredos 3 Extra 01:45 Série - Lei e Ordem: Intenções Criminosas II 02:45 Sonhos Traídos 05:00 TV Shop

SIC 06:00 Jornal de Síntese 07:00 Edição da Manhã 08:40 Cartas da Maya - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:30 Toca a Mexer - Diário 14:40 Podia Acabar o Mundo 15:55 Boa Tarde 19:00 Fina Estampa 20:00 Jornal da Noite 21:40 Dancin' Days 22:15 Gabriela 23:00 Avenida Brasil 23:45 Insensato Coração 00:30 Toca a Mexer - Diário 00:45 Mentes Criminosas 01:30 Investigação Criminal Los Angeles 02:30 Volante 03:00 Televendas TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Tempo de Viver 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Vídeo Pop 19:00 Casa dos Segredos 3 Diário da Tarde 20:00 Jornal das 8 21:15 Euromilhões 21:30 Casa dos Segredos 3 Diário 22:15 Louco Amor 23:15 Doce Tentação 00:15 Casa dos Segredos 3 Extra 01:45 Big Game 03:30 Sonhos Traídos 04:45 TV Shop 06:15 Batanetes


Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

agenda

O Primeiro de Janeiro | 23

Cinemas PORTO DOLCE VITA Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 21h20, 00h35 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 14h, 16h30, 19h (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 22h, 00h35 Os Smurfs M/6 Sessões: 12h50, 15h30, 18h30 (V.Port./3D) Um Dia M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h05, 21h50, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h30, 15h10, 17h50, 21h10, 23h50 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h30, 00h10 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h50, 21h40, 00h25 Assim é o Amor M/12 Sessões: 12h40, 15h25, 18h10, 21h, 23h50 MAIA MAIASHOPPING Os Smurfs M/6 Sessões: 13h30, 16h, 18h40, 21h20, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h20, 19h, 21h50, 00h35 Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 21h10, 00h10 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 13h40, 16h30, 19h10, 21h40, 00h20 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h10, 15h50, 18h50, 21h30, 00h30 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h50, 16h10, 18h30 (V.Port.) NORTESHOPPING Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h10, 22h30 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h40, 15h10, 18h10, 22h, 00h35 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h10, 15h30, 18h20, 21h40, 00h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 16h, 18h50, 22h, 00h45 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 10h50, 13h20, 15h50, 18h40 (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 21h10, 23h40 Os Smurfs M/6 Sessões: 10h30, 12h50, 15h20, 18h (V.Port./3D) Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h15, 15h40, 18h30, 21h30, 00h10 Um Dia M/12 Sessões: 13h40, 16h20, 19h, 21h20, 23h50 MATOSINHOS MAR SHOPPING O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h40, 16h20, 19h10, 22h, 00h30 Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 22h45 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h40, 15h10, 17h40, 20h (V.Port./3D)

Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h20, 24h Os Smurfs M/6 Sessões: 13h10, 15h50, 18h30 (V.Port.) Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 12h50, 15h30, 18h20, 21h30, 00h10 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h10, 21h, 23h40

Assim é o Amor M/12 Sala: Sala 10 Sessões: 13h50, 16h35, 19h20, 22h, 00h40 Chefes Intragáveis M/12 Sala: Sala 11 Sessões: 14h10, 16h40, 19h15, 21h45, 00h20

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 18h50, 21h40, 00h20 )

Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 12 Sessões: 14h05, 16h45, 19h20, 21h55, 00h35

VILA NOVA DE GAIA LUSOMUNDO GAIASHOPPING Carros 2 M/6 Sessões: 13h15, 15h45 (V.Port./3D)

Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 13 Sessões: 13h45, 16h20, 18h55, 21h35, 00h15 (2D)

Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 18h25, 20h55, 24h

Bem-vindo ao Sul M/12 Sala: Sala 14 Sessões: 14h15, 16h40, 19h10, 21h40, 00h10

Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 15h50, 18h50, 21h55, 00h35 Super M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Os Smurfs M/6 Sessões: 13h05, 15h35, 18h15, 20h50, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h55, 15h40, 18h40, 21h30, 00h10 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h55, 15h, 17h20, 19h40 (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h, 21h45, 00h40 Animais Unidos M/6 Sessões: 12h45, 14h55, 17h10, 19h25 (V.Port./3D) Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sessões: 21h40, 00h30

Os Smurfs M/6 Sala: Sala 15 Sessões: 14h, 16h30, 18h55 (V.Port.), 21h20, 24h Amigos Coloridos M/12 Sala: Sala 16 Sessões: 13h50, 16h20, 18h50, 21h45, 00h25 Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sala: Sala 17 Sessões: 15h, 17h55, 21h25, 00h15 Animais Unidos M/6 Sala: Sala 18 Sessões: 14h10, 16h20 (V.Port./3D) Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sala: Sala 18 Sessões: 18h35, 21h15, 00h10 A Melhor Despedida de Solteira M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 13h50, 16h35 Super 8 M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 19h20, 21h55, 00h30 Um Dia M/12 Sala: Sala 20 Sessões: 14h, 16h40, 19h10, 22h, 00h40

Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h50, 15h05, 17h25, 19h45, 22h, 00h20 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h25, 16h05, 18h45, 21h20, 00h15 UCI ARRÁBIDA 20 O Último Destino 5 M/16 Sala: Sala 1 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h35, 00h35

Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sala: Sala 2 Sessões: 13h40, 15h50 (V.Port.), 18h, 20h10 (V.Port./3D) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sala: Sala 3 Sessões: 13h55, 16h25, 18h55, 21h25, 24h

Amigos Coloridos M/12 Sessões: 12h50, 15h20, 17h50, 21h20, 24h Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 21h15, 24h Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h10, 15h30, 18h (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 15h, 17h40, 20h30, 23h

Sem Prada nem Nada M/12 Sala: Sala 5 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 21h50, 00h20

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h25, 21h, 00h05

Larry Crowne M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 18h30

Um Dia M/12 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 22h10, 00h45

Tinhas Mesmo Que Ser Tu M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 13h50, 16h10, 21h30, 00h15

Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h50, 00h20

A Árvore da Vida M/16 Sala: Sala 7 Sessões: 18h45

Carros 2 M/6 Sessões: 13h40, 16h25, 19h (V.Port.)

Sem Remorsos M/12 Sala: Sala 7 Sessões: 14h05, 16h25, 21h40, 00h10

Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 14h30, 17h30, 20h40, 23h40

Carros 2 M/6 Sala: Sala 8 Sessões: 13h40 (V.Port.)

Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 14h45, 17h15, 20h, 22h30

Eu Vi o Diabo M/16 Sala: Sala 8 Sessões: 16h10, 19h05, 22h, 00h55

Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h15, 15h50, 18h40, 21h40, 00h25

HOJE TODO O TERRITÓRIO: Céu pouco nublado, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral oeste até ao final da manhã e em especial a norte do Cabo Raso. A partir do meio da tarde, aumento de nebulosidade na região Norte. Vento fraco (inferior a 15 km/h), soprando temporariamente moderado (15 a 25 km/h) de noroeste no litoral oeste a sul do Cabo Raso durante a tarde. Neblina ou nevoeiro matinal nas regiões do litoral. Pequena descida da temperatura máxima nas regiões Norte e Centro. MADEIRA: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros e possibilidade de ocorrência de trovoada. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante sul, tornando-se do quadrante oeste a partir da tarde. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Aguaceiros, mais frequentes durante a madrugada e manhã. Vento leste moderado (20/30 km/h), tornando-se fresco (30/40 km/h) com rajadas até 55km/h, rodando para nordeste. GRUPO CENTRAL - Céu geralmente muito nublado. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h), tornando-se moderado (20/30 km/h) e rodando para nordeste. GRUPO ORIENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade ao longo da manhã. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h).

TODO O TERRITÓRIO: Períodos de céu muito nublado. Aguaceiros nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela e em especial no Minho e Douro Litoral. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante oeste, soprando temporariamente moderado (20 a 30 km/h) de sudoeste nas terras altas das regiões Norte e Centro. Neblina ou nevoeiro matinal nas regiões do litoral. Pequena descida da temperatura máxima na região Sul e no interior Norte e Centro. MADEIRA:Períodos de céu muito nublado. Possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) predominando de noroeste, tornando-se moderado a forte (25 a 40 km/h) nas zonas montanhosas a partir da tarde. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Aguaceiros, mais frequentes durante a madrugada e manhã. Vento leste moderado (20/30 km/h), tornando-se fresco (30/40 km/h) com rajadas até 55km/h, rodando para nordeste. GRUPO CENTRAL - Céu geralmente muito nublado. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h), tornando-se moderado (20/30 km/h) e rodando para nordeste. GRUPO ORIENTAL - Períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade ao longo da manhã. Aguaceiros, que poderão ser FORTES a partir da tarde. Possibilidade de trovoadas. Vento leste bonançoso (10/20 km/h).

O jovem documentarista e realizador Tiago Pereira prepara-se para mais uma demanda musical. "Cantam as Filhas da Rosa" é o seu mais recente (futuro) projecto que procura descobrir, recolher e transmitir a história da Viola Campaniça, bem como dar a conhecer as práticas musicais e os contextos socioculturais de que foi e é ainda protagonista. Para conseguir avançar com este projecto, Tiago Pereira não cruzou os braços e lançou-se numa campanha de Crowdfunding - http://www.massivemov.com/projectDetail. php?idProjecto=272 É com base na temática do apoio ao património imaterial que se pretende vivo e, ao mesmo tempo, imortalizado para a nossa memória futura, que em parceria com o Musicbox, A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria alia-se a uma data especial - 5 de Outubro - para uma noite igualmente especial. Apenas pretendemos, em conjunto, dar voz às Filhas da Rosa.

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h45, 16h30, 19h15, 21h55, 00h40 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h50, 16h20, 19h30, 22h, 00h30

Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sala: Sala 4 Sessões: 14h10, 16h40, 19h05, 21h35, 00h05

“CANTAM AS FILHAS DA ROSA”

GONDOMAR LUSOMUNDO - PARQUE NASCENTE Os Smurfs M/6 Sessões: 13h25, 16h, 18h35, 21h10, 23h50 (V.Port.)

A Ressaca - Parte II M/16 Sala: Sala 2 Sessões: 22h20, 00h40

Tempo

AMANHÃ

Cowboys & Aliens M/12 Sala: Sala 9 Sessões: 14h, 16h30, 18h55, 21h25, 00h15

Sugestões

Gala da eleição da Rainha das vindimas de Portugal A Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) no âmbito do congresso nacional “O Vinho e o Mundo Rural” realiza no próximo dia 29 de Setembro no Convento de S. Francisco – Santarém, a Gala “O Vinho e Mundo rural”, com a eleição da Rainha das Vindimas de Portugal. A 11 Junho de 2013, por ocasião da 50ª Feira Nacional da Agricultura, Santarém concentrará as mais importantes entidades do setor agrícola e vitivinícola com o objetivo de debater, dissertar e discutir a temática do mundo rural e o desenvolvimento sustentável dos territórios, tendo como vetor de desenvolvimento o vinho e toda a economia associada a este sector. Para o enriquecimento do debate, estão a decorrer fóruns regionais que pretendem ser espaços de debate e opinião acerca das dificuldades e especificidades de cada região e posteriormente as suas conclusões serão apresentadas durante o congresso. A Gala “O Vinho e o Mundo Rural”, do próximo dia 29 de Setembro terá como momento mais relevante a eleição da Rainha das Vindimas de Portugal. Na 5ª edição deste concurso, pretende-se continuar a preservar e a promover a tradição e cultura rural mais genuína de Portugal.


1868

Há 143 anos, todos os dias consigo.

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

Diretor: Rui Alas Pereira (CP-2017). E-mail: ruialas@oprimeirodejaneiro.pt Redatores: Joaquim Sousa (CP-5632), Andreia Cavaleiro (CP-6983), Cátia Costa (Lisboa) e Vasco Samouco. Fotografia: Ivo Pereira (CP-3916) Secretariado de Direção: Sandra Pereira. Secretariado de Redação: Elisabete Cairrão. Publicidade: Conceição Carvalho (chefe), Elsa Novais (Lisboa, 918 520 111) e Fátima Pinto. E-mail: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro.pt Morada: Rua de Santa Catarina, 489 2º - 4000-452 Porto. Contactos: redação - Tel. 22 096 78 47 - Tm: 912 820 510 E-mail: geral. cloverpress@oprimeirodejaneiro.pt - Publicidade - Telefone: 22 096 78 46, Fax: 22 096 78 45 Propriedade: Globinóplia, Unipessoal Lda. Edição: Cloverpress, Lda. NIF: 509 229 921 Depósito legal nº 1388/82 Impressão: Coraze, Telefs.910252676 / 910253116 / 914602969, Oliveira de Azeméis. Distribuição: Vasp. Tiragem: 20 000

INVESTIGAÇÃO ÀS PPP

CGTP contra as novas medidas de austeridade

Ministra espera “apuramento de responsabilidades”

Manifestação será “das maiores de sempre”

A ministra da Justiça disse ontem, em Caxias, esperar que “todo o apuramento da responsabilidade vá até ao fim”, na investigação que o Ministério Público (MP) está a fazer às parcerias públicoprivadas (PPP). Paula Teixeira da Cruz falava aos jornalistas no final de uma visita ao Estabelecimento Prisional de Caxias, onde, com a colaboração dos próprios reclusos, foi concluída a primeira fase das obras de renovação das instalações prisionais, incluindo as celas. A ministra garantiu que o “MP tem meios para investigar” as PPP e outros inquéritos, observando que, quando faltam meios, solicita-os, tendo a diretora do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), Cândida Almeida, já “reconhecido publicamente” que esses meios são colocados à disposição do DCIAP sempre que são pedidos. Paula Teixeira da Cruz sublinhou que “ninguém está acima da lei”, que “tudo deve ser investigado” e que “acabou o tempo” em que havia “impunidade”. Para isso, disse, contribuiu a reforma das leis penais e processuais penais que o Governo conseguiu que fosse aprovada na generalidade, no Parlamento, e que são um “sinal muito importante nesse sentido”. “Ninguém está acima da lei, sejam ‘ex’ ou atuais (...). É preciso que as pessoas entendam isso”, insistiu. As afirmações da ministra ocorrem 24 horas depois de a Polícia Judiciária (PJ) ter efetuado buscas nas casas dos ex-ministros das Obras Públicas, Mário Lino e António Mendonça, e do ex-secretário de Estado Paulo Campos. Fonte judicial adiantou terça-feira que foram também realizadas buscas na casa de uma vogal do conselho de administração das Estradas de Portugal e ex-adjunta de António Mendonça. As buscas foram efetuadas no âmbito de um inquérito crime às PPP, a decorrer no DCIAP, e tinham por objetivo a procura e apreensão de documentos. Em junho passado, o procurador-geral da República, Pinto Monteiro, dissera que o MP estava a investigar, – há mais de um mês – , as PPP rodoviárias.

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, garantiu ontem que a manifestação de sábado, em Lisboa, contra as novas medidas de austeridade anunciadas pelo Governo, será “uma das maiores iniciativas de sempre” em Portugal. “Todas as informações de que dispomos é de um nível de mobilização incomparavelmente superior à grande manifestação que fizemos no Terreiro do Paço”, disse Arménio Carlos. O dirigente sindical garantiu que será “uma das maiores iniciativas de sempre de massas promovida pela CGTP em Portugal”. “Vamos ter uma grande manifestação, uma presença maciça de trabalhadores e trabalhadoras, desempregados, jovens, pensionistas e reformados. Isso é, neste momento, um dado adquirido”, acrescentou. Arménio Carlos falava em Braga, à entrada para um plenário dos trabalhadores da Bosch Car Multi-

media Portugal, onde foi deixar um apelo à participação na manifestação de sábado, no Terreiro do Paço. Reafirmou que “é preciso mudar o Governo e mudar a política”, acrescentando que “enquanto tivermos memorando e uma política de direita, os problemas dos trabalhadores vão continuar”. “Este Governo está completamente descredibilizado, pura e simplesmente anda a reboque dos acontecimentos. E, pior do que isso, anda a reboque não para fazer melhor, mas pior”, criticou. Sobre o recuo na taxa social única, o líder da CGTP disse que o Governo “deu um passo atrás, mas agora está-se a preparar para dar dois passos em frente”. Referiu-se concretamente à alteração dos escalões de IRS, com a qual “trabalhadores e população em geral ficariam ainda mais pobres e fragilizados”. Arménio Carlos lembrou que

a CGTP já apresentou, no seio da Concertação Social, propostas alternativas para aumentar a receita fiscal em seis mil milhões de euros, relativas a um aumento da tributação do capital. A primeira proposta é a criação de uma taxa sobre as transações financeiras de 0,25 por cento “independentemente do local onde são efetuadas”, permitindo uma receita adicional de 2.038 milhões de euros. A segunda medida tem a ver com o IRC, em que a central sindical propõe a criação de mais um escalão de 33,33 por cento para empresas com volume de negócios superior a 12,5 milhões de euros, com um encaixe previsto de 1.099 milhões de euros. Uma terceira proposta está relacionada com uma sobretaxa sobre os dividendos distribuídos aos acionistas de empresas de 10 por cento, com uma receita adicional, segundo a CGTP, de 1.665 milhões de euros.

Em especial no feriado de 5 de Outubro

Comboios param na próxima semana Os comboios vão sofrer várias perturbações ao longo da próxima semana, em especial no feriado de 05 de Outubro, devido à greve convocada por vários sindicatos, anunciou ontem a CP - Comboios de Portugal. No alerta, a CP informa que, nos primeiros três dias da greve, de segunda a quarta-feira, se devem realizar metade dos comboios dos serviços Alfa Pendular e Intercidades, acentuando-se as perturbações na quinta-feira, dia em que devem realizar-se apenas 25 por cento das ligações de longo curso. Já no feriado de 05 de Outubro

“não se prevê a realização de comboios” Alfa Pendular e Intercidades, explica a empresa, antecipando que as perturbações se estendam a sábado, com especial incidência no período da manhã. No caso dos comboios urbanos (Lisboa, Porto e Coimbra), regionais e inter-regionais, a CP antecipa “fortes perturbações na circulação, com supressão da maioria dos comboios”, de segunda-feira a quinta-feira. Na sexta-feira, dia em que se celebra a Implantação da República, “não se prevê a realização dos comboios urbanos de Coimbra, regio-

nais e Inter-regionais”. No sábado, a situação deverá retomar a normalidade, podendo ainda ocorrer algumas perturbações durante a manhã. A CP aguarda ainda a decisão do Tribunal Arbitral nomeado pelo Conselho Económico e Social, sobre eventual determinação de serviços mínimos. De acordo com a nota enviada aos utentes, as ligações internacionais - comboios Sud Expresso e Lusitânia Comboio Hotel - devem efetuar-se, mas devem informar-se sobre as ligações nos gabinetes de apoio ou nas bilheteiras.

Conselho de Ministros sem fumo branco

Mais de sete horas de reunião O Conselho de Ministros extraordinário terminou ontem perto das 16h00, uma reunião que durou mais de sete horas e decorreu no âmbito da preparação do Orçamento do Estado para 2013, disse fonte do executivo. De acordo com a mesma fonte, não haverá qualquer comunicado sobre o conteúdo da reunião. A proposta de Orçamento do Estado deverá ser entregue na Assembleia da República até dia 15 de outubro.

O primeiro-ministro anunciou na segunda-feira que o Governo está a preparar uma proposta de aumento de impostos, incluindo o IRS, para compensar a devolução parcial dos subsídios de Natal e de férias retirados ao setor público e pensionistas, a incluir no Orçamento do Estado para o próximo ano. Em declarações aos jornalistas, à saída de uma reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, Passos Coelho afirmou

que “o IRS será o imposto privilegiado para o fazer”, mas adiantou que “a tributação sobre o capital e sobre o património” poderão também “ajudar a fazer esta compensação”. Segundo o primeiro-ministro, esta proposta está a ser trabalhada pelo Governo como alternativa às alterações à Taxa Social Única (TSU), medida que considerou ter sido “mal entendida” e ter visto os seus propósitos “subvertidos”.


27-09-2012