Page 1

RONALDO DÁ O MÁXIMO Capitão da Seleção portuguesa tem enorme vontade de jogar na Irlanda

Há 144 anos, sempre consigo. 1868

Continente - 0,60 € (IVA INCLUIDO) – Ilhas - S. Miguel e Madeira - 0,75 € (IVA INCLUIDO) – Porto Santo 0,80 € (IVA INCLUIDO)

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

Diretor: Rui Alas Pereira | ISSN 0873-170 X |

|

DIÁRIO NACIONAL

Ano CXLV | N.º 182

Quinta-feira, 5 de setembro de 2013

PORTA-VOZ DO PSD DIZ QUE GOVERNO

NÃO ESCONDE NADA NA MANGA

MAG!A  Marco António Costa garante que o Governo não tem “nenhum tipo de medida escondida na manga” e acusa o líder do PS de provocar “o medo nos cidadãos” para colher “benefícios eleitorais” nas próximas autárquicas...

EMPOBRECIMENTO  O líder do PS desvaloriza os elogios da Comissão Europeia quanto à evolução da economia portuguesa e acusa o primeiro-ministro de se “esconder atrás das palavras”, dizendo que Passos Coelho chama “ajustamento às políticas de empobrecimento”

S.TIRSO Explosão numa pedreira provoca um morto e um ferido

PORTO Utentes acusam Metro e STCP de pôr em causa mobilidade

SÍRIA D. Manuel Clemente pede às paróquias ações pela paz


local Porto

2 | O Primeiro de Janeiro

Quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Mobilidade dos cidadãos posta em causa

Acusações dos utentes à Metro do Porto e STCP Utentes dos transportes da Área Metropolitana afirmam estar em causa a mobilidade dos cidadãos ao ser invalidada a utilização de títulos ocasionais Andante no funicular e nos elétricos.

O Movimento dos Utentes dos Transportes da Área Metropolitana do Porto (MUT-AMP) rejeita as “alterações de tarifário introduzidas no funicular dos Guindais e elétricos”, a 01 de julho, declaram em comunicado. “Os cartões Andante Azul carre-

Utentes. “Face aos cortes impostos pelo Governo, muitos moradores estão privados de comprar o passe (mensal)”. gados com títulos ocasionais deixaram de ser válidos”, explica, acrescentando que, desde então, no funicular, “os utentes têm de desembolsar dois euros por viagem, ou seja, quatro euros ida/volta, quando inicialmente com um título ocasional se fazia a viagem de ida e volta, dentro de uma hora, por 1,20 euros”. Fonte da Metro do Porto justificou a alteração de tarifário com o facto de o funicular ser “eminentemente turístico”, considerando que quem o utiliza regularmente - cerca

de 450 clientes/dia - tem assinatura. O MUT-AMP refere que “o mesmo acontece com os elétricos da STCP, que deixaram de aceitar títulos ocasionais Andante” e apenas aceitam “as assinaturas, sendo que a tarifa de bordo é de 2,50 euros”. Classificando a diferença de preço como “um roubo, mesmo para os turistas", e exigindo a reposição do tarifário anterior, o movimento admite “levar a cabo várias ações no sentido de garantir a mobilidade da população do Porto”, em especial

manifestações. Carlos Pinto, do movimento, adiantou que hoje mesmo vai solicitar uma reunião ao conselho de administração da Metro para apresentar as suas “preocupações” relativas a esta alteração. Carlos Pinto referiu que esta alteração afeta “milhares de utentes”, porque, “face aos cortes impostos pelo Governo, muitos moradores estão privados de comprar o passe (mensal) e recorriam aos títulos ocasionais”.

Guias turísticos

“Rota da Mudança” Dentro de poucos meses, os turistas que queiram conhecer a cidade do Porto orientados por guias turísticos formados no âmbito de um projeto que pretende reintegrar ativamente cidadãos sem-abrigo poderão fazer essa opção on-line. O coordenador do projeto “Rota da Mudança”, da Welcome Home (ideia de negócio incubada na Universidade Católica Porto), explicou que dos cinco formandos selecionados e que atualmente frequentam a ação de formação "Hospitalidade e Experiência Turística", dois estarão no terreno “o mais tardar no início de 2014”. Atualmente, apenas quatro formandos se mantêm no projeto. Um dos selecionados acabou por abandonar a formação, mas por um bom motivo: “Emigrou para os Estados Unidos”, contou Alfredo Figueiredo da Costa. Depois de uma primeira fase da formação, em que foram planeados os percursos e os conteúdos históricos e culturais, a Welcome Home desenvolve atualmente o curso "Hospitalidade e Experiência Turística", que os semabrigo frequentam desde julho.

INAUGURADO NO PRÓXIMO DIA 11

Novo centro escolar de Vizela custou 1,3 ME A Câmara de Vizela inaugura a 11 de setembro um novo centro escolar, um equipamento que custou 1,3 milhões de euros e que vai servir 240 alunos, informou o presidente do Município. Segundo Dinis Costa, o novo centro escolar, em Caldas de Vizela, resultou de uma “intervenção de fundo” na antiga EB1 de Enxertos, que foi recuperada e ampliada. “O centro passa a dispor de oferta de educação pré-escolar e de espaços de utilização comum, como biblioteca, recreio coberto e refeitório escolar”, acrescentou. Referiu ainda que, a partir de agora, os alunos passarão a ter “uma verdadeira escola a tempo inteiro, da qual não será necessário sair para tomar a refeição escolar”. O centro escolar vai ser frequentado por 125 alunos do 1.º ciclo do ensino básico e por 15 do ensino pré-primário.

Roriz

Explosão em Santo Tirso Uma pessoa morreu e outra

ficou ferida com gravidade na sequência de uma explosão numa pedreira, em Roriz, Santo Tirso, informou fonte dos Bombeiros de Vila das Aves. O alerta para a explosão na pedreira foi dado às 11h15 de ontem, tendo morrido uma pessoa e ficado outra ferida com gravidade, sendo transportada para o Hospital S. João, no Porto. De acordo com a mesma fonte dos Bombeiros de Vila das Aves, as vítimas seriam trabalhadores daquela pedreira localizada em Roriz, Santo Tirso. No local estiveram cinco viaturas dos bombeiros (quatro dos voluntários de Vila das Aves e uma dos Tirsenses) com 10 profissionais, para além da GNR de Vila das Aves.


Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

regiões

O Primeiro de Janeiro | 3

Secretário de Estado Leitão Amaro visita áreas atingidas por incêndios

Danos no Caramulo “ são muito relevantes” DR

Ministro da Defesa, José Pedro Aguiar Branco, lamentou, por seu turno, a morte de mais um jovem bombeiro de Carregal do Sal.

Regras para subconcessão dos ENVC

Parlamento debate A apreciação parlamentar do decreto-lei com as regras do concurso da subconcessão dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), solicitada pelos deputados do PS, está agendada para 17 de setembro, revelou, ontem, fonte daquele agrupamento. O PS defende o abandono deste concurso, que prevê a subconcessão dos terrenos e infraestruturas dos ENVC, lançado pela administração da empresa a 31 de julho após autorização do Governo através de decreto-lei, por estar em causa o interesse nacional e regional. Afirmam ainda que o processo está envolto em “falta de informação” e “nebulosidade”, já que para ter acesso às peças do concurso é necessária uma declaração de confidencialidade e o pagamento de uma caução de mil euros. “Queremos mais esclarecimentos e transparência no processo, que deve ser alvo de um escrutínio público mais aprofundado”, sublinhou o socialista, eleito por Viana do Castelo. Fonte oficial do Ministério da Defesa Nacional (MDN) afirmou, entretanto, que esta apreciação parlamentar, que acontecerá seis dias antes do final do concurso, será “mais uma oportunidade” para discutir a gestão dos ENVC “nos últimos anos”.

O secretário de Estado da Administração Local, António Leitão Amaro, disse ter confirmado, ontem, no terreno que os danos económicos e sociais dos incêndios que nas últimas semanas fustigaram a Serra do Caramulo são “muito relevantes”. No final de uma visita a vários pontos da Serra do Caramulo, acompanhado de autarcas dos concelhos afetados - nomeadamente Tondela, Oliveira de Frades, Vouzela e Águeda - Leitão Amaro lembrou que o Governo aprovou uma resolução do Conselho de Ministros que regula as condições de acompanhamento dos incêndios mais graves. “Claramente, estamos perante um caso excecional e dramático. Aquilo que vimos hoj [ontem] e o confirma, não só em área, mas também em danos à natureza, à floresta, patrimoniais, económicos e até danos às pessoas”, contou Leitão Amaro, que conhece bem o terreno por ser natural do Caramulo. O secretário de Estado frisou que o Governo tem estado a fazer este acompanhamento no caso dos incêndios de maior dimensão, “em primeira linha junto dos autarcas”, que são os seus principais interlocutores. “(Os autarcas) são fundamentais neste trabalho de levantamento, para que depois se possam definir as prioridades perante recursos escassos que temos para apoiar nas situações e nos impactos mais graves”, sublinhou. Este levantamento “não exclui intervenções mais rápidas e urgentes”, garantiu, acrescentando que “a Segurança Social tem sido, ao longo do País, inexcedível a atuar”. “Felizmente, nesta serra, os casos de famílias afetadas foram prontamente acudidos e tivemos hipótese de o confirmar aqui”, realçou. O Governo vai também atuar no que respeita aos impactos nos equipamentos públicos municipais,

com base num levantamento que está a ser feito. Perto de 400 bombeiros apoiados por mais de 100 veículos operacionais combatiam, durante a manhã de ontem, sete incêndios em Portugal, dos quais três são no distrito de Braga e dois em Viseu. O fogo que estava a ser combatido por mais meios era o de Pendilhe, no concelho de Vila Nova de Paiva, em Viseu. “Homenagear bombeiro morto”

Incêndios. Secretário de Estado frisa que o Governo tem estado a fazer acompanhamento nos casos de maior dimensão

Construção de estrada

Quercus avança com providência cautelar no Alvão

A Associação ambientalista Quercus interpôs uma providência cautelar para impedir a construção de uma estrada no Parque Natural do Alvão, concelho de Vila Real. Para a Quercus, a construção de uma estrada de 800 metros entre as povoações do Barreiro (Mondim de Basto) e Lamas de Olo (Vila Real), atravessando o Parque Natural do

Alvão, agravará a situação do lobo-ibérico já “em forte declínio” no distrito e afetará “de forma significativa” a população de borboletaazul do vale do rio de Olo. E, acrescentou a Quercus, a nova ligação entre as povoações de Mondim de Basto e Vila Real passará “praticamente” por cima de um local destinado à prática balnear, junto a uma ponte de pedra sobre o Rio Olo. Além do recurso a tribunal, a Quercus lançou uma petição pública, já com mais de mil assinaturas.

O ministro da Defesa, José Pedro Aguiar Branco, lamentou, por seu turno, a morte do jovem bombeiro de Carregal do Sal, vítima do incêndio da Serra do Caramulo, em Tondela. “Todos lamentamos a ocorrência destas situações dramáticas e que voltou a acontecer com este bombeiro. Todos devemos prestar homenagem a este bombeiro e a todos os que já tombaram em benefício de todos nós”, afirmou o ministro. Bernardo Cardoso, de 18 anos, da corporação de Carregal do Sal, morreu na terça-feira, depois de ter sofrido graves queimaduras, falência multiorgânica e “danos irreversíveis na via aérea”. Com o falecimento deste jovem, sobe para seis o número de bombeiros que morreram este ano no combate aos incêndios florestais. Já os cinco bombeiros que estão internados na unidade de queimados do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) mantêm o quadro clínico registado nos últimos dias, disse fonte daquela instituição: um dos doentes mantém “prognóstico muito reservado”, dois “prognóstico reservado” e outros dois “prognóstico favorável”. A situação mais grave é a de um homem, de 50 anos, transferido do hospital de Braga para o CHUC, que tem 19% da superfície corporal queimada, com queimaduras ao nível da extremidade cefálica e membros superiores e tronco. Este bombeiro está intubado e ventilado. O CHUC ativou na quinta-feira o plano de contingência destinado a dar resposta às ocorrências resultantes dos incêndios florestais, com seis camas de grandes queimados, cinco camas para queimados e/ou cuidados intensivos e uma área para doentes de foro respiratório.


4 | O Primeiro de Janeiro

opinião

Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

ORGULHO-ME DE SER TEU FIEL AMIGO – Parte II Podemos seguramente afirmar que a tourada é um espectáculo tradiciocomo um individuo que se distanciou da realidade concreta, corpórea e nal de Portugal, França e Espanha, assim como de alguns Países da Amériobjectiva? Será que os puritanos que fazem parte dos movimentos antica Latina. O sumo do espectáculo envolve a lide de touros bravos através de touradas sabem que sem touradas, os touros não tinham razão de existir? práticas conhecidas como arte tauromáquica. Ao contrário do que alguns Será que o Universo perfeito pode ser edificado por acção dos puritanos? asseguram, o número de espectáculos tauromáquicos em Portugal não tem Será que o puritano não tenta proibir sem utilizar critérios lógicos? Será diminuído. Cada vez há mais aficionados da festa brava. que dentro de um puritano não habita um pardacento fascista? Será que Na realidade, torna-se imprescindível que os aficionados “destapem” e Alexandre Gonçalves* tudo aquilo que é incompatível à realização da quimera do Universo percoloquem no seu lugar, em formatos viscerais, os movimentos antitourafeito não passa a ser um tabu moralista? Será que é correcto equiparar um das. Os amantes das touradas têm robustez e inteligência para fazer titubear qualquer ser humano a um animal irracional? Será que os puristas não desfilam num mundo logótipo, mercadoria, planeamento ou organização. A protecção, argumentação e desurreal? Será que os pseudo defensores dos animais sabem em que contextos e confesa da festa brava aquartelam milhões de rostos, sendo os mesmos capazes de dignidições são criados os animais para consumo humano? Será que os mesmos têm coficar o touro e amar incondicionalmente as touradas. É extraordinariamente correcto nhecimento de quantas espécies endémicas estão em risco de extinção em Portugal? ensinar aquilo que as touradas doutrinam. Será que essa cambada de iluminados sabe quais são os resultados e as consequências As touradas constituem espectáculos onde a violência e a tortura jamais têm lugar. provenientes do consumo diário de toneladas de rações animais? Será que os mesmos As transmissões televisivas das touradas nunca proporcionaram imagens susceptíveis não têm mais nada que fazer do que tentar impedir que os outros gostem daquilo que de impregnarem desfavoravelmente a formação da personalidade das crianças, dos eles não gostam? Será que esses “mal vestidos” não se deviam preocupar com aquilo adolescentes ou até dos adultos. Logo, podemos referir convictamente que as touraque realmente faz a diferença, ou seja as matérias que são verdadeiramente importandas nunca constituíram nenhuma espécie de estímulo à violência. tes para o País? Apesar da profunda discussão que o tema touradas provoca na sociedade portuSugiro aos pseudo defensores dos animais que acabem com a pesca desportiva; as guesa, devido principalmente à sua dimensão cultural, sabemos actualmente que o corridas de cavalos; as demonstrações equestres; a columbofilia; os circos; os aquáitinerário do desenvolvimento não passa pela “desistência” da festa brava. A escolha rios; as amêijoas à “Bulhão Pato”; a aquicultura; a sardinha assada no pão; a cavala da modernidade terá que continuar a agasalhar texturas tauromáquicas, uma vez que em conserva; e o chouriço fumado. Na realidade, pretender anatematizar as touradas as mesmas aquartelam contextos éticos bastante elevados. A exposição pública de demonstra desconsideração pela tradição milenar. touradas nunca provocou impactos emocionais contraproducentes em quem assiste. A tourada é uma demonstração de devoção e adoração, assim como uma vassalaA tradição patenteia o espírito e a alma dos povos, logo as touradas devem ser gem à força, resistência e robustez do animal. As corridas de toiros devem ser saboimortalizadas e nunca aniquiladas. Será que as touradas não representam, em larga readas e desenhadas como autênticos momentos de arte. Imensos turistas assistem às escala, a alma de um País? Será que a “alma” não expõe a configuração mais nobre, touradas, saindo das mesmas como verdadeiros aficionados. O resultado final acaba distinta, perdurável, ética, intensa e penetrante do psiquismo humano? por ser uma “publicidade” bastante favorável em relação ao nosso País. A tourada pode ser definida como um espectáculo de massas onde se salientam Os fanáticos, como são os cidadãos que pertencem aos movimentos antitouradas, os trajes e o talento dos protagonistas; a pigmentação, a cintilação e o calor dos afipodem ser descritos como indivíduos munidos de agressividade desmesurada, precionados; a formosura e o treino dos cavalos; a imponência dos touros; as estéticas e conceitos variegados, inflexibilidade e estreiteza intelectual, extrema credulidade, inharmoniosas aclamações; a agradável e colorida emoção; o perfume dos movimentos; tensas teias de ódio e absurdo individualismo, sendo também incapazes de arrazoar a linda sinuosidade dos desfiles; a inexistência de violência; e a sumptuosidade da racionalmente, bem como de admitir outros pontos de vista. O Estado já devia ter afirmado que os subsídios “dedicados” às touradas jamais música. Na verdade, os aficionados da festa brava, os toureiros e os forcados idolapodem ser considerados de despesismo, assim como asseverado que as touradas tram e respeitam os touros como ninguém. são parte integrante do nosso País e que merecem o respeito integral de todos os As touradas acabam por eternizar uma tradição que tem inúmeros “princípios” cidadãos. A natureza ofereceu aos humanos a capacidade de se inquietarem e resolhistóricos. Os pais que levam as crianças e os adolescentes às touradas acabam por verem múltiplos problemas de modo simultâneo. A crise que Portugal atravessa não estar a partilhar com as mesmas um espectáculo extraordinário que lhes proporciointerrompe toda a realidade que existe para além da mesma. nará uma benévola coadjuvação para a sua educação e formação. Será que não é triste que uma minúscula minoria, microscópica mesmo, pretenda prescrever as regras da Técnico Superior sociedade e transformar a nossa própria cultura? Será que esse fedorento moralismo de Relações Públicas/Escritor europeu tem alguma hipótese de triunfar? Será que esta minoria puritana não é excessivamente e estupidamente belicosa nos procedimentos incongruentes que emprega? O recente e desengraçado puritanismo perfilha a troca dos direitos humanos pelos direitos dos animais e dos vegetais. Infelizmente habitamos numa sociedade de antagonismos em que alguns cidadãos defendem o fim das touradas e, concomitantemente, aprovam a dilatação do prazo para abortar. É necessário estar sempre de pé atrás com os puristas contemporâneos, uma vez que os mesmos sempre foram, ao longo da história, inimigos dos seres humanos. O puritano pode ser definido como um fanático que subjuga toda a realidade, em moldes irracionais e infecundos, à vontade da sua própria concepção ou conspecção do mundo. Será que um puritano, se a sua mundividência fanática o aconselhar, não confunde, por exemplo, a condição humana com a condição mineral? Será que o puritano moderno não é um cidadão urbano que perdeu a ligação e a convivência com a “cláusula” humana? Será que o puritano não pode ser contemplado


nacional

Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

O Primeiro de Janeiro | 5

Seguro desvaloriza elogios da Comissão Europeia à evolução da economia

Mais recessão e falências Paulo Núncio acredita

“Pacto de regime” quanto à reforma do IRC

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, diz acreditar que há condições para o Partido Socialista chegar a acordo com o Governo para um “pacto de regime” quanto à reforma do IRC. “Estão criadas as condições para que seja possível encontrar um compromisso com as outras forças políticas, nomeadamente o PS”, disse Paulo Núncio, após um dia de reuniões com confederações patronais sobre a Reforma do IRC (Imposto sobre o Rendimento Coletivo), considerando necessário um “pacto de regime” neste assunto.

Líder do PS alega que “há cinco anos que Bruxelas promete sem sucesso tirar a Europa da crise”, e os resultados estão à vista... Confrontado com declarações proferidas pela porta-voz da Comissão Europeia, Pia Hansen, considerando que os dados mais recentes sobre a economia e o desemprego em Portugal são “encorajadores”, apesar de a situação ser “difícil”, António José Seguro contrapôs que “há cinco anos” que Bruxelas “diz que consegue tirar a Europa da crise”. “E os resultados são mais recessão, mais desemprego e mais falências. Há uma diferença entre aquilo que a Comissão Europeia tem dito e aquilo que faz”, sustentou. Para o líder do PS, a prioridade mais imediata de Portugal passa por “estabilizar a economia e apoiar as empresas, porque são elas que têm condições para gerar crescimento e criar emprego”. “Empobrecimento”

Presidente do CAP e o IRC

“Reforma precisa de pelo menos 10 anos”

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) defende que a reforma do IRC precisa de estabilidade e de durar pelo menos 10 anos e que para isso o Governo deve conseguir associar o PS a esta iniciativa. “A reforma é muito importante e deve ter estabilidade, pelo menos estar 10 anos em vigor. Devem ser introduzidas negociações com o PS para haver estabilidade”, defendeu João Machado, à saída da reunião com o secretário de Estado Paulo Núncio, e do presidente da Comissão da Reforma do IRC, Lobo Xavier.

Seguro acusa ainda o primeiro-ministro de se esconder atrás das palavras, dizendo que Passos Coelho chama ajustamento às políticas de “empobrecimento”, requalificação aos despedimentos e reforma do Estado aos cortes.

PS. Seguro acusa ainda Passos de se esconder atrás das palavras...

O líder do PS falava aos jornalistas após ter estado presente num almoço da comissão de honra da candidatura do socialista Marcos Sá à presidência da Câmara de Oeiras, horas depois de o porta-voz do PSD, Marco António Costa, ter afirmado que o Governo não tem qualquer medida na manga para apenas apresentar após as eleições autárquicas. No entanto, o líder do PS insistiu na sua suspeita de que o executivo adiou o anúncio de mais medidas de austeridade para o período pós-eleitoral, e alegou que

“os portugueses já estão habituados que o primeiro-ministro e o PSD digam uma antes de eleições e façam outra após as eleições”. “Há dois anos o primeiroministro também disse que não iria despedir funcionários públicos, que não iria cortar salários, que não retiraria os 13.o e 14.o meses aos funcionários públicos e depois fez exatamente o contrário. Os portugueses já estão habituados sobre o que valem as palavras do PSD e do Governo em vésperas de eleições”, advogou Seguro.

Neste contexto, o secretáriogeral do PS comentou também a declaração de Passos Coelho em que rejeitou em absoluto estar a colocar em curso uma política de empobrecimento do país. “É preciso que o primeiro-ministro deixe de simular e de se esconder atrás das palavras. Passos Coelho chama aos despedimentos requalificação, aos cortes chama reforma do Estado e ao empobrecimento do país chama ajustamento. As pessoas sabem que infelizmente não é assim”, concluiu o líder do PS.

Conferência de líderes acerta calendário

Primeiro debate com Passos em outubro O primeiro debate quinzenal da nova sessão legislativa deverá realizar-se na primeira semana de outubro, após as eleições autárquicas, de acordo com o calendário ontem aprovado em conferência de líderes parlamentares. De acordo com o porta-voz da conferência de líderes, Duarte Pacheco, o primeiro debate quinzenal com o primeiro-ministro deverá realizar-se no dia 04 de outubro, data sujeita ainda a confirmação. O primeiro plenário da nova sessão realiza-se no dia 16 de setembro, só com declarações políticas. No dia 17 será discutido uma proposta de lei do Governo sobre o

Parlamento. Primeiro debate quinzenal marcado para depois das autárquicas

regime jurídico da segurança e da saúde no trabalho. No mesmo dia será debatido um projeto de lei do BE que visa “alargar o apoio social aos desempregados”. No dia 18 é discutida, entre outras iniciativas, uma proposta de lei sobre a renovação dos contratos a termo certo. Os plenários serão interrompidos na última semana de campanha eleitoral para as autárquicas, entre 23 e 27 de setembro. Depois das eleições, que se realizam no dia 29, as sessões regulares são retomadas na primeira semana de outubro, prevendo-se

um agendamento potestativo do PS sobre matéria fiscal no dia 3 de outubro. O líder parlamentar do PS adiantou que serão discutidos projetos para a redução do IVA da restauração, para alterar os critérios de cobrança do IMI, para “dar suporte às pessoas que vão pagar mais renda” e para reduzir o IRC para as pequenas e médias empresas. A comissão permanente discute dia 11 um voto de pesar pela morte de bombeiros, num texto que propõe a realização futura de um “debate amplo” sobre os incêndios florestais.


economia

6 | O Primeiro de Janeiro

Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

Banco exige que sejam corrigidos “os erros” no relatório do IGCP

Santander processa Estado devido às «swap» DR

Por seu turno, Vale Teixeira, demitido em junho, rejeitou, no Parlamento, ter celebrado contratos «swap» especulativos ou tóxicos. O Santander decidiu processar o Estado e pede uma indemnização ao IGCP, exigindo ainda que este e o Ministério das Finanças corrijam os erros existentes no relatório daquele organismo relativos a um «swap» contratado entre o banco e o Metro do Porto. Na carta dirigida a Jorge Lacão, presidente da comissão parlamentar de Inquérito à Celebração de Contratos de Gestão de Risco Financeiro por empresas do Setor Público, o presidente da comissão executiva do Banco Santander Totta, António Vieira Monteiro, adianta ter iniciado uma ação administrativa comum de condenação à adoção de comportamentos por parte do ICGP e também do Ministério das Finanças, e responsabilidade civil extracontratual (do IGCP). A petição inicial de ação judicial, visa também a condenação do IGCP ao pagamento de uma indemnização, assim como a correção e adequada publicitação do relatório pelo IGCP e Ministério das Finanças. O Banco Santander Totta sublinha que o relatório contém “informação errada” relativa ao «swap» contratado entre a Metro do Porto e o Santander a 11 de janeiro de 2007. Quer a carta quer a petição inicial afirmam que o banco “envidou todos os esforços para que o IGCP procedesse, de forma voluntária, à correção do relatório”, “embora sem sucesso”. Segundo foi revelado ontem, por emails de responsáveis do IG, a Metro do Porto demonstrou logo em 2009 preocupação em relação a perdas com «swaps» contratados com o banco Santander e tentou renegociar a sua estrutura, mas o banco mostrou-se indisponível para renegociar estes contratos. Vale Teixeira rejeita responsabilidades

Por seu turno, o ex-presidente da Entidade Gestora de Reservas Es-

tratégicas de Produtos Petrolíferos (EGREP), João Vale Teixeira, demitido em junho passado, rejeitou, no Parlamento, ter celebrado contratos «swap» especulativos ou tóxicos enquanto liderou a empresa pública. “As operações não eram especulativas e muito menos tóxicas. Eram apenas de cobertura da taxa de juro do financiamento”, afirmou João Vale Teixeira na sua intervenção inicial na comissão parlamentar de Inquérito à Celebração de Contratos de Gestão de Risco Financeiro (‘swap’) por Empresas do Setor Público. “Tenho orgulho no trabalho desenvolvido na EGREP desde a sua formação”, em 2003, declarou, acrescentando que o processo dos «swap» pôs a sua “reputação (...) em causa”. Vale Teixeira questionou, ainda, as razões para o Governo cancelar o contrato «swap» com a JP Morgan, realçando que o conselho de administração da empresa pública nunca foi informada da negociação. Processo político

Swap. No Parlamento, antigos directores de empresas com contratos de risco esclareceram algumas decisões

Valorização de 0,21%

Bolsa de Lisboa fecha sessão em subida ligeira

A Bolsa de Lisboa fechou, ontem, em alta, em linha com as principais praças europeias, com o PSI20 a avançar 0,21% para os 5.900,26 pontos, com o setor das telecomunicações e o BCP em destaque. Das 20 cotadas do principal índice da bolsa portuguesa, 12 fecharam com ganhos, uma permaneceu inalterada (Banif) e sete registaram

perdas face à última sessão, de acordo com a agência de informação financeira Bloomberg. A Mota-Engil, que avançou 5,27% para 2,86 euros, e a Sonaecom, que ganhou 4,49% para 1,93 euros, protagonizaram as maiores subidas, enquanto a Altri, que recuou 1,59% para 1,8 euros, e a Jerónimo Martins, que cedeu 1,2% para 14,79 euros, lideraram as perdas. Na Europa, as principais praças terminaram com subidas que oscilaram entre os 0,1% do índice britânico e os 0,6% espanhóis.

Já o ex-presidente da Carris, José Manuel Silva Rodrigues, acusou o Governo de ter transformado a questão dos «swap» num processo político e frisou que a atual ministra das Finanças sempre teve toda a informação sobre aqueles derivados. “No período em que presidi à Carris, o Estado sempre atuou assim, aprovando as contas sem qualquer reserva e elogiando recorrentemente a gestão da empresa”, disse José Manuel Silva Rodrigues, justificando que “o único objetivo” dos ‘swap’ contratados foi “proteger a empresa e logo o acionista Estado acentuada subida das taxas de juro”. Quase metade dos 800 milhões de euros conseguidos pelo IGCP para compensar as perdas dos ‘swap’ de empresas públicas vieram de fechos de contratos com o francês Crédit Agriole, sendo que 13 de todos os contratos cancelados implicavam perdas para o Estado. Ao mesmo tempo que as empresas públicas cancelaram contratos ‘swap’ com perdas significativas, o IGCP, para minimizar o impacto no Orçamento do Estado, fechou antecipadamente «swap» sobre dívida pública que tinha em carteira com saldo global positivo.

Toyota confirma problemas no Lexus RX 400H

111 carros recolhidos O fabricante automóvel japonês Toyota Motor anunciou, ontem, que vai recolher 370 mil viaturas em todo o mundo, inclusivamente em Portugal, devido a falhas que podem causar uma paragem súbita do motor e no inversor dos sistemas híbridos. Segundo o maior construtor de automóveis a nível mundial, vão ser chamados às oficinas 200 mil veículos híbridos devido a um problema que envolve o inversor que transforma a corrente contínua em corrente alternada, e vice-versa. Em Portugal, segundo disse fonte oficial da Toyota Caetano Portugal, o único modelo envolvido é o Lexus RX 400 H e os 111 proprietários vão ser contactados “diretamente, em carta registada” para levar o carro à oficina. A mesma fonte acrescentou que não há registo de acidentes relacionados com esta possível falha e que não compromete a segurança do automóvel. Outros 170 mil carros vão ser chamados às oficinas para verificar os parafusos do sistema de controlo de válvulas do motor, que se podem soltar e, no limite, provocar uma paragem súbita do motor nos modelos Crown e Mark X, construídos no Japão entre julho de 2005 e julho de 2011. Segundo fonte da Toyota, estes modelos não foram comercializados em Portugal.


desporto

Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

O Norte Desportivo | 7

Paulo Bento obrigado a fazer mais duas alterações por lesões

Adrien e Lopez chamados DR

Sub-21 jogam em Barcelos

Portugal começa qualificação para Euro’15 O árbitro alemão Tobias Welz foi designado pela UEFA para dirigir, hoje, o jogo entre Portugal e Noruega, de qualificação para o Europeu de sub-21, a disputar em 2015 na República Checa. É a estreia de Portugal no grupo 8 de apuramento, com o jogo agendado para o Estádio Cidade de Barcelos, a partir das 21h15. Welz terá como árbitros assistentes Holger Henschel e Rafael Foltyn, enquanto Daniel Siebert será o quarto árbitro. Portugal e Noruega integram um grupo do qual fazem parte também Azerbaijão, Macedónia e Israel.

Mourinho falta a Fórum

Paulo Fonseca e Jesus na elite da UEFA

O treinador português do Chelsea, José Mourinho, faltou, ontem, ao Fórum de Treinadores de Clubes de Elite da UEFA, que acontece todos os anos na sede do organismo que tutela o futebol europeu, em Nyon, na Suíça. Mourinho estava incluído na lista de treinadores que tinham confirmado a sua presença na reunião, mas decidiu não participar. Paulo Fonseca (FC Porto) e Jorge Jesus (Benfica) foram os únicos treinadores da I Liga portuguesa presentes na reunião, por irem comandar equipas na Liga dos Campeões.

Beto e Ruben Micael abandonaram o estágio, no dia em que Cristiano Ronaldo fez o primeiro treino específico no relvado. O selecionador nacional, Paulo Bento, foi obrigado a fazer mais duas alterações na convocatória inicial, tendo em vista o embate com Irlanda do Norte, amanhã, em Belfast, da fase de apuramento para o Mundial de 2014, e contra o Brasil, num particular a jogar dia 10, em Boston. O médio Adrien Silva, do Sporting, foi chamado para substituir o lesionado Rúben Micael, do Sporting de Braga, e o guarda-redes Anthony Lopes, do Lyon, foi chamado para substituir Beto, do Sevilha. Estas foram as terceira e quarta alteração na convocatória inicial de Paulo Bento, depois de Licá (FC Porto), Nelson Oliveira (Rennes) terem substituído Danny (Zenit) e Hugo Almeida (Besiktas). Beto assegurou o empenho do «capitão» Cristiano Ronaldo na recuperação física para o jogo de amanhã. “O Cristiano tem vontade de jogar, está a fazer tudo o que é humanamente possível para estar apto para o jogo da Irlanda”, garantiu. Ronaldo pisou, ontem, pela primeira vez o relvado da unidade hoteleira que acolhe a seleção, tendo cumprido treino específico para debelar uma lesão na coxa direita, acom-

Mundial. Selecção conta com dois novos elementos na sua convocatória panhado do fisioterapeuta António Gaspar. Também o extremo Vieirinha disse confiar na recuperação de Cristiano Ronaldo para o jogo, mas advertiu que há alternativas credíveis ao jogador do Real Madrid. “O Cristiano Ronaldo é um assunto do departamento médico, mas ele quer sempre ajudar a seleção. Eu penso que irá jogar e podemos contar com ele”, afirmou o futebolista dos alemães “Na eventualidade de Ronaldo não jogar, o que eu não acredito

que venha a acontecer, o ‘mister’ vai encontrar uma solução credível para ajudar a equipa”, frisou Vieirinha, enaltecendo a “qualidade” dos restantes extremos, mas reconhecendo que a presença do avançado do Real Madrid aumenta a confiança dos restantes jogadores. Antevendo o jogo, Vieirinha advertiu que Portugal terá de estar atenta ao jogo aéreo norteirlandês e empenhar-se no seu estilo de jogo. “Toda a gente sabe a qualidade que a seleção tem, o

nosso forte não é o contra-ataque nem o jogo aéreo, temos de fazer o nosso jogo, com a bola pelo chão. A Irlanda do Norte é uma equipa com muito contacto físico e com jogadores rápidos, mas penso que conseguiremos uma vitória se fizermos o nosso jogo”, rematou. Portugal viaja, hoje, para Belfast, onde vai defrontar a Irlanda do Norte, no estádio Windsor Park, às 19h45 (mesma hora em Lisboa), sob arbitragem do holandês Danny Makkelie.

Benfica não inscreve lateral esquerdo

Bruno Cortez fora da lista da «Champions» DR

Com a janela de mercado encerrada em quase todos os países, o organismo que tutela o futebol europeu publicou, ontem, a lista de jogadores nas 32 equipas que disputarão entre setembro e dezembro a fase de grupos da «Champions». O tricampeão nacional FC Porto apresenta 21 jogadores do plantel principal, mais 22 na lista B, preenchida com juniores e jogadores de formação, entre os quais Kadu, o terceiro guardaredes, atrás de Helton e Fabiano, num conjunto de futebolistas no qual não está o brasileiro Kelvin. No Benfica, destaque para a

«Champions». Benfica e FC Porto entregaram a lista de jogadores à UEFA

ausência do reforço brasileiro Bruno Cortez, jogador titular nas três primeiras jornadas, com Jorge Jesus a optar pelo também brasileiro Guilherme Siqueira, cuja contratação foi anunciada segunda-feira. Fora das contas dos «encarnados» para esta fase de grupos está também o influente extremo argentino Eduardo Sálvio, jogador que se lesionou com gravidade no dérbi de sábado com o Sporting (1-1), com uma rotura do ligamento cruzado anterior do joelho direito. Sálvio enfrenta uma longa paragem e só deverá voltar aos relvados em 2014.

Outros reforços não entram para já nas contas do treinador do Benfica, nomeadamente o sérvio Stefan Mitrovic, defesa central de 23 anos, contratado aos belgas do Kortrijk, ou a estrela argentina Funes Mori. O FC Porto integra o grupo G da prova, com os russos do Zenit, que têm Luís Neto e Danny no plantel, os espanhóis do Atlético Madrid, de Tiago, e os austríacos do Áustria Viena. Já o Benfica está no grupo C, juntamente com os franceses do Paris Saint-Germain, os belgas do Anderlecht e os gregos do Olympiacos.


Quinta-feira, 5 de setembro de 2013

cultura e espetáculos

O Primeiro de Janeiro | 8

Relatos dos escritores guiam visitantes em Tomar

Festival Estátuas Vivas Casa da Cultura da Trofa

“Esculturas em Ferro”

A Câmara Municipal da Trofa inaugura, a 7 de setembro, pelas 15h00, na Casa da Cultura da Trofa, a Exposição de Escultura em Ferro de Plácido Souto. Esta é mais uma mostra que estará à disposição de todos os Trofenses e visitantes, nas salas da Casa da Cultura local, integrada no programa cultural anual da Autarquia. Nesta exposição de Esculturas em Ferro do artista Plácido Souto, serão exibidas diversas peças realizadas em ferro e em vários materiais reciclados, que assim ganham nova vida nas mãos do autor. O artista minhoto, natural de Caminha, mais propriamente de Vilar de Mouros, estará também na Trofa, a 7 de setembro, para apresentar as suas obras e para dar a conhecer a história que cada peça encerra, estando cada uma delas diretamente ligada a um contexto da sua vida quotidiana. Plácido Souto nasceu em 1936 e desde tenra idade que aprendeu a arte de trabalhar o ferro. Na década de 1960 foi trabalhar para Lisboa onde permaneceu com a sua família por cerca de 20 anos. Desde cedo, esteve envolvido em várias iniciativas e associações de cariz social, cultural e religioso, tanto em Lisboa como em Vilar de Mouros, de onde é natural e para onde regressou definitivamente em fevereiro em 1983, fundando a sua própria oficina de serralharia. Na década de 2000, já reformado, dedica-se às artes, realizando obras, desde esculturas a quadros, tendo o ferro como matéria principal e reciclando muitos outros materiais. Em agosto de 2008, Plácido Souto expõe pela primeira vez os seus trabalhos que, entretanto, foram já apresentados em muitos concelhos do norte do país e na Galiza. Com esta iniciativa, a Trofa associa-se à divulgação da obra deste ousado artista autodidata, que faz do ferro a alma da sua criação.

Já falta pouco mais de uma semana para a quarta edição do Festival Estátuas Vivas, que acontece em Tomar no fim-de-semana de 13 a 15 de Setembro. Desta vez, o tema é a História contada pelos grandes escritores, com quadros baseados em Camões, Pessoa, Eça ou Saramago, entre muitos outros. Também os restaurantes foram beber aos livros para se inspirarem para as ementas. Embora já tenham sido usados pontualmente em edições anteriores, o rio Nabão e a idílica ilha do Mouchão vão ter este ano um papel muito mais importante no Festival Estátuas Vivas de Tomar, servindo de palco ideal para acolher os quadros representativos de algumas das mais famosas passagens literárias escritas em português. Clássicos como a Ilha dos Amores, de Camões, o “Mostrengo” de Fernando Pessoa, a “Peregrinação” de Fernão Mendes Pinto ou o “Sermão de Santo António aos Peixes” do Padre António Vieira, encontram naqueles espaços frescos e naturais,

em pleno centro da cidade, o cenário ideal para serem recriados por alguns dos mais talentosos artistas da imobilidade nacionais e estrangeiros. No quarto Festival Estátuas Vivas, que se prolonga de sexta-feira, dia 13 a domingo, dia 15, 44 artistas vão recriar 20 quadros históricos, contados pela pena de alguns dos mais conceituados escritores portugueses. O Festival aproveita as condições magníficas da cidade, com o rio a atravessá-la e a apetecível ilha do Mouchão, para dar corpo a estas imagens literárias, num périplo que começa junto à capela de Santa Iria, se prolonga ainda até ao jardim da Várzea Pequena e depois pela Corredoura até à Praça da República, onde se desenrolam os quadros baseados na obra de de José Saramago. O Festival estende-se ainda, pela primeira vez, à Ermida de Nossa Senhora da Conceição, palco para a recriação de um dos maiores clássicos da Literatura Portuguesa, o “Frei Luís de Sousa” de Garrett. Extra-concurso, é ainda grande a expectativa para a performance de António Santos que, depois de o ano passado aqui ter batido o recorde mundial de imobilidade em suspensão, vai este ano representar-se a si próprio, Staticman, personagem central do romance “Jardim sem limites” de Lídia Jorge. O Festival Estátuas Vivas 2013 começa na sexta-feira, dia 13, logo pela manhã, com os Madonnari Street Painting, de Nápoles (Itália) a darem os primeiros retoques na sua grande pintura 3D no chão, em frente à igreja de S. João Baptista. À noite chegam as Estátuas Vivas, com a reposição de algumas das melhores performances da edição anterior. No centro histórico, oito artistas vão dar vida a sete cenas do quotidiano medieval, com a presença de todos os participantes premiados em 2012, e então dispersos por Almourol, Dornes e Tomar. Nas manhãs de sábado e domingo,

Tema. História é contada pelos grandes escritores, com quadros baseados em Camões, Pessoa, Eça ou Saramago. o Mouchão será palco para as “Histórias aos Quadradinhos” deste ano, com 20 jovens oriundos das escolas tomarenses a inspirarem-se num clássico da literatura universal, “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carroll. Também para os mais novos, à tarde, junto à margem esquerda do rio e ao parque infantil, haverá divertimento garantido na Via Verde Júnior com jogos, insufláveis, pinturas faciais e muitas outras actividades. Ruas e lojas regressam ao passado As estátuas vivas representarão os seus quadros entre as 17h30 e as 19h30 (no sábado e no domingo) e ainda das 22h00 às 24h00 na noite de sábado. O público é convidado a votar no seu quadro favorito, com base nos critérios de imobilidade, expressividade e caracterização, com vista à escolha dos três melhores, que serão anunciados na Praça da República, às 20h00 de domingo. Mas ao longo do dia haverá muito

mais motivos de interesse, desde a exposição que mostra as fotografias de Tomar no século XIX feitas por António da Silva Magalhães, na rua com o seu nome, até aos painéis que, nas imediações do rio Nabão, apresentam “Um século de notícias”, passando pelas montras do centro histórico que se vestem com roupagens de outrora. Novidade a não perder será a “Cultura de Faca e Garfo”. 23 cafés e restaurantes do concelho responderam ao desafio e, nos dias 13, 14 e 15 de Setembro vão apresentar nos seus cardápios viagens por aromas e paladares entre referências gastronómicas da literatura portuguesa. Reproduzindo a receita original ou expressandose em cozinha de autor, terão sempre por base os ingredientes e temperos da época narrada. Nas noites de sexta e sábado, das 0h00 à 1h30 haverá ainda animação de esplanadas. Todas as iniciativas do Festival têm entrada livre.

Lisboa

Théâtre du Soleil no Teatro Municipal São Luiz O Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa, vai abrir a temporada de 2013/14 a 11 de setembro, com uma programação festiva de música, teatro e dança, que inclui, em estreia mundial, um espetáculo do Théâtre du Soleil. A programação do teatro foi hoje apresentada pelo seu diretor, José Luís Ferreira, na presença de Miguel Honrado, presidente da Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC), da vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto, e do diretor do Teatro Municipal Maria Matos, Mark Deputter. Entre 11 de setembro e 01 de outubro decorre a "Festa de Abertura", com concertos de Victor Gama, acompanhados de uma exposição de instrumentos, um autocarro “performativo”, que estará em Lisboa e Torres Novas, o lançamento do disco "Almost Visible Orchestra", de Noiserv, e um espetáculo de Bruno Nogueira e Manuela Azevedo, entre outros. No período de abertura, de 19 a 21 de setembro, verificar-se-á um dos principais acontecimentos da temporada, com a estreia mundial do espetáculo do Théâtre du Soleil "L´Histoire terrible mais inachevée de Norodom Sihanouk, roi du Cambodge" (“A terrível e inacabada história de Norodom Sihanouk, rei do Camboja”), de Hélène Cixous. Trata-se de uma remontagem em língua khmer do espetáculo original de Ariane Mnouchkine, com encenação de Georges Bigot e Delphine Cottu. Até fevereiro ainda vão passar pelo São Luiz, na música, Celina da Piedade, Ana Bacalhau, Aline Frazão, na ópera, o "Cabaret Vicente”, de José Eduardo Rocha, na dança, a estreia nacional de "Cantatas", de Raimund Hoghe, e espetáculos da Companhia Olga Roriz. Ainda no teatro, em estreia, serão apresentados "Os últimos três dias de Fernando Pessoa", de Antonio Tabucchi, com encenação de André Gago, e "As you like it (Como vos aprouver)", de William Shakespeare, pelo Arena Ensemble, com encenação de Beatriz Batarda. O São Luiz vai passar a fazer descontos de cinquenta por cento nos bilhetes para o público com menos de 30 anos.


Quinta-feira, 5 de setembro de 2013

roteiro

O Primeiro de Janeiro | 11

Roteiro Cultural

4ª EDIÇÃO DO ‘PORTAS ABERTAS DO TEJO’

Nos próximos dias 7 e 8 de setembro as portas das adegas da Região Vitivinícola do Tejo vão abrir-se, pelo 4º ano consecutivo, às famílias portuguesas, turistas e a todos aqueles que tenham gosto pela cultura do vinho. Ao todo são 18 os produtores da Região do Tejo que vão receber visitantes que queiram participar ativamente nas vindimas, em provas de vinhos, almoços vínicos e visitas às respetivas instalações. O objetivo desta iniciativa é reunir famílias, enófilos e turistas numa partilha de experiências e conhecimentos no mundo do vinho. O ‘Portas Abertas do Tejo’ recebeu, na edição de 2012, mais de 2 mil visitantes que quiseram contribuir para a campanha das vindimas da Região do Tejo. Para além de proporcionar a visita ao património e tradições do Ribatejo, que incluem os seus vinhos e gastronomia, os participantes podem, também, usufruir de um desconto até 50% na aquisição de vinhos nas lojas dos produtores participantes. O programa detalhado do ‘Portas Abertas do Tejo 2013’ pode ser consultado no endereço: www.crvtejo.pt.

A uma semana do arranque do festival, o MOTELx anuncia os convidados internacionais que marcam presença na 7.ª edição e antecipa o festival com dois eventos especiais no próximo fim-de-semana. «Poltergeist» (1982), o grande clássico de Tobe Hooper, o convidado de honra desta edição, será exibido no Largo de São Carlos em Lisboa no próximo sábado, 7 de Setembro, às 21h30. A entrada é livre. Durante o festival, serão revisitadas as grandes obras do realizador, e sábado 14 de Setembro, às 17h15, haverá uma masterclass conduzida pelo mestre na sala 3 do Cinema São Jorge. Hideo Nakata é outro dos convidados especiais desta edição. O realizador do clássico contemporâneo «Ring» (1998) está de volta com «The Complex» (sábado, 14 de Setembro, às 21h30, na Sala Manoel de Oliveira). E, no último dia do festival, haverá uma masterclass com o realizador japonês, às 16h30 na Sala Montepio. «Open Grave» (EUA, 2013), filme de abertura do MOTELx 2013, uma estreia absoluta em festivais de cinema, contará com a presença do realizador Gonzalo López-Gallego, quarta-feira, 11 de Setembro, às 21h30, na Sala Manoel de Oliveira. «Wither» (Suécia, 2012), contará com a presença dos realizadores e co-argumentistas Sonny Laguna e Tommy Wiklund e do produtor e co-argumentista David Liljeblad. Este filme, uma mistura da estética grand guignol do clássico «Evil Dead» de Sam Raimi com o folclore local, será exibido na quarta-feira, às 00h15, na Sala 3 do Cinema São Jorge. Juan Carlos Medina, realizador de «Painless» (2012) e o actor Tómas Lemarquis, são outras das presenças a destacar no MOTELx 2013. «Insensíveis», com estreia marcada a seguir ao festival, foi co-produzido com a Fado Filmes, de Luís Galvão Teles. Será exibido no domingo, 15 de Setembro, às 19h15 na Sala 3. A 7.ª edição do MOTELx ficará ainda marcada por uma forte presença de terror no feminino: Xan Cassavetes, filha de John Cassavetes e Gena Rowlands, vem a Lisboa apresentar a sua primeira obra, «Kiss of the Damned», no sábado, às 19h00, na Sala Manoel de Oliveira e a francesa Marina de Van apresenta-nos «Dark Touch», na sexta-feira, às 21h45 na mesma sala. No final de cada sessão, haverá um momento de Q&A, para responder a todas as dúvidas e curiosidades do público. A representar o cinema português estarão os cineastas António da Cunha Telles, produtor de «O Crime de Aldeia Velha» (1964), e António de Macedo, realizador de «A Promessa» (1973), cujos filmes serão exibidos na secção Quarto Perdido, que este ano nos apresenta “Os Censurados”, com duas obras objecto de censura durante o Estado Novo, inspiradas em peças de Bernado Santareno. Na sala Manoel de Oliveira, ao longo de todo o festival, e também nas Curtas ao Almoço, sábado e domingo, estarão ainda os realizadores portugueses das curtas-metragens a concurso ao Prémio Yorn MOTELx – Melhor Curta de Terror Portuguesa 2013. O fim-de-semana da antecipação do festival começa já na próxima sexta-feira, 6 de Setembro, às 00h00, no Musicbox, no Cais do Sodré, com muita música e animação.

Visita Com Lanternas às Pontes da Fortaleza de Valença

A Câmara Municipal de Valença promove uma visita guiada noturna, com lanternas, para conhecer as pontes e caudas de andorinha da Fortaleza, sexta-feira, 6 de setembro, às 21h30. Uma visita à descoberta dos pormenores e histórias das antigas pontes levadiças da Fortaleza, nomeadamente às da Coroada, às das Portas do Meio e às das Portas de Monção, bem como à Cauda de Andorinha da Gaviarra e à antiga estrutura das Cortinas de São Francisco, guiado pelos técnicos de turismo do município. Esta visita guiada é, também, um convite a vivenciar momentos marcantes da história militar de Valença e da Península Ibérica, trazendo uma lanterna. O percurso começa, às 21h30, junto às Portas da Coroada, na Fortaleza e será enriquecido com os sons da gaita de foles que proporcionará pequenos momentos musicais. Para o Presidente da Câmara, Jorge Salgueiro Mendes, “Estas visitas guiadas temáticas são uma oportunidade única para sentir de perto a secular história desta joia patrimonial que é a Fortaleza de Valença, um autentico museu vivo”.

Feira Afonsina

Entre os dias 13 e 15 de setembro, a Feira Afonsina promete uma viagem inesquecível no tempo, na história de Portugal. Num reencontro com o imaginário, o centro histórico da cidade berço volta atrás no tempo. As ruas, largos e praças recriam o ambiente social e económico da época do Condado Portucalense com espetáculos, recriações históricas e zonas de mercadores, artífices e iguarias. Durante os três dias do evento, a Feira Afonsina proporciona a todos os que visitam Guimarães um conjunto de experiências intensas e memórias inesquecíveis, através da construção de espaços temáticos e da interação com as personagens que habitam esta recriação histórica. Naquela que é a sua 3ª edição, a Feira Afonsina mantém a linha cronológica das edições anteriores. O enquadramento histórico inicia-se com uma reunião da corte em torno de D.ª Teresa, viúva do Conde D. Henrique, que, por ser filha de Castela e estar mais próxima dos interesses da irmã (D.ª Urraca), se une ao fidalgo galego D. Fernão Peres de Trava, antevendo uma união entre o legado de D. Henrique e uma Galiza sob a influência de Castela. Esta união provoca as primeiras dissidências em 1122, com a saída dos Senhores de Ribadouro, Maia, entre outros, da corte de D.ª Teresa. Em 1125, surge a notícia que Afonso Henriques é armado cavaleiro em Zamora provocando novos abandonos na corte por parte de fidalgos até então fiéis a D.ª Teresa. O Infante (Afonso Henriques) lidera agora uma fação que se considera herdeira do desejo e do projeto pessoal do falecido Conde D. Henrique, de uma progressiva autonomia do Condado Portucalense, por via da conquista a sul, sobre os mouros. A edição de 2013 da Feira Afonsina envolve 40 artesãos, 10 mercadores alimentares, 17 comerciantes (Doçaria no Convento), 29 associações (artesãos e mercadores alimentares) e cerca de 150 voluntários. 29 estabelecimentos de restauração e bebidas estão, este ano, associados ao evento. À semelhança das edições anteriores, durante os três dias de realização da Feira Afonsina Guimarães promete atrair inúmeros visitantes. Existem vários parques de estacionamento disponíveis que garantem um fácil acesso ao evento. A entrada na Feira Afonsina é livre.


publicidade/editais

10 | O Primeiro de Janeiro

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 30/08/2013

A Presidente do Conselho de Administração, Amélia Fonseca

PASSAGEM DE SALÃO Estética/Cabeleireiro ÁGU AS SANT AS ÁGUAS SANTAS PREÇO NEGOCIÁVEL / CONT ATO: 964448636 CONTA

5.ª Secção

Assembleia de Delegação Local Extraordinária Convocatória De acordo com o disposto no art° 39° dos Estatutos da Cruz Vermelha Portuguesa, publicados em Decreto-Lei n° 281/2007 de 7 de Agosto e no Regulamento das Assembleias de Delegação aprovado pela Direção Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa em 10/10/2007, convoco a Assembleia da Delegação para o próximo dia 14 de Setembro de 2013, para as 15 horas, a ter lugar nas instalações da sede da mesma, sita na Rua Nossa Senhora de Fátima, 106 a 138 - 4050-245 Porto, com a seguinte: ORDEM DE TRABALHOS Ponto Único - Eleição dos dois Secretários para composição da Mesa da Assembleia, nos termos do art° 3o do Regulamento das Assembleias de Delegação. Se à hora indicada para a realização da Assembleia não se encontrarem presentes ou representados 50% dos membros que a ôompõem, a mesma terá lugar, em segunda convocatória, 30 minutos depois, nos termos do art° 12° do Regulamento das Assembleias de Delegação. Porto, 28 de Agosto de 2013. A Presidente da Comissão Administrativa Dr.a Joana Salinas Calado do Carmo Vaz

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 24/07/2013

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 30/08/2013

FAUSTO OLIVEIRA Solicitador de Execução Cédula n.º 3453

Tribunal Judicial de Sta. Maria da Feira 2º. Juízo Civel Processo n° 1561/04.0TBVFR Valor: 14,735,90 € Exequente: Banco Espírito Santo, SA. Executado: Cristina Paula Neves da Silva Referencia interna: PE/76/2004 Execução Comum 1.ª Publicação

Execução para Pagamento de Quantia Certa

ANÚNCIO Processo n° 1561/04.0TBVFR Execução Comum Exequente: Banco Espírito Santo, S.A. Executado: Maria Armanda Silva Correia de Lacerda e Cristina Paula Neves da Silva Valor: 14.735,90 € Nos autos acima identificados foi designado o da 11 de Setembro de 2013, pelas 10:00 horas, no Tribunal de Sta. Maria da Feira, para abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do Tribunal, pelos interessados na compra do seguinte bem imóvel: Verba única: Bem imóvel, sujeito a registo, correspondente 3/97 de uma casa térrea com poço de meação e logradouro. Área coberta de 56,6m2 e descoberta de 150m2, sito no lugar da Senhora da Hora, Estrada Distrital, n°24, casa 31, na freguesia da Senhora da Hora - Matosinhos, inscrito na respetiva matriz sob o n° 182 e descrito na Conservatória do Registo Predial de Matosinhos, sob o n° 3546/20091127 Valor base; 2.671,62€ Penhorados a: Executada: Maria Armanda Silva Correia de Lacerda, Estrada Nacional 327, n° 1145, em Souto VFR, É Fiel depositário do(s) Bem(s): Exma Snrª, Maria Armanda Silva Correia de Lacerda, Estrada Nacional 327, n° 1145, em Souto VFR, que deverá mostrar a pedido. Será aceite a proposta de melhor preço acima do valor 1.870,13€ , correspondente a 70% do valor base. Nota: Todas as propostas devem conter, sob cominação de não serem consideradas, fotocópia do Bilhete de Identidade e Numero de Contribuinte do proponente e/ou seu legal representante. Quando a proponente é uma pessoa colectiva, deverá a requerida proposta ser acompanhada por documento onde se possa aferir, sem margem para dúvidas, que quem a representa tem poderes para o ato. No caso de Venda mediante proposta em carta fechada, em Execução Comum (instaurada em data igual ou superior a 15/09/2003) os proponentes devem juntar à sua proposta, como caução, um cheque visado, à ordem do Solicitador de Execução ou, na sua falta, da secretaria, no montante correspondente a 20% do valor base dos bens ou garantia bancária no mesmo valor (n°1 ao Art° 897° do CPC). Este edital encontra-se afixado na porta do Imóvel, na respectiva Junta de Freguesia e no Tribunal. Santa Maria da Feira, 25 de Julho de 2013. O Soficitador de Execução (nomeado ou designado) (Fausto Oliveira) Avenida da Igreja, n° 548,11B - Gião Apart.109 4536-909 Lourosa Telefone : 256 365 078/ 256 181 569 Fax :256 086 569122 765 00 24 Telemovel :227650023/4 É-Mail: 3453@solicitador.net Horário de atendimento: Todos os dias úteis das 08:30:00 ás 10:30:00

Empresas e Pessoas com dificuldades económicas (art.º 1º Cire)

www.antoniobonifacio.pt

Assembleia Eleitoral

DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO NORTE

Agrupamento de Escolas Júlio Dinis

PUBLICITAÇÃO DE OFERTA DE TRABALHO Aviso do procedimento concursal de recrutamento para ocupação de 5 postos de trabalho (m/f), em regime de Contrato a Termo Resolutivo Certo a Tempo Parcial: Tipo de oferta – 5 Contratos a Termo Resolutivo Certo a Tempo Parcial Nível Orgânico – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Serviço – Agrupamento de Escolas Júlio Dinis – Grijó VNG Requisitos Habilitacionais – Escolaridade obrigatória, de acordo com a idade do candidato. Método de selecção – Avaliação curricular. Remuneração mensal – 3,20 €/hora, num total de 4 horas diárias. Duração do contrato – 16/09/2013 a 17/12/2013 Método de seleção – Avaliação curricular Apresentação e formalização da candidatura – Mediante impresso próprio que será fornecido aos candidatos nos serviços administrativos do estabelecimento acima identificado durante o período de atendimento ao público. Documentos a apresentar com a candidatura – Curriculum e fotocópia do B.I./CC Contactos – Rua Associação Desportiva de Grijó – 4415-434 Grijó Telefone: 227472270; Fax: 227472278 Prazo: Dez dias úteis a contar da publicação do presente anúncio. Este Concurso é válido para eventuais contratações que ocorram durante o presente ano escolar (2013/2014). Agrupamento de Escolas Júlio Dinis, em 30 de Agosto de 2013 O Diretor, Eduardo Fonseca Rua Associação Desportiva de Grijó 4415-434 GRIJÓ Geral: 22 747 22 70 * Cons.Exec. 22 747 22 74 * Chefe Serv.Adm.Esc. 22 747 22 75 Serv. Adm.: 22 747 22 78 * Cons.Exec. : 22 747 22 79

Convocatória De acordo com o disposto no art° 39° dos Estatutos da Cruz Vermelha Portuguesa, publicados em Decreto-Lei n° 281/2007 de 7 de Agosto e no Regulamento das Assembleias da Delegação aprovado pela Direção Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa em 10/10/2007, convoco a Assembleia Eleitoral para o próximo dia 14 de Setembro de 2013, para as 15 horas, a ter lugar nas instalações da sede da Delegação, sita na Rua Nossa Senhora de Fátima n.° 106 a 138, Freguesia de Cedofeita. Ponto Único da ORDEM DE TRABALHOS - Eleição de três membros para o Conselho de Curadores da Delegação. Se à hora indicada para a realização da Assembleia não se encontrarem presentes ou representados 50% dos membros que a compõem, a mesma terá lugar, em segunda convocatória» 30 minutos depois, nos termos do art° 12° do Regulamento das Assembleias de Delegação.

Dr.ª Joana Salinas Calado do Carmo Vaz

ANÚNCIO FAZ PUBLICO que na Acção de Revisão de Sentença Estrangeira, acima identificada, é citado o Requerido: Michel Francois Gustave Loriot ausente em parte incerta e com última residência conhecida em: 31, Rue de Cugnaux, 31300 Toulouse França , para no prazo de QUINZE DIAS, finda que seja a dilação de TRINTA DIAS, contados da data da segunda e última publicação do respectivo anúncio, deduzir, querendo, a oposição que tiver ao pedido de revisão de sentença estrangeira feita pela requerente acima identificada, nos termos e com os fundamentos constantes da petição inicial e documentos que a acompanham cujo duplicado e cópias se encontram arquivados nesta Secretaria. OJuiz Desembargador, Dria). Luís Lameiras O Oficial de Justiça, Fernando Baguinho

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 4/09/2013

Varas Cíveis do Porto 3.ª Vara Cível Processo: 269/13.0TBPNF Açâo de Processo Ordinário N/Referência: 9098711 Data: 15-07-2013 Autor: Ministério Público Réu: Sindicato dos Trabalhadores Agrícolas do Distrito do Porto 1.ª Publicação

ANÚNCIO Nos autos acima identificados, correm éditos de 30 dias, contados da data da segunda e última publicação deste anúncio, citando; Réu: Sindicato dos Trabalhadores Agrícolas do Distrito do Porto, NIF - 501763856, sede: Rua de Santa Catarina, 922 - 2.º Porto, 4000-000 Porto com última sede conhecida na morada indicada para, no prazo de 30 dias, decorrido que seja o dos éditos, contestar, querendo, a ação, com a cominação de que a falta de contestação importa a confissão dos factos articulados pelo autor, salvo se permanecer em situação de revelia absoluta, e que em substância o pedido consiste em declarar-se judicialmente a extinção do Réu e comunicado tal fato ao Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, nos termos e para os efeitos do disposto no art.º 456, N.º 2 do Código do Trabalho, tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial que se encontra nesta Secretaria, à disposição do citando. O prazo acima indicado suspende-se, no entanto, nas férias judiciais. Fica advertido de que é obrigatória a constituição de mandatário judicial. A Juiz de Direito, Dr(a). Maria de Fátima Almeida Andrade O Oficial de Justiça, Aurora Cesária Pereira Santos

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 5/09/2013

Porto, 28 de Agosto de 2013. A Presidente da Comissão Administrativa

Processo: 102/11.8 YRPRT.P1 Revisão/Confirmação de Sentença Estrangeira N/Referência: 5765764 Data: 08-07-2013 Requerente: Maria do Céu Mendes Ferreira Requerido: Michel Francois Gustave Loriot 1.ª Publicação

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado Aviso de publicitação de oferta de trabalho de um contrato a termo certo a tempo parcial (horas de limpeza) -1° período (Categoria de Assistente Operacional)

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 4/09/2013

Tribunal Judicial de Vila do Conde 2.º Juízo Cível Processo: 601/2001 Execução Ordinária N/Referência: 5613202 Data: 25-06-2013 Exequente: Banco Internacional de Crédito, S. A. Executado: António Manuel Reis Lorga de Miranda e outro(s)... 1.ª Publicação

ANÚNCIO Nos autos acima identificados foi designado o dia 26-09-2013, pelas 09:30 horas, neste Tribunal, para a abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na Secretaria deste Tribunal, pelos interessados na compra do seguinte bem: DESCRIÇÃO: de um 1/30 (um trinta avos) indivisos da fracção autónoma identificada com as letras CC, correspondente à cave centro no primeiro piso, destinada a aparcamento e arrumos, de um prédio urbano situado na Avenida Júlio Saul Dias, n.s s 323 e 403, da cidade de Vila do Conde e inscrito na matriz sob o artigo 5.525 na Conservatória do Registo Predial de Vila do Conde, registados a favor dos Executados pela Apresentação n.sº 636 de 2010/04/15, pelo valor base de 7.181,33 € (sete mil cento e oitenta e um euros e trinta e três centimos). PENHORADO A: EXECUTADO: António Manuel Reis Lorga de Miranda. Estado civil: Casado. Documentos de identificação: BI - 3556967, NIF 157344932. Endereço: Av Júlio Saul Dias, 403, Casa 9,4480000 Vila do Conde O Juiz de Direito, Dr(a). Mafalda Bravo Correia A Oficial de Justiça, Fernanda Cruz

TIPO DE OFERTA: Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado torna público que se encontra aberto um processo de selecção para a admissão de um Contrato individual de Trabalho a termo resolutivo certo a tempo parcial para a categoria de Assistente Operacional. ENQUADRAMENTO LEGAL: (Dec. Lei. 72-A/2010, artº 46º n.º8); Lei 12 A/2008 de 27 de fevereiro e Portaria n.º 145-A/2011 OBJETO DO PROCESSO DE SELEÇÃO: Contrato de 4 horas diárias com a validade de 16 de setembro a 17 dezembro de 2013. A remuneração da hora a pagar é calculada com base na remuneração mínima mensal garantida (RMMG) REQUISITOS HABILITACIONAIS: Escolaridade obrigatória MÉTODO DE SELEÇÃO: Avaliação curricular APRESENTAÇÃO E FORMALIZAÇÃO DA CANDIDATURA: As candidaturas devem ser apresentadas em formulário próprio, disponibilizado nos Serviços de Administração Escolar ou na página da escola (w.espbs.net), e entregues no prazo de dez dias úteis, contado da data da publicação do presente aviso, no estabelecimento de ensino atrás referido, pessoalmente ou mediante correio registado com aviso de receção para: Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado, Rua dos Estudantes, 4770-260 Joane, Vila Nova de Famalicão. DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS A APRESENTAR COM A CANDIDATURA: As candidaturas devem ser instruídas com os seguintes documentos, sob pena de exclusão do candidato do procedimento, quando a falta desses documentos impossibilite a sua admissão ou avaliação: 1) Documento autêntico ou autenticado, comprovativo das habitações literárias; 2) Curriculum Vitae devidamente datado e assinado, e/ou quaisquer outros documentos que o candidato considere importantes, designadamente os comprovativos de qualificação e experiência profissional: 3) Fotocópia do Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão PRAZO DA CANDIDATURA: 10 dias úteis a contarem do dia seguinte ao da publicação do presente anúncio CONTACTO: Telefone: 252 996 877/8 Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado - Joane, 3 de setembro de 2013 O Diretor José Alfredo Rodrigues Mendes

www.oprimeirodejaneiro.pt

Mais se informa que o modo e os requisitos de apresentação das candidaturas bem como os métodos de seleção aplicáveis se encontram disponíveis na página da internet www.lousadaseculoxxi.pt.

Tribunal da Relação do Porto

www.oprimeirodejaneiro.pt

a) Técnicos de Exercício Físico, b) Nadador salvador.

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 3/09/2013

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 2/09/2013

www.oprimeirodejaneiro.pt

Torna-se público que, pelo prazo de cinco dias úteis a contar da publicação do aviso na página da internet www.lousadaseculoxxi.pt, se encontra aberto concurso para a constituição de uma bolsa de recrutamento para satisfação de necessidades que vierem a ocorrer na Lousada Século XXI – Actividades Desportivas e Recreativas-E.M., Sociedade Unipessoal, Lda de:

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 30/08/2013

Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013


Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

publicidade/editais

O Primeiro de Janeiro | 11


publicidade/editais «O PRIMEIRO DE JANEIRO», 2/09/2013

De acordo com o disposto no art° 39° dos Estatutos da Cruz Vermelha Portuguesa, publicados em Decreto-Lei n° 281/2007 de 7 de Agosto e no Regulamento das Assembleias de Delegação aprovado pela Direção Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa em 10/10/2007, convoco a Assembleia da Delegação para o próximo dia 14 de Setembro de 2013, para as 10 horas, a ter lugar nas instalações da sede da mesma, sita na Rua Conde Alto Mearim, n.º 223 – 4450-032 com a seguinte: ORDEM DE TRABALHOS Ponto Único - Eleição dos dois Secretários para composição da Mesa da Assembleia, nos termos do art° 3o do Regulamento das Assembleias de Delegação. Se à hora indicada para a realização da Assembleia não se encontrarem presentes ou representados 50% dos membros que a compõem, a mesma terá lugar, em segunda convocatória, 30 minutos depois, nos termos do art° 12° do Regulamento das Assembleias de Delegação.

De acordo com o disposto no art° 39° dos Estatutos da Cruz Vermelha Portuguesa, publicados em Decreto-Lei n° 281/2007 de 7 de Agosto e no Regulamento das Assembleias da Delegação aprovado pela Direção Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa em 10/10/2007, convoco a Assembleia Eleitoral para o próximo dia 14 de Setembro de 2013, para as 10 horas, a ter lugar nas instalações da sede da Delegação, sita na Rua Conde Alto Mearim, n.º 223, Freguesia de Matosinhos. Ponto Único da ORDEM DE TRABALHOS - Eleição de três membros para o Conselho de Curadores da Delegação. Se à hora indicada para a realização da Assembleia não se encontrarem presentes ou representados 50% dos membros que a compõem, a mesma terá lugar, em segunda convocatória, 30 minutos depois, nos termos do art° 12° do Regulamento das Assembleias de Delegação. Matosinhos, 28 de Agosto de 2013.

A Presidente da Comissão Administrativa

A Presidente da Comissão Administrativa

Dr.a Joana Salinas Calado do Carmo Vaz

Dr.ª Joana Salinas Calado do Carmo Vaz

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 4/09/2013

Tribunal da Relação do Porto 5.ª Secção

Processo: 102/11.8 YRPRT.P1 Revisão/Confirmação de Sentença Estrangeira N/Referência: 5765764 Data: 08-07-2013 Requerente: Maria do Céu Mendes Ferreira Requerido: Michel Francois Gustave Loriot 2.ª Publicação

ANÚNCIO

OJuiz Desembargador, Dria). Luís Lameiras O Oficial de Justiça, Fernando Baguinho

DEPARTAMENTO DE PUBLICIDADE Telefone: 22 096 78 46

Fax: 22 096 78 45

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 5/09/2013

Varas Cíveis do Porto 3.ª Vara Cível Processo: 269/13.0TBPNF Açâo de Processo Ordinário N/Referência: 9098711 Data: 15-07-2013 Autor: Ministério Público Réu: Sindicato dos Trabalhadores Agrícolas do Distrito do Porto 2.ª Publicação

ANÚNCIO Nos autos acima identificados, correm éditos de 30 dias, contados da data da segunda e última publicação deste anúncio, citando; Réu: Sindicato dos Trabalhadores Agrícolas do Distrito do Porto, NIF - 501763856, sede: Rua de Santa Catarina, 922 - 2.º Porto, 4000-000 Porto com última sede conhecida na morada indicada para, no prazo de 30 dias, decorrido que seja o dos éditos, contestar, querendo, a ação, com a cominação de que a falta de contestação importa a confissão dos factos articulados pelo autor, salvo se permanecer em situação de revelia absoluta, e que em substância o pedido consiste em declarar-se judicialmente a extinção do Réu e comunicado tal fato ao Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, nos termos e para os efeitos do disposto no art.º 456, N.º 2 do Código do Trabalho, tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial que se encontra nesta Secretaria, à disposição do citando. O prazo acima indicado suspende-se, no entanto, nas férias judiciais. Fica advertido de que é obrigatória a constituição de mandatário judicial. A Juiz de Direito, Dr(a). Maria de Fátima Almeida Andrade O Oficial de Justiça, Aurora Cesária Pereira Santos

JOSÉ FERNANDO BASTOS MORAIS E MULHER PROC. N° 2263/13.2TBMTS- 1o JUÍZO

Convocatória

Matosinhos, 28 de Agosto de 2013.

FAZ PUBLICO que na Acção de Revisão de Sentença Estrangeira, acima identificada, é citado o Requerido: Michel Francois Gustave Loriot ausente em parte incerta e com última residência conhecida em: 31, Rue de Cugnaux, 31300 Toulouse França , para no prazo de QUINZE DIAS, finda que seja a dilação de TRINTA DIAS, contados da data da segunda e última publicação do respectivo anúncio, deduzir, querendo, a oposição que tiver ao pedido de revisão de sentença estrangeira feita pela requerente acima identificada, nos termos e com os fundamentos constantes da petição inicial e documentos que a acompanham cujo duplicado e cópias se encontram arquivados nesta Secretaria.

VENDA DE BEM IMÓVEL QUE INTEGRA A MASSA INSOLVENTE

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 25/07/2013 FAUSTO OLIVEIRA Solicitador de Execução Cédula n.º 3453

Tribunal Judicial de Sta. Maria da Feira 2º. Juízo Civel Processo n° 1561/04.0TBVFR Valor: 14,735,90 € Exequente: Banco Espírito Santo, SA. Executado: Cristina Paula Neves da Silva Referencia interna: PE/76/2004 Execução Comum 2.ª Publicação

TRIBUNAL JUDICIAL DE MATOSINHOS No âmbito do processo supra mencionado, vem, o Administrador de Insolvência, ao abrigo do disposto nos art°s 161° e 164° do C.I.R.E., promover a venda do seguinte bem imóvel: Prédio Urbano - Fracção “HB”, corresponde habitação no terceiro andar esquerdo, sito na Avenida Vasco da Gama, n° 740, freguesia da Senhora da Hora, concelho do Matosinhos, descrito na Conservatória do Registo Predial do Matosinhos sob n° 501, inscrito na matriz n° 3484, pelo valor mínimo de € 37.400,00 (trinta sete mil e quatrocentos euros); REGULAMENTO 1 - As visitas serão previamente agendadas e são efectuadas no dia 13/09/ 2013 (3 dias após anúncio), pelas 14 horas. 2- A venda será efectuada por meio de propostas que deverão ser remetidas pelo correio, em carta registada, c/ a indicação do n.° do Processo e “Proposta em Carta Fechada”, dirigida ao Administrador da Insolvência, Sr. Dr. António Dias Seabra, c/ escritório na Avenida da República, n.° 2208, 8o Dto./Fte., 4430196 Vila Nova de Gaia, e que venham a ser recepcionadas até ao dia 18/09/ 2013, impreterivelmente, devendo conter a identificação completa ou denominação social do proponente, morada, acompanhada de fotocópia do B.l. e NIF, tel., fax e/ou no caso de pessoa colectiva a certidão comercial da empresa e telfs., identificação da verba e valor oferecido por extenso, sob pena de serem excluídas. 3 - As ofertas deverão ser acompanhadas de cheque/caução correspondente a 20% do valor da proposta, sob pena de rejeição, sendo o restante preço pago no acto da escritura Notarial. 4 - Não serão aceites propostas recepcionadas após o dia 19/09/2013 5 - No dia 23/09/2013, pelas 16H30 serão abertas as propostas entregues na morada em Vila Nova de Gaia indicada e na presença do Sr. Administrador da Insolvência e da Comissão de Credores. 6 - O imóvel será vendido no estado físico e jurídico em que se encontra, livre de ónus e encargos, sendo da responsabilidade do promitente-comprador todos os custos inerentes à escritura, imposto selo e IMI. 7 - A adjudicação do bem será feita à proposta de maior valor; caso existam valores iguais, proceder-se-á logo à licitação entre os proponentes de propostas iguais. 8 - A escritura notarial de venda do imóvel será efectuada, logo que se encontre reunida toda a documentação necessária para o efeito, em data e hora a avisar ao promitente-comprador c/ a antecedência mínima de 15 dias. 9 - Qualquer situação de incumprimento ao proponente determinará a perda dos montantes já pagos seja a que título for. 10 - Se por motivos alheios à nossa vontade, a venda for considerada sem efeito, por quem de direito, a quantia recebida será devolvida em singelo. 11 - Desde já, se informa que se irá dar cumprimento ao n° 1 do art. 896°, ao n° 2 do art. 897° e ao art. 1458° e seguintes do Código do Processo Civil.

Execução para Pagamento de Quantia Certa

O ADMINISTRADOR DA INSOLVÊNCIA,

ANÚNCIO Processo n° 1561/04.0TBVFR Execução Comum Exequente: Banco Espírito Santo, S.A. Executado: Maria Armanda Silva Correia de Lacerda e Cristina Paula Neves da Silva Valor: 14.735,90 € Nos autos acima identificados foi designado o da 11 de Setembro de 2013, pelas 10:00 horas, no Tribunal de Sta. Maria da Feira, para abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na Secretaria do Tribunal, pelos interessados na compra do seguinte bem imóvel: Verba única: Bem imóvel, sujeito a registo, correspondente 3/97 de uma casa térrea com poço de meação e logradouro. Área coberta de 56,6m2 e descoberta de 150m2, sito no lugar da Senhora da Hora, Estrada Distrital, n°24, casa 31, na freguesia da Senhora da Hora - Matosinhos, inscrito na respetiva matriz sob o n° 182 e descrito na Conservatória do Registo Predial de Matosinhos, sob o n° 3546/20091127 Valor base; 2.671,62€ Penhorados a: Executada: Maria Armanda Silva Correia de Lacerda, Estrada Nacional 327, n° 1145, em Souto VFR, É Fiel depositário do(s) Bem(s): Exma Snrª, Maria Armanda Silva Correia de Lacerda, Estrada Nacional 327, n° 1145, em Souto VFR, que deverá mostrar a pedido. Será aceite a proposta de melhor preço acima do valor 1.870,13€ , correspondente a 70% do valor base. Nota: Todas as propostas devem conter, sob cominação de não serem consideradas, fotocópia do Bilhete de Identidade e Numero de Contribuinte do proponente e/ou seu legal representante. Quando a proponente é uma pessoa colectiva, deverá a requerida proposta ser acompanhada por documento onde se possa aferir, sem margem para dúvidas, que quem a representa tem poderes para o ato. No caso de Venda mediante proposta em carta fechada, em Execução Comum (instaurada em data igual ou superior a 15/09/2003) os proponentes devem juntar à sua proposta, como caução, um cheque visado, à ordem do Solicitador de Execução ou, na sua falta, da secretaria, no montante correspondente a 20% do valor base dos bens ou garantia bancária no mesmo valor (n°1 ao Art° 897° do CPC). Este edital encontra-se afixado na porta do Imóvel, na respectiva Junta de Freguesia e no Tribunal.

Tribunal Judicial de Gondomar

Tribunal Judicial de Vila do Conde

1.º Juízo Cível

Processo: 601/2001 Execução Ordinária N/Referência: 5613202 Data: 25-06-2013 Exequente: Banco Internacional de Crédito, S. A. Executado: António Manuel Reis Lorga de Miranda e outro(s)... 2.ª Publicação

Processo: 1229/13.7TBGDM Interdição / Inabilitação N/Referência: 10105302 Data: 15-07-2013 Requerente: Ministério Público Requerido: Tiago Filipe Neves Sousa

ANÚNCIO Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal,a ação de Interdição em que é requerido Tiago Filipe Neves Sousa, com domicílio na Rua António Oliveira Moura, 296, 4510-011 JovimGondomar, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica.

Santa Maria da Feira, 25 de Julho de 2013. O Soficitador de Execução (nomeado ou designado) (Fausto Oliveira) Avenida da Igreja, n° 548,11B - Gião Apart.109 4536-909 Lourosa Telefone : 256 365 078/ 256 181 569 Fax :256 086 569122 765 00 24 Telemovel :227650023/4 É-Mail: 3453@solicitador.net Horário de atendimento: Todos os dias úteis das 08:30:00 ás 10:30:00

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 5/09/2013

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 5/09/201 3 /2013

A Juiz de Direito, Dra. Marta Luisa da Costa Moreira O Oficial de Justiça, Jorge Santos

2.º Juízo Cível

ANÚNCIO Nos autos acima identificados foi designado o dia 26-09-2013, pelas 09:30 horas, neste Tribunal, para a abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na Secretaria deste Tribunal, pelos interessados na compra do seguinte bem: DESCRIÇÃO: de um 1/30 (um trinta avos) indivisos da fracção autónoma identificada com as letras CC, correspondente à cave centro no primeiro piso, destinada a aparcamento e arrumos, de um prédio urbano situado na Avenida Júlio Saul Dias, n.s s 323 e 403, da cidade de Vila do Conde e inscrito na matriz sob o artigo 5.525 na Conservatória do Registo Predial de Vila do Conde, registados a favor dos Executados pela Apresentação n.sº 636 de 2010/04/15, pelo valor base de 7.181,33 € (sete mil cento e oitenta e um euros e trinta e três centimos). PENHORADO A: EXECUTADO: António Manuel Reis Lorga de Miranda. Estado civil: Casado. Documentos de identificação: BI - 3556967, NIF 157344932. Endereço: Av Júlio Saul Dias, 403, Casa 9,4480000 Vila do Conde O Juiz de Direito, Dr(a). Mafalda Bravo Correia A Oficial de Justiça, Fernanda Cruz

www.oprimeirodejaneiro.pt

Convocatória

Assembleia Eleitoral

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 10/09/2013

www.oprimeirodejaneiro.pt

«O PRIMEIRO DE JANEIRO», 2/09/2013

Assembleia de Delegação Local Extraordinária

Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

www.oprimeirodejaneiro.pt

12 | O Primeiro de Janeiro


Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

publicidade/editais

O Primeiro de Janeiro | 13


agenda

14 | O Primeiro de Janeiro

Telefones Úteis Hospitais Sa n t o A n t ó n i o Te l . 2 2 2 0 7 7 5 0 0 Linha Azul 222 084 601 S ã o Jo ã o Te l . 2 2 5 5 1 2 1 0 0 Pediátrico Ma r i a Pi a Te l . 2 2 6 0 8 9 9 0 0 Linha Azul 226 099 674 Ma t e r n i d a d e J ú l i o D i n i s Te l . 2 2 6 0 8 7 4 0 0 Psiquiátrico Co n d e Fe r r e i r a Te l . 2 2 5 0 2 2 0 3 1 Ma g a l h ã e s L e m o s Te l . 2 2 6 1 9 2 4 0 0 P r i va d o s O r d e m d o Ca r m o Te l . 2 2 2 0 0 8 1 1 3 Ordem da Lapa Te l . 2 2 5 5 0 2 8 2 8 O r d e m d a Tr i n d a d e Te l . 2 2 2 0 8 3 6 5 6 P r e l a d a - Te l . 2 2 8 3 3 0 6 0 0 Mi l i t a r Re g . N º 1 Te l . 2 2 6 0 6 3 0 1 1 / 1 2 / 1 3 Sa n t a Ma r i a Te l . 2 2 5 5 0 4 8 4 4 S ã o Fr a n c i s c o Te l . 2 2 2 0 0 8 4 4 1 CO N CE L H O DE M ATO S I N H O S Distrital -

Te l . 2 2 9 3 7 2 0 9 1

Pe d r o Hi s p a n o Te l . 2 2 9 3 9 1 0 0 0 Linha Azul 229 391 100 CO N CE L H O DE V. N . G A I A E d u a r d o Sa n t o s Si l v a Te l . 2 2 7 8 6 5 1 0 0 227 839 001 Vi l a No v a d e Ga i a Te l . 2 2 3 7 7 8 1 0 0 / 223 754180

Farmácias de serviço

Televisão

Serviço permanente

Hoje

PORTO PERMANENTE Cardona dos Santos – Rua D. Manuel II, 86-88-90 (ao Palácio) – Tel. 226 093 745 Monte dos Burgos – Rua Monte dos Burgos, 808 – Tel. 227 623 946 MAIA Central – Rua Augusto Simões, 482 – Tel. 229 480 227 VALONGO De Sampaio – .Rua Bouça 58, 4445-355 Ermesinde Tel. 229 741 060 GONDOMAR Sousa Reis – Rua da Restauração, 686 – Rio Tinto – Tel. 229 738 063 MATOSINHOS Barranha – Avª Calouste Gulbenkian, 1535 – Tel. 229 563 183 VILA NOVA DE GAIA D’Arrábida - CC Arrabida Shopping, Lj 030 Praceta Henrique Moreira 4400-346 São Pedro da Afurada Gonçalves - Avenida São Salvador 233, 4415-943 Seixezelo Tel. 227 640 009 Tavares da Silva - Rua Heróis do Ultramar, 1800 Balteiro 4430-432 Vilar de Andorinho

AMARANTE São Gonçalo – Estrada nacional 15 333, Madalena 4600 Amarante Tel. 225 425 418 FELGUEIRAS J. Reis – Rua Rebelo Carvalho / 4610-212 Felgueiras Tel. 255 922 640 LOUSADA Fonseca – Rua Santo António, 554 – Silvares / 4620-651 Lousada Tel. 255 912 141 MARCO DE CANAVESES Farmácia Cabanelas - Lugar de Eiro Soalhães - Tel. 255511565 PAREDES Ruão – Rua 1.º Dezembro – Castelões, Cepeda – Tel. 255 777 578 PENAFIEL Sameiro – Rua D. António F Gomes, 230-B – Tel. 255 713 071/2/3 SANTO TIRSO Central – Tel. 252 852 923 TROFA Trofense – Rua Costa Ferreira, C. C. Loja 2 – Tel. 252 412 543

Banda Desenhada

ZÉ do boné

Sr. Perfeito

Passatempos

Quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Podes assinar este postal de aniversário da minha mãe

Posso riscar a parte “com amor”?

RTP1 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Verão Total - Direto Santo Tirso 13:00 Jornal da Tarde 14:15 Windeck - O Preço da Ambição 14:45 Éramos Seis 15:30 Verão Tota - Direto Santo Tirso 18:00 Portugal em Direto 19:00 O Preço Certo 20:00 Telejornal 21:15 Futebol: Seleção Nacional (Sub 21) DiretoPortugal x Noruega 23:15 Destino Infernal (Filme) 01:15 Flash Report 01:30 Ler +, Ler Melhor 01:45 Vidas em Jogo 03:15 Televendas 06:00 Nós RTP2 07:00 Zig Zag 15:08 Suburgatório 15:30 Iniciativa 15:33 Escrever, Escrever, Viver (R/) 16:27 Sociedade Civil 18:00 A Fé dos Homens 18:32 Iniciativa (R/) 18:34 Ler +, Ler Melhor 18:43 Zig Zag 20:50 Ler +, Ler Melhor (R/) 21:00 David Mourão Ferreira "Duvidávida"(Doc nac.) 22:00 Síntese 24 horas 22:23 Agora (Diários) 22:30 Fringe 23:30 Os Contemporâneos 00:30 Liberdade 21 01:30 Agora (Diários) (R/) 01:40 Euronews SIC 06:05 LOL! 07:00 Edição da Manhã 08:40 A Vida nas Cartas - O Dilema 10:15 Querida Júlia 13:00 Primeiro Jornal 14:30 Vingança 15:55 Boa Tarde 18:25 Cheias de Charme 20:00 Jornal da Noite 21:45 Dancin' Days 22:30 Amor à Vida 23:30 Avenida Brasil 00:00 Páginas da Vida 00:40 Investigação Criminal Los Angeles 01:40 Cartaz Cultural 02:15 Hawthrone 03:20 Televendas TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Ninguém Como Tu 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Doce Fugitiva 19:00 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:45 Programa a Designar 22:15 Destinos Cruzados 23:30 Mundo ao contrário 00:30 Série - Segurança Nacional 01:30 Autores IV 02:30 Série - Castle III 03:30 Deixa-me Amar 05:00 TV Shop

Amanhã RTP1 06:30 Bom Dia Portugal - Direto 10:00 Verão Total - Direto Nazaré 13:00 Jornal da Tarde - Direto 14:15 Windeck - O Preço da Ambição 14:45 Éramos Seis 15:30 Verão Total - Direto Nazaré 18:00 Portugal em Direto - Direto 19:00 Telejornal 19:45 Futebol: Seleção Nacional (AA) Irlanda do Norte x Portugal 21:45 Bem-vindos a Beirais 22:45 Portugueses Pelo Mundo - Paris 23:30 Órfã (Filme) 01:45 Flash Report 02:00 Ler +, Ler Melhor 02:15 Vidas em Jogo 03:45 Televendas 06:00 Palácios de Portugal RTP2 07:00 Zig Zag 15:10 Suburgatório 15:25 Iniciativa 15:30 David Mourão Ferreira "Duvidávida" (R/) (Doc nac.) 16:30 Sociedade Civil 18:00 A Fé dos Homens 18:32 Iniciativa (R/) 18:35 Ler +, Ler Melhor 18:40 Zig Zag 20:55 Ler +, Ler Melhor (R/) 21:00 Manuel Hermínio Monteiro (Doc nac.) 22:00 Síntese 24 horas 22:25 Agora (Diários) 22:30 Clínica Privada 23:30 Os Contemporâneos 00:30 Liberdade 21 01:35 Agora (Diários) (R/) 01:40 Euronews SIC 06:05 LOL 07:00 Edição da Manhã 08:40 A Vida nas Cartas - O Dilema 10:15 Querida Júlia - Sextas Mágicas 13:00 Primeiro Jornal 14:25 Querida Júlia Sextas Mágicas 19:15 Cheias de Charme 20:00 Jornal da Noite 21:45 Dancin' Days 22:30 Avenida Brasil 00:00 Páginas da Vida 00:45 Investigação Criminal Los Angeles 01:25 Donas de Casa Desesperadas 02:35 Volante 04:40 Televendas TVI 06:30 Diário da Manhã 10:15 Você na TV! 13:00 Jornal da Uma 14:30 Ninguém Como Tu 16:00 A Tarde é Sua 18:00 Doce Fugitiva 19:00 Doida por Ti 20:00 Jornal das 8 21:30 Euromilhões 21:45 Programa a Designar 22:15 Destinos Cruzados 23:30 Mundo ao contrário 00:30 Série - Segurança Nacional 01:30 Série - Castle III 02:30 Filme a Designar 04:15 É a vida Alvim! 05:00 Deixa-me Amar


Quinta-feira,5 de setembro de 2013

agenda Sugestões

Cinemas PORTO DOLCE VITA Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 21h20, 00h35 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 14h, 16h30, 19h (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 22h, 00h35 Os Smurfs M/6 Sessões: 12h50, 15h30, 18h30 (V.Port./3D) Um Dia M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h05, 21h50, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h30, 15h10, 17h50, 21h10, 23h50 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h30, 00h10 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h50, 21h40, 00h25 Assim é o Amor M/12 Sessões: 12h40, 15h25, 18h10, 21h, 23h50 MAIA MAIASHOPPING Os Smurfs M/6 Sessões: 13h30, 16h, 18h40, 21h20, 23h50 (V.Port./3D) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h20, 16h20, 19h, 21h50, 00h35 Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 21h10, 00h10 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 13h40, 16h30, 19h10, 21h40, 00h20 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h10, 15h50, 18h50, 21h30, 00h30 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h50, 16h10, 18h30 (V.Port.) NORTESHOPPING Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h10, 22h30 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h40, 15h10, 18h10, 22h, 00h35 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h10, 15h30, 18h20, 21h40, 00h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 16h, 18h50, 22h, 00h45 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 10h50, 13h20, 15h50, 18h40 (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 21h10, 23h40 Os Smurfs M/6 Sessões: 10h30, 12h50, 15h20, 18h (V.Port./3D) Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h15, 15h40, 18h30, 21h30, 00h10 Um Dia M/12 Sessões: 13h40, 16h20, 19h, 21h20, 23h50 MATOSINHOS MAR SHOPPING O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h40, 16h20, 19h10, 22h, 00h30 Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 22h45 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h20, 16h, 18h40, 21h50, 00h25 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h40, 15h10, 17h40, 20h (V.Port./3D)

O Primeiro de Janeiro | 15

Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h20, 24h Os Smurfs M/6 Sessões: 13h10, 15h50, 18h30 (V.Port.) Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 12h50, 15h30, 18h20, 21h30, 00h10 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h10, 21h, 23h40 Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 18h50, 21h40, 00h20 ) VILA NOVA DE GAIA LUSOMUNDO GAIASHOPPING Carros 2 M/6 Sessões: 13h15, 15h45 (V.Port./3D) Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 18h25, 20h55, 24h Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h, 15h50, 18h50, 21h55, 00h35

M/12 Sala: Sala 9 Sessões: 14h, 16h30, 18h55, 21h25, 00h15 Assim é o Amor M/12 Sala: Sala 10 Sessões: 13h50, 16h35, 19h20, 22h, 00h40 Chefes Intragáveis M/12 Sala: Sala 11 Sessões: 14h10, 16h40, 19h15, 21h45, 00h20 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 12 Sessões: 14h05, 16h45, 19h20, 21h55, 00h35 Conan, o Bárbaro M/12 Sala: Sala 13 Sessões: 13h45, 16h20, 18h55, 21h35, 00h15 (2D) Bem-vindo ao Sul M/12 Sala: Sala 14 Sessões: 14h15, 16h40, 19h10, 21h40, 00h10 Os Smurfs M/6 Sala: Sala 15 Sessões: 14h, 16h30, 18h55 (V.Port.), 21h20, 24h

Super M/12 Sessões: 21h50, 00h25

Amigos Coloridos M/12 Sala: Sala 16 Sessões: 13h50, 16h20, 18h50, 21h45, 00h25

Os Smurfs M/6 Sessões: 13h05, 15h35, 18h15, 20h50, 23h50 (V.Port./3D)

Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sala: Sala 17 Sessões: 15h, 17h55, 21h25, 00h15

Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 12h55, 15h40, 18h40, 21h30, 00h10 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 12h55, 15h, 17h20, 19h40 (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 13h30, 16h10, 19h, 21h45, 00h40 Animais Unidos M/6 Sessões: 12h45, 14h55, 17h10, 19h25 (V.Port./3D) Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2 M/12 Sessões: 21h40, 00h30 Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 12h50, 15h05, 17h25, 19h45, 22h, 00h20 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 13h25, 16h05, 18h45, 21h20, 00h15 UCI ARRÁBIDA 20 O Último Destino 5 M/16 Sala: Sala 1 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h35, 00h35 A Ressaca - Parte II M/16 Sala: Sala 2 Sessões: 22h20, 00h40 Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sala: Sala 2 Sessões: 13h40, 15h50 (V.Port.), 18h, 20h10 (V.Port./3D) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sala: Sala 3 Sessões: 13h55, 16h25, 18h55, 21h25, 24h Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sala: Sala 4 Sessões: 14h10, 16h40, 19h05, 21h35, 00h05 Sem Prada nem Nada M/12 Sala: Sala 5 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 21h50, 00h20 Larry Crowne M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 18h30 Tinhas Mesmo Que Ser Tu M/12 Sala: Sala 6 Sessões: 13h50, 16h10, 21h30, 00h15 A Árvore da Vida M/16 Sala: Sala 7 Sessões: 18h45 Sem Remorsos M/12 Sala: Sala 7 Sessões: 14h05, 16h25, 21h40, 00h10 Carros 2 M/6 Sala: Sala 8 Sessões: 13h40 (V.Port.) Eu Vi o Diabo M/16 Sala: Sala 8 Sessões: 16h10, 19h05, 22h, 00h55 Cowboys & Aliens

Tempo HOJE TODO O TERRITÓRIO: Céu geralmente limpo, aumentando temporariamente de nebulosidade no interior da região Sul durante a tarde. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante leste, rodando para noroeste no litoral oeste durante a tarde, e soprando moderado a forte (25 a 40 km/h) de leste nas terras altas. Pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior da região Sul. MADEIRA: Céu em geral pouco nublado, apresentando períodos de muito nublado nas vertentes norte, em especial até ao meio da manhã. Vento moderado (20 a 30 km/h) de nordeste, soprando forte (35 a 45 km/h) nas terras altas até ao final da manhã e sendo fraco (inferior a 15 km/h) nas vertentes sul da ilha da Madeira. REGIÃO DO FUNCHAL: Céu geralmente pouco nublado. Vento fraco (inferior a 15 km/h). Pequena subida da temperatura máxima. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Vento leste moderado (20/30 km/h). GRUPO CENTRAL Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Vento leste moderado (20/30 km/h). GRUPO ORIENTAL Períodos de céu muito nublado com abertas. Vento nordeste moderado (20/30 km/h), soprando temporariamente de leste.

AMANHÃ TODO O TERRITÓRIO: Céu geralmente limpo. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante leste, rodando para noroeste no litoral oeste durante a tarde, em especial a norte do Cabo Raso, e sendo moderado a forte (30 a 45 km/h) de leste nas terras altas até ao fim da manhã e no fim do dia. MADEIRA:Céu em geral pouco nublado. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) de norte, sendo fraco (inferior a 15 km/h) nas vertentes sul da ilha da Madeira. AÇORES: GRUPO OCIDENTAL Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Vento leste bonançoso a moderado (10/30 km/h). GRUPO CENTRAL Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Vento leste bonançoso a moderado (10/30 km/h). GRUPO ORIENTAL Períodos de céu muito nublado com boas abertas. Vento nordeste bonançoso a moderado (10/30 km/h).

‘TEMPO DE VINDIMAS’

Animais Unidos M/6 Sala: Sala 18 Sessões: 14h10, 16h20 (V.Port./3D) Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sala: Sala 18 Sessões: 18h35, 21h15, 00h10 A Melhor Despedida de Solteira M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 13h50, 16h35 Super 8 M/12 Sala: Sala 19 Sessões: 19h20, 21h55, 00h30 Um Dia M/12 Sala: Sala 20 Sessões: 14h, 16h40, 19h10, 22h, 00h40

GONDOMAR LUSOMUNDO - PARQUE NASCENTE Os Smurfs M/6 Sessões: 13h25, 16h, 18h35, 21h10, 23h50 (V.Port.) Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h45, 16h30, 19h15, 21h55, 00h40 O Último Destino 5 M/16 Sessões: 13h50, 16h20, 19h30, 22h, 00h30 Amigos Coloridos M/12 Sessões: 12h50, 15h20, 17h50, 21h20, 24h Green Lantern - Lanterna Verde M/12 Sessões: 21h15, 24h Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura M/6 Sessões: 13h10, 15h30, 18h (V.Port./3D) Chefes Intragáveis M/12 Sessões: 15h, 17h40, 20h30, 23h Conan, o Bárbaro M/12 Sessões: 13h, 15h40, 18h25, 21h, 00h05 Um Dia M/12 Sessões: 14h10, 16h45, 19h20, 22h10, 00h45 Sem Prada nem Nada M/12 Sessões: 21h50, 00h20 Carros 2 M/6 Sessões: 13h40, 16h25, 19h (V.Port.) Capitão América: O Primeiro Vingador M/12 Sessões: 14h30, 17h30, 20h40, 23h40 Planeta dos Macacos: A Origem M/12 Sessões: 14h45, 17h15, 20h, 22h30 Cowboys & Aliens M/12 Sessões: 13h15, 15h50, 18h40, 21h40, 00h25

A azáfama das vindimas já se instalou no Douro Vinhateiro e para todos aqueles que querem saber como se faz um dos melhores vinhos portugueses, o Hotel Casa da Calçada Relais & Châteaux está a promover um programa inteiramente dedicado à descoberta da arte vínica. Castas, mosto, taninos ou maceração são alguns dos termos para decifrar numa viagem pelas vinhas da Quinta da Avessada, na freguesia de Favaios, no concelho de Alijó. O programa ‘Tempo de Vindimas’ de duas noites na Casa da Calçada inclui o equipamento necessário para vindimar, o transporte para a quinta e refeições em que a degustação de vinhos assume especial destaque. O programa começa com uma visita ao núcleo de Favaios do Museu do Douro que inclui uma prova de moscatel e uma breve aula sobre a arte de vindimar, para além de mais uma prova de vinhos conduzida pelo enólogo da Quinta da Avessada. Segue-se um almoço típico do Douro, antes da saída para as vinhas para apanhar as uvas que fazem desta região uma das melhores produtoras de vinho do mundo. No final das vindimas e antes do regresso à Casa da Calçada, há uma retemperadora prova de licores. O programa das vindimas de 2013 da Casa da Calçada conta com reservas a partir de 375 euros por pessoa. O programa estará em vigor até final de Outubro.

XII Feira do Livro de Gondomar A Câmara Municipal de Gondomar em parceria com a Federação das Coletividades promove a XII Feira do Livro de Gondomar, de 6 a 15 de setembro, no Largo do Souto, tendo como principal objetivo a promoção da leitura e a criação de uma maior consciência sobre o valor social e cultural do livro e de todas as formas de leitura.


1868

Há 144 anos, todos os dias consigo.

Director: Angela Amorim | Distribuição Gratuita | www.edvsemanario.pt |

|

OLIMPICAMENTE A APANHAR BONÉS Desnecessárias foram afirmações do presidente da Federação Internacional de Canoagem (FIC) um tal Jose Perurena quando disse: “quem manda na canoagem são os treinadores”. Está enganado. Quem manda na canoagem são os dirigentes a começar pelo presidente da Federação porque, enquanto figuras institucionais eleitas democratiGustavo Pires* camente que são, exercem competências delegadas pelo Estado através do Governo. Assim sendo, quem manda na canoagem é o Governo que devia saber o que quer não só relativamente à canoagem como ao desporto em geral, da educação desportiva ao alto rendimento a fim de determinar o rumo do desenvolvimento do desporto. O problema é que o Governo não sabe o que quer a não ser que quer medalhas olímpicas porque, de há muito a esta parte, os governantes estão convencidos que as medalhas, só por si, são capazes de resolver os problemas que eles não têm sequer capacidade para perceber. E Perurena, à falta de melhores argumentos, num total desrespeito pela inteligência dos portugueses, pretendeu comparar a situação da canoagem com a de José Mourinho e disse: “Portugal têm a experiência do José Mourinho. Quem manda é o treinador. Ele é que tem de fazer as equipas.” Perurena misturou “alhos com bugalhos”. O desenvolvimento da canoagem é muito mais do que fazer equipas ou organizar o processo de treino. O treinador funciona em função das decisões estratégicas de desenvolvimento definidas pelos dirigentes. Se assim não for, o melhor é mandarem-se os dirigentes para casa. O problema de Fernando Pimenta, ao contrário daquilo que Perurena quer fazer acreditar, não é da responsabilidade do treinador. O problema é da responsabilidade dos dirigentes que, até prova em contrário, não quiseram, não foram capazes ou não tiveram tempo para ir ao encontro dos anseios de Fernando Pimenta, oportunamente manifestados na hora de balanço que foi o término do Ciclo Olímpico de Londres. Depois, quando Perurena afirma que a posição de Fernando Pimenta foi “uma desconsideração para o companheiro”, ora bem, o mínimo que podemos dizer é que sendo Perurena presidente da FIC e membro do Comité Olímpico Internacional, mesmo assim, não lhe assiste o direito de tentar “assassinar” o atleta. Nem lhe fica bem fazêlo em público. Fernando Pimenta tem o direito de querer evoluir sozinho e, pelo que se sabe, já demonstrou ter capacidades para isso. Se o seu companheiro de equipa (que se tem comportado com uma enorme dignidade) ficou sozinho foi por responsabilidade dos dirigentes que tiveram muito tempo para resolver um problema com uma ótima solução à vista mas demonstraram não ter sequer capacidade para a perceber. Mas o que mais se estranha em todo este dramático processo é o comportamento do presidente do Comité Olímpico de Portugal que, lesto em meter o bedelho onde não é chamado (por exemplo, no SLB), no que diz respeito à dramática situação de Fernando Pimenta que lhe diz respeito tem, pura e simplesmente, andado a apanhar bonés. Será que está à espera que Luís Filipe Vieira lhe retribua dizendolhe como deve tratar do assunto?

Diretor: Rui Alas Pereira (CP-2017). E-mail: ruialas@oprimeirodejaneiro.pt Redatores: Joaquim Sousa (CP-5632), Andreia Cavaleiro (CP-6983), Cátia Costa (Lisboa) e Vasco Samouco. Fotografia: Ivo Pereira (CP-3916) Secretariado de Direção: Sandra Pereira. Secretariado de Redação: Elisabete Cairrão. Publicidade: Conceição Carvalho (chefe), Elsa Novais (Lisboa, 918 520 111) e Fátima Pinto. E-mail: conceicao.carvalho@oprimeirodejaneiro. pt Morada: Rua de Santa Catarina, 489 2º - 4000-452 Porto. Contactos: redação - Tel. 22 096 78 47 - Tm: 912 820 510 E-mail: geral.cloverpress@oprimeirodejaneiro.pt - Publicidade - Telefone: 22 096 78 46, Fax: 22 096 78 45 Propriedade: Globinóplia, Unipessoal Lda. Edição: Cloverpress, Lda. NIF: 509 229 921 Depósito legal nº 1388/82 Impressão: Coraze, Telefs.910252676 / 910253116 / 914602969, Oliveira de Azeméis. Distribuição: Vasp. Tiragem: 20 000

Porta-voz do PSD acusa PS de “lançar o medo”…

Governo não tem “nada na manga” Marco António Costa afirmou ontem que “não existe nenhum tipo de medida na manga” por parte do Governo e acusou o secretário-geral do PS de procurar lançar o medo para colher resultados eleitorais. O coordenador e porta-voz da direção nacional do PSD respondeu assim à alegação feita pelo secretário-geral do PS, António José Seguro, na terça-feira à noite, de que “vêm aí mais cortes” que “estão a ser feitos às escondidas” para serem “executados depois das eleições autárquicas” de 29 de setembro. Em declarações aos jornalistas, na sede dos sociais-democratas, em Lisboa, Marco António Costa contrapôs que “isso é uma completa falsidade” e que “não existe nenhum tipo de medida na manga” por parte do executivo PSD/ CDS-PP, que defendeu ser “completamente transparente” para com os portugueses.

Segundo o porta-voz do PSD, o secretário-geral do PS está a “tentar lançar a desinformação na opinião pública, provocar o medo nos cidadãos e, com isso, colher eleitoralmente benefícios” nas autárquicas do final deste mês. Marco António Costa acrescentou que, “se há Governo que, de forma completamente transparente, assumiu antecipadamente todas as medidas que tinha previstas para o Orçamento do Estado para 2014, foi este Governo” e considerou “altamente lamentável” a atitude de António José Seguro. Questionado sobre a relação com o PS, o porta-voz do PSD observou que os sociais-democratas se sentem “a pregar sozinhos no deserto” quando apelam à convergência, alegando que “o PS está indisponível para qualquer tipo de consenso”. Defendendo a necessidade de “consensos sobre temas concretos” como a política fiscal ou a re-

forma do Estado, Marco António Costa descreveu o discurso atual do PS como “agressivo, de rutura, cada vez mais parecido com o PS do engenheiro Sócrates”. Quanto ao PSD, defendeu que tem um histórico de cooperação com os governos socialistas, nos períodos em que esteve na oposição, e que, agora, no Governo, tem tido uma atitude de “moderação” para com o PS. No seu entender, no interior do PSD havia uma vontade de que o partido estivesse “de dedo em riste ao PS” após as legislativas de 2011 e “Passos Coelho pagou uma grande fatura interna pela sua moderação, para criar paz política nacional”. Marco António Costa revelou ainda que o PSD pretende preparar as legislativas de 2015 com um conjunto de conferências intituladas “Portugal no rumo certo”, que deverão ter início no verão de 2014.

D. Manuel Clemente e o apelo do papa Francisco

Paróquias devem promover ações pela paz na Síria O patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, desafia as comunidades paroquiais a promoverem iniciativas pela paz na Síria e em todo o Médio Oriente, no sábado, em resposta ao apelo do Papa Francisco. O papa Francisco decretou um dia de jejum e oração em todo mundo, a realizar no sábado, pela paz na Síria e em todo o Médio Oriente, durante a oração do Angelus. “Não havendo possibilidade de promover uma iniciativa diocesana para corresponder a este pedido do Santo Padre”, D. Manuel Clemente apelou às comunidades paroquiais do Patriarcado de Lisboa para promoverem “alguma iniciativa neste sentido”, refere um comunicado publicado no site do Patriarcado de Lisboa. O porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), Manuel Morujão, disse que algumas paróquias já anunciaram iniciativas para o próximo sábado, “na linha de que o papa Francisco pediu”. As ações serão realizadas ao ní-

vel das igrejas locais, das dioceses e das paróquias, explicou Manuel Morujão. O Santuário de Fátima já respondeu ao apelo do papa, convidando os peregrinos “a viver o dia 7 de setembro, sábado, como um dia de jejum e oração pela paz na Síria, no Médio Oriente e no mundo inteiro”. Assim, todas as missas do programa oficial do Santuário desse dia serão celebradas pela paz e todos os rosários terão essa mesma intenção. Às 21h30 haverá uma vigília de oração pela paz, na Capelinha, presidida por D. António Marto, Bispo de Leiria-Fátima, e que incluirá a oração do Rosário, a procissão de velas e tempo de adoração eucarística. O Patriarcado de Lisboa refere no comunicado que o convite do papa Francisco se estende “a todos os cristãos não católicos, aos membros de outras religiões e pessoas de boa vontade”. “O Papa Francisco deixou, concretamente, a indicação de que no dia 07 de setembro, na Praça de São Pedro,

das 19h00 às 24:00 irá estar reunido “em oração e em espírito de penitência para invocar de Deus este grande dom para a amada Nação síria e para todas as situações de conflito e de violência no mundo”. D. Manuel Clemente apela a todos que se unam “ao santo Padre, em jejum e oração, porque, como refere o Papa Francisco, ‘a humanidade precisa de ver gestos de paz e de ouvir palavras de esperança de paz!’”. O apelo do papa foi feito no domingo perante dezenas de milhares de pessoas que assistiam à oração na praça de São Pedro, em Roma, afirmando: “Que o grito da paz se eleve com força por um mundo de paz” e “não à guerra!”. “Condeno veementemente o uso de armas químicas. Ainda tenho gravado na minha mente e no meu coração as imagens terríveis dos últimos dias”, acrescentou o papa argentino antes de exclamar: “Há um julgamento de Deus e um julgamento da História sobre as nossas ações a que não podemos escapar “.

05 09 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you