Issuu on Google+

II Torneio de Karaté Jovem na Vila das Aves Realizou-se no passado dia 21 de Dezembro, sexta-feira, no Centro Cultural de Vila das Aves, o II Torneio de Karaté Jovem organizado pelo Karate Shotokan de Vila das Aves. Para esta prova foram convidados a participar dois atletas da Associação Desportiva de S. Mateus e dois atletas da Escola de Karaté de Delães que

conseguiram boas prestações. Da Escola de Karaté de Delães participaram Cristina Monteiro e Stephanie Paiva. Cristina Monteiro conseguiu arrecadar o primeiro lugar na prova de kumite juvenis femininos, alcançando ainda o segundo posto na prova de kata infantil femininos. Já Stephanie Paiva foi primeira

classificada em kata juvenis femininos e quinta em kumite juvenis femininos. Quanto à Associação Desportiva de S. Mateus, o destaque foi para Márcia Pereira que se classificou no terceiro posto de kata infantil femininos enquanto que em kumite infantil femininos arrecadou o segundo lugar.

Oliveirense vence (4-3) dérbi com o Famalicão

p.35

Na 35ª S. Silvestre de Requião organizada pela Associação 1º de Maio

Queniano bateu toda a concorrência Gilbert Rotich, da equipa Nike, e Dulce Félix, do Sporting Braga, foram os grandes vencedores da 35ª S. Silvestre de Requião, organizada pela Associação 1º de Maio, que decorreu no passado sábado. A prova teve a presença de cerca de 300 atletas, entre profissionais e amadores, naquela que é uma das mais antigas S. Silvestre do concelho famalicense. Sem grandes novidades nesta edição, a 35ª S. Silvestre de Requião voltou a trazer ao concelho de Famalicão alguns dos melhores atletas nacionais, que proporcionaram uma excelente propaganda para a modalidade. A corrida passou por algumas ruas da cidade de Famalicão, seguindo depois em direcção a Re-

Classificação final: Seniores masculinos 1º Gilbert Rotich (Nike) 2º Filipe Pedro (NAJ) 3º Daniel Pinheiro (NAJ) Seniores femininos 1ª Dulce Félix (Sp. Braga) 2ª Patrícia Pereira (NAJ) 3ª Laura Silva (Sp. Braga) Veteranos I 1º Manuel Valente Veteranos II 1º Joaquim Silva Veteranos III 1º C. Galhardo

quião, pela EN 206, e tendo muitas pessoas a assistir à passagem dos atletas. A corrida começou a um ritmo elevado, sem que no entanto qualquer participante conseguisse fugir do pelotão antes da saída da cidade de Famalicão. Já na EN 206, um grupo de cerca de dez atletas, com forte incidência de homens do Núcleo de Atletismo de Joane (NAJ), fugiu dos restantes para discutir a vitória final. O grupo ficou depois reduzido a cinco elementos, com Gilbert Rotich a ser mais forte nos últimos metros e a cortar a meta, junto à sede da Associação 1º de Maio, de forma isolada. Já no escalão de seniores femininos, as atletas do Braga eram favoritas à vitória final e foi isso mesmo que aconteceu. Dulce Félix não teve oposição na hora de cortar a meta e depois da boa prestação na última

Famalicão-Joane voltou a exibir-se a um bom nível. Destaque ainda para Patrícia Pereira, do NAJ, que foi segunda, e para a famalicense Rosa Oliveira, da Açoreana, que terminou na quarta posição. A parte masculina acabou por ser dominada pelo NAJ, tendo quatro atletas nos cinco primeiros lugares, enquanto do lado feminino o Sporting de Braga conseguiu colocar duas atletas no pódio. A organização fez, no final, um balanço positivo desta S. Silvestre que promoveu mais uma vez a festa do atletismo ao longo dos dez quilómetros de extensão da prova. Todos os inscritos tiveram no final direito a prémios de presença, existindo ainda uma taça para as três primeiras equipas de cada escalão, bem como prémios monetários. Bruno Marques

Câmara subsidia associações desportivas Duas instituições foram contempladas, na reunião de Câmara do passado dia 19, com subsídios para provas de atletismo. À Associação 1º de Maio, de Requião, foi atribuído um apoio de mil euros para comparticipar nos custos da 35ª S. Silvestre, que se realizou no passado sábado. O mesmo valor foi atribuído à Associação de Solidariedade Social dos Moradores de Monte Alvar pela realização do 8º Grande Prémio de Atletismo Amitorre. Já o Liberdade FC vai receber uma verba de 5.000 euros para apoio às actividades na época 20062007, da sua secção de atletismo. O executivo aprovou também uma proposta de subsídio ao Moto Clube de Famalicão. São 15 mil euros destinados a apoiar a participação do piloto Paulo Marques na edição deste ano do Rali Lisboa – Dakar, bem como em eventuais provas do campeonato do mundo. Por fim, a associação Juventude Alegre de Seide S. Paio vai receber 10 mil euros da autarquia para comparticipar em obras realizadas nas suas instalações desportivas, concretamente a substituição do piso do polidesportivo.

V S. Silvestre da Juventude em Castelões Realiza-se no próximo sábado, 29 de Dezembro, a V S. Silvestre da Juventude, organizada pela Associação Desportiva de Castelões (ADECA). A partida está marcada para as 15h30 junto ao Centro Social de Castelões e a chegada vai fazer-se no mesmo local da freguesia famalicense, naquela que é a única S. Silvestre exclusivamente dedicada aos escalões mais jovens. No último ano o número de inscritos rondou os 300 participantes e as inscrições para a presente edição podem ser feitas até à próxima sexta-feira, dia 28 de Dezembro. Esta prova conta com os apoios da Junta de Freguesia de Castelões e da Câmara Municipal de Famalicão, entre outros patrocinadores.


grande área

sport: 27 de Dezembro de 2007

34

PÓDIO

1º Vítor Hugo

Recordista de participações no Dakar quer continuar a fazer história

“Ficar no top cinco do T2 é um sonho” Bruno Marques Paulo Marques vai voltar a sentar-se ao volante de um carro para a 30ª edição do Lisboa-Dakar. O famalicense vai ter a companhia de Hélder Oliveira, com quem vai partilhar a condução, e depois de quinze participações na mítica prova de Todo-o-Terreno, dez nas motos e cinco nos automóveis, quer continuar a fazer história na prova. A partida é a cinco de Janeiro na capital portuguesa.

Depois de trocar o Ribeirão pela Oliveirense, o avançado parece estar também de regresso ao seu nível. Em pouco mais de dois jogos fez três golos e no fim-desemana foi decisivo no dérbi com o FC Famalicão. Vitor Hugo parece ter sido a escolha acertada para colmatar a ausência de Pedro Carvalho por lesão.

2º Escola Karaté Delães O bom trabalho que faz em prol do desporto mais jovem merece destaque. Os resultados voltaram a aparecer, desta feita num torneio realizado na Vila das Aves. O dinamismo demonstrado em prol da modalidade é de realçar, levando o nome do concelho até várias partes do país.

OPIN IÃO SP ORT: N ão vai cer tame nte para e ste Dakar com o único intuito de navegar. Irá ter também a oportunidade de cond u z i r u m ca r r o q u e b e m conhece… Paulo Marques: É uma realidade. Estou muito contente com esta situação até porque o Hélder está muito motivado por fazer equipa comigo e fico honrado com essa situação. Como tal, vou tentar levar o carro inteirinho até Dakar, seja no papel de navegador seja no papel de condutor. Estamos os dois convictos de que essa é uma forte possibilidade e temos a experiência necessária para alcançarmos esse feito. Esta poderá ser uma das edições do Dakar mais complicadas para os participantes, tal como é a presença para alguns dos pilotos? Tenho tido algumas dificuldades para marcar presença em todas as edições. Este ano estive inscrito com uma outra viatura já que inicialmente pensei em participar com o meu Mitsubishi Pajero, na categoria T1, mas a impossibilidade de encontrar um orçamento

na íntegra para o poder fazer, acabei por dividir a condução da viatura da Toyota França e da Padock Competições com o Hélder Oliveira. Ele também estava numa situação semelhante à minha, com um co-piloto que não conseguiu cumprir a sua parte. Acabamos por reunir esforços no sentido de levar o Toyota até Dakar. E quais são os objectivos desta 15ª presença no Dakar? É levar o carro até à capital senegalesa. Realmente é esse o grande objectivo final desta participação. Penso que na categoria T2 é possível ficarmos nos dez primeiros lugares. Esse objectivo está perfeitamente ao nosso alcance enquanto que o top cinco será praticamente um sonho. Tudo terá a ver com a prestação do automóvel e com a nossa também, naturalmente.

Para além do objectivo de chegar ao fi fin nal, podemos dizer que dentro da Padock Competições constituem a equipa com maior experiê ncia e p or isso co m maio res possibilidades de atingir um patamar mais alto. O triunfo ou o pódio no agrupamento T2 poderá estar nos vossos horizontes? Falar no triunfo é um pouco prematuro. Não gosto de levantar muito a fasquia, na medida em que nesta categoria, que para alguns poderá parecer uma categoria menos importante, há a presença dos próprios japonenses que participam e com grandes armadas. Têm uma excelente assistência e a equipa Toyota Japão aposta forte. Como tal, tem três ou quatro automóveis bem mais potentes do que os nossos, com o modelo HDJ100 que tem uns bons 50 cavalos a mais do que os carros que vamos utilizar. E são tam-

bém muito experientes, acabando normalmente por levar de vencidos os Toyota Land Cruiser. Na sua opinião onde será feita a decisão desta 30ª edição do Lisboa-Dakar? Penso que tudo se irá decidir nas oito etapas que vamos ter na Mauritânia. Tudo se vai decidir lá e é no fundo apostando nessas oito etapas, como pedra fundamental para um bom resultado, que temos de pensar esta presença. Sabemos que em Portugal vamos rodar aquilo que sabemos, nunca pondo em causa a continuidade na prova, portanto nunca podemos fazer um grande brilharete. O que é certo é que o Dakar se vai desenrolar em África e aí vamos ter de jogar com calma, com cabeça, e atacar onde for possível para chegarmos aos nossos intentos.

Numa partida em atrasado da 12ª jornada

FC Famalicão derrotado em Serzedelo Dulce Félix

Venceu a 35ª S. Silvestre de Requião após ter também feito uma boa prestação na última Famalicão-Joane. A atleta do Sporting de Braga não deu hipóteses à concorrência e cortou a meta isolada.

O Serzedelo venceu por 2-0 o FC Famalicão, na passada quarta-feira, dia 19 de Dezembro, numa partida em atraso da 12ª jornada do nacional da 3ª divisão série B. Com esta vitória, os locais aproximaram-se dos primeiros lugares da classificação, enquanto os famalicenses continuam numa posição complicada, cada vez mais longe dos seis primeiros lugares. O primeiro golo da partida surgiu já perto do intervalo, com Luís a aproveitar muito bem a confusão na área forasteira

para empurrar a bola para o fundo da baliza de Artur. Corria o minuto 41. Na segunda parte, os famalicenses entraram dispostos a dar a volta aos acontecimentos e numa altura em que davam o tudo por tudo, sofreram o segundo golo. Aos 77 minutos, Ricardinho assistiu Diogo Lamosa para sentenciar a partida. Serzedelo e Famalicão proporcionaram um jogo equilibrado, com a formação da casa a acabar por ser a mais esclarecida, aproveitando as situações criadas para mar-

car e chegar à vitória. Sob arbitragem de Pedro Vilaça (Porto), auxiliado por Ferreira da Silva e António Oliveira, o Serzedelo alinhou com: Paulo Jorge, Luís Miguel, Carlos Martins, Quim Duarte, Pedro Barroso, Rui Novais, Guillaume, Maurício (70’ Diogo Lamosa), Luís (85’ Salgado), Ricardinho (81’ Bezerra) e Miguel Mota. Já o Famalicão actuou com: Artur, Patrício, Alex, Artur Faria, André (73’ Nandinho), Talocha, Martins, Mané (62’ Luís Carvalho), Ruizinho, Hélder Neto e Santos (62’ Zé Miguel).


futebol

sport: 27 de Dezembro de 2007 35

Dérbi teve muitos golos e emoção até ao último segundo

Futebol espectáculo no Municipal 3-4 Estádio Municipal de Famalicão Árbitro: António Ferreira (Aveiro) Auxiliares: Bruno Ferreira e Rafael Ferreira

FC Famalicão AD Oliveirense Artur Patrício (55’ Santos) Artur Faria Gomes David (77’ Nandinho) André Martins Mané Ruizinho Tiririca Hélder Neto

Hélder Zé Pedro Soares Cadete (27’ Ricardo Silva) Xavier Meira (58’ Mário) João Cruz Carvalhinho Jorge Miguel Leal Vítor Hugo (70’ João Dias)

Treinadores Carlos Alberto

Mário Jorge

Go los: 13’ Vítor Hugo (0-1); 53’ Vítor Hugo (0-2); 63’ Leal (0-3, grande penalidade); 81’ Hélder Neto (1-3); 86’ Santos (2-3); 90’ Ruizinho (3-3); 93’ Ricardo Silva (3-4). Cartões Amarelos: 24’ Hélder Neto; 35’ e 55’ Xavier; 58’ Leal; 58’ Zé Pedro; 60’ Martins; 62’ Mané; 90’ Ruizinho. Cartões Vermelhos: 55’ Xavier; 85’ Artur Faria.

O FC Famalicão, em dificuldades na tabela classificativa, recebeu no passado domingo a Oliveirense no Estádio Municipal naquele que seria o primeiro dérbi concelhio da temporada. O resultado final foi uma vitória para a equipa de Oliveira Santa Maria, uma formação muito mais forte, organizada e sem problemas quer financeiros quer de pontuação. Esses factores foram decisivos na hora da decisão, apesar da equipa da casa ter feito uma recuperação espectacular. Do lado do Famalicão, que con-

III DI VI SÃO

Sé rie B

R E S U LTA D O S

Paredes, 1; Nogueirense, 1 Al. Lordelo, 3; Serzedelo, 2 Famalicão, 3; Oliveirense, 4 Maia, 0; Rebordosa, 1

T. Moncorvo, 2; Padroense, 0 Amarante, 2; Oliveira Douro, 1 P. Rubras, 2; S. Pedro Cova, 1

Amarante - Pedras Rubras T. Moncorvo - Oliveira Douro Maia - Padroense Famalicão - Rebordosa

Aliados Lordelo - Oliveirense Paredes - Serzedelo Nogueirense - S. Pedro Cova

PRÓXIMA JORNADA

tinua a atravessar uma grave crise financeira e de resultados, os jogadores já não recebem há três meses e daí a desmotivação ser neste momento uma realidade. Mesmo assim foi uma partida em que a Oliveirense dominou a maior parte do jogo, marcou três golos e depois adormeceu, originando a recuperação dos da casa. Em nove minutos, e depois de estar a perder por três bolas a zero, após a expulsão de Xavier e a jogar com mais uma unidade, a Oliveirense não foi capaz de segurar a CLAS SIFICAÇÃO

1. Amarante 2. Oliveirense 3. Padroense 4. S. Pedro Cova 5. Aliados Lordelo 6. Torre Moncorvo 7. Nogueirense 8. Oliveira Douro 9. Rebordosa 10. Serzedelo 11. Paredes 12. Pedras Rubras 13. Famalicão 14. Maia

J

13 13 13 13 13 12 13 13 12 12 12 13 12 12

V

8 7 7 6 5 5 5 4 4 5 4 4 1 1

E

3 4 2 3 4 3 3 5 4 1 3 2 4 3

D

2 2 4 4 4 4 5 4 4 6 5 7 7 8

F

23 22 22 17 13 12 13 19 10 15 14 13 12 8

C

13 13 15 15 12 11 14 18 10 18 14 21 20 19

P

27 25 23 21 19 18 18 17 16 16 15 14 7 6

Em destaque neste encontro esteve Vítor Hugo que apontou dois dos quatro golos da sua equipa vantagem. O Famalicão conseguiu chegar à igualdade e na última jogada do desafio Ricardo Silva fez aquilo que já ninguém esperava: marcou o quarto golo e que deu a vitória à Oliveirense. O golo caiu como um balde de água fria nas hostes famalicenses e no cômputo geral poderemos dizer até que pelo que o Famalicão fez nos últimos minutos da partida a divisão de pontos até se poderia aceitar. Em destaque neste encontro esteve Vítor Hugo que apontou dois dos quatro golos da sua equipa e parece estar de regresso à sua melhor forma depois da passagem por Ribeirão. Quanto ao árbitro esteve bem ao longo da partida, cometendo apenas um erro quando Zé Pedro entrou de carrinho para cortar uma jogada de ataque. Ficou a dúvida

se foi ou não com a mão. A Oliveirense conseguiu uma vitória importante rumo aos seus objectivos enquanto que o Famalicão terá de na segunda volta do campeonato ter outra postura e tentar levantar a cabeça. Não será uma tarefa bastante difícil, isto se tivermos em conta que o Famalicão está neste momento com alguns problemas. O grupo de trabalho tem perdido jogadores constantemente e para além disso o Famalicão não pode contratar novos atletas devido ao impedimento de inscrição de jogadores. Certamente que será preciso recorrer aos juniores do clube já na próxima partida que será frente ao Rebordosa. Já a Oliveirense defrontará o Aliados de Lordelo. José Clemente

José Lopes ganhou no duelo táctico com António Fidalgo

Joane surpreendeu Vianense 0-2 Estádio Dr. José de Matos (V. Castelo) Árbitro : Cândido Bessa (Porto) Auxiliares: Duarte Teixeira e Vítor Dias

Vianense GD Joane Vítor David Tinoco Rogério (48’ Amaral) Branco Tchide (80’ Lenho) Marco Alexandre Tozé Filipe (68’ Cristiano) Hermes Gomes

Campos Laureta André (46’ Cunha) Hugo Roberto Carneiro Zé Miguel (89’ Mocas) Carlos Manuel Luca (92’ Hélder S.) Capucho Álvaro

Treinado res António Fidalgo

José Lopes

Golos: 72’ Hugo (0-1); 88’ Luca (0-2). C artõ es Amarelos: 23’ Rogério; 55’ e 87’ David; 63’ Hugo; 65’ Filipe; 73’ Capucho; 76’ Tinoco; 93’ Tozé. C artõ es Vermelho s: 87’ David.

Os golos só apareceram na segunda parte, com Hugo e Luca a ofereceram três pontos ao Joane Sem fazer um jogo de grande categoria, os joanenses foram até Viana do Castelo vencer por 2-0 e fechar da melhor forma a derradeira jornada da primeira volta do campeonato. Os golos só apareceram na segunda parte, com Hugo e Luca a ofereceram três pontos à sua equipa numa partida que foi pouco espectacular e interesse. Salvou-se pelo resultado positivo para o Joane. Da primeira parte poucos são os lances que merecem registo. A pouca imaginação dos jogadores de ambos os lados era quebrada a espaços por algumas jogadas individuais ainda que daí pouco trabalho resultasse para os dois

guarda-redes. O bom futebol esteve ausente dos primeiros 45 minutos, com o Vianense a ter um ligeiro ascendente sobre os visitantes. A etapa complementar não foi muito melhor. O técnico da casa apostou mais no ataque, mas foi o Joane quem começou a criar perigo. Primeiro foi a vez de Zé Miguel assustar Vítor e depois foi Roberto a proporcionar uma boa defesa ao guarda-redes local. Corria o minuto 66. Depois de ameaçarem, os joanenses inauguram por fim o marcador. Na sequência de um pontapé de canto, um visitante desvia ao primeiro poste, surgindo de-

pois Hugo a fazer o 1-0. O Vianense não conseguiu responder à altura e até ao final foi o Joane a mandar na partida. As ocasiões para ampliar a vantagem foram-se sucedendo e foi já perto do final da partida que os joanenses sentenciaram a contenda. Novamente de bola parada, Luca, na marcação de um livre directo, não deu hipótese de defesa ao guarda-redes Vítor e es-

III DI VI SÃO

Sé rie A

R E S U LTA D O S

Mondinen. 1; M.Cavaleiros, 1 Amares, 1; Vidago, 0 Vianense, 0; Joane, 2 Brito, 0; Valenciano, 0

Prado, 0; Mirandela, 1 Vieira, 0; Marinhas, 1 Morais, 0; Bragança, 2

Vieira - Morais Prado - Marinhas Brito - Mirandela Vianense - Valenciano

Amares - Joane Mondinense - Vidago M. Cavaleiros - Bragança

PRÓXIMA JORNADA

tabeleceu o resultado final. Esta foi uma vitória importante para o Joane no terreno de um candidato à subida de divisão. Sem realizar uma primeira volta de grande nível, os comandados de José Lopes têm os objectivos definidos no início da época ainda intactos, esperando-se ainda assim algumas melhorias para a fase decisiva da temporada. CLAS SIFICAÇÃO

1. Mirandela 2. Mondinense 3. Vieira 4. Marinhas 5. Amares 6. Joane 7. Vianense 8. M. Cavaleiros 9. Bragança 10. Prado 11. Valenciano 12. Vidago 13. Brito 14. Morais

J

13 12 13 13 13 13 13 13 12 13 13 13 13 13

V

8 7 8 6 6 5 5 5 4 4 3 3 2 1

E

D

5 0 4 1 1 4 3 4 2 5 4 4 3 5 3 5 6 2 4 5 4 6 4 6 3 8 0 12

F

22 22 19 19 9 13 21 21 13 11 14 10 8 7

C

6 9 11 16 11 10 13 20 12 17 15 13 21 35

P

29 25 25 21 20 19 18 18 18 16 13 13 9 3


36

futebol

sport: 27 de Dezembro de 2007

Ribeirão conquistou um ponto num terreno complicado

Numa partida a contar para a 16ª jornada do nacional de iniciados

Divisão justa de pontos

Famalicão goleou Fafe Depois de alguns resultados menos conseguidos, os iniciados do FC Famalicão voltaram às vitórias, batendo o Fafe por expressivos quatro a zero. O resultado final não deixa margem para dúvidas em relação à superioridade demonstrada pelos famalicenses, embora a equipa tenha denotado alguma instabilidade na fase inicial do encontro. A primeira parte foi por isso bastante irregular, com pouca criatividade e sem grande ritmo. O Fafe contribuiu bastante para que tal acontecesse ao tentar fazer com que o tempo fosse correndo sem sofrer golos. O Famalicão demorou a encontrar soluções para contrariar esse tipo de jogo e chegar com a bola jogável à área contrária. O intervalo chegou com o resultado em branco, mas apesar de tudo o sinal mais já estava do lado dos locais. Na segunda parte tudo foi diferente. O golo apontado por Gil logo no reinício da partida trouxe a confiança e motivação que a equipa precisava para se libertar e jogar aquilo que é ca-

3RE SULTA DOS

INICIADOS

Varzim, 0; V. Guimarães, 2 FAMALICÃO, 4; Fafe, 0 Trofense, 0; Moreirense, 0 Chaves, 0; Sp. Braga, 1

CLAS SIFICAÇÃO

PRÓXIMA

1. Sp. Braga 2. Gil Vicente 3. V. Guimarães 4. Vizela 5. Varzim 6. Moreirense 7. FAMALICÃO 8. Vianense 9. Limianos 10. Chaves 11. Trofense 12. Fafe 13. Bragança

J

V

15 12 14 10 14 10 15 8 15 9 15 8 15 7 15 6 14 5 15 4 15 2 15 1 15 0

0-0 Estádio Municipal de Lousada Árbitro: Rui Luís Soares (Santarém)

Lousada Ribeirão Mingote Leandro Spencer Bruno Resende Diogo Oliveira Paulo Gomes Miguel (76’ Ginho) Didi (64’ Oseias) Diogo Barbosa Bruninho (87’ André Maia) Riça

Treinadores J orge Amaral

E

D

1 2 2 2 1 3 5 2 1 5 2 5 2 6 1 8 1 8 3 8 3 10 3 11 3 12

F

38 32 41 31 28 20 24 17 21 11 5 6 6

C

8 13 10 16 12 17 21 28 32 21 19 41 42

Folga: Varzim Sp. Braga - Vianense V. Guimarães - FAMALICÃO Vizela - Gil Vicente Fafe - Trofense Bragança - Limianos Moreirense - Chaves

P

37 32 31 29 28 26 23 19 16 15 9 6 3

Cartões Amarelo s: 22’ Spencer; 26’ Riça; 31’ Luís Faria; 36’ Diogo Oliveira; 67’ Pires; 79’ Monteiro; 89’ Paulo Tavares; 94’ Diogo Barbosa; 95’ Bura.. Cartões Vermelhos: Não houve.

Equipa de Fernando Ribeiro conseguiu um resultado expressivo

paz. João Carlos fez o golo da tranquilidade e o domínio do Famalicão acentuou-se. O Fafe não tinha argumentos para reagir e pelo contrário sentia cada vez mais dificuldades em travar o caudal ofensivo do adversário. Gil voltou a estar em destaque ao marcar por mais duas vezes, fazendo assim três dos quatro golos com que o Famalicão venceu o encontro. Com este resultado,

o Famalicão está na sétima posição com 23 pontos, a salvo dos lugares perigosos da tabela classificativa. No Campo José Costa Rodrigues, o Famalicão, comandado por Fernando Ribeiro, alinhou com: Vítor, Luís Paulo, Zé Pedro, João Carlos (60’ Mário), Ruben, Nuno, Luís, Toni, Gil, Pinheiro e Manel (50’ Diogo). Ma n u e l A m o r i m

RE SULTA DOS

JUNIORES

Valdevez, 1; Diogo Cão, 0 FAMALICÃO, 2; Maia, 1 Paços Ferreira, 0; Taipas, 1

CLAS SIFICAÇÃO

PRÓXIMA

1. FAMALICÃO 2. Infesta 3. Gondomar 4. Valdevez 5. Chaves 6. Diogo Cão 7. Taipas 8. Maia 9. Paços Ferreira 10. Tirsense 11. Vila Real 12. Cachão

J

II Divisão

Gondomar, 0; Chaves, 2 Cachão, 0; Infesta, 5 Vila Real, 3; Tirsense, 0 V

15 11 15 8 15 8 15 9 15 8 15 6 15 7 15 6 15 4 15 3 15 3 15 0

Maia - Diogo Cão Taipas - FAMALICÃO Chaves - Paços Ferreira

E

D

2 2 5 2 4 3 1 5 2 5 6 3 1 7 1 8 4 7 4 8 1 11 3 12

F

36 43 41 32 34 31 25 24 22 13 10 6

C

19 14 25 29 22 19 27 26 21 29 36 50

Infesta - Gondomar Tirsense - Cachão Vila Real - Valdevez

P

35 29 28 28 26 24 22 19 16 13 10 3

FC Maia que perdeu por 2-1 numa partida em que os jovens famalicenses tiveram de se empregar a fundo para conquistarem os três pontos em disputa. Marcou primeiro o Famalicão, logo aos 15 minutos por intermédio de Urbano, mas na resposta o Maia chegaria à igualdade, resultado com que se chegou ao intervalo. Para a segunda parte, o Famalicão teria de fazer mais alguma coisa, atacou muito mais e viria a tirar os frutos dessa avalanche ofensiva com o segundo golo marcado por Borges. Esse tento daria mais um triunfo aos comandados de António Tavares. Com mais esta vitória, a equipa famalicense continua a

A deslocação a Lousada não se adivinhava nada fácil e foi isso mesmo que aconteceu para as hostes ribeirenses. Com a equipa da casa muito perto dos seis primeiros lugares, esperavam-se dificuldades acrescidas para os homens de Lito Vidigal que ainda assim estiverem perto de vencer, sobretudo na segunda parte. A partida foi dividida e muito disputada, com o nulo a ser o resultado mais acertado. A primeira parte mostrou duas equipas com uma vocação atacante bastante acentuada e o golo poderia ter surgido para qualquer um dos lados. A primeira ocasião de golo surgiu na baliza de Mingote, com Monteiro a trabalhar bem e a rematar forte, tendo a bola saído a escassos centímetros do poste. Respondendo a esta iniciativa visitante, Bruninho surgiu solto na cara de Trigueira mas o melhor que

II DI VI SÃO

Sé rie A

R E S U LTA D O S

Mais uma vitória para os juniores Os juniores famalicenses voltaram a vencer. A vítima foi o

Lito Vidigal

Golo s: Não houve

I Divisão

Vianense, 0; Vizela, 4 Gil Vicente, 5; Bragança, 1 Folgou: Limianos

Trigueira Luís Faria Bura Luiz Alberto Barros Varela Monteiro (88’ Paulo Rola) Paulo Tavares Pires (94’ Paulo Benta) Pedro Moita (68’ Tiago Silva) Costa

sua caminhada rumo à passagem para a segunda fase do campeonato. Na próxima jornada os famalicenses têm mais uma deslocação difícil, jogando no terreno do Taipas quando faltam sete jornadas para o final do campeonato. Sob arbitragem de Fernando Sá (Aveiro), o FC Famalicão alinhou com: João Cruz, Borges, Talocha, André, Miguel, Arantes, Cesário, Urbano, Renato, Luís e Óscar. Jogaram ainda: Dani, Patrik e Rui. Já o Maia actuou com: Hélder, Litos, Rui, Moreira, Mauro, Cláudio, Toni, André, Sisé, Luís e Dani. Jogaram ainda: José Pedro e Ruizinho. J os é C l e m en t e

Merelinense, 1; Maria Fonte, 0 Atl. Valdevez, 1; Moreirense, 0 Lousada, 0; Ribeirão, 0 Camacha, 4; Lixa, 2

U. Madeira, 1; Desp. Chaves, 1 Machico, 1; Tirsense, 2 Fafe, 0; Portosantense, 0

Moreirense - Maria Fonte Ribeirão - Atlético Valdevez Lixa - Lousada Desp. Chaves - Camacha

Tirsense - União Madeira Portosantense - Machico Fafe - Merelinense

PRÓXIMA JORNADA

conseguiu foi enviar o esférico por cima da barra. Ainda antes do intervalo, à passagem do minuto 40, Riça teve nos pés a melhor oportunidade para marcar em todo o encontro. O avançado local atirou à barra da baliza do Ribeirão. O intervalo chegou com o mesmo resultado com que se havia iniciado a partida. O futebol praticado era interessante de seguir mas faltavam os golos para animar ainda mais o espectáculo. A entrada dos comandados de Lito Vidigal na etapa complementar foi demolidora, apresentando cerca de dez minutos de elevada qualidade. Valeram na instância três boas intervenções do guarda-redes Mingote que negaram de forma decisiva uma possível vantagem dos visitantes. Aos poucos a equipa orientada por Jorge Amaral foi aparecendo no jogo, ainda assim com a defensiva ribeirense a ser suficiente para resolver todos os problemas. A partida estava perfeitamente controlada pelo Ribeirão que já parecia satisfeito com a igualdade no marcador. No entanto, o encontro não haveria de terminar sem um lance polémico na área forasteira. Já em período de compensação, Diogo Barbosa apareceu caído no interior da área do Ribeirão após choque com Trigueira. Os da casa protestaram carga do guarda-redes sobre o jogador do Lousada, o que a acontecer seria passível de grande penalidade, mas o árbitro, bem colocado, mandou seguir a jogada. Na próxima jornada, que se disputa sábado, a 2ª divisão proporciona dois jogos importantes que podem ditar mudanças nos cinco primeiros lugares da tabela classificativa. O Ribeirão recebe o actual líder Valdevez enquanto o Tirsense recebe o União da Madeira e a discussão pela liderança parece estar ao rubro. Falta saber até onde poderá ir este Ribeirão. CLAS SIFICAÇÃO

1. Atlético Valdevez 2. Tirsense 3. União Madeira 4. Desp. Chaves 5. Ribeirão 6. Lousada 7. Maria Fonte 8. Camacha 9. Moreirense 10. Portosantense 11. Merelinense 12. Machico 13. Fafe 14. Lixa

J

15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15

V

9 9 9 7 8 6 7 6 5 3 4 3 3 1

E

3 3 2 7 3 4 1 3 3 8 4 5 3 1

D

3 3 4 1 4 5 7 6 7 4 7 7 9 13

F

19 21 27 17 19 13 20 21 14 18 12 10 11 7

C

7 13 12 6 17 13 21 18 14 14 18 15 20 41

Três reforços para o Ribeirão O Grupo Desportivo de Ribeirão já garantiu três reforços no mercado de Inverno. Paulo Benta, médio ala ex-júnior do Varzim, Leandro, ponta de lança brasileiro ex-Largatense do Brasil, e Bruno Pereira, médio ofensivo ex-Portosantense são os mais recentes jogadores às ordens do técnico ribeirense.Depois das saídas do médio Narcisse, para um clube árabe, e do avançado Vítor Hugo, para a Oliveirense, Lito Vidigal vê agora o seu grupo de trabalho reforçado para atacar a segunda volta do campeonato e manter-se entre os seis primeiros classificados da 2ª divisão série A. Todos os jogadores contratados são de características ofensivas, com os sectores privilegiados a serem o meio campo e o ataque.

P

30 30 29 28 27 22 22 21 18 17 16 14 12 4


modalidades

ARCA regressa aos triunfos FUTSAL

III Divisão

CB Barcelos, 4; Santa Luzia, 7 ARCA, 6; Sapiãos, 3 Acad. Leça, 1; Merelinense, 4 Leões Lapa, 7; CB Paredes, 6 Sangemil, 5; S. MATEUS, 2 Habinordeste, 5; M. Pedras, 2 Nogueiró, 2; Araucaria, 2

R E S U LTA D O S

A formação de S. Tiago de Antas voltou às vitórias na jornada do fimde-semana. A equipa orientada por Hélder Soares derrotou o Sapiãos, lanterna vermelha, por 6-3. Já o outro conjunto do concelho, o S. Mateus, continua sem somar pontos, perdendo desta feita no pavilhão do Sangemil por 5-2. Com estes resultados, a ARCA está isolada na segunda posição, logo atrás do líder Nogueiró, com menos três pontos. Nesta jornada os famalicenses ganharam pontos ao primeiro e terceiro classificados que se defrontaram entre si e não foram além de um empate. Quem se afunda na tabela classificativa é o S. Mateus que está na 11ª posição com dez pontos somados.

CLAS SIFICAÇÃO

J

1. Nogueiró 10 2. ARCA 10 3. Araucaria 10 4. Acad. Leça 10 5. Sangemil 10 6. Merelinense 10 7. Habinordeste 10 8. CB Barcelos 10 9. Monte Pedras 10 10. CB Paredes 10 11. SÃO MATEUS 10 12. Leões Lapa 10 13. Santa Luzia 10 14. Sapiãos 10 CB Barcelos - Acad. Leça Merelinense - Sangemil SÃO MATEUS - Nogueiró Araucaria - ARCA

V

8 7 5 6 6 5 5 5 4 3 3 2 2 1

PRÓXIMA

Renault aposta no Modus

sport: 27 de Dezembro de 2007 37

E

D

F

C

P

1 1 50 25 25 1 2 56 37 22 5 0 41 32 20 1 3 37 27 19 0 4 46 47 18 1 4 46 36 16 1 4 33 29 16 1 4 48 46 16 2 4 46 48 14 1 6 48 54 10 1 6 26 37 10 0 8 32 49 6 0 8 43 60 6 1 8 37 62 4 Sapiãos - Leões Lapa CB Paredes - Habinordeste Santa Luzia - Monte Pedras

Riba d’Ave continua líder vasta gama de grupos motopropulsores performantes, de baixo consumo e respeitadores do ambiente. Todas as motorizações disponíveis respondem aos requisitos Renault eco². O Modus, lançado em Setembro de 2004, já vendeu até hoje mais de 395 000 exemplares em todo o mundo. Para a produção do Grand Modus e do Novo Modus, exclusivamente em Valladolid, Espanha, foram investidos 110 milhões de euros. O Grand Modus e o Novo Modus vão ser comercializados entre Janeiro e Fevereiro de 2008, nos países da Europa Ocidental.

Taça AF Braga em juniores e juvenis No passado fim-desemana jogou-se para a terceira eliminatória da Taça da Associação de Futebol de Braga, nos escalões de juniores e juvenis. As duas equipas famalicenses ainda em prova perderam nesta ronda. Em juniores, o Amares eliminou o Ninense depois de

vencer por 5-0 enquanto que em juvenis o S. Cosme foi goleado pelo Fafe por 6-0. Santa Eulália, V. Guimarães, Ronfe, Amares, Cabeceirense e Fafe são os clubes que nos juniores já garantiram a passagem para a próxima fase. Os resultados em ju-

niores foram os seguintes: Vila-Ases Sta Eufémia (adiado), Sta Eulália 2-1 Vieira, V. Guimarães 4-0 S. Veríssimo, Ronfe 2-1 Maximinense, Amares 5-0 Ninense, Cabeceirense 6-3 Nogueirense, Fafe 51 Patrimonense, Forjães-Vilaverdense (adiado), Marinhas-

Brito (adiado). Já em juvenis os resultados foram: Urgeses 4-0 Rendufe, Merelinense 2-1 Maria Fonte, Vilaverdense 1-4 Moreirense, Andorinhas 3-1 Gil Vicente A, Nogueirense 02 Gil Vicente B, Andorinhas 3-1 Arsenal, Fafe 6-0 S. Cosme, V. Guimarães 4-2 Vizela.

HOQUEI EM PATINS

R E S U LTA D O S

lugares traseiros permanentes. Todos os ocupantes dispõem de vários e engenhosos locais de arrumação, tal como as prateleiras tipo avião. O Grand Modus, com verdadeiras capacidades de estradista, possui todos os atributos para se tornar no automóvel da família. O Novo Modus destina-se a uma clientela multimotorizada que procura um automóvel compacto e com a maneabilidade de um citadino. Os trens rolantes provêm da plataforma B da Aliança Renault-Nissan, garantindo conforto e eficácia. Estes dois modelos propõem uma

quanto o FAC joga no reduto da Juventude Pacense. Lavra, 2; Feira, 3 Marco, 1; Juv. Pacense, 3 Folgou: FAC Pasteleira, 0; Riba d'Ave, 4

CLAS SIFICAÇÃO

J

1. Riba d'Ave 9 2. Tomar 10 3. Carvalhos 10 4. Nortecoope 10 5. Feira 9 6. Sanjoanense 9 7. Turquel 9 8. FAC 9 9. Lavra 9 10. Juv. Pacense 9 11. Marco 9 12. Limianos 10 13. Bom Sucesso 9 14. Marinhense 9 15. Pasteleira 10 Lavra - Marco Juv. Pacense - FAC Folga : Pasteleira Riba d'Ave - Nortecoope

PRÓXIMA

A Renault dinamiza a sua oferta no segmento B com um monovolume espaçoso e um engenhoso: o Grand Modus e o Novo Modus. A marca que é pioneira do monovolume, serviu-se de toda a sua experiência na concepção do Grand Modus. Com mais 16 cm de comprimento, um porta-bagagem espaçoso e um banco traseiro móvel e modular, este novo veículo oferece uma grande polivalência para novos usos. O bem-estar a bordo de todos os ocupantes é privilegiado pelo seu interior luminoso, com ampla habitabilidade e com três

O Riba d’Ave Hóquei Clube deslocou-se no passado fim-desemana ao pavilhão do Pasteleira, último classificado, e como era de esperar somou mais três pontos ao vencer por 4-0. Numa partida em que a formação ribadavense comandou por completo toda a partida pode dizer-se que o resultado, apesar de expressivo, peca por escasso. Com mais esta vitória, a equipa do Riba d’Ave continua no primeiro lugar com mais um ponto que o segundo classificado, o Sporting Tomar. Quanto à outra equipa famalicense que disputa a 2ª divisão nacional, o FAC, não jogou no passado fim-de-semana já que folgou devido à desistência da competição por parte do Académico. Na próxima jornada, que se disputa sábado, a equipa do Riba de Ave recebe no Parque das Tílias a forte formação da Nortecoope en-

V

7 6 6 6 5 5 4 4 3 3 3 3 2 1 0

II Divisão

Nortecope, 6; Sanjoanense, 5 Carvalhos, 3; Turquel, 1 Limianos, 2; Marinhense, 2 Tomar, 7; Bom Sucesso, 2 E

D

F

C

P

0 2 38 29 21 2 2 44 31 20 1 3 45 32 19 1 3 40 35 19 1 3 36 30 16 1 3 33 29 16 3 2 39 34 15 2 3 32 27 14 2 4 33 30 11 2 4 27 25 11 2 4 19 23 11 2 5 26 30 11 2 5 24 32 8 2 6 19 31 5 1 9 15 52 1 Sanjoanense - Carvalhos Turquel - Limianos Marinhense - Tomar Feira - Bom Sucesso

I Torneio de Outono em karaté

Jantar de Natal do GD Joane

A direcção do Grupo Desportivo de Joane reuniu todos os seus atletas, equipa técnica, directores, amigos do clube e patrocinadores num jantar de Natal que

teve como palco uma unidade hoteleira de Braga. Nos discursos próprios destes acontecimentos, os antigos presidentes do clube, Custódio Ri-

beiro e Domingos Mendes da Silva, aproveitaram a ocasião para sublinhar a importância do clube ao longo dos anos de existência. Já o presidente da AssembleiaGeral, Orlando Oliveira, lembrou o trabalho feito por esta direcção, nomeadamente no que diz respeito às camadas jovens. Neste momento o GD Joane não tem condições para treinar tantos jovens, deixando um agradecimento aos proprietários dos campos onde o Joane tem trabalhado com as camadas jovens, casos da Riopele e do Fórum de Airão. O jantar serviu ainda para a formulação de desejos para o novo ano desportivo, bem como para um balanço à carreira da equipa na 3ª divisão nacional.

Famalicão esteve representado na Maia

No passado fim-de-semana jogouse para a terceira eliminatória da Taça da Associação de Futebol de Braga, nos escalões de juniores e juvenis. As duas equipas famalicenses ainda em prova perderam nesta ronda. Em juniores, o Amares eliminou o Ninense depois de vencer por 5-0 enquanto que em juvenis o S. Cosme foi goleado pelo Fafe por 6-0. Santa Eulália, V. Guimarães, Ronfe, Amares, Cabeceirense e Fafe são os clubes que nos juniores já garantiram a passagem para a próxima fase. Os resultados em juniores fo-

ram os seguintes: Vila-Ases Sta Eufémia (adiado), Sta Eulália 2-1 Vieira, V. Guimarães 4-0 S. Veríssimo, Ronfe 2-1 Maximinense, Amares 5-0 Ninense, Cabeceirense 6-3 Nogueirense, Fafe 5-1 Patrimonense, Forjães-Vilaverdense (adiado), Marinhas-Brito (adiado). Já em juvenis os resultados foram: Urgeses 4-0 Rendufe, Merelinense 2-1 Maria Fonte, Vilaverdense 1-4 Moreirense, Andorinhas 3-1 Gil Vicente A, Nogueirense 0-2 Gil Vicente B, Andorinhas 3-1 Arsenal, Fafe 6-0 S. Cosme, V. Guimarães 42 Vizela.


38

modalidades

sport: 27 de Dezembro de 2007

Padock pronta para a partida rumo a Dakar

Adélio Machado junto do carro que irá pilotar no Dakar 2008

A Padock Competições apresentou-se oficialmente na passada quartafeira para a mais dura e mediática prova do Todoo-Terreno mundial. A apresentação decorreu no Hotel Miragem, em Cascais, e presentes estiveram todos os elementos da equipa, bem como alguns amigos e patrocinadores. A estrutura da Padock Competições esteve na unidade hoteleira para

mostrar os Toyota’s Land Cruiser que vão levar até Dakar. O objectivo passa por isso mesmo: chegar como todos os carros e elementos até à capital do Senegal. A maior equipa privada presente na 30ª edição do Euromilhões Lisboa Dakar, numa parceria com a Toyota França, desloca da capital portuguesa, Lisboa, até Dakar, capital senegalesa, seis viaturas da marca fran-

cesa. A duas semanas do início das verificações técnicas que irão decorrer em Lisboa, antes da partida a 5 de Janeiro, a Padock Competições está já a postos para partir. “Os seis carros estão praticamente prontos. Apenas faltam pequenos retoques de pormenores”, revelou o responsável máximo pela equipa famalicense, Adélio Machado.

Famalicenses em grande no Torneio Regional de Infantis

GDNF com boa prestação

Formação do Grupo Desportivo de Natação de Famalicão

BOAS FESTAS

O Grupo Desportivo Natação de Famalicão (GDNF) esteve bem representado nos Campeonatos Regionais de Infantis em natação que se realizaram no passado fim-de-semana, com 24 nadadores inscritos. Em termos colectivos, o GDNF foi o clube que conseguiu mais pódios, num total de 35, obtendo dez medalhas de ouro, dez de prata e 15 de bronze. Em destaque no sector masculino estiveram Simão Alves, que obteve o 1º lugar nos 100 metros Livres e Costas, 200m Estilos e 100m Mariposa, e Luís Fernandes que foi o primeiro nos 100 e 200 metros Bruços, 400m Estilos e 200m Mariposa. Francisco Costa alcançou o primeiro lugar nos 400m Estilos e 1500m Livres, para além de outros registos, enquanto André Guimarães obteve o 2º lugar nos 4x100 Livres, sendo este a melhor classificação obtida nas provas

disputadas. Já no escalão feminino os destaques vão para Filipa Rompante, segunda nos 200m Bruços e 100m Costas, Ana Francisca Pereira, conseguindo o segundo melhor tempo nos 100m Bruços, e Patrícia Granjo, terceira nos 4x200 Livres. Andreia Granjo obteve o 2º lugar nos 100 e 200m Bruços e ainda 4x100 Livres enquanto Diana Rocha destacou-se ao ficar no 2º lugar nos 4x100 Livres. Ana Fernandes ficou no 2º lugar dos 4x100 Livres e Ana Azevedo obteve o 2º lugar nos 4x100 Livres. Para além destes nadadores do GDNF também Nuno Martins, Rui Faria, Carlos Araújo, Ana Cunha, Mariana Dias e Pedro Romanoski conseguiram subir ao pódio nas provas disputadas, fechando mais uma prestação positiva da equipa famalicense na natação.


lazer

sport: 27 de Dezembro de 2007 39

Carneiro

21/03 a 20/04

Leão

Número da Sorte: 55

Car ta D om in ante: 3 de Espadas, que significa Amizade, Equilíbrio. Am or : Surpreenda os seus familiares e prepare-lhes um jantar especial. Saú de: Possíveis dores abdominais. Di nh ei r o: O nervosismo tomará conta de si quando lhe delegarem uma tarefa importante. Nú mero s d a Sem an a: 45, 41, 4, 7, 18, 19

Carta Dominante: 9 de Ouros, que significa Prudência. Amor: Surpreenda o seu amor com uma noite muito especial. Saúde: Não deixe que nada perturbe a sua paz. Comece o seu dia com uma caminhada. Dinheiro: Procure ser directo e objectivo na apresentação dos seus projectos. Números da Semana: 10, 20, 30, 40, 5, 6

Carta Dominante: 5 de Espadas, que significa Avareza. Amor: Mudança radical na sua vida afectiva. Saiba acompanhar o evoluir dos acontecimentos. Saúde: Procure passar o dia descansado e evite preocupações profissionais. Dinheiro: A semana promete ser muito equilibrada a nível profissional .

21/04 a 21/05

Virgem

24/08 a 23/09

Número da Sorte: 56

Número da Sorte: 69

Carta Dominante: 7 de Paus, que significa Discussão, Negociação Difícil Amor: Evite descontrolar-se e fazer cenas de ciúmes. Procure uma nova amizade. Saúde: O seu estômago estará particularmente sensível. Dinheiro: Cuide dos seus negócios o melhor que conseguir. Números da Semana: 2, 23, 12, 14, 19, 8

Carta Dominante: 6 de Espadas, que significa Viagem Inesperada. Amor: Não tenha limites quando o assunto é amor. Ultrapasse todas as barreiras e entregue-se à paixão. Saúde: Procure estar mais atento às exigências do seu organismo. Dinheiro: O seu orçamento semanal permitir-lhe-á fazer uma pequena extravagância. Números da Semana: 8, 7, 41, 45, 40, 3

Carta Dominante: 5 de Ouros, que significa Perda/ Falha. Amor: Evite arranjar problemas para si e para aqueles que estão próximos. Saúde: Pense um pouco mais em si e dedique uma parte do seu dia a cuidar do seu bem-estar físico e psicológico. Dinheiro: Seja prudente e tente dar o melhor num emprego novo. Números da Semana: 41, 36, 17, 25, 12, 5

22/05 a 21/06

Balança

24 /09 a 23/10

Carta Dominante: Mundo, que significa Fertilidade. Amor: É possível que corra o risco de se magoar ao revelar os seus sentimentos de uma forma intempestiva. Saúde: Procure manter a calma e relaxe. Dinheiro: Durante esta semana exigirlhe-ão muita diplomacia e paciência. Números da Semana: 5, 6, 4, 45, 41, 44

Caranguejo

• Curso de Adultos • Curso de Crianças

INFORMAÇÕES

Centro de Inglês de Famalicão Edifício dos Correios Telefone/Fax: 252 374 233 INSCRIÇÕES ABERTAS DAS 14H ÀS 21H

RECONHECIDO PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

21/01 a 19/02

Número da Sorte: 2

Carta Dominante: A Força, que significa Força, Domínio. Amor: Aja correctamente com um amigo a quem involuntariamente prejudicou. Peça desculpas e tente remediar Saúde: Não abuse do tempo que passa de pé, pois pode ser prejudicial. Dinheiro: Procure ser sincero com um colega pouco dotado para o trabalho . Números da Semana: 23, 9, 14, 15, 12, 10

Carta Dominante: A Papisa, que significa Estabilidade, Estudo e Mistério. Amor: Seja persistente e não desista de conquistar o amor da sua vida. Saúde: Poderá sentir-se triste e deprimido e por isso sentirá necessidade de estar na companhia dos seus amigos. Dinheiro: As condições são favoráveis ao investimento. Números da Semana: 40, 35, 16, 22, 10, 4

Escorpião

24 /10 a 22/11

Peixes

20/02 a 20 /03

Número da Sorte: 25

Número da Sorte: 24

Número da Sorte: 38

Carta Dominante: 3 de Paus, que significa Iniciativa. Amor: Aceite os defeitos dos outros. Não se deixe influenciar pelas opiniões dos seus amigos têm da sua cara-metade. Saúde: Procure ser mais consciencioso e responsável. Di nh eiro: Evite gastar dinheiro com objectos inúteis e dispendiossos. N úm eros da Sema na: 8, 4, 1, 2, 5, 6

Carta Dominante: 2 de Paus, que significa Perda de Oportunidades. Amor: É possível que se sinta um pouco deprimido e desmotivado. Saúde: Não se deixe abater por uma notícia menos agradável sobre a saúde de alguém muito próximo. Dinheiro: Demonstre a sua competência e profissionalismo. Números da Semana: 7, 8, 4, 10, 12, 11

Carta Dominante: 2 de Copas, que significa Amor. Amor: Seja moderado e controle o seu arrebatamento. Vida social bastante agitada. Não terá mãos a medir para tantas solicitações. Saúde: Hoje poderá ser dominado pelo nervosismo. Dinheiro: É possível que seja repreendido por um erro que cometeu. Números da Semana: 4, 7, 10, 11, 25, 3

ONDE A QUALIDADE ESTÁ PRIMEIRO!

Aceitam-se inscrições para o segundo trimestre nos seguintes níveis:

22/06 a 22/07

Aquário

Número da Sorte: 11

Número da Sorte: 21

NOVAS INSCRIÇÕES

Capricórnio 23/12 a 20/01

Número da Sorte: 29

Gémeos

Boas Festas

23/11 a 22/12

Número da Sorte: 73

Touro

Centro de Inglês de Famalicão

Sagitário

23/07 a 23/08

Número da Sorte: 53

Farmácias de serviço e reforço Famalicão Barbosa: Rua Santo António, Tel. 252 311 265 Calendário: Rua da Liberdade, Tel. 252 378 400/1 Cameira: C. Mouzinho Albuquerque, Tel. 252 323 819 Central: Praça D. Maria II, Tel. 252 323 214 Nogueira: Av. Marechal H. Delgado, Tel. 252 310 607 Valongo: Rua Adriano Pinto Basto, Tel. 252 323 294

Vale do Ave Almeida e Sousa: Covas - Oliv. Stª Maria - Telf. 252 931 365 Bairro: Av. Silva Pereira, Telf. 252 932 678 Faria: Estrada Nacional 310 - Serzedelo - Telf. 252 532 346 Delães: Portela - Delães - Telf. 252 931 216 Riba de Ave: Av. Narciso Ferreira, Telf. 252 982 124

Serviço de disponibilidade Gavião - Ed.S. Vicente - Picoto - Telef. 252 317 301 Paula Reis: R. José Elisio Gonçalves Cerejeira, nº 629 Calendário - Tel. 252 378 057

Concelho Estação: Largo da Estação - Nine - Telf. 252 961 118 Maceiras: Louro - Telf. 252 310 425 Marinho: Edif. S. José - Estalagem - Telf. 252 921 182 Marques: Largo da Igreja - Fradelos - Telf. 252 458 440 Martins Ventura: R. C. Cerejeira - Lousado - Telf. 252 493 142 Oliveira Monteiro: Largo Igreja - Cabeçudos - Telf. 252 331 885 Pedome: Av. S. Pedro, 1139 - Pedome - Telf. 252 900 930 Pratinha: Largo do Cruzeiro - Cavalões - Telf. 252 375 423 Ribeirão: Largo de Bragadela - Ribeirão - Telf. 252 416 482 Santiago da Cruz: Vale S. Cosme - Telf. 252 911 123 Arnoso: Av. Joaq. Azevedo - Arnoso Sta. Maria - Telf. 252 916 612

Dezembro Quinta, 27 Sexta, 28 Sábado, 29 Domingo, 30 Segunda, 31 Terça, 1 Quarta, 2

Se r viço Central Calendário Nogueira Barbosa Valongo Central Calendário

Quinta, 27 Sexta, 28 Sábado, 29 Domingo, 30 Segunda, 31 Terça, 1 Quarta, 2

Faria Delães Almeida e Sousa Riba de Ave Faria Almeida e Sousa Bairro

R ef o r ç o Barbosa Valongo Calendário Barbosa

Horários 9h às 20h30 - Dom. e feriados - 10h às 12h30 8h30 às 20h - Sábados: 8h30 às 19h Horários 9h às 13h - 14h às 21h/ Sáb. 9h às 13h - 15h às 19h/ Dom. e fer. 10h às 12h 9h às 20h - Sáb. 9h às 19h 9h às 21h - Sáb. 9h às 20h30 - Dom. 10h às 12h 9h às 21h - Sáb. e Dom. 9h às 20h 9h às 21h - Sáb. das 9h às 20h - Dom. 9h30 às 13h 9h às 20h - Sáb. 9h às 17h30 9h às 20h - Sáb. 9h às 19h 9h às 20h - Sáb. e Dom. das 9h às 19h 9h às 20h - Sáb. 9h às 13h 8h30 às 23h - Sáb. e Dom. das 9h às 22h 9h às 20h - Sáb. das 9h às 19h


40

sport: 27 de Dezembro de 2007

últimas

Scarlett Johansson grávida? Kylie Minogue canta em festa do Prémio Nobel A cantora australiana Kylie Minogue foi uma das atracções do espec táculo dos P ré mios Nobel, realizado na noite da passada terç a-feira e m O slo, na Noruega. Kylie Minogue, co m uma grande franja loira, canto u usando um vestido de couro. A cantora promove seu décimo álbum de estúdio, X, lançado em Novembro. Também passaram pelo palco outros ar tistas como Alicia Keys, Annie Le nnox, Ear th Wind & Fire , Melissa Etheridge, Morten Harket e KT Tunstall.

Será que Scarlett Johansson está grávida? De acordo com o site "E ntertainment Wise", o vestid o Louis Vuitton preto que a estre la usou na noite de gala promovida pe la revista "Elle" levantou suspeitas. Segundo o site, a atenção da festa estava voltada para a r ou p a d a moç a em busca de uma suposta barriguinha por trás da peça da loira, que participou do evento anual da publicaç ão que homenageia mulheres de Hollywood. A actriz namora o astro Ryan Reynolds desde Abril.

Ana Barros continua a fazer suspirar Porte de mulherão, olhos de um verde fulgurante, curvas sob medida para exibir qualquer biquíni, pele bronzeada e cabelos longos com estratégicos refl fle exos dourados. Não é à toa que a top de 23 anos, Ana Beatriz Barros, foi e leita, este ano, a modelo mais bonita do mundo pelos soldados americanos no Iraque. Para além d e participar e m campanhas de grandes marcas, a modelo natural de Minas Gerais, no Brasil, tem a sua imagem na capa das principais re vistas internacionais. Se gundo um site de moda, a modelo terá já ultrapassado outras modelos brasileiras no que diz respeito a contratos com marcas famosas. Oriunda de uma família pobre, Ana Beatriz Barros d iz que agora “pod e dar co isas àqueles que ama sem pensar duas vezes.”

Festas Felizes Festas Felizes


OS816