Issuu on Google+

Atleta da AMVE conquista recordo do mundo Clube termina unilateralmente parceria com empresa brasileira

GD Ribeirão desvincula-se da Soccer Champions Fernando Silva* O Grupo Desportivo (GD) de Ribeirão desvinculou-se da parceria estabelecida com a empresa Soccer Champions, que já durava há dois anos e meio, desde a época 2012/13. O compromisso entre equipa do Passal e aquela empresa brasileira de agenciamento e gestão de carreiras desportivas terminou unilateralmente, com a decisão a ser tomada pelo clube, que alega incumprimento de obrigações de patrocínio. Em conferência de imprensa, terça-feira passada, o presidente da direção do Ribeirão, Adriano Pereira, relatou que esse incumprimento já dura há cinco meses e levou a que as dívidas do clube atinjam já os 400 mil euros. Um valor que deixa o Ribeirão numa situação muito delicada, como referiu o dirigente. “Há cerca de 5 meses começamos a sentir dificuldades da parte da empresa em cumprir connosco”, contou, acusando os responsáveis da empresa de “nunca darem muito a cara” e de “não estabelecerem comunicação com o Ribeirão”. Adriano Pereira confessa que o cenário é dramático: “Temos imensos problemas financeiros criados aos atletas, fornecedores e a mim próprio. Vamos tentar dar a volta, tentar ser fortes, mas não é fácil,

Marco Cruz, Adriano Pereira e Amadeu Pinheiro

estou num momento muito difícil, peço a compreensão a todos os atletas, a todos os sócios, a todos os fornecedores, a todos que envolvem o Ribeirão, pois este é um momento delicado”. Perante o tamanho das dificuldades, o presidente adianta que já lhe apeteceu “atirar a toalha ao chão”, mas, em conjunto com os restantes dirigentes do clube, têm vindo a “gerir o dia-a-dia” para “tentar levar o clube a bom porto” e espera poder levar o mandato até ao fim.

Confrontado com a realidade atual do Ribeirão, Adriano Pereira aproveitou o encontro com os jornalistas para deixar um aviso a outros clubes em relação aos perigos deste tipo de investidores: “Gostaria que informassem toda a gente para ter cuidado com algumas promessas e empresas que aparecem e depois, em vez de se tornarem soluções rentáveis, acaba por ser pior”. Um dos grandes motivadores desta situação crítica financeira em que o Ribeirão agora se encontra

acaba por ser as várias contratações sonantes, com salários demasiado elevados para o Nacional de Seniores. Adriano Pereira admite responsabilidades, mas por outro lado desmarca-se, explicando que “o treinador Daniel Ramos [o técnico que iniciou a época no Ribeirão] é que os exigiu”. Sobre a candidatura à subida de divisão, o presidente admite que terá sido uma decisão precipitada, mas “o orçamento grande permitiu isso”. Depois, o facto de o clube não ter conseguido alcançar os ob-

jetivos também ajudou a cavar o fosso económico em que agora se encontra. Agora, para o que resta da época, a direção está a encetar esforços para vender a outras empresas os espaços de publicidade que até aqui eram ocupados pela marca Soccer Champions, especialmente a das camisolas, sempre muito valiosa. O clube bate-se por conseguir uma ajuda imediata para assumir os seus compromissos financeiros, que demora, mas está expectante, já que para a próxima época pode conseguir o apoio de um clube maior que auxilie na resolução do problema de tesouraria. Em nota final, Adriano Pereira garante que o clube não corre risco de extinção e pediu o apoio aos habitantes de Ribeirão, para que não se afastem da equipa neste momento menos bom do clube, que tanta alegria deu aos ribeirenses nas duas últimas épocas. O OPINIÃO SPORT tentou contactar responsáveis da Soccer Champions, mas até ao fecho desta edição tal não foi possível. Contudo, fonte próxima da empresa adiantou que o outro clube famalicense que é patrocinado pela Soccer, o GD Joane, também pode vir a ser afetado financeiramente por esta parceria. *com P.C/J.C.

Castigo pesado por desacato num jogo da época passada

Treinador do Ribeirão suspenso durante seis meses Fernando Silva tar “resolver o problema”, considerando apenas que este processo “não está a ser bem conduzido” por parte da Federação. Rui Baptista, ex-treinador dos juniores e atual treinador da O presidente do clube, Adriano Pereira, manifestou total equipa principal do Grupo Desportivo de Ribeirão, foi notifi- solidariedade com o jovem técnico de 34 anos, garantindo cado na passada quinta-feira com um aviso de castigo por que este castigo, embora inesperado, não será motivo para parte do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portu- afastar o treinador. “A equipa técnica está definida e vai até guesa de Futebol (FPF), indicando ao treinador que tem que final”, disse o responsável, acrescentando que estranha a cumprir 6 meses de suspensão, não podendo sentar-se no notícia, uma vez que o treinador “já cumpriu 8 meses de susbanco durante os jogos enquanto esse período de suspensão pensão”. não terminar, e deve pagar uma multa de 188 euros. “Ele tem o nosso apoio, será o treinador até final da Esta decisão, tomada pelo CD da FPF no passado dia 7 de época, irá gerir o grupo e vai estar com o plantel diariafevereiro, foi tornada pública no site da FPF no dia 12 e é rela- mente”, garantiu o presidente do Ribeirão, elogiando ainda tiva aos desacatos entre Rui Baptista e um jogador do Mereli- Rui Baptista: “É um jovem técnico com muita qualidade e nense, ocorridos na época passada, quando o treinador ainda uma aposta do clube, não por este estar em crise, mas porestava ao serviço dos juniores do Futebol Clube de Famalicão, que o clube reconhece nele, e na sua equipa técnica, muita e que já havia resultado numa suspensão de 8 meses para o competência e qualidade”. técnico, que vê assim este caso somar um total de 14 meses “Se o treinador não pode ir para o banco, irá alguém da de castigo. equipa técnica”, afirmou ainda, reforçando que o que imEm declarações ao OPINIÃO SPORT, Rui Baptista não se porta é “estarem todos a remar para o mesmo lado”, num moquis alongar muito sobre o assunto, confessando que ficou mento em que o Ribeirão tem o futuro incerto devido à quebra “surpreendido com o castigo”. O treinador diz que está a ten- de contrato com a empresa brasileira Soccer Champions.


22

sport: 20 de fevereiro de 2014

futebol

Atleta do São Mateus chamado à seleção de futsal sub18 Diogo Miranda, atleta do São Mateus, foi convocado para um mini estágio que a seleção sub18 de futsal realizou no Pavilhão dos Leões de Porto Salvo, em Oeiras, entre os dias 10 e 13 de fevereiro. Já é o terceiro atleta da formação do clube de Oliveira São Mateus a ser chamado às seleções jovens, durante as últimas 3 épocas. A equipa aproveitou para felicitar o atleta, num comunicado à imprensa, acrescentando ainda o desejo de que “todos os seus atletas continuem a trabalhar para conseguir chegar ao mais alto patamar [do futsal]”.

Lourenço comanda Ninense rumo à manutenção

Canhões a postos 1-1 Complexo Desportivo de Nine Árbitro : Pedro Maia (AF Porto) Auxiliares: Nuno Soares e Jorge Silva

Ninense SC Vianense André Ferreira China David Lourenço (83’ João Cruz) Luís Tiago (66’ Bruno Silva) Diop (66’ Armando) Capela Renato Tiago Fernandes Badara Madior

João Ferreira Adul (91’ Miguel) Ruizinho Amaral Coentrão André (85’ Dani) Rui Faria (54’ Yero) Tiago Magalhães Marcelo Ruben Vítor Sousa

Treinadores Paulo Rafael

Ricardo Silva

Go los: 1-0 (28’ Lourenço); 1-1 (67’ Yero).

Camadas jovens de Joane e Famalicão As camadas jovens do Grupo Desportivo de Joane jogaram no passado fim de semana e obtiveram os seguintes resultados: Lousado 0-1 Joane (juniores); Arco de Baúlhe 1-2 Joane (juvenis); Lousado 1-1 Joane (iniciados); Joane 1-2 Famalicão (infantis série H); Joane 8-1 Famalicão (infantis série I); Joane 8-3 Cavalões (benjamins série G); Joane 2-3 Operário (benjamins série H). No Futebol Clube de Famalicão os mais novos também jogaram e os resultados foram os seguintes: Famalicão 2-1 Trofense (juniores); Barroselas 2-0 Famalicão (juvenis A); Famalicão 2-1 Merelinense (juvenis B); Famalicão 2-0 Bragança (iniciados A); Famalicão 1-0 Dumiense (iniciados B); Famalicão 0-1 Ribeirão (infantis A); Joane 1-2 Famalicão (infantis B); Joane 8-1 Famalicão (infantis C); Famalicão 4-2 Taipas (benjamins A); Famalicão 8-4 Avidos e Lagoa (benjamins B); Famalicão 4-1 Gil Vicente (benjamins C).

Cartões Amarelos: Madior (34’); Adul (47’); André (63’). Cartões Ve rmelhos: Não houve.

Fernando Silva Foram três, as semanas de ‘paz’ para esta armada Ninense, e pela sua busca incessante pela manutenção por entre o Nacional. Entretanto, os bravos do norte famalicense foram limando arestas, limpando armas, aprimorando táticas e angariando novos prosélitos para a causa de Nine, que passa pela fugida ao retrocesso da Distrital. Mas pintemos o quadro da batalha. A primeira investida seria pelo Vianense, com ideia de abater este Ninense logo ao levantar da poeira,

mas a defensiva de Nine não cedeu e flanqueou bem o adversário, obrigando-o a recuar no terreno. No primeiro quarto de hora, jogou-se à moda do basquetebol, com mais ressaltos que passes, e sempre com vantagem para os homens de Nine, montando uma verdadeira paliçada à volta do meio-campo. Mas a partir do minuto 15, começou o artifício, com Diop e Badara, de fuzil, a aquecerem as mãos do guardião vianense. A esta altura já não se enganavam os de Viana, pensando outrora que os canhões de Nine só guardavam ninhos de pássaro. Mas a figura do jogo, até então, estava a ser Lourenço, um verdadeiro comandante a segurar a muralha defensiva, contrabalançando com investidas ofensivas, e que bem que o fez, do longo dos seus 34 anos, com mais quilos que cabelos, a mostrar aos recrutas como se guerreia sem medo e com armas apontadas ao sítio certo, ou seja, para a frente. Seria mesmo Lourenço a fazer o golo da tarde, na marcação de um livre direto, após falta sobre Renato à entrada da área. O recém-chegado puxou-se atrás, acendeu o rastilho e só se viu fumo pelo ar, com a bala a esbarrar-se contra o fundo das redes vianenses. Delírio em Nine. Até ao intervalo, só deu Ninense. Na segunda parte, mais do mesmo, com Renato a apoiar bem o ataque, deixando a defesa a cargo de Tiago, China e David, que fizeram um jogo muito cerebral, notandose isso nos fora-de-jogos que foram conquistando ao adversário. Mas, e

como bem se pensava, o Vianense não quis morrer em Nine e o treinador procedeu a uma alteração, à passagem do minuto 60, que veio transformar o rumo da partida. Yero, ex-júnior do Famalicão, estreava-se na equipa de Viana com um belo golo, à passagem do minuto 67, após vários lances de bola parada para a equipa forasteira. O jovem senegalês aproveitou bem o ressalto da bola e, dentro da área, rematou sem hipóteses para André Ferreira. Até final, seria o Vianense a rematar mais, com André Ferreira sempre em bom plano, tendo o Ninense voltado a criar perigo através dos pés mágicos de Lourenço, sem, no entanto, haver finalização, isto já com Bruno Silva, Armando (que entrou mal) e João Cruz em campo. O jogo termina com um empate que poderia, noutras circunstâncias, ser fantástico para o Ninense, mas como a equipa de Nine precisa de vencer tudo o que lhe apareça à frente, acaba por ser um péssimo resultado.

CNS

CLASSIFICAÇÃO

1. Fafe 2. Mirandela 3. Vianense 4. Santa Maria 5. Vilaverdense 6. Valenciano 7. P. Salgadas 8. AD NINENSE

RESULTADOS

Manutenção - Série A J

1 1 1 1 1 1 1 1

Valenciano, 0; Fafe, 2 Vilaverdense, 0; Mirandela, 0 P. Salgadas, 0; Santa Maria, 0 AD NINENSE, 1; Vianense, 1

V

1 0 0 0 0 0 0 0

E

0 1 1 1 1 0 1 1

D

0 0 0 0 0 1 0 0

F

2 0 1 0 0 0 0 1

C

0 0 1 0 0 2 0 1

P

20 16 14 12 12 11 9 5

PRÓXIMA JORNADA Fafe - AD NINENSE Mirandela - Valenciano Santa Maria - Vilaverdense Vianense - P. Salgadas

pub


sport: 20 de fevereiro de 2014 23

futebol

Com esta vitória, ribeirenses ultrapassam Joane na tabela

Ribeirão vence dérbi de qualidade 3-2 Estádio do Passal, em Ribeirão Árbitro : Pedro Campos (AF Porto)

Ribeirão Joane André Vitinha Rafael Vieira Buba Ivo Varela Abulat Pipo (80’ Pedro Sousa) Tiago Silva (89’ João Paulo) Mendes (85’ Daniel) Igor Lopes

Marafona Eliseu Dinis Almeida Paulo Rola Herculano (82’ Dinis Lopes) André Carvalho Hélio Cruz Patrick Boa Morte Sócrates Diogo Brandão (64’ Jorginho)

Treinadores Rui Batista

Pedro Hipólito

Golos: 0-1 (Sócrates 7’); 1-1 (Rafael Vieira 18’); 2-1 (Mendes 20’); 2-2 (Sócrates 39’); 3-2 (Mendes 76’). Cartões Amarelos: Eliseu (35’); Herculano (37’); Varela (57’); Hélio Cruz (83’); Eliseu (87’); André (92’); Buba (94’). Cartões Vermelhos: Eliseu (87’).

José Carlos Fernandes ‘Rasgadinho q.b.’. Foi a imagem de marca do Ribeirão e Joane no início da segunda fase do campeonato da manutenção. O equilíbrio vivido durante a primeira parte do dérbi da

0-0 Estádio de Ribes, em Oliveira Sta Maria Árbitro : Albano Correia (AF Braga) Auxiliares: Júlio Moura e Pedro Costa

Oliveirense Tirsense Murta Tiago Moreira Paulo Renato Marco Ribeiro André Pereira Beck Marcelo Abdou (60’ Zé Tiago) Cerdeira (60’ Santiago) Marquinho Correia

Pedro Soares Pinto Diogo Torres Pinheiro Zé Diogo (69’ Maurício) Cuco Nera Carlos Eduardo (92’ Queirós) Fabinho (87’ Maia) Paulo Sampaio Hugo Cruz

primeira jornada foi justificado com grande atitude, querer e vontade das duas formações. Ameaçou logo no início o Ribeirão, Igor em excelente posição rematou fraco para defesa de Marafona. O Joane, na primeira jogada de perigo, chegou ao golo. Soberbo o passe de Patrick, Sócrates aproveitou alguma apatia dos defensores caseiros para abrir o ativo. Manteve cabeça fria a equipa do Passal e 10 minutos depois, também com adormecimento dos defensores forasteiros, chegaram ao empate por

intermédio do central Rafael Vieira. Aproveitando a boleia, os ribeirenses, 3 minutos depois, chegaram à vantagem. Mendes, de livre, efetuou um grande golo, sem hipóteses de defesa para Marafona. Com parada e resposta, o espetáculo estava eletrizante, futebol rápido e golos à mistura. O empate esteve muito perto de acontecer aos 24 minutos, mas Sócrates fez o mais difícil: em posição frontal e de baliza aberta atirou por cima. Contudo, os forasteiros acabaram por chegar à igualdade, através dos mesmos pro-

tagonistas: Patrick a meter para Sócrates, que na cara de André, desta feita não desperdiçou, fazendo o segundo golo e o empate. Marcou mais neste desafio que até esta altura no campeonato o avançado joanense. Ao intervalo todos estavam satisfeitos, grande jogo, bonitos golos e resultado justo. O panorama mudou um pouco no segundo tempo. As equipas não conseguiram manter o ritmo e o Ribeirão, mais atrevido, acabou por ter alguma supremacia. Aos 62 minutos, Marafona evitou o terceiro golo dos locais. Entrou-se numa fase em que os pupilos de Pedro Hipólito encontravam algumas dificuldades, contudo Patrick, aos 68 minutos, obrigou André a defesa apertada. Melhor no desafio, os locais voltaram a incomodar Marafona, Igor desperdiça mais uma boa situação para marcar. Contudo, o golo acabou por surgir aos 76 minutos, Mendes voltou a bater o guarda-redes joanense quando este já não se encontrava nas melhores condições físicas. Nos 15 minutos finais, ainda se registaram mais situações de perigo, duas para o Ribeirão e uma para o Joane, contudo ninguém conseguiu marcar. Já perto do fim, o internacional sub20, Eliseu, foi expulso por

acumulação de amarelos, o que retirou qualquer veleidade para o Joane poder fazer mais. O Ribeirão sai, assim, vitorioso neste desafio, ultrapassando também o Joane na tabela classificativa. Acabou por ser um grande jogo de futebol, sem casos para registar. Durante a primeira parte, o espetáculo foi de nível superior, os protagonistas conseguiram maravilhar os muitos adeptos presentes. O segundo tempo foi de qualidade inferior, mas mesmo assim jogado num patamar de boa qualidade. Boa arbitragem de Pedro Campos, do Porto. veja em www.famatv.pt ou

CNS

CLASSIFICAÇÃO

Manutenção - Série B

1. Fc Felgueiras 2. Varzim 3. RIBEIRÃO 4. OLIVEIRENSE 5. JOANE 6. FAMALICÃO 7. Tirsense 8. Lixa

RESULTADOS

J

1 1 1 1 1 1 1 1

Fc Felgueiras, 3; Varzim , 2 RIBEIRÃO, 3; JOANE, 2 OLIVEIRENSE, 0; Tirsense, 0 Lixa, 2; FAMALICÃO, 2

V

1 0 1 0 0 0 0 0

E

0 0 0 1 1 1 1 0

D

0 1 0 0 0 0 0 1

F

3 2 3 0 2 2 0 2

C

2 3 2 0 3 2 0 2

P

18 15 14 13 13 11 11 6

PRÓXIMA JORNADA JOANE - Fc Felgueiras FAMALICÃO - OLIVEIRENSE Tirsense - RIBEIRÃO Varzim - Lixa

Jogo sem golos frente ao Tirsense

Oliveirense arranca com empate caseiro

cional de Seniores e na jornada de abertura da segunda fase a Oliveirense recebeu o vizinho Tirsense e não foi além de um empate a zero. A equipa de Oliveira Santa Maria não conseguiu aumentar a vantagem em relação aos Jesuítas, numa partida muito musculada e com os primeiros 20 minutos de equilíbrio e sem grandes oportunidades para todos. Treinadores O primeiro lance de relativo peAntónio Carvalho António Pereira rigo aconteceu aos 20 minutos, Golos: não houve. Cartões Amarelos: 20’ Cuco; 32’+ 93’ Marco Ribeiro; 49’ quando Carlos Eduardo, na marcaHugo Cruz; 57’+76’ Diogo Torres; 74’ Zé Tiago. ção de um livre à entrada da área, obCartões Vermelho s: 76’ Diogo Torres; 93’ Marco Ribeiro. rigou Murta a uma boa intervenção. A Oliveirense respondeu dois minuAristides Ferreira tos depois, com Cerdeira a rematar já no interior da área contrária, mas um Está de regresso o Campeonato Na- defesa do Tirsense substituiu o

guarda-redes enviando a bola para canto. Mais um minuto e foi a vez de Correia corresponder a um cruzamento da esquerda do seu ataque, mas a bola passou rente ao poste. Depois, aos 25 minutos foi a vez da equipa de Santo Tirso responder na marcação de um canto, com a bola a cair na zona de tiro, mas Diogo Torres esbarrou na cortina defensiva da equipa da casa. O último quarto de hora da primeira metade foi de domínio da equipa da casa, com o guarda-redes do Tirsense a negar por duas vezes o golo. Primeiro em cima da meia hora e num cruzamento da esquerda, quando a bola ia a entrar, Pedro Soares, em golpe de rins, enviou a bola

para canto. Depois, aos 35 minutos num livre superiormente marcado por Marcelo, com Pedro Soares, na defesa da tarde. Na segunda metade a Oliveirense entrou disposta a marcar e logo no recomeço Cerdeira apareceu solto na direita e com um remate cruzado obrigou, mais uma vez, o guarda-redes do Tirsense a mostrar serviço. Com muita vontade em chegar ao golo, os pupilos de António Carvalho bem tentavam de um lado e do outro abrir brechas na defesa contrária. Com o jogo a caminhar para o último quarto de hora as coisas pareciam ficar mais facilitadas quando Diogo Torres recebeu ordens de ex-

pulsão por acumulação de cartões amarelos. Com mais uma unidade em campo, António Carvalho arriscou tudo colocando três homens de características ofensivas e aos 82 minutos Zé Tiago cruzou e Santiago, ao segundo poste, rematou para fora. A última situação de perigo aconteceu já em período de compensação. Depois de boa triangulação, Bek recebeu à entrada da área mas rematou para as nuvens. Com este resultado os homens de Ribes não deixaram fugir a concorrência, mas perderam a oportunidade de se colarem no topo. Arbitragem regular de Albano Correia. pub


sport: 20 de fevereiro de 2014

AM Lameiras assume liderança da AFSA Disputou-se a jornada 15 da 1ª divisão da Associação de Futebol Salão Amador de Famalicão (AFSA), com os seguintes resultados: ADRO 3-6 AD Pedome; UD Bairrense 6-5 JASP; ADECA 4-3 ACURA; FC Landim 5-1 Colina do Ave; AM Lameiras 4-3 União Louredo; GD Carreira 8-3 São Cosme e ADC Novais 2-3 ADERM. A AM Lameiras aproveitou a escorregadela da ACURA e regressou ao primeiro posto da tabela, estando agora com 36 pontos, mais dois que a equipa de Avidos. Já na 2ª divisão, tivemos os seguintes resultados: Flor do Monte 8-3 ARCD Bente; ADESPO 6-2 União Louredo B; AD Esmeriz 2-1 AC Vermoim; Cajada 1-1 Barrimau FC; São Martinho Brufe 1-7 São Martinho e Gente Fantástica 6-2 AM Lameiras B. Por fim, em veteranos os resultados foram os seguintes: ADC Novais 3-0 União Louredo; UD Bairrense 5-3 AD Pedome; FC Landim 0-3 ADERM e o AD Barrimau 5-4 Flor do Monte. O jogo entre o GR Covense e a AC Vermoim foi adiado para data a determinar. A ADERM segue na liderança com 31 pontos, seguido do UD Bairrense com 25 e o Barrimau FC com 24.

Cabeçudense e Covense perdem nos nacionais de futsal Realizou-se no passado fim de semana a 16ª jornada da 2ª divisão de futsal – série A, e também da 3ª divisão – série A. Na 2ª divisão, a ACDSC Cabeçudense sofreu uma pesada derrota, por 6-3, no reduto da CRECOR, um rival na luta pela manutenção. Com este resultado, a equipa de Cabeçudos atrasa-se, continuando em 12º lugar da tabela, com 12 pontos. Na próxima jornada, no dia 2 de março, o Cabeçudense recebe a AJAB Tabuaço, pelas 15h. Já na 3ª divisão, o GR Covense deslocou-se à Maia, onde perdeu por 6-1 contra a equipa do GCR Vermoim. A equipa de Ruivães partiu favorita para este encontro, mas teve uma prestação desastrosa, contra uma equipa que anda pelos lugares de baixo da tabela. Com esta derrota, o Covense perdeu uma grande oportunidade de subir aos lugares de promoção, caindo agora para o 7º lugar, com 26 pontos. Na próxima jornada, no dia 1 de março, o Covense recebe o Lavradas, rival direto na tabela, pelas 16h30.

FC Vermoim e ARJ Mogege na fase de apuramento do campeão Disputou-se, no passado fim-de-semana, a 14ª e última jornada do Nacional de Futsal Feminino – zona Norte, com resultados pouco positivos para as equipas famalicenses, embora já tudo estivesse decidido. O Futebol Clube (FC) de Vermoim sofreu uma pesada derrota, por 8-2, no terreno do Restauradores Avintenses. Mesmo com esta derrota frente ao 2º classificado, o FC Vermoim já era campeão desta primeira fase, mantendo os 34 pontos, mais 1 do que o adversário desta jornada. A Associação Rede Jovem (ARJ) de Mogege também escorregou, desta vez com um empate no terreno do CCD Veiros por 2-2, terminando assim esta primeira fase no 3º lugar, com 31 pontos. Durante as próximas semanas realizar-se-á o sorteio do calendário para a fase de apuramento do campeão nacional, onde as duas equipas de Famalicão irão participar. Para essa fase, estão apuradas as 4 equipas melhor classificadas da zona Norte e as 4 melhores da zona Sul, que são, respetivamente: FC Vermoim; ARJ Mogege; Restauradores Avintenses; Novasemente; SL Benfica; Golpilheira; Quinta dos Lombos e Louriçal. Entretanto, no próximo fim de semana vai jogar-se para os oitavos de final da Taça de Portugal de futsal feminino, onde ainda estão em prova estas duas equipas famalicenses. O sorteio, realizado no passado dia 7, ditou os seguintes jogos: FC VermoimQuinta dos Lombos (dia 22, 17h45) e Leões de Porto Salvo-ARJ Mogege (dia 23, 15h). A equipa de FC Vermoim tem o trabalho mais difícil, recebendo no seu terreno o Quinta dos Lombos, uma equipa da zona Sul habituada a vencer na principal divisão do futsal feminino. Já a ARJ Mogege terá tarefa teoricamente mais fácil, pois desloca-se a Lisboa, onde encontrará a equipa Leões de Porto Salvo, que milita nos campeonatos distritais.

futebol

Equipa famalicense esteve a vencer por duas bolas a zero

Da possível goleada ao empate 2-2 Estádio Senhora do Amparo, na Lixa Árbitro: Leonardo Marques (Aveiro) Auxiliares: Bruno Silva e Luís Branco

Lixa Famalicão Vasco Viana Manel Costa Pinto Edu Pedro Mendes Jorginho Marco (80’ Raul) Rúben (53’ Abreu) Quinzinho (75’ Paulo Gomes) Mauro Bessa

Douglas Zé Alberto Elvis Vilaça Jorge Miguel Néne Mércio Diego (82’ Peixoto) Perdigão Chico (86’ Reguila) André Soares (75’ Gomis)

FC Famalicão

24

Treinadores Filipe Mesquita

José Vilaça

Go los: 0-1 (Perdigão 10’); 0-2 (Diego 52’); 1-2 (Bessa 54’); 2-2 (Elvis PB 84’). Cartões Amarelos: 34’ (Mércio); 51’ (Jorginho); 54’ (Vasco Viana); 80’ (Elvis); 92’ (Edu). Cartões Ve rmelhos: 67’ (Jorginho).

José Clemente O FC de Famalicão deslocou-se, no passado domingo, ao terreno do Lixa para abrir a segunda fase do campeonato nacional de seniores. Foi uma partida onde a equipa famalicense teve tudo para conquistar os três pontos, jogou melhor que o seu adversário, teve as melhores oportunidades para marcar, fê-lo por duas vezes e muitas outras ficaram por concluir. No cômputo geral teve tudo para vencer e dar uma goleada, mas no final houve divisão de pontos, o que torna um resultado totalmente injusto para a melhor equipa em campo. O Famalicão entrou muito forte no jogo e cedo deu para perceber que a formação famalicense estava ali para vencer. Logo aos dez minutos já Perdigão colocava o Famalicão na frente do marcador com um bonito golo. A partir daqui esperava-se uma reação da equipa da casa só que a mesma não apareceu,

isto também muito por culpa da equipa famalicense que não dava qualquer veleidade ao seu adversário. O Famalicão continuou a atacar e era nesta fase do jogo a equipa mais perigosa. Chico teve pelo menos em mais duas vezes a possibilidade de aumentar a vantagem e, curiosamente, numa delas a bola ainda entrou na baliza só que o árbitro entendeu que houve motivo para marcar falta ao atacante famalicense. O intervalo estava pestes a chegar sem que a equipa da casa tivesse qualquer possibilidade de contrariar o melhor futebol da formação famalicense. Na segunda parte o Famalicão voltou a entrar forte no jogo. Aos 52 minutos o árbitro mandou marcar grande penalidade a favorecer a equipa famalicense e Diego, chamado a marcar, aumentava para 2-0 a favorecer o Famalicão. Bom, a partir daqui todos, e foram muitos, os associados do Famalicão que se deslocaram até à vila da Lixa pensaram que a vitória nunca mais iria fugir ao seu clube. Puro engano, porque a partir daqui o Lixa tomou conta do jogo, foi para cima do Famalicão e aos 54 minutos, dois minutos depois do segundo

golo famalicense, Bessa reduziu para a margem mínima. Com este golo, o Famalicão voltou a acordar para o jogo, teve várias oportunidades para matar a partida e pelo mesmo jogador, Chico, que em tarde de desacerto não acertava com o alvo. Mas a melhor foi quando apareceu sozinho frente a Vasco Viana e obrigou o guarda-redes do Lixa a fazer a defesa da tarde. O Famalicão ainda chegou a marcar o terceiro golo só que o árbitro anulou. Se no primeiro, durante a primeira parte, não há dúvidas de que houve falta, já neste segundo também não há dúvidas de que era um golo “limpinho”. Aos 67 minutos o Lixa fica reduzido a dez elementos e o Famalicão não aproveitou esta fase para controlar a vantagem. Seria, aliás, mais uma vez a equipa da casa a marcar e a restabelecer a igualdade: Pedro Mendes remata para a baliza, a bola ainda bateu em Elvis e traiu o guardaredes famalicense. Estava feito o empate e o resultado final. Quanto ao árbitro, pena foi o anular o golo do Famalicão que daria o 3-1. Tirando este erro fez uma excelente exibição.

Traquinas da Geração Benfica vencem diante do Ringe A Escola do Benfica em Famalicão cumpriu, no passado fim-de-semana, mais uma série de jogos com as turmas de petizes, traquinas, benjamins, infantis e iniciados. No sábado de manhã a turma de infantis do professor David Ferreira visitou o Operário para alcançar mais uma goleada. No Académico, a equipa de benjamins do treinador Elias Pinto perdeu pela margem mínima, mantendo-se no entanto na liderança do campeonato, registando ainda o melhor ataque da prova e também a melhor defesa. Os petizes visitaram a EAS Sporting em Palmeira, não tendo no entanto sido realizado o jogo. No sábado à tarde a turma de iniciados do pro-

fessor Carlos Fernandes visitou o líder Tadim, para demonstrar a sua qualidade, saindo com um empate. No domingo de manhã os traquinas jogaram em Vila das Aves diante do Ringe, com os pupilos de Paulo Rodrigues a dominarem o encontro, vencendo por margem alargada. Em Gavião, a turma de infantis do professor Dinis Moreira perdeu pela margem mínima na receção ao Bairro da Misericórdia. Ainda em Gavião mas no domingo à tarde, a turma de infantis do treinador Paulo Ribeiro recebeu e goleou a equipa do Fintas Academia. O jogo de benjamins da equipa do professor Nuno Santos foi adiado.


sport: 20 de fevereiro de 2014 25

futebol

UD Calendário goleia no Inatel

FC Vermoim vence dérbi contra CRP Delães Realizou-se, no passado fim de semana, a 16ª jornada da 1ª divisão de futsal da AF Braga, com os seguintes resultados para as equipas famalicenses: MAL 4-3 Nun’Álvares, FC Vermoim 4-0 CRP Delães, Rio Caldo 3-2 AD Esmeriz, FC Amares 3-3 Mouquim e São Mateus 6-1 Vieira Futsal. Com estes resultados, não há alterações no topo da tabela, onde segue o Nogueiró com 44 pontos, perseguido por três equipas famalicenses. O São Mateus segue em 2º, com 43 pontos, enquanto o MAL e o FC Vermoim ocupam o 3º e 4º posto, ambos com 37 pontos.

A União Desportiva de Calendário, representada pelo Juventude Académico, recebeu no seu parque de jogos a equipa do Mikaelense e goleou por 5-0, no fim de semana passado, em jogo a contar para o Inatel. A equipa de Calendário entrou com vontade em decidir a partida o mais rápido possível e assim foi: ao minuto 12, Filipe abriu o marcador numa boa jogada de envolvimento do ataque da União. As oportunidades de golo eram muitas e ao minuto 25 a turma da casa aumentou a vantagem por intermédio de André. O Mikaelense, ao minuto 35, consegui marcar o seu golo, mas este lance procedeu de um fora de jogo claro que o fiscal de linha deixou passar em branco. As equipas foram para o descanso merecido e os calendarenses venciam pela margem mínima. Na segunda parte os comandados por Pedro Morais entraram com a mesma atitude e ao minuto 55 Ivo ampliou a vantagem, na marcação de um livre direto colocou a bola no fundo das redes dos bracarenses. O jogo era de sentido único para a zona ofensiva da União e a goleada ganhava mais forma. Ao minuto 80, Hugo recém-entrado também fez o gosto ao pé e marcou o quarto tento. Os bracarenses eram presa fácil e esporadicamente chegavam perto da zona defensiva da União. Ao cair do pano, Ricardo fez o quinto para a União e assim a goleada ficou consumada. Na formação da UD Calendário os resultados foram os seguintes: os Juvenis receberam no seu terreno o GD Ribeirão e perderam por 5-0; os iniciados deslocaram-se ao terreno do Arnoso e perderam por 5-1; os infantis receberam o CD Lousado e venceram por 5-4; os benjamins receberam o Benfica de Famalicão e conseguiram impor a primeira derrota desta época, por 4-3 e assim alcançaram o 1º lugar da tabela classificativa.

Liga de Futsal de Famalicão No fim de semana passado jogou-se mais uma jornada da Liga de Futsal de Famalicão, desta feita no escalão de escolas. No grupo A os resultados foram os seguintes: Barrimau 47 AD Esmeriz; Sportfut A 2-3 FC Vermoim. Já no grupo B, os jogos terminaram assim: Dportfut B 2-3 ARPO; A2D-Didáxis 8-0 AJ Joane. Disputaram-se ainda dois jogos de infantis: Sportfut 2-2 Arnoso Stª Eulália e Esmeriz 5-1 Recreio Desportivo. No próximo domingo vão jogar-se mais duas jornadas. No Pavilhão da Didáxis, numa organização da A2D-Didáxis, estará em disputa a 10ª jornada de infantis: GRV S. MartiA equipa de escolas da A2D-Didáxis nho-FC Vermoim (9h); A2D-DidáxisBarrimau (10h); AJ Joane-AD Esmeriz (11h); Recreio Desportivo-CRC (12h). Também durante a manhã de domingo, mas no Pavilhão Municipal de Vermoim, o FC Vermoim vai organizar a 7ª e 8ª jornadas de minis: Arnoso Stª Eulália-U. Desp. Calendário (9h); AJ Joane-Recreio Desportivo (9h30); Sportfut-UD Calendário (10h); Arnoso Stª Eulália-Recreio Desportivo (10h30); FC Vermoim-UD Calendário (11h).

Divisão de honra: Antime 2-1 Delães

ADESPO vence em jogo apitado por espetador

O Delães deslocou-se a Fafe, ao reduto do Antime, no passado sábado com o intuito de conquistar mais três pontos rumo aos objetivos definidos. A equipa do Antime teve algumas dificuldades no início do jogo uma vez que o Delães entrou a criar perigo, nomeadamente em bolas paradas, dispondo de algumas situações para inaugurar o marcador. Numa delas, aos oito minutos, os homens do Delães chegaram ao golo da vantagem. Livre batido do lado esquerdo do seu ataque para o segundo poste tendo sobrado para Jean que rematou sem oposição. Volvidos poucos minutos e o Delães desperdiça nova oportunidade de golo. O golo do empate do Antime surgiu a meio da primeira parte através de uma infelicidade de um homem de Delães, que na marcação de uma bola parada por parte do Antime faz autogolo. O Delães tentou responder mas à passagem dos 35 minutos, e num lance que deixa algumas dúvidas na posição do avançado do Antime, este faz o 2-1, resultado que se manteve até ao intervalo. Na segunda parte a equipa do Delães sentiu dificuldades em reagir e ainda mais limitados ficaram com a expulsão de Anísio por acumulação de amarelos. Até ao final poucas foram as oportunidades criadas pelos homens de Delães, apesar de nunca terem virado a cara à luta. O Delães alinhou com: Samu; Diogo Menu (Diogo, 73’), Jean, Tiago, Marco, Zé Vítor, Jassa (Alves, 61’), Marques, Vale, Marquinhos (Anísio, 46’) e Vitinha. No próximo domingo o Delães recebe o Regadas, às 15 horas.

AF BRAGA CLASSIFICAÇÃO

1. Amares 2. T. Bouro 3. S. COSME 4. Gerês 5. RUIVANENSE 6. GD LOURO 7. Emilianos 8. Antime 9. Regadas 10. Pica 11. St Adrião 12. DELÃES 13. A Urgeses 14. Silvares 15. Op. Campelos 16. BAIRRO

RESULTADOS

J

20 20 19 20 20 20 19 20 20 20 20 20 20 20 20 20

T. Bouro, 1; Pica, 1 Gerês, 2; A Urgeses, 0 RUIVANENSE, 1; Amares, 0 GD LOURO, 3; Silvares, 0 BAIRRO, 1; Emilianos, 0 S. COSME, 1; Op. Campelos, 0 Antime, 2; DELÃES, 1 Regadas, 0; St Adrião, 1

Divisão de Honra V

17 13 12 9 9 9 8 7 7 6 7 5 5 4 3 3

E

1 1 2 7 7 4 4 6 5 7 2 5 4 4 6 5

D

2 6 5 4 4 7 7 7 8 7 11 10 11 12 11 12

F

62 31 26 29 28 35 33 24 25 27 25 32 20 23 25 21

C

13 20 22 21 26 30 28 23 26 25 42 35 28 46 39 42

P

52 40 38 34 34 31 28 27 26 25 23 20 19 16 15 14

PRÓXIMA JORNADA A Urgeses - RUIVANENSE Silvares - Gerês Emilianos - GD LOURO Pica - S. COSME Amares - Antime St Adrião - T. Bouro DELÃES - Regadas Op. Campelos - BAIRRO

AF BRAGA CLASSIFICAÇÃO

1. Roriz

J

V

E

2

5

35

22

17

7

5

5

28

23

7. Operario FC

17

7

3

7

23

24

9. Guisande

17

11. Ferreirense

17

4. Sequeirense

16

6. Lomarense

17

5. Ucha

8. Granja

10. ADJ Mouquim 12. GD Fradelos

RESULTADOS

17 17

16

MARCA, 3; GD Fradelos, 0

Ferreirense, 0; ADJ Mouquim, 2 Sequeirense, 3; Operario FC, 1 Roriz, 0; Guisande, 0 Ucha, 2; Viatodos, 2

Granja, 0; Lomarense, 1

11 7

6 5 4

5

2

1

3

5

7 6 7

3

4

1

3

4

44

C

10

17

1

F

17

2. MARCA

6

D

10

3. Viatodos

Em jogo a contar para a 12ª jornada do campeonato da 2ª divisão da AFSA, a ADESPO recebeu em casa a equipa do Louredo B e venceu por 6-2. A ADESPO dominou a partida, mas pecou por vezes na falta de maturidade e experiência dos seus atletas, muito por ser uma equipa muito jovem e em crescimento. Na primeira parte, a ADESPO passou por algumas dificuldades com o Louredo muito organizado e que acabou mesmo por chegar à frente no marcador logo na pri-

38

28

4

22

6

21

6

9

11

14

26

17

14 14

17

19

16

P

36

36

32 26 26

22

25

22

21

21

27

40 57

24 19

18

10

4

PRÓXIMA JORNADA GD Fradelos - Ferreirense Operario FC - MARCA Sequeirense - Roriz

ADJ Mouquim - Granja Viatodos - Guisande Lomarense - Ucha

meira oportunidade. A ADESPO, que tinha desperdiçado já algumas claras ocasiões, conseguiu empatar ainda no decorrer do primeiro tempo. Na segunda metade, o domínio foi da ADESPO, que ainda assim não teve um jogo fácil, pois a formação de Louredo não baixou os braços e ainda fez mais um golo. O jogo foi sempre disputado em clima de respeito por ambas as partes, sendo que ocorreu um episódio caricato: o jogo foi arbitrado por um ele-

mento escolhido entre os adeptos, por aceitação e acordo dos dois delegados e das duas equipas, devido à falta de comparência do árbitro indicado pela AFSA. Ambas as equipas aproveitam esta crónica ao jogo para agradecer ao sr. Ricardo “a disponibilidade e seriedade com que dirigiu o encontro”. No próximo sábado, a ADESPO vai deslocar-se ao campo do Bente. ADESPO

Lousado segue na frente no Inatel

I Divisão-Série A

17

No meio da tabela, o Mouquim mantém o 10º lugar, com 17 pontos, enquanto a AD Esmeriz foi a única equipa do concelho a mexer-se na tabela, caindo para o 11º lugar, com 16 pontos. Já o CRP Delães segue em 13º, com 13 pontos. Na próxima jornada teremos, no dia 21 de fevereiro, o dérbi entre o CRP Delães e o São Mateus, pelas 21h, no Parque Desportivo de Delães. No dia 22 teremos os seguintes jogos de equipas famalicenses: Futsal Barcelos-FC Vermoim; AD Esmeriz-ACR Lordelo (17h30); Vieira Futsal-MAL (21h) e Mouquim-Rio Caldo (21h30).

Disputou-se mais uma jornada da 1ª fase do campeonato da Inatel de Braga – série A. O CD Juventude Académico recebeu e venceu o Mikaelense por 5-1, enquanto o CD Vilarinho foi ao terreno do GDR Esporões vencer pela margem mínima, com 1-0. Já o Meães venceu o São Cláudio por 5-1, enquanto o líder, CD Lousado, segue invicto, após ter vencido no terreno do Marrancos por 3-1. O Lousado é primeiro, com 28 pontos, enquanto o Juventude Académico segue em 2º, com 24. O Meães é 4º, com 21 pontos, enquanto o CD Vilarinho segue em 5º, com 20. Por fim, temos o São Cláudio em 7º, com 10 pontos, e a ADC Telhado em 9º, com apenas 1 ponto. A próxima jornada, a 14ª, disputa-se no próximo fim de semana e terá dois dérbis: CD Vilarinho-Juventude Académico (dia 23, 15h) e o CD Lousado-ADC Telhado (dia 22, 21h). Já o São Cláudio recebe o GDR Esporões (dia 22, 15h).

Andebol da Didáxis 100% vitorioso As equipas de Andebol da Didáxis fizeram um fim de semana pleno de vitórias. No passado sábado, as infantis receberam a AD Godim e venceram confortavelmente por 22-6. As atletas Vera Martins e Ana Fernandes pautaram-se como as melhores marcadoras, com quatro golos cada. Cumpridas quatro jornadas a Didáxis ocupa o 2º lugar da série A do campeonato regional. No domingo, as iniciadas deram continuidade às boas prestações que tiveram na 1ª fase do campeonato. Na 1ª jornada da fase nacional, a Didáxis deslocou-se à Maia para defrontar a equipa do Maiastars e venceu por 26-19. As atletas Francisca Araújo e Ana Pereira cotaram-se como as melhores marcadoras do encontro, com sete golos cada.


26

sport: 20 de fevereiro de 2014

modalidades

RAHC vence o Pacense e aproxima-se do 2º lugar Na 19ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão – zona Norte de hóquei em patins, o Riba d’ Ave Hóquei Clube (RAHC) recebeu no passado sábado a equipa da Juventude Pacense e reagiu bem à eliminação da Taça de Portugal, vencendo os pacenses por 9-6. Numa partida emocionante e recheada de golos, o tónico foi dado bem cedo pelos visitantes, que aos 5 segundos já venciam. O RAHC não se atemorizou e chegou ao empate num bom lance de Raul Meca. As duas equipas travavam um duelo intenso em pista e foi Jorge Maceda quem apontou o 2-1 para o RAHC. Dois minutos depois, o mesmo jogador bisava na partida no 3-1. O minuto 14 foi “acidentado” e segundos depois de um penálti por falta do guarda-redes Filipe Miranda, novo cartão azul desta vez para Raul Meca. Na conversão de livre direto, João Paulo conseguia desfeitear João Aurélio e reduzia para 3-2. Aos 17 minutos, os visitantes chegariam ao empate a 3 golos. O RAHC reagia de novo muito bem e aproveitava alguma impetuosidade pacense. Aos 22 minutos, na cobrança de livre direto, Ricardo Lopes batia o guardião contrário no 43. Minuto e meio depois era vez de Manucho ver cartão azul por palavras ao árbitro. Mas, desta vez, Ricardo Lopes não era eficaz na marcação do livre. Em noite inspirada, Ricardo Lopes bisava a um minuto do intervalo e fazia o 5-3.

A segunda parte decorreu com muita intensidade, tendo ainda mais golos que a primeira. E foi novamente o conjunto de Paços de Ferreira a entrar melhor na partida e cedo empatou a 5 golos. Mostrando muita personalidade, a equipa de Horácio Ferreira colocava-se de novo em vantagem, após golo do capitão André Alves. Dois minutos depois, na conversão de livre direto Ricardo Lopes fazia o seu hat-trick e o 7-5. O Pacense reduzia para 7-6 e ameaçava com o empate, mas era bem patente a determinação do RAHC em garantir a vitória. Em boa hora aparecia Raul Meca, que fez um grande golo e deu uma importante vantagem de 2 golos ao Riba d’Ave. A um minuto do fim, em boa jogada coletiva, Raul Meca fazia o seu hat-trick e o 9-6 final. Com esta vitória, o RAHC encurtou distância para o 2º lugar, após empate da Sanjoanense em Sobreira. Na próxima jornada, o RAHC desloca-se ao pavilhão do líder do campeonato: o Clube Desportivo da Póvoa. O jogo tem início às 18h do próximo sábado, 22 de fevereiro, na Póvoa de Varzim. Nas camadas jovens, em jogos a contar para a Taça do Minho e Encontro Convívio Escolares, os infantis e os escolares receberam, no sábado, a ED Viana e perderam 0-3 e 23, respetivamente. Na manhã de domingo, os iniciados, infantis e escolares deslocaram-se às Caldas das Taipas e venceram o CART por 27, 1-5 e 3-6, respetivamente.

FAC de volta aos triunfos em hóquei O Famalicense Atlético Clube (FAC) deslocou-se às Taipas para defrontar o CART, equipa que está numa posição delicada na tabela classificativa, em jogo da 19ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão de hóquei em patins, depois da folga da semana passada, provocada pela isenção do FAC na Taça de Portugal. Num jogo em que o FAC demonstrou serenidade, qualidade defensiva e controlo do jogo, o triunfo ajusta-se perfeitamente. Os golos do FAC foram apontados por João Pinheiro e André Barbosa (2), o último a um minuto do fim da partida. Com estes três pontos, o FAC regressa ao 5º lugar da classificação geral. No próximo sábado, pelas 19 horas, o Famalicense recebe o GDC Fânzeres, que ocupa a 12ª posição. Entretanto, na formação já são conhecidos os adversários do FAC no campeonato nacional de sub20. Na zona Norte, série A, para além do FAC, estarão: HC Braga, OC Barcelos, Juventude Viana, AD Valongo e CD Povoa. O campeonato começa já no próximo domingo, dia 23, com a difícil deslocação a Valongo. A outro nível, iniciou-se a Taça do Minho para os escalões de escolares e sub13. No primeiro encontro, o FAC foi a Braga e frente à equipa campeã regional de sub13 o resultado foi de 20-1; os escolares também perderam por 5-1. Para a semana inicia-se a competição de sub15 e sub20. Escolares, sub13 e sub15 recebem no domingo de manhã a ADB/Campo e os sub20 vão a Barcelos no sábado à tarde. A Associação de Patinagem do Minho decidiu agrupar os quatro clubes de sub17 inscritos nesta Taça do Minho com os dois restantes de sub20, fazendo uma única taça, classificando-a como sub20. Os atletas do FAC serão, na sua maioria, ainda sub17.

Jorge Bastos na Turquia na Taça do Mundo de bilhar O atleta do Famalicense Atlético Clube, Jorge Bastos, participou na Taça do Mundo de bilhar, que se realizou na cidade de Istambul, na Turquia, de 10 a 16 de fevereiro. O seu ranking mundial atual, nº 284, permitiu-lhe não participar nas provas no primeiro dia, jogando apenas no segundo dia, onde enfrentou um turco poderoso, Savas Gundor, vindo das qualificações e que o venceu no primeiro encontro por 30-15 em apenas 18 entradas. No segundo encontro, Jorge Bastos venceu Joke Breur, da Holanda, por 30-27 em 59 entradas, terminando na segunda posição do grupo K e afastado da competição. Jorge Bastos pertence à elite mundial do bilhar e já esta inscrito na próxima Taça do Mundo, que se disputa de 23 a 29 de março, na cidade de Luxor, no Egipto.

Voleibol: vitória difícil Depois da excelente vitória em Matosinhos frente ao Leixões SC, o FAC recebeu o CV Lisboa, e era apontado como claro favorito para o encontro do campeonato nacional da 2ª divisão de voleibol. Venceu mas não teve o brilhantismo da semana anterior, sofrendo mais do que se poderia esperar. Começaram melhor os lisboetas que venceram o primeiro set

por 25-21. Tocou o alarme nas hostes famalicenses mas a dificuldade em finalizar o segundo set está expressa no parcial final de 26-24. No terceiro set, apesar de dispor de uma larga vantagem, o FAC apenas o fechou nos 25-23. Finalmente, o último set foi mais tranquilo e triunfamos por 25-19, acabando o encontro com 3-1 para o FAC.

Com a conquista dos três pontos, o FAC mantém-se na luta pelo 1º lugar, ocupando a 4ª posição, a apenas três pontos do líder, o CV Oeiras, clube que visita o Famalicense no próximo sábado, num jogo decisivo para a equipa do FAC, pois que em caso de vitória entra em definitivo na corrida à subida de divisão. O jogo está marcado para as 16 horas.

Marco Marques no pódio em XCM A equipa de Maratonas (XCM) do Famalicense Atlético Clube fez a sua estreia em competição na Maratona Rota da Pedra, em Penafiel, prova organizada pela Associação de Ciclismo do Porto e pelo BTTenros. Pelo FAC estiveram presentes Marco Marques, José Barros e João Alves. Na geral individual, Marco Marques terminou em 7º lugar e João Alves em 8º. Na maratona e

na meia maratona (25 km), José Barros foi 14º e 4º no seu escalão de master B; Marco foi 3º em master A e subiu ao pódio; e João Alves foi 1º em sub23, mas este escalão estava integrado em elites, onde terminou na 5ª posição. A primeira prova oficial é já no dia 8 de março em Fafe, na 1ª prova do Campeonato Regional do Minho.

Sub15 de badminton em grande forma Os campeões nacionais de sub15 em badminton regressaram ao Centro de Alto Rendimento das Caldas da Rainha, pela primeira vez depois da conquista do título, e voltaram a vencer todas as competições do escalão. No torneio coorganizado pelo Clube Movimento Desportivo e pela Federação Portuguesa de Badmin-

ton, pontuável para o ranking nacional, os atletas do FAC brilharam. Em singulares, Eduardo Pereira venceu categoricamente nos homens e Adriana Gonçalves fez o mesmo frente à ainda nº 1 nacional. Eduardo é já o líder de Portugal e Adriana está em segundo. Ainda nos singulares, Fábio Sá chegou às meias finais.

Nos pares manteve-se a supremacia do FAC. Nos homens, Eduardo e Fábio e nas mulheres, Adriana e Catarina Martins. Para terminar em beleza, Adriana e Eduardo ganharam o par misto. Nos sub19, participaram Rui Mesquita, Joana Vilaça, João Ferreira e Miguel Pereira.

Basquetebol do FAC com desconcentrações fatais O FAC/Crédito Agrícola recebeu o BC Viana na 12ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão de basquetebol. Os vianenses ainda lutam pelo 3º lugar e conseguiram o triunfo, mas o FAC fez um bom jogo, penalizado com algumas desconcentrações no segundo e quarto parcial que foram decisivas para o desfecho do encontro, que terminou com o resultado 57-75, desfavorável ao Famalicense. No próximo sábado, pelas 21 horas, o FAC vai a Vila Real defrontar o clube local.

Adolfo afastado da taça e nos quartos de uma tabela em bilhar Adolfo Pereira foi o último “sobrevivente” do Famalicense Atlético Clube na Taça de Portugal de bilhar. Chegou aos 1/32 final e, no salão do FAC, recebeu Fernando Caldas (Portuguesa de Leça), atleta da elite nacional, e num fantástico encontro o leceiro venceu em dois sets, por 15-11 e 15-13. Apesar de afastado desta prova, Adolfo continua bem colocado no ranking nacional da 1ª divisão,

mantendo aspirações a um dos lugares que dá acesso à elite nacional. Entretanto, dois atletas do FAC participaram no 2º open na variante de uma tabela que se dividiu pelo salão do Leixões e Leça. Camilo Silva foi afastado na primeira fase e Adolfo Pereira atingiu os quartos de final e vai ascender ao 7º lugar da geral. O próximo open é no final de março.


sport: 20 de fevereiro de 2014 27

modalidades

José Azevedo da AMVE é recordista do mundo INAS O atleta da Associação Moinho de Vermoim (AMVE), Miguel Azevedo, marcou história ao conquistar o recorde do mundo INAS de pista coberta, na distância de 3.000 metros para atletas ANDDI. O atleta famalicense realizou a marca de 8.37.93 nos Campeonatos de Portugal FPA, realizados em Pombal, no domingo passado. O anterior máximo mundial pertencia ao atleta inglês Andrew Kaar com 8.38.92, feitos em Birmingham, a 8 fevereiro 2012. “Este feito alcançado é fruto do trabalho de um enorme atleta que marca a maior conquista da história do Moinho”, elogiam os responsáveis da AMVE, em nota à imprensa, onde felicitam ainda Miguel Azevedo pelo feito alcançado.

Duatlo de Famalicão volta a sair da Devesa no dia 2 de março Depois do sucesso das últimas três edições, o dia 2 de março marca o regresso do Duatlo de Famalicão. A prova, que alia o atletismo ao BTT e que conta com a chancela da associação Amigos do Pedal, da Federação de Triatlo de Portugal e com o apoio da Câmara Municipal, volta a ter o Parque da Devesa como epicentro. A inclusão do “pulmão verde” do município famalicense no percurso foi, aliás, a grande novidade da edição anterior da competição, cujo sucesso fez com que a organização voltasse a privilegiar o contacto com a natureza, tanto na vertente de atletismo como na de BTT. Será, então, do Parque da Devesa que sairá novamente uma primeira prova de atletismo com cerca de 5 quilómetros de extensão. O trajeto de BTT, que será percorrido entre as freguesias

de Antas e Requião, totaliza um percurso de 20 quilómetros, 10 quilómetros em 2 voltas, num misto de asfalto e terra e com uma mistura de zonas rápidas com outras técnicas. De regresso à Devesa, a competição termina com uma nova prova de atletismo, num circuito de 2,5 quilómetros de extensão. As inscrições estão a decorrer na página oficial da prova, em www.duatlo.com, e estão já inscritas mais de 500 equipas, num número superior a 700 atletas. A organização espera mais uma vez a presença dos melhores atletas nacionais da modalidade e apesar do carácter federativo da prova, que conta para o Circuito Regional Norte da modalidade, tudo está a ser preparado para acolher também todos os amadores apaixonados e simpatizantes por estas duas modalidades desportivas.

Sub16 masculinos da ATC sagram-se campeões do Minho Depois da vitória tranquila no jogo da meia-final, realizado no passado dia 8 de fevereiro frente ao Basket Clube Limiense (56-34), os sub16 masculinos da ATC sagraram-se, no dia seguinte, dia 9 de fevereiro, campeões regionais do Minho em basquetebol. Na final, frente ao Sporting Clube de Braga, que venceu o CB Viana na outra meia-final, a equipa da ATC venceu por 72-63. De salientar que, após a vitória no campeonato distrital, este é o segundo título na época 2013/2014 dos sub16 da ATC. Os jovens da academia de basquetebol joanenses estão agora a disputar a Taça Nacional da modalidade. Este é o segundo título que os jovens basquetebolistas da ATC conquistam esta época. Antes dos sub16, também a equipa de sub18 já se tinha sagrado campeã distrital da época 2013/2014. A direção da ATC anunciou esta semana que vai homenagear os jovens pelos resultados obtidos, numa festa marcada para o próximo dia 1 de março.

Gala deste ano realiza-se na Eurocidade Valença-Tui

Sete famalicenses nomeados para “O Minhoto” Famalicão tem sete finalistas nomeados para a XVII edição do Troféu Desportivo “O Minhoto”, cuja gala está marcada para o próximo dia 24 de fevereiro, às 20 horas, este ano no Teatro Municipal de Tui, no âmbito da Eurocidade com Valença. O famalicense Miguel Barbosa está nomeado na categoria de desporto motorizado; em futsal está indicada Patrícia Magalhães, que representa o Futebol Clube de Vermoim; em hóquei em patins está nomeado Gonçalo Alves; na categoria de modalidades diversas estão indicados dois famalicenses: Bárbara Ribeiro, na dança, e Luís Silva (Didáxis) em xadrez; a Associação Teatro Construção perfila-se para o prémio de Clube Cultura e Desporto; e na categoria de Grande Prémio Coletivo está o Futebol Clube de Vermoim.

Os Troféus Desportivos “O Minhoto”, que vão já na 17ª edição, consistem em atribuir prémios e reconhecer os atletas, clubes, treinadores, árbitros e dirigentes desportivos dos distritos de Braga e Viana do Castelo. Estão nomeados 86 pessoas em representação de 28 modalidades. A gala do desporto minhoto deste ano é acolhida pelo município de Valença, no âmbito do projeto Eurocidade, sendo o Teatro Municipal de Tui será o palco deste evento, que englobará cerca de 600 pessoas. Esta é a primeira vez que esta gala ultrapassa fronteiras. Na apresentação do evento à comunicação social, o diretor da organização dos troféus “O Minhoto”, José Ferreira, disse que é com “satisfação redobrada” que a gala “está em Valença-Tui nesta Eurocidade”,

não deixando de ser “a grande festa do desporto minhoto”. José Ferreira sublinhou também que Valença “será pioneira neste facto e neste conceito de Eurocidade”, o que “merece ser realçado, porque vamos fazer a gala do lado de lá, em território da Galiza, que se alarga em inúmeras áreas de intervenção e que também se justifica plenamente, porque tem um excelente espaço para acolher a gala”. Refira-se que, como habitualmente, o júri dos troféus é constituído por elementos dos órgãos de comunicação social. “O júri é profundamente alargado, composto por mais de 100 entidades distintas, entre órgãos de comunicação nacionais, com as principais televisões, diários desportivos, rádios, e ainda os regionais e locais, como rádios”, frisou ainda José Ferreira.

Andebol ACV com 6 jogos no fim de semana O último fim de semana, 15 e 16 de fevereiro, ficou marcado pelo regresso em força do Andebol ACV à competição com todas as suas equipas num total de 6 jogos. O escalão mini iniciou a segunda onda da sua competição, no sábado, na Póvoa de Lanhoso, defrontando as formações da Associação de Andebol local e ainda os bracarenses do Arsenal/EB A. Soares. Perderam apenas por 2 golos com os primeiros e venceram os segundos. Ainda na tarde de sábado, a equipa de ACV masculinos infantis defrontou em casa e bateu a formação bracarense do ABC por uns esclarecedores 28-10. No domingo foi a vez de defrontarem os adversários vizelenses do Callidas Club, também em casa, num jogo muito disputado mas que acabou favorável à equipa ACV por 30-25. Os infantis masculinos ACV estão agora isolados no 1º lugar desta fase da competição e o seu atleta João Oliveira continua destacado na lista de me-

lhores marcadores. A equipa de infantis femininos ACV recebeu e venceu, também no sábado, em casa, a sua congénere flaviense por uns claros 32-14 no âmbito do Torneio Regional de Infantis Femininos. Com este resultado a equipa solidifica a 1ª posição no seu grupo, posicionandose rumo à competição nacional. As atletas ACV Raquel Rodrigues Milka e Lara Gonçalves (com 10 golos cada uma neste jogo) continuam igualmente a afirmar-se na lista de melhores marcadoras da competição. Finalmente, no domingo ao final do dia, a equipa júnior feminina ACV iniciou a sua competição nacional em S. Félix da Marinha. Esta equipa, que representa o clube pela primeira vez numa competição nacional, efetuou um jogo com uma primeira parte que lhe foi desfavorável. Na segunda parte contudo, a equipa ACV deu já boa réplica augurando boas perspetivas para o futuro nesta competição.

Resultados do Académico Voleiol Clube No 2º torneio da época em que participaram, as minis do Atlético Voleibol Clube (AVC) demonstraram que estão em plena evolução, apesar de em alguns momentos pensaram apenas na vitória, objetivo que não é de todo importante nestas idades e de imediato foi alvo de correção por parte do treinador. Desta vez o torneio realizou-se em Amares com a presença de 12 equipas, e o AVC classificou-se em 3º lugar. A equipa sénior do AVC deslocou-se até ao Porto para defrontar o Colégio do Rosário, numa partida a contar para os oitavos de final da Taça de Portugal, tendo perdido por 3-0 num jogo sem história dada a supremacia da equipa visitada. No próximo sábado, pelas 15 horas, em jogo a contar para o Campeonato Nacional de Juvenis Femininos, o AVC recebe a Juventude Pacense. No domingo, pelas 17 horas, em jogo do Campeonato Nacional 1ª Divisão de Seniores Femininos, o AVC volta a jogar em casa, desta feita frente ao Castelo da Maia GC.


28

sport: 20 de fevereiro de 2014

modalidades

Bikemania Sport vence na Maratona da Pedra

O pódio feminino foi completamente famalicense

No passado domingo realizou-se a Maratona da Pedra, em Boelhe, no concelho de Penafiel, com percurso muito exigente e de um grau de dificuldade extremo. A Bikemania Sport esteve presente e conquistou 3 pódios: em femininos, Cristina Oliveira ganhou, ficando Alice Sousa em 2º; em masculinos, vitória na Maratona para Filipe Sousa. Estiveram também presentes nesta prova Xavi Ballas, Francisco Morais, José Fernandes, António Vieira e Sérgio Carvalho, não sendo conhecidas as classificações oficiais ao fecho desta edição. A equipa famalicense participou também no Trail do Jesuíta, em Santo Tirso, onde esteve presente Pedro Santos, que acabou os 25 kms em 29º lugar.

Três karatecas do S. Mateus apurados para fase nacional Decorreu no passado sábado, no Pavilhão Municipal de Vila Nova de Poiares, o Campeonato Nacional de Seniores – fase regional, em karaté. Esta prova, organizada pela Federação Nacional de Karaté, contou com atletas oriundos das zonas Norte e Centro Norte. Da Associação Desportiva e Cultural S. Mateus competiram: Diana Ribeiro, que alcançou o título de vice-campeã regional em kata; Ricardo Oliveira, que ganhou a medalha de bronze em kumite -75kg; e António Daniel Oliveira, que terminou na 5ª posição também em kumite -75kg. Com estes resultados, os três famalicenses ficaram assim apurados para a fase nacional, que se realizará no próximo mês de março, no Alentejo.

Mouquimbiketeam/Afacycles no Open XCO da Maia

Na modalidade de xadrez

AA Didáxis sonha com a subida à 2ª divisão nacional Decorreu no passado fim de semana o 55º Campeonato Nacional por Equipas de Xadrez da 2ª e 3ª divisões. Esta prova constitui-se como a que mais faz vibrar o país xadrezista jogando-se a quatro tabuleiros e a pontuação tem em conta os pontos de encontro, sendo atribuídos 3 pontos para a vitória, 2 para o empate, 1 para a derrota e 0 para a falta de comparência. A Associação Académica da Didáxis (AAD) está representada por duas equipas, AAD-A2D e AAD-NXVSC “B”, que estão integradas na série A, que reúne um total de 8 equipas. O objetivo da equipa AAD-NXVSC “B” passa por assegurar a manutenção, tarefa que não se avizinha nada fácil (penúltimo cabeça de série) dada a força de jogo apresentada pelas outras equipas. Neste momento, com 1 empate e 2 derrotas, a jovem equipa famalicense ocupa o 7º lugar. Na 3ª sessão averbou uma derrota, em casa, por 1-3 face ao Clube de Xadrez de Braga “A”, se-

gunda cabeça de série. De destacar, que a AADNXVSC ”B” é a única equipa em Portugal constituída por jovens atletas apenas do sexo feminino: Mariana Silva, capitão e atual campeã nacional sub14 e vicecampeã nacional sénior; Maria Alice Oliveira, atual campeã nacional sub10; Inês Silva, campeã nacional sub12; Maria Elisa Oliveira, vice-campeã nacional sub10; e Mariana Faria (professora responsável). A equipa da AAD-A2D tem mostrado ambição desde o início desta prova e sonha com a subida à 2ª divisão nacional, apesar de ser

apenas a terceira cabeça de série. Com três sessões disputadas até ao momento, “cilindrou” todas as equipas adversárias por categóricos 4-0. Na 3ª sessão, fazendose valer do seu favoritismo, a AAD-A2D venceu em todos os tabuleiros e com este resultado é líder isolado com apenas mais um ponto que as equipas candidatas à subida de divisão: CX Braga “A” e GDR Amigos de Urgeses. Os atletas que constituem a AAD-A2D são: o capitão Luís Romano, Bruno Ribeiro, Rui Pedro Gomes, João Romano e Carlos Marco Pereira.

Tiger Gim organiza mais uma gala de combates KO No próximo sábado, dia 22 de fevereiro, pelas 21 horas, o clube Tiger Gim, apoiado pela associação Autênticos Camaleões Clube Desportivo, irá realizar mais uma gala de combates KO. Esta gala, que terá lugar no Sindicato de Delães, irá contar com a presença dos atletas do clube, estando entre eles campeões nacionais de vários escalões do kickboxing, e também de atletas de outros clubes. “Estarão presentes atletas de topo, com grande nível, estou a prever combates com muita qualidade”, afirma o mestre e presidente do clube, António Lobo.

Estágio de defesa pessoal em Famalicão

A Mouquimbiketeam/Afacycles marcou presença com os seus nove atletas na primeira prova de XCO do Campeonato, em Folgosa, na Maia, campeonato esse que é um dos principais objetivos da equipa. Na Maia obteve os seguintes resultados: em juniores femininos, Cláudia Costa ficou em 1º; em elites femininos, Andreia Marques foi 2ª; em juniores masculinos, Rui Silva terminou em 2º; em sub23 masculinos Nuno Silva foi 3º e André Ribeiro 9º; em elites masculinos, Daniel Santos terminou na 5ª posição; em master A Sérgio Fernandes foi 2º. Estes atletas trouxeram, assim, mais cinco troféus para a equipa famalicense, tendo ainda participado Francisco Macieira e Sérgio Martins, que por problemas mecânicos foram forçados a abandonar a prova.

Realizou-se, no passado dia 8 de fevereiro, na escola EB 2,3 Júlio Brandão, na cidade, mais um estágio de defesa pessoal, organizado pela associação LOADS (Lei e Ordem Artes de Defesa e Segurança). Este estágio teve a presença dos mestres José Carlos Costa (5º Dan) e Márcio Cristóvão (3º Dan) e ainda dos restantes cintos negros. O evento foi ministrado pelo mestre José Carlos Costa sobre técnicas de defesa pessoal e sobre técnicas de desporto de combate. A organização realça “o empenho e dedicação” de todas as academias presentes (Porto, Gaia, Avidos, Vizela, Oliveira de Azeméis, Póvoa de Varzim, Oiã, Argoncilhe e Famalicão) na divulgação deste evento, fazendo assim com que estivessem presentes mais de 50 alunos, dos quais 20 fizeram exame de graduação.


Os1137