Page 1

Nacional de Seniores: últimos jogos da primeira volta Ana Azevedo e Melissa entre as 10 melhores do Mundo Já foi divulgada pelo site Futsal Planet, a habitual lista das 10 melhores jogadoras de Futsal do mundo, candidatas ao prémio AGLA, onde Ana Azevedo, do FC Vermoim, e Melissa Antunes, da ARJ Mogege, estão presentes pelo segundo ano consecutivo. “Estar entre as 10 melhores do mundo para o site futsalplanet é, para mim, motivo de grande satisfação” disse Melissa Antunes após saber que integrava novamente a lista do conceituado portal. A atleta da ARJ Mogege, natural da cidade canadiana de Montreal, sentiu-se “muito honrada com o reconhecimento”, e aproveitou para felicitar a vencedora da edição deste ano, entretanto divulgada, a atleta da Lazio, Lú. Já Ana Azevedo, natural de Famalicão que figura pelo terceiro ano consecutivo nesta lista, mostrou satisfação pela nomeação: “É sempre muito bom estar entre as melhores do mundo, pois é sinal que o futsal continua a evoluir em Portugal” declarou Ana Azevedo ao OPINIÃO SPORT, reforçando que “é importante para o futsal português ter duas jogadoras entre as melhores do

mundo.” Questionada sobre não ter vencido o prémio, a atleta famalicense (???) desvaloriza, dizendo que a vitória da brasileira Lu “foi justa” acrescentando que “é uma ótima jogadora, por isso fica sempre bem entregue.”. Para o futuro, Ana Azevedo pretende “ganhar títulos pelo clube e pela seleção”, prometendo “evoluir e tentar com que o futsal feminino português seja ainda mais conhecido a nível internacional”. Recorde-se que Ana Azevedo, atleta do FC Vermoim, conseguiu o terceiro lugar na época passada, não se sabendo, até ao momento, o lugar que ambas ocuparam nesta lista de 10 jogadoras. A vencedora da edição deste ano foi a brasileira Lú, que destronou do trono a compatriota Vanessa, vencedora das três últimas edições deste prémio. Estes prémios já vão na sua 14ª edição, e são organizados pelo maior portal de futsal do mundo, o Futsal Planet, que disponibiliza uma votação online para se chegar aos 10 nomes mais votados.

Melissa Antunes

Ana Azevedo

Cláudia Pereira conquistou medalha de ouro e Tiago Costa de bronze

Famalicenses brilham nos Jogos da Lusofonia

Cláudia Pereira conquistou a medalha de ouro

Magda Ferreira Uma medalha de ouro e outra de bronze foram arrecadadas por dois atletas famalicenses que estiveram ao serviço da seleção nacional de atletismo que participou na 3ª edição dos Jogos da Lusofonia, que terminaram ontem, dia 29 de janeiro, em Goa, na Índia. Nesta competição internacional, a seleção portuguesa de atletismo foi composta por oito elementos, que conquistaram ao todo seis medalhas nesta modalidade: três de ouro e outras tantas de bronze. Destas seis, duas foram ganhas por dois famalicenses que representaram Portugal nestes jogos, que decorreram de 18 a 29 de janeiro: Cláudia Pereira e Tiago Costa. A atleta famalicense Cláudia Pereira ganhou, na segunda-feira, a medalha de ouro na prova de 10 quilómetros de estrada, que correu em 34.39,24 minutos, alcançando assim o lugar mais alto do pódio, e deixando para trás a atleta angolana Ernestina Maria Paulino (35.16,88) e a indiana Swati Haridas Gadhave (35.35,40). Refira-se que Cláudia Pereira, 37 anos e natural de Joane, representava, a época passada, a Associação Moinho de Vermoim e esta temporada está ao serviço do JOMA, de Lisboa, clube pelo qual se sagrou recentemente vice-campeã nacional de estrada. Já o jovem Tiago Costa, de 19 anos, esteve em grande plano ao conquistar a medalha de bronze no salto em altura, na competição disputada no sábado. O atleta do Clube de Cultura e Desporto de Ribeirão

Tiago Costa e a sua treinadora Alexandra Sarmento

(CCDR) esteve ao mais alto nível nesta sua primeira experiência internacional em representação de Portugal, ao saltar 2,06 metros, numa prova que foi ganha por dois atletas da Índia, com as marcas de 2,13 e 2,11 metros. Tiago Costa alcançou, assim, um resultado muito próximo do seu recorde pessoal de 2,07 metros. O jovem ribeirense não escondeu a felicidade e emoção sentida ao ver subir a bandeira de Portugal, referindo que foi fantástico ter realizado 2,06m e manifestando que vai continuar a treinar para saltar mais alto e conseguir mínimos para participar este ano nos Campeonatos da Europa de sub23. “O Tiago está a subir de forma e conseguimos continuar a treinar em Goa com muito calor. Estava muito confiante que o Tiago ia alcançar um bom resultado, é um atleta com talento, que se dedica ao treino e, por isso, acredito que vai conseguir mais medalhas para Portugal e para Vila Nova de Famalicão”, declarou a treinadora do jovem, Alexandra Sarmento, que o acompanhou em Goa. Em Goa esteve ainda um outro famalicense, o treinador Alexandre Oliveira, da Jing-She Associação Desportiva de Wushu de Famalicão, que integrou a seleção nacional de Wushu como treinador adjunto. À hora de fecho desta edição, o Wushu tinha já arrecadado nove medalhas. A competição terminou na quarta-feira, já depois do fecho desta edição do OPINIÃO SPORT, sendo que a chegada da comitiva portuguesa ao Porto estava prevista para as 19h30 desta quinta-feira, dia 30 de janeiro. pub


26

sport: 30 de janeiro de 2014

Benjamins B do Famalicão vencem o Bairro FC

futebol

Termina na 3ª posição da tabela

Joane acaba a primeira fase com vitória difícil 1-0 Estádio de Barreiros, em Joane Árbit ro : David Rodrigues (AF Angra Heroísmo)

Os benjamins “B” do Famalicão deslocaram-se ao campo da Ribeira, a casa do Bairro FC, para disputarem o jogo da 11ª jornada do campeonato distrital do escalão. Para esta partida o mister Maia contou com o Dani na baliza, Zé e Dani na defesa, a meio campo jogou com o André e Duarte e para avançados contou com o Luís e Tomás para o início da partida. No banco tinha como outras opções Simão, Mário, Zé Maia, João e Vasco. O Famalicão entrou muito bem no jogo, em que abriu o ativo do marcador aos dez minutos da partida e ao intervalo vencia os da casa por 4-1. A formação do Famalicão manteve sempre a supremacia do jogo, perante um adversário teoricamente mais frágil, mas que demonstrou em campo ser uma equipa com muita determinação e disciplinada, em que lutou sempre até ao apito final do árbitro à procura de um resultado diferente. O Famalicão chegou ao final do jogo com uma vitória por 7-2, tendo sido os marcadores dos golos o Duarte e o Luís com dois tentos cada um, e os restantes foram apontados por Zé, João e André.

Joane Lixa Marafona Dinis Almeida Paulo Rola Rui Herculano Eliseu Hélio Cruz André Carvalho Patrick (85’ Dinis Lopes) Diogo Brandão (74’ Rui Filipe) Sócrates (89’ Ivanildo Vaz) Aylton

Vasco Viana Manuel Pedro Costa Pinto Eduardo Areias Jorginho Marco Rúben Pedro Mendes Quinzinho (36’ Paulo Gomes) Mauro (76’ André Mendes) Bessa

Treinadores Pedro Hipólito

Filipe Mesquita

Go los: Eliseu (26’). Cartões Amarelos: Herculano (19’); Manuel Pedro (51’); Marco (59’); Bessa (74’).

Camadas jovens do Joane No passado fim de semana, as camadas jovens do Grupo Desportivo de Joane obtiveram os seguintes resultados: Joane 2-2 Lousado (juniores); Joane 4-0 Ninense (juvenis – Taça AF Braga); Joane 8-1 Ruivanense (infantis série H); Joane 11-1 E. Francisco Vital (infantis série I); J. Académico 3-1 Joane (benjamins série G); Ruivanense 14 Joane (benjamins série H).

Cartões Vermelhos: Não houve.

José Carlos Fernandes Ora aí está o final da primeira fase deste campeonato, com o Joane a superar as expectativas, acabando por ser, até esta altura, a melhor equipa do concelho. Um golo de Eli-

seu, que poderá ter feito o último jogo ao serviço do Joane, mas que grande golo, bastou para que a formação de Pedro Hipólito conseguisse a vitória frente ao lanterna vermelha. Depois de uma semana atribulada, com o roubo das botas de todo o plantel, o objetivo era mesmo somar os pontos e deixar para trás a tal famosa nota artística. O jogo até começou com o domínio dos locais, mas foi o Lixa que construiu as duas primeiras oportunidades de golo. Marcava o relógio 26 minutos quando Eliseu, num lance só mesmo ao alcance dos melhores, fez um grande golo. Na quina da área rematou de pé esquerdo, com a bola a entrar no ângulo superior esquerdo da baliza de Vasco Viana, que nada pôde fazer. A vantagem do Joane até nem se justificava, contudo, 8 minutos depois, grande cruzamento de Herculano e Sócrates rematou para boa defesa de Vasco Viana. Antes do intervalo já o técnico forasteiro tinha mexido na equipa e podia ter chegado à igualdade, quando Costa Pinto, no segundo poste, obrigou Marafona a grande defesa. Depois do intervalo, o Lixa apos-

tou forte no ataque, mas a verdade é que apesar de ter mais posse de bola não conseguia jogadas de perigo na baliza de Marafona. Com o decorrer do tempo, o perigo voltou de novo às balizas. O Lixa foi novamente quem esteve perto de marcar, aos 69 minutos, Pedro Mendes, o mais mexido da sua equipa, em boa posição, obrigou Marafona a grande defesa. Mas a melhor oportunidade surgiu aos 84 minutos: num lance duvidoso, o árbitro assinalou penálti; chamado a marcar, Ruben rematou para mais uma grande defesa de Marafona, que assim evitou o empate. Na parte final, assistiu-se às melhores situações de golo deste segundo tempo. Boa Morte e Eliseu, que já jogava a médio, obrigaram Vasco Viana a boas defesas. Acabou por ser uma vitória preciosa para os locais, mas o Lixa, pelo empenho, entrega e até pelas oportunidades que usufruiu, podia ter chegado ao empate. A vitória do Joane deixa a equipa na terceira posição para a fase de subida, o Lixa vai continuar em último. Arbitragem regular de David Silva Rodrigues, dos Açores, fica a dúvida no penálti, onde nos pareceu haver algum exagero. pub


sport: 30 de janeiro de 2014 27

futebol

Equipa do Ribeirão com muitos jovens

Segunda parte de grande nível não chegou 1-2 Estádio do Passal, em Ribeirão Ár bitro : Nuno Roque de Coimbra Auxiliares: Luís Coelho e João Martins

Ribeirão Felgueiras André Varela Carlos (45’ Sousa) João Paulo (85’ Alibacar) Vitinha Buba Pipo Mendes Ivo (75’ Rafa) Abulai Igor

Cajó Rafa Orlando Pinto Joel Filipe Carvalho Alex Porto Tiago Carneiro (63’ David Bessa) Índio (62’ Hélder Pinto) Diego Mourão (77’ Carlinhos) Zamorano

Treinadores Rui Baptista

Alex

Golos: 0-1 Tiago Carneiro (5’); 1-1 Carlos (13’); 1-2 Pinto (31’). C artõ es Amarelos: 1’ (Buba); 26’ 30’ (Diego Mourão); (Alex Porto); 39’ (Abulai); 40’ (Pinto); 54’ (Tiago Carneiro); 75’ (Varela); 92’ (Joel). C artõ es Vermelho s: Não houve.

José Clemente O Grupo Desportivo de Ribeirão apresentou, nesta última partida da primeira fase do Campeonato Nacional de Seniores, um novo treinador, Rui Baptista, que não foi nada feliz na sua estreia, pois perdeu por 2-1 frente ao Felgueiras. O resultado final da partida não condiz, porém, em nada com o grande jogo realizado pelos homens do Passal, e em especial durante a segunda parte. Para esta partida, o Ribeirão, numa convocatória de 18 jogadores, 12 faziam parte da formação do clube, o que é obra, e terminou a partida com 8. Por aqui se pode concluir o excelente trabalho que se realiza em Ribeirão no que diz respeito à formação. O Ribeirão entrou no jogo a perder, isto porque aos cinco minutos já Tiago Carneiro tinha colocado o Felgueiras na frente do marcador. A formação ribeirense ainda demorou um pouco a reagir à desvantagem, até que aos 13 minutos Carlos colocava a jus-

tiça no marcador ao empatar o jogo. A partir daqui a partida entrou numa fase de equilíbrio, só que aos 31 minutos e numa desatenção da defensiva do Ribeirão, Pinto, e com alguma facilidade, voltava a colocar o Felgueiras em vantagem. O Ribeirão reagiu de imediato e Abulai, num forte remate à entrada da área, obrigou Cajó a fazer a defesa da tarde para canto. Esta era a melhor fase do Ribeirão nesta primeira parte e teve, inclusive, por várias vezes a possibilidade de voltar a empatar o jogo, mas o intervalo chegaria sem que o resultado se alterasse. Na segunda parte e com a alteração efetuada na equipa, com a saída de Carlos e a entrada de Sousa – não é que Carlos estivesse mal, mas Rui Baptista teria de fazer alguma coisa na sua equipa –, o Ribeirão foi muito mais forte, dominou por completo toda a segunda metade do jogo, encostou o Felgueiras cá atrás e criou muitas situações de perigo. O Felgueira apenas por uma única vez é que chegou com perigo junto da baliza de André. Adivinhava-se a qualquer momento o golo do empate e Pipo teve nos pés essa possibilidade quando apareceu sozinho frente a Cajó, mas rematou por cima. O Ribeirão era dono e senhor do jogo, só que no capítulo da finalização é que está o mal desta equipa. No cômputo geral, mas sobretudo por aquilo que o Ribeirão fez durante a segunda parte, o resultado final acaba por ser injusto para a equipa da casa que tudo fez para que o resultado fosse outro. Para a história fica o resultado final: uma vitória para o Felgueiras e uma grande segunda parte dos jovens do Passal. Quanto ao árbitro esteve muito bem, excelente o trabalho de Nuno Roque.

Famalicão rescinde com três jogadores A entrada do novo técnico José Vilaça terá sido o mote para um reajustamento do plantel do Futebol Clube de Famalicão. Nessa linha, a direção do clube famalicense chegou a acordo para a rescisão por mútuo acordo com o defesa esquerdo Raúl Babo, com o defesa direito Queirós, com o avançado brasileiro Lelo. No caso de André Padrão, o jogador foi cedido ao Celeirós.

No Campo de Ribes, somou vitória importante frente ao Famalicão

Oliveirense vence mais um dérbi 2-1 Campo de Ribes, em Oliveira Stª Maria Árbitro : António Filipe Alves, de Vila Real Auxiliares: Ilídio Silva e Luís Sousa

Oliveirense Famalicão Murta Tiago Moreira Paulo Renato Marco Ribeiro André Pereira Bek Luís Costa Abdou Cerdeira (81’ Luís Costa) Marquinho (74’ Zé Tiago) Correia (91’ Mochatar)

Tó Figueira Élvis Mércio Palheiras Perdigão (81’ Luís Henrique) Cris (75’ Diego) Peixoto Miguel (56’ André Soares) Marco Nené Gomis

Treinadores António Carvalho

José Vilaça

Golos: 1-0 Correia (46’); 2-0 Paulo Renato (57’); 2-1 Palheiras (61’). Cartões Amarelos: Nené (7’); Marco Ribeiro (11’); Cris (48’); Paulo Renato (75’); Mércio (82’); André Pereira (87’). Cartões Ver me lhos: Não houve.

Aristides Ferreira No último dérbi da primeira fase do Campeonato Nacional de Seniores, a Oliveirense mais uma vez levou a melhor sobre o Famalicão vencendo no Campo de Ribes por 2-1, num jogo que valeu essencialmente pelos segundos 45 minutos. Numa primeira metade algo cinzenta, onde rarearam as situações de perigo em ambas as áreas. A primeira surgiu só aos 10 minutos, num cruzamento da direita do ataque da Oliveirense, quando Abdou tentou o

remate de primeira mas não acertou na bola, deixando escapar para a linha de fundo. O Famalicão respondeu aos 25 minutos, depois de um mau alívio da defesa da equipa da casa, Perdigão não aproveitou o brinde, rematando para a malha lateral. Pouco mais houve durante os primeiros 45 minutos, apena dois lances de perigo mesmo em cima do intervalo e para os donos da casa. As defesas saíam em vantagem em relação aos ataques. No segundo período tudo mudou e para melhor. Logo no primeiro minuto, Correia foi mais rápido em relação à defesa do Famalicão, passou por Tó Figueira e depois, já em desequilíbrio, rematou para a baliza deserta. O Famalicão ficou um pouco apático, não conseguindo reagir, e a Oliveirense aproveitou para fazer o segundo golo. Aos 57 minutos, Tó Figueira defende o primeiro remate mas largou a bola para a frente, onde surgiu Paulo Renato, em missões ofensivas, rematando para o 20. Tocou o alarme na equipa do Famalicão, que de imediato foi à procura do prejuízo e cinco minutos mais tarde, numa jogada confusa na área da Oliveirense, Palheiras ganhou a bola e rematou para o primeiro golo do Famalicão. O espetáculo era mais bonito e a Oliveirense queria o golo da tranquilidade e Correia esteve perto de o conseguir por duas vezes, aos 74 e 78 minutos, mas em ambas as situações não conseguiu alvejar a ba-

liza contrária.Com o jogo a caminhar para o seu final o Famalicão tentou o último folego para chegar ao golo do empate e já em cima dos 90 minutos criou duas boas situações para o conseguir. A vantagem da Oliveirense aceita-se, mesmo nos minutos finais em que teve que defender a vantagem, soube sofrer para manter uma vitória importante que lhe dá mais dois pontos para a segunda fase, onde a luta pela permanência vai ser titânica entre as equipas envolvidas no campeonato da manutenção. Arbitragem razoável de Filipe Alves, de Vila Real. veja em www.famatv.pt ou

NACIONAL SENIORES CLASSIFICAÇÃO

1. V. Guimarães B

J

V

E

D

Serie B F

C

P

18

11

2

5

33

19

35

3. Felgueiras

18

8

6

4

28

17

30

5. GD JOANE

18

7

4

7

19

20

25

2. Vizela

4. Varzim

6. AD OLIVEIRENSE

18

18 18

9

9 6

5

3 5

4

6 7

23

25 16

16

21 21

32

30 23

7. GD RIBEIRÃO

18

5

6

7

25

26

21

9. Tirsense

18

3 10

5

16

25

19

8. FC FAMALICÃO 10. Lixa

RESULTADOS

18 18

5

2

Guimarães B, 4; Vizela, 0

5 4

8

12

20 15

21 34

20 10

PRÓXIMA JORNADA

GD Joane,1; Lixa, 0

AD Oliveirense, 2; FC Famalicão, 1 GD Ribeirão, 1; Felgueiras, 2 Tirsense, 0; Varzim, 4

Jorge Mendes compra passes de Eliseu e Dinis Almeida O conhecido agente de jogadores Jorge Mendes, considerado o melhor empresário do mundo do futebol, não se ficou pela compra de André Gomes, jogador do Benfica, e terá investido uma boa quantia na totalidade do passe de Eliseu, de quem já era agente, e de Dinis Almeida, ambos jogadores do Grupo Desportivo de Ribeirão e que alinham esta época no GD Joane, por empréstimo. A fantástica campanha do coletivo joanense neste Campeonato Nacional de Seniores fez com que estes dois jovens se destacassem, sendo até convocados para a seleção nacional, tendo aí dado nas vistas pe-

rante o conhecido empresário, que não perdeu tempo. Esta notícia foi confirmada pelo presidente do GD Ribeirão, Adriano Moreira, aquando da apresentação da nova equipa técnica do clube ribeirense. Recorde-se que Eliseu já alinhou no Benfica, mas foi dispensado para o GD Ribeirão no início desta época, que o emprestou aos joanenses. Quanto a Dinis Almeida, era um desconhecido até ao início desta época, onde tem marcado muitos golos e feito exibições seguríssimas, ao lado de Paulo Rola. Ambos os jogadores continuarão no GD Joane até que surja alguma proposta que agrade ao empresário e aos jogadores.

FC Vermoim e ARJ Mogege vencem O Futebol Clube (FC) de Vermoim e a Associação Rede Jovem (ARJ) de Mogege mantém as posições na tabela do campeonato nacional de futsal feminino, zona Norte, depois de na última jornada, no fim de semana passado, terem vencido as respetivas partidas. A contar para a 11ª jornada da competição, o FC Vermoim foi ao terreno do Novasemente vencer por 56 e mantém assim a liderança da tabela, somando 28 pontos. Já a ARJ Mogege venceu, em casa, o Diogo Cão por 3-0 e continua na 3ª posição, com 24 pontos. No próximo fim de semana disputa-se a 12ª jornada e o FC Vermoim volta a jogar fora, sendo que no sábado, dia 1 de fevereiro, pelas 17h30, joga no pavilhão do Diogo Cão, o penúltimo classificado. A ARJ Mogege tem uma deslocação ao pavilhão do EDCG, que segue no 6º lugar, marcada para as 16 horas de domingo.


sport: 30 de janeiro de 2014

28

futebol

Bruno Silva lesto a fazer história no clube

Quem quer festa, que lhe sue a testa 1-0 Complexo Desportivo, em Nine Árbitro : André Neto (AF Vila Real) Auxiliares: Marco Teixeira e Israel Lopes

Ruben Nogueira Jorge Humberto Hélder Manuel Gomes Linhares Ricardinho Edu Gerson (52’ Paulinho) Hermes Marco (65’ Júnior) Zeca (76’ Francês)

Treinadores Paulo Rafael

Rogério Brito

Golos: Bruno Silva (83’). Cartões Amarelos: Ruizinho (25’); Gerson (36’); Hélder Manuel (41’); Madior (51’); Linhares (76’); Ricardinho (80’); Hélder (90’). Cartões Vermelhos: Não houve.

Fernando Silva Cenário perfeito para um desafio derradeiro, a última jornada da 1ª fase do Nacional de Seniores, com a chuva amiúde quedando-se no terreno, criando um filtro que desfocava os guerreiros na arena. Os dois lados já se haviam encontrado num ambiente de batalha,

AD Ninense

Ninense Valenciano André Ferreira Renato China David Madior Luís Tiago Tiago Fernandes Diop (80’ Hélder) Capela Émerson (55’ João Cruz) Ruizinho (55’ Bruno Silva)

para a Taça dos Campeões do Minho, sendo que cada um dos esquadrões representou a sua identidade, o Ninense como senhor dos terrenos de além Ave até ao Lima, e o Valenciano, senhor dos terrenos de além Lima até Espanha. Mas isso é história, e agora era a honra ninense que estava em jogo, e como diria um qualquer general debandado, quem aceita a derrota não merece vencer, e o Ninense mostrou que ainda respira, fazendo de seu lema o mesmo de Che Guevara – de derrota em derrota até à vitória final. A primeira investida foi de Capela, a esgueirar-se por entre a última trincheira, não conseguindo fu-

zilar o guardião de Valença porque lhe fugiu a força no apuro. Mas não esmoreceu e, minutos depois, acorreria a um movimento inspirado de Ruizinho, porém não se aligeirando, chegando tarde ao ‘comboio’ que já ia em ‘Contumil’, ficando o guardaredes com o esférico. Acabavam os primeiros 10 minutos e o público clamava por maior batalha. Mas não se via valência ao Valença e o Ninense é que investia, ora por terra ora por ar, primeiro com o mais levado de Nine, Luís Tiago, aparceirando-se com o galgaz Renato, mas a defensiva foi mais eficaz, anulando a carga. Um minuto depois seria Ruizinho a desengatilhar o esférico para China, que, com

Futsal: Covense goleia e Cabeçudense perde Disputou-se, no passado fim de semana, a 13ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão de futsal – série A, onde está inserido o Sporting Clube Cabeçudense. A equipa da freguesia de Cabeçudos deslocou-se a Coimbra, para jogar com o CS São João, e perdeu por 5-3, num jogo muito emotivo, onde o resultado só ficou definido nos últimos instantes da partida, com muitas queixas por parte dos atletas do clube famalicense, que viu dois jogadores expulsos nos últimos minutos. O Cabeçudense mantém, assim, o 12º lugar da tabela, com 8 pontos, mais um que o último classificado, o ‘histórico’ Freixieiro. A próxima jornada disputa-se este sábado, dia 1 de fevereiro, e o Cabeçudense tem outra deslocação,

desta vez a Aveiro, onde defrontará a equipa do Covão Lobo, pelas 18 horas. Já o Grupo Recreativo Covense, que milita na 3ª divisão nacional de futsal – série A, levou de vencida o Neiva, por 6-2, num jogo disputado em sua casa e com tranquilo domínio da equipa de Ruivães. Com este resultado, o Covense trepa para o 4º lugar da tabela classificativa, tendo agora 23 pontos, os mesmos do 3º classificado, e a 3 pontos do 1º lugar do pódio, que é ocupado quase desde o início do campeonato pelo CDC Priscos, que teve um deslize nesta jornada. A próxima jornada disputa-se também este sábado, 1 de fevereiro, e o Covense desloca-se à região transmontana, para defrontar o Mogadouro, pelas 16 horas.

Liga de Futsal de Famalicão Disputou-se no passado fim de semana mais uma jornada da Liga de Futsal de Famalicão, com os seguintes resultados: na categoria de infantis – FC Vermoim 0-7 AJ Joane; A2D-Didaxis 1-1 Recreio Desportivo; CRC 4-5 Sportfut; Barrimau FC 1-4 São Martinho. Já no escalão de minis, os resultados foram: Arnoso Sta Eulália 1-2 Sportfut; FC Vermoim 1-2 Sportfut; UD Calendário 0-9 AJ Joane; FC Vermoim 1-1 Recreio Desportivo; UD Calendário 0-5 Recreio Desportivo. A próxima jornada disputar-se-á no domingo, dia 2 de fevereiro, e contará com os seguintes jogos no Pavilhão Municipal de Vermoim, organizados pelo AJ Joane: em escolas “B” temos o A2D Didaxis-Sportufur B, às 9h. Em infantis, temos às 10h o FC Vermoim-CRC, e às 11h, o AD EsmerizArnoso Sta Eulália. Da parte da tarde, desta vez no Pavilhão de Brufe e com organização do Barrimau FC, temos os seguintes jogos em escolas “A”: Recreio Desportivo-AD Esmeriz, às 15h, e o Barrimau FC-Sportufut A, às 16h. Pelas 17h, realiza-se o jogo em atraso dos infantis: A2D Didaxis-Sportufut.

cabeça, posicionou-se para dar uma tolada na bola, que ainda suspirou pelo poste, antes de bater no muro do Complexo. Quem também deu uma tolada foi o Gerson, de Valença, que escangalhou-se contra o muro, mas foi célere a voltar à briga. Durante a primeira meia hora, vários passes a rasgar da lateral, um Madior incansável a auxiliar a retaguarda, e um amarelo a Ruizinho por ter anulado aquele que poderia ter sido o cantar de Valença por cá. Mas só depois da meia hora é que os do Alto Minho acordaram, e não fosse a atenção de Tiago Fernandes, o sarrabulho que foi naquela área poderia amargar a tarde ninense. Até final da primeira parte seria Luís Tiago a endiabrar, com Capela a precisar de ajuda na lide com os adversários. A segunda parte traria isso, uma audácia de Paulo Rafael, que lançou a solução para este complicado desafio, Bruno Silva e João Cruz. E assim o Ninense foi tentando, primeiro quando Bruno Silva colou a bola ao pé, agraciando um passe de André Ferreira, e depois com um remate de Luís Tiago, mas o guardião de Valença mandou-o passear. Toda a equipa suou muito, mas o momento da batalha estava reservado a três jogadores. Nos minutos finais, já o público punha a barba

de molho, David marcou um canto, João Cruz recebeu a redonda, expediu para Bruno Silva, que heroicamente a cravou nas redes, cravandose também ele na história deste clube, dando a primeira vitória ao Ninense em campeonatos nacionais. Ainda deu para o mesmo Bruno Silva lançar um balão de meio campo, mas ficou-se na barra, rendendo-lhe uma grande ovação dos de Nine que, com o gosto da vitória, anseiam pela segunda fase.

NACIONAL SENIORES CLASSIFICAÇÃO

1. Limianos

2. Bragança

3. Fafe

4. Mirandela

5. Vianense

6. Santa Maria

7. Valenciano

8. Vilaverdense

9. P. Salgadas

10. AD NINENSE

RESULTADOS

J

V

E

D

9

6

3

18

10

18

8

18

18

18

18

18

18

18 18

Vianense, 1; Bragança, 1

7

7

6

6

5

4 0

4

8 8

5

4

4

6

5 6

4

2 3

6

8

8

7

9

12

Serie A F

C

P

25

17

33

21

13

29

27

20 15

17

17

12

17

11

16 9

12

21

23

15

26 30

34

32

26

22

22

21

17

6

PRÓXIMA JORNADA

Vilaverdense, 0; Limianos, 0

P. Salgadas, 1; Fafe, 1

Mirandela, 2; Santa Maria, 0 Ninense, 1; Valenciano, 0

“Encarnados” cumpriram 8 encontros no fim de semana

A Escola do Benfica em Famalicão cumpriu, no passado fim de semana, 8 jogos entre as turmas de traquinas e infantis. No sábado de manhã, os pupilos de infantis do professor Dinis Moreira receberam e golearam a equipa do Terras de Bouro. No mesmo dia, a turma de traquinas de Paulo Rodrigues cumpriu mais uma jornada vitoriosa na Liga Elite Famalicão, com os pequenos craques “encarnados” a vencerem os três jogos em que participaram, nomeadamente diante do Ninense, Ruivanense e Dragon Force Famalicão. No domingo de manhã os benjamins fizeram uma vez mais o pleno em vitórias, com a turma do professor Elias Pinto a vencer por números

alargados em casa do São Cosme, tendo a equipa orientada por Nuno Santos vencido com tranquilidade diante do Barco Academia. Os infantis viveram uma manhã mais difícil, com a turma do professor David Ferreira a perder em casa do Ruivanense, tendo os pupilos de Paulo Ribeiro empatado na receção ao Ferreirense. Ainda na manhã de domingo, três atletas nascidos em 2004 viajaram até Lisboa para participar numa ação promovida pelo departamento de escolas de futebol e de prospeção do Sport Lisboa e Benfica, com os atletas famalicenses a exibiremse uma vez mais em grande nível, anuncia a Geração Benfica Famalicão em nota à imprensa.


sport: 30 de janeiro de 2014 29

futebol

Futsal distrital: 3 equipas famalicenses nos 4 primeiros lugares Disputou-se, no passado fim de semana, a 13ª jornada da 1ª divisão da AF Braga, em futsal, e as equipas famalicenses obtiveram os seguintes resultados: MAL 4-0 AD Esmeriz; Rio Caldo 3-1 CRP Delães; ACR Lordelo 2-6 São Mateus, Nun’Álvares 6-2 Mouquim e AST Futsal 0-3 FC Vermoim. Com estes resultados, o São Mateus segue bemsucedido na caminhada para a promoção, mantendo o 1º lugar com 37 pontos. O MAL também mantém o 3º lugar, com 31 pontos, os mesmos do FC Vermoim,

que segue em 4º. Com a derrota no dérbi, a AD Esmeriz caiu para o 9º posto, mantendo os mesmos 16 pontos. O Mouquim é 10º, com 13 pontos, e o CRP Delães segue no 13º lugar, com 10 pontos. A próxima jornada, 14ª, a disputar no próximo fim de semana, conhecerá os seguintes desafios das equipas do concelho: CRP Delães-ACR Lordelo (dia 31, 21h); Vieira Futsal-FC Vermoim (dia 1); AD Esmeriz-AEIPCA (dia 1, 17h30); Mouquim-MAL (dia 1, 21h30); São Mateus-AST Futsal (dia 2, 16h).

Lousado segue em primeiro no Inatel Realizou-se, no passado fim de semana, a 11ª jornada da série A da 1ª fase do campeonato da Inatel de Braga, com os seguintes resultados: Juventude Académico 5-0 ADC Telhado; Meães 5-2 Mikaelense; São Cláudio 3-2 CD Vilarinho e GDR Esporões 0-3 CD Lousado. O CD Lousado segue invicto no 1º lugar, com 24 pontos, mais quatro que o Juventude Académico, que subiu agora ao 2º posto. O Meães também trepou na tabela, estando agora em 4º com 15 pontos, mais 1 que o CD Vilarinho, que caiu para o 5º lugar. O São Cláudio mantém-se em 7º, com 10 pontos, enquanto a ADC Telhado continua no último posto, sem qualquer ponto neste campeonato. A próxima jornada disputa-se no dia 11 de fevereiro, com os seguintes jogos: ADC Telhado-Marrancos; CD Lousado-Juventude Académico e o CD Vilarinho-Meães.

Carlos Alberto

Inatel: UD Calendário vence

Plantel prestou homenagem a dirigente falecido

A União Desportiva de Calendário, através do Juventude Académico, recebeu no seu terreno, no passado fim de semana, o Telhado e venceu por 5-0 em jogo a contar para o campeonato da Taça Inatel. Um jogo com muitas emoções fortes já que passou um bocadinho ao lado em termos de competição. Na primeira parte, a União dominou os acontecimentos do jogo e inaugurou o marcador por intermédio de

Ivo. O Telhado era presa fácil e não conseguia criar perigo na defensiva contrária. Perto do intervalo, Mota ampliou a vantagem fazendo o segundo golo da União. Na segunda parte o jogo caiu de qualidade. Pedro fez o terceiro golo, volvidos alguns minutos Staline fez o quarto golo para a União. Ao cair do pano, Filipe fechou a contagem. Na formação os resultados da

UD Calendário foram: os juvenis deslocaram-se ao terreno do Gondizalves, onde disputaram a 2ª eliminatória da Taça AF Braga e perderam por 5-0, ficando assim afastados da competição; os infantis receberam o GD Ribeirão e goelaram por 8-1; os benjamins receberam o GD Joane e venceram por 3-1. Em nota à imprensa, a direção da UD Calendário vem agradecer ao colega de direção Gaspar Carvalho, falecido no passado dia 15 de janeiro, “por todo o seu empenho, trabalho e dedicação ao longo do serviço prestado em prol da coletividade”. Como forma de homenagem, antes do jogo da equipa sénior, na presença de cerca de uma centena e meia de sócios e simpatizantes, efetuou um minuto de silêncio e também uma largada de balões brancos “como símbolo da Paz”. Também antes dos jogos das equipas de formação se realizou um minuto de silêncio.

Divisão Honra: Delães 0-1 Louro Numa tarde de chuva, o jogo entre Delães e Louro iniciou com a equipa delaense balanceada para o ataque

AF BRAGA CLASSIFICAÇÃO

1. Amares 2. T. Bouro 3. S. COSME 4. RUIVANENSE 5. Gerês 6. GD LOURO 7. Emilianos 8. Antime 9. Regadas 10. Pica 11. DELÃES 12. Silvares 13. St Adrião 14. Op. Campelos 15. A Urgeses 16. BAIRRO

RESULTADOS

Divisão Honra-Série B

J

17 17 17 17 17 17 17 17 17 17 17 17 17 17 17 17

Regadas, 1; Antime, 0 Silvares, 0; Op. Campelos, 2 St Adrião, 2; Gerês, 0 A Urgeses, 0; S. COSME, 1 Pica, 1; Emilianos, 2 Amares, 6; BAIRRO, 1 DELÃES, 0; GD LOURO, 1 T. Bouro, 3; RUIVANENSE, 0

V

15 11 10 8 7 8 8 6 6 5 4 4 5 3 3 1

E

1 0 2 6 7 4 3 6 5 6 5 4 1 5 4 5

D

1 6 5 3 3 5 6 5 6 6 8 9 11 9 10 11

F

55 25 23 26 24 29 31 20 22 24 28 22 21 22 16 18

C

10 17 21 23 16 24 25 18 22 21 30 39 40 34 25 41

P

46 33 32 30 28 28 27 24 23 21 17 16 16 14 13 8

PRÓXIMA JORNADA Regadas - Pica Gerês - DELÃES RUIVANENSE - St Adrião GD LOURO - Amares BAIRRO - A Urgeses Op. Campelos - Emilianos S. COSME - Silvares Antime - T. Bouro

e com a formação do Louro a tentar suster o melhor início do Delães de qualquer forma.

AF BRAGA CLASSIFICAÇÃO

J

V

I Divisão-Série A E

D

F

C

1. Roriz

14

9

5

0

40

12

3. MARCA

14

8

3

3

27

16

2. Viatodos 4. Ucha

5. Sequeirense 6. Granja

14 14 14

14

9 7 5

5

0 4 5

5

5 3 4

4

29 25 22

19

17 13 14

18

7. Lomarense

14

4

7

3

17

16

9. ADJ Mouquim

14

4

3

7

13

21

11. Ferreirense

14

9

12

8. Operario FC 10. Guisande

12. GD Fradelos

RESULTADOS

14

14 14

Ucha, 3; Granja, 1

ADJ Mouquim, 1; Operario FC, 1 GD Fradelos, 2; Roriz, 4

Lomarense, 1; Sequeirense, 1 Viatodos, 2; MARCA, 1

Guisande, 1; Ferreirense, 1

5 3 2

1

3 5 3

1

6 6 12

15

21 14

P

32 27 27

25 20

20

19

20

18

21

14

35

51

15 9

4

PRÓXIMA JORNADA Sequeirense - ADJ Mouquim MARCA - Lomarense

Operario FC - GD Fradelos Ferreirense - Viatodos Roriz - Ucha

Granja - Guisande

Contra a corrente do jogo, e na primeira vez que se aproxima da baliza delaense, o Louro marca e inaugura o marcador. O Delães acusou momentaneamente o golo sofrido, mas depressa voltou a tomar conta do jogo e a atacar no sentido de tentar chegar à igualdade. Algo que não aconteceu até ao intervalo, apesar de várias oportunidades. Na segunda parte assistiu-se a um jogo de sentido único pois o Delães atacou muito e teve o domínio absoluto do jogo, mas não conseguiu marcar. Um resultado injusto para o Delães que tudo fez para merecer a vitória e assim ganhar os três pontos. O Delães alinhou com: Samu, Hélder, Jean, Tiago e Alves, Zé Vítor, Marques, Vale, Luisinho, Vitinha e Marquinho. Jogaram ainda Jassa, Diogo Amorim e Moreira.

S. Mateus goleia na deslocação a Lordelo No sábado passado, a equipa sénior do S. Mateus viajou até à freguesia de Lordelo para defrontar a equipa local, num terreno sempre muito complicado, em jogo do campeonato da Inatel. A equipa liderada por Samuel iniciou a partida com André, Fabrício, Ivo Ortiga, Ciganinho e Pedro Magalhães. Aos 3 minutos Fabrício fez o gosto ao pé, acabando com seis jogos de jejum, ainda que contando com ajuda de um jogador do Lordelo que meteu a bola na própria baliza. O Lordelo não baixou os braços e dois minutos depois empata num lance de bola parada. Aos 9 minutos, o S. Mateus viu Fabrício, a 12 metros da baliza, num remate potente, bisar na partida. O Lordelo tentava desfazer o favoritismo da formação famalicense e depois do guarda-redes do S. Mateus, André, ser expulso, acabou por empatar e levar o re-

sultado de 2-2 para o intervalo. Na segunda parte o S. Mateus entrou muito forte e cedo marcou, por intermédio de Ivo Ortiga. Dois minutos depois Ciganinho aumenta a vantagem. Aos 10 minutos de jogo Fabrício faz o hat-trick e aumenta para 2-5, deitando por terra todas as esperanças da equipa da casa. Mas não sem antes Ciganinho também bisar, colocando o resultado final em 2-6. Uma boa exibição da equipa famalicense, que recebe o Santo Tirso Futsal, no domingo, pelas 16 horas, no Pavilhão de Delães. O S. Mateus informa ainda que no sábado será disponibilizado um autocarro para quem quiserem acompanhar a equipa júnior na difícil deslocação a Vizela. O jogo é às 17h15 e o autocarro sairá de S. Mateus pelas 15h30. Quem quiser reservar lugar pode contactar o número 918473873.

Resultados do Operário No passado fim de semana, as equipas do Operário Futebol Clube obtiveram os seguintes resultados: Mouquim 1-1 Operário (seniores); Operário 5-4 (a.p.) AD Ninense (juniores – Taça AF Braga); FC Famalicão 0-1 Operário (juvenis – Taça AF Braga); Vizela 2-2 Operário (infantis A); CRP Delães 0-4 Operário (infantis B); CRP Delães 1-6 Operário (benjamins 03); FC Famalicão 1-5 Operário (traquinas A).

Oitavos de final da Taça da AFSA No fim de semana passado disputaram-se os oitavos de final da Taça da Associação de Futebol de Salão Amador de Famalicão (AFSA) e os resultados foram os seguintes: ADRO 1-3 FC Landim; GRV São Martinho 4-2 ACURA; ARCD Bente 4-1 S. Martinho Brufe; ADECA 2-3 JASP; Cajada 3-3 (6-4 g.p.) AC Vermoim; GD União Louredo 2-5 AD Pedome; ARCV São Cosme 3-2 GD Carreira; ADESPO 3-9 AM Lameiras. Assim, com estes resultados, para os quartos de final da Taça seguem as seguintes equipas: FC Landim, GRV São Martinho, ARCD Bente, JASP, Cajada, AD Pedome, ARCV São Cosme e AM Lameiras. Entretanto, no dia 22 de janeiro disputou-se a 1ª jornada do

Grupo B do novo troféu “AFSA Prestígio”, em que o FC Landim foi ao terreno da ADECA vencer por 51, seguindo assim na frente da classificação. A 2ª jornada está marcada para o dia 5 de fevereiro, com a ADRO a receber a ADECA, pelas 20h30. Em iniciados jogou-se para o campeonato e os resultados foram os seguintes: GD União Louredo 0-3 AD Pedome; GD Carreira 3-2 AD Castelões; FC Landim 1-7 Barrimau. Em 1º lugar segue o Barrimau, com 9 pontos. No campeonato de veteranos os jogos terminaram assim: AC Vermoim 2-2 FC Landim; AD Pedome 3-4 Barrimau. A tabela é comandada pela ADERM, que soma 22 pontos.

ADESPO 3-9 Lameiras A ADESPO sofreu uma pesada derrota frente à formação das Lameiras, no fim de semana passado, em jogo a contar para a 2ª eliminatória da Taça da AFSA, ficando assim afastada desta competição. Num jogo em que a ADESPO entrou muito bem, tendo mesmo por duas vezes estado na frente do marcador, a coletividade defende que só devido à passividade com que o árbitro esteve em todo jogo é que a formação da Portela Stª Marinha acabou por se enervar, tendo em momentos baixado mesmo os braços. De ressalvar que a prestação do árbitro não foi de todo boa, mas também não retira a clara qualidade à formação das Lameiras e o mérito pela vitória. No próximo sábado a ADESPO volta a jogar, desta feita para a 10ª jornada da 2ª divisão da AFSA, com a equipa sénior a defrontar a formação do Cajada. ADESPO


30

sport: 30 de janeiro de 2014

modalidades

A2D Didáxis empata em futsal Em jogo do escalão de infantis, no último domingo, a equipa da A2D Didáxis empatou com o Recreio Desportivo a uma bola, no âmbito da Liga de Futsal de Famalicão. Este foi o primeiro empate da equipa de infantis. Apesar da pouco experiência dos jovens atletas e da maioria serem do primeiro ano deste escalão, a equipa da A2D apresentou-se concentrada e organizada tendo inclusive hipóteses de conseguir a vitória, pecando pela ineficácia.

Andebol ACV vence todos os jogos

Hóquei: FAC merecia mais A 17ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão de hóquei em patins tinha um ponto de interesse suplementar para a equipa do Famalicense Atlético Clube (FAC), depois da exibição negativa na jornada anterior. Em Espinho, frente a um fortíssimo adversário, a resposta foi muito boa, com uma exibição muito adulta e segura e que não teve reflexo no marcador como toda a equipa merecia. Com muita posse de bola e muita circulação, a equipa do FAC construiu oportunidades suficientes na primeira parte para ganhar vantagem no marcador. O nulo ao intervalo premiava a excelente prestação do guarda-redes adver-

sário, num jogo muito correto e com poucas faltas. Na segunda parte, a eficácia local alicerçou uma vantagem injusta de três golos. O conjunto do FAC manteve-se concentrado, reduziu para 3-2 e sentia-se que o resultado não foi justo. Pelo FAC marcaram André Ferreira e Celso Silva. O FAC mantem o 5º lugar e no próximo jogo recebe o Riba d’Ave, atual 3º da tabela classificativa. O dérbi concelhio está marcado sábado, às 19 horas. Em termos de formação, os campeonatos regionais do Minho estão já em fase terminal e apenas três conjuntos estiveram em competição. Na sexta-feira, os sub17 do

FAC visitaram Fão e empataram a cinco golos. No domingo, em Braga, os sub13 venceram o HC Braga “B” por 4-3 com alguma surpresa, pois na primeira volta o Famalicense havia perdido por 4-1 em Famalicão. Brilharam os jovens ainda escolares que assinalaram os golos da equipa (Martim Almeida – 2 –, João Nuno e João Neves). Os sub20 também jogaram com o HC Braga “B” e perderam por 6-4. Na próxima semana, jogam estas três equipas. Os sub17 fazem jornada dupla: na sexta vão a Valença e no domingo recebem a ADB/Campo. No domingo, os sub13 recebem o RAHC e os sub20 o CART.

RAHC vence Fânzeres Todas as equipas do ACV Andebol Clube em competição durante o fim de semana passado conseguiram “expressivas e esclarecedoras vitórias”, anuncia o clube em nota à imprensa. No sábado, no Pavilhão Municipal “Terras de Vermoim” a equipa de infantis masculinos bateu o Clube de Andebol de Barrosas por uns esclarecedores 40-04. Com esta vitória, o ACV isola-se no 1º lugar do Campeonato Regional Infantis Masculinos, como isolado está também o seu atleta João Oliveira na lista de melhores marcadores. No domingo, numa jornada de festa na cidade de Chaves (ver fo-

tografia), as equipas femininas de infantis e juniores do Andebol ACV venceram ambas as respetivas adversárias flavienses, naquela que foi a jornada de consagração para a equipa júnior e de início de competição para as infantis. A vitória por 14-31 das juniores consagrou a equipa para participação na fase nacional e a sua capitã, a atleta Mélanie Oliveira, como a melhor marcadora desta fase da competição. A equipa infantil ACV também venceu, por 14-21, iniciando assim da melhor forma a participação no Campeonato Regional de Infantis Femininos.

Fim de semana quase perfeito para AVC

Na 17ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão – zona Norte de hóquei em Patins, o Riba d’ Ave Hóquei Clube (RAHC) recebeu a equipa do GDC Fânzeres, vencendo os visitantes por 5-0, repetindo o score final pelo terceiro jogo consecutivo e somando a sexta vitória seguida. Num sábado, que antecedia a semana de aniversário do clube (28 de janeiro), foram muitas as pessoas que se deslocaram ao Parque das Tílias para apoiar o seu clube. Aos 6 minutos, o ribadavense Raul Meca materializou uma melhor entrada do RAHC no jogo e abriu o ativo. Quatro minutos depois, o mesmo jogador bisava na partida. O RAHC não abrandou, e aos 15 minutos, Jorge Maceda colocava a bola por entre as pernas do guarda-redes visitante, fazendo assim o 3-0. O Fânzeres poderia ter reduzido no minuto seguinte, mas a bola acabou por bater no poste. A 5 minutos do intervalo, nova possibilidade para os visitantes num penálti muito duvidoso, mas a bola acabaria por ir de novo ao poste. A 2ª parte do jogo foi muito “acidentada” e sem história. Com uma grande concentração de humidade na pista, as equipas jogaram no limite do possível. Aos 5

Infantis da Didáxis começam Regional a vencer A equipa de infantis iniciou o Campeonato Regional de Andebol com uma vitória no reduto do AC Godim por 21-11. Se na 1ª parte o jogo foi equilibrado, tendo terminado com uma vantagem de apenas dois golos favoráveis à equipa da Didáxis, já na segunda metade as atletas da Didáxis conseguiram um parcial de 134, revelando a diferença entre os dois conjuntos. Realce para a atleta

As seniores do AVC (Atlético Voleibol Clube) tiveram jornada dupla no passado fim de semana. No sábado receberam o Leixões e o jogo não correu nada bem (0-3), com muitos erros ao nível do serviço e da receção. No domingo, receberam o CF Belenenses e entraram em campo muito determinadas mas também algo ansiosas em corrigir a exibição do dia anterior. No 1º set voltaram a cometer os mesmos erros, acabando por perder o set. No 2º set entraram muito bem, com muito rigor ao nível do serviço e do bloco, e conseguiram igualar o marcador a 1. No 3º set voltaram a cometer erros na receção e perderam com larga desvantagem. No 4º e 5º sets, o serviço tático aliado a “alma” AVC e

ao apoio do público transfigurou a equipa e venceram o jogo com muito mérito. 3-2 foi o resultado final. As juvenis do AVC deslocaramse a Amares para defrontar a equipa local e venceram por 3-0. As iniciadas também se deslocaram a Amares e venceram a equipa local pelo mesmo resultado, ficando, com esta vitória, a um pequeno passo de garantir a passagem à fase nacional do escalão, apuramento que pode ser já alcançado na próxima jornada. Na próxima ronda, as juvenis recebem, pelas 15 horas de sábado, o SC Braga; as iniciadas recebem, no domingo, à mesma hora, o VC Viana; já as seniores jogam no domingo, às 17h30, em casa com o SC Braga.

minutos, Jorge Maceda desperdiçava livre direto. No mesmo minuto, Ricardo Lopes alargava a vantagem para 4-0. Aos 17 minutos, Jorge Maceda enviava a bola ao poste. Melhor fazia Ricardo Lopes, que bisava 3 minutos depois. O Fânzeres poderia ter chegado ao tento de honra, após 10ª falta do RAHC, mas João Aurélio, que havia entretanto entrado para o lugar de Filipe Miranda, não permitiu com uma boa intervenção. O RAHC continua na 3ª posição do campeonato e na próxima jornada desloca-se ao Pavilhão Municipal de Famalicão para um sempre apetecível dérbi concelhio e minhoto com o FAC. O jogo tem início às 19 horas do próximo sábado. Para os campeonatos regionais jovens, os infantis “B” deslocaram-se, na tarde de sábado, a Esposende e empataram 6-6 com o HC Fão. Na manhã de domingo, os iniciados, os infantis “A” e os escolares foram a Braga e frente ao hóquei local perderam por 11-1, 7-2 e 8-1, respetivamente. Já os juvenis receberam a ED Viana e registaram uma espetacular reviravolta, depois de terem estado a perder por 0-4 e 2-6, acabaram a vencer por 8-6. Os infantis “B” receberam, à tarde, o OC Barcelos e foram derrotados por 0-13.

Inês Ferreira que apontou 10 golos na formação de Riba d’ Ave. Já as juvenis terminaram a 1ª fase da prova, tendo conseguido o apuramento para o campeonato nacional, com uma vitória no recinto do AC Fafe. A Didáxis apresentouse com uma equipa com muitas ausências fruto de lesões mas mesmo assim venceu o encontro. Com diversas jovens atletas iniciadas, que

Filipe Brito vence Maratona da Sobreira em master A O famalicense Filipe Brito, em representação da equipa Tomatubikers, venceu, domingo passado, a Maratona da Sobreira, em Penafiel, em master “A”. O ciclista terminou esta dura maratona em 1º lugar em master “A” e na geral foi 2º, um lugar decidido nos 500 metros finais numa disputa entre Filipe Brito e José Dias. “Para os meus objetivos terminei satisfeito”, diz o ciclista, que voltou assim àquela que foi a sua primeira prova no mundo do BTT.

subiram ao escalão superior, a demonstrarem argumentos para lutar por um lugar entre as mais velhas, a Didáxis acabou por vencer contrariando a equipa do Fafe no seu reduto. As atletas Filipa Gonçalves, Andreia Pereira e Francisca Araújo contribuíram com sete golos cada para o resultado final, que registou 26-22 a favor da Didáxis.


sport: 30 de janeiro de 2014 31

modalidades

Contas complicadas para o FAC em basquetebol

Quatro recordes nacionais e vários títulos de campeão nacional de Masters para Famalicão

A 10ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão de basquetebol poderia recolocar o FAC/Crédito Agrícola na 3ª posição da zona Norte mas tal não sucedeu, apesar do bom início de partida frente ao Académico do Porto, no Pavilhão Municipal de Famalicão. Com um parcial de 15-2, tudo indicava que o FAC iria regressar aos triunfos. Mas os academistas recuperaram e no final do período o Famalicense apenas vencia por três pontos (19-16). E ao intervalo estava na frente por um ponto depois do 16-18 no segundo período. O marcador assinalava 35-34. Após o intervalo, os visitantes passaram para a frente e à entrada dos últimos dez minutos, o resultado era 50-55. Muitas perdas de bola e pouca inspiração resultaram no 66-72 final. Na próxima semana não há campeonato, regressando no dia 6 de fevereiro, em Braga. Apesar dos resultados negativos nas últimas jornadas, o FAC/Crédito Agrícola depende exclusivamente de si para conseguir o 3º lugar. Faltam quatro jogos e quatro vitórias garantem o apuramento.

O Grupo Desportivo de Natação de Famalicão (GDNF) conquistou vários títulos de campeão nacional e estabeleceu 4 recordes nacionais de masters, nos Campeonatos Nacionais de Masters, realizados nas piscinas municipais da Mealhada, no passado fim de semana. Pelo clube famalicense participaram Francisco Zamith, Adriano Niz, Ricardo Silva, Frederico Azevedo, Sara Meneses e Margarida Malvar. Os atletas que se sagraram campeões nacionais foram Francisco Zamith aos 400 Livres e 4x50L; Adriano Niz na prova de 200 Livres, 100 Costas, 100 Livres, 100 Estilos e 4x50Livres; Ricardo Silva na prova de 4x50Livres; e Frederico Azevedo na prova de 4x50Livres. Francisco Zamith e Sara Meneses arrecadaram ainda mais duas medalhas de bronze. Os recordes nacionais da categoria de masters foram alcançados pelo Adriano Niz, que estabeleceu quatro novos máximos nacionais nas provas de 200 Livres, 100 Livres, 100 Costas e 100 Estilos. Para a sua treinadora Margarida Malvar, a obtenção de mais estes títulos nacionais, acompanhados de mais quatro recordes nacionais, “significam os primeiros títulos da categoria masters para Famalicão”. “Penso abrir portas a muitos mais atletas aderirem a este proque começamos da melhor forma esta nova secção de jeto, divertirem-se, reviver amizades e fazerem o que competição do Famalicão e que servirá certamente para sempre gostaram, que é nadar!”, afirmou.

Bilhar: Jornada difícil e equipa B afastada da taça A 3ª jornada dos campeonatos da 1ª e 2ª divisões nacionais de bilhar antevia-se muito difícil para as duas equipas do Famalicense Atlético Clube. Em Matosinhos, a equipa “B” defrontou o superfavorito à subida de divisão, o Leixões SC, e perdeu por 3-1, com uma magnífica exibição de Manuel Figueiredo que marcou o ponto famalicense. Jogaram ainda Rui Gomes, David Veloso e Camilo Silva. A equipa “A” recebeu o Clube Fenianos Portuenses, na 1ª divisão, e Adolfo Pereira marcou o ponto do FAC num encontro onde Mário Aranha, atual campeão nacional, defendeu aos cores visitantes. No final, o mesmo desfecho de 1-3, com Carlos Veloso, Jorge Bastos e Adelino Paredes nas outras partidas. Na Taça de Portugal, o sorteio determinou que a equipa “B” do FAC jogasse em Matosinhos com a forte equipa do

Leixões SC na primeira eliminatória. O capricho do calendário quis que no passado dia 20, as mesmas equipas se defrontassem no mesmo local para o campeonato nacional da 2ª divisão e que terminou com o triunfo dos locais por 31. Desta vez, na competição a eliminar, o resultado final foi de 2-0. Rui Gomes e Carlos Sampaio não conseguiram suster os seus adversários e perderam dois sets cada um e Manuel Figueiredo e David Sampaio estavam empatados a um set com os seus oponentes quando a partida foi dada como finalizada já que não era possível a reviravolta famalicense. A equipa principal apenas entra em competição na segunda eliminatória, também com uma tarefa muito complicada, já que vai defrontar a Portuguesa de Leça na casa desta, no dia 5 de fevereiro.

FAC joga em casa no arranque da série dos primeiros em voleibol Realizou-se no passado dia 22 de janeiro, na sede da Federação Portuguesa de Voleibol, o sorteio da série dos primeiros do campeonato nacional da 2ª divisão de voleibol. Com direito a participar nesta fase que apurará o representante do continente para a final do campeonato e discutir o acesso à 1ª divisão com o representante dos Açores, estão seis clubes: FAC, Académica S. Mamede, Leixões SC, CD Fiães, CV Oeiras e CV Lisboa. O sorteio determinou que na primeira jornada, marcada já para este sábado, dia 1 de fevereiro, o FAC receba, pelas 16 horas, a Académica de S. Mamede e a primeira deslocação seja a Matosinhos, terminando o campeonato a 12 de abril, com o FAC a receber o CD Fiães. Para esta fase, os clubes partem com 20% dos pontos conquistados na 1ª fase, o que colocou o FAC em 3º, com 5 pontos.

Resultados do basquetebol da ATC Com duas vitórias nos dois jogos realizados face à ADCE Diogo Cão de Vila Real, os sub18 masculinos da ATC passaram à 2ª fase da qualificação para o Campeonato Nacional de Basquetebol. No passado dia 18 de janeiro, no primeiro jogo (em Vila Real) a vitória da equipa da ATC foi apenas por 8 pontos de diferença. Em casa, a vitória foi por 38 pontos de diferença. Já os sub16 masculinos da ATC tiveram um final inglório na caminhada para o Nacional. Depois das vitórias em Vila Real e Viana do Castelo, os sub16 da ATC não consegui-

ram passar à fase seguinte do apuramento para o Campeonato Nacional. Foi um final inglório, pois a eliminação dos jovens da ATC acaba por ser feita no confronto direto com a equipa do BCVR e por apenas 1 ponto de diferença (vitória por 4 de diferença em Vila Real e derrota por 5 de diferença em casa). No dia seguinte, dia 19 de janeiro, num jogo no mesmo estilo do anterior e com os 12 atletas a darem o seu contributo, os sub16 da ATC venceram claramente o CB Viana por 80-47. Os sub16 da ATC vão agora disputar a Taça Nacional.

Em sub12, novo jogo e nova vitória. Desta feita, a jogar em casa frente ao SC Maria da Fonte, os sub12 da ATC alcançaram a 7ª vitória em 7 jogos realizados, o que lhes permite garantir, a 3 jornadas do final, o 1º lugar na fase regular no Torneio Distrital. Menos felizes foram as sub14 femininos no jogo de abertura do Torneio Inter Associações. A jogar em Vermoim frente ao Basket Condeixa, as meninas da ATC foram demasiado frágeis face às Conimbricenses, especialmente na eficácia do lançamento.

Mouquimbiketeam/Afacycles em Ponte de Lima A equipa Mouquimbiketeam/Afacycles voltou, este fim de semana, a marcar presença com os seus nove atletas em provas de Resistência. Desta vez o local foi Ponte de Lima e as famosas 3 Horas de Resistência Limianas, participando com uma dupla feminina (Andreia Marques e Cláudia Costa),uma dupla masculina (Rui Silva e Sérgio Martins), uma tripla mas-

culina (Sérgio Fernandes, Francisco Macieira e Nuno Silva), e um solo (André Ribeiro), tendo também um atleta a participar com a equipa Triopower. A equipa fala em “mais uma prestação fabulosa”, apontando um “majestoso” 4º lugar em duplas femininas, o 6º lugar em triplas masculinas, o 20º em duplas masculinas e o 52º a solo.

Bikemania Sport em grande em Ponte de Lima A Bikemania Sport participou, no passado domingo, na 3ª Resistência BTT Limiana, que como o nome indica se realizou em Ponte de Lima. Tratouse de uma prova de 3 horas, num circuito de 7,5 km por volta, aproximadamente. A Bikemania Sport participou com uma equipa tripla feminina e com quatro atletas a solo. “Mediante a qualidade e quantidade dos atletas de excelência presentes, os resultados foram fantásticos, principalmente se atendermos que estamos em início de época”, sublinha a equipa famalicense, em nota à imprensa. No setor feminino, as atletas Cristina Oliveira, Alice Sousa e Elisete Ferreira dominaram a prova desde início, atingindo o lugar mais alto do pódio findas as 3 horas de prova. No setor masculino, a dro Fernandes (74º), Filipe Sousa (75º) e Francisco solo participaram os atletas Xavi Ballas (69º), Pe- Morais (85º).


32

sport: 30 de janeiro de 2014

modalidades/motores

Em Portela de Santa Marinha, Landim e Antas

Novas academias de Alex Ryu Jitsu no concelho Prosseguindo uma política de desenvolvimento e cultura do estilo português e famalicense Alex Ryu Jitsu, a Associação de Artes Marciais de Famalicão, a Associação Portuguesa de Alex Ryu Jitsu e a Federação Portuguesa de Alex Ryu Jitsu (FPARJ) promoveram a constituição de mais três academias, “contribuindo desta forma para ampliar, ainda mais, o prestígio, a eficácia e a unidade da organização de Alex Ryu Jitsu, detentora de um curriculum desportivo invejável”, informa a federação, em nota à imprensa. Portela de Santa Marinha, Landim e Antas, são, assim, as freguesias onde as respetivas academias já deram início às suas atividades. O leccionamento desta arte marcial protagonizado por mestres instrutores, cinturões negros, formados e diplomados pela FPARJ desenrolar-se-á na antiga

escola primária da Portela de Santa Marinha, às terças e sextas, das 19h30 às 21h00; no Fitness Club de Landim, às segundas e quintas, das 19h15 às 21h00; e no salão paroquial de Antas, às segundas e quintas, das 18h00 às 19h00. Podem inscrever-se crianças com idades a partir dos 6 anos, sendo que as inscrições podem ser efetuadas nos dias das aulas. Refira-se que a arte marcial portuguesa Alex Ryu Jitsu foi fundada em 1973 e desde aí muito cresceu. A Federação Portuguesa de Alex Ryu Jitsu, sedeada em Famalicão, conta já com um elevado número de academias, perfazendo a totalidade de 750 alunos distribuídos pelos diversos escalões etários, “num número que tem feito desta Federação famalicense uma das coletividades, nesta modalidade, mais forte a nível nacional”.

Prova a contar para o CIN contou com vários famalicenses

Edgar Reis foi segundo da geral no 6º CAM Rali Festival Decorreu, no passado fim de semana, a 6ª edição do CAM Rali Festival, a contar para o Campeonato Inter-Municipios, zona Norte. Esta competição, que teve lugar no Circuito Vasco Sameiro, em Braga, contou com mais de centena e meia de inscritos, entre os quais alguns pilotos famalicenses, em diferentes classes, que obtiveram bons resultados. Edgar Reis, experiente piloto famalicense, obteve um fantástico 2º lugar na sua classe, e na geral, após ter disputado o primeiro lugar até à Filipe Silva venceu a sua classe última. Ao volante do seu Renault Clio RS, o piloto da Transfradelos foi o mais rápido na classificativa, mas perdeu o 1º lugar para o piloto vimaranense José Rodrigues, por duas décimas. Outro famalicense, Filipe Silva, que conduziu um Mitsubishi Lancer Evo VI e com a sobrinha Catarina Silva a copiloto, terminou a sua classe em 1º lugar, ficando em 6º na geral. “Vim para esta prova sem testar o carro”, disse Filipe Silva, que foi forçado a fazer a corrida com pneus de piso seco, num dia de Fernando Moreira regressou aos ralis muita chuva. “Foi a minha primeira vez ao volante deste tipo de viatura”, realçou o piloto, acrescentando que “é provável a participação pontual no Campeonato de Montanha 2014 e no CIN 2014”. O piloto anunciou ainda que participará no próximo Rali de Famalicão, uma vez mais na companhia de Catarina Silva. Já Fernando Moreira, que esteve afastado dos ralis nos últimos tempos, regressou às competições com um excelente 4º lugar na sua classe, atingindo o 13º na geral. “A estreia da viatura correu muito bem, face às Bruno Silva também participou habituais condicionantes da estreia de um automóvel de competição”, explicou Fernando Moreira. O piloto, que pertencente à FMRacing, pretende participar em todas as provas do CIN 2014. Já o piloto Bruno Silva não teve tanta sorte e após alguns problemas elétricos concluiu a prova no 11º posto da sua classe. O piloto queixa-se do azar e lamenta não ter participado nos treinos de domingo. Embora com alguns azares, Bruno Silva manifestou satisfação por ter terminado a prova e pela classificação por entre a sua classe.

Paulo Machado segundo em Ponte de Lima

No passado domingo realizou-se a 3ª edição das 3H de Resistência de Ponte de Lima, onde o atleta famalicense Paulo Machado, integrado numa equipa de três elementos em representação da ASC/Focus Team, conquistou a 2ª posição nesta categoria. “Esta prova serviu essencialmente para testar e treinar aspetos que visam o aumento da capacidade física, a opção de fazer em tripla foi para trabalhar os níveis anaeróbicos”, refere o ciclista. Com um total de 10 voltas, Paulo Machado foi determinante no desfecho desta prova ao alcançar o 2º e 3º classificados na última volta e, assim, conseguir a 2ª posição do pódio.

Cecília Araújo em 5º no Nacional de Ciclocrosse

A atleta famalicense Cecília Araújo, da equipa BTT4ALL/Motocar, na sua primeira prova como federada em 2014, participou no Campeonato Nacional de Ciclocrosse, que se realizou na Benedita, no passado dia 12 de janeiro. A competir contra atletas de gabarito nacional, Cecília não se fez rogada e conseguiu terminar em 5º lugar em elites femininas. Ainda em preparação para a época de 2014, a equipa BTT4ALL/Motocar continua a treinar com afinco de forma a obter mais resultados e dignificar o desporto.

Whiskytistas no Trilhos dos Abutres

O grupo de amigos Whiskytistas esteve presente, através de Ricardo Oliveira, no Trilho dos Abutres, realizado em Miranda do Corvo, no passado sábado, dia 25 de Janeiro. A prova, que contou para a 1ª etapa do Circuito Nacional de Ultra Trail 2014, teve a extensão de 48 quilómetros com 5.000 metros de desnível por entre trilhos da Serra da Lousã.

Os1134