Page 1

pub

pub

Buscas realizadas em cinco freguesias do concelho

Seis detidos por tráfico em operação que passou por Famalicão

P. 7

ANO 22 • Nº 1136

DE 13 A 19 FEVEREIRO DE 2014 DIRETOR: JOÃO FERNANDES

www.opiniaopublica.pt

Situação já se prolonga há mais de um mês e preocupa utentes

opiniãosport:

NINE NOVAMENTE SEM MÉDICO DE FAMÍLIA

Jogador do GD Joane representa seleção sub21

A Extensão de Saúde de Nine está novamente sem médico de família. A situação já se prolonga há mais de um mês, desde que a única a médica que lhe está afeta se encontra doente e não foi substituída. Esta situação

é recorrente em Nine e os cerca de 1500 utentes temem que, mais tarde ou mais cedo, a tutela decida pelo encerramento da extensão. À Junta de Freguesia chegam queixas todos os dias. P.5

José Pina Ferreira é o novo presidente do FC Famalicão opiniãoespecial

Saúde pub

Campanha do Núcleo da Amnistia Internacional

Iniciativa da PaSEC e da Câmara Municipal

Mulheres de Famalicão desafiadas a dar a cara

Feira Medieval da Cior vence prémios ADN 2013

P. 3

P. 4 pub


2

pública: 13 de fevereiro de 2014

cidade

Cursos noturnos da D. Sancho representados na Letónia em projeto europeu

A Escola Secundária D. Sancho I participou, de 29 a 31 de janeiro, no segundo encontro do projeto Grundtvig “Think Tank - Creating Captivating Teaching Strategies for Vulnerable Learners”, que teve lugar na Letónia. Além da organização anfitriã, estiveram presentes instituições provenientes da Bélgica, Chipre, Espanha, Itália, Luxemburgo, Polónia, Portugal e Turquia. Este projeto europeu tem como objetivo colocar em ligação parceiros que, nos seus contextos particulares no ensino adultos e nas suas práticas diárias de ensino-aprendizagem, se deparem com problemas educativos particulares, envolvendo sobretudo pessoas pertencentes a grupos socialmente desprotegidos. No encontro, foram apresentadas sugestões metodológicas para serem testadas em algumas das instituições presentes, que, diariamente, enfrentam a desmotivação e as dificuldades de aprendizagem dos seus utentes. Assim, as sugestões tiveram em conta os grupos vulneráveis de aprendentes que frequentam essas instituições e revestem-se de aspetos lúdicos, que permitem motivar os adultos a aprender, facilitando o seu crescimento pessoal e a sua integração em termos cognitivos, afetivos e comportamentais. As diversas metodologias apresentadas serão compiladas num compêndio de boas-práticas, que poderá, depois, ser usado por outras instituições que têm ensino de adultos e se deparem com problemas semelhantes.

Casa da Juventude propõe Experiment@ de chocolate A Casa da Juventude de Famalicão, em colaboração com a Casa Grande Chocolatier, promove esta sexta-feira, dia 14 de fevereiro, o “Experiment@ Bombom Coração de Chocolate e Piripiri”. Tratase de um workshop sobre a arte, embalagem e sabores do chocolate, onde os participantes são convidados a conhecer as várias artes que acompanham o chocolate ao longo do tempo. Esta sessão do Experiment@ inclui ainda uma prova de chocolates e um kit de oferta para todos os participantes. O workshop decorre das 16 às 18 horas. As inscrições são gratuitas, limitadas a 15 participantes, podendo ser efetuadas no Portal da Juventude.

FICHA TÉCNICA CONSELHO EDITORIAL:

Alexandrino Cosme, António Cândido Oliveira, António Jorge Pinto Couto, Artur Sá da Costa, Cristina Azevedo, Feliz Manuel Pereira, Joaquim Loureiro, João Fernandes, Manuel Afonso e Almeida Pinto.

DIRECTOR: João Fernandes (CIEJ TE-95)

jfernandes@opiniaopublica.pt

CHEFE DE REDACÇÃO:

Cristina Azevedo (CPJ 5611) cristina@opiniaopublica.pt

EDITOR DE TURNO:

Magda Ferreira (CPJ 4625) magda@opiniaopublica.pt

REDACÇÃO:

informacao@opiniaopublica.pt Carla Alexandra Soares (CICR-248), Cristina Azevedo (CPJ 5611), Magda Ferreira (CPJ 4625) e Sofia Abreu Silva (CPJ 7474).

DESPORTO: Jorge Humberto, José Cle-

mente (CNID 297) e Pedro Silva (CICR220).

Em encontro realizado em Famalicão

Confrarias desafiadas a abraçar a missão da Igreja É imperativo “servir a Igreja como leigos fiéis e comprometidos com a missão do apostolado”. Esta foi a mensagem central deixada aos elementos das Confrarias do Arciprestado de Famalicão num encontro de formação promovido pelo Arciprestado em colaboração com a Confraria das Santas Chagas da paróquia de Santo Adrião, que teve lugar na passada sexta-feira, no Centro Pastoral de Famalicão, subordinado ao tema “A fidelidade a Cristo nos dias de hoje”. Depois da oração inicial e das palavras de acolhimento feitas por José Pedro Sousa, juiz da Confraria das Santas Chagas, a quem coube a tarefa de moderar o encontro, tomou a palavra o padre João Paulo Coelho Alves, chanceler da Cúria Diocesana. O sacerdote, procurando alertar para a importância do serviço prestado pelas confrarias nas comunidades, começou por explicar o imprescindível e crescente papel dos leigos no seio da Igreja, ao longo dos séculos, lembrando que “todos são membros do mesmo Corpo, que é Cristo”, in-

Membros das confrarias do arciprestado reuniram em Famalicão

dependentemente da função que desempenham. O padre João Paulo procurou definir a Igreja, e, recorrendo a diferentes frases retiradas da Sagrada Escritura, enfatizou que a Igreja é “família de Deus e rebanho de Cristo”. Logo, também “as confrarias, enquanto ação através da qual os fiéis a elas congregados participam na Igreja, devem participar na missão da mesma e tornar visível o Corpo de Cristo”, sendo que para isso é fulcral “a formação que os leigos devem re-

ceber para servir com fidelidade”. Foi precisamente esta ideia que o arcipreste de Famalicão, padre Paulino Carvalho, corroborou nas palavras que dirigiu aos presentes antes da oração final que fechou o encontrou, destacando que as confrarias “devem manterse empenhadas na construção da comunhão, ao serviço da Igreja e da comunidade, gerindo de forma justa e correta o dinheiro e os bens materiais, para que possam sempre servir com o espírito cristão emanado do batismo”.

Escola famalicense participou em encontro na Inglaterra

Cior em intercâmbio na área das instalações elétricas

A Escola Profissional Cior participou, durante a passada semana, num novo encontro do projeto Leonardo da Vinci – Parcerias – do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida, que tem por tema “Harmonização das Instalações Elétricas Industriais Europeias”. Além de Portugal e do país anfitrião Gales, através do co-

légio Cambria Deeside, estiveram presentes representantes de Chipre e da Alemanha. Este encontro foi marcado por múltiplas reuniões e visitas a locais relacionados com o projeto, das quais se destacam a apresentação das questões a integrar na avaliação final, as visitas a uma escola de ensino de me-

cânica e instalações elétricas, a uma das fábricas do líder mundial de produção de cabos elétricos, Prysmian, e a um dos maiores projetos de engenharia do século XX na Grã-Bretanha, a “Eletric Mountain”. A Prysmian produz inúmeros tipos de cabos elétricos, desde comunicações até cabos especiais

Carla Alexandra Soares, Pedro Silva.

DETENTORES DE MAIS DE 10% DO CAPITAL

Jorge Alexandre

SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS:

Rua 8 de Dezembro, 214 Antas S. Tiago 4760-016 VN de Famalicão

TÉCNICOS DE VENDAS:

www.opiniaopublica.pt

GRAFISMO:

APOIO À REDACÇÃO:

OPINIÃO: Adelino Mota, Barbosa da Silva,

Domingos Peixoto, Gouveia Ferreira, J. Mário Teixeira, Joaquim Loureiro, José Luís Araújo, Sílvio Sousa, Vítor Pereira.

GERÊNCIA: João Fernandes

CAPITAL SOCIAL: 350.000,00 Euros.

António Jorge Pinto Couto Francisco Araújo

comercial@opiniaopublica.pt Agostinha Bairrinho, Maria Fernanda Costa e Sónia Alexandra

PROPRIEDADE E EDITOR:

EDITAVE Multimédia, Lda. NIPC 502 575 387

SEDE, REDACÇÃO E PUBLICIDADE:

INTERNET

CONTACTOS Redacção:

Tel.: 252 308145 • Fax: 252 308149

Serviços Administrativos:

Tel.: 252 308146 / 252 308147 • Fax: 252 308149

de alta tensão. A visita da empresa situada em Gales incidiu sobre os cabos de média tensão com diversos tipos de especificações para aplicações em instalações industriais. Por sua vez a “Eletric Mountain” permite produzir energia através do aproveitamento hídrico do desnível existente entre dois lagos. Esta central, inaugurada em 1984, tem a particularidade de se poder ligar à rede elétrica nacional inglesa em apenas 12 segundos e realiza um processo que se pretende incrementar em Portugal para regeneração de energia através da bombagem de água. Esta parceria terminará no próximo mês de maio com um encontro em Chipre onde se fará a avaliação final do projeto.

IMPRESSÃO:

Celta de Artes Gráficas, S.L. Gárcia barbón, 87 Bajo - Vigo

DISTRIBUIÇÃO:

Motivação em Marcha - Publicidade, Lda.

TIRAGEM DESTE NÚMERO: 20.000 exemplares, nº 1136

NÚMERO DE REGISTO: 115673 DEPÓSITO LEGAL: 48925/91


pública: 13 de fevereiro de 2014 3

cidade

Mulheres de Famalicão desafiadas a dar a cara O Núcleo de Crianças da Amnistia Internacional Portugal está a preparar uma campanha de promoção da autoestima da mulher e de sensibilização da comunidade para o respeito pela dignidade no feminino. No âmbito desta preparação, vai realizar-se, no próximo sábado, dia 15 de fevereiro, das 10 às 13 horas, na Casa do Território, em Famalicão, uma sessão fotográfica, para a qual estão convidadas todas as mulheres, com idade igual ou superior a 16 anos. A fotografia de cada uma das mulheres será depois incluída em cartazes e outdoors da campanha “A Dignidade tem um Rosto”, que será lançada em Famalicão, no dia 8 de março, precisamente no Dia Internacional da Mulher. Esta será uma campanha pela positiva, com mulheres a dar a cara, colocando em destaque a sua afirmação enquanto pessoa humana e evitando o típico e infeliz cartaz de surgirem imagens de mulheres com nódoas negras ou ferimentos, como que a pedir para que tenham pena delas. A campanha tem o Município de Famalicão como parceiro. O Núcleo de Crianças da Amnistia Internacional Portugal é uma estrutura organizacional de defesa e promoção dos Direitos Humanos, com maior incidência junto da população infantil e juvenil, que está sedeada em Famalicão desde o ano 2000. O Núcleo tem contado com o apoio da Câmara Municipal de Famalicão na realização desta atividades.

Camilo promoveu sessão do Parlamento dos Jovens

Pelo quinto ano consecutivo, a Escola Secundária Camilo Castelo Branco organizou novas equipas para participar no Projeto Parlamento dos Jovens, uma iniciativa da Assembleia da República em cooperação com o Ministério da Educação e Ciência e o IPDJ. Depois da animada campanha eleitoral, realizaram-se as eleições no dia 17 de janeiro, e deu-se o passo seguinte, a Sessão Escolar, cujo momento mais marcante foi o debate onde os deputados eleitos puderam discutir as respetivas propostas para o projeto de recomendação da Camilo. O plenário foi aberto com uma apresentação das estruturas e do funcionamento do Parlamento a uma assistência constituída por várias turmas do secundário que fo-

ram convidadas. Procedeu-se à tomada de posse dos deputados e à eleição dos membros que formariam a Mesa, presidida pela aluna Inês Moreira, que também foi eleita como candidata à mesa da Sessão Distrital. Após aceso debate à volta das medidas, os deputados procederam à votação final para a escolha das três medidas que serão levadas à Sessão Distrital em Braga. Foram também eleitos os deputados Patrícia Peixoto, Luís Azevedo e Flávia Sampaio. As professoras responsáveis, Elisa Carvalho e Laurinda Fernandes, congratulam-se “pela forma exemplar como todo o processo decorreu e com o empenho e adesão dos alunos do ensino secundário da Camilo”.

Município promove formações para um concelho mais inclusivo No âmbito do projeto educativo “Famalicão Inclusivo”, o Município famalicense vai promover um conjunto de ações de formação destinadas a docentes, técnicos e pessoal não docente das escolas e instituições do concelho. Para os docentes e técnicos está prevista a realização das formações “Medidas Educativas e Material de Apoio” (25 horas), “Avaliação e Intervenção – Que Percursos Educativos?” (15 horas) e “Dificuldades Específicas de Aprendizagem/Dislexia” (25 horas). Para o pessoal não docente está prevista a realização da formação “Ajuda a Ser – Crianças com necessidades educativas especiais” (25 horas). As formações vão decorrer na Escola Secundária Camilo Castelo Branco. As inscrições podem ser efetuadas até ao dia 14 de fevereiro no site do Município em www.vilanovadefamalicao.org. Para dúvidas ou informações contactar a Divisão Municipal de Educação através do número 252320954 ou pelo email educacao@vilanovadefamalicao.org.

Vereadores do partido dizem que relatório encomendado pelo governo aponta para outra solução

PS diz que estudo deixa cair a variante poente Cristina Azevedo Os vereadores do Partido Socialista (PS) acusam o presidente da Câmara Municipal de Famalicão de criar falsas expetativas aos famalicenses, no caso da variante à Estrada Nacional 14. Intervindo no período antes da ordem do dia, na reunião quinzenal da Câmara, realizada na quinta-feira da semana passada, os vereadores da oposição afirmaram mesmo que o estudo encomendado pelo Governo “deixa cair a chamada variante poente”. Os socialistas dizem ter analisado o Relatório do Grupo de Trabalho para as Infraestruturas de Elevado Valor Acrescentado, constituído pelo Governo, que revela os investimentos prioritários para o país até 2020, e concluíram que, no caso da variante entre Famalicão e a Maia, as informações não são bem aquelas que foram veiculadas pela autarquia. “Aquilo que conhecemos como a variante poente caiu. Aliás, em nenhuma parte o estudo se refere a uma variante mas a acessibilida-

se sabia que a variante iria deixar de ter o perfil de autoestrada como estava inicialmente previsto. “O que é preciso é que surja uma alternativa à Nacional 14, e essa alternativa está prevista no relatório para que as pessoas, e sobretudo as empresas, tenham acessibilidades condignas”, sublinha o autarca, que continua a considerar “que se trata de uma boa notícia para Famalicão porque esse relatório vem dar mais força à nossa reivindicação de se criar uma via que sirva de alternativa à congestionada EN 14”. De qualquer forma, o PS continua a mostrar-se disponível para colaborar com a Câmara Municipal nesta matéria, uma disponibilidade que Paulo Cunha retém como positiva, embora lamente que o maior partido da oposição não veja a notícia “pelo lado positivo que Paulo Cunha: importante é ela tem, mas procure criar uma sique haja alternativa tuação de meia derrota, fazendo Já o presidente da Câmara des- comparações com um cenário de valoriza as considerações do PS, há 20 anos atrás”. dizendo tratar-se apenas de uma veja em www.famatv.pt “questão de nomenclatura”. Paulo ou Cunha lembra, aliás, que há muito des à Nacional 14”, referiu o socialista António Barbosa, adiantando que “o estudo fala em intervenções localizadas e que o investimento passou de cerca dos 200 milhões de euros previstos inicialmente para 20 milhões de euros”. De qualquer forma, o vereador do PS fez questão de vincar que o seu partido não está contra o que está no relatório, nem pretende “fazer qualquer crítica, apenas evitar que se criem falsas expetativas”. “Todos nós percebemos que os tempos mudaram e o que parecia possível fazer há 10 anos atrás, hoje já não será. Temos que nos adequar à realidade atual, mas temos de adequar tudo, não só os projetos como a nossa linguagem e a forma como falamos das coisas… com verdade”, afirma António Barbosa.

Projeto integra plano de atividades para 2014

Federação desafia associações de pais a criarem uniões Fomentar a criação de Uniões de Associações de Pais (UAP’s) é um dos projetos que a Federação Concelhia das Associações de Pais de Famalicão (FECAPAF) se propõe concretizar durante o ano de 2014. Este objetivo integra o plano de atividades daquela entidade, que foi aprovado numa assembleia geral realizada no sábado passado, no auditório da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco. Na sessão foi ainda aprovado o orçamento para este ano, bem como as contas de 2013, e ainda uma alteração aos estatutos. Na sessão, o presidente da FECAPAF, Jorge Pereira, em funções há um ano, anunciou o trabalho que a instituição pretende levar a cabo ao longo de 2014, destacando o incentivo à criação de Uniões de Associações de Pais nos vários agrupamentos de escolas do concelho, à semelhança do que já acontece, por exemplo, em Pedome. “O funcionamento vai ser mais fácil”, garantiu Jorge Pereira, enumerando

a facilidade no contacto entre as associações bem como com os responsáveis dos agrupamentos. “Teremos mais força”, desafiou ainda. O responsável mostrou também a sua satisfação pelo facto de as associações de pais passarem a integrar as reuniões das Comissões Sociais InterFreguesias. “Merecemos este reconhecimento por parte da comunidade”, sublinhou Jorge Pereira. Em termos de plano de atividades, referência ainda para a organização de uma reunião do conse-

lho geral ou da assembleia da Confap (Confederação Nacional das Associações de Pais) em Famalicão. A FECAPAF já apresentou a proposta, aguardando a decisão dos responsáveis daquele organismo. Na abertura desta assembleia da Federação interveio o vereador da Educação na Câmara Municipal, Leonel Rocha, que classificou de “fundamental” a presença das associações de pais nas escolas, elogiando o trabalho da FECAPAF, que em seu entender está a “saber congregar os esforços dos

pais”. Leonel Rocha referiuse ainda à política de Educação do município, apontando que em Famalicão “vamos muito além das nossas competências” nesta área, “procurando resolver os problemas das escolas em conjunto com a comunidade”. Nessa linha, o vereador adiantou que a Câmara está disposta a assumir maiores competências neste setor. Depois da assembleia geral realizou-se ainda uma eucaristia e um jantar convívio. M.F.


4

pública: 13 de fevereiro de 2014

cidade

José Manuel Fernandes visitou o centro tecnológico famalicense

Eurodeputado elogia trabalho desenvolvido pelo Citeve Em visitas ao Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (Citeve) e Centro de Nanotecnologia e Materiais Inteligentes (Centi), instalados em Famalicão, o eurodeputado José Manuel Fernandes apreciou com satisfação o trabalho desenvolvido naquelas instituições, que se assumem como dos centros tecnológicos e de investigação mais avançados no mundo. “Na verdade, o Citeve traduz-se numa mais-valia para a economia e assume um papel relevante na grande evolução que a indústria do setor têxtil e vestuário em Portugal conseguiu concretizar para recuperar posições de liderança no mercado global, assumindose hoje como uma indústria que se diferencia pela capacidade tecnológica e de inovação, aliada à qualidade”, refere o eurodeputado. No âmbito de uma visita às instalações do Citeve, acompanhado pelo diretor-geral Braz Costa, o eurodeputado constatou “a excelência de duas instituições que colocam a investigação e o saber ao serviço das empresas”. “É este posicionamento estratégico que permite assegurar uma ligação mais estreita e efetiva entre a investigação e

os interesses das empresas”, sustentou José Manuel Fernandes, referenciando os dois centros como “promotores da inovação e fornecedores de valor acrescentado, reforçando a competitividade das empresas portuguesas no mercado global”. O eurodeputado salientou com particular interesse a capacidade do Citeve e do Centi na captação de fundos europeus geridos centralmente pela Comissão Europeia, nomeadamente nos programas de investigação. Trata-se de duas instituições privadas que “não estão à espera dos fundos geridos diretamente por Portugal e que com ambição e qualidade competem e têm sucesso nas candidaturas que são à escala da União Europeia”, anotou José Manuel Fernandes, realçando também “o trabalho de enorme qualidade e a visão estratégica do Eng.º Braz Costa”. Nesse âmbito, José Manuel Fernandes destacou igualmente o trabalho do Centi, uma instituição que avançou para a investigação ao nível da nanotecnologia e materiais inteligentes, reconhecendo “os serviços altamente qualificados, que são do melhor que há no mundo”.

José Manuel Fernandes ouve as explicações de Braz Costa

Jorge Paulo Oliveira integra comissão dos Estaleiros de Viana O PSD indicou o deputado famalicense Jorge Paulo Oliveira para integrar a comissão de inquérito ao processo que levou à extinção e subconcessão dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC). Esta comissão, que integra deputados do PSD, do PS, do CDS, do PCP e do BE, tomou posse na passada terça-feira, e é presidida pela deputada do PS Maria de Belém Roseira. Esta comissão de inquérito terá por missão "apurar as circunstâncias e responsabilidades que levaram à decisão de extinção dos ENVC e de concessão das suas instalações a uma empresa privada”. A comissão deverá, também, "indagar" o "modo como o Governo tem acompanhado junto da Comissão Europeia o desenvolvimento do processo relativo ao procedimento pendente relativo à execução da política de concorrência auxílio estatal a favor dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, SA".

Premiados foram também Agrupamentos de Escolas Camilo e Pedome e ainda três jovens

Feira Medieval da Cior em destaque nos Prémios ADN da Pasec

Cerimónia decorreu no café concerto da Casa das Artes

Carla Alexandra Soares buído a Andreia Machado (exformanda da Escola Profissional A Feira Medieval da Cior con- CIOR) e a João Teixeira (do Agruquistou o primeiro lugar dos pamento de Escolas Camilo Cas“Prémios ADN – Mostra do que telo Branco), sendo que o seés feito”. A Pasec – Plataforma gundo lugar foi para a aluna de Animadores Socioeducativos Cristiana Salgado, da Didáxis e Culturais e o Município de Fa- Cooperativa de Ensino. malicão promoveram, na quintaA cerimónia contou com a feira da semana passada, a ceri- presença do presidente da Câmónia de entrega dos "Prémios mara Municipal, Paulo Cunha, e ADN 2013/2014 - Mostra do que do diretor do Instituto Português és feito", que decorreu no café- do Desporto e Juventude (IPDJ), concerto da Casa das Artes. Manuel Barros. Ambos, nas suas A iniciativa visa dar voz e di- intervenções, sublinharam a imvulgar os principais projetos de portância destas iniciativas no educação não formal e interven- percurso formativo dos jovens. ção social desenvolvidos pelas “Sou um presidente de Câescolas e os seus protagonistas, mara orgulhoso dos nossos joos jovens. vens e da excelência do proNa categoria de “Projetos cesso de formação que as Promotores de Protagonismo Ju- escolas e as diferentes associavenil”, que distingue os melho- ções do setor juvenil lhes têm res projetos sociais ou culturais proporcionado”, referiu Paulo da comunidade escolar ou de Cunha, felicitando os jovens e grupos escolares, o primeiro lu- todas as escolas promotoras gar foi atribuído aos formandos com projetos a concurso. Dedo Curso Profissional de Anima- pois, exortou-os a serem arrojação Sociocultural da Escola Pro- dos e enfrentarem as dificuldafissional Cior pelo projeto da des em vez de lhe virar as costas “Feira Medieval de Famalicão ou se deixarem vencer pela tor2013”, o segundo, ao projeto e menta. “Façam deste projeto ação da Companhia de Teatro uma etapa no vosso processo “Andaime” do Agrupamento de formativo e no vosso processo Escolas Camilo Castelo Branco de obtenção de competências e em terceiro lugar, ficou o pro- e qualificações para que, pejeto “Encontro entre Gerações”, rante a onda grande que vocês protagonizado pelos alunos do vivem no vosso dia-a-dia, lutem Agrupamento de Escolas de Pe- com ela com muita força, garra, dome. determinação”. A segunda categoria, “Jovem Manuel Barros, do IPDJ, deProtagonista Juvenil”, era desti- fende que Famalicão marca nada a jovens estudantes a fre- sempre pela positiva dado o quentar o ensino secundário grande número e a qualidade que de alguma forma se desta- de atividades desenvolvidas. caram enquanto protagonistas Neste sentido diz que os jovens juvenis e empreendedores so- famalicenses são privilegiados. ciais. O primeiro prémio foi atri- “Famalicão é um caso de es-

tudo. Conheço a região e conheço um pouco do país e o que se faz na área da juventude é, sem dúvida, o sucesso do trabalho, a participação cívica, a formação não formal dos jovens que são os objetivos centrais do trabalho do IPJ”. Este sucesso depende, segundo o responsável, de políticas municipais que permitem que isso aconteça “e em Famalicão isso acontece”. “Quem faz acontecer são vocês, mas fazem acontecer porque há instituições sólidas e com maturidade com o é o caso da Pasec e outras que aqui atuam que desenvolvem estes projetos”. Da Plataforma falou a sua vice-presidente Elisabete Faria que destacou os mais de 1.900 jovens que vão estar envolvidos em iniciativas futuras. Depois, fez uma síntese do trabalho que é feito diariamente sublinhando o trabalho desenvolvido nos distritos de Braga, Coimbra, Porto, Vila Real, Viana do Castelo e Aveiro. “Em Famalicão a Pasec intervém nos sete dias da semana em diversos locais. São serviços gratuitos e integrados que melhoram respostas já existentes e que se prolongam no tempo”. O prémio para a 1ª categoria foi de 500 euros e a publicação em livro do projeto em causa e para a segunda categoria de jovem protagonista, um prémio de 150 euros para os primeiros lugares e a publicação em livro da experiência do jovem em causa. veja em www.famatv.pt ou


freguesias

Jornalista da SIC conversa com alunos da EB 2,3 de Ribeirão O jornalista Pedro Cruz, da SIC, foi convidado pelos professores de Português, da escola EB 2,3 de Ribeirão, para falar com os alunos do 8ºano, da sua experiência como jornalista e sobre o papel do jornalismo na comunicação social. Pedro Cruz contou que ser jornalista não é fácil, que este é um tipo de trabalho que não tem rotinas, pois todos os dias se fazem coisas diferentes. Confidenciou que já correu risco de vida, já esteve preso e até quase foi fuzilado. Atentos, os alunos quiseram saber qual o acontecimento mais marcante da sua carreira, ao que o jornalista contou

que foi uma reportagem no Haiti, um país muito pobre, onde houve um terramoto e morreram 200 mil pessoas. Partilhou que se sentiu muito “pequeno” perante a dimensão daquela catástrofe. Pedro Cruz confidenciou que gosta muito de trabalhar na SIC, pois o dono desta televisão é também jornalista e só assim “é possível fazer verdadeiro jornalismo em Portugal”. O palestrante terminou desafiando os alunos a trabalhar arduamente já no 8ºano, pois só com trabalho se triunfa.”Agarrem o vosso destino nas mãos e façam alguma coisa por ele”, referiu.

Mais Plural promoveu Noite de Fados No dia 8 de fevereiro, a Mais Plural levou a efeito uma grande Noite de Fados nas suas instalações, em Gavião. Participaram os fadistas Zé Carvalho, Jacinta Almeida, Joaquina Rodrigues, Patrícia Margarida e Joaquim Carneiro, sendo este último o impulsionador da iniciativa, acompanhados pelos guitarristas Manuel dos Santos e António Cardoso. As actuações proporcionaram um bom ambiente, acolhedor e de grande convívio e todos os participantes puderam habilitar-se a um prémio de presença sorteado no final deste jantar. No final da noite a Mais Plural verificou que “todas as pessoas estavam felizes e prontas em participar numa próxima iniciativa”, aproveitando para agradecer a todos que se empenharam na organização do evento.

pública: 13 de fevereiro de 2014 5

Situação já se prolonga há mais de um mês

Extensão de Saúde de Nine novamente sem médico de família Carla Alexandra Soares tarde por semana, “mas que não consegue dar resposta a A Extensão de Saúde de Nine todos os problemas dos utenestá novamente sem médico tes”, avançou ao OPINIÃO de família. A situação já se PÚBLICA o autarca da fregueprolonga há mais de um mês, sia. “Temos situações que as desde que a única a médica pessoas nos têm feito chegar que lhe está afeta se encon- que querem marcar uma simtra doente e não foi substi- ples consulta para prescrever tuída. medicação mas essa marcaRecordo que esta situação ção demora mais de dois meé recorrente em Nine, e, ao ses até se concretizar. É óblongo dos anos, foram já vá- vio que não se pode manter rios os protestos dos utentes, por muito tempo esta situaque se demonstram descon- ção”. tentes com a falta de solução Paulo Oliveira reconhece para este problema. Estas si- que a situação é muito comtuações pontuais levam a po- plicada e sublinha, mais uma pulação a temer que, mais vez, a preocupação das pestarde ou mais cedo, a tutela soas que se deslocam, “em decida pelo encerramento da grande força”, à Junta de Freextensão, o que, aliás, che- guesia para demonstrar o seu gou a ser temido diversas ve- descontentamento. “Os utenzes. tes não sabem muito bem o Ora, desde inícios deste que esperar. A situação já se ano que a situação se repete mantém há algum tempo”. e que os mais de 1500 utenO presidente da Junta de tes, numa primeira fase des- Nine já pediu uma reunião locaram-se ao Centro de com Paulo Oliveira, coordeSaúde de Famalicão, e, nador do Agrupamento dos agora, têm um médico uma Centros de Saúde de Famali-

cão (ACES), que até ao momento ainda não agendou nenhum encontro. “Continuamos à espera e no dia que acontecer essa reunião, espero que a curto prazo, vou-lhe fazer sentir as preocupações da população e saber em que ponto se encontra esta situação”. O autarca quer saber quanto tempo é para manter a ausência da médica e, se for por muito mais tempo, tem que ser encontrada outra solução que não a atual. “Um médico, durante uma tarde por semana, não consegue colmatar os problemas da população”. Sobre o futuro, apesar de estar confiante numa resolução, Paulo Oliveira tem consciência das dificuldades e lembra o desespero das pessoas. Por outro lado, acredita, dada a qualidade das instalações da Extensão de Saúde de Nine e o número de utentes que serve, que o encerramento definitivo esteja completamento posto de parte. pub


6

pública: 13 de fevereiro de 2014

Ofertas de emprego

As ofertas de emprego divulgadas fazem parte da Base de Dados do Instituto do Emprego e Formação, IP. Para obter mais informações ou candidatar-se dirija-se ao Centro de Emprego indicado ou pesquise no portal www.netemprego.gov.pt utilizando a referência (Ref.) associada a cada oferta de emprego.

Oferta nº: 588325317 Profissão: Costureira, trabalho em série. Pretende-se costureiras de malhas-ponto corrido-corte e cose. Local: União das freguesias de Carreira e Bente

Oferta nº: 588334137 Profissão: Maquinista de malhas (tecelão de malhas). Maquinista para teares de meias. Local: Requião Oferta nº: 588334058 Profissão: Oper de inst de metalização de metais. Operador de galvânica com experiência (para efetuar cromagem de peças em latão). Local: Requião

Oferta nº: 588337387 Profissão: Padeiro, em geral. Padeiro / panificador (tem que saber fazer pão) Local: Lousado Oferta nº: 588338557 Profissão: Costureira, trabalho em série. Costureira especializada com experiencia profissional de preferência disponivel para trabalhar por turnos conhecimentos ponto corrido, pic-pic (preferencial), 2 agulhas, etc para trabalhar em exclusivamente com tecidos c/ transporte proprio (fator preferencial) Local: Ribeirão Oferta nº: 588337468 Profissão: Costureira, trabalho em série. Com experiência em corte e cose - confecção de malhas. Local: União das freguesias de Carreira e Bente Oferta nº: 588337504 Profissão: Chefe de linha - confecção de vestuário. Com experiência em confecção de malhas. Local: União das freguesias de Carreira e Bente Oferta nº: 588334218 Profissão: Costureira, trabalho em série. Pretende contratar costureiras, com experiência em corte e cose, ponto corrido e recobrimento. Local: Oliveira (santa maria) Oferta nº: 588324180 Profissão: Costureira, trabalho em série. Malhas corte e cose, ponto corrido, recobrimento. Local: União das freguesias de Carreira e Bente

Alerta-se para a possibilidade de ocorrência de situações em que a oferta de emprego publicada já foi preenchida devido ao tempo que medeia a sua disponibilização e a sua publicação. Para mais informações contactar o Centro de Emprego de Famalicão, na Alameda Padre Manuel Simões, 222, ou pelo Telefone 252 501 100

freguesias

Agostinho Fernandes conversa Centro Escolar do Louro, com jovens em Joane Mouquim e Lemenhe promove tarde de teatro

O autor de "Olha o rio Ave..." esteve, no passado dia 7 de fevereiro, no Pólo de Joane da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco em conversa com alunos de Pedome, Mogege e do Centro Escolar de Joane. Durante a conversa falou sobre a sua infância em Joane e do facto de não comer chocolates que o leva ainda a ter uma razoável "dentuça". Recordou aos jovens os escritores Fernando Pessoa e Miguel Torga, citando a frase: "Põe tudo o que és no que fazes". Agostinho Fernandes começou o “percurso” do seu livro na Serra da Cabreira (Vieira do Minho),onde nasce o Rio Ave. O autor referiu que o rio atravessa Fafe, Guimarães, Taipas, Vizela, Sto. Tirso, Famalicão, Vila do Conde e Póvoa de Varzim (Rates) e ainda Adelino Ângelo da Casa Museu Adelino Ângelo em Vieira do Minho. No livro constam personalidades como Bernardino Machado, Camilo Castelo Branco, Alberto Sampaio e Álvaro de Castelões. O escritor no seu discurso não esqueceu de mencionar a Maria da Fonte da Póvoa de Lanhoso e o seu castelo. No referido encontro, Agostinho Fernandes anunciou que o livro “D. Quixote”, que traduziu e adaptou, está terminado.

Pariva festeja primeiro aniversário A Associação de Pensionistas e Reformados (Pariva) realizou, no passado dia 8, uma assembleia geral onde foi analisado o orçamento e o plano de ação para este ano. Nesta reunião, realizada na sede da associação em Delães, foi também analisado o relatório e as contas da gerência do ano de 2013. As dezenas de associados presentes nesta assembleia mostraram vontade em fortalecer a associação através de uma campanha de inscrição de novos associados e manifestaram o “desagrado em relação às políticas que têm vindo a ser seguidas pelo atual Governo que muito os tem afetado com os cortes no valor das reformas e aposentações”. De acordo com a nota de imprensa, a assembleia pretende usar todos os canais e mecanismos dos órgãos sociais disponíveis para tornar público o descontentamento em relação a estas políticas que consideram “contrárias ao espírito do 25 de Abril de 1974”. Foram aprovados por unanimidade os documentos em análise, bem como as iniciativas previstas para este ano. Com o apoio da Câmara Municipal, da Junta de Freguesia e outras entidades, a Pariva pretende realizar um passeio de verão, um magusto, um jantar de Natal, entre outras atividades. Por fim, festejou-se o 1º aniversário da associação com animação musical e os tradicionais parabéns cantados pelos associados.

GNR detém homem ao volante de viatura roubada A GNR de Riba d’ Ave, deteve, no passado domingo, um homem de 39 anos ao volante de uma viatura furtada. Segundo avançou o jornal Correio do Minho, o suspeito foi avistado a abastecer o veículo em Riba d’ Ave, por volta do meio-dia de domingo, tendo a GNR confirmado que a referida viatura constava para apreender por ter sido furtada. Quando se apercebeu da presença da GNR, o suspeito pôs-se em fuga e só parou na freguesia de Pedome, onde acabou por ser intercetado. A viatura ontem recuperada pela GNR - um Ford Fiesta - foi dada como furtada no passado dia 1 de fevereiro, em Famalicão. No interior do veículo, a GNR apreendeu ainda vários cartões multibanco com os nomes de outras pessoas; 109 euros em numerário; uma chave de fendas; uma faca; várias peças de vestuário e artigos de higiene. O detido, residente no concelho de Barcelos, foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Famalicão.

Jantar solidário em Calendário A Comissão de Obras da Capela de Nossa Senhora de Fátima realiza um jantar de solidariedade no próximo sábado, dia 15, na paróquia de Calendário. A festa tem início às 16 horas e conta com a participação musical de Matilde Cardona e Joana Campos. Para animar e ajudar na angariação de fundos para as obras, a organização vai ter ao dispor uma feirinha e uma tômbola de prémios.

A associação de pais do Centro Escolar do Louro, Mouquim e Lemenhe promoveu, no passado dia 2 de fevereiro, uma tarde de teatro para toda a comunidade. A peça de teatro, intitulada “A vida atribulada de um rei”, ficou a cargo do grupo de teatro Greculeme, que proporcionou a todos os presentes uma tarde animada e bem passada. O evento realizou-se no centro paroquial do Louro e contou com um elevado número de espetadores, entre os quais o presidente da Junta do Louro, Manuel Silva, e o presidente da União de freguesias de Mouquim, Lemenhe e Jesufrei, Carlos Alberto Fernandes. O grupo de teatro Greculeme sorteou ainda um cabaz que foi oferecido por todos os membros da associação de pais. As crianças presentes foram ainda surpreendidas com uma sessão de modelagem de balões e pinturas faciais feitas por três monitoras da loja Bola de Sabão.

Didáxis organizou workshop para professores de Inglês No âmbito do projeto “Cambridge English” que a Academia Didáxis está a implementar neste ano letivo, foi levada a cabo uma formação direcionada para professores de Inglês que ensinam públicos mais jovens. As “teacher trainers” Angie Lopes e Lucy Bravo dinamizaram atividades dirigidas aos formandos e esclareceram como implementar os exames da Universidade de Cambridge a um público que ainda está a descobrir a sua identidade linguística. No final da formação, para além dos recursos e contatos para futuras formações no âmbito do projeto houve ainda tempo para uma foto de grupo.

Alunos da Bento Jesus Caraça visitam Museu Ferroviário de Lousado

Os alunos do 10º ano da Escola Profissional Bento Jesus Caraça, em Pedome, visitaram o Museu Ferroviário de Lousado. Além da viagem de comboio, os alunos ficaram a conhecer a caracterização dos transportes ferroviários em Portugal. Durante a viagem de comboio, os alunos observaram alguns pontos que compõem as infraestruturas ferroviárias, como a linhas férrea, os terminais e as estações, os sinais indicativos e eletrónicos, entre outros. No Museu Ferroviário os alunos embarcaram numa viagem pela história dos caminhos-de-ferro portugueses, com direito a uma visita guiada à exposição do material circulante presente no museu. A visita foi realizada no âmbito do 10º aniversário da modernização da linha de Guimarães, promovido pela CP - Comboios de Portugal, que ofereceu os bilhetes à turma e aos respetivos professores.


pública: 13 de fevereiro de 2014 7

freguesias

Mega aula de hidroginástica nas piscinas municipais Para comemorar o Dia de S. Valentim as piscinas municipais de Ribeirão, Joane e Oliveira de S. Mateus, vão realizar uma mega aula de hidroginástica. A atividade realiza-se esta quinta-feira, dia 13, às 21 horas, com exceção para as piscinas de Ribeirão, onde a atividade tem início marcado para as 20h05.

Encontro de Reis anima Cavalões, Gondifelos e Outiz A União de Freguesias de Gondifelos, Cavalões e Outiz promove no próximo sábado, dia 15, pelas 21 horas, um Encontro de Reis organizado pelo Grupo Folclórico da Associação Cultural de Gondifelos. O evento será no pavilhão da Junta de Freguesia de Cavalões e a entrada é livre. O evento conta com a participação do Grupo Folclórico da Associação Cultural de Gondifelos, do Agrupamento dos Escuteiros de Gondifelos, do Grupo Paroquial de Cavalões e da Associação de Pais de Outiz.

Rastreio de saúde em Brufe A Junta de freguesia de Brufe, em parceria com a Cliave, realiza no próximo sábado, dia 15, das 14h30 às 19h00, um rastreio na área da prevenção, gratuito e direcionado a toda a população. Tensão arterial, glicemia, oftalmologia e audiometria, bem como oferta de voucher para dentista contam do rastreio que será realizado nas instalações da Junta de Freguesia.

Torneio de sueca em Novais A Associação Desportiva e Cultural de Novais organiza, no próximo sábado, dia 15, na sua sede, a partir das 15 horas, um Campeonato de Sueca. Em disputa estarão quatro prémios.

Seis detidos por tráfico de droga em operação que passou por Famalicão O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Barcelos levou a cabo uma operação, na madrugada de sábado passado, de combate ao tráfico de estupefacientes e que passou por vários concelhos, nomeadamente Famalicão, Felgueiras e Fafe, tendo resultado na detenção de seis suspeitos. A operação, que resultou de uma investigação relacionada com o tráfico que decorria há já meio ano, consistiu na realização de mais de duas dezenas de buscas: 9 a residências, a um café e 13 em veículos. Em Famalicão, a operação passou por várias freguesias, com buscas realizadas em Gavião, Bente, Re-

quião e Vermoim, e ainda em Delães, onde fica o café que também foi alvo da intervenção da Guarda. No âmbito desta operação do NIC de Barcelos foram detidos seis suspeitos, todos homens, com idades entre os 21 e os 52 anos. Quatro deles residem no concelho de Famalicão e os outros dois são de Felgueiras. Três dos cinco detidos já têm antecedentes criminais também por tráfico de droga e o sexto foi apanhado em flagrante delito na posse de 13 gramas de haxixe, que lhe foram apreendidas. De resto, um deles é suspeito de traficar droga nas imediações de uma escola de Joane, criando pro-

blemas de segurança que já tinham sido referenciados pela escola em causa e pelas entidades locais. Nesta operação, os militares apreenderam também 13 gramas de haxixe, pastilhas de ecstasy, diverso material usado na preparação de doses individuais de droga, sete mil euros em dinheiro, uma pistola de calibre 6,35 milímetros e dezenas de telemóveis. De referir ainda que esta operação envolveu 59 militares, não só do Destacamento Territorial de Barcelos, mas também de outros destacamentos do Comando Territorial de Braga. M.F.

Centro Social Paroquial de Requião celebra 1º aniversário O Centro Social Paroquial de Requião celebra, no próximo dia 23 de fevereiro, um ano de vida. A data será assinalada pela instituição com uma celebração dominical especial, às 11 horas, na Igreja Paroquial, seguida de um almoço convívio, às 12h30, no Salão de Festas de Requião. A solenidade será também aproveitada para a apresentação pública da Liga de Amigos do Centro Social Paroquial. Os interessados em participar no almoço devem realizar a sua inscrição através do telefone 252375306, pelo e-mail geral@csprequiao.pt, ou pessoalmente na instituição, na Rua Padre Benjamim Salgado. O custo é de 8 euros por pessoa, sendo de entrada gratuita para crianças até aos 10 anos. Um ano depois de ter entrado em atividade, o Centro de Requião tem em pleno funcionamento todas as suas respostas sociais de apoio à terceira idade e infância. pub

pub


8

pública: 13 de fevereiro de 2014

publicidade

Joaquim Pereira Fernandes AGRADECIMENTO

Calendário – Vila Nova de Famalicão

Domingos Pereira de Sá Agradecimento e missa de 7º dia

Seus familiares vêm por este meio, muito sensibilizados, e na impossibilidade de o fazer pessoalmente, agradecer a todos os que se associaram à sua dor e pelas provas de carinho e amizade que lhes foram endereçadas aquando do falecimento e missa de 7º dia do seu ente querido.

No passado dia 8 do mês de fevereiro faleceu o sr. Domingos Pereira de Sá, que residia em calendário. Sua esposa, D. Maria Antónia de Lima Carvalho, filhos, noras, netos e demais família vêm por este meio, muito sensibilizada, agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no funeral do seu ente querido e comunicar que a missa de 7º dia será celebrada, sábado, dia 15, pelas 19.00 horas na igreja de S. Miguel – o- Anjo, de calendário. Desde já agradecem a todas as pessoas que se associam à sua dor.

Calendário, 13 de fevereiro de 2014

A Família

Joaquim Pereira Fernandes AGRADECIMENTO

Missa de 2º ANIVERSÁRIO “Deus levou-nos aquele que nos era muito querido mas no coração deixou-nos o seu exemplo de vida”

José Carlos Ferreira Machado

A Administração da Sociedade de Construções António S. Couto, S.A. vem, por este meio, neste momento difícil, manifestar a sua solidariedade e pesar à Família e agradecer a todas as pessoas que se dignaram a assistir ao seu funeral e à missa de 7º dia, do seu antigo funcionário.

Na passagem do 2º aniversário da sua morte, sua família recorda-o com eterna saudade e manda celebrar, no dia 18 de Fevereiro, pelas 18 horas, na Igreja Paroquial de Vermoim, uma missa pelo seu eterno descanso. Antecipadamente agradece a todos quantos se dignarem assistir a este acto de culto.

Vermoim, 13 de Fevereiro de 2014

A Família


pública: 13 de fevereiro de 2014 9

cultura

Falecimentos Albina Neves de Castro, no dia 11 de fevereiro, com 93 anos, viúva de Francisco de Sousa, de Ruílhe (Braga). Isaura da Costa e Sá, no dia 10 de fevereiro, com 98 anos, viúva de António Ferreira Barbosa, de Arnoso Santa Eulália. Victor Manuel Ribeiro da Silva, no dia 1 de fevereiro, com 48 anos, casado com Ana Arminda Correia da Silva, de Cambeses (Barcelos). Virgínia da Cunha Vilaça, no dia 8 de fevereiro, com 88 anos, viúva de Mário de Jesus Leite Barbosa, de Ruílhe (Braga). António da Silva Oliveira, no dia 8 de fevereiro, com 87 anos, viúvo de Esmeralda da Silva Oliveira, de Cambeses (Barcelos). José Ferreira Pinto, no dia 6 de fevereiro, com 56 anos, de Arnoso Santa Maria. Agência Funerária Arnoso José Daniel Pereira Arnoso Santa Eulália - Telf. 91 724 67 03

Maria da Conceição Abreu, no dia 5 de fevereiro, com 73 anos, viúva de Adolfo Maria Ferreira Batista, da Carreira. Leonardo Matias Ferreira Schaub, no dia 5 de fevereiro, com 31 anos, casado com Joana Maria Campos Teles dos Santos Schaub, de Delães. Hermínia Rosa Nogueira Monteiro, no dia 5 de fevereiro, com 98 anos, viúva de José Marques Moreira Júnior, de Areias (Santo Tirso). Carminda Silva Ribeiro, no dia 7 de fevereiro, com 77 anos, viúva de Joaquim Sá Gomes, de Landim. Luís Gonzaga da Costa, no dia 7 de fevereiro, com 81 anos, viúvo de Maria de Fátima Gomes Moreira, de Antas S. Tiago. Hernâni Simões Alves, no dia 10 de fevereiro, com 61 anos, casado com Maria Rosa Barbosa Alves, de Vila Nova de Famalicão. Agência Funerária da Lagoa Lagoa – Telf. 252 321 594

José dos Santos Dias, no dia 24 de janeiro, com 71 anos, casado com Maria Amélia Neves Cruz, de Ribeirão. Lúcio Silva Pereira, no dia 25 de janeiro, com 55 anos, casado com Rosalina Marques Pereira, de Lousado. Maria Amélia da Costa Oliveira, no dia 26 de janeiro, com 86 anos, viúva de Milton da Silva Machado, de Ribeirão. António Gouveia Machado, no dia 31 de janeiro, com 76 anos, casado com Maria Carneiro da Costa Pontes, de Ribeirão. Afonso da Silva Ramalho, no dia 7 de fevereiro, com 85 anos, viúvo de Ana Pontes Carvalho, de Ribeirão. Domingos Pereira de Sá, no dia 8 de fevereiro, com 72 anos, casado com Maria Antónia de Lima Carvalho, de Calendário. Funerária Ribeirense Paiva & Irmão Lda Ribeirão – Telf. 252 491 433

Rosa da Silva Gomes, no dia 3 de fevereiro, com 67 anos, viúva de Carlos Monteiro da Costa, de Vale S. Cosme. Gracinda Ribeiro, no dia 4 de fevereiro, com 85 anos, de Vale S. Martinho. Alberto Rocha, no dia 1 de fevereiro, com 87 anos, de Vale S. Martinho. Agência Funerária das Quintães Vale S. Cosme – Tel.: 252 911 290

Abel da Costa Coelho, no dia 5 de fevereiro, com 83 anos, casado com Palmira Martins Moreira, de Burgães (Santo Tirso). Júlio de Sousa Coelho, no dia 5 de fevereiro, com 80 anos, viúvo de Narcisa de Jesus Ferreira da Cunha, de Burgães (Santo Tirso). Maria Regina Sampaio de Lima, no dia 6 de fevereiro, com 74 anos, casada com Júlio da Cunha Carneiro, de Burgães (Santo Tirso). Agência Funerária de Burgães Sede.: Burgães / Filial.: Delães Telf. 252 852 325

Francisco Azevedo da Costa, no dia 9 de fevereiro, com 79 anos, casado com Leonor de Oliveira, de Moreira de Cónegos (Guimarães). Laurinda Marques da Silva, no dia 6 de fevereiro, com 80 anos, casada com Hermenegildo Machado Ribeiro Guimarães, de Oliveira Santa Maria. Maria Aurora Ferreira Moreira, no dia 10 de fevereiro, com 84 anos, viúva de Augusto Pereira Gouveia, de Vila das Aves (Santo Tirso). Alberto Ribeiro, no dia 10 de fevereiro, com 91 anos, viúvo de Angelina Sampaio de Sousa Pereira, de Guardizela (Guimarães). Palmira da Silva Pereira, no dia 10 de fevereiro, com 91 anos, viúva de António Alves Sampaio, de Delães.

Em novo ciclo de conferências no Museu Bernardino Machado

Adriano Vasco Rodrigues debate “Vivências de Angola” O investigador do Centro de Estudos Africanos da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Adriano Vasco Rodrigues, é o convidado da primeira conferência da edição de 2014 do ciclo de conferências do Museu Bernardino Machado, que terá como tema “Vivências de Angola nos Finais da Colonização”. A conferência realiza-se esta sexta feira, dia 14 de fevereiro, no Museu Bernardino Machado, pelas 21h30. A sessão é de entrada livre, com entrega de certificados de presença, estando certificada pelo Conselho Científico e Pedagógico de Formação Contínua, para os professores das disciplinas de História, Filosofia, Geografia e Economia. Diretor Jubilado da Schola Europaea, na Bélgica, e ex-professor associado da Universidade Portucalense, Adriano Vasco Rodrigues trabalhou em Angola entre as décadas de 1960/70 como inspetor provincial adjunto da Educação, colaborando com o Instituto Supe-

rior de Investigação Científica de Angola. Estas funções levaram-no a percorrer de automóvel mais de 300 mil quilómetros naquele território, adquirindo um profundo conhecimento do mesmo. Além de responsável pela planificação de cursos de aperfeiçoamento e de atualização de docentes do ensino secundário e básico, realizou prospeções e escavações arqueológicas e subaquáticas no mar de Luanda, realizando também um estudo no Deserto de Namibe. Participou na organização da secção de arqueologia do Museu de Angola e da primeira Carta da Pré-História daquele país. Publicou vários trabalhos sobre educação, pré-história, arqueologia e arte africana e estudos relacionados com Angola. É autor do livro de memórias “De Cabinda ao Namibe” (2010), o qual teve uma segunda edição em 2011. Recorde-se que “Ideias e Práticas do Colonialismo Português” é o tema da edição deste ano do ciclo de conferências do Museu Bernardino Machado.

Agência Funerária Carneiro & Gomes Oliveira S. Mateus – Telm. 91 755 32 05

Maria Alice Moreira de Carvalho, no dia 5 de fevereiro, com 96 anos, viúva de Vasco Pereira Vasques, de Vila Nova de Famalicão. João Manuel da Silva Matos, no dia 6 de fevereiro, com 54 anos, casado com Maria da Luz Vieira de Barros, de Antas S. Tiago. Joaquim Pereira Fernandes, no dia 6 de fevereiro, com 63 anos, casado com Maria da Graça da Silva Rajão Fernandes, de Vila Nova de Famalicão. Joaquina Moreira Pinto, no dia 6 de fevereiro, com 83 anos, viúva de Alberto Gomes, de Antas S. Tiago. Agência Funerária Rodrigo Silva, Lda Vila Nova de Famalicão Tel.: 252 323 176

Emília da Costa, no dia 27 de janeiro, com 84 anos, viúva de Júlio de Oliveira, de Pedome. Maria Amélia Lopes dos Santos Neto Borges, no dia 27 de janeiro, com 94 anos, viúva de Raul Augusto Borges, de Arvore (Vila do Conde). Maria Luísa de Jesus Martins, no dia 29 de janeiro, com 60 anos, casada com David Mendes de Faria, de Ronfe (Guimarães). Emília Rodrigues, no dia 30 de janeiro, com 79 anos, casada com João Pereira, de Pevidém (Guimarães). Jerónimo Oliveira Ribeiro, no dia 30 de janeiro, com 67 anos, casado com Maria da Conceição Abreu Antunes, de Pevidem (Guimarães). José Augusto Machado Pimenta, no dia 31 de janeiro, com 73 anos, casado com Maria Estela Pereira Salgado, de Pedome. Ana Ribeiro Ferreira Ramos, no dia 3 de fevereiro, com 54 anos, casada com Justino José Ramos Gonçalves de Azevedo, de Gondar (Guimarães). Laurinda da Silva Antunes, no dia 5 de fevereiro, com 75 anos, viúva de Manuel Rodrigues Oliveira, de Pevidem (Guimarães). Maria Helena Guimarães Pereira Fernandes, no dia 6 de fevereiro, com 60 anos, casada com Domingos Fernando de Azevedo Pereira Fernandes, de Gondar (Guimarães).

Manuel Mesquita Domingues da Silva, no dia 4 de fevereiro, com 94 anos, viúvo de Maria Mesquita e Silva, de Vilarinho das Cambas.

Agência Funerária S. Jorge Pevidém– Tel.: 253 533 396

Alice da Costa e Silva, no dia 6 de fevereiro, com 92 anos, solteira, de Gondifelos.

Teresa Machado, no dia 8 de fevereiro, com 87 anos, viúva de David Silva Dias Ferreira, de Riba d’ Ave.

Agência Funerária Palhares Balazar– Tel.: 252 951 147

Agência Funerária Riba D’Ave Riba D’Ave – 917 586 874

Cineclube dedica ciclo ao japonês Yasujiro Ozu O Cineclube de Joane vai exibir na Casa das Artes de Famalicão um ciclo dedicado ao realizador japonês Yasujiro Ozu, através da reposição de novas cópias de alguns dos seus filmes, após restauro. Assim, esta quinta-feira, dia 13 de fevereiro, passa o filme “Viagem a Tóquio”, pelas 21h45. A decisão de um velho casal de ir a Tóquio visitar os filhos é o pretexto que serve a Yasujiro Ozu para voltar magistralmente aos seus temas: o confronto entre o “velho” e o “novo” Japão, as relações familiares, o envelhecimento, a deceção e a resignação. Depois, no dia 19 (quartafeira), à mesma hora, é exibido o documentário “TokyoGa”, de Wim Wenders, com entrada livre. Neste documentário, datado de 1985, Wenders vai a Tóquio e começa por observar diversos aspetos dos hábitos quotidianos dos seus habitantes. Depois, aborda o cinema,

através de um dos seus grandes mestres, que ele descobriu tardiamente e por quem tem enorme admiração: Yasujiro Ozu. Wenders interroga o cinema de Ozu, reflete sobre aquilo que o caracteriza e conversa com dois dos seus mais fiéis colaboradores. O ciclo prossegue na quinta-feira, dia 20, com a exibição de mais um filme de Yasujiro Ozu, “O Gosto do

Saké”, que narra a história de um viúvo que se vê na obrigação de escolher o melhor marido possível para uma das suas filhas, mesmo que essa escolha o aproxime cada vez mais da solidão. Este foi o último filme de Yasujiro Ozu que, doente, sabia que morreria em breve. Daí que esta reflexão nostálgica sobre “o Inverno da vida” seja também a sua despedida. pub

Laurinda Marques da Silva Seu Marido Hermenegildo Machado Ribeiro Guimarães, Filhos, Netos e restante Família participam o seu falecimento com 80 Anos de Idade, ocorrido no dia 06 de Fevereiro. Vem por este meio agradecer as inúmeras provas de solidariedade e afeto demonstradas aquando do falecimento, funeral e missa de 7º dia. Gratidão profunda, a Família Funerária Carneiro & Gomes, Lda - 917 553 205

A Família


10

pública: 13 de fevereiro de 2014

praça pública

D’Esguelha

Chão Autárquico Gouveia Ferreira

Vieira Pinto

Diz-me com quem andas, dir-te-ei…

“… a chuva no telhado é cantiga de ninar…”? Continua assaz rigoroso o Inverno, com a chuva, o vento e o frio. Eis as componentes do Inverno. E, se eles se juntam, o seu “rigoroso” muito aumenta. Assim, as ribeiras vão cheias engrossando os caudais dos rios que recebem as águas de todas elas. Por eles, os rios, as águas que, assim, os enchem, seguem livres, em turbilão até ao oceano que de abraços abertos recebe todas aquelas águas, que no curso dos rios são, agora de cor castanha, e, lá no mar, logo se diluem no seu azul celeste. Depois, pelo mecanismo da evaporação, elas, as águas, regressarão às montanhas e vales para prosseguirem seu atribulado curso natural. É a Natureza. Diga- se, a Mãe Natureza, que, assim, nos põe sob o espanto do quanto tudo isto é natural. Na verdade, tudo isto, para uns é melodia, para outros, que outra coisa, não poderia ser senão an-

gústia e sofrimento? Para estes, muito se pode recuar no tempo, aos anos 60, ali, nas eras do “mundo novo”quando aquele “ Comboniano”, cantava estes dois poemas: “Para mim, o vento que assobia/ É nocturna melodia/ Mas o pobre meu irmão /Houve o vento angustiado/ Porque o vento esse malvado/ Lhe desmancha o barracão”. “Pra mim a chuva no telhado é cantiga de ninar/ Mas o pobre meu irmão, Para ele a chuva fria/Vai caindo em seu barraco/ E lhe faz lama pelo chão”. De facto, este Inverno, deixa para traz um rasto de estragos em habitações e demais haveres, em muitas milhares de pessoas que, somados às consequências da crise, as colocam em níveis perigosos de subsistência, furtando-lhes o prato aconchegado ou mesmo a

sopa. Muito, assim, sobra para a questão social das autoridades municipais e outras, e mesmo para os particulares, numa natural assumpção de responsabilidades, face a estas realidades.

A recente expulsão de António Capucho do Partido Social Democrata não constitui um assunto que apenas diga respeito àquela associação política, cujo escopo social visa a tomada do Poder. À primeira vista, parece que se trata de um assunto meramente interno, pelo que, assim sendo, quem está de fora racha lenha. Pois! Mas, além de racharmos lenha, também não ficamos impedidos de pensar nas linhas com que, hoje, se coze o PPD/PSD, para chegar ao ponto de ser obrigado a expulsar um dos seus fundadores, contemporâneo do carismático Sá Carneiro, reclamado por todos os membros da dita associação política. Não conheço militante que ouse não se rever no pensamento de Sá Carneiro.

PS: Num destes domingos, como cristão estava na missa. No momento do “ofertório”, eis que o Celebrante, diz: “ esta semana as ofertas destinam-se á Universidade Católica…”. Que tempestade, veio sobre mim… Concentrei-me no meu acto de fé. Mas, no fim, pensei: Não é esta, como se diz, a Instituição de ensino mais rica do país e onde as proprinas são das mais caras do país? Será que todas estas realidades, infligidas na vida das pessoas, cristãs ou não, por Ali deixam de ser preocupação social, para serem “cantiga de ninar”? Força, Francisco!!!

Também não estamos impossibilitados de formular a interrogação sobre que tipo de social-democracia regerá o maior partido da coligação do governo de Portugal, depois de ter expulso aquele que foi secretário-geral adjunto de Sá Carneiro. As razões jurisdicionais são conhecidas, levando a que a sentença partidária se considere, formalmente, inatacável. Todavia, cavou-se mais uma clivagem ideológica na placa tectónica do espectro político português, que é o PPD/PSD. Que social-democracia prolifera no partido que expulsou o seu fundador, António Capucho? É que, de vez em quando, há eleições. E, até, votantes!

Pelos Quatro Cantos da Ca(u)sa Domingos Peixoto

Discordo da variante Em tempos de vacas gordas, diziam, esbanjaram o dinheiro dos portugueses, criando a crise que nos consome. Os que deixaram o poder, depois de muitas peripécias, deixaram planos para avultado investimento público na área dos transportes ferroviário, aeroportuário, rodoviário e marítimo. Quem anunciou por termo a isso tudo, não aumentar aos impostos e reduzir a despesa do Estado para a resolução da crise ganhou as eleições com folgada margem, em forma de coligação de direita. Uma vez no governo suspenderam os planos de investimento e alegaram que tinham melhores soluções; ao fim de quase três anos os prejuízos para as populações, os trabalhadores e as empresas são enormes, como se pode ver pelo caso do túnel do Marão. Os impostos, ao

contrário do prometido, sofreram um enorme aumento. A despesa do Estado tem diminuído à custa do desemprego dos funcionários, dos cortes brutais nos salários, nas pensões e nos subsídios de desemprego; a tão propalada reforma não dá sinais de vida, pois até o paradigmático governo com o menor número de ministros veio a tornar-se num dos maiores de sempre. A par desta miséria imposta ao povo têm vindo a desbaratar todo o património que dá, ou é suscetível de dar, lucro ao Estado, alienandoo a grupos de capitalistas, não se importando que boa parte deles seja oriunda de países da “esfera” comunista, que há bem pouco tempo acusavam – com justificada razão, digo eu – de não respeitarem os mais elementares direitos humanos. Com o aproximar de eleições que, mais diretamente, podem por

em causa muitos dos lugares dos seus correligionários há que começar a abrir os cordões à bolsa na tentativa de enganar o Zé pagode. A comissão de estudo, especializada, para definir os investimentos a fazer no próximo quadro comunitário de apoio, não terá perdido muito tempo e lá foi alinhando uma obra aqui, outra ali, satisfazendo os “lobbies” regionais ou autárquicos nascidos das recentes eleições. Neste âmbito parece que também vai calhar um “folar” para Famalicão e, agora, a exemplo de 2002, Paulo Cunha vai querer anunciar a responsabilidade pela construção da Variante Poente, embora não seja uma coisa para tão breve quanto esperavam. Porém, Nuno Sá não lhe fica atrás e já se reuniu com o Presidente da Câmara para lhe dizer que o apoia. Afinal, as “beiças” por um cronista da área

do PS “elogiar” as coisas “bem feitas” por Armindo Costa não tinham, como se vê, nenhuma razão de ser. Eu discordo da Variante Poente. Primeiro, porque no traçado que se conhece é uma via para “resolver” alguns interesses imobiliários. Segundo, uma Variante Poente à EN14 não pode “abrir” a nascente desta, e logo a par da A3. Terceiro, porque o grave problema da estrada para o Porto começa a colocar-se depois do fundo do Senhor dos Perdões, atravessar a Trofa, a Carriça, o cruzamento para Paços de Ferreira e todo o resto do trajeto até à Estalagem do Galo e vice-versa. Aliás, estranho por que é que não se “pede” uma variante à EN 14 desde Braga! Pois bem, tenho para mim que a única solução capaz de resolver o problema, apenas com essa inten-

ção passa, de facto, por uma via a poente, “lavrando” da zona do Senhor dos Perdões, Sam e por aí fora até entroncar no IC 24 perto do seu cruzamento com a EN13, ou seja perto do acesso ao Aeroporto, Leixões, Matosinhos e Porto. Mas isso são outros “contos, contados e poupados”, que não interessam aos interesses instalados. De uma coisa tenho a certeza absoluta: As EN 204 e 206, bem como a 309, não têm nenhum problema de monta nos acessos a Famalicão. Já uma vez expressei a ideia de que, ao encarecerem a obra, pelo menos quando não há dinheiro, como é o caso, o que estão a fazer é a contribuir para a atrasar cada vez mais. Para além de que, se for em perfile de autoestrada não deixará de ter de ser paga pelos utilizadores.

pub

Famalicão

Barbosa: Rua Santo António, Tel. 252 302 120 Calendário: Rua da Liberdade, Tel. 252 378 400/1 Cameira: C. Mouzinho Albuquerque, Tel. 252 323 819 Central: Praça D. Maria II, Tel. 252 323 214 Nogueira: Av. Marechal H. Delgado, Tel. 252 310 607 Valongo: Rua Adriano Pinto Basto, Tel. 252 323 294 Gavião - Av. Eng. Pinheiro Braga, 72 - Telef. 252 317 301 Marinho: Edif. S. José - Estalagem - Telf. 252 921 182 Martins Ventura: R. C. Cerejeira - Lousado - Telf. 252 493 142 Estação: Largo da Estação - Nine - Telf. 252 961 118 Ribeirão: Largo de Bragadela - Ribeirão - Telf. 252 416 482 Joane: Rua S. Bento, nº 217 - Telf. 252 996 300

Vale do Ave

Almeida e Sousa: Covas - Oliv. Stª Maria - Telf. 252 931 365 Bairro: Av. Silva Pereira, Telf. 252 932 678 Delães: Portela - Delães - Telf. 252 931 216 Riba de Ave: Av. Narciso Ferreira, Telf. 252 982 124 Faria: Estrada Nacional 310 - Serzedelo - Telf. 252 532 346

Famalicão Q uinta , 13

Serviço Valongo/Ribeirão

S ex ta , 14

Gavião

S á b a do , 1 5

Barbosa

Dom i ngo, 16

Cameira

S e g u n da , 1 7

Central

Terç a, 18

Nogueira/Ribeirão

Q uar ta , 19

Valongo

Vale do Ave Q uinta , 13 S ex ta , 14 S á b a do , 1 5 Dom i ngo, 16 S e g u n da , 1 7 Terç a, 18 Q uar ta , 19

S er vi ç o Almeida e Sousa Bairro Delães Riba de Ave Almeida e Sousa

Serviço de disponibilidade

Paula Reis: R. José Elisio Gonçalves Cerejeira, nº 629 Calendário - Tel. 252 378 057 Maceiras: Louro - Telf. 252 310 425 Marques: Largo da Igreja - Fradelos - Telf. 252 458 440 Oliveira Monteiro: Largo Igreja - Cabeçudos - Telf. 252 331 885 Pedome: Av. S. Pedro, 1139 - Pedome - Telf. 252 900 930 Pratinha: Largo do Cruzeiro - Cavalões - Telf. 252 375 423 S. Cosme: Vale S. Cosme - Telf. 252 911 123 Arnoso: Av. Joaq. Azevedo - Arnoso Sta. Maria - Telf. 252 916 612


Saúde

Mude de vida: mude a alimentação

Numa altura em que vida é uma corrida, muitos de nós perdemos a noção do que é ser saudável. Ao longo dos anos, fomos ganhando quilinhos a mais, e muitas vezes é complicado saber o que é exatamente comer de forma equilibrada. Mudar de vida significa, muitas vezes, mudar de alimentação.  Deve preparar com alguma antecedência as suas refeições, para que não caia em tentações. Construa uma lista de refeições a realizar durante a semana, com pratos estruturados do ponto de vista calórico e nutricional.

o pão mais escuro (menos refinado), pão integral ou de mistura de cereais.

 Evitar todos os refrigerantes, sumos concentrados, néctares e bebidas alcoólicas, alimentos fritos, refogados, panados ou pré-cozinhados. Leia os Obrigue-se a beber água ao longo do dia. Tente rótulos das embalagens e tenha especial atenção ao teor de açúcares, gorduras (trans - são de evitar) aproximar-se da ingestão diária de 1,5l de água. e sódio (sal).  Crie o hábito de realizar o pequeno-almoço em casa. Esta é a refeição mais importante do dia,  Prepare lanches hipocalóricos, como os iogurtes pois a sua essência irá definir como o resto do dia magros, as gelatinas, fruta ou frutos secos, para realizar no local de trabalho. será do ponto de vista de fome ou saciedade.

 Coma de 2h30h em 3h. Crie horários para realizar uma alimentação fracionada. Coma pouco, mas várias vezes ao longo do dia. Este truque permite que não exista fome, cansaço ou ansiedade. Sempre que está longos períodos sem comer, a ansiedade e a fome aumentam para a refeição seguinte, obrigando-a a escolher a sua alimentação erradamente.

 Dê preferência às carnes magras (frango, peru (sem pele), coelho), em vez de carnes vermelhas (vaca, vitela, entre outros). Não se esqueça de dar preferência também às refeições de peixe

 Reduza o mais possível a utilização de sal e de alimentos salgados. Pode consumir ervas aromáticas e especiarias para tornar a comida mais saborosa.

 Comece por reduzir os hidratos de carbono, como as bolachas, pão, arroz, massas e batatas. Mas, não os exclua da sua alimentação por completo. Procure escolher

 Utilize o azeite para temperar e cozinhar os alimentos, mas em pequenas quantidades. O azeite é muito calórico, apesar de ser uma gordura saudável. Não utilizar mais nenhuma gordura (manteiga, banha, etc..).  Realize jantares mais simples do ponto de vista digestivo, dê prioridade à sopa pobre em alimentos como a batata, a cenoura ou a abóbora. Acrescente, caso exista essa necessidade, uma salada variada ou 1 a 2 queijinhos frescos.

 Procure comer em locais calmos. Mastigue muito bem todos os alimentos, de forma a facilitar o trabalho do músculo gástrico e a reduzir as fermentações no intestino.

Conselhos para quem tem a pele seca A pele é o revestimento externo do corpo, sendo o maior órgão do corpo humano e também o mais pesado. A principal função é a proteção do organismo de ameaças físicas externas, como por exemplo a invasão por parasitas ou as lesões mecânicas. É no Inverno que a pele tende a sofrer as maiores agressões. Com a descida das temperaturas, fica mais seca, pode apresentar sinais de vermelhidão, irritação ou descamação, chegando mesmo a gretar. Se tiver uma pele desidratada, tanto à superfície como em profundidade, com aspeto baço (devido à escassez de lípidos), tensa, descamativa e desconfortável, então, está com a pele seca. Mas há forma de recuperar o conforto e a flexibilidade da pele: deve aplicar diariamente um creme hidratante que restaure a barreira cutânea, protegendo a pele da desidratação; pode ser aplicado as vezes que forem necessárias para manter a pele confortável. Aconselhe-se com o seu dermatologista ou com o seu farmacêutico, que lhe indicará qual o mais adequado para si. O mais importante é evitar os fatores que desencadeiam os sintomas de pele seca:  Tome banho diariamente com água morna e use produtos de higiene adequados a este tipo de pele;  Seque a pele sem esfregar e aplique produtos hidratantes adequados;  Limpe e hidrate a pele imediatamente depois de tomar banho de piscina;  Não esfregue ou coçe a pele seca pois pode provocar uma infeção com posterior desenvolvimento de cicatrizes;  Use um fator de proteção solar elevado (SPF igual ou superior a 30);  Evite os tecidos de lã e sintéticos. É preferível usar peças de roupa em algodão, linha ou linho;  . Use roupas folgadas e confortáveis para evitar que rocem na pele;  Prefira roupa de cama em fibra natural;  Ao lavar a roupa, tenha o cuidado de a enxaguar muito bem para garantir a remoção de todos os resíduos de detergente que possam sensibilizar a pele;  Evite utilizar perfumes, águas-de- colónia e produtos com álcool para não irritar a pele;  Evite a utilização de substâncias humectantes, como a glicerina, isoladas sobre a pele, pois podem retirar a água tanto da atmosfera como da própria epiderme;  Evite ambientes demasiado quentes e as mudanças bruscas de temperatura. pub


12

pĂşblica: 13 de fevereiro de 2014

publicidade


especial

pública: 13 de fevereiro de 2014 13

Podologia Tem dores na planta do pé?

Costuma ter dores na planta do pé? Essa mesma dor agrava após períodos de descanso? Precisamente, a fasceíte plantar envolve dor e inflamação na fáscia plantar que percorre a planta do pé desde o calcanhar até aos dedos, e é uma das causas mais frequentes de dores no calcanhar. A dor surge muitas vezes após os primeiros passos da manhã, longos períodos de pé ou após estar sentado muito tempo. A fasceite plantar é particularmente comum em corredores, pessoas com excesso de peso, mulheres grávidas e pessoas com sapatos inadequados. Os sintomas desenvolvem-se gradualmente começando por afetar apenas um dos pés, podendo vir a atingir os dois. A dor é muitas vezes referida como uma “facada” ou sensação de “pé aberto”. Em circunstâncias normais a nossa fáscia plantar atua como uma corda de absorção de choques suportando o arco do nosso pé. Se a tensão dessa

corda aumenta ou se se torna repetida, pode produzir irritação e inflamação. Os fatores de risco associados são a idade compreendida entre os 40 e os 60 anos e o sexo feminino é o mais atingido. Exercícios como corrida de longa distância, ballet e a aeróbica podem contribuir para o aparecimento precoce desta patologia. O tipo de pé: o pé plano e o pé cavo sofrem de alterações biomecânicas que alteram a normal distribuição de peso na planta do pé. O excesso de peso coloca um stress acrescido na faixa plantar. O calçado inadequado, nomeadamente, largo, de solas finas e sem suporte do arco plantar. A utilização regular de tacões altos, dado que o tendão de Aquiles se encontra inserido no calcanhar contrai e pode encurtar. As complicações podem surgir se ignorarmos os sintomas, podendo afetar as nossas atividades regulares e também desenvolver dores no pé, joelho, anca e coluna derivadas das alterações provocadas no caminhar. O diagnóstico é essencialmente clínico podendo ser facilmente confirmado por uma ecografia. O raio x poderá mostrar um esporão no calcanhar associado. Os tratamentos podem ser vários, anti-inflamatórios ou injeções com corticosteróides, terapia física e palmilhas, sendo essas últimas uma grande ajuda para distribuir a pressão, aumentar o amortecimento e compensar alterações biomecânicas associadas. Em último recurso, a cirurgia também pode estar indicada, dado que também pode ter efeitos secundários na estrutura e biomecânica do pé.

A importância da Terapia da Fala em idade pré-escolar e escolar As crianças que apresentam perturbações da comunicação e interação, bem como um desenvolvimento da linguagem e metalinguagem abaixo da média dos seus parceiros constituem um dos grandes desafios na comunidade educativa. Isto porque, na sua maioria, apresentam dificuldades na frequência e participação em atividades escolares e, sobretudo, limitações na capacidade de aprendizagem de leitura e escrita, devido a limitações nas competências fonológicas, morfológicas, sintáticas, semânticas e pragmáticas necessárias a essa aprendizagem. Consequentemente, o progresso e sucesso escolar destas crianças estarão seriamente comprometidos, sendo imprescindível a identificação precoce e a intervenção especializada nestas áreas, de modo a colmatar e minimizar as dificuldades que interferem com a aprendizagem escolar. Nesse sentido, a Terapia da Fala engloba o desenvolvimento de actividades no âmbito da prevenção, avaliação, diagnóstico, tratamento e estudo científico da comunicação humana e perturbações relacionadas ao nível da fala e da linguagem, bem como alterações relacionadas com as funções auditiva, visual, cognitiva, oro-muscular, respiração, deglutição e voz. Neste contexto, a comunicação engloba todas as funções associadas à compreensão e à expressão da linguagem oral e escrita, assim como todas as formas apropriadas de comunicação não-verbal.

André Azevedo, podologista, Clínica Podomed Sónia Carvalho, terapeuta da fala, Clínica Clicastro pub


14

pública: 13 de fevereiro de 2014

especial

Qu

d

d

Ca e o as várias alopecias

A rarefacção capilar resultante da queda anormal de cabelo é vulgarmente designada por alopecia. Na base do seu desenvolvimento podem estar fatores genéticos, patologia da tiroide, défice de ferro, biotina ou zinco, pós-parto, medicamentos, etc. Existem diversos tipos de alopecia, algumas recuperáveis outras apenas controláveis. Os folículos pilosos são estruturas dinâmicas onde o desenvolvimento dos cabelos ocorre por ciclos. Anagénese: período ativo de crescimento que dura 2 a 3 anos no homem e 6 a 8 anos na mulher, sendo o crescimento diário de 0,2 a 0,4 mm. Catagénese: fase de regressão da parte mais profunda do folículo, que ocorre em 1 a 3 semanas, e tem como consequência a interrupção do crescimento do cabelo. Telogénese: fase de “repouso”, em que o cabelo não cresce e acaba por cair após 3 a 6 meses. A média diária de renovação capilar é de 100 a 200 cabelos. As alopecias dividem-se em cicatriciais e não cicatriciais. As cicatriciais levam à destruição

definitiva dos folículos, pelo que o tratamento pode apenas travar a progressão da doença. Nas alopecias não cicatriciais o tratamento depende do diagnóstico específico. As mais comuns são a alopecia androgenética, a alopecia areata (peladas), o eflúvio telogénico e o eflúvio anagénico. Para estabelecer o tipo específico de alopecia é fundamental a história clínica e o exame físico, que pode incluir exames como a tricoscopia e o tricograma. Análises sanguíneas e biópsias de pele, podem ser necessárias em alguns casos. Felizmente a maioria das alopecias não cicatriciais são controláveis e, muitas vezes, revertidas com tratamento médico. Em casos selecionados o transplante de cabelo pode ser a melhor opção. Fonte: José Carlos Fernandes, dermatologista, Clínica Dermonova

pub

Doenças respiratórias

É inverno: atchim!!! O inverno continua a ser uma época propícia ao aparecimento de constipações, gripes e outras infeções das vias respiratórias. Tanto as constipações como outras infeções respiratórias, tipicamente relacionadas com o frio, costumam surgir por surtos. E cada uma com as suas características. Há as infeções do trato respiratório superior (nariz, seios perinasais, faringe, laringe) e das vias respiratórias inferiores (brônquios e pulmões). O aparecimento das infeções respiratórias, como rinossinusite, amigdalite, faringite, laringite, traqueíte, bronquite e pneumonia, pode resultar de vários fatores: variações de temperatura típicas do Inverno, diminuição das defesas do sistema imunitário do organismo, bem como da proximidade entre as pessoas, facilitando o contágio. A gripe é uma das infeções respiratórias mais frequentes no inverno que apresenta diversas manifestações, tais como dores de garganta, tosse seca, congestão nasal ocasional, febre alta, dores musculares e mal-estar geral. Acontece que, por vezes, as pessoas confundem os estados gripais com as constipações ou com as infeções bacterianas como a amigdalite. As soluções terapêuticas variam consoante a situação. As infeções respiratórias são, na sua maioria, virais, por isso não se tratam com antibióticos. O seu tempo de vida é relativamente limitado - entre três a cinco dias - pelo que a cura depende principalmente da resposta imunitária do indivíduo e do próprio ciclo de vida do agente infetante. Medidas simples, como a hidratação e o repouso, são os primeiros passos para o tratamento. Os sintomas das infeções respiratórias ligeiras podem ser aliviados com antipiréticos (medicamentos para controlar a febre), anti-inflamatórios, descongestionantes nasais e fluidificantes das secreções. A consistência das secreções pode tornar-se mais fluida com a utilização de expetorantes, facilitando a sua eliminação. Para o alívio da congestão nasal também pode ser necessário um descongestionante. Contudo, para garantir a escolha do mais adequado, deve-se sempre privilegiar o aconselhamento farmacêutico. Todavia, a utilização de qualquer fármaco deve ser feita após aconselhamento de um profissional de saúde. Por exemplo, a automedicação com antibióticos nunca deve ser realizada, visto serem medicamentos que apenas podem ser utilizados mediante a recomendação médica, consoante a avaliação de cada situação.

Previna-se!  No Inverno, a tendência será manter as casas fechadas e demasiado aquecidas, o que facilita a menor resistência da mucosa respiratória às infeções. Assim, deve-se arejar bem as habitações e evitar os ambientes demasiado quentes.  A vacina da gripe é uma medida preventiva importante, especialmente nos idosos e doentes crónicos (diabéticos, cardíacos, etc.).  Há que combater o sedentarismo, sobretudo junto dos idosos, no sentido de evitar a acumulação das secreções, facilitando o aparecimento das infeções.  É preciso não esquecer as pessoas polimedicadas e que vivem em ambientes mais aquecidos, devido à maior sensibilidade ao frio, pelo que os cuidados devem ser redobrados.  Como a proximidade entre as pessoas facilita estas infeções, é habitual haver contágio nos infantários, por isso uma das medidas será manter as crianças em casa até se curarem.


especial

pública: 13 de fevereiro de 2014 15

Obstrução nasal, roncopatia e apneia do sono? Os problemas respiratórios são cada vez mais comuns e contribuem de forma importante para o ressonar e para a apneia do sono. Mesmo aqueles que habitualmente não ressonam, fazem-no em situações de constipação e agravamento das rinites. A obesidade, o tabaco, os medicamentos anti-depressivos, os sedativos e os hipnóticos, o álcool e as refeições abundantes ingeridas à noite, concorrem ainda mais para este sindrome. Afinal o que é o ressonar? É um ruído inspiratório devido à obstrução parcial das vias aéreas superiores, resultante das vibrações do palato mole, sendo muitas vezes cíclico, intervalado pelas paragens respiratórias. Segundo dados recentes, 20% dos homens e 5% das mulheres entre os 30 os 35 anos ressonam, aumentando essas percentagens para 60% e 40% respectivamente, por volta dos 60 anos de idade. Também não podemos negligenciar o número de crianças, na sua maioria entre os 2 e os 8 anos de idade, que apresentam

esta patologia, muitas vezes devido a hipertrofia das vegetações adenóides e à rinite hipertrófica. Em geral, num estado mais avançado do ressonar, aparece a apneia do sono. E o que é a apneia obstrutiva do sono? É a paragem do fluxo aéreo com uma duração igual ou superior a 10 segundos e que muitas vezes é acompanhada de uma diminuição da saturação de oxigênio no sangue. Predomina entre os 40 e 60 anos, preferencialmente no sexo masculino e nos obesos. Está associada a amplas repercussões médicas, dada a propensão para a hipertensão arterial, enfarte do miocárdio, angina de peito e insuficiência respiratória. Outras manifestações clínicas que podem ser de elevada gravidade, são a hipersonolência diurna (acidentes de viação), cansaço, cefaleias matinais, ansiedade e depressão, consumo de ansiolíticos e anti-depressivos (agravando o quadro clínico), perturbações sexuais, etc. É pois uma patologia que pode levar a graves repercussões sociais, familiares e pub

laborais: separação conjugal, acidentes no trabalho e de viação, ou mesmo o suicido. O diagnóstico de gravidade da roncopatia e do síndrome da apneia do sono, para além da história e da observação clínica, é- nos dado pelo registo poligráfico do sono nocturno, exame que pode ser efectuado no domicílio do paciente, e ainda pelo EEG (electroencefalograma). O tratamento baseia-se em medidas de caracter geral, tais como o emagrecimento, correcção do posicionamento corporal na cama, eliminação do álcool e do uso de sedativos. Em alguns pacientes, é necessário fazer a ventilação nasal não invasiva com o uso do auto-CPAP, aparelho que permite manter uma pressão variável do ar durante a respiração nocturna. Em último caso, podemos recorrer ao tratamento cirúrgico. Deixamos propositadamente para o fim o tratamento da obstrução nasal, das alergias e das infecções respiratórias, através do tratamento termal. Não há nada mais simples do que efectuar o restabeleci-

mento da permeabilidade das vias aéreas superiores, através de uma “Cura Termal”. Devido às propriedades físico-químicas dos componentes das nossas águas, que todos conhecemos, e ao seu poder antiinflamatório, anti-alérgico e regulador da permeabilidade da mucosa respiratória, conseguimos obter a desobstrução das vias aéreas e assegurar períodos prolongados de respiração mais saudável. Disso mesmo dão conta testemunhos de centenas de termalistas que anualmente procuram as Termas das Caldas da Saúde com esta maleita. Apesar do tema “Cura Termal” ainda não fazer parte habitualmente dos congressos científicos sobre o SAOS (sindrme da apneia obstrutiva do sono) e a roncopatia, o que é facto é que a realidade das Termas tem vindo progressivamente a tomar o lugar que merece no contexto desta problemática. Dr. João de Sousa Coutinho, diretor clínico das Termas das Caldas da Saúde pub


16

pĂşblica: 13 de fevereiro de 2014

publicidade


Rui Borges assume direção desportiva do FC Famalicão José Pina Ferreira é o presidente eleito no sábado passado

Elenco diretivo

Famalicão elege direção para quatro anos e aposta na profissionalização

Assembleia Geral Presidente: Joaquim Jorge Silva Vice-presidente: Avelino Silva Reis Secretário: Henrique Pinheiro Direção Presidente: José Pina Ferreira Vice-presidente: Rui Manuel Santos Fernandes Vice-presidente comunicação social: Hugo Miguel Carvalho Silva Diretor de campo: Rui Manuel Carneiro Azevedo Secretário-geral: Luís Miguel Pereira Costa Vogal: Pedro António Carvalho Mesquita Área Administrativa Financeira: Augusto Cunha

O Futebol Clube (FC) de Famalicão reuniu em assembleia geral, na noite do passado sábado, no auditório dos Bombeiros Voluntários de Famalicão. Com a casa cheia de associados, a grande novidade da sessão foi a apresentação de uma lista candidata a assumir os destinos do clube durante os próximos quatro anos. José Pina Fereia, que assumiu os comandos do clube em dezembro depois da demissão de João Araújo, foi eleito presidente da direção do Famalicão e no final da reunião, aos jornalistas, explicou os motivos da mudança para um mandato de quatro anos: “Penso que dois anos era pouco para os projetos que esta nova direção quer colocar em prática, como por exemplo as obras de remodelação total do Estádio Municipal, e colocar o clube onde ele realmente merece estar, que é a competir nos campeonatos profissionais do nosso futebol, e ao mesmo tempo criar mais estabilidade no clube”. Outra das novidades divulgadas foi o relatório e contas dos últimos dois anos. Atualmente, o FC Famalicão tem a sua situação totalmente regularizada quer nas Finanças,

FC Famalicão

José Clemente

Os novos órgãos sociais do FC Famalicão

quer na Segurança Social, e o passivo do clube ronda os 26 mil euros, sendo que no ano de 2012 o passivo foi de 21 mil euros e em 2013 aproximou-se dos 6 mil euros. “A saúde financeira do clube não é muito boa, mas vai dizendo que as contas estão praticamente controladas. Não é fácil e numa época como esta, onde os resultados também não foram aqueles

que desejávamos, isso também nos traz algumas dificuldades, em especial em termos de patrocinadores, mas mesmo na angariação de associados, pois o entusiasmo não é o mesmo que se os resultados fossem mais positivos”, explicou. Esta assembleia geral foi rica em novidades para os associados. José Pina Ferreira anunciou ainda

que o Famalicão, a partir de agora, vai enveredar pela profissionalização. “Não há dúvidas sobre isso. Claro que não vamos fazer de uma só vez, vai ser por diversas etapas e vamos começar já com o diretor desportivo, que vai ser profissional”, esclareceu. Jorge Silva continua como presidente da mesa da Assembleia Geral e aos jornalistas também defen-

Conselho Fiscal Presidente: José da Costa e Silva Vice-presidente: Pedro Daniel Tavares Correia Vice-presidente: Avelino Miguel Ferreira Magalhães deu a necessidade de se alargar a eleição dos órgãos sociais para quatro anos, elogiando a “reestruturação bastante acentuada” que esta direção tem em mente. Quanto às contas do clube que foram aprovadas, Jorge Silva começou por dar os parabéns a todos os dirigentes, “porque só em caso de heroicidade é que é possível ter as contas todas em dia”. veja em www.famatv.pt ou pub


18

sport: 13 de fevereiro de 2014

futebol

Câmara apoia formação dos clubes com 380 mil euros A Câmara Municipal de Famalicão vai investir perto de 380 mil euros na formação desportiva e no desenvolvimento de atividades para os jovens. O valor foi aprovado, por unanimidade, na última reunião do executivo municipal, realizada na quinta-feira da semana passada, e diz respeito a um pacote de investimentos que engloba a atribuição de subsídios a clubes e grupos desportivos, mas também o pagamento das inscrições e seguros de atletas à Associação de Futebol de Braga. Para o presidente da Câmara, Paulo Cunha, “este é um investimento de grande importância para Famalicão”, entendendo que “a formação desportiva dos jovens famalicenses assume um papel relevante na promoção de um estilo de vida saudável, contribuindo para o bem-estar físico, mas também emocional, para além de ocupar de forma salutar os seus tempos livres”. Neste sentido, a autarquia decidiu atribuir subsídios para o desenvolvimento de atividades e formação des-

portiva, no âmbito do futebol 7 e futebol 11, ao GD Joane (34.500 euros); à AD Oliveirense (36.750 euros); ao FC de Famalicão (82.250 euros); ao GD Ribeirão (51.750 euros) e à AD Ninense (34.500 euros). Para além do futebol, foram também contempladas as modalidades de voleibol e hóquei em patins, através da atribuição de apoios ao Atlético Voleibol Clube (15.600 euros) e ao Riba de Ave Hóquei Clube (14 mil euros). Por outro lado, a autarquia beneficiou o Famalicense Atlético Clube (FAC) com um subsídio no valor de 45 mil euros. Com cerca de 600 atletas, dos quais mais de 350 no âmbito das camadas jovens, o FAC desenvolve 13 modalidades. No âmbito desportivo, o executivo municipal aprovou ainda a realização de despesa até ao montante global de 35 mil euros para prémios, condecorações e ofertas visando o apoio a eventos de natureza lúdica, cultural e desportiva, promovidos pelas mais diversas instituições do concelho.

Benjamins e infantis da Geração Benfica ultrapassam os 100 golos marcados A escola do Benfica em Famalicão, que segue no seu quarto ano de atividade, cumpriu no passado fim de semana a última jornada da primeira volta dos campeonatos distritais da AF Braga, com as suas cinco equipas a vencerem por quatro vezes, registando-se apenas um empate, “numa sequência de resultados que tem sido o espelho da qualidade de ensino e organização desta instituição”, sublinha a escola em nota à imprensa. No passado sábado de manhã, a turma de benjamins do professor Elias Pinto foi a Nine para golear, ultrapassando assim a marca dos 100 golos marcados na primeira metade do campeonato, seguindo isolada na liderança apenas com vitórias. No mesmo sábado, os infantis treinados por Paulo Ribeiro recebeu e venceu AJ Moure, terminando a primeira volta em 3º. A turma de benja-

mins do professor Nuno Santos foi a Brito para empatar. Ainda no sábado à tarde, a equipa de traquinas jogou mais uma jornada da Liga Vale do Ave, com os benfiquistas a golearem em casa do FC Famalicão. No domingo de manhã foi a vez das turmas de infantis dos treinadores David Ferreira e Dinis Moreira cumprirem a primeira metade do campeonato com vitórias. Em Delães, os pupilos de David Ferreira encontraram as condições do terreno muito difíceis mas souberam

adaptar-se, acabando por impor o seu jogo, alcançando uma vitória alargada que coloca a equipa nos 100 golos marcados, terminando a primeira volta na 2ª posição da tabela. Em Gavião, os campeões do professor Dinis Moreira receberam e venceram a equipa do Porto d’Ave, ocupando agora a 4ª posição da tabela. Os iniciados seguiram para a 1ª jornada da segunda volta do campeonato, alcançando um empate, desta feita na receção ao Cavalões, e seguem na 7ª posição.

Camadas jovens de Joane e Famalicão Jogou-se, no passado fim de semana, mais uma jornada dos campeonatos dos mais novos. No Grupo Desportivo de Joane os resultados foram os seguintes: Figueiredo 1-3 Joane (juniores); Joane 2-0 Celoricense (juvenis); Celoricense 3-2 Joane (iniciados); Joane 5-4 Urgeses (infantis série I); Louro 1-2 Joane

(benjamins série G); Delães 1-4 Joane 4 (benjamins série H). Já as camadas jovens do Futebol Clube de Famalicão obtiveram os seguintes resultados: Aves 3-3 Famalicão (juniores); Famalicão 3-4 Chaves (juvenis A); Taipas 2-3 Famalicão (juvenis B); Barroselas 2-1 Famalicão (iniciados A); S. Cosme 3-1 Fa-

malicão (iniciados B); Famalicão 1-5 Esposende (infantis A); Famalicão 1-5 Vizela (infantis B); Famalicão 1-2 Avidos (infantis C); Ronfe 1-2 Famalicão (benjamins A); Operário 2-4 Famalicão (benjamins B); Famalicão 0-16 Fintas (benjamins C); Famalicão 1-10 Geração Benfica (traquinas). pub


sport: 13 de fevereiro de 2014 19

futebol

Rui Borges assume direção desportiva do Famalicão

Rui Borges é a escolha da nova direção do Futebol Clube (FC) de Famalicão, eleita no passado sábado [Ver notícia na 1ª página], para o cargo de diretor desportivo. Com 40 anos, Rui Borges possui uma vasta carreira, tendo exercido, entre outras, funções de diretor executivo do Boavista Futebol Clube e de treinador adjunto do Futebol Clube de Vizela. O profissional possui formação de wlite para direção desportiva – especialidade futebol, formação de elite – coaching desportivo, frequência de formação avançada em management desportivo e curso de treinadores de II nível – Basic/UEFA, entre outros. Recorde-se que Rui Borges foi também jogador de futebol, tendo passado por clubes históricos, entre os quais o Alverca, Belenenses, Estrela da Amadora e Trofense. Rui Borges faz agora parte da estrutura organizativa do Famalicão. Ao

OPINIÃO SPORT, o novo diretor desportivo famalicense referiu que a história do Famalicão pesou na sua decisão de aceitar o convite. “Toda a gente sabe da história do FC de Famalicão no panorama desportivo nacional e sabemos que é um gigante que está adormecido. Só o fato de ter sido convidado já foi um fator bastante importante e posso mesmo acrescentar que foi um elogio enorme ao trabalho que tenho desenvolvido noutros clubes. Portante considero um convite muito aliciante”, confessou. O novo diretor desportivo diz que a sua entrada no clube é um primeiro passo para a profissionalização do departamento do futebol. “Como sabem, nunca nenhum diretor desportivo tinha sido contratado como profissional e, portanto, este é o primeiro passo para a profissionalização deste departamento”, vincou. J.C.

Jorginho assina pelo GD Joane O Grupo Desportivo de Joane reforçou-se com mais um jogador: Jorginho, ex-Desportivo das Aves, da II Liga. “Estávamos carentes de pelo menos um jogador para a frente de ataque, e o Jorginho faz as três posições da frente e vem-nos aumentar a competitividade do plantel e qualidade também”, descreveu o treinador joanense, Pedro Hipólito, em declarações ao OPINIÃO SPORT. “É um jovem que procura a sua oportunidade, que quer jogar, que se quer mostrar, pelo que se enquadra bem naquilo que é o plantel do Joane”, acrescentou ainda sobre o jovem de 21 anos, natural de Guimarães. De saída do Joane está Issouf, que estava no clube joanense emprestado pelo GD Ribeirão. O jogador rescindiu com a formação ribeirense, pelo que terminou automaticamente o contrato por empréstimo que o ligava ao Joane, tendo Issouf assinado agora pelo Sertanense.

AD Oliveirense contrata Seidi A Associação Desportiva (AD) Oliveirense confirmou a contratação de mais um jogador para reforçar o plantel na segunda fase do Campeonato Nacional de Seniores, que arranca já no próximo fim de semana, com a equipa de Oliveira Santa Maria a receber o Tirsense. Trata-se de Alberto Seidi, um jovem de 21 anos que tem dupla nacionalidade: portuguesa e da Guiné-Bissau. O avançado, que é internacional português da seleção de sub21,

jogava num clube inglês, o Workington. “Precisávamos de alguém para nos ajudar no ataque e o Seidi, dentro das possibilidades do clube, é um reforço que nós consideramos uma mais-valia e que de certeza, perante a sua qualidade, nos vem ajudar”, referiu, ao OPINIÃO SPORT, o treinador da Oliveirense, António Carvalho, que espera a todo o momento a entrada de mais dois avançados para o plantel.

Eliseu Cassamá já fez jogo completo frente

Jogador do Joane representa seleção sub21 pela primeira vez O futebolista Eliseu Cassamá, habitual titular na lateral direita da equipa do Grupo Desportivo (GD) de Joane, estreou-se no passado dia 5 de fevereiro na seleção portuguesa de sub20. O jovem promissor, que esteve vinculado ao GD Ribeirão até ao mês passado, alinha por empréstimo no clube joanense desde o início da época e já havia participado em alguns treinos da seleção durante os últimos meses. A estreia do jovem, que completou recentemente 20 anos, foi marcada pela titularidade e por uma boa vitória sobre a Eslováquia, neste que foi o primeiro jogo de preparação da equipa das quinas, que enfrentará a qualificação para o Euro2017. Eliseu cumpriu os 90 minutos, algo que só outros dois jogadores também enfrentaram, dando assim provas que é um jogador nas contas do selecionador Ilídio Vale. Contactado pelo OPINIÃO SPORT, Eliseu não escondeu a importância desta chamada, reconhecendo que é “mais uma porta aberta na carreira” e prometendo dar sempre “o máximo para que volte a ser chamado”. O jogador, que já alinhou no Benfica e no Ribeirão, diz que “tudo o que tem vindo a acontecer é graças ao Joane e aos que trabalham lá todos os dias”, referindo-se aos seus colegas de equipa e ao treinador Pedro Hipólito, que, segundo Eliseu, “ajuda os atletas a crescerem como jogadores, mas também como homens”. Antigo extremo promissor, Eliseu passou a ser uma certeza como lateral direito e está agradado com a posição, embora diga sentir-se capaz de jogar novamente a extremo, caso o treinador

ache que possa ser benéfico para a equipa. Quanto ao futuro, Eliseu Mendja Nadjack Soares Cassamá, natural da Guiné Bissau, é perentório e deixa tudo nas mãos do seu agente, Jorge Mendes: “Tenho homens competentes que tratam muito bem do meu futuro”. Uma coisa é certa, Eliseu sente-se “bem” no GD Joane e realça o facto de que lá tem uma oportunidade para jogar, e é isso o que lhe interessa. E essa regra vale para o futuro da carreira, sendo que o jovem jogador não tem preferência por país, liga ou clube. De qualquer forma, a única certeza da relação entre Eliseu e o GD Joane é a da primeira internacionalização de sempre de um atleta que defende as cores joanenses e isso ficará para sempre na história do clube

Penouços regressa ao GD Ribeirão Com o regresso de Penouços à equipa principal do Grupo Desportivo de Ribeirão, jogador que estava emprestado ao Ruivanense, o treinador do clube ribeirense, Rui Baptista já tem praticamente definido do plantel para responder aos desafios da fase da manutenção do Campeonato Nacional de Seniores, que arranca já no próximo fim de semana, com o Ribeirão a receber o Joane. O jovem médio junta-se, assim, aos regressos de João Cruz, Tiago Silva, Rafael Vieira e Diogo. De salientar ainda os reforços africanos, James e Isaiah, que se querem afirmar no futebol europeu.

Ninense contrata mais três jogadores

Armando

Lourenço

Hélder Rocha

A Associação Desportiva Ninense reforçou-se novamente nesta paragem do campeonato, anunciando a contratação de Armando, Hélder Rocha e Lourenço. Do Vianense, contra quem o Ninense joga já este domingo, chegam o médio Armando e o defesa central Hélder Rocha. Armando Cardoso, de 32 anos, disputou vários jogos pela equipa de Viana, tendo passado na sua carreira por clubes como o Sp. Braga,

FC Famalicão ou 1º de Maio de Benguela, em Angola, e promete colmatar a saída de César Marques no meio campo ninense. Já Hélder Rocha, de 29 anos, passou por clubes como o Sp. Braga, Varzim ou Tirsense, e vem substituir João Duarte com o lugar de defesa central no plantel ninense. Lourenço Almeida, de 34 anos, vem do Académico de Viseu, clube que está a causar sen-

sação na II Liga, e é médio defensivo, vindo acrescentar (ainda mais) experiência à equipa de Nine. Note-se que o jogador, natural de Guimarães, passou pela I Liga ao serviço do Beira-Mar, do Leixões e do Vitória de Setúbal. Recorde-se que o Ninense já tinha contratado Badara, na passada semana, passando assim para quatro o número de reforços para ajudar a equipa a permanecer no Nacional de Seniores.


20

sport: 13 de fevereiro de 2014

Resultados do Operário FC As equipas dos variados escalões do Operário Futebol Clube jogaram no fim de semana passado para os respetivos campeonatos da Associação de Futebol de Braga e obtiveram os seguintes resultados: Operário 4-1 Roriz (seniores); Operário 0-0 Ninense (juniores); Operário 1-4 AD Fafe (juvenis); Operário 3-2 FC Vizela (infantis B); Operário 2-4 (benjamins 2003); GD Ribeirão 5-2 Operário (benjamins 2004). Os jogos da Liga do Vale do Ave entre o Operário e os Rolandinhos foram adiados devido às condições climatéricas.

Futsal: Cabeçudense e Covense vencem O Sporting Clube Cabeçudense venceu, no fim de semana passado, em jogo da 15ª jornada do campeonato nacional de futsal da 2ª divisão, série A. O clube de Cabeçudos recebeu o Piratas de Creixomil e venceu por 6-3, mantendo a 12ª posição na tabela classificativa, com 12 pontos. Na próxima jornada, a 16ª, o Cabeçudense desloca-se ao pavilhão do CRECOR, pelas 17 horas do próximo sábado, dia 15 de fevereiro. Na 3ª divisão, série A, também se disputou a 15ª jornada e o Grupo Recreativo Covense venceu em casa o Carrazedo de Montenegro por 3-1. Com esta vitória, a formação de Ruivães subiu dois lugares na tabela classificativa e é agora 6º, com 26 pontos, os mesmos que o 5º classificado, o Arsenal Parada. Na próxima jornada, o Covense desloca-se ao terreno do GCR Vermoim, com o jogo agendado para as 19 horas do próximo sábado, dia 15 de fevereiro.

futebol

Inatel: CD Lousado 2-2 UD Calendário A União Desportiva de Calendário deslocou-se ao Campo nº2 do Famalicão, cedido ao Lousado já que o seu parque desportivo se encontra em obras, para um jogo da 12ª jornada da Inatel de Braga e as equipas dividiram os pontos ao empatar a duas bolas. A União entrou no jogo com uma oportunidade flagrante no primeiro minuto, mas Mota enviou a bola ao poste. A equipa de Calendário tomou as rédeas do jogo e causava algum perigo na zona defensiva do Lousado. O jogo disputava-se muito no meio campo, onde a luta pela bola era uma constante de ambas as turmas. Ao minuto 20, num contra-ataque rápido, o Lousado inaugurou o marcador. Os pupilos coman-

pulsou bem o jogador do Lousado mas marcou a falta fora da área. Na marcação do livre direto a turma de Calendário empatou o jogo por intermédio de Ivo. Até ao final as duas equipas procuraram o golo da vitória mas o resultado mantevese empatado até ao final. Nota final para o muito público presente nas bancadas. Na formação da UD Calendário, os juvenis deslocaramse ao terreno do Ninense e perderam por 3-1; os iniciados receberam o Ninense e venceram por 3-2; os infantis receberam o Ruivanense e perderam por 5-1; e na Liga de Futsal, a União perdeu 5-1 com o Sportfut. UD Calendário

Liga de Futsal de Famalicão

12ª jornada da Inatel A 12ª jornada da 1ª fase do campeonato da Inatel de Braga, série A, foi recheada de dérbis concelhios. O jogo entre CD Lousado e CD Juventude Académico (em representação da UD Calendário) terminou com um empate a duas bolas; já o encontro entre CD Vilarinho e o Meães terminou com o resultado 3-1, a favor do Vilarinho. A outra equipa famalicense em prova, a ADC Telhado, empatou a duas bolas, em casa, com o Marrancos. Na tabela classificativa as equipas famalicenses estão assim ordenadas: 1º CD Lousado, com 25 pontos; 2º Juventude Académico, com 21; 4º Meães, com 18; 5º CD Vilarinho, com 17; 7º São Cláudio, com 10; 9º ADC Telhado, com 1.

dados por Morais não baixaram os braços e foram à procura do prejuízo. Num pontapé de canto a bola ressalta para Vítor, que rematou forte e empatou a partida ao minuto 35. As equipas recolheram aos balneários com um empate justo. Na segunda parte o Lousado entrou mais forte a pressionar o homem com bola e causava calafrios aos jogadores da União. Ao minuto 60, através de um pontapé de canto, o Lousado passava para a frente do marcador. A equipa de Calendário acusou o golo e não conseguia criar levar perigo ao lousadenses. Ao minuto 70 o caso do jogo: após uma bonita jogada da turma da União, Mota isolase e é rasteirado na área do Lousado, o juiz da partida ex-

No passado fim de semana, jogou-se nos escalões de infantis e pré-escolas da Liga de Futsal de Famalicão. Em infantis os resultados foram os seguintes: GRV S Martinho 6-0 A2D-Didaxis; AJ Joane 5-1 CRC; Sportfut 0-6 AD Esmeriz; Arnoso St Eulália 2-0 Barrimau. Já em pré-escolas os jogos terminaram assim: Barrimau 0-1 AJ Joane; Sportfut A 5-1 UD Calendário; MAL 2-1 Recreio Desportivo; CRC 4-0 Sportfut B. No próximo fim de semana vai jogar-se no escalão de escolas. No Pavilhão de Brufe, numa organização da Sportfut, vai jogar-se para o grupo “A”: Barrimau-AD Esmeriz (9h); Sportfut A-FC Vermoim (10h); Sportfut-Arnoso Sta Eulalia (11h), em infantis. Já no Pavilhão de Vermoim, numa organização da ARPO, vai jogar-se para o grupo “B”: Sportfut B-ARPO (9h); A2D-Didaxis-AJ Joane; CRC-GRV S Martinho. pub

Café Mandarim e Rotações Bar vencem Liga Elite Sport A equipa do Café Mandarim/Pedro Simão tornou-se campeã do 2º campeonato da Liga Elite Sport Empresas, organizado pela Academia Elite Sport. Ao vencer o seu jogo no fim de semana passado garantiu matematicamente o 1º lugar, beneficiando do empate do 2º classificado, a equipa do Pintar a Vida. Já no fim de semana anterior, a equipa do Rotações Bar tinha garantido o 1º lugar da Liga Sport tornando-se campeã e conseguindo, assim, a subida de divisão. A outra equipa a subir de divisão irá sair do trio Prosolvendo, Peixaria Santa Catarina e Joanetrónica. No sábado, a equipa da Cidadinox empatou com o Camiliano sendo o guarda-redes do Camiliano, Nélson Rodrigues, o MVP do jogo. No jogo seguinte a equipa da DRT venceu o João Costa/Just Log por 5-0.

No 3º jogo da noite, a Ricaver impôs uma derrota à equipa da Interfire por 5-3, tendo Ricardo Silva (Ricaver) sido o MVP do jogo. No jogo que decidiu o título, o Café Mandarim/Pedro Simão venceu a Sitron por 41 com Narciso Cunha a ser o MVP do jogo. No último jogo da noite, o Pintar a Vida e a Novatel empataram a 2 bolas. Paulo Couto (Novatel) com 2 golos foi o MVP do jogo. O Golo da Semana foi marcado por Paulo Salgado, da Interfire. Entretanto, arranca no próximo mês de março, o Campeonato do Mundo/Empresas na Academia Elite Sport Primavera/Verão estando abertas as inscrições, limitadas a 16 equipas, e que podem ser efetuadas através dos números 912751234 e 912751259 ou pelo email: academia.elite.sport@gmail.com.

15ª jornada do futsal distrital A 15ª jornada da 1ª divisão de futsal da AF Braga – série A, disputou-se no fim de semana passado e os resultados das equipas famalicenses foram os seguintes: MAL 2-9 Nogueiró; FC Amares 2-0 AD Esmeriz; AST Futsal 0-2 CRP Delães; FC Vermoim 2-3 São Mateus; AEIPCA 0-3 Mouquim. Na tabela classificativa, o São Mateus é 2º, com 40 pontos; o MAL segue nem 3º, com 34; o FC Vermoim é 4º, também com 34; a AD Esmeriz é 9º, com 16; o Mouquim desceu para 10º, igualmente com 16; e o Delães é 13º, com 13. No próximo sábado disputa-se a 16ª jornada: MAL-Nun’Álvares; FC Amares-Mouquim; Rio Caldo-AD Esmeriz; FC Vermoim-CRP Delães; São Mateus-Vieira Futsal.


sport: 13 de fevereiro de 2014 21

futebol/modalidades

Liberdade FC alcançou boas prestações

ADESPO volta às vitórias Em Jogo a contar para a 11ª e última jornada da 1ª volta do campeonato de seniores da 2ª divisão da AFSA (Associação de Futebol de Salão Amador de Famalicão) 2013/14, a ADESPO visitou a formação da Flor do Monte e venceu por 6-4. Foi um jogo muito bem disputado, com a Flor do Monte a apresentar-se muito bem organizada, procurando também aproveitar o momento menos bom que a

O Futebol Clube (FC) de Vermoim continua na frente do campeonato nacional de futsal feminino, zona Norte, e a Associação Rede Jovem (ARJ) de Mogege subiu um lugar na classificação, depois de disputada a 13ª jornada no fim de semana passado. A formação de Vermoim recebeu e venceu a equipa do EDCG e venceu por 8-1, mantendo o 1º lugar, com 34 pontos. Já a ARJ Mogege, que também jogou em casa, ganhou aos Restauradores Avintenses por 3-1 e subiu

Divisão de Honra: Delães 2-0 Ruivanense

AF BRAGA CLASSIFICAÇÃO

1. Amares 2. T. Bouro 3. S. COSME 4. Gerês 5. RUIVANENSE 6. Emilianos 7. GD LOURO 8. Regadas 9. Pica 10. Antime 11. DELÃES 12. St Adrião 13. A Urgeses 14. Silvares 15. Op. Campelos 16. BAIRRO

RESULTADOS

Divisão Honra-Série B

J

19 19 18 19 19 18 19 19 19 19 19 19 19 19 19 19

Pica, 2; Op. Campelos, 1 A Urgeses, 3; GD LOURO, 1 Silvares, 0; BAIRRO, 2 Amares, 4; Gerês, 0 DELÃES, 2; RUIVANENSE, 0 T. Bouro, 3; Regadas, 1 St Adrião, 2; Antime, 1 Emilianos-S. COSME (adiado)

V

17 13 11 8 8 8 8 7 6 6 5 6 5 4 3 2

E

1 0 2 7 7 4 4 5 6 6 5 2 4 4 6 5

D

1 6 5 4 4 6 7 7 7 7 9 11 10 11 10 12

F

62 30 25 27 27 33 32 25 26 22 31 24 20 23 25 20

C

12 19 22 21 26 27 30 25 24 22 33 42 26 43 38 42

P

52 39 35 31 31 28 28 26 24 24 20 20 19 16 15 11

PRÓXIMA JORNADA T. Bouro - Pica Gerês - A Urgeses RUIVANENSE - Amares GD LOURO - Silvares BAIRRO - Emilianos S. COSME - Op. Campelos Antime - DELÃES Regadas - St Adrião

CLASSIFICAÇÃO

1. Roriz

J

8. Granja

9. Guisande

10. ADJ Mouquim 11. Ferreirense

12. GD Fradelos

RESULTADOS

F

C

P

1

44

17

35

16

10

1

5

33

20

31

16

7. Lomarense

D

5

4. Ucha

6. Sequeirense

I Divisão-Série A E

16

15

16

16

16

16

16 15

10 7

7

6

5

5

4

4

2 1

Viatodos, 3; Granja, 2

ADJ Mouquim, 1; MARCA, 3 Guisande, 5; Ucha, 0

Operario FC, 4; Roriz, 1

GD Fradelos-Sequeirense (adiado) Lomarense, 2; Ferreirense, 1

3 4

3

5

7

6

6

3

4 1

3 5

6

4

4

5

6

9

10 13

35 26

22

25

21

21

26

15 14 14

19 21

21

15

22

21

21

27 38 54

33 25

24

23

22

21

18

15 10

4

PRÓXIMA JORNADA MARCA - GD Fradelos

Ferreirense - ADJ Mouquim Sequeirense - Operario FC Roriz - Guisande Ucha - Viatodos

Granja - Lomarense

um lugar na tabela, trocando precisamente de posto com o seu adversário nesta jornada, e é agora 2º classificado, com 30 pontos, os mesmos que o Avintenses. No próximo fim de semana disputa-se a 14ª jornada e o FC Vermoim tem uma deslocação ao terreno do Restauradores Avintenses, ao passo que o Mogege vai jogar a casa do CCD Veiros. Ambos os encontros estão marcados para as 16 horas de sábado, dia 15 de fevereiro.

a 11ª jornada, que terminou assim: Flor do Monte 46 ADESPO; Cajada 6-1 ARCD Bente; Gente Fantástica 1-4 Barrimau; S. Martinho Brufe 2-5 AM Lameiras B; AD Esmeriz 2-5 GRV São Martinho; AC Vermoim 3-3 União Louredo B. A tabela continua a ser liderada pela ADESPO, que soma 27 pontos. Em veteranos esteve em disputa a 11ª jornada e os resultados foram os seguintes: ADERM 2-1 ADC Novais; UD Bairrense 4-3 Barrimau; União Louredo 23 GR Covense; Flor do Monte 12-4 FC Landim; AD Pedome 4-2 AC Vermoim. A ADERM mantém-se líder, com 28 pontos.

Sara Mendanha vice-campeã regional light-kick

10

16

5. Operario FC

Os vários campeonatos organizados pela Associação de Futebol de Salão Amador de Famalicão (AFSA) voltaram a disputar-se no fim de semana passado. Na 1ª divisão, em seniores, os resultados da 14ª jornada foram os seguintes: AD Pedome 9-2 ADECA; Colina do Ave 5-1 ADRO; ACURA 2-2 UD Bairrense; União Louredo 3-5 GD Carreira; ADERM1.3 AM Lameiras; já os jogos JASP-ADC Novais e ARCV São Cosme-FC Landim foram adiados. A ACURA continua e 1º lugar, com 34 pontos, mais 1 que o 2º classificado, que continua a ser a AM Lameiras. Ainda em seniores, mas na 2ª divisão, jogou-se

16

2. MARCA

3. Viatodos

V

ADESPO

Resultados dos campeonatos da AFSA

tia ao Ruivanense responder à desvantagem. Pressionavam sempre alto os homens do Delães e dessa forma, à passagem dos 30 minutos, Luisinho ganha a bola a um homem visitante e segue em velocidade para a baliza do Ruivanense, e apesar de pressionado, remata forte e colocado e faz o 2-0 para o Delães. Na segunda metade e com as substituições efetuadas previa-se uma resposta do Ruivanense, mas acabou por não criar grandes oportunidades de perigo. O momento do jogo aconteceu à passagem dos 70 minutos, com a marcação polémica de uma grande penalidade contra o Delães e consequente expulsão de Hélder. Na marcação do penalti, Samu nega o golo ao Ruivanense com uma grande defesa. Até final do jogo, a união e espírito de sacrifício dos homens do Delães permitiu a vitória sem margem de contestação. Bom espetáculo de futebol. CRP Delães

AF BRAGA

lances muito bem jogados pela equipa adversária sofreu mais dois golos. O jogo estava já perto do final e a ADESPO nesse período limitou-se a controlar e esperar pelo apito final do árbitro, que chegou com o resultado final em 6-4. No próximo sábado a ADESPO joga em casa a 12ª jornada frente à formação do Louredo B.

FC Vermoim mantém liderança e ARJ Mogege sobe

O Liberdade Futebol Clube (FC) deslocou-se, no passado domingo, à cidade de Pombal marcando presença no Campeonato Nacional de Juniores de Pista Coberta, com as atletas Jéssica Lopes na prova dos 3.000 metros, e Catarina Araújo nos 800 metros. Segundo o Liberdade FC, destaque para a “magnífica prestação da atleta júnior Jéssica Lopes que ficou apenas a oito segundos de um lugar no pódio nacional destes campeonatos, com a sua melhor marca pessoal desta época de pista coberta,10.30,95”. Bem esteve também Catarina Araújo, que sendo ainda juvenil, alcançou um “ótimo 10º lugar”. O clube felicita as suas atletas “pelos excelentes resultados, demonstrando a todos os famalicenses o ótimo trabalho que esta associação desenvolve com as gentes da sua terra”.

Na tarde do passado domingo, o CRP Delães recebeu o vizinho Ruivães em mais uma jornada a contar para o campeonato distrital da divisão de honra. Tratava-se de um dérbi, numa tarde chuvosa, mas os adeptos delaenses responderem em força e rumaram em grande número par apoiar a equipa delaense. O Parque de Jogos da Portela estava com um ambiente fantástico. O jogo começou demonstrando um Ruivanense com muitas dificuldades em jogar, não se adaptando aos condicionalismos do recinto de jogo e deparando-se com uma equipa delaense aguerrida, com uma pressão alta, obrigando o Ruivanense a bater bola. À passagem dos dez minutos, num rápido lançamento de linha lateral, Marquinho aparece na linha de fundo e cruza para a área, onde Vitinha, na cara do guarda-redes do Ruivães, faz o 1-0 e coloca os adeptos delaenses ao rubro. A partir deste momento, o Delães ganhou ainda mais confiança e não permi-

ADESPO aparentava atravessar. Mas a formação da ADESPO mostrou o quão unida e convicta dos objetivos e, embora com alguma dificuldade, ainda na primeira parte chegou à vantagem. A Flor do Monte, sempre motivada, por duas vezes igualou o resultado. Só na segunda parte a ADESPO conseguiu superiorizar-se e chegou ao 6-2. Nessa altura, a equipa aproveitou para rodar e em dois

No passado sábado, a Gio-boxing/Academia Gindança realizou, no Pavilhão Municipal das Lameiras, o Campeonato Regional de Kickboxing nas vertentes de light kickboxing, aero kickboxing e semicontact. A prova contou com cerca de 120 atletas e com mais de 100 combates realizados durante todo o dia, sendo, mais uma vez, um “sucesso organizativo”. Esta prova apurava os representantes do Norte para o campeonato nacional e contou com a participação de 3 atletas da equipa famalicense. Fernando Silva e Miguel Campos realizaram “excelentes combates, mostrando margem para evoluírem enquanto atletas”. Já Sara Mendanha, na categoria 55kg, venceu em combates extremamente bem disputados os quartos de final e as meias finais, sendo que na final foi obrigada a desistir no segundo assalto devido a uma hemorragia nasal. Sara Mendanha conseguiu, assim, No mesmo campeonato, a Aso apuramento para o nacional sociação Desportos de Combate como vice-campeã regional da ca- KTF de Guimarães, representada tegoria. pela equipa KTF Team, sagrou-se

pelo terceiro ano consecutivo campeã regional de light kickboxing, aero kickboxing e vice-campeã regional de semicontact.


22

sport: 13 de fevereiro de 2014

publicidade/modalidades

RAHC afastado da Taça de Portugal pelo Ancorense PRECISA-SE

Técnico com experiência para máquinas de costuras, automatismos, eletrónica, pneumática, manutenção geral.

Resposta ao jornal nº1136

Sporting Clube Cabeçudense ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

Em conformidade com o art. 18º, alínea 2, do Regulamento Interno, convoco todos os sócios do Sporting Clube Cabeçudense a reunirem em Assembleia Geral Ordinária, no próximo dia 7 de Março, Sextafeira, pelas 21 horas no Salão Nobre da Autarquia (Cabeçudos), com a seguinte: ORDEM DE TRABALHOS

1. Apresentação, discussão e votação do relatório de contas da Direcção e parecer do Conselho Fiscal referentes ao ano 2013. 2. Eleição dos corpos gerentes para o próximo biénio. 3. Assuntos de interesse para o Clube.

Se à hora marcada, e de acordo com o art. 20º do Regulamento Interno, não estiver presente a maioria dos sócios, esta Assembleia terá início meia hora mais tarde com qualquer número de presenças. Importante: Para eleição dos corpos gerentes qualquer sócio poderá apresentar listas ao Presidente da Assembleia até ao dia 28 de Fevereiro. O Presidente da Mesa da Assembleia Geral (Sílvio Granjo)

Pelo segundo ano consecutivo o Riba d’ Ave Hóquei Clube (RAHC) foi afastado logo na 2ª eliminatória da Taça de Portugal de hóquei em patins. O sorteio ditou um duelo minhoto com o RAHC a deslocar-se, no passado sábado, a Vila Praia de Âncora para defrontar a turma local, o CCD Ancorense, clube que milita na 3ª divisão nacional. O treinador Horácio Ferreira alterou o seu cinco inicial habitual e depositou confiança nos seguintes jogadores: João Aurélio (GR), André Alves, Diogo Machado, Vítor Hugo e Hugo Oliveira. O jogo iniciou-se com muito equilíbrio, mas com um ritmo interessante. Nos primeiros 10 minutos registaram-se boas investidas

de ataque em ambas as balizas, mas era a equipa de Âncora quem levava mais perigo. Aos 15 minutos os locais inauguram o ativo, por Duda. Galvanizada, a formação de Âncora ampliava a vantagem no minuto seguinte, através de Vianinha. O RAHC entrou na discussão do jogo alguns minutos depois com o capitão André Alves a reduzir para 2-1. O empate podia ter surgido logo depois, mas Raul Meca viu a bola bater no poste. A segunda parte iniciou-se com nova ocasião de golo para o Ancorense, em mais uma bola a bater no poste da baliza de João Aurélio. O RAHC reagia bem e procurava o empate, contudo seria o Ancorense a

aumentar a vantagem. O RAHC sentiu o golo e os minutos seguintes foram complicados para a turma ribadavense. Aos 17 minutos, João Aurélio defendia livre direto após 10ª falta do RAHC, mas dois minutos depois Rudy bisava e sentenciava praticamente a eliminatória ao fazer o 5-1. Segundos depois, Bruno Castro reduzia a desvantagem, após golo de penálti e dava alguma esperança. Até final ainda alguns lances de perigo, mas o resultado ficou em 5-2. O nacional da 2ª divisão – zona Norte regressa no próximo sábado, 15 de fevereiro, com o RAHC a receber, pelas 18 horas, a Juventude Pacense.

AVC: vitória na Madeira e derrota nas Taipas As iniciadas do Atlético Voleibol Clube (AVC), já apuradas para o nacional, deslocaram-se ao CAR Taipense e perderam por 3-0, num jogo que poderia dar o título regional ao clube e que mereceu por parte do AVC críticas à atuação do árbitro. As seniores viajaram até à Ilha da Madeira e venceram facilmente o CSD Câmara de Lobos. Apesar de

CAFÉ ILHA´S PARK (EM S. SIMÃO DE NOVAIS)

TORNEIO DE SUECA SÁBADO DIA 15 DE FEVEREIRO ÀS 15H

1º PRÉMIO – 150 BARALHOS 2º PRÉMIO – 75 BARALHOS 3º PRÉMIO – 2 BACALHAUS 4º PRÉMIO – 2 BACALHAUS PERDIDOS: 1º PRÉMIO – 2 BACALHAUS 2º PRÉMIO – 2 CX VINHO

CONTACTO 252 931 266

não ter sido uma exibição agradável, foi a necessária, com uma a diferença de valor evidente: 14-25; 12-25 e 19-25. Entretanto, realizou-se já o sorteio da 2ª fase do campeonato e o AVC vai discutir a classificação do 5º ao 11º lugares, com Castelo Maia GC, Lusófona VC, GDC Gueifães, CSD Câmara de Lobos, SC Braga e GC St Tirso.

Ricardo Gomes vence 2º BTT XCO Fafe Show Bike O Campeonato do Minho de BTT XCO 2014 arrancou, no passado domingo, com a realização do 2º BTT XCO Fafe Show Bike. A prova decorreu no Parque da Cidade de Fafe e assinalou o lançamento do Fafe Show Bike, um mega evento de ciclismo. Condições climatéricas muito adversas, por força do temporal, não impediram Ricardo Gomes, atleta paraolímpico que defendeu as cores do Team UCVNF-Soniturismo Bike World, e alcançou o 1º lugar, numa “excelente vitória”.


modalidades

Voleibol: FAC vence líder do campeonato O Famalicense Atlético Clube deslocou-se a casa do líder do Campeonato Nacional da 2ªivisão de Voleibol, o Leixões SC, que venceu todos os jogos da temporada e é o grande candidato à subida de divisão. O FAC fez um extraordinário jogo e venceu categoricamente. Com muita garra, entrega ao jogo e vontade de corrigir a má imagem deixada na jornada anterior, o conjunto do FAC foi unido e competente para ser melhor que o seu valoroso adversário e os dois primeiros sets foram muito iguais, com mais serenidade no final dos mesmos para os concluir em 23-25. O terceiro set parecia o da coroação com alguma vantagem que foi desperdiçada e que empolgou o Leixões para fechar o parcial com 25-22. No quarto set, o FAC aproveitou uma desconcentração local que lhe permitiu ganhar vantagem, terminando com 2225. Três pontos para o FAC que reentra na discussão dos primeiros lugares, mantendo a quarta posição. No próximo sábado, recebe o Clube de Voleibol de Lisboa, às 18 horas.

Bilhar: Famalicense Atlético Clube na luta pela manutenção O Famalicense Atlético Clube disputou mais dois encontros do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Bilhar e um da Taça de Portugal. Frente à Portuguesa de Leça, os quatro atletas escalados por Jorge Bastos fizeram, provavelmente, a melhor exibição global do FAC na primeira divisão. Adelino Paredes e Adolfo Pereira venceram categoricamente os seus encontros, Carlos Veloso teve a "infelicidade" do seu adversário conseguir um bom jogo e Jorge Lopes viu o leceiro superiorizarase na última entrada. A mesma equipa deslocou-se a Leça para defrontara a mesma Portu-

guesa em jogo da Taça de Portugal e a história foi diferente. Os locais superiorizam-se desde o início da partida e venceram por 3-0, ditando o afastamento do FAC da prova. Depois do jogo com a Portuguesa, o FAC antecipou o encontro da 6ª jornada para a passada sexta-feira, dia 7, motivado pela participação de Jorge Bastos na Taça do Mundo de Istambul, na Turquia. Frente à Casa do Porto de Espinho, alinharam neste encontro, Adolfo Pereira, Jorge Bastos, Carlos Veloso e Jorge Lopes. Adolfo foi irrepreensível e venceu categoricamente por 40-18, Jorge Bastos, apesar de uma boa média teve

pela frente um jovem talentoso e nunca esteve perto de vencer. Carlos Veloso também não pontuou e foi Jorge Lopes que venceu por um ponto, empatando o encontro. Com este empate, a manutenção continua difícil mas ainda em discussão com a Casa do Porto de Espinho e o Leões da Agra. A equipa "B", que milita na 2ª divisão, cedeu frente ao Leixões SC "B" por 3-1, caindo um pouco a ilusão da discussão pelo 2º lugar. No final da primeira volta está em 4º a apenas dois pontos do lugar que permite a disputa da Final Four. A segunda volta apenas se inicia em abril.

sport: 13 de fevereiro de 2014 23

Tomatubikers com arranque promissor em BTT XCO A equipa famalicense de BTT Tomatubikers esteve presente na primeira prova do Campeonato Regional do Minho de XCO que se disputou no passado domingo, em Fafe, conseguindo obter 3 primeiros lugares, 2 segundos e 1 terceiro. Na categoria de pupilos, Luna Carneiro foi a 1ª em femininos e Gonçalo Costa e Rodrigo Pedroso 2º e 3º, respetivamente, em masculinos. Em iniciados, Ruben Oliveira começa a época com um 1º lugar na estreia na categoria, e Gabriel Carneiro foi 5º. Igualmente em 5º lugar, e também numa nova categoria, ficou Miguel Pedroso em infantis masculinos. Em juvenis masculinos, João Silva, foi o 13º e em femininos, Marta Reis foi 6ª classificada. Em cadetes masculinos, uma excelente prestação de António Azevedo conduziuo a uma vitória incontestável. Ainda nesta categoria de referir o 11º lugar de Vítor Lima, o 21º de Francisco Ruivo, o 24º de João Aze-

vedo e o 26º de Pedro Carneiro. Já Pedro Barbosa teve de desistir devido a problemas mecânicos. Nuno Costa, que esta época se estreia na categoria júnior, conseguiu o 10º lugar da geral naquela que foi uma das provas mais disputadas do dia. Na categoria de promoção o regresso à competição do atleta André Castro ficou marcado por mais um excelente resultado, com este a arrecadar o 1º lugar. Entretanto, no sentido de melhor preparar a sua época de XCO de 2014, três atletas da Tomatubikers de Famalicão foram disputar a prova rainha do início da época do BTT no Norte, que se disputou na Póvoa do Varzim, no dia 2 de fevereiro, com cerca de mil atletas presentes. Os atletas Tomatubikers que conseguiram resultados de mérito apesar de a categoria de XCM não ser a sua especialidade. Destacamse os terceiros lugares de Vítor Lima, em cadetes, e Nuno Costa, em juniores, na prova de meia maratona. pub

Nuno Antunes no pódio no campeonato Minho XCO Começou o campeonato do Minho de Cross Country (XCO). Em Fafe, disputou-se a primeira prova organizada pela Associação de Ciclismo do Minho e FAC apresentou oito atletas na pista. Destaque para Nuno Antunes que conseguiu o terceiro lugar na categoria de juvenis. Com muita chuva e vento, a pista ficou muito pesada e difícil mas isso não impediu o primeiro pódio da temporada. Nuno cedo se colocou no lugar que finalizou e deixou a sensação de que poderá, nas próximas provas, inco-

modar os que o antecederam na meta. Em Cadetes, Marco Azevedo fez a sua estreia em competição terminando na 18ª posição. Carlos Rodrigues foi 7º em juniores e, no mesmo escalão, Ruben Sampaio terminou em 14º. Nos masters A, Alexandre Pinto foi 12º e Roberto Lopes 13º. Em elites, Pedro Machado concluiu em 8º e Miguel Sampaio finalizou na 20ª posição. Coletivamente, o FAC foi 9º classificado. A próxima prova realiza-se apenas a 16 de março.

FAC muito apagado na1ª divisão de basquetebol O FAC/Crédito Agrícola foi à cidade dos arcebispos defrontar o SC Braga num jogo decisivo para se manter na luta pelo 3º lugar. A equipa não conseguiu inverter o ciclo negativo. Neste jogo, cedo se perce-

beu que a equipa bracarense estava melhor . Ao intervalo o vencedor estava encontrado com o marcador a assinalar 40-26. A segunda parte foi mal jogada por ambos os conjuntos com uma arrepiante percentagem de lançamentos. O

terceiro período ficou 10-6 e o quarto 17-15. No final o SC Braga venceu por 67-47. Faltam três jogos para o final da primeira fase. O próximo é no sábado, às 15 horas, no Pavilhão municipal, recebendo o CB Viana.

Festa dos infantis masculinos ACV em Peso da Régua Foi em clima de verdadeira festa que a equipa de infantis masculinos do Andebol ACV se deslocou, no passado sábado, a Godim, em Peso da Régua. Na vertente desportiva, o jogo finalizou com “uns esclarecedores” 6-29 favoráveis à equipa ACV. Apesar de uma primeira parte menos conseguida, no segundo tempo a equipa ACV voltou “ao seu nível, cimentando uma vitória clara que lhe permite reafirmar a primeira posição no seu grupo e igualmente a liderança do seu atleta João Oliveira na lista de melhores marcadores da competição”.


24

sport: 13 de fevereiro de 2014

modalidades

CRC-Famalicão começa época com vitórias O CRC-Famalicão começou a época de 2014 com vitórias a nível nacional e regional. No passado sábado, realizou-se a segunda e última prova da Taça de Portugal de Pista, onde o atleta juvenil Miguel Sousa arrecadou o 1º lugar nos 500m Contra Relógio vencendo as duas prova da Taça. O mesmo atleta conseguiu ainda ficar em 2º lugar na Corrida por Pontos e em 4º lugar na Eliminação Dinamarquesa. Da mesma categoria, Pedro Sampaio terminou em 5º lugar nos 500m Contra Relógio e César Costa ficou em 6º lugar na Corrida por Pontos e 8º lugar na Eliminação Dinamarquesa. Em cadetes, Pedro Martins ficou em 8º lugar na disciplina de Eliminação. No domingo foi o início do Campeonato Regional Minho BTT

com a realização do 2º BTT XCO Fafe Show Bike, que decorreu em condições meteorológicas muito adversas, e onde a equipa de ciclismo do CRC-Famalicão também marcou presença. Em benjamins, David Ferreira venceu a prova de destreza e Nelson Silva ficou em 2º lugar, e Ana Costa ficou em 2º lugar femininos. Nos iniciados, Nuno Oliveira terminou a prova em 2º lugar. Em infantis, Tiago Dias ficou em 3º lugar, em femininos Beatriz Pereira venceu corrida, e Rute Silva terminou em 3º. Nos juvenis, Miguel Sousa ficou em 1º lugar, César Costa em 4º e Pedro Sampaio terminou no 6º. Em cadetes, Tiago Araújo ficou em 5º lugar e Pedro Martins foi 12º. Por equipas de escola de BTT, o CRC Garbo/Vegas Cosmetics ficou em 1º lugar.

EARO consegue bons resultados em Pombal

Competição decorreu na EB Dr. Nuno Simões

AA Didáxis domina encontro escolar de xadrez

O Clube de Xadrez Escolar da Escola Básica Dr. Nuno Simões organizou, no passado dia 8 de fevereiro, o 2º Encontro Distrital Escolar – Série C com o apoio da Associação de Xadrez do Distrito de Braga e patrocínio da Câmara de Famalicão. Este torneio dirigia-se aos alunos do clube escolar da Associação Académica (AA) da Didáxis, Agrupamento de Escolas de Ribeirão, Agrupamento de Escolas D. Sancho I e Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado. Bruno Ribeiro (AA Di-

dáxis) foi o grande vencedor com uma performance 100% vitoriosa: 7 pontos em 7 jogos. Em 2º e 3º lugares classificaram-se os seus colegas de equipa Carlos Azevedo e Maria Elisa Oliveira (1º lugar feminino). A AA Didáxis dominou este torneio individual e coletivamente, pois conquistou 12 prémios individuais dos 15 prémios em disputa. Esta iniciativa, que contou com a presença de 60 jogadores, deu continuidade à campanha de sensibilização e motivação para a prática do xa-

drez. O 3º encontro realizar-se-á no dia 22 de fevereiro, na Didáxis de S. Cosme. Entretanto, a AA Didáxis fez-se representar por duas jovens atletas famalicenses, as irmãs WCM Maria Inês Oliveira e Maria Alice Oliveira, num dos mais importantes torneios internacionais de xadrez, o Festival de Gibraltar, que decorreu entre 26 de janeiro e 6 de fevereiro. Este evento contou com a representação de 49 países, 68 Grandes Mestres, 38 Mestres Internacionais e 16 Mestres FIDE, reu-

nindo um total de 256 jogadores. Ambas as atletas participaram em dois Torneios de Lentas. No Torneio Challenger A, que contou com 83 participantes, a WCM Maria Inês Oliveira, atual campeã nacional sénior, e Maria Alice Oliveira, atual campeã nacional sub10, classificaram-se em 77º e 78º lugares, respetivamente. No evento Challenger B, também com 83 participantes, Maria Inês Oliveira e Maria Alice Oliveira classificaram-se em 27º e 79º lugares, respetivamente.

Famalicão foi vice-campeão do Open Vale do Sousa A Escola de Atletismo Rosa Oliveira (EARO) esteve presente no Campeonato Nacional de Juniores de Pista Coberta, domingo passado, na cidade de Pombal, com duas atletas: Sara Dias Oliveira e Sílvia Dulce Oliveira. Nos 3.000 metros, Sílvia Dulce Oliveira fez uma “excelente prova”, batendo o seu recorde pessoal em 8 segundos, terminando assim num “ótimo” 5ºlugar, com a marca de 10.32.48, anuncia a escola em nota à imprensa. Já nos 800 metros, a atleta, ainda juvenil, Sara Dias Oliveira também fez “uma grande prova”, conseguindo um “honroso” 5º lugar, com a marca de 2.21.58. “É muito bom ver os resultados a serem melhores de dia para dia”, sublinham os responsáveis da EARO.

Par famalicense tetracampeão de dança Pelo quarto ano consecutivo, Sérgio Costa e Rita Almeida sagraramse campeões nacionais de dança desportiva em standard, em representação dos Alunos Apolo/Academia Gindança. Este par famalicense começa assim a época 2014 da melhor forma, mantendo-se como referência nacional no escalão mais alto da modalidade em standard. Nesta nova época vão disputar o circuito nacional, eliminatórias da Taça de Portugal, campeonato nacional das 10 danças, assim como todas as representações de Portugal nas provas europeias e mundiais. O par agradece o apoio do município de Famalicão, da Academia Gindança e dos patrocinadores.

O Grupo Desportivo de Natação de Famalicão esteve em excelente nível no Open Vale do Sousa, realizado nas piscinas municipais de Felgueiras, nos dias 8 e 9 de fevereiro, com a participação de 41 nadadores. Famalicão sagrou-se vice-campeão do Open Vale do Sousa, imediatamente atrás do Futebol Clube do Porto, totalizando 333 pontos. Os nadadores famalicenses conquistaram 32 medalhas, das quais 13 medalhas de ouro (Graça Araújo, 3 medalhas; Hugo Morais, 3 medalhas; Beatriz Martins, 2 medalhas; José Freitas, 2 medalhas; Mateus Carvalho, 1 medalha; Cristiana Ribeiro, 1 medalha; e Miguel Santos, 1 medalha); 12 medalhas

de prata e 7 medalhas de bronze. Para o responsável técnico do clube, Pedro Faia, esta foi uma competição “extraordinária, que além de servir de avaliação da preparação que o grupo está a efetuar para os próximos campeonatos nacionais, contribuiu para injetar con-

fiança, motivação e muita ambição em obter resultados desportivos”. Para o treinador estes nadadores são “fantásticos”, quer em qualidade, quer em potencial desportivo. “Queremos ver os nossos nadadores a elevar o nome de Famalicão no país e além-fronteiras”.

Eduardo Sá campeão nacional dos 200 metros O atleta júnior do CCDR, Eduardo Sá, sagrou-se, no passado domingo, campeão nacional na prova de 200 metros, nos Campeonatos Nacionais de Juniores realizados na pista coberta, em Pombal. Eduardo Sá, de 18 anos, continua a distinguir-se por ser um dos atletas mais rápidos de Portugal, enquadrandose no projeto da Federação Portuguesa de Atletismo de atletas com capacidade para participar nos Campeonatos do Mundo de Juniores, que se realizarão em junho, nos Estados Unidos. O jovem atleta venceu com um novo recorde pessoal e recorde regional de Braga, com o tempo de 22.19 segundos, ficando em 2º lugar o atleta Ricardo Pereira, do Benfica, e em 3º Xavier Mendes, do Sporting. Também participaram nestes campeonatos os atletas do CCDR Luís Costa, nos 3.000 metros, não correndo como o esperado; e Elsa Cruz, ainda juvenil, que participou nas provas combinadas, tendo-se classificado em 6ºlugar.

Op1136  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you