Page 1

pub

pub

Vão beneficiar zona industrial de Lousado e requalificar a VIM

Câmara adjudica obras de 2,5 milhões na rede viária P. 4

ANO 21 • Nº 1103

DE 27 DE JUNHO A 3 DE JULHO DE 2013 DIRETOR: JOÃO FERNANDES

www.opiniaopublica.pt

Investimento camarário avança em Lousado, Bairro, Oliveira Santa Maria e Gondifelos

opiniãosport:

2,7 MILHÕES PARA RECUPERAR MAIS QUATRO ESCOLAS

Pedro Hipólito é o novo treinador do GD Joane

A Câmara de Famalicão vai avançar com a reabilitação de mais quatro euros. Os projetos estão a ser apresentados publicamente às comuniedifícios escolares nas freguesias de Lousado, Bairro, Oliveira Santa dades educativas, assim como as soluções encontradas para o ano leMaria e Gondifelos, num investimento que ultrapassa os 2,7 milhões de tivo 2013/2014, durante o período de realização das obras.p. 8

Equipas famalicenses reforçam-se para a próxima época

Feira Medieval recebeu mais de 120 mil visitantes

Entrevista a Fernando Almeida, treinador do hóquei do FAC

P. 4

opiniãoespecial

Vilas de Joane e Ribeirão

pub

António Lima desiste Custódio apresenta Paulo Cunha Jumbo de da candidatura à proposta para promete novo Famalicão é Junta de Landim promover emprego complexo desportivo o mais barato P. 12

P. 8

P. 7

P. 8 pub


2

pública: 27 de junho de 2013

cidade

Dia do Clero reuniu sacerdotes de Famalicão No passado dia 19 de junho, realizou-se o “Dia Sacerdotal do Clero Famalicense” que reuniu os sacerdotes do Arciprestado num dia diferente, marcado por momentos de reflexão, oração e convívio. O encontro teve lugar em Santo Tirso, no Mosteiro de S. Bento. Do programa destacouse um momento de formação subordinado ao tema “Celebrar a Fé hoje: desafios! – Da Fé professada à Fé celebrada”, que esteve a cargo de José Paulo Antunes, professor da Universidade Católica. O orador lembrou os presentes que “as vias da procura espiritual deixaram de ter sentido único, pois os tempos estão a mudar”, acrescentando que “estes tempos de mudança são inspiradores”, na medida em que desafiam à revitalização do tecido pastoral da Igreja em Portugal e a “viver a doce e reconfor-

tante alegria de evangelizar”. Paulo Antunes defendeu que é necessário “uma Igreja permanentemente em estado de oração, formação, renovação e missão, cada vez mais atenta e todas as pessoas e sinais dos tempos; uma Igreja mais dinâmica e participativa, discipular e missionária, próxima e acolhedora, que não fique à espera das pessoas, mas que vá ao seu encontro”, particularmente daqueles que “vivem sem esperança, e se encontram imersos numa profunda tristeza”. A este propósito, lembrou a importância “da linguagem adoptada pela Igreja e desta se perguntar se aqueles para quem fala a entendem verdadeiramente”. Depois do almoço, os sacerdotes ainda tiveram oportunidade de visitar o Mosteiro de S. Bento, guiados pelo padre João Pedro Marques, vigário paroquial.

Alunos da Camilo e do 1º ciclo encontram-se no “Storytellers”

Encontro começou com receção nos Paços do Concelho

Antigos combatentes em Angola reuniram-se em Famalicão “Para manter a memória, matar saudades dos amigos e recordar os que já partiram”. Foi com este espírito que os antigos militares combatentes em Angola entre 1961 e 1964 se reuniram em Famalicão, no fim de semana de 15 e 16 de junho, naquele que foi o 13º convívio. A iniciativa foi organizada pelo antigo combatente famalicense Silvério Ferreira da Silva e juntou cerca de 150 participantes oriundos de todo o país. Do programa do encontro fez parte uma receção no Salão Nobre da Câmara Municipal, presidida pelo vice-presidente da autarquia, Paulo Cunha. Nas várias intervenções proferidas ficaram os agradecimentos à Câmara pelo apoio dado na organização da iniciativa, encarada pelos antigos militares como “um momento

Os antigos combatentes foram recebidos na Câmara Municipal

único de reencontro de um grupo de pessoas unidas por uma amizade cimentada numa experiência muito forte, onde se recordam os bons e os maus momentos”. Depois de dar as boas vindas a todos os participantes, Paulo Cunha aproveitou a circunstância para agradecer o contributo dos antigos militares na de-

fesa da pátria e na construção do presente do país, muitas vezes com sofrimento e sacrifício individual, privações e uma grande entrega a Portugal. “Quando olhamos para a História, reconhecemos que o que somos hoje é mérito dos que lutaram no passado”, disse o autarca, instando os ex-combatentes a manterem uma

cidadania ativa. “A vossa sabedoria e experiência são muito importantes para as novas gerações”, acrescentou. Depois da receção no Salão Nobre, o encontro prosseguiu com uma missa na Igreja de S. Tiago de Antas em memória dos companheiros falecidos, a que se seguiu o almoço em Esmeriz.

Projeto da Associação de Pais da Camilo

"Ciência em Ação" ajuda alunos do 9º ano No passado dia 7 de junho realizou-se, no anfiteatro da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, o “I Storytellers”, um encontro entre os alunos do 1º ciclo da Escola Básica de Antas e alguns alunos da Camilo, unidos pela pertença ao mesmo agrupamento de escolas. Este projeto fortaleceu a ligação entre as escolas e pretendeu dinamizar as relações entre os diferentes saberes, entre os alunos, mas também entre o corpo docente e não docente, potencializando as condições materiais de que dispõe a escola-sede. A realização do “Storytellers” nasceu da convergência entre os conteúdos da disciplina de História A e de Inglês e da força de vontade dos intervenientes para que esta atividade fosse uma realidade. Os conteúdos foram abordados e transformados em atividades lúdicas, lideradas pelas finalistas Bárbara Cruzeiro, Cristiana Moreira e Sofia Leonor Rego e com a participação dos meninos do 1º ciclo. Segundo os promotores, “este exemplo projetou o significado do que é ser um verdadeiro agrupamento de escolas, porque só foi possível a realização desta atividade devido à colaboração e ao empenho de vários intervenientes da Escola Camilo Castelo Branco, da Escola EB 2,3 Júlio Brandão e da Escola Básica de Antas”.

FICHA TÉCNICA CONSELHO EDITORIAL:

Alexandrino Cosme, António Cândido Oliveira, António Jorge Pinto Couto, Artur Sá da Costa, Cristina Azevedo, Feliz Manuel Pereira, Joaquim Loureiro, João Fernandes, Manuel Afonso e Almeida Pinto.

DIRECTOR: João Fernandes (CIEJ TE-95)

jfernandes@opiniaopublica.pt

CHEFE DE REDACÇÃO:

Cristina Azevedo (CPJ 5611) cristina@opiniaopublica.pt

EDITOR DE TURNO:

Magda Ferreira (CPJ 4625) magda@opiniaopublica.pt

REDACÇÃO:

informacao@opiniaopublica.pt Carla Alexandra Soares (CICR-248), Cristina Azevedo (CPJ 5611), Magda Ferreira (CPJ 4625) e Sofia Abreu Silva (CPJ 7474).

DESPORTO: Jorge Humberto, José Cle-

mente (CNID 297) e Pedro Silva (CICR220).

No passado dia 14 de junho, os alunos da Escola secundária Camilo Castelo Branco que aderiram ao projeto "Ciência em Ação" apresentaram o trabalho realizado desde abril. Este projeto é dirigido aos alunos do 9.º ano da Camilo e tem como propósito ajudar os jovens na sua tomada de decisão vocacional, perante a multiplicidade de profissões, áreas de estudo e de cursos. O “Ciência em Ação” insere-se num projeto mais vasto, o “Ciência Viva – Pais com Ciência”, a que a Associação de Pais da Camilo se candidatou e que mereceu a respetiva aprovação O workshop de apresentação do trabalho realizado, que decorreu no auditório da escola, contou com a presença da presidente da CAP, Fátima Cerqueira, e do presidente da Associação de Pais, Fernando Morais. Através deste projeto, os alunos realizaram atividades para desvendar os segredos da ciência e abrir os seus horizontes dando a conhecer as saídas profissionais e auxiliando-os a escolher a área que mais se adapta às suas competências, com o apoio do serviço de orientação vocacional da escola.

GRAFISMO:

Carla Alexandra Soares, Pedro Silva.

APOIO À REDACÇÃO: Jorge Alexandre

OPINIÃO: Adelino Mota, Barbosa da Silva,

Domingos Peixoto, Gouveia Ferreira, J. Mário Teixeira, Joaquim Loureiro, José Luís Araújo, Sílvio Sousa, Vítor Pereira.

GERÊNCIA: João Fernandes

CAPITAL SOCIAL: 350.000,00 Euros.

DETENTORES DE MAIS DE 10% DO CAPITAL Feliz Manuel Pereira António Jorge Pinto Couto

SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS: Francisco Araújo

TÉCNICOS DE VENDAS:

comercial@opiniaopublica.pt Agostinha Bairrinho, Maria Fernanda Costa e Sónia Alexandra

PROPRIEDADE E EDITOR:

EDITAVE Multimédia, Lda. NIPC 502 575 387

Filomena Leitão, psicóloga que coordenou o projeto, juntamente com Conceição Osório, responsável pelo Serviço de Psicologia e Orientação da ESCCB, revelou que o trabalho incidiu sobre o profissional de futuro e não sobre as profissões de futuro como era suposto, pelo facto de o mundo estar em constante mudança e ser difícil identificar essas mesmas profissões. Apontou ainda a necessidade de se criar novos padrões de comportamento que levem os jovens a encarar a evolução como uma obrigação, até porque a criatividade e a capacidade de inovar são competências cada vez mais procuradas pelo mercado de trabalho. Já Fátima Cerqueira sublinhou o dinamismo da Associação de Pais e enalteceu a iniciativa, afirmando que o workshop revelou as “extraordinárias capacidades dos alunos”. A Associação de Pais refere que o projeto "Pais com Ciência", que tem a duração de dois anos, quer “ajudar a desvendar os segredos que a ciência envolve” e que no próximo ano letivo as atividades serão realizadas desde o início das aulas. Este ano o projeto envolveu seis turmas do 9.º ano e mais de 70 alunos.

SEDE, REDACÇÃO E PUBLICIDADE:

Rua 8 de Dezembro, 214 Antas S. Tiago 4760-016 VN de Famalicão

INTERNET

www.opiniaopublica.pt

CONTACTOS Redacção:

Tel.: 252 308145 • Fax: 252 308149

Serviços Administrativos:

Tel.: 252 308146 / 252 308147 • Fax: 252 308149

IMPRESSÃO:

Naveprinter - Indústria Gráfica do Norte, SA Estrada Nacional, 14 - Maia

DISTRIBUIÇÃO:

Motivação em Marcha - Publicidade, Lda.

TIRAGEM DESTE NÚMERO: 20.000 exemplares, nº 1103

NÚMERO DE REGISTO: 115673 DEPÓSITO LEGAL: 48925/91


publicidade

pĂşblica: 27 de junho de 2013 3


4

pública: 27 de junho de 2013

cidade

Pela primeira vez, todos os momentos pagos tiveram lotação esgotada

Feira Medieval supera expetativas da organização

A 7ª edição da Feira Medieval Quinhentista, dinamizada pela Escola Profissional Cior, em parceria com a Câmara Municipal de Famalicão, terminou no passado domingo, após quatro dias de grande animação. O evento, que pretendia recriar o ambiente vivido num mercado da Idade Média, recebeu a visita de milhares de pessoas, tendo superado as expetativas dos organizadores. Amadeus Dinis, diretor da Cior, refere que nesta edição, “pela primeira vez, todos os momentos pagos, como é o caso do assalto ao castelo, tiveram lotação esgotada, tendo sido também ultrapassado o número previsto de 120 mercadores presentes na feira”. Amadeu Dinis louvou ainda “o empenho e a envolvência da comunidade educativa, bem como o envolvimento das empresas e organizações do município, que prontamente se predispuseram para contribuir para o sucesso do evento”. A opinião dos visitantes é um fator tido em conta pelo diretor e professores da Cior, dado que a organização da Feira Medieval constitui a Prova de Aptidão Profissional (PAP) dos alunos do curso de Animação Sociocultu-

ral. Como tal, todas as sugestões de melhoria são bem-vindas. Neste aspeto, Amadeu Dinis poderá considerar-se um diretor satisfeito já que, segundo as informações que foi recolhendo, “para a grande maioria dos visitantes, a edição deste ano teve uma organização mais cuidada e com mais motivos de visita”. Danças, acrobacias, música da época, nobres passeando nos seus cavalos e belas mouriscas deambulando pelo recinto, constituíram algumas das atrações deste evento cujos pontos altos foram, sem dúvida, o assalto ao castelo e o tradicional banquete da realeza. No recinto da feira, não faltaram as barraquinhas com bijutarias, tapeçarias, artesanato e pedras aromáticas. Destacam-se ainda os petiscos e iguarias típicas da época medieval, que fizeram as delícias dos visitantes. De acordo com o vice-presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, este “é já um acontecimento marcante da cultura em Famalicão”, que deverá repetir-se nos próximos anos. veja em www.famatv.pt ou

Executivo adjudica obras que vão beneficiar zona industrial de Lousado e requalificar a VIM

Câmara avança para investimento de 2,5 milhões na rede viária Cristina Azevedo também a requalificação da Via Intermunicipal Joane-Vizela A Câmara Municipal de Famali- (VIM), entre as vilas de Joane e cão aprovou, a semana passada, Riba de Ave, uma intervenção a adjudicação de um conjunto de projetada para repor as boas conobras municipais na área das dições de circulação da estrada, acessibilidades que implicam um que tem sido marcada por um investimento de 2,5 milhões de preocupante nível de sinistralieuros. dade. A obra terá um custo total As cinco obras adjudicadas in- de 350 mil euros e vai incidir na cluem a construção de uma nova recuperação do piso, na reparaestrada na freguesia de Lousado, ção dos rails de proteção, na limde ligação entre o Loteamento da peza das bermas e num acenCarvalhosa e a Nacional 14, para tuado reforço da sinalização servir o novo armazém que a Con- horizontal e vertical e de outros tinental Mabor está a construir elementos de segurança como neste local com 41.000 m2, as- basilagem, demarcação e guarsim como as novas instalações das de segurança. industriais da Leica. A empreitada A fechar este conjunto de terá um custo próximo do 1 mi- obras está a requalificação do Calhão de euros e vai servir as zonas minho Municipal 1101, que liga a industriais de Lousado, Ribeirão e freguesia de Landim ao concelho Vilarinho das Cambas. de Santo Tirso. Trata-se de uma Ainda para servir esta zona in- via muito importante para as podustrial, foi adjudicada, pelo va- pulações locais, sendo diarialor de 463 mil euros, a construção mente utilizada pelos alunos que de uma rotunda na Nacional 14, frequentam o Instituto Nun’Alno cruzamento que dá acesso a vres. A obra tem um custo de 364 Vilarinho das Cambas e Lousado. mil euros e inclui a pavimentação A intervenção nesta zona ficará da via e instalação de rede de sacompleta com a requalificação do neamento básico e águas plucaminho municipal Carvalhosa- viais. Lousado que liga as atuais instaTodas estas intervenções na lações fabris da Continental Ma- rede viária deverão arrancar para bor aos novos armazéns em o terreno até ao final do mês de construção. Esta última interven- julho e significam, diz o presição foi adjudicada pelo valor de dente Armindo Costa, “um inves483 mil euros. timento crucial para Famalicão, O pacote aprovado no pas- que facilitará a vida de milhares sado dia 20 de junho, abrange de pessoas, assim como o traba-

lho de muitas e grandes empresas”. E conclui: “É um investimento crucial na qualidade de vida e na economia do concelho”. Proje to do parque D. Maria II concluído À margem da reunião de câmara, em declarações aos jornalistas, Armindo Costa avançou que o projeto para o novo parque de estacionamento da Praça D. Maria II está pronto e deverá ser colocado a concurso público em julho. Como já foi anunciado, mediante o acordo estabelecido entre a autarquia e parque F, não haverá parque de estacionamento subterrâneo. Os lugares de aparcamento serão apenas à superfície e vão diminuir para 80. Em contrapartida, haverá mais zona verde e será também criado estacionamento nas ruas laterais ao parque. “Penso que é um projeto muito bonito, que dignifica aquela zona da cidade”, afirma o presidente da Câmara. Da reunião do executivo da semana passada, destaque ainda para a aprovação de um voto de congratulação pela conquista da medalha de outro do atleta famalicense Luís Silva, no mundial de Boccia que decorreu em Guimarães. veja em www.famatv.pt ou

Mais de 100 participantes na Caminhada da Família A III Caminhada da Família da Santa Casa da Misericórdia de Famalicão que decorreu na manhã do passado sábado, numa organização do Lar Jorge Reis, contou com mais de uma centena de participantes, que a ritmo animado percorreram os quilómetros que separam a Sede Social da Santa Casa do Lar Jorge Reis, em Outiz. Este ano a organização procurou que a ação tivesse ainda mais impacto, sendo que o percurso passou pelo centro da cidade antes de entrar na ciclovia, com passagem na Rua Direita, local emblemático da cidade. Desta forma, a Santa Casa deu início às comemorações da Semana das Misericórdias com uma iniciativa que reuniu participantes dos 18 meses aos 79 anos, promovendo o convívio intergeracional, proporcionando a partilha de experiências entre a família Santa Casa e a comunidade e possibilitando aos residentes do Lar Jorge Reis a vivência de novas sensações aquando do acolhimento dos caminheiros. No final, o vice-provedor da Santa Casa entregou os habituais prémios “Prémio Criança” para a participante mais nova, “Prémio Longevidade” para a participante com mais idade e “Prémio Família” para a família com mais elementos.


publicidade

pĂşblica: 27 de junho de 2013 5


6

pública: 27 de junho de 2013

cidade

Socialistas colocaram reorganização administrativa novamente em discussão

As ofertas de emprego divulgadas fazem parte da Base de Dados do Instituto do Emprego e Formação, IP. Para obter mais informações ou candidatar-se dirija-se ao Centro de Emprego indicado ou pesquise no portal www.netemprego.gov.pt utilizando a referência (Ref.) associada a cada oferta de emprego.

Oferta nº: 588014606 Profissão: Técnico de vendas. Local: Ribeirão

Oferta nº: 588062426 Profissão: Costureira, trabalho em série. Local: Nine

Oferta nº: 588084168 Profissão: Técnico de vendas. Local: Ribeirão

Oferta nº: 588090118 Profissão: Costureira, trabalho em série. Local: Oliveira (St. maria)

Oferta nº: 588106482 Profissão: Costureira, trabalho em série. Local: Carreira Oferta nº: 588106557 Profissão: Arrematador. Local: Carreira

Oferta nº: 588106725 Profissão: Engomador manual. Local: Carreira Oferta nº: 588107240 Profissão: Costureira, trabalho em série. Local: Nine

Oferta nº: 588107332 Profissão: Cortador de tecidos. Local: Bairro

Oferta nº: 588094666 Profissão: Estampador Local: Ribeirão

Oferta nº: 588094952 Profissão: Costureira, trabalho em série. Local: Carreira

Oferta nº: 588102777 Profissão: Técnico de manutenção - informática. Local: Mouquim Oferta nº: 588103507 Profissão: Costureira, trabalho em série. Local: Joane

Oferta nº: 588111173 Profissão: Costureira, trabalho em série. Local: Delães Oferta nº: 588111331 Profissão: Costureira, trabalho em série. Local: Vermoim

Alerta-se para a possibilidade de ocorrência de situações em que a oferta de emprego publicada já foi preenchida devido ao tempo que medeia a sua disponibilização e a sua publicação. Para mais informações contactar o Centro de Emprego de Famalicão, na Alameda Padre Manuel Simões, 222, ou pelo Telefone 252 501 100

prometer e a fazer propaganda de uma coisa que ele sabe que não é verdade”. Também Sílvio Sousa, da CDU, considerou que a Câmara “nada fez” nesta matéria e que trazer este assunto àquela Assembleia era “oportunismo político do PS”, depois de “ter estado ausente em todo o processo”, deixando uma questão aos socialistas: “Se o PS eventualmente chegar ao Governo está na disposição de revogar esta lei?”.

Magda Ferreira A reorganização das freguesias voltou a dar que falar na Assembleia Municipal. Na sessão do dia 21 junho, o Partido Socialista apresentou, no período antes da ordem do dia, dois votos sobre este assunto: um de censura à Câmara Municipal e outro de louvor aos autarcas das freguesias que foram extintas neste processo. Os votos foram ambos chumbados, mas voltaram a acender a discussão em torno da reorganização administrativa. Recordando que esta reforma levou à extinção e agregação de várias freguesias no concelho de Famalicão, o PS apresentou um voto de censura à Câmara Municipal “pela postura” que assumiu perante este processo. Os socialistas acusaram a Câmara de “patrocinar práticas políticas da coligação PSD/CDSPP”, referindo-se à apresentação separadamente dos candidatos a freguesias que foram alvo de agregação, “tudo com o único propósito de enganar os eleitores famalicenses”. “Por calculismo eleitoral e receio de serem prejudicados eleitoralmente, os dirigentes da maioria PSD/PP não se coíbem de confundir as populações, garantindo que ficará tudo na mesma. Toda esta postura com o beneplácito e a complacência da Câmara Municipal, não fosse o seu vice-presidente o atual candidato da coligação”, lê-se no voto, que foi apresentado pelo deputado Luís Moniz. A maioria PSD/PP rejeitou a censura apresentada pelos socialistas, com o social democrata Vítor Moreira a questionar a argumentação usada, considerando que “é representativo da desorientação que reina no PS de Famalicão”. Sobre as candidaturas às freguesias, Vítor Moreira declarou que ao “apresen-

Magda Ferreira

Ofertas de emprego

Voto de censura e voto de louvor do PS marcam Assembleia

Luís Moniz apresentou os votos do PS

tar um rosto em cada freguesia” a coligação não está a “enganar ninguém”. Na resposta, Luís Moniz vincou que este voto é também uma censura aos partidos que sustentam a maioria, cujo “rosto é o vice-presidente da Câmara e aquele que tem feito em todas as apresentações a defesa dessa vossa postura”. “Por isso, a nossa censura é à Câmara, porque é a ela que caberia uma atitude diferente”, explicou. O presidente da Câmara, Armindo Costa, recordou que este processo é da responsabilidade da Assembleia Municipal. “Como não correu bem, como a Assembleia Municipal não deu conta do recado, avançam com uma moção de censura à Câmara… fica na história”, declarou, lem-

brando ainda aos socialistas que estavam também a censurar os seus vereadores. Este voto de censura à Câmara Municipal foi chumbado pelo voto contra da maioria PSD/CDS-PP, mas toda a oposição votou favoravelmente a proposta socialista. Adelino Mota, do BE, entende que a Câmara deve ser corresponsabilizada pela extinção de freguesias no concelho. No entanto, o bloquista não deixou de considerar “um pouco estranho” que o PS apresente agora este voto dada a sua postura ao longo do processo, acusando os socialistas de “oportunismo político”. Adelino Mota também censurou o comportamento do vice-presidente da Câmara, “que como candidato da coligação anda a

Autarcas votam contra voto de louvor Nesta sessão, o PS apresentou também um voto de louvor a todos os autarcas das freguesias que foram extintas com a reorganização administrativa. Este voto também não passou, porque a grande maioria dos presidentes de junta votou contra. PS e CDU votaram a favor, e PSD, CDS e BE abstiveram-se. Considerando que o voto era “discriminatório”, o social democrata Álvaro Oliveira desafiou o PS a apresentar louvor aos presidentes de Junta de todas as 49 freguesias. “Aí tem o apoio total do meu partido. Para exercícios de cinismo, de hipocrisia política de quem nada fez na Assembleia da República, nesta casa e na Comissão para as freguesias, não contem connosco”, declarou, explicando ainda que a abstenção da coligação se deve ao facto dos destinatários do voto do PS “merecerem toda a consideração”. “Não lhe reconheço nenhuma moral para criticar o PS”, declarou Luís Moniz, dirigindo-se a Álvaro Oliveira, garantindo ainda que o que apresentaram é um “voto de louvor sincero àqueles presidentes de Junta que vão deixar de pertencer a esta câmara pela atitude de vossas excelências em agregar freguesias sem qualquer critério”.

Teia Amiga promoveu atividade na APPACDM A Teia Amiga Associação realizou uma atividade lúdico-pedagógica, na passada segunda-feira, na Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Famalicão, que visou explorar a temática “O que te faz feliz?”. A iniciativa partiu da presidente da assembleia da Teia Amiga, Graça Correia, que já foi colaboradora desta instituição e conhece bem o contexto de vida das pessoas com necessidades especiais. Numa primeira abordagem, foi pedido aos participantes que desenvolvessem o tema utilizando colagens e desenhos coloridos sobre uma folha de cartolina. Terminada a tarefa, cada um explicou a sua criação, em particular a razão da seleção das imagens. Os trabalhos foram então fotografados e irão ser impressos com a respectiva legenda para serem entregues aos seus autores. A atividade teve como principal objetivo explorar as emoções analisando a sua representação através da imagem, possibilitando uma leitura crítica das realidades vividas por estas pessoas e promovendo a sua inclusão social.


pública: 27 de junho de 2013 7

cidade

Candidato da coligação PSD/CDS-PP quer aumento da prática desportiva no concelho

Cristina Azevedo tismo com caixa de areia com condições para a prática das várias modalidades liA valorização do atual estádio Municipal e gadas ao atletismo”, explica o candidato, a construção de um novo complexo des- assegurando que o que se pretende é que portivo para várias modalidades, nos ter- “esta infraestrutura tenha todas as condirenos para onde estava prevista a cidade ções para servir todos os famalicenses”. desportiva, são as principais propostas do Quanto ao Estádio Municipal, que candidato da coligação “Mais Ação Mais atualmente já está a sofrer obras de meFamalicão” à Câmara Municipal. lhoramentos, terá uma nova intervenção, Paulo Cunha reuniu com a imprensa, na por forma a torná-lo “mais confortável e passada sexta-feira, no Estádio Municipal, funcional”. Essa intervenção começará após uma reunião com os órgãos sociais com a “construção de uma bateria de baldo FC de Famalicão, para dar a conhecer as neários junto à bancada poente e de uma suas propostas para a área do desporto, a zona social junto à bancada nascente”, que o candidato da coligação apoiada pelo explicou Paulo Cunha, que pretende ainda PSD e CDS-PP promete dar especial aten- reabilitar o pavilhão municipal da cidade e ção, no sentido de “aumentar ainda mais o pavilhão do Riba d’Ave Hóquei Clube. a prática desportiva no concelho”. Assim, caso seja eleito, Paulo Cunha Carta despor tiva para definir prioridades compromete-se a construir um complexo Paulo Cunha defende ainda uma renodesportivo na Quinta de Queimados, já vação da política estratégica desportiva adquirida pela Câmara Municipal, nas fre- para o concelho, assente sobre uma “nova guesias de Calendário e Esmeriz e para carta desportiva” que o candidato, casa onde estava previsto o projeto da cidade seja eleito, pretende desenvolver em codesportiva. Paulo Cunha não vai concreti- laboração com todos os agentes deste sezar esse projeto, já que não construirá um tor, “desde as juntas de freguesia, pasnovo estádio de futebol, mas antes mate- sando pelas associações”. rializar, nos próximos quatro anos, um O objetivo é fazer o “levantamento complexo desportivo servido por pista de exaustivo” das necessidades de infraesatletismo e recintos destinados à prática truturas para apoio à prática desportiva de várias modalidades. para verificar a existência de carências e as “Vamos ter recintos desportivos para a atuais condições de equipamentos. Isto prática do futebol, do ténis, do voleibol, do porque a prioridade é rentabilizar o parque basquete do andebol, e uma pista de atle- desportivo existente. “Só vamos construir

Cristina Azevedo

Paulo Cunha promete complexo desportivo para várias modalidades

Paulo Cunha apresentou as suas propostas no Estádio Municipal

novos equipamentos se forem de facto necessários e onde possam melhor servir a população”, afirmou. Paulo Cunha quer ainda fazer do Parque da Devesa uma “verdadeira incubadora desportiva”, potenciando as suas características, para favorecer a iniciação desportiva em diversas modalidades, bem como reforçar a aposta no apoio à forma-

ção e à prática desportiva generalizada. “Queremos fazer do desporto um instrumento de marketing territorial e queremos que o aumento da prática desportiva signifique um aumento da qualidade de vida para os famalicenses, contribuindo para um concelho mais coeso e integrado, isto é, um concelho com menos desigualdades”, vincou. pub


8

pública: 27 de junho de 2013

cidade

Investimento de 2,7 milhões de euros em Lousado, Bairro, Oliveira Santa Maria e Gondifelos

Câmara vai recuperar mais quatro escolas A Câmara Municipal de Famalicão vai avançar com a reabilitação de mais quatro edifícios escolares nas freguesias de Lousado, Bairro, Oliveira Santa Maria e Gondifelos, num investimento que ultrapassa os 2,7 milhões de euros. Os projetos estão a ser apresentados publicamente às comunidades educativas locais pela autarquia, assim como as soluções encontradas para o ano letivo 2013/2014, durante o período de realização das obras. As intervenções estão enquadradas no plano de requalificação do parque escolar do concelho que a Câmara vem desenvolvendo de há uns anos a esta parte e que já recuperou cerca de 60 edifícios escolares. Para o presidente da Câmara, Armindo Costa, este “é um esforço que vale a pena, porque é justo que todos os meninos e meninas famalicenses, sem exceção, tenham as mesmas condições de ensino”.

Na freguesia de Bairro, as obras vão incidir na ampliação das instalações, criação da valência de Jardim de Infância e construção de refeitório escolar, recreio coberto e de novos sanitários. Em Lousado avança a recuperação dos dois edifícios existentes (um com as salas de aulas e outro com sala polivalente e copa) e a ampliação com a criação de um novo edifício com novos espaços de cariz escolar. Paralelamente, será intervencionado todo o espaço exterior onde vai funcionar o recreio com campo de jogos e espaços verdes. Em Oliveira Santa Maria surgirá também a implantação de um novo módulo escolar, paralelo e perpendicular ao antigo edifício da escola que será todo ele recuperado. O programa da ampliação inclui a construção de sala de refeições, copa, instalação sanitária e vestiário de funcionários, recreio

coberto, sala de atividades e sala de professores Estas três intervenções vão permitir concentrar nestas freguesias o ensino do 1.º ciclo do ensino básico num único edifício escolar. As novas escolas deverão estar prontas a receber os alunos no arranque do ano letivo 2014/2015. Enquanto isso, as aulas vão decorrer em salas cedidas por instituições sociais situadas na proximidade das escolas intervencionadas e nos edifícios que, depois de concluídas as intervenções, serão desativados da função escolar e entregues às comunidades locais. Já em relação ao processo de Gondifelos, o edifício a intervencionar acolhe apenas o ensino pré-escolar, estando prevista uma área de recreio e de recreio coberto. Paralelamente ao edifício centenário existente, será implantado um novo edifício que concentrará espaço de prolongamento, refeitório e polivalente.

DECO posiciona o Jumbo em 1º lugar também a nível nacional

Jumbo de Famalicão tem cabaz mais barato do concelho De acordo com um estudo efetuado pela DECO PROTESTE, publicado no dia 20 de junho, na página web oficial desta entidade, a cadeia de hipermercados Jumbo é a que apresenta o cabaz de compras completo mais barato do país. No concelho de Famalicão, o Jumbo posicionou-se também em primeiro lugar face à concorrência. Neste estudo, a DECO PROTESTE analisou 50.617 preços relativos a dois tipos de cabazes: um cabaz composto por 85 produtos de caraterísticas definidas, para quem privilegia as marcas de fabricantes mais vendidas e outro, segundo a DECO, “mais adaptado aos novos hábitos dos portugueses, que combinam marcas de fabricantes com as mais económicas na loja”. Este último cabaz, que a DECO apelida de Mix, é a novidade deste ano. O hipermercado Jumbo ocupa todas as posições do pódio no que diz respeito ao primeiro cabaz. Em 1º lugar encontra-se o Jumbo da Amadora, em 2º lugar, o Jumbo da Maia e em 3º lugar, o Jumbo de Setúbal. De acordo com a DECO, “o Pão de Açúcar de VN de Gaia e os Mosqueteiros, através do In-

termarché Contact, de Vila Pouca de Aguiar, só rivalizam no cabaz que estreámos este ano”. A mesma fonte refere ainda que “no confronto por cadeias, o Jumbo consolida a 1ª posição ao exibir os melhores negócios nos dois cabazes. O Pão de Açúcar cola-se logo no 2º posto. Já as famílias Continente e Continente Modelo partilham a 3ª posição.” Na sua página oficial, a DECO PROTESTE disponibiliza ainda um simulador de compras virtual. Esta aplicação permite ao utilizador selecionar um concelho e um tipo de cabaz (completo ou personalizado) verificando em seguida, qual o supermercado/hipermercado mais barato para a escolha efetuada. No concelho de Famalicão, o Jumbo de Famalicão, para além de apresentar, globalmente, o melhor cabaz completo, oferece ainda os preços mais baixos no que diz respeito às categorias de mercearia, bebidas e higiene pessoal. Nas restantes categorias, a liderança é ocupada por diferentes supermercados e hipermercados do concelho.

Óscar Monteiro vem a Famalicão O advogado moçambicano, professor de Direito e Administração Pública, Óscar Monteiro vem esta quinta-feira, dia 27, a Famalicão.

Óscar Monteiro, que tem vindo a exercer uma intensa atividade política e cívica em vários pontos do globo, vem dar-se a conhecer ao

público famalicense numa sessão marcada para esta noite no auditório da Fundação Cupertino de Miranda.

JSD promove debate sobre PPP A Juventude Social Democrata (JSD) de Famalicão recebe na próxima sexta-feira, dia 28, no Auditório da Biblioteca Municipal, pelas 21h30 o deputado Sérgio Azevedo, relator da Comissão de Inquérito às PPP´s. Num evento intitulado “À conversa com… Sérgio

Azevedo – Parcerias Público Privadas e o Custo de um Estado Fraco”, a JSD pretende dar oportunidade aos famalicenses para melhor conhecerem e debaterem as conclusões do relatório apresentado a semana passada.

Candidato PS promete usar 25% da Derrama para esse fim

Custódio apresenta medida para promover emprego jovem

Custódio Oliveira apresentou a medida no Parque da Juventude

Canalizar 25% da Derrama para as empresas e instituições que empreguem jovens. É esta a promessa do candidato do Partido Socialista à Câmara de Famalicão para o combate ao desemprego jovem no concelho. Custódio Oliveira apresentou na passada segunda, em conferência de imprensa, esta medida, que fará parte do seu programa eleitoral. “Assumimos o compromisso de cativar 25% dessa verba, que ronda 1,5 milhões de euros, e de a destinar exclusivamente à promoção de emprego para jovens”, referiu o candidato, adiantando que “as empresas, as IPSS, as escolas poderão apresentar projetos e serão financiados por esta verba”. Para isso, caso seja eleito, Custódio Oliveira criará um regulamento para esse fim, “clarificando alguns pontos, concretamente até que ponto esta verba pode ser complementar ou integrar incentivos já existentes do Instituto de Emprego e Formação Profissional”, esperando que possa estar em vigor em janeiro de 2014. Lembrando que em abril esta-

vam inscritos no centro de emprego de Famalicão 14 mil desempregados e que o desemprego jovem ultrapassava os 42%, o candidato do PS entende que a “a situação atual exige ação” e que a Câmara tenha “uma atitude mais proativa em relação a estas matérias”. “É certo que as câmaras não têm que promover o emprego diretamente, mas podem fazer muito para que as empresas o possam promover, criando, por exemplo, espaços onde os empresários se encontrem com responsáveis internacionais para fazer contatos, para conhecerem as pessoas que decidem nesses países em termos de investimentos”, defende Custódio Oliveira. Precisamente já a pensar nisso, o candidato do PS anunciou que esta semana promoverá um encontro entre empresários famalicenses e altos responsáveis de Moçambique. Uma reunião que decorrerá à porta fechada, sem a comunicação social, e que o candidato pretende repetir, até às eleições, com responsáveis da Catalunha. C.A.

Cior acolhe parceiros europeus Decorreu na semana de 3 a 7 de junho, em Famalicão, o terceiro encontro do projeto "Harmonisation of European Industrial Electrical Installations". Ao longo destes cinco dias, os parceiros da Alemanha, Reino Unido e Chipre estiveram na Escola Profissional Cior e deram continuidade à elaboração dos módulos de formação comuns aos diferentes países na área das instalações elétricas. Foram também recebidos por empresas do concelho, como a ACO e a Vieira de Castro, que apresentaram os seus métodos de produção. Ainda com este objetivo vi-

sitaram a empresa Imperial do grupo RAR, localizada em Vila do Conde. Em nota à imprensa, a Cior agradece às empresas que acolheram esta delegação, “contribuindo de forma profícua para a concretização dos objetivos do projeto”. Do programa de trabalho também constaram atividades culturais como a visita aos pontos de interesse de Famalicão, Guimarães, Braga e Porto que proporcionaram aos participantes momentos de lazer e ao mesmo tempo de conhecimento da gastronomia e tradições portuguesas.


publicidade

pĂşblica: 27 de junho de 2013 9


10

pública: 27 de junho de 2013

freguesias

Globos da Didáxis

Escola de Riba de Ave distingue os melhores A Didáxis de Riba de Ave distinguiu, no passado dia 15, os alunos que se foram evidenciando para além dos núcleos existentes na Escola. Foi perante uma plateia entusiasta composta por alunos, professores e encarregados de educação que a noite se encheu de glamour e de alegria, ao longo de duas horas, podendo-se assistir a diversos momentos culturais. Os bombos da escola deram o mote para o início de uma noite de festa realizada junto do espelho de água da escola, tendo, de seguida, Irene Santos, diretora pedagógica, realçado a importância de evidenciar o que de bom se faz na escola e todo o trabalho que os alunos fizeram ao longo do ano para conseguirem chegar a estes resultados meritórios. Foram entregues “globos” a todos os anos letivos, do 5º ao 12º anos, e diplomas ao alunos que frequentam diversos núcleos ou que se evidenciaram ao longo do ano. Casos do núcleo de bombos, núcleo de teatro, da Rusga, núcleo de dança, das equipas federadas de andebol, atletismo e ginástica, para além dos alunos premiados no Parlamento Europeu Jovens onde a Didáxis vai contar com dois representantes na Geórgia, dos alunos premiados com a PAP empreende-

dora, do melhor aluno de informática e dos alunos premiados nas Olimpíadas da matemática. Destaque para os momentos culturais evidenciados durante o espetáculo com uma peça de teatro intitulada “super poupança”, três atuações musicais, duas atuações de dança e a ginástica que acabou por terminar os “Globos Didáxis”. Ap oio P sicossocial apre se nta “ Te mp o” Foi perante uma plateia repleta que os 1º e 3º anos do Curso de Apoio Psicossocial Didáxis de Riba d’Ave apresentaram a aula pública e espetáculo de expressão corporal e dramática “Tempo: Os Dias do Cavaleiro” no Centro de Estudos Camilianos no passado dia 20. Este evento surgiu no âmbito do plano de atividades para o ano letivo de 2012/2013, e permitiu encerrar o projeto “Jogos e Personagens 2013” que este ano chegou a mais de 1500 crianças, adolescentes, jovens, idosos e pessoas portadoras de deficiência. O espetáculo retrata a história uma velha ordem de cavaleiros desaparecida no tempo e retratada num diário manuscrito encontrado por desconhecidos. Os textos são uma referência e advertência aos momentos do quotidiano adverso

Escola de Esmeriz fecha ano em festa

A cerimónia realizou-se junto ao espelho de água da escola

dos nossos dias. Estiveram em palco mais de seis dezenas de formando e formandas do curso e uma estrutura de mais de uma dezena de pessoas desde a logística, ao som, projeção, figurinos e luz. No final do espetáculo a presidente da Direção Pedagógica, Irene Santos, deu conta da qualidade do trabalho apresentado e do orgulho que é poder colaborar e apoiar a ação do Curso de Apoio Psi-

Escola de Joane encerra ano letivo com convívio No passado dia 15, realizou-se a festa de encerramento do ano letivo da Escola Básica de Joane, organizada pela Associação de Pais. A festa decorreu no recinto da Escola Secundária Padre Benjamim Salgado (ESPBS), com a envolvência e colaboração de toda a comunidade escolar. A sua realização permitiu a vivência de momentos recreativos promovidos pelos alunos e atuação de alguns alunos do curso de Animação Cultural da ESPBS; durante a festa todos os momentos importantes foram registados pela turma de multimédia do agrupamento.

A festa de final de ano da escola do 1º ciclo de Esmeriz realizou-se no auditório da Casa de Esmeriz, no dia 14 de junho, e reuniu centenas de pais e encarregados de educação, professores, alunos e outros familiares. Os alunos apresentaram várias danças coreografadas pelos professores das Atividades Extra Curriculares (AECs), homenagearam os professores com a entrega de algumas lembranças, e os finalistas do 4º ano receberam os seus diplomas. A festa continuou nos jardins da Casa de Esmeriz, onde se realizou um lanche recheado de produtos oferecidos pelos pais e que constituiu ponto de passagem obrigatário para todos. O presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação agradeceu a hospitalidade e toda a colaboração da Junta de Freguesia na realização do evento, tendo oferecido ao presidente da autarquia, Jorge Silva, uma pequena escultura em cristal.

Noite do Conto e da Poesia em Gavião Esta quinta-feira, dia 27, pelas 21h30, no Salão Paroquial de Gavião, vai realizar-se a Noite do Conto e da Poesia, subordinada ao tema "Festa" e tendo por base a obra de escritores portugueses, como António Ramos Rosa. Nesta sessão, será também homenageado um autor gaviense, José Costa, nascido no lugar de Moledo, cuja incursão pela poesia é, para a grande maioria das pessoas, uma faceta desconhecida. A Associação Gaviolas proporcionará alguns apontamentos musicais, mas haverá outras surpresas. A iniciativa é promovida pelo Gabinete de Animação Sociocultural da Câmara Municipal com a colaboração da Paróquia de Gavião.

cossocial. Já o responsável pelos Cursos Profissionalizantes, António Rego, salientou o papel dos encarregados de educação e as imensas horas de trabalho que os formandos e formandas dedicaram ao evento. Por fim do diretor de Curso, Abraão Costa, encenador do espetáculo, recordou a “viagem incrível que todos tinham feito ao longo dos 10 meses que durou o projeto”.

Mais uma vez promoveu-se o convívio entre toda a comunidade escolar, a socialização e a valorização das relações interpessoais. Este evento contou com a participação de professores, funcionários, alunos e família além da colaboração preciosa da Associação de Pais. O corpo docente e alunos organizaram toda a parte cultural (danças, canções) em parceria com a professora Joaquina da disciplina de música do 2.º ciclo. No final decorreu a habitual entrega de diplomas e livros de curso aos finalistas.

Escuteiros de Jesufrei celebram aniversário com acampamento No fim de semana de 15 e 16 de junho, o Agrupamento de Escuteiros de Jesufrei comemorou o seu 35º aniversário com um acampamento que reuniu cerca de 300 escuteiros de Jesufrei, Vermoim, Mogege, Vale S. Martinho, Landim, Calendário, Lemenhe, Mouquim, Riba d’Ave e de Lordelo (Guimarães). O ponto alto foi a eucaristia dominical campal presidida pelo assistente do agrupamento, padre Matos, contando ainda com as presenças do chefe nacional Carlos Alberto Pereira; do chefe regional Ivo Faria; do chefe do Nú- Núcleo, Jaime Rebelo: do coman- em representação do Município, cleo Valdemar Magalhães, do pre- dante dos Bombeiros Famalicen- bem como de antigos escuteiros, sidente da Mesa do Conselho de ses e do vereador Mário Passos pais e população em geral.

Concerto-oração em Brufe A Confraria do Santíssimo Sacramento de Brufe promove no próximo domingo, dia 30, na Igreja Paroquial, o concerto-oração "Chama de Graça". Com início às 18h30 e com a participação do Grupo Effatha, poderá ser ouvida música sacra, com retratos polifónicos imitativos e com várias técnicas musicais. A entrada é gratuita.


publicidade

pĂşblica: 27 de junho de 2013 11


12

pública: 27 de junho de 2013

freguesias

Continental Mabor condenada a pagar prémio a trabalhadores grevistas

Estúdio Sá

Alegria na festa de final de ano das escolas de Requião

O jardim de infância e a escola do 1º ciclo de Requião realizaram a sua festa de encerramento do ano letivo, no passado dia 14 de junho, numa organização conjunta entre os dois estabelecimentos de ensino e a Associação de Pais e Encarregados de Educação das Escolas de Requião (APER). A festa aconteceu ao final do dia, nas instalações da escola do 1º ciclo, e juntou centenas de pessoas, entre professores, auxiliares, pais e outros familiares das crianças, bem como o presidente da Junta e o pároco de Requião, entre muitos outros requionenses que também quiseram marcar presença. No primeiro momento da festa os protagonistas foram as crianças, com várias atuações preparadas pelas professoras. Este momento terminou com a entrega das cartolas aos finalistas, quer do jardim de infância quer da escola do 1º ciclo. Seguiu-se um torneio de tag-rugby disputado pelos alunos das turmas do 3º e 4º anos e dinamizado pelo professor de Educação Física da escola. Toda a comunidade participou, depois, no segundo momento da festa, que foi um jantar convívio promovido pela APER, cujas receitas revertem para a realização de atividades para as crianças de ambos os estabelecimentos. A festa contou ainda com animação musical, a cargo do músico requionense Jonny Pereira e também do Grupo de Concertinas de Airão S. João. “Foi como muita satisfação que vimos a alegria estampada no rosto de todos, sobretudo das nossas crianças. Obrigado a todos por terem marcado presença nesta festa, que esperamos seja um ponto de viragem na vida da nossa comunidade educativa. Agradecemos também a todos quantos nos ajudaram, e são muitos, a levar a cabo esta realização”, declara a direção da APER.

Avidos encerra ano letivo com festa no parque de merendas

O Tribunal da Relação do Porto confirmou a condenação da Continental Mabor, em Lousado, a pagar a 12 trabalhadores os valores que lhes tinha descontado no prémio anual, por eles terem aderido a uma greve. A empresa distribuiu, todos os anos, uma parte dos lucros pelos trabalhadores, para incentivar a assiduidade, tendo para o efeito elaborado um regulamento que estipula que, por cada falta, o prémio sofre uma penalização de 10%. Essa penalização foi aplicada aos trabalhadores que aderiram à greve geral de 24 de novembro de 2010, mas o sindicato não se conformou e recorreu para tribunal. O Tribunal do Trabalho de Famalicão deu razão ao sindicato e condenou a empresa a repor os valores em falta daquele prémio. A Continental Mabor recorreu para o Tribunal da Relação do Porto que, por acórdão a que a Lusa teve acesso, manteve a decisão da primeira

instância. Para a Relação, o regulamento interno do prémio "viola a lei laboral e o princípio constitucional de garantia do exercício do direito à greve". "Não pode ser o regulamento interno a definir como falta uma ausência que não tem tal relevância [segundo o Código do Trabalho]. Acrescenta que a ausência motivada pelo exercício à greve não é uma falta e que a empresa não pode, "ultrapassando o legislador", classificá-la como tal, pelo que não pode usar esse argumento para penalizar o trabalhador no seu prémio anual. No processo, a empresa alegou que os trabalhadores que fazem greve, da mesma forma que não têm direito a remuneração nem a subsídio de alimentação, também "não têm direito a prémio por prestação efetiva de trabalho".

António Lima desiste da candidatura à Junta de Landim António José Lima, que foi apresentado em maio como candidato da coligação PSD/CDS-PP à Junta de Freguesia de Landim, desistiu da candidatura. Foi o próprio que o divulgou, no passado domingo, em nota enviada à imprensa. “Tomei hoje [domingo] uma importante decisão. Não serei o candidato a presidente da Junta de Freguesia de Landim pela coligação “Mais Ação, Mais Famalicão” nas próximas Eleições Autárquicas”, anuncia António Lima, no comunicado.

O agora ex-candidato disse que tomou essa decisão “após uma ponderada reflexão”, concluindo que não reúne, neste momento, “todas as condições necessárias para liderar uma lista às eleições”. António José Lima aponta razões de ordem pessoal, que o impediriam de se “dedicar em exclusivo” à Junta. “Certamente, poderei servir a minha freguesia noutro papel que melhor se adapte à minha atual situação e disponibilidade”, acrescenta. António José Lima adianta que já comunicou a decisão a Paulo Cunha

(candidato da coligação à Câmara) e que este “compreendeu e apoiou” a sua decisão, acrescentando que foi “uma honra ter com ele trabalhado ao longo destes últimos tempos”. O ex-candidato mostra-se ainda convicto de que a coligação “encontrará a melhor solução” para a Junta de Freguesia de Landim. Até ao fecho desta edição, a coligação PSD/CDS-PP não tinha ainda anunciado qualquer nome para encabeçar uma nova candidatura à autarquia landinense.

Comédia, marcha e magia na festa das escolas de Santa Eulália Terminou em festa o ano letivo 2012/2013 para as crianças que frequentam os dois estabelecimentos de ensino da freguesia de Arnoso Santa Eulália, o Jardim de Infância do Mosteiro e a Escola EB1 de Quintão. A Associação de Pais e Encarregados de Educação preparou, na escola primária, uma festa cheia de surpresas e animação que contagiou os mais pequenos mas também pais, familiares e amigos. Se as várias atuações da criançada já eram números esperados, mas sempre surpreendentes e cheios de alegria, a presença do “trio maravilha” de animação cómica e a atuação de uma marcha antonina pelos pais e familiares dos meninos do JI foram as primeiras surpresas agradáveis da tarde. Depois chegou a hora de jantar, para o espetáculo pros-

seguir ao início da noite com a atuação de um mágico, que entreteve miúdos e graúdos com os seus truques. O ponto alto do evento aconteceu quando os finalistas dos dois estabelecimentos subiram ao palco para receberem, das mãos da respetiva docente, o diploma, já munidos de capa e cartola como manda a tradição. Pelo meio, os miúdos da EB1 receberam ainda um presente da Junta de Freguesia alusivo à viagem de finalistas que aquela entidade promoveu ao Zoomarine (Algarve). Aproveitando o momento, a Junta entregou ainda à Associação de Pais uma lembrança de “reconhecimento pelo bom trabalho realizado”. A festa encerrou já pela noite dentro com a atuação do Grupo de Concertinas de Arnoso Santa Eulália.

Santa Catarina anima calendário A freguesia de Calendário é palco, no próximo fim de semana, das Festas em Honra de Santa Catarina. O programa inicia na sexta-feira, dia 28, pelas 22 horas, com a atuação do conjunto Folcdave. No sábado à noite, o espetáculo estará a cargo de Karmo Leal e de Maria do Sameiro, terminando com fogo de artifício. No domingo, destaca-se a procissão que sai pelas 10 horas da Igreja paroquial em direção à capela de Santa Catarina, onde será celebrada a eucaristia. Há tarde realiza-se um festival de folclore.

Vermoim festeja o S. Pedro… No passado dia 15 de junho, realizou-se a festa de encerramento do ano letivo da escola do 1º ciclo e jardim de infância de Avidos, no Parque de Merendas da freguesia, com a envolvência e colaboração de toda a comunidade escolar, com especial relevância dos encarregados de educação. A festa foi marcada por momentos recreativos promovidos pelos alunos, pelo convívio e pela valorização das relações interpessoais. O corpo docente e os alunos organizaram toda a parte cultural (danças, teatros, canções) e a entrega de diplomas e livros de curso aos finalistas. A iniciativa contou com a colaboração da Junta de Freguesia.

O espaço junto ao Café Ringo volta a ser palco, no próximo fim de semana, das festas de S. Pedro. No sábado, dia 29, pelas 17h30, realiza-se a II Corrida Popular de S. pedro. Há noite atuam Luizão e a sua bando e a dupla Ricardo e Henrique. No domingo, a manhã começa com o Raid BTT, seguindo-se a missa campal, pelas 10 horas. Pelas 16 horas atua o Grupo Amigos de Pombeiro, terminando as festas com uma acrobacia aérea.

…e Riba d’Ave também Arrancam esta quinta-feira, dia 27, as festas a S. Pedro em Riba d’Ave, com o início dos arraias noturnos, que reserva fado no parque dos namorados, a partir das 21h30. Na sexta-feira atua, pelas 22 horas, a Banda Militar do Porto, a que se seguirá fogo de artifício. No sábado, às 18 horas é celebrada missa em honra de S. Pedro e á noite o destaque vai para as marchas populares de S. pedro e para um espetáculo com a orquestra Pentágono, terminado com fogo de jardim. No domingo, a missa solene acontece às 11 horas e a procissão está marcada para as 17 horas. As festas encerram com um espetáculo de folclore, a partir das 21 horas.


pública: 27 de junho de 2013 13

freguesias

Inaugurações e homenagens marcaram as festividades

Mogege celebrou Dia da Freguesia

A freguesia de Mogege assinalou, no passado domingo, o Dia da Freguesia, dinamizando várias atividades comemorativas. Entre estas, destaca-se a inauguração oficial e bênção do posto avançado de socorro dos Bombeiros Voluntários de Famalicão, que está em funcionamento desde o final de maio. Salienta-se ainda a realização de uma sessão solene, na sede da junta, com homenagens a várias entidades e personalidades que contribuíram positivamente para o desenvolvimento da freguesia. Entre as múltiplas distinções, duas, de mérito autárquico foram atribuídas ao

presidente da Câmara de Famalicão, Armindo Costa, e ao vice-presidente, Paulo Cunha. Armindo Costa considerou que esta foi “uma homenagem natural”, motivada pelo facto de ter sido presidente da câmara. Destacou ainda que, até hoje, procurou sempre “ser justo com todas as freguesias”. “Não beneficiei Mogege por ser uma freguesia onde eu estou há 38 anos mas por uma questão de justiça”, esclareceu o edil. Armindo Costa mostrou-se “gratificado pela lembrança que tiveram” mas sobretudo feliz por aquilo que o presidente da junta, Manuel Pimenta, disse na sua intervenção. Este último

referiu que Mogege se desenvolveu bastante nos últimos anos. Armindo Costa congratula-se porque “o que ele fala de Mogege, todos os presidentes da junta podem falar das suas freguesias”. Aludindo ao término do seu mandato, o presidente da Câmara de Famalicão, fez menção a “12 anos de trabalho” e afirmou que as visitas que tem vindo a efetuar às várias freguesias do concelho, representam para si “uma despedida”. Esclareceu ainda que não está presente neste tipo de eventos com o objetivo de “receber uma medalha” mas sim para “ouvir algumas palavras que vão ficar para sempre no coração”. Por sua vez, o presidente da junta de freguesia, Manuel Pimenta, realçou o apoio dos particulares no desenvolvimento de Mogege, uma postura, que o autarca, em final de mandato, espera que se mantenha. “Mogege é uma terra de muito boa gente. Fomos sempre apoiados pela população”, referiu. Manuel Pimenta destacou ainda o precioso apoio dado à Junta de Freguesia, frisando ter “poucas palavras para agradecer aos benfeitores, às pessoas que nos ajudaram a desenvolver esta terra”. veja em www.famatv.pt ou

Escolas de Vale S. Martinho encerraram ano em festa

No dia 16 de junho, realizou-se a festa de final de ano letivo do Jardim de Infância e da Escola do 1º ciclo de Vale S. Martinho, organizada em articulação com a Associação de Pais. O recinto escolar foi pequeno para toda a comunidade que fez questão de marcar presença, assim como o presidente da Junta de Freguesia. A festa teve intercalado actuações das crianças e representações dos pais que fizeram as delícias de todos. Houve uma barraquinha com “comes e bebes” e no final, caldo verde para todos. Neste ano letivo, as crianças do jardim de infância puderam usufruir de aulas de ballet, yoga e ténis. No próximo ano letivo, o jardim de infância iniciará as suas atividades nas novas instalações.

Inauguradas obras na Senhora do Carmo São inauguradas no próximo domingo, pelas 16h30, as recentes obras efetuadas no Santuário da Senhora do Carmo, em Lemenhe, bem como do novo parque de estacionamento. Promovidas pela Confraria de Nossa Senhora do Carmo, com o apoio da Câmara Municipal, as obras consistiram num arranjo urbanístico junto à capela e na construção e um novo coreto, bem como de um parque de estacionamento com capacidade para aparcar autocarros. pub

Aos gavienses…

Gavião foi a freguesia pioneira nesta forma de comemorar do Dia da Freguesia, homenageando a nossa história e os antepassados e projetando o futuro e assim devemos continuar. Agradeço por isso a todas as associações e todas as instituições pelo empenho e participação. Esta é a demonstração da nossa força e união pela freguesia. Poderia hoje falar daquilo que ainda não está concretizado na freguesia. Da luta que travamos há seis anos para que a Câmara Municipal faça a ampliação do cemitério e que estará para se concretizar finalmente. Para que faça as obras de repavimentação prometidas para a Rua de Além e que ainda não avançaram. De Gavião ser a única freguesia da zona urbana que não foi contemplada com abrigos de passageiros. Das obras de saneamento que estranhamente pararam à porta da freguesia. Mas hoje não falarei disto... Falo pela última vez na qualidade de Presidente da Junta de Freguesia. Foram 16 anos de muitas alegrias e que dediquei a Gavião e aos Gavienses até à exaustão. Mas sintome com a mesma força do primeiro dia que aqui cheguei.

Recordo tudo quanto foi feito nestes últimos 16 anos. Lembro todos os que comigo fizeram equipa e da preciosa ajuda que deram para fazer a obra que está à vista de todos. Estou eu e os que me acompanhem de consciência tranquila. Tudo fizemos, todos os dias, pelo bem de Gavião. Hoje somente devo um agradecimento. Um sentido e forte agradecimento a todos os Gavienses. O vosso empenho, a vossa ajuda, o vosso entusiasmo, foram uma ajuda preciosa nos momentos mais difíceis e deram a força necessária para continuar. Estou-vos eternamente grato. Mas novos desafios estão pela frente. Gavião é e sempre foi uma freguesia de futuro. Com a luta de todos nós conseguimos que a freguesia de Gavião não fosse extinta. Cabe a todos nós manter vivos, todos os dias, estes mais de 940 anos de história. Viva Gavião!

António José Ribeiro Presidente da Junta de Freguesia de Gavião


14

pública: 27 de junho de 2013

freguesias

Adão Coelho candidata-se pela CDU em Oliveira S. Mateus Procurando fugir ao tradicional método de apresentação de candidaturas, o cabeça de lista da CDU à Junta de Oliveira S. Mateus, Adão Coelho, apresentou a sua candidatura através do contato direto com a população da freguesia, dando a conhecer os seus objetivos e propósitos, caso seja eleito. Acompanhado de Miguel Lopes, candidato da CDU à Câmara de Famalicão, Adão Coelho diz, em nota à imprensa, ter recebido “um forte apoio” por parte da população, que o incentivou “a prosseguir o seu trajecto e a suas linhas orientadoras”. Adão Coelho, comungando dos traços gerais que o candidato Miguel Lopes, defende no panorama municipal, apresentou as diretrizes que o orientam, “na busca da melhoria da qualidade de vida dos residentes em Oliveira de São Mateus”. Afirmando-se como um “homem de esquerda”, da CDU, o candidato vinca que sempre lutou e luta “afincadamente por valores da Democracia, pelas causas sociais, pelo pleno emprego e pela justiça social”.

Coligação apresenta candidatos a Uniões de Freguesias A coligação "Mais Ação, Mais Famalicão" apresenta no próximo fim de semana os seus candidatos a duas uniões de freguesias, em cerimónias que contarão com a presença do candidato à Câmara de Famalicão, Paulo Cunha. Esta sexta-feira, dia 28, é apresentado o candidato de Cavalões à União das Freguesias de Gondifelos, Cavalões e Outiz, pelas 21h30, na sede da Junta de Freguesia. Trata-se de Manuel Ferreira, 46 anos, casado e auxiliar de farmacologia, atual secretário da Junta. Já no sábado, decorre a apresentação do candidato à presidência da União das Freguesias de Gondifelos, Cavalões e Outiz, pelas 21h30, na sede da Junta de Freguesia. Trata-se do atual presidente da Junta de Gondifelos, Manuel Santos, de 53 anos, casado e técnico de engenharia industrial. No domingo é apresentado o candidato à presidência da União das Freguesias de Arnoso Santa Maria, Arnoso Santa Eulália e Sezures, pelas 18h30, no campo de futebol de Arnoso Santa Maria. Trata-se de Manuel Barros, 44 anos, casado e diretor executivo da empresa têxtil LMA, que preside à Assembleia de Freguesia Ainda no domingo, é apresentado o candidato de Outiz à União das Freguesias de Gondifelos, Cavalões e Outiz, pelas 21h30, no salão paroquial. É Manuel Ribeiro, 54 anos, empresário têxtil, atual secretário Junta de Outiz.

Manuel Ferreira

Manuel Santos

Manuel Barros

Celebrações do Dia da Freguesia

Armindo Costa entre os homenageados em Vermoim Decorreu no passado domingo, no Salão Nobre da Junta de Vermoim, a sessão solene do Dia da Freguesia, que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Armindo Costa. Na cerimónia foram homenageados um conjunto de personalidades, que, segundo o presidente da Junta, Artur Xavier, “dedicaram e dedicam muito do seu tempo e da sua vida a enobrecer as Terras de Vermoim”. Um dos homenageados foi, Armindo Costa. “Temos a coragem do reconhecimento e o dever da gratidão. Senhor presidente, em nome de Vermoim, em nome de todos os vermoinenses, obrigado por todo o empenho e dedicação que deu, ao longo destes anos, Famalicão e, principalmente, a Vermoim”, realçou Artur Xavier, acrescentando que “todo o município foi tratado por igual, temos que o reconhecer, e não sentimos inveja, bem pelo contrário, regozijamos. Por sua vez, o presidente da Câmara agradeceu a distinção e realçou o papel do autarca local e dos restantes 48 presidentes de junta na construção de um município “mais desenvolvido, coeso e solidário”. Para Armindo Costa “o desen-

Sessão solene decorreu no passado domingo

volvimento ocorrido nestes últimos 12 anos só foi possível graças à cooperação atenta e disponível entre a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia”, realçando, no caso concreto, o investimento realizado em Vermoim, como a renovação do parque escolar das Escolas da Estalagem e Agra Maior, as infraestruturas básicas de água e saneamento, a rede viária e o Pavilhão Gimnodesportivo Terras de Vermoim. O presidente da Câmara realçou, contudo, que “o maior investimento realizado não se prendeu com obras, mas nas pessoas, no

apoio aos mais necessitados, ajudando nas dificuldades e procurando encontrar soluções para os mais diversos problemas com que, diariamente, somos confrontados”. Armindo Costa apelou ainda a todos autarcas que, por força da Lei, agora terminam os seus mandatos para que não passem à condição de “aposentados da sociedade, já que o vosso conhecimento, o vosso “knowhow” é importante para o contínuo apoio à nossa comunidade, à nossa terra, a Famalicão e a Portugal”.

É preciso criatividade para atrair os jovens para a política Decorreu na passada sexta-feira o “Fórum da Juventude por Joane”, promovido pela candidatura de Xavier Oliveira à Junta de Freguesia de Joane. Foi o terceiro fórum promovido pelo candidato da coligação PSD/CDS-PP com o objetivo de ouvir os joanenses e debater Joane. Desta vez procurou-se dar voz à juventude de Joane, com um painel composto por três jovens joanenses: Diogo Fernandes, presidente da Associação de Estudantes da Escola Secundária Padre Benjamim Salgado; Maurício Salgado estudante, do 12º ano, e Paula Oliveira, eleita da Assembleia de Freguesia, num debate moderado por Cristina Peixoto. O fórum teve período de debate com os participantes, onde foi discutida a participação dos jovens na sociedade tendo-se concluído que os jovens, em geral, não se sentem atraídos pela política. Contudo, têm

enorme potencial e é necessário criatividade para atrair os jovens para a política. A candidatura de Xavier Oliveira considera que os objetivos definidos para a iniciativa foram cumpri-

dos uma vez que foi proporcionado aos participantes o enriquecimento ao nível da temática Juventude e, ao mesmo tempo, fomentou a discussão em tordo de um tema sempre atual.

António Oliveira apresenta candidatura em Joane Manuel Ribeiro

O Partido Socialista apresenta esta sexta-feira, dia 28, António José Oliveira como seu candidato à Junta de Freguesia de Joane. A cerimónia está marcada para as 21h30, na antiga escola primária de Giestais e contará com as presenças do candidato do PS á Câmara, Custódio Oliveira; do atual presidente da Junta de Joane, Sá Machado, e do líder da concelhia do PS, Nuno Sá.

António Oliveira


publicidade

27 de junho de 2013

pĂşblica 15


16

pública: 27 de junho de 2013

publicidade

Falecimentos

Edgar Lopes Carneiro (Dázinho) (Rua Alves Roçadas nº 11 2º esq. V.N. de Famalicão)

(78 anos) Missas 7º Dia

Sua família vem por este meio agradecer a todos aqueles que se dignaram a participar no seu funeral, aproveita também para comunicar que as missas de 7º Dia pelo seu eterno descanso serão celebradas uma, Sexta-Feira, dia 28, pelas 08:00 horas, na Igreja Santo António, Antas, Vila Nova de Famalicão, outra no mesmo dia pelas 19:00 horas na Igreja Paroquial de Antas, Vila Nova de Famalicão. Desde já seu profundo reconhecimento a quantos se dignarem assistir a este piedoso acto.

A Família

Jorge Rebelo de Faria, no 20 de junho, com 91 anos, casado com Maria Martins Capela, da freguesia de Priscos (Braga).

Rosa Pinheiro, no dia 20 de junho, com 88 anos, viúva de José Barros Machado, da freguesia de Burgães (Santo Tirso).

Adélio Pinto de Oliveira, no dia 23 de junho, com 72 anos, casado com Maria Assunção Oliveira da Costa, da freguesia de Nine.

Emília Carneiro Duarte, no dia 23 de junho, com 91 anos, viúva de Armando Correia, da freguesia de Monte Córdova (Santo Tirso).

Agência Funerária Arnoso José Daniel Pereira Arnoso Santa Eulália - Telf. 91 724 67 03

António Pereira de Azevedo, no dia 5 de junho, com 88 anos, casado com Natalina Casal Ribeiro, a freguesia de S. Martinho de Bougado (Trofa). Maria Lídia Azevedo Oliveira, no dia 21 de junho, com 70 anos, casada com Braz Gonçalves Pereira Dias, da freguesia de S. Tiago de Bougado (Trofa). Edite Dias das Neves Pinho, no dia 24 de junho, com 66 anos, casado com Félix Manuel Gonçalves de Pinho, da freguesia de S. Martinho de Bougado (Trofa). Agência Funerária Trofense, Lda (S. Martinho de Bougado) Trofa Tel.: 252 412 727

Ag.F. de Burgães / Sede.: Burgães Filial.: Delães Telf. 252 852 325

Zeferino Macedo da Costa, no dia 19 de junho, com 74 anos, casado com Maria da Conceição Batista Vieira, da freguesia de Cavalões. Edgar Lopes Carneiro, no dia 22 de junho, com 78 anos, viúvo de Maria Fernanda Brandão Carneiro, da freguesia de Vila Nova de Famalicão. Agência Funerária Rodrigo Silva, Lda Vila Nova de Famalicão – Tel.: 252 323 176

Lino Rocha da Costa, no dia 25 de junho, com 73 anos, casado com Maria Teresa Freitas Lopes, da freguesia de Riba D’Ave. Agência Funerária Riba D’Ave Riba D’Ave – 917 586 874

Farmácia Almeida e Sousa - Oliveira Stª. Maria Farmácia da Estação - Nine Farmácia Santa Quitéria - Felgueiras Agradecimento e Missa de 7º Dia

Sr. Padre Francisco da Costa Teixeira Agradecimento e missa do 30º dia

Vimos por este meio, agradecer a todas as pessoas que se dignaram participar na missa de 7º dia e aproveitamos para anunciar que será celebrada missa de 30º dia, domingo, dia 30, pelas 12,00 horas na Igreja Paroquial de Vermoim. agradecendo desde já a todos quantos participem nesta eucaristia.

A Gerência, vêm por este meio agradecer a todos os seus estimados, clientes, fornecedores e amigos, o carinho demonstrado aquando do falecimento e funeral da Digníssima Mãe, Sogra e Avó dos proprietários das farmácias acima referidas, e ao mesmo tempo informa que será celebrada missa de 7.º Dia por alma da D. Ester Silva Machado da Costa no próximo Domingo, dia 30 de Junho, pelas 09:30 horas na igreja Matriz de Oliveira S. Mateus.

Funerária Carneiro & Gomes, Lda - Santana S. Mateus - 917553205

A Família


cultura Emília Gonçalves, no dia 19 de junho, com 81 anos, viúva de Fernando Lopes da Silva, da freguesia de Oliveira Santa Maria. Mariana Abreu Gomes, no dia 20 de junho, com 23 anos, solteira, da freguesia de Mogege. Manuel Fernandes da Silva, no dia 21 de junho, com 84 anos, casado com Rosa Rodrigues Monteiro, da freguesia de Oliveira S. Mateus. Maria do Carmo de Lemos Vieira, no dia 23 de junho, com 69 anos, casado com João Alberto de Macedo, da freguesia de Gondar (Guimarães). Deolinda Ferreira, no dia 23 de junho, com 89 anos, viúva de Jerónimo Lopes, da freguesia de Vila Nova de Sande (Guimarães). Ester Silva Machado da Costa, no dia 24 com 87 anos, viúva de Abílio Almeida de Sousa, da freguesia de Oliveira S. Mateus. Agência Funerária Carneiro & Gomes Oliveira S. Mateus Telm. 91 755 32 05

Francisco Azevedo Leite, no dia 18 de junho, com 63 anos, casado com Clementina da Silva Torrinha, da freguesia de Castelões. Arlete dos Santos Correia, no dia 22 de junho, com 81 anos, casada com Américo Fernandes Carneiro, da freguesia de Antas S. Tiago. Manuel da Silva Rocha Alves, no dia 22 de junho, com 39 anos, da freguesia de Landim. Agência Funerária da Lagoa Lagoa – Telf. 252 321 594

Alberto da Costa Pinheiro, no dia 23 de junho, com 87 anos, casado com Engrácia Pereira da Silva, da freguesia de Calendário. Agência Funerária do Calendário Calendário – Tel.: 252 377 207

Ana da Costa Oliveira, no dia 22 de junho, com 82 anos, solteira, da freguesia de Gondifelos. Ana Maria da Costa Leal, no dia 22 de junho, com 96 anos, viúva de Mário da Silva Carreira, da freguesia de Gondifelos. Alexandrina da Silva Araújo, no dia 19 de junho, com 92 anos, solteira, da freguesia de Gondifelos. Avelino Moreira Barbosa, no dia 15 de junho, com 75 anos, casado com Maria José Azevedo e Silva, da freguesia de Fradelos. Agência Funerária Palhares Balazar– Tel.: 252 951 147

Verão com cinema gratuito em Famalicão O cinema ao ar livre vai tomar conta das noites de verão de Famalicão. Nos meses de julho e agosto, vários espaços do município acolhem sessões de cinema com entrada livre, onde serão projetados alguns dos êxitos mais recentes da sétima arte. O Parque da Devesa, o Centro de Estudos Camilianos, em Seide S. Miguel, e o Parque de Campismo de Gondifelos são as “salas de cinema” improvisadas para as várias sessões ao relento, que prometem animar os serões dos famalicenses. O Parque da Devesa exibe já no dia 3 de julho a primeira sessão, com o filme “007 Skyfall”. O momento repete-se todas as quartas-feiras dos meses de julho e agosto, pelas 21h30, no anfiteatro do parque, que tem capacidade para acolher largas centenas de espetadores. A sétima arte estará presente também durante todas as sextasfeiras do mês de julho no Centro de Estudo Camilianos, em Seide S. Miguel, com início das várias sessões marcado para as 21h45. O Parque de Campismo de Gondifelos receberá também, excecionalmente, uma sessão, exibindo no dia 27 de julho, o filme francês “Ferrugem e Osso”.

Programação

pública: 27 de junho de 2013 17

Homenagem a Maria Lamas e a todas as mulheres ligadas ao têxtil

Parque da Devesa (Anfiteatro do Parque/ 21h30) 3 de julho – 007 Skyfall 10 de julho – Argo 17 de julho – Lincoln 24 de julho – Mata-os Suavemente 31 de julho – Para Roma com Amor 7 de agosto – Oz: O Grande Poderoso 14 de agosto – Contágio 21 de agosto– Moonrise Kingdom 28 de agosto – Sombras da Escuridão Centro de Estudos Camilianos (21h45) 5 de julho – A Origem dos Guardiões 12 de julho – Argo 19 de julho – Django Libertado 26 de julho – As Linhas de Wellington Parque de Campismo de Gondifelos (21h30) 27 de julho – Ferrugem e Osso

“A Tempestade” de Shakespeare no Parque da Devesa A Escola Profissional de Teatro do Externato Delfim Ferreira apresenta, em coprodução com a Câmara Municipal de Famalicão, “A Tempestade” de William Shakespeare. A peça, com entrada livre e representada pelos alunos do 2º ano do Curso Profissional de Teatro, estará em cena nos dias 28,29 e 30 de junho, pelas 22 horas, na Concha Acústica do Parque da Devesa. “A Tempestade”, última peça escrita por Shakespeare, conta com encenação de Gonçalo Amorim, cenografia e figuração de Catarina Barros, iluminação de José Nuno Lima, Música de Samuel Silva e Sonoplastia de Miguel Ângelo. A peça conta a história de Próspero, duque de Milão, habita, com sua filha Miranda e Calibã um monstro que cheira a peixe e tem focinho de cão, uma ilha que não vem no mapa. Aí chegou, com todos os seus livros de magia, depois de ter sido expulso do seu ducado pelo seu irmão António e por Alonso o rei de Nápoles. Agora todos se encontram na ilha, pois Próspero, com a ajuda dos espíritos liderados por Ariel, provocou uma tempestade, que os fez dar à costa. Os seus inimigos estão agora à sua mercê e dos seus poderes mágicos. Próspero terá a sua vingança e Shakespeare despedir-se-á do teatro, se o público o deixar.

Encontro anual dos Tocadores e Cantadores ao Desafio Realizou-se no passado dia 10 de junho, o convívio anual da Associação dos Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense. O encontro contou com a presença do vice-presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que aproveitou a oportunidade para elogiar o trabalho da Associação e destacar “o seu papel enquanto defensora da cultura popular famalicense”. O autarca deixou ainda boas notícias aos associados e responsáveis do grupo, afirmando que o município já se encontra a trabalhar para que associação tenha a sua própria sede, de forma a acolher as suas atividades, bem como todo o seu espólio.

“A memória, a obra e o pensamento de Maria Lamas – uma mulher do nosso tempo” é o título de uma exposição que está patente no Museu da Indústria Têxtil (MIT) e que foi inaugurada pelo vice-presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, no passado dia 21 de junho. A inauguração marcou o arranque da 5ª edição das Conferências da Primavera, que decorreram durante a tarde desse dia, no MIT. Quer a exposição quer as conferências tiveram como tema principal a escritora, jornalista e conhecida ativista feminista portuguesa, Maria Lamas, quando passam 120 anos do seu nascimento e 30 anos da sua morte. Depois de visita à mostra, que é da autoria do Movimento Democrático de Mulheres, a que Maria Lamas presidiu, o vice-presidente da autarquia declarou que homenagear Maria Lamas e fazendo-o no MIT é também uma forma também de “fazermos um agradecimento e uma homenagem a todas as mulheres que estiveram sempre muito ligadas ao têxtil”, apontando que na sua obra, Maria Lamas “faz várias referências a essa relação entre o Vale do Ave, o têxtil e as mulheres”.

Conferência sobre azenhas de Famalicão na Devesa A Casa do Território, no Parque da Devesa, acolhe esta sexta-feira, dia 28, a segunda iniciativa do ciclo de conferências “Conhecer o Território: Reflexões Partilhadas no Parque da Devesa”. O evento, organizado pelo Departamento de Cultura e Turismo da Câmara Municipal, tem início marcado para as 21h30 e irá versar sobre o tema “As Azenhas de Vila Nova de Famalicão: Património, Território e Paisagem Fluvial do Ave”. O convidado desta segunda conferência é o arquiteto Bruno Matos. Na continuidade da investigação que tem desenvolvido sobre o património molinológico do rio Ave, o investigador irá dar a conhecer as características arquitetónicas, construtivas e tecnológicas das azenhas do Ave. Neste espaço privilegiado de conhecimento do nosso território e história, será ainda dado destaque a alguns casos de ações de reabilitação de sucesso com vista à preservação, valorização e salvaguarda do património molinológico.


praça pública

Pelos Quatro Cantos da Ca(u)sa Domingos Peixoto

As opiniões são como as cerejas: pega-se numa e vêm muitas penduradas. Seja o que for, qualquer assunto tem sempre, a favor ou contra, um elevado número de opiniões conforme aos argumentos aduzidos, cuja credibilidade deve ser encontrada na prática quotidiana dos autores. Neste princípio, e na sequência da crónica da semana passada, cumpre-me argumentar ainda mais práticas e aberrações do meu país: Quando há pouco tempo como muitos ainda hoje - se pedia a exclusão da troika da vida portuguesa o senhor Presidente da República não terá tomado posição. Agora vem argumentar que o FMI deve ser excluído. O que se pode perguntar é: O que mudou? O FMI (como a CE e o BCE) não “controla” a sua quota-parte na ajuda financeira a Portugal? Se seguiu uma política económica errada - como tudo leva a crer que adotou - não deviam ser visados todos os responsáveis (troika)? O Partido Socialista tem apresentado candidatos autárquicos que, dando o seu nome ao PS e usufruindo da candidatura neste grande partido, têm ganho eleições. Ao

fim de um ou dois mandatos, por opções políticas da direção partidária, alguns destes deixaram de ser a preferência, retaliando com a candidatura independente. Com resultados muito negativos para o próprio e para o partido. O caso mais recente - e vergonhoso, digo eu - é o de Nuno Cardoso que visa, de uma só cajadada, não só matar dois coelhos mas, também, caçar uma lebre, no Porto: Pizarro e Moreira, atrelando a Menezes de quem tem sido braço direito! O Partido Socialista apresentou, na Assembleia Municipal de Famalicão, na última sessão um voto de louvor aos autarcas das 27 freguesias do concelho extintas pelo governo Passos Coelho/Paulo Portas. A bancada da coligação PPD/CDS, com alguns trocadilhos de ocasião, decidiuse pela abstenção. Eis senão quando, na votação, na eminência da aprovação do voto de louvor com os votos favoráveis da esquerda, um grupo de presidentes de junta afetos à maioria se “rebelou” votando contra. De facto, talvez alguns daqueles 27 - o de Seide S. Paio merecia-o, seguramente - não merecessem o louvor já que nada fizeram para contra-

Ainda o meu país riar a medida do governo. Ao que parece o monumento ao empreendedor ainda não está pago, sendo que os privados (industriais) se terão comprometido a pagar metade ficando a outra metade a cargo do município. Assim vão as rigorosas finanças do executivo presidido por Armindo Costa. Paulo Portas, ministro de grande relevância, corresponsável das muitas e gravosas medidas do seu governo, apresentou para discussão no congresso do CDS uma moção onde reivindica uma mudança de política económica para o país. Isto será para “inglês ver” ou Portas já não está no governo? PS: Por me parecer da maior importância e se enquadrar na reflexão supra, deixo aqui, com a devida vénia, um extrato da crónica de D. António Marcelino, bispo emérito de Aveiro, inserta no Diário do Minho de 23 de Junho último: “… as aldeias encheram-se de obras de encher o olho, depressa tornadas inúteis, ficando muitas vezes sem resposta a necessidades básicas de então e de agora. Engana-se o povo ou é este que se deixa enganar? Ao ver pub

pub

agora os condecorados e os novos comendadores, perguntava-me: Quando chega a vez da gente anónima, dos pais que criaram seis ou sete filhos, por eles se sacrificaram e os tornaram capazes de servir a sociedade? Quando se porá uma condecoração ao peito de gente anónima de aldeias do interior, que gerou solidariedade, reconciliou pessoas, sacrificou interesses pessoais para poder servir os outros? A crise que se vive, aqui e além-fronteiras, condicionada por sistemas económicos, é fruto da destruição dos valores do povo e da família, da alteração dos horizontes da vida real, da prioridade dada ao ter, ao poder e ao gozar, em detrimento da verdade da solidariedade e da justiça. Quem vai tirar o país do buraco onde o enterraram? O povo, quando um dia sacudir os intrusos, vai voltar à consciência das suas capacidades, ultrapassar os seus defeitos, desviar do caminho os que dele se aproveitam e gritar, calando as vozes que dizem falar em seu nome, que é ele quem manda em si e traça o seu destino. O povo que somos é capaz de o fazer. E esse dia não tardará”.

pública: 27 de junho de 2013 23

D’Esguelha Gouveia Ferreira

Mais um! Eles revezam-se, recapitulam-se, reincarnam-se e regurgitam os restos das comezainas lisboetas para cima de todos nós, cidadãos de comportamento exemplar, na versão troikiana. Agora, para não deixar arrefecer o moral do desgoverno, o ex-indemnizado, João Coutinho, há cerca de 10 anos, com a bagatela de 500 mil euros, volta a ser gestor executivo da Caixa Geral de Depósitos. Pelos vistos, fazia parte da equipa de Mira Amaral, o espumante zelador dos dinheiros tropicais. E não havia mais ninguém neste desértico país, à beira mar encalhado, para preencher tão difícil cargo, no maior cofre de Portugal, onde jazem as míseras poupanças de milhentos lusitanos espoliados, ao longo de décadas. Sabida a tenebrosa novidade, tudo continuará em branda fumaça, como já adivinhara o finito almirante, eo tempore, nos primórdios desta apodrecida democracia. Condenados às galés, que, à força de se safarem da forca, deram novos mundos ao mundo, os exemplares lusitanos cá continuam a expiar os indecifráveis males, cujo cometimento desconhecem. Num comportamento euroexemplar, de carisma deprimente, qual trauma das galés, continuamos a procurar refúgio na emigração, para bem dos pecados dos outros e dos bancos, em vez de enfrentarmos as bestas nas ruas onde se pavoneiam. A não ser a paixão clubística, nada mais se vê arder. E, assim, os donos do feudo lá continuarão a revezar-se, até ao último emigrante que tenha deixado de sonhar com o salário mínimo. O Viriato saberá disto?! Sim. O dos Hermínios! pub


24

pĂşblica: 27 de junho de 2013

publicidade

Op1103  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you