Issuu on Google+

pub

pub

Candidato da coligação avança com propostas na área da mobilidade

Paulo Cunha quer melhorar rede de transportes P. 4

ANO 21 • Nº 1102

DE 20 A 26 DE JUNHO DE 2013

DIRETOR: JOÃO FERNANDES

www.opiniaopublica.pt

opiniãoespecial

Dia da Freguesia

Caso remonta a 2009 e envolve a diretora geral e diretora financeira da altura

SUPREMO DÁ RAZÃO À FAGRICOOP NO CASO DAS FUNCIONÁRIAS DESPEDIDAS O Supremo Tribunal de Justiça veio decidir a favor da Fagricoop – Cooperativa Agrícola e dos Produtores de Leite de Famalicão, no caso do despedimento de duas funcionárias, na altura diretora geral e diretora financeira da instituição. O des-

pedimento aconteceu em 2009 depois de um conturbado processo eleitoral no seio da cooperativa. As funcionárias foram para tribunal, ganharam nas duas primeiras instâncias, mas agora o Supremo veio dar razão à cooperativa.p. 5

Vermoim inaugura escola renovada P. 15

Feira medieval anima Famalicão no fim de semana P. 9

Custódio lança Agostinho Fernandes para provedor do munícipe P. 6

Acidente mata jovem em Ruivães P. 12

opiniãosport: FC Vermoim vai lutar pelo tricampeonato e ARJ Mogege fica pelo caminho Especial 38º aniversário do GRAL

pub

Atleta famalicense também garantiu acesso direto aos Jogos Paralímpicos no Rio de Janeiro, em 2016

Luís Silva conquista medalha de ouro no Europeu de Boccia

Op ini ão Sp or t


2

pública: 20 de junho de 2013

cidade

“Toninhos 2013” animaram Famalicão

A segunda edição do arraial “Toninhos”, animou a cidade de Famalicão entre 7 e 13 de junho. Localizado na Praça D. Maria II, o recinto recebeu, ao longo de quatro noites, milhares de famalicenses que desfrutaram de muita animação, música, a tradicional sardinhada, entre outras actividades. O arraial, que juntou diversos bares e cafés do concelho famalicense, integrou, pelo segundo ano consecutivo, a programação das Festas Antoninas, tornando-se uma mais-valia para os jovens que aderiram às festividades. Ivo Dias, elemento da organização, destacou que “este arraial minhoto é mais direccionado para os jovens famalicenses e de outros

Procissão de Santo António percorreu ruas da cidade

concelhos vizinhos” e que “a adesão foi em massa”. Paulo Cunha, que esteve presente na última noite deste evento, evidenciou a importância da dinâmica da população jovem em Famalicão: “Trazemos os bares e associações de estudantes, muita dinâmica e juventude. Famalicão é um concelho marcadamente jovem e nós não queremos realizar actividades que deixem os jovens de fora.” O Arraial de Festa Toninhos 2013 terminou com um balanço muito positivo e a organização deixou a promessa de voltar no próximo ano com a terceira edição.

A Escola Profissional Cior foi distinguida como uma escola solidária 2012-13, no âmbito do projeto “Energia com Vida, Escolas Solidárias”, promovido pela EDP Gás. Desde o início do ano lectivo, foram mais de 60 as escolas, dos distritos de Braga, Porto e Viana do Castelo, que responderam ao desafio, mas nem todas conseguiram chegar ao fim. A Cior concorreu com dois projetos: “Hospital dos Monstros”, que consiste na recolha de eletrodomésticos avariados, reparação destes e distribuição a famílias carenciadas; e o “Cantinho dos Avós”, com a criação de uma sala dedicada à população sénior na freguesia de Cruz, onde os alunos procederam à requalificação elétrica, bem como à pintura e montagem de eletrodomésticos. O evento final “Energia com Vida, Escolas Solidárias” realizou-se no passado dia 5 de junho, no Porto, na sede da EDP, com a entrega das distinções.

CONSELHO EDITORIAL:

Alexandrino Cosme, António Cândido Oliveira, António Jorge Pinto Couto, Artur Sá da Costa, Cristina Azevedo, Feliz Manuel Pereira, Joaquim Loureiro, João Fernandes, Manuel Afonso e Almeida Pinto.

DIRECTOR: João Fernandes (CIEJ TE-95)

jfernandes@opiniaopublica.pt

CHEFE DE REDACÇÃO:

Cristina Azevedo (CPJ 5611) cristina@opiniaopublica.pt

EDITOR DE TURNO:

Magda Ferreira (CPJ 4625) magda@opiniaopublica.pt

REDACÇÃO:

informacao@opiniaopublica.pt Carla Alexandra Soares (CICR-248), Cristina Azevedo (CPJ 5611), Magda Ferreira (CPJ 4625) e Sofia Abreu Silva (CPJ 7474).

DESPORTO: Jorge Humberto, José Cle-

mente (CNID 297) e Pedro Silva (CICR220).

Junta de Antas, destacando-se o elevado número de pessoas que, caminhando em procissão ou ladeando as ruas onde a mesma passou, se quiseram associar a esta manifestação pública de fé. No final, já no interior da capela, padre Agostinho Alves, pá-

roco de Antas, dirigiu algumas palavras aos presentes, agradecendo a todos aqueles que contribuíram para a realização desta procissão e lembrando que, “Santo António não perdeu a sua atualidade, desafiando-nos a olhar para os mais pobres e desfavorecidos”.

Gerações promove várias atividades de final de ano A Associação Gerações realiza esta sexta-feira, dia 21, pelas 20h30, a sua festa de final de ano, no auditório da Casa das Artes, subordinada ao tema “Magia, Sonho e Fantasia”. Todos os utentes e colaboradores da Instituição irão participar neste espetáculo, desde o berçário ao Clube Sénior. O espetáculo é aberto a todos os interessados, mediante aquisição de bilhete na sede da Associação Gerações. Na próxima semana, de 24 a 28 de junho, decorrerá a colónia balnear da instituição, na praia da Apúlia, em Esposende, em que participarão as crianças de creche, as salas de pré-escolar, os utentes do Centro Educativo e os seniores. Para finalizar a semana de praia e como forma de comemoração do final das atividades letivas, a Gerações convida atuais e antigos utentes, seus fami-

veja em www.famatv.pt ou

Cior distinguida como escola solidária

FICHA TÉCNICA

No passado dia 13, feriado municipal, realizou-se a já tradicional procissão em honra de Santo António. Depois da Eucaristia Solene, realizada de manhã, presidida pelo arcipreste de Famalicão, padre Paulino Carvalho, seguida da distribuição do já tradicional pão de Santo António, às 17 horas, depois da oração do terço, teve lugar a procissão, também presidida pelo arcipreste. Inserida nas Festas Antoninas, a procissão iniciou na capela de Santo António, sendo o andor do mesmo escoltado pelos bombeiros. A procissão, enriquecida também por inúmeros figurantes, percorreu várias ruas da cidade, regressando novamente à capela, contando também com a presença de algumas entidades civis, nomeadamente o presidente da Câmara Municipal e presidente da

João Pedro Pais foi, mais uma vez, cabeça de cartaz nas festas Antoninas de Famalicão. O cantor abrilhantou a noite de véspera de Santo António, com milhares de pessoas a assistirem ao concerto, na Praça D. Maria II. João Pedro Pais apresentou o mais recente álbum “Desassossego”, mas também as suas músicas mais antigas pondo os famalicenses a cantar com ele. Nas suas vindas a Famalicão, João Pedro Pais é sempre recebido com muito público, percebendo-se que os famalicenses têm um carinho especial pelo cantor.

João Pedro Pais atraiu milhares à praça

veja em www.famatv.pt ou

GRAFISMO:

Carla Alexandra Soares, Pedro Silva.

APOIO À REDACÇÃO: Jorge Alexandre

OPINIÃO: Adelino Mota, Barbosa da Silva,

Domingos Peixoto, Gouveia Ferreira, J. Mário Teixeira, Joaquim Loureiro, José Luís Araújo, Sílvio Sousa, Vítor Pereira.

GERÊNCIA: João Fernandes

CAPITAL SOCIAL: 350.000,00 Euros.

liares e amigos, colaboradores, órgãos dirigentes, fornecedores, parceiros e comunidade em geral para um dia de convívio a 29 de junho. Serão organizadas diversas atividades lúdicas e de lazer, que iniciam com um almoço nos espaços exteriores da instituição, com um custo simbólico de 3 euros, sendo gratuito para crianças até aos 3 anos. Ainda no dia 29, a Associação Gerações vai realizar, das 9h30 às 12h30, uma sessão para pais e encarregados de educação que visa esclarecer algumas dúvidas sobre a transição das crianças para o 1º ciclo, com o custo de participação de 20 euros. Durante a sessão, a associação garante o serviço de babysitting para as crianças. As inscrições podem ser feitas na instituição, através dos contactos 252374480 ou 932886644 ou através do email geral@associacaogeracoes.com.

DETENTORES DE MAIS DE 10% DO CAPITAL Feliz Manuel Pereira António Jorge Pinto Couto

SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS: Francisco Araújo

TÉCNICOS DE VENDAS:

comercial@opiniaopublica.pt Agostinha Bairrinho, Maria Fernanda Costa e Sónia Alexandra

PROPRIEDADE E EDITOR:

EDITAVE Multimédia, Lda. NIPC 502 575 387

SEDE, REDACÇÃO E PUBLICIDADE:

Rua 8 de Dezembro, 214 Antas S. Tiago 4760-016 VN de Famalicão

INTERNET

www.opiniaopublica.pt

CONTACTOS Redacção:

Tel.: 252 308145 • Fax: 252 308149

Serviços Administrativos:

Tel.: 252 308146 / 252 308147 • Fax: 252 308149

IMPRESSÃO:

Naveprinter - Indústria Gráfica do Norte, SA Estrada Nacional, 14 - Maia

DISTRIBUIÇÃO:

Motivação em Marcha - Publicidade, Lda.

TIRAGEM DESTE NÚMERO: 20.000 exemplares, nº 1102

NÚMERO DE REGISTO: 115673 DEPÓSITO LEGAL: 48925/91


publicidade

pĂşblica: 20 de junho de 2013 3


pública: 20 de junho de 2013

cidade

Televisão de Famalicão selecionada pela operadora Meo

FamaTV dá a volta a Portugal Ana Raquel Soares deveria ser mudado no concelho. A rúbrica é apresentada na forma A FamaTV foi a televisão escolhida de uma vox pop. para representar o distrito de Porque um concelho também Braga no âmbito do projeto “Volta vive da sua gastronomia, na rúa Portugal em Meo Kanal”. Este brica “Famalicão: a barriga cá da projeto, promovido pela opera- terra” o canal divulga o restaudora televisiva Meo, procura dar rante Ferrugem, onde a cozinha a conhecer os vários distritos de moderna se concilia com a tradiPortugal divulgando, em simultâ- ção, numa fusão bem-sucedida, neo, a oferta televisiva dessas re- que tem valido a esta empresa, digiões. versos prémios. Em cada uma das etapas da Por último, em “Famalicão: “volta a Portugal” é selecionado visto do futuro” são as crianças um distrito e dentro deste, um ca- que pegam no microfone, para renal de televisão. Esta semana é ferirem a sua opinião sobre o condedicada ao distrito de Braga. celho. A FamaTV desenvolveu, a proA FamaTV é um canal regionapósito do projeto, quatro rúbricas lista de informação, entretenique oferecem ao espetador um mento e desporto, dinamizado olhar diferente sobre o concelho pela empresa Editave Multimédia. de Famalicão. Foi criada com o objetivo de alarNa rúbrica “Famalicão: num gar o serviço informativo de Faminuto”, são apresentados os malicão e corresponder, simultaprincipais pontos fortes do conce- neamente, aos desafios de uma lho, a nível social, cultural e eco- sociedade cada vez mais voltada nómico. São destacadas as me- para as novas tecnologias da inlhorias introduzidas nos últimos formação e comunicação. anos, bem como as recentes aposPoderá consultar este canal tas nas questões ambientais, com através da web, usando o endeespecial destaque para a recente reço www.famatv.pt ou através do criação do Parque da Cidade. seu aparelho de TV. Neste último Por sua vez, em “Famalicão: caso, para aceder, deverá premir o quem manda aqui” os habitantes botão verde do comando Meo e, de Famalicão tomam a palavra em seguida, digitar o código para sugerir o que, na sua opinião, 509050.

Arquivo Municipal encerra temporariamente De forma a assegurar a transferência dos documentos para as novas instalações, o atual serviço do Arquivo Histórico Municipal, em funcionamento no edifício dos Paços do Concelho, está encerrado, temporariamente, ao atendimento até ao dia 9 de julho, inclusive. A inauguração das novas instalações do Arquivo Municipal Alberto Sampaio está agendada para o Dia da Cidade, 9 de julho, evocativo do 28º aniversário de elevação de Famalicão a cidade. A cerimónia está marcada para as 10h30 e irá contar com a presença do presidente da Câmara Municipal, Armindo Costa.

Paulo Cunha avança com propostas para a área da mobilidade

“Quero mais e melhor transporte público” Cristina Azevedo O candidato da coligação PSD/CDS-PP à Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, apresentou, na passada segunda-feira, um plano de melhoria da mobilidade no concelho, que visa a criação de uma rede de transportes mais eficaz, potenciando o uso do transporte público. Num encontro com os jornalistas, realizado na central de camionagem, Paulo Cunha começou por referir que a mobilidade dos famalicenses é um tema a que a coligação “Mais Ação, Mais Famalicão” irá dar prioridade. “Defendemos a adoção de novas políticas que assentem na defesa e promoção do transporte público a baixo custo, no aumento da mobilidade do nosso concelho e no acesso ao exterior e na promoção do ambiente por via da adoção de novos comportamentos”, referiu o candidato, acrescentando que “com mais e melhor transporte público favorecemos a qualidade de vida dos famalicenses”. Nesse sentido, Paulo Cunha apresenta um plano para a mobilidade que assenta em três eixos principais: uma restruturação da rede dos TUF, a criação de um parque de estacionamento na estação de caminhos de ferro e a criação de um circuito citadino que ligue a central de camionagem à estação. Antes mesmo da conferência de imprensa, o candidato reuniu com o responsável da operadora de transportes ARRIVA no sentido de o sensibilizar para a necessidade de reajustar a rede de transportes no concelho. Uma ideia que, segundo Paulo Cunha, foi bem acolhida e que vai ser agora alvo de debate público em todas as freguesias, com a colaboração dos presidentes de junta. “Queremos saber quais são a necessidades concretas de trans-

José Clemente

4

Paulo Cunha promete melhorar a rede de transportes no concelho

porte em cada uma das 49 freguesias do concelho para que possamos apresentar uma resposta que, por um lado satisfaça as suas necessidades e, por outro, sirva os interesses da projeção do futuro do concelho”, refere o candidato. E continua: “há problemas com rotas, com horários e com custos, e todo esses problemas vão ser tratados para que a resposta seja acertada”. Circuito citadino gratuito À parte este debate, Paulo Cunha avança já com algumas medidas concretas, entre elas a criação de um circuito citadino, que fará a ligação entre a central de camionagem e a estação de caminhos de ferro, passando por vários serviços públicos, nomeadamente a zona escolar, a zona desportiva, o centro de saúde, o hospital, o tribunal, a Câmara Municipal, a biblioteca, o Parque da Devesa, o centro de emprego, bem como os serviços de finanças e da segurança social. Esse circuito será feito por um autocarro de pequenas dimensões e será gratuito para todos os utilizadores de um título de trans-

porte válido, ou seja, “todas as pessoas que tenham um bilhete de comboio ou de autocarro ou um título de táxi poderão utilizar, a título gratuito, este transporte”, vinca Paulo Cunha. Outra medida para facilitar a mobilidade e incentivar o uso do transporte público passa por criar um parque de estacionamento junto à estação de caminhos de ferro, no terreno antes ocupado pelo bairro de ciganos, “para apoio a todos aqueles que querem utilizar o comboio e a todos os que se deslocam para a zona escolar e desportiva”. Paulo Cunha compromete-se ainda a ajustar os horários dos transportes públicos às necessidades da população, garantindo, desde já, que os portadores do passe sénior possam utilizar os TUF em horário mais alargado, desde das 8h30. O candidato da coligação compromete-se também a remodelar a central de camionagem, com uma intervenção nas boxes e no interior do edifício, tornando-o mais confortável e criando uma rede de informação através de painéis.

Candidato da coligação PSD/CDS-PP quer ser embaixador das empresas famalicenses

Paulo Cunha anuncia medidas de estímulo à atividade económica O candidato da coligação “Mais Ação, Mais Famalicão” à presidência da Câmara Municipal está a desenvolver um conjunto de reuniões com empreendedores locais, “auscultando as suas ideias, dúvidas e necessidades”, com o propósito de criar “as ferramentas necessárias à promoção da atividade económica no concelho”. Nos encontros que já aconteceram em Lemenhe, Cavalões e Cruz, Paulo Cunha defendeu a necessidade de encontrar respostas para todos os que estejam disponíveis para criar emprego e produzir em Famalicão, sejam grandes ou pequenos

empresários ou trabalhadores por conta própria. “A Câmara não cria empregos, mas pode e vai ajudar os empresários a manter os atuais postos de trabalho e a criar novas áreas de negócio”, sublinhou. Assim, o candidato apoiado pelo PSD e CDS-PP anunciou que, caso seja eleito, a autarquia famalicense vai manter a isenção da derrama para todas as empresas com volume de negócios igual ou inferior a 150 mil euros e criar um gabinete municipal para informar os empresários sobre financiamento comunitário. Paulo Cunha quer ainda dotar o conce-

lho das condições necessárias ao desenvolvimento dos setores tradicionais, como o têxtil, o comércio e a agricultura, e ajudar ao surgimento de pequenos negócios através do projeto FINICIA. Por outro lado, pretende também reforçar os laços institucionais com associações e cooperativas que concentram interesses dos empresários famalicenses, nomeadamente a Acif, a Frutivinhos e a Fagricoop, e melhorar as condições do parque industrial do concelho para que aí se possam sedear novas empresas. “Como presidente da Câmara Municipal serei o embaixador das empresas fa-

malicenses, promovendo-as e colocando ao seu serviço toda a capacidade de projeção além concelho que esteja ao meu alcance. Farei de todas as ações e investimentos públicos um instrumento atrativo de investimento externo”, afirmou. O candidato da coligação garantiu ainda que o rigor orçamental continuará presente na gestão municipal, com grande contenção nas despesas, e que a autarquia permanecerá “exemplar na forma como cumpre com os seus fornecedores”, a quem hoje paga no prazo médio de 24 dias.


pública: 20 de junho de 2013 5

cidade

Em causa o despedimento de duas funcionárias em 2009, na altura diretora geral e diretora financeira

Supremo Tribunal decide a favor da Fagricoop Carla Alexandra Soares O caso já remonta a Dezembro de 2008, mas agora o Supremo Tribunal de Justiça veio decidir a favor da Fagricoop – Cooperativa Agrícola e dos Produtores de Leite de Famalicão, no caso do despedimento de duas funcionárias, na altura diretora geral e diretora financeira da instituição. Tudo começou em finais de 2008, quando, em eleições, e pela primeira vez em muitos anos, surgiram duas listas, uma liderada pelo então presidente Carvalho Azevedo e outra encabeçada por Joaquim Azevedo. Até ali, Emília Correia era a diretora geral e Zélia Silva a diretora financeira. Joaquim Azevedo acabou por vencer as eleições por apenas cinco votos e os resultados não terão sido bem aceites pela anterior direção, que tentou impugnar o ato eleitoral e bloqueou as contas da Fagricoop. Apesar disso, a nova direção tomou posse e uma das primeiras medidas, tendo em conta o estado financeiro da cooperativa, foi o despedimento, alegando justa causa, de Emília Correia e Zélia Silva, processo que se iniciou em inícios de janeiro de 2009. Só em finais de fevereiro é que um acordo entre a direção que venceu as eleições e a cessante permitiu à Fagricoop desbloquear o congelamento das contas

Processo judicial começou em 2010

bancárias. O acordo foi alcançado depois de uma reunião com os produtores onde a direção anunciou que a instituição estava à beira do colapso. Passou mais de um ano e, em março de 2010, Emília Correia e Zélia Silva avançaram com um processo judicial no Tribunal de Trabalho de Famalicão contra a Fagricoop, acusando a instituição de as ter despedido ilicitamente, reclamando os direitos, nomeadamente a indemnização a título de antiguidade, retribuições pelo

trabalho prestado, uma indemnização por danos não patrimoniais, entre outros. O Tribunal de Trabalho decidiu a favor das duas autoras do processo, condenando a Fagricoop que, por sua vez, recorreu para o Tribunal da Relação do Porto que veio a confirmar a decisão da primeira instância. Na Relação do Porto, num colégio de três juízes, um votou a favor da Fagricoop, o que permitiu o recurso da cooperativa para o Supremo Tribunal de Justiça.

Inconformada, a Cooperativa de Produtores de Leite de Famalicão, através do seu mandatário Jorge Costa, recorreu, então, para o Supremo, que revogou a decisão da Relação, ou seja, decidiu na maioria dos pontos a favor da instituição e considerou o despedimento das duas funcionárias licito. No acórdão, a que o OPINIÃO PÚBLICA teve acesso, o coletivo de juízes diz entender que os comportamentos assumidos pela então diretora geral e diretora financeira foram graves, atentando contra os deveres inerentes às funções para as quais foram contratadas. “As trabalhadoras que beneficiaram dos elevados pagamentos discriminados na matéria de facto dado por assente, num contexto em que tinham conhecimento da situação económico-financeira da ré e de que os valores recebidos agravavam (…) deviam ter atuado de boa-fé, zelando pelos interesses da pessoa coletiva e pela sua estabilidade financeira, deveres que incumpriram”, lê-se no acórdão do Supremo, que considerou ainda que as duas funcionárias violaram, com culpa grave, os deveres de respeito, lealdade e boa-fé para com a Fagricoop, com prejuízo sério para com esta. A decisão, tomada a 5 de junho último, acaba assim com um processo com mais de três anos. No entanto, o Ministério Público avançou com um inquérito no sentido de apurar algum indício criminal. pub


6

pública: 20 de junho de 2013

cidade

Candidato do PS apresenta nova proposta

Ofertas de emprego

As ofertas de emprego divulgadas fazem parte da Base de Dados do Instituto do Emprego e Formação, IP. Para obter mais informações ou candidatar-se dirija-se ao Centro de Emprego indicado ou pesquise no portal www.netemprego.gov.pt utilizando a referência (Ref.) associada a cada oferta de emprego.

Oferta nº: 588106557 Profissão: Arrematador. Pretende-se revistadeiras. Local: Carreira Oferta nº: 588106659 Profissão: Costureira, trabalho em série. Com experiência de máquinas. Local: Calendário Oferta nº: 588106725 Profissão:Engomador manual. Pretende-se brunideiras. Local: Carreira Oferta nº: 588107240 Profissão: Costureira, trabalho em série. Pretende-se costureira de malhas com experiência em máquinas de ponto corrido, corte e cose, etc. Local: Nine Oferta nº: 588107332 Profissão: Cortador de tecidos. Cortador de malhas e tecidos com experiência. Local: Bairro Oferta nº: 588108558 Profissão: Costureira, trabalho em série. Pretende-se costureiras com experiência em máquinas de corte e cose, ponto corrido e bainhas. Local: Vermoim Alerta-se para a possibilidade de ocorrência de situações em que a oferta de emprego publicada já foi preenchida devido ao tempo que medeia a sua disponibilização e a sua publicação. Para mais informações contactar o Centro de Emprego de Famalicão, na Alameda Padre Manuel Simões, 222, ou pelo Telefone 252 501 100

Custódio lança Agostinho Fernandes para provedor do munícipe Cristina Azevedo Custódio Oliveira vai criar a figura do provedor do munícipe caso seja eleito presidente da Câmara de Famalicão e escolheu para o cargo o ex-presidente da autarquia Agostinho Fernandes. A novidade foi avançada pelo candidato do Partido Socialista, na passada terça-feira, em conferência de imprensa. Acompanhado do próprio Agostinho Fernandes e de Fernando Moniz, líder da Distrital do partido, Custódio Oliveira começou por dizer que um dos objetivos da sua candidatura é estabelecer um novo tipo de relação entre a autarquia e os famalicenses, onde se encaixa a figura do provedor do munícipe. “Significa que queremos uma Câmara mais transparente, mais aberta, mais ao lado dos cidadãos, em que os cidadãos sejam mais defendidos”, referiu, vincando que será um cargo “não remunerado”, que “não criará mais despesa”.

Conferência de imprensa decorreu no parque D. Maria II

De resto, Custódio Oliveira não concorda com a ideia defendida por muitos autarcas do país de que o provedor do munícipe é o presidente da Câmara. “Isso é uma falácia, porque os presidentes da Câmara são um órgão de poder, e não podem, ao mesmo tempo, tomar decisões e serem defensores de uma

Custódio Oliveira escreve carta aos professores Custódio Oliveira, na qualidade de candidato a presidente da Câmara de Famalicão pelo PS, escreveu uma carta aberta aos professores do concelho sobre a prioridade que dará à educação na gestão municipal e sobre o compromisso público que assumiu de serem dados os livros escolares até ao 12º ano. Nesse texto, Custódio Oliveira afirma que com ele e com a sua equipa “a primeira prioridade da Câmara Municipal será a Educação”, desde a creche à universidade, “centralizada nos alunos e envolvendo ativamente professores e família”. “Será a primeira prioridade do município famalicense que nos propomos liderar”, escreveu, considerando que “a educação é raiz e seiva do desenvolvimento humano”. Sobre a atualidade e a situação nas escolas, o candidato do PS as-

sume que “o retrocesso que os governantes estão a tentar impor ao sistema educacional trará maus resultados no curto, médio e longo prazo”. E promete: no município de Famalicão iremos contrariar, com todos os meios ao nosso alcance, esta tendência cega e meramente tecnocrática. Queremos que a Câmara Municipal seja uma instituição aberta para os professores e seja parceira ativa da comunidade escolar”.Já o compromisso relativo à doação dos manuais escolares aos alunos até ao 12º ano é explicado pelo facto de “vivermos tempos de emergência e de grande dificuldade”. Custódio Oliveira termina a carta com um apelo para que os professores avaliem as propostas que irá apresentar, especialmente na educação, solicitando e agradecendo as críticas que lhe façam chegar.

Alunos gravam DVD

das partes”. Por isso, o candidato espera que o provedor do munícipe em Famalicão tenha “um papel ativo junto dos mais desfavorecidos, daqueles que têm mais dificuldades em aceder ao poder, das crianças em risco”, mas também “das associações e instituições do concelho que podem aceder

a este órgão, sempre que se julguem injustiçadas”. Agostinho Fernandes, que foi presidente da Câmara de Famalicão ao longo de quase 20 anos, foi o escolhido para ocupar este cargo. Entende Custódio Oliveira que se trata “de um grande humanista, um homem das filosofias, um homem dos valores, conhecido dos famalicenses e que conhece muitíssimo bem a máquina e o poder municipal”. Já Agostinho Fernandes disse ter aceitado “esta tarefa” com muito agrado. “Cá estarei, com muito gosto, como outrora”, referiu. Por seu lado, o líder da Distrital, o famalicense Fernando Moniz, vinca que “esta ideia do provedor do munícipe proposta por Custódio Oliveira ganha ainda mais pertinência na atual conjuntura política”, em que, em seu entender, “há uma tentativa, não muito explícita mas com um propósito político bem vincado, de fragilizar e de pôr em causa a autonomia do poder local”.

Suspeito de ter violado jovem na ciclovia foi detido A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Norte, identificou e deteve um homem suspeito de ter violado uma jovem de 20 anos, na ciclovia que liga Famalicão à Póvoa de Varzim. Ouvido em tribunal, o indivíduo ficou em prisão preventiva. O crime foi praticado na zona da Póvoa no dia 20 de maio, “mediante violência e ameaças credíveis de morte” à vítima, segundo informou a PJ, esta terça-feira, em comunicado. O ataque, recorde-se, foi registado cerca do meio-dia, numa zona erma, no concelho da Póvoa do Varzim. Na sequência das investigações, a Judiciária veio a identificar um operário da construção civil, de 41 anos de idade, como presumível autor do crime. O detido foi presente a interrogatório judicial na terça-feira, no Tribunal da Póvoa de Varzim, tendo o juiz aplicado a prisão

preventiva como medida de coação. Segundo o jornal Correio da Manhã, na edição de quartafeira, a descrição pormenorizada que a vítima fez do violador – que atuou de cara destapada – ajudou a que a PJ chegasse rapidamente ao suspeito, que mora nas imediações do local onde ocorreu o ataque. Aquele diário aponta ainda que às autoridades o homem terá negado a violação. Terá admitido que manteve relações sexuais com a jovem, mas alegou que foi tudo consentido. Contudo a violência dos atos a que a vítima foi submetida não deixou dúvidas à Judiciária: foi espancada durante a violação e teve mesmo de receber tratamento hospitalar. O detido, que não tem cadastro, estaria alcoolizado quando praticou o crime, não tendo mesmo ido trabalhar naquele dia.

Santa Casa promove Caminhada da Família O Agrupamento de Escolas de Pedome promove a divulgação da música tradicional portuguesa com a gravação do DVD musical "Cancioneiro Popularum tesouro a descobrir". Centenas de alunos, do 1º ao 9º ano do ensino básico e de todas as escolas do Agrupamento participaram neste projeto musical que difunde 20 músicas do Cancioneiro Popular Português. A aquisição do DVD pode ser efetuada por 15 euros.

A Santa Casa da Misericórdia de Famalicão promove na manhã do próximo sábado, dia 22, a III Caminhada da Família. O evento, organizado pelo Lar Jorge Reis, insere-se no programa comemorativo da Semana das Misericórdias. O percurso será feito da Sede Social da Santa Casa, no centro da cidade, ao Lar Jorge Reis, na freguesia de Outiz, apelando-se à participação de toda a comunidade.


cidade

pública: 20 de junho de 2013 7 pub

Proposta gerou discussão na última reunião camarária

PS propõe livros até ao 12º ano já no próximo ano letivo, maioria rejeita Carla Alexandra Soares mem que veio assumiu um risco e deu a cara”, declarou o edil. O Partido Socialista (PS) propôs à Câmara MuDurante a discussão da proposta – aprenicipal que, já no próximo ano letivo, sejam sentada no mesmo dia em que da agenda da dados os livros a todos os alunos até ao 12º reunião constava a abertura do concurso púano. A proposta foi apresentada na última reu- blico para a aquisição dos manuais escolares nião do executivo, na quarta-feira da semana do próximo ano letivo –, foi levantada pelos passada, tendo gerado muita discussão entre vereadores da maioria a questão da legalios vereadores da maioria e os socialistas. dade da mesma. Ricardo Mendes e Leonel RoApesar da discordância já não ser nova, cha questionaram o cabimento jurídico da prosofreu, agora, uma reviravolta. A Câmara Mu- posta socialista, posição reiterada por nicipal já oferece, há 12 anos, os livros a todas Armindo Costa que lembrou que o 1º ciclo é da as crianças do 1º ciclo do concelho, sendo até competência das autarquias, cabendo apepioneira no país na adoção dessa medida. nas ao Ministério da Educação a nomeação Contudo, o PS sempre discordou, alegando dos professores. “No 2º e 3º ciclo essa comque a oferta não deveria ser indiscriminada, petência é do Estado”, referiu. mas apenas para aqueles que precisassem. O edil considera ainda que a medida deMas, no início da semana passada, o can- fendida pelos socialistas tem custos muito didato socialista, Custódio Oliveira, prometeu elevados: “O ano passado mandei fazer um oferecer os manuais escolares até ao 12º ano estudo para todos os livros até ao 12º ano e a todas as crianças e jovens do concelho, caso apresentaram-me contas na ordem dos 2,5 seja eleito presidente da Câmara de Famali- milhões de euros. Dar os livros ao 1º ciclo fica cão. Na mesma linha, na reunião camarária do por 250 mil euros, é uma décima parte”, sadia 12, os vereadores socialistas corrobora- lienta. ram esta promessa e propuseram até à autarConsiderando que a mudança de posição quia avançar desde já com essa medida. do seu partido “está perfeitamente justificada Os vereadores da maioria PSD/CDS-PP pela crise que se intensificou no país e no consideraram que esta proposta é “puramente concelho”, António Barbosa prefere sublinhar eleitoralista” e, dentro da ilegalidade, “so- o facto de a proposta ter sido reprovada por brepõe-se ao trabalho feito pelo Ministério da ser do PS. “O ponto é saber porque é que esta Educação” a esse nível. proposta não é aprovada quando a realidade No final da reunião do executivo, aos jor- do nosso concelho aponta para 13 mil denalistas, o presidente da Câmara defendeu sempregados. A resposta é simples: é porque que existe uma explicação para esta mudança é do PS e, infelizmente, faz-se política eleitode posição: o novo candidato escolhido pelo ral partidária com propostas que procuram rePS. “O candidato impôs condições e talvez te- solver os problemas dos famalicenses”, lanha entendido que aquilo que o PS fez ao mentou o vereador. longo de 12 anos é um erro. Depois da medida “No ano passado mudamos o nosso senque ele anunciou, os senhores vereadores do tido de voto e apresentamos uma proposta PS não tiveram outro remédio que não votar a em setembro para a distribuição de material favor”, defendeu Armindo Costa, recordando a escolar. Portanto, temos vindo a evoluir na polémica da medida adotada por si há 12 nossa posição, porque os tempos mudaram”, anos: “O PS entendeu que a medida era errada recordou. e lembro-me daquelas discussões surdas e Quanto à ilegalidade desta medida sociaabsurdas na Assembleia Municipal”. lista, que para além dos livros gratuitos até ao “De tal maneira eu estava certo que, pas- 12º ano, propunha ainda a gratuitidade do sados 12 anos, um candidato novo, num mo- material escolar aos alunos mais carenciados, mento difícil que o PS de Famalicão atravessa António Barbosa defende que ficou claro ducom a desistência do candidato, o novo ho- rante a reunião que a proposta não é ilegal.

EB1 Conde S. Cosme já tem logótipo Já está escolhido o logótipo na escola do 1º ciclo EB1 Conde S. Cosme, localizada no centro da cidade de Famalicão. O logótipo resulta de um concurso lançado pela escola a toda a comunidade, há cerca de dois meses, e o trabalho escolhido é da autoria de Rafael Pereira, aluno da turma 3AA.Os resultados do concurso que procurou envolver a comunidade famalicense, quer na produção de imagens quer na votação, foram dados a conhecer na sessão de encerramento do ano

letivo 2012/2013, que decorreu a semana passada. Na cerimónia, que contou com a presença de professores e alunos da escola, da presidente do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco e da presidente da Associação de Pais, foi também apresentado oficialmente o hino da escola, da autoria de Ivo Machado, intitulado “Gira, Girassol”, e que já era conhecido da comunidade escolar, tendo sido escolhido pelo corpo docente.


8

pública: 20 de junho de 2013

cidade

Escolas de Calendário vencem marchas infantis

O S. Pedro não ajudou, mas nem por isso as Marchas Antoninas Infantis perderam o seu encanto. Foram transferidas para o Pavilhão Municipal por causa da chuva, espaço que foi pequeno para acolher todas as pessoas que não quiseram perder a criatividade e a alegria contagiante dos mais novos. A Escola Básica do 1.º Ciclo de S. Miguel-O-Anjo, de Calendário, foi a eleita do júri como a melhor marcha, enquanto o Centro Social e Cultural Dr. Nuno Simões, também de Calendário, conquistou o prémio do melhor guarda-roupa e arcos. Subordinadas ao tema “Santo António e as Profissões do seu Tempo”, as Marchas Infantis foram participadas por cerca de 2.000 crianças de 30 instituições educativas do concelho. Para além dos prémios de participação atribuídos a todas as instituições participantes, de acordo com o número de crianças de cada uma, os vencedores receberam um prémio monetário no valor de 200 euros, encarado pela autarquia como um incentivo e uma recompensa pelo empenho das escolas. veja em www.famatv.pt ou

Vento Norte regressa aos Picos da Europa Depois de um ano de interregno, a Vento Norte aproveitou o fim de semana prolongado de 8 a 10 de junho para voltar ao Parque Nacional dos Picos da Europa, localizado no norte de Espanha. Esta já mítica atividade da coletividade famalicense contou com mais de duas dezenas de participantes e permitiu, apesar do aproximar do verão, a prática de alpinismo e montanhismo, com neve abundante a partir da cota dos 1.700 metros, num dos mais belos cenários naturais existentes na Península Ibérica. Para além da prática desportiva foram também muitos os motivos de educação ambiental ligados a esta atividade, nomeadamente através de observações de aves de rapina. No final da atividade era visível a satisfação entre todos os participantes pelo atingir dos objetivos propostos, sempre num ambiente de camaradagem e boa disposição, informa a Vento Norte. Entretanto, no próximo fim se semana a Vento Norte vai realizar a atividade “Dos 3 aos 80”, que consiste num conjunto de propostas de atividades para serem feitas em família num ambiente de festa e descontração e que terá como pano de fundo a Floresta do Mezio, Parque Nacional da Peneda Gerês. Depois, no dia 30 de junho, terá lugar a II Edição do “2 fotos por hora”, no Parque da Devesa, que consiste num desafio fotográfico, onde mediante um tema, os participantes apenas podem tirar uma fotografia, obrigando a ter em conta todos os fatores que influenciam a técnica fotográfica.

Marchas Antoninas

Unidos de Avidos vencem pela terceira vez

A marcha de Avidos apresentou o sol como tema

Ana Raquel Soares referiu, acrescentando que “foi um ano de muito trabalho, muita dediA associação Unidos de Avidos con- cação, muito cansaço… mas valeu a quistou, pelo terceiro ano consecu- pena.” Visivelmente emocionada, a lítivo, o prémio de melhor marcha das Festas Antoninas de Famalicão. der da desta marcha dedicou ainda Os resultados foram conhecidos no a vitória a todos os marchantes e, dia 13 de junho, data em que ter- em especial, ao povo de Avidos “que é espetacular e que nos minaram as festividades. A marcha vencedora desfilou apoia”. O segundo prémio foi atribuído sob o tema “O sol”, tendo obtido a pontuação de 311 pontos. Conquis- ao Clube de Cultura e Desporto de tou tanto a admiração do júri, como Ribeirão, que obteve 300 pontos. do júri de rua que a considerou a Esta marcha, que desfilou sob o mais popular das Antoninas 2013. tema “Amor de Perdição”, obteve Esta marcha arrecadou ainda os os prémios de melhor letra, de meprémios de melhor guarda-roupa e lhor coreografia e de marcha mais criativa. de melhor música. Em terceiro lugar posicionouEmília Gomes, responsável por esta marcha, mostrou-se extrema- se a marcha da Associação Cultural mente satisfeita com a obtenção do de S. Salvador da Lagoa, com 281 prémio.“É uma grande vitória. Nós pontos. “Santo António, Sol, Terra e trabalhámos com esse objetivo e Lua” foi o tema desta marcha, que conseguimos. Logo, não damos o recebeu ainda o prémio de melhotempo como perdido. Estou feliz”, res arcos.

Para o vice-presidente da autarquia, Paulo Cunha, a edição 2013 das Festas Antoninas traduziu-se “num sucesso tremendo” que “superou largamente as expetativas”. Apesar do tempo, que “não foi o melhor”, Paulo Cunha destacou que “já há muito tempo que não víamos umas festas assim em Famalicão.” O vice-presidente da autarquia aproveitou ainda para agradecer “a todos os famalicenses que, direta ou indiretamente, muito fizeram para que estas festas fossem aquilo que Famalicão deseja e merece.” Recorde-se que este ano, foram dez as marchas a participar no desfile, um evento considerado por muitos como o mais emblemático das Festas Antoninas. veja em www.famatv.pt ou

Mundos de Vida venceu Descida Mais Louca A associação Mundos de Vida foi a grande vencedora da 1ª Edição da "Descida Mais Louca de Famalicão", organizada pela ARCA, no passado dia 9 de junho, integrada nas Festas Antoninas. A associação de Lousado arrebatou o 1º Grande Prémio do Carro Mais Original, o mais cobiçado da prova. Ganhou ainda o 1º Prémio do Carro mais Ecológico e venceu o 2º Prémio do Melhor Guarda Roupa da Equipa. Concorreram 24 carros que tiveram de descer uma inclinada descida de mais 700 metros, ultrapassando obstáculos criados na pista. Milhares de pessoas assistiram a esta 1ª edição, tendo os prémios sido entregues pela Câmara Municipal, numa cerimónia muito concorrida. O tema do carro da Mundos de Vida foi "O Maior Abraço de Famalicão", dedicado a todas as mulheres, cuja vida de todos os dias (como mulheres, mães e profissionais) é uma "verdadeira corrida louca" e, em especial, àquelas que

têm os seus filhos na Creche, Jardim de Infância e ATL da Mundos de Vida ou são Famílias de Acolhimento de Crianças do programa "Procuram-se Abraços". O conjunto do carro da Mundos de Vida é constituído pela mãe e filha abraçada ao pescoço, feita com técnica tradicional de papel e cartão, usada no Minho, no fabrico dos gigantones e cabe-

çudos. Nesta cena familiar, que representa uma viagem diária a caminho da creche e jardim-deinfância, vão também dois filhos, um no colo (o piloto Miguel) e outro de trotinete (o co-piloto João Pedro). veja em www.famatv.pt ou


cidade

Organização espera mais de 100 mil visitantes

Feira Medieval anima Famalicão este fim de semana Arranca esta quinta-feira, dia 20, a Feira Medieval e Quinhentista de Famalicão, prolongando-se pelo fim de semana. O centro da cidade, mais concretamente a praça e os jardins D. Maria II, voltam, assim, a acolher este certame que vai já na sétima edição. O evento, promovido e organizado pela Escola Profissional Cior em parceria com a Câmara Municipal, recria o quotidiano de uma feira medieval, com o seu tradicional ambiente de festa e de feira, onde cirandam as típicas e múltiplas personagens da Idade Média. Será nova viagem no tempo e reencontro com a história, com a realização de uma série de atividades e eventos da época, como as danças e bailes medievais, o assalto ao castelo e os banquetes. Este ano, e

tendo em conta o sucesso das edições anteriores, a organização espera receber mais de 100 mil visitantes no mercado medieval, que contará ainda com a animação de jogos, acrobacias, malabaristas, justas, exposição de armas, falcoarias, entre outros. Na organização da Feira Medieval estão diretamente envolvidas mais de 600 pessoas, entre alunos, professores, pais e vários técnicos ligados à animação cultural. Durante os quatro dias do certame, e como a Feira é também um espaço de compras, estarão ainda presentes cerca de 120 mercadores provenientes de todo o país e Espanha para animar o mercado medieval. Para Amadeu Dinis, diretor da Escola Profissional Cior, trata-se de

um “evento majestoso, tendo em conta a sua natureza, amplitude e dimensão, onde se cruzam a história, a arte, a cultura, a gente e o viver de forma transversal, ativa e envolvente”. Por sua vez, Paulo Cunha, vicepresidente da Câmara Municipal e vereador da Cultura, destaca o virtuosismo desta parceria, uma vez que a Feira Medieval “já faz parte da agenda cultural do município, proporcionando aos famalicenses um reencontro com a sua história e a sua identidade, uma vez que a Feira sempre foi uma realidade incontornável nas gentes de Famalicão, desde o momento que D. Sancho, o rei Povoador, a concedeu aquando da outorga da carta de foral aos moradores de Famalicão”.

Cineclube exibe “Bestas do Sul Selvagem” Esta quinta-feira, dia 20, pelas 21h45, o cineclube de Joane apresenta o filme “Bestas do Sul Selvagem” na Casa das Artes de Famalicão. Este filme, realizado por Benh Zeitlin, aborda a história de uma comunidade esquecida e separada do mundo por um enorme dique. Nessa comunidade, Hushpuppy, de seis anos, vive entregue a si mesma, num ambiente quase selvagem. Com uma mãe desaparecida há muito e um pai ausente e descuidado, a criança vê o mundo como uma frágil rede de seres que respiram, pulsam e de cujo perfeito funcionamento depende todo o Universo. Por isso, quando uma enorme tempestade faz subir as águas e submerge a aldeia e o pai descobre que tem uma doença terminal, Hushpuppy vê tudo à sua volta entrar em colapso. Desesperada por reparar a estrutura do seu mundo, salvar o pai e a sua aldeia inundada, a menina terá de aprender a sobreviver quase à sua custa, contando apenas com a solidariedade dos vizinhos.

pública: 20 de junho de 2013 9

Pianista famalicense premiada em concurso internacional A jovem famalicense, Ana Rita Alves, ficou classificada em segundo lugar no 15º Concurso Internacional de Santa Cecília, variante de piano, que decorreu entre 6 a 10 de junho, na Fundação Engenheiro António de Almeida e foi promovido pelo Curso de Música Silva Monteiro. O júri era composto por individualidades do panorama musical nacional e internacional. A jovem pianista encontra-se atualmente no 3º grau do conservatório, sendo aluna da professora Ana Isabel Silva. Frequenta ainda o 7º ano - regime articulado. No primeiro dia de competição (prova eliminatória) a concorrente interpretou duas músicas (uma obra de J. S. Bach e um estudo) e o seu desempenho permitiu o apuramento para a final. No dia 9 de junho (final), a aluna tocou mais duas músicas (obras de Gieg e L. Freitas Branco) alcançando o segundo lugar. Recorde-se que, em 2012, esta jovem pianista famalicense havia já participado no 9º Concurso Ibérico de piano, onde obteve uma menção honrosa. pub


10

pública: 20 de junho de 2013

cidade

Projeto envolveu alunos, funcionários e docentes

Escola Camilo tem novo jardim

O novo jardim está aberto à comunidade

Em 2011/2012, no âmbito de um projeto de remodelação dos espaços verdes, inserido no clube “O Campo vem à Cidade”, a Escola Secundária Camilo Castelo Branco procedeu à construção de uma pequena horta biológica, à dinamização de um jardim de plantas aromáticas e adquiriu mobiliário para o exterior. No presente ano, com o clube “Espaços Verdes”, deu-se continuidade ao projeto inicial, através da remodelação dos jardins interiores e exteriores. Embora os trabalhos ainda não estejam concluídos, as melhorias são visíveis. O professor Ilídio Manuel, responsável por este projeto, salienta que a empreitada só foi possível com o auxílio de funcionários, docentes e alunos, bem como da CAP. Destaca ainda o apoio do Departamento de Ambiente da Câmara de Famalicão, do Horto Municipal, do engenheiro Pedro Alves e de todos os formandos do Curso de Operador de Jardinagem. Neste momento, os alunos podem desfrutar de um novo espaço, mais organizado, valorizado, adequado às suas necessidades e bem enquadrado no espaço envolvente. Destaca-se a introdução de novas espécies vegetais, entre elas a Ginkgo Biloba, árvore de origem chinesa, considerada um fóssil vivo, símbolo da paz e da longevidade,

por ter sobrevivido às explosões atómicas no Japão. O jardim atrairá ainda algumas espécies animais que, para além da valorização estética, poderão ser objeto de pesquisa por parte dos alunos. O coordenador do projeto e a CAP do Agrupamento agradecem o apoio de todos os envolvidos e endereçam um convite à comunidade para que visite a escola e usufrua de um espaço que se pretende de todos. Mostra dedicada ao Surrealismo No presente ano letivo, os alunos do Curso de Artes Visuais da Camilo responderam ao desafio proposto pelo docente da disciplina de Oficina das Artes, Luís Cabrita, e efetuaram uma recriação tridimensional de representações pictóricas de grandes mestres contemporâneos portugueses, como Cruzeiro Seixas e Paula Rego, e ainda artistas universais, como Jorge Herrera, Salvador Dali, Frida Kahlo, René Magritte e Tarsila de Amaral. A materialização das obras fezse, essencialmente, com recurso a materiais reciclados, passando pela moldagem dos corpos dos próprios alunos. O trabalho esteve patente no Museu do Surrealismo da Fundação de Cupertino de Miranda e pode agora ser visualizado na escola.

35 empresas estiveram no arranque do projeto

ACIF inicia 4ª edição do Programa QI PME Norte A Associação Comercial e Industrial de Famalicão (ACIF) deu início, no passado dia 13, à 4ª edição do Programa de Formação QI PME Norte, com a realização do “Seminário de Imersão e Diagnóstico”. A iniciativa, que teve lugar no Centro de Estudos Camilianos, em Seide S. Miguel, contou com a presença do presidente da ACIF, António Peixoto, do presidente da AIMinho, António Marques, e dos responsáveis pelas 35 empresas participantes. O QI PME Norte é um projeto promovido pela AIMinho e que tem a ACIF como beneficiária. Esta parceria visa potenciar a melhoria dos processos de gestão das empresas inseridas no programa, nomeadamente, a sua capacidade de inovação e modernização. Na sessão inicial desta 4º edição, as empresas ficaram a conhecer a metodologia do Diagnóstico Organizacional bem como a componente de formação. Feita a introdução do seminário, pelo diretor de

A mesa que presidiu ao seminário

projetos da ACIF, Fernando Xavier, foi a vez de Patrícia Gomes, da AIMinho, tomar a palavra para abordar a metodologia do QI PME Norte. Seguidamente, Nuno Gomes, da Oficina da Inovação, explicitou a componente de consultoria do projeto. Fechando as intervenções, o coordenador pedagógico da ACIF, Eduardo Gonçalves, abordou a componente formativa. A represen-

tante da empresa Casa de Caldelas, Susana Martinho, deu o seu testemunho enquanto participante na anterior edição. O seminário contemplou ainda uma visita guiada à Casa de Camilo, um jantar servido no Centro de Estudos Camilianos e ainda uma peça de teatro intitulada “Maria Moisés”, a cargo do Grupo de Teatro Amador Camiliano.

Casa Ideal Decor abre sexta-feira Depois do êxito da primeira edição, regressa na próxima sexta-feira, dia 21, a Famalicão a 2ª feira de “A Casa Ideal”. Desta feita, o evento é dedicado à decoração e interior do lar, com a presença de cerca de 40 empresas da área da arquitetura, design, decoração e domótica. Desde projetos “chave na mão” a pormenores de decoração, eletrodomésticos, cozinhas, têxteis lar, revestimentos, mobiliário, estofos, iluminação, domótica, segurança, design e projetos de arquitetura, tudo pode ser encontrado na “Casa Ideal Decor”. A feira tem entrada livre e pode ser visitada, no Lago Discount, em Ribeirão, nos fins de semana de 21 a 23 de junho e entre 28 e 30 de junho. Às sextas-feiras, o evento abre às 17 horas e encerra às 23; aos sá-

bados, o período de abertura decorre entre as 15 e as 23 horas, e aos domingos, entre as 10 e as 20 horas. “A Casa Ideal” é um projeto com três feiras. A primeira foi dedicada à Reabilitação e Exteriores e decorreu no mês de março, e a última acontecerá em setembro com a “Casa Ideal Low Cost”, com todo o tipo de produto nas áreas outdoor e indoor a preços de saldo. De recordar que “A Casa Ideal” tem associado um projeto de responsabilidade social, o “Casa Ideal Solidária”, no âmbito do qual, e com o apoio solidário dos expositores, será entregue a famílias carenciadas do concelho de Famalicão produtos da fileira casa, nomeadamente, mobiliário e materiais de construção.

ACB promove caminhada e piquenique A Associação Cultural Beneficente e Desportiva dos Trabalhadores do Município (ACB) promove no próximo domingo, dia 23, uma caminhada seguida de piquenique saudável. A iniciativa destina-se a todos os associados, trabalhadores ad autarquia e familiares das crianças que frequentam o Centro Infantil e Juvenil da ACB. A concentração está marcada para as 10 horas, na sede da ACB, com destino ao Parque da Devesa, onde decorrerá uma atuação das crianças que frequentam a instituição e o piquenique.

Ativista feminista Maria Lamas é o tema da edição deste ano

Museu da Indústria Têxtil promove Conferências da Primavera A escritora, jornalista e conhecida ativista feminista portuguesa, Maria Lamas, será o tema principal das V Conferências da Primavera, que se realizam esta sexta-feira, dia 21, no Museu da Indústria Têxtil, em Famalicão. A iniciativa, promovida pela autarquia famalicense, tem como objetivo homenagear esta importante figura da cultura portuguesa, cujo 120º aniversário de nascimento e 30º aniversário de morte se assinalam este ano. As conferências contam com a participação de vários especialistas no estudo da vida

e obra de Maria Lamas, tais como, Catarina Inverno (colaboradora da revista Cultura Nova Augusta e autora de uma tese de mestrado sobre a obra de Maria Lamas “Para além do Amor”), Diana Conceição (membro do Conselho Nacional do Movimento Democrático de Mulheres), José António Gomes (professor da Escola Superior de Educação do Porto e especialista na obra infantil de Maria Lamas) e Maria Antónia Fiadeiro (mestre em História das Mulheres e autora do livro “Maria Lamas: biografia”). Estarão ainda presentes, o diretor do Museu da Indústria Têxtil e professor da Universidade do Minho, José Lopes

Cordeiro, e o coordenador da Rede Municipal de Museus, Artur Sá da Costa. A par da realização das conferências, será inaugurada a exposição de fotografia “A memória, a obra e o pensamento de Maria Lamas- uma mulher do nosso tempo 1893/1983”. Esta exposição, que poderá ser vista até final de julho, compõe-se de 18 painéis e apresenta ao público, alguns materiais (revistas, livros, comunicados, notícias de imprensa) essenciais para o conhecimento da história de vida desta personalidade. Maria Lamas esteve ligada, como jorna-

lista, à revista “Modas e Bordados”, uma publicação ligada ao sector têxtil que constituía um suplemento semanal do diário “O Século”, e da qual foi diretora entre 1928 e 1947. Ao longo da sua vida, desenvolveu uma atividade constante pela dignificação da mulher, nomeadamente a mulher trabalhadora (incluindo a mulher operária têxtil de Famalicão e Guimarães). No seu livro, “As Mulheres do meu País” (1950) encontramse compiladas as reportagens que realizou de norte a sul de Portugal, que incidem sobre as condições de vida e trabalho das mulheres portuguesas.


publicidade

pĂşblica: 20 de junho de 2013 11


pública: 20 de junho de 2013

freguesias

Campanha do candidato da coligação PSD/CDS-PP

Xavier Oliveira reúne com GD Joane e promove Fórum da Juventude

Candidatura de Xavier Oliveira reuniu com direção do GD Joane

Na semana em que o Grupo Desportivo de Joane, fundado em 10 de Junho de 1930, celebrou 83 anos de atividade, a candidatura de Xavier Oliveira à Junta de Joane reuniu com a direção da coletividade desportiva. Segundo o candidato da coligação PSD/CDS-PP, clube “desenvolve uma intensa atividade no fomento da prática desportiva, prestando relevantes serviços aos jovens residentes na região de Joane”, acolhendo cerca de duas centenas de jovens nos escalões de formação. Xavier Oliveira deu, por isso, os parabéns à coletividade e ao trabalho desenvolvido

ao longo dos anos em particular à direção presente liderada por Rui Ribeiro. Os representantes do GD Joane deram conta dos seus projetos à delegação da candidatura de Xavier Oliveira, em particular do projeto de instalação de relva sintética no campo de futebol de 7 e a execução de balneários de apoio. Segundo os responsáveis, o projeto em causa apenas será comportável com o apoio do município, pelo que Xavier Oliveira comprometeu-se a tudo fazer para que esses projetos sejam concretizados. O candidato da coligação feli-

citou ainda o GD de Joane pela organização da I Edição da Feira do Chocolate, no primeiro fim de semana de Maio, um evento que considerou “inovador virado para a comunidade, muito interessante e de enorme potencial”. Nesse sentido, fez votos que o “evento se repita e tenha cada vez maior sucesso e se torne num evento de referência na região”. Durante a visita, Xavier Oliveira salientou a necessidade de haver uma lógica de colaboração estreita entre a Junta e as instituições da freguesia, entendendo que “o apoio às associações deve ser encarado como uma prioridade”. Entretanto, a candidatura de Xavier Oliveira organiza na próxima sexta-feira, dia 22, às 21h30, na Associação Teatro Construção, o “Fórum da Juventude, por Joane”. Depois do Fórum das Associações, do Fórum da Mulher, a candidatura volta-se agora para a juventude, sendo que estes fóruns fazem parte de um conjunto de iniciativas que a candidatura tem levado a efeito com vista a ouvir os joanenses e debater Joane. Para esta sessão, Xavier Oliveira convidou cinco jovens joanenses, dirigentes associativos, estudantes e cidadãos anónimos. A entrada é livre.

Jovem morre esmagado por camião em Ruivães

Alexandra Lopes/JN

12

Um jovem de 21 anos, residente em Famalicão, morreu e outros dois ficaram feridos numa colisão entre um automóvel e um veículo pesado, na quinta-feira da semana passada, dia 13, em Ruivães. O acidente aconteceu pouco antes da 7 horas da manhã, na Rua dos Moinhos, naquela freguesia. No veículo ligeiro, de dois lugares seguiam três jovens. Daniel da Silva Castro, de 21 anos, residente em Famalicão, que seguia ao lado do condutor, morreu no local, enquanto os outros dois jovens ficaram feridos e foram transportados ao Hospital de Famalicão. A colisão terá acontecido

quando o veículo ligeiro em que seguiam chocou violentamente contra um camião de transporte de areia que tinha parado num stop. Segundo noticiou o jornal Correio da Manhã, no interior do automóvel foram encontrados vestígios de droga e as autoridades não descartam a possibilidade de os jovens terem consumido drogas e álcool antes da violenta colisão. No local, estiveram os Bombeiros de Famalicão, os Bombeiros Famalicenses, a VMER de Famalicão, a GNR de Joane e de Riba d’ Ave e o Núcleo de Investigação de Crimes de Acidentes de Viação da GNR de Braga.

Junta de Calendário juntou associações em convívio

Aluno da Benjamim Salgado vence concurso da Biblioteca Vasco Dias, finalista do Curso Profissional de Técnico de Multimédia e aluno da Escola Secundária Padre Benjamim Salgado, ganhou o primeiro prémio do concurso destinado aos alunos do ensino secundário do concelho, “Vem conhecer e contar a história da tua Biblioteca”. Este concurso desafiava os concorrentes a criar um ebook sobre os 100 anos da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco e inseriuse nas comemorações do centenário da referida instituição. O e-book conta a história da Biblioteca Municipal, ao longo dos seus 100 anos, de uma forma divertida e imaginativa, pois é o próprio Vasco que vai contando as várias etapas da instituição à sua irmã Joana. O prémio e o certificado do vencedor foram entregues pela diretora da Biblioteca Municipal, Carla Araújo. A criação do e-book contou com a coordenação dos docentes Arminda Ferreira e Luís Alberto e pode ser consultado em http://casabiblo.blogspot.pt/.

Crianças de Cavalões realizaram passeio anual No passado dia 1 de junho realizou-se o passeio anual das crianças da escola e do jardim-de-infância da freguesia de Cavalões, numa organização da associação de pais com a colaboração das professoras e auxiliares e o apoio da Junta de Freguesia. A viagem foi efetuada de autocarro e teve como destino o Zoo Santo Inácio, em VN de Gaia. O dia apresentou-se lindo e logo cedo se sentiu, pela alegria das crianças, que era dia de festa. No local todos tiveram a oportunidade de ver de perto vários animais e plantas de outras partes do mundo. Assistiram também a demonstrações reais de aves de rapina, vida selvagem e répteis. No parque de merendas, com varias diversões, todos puderam divertir-se e confraternizar. O regresso foi no final da tarde e com a certeza de que foi um dia bem passado.

A Junta de Freguesia de Calendário realizou, no passado dia 8, no espaço verde das piscinas municipais, o Dia do Associativismo e Juventude de 2013, com as associações da freguesia a fazerem-se representar em grande número. No total, estiveram presentes cerca de 750 pessoas. O dia decorreu de forma alegre, com salutar convívio entre dirigentes e atletas, com a degustação de dois porcos no espeto e com insufláveis para delícia das crianças. Houve ainda muita música, ginástica, cantares ao desafio e cantares folclóricos pelos três ranchos da freguesia. Alguns dos presentes ainda puderam dar um mergulho nas piscinas municipais exteriores. Depois de uma demonstração e artes marciais, seguiu-se a sessão solene de atribuição dos subsídios anuais às associações, que contou com a presença do vice-presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cu-

nha. No total, o executivo de Calendário distribuiu cerca de 25 mil euros às 19 associações da freguesia. Na sessão, o Sport Clube de Meães entregou uma lembrança ao presidente da Junta de Freguesia, Armindo Gomes, de agradecimento pelo apoio dado ao clube Seguiram-se outros representantes de associações a afirmar que este executivo olha para as associações de maneira diferente de outras instituições públicas, “apoiando-as incondicionalmente”. Também intervieram nesta sessão solene os responsáveis pelos pelouros do Desporto, Alcídio Pedro Ferreira, e da Cultura, Joaquim Moniz Ferreira, agradecendo a todos pela presença neste evento e manifestando todo o seu apoio às associações. veja em www.famatv.pt ou


pública: 20 de junho de 2013 13

freguesias

Coligação apresentou publicamente candidato à Junta de Vale S. Martinho

Paulo Cunha quer Famalicão líder na educação A educação foi o tema central do discurso de Paulo Cunha na sessão de apresentação de Manuel Oliveira como candidato da coligação “Mais Ação, Mais Famalicão” à presidência da Junta de Freguesia de Vale S. Martinho. Paulo Cunha confessou o desejo de elevar Famalicão ao primeiro lugar nacional na área da educação depois de no final do ano passado o concelho ter sido contemplado com o segundo prémio na categoria de “Melhor Município para Estudar”. “Tenho a ambição de que as nossas crianças e os nossos jovens sejam os mais bem instruídos do país com base numa educação de excelência que defendo para o concelho de Famalicão”, afirmou, referindo-se aos manuais para as crianças do 1º ciclo, aos transportes e às refeições escolares como “medidas de apoio certas que promovem o sucesso

Paulo Cunha com Manuel Oliveira

educativo”. O candidato da coligação PSD-CDS-PP reafirmou ainda que não haverá limites orçamentais para a área da educação, vincando que “todo o dinheiro que for necessário para acudir a eventuais situações de emergência será imediatamente disponibilizado de forma a

assegurar uma resposta eficaz a quem precisa de ajuda e a garantir o acesso de todas as crianças e jovens à educação a que têm direito”. Ideias que mereceram os aplausos das cerca de duas centenas de apoiantes presentes na sessão de apresentação de Manuel Oliveira, ocorrida no pas-

sado sábado. Manuel Oliveira, 53 anos, pertence ao executivo da Junta de Freguesia liderado por José Luís Antunes desde 2001 (o atual autarca é o mandatário da candidatura de Paulo Cunha naquela freguesia) onde exerce a função de tesoureiro. O candidato apontou como prioridades da sua atuação a área social, com destaque para a educação e a terceira idade, o ambiente e a qualidade de vida. E assumiu o objetivo de dar continuidade ao trabalho do atual autarca, pelo que desafiou a população a envolver-se no projeto que defende para a localidade. “Quero que me ajudem a concretizar as vossas ambições”, declarou, referindo-se à conclusão da rede de saneamento básico, ao arranjo do adro da igreja e à construção de um centro de convívio para os seniores.

Rumo Aventura plantou árvores no Gerês

No dia 1 de Junho o grupo Rumo Aventura, de Lemenhe participou na atividade plantação de árvores no Parque Natural do Geres organizada pela Associação de Amigos de Ve-

zeira de Fabião, Montalegre, que contou com a participação de 60 pessoas de todas as idades. Depois de juntar todos os participantes, os responsáveis deste

evento entregaram ferramentas e outros utensílios necessários, incluindo as árvores, carvalho e castanheiro, não esquecendo comida e bebida. Todos os participantes subiram a serra divididos por quatro grupos, sendo que o Rumo Aventura participou com um grupo no curral de Pousada e outro grupo no prado da Rocalva. As árvores plantadas, foram protegidas por muros em pedra, para o gado não as destruir e fixas num pau de pinho tratado para que não seja quebrada pelos ventos. No final da atividade, todos os grupos desceram a montanha, tendo os responsáveis pela iniciativa oferecido um almoço a todos os presentes, cozinhado em plena montanha.

Casa do Povo de Nine inicia formação em culinária

Em finais de maio a Casa do Povo de Nine arrancou com um ciclo de formações associadas ao tema “culinária”. Esta primeira fase abrange conceitos básicos de preparação de vários pratos e terminará no final de junho. Trata-se de formações co-financiadas ao abrigo do POPH, e destinadas a ativos empregados ou desempregados com idade igual ou superior a 18 anos, desde que inscritos no IEFP. Este primeiro módulo tem a durabilidade de 25 horas, e no final cada um dos 18 formandos receberá um certificado de qualificações e subsídio de alimen-

tação. Segundo a Casa do Povo, o entusiasmo dos participantes é notório e os pratos já confeccionados são demonstradores de elevada qualidade. No final de cada aula, todos os formandos têm a possibilidade de saborear os pratos confeccionados, conviver e partilhar ideias. Em setembro, iniciar-se-á um novo módulo de formação, associado à confecção de sobremesas. Está previsto ainda para este ano, outras ações de formação em outras áreas, concretamente, primeiros socorros e noções básicas de informática.

Mogege celebra Dia da Freguesia A Junta de Freguesia de Mogege promove, no próximo sábado, dia 22, as comemorações do Dia da Freguesia e do Associativismo. As cerimónias iniciam-se às 15 horas, com a inauguração das instalações do Posto Avançado de Ambulância, seguindo-se uma sessão solene no salão nobre da Junta, durante a qual serão agraciadas várias individualidades, empresários, associações, antigos autarcas e cidadãos que, em diversas áreas, se distinguiram ao longo do tempo. Segue-se uma visita à exposição das associações que estará patente na sede da Junta. Durante as celebrações serão assinados dois protocolos, um com os Bombeiros Voluntários de Famalicão e outro relativo à sede social do grupo de Escuteiros de Mogege.

Crianças de Mogege foram ao Zoo da Maia

II Encontro das Velhas Glórias do Liceu de Joane Vai ter lugar em Joane, no próximo sábado, dia 22, o II Encontro das Velhas Glórias da Escola Secundária de Joane. A ideia de organizar este evento, que vai já na segunda edição, partiu de “seis velhas glórias” do “Liceu de Joane”: Henrique Ferreira, Cristina Peixoto, Ângela Machado, Emília Monteiro, Helena Mendes e Nelson Pereira. A organização das atividades está a cargo dos professores Arminda Ferreira, Susana Achando, Carla Gomes e Inácio Silva, da Secundária Padre Benjamim Salgado.

O encontro tem início às 15h30 e depois, decorrerão diversas atividades, como dança, música, mostra de cinema, obras literárias e exposição de pintura e fotografia, entre outras, terminando com um lanche convívio. O evento tem ainda uma vertente de solidariedade, propondo-se recolher alimentos para três instituições locais: Associação Despertar Vermil, Associação Teatro Construção e Loja Social de Joane.

A Associação de Pais de Mogege promoveu, no passado dia 3, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Criança, uma visita ao Zoo da Maia. O evento foi totalmente suportado pela associação e contou com a colaboração do Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado, bem como o envolvimento do grupo docente da Escola EB1 e jardim de infância de Boca do Monte, de Mogege. Foi um dia de festa, alegria e lazer que a Associação de Pais proporcionou aos alunos.


14

pública: 20 de junho de 2013

freguesias

Coligação apresentou candidatos à União das Freguesias

Tomás Sousa e António Paiva dizem-se unidos por Seide Tomás Sousa e António Paiva protagonizam a candidatura à União das Freguesias de Seide (S. Miguel e S. Paio) pela coligação “Mais Ação, Mais Famalicão”. Os candidatos apresentaram publicamente, nos dias 10 e 13 de junho, o projeto comum que defendem para as duas freguesias aglomeradas no âmbito da reforma administrativa do poder local. Tomás Sousa, candidato à presidência da União das Freguesias de Seide, e António Paiva, candidato de Seide S. Paio a esta União, disseram estar juntos no propósito de desenvolverem um trabalho ímpar na defesa dos interesses das populações. “Vou empenharme em auscultar, discutir, propor e optar pelo melhor que se proporcione para as nossas freguesias, tudo farei para vencer esta eleição”, afirmou o candidato à presidência da União das Freguesias.

Paulo Cunha com António Paiva (esq.) e Tomás Sousa (dir.)

Tomás Sousa apresentou um conjunto de propostas para as duas freguesias que pretende concretizar caso a coligação vença as eleições autárquicas de 29 de setembro. Comprometeu-se a concluir as redes de abastecimento

de água e saneamento e a acompanhar o percurso escolar das crianças em articulação com o corpo docente e as associações de pais. O candidato assumiu ainda o compromisso de manter os apoios aos idosos nas deslo-

Apresentados os candidatos à união destas freguesias

Coligação promete manter identidade de Mouquim, Lemenhe e Jesufrei

Paulo Cunha com os candidatos à União de Freguesias

“Três pessoas disponíveis e profundamente conhecedoras das freguesias que representam”. É assim que Paulo Cunha se refere a Carlos Alberto Fernandes, José Carlos Castro e Emília Rebelo que se apresentaram, no passado fim de semana, como candidatos à União das Freguesias de Mouquim, Lemenhe e Jesufrei pela coligação “Mais Ação, Mais Famalicão”. O candidato à Câmara de Famalicão, apoiado pelo PSD e CDS-PP, marcou presença nas três sessões públicas de apresentação e elogiou a “capacidade de trabalho, a entrega e o contributo” dos candidatos ao serviço das populações das freguesias onde vêm exercendo funções autárquicas.

Carlos Alberto Fernandes, candidato à presidência da União das Freguesias de Mouquim, Lemenhe e Jesufrei, reuniu o apoio de cerca de cinco centenas de pessoas na apresentação da sua candidatura, que ocorreu no domingo, mostrando-se sensibilizado com a manifestação pública. Especial destaque para as presenças do monsenhor Joaquim Fernandes e do ex-autarca Arnaldo Fernandes, mandatário da candidatura de Paulo Cunha em Mouquim. Carlos Alberto Fernandes, atual presidente da Junta de Mouquim, avança para a reeleição com a missão de servir a comunidade, garantindo que as três freguesias serão respeitadas na sua

identidade e na sua história. “Estarei presente sempre para reivindicar mais e melhor para as três freguesias, não fazendo distinção entre elas”, declarou. O candidato manifestou o desejo de ver concluída no próximo ano, quase na totalidade, a rede de saneamento básico em Mouquim, Lemenhe e Jesufrei. Depois, dirigindo-se a Paulo Cunha, disse ser o “sucessor ideal” de Armindo Costa. Paulo Cunha retribuiu com palavras elogiosas e deixou o compromisso de que “Mouquim, Lemenhe e Jesufrei vão receber investimento para que o saneamento seja concluído num futuro próximo”. Paulo Cunha garantiu ainda, em resposta aos pedidos dos candidatos de Lemenhe e Jesufrei nas sessões públicas de apresentação das suas candidaturas, que a estrada municipal que liga as duas freguesias “será intervencionada a curto prazo”. Sobre a reforma administrativa do poder local, o candidato à Câmara afirmou que “o futuro de Jesufrei e Lemenhe está acautelado” e que as populações destas freguesias “não ficarão prejudicadas”, reafirmando o compromisso, caso seja eleito, de manter em funcionamento todas as juntas de freguesia, bem como a atribuição das verbas livres.

cações à piscina e à praia, procurar soluções para as famílias carenciadas e apoiar as associações e coletividades. Confrontado com as implicações da reforma administrativa, Tomás Sousa garantiu que o atendimento ao público nas sedes das Juntas de Freguesia permanecerá e prometeu uma presidência de proximidade com os cidadãos. Tomás Sousa, 47 anos, pertence ao executivo da Junta de Freguesia de Seide S. Miguel desde 1998 e agora assumiu o desafio de suceder a Manuel Amaro, que é, de resto, é o mandatário das candidaturas de Tomás Sousa e Paulo Cunha na União das Freguesias de Seide. Por seu lado, o candidato da coligação “Mais Ação, Mais Famalicão” à presidência da Câmara Municipal mostrou-se convicto de que Tomás Sousa e António Paiva

farão uma “grande equipa” de que sairão beneficiados os cidadãos das duas freguesias. Paulo Cunha aproveitou para reforçar algumas ideias do seu projeto autárquico, referindo que irá dotar o concelho das condições necessárias ao desenvolvimento dos setores tradicionais. “Famalicão tem uma marca agrícola que quero revitalizar para ajudar o setor cooperativo a encontrar melhores respostas e assim estimular o regresso de muitos agricultores ao cultivo das nossas terras”, sublinhou. Sobre a indústria, o candidato quer que setores mais tradicionais, como o têxtil, o calçado e a transformação de carnes, e os mais recentes, como o dos componentes para automóveis, mantenham a mesma vocação para o desenvolvimento tecnológico e a propensão para a exportação.

Coligação apresenta candidatos a Santa Eulália e Sezures A coligação "Mais Ação, Mais Famalicão", apoiada pelo PSD e CDS-PP apresenta no próximo fim de semana, candidatos à União de Freguesias de Arnoso Santa Maria, Arnoso Santa Eulália e Sezures, em sessões que contarão com a presença do candidato à Câmara de Famalicão, Paulo Cunha. Assim, no sábado, dia 22, é apresentado o candidato de Arnoso Santa Eulália, pelas 21 horas, no restaurante Solar da Rocha. Trata-se de Afonso Rebelo, 46 anos, casado e delegado comercial. É vogal da Assembleia de Freguesia de Arnoso Santa Eulália pela coligação PSD/CDS-PP e integra os órgãos sociais da Engenho. Pertenceu à Associação de Pais da EB1. Já no domingo, dia 23, é apresentado o candidato de Sezures, pelas 18h30, sede da Junta de Freguesia. Trata-se de António Augusto Gomes, 51 anos, casado e encarregado civil. Foi membro da Assembleia de Freguesia de Sezures entre 2005 e 2009 e presidente da Confraria de S. Vicente entre 2003 e 2004.

Afonso Rebelo

António Gomes

Centro Social de Requião promove Semana da Praia O Centro Social Paroquial de Requião tem abertas as inscrições para a “Semana da Praia”, na Apúlia, de 24 a 28 de junho. A iniciativa dirige-se a toda a população requionense e famalicense, adulta/sénior, com adesão limitada. O custo de inscrição engloba transporte e acompanhamento, bem como refeições e entretenimento. Para além do Centro Social, as inscrições podem ser realizadas na Junta de Freguesia de Requião, até ao dia 21 de junho.


freguesias

Armindo Costa inaugura obras de modernização da Escola da Estalagem

Uma escola para os futuros cidadãos de Vermoim Ana Raquel Soares O presidente Câmara Municipal de Famalicão, Armindo Costa, inaugurou no passado dia 10 de junho, as obras de modernização da Escola Básica do 1ºciclo da Estalagem, em Vermoim. Estiveram também presentes na inauguração, o vice-presidente da Câmara, Paulo Cunha; o vereador da Educação, Leonel Rocha; o vereador das Obras Municipais, José Santos; o presidente da Comissão Administrativa Provisória do Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado, Alfredo Mendes, e o presidente da Junta de Freguesia, Artur Xavier. Estas obras envolveram a requalificação dos espaços exteriores da escola, nomeadamente, a construção de uma rampa de acesso para pessoas com mobilidade condicionada, a criação de passeios e a plantação de árvores. Foram ainda construídos, um campo de jogos com bancada para apoio à realização das aulas de educação física e um circuito de manutenção infantil. A cerimónia de inauguração decorreu num clima de grande animação. Indiferentes ao frio e à chuva, as cerca de 60 crianças que frequentam esta escola, mostravam-se visivelmente satisfeitas, empunhando balões coloridos. Armindo Costa não poupou elogios à Junta de Freguesia de Vermoim, “cuja gestão cuidada e criteriosa, dá sentido à duplicação da transferência das verbas livres para as freguesias, que a Câmara Municipal assume desde 2002”. O edil destacou também a importância desta requalificação, salientando que agora “alunos, professores, pais e dirigente do agrupamento reúnem todas as condições necessárias para que tudo dê certo”. Este foi mais um dos investimentos realizados nos últimos 11

Inauguração das obras de requalificação foi feita em clima de festa

anos na reabilitação do parque escolar concelhio. De acordo com Armindo Costa, “são milhões de euros investidos que trarão, num futuro próximo, um retorno muito maior para o município”. Com este investimento, “Vermoim fica com duas escolas modernas, mais bonitas” deixando de fazer sentido a tradicional “rivalidade amigável” entre os dois estabelecimentos existentes nesta freguesia, salientou o presidente da Câmara que teve ainda tempo para dialogar com os alunos da escola, aconselhando-os a cumprirem diligentemente com as suas tarefas que, de acordo com o autarca são “estudar, brincar e dormir”. O presidente da Junta, Xavier Forte, mostrou-se também muito satisfeito com o resultado das obras de requalificação da escola, afirmando que este “é mais um dia feliz para a freguesia de Vermoim”. Salientou a grande importância desta modernização, dado que esta escola, é o local “por onde passaram várias gerações” e “onde se encontram os futuros cidadãos de Vermoim”. Revelou ainda que “apesar de ser um grande investimento para os cofres de uma Junta de Freguesia, não existe maior prazer para

um autarca que ver as suas crianças felizes, com sorrisos nos lábios a chegar à escola, e sentir que os pais e encarregados de educação têm a plena confiança que deixam os seus filhos em boas mãos”. Artur Xavier concluiu, fazendo um elogio aos professores da escola da Estalagem que “merecem este esforço, pelo empenho e dedicação demonstrados ao longo dos anos.” Já o presidente do Agrupamento de Escolas, Alfredo Mendes, destacou as excelentes condições da escola, que irão tornar as “crianças mais felizes e mais predispostas para aprender”, afirmando-se feliz por poder “contar com autarcas que colocam como prioritária a área de educação”. Refira-se que as obras de modernização da escola da Estalagem vieram complementar a intervenção iniciada há cerca de quatro anos e que implicou a remodelação completa do interior do edifício. No total, as duas empreitadas resultaram de um investimento de 160 mil euros, suportados em partes iguais pela Câmara Municipal e pela Junta de Freguesia. veja em www.famatv.pt

20 de junho de 2013

pública 15

Alunos de Riba d’Ave vencem Olimpíadas da Matemática Os alunos João Pedro Sampaio e Tiago Saldanha da EB1I de Riba d’Ave ficaram em 1.º lugar nas Olimpíadas da Matemática, promovidas pela Associação para a Matemática Elementar (AEME). A entrega de prémios realizouse no passado dia 8 na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga. Os alunos de Riba d’Ave que se classificaram em 1.º lugar receberam um ipad e um livro, o que os deixou muito contentes. A direção do Agrupamento felicita os campeões bem como os seus encarregados de educação e as professoras Fátima Torres e Paula Alves que estiveram pre- trabalho, dedicação e empesentes na cerimónia “pelo seu nho”.

Cantor Zé Amaro visita escola de Nine

Os alunos que estudam na Escola Básica do 1ºCiclo de Estrada, de Nine, receberam, na passada quarta-feira, 12 de junho, o cantor Zé Amaro. O bem conhecido artista foi à escola falar sobre a sua profissão e respondeu a todas as perguntas feitas pelos alunos. Zé Amaro cantou ainda algumas músicas para os alunos, que o receberam com muito entusiasmo. No final, o cantor deu ainda muitos autógrafos. Foi uma manhã diferente e muito divertida!

EBI de Arnoso na Festa Nacional do Desporto Escolar

ou

PS apresenta candidatos a Landim e Vermoim O Partido Socialista apresenta publicamente Avelino Silva como seu candidato a presidente de Junta da Freguesia de Landim na próxima sexta-feira, dia 21, pelas 18h30, no Largo de Landim. Já no domingo, dia 23 é a vez de José Azevedo ser apresentado como candidato a presidente de Junta da Freguesia de Vermoim, pelo PS. A cerimónia está marcada para as 18h30, no salão nobre da Junta de Vermoim.

Avelino Silva

José Azevedo

Sarau musical em Antas Realiza-se no próximo sábado, dia 22, pelas 21h30, um sarau musical na nova igreja paroquial de Antas, com o objetivo de angariar fundos para as obras dessa igreja. O evento contará com a participação dos grupos litúrgicos e instrumentistas da paróquia. A entrada custa três euros.

Decorreu no passado dia 12, no Agrupamento de Escolas Artur Gonçalves, em Torres Novas, a Festa Nacional do 1º Ciclo do Ensino Básico, momento alto do encerramento do Projeto Piloto de Extensão do Desporto Escolar ao 1º Ciclo e que contou com a participação de 17 alunos da escola EBI de Arnoso Santa Maria. O principal objetivo deste projeto é promover hábitos de vida saudáveis, o qual foi desenvolvido durante a vigência do projeto, que decorreu no

último período deste ano letivo, com, 35 alunos inscritos. Além da EBI de Arnoso, participaram nesta festa de mais dez escolas, provenientes das cinco regiões educativas. Para os alunos de Arnoso pudessem estar presentes, foi necessária a colaboração da Câmara Municipal de Famalicão na cedência de um autocarro, da direção do Agrupamento de Escolas D. Maria II e dos encarregados de educação.


16

pública: 20 de junho de 2013

publicidade

Joaquim Oliveira Rodrigues

Alberto Barbosa de Brito

(Rua Barão da Trovisqueira, nº 400) (86 anos)

Missa de 1º Aniversário (69 anos)

Sua família vem por este meio participar a todas as pessoas da sua amizade que, por data do seu 1º aniversário, será celebrada uma missa Sábado dia 22 de Junho pelas 17:00 horas na Igreja Paroquial de Mouquim, Vila Nova de Famalicão. Desde já o seu profundo reconhecimento a quantas se dignarem assistir a este piedoso acto.

A Família

Joaquim Gomes da Costa (96 anos) Missa do 30º Dia

Sua família renova o seu agradecimento a todas as pessoas que se associaram à sua dor aquando do falecimento e missa do 7º dia, vem por este meio participar que a missa do 30º Dia será celebrada dia 23 de Junho, Domingo, pelas 12:00 horas no Salão Paroquial de Calendário, Vila Nova de Famalicão. Desde já o seu profundo reconhecimento a quantas se dignarem assistir a este piedoso acto. A Família

Missa 7º Dia

Sua família vem por este meio agradecer a todos aqueles que se dignaram a participar no seu funeral, aproveita também para comunicar que a missa de 7º Dia pelo seu eterno descanso será celebrada Domingo, dia 23 de Junho, pelas 12:00 horas, na Igreja Matriz (Nova), Vila Nova de Famalicão. Desde já seu profundo reconhecimento a quantos se dignarem assistir a este piedoso acto. A Família

Delães - Vila Nova de Famalicão

Henrique Fonseca Händel de Oliveira Agradecimento e Missa de 7º Dia

A família vem, por este único meio, agradecer, reconhecidamente, a todas as pessoas que assistiram ao funeral do saudoso extinto ou que de alguma forma lhe manifestaram o seu pesar neste momento doloroso. Participa que será celebrada missa de 7.º dia, na Igreja Paroquial de Delães – Vila Nova de Famalicão no próximo sábado, dia 22, às 19 horas. Antecipadamente agradece a todas as pessoas que se dignarem assistir a esta eucaristia.

DELÃES, 20 DE JUNHO 2013 A Família AFB - Agência Funerária de Burgães, Lda – 252 852 325

Maria Júlia Salazar de Sousa (Viúva de Manuel de Sousa) (Rua Cupertino de Miranda – V. N. Famalicão)

Agradecimento e Missa de 7º Dia

A família profundamente sensibilizada e na impossibilidade de o poder fazer individualmente, vem por este meio agradecer a todas as pessoas que se associaram à sua dor aquando do falecimento, e desde já também pela participação na missa de 7º dia que será celebrada no próximo sábado, dia 22, pelas 19h15 horas na Igreja Matriz Nova em Vila Nova de Famalicão.

Vila Nova de Famalicão, 20 de Junho 2013 A Família

A Funerária S. Jorge - 253 533 396


publicidade

Falecimentos Maria da Assunção de Lima Nogueira, no dia 12 de junho, com 65 anos, solteira, da freguesia de Oliveira S. Mateus.

Maria Júlia Salazar de Sousa, no dia 16 de junho, com 83 anos, viúva de Manuel de Sousa, da freguesia de Vila Nova de Famalicão.

Bernardino Monteiro (Padre Crisóstomo), no dia 12 de junho, com 82 anos, da freguesia de Roriz (Santo Tirso).

José Ribeiro, no dia 13 de junho, com 74 anos, viúvo de Josefa de Jesus Alves Batista, da freguesia de Guardizela (Guimarães).

Manuel Rodrigues de Oliveira, no dia 16 de junho, com 83 anos, casado com Laurinda da Silva Antunes, da freguesia de Pevidém (Guimarães).

Deolinda da Silva Carneiro, no dia 15 de junho, com 91 anos, solteira, da freguesia de Burg ãe s ( Santo Ti rso) .

Elisa da Costa, no dia 13 de junho, com 87 anos, viúva de Manuel Ribeiro Machado, da freguesia de Serzedelo (Guimarães). Daniel Silva Torrinha de Castro, no dia 13 de junho, com 21 anos, solteiro, da freguesia de Vila Nova de Famalicão. Joaquim Ferreira, no dia 15 de junho, com 80 anos, viúvo de Arminda Abreu de Oliveira, da freguesia de Moreira de Cónegos (Guimarães). Albino Marinho de Azevedo, no dia 17 de junho, com 75 anos, casado com Felicidade Freitas Sampaio, da freguesia de Oliveira Stª Maria. Funerária Carneiro & Gomes Oliveira S. Mateus Telm. 91 755 32 05

Alberto Barbosa de Brito, no dia 16 de junho, com 86 anos, casado com Maria Júlia Sampaio Alves, da freguesia de Vila Nova de Famalicão. Emília Alber tina Soares, no dia 17 de junho, com 91 anos, viúva de Artur Silva, da freguesia de Vila Nova Famalicão.

Cláudia Marisa Mendes de Car valho, no dia 12 de junho, com 14 anos, filha de José António Pires de Carvalho e de Maria Manuela Pereira Mendes, da freguesia de Ronfe (Guimarães). Maria da Conceição Oliveira Azevedo, no dia 12 de junho, com 66 anos, casada com António Oliveira Andrade, da freguesia de Ronfe (Guimarães) Agência Funerária S. Jorge Pevidém– Tel.: 253 533 396

Lucinda Rosa Monteiro, no dia 11 de junho, com 79 anos, casada com Alcídio Pereira, da freguesia de Calendário. Adelino Ferreira Barbosa, no dia 13 de junho, com 83 anos, casado com Lucinda da Conceição Barbosa, da freguesia de Calendário. Funerária do Calendário Calendário Tel.: 252 377 207

Zulmira Leal da Silva, no dia 10 de junho, com 68 anos, casada com Secundino Simões Correia, da freguesia de Gondifelos.

Funerária Rodrigo Silva, Lda Vila Nova de Famalicão Tel.: 252 323 176

José Carlos Costa Carvalho, no dia 7 de junho, com 42 anos, casado com Arminda Novais Araújo, da freguesia de Castelões.

Joaquim Carneiro, no dia 10 de junho, com 85 anos, casado com Lucrécia Fernandes, da freguesia de Riba d’Ave.

Joaquim Batista Pinheiro, no dia 15 de junho, com 73 anos, solteiro, da freguesia de Cavalões.

Vítor Miguel Castro Car valho, no dia 13 de junho, com 42 anos, casado com Ana Maria de Oliveira Marques Carvalho, da freguesia de Delães. Agência Funerária Riba D’Ave Riba D’Ave – 917 586 874

Agência Funerária Palhares Balazar– Tel.: 252 951 147

pública: 20 de junho de 2013 17

Dia da Criança celebrado em Cruz

Henrique Fonseca Händel de Oliveira, no dia 16 de junho, com 67 anos, casado com Zélia Maria Ramos Ferreira Pereira Händel de Oliveira, da freguesia de Delães. Joaquim Car nei ro Gui marães, no dia 16 de junho, com 83 anos, viúvo de Albertina Martins Pedreira, da freguesia de Rebordões (Santo Tirso). Agência Funerária de Burgães Sede.: Burgães / Filial.: Delães Telf. 252 852 325

Fernanda do Nascimento Cunha Pinheiro, no dia 13 de junho, com 93 anos, viúva de Manuel Fernandes Oliveira Pinheiro, da freguesia de Nine. António de Araújo Lopes, no dia 13 de junho, com 72 anos, casado com Maria Dolores Araújo e Silva, da freguesia de Nine.

A Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola de Cruz promoveu, no dia 3 de junho, a festa do Dia da Criança, realizando várias atividades com a ajuda dos Escuteiros da freguesia, aos quais a Associação agradece o carinho e a disponibilidade para o evento. As atividades tiveram início no terreiro do Senhor dos Aflitos, com vários jogos tradicionais. Formaram-se várias equipas com mais pequenos e mais velhos, que manifestaram um verdadeiro espírito de cooperação e entreajuda. Seguiu-se um lanche e a entrega de prémios às equipas vencedoras, com guloseimas para todos. A festa terminou com o almoço das crianças na escola, com gelado de sobremesa.

Esmeriz celebrou Dia da Criança

Irene da Costa Oliveira, no dia 17 de junho, com 75 anos, viúva de Luís de Araújo Ferreira, da freguesia de Sezures. Joaquim Barbosa, no dia 18 de junho, com 91 anos, viúvo de Emília Pimentel de Jesus, da freguesia de Arnoso Stª Maria. Agência Funerária Arnoso José Daniel Pereira Arnoso Santa Eulália Telf. 91 724 67 03

Viktor Lyakhovsky, no dia 17 de junho, com 54 anos, da freguesia de Antas S. Tiago. Abílio Manuel Serre Lima, no dia 18 de junho, com 43 anos, da freguesia de Calendário. Agência Funerária da Lagoa Lagoa – Telf. 252 321 594

A Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola do 1º ciclo de S. Marçal e a Junta de Freguesia de Esmeriz assinalaram, a 3 de junho, o Dia Mundial da Criança com um dia repleto de animação e iniciativas. A manhã começou com a magia do "Circo", no auditório da Casa de Esmeriz, para as mais de 100 crianças dos dois principais equipamentos educativos da freguesia, a Escola de São Marçal e o Jardim de Infância. A tarde foi dedicada aos jogos tradicionais e atividades ao ar livre, destacando-se a caça ao tesouro, os insufláveis, as pinturas faciais, as esculturas de balões e as coreografias musicais. No final, houve ainda tempo para um piquenique e uma colorida largada de 110 balões.


publicidade

Costas & Oliveira distinguida com prémio Vintage Prata/Sogrape

As Antoninas dos pequeninos...

Que encanto, que ternura, que enlevo, que carinhas tão entusiastas, de mãozinhas entrelaçadas, me desafiaram com a sua entrega, quiçá, futuros atores amanhã, ao representarem lindas figuras do tema "Santo António e as profissões". Os seus cantares envolvendo o Santo tão popular quanto de brejeiro, diz a lenda, namoradeiro também, das bilhas que partia quando as moçoilas iam à fonte, consertando-as de seguida, brincando ternamente com as suas partidas. Que laços de amor e ternura criou o Santo, sem nada pedir em troca sendo tudo gratuito. Quão fiquei enternecido com estes pequenos atores ao vê-los desfilar, uns mais conseguidos que outros, por vezes com uma lágrima furtiva de timidez, cansaço, ou vergonhita.... Que bonitos todos iam, que trabalho, que enlevo, que imaginação, que paciência, que entrega e que Amor, foi dado pelos educadores, auxiliares e demais colaboradores da ação edu-

pública: 20 de junho de 2013 19

cativa no "dar" em que se envolveram ao apostarem no seu projeto! Um grande abraço para todos vós. Queria também enaltecer e elogiar a boa organização conseguida, e tão bem articulada dos colaboradores da nossa Câmara. Quasi sem falhanços, digo quasi, para os motivarem para o próximo ano a fazerem melhor (se é que é possível...), apreciei a sua entrega e postura inexcedível demonstrada! Bem hajam com a afirmação do vosso profissionalismo. Parabéns! Aproveito também para tirar o chapéu às entidades a quem estava entregue a segurança, também um bem hajam! Não quero terminar sem cumprimentar as Excelentíssimas Senhoras e Senhores representantes do pelouro municipal, que com o seu entusiasmo conseguiram transmitir a todos os participantes o seu reconhecimento e apreço. Colé gio Tal vaizi nho

A empresa famalicense Costas & Oliveira foi distinguida pela Sogrape Distribuição com o prémio “Vintage Prata/Sogrape”. Trata-se de um prémio que se destina a galardoar os melhores distribuidores a nível nacional num pograma próprio, designado por “Partner Ship”, onde se premeia o bom desempenho em toda a cadeia de venda e distribuição de vinhos, espirituosos, vinhos do Porto e outras bebidas. Este prémio é um reconhecimento pela excelência e pela qualidade do desempenho demonstrado pela Costas & Oliveira, que revela também o empenho feito em prol do concelho de Famalicão, beneficiando o público, os clientes e os fornecedores, e forçando os concorrentes a adotarem uma postura semelhante. Cultura de excelência, relações de parceria e excelência de serviço, são os principais lemas da Cotas & Oliveira, que, satisfeita com o prémio recebido, encara-o também como um incentivo para a empresa conquistar outros objetivos ainda mais significativos.


22

pública: 20 de junho de 2013

TRIBUNAL JUDICIAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO JUÍZOS DE COMPETÊNCIA CIVEL 4º Juízo Cível – Processo nº 3875/12.7TJVNF

Avª. Eng. Pinheiro Braga, nº 1000 4764-501 Vila Nova de Famalicão

ANÚNCIO

VENDA POR NEGOCIAÇÃO PARTICULAR

Administrador de Insolvência: José da Costa Araújo, com escritório na Rua José António P. P. Machado, 369 – 1º Esq., 4750-309 Barcelos, com o telefone nº 253 824 116 e fax nº 253 821 065. Insolvente: Cenário Surpresa – Materiais de Construção, Lda.

Nos autos acima referenciados procede-se à venda por negociação particular dos bens móveis infra identificados, os quais serão entregues a quem oferecer maior preço acima do valor abaixo indicado, devendo os interessados, até ao próximo dia 12 de Julho de 2013, enviar a sua proposta de compra, para o escritório do Administrador de Insolvência, supra referido.

BENS MÓVEIS

VERBA N.º 1 Material de escritório: Diverso material de escritório, composto por 10 cadeiras, 10 mesas, 1 armário para arquivo c/ 2.10m x 2,25m, 1 armário de arquivo c/ 2.10m x 1.70m e armário de arquivo de pastas e uma mesa de reuniões, um cofre em ferro c/ 1.20x 0,48m de cor cinza c/ código e chave. Valor anunciar para venda _________________________ 550,00 VERBA N.º 2 Material informático: Diverso material de informático, designadamante, 1 computador “Pentilium”, respectivo ecrã e teclado de marca “Sansung”; 1 computador Compaq, respectivo ecrã e teclado, uma impressora HP, marca “Laserjet P1006”; 1 impresora HP, marca “Laserjet 1048”; uma impressora HP Psc 1410; uma fotocopiadora, marca “Canon Pe 860”, 3 máquinas de calcular; 1 fax; 1 central telefónica Valor anunciar para venda ___________________________350,00 VERBA Nº 3 2 empilhadores, de marca “Komatsu”, modelo ED20-11 Valor anunciar para venda ________________________€ 2.200,00 VERBA N.º 4 1 Viatura automóvel de marca “Mercedes”, com a matricula 20-75-AM 1 Viatura automóvel de marca “Mazda”, com a matricula RS-15-96 1 Viatura automóvel de marca “Mitsubishi”, com a matricula 93-70-ST Valor anunciar para venda _______________________€ 2.300,00 Os quais se encontram na Avenida Jorge Reis, nº 1484, freguesia de Outiz, Vila Nova de Famalicão e serão mostrados a quem neles estiver interessado no dia 28 de Junho, entre as 10,30h e as 12h30, mediante marcação prévia. O Administrador de Insolvência José da Costa Araújo

PUBLICAÇÃO ÚNICA – JORNAL OPINIÃO PÚBLICA – 20/06/2013

PRECISA-SE

ANGOLA - GERENTE DE LOJA

Preferencialmente do sexo masculino; Experiencia na área do comércio dos materiais de construção Experiência como manobrador de empilhadores Jovem, dinâmico, disponível e dedicado com sentido de responsabilidade e profissionalismo; Escolaridade mínima obrigatória, com conhecimentos de informática na ótica do utilizador. Resposta ao anúncio 1102 deste jornal Opinião

publicidade

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE VILA NOVA DE FAMALICÃO EDITAL

VÍTOR ANÍBAL DIAS FEIO AZEVEDO, na qualidade de presidente da Assembleia de Freguesia de Vila Nova de Famalicão, e no exercício da competência que lhe é conferida pelo disposto no art.º 19, alínea b) do Decreto-Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, com a redacção dada pela Lei n.º 5-A/2002, de 11 de Janeiro, torna público que vai realizar-se uma sessão ordinária deste órgão autárquico, na sede da Junta de Freguesia, à Rua Adriano Pinto Basto, 80, em Vila Nova de Famalicão, no próximo dia 27 de Junho, às 21,00 horas, com a seguinte: Ordem de Trabalhos

Ponto Único - Informação da Presidente da Junta sobre a actividade da mesma; Este edital publica-se para conhecimento público sendo afixado no lugar público do costume. Vila Nova de Famalicão, aos 18 de Junho de 2013.

O Presidente da Assembleia de Freguesia, Vítor Aníbal Dias Feio Azevedo

TORNEIO SUECA

No próximo dia 22 de junho de 2013 vai realizar-se no CAFÉ TROPICAL (em Cavalões) um torneio de sueca. As inscrições são 15 baralhos por equipa e podem ser feitas até à hora do início do torneio, 15 horas.

Prémios: 1º prémio : 110 baralhos 2º prémio : 60 baralhos 3º prémio : 40 baralhos 4º prémio : 25 baralhos

Nota: torneio realizar-se-á nestas condições no mínimo com 12 equipas. Telefone: 252 99 14 57

ALUGA-SE T1 COMO NOVO Rua Ernesto Carvalho, Edificio Milão 3º andar (por cima da repartição de finanças)

renda - 200€

CONTATO: 252 321 212 ou 915 212 677

Procuro pessoas que tenham computador, para passar para texto gravações de voz. Se tens atualmente disponibilidade de tempo e sentido de responsabilidade e queres ganhar algum dinheiro nos teus tempos livres. Contacto 917326497

JOVEM DE 30 ANOS

SATISFAZ PRAZERES MAIS ÍNTIMOS DAS MULHERES SIGILO ABSOLUTO

CONTATO: 910 992 389

ARRENDA-SE CASA TIPO T2 EM CALENDÁRIO FAMALICÃO

CONTATO: 917 500 258

ADMITE-SE FUNCIONÁRIA/O PART-TIME

CONTATO: 917 326 497

TORNEIO SUECA

No dia 22 de junho, às 15h, iniciará a competição com os seguintes prémios:

Prémios: 1º prémio : 2 presuntos 2º prémio : 2 frangos 3º prémio : 2 garrafas whisky 4º prémio : 2 garrafas vinho porto

TORNEIO PAU LIMPO

No dia 22, inicia às 10h e termina às 12h30 do dia 23 de Junho, e terá os seguintes prémios: Prémios: 1º prémio : 1 presunto 2º prémio : 2 coelhos

No local haverá um bar em funcionamento com petiscos. Venha participar e divertir-se!!!

Estes torneios serão realizados no salão da Junta de Freguesia de Cavalões.


pública: 20 de junho de 2013 23

praça pública

D’Esguelha

Pelos Quatro Cantos da Ca(u)sa Gouveia Ferreira

Domingos Peixoto

Engagés!

O meu país Segundo o meu velhinho “torrinha” país é, entre outros significados, o sítio em que se nasce; pátria; nação; estado. É assim, indistintamente, que o povo se refere ao “seu” país. Por sua vez, a nação é o conjunto de indivíduos (pessoas) unidos por uma comunhão de cultura e tradições onde a língua, a religião ou a raça são importantes mas não imprescindíveis; ou a mesma união pela consciência nacional dos interesses, necessidades e aspirações; povo. Quanto ao estado, diz-nos o dicionário que se trata da nação organizada politicamente. Podemos, assim, considerar que só a “nação” é autónoma, porquanto não carece (imprescindivelmente) de território e organização política: caso dos judeus; árabes; índios. Se bem que todos reivindiquem um lugar próprio, o que, aliás, tem dado origem a sangrentas guerras, hoje como ontem, até à extinção de alguns povos. Já o país não existe sem povo. Nem o estado sem estes dois. É neste paradigma que o mundo vem, desde há milhares de anos, com usos e costumes muito díspares, fazendo um percurso que, historicamente, apesar de todas as vicissitudes, se pode considerar rumo à perfeição. Porém, muito longe ainda de atingir tal desiderato, dado o tempo consumido no caminho percorrido, as mudanças - umas boas, outras más - operadas, a ganância desenfreada de uns povos sobre outros povos e a agiotagem. Contudo, o crescimento dos sistemas de governo em democracia, pese embora alguns retrocessos e aberrações várias, permitem acalentar a esperança de um mundo melhor que, atual e paradoxalmente, um pouco por toda a parte, tem muito sofrimento. Portugal não foge, infelizmente, à regra. Veja-se a luta de classes, para melhorar as suas condições de vida ou para garantir um estatuto de superioridade baseado em privilégios quantas vezes obscenos. O meu país tem e pratica aberrações: Um especialista em pediatria, Barros Brito – brasileiro, há vários anos sem exercer funções da espe-

cialidade, com salário e com direito a indemnização de muitos milhares de euros decretada pelo tribunal, finalmente alvo de despedimento, tudo por casmurrice da administração do hospital. Se em vez do erário público fossem os responsáveis a arcar com a responsabilidade estes casos aconteciam? Os portugueses elegem os deputados supostamente para os representarem e defenderem os seus interesses. Quando assim não acontece manifestam-se contra. Porém, se o forem fazer na Assembleia da República são expulsos. Um destes dias, enquanto a polícia evacuava as galerias, Assunção Esteves dizia (para os intrusos): assim não ajudam a democracia! Será que a ajuda haver privilegiados com pouco mais de 50 anos a receberem reformas milionárias e outras mordomias? Membros do governo que decidem privatizações ou alienações de interesses do estado e depois vão gerir esses interesses dos privados. Será corrupção? PS: A candidatura municipal do PS mexe; nesta fase sobretudo com a maioria. Se o PS acusou, com verdade, de imoral e injusta a oferta de manuais escolares a ricos e pobres em 2002 e anos seguintes, vem agora a maioria acusar o PS de populista por prometer, nesta fase de miséria a que nos conduziu o governo PPD/CDS, a oferta dos ditos até ao 12º ano, solicitando aos mais abastados que se abstenham de os solicitar. Dois pesos e duas medidas, pretende a maioria, ignorando a moralidade e justeza da proposta socialista. Bem se via por que ficaram preocupados com o candidato do PS, Custódio Oliveira. É que já se sente entusiasmo, partilha e esperança em dias melhores para os famalicenses, que não ignoram o contributo dos líderes distrital e concelhio, candidatos da maioria, para a desastrosa política deste governo, cujo desemprego é a mais grave consequência para Famalicão. O grande projeto “esgotou-se”, ficando pela Devesa, à última hora, cujo custo e outras envolvências ainda hão de dar muito que falar no meu país!

Os cronistas engagés cá se vão deleitando no freNesta altura do ano, quando ocorre a transinesim dos defeitos dos protagonistas e respecti- ção da época desportiva passada para a vinvos cartazes das várias associações políticas, não doura, é alucinante o quotidiano das associasó adversárias, mas também das que lhe são pró- ções desportivas, totalmente devotadas ao puro prias, ditas partidos. amadorismo. Alguns, de tão difícil igualha, chegam a maldiNo ideal olímpico, actualmente, encontramzer a própria família, porque não lhes calhou em se reconhecidas 30 modalidades: atletismo, badsorte a escolha do inacessíminton, basquete, boxe, cavel directório. Coisas típicas a denominada sociedade civil noagem, ciclismo, esgrima, dos engagés! futebol, ginástica, andebol, Entretanto, porque o não paralisa, apesar da falta hipismo, hóquei na relva, mundo não acabou no ano halterofilismo, luta de pilim, carcanhol, bago, judo, 2000, nem acabará, certagreco-romana, natação, naarame, cacau, caroço, mente, no último domingo de tação sincronizada, pentatlo Setembro, há professores em moderno, polo aquático, grana, milho ou zerzulho vias de desemprego definiremo, saltos para a água, tivo, empurrados para o legítimo exercício da taekwondo, ténis, ténis de mesa, tiro, tiro com greve. Obviamente, para fazer mossa a alguém, se- arco, triatlo, vela, voleibol e volei de praia. não até convinha ao ministro Gaspar, para regozijo Das 12 modalidades praticadas no FAC, cinco daquela coisa chamada Troika. são olímpicas. Numa delas, o badminton, a atleta E, mesmo sem engagés partidários, a denomi- famalicense, do Calendário, Sónia Gonçalves, foi nada sociedade civil não paralisa, apesar da falta campeã nacional de juniores, sub 19. de pilim, carcanhol, bago, arame, cacau, caroço, Face aos critérios engagés dos suplementos grana, milho ou zerzulho, tão necessário ao fun- desportivos, que comunicam no nosso concelho, cionamento das instituições desgarradas do lu- é minha obrigação aproveitar estas colunas. cro. Sónia Gonçalves!

Voz Off José Leite

Agora vale tudo! O atual candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Famalicão surpreendeu os mais distraídos com a pomposa promessa eleitoral de oferecer os manuais escolares até ao 12º ano, a todos os alunos famalicenses, se vencer as próximas eleições. É caso para dizer que agora vale tudo pelas “bandas” socialistas locais. O que até aqui era folclore, típico das “festas, festins e festarolas” do arquiteto Armindo Costa, surge como primeira prioridade para os socialistas. Só posso concluir que o desespero e o desnorte da estrutura socialista local criou tamanha cegueira e amnésia que

agora aquilo que era uma ban- claras acerca do sucedido, ou deira de há 12 anos, contra a melhor, sobre toda esta “trapaoferta dos manuais escolares lhada”. Para terem uma ideia segura daquilo que o PS hoje defende e que suporta este contra-senso, passo a citar uma frase de um militante socialista em plena assembleia municipal de 20 de abril de 2011, “… em tempos difíceis de forte contração orçamental, o que faz a Câmara famalicense? Investe em medidas de chafariz, aos alunos do 1º ciclo, surja como oferecer os manuais escomo bandeira eleitoral do seu colares a todos, medidas que segundo candidato, após o as- dão belas fotos nos jornais e sassínio político de António Pei- destaques na imprensa”. xoto e após um grupo de miliSejamos sérios e coerentes, tantes socialistas ter pedido à reafirmo apenas que agora vale concelhia socialista explicações tudo!

O que até aqui era folclore, típico das “festas, festins e festarolas” do arquiteto Armindo Costa, surge como primeira prioridade para os socialistas

pub

Famalicão

Barbosa: Rua Santo António, Tel. 252 302 120 Calendário: Rua da Liberdade, Tel. 252 378 400/1 Cameira: C. Mouzinho Albuquerque, Tel. 252 323 819 Central: Praça D. Maria II, Tel. 252 323 214 Nogueira: Av. Marechal H. Delgado, Tel. 252 310 607 Valongo: Rua Adriano Pinto Basto, Tel. 252 323 294 Gavião - Av. Eng. Pinheiro Braga, 72 - Telef. 252 317 301 Marinho: Edif. S. José - Estalagem - Telf. 252 921 182 Martins Ventura: R. C. Cerejeira - Lousado - Telf. 252 493 142 Estação: Largo da Estação - Nine - Telf. 252 961 118 Ribeirão: Largo de Bragadela - Ribeirão - Telf. 252 416 482 Joane: Rua S. Bento, nº 217 - Telf. 252 996 300

Vale do Ave

Almeida e Sousa: Covas - Oliv. Stª Maria - Telf. 252 931 365 Bairro: Av. Silva Pereira, Telf. 252 932 678 Delães: Portela - Delães - Telf. 252 931 216 Riba de Ave: Av. Narciso Ferreira, Telf. 252 982 124 Faria: Estrada Nacional 310 - Serzedelo - Telf. 252 532 346

Famalicão Qu i n t a, 2 0

Serviço Gavião

Sex ta, 21

Cameira

Sá bad o, 22

Central/Ribeirão

Domi ngo, 23

Calendário

Segund a, 24

Nogueira

Terç a , 25

Valongo

Qu a r t a, 2 6

Gavião

Vale do Ave

S e r v iç o

Qu i n t a, 2 0 Sex ta, 21 Sá bad o, 22 Domi ngo, 23 Segund a, 24 Terç a , 25 Qu a r t a, 2 6

Almeida e Sousa Bairro Delães Riba de Ave Almeida e Sousa Bairro

Serviço de disponibilidade

Paula Reis: R. José Elisio Gonçalves Cerejeira, nº 629 Calendário - Tel. 252 378 057 Maceiras: Louro - Telf. 252 310 425 Marques: Largo da Igreja - Fradelos - Telf. 252 458 440 Oliveira Monteiro: Largo Igreja - Cabeçudos - Telf. 252 331 885 Pedome: Av. S. Pedro, 1139 - Pedome - Telf. 252 900 930 Pratinha: Largo do Cruzeiro - Cavalões - Telf. 252 375 423 S. Cosme: Vale S. Cosme - Telf. 252 911 123 Arnoso: Av. Joaq. Azevedo - Arnoso Sta. Maria - Telf. 252 916 612


24

pĂşblica: 20 de junho de 2013

publicidade


Op1102