Issuu on Google+

pub

pub

São quatro e estão indiciados por roubos no valor de milhares de euros

GNR detém suspeitos de furtos a residências

P. 5

ANO 21 • Nº 1099

DE 30 DE MAIO A 5 DE JUNHO DE 2013 DIRETOR: JOÃO FERNANDES

www.opiniaopublica.pt

Partido anuncia fim do acordo e inicia processo de escolha de um novo candidato à Câmara Municipal

PS ABDICA DE ANTÓNIO PEIXOTO António Peixoto já não é o candidato do Partido Socialista imprensa. Contudo, o comunicado pouco esclarece sobre resto, a decisão terá partido do próprio PS e não do candià Câmara de Famalicão nas eleições autárquicas deste ano. as razões desta decisão, adiantando apenas que não foram dato, como o próprio confirmou ao OP. Agora, os socialistas Foi o próprio PS que o anunciou, esta terça-feira, em nota à “concretizado os objetivos inicialmente definidos”. De têm que escolher um novo candidato. p. 4

BV Famalicão recriam socorro ao longo dos tempos p .5

pub

Utilizadores da ciclovia alertados opiniãosport: para não circularem sozinhos P. 8 Especial subidas: AVC, Cabeçudense e Ninense Mogege tem posto de socorro Mais de 360 atletas na Milha Urbana avançado desde sexta-feira P. 9 do Liberdade Tony Carreira vem amanhã MAL vence taça AFB em futsal à Lusíada falar de talento P. 6


2

pública: 30 de maio de 2013

cidade

Procissão Arciprestal do Corpo de Deus No próximo domingo a Igreja celebra o Dia do Corto de Deus. O Arciprestado de Famalicão assinala esta data através da realização da Procissão Arciprestal do Corpo de Deus, com início às 16 horas na Nova Matriz, com oração de vésperas ao Santíssimo. De lá, segue depois em procissão eucarística, percorrendo-se várias artérias da cidade, finalizando no exterior da Antiga Matriz.

“Ser igual na Diferença” é tema de colóquio A turma de Acompanhante de Crianças ao Domicilio da Escola Profissional Cior promove, no próximo dia 4 de junho, um colóquio com o tema "Ser igual na Diferença". Com início às 14 horas, o colóquio conta com as intervenções de Fátima Moreira, da APPACDM; Mário Martins, da AFPAD; e do vereador da Educação, Leonel Rocha, com o tema "Famalicão Inclusivo".

Concentração de camiões em Famalicão Famalicão é palco no próximo sábado, dia 1 de junho, de uma concentração de camiões promovida pelo Núcleo dos Camionistas do Minho (Nucaminho). O início está marcado para as 13 horas, no Campo da Feira, Seguem-se jogos tradicionais e animação por um Grupo de Concertinas. Às 18 horas tem início o desfile em direção ao Estádio Cidade de Barcelos, onde decorrerá o jantar de convívio.

Formação em Filosofia Prática reuniu doentes na D. Sancho I A Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática (APEFP), em colaboração com o Centro de Formação Agostinho da Silva, promoveu uma ação de formação com 25 horas para professores de filosofia na área da Filosofia Prática, que decorreu na Escola Secundária D. Sancho I. A ação teve como formador Eugénio Oliveira, presidente da APEFP e docente daquela escola, e contou com a presença um grupo de professores oriundos de várias escolas do Norte do país. Os docentes elaboraram e conceberam, a partir dos princípios básicos do que são as práticas filosóficas, projetos que em Portugal são inovadores e que promovem a Filosofia, a cidadania e os valores democráticos bem como o pensamento crítico através do diálogo e do debate do nosso quotidiano social, político e filosófico. Estes novos projetos são para levar a cabo na comunidade educativa mas também outros para a comunidade civil. Cafés filosóficos com poesia e música, oficinas de competências, Filosofia para crianças do 1º ciclo; Oficina 3 filmes 3 dilemas; Filosofia com Humor; Caminhada Filosófica e Filocinema foram alguns dos projetos apresentados, com o objetivo de levar a Filosofia a todas as pessoas.

FICHA TÉCNICA CONSELHO EDITORIAL:

Alexandrino Cosme, António Cândido Oliveira, António Jorge Pinto Couto, Artur Sá da Costa, Cristina Azevedo, Feliz Manuel Pereira, Joaquim Loureiro, João Fernandes, Manuel Afonso e Almeida Pinto.

DIRECTOR: João Fernandes (CIEJ TE-95)

jfernandes@opiniaopublica.pt

CHEFE DE REDACÇÃO:

Cristina Azevedo (CPJ 5611) cristina@opiniaopublica.pt

EDITOR DE TURNO:

Magda Ferreira (CPJ 4625) magda@opiniaopublica.pt

REDACÇÃO:

informacao@opiniaopublica.pt Carla Alexandra Soares (CICR-248), Cristina Azevedo (CPJ 5611), Magda Ferreira (CPJ 4625) e Sofia Abreu Silva (CPJ 7474).

DESPORTO: Jorge Humberto, José Cle-

mente (CNID 297) e Pedro Silva (CICR220).

Alunos da Camilo visitaram “Braga Romana” No passado dia 24 de maio, os alunos das turmas 1TAUD4 e 2TAELSEC1da Escola Secundária Camilo Castelo Branco visitaram o evento “Braga Romana”, que visou comemorar os primeiros tempos daquela que foi a “Opulenta Cidade Bracara de Augustus” e contemplou uma série de atividades. Os alunos, acompanhados dos docentes de português, matemática e história e cultura das artes, começaram o programa com uma visita guiada ao acampamento romano, onde puderam apreciar réplicas das armas mais espetaculares dos romanos. De seguida, visitaram a Sé, com vista ao reforço e experimentação de alguns conteúdos relacionados com a arte medieval, e realizaram uma visita às tendas da feira romana, que ocupavam diversas ruas da cidade, com que concluíram o roteiro matutino. Seguiu-se um tempo para o almoço, retomando o programa com uma visita guiada à Fonte do Ídolo, à Domus da Escola Velha da Sé e às Termas Romanas, terminado a jornada com um lanche coletivo. “Toda a atividade se desenvolveu isenta de percalços, logrando alunos e docentes assi-

milar um miríade de conhecimentos que geralmente não se observam numa aula de formato tradicional, potenciando, com a sua presença na ‘Braga Romana’, a valorização do património da região em que se inserem”, refere a escola em nota à imprensa. Já no passado dia 21 de maio, os alunos da turma 1TGPSI5 assistiram à palestra “Redes Estruturadas”, que teve como orador Élio Costa, professor da Universidade Lusíada de Famalicão, local da realização do evento.

A palestra permitiu aos alunos consolidar conteúdos relativos às disciplinas de Redes de Comunicação e de Programação e Sistemas de Informação, despertando, inclusive, o conhecimento para áreas mais alargadas. A atividade culminou com uma visita guiada aos pontos considerados fundamentais da Rede Informática da Universidade Lusíada, onde os alunos visualizaram in loco os componentes técnicos abordados na palestra.

Devesa vai ser palco de diversas iniciativas para os mais novos

Famalicão celebra Dia da Criança com “parque de sonhos” O Parque da Devesa é, este ano, palco das comemorações do Dia Mundial da Criança, que se assinala a 1 de junho. “Fantasia, alegria e muita animação vão invadir os cerca de 27 hectares de espaço verde do parque, com a criação de um verdadeiro cenário de sonho, preparado para receber milhares de crianças, das escolas e instituições educativas do concelho e não só”, informa a Câmara Municipal, em nota à imprensa. A brincadeira, a energia e o entusiasmo dos mais novos serão potenciados pela decoração do parque que estará repleto de cor e magia, decorado com chupa-chupas gigantes, árvores carregadas de rebuçados gigantes, borboletas, insufláveis, milhares de balões, muitas flores. Paralelamente irá decorrer um programa de animação. Assim, será possível encontrar pelo parque algumas personagens das histórias infantis, como a Branca de Neve e os anõezinhos ou o Aladino e a sua

GRAFISMO:

Carla Alexandra Soares, Pedro Silva.

APOIO À REDACÇÃO: Jorge Alexandre

OPINIÃO: Adelino Mota, Barbosa da Silva,

Domingos Peixoto, Gouveia Ferreira, J. Mário Teixeira, Joaquim Loureiro, José Luís Araújo, Sílvio Sousa, Vítor Pereira.

GERÊNCIA: João Fernandes

CAPITAL SOCIAL: 350.000,00 Euros.

DETENTORES DE MAIS DE 10% DO CAPITAL Feliz Manuel Pereira António Jorge Pinto Couto

SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS: Francisco Araújo

TÉCNICOS DE VENDAS:

comercial@opiniaopublica.pt Agostinha Bairrinho, Maria Fernanda Costa e Sónia Alexandra

PROPRIEDADE E EDITOR:

EDITAVE Multimédia, Lda. NIPC 502 575 387

lâmpada mágica. Será também possível praticar artes marciais ou yôga, jogar voleibol ou futebol, dançar, assistir a peças de teatro, ouvir histórias, reciclar materiais diversos, visitar uma locomotiva ou andar de mini comboio, pular e escorregar em grandes insufláveis. Entre as 12h30 e as 14h30 irá decorrer um mega piquenique. Para o presidente da Câmara Municipal, Armindo Costa, “esta é a melhor forma de celebrar o Dia Mundial da Criança, entregando-lhes um espaço verde, que representa o presente, mas sobretudo o que queremos para o futuro, um espaço que lhes pertence e que queremos que aprendam a amá-lo, valorizá-lo e protege-lo, desde cedo”. “Neste dia, vamos transformar o Parque da Devesa, num parque de sonhos e fantasia”, acrescenta. A iniciativa é da Câmara Municipal e conta com a colaboração e parceria de múltiplas empresas e instituições do concelho.

SEDE, REDACÇÃO E PUBLICIDADE:

Rua 8 de Dezembro, 214 Antas S. Tiago 4760-016 VN de Famalicão

INTERNET

www.opiniaopublica.pt

CONTACTOS Redacção:

Tel.: 252 308145 • Fax: 252 308149

Serviços Administrativos:

Tel.: 252 308146 / 252 308147 • Fax: 252 308149

IMPRESSÃO:

Naveprinter - Indústria Gráfica do Norte, SA Estrada Nacional, 14 - Maia

DISTRIBUIÇÃO:

Motivação em Marcha - Publicidade, Lda.

TIRAGEM DESTE NÚMERO: 20.000 exemplares, nº 1099

NÚMERO DE REGISTO: 115673 DEPÓSITO LEGAL: 48925/91


publicidade

pĂşblica: 30 de maio de 2013 3


pública: 30 de maio de 2013

Partido anuncia fim do acordo e inicia processo de escolha de um novo candidato

PS desiste de António Peixoto

Cristina Azevedo informativo e clarificador”. “Para o PS este é um processo encerAntónio Peixoto já não é o candi- rado”, referiu o dirigente, manidato do Partido Socialista à Câ- festando o desejo de que a escomara de Famalicão nas eleições lha do novo candidato “seja feita autárquicas deste ano. Foi o pró- no mais curto prazo possível”. De qualquer forma, muitas prio PS que o anunciou, esta terça-feira, em nota enviada à im- questões ficam por responder, sendo que há já algum tempo prensa. Contudo, o comunicado, as- que se falava numa desistência sinado pelo presidente da Co- de António Peixoto, que é atualmissão Política Concelhia, Nuno mente presidente da Associação Sá, pouco esclarece sobre as ra- Comercial e Industrial de Famalizões desta decisão. Adianta ape- cão (ACIF). No passado dia 17 de nas que “por não se terem con- abril, o agora ex-candidato sencretizado os objetivos tiu-se mesmo na obrigação de inicialmente definidos, terminou convocar a imprensa, juntamente o acordo entre o PS e o enge- com os dirigentes do PS, para nheiro António Peixoto relativo à reafirmar que continuava a ser sua candidatura à Câmara Muni- candidato, face a boatos que surgiram dias antes anunciando a cipal de Famalicão”. No comunicado, o PS congra- sua desistência. Agora parece ter sido o partula-se “pela forma correta” como António Peixoto “conduziu tido a desistir de António Peio processo até hoje” e anuncia xoto, que diz respeitar a decisão. que a partir de agora o partido “Disponibilizei-me para essa vai “iniciar o processo de escolha missão, porque achava que tinha perfil e que poderia ser uma sodo novo candidato”. A decisão de pôr fim ao lução para Famalicão. Se o paracordo com o candidato inde- tido entende que tem uma solupendente foi tomada segunda- ção melhor, só me congratulo por feira à noite, numa reunião da isso, porque o que todos quereComissão Política Concelhia, e mos é o melhor para Famalicão”, terá partido do próprio PS e não referiu ao OP, lembrando que se do candidato. Aliás, António Pei- candidatava como independente xoto, contatado pelo OPINIÃO e que nunca teve “ambição de PÚBLICA, confirmou isso mesmo. poder”. Questionado sobre se esta “Não fui eu que tomei a iniciativa de desistir, até tinha tudo decisão do partido o apanhou de pronto para avançar com o pro- surpresa, o empresário não rescesso de campanha. O Partido ponde diretamente mas sempre Socialista é que está a assumir vai dizendo que “acaba por se que rescindiu”, afirmou, vin- confirmar aquilo que se dizia de cando, porém, que respeita essa que havia alguma consternação no PS” com a sua candidatura. decisão. Já Nuno Sá, contatado igual- “O PS e os seus dirigentes anunmente pelo OP, nada mais adian- ciaram que a aprovação do meu tou, reportando todas as respos- nome foi por unanimidade e por tas às perguntas colocadas para aclamação. A verdade é que não o comunicado emitido pelo par- deixei de ser a mesma pessoa”, tido, que considerou “totalmente remata.

cidade

“Play for Peace” contou ainda com presença do judoca Nuno Delgado

Destruir brinquedos bélicos em dia pela Paz Magda Ferreira A cidade de Famalicão uniu-se pela Paz, no passado dia 21 de maio, celebrando o 3º aniversário do único Anti-Monumento à Guerra do mundo, que está instalado no Parque da Juventude. “Play for Peace” (“Brincar pela Paz”) foi o nome dado à iniciativa, promovida pelo Núcleo de Crianças da Amnistia Internacional, em parceria com o município de Famalicão. Ao longo de todo o dia desenvolveram-se várias ações, numa jornada celebrativa da Paz que recebeu o Alto Patrocínio do Presidente da República, Cavaco Silva, e que contou ainda com a presença de várias personalidades, destacandose o mestre de judo Nuno Delgado. Um dos momentos altos deste dia foi mais uma ação de destruição, pelas próprias crianças, de brinquedos bélicos, que foram depois integrados no Anti-Monumento à Guerra. Vitória Triães, do Núcleo da Amnistia, apontou que o trabalho que vem sendo desenvolvido por todas as freguesias, nomeadamente nas escolas, está a dar frutos e que a mensagem está a passar, não só às crianças, mas também aos seus pais. Prova disso é que nesta recolha de brinquedos “a quantidade recebida é muitíssimo inferior à de há 2

Magda Ferreira

4

Nuno Delgado cativou as muitas crianças que estiveram no Parque da Juventude

anos atrás”. “Isso é sinal de que, realmente, os pais entendem que querendo promover uma cultura pela Paz, não podem, de maneira nenhuma, oferecer brinquedos bélicos aos seus filhos”, afirmou. De resto, Vitória Triães diz que continua a ser importante lutar pela Paz, recordando que no primeiro trimestre deste ano houve um aumento de 57% dos casos de violência nas escolas, para além dos números da violência doméstica. Este trabalho tem vindo a ser desenvolvido com o total apoio da Câmara de Famalicão. “É nossa ambição criar condições para que os nossos jovens cresçam com comportamentos mais sadios e mais amigos da convivência comunitá-

ria”, afirmou Paulo Cunha, o vicepresidente da autarquia. Outra das atividades foi uma aula de judo promovida por Nuno Delgado. Em Famalicão, o judoca veio dar continuidade ao movimento por ele criado e denominado “Superar, Autoconhecimento & Solidariedade”. “O judo é um desporto da paz e que ensina o autodomínio. A iniciativa que trazemos aqui é para estimular estes jovens a serem campeões na vida e para ser campeão é preciso ter autocontrolo e autoconhecimento e, o mais importante de tudo, ser solidário”, disse o judoca ao OP. veja em www.famatv.pt ou

Esteve em Famalicão para dar a conhecer o Programa de Emergência Social

Eurodeputada do BE critica a austeridade Sofia fia Abreu Silva A eurodeputada do Bloco Esquerda (BE) Alda Sousa esteve, no passado sábado, em Famalicão, 25 de maio, no âmbito da divulgação do Programa de Emergência Social (PES), proposto pelo Bloco que, entre outros pontos, defende a atualização do salário mínimo, um subsídio social de desemprego para os desempregados sem qualquer apoio e a criação de um cabaz social com 10 produtos essenciais com 0% de IVA. Durante a manhã de sábado, Alda Sousa, que esteve acompanhada pelo candidato à Câmara de Famalicão, José Luís Araújo, entre outros dirigentes locais do BE, começou por contactar nas ruas da cidade com transeuntes e comerciantes. Depois desse encontro, Alda Sousa afirmou que “há um sentimento

Alda Sousa defende uma mudança de políticas e de Governo

generalizado de que o país já não acredita neste Governo e cada vez mais se exige uma mudança e uma política alternativa de desenvolvimento económico, em vez desta austeridade que está a arruinar as famílias”. Em declarações ao OPINIÃO PÚBLICA, a deputada ao Parlamento Europeu, Alda de Sousa, disse que o BE empenhase num programa claro contra a estratégia do empobrecimento, defendendo “um conjunto de

medidas para ajudar a estancar esta crise dramática”. Alda de Sousa defendeu ainda uma mudança de políticas e de Governo. “Tem de haver eleições e de haver um Governo que se responsabilize por romper os compromissos com o memorando da troika e renegocie a dívida nos seus montantes e prazos”, defende, acrescentando que “a dívida é insustentável, o país vai pagar tanto de juros como vai gastar com todo o Ser-

viço Nacional de Saúde”. Também o candidato bloquista à Câmara, José Luís Araújo diz que este contacto serve para saber se as “poucas medidas instituídas pela Câmara de Famalicão estão mesmo a chegar às pessoas”, reclamando “medidas proporcionais à crise”. De seguida, Alda de Sousa, José Luís Araújo e Adelino Mota visitaram a Engenho, Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este, em Arnoso Santa Maria. Nesse encontro, segundo o BE, foi referido que “são bem notórios os efeitos da crise, nomeadamente com o crescimento do número de pedidos de apoio”. A direção da Engenho mostrou também alguma preocupação pela falta de regulamentação da legislação que rege a economia social.


cidade

pública: 30 de maio de 2013 5

BV Famalicão recriam socorro ao longo dos tempos

Centenas de pessoas assistiram, domingo à tarde, a uma recriação histórica do socorro realizada pelos Bombeiros Voluntários (BV) de Famalicão. O evento, que encerrou as comemorações dos 123 anos da corporação, decorreu no centro da cidade, entre a Praceta Cupertino de Miranda e a Alameda D. Maria II, ao longo de cerca de três horas, período durante o qual se realizaram quatro simulacros que recriaram o socorro ao longo dos tempos. O primeiro exercício recuou a 1920 e consistiu no combate a um fogo numa meda de palha, com os carros dos bombeiros a serem ainda puxados por cavalos e a água a ser acartada pelos bombeiros em cântaros. O cenário seguinte recriou o combate a um incêndio urbano

no ano de 1978. Aqui, esteve em destaque uma figura da época, o polícia sinaleiro, que controlou o trânsito. Seguiram-se dois exercícios mais atuais. O primeiro foi um acidente de viação, com feridos graves e vítimas encarceradas. Por fim, um incêndio no sexto andar do edifício do Shopping Town, que obrigou ao uso da autoescada para retirar uma vítima do apartamento. “Os simulacros correram escrupulosamente como planeado”, afirmou o comandante dos BV Famalicão, Francisco Sampaio, acrescentando que ficou bem patente que “o socorro evoluiu bastante”. Com estes simulacros, os BV de Famalicão pretenderam mostrar a evolução do socorro praticado pela corporação ao

longo dos tempos, bem como proporcionar um momento de treino operacional aos seus voluntários e testar a operacionalidade dos meios materiais que a corporação coloca à disposição da cidade e concelho. A assistir aos exercícios esteve também, entre outros convidados, o vereador da Proteção Civil na Câmara de Famalicão, Ricardo Mendes, que elogiou esta iniciativa, evidenciando os primeiros exercícios, “que trouxeram uma componente cénica e cultural às pessoas que aqui estavam, e depois também a parte operacional e o treino efetivo”. veja em www.famatv.pt ou pub

Apanhados pela GNR depois de terem tentado assalto no Louro

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Barcelos deteve, na sextafeira passada, quatro indivíduos por suspeita de furtos a residências no valor de milhares de euros. O grupo, com idades entre os 23 e os 50 anos, é suspeito da autoria de mais de meia centena de furtos a residências nos concelhos de Famalicão, Braga, Barcelos, Esposende, Vila Praia de Âncora, Viana do Castelo, Grande Porto, Gaia, Santa Maria da Feira, Ovar e Aveiro. Os indivíduos foram intercetados e detidos pelo NIC da GNR, ao final da tarde de sexta-feira, dia 24 de maio, depois de terem tentado assaltar um apartamento na freguesia do Louro pelas 16 horas desse mesmo dia. Foram apanhados de surpresa pelas autoridades, em plena hora de ponta, na Rotunda de Gamil, em Barcelos, dentro de uma das viaturas que costumavam utilizar para efetuar os roubos. O grupo, oriundo do

Direitos Reservados

Detidos suspeitos de furtos a residências

O momento da detenção dos assaltantes

Porto, escolhia locais próximos de autoestradas para assaltar e, maioritariamente, optava por apartamentos para que pudesse atuar à vontade. Usavam um alicate de pressão para extrair o canhão da porta e entravam nas habitações, de onde levavam computadores, televisores, máquinas fotográficas, ouro e dinheiro. Normalmente, atuavam entre as 11 e as 17 horas, altura em que as pessoas não se encontravam em casa. Em alternativa, assaltavam também casas que soubessem ser propriedade de emigrantes. Para não serem facil-

mente reconhecidos, os indivíduos utilizavam cinco viaturas diferentes. Além das detenções, a GNR apreendeu também ouro, dinheiro, droga, as ferramentas utilizadas para arrombar as portas e a viatura em que circulavam. As autoridades suspeitam que o grupo tem mais elementos além dos agora detidos, que têm antecedentes criminais por furto e tráfico de droga. Ouvidos pelo juiz de instrução criminal, um deles ficou em prisão preventiva e os outros três ficaram sujeitos a termo de identidade e residência. M.F.


6

pública: 30 de maio de 2013

cidade

Cantor é um dos convidados das Jornadas de Economia e Empresa

Ofertas de emprego

As ofertas de emprego divulgadas fazem parte da Base de Dados do Instituto do Emprego e Formação, IP. Para obter mais informações ou candidatar-se dirija-se ao Centro de Emprego indicado ou pesquise no portal www.netemprego.gov.pt utilizando a referência (Ref.) associada a cada oferta de emprego.

Oferta nº: 588094666 Profissão: ESTAMPADOR Pretende estampador de metais com experiencia para empresa em ribeirão Local: Ribeirão

Oferta nº: 588090118 Profissão: COSTUREIRA, TRABALHO EM SÉRIE. Costureiras com experiência em pelo menos uma das máquinas: corte e cose, recobrimento, ponto corrido. Local: Oliveira (Santa Maria)

Oferta nº: 588090791 Profissão:COSTUREIRA, TRABALHO EM SÉRIE. Pretende-se costureiras malhas/ gangas/sarjas com experiencia nas máquinas de corte e cose -ponto corrido; podem ser enviadas pessoas com pouca experiencia Local: Telhado

Oferta nº: 588089899 Profissão: COSTUREIRA, TRABALHO EM SÉRIE. Costureiras com experiencia em ponto corrido Local: Carreira

Oferta nº: 588091398 Profissão: COSTUREIRA, TRABALHO EM SÉRIE. Experiencia na função: máquinas ponto corrido; corte e cose; fazer baínhas. Local: Castelões

Oferta nº: 588094952 Profissão: COSTUREIRA, TRABALHO EM SÉRIE. Pretende-se costureiras de malhas - baínhas - recobrimento - corte e cose. Local: Carreira

Oferta nº: 588097585 Profissão: DISTRIBUIDOR Vendedor / distribuidor de produtos alimentares (carnes). Carta de condução de pesados (condição obrigatória), perfil comercial, experiência área comercial, disponiblidade horária. Preferencialmente com 12º ano Local: Pousada de Saramagos

Oferta nº: 588098486 Profissão: SERRALHEIRO CIVIL Serralheiro civil para construção civil - vigas, grades portões Local: Outiz

Oferta nº: 588100198 Profissão: VENDEDOR POR TELEFONE. Realização de chamadas para clientes, apresentação de produtos da área da banca e agendamento de visitas para os comerciais, preferencialmente com experiência em call center. Local: Ribeirão

Oferta nº: 588100209 Profissão: COSTUREIRA, TRABALHO EM SÉRIE. Costureiras de ponto corrido e casear para tecidos. Local: Outiz

Oferta nº: 588100212 Profissão: MOTORISTA DE VEÍCULOS PESADOS - MERCADORIAS. Condutor de veículos pesados com experiência na profissão - 2 anos carta C+E. Local: Vila Nova de Famalicão

Oferta nº: 588100215 Profissão: CONDUTOR DE MÁQUINA DE ESCAVAÇÃO Condutores de máquinas escavação, terraplanagens, espalhadoras betuminosos c/ experiência. Local: Vila Nova de Famalicão

Oferta nº: 588100626 Profissão: SOLDADORES Soldador com experiencia profissional em semi automático para instalações da empresa situadas em calendário. Local: Calendário

Tony Carreira vem à Universidade Lusíada falar de talento Cristina Azevedo O popular cantor Tony Carreira é um dos convidados da 5ª edição das Jornadas de Economia e Empresa que vão decorrer na Universidade Lusíada de Famalicão nos dias 31 de maio e 6 de junho, subordinadas ao tema “O Talento És Tu”. Promovidas pela Faculdade de Ciências da Economia e da Empresa daquela universidade, as jornadas vão reuniu ainda empresários, estudantes e até desempregados, num programa de dois dias, que foi apresentado na passada segundafeira à imprensa e que se caracteriza por ter uma vertente muito prática. Numa altura em que o país atinge números preocupantes de desemprego, a Lusíada de Famalicão quer, desta forma, aproximar o meio académico ao tecido empresarial e contribuir para a preparação dos desempregados no mercado de trabalho. Assim, esta sexta-feira, dia 31 de maio, além da sessão de abertura, destaca-se a conferência “Atração e Retenção de Talento”, pelas 15 horas, que contará com a participação de representantes de empresas de sucesso, que vão explicar o que mais valorizam na hora de contratar recursos humanos.

O programa das jornadas foi apresentado na passada segunda-feira

“É nossa convicção de que esta partilha de informação, que estará aberta ao público em geral, será útil para quem necessita de adotar uma procura ativa de emprego”, refere Elizabeth Real, diretora da Faculdade de Ciência da Economia e da Empresa da Lusíada de Famalicão. Ainda esta sexta-feira, o cantor Tony Carreira estará, então, na universidade, pelas 17h30, para dar o seu testemunho sobre a importância do talento na carreira profissional e empresarial. A propósito, Elizabeth Real salienta que “é a primeira vez que esta carismática figura da música portuguesa se des-

loca a uma instituição de ensino superior para um desafio deste género”, numa sessão também aberta à população em geral. As jornadas prosseguem a 6 de junho, na Casa do Território, no Parque da Devesa, com duas ações de formação. Uma destina-se a profissionais de recursos humanos. A outra contará com empresários da região que irão dialogar com estudantes e desempregados, partilhando experiência e dando conselhos. Miguel Peixoto de Oliveira (Edigma), Manuel de Oliveira Marques (Hospital Senhor do Bonfim), Filipe Vila Nova (Salsa) e Manuel

Encontro nacional decorreu em Famalicão e reuniu dezenas de voluntários

Voluntariado tem muito potencial nos tempos em que vivemos Sofia fia Abreu Silva voluntariado é uma potencialidade para o país. “Ele responde, de forma muito particular e muito O voluntariado tem muito potencial. Esta foi uma específica, a situações que constrangem a vida das ideias deixadas no encontro nacional de vo- de muita gente e é preciso esta força anímica do luntariado em saúde que teve lugar em Famali- voluntariado que se traduz, sobretudo, numa cão, no passado sábado. presença sempre disponível, de grande gratuiO evento, que tinha como tema “Cidadania, dade, para contrapor a agressividade dos temVoluntariado e Comunidade”, foi organizado pela pos”, disse. Associação do Voluntariado Hospitalar do HosEugénio Fonseca acredita ainda que o vopital de Famalicão e reuniu voluntários de todo o luntariado pode ser um novo projeto de vida país presentes nos hospitais e noutros locais. para os que caíram “numa situação de desocuEntre outras personalidades, o encontro con- pação voluntária”. “Podem redescobrir um novo tou com a presença do presidente da Confede- projeto para a vida”, mas ressalva que ser voração Portuguesa do Voluntariado, Eugénio Fon- luntário não é uma ocupação de tempos livres, seca, que afirmou, na sessão de abertura, que o “é uma forma responsável de nos entregarmos

Oferta nº: 588100775 Profissão: COSTUREIRA, TRABALHO EM SÉRIE. Pretende-se costureiras de malhas-corte e cose, ponto corrido e recobrimento. Local: Oliveira (Santa Maria)

Alerta-se para a possibilidade de ocorrência de situações em que a oferta de emprego publicada já foi preenchida devido ao tempo que medeia a sua disponibilização e a sua publicação. Para mais informações contactar o Centro de Emprego de Famalicão, na Alameda Padre Manuel Simões, 222, ou pelo Telefone 252 501 100

Ramos (Mabera) são os empresários que aceitaram esse desafio. A iniciativa conta com o apoio do Centro de Emprego do Baixo Ave e da Câmara Municipal de Famalicão. Precisamente, o vice-presidente da autarquia, Paulo Cunha, elogiou o tema escolhido, considerando-o “sugestivo e adequado”. “As pessoas têm que perceber que são talentosas, que têm algo a fazer, e temos que terminar com ideia de que há alguma inutilidade entre a geração mais jovem”, vincou o autarca, deixando votos para que esta iniciativa contribua para que “cada um procure o seu talento”.

na construção do bem comum e quantas vezes temos de nos desocupar para irmos ao encontro dos outros”. Já o presidente da Associação de Voluntariado Hospitalar do Médio Ave, José Luís Carneiro, falou na capacidade de entrega dos voluntários. “A beleza do voluntariado está na possibilidade que pessoas comuns façam coisas extraordinárias, como oferecer um sorriso, tocar no doente, dar um abraço, limpar lágrimas ao doente e à família”, diz. Também o presidente da Câmara de Famalicão, Armindo Costa, lembrou a importância do papel dos voluntários, sustentando que a autarquia famalicense investe num voluntariado consciente, como é o caso da Casa do Voluntariado, inaugurada em 2012, onde estão concentrados os projetos de voluntariado no concelho. Aos voluntários do Hospital de Famalicão disse que eles “são um modelo de solidariedade e abnegação ao próximo”. Na sessão de abertura estiveram ainda presentes a provedora do doente do Hospital de Famalicão, Fernanda Costa, e o presidente da Federação Nacional do Voluntariado em Saúde. Ao longo do dia, tiveram lugar vários debates sobre a temática de voluntariado. veja em www.famatv.pt

Armindo Costa deu as boas-vindas às dezenas de voluntários de todo o país

ou


publicidade

pĂşblica: 30 de maio de 2013 7


8

pública: 30 de maio de 2013

freguesias

Utilizadores da ciclovia alertados para não circularem sozinhos A Câmara Municipal de Famalicão alerta os utilizadores da ciclovia para não circularem sozinhos, a propósito do episódio de violação que ocorreu na terça-feira da semana passada, na freguesia de Terroso, na Póvoa de Varzim, no percurso da ciclovia que liga a Póvoa a Famalicão através da antiga linha férrea. Em comunicado à imprensa, a autarquia diz que “lamenta profundamente” o sucedido e que, apesar do episódio não ter ocorrido no concelho famalicense, “constitui motivo de grande preocupação para a Câmara Municipal”. Nesse sentido, a autarquia famalicense vai procurar sensibilizar os utilizadores da ciclovia para a absoluta necessidade de não circularem sozinhos. Na mesma nota, o vereador do desporto, Leonel Rocha, lembra que a ciclovia “atravessa uma mancha florestal e rural assinalável, existindo muitas zonas isoladas e com pouco movimento de pessoas”. Por isso, deixa o alerta: “é desaconselhável a utilização isolada do circuito, não só para prevenção de eventuais atos criminosos como o ocorrido, mas também para a ativação de respostas de socorro rápidas, em caso de queda ou doença”. Aliás, o mesmo conselho foi dado pela GNR. Em declarações à agência Lusa, fonte da Guarda avisou para “longos troços” daquela ciclovia, onde não existe “qualquer casa” e se vê apenas “floresta e campos”, um cenário que se torna perigoso e suscetível da prática de crimes. Na terça-feira da semana passada, dia 21, uma jovem de 20 anos, que circulava de bicicleta na ciclovia, na zona da Póvoa de Varzim, por volta do meio-dia, foi surpreendida por um homem que aparentava ter 40 anos e que também se deslocava de bicicleta. O agressor abalroou a jovem, arrastou-a pelos cabelos, agrediu-a e foçou-a a atos sexuais. O caso está entregue à Polícia Judiciária do Porto.

Xavier Oliveira reuniu com direção da ACIP

Coligação apresentou candidato à Junta de Freguesia

Sérgio Marques quer Gavião no rumo de Famalicão Foi com um sentimento de orgulho que Paulo Cunha apadrinhou a sessão de apresentação do candidato da coligação “Mais Ação, Mais Famalicão” à presidência da Junta de Freguesia de Gavião, Sérgio Marques. “Filho da terra”, o candidato à presidência da Câmara de Famalicão compareceu no Polidesportivo das Ribeiras com “sentido de responsabilidade redobrado”. Sérgio Marques, 42 anos, publicitário, avança para esta eleição com o propósito de impulsionar o progresso da freguesia. “Gavião precisa de mais identidade e, para crescer ao mesmo ritmo que Famalicão, não pode estar do lado oposto da Câmara”, sublinhou. O cabeça de lista da coligação apiada pelo PSD e pelo CDS-PP tem vontade em fazer obra e quer ser responsável por uma “gestão criativa” da Junta de Freguesia, com prioridade para as pessoas, associações e escolas, estimulando, ainda que em tempos adversos ao investimento, medidas que assegurem qualidade de vida à comunidade. “As pessoas estarão sempre em primeiro lugar e serei intransigente na defesa dos seus interesses”, enfatizou. Entre outras medidas que pretende concretizar, Sérgio Marques

Paulo Cunha com Sérgio Marques na cerimónia de apresentação da candidatura

apontou o alargamento do cemitério e o arranjo da avenida desde o Cruzeiro até ao Largo da Igreja. Por seu lado, Paulo Cunha fez questão de assinalar que subscreve as propostas do candidato e assumiu o objetivo de ajudar a freguesia que o viu nascer a encontrar o caminho do progresso. “Não quero olhar para esta freguesia muito especial para mim, onde cresci e vivem os meus pais e irmãos, à procura de desculpas para que não haja desenvolvimento”, afirmou. Aproveitando a sua presença numa freguesia com forte implementação industrial, o candidato da coligação à Câmara defendeu as ideias que preconiza para promover o desenvolvimento económico do

concelho. Assim, intensificar o empreendedorismo e favorecer a fixação de empresas através de medidas facilitadoras da sua atividade são objetivos que Paulo Cunha pretende concretizar. Para tal, o candidato ambiciona tornar Famalicão uma “mega incubadora”, ao estimular a propensão para o risco num concelho marcadamente jovem, e promete manter a isenção da derrama a todas as pequenas e médias empresas. Refira-se que Augusto Rodrigues, fundador da Associação de Pais de EB1 de Gavião, foi apresentado como mandatário da candidatura de Paulo Cunha em Gavião e Mário Jorge Ferreira como mandatário para a juventude.

Coligação apresenta candidato à presidência da Junta de Oliveira S. Mateus

Rui Rodrigues privilegia bem-estar da comunidade No sábado passado, o candidato à Junta de Joane Xavier Oliveira, acompanhado pelo mandatário, Domingos Melo, e representantes das comissões política do PSD e do CDS/PP de Joane, reuniu no com dirigentes da ACIP – Ave Cooperativa de Intervenção Psico-Social. A reunião destinou-se a conhecer e auscultar as necessidades e projetos da cooperativa, bem como discutir a situação social da freguesia e conhecer o projeto da “Casa da Villa”, a edificar na antiga escola primária de Cima de Pele cedida à ACIP pela Câmara Municipal. O presidente da cooperativa, Francisco Lima, descreveu à delegação da candidatura o trabalho desenvolvido tanto no departamento de formação como no comunitário e no de educação/reabilitação, assim como inteirou a delegação das mais prementes

preocupações da instituição. A delegação da candidatura visitou as obras que decorrem a bom ritmo da “Casa da Villa”, um projeto que ronda os 300.000 euros de investimento e que permitirá à ACIP desenvolver uma nova resposta social: um Centro de Atividades Ocupacionais e Formação Profissional para a deficiência. Xavier Oliveira referiu que a ACIP é uma instituição de referência na utilização de técnicas inovadoras, que visem o desenvolvimento máximo das capacidades das pessoas com deficiência, e demonstrou à instituição o seu apreço pelo meritório trabalho desenvolvido na área psico-social. O candidato qualificou de excelente o trabalho desenvolvido pela cooperativa que qualificou e fez votos para que “continue o bom trabalho que tem desenvolvido”.

Culpas & Desculpas O OPINIÃO PÚBLICA, com base numa informação fornecida pela candidatura da coligação “Mais Ação, Mais Famalicão”, publicou que o candidato à presidência da Junta de Freguesia de Cruz, cuja sessão pública de apresentação ocorreu a 3 de maio, pertence à Comissão de Festas da freguesia. Tal facto não corresponde à verdade. O candidato é o atual chefe dos escuteiros, pelo que aqui fica a correção.

“As pessoas, as suas condições de vida e a sua afirmação na sociedade vão ser uma das minhas preocupações constantes”. Quem o afirma é Rui Rodrigues que, na passada sexta-feira, se apresentou como candidato independente pelo “Movimento Cidadãos por S. Mateus”, apoiado pela coligação “Mais Ação, Mais Famalicão”, à presidência da Junta de Freguesia, numa sessão pública que decorreu na escola primária. Rui Rodrigues, 46 anos, presidente da Associação Desportiva e Cultural de S. Mateus e secretário daquela autarquia, abraçou “com grande motivação e sentido de responsabilidade” o desafio de concorrer às Eleições Autárquicas. O candidato revela-se um “profundo conhecedor” da freguesia e garante uma presidência “atenta e próxima das pessoas”, mostrando-se convicto de que irá suceder a Carlos Pereira, que nos últimos 20 anos presidiu aos destinos da localidade. O autarca de Oliveira S. Mateus – que integra a lista do candidato independente como secretário – aproveitou o momento para felicitar publicamente Rui Rodrigues pelo projeto que defende para a freguesia, centrado nas preocupações da comunidade. Rui Rodrigues assumiu também o compromisso de concluir as redes de saneamento básico e abastecimento de água a toda a população e de trabalhar no alargamento do cemitério. Por sua vez, o candidato da coligação “Mais Ação, Mais Famalicão”, numa intervenção igualmente marcada pelas preocupações sociais, assegurou que, caso seja eleito presidente da Câmara Municipal, irá ser “promotor da solidariedade”. Nesse sentido, Paulo Cunha irá empenhar-se em intensificar a ação do Conselho Local de Ação Social e das comissões sociais inter-freguesias e a estimular o surgimento de lojas sociais. Comprometeu-se ainda a interagir com todos os cidadãos e enti-

dades disponíveis para integrar uma plataforma social que aperte a malha da rede social. O candidato apoiado pelo PSD e pelo DS-PP, numa alusão ao seu percurso político, marcado nos últimos quatro anos pelo exercício das funções de vereador na autarquia famalicense, fez questão de elogiar o presidente da Câmara Municipal, Armindo Costa, pelo “magnífico legado”. “Um autarca notável, que deixa uma obra inigualável e com quem aprendi muito do que hoje sei”, afirmou, recebendo os aplausos dos presentes. Na cerimónia, José Luís Pereira, industrial, foi apresentado como mandatário da candidatura de Paulo Cunha em Oliveira S. Mateus.

Rui Rodrigues no momento em que apresentava a sua candidatura


pública: 30 de maio de 2013 9

freguesias

BE critica postura de Paulo Cunha no caso dos CTT de Delães O Bloco de Esquerda (BE) de Famalicão veio esta semana, em comunicado, criticar a postura do candidato da coligação PSD/CDSPP à Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, no caso do posto dos CTT de Delães. O BE lembra que o encerramento daquele posto só não se concretizou porque a Junta de Freguesia se disponibilizou a facultar os meios físicos, humanos e financeiros para que a população continue a beneficiar destes serviços públicos. Nesse sentido, lamenta que Paulo Cunha, “responsável máximo do PSD no distrito de Braga e apoiante das medidas do atual Governo, nunca se tenha manifestado contra o encerra-

mento destes serviços públicos e venha agora enaltecer a disponibilidade da junta de freguesia para que os referidos serviços continuem ao dispor da população”. Considerando que “esta decisão da junta de freguesia, de se colocar ao lado das populações contra o encerramento dos CTT pelo Governo, resultará numa diminuição da capacidade da mesma em executar as responsabilidades que lhe são inerentes”, o BE diz ainda não aceitar aquilo que diz ser uma “postura bipolar” de Paulo Cunha que, “por um lado apoia todas as medidas do Governo e que, ao mesmo tempo, quer fazer crer que está do lado das populações”.

Detidos suspeitos de desmantelamento de carros O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR Barcelos apanhou em flagrante um grupo de indivíduos, de etnia cigana, que se dedicava ao desmantelamento de viaturas. Os suspeitos, residentes no conhecido como “Bairro 31”, em Calendário, foram detidos na quinta-feira da semana passada à tarde, no interior do referido bairro a desmantelar viaturas para posteriormente vender as peças para armazéns ou para sucatas. Um dos indivíduos, considerado pelas autoridades como o responsável por esta atividade ilegal, foi constituído arguido e foram ainda identificados meia dúzia de outros suspeitos que auxiliavam no desmantelamento das viaturas.

Feirinha a favor do lar de Calendário A Liga de Amigos do Centro Social de Calendário promove no próximo domingo, 2 de junho, entre as 8 e as 13 horas, uma “feirinha solidária”, no adro entre a Igreja de S. Julião e o Salão Paroquial, em favor do Lar de Idosos e Centro de Dia. Ali estarão à venda pão, bolos, legumes e outros artigos. A partir das 15 horas, realiza-se, no Salão Paroquial, a “Festa da Criança” com a participação de vários grupos locais, interpretando música, danças e canções. A entrada é livre e no exterior funcionará uma tômbola com prémios e um serviço de bar.

Escuteiros de Ribeirão inauguram sede O Agrupamento do CNE de Ribeirão participará, no próximo dia 2 de junho, nas cerimónias da Festa do Santíssimo Sacramento. Nesse dia, pelas 17h30, o Agrupamento realiza a inauguração da sua sede (antiga EB1 de Santa Ana-edifício de baixo), aproveitando a presença do vice-presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, e do presidente da Junta de Freguesia de Ribeirão, Adelino Oliveira, que participarão na procissão da Festa. Para além do descerramento da placa inaugurativa, será benzida a sede pelo Pároco, monsenhor Manuel Joaquim. De referir que, no âmbito da angariação de fundos, os escuteiros organizam, também no dia 2 de junho, uma feirinha e vão aproveitar para vender rifas. Já o “cortejo de oferendas”, para angariação de fundos para aquisição de material escutista (tendas, material de cozinha, entre outros) realiza-se no dia 9 de junho. Terá início pelas 15 horas, em frente à Junta de Freguesia, deslocando-se para o parque exterior das piscinas municipais, onde decorrerá o leilão. Neste dia será, ainda, realizado o sorteio para a entrega de prémios da venda das rifas.

Câmara faz balanço positivo da 10ª edição

Festival de Doçaria atraiu milhares a Landim No passado fim de semana, vários milhares de pessoas rumaram a Landim, ao X Festival Nacional de Doçaria Conventual e Tradicional e, enquanto adoçavam a boca, encantavam o olhar, contemplando um dos exemplares mais ricos do estilo românico de Entre-Douro e Minho, classificado como imóvel de interesse público: o Mosteiro de Landim. Ao todo, cerca de três dezenas de doceiros, provenientes de norte a sul do país, deram a conhecer sabores ancestrais, confecionados de uma forma artesanal, respeitando as receitas originais. Num ambiente de grande animação, com muita música, o certame saldou-se “em mais um sucesso”, como afirmou a propósito o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Armindo Costa. De acordo com o autarca, “é preciso adoçar os tempos de crise e dar espaço para um sorriso”. Armindo Costa considera mesmo que “o Festival de Doçaria Conventual e Tradicional impôs-se já como um dos eventos mais marcantes de Famalicão e de toda região Norte, sendo uma das grandes apostas turísticas da autarquia famalicense”. Paralelamente ao certame decorreu o Concurso de Doces que contemplou como vencedores, na cate-

Armindo Costa visitou os standes no dia de abertura

goria de Doçaria Conventual, o Fidalgo de Francisca Rasga de Évora e, na categoria Tradicional, o Pão de Ló, da Confilandim , de Landim. De acordo, com a ata do júri, presidido pelo mordomo-mor da Contrafaria dos Gastrónomos do Minho, Leite Gomes, foram analisadas todas as inscrições efetuadas, no sentido de apurar a autenticidade da proveniência dos produtos, e posteriormente provados e observados todos os doces e licores a concurso, ponderando todos os itens constantes do regulamento. Da prova resultou a atribuição dos prémios por unanimidade. Assim, na categoria conventual ficaram classificados o Pão de São Bernardo, de Manuel Bastos de Arouca em segundo lugar e as Rosá-

ceas, da Pastelaria Terraço de Alcobaça, em terceiro lugar. Houve ainda menções honrosas para o Jesuíta da Pastelaria O Jesuíta da Trofa e para as Cristas de Galo da Casa Lapão de Vila Real. Na doçaria tradicional o segundo lugar foi para o Pão de Ló de Margaride de Felgueiras e o terceiro lugar para o Biscoito de Sésamo de Miolo de Nós de Famalicão. Nos licores, o primeiro classificado foi o Licor de Cereja da Quinta d’ Ameã de Vinhais e o segundo classificado o Licor de Ginja dos Licores Conventuais de Alcobaça. O melhor stande foi o da Pastelaria Kibom de Vizela. veja em www.famatv.pt ou

No âmbito de uma parceria com a Junta de Freguesiaa

BV Famalicão inauguram posto de socorro em Mogege A freguesia de Mogege tem, desde a passada sexta-feira, um posto avançado de socorro, inaugurado pelos Bombeiros Voluntários (BV) de Famalicão, no âmbito das comemorações do seu 123º aniversário. Dispondo de uma ambulância e de um técnico com formação em Suporte Básico de Vida, a estrutura vai facilitar a emergência no socorro às populações de Mogege e das proximidades. “Trazemos para

junto das populações um serviço que estava a 14 quilómetros de distância e que passa a estar a um ou dois quilómetros, o que em termos de emergência é importantíssimo”, vincou ao OP, João Coelho, presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Famalicão. A nova infraestrutura de socorro, orçada em cerca de 40 mil euros, está localizada na Praça de Santa Marinha, um local com uma centralidade im-

portante para servir a população daquela zona do concelho, no entender do presidente da Junta de Freguesia, Manuel Pimenta, que sublinha ainda o facto de Mogege ser “uma terra muito industrializada”, o que faz com que a sua população cresça no dia-adia, “com pessoas que residem noutras terra mas vêm para aqui trabalhar”. “Além disso, estamos a 50 metros da VIM e a 100 metros do limite de Joane. Por isso penso que nesta

região não haveria melhor centralidade do que esta”, vinca ainda Manuel Pimenta. A Câmara Municipal de Famalicão também é parceira do protocolo estabelecido entre a corporação de bombeiros e a Junta de Freguesia, fazendo-se representar na cerimónia pelo vereador da Proteção Civil. Ricardo Mendes reconhece que a eficiência no socorro �� população será agora maior e elogia a parceria estabelecida entre a autarquia local e a corporação de bombeiros. “São estas pequenas sinergias que se traduzem em enormes ganhos para a população”, referiu. Entretanto, os BV Famalicão preparam já a criação de outra estrutura similar, que deverá surgir em Fradelos, ainda antes do final do ano. C.A./ P.C. veja em www.famatv.pt

O posto de socorro dispõe de uma ambulância e de um técnico

ou


10

pública: 30 de maio de 2013

Empresa Têxtil, situada na zona Norte do país, que produz artigos de vestuário em malha, pretende admitir para entrada imediata:

freguesias

pub

MODELISTA ( M/F )

PRETENDE-SE:

• Pessoa com bons conhecimentos de modelação, execução de marcadas e planos de corte, para artigos de vestuário em malha, para Homem, Senhora e Criança, • Conhecimentos profundos na utilização do sistema Lectra, Modaris e Diamino, e outras ferramentas informáticas, • Disponível, responsável e dinâmica, • Alguns conhecimentos de Inglês, • Idade até 40 anos, • Experiência mínima de 2 anos.

OFERECE-SE:

• Integração em empresa com prestígio. • Remuneração a acordar Os candidatos interessados deverão contactar através: Do telefone: 252309457 Por email: isantos@textilnortenha.pt Por correio para a seguinte morada: Empresa Textil Nortenha, SA Rua de Prazins, Avidos, 4770-780 Vila Nova de Famalicão

pub

PS apresentou candidata à Junta de Freguesia

Liberta Carina compromete-se a desenvolver Pedome Liberta Carina foi apresentada no passado sábado à tarde, como candidata do Partido Socialista à presidência da Junta de Freguesia de Pedome, numa cerimónia que decorreu no salão paroquial. A candidata é professora e Pedome é a terra onde cresceu, trabalha e vive com a sua família há muitos anos. Liberta Carina declarou que se candidata porque é uma pessoa preocupada com a sua freguesia e porque quer fazer “mais e melhor pelas pessoas”. Assim, “para dinamizar Pedome”, assumiu o compromisso de, “com firmeza, lealdade e convicção, trabalhar incansavelmente até ver realizados projetos que já idealizou para melhorarem a vida da freguesia e do povo”. Esses projetos que a em cinco áreas: melhorar a qualidade de vida dos pedomenses; aprofundar a solidariedade e entreajuda na freguesia; resolver os mais pequenos problemas que as pessoas possam ter na sua relação com a administração pública; afirmar politicamente as reivindicações de Pedome junto das entidades públicas; e apoiar as associações desportivas, sociais, recreativas e culturais da freguesia. Liberta Carina considera que a sua candidatura pelo PS “tem muitas ideias e grande capacidade de organização e de trabalho”, pe-

Liberta Carina com a filha, junto a Nuno Sá

dindo aos pedomenses que lhe deem uma oportunidade, entendendo que a freguesia “tem sido esquecida enquanto outras se vão desenvolvendo”. Além dos muitos populares que encheram o Salão Paroquial, assistiram à apresentação da candidatura os vereadores, deputados municipais e membros do Secretariado do PS. O líder dos socialistas famalicenses, Nuno Sá, subiu ao palco para elencar as obras feitas no concelho pela Câmara Municipal e governos do PS (apontando a variante, a Biblioteca Municipal, a Casa das Artes, a Casa de Camilo, o novo Tribunal e a nova urgência do hospital), que contrasta com “o esbanjamento de milhões de euros em festarolas e propaganda muni-

cipal do PSD/CDS-PP”, referiu. O dirigente garantiu ainda que para os socialistas “as pessoas são uma prioridade”, dando como exemplos o Complemento Solidário para Idosos e “os investimentos nos equipamentos sociais e na educação que também se fizeram em Famalicão com o PS”. Nuno Sá lembrou que a atual Câmara Municipal é do PSD/CDSPP, “que são exatamente os mesmos partidos que desgovernam Portugal”. O líder socialista referiu que o candidato à Câmara Municipal do PSD/CDS-PP “é amigo e apoiante de Passos Coelho porque é dirigente máximo da Distrital de Braga do PSD”, concluindo que PSD/CDS-PP “não merecem estar nem no Governo, nem na Câmara de Famalicão”.

Candidata do PS à Junta de Bairro

Lina Fernandes quer uma freguesia mais moderna e solidária pub

O Partido Socialista (PS) apresentou, a semana passada, Lina Fernandes como candidata a presidente da Junta da Freguesia de Bairro. A cerimónia pública decorreu no Parque das Camélias de Bairro e contou com a presença do presidente da Comissão Política Concelhia de Famalicão, Nuno Sá, de vereadores e deputados municipais e teve na assistência centenas de apoiantes e de populares, segundo estimativa do partido. Lina Fernandes afirmou que este é o maior desafio da sua vida, mas aceitou-o porque “é nas alturas difíceis que devemos estar prontos para dar o nosso melhor ao serviço da nossa terra e das nossas gentes”. A candidata socialista prometeu ser “o estandarte” de todos os bairrenses na concretização dos projetos económicos, sociais, culturais e desportivos que estão pensados para a freguesia, “apenas faltando dinamismo, capacidade de unir e vontade de os realizar”. Lina Fernandes quer a freguesia de Bairro “mais moderna, mais atraente, mais acolhedora, mais amiga e mais solidária”. Afirmando que a sua motivação é só uma: “gostar de Bairro”, a candidata realçou ainda que mais do

Lina Fernandes apresentou publicamente a candidatura pelo PS

que presidente, quer ser “uma aliada dos bairrenses, pretendendo tudo fazer para mudar para melhor a vida de cada uma das pessoas e famílias de Bairro”. Já Manuel Almeida, mandatário da candidatura de Lina Fernandes, referiu que “foi dado o tiro de partida para uma caminhada que vai exigir muito trabalho e dedicação a Bairro, chegando a altura de cada um, como cidadão, dar tudo o que tem, para eleger a Lina a presidente”. Para Manuel Almeida, a candidata “é um exemplo de cidadania e de coragem, incentivando-nos a ir à luta para defender os bairrenses”.

“Lina Fernandes e o PS vão unir Bairro e trazer um novo futuro à freguesia com mais esperança, apoio às pessoas, ligação à economia e afirmação de Bairro junto da Câmara Municipal e do Governo”, concluiu. O mandatário não esqueceu também a atual situação do país, dirigindo críticas ao Governo: “Este governo PSD/CDS-PP põe-nos a viver ansiosos e com medo. Num dia, aumenta-nos os impostos. Noutro dia, corta-nos nos salários e nas reformas. No dia seguinte, anuncia que vai mandar milhares para o desemprego. A crise, o défice, a recessão e o desemprego são as marcas do PSD/CDS-PP”.


pública: 30 de maio de 2013 11

freguesias

A vida deste jovem mudou aos 28 anos num acidente de trabalho

Tiago Ribeiro precisa de um elevador na sua casa Sofia fia Abreu Silva

um jovem que gostava de trabalhar. Também “adorava ir à praia, A história de Tiago começa como oupassear pela areia molhada e sentras tantas. O Tiago Ribeiro nasceu a tir a brisa do mar, jogar futebol, 23 de julho de 1982 em Famalicão, fazer campismo e sair sem desmorando sempre na freguesia de tino”, simplifica. Portela Santa Marinha. Até aos 12 Tiago diz que a vida depois do anos viveu com os pais na casa dos acidente é “como nascer de avós maternos, num “local maravinovo”. “Tudo é uma novidade e dilhoso e calmo”. Aos 12 anos muda ferente da vida que conhecia até de casa com os pais, onde ainda aos meus 28 anos. Tive de aprenvive atualmente. Desde sempre, der novas formas de viver e levar a Tiago Ribeiro queria aprender uma vida da forma que me é permitido. arte: “queria ser tubista, uma área Passei 3 semanas no Hospital S. que me fascina imenso”, recorda. João no Porto, 6 meses no HospiTerminado o 9º ano de escolarital Santa Maria, no Porto e 7 medade, Tiago Ribeiro inicia a sua carses no Centro de Reabilitação Roreira profissional na área da eletricivisco Pais, na Tocha”. dade, numa empresa local. Dois Na verdade, Tiago nunca peranos depois, muda de empresa, deu a vontade de ser mais e memas mantém-se no ramo da eletricilhor. “Já tirei vários cursos profisdade: “trabalhei aí durante 12 anos sionais na área da eletricidade, a até ao dia do acidente e ainda hoje carteira de oficial de eletricista e Tiago Ribeiro pertenço aos quadros da mesma”. terminei o 12º ano, em horário pós É no dia 23 de maio de 2011, chão, com imensas dores, ficando laboral”, elenca. numa segunda-feira como outras paralisado do tórax para baixo”. tantas, que a vida de Tiago muda Tiago precisa de um elevador “Estamos a falar de uma queda definitivamente. Ele e os colegas de 7,30 metros que aconteceu às Atualmente, Tiago passa os estavam a montar umas luminá- 16h45, a hora em que toda a mi- seus dias em casa. É, justamente, rias num loteamento, em postes nha vida muda por completo”, aqui onde ele precisa de ajuda. de cimento. O dia tinha sido bas- conta. “Até hoje não encontro ra- Para que Tiago possa ver a sua autante calmo e sossegado e até es- zão para tal ter acontecido, existe tonomia ampliada, era importante tava a terminar. “Tinha todos os essa dúvida e esse vazio que está que a sua habitação tivesse um equipamentos de proteção indivi- presente todos os dias na minha elevador. “Moro no primeiro andar dual, e lembro-me de subir alguns vida. O que se passou… não sei, e não tenho forma de entrar e sair de degraus da escada, que também não me recordo, nem encontro ex- casa sem a ajuda de terceiros. A estava em perfeitas condições e plicação possível para tal”, con- casa tem três escadas com imensos devidamente presa, mas quando fessa. degraus…nunca imaginamos o que dei por mim estava estirado no Antes do acidente, Tiago era o futuro nos reserva e os degraus foram construídos em granito polido, um material muito perigoso nos dias de chuva…tenho sempre medo de cair”, explica. Um elevador tornaria, assim, a vida de Tiago mais fácil e mais seAs pessoas ou empresas que pretendam ajudar o Tiago Ribeiro, pogura. “Este elevador é um equipadem faze-lo de várias formas, nomeadamente através de recolha de mento certificado, com todas as nortampas de plástico. Entretanto, no dia 14 de julho, a Adespo - Assomas de segurança indicadas e ciação Desportiva e Cultural de Portela Santa Marinha, realiza um esexigidas para pessoas com mobilipetáculo com vários artistas no seu complexo desportivo, tendo em dade reduzida, que é o meu caso”. vista a angariação de fundos para o Tiago. Tiago pede assim apoio para ter A associação está ainda a realizar a venda de rifas, por um euro, mais independência, porque, apesar e está à procura de mais locais públicos que aceitem colocar estas rido acidente, sempre foi e é muito fas à venda. ativo. “Não consigo estar parado, O desafio é também deixado às empresas e entidades que queigosto de desafios e de atingir as miram contribuir com ajudas simbólicas para ajudar na redução da desnhas metas e objetivos. Gosto de pesa no dia 14 de julho. música e os livros aquecem-me nos Quem quiser contribuir e comprar bilhetes por transferência bandias de flagelo”, revela Tiago, descária, pode fazê-lo. Basta fazer o pagamento e enviar o comprovativo crevendo-se como “um jovem muito de pagamento juntamente com o nome, morada e número telemóvel tímido”. Quando lhe pedimos uma para o email cartimam@live.com.pt). O NIB é o: 0033 0000 mensagem para deixar às pessoas, 45252398582 05. Tiago diz: “vivam a vida um dia de Entretanto, se quiser contatar o Tiago e ajudá-lo, pode fazê-lo cada vez, baixar os braços é a pior através dos contactos: 962087478 e 910248357. escolha que se pode tomar”.

Formas de ajudar o Tiago

ARCA inaugura nova sede A Associação Recreativa e Cultural de Antas (ARCA) inaugura no próximo sábado, dia 1 de junho, a sua nova sede, cumprindo um longo sonho de todos quantos fundaram e serviram a coletividade. Situada no antigo parque escolar de S. Cláudio, no lugar da Bóca, as novas infraestruturas sofreram obras de melhoramento, nomeadamente ao nível do rés-do-chão, onde funcionará o novo bar e a sala do associado. A cerimónia vai contar com a presença de várias entidades, como o presidente da Câmara Munici-

pal, Armindo Costa; o vice-presidente do município, Paulo Cunha; o presidente da Junta de Freguesia de Antas, Alcino Cruz; todos os ex-presidentes da ARCA e sócios fundadores, bem como outras instituições e coletividades. Aberta a toda a população, a cerimónia tem início às 16 horas e contempla visita às novas instalações, um espetáculo musical e de pirotecnia, e um espaço lúdico montado especificamente para os mais novos, para assinalar o Dia Mundial da Criança.

Indivíduo e agentes receberam tratamento hospitalar

Polícia atinge a tiro homem que terá tentado agredir agentes Um homem foi baleado a tiro, no passado dia 23 de maio, pela PSP de Famalicão, após alegada agressão a três polícias com uma faca e um pau. O incidente aconteceu por volta das 13h45 desse dia, na casa da mãe do indivíduo, na Rua D. Rodrigo Moura Teles, na Laje, em Calendário. O homem, com 45 anos, está internado numa unidade de saúde mental e durante uma visita que fez à mãe nesse dia tornou-se violento, pegou numa faca de cozinha e ameaçou matar a progenitora. A PSP foi chamada ao local, mas o homem barricou-se no quintal da residência, impedindo bombeiros e polícia de chegarem até si. Em comunicado, a Polícia relata que “com a chegada da PSP, o detido não obedeceu às ordens dos elementos policiais, tendo agredido três polícias”, acrescenta.Na sequência da intervenção e consequente agressão, um polícia terá sido agredido com uma faca no

lado esquerdo do abdómen, sofrendo ferimentos leves; outro foi atingido com um pau na cabeça e um terceiro também ficou ferido. Os três agentes policiais necessitaram de receber tratamento hospitalar. “Atendendo ao comportamento muito violento do indivíduo, e para os elementos policiais o imobilizarem e deterem, fizeram uso da arma de fogo, efetuando alguns disparos de intimidação para o ar e posteriormente para os membros inferiores”, explica ainda o comunicado. O homem atingido com quatro tiros, nos membros inferiores e na zona do abdómen, e foi assistido no local pelos Bombeiros Voluntários de Famalicão e pela VMER do Hospital de Famalicão, para onde foi depois transportado. Foi operado, mas não corria perigo de vida. Ficou internado no Hospital de Famalicão, sujeito a vigilância policial, até posterior indicação do tribunal.

Alunos da EB1 de Avidos no “Matemática em Jogo” No dia 21 de maio, nove alunos do 4º ano da EB1 de Avidos deslocaram-se à escola EB 2,3 Júlio Brandão para participar nas semifinais do “Matemática em Jogo”, promovidas pelos professores de Matemática da Didáxis, em parceria com a Câmara Municipal. A participação dos alunos nos jogos “Pontos e Quadrados”, “Semáforo” e “Ouri” permitiu desenvolver a capacidade de concentração e atenção; a capacidade de raciocínio abstrato e estratégico; a habilidade de pensar primeiro e pesar opções; o gosto pela matemática através de jogos lúdicos e o gosto pela participação e competição saudáveis. O aluno Bruno Azevedo irá representar a EB1 e Avidos na final do jogo “Semáforo”.

130 participantes no 3º Passeio de Cicloturismo Ilha’s Park Foram cerca de 130 os participantes no 3º Passeio de Cicloturismo, que se realizou no domingo passado, dia 26 de maio, organizado pelo Ilha’s Park. O passeio começou em S. Simão de Novais e passou depois por Oliveira S. Mateus, Riba d’ Ave, Delães, Bairro, Carreira e Bente. Este 3º Passeio de Cicloturismo, além da vertente de passeio e lazer, teve também um caráter solidário, sendo que reverteu para os Bombeiros Voluntários de Riba d’ Ave. Foram sorteados prémios pelos participantes e no local de partida do passeio realizaram-se também rastreios de visão e saúde, que também registaram boa adesão. A organização agradece a todos os patrocinadores o apoio dado. veja em www.famatv.pt ou


12

pública: 30 de maio de 2013

publicidade

Falecimentos

ANTÓNIO DA COSTA SEARA (Impermeáveis Seara)

Fátima Azevedo Castro Araújo, no dia 23 de maio, com 59 anos, casada com Armindo Machado de Araújo, da freguesia de Jesufrei. Manuel Barbosa da Silva, no dia 24 de maio, com 66 anos, divorciado de Alexandrina Martins Mesquita, da freguesia de Arentim (Braga).

Missa de Aniversário de Falecimento e Missa Natalícia

A família vem por este meio comunicar às pessoas de suas relações e amizade, que serão celebradas duas missas em sufrágio da sua alma, uma hoje, dia 30 de Maio (quinta-feira), pelas 18 horas de aniversário de falecimento e outra dia 2 de Junho (domingo) missa de aniversário de nascimento, pelas 11 horas, ambas no Mosteiro Francisco Assis na Cruz de Pêlo, Vale S. Martinho. Igualmente aqui deixam o seu agradecimento a todos aqueles que participarem neste piedoso acto, pelo seu eterno descanso. Vale S. Martinho, 30 de Maio de 2013

Desde já, antecipadamente agradece

A Família

Maria de Jesus Veloso da Silva 81 Anos Agradecimento e Missa de 7º Dia A família vem, por este meio, agradecer a todos aqueles que se dignaram a participar no funeral da sua ente querida e aproveita também para comunicar que a missa de 7º Dia pelo seu eterno descanso é celebrada esta quinta-feira, dia 30 de maio, pelas 20h30, na Igreja Paroquial de Gavião. Desde já, a família manifesta o seu profundo reconhecimento a quantos se dignarem assistir a este piedoso ato.

A Família

Lucinda Martins Moreira, no dia 27 de maio, com 74 anos, viúva de João Fernandes Rodrigues, da freguesia de Arnoso Santa Maria. Agência Funerária Arnoso - José Daniel Pereira Arnoso Santa Eulália - Telf. 91 724 67 03

Maria Zulmira Paiva de Carvalho, no dia 27 de maio, com 74 anos, casada com José da Silva Araújo, da freguesia de Ruivães. Agência Funerária da Lagoa Lagoa – Telf. 252 321 594

Joaquim Gomes da Costa, no dia 23 de maio, com 96 anos, casado com Leonor Ferreira de Campos, da freguesia de Calendário. Maria de Jesus Veloso da Silva, no dia 24 de maio, com 81 anos, viúva de Alberto Rodrigues Pereira Bastos, da freguesia de Gavião. Armindo José Gonçalves, no dia 25 de maio, com 85 anos, viúvo de Josefina da Costa Machado, da freguesia de Cabeçudos. Agência Funerária Rodrigo Silva, Lda Vila Nova de Famalicão – Tel.: 252 323 176

Idalina Barbosa Pereira, no dia 27 de maio, com 68 anos, solteira, da freguesia de Riba d’Ave. Agência Funerária Riba D’Ave Riba D’Ave – 917 586 874

Olívia Mesquita Ribeiro, no dia 27 de maio, com 62 anos, casada com Luís Carmo da Silva, da freguesia de Brufe. José Joaquim de Figueiredo, no dia 27 de maio, com 92 anos, casado com Elisa Pereira Martins, da freguesia de Calendário. Agência Funerária do Calendário Calendário – Tel.: 252 377 207 Jacinto José Afonso Silva, no dia 18 de maio, com 40 anos, divorciado, da freguesia de Outiz. Agência Funerária Palhares Balazar– Tel.: 252 951 147

Júlia Moreira da Silva, no dia 26 de maio, com 97 anos, viúva de Joaquim Fernandes, da freguesia de Rebordões (Santo Tirso). Rosa Maria Ferreira Barbosa, no dia 25 de maio, com 63 anos, casada com Francisco Fernandes Pinheiro Lopes, da freguesia de Bairro. Agência Funerária de Burgães Sede.: Burgães / Filial.: Delães Telf. 252 852 325

Joaquina Gomes, no dia 21 de maio, com 93 anos, viúva de António da Costa, da freguesia de Moreira de Cónegos (Guimarães). Alberto Pereira Peixoto, no dia 22 de maio, com 69 anos, casado com Emília da Conceição Lopes da Cunha, da freguesia de Gandarela (Guimarães). Eduardo Faria Gonçalves, no dia 22 de maio, com 48 anos, casado com Rosa Maria João Caetano Gonçalves, da freguesia de Creixomil (Guimarães). Manuel da Cunha, no dia 23 de maio, com 85 anos, casado com Maria Emília Costa Machado, da freguesia de Delães. João Carlos Gomes Ribeiro, no dia 26 de maio, com 41 anos, solteiro, da freguesia de Serzedelo (Guimarães). Maria Hermínia Almeida Carneiro, no dia 27 de maio, com 55 anos, casada com Serafim dos Anjos Oliveira Saraiva, da freguesia de Oliveira Santa Maria. Agência Funerária Carneiro & Gomes Oliveira S. Mateus – Telm. 91 755 32 05

Armandina Faria Reis, no dia 22 de maio, com 70 anos, casada com Vítor Manuel Peixoto de Carvalho, da freguesia de S. Martinho de Bougado (Trofa). Isaura Ferreira, no dia 22 de maio, com 90 anos, casada com Manuel Maria da Costa Azevedo, da freguesia de S. Martinho de Bougado (Trofa). Maria das Dores Rodrigues Carvalho, no dia 25 de maio, com 67 anos, casada com José Pereira de Castro Novais, da freguesia de S. Martinho de Bougado (Trofa). Agência Funerária Trofense, Lda (S. Martinho de Bougado) Trofa – Tel.: 252 412 727


pública: 30 de maio de 2013 13

freguesias

Coligação apresenta candidatos a Novais e Ruivães A coligação “Mais Ação, Mais Famalicão”, apoiada pelo PSD e pelo CDS-PP, prossegue no próximo fim de semana com a apresentação dos seus candidatos à presidência das juntas de freguesia, em sessões que contarão com a presença do candidato à Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha. Assim, esta sexta-feira, dia 31, é apresentado Daniel Cunha como candidato de Novais à União das Freguesias de Ruivães e Novais, pelas 21 horas, na sede da Junta de Freguesia. Daniel Silva Cunha, 72 anos, casado e aposentado, é o atual presidente da Junta de Freguesia de Novais, cargo que ocupa desde 2005 e que já desempenhara entre 1977 e 1992. Presidiu à Comissão Administrativa do Ruivanense Atlético Clube, na década de 1980, e ao Grupo Coral de Delães e Novais. Pertenceu Orfeão de Bairro. No domingo, dia 2, é a vez de João Machado apresentar a sua candidatura à presidência da União das Freguesias de Ruivães e Novais, pelas 18 horas, na sede da Junta de Ruivães. João Carlos Machado, 54 anos, casado e comerciante, foi o tesoureiro da Junta de Freguesia de Ruivães até 2005.

Dia da Criança celebrado em Bairro A Associação de Pais e Encarregados de Educação das Escolas de Bairro promove no próximo sábado, 1 de junho, a festa do Dia Mundial da Criança, entre as 10 e as 17 horas, na Quinta do Badaró, em Bairro. A festa é organizada em parceria com a Junta de Freguesia, o Centro Social de Bairro, Jardim de Infância e EB1, Agrupamento de Escuteiros, Bairro Futebol Clube, Grupo Nova Geração, Conferência Vicentina e Academia Alex Ryu Jitsu, com o apoio de uma parte significativa do tecido empresarial da freguesia.

Jardins com ciência na D. Maria II O Agrupamento de Escolas D. Maria II apresenta esta sexta-feira, 31 de maio, o projeto “Jardins com(s)ciência”, na Casa do Território, no Parque da Devesa, pelas 18 horas. Na cerimónia serão dados a conhecer os jardins científicos da escola EB 2,3 D. Maria II. Do programa faz ainda parte a palestra “Flora e Vegetação Portuguesa e suas Principais Ameças”, por Paulo Alves, investigador da Universidade do Porto.

Jogo solidário em Arnoso Santa Maria O campo de jogos de Arnoso Santa Maria é palco, no próximo sábado, 1 de junho, de um jogo solidário em favor de Juliana, uma mulher de 32 anos que perdeu recentemente o filho de quatro anos e a quem foi agora diagnosticado dois nódulos no peito. A cirurgia poderá salvar-lhe a vida mas são necessários 5 mil euros para financiar a operação, verba de que Juliana não dispõe. Nesse sentido, pelas 16 horas, será realizado um jogo de solidariedade entre o DECA e uma “Equipa de Estrelas”.

Associação sensibilizou comunidade e entidades para a conclusão das obras do lar

Festa comunitária da Engenho apelou à solidariedade A Festa Comunitária da Engenho, comemorativa do 19º aniversário desta Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este, realizou-se no passado domingo, na freguesia de Arnoso Santa Eulália, tendo como cenário o Mosteiro de Arnoso, a Praia Fluvial e as margens do Rio Guizande. Para além de uma jornada de convívio e de confraternização entre amigos, associados, colaboradores, população local e entidades convidadas, este foi, no entender do presidente da Engenho, Manuel Augusto Araújo, mais um momento para “reafirmar a identidade da instituição e fortalecer os laços de boa vizinhança”. Ao mesmo tempo, a Engenho mobilizou a comunidade local para aderir à causa solidária a favor da conclusão das obras do Lar “A Minha Casa”, que se prevê concluído no próximo mês de outubro. Aproveitando a presença do vice-presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, e de representantes do Centro de Emprego do Baixo Ave, da Confederação Nacional das IPSS’s, das escolas e movimentos associativos, Manuel Augusto Araújo lançou ideias e projetos no sentido de a Engenho con-

A caminhada a favor do lar foi um dos momentos altos do programa

tinuar “a ser alavanca e interlocutor privilegiado e ativo do desenvolvimento local nas suas diferentes dimensões”. O programa da festa comunitária deste ano incluiu ainda a 1ª Caminhada Solidária a favor das obras do Lar, iniciativa apadrinhada pela atleta Rosa Oliveira e pelo futebolista Nelson Oliveira que, não podendo estar presente, fez-se representar pela sua mãe e ofereceu uma camisola da seleção nacional autografada para ser leiloada aos participantes da caminhada.

O percurso, com início no Centro de Apoio Comunitário e fim no Mosteiro de Arnoso Santa Eulália, proporcionou a cerca de 300 participantes a usufruição de sítios de rara beleza paisagística e patrimonial. Após a receção às entidades convidadas e a celebração da Missa Campal, seguiu-se o tradicional almoço-convívio, sendo a tarde animada por um programa de variedades que contou com a presença do Rancho Etnográfico de Ribeirão e do Grupo Amigos das Concertinas de Arnoso Santa Eulália.

Procissão juntou muitos fiéis em Joane Decorreu no passado sábado, na paróquia de Joane, a procissão em louvor a Nossa Senhora de Fátima, que iniciou pelas 21h30 na Rua de Ruivos, seguindo em direção à Igreja Paroquial. A procissão teve como ponto alto o cenário apresentado no Largo 3 de Julho, que representou a aparição de Nossa Senhora aos pastorinhos, momento acompanhado do sermão alusivo ao mês de Maria. A procissão contou com a presença de muitos fiéis e foi presidida pelo padre António Azevedo, de Joane, por indisponibilidade pelo motivo de saúde do pároco Manuel de Sousa e Silva. Já o sermão foi celebrado pelo padre João Monteiro, também natural de

Joane. O evento teve a colaboração e coordenação da Fraternidade Nuno Álvares (FNA) e contou com a participação da Fanfarra do CNE de Joane, CNE e Guias de Portugal. Ness sentido, a FNA de Joane agradece “a todos os que ajudaram na realização deste evento, em especial aos moradores das ruas que fizeram parte do itinerário da procissão, e restantes cidadãos, que trabalharam e ajudaram na decoração dessas mesmas ruas, que as tornou tão esbeltas, ao ponto de se verificarem verdadeiras obras de arte floral, proporcionando a todos os devotos um espaço digno e acolhedor”.

As profissões foram à escola de Nine Os alunos da escola EB1 de Estrada – Nine tiveram a oportunidade de aprender mais sobre várias profissões ao longo da Semana das Profissões, que decorreu na escola, entre 13 e 17 de maio. No início da semana, os alunos deslocaram-se aos Correios de Nine, onde enviaram cartas para os colegas de turma e aprenderam mais sobre os serviços prestados por esta instituição. Já, na escola, as crianças receberam a visita de uma podologista, e também encarregada de educação de uma aluna, que ensinou aos mais pequenos algumas curiosidades desta profissão e forneceu, claro, muitas informações sobre os pés. A semana contou ainda com a visita da escritora Margarida Fonseca Santos, que contou uma história aos alunos de Nine sobre um menino chamado Pedro, que era lento nos trabalhos de casa. Entretanto, também a corporação dos Bombeiros de Viatodos visitou a escola de Nine e ensinou aos mais pequenos como se procede ao socorro em diferentes situações. Entretanto, apesar de não poder estar presente na Semana das Profissões, o cantor Zé Amaro estará na escola a 12 de junho, para dar a conhecer alguns aspetos da sua profissão.


14

pública: 30 de maio de 2013

Orfeão Famalicense participa em concerto medieval no Porto

cultura

Projeto municipal encerrou mais um ano letivo com sucesso

Cineclube exibe “00h30 Hora Negra” O filme “00h30 Hora Negra” de Kathryn Bigelow é a proposta do Cineclube de Joane para esta quinta-feira, dia 30, às 21h45, na habitual sessão de cinema semanal na Casa das Artes de Famalicão.

Agrupamento Camilo promove sarau cultural O Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco realiza esta sextafeira, dia 31, um Sarau Cultural, no anfiteatro ao ar livre do Parque da Devesa. Com entada livre, o sarau integra atuações de alunos, encarregados de educação, docentes e não docentes do Agrupamento.

Musical Aladino na Casa das Artes O grupo “Ensaiar-te", do Agrupamento de Escolas D. Sancho I, apresenta, no próximo dia 8 de junho, na Casa das Artes o musical “Aladino e a Lâmpada mágica”. Com sessões, às 16 (para as escolas) e às 21 horas (público me geral), esta peça de teatro está especialmente direcionada para a área da infância e juventude. A entrada custa 2 euros, devendo os bilhetes ser reservados até esta sextafeira, dia 31 de maio, pelo contacto 910026625, email joanaalexandragomes@hotmail.com ou silvia_silva1987@hotmail.com, na escola EB2,3 Dr. Nuno Simões ou na secundária D. Sancho I.

“Bichos” surpreendem visitantes do Parque da Devesa

“Viagens pelo Património” levou 5.600 crianças aos museus Armindo Costa desfiou as crianças e levarem os pais aos museus

Cristina Azevedo No total, foram 5.618 as crianças que visitaram, este ano letivo, os museus do concelho ao abrigo do projeto municipal “Viagens Pelo Património Cultural”. O balanço foi feito na passada segunda-feira, na sessão de encerramento deste projeto no ano letivo 2012/2013 que decorreu na Casa das Artes, com a presença de várias das crianças que nele participaram. Promovido pela Câmara de Famalicão, o projeto “Viagens Pelo

Património Cultural” consiste, numa primeira fase, em dar a conhecer às escolas participantes, os diversos museus do concelho e as suas figuras tutelares através da sua representação em maletas pedagógicas e dossiês didáticos. Posteriormente, os alunos são convidados a visitar os museus, preenchendo um “passaporte” que é carimbado em cada visita. O projeto foi lançado há 10 anos e o balanço é “extremamente positivo”, nas palavras do presidente da Câmara, Armindo Costa,

António Freitas

No passado dia 18 de maio, o Orfeão Famalicense participou num Concerto Medieval, de música, poesia e canções, à Casa do Infante, no Porto Além do Orfeão Famalicense, atuaram o Grupo de Música e Canções Medievais do ESMAE, o Duo de Alaudes e o Consort de Flautas. A poesia contou com a apresentação de Angelino Santos Silva, que falou sobre a importância da poesia medieval GalaicoPortuguesa. O Orfeão Famalicense apresentou-se sob a orientação do maestro Fernando Dantas.

que abriu a sessão. “Independentemente do alcance desta iniciativa pedagógica inovadora, o resultado final só pode ser bom porque vos colocou em contato com os nossos museus que são espelho da nossa identidade, da nossa cultura e da nossa memória”, referiu o edil, dirigindo-se à plateia, composta pro cerca de três centenas de crianças. O Museu Ferroviário de Lousado foi o mais visitado ao longo deste ano letivo. Seguiu-se o Museu da Indústria Têxtil, a Estação Arqueológica de Perrelos e a Casa de Camilo. O projeto envolveu ainda a Casa Museu Soledade Malvar, o Museu Bernardino Machado e a Fundação Cupertino de Miranda. “Este é um grande investimento da Câmara Municipal na formação cívica, cultural e comunitária da nossa população estudantil”, sublinhou o edil, acrescentando que o que a autarquia está fazer desde 2003 “é despertar o interesse pela descoberta das diferentes realidades do património cultural do concelho, para que as nossas crianças e os nossos jovens possam conhecer, estudar e entender melhor a história e as raízes da nossa terra”. Armindo costa agradeceu também aos professores que se têm envolvido neste projeto, considerando que sem o seu entusiasmo, “muito dificilmente desabrochava o gosto e a curiosidade dos alunos para com o património”. Finalmente, às crianças o autarca deixou ainda um desafio: “Agora que sabem como os nossos museus guardam e contam histórias bonitas. Agora que sabem como são espaços vivos, onde se podem fazer coisas interessantes e divertidas, levem os vossos pais aos museus”. veja em www.famatv.pt ou

Casa de Esmeriz Ensemble lança CD O grupo Casa de Esmeriz Ensemble lança no próximo sábado, dia 1 de junho, o seu primeiro CD com um concerto na Casa de Esmeriz pelas 21h30, com entrada livre. Intitulado “Influências”, este primeiro trabalho, que vai ser apresentado ao vivo, tem Carlos Carneiro na guitarra, Lenabel na voz, Rui Costa e Duarte Faria nos violinos, André Amaro no violoncelo, Nuno Arrais no contrabaixo e Nifa na percussão.

“Fui ao Mar” celebra Dia da Criança na Casa das Artes

Aranhas coloridas, mochos transparentes, entre outras aves e insetos, povoam por estes dias o Parque da Devesa. “Os Bichos” surpreendem e cativam a atenção dos visitantes. Este é, de resto, o título que dá nome à exposição de esculturas e instalações artísticas, que está localizada na zona nascente da Devesa, na envolvente ao anfiteatro e Casa do Território. A mostra “Os Bichos” retrata a fauna que povoa o parque, numa perspetiva peculiar e artística. A exposição é o resultado do projeto de final de ano dos alunos do curso de desenho e pintura da escola de artes plásticas – A Casa ao Lado. A exposição é da autoria de 23 alunos participantes e está patente até 30 de junho.

A Casa das Artes de Famalicão faz anos no Dia Mundial da Criança e, por isso, vai celebrar a data com um programa cultural dedicado aos mais pequenos. De facto, no dia 1 de junho a Casa das Artes completa 12 anos de existência e vai assinalar o aniversário com um espetáculo de teatro musical para toda a família. “Fui ao Mar” é o título da peça que sobe ao placo do grande auditório, pelas 21h30, numa encenação da Jangada Teatro. “Fui ao Mar” fala de água, da sua relação com o Homem, desde a simples gota até se transformar em oceano, onde há espaço para um encontro insólito com uma estranha sereia e outras surpresas, como a de um adamastor solitário e bonacheirão. O espetáculo trata ainda da busca de riqueza e da ânsia de poder de uns, e do desprendimento dos bens materiais de outros. Estes elementos põem à prova, ao longo da história, as relações interpessoais entre as personagens, obrigando-as, por fim, a descobrir o caminho para continuarem a sua viagem: a amizade.

A entrada é gratuita para crianças até aos 12 anos, acompanhadas pelos pais, até ao limite da lotação da sala, sendo necessário levantar bilhete. As restantes pessoas pagam 4 euros, sendo que os Portadores do cartão Quadrilátero Cultural têm desconto de 50%.


pública: 30 de maio de 2013 15

praça pública

João Pedro Araújo

Gouveia Ferreira

Pai-mãe e mãe-pai?! Anda por aí, em mediático alvoroço, a problemática da co-adopção, introduzida pela mão do PS na Assembleia da República. Na semana passada, os representantes do Povo aprovaram, na generalidade, uma hipotética lei, para que os homossexuais possam coadoptar os filhos adoptivos ou biológicos da pessoa com quem se uniram de facto. Uma intervenção de deputados muito, muito, mas mesmo muito á esquerda?! Projectaram, ou melhor, desenharam, como agora se diz, um pacote de curvas legislativas, para se consolarem no aconchego da orientação sexual que escolheram. Não acredito que os mova o superior interesse da criança. Não acredito, pá! O esboço legislativo teve 99 votos a favor, 94 contra e 9 abstenções. Votaram a favor as bancadas do BE, PCP,PEV, a maioria do PS e 16 do PSD. Abstiveram-se 3 do PS, 3 do PSD, 3 do CDS e votaram contra a maioria das bancadas do PSD e do CDS, mais 2 do PS. Por aqui se vê que a matéria em causa, já na generalidade, frag-

No melhor pano caí a nódoa

Voz Off

D’Esguelha

mentou, em duas grandes placas tectónicas, os representantes da Nação. O argumento mais ouvido, do lado dos apoiantes generalistas, prende-se com o facto de haver casais de pessoas do mesmo sexo, que tratam melhor as crianças que os próprios pais biológicos, necessariamente heterossexuais. Este é um argumento falacioso, pois, não só continuará a existir um incomensurável número de heterossexuais que tratam muito bem os seus filhos, mas também haverá aqui e acolá alguns homossexuais que tratarão as crianças menos bem. O instituto da adopção teve a sua génese legislativa em função dos interesses das crianças e não dos de um grupo de pessoas, que constituem respeitáveis excepções da Natureza. Nesta matéria estou totalmente de acordo com o meu bastonário, Marinho e Pinto. A referência natural implica uma mãe mulher e um pai homem. Não nos compete ampliar o reduzido núcleo de excepções. De esquerda?! pub

Como é do conhecimento geral, os principais partidos já apresentaram os seus candidatos à Câmara Municipal de Famalicão. Já tivemos a oportunidade de conhecer algumas linhas orientadoras do candidato do PCP, assim como, as do candidato da coligação PSD/PP. O Dr. Paulo Cunha, para já, é o único que sem receio, sem hesitação e com toda a clareza, apresentou as principais linhas de ação com metas bem definidas que terão especial atenção na sua campanha eleitoral e, posteriormente, se os famalicenses concordarem no exercício das suas funções. Desejamos que todas as candidaturas e principalmente a candidatura do maior partido da oposição, apresente as suas intenções para as próximas eleições autárquicas. Sem desprimor e desconsideração pelas outras candidaturas, estou com alguma curiosidade em saber qual o projeto global? quais as linhas de ação?, quais as principais metas da candidatura so-

cialista à Câmara Municipal? Tomando o artigo de opinião do Secretário Concelhio do PS da semana passada que passo a transcrever “… A política faz-se com propostas e capacidade de argumentação para obter o apoio dos cidadãos. Contudo, deve haver honestidade intelectual no discurso dos políticos, afastando-se os jogos de palavras e ambiguidades…”. Concordo plenamente e subscrevo as palavras do Dr. Nuno Sá, e tomando como verdade as suas intenções quanto à primeira frase do seu artigo vamos ter um verdadeiro debate político de ideias e projetos para o Rumo de Famalicão. Assim o ansiamos, para bem da democracia e para bem da causa pública! Quanto à segunda frase do seu artigo, em função dos acontecimentos relativos à nomeação do médico para o Centro de Saúde de Arnoso de Santa Maria, é caso para dizer que no Melhor Pano caí a Nódoa!

Pelos Quatro Cantos da Ca(u)sa Domingos Peixoto

A liberdade é um bem fundamental. De largo espetro. É perfeição! Usufruí-la dá um prazer enorme. Independência! Mas há por aí uns paladinos a querer confiná-la à “simples” ausência da prisão; não estar na “gaiola”! De resto, “nicles”: Em seu entender liberdade de expressão, de pensamento, de associação e, em geral, de agir são atributos reservados ao poder. De preferência, absolutista… No tempo ido daqueles, cujo regresso almejam, Miguel Sousa Tavares nunca estaria à “espera” de, presumivelmente, vir a prestar contas em tribunal, pelo menos sem antes ter passado pelas masmorras dos esbirros do poder, vilmente açoitado e privado de toda a dignidade humana, família e amigos mais chegados gravemente incomodados, esquecido tempo infinito sem culpa formada! Mas a liberdade democrática, individual ou coletiva, termina quando invade a de outrem e implica a assunção plena da responsabilidade pelos atos praticados, desde que previamente subsumidos na lei, apurada aquela por entidade independente, com direito a contraditório. Porém, pode coartar-se a liberdade, jamais se pode cercear o pensamento, a não ser por insanidade ou a morte! E não devemos esquecer que o supremo magistrado da nação o é, em primeira linha, em representa-

Liberdade de expressão

ção do povo e cada um dos cidadãos. Que gozam de direitos na direta proporção. Que devem ser informados e “protegidos” da e pela ação daquele. Convém reconvir, inequivocamente, que na atual situação do país não é esse o sentimento dos portugueses. Está na moda das opiniões publicadas fazer “declaração de interesses”. Não quero ir por aí mas bem sabem os meus leitores que sou socialista, de cartão, sem alguma vez ter sido ortodoxo, precisamente por prezar a liberdade de expressão e pensamento. Procuro ser cristão íntegro e participo com alegria e dignidade, de acordo com as minhas possibilidades e do que me consentem, nas atividades da minha comunidade paroquial. Não posso, assim, aliás na linha de pensamento do “post secriptum”, com o qual me identifico plenamente, e por mais de uma vez expus, estar de acordo com a invocação da Senhora de Fátima, por parte de Cavaco Silva, pela assinatura da sétima avaliação da Troika! Tratou-se de aproveitamento indigno da fé e consciência de alguns milhões de portugueses, de uma desonestidade intelectual. Primeiro porque a Mãe de Jesus não se “intromete” nestes assuntos. Segundo, porque a ser verdade, seria atribuir-lhe a responsabilidade de sacrifícios, miséria e sofrimento de um povo humilde, trabalhador, solidário e digno quanto baste para já

não merecer castigo. Terceiro, porque a intercessão da Senhora junto de Jesus foi sempre no sentido do bem-estar dos seguidores do seu filho. Finalmente porque visou uma desresponsabilização, individual e institucional, dos autores da conduta que nos submergiu na grave “doença” que nos afeta. Talvez não escrevesse a polémica frase de MST. Contudo não tenho dúvidas em afirmar que o paradigma da nossa democracia é um circo, ressalvando que não pretendo, com isso, ofender os circenses. O melhor e mais recente exemplo deste paradigma são as declarações do presidente de uma empresa que comercializa um bem fundamental - cujos prémios (de mérito?) são de muitos milhões de euros - que os cidadãos e empresas pagam a um preço dos mais elevados da europa: “a culpa é do IVA!” É preciso ter descaramento! O que tem a dizer a isto o supremo magistrado da nação? PS: Presidindo às cerimónias da festividade da Senhora da Saúde, em Laúndos, o bispo auxiliar de Braga, D. Manuel Linda proferiu a certa altura: “Viver em Igreja é ser sensível ao social começando por praticar a justiça… Salários de miséria, condições de trabalho escravo, exploração de estrangeiros, e tantos outros problemas não são típicos de homem, muito menos de cristãos.”

pub

Famalicão

Barbosa: Rua Santo António, Tel. 252 302 120 Calendário: Rua da Liberdade, Tel. 252 378 400/1 Cameira: C. Mouzinho Albuquerque, Tel. 252 323 819 Central: Praça D. Maria II, Tel. 252 323 214 Nogueira: Av. Marechal H. Delgado, Tel. 252 310 607 Valongo: Rua Adriano Pinto Basto, Tel. 252 323 294 Gavião - Av. Eng. Pinheiro Braga, 72 - Telef. 252 317 301 Marinho: Edif. S. José - Estalagem - Telf. 252 921 182 Martins Ventura: R. C. Cerejeira - Lousado - Telf. 252 493 142 Estação: Largo da Estação - Nine - Telf. 252 961 118 Ribeirão: Largo de Bragadela - Ribeirão - Telf. 252 416 482 Joane: Rua S. Bento, nº 217 - Telf. 252 996 300

Vale do Ave

Almeida e Sousa: Covas - Oliv. Stª Maria - Telf. 252 931 365 Bairro: Av. Silva Pereira, Telf. 252 932 678 Delães: Portela - Delães - Telf. 252 931 216 Riba de Ave: Av. Narciso Ferreira, Telf. 252 982 124 Faria: Estrada Nacional 310 - Serzedelo - Telf. 252 532 346

Famalicão Qu i n t a, 3 0

Serviço Calendário

Sex ta, 31

Valongo

Sá bad o, 1

Gavião

Domi ngo, 2

Barbosa/Ribeirão

Segund a, 3

Cameira

Terç a , 4

Central

Qu a r t a, 5

Calendário

Vale do Ave Qu i n t a, 3 0 Sex ta, 31 Sá bad o, 1 Domi ngo, 2 Segund a, 3 Terç a , 4 Qu a r t a, 5

S e r v iç o Riba de Ave Almeida e Sousa Delães Almeida e Sousa Riba de Ave

Serviço de disponibilidade

Paula Reis: R. José Elisio Gonçalves Cerejeira, nº 629 Calendário - Tel. 252 378 057 Maceiras: Louro - Telf. 252 310 425 Marques: Largo da Igreja - Fradelos - Telf. 252 458 440 Oliveira Monteiro: Largo Igreja - Cabeçudos - Telf. 252 331 885 Pedome: Av. S. Pedro, 1139 - Pedome - Telf. 252 900 930 Pratinha: Largo do Cruzeiro - Cavalões - Telf. 252 375 423 S. Cosme: Vale S. Cosme - Telf. 252 911 123 Arnoso: Av. Joaq. Azevedo - Arnoso Sta. Maria - Telf. 252 916 612


16

pĂşblica: 30 de maio de 2013

publicidade


Op1099