Page 1

pub

pub

Morte de criança e jovem motivou nova reivindicação de obras na via

Utentes da VIM protestam depois de mais um acidente mortal P. 9

ANO 20 • Nº 1051 DE 27 DE JUNHO A 3 DE JULHO DE 2012 DIRETOR: JOÃO FERNANDES

www.opiniaopublica.pt

Obras no antigo Colégio Camilo Castelo Branco vão custar 764 mil euros

opiniãoespecial

CÂMARA LANÇA CASA DA JUVENTUDE

Aniversário da Vila de Joane

O presidente da Câmara Municipal assinou, segunda-feira, o auto de consignação da instalação da Casa da Juventude no edifício do antigo Colégio Camilo Castelo Branco. Esse ato marcou o lançamento da obra, que representa um investi-

pub.

mento de 764 mil euros e que tem um prazo de execução de um ano. O projeto prevê que seja mantida a traça original do edifício, com a recuperação da fachada e a reabilitação total do interior, composto por rés-do-chão e dois pisos. p. 5

opiniãosport: FC Vermoim é bicampeão nacional de futsal feminino Campeonatos distritais vão sofrer reformulação profunda pub

Críticas ao Estado no aniversário dos BV Famalicenses Eduardo Palaio vence Grande Prémio de Conto P. 15

Atividades nas férias para jovens em Famalicão P. 2

p .7

Particular doa terreno à freguesia de Cruz P. 1 0 pub.


2

pública: 27 de junho de 2012

Dinheiro é para ajudar na compra de viatura para pessoas de mobilidade reduzida

AM reúne sexta

AML recebe donativo de 1.150 euros

A Assembleia Municipal de Famalicão reúne na próxima sexta-feira, 29 de junho, em sessão ordinária, no auditório da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, pelas 21 horas. Da ordem de trabalhos, destaque para a discussão e votação do projeto de deliberação apresentado pelo Bloco de Esquerda para realização de referendo local relativo à pronúncia da Assembleia Municipal sobre a reorganização territorial autárquica. Será, igualmente discutida e votada a proposta da Câmara ao Código Regulamentar de Atividades Particulares, Espaço Público e Urbanização de Famalicão, bem como a proposta de alteração ao Código Regulamentador de taxas e outros serviços do município.

GNR apreende 240 mil euros

A Associação dos Automóveis Antigos de Landim entregou, a semana passada, à Associação de Moradores das Lameiras (AML), um cheque de 1.150 euros. Uma pequena sessão solene, mas cheia de significado, presidida pelo vice- presidente da Câmara de Famalicão, realizada a semana passada no Centro Social das Lameiras, serviu para o presidente da Associação dos Automóveis Antigos de Landim, José Machado, na presença de representantes da Associação de Moradores das Lameiras e outras entidades, apresentar o resultado da campanha de angariação de fundos que decorreu durante a realização do «Motor Show» realizado no Lago Discount, em Ribeirão, entre 8 e 10 de Junho. Esta iniciativa tinha como objetivo a compra de uma viatura de nove lugares adaptada para idosos e pessoas de mobilidade reduzida, que frequentam

Associação de Automóveis Antigos de Landim conseguiu angariar 1.150 euros

esta Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS). Apesar de o tempo chuvoso não ter ajudado, o cheque entregue era de 1.150 euros. O presidente da Associação de Moradores das Lameiras, Jorge Faria, que em nome desta instituição recebeu a quantia, agradeceu tão significativa iniciativa, referindo que “migalhas são pão”. “Este gesto de gratuiti-

dade e dedicação vem ajudar a resolver uma das debilidades desta Associação no que diz respeito à falta de veículos adequados para o transporte de pessoas idosas e com dificuldades de locomoção, cujo número cresce de dia para dia”. Jorge Faria sublinhou ainda que gestos como este provam que a solidariedade é uma virtude possível de concretizar, sobretudo

quando encontra pessoas como José Machado e Francisco Ferreira, bem como os restantes dirigentes da Associação dos Automóveis Antigos de Landim. “Estas pessoas estão irmanadas no espírito de entreajuda e serviço aos outros e à comunidade. Bem-hajam por este gesto, que ficará gravado na memória de todos”, concluiu. A viatura, no valor de cerca de trinta mil euros, já está encomendada e espera outros donativos para que esta associação, apesar da crise, consiga ter os meios indispensáveis de transporte para os seus utentes, sobretudo aqueles que têm mais dificuldades de locomoção. No final da cerimónia foram distribuídas diversas lembranças pela Associação de Automóveis Antigos de Landim a todos os presentes, como forma de reconhecimento pelo trabalho realizado.

Aventura, animação e conhecimento para as férias de verão

O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Santo Tirso apreendeu, no passado dia 18 de junho, uma tonelada de cobre roubado e 240 mil euros, para além de várias armas, nos concelhos de Trofa e Famalicão. Dez pessoas foram constituídas arguidas. A operação, que se prolongou por 17 horas, tinha como objetivo encontrar material roubado em vários assaltos ocorridos naquela região. pub

cidade

Famalicão promove atividades para jovens A Câmara Municipal de Famalicão, através do Pelouro da Juventude, apresentou um conjunto diversificado de iniciativas para este verão, nas quais os jovens podem aproveitar as férias para adquirir novos conhecimentos, partilharem experiências e para se divertirem. Este projeto estende-se por três iniciativas: o Campo de Férias “Verão Aventura”, a Universidade Jovem e o Projeto Famalicão MakeOver, Campo de Trabalho Património e Restauro. A iniciativa “Verão Aventura” destina-se a crianças com idades compreendidas entre os 12 e os 16

anos e inclui atividades que vão desde Workshops, Peddy Papper, Paintball, Ginástica a visitas a locais de interesse no concelho de Famalicão. Este projeto irá decorrer de 16 a 20 julho e de 23 a 27 de julho e terá o custo de 25 euros, no qual está incluído seguro de atividade, transporte, almoço e lanche. De forma a destacar a importância da cultura e da educação nos jovens, a Câmara Municipal, aliada à Universidade Lusíada de Famalicão e à Escola Superior de Saúde do Vale do Ave, promove também a iniciativa, “Universidade Jovem de Fa-

malicão”. Este projeto, destinado aos alunos dos 2º e 3º ciclo do Ensino Básico, Secundário e Profissional, tem como objetivo estimular e ajudar a estruturar os processos de escolha profissional. A Universidade Jovem irá decorrer nas semanas 2 a 6 de julho e de 9 a 13 de julho. A inscrição, com custo de 20 euros, irá permitir aos jovens pré-universitários contatar com diversas áreas do conhecimento, do ensino e da investigação de forma a aprofundarem os seus conhecimentos nas áreas de interesse pessoal.

Por fim, a iniciativa mais recente do Pelouro da Juventude, Famalicão MakeOver, Campo de Trabalho Património e Restauro, destinada aos jovens dos 14 aos 25 anos, promove a aprendizagem dos jovens, na qual, juntamente com uma equipa técnica aprendem a restaurar o património. Este programa inclui ainda atividades desportivas, lazer, visitas e Workshops, e irá decorrer de 2 a 13 de julho e de 16 a 27 de julho sem qualquer tipo de custo. As inscrições estão disponíveis no portal da juventude em www.juventudefamalicao.org/.

Vento Norte visitou minas do Mosteiro Tibães No passado dia 16 de junho, a associação Vento Norte visitou o Mosteiro de Tibães, em Braga, de forma a poder presenciar a atividade Ciência Viva no Verão, que ali se repete anualmente. A atividade, proporcionada graças à integração de dois dos membros da Vento Norte no Laboratório Superior de Engenharia do Porto (LABCARGA), instituição responsável pela ação, tinha como tema principal as minas de água que durante séculos abasteceram o mosteiro e as suas terras, em particular a mina das Aveleiras, onde durante duas décadas se explorou o volfrâmio. Sob orientação da arquiteta Maria Dias Costa, a atividade alongou-se pela fauna e pela flora existente no interior da cerca do mosteiro.

FICHA TÉCNICA CONSELHO EDITORIAL: Alexandrino Cosme, António Cândido Oliveira, António Jorge Pinto Couto, Artur Sá da Costa, Cristina Azevedo, Feliz Manuel Pereira, Joaquim Loureiro, João Fernandes, Manuel Afonso e Almeida Pinto.

DIRETOR: João Fernandes (CIEJ TE-95) jfernandes@opiniaopublica.pt

CHEFE DE REDAÇÃO: Cristina Azevedo (CPJ 5611) cristina@opiniaopublica.pt

O ponto alto da visita foi a descoberta do interior da mina com a observação dos filões de quartzo que orientavam os mineiros na busca de volfrâmio e com a identificação de larvas de anfíbios que proliferavam na água presente na mina. De acordo com o Mosteiro estas atividades constituem experiências que no futuro serão repetidas de forma continuada, após a realização de um conjunto de intervenções de estabilização da mina, definidas num projeto da autoria do LABCARGA, cujo suporte financeiro aguarda intervenção de um mecenas. Esta atividade foi encerrada com um concerto de polifonia que teve lugar na Igreja do Mosteiro, promovido pela Fundação Cupertino de Miranda.

EDITOR DE TURNO:

GRAFISMO:

Magda Ferreira (CPJ 4625) magda@opiniaopublica.pt

Carla Alexandra Soares, Pedro Silva.

DETENTORES DE MAIS DE 10% DO CAPITAL

APOIO À REDAÇÃO: REDAÇÃO: informacao@opiniaopublica.pt Carla Alexandra Soares (CICR-248), Cristina Azevedo (CPJ 5611), Magda Ferreira (CPJ 4625) e Sofia Abreu Silva (CPJ 10952).

SEDE, REDAÇÃO E PUBLICIDADE:

IMPRESSÃO:

Feliz Manuel Pereira António Jorge Pinto Couto

Rua 8 de Dezembro, 214 Antas S. Tiago - Apartado 410 4760-016 VN de Famalicão

Naveprinter - Indústria Gráfica do Norte, SA Estrada Nacional, 14 - Maia

SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS:

INTERNET

OPINIÃO: Adelino Mota, Barbosa da Silva,

Francisco Araújo

www.opiniaopublica.pt

Domingos Peixoto, Gouveia Ferreira, J. Mário Teixeira, Joaquim Loureiro, José Luís Araújo, Sílvio Sousa, Vítor Pereira.

TÉCNICOS DE VENDAS:

DESPORTO: Jorge Humberto, José Clemente (CNID 297) e Pedro Silva (CICR220).

DISTRIBUIÇÃO:

Jorge Alexandre

GERÊNCIA: João Fernandes CAPITAL SOCIAL: 350.000,00 Euros.

comercial@opiniaopublica.pt Agostinha Bairrinho, Maria Fernanda Costa e Sónia Alexandra

PROPRIEDADE E EDITOR: EDITAVE Multimédia, Lda. NIPC 502 575 387

Motivação em Marcha - Publicidade, Lda.

TIRAGEM DESTE NÚMERO: CONTACTOS Redacção: Tel.: 252 308145 • Fax: 252 308149

20.000 exemplares, nº 1051

NÚMERO DE REGISTO: 115673

Serviços Administrativos: Tel.: 252 308146 / 252 308147 • Fax: 252 308149

DEPÓSITO LEGAL: 48925/91


publicidade

pĂşblica: 27 de junho de 2012 3


4

pública: 27 de junho de 2012

cidade

Iniciativa dirigida aos militantes decorreu em Famalicão

CDS-PP promoveu ciclo de formação política A distrital de Braga do CDS/PP realizou, no passado dia 16, em Famalicão, um ciclo de Formação Política para os seus militantes, na sequência de outras iniciativas já realizadas e que visam a formação dos militantes sobre as mais variadas matérias. Neste ciclo foram oradores o vereador da Câmara Municipal de Famalicão, Ricardo Mendes; o eurodeputado do CDS, Diogo Feio; o dirigente da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Norte, Carlos Neves, e o dirigente do Centro Distrital da Segurança Social, Rui Barreira, tendo como moderador o deputado e presidente da Distrital de Braga, Altino Bessa. Diogo Feio desenvolveu a sua comunicação à volta das instituições europeias e suas competências. Esta temática foi a que levantou mais questões dos presentes, muito devido à situação que a Europa vive e à cada vez mais forte presença das

instituições europeias no desenvolvimento das políticas nacionais. Segundo Diogo Feio há necessidade de cada vez mais os cidadãos olharem para os trabalhos que se desenvolvem nestas instâncias, pois são elas que estão a definir as políticas de futuro e que poderão condicionar as políticas próprias de cada país. O eurodeputado referiu que estamos hoje “a pagar os erros de 10 anos de politicas erradas” e que a renegociação da divida é neste momento “impossível para Portugal”, até porque do outro lado “não há disposição, neste momento, para essa renegociação”. No painel sobre as Politicas de Desenvolvimento Regional, Carlos Neves referiu que o Norte é o responsável pelo crescimento das exportações, sendo a região onde a balança comercial com o exterior tem os melhores resultados. O dirigente afirmou ainda que há necessidade do país voltar a virar-se para o Atlântico, considerando que não é

possível a Portugal crescer se continuar só virado para a Europa, por isso “a aposta nas exportações e na industria de mar é um fator essencial para a região norte em especial”. Sobre o Voluntariado, que foi o terceiro tema abordado neste ciclo, Rui Barreira realçou que atualmente já existem inúmeras bolsas de voluntários mas referiu também que, por vezes, a qualidade do voluntariado está em causa, pois não há a devida formação para quem quer ser voluntário. Reafirmou ainda a convicção de que o voluntariado é essencial numa sociedade mais justa e que quem presta este valioso serviço deveria ser reconhecido oficialmente. O ciclo foi encerrado pelo presidente da distrital de Braga do CDS/PP, Altino Bessa, que lançou o desafio às estruturas concelhias para que organizem mais ações deste género, trabalhando assim para “o fortalecimento dos militantes do partido”.

Deputado famalicense na AR representa o PSD

Jorge Paulo Oliveira em novo Grupo de Trabalho O Partido Social Democrata indigitou Jorge Paulo Oliveira, deputado eleito pelo Distrito de Braga, para integrar o “Grupo de Trabalho” criado no seio do Parlamento para acompanhar os Contratos de Crédito à Habitação. Além do social democrata famalicense integram o Grupo de Trabalho os Deputados Carlos Santos Silva (PSD), João Galamba (PS), Duarte Cordeiro (PS), Adolfo Mesquita Nunes (CDS-PP), Paulo Sá (PCP) e Pedro Filipe Soares (BE). O Grupo de Trabalho, que iniciou os seus trabalhos no passado dia 21 de Junho, tem três semanas para apreciar as 19 iniciativas legislativas apresentadas pela totalidade das forças políticas com assento parlamentar, proceder à audição das diversas entidades representativas e com interesse no sector e, eventualmente, converter as diferentes propostas em textos legislativos únicos subscritos por todos os Grupos Parlamentares.

“O agravamento dos fenómenos de sobre-endividamento das famílias, de incumprimento dos créditos à habitação e o risco de aquelas perderem as suas casas é uma preocupação transversal a todas iniciativas legislativas”, lê-se num comunicado enviado à imprensa. Os dados do Banco de Portugal relativos a 2012 revelam o impressionante número de 699.129 pessoas com prestações de créditos em atraso. No que se refere ao crédito à habitação, no final de Março de 2012, eram já mais de 150 mil as famílias com prestações em atraso. Neste contexto de reconhecido endividamento e crítico cumprimento, dados relativos ao ano de 2011 revelam números de entregas e casas superiores a 6900 casos, correspondendo a um aumento de 17,7% em relação a 2010, a um ritmo de quase 19 casas dia entregues em dação em cumprimento. No corrente ano, estima-se que este número ascenda às 25 casas por dia.

Cior conquista primeiro lugar em regata solar A Escola profissional Cior conquistou o pódio com os primeiro e segundo lugares obtidos pelas equipas do “Monster” e do “Poseidon”, respetivamente, na regata solar do grande prémio Frei Gil, disputada no passado dia 16, em Bustos, Oliveira do Bairro. Em pouco mais de uma semana, foi necessário adaptar os barcos ao novo regulamento, pois tinham de transportar uma carga de 100g, e torná-los mais competitivos perante a concorrência. Aligeirar os cascos e torná-los mais hidrodinâmicos foram as tarefas prioritárias. O “Monster” foi ainda dotado de um sistema de orientação das células por rótula à semelhança do “Poseidon”. Os testes no tanque hidráulico da escola permitiram corrigir algumas anomalias construtivas. Ambos os barcos manifestaram, desde o início, que tinham condições para vencer, com o dia alternando entre o encoberto e o sol radioso. À medida que as eliminatórias iam decorrendo, a confiança dos alunos da Cior aumentava, até se chegar à derradeira final, disputada em quatro mangas e que ditou os lugares do pódio.

pub

Crianças passam tarde divertida na Bricoonda

No âmbito do plano de ações de responsabilidade social corporativa, a Bricoonda convidou a “Mundos de Vida”, Centro de Acolhimento Temporário em Lousado, onde residem crianças e jovens, com medida de promoção e proteção, a participar no Bricokids-ateliê de bricolage. Foi uma tarde diferente e bem passada por este grupo de crianças e jovens, onde tiverem a oportunidade de conhecer mais de perto o mundo da bricolage, participando de forma ativa e dedicada na criação de peças de carpintaria, dando asas à sua imaginação. “Estas iniciativas são fundamentais para ajudar estas crianças e jovens a estabelecerem relações adequadas com os outros, a ter uma vida relacional satisfatória e promover a aquisição e desenvolvimento de aptidões sociais e individuais básicas”, referiu Susana Faria, assistente social, responsável por este grupo. Numa altura de férias escolares, a Bricoonda procura estimular as crianças/jovens a ocuparem o seu tempo livre com atividades lúdico pedagógicas que lhes permitam desenvolver as suas competências pessoais e sociais. “As crianças e jovens participaram de forma entusiasta nesta atividade, não só por ser extremamente interessante e cativante, mas também pelas pessoas envolvidas que conseguiram conquistar cada um dos meninos com a sua simpatia e habilidade para transmissão do conhecimento”, afirmou Susana Faria. No final, por entre sorrisos de satisfação, todos disseram que gostaram da atividade.

AFACYCLES: sempre a defender desporto e saúde

Num fim-de-semana de grande atividade desportiva e cultural em Famalicão, a AFACYCLES orgulha-se de ter estado presente num grande número de eventos de sucesso. No passado sábado, a empresa AFACYCLES começou por apoiar o “Movimento Famalicense pela saúde & desporto” organizado pelo ginásio Status. Os clientes do ginásio puderam usufruir de várias bicicletas disponibilizadas pela loja para passeios. Durante a tarde, a AFACYCLES esteve presente na Casa das Artes, onde decorreu a Conferência “Desporto de Lazer-Planeamento da Atividade Física”. Aqui, a loja AFACYCLES mostrou ao público famalicense uma outra vertente também disponível na sua loja: a nutrição desportiva. Ainda no sábado, ao fim da tarde, a AFACYCLES não deixou de passar pela 6ª Corrida Popular de Gavião, organizada pelos Gaviões, grupo de atletismo/ciclismo que conta com o apoio da AFACYCLES. Refirase que a equipa AFACYCLES Sport participou nesta prova: abriu o percurso em bicicleta e apoiou diretamente a organização. Ainda no domingo, todos os atletas da equipa AFACYCLES Sport participaram no 1º passeio BTT B.V. Famalicenses, onde foi possível os participantes experimentarem os produtos de nutrição das marcas representas pela loja. AFACYCLES: lojas em Famalicão, Edifício Saza; e também no Louro (sede), na Rua Padre Domingos Joaquim Pereira.


pública: 27 de junho de 2012 5

cidade

Nova infraestrutura vai nascer no antigo colégio Camilo Castelo Branco

Obras avançam na Casa da Juventude Ofertas de emprego As ofertas de emprego divulgadas fazem parte da Base de Dados do Instituto do Emprego e Formação, IP. Para obter mais informações ou candidatar-se dirija-se ao Centro de Emprego indicado ou pesquise no portal www.netemprego.gov.pt utilizando a referência (Ref.) associada a cada oferta de emprego. Oferta nº: 587804313 Profissão: Operador de Maquinas e ferramentas de comando númerico Saber programar maquina de CNC, de acordo com um desenho técnico. Local: Requião

Oferta nº: 587814054 Profissão: Modelista vestuário Com experiência em modelagem. Local: V. N. Famalicão

Oferta nº: 587817250 Profissão: Serralheiro Mecânico Preferência com exp de 5 anos ou mais na profissão. Local: Louro

Oferta nº: 587814054 / 587816580 Profissão: Técnico de Vendas Divulgação de produtos na área das telecomunicações, com experiencia em vendas (tempo Completo e parttime). Local: V. N. Famalicão

Oferta nº: 587819392 Profissão: Pasteleiro Experiência profissional no fabrico de pastelaria. Local: Oliveira S. Mateus

Oferta nº: 587819440 Profissão: Padeiro Candidato com experiência no fabrico de pão. Local: Oliveira S. Mateus

Oferta nº: 587817984 Profissão: Vendedor ambulante de produtos comestiveis Sem necessidade de conhecimentos profissionais prévios. Local: V. N. Famalicão

Oferta nº: Várias Profissão: Costureiras A Tempo Completo, com experiencia em máquinas ponto corrido e corte e coze. Local: Oliveira S. Mateus, Castelões, Ruivães, Carreira

Alerta-se para a possibilidade de ocorrência de situações em que a oferta de emprego publicada já foi preenchida devido ao tempo que medeia a sua disponibilização e a sua publicação. Para mais informações contactar o Centro de Emprego de Famalicão, na Alameda Padre Manuel Simões, 222, ou pelo Telefone 252 501 100

A Câmara Municipal já lançou as obras para a instalação da Casa da Juventude no edifício do antigo colégio Camilo Castelo Branco. O auto de consignação da empreitada foi assinado, na segundafeira ao final da manhã, pelo presidente da Câmara, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. A obra foi entregue à empresa Ribeiro da Silva e Cª Lda., pelo valor total de 764 mil euros. Datado de finais do século 19, o imóvel foi construído por uma família de “torna-viagem” do Brasil. Na década de 40 foi transformado no Colégio Camilo Castelo Branco, servindo depois de sede ao Partido Comunista. A Câmara Municipal de Famalicão adquiriu o edifício em 2002, pelo valor de 900 mil euros. De acordo com a memória descritiva do projeto, será mantida a traça original do edifício, com a recuperação da fachada e a reabilitação total do interior composto por rés-do-chão e dois pisos. Isso mesmo foi sublinhado pelo presidente da Câmara na cerimónia, que deixou claro que toda a parte genuína do edifício é para salvaguardar, nomeadamente os azulejos frontais que o caraterizam. “A arquitetura é um bocado abrasileirada. Na parte de cima, aquele chalé central nota-se que é colado, não faz parte da arquitetura do edifício e vai

António Freitas

Carla Alexandra Soares

Auto de consignação foi assinado no Salão Nobre da Câmara Municipal

desaparecer. Já aqueles dois chalés laterais vão manter-se porque fazem parte da traça do edifício”. O edil referiu ainda que, durante o estudo realizado antes das obras, se verificou que o edifício foi feito em duas fases já que a parte do lado direito do edifício é mais antigo e tem as paredes grossas. A parte do lado esquerdo é mais moderna,

sendo que as paredes são mais estreitas, o que leva a supor que havia um edifício antigo e que foi aumentado. “Tudo isto deu aquele edifício muito bonito, muito bem situado, que era um crime deitá-lo abaixo”. O edil acredita que no próximo ano, precisamente no Dia da Cidade, a 9 de Julho, a obra poderá ser inaugurada já que tem um prazo de exe-

cução de um ano. Para Armindo Costa o novo espaço não será um ponto de encontro dos jovens. Será, antes, um local onde terão oportunidade de alimentar os sonhos, reunir-se, conversar e trocar ideias. “Às vezes pensa-se que os jovens, quando se juntam, é para a brincadeira mas, nem sempre”. Para Armindo Costa “numa determinada fase da vida os jovens começam a pensar, têm projetos, têm planos, têm que ter com quem conversar, têm sonhos que devem ser alimentados”. Por isso, defende, a Casa da Juventude não será um ponto de encontro. “Será um lugar onde os jovens vão ter áreas específicas para convívio, mas também outras áreas para pensarem numa vida nova, pensar em novos voos”. Em tom de despedida, o presidente referiu que, independentemente de quem fique à frente da Câmara, Famalicão “tem que continuar a trilhar os caminhos do progresso, dando atenção aos jovens”. A recuperação deste edifício, que dignifica e valoriza este espaço nobre é, na opinião de Armindo Costa, mais um passo nesse sentido. “Passou por aquele espaço uma grande geração de famalicenses que contribuíram também para uma sociedade mais bonita, mais funcional mais jovem e mais viva”. veja em www.famatv.pt ou

SIC Esperança visita AFPAD No passado dia 21 de junho uma delegação da SIC Esperança visitou a Associação Famalicense de Prevenção e Apoio à Deficiência (AFPAD), com o objetivo de lançar as bases para uma cooperação estreita entre esta entidade e a AFPAD. A esta visita juntou-se um grupo de responsáveis e alunos da “Business School” da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, disponíveis também para ajudar a associação na concretização de alguns dos seus projetos. O grupo visitou as instalações da sede da AFPAD em Famalicão, inteirando-se dos objetivos da associação e das

suas principais dificuldades. O lar residencial “A Minha Casa”, localizado na freguesia de Vermoim e que integra, em regime de internato, doze portadores de deficiência, constituiu a segunda etapa da visita do grupo que se deteve nas instalações, convivendo de perto com os utentes. A ligação entre a Associação Famalicense de Prevenção e Apoio à Deficiência e a SIC Esperança nasceu da cooperação que a instituição estabeleceu com um grupo de estudantes da Faculdade de Economia da Universidade do Porto. A estes laços de cooperação estima-se já a possibilidade de um grupo de

Grupo que visitou a AFPAD em Famalicão

jornalistas, técnicos de várias áreas e profissionais da SIC desenvolverem um projeto de melhoria e recuperação das instalações do lar da AFPAD, em Vermoim.

Este objetivo poderá ser concretizado ainda durante este ano, podendo tornar-se na primeira grande intervenção que a SIC Esperança faz no norte do País.

Externato do Barreiro realizou arraial Minhoto De forma a comemorar o final do ano letivo, o Externato do Barreiro realizou uma festa para todos os alunos e familiares. A festa, realizada na Quinta de Santo António, foi preenchida por uma panóplia de atividades para todos os gostos, desde atividades desportivas a jogos tradicionais. Executada em forma de arraial minhoto, a festa não deixou de ter a característica sardinha assada, caldo verde e cantigas populares entoadas pelos alunos, pais, pro- nas exibições de karaoke. À me- vel de alegria e ternura foi aumenfessores e auxiliares que brilharam dida que o dia foi avançando o ní- tando, principalmente quando sur-

giu a oportunidade de um mergulho na piscina. O final das aulas significa também para as crianças férias, desta forma, durante duas semanas, os alunos do Externado do Barreiro frequentarão a praia e realizarão visitas de estudo, nomeadamente ao Museu das Rendas e Bilros de Vila do Conde. A direção do Externato do Barreiro destaca ainda a importância deste tipo de manifestações para alimentar a dinâmica escolar e destacar o tempo escolar e de férias.


6

pública: 27 de junho de 2012

Universidade Jovem em Famalicão Terá lugar entre 2 e 6 de julho, e de 9 a 13 de julho, o Projeto Universidade Jovem 2012, numa organização conjunta entre a Câmara de Famalicão, a CESPU e a Universidade Lusíada. Esta ação destina-se a jovens do 7º ao 12º ano e pretende desafiar os estudantes a desenvolver projetos numa das diversas áreas científicas apresentadas, contactando de perto com equipas de investigadores e recorrendo ao trabalho laboratorial e ao trabalho de campo, uma abordagem real ao ensino superior.

Rios famalicenses em análise A Casa das Artes de Famalicão acolhe amanhã, quinta-feira, 28 de junho, um fórum dedicado aos rios famalicenses, sua qualificação e preservação, no âmbito da construção do Parque da Devesa, que é atravessado pelo rio Pelhe. Assim, pelas 15 horas, Armindo Costa, presidente da Câmara de Famalicão, abrirá este fórum. Segue-se a intervenção de José Carlos Pimenta Machado, diretor da Administração da Região Hidrográfica do Norte. Às 15h30 será projetado o documentário “Mondego”, realizado por Daniel Pinheiro. Depois, Francisco da Silva Costa, da Universidade do Minho, falará sobre a “Avaliação do potencial de valorização dos ecossistemas fluviais – aplicação ao caso de estudo do Ave”, seguido de Pedro Teiga.

D. Jorge visita empresas de Famalicão Estando a decorrer a visita pastoral ao arciprestado de Famalicão desde janeiro, na próxima quintafeira, o arcebispo primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, visita algumas instituições ligadas ao mundo empresarial e laboral de Famalicão. A visita, que conta também com a presença do arcipreste de Famalicão, o padre Mário Martins, tem início às 11horas, passando por várias empresas, tais como Continental Mabor, RSTEEL, Riopele e Vieira de Castro. Às 16h30 realiza-se um encontro com um grupo de representantes de trabalhadores (União Sindical) e com representantes da Liga Operária Católica (LOC) do arciprestado, no Centro Pastoral de Famalicão. Mais tarde, às 18h00, o prelado tem agendado um encontro com representantes da Associação Comercial de Famalicão.

Colóquio “Ser Maior” A Santa Casa da Misericórdia de Famalicão dá continuidade ao seu plano de formação externa, promovendo agora o colóquio “Quero Ser Maior-conceitos e estratégias na infância e velhice” que irá decorrer no próximo dia 6 de julho, pelas 20h30 no pequeno auditório da Casa das Artes de Famalicão. Assim, no Ano Internacional do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade Intergeracional, a proposta vai para o desenvolvimento de temáticas como “Primeiros Socorros” e “Parentalidade Positiva” no âmbito da Infância, e “Envelhecimento Ativo” e “Importância da Intergeracionalidade” no campo da Gerontologia, temas endereçados aos encarregados de educação, público em geral, bem como a profissionais e estudantes destas áreas. Os interessados podem efetuar a inscrição através do email joaodeus@scmfamalicao.pt, através do telefone 252309980, nas receções das diferentes valências ou no próprio dia e local do evento. Entretanto, no próximo sábado, a Santa Casa realiza o encerramento da Semana das Misericórdias numa sessão solene, pelas 10h45, onde será feita a entrega de emblemas aos irmãos com 25 e 50 anos de inscrição na Santa Casa de Famalicão.

cidade

II Workshop de Saúde Mental decorreu na ESSVA, em Famalicão

Portugal precisa de mais enfermeiros especializados na saúde mental Portugal precisa de 2000 novos enfermeiros especializados na área da saúde mental para fazer face a uma problemática que afeta 18 por cento da população e que tende a agravar-se por causa da crise, defendeu na passada sexta-feira, um especialista. Segundo Joaquim Passos, professor da Escola Superior de Saúde do Vale do Ave (ESSVA), em Portugal só existem, neste momento, 1000 enfermeiros especializados em saúde mental, o que fica "muito aquém" das necessidades. O especialista falava à Lusa à margem do II Workshop de Saúde Mental, que decorreu na Escola Superior de Saúde do Vale do Ave, em Famalicão. "Sobretudo agora, com a crise, que vem agravar a problemática da saúde mental. As depressões estão a subir a pique, as perturbações de ansiedade e de humor são cada vez mais", referiu. O responsável disse que o aumento

do número de enfermeiros especializados também é necessário para a mudança de paradigma no tratamento" dos doentes preconizado no Plano Nacional de Saúde Mental 2007/2016. Explicou que a mudança de paradigma passa pelo fim dos grandes hospitais psiquiátricos, outrora conhecidos como hospícios ou manicómios, para diminuir o estigma da institucionalização, e pela aposta num tratamento "de proximidade, mais concentrado na comunidade em que o doente está inserido, sempre que possível no seio familiar". Um tratamento que "terá de passar por uma monitorização e acompanhamento permanentes", para evitar que os doentes tenham necessidade de voltar a ser institucionalizados. Joaquim Passos sublinhou que, para isso, é fundamental investir na formação de enfermeiros especializados, mas também em estruturas e em meios, para alar-

gar a "rede de suporte" aos doentes mentais. Lembrou também que as unidades de cuidados primários de saúde "ainda não estão muito vocacionadas" para o tratamento daquelas doenças e que os próprios enfermeiros, por norma, também não fizeram daquela área a sua primeira opção, "até por um certo estigma em relação à saúde mental". "É preciso investir a sério nesta área, que tem cada vez mais acuidade no contexto da sociedade ocidental", frisou. Em toda a Europa serão necessários, até 2030, 500 mil novos enfermeiros especializados em saúde mental. Os números mais recentes da Comissão Europeia estimam que na Europa existam perto de 80 milhões de pessoas (cerca de 18 por cento da população) com algum tipo de doença mental. "Em Portugal, os números também andam por aí e em alguns casos serão até superiores", garantiu Joaquim Passos.

Alunos e professores evocaram memória de Ademar Santos

Secundária Camilo lança livro de homenagem a professor No passado dia 6, a Escola Secundária Camilo Castelo Branco homenageou o professor Ademar Ferreira dos Santos com a apresentação do livro “E Ofereço-me às Palavras Para Sobreviver Com Elas”. Este projeto, que surgiu de uma iniciativa por parte da escola para homenagear o percurso do professor, reuniu todas as memórias daqueles que o conheceram, desde membros diretos da família e amigos, a alunos que inspirou ao longo dos anos. De acordo com a diretora da escola, Fátima Cerqueira, este projeto só foi possível devido à união de todos aqueles que respeitavam o professor e nunca poderia ter sido possível sem o apoio da família.

Momento da cerimónia de apresentação do livro

“A Escola Secundária Camilo Castelo Branco agradece à família de Ademar Santos a doação de parte do seu vasto espólio de livros e filmes, que veio enriquecer a nossa biblioteca e lembrar que ele foi e continuará

a ser um formador de espíritos”, afirmou. A cerimónia de apresentação do livro decorreu no “espaço professor Ademar Santos”, local com livros doados da biblioteca do professor, e es-

teve sob a orientação de João Lobo que, de forma emotiva e sentida, explicou aos presentes os laços de afetividade e as vivências que o uniram ao professor Ademar desde os tempos da faculdade. As duas horas da cerimónia ficaram marcadas pela leitura de alguns poemas i improvisos publicados no blogue “Abnóxio”, feita pela companhia de teatro da escola “O Andaime”, com a colaboração do pianista André Silvestre. No final, foram interpretadas três árias de canto lírico por Raquel Gama, acompanhada ao piano por Natália Ferreira e, novamente, o Andaime usou palavras do professor Ademar para finalizar a sessão.

Catarina Pereira preside ao Rotary Famalicense Numa cerimónia com forte espírito rotário, no passado dia 21 de junho, o Rotary Club de Famalicão promoveu a cerimónia de Transmissão de Tarefas para o ano 2012/2013. A sessão foi testemunhada pelo vereador Ricardo Mendes, em representação da Câmara Municipal de Famalicão, pela assistente do Governador, Isabel Machado, representantes do Rotary, do Rotaract e do Interact, representantes de diversos clubes rotários do distrito 1970, familiares e amigos. A cerimónia, muito participada, atingiu o seu ponto alto com a passagem de testemunho aos novos presidentes, que iniciam funções: Catarina Pereira, no Club

Rotary, Vera Faria, no Rotaract e Cátia Faria, no Interact. Os presidentes cessantes procederam ao balanço do ano anterior, subordinado ao lema: “Conheça-se a si mesmo para envolver a Humanidade”, tendo os futuros presidentes enunciado as principais linhas de atuação, visando concretizar o lema do próximo ano: “Paz através do servir”. Catarina Pereira era uma mulher feliz e determinada, não só por ser a primeira mulher a presidir ao Rotary famalicense, mas também por estar empenhada em dar continuidade ao excelente trabalho desenvolvido pelo companheiro Mário Miranda, durante o mandato anterior. “O fu-

turo só poderá ser de otimismo, atendendo ao propósito das novas presidentes que delinearam o seus Planos de Ação em torno da cooperação e da paz entre as nações, do desenvolvimento do companheirismo e da implementação de serviços à comunidade, tentando melhorar as condições de vida das populações mais desfavorecidas, apoiando iniciativas de melhoria da saúde, da educação e do combate à pobreza”, lê-se num comunicado enviado à imprensa. No decorrer do evento foram distinguidos alguns membros que se destacaram na prestação de serviços internos e à comunidade, durante o ano anterior.


pública: 27 de junho de 2012 7

cidade

António Meireles, presidente dos BV Famalicenses, crítico em dia de aniversário

“Bombeiros não podem viver da caridade” Magda Ferreira Críticas à forma como o Estado trata as corporações de bombeiros marcaram a sessão solene comemorativa dos 85 anos da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários (BV) Famalicenses. Realizada no quartel da corporação, a cerimónia contou com diversos convidados, desde logo representantes da Liga e da Federação dos Bombeiros, mas também da Autoridade Nacional de Proteção Civil, bem como do vereador do pelouro na Câmara Municipal de Famalicão. As primeiras críticas surgiram do presidente da direção dos BV Famalicenses. Apontando que as associações humanitárias “não visam o lucro mas não podem viver da caridade”, António Meireles reclamou mais apoio do Estado. O responsável enumerou que, nos últimos cinco anos, a associação investiu 650 mil euros em viaturas, equipamentos e na requalificação das infraestruturas, “recorrendo somente a fundos próprios, sem recurso à banca e sem qualquer apoio da tutela”. “O último apoio da tutela remonta ao ano de 2000 e refletiuse na aquisição de uma ambulância. Temos visto, com sincera satisfação, outras congéneres receber apoios e material de forma mais repetida. Estranhamos, contudo, a falta de objetividade nos critérios e a falta de estudos e de planeamento que suportem essas decisões e esses investimentos”, comentou. Meireles defendeu ainda que o Estado não pode tratar os corpos de bombeiros como se de um seu organismo se tratasse, pedindo

“Há decisões que têm de ser tomadas e todos nós percebemos que nem sempre são aquelas que agradariam a cada um. Há regras que são determinadas pelos superiores e que nos cumpre executar. Estamos aqui para executar políticas e não para fazer políticas”, declarou o comandante distrital de operações de socorro. Já o vereador da Proteção Civil na Câmara de Famalicão, Ricardo Mendes, defendeu ser importante consciencializar, cada vez mais, a população da importância do trabalho dos bombeiros, por forma a enfrentar as dificuldades de financiamento cada vez maiores que irão surgir. “Estou convicto de que as pessoas irão ajudar, irão António Meireles abriu os discursos críticos à atuação da tutela preencher algumas lacunas. Peque defina, de uma vez, o que pre- dera que a tutela “tem sido alta- reito”. rante a grandeza daquilo que vós tende das corporações. “Torna-se mente insensível” às dificuldades Em representação da Autori- todos fazeis, nós fazemos muito insuportável não existir ainda uma das corporações. “Diz-se à boca dade Nacional de Proteção Civil, pouco, mas tentamos reforçar com Lei ajustada que regule eficaz- cheia que há associações a mais, Hercílio Campos procurou defen- os meios que dispomos”, declamente a sustentabilidade finan- que algumas deviam fechar. Es- der as decisões do governo. rou. ceira das Associações Humanitá- quecem-se, contudo, daquilo que rias de Bombeiros. Estar todos os está na génese da fundação das dias a ‘jogar’ sem saber as regras associações: a vontade e a necesé tornar o nosso dia a dia numa sidade do povo e só essa é que imensa roleta russa. O Estado le- ditará o seu futuro”, atirou, mosgisla sem parar, exige, impõe, al- trando-se convencido de que os tera, mas quando se fala de en- bombeiros saberão ultrapassar as contrar mecanismos de dificuldades. “No final de cada emergência sinto orgulho em vós”, declarou o cosubsistência das associações, dePor seu lado, Marinho Gomes, mandante dos BV Famalicenses, Francisco Mesquita, que fez um saparece”. presidente da Federação de Bomdiscurso do 85º aniversário de elogio aos homens que comanda. Também o presidente da As- beiros do distrito de Braga, vincou “Podemos ter boas equipas em planeamento, bons veículos e masembleia Geral dos BV Famalicen- que o congresso extraordinário da terial, mas se não tivermos um grupo de homens e mulheres com ses, Amândio Carvalho, desafiou o Liga dos Bombeiros que está marforte vocação e atuante, de nada valerá”. Estado a dizer o que pretende dos cado para o dia 21 de julho. “É De resto, na comemoração de mais este aniversário, foram envoluntários. “Que lhe peça o suor, mais uma altura em que todos os tregues condecorações a vários elementos dos BV Famalicenses. o trabalho, o voluntariado, isso bombeiros de Portugal, e do meu Pela corporação foi atribuída a medalha de ouro a José Borges (coestá na sua génese. Agora, que distrito em especial, precisam de mandante de 1998 a 2003); medalha de prata a Paulo Peixoto, Malhe peça também a fazenda, isso estar unidos”. “Unidos em volta nuel Mesquita Guimarães e Paulo Dias Costa; e medalhas de não”, afirmou. da Federação, em volta da nossa bronze a sete outros bombeiros. Já a Liga de Bombeiros PortugueNa mesma linha, o represen- Liga para que possamos, de uma ses atribuiu uma medalha de outro a José Armando Alves (quadro tante da Liga dos Bombeiros Por- vez por todas, reivindicar e não de honra) e medalha de prata ao adjunto de comando Bruno Alves. tugueses, José Luís Morais, consi- mendigar, aquilo a que temos di-

Condecorações em dia de festa

Em Delães, Pedome e Famalicão

PASEC lança mais três grupos de intervenção local A Plataforma de Animadores Socioeducativos e Culturais (PASEC) lançou no terreno mais três grupos juvenis de intervenção local nas freguesias de Delães e Pedome e na cidade de Famalicão. O novo grupo de Delães é constituído por mais de 10 adolescentes e dá pelo nome de “Exploradores”. O grupo de Pedome intitula-se “Pequenos Mestres” e é constituído por 12 crianças entre os 7 e os 11 anos, dedicando a sua ação sobretudo à intervenção social através do teatro. Por fim, o novo grupo a operar no ID.EIAS (Escola Integral de Animação Sociocultural da PASEC) é constituído por oito jovens, a maior parte do Ensino Secundário, e dá pelo nome de “Existência Neutra”. Em nota à imprensa a PASEC explica que “este trabalho de expansão surge no seguimento do projeto “Revolution”, que junta Portugal, Itália, França e Poló-

nia, propondo-se a refletir e fazer frente à crise política, económica e democrática europeia recordando e revivendo os grandes factos e lições históricas das grandes crises europeias do passado e as revoluções e processos democráticos que se lhe seguiram, fazendo sobressair o papel dos jovens em cada uma delas”. Estes grupos funcionam de forma autónoma, em horário pós escolar e “com uma estrutura muito flexível”, informa a PASEC, adiantando que cada um tem um coordenador e uma equipa que determina o seu próprio ritmo de trabalho tendo o teatro, a simbologia grupal e a expressão dramática como as metodologias base de interação grupal”. Refira-se que para além destes grupos recentemente criados, o “Revolution” estende a sua ação a mais oito, divididos pelos quatro países participantes.

Algumas das jovens animadoras do grupos envolvidos


8

pública: 27 de junho de 2012

cidade

Juizos de Competência Civel de Vila Nova de Famalicão

Junta de Freguesia de Esmeriz

1º Juízo Cível Av. Eng. Pinheiro Braga, Nº 1000 - 4764-501 Vila Nova de Famalicão Telef: 252303510 Fax: 252089557 Mail: vnfamalicao.civ@tribunais.org.pt

EDITAL A Assembleia de Freguesia de Esmeriz, irá reunir em Sessão Ordinária, no próximo dia 27 de Junho (quarta-feira), pelas 21 horas, na CASA DE ESMERIZ,

ANÚNCIO Processo: 3407/11.4TJVNF Inventário (Herança) N/Referência: 3940941

com a seguinte Ordem de trabalhos: 1. Antes da ordem do dia; 2. Análise, discussão e votação do regulamento do auditório da Casa de Esmeriz; 3. Outros assuntos de interesse da Freguesia;

Data: 17-05-2012

4. Depois da Ordem do dia.

Cabeça de casal: Maria Emilia Marques Cardoso Requerido: Ernesto Marques Cardoso e outro(s) Nos autos acima identificados, correm éditos de 30 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o(s) interessado(s) Interessado: Alexis Cardoso, domicilio: Travessa Aires Fernandes Marques Cardoso, Seide S. Paio, 4760-000 Vila Nova de Famalicão. Interessado: Melanie Cardoso, domicílio: Travessa Aires Fernandes Marques Cardoso., Seide S. Paio, 4760-000 Vila Nova de Famalicão sendo a indicada a última residência conhecida, para os termos do inventário e de que corre o prazo de 30 dias, findo que seja o dos éditos, para querendo, deduzirem oposição ao inventário, impugnarem a sua própria legitimidade ou a de outros interessados e a competência do cabeça de Casal ou as indicações constantes das suas declarações. Fica advertido de que só é obrigatória a constituição de advogado caso se suscitem ou discutam questões de direito e ainda em sede

de recurso. O Juiz de Direito, Dr(a). Filipa Afonso Aguiar

Contactos: 969 016 928 / 910 162 064

Artur Jorge Sampaio Fernandes da Silva

(Joaquim Sousa)

Junta de Freguesia de Pousada de Saramagos

PRECISA-SE

Esmeriz, 21 de Junho de 2012

Assunto: INFORMAÇÃO de Reunião Ordinária da assembleia de Freguesia Horácio Carneiro Dinis, na qualidade de Presidente da Assembleia de Freguesia de Pousada se Saramagos se reunirá em sessão ordinária no próximo dia 30 de Junho de 2012, pelas 16:45 horas, no salão nobre da Junta de Freguesia, sita no Largo José da 1. Informações do Senhor Presidente da Junta de Freguesia. 2. Outros assuntos de interesse para a freguesia.

(Horácio Carneiro Dinis)

2ª publicação, Jornal Opinião Publica, 27 de junho 2012

Junta de Freguesia de Cruz Sessão Ordinária da Assembleia No dia 30 de Junho, pelas 18h, no Salão Nobre da Junta de Freguesia Ordem de trabalhos: 1) Período de Antes da Ordem do Dia 1.1) Tratamento de assuntos gerais de interesse para a Autarquia nos termos do artigo 86º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, com a redação dada pela Lei n.º 5A/2002, de 11 de Janeiro. 2) Período da Ordem do Dia 2.1) Informação do Senhor Presidente da Junta de Freguesia acerca das atividades da mesma. 3) Período de Depois da Ordem do Dia Manuel Rebelo Presidente da Assembleia de Freguesia de Cruz

Grupo Desportivo Louro Convocatória O Presidente da Assembleia Geral vem por este meio convocar todos os sócios do Grupo Desportivo do Louro para a realização de uma assembleia geral ordinária a realizar no dia 6 de Julho de 2012, pelas 21h, na sede do clube, com a seguinte: Ordem de trabalhos: 1. Relatório e contas da época 2011/2012; 2. Eleição dos corpos gerentes; 3. Outros assuntos. Nota: Se à hora marcada não estiverem presentes maioria dos sócios esta realizarse-á 30 minutos mais tarde. O Presidente da Assembleia Geral Manuel Morais Costa

Famalicense Atlético Clube Convocatória PAULO JORGE AZEVEDO RUA, Presidente da Mesa da Assembleia Geral do FAC – Famalicense Atlético Clube, convoca todos os associados do clube para uma Assembleia Geral Ordinária, a realizar no dia 18 de julho de 2012, pelas 20.00 horas, no Ginásio do Clube, no Pavilhão Municipal de Famalicão, com a seguinte: ORDEM DE TRABALHOS 1. Apresentação do Relatório e Contas da Direção e Parecer do Conselho Fiscal, referentes à época

Centro da cidade 300,00 Euros

APARTAMENTO EM ALBUFEIRA FORTE S. JOÃO PERTO DA PRAIA. T2 - 6 PESSOAS

CONTACTO: 939 995 318

CONTACTO: 919 997 899

PARA O MERCADO AFRICANO

Silva Freitas, com a Ordem de Trabalhos:

P’lo Presidente de Mesa da Assembleia de Freguesia de Pousada de Saramagos

ARRENDA-SE

COMERCIAL DE MÁQUINAS INDUSTRIAIS

Pousada de Saramagos, VEM, informar V/Exas. que a Assembleia de Freguesia de

Com os respeitosos cumprimentos.

ARRENDO T1

Ceide - VN Famalicão Oportunidade de ganhar um bom salário

O Presidente da Assembleia de Freguesia de Esmeriz

Pousada de Saramagos, 19 de Junho de 2012

O Oficial de Justiça, Teresa Barroso

VENDE-SE TÁXI

2011/2012. 2. Eleição dos corpos sociais do clube, para a época 2012/2013. 3. Aprovação do Plano de Atividades para a época 2012/2013. 4. Assuntos de interesse para o Clube. Se à hora marcada não estiverem presentes a maioria dos associados, a Assembleia Geral realizar-se-á uma hora depois com os associados presentes. VILA NOVA DE FAMALICÃO, 25 DE JUNHO DE 2012 O Presidente da Mesa da Assembleia Geral (Paulo Jorge Azevedo Rua)

DOMÍNIO DO FRANCÊS FALADO E ESCRITO ENVIE O CURRICULUM VITAE MAIL: recrutamento48@gmail.com

Transportes De Mercadorias

- Efectuamos Mudanças - Fazemos Distribuição de publicidade ALVARÁ N.º 14030/2007 Tlm. 968 380 719 - 916 938 215 E-mail: franciscopinto_@hotmail.com


pública: 27 de junho de 2012 9

cidade

Mulher resiste a sequestro em Landim Uma mulher de 30 anos conseguiu resistir a um homem encapuzado e armado com uma faca, que a roubou e tentou sequestrá-la, na madrugada de sexta-feira. A mulher foi surpreendida e ficou encurralada contra um muro. O homem ameaçou a mulher, tendo encostado ao pescoço uma faca. A vítima entregou a carteira e o telemóvel ao assaltante. O homem, com 30 anos, tentou depois forçá-la a entrar no Mercedes que conduzia. Em pânico, a mulher reagiu, agarrando a faca, que conseguiu arrancar, colocando-se em fuga. O assaltante acabou também por fugir. A vítima ficou ferida nas mãos.

ADECA promove passeio de fim de época

População exige reabilitação urgente na via

Morte de criança e jovem motivam protesto de utentes da VIM Teve lugar, no passado sábado de manhã, uma manifestação organizada por um conjunto de pessoas denominado de “Movimento de Cidadãos Utilizadores da VIM”. A iniciativa surgiu depois de no sábado, da passada semana, mais duas pessoas terem morrido num acidente de viação, em Guardizela, na Via Intermunicipal (VIM) Joane-Vizela. Recorde-se que o choque frontal dos dois veículos ligeiros vitimou mortalmente uma criança, Ricardo Lopes, de 6 anos, que seguia com o pai no carro; e Nuno Gonçalo Salta, de 27 anos que se terá despistado. A criança, que vivia em Delães, e o jovem de Vizela, morreram no local, apesar das manobras de reanimação. O pai da criança sofreu vários traumatismos, mas nunca esteve em perigo de vida.

Face a mais um acidente mortal, cerca de 70 pessoas uniram-se numa ação promovida por moradores em Guardizela, residentes junto à VIM, que colocaram uma coroa de flores no local onde a criança e o jovem perderam a vida. Os participantes nesta ação aproveitaram para exigir que sejam feitas obras de requalificação nesta via, que tem sido palco de múltiplos acidentes, dos quais resultaram já várias mortes. Recorde-se que já em 2009, também uma mulher de 33 anos e o seu filho de 17 meses morreram num acidente na VIM. Nesta iniciativa os utentes da VIM apontam a necessidade de uma intervenção de fundo nesta via, por onde passam centenas de automobilistas diariamente. Os cidadãos defendem que é

indispensável “fazer alguma coisa”, sobretudo na parte que diz respeito “aos concelhos de Famalicão e Guimarães”. É que depois de construída, em 1994, pela Associação de Municípios do Vale do Ave (AMAVE), a VIM praticamente não sofreu nenhuma intervenção na extensão. A estrada atravessa os concelhos de Famalicão, Guimarães, Santo Tirso e Vizela, sendo que apenas as duas últimas autarquias realizaram obras de melhoramento na parte da via que lhes diz respeito. Assim, são visíveis na parte que diz respeito aos concelhos de Guimarães e Famalicão vários problemas, como vegetação gigantesca, piso e rails danificados, semáforos estragados, além da quase ausência de sinalização horizontal e vertical.

Núcleo de Estudos de Direito das Autarquias Locais da UM avança No passado dia 23 de junho, a Associação Desportiva de Castelões (ADECA) promoveu um passeio ao Parque de Lazer de Bragadas, distrito de Vila Real. Esta iniciativa surgiu de forma a celebrar o êxito alcançado a nível desportivo, na qual se destaca principalmente a conquista do título sénior do futebol. O passeio reuniu jogadores, treinadores, dirigentes e respetivas famílias, no maior recinto de lazer da Ribeira da Pena, localidade que tem uma forte relação com Camilo Castelo Branco. O dia ficou marcado pelos diversos jogos populares, nomeadamente um torneio de chincalhão, e um torneio de sueca, que provocaram um sentimento de satisfação a todos os presentes, até à chegada a Castelões às 20h. Entretanto, no próximo dia 7 de Julho, a AD Castelões promove um passeio de cicloturismo, iniciativa integrada no 19.º aniversário da coletividade. A concentração está marcada para as 16h, junto à sede da ADECA. A partida acontece meia hora depois, levando os participantes por caminhos e estradas da região, num percurso de baixa dificuldade, de modo a permitir a participação de todos. A inscrição é de 1,5 euros e dá direito a lanche.

Festa de final de ano animou infantário de Brufe

O Jardim de Infância do Eiral, Brufe realizou, no passado dia 16, a festa final do ano letivo. O dia foi muito divertido e os pais subiram ao palco, com uma peça intitulada os “Palhaços Trapalhões”. Os finalistas receberam a cartola e a bengala numa cerimónia muito emotiva. A Associação de Pais organizou um churrasco para o final da tarde.

Criado Grupo de Acompanhamento da Reforma das Freguesias O Núcleo de Estudos de Direito das Autarquias Locais (NEDAL) da Escola de Direito, da Universidade do Minho, promoveu, no passado dia 20 de junho, uma conferência de imprensa para a apresentação do Grupo de Acompanhamento da Reforma das Freguesias (Grupo de Acompanhamento), constituído pelos investigadores o famalicense António Cândido de Oliveira (Diretor), professor catedrático da Universidade do Minho e pelos mestres em Direito, Bárbara Barreiros, Carlos Batalhão, Nuno Marques Pereira e Pedro Cruz e Silva. O Grupo de Acompanhamento que tem por finalidade principal verificar a execução da Lei n.º 22/2012, de 30 de maio, garantindo a disponibilização de informação e a prestação do apoio que lhe for solicitado, assumiu o compromisso de seguir o processo de reforma territorial e funcional das freguesias a nível nacional, dando particular atenção aos municípios da Região Norte, atendendo ao facto de aí se concentrarem praticamente metade do número total de freguesias (2026), e dentro desta região aos 14 municípios do

distrito de Braga, o qual abriga, atualmente, 515 freguesias. Quanto aos prazos de aplicação, o Grupo de Acompanhamento esclareceu que o limite para as Assembleias Municipais se pronunciarem termina no dia 15 de Outubro de 2012, uma vez que a contagem dos prazos deve ser feita, nos termos da Lei n.º 22/2012, em conformidade com as respetivas normas do Código de Processo Civil. Foi referido, na mesma conferência, que a reforma não é só territorial como funcional pois prevê também o reforço das atribuições das freguesias e das competências dos respetivos órgãos. Durante o período de perguntas e respostas, foram ainda abordadas algumas questões como a da falta de consulta às freguesias e a possível violação do conteúdo da Carta Europeia da Autonomia Local e também as dificuldades da concretização da extinção de freguesias nomeadamente por oposição das populações das freguesias afetadas.

Afimdebtt realiza passeio a Santigo de Compostela O grupo Afimdebtt realizou um novo passeio de BTT a Santigado de Compostela, Via de Prata (Chaves/Santiago), nos dias 14, 15, 16 e 17 de junho. O percurso, marcado pela chuva constante no Domingo, dia 17, foi dificultado devido às subidas de elevada inclinação. No entanto, os 15 elementos do grupo conseguiram fazer os 240km em apenas dois dias. O grupo Afimdebtt afirma que apesar das dificuldades e de certos percalços, a beleza do local tornou o passeio agradável.


10

pública: 27 de junho de 2012

Empresário cai de cavalo e morre Um empresário de 45 anos morreu, na passada sexta-feira, depois de ter caído do cavalo em que seguia na estrada Bairro-Carreira. O acidente aconteceu poucos minutos depois das 19 horas quando Francisco Costa circulava a cavalo em direção a casa. O cavalo terse-á assustado com o barulho de uma mota e ao voltar-se para trás deitou Francisco Costa ao chão, que acabou por bater com a cabeça no chão.No local estiveram os meios de socorro, que tentaram reanimar Francisco Costa, mas sem sucesso. O empresário, bem conhecido naquela zona, acabaria por falecer no local. Francisco Costa tinha celebrado o seu aniversário no dia anterior.

Freguesia da Carreira festejou fim do ano letivo

Os alunos do jardim de infância e da escola do 1º ciclo da freguesia da Carreira participaram, no passado dia 16 de junho, numa festa de final de ano letivo, a que assistiram os seus familiares. A festa contou com atuações por parte dos alunos na qual participaram 2 finalistas do jardim de infância e 10 da escola primária. O final da cerimónia foi marcado por um jantar convívio, reunindo alunos, professores e familiares.

Núcleo do PSD de Joane reúne em assembleia Realiza-se na próxima segunda-feira, 2 de Julho, a assembleia do núcleo do PSD de Joane. A reunião terá lugar pelas 21horas e da ordem de trabalhos consta a análise e discussão da atividade do núcleo, bem como a análise e ponto da situação da atualidade política local.

ACV organiza Rota dos Vinhos Verdes Para domingo de manhã, às 9 horas, está agendado o I Clássico e Antigo, numa organização da Associação Cultural de Vermoim. A concentração será no Largo das Festas, decorrendo depois o Passeio Rota dos Vinhos Verdes Famalicenses. Esta iniciativa tem por objetivo aliar a paixão por automóveis antigos à promoção de diferentes vertentes na região. A concentração terá lugar no recinto das festas de Vermoim, percorrendo diferentes locais do concelho, estando o almoço previsto para a Quinta de Barradas. Haverá prémios para o carro com livrete mais antigo e prémios de participação. As inscrições podem ser feitas através do acv.vermoim@gmail.com, acv-vermoim.blogspot.com e 962 663 412, 914 495 485, 919 323 904.

freguesias

Junta vai desafiar Câmara a construir ali equipamento desportivo

Particular doa grande parcela de terreno à freguesia de Cruz Magda Ferreira objetivo”. “Vamos apresentar este projeto à Câmara para ver se o muA freguesia de Cruz recebeu uma nicípio quer aproveitar a dádiva da parcela de terreno com 44 mil me- freguesia de Cruz para construir ali tros quadrados e vai propor à Câ- uma obra emblemática para a parte mara Municipal que ali construa norte do nosso concelho, bem loum equipamento desportivo. O de- calizada e com bons acessos”, safio foi tornado público pelo au- acrescenta. tarca da freguesia nas comemoraAntónio Simões espera, de ções do Dia da Freguesia. António resto, mais investimento da CâSimões avançou, depois, a novi- mara na freguesia, lamentando dade em declarações ao programa que, desde que tomou posse, em “Gentes da Terra” da Rádio Digital 2009 e até hoje “a freguesia de FM. Cruz não recebeu um cêntimo seO terreno doado à freguesia de quer” do município. “Tem sido uma Cruz está situado face à Estrada Na- gestão muito difícil, embora com o cional (EN) 14 e está classificado nosso rigor, a nossa transparência no Plano Diretor Municipal como temos conseguido fazer o milagre área de construção. “Portanto, é da multiplicação das notas e vaum terreno muito valioso”, subli- mos conseguindo fazer algumas nha o presidente da Junta, anun- obras”. ciando que vai agora desafiar a CâEste ano, António Simões mara a construir ali “uma grande aguarda que a Câmara dê resposta obra social, que serviria não ape- àquilo que considera uma priorinas a freguesia de Cruz, mas tam- dade, que é a pavimentação do Cabém Jesufrei, Vale S. Cosme, Ar- minho Municipal 1484, que faz a noso”. ligação entre as freguesias de Cruz “A Junta oferece esse terreno e e Mouquim. Lembrando que esta é a Câmara que faça uma candida- a única alternativa de ligação entre tura a apoios comunitários para ali estas duas localidades, o autarca se criar, porque não, um polides- fala de “um ‘caminho de cabras’, portivo para servir a zona Norte do em terra, que está nova meses em concelho, que para mim é a zona lama e três meses em pó”. “É inadmais pobre de todo o concelho, missível dizer-se que isto não é não tem um gimnodesportivo, não uma obra prioritária. Já entregamos tem piscinas, não tem um poliva- na Câmara vários ofícios e, há mais lente, não tem nada”, lamenta An- de um ano, um orçamento de um tónio Simões, considerando que se empreiteiro para celebrar um protrata de um “desafio pertinente e tocolo e até hoje nunca recebemos

uma resposta”, atira. Ainda em termos de rede viária, a Junta de Cruz espera também recolher o apoio da Câmara para que volte a ser aberto o acesso da Nacional 14 à Rua da Escola. No que respeita à Educação, António Simões diz ter ficado satisfeito pela garantia dada pelo vereador do pelouro de que as crianças da escola do 1º ciclo vão passar a utilizar o refeitório do jardim de infância, que tem melhores condições. Além das obras, o autarca de Cruz manifesta que as questões sociais são uma preocupação para a Junta de Freguesia, que em conjunto com a instituição de solidariedade social, Mais Plural, vai distribuir refeições a preços simbólicos, que dependem do número de pessoas que compõem o agregado familiar: “Se o agregado tiver 4 ou mais elementos, podem pagar 25 cêntimos por cada refeição completa, que tem sopa, prato principal e fruta; se forem menos de 4 elementos pagarão 50 cêntimos por refeição e se for só o casal pagarão 1 euro cada um”. “Quem quiser aderir, basta inscrever-se na secretaria da Junta, para receber refeições entre o meio-dia e a uma hora. Apelo aos que têm dificuldades, não tenham vergonha, venham e os que necessitarem serão contemplados”, assegura Simões.

Forave homenageia Pinto da Fonseca

Festividades de Santa Catarina em Calendário Decorrem este fim de semana, as festividades de Santa Catarina na freguesia de Calendário. No sábado de manhã, a partir das 9 horas, haverá uma arruada com o touro que será sorteado pelas ruas da freguesia. À noite, pelas 21 horas realiza-se um encontro de coros paroquiais com a presença do Grupo Coral Juvenil de S. Julião de Calendário, Grupo Coral Dominicanos, Grupo Coral Nossa Senhora de Fátima, Grupo Coral e Cénico de Calendário, Grupo Coral de S. Miguel-o-Anjo e Grupo Coral dos escuteiros. No dia seguinte, domingo, a procissão sai pelas 10 horas da igreja paroquial, acompanhada pela fanfarra dos escuteiros de Calendário, até à capela de Santa Catarina, onde terá lugar a eucaristia. O desfile etnográfico está marcado para as 14h30, ao qual se seguirá a atuação do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Calendário, do Rancho Folclórico S. Martinho de Moure de Vila Verde e Rancho Folclórico A.C.D. Mindelo. Finalmente, às 19 horas terá lugar o sorteio do touro, bem como uma salva de morteiros que encerrará as festividades.

A escola profissional Forave, de Lousado, homenageou, no passado dia 21 de junho, Fernando Pinto da Fonseca, ligado àquele estabelecimento há 21 anos e presidente da direção da Forave entre 2000 até dezembro de 2011, em representação da empresa associada da escola, Continental Mabor. Na cerimónia, Pinto da Fonseca foi reconhecido pela dedicação à Forave, pelas suas qualidades de “gestão e liderança, pela participação e interesse nas atividades da escola, pelo seu exemplo de conduta e postura relativamente aos cargos ocupados”. Na cerimónia, Pinto da Fonseca mereceu os aplausos e elogios dos presentes, entre os quais João Vilaça,

diretor executivo da escola, Carlos Gonçalves, atual presidente da direção da Forave, Leonel Rocha vereador da Educação da Câmara de Famalicão; e Carvalho Neto, presidente do conselho de administração da Continental Mabor. Entre muitas surpresas e lembranças, os diretores dos cursos da Forave, em nome dos docentes e dos alunos, entregaram lembranças simbólicas num gesto de agradecimento por todo o apoio prestado e pelo envolvimento profissional e pessoal na vida escolar. Mas, a grande homenagem de toda a comunidade educativa foi a atribuição do nome de “Pinto da Fonseca” a um espaço da Forave.


freguesias

Seide acolhe 2º Passeio de bicicletas antigas

No passado dia 23 de junho realizou-se o II Passeio Picnic de bicicletas antigas de Seide. O passeio teve início na Alameda de Igreja de Seide, seguiu por Seide S. Miguel e por Landim, e terminou para o picnic no parque de Avidos. O passeio reuniu cerca de três dezenas de bicicletas e encerrou com a entrega de Prémios para os participantes mais bem vestidos; o 1º lugar foi atribuído ao Rui, vestido de peixeiro; o 2º lugar foi entregue ao Daciano, vestido de forcado; o 3º lugar foi entregue ao Sousa, vestido de labrador do Minho. A próxima atividade da Confraria das Bicicletas e Motas Antigas de Seide – II Passeio das Vindimas para Motas Antigas – está marcada para Outubro e contará com a tradicional visita a quatro adegas da Rota dos Vinhos Verdes.

Caminhada “Pé ante pé pela inclusão” em Ribeirão No próximo sábado realiza-se o Ribeirão Fashion Show, num desfile de moda, penteados e dança. O espetáculo começa às 22 horas no Souto de Santa Ana, em Ribeirão. Também a propósito do 26º aniversário da vila de Ribeirão vai realizar-se no próximo domingo, 1 de julho, uma caminhada por algumas ruas daquela freguesia, intitulada “Pé ante Pé pela inclusão”, com o objetivo de sensibilizar e obter fundos para as obras do Lar destinado a pessoas com deficiência, que está a ser construído pelo Centro Social Paroquial de Ribeirão. Esta caminhada solidária, organizada pelo Clube de Cultura e Desporto de Ribeirão (CCDR), contará com a participação de atletas de cadeiras de rodas que participam nos jogos paralímpicos. Também estarão presentes atletas olímpicos como Manuela Machado e José Regalo.Esta prova é acessível a toda a família, mesmo a pessoas com limitações. Basta fazer a inscrição, num mínimo de 2 euros, na sede da Junta, no Centro Social, no CCDR, no ginásio das piscinas ou no dia, no próprio local, em frente à Junta de Freguesia. A contribuição pode ser feita mesmo por aqueles que apenas querem ajudar, mas não pretendem fazer a caminhada. A concentração está marcada para as 9 horas. Os participantes receberão uma t-shirt alusiva ao evento e participarão numa aula de aquecimento.

S. Pedro em Riba d’Ave… Este fim de semana há festa na vila de Riba d’Ave, em honra de S. Pedro. No sábado, pelas 14 horas, o Grupo de Zés Pereiras “Os Delaenses” percorrem a freguesia. À noite, destaque para as marchas populares de S. Pedro, com concentração e desfile junto ao hospital. Para a meia-noite está marcado o espetáculo musical “Orquestra Myllenium”, seguido de uma sessão de fogo de artifício. No domingo, pelas 11 horas, celebra-se a eucaristia em honra de S. Pedro. Às 14 horas, atua a banda de música de Riba d’Ave, seguindo-se a fanfarra dos bombeiros voluntários de Riba d’Ave, pelas 16 horas. Às 17 horas, terá lugar a procissão. À noite, pelas 21h30, sobe ao palco o Grupo Folclórico Etnográfico de Lordelo e o Rancho Salvador de Delães. À meia-noite haverá uma sessão de fogo de artifício.

…e em Vermoim Vermoim é palco das festas de S. Pedro este fim de semana. No sábado, pelas 19 horas, terá lugar a II Corrida Popular de S. Pedro, seguida da inauguração da cascata de S. Pedro. Já pelas 21h30, destaque para o espetáculo com a artista Tânia Bolero e as suas bailarinas. Às 22h30, tem lugar o grandioso espetáculo de música tradicional dos Minhotos Marotos. Para a meia-noite está marcada a sessão de fogo de artifício. À tarde, pelas 16 horas, atuará o Rancho Folclórico Santa Marinha de Mogege, enquanto que pelas 17h30 realiza-se a largada de paraquedistas. Depois, atua o Grupo de Concertinas de Airão Santa Maria, seguido de uma nova largada de paraquedistas e sessão de fogo.

pública: 27 de junho de 2012 11

Arraial de solidariedade para com a Madalena Realizou-se, no passado fim-de-semana, um arraial solidário em Vilarinho das Cambas em prol da Madalena que precisa de uma cadeira elétrica. Esta iniciativa contou com a colaboração dos escuteiros de Vilarinho das Cambas, Junta de Freguesia de Vilarinho e muitos voluntários. A iniciativa contou com a participação das crianças do infantário de Vilarinho das Cambas. Também o cantor Johnny Pereira esteve presente para apoiar esta causa. Depois, coube à Banda Grilo encerrar a noite de convívio. Segundo a organização, o balanço desta iniciativa foi “extremamente positivo”, ficando a intenção de a repetir. Muitas foram as pessoas que estiveram neste arraial e contribuíram, uma vez mais, para esta causa.

Madalena com o autarca de Vilarinho, Manuel Costa e Silva pub


12

pública: 27 de junho de 2012

freguesias

Alunos do Externato Delfim Ferreira visitaram Arcol De forma a reforçar a vertente educacional e os conhecimentos adquiridos durante as aulas, a turma de Operadores de Armazém do Externato Delfim Ferreira visitou as instalações do distribuidor Arcol, empresa vimaranense de cash & carry de produtos de grande consumo. Esta visita realizou-se no âmbito das disciplinas da componente tecnológica e tinha como base proporcionar aos alunos a possibilidade de contactarem com a realidade empresarial, em algumas vertentes da empresa, principalmente, em relação à armazenagem e respetiva logística. Com esta visita, os alunos puderam conhecer o distribuidor observando as atividades e funções relacionadas com o setor laboral. Os alunos tiveram ainda a possibilidade de ter a perceção da dimensão do espaço onde é feito o aprovisionamento e armazenamento dos produtos, e das normas que são exigidas para que os mesmos sejam preservados de forma a garantir a qualidade dos produtos e a sua comercialização. pub

XXVI Festival Internacional de Folclore de Gavião Realizou-se no passado sábado à noite, em Gavião, o XXVI Festival Internacional de Folclore, promovido pelo Grupo Infantil e Juvenil Santiago de Gavião. Participaram no evento o Rancho Folclórico de Poives, de Viseu, o Grupo Etnográfico de S. Miguel de Cristelo, de Paredes, e de Pontevedra, Espanha, veio o Grupo Os Catro Ventos que, mais uma vez, contagiou toda a gente com a sua alegria e simpatia. Entretanto, o Grupo Infantil e Juvenil Santiago de Gavião desloca-se no próximo dia 7 de Julho a Águeda, a 21 de Julho, a Cristelo, Paredes e no dia 18 de Agosto a Pontevedra, Espanha.


freguesias

Jovens da Didáxis testam Matemática e Português

A equipa da Escola Virtual da Porto Editora e a Didáxis - Cooperativa de Ensino organizaram, a 15 de junho, o VI Campeonato lnter-Escolas Didáxis. Dividido em duas competições, o torneio didaxis@virtual.conc, visa a melhoria da qualidade da aprendizagem da Matemática e do Português e constituiu o culminar de todo o

trabalho desenvolvido pelos professores e alunos das duas escolas da Didáxis - Cooperativa de Ensino, ao longo do ano letivo. Durante a manhã, cerca de 350 alunos das escolas da Riba de Ave e de Vale S. Cosme colocaram em prática os conhecimentos de Matemática e de Português, realizando provas com recurso às tec-

nologias, mais precisamente na plataforma da Escola Virtual da Porto Editora. O objetivo de cada prova, com o limite de dez minutos para resolução, é justamente estimular nos jovens o “saber pensar a Matemática e o Português”. Nesta etapa do concurso didaxis@virtual.conc, os três primeiros lugares ficaram equitativamente repartidos entre as escolas da Didáxis de Riba de Ave e de S. Cosme, nos níveis que estiveram em concurso: 5º, 7º, 8º e 10º anos. A cerimónia de entrega de prémios aos participantes nesta competição contou com a presença de Irene Alferes e Alcino Faria, presidentes das direções pedagógicas de Didáxis de Riba de Ave e de Vale S. Cosme, respetivamente, e ainda com os coordenadores dos departamentos de Língua Portuguesa e de Matemática das duas escolas, entre outros professores que acompanharam os alunos em prova.

Escolas de Arnoso Santa Eulália celebram fim de ano Foi num ambiente de confraternização, entusiasmo e alegria que encerrou o ano letivo 2011/2012 na freguesia de Arnoso Santa Eulália. As 68 crianças que frequentam o Jardim de Infância do Mosteiro e a Escola EB1 de Quintão foram presenteadas com uma festa organizada pela Associação de Pais que incluiu teatro, música, dança, circo, palhaços, concertinas e, claro, a cerimónia de finalistas dos meninos e meninas dos dois estabelecimentos de ensino. O evento decorreu na noite do passado dia 15 de junho, na Escola EB1 de Quintão, e constou ainda de um bar churrasco que possibilitou que crianças, docentes, funcionárias e muitos familiares jantassem no local, num momento de grande animação e boa disposição. De salientar que o evento contou com o apoio da Junta de Freguesia de Arnoso Santa Eulália, de várias empresas e particulares aos quais a Associação de Pais agradece.

Escola D. Maria II acolheu aula de aeróbica

No passado dia 16 de junho, a escola sede do Agrupamento de Escolas D. Maria II, em Gavião, acolheu uma aula de aeróbica que contou com elementos da empresa Primor e elementos do referido agrupamento. Dirigida pela professora Cristina Azevedo, esta iniciativa “foi uma forma saudável de assinalar a assinatura do protocolo ‘Empresa na Escola’ e de iniciar um de muitos intercâmbios”, referem os responsáveis do agrupamento.

pública: 27 de junho de 2012 13

2º Encontro dos antigos alunos da escola primária de Riba d’Ave

No passado dia 16 de junho realizou-se um almoço no restaurante S. Lourenço, na Vila das Aves, pelo segundo ano consecutivo, onde se juntaram os amigos da escola primária (e que hoje tem entre 70 e 72 anos), onde puderam recordar os tempos de então, relembrando assim as aventuras de cada um naquela época. Tempo esse em que o pé descalço, a roupa rota, o jogar à bola feita com uma meia de farrapos, fazer os deveres de casa no caminho, além de muitos episódios que passaram nas suas vidas de juventude foram recordados. “Em todos os presentes vimos a rigidez em que fomos criados e educados não existindo naqueles tempos filhos de papás como hoje vemos por este país fora”. Foi um dia de muita alegria, pena foi que muitos dos colegas não pudessem estar presentes. Uns por estarem emigrados, outros por doença, outros por razões pessoais e ainda aqueles que já faleceram. Contudo estes últimos estiveram presentes no pensamento dos antigos colegas. “Aos familiares desses nossos colegas já falecidos apresentamos as nossas condolências”. A este propósito ficou determinado que no próximo ano, no terceiro encontro, irá realizarse na igreja de Riba d’Ave uma missa em sufrágio por todos os colegas já falecidos. Quanto ao último encontro, realizado no passado dia 16, terminou com um ambiente de muita animação onde não faltou a música tocada pelos vários instrumentos que alguns colegas do grupo se fizeram acompanhar, para abrilhantarem mais este encontro dos velhos colegas de escola, e que hoje se encontram dispersos por várias freguesias do concelho e arredores de Riba d’Ave. pub


14

pública: 27 de junho de 2012

publicidade

Falecimentos

Joaquim Oliveira Rodrigues (Rua das Alminhas, nº 175 - Mouquim) - (69 Anos)

Missa 7º dia Sua família vem por este meio agradecer a todos aqueles que se dignaram a participar no seu funeral, aproveitam também para comunicar que a missa do 7º Dia pelo seu eterno descanso será celebrada, Quarta-feira, dia 27 de Junho, pelas 19:30 horas na Igreja Paroquial de Mouquim. Desde já seu profundo reconhecimento a quantos se dignarem assistir a este piedoso acto.

A Família

Manuel Araújo Osório, no dia 18 de Junho, com 66 anos, casado com Maria Elisa Martins da Costa Osório, da freguesia de Esmeriz.

Maria Ferreira, no dia 19 de Junho, com 96 anos, viúva de Manuel de Oliveira Santos, da freguesia de S. Miguel Couto (Santo Tirso).

Rosa Marques de Araújo, no dia 22 de Junho, com 90 anos, casada com Joaquim Ferreira Couto, da freguesia de Tebosa (Braga).

Cristina Arminda Ferreira da Silva, no dia 25 de Junho, com 85 anos, casada com Manuel Ferreira, da freguesia de Santo Tirso.

Agência Funerária Arnoso - José Daniel Pereira Arnoso Santa Eulália - Telf. 91 724 67 03

Agência Funerária de Burgães Sede.: Burgães / Filial.: Delães Telf. 252 852 325

Balbina Ribeiro de Lima, no dia 21 de Junho, com 91 anos, viúva de José Ribeiro de Oliveira, da freguesia de Lordelo (Guimarães).

Joaquim Oliveira Rodrigues, no dia 21 de Junho, com 69 anos, casado com Maria Estela Alves Moreira Rodrigues, da freguesia de Mouquim.

Francisco Ferreira da Costa, no dia 22 de Junho, com 45 anos, casado com Maria Madalena Ferreira Torres da Costa, da freguesia de Landim. José Carlos Faria Alves, no dia 22 de Junho, com 52 anos, casado com Maria Rosa Rodrigues Ferreira, da freguesia de Serzedelo (Guimarães). Francisco de Miranda Salgado, no dia 24 de Junho, com 78 anos, casado com Laura Castro, da freguesia de Oliveira S. Mateus. Maria Arminda de Sousa Oliveira Rodrigues, no dia 26 de Junho, com 58 anos, casada com João Manuel da Cunha Rodrigues da freguesia de Oliveira Santa Maria. Agência Funerária Carneiro & Gomes Oliveira S. Mateus – Telm. 91 755 32 05

Maria Assunção Silva Santos, no dia 21 de Junho, com 66 anos, casado com José da Silva Salgado, da freguesia de Vila Nova de Famalicão. Francisco Azevedo Costa, no dia 23 de Junho, com 76 anos, viúvo de Maria Emília da Silva Simões Costa, da freguesia de Gavião. Maria Fernanda Alves Soares, no dia 25 de Junho, com 92 anos, viúva de Gabriel Costa Macedo, da freguesia de Vila Nova de Famalicão. Agência Funerária Rodrigo Silva, Lda Vila Nova de Famalicão – Tel.: 252 323 176

Landim - Delães - Vila Nova de Famalicão

José dos Santos Oliveira Agradecimento e MISSA 7º Dia No passado dia 23 do mês de Junho faleceu, o Sr. José dos Santos Oliveira, que residia na Vila de Ribeirão. Sua família, vêm por este meio, agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no funeral do seu ente querido e comunicar que a missa de 7º Dia será celebrada, Sábado, dia 30, pelas 19 horas na Igreja Paroquial da Vila de Ribeirão.

Desde já agradecem a todas as pessoas que se associaram à sua dor. Ribeirão, 27 de Junho de 2012

Francisco Ferreira da Costa Agradecimento e Missas de 7º. Dia Sua Esposa, Filha, Pais, Sogra, e restante família, renova os sinceros agradecimentos por todas as provas de pesar e carinho aquando do falecimento e funeral do seu ente querido. Participa que as Missas do 7º. Dia, pelo seu eterno descanso serão celebradas na Quinta - feira dia 28, pelas 19:00 horas, na Igreja Paroquial de Delães e no Sábado, Dia 30, pelas 18:00 horas na Igreja Paroquial de Castelões. Antecipadamente renova sinceros agradecimentos a comparência nas santas eucaristias.

Funerária Carneiro & Gomes, Lda

A Família


pública: 27 de junho de 2012 15

cultura José Carlos Dias de Azevedo, no dia 25 de Junho, com 57 anos, casado com Maria Filomena Novais Gomes de Sá, da freguesia de S. Tiago de Bougado (Trofa). Agência Funerária Trofense, Lda (S. Martinho de Bougado) Trofa Tel.: 252 412 727 Luís Joaquim de Carvalho, no dia 15 de Junho, com 80 anos, casado com Maria da Conceição Oliveira, da freguesia de Calendário. Blandina da Costa Pereira, no dia 15 de Junho, com 86 anos, viúva de António Ferreira da Silva, da freguesia de Lousado. Maria Georgete Andrade de Oliveira, no dia 17 de Junho, com 68 anos, viúva de Henrique Gonçalves de Araújo, da freguesia do Louro.

O prémio de 7.500 euros foi instituído pela Câmara de Famalicão

Eduardo Palaio é o vencedor do Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco O escritor Eduardo Palaio é o vencedor do Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco, com a obra “Caixa Baixa”, instituído pela Câmara de Famalicão em conjunto com a Associação Portuguesa de Escritores (APE). O prémio, no valor de 7.500 euros, foi atribuído por unanimidade a uma obra que foi editada em 2011 e que já tinha valido ao escritor, em 2010, o Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca. O júri do galardão da APE integrou Domingos Lobo, Francisco Duarte Mangas, Serafina Martins e Fernando Miguel Bernardes. “Caixa Baixa”, publicado pelas Edições Colibri, reúne cinco contos históricos de Eduardo Palaio, escritor e artista plástico nascido em Sintra em 1942. Eduardo Palaio iniciou a sua ati-

Maria Amélia de Lima, no dia 19 de Junho, com 82 anos, casada com Augusto Teixeira dos Santos, da freguesia de Calendário.

vidade artística pelo desenho de humor, publicando trabalhos no “Mundo Ri”, sob a direção de José Vilhena, e em 1966 expôs, pela primeira vez, trabalhos de desenho e pintura. Palaio tem trabalhado ainda como muralista e cartoonista. Nos anos 1970 e 1980, publicou regularmente “cartoons” num sema-

nário e, entre 1982 e 2000, apresentou nove exposições individuais de pintura e participou em várias coletivas. É autor de nove murais no concelho do Seixal. Antes de “Caixa Baixa”, publicou as obras “5 Séculos de Tipografia”, “Peregrinação de Artur Vilar”, “Botas, buques e bicicletas, Comer fora, Faz sentido”, “Pinta-o às Bolinhas

Nuno Carneiro vence concurso de ideias da Biblioteca Municipal

Manuel Oliveira Carvalho, no dia 21 de Junho, com 61 anos, casado com Maria da Conceição Machado da Cruz, da freguesia de Ribeirão. Celestino Fernandes Alves, no dia 21 de Junho, com 91 anos, viúvo de Ana Macedo Araújo, da freguesia de Santiago de Bougado (Trofa). José dos Santos Oliveira, no dia 23 de Junho, com 60 anos, casado com Maria Alice de Oliveira e Silva, da freguesia de Ribeirão. José Firmino Reis da Silva, no dia 25 de Junho, com 47 anos, solteiro, da freguesia de Ribeirão. Funerária Ribeirense Paiva & Irmão Lda Ribeirão Telf. 252 491 433

Lúcia do Céu Pereira Oliveira da Meira, no dia 19 de Junho, com 51 anos, divorciada, da freguesia de S. Tiago da Cruz. Agência Funerária das Quintães Vale S. Cosme – Tel.: 252 911 290

É um jovem de 24 anos, residente no concelho de Famalicão, e foi o vencedor do Concurso de Ideias para o logótipo do Centenário da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco. A proposta apresentada por Nuno Miguel Gomes Sá Carneiro conquistou o júri, constituído pelos jurados Jorge Maia, Artur Sá da Costa e Carla Araújo. A deliberação foi tomada por unanimidade, no passado dia 14 deste mês. Para criar o logótipo que celebra o centenário da existência da biblioteca famalicense (1913-2013), Nuno Sá Carneiro inspirou-se na figura de Camilo Castelo Branco, concretamente nas suas lunetas. Na proposta que apresentou a concurso, o autor afirma que procurou “criar um logótipo com as características fundamentais da biblioteca, ou seja, um

Famalicão

Barbosa: Rua Santo António, Tel. 252 302 120 Calendário: Rua da Liberdade, Tel. 252 378 400/1 Cameira: C. Mouzinho Albuquerque, Tel. 252 323 819 Central: Praça D. Maria II, Tel. 252 323 214 Nogueira: Av. Marechal H. Delgado, Tel. 252 310 607 Valongo: Rua Adriano Pinto Basto, Tel. 252 323 294 Gavião - Av. Eng. Pinheiro Braga, 72 - Telef. 252 317 301 Marinho: Edif. S. José - Estalagem - Telf. 252 921 182 Martins Ventura: R. C. Cerejeira - Lousado - Telf. 252 493 142 Estação: Largo da Estação - Nine - Telf. 252 961 118 Ribeirão: Largo de Bragadela - Ribeirão - Telf. 252 416 482 Joane: Rua S. Bento, nº 217 - Telf. 252 996 300

Famalicão

Serviço

Reforço

Vale do Ave

S e r v iç o

Q u ar t a, 2 7

Calendário Ribeirão

Marques-Fradelos

Q ui nta , 28

Nogueira

Marques-Fradelos

Almeida e Sousa Bairro Delães Riba de Ave

S ex ta, 29

Gavião

Marques-Fradelos

Q uar ta , 27 Q ui nta , 28 S e x t a, 2 9 S á bad o, 30 D om i ngo, 1 S e g u n d a, 2 Terç a, 3

S á ba d o , 3 0

Barbosa

D om i ngo, 1

Cameira

S e g u n d a, 2

Central Ribeirão

Terç a, 3

Calendário

Vale do Ave

Almeida e Sousa: Covas - Oliv. Stª Maria - Telf. 252 931 365 Bairro: Av. Silva Pereira, Telf. 252 932 678 Delães: Portela - Delães - Telf. 252 931 216 Riba de Ave: Av. Narciso Ferreira, Telf. 252 982 124 Faria: Estrada Nacional 310 - Serzedelo - Telf. 252 532 346

local de cultura e sabedoria”, às característica associadas a Camilo de Castelo Branco”, utilizando um objeto de uso diário do escritor: os óculos. “Objeto este que transmite fonte de sabedoria e cultura, com o objetivo de não só este logótipo do centenário representar os cem anos de existência da Biblioteca Municipal, mas sim também transmitir a fonte de sabedoria e cultura associada a este edifício e ao escritor ao qual lhe colocaram o nome em homenagem”, conclui. Assim, o logótipo apresenta como elemento de destaque o número 100, em que o algarismo 1 provém do fio dos óculos, e os dois zeros correspondem à forma das lentes ovais. Refira-se que Nuno Sá Carneiro é aluno do 2º ano da licenciatura em Design, da Universidade Lusíada de Famalicão.

Almeida e Sousa Bairro

Serviço de disponibilidade

Paula Reis: R. José Elisio Gonçalves Cerejeira, nº 629 Calendário - Tel. 252 378 057 Maceiras: Louro - Telf. 252 310 425 Marques: Largo da Igreja - Fradelos - Telf. 252 458 440 Oliveira Monteiro: Largo Igreja - Cabeçudos - Telf. 252 331 885 Pedome: Av. S. Pedro, 1139 - Pedome - Telf. 252 900 930 Pratinha: Largo do Cruzeiro - Cavalões - Telf. 252 375 423 Santiago da Cruz: Vale S. Cosme - Telf. 252 911 123 Arnoso: Av. Joaq. Azevedo - Arnoso Sta. Maria - Telf. 252 916 612

Azuis” e “Uma História para os Meninos”. O Grande Prémio do Conto destina-se a galardoar anualmente uma obra em língua portuguesa de um autor português ou de um país da lusofonia. Desde a sua instituição, distinguiu escritores tão diversos como Mário de Carvalho, Teresa Veiga (duas vezes), Maria Isabel Barreno, Maria Velho da Costa, Maria Judite de Carvalho, Miguel Miranda, Luísa Costa Gomes, José Jorge Letria e José Eduardo Agualusa, José Viale Moutinho, António Mega Ferreira, Teolinda Gersão, Urbano Tavares Rodrigues Manuel Jorge Marmelo, Paulo Kellerman, Gonçalo M. Tavares, Ondjaki, Afonso Cruz e A.M. Pires Cabral foram igualmente distinguidos com o prémio.

Gala Lírica encantou plateia na Casa das Artes Vozes da lírica portuguesa protagonizaram uma Gala de Ópera na Casa das Artes de Famalicão no passado sábado, dia 16 de junho. Esta gala foi uma co-produção da Didáxis Cooperativa de Ensino, da Câmara e da Casa das Artes de Famalicão e teve a participação do Ensemble Vissi d‘Arte, constituído pelo soprano Mónica Pais, pelo tenor Francisco Reis e pelo pianista João Queirós, bem como dos corais da Didáxis e Coral Fides (de Gondomar) e ainda da performer Maria Mata. Foram acompanhados por um trio de cordas, Ricardo Monteiro, Marcos Afonso (violinos) eTeresa Soares (violoncelo). Segundo nota enviada à imprensa, foi com “espanto que muitos dos presentes reagiram ao espetáculo que julgavam demasiado erudito”. Mas a variedade temática da programação que abarcou desde a ópera a opereta, zarzuela e canções napolitanas, convenceu a plateia “pela alegria, surpresa e pelas vozes maravilhosas que se fizeram ouvir”.


16

pĂşblica: 27 de junho de 2012

publicidade

OP1051  
OP1051  

opiniãosport: Particular doa terreno à freguesia de Cruz ANO20•Nº1051 DE27DEJUNHOA3DEJULHODE2012 DIRETOR:JOÃOFERNANDES opiniãoespecial Anive...

Advertisement