Issuu on Google+

HABITAÇÃO

A habitação deve ser vista como um investimento

O sonho de ter uma casa O sonho de todas as famílias é ter uma casa. Uma casa própria. Mas, esta é uma das decisões mais difíceis de se tomar na vida. Se vai comprar casa, há vários factores a ponderar, porque não basta escolher e já está. O verbo negociar é extremamente importante. Como as famílias não têm, por norma, dinheiro disponível para comprar uma habitação a pronto, é indispensável escolher bem a casa, verificar o preço e seleccionar bem o banco onde vai contrair o empréstimo. A casa onde vai morar deve ser entendida como um investimento. É lógico que o preço é o elemento que mais pesará na sua decisão, mas lembre-se que existem outros factores a ter em conta, como a localização e os acessos. Existem zonas onde a avaliação da habitação por metro quadrado é maior do que noutras. Por exemplo, uma casa no centro de uma cidade é mais valorizada do que numa zona periférica. Além disso, deve pensar nas questões de acessibilidade, proximidade de escolas e transportes e pontos de comércio. O estado de conservação da casa também é um factor importante. Verifique a exposição ao sol, o isolamento das paredes, o ano de construção, o estado da canalização, etc. É provável que pague um spread maior se o banco subavaliar a sua casa em relação ao preço a que vai comprá-la. Pense ainda se a casa que irá comprar pode ou não ser valorizada, caso queira vender, ou arrendar.

Ajuda de uma imobiliária Numa análise global, a procura de habitação é cada vez mais prudente. Quem actua no mercado imobiliário não tem dúvidas de que o cliente está cada vez mais atento e informado no que diz respeito à construção, do que pretende e de quanto quer gastar. Apesar das convicções de cada família, na hora de escolher, são cada vez mais os clientes que optam pelos serviços de uma imobiliária. Segundo dados da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP) verifica-se um acréscimo na procura de serviços que a mediação imobiliária oferece. As empresas de mediação imobiliária contribuem, na sua essência, para que as transacções imobiliárias cheguem a bom termo e acima de tudo com segurança. As empresas de mediação possuem um seguro de responsabilidade civil que pode ser accionado sempre que se justifique, mas que raramente é accionado, pois os casos de fraudes e de enganos ocorrem, em regra, nas transacções não mediadas. Assim, ao escolher uma empresa de mediação imobiliária, quem vende ou compra sabe que será devidamente acompanhado por profissionais especializados em todas as fases do processo, sobretudo no que toca à imensa burocracia que qualquer processo de compra e venda de uma habitação envolve. Fonte: www.saldopositivo.cgd.pt

Cr édit o Hab itaç ão : estude várias propostas, avalie o spread, os encargos com comissões e outros custos associados, tais como avaliação do imóvel, abertura de processo, comissão de dossier, etc. Além da prestação mensal, some também o valor dos seguros obrigatórios, nomeadamente o seguro de vida e seguro contra incêndios. Mas lembre-se que não é obrigatório subscrever a esses seguros junto do banco que lhe irá conceder o crédito, verifique noutras seguradoras se lhe oferecem condições mais vantajosas. Ser viço Casa Pronta: o programa “Casa Pronta” é um mecanismo que permite centralizar todos os serviços e custos inerentes à transacção de uma habitação em apenas um balcão. Esta é uma iniciativa do Governo que pretende facilitar a vida aos cidadãos na compra e venda de casa e, ao mesmo tempo, diminuir os encargos com o serviço. Aos balcões do “Casa Pronta” pode realizar registos e contratos de compra e venda, contratos de crédito e de financiamento celebrados por instituições de crédito, liquidar o Imposto sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT). Pode encontrar este serviço de Norte a Sul do País e, de acordo com contas da DECO, consegue poupar em média 60 a 70 por cento nas despesas iniciais. pub


II

pĂşblica: 2 de Fevereiro de 2011

publicidade


pública: 2 de Fevereiro de 2011 III

especial

Escolha os profissionais adequados

Projectar a casa dos seus sonhos Se está a pensar em construir uma casa deverá seguir determinados passos para que o resultado seja efectivamente o mais próximo daquilo que pretende. Deverá começar por escolher e contratar os serviços de profissionais competentes, nomeadamente de um gabinete de arquitectura. A primeira coisa a fazer é explicitar o melhor possível aquilo que realmente deseja: o número de divisões, quantas pessoas vão habitar a casa, se pretende garagem, aquecimento, se gostaria de ter um sótão. Nesta fase dê mesmo o máximo de indicações sobre o que é a sua casa de sonho. Todas as construções novas, ampliações, demolições, alterações e reconstruções deverão ser licenciadas pela Câmara Municipal. O arquitecto será o res-

ponsável técnico pelo projecto junto desta entidade e saberá quais os requisitos a que a sua nova casa deverá obedecer para cumprir os regulamentos. Mas, para ter, de forma vinculativa, um parecer

sobre os condicionamentos à construção que recaem sobre determinado terreno deverá ser efectuado um pedido de informação prévia. Após a autorização da construção, a Câmara Munici-

pal emite uma licença de construção, mediante o pagamento da respectiva taxa (estes valores são muito variáveis de município para município). A escolha do empreiteiro não é fácil, mas a selecção deve ser feita tendo em conta referências de trabalhos já realizados. Quando escolher a empresa para construir a sua casa, deve exigir um orçamento descriminado e a indicação dos prazos de obra e formas de pagamento. Deverá também verificar se o empreiteiro possui um alvará com a classificação exigida pela Câmara para a emissão da licença. No final da obra deverá requerer à Câmara Municipal a emissão da licença de utilização. Fonte: www.lardocelar.pt

Projecto Base

Execução

Normalmente chama-se também a esta fase “licenciamento”, pois uma vez que estejam definidas as principais questões formais no estudo prévio, o projectista prepara as peças desenhadas e escritas para entregar na Câmara Municipal, para o licenciamento da construção. Para além do projecto de arquitectura, nesta fase desenvolvem-se também os projectos de especialidades. Esta fase deve incluir o projecto de arquitectura, o qual deverá incluir o estudo comportamento térmico e acústico da casa, projecto de estabilidade e fundações, águas e esgotos, electricidade, gás, arranjos exteriores. Deverá também incluir todos os serviços adicionais que pretenda ter na sua casa: telefones, ar condicionado e/ou aquecimento, dados e sistemas electrónicos e aspiração central.

Nesta fase são definidos todos os materiais, pormenores de aplicação e todos os elementos necessários para a construção. Deve também fazer parte desta fase o mapa de trabalhos e medições, para que o empreiteiro possa dar um orçamento de acordo com os trabalhos que são pedidos e o caderno de encargos, definindo condições especiais de aplicação dos materiais.

Em nome ficciência da efi energética Numa construção atenta aos pormenores é preciso considerar a orientação das fachadas, bem como o isolamento térmico das paredes, que ajudam a prevenir fugas de calor entre o interior e o exterior da habitação. Já os vidros duplos protegem do calor e do frio. Têm duas camadas de vidro, separadas por uma câmara de gás inerte, de maior efeito isolante. As perdas de calor para o exterior reduzem-se em 45% com uma janela de vidro duplo e caixilharia isolante. Também a água pode ser usada para arrefecer o ar. Caso haja espaço disponível em frente à habitação, é possível criar espelhos de água. A evaporação da água dá-se junto às paredes exteriores da casa, diminuindo a temperatura do ar em seu redor. Também as palas, ou varandas, por cima das janelas, ajudam, durante o Verão, a quebrar a incidência directa do sol. Segundo a Associação de Defesa do Consumidor, DECO, as janelas basculantes permitem, com o estore parcialmente fechado, arejar a casa. Por sua vez, as janelas pequenas evitam o arrefecimento excessivo das casas viradas a Norte. A forma do edifício influencia as perdas e os ganhos de calor entre o interior e o exterior. Quanto mais compacto for o edifício, menores serão as perdas energéticas. A utilização de painéis solares fotovoltaicos é cada vez mais comum e permite converter a energia solar em eléctrica, enquanto os colectores solares têm a vantagem de usá-la para aquecer a água. A instalação destes sistemas leva à redução do consumo de energia eléctrica. pub


IV

pública: 2 de Fevereiro de 2011

publicidade

pub

pub

EN GI RA MA No centro da cidade, com óptimas áreas, Fica no 3º andar, tem um sótão, Excelente negócio. Valor: 65.000,00 €

Como nova Em Antas. Equipada com ar condicionado e aquecimento central, Cozinha mobilada e equipada, alarme, sistema de som em toda a casa, Janelas eléctricas, três quartos, duas casas de banho, uma suite com quarto de vestir e armários embutidos. Garagem para dois carros. Valor: 175.000,00 € (negociáveis)

Para venda ou para arrendamento. Perto do centro e com bons acessos.

Com a área de 145 m2, dois lugares de garagem e arrumos. Cozinha mobilada, sala com lareira, uma casa de banho completa e uma suite, tem seis armários embutidos, soalho em carvalho, ar condicionado e aquecimento central, tectos falsos com iluminação em focos e com duas varandas. Valor: 150.000,00 €

Tem a área de 95 m2, garagem fechada para um carro, quartos com armários embutidos, uma casa de banho e uma suite, cozinha, lavandaria e despensa, iluminação em focos, tem ar condicionado, uma varanda, pavimento em cerâmica e taco e garagem fechada para um carro. Valor: 90.000,00 €

Como novo. Quartos com armários embutidos, uma suite. Cozinha mobilada e equipada, lavandariaTem tectos falsos com iluminação em focos. Vidros duplos, aquecimento central. Uma varanda. O chão do hall de entrada é em mármore. Tem porta de segurança, vídeo - porteiro.

Com garagem e arrumos. Novo e com óptimas áreas. Perto do Parque da cidade. Tem cozinha mobilada, duas casas de banho. Com aquecimento central e aspiração.

Excelente apartamento, só visto. Valor: 117.500,00 €

Como novo. Perto do centro. Tem garagem fechada. Opção de venda com mobília. Tem três frentes. Cozinha mobilada e equipada com electrodomésticos, sala comum, quarto com suite, Um armário embutido. Aspiração central, aquecimento central, gás canalizado,

Projectos de Construção, Lda.

• Engenharia

Valor: 100.000,00 €

Ainda em projecto numa zona sossegada, com excelente exposição solar. Moradia com uma área de 360m2, tem 3 quartos, 1 suite, 3 casas de banho, 1 sala de estar com lareira, sala de jantar, cozinha, piscina, aquecimento central, ar condicionado, garagem, ainda com possibilidades de adaptar o projecto ao seu gosto, venha conhecer.

• Arquitectura • Decoração • Urbanização

Valor: 105.000,00 €

Loja no Edifício Sagres. Para arrendar: 500,00 € Com a área de 106 m2, tem duas casas de banho.

• Fiscalização

Escritório junto aos correios. Para arrendar: 225,00 € Tem a área de 40 m2, fica no 1º andar, em muito bom estado. Escritório na Rua de Sto. António. Para arrendar: 1.250,00 € Com dois pisos e um recuado. Com possibilidade de lugar de estacionamento privado. Está como novo, uma casa de banho remodelada e com sensores. Varanda na frente da rua principal. Lote Terreno No centro da cidade. Valor: Desde 58.000€

Apartamento T1 – No centro da cidade. Condomínio incluído. 260,00 €

Rua Vasconcelos e Castro, nº 58 - 2º 4760 VILA NOVA DE FAMALICÃO Telefone e Fax - 252 316 483


pública: 2 de Fevereiro de 2011 V

especial

Tintas para todos As tintas são mais do que aquelas que parecem. É um facto. Existem no mercado vários tipos de tintas e por isso as dúvidas são sempre muitas e pertinentes. Conheça os principais tipos de tinta e escolha o que melhor se adapta às suas necessidades. Aquosa: geralmente a mais indicada para interiores, pela fácil aplicação. Pode apresentar acabamentos mate ou acetinados. Esmalte: própria para madeiras e metais. Proporciona acabamentos mates, acetinados ou brilhantes.

Orçamentos No mercado existe uma grande diferença de preços. Deve perguntar aos seus familiares e amigos se conhecem algum empreiteiro de confiança. Um bom trabalho fala por si. Informe-se sobre as características dos materiais e acabamentos. Por vezes, é preferível pagar um pouco mais, assegurando um bom serviço e a durabilidade dos materiais. Tente encontrar o equilíbrio entre qualidade-preço, porque às vezes o barato sai caro. O valor do orçamento geralmente não inclui o IVA. Analise todos os pontos discriminados e certifique-se do preço final da empreitada. Inteire-se ainda de que os valores propostos são “chave na mão”.

Lisas: não alteram a textura inicial da superfície Plástica: pode ser aplicada no interior e na fachada. Apresenta um acabamento tipo aveludado de alta qualidade e é resistente à intempérie e luz solar. Texturas: com efeito em relevo, apresenta uma acção hidro-repelente. É indicada para superfícies internas e externas de cimento, fibrocimento e betão. Disfarçam as superfícies imperfeitas, proporcionando diferentes efeitos decorativos Tintas para todos os cantos Para cada área existe um produto específico. Em função das características das superfícies, assim difere o tipo de tinta que se deve utilizar. Azulejos: actualmente encontra no mercado diversas tintas que

Remodelar ponto por ponto São muitas as vezes que nos apetece realizar uma remodelação na nossa casa, o certo é que há alguns passos que devem ser seguidos para que tudo corra bem. O primeiro é planear, porque um bom plano de obra é meio caminho para que tudo corra bem. Não ache que é uma perda de tempo esta fase de pesquisa. Aproveite antes para pensar, desenhar, fotografar, escrever. Na internet, já existem algumas soluções que lhe podem ser úteis nesta fase. Depois, elabore uma lista de necessidades no que respeita a pontos de água, gás e electricidade. Em relação a pontos de televisão, telefone e internet equacione simultaneamente as soluções com e sem fios (wireless).Estas decisões influenciam toda a empreitada

Amostras Para escolher os materiais que pretende, deve visitar várias lojas e recolher, sempre que possível, amostras dos diferentes tipos de materiais. Em casa, com calma, conjugue pavimentos com revestimentos, tintas com tecidos e veja as soluções que mais lhe agradam. se podem aplicar directamente sobre paredes vidradas. No entanto, algumas marcas requerem a aplicação de uma base específica que funciona como promotor de aderência. Só de seguida pode pintar com esmalte aquoso ou uma tinta de água comum C hão: embora ainda não seja muito comum em Portugal, começa a surgir a tendência de pin-

tar os pavimentos de madeira ou cimento. Para este efeito é necessário a utilização de um produto específico com um elevado grau de resistência Tectos: é a parte mais difícil de pintar. Por essa razão, algumas marcas de tintas desenvolveram produtos específicos para estas zonas. São tintas de secagem rápida que não salpicam.

Mudar o essencial Com algumas mudanças básicas consegue melhorar o aspecto e o conforto da sua casa. Por exemplo, uma nova pintura faz verdadeiros milagres. Uma parede com papel de parede vai também originar a diferença. Na cozinha, poderá substituir as portas dos armários da cozinha. Ficará com a sensação de que possui uma cozinha nova. Além disso, esta operação é igualmente uma boa obra de manutenção, uma vez que substituiu as peças de maior desgaste. Aconselhe-se junto de profissionais especializados ou faça você mesmo. pub.


VI

pĂşblica: 2 de Fevereiro de 2011

publicidade


especial

pública: 2 de Fevereiro de 2011 VII pub

As soluções do chão ao tecto

Revestir bem Os revestimentos são muito importantes. Além de estarem à vista de todos, apresentam características próprias que podem ditar a sua escolha. Autonivelante: Certamente já pisou este tipo de chão num centro comercial ou numa loja, mas nunca imaginou que o pudesse utilizar dentro de casa. Indicado para cozinhas, este pavimento também pode cobrir o chão da sala e dos quartos, embora seja pouco confortável pela sua baixa temperatura. A superfície lisa e resistente não apresenta qualquer emenda ou ranhura, facilitando a limpeza. A palete de cores é variada e os acabamentos variam entre o brilhante e o mate

Cortiça: bonita, simples, natural e ecológica. É um material óptimo em termos acústicos e térmicos. É resiliente, pois tem a capacidade de recuperar a forma inicial independentemente do uso, além de não ficar marcado pelos pés dos móveis. Quanto ao conforto, as propriedades de amortização de choque aliviam a tensão nos pés, articulações, pernas e costas. Existe uma variedade de cores e padrões.

Porcelânicos e cerâmicos: os revestimentos diferenciam-se pela resistência e são indicados para chão e paredes, interiores e exteriores. O mosaico cerâmico é naturalmente menos resistente do que o porcelânico. Neste grupo incluem-se os azulejos, grés e terracotas. Os acabamentos vão desde os lisos, texturados, vidrados, metalizados, pintados à mão, impressos, esmaltados, envernizados, mate, imitação de pedra, de madeira, tecido ou de pele. Os tamanhos são múltiplos e este tipo de material pode aplicar-se sobre outra camada de mosaicos, evitando os inconvenientes da remoção de chão e paredes

Pedra: Presente em todas as casas desde os tempos mais remotos, a pedra continua a ser um material nobre, de grande qualidade. Pela sua resistência e durabilidade, este revestimento é geralmente o eleito para as zonas exteriores: pátios, jardins e piscinas. No entanto, o uso de pedra natural no interior, em pavimentos e revestimento de paredes, continua a ser uma marca de prestígio e classe.

Mosaico e pastilha: Nenhum revestimento permite uma diversidade tão grande de cores e padrões. Vidrada, mate, texturada ou pintada, a conjugação destes mosaicos dá origem a pavimentos e revestimentos que se adaptam a todos os estilos. Os pequenos mosaicos apresentam-se ligados entre si.

Linóleo: resulta de uma inteligente fusão de elementos naturais e biodegradáveis: óleo de linhaça, resinas, cortiça e juta. Uma boa solução para aplicar em zonas de grande desgaste, como o quarto de crianças. Altamente resistentes, elásticos e resilientes. A diversidade de soluções estéticas (cores, padrões, texturas) torna-o um dos revestimentos mais versáteis do mercado. Piso fl flu utuante: Está na moda e é formado por réguas ligadas entre si e é uma excelente escolha pela facilidade de instalação, durabilidade, conforto e preço. Disponível em madeira (estratificada e laminada), pelo seu elevado conforto, este piso é indicado para qualquer divisão da casa. Ao escolher o soalho, convém analisar a sua dureza. As tábuas prontas a usar apresentam-se nas mais variadas cores, tipos de madeira e padrões. Tudo depende da preferência de cada um. Em algumas situações, este material pode ser usado para revestimentos de parede.

Vinílico: De aspecto aborrachado, o pavimento vinílico permite desenvolver variadíssimos padrões e imitação de outros materiais, como a pedra e a madeira. Este pavimento costuma ser usado em locais públicos, sujeitos a um elevado desgaste. A razão desta escolha é precisamente a sua elevada durabilidade e resistência e facilidade de manutenção. Elevado isolamento acústico. Fácil de limpar e manter; raramente se mancha ou risca. As juntas podem ser vulcanizadas tornando o pavimento numa peça única, estanque e asséptica. Fonte: www.maximointeriores.pt

pub


VIII

pĂşblica: 2 de Fevereiro de 2011

publicidade


OE978