Page 1

Carpintarias e Serralharias

Material usado no mobiliário e na construção

Madeira: bonita e nobre

Sofifiaa Abreu Silva Além da inegável potencialidade decorativa usada, sobretudo, no mobiliário, a madeira apresenta, na construção, em relação a outros materiais, várias vantagens, nomeadamente no campo da resistência, durabilidade, economia, além do conforto acústico e térmico. Os especialistas da área explicam que a baixa condutibilidade térmica da madeira faz com que esta tenha um grau de isolamento seis vezes superior ao tijolo e 15 vezes superior ao betão. Mesmo quando existem variações de temperatura no exterior, quer seja mais frio ou mais calor, as diferenças são menos sentidas em casas construídas em madeira. Na verdade, países como o Canadá, os Estados Unidos e os do Norte

da Europa elegem a madeira como material de construção das suas casas. De uma forma geral, as madeiras finas são empregadas em marcenaria e em construção corrente, como na execução de esquadrias. Já as madeiras duras são utilizadas em construção, como suportes e vigas. Quanto às preferências, as escolhas recaem nas madeiras de origem africana: mogno, tola, afizelia, kambala, entre outras. Já os países nórdicos preferem as europeias: faias, pinhos nórdicos, castanho e carvalho. Hoje, em todas as construções, os carpinteiros, os arquitectos e os engenheiros trabalham juntos e o que ganha é mesmo o resultado final, que ficará mais interessante e sustentado, uma vez que os profissionais, em conjunto, decidem

pela aplicação mais correcta, uma vez que sabem do comportamento físico e mecânico da madeira. Afinal, como referiu Frank Loyd Wright, mestre de arquitectura, só “entendendo a madeira é que podemos utilizá-la com inteligência". O p ç ã o s e m p r e en ca n t a d o r a Quando entramos numa casa, facilmente notamos que a madeira é um dos materiais preferidos nas habitações. Por norma, a madeira é o material eleito para quartos e salas e as opções são tábuas corridas, laminados, tacos e parquês. No entanto, nos últimos anos têm surgido casas-de-banho com aplicações em madeira e os resultados têm sido apreciados. Porém, alguns especialistas dizem que o uso não é recomendando em zonas que estejam frequen-

temente em contacto com água, porque pode ser difícil manter essas zonas irrepreensíveis. Já no mobiliário, a madeira é, sem dúvida, o material preferido. Os carpinteiros fazem cozinhas lindíssimas com diferentes acabamentos e aplicações. Não há melhor solução, de facto. Sem dúvida que a madeira pode ser usada em todos os cantos da casa. Os exemplos mais marcantes do seu uso verificam-se nos pisos, paredes, mesas e em todo o tipo de móveis, porque afinal a madeira é um material intemporal e adequa-se a soluções simples e arrojadas, tradicionais ou mais contemporâneas. Está e estará sempre na moda. Afinal a madeira confere um ar muito caseiro, simpático e acolhedor, muito acolhedor. pub.


18

pública: 15 de Julho de 2009

publicidade

Junta de Freguesia de Joane PROCEDIMENTO PRÉVIO DE ARREMATAÇÃO POR PROPOSTA EM CARTA FECHADA PARA ATRIBUIÇÃO DA CONCESSÃO DO DIREITO DE OCUPAÇÃO DE LOCAL DE VENDA NA FEIRA SEMANAL DE JOANE PROGRAMA DE CONCURSO 1. OBJECTO DO CONCURSO 1.1. O presente procedimento tem por objecto a oferta pública com vista à arrematação por proposta em carta fechada, de UMA LOJA na FEIRA SEMANAL de Joane com a área de 14 metros quadrados e destinada à venda de, produtos de panificação e pastelaria e snack bar. 2. ENTIDADE PROMOTORA A entidade que promove o concurso é a Freguesia de Joane, por intermédio da Junta de Freguesia de Joane, com sede na Rua Dr. Bernardino Machado, número 176, 4770-202 Joane, telefone número 252 928 575, fax 252 928575, correio electrónico: secretaria@jf-joane.pt. 3. LOCAL E MODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS 3.1. As candidaturas devem ser endereçadas por correio c/aviso de recepção ou entregues contra recibo na sede da Junta de Freguesia de Joane, no endereço atrás referido, impreterivelmente até às 16 horas do vigésimo dia útil seguinte à publicação dos avisos em dois jornais locais, com referência ao concurso no exterior do invólucro/subscrito; 3.2. A candidatura deverá vir encerrada num invólucro/subscrito opaco fechado, devidamente identificada, onde no exterior do envelope, para além do nome do concorrente deverá referir: PROCEDIMENTO PRÉVIO DE ARREMATAÇÃO POR PROPOSTA EM CARTA FECHADA PARA ATRIBUIÇÃO DA CONCESSÃO DO DIREITO DE OCUPAÇÃO DE LOCAL DE VENDA NA FEIRA SEMANAL DE JOANE; 3.3. Não serão aceites as candidaturas recebidas depois do termo do prazo fixado no ponto 3.1; 3.4. As propostas deverão ser elaboradas no sentido de manifestar o interesse com vista à arrematação do local agora posto a concurso e deverão ser acompanhadas dos seguintes documentos; sob pena de exclusão: a) Cópia do BI - Bilhete de Identidade; b) Cópia do NIF - Número de Identificação Fiscal. 4. ADMISSÃO DE CONCORRENTES 4.1. À arrematação poderão concorrer pessoas singulares ou colectivas, no pleno exercício dos seus direitos. 5. CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DOS CONCORRENTES 5.1. Na classificação dos concorrentes e na atribuição do local de venda serão tidos em consideração os seguintes critérios de preferência: a) A adjudicação terá como fundamento a melhor oferta de preço, sendo que a base de licitação não poderá ser inferior ao valor de € 10.000,00 (Dez mil euros), pelo qual é posto a concurso o locado; b) No caso de empate, proceder-se-á à negociação directa com os concorrentes empatados, sendo a adjudicação do local de venda em causa, efectuada ao concorrente que fizer a melhor oferta de preço. 6. ACTO PÚBLICO DE ABERTURA DE PROPOSTAS 6.1. No dia útil imediato à data limite para apresentação das candidaturas proceder-se-á à sua abertura pela Comissão de Abertura de Propostas, na sala de reuniões sita no edifício sede da Junta de Freguesia, pelas 10,00 horas. 6.2. Por motivo justificado poderá o acto público do concurso realizar-se dentro de 30 dias subsequentes ao indicado no número anterior, em data determinada pela Junta de Freguesia da qual serão notificados todos os concorrentes. 7. ATRIBUIÇÃO DA CONCESSÃO DO LOCAL DE VENDA A concessão tem a duração de cinco anos. 8. DÚVIDAS E OMISSÕES As dúvidas suscitadas na aplicação do programa de concurso, bem como as eventuais omissões, serão resolvidas pelo júri, tendo em atenção, nomeadamente o estabelecido no Regulamento da Feira de Joane, o Código do Procedimento Administrativo, bem como outra legislação que regula estes procedimentos e actividade. Aprovado em reunião do Órgão Executivo de 20 de Junho de 2009.


especial

Uma casa de madeira?

Podemos até nem sequer saber disso, mas a construção é uma das actividades em que se gasta mais energia e também aquela em que se pode intervir com sucesso para melhorar a eficiência energética das nossas casas. A madeira, à primeira vista, pode ser um material que tem vindo a perder terreno, mas que tem várias vantagens a nível ambiental. Na verdade, Finlândia, Canadá e Japão são países onde existe uma grande tradição de construção em madeira. Em Portugal, construir em madeira é uma solução ainda pouco habitual e nos últimos anos o material até perdeu terreno. Alguns especialistas explicam que devido ao nosso clima, optou-se por materiais pesados, com uma grande inércia térmica, ou seja, capazes de conservar a temperatura

constante, no interior dos edifícios, durante horas. No entanto, muitos especialistas estão mesmo optimistas em relação ao futuro da madeira na construção. Por exemplo, a nível ambiental, todos concordam que a utilização da madeira tem várias potencialidades. A madeira tem ainda outra vantagem, uma vez que requer pouca energia para a sua transformação, sobretudo quando comparada com o betão ou o aço. Apesar da madeira ser um material interessante, é fundamental que as madeiras usadas venham de florestas sustentáveis, geridas de forma a não pôr em risco a biodiversidade. Assim, alerta-se para a importância de comprar madeira com certificado de qualidade ambiental.

Caixilharia: para um bom isolamento Portas e janelas. São, todos sabemos, imprescindíveis numa casa, fazem parte dela. Hoje em dia, a oferta existente no mercado é muito variada, até porque as caixilharias assumem uma grande importância para um bom isolamento térmico e acústico. As empresas estão conscientes disso, por isso, hoje, para quem constrói, os trabalhos de caixilharia são essenciais e são feitos por empresas que privilegiam a qualidade dos materiais e da mão-de-obra. Hoje não conta o preço, mas antes a qualidade dadas as vantagens que um bom trabalho pode oferecer. Os materiais mais utilizados para caixilharia são a madeira, o alumínio e o PVC. A opção por um ou por outro, tem muitas a vezes a ver com o aspecto estético ou económico, uma vez que qualquer um consegue um desempenho térmico ou acústico muito semelhante. O PVC é o material que apresenta melhores índices de isolamento acústico, tendo a madeira e o alumínio comportamentos similares. Já no plano do isolamento térmico, constata-se que tanto a madeira como o PVC apresentam comportamentos semelhantes e mais eficientes que o alumínio. Por último, as caixilharias de alumínio podem ser devidamente isoladas de modo a obter comportamentos térmicos e acústicos muito eficientes.

pública: 15 de Julho de 2009 19


20

pública: 15 de Julho de 2009

especial

Ferro, aço e alumínio estão presentes nas nossas casas

A arte e a utilidade da serralharia

A serralharia é uma velha arte que, no entanto, ao longo dos tempos soube acompanhar a modernidade e, hoje, vai muito mais além da actividade tradicional de fazer grades e portões, assumindo-se como uma actividade importante e, cada vez, mais procurada, na decoração interior e exterior das habitações. Hoje uma serralharia trabalha o ferro, o aço, o inox e alumínio e realiza quase todo o tipo de trabalhos. Os trabalhos de serralharia sempre foram muito utilizados na construção, quer pela sua composição, quer pela resistência que apresentam face ao desgaste, à corrosão, e às diferenças atmosféricas. A isto alia-se ainda uma boa relação qualidade/preço. Comecemos por um dos materiais mais clássicos: o ferro. Pela sua robustez e perenidade, é utilizado na construção como parte estrutural de uma obra. Mas também é uma fonte inspiradora para decoração de exteriores, como seja, em grades, portões varandas, bancos de jardim, entre outros. Para a decoração interior, o ferro também é uma opção seguida com frequência, nomeadamente, em corrimões, candeeiros, camas e outros móveis. A Boa resistência mecânica, o preço apelativo e facilidade de manuseamento, estão entre as maiores vantagens. O ferro é, porém, um material pesado e necessita de algum trabalho de manutenção. Já o aço é um material mais macio, permitindo o fácil processamento, sendo que existem mais de 2.500 tipos de aço em todo o mundo. O aço inoxidável é cada vez mais usado, pois apresenta propriedades físico-químicas superiores aos aços comuns e alta resistência à oxidação atmosférica. Dados os seus componentes, o aço inox confere uma excelente resistência à corrosão. Uma das grandes vantagens é a sua força decorativa, pois trata-se de um material que vai muito bem com madeira e pedra, além de que é de fácil manutenção. No que respeita a inconvenientes, podemos apontar o preço elevado e a pouca resistência superficial, pois risca com alguma facilidade. Por fim, temos o alumínio, que é um material leve e maleável, embora a grande de energia necessária para o conseguir pode reduzir, de alguma forma, a sua aplicação. O alumínio apresenta uma excelente resistência à corrosão e é durável devido à camada protectora de óxido. O baixo peso, maior resistência a ambientes agressivos e pouca manutenção são os pontos a favor deste material, enquanto de negativo fica a fraca resistência ao impacto. O alumínio é usado nas habitações das mais variadas formas, como em utensílios de cozinha, ferramentas, portas, janelas, corrimões, entre outros.

pub.

pub.

Serralharia Mecânica Execução de Serviços Torno - Frezadora - Ferramentas Cunhos - Cortantes - Etc.

Tel.: 252 905 224 Lugar da Alegria - Pedome 4760 V. N. Famalicão

OE897  

pela aplicação mais correcta, uma vez que sabem do comportamento físico e mecânico da madeira. Afinal, como refe- riu Frank Loyd Wright, mes...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you