Issuu on Google+

2013: tentar ser feliz vale a pena

O melhor ano das nossas vidas deverá ser aquele que estamos a viver. Mas é igualmente positivo definirmos alguns objetivos para o próximo ano, para nos concentrarmos naquilo em que temos para cumprir efetivamente. Apesar de se adivinhar um ano difícil para todos, em 2013 procure estar atento às oportunidades. Deve acreditar que a vida pode ser, em grande parte, aquilo que nós queremos. É claro que as dificuldades existem e devemos ser realistas para termos a noção do esforço que teremos de fazer. Segundo os psicólogos devemos elaborar uma lista de objetivos, que funcionará como uma mola propulsora para as mudanças. Com a falta de dinheiro, muitos de nós aprendemos a não dar tanta importância ao que é material, mas antes ao bem-estar. Assim, no próximo ano deve tratar bem as pessoas. Esteja mais vezes com a família, amigos e colegas de trabalho. Promova pequenas iniciativas, como por exemplo um jantar em que cada um traz alguma coisa para partilhar. Dar tempo aos

outros é indispensável para criar laços de amizade e segurança, que nos ajudarão a enfrentar os obstáculos com mais confiança. No próximo ano é indispensável ter tempo para si. E que tal começar uma nova atividade que lhe dê gosto, como a natação, pintura, música, ginástica e fotografia? É uma forma de quebrar a rotina e de cumprir pequenos desejos ou mesmo sonhos. Procure ainda cultivar-se: leia muito, porque uma pessoa informada é uma pessoa mais instruída, interessante e, sobretudo, mais esclarecida sobre o mundo e os outros. Se o lado intelectual é importante, o aspeto físico é também relevante. Não importa ter 20 ou 70 anos, o básico é olhar para si, colocar um creme, vestir uma roupa que gosta, cuidar do cabelo, colocar um perfume…. Ou seja, sentir-se bem na sua pele. Pode começar por oferecer as peças de vestuário que já não fazem sentido no seu armário e ficar com as que realmente gosta. Mais do que tudo, em 2013 há

que acreditar no amor. Mesmo que tenha sofrido no passado, vale a pena continuar a acreditar que há pessoas que merecem a sua atenção, o seu carinho, a sua amizade. Tentar ser feliz no próximo ano não será tarefa fácil, mas vale a pena tentar. Afinal, há sempre quem tenha menos do que nós. Menos amor, saúde, amigos, dinheiro, comida, roupa… menos tudo. Por outro lado, quem tem mais dinheiro não é propriamente mais feliz. Justamente, no plano financeiro, o melhor é também fazer algumas poupanças este ano para salvaguardar uma situação mais complicada, que poderá surgir. Mas, há também que olhar para o lado e se tivermos oportunidade de ajudarmos alguém, façamo-lo com dedicação. Ajudar faz-nos muito bem ao espírito. Uma coisa é certa. Ninguém descobriu a fórmula secreta da felicidade, mas ela estará em pequenas coisas: num jantar com amigos, num passeio com os filhos, num filme, num almoço de família, num abraço, num presente, num livro, numa música…lembre-se que menos é mais. Na verdade, tornar a vida mais simples mantém-nos sãos e devolve-nos o poder, a eficácia e a motivação. Hoje, temos consciência de que as pessoas estão a passar por sérias dificuldades, não apenas por culpa própria, mas por culpa de um país, onde o fosso social é cada vez mais assombroso, mais desigual. A poucos dias do novo ano….esperamos que 2013 seja uma oportunidade para mudarmos, se não for radicalmente, pelo menos um bocadinho para que nos sintamos, de facto, mais felizes. Porque, como dizia o cantor António Variações: “Muda de vida se tu não viveres satisfeito, muda de vida, estás sempre a tempo de mudar, muda de vida, não deves viver contrafeito, muda de vida se há vida em ti a latejar”.

Um novo ano, uma nova oportunidade

Esmeralda é a cor de 2013 A condizer com a esperança mais do que necessária para enfrentar os desafios dos próximos 12 meses, a Esmeralda foi o escolhido pela Pantone como cor do ano de 2013 – uma tonalidade que já pintou as coleções para a primavera-verão que desfilaram nas passerelles por todo o mundo. O Pantone 17-5641 Esmeralda substitui a Cor do Ano de 2012 que era a Tangerina Tango (Pantone 17-1463). “Verde é a cor mais abundante na Natureza – os olhos humanos veem mais verde do que qualquer outra cor do espectro”, explica Leatrice Eiseman, diretoraexecutiva do Instituto de Cor Pantone. “Assim, como aconteceu na história, a multifacetada esmeralda continua a brilhar e a fascinar. Simbolicamente, a esmeralda traz um sentimento de clareza, renovação e rejuvenescimento, que é tão importante no mundo complexo de hoje. Este tom poderoso e universalmente atrativo traduz-se facilmente tanto na moda como na decoração de interiores”, sublinha. A presença da esmeralda na moda tem aumentado consistentemente nos últimos anos e são muitos os designers que estão a incorporar esta cor nas suas coleções de primavera. Na beleza, a Pantone afirma que a cor irá dramatizar todas as cores de olhos e é um forte complemento para pêssego, rosa, vermelho rubi e beringela, acrescentando que é também uma ótima cor para as unhas para quem se quer destacar. Usar esmeralda nos interiores, por outro lado, irá “criar um toque luxuoso na entrada, na sala de estudo ou de jantar e trazer vida a uma sala de estar, com uma parede em destaque”, refere a Pantone. Também segundo o site de tendências WGSN, “esmeralda é uma ótima escolha para Cor Pantone do Ano 2013, um tom muito versátil e usável”. “Há um sentimento definitivo de necessidade de calma, mas com um espírito intenso quando olhamos para o ano que aí vem”, acrescenta. Nas passerelles primavera-verão 2013 percebeu-se definitivamente a abundância de verdes aquáticos e de joias. Assim, o esmeralda enquadrase perfeitamente no tom vibrante e fresco para a primavera-verão 2013 e numa versão mais intensa para o inverno.

Verde é a cor mais abundante na natureza pub


16

publica: 28 de dezembro de 2012

publicidade


especial

publica: 28 de dezembro de 2012 17

Previsões para 2013 Carneiro: sob a influência da carta de Tarot a Imperatriz, os nativos de Carneiro têm um ano favorável ao desenvolvimento de projetos pessoais e familiares, pois o seu poder de comunicação está favorecido, bem como a sua sensibilidade. As atividades ligadas à partilha de saber e aos estudos encontram-se numa fase muito positiva, assim como profissões ligadas ao espetáculo, comunicação e ensino. Procurará também melhorar a relação e o contacto com os seus filhos. O melhor de 2013 será o seu espírito de iniciativa e as surpresas. Deverá dominar a sua impulsividade e dar o braço a torcer quando não tem razão.

Sagitário: a Carta de Tarot o Louco indica que neste ano os nativos do signo sagitário irão explorar novos horizontes e partir à descoberta de si próprios e à conquista do Mundo. Tal não implica que saiam porta fora e deixem para trás aquilo que possuem, no entanto serão feitas importantes mudanças na sua vida libertando-se de amarras, tanto na esfera afetiva como no domínio profissional. Este ano será muito importante para o autoconhecimento e para a evolução pessoal. O melhor deste ano será a sua combatividade, o contacto com pessoas que já não via há algum tempo, a ajuda dos bons amigos e até a realização de uma viagem desejada. Equilibre as suas finanças com disciTouro: a carta de Tarot o Imperador ajudará a consolidar os su- plina e rigor, seja mais metódico no seu trabalho e estabeleça cessos conseguidos. Este ano poderá representar a chegada a metas a curto e a médio prazo. um novo patamar, quer seja na sua carreira, quer na vida amorosa. São de moderar a tendência para a teimosia ou o dogma- Capricórnio: sob a influência da carta de Tarot o Julgamento, os natismo, pois se souberem aliar a flexibilidade à sua natural per- tivos do signo Capricórnio atravessam um período dedicado à auseverança os nativos de Touro encontrarão a chave certa para toanálise. Sentir-se-ão avaliados por aqueles que lhes são mais tirarem o melhor partido das situações. Deve, contudo, sair da chegados, ou podem também sentir que as próprias circunstânsua zona de conforto, ser mais aventureiro e mais flexível e to- cias põem à prova as suas competências. Será necessário adotarem uma postura mais flexível e otimista, abrindo mão de alguns lerante. pontos de vista rígidos. Neste ano, deverão fazer uma introspeção Gémeos: a carta de Tarot os Enamorados indica que os nativos que lhes permita identificar aquilo que vale a pena permanecer na deste signo poderão ser confrontados com decisões importan- sua vida e aquilo de que é chegado o momento de se libertarem. tes. Podem encontrar-se, por várias vezes, numa encruzilhada O melhor deste ano será a renovação afetiva, o poder de decisão em que precisarão de saber ouvir aquilo que o coração efetiva- e a chegada de novas oportunidades profissionais. mente lhes dita. Podem viver situações confusas na esfera sentimental, nomeadamente verem-se envolvidos em triângulos amorosos ou situações pouco claras. O melhor de 2013 será a sua vontade de alargar horizontes, que lhe trará uma paixão ou a possibilidade de mudar de trabalho, graças ao seu poder de adaptação.

Caranguejo: a carta de Tarot o Carro indica que os acontecimentos serão rápidos e suceder-se-ão de forma inesperada, havendo novidades e boas perspetivas de evolução a todos os níveis. Apesar de ser um ano em que pode ser conduzido ao sucesso, esta carta também indica que é necessário discernir bem aquilo que quer, sem se deixar influenciar. Sentir-se-á no centro dos acontecimentos, pois os outros passarão a contar mais consigo, depositando muitas expectativas em si. O melhor de 2013 será o amadurecimento interior, trazendo uma renovação sentimental e transformações positivas. Leão: os nativos do signo Leão terão como carta regente o Eremita, que indica que se encontram num importante processo de crescimento interior, e que 2013 lhes trará muitas das respostas que procuravam. Esta carta recorda a importância de acreditar em si próprio e nas suas capacidades, para não se deixar perturbar pelos obstáculos nem demover pela oposição dos outros. Este ano representará a descoberta da sua capacidade de luta e a recompensa pelos esforços feitos e pelo árduo caminho percorrido. Aproveite a sua ousadia, criatividade e otimismo para a valorização do seu trabalho. Virgem: os nativos do signo Virgem estão sob a especial influência da carta de Tarot a Papisa, que adverte para a necessidade de darem ouvidos à voz da sua intuição. Esta carta apela à sensibilidade e faz com que procure abordar as situações de forma mais calma, ponderada e prudente. Poderá alargar a sua família ou melhorar a sua vida afetiva neste período, pois a esfera afetiva estará no topo das suas prioridades. Mesmo no domínio profissional estará mais voltado para o estudo e para o conhecimento. Embora este ano exija disciplina e algum esforço da sua parte ele irá revelar-se muito compensador. O melhor de 2013 será a capacidade de descobrir novas forças em si. Balança: a carta de Tarot o Mundo anuncia um ano muito positivo para os nativos do signo Balança. Receberão as merecidas recompensas pelos esforços que fizeram e pelo empenho que demonstraram no ano anterior. Terá a possibilidade de iniciar um relacionamento ou de começar a trabalhar numa área que sempre foi do seu agrado. A vida familiar será harmoniosa e feliz, e num relacionamento existente os laços irão tornar-se ainda mais fortes. Escorpião: sob a influência da carta de Tarot a Morte, os nativos de Escorpião terão este ano uma importante renovação na sua vida a todos os níveis, libertando-se de tudo aquilo que foi menos positivo no seu passado. Iniciarão um novo capítulo, com a possível mudança de trabalho ou de área profissional, ou com uma nova postura a este nível, tendo pela frente desafios que lhe irão permitir uma evolução também financeira. A vida amorosa também traz novidades, um relacionamento que não trazia felicidade chegará ao fim, surgindo um novo amor. Numa relação sólida, os laços tornar-se-ão mais fortes.

Aquário: sob a influência da carta de Tarot a Roda da Fortuna, 2013 será um ano movimentado para os nativos do signo Aquário, que poderão contar com inúmeras surpresas e algumas mudanças inesperadas. As situações que se vinham a arrastar irão agora resolver-se facilmente, trazendo ao de cima novas oportunidades e também novos desafios. O melhor deste ano será a expansão de horizontes, o seu espírito de conquista e a renovação na vida profissional, bem como as pessoas que trarão uma lufada de ar fresco à sua vida. Peixes: durante 2013 os nativos do signo Peixes gozam da proteção especial da carta de Tarot o Mágico, que lhes dará a capacidade de coordenarem esforços e rentabilizarem recursos de modo a conseguirem importantes avanços na sua vida em todos os domínios. Assumirão uma postura mais determinada e ativa, sendo capazes de fazer escolhas que serão marcantes na sua vida. O melhor de 2013 será a sua intuição, agora ainda mais apurada, a sensibilidade às necessidades alheias, a sua imaginação fértil e o apoio da sua família. Procure ser mais independente e confiante, estabeleça prazos para alcançar metas e defina as suas prioridades. Fonte: http://astral.sapo.pt/previsoes/ previsoes-2013/maria-helena-martins pub


18

publica: 28 de dezembro de 2012

publicidade


para ser mais feliz em 2013 10 mudanças

especial

publica: 28 de dezembro de 2012 19 pub

Acha que é difícil ser feliz quando as circunstâncias não são as mais favoráveis? Nada mais errado. Estudos realizados pela investigadora norte-americana Sonja Lyubomirsky, autora do livro “Como Ser Feliz – A Receita Científica para a Felicidade” revelam que 40% da nossa felicidade está nas nossas mãos, 50% é de carga genética e apenas 10% depende das circunstâncias. A chave da felicidade está na forma como olhamos para a vida.

1. Valorize o que tem A maioria das pessoas tem tendência para se focar no que não tem e esquece-se de valorizar as coisas boas que tem. Quase todos temos algumas das coisas pelas quais nos devemos sentir gratos, entre elas, saúde, família, casa, amigos, fonte de rendimento... São pequenas coisas importantes para nós e que, por vezes, só valorizamos quando as perdemos. Lembrar o que a nossa vida tem de bom faz-nos sentir mais confiantes, confortáveis e dános alento para enfrentar momentos de dificuldades. 2. Conviva com os amigos Saber que temos alguém com quem contar é muito importante. Não estamos a falar de quaisquer relações, estamos a falar das relações fortes, positivas e respeitadoras. As relações de amizade constroem-se e alimentam-se no dia a dia. Devemos deixar de inventar desculpas e estarmos mais com os nossos amigos. 3. Ser solidário Ajudar os que necessitam mais do que nós tem uma influência fortíssima no nosso bem-estar e na nossa felicidade. O facto de nos descentrarmos de nós traz-nos uma sensação de bem-estar. Podemos ser voluntários ou termos atitudes positivas para com os nossos amigos, familiares ou vizinhos. Fazer um bolo para oferecer, ajudar um amigo, tomar conta dos filhos dos nossos vizinhos, visitar um amigo quando ele está menos bem, são alguns exemplos de como podemos ser úteis.

simples viagem, podem ser o suficiente para manter o entusiasmo pela vida. 7. Festeje as pequenas conquistas Pensar que a felicidade está lá à frente quando atingirmos aquele objetivo a que nos propusemos é um pensamento errado e, provavelmente, a principal causa de insatisfação. A felicidade não chega quando concretizamos um objetivo. É quando estamos ainda na expectativa, sem saber se vamos conseguir ou não alcançar o objetivo, que os níveis de bem-estar atingem o seu auge. É essencial apreciar todos os passos que vamos dando. 8. Aprenda a lidar com as frustrações Quando definimos um objetivo, devemos estar preparados para o atingirmos, mas também para o falharmos. Muitas vezes, somos confrontados com as nossas limitações e o melhor caminho a seguir é encarálas e procurar alternativas. Se não tomarmos um papel ativo na resolução dos problemas, os nossos objetivos vão parecer cada vez mais inalcançáveis.

9. Aprecie os pequenos momentos Aprender a saborear os bons momentos do nosso dia a dia é ainda um desafio para muitos de nós. Atualmente, vivemos num corre-corre constante, como se tudo fosse acabar amanhã e esquecemo-nos de reservar tempo para nós. Quebrar a rotina e introduzir pequenas coisas de que gostamos no nosso dia a dia é fundamental para o nosso bem-estar. Um passeio à beira-mar, uma refeição prolongada com a família ou uma caminhada no parque mais próximo 4. Seja otimista e confiante de casa ao final do dia são momentos que Segundo a psicologia, nós temos a liber- fazem toda a diferença na rotina habitual. dade de escolher a forma como lidamos com as experiências de vida. Podemos lidar 10. Sorria mesmo quanto parece estar mal com dramatismo, com relativismo ou com Transmitir aos outros a mensagem de que esperança. É, assim, importantíssimo acre- nos sentimos bem com a nossa vida é ouditar que o que fazemos hoje vai trazer-nos tro passo fundamental para nos sentirmos bons resultados no futuro. Os pensamentos mais felizes. A nossa postura corporal, o comandam a vida e se pensarmos que o facto de sorrirmos ou não quando chegamelhor vai acontecer, vamos sentir-nos mos a um sítio, influencia a forma como mais confiantes para atingirmos os objeti- os outros nos vão tratar e as emoções que vos. Porém, é essencial que o otimismo recebemos também pesam no nosso bemseja realista. estar. Mesmo nos dias em que não acordamos bem-dispostos, devemos ter a capaci5. Experimente novas atividades dade de colocar uma carga positiva na Aprender a fazer coisas novas é um outro nossa forma de estar. passo singular rumo à felicidade. Devemos aprender sempre mais porque é através dessas novas aprendizagens que vamos descobrindo melhores versões de nós próprios e que nos tornamos mais competentes. É fundamental introduzir novidades na nossa vida porque a rotina é inimiga da felicidade. O dinheiro é essencial para ter uma 6. Defina objetivos vida digna e as necessidades básicas Muitas vezes ouvimos pessoas a dizerem preenchidas. Sem elas, não há felicique não estão contentes com a vida que dade, como mostram os resultados de têm, mas também não sabem o que fazer estudos realizados em países pobres. para mudá-la. É fundamental definir objeDepois dessas necessidades resolvitivos e começar a desenvolver ações para das, está provado que ter muito mais atingir esses objetivos. Quando nos senticoisas materiais não assegura ter mais mos mais motivados, ficamos mais confelicidade, refere Helena Águeda Macentrados e isso gera sensações de prazer rujo, professora e investigadora na área e bem-estar. Concretizar pequenos objetida Psicologia Positiva. vos, como estar com amigos ou fazer uma

Pense nisto... Será que o dinheiro traz felicidade?

pub


OE1077