Issuu on Google+

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 • Edição 1165 • ANO XXXIII • www.operumo­lha­do.com.br

O MAIOR ­ AL JORN BÚZIOS

Lagosta com Graça só se for da Casa de Chef


Minirreforma Eleitoral: Búzios ainda na frente L A I R O T I D E

 

A

minirreforma eleitoral aprovada na Câmara dos Deputados esta semana, proíbe a veiculação da propaganda eleitoral através de faixas, placas, cartazes ou bandeiras em bens particulares, alem de reafirmar a mesma proibição em locais públicos como postes de iluminação e viadutos. Permanece na campanha panfletos e adesivos que não poderão ultrapassar as medidas de 50 por 40 centímetros. Nas ruas somente bandeiras e nada mais. Estas propostas foram aprovadas em sua maioria pela bancada do PMDB, o que deve se repetir no Senado, não agradando a bancada do PT que é contra a sua aplicação em 2014. Em Búzios, a reforma afeta muito pouco as eleições em 2014 e as municipais em 2016, na medida em que a Justiça Eleitoral juntamente com os partidos já vem aplicando a quase totalidade destas inovações, conside-

2

rando o perfil turístico da cidade. No geral esta reforma sequer arranha a questão nevrálgica das eleições no país, ou seja, o financiamento das campanhas. Ainda iremos conviver um bom tempo com a negociação dos cargos públicos, onde para se ganhar uma eleição as secretarias e os cargos de segundo escalão são vendidos para os financiadores de campanha e negociados com os cabos eleitorais. Quem perdeu a eleição vira oposição e apedreja o telhado de vidro comum a todos os políticos, numa alternância de poder onde o faz de conta muda rapidamente de boca e de discurso. O enredo é sempre o mesmo, só muda mesmo os atores. Mas, como não há mal que perdure nem bem que sempre dure, ainda temos a esperança que uma nova safra de eleitores e políticos esta se formando, acreditando que política não é negocio, nem o voto é objeto de escambo.

 

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

 


Desabafo de um empresário Por Silvino Geremia*

A

cabo de descobrir mais um desses absurdos que só servem para atrasar a vida das pessoas que tocam e fazem este país: investir em Educação é contra a lei. Vocês não acreditam? Minha empresa, a Geremia, tem 25 anos e fabrica equipamentos para extração de petróleo, um ramo que exige tecnologia de ponta e muita pesquisa. Disputamos cada pedacinho do mercado com países fortes, como os Estados Unidos e o Canadá. Só dá para ser competitivo se eu tiver pessoas qualificadas trabalhando comigo. Com essa preocupação criei em1988, um programa que custeia a educação em todos os níveis para qualquer funcionário, seja ele um varredor ou um técnico. Este ano, um fiscal do INSS visitou a nossa empresa e entendeu que Educação é Salário Indireto. Exigiu o recolhimento da contribuição social sobre os valores que pagamos aos estabelecimentos de ensino freqüentados por nossos funcionários, acrescidos de juros de mora e multa pelo não recolhimento ao INSS. Tenho que pagar 26 mil reais à Previdência por promover a educação dos meus funcionários? Eu honestamente acho que não. Por isso recorri à Justiça. Não é pelo valor em si , é porque acho essa tributação um atentado.

Estou revoltado Vou continuar não recolhendo um centavo ao INSS, mesmo que eu seja multado 1000 vezes. O Estado brasileiro está completamente falido. Mais da metade das crianças que iniciam a 1ª série não conclui o ciclo básico. A Constituição diz que educação é direito do cidadão e um dever do Estado. E quem é o Estado? Somos todos nós. Se a União não tem recursos e eu tenho, acho que devo pagar a escola dos meus funcionários. Tudo bem, não estou cobrando nada do Estado. Mas também não aceito que o Estado me penalize por fazer o que ele não faz. Se essa moda pega, empresas que proporcionam cada vez mais benefícios vão recuar.

“É lamentável, mas infelizmente é verdade...São Leopoldo tem um dos menores índices de analfabetismo e de mendicância do país, talvez por causa de homens como este!”

Não temos mais tempo a perder As leis retrógradas, ultrapassadas e em total descompasso com a realidade devem ser revogadas. A legislação e a mentalidade dos nossos homens públicos devem adequar-se aos novos tempos. Por favor, deixem quem está fazendo alguma coisa trabalhar em paz. E vão cobrar de quem desvia dinheiro, de quem sonega impostos, de quem rouba a Previdência, de quem contrata mão-de-obra fria, sem registro algum. Eu Sou filho de família pobre, de pequenos agricultores, e não tive muito estudo. Somente consegui completar o 1º grau aos 22 anos e, com dinheiro ganho no meu primeiro emprego, numa indústria de Bento Gonçalves, na serra gaúcha, paguei uma escola técnica de eletromecânica. Cheguei a fazer vestibular e entrar na faculdade, mas nunca terminei o curso de Engenharia Mecânica por falta de tempo. Eu precisava fazer minha empresa crescer. Até hoje me emociono quando vejo alguém se formar. Quis fazer com meus empregados o que gostaria que tivessem feito comigo. A cada ano cresce o valor que invisto em educação porque muitos funcionários já estão chegando à Universidade.

valores para educação poderá reclamar uma equiparação salarial com o colega que recebe. Nunca, desde que existe o programa, um funcionário meu entrou na Justiça. Todos sabem que estudar é uma opção daqueles que têm vontade de crescer. E quem tem esse sonho pode realizá-lo porque a empresa oferece essa oportunidade. O empregado pode estudar o que quiser, mesmo que seja Filosofia, que não teria qualquer aproveitamento prático na nossa Empresa Geremia.

No mínimo, ele trabalhará mais feliz Meu sonho de consumo sempre foi uma MercedesBenz. Adiei sua realização várias vezes porque, como cidadão consciente do meu dever social, quis usar meu dinheiro para fazer alguma coisa pelos meus 280 empregados. Com os valores que gastei no ano passado na educação deles, eu poderia ter comprado Duas Mercedes. Teria mandado dinheiro para fora do País e não estaria me incomodando com essas leis absurdas . Mas infelizmente não consigo fazer isso.

O fiscal do INSS acredita que estou sujeito a ações judiciais

Eu sou um teimoso

Segundo ele, algum empregado que não receba os

No momento em que o modelo de Estado que faz tudo está sendo questionado, cabe uma outra per-

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

gunta. Quem vai fazer no seu lugar? Até agora, tem sido a iniciativa privada. Não conheço, felizmente, muitas empresas que tenham recebido o mesmo tratamento que a Geremia recebeu da Previdência por fazer o que é dever do Estado. As que foram punidas preferiram se calar e, simplesmente, abandonar seus programas educacionais. Com esse alerta temo desestimular os que ainda não pagam os estudos de seus funcionários. Não é o meu objetivo. Eu, pelo menos, continuarei ousando ser empresário, a despeito de eventuais crises, e não vou parar de investir no meu patrimônio mais precioso: as pessoas. Eu sou mesmo teimoso!... Não tem jeito... *Silvino Geremia é empresário em São Leopoldo, Estado do Rio Grande do Sul. Nota da Redação: “No futebol, o Brasil ficou entre os oito melhores do mundo e todos estão tristes. Na educação é o 85º e ninguém reclama...” Troque um Parlamentar por 344 professores. O salário de 344 professores que ensinam = ao de um parlamentar que rouba. Essa é uma campanha que vale à pena! O Perú aprova essa campanha.

3


Kyouko Nakagawa rindo da desilução do Marcelo referente ao Japão

Tofu no Japão Por Marcelo Lartigue Durante nossa passagem por Tóquio pude conversar com a nipo-brasileira, Kyouko Nakagawa, uma psicóloga que vive no Japão e que nos ajudou a dimitificar algumas imagens que tinhamos sobre o Japão. Aparentemente fiquei impressionado com o ambiente de limpeza das cidades e das raras imagens de pessoas bebendo álcool ou fumando. No entanto Kyouko nos informou: “ Aqui o controle da droga é mesmo mais rigoroso. Mas não quer dizer que não tenham, tem e muito, acho que o sistema de escondê-la é que é mais bem feito. Ouvi de alguns brasileiros que há inclusive entrega de drogas em casa”. Muito se fala do alto grau de escolaridade das crianças japonesas. Mas o preço para isso me pareceu muito alto. Foi também Kyouko que me contou que o sistema de ensino no Japão é demasiado rigoroso e que é grande o número de crianças e principalmente adolescentes que se suicidam devido a forte exigência do sistema educacional japonês. Algo que me chamou muita atenção aqui é que as infrações de trânsito não são consideradas crimes. Nas viagens que fiz pelo país me senti impressionado com a serenidade religiosa dos japoneses, já que no Brasil são muitas as barulhentas Igrejas Evangélicas por onde a gente anda. Mas um contato mais próximo me fez perceber que os japoneses são extremamente supersticiosos e que há muitos templos xintoístas e budistas principalmente nos vilarejos. No entanto são silenciosos e discretos. Mas As igrejas evangélicas estão começando a se espalhar pelo país através dos milhares de brasileiros que vivem aqui, “ onde há concentração de brasileiros verá muita igrejinha evangélica, onde se canta, chora, se abraça, essas coisas. Os japoneses não cultuam com essa cantoria toda, isso é coisa de brasileiro. Mas quase todos os brasileiros, e são cerca de 60 mil se são me engano, são evangélicos”, disse Kyouko. Os brasileiros que trabalham aqui no Japão dão

4

muito duro nas fábricas e moram, na grande maioria, em cubículos amontoados em condomínios subsidiados pelo governo, na cidade de Toyota chegam a 3.000 mil brasileiros residindo em um desses condomínios. Sobre a complexidade da língua japonesa percebi no meu dia a dia que não é tão difícil assim, como me disse a Kuouko o que é bem complicado é o aprendizado dos ideogramas. A fala nem tanto como se supõe. Como relatei na última edição estive em Hiroshima e vi a desgraça causada pela bomba que os americanos jogaram sobre a cidade, há um discurso de que as rusgas entre os dois países estaria superada e que o Japão deseja viver em paz com todos os países. Assumo que esse discurso me tocou mas me custava acreditar que algo tão aterrador pudesse ser superado com tanta facilidade. Minha descrença parece que estava certa, “ O povo japonês tem dificuldades com americanos sim, essa convivência não é tão amistosa como gostam de fazer acreditar. Basta olhar o memorial de Hiroxima e não há como acreditar que se possa esquecer isso facilmente”, disse Kyouko que também respondeu rápido minha indagação se o Japão era mesmo tão pacifico: “ O japonês é um povo bélico, basta ver quantas guerras o Japão participou”. Quis saber o por que então tanta tolerância com os americanos e ela me disse que os motivos são meramente econômicos, “ existe uma suposta aceitação por vários motivos e principalmente comerciais e econômicos. Aqui há uma brincadeira de que o Japão é o 51º estado americano. O Japão realmente não deixa de ser um estado americano, pois depende diretamente da economia americana . Chegamos a dizer que se o Estados Unidos espirra o Japão fica gripado (risos)”, disse a nipo-brasileira. Observo que ao menos a economia japonesa vai bem, que não há inflação e Kyouko finaliza: “ O fato de não ter inflação não quer dizer que a economia esteja bem, ela não conseguiu se recuperar ainda”.

Os japinhas estudam na pressão

Antiamericanismo existe, mas é velado

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado


A loucura que deu vida a arte

Yayoi piri piri piridainha...

Por Michelle Mattos

A

arte e a loucura, em determinados casos, então conectados por uma linha tênue. A confusão mental de uns, traz uma percepção e visão diferente da realidade, o que resulta em caminhos inusitados para a descrição do mundo. O que é o caso de Yayoi Kasuma, considerada uma das maiores artistas pop japonesas, vive há mais de 30 anos em uma instituição psiquiátrica em Tóquio e utiliza de alucinações, transtornos e obsessões para a criação de obras de arte. Kasuma nasceu em Matsumoto, no Japão, sofre de transtorno compulsivo obsessivo desde a infância e ganhou a primeira exposição individual no Brasil, no dia 12 deste mês, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Por relatos da própria artista, a mãe de Yayoi Kasuma era uma mulher de negócios e não aceitava a veia artística da filha, chegando a agredi-la fisicamente, o que piorou o estado emocional e psíquico de Yayoi. Como fuga da realidade, começou a expressar no papel, bolinhas e pontos do infinito, mostrando às pessoas como ela enxergava o mundo. A obsessão por bolinhas, fez a artista, ficar conhecida como “A princesa das bolinhas”. - Minha arte é uma expressão da minha vida, sobretudo da minha doença mental, originário das alucinações que eu posso ver. Traduzo as alucinações e imagens obsessivas que me atormenta em esculturas e pinturas. Todos os meus trabalhos em pastel são os produtos da neurose obsessiva e, portanto, intrinsecamente ligado à minha doença. Eu crio peças, mesmo quando eu não vejo alucinações. – afirma Yoyiu Kasuma. Aos 27 anos, Kusama decidiu ir para os Estados Unidos, a pedido de uma grande amiga e artista, Georgia O’Keeffe. Nesse período, o Japão ainda se recuperava da guerra e Yoyoi percebeu que fora do país poderia ganhar mais reconhecimento exercen-

do a arte. Em Nova Iorque, trabalhou com grandes nomes da Arte Modera e Contemporânea, como Andy Warhol, Joseph Cornell e Donald Judd e logo passou a comandar o movimento da vanguarda. Em 1973, Yoyoi Kasuma volta para o Japão por problemas de saúde, o transtorno compulsivo obsessivo havia se agravado e ela se internou, por vontade própria em uma clínica psiquiátrica onde vive até hoje. Somente há dois anos, o trabalho da artista ganhou as primeiras grandes exposições internacionais. Em 2011, no Reina Sofia, em Madri, e no Centro Pompidou, em Paris; e, em 2012, na Tate Modern, em Londres, e no Whitney Museum, em Nova Iorque; além de produzir estampas para a grife Louis Vuitton. Hoje, aos 84 anos, vive o auge da fama internacional. É a terceira artista mulher que mais ganhou dinheiro com o trabalho, atrás apenas de Joan Mitchell e Mary Cassatt. Recentemente, a exposição da artista no Museu de Arte Latino-Americana, em Buenos Aires, bateu recorde de público, em pleno inverno.

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

“Obsessão infinita” conta com cerca de 100 obras, produzidas de 1949 a 2012, incluindo pinturas, trabalhos em papel, esculturas, vídeos, apresentações em slides e instalações e chega ao Rio de Janeiro, com a promessa de sucesso. Entre os maiores destaques está o “Campo de falos” — um jardim de falos decorados com bolas vermelhas e brancas numa sala espelhada. Outro destaque é a instalação “Cheia de brilho da vida”, em que as bolinhas aparecem na forma de lâmpadas que se acendem e apagam em cores diferentes. Na entrada da exposição, cada visitante recebe uma cartela de adesivos, todos de bolas coloridas, para decorar outra instalação, a “Sala da obliteração”, originalmente toda em branco. Ao fim da exposição, 36 telas pintadas entre 2012 e 2013 mostram que Yayoi Kasuma continua trabalhando no ateliê dentro da clínica psiquiátrica que vive. A artista comprova que a expressão artística pode amenizar e até curar os sintomas e seqüelas dos transtornos mentais e afirma que os trabalhos que desenvolve não são apenas ilusões e sonhos interiores, mas também uma forma de evitar suicídio.

5


Vem que a casa é sua! O fenômeno dos Hostels e Guest Houses Por Victor Viana

A

s guest houses e os hostels, que durante muito tempo foram vistos com desconfiança em Búzios, é um estilo de atendimento para estadia á preços menos elevados e que estão se ampliando e se solidificando na cidade. É realmente uma filosofia diferente de receber hóspedes. O tratamento é diferenciado e personalizado. Nesses lugares, o hóspede se sente em casa e o dono geralmente está no local. Os horários não são tão rígidos como em hotéis, bem como cardápios mais personalizados. Esse conceito é muito comum na Europa e no resto do mundo. O viajante, turista ou qualquer pessoa que esteja procurando um lugar para passar a noite ou até mais tempo com um custo mais barato, se hospeda numa “guesthouse” ou “ hostel”. Aqui no Brasil ainda há os que confundem com albergues, mas a diferença que albergues são como hotéis, mais baratos apenas. As guest houses e Hostels são uma oportunidade de estar hospedado a um preço mais suave em um local onde terá um atendimento quase que exclusivo, porque o numero de pessoas hospedadas é menor e o ambiente é como o de uma casa em que se poderá estar em contato direto com os proprietários e os outros hóspedes.

A diferença entre Guest House e Hostel Conversamos com proprietários de alguns desses estabelecimentos na cidade para entendermos melhor as diferenças entre os dois conceitos. Basicamente, a diferença é que em uma Guest House os quartos são privativos e em um Hostel os quartos são compartilhados, havendo suítes para casais. Mas em ambos os estabelecimentos permanece o conceito de atendimento personalizado.

A ampliação do conceito Guest House “Uma Guest House é uma casa de hospedagem onde a pessoa se sente em casa. Mas esse conceito está mudando ou se ampliando e em muitos casos já há recepção, sala de café (antes era apenas uma sala comum) e assim o que torna mais próximo dos “hotéis”, disse Mozart, proprietário da Guest House Green Garden, desde 2002 em Geribá. Essa ampliação do conceito das Guest Houses na cidade parece um fato e sobre isso também nos fala o Sr. José Cordeiro da Guest House Canto da Ferradura, desde 2000, na praia de mesmo nome: “ Já está consolidado e muitas já são consideradas pousa-

Pode torcer o nariz, as guests e os hostels chegaram para ficar

das. O que se mantém é o conceito de atendimento personalizado, onde o hóspede se relaciona diretamente com o proprietário. Há uma maior liberdade também, o que não quer dizer que não tenha regras”. Sobre a classificação das Guest House na cidade, Fátima Sueli da Biruta Guest House, que a dois anos funciona na Praia da Tartaruga conta que quando foi regularizar o estabelecimento na prefeitura, recebeu a classificação de Guest House pelo numero de quartos, que são apenas cinco. Sobre isso Sueli da Biruta nos explicou: “Eu realmente trabalho aqui como se fosse uma pousada, mas o ambiente, até pelo tamanho, aqui é muito pessoal como deve ser no conceito de guest house, mas trabalhamos com os serviços de pousada. Fica na Praia da Tartaruga onde se tem muitos casamentos e acabamos hospedando as pessoas que trabalham no evento. Trabalhamos com o mesmo processo da hotelaria comum da cidade de Alta Temporada e

nos eventos que a cidade tem. Nos fins de semana recebemos muitos cariocas e nos meios de semana chilenos e argentinos que vem geralmente durante todo o ano à Búzios”. Vicente da Guest House Maresia também fala sobre essa ampliação do conceito: “ Creio que deva estar mudando o conceito da guest house, pois todos estão formando um modelo de hospedagem, oferecendo serviços como um hotel ou pousada. Aqui oferecemos um serviço bom, com quartos limpos e arejados e com café da manhã, mas o mais importante para nós é que o hóspede se sinta em casa e conheça e faça amizade com outros para se sentir mais à vontade. Aqui não colocamos televisão nos quartos, justamente para os hóspedes não ficarem presos dentro do quarto. O nosso interesse é os que estranhos se tornem conhecidos, o apego é primordial. Não posso responder pelos serviços de outras guests, mas aqui a vontade é que se mantenha a proximidade com todos”. Denise da Guest House

BIRUTA GUEST HOUSE

ESTRADA DA TARTARUGA, Nº 15 - TARTARUGA TEL.: (22) 2623-9423 / (21) 7740-7808 / ID: 91*70649 POUSADABIRUTA@HOTMAIL.COM / BIRUTAGUESTHOUSE.BLOGSPOT.COM

6

RUA DOS GRAVATÁS, 88 - GERIBÁ - RESERVAS: (22) 2629-7388 FACEBOOK.COM/SUCASAHOSTEL

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado


Estrela de Geribá, conta que uma das vantagens do atendimento mais pessoal ao hospede é a possibilidade de indicar a eles bons lugares para refeição, bares, locais de natureza menos divulgados, “ Aos meus hóspedes eu indico para comer sempre o Porto da Barra, pelo conjunto harmonioso de boa gastronomia, artes, arquitetura e natureza. É uma forma de mostrar ao meu hóspede uma outra parte de Búzios além da Rua das Pedras e a Orla Bardot, que ele na maioria das vezes já chega sabendo que existe e irá procuralas naturalmente”, nos contou a simpática Denise.

Os hostels da cidade Leo, do Hostel Su Casa, em Geribá, dá um exemplo simples sobre a diferença de um hostel para uma pousada: “ Em um hostel os quartos são compartilhados, é claro que há uma suíte para casal. Mas simplificando você aluga a cama e não o quarto. Os hostel também são meios de hospedagem muito populares ao redor do mundo, o público brasileiro começa a crescer, o número de brasileiros está aumentando. Muitos não viam por preconceito. Acreditavam que seriam roubados, essas coisas, mas esse preconceito já está superado, até porque ao mesmo tempo os brasileiros quando viajam para a Europa ficam em hostel”, nos informou Márcia que administra uma dos hostels da rede Che Lagarto. - O público dos hostels é na maioria de jovens, grande parte de considerável ou grande poder aquisitivo. Escolhem esse tipo de hospedagem pelo ambiente de troca social e exclusividade que este oferece, como explica mais uma vez o Leo da Su Casa: “O nosso público é de jovens que gostam de viajar, não vem à Búzios para ficar dentro da casa de hospedagem, vem para conhecer a cidade e aproveitar tudo que ela pode oferecer. No hostel eles chegam e é um lugar para descansar e fazer amigos. O ambiente é mais informal, aqui temos profissionalismo e ética, mas não temos formalidades como deve ser em um hotel”. Márcia do Che Lagarto também fala sobre o público: “ O Che lagarto é uma franquia de uma rede privada de 25 hostels dentro da América Latina. O público de estrangeiros continua grande, mas na baixa senti falta dos argentinos pelos problemas políticos e econômicos pelos quais estão passando. Também senti a falta de israelenses, eles vinham muito a cidade. Procuramos descobrir a razão e descobrimos que eles estão preferindo ir para a Bahia, estão indo muito para a Arraial da Ajuda. A Bahia está melhor posicionado na rota deles, vinham á Búzios por ser muito mais conhecida. Mas acham, assim como a maioria dos gringos, a comida e lojas em Búzios muito caras. E eu não recebo pessoas de baixo poder aquisitivo no Che Lagarto, eles vem a hostel por uma questão de conceito, porque aqui querem conhecer pessoas, ficar em um ambiente mais descontraído e pessoal, fazer amizades, namorar. São pessoas que fazem muitas compras na cidade”. - As características dos hostels em Búzios caíram como uma luva para o turista jovem que gosta de viajar pelo mundo e querem viver a cidade como uma experiência, “Procuramos estar sempre inovamos e então fazemos programação para levar o grupo junto para a praia, a boate. e barzinhos. Procuramos ligar a Su Casa aos esportes e as artes, meu sócio é artista plástico, e linkamos nossas atividades com os campeonatos de velas e surfe, o que estiver acontecendo na cidade. Temos um pub onde realizamos algumas atividades com musica ao vivo”, relatou o Leo da Su Casa. Aqui na Che Lagarto fazemos um jantar para os hospedes se conhecerem melhor. Seria legal que aqui em Búzios voltasse a ter pessoas que organizassem um sistema onde eles passam pegando os hospedes dos hostels e os levam para fazerem uma rota por bares, boates, onde eles terão descontos ficam um pouquinho em cada lugar e no outro dia eles escolhem onde querem ir. Isso é muito forte no Rio de Janeiro e na Europa. Por fazer parte de uma rede eu tenho uma respaldo. Mas me sinto sozinha no sentido de que é preciso ter uma união dos hosteleiros e Guest Houses para a criação de iniciativas para esse público especifico que atendemos”, declara Márcia.

Uma opção em conta e divertida de hospedagem

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

ESTRELA DE GERIBÁ

(22) 9201-8284 / (22) 2623-4009 GUESTHOUSEESTRELADEGERIBA@GMAIL.COM

7


Vamos festejar essa Babel! O Perú tá dentro! Da redação

S

ão mais de 50 nacionalidades diferentes vivendo em Búzios. A junção dos moradores nativos a pessoas vindas de diferentes regiões do país e do mundo fizeram de nossa cidade um lugar diferenciado e criativo. O Perú já noticiou na edição 1162 que está em desenvolvimento um projeto que fará uma justa homenagem a todas essas nacionalidades que compõe o caldo cultural de nossa cidade e ainda divulgará ainda mais Búzios no cenário mundial. Será uma temporada anual onde haverá uma semana dedicada a cada país que de alguma forma tem sua representação no município. Haverá a semana argentina, a semana alemã, a semana suíça e também a semana japonesa e de outros. Essa proposta foi protocolado pelo vereador Leandro Pereira, que teve a ideia junto com o empresário Clemente Magalhães e já tem o apoio do secretário de turismo, José Marcio.

O Grupo Chez Michou já tradição em promover a cultura argentina em Búzios

Clemente juntamnente com o vereador Leandro, o pai da ideia

Exemplos de sucesso No município de Presidente Prudente, no estado de São Paulo, é realizado anualmente no mês de julho A Festa das Nações, que é um evento gastronômico que atrai em média, segundo dados da Secretaria de Turismo do município, cerca de 60 mil pessoas. O formato desse evento consiste em apenas uma festa haver mostras da gastronomia de diversas nações diferentes e ainda promove a integração do espírito de paz entre diversos povos. È conhecida de todos as comemorações da Oktoberfest que originalmente é um festival de cerveja e uma feira de produtos e diversões celebrada em Munique, no estado da Baviera, no sul da Alemanha, mas que se disseminou por vários lugares do mundo, inclusive no Brasil, onde é um sucesso. O festival começou a ser realizado em 1976 em Itapiranga/SC, e hoje é realizado em Blumenau/ SC, Santa Cruz do Sul/RS, Igrejinha/RS, Marechal Cândido Rondon/PR, Ponta Grossa/PR,, São Jorge d’Oeste/PR entre outras cidades. Mas logo saiu dos limites do sul do país e tem sido comemorado em estado do sudeste e nordeste do Brasil. Em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, acontece a Festa do Colono Alemão,a Bausrfest, que movimenta a economia do município sempre seguida de hotéis e pousadas lotadas. Em Búzios pode-se realizar algumas comemorações de alguns países em datas especificas e há também a possibilidade de uma data única para outras nacionalidades .

O Perú tá dentro mesmo O Perú comprou o projeto logo de inicio, acreditamos mesmo no sucesso dessa ideia, e daqui em diante publicaremos uma serie de matérias, entrevistas e artigos, onde falaremos com estrangeiros que residem em nossa cidade, autoridades municipais, estaduais e também nacionais para expor e inserir a comunidade na elaboração e execução dessa, ao novo ver, grande empreitada. Embaixadores e o cônsul de cada país também serão procurados, é uma grande oportunidade que Búzios tem de agarrar. O empresário francês, há 18 anos morando e atuando em Búzios, Jacky da Mister Tour, foi uma das pessoas que procuramos para essa primeira matéria, “Já houve muitas iniciativas de se fazer um intercambio entre Búzios e a França. Aqui em Búzios inclusive temos representantes, pessoas que trabalham no consulado da França, como a Sra. François”, disse Jacky”. 8

Jacky em missão pelo Perú para conquistar o intercâmbio França-Búzios

A festa alemã acontece neste sábado no Baroque

O empresário comentou ainda mais sobre a ideia dessas comemorações na cidade: “Acho a ideia extremamente positiva. Eu em penso em termo de marketing; o que se quer com essa iniciativa? Que a cidade seja conhecida. Temos de ter uma festa francesa sim, mas precisamos viabilizar essa festa. Com uma boa divulgação. O 14 de julho eu não acho uma boa data, porque já é comemorado nas embaixadas e consulados, e pode nos tirar atenção para a Búzios. Eu penso na comemoração da Declaração dos Direitos Humanos, que é uma ação que teve sua origem na França, que é a Queda da Bastilha que marca a Revolução Francesa”. Outro estrangeiro que reside e desenvolve seu trabalho em Búzios é o Michael Muller, alemão proprietário do Restaurante Baroque, que opina sobre a importância de uma festa que englobe não somente a cultura alemã, mas os países de origem germânica, como Áustria, Bulgária, Polônia, que tem culturas muito parecidas: “Penso que talvez uma festa bem pensada possa de alguma forma juntar em um mesmo momento essas diferentes nacionalidades que tem um origem. Como isso se fará é tema para uma reunião com mais tempo”. Durante a chamada “ Festas Pátrias” comemoradas no dia 18 de setembro pelos Chilenos. Guillermo

Reyesdo do Restaurante Chilenazo foi quem teve a iniciativa de realizar a comemoração que inserida no projeto pode se tornar um forte atrativo turístico e social, visto que depois da Argentina o Chile é o maior emissor de turistas ao município. No último ano o Grupo Chez Michou promoveu uma grande comemoração no dia 25 de Maio, quando se comemora a independência Argentina, “ Achamos a ideia muito boa. Nós já, inclusive, realizamos algo assim por iniciativa própria. Tivemos inclusive a presença do Cônsul da Argentina e autoridades locais, como o prefeito André Granado”, disse Barbara Brandan, gerente de eventos do grupo.

Nossa opinião Nessa edição conversamos com representantes de três nacionalidades, mas são muitas culturas que estão inseridas no dia a dia da cidade colaborando para a atual formatação de nossa identidade. Mas daqui em diante precisamos colocar essa ideia nas mentes de todos os moradores de Búzios. Na opinião do Perú é nossa grande oportunidade de fazermos uma revolução que pode elevar Búzios á patamares ainda mais altos.

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado


O Bem Te Vi não se reagrupou e mais uma vez Ruy Borba dançou ais uma sentença condenatória decreta a prisão de Ruy Borba como garantia da ordem pública. Desta vez a sentença foi proferida pela juíza Maira Valéria Veiga de Oliveira, reiterada vezes atacada por Ruy durante todo o exercício de sua função na Comarca de Búzios, em matérias e comentários no jornal Primeira Hora, com o claro objetivo, já declarado em outras sentenças contra Ruy, de tornar a magistrada impedida de julgar suas ações, assim como fez com os demais juízes que passaram pela Comarca.

M

O sabático Ruy Borba, como ele mesmo se qualifica nos atuais tempos em que amarga uma prisão domiciliar, teve a prisão preventiva decretada dentre outras razões, por evidenciar “comportamento voltado à pratica de condutas delituosas”. Do alto de sua experiência como magistrada, a Doutora Maira Valéria Veiga de Oliveira jamais se reportou as provocações de Ruy Borba, tratando o sentenciado como qualquer cidadão com suas demandas apreciadas pelo poder judiciário, independente da situação sócio econômica em que esta inserido.

Desassossegado em sua prisão domiciliar, Ruy continua a lançar suas provocações contra tudo e contra todos, numa rota de colisão constante contra todos aqueles que não comungam com suas idéias. A Prisão domiciliar, com as vantagens de poder se utilizar da media eletrônica, parece que não é suficiente para que Ruy reflita sobre a amplitude de seus atos, desde que chegou a esta cidade. Destacamos na integra a sentença proferida, para que os leitores entendam de forma bem clara e sem interpretações, as justificativas que levaram a esta sentença:

Processo nº: 0003935-52.2013.8.19.0078

tará quem queira ´fazer o serviço sujo´. De outro ângulo, ao que parece, o Acusado em questão, não está mais se importando com nada, passando a imagem de quem nada mais tem a perder, razão por que sua segregação se faz premente, já que o próximo passo, considerando a escalada criminosa que ora se verifica, tem-se que seja eventualmente colocar em prática o que por enquanto se encontra apenas em forma de ameaça. É claro que um Juiz consciente, diante de tal contexto, não pode priorizar o quantitativo de pena cominada, quando se tem em contrapartida, um risco iminente de concretização de uma mal irreversível, que caracteriza ofensa severa à ordem pública, diante da reiteração de condutas criminosas e pior em um crescente, progressivo, já que se verifica através do presente processo, um caminhar para condutas cada vez mais gravosas. Assim sendo, em que pese o quantitativo da pena cominada, tem este Juiz que é extremamente temerário que o Acusado em questão permaneça solto. Destaque-se que em nossa história recente, já tivemos o grande dissabor de ver um Magistrado assassinado, sem que nada se pudesse fazer, pois não se tinha idéia de quem pudesse estar planejando a sua morte. Ocorre que no caso dos autos vê-se que há ameaça explícita ESCRITA EM VERMELHO, (´por um acaso´ a cor de sangue) publicada em jornal de grande circulação local, cujo texto ora se colaciona integralmente; senão vejamos: ´A DEFESA DO BEM TE VI´ ´O que caracteriza o bem-te-vi pássaro é a sua capacidade de se agrupar diante de um perigo, por exemplo um gavião ameaçador. Tendo sido assim na história da instituição. Três jornais fecharam, na edição seguinte, ao falar mal da instituição. Sem falar na capacidade de produzir praga e malefícios sobre as gerações seguintes daquele s, que lhe impingem danos. De regra, a mesma história mostrará o que poderá ocorrer aos primogênitos respectivos. Vamos aguardar.´ Após ler este texto perguntamos: Vamos aguardar!?! Ao ver deste Juiz não podemos aguardar... Devemos agir! Ficar a aguardar, ao ver deste Juiz, pode levar a que se reconheça daqui a pouco, ser tarde demais! Como ocorreu com a Saudosa Patrícia Acioli!! Será crível e razoável permitir desta vez, que em lugar de vermos repetir um ataque à pessoa de um Juiz, possa agora inaugurar a era do ataque aos ´primogênitos´. Não! Não com atuação deste Juiz Tabelar... Ressalte-se que, o Acusado sabe, vez que se encontra explicitamente declarado também na mesma edição do jornal, só que abaixo de outro título na mesma página 8 do referido periódico, qual seja: ´ANATOMIA DE UMA PROMOÇÃO I´ (mas dessa vez em preto mesmo), que um dos sujeitos passivos secundários da ameaça acima transcrita, Dr. Marcelo Villas tem ´uma escolta pretoriana´; mas a escolta que o protege, em princípio e dele e não do seu ´primogênito´. Diante do todo exposto, não paira nenhuma dúvida neste Juiz, de que o risco de vulneração grave da ordem pública com a manutenção deste Acusado em liberdade é iminente. Não há a menor vacilação em se admitir, que no caso concreto, somente uma medida tal qual a de prisão cautelar, (mesmo assim havendo bastante vigilância em relação a este Acusado) é capaz de neutralizar a sua atuação criminosa; pois, como dito, este réu é abastado, contudo, tem-se que dentro de uma prisão é mais difícil para que ´o bem-te-vi se agrupe para produzir malefícios sobre as gerações seguintes´! Ante todo o exposto, em revista aos elementos de convicção anexados aos autos, desde o Inquérito Policial, em juízo de cognição sumária, chega-se à conclusão que há, efetivamente, motivos que ensejam a custódia cautelar do réu denunciado. Repitase, diante do contexto acima esmiuçado, mostra-se recomendável a segregação cautelar do réu, na medida em que o réu evidencia comportamento voltado à prática de condutas delituosas, o que importa no fundado receio, de que a ordem pública seja novamente vulnerada por alguma nova atividade típica, titularizada pelo denunciado, que como vem

caminhando em um crescente, pode-se efetivamente esperar o pior, impondo ao Poder Judiciário, por força de norma constitucional inclusive, de sempre apreciar toda a lesão ou ameaça a direito que lhe é submetida, decretar a prisão preventiva deste Acusado. De outra vertente, não resta dúvida ao Juiz, que há nos autos prova da existência do crime, indícios suficientes de autoria, conforme se atesta das informações contidas no Inquérito, em especial de fls. 22 dos autos, que traz a edição de ´Sábado 20 de abril de 2013´ que entre outras bobagens, inclusive em nível rasteiro, não condizente, com alguém que se diz tão culto e articulado; consta ainda e especialmente, (diz-se especialmente pois é o único artigo em vermelho - cor de sangue) o texto acima transcrito, que alerta a todos da cidade, para o risco iminente que o ´Bem-te-vi´ representa; já que diante do número de processos por que já respondeu e foi condenado, bem assim considerando que se trata de alguém sem família constituída; já com uma certa idade a mais, entretanto com ´juízo a menos´ do que a idade recomenda; pode mesmo, como intui este Magistrado, pensar que nada mais tem a perder, razão por que,´ esperar para ver o que acontece´, por certo não é a melhor conduta de um Juiz responsável e cioso de seus deveres constitucionais!! Ante os fundamentos acima expostos, DECRETO A PRISÃO PREVENTIVA DO DENUNCIADO RUY FERREIRA BORBA FILHO, com lastro no art. 312 c.c. art. 311 do Código de Processo Penal, atendendo parcialmente à representação do Dr. Delegado Titular da 127ª D. Pol. deixando de decretar a prisão de Eduardo Renzullo Borgerth Teixeira, ante a ausência de denúncia em face deste indiciado, como lançado na cota denuncial; sendo a prisão ora decretada, sob a égide da figura referente à garantia da ordem pública. Expeça-se o respectivo Mandado de Prisão. Intime-se o Ministério Público pessoalmente.

VISTOS ETC. 1. Recebo a denúncia de fls. 02-A/02-E. 2. Cite-se o réu para, nos termos do art. 396 do CPP com a redação da Lei 11.719/08, responder à presente ação, por escrito, no prazo de 10 (dez) dias. 3. Atenda-se o requerido nos itens ´2.1´ a ´2.3´ de fls. 417. Consta ainda da D Cota Denuncial item 01 que o Ministério Público Presentado pela Ilustre Promotora de Justiça, a quem não tive ainda a honra de conhecer, que esta não teria acolhido a representação da Autoridade Policial pela decretação da prisão preventiva do denunciado, fundada nos princípios da homogeneidade e razoabilidade, por permitir o delito, em tese, suspensão condicional do processo. Logo abaixo, no item 03 da mesma cota denuncial, afirma que não irá oferecer proposta de suspensão condicional do processo ao denunciado por não preencher os requisitos previstos no art. 89, caput da lei 9099/95, uma vez que está com condenações e a Súmula 243 do STJ, veda o benefício. RELATADOS, DECIDO: Causa espécie ao Juiz que na mesma cota denuncial a MD Promotora tenha negado acolhimento à representação pela prisão preventiva do denunciado porque caberia suspensão condicional do processo e não tenha oferecido a proposta. Ao que parece, SMJ, a conduta imputada ao Acusado já está logrando sucesso se não somente em relação aos sujeitos passivos secundários, mas também e igualmente em relação à Nobre Promotora, já que parece ao Juiz, que sua cota denuncial contém uma contradictio in terminis já que se ao fundamento das várias condutas criminosas este não faz jus ao benefício, por este mesmo fundamento é que era de se esperar a acolhida a representação da Autoridade Policial em relação ao denunciado(?!?). Será que a MD Promotora tem também ´primogênito´!??? Isto porque, parece claro a este Magistrado Tabelar, que fundada exatamente na conduta reiteradamente criminosa do Acusado, é que este deve ter decretada a sua prisão preventiva, a fim de que através da segregação cautelar o Acusado seja contido, permitindo que haja paz social na Comarca em questão. Diante de tal observação, tem-se que a representação do Ilustríssimo Dr. Delegado se faz correta e em que pese a opinião do Parquet, da qual este Juiz ousa discordar, na medida em que como consta do presente processo, o Acusado tem contra si várias condenações e em que pese as mesmas referirem-se, em sua quase totalidade, a crimes contra a honra; vê-se que diante do fato de serem condenações que não implicaram em privação de liberdade até agora, tal situação parece ter encorajado o Acusado a ´alçar vôos mais altos em sua trajetória criminosa´, pois agora é imputado ao ora Réu coação no curso do processo; efetivada, em tese, através de ameaça grave dirigida às Autoridades, entre as quais o Juiz que preside os processos de interesse do Acusado, que em virtude de sua atuação profissional, não poderá deixar de exercer a judicatura, como pretende o Acusado em questão, já que é Juiz Titular da 2ª Vara da Comarca de Armação dos Búzios. Por outro lado, considerando que um dos ´primogênitos´ da matéria que contém a ameaça explícita com o fito de constranger as Autoridades que dão impulso em especial ao processo de desapropriação, que não atende aos interesses pessoais do Acusado, é um bebê de poucos meses de vida, que como tal não tem sequer como buscar ajuda, na hipótese de se confirmar a ameaça explícita; por certo que o Acusado livre, representa temor para os sujeitos passivos secundários e respectivos demais familiares, já que se por um lado, aqueles que estão acostumados a lidar com criminosos não costumam temer por si mesmos, quando a ameaça é dirigida à sua prole, esta representa temor real. De outro giro, convém ainda consignar que quando se trata de ameaça, como regra, ninguém deve brincar, ainda mais quando se trata de ameaça efetivada por réus da condição econômica do ora Acusado; pois se de uma pessoa sem posses se espera uma reação dele mesmo; em se tratando de uma pessoa de posses como é a situação do Réu em questão, não se tem como saber e sequer imaginar, de onde poderá surgir o mal prometido, já que, no mundo em que vivemos, tendo dinheiro para pagar, infelizmente não fal-

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

9


A República da Rasa Por Victor Viana

A

grande região da Rasa é dividida entre dois famosos municípios – Búzios e Cabo Frio- o que causa sérios danos sociais aos moradores dessa que ironicamente é chamada de Faixa de Gazah, referindo-se a área de constante conflito que divide Árabes e Israelenses. Por anos achou-se que a rua 22 fosse a linha imaginaria que separa os já citados municípios. Em foto aérea a que qualquer um pode ter acesso na prefeitura de Búzios a linha divisória dos municípios é bem mais abaixo. Fica entre o Posto de Saúde da Rasa e o Bar do Avião. Isso torna a Rua 22 oficialmente Cabo Frio, fazendo parte então do 2º distrito desse município – Tamoios- o que torna mais difícil ainda a solução de tantos problemas encontrados pela parte cabo-friense da Rasa. O 2º distrito sempre foi uma área completamente abandonada pela sede de Cabo Frio, o que tem motivado um forte movimento emancipacionista e de desobediência civil na parte urbana do distrito, ignorando em alguns momentos o bairro da Maria Joaquina.

As tentativas de emancipação conjunta do 2º e 3º distritos Quando se fala dos limites divisórios de Búzios e Cabo Frio, cita-se sempre a parte Oeste da divisa, que é justamente a divisa com o 1º distrito. A divisa a Noroeste não é citada, não revelando assim os diversos conflitos e problemas enfrentados por toda uma grande comunidade entre Búzios e o 2º distrito de Cabo Frio. Em 1991 realizou-se o primeiro plebiscito para consulta da população, que deveria opinar sim ou não a respeito da emancipação. Tamoios tentou emancipar-se junto com Búzios- então 3º distrito- nessa época, não atingindo o quorum mínimo e assim, mesmo Búzios tendo atingido o quorum mínimo, não ocorreu a emancipação. Imediatamente Búzios entrou com um novo processo, no qual na época, o então deputado, Alair Corrêia, foi contra. Sofrendo com gravíssimo problema de abastecimento de água Tamoios recebeu do Governo do Estado a construção de uma instalação de tratamento de água, que abasteceu 5 mil casas, o que acalmou algumas lideranças locais e Búzios emancipou–se sozinha em 1995. Fotos da época mostram manifestantes buzianos pedindo a emancipação com faixas onde excluem o 2º distrito do território da Búzios emancipada.

Rasa, mais que um bairro, quase uma cidade

Exploração em época de eleição Se “a Rasa buziana” sofreu todos esses anos por não estar localizada na península, alvo da ocupação das elites cariocas e depois dos investidores estrangeiros, a Maria Joaquina sofre com as manobras eleito-

rais onde por anos sua população esteve domiciliada em Cabo Frio, mas mantinha seus títulos de eleitor em Búzios, sendo enganados por candidatos oportunistas de Búzios e ao mesmo tempo não despertando interesse de políticos eleitos de Cabo Frio pelo lugar não ser um “colégio eleitoral” interessante.

Informações diferentes sobre a divisão traumática da região da Rasa É de acordo de todos, o trauma cultural e social causado pela divisão da Rasa, deixando o bairro da Maria Joaquina em solo cabofriense. Mas as opiniões diferem muito sobre as reais razões dessa divisão que deveria, entre outras coisas, ter respeitados limites naturais como o Rio Una, que desemboca na Praia Rasa, e que ganhou evidência recentemente por conta das discussões da contaminação por esgoto do mesmo . Há os que consideram a pressa para a emancipação o fator que teria levado a tão desastrosa divisão. Mas é claro que uma afirmação como essa não se sustenta facilmente o que leva a especulação de um possível acordo econômico entre o Municípios Mãe (Cabo Frio ) e o novo município que se formaria ( Búzios). A razão seria os royalties do petróleo, do qual a Praia Rasa é responsável por 75% da arrecadação do município de Cabo Frio. Feita a divisão respeitando o limite do Rio Una nasceria um município promissor – Búzios – e decretar-se-ia a falência econômica de Cabo Frio.

10

De 18 a 25 de outubro de 2013 – O Perú Molhado


Emancipações Por Victor Viana

F

az parte do processo de insatisfação humana o desejo de mudança e busca por liberdade. Com uma comunidade acontece o mesmo. As insatisfações comunitárias levam na maioria das vezes ao desejo de emancipação, seja ela política, administrativa, cultural ou mesmo moral. Esse processo foi visto e continua sendo gestado ao nosso redor, se terá o mesmo êxito que no passado ou se a emancipação conquistada foi o melhor caminho são outros questionamentos que podem ser explorados em outra matéria. A luta pela emancipação de Búzios A luta entre os grupos a favor e contra a emancipação foi imensa, até mesmo no grupo pró- emancipação, a disputa entre as lideranças locais e grupo de empresários já indicava uma relação conturbada. “ Há uma ganância muito grande de determinados grupos que estão queimando as lideranças boas de Búzios para ficarem sozinhos e mais tarde tomarem conta daquilo tudo”. Ivo Saldanha - prefeito de Cabo Frio “ Eles ficarão com o “ Filet-Mignon” e nós com o osso de boi podre” - Otime dos Santos ( Timinho ) - prefeito de Cabo Frio “ Há realmente um grupo de empresários querendo a emancipação. Mas eles não lideram porque a emancipação é desejo do povo. O empresário é caroneiro”. Felix Gomes, Vereador pelo PDT e PMDB antes da emancipação Fonte: livro A Longa Marcha de José Correia Baptista - Jornal de Sábado

As novas tentativas de emancipação de Tamoios e a situação da Rasa Como as condições sociais e de infraestrutura do 2º distrito não avançaram consideravelmente nesses anos e com a formação de um comercio dinâmico e uma conscientização, por parte da população, sobre seus direitos, levaram a um novo anseio pela busca de um novo processo de emancipação de Cabo Frio. Após o Senado aprovar por 53 votos a 5 a proposta que define novas regras para a criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios, que já havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados em junho e vai agora à sanção presidencial, elevou novamente o entusiasmo pró emancipação que ainda confiam nessa possibilidade apontando casos bem sucedidos em outras cidades recém criadas na Bahia e Rondônia.

E assim a Rasa foi partida ao meio

Um restaurante com Piano Bar Um novo empreendimento está chamando a atenção na Rasa, o Restaurante “Em Búzios”, inaugurado há cerca de um mês pelo Dr. Marcelo que contou ao Perú que sempre quis ter um restaurante de alto nível mas que no centro de Búzios já existiam muitos, “ por que não investir na Rasa? É o bairro onde eu moro e assim como eu muitos moradores sentiam a necessidade de um ambiente assim aqui na Rasa”, informou o Dr. Marcelo. O crescimento da Rasa já é notório e não é somente populacional, o comercio vem acompanho esse novo movimento que será intensificado pelo futuros investimentos que estão para serem realizados no bairro. “Eu amo a Rasa. O investimento aqui já está dando resultado, na verdade superior ao de muitos casos em áreas consideradas nobres do município. Terá até um Piano Bar e em breve abriremos no período da noite, disse.

LIMITES TERRITORIAIS DE BÙZIOS COM O MUNICÍPIO DE CABO FRIO Começa no Marco do Peró, localizado na Praia do Peró, que fica a uma distância aproximada de 1000 metros da ponta da Caravela. Deste ponto seguindo em linha reta passando próximo ao Centro Administrativo até alcançar a curva do Canal Artificial da Fazenda Assumpção, e por este canal seguindo até cruzar a linha divisória interdistrital do 2º Distrito de Cabo Frio (Tamoios), que fica a distância aproximadamente de 2700 metros do Marco do Retiro. Daí seguindo por esta linha divisória no sentido SW a NE até o Marco do Gonçalves na Raza.

De 18 a 25 de outubro de 2013 – O Perú Molhado

11


Zé Márcio e Dr. André sairam rindo da lagostada

Zé Márcio e Dr. André sairam rindo da lagostada

Kaique, Ilda e filha Karina

Fabiano Chaves, Andréa de Thuin e Laura Silveira

Cris e Francis Giraud

Bruno Muller e Acquíssima

Mario Rizzo, Fabinho Pacheco e Roberto Bouças

Célia e Kaique Paschoal, Ilda D`Ávila e Beth Motta

Mario Rizzo, Carla Daniel, Marcele Herdy, Gisele Secco e Miriam Rabello Luluta e Smael

R$ 27

12

De 18 a 25 de outubro de 2013 – O Perú Molhado

Fotos: Gonzalo Arselli

Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas


Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas O chef Fabiano

Antônio Bkoel e amigos

Jorge Barata

Ilda, Angela Barroso, Zé Márcio e Armandinho

O embaixador Sérgio Nogueira Lopes sempre em boa companhia

Patrícia da Blue Marlin

Marco e Marcela Ricca

Luiz Alberto Machado

Bell Billys

Perdeu. Nesta quarta-feira, por volta das 23 horas, Búzios protagonizou uma das cenas mais acessadas na semana que passou na internet, quando um bandido rouba uma moto em São Paulo. Dois indivíduos em um automóvel, renderam um motoqueiro próximo ao pórtico e levaram a sua moto. Para completar, mandaram azeitona em outra moto que acompanhava a que foi roubada, enquanto os motoqueiros se mandavam em direção a Rasa. A placa da moto roubada é CG 125 FAN KZP-7276, de cor vermelha. Quem avistar é só botar a boca no trombone ou encher o motoqueiro de porrada. Tá mole demais. A bandidagem tomou conta da cidade. Toda semana eles brincam de assaltar. Alem das ocorrências da semana passada, nesta semana a molecada fez a festa. Começaram no dia da preguiça, segunda – feira, sacudindo uma pousada em João Fernandes. Na quinta-feira foi a vez de uma loja no shopping numero 1 e uma imobiliária em manguinhos. Temos ainda, sexta, sábado e domingo pros moleques terminarem a recreação. Mistério. Apesar da reconstituição da morte do guarda municipal Roberto Ferreira do Nascimento ter sido acompanhada pelo Juiz da Cidade, Delegado de Policia, Ministério Público, Vice Prefeito e por Peritos, alem de colegas de trabalho e da população, o caso permanece envolto em grande mistério.

Quem esteve presente, jura que havia no ar um clima de comoção. Com certeza essa apuração vai longe. Palestra. O Shell Iniciativa Empreendedora, Programa da Shell em parceria com o CIEDS (Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável) , irá promover na cidade de Búzios, na próxima terça feira, 29/10, uma palestra sobre empreendedorismo. O evento é gratuito e aberto ao público em geral, principalmente àqueles que têm interesse em melhorar seu negócio ou que sonham em abrir o próprio empreendimento. Horário: 19h. Local: CEPEDE (ao lado da JPolleto) / Estrada Cabo Frio x Búzios s/nº – São José

Vilmar Madruga e sua bike

partir de Yakisobas a

R$ 12

Outubro Rosa. O Movimento Se Toca convida toda a população de Cabo Frio e Região para a grande caminhada que acontecerá neste domingo, dia 27 de Outubro, com concentração às 9h na Praça Porto Rocha, e saída às 10h em direção ao Largo de São Benedito. Convocamos todos para esta ação pela prevenção do câncer de mama! Feriado do Dia do Servidor Público. O feriado do Dia do Servidor Público terá sua data de comemoração alterada. Celebrada normalmente no dia 28 de outubro, excepcionalmente este ano, a data que homenageia os servidores públicos em Cabo Frio será comemorada na sexta-feira, dia 1º de novembro.

De 18 a 25 de outubro de 2013 – O Perú Molhado

13


Bota na conta do Abreu, se o Alair não pagar, nem eu Por Gustavo Garcia

C

ansado de iluminar o céu de Cabo Frio apenas com fogos de artifício, nosso querido Vozão, Alair Corrêa, resolveu colocar a luminosidade da cidade outro patamar. Apaixonado por futebol e pelos holofotes, o prefeito, agora, sonha alto e vai em busca de uma “Estrela Solitária” para o estrelato da Cabofriense. Sim, meus amigos! Há alguns dias recebi informações de bastidores de que um nome de peso internacional estaria vindo atuar no futebol da região, mas nada que ultrapasse o campo das especulações. Só que, mesmo aos 20 anos e com pouco tempo de profissão, já aprendi que, um jornalista, além de ter a obrigação de apurar os fatos, é um ser humano que não tem mais o direito de acreditar em meras coincidências. Afinal, onde há fumaça, há fogo. Portanto, esta semana, após ter a convicção de que não se tratava apenas de mais um rumor sem sentido, noticiei no “globoesporte. com” que Sebastián Abreu é o homem forte escolhido como alvo para liderar a equipe no Campeonato Carioca de 2014 – vale ressaltar que a Cabofriense, nesta temporada, conquistou o acesso à Série A do Rio de Janeiro. Fui chamado de “Loco” por muitas pessoas que não acreditaram na veracidade dos acontecimentos. No entanto, “Loco” vai ser o Abreu, se não aceitar os 100 paus mensais que o Vozão de Cabo Frio estaria disposto a bancar – como forma de alavancar o marketing da cidade – para ter o ex-jogador do Botafogo desfrutando das belas praias do nosso litoral durante um semestre. Com a repercussão do meu furo de reportagem, a Prefeitura do município, finalmente, assumiu que procurou representantes do atacante visando à criação de um elenco qualificado e com jogadores rodados. Fiz contato com Loco Abreu via WhatsApp e, particularmente, não acredito que ele deixe o Rosario Central, da Argentina – time que defende atualmente –, para jogar em um clube de menor investimento. Visto que, mesmo aos 37 anos, o centroavante ainda sonha em disputar a Copa do Mundo no Brasil pelo Uruguai. Entretanto, para a alegria do Marcelo, Janice e tantos outros botafoguenses, uma coisa é inegável: o ídolo alvinegro ainda é cobiçado pela turma do Alair, que enxerga o futebol como forma de atrair mais turistas para o balneário. Contudo, se ele realmente vai vir e o show do Roberto Carlos realmente vai acontecer, são outros quinhentos...

14

Loco Abreu, récem chegado ao Botafogo, veio a Búzios só para conhecer Alessandra da Cruz, na época 20 kg mais magra

Loco Abreu em breve nas areias de Cabo Frio

Futuro time do Loco

De 18 a 25 de outubro de 2013 – O Perú Molhado


Domingo

em Família

N

o último final de semana de o Instituto de Educação e Formação Integral Judite Gonçalves (INEFI), no bairro da Rasa, foi transformado em um espaço de lazer para as famílias buzianas. Todos os domingos, o INEFI ficará aberto ao público, com o objetivo de proporcionar momentos de descontração e, também, oferecer serviços gratuitos para a população, das 8h às 17h. Denominado “Domingo da Família”, o projeto, de iniciativa do Prefeito André Granado, engloba atividades como torneios de futebol society, recreação infantil e barraquinhas de alimentação, dentre outras atividades. Neste primeiro domingo, servidores da Secretaria de Esporte e Lazer e o secretário de esportes Marco Ewbank, efetuaram as inscrições e cadastros de interessados em montar times para os campeonatos que serão realizados, futuramente. “Queremos que as famílias buzianas utilizem o espaço que é delas, pois o INEFI, agora, é da população. Esperamos que as atividades levem alegria para as pessoas, proporcionando um lazer saudável, com atividades de todos os tipos e para todas as faixas etárias”, afirmou o Prefeito.

O secretário entregando o prêmio ao campeão

Escolinha de futebol do INEFI na Rasa

O sub-secretário Dr. Marcelo e a secretária de desenvolvimento social Cláudia Carrilho marcaram presença

Downwind AgorA tAmbém em grãos o seu espresso Lavazza em cápsulas e agora também em grãos. Um completo grupo de máquinas em comodato e para locação com cápsulas ou venda de grãos, ideal para sua necessidade. explore a variedade de blends, aromas e fragrancias.

Lavazza o verdadeiro espresso Italiano!

Entre em contato: T. (22) 2623-7491 ou 8123-6387 E-mail: emporioitaliano803@gmail.com www.lavazzadobrasil.com.br

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

máquinas spazio especial eK, eP 2100, JUrA e treVI.

15


China regulamenta a profissão de punheteira

a t l o v e r p m e s e O hoax qu

Qual o nome da sua mãe? Ifigênia da Silva e Santos Idade? 36 anos Estado Civil? Casada Profissão? Minha mãe é punheteira.

A mentira que virou verdade, a verdade que virou mentira

Por Victor Viana

O

que pode parecer uma gozação, e costuma ser isso que ocorre ao fim desse ato, e também seria para muitos um escândalo, é uma realidade. Masturbar terceiros é uma profissão, e não estamos falando de prostituição. Na China há um cargo profissional regulamentado exclusivamente as mulheres, o de Punheteiras. É o nome dado as mulheres que exercem a função de coletar o material destinado ao espermograma, são coletoras de esperma, que é um dos exames mais comuns para a avaliação de fertilidade masculina. No Brasil o exame é pago pelo SUS e o homem recebe um potinho, assim como se faz para coletar as fezes e a urina, e em casa ou no banheiro do laboratório mesmo faz o que tem de fazer. Nos Estados Unidos costumam dar uma forcinha dando ao homem uma revista pornográfica. Na China resolveram tornar, digamos mais fácil a questão. Mas é importante que se diga que não há espaço para putaria, o trabalho é serio e feito por profissionais que não dão margens a brincadeiras. O homem que quiser bancar o espertinho vai em cana. Os salários das Punheteiras é o equivalente a R$3.700. A classificação dessa função relativa à segurança no trabalho é Grau de Risco 4. Alguém pode estar se perguntando: que risco haveria em tal tarefa? Segundo a Norma Regulamentadora nº 32, na China, as funcionárias estão expostas a grandes riscos, podendo adquirir lesão por esforço repetitivo (LER).

Apurando, apurando e apurando A garotada, e também muito marmanjo, teve a imaginação estimulada com essa “noticia” que surgiu pela primeira 16

vez em meados de 2008 na internet e que voltou a circular em 2010 e agora, em 2012, novamente tomou conta de redes sociais blogs e sites. Na verdade não passa de um bom hoax, ou boato de internet, que ficou alguns anos desaparecido, mas quando retornou, foi com força total Já em 2008 a brincadeira foi tão forte que, como agora, muitos já estavam dando opiniões relacionadas ao “fato” como se ele realmente fosse um fato. Tanto que foi necessária uma nota oficial do o Banco de Esperma da cidade de Xangai, desmentindo a falsa notícia no site http://www.china.org.cn/ living_in_china/news/2008-11/25/content_16821668.htm. Veja um trecho do tal comunicado: “Estas imagens são completamente enganosas (...) Nós nunca tivemos enfermeiras que ajudam na coleta de esperma, o que é feito pelo próprio doador, sozinho em uma sala especial. Para proteger a privacidade do doador, não é permitido tirar fotos ou filmar vídeos no banco de esperma.” Para aqueles que compartilham, curtem, retuitam, e comentam qualquer informação sem nem mesmo entrar no link para uma leitura menos superficial ( pedir uma leitura mais profunda de alguns é pedir muito) basta atentar para três coisas; a própria foto que circula na Internet dá uma pista de sua origem. A marca d’agua no canto inferior direito da foto pertence a produtora Japonesa de filmes Soft On Demand , que através de sua ramificação dos Estúdios SOD Create produz filmes adultos desde 1999. Outro é o mosaico nas imagens, que são típicos de filmes pornográficos no Japão. Mais dois detalhes. São citados no texto o “grau de risco 4” e a “norma reguladora 32”. Elas simplesmente não existem. Nem aqui, nem na China.

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado


Arquivos do inferno de Paulo Coelho Por Janir Hollanda Júnior O sol brilhava e o calçadão de Copacabana fervilhava em um sábado qualquer dos anos 80. Levado pelo meu pai para um mergulho na altura do Posto 4, tive um encontro que demorei alguns anos para entender. Sentado em um banco, uma figura de cavanhaque - cigarro em uma das mãos, algum tipo de leitura na outra -, estava distraída diante daquele marzão a sua frente. Furtivo, meu pai armou e deu o susto. “Filho da puta”, respondeu o amigo, que logo puxou um papo descontraído, do qual me lembro de algo relacionado a textos e coisas banais. Depois de uma despedida calorosa, fomos embora. Meu pai escondeu alguns pertences sob a areia, fez uma marcação para não esquecer o local, mergulhamos e, ao retornarmos, as coisas lá estavam, no mesmo lugar, inclusive a fezinha feita pelo meu pai no Jogo do Bicho. Mas a sorte grande mesmo estava com o tal amigo do meu pai. Anos depois, como uma onda do mar de Copacabana, os livros daquela figura ganhavam as prateleiras, recordes de vendas, traduções em diversas línguas. O cavanhaque ainda estava lá, os cabelos mais ralos e com fios brancos também. O jeito de falar – mesmo mais polido – não deixava dúvida: aquele “filho da puta” tinha saído da mesma boca. O amigo de meu pai era Paulo Coelho. Ao revirar memórias e o baú de livros encontrei um exemplar de capa vermelha com o nome de “Arquivos de Inferno”, do autor Paulo Coelho, que aparece na foto de capa diante de uma máquina de escrever, o mesmo cigarrinho na mão, o mesmo cavanhaque, tênis Adidas surrado e uma mulher em dupla face ao seu lado. Pela primeira vez, tive vontade de ler algo do Paulo. As curiosidades são muitas no primeiro livro escrito por Paulo Coelho, em 1982. Existem dois prefácios. O para a edição holandesa é escrito por Andy Warhol (que tem seu nome grifado errado na capa). O ícone da pop art rasga elogios para Paulo com frases do tipo “Ao invés de ser um literato em busca de fórmulas pomposas, Paulo Coelho atinge friamente - e em cheio - as inquietações e as perspectivas do tempo presente”. Arrisco a dizer que a denominação escrita por Warhol não caberia mais nos dias atuais. Já o prefácio da edição brasileira foi escrita pelo saudoso Artur da Távola: “Paulo Coelho é um grande marginal. Já viveu a marginalidade exterior e interior...É o texto de um marginal amadurecido, de um visionário capaz de entrar na loucura para dela sair fortificado e iluminado - porém normal. PS: Se Nietzsche fosse vivo, seria amigo de Paulo Coelho”. Arquivos do Inferno foi editado e lançado pelo próprio Paulo Coelho. Traz o consagrado autor ainda nos seus primeiros passos, realmente com uma literatura marginal, às vezes debochada, curta, direta, filosófica, profética, sem compromissos para agradar. Paulo cita provérbios recolhidos por William Blake, poeta e pintor inglês do século XVIII, tais como “a alegria contagia, a tristeza faz caminhar” e “a estrada dos excessos leva ao palácio da sabedoria”. No livro, Coelho fala ainda de maneira debochada sobre a Santa Inquisição. Traz um capítulo de Esclarecimento de Ideias, fala dos Senhores Sábios do Oculto, quando cita sua busca pelo Esoterismo. “Arquivos” está longe de ser um primor, é quase interessante e se torna instigante por ser uma obra rejeitada pelo próprio Paulo Coelho que, em entrevistas, disse que jamais o reeditaria. Até por isso, o livro se tornou artigo raro. Em sites de venda na In-

Paulo Coelho agora imortal, já foi endiabrado

ternet, seu preço varia de R$ 1 mil a R$ 5 mil. O exemplar encontrado lá em casa foi dado em mãos de Paulo para meu pai, e é o de número 7, escrito com uma caneta verde pelo próprio escritor, que nos agradecimentos traz o nome de Janir Hollanda e a seguinte dedicatória: “Janir, você foi um dos responsáveis por isto. Meu muito obrigado. Beijos, Paulo. 10/09/82”. A ligação entre os dois começou por conta da Manchete, quando Paulo Coelho escrevia artigos esporádicos para a revista editada por meu pai, além de também fazer colaborações para a Mulher de Hoje. Na época, ela ainda cultuava o espírito hippie que marcou suas parcerias musicais com Raul Seixas. Paulo também atuava como diretor e autor teatral e editara a revista “2001”, que retratava o estilo de vida dos anos 70. À época, recorda meu pai, ele, então editor editorial de toda Manchete, foi um dos principais incentivadores para que Paulo Coelho assumisse de vez a carreira de escritor. Até brinquei: “Então, pai, você foi o culpado?!”. Em momento algum, meu pai demonstra qualquer tipo de mágoa. Eu, como filho, decide assumi-las. No mais, a história é conhecida, com os milhões e

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

mais milhões de livros vendidos, entre eles O Alquimista, Brida, O Diário de um Mago, entre tantos outros que ganharam o mundo, enriqueceram o escritor e fizeram dele o maior nome - pelo menos em vendagem - da literatura brasileira. Tentei ler O Alquimista. Não consegui. Arrisquei O Diário de um Mago. Também não consegui. Alimento certa implicância e não gosto dos escritos de Paulo Coelho, mas respeito. O tempo passou, Paulo está mais calvo. O cavanhaque segue lá, mas com fios brancos. Os tempos de hippie, de experiência com drogas e com ocultismo, e a adoração por Aleister Crowley ficaram no passado. Os caminhos de Santiago de Compostela levaram o escritor para outros destinos, como ocupar uma cadeira da Academia Brasileira de Letras. Não sei, sinceramente, se caso fosse vivo hoje Nietzsche seria amigo de Paulo Coelho, como disse Artur da Távola. Meu pai um dia foi amigo de Paulo Coelho, mas o escritor talvez nem se lembre disso. Remexer nos Arquivos do Inferno pode incomodar Paulo, que sabe como poucos a mágica de tirar o Coelho da cartola de seus livros. Hoje, ser marginal está fora de moda. Mas cultivar amizades é uma prática que independe do tempo e de qualquer passe de bruxaria. 17


O lançamen to

Cinema Cine Bardot - A ESPUMA DOS DIAS. Pais: FRANÇA. De: Michel Gondry. Com: Romain Duris, Audrey Tautou, Gad Elmaleh. Dias: SEXTA 21:00 / SÁBADO 21:30 / DOMINGO 19:30. A FAMILIA. Pais: EUA , França. De: Luc Besson. Com: Robert De Niro, Michelle Pfeiffer, Tommy Lee Jones. Dias: SÁBADO 19:30 / DOMINGO 21:30. Ingresso: INTEIRA R$ 22,00 MEIA R$ 11,00. 3D - INTEIRA R$ 24,00 MEIA R$ 12,00

Artes Plásticas Abigail V. Schlemm – Pinturas. Rua das Pedras. Vilmar Madruga – Atelier com exposição permanente da obra do artista. Porto da Barra. Tel.: 2623-7452 Anauê Mosaicos e Esculturas – Rua das Pedras, 266 – loja 04. Telefone: 2623-2225 Atelier Decor-Resina – Peças exclusivas em materiais nobres misturados com resina cristal. Rua Vila das Aroeiras, no 180. Tel.: (21) 9729-3795 Lula Moraes – Rua A - Lote 3 - Alto de Búzios. Tel: 26235744. Atelier Flory Menezes - Rua das Pedras 168 lj 8 Búzios (26230264 - 9994-7831). www.florymenezesescultura.com. O Perú recomenda a Mostra da pintora e escultora Ana Clara Martins até fim de julho. Eduardo Sardi - Retratos artísticos, pinturas a óleo e pátinas - Vila Caranga, 32 - Telefone: 2623-4072 - 9223-0457 Julián Juaréz - artista plástico - Tel: 2633-7037 / 92096364. julian23artistaplastico@hotmail.com. Rua Nicolau Antônio Estevão, 68 • Alto da Boa Vista • Rasa. Sérgio Joppert - Pinturas e Desenhos. Rua Zaíras Street. Nº. 09 Baia Formosa - Lote 09. Quadra 05. sergiojoppert@hotmail.com. (21) 9559-0014 Eduardo Pieretti Atelier - Rua da creche Barbara Writh, Parque das Acácias. Tel: (22) 2623-6179 Atelier Maremato do André Cira - Tel 22 26291351 - acira@wanadoo.fr Artista plástica Argina Seixas. Endereço: Centro Hípico de Búzios - Marina Porto. Horário de funcionamento: 10:00 às 18:00. Telefone contato: (22) 8843-6604 Ana Colombo - Na Galerida da Vimolagos

do livro ANA RQUINTAS, um livro real izado por 9 es critores buzianos, org anizado e ed it ad o pelos nossos quer idos amigos A lex e Iara Rosa, será la nçado na no ite de 30 de outubro a par tir das 21 hs no La Barce loneta.

8ª edição da Fes ta

Nordestina em C abo Frio

Começa hoje a oitava edição da Festa Norde em Cabo Frio. stina Realizada pela se cretaria munic de Eventos, a fe ipal sta acontece no espaço externo Ginásio Polie do sportivo Viva ldo Barreto, no ro Jardim Espe ba irrança, com sh ows sempre a das 20h. A prog partir ramação vai at é domingo (27/ e conta com sh 10) ows musicais de forró e música gional, com de restaque para o fa moso cantor Fr Aguiar; e barra ank quinhas gastron ômicas com o lhor da culinár meia nordestina

! a d n e m o O Perú rec GEORGE CLARK convida para o lançamento de seu livro de poesias “Todo Dia é Noite”. Em BÚZIOS, Sábado, 26/10 às 18 hs no Restaurante do ZUZA Porto da Barra – Manguinhos No Rio de Janeiro, quarta, 20/10 às 19 hs - Livraria Argumento, Rua Dias Ferreira 417 - Leblon

Neste fim de semana (sexta e sábado) os gringos de Macaé vão invadir o campo de golfe da Rasa e a Orla Bardot na festa do evento 13º Oilmen`s Golf Tournament no Buda Beach. Sábado, o torneio começa às 9h e termina às 16h com a premiação. E às 19:30h no Buda Beach. Presença ilustre do campeão do torneio Kakado.

Comidas & Shows Barceloneta - Todas as terças festival de tortillas espanholas. No sábado tem feijoada. Reservas tel.: 2623-0035 Crêperie Chez Michou - Deliciosas crepes e exóticos drinks. 14 monitores para assistir os mais novos DVD´s e todos os eventos esportivos. Programação musical com Dj´s. Venha a comemorar seu aniversário no point mais badalado de Rua das Pedras. Aberto todos os dias do meio dia ao ultimo cliente. Tel. (22) 2623-2169 – www.chezmichou.com.br – Rua das Pedras, 90. Centro. Pátio Havana - De frente para o mar, gastronomia contemporânea. Programação de shows ao vivo, quintas feiras Salsa para bailar e domingos roda de samba. Aberto todos os dias a partir das 18h e até o último cliente (exceto terças feiras). Reservas: (22) 2623-2169 – Ramal 6 – www.patiohavana.com.br - Rua das Pedras, 101. Centro. Estância Don Juan - As melhores carnes de importação com a melhor seleção de vinhos, no restaurante mais aconchegante de Búzios. Shows de tango são apresentados todas as terças feiras. Aberto todos os dias do meio dia até o ultimo cliente. Reservas: (22) 2623-2169 – Ramal 5 – www.estanciadonjuan.com.br – Rua das Pedras, 178. Centro.

18

Galeria Abigail Vasthi

Rua das Pedras, 151 Tel.: 2623-2261 De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado


Só a Arte expulsa o demônio das pessoas Por Armando Mattos

A

sexta edição da BAB bienal acontece em Búzios entre os dias 07 e 17 de novembro a VI Bienal de Arte Contemporânea de Búzios, a BAB Bienal que transforma Búzios em um cenário vivo de experimentações artísticas. Projeto que integra oficialmente, a partir dessa edição o calendário de eventos de Búzios. A proposta curatorial vai atuar através da participação de 35 artistas convidados e 3 coletivos artísticos envolvendo mais de 50 participantes que vão atuar ‘celebrando’ já que o evento acontece em meio ao aniversário de 18 anos de emancipação da cidade (12 de novembro) com performances, intervenções, grafitagem, oficinas de arte gratuitas e street art que visam promover uma perspectiva crítica sobre a interação da arte com o meio ambiente natural e urbano, a ciência e o social expandindo o conceito de criatividade por meio do afeto catalisador. A reunião desse grande coletivo de artistas vai trabalhar a relação que existe entre a beleza e a liturgia. Com a bienal a cidade se transforma num museu aberto, numa exposição viva e interativa que envolve a audiência, o público local e o flutuante, o turista numa ação de integração sócio ambiental por meio da arte contemporânea e da street art. As mostras, intervenções, performances e instalações acontecem entre a Rua das Pedras, as praias de Geribá e da Armação, na Orla Bardot, na histórica Pista de Skate de Geribá e principalmente nos espaços do Shopping No.1 que abrigará mostras individuais e shows de Hip Hop, grafitagem e um seminário internacional sobre arte pública. Participam da BAB 2013 os artistas Peu Mello, Maria Mattos, Guga Ferraz, Leo Ayres, Alexandre Mury, Michel Groisman, Rodrigo Montello, Rodrigo Rosm, Julio Lucio Martin, Jarbas Lopes, Derlon Almeida, Joana Cesar, Felippe Moares, Tatiana Grinberg, Rodrigo Villas Bôas, Luis Andrade, Alessandra Vaghi, Panmela Castro, Felippe Moraes, Rodrigo Pedrosa, Célia Pattacini, Leandro Boca, Larissa Jordan, Jimson Vilela, e os coletivo, ‘Faixa de Gazah” ‘Coletivo Gráfico’ e o ‘Opavivará!’. A BAB atua junto ao público local e em trânsito propondo modos novos de viver a cidade, uma celebração coletiva que Proposta do americano Martin se desenvolve por meio de Ogolter para a Orla da Armação proposições criativas in situ. Seu Programa Educativo PRA BAB privilegia o apoio e o desenvolvimento de projetos de pesquisa e especialização artística que relacionem a arte ao meio ambiente natural e urbano incentivado o intercâmbio de ideias por meio das oficinas gratuitas de curta duração aplicadas pelos artistas na rede pública de ensino estadual formulando um painel de atividades criativas inovadoras na região que atua através das diversas modalidades da arte contemporânea abrindo espaço para a participação coletiva.

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

Projeto de Maria Mattos representando o número de embarcações que afundaram no litoral de Búzios

Trabalho de Larissa Jordan para a Rua das Pedras

19


AS BATALHAS E O PROGRESSO DE UMA FAMÍLIA, EM 30 ANOS

E

m 1983 inauguramos a sede da Galiotto Emp. Imobiliários, na Teixeira e Souza, em Cabo Frio. Foi um trabalho de formiguinhas ou como se fossemos um enxame de abelhas ao iniciar sua colméia. Como tal, todo o enxame de abelhas tem uma rainha e em nossa família tínhamos a nossa Noris Carmen Moré Galiotto, sempre pronta, sorridente e disposta a ir em busca do nosso progresso. Do lar, desempenhava o papel dos mais importantes para uma família que é criar seus filhos com muita dignidade. Do outro lado, um maluco em busca, não de aventuras, mas de desafios, pois sabíamos que na vida não se cresce sozinho. Mas com a participação de tantos amigos, espalhados não apenas por Cabo Frio, mas em todo o Brasil, que acreditaram em nossas idéias e propostas, principalmente grandes astros de música nacional e internacional, conseguimos crescer em 4 frentes: Negócios, Cultura, Meio-ambiente e Filantropia. Ao longo dos anos transformamo-nos em uma orquestra afinada em todos os desafios, tal como as 4 estações de Vivaldi. A grande maestrina Nóris, com seu apoio e suporte, sempre foi notável nesta orquestra. Em todos os seus movimentos foi digna de aplausos. Existe um provérbio que diz: “Por trás de um grande homem, existe sempre uma grande mulher.” Parece ser o caso. Desta forma, realizamos 92 projetos ao longo dos anos, praticamente tudo com recursos próprios, pois tínhamos noção que era necessário adquirir credibilidade com estas realizações, crescendo juntos. Assim os anos foram passando de forma rápida, rápida até demais com a partida da Noris antes do tempo. O que nos dá um relativo consolo é que o legado implantado ao longo dos anos por esta maravilhosa mulher poderá ser usufruído pelas novas e as futuras gerações. Desta forma pensamos e agimos, deixando grandes exemplos positivos, de importância e para proveito do futuro não só de nossos herdeiros, mas de todos. Fruto disso será a inauguração do Terraço Cultural e Fotográfico com o nome da senhora Noris, dia 26 de Outubro às 20:30h, na Teixeira e Souza nº 1.450, que é o mínimo que nós, familiares, poderíamos fazer em reconhecimento e homenagem a esta que sempre foi uma grande esposa, mãe e avó, lutadora que trabalhou em benefício de todos. Não poderia ser de outra forma a homenagem a nossa querida Noris.

Família Galiotto

Av. J. B. Ribeiro Dantas, 815 - Salas 7 e 8 - Portal da Ferradura (22) 2623-6393 / (22) 9235-2464 - semis-Búzios@uol.com.br 20

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado


Obrigado, Bimba!

Leia o Perú na internet operumolhado.com.br

Banzé precisa de

uma companheira Ele ainda é virgem! O pequeno Banzé, da raça Basset, que pertence á Victor Viana e Camila Raupp, está precisando muito de uma namorada. Ele é jovem, bonito, inteligente, gosta de literatura e musica popular brasileira, mas não perde uma balada ou um agito na praia. Banzé quer uma companheira que pretenda ter filhos, que podem ser divididos entre os donos dele e da cadelinha. Banzé só pede que não espalhem, mas ele ainda é virgem. Interessadas podem entrar em contato com a redação do Perú: 22 2623-1422.

Dá-lhe Bimba!!!

B

úzios tem orgulho de você Bimba. Não só pela sua performance em todas as competições, mas pelo exemplo de cidadania que você deixa para as futuras gerações de atletas. Mais do que usar a água e o vento para viajar suas emoções, você é um ferrenho defensor da qualidade das praias que banham nossa paradisíaca Península. Neste ano que se encerra, presenciamos todo o seu empenho na defesa intransigente do Rio Una, contra a transposição do esgoto da Região dos Lagos em suas águas.

Aprendemos com você que patrocínio e meio ambiente se completam, não se excluem e não se agridem. Aprendemos com você que o esporte não é somente um veiculo de competição, mas de transformação da realidade econômica e social de uma cidade. Vida longa e muito sucesso em sua carreira de atleta, construída com muito empenho, dedicação e o carinho de sua família. Mais uma vez, parabéns e obrigado por levar tão longe o nome de nossa cidade e de nosso País. Bimba, você é de ouro!!!

e s a r u c o r P

A D A R T N O C EN Vamos ajudar a nossa amiga Dilene a encontrar a sua cadelinha “Mocca” que fugiu. Contato: 21 8011-0008 / 22 9223-1648 De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

Con­se­lho edi­to­rial Bri­git­te Bar­dot, Clau­dio Kuck, Ivald Gra­na­to, Jo­ mar Pe­rei­ra da Sil­va, Fi­no Quin­ta­ni­lha, Re­na­ta Des­ champs, Ota­vi­nho, Umberto e Clau­dio Mo­dia­no, Er­nes­to Za­bo­tinsky, Tra­ja­no Ri­bei­ro, Re­na­to Pa­co­te, Jor­ge Te­des­co, Clau­dio Co­hen, Lau­ritz Lach­man, Gui­lher­me Araú­jo, Pe­dro Pau­lo Bul­cão, Pau­lo Ma­ ria­ni, Al­ber­to Fan­ti­ni, Ma­rie Anick e Jac­ques Mer­ cier, Ara­guacy da Sil­va Mel­lo, Luis Ed­mun­do Cos­ta Lei­te, Mar­cos Pau­lo, Elie Sha­ye­vitz, Jo­nas Suas­su­na, Gló­ria Ma­ria, Ruy Castro, Heloisa Seixas, Márcio Fortes, Luiz Fernando Pedroso, Lula Vieira, Antônio Pedro Figueira de Melo, Eduardo Modiano, Ancelmo Góis, Etevaldo Dias, Joaquim Ferreira, Thomas Sastre, Adriana Salituro, Armando Ehrenfreund, Mário Pombo e José Leão Portinari.

Di­re­tor Mar­ce­lo Lar­ti­gue Editor Adjunto Janir Hollanda Jor­na­lis­ta res­pon­sá­vel Alessandra Cruz (reg. prof. 27662/RJ) Editor de fotografia Photoshop Re­pór­ter Victor Viana Sandro Peixoto Mônica Casarin Alessandra Cruz Denis Kuck Gustavo Garcia

Fun­da­do­res Ma­rio Hen­ri­ques e Pe­dro Luis Lar­ti­gue Ge­rên­cia de Ven­das Tráfego Publicidade & Marketing Ltda. (21) 2532-1329 (21) 9100-7612 Me­ce­nas Umberto Mo­dia­no Im­pres­são Gráfica DMC

Diagramação Caroline Moreira

Diretor de Distribuição Muchacho Bicho Doido

Diretora Comercial Alessandra Cruz

Depto. Jurídico Dr. Ulisses Tito da Costa

O Pe­rú Mo­lha­do / Edi­to­ra Mi­ramar CNPJ: 02.886.214/0001-32 Rua Alfredo Silva, 226, casa 4 Cep 28 950-000 – Brava - Ar­ma­ção de Bú­zios –  RJ Celular/redação: (22) 8128-3781 / 2623-1422 Comercial: (22) 7814-2441 E-mail: operu­mo­lha­do@globo.com operumolhado@gmail.com Si­te: www.operu­mo­lha­do.com.br

21


22

2. Linda casa em bairro com alta valorização, José Gonçalves, em rua pavimentada e próxima ao comércio com 2 quartos, sala e cozinha americana 2 banheiros garagem para 3 carros. Valor R$ 220.000,00 3. Casa com dois quartos, quintal grande, garagem, no Bairro São José. Valor: R$230.000,00 4. Vendo lote com 400 m², situado no final da Rua 22, Vila Verde - Cabo Frio. Valor: R$ 30.000,00 - R$ 8.000,00 de entrada e R$ 500,00 mensal 5. Excelente imóvel situado em Geribá a 400 mts da praia. Com 5 quartos, piscina, churrasqueira e garagem para 8 carros. No valor de R$ 850.000,00. 6. Linda casa em condomínio de frente para a praia de Manguinhos situada na Baia Formosa, com total segurança e área de lazer com 3 quartos sendo 2 suítes. Valor R$ 2.200.000,00) 7. LANÇAMENTO! Rasa residencial clube. Apartamento 3 quartos sendo 2 suítes de frente para a praia. A partir de 255.000,00 código imóvel 034 8. Ótíma casa em um condomínio completo com piscina, sauna e quadra de vôlei situado da na Praia Rasa. Com 3 quartos todos com vista para o mar. Apenas R$ 550.000,00

?

QUANTO VALE SEU IMÓVEL AVALIAMOS CONSULTE-NOS

Imobiliária de Búzios - Vende - Casas: Geribá. Condomínio perto da praia. Casa em ótimo estado! Com 2 suítes no andar superior, 1 quarto, banheiro completo, sala, cozinha americana no térreo. Varanda, pequena área de serviço. Área de lazer com piscinas, sauna e campinho. Vai andando para a praia de Geribá! Valor: R$480.000,00. Cód. 980. Marina.Oportunidade! Casa toda plana. Composta de 1 suíte e 1 quarto, banheiro completo, ampla sala, cozinha tipo americana, varanda e área de serviço. Churrasqueira com área coberta. Casinha separada para fazer o que preferir (suíte de hópedes, caseiro, depósito, etc). Amplo jardim gramado e com árvores. Terreno com 978m². Proprietário estuda proposta em dinheiro. Valor: R$330.000,00. Cód. 986. Imobiliária de Búzios - Vende - Terrenos: Manguinhos. Lote com 700m². Todo plano. Pertinho de todo o comércio. Ótimo para morador! Taxa de ocupação 40%. Valor: R$330.000,00. Cód. 988. Marina. Lote com 640m² (20m frente x 32m laterais). Plano, fácil de construir. Pertinho da praia e do canal principal da Marina! Documentação ok! Região com intensa valorização. Agende uma visita! Valor: R$180.000,00. Cód. 997. Imobiliária de Búzios - Vende - Pousada Bosque de Geribá: Pousada com 12 suítes, sacadas, recepção, piscina...Espaço de leitura e café-da-manhã. Toda equipada! Em pleno funcionamento. Possui estacionamento e muito potencial! Aproveite! Documentação ok! Valor R$1.200.000,00. Cód. 693. Temos amplo cadastro de pousadas e guest-houses. Consulte-nos! Hernán Barbosa

www.imobiliariadebuzios.com.br (22) 2623-1867 / (22) 9914-4098 Av. José Bento Ribeiro Dantas, 2591. Manguinhos, Búzios - RJ. Creci: 21019

PROCLAMAS DE CASAMENTOS

Neste Ofício estão afixados no local de costume, após a apresentação dos documentos exigidos pela Lei, os seguintes Editais de Proclamas de Casamento: JUNIMAR GUIMARÃES DA ROCHA e LUCIANA DE OLIVEIRA; Brasileiros, solteiros. Ele,Carpinteiro, filho de: Getulio da Rocha Guimarães e Lenir Guimarães da Rocha , residente neste Municipio-RJ. Ela: Do lar, filha de: Vera Lucia de Oliveira, residente neste Município-RJ. Processo nº 2262/13. LEANDRO DOS SANTOS SILVA e ALINE DA SILVA ASSIS; Brasileiros, Solteiros. Ele Ajudante de Pedreiro, filho de: Manoel Fonseca Silva e Maria Batista Silva, residente neste MunicipioRJ. Ela:Camareira, filha de: Miguel Carlos de Assis e Denice Maria da Silva Assis, residente neste Município-RJ. Processo nº 2271/13. MAYKON FRANCHINI DE CARVALHO e PAOLA MACHADO DE SOUZA; Brasileiros, solteiros. Ele: Mecânico Industrial filho de: José Roberto de Carvalho e Maria Imaculada Franchini de Carvalho, residente neste Municipio-RJ. Ela: Professora, filha de: Luiz Antonio de Souza e Lucia de Alencar Machado, residente neste Município-RJ. Processo nº 2270/13.

Búzios, 24 de outubro de 2013. Quem souber de algum impedimento, acuse-me. Eu, Verona Mendes Oliveira de Almeida, Escrevente, a extraí. Albert Danan – Tabelião Titular

www.operumolhado.com.br

1. Linda casa duplex, toda mobiliada com 3 suítes,dentro de um condomínio completo com total segurança, situada no Pórtico de Búzios - Condomínio das Garças. Valor: R$ 950.000,00 Cód. 071.

OFÍCIO ÚNICO DA COMARCA DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ SERVIÇO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS Av. Jose Bento Ribeiro Dantas, nº 2.000, Manguinhos Armação dos Búzios/RJ - CEP: 28950-000 Telefax: (22) 2623-6093 adm@cartoriobuzios.com.br

Leia o Perú na internet

Visite nosso site!

www.claudiorafaelimoveis.com.br

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO RIO DE JANEIRO Dr. ALBERT DANAN – Tabelião e Oficial Titular

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado


Classificados d' O Perú

1 Imóveis

Compra e Venda

2 Imóveis

1 - IMÓVEIS Compra e Venda PRÉ-LANÇAMENTO : CONDOMÍNIO “OCEANIC RESIDENCIAL” - SOMENTE 4 CASAS - JUNTO “CENTRO HIPICO DE BÚZIOS - 5 QUARTOS - ÁREA PRIVATIVA - VISTA DESLUMBRANTE – ULTIMAS 2 UNIDADES - FAÇA JÁ SUA RESERVA - Tel. 22-2623-2056 - 9986-1646 - www.banbuimoveis.com.br CRECI J 1.753 Marina / “Le Corsaire” : duplex - 2 suítes - frente/canal - R$ 380.000- Tel. 22-2623-2056 9986-1646 -www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Geribá : casa cond. 2 quartos (suíte) - mobiliada - perto praia R$ 400.000 - Tel. 22-2623-2056 - 9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Balneário da Raza : casa c/ 27m frente/mar – lote c/ 1.300m² - 5 suítes – piscina- R$ 850.000 Tel. 22-2623-2056 - 9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br CRECI J 1.753 João Fernandes / Ossos : 2 lotes – 2.200m² e 2.700m² - frente rua principal – vendem-se junto ou separado. Tel. 22-2623-2056 - 9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Forno : 4 lotes 1.000m² - planos - perto /praia – R$ 250.000 cada - Tel. 22-2623-2056 - 9986-1646 -www.banbuimoveis.com.br CRECI J 1.753 Colinas de Geribá : oportunidade - casa 4 suítes - vista mar e lagoa - lote c/ 720m² - R$ 550.000 - Tel. 22-2623-2056 9986-1646 -www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Centro : casa cond. 3 quartos (1 suíte) – frente Estrada da Usina – R$ 480.000 -Tel. 222623-2056 – 9986-1646 – www. banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753

Aluguel

& 3 Negócios Empregos

4 Veículos

Raza : lotes / 1000m² - à 100 metros / mar – vista deslumbrante - R$ 220.000 -Tel. 222623-2056 – 9986-1646 – www. banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753

nho da famosa praia de Geribá! (22) 2623-2467. www.celsoterra. com.br, cterra@celsoterra.com. br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485.

Cond. Kailua : casa 4 suítes – vista/mar – área privativa - mobiliada – R$ 780.000 -Tel. 222623-2056 – 9986-1646 – www. banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753

Ferradura: Para viver de bem com a vida! Linda residência composta por 3 suítes, ampla sala, varanda,piscina, sauna, churrasqueira, dependências de empregada. Suíte independentepara hóspedes. Grande jardim. (22) 2623-2467. www.celsoterra. com.br,cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485.

Alto de Búzios : casa 4 suítes – piscina – caseiro – lote c/ 3.300m² - magnífica vista – R$ 1.200.000 – Tel. 22-2623-2056 – 9986-1646 – www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Marina Porto Búzios : lote 800m² - à 50 metros mar – murado – com cisterna – R$ 280.000 – Tel. 22-2623-2056 – 9986-1646 – www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Geribá : casa cond. perto / praia – 5 suítes – decorada – R$ 900.000 –Tel. 22-2623-2056 – 9986-1646 – www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Para Locação Resi-dencial: Residência em condomínio, composta por 4 suítes, sala de estar e jantar,cozinha americana. Condomínio com piscina, quadra de esportes e salão. (22)2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra. com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Manguinhos: Espetacular residência.Amplo jardim, piscina, churrasqueira, vagas para muitos carros, sala de estar,sala d e j a n t a r, a m p l a c o z i n h a , despensas, jardins internos, 6 suítes,escritório, varandas, dependências para caseiro e motorista. (22) 2623-2467. www. celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Geribá: Casa em condomínio. 3 dormitórios, sala de estar e jantar, varanda, cozinha americana. Condomínioco piscina e sauna. Perti-

Praia Baia Formosa: Muito charme nesta residência. Um único pavimento. 4 dormitórios sendo 1 suíte. Salade estar e jantar, cozinha, copa, varandão. Piscina, dependências paracaseiros, atelier, depósito. Garagem coberta. Pertinho da praia. (22)2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@ celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Condomínio na Ferradura: Lindoprojeto. 4 dormitórios sendo 3 suítes. Sala de estar e jantar, cozinha, dependências para empregada, área de serviço. Condomínio com piscinas, saunas, sala dejogos, churrasqueira, quadra de tênis. Pagamento financiado pelo incorporador! (22)26232467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada da Usina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Marina: Casa em condomínio. Frente para o mar! Sala, dois dormitórios sendo 1 suíte. (22) 2623-2467. www.celsoterra.com. br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Porto da Barra! As melhores ofertas em lojas para o seu comércio! Venha fazer parte deste empreendimento, bonito, sofisticado e

5 Casa & Bazar

único! Junte-se aos campeões! Lojas para locação, para osmais variados tipos de comércio, a partir de 30m2. (22) 2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Vendo lote c/ RGI, 450,00 M² Balneário da Rasa, R$ 52.000,00, ótima localização, tel: (22) 98150564 ID 981*8665 Pardal.

Anuncie:

(22) 2623-1422

é grátis, email: david.murty@ talk21.com. Tel: (22) 2647-1636

A L Waizer Pousadas – ME solicita o comparecimento do Srª Gimena Soledad Dilmilta, portador da CTPS n°00023871, Serie 175RJ,no prazo de 48:00 horas (quarenta e oito horas), sob pena de caracterização do abandono de emprego previsto no artigo 482, letra”I”. da CLT”.

VENDE-SE ÁREA DE 4000M - ÓTIMA OPORTUNIDADE NO BAIRRO NOBRE DO ALTO DE MARIA JOAQUINA (PRÓXIMO A TOCA DO ASSIS) POSSUI CONSTRUÍDA CISTERNA COM CAPACIDADE DE 30.000L, POÇO ARTESIANO ATIVO E LUZ. TRATAR TEL: (22) 9916-3730 / (22) 9921-5458

Terreno de 810 metros, com casa (2 quartos, sala, cozinha e banheiro), todo murado na rua Bom Jesus, Cem Braças. Telefone:9913-8533 Barbosa. Centro - Quarto e sala com varanda de frente para rua. R$ 160.000,00, telefone: (22) 97301419

2 - ALUGUEL Alugo casa anual Condomínio das Garças, 3 quartos (suíte), R$ 2.000,00 + taxas. Tratar: 26237334 / (22) 9916-2390 Casa em Tucuns - Primeira locação - Com 2 quartos, sala, cozinha americana, com laje, varanda murada. R$ 100 mil. Tel: (22) 81168565 - Luiz EM NOVEMBRO: Aluguéis de apartamentos com um quarto na Praça de São José. (22) 99164432

3 - NEGÓCIOS E EMPREGOS Manutenção de Computadores/Redes e Câmeras. Atendimento à domicílio. Ricardo Pereira. Tel.: (22) 9869-1364 / (22) 9216-8080 Troco Doblô 2008 por terreno em Búzios . Interessados entre em contato 22 8146-1215 Procura-se garçom com experiência e disponibilidade de horário para trabalhar em pousada. Favor mandar currículo para emprego.buzios@gmail.com. Aprender inglês com um inglês, R$ 25,00 por hora, a 1ª aula

De 25 de outubro a 1º de novembro de 2013 – O Perú Molhado

23


UM EMPREENDIMENTO DE RESPEITO AO MEIO AMBIENTE E A VOCÊ. NOSSO COMPROMISSO: ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE COM DUNA INTOCÁVEL E ACESSO ORDENADO E AMPLIADO À PRAIA.

• Sítios arqueológicos 100% Preservados • Passarelas sobre cordão arenoso para acesso à praia em toda sua extensão • Acesso à praia ampliado com segurança para usuários e moradores.

J•TRÊS /

VEM AÍ O MAIOR COMPLEXO TURÍSTICO-HOTELEIRO DO SUDESTE BRASILEIRO.


1165