Issuu on Google+

10 Automóveis & Motores

www.onoticiasdatrofa.pt

27 de março de 2014

Especial Automóveis e Motores A compra do primeiro automóvel é uma das etapas pela qual mais aguardamos. Mas, como em tudo na vida, é necessário ter alguns cuidados com o veículo. Nesse sentido, o NT preparou-lhe um especial dedicado aos Automóveis e Motores, onde lhe vai deixar algumas dicas de como tratar do seu carro, assim como a importância das visitas regulares às oficinas e as vantagens de comprar viaturas novas, seminovas e usadas.

pub

www.trofa.t v

Aquando da compra do primeiro automóvel, o comprador experiencia vários sentimentos, como ansiedade, emoção e dúvidas, pois além de esta ser uma das etapas mais aguardadas, é investida uma boa parte das nossas poupanças. Por essa razão, é importante cuidar do veículo, sendo de extrema importância fazer uma revisão periodicamente, a fim de evitar problemas maiores que podem trazer grandes transtornos e prejuízos. Se não cuidarmos diariamente e não fizermos as revisões periódicas, o tempo de vida do equipamento e seu valor diminuem muito, além de comprometer a sua segurança no trânsito.

Por norma, é recomendada uma revisão ao carro a cada dez mil quilómetros ou seis meses de uso. O automóvel não deve apenas ser levado ao mecânico quando apresentar algum problema, uma vez que isso representa prejuízo. Durante a revisão, são verificados todos os sistemas do carro, de forma a indicar o estado geral do equipamento. Motor, freios, correia e itens de segurança são minuciosamente inspecionados, sendo também feita a troca dos fluidos (óleo do motor, dos freios) e dos filtros (ar e combustível). Quanto mais rodado o veículo, mais acessórios vão entrando na lista: amortecedores, velas e cabos de vela, sistema de arrefecimento, entre outros. Nesse sentido, fazer regularmente uma revisão automóvel traz muitos benefícios, como o aumento da vida útil do equipamento, evitando gastos desnecessários com consertos e diminuindo as hipóteses de o seu carro o deixar ficar mal quando mais precisar dele. Além disso, o automóvel precisa de cuidados diários e não só quando estiver próxima a data da revisão programada.


Automóveis & Motores 11

www.onoticiasdatrofa.pt

27 de março de 2014

EMAC recebeu convenção dos 30 anos do Grupo Auto Soluções “Auto Soluções – 30 Anos de Paixão e Confiança” foi o nome da convenção interna que o Grupo Auto Soluções realizou no sábado, 22 de março. A iniciativa, realizada no âmbito das comemorações do Grupo, teve lugar nas instalações da EMAC, em Santo Tirso, e contou com a presença de todos os colaboradores. “Num ambiente informal e familiar, característico da organização, foram recordados os 30 anos de história que agora se completam, analisando o presente e perspetivando os desafios e

Colaboradores lançaram balões com a “expressão escrita do empenho e participação”

a estratégia para o futuro”, afirmou fonte do grupo. Depois da convenção, seguiu-se um almoço-convívio. Também foram lançados balões pelos presentes, onde colocaram “a expressão escrita do empenho e participação no futuro coletivo”. O Grupo Auto Soluções representa as marcas Volkswagen, Audi, Skoda e SEAT, dispondo de instalações comerciais e de serviço após venda, nos concelhos da Maia, Santo Tirso, Vila do Conde e Vila Nova de Famalicão.

Conheça as vantagens de comprar veículos seminovos e usados A crise económica leva a que muitas pessoas optem por comprar um carro seminovo ou usados. Conheça algumas vantagens de adquirir um veículo usado. Adquirir um carro usado ou seminovo nem sempre significa optar por uma solução desvantajosa. Pelo contrário, em alguns casos representa uma alternativa mais aceitável. Além da parte financeira, o seminovo oferece outras vantagens, como a garantia de fábrica, ainda ativa para alguns modelos até aos três anos, e a possibilidade de precisar de manutenção ser menor. Já os carros

usados atravessam um bom momento, graças à diminuição de taxas de juro e o processo de aprovação de crédito estar mais flexível. Os seminovos são os modelos com até três anos de uso, independentemente da quilometragem, os usados são os carros com mais de três anos de rodagem e os velhos são aqueles que têm mais de oito anos, ou em alguns casos mais de dez, porque a manutenção é mais frequente e muitas vezes mais cara. Uma das vantagens dos seminovos é o facto de os modelos sofrerem uma depreciação de cerca de 20 por cento na sa-

ída do pátio da loja e oferecerem mais equipamentos por preços semelhantes aos dos zero quilómetros. Os veículos com poucos anos de uso tendem a apresentar menos problemas mecânicos, pois as peças não sofreram ainda tanto desgaste quanto as de veículos mais antigos. Já uma das principais vantagens da compra de um carro usado é ser permitido o pagamento de valores extremamente reduzidos pela aquisição de um veículo que, quando devidamente escolhido, poderá até revelarse de grande qualidade. Optar pela compra de um carro usado é usufruir da possibilidade de escolher entre uma enorme diversidade de marcas e modelos, das mais diversas épocas. Com alguma sorte, será até possível ter acesso a um automóvel de gama alta, não muito antigo, por um preço igual ou inferior a um de gama baixa, e com níveis de qualidade geral muito superiores. Ao comprar um carro com alguns anos já será possível ter uma ideia bem clara do sucesso do modelo junto dos seus compradores, podendo assim determinar o nível de facilidade com que conseguirá revendê-lo.

Crise económica leva condutores a optarem por seminovos e usados


12 Automóveis & Motores

www.onoticiasdatrofa.pt

27 de março de 2014

Pneus: exame aos sinais de desgaste Siga as nossas coordenadas para identificar o problema e saber agir sem derrapagens na carteira. No exame aos pneus, inspecione o piso e os flancos laterais.

pub

Os pneus são o único ponto de contacto entre o automóvel e a estrada. Mantê-los em bom estado e com a pressão correta ajuda a poupar o carro e combustível, além de reforçar a segurança. Mude os pneus quando a altura dos sulcos for inferior a 1,6 milímetros, o mínimo exigido. Abaixo deste nível de profundidade, viola a lei. Cortes, bolhas ou zonas de desgaste, nada pode escapar. Pneu em boa forma: Se mantiver os pneus com a pressão correta e bem equilibrados, evita um maior desgaste de alguns componentes e reforça a segurança ao volante. Sinais de perigo: Desgaste acentuado na faixa central. O motivo é a pressão excessiva do pneu. Solução: regular a pressão para o valor recomendado (veja

É necessário estar atento aos sinais de desgaste dos pneus

o livro de instruções ou o autocolante na porta do condutor). Desgaste evidente nas faixas laterais. O motivo é a pressão insuficiente do pneu. Solução: regular a pressão para o valor recomendado. Desgaste apenas visível num dos lados. O motivo é o alinha-

mento incorreto da direção. Solução: corrigir o alinhamento na oficina. Desgaste irregular em zonas delimitadas. O motivo é a equilibragem incorreta dos pneus. Solução: levar o automóvel à oficina para equilibrar os pneus. Fonte: Deco Proteste

Vantagens de comprar carro novo Ser o próprio a estrear o veículo, ter o prazer de sentir o cheiro de carro zero quilómetros e saber o estado em que se encontra são as principais vantagens ao comprar um carro novo. Os compradores que defendem os automóveis novos destacam sobretudo a garantia. Para alguns modelos, uma garantia de cinco anos pode até mesmo ser prorrogado por dois anos. Neste caso, o comprador tem a certeza que não terá surpresas desagradáveis e consequentemente custos de repara-

ção não programados. Uma outra vantagem em comprar um automóvel novo é o facto de trazer tecnologia mais avançada e com benefícios de maior conforto, segurança e economia, assim como a possibilidade de escolher o equipamento de seu automóvel conforme os seus próprios desejos. Além disso, podem ser mais facilmente adaptados para permitir a integração com dispositivos eletrónicos de uso pessoal, como aparelhos de DVD, tablets, GPS, entre outros. Se precisar vendê-lo de uma hora para outra, consegue fazer o repasse com bastante rapidez,

tamanha a aceitação do mercado. A manutenção é mais simples, já que a parte mecânica é mais confiável e a mão de obra, além de algumas peças, podem sair de graça nas primeiras revisões. Estas vantagens que residem em comprar um carro novo são qualificadas por uma desvantagem significativa: a maior desvalorização de um veículo novo está envolvido nos dois primeiros anos de circulação. Salientamos que nos carros grandes e carros de luxo, o declínio no valor pode chegar a até 50% do preço original.


Automóveis & Motores 13

www.onoticiasdatrofa.pt

27 de março de 2014

Quando deve substituir peças automóveis As revisões têm como objetivo avaliar as condições gerais do carro para circular na estrada. Para que o seu veículo tenha a melhor performance, são realizadas inúmeras afinações. Saiba quando deve substituir as peças do seu carro. Para garantir a máxima rentabilidade das peças automóveis e a melhor performance do seu carro, são realizadas inúmeras afinações e, por vezes, é necessário substituir os óleos, os filtros, as velas, as luzes, as escovas, os travões, as correias, os equipamentos de segurança, os pneus e até algumas peças do motor. A água do radiador é um ponto muito importante que deve ser verificado periodicamente, pois a consequência da falta de água no radiador do carro leva ao aquecimento do motor e isso pode provocar danos irreparáveis. O ideal é que a água esteja exatamente no nível máximo ou entre o nível mínimo e máximo. Abra o reservatório de água do radiador quando o carro estiver com o motor frio, pois, se o motor estiver quente, a água pode espirrar para fora do reservatório e provocar

graves queimaduras. O nível do óleo do motor é um dos pontos mais importantes numa revisão, pois a falta ou o excesso pode causar danos sérios ao motor do carro. A vareta de verificação está junta ao motor do carro, sendo aconselhável a sua verificação quando o motor está frio, pois assim consegue ver com uma maior precisão os níveis de óleo que o motor apresenta. Se o nível for baixo, não acrescente óleo novo ao óleo usado, pois a mistura pode “gripar” o motor. O filtro de combustível é responsável por filtrar todo o combustível que o carro queima e deve ser trocado a cada 15 mil quilómetros, caso contrário, danifica a bomba de combustível. O filtro do ar é uma peça que limpa o ar que vai para dentro do motor. Este filtro deve ser mudado a cada 15 mil quilómetros para garantir um bom funcionamento do motor, óleo e restantes filtros. O filtro do ar condicionado é o responsável pela purificação do ar do interior do carro. Deve ser trocado a cada 15 mil quilómetros para não acumular fungos e bactérias nocivas à saúde. A revisão das luzes é das ve-

Faça uma revisão automóvel a cada dez mil quilómetros ou seis

rificações mais fáceis de serem feitas, pois, devem estar todas em funcionamento. Caso não estejam a funcionar, basta des-

locar-se a um eletricista ou casa da especialidade para trocar. Os pneus “carecas” são os grandes causadores de aciden-

tes de carros, saiba como escolher pneus. À medida que os pneus se vão desgastando o carro vai perdendo a aderência ao piso e isso faz com que possa perder o controlo do carro e aumente, significativamente, as hipóteses de um acidente de carro. A revisão dos travões é muito importante. Se está a conduzir o seu carro e tiver necessidade de levar o pé ao travão e, nesse mesmo instante, ouvir algum barulho, ou sentir que os travões perderam um pouco da sua eficiência, tem de os verificar. Pode ser alguma anomalia em relação às pastilhas, aos discos ou aos fluidos e será necessário colocar peças novas. A revisão do alinhamento do carro é muito importante, na medida em que se evita o desgaste desnecessário de pneus e mantém o carro estável. Deve ser feito um alinhamento ao carro a cada dez mil quilómetros. Para uma revisão completa do seu carro, deve prestar atenção à componente elétrica do seu carro. Verifique todas as peças elétricas, como a bateria, motor de arranque, alternador e todos os fusíveis.


Especial automoveis e motores