Page 1

VENÂNCIO AIRES Quarta-feira 9 de novembro Edição 110, ano 2 Distribuição Gratuita OLÁ Venâncio

@ola_jornal

Quarta-feira:

Pancadas de chuva Mín: 19° máx: 33°

de graça, mas com valor

Quinta-feira: Manhã e noite agradáveis. Já, a tarde deve ser quente. Mín: 18° Máx: 28° Fonte: CIH/UNIVATES

BRASIL VAI À ÍNDIA DIZER QUE APOIA O PRODUTOR DE TABACO PÁGINA 3

AES SUL AGORA É RGE SUL E PREVÊ R$ 1 BI EM INVESTIMENTOS PÁGINA 2

DIA DE COMPETIÇÃO PARA EQUIPE DO GEFISUL EM SÃO PAULO PÁGINA 5

GIOVANE VAI ENVIAR PROJETO DO IPTU EM JANEIRO DE 2017 PÁGINA 6

PREFEITO AIRTON BUSCA COMÉRCIO ENTRE VENÂNCIO E A ÍNDIA PÁGINA 6


2

WWW.OLAJORNAL.COM

QUARTA-FEIRA

9 DE NOVEMBRO

2016

DIVULGADAS DATAS PARA MATRÍCULAS NA REDE MUNICIPAL A Secretaria Municipal de Educação (SME) oficializou as datas para que os pais inscrevam-se em busca de vagas para seus filhos, no ano letivo de 2017, nas escolas da rede municipal de ensino. Para escolas municipais de ensino fundamental (Emefs), o prazo vai de 21/11 a 02/12. Nas escolas municipais de educação infantil (Emeis), as inscrições acontecem de 16/11 a 02/12. Para se habilitar a uma vaga em Emei, é preciso apresentar versões original e cópia da certidão de nascimento da criança, comprovante de residência, com-

provante de renda familiar e comprovante de trabalho da mãe. Os pais devem comparecer às próprias escolas pretendidas conforme o zoneamento, que está disponível para consulta nos próprios educandários. A SME alerta que a matrícula para crianças de 4 e 5 anos de idade na pré-escola, é obrigatória, mediante exigência do Plano Nacional de Educação. Esta modalidade de ensino é disponibilizada tanto em escolas de educação infantil quanto de ensino fundamental da rede escolar do MunicíGiovana Bencke/Divulgação

TALENTOS DE TODAS AS IDADES NA FINAL DO FESTIVAL ESTUDANTIL DE MÚSICA

Estão definidos os vencedores da 6ª edição do Festival Estudantil de Música de Venâncio Aires. A grande final aconteceu na noite da última sexta-feira, 4, na Sociedade de Leituras. Cerca de 300 pessoas assistiram a mais de 20 apresentações de estudantes vindos de oito escolas da Capital do Chimarrão, que mostraram seu talento. Entre os alunos de 1º a 5º ano, a vitória foi da aluna Amanda de Brito. A estudante da escola Frida Reckziegel, de Vila Palanque, cantou a música A Flor e o Beija-Flor. No Ensino Fundamental – Anos Finais, venceram Gabrielli Vargas e Thales dos Santos. Os alunos da escola 11 de Maio, do bairro Coronel Brito, cantaram Até o Céu. No Ensino Médio, o primeiro lugar foi de Jessel Souza, do Monte das Tabocas, com a música I Won’t Give Up. A dis-

puta do EJA foi vencida por José Alberto Frólio, da mesma escola, apresentando O Bêbado e a Equilibrista. Nas bandas, a Magnus, do IF-Sul, foi campeã com um medley de Feeling Good e Hit the Road, Jack. Em cada categoria, os três primeiros colocados na avaliação do corpo de jurados receberam troféus. O júri avaliador foi formado pelos músicos Cristiano Seibt, Duda Kuhn, Dudu Peiter, Luiz Carlos Ruschel e Maicon Herdina. As apresentações se estenderam ao longo de cerca de três horas. O secretário Thomás Lenz destacou a diversidade de gêneros das músicas executadas, apresentadas pelos jovens cantores com playback, acompanhamento de músicos de sua preferência e com execução própria dos instrumentos. (AI Prefeitura)

SÁBADO TEM FEIRA SOBRE DIABETES Uma parceria entre a Secretaria Municipal da Saúde, Lions Clube Melvin Jones e Curso Técnico em Enfermagem da Escola Érico Veríssimo pretende lembrar a passagem do Dia Mundial do Diabetes (14 de novembro). Para isso, no próximo sábado, 12, a partir das 8h, no Largo do Chimarrão, acontece uma Feira de Saúde para a realização de testes de glicemia, verificação de pressão arterial, orientações nutricionais e pesagem. Considerada uma das doenças que mais crescem no Brasil, o diabetes geralmente é silencioso e recorrente em pessoas com

mais de 65 anos. Para divulgar os perigos e a importância da prevenção e controle, o grupo da Administração Municipal e voluntários se reúnem durante toda a manhã, no centro da cidade. O ônibus da Secretaria Municipal da Saúde também estará presente para outros exames rápidos. A Secretaria de Saúde informa que são cerca de 400 diabéticos cadastrados na rede pública que retiram insulina mensalmente na Farmácia Municipal. No entanto, a Administração acredita que o número seja bem maior. (AI Prefeitura)

pio. “Aconselhamos pais de crianças nestas idades a, dentro dos períodos de busca por vaga, inscreverem seus filhos em uma Emei e em uma Emef”, orienta o secretário Émerson Eloi Henrique, para evitar que uma criança fique sem vaga e descumpra a exigência de escolarização a partir desta faixa etária.

REMATRÍCULAS Sobre as rematrículas nas Emefs, o período iniciou nesta segunda-feira, 7, e vai

até 18 de novembro. Já as Emeis possuem calendário próprio. Para os alunos que fazem parte da rede municipal mas frequentam a pré-escola em prédios de instituições escolares do Estado, a rematrícula deve ser feita na escola municipal a qual o aluno está vinculado. Os estudantes de pré-escola nesta situação que frequentam aulas na escola Cônego Albino Juchem devem ser rematriculados na Emef Odila Rosa Scherer. (AI Prefeitura)

AES SUL É VENDIDA E PASSA A SE CHAMAR RGE SUL A partir dessa semana, os clientes da AES Sul serão clientes da RGE Sul. A mudança no nome ocorre com a aquisição da concessionária pela CPFL Energia, detentora da RGE. Assim, a companhia assume as operações da AES Sul em 21 municípios da região. Em coletiva com a imprensa na segunda-feira, 7, o presidente da RGE Sul José Carlos Saciloto Tadiello e o Diretor de Operações da Distribuição CPFL Energia Thiago Freire Guth garantiram melhorias no atendimento e na rede, com investimentos de R$ 1 bi para os próximos três anos. A primeira ação será a substituição de postes de madeiras por estruturas de concreto ou fibra. “Precisamos de uma rede mais robusta para dar conta dos temporais típicos da região”, afirma Tadiello. A equipe ainda realiza levantamento de demandas para concluir o planejamento de atuação. Com a aquisição, a CPFL Energia passa a ser responsável por fornecer 65% da energia em todo o Estado, atendendo 2,7 milhões de clientes e estando presente em 373 cidades.

NATAL CACIVA Com 40 empresas já confirmadas, a campanha “Natal em Venâncio é 10!” tem seu inicio agendado para o dia 21 de novembro. A promoção sorteará 10 mil reais em vale-compras, divididos em 10 ganhadores. A novidade para a campanha será o sorteio de três ganhadores antecedendo o Natal, nos dias 5/12, 12/12 e 19/12. Os outros sete ganhadores serão escolhidos no dia 27/12. Cada um deles será contemplado com um valecompras de R$ 1 mil que deverá ser trocado nas lojas participantes da promoção. A cada R$ 50 em compras nas empresas participantes, o cliente ganhará um cupom para participar do sorteio. O prazo para as empresas confirmarem a participação na campanha encerra nesta sexta-feira, 11. A empresa participante receberá material de identificação, divulgação na mídia e uma cota para participar do Liquida Venâncio, incluindo os materiais de identificação e mídia da campanha.

CONTA

A mudança na identidade visual deve ser a única na conta de luz, sem mudanças nas tarifas de energia, garante o presidente da RGE Sul. “As tarifas são reguladas pela agência reguladora”. A CPFL Energia terá 120 dias para substituir toda a identidade visual dos ativos da AES Sul para a nova marca RGE Sul. Os clientes devem receber carta comunicando as mudanças. Todos os serviços prestados atualmente serão mantidos, como a fatura por e-mail e o débito em conta corrente.

NEGÓCIO Pelos termos da operação, a CPFL Energia irá pagar R$ 1,7 bi à The AES Corp. pela compra da AES Sul e assumirá R$ 1,1 bi em dívidas da concessionária, sendo que o valor final do negócio é de R$ 2,8 bi. A compra consolida a posição de liderança da CPFL Energia no mercado de distribuição nacional. São 1,3 milhão de clientes em 118 municípios.

PROGRAME UMA REVISÃO NO SEU AR, PARA NÃO FICAR NA MÃO NESTE VERÃO. No inverno o ar condicionado é pouco usado, isso faz com que ele acumule sujeira que pode prejudicar o seu funcionamento quando o verão chegar

Rua Sete de Setembro, 1501 | e-mail: sulserv@gmail.com Fone: 3741-2149

LÚCIO LUIZ KONZEN Engenheiro Civil

RAYMUNDO KONZEN Arquiteto e Urbanista

VANESSA ZART

Arquiteta e Urbanista Av. Ruperti Filho, 1191 Fone: 3741 5672

Olá pra quem - Para todos os venâncio-airenses, no impresso duas vezes por semana (quartas-feiras e sábados) e no online todos os dias no olajornal.com Quem diz Olá - Janine Niedermeyer, Maicon Nieland, Guilherme Siebeneichler e Gean Paulo Naue Diga Olá – olavenancioaires@gmail.com | fone: 51 3741-7415 ou 9814-6802 Olá pra você através da Gráfica Treze de Maio


QUARTA-FEIRA

9 DE NOVEMBRO

3

WWW.OLAJORNAL.COM

2016

Novamente a Conferência das Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco demostra total desrespeito com a opinião pública. Logo no primeiro dia de discussões, com sugestão da Tailândia, todos os 181 países acataram a decisão de realizar os debates de forma restrita, sem a presença do público ou imprensa. O fato não é novidade entre as edições da conferência, porém, com mais jornalistas acompanhando as discussões, a expectativa era de manter o trabalho dos comunicadores. A decisão choca, especialmente por ser um evento realizado pela Organização Mundial da Saúde, braço da ONU.

CRÍTICAS

A expulsão dos jornalistas motivou uma rede contrária à COP7. Membros da imprensa mundial que acompanham o evento questionam tal decisão e acusam a organização de censurar a mídia. O jornalista americano, Drew Johnson, que também fez a cobertura da COP6, na Rússia, tentou assistir a reunião plenária, mas teve a sua credencial retirada e foi expulso do local do evento. Ele já havia questionado, em 2014, a necessidade das reuniões serem restritas e desde então cobrava mais transparência da organização. Entre os pontos de questionamento é o investimento feito para realizar a conferência, já que são recursos dos países membros e dos contribuintes destas nações.

CHINA

O maior consumidor e produtor de tabaco no mundo, em seu relato inicial na primeira sessão da COP7, nesta segunda-feira, 7, se posicinou em defesa da produção. A delegação chinesa destacou que enquanto houver consumo o país vai continuar produzindo. Além disso, afirmou que políticas de diversificação não podem ser implantadas da noite para o dia, porque isso coloca em risco a sobrevivência de milhares de chineses. A China argumentou ainda que pretende continuar trabalhando medidas para o controle do tabagismo, porém tais ações não podem ser impostas aos países e os governos não devem ser pressionados para que coloquem em prática as recomendações do tratado.

CHOQUE CULTURAL

A Índia possui demandas por investimentos públicos em diversos setores. Um deles é o da saúde pública. O investimento de U$ 4 mi para realizar esta edição da COP em Nova Delhi é alvo de criticas, especialmente em um país em que 500 milhões de pessoas defecam ao ar livre, causando a proliferação de doenças. Sem contar o trânsito, caótico onde 15 pessoas morrem por hora nas rodovias do país. Os assuntos são colocados no debate por também envolverem a OMS. Apesar das deficiências, a Índia tem seus encantos, a população mantém o otimismo e busca garantir a sobrevivência, além das cores e tradições de milênios que compõem a cultura e a religiosidade deste grande país.

DESAFIOS

A Índia tem papel de destaque na indústria de alta tecnologia e farmacêutica. Porém, a situação energética da nação indiana não anda lá essas coisas. Isso porque, a matriz é o carvão, altamente poluente e com unidades geradoras construídas na década de 1960/70. Apesar dos investimentos no setor, com novas hidrelétricas e fontes alternativas, são comuns os “apagões”. A delegação do Brasil já enfrentou pelo menos dois períodos de escuridão, breves, porque os hotéis possuem geradores.

A 7ª Conferência das Partes (COP7) da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT), na Índia, não deve trazer prejuízos a cadeia produtiva, pelos próximos dois anos. Se depender do chefe da delegação do Brasil, no evento, embaixador Tovar da Silva Nunes, os negócios do país não serão afetados. Entretanto, a manutenção das políticas de saúde públicas de controle do tabagismo seguem defendidas, desde que levando em consideração os prejuízos aos produtores. O diplomata, que tem incentivado os negócios internacionais, confirmou aos representantes da cadeia produtiva do tabaco, que a produção atual não sofrerá restritções na COP7. “Não vai mudar nada do que já está em andamento. Sabemos da importância econômica deste setor para o país, mas também entendemos ser fundamental ações de saúde pública para colaborar no controle ao tabagismo, mas isso não pode atingir o lado mais fraco, os pequenos produtores.” O diálogo será mantido, fora do local da conferência, já que a participação do público foi restrita. Serão realizadas duas reuniões entre a delegação regional e membros do governo que participam dos debates do tratado. A próxima ocorre nesta quarta-feira, 9, e outra na sexta, dia 11.

TRANSPARÊNCIA

Se na COP7 não há espaço para o diálogo entre as partes interessadas sobre o tratado mundial, na opinião dos deputados e prefeitos, as conversas com a delegação do Brasil, garantem discussão dos acordos nacionais

Guilherme Siebeneichler

BRASIL NA COP7 QUER PROTEÇÃO AOS PRODUTORES E A ECONOMIA

sobre o controle do tabagismo. Mesmo assim, o deputado estadual Marcelo Moraes (PTB) afirma que é preciso cautela, especialmente quando se envolve a diplomacia brasileira. “Somos a maior delegação neste evento, contando com os 16 oficias, outros 20 vieram por conta para evitar perdas ao setor. Precisamos ser ouvidos, não podemos a cada dois anos ter riscos aos produtores e perdas para a nossa região.” O prefeito de Venâncio Aires, presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, Airton Artus, destaca a importância da delegação brasileira manter contato com todos os representantes deste segmento da economia. “São diversos municípios que dependem desta produção, assim como, famílias no campo e trabalhadores na indústria. Isso precisa ser levado em consideração.”

SAÚDE

Membros de instituições e ministérios também defenderam posicionamentos do país na diminuição do consumo. Entre as ações, o governo brasileiro irá aumentar o tributo sobre cigarros a partir de dezembro. O imposto chegará aos 80%. Para a

Anvisa e o Ministério da Saúde, a medida colabora na restrição ao consumo. A sociedade civil, tem participado das discussões. Paula Johns, diretora executiva da Aliança de Controle do Tabagismo (ACTBr) argumentou que a convenção-quadro debate ações de saúde. “Não podemos abrir mão de avançar nas políticas públicas de saúde por conta dos interesses da produção de tabaco.”

PRÓXIMO PASSO

A definição sobre as recomendações da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco ocorrem a partir da sexta-feira, 11. Até o momento, os países discutem as políticas atuais antitabagistas e de que forma cada nação tem colocado em prática. A implantação do protocolo para combater o contrabando de cigarros não deve sair do papel, isso porque restam ainda países para ratificar o acordo, incluindo o Brasil. Discussões sobre o tema já são realizadas, mas devem ficar no papel, sem ações imediatas. No sábado, 12, encerra a COP7 e será divulgado o local da próxima edição, em 2018, além da atualização do acordo mundial de combate ao consumo de cigarros.

DELEGAÇÃO BRASILEIRA SE DIZ INCOMODADA

COM RESTRIÇÃO DE ACESSO NA COP7 A decisão de proibir a circulação do público na área onde ocorre a COP7, gerou descontentamento na delegação brasileira. O embaixador do Brasil em solo indiano, chefe do grupo que discute o tratado, em entrevista coletiva, se disse contrário a restrição de acesso ao local do evento, mas concordou com a não participação de público em reuniões específicas. Segundo Tovar da Silva Nunes a decisão de proibir a participação do público no evento tem sido criticada por delegações oficiais de outros países. Ao ser questionado sobre a posição do Brasil, inicialmente quando propuseram a restrição de acesso, o diplomata destacou que não houve debate suficiente sobre o tema. “Essa decisão foi tomada sem o devido debate, não é que o Brasil não se posicionou, foi uma votação rápida, mas estamos em um esforço coletivo para rever essa posição.” A definição sobre barrar a participação da imprensa e do público das plenárias e reuniões paralelas foi proposta pela delegação da Tailândia, entretan-

to, quando colocado em votação, nenhum dos 181 países se posicionaram contra a medida. Segundo o chefe brasileiro, há uma tentativa de reverter a situação e já está em discussão com o secretariado da convenção. “Esse tipo de medida dificulta até mesmo nós conversarmos com os demais representantes do Brasil, que não estão na delegação oficial, é nosso papel manter o diálogo.”

DEPUTADOS

Ainda nesta quarta-feira, 8, os deputados gaúchos que estão em Nova Delhi, Adolfo Brito, Pedro Pereira, Zé Nunes, Edson Brum e Marcelo Moraes, foram expulsos do espaço da conferência. Para pressionar medidas que possam reverter a situação e garantir a circulação da delegação paralela, foram realizados contatos com ministros brasileiros Eliseu Padilha, Casa Civil, José Serra das Relações Exteriores, Blairo Maggi da Agricultura e Ronaldo Nogueira do Trabalho sobre as decisões tomadas na COP7, inclusive o apoio a restrição de acesso.


4

WWW.OLAJORNAL.COM

QUARTA-FEIRA

9 DE NOVEMBRO

CONFERÊNCIA DISCUTE AÇÕES

FILMES

DE CULTURA PARA PRÓXIMOS 10 ANOS

Arquivo Olá Jornal

Conforme o Secretário da Cultura, Esportes e Turismo, Thomás Lenz, a Conferência “é a chance da sociedade dar sua voz na Gestão da Cultura do município”. Para garantir a organização do evento, bem como a efetividade da discussão sobre o Plano decenal, o Secretário acredita que os fatores determinantes sejam “planejamento e participação dos interessados”. A discussão em torno das metas para o Plano deve ocorrer em três etapas. De acordo com o Secretário, no sábado, 11, será feita uma leitura das metas, para que os participantes cadastrados possam se manifestar. “Após leitura, inicia a rodada de inscrições, na qual os inscritos farão a defesa ou crítica ao destaque. Após, a plenária tem direito a se manifestar”, informa. Já na parte da tarde a plenária será dividida em 3 grupos. “Um grupo irá debater a Dimensão Econômica, outro a Dimensão Simbólica e o terceiro a Dimensão Cidadã. Após conclusão desta fase do debate nos grupos, inicia-se a fase de votação geral. Teremos 3 tipos de voto: a favor, contra, abstenção”, frisa o secretário.

Depois das discussões em torno dos temas, o desafio é colocar as ações em prática. E para tirar as metas do papel, o Secretário reforça a importância de ter o apoio da Administração Municipal na execução do Plano. “A Gestão Municipal terá as condições ideiais para pôr em prática o exercício do Plano que tem como instituição fiscalizadora o Conselho Municipal de Políticas Culturais, criando as condições para receber recursos do Fundo Nacional de Cultura”. As metas apresentadas na Conferência pela secretaria foram elaboradas em conjunto com o Conselho de Política Cultural e com os Colegiados Setoriais. Os interessados em participar da Conferência poderão se inscrever pelo link https://goo.gl/forms/NMAAH6H7FTRLTjfU2 ou no local do evento, no dia 11, das 13h às 22h e no sábado das 8h30 às 9h30.

Fotos Divulgação

Nos dias 11 e 12 de novembro a Secretaria Municipal da Cultura, Esportes e Turismo realiza a 3ª Conferência Municipal de Cultura. Unindo representantes de diversas áreas artísticas de Venâncio Aires, o evento ocorre a partir das 13h na Câmara de Vereadores e traz como uma das principais propostas o diálogo entre instituições, realizadores culturais e comunidade. Além disso, o momento será de debates acerca do Plano Municipal da Cultura, que prevê metas e projetos para os próximos 10 anos.

2016

Tudo que Aprendemos Juntos / Onde: TeleCine Pipoca Dia/Horário: 09/11, 20h Duração: 1h40min Classificação: 14 anos

Verônica Onde: Space Dia/Horário: 10/11, 19h Duração: 1h30min Classificação: 12 anos

O Experimento de Aprisionamento de Stanford Onde: TeleCine Premium Dia/Horário: 11/11, 22h Duração: 2h / 14 anos

“Tudo que aprendemos juntos” conta a história de Laerte, um violinista que após frustradas tentativas de integrar a Osesp se vê obrigado a dar aulas de música para uma turma de adolescentes em uma comunidade carente em SP. Entre os alunos, se destacam Samuel e VR. Nesse encontro, conhecemos histórias de coragem e transformação daqueles que se propuseram a ensinar e a aprender. O filme é inspirado na peça ‘Acorda Brasil’ de Antonio Ermírio de Moraes a partir da experiência do Instituto Baccarelli, projeto que oferece formação musical para jovens da comunidade de Heliópolis.

Conhecida por papéis cômicos, como interpretou em “A Grande Família - O Filme”, a atriz Andréa Beltrão encarna uma professora-heroína no filme policial “Verônica”. Verônica é professora de uma escola pública carioca. Vive em dificuldades financeiras e está solitária.

Vinte e quatro estudantes do sexo masculino são selecionados para um experimento na Universidade de Stanford. No porão do campus, uma prisão simulada é construída. Tudo para provar a teoria do professor de psicologia Philip Zimbardo de que os traços de personalidade dos prisioneiros e guardas são a principal causa de comportamentos abusivos entre eles. Por 15 doláres por dia, os jovens ganharam funções, de forma aleatória. Porém, após a rápida desistência de dois estudantes, o experimento é interrompido após seis dias. Agora, uma investigação é feita para saber as causas desse conflito.

Não tem filhos e há pouco se separou do marido, um policial. Sua vida muda radicalmente no dia em que decide levar para sua própria casa um de seus alunos, cujos pais não apareceram para buscá-lo. A partir disso, traficantes e policiais perseguem Verônica e o garoto até o final.

LEITURA Considerado um clássico da literatura pós-moderna contemporânea, o livro “Atlas de nuvens” foi recentemente lançado no Brasil pela Companhia das Letras. Assinada pelo cultuado autor inglês David Mitchell e originalmente publicada em 2004 com o título de “Cloud atlas”, a obra inspirou o filme “A viagem” (2012), dirigido pelas irmãs Wachowski, célebres pela trilogia “Matrix”, e por Tom Tykwer, de “Corra, Lola, corra”. Neste que é um dos romances mais importantes da atualidade, Mitchell combina o gosto pela aventura, o amor pelo quebra-cabeça nabokoviano e o talento para a especulação filosófica e científica na linha

CENTRO DE CULTURA

Embora o projeto de um Centro de Cultura ser sempre lembrado e repercutido pela população, para o Secretário Thomás, o Plano de Cultura é o principal. “Ele é instrumento fruto do debate entre as instituições que compõem o Sistema Municipal de Cultura, portanto é o documento público referencial das ações Culturais projetadas para os próximos 10 anos. É importante salientar que embora o Plano seja decenal é papel das instituições que compõem o sistema analisar a sua aplicabilidade nas conferências seguintes”, aponta. Apesar disso, o secretário relata a importância e abrangência do projeto para o município. “Dentro de todos os encontros com os Colegiados Setoriais, sempre é tocado neste assunto. É uma importante meta, pois abrigará as mais diversas manifestações culturais da cidade e região, estando apto inclusive a receber espetáculos nacionais e até internacionais”.

de Umberto Eco, Haruki Murakami e Philip K. Dick. Conduzindo o leitor por seis histórias que se conectam no tempo e no espaço - do século XIX no Pacífico ao futuro pós-apocalíptico e tribal no Havaí -, Mitchell criou um jogo de bonecas russas que explora com maestria questões fundamentais de realidade e identidade. As seis partes estão dividas pelos títulos: “Diário de viagem ao Pacífico de Adam Ewing”, “Cartas de Zedelghem”, “Meias-vidas - O primeiro romance policial da série Luisa Rey”, “O pavoroso calvário de Timothy Cavendish”, “Uma rogativa de Sonmi-451” e “O vau do Sloosha e o que deu adespois”.

HORÓSCOPO ÁRIES

TOURO

GÊMEOS

CÂNCER

LEÃO

VIRGEM

ESCORPIÃO

SAGITÁRIO

Se está direta ou indiretamente ligado ao campo das artes terá uma semana produtiva. Não se sentirá muito satisfeito com a falta de correspondência do seu parceiro.

Se estiver disposto a lutar por aquilo que deseja, alcançará os seus objetivos. Poderá assumir uma nova relação que de um modo geral poderá não ser bem vista pelos outros.

AQUÁRIO

PEIXES

Esta semana serão concedidas boas oportunidades para a evolução dos seus projetos profissionais. Ansiedade consigo próprio pode originar quebras nos seus relacionamentos. Será a sua experiência que ditará o bom desenvolvimento da sua vida pessoal e profissional. Poderá debater-se com um problema ligado á família.

LIBRA

Alguns auxílios financeiros poderão trazer uma maior tranquilidade ao seu dia a dia. O seu relacionamento afetivo se demonstrará extremamente tranquilo.

CAPRICÓRNIO

A boa reputação profissional poderá levá-lo a obter excelentes propostas que devem ser analisadas. Os casais em fase de desgaste podem viver reconciliações ardentes e fogosas.

Poderá sentir-se instável e inseguro, mas mostre-se positivo e otimista perante os outros. Tenha algum cuidado com as máslínguas, pois poderão jogar por terra a sua relação amorosa.

Não se aborreça se os seus amigos não sentem o mesmo prazer que o seu pelas coisas que executa. Dias de vida social particularmente intensa não permitem uma união efetiva.

Observe o que se passa em torno da sua atividade profissional e tome as melhores decisões. Relaxe e aproveite os momentos bons que a vida vai proporcionar esta semana.

Em nome do bem-estar familiar, dedicará algum do seu tempo a pequenos trabalhos domésticos. A paixão leva-o a ser um pouco possessivo e a não respeitar o espaço do ser amado.

Procure repousar e recarregar baterias para os tempos vindouros. Poderá se sentir desmotivado, as suas energias não permitirão sair e partir à conquista.

Se está á procura da sua alma gêmea, faça algo para fazer as coisas acontecer. Entre em ação. As finanças atravessam um período estável e confortável.


QUARTA-FEIRA

9 DE NOVEMBRO

2016

5

WWW.OLAJORNAL.COM

Vai ser dada a largada pra valer na Eco-Marathon da Shell no Brasil nesta quarta-feira. Na tarde deste dia 9 é que iniciam as competições na pista do kartódromo da Granja Viana, após uma terça-feira, 8, de atividades como check-in, inspeções e acomodação das equipes. O Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul) de Venâncio Aires integra a primeira edição do evento na América Latina, com a equipe Gefisul. O Olá Jornal está presente fazendo a cobertura e acompanha de perto as atividades dos seis estudantes do campus, sob responsabilidade do professor Jordan Trapp, coordenador do curso de eletromecânica do IFSul. Além disso, o professor Juliano Poleze, de Passo Fundo, que lecionou por três anos no IFSul de Venâncio integra a comitiva, que veio até a região metropolitana, trazida pela dupla de motoristas Marcos Vinicius Ferreira e Naguaçan L. Queiroz. A equipe está dividida entre os mecânicos Andrei Farsen, 19 anos, e Junior Henrique da Silva (18), ambos do 4º

ano de Refrigeração e Climatização. Como maneger, está escalada Eduarda Hackenhaar, de 18 anos do 4º ano de Informática. E entre os pilotos, estão Carolina Lima, de 18 anos, do 4º ano de Informática e os alunos do 1º ano de Informática, Samuel Teixeira (15 anos) e Eduardo Mendes da Silva (16).

Maicon Nieland

EQUIPE GEFISUL DE VENÂNCIO ENTRA NA PISTA NA TARDE DESTA QUARTA, PARA COMPETIR NA ECO-MARATHON

O grupo compete com seu protótipo elétrico, que pode atingir cerca de 25km/h e na pesagem foi calculado em 28kg. Nas voltas na pista do kartódromo, os veículos que derem mais voltas com menos uso de bateria, tem o melhor desempenho para classificação final. Além disso, o peso do piloto é levado em conta e deve ser de, no mínimo, 50kg, conforme lembra Carolina, que participa pelo segundo ano. Essa pesagem leva em conta também a roupa e capacete. “Em 2014 tinha 48kg e colocaram uma barrinha de ferro junto para dar o peso exato”, recorda a piloto. Já na parte onde Eduarda esteve mais envolvida nas primeiras atividades e

Equipe Gefisul terá sessões de competição em busca do pódio

até mesmo antes da competição, ela explica que precisou traduzir documentos dos regulamentos, que já foram traduzidos. “Ali estão regras do evento, do que era e o que não é permitido. Tivemos que assistir à alguns vídeos (em inglês), sobre a maratona”. Nesta

quarta-feira,

9,

entre

9h30min

e

12h30min poderá ocorrer a prática de corrida com os protótipos e a partir das 13h15min às 18h, já haverá sessões de competição. Na quinta-feira, 10, também irão ocorrer sessões pela manhã e à tarde. A premiação será no fim do mesmo dia. Acompanhe mais detalhes da competição também pelo site olajornal.com.

NOVEMBRO É DE ROLÊ NO PARQUE MUNICIPAL DO CHIMARRÃO O Parque do Chimarrão recebe no próximo dia 19 mais uma edição do evento “Rolê no Parque”. A programação, que está na terceira edição, desta vez traz atrações variadas. Serão promovidos campeonato de skate, batalha de rima, shows de hip hop com grupos da região e presença do DJ Fabricio Mosquito, de Santa Cruz do Sul.

Com início previsto para às 20h, o Rolê será junto a Pista de Skate e a entrada será a doação de um quilo de alimento não perecível. Diferentes empresas do município e da região estão como apoiadores da programação.

CURTO ARTE TRAZ NOVO ESPETÁCULO A Companhia de Teatro Curto Arte volta a Venâncio Aires nesta quinta-feira, 10, para mais um espetáculo e desta vez em nova roupagem. O grupo da cidade de Dois Irmãos chega com a peça “Herta a vizinha”, com os atores Carlos Alberto Klein na pele de Herta e Cristiano Schenkel, como Miro. O espetáculo será no auditório do Colégio Gaspar Silveira Martins, a partir das 20h30min desta quinta. Ingressos antecipados estão sendo vendidos nas lojas TaQi e Dullius, por R$ 20,00. Na hora o valor será de R$ 30,00 ou meia-entrada, também somente no local. Após Venâncio, nos próximos dias, a peça circulará pelos muni-

Divulgação/ Curto Arte

TEATRAL, COM A FAMOSA HERTA

cípios de Morro Reuter (Dia 12), Dois Irmãos (Dia 13) e Igrejinha (Dia 17). O grupo é conhecido do público venâncio-airense, por outras peças, como “Esperando o Thiltapes”, “Herta vai a Copa” e “Nós somos mesmo maravilhosas”.

O objetivo do movimento é propagar a cultura e a união, abrindo espaços para artistas locais e da região, também ajudando entidades carentes e ONG’s. “O 3° Rolê no Parque está na rua e vindo somente para somar”, enfatizam os organizadores. No local haverá copa com cerveja, destilados e opções de alimentação. Além das atrações de Rap de toda região, haverá campeonato de melhor manobra de skate e também batalha de MC’s, ambos com premiação.

MATURIDADE ATIVA SESC EM MOVIMENTO Integrantes do grupo Maturidade Ativa Sesc de Venâncio Aires têm agenda movimentada neste mês. O cronograma conta com diversas atividades, entre elas estão confecção de artesanato, bate-papo com psicóloga, oficinas de jogos, dança, ginástica, canto e coral. Além disso, o grupo participa da 13ª edição da Convenção da Maturidade Ativa, entre os dias 21 e 24, em Torres. A XIII Convenção da Maturidade Ativa visa integrar todos os grupos do Sesc Maturidade Ativa do Estado e se trata de um momento para fechar o ano, agradecendo aos idosos por todo o trabalho desenvolvido por meio de diversos momentos de aprendizado, integração e lazer.

16/11 – Quarta-feira 14h – Reunião sobre a XIII Convenção da Maturidade Ativa Local: Hospital São Sebastião Mártir

De 21 a 24/11 – XIII Convenção Maturidade Ativa Sesc. Torres/RS 29/11 – Terça-feira 14h – Bate-papo com uma psicóloga sobre “Apego” Local: Hospital São Sebastião Mártir Oficinas sistemáticas: Oficina de Dança – todas as segundas - Coreografias com Joice Fortes 16h – Sala Maturidade Ativa do Sesc de Venâncio Aires Oficina de Jogos, Canto e Coral – todas as terças 15h30 – Hospital São Sebastião Mártir Ginástica – todas as sextas - Com instrutor Tatiano 15h - Sala Maturidade Ativa do Sesc de Venâncio Aires


QUARTA-FEIRA

9 DE NOVEMBRO

6

WWW.OLAJORNAL.COM

2016

COMÉRCIO COM A ÍNDIA SERÁ PAUTA DE ENCONTRO NESTA QUINTA O prefeito de Venâncio Aires, Airton Artus, tem buscando nas suas viagens internacionais conhecer as estruturas diplomáticas nas embaixadas. A proposta é de fomentar o comércio internacional e facilitar os caminhos para os empresários locais. Desta vez, a chance está na Índia, que tem demanda para consumo e pode ser um parceiro comercial forte do Rio Grande do Sul. O polo da proteína é apontado como alternativa a produção de tabaco. Garantir renda a partir da produção leiteira, aves, porcos e gado, pode viabilizar a diversificação. A busca por mercados é o principal desafio. Novas possibilidades de negócios estarão em debate nesta quinta-feira, 10, com o com o embaixador brasileiro na Índia, Tovar da Silva Nunes. O encontro foi agendado pe-

los deputados estaduais que acompanham a Conferência das Partes, além dos prefeitos. “Queremos novas oportunidades para as mercadorias do município. A Índia é um mercado importante e pode ser uma porta para as empresas locais competirem no mercado internacional,” destaca Artus. Apesar dos indianos não consumirem carne de gado, há um mercado crescente. “Este tipo de produto tem procura em hotéis de luxo, resorts e pontos de movimentação internacional. Este pode ser um foco de negociação, cortes nobres,” projeta. Nunes quer ampliar os negócios brasileiros em terras indianas, para isso mantém contato com lideranças e empreendedores. “O mercado de frangos é um dos maiores

do mundo e o Brasil tem produto. Nossa relação também precisa ser via Mercosul, melhorando a atuação do bloco.” Participarão do encontro os deputados estaduais, Adolfo Brito (PP), Edson Brum (PMDB), Marcelo Moraes (PTB), Pedro Pereira (PSDB), Zé Nunes (PT), além dos prefeitos Dalvi Soares de Freitas, Airton Artus e Beto Faria. A embaixada brasileira na Índia tem identificado brechas de mercado que os produtos “brazucas” podem explorar. O encontro também busca ampliar o contato com políticos do Mercosul, na busca por empresas que fazem parte do bloco sul-americano.

VEREADORES REJEITAM PROJETO DO IPTU E GIOVANE

VAI ENVIAR NOVA MATÉRIA EM JANEIRO

Giovane Wickert participa de seminário nacional para novos gestores e busca alternativas de gestão

GIOVANE QUER EFICIÊNCIA DE GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DAS DESPESAS PÚBLICAS A situação financeira das prefeituras, a partir de 2017, exigirá um novo modelo de gestão dos agentes políticos. Buscando minimizar os efeitos da crise financeira, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) realiza seminário, para traçar as necessidades e possibilidades dos novos gestores. O prefeito eleito, Giovane Wickert, intregra o evento, que iniciou na última segunda-feira, 7. A proposta da entidade é de garantir subsídios aos gestores públicos para que otimizem a máquina municipal, e possam realizar melhorias nas cidades. Para Wickert, o evento é a oportunidade de ampliar a eficiência financeira das prefeitura. “Queremos garantir o equilíbrio das contas públicas, otimizar as despesas e melhorar a arrecadação.” Entre as pautas, segundo o atual vice-prefeito, do grupo de transição, está a indicação de medidas que possam colaborar para garantir melhorias na máquina pública. Em Brasília, o novo gestor busca ainda garantir conhecimento nas atualizações das legislações municipais, transição

de governos e ações para melhorar as áreas da saúde e educação.

AÇÕES

O evento organizado pela CNM encerra nesta quarta-feira, 9. Voltado para a região Sul, o encontro reúne mais de 1,2 mil novos gestores municipais. O evento tem como objetivo aproximar a entidade dos prefeitos eleitos e reeleitos para auxiliá-los na sua gestão. Além disso, busca promover projetos e ações para melhorar as área de Saúde, Educação, Meio Ambiente e Saneamento. A ideia é aproveitar o espaço para apresentar aos novos gestores os desafios das prefeituras, além de sugerir caminhos para uma gestão de qualidade. A programação tem início com um momento dedicado à história do movimento municipalista brasileiro, da Confederação e das competências municipais. Encontros com deputados e senadores também são organizados, na tentativa de trocar conhecimentos e necessidades entre os prefeitos.

O futuro prefeito de Venâncio Aires Giovane Wickert vai encaminhar projeto de lei para o pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e da Taxa de Coleta de Lixo, para o ano de 2017, na primeira semana de janeiro. Isso porque os vereadores rejeitaram a matéria encaminhada pela atual administração que previa prazos e formas de pagamento. O projeto concedia desconto de 10% para o pagamento à vista, em cota única, até 2 de janeiro de 2017, e o pagamento em até oito parcelas com vencimentos sempre no dia 10 de cada mês, começando em março até outubro de 2017. Por 10 votos a quatro, os vereadores não aprovaram baseados em três pareceres contrários ao documento emitidos pela Comissão de Constituição e Justiça, pelo Jurídico do Legislativo e ainda pelo Instituto Gamma de Assessoria a Órgãos Públicos (IGAM). Votaram contra Helena da Rosa, Rudemar Glier, Vilson Gauer, José Cândido Faleiro Neto, Celso Kremer, Arnildo Camara, Eduardo Kappel, Neri da Silveira, Cleiva Heck e Telmo Kist.

LEGALIDADE

Os três pareceres apontam que a prática seria considerada antecipação de receita pois trata-se de um imposto do ano seguinte. A argumentação foi feita com base na Lei de Responsabilidade Fiscal que prevê penalização ao gestor que cometer tal ato. Alguns parlamentares questionaram a data de vencimento do pagamento com desconto no início do mês, o que levaria o contribuinte a pagar em dezembro e, assim, a prefeitura ficaria com a receita em 2016. A vereadora Ana Cláudia do Amaral Teixeira tentou aprovar emenda que postergasse a data para o dia 10, mas foi rejeitada.

Eduardo Kappel acusou a atual administração de querer utilizar o dinheiro para fechar as contas desse ano. “O que eles querem é pegar dinheiro que é de 2017, o que mostra a incompetência dessa gestão”. Ana Cláudia argumentou que essa não era a intenção, mas beneficiar o contribuinte e garantir recursos no início de janeiro para pagamento de compromissos como a UPA e o Fundo de Aposentadoria dos Servidores. “Nós vamos fechar as contas, vocês estão enganados”.

EMBATE

Para a Secretária da Fazenda, Fabiana Keller, juridicamente não se trata de antecipação de receita pois a data limite é 2017 e não 2016. “Só seria antecipação de receita se a data limite fosse fixada em 2016, daí sim estaria prevendo a arrecadação neste ano”. Fabiana argumenta que o pagamento ainda em dezembro é uma decisão do contribuinte, sem apelo da administração para tal. Além disso, diante das dificuldades financeiras que assolam a maioria das Prefeituras do Brasil, a Administração Municipal contava com o recurso para fechar contas no fim do ano e equilibrar o caixa no início de 2017. “No ano passado, antecipamos o IPTU e a arrecadação chegou próxima a R$ 4 milhões em dezembro. Esse era o valor que tínhamos em janeiro. O prefeito Airton Artus utilizou perto de R$ 150 mil apenas para fechamento de contas e apenas em razão da frustração de outros repasses”, lembra. A secretária ainda afirma que esse tipo de calendário é praticado há quatro anos em Venâncio Aires, garantindo o fluxo de caixa para o início do ano seguinte e que nunca houve apontamento referente a conduta.

FUTURO PREFEITO

O futuro prefeito Giovane Wickert vai encaminhar o novo projeto com vencimentos para fevereiro ou março de 2017, já que não há recesso no primeiro ano de mandato. Ele lembra que esta é também uma promessa de campanha prevista no plano de governo, em função dos muitos impostos pagos pelo contribuinte no início do ano. Giovane destaca que a prática de encaminhar projeto no ano anterior iniciou na gestão atual pois quando assumiram a prefeitura em 2009, o ex-prefeito Almedo Dettenborn não havia enviado matéria à câmara. Na opinião do atual vice-prefeito, a antecipação do IPTU não deve ocorrer mesmo que não haja recursos suficientes em caixa no início do próximo ano. “Preferimos encarar esse desafio do que antecipar e nos prejudicar com o fechamento das contas de 2017, porque se antecipa agora falta no ano que vem. Além do mais, se não tiver dinheiro para começar o ano não é problema de 2017 e sim de 2016”, conclui.

O vice-prefeito eleito, Celso Krämer, protocolou na última segunda, 7, o pedido de cancelamento do concurso público da Prefeitura de Venâncio Aires. O documento assinado pelo prefeito eleito, Giovane Wickert, elenca 12 motivos para dar sustentação a posição dos novos gestores. A expectativa de Wickert é de que a solicitação seja acatada pelo Prefeito em exercício, José Ademar Melchior, ou que, pelo menos, o edital seja suspenso por 90 dias. Na última reunião de transição, a equipe de Giovane e Celso questionou sobre os motivos da realização do concurso e se havia apontamentos do Tribunal de Contas. O novo prefeito não acha prudente levar adiante o concurso, uma vez que para o próximo ano o déficit já soma mais de R$ 15 milhões. Uma das explicações do atual governo é

de que há, por exemplo, necessidade de professores para poder inaugurar a EMEI do Bairro Brands. No entanto, não foi prevista no orçamento a verba para colocar a escola em funcionamento.

CONCURSO SE MANTÉM

Após ouvir as manifestações técnicas do Controle Interno Municipal e da Procuradoria Jurídica, o prefeito em exercício, José Ademar Melchior, garantiu a continuidade do processo e definiu pela manutenção do concurso que prevê a substituição de profissionais que atuam através de contratos emergenciais no município. Em relação ao aumento de gastos com a folha de pagamento para o próximo ano, a atual administração garante que os concursados apenas substituirão os atuais contratos emergenciais e esses,

Daiana Nervo/AI Prefeitura

NOVO GOVERNO QUER CANCELAR CONCURSO MUNICIPAL, MAS ZECÃO CONFIRMA CONTINUIDADE

por sua vez, já estão contabilizados na Lei de Diretrizes Orçamentárias e lei Orçamentária Anual de 2017. Os cargos de médicos pediatra e obstetra seriam concursados em razão da demanda e aposentadorias. Estes são os únicos que ainda podem ser reavaliados em razão do déficit. As provas serão no dia 15 de janeiro de 2017, com inscrições até esta quarta, 9, pelo site www.sawabonaconcursos.com.br.


QUARTA-FEIRA

9 DE NOVEMBRO

2016

7

WWW.OLAJORNAL.COM

É decisão atrás de decisão no futsal de Venâncio Aires. A Assoeva/ Unisc/ALM inicia a primeira caminhada rumo a final, de uma das duas competições na qual segue vivo: Série Ouro e Liga Nacional de Futsal. Na competição nacional, jogadores, comissão técnica, diretoria e torcida da Assoeva terão pela frente uma grande decisão para a história do clube. Será o primeiro jogo após se garantir nas semifinais da Liga, eliminando o Joinville em Santa Catarina. Neste confronto, do último sábado, 5, a Assoeva, que tinha perdido o primeiro jogo por 3x2, bateu o JEC por 2x1 no tempo normal, com gols de Genaro e Valdin. Na prorrogação, 0x0, que levou o confronto para as penalidades. Com uma defesa do goleiro Quinzinho, a equipe venâncio-airense venceu por 5x4 e está entre os quatro melhores do futsal nacional. Um gaúcho (Assoeva), um paranaense (Copagril) e dois clubes paulistas (Magnus e Corinthians) estão ainda na briga pelo título. O time de Venâncio deixou para trás dois clubes catarinenses, na fase de playoffs: Concórdia e Joinville. Atlântico x Assoeva 13/11, 11h Gin. Poliesportivo

Divulgação/Atlântico

PARA JOGO CONTRA O CORINTHIANS NA LIGA

Quatro pilotos da casa atualmente lideram categorias na briga por títulos.

COPA MOCVA TERÁ PENÚLTIMA ETAPA DIA 15 DE NOVEMBRO No estadual, primeiro jogo da semifinal entre Assoeva e Atlântico ficou para o dia 16

INGRESSOS No próximo domingo, 13, a partir das 11h, a equipe da Capital do Chimarrão recebe o Corinthians na primeira partida válida pela semifinal da Liga Nacional de Futsal. Diante deste cenário, a direção do clube divulgou os valores dos ingressos. Antecipados serão comercializados por R$ 15 e, nas bilheterias do ginásio Poliesportivo, o valor sobe para R$ 30. Sócios do clube com mensalidade em dia não pagam entrada. As vendas já iniciam nos tradicionais pon-

tos, como Bade Esportes, Brasix Calçados, Bar do Daniel Henckes, Bar do Elo Kist, La Confraria, RVA e Vanusa Esportes. O torcedor também poderá solicitar a reserva de ingressos com Abel através do 51 99750-5750 no horário das 9h às 12h e 14h às 17h, inclusive via Whatsapp. Na sexta-feira e no sábado, das 9h30 às 16h, haverá comercialização de ingressos na tradicional tenda no centro da cidade. A direção faz o apelo para que o torcedor compareça ao ginásio em grande número.

ELIMINATÓRIAS RETORNAM COM CLÁSSICO DAS AMÉRICAS As Eliminatórias da América do Sul para Copa do Mundo 2018 voltam com um duelo chamado por muitos como o Superclássico do continente. Brasil e Argentina irão se enfrentar pela 11ª rodada da competição que vale vagas para o Mundial na Rússia.

rança, e a Argentina, de Edgardo Bauza, nos últimos quatro jogos tem uma derrota, dois empates e apenas uma vitória. Campanha que hoje deixaria o time fora da Copa do Mundo.

As seleções vivem momentos distintos, nos quais o Brasil, sob comando de Tite, vem de quatro vitórias seguidas, assumiu a lide-

O confronto marcará também a volta do Brasil ao estádio Mineirão em Belo Horizonte, onde não joga desde as semifinais da Copa do Mundo de 2014, quando perdeu por 7x1 para Alemanha. Tanto a Seleção Brasileira, quanto a Argentina estão desde a segunda-feira, 7, em Minas para preparação ao jogo. Depois dessa rodada, na próxima terçafeira, 15, o Brasil jogará contra o Peru fora de casa e a Argentina vai receber a Colômbia.

Se por um lado o som da torcida não será ouvido pelos jogadores, a vibração certamente será sentida a cada gol do Campeonato de Futsal para Surdos em Venâncio Aires. A primeira edição da competição ocorre no dia 26 de novembro.

O organizador Jonatan Felipe Cândido afirma que 12 times estarão participando dos confrontos no ginásio Rodolpho Knies do Colégio Gaspar Silveira Martins. As equipes presentes virão também de outras cidades gaúchas e de Santa Catarina.

Desta vez o duelo será em solo brasileiro e também o primeiro clássico de Tite como treinador da Seleção. No ano passado, quando Argentina e Brasil empataram em 1x1 na casa dos Hermanos pelas Eliminatórias, Dunga ainda comandava a equipe.

Sidnei Fischer/ Fischer Photo

ASSOEVA DEFINE VALORES DE INGRESSOS

Brasil x Argentina 10/11, 21h45min Est. Mineirão / Globo

O feriado nacional do próximo dia 15 terá poeira em alta na Capital do Chimarrão. O Moto Clube Venâncio Aires promove mais uma etapa da 5ª Copa Mocva de Veloterra e Motocross Amador. Será a 7ª e penúltima etapa da competição que vai conhecer os campeões no dia 4 de dezembro. O pega entre pilotos ocorre na pista do Parque do Chimarrão a partir das 13h15 do feriado, que cai em uma terça-feira. As disputas que iniciaram no final de fevereiro chegam nos momentos de decisão, com pilotos de todo o estado disputando títulos em 14 modalidades.

BULLDOGS TEM SEMANA INTENSA

EM PREPARO A COPA RS DE FA Nas próximas duas semanas, o Bulldogs se prepara para a intensidade da Copa RS de Futebol Americano. A equipe disputa jogos nos próximos dois finais de semana, dia 13 e 20 de novembro. Para a ocasião, a avaliação do Head Coach Miguel Greiner é de que isso não vá interferir diretamente no desempenho. “Nós treinamos todos os sábados como se fosse jogo, então a intensidade do jogo de domingo não deve ser diferente”, complementa. Segundo Greiner, o que pode prejudicar o desempenho dos times é o curto período de tempo, no qual não será possível fazer o ajuste para o próximo confronto.

Uruguai x Equador (21h)

Nesta semana que antecede o encontro com os Snakes, o planejamento da comissão técnica prevê treinos à noite, até o sábado, 12, com aqueles atletas que tiverem viabilidade, uma vez que os integrantes não vivem profissionalmente do futebol americano. “No sábado nos reuniremos para repassar nosso plano de jogo e pontos fortes do adversário”, salienta o Coach.

Paraguai x Peru (21h30)

OS SNAKES

11ª rodada – Quinta-feira, 10: Colômbia x Chile (18h30)

Venezuela x Bolívia (21h30) Classificação: Brasil – 21 pontos Uruguai – 20 pontos Equador – 17 pontos Colômbia – 17 pontos Chile – 16 pontos Argentina – 16 pontos Paraguai – 15 pontos Peru – 11 pontos Bolívia – 4 pontos Venezuela – 2 pontos

No aspecto adversário, Miguel Greiner avalia justamente como ponto forte do Snakes o jogo ofensivo aéreo. Em contrapartida, o Bulldogs trabalha para anular isso com uma Linha de Defesa fisicamente forte, “capaz de colocar pressão e deixar o Quarterback (QB) desconfortável para encontrar seus alvos”, afirma Greiner. O Coach ainda afirma que o time de Venâncio também possui uma secundária bastante atlética, que chega rápido a bola, “o que nos permite cobrir muito bem o campo em profundidade e aumentar as possibilidades em recuperar bolas para o nosso ataque”. Greiner também comenta que apesar do QB titular do Bulldogs hoje ser Guilherme Rigatti, que liderou o time em duas vitórias, também estão disponíveis Cristian Siebeneichler e Gustavo Shimata.

ASSOCIAÇÃO PROMOVERÁ TORNEIO DE FUTSAL PARA SURDOS EM VENÂNCIO DISPUTA

Segundo Jonatan, as partidas irão começar a partir das 7h30min e a organização contará com dois grupos de seis times cada. O sorteio que define em qual grupo cada equipe ficará, ocorre

neste domingo, 6, e será divulgado na segunda-feira, 7. No dia da competição, as semifinais vão ocorrer à tarde. Na mesma data, dia 26 de novembro, a Associação de Surdos de Venâncio (Asva) vai comemorar os 12 anos de fundação. A

programação acontece na sede do Clube CTA a partir das 21h, com buffet de churrasco e sobremesa ao valor R$ 35 por pessoa. Interessados podem contatar pelo WhatsApp: (51) 8909-3302 até o dia 23 de novembro.

Melhor relação custo benefício do mercado Agendamento online Profissional qualificado para atendimento na Exata Certificado entregue na hora para o cliente Suporte técnico 24 horas, 7 dias da semana

CERTIFICADO DIGITAL Rua Conde D'Eu, 1199 | (51) 3741-7535


Confira a edição desta quarta-feira, 9 de novembro  
Advertisement