Confira a edição do Olá Jornal desta quarta-feira, 03 de agosto de 2022

Page 1

VENÂNCIO AIRES Quarta-feira 03 de agosto de 2022 Edição 518, ano 06 Distribuição Gratuita OLÁ Venâncio

@olajornal

Quarta-feira:

O sol aparece com nebulosidade variada na Região. Pode ocorrer a formação de nevoeiro isolado. O amanhecer apresenta temperaturas mais amenas. Mas as marcas se elevam e teremos uma tarde quente. No entanto, à noite, as marcas apresentam leve redução. Mín: 13º máx: 28º Quinta: O sol aparece intercalado por períodos de maior nebulosidade. Mas, devido ao gradual ingresso de instabilidades sobre o Estado, podem ocorrer chuvas isoladas. Não se afastam temporais localizados. As temperaturas ficam agradáveis na maior parte do dia. Mín: 13º Máx: 23º Fonte: NIH/UNIVATES

TRATADO

AVANÇA

O principal desafio para a produção de tabaco é também o contrabando de cigarros, que afeta diretamente a geração de empregos e a arrecadação. No último mês, o país chave nesta discussão, o Paraguai, aprovou no Congresso o ingresso no Protocolo Internacional de Combate ao Comércio Ilícito de Produtos do Tabaco. A medida pode desencadear uma nova posição do país na luta contra o contrabando, já que mais 39% do produto ilegal apreendido no Brasil vem do mercado paraguaio. Para a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, a medida é um passo, porém a tributação precisa ser alterada no país, para evitar o descompasso no mercado brasileiro. PÁGINA 3

taxa de mortalidade infantil de venâncio ultrapassa meta estadual

indústria do tabaco concentra 83,7% dos empregos gerados em 2022

câmara aprova atualização da lei sobre parcerias público-privadas

unisc descarta encerrar programas de pós-graduação

afubra preocupada com indicativo de aumento na produção de tabaco

PÁGINA 2

PÁGINA 3

PÁGINA 3

PÁGINA 5

PÁGINA 7


2

www.oLaJorNaL.com

MOrTalidade infanTil nO priMeirO seMesTre

Município está com taxa de 11,93 mortes infantis para cada mil nascidos. Meta estadual é de 9,75. entre janeiro e junho cidade registrou cinco óbitos de crianças. O rio Grande do sul também está acima da meta estipulada

esTadO

No Rio Grande do Sul nos seis primeiros meses de 2022 foram registrados 668 óbitos infantis, colocando a taxa média, para cada mil nascidos vivos, em 10,17, também acima da meta estadual de 9,75. Desde 2010, em oito anos o Rio Grande do Sul não conseguiu ficar abaixo da meta estadual de mortalidade infantil. O melhor resultado foi verificado em 2020, quando ocorreu também baixa nos nascimentos. Naquele ano a taxa anual ficou em 8,62 óbitos para cada mil nascidos vivos no estado. A meta era 9,75. Já em 2021, quando a meta era a mesma, o território gaúcho registrou taxa de 9,56. também abaixo da projetada. Nos dois anos também podem ser registrados falhas no Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (Sinasc), já que os dados tiveram prioridade para acompanhamento da situação da pandemia no país.

MOTiVOs

De acordo com a Secretaria de Saúde a taxa de mortalidade infantil reflete as condições de vida da população. As principais causas de óbito infantil se referem a

Divulgação/Pixbay

O primeiro semestre registrou em Venâncio Aires cinco óbitos infantis, com isso, a taxa de mortalidade, para cada mil nascidos vivos, está em 11,93 acima da meta estadual. Este número ainda pode oscilar até o fim de 2022. Segundo o relatório da Secretaria Estadual de Saúde, por meio do Sistema de Monitoramento da Mortalidade Infantil, foram dois óbitos infantis em janeiro, dois em abril e um no mês de maio. Em 2021 foram seis mortes infantis registradas na Capital do Chimarrão. A taxa ficou em 9,26, quando a meta estadual era de 9,75 para cada nascido vivo. Ao longo dos últimos 12 anos, em seis oportunidades Venâncio Aires ultrapassou as metas estipuladas pelo Governo Estadual. Nos dois anos de pandemia, a Capital do Chimarrão conseguiu manter os números abaixo das metas do Estado. Em 2021 e em 2020, que ficou em 7,82 óbitos para cada mil nascidos. Naquele ano a meta estadual também era de 9,75. No primeiro semestre Venâncio Aires registrou 419 nascimentos. A média mensal foi de 69 nascimentos nos seis primeiros meses de 2022.

em 2022 Venâncio aires já contabiliza 419 nascimentos segundo sistema estadual

03 DE agosto

2022

oBrAs de recuperAÇÃo dA rsc-453 cAusAm BloQueios A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) realiza ao longo desta semana, obras de recuperação na RSC453. Iniciou nesta segunda-feira, melhorias entre Venâncio Aires e Lajeado. As equipes estão trabalhando no quilômetro dois, no trecho urbano da Capital do Chimarrão, em direção a Mato Leitão. Na sequência, as obras avançarão para outros trechos, até o quilômetro 29,8, em Lajeado. Estão ocorrendo reparos localizados e manutenção asfáltica do quilômetro 88 ao 90 da ERS-129, em em Muçum, além de uma operação tapa-buracos em toda extensão da rodovia. Além disso, as equipes também estão realizando a conserva rotineira por meio da roçada e da limpeza das faixas de domínio na ERS-129, do quilômetro 95 ao 126, entre Vespasiano Corrêa e Guaporé. Na ERS-130, do quilômetro 80 ao 97, entre Arroio do Meio e Encantado, também estão

Raphael Nunes/EGR

Venâncio Aires ultrApAssA metA estAduAl de

quarta-fEira

reparos na pavimentação iniciaram por Venâncio aires, nesta segunda-feira

sendo realizadas roçadas, operações tapa buracos, pintura de pontes e limpeza de drenagem. Na RSC-453, a conserva ocorre em dois trechos: do quilômetro 38 ao 48, em Estrela, e do quilômetro 15 ao 28, entre Mato Leitão e Lajeado. Em ambos ocorre a limpeza da rede de drenagem. As melhorias podem acarretar em bloqueios na pista ao longo da semana.

afecções perinatais (associadas, sobretudo, a condições maternas sensíveis ao pré-natal, como hipertensão, diabetes e infecções, situações que podem desencadear parto prematuro) e malformações congênitas. Em 2020, foram registradas 1.124 mortes, contra 1.495 em 2015.

confirmAdA A reAlizAÇÃo dA 17ª

COnVençãO sesC MaTuridade aTiVa Um dos maiores eventos da Região Sul voltados à pessoa idosa retorna ao calendário do Rio Grande do Sul com muitas atrações e novidades. A 17ª Convenção Sesc Maturidade Ativa vai reunir, nos dias 8, 9 e 10 de novembro, em Torres, integrantes do Programa Maturidade Ativa do Sesc de grupos de 50 municípios gaúchos. O encontro tem o objetivo de celebrar a integração e a aprendizagem, com muita diversão e troca de experiências. As inscrições para o evento serão abertas no dia 17 de agosto e incluirão transporte, estadia, atividades e alimentação, além de duas camisetas do evento (de uso obrigatório durante a pro-

gramação), uma toalha de praia, uma bolsa e um squeeze para hidratação. Uma das novidades deste ano é a ampliação dos locais onde serão realizadas as práticas da Convenção que, além do Hotel Sesc Torres, incluirá o Parque do Balonismo e outros locais da cidade. O Programa Sesc Maturidade Ativa tem como objetivo promover a transformação dos sujeitos e de seus territórios, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida, a partir das ações integradas nas áreas da saúde, educação, cultura, assistência e lazer. Trata-se de um movimento social organizado que tem por missão construir um novo significado

AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2022

OBJETO: Aquisição de veículo novo com 07 lugares para o Legislativo Municipal. DATA DE ABERTURA E LOCAL: 19/08/2022 às 09 horas através do endereço eletrônico www.pregaobanrisul.com.br. INFORMAÇÕES: O edital e demais informações relacionadas a presente licitação estão disponíveis no site: www.pregaobanrisul.com.br. BENILDO SOARES Presidente

para o envelhecimento, valorizando o papel do participante na sociedade contemporânea e a prática da responsabilidade social individual e coletiva.

INFORMATIVO SESSÃO ORDINÁRIA DE SEGUNDA-FEIRA 1º DE AGOSTO DE 2022 APROVADO POR MAIORIA DOS VEREADORES O PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR DO EXECUTIVO N° 0011/2022 que altera o Anexo I da Lei Complementar nº 224, de 22 de setembro de 2021 que “Institui contribuição de melhoria decorrente da valorização imobiliário da obra a ser realizada na Rua Theodoro Pilz, e autoriza o Poder Executivo a promover os atos necessários para a sua cobrança”. Votaram contra os vereadores: Ezequiel Stahl (PTB), André Kauffman (PTB), Renato Gollmann (PTB), Diego Wolschick (PTB), Elígio Weschenfelder (PSB) e Clécio Espíndola (PTB). APROVADO POR MAIORIA DE VOTOS O PROJETO DE LEI DO EXECUTIVO N° 0059/2022 que institui o programa de Parcerias Público-Privadas – PPP e de Concessões do Município de Venâncio Aires/RS. Votaram contra os vereadores: Ezequiel Stahl (PTB), André Kaufmann (PTB), Renato Gollmann (PTB), Diego Wolschick (PTB), Elígio Weschenfelder (PSB) e Sandra Wagner (PSB). VISTAS CONCEDIDAS POR SOLICITAÇÃO DO VEREADOR ELÍGIO WESCHENFELDER/PSB AO PROJETO DE LEI DO EXECUTIVO N° 0075/2022 que dispõe sobre o Sistema de Transporte Público Coletivo de Passageiros. APROVADO POR UNANIMIDADE O PROJETO DE LEI DO EXECUTIVO N° 0081/2022 que insere o inciso XIV ao art. 3º da Lei nº 6.276, de 19 de fevereiro de 2019, que “Dispõe sobre a reformulação do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa – CMI de Venâncio Aires”. APROVADO POR TODOS OS VEREADORES O PROJETO DE LEI DO EXECUTIVO N° 0083/2022 que acrescenta vaga ao cargo de provimento efetivo de Técnico Administrativo, criado pela Lei n° 1.618, de 30 de dezembro de 1992, que “Dispõe sobre os quadros de cargos e funções públicas do Município, estabelece o plano de carreira dos servidores e dá outras providências”. APROVADO O REQUERIMENTO N° 0051/2022 DE AUTORIA DO VEREADOR ANDRÉ PUTHIN/MDB que solicita homenagem à Mármore Seguros 40 anos de fundação, completados no dia 15 de julho de 2022.

Olá pra quem - Para todos os venâncio-airenses, no impresso duas vezes por semana (quartas-feiras e sábados) e online todos os dias no olajornal.com. Durante a pandemia a circulação das edições impressas ocorre de forma parcial Quem diz Olá - Janine Niedermeyer e Guilherme Siebeneichler Diga Olá – olavenancioaires@gmail.com | fone: 51 3741-7415 Olá pra você através da Gráfica Treze de Maio


03 DE AgOstO

ParaGuai aProVa ProtocoLo Para eLiminação DO COMÉrCiO ilÍCitO De prODutOS De taBaCO

Origem das principais apreensões de cigarro ilegal do Brasil, país vizinho dá passo histórico ao aprovar tratado internacional da OMS. Mesmo assim, diferença tributária ainda permanece como maior desafio no combate a ilegalidade

Principal origem do cigarro ilegal do Brasil, o Paraguai dá um passo histórico ao aprovar o Protocolo para a Eliminação do Comércio Ilícito de Produtos do Tabaco, da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT), da Organização Mundial da Saúde (OMS). O novo tratado fornece um conjunto abrangente de ferramentas para combater o comércio ilícito e busca maior colaboração entre agências governamentais, incluindo alfândega, finanças e aplicação da lei, com o envolvimento próximo do setor de saúde. Depois de passar pelo Senado, foi aprovado pela Câmara dos Deputados do Paraguai no dia 06 julho e sancionado pelo presidente Mario Abdo Benítez no dia 18 de julho. O placar foi de 73 votos a favor e nenhum contrário. A votação representa um marco, afinal o cigarro é o produto contrabandeado mais apreendido pela Receita Federal no Brasil, com uma evasão fiscal de R$ 10,2 bilhões no ano passado, segundo o Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade (FNCP).

C

M

3

www.OLAJORNAL.cOm

2022

A ilegalidade responde atualmente por 48% de todos os cigarros consumidos no país – sendo que 39% são produtos contrabandeados, principalmente do Paraguai. No entanto, na visão do presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, Romeu Schneider, os desafios permanecem. Isso porque embora a CQCT estabeleça aos países-membro elevar os impostos dos cigarros para promoção da saúde, o Paraguai não consegue aumentar sua carga tributária de 20% contra mais de 80% da brasileira. “Muito pouco impacto, na avaliação inicial. Se o Paraguai quer ajudar a resolver o problema precisa aumentar a tributação que a própria Convenção-Quadro recomenda”, avalia. Para Schneider, ao produzir o produto legalmente o Paraguai não sente os efeitos do comércio ilegal. “Os países que sofrem são os que recebem os produtos. Qualquer um que consegue trazer o produto para um país como o Brasil tem grande segurança de ganhar dinheiro devido ao preço baixo

provocado pela tributação, esse é todo o problema”.

VOtaçãO

Durante a votação, o deputado Justo Zacarías Irún, chefe da Comissão de Assuntos Econômicos e Financeiros, propôs uma modificação criando um artigo adicional para que a ratificação fosse comunicada no prazo de um ano, desde que houvessem meios tecnológicos e orçamentais para o colocá-lo em prática. Embora favorável ao projeto, afirmou que prejudica a indústria nacional. ”Temos que controlar tudo o que podemos em se tratando de atividades ilícitas, mas não devemos ser tontos. Esse protocolo é patrocinado pelas indústrias de tabaco que geram dificuldades tarifárias e logísticas para pequenas empresas de tabaco, inclusive no Paraguai. Caímos numa armadilha”. A proposta foi amplamente debatida, principalmente pela constitucionalidade uma vez que um protocolo internacional não pode ser modificado, e acabou sendo rejeitada por 40 votos a 37,

após passar no Senado, deputados paraguaios aprovaram tratado internacional que já está sancionado pelo presidente Reprodução/Câmara de Diputados

quARtA-fEiRA

sendo três faltas registradas. A parlamentar Kattya González, rechaçou os argumentos do colega e ressaltou que o acordo permitirá ao Estado retomar o controle. “A produção Paraguaia é um problema para o mundo inteiro e para os países que estão limítrofes ao Paraguai. Até o momento o Paraguai não tem nada a respeito e isso deveria nos envergonhar. É um problema para o mundo inteiro porque afeta a saúde pública, a economia, o sistema tributário, está associado ao narcotráfico, tráfico de armas e lavagem de dinheiro. Mais de 90% do que se fabrica no Paraguai se vende de maneira ilegal no mundo inteiro.”

traJetÓria

Em pauta no Senado desde 2018, o

CERTIFICADO DIGITAL SAFEWEB

Pague em até 12x no cartão

MELHOR CUSTO X BENEFÍCIO DO MERCADO

Y

protocolo foi aprovado em maio deste ano. De lá pra cá, o texto foi retirado de votação por diversas vezes e ficou baixado em comissões. Houve mobilização contrária por parte da União Tabacaleira do Paraguai. “Tem como objetivo fundamental dificultar as indústrias de exportação nacional de tabaco para as zonas francas, para que as multinacionais continuem controlando o mercado internacional em nível global,” argumenta o presidente da União, José Ortiz. Também teve diversos movimentos favoráveis. “Representa um robusto instrumento de cooperação internacional para fortalecer as medidas de segurança pública, justiça econômica e social em nossos países”, afirma o chefe da delegação do Brasil no Parlasual, senador Nelsinho Trad.

CM

MY

eral Receita Fed

eral Receita Fed

CY

CMY

(51) 3741-7535

www.exatacontabil.com

www.safeweb.com.br

sozinha, indústria do tabaco concentra 83,7% dos

câmara aProVa Lei que aPrimora reGras Para pppS e COnCeSSõeS pÚBliCaS eM VenânCiO

indústrias de processamento de tabaco em Venâncio aires tiveram saldo de 2.768 empregos criados entre janeiro e junho deste ano. no total, o município criou 3.306 postos de trabalho com carteira assinada no semestre

O semestre encerrou com 3.306 empregos criados em Venâncio Aires, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Entretanto, mais de 83% está ligado às indústrias do tabaco, que juntas geraram saldo de 2.768 empregos nos seis primeiros meses. O resultado está diretamente ligado ao período de safra de processamento, quando são contratados safristas. O processamento deve seguir até agosto nas principais indústrias do município. No semestre, a indústria do tabaco realizou 4.767 admissões, contra 1.999 desligamentos. O estoque de trabalhadores no semestre ligados às indústrias do fumo totalizam 4.318 com carteira assinada. Os empregos gerados na indústria da transformação de Venâncio Aires concentram 93,8% do total de vagas criadas. O setor contabiliza atualmente 11.730 trabalhadores com carteira assinada no estoque.

SetOreS

O setor de serviços contabilizou no semestre 148 empregos criados. O segmento conta atualmente com 4.125 trabalhadores no estoque. Já o comércio, con-

resultado no setor do tabaco é puxado pelas contratações temporárias no período de safra

tabilizou no período 48 empregos gerados. São 3.311 trabalhadores ligados a este setor no município. O setor da construção civil encerrou nos seis meses de 2022 com 03 empregos gerados, sendo 163 admissões, contra 160 desligamentos no período. O estoque de trabalhadores é de 372 contratados.

DeStaQue

No Rio Grande do Sul as indústrias do tabaco concentram a maior variação de empregos criados no período. O aumento é de 157,4%, frente ao estoque de trabalhadores do ano passado. O resultado está ligado ao período de safra. Foram 8.613 contratados

com carteira assinada em todo o estado. O estoque nas empresas é de 14.083 colaboradores. No semestre foram 13.745 admissões contra 5.132 desligamentos. As indústrias do tabaco também registram no período o melhor saldo, liderando no setor industrial as vagas criadas. Na sequência aparecem as indústrias do couro, com fabricação de artefatos e calçados. No semestre foram 7.634 vagas criadas. Este é o setor com o maior estoque de trabalhadores do Rio Grande do Sul, com 97.087 trabalhadores com carteira assinada. Nos seis primeiros meses foram 38.409 admissões e 30.775 desligamentos.

Guilherme Siebeneichler

eMpregOS geraDOS nO priMeirO SeMeStre eM VenânCiO

Divulgação/SindiTabaco

K

legislação aprovada por maioria de votos foi a principal votada na sessão desta segunda-feira

A Câmara de Vereadores aprovou legislação que normatiza em Venâncio Aires as Parcerias Público-Privadas (PPPs) e concessões públicas, com atualização do regramento, de lei já em vigor no município. A legislação estabelece medidas e ações para permitir que o Município realize concessão de serviços e parcerias para investimento com empresas privadas. Venâncio Aires já contava com legislação deste tipo desde 2017, proposta pelo então prefeito Giovane Wickert (PSB). Porém, o atual governo afirma que a nova lei busca aprimorar a anterior e regulamenta a possibilidade de celebração de concessões comuns pelo Município para a delegação de serviços públicos que podem ser melhor prestados (e financiados) pelo setor privado, a exemplo da infraestrutura, saneamento e iluminação pública. A legislação foi aprovada por maioria de votos, com seis votos contrários dos vereadores: Ezequiel Stahl (PTB), André Kaufmann (PTB), Renato Gollmann (PTB), Diego Wolschick (PTB), Elígio Wes-

chenfelder (PSB) e Sandra Helena Wagner (PSB). Durante a votação, alguns vereadores destacaram as modificações na legislação e a importância de incluir, entre outros pontos, a obrigatoriedade de passar por votação do Legislativo Municipal projetos de parcerias com a iniciativa privada. Ana Cláudia do Amaral Teixeira (PDT) destacou alterações da lei, proposta pela Câmara. “Permite um debate com a sociedade sobre cada projeto de parceria.” Ezequiel Stahl (PTB), questionou a necessidade da lei, se há uma regra federal sobre o tema, “não há necessidade de uma lei municipal sobre isso. Não vai garantir a segurança jurídica que foi dita.” O presidente da Câmara, Benildo Soares (Republicanos) destacou que a partir de solicitações dos vereadores a legislação foi alterada. “Da forma que chegou para a Câmara, as concessões e PPPs seriam feitas diretamente pelo Município, deixando o Legislativo de fora das discussões. Agora garantimos mais debate,” finalizou.


4

www.OLAJORNAL.cOm

Secretaria de cultura inicia PREPARATIVOS PARA O NATAL

QUARtA-FEIRA 03 DE AgOstO

2022

FILMES

Proposta é de manter a decoração natalina nas praças e vias principais do município. Shows culturais também estão em discussão, além dos desfiles da Caravana Luzes de Natal

Ainda estamos em agosto, mas os preparativos para as atividades de Natal estão no calendário de funções da equipe da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte. Reuniões definem ações, programações e pontos de decoração. A proposta é de aliar o clima natalino nas ruas da cidade, além de apresentações culturais. Conforme o assessor da secretaria, Sandro Kroth, a decoração da cidade neste ano estará concentrada nas praças e vias principais. “Temos a obra de construção do calçadão, que pode reduzir as atividades na praça matriz, até que seja finalizada. A previsão é de conclusão no fim do ano, porém, a decoração natalina inicia antes. Também trabalhamos as programações culturais para o período de fim de ano. A proposta é de garantir atividades para as famílias no centro, movimentando também o comércio.” Conforme o servidor, o trabalho para organizar as programações natalinas ocorre em parceria com o Gabinete da Primeira-dama, que

concentra a decoração, e entidades parcerias. “Devemos contar com shows de bandas, em parceria com as rádios de Venâncio, e a já tradicional apresentação da orquestra, que reúne um bom público para acompanhar,” explica. A decoração será feita novamente com parceria com a Associação Caravana Luzes de Natal, que recebe recursos públicos para promover os desfiles pela cidade, além de realizar a contratação de itens decorativos.

EMBELEZAMENTO

A exemplo do processo de renovação feito no monumento de São Cristóvão, com nova pintura e limpeza, a Secretaria também irá coordenar junto com demais repartições públicas, ações de embelezamento dos principais acessos da cidade. Será realizada pintura de meio-fio, plantio de flores e sinalização de vias. “São ações que deixam a cidade mais bonita e já em preparação para o fim de ano’’, destaca Sandro.

Guilherme Siebeneichler/Arquivo Olá

Programações de fim de ano contarão com apresentações e decoração em pontos da cidade

UM PEQUENO FAVOR Ano: 2018 Onde: Telecine Premium Quando: 03/08 às 23h45min Duração: 1h57min Classificação: 16 anos

ALEMÃO 2 Ano: 2022 Onde: Telecine Premium Quando: 04/08 às 19h55min Duração: 1h34min Classificação: 14 anos

YESTERDAY Ano: 2019 Onde: STAR Quando: 05/08, às 20h55min Duração: 1h57min Classificação: 12 anos

Stephanie é uma jovem mãe que divide o tempo entre a criação do filho e a dedicação ao vlog de culinária. Ela é uma pessoa solitária, que se torna fascinada pela mãe de um colega de escola de seu filho. Esta mulher, Emily é poderosa, destemida, e leva uma vida de luxo ao lado do marido. Um dia, Emily desaparece. A polícia tem dificuldades para lidar com o caso. No caminho, descobre que a nova amiga não era nada do que ela pensava.

Em Alemão 2, nove anos após os acontecimentos do primeiro filme em 2017, o policial civil, Machado (Vladimir Brichta), lidera uma perigosa e secreta ação no complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. Acompanhado por Ciro (Gabriel Leone) e Freitas (Leandra Leal), o trio entra no complexo à paisana para ir atrás de um grande líder do tráfico de drogas que está escondido no local. A busca e apreensão do criminoso, claro, é uma tarefa complexa, que ganha ares de “missão impossível”.

Após sofrer um acidente, um cantor-compositor (Himesh Patel) acorda numa estranha realidade, onde ele é a única pessoa que lembra dos Beatles. Com as músicas de seus ídolos, o protagonista se torna um sucesso gigante, mas a fama tem seu preço. O longa-metragem chamou atenção pela sua sacada genial que consegue evidenciar o impacto cultural da banda ‘The Beatles’ em todo o mundo. Com direito a uma trilha sonora que é das melhores; músicas da banda reinterpretadas.

LEITURA Na escola, no interior da Irlanda, Connell e Marianne fingem não se conhecer. Ele é a estrela do time de futebol, ela é solitária e preza por sua privacidade. Mas a mãe de Connell trabalha como empregada na casa dos pais de Marianne, e quando o garoto vai buscar a mãe depois do expediente, uma conexão estranha e indelével cresce entre os dois adolescentes ― contudo, um deles está determinado a esconder a relação.

Patrono da Feira do livro Será ANUNCIADO NOS PRÓXIMOS DIAS A organização da 23ª Feira do Livro de Venâncio Aires prepara para até o fim da primeira quinzena de agosto a divulgação do patrono e demais programações do evento. Segundo um dos membros da comissão responsável, Sandro Kroth, o anúncio será realizado em coletiva de imprensa. O nome do patrono estará alinhado com o tema do evento deste ano: “Ler conecta”. Além disso, a programação também contará com a Mostra de Trabalhos da rede municipal de

educação, que ocorrerá no Galpão Morada Velha e no espaço da galinhada, ao lado do ginásio de exposições do parque. As demais programações da feira ocorrem no novo espaço do Chimarródromo e no ginásio. A feira será realizada entre os dias 08 e 11 de setembro no parque do Chimarrão. O espaço receberá também decoração especial, em parceria com a Haas Madeiras, para a estrutura de exposição e demais espaços disponíveis para a venda de livros.

Um ano depois, ambos estão na universidade, em Dublin. Marianne encontrou seu lugar em um novo mundo enquanto Connell fica à margem, tímido e inseguro. Ao longo dos anos da graduação, Editora: Companhia das Letras; 1ª edição (30 setembro 2019) Autora: Sally Rooney 336 páginas

hoRóScopo TOURO

GÊMEOS

CÂNCER

LEÃO

VIRGEM

LIBRA

ESCORPIÃO

SAGITÁRIO

CAPRICÓRNIO

AQUÁRIO

Momento de avaliar se seus valores estão de acordo com sua essência, canceriano. Assuntos da família e dos grupos sociais estão ativados.

Librianos podem sentir um chamado para participar de temas ligados ao coletivo enquanto suas emoções estarão voltadas para a individualidade. É preciso harmonizar razão e emoção.

Capricornianos podem dar atenção aos investimentos que vêm fazendo para garantir o futuro. Tudo que envolva criatividade e arrojo está favorecido.

Uma história única e envolvente sobre dois jovens que devem enfrentar a eletricidade do primeiro amor em meio às sutilezas das classes sociais e dos problemas familiares. Sally Rooney é a voz da geração millennial.

Fonte: Personare

ÁRIES

Arianos podem experimentar certa tensão nas parcerias, entre o que se quer fazer sozinho e o que precisa ser feito em conjunto. Questões de valores, tanto materiais quanto internos estarão em pauta.

os dois permanecem próximos, como linhas que se encontram e separam conforme as oportunidades da vida. Porém, enquanto Marianne se embrenha em um espiral de autodestruição e Connell começa a duvidar do sentido de suas escolhas, eles precisam entender até que ponto estão dispostos a ir para salvar um ao outro. Uma história de amor entre duas pessoas que tentam ficar separadas, mas descobrem que isso pode ser mais difícil do que tinham imaginado.

A conjunção de Marte e Urano que ocorre essa semana ativa os aspectos de mudanças que já vem ocorrendo há algum tempo na vida dos taurinos e pode-se esperar alguma notícia relacionada a elas.

Leoninos têm a oportunidade essa semana de se voltarem ao autocuidado. Você está expressando toda a sua essência? Boa hora também para colocar em prática seu projeto inovador no trabalho.

Como o seu eixo oposto, touro, os escorpianos têm ativações importantes essa semana de assuntos que já estavam em andamento. Carreira e vida profissional pedem atenção. Semana para olhar com dedicação para suas relações, aquariano. Assuntos inusitados referentes à sua casa e família podem surgir.

Geminianos podem priorizar os estudos nesse período. Cuidado com o excesso de tensão represada. Dar espaço para seus hobbies criativos ou fazer uma viagem curta podem ajudar.

A Lua crescendo põe luz sobre assuntos que estavam guardados a sete chaves, virginianos. Avalie seus princípios, suas crenças e se de fato eles estão em concordância com a sua natureza.

Assuntos acadêmicos, pesquisas e tudo relacionado à expansão da consciência estão em pauta nesses dias, sagitariano. Na rotina e no trabalho pode-se esperar alguns imprevistos.

PEIXES

Piscianos têm a oportunidade de fazerem ajustes e movimentos relacionados aos seus hábitos e costumes que podem ter um impacto mais adiante. Aproveite para se ajustar e ser mais saudável.


QUARtA-FEIRA 03 DE AgOstO

2022

5

www.OLAJORNAL.cOm

uniSc deScarta deScontinuar

PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAçÃO Anúncios de universidades suspendendo cursos de pós-graduação e programas de pesquisa acenderam alerta novamente sobre a situação financeira das universidades. Na Universidade de Santa Cruz do Sul, a reitora em entrevista ao Olá Jornal, informa que não há interesse em descontinuar a oferta dos seus cursos de programas de pesquisa. Atualmente na instituição são oferecidos nove cursos de mestrado e seis de doutorado. Entretanto, a atração de novos alunos para as qualificações seguem sendo desafio diário e exige adequação para equilíbrio financeiro. Na última semana, uma das principais universidades do país, a Unisinos, em São Leopoldo, informou o encerramento de programas de pós-graduação em cinco cursos. Igual situação também é

verificada em outras instituições gaúchas e país afora. Entidades científicas têm apontado para os riscos de encerramento das pesquisas e perdas para o ensino do país. Entretanto, as direções das instituições buscam formas de controlar as despesas. Segundo o reitor da Unisc, Rafael Henn, desde 2019 a instituição tem realizado reformas nas estruturas acadêmicas e administrativas. Os programas de pós-graduação entraram nesta remodelação, buscando garantir a unificação de profissionais e equipes. “Nos últimos anos está ocorrendo redução de alunos nas universidades, e nos programas de pósgraduação também. Com isso, junto com a reinvenção pedagógica, reestruturamos equipes e formas de atingir o equilíbrio

financeiro dos programas. Vários professores atuam de forma conjunta, tivemos muitas aposentadorias e não houve necessidade de recompor as equipes. Atualmente não cogitamos em reduzir as pós-graduações stricto sensu [programas de mestrado e doutorado],” explica Henn. Entre os motivos apontados para a baixa procura em cursos de pós-graduação e no ensino superior está o financiamento. “Este é o principal ponto. As bolsas de estudos para os programas de pesquisa tiveram redução drástica. O desafio atual é justamente esse, garantir suporte financeiro para estimular a pesquisa,” destaca. Para o gestor, o fechamento de programas pode acarretar em perdas para a produção de pesquisas no país. ”É importante suporte financeiro para manter

Divulgação/Arquivo Olá

Na semana em que a Unisinos anunciou o fim de programas de pesquisas, a Unisc destaca a manutenção dos cursos de mestrado e doutorado, após reestruturação e equilíbrio de custos feitos a partir de 2019

Reitor destaca importância dos programas de pós para promoção da pesquisa

esses alunos e atrair novos estudantes. O encerramento de programas de pós-graduação é uma perda no que se refere a produção de pesquisas e a ciência.”

GRADUAçÃO

Além dos programas de pesquisa, universidades também têm fechado cursos de graduação. Na Unisc, a reitoria, junto com o seu conselho administrativo, ficou

definido que não serão encerrados cursos de licenciatura, para a formação de professores, mesmo que ocorra baixa procura. “Nos próximos cinco anos haverá um apagão gigantesco de profissionais na educação básica e média. O que vai agravar a situação das escolas. Nossa projeção é de manter os cursos de licenciatura, com a expectativa de alta demanda por professores e valorização salarial,” afirma Henn.

campus da Unisc em Venâncio a documentação comprobatória e demais itens de identificação (foto, cópias RG, CPF, declaração de IR, Cópia Carteira de Trabalho, Cópia da CNIS, cópia contracheque atualizado e demais certidões). A classificação será realizada considerando a renda per capita, comprovada. Os candidatos com menor renda serão beneficiados pelas bolsas de estudo. Os demais irão compor um cadastro reserva, podendo ser contemplado no decorrer do processo. Poderão ser efetuadas visitas domiciliares para comprovação das informações prestadas.

TÉCNICOS

O campus segue recebendo matrículas de interessados em cursar a partir deste semestre os Técnicos em Agropecuária e de

Guilherme Siebeneichler

O Centro de Educação Profissional da Unisc recebe até essa quarta-feira, 03, inscrições para a seleção de bolsas integrais de ensino para o Técnico em Agropecuária. O curso profissionalizante é a novidade no campus de Venâncio Aires, e se soma aos demais cursos oferecidos pela instituição na unidade venâncio -airense. O edital com abertura da seleção foi publicado na terça-feira, 26. Os interessados em garantir 100% de desconto no curso, devem realizar inscrição junto a secretaria do campus em Venâncio Aires. Para participar o inscrito deve ter renda familiar per capita de até um e meio salário mínimo. Os candidatos precisam realizar a comprovação de renda familiar, e após inscrição no site é preciso entregar na secretaria do

Willian Oliveira/Guia Venâncio

encerra neSta Quarta aS inScriçÕeS Para BolSaS domingo de FeSta da colheita DE ESTUDOS DO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA DA UNISC EM LINHA MARECHAL FLORIANO

Técnicos em Agropecuária e de Enfermagem estão com inscrições abertas até o dia 08 de agosto

Enfermagem. As matrículas estão abertas até o dia 08 de agosto. As aulas do curso em Agropecuária iniciam no dia 08. Já o curso técnico em Enfermagem tem início das aulas no dia 15 de agosto.

iFSul aBre inScriçÕeS Para 12 curSoS de QualiFicaçÃo O Instituto Federal Sul-rio-grandense está com inscrições abertas para cursos de formação rápida, por meio do programa Emprega Mais. São 12 opções de qualificações, que serão ofertadas de forma online e gratuita. A iniciativa faz parte das opções de cursos por meio da Formação Inicial e Continuada, na modalidade de Educação a Distância. Serão ofertados os cursos: Agente de Alimentação Escolar, Agente de Limpeza Urbana, Agricultor Orgânico, Assistente de Contabilidade, Assistente de Planejamento, Programação e Controle de Produ-

ção, Assistente de Tesouraria, Copeiro, Cuidador de Idoso, Garçom, Mensageiro, Instalador e Reparador de Redes de Computadores. A maior parte dos cursos exige Ensino Fundamental completo, idade mínima de 16 anos e terão 160 horas de atividades. As inscrições podem ser feitas até o dia 14 de agosto, e cada candidato pode se inscrever em até quatro cursos. Os cadastros devem ser feitos no site: ead.ifsul. edu.br na opção Inscrições Emprega Mais.

Soberanas do evento e diretoria da comunidade realizaram o convite oficial na Câmara de Vereadores nesta segunda-feira

O salão da Comunidade Evangélica de Linha Marechal Floriano vai sediar a Festa da Colheita. O evento contará com desfile temática em comemoração aos 150 anos de colonização. O evento ocorre ao longo do domingo, 07. “Temos como objetivo celebrar os frutos colhidos ao longo do ano, obtidos, pelo trabalho na lavoura, mas também no convívio harmônico e amizades. Pretendemos manter o contexto de festa na roça, também lembrar a cultura do campo, onde existe alegria e festa no término da colheita,” destaca o presidente da comunidade, Jairo Bencke. A programação inicia às 10h com desfile temática. A partir das 11h30min é servido o almoço, que tem custo de R$ 35,00 e será servido nas mesas. Na parte da tarde, a partir das 12h30min ocorre leilão de rapaduras. A partir das 13h

ocorre apresentação do grupo Os Colonos. O sorteio de brindes inicia a partir das 13h30min. A banda Kattivah sobe ao palco a partir das 15h e após a polonese de integração. O sorteio da Ação Entre Amigos inicia às 17h. Nesta segunda-feira, 1º, a diretoria e as soberanas, Betina Mayara Bencke, Caroline Beatriz Simon e Eduarda Niedermayer realizaram o convite na Câmara de Vereadores.

ACESSIBILIDADE

A comunidade evangélica também realizou melhorias para garantir a acessibilidade dos espaços. Segundo Bencke, tanto o acesso à igreja como ao salão de festas estão adaptados. O espaço também conta com sanitário acessível. “Precisamos estar preparados para receber a todos e acolhê-los da melhor forma possível,” destaca.


6

www.OLAJORNAL.cOm

quARtA-fEiRA 03 DE AgOstO

2022

Lei municiPaL ProPõe criar em Venâncio aires Guia do Pedestre

PAPEL DO BRASIL

O papel do Brasil tem sido fundamental desde então e foi também na fase de votação do Protocolo. O país esteve ativamente no Senado do Paraguai em maio, com especialistas sensibilizando parlamentares e a comunidade paraguaia, com intervenções em veículos de comunicação, para a aprovação. No Senado, a aprovação não foi fácil. Em pauta desde 2018, o projeto sofreu posições contrárias, com manifestação das empresas paraguaias, chegou a ser retirado da pauta e somente foi aprovado em maio de 2022, curiosamente sem votos contrários depois de toda discussão. Já na Câmara dos Deputados, o trâmite foi rápido com aprovação dois meses depois, em julho, também sem votos contrários. A parlamentar paraguaia Kattya González reconheceu os problemas causados aos países membros do tratado. Afirmou que como um país que já ratificou o Protocolo, o Brasil poderia realizar um reclame formal por prejudicar o seu sistema de saúde uma vez que a arrecadação brasileira não cobre os gastos do sistema de saúde ocasionados pelo consumo de cigarros.

UNIÃO EM DEFESA DAS MULHERES

A criação de uma casa para acolher mulheres vítimas de violência, em Venâncio Aires, ganha cada vez mais força, ainda mais após os episódios de feminicídio. Na sessão desta segunda-feira, 1º, as vereadoras Sandra Wagner (PSB) e Ana Cláudia do Amaral Teixeira (PDT), destacaram a importância do espaço para receber mulheres. O assunto é discutido em âmbito regional, tendo Venâncio como possível sede da unidade. As parlamentares também defenderam a indicação de emendas dos vereadores para colocar o projeto em prática. Além disso, Ana Cláudia destacou que o prefeito Jarbas da Rosa já demonstrou apoio à iniciativa. Uma das propostas para agilizar o projeto é o aluguel de um espaço. Sandra ressalta também que emendas de deputados federais serão buscadas para aplicação na casa.

DENÚNCIAS

Na sessão da Câmara de Vereadores situações envolvendo servidores pautaram denúncias dos parlamentares. André Kaufmann (PTB) questionou o cumprimento de horário do secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Gilberto dos Santos (MDB), que segundo informações estaria atuando na pasta apenas no turno da manhã. O assunto motiva pedido de informações e investigação, protocolado nesta terça-feira, 02, direcionado ao Executivo Municipal para averiguar a situação. Além disso, durante a sessão, Elígio Weschenfelder (PSB), popular Muchila, questionou o pagamento de horas extras para servidor com função gratificada (FG). O pagamento é vedado pelo regimento jurídico do serviço público para ocupantes de FGs e CCs. Ana Cláudia do Amaral Teixeira (PDT) justificou que o pagamento foi correspondente ao período anterior à indicação de servidor para Função Gratificado. Muchila afirma que há outros casos do tipo e a situação será encaminhada para análise do TCE-RS.

Da família dos felídeos Olávo até poderia ser um bom animal de estimação, é gorduchinho, tem pêlos lisos, olhos escuros e cheiro de caramelo. Se não fosse o fato dele ser mais selvagem que seus outros parentes gatos. Olávo nasceu de uma cruza rara entre a astúcia e o tagarelismo. Sim, o Olávo é um gato falante! Suas orelhas são parabólicas e seus olhos binóculos, o Felis Catus do Olá Jornal tem, agora, a oportunidade de expôr suas convicções.

projeto de lei foi protocolado na Câmara de Venâncio na última semana

sidades dos transeuntes em geral, e em especial das pessoas com e deficiência, indicam a relevância da introdução de medidas, por parte do Poder Público. As inúmeras iniciativas já adotadas na defesa dos direitos e deveres do pedestre, garantindo a aplicabilidade das disposições legais estabelecidas no Código de Trânsito Brasileiro e contribuindo para a melhoria de qualidade de vida do cidadão venâncio-airense, inclusive os visitantes do nosso município,” destaca a justificativa da lei.

Conforme Puthin, a legislação busca adequar o passeio público para os usuários. “A livre circulação de pedestres, ciclistas etc. nas calçadas têm sido objeto de intenso debate pela comunidade. A ocupação desordenada das calçadas tem resultado, de forma recorrente, em impossibilidade de circulação daqueles menos aptos, por equipamentos dispostos inadequadamente, ou mesmo pelo seu estado de manutenção,” destaca no texto da legislação.

atuaLização do PLano estratéGico reGionaL do corede aVança Para a Próxima etaPa Na sexta-feira, 29, foi formalizada à Diretoria Executiva, a entrega do relatório referente a mais uma etapa da atualização do Plano Estratégico Regional do Vale do Rio Pardo. O ato ocorreu na sala administrativa do Corede/ VRP, na Unisc, pelo professor Markus Erwin Brose, do Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional da Unisc - PPGDR, que está à frente da coordenação do trabalho na região do Corede Vale do Rio Pardo.

Esta é a primeira etapa do trabalho, que iniciou em março deste ano, contendo a situação atual e os resultados alcançados pelos projetos definidos no Plano Estratégico de Desenvolvimento Regional (PED 2015/2030). A próxima etapa está prevista para ocorrer de agosto a outubro, quando serão utilizados como insumo os dados coletados e sistematizados na etapa anterior, cujas ações vão focar em revisão e atualização.

Primeiros nomes de candidatos de Venâncio

SãO regiStraDOS pela JuStiça eleitOral Candidaturas de Celso Krämer, para deputado estadual e Silvia Schirmann, para federal, foram os primeiros registrados

Dois candidatos de Venâncio Aires já têm os nomes registrados junto à Justiça Eleitoral. Celso Krämer, que busca uma vaga na Assembleia Legislativa, e Silvia Schirmann, que disputa vaga à Câmara Federal estão no sistema de candidaturas do TSE. Ambos são candidatos do Podemos, e os registros de candidaturas foram encaminhados na última semana. No Rio Grande do Sul já foram encaminhados, até a última segunda-feira, 1º de agosto, 93 nomes que disputam cargos federais, e outros 109 candidatos a deputado estadual. Estas candidaturas ainda passarão por julgamento, o prazo para isso encerra no dia 18 de agosto. Dia 05 de agosto é o último dia para a realização de convenções pelos partidos políticos e pelas federações destinadas a deliberar sobre coligações e a escolher candidatas e candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputado federal e deputado estadual e distrital. Os partidos têm até o dia 15 de agosto, segundo o calendário eleitoral, para solicitar o registro de

registros de candidaturas de deputados são concentrados no tre-rS

Divulgação/AI TRE-RS

Ao aprovar e sancionar o Protocolo para a Eliminação do Comércio Ilícito de Produtos do Tabaco, da Convenção Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT), da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Paraguai dá um passo histórico em um tema que simboliza uma chaga nacional. País de origem da maioria dos 39% dos cigarros contrabandeados vendidos no Brasil, o movimento considerado como um “passinho” pelo presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, Romeu Schneider, precisa caminhar para a elevação de impostos e diminuir o abismo tributário que favorece o produto ilícito. O aquecimento para esta caminhada iniciou em 2018, quando o país retornou, após seis anos afastado, à Conferência das Partes da CQCT (COP9), em Genebra, Suíça. Em entrevista ao Olá, a delegação paraguaia afirmou que o tema estava na agenda do governo que faria o que fosse possível. A partir de então, já em 2019, estabeleceu-se um acordo de cooperação bilateral entre Brasil e Paraguai, onde os brasileiros passaram a auxiliar o governo paraguaio para que avançasse em políticas de saúde e implementação da Convenção.

candidaturas. Os registros estão concentrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para os candidatos a presidente, e nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) para os demais cargos. No calendário eleitoral, a propaganda dos candidatos é permitida a partir do dia 16 de agosto. Os postulantes estão liberados para realizar comícios, distribuir material gráfico de campanha e divulgar, em mídia paga. O horário eleitoral gratuito começa a ser exibido no rádio e na TV aberta de todo o país a partir de 26 de agosto.

airton artus confirma candidatura em conVenção do Pdt O PDT oficializou a candidatura de Airton Artus, que disputará uma cadeira na Assembleia Legislativa. A convenção da sigla ocorreu no último sábado, 30, na Câmara Municipal de Porto Alegre. O ex-prefeito de Venâncio Aires tem trabalhado a sua candidatura no município e na região como candidato único a deputado estadual pelo partido. A convenção do PDT também definiu o nome de Vieira da Cunha como candidato ao governo do Rio Grande do Sul. Em Venâncio, o partido inaugurou no último dia 18 de julho o seu Diretório Central. O prédio está localizado na rua Osvaldo Aranha, em frente a Prefeitura Municipal. O espaço fica aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h até as 17h.

Divulgação/AI PDT

CONTRABANDO DE CIGARROS

A garantia de um regramento para quem utiliza o passeio público de Venâncio Aires é um dos objetivos de projeto de lei que cria no município o Guia do Pedestre. A proposta está em tramitação e foi apresentada na última semana na Câmara de Vereadores, e tem autoria de André Puthin (MDB). A legislação pretende estipular os direitos dos pedestres que circulam em calçadas e vias públicas, além dos deveres. O texto também estipula as obrigações do poder público, para garantir circulação segura, como a garantia de iluminação, e das concessionárias de serviços públicos, como companhias de água e energia elétrica. O projeto busca adequar as vias para a circulação de pessoas com deficiência. “O difícil transitar dos pedestres nas calçadas em decorrência da inadequação destes espaços às neces-

Divulgação/AI Pxbay

legislação estabelece direitos, deveres e infraestrutura para usuários dos passeios públicos do município. iniciativa foi proposta pelo vereador andré puthin (MDB) e está em tramitação na Câmara de Vereadores

pDt realizou convenção partidária no último sábado, 30, na Câmara Municipal de Porto Alegre e confirmou o nome de Artus


quarta-fEira 03 DE agosto

2022

7

www.oLaJorNaL.com

decisÃo dA AnVisA VAi contrA interesse dA sAúde púBlicA afirMa assOCiaçãO pró-reduçãO de danOs dO TabaCO Única entidade de redução de danos no Brasil, a Direta (Diretório de Informações para Redução dos Danos do Tabagismo) lamenta a opção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em manter a proibição dos Dispositivos Eletrônicos para Fumar (DEFs) no Brasil. Em entrevista ao Olá Jornal, o presidente da entidade, Alexandro Lucian, questiona o prazo de quatro anos para manter uma legislação de 13 anos atrás e fala em escândalo sanitário. Olá - Qual a avaliação da entidade sobre a decisão da Anvisa de manter a proibição? Direta - A Direta entende que essa escolha vai contra o interesse da saúde pública brasileira. A ciência internacional já comprovou que apesar de não serem livres de risco, os DEFs oferecem danos muito menores quando comparados aos cigarros tradicionais, ajudando pessoas a parar de fumar. Porém tais benefícios são vistos apenas em países que decidiram regulamentar o comércio aplicando regras rígidas, criando normas para a fabricação, venda e propaganda dos produtos. Esta abordagem leva a queda no número de fumantes, diminuição do índice de câncer e não enfrenta os problemas de países que optaram por não regulamentar ou proibir, como tem ocorrido no Brasil. Com a mesma norma desde 2009, a decisão da Anvisa vai perpetuar um comércio 100% ilegal, que não recolhe impostos, gera trabalho em condições impróprias, não se importa com a qualidade dos produtos oferecidos e nem na venda para menores. Sem a devida informação, não fumantes passam a usar os produtos alheios ao fato de que contém nicotina e que causam danos à saúde. Já temos comprovado que a proibição não resolve o problema, como não resolveu em nenhum país até hoje. O mercado ilegal só continuará a crescer e milhões de consumidores terão acesso a produtos sem qualquer controle sanitário. Imaginar que tudo vai mudar a partir de agora, quando 13 anos

Janine Niedermeyer/Arquivo Olá

entidade considera que não há nada a ganhar com decisão da anvisa em manter proibição dos novos produtos de nicotina e defende mercado regulado com fiscalização e controle. processo regulatório ainda está em andamento no brasil

presidente da direta, alexandro lucian, fala em escândalo sanitário

não foram suficientes, é simplesmente ignorar fatos que qualquer cidadão brasileiro pode comprovar, que os DEFs vieram para ficar e estão em todo o lugar, quer gostemos ou não. A agência reconheceu mais uma vez o interesse da sociedade no tema, já que a tomada pública de subsídios teve 1.567 participações dos cidadãos, oriundas do Brasil e do exterior. Ao mesmo tempo, alegou que não há um clamor popular. Como entidade representativa também dos consumidores, como enxergam o processo de participação social nas tomadas de decisão? O argumento usado pelos contrários é que o Estado deve sim influenciar na decisão das pessoas para protegê-las de usar produtos que causam mal à saúde, mesmo negando a possibilidade de redução de danos com o uso dos DEFs, aceitando assim mais de 400 mortes evitáveis por dia causadas pelo tabagismo no Brasil. É estranho que uma agência regulatória alegue que não exista um clamor popular sobre o assunto, quando essa narrativa não faz sentido. Não há dúvidas que se perguntarmos ao Brasil se cigarros convencionais deveriam ser proibidos, teremos uma maioria que dirá sim.

Uma pesquisa nacional realizada pela Covitel este ano indicou uma prevalência de uso de DEFs de 7.3% por pessoas com mais de 18 anos, o que equivale a mais de 11 milhões de brasileiros. Durante a reunião, a Anvisa arbitrariamente descartou essa pesquisa alegando ser regional, o que não é verdade. Não há consenso inclusive dentro da própria agência. Enquanto a área técnica alegou que o comércio ilegal não está fora de controle e que o uso dos produtos é baixo no Brasil, logo após, o Diretor Alex Machado Campos, durante sua fala antes de revelar seu voto, disse “chamo muito a atenção para o fenômeno da disseminação e comercialização desses produtos ilegais por meio de contrabando”, que de acordo com o diretor “entram aos milhares no país” e complementa dizendo “...nós assistimos hoje, em qualquer lugar que nós frequentemos, pessoas dispondo de um dispositivo dessa espécie”. O que esperam daqui para frente? Tudo leva a crer que a Anvisa vai optar por não regulamentar o comércio dos DEFs nesse momento. Se este for o caminho, não precisamos ser videntes para prever o futuro com considerável precisão. O mercado vai se manter exclusivamente ilegal e as pessoas seguirão consumindo produtos sem qualquer controle sanitário, o que continuará criando muitos problemas. O trabalho da Direta será essencial para divulgar informação científica adequada, mostrando a realidade sobre os DEFs no Brasil e tentando auxiliar o país na busca de uma legislação adequada sobre os produtos, que ajude os fumantes, enquanto protege os não fumantes, especialmente os jovens. Acreditamos que não é possível ignorar a ciência para sempre, mais pesquisas serão realizadas, teremos acesso a novos dados e saberemos quem estava certo, só esperamos que até lá o estrago seja o menor possível. Chegará um dia que vamos nos perguntar quem será responsabilizado pelo escândalo sanitário que está ocorrendo hoje.

indicAtiVo de Aumento dA produÇÃo de tABAco A Afubra está preocupada com o indicativo de aumento da produção de tabaco para a próxima safra. Segundo o secretário Romeu Schneider a entidade tem notado o movimento de alguns produtores em visitas feitas às propriedades. “Em um giro pelo interior de Santa Catarina deu para perceber nitidamente o aumento para próxima safra inclusive produtores que não plantaram estão com canteiros prontos com 200 mil pés”, relata. Segundo o dirigente, o interesse se deve ao alto valor pago pelo produto praticado no início da compra desta safra. No entanto, alerta que o mercado é regulado pela oferta e demanda. Logo se houver mais oferta de produto, o preço será menor. “É muito preocupante, vai preju-

Divulgação/SindiTabaco

para a próXiMa safra preOCupa afubra

lucratividade para a próxima safra é a preocupação por conta do indicativo de aumento da área cultivada

dicar porque produtores vão ficar no limite da atividade lucrativa em virtude daqueles que querem aproveitar a oportunidade mas vão prejudicar todo sistema”. Inicialmente, a estimativa da Afubra é de manter a mesma área plantada de 246,5 mil hectares desta safra para a safra 2022/2023. A média de valor pago pelo produ-

to nos três estados do Sul ficou em R$ 17,28 o quilo, uma variação de 63,9% em relação a safra passada, quando foram pagos R$ 10,54 por quilo. O estado com maior variação (66,1%) e valor médio pago pelo produto foi o Rio Grande do Sul, passando de R$ 10,60 o quilo no ano passado para R$ 17,61 o quilo neste ano.

TransfOrMaçãO da indÚsTria i

As indústrias de tabaco têm passado por uma transformaçãos nos seus produtos. A Philip Morris, por exemplo, tem dito globalmente que quer parar de vender cigarros. O que a empresa pretende com esse posicionamento? Isso é possível? A diretora de estratégia da Philip Morris Brasil, Carolina Figueiredo, explica que sim e defende a importância dos pilares de inovação, inclusão e diversidade para esse propósito. Segundo ela, a empresa está fazendo o que propõe. Atualmente, cerca de 30% da receita líquida global da empresa vem de produtos de risco reduzido. Para atingir este volume, a Philip Morris investiu cerca de US$ 9 bilhões em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos. Continuamente estão aumentando a gama de produtos de risco reduzido, inclusive com aquisições feitas recentemente e outras em andamento. “Dessa forma, não só acreditamos que isso é possível como estamos vivenciando essa realidade, que já acontece em 70 mercados e, em alguns deles, como no Japão, o market share chega a 22,7%. A mensagem da Philip Morris é clara: se você não fuma, não comece. Se você fuma, pare. Se não parar, saiba que existem alternativas menos tóxicas”, afirma.

TransfOrMaçãO da indÚsTria ii

A inovação tem sido importante na estratégia de transformação da Philip Morris, não somente no desenvolvimento de novos produtos mas na cadeia como um todo. De acordo com Carolina, globalmente a empresa tem investido muito em pesquisa e desenvolvimento, o que gera inovação. “Aqui no Brasil, apesar de ainda não termos a comercialização de produtos de risco reduzido, temos inovado na comercialização e distribuição. Isso promove uma verdadeira disrupção na cadeia de abastecimento, com a digitalização dos nossos processos e comunicação com o ponto de venda, facilitando a jornada do varejista”. Outro diferencial é o uso da inteligência artificial em diversas etapas da cadeia produtiva e de distribuição, melhorando a experiência não só para o varejista, como para o consumidor final. O resultado é gerar cada vez mais inovação, mesmo estando no mercado tradicional de tabaco.

diferenTes TeCnOlOGias

Dentro da perspectiva da transformação da indústria, é importante destacar que existem diferenças entre os mais variados tipos de dispositivos. A principal delas é entre produtos de tabaco aquecidos e cigarros eletrônicos (também conhecidos como vapes e produtos de vapor eletrônico). A Philip Morris tem investido em seu produto de tabaco aquecido, IQOS, como alternativa ao cigarro convencional. Os dispositivos de tabaco aquecido aquecem o tabaco real dentro de uma faixa de temperatura específica, usando um sistema eletrônico de controle de calor para evitar que ele queime. Por outro lado, os cigarros eletrônicos vaporizam uma solução de e-líquido contendo nicotina e sabores quando o usuário a consome. Os produtos de tabaco aquecidos e a maioria dos cigarros eletrônicos contêm nicotina , embora alguns líquidos para cigarros eletrônicos não contenham nicotina. A nicotina é viciante e não é isenta de riscos. Nos produtos de tabaco aquecidos, a nicotina está naturalmente presente no tabaco utilizado no produto. Por outro lado, nos cigarros eletrônicos, a nicotina derivada do tabaco é adicionada ao e-líquido usado no produto. Como não há queima envolvida, nem o tabaco aquecido nem os cigarros eletrônicos produzem cinzas ou fumaça. Em vez disso, eles usam sistemas de aquecimento para gerar um aerossol inalado pelos usuários.


Economia do qualidade

FIXO, do digital.

Na FB Net, seu telefone fixo é totalmente digital. SEM INTERFERÊNCIAS! SEM CHIADOS! Contrate agora!

51 2183.0000

Acesse e saiba mais fbnet.com.br

@fbnet_

@vafbnet

PRESENTEI COM

FLORES AS

PESSOAS ESPECIAIS

Carinho e bom gosto Rua Jacob Becker, 1439 ( junto a Funerária Venâncio) 51 3741.1899 | 51 99964.8805