Page 1

O Defensor Parabéns, 'Cidade Pérola'! TAQUARITINGA | 15 de agosto de 2019 | Ano XXXVI | Edição 1722 | 5.000 exemplares | Distribuição Gratuita / Comodidade | Circulação: Taquaritinga, Cândido Rodrigues e Santa Ernestina

127 anos de emancipação político-administrativa

Nesta edição festiva de aniversário de Taquaritinga, o jornal O Defensor traz informações importantes sobre a cidade, contando histórias

sobre ilustres taquaritinguenses que divulgam em todo o Brasil o nome da “Cidade Pérola”. São quatro cadernos,

onde empresas, autoridades, pessoas do bem, enviam suas mensagens de parabéns a Taquaritinga pelos 127 anos de emancipação político-admi-

Homenagens

nistrativa. Eventos esportivos, culturais, sociais, shows musicais, desfile cívico e uma série de atividades estão

acontecendo, cuja programação elaborada pela comissão organizadora, traduz com entusiasmo e alegria o que todos almejam para a cidade:

“Parabéns, Taquaritinga”. Confira as matérias inseridas na edição especial no Segundo, Terceiro e Quarto Cadernos.

Em boa hora

Títulos e diplomas entregues pelos vereadores Câmara devolve R$ 1 milhão à Prefeitura Sessão solene recebeu a presença maciça de autoridades, familiares e amigos dos homenageados

Cheque com valor simbólico foi entregue ao prefeito de Taquaritinga durante sessão solene no Legislativo

Fotos: Gabriel Bagliotti / O Defensor

No final da sessão solene realizada segunda-feira (12), os vereadores de Taquaritinga entregaram ao prefeito, um cheque, de maneira simbólica, no valor de R$ 1 milhão, referente parte anual do orçamento da Câmara.

Página 3

O auditório da Câmara Municipal de Taquaritinga ficou completamente lotado, na se-

gunda-feira (12), oportunidade em que ocorreu a sessão solene de entrega de títulos e diplomas

de honra ao mérito pelos vereadores a 40 Página 3 pessoas.

Área azul

Sub-20

CAT joga contra a líder Internacional Tricolor entra em campo no sábado (17) em busca de outro resultado positivo

Novo estacionamento rotativo na cidade entra em funcionamento em 90 dias

Página 3

O Clube Atlético Taquaritinga – CAT – entra em campo neste sábado (17), a partir das 15h, no estádio Taquarão, pelo campeonato da segunda di-

visão, categoria Sub-20, para enfrentar a líder do grupo 2, Internacional de Bebedouro. O técnico Átila Alcântara está bastante confiante no

elenco tricolor, já que em dois jogos disputados conquistou 4 pontos e uma nova vitória coloca o time com chances ótimas de classificação.

Foto: Juliano Sartori

www.odefensor.com.br


2 O Defensor | 15 de agosto de 2019

Nossa Palavra

nossapalavra@odefensor.com.br

Nós te queremos assim bem forte

A

o comemorar 127 anos de emancipação político-administrativa nesta sexta-feira (16), Taquaritinga abre espaço para novos avanços em direção ao futuro. Ao alçar novos voos ao progresso e desenvolvimento (grande desejo da atual administração), o Município esbarra em alguns problemas do passado que teimam em voltar. As picuinhas do passado não arredam pé das mentes tacanhas que ainda permanecem a cutucar o presente como erva daninha. Taquaritinga, por assim dizer, mesmo com o progresso obtido ainda mostra suas cicatrizes por ter pensado pequeno em seus projetos vindouros. Assim mesmo, em que pesem as agruras que os munícipes têm passado (e o desemprego é marca patente nesse descaso) uma rápida pesquisa entre a população – mesmo as mais pobres – comprovam que a maioria ainda acredita num porvir maior e melhor para nossa terra e nossa gente. Temos taquaritinguenses ilustres, outros nem tão ilustres, mas que deram seu quinhão de contribuição para a grandeza de Ribeirãozinho e o que veio depois. Um passado recheado de glórias e conquistas já faz parte do nosso álbum de memórias, desde o Clube Atlético Taquaritinga (CAT), passando pela Revolução Monarquista, pela construção do Estádio Taquarão em menos de 90 dias. Contar a história de Taquaritinga em poucas páginas não é tarefa fácil. Por isso, com o falecimento do professor Pastore, o historiador Milve Peria está fazendo das tripas coração para colocar nossos fatos históricos em dia. O próprio chefe do Executivo costuma falar que Taquaritinga se desenvolve apesar dos prefeitos. A roda pode até parar de rodar, mas não voltará atrás nunca mais. Costuma-se repetir o velho chavão de que quem bebe da água da Cidade sempre volta à fonte de origem. Os filhos de Taquaritinga sabem muito bem

o que isso significa. Voltam e convidam outras a visitarem também a terra-mãe. O porto seguro sempre foram as festas carnavalescas. O Município sempre abrigou ótimos corsos de Momo. No entanto, a Cidade sempre se destacou no esporte e na música. A Fascinação Banda Show, por exemplo, sempre foi um orgulho para o Município. Outro destaque sempre foi o Clube Atlético Taquaritinga (CAT), com o inesquecível Estádio Antônio Storti. Mas Taquaritinga não foi destaque só no futebol: teve Koike – campeão sul-americano em salto com vara e Moraninho também campeão na mesma modalidade. Tivemos Augusto Nunes, apresentador do programa Roda Viva durante anos na TV Cultura, Darcy Higobassi (repórter esportivo do jornal O Estado de S. Paulo), poetisas como Ivete Tannus, de renome internacional e poetas como José Paulo Paes. Ficaríamos horas desfiando vantagens e conquistas, além do meio-ambiente que temos o privilêgio de ter a Serra do Jabuticabal, onde um famoso cientista há décadas pronunciou uma frase sintomática: cuidem bem da Serra, ela é o escudo do Município, o que protege a Cidade das intempéries, dos vendavais e das tempestades. Infelizmente, todavia, não temos cuidado tão bem da nossa Serra. Ela é vítima constante do desmatamento e da sanha criminosa do homem. Enfim, Taquaritinga sempre presente nas artes e escritos, é referência para o mundo e, com certeza, será sempre mostrando nossos filhos para a história. Hoje, por exemplo, Taquaritinga se destaca em diversas modalidades esportivas. A Cidade que não esquece de seus antepassados e – muito menos – de seus futuros parceiros. Taquaritinga hoje é bandeira nacional: nós te queremos assim bem forte!

www.odefensor.com.br

O Defensor Com circulação semanal, todas as sextas-feiras O Defensor mantém seu trabalho sério, imparcial e independente, voltado única e exclusivamente para os interesses da comunidade.

Jornalista Responsável: Gabriel Silvestre Bagliotti (Reg. MTB nº. 66972/SP)

Circulação: Taquaritinga (Jurupema, Vila Negri e Guariroba); Cândido Rodrigues e Santa Ernestina

Caro leitor: Participe de O Defensor. Envie sugestões ou comentários. Desta forma podemos construir um jornal que atenda a suas expectativas.

Uma publicação da: Nova Dimensão Editora Ltda. Diretor Presidente: Gabriel Silvestre Bagliotti gabrielbagliotti@gmail.com Diretor Comercial: Mario Bagliotti Vendas e Comodidade: comercialodefensor@ gmail.com Edição e Diagramação: Nathalia Davoglio Sabbatini

Impressão: Sangaletti Editora Gráfica

Site e e-mail: www.odefensor.com.br odefensor@odefensor.com. br jornalodefensor@gmail.com “Artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal."

Central de Jornalismo – Rua Tiradentes, 630 - Tel: (16) 3252-5696 - 98119-2188 Taquaritinga-SP - E-mail: jornalodefensor@gmail.com

www.odefensor.com.br

Clikando Gabriel Bagliotti gabrielbagliotti@gmail.com

Taquaritinga 127 anos! Olá amigo leitor neste texto desta semana dedico toda a minha homenagem a essa Cidade que amo e não sei viver sem! Aqui nasci, cresci, me tornei jornalista, empresário, e proprietário de um dos principais meios de comunicação da região. Só tenho a agradecer a Taquaritinga e a toda sua população por tudo que conquistei em minha vida. Parabéns Taquaritinga, Tu és a Terra de nossos pais; Nós te faremos sempre altaneira. Festa do Peão Terminou no último sábado, 10 de agosto, a 37° Festa do Peão de Taquaritinga. Neste ano o evento contou com shows de grandes artistas, como: Gusttavo Lima, Gustavo Mioto, Diego & Arnaldo e Jerry Smith. A Festa é uma realização do Clube de Rodeio "Os Pampas" em parceria com Viola Show. Parabéns aos responsáveis e que os possíveis erros deste ano, sejam melhorados em 2020. Na minha pessoa, gostaria de agradecer a toda a direção d’Os Pampas e também do Viola Show, em especial a Assessora de Imprensa Daniela Esteves pelo convite para bater um papo com quase todos os artistas que se apresentaram em nossa Cidade. Nando Reis Acontece nesta quinta-feira, 15 de agosto, a apresentação

do cantor Nando Reis em nossa Cidade. A atração é a cereja do bolo da programação em comemoração ao aniversário da Cidade. O show acontece na Praça Dr. Waldemar D'ambrósio a partir das 20h. Feitas pra durar! E não é que a Fonte Luminosa instalada no cruzamento das avenidas Paulo Roberto Scandar e Caetano Decaro já passou por reformas. Na última semana uma equipe realizou uma limpeza e nova pintura no espaço. Dizem também que uma equipe se concentrou exclusivamente para revitalizar os chafarizes que alguns meses não funcionam de forma contínua. A obra foi inaugurada a pouco mais de um ano para os festejos da Cidade em 2018. Projeto Guri Seguem abertas até o próximo dia 23 de agosto as vagas para os cursos gratuitos de Violão e Bateria (percussão) do Projeto Guri. Os interessados devem dirigir-se até a Oficina do Trabalho "Nereide Pedrassoli", no Jardim São Sebastião. Os horários são de segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h às 12h, e às terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30. Mais informações (16) 3252-5429.

Em Tempo Gilberto Tannus jgcarll@yahoo.com.br

Tchau querida!

Antes da Lava Jato e do Juiz Sérgio Moro, políticos e ricos – canalhas poderosos – não iam presos. Cadeia era só para pobres. A desfaçatez do autoritarismo social dos corruptos burgueses e pequeno-burgueses esfregado na cara dos “cidadãos de segunda categoria” resumia-se na frase “- Você sabe com quem está falando?”. Ou então na ameaça velada do ricaço acima da lei ao indignar-se contra o atrevimento do Zé Ninguém que teimava em ter seus direitos respeitados: “- Coloque-se no seu lugar e jamais se esqueça: a corda sempre arrebenta do lado mais fraco”. Moro mostrou ser possível um Juiz agir com ética e a favor de seu país. Mesmo correndo riscos e perseguições pessoais. Daí a inveja despertada em juristas de menor competência como Gilmar Mendes, Toffoli, Celso de Mello e Lewandowski. A esquerdalha, no entanto, defende os bandidos do colarinho branco. Autodefesa, é claro. Faz de tudo para impedir que a Operação Lava Jato prossiga. Ataca juristas honestíssimos como o procurador da república Deltan Dallagnol. A nau dos insensatos que se posicionam ao lado dos ladrões e corruptos contumazes é grande o bastante para abrigar deputados e senadores esquerdopatas, empresários de empreiteiras mancomunados no esquema das fraudes licitatórias bancado por propinas milionárias, “jornalistas”, analistas e apresentadores de programas políticos que prostituem princípios e valores morais no leito promíscuo dos salários advindos das polpudas propagandas oficiais financiadas com o suado dinheiro dos im-

postos pagos pelos trabalhadores humildes, etc. Moro, Juiz de primeira instância, destemidamente determinou a prisão de Lula-Pixuleco. Inacreditável!!! Milhões de brasileiros – tal qual São Tomé – tiveram de ligar seus aparelhos de TV e ver com os próprios olhos o ex-presidente, corrupto e lavador de dinheiro, ser levado à carceragem da Polícia Federal. Outros milhões beliscaram os braços inúmeras vezes para ter certeza de não estarem sonhando. Que coragem a de Moro... Da têmpera do aço, capaz de emular à dos 300 de Esparta no desfiladeiro das Termópilas. Moro e Leônidas, tudo a ver. A tramoia da estocadora de vento Dilma-Pinóquio que tentou dar ao ex-presidente Lula-Pixuleco imunidade parlamentar nomeando-o ministro caiu comicamente por terra. Por que comicamente? Ora, releiam o diálogo da governante – que um dia se encantou com as excelsas qualidades da mandioca – com o dono do Tríplex de Guarujá e digam se o Brasil não é o país da piada pronta: “- Lula, seguinte. Eu tô mandando o Bessias junto com o papel prá gente ter ele, e usar só em caso de necessidade, que é o termo de posse de ministro, tá?! Tchau”. “- Tá bom. Tchau querida!”. Mal sabia o criminoso que em poucos dias estaria no xilindró...

*Gilberto Tannus é Mestre em História pela Unesp


Política

www.odefensor.com.br

O Defensor |

Agora vai

Novo estacionamento rotativo será realidade dentro de 90 dias em Taquaritinga Foto: Reprodução

Empresa vencedora da licitação da área azul é da cidade de Cornélio Procópio

Prefeito em seu gabinete, com diretor da COMUTRAN e representantes da empresa de Cornélio Procópio, vencedora da licitação

A administração municipal de Taquaritinga deu mais um importante passo para a reativação do Sistema de Estacionamento Rotativo – modalidade Zona Azul - na área central da cidade.

Na sexta-feira (9), durante reunião na Prefeitura, que contou com a participação do chefe do Executivo e do diretor da Comutran, engenheiro Jether Pedrassolli, foi apresentada a empresa que ad-

ministrará o novo estacionamento rotativo do município, com início em até 90 dias. A empresa vencedora do processo licitatório foi a G2 Empreendimentos e Logística da cidade de Cornélio Procópio (PR). O proprietário e o diretor comercial destacaram como será a atuação da empresa a partir da assinatura do contrato, a estrutura que será disponibilizada e o número de funcionários que serão contratados para a execução do serviço. Os representantes da G2 também esclareceram as dúvidas sobre vários aspectos relacionados ao estacionamento rotativo. Outras duas empresas participaram do processo licita-

tório, uma do Rio Grande do Sul e outra de Mogi Mirim. Porém, a melhor proposta foi da G2 Empreendimentos e Logística, do Paraná. Conforme explicações do prefeito, a empresa repassará, mensalmente à Prefeitura, via Comutran, 43% do valor arrecadado com a cobrança dos bilhetes. O repasse financeiro servirá para que a Comutran faça investimentos na malha viária de Taquaritinga, como a instalação de semáforos, construção de lombadas e outros melhoramentos, em atendimento aos reclamos da população. O contrato com a empresa de Cornélio Procópio terá duração de 5 anos.

Solenidade

Vereadores entregam títulos de cidadania e diplomas de honra ao mérito 40 pessoas foram homenageadas, em noite de festa e surpresa na Câmara Municipal Em Sessão Solene na noite de segunda-feira (12), a Câmara Municipal de Taquaritinga realizou a entrega de Títulos de Cidadão Taquaritinguense e Diplomas de Honra ao Mérito a 40 pessoas. A solenidade é realizada todos os anos em comemoração ao aniversário do Município e visa homenagear as personalidades dos mais diversos setores da sociedade em virtude dos serviços de relevância prestados na Cidade. Durante o transcorrer da sessão, os vereadores, prefeito e convidados fizeram o reconhecimento àqueles que contribuíram e contribuem, através de seu trabalho e dedicação, para o desenvolvimento

do município. Representando a classe de advogados, Dr. Sidnei Conceição Sudano foi homenageado, em razão do dia do advogado, ocorrido em 11 de agosto. A Banda da Polícia Militar do 13º Batalhão de Araraquara abrilhantou o evento, com músicas de agrado do público e dos internautas. Uma placa foi descerrada, e exposta no plenário da Câmara, contendo um quadro do artista taquaritinguense, Washington Maguetas. Antes do encerramento da sessão, o presidente da Câmara, juntamente com os demais vereadores, entregou, simbolicamente, ao prefeito da Cidade, que se encontrava na so-

lenidade, um cheque no valor de R$ 1 milhão, antecipando esse recurso que normalmente é feito em final de cada ano para que o chefe do Executivo utilize o dinheiro nas diversas

frentes de trabalho que estão sendo realizadas no município. Os homenageados, indicados pelos vereadores, Mesa Diretora da Câmara e Executivo foram:

Cala boca

Câmara de Vereadores devolve R$ 1 milhão à Prefeitura Foto: Gabriel Bagliotti / O Defensor

Valor é referente aos primeiros meses de mandato de Beto Girotto

Vereadores apresentam, orgulhosamente um cheque simbólico de R$ 1 milhão ao prefeito em sessão solene da Câmara Municipal

Um verdadeiro cala boca foi dado pela Câmara Municipal de Taquaritinga, em resposta aos constantes ataques que o prefeito da Cidade tem feito aos vereadores em seu programa semanal de rádio.

Ao final da sessão solene de entrega de títulos de cidadania e diplomas de honra ao mérito, segunda-feira (12), o presidente do Legislativo, assim como os demais vereadores, entregaram, simbolicamente, ao chefe do

»» Sessão solene - Bastante organizada, cumprindo religiosamente o horário previsto, a sessão solene de entrega de títulos de cidadania e diplomas de honra ao mérito, segunda-feira (12), na Câmara Municipal, foi uma das mais concorridas dos últimos anos. As pessoas convidadas para o evento se sentiram à vontade e nenhum tipo de reclamação se ouviu, nem antes, durante e depois da sessão. Parabéns ao presidente da Casa de Leis, vereador Beto Girotto. »» Banda da Polícia Militar - Um show à parte foi a presença da Banda da Polícia Militar do 13º Batalhão de Araraquara. Durante todo o transcorrer da sessão solene e, principalmente no momento em que os homenageados recebiam seus diplomas, músicas românticas foram tocadas, o que, de certa forma, engrandeceu, ainda mais o encontro festivo no prédio do Legislativo. Ao final, todos os integrantes da banda foram aplaudidos pelo público presente. »» Discurso do prefeito - Um dos convidados para integrar a Mesa Diretora na sessão solene, o prefeito de Taquaritinga, chamado para discursar sobre o

Executivo, que fazia parte da solenidade, um cheque no valor de R$ 1 milhão, que poderá ser usado em diversas frentes pela Prefeitura, como saúde, educação, esporte e outras mais. A verba devolvida é referente a parte do orçamento anual da Câmara. A ação foi possível por causa de economias realizadas pelo Legislativo nos primeiros sete meses de 2019. "Graças à essa conduta, reduzimos nossas despesas e todos os recursos que conseguimos economizar estamos devolvendo à Prefeitura de Taquaritinga. Desta forma, a Administração ganha uma ajuda extra para investir em obras emergenciais e melhorias na cidade, em benefício da popu-

lação”, afirmou o presidente da Câmara de Vereadores, Beto Girotto. Ainda de acordo com Girotto, o dinheiro será depositado na conta da Prefeitura no próximo dia 22, quinta-feira, após a sessão de aprovação do projeto de Lei pelos vereadores, que será realizada dia 19. Quanto ao valor do próximo repasse, que normalmente acontece no final de cada ano, Beto Girotto informou que o prédio da Câmara Municipal precisa de algumas adequações, exigidas pelo Corpo de Bombeiros, como saída de emergência, principalmente. Assim sendo, somente após isso, se saberá o quanto a Câmara devolverá em dezembro aos cofres públicos municipais.

evento e falar sobre a data do aniversário de Taquaritinga, o chefe do Executivo aproveitou o ensejo falando das obras que estão em andamento na atual administração. Moderado no discurso, diferentemente de outras oportunidades, o prefeito foi muito aplaudido, sendo parabenizado por todos da mesa. »» Indefinido - Até o encerramento desta edição especial, na quarta-feira (14), não se tinha nenhuma informação da administração municipal, sobre quem poderia assumir a Secretaria de Serviços Municipais, o famoso DSM, cargo vago, desde a saída de Jorge Gibertoni, no final de julho. Acredita-se que o prefeito aguarda apenas a passagem da festa de aniversário da Cidade e, logo em seguida, anunciar o novo secretário da pasta municipal. »» Segunda quente - A próxima sessão ordinária dos vereadores de Taquaritinga acontece segunda-feira (19). Situação e oposição preparam suas defesas e ataques, sobre o que foi feito de positivo ou negativo durante a programação das festividades de aniversário da Cidade. Pelo que se pode apurar mais fatos positivos que negativos. E isso, sem dúvida, começa a reverter, favoravelmente para o prefeito que já declarou sua intenção em disputar a reeleição em 2020.

15 de agosto de 2019

3


4 O Defensor | 15 de agosto de 2019

www.odefensor.com.br

1 mês

Foto: Luiz Eduardo Schneider

Quem sabe, até o final do ano isso possa acontecer. O prefeito, quando da compra do prédio da Stéfani disse que a reconstrução naquele espaço para a Prefeitura seria o carro chefe do seu governo. Torcemos para isso.

Calçada da fonte luminosa na Avenida Paulo Scandar recebeu pintura, porém, o local continua sem jorrar água

Sobe - Não poderíamos deixar de iniciar a coluna, enviando nossos parabéns a Taquaritinga, cidade aniversariante, comemorando, nesta sexta - feira (16), 127 anos de emancipação políticoadministrativa. Parabéns aos organizadores da programação da festa, às autoridades civis, militares e eclesiásticas, e a população em geral.

Sobe - As obras de reforma que acontecem na antiga represa Colombo estão sendo elogiadas

Desce - Por outro lado, os trabalhos iniciados e paralisados já há bom tempo na praça “Dr. Horácio Ramalho”, tem sido uma pedra no sapato do prefeito de Taquaritinga, que busca, a todo instante, uma forma inteligente para o término da obra. O local é de muito movimento e fica de frente tanto para Prefeitura como para a Câmara. Pode? Sobe - A nova sede da Prefeitura, chamada de “Cidade Administrativa” pelos dirigentes municipais, continua recebendo todos os melhoramentos para sua conclusão e inauguração.

Convite de missa de 30º dia de falecimento Familiares da já saudosa Marcia Terezinha Micali dos Reis, convidam parentes, amigos e a população em geral, para juntos assistirem a Missa de 30º dia de seu falecimento, que será celebrada sábado (17), às 19h, na Igreja Matriz de São Sebastião de Taquaritinga. A todos que comparecerem, a mais este ato de fé e amizade cristã, a família antecipa seus agradecimentos. O amor nunca morre e a saudade será eterna!

Desce - Outro motivo de preocupação do chefe do Executivo tem sido as constantes paralisações na construção do prédio da Praça da Juventude, no bairro CAIC. A população do bairro aguarda, ansiosamente pelo seu término, mas pelo jeito, isso só vai mesmo acontecer em 2020. Sobe - Dois ex - prefeitos, Tato Nunes e Sérgio Salvagni, foram convidados pelo presidente da Câmara Municipal para comporem a mesa na sessão solene de segunda - feira. Tato ficou ao lado do prefeito municipal e Sérgio do outro lado. Porém, antes do início da reunião, ambos bateram um papo interessante nos corredores do Legislativo, certamente, elogiando a organização do evento. E claro, falando sobre as coisas administrativas que ocorrem na Cidade. Desce - Não é de hoje que a população do bairro “Lopes Moreno” reclama das dificuldades encontradas no local, em razão do distanciamento dado pela Prefeitura àquele conjunto populacional. Aliás, fato semelhante ocorre em outros bairros da cidade. É preciso dar uma olhada nesses detalhes prefeito, afinal, as eleições municipais estão chegando, não é mesmo?

930 inscritos

11º CRIARTE no ginásio de esporte “Manoel dos Santos” Dias 24 e 25 de agosto em Taquaritinga O CRIARTE Festival Internacional de Dança, em sua 11ª edição, está prontinho para acontecer em Taquaritinga, no ginásio de esporte “Manoel dos Santos”. Será nos dias 24 e 25 de agosto, com a participação de 930 inscritos, divididos em 64 grupos de Cias/Studios de dança, representando 54 cidades das diversas regiões do país. A programação nos dois dias de dança é a seguinte: Dia 24 – sábado – Às 17h45 abertura oficial; às 18h, mostra competitiva (competições). Dia 25 – domingo – Às 13h, finais das batalhas: às 16h, mos-

Fotos: Reprodução

Desce - O espaço ao entorno da fonte luminosa na avenida “Paulo Roberto Scandar” também foi pintado, seguindo as cores do calçadão. Uma pena que aquela obra pública não funcione regularmente, sendo necessário que se façam reparos, semanalmente, na parte elétrica dos motores, que dão sustentação para o seu bom funcionamento.

pela população. Há anos paralisada, sem nenhum tipo de atividade de lazer no local, parece que agora a coisa engrenou de vez. Pontos positivos para a administração municipal, principalmente para o prefeito, que diariamente acompanha o trabalho ali registrado.

Marcia Terezinha Micali dos Reis

tra competitiva (competições); às 21h, premiação geral da mostra competitiva. O evento é uma realização da ACADES – Associação Cultural Artística e de Desenvolvimento

Social através da Cia. de Dança Dalma, com apoio do Governo do Estado, Prefeitura Municipal e Secretaria da Cultura e Turismo de Taquaritinga, Capezio e Universal Dance.


5 www.odefensor.com.br

Nesta quinta-feira

Homenageando Roberto Carlos, Nando Reis faz show em Taquaritinga A partir das 21h na praça "Dr. Waldemar D'Ambrósio" Com um "cachê" de R$ 80 mil pago pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, o cantor Nando Reis se apresenta em Taquaritinga, a partir das 21h desta quinta-feira (15) na praça "Dr. Waldemar D'Ambrósio", na programação de shows musicais promovidos pela municipalidade, em comemoração aos 127 anos de emancipação político-administrativa de Taquaritinga. Na turnê “Esse Amor Sem Preconceito”, o cantor e compositor paulistano traça paralelos poéticos e musicais entre sua obra autoral e os clássicos de Roberto Carlos. O espetáculo se baseia no novo álbum de Nando. O roteiro do show parte da ligação pessoal de Nando Reis com a música de Roberto Carlos. Para conectar a relação entre os dois compositores, a turnê foi batizada com verso da canção “Amada Amante” (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos), primeiro single do novo trabalho de Nando Reis.

Além das regravações de Roberto Carlos, os sucessos de Nando não ficarão de fora. O cantor é conhecido, também, por suas músicas românticas, que muitas vezes são trilhas sonoras de relacionamento. No setlist do show estão programadas músicas conhecidas do repertório do cantor paulistano. Entre elas, estão as faixas: "O Segundo Sol", "Luz dos Olhos", "Relicário" e "All Star".

Tem também

Moacyr Franco, Trio Los Langeles e o SBT na Praça A programação artística cultural pelo aniversário de Taquaritinga, elaborada pela comissão organizadora, que tem à frente o secretário municipal de Cultura e Turismo, Thiago Duarte,terá ainda show musical com Moacyr Franco, amanhã, dia 16, a partir das 21h na praça central. Dia 17, sábado, das 9h às 13h, na praça "Dr. Waldemar D'Ambrósio", o divertido SBT na Praça; à noite, às 20h e 22h, shows musicais com Banda Studio Um e Ney Siqueira e Amigos. No domingo, dia 18, às 8h30, desfile cívico na avenida "Paulo Scandar", com a participação dos alunos das escolas, fanfarras, carros alegóricos, além de inúmeras honenagens a taquaritinguenses que elevam o nome de Taquaritinga. À noite, na praça central, shows musicais com Juliano Silva e Banda e Paula Luiza. O Trio Los Angeles se apresenta na praça "Dr. Waldemar D'Ambrósio" na segundafeira (19), às 20h. Na terça-feira (20), às 19h30, na Câmara Municipal, Projeto Cidadania Taquaritinga, com o artista Washington Maguetas. Dias 24 e 25, no ginásio de esporte "Manoel dos Santos", 11º CRIARTE festival de danças, com início às 18h, com mostra competitiva de ballet, jazz - contemporâneo - infantil, realização da Associação Cultural Artística e de Desenvolvimento Social - ACADES.

O Defensor |

15 de agosto de 2019


Cidade

6

www.odefensor.com.br

O Defensor | 15 de agosto de 2019 127 anos

Ordem prévia do desfile cívico de aniversário de Taquaritinga, domingo (18), na avenida ‘Paulo Roberto Scandar’

Tuca Sant’Anna

„„ Rima com Tuim e Taquara Branca (do Belo-Belo). Rima com ginga da Batata Doce e do BabadiKiabo. Rima com mandinga do Cabôco7 Flechas na tenda do Pascoal Calabrese. Axé, mô fio mangalô 3 vezes. „„ Não fui pessoalmente com a Preta comer Pastéis Dourados da filha do Bonilla, mas meu filho Luma (o popular Luiz Fernando) foi buscar. Eu e minha mulher gostamos mesmo é de pastel de carne com azeitona. „„ A Gisela Marona não põe a azeitona inteira, põe triturada e isso melhora o gosto. Toda noite tá cheia de gente lá. O Gabriel e a Nathália não sai de lá. Falaram que o tal de cigarrete é da pontinha da orelha. Vô comer.

inverno, fui tomar uma Crystal na Padaria Bom Retiro (do Tadeu e do Zé). Rápido bate-papo com a Natalia e Kenia Quem foi tomar cafezinho lá foi o Dito da Gaita, do Angelim Barbeiro. „„ Agradeço o convite do prefeito Vanderlei Mársico para acompanhar neste domingo (dia 18) o desfile cívico em comemoração aos 127 anos de Taquaritinga. Será às 8h30 na Avenida Paulo Roberto Scandar. „„ Depois que a Transmarsico assumiu o transporte coletivo na Cidade, o prefeito Vanderlei nunca mais falou a frase: “De graça, até ônibus errado”. Vanderlei é sobrinho do Mário Mársico, dono da empresa.

„„ Essa é da Ângela (da Cápsulas do Prazer, que faz reclame no programa do Édson Cândido, na Canal Um FM). Não sei se o Édson toma, mas o Marcos Menezes tomou e negócio ficou firme e em pé. Fala que é bom.

„„ Mário, aliás, disse que a partir de 2020, a situação vai melhorar no Município. É que o padre Rufo quando deixou a Cidade pinchou uma maldição de 7 gerações. A última geração termina neste ano. Waaal!

„„ Já o pai de santo Pascoal Calabrese me confessou outro dia que, ultimamente a única coisa que ele tem levado pra cama é gripe. Nem o Viagra do Marcelo Dialaman tem resolvido. Nem a Cápsulas do Prazer.

„„ Pessoal costuma chamar o bairro de Jardim Santa Inês. Não é. Não tem Santa. É só Inês. Jardim Inês. É que tem o Lago Santa Inês (de saudosa memória) e alguns (rá, rá, rá!) costumam confundir as bolas. É mole?

„„ A única resposta que a Ângela não consegue dar na rádio é a pergunta: se morrer um dos sócios do Clube dos Impotentes, eles hasteiam a bandeira a meio-pau? Atenção, ejaculadores precoces, uni-vos sempre!

„„ Tenho cá com meus botões que o jornalista (?) Auro Ferreira vai morar em Bebedouro quando se aposentar. Quem também vai é a filha do Dinho Eletricista, a Hannya, que já tá montando lojinha naquela cidade.

„„ O Rogério Profito levanta tão cedo, mas tão cedo que, só pra você ter uma ideia, o galo da rua da Dona Amélia quem acorda é ele. Aliás, a Dona Amélia cortou o cabelo a zero no salão do Édson Renato. Waaal. „„ João Massola (da Padoquinhada Major, pai do Thiago) fala pra todo mundo: Taquaritinga é uma cidade tão agradável que até o inverno vem passar o verão aqui. Massola toma duas gemadas por dia para levantar. „„ Valter Lupi (que ainda não lê em braile) foi enfático: o que os presidentes não fazem com suas esposas, acabam fazendo com o país! Rá, rá, rá! Concordo plenamente com a frase do irado candidato sulista. „„ Depois de longo e tenebroso

„„ Tá chegando o Dia das Bruxas. O Titinho Libanore já dobrou o estoque de vassouras pra comemorar a data. Taquaritinga tem muita garota bonita, mas tem cada baranga que só por Deus e um balaio de santos. „„ Perguntar não ofende: será que a Patrícia Mársico vai arranjar pra mim um pedaço de bolo de aniversário da Cidade pra eu dar de presente pra Celinha Vagner? Até agora não falhei nenhum ano. É sério, viu? „„ Fui! Vou pro Churrasco na Praça e, depois, fazer um programa sexual no Ponto 20. Vai ter carro alegórico (carrinho de rolimã) no desfile de Luiz Mirabelli domingo na Avenida. Que a Senhora de Fátima abençoe.

Início às 8h30 e concentração das escolas e participantes na “Praça Tóquio” A comissão organizadora dos festejos dos 127 anos de emancipação político-administrativa de Taquaritinga divulgou o cronograma (ordem prévia) do desfile cívico que acontece em Taquaritinga, no domingo (18), pelo segundo ano consecutivo na avenida “Paulo Roberto Scandar”. As atividades começam por volta das 7h30, com concentração dos integrantes na “Praça Tóquio”. O início do desfile está marcado para às 8h30. Participam do evento 41 grupos, entre corporações militares, bandas e fanfarras, escolas municipais e estaduais, clubes de serviço, associações e entidades e secretarias da administração municipal. Ordem do desfile: 1. BOMBEIROS 2. BANDA MUNICIPAL 3. Tiro de Guerra (TG) 4. PELOTÃO MIRIM TG 5. ETAM Santa Cecília 6. DEMOLAY/FILHOS DE JÓ 7. Grupo da 3ª IDADE 8. ADEFIS 9. LAR SÃO JOÃO BOSCO/ COLÉGIO Pequeno Príncipe 10. EMEB RICIERI MICALLI (Guariroba) 11. 1º BLOCO DE CRECHES • EMEI COMENDADOR JOÃO AIELO • EMEI CARLOS SIQUEIRA NETO • EMEI MATHILDE MENON • EMEI RENÉE LUTAIF DOLCI • EMEI EMÍLIA MENON NUNES DA SILVA

Foto: Gabriel Bagliotti / O Defensor

O melhor de Taquaritinga é que rima com pinga

• EMEI IZALTINA FRANCO DE JESUS • EMEI ANUNCIATA COLOMBO • EMEI MARIA HELENA FABER RANGEL 12. CEMI ARTE-VIDA “ARMANDO COGGIOLA” 13. 2º BLOCO DE CRECHES • EMEI SILVIA SILVEIRA LOPES • EMEI ROSA TAFURI DI SANTI • EMEI MARIA JOSÉ CALERÁ SOARES • EMEI VILO VINCENZZI • EMEI ADÉLIA DIB JORGE • EMEI MARICOTA RAMALHO 14. EMEB Dr. ESTEVAM SCHLOBACH SALVAGNI 15. EMEB PROF. MINEO ROSSI 16. EMEB Prof.ª JOSEPHINA M

Sucesso!

ANGLO 27. FUNDAÇÃO EDMILSON 28. EE Prof.ª CARMELA MORANO PREVIDELLI 29. ESCOLA DA FAMÍLIA 30. GRUPO DE COSPLAY 31. EE 9 DE JULHO 32. INTERACT / ROTARACT 33. ACADES 34. MISS E MISTER PELE NEGRA 2019 35. BOXE ZÉ DE LIMA 36. CARRO DA RAINHA DA FESTA DO PEÃO 2019 37. COMITIVA LÁ FORA CHOVE, AQUI DENTRO PINGA 38. BOLA NA REDE 39. BATE BOLA 40. ESCOLINHA DO TIO ARNALDO 41. SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES

Carnaval temporão

Shows e disputas acirradas na arena marcam a 37ª Festa do Peão de Taquaritinga De 7 a 10 de agosto aconteceu mais uma edição da Festa do Peão de Taquaritinga. No palco de shows, grandes nomes da música marcaram presença e abrilhantaram ainda mais a festa. Logo na primeira noite (07) o Embaixador Gusttavo Lima lotou a arena. As outras noites não foram diferentes, Gusttavo Mioto, Diego e Arnaldo e o funk de Jerry Smith agitaram toda a região. No esporte, as disputas foram acirradas! Na montaria em touro pela Liga Nacional de Rodeio, o competidor Silvio Caldas Barbosa de Orindiuva/ SP acumulou 324,25 pontos e levou o título de campeão e garantiu sua vaga para a Festa do Peão de Barretos, que começa nos próximos dias.

M PINSETTA 17. EMEB PROF. MODESTO BOHER / EM LYDIA MIZIARA 18. EMEB EDINA B. SCRIVANTI 19. EMEB DOMINGUES DA SILVA 20. EMEB Prof.ª CÉLIA REGINA DIB RENZO 21. EMEB PROF. AMANDO DE CASTRO LIMA 22. EMEB JERSSEY DE PAULA FERREIRA RAMALHO 23. CPC FATEC 24. EMEB ELZA MARIA MARTUCCI/ EM MARIA MILANI BOMBARDA 25. EE PROF. ANIBAL DO PRADO E SILVA / EE PROF. FRANCISCO SILVEIRA COELHO / EE PROF. FELÍCIA ADELVAIS PAGLIUSO 26. COLÉGIO EDUCATIVO

No RanchSorting realizado pela MegaHorse deu a vitória para a dupla formada por Elcio e Neto Molo com a média de 34.827. A prova mais charmosa da arena deu para Lorena Campi Zanini de Matão/SP o título de campeão com o tempo de 28.458, já na categoria mirim, Olivia Calceverini de Tabapuã/ SP foi a vencedora com o tempo de 29.189. “Só temos que agradecer o público de Taquaritinga e toda a região que acolhe essa festa e aos patrocinadores que acreditam e lutam junto com a gente para manter viva a nossa tradição e proporcionar um grande espetáculo para toda a família”, agradece Matheus Calil do Viola Show.

População participou da festa com a Jardineira da Alegria

O chamado carnaval temporão, com uma multidão de pessoas, voltou a empolgar os taquaritinguenses, na tarde/noite de sábado (10), por ocasião da carreata proporcionada pela Jardineira da Alegria, percorrendo as ruas centrais de Taquaritinga. Com muita festa, familiares vestiram suas fantasias, e seguiram a pé, atrás da jardineira, com muito som e muita dança, até a praça “Dr. Waldemar D’Ambrósio”, com saí-

da defronte a escola “Domingues da Silva”. O evento cultural fez parte da programação de aniversário de Taquaritinga, comemorando seus 127 anos de emancipação político-administrativa. A dispersão na praça aconteceu por volta de 22h. Um dia inesquecível, coroado de pleno êxito com a participação especial da banda Matrix.


7 O Defensor |

www.odefensor.com.br

Cena de sangue

Foto: Reprodução

Dono de bar é assassinado a tiros e facadas por dois irmãos no Jardim Paraíso

Arma de fogo e armas brancas apreendidas pela PM

O comerciante Ronilton Valdo Lopes dos Santos, de 50 anos de idade, foi morto a facadas e disparos de arma de fogo na madrugada de sábado (10), por volta das 4 horas, no Legalzinho’s Lanchonete, localizado na Rua Pedro Toscano, 166, no Jardim Paraíso II. Ronilton, que também era músico, foi agredido mortalmente por dois irmãos, Erivaldo Barbosa da Silva, de 38 anos, e Arcenio Basílio Filho, de 43 anos. Ambos fugiram em seguida num automóvel Vectra Sedan Elegance, de cor preta, placas DSD 8289, de Taquaritinga (SP), em direção ao distrito de Jurupe-

ma, sendo perseguido pela Polícia. Informações dos policiais militares Sidney e cabo Souza na Delegacia de Polícia do Município (DPM) deram conta de que foram acionados pelo CAD afirmando que um veículo escuro teria saído em alta velocidade do botequim denominado “Bar do Legalzinho” e que teria efetuado disparos pelo local e que tais disparos teriam atingido o dono do bar. Diante da notícia, o PM e seu parceiro se dirigiam para o local para o atendimento da ocorrência quando se depararam com um veículo com as

características semelhantes às que lhe foram passadas pelo CAD, mas ao darem sinal luminoso e sonoro de parada para o veículo, na Avenida Adamo Lui, cruzamento com a Rua Senador Inácio Uchoa, o motorista do veículo não atendeu e acelerou e empreendeu fuga. Ele foi acompanhado pela Polícia até Jurupema, sendo que ao passarem por aquele local, o carter do carro deve ter batido em alguma lombada, devido a velocidade que imprimiam ao veículo, sendo que houve vazamento de óleo e cerca de uns dois quilômetros o veículo travou e os indiciados foram alcançados. Os indiciados foram abordados, não tendo oferecido resistência, tendo sido usadas algemas por fundado receio de fuga, sendo que ao serem indagados sobre o crime que haviam acabado de cometer, confessaram o crime, sendo que o autuado Arsenio teria sido o autor dos disparos com a arma de fogo e Erivaldo desferira várias facadas contra o comerciante. A faca e a arma de fogo utilizadas para a prática do delito foram encontradas no interior do veículo, bem como doze munições calibre 38, intactas e uma deflagrada e com Erivaldo havia um canivete de ponta e uma faca tipo de cozinha em seu bolso. Informações de testemunhas relatam que no dia do assassinato, por volta das 22 horas, Erivaldo teria se desentendido com a vítima (Ronilton, vulgo Legalzinho),

o qual teria lhe chamado de vagabundo, o agredido com o facão lhe desferindo um golpe de “chapa” no rosto e o tocado para fora de seu bar, ocasião em que o autuado Erivaldo foi até sua casa, que fica no Jardim Micali, se armou com duas facas e o canivete e, após, passou na residência de seu irmão Arcênio, que fica no Bairro Vinícius de Morais, quando pegaram uma arma que estava há muito tempo na casa e juntos saíram para se vingar da vítima em seu bar, que fica no Jardim Maria Luiza. Ao chegarem ao bar, Arcenio efetuou um disparo para cima, para afastar as pessoas que estavam próximas ao local, tendo a seguir efetuado diversos disparos contra a vítima que estava do lado de dentro do balcão, momento em que o comerciante caiu ao chão e Erivaldo efetuou vários golpes de faca contra o corpo da vítima e então Arcenio efetuou um disparo para o alto e se evadiram do local. Diante das circunstâncias, tendo em vista a confissão dos autuados, bem como as armas do crime encontradas em poder dos mesmos, lhes foi dada voz de prisão e conduzidos a Delegacia, onde foi confeccionado o BO de prisão em flagrante por homicídio simples (artigo 121 do Código Penal Brasileiro). A dupla passou por audiência de custódia no plantão jurídico de Jaboticabal (SP) e ficaram detidos a disposição da justiça.

Edital

Mortos vivos

Prefeitura Municipal de Cândido Rodrigues

Furtaram 30 canecos de bronze no interior dos vasos do Cemitério Municipal

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CÂNDIDO RODRIGUES AVISO DE LICITAÇÃO - PREGÃO PRESENCIAL Nº 19/2019 - O MUNICÍPIO DE CÂNDIDO RODRIGUES, Estado de São Paulo, torna público para o conhecimento de quem possa interessar, que no dia 03 de setembro de 2019, às 08hs30min, na sala de Licitações da Prefeitura Municipal de Cândido Rodrigues, sita na Rua São Paulo, nº 321, Centro, Cândido Rodrigues/SP, será realizada “Licitação Diferenciada com Cotas Reservadas”, aberta através do Processo nº 30/2019, na modalidade Pregão Presencial, de nº 19/2019, do tipo menor preço unitário, tendo como objeto o REGISTRO DE PREÇOS PARA EVENTUAL AQUISIÇÃO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO E OUTROS MATERIAIS PARA OS DIVERSOS DEPARTAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CANDIDO RODRIGUES/SP, conforme especificações técnicas contidas no Termo de Referência – Anexo I. O instrumento convocatório e seus anexos poderão ser retirados ou consultados no horário normal de expediente na sede deste órgão licitante de segunda a sexta feira das 8h00min as 11h00min e das 13h00min às 17h00min, ou no site www.candidorodrigues.sp.gov.br. Informações podem ser obtidas através do telefone PABX (16) 3257-1133 ou ainda através do email: licitacao@candidorodrigues.sp.gov.br. – Cândido Rodrigues, 14 de agosto de 2019. ANTONIO CLAUDIO FALCHI - Prefeito Municipal.

Falecimentos 8/8 - Sr. José Oliveira, aos 87 anos de idade. Deixa a esposa Maria de Lourdes Oliveira e cinco filhos. 9/8 - Sr. Valdo Viegas Menino, aos 65 anos de idade. Deixa a esposa Maria de Lourdes dos Santos e dois filhos. 10/8 - Sra. Lídia Natalin Gonçalves, aos 84 anos de idade. Viúva de Orlando Gonçalves Martins e deixa seis filhos.

10/8 - Sr. Ronilton Valdo Lopes dos Santos, aos 50 anos de idade. Deixa a esposa Juliete dos Anjos e dois filhos. 10/8 - Sra. Izilda Aparecida MondadoreTarlau, aos 65 anos de idade. Deixa o esposo Deoclécio Antonio Tarlau e três filhos. 11/8 - Sr. José Ferreira de Lima Neto, aos 29 anos de idade. Deixa a esposa Bruna Fernanda Aparecida Conceição Antonio .

Compareceu na Delegacia de Polícia o administrador do Cemitério Municipal, Édson Benedito Martins, 53 anos, na manhã de terça-feira (13), informando que durante a madrugada, elementos desconhecidos entraram na necrópole e subtraíram aproximadamente 30 canecos de bronze

que ficam no interior dos vasos de bronze. Segundo informações de servidores para retirarem os canecos os larápios danificaram os vasos de aproximadamente 30 túmulos. O fato ficou para apreciação do delegado titular Dr. Renato Cândido Soares.

15 de agosto de 2019


www.odefensor.com.br

รšltima Pรกgina

O Defensor

TAQUARITINGA, 15 de agosto de 2019


Segundo Caderno

Acontece

O Defensor |

1

15 de agosto de 2019

Orgulho em dobro

Personalidades ilustres Nesta edição festiva de aniversário da cidade O Defensor publica matérias com o perfil profissional de vários taquaritinguenses

Aproveitando o tema “Ilustres Taquaritinguenses” escolhido pela Comissão Organizadora na programação dos 127 anos de emancipação político-administrativa de Taquaritinga, onde várias pessoas de nossa sociedade serão homenageadas no desfile da avenida Paulo Scandar, também o jornal O Defensor, publica nesta edição festiva, perfil profissional de vários taquaritinguenses que seguiram e se destacaram nas suas respectivas profissões. São jornalistas, esportista, médicos, bispo, delegado de polícia, agente público estadual e ator. Nada mais que taquaritinguenses, como Augusto Nunes, Nilton Morselli, João Palomino, Gustavo Girotto, José Edmilson Gomes de Moraes, dr. Horácio José

Ramalho, dr. Mário Abbud Filho, dr. Carlos Eduardo Miguel Sobral, bispo Wilson Luís Angotti Filho, conselheiro do Tribunal de Contas, Dr. Dimas Eduardo Ramalho e Genezio de Barros, ator. Nas páginas seguintes dos próximos cadernos, matérias relevantes sobre esses taquaritinguenses que tão bem representam nossa cidade e que já foram merecedores de inúmeras homenagens, não só aqui em Taquaritinga, como também nas cidades que atuam. Todos os homenageados são de famílias tradicionais, simples, mas, reconhecidamente, capacitados para exercerem as profissões que escolheram e, por isso mesmo, figuram nas páginas coloridas do jornal. Boa leitura.


2

Acontece

O Defensor | 15 de agosto de 2019

Segundo Caderno Taquaritinguense em destaque

Augusto Nunes, o jornalista que o Brasil admira e aplaude Falar da carreira vitoriosa de Augusto Nunes é o mesmo que chover no molhado. Pessoa séria e comprometida com a verdade. Por onde passa é recebido com carinho e, às vezes, até com certa desconfiança pelos próprios companheiros. Augusto Nunes, 69, é jornalista nascido em Taquaritinga, filho dos saudosos Dr. Adail Nunes da Silva e da professora Emília Menon Nunes da Silva. Seu currículo profissional é dos mais extensos, mas as maiores curiosidades, a seu respeito, datam por volta dos anos 60, quando, em Taquaritinga, foi chamado pela família Bussadore, detentora do “Nosso Jornal” (Edevídio, Edegar e Aldérico), para escrever matérias, revisar páginas e, em seguida, ganhar o posto de redator-chefe do semanário. Naquela época, ainda estudante do I.E.E. “9 de Julho”, o único tempo que lhe restava para o trabalho no jornal, era às sextasfeiras, quando, pela manhã, recebia, em sua casa, na Rua General Glicério, a visita do Aldérico “Lacerda” Bussadore, que o acordava, para realizar o serviço final na redação. Outros amigos o rodeavam nos momentos mais agudos, como padre Zezo, Nei Lacativa e o próprio irmão, saudoso Flávio Nunes da Silva. Naquela época, o jornal circulava aos domingos, por isso, Augusto realizava seus trabalhos às sextas-feiras. Em 2003, juntamente com o irmão Tato Nunes, empresário e ex-prefeito de Taquaritinga, a patente do “Nosso Jornal” foi por eles adquirida, onde sob nova direção, circulou até meados de março último. Como foi dito acima, Augusto Nunes começou a escrever no jornal “Nosso Jornal”, em Ta-

quaritinga. Mais tarde, estudou na Faculdade Nacional de Direito, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mas não concluiu o curso, mudando em 1970 para Jornalismo, na USP, o qual também não concluiu. Em 1971, ingressou nos Diários Associados como revisor e, no ano seguinte, foi contratado como repórter no jornal O Estado de S. Paulo. Em junho de 1973, Augusto foi contratado pela Revista VEJA, onde permaneceu até 1986. Em agosto de 1987, assumiu a mediação do programa Roda Viva, na TV Cultura. Ali permaneceu até agosto de 1989. Depois disso iria dirigir as revistas Veja, Época e Forbes (edição brasileira) e os jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. Entre setembro de 2010 e agosto de 2011, voltou à equipe do Roda Viva, desta vez como debatedor fixo do programa. Vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo quatro vezes, Nunes foi incluído numa seleção dos seis mais importantes jornalistas do Brasil, feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Foi um assíduo crítico do governo Lula, acusando-o de prática de corrupção, tentativa de controle da imprensa e de cerceamento da democracia. Em agosto de 2013, o jornalista voltou a ser mediador do programa Roda Viva, da TV Cultura, substituindo o jornalista Mário Sérgio Conti. Augusto Nunes ficaria no comando do programa até 26 de março de 2018, substituído pelo jornalista

Ricardo Lessa. Augusto encerrou sua participação no Roda Viva com uma entrevista com o juiz Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça. Em 13 setembro de 2016 estreou na TV Bandeirantes Mato Grosso (TV Cidade Verde) o programa O Livre, sendo o governador Pedro Taques seu primeiro convidado. Em dezembro de 2016, foi contratado pela Rádio Jovem Pan para ser colunista do Jornal da Manhã e do Jovem Pan Morning Show. Em 10 de outubro de 2017, Augusto Nunes trocou de programa na Rádio Jovem Pan: deixou Jovem Pan Morning Show e assumiu Os Pingos nos Is no lugar de Claudio Tognolli, que reassumiu sua participação no elenco do Jovem Pan Morning Show. Em 2019 foi entrevistado por Leonardo Oliverio no programa Debate Aberto. Na ocasião tratou de temas relacionados ao desenvolvimento das cidades do interior de São Paulo, em especial Taquaritinga, sua terra natal. Além dos trabalhos jornalísticos, Augusto Nunes é palestrante e conferencista, proferindo palestras em diversas cidades brasileiras, sempre com temas relacionados à profissão de jornalista e política, especialmente brasileira.


Segundo Caderno Taquaritinguense em destaque

Foto: Jota B Lima

Nilton Morselli, o jornalista que todos admiram

Nilton Cesar Morselli, 44, começou sua vida profissional bem cedo. Aos 11 anos, foi ajudante de mecânico em uma oficina do ramo. A alergia ao cheiro da graxa fez com que se afastasse do cargo, impedindoo de continuar na profissão. Para a imprensa local, foi a melhor coisa que poderia acontecer. Nos dias de hoje, “Niltinho”, filho do saudoso casal Walter e Nadir de Moraes Morselli, se destaca como um dos principais jornalistas de Taquaritinga, sendo admirado por todos que o conhecem. Nilton Morselli cursou o 1º grau na escola “Amando de

Castro Lima”; 2º grau na escola “Francisco Silveira Coelho” e na Fatec, iniciou, mas não concluiu o curso de processamento de dados, o mesmo acontecendo com o curso de economia na Uniara. Na mesma universidade, formou-se em jornalismo, em 2003. Sua carreira vitoriosa no jornalismo de Taquaritinga, cidade de onde nunca saiu, começou em 1988, aos 13 anos, no jornal “O Defensor”. Em 1990 passou pelo “Informativo Hoje”, saindo, em 1992, para ingressar no “Nosso Jornal”, na função de redator-chefe. Em 2003, o semanário que

pertenceu à família Bussadore, por várias décadas, foi adquirido pelos Nunes da Silva, sendo seu presidente o renomado jornalista Augusto Nunes e o empresário e ex-prefeito Tato Nunes. Em março passado, o “Nosso Jornal” deixou de circular. Amigos que conhecem Nilton Morselli, e são muitos, não se cansam de elogiá-lo pelas suas qualidades éticas, profissionais e, principalmente, pela postura firme com que encara a profissão. Atualmente, é assessor de imprensa concursado na Câmara Municipal de Taquaritinga.

Acontece

O Defensor |

15 de agosto de 2019

3


4

Acontece

O Defensor | 15 de agosto de 2019

Segundo Caderno


Segundo Caderno

Acontece

O Defensor |

15 de agosto de 2019

5


6

Acontece

O Defensor | 15 de agosto de 2019

Segundo Caderno Taquaritinguense em destaque

Na TV, João Palomino dá show como apresentador Formado pela Pontíficia Universidade Católica de Campinas (Puccamp-SP), João Luís Carnelossi Palomino nasceu em Fernandópolis, em 1964 e se formou em 1987. Aos 15 anos, em Taquaritinga, já escrevia sobre o time do CAT para o jornal “Cidade de Taquaritinga”. Aos 17 anos, assim que ingressou na faculdade, trabalhou na rádio Princesa D´Oeste e no jornal Diário do Povo, ambos de Campinas. Quando se mudou para São Paulo, foi contratado para integrar a equipe de repórteres da extinta TV Manchete (SP). Em seguida, foi para a TV Cultura (SP) e, depois, para o SBT (SP), onde ficou por cinco anos. Em 1995 voltou para a Cultura. Na época, Palomino atuava nas editorias de Economia, Política e Geral. As matérias de esportes eram esporádicas. Ainda em 1995, foi convidado por José Trajano para trabalhar na recém-criada ESPN Brasil (SP) como apresentador e repórter, embora acalentasse o sonho de ser narrador. No mesmo ano narrou um campeonato de tênis de mesa ao lado do mesa-tenista Cláudio Kano (1965-1996), que viria a falecer no ano seguinte, um dia antes de embarcar para a disputa dos Jogos Olímpicos de Atlanta/1996. No ano seguinte, ainda na TV Cultura, teve um dos momentos mais marcantes de sua carreira profissional. Foi o primeiro repórter a chegar ao local do acidente do Foker-100 da TAM, que deixou centenas de mortos. Naquele momento decidiu que seguiria trabalhando somente com a editoria de Esportes. Em 1997 passou a ser exclusivo da ESPN Brasil. Em 2005, com a saída de Milton Leite, assumiu o cargo de narrador. Participou da cobertura das Copas do

Mundo de 1998, 2006 e 2010 e dos Jogos Olímpicos de 1996, 2000, 2004 e 2008, além de finais da Liga dos Campeões da Europa e diversos jogos de seleções. Em 2008, com a parceria entre a Rádio Eldorado e a ESPN (atual Estadão/ESPN), tornou-se narrador também no rádio, além de coordenador do núcleo de esportes da emissora. Em 2010, foi indicado para o Prêmio Comunique-se na categoria Locutor Esportivo. Foi promovido a diretor de jornalismo da ESPN, cargo que assumiria em 2012. Ele substituiria José Trajano, seu maior ídolo no jornalismo brasileiro. Em 2010, a rádio Estadão/ESPN conquistou o Prêmio APCA pela Melhor Cobertura Jornalística durante a Copa do Mundo. Em 2012, foi convidado a assumir a Diretoria de Jornalismo e Produção da ESPN, tendo contribuído para o consistente aumento da audiência da emissora, em todas as suas plataformas. Em 2013, foi considerado pelo Prêmio Comunique-se como o melhor executivo de mídia do ano. Palomino conduziu o time de Jornalismo e Produção da ESPN durante a Copa do Mundo 2014 realizada no Brasil com uma cobertura que foi referência, colocando o canal entre os mais assistidos da TV Paga. Em novembro de 2014 a ESPN anunciou a promoção de João Palomino a vice-presidente de jornalismo e produção na ESPN do Brasil. Na quarta-feira (14), João Palomino foi comunicado de sua saída da ESPN, após 25 anos atuando como jornalista da empresa.


Segundo Caderno Taquaritinguense em destaque

Foto: Reprodução

Gustavo Girotto, o jornalista que gosta da notícia

Antes mesmo de sair de Taquaritinga para trabalhar em São Paulo, Gustavo Girotto, o conhecido “Gustavinho”, foi um dos assessores de imprensa na administração Milton Nadir 2001/2004, oportunidade em que adquiriu experiência e tornou-se um dos apaixonados pela notícia, até

porque, é formado em jornalismo, pela Universidade de Araraquara - Uniara. Depois, em 2005, no jornal Tribuna, ao lado do amigo Luiz Eduardo Schneider, o “China”, Gustavo começou um longo período de adaptação, na preparação de matérias, que mais tarde, contribuíram para

sua contratação pela Tamer Comunicação de São Paulo, assumindo uma das maiores assessorias de comunicação em economia e finanças do País. Filho do “Misso” e Tereza Girotto, Gustavo Girotto, 37, é considerado nos dias de hoje, uma grande fonte de referência na área jornalística, em razão do seu trabalho ser desenvolvido com personalidade, confiança e credibilidade, viajando na captação de notícias aos mais diversos pontos do Brasil e até mesmo no exterior. Gustavo Girotto é formado em Jornalismo pela Universidade de Araraquara (Uniara), possui extensão em Comunicação Institucional pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV) e especialização em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Atuou como repórter e web repórter da Revista IMPRENSA de São Paulo e desenvolveu projetos de comunicação na área política dentro das esferas Estadual e Federal. Com mais de 10 anos de atuação em jornalismo, Girotto trabalha diretamente nas editorias de cultura, política, negócios, economia e comunicação.

Acontece

O Defensor |

15 de agosto de 2019

7


8

Acontece

O Defensor | 15 de agosto de 2019

Taquaritinguense em destaque

Edmilson, autor do gol mais bonito na Copa de 2002 O taquaritinguense Edmilson já era conhecido nos meios futebolísticos em 2002, quando foi convocado por Luís Felipe Scolari para integrar o grupo da seleção brasileira de futebol, que disputaria o campeonato mundial naquele ano e, aproveitando a chance, tornou-se pentacampeão mundial, mas sua grande proeza foi marcar uns dos gols mais bonitos, de bicicleta, na vitória de 5x2, contra Costa Rica, no dia 13 de junho. José Edmílson Gomes de Moraes nasceu em Taquaritinga em 10 de Julho de 1976. Consagrado no futebol como “Edmílson”, fez do esporte sua profissão tendo se caracterizado pela flexibilidade e eficiência, atuando principalmente como volante e zagueiro. Iniciou no XV de Jaú, daí passando por São Paulo, Lyon (França), FC Barcelona, Villarreal, Palmeiras, Zaragoza e Ceará. Foi pentacampeão pela Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Coréia e Japão em 2002. Encerrou a carreira de atleta em 2012. Foi Vice-Presidente do Comitê de Reformas da CBF entre 2016 e 2017, e atualmente possui as funções e atividades de Embaixador único mundial das escolas de futebol do Barcelona (“FCBEscuelas”), atleta do “Lendas do Barcelona” (equipe Masters - acima de 35 anos - do clube, FCB Legends), CEO da Five Soccer Agência e Presidente da sua entidade social, a Fundação Edmílson “Semeando Sonhos”, sediada em Taquaritinga e inaugurada em dezembro de 2006. Na infância, Edmílson encarou desafios para alcançar o sonho de ser jogador de futebol. Começou a trabalhar cedo para ajudar os pais no sustento de sua casa. Toda a família se dedicava à colheita de laranjas no entorno da região. Entre um turno e outro no trabalho, Edmilson corria para os campos de terra para jogar bola com os amigos. Possui honrarias ligadas ao Terceiro Setor e ao futebol, como Embaixador da Paz nos Estádios, recebida em 2016 dos Ministérios do Esporte e da Justiça do Brasil, e Embaixador Internacional da AACD.

Voltou a residir com a família em Barcelona em Setembro de 2017 dado o seu forte relacionamento com o clube pelo qual sagrou-se campeão da UEFA Champions League. Desenvolveu em conjunto com o Prof. Eduardo Andriatti e com o consultor em Planejamento Estratégico Domingos Augusto Tedim uma metodologia de ensino e desenvolvimento de atletas de futebol, chamada “Futebol Brazil System”, a qual aplica em eventos de treinamento de curta duração (“Camps”) ou em entidades ligadas ao esporte (clubes, escolinhas e projetos sociais). Atuou pela Seleção Brasileira em 42 ocasiões entre 2000 e 2007. Sua estreia na seleção ocorreu em 18 de julho de 2000, na derrota por 2x1 para o Paraguai. Fez parte do elenco campeão da Copa do Mundo da Coréia e Japão em 2002, disputando seis partidas contra Turquia, Costa Rica, Bélgica, Inglaterra, Turquia (semifinais) e Alemanha. No torneio, Edmilson marcou um gol de bicicleta contra os costarriquenhos. O atleta já treinava junto com a equipe para a disputa da Copa do Mundo da Alemanha em 2006, mas foi cortado a menos de 15 dias da estreia devido a uma lesão no joelho. Participou como apresentador e avaliador do reality show Menino de Ouro, exibido pelo SBT em 2013. Tornou-se Vice Presidente e Diretor de Futebol do Grêmio Barueri. Comentarista de futebol no programa Arena SBT (2014), exibido pelo SBT. Edmilson comentou as finais da Liga dos Campeões da UEFA e da Liga Europa pelo canal Esporte Interativo. Atualmente é “Embaixador Mundial das escolas do FC Barcelona”, Embaixador da Fundação Barcelona e atleta do FCB Legends. Atua como palestrante motivacional. Intermediário e Gestor de Carreira de jogadores no Brasil e no exterior.

Segundo Caderno


Acontece

Terceiro Caderno

Excepcionalmente, nesta edição festiva de O Defensor, pelo aniversário da Cidade, está sendo inserida nas páginas do jornal a coluna Arquivo Geral, que vai relatar fatos e acontecimentos registrados nas últimas semanas em Taquaritinga, com enfoque, naturalmente, na área política. Mais uma vez, o prefeito de Taquaritinga, no programa de sábado (10), no chamado “Taquaritinga presta contas”, pela Rádio Canal Um FM, de propriedade da família Mársico, não deu tréguas aos funcionários públicos municipais, principalmente aqueles que se utilizam de atestados médicos, prejudicando companheiros de profissão, que são obrigados a cumprirem uma carga de trabalho bem maior em relação àquela que normalmente praticam em seus referidos postos de trabalho. O chefe do Executivo disse que, pelo menos, 300 funcionários se utilizam dessa prática. E mais. “Tá doente, tá incapaz, se aposenta, o INSS, o IPREMT é pra isso. É a segurança do seu futuro”, esbravejou. De acordo com o prefeito, “parte desses funcionários com atestado médico é de creches, por isso todo esse problema veri-

ficado atualmente, com falta de pessoas para atendimento às crianças, impossibilita seu funcionamento o dia inteiro”, contou. Por falar em creche quando será que o atual prédio da secretaria municipal de Educação, no bairro Laranjeiras, vai passar a atender crianças de creche no local, como bem frisou, há quase um ano atrás, o prefeito municipal. E que os funcionários da Educação, no início do ano de 2019, passariam a atender no futuro prédio da Prefeitura na praça 1º de Maio. Pelo jeito, nem uma nem outra coisa. E convenhamos, ainda vai longe essa história de mudança daqui pra lá, de lá pra cá. O nome do presidente da Câmara Beto Girotto, caiu no esquecimento do atual chefe do Executivo. Quando ele se refere ao (ex) companheiro de partido, de política, cita apenas o nome de Beto como “o presidente do Legislativo” e não mais Beto Girotto, como fazia, em outras oportunidades. Beto Girotto foi um dos maiores cabos eleitorais do atual prefeito, em várias campanhas políticas e agora, com as críticas que vêm recebendo do vereador, o prefeito evita falar seu nome por inteiro.

O Defensor |

Arquivo Geral Por: Luiz Eduardo Schneider

Coisas da vida. Da política. Será que esse comportamento adotado pelo prefeito em relação a Beto Girotto tem alguma coisa a ver com as eleições municipais de 2020? Beto tem dito que sua intenção é sair candidato a prefeito, o que, de certo modo, reduziria as chances do atual chefe do Executivo em se reeleger, que por outro lado já disse ser candidatíssimo nas próximas eleições. Nas últimas semanas, o prefeito tem apostado bastante na sua recuperação política perante o eleitorado taquaritinguense, anunciando a inauguração de diversas obras e reformas de prédios e lugares públicos que se encontram para serem finalizados. Caso isso aconteça até meados de abril de 2020, pode até ser que reúna condições para sua reeleição. Caso contrário... Isso, contudo, na hipótese de não ter enfrentamento com possíveis candidatos, ex-prefeitos, que ganharam muito mais popula-

ridade que o atual. Sem contar na debandada que pode ocorrer de boa parte dos funcionários que ocupam cargos de confiança, pertencentes a outras alas políticas. Será preciso muito jogo de cintura para o atual prefeito segurar esse povo. É um piscar de olho e, tchau, tchau. Já imaginaram nas próximas eleições municipais, uma disputa eleitoral para prefeito com todos os políticos que administraram Taquaritinga nos últimos 40 anos? Como seria a divisão de votos, com lideranças atuais no apoio a este ou aquele. Seria algo inusitado, certamente, em todo o Estado de São Paulo e a curiosidade para se saber quem sairia na frente, mais ainda. Claro que isso não passa de hipótese, mas que seria interessante, seria, não é mesmo? Feliz aniversário, querida cidade Neste dia 16 de agosto, Taquaritinga completa 127 anos de emancipação políticoadministrativa, e hoje, nada

1

15 de agosto de 2019

mais justo que parabenizar o povo taquaritinguense, gente de bem, guerreira, honesta e batalhadora que, com seu trabalho diário, constrói o desenvolvimento do município e dentro das suas possibilidades não mede esforços na busca do crescimento e de melhores dias. Desejamos que cada munícipe seja um ponto de apoio na constante construção de uma Taquaritinga melhor, que através de valores sólidos ajudem a preparar as crianças e jovens para este processo contínuo de transformação que o nosso município tanto precisa. É necessário semear ações e colher conquistas, buscando no presente o futuro para que as conquistas da comunidade sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós quem fazemos

o amanhã e que nossa perseverança é a luz que ilumina o caminho rumo a uma cidade mais justa e cidadã. Parabéns a todos que diariamente cumprem sua missão, contribuindo assim com o desenvolvimento do município; buscando sempre novos projetos e aceitando o desafio de fazer mais e melhor; não perdendo de vista os anseios da comunidade, mostrando assim que não existem fronteiras ou limites para alcançarmos nossos objetivos; existem sim barreiras e desafios que serão transpostos sempre que for da vontade daqueles que governam e principalmente, se for fruto do anseio do nosso povo. Com união e apoio de todos os taquaritinguenses, o resultado não poderá ser diferente: Taquaritinga vencerá.


2

Acontece

O Defensor | 15 de agosto de 2019

Terceiro Caderno Taquaritinguense em destaque

No Vaticano, Dr. Mario Abbud Filho participou de debate sobre tráfico de órgãos Foto: Reprodução

Dedicado aluno do “9 de Julho”, Marinho Abbud, como gostava de ser chamado, sempre foi um garoto esperto, interessado pelos estudos e gostava de jogar “peladas” no campinho da antiga Rua Boiadeira em Taquaritinga. Torcedor fanático do Santos gostava, também, de assistir filmes com os amigos de futebol, no antigo Cine São Benedito, recebendo por parte dos companheiros, um carisma muito grande. Nascido em Taquaritinga em dezembro de 1952, Dr.

Mario Abbud Filho é professor e chefe de Nefrologia da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) e diretor do Centro de Transplantes de Órgãos e Tecidos da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme). Há mais de 30 anos, ele lida com transplante e estuda os casos de tráfico de órgãos no Brasil. O médico taquaritinguense Mario Abbud Filho, em 2017, a convite do Papa Francisco, foi até a Academia Pontifícia das Ciências Sociais, a

Santa Sé, no Vaticano, para Encontro sobre Tráfico de Órgãos e Turismo dos Transplantes, sendo um dos 75 convidados de todo o mundo para debater a problemática. Dr. Mario Abbud Filho possui um dos mais respeitáveis currículos na área que atua, filho de Dr. Mario Abbud e de Esperia Perissinotti Abbud. Em março de 2011, na Câmara Municipal, em Rio Preto, recebeu a Medalha do Brasão do Município e o Diploma de Comendador da Ordem Municipal do Brasão.


Terceiro Caderno Taquaritinguense em destaque

Foto: Reprodução / Facebook

Carlos Eduardo Miguel Sobral no combate à corrupção

Nascido em Taquaritinga, Carlos Eduardo Miguel Sobral, 42 anos, viveu grande parte de sua vida em Ribeirão Preto. Formou-se em direito pela Unaerp, mas passou no concurso para delegado e seguiu para Rondônia, onde atuou em crimes eleitorais e indígenas. Há 16 anos fora de Ribeirão, hoje mora em Brasília, onde comanda a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) e

tem a missão de dar mais autonomia à PF. Possui graduação em Ciências Jurídicas pela Universidade de Ribeirão Preto (1999). Atualmente é delegado de polícia federal - Chefe do Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos do Departamento de Polícia Federal. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Penal e Processual Penal, e na área de Segurança da Infor-

mação. De família de juristas e até políticos, Dr. Carlos Eduardo é filho de José Carlos Sobral, ex-vereador em Taquaritinga e Ribeirão Preto, mas em nenhum momento pensou seguir carreira política. “A escolha pela polícia veio quando eu ainda era muito jovem e tenho orgulho em ser da Polícia Federal”, disse o taquaritinguense.

Acontece

O Defensor |

15 de agosto de 2019

3


4

Acontece

O Defensor | 15 de agosto de 2019

Terceiro Caderno Taquaritinguense em destaque

Um pouco da história de Dom Wilson Luís Angotti Filho Foto: Reprodução

Dom Wilson Luís Angotti Filho nasceu em Taquaritinga, em 5 de abril de 1958. Filho de Wilson Luís Angotti e Iracy Fernandes Angotti estudou filosofia e teologia, respectivamente, no Seminário Diocesano de São Carlos e na Faculdade Pontifícia Nossa Senhora da Assunção, em São Paulo. Foi ordenado sacerdote em 19 de dezembro de 1982. Exerceu inúmeras atividades na Diocese de Jaboticabal. Foi vigário paroquial nas Paróquias de São João Batista e Nossa Senhora Aparecida, de Bebedouro-SP, coordenador diocesano da Pastoral Vocacional. Dom Wilson integrou as equipes de Formação do Seminário, do Conselho de Presbíteros e Colégio de Consultores. Foi professor no Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto, no Instituto de Teologia Nossa Senhora do Carmo, em Jaboticabal, e no Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese de Brasília. Também foi assessor diocesano da Catequese, coordenador diocesano de Pastoral e pároco da Paróquia São Judas Tadeu, na cidade de Jaboticabal-SP. É mestre em teologia dogmática pela Universidade Gregoriana de Roma (Itália). Entre os anos de 2007 e 2011, Dom Wilson foi assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), além de integrar o Instituto Nacional de Pastoral (INP) e o Conselho Editorial das Edi-

ções CNBB. Atualmente é membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé, da CNBB. Dom Wilson foi nomeado Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte pelo Papa Bento XVI no dia 4 de maio de 2011. Recebeu a Ordenação Episcopal no dia 1º de julho do mesmo ano, Solenidade do Sagrado Coração de Jesus.

No dia 26 de outubro de 2012, recebeu do Governo de Minas a Medalha Santos Dumont, considerada a segunda condecoração mais importante entre as oferecidas pelo estado, a pessoas que de alguma forma prestaram serviços importantes à sociedade. Em 15 de abril de 2015 foi eleito pelo Papa Francisco como 7º Bispo Diocesano de Taubaté-SP.


Terceiro Caderno Taquaritinguense em destaque

Genezio de Barros, vários prêmios como o melhor ator A formação do ator Genezio de Barros, paulista de Taquaritinga, que mora em São Paulo há mais de 30 anos, vem do teatro. Desde sua formatura pela Escola de Artes Dramáticas (EAD-USP), contabiliza mais de 40 peças no currículo – entre seus últimos espetáculos estão Longa Jornada De Um Dia Noite Adentro, de Eugene O’Neill, Ianov, de Tchekov, montagem do Grupo Tapa, e Inimigos de Classe, de Nigel Willians, direção de Márcio Aurélio. Pelos dois últimos, conquistou o Prêmio Mambembe de Melhor Ator. É premiado como melhor ator também no cinema pelos longas Ação Entre Amigos, de Beto Brant e por Quase Nada, de Sérgio Resende. Na novela A Favorita, de 2008, Genezio de Barros se destacou para o grande público ao viver Pedro, pai da vilã Flora (Patrícia Pillar). Compôs o personagem de 70 anos de forma totalmente convincente, apesar de ter pouco mais de 50.

Antes de toda a visibilidade conquistada no horário nobre da Globo, ele havia participado de outras produções da emissora: Mad Maria, Bangue Bangue e O Profeta. Na Band atuou na versão de 1999 de O Meu Pé de Laranja Lima e no SBT participou de Amor e Ódio. Fez na Globo a novela Amor à Vida. Em 2018 estreia o monólogo O Monstro inspirado em um conto de Sérgio Sant’Anna onde interpreta o filósofo Antenor Lott Marçal, dirigido por Hugo Coelho. CURRÍCULO Televisão 2017 – O outro lado do Paraíso (como Raul) 2016 – Liberdade, liberdade! (como Diogo) 2015 – Verdades Secretas (como Oswaldo) 2013 – Amor à Vida (como Amadeu) 2012 – Gabriela (como Amâncio Leal) 2011 – Cordel Encantado (como Padre Joaquim) 2010 – Tempos Modernos (como Pasquale) 2010 – Malhação (como Hélio) 2009 – Paraíso (como Alfredo) 2008 – A Favorita (como Pedro) – Rede Globo 2007 – Sete Pecados 2006 – Carga Pesada (como Damião) 2006 – O Profeta (como Padre Olavo) – Rede

Globo 2006 – Bang bang (como Javier) – Rede Globo 2005 – Mad Maria, minissérie (como Thomas) – Rede Globo 2001 – Amor e Ódio (como Anselmo) – SBT 1999 – O Meu Pé de Laranja Lima (como Paulo) – Rede Bandeirantes 1996 – O Rei do Gado (como Mauriti) Cinema 2009 – Intruso (como Joel) 2005 – Achados e Perdidos (como Monteiro) 2004 – Onde Anda Você 2003 – Viva Voz (como Francisco) 2000 – Quase Nada, de Sérgio Resende – indicação ao prêmio de Melhor Ator no Festival de Cinema do Rio e ao Kikito, em Gramado 1998 – Ação Entre Amigos, de Beto Brant Olho de Boi, de Germano Pena – indicação ao Kikito do Festival de Gramado, de Melhor Ator Teatro Longa Jornada De Um Dia Noite Adentro, de Eugene O’Neill, ao lado de Sérgio Britto e Cleyde Yáconis Ianov, de Tchekov – montagem do Grupo Tapa ao qual o ator integrou por quase dez anos Inimigos de Classe, de Nigel Willians – Direção: Márcio Aurélio

Acontece

O Defensor |

15 de agosto de 2019

5


6

Acontece

O Defensor | 15 de agosto de 2019

Terceiro Caderno Taquaritinguense em destaque

Conselheiro do TCE, Dr. Dimas Eduardo Ramalho Foto: Reprodução

Dimas Eduardo Ramalho, 65, é Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, instituição da qual foi presidente em 2016, vice-presidente em 2015, e Corregedor em 2014. Previamente, construiu carreira política que soma três mandatos de deputado federal pelo PPS (2003-2012) e três mandatos de deputado estadual pelo PMDB (1992-2002). Acumulou também experiências de gestão no Poder Executivo do Estado e do município de São Paulo. No dia 8 de novembro de 2017, recebeu o título de Cidadão Paulistano em sessão solene realizada na Câmara Municipal de São Paulo. Formado pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (USP), foi membro do Ministério Público do Estado de São Paulo. Ingressou na carreira de Promotor de Justiça em 1980 e tornou-se Procurador de Justiça em 1994. No âmbito acadêmico, é coordenador dos cursos de pós-graduação latu sensu em Direito da Uninove (Universidade Nove de Julho). É casado com Andrea Ramalho, com quem tem dois filhos, Horácio Ramalho Neto e Marcelo. É filho da professora Jerssey de Paula Ferreira Ramalho

e de Horácio Ramalho, advogado que foi prefeito de Taquaritinga (1986-1987) e Tenente da Revolução Constitucionalista de 1932. Dimas Ramalho foi

nomeado Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo em junho de 2012, após aprovação unânime pela Assembleia Legislativa do Estado,


Terceiro Caderno instituição responsável por sua indicação ao cargo. Foi presidente do Tribunal no Exercício de 2016. Em sua gestão, priorizou três áreas: transparência, aproximação com a sociedade, e cooperação entre as instituições de controle externo. No Ministério Público do Estado de São Paulo, ingressou por concurso em 1980, exercendo as funções de Promotor de Justiça nos municípios de Batatais, Queluz, Ubatuba, Osasco e na Capital. Foi promovido a Procurador de Justiça em 1994. Dimas Ramalho foi eleito Deputado Federal pelo Estado de São Paulo para três mandatos consecutivos, todos pelo PPS. Em 2002, recebeu 116.581 votos; no pleito de 2006, 117.108 votos; e em 2010, 139.636 votos. Na Câmara dos Deputados, foi líder e vice-líder da bancada do PPS e integrou a Comissão de Constituição e Justiça, a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, e a Comissão de Defesa do Consumidor, entre outras comissões permanentes. Integrou a “CPI dos Combustíveis” e a “CPMI do Banestado”. Também fez parte da Missão Oficial da Câmara que foi aos Estados Unidos, em 2012, para tratar do acidente com o voo 1907 da Gol. Também exerceu o cargo de Deputado Estadual em São Paulo por três mandatos consecutivos, sempre pelo PMDB. Em 1990, recebeu 22.412 votos; na eleição de 1994, 69.202 votos;

e no pleito de 1998, 72.645 votos. Na Assembleia Legislativa, foi líder da bancada do partido. Integrou a Comissão de Constituição e Justiça, Comissão de Administração Pública e a Comissão de Fiscalização e Controle, entre outras. Fez parte também da CPI que apurou fatos relacionados à violência e à discriminação contra a mulher no mercado de trabalho; da “CPI do Crime Organizado”; e da “CPI do Narcotráfico”. Dimas Ramalho foi Secretário de Serviços do Município de São Paulo entre 2007 e 2009, na administração de Gilberto Kassab, sendo responsável pelos setores de limpeza urbana, iluminação pública, entre outros. Também foi Secretário de Habitação do Estado de São Paulo, entre 1996 e 1998, no governo de Mário Covas. Anteriormente, ocupou as funções de Vice-Presidente da Nossa Caixa, Nosso Banco (1991-1992), Diretor de Projetos Especiais do Fundo de Desenvolvimento da Educação, na Secretaria de Estado da Educação (1989-1990), e de Secretário-Adjunto da Secretaria de Estado de Esportes e Turismo (19871988). Bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo (1974-1979), Dimas Ramalho formou-se na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, onde militou pela redemocratização do país e foi Presidente do Centro Acadêmico XI

de Agosto, em 1978. Desde outubro de 2016, é Coordenador dos Cursos de Pós-Graduação em Direito da Uninove (Universidade Nove de Julho). Também é professor de Direito Constitucional no Centro Universitário de Araraquara (Uniara), desde 1984. Licenciou-se em 2013. É um dos autores do livro “48 Visões sobre a Corrupção”, lançado em 2016 pelo Instituto Não Aceito Corrupção, cujo prefácio é assinado pelo juiz federal Sérgio Moro. Escreveu também “Linha do Tempo”, livro de cunho intimista que reúne reflexões compartilhadas nas redes sociais. Publicou dezenas de artigos jornalísticos e acadêmicos na imprensa nacional e em veículos especializados na área do Direito. Foi apresentador do Vitrola, na TVAra, emissora educativa aberta da região de Araraquara. O programa cultural que foi ao ar semanalmente entre 2011 e 2016 era voltado especialmente para a música. Dimas Ramalho integra, como convidado, a grade de comentaristas da bancada do Jornal da Cultura, na TV Cultura. Dr. Dimas Eduardo Ramalho é natural de Taquaritinga, estudou no “9 de Julho”, foi presidente do Lema (Liga Estudantil Machado de Assis”) e um dos maiores atacantes do Clube Atlético Taquaritinga CAT - na década de 1970.

Acontece

O Defensor |

15 de agosto de 2019

7


8

Acontece

O Defensor | 15 de agosto de 2019

Taquaritinguense em destaque

Foto: Reprodução

Dr. Horácio José Ramalho formado pela Famerp

Natural de Taquaritinga, Dr. Horácio José Ramalho é formado pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto - Famerp - com especialização em Nefrologia, pelo Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. Na Famerp, o conhecido taquaritinguense “Horacinho” foi professor, diretor-adjunto de Pessoal e de Alunos e chefe das Disciplinas de Nefrologia e de Clínica Médica. Antes disso, Horácio José Ramalho se destacou em Taquaritinga, através dos estudos no “9 de Julho” e jo-

gando futebol pelas equipes amadoras da cidade, com destaque maior para o Copacabana E. C., atuando na zaga, sempre com firmeza e tranquilidade. Em 2017, na Câmara Municipal em Taquaritinga, recebeu o Diploma de Honra ao Mérito, homenagem das mais aplaudidas pelas pessoas presentes ao acontecimento. Filho de Dr. Horácio Ramalho, ex-prefeito de Taquaritinga e da professora Jerssey de Paula Ferreira Ramalho, Dr. Horácio José Ramalho foi presidente da

Sociedade de Medicina e Cirurgia de São José do Rio Preto, da Sociedade de Nefrologia do Estado de São Paulo (Sonesp) e da Unimed de Rio Preto. Coordenou, em 1985, o 1º Encontro Nefrológico do Interior Paulista, primeiro evento científico que congregou os médicos especialistas do Estado e que se transformaria no Congresso Paulista de Nefrologia, um dos mais importantes do Brasil. Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (1976), especialização em Residência em Nefrologia pelo Hospital Servidor Publico Estadual (1977), especialização em Nefrologia pelo Hospital Servidor Publico Estadual (1978), especialização em Nefrologia pela Hospital Servidor Publico Estadual (1979) e especialização em Unidade de Transplante pela Clínica Nefrologia do Hospital das Clínicas, além de Auxiliar de Ensino IV - E da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Medicina. Dr. Horácio José Ramalho também foi um dos fundadores do São Paulo Interior Transplantes, sistema pioneiro de captação e transplantes de órgãos, constituído em 1986, e que, portanto, antecedeu a lei de transplantes do país.

Terceiro Caderno


Quarto Caderno

Acontece

O Defensor |

1

15 de agosto de 2019

Distritos

Jurupema e Vila Negri Dois dos distritos de Taquaritinga, Jurupema e Vila Negri, agregam mais de 2 mil pessoas, conforme censo do IBGE de 2010 gos de Jurupema se orgulhavam ao relatarem que Washington Luís, Presidente da República passava pelo distrito, quando visitava amigos na região. Em 1963, realizou-se no distrito um plebiscito para avaliar a opinião dos moradores em emancipar ou não. De 339 eleitores que compareceram, 302 votaram “sim”. Entretanto, naquele ano o governo vetou vários pedidos de emancipação, e um deles foi o de Jurupema. O distrito tentou emancipar-se novamente e ser transformado em município no ano de 1990, mas não obteve êxito. O distrito era atendido pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa. Jurupema é circundada

pela Serra de Jaboticabal, atração turística onde pode ser encontrada vegetação originária da Mata Atlântica, com várias espécies de animais silvestres e corredeiras de água que brotam do alto da serra. A beleza da Igreja de São João Batista destaca-se pela rara arquitetura, com uma nave e torre redondas, lembrando um farol. O distrito possui, ainda, vários casarões históricos construídos no início do século XX. A principal avenida de Jurupema homenageia Carlos Gomes, o grande compositor brasileiro do século XIX. Já Vila Negri, anteriormente possuidora do status de subdistrito, foi equiparada para Distrito pela lei nº 2.360, de 03/12/1991. A população, em administrações municipais passadas, sempre teve seus representantes eleitos à Câmara Municipal, fato que não se verifica nos dias atuais.

Foto: Reprodução

Em Jurupema, no século XIX, muitos foram os migrantes da região de Jaboticabal, Araraquara e Minas Gerais que chegaram à localidade. Posteriormente, atraídos pela cultura do café no interior paulista, vieram os imigrantes europeus, principalmente italianos, portugueses, espanhois, sírios-libaneses e japoneses. A preponderância de imigrantes italianos conferiu ares de colônia italiana ao distrito, que foi criado, inicialmente, com o nome de Jurema, em agosto de 1912. Em 30 de novembro de 1944 o nome foi alterado para Jurupema, em razão de já haver município com esse nome no estado de Pernambuco. Em 1908 foi inaugurada a Estrada de Ferro Araraquarense, que passava por Jurupema, onde existia uma estação para passageiros, desativada em 1955. De acordo com nossos historiadores, dentre eles Milve Peria, os moradores mais anti-

Igreja São João Batista no distrito de Jurupema visitada diariamente por inúmeros fiéis católicos

Naquela localidade, que tem como padroeiro São Bento, são realizadas, anualmente, festas em homenagem ao santo, com destaque para as quermesses. Também o time de futebol, com o nome de São Bento, foi um dos mais respeitados na região.

O Bar do “Fumaça”, exjogador de futebol do distrito, sempre foi um dos locais preferidos dos atletas para reuniões e encontros festivos, tornando-se ponto de referência para qualquer tipo de informação. O distrito de Vila Negri, a exemplo de Jurupema, era aten-

dido pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa.


2

Acontece

Quarto Caderno

O Defensor | 15 de agosto de 2019 Distritos

Fundador de Guariroba, José Pires de Goes, veio da cidade de Araras No censo populacional feito pelo IBGE em 2010, Guariroba, distrito de Taquaritinga, registra 2090 habitantes, sendo assim, o maior dos três que a cidade possui. De acordo com a lei estadual Nº. 1606 de 31 de outubro de 1918 foi criado o distrito de Guariroba, a partir de então foi instalado o cartório de Paz e Anexos do Civil e Tabelionato, para que todos os residentes nas áreas compreendidas pelas divisas do distrito procedessem os registros de óbitos e nascimentos e publicassem os proclamas de casamentos. Desde então o fundador de Guariroba, José Pires de Góes que veio da cidade de Araras, doou terras para a praça da Igreja e mais tarde para o cemitério. Alzino Micali foi o doador das terras onde foi construída a escola do distrito, a E.M. “Ricieri Micalli”. Guariroba fica a 532 metros acima do nível do mar. A extensão territorial é de 285,42 Km². A área urbana é composta pelo centro, pelo conjunto habitacional “Damião Antônio Gonçalves” e pelo conjunto habitacional “Osmar Constâncio”; a área rural é composta por sítios e fazendas, bairro da Barra Mansa, Santa Rosa, Cachoeirinha e Itagaçaba. O distrito localiza-se no sudoeste do município de Taquaritinga fazendo divisa com os municípios de Itápolis, Matão e Fernando Prestes, e com os distritos de São Lourenço do Turvo e Nova América. Guariroba também tem importantes rodovias que passam no distrito. Rodovia Washington Luis e a SP 333, que fazem ligações com importantes ci-

dades como São José do Rio Preto (95 km), Ribeirão Preto (90 km), São Carlos (90 km), Araraquara (50 km), Catanduva (45 km), Bauru (110 km), e a 330 km da capital São Paulo. Distante 12 km do distrito está Taquaritinga. O distrito tentou emancipar-se e ser transformado em município no ano de 1990, mas não obteve êxito. A base econômica sempre foi a agricultura, uma característica que se firmou com os imigrantes italianos. Hoje, Guariroba ocupa um dos primeiros lugares do município na produção de goiaba, laranja e limão. A “Lenda do Capa Preta” é uma das mais vivas no imaginário dos moradores de Guariroba. Faz referência a um oficial do exército que, por mau comportamento, teria sido enviado para o sertão do Estado, tornandose um desbravador destas terras. Através de apropriações fez-se grande proprietário de terras, compreendidas desde Nova América até Itajobi. Conta a lenda que durante a noite em matas que rodeiam o Ribeirão dos Porcos, em terras antes pertencentes ao Capa Preta ouve-se, após um vendaval, o barulho de abertura de picadas adentrando a mata, bem como o ruído ensurdecedor de árvores tombando. Os antigos moradores acreditam que esses ruídos seriam provocados pelo Capa Preta em sua apropriação de terras, sempre com muita violência contra posseiros e indígenas.


Quarto Caderno Santo do dia

Fotos: Reprodução

16 de agosto, São Roque

Roque nasceu no ano de 1295, na cidade de Montpellier, França, em uma família rica, da nobreza da região. Outros dados sobre sua vida e descendência não são precisos. Ao certo, o que se sabe é que ficou órfão na adolescência e que vendeu toda a herança e distribuiu o que arrecadou entre os pobres. Depois disso, viveu como peregrino andante. Percorreu a França com destino a Roma. Mas antes disso Roque deparou com regiões infestadas pela chamada peste negra, que devastou quase todas as populações da Europa no final do século XIII e início do XIV. Era comum ver, à beira das estradas, pequenos povoados só de doentes que foram isolados do convívio das cidades para

evitar o contágio do restante da população ainda sã. Lá eles viviam até morrer, abandonados à própria sorte e sofrendo dores terríveis. Enxergando nas pobres criaturas o verdadeiro rosto de Cristo, Roque atirou-se de corpo e alma na missão de tratá-los. Iluminado pelo Santo Espírito, em pouco tempo adquiriu o dom da cura, fazendo inúmeros prodígios. Fez isso durante dois anos, ganhando fama de santidade. Depois partiu para Roma, onde durante três dias rezou sobre os túmulos de São Pedro e São Paulo. Depois, por mais alguns anos, peregrinou por toda a Itália setentrional, onde encontrou um vasto campo de ação junto aos doentes incuráveis. Cuidando deles, descuidou-se de si próprio. Certo dia

percebeu uma ferida na perna e viu que fora contaminado pela peste. Assim, decidiu refugiarse, sozinho, em um bosque, onde foi amparado por Deus. Roque foi encontrado por um cão, que passou a levar-lhe algum alimento todos os dias, até que seu dono, curioso, um dia o seguiu. Comovido, constatou que era seu cão que socorria o pobre doente. O homem, que não reconheceu em Roque o peregrino milagreiro, a partir daquele momento, cuidou da sua recuperação. Restabelecido, voltou para Montpellier, que, na ocasião, estava em guerra. Confundido como espião, foi preso e levado para o cárcere, onde sofreu calado durante cinco anos. No cárcere, continuou praticando a caridade e pregando a palavra de Cristo, convertendo muitos prisioneiros e aliviando suas aflições, até morrer. Diz a tradição que, quando o carcereiro, manco de nascença, tocou com o pé o seu corpo, para constatar se realmente estava morto, ficou imediatamente curado e começou a andar normalmente. Esse teria sido o primeiro milagre de Roque, após seu falecimento, ocorrido em 16 de agosto de 1327, na prisão de seu país de origem. O seu culto foi reconhecido em 1584 pelo papa Gregório XIII, que manteve a sua festa no dia de sua morte. Hoje, as relíquias de São Roque são veneradas na belíssima basílica dedicada a ele em Veneza, Itália, sendo considerado o Santo Protetor contra as Pestes.

Acontece

O Defensor |

15 de agosto de 2019

3


4

Acontece

Quarto Caderno

O Defensor | 15 de agosto de 2019 Rei do Rock

Elvis Presley morreu, e foi há 42 anos; relembre trajetória Foto: Reprodução

Há quem diga que ele nunca se foi. Mas a história oficial nos da uma data precisa: Elvis Presley morreu em 16 de agosto de 1977, aos 42 anos. Foi encontrado por sua namorada, Ginger Alden, sem consciência no banheiro de sua mansão “Graceland”, em Memphis, nos EUA. Mas, de fato, seu legado permanece vivo entre nós: músicas, roupas, cabelo, estilo. Nos 40 anos de sua morte, relembre trajetória do artista considerado o “Rei do Rock”. CRONOLOGIA 1935 - Gladys Smith dá a luz a gêmeos idênticos, em Tupelo, Mississippi, no dia 8 de janeiro; o primeiro, Jessie Garon, nasce morto; o segundo, Elvis Aaron, vivo e saudável; o pai é Vernon Presley. 1946 - Seus pais não têm condições de lhe comprar uma bicicleta no Natal; no lugar, ele ganha um violão de US$ 12,95. 1948 - A família se muda para Memphis, Tennessee. 1953 - Com US$ 4, grava seu primeiro compacto. 1955 - Fecha um acordo de US$ 40 mil com a RCA Records. 1956 - Aos 21 anos, grava pela primeira vez com a RCA; uma das músicas é “Heartbreak Hotel”. 1957 - Compra a mansão “Graceland”. 1958 - Entra para o Exército Americano. 1967 - No dia 1º de maio, Elvis e Priscilla Beaulieu se casam. 1968 - No dia 1º de feve-

reiro nasce Lisa Marie Presley. 1970 - Encontra-se com o presidente Richard Nixon, na Casa Branca. 1972 - Elvis e Priscilla se separam; ele começa a viver com Linda Thompson, sua companheira até o fim de 1976. 1973 - É hospitalizado com pneumonia, pleurite e hepatite e já luta contra a dependência de drogas controladas e o aumento de peso. 1977 - No dia 26 de junho, faz seu último show em Indianápolis; na manhã de 16 de agosto, morre, em Graceland, aos 42, após sofrer uma parada cardíaca. VOCÊ SABIA? Elvis era loiro. Ele tingia o cabelo desde a adolescência, num tom mais escuro. Quando começou a gravar, adotou o preto total. Foi na Alemanha, quando servia ao exército americano, que conheceu a primeira mulher, Priscilla Beaulieu, na época com 14 anos.

Elvis nunca saiu em uma turnê mundial. Ele só se apresentou uma vez fora dos EUA, em 1957, para fazer uma série de shows no Canadá. Fanático por TV, Elvis tinha aparelhos em todos os cômodos de sua casa. Em sua sala de TV, deixava três delas ligadas, para ver vários jogos de futebol ao mesmo tempo. Seu programa favorito era a série “Kung Fu”. Certa vez, deprimido, Elvis destruiu uma TV com um tiro de revólver. Em fevereiro de 1973, Elvis desmaiou durante um show em Las Vegas e foi atendido por um médico que estava na platéia. Em agradecimento, Elvis deu a ele um Lincoln Continental, um dos carros mais caros da época. Horas antes de sua morte, Elvis lia o livro “A Investigação Científica em Busca da Face de Jesus”, relato do trabalho de historiadores para a reconstituição dos últimos dias da vida de Cristo.


Quarto Caderno Saudades

Ziquito, dos Jordans, um pioneiro do rock no Brasil Foto: Reprodução

Taquaritinguense faleceu em outubro de 2011

Houve um tempo em São Paulo que se fazia rock sem saber que aquilo que era rock. E isso muito, mas muito antes de surgirem Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Tim Maia, Jorge Ben, Raul Seixas e toda a Jovem Guarda. Há historiadores brasileiros que não hesitam em cravar mês, ano e local do nascimento do rock no Brasil: janeiro de 1956, bairro da Mooca, zona leste de São Paulo. Um baterista, um baixista e dois guitarristas formavam uma banda que se tornaria The Jordans em 1959 que embarcaram na onda da música instrumental que começava a ganhar corpo nos Estados Unidos e na Inglaterra, com lendas como The Shadows, Dick Dale, Link Wray e The Ventures, entre outros. O nome foi inspirado na banda The Jordanaries, que acompanhou Elvis Presley na época por algum tempo. Um dos integrantes da época de ouro do início do rock no Brasil (e no mundo) foi guitarrista João Salvador Galatti, o Ziquito, que morreu em Taquaritinga, em outubro de 2011, aos 69 anos, em consequência de um infarto. De estilo elegante e econômico, Ziquito tinha prazer em

soltar fraseados melódicos enquanto a banda se divertia com as bases bem elaboradas e bem arranjadas, geralmente de sucessos de bandas do exterior, como os próprios Shadows e Ventures. Aliás, Hank Marvin, líder dos Shadows, era uma de suas referências no rock. Nos cerca de dez anos em que ficou com o grupo, tocou com quase todos os nomes importantes da música brasileira da época – Roberto e Erasmo Carlos, Incríveis, Renato e Seus Bluecaps e outros astros da Jovem Guarda. Antenado e bem informado, Ziquito ouvia bastante Beatles, Rolling Stones, Pink Floyd e alguma coisa do rock italiano dos anos 60, e tentou sem sucesso convencer os companheiros a mudar o direcionamento dos Jordans, insistindo para que incluíssem um cantor e se adequar à vertente mais pop que crescia no Brasil a partir de 1966. Ziquito se orgulhava do prestígio que os Jordans obtiveram no exterior e afirma que parte da banda chegou a se encontrar com os Beatles nos Estados Unidos em meados dos anos 60 (ele não participou desta turnê), segundo contou em interessante entrevista ao músico João Pacheco em 2007. Decepcionado com a manutenção do estilo puramente instrumental, deixou a banda em 1970 e começou a se apresentar em bailes no interior de São Paulo com diversos outros grupos

musicais de vários estilos, até que se estabeleceu, definitivamente, em Taquaritinga. Para o jornalista Gustavo Girotto, que conheceu o guitarrista em Taquaritinga, Ziquito era uma “pessoa calma e profundo conhecedor da história da música, pois foi parte viva da construção do rock nacional. Mais do que isso, fez parte de uma geração histórica, cujo amor pela música era sua partitura de vida.” Sobre os Jordans, a banda realizou um grande feito para o incipiente cenário roqueiro brasileiro: em 1961 conseguem uma série de apresentações no programa Ritmos da Juventude na Rádio Nacional de São Paulo, grande celeiro de novos talentos, o que levou aos estúdios. Ainda naquele ano gravam seu primeiro disco um compacto de 78 rpm chamado “Boudha”, e no final de 1961 lançam um LP completo, “A Vida Sorri Assim”. A formação básica no período de ouro teve Aladim (Romeu Mantovani Sobrinho), Sinval (Olímpio Sinval Drago), Tony (José de Andrade), Foguinho (Waldemar Botelho Júnior), Ziquito (João Salvador Galatti) e lrupê (lrupê Teixeira Rodrigues). No cinema, participaram de alguns filmes, um deles com Mazzaropi, “O puritano da Rua Augusta” (1965), inclusive compondo e executando uma música para a trilha sonora. O grupo se separou em 1975, com uma tentativa frustrada de retorno em 1993, mas que levou a banda a participar de uma série de eventos dois anos depois em comemoração aos 30 anos da Jovem Guarda.

Acontece

O Defensor |

15 de agosto de 2019

5


6

Acontece

Quarto Caderno

O Defensor | 15 de agosto de 2019 Reunião

Alunos de turma de 1966 se reúnem 53 anos após formatura em Taquaritinga

Após 53 anos da formatura no ensino científico (atual colegial), em 1966, cerca de 20 ex-alunos do I.E.E. “9 de Julho” se reuniram em Taquaritinga. O encontro foi realizado em 29 de junho. A reunião foi marcada pela emoção do reencontro, que teve como aliados a tecnologia e as redes sociais. Esse foi o primeiro encontro do grupo, após a formatura em 1966. Logo pela manhã daquele dia, a turma comandada pelos

amigos Dr. Antonio Carlos Dib Jorge, Abel Pereira de Souza Jr. e Miguel Antonio Guercio se concentrou defronte a escola Estadual “9 de Julho”, no Jardim Contendas, sendo recebida para conhecer as instalações do estabelecimento de ensino. A diretoria da escola Mirela e o vice-diretor, Arthur, recepcionaram os ex-alunos e mostraram a eles todas as instalações e seu funcionamento, em prédio construído pelo governo do Estado há várias décadas. Logo

após, todos participaram de uma confraternização na residência do Dr. Dib. Um detalhe interessante contado por um dos integrantes do grupo dá conta que as primeiras árvores no entorno da escola, no Jardim Contendas, teve a participação direta dos formandos. A direção do “9 de Julho” estará prestando uma homenagem aos ex-alunos no desfile cívico de domingo (18), na Avenida Paulo Scandar. A maioria dos alunos se formou com 16/17 anos de idade, hoje com aproximadamente 70 anos moram em outras cidades, fixaram suas residências e cada um exercendo profissões diferentes.


Quarto Caderno

Acontece

O Defensor |

15 de agosto de 2019

7


8

Acontece

O Defensor | 15 de agosto de 2019

Quarto Caderno

Profile for gabriel baglioti

Jornal O Defensor 15 de agosto de 2019  

Ed. 1722

Jornal O Defensor 15 de agosto de 2019  

Ed. 1722

Profile for odefensor
Advertisement