Page 1

DIVULGAÇÃO

CADERNO DOIS

Fest Verão segue no final de semana Atrações foram confirmadas nesta semana pela Fundação de Esporte e Turismo capa WWW.ODEBATEON.COM.BR • MACAÉ (RJ), SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2014 • ANO XXXVIII • Nº 8309 • FUNDADOR/DIRETOR: OSCAR PIRES • O JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO DO MUNICÍPIO • R$ 1,00

Polícia Civil suspeita de crime passional na morte de empresário

Delegado da 123ª Delegacia Legal de Macaé ouvirá pessoas próximas ao proprietário de supermercado na Aroeira, encontrado morto nesta semana em sítio. Material recolhido em cena de crime será analisado pág. 5 POLÍTICA

CIDADE WANDERLEY GIL

Governo redefine metas da Saúde Alteração está dentro das metas do orçamento do Fundo de Saúde pág.3

Construções erguidas de forma irregular ocupam espaço público

Polícia apreende menores com drogas Ação foi realizada na noite de quarta-feira no Lagomar pág.5

Prefeitura remove imóveis de praça

Máquinas são utilizadas na demolição de imóveis construídos de forma irregular em área pertencente à prefeitura

uma enorme área da prefeitura, localizada na Via do Sol, foi destinada para a criação da Praça do Novo Cavaleiros, porém o local virou sinônimo de abandono. Sem a devida fiscalização, a área acabou sendo alvo de ocupação irregular, situação denunciada por moradores que defendem a utilização do espaço como área de lazer. Nesta semana, os imóveis erguidos de forma irregular estão sendo removidos. pág. 2

ECONOMIA

FORMAÇÃO

WANDERLEY GIL

Acim defende a expansão da rede bancária em Macaé

Novo presidente da instituição, Cliton Silva Santos, defendeu ontem a instalação de agências em bairros populosos, como o Parque Aeroporto e a Aroeira pág. 6 WANDERLEY GIL

Veículos invadem espaço do trânsito doméstico

IMMT promove projeto de extensão “Espaço Conhecer Energia e Metrologia” recebe alunos de cursos da UFRJ pág.6

Vigário Episcopal toma posse em Macaé

Tráfego de carretas no Centro atrapalha trânsito

Padre Gelcimar Petinati assumiu Paróquia na última terça-feira Caderno Dois FRANCINEIA RODRIGUES/DIVULGAÇÃO

Lei municipal proíbe a circulação de veículos pesados em pontos da região central dependendo do horário, trafegar pelas ruas do Centro pode ser uma tarefa exaustiva, por conta da grande quantidade de veículos transitando pela região. Por conta disso, existe a lei nº 3.434/2010, que tem como objetivo disciplinar a circulação e os serviços de carga e descarga no âmbito municipal. Mas, mesmo com fiscalização nas ruas da cidade, ainda é possível fazer flagrantes desse tipo diariamente. pág. 2

COTAÇÃO

Dólar C. Dólar V.

R$ 2,4150 R$ 2,4160

TEMPO

Máxima. Mínima.

33º C 21º C

Cliton afirmou ainda que meta da Associação Comercial é dobrar número de associados nos próximos dois anos

Macaé Esporte esclarece Bombeiros encerram suspensão do STJD inscrições TIAGO FERREIRA/ASSESSORIA

Além da derrota sofrida contra o Volta Redonda, jogando no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, na noite da última quarta-feira (29), o Macaé Esporte precisou enfrentar nesta semana decisão do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva sobre suspensão da equipe em função de atraso no pagamento de multas aplicadas. pág. 8

de curso

O 9º Grupamento de Bombeiro Militar de Macaé encerra hoje as inscrições para o Curso de Noções Básicas de Prevenção e Combate a Incêndios para porteiros. O objetivo é capacitar os profissionais que atuam nas portarias dos prédios e condomínios pág. 5

Gelcimar é o pároco da Igreja de Nossa Senhora de Fátima

Vereador defende retorno de projetos

Guto se reuniu com Joelson Tavares para discutir proposta pág.3


2

MACAÉ, SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2014

Cidade

NOTA

Prefeitura divulga calendário do IPTU com desconto e isenções

VIA DO SOL

Prefeitura dá início à remoção de construções irregulares no Novo Cavaleiros Área pública, que deveria ser uma praça, ficou durante anos abandonada pelas autoridades. Situação acontece há anos Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

O

abandono e a omissão do poder público muitas vezes permitem que áreas, principalmente espaços públicos, se tornem alvos de invasões. Um caso desse tipo vem sendo relatado no jornal O DEBATE desde o final do ano passado. Há pouco mais de um mês, moradores procuraram a nossa equipe para relatar esse problema em uma praça no Novo Cavaleiros, situação que estava gerando preocupação e algumas reclamações de quem vive no entorno. Apesar disso, a situação não é um problema recente, mas vem acontecendo há alguns anos. Uma enorme área da prefeitura, localizada na Via do Sol, foi destinada para a criação da Praça do Novo Cavaleiros, porém o local virou sinônimo de abandono. A situação, além de frustrar os moradores, também agravou outro problema ainda maior, a ocupação irregular. O uso indevido do espaço fez com que moradores procurassem as autoridades cobrando uma atitude. O brinquedo que existia no local foi danificado e arrancado por vândalos. Se não fosse uma quadra em condições precárias e um vestiário, que tem servido

de moradia para pessoas em situação de rua e para o consumo de drogas, quem não conhece o lugar poderia jurar que ali era um terreno qualquer. O local foi tomado por trailer e até um ferro velho. Em 2009, a secretaria de Obras chegou a afirmar que tinha vistoriado o local e já estava tomando as devidas providências, o que não foi feito. Na última quarta-feira (29), moradores procuraram o jornal para relatar que uma equipe da prefeitura se encontrava no local para remoção dessas construções irregulares. A equipe foi até a praça ainda na parte da tarde, onde pôde comprovar que o poder público realmente começou a tomar algumas providências na área. O trabalho foi retomado ainda na manhã de ontem (30). “Eu moro a duas quadras daqui e essa seria a opção mais próxima para meus filhos virem brincar nas horas de lazer, mas acabo não deixando, e até mesmo indo para outra praça mais distante, porque é mais seguro. São anos cobrando das autoridades uma providência e até hoje só ouvimos promessas. Ver as equipes da prefeitura aqui, tomando uma atitude representa um alívio para nós. A partir de agora a gente realmente espera que a desocupação seja feita por

WANDERLEY GIL

Com as desocupações, moradores do bairro esperam que o espaço, que é público, seja revitalizado e melhor aproveitado completo e a praça seja o que ela realmente deveria ser, uma praça. Mas não adianta nada o poder público realizar apenas a remoção e depois abandonar, porque as invasões

Nº 3.434/2010

Carretas são flagradas transitando em vias da região central

jeto também para construção de uma posto de saúde aqui, o que seria ótimo”, relata uma moradora que prefere não ser identificada. A prefeitura informou, em

COMBATE

nota, que a secretaria de Limpeza Pública está executando o serviço para dar um novo ordenamento na praça. Até o momento não há o quantitativo da operação.

KANÁ MANHÃES

WANDERLEY GIL

Lei municipal proíbe a circulação de veículos com capacidade igual ou acima de 1,1 tonelada dependendo do horário, trafegar pelas ruas do Centro pode ser uma tarefa exaustiva, tudo isso por conta da grande quantidade de veículos transitando pela região. Por conta disso, existe a lei nº 3.434/2010, que tem como objetivo disciplinar a circulação e os serviços de carga e descarga no âmbito municipal. Mas, mesmo com fiscalização nas ruas da cidade, ainda é possível fazer flagrantes desse tipo quase que diariamente. A lei prevê que as vias públicas municipais fiquem divididas em dois eixos viários municipais: os Estruturais (EVE) e os de Serviços (EVS). Os Estruturais são aqueles que permitem o tráfego intenso e pesado, que assegurem a circulação dos veículos maiores entre as zonas industriais. Já os de Serviço são destinados ao tráfego de veículos direcionado ao comércio e serviços complementares ao uso residencial. No caso do Centro, são consideradas EVS as seguintes vias: Rua Dr. Télio Barreto, Rua Alfredo Backer, Rua Tenente Coronel Amado, Rua Velho Campos, Rua Teixeira de Gouveia, Av. Papa João XXIII, Av. Rui Barbosa, Rua São João, Av. Presidente Feliciano Sodré, Rua João Cupertino, Rua Vereador Abreu Lima, Rua Vereador Manoel Braga, Rua Silva Jardim, Rua Marechal Deodoro, Rua Conde de Araruama, Rua Manoel Joaquim Reis, Rua Governador Roberto Silveira. Na semana passada, a equipe de reportagem flagrou uma carreta transitando pela Aveni-

vão voltar. Esperamos que esse espaço seja aproveitado da melhor maneira possível, que beneficie a todos os moradores. Um vizinho meu já comentou que existe um pro-

Calçada na rua dos Eucaliptos, na Aroeira, é um exemplo do desrespeito vivido na cidade

Mesmo com fiscalização, flagrantes desse tipo são feitos quase que diariamente nas vias do Centro da Papa João XXIII, seguindo o trajeto pela Rua Teixeira de Gouveia, ou seja, ambas EVS. Segundo a lei, esse tipo de veículo não deveria estar trafegando por ali. A mesma situação foi presenciada na manhã desta quintafeira (30), só que na Rua Vereador Abreu Lima. Além de estar transitando por local proibido, a carreta ficou parada em cima do cruzamento, impedindo que os outros motoristas na Rua Dr. Francisco Portela pudessem seguir caminho. Nesse caso, o motorista também cometeu uma infração, prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). De acordo com o Art. 45, “mesmo que a indicação luminosa do semáforo lhe seja favorável, nenhum condutor pode entrar em uma interseção se houver possibilidade de ser obrigado a imobilizar o veículo na área do cruzamento, obstruindo ou impedindo a passagem do trânsito transversal”.

Parar na área de cruzamento de vias, prejudicando a circulação de veículos e pedestres é considerada uma infração média e o motorista pode ser penalizado com multa. Esse projeto de lei foi uma proposta apresentada, na época, pela secretaria de Mobilidade Urbana, com a intenção de ordenar as atividades no município em razão do crescimento do trânsito de veículos de cargas. Pelo que se vê, este tipo de serviço vem crescendo em larga escala, tornando o exercício da atividade uma situação preocupante. A lei municipal regulamenta o tráfego e a permanência de veículos para carga e descarga, com capacidade igual ou acima de 1,1 tonelada, nas vias públicas municipais. Recentemente, a prefeitura chegou a informar que a fiscalização já é feita e os casos irregulares são autuados e estão sujeitos às penalidades previstas em lei.

População ainda não tem feito seu papel no combate à dengue Terrenos baldios e calçadas ainda são alvos frequentes de descarte irregular mesmo com a ausência de chuvas, os cuidados com a dengue não podem ser deixados de lado, principalmente no verão. Apesar da baixa precipitação, é nessa época do ano que os casos da doença aumentam. Segundo a secretaria de Estado de Saúde, as ações de controle e combate à dengue devem se tornar um hábito e ser incorporadas na rotina doméstica de todos os cidadãos. Estudos apontam que o ambiente doméstico concentra até 80% dos focos do mosquito. Diante disso, se você ainda não tornou a prevenção em uma hábito na sua rotina, não perca tempo. Especialistas dizem que dedicar apenas 10 minutos por semana pode proteger a sua família e seus vizinhos. Entre as dicas estão: não deixe água

da chuva acumulada sobre a laje; mantenha fechados os depósitos de água como caixas d’água, tonéis e barris; encha de areia até as bordas os pratinhos de vasos de plantas; guarde garrafas viradas de cabeça para baixo; guarde pneus e outros objetos que podem acumular água tampados e em locais cobertos; coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira fechada. Não jogue o lixo em terrenos baldios. A prefeitura vem desde o ano passado intensificando as ações em todo município a fim de evitar que Macaé sofra um novo surto da doença, porém situações pelas ruas da cidade ainda apontam que a população ainda não tem feito o seu papel nessa luta, que é dever de todos. Na semana passada, por exemplo, moradores da rua dos Eucaliptos, na esquina com a rua das Acácias, procuraram o jornal para reclamar do desrespeito de algumas pessoas, que estão transformando o local em depósito de restos de móveis e materiais de construção. A

equipe chegou a encontrar restos de televisores no local, o que agrava ainda mais a situação. Esse é apenas um dos milhares de exemplos que podem ser vistos por toda cidade. Além da dengue, essa situação pode causar outros problemas de zoonoses, como o surgimento de ratos e baratas. Esses animais geralmente se reproduzem nesse tipo de ambiente. No caso dos ratos, além dos transtornos, esses roedores são hospedeiros de graves doenças como a leptospirose. Para o descarte de móveis antigos, entulhos, eletrodomésticos, entre outros objetos, a prefeitura orienta a população a solicitar o serviço Cata Bagulho, que faz o recolhimento desses itens. Os próprios moradores podem entrar em contato através do número (22) 2762-4667, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Para ter acesso ao serviço, basta ligar para a secretaria de Limpeza Pública e agendar. No caso dos entulhos, ela ressalta que eles só serão recolhidos pela equipe se estiverem ensacados.


MACAÉ, SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2014

Política

3

NOTA

Pezão se reuniu com vereadores que fazem parte da bancada governista na Câmara de Macaé

GESTÃO

KANÁ MANHÃES

Governo redefine metas para a saúde Antes do fim de janeiro, prefeito faz primeira suplementação dentro da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2014 Márcio Siqueira marcio@odebateon.com.br

C

om objetivo de redefinir estratégias de gestão dos recursos de R$ 71.651.813,59 destinados ao Fundo Municipal da Saúde, o governo realizou nesta semana o primeiro processo de suplementação dentro do planejamento de aplicação definido pela Lei Orçamentária Anual (LOA) deste ano. Através de decreto, R$ 19.199.620,06 foram redimensinados dentro do orçamento do Fundo de Saúde. A publicação determina a mudança de estratégia dentro do próprio planejamento do órgão. Com a anulação, recursos

destinados a procedimentos também importantes, como a manutenção das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)da Barra de Macaé e do Lagomar (R$ 2,6 milhões), e a construção de Unidades Básicas de Saúde (UBS), cerca de R$ 500 mil, reforçaram o planejamento de investimentos para a manutenção da Assistência Farmacêutica, setor que passou a contar com R$ 3,8 milhões com a alteração das metas de aplicação orçamentária. A manutenção das ações de Vigilância Epidemiológica, atividades voltadas principalmente ao combate do mosquito transmissor da dengue, o Aedes Aegypti, também recebeu reforço orçamentário. Os recursos

Recursos destinados à manutenção das duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) foram redimensionados na saúde destinados ao departamento somam R$ 800 mil. A operacionalização do Programa DST/Aids passou a contar, de R$ 55 mil como orçamento previsto inicialmente, para R$ 650 mil, através do reforço orçamentário determinado pelo decreto. Já a meta de construção e manutenção das ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, que tinha um orçamento previsto de R$ 10 mil, passou a contar com R$ 500 mil em recursos suple-

mentados dentro das verbas destinadas ao Fundo de Saúde. De acordo com a LOA deste ano, o chefe do poder Executivo fica autorizado a redimensionar até 40% do total das metas previstas para aplicação do orçamento deste ano, cuja previsão é de R$ 2,2 bilhões. A expectativa é que a partir do fim do primeiro quadrimestre, o governo mantenha processos de suplementação, aplicando os superávits de arrecadação. O procedimento deve

beneficiar três setores específicos: Saúde e Educação, que contarão com um orçamento acima do teto constitucional (15% e 25% do total de receita própria respectivamente), além da Infraestrutura, que envolve obras de manutenção de vias públicas, saneamento e intervenções em bairros. No ano passado, com o orçamento elaborado ainda pela última gestão, o novo governo encerrou 2013 com um superávit de quase R$ 200 milhões.

Além do ritmo normal de crescimento dos recursos públicos, Macaé vai ser beneficiada por dois procedimentos estabelecidos no ano passado pela secretaria municipal de Fazenda: o Refinanciamento Municipal (Refim), que busca a recuperação de parte da dívida ativa, e a alteração da taxação do Imposto Sobre Serviços (ISS) para operações marítimas. Juntos os procedimentos renderão sozinhos cerca de R$ 80 milhões de superávit.

TECNOLOGIA

Vereador defende retorno de projetos ~DIVULGAÇÃO

Guto Garcia ressaltou papel social e ambiental das Lan Houses e Fábrica da Cidadania O vereador Guto Garcia (PT) participou nesta semana de uma reunião com o subsecretário de Ciência e Tecnologia, Joelson Tavares. A pauta do encontro foi a discussão sobre as emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) apresentadas pelo parlamentar, através do chamado Orçamento Impositivo, que direcionou investimentos na ordem de R$ 200 mil para a reativação dos projetos Fábrica da Cidadania e Lan Houses Públicas. As mesmas propostas já haviam sido apresentadas pelo vereador como indicações, aprovadas em maio do ano passado. Guto Garcia apontou empresas situadas em Macaé que realizam a troca, ou manutenção, constante de computadores e máquinas que possuem componentes com potencial de reciclagem. Grande parte desse material era doado para a Fábrica da Cidadania, unidade que reunia jovens em situação de vulnerabilidade social, que recebiam a orientação de técnicos e aprendiam a reformar

microcomputadores e a reciclar o hardware através do curso/ estágio prático de montagem e manutenção de PCs. O parlamentar lembrou ainda que os computadores já reformados e montados eram colocados nas comunidades em escolas e associações, que recebiam as unidades das Lan

Houses públicas, viabilizando o acesso à internet nos bairros. Os programas foram implantados quando o vereador foi secretário municipal de Ciência e Tecnologia na gestão passada, ganhando prêmios na área de Tecnologia de Informação (TI) e sendo também referência a nível estadual e federal, como foi o

caso da Fábrica Verde do secretário de Estado de Meio Ambiente, Carlos Minc, criada após conhecer os programas em Macaé. A Fábrica da Cidadania chegou a gerar 30 lan houses e qualificou mais de mil jovens na montagem e manutenção de micros. “Além do grande alcance so-

Guto solicitou retorno de projetos que já estão sendo analisados pelo subsecrtário Joelson Tavares

cial do projeto, proporcionando uma oportunidade de profissionalização a jovens de áreas carentes, a reativação da Fábrica da Cidadania e das Lan Houses contribuem também com a redução do risco desses componentes serem descartados no meio ambiente, situação registrada de forma constante em

Macaé”, salientou Guto Garcia. O subsecretário, Joelson Tavares afirmou que os programas são interessantes e que a equipe analisa a reimplantação da Fábrica e das Lan Houses públicas. “Estamos estudando os programas e seus formatos para adequar a implantação”, apontou Joelson Equipadas com os computadores reciclados nas aulas práticas do curso/estágio prático de montagem e manutenção de microcomputadores da Fábrica de Cidadania, as Lan Houses ofereciam Internet gratuita à população e algumas tiveram até cursos de Informática Básica. Os monitores eram escolhidos entre alunos formados no curso/estágio prático de montagem e manutenção de microcomputadores da Fábrica de Cidadania. Eles davam suporte necessário aos usuários e eram responsáveis pela manutenção das máquinas. Para Guto Garcia a inclusão digital da população continua sendo uma política pública fundamental para Macaé. “Tenho certeza que estamos trabalhando lado a lado com o governo em prol do bem comum”, apontou o parlamentar.

DESENVOLVIMENTO

Prodesmar é pauta de lideranças do PT Danilo Funke e Jorge Bittar discutiram o andamento de projetos para a região o deputado federal do PT, Jorge Bittar, se reuniu com o vice-prefeito Danilo Funke (PT). No encontro, as lideranças petistas discutiram a importância do andamento de projetos previstos pelo Plano de Desenvolvimento Social de Macaé e Região (Prodesmar) que envolvem questões relativas à qualificação profissional e à mobilidade urbana. No encontro, Bittar destacou a parceria da Petrobras na pro-

moção de cursos destinados a garantir a integração da população macaense, e da região, no mercado de trabalho voltado principalmente à indústria do petróleo. Danilo destacou a importância do Prodesmar para o desenvolvimento social e econômico do município, além de apresentar ao deputado federal os projetos desenvolvidos pelo Centro de Educação Tecnológica e Profissional (Cetep). "O Prodesmar é fruto de um trabalho político, de lideranças do PT que buscaram a Petrobras como parceira. Essa iniciativa deve ser fortalecida, para o desenvolvimento social e

econômico de Macaé e da nossa região", afirmou. Durante a reunião, Danilo propôs a Bittar a elaboração de proposta de projeto que facilite o deslocamento de pessoas entre Macaé e Rio das Ostras. O deputado federal propôs a interligação através da implantação de transporte ferroviário de massa, proposta defendida pelo governo federal. As lideranças petistas discutiram também estratégias relativas à proposta de reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT), além de reforçar o nome do senador Lindbergh Farias como pré-candidato do PT à sucessão do governo do Estado.

DIVIULGAÇÃO

Danilo e Bittar analisaram projetos relativos ao processo eleitoral deste ano


4

MACAÉ, SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2014

Opinião EDITORIAL

NOTA

Jiboia de dois metros é devolvida a seu habitat pela Guarda Ambiental

FOTO LEGENDA

Participação necessária

KANÁ MANHÃES

Quem participa do cotidiano de Macaé percebe uma triste constatação: a dificuldade de grande parte da população em contribuir com medidas que ajudam a amenizar os problemas registrados na rotina da Capital Nacional do Petróleo.

A

situação interfere em quase todos os procedimentos voltados ao dia a dia da população na cidade. E fica a pergunta no ar: o que fazer para transformar o respeito como solução dos transtornos de Macaé? Como reflexo da indiferença dos antigos administradores da cidade, que não se comprometeram em desenvolver medidas de orientação e, em alguns casos, até mesmo punitivas, para garantir a aplicação do conceito necessário de “Ordem Pública”, hoje o “jeitinho brasileiro” é que mais se aplica no cotidiano da população macaense, uma forma de fugir dos problemas que acometem a rotina de todos os mais de 220 mil habitantes, segundo o último levantamento do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A lamentável realidade pode ser identificada principalmente no cotidiano do trânsito da cidade. Práticas como avanço de sinal, mudança de faixas sem sinalização, estacionamento de carros em pontos proibidos ou em vagas preferenciais, o desrespeito ao motociclista, ao ciclista e ao pedestre não são registrados apenas em determinados momentos. Apesar de condenadas pelo Código de Trânsito, essas medidas acabam sendo parte do manual seguido por grande parte dos mo-

toristas, seja de carro de passeio, caminhonetes e caminhões, que enfrentam a verdadeira guerra do trânsito da cidade. A destruição do patrimônio público, onde estruturas de praças, como bancos, lâmpadas e brinquedos, são quebrados devido ao mau uso, gerando assim ônus aos cofres públicos, a depredação de pontos de ônibus, cujas proteções são arrancadas, vidros estilhaçados e bancos utilizados como espaços para a colagem de propagandas, as papeleiras (lixeiras) são arrancadas sem nenhum tipo de finalidade, essas e outras atitudes ainda recorrentes em Macaé só geram o atraso no processo defendido pela própria população que hoje vai às ruas nas mobilizações populares. Não é possível mais aceitar que, na cidade responsável pela produção de 85% do petróleo gerado no país, que recebe, a cada dois anos, representantes de todas as nações petrolíferas do mundo, que possui a segunda maior rede hoteleira do estado do Rio de Janeiro, que conta com a presença da base operacional de uma das 10 maiores empresas do mundo, a Petrobras, ainda registre situações desse tipo. Identidade cultural, zelo pela cidade, respeito ao espaço do próximo, tudo isso é importante para que Macaé viva um novo momento em sua história.

ESPAÇO ABERTO O que aprender com o varejo de cada país Período de férias é sempre bom viajar um pouco, e quando posso ir ao exterior aproveito para visitar o varejo, afinal quem trabalha com isso não consegue se livrar totalmente nem na folga, não é mesmo?

A

cabo de retornar de uma breve passagem pelos Estados Unidos, que são conhecidos como a “Meca” do consumo mundial, e sempre que tenho a oportunidade de visitar o varejo americano, me surpreendo de forma positiva e negativa ao mesmo tempo. Sim, temos muito a aprender com eles sem dúvida alguma, mas também existem coisas que já aprendemos muito bem (com os americanos inclusive), e atualmente me arrisco a dizer que podemos contribuir muito, e por que não até ensiná-los com relação a ações no PDV... Obviamente, o volume de conceitos, estratégias e táticas aplicadas no varejo americano em comparação com o brasileiro, são muito maiores e mais comuns, onde se pode perceber que já fazem parte da cultura do negócio, no dia a dia do varejo. Podemos citar exemplos como treinamento no atendimento, padronização de lojas, uniformidade e diversidade de sortimento, além de promoções através de cupons. A comparação é absolutamente injusta, pois estamos falando de um mercado totalmente maduro contra outro em absoluto desenvolvimento. Os EUA possuem cinco varejistas entre os TOP 10 mundiais e o primeiro varejista brasileiro aparece apenas na 34º posição. Sem falar nas diferenças regionais dentro do Brasil, pois a referência neste caso são os grandes centros. No entanto, ao visitar algumas lojas tanto de categorias específicas quanto nas mais genéricas, percebi que talvez o amadurecimento do mercado tenha trazi-

do uma certa acomodação versus a inquietação de um mercado em desenvolvimento onde a criatividade e vontade de fazer diferente imperam - pois o nível de atividades e ações nos PDV´s estão muito mais intensas aqui no Brasil. Além disso, acredito que apesar de o pessoal ser muito bem treinado nos EUA, temos uma maior quantidade de mão de obra no Brasil trabalhando nas lojas, o que contribui bastante para uma execução mais bem realizada nos PDV´s, além de termos uma melhor gestão dos estoques nas gôndolas. Claro que estou me referindo a um período específico do ano, mas esta visão tem sido recorrente em todas as minhas visitas aos EUA, e coincidência ou não, também é a opinião de alguns colegas do mercado, com os quais tenho conversado ao longo de minha trajetória. De toda forma, tendo a oportunidade, é importante poder visitar o varejo norte americano e entender o que está sendo realizado de diferente por lá, pois certamente o consumidor brasileiro acabará importando esta “necessidade”, e se você, varejista, puder se antecipar a isso e trouxer para sua loja este benefício com antecipação, sairá na frente de sua concorrência. Mas lembre-se que o shopper age de forma diferente em cada país e região, e suas particularidades devem ser entendidas e respeitadas. É preciso pesquisar as tendências, mas principalmente saber adaptá-las à realidade local. Marcelo Murin é administrador de empresas com especialização em marketing

Comprovando o desafio que a Nova Cedae precisa enfrentar para garantir um atendimento de qualidade à população, um vazamento foi registrado ontem bem em frente à garagem da agência regional da concessionária. Marcas no acostamento da rua Teixeira de Gouveia apontam que uma manutenção foi feita de forma recente na rede que apresenta a avaria. Além do vazamento, o buraco no asfalto atrapalha o trânsito em um dos pontos de maior tráfego de veículos no Centro da cidade.

PAINEL Offshore

Desmobilização

HPM

Dólares

Mudança

Acim

Pescado

UPAs

Política

Chama a atenção de quem circula, à noite, pela Avenida Presidente Sodré, o estacionamento de carretas longas e pesadas paradas próximas ao portão de acesso ao pátio do porto do Mercado de Peixes. Com iluminação precária, e sem a devida segurança, operações de deslocamento de contêineres, das carretas para embarcações de pequeno porte, são realizadas até a madrugada. A pergunta que não quer calar é: isso está correto? Prática que se ampliou ao longo dos últimos anos, o embarque e desembarque de peças e de profissionais que atuam nos rebocadores que atendem à indústria offshore macaense, pelo cais do porto do Mercado de Peixes, não pode mais seguir nesse tom de irregularidade. Riscos são identificados até mesmo por quem não possui conhecimento técnico. Porém, os milhares de dólares perdidos devido ao gargalo portuário falam mais alto nesse momento. Isso sem falar que as operações offshore no cais do Mercado de Peixes geram uma disputa de espaço com as embarcações pesqueiras, que chegaram primeiro ao pontal do Rio Macaé. Disputando uma área que mal atende o escoamento da produção do pescado macaense, cujo potencial de crescimento é sufocado devido à falta de infraestrutura do terminal, uma das mais antigas atividades econômicas do município segue, mais uma vez, em segundo plano.

Atividades como a registrada atualmente no Mercado de Peixes representam a demanda da indústria offshore quanto a operações de terminais marítimos, projetos que tornaram-se alvo de disputa entre as cidades do estado do Rio de Janeiro, com potencial de atender à exploração e à produção do petróleo. A matemática é simples, os procedimentos ocorrem no mercado porque as empresas estão situadas em Macaé. Se forem bem atendidas, elas ficam. Se surgir uma nova proposta, elas irão embora. Pouca coisa mudou no cenário da região Norte de Macaé. Crateras seguem abertas em vários trechos da Rodovia Amaral Peixoto (RJ 106), moradores da Barra evitam utilizar as passarelas subterrâneas para atravessar a pista porque os espaços são precários e sem segurança, carros parados atrapalham a circulação de coletivos pela faixa quase exclusiva, e os moradores da região ainda enfrentam coletivos lotados. Dentro dos R$ 65 milhões em investimentos prestados pelo Estado em Macaé, nos últimos sete anos e 1 mês, a implantação das duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), uma na Barra de Macaé, e outra no Lagomar, são apontados como os melhores projetos desenvolvidos pelo governo. Apesar de a manutenção e o custeio dos postos serem feitos pela prefeitura, o atendimento de urgência prestado pelas unidades contribui com a rede pública de saúde.

Demora na realização de cirurgias eletivas, a falta de expansão em enfermarias, e a falta de segurança para profissionais e pacientes ainda fazem parte da rotina do Hospital Público Municipal (HPM). Símbolo da demanda crescente de Macaé, e de municípios da região, o hospital deve receber neste ano investimentos para sua ampliação, que garantirá a construção de novas alas. Para o custeio, a criação de um plano regional pela saúde, ainda se faz necessário. O presidente da Associação Comercial e Industrial de Macaé (Acim), Cliton Silva Santos, apresentou ontem as propostas de trabalho da sua gestão à frente da instituição. O objetivo será propor uma integração ainda maior com o comércio da cidade, reforçando pautas junto ao poder público que contribuam com o fortalecimento do setor varejista da cidade. Cliton foi eleito no fim do ano passado por aclamação. Em meio às movimentações relativas ao processo eleitoral deste ano, partidos da cidade começam a se reestruturar, como é o caso do PC do B. De acordo com o diretor do partido, George Fonseca, o trabalho visa fortalecer as bases da legenda que força seu compromisso pela integração entre todas as forças políticas, através da representatividade da sociedade macaense. A legenda busca um posicionamento de destaque e pode até ter candidato próprio para disputar a Alerj.

EXPEDIENTE

GUIA DO LEITOR

EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias.

TELEFONES ÚTEIS:

cnpj: 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. diretor responsável: Oscar Pires. sede própria: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate). Impresso pelo Sistema Offset. circulação: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu. A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ - Agência Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. Representante: ESSIÊ PUBLICIDADE E COMUNICAÇÃO S/C LTDA. são paulo: R. Abílio Soares, 227/8º andar - Conjunto 81 - CEP: 04005-000 Telefone: (11) 3057-2547 e Fax: (11) 3887-0071 • rio de janeiro: Av. Princesa Isabel, 323 - sala 608 - CEP: 22011-901 - Telefone: (21) 2275-4141 • brasília: SCS Ed. Maristela, sala 610 / DF - CEP: 70308-900 - Telefone: (61) 3034-1745 (61) 3036-8293. tel/fax: (22) 2106-6060, acesse: http://www.odebateon.com.br/, e-mail: odebate@odebateon. com.br, comercial: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 215, e-mail: comercial@odebateon.com. br, classificados: E-mail: classificados@odebateon.com.br

POLÍCIA MILITAR: 190 POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL: 191 SAMU - SERV. AS. MED. URGÊNCIA: 192 CORPO DE BOMBEIROS: 193 DEFESA CIVIL: 199 POLÍCIA CIVIL - 123ª DP: 2791-4019 DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR): 2791-5379 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS): 2796-8330 DEL. DE POL. FEDERAL (DISQUE DENÚNCIA): 2796-8326 DEL. DE POL. FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO): 2796-8320 DISQUE-DENÚNCIA (CÂMARA DE MACAÉ): 2772-7262 HOSPITAL PÚBLICO MUNICIPAL: 2773-0061 AMPLA: 0800-28-00-120 CEDAE: 2772-5090 PREFEITURA MUNICIPAL: 2791-9008 DELEGACIA DA MULHER: 2772-0620 GUARDA MUNICIPAL: 2773-0440 ILUMINAÇÃO PÚBLICA: 0800-72-77-173 AEROPORTO DE MACAÉ: 2772-0950 CARTÓRIO ELEITORAL 109ª ZONA: 2772-9214 CARTÓRIO ELEITORAL 254ª ZONA: 2772-2256 CORREIOS - SEDE: 2759-2405 AG CORREIOS CENTRO: 2762-7527 TELEGRAMA FONADO: 0800-5700100 SEDEX: 2762-6438 CEG RIO: 0800-28-20-205 RADIO TAXI MACAÉ 27726058 CONSELHO TUTELAR I 2762-0405 / 2796-1108 plantão: 8837-4314 CONSELHO TUTELAR II 2762-9971 / 2762-9179 plantão: 8837-3294 CONSELHO TUTELAR III 2793-4050 / 2793-4044 plantão: 8837-4441


MACAÉ, SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2014

Polícia

5

NOTA

Acidente entre caminhão e carro em Casimiro de Abreu mata uma pessoa

INVESTIGAÇÃO

Empresário pode ter sido vítima de crime passional Segundo o delegado de Polícia de Macaé, Filipi Poeys Lima, uma das linhas de investigação é de crime passional ARQUIVO

Daniela Bairros danielabairros@odebateon.com.br

O

empresário Robson Afonso Campos, 51 anos, que era proprietário de um supermercado no bairro Aroeira, pode ter sido vítima de crime passional. Foi o que informou ontem (30) o delegado de Polícia de Macaé, Filipi Poeys Lima. “Na verdade, trabalhamos também com outras hipóteses, mas não posso dar maiores detalhes justamente para não atrapalhar as investigações. Pode ter sido crime passional, porque o empresário foi morto à noite, os cachorros do sítio onde ele estava não latiram e a televisão da sala estava ligada, mas ainda não posso afirmar nada.” Poeys disse ainda que o irmão da vítima, o “Maninho”, vai prestar depoimento nos próximos dias, além da exmulher do empresário. “Já ouvimos os dois caseiros que trabalhavam no sítio, mas também não posso revelar detalhes dos depoimentos. Recolhemos material no local do crime e os encaminhei à perícia. Agora, aguardo o laudo da necrópsia”.

Informações divulgadas no início da semana pela Polícia Militar dão conta que um veículo com dois homens foi visto no sítio, no bairro Cantagalo, em Rio das Ostras. O delegado

não confirmou a informação. Segundo a PM, Robson Afonso foi morto a golpes de facão e pauladas, porém, as armas do crime não foram encontradas. O crime aconteceu na madrugada

da última segunda-feira (27) em um sítio na Estrada Califórnia. Um dos caseiros declarou à reportagem do Jornal O DEBATE que ele encontrou o empresário morto na varanda por

INSTRUÇÃO

Inscrições para curso terminam hoje no 9º Grupamento de Bombeiros ARQUIVO

Inscrições começaram na última segundafeira (27) e terminam hoje. Objetivo é treinar os profissionais que atuam em portarias com noções básicas de prevenção e combate a incêndios O 9º Grupamento de Bombeiros Militar de Macaé encerra hoje as inscrições para o Curso de Noções Básicas de Prevenção e Combate a Incêndios para porteiros. O objetivo é capacitar os profissionais que atuam nas portarias dos prédios e condomínios residenciais com informações sobre prevenção e combate a princípios de incêndios, aumentando a segurança dos locais onde trabalham. O curso terá duração de três dias, com uma carga horária de 12 horas/aula, e envolverá assuntos como prevenção e combate a incêndios, utilização e aplicação de aparelhos extintores, linhas de mangueiras, procedimentos de abandono de edificação, orientações sobre retirada de pessoas presas em cabine de elevador, entre outros. Além dos conhecimentos teóricos, os alunos receberão instruções práticas,

que incluirão atividades como demonstração de experiências físico-química de fenômenos da combustão, treinamento de armação de mangueiras a partir da caixa de incêndio, prática de combate a incêndios com aparelhos extintores e treinamento de procedimentos de emergência envolvendo escapamento de gás. Todos os grupamentos ofe-

recerão os cursos e cada um dos 28 grupamentos formará pelo menos duas turmas de 10 a 30 alunos por mês. Com isso, a iniciativa alcançará pelo menos 1100 alunos-porteiros. O primeiro período de curso está previsto para 10 a 14 de fevereiro e os participantes receberão um certificado. Os interessados devem se dirigir ao 9º GBM, na Rua Al-

Inscrições terminam hoje e devem ser feitas na sede do 9º Grupamento de Bombeiros Militar

fredo Becker, nº 290, Centro - Macaé, para realizar sua inscrição. É necessário apresentar a carteira de identidade e o CPF com cópia e os dados do prédio em que trabalha. Para realizar a inscrição é necessário fornecer dados da edificação, como Nome, CNPJ, Endereço, nome do síndico e telefone; dados do Porteiro, Nome, CPF, identidade, endereço, telefone, e-mail.

Assassinato de empresário continua sendo investigado pela Polícia Civil

volta das 6h30 de segunda-feira, com ferimentos na cabeça. Ele disse ainda que ninguém foi visto nos arredores do sítio. Ainda segundo ele, o empresário ia esporadicamente ao lugar.

Menor é baleado no Lagomar um menor de 17 anos foi baleado com três tiros na tarde da última quarta-feira (29) no bairro Lagomar. Policiais militares faziam patrulhamento e foram acionados ao HPM (Hospital Público Municipal) de Macaé, de onde receberam informações de que um adolescente havia dado entrada na unidade hospitalar vítima de disparos de arma de fogo. Os policiais militares constataram que o menor foi atingido no pescoço, nas nádegas e na coxa direita. Em depoimento aos policiais, o adolescente declarou que quatro homens, ocupando duas motos, efetuaram os disparos contra ele e, em seguida, fugiram tomando rumo ignorado. O menor continua internado e com estado de saúde estável. O adolescente disse ainda que a tentativa de homicídio ocorreu na Rua W 18, esquina com a W 11.

HOMENAGEM

Comissão de Assuntos e Pesquisa Racial realiza 6º Presente das Águas Evento será realizado no próximo domingo, dia 2, às 10h com saída em frente à Lira dos Conspiradores dia 2 de fevereiro celebra-se o Dia de Iemanjá, Rainha das Águas. Macaé é privilegiada por ser cercada de água, que para nós, gera trabalho e riqueza. Para muitos, é hora de agradecer por tudo o que o mar nos proporciona. Para celebrar a data, a Comissão de Assuntos e Pesquisa dos Direitos Étnicos-Raciais realiza no próximo domingo, dia 2, o tradicional Presente das Águas, que nesse ano, está em sua sexta edição. Segundo a historiadora e integrante da comissão, Kátia Magalhães, o evento terá início às 10h, com concentração em frente à Lira dos Conspiradores. Em seguida, o público fará um cortejo até o cais do porto, de onde poderão levar

suas oferendas. Será uma festa aberta ao público. Não importa a religião. “Podem participar todas as pessoas, que de alguma forma agradecerão tudo o que o mar proporciona a Macaé, ou seja, trabalho e riqueza. Devemos agradecer à Iemanjá tudo aquilo que temos, essa natureza maravilhosa, pensando melhor como cuidar do Meio Ambiente. Será um ato litúrgico que vai reunir também simpatizantes de religiões africanas. Todos estão convidados a celebrar o dia da Rainha das Águas e agradecê-la por tudo de maravilhoso que nos dá através do mar”. Ainda segundo Kátia, 200 pessoas são esperadas para o evento. “Posso afirmar que são pessoas que zelam pelo planeta, pelo amor, pela natureza e nesse domingo, por meio de um olhar cultural, poderão agradecer à Rainha das Águas, por tudo o que ela nos tem dado”. DIVULGAÇÃO

FLAGRANTE

Menores são apreendidos com drogas no Lagomar Segundo a PM, dois menores, um de 15 e outro de 17 anos, portavam cigarros de maconha e sacolas com cocaína Dois menores, sendo um de 15 e outro de 17, foram

apreendidos com drogas na última quarta-feira (29) no bairro Lagomar. Policiais militares faziam patrulhamento pela Rua W 26, onde se depararam com os dois adolescentes em atitudes suspeitas. Segundo a PM, os menores estavam em

uma moto Honda Titan 150 de cor preta, mas sem placa. Ao abordarem os menores, os policiais encontraram em poder deles, quatro pontas de cigarro de maconha e uma sacola de cocaína. Os adolescentes confessaram ser usuários de drogas. O en-

torpecente foi apreendido e encaminhado à 123ª Delegacia de Polícia. A motocicleta também foi apreendida e levada ao pátio do Programa Rodando Legal. Depois de prestarem declarações à autoridade policial, os menores foram liberados.

Presente das Águas realizado em 2012 atraiu milhares de pessoas no Dia de Iemanjá OBITUÁRIO

› MARIA INÁCIA DE SOUZA, 103

anos, solteira, Barreto. O sepultamento ocorreu ontem (30) às 14h30 no Cemitério Memorial da Igualdade.

› BENEDITA DAS GRAÇAS MARTINS, 73 anos, casada, Village Rio das Ostras. O sepultamento ocorreu ontem (30) às 15h15 no Cemitério Memorial da Igualdade.


6

MACAÉ, SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2014

Economia

NOTA

Após a primeira reunião com a diretoria da Associação Comercial de Macaé - Acim, o novo presidente eleito, Aristóteles Clinton da Silva, promoveu uma coletiva de imprensa para anunciar as suas propostas futuras para o ano que se inicia.

COMÉRCIO

Novo presidente da Associação Comercial e Industrial inicia gestão Uma das principais propostas é a descentralização dos bancos no Centro da cidade Patrícia Mendes patriciamendes@odebateon.com.br

A

pós a primeira reunião com a diretoria da Associação Comercial e Industrial de Macaé - Acim, o novo presidente eleito, Aristóteles Clinton da Silva, promoveu uma coletiva de imprensa para anunciar as suas propostas futuras para o ano que se inicia. Dentre os seus projetos anunciados estão a expansão da associação através da formação de novos núcleos, descentralizar agências bancárias, implantação de um novo sistema de proteção ao crédito e adequação de vagas para espaços comerciais. “Nosso objetivo é dobrar o número de associados que temos atualmente até 2016, quando a Acim completará 100 anos”, declarou o novo presidente, informando que atualmente o número de associados contribuintes chega a 400 de um total de 900 associados. De acordo com ele, a maioria de seus associados está no Centro da cidade e isso dificulta a atuação da associação em prol dos comerciantes

de outras regiões da cidade. Até o mês de abril, Clinton anunciou a instalação de núcleos no bairro Parque Aeroporto, Lagomar e Aroeira, através de parcerias com proprietários de comércio ativistas na causa comercial. Uma das principais causas que a associação irá adotar inicialmente é tentar a instalação de agências bancárias da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil em bairros populares como Aeroporto e Aroeira. De acordo com o presidente, a área norte da cidade concentra quase a metade da população, cerca de 100 mil habitantes. Além disso, Clinton destaca os prejuízos da centralização dos bancos. “A concentração das agências bancárias é prejudicial para a mobilidade urbana e principalmente para os beneficiados dos Programas Nacionais que usam os dois bancos para receber pagamentos”, explica, completando que irá enviar cartas de solicitação para a presidência e gerência das agências com urgência. O comércio do Centro da cidade está cada vez mais sufoca-

WANDERLEY GIL

do e tentar amenizar os transtornos dos comerciantes nessa área também é um dos focos da nova presidência. “Atualmente, para se construir uma área de 200 m² é obrigatório disponibilizar quatro vagas de veículos”, reclama. Para ele, é necessário rever essa questão e tentar entrar em um acordo entre comerciantes e governo municipal. A implantação de um novo sistema de proteção ao crédito também faz parte das pautas. “Os comerciantes irão fazer consultas de SPC dos clientes pela internet através do novo sistema”, anuncia. A previsão é que na segunda quinzena de março o serviço já esteja disponível para os comerciantes. A Acim é uma instituíção que possui o papel de unir forças empresariais de Macaé, em prol da evolução socioeconômica da região e também da convergência de interesses entre poder público e a iniciativa privada. “Nosso principal objetivo é elevar ainda mais o nome da nossa instituição, fazendo com que o setor empresarial e comercial ganhe ainda mais força na cidade”, Novo presidente da Acim anuncia em coletiva querer dobrar o número de associados até 2016 finalizou o novo presidente.

EDUCAÇÃO

EDUCAÇÃO

Colônia de pescadores faz entrega de kit escolar WANDERELY GIL

350 estudantes são beneficiados com material escolar gratuito as aulas da maioria dos alunos das escolas começam na semana que vem, por isso, a Colônia de Pescadores de Macaé promoveu, em parceria com a Petrobras, a entrega de materiais escolares para todos os filhos dos pescadores associados, durante a tarde de ontem (30). São mais de 350 crianças que serão beneficiadas com o kit, que contém mais de 20 itens, entre lápis, mochila, conjunto de hidrocores, tesouras e cadernos. Essa iniciativa tem como principal objetivo diminuir os custos dos pescadores e incentivar o estudo. “Para os pescadores que possuem mais de 4 filhos, essa doação é muito significativa”, comenta Marcelo Pereira, presidente da Colônia. Cada item custa em média R$100, caso o pescador possua mais de 4 filhos, a economia passa a ser de R$400, no mínimo. Vilson Carvalho, pescador há mais de 25 anos, tem uma filhinha chamada Alice, de 11 anos. Para ele, essa

Projeto de extensão está sendo desenvolvido no IMMT - Macaé

Famílias chegam a economizar R$100 por filho com o kit escolar doação ajuda bastante a sua família. “Esse ano só vou comprar um caderno de 12 matérias, é a única coisa que falta”, comemora. A entrega acontece há 5 anos e todos os pescadores associados devem se dirigir à Colônia de

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ FUNDAÇÃO DE ESPORTES E TURISMO DE MACAÉ EXTRATO DO CONTRATO I - Espécie: Contrato para prestação de serviços - Processo nº: 200712/ 2013. II - Objeto: Realização da 1ª Etapa do Campeonato Sul Americano de Vôlei de Praia nos dias 23 a 27 de janeiro de 2014, incluindo insumos, despesas de estrutura (arena), equipamentos, materiais esportivos, hospedagem, logística, produção, tributos e demais encargos indispensáveis ao perfeito cumprimento das obrigações decorrentes do contrato - Contrato nº. 002/2014. III - Modalidade de Licitação: Inexigibilidade nº 001/2014. IV - Crédito: Programa de Trabalho nº 133920102.1.284 - Elemento de Despesa: 3.3.90.39.00.00 - Outros Serviços de Terceiros P.J. - Código Reduzido nº 276. V - Empenho: nº 0002/2014 - Ordinário VI - Valor do Contrato: R$ 508.456,05 VII - Prazo de vigência: A partir da data de assinatura até o dia 27 de janeiro de 2014. VIII - Partes: Fundação de Esporte e Turismo de Macaé - FESPORTUR e Confederação Brasileira de Voleibol - CBV.

Pescadores para receber o material escolar, portando os documentos de identificação dos filhos, inclusive a comprovação de escolaridade, com xerox. As doações continuam a acontecer nos próximos 15

dias até todos os cadastrados estarem com os kits em mão.“Agradeço a colaboração da Petrobras por todos esses anos ajudando os pescadores e beneficiando tantas famílias”, fala Marcelo, grato pela doação.

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ FUNDAÇÃO DE ESPORTES E TURISMO DE MACAÉ EXTRATO DO CONTRATO I - Espécie: Contrato para prestação de serviços - Processo nº: 200014/2014. II - Objeto: Contratação de empresa para realização de apresentação artística do cantor Luan Santana em palco fixo, incluindo cachê, hospedagem, alimentação, transporte, camarim, carregadores, produção e tributos - Contrato nº. 005/2014. III - Modalidade de Licitação: Inexigibilidade nº 003/2014. IV - Crédito: Programa de Trabalho nº 133920102.1.284 - Elemento de Despesa: 3.3.90.39.00.00 - Outros Serviços de Terceiros P.J. - Código Reduzido nº 276. V - Empenho: nº 0011/2014 - Ordinário VI - Valor do Contrato: Cachê: R$ 180.000,00 - Hospedagem: R$ 11.250,00 - Alimentação: R$ 4.000,00 - Transporte: R$ 5.400,00 Camarim: R$ 3.650,00 - Carregadores: R$ 1.600,00 - Produção: R$ 27.000,00 - Tributos: R$ 49.129.55. VII - Prazo de vigência: A partir da data de assinatura até o exeaurimento do objeto. VIII - Partes: Fundação de Esporte e Turismo de Macaé - FESPORTUR e Candelabro Entretenimento LTDA - ME.

Macaé, 17 de janeiro de 2014.

Macaé, 29 de janeiro de 2014.

ANTÔNIO LUIZ PINHEIRO SANTOS Presidente da FESPORTUR

ANTÔNIO LUIZ PINHEIRO SANTOS Presidente da FESPORTUR

Alunos de escolas públicas e privadas serão beneficiados com aulas o projeto de extensão universitária “Espaço Conhecer - Energia e Metrologia” - ECEM - foi aprovado pela Câmara Provisória de Extensão do Campus UFRJ-Macaé em dezembro de 2013. O objetivo do projeto é servir como espaço interativo e lúdico, de forma que o alunos visitantes possam aprender de forma mais fácil e simples. A previsão é que em março o projeto seja iniciado oficialmente. O ECEM IMMT-UFRJ foi criado para atender as demandas de ensino e aprendizagem, principalmente de alunos e professores de escolas públicas do ensino fundamental e médio. Serão apresentadas palestras, exibidos slides e demonstrações do funcionamento básico de aparelhos existentes numa estação meteorológica e de equipamentos simples de produção de energia. Todas as atividades serão executadas nas dependências do IMMT Macaé, sob a coordenação do técnico em assuntos educacionais, Marcelo Brandão, do Campus UFRJ - Macaé. Após a aprovação do projeto, o presidente do IMMT, Eduardo Neiva, disponibilizou parte da estrutura física, logística e de recursos humanos do instituto para ser usada nas atividades de ensino-aprendizagem da Equipe ECEM.

De acordo com Eduardo Neiva, o projeto vai ajudar os alunos a se desenvolverem em diversas matérias nas escolas. “De certo modo, inclusive as atividades desenvolvidas pela Equipe ECEM poderão contribuir para a melhoria do rendimento escolar das disciplinas de Geografia, Matemática, Física, Química, entre outras”, explica. Além de alunos, a equipe ECEM pretende convidar também professores, principalmente do curso de Engenharia do Campus UFRJMacaé para participar das atividades do projeto. “O nosso objetivo é sempre construir esse espaço de intercessão entre a comunidade local e a prática científica. O encontro entre a ciência e a população é muito importante como forma de democratizar os espaços públicos e científicos”, comenta Eduardo. Em razão da parceria de trabalho entre o IMMT e o ECEM, mediante análise e aprovação da Câmara Provisória de Extensão do Campus UFRJ-Macaé, o ECEM deverá ter também uma versão das atividades da Metrologia, onde os educandos poderão visualizar os tipos de testes para a certificação das instrumentações utilizadas nas outras pesquisas tais como a própria Metereologia. O objetivo é que os mesmos reconheçam a importância de se ter toda a instrumentação científica calibrada para a garantia dos resultados das pesquisas. DIVULGAÇÃO

O Projeto está na fase estruturante e tem previsão para ser apresentado e iniciado oficialmente no mês de março


MACAÉ, SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2014

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Gabinete do Prefeito

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Educação

METAS BIMESTRAIS DE ARRECADAÇÃO - EXERCÍCIO 2014

COMUNICADO MEDIANTE EXPRESSA AUTORIZAÇôDO EXMO. PREFEITO MUNICIPAL SR. AMARO FERNANDES DOS SANTOS. O PERÍODO PARA LIBERAÇÃO DO REQUERIMENTO DE PRÉQUALIFICAÇÃO DE BOLSA UNIVERSITÁRIA, SERÁ DO MES DE DEZEMBRO A 28 DE FEVEREIRO DE 2014. O REQUERIMENTO JÁ SE EM CONTRA A DISPOSIÇÃO NA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO NO SETOR DE BOLSA, PARA AQUELES QUE SE ENQUADRAREM ÁS EXIGÊNCISA LEGAIS PARA PARTICIPAR DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO PARA O ANO DE 2014. MAIORES INFORMAÇÕES LIGUE : 27689543 OU 999811869 . WALDENY BARCELOS BRAGA SOBRINHO SECRETARIO DE EDUCAÇÃO

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Administração Gabinete do Prefeito PORTARIA Nº 3872/14 O PREFEITO MUNICIPAL DE CARAPEBUS, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO o IV Processo Seletivo Simplificado; CONSIDERANDO o processo 322/14 de 16/01/14, do Gabinete do Prefeito - GAB; CONSIDERANDO a Lei Municipal nº 547 de 03/04/13, publicada no jornal O Debate de 06/04/13. CONSIDERANDO, ainda, que os serviços a serem executados são de excepcional interesse público. RESOLVE: Art. 1º - CONTRATAR, pelo período de 01 (um) ano a contar de 20/01/ 14, os servidores relacionados no anexo I. Art. 2º - A presente contratação é para atender as necessidades do Município de Carapebus, nos termos do, art. 5°, III da Lei Municipal n° 547/13. Art. 3º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Carapebus, Gabinete do Prefeito, em 30 de janeiro de 2014. Amaro Fernandes dos Santos Prefeito Municipal ANEXO I MEDICO JORNADA AMBULATÓRIO (CARIOLOGISTA) 1 9 ICARO NUNES GALIAÇO MEDICO JORNADA PLANTÃO (PEDIATRA) 01 36 SORAYA DE JESUS GOUVEIA MEDICO JORNADA PLANTÃO (CLÍNICO) 01 29 TIAGO MESQUITA ZAMBOIM REIS

1º BIM

2º BIM

3º BIM

4º BIM

5º BIM

6º BIM

TOTAL

1112.02.00 IMP. SOB. A PROP. PREDIAL TERRITORIAL URBANA

36.282,96

34.455,46

33.423,56

35.035,19

36.631,08

40.248,34

216.076,58

1112.04.31 IRRF SOBRE REDIMENTOS DO TRABALHO

61.082,82

58.006,21

56.268,98

58.982,18

61.668,89

67.758,58

363.767,66

1112.04.34 IRRF SOBRE OUTROS RENDIMENTOS

45.943,65

43.629,57

42.322,91

44.363,65

46.384,46

50.964,85

273.609,10

CONTA

DESCRIÇÃO

1112.08.00 IMP.TRAN.INTERVIVOS DE BENS IM. DE DIR. REAIS

17.792,39

16.896,23

16.390,20

17.180,52

17.963,11

19.736,93

105.959,38

1113.05.01 IMPOSTO S/ SERV. QUALQUER NATUREZA-ISSQN

233.138,38

221.395,70

214.765,12

225.120,77

235.375,26

258.618,16

1.388.413,39

1113.05.02 ISSQN - PESSOA JURIDICA

127.563,52

121.138,42

117.510,44

123.176,62

128.787,44

141.504,98

759.681,41

3.675,07

3.489,96

3.385,44

3.548,68

3.710,33

4.076,72

21.886,20

188,23

178,74

173,39

181,75

190,03

208,80

1.120,94

6.720,94

6.382,42

6.191,27

6.489,81

6.785,42

7.455,47

40.025,33

1121.25.00 TAXA DE LICENÇA PARA FUNC. DE ESTABEL. COMERC 1121.29.00 TAXA DE LICENCA PARA EXECUCAO DE OBRAS 1121.99.03 TAXA DE COLETA E REMOCAO DE LIXO 1122.99.02 SEGUNDA VIA - IPTU / ALVARA

175,47

166,64

161,64

169,44

177,16

194,65

1.045,00

1220.29.00 CONTRIBUIÇÃO CUSTEIO SERV. ILUMINAÇÃO PUBLICO

89.043,78

84.558,83

82.026,38

85.981,57

89.898,12

98.775,40

530.284,08

1325.01.01 REC. DE REMUN.DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS ROYALTIE

17.669,37

16.779,40

16.276,87

17.061,72

17.838,90

19.600,46

105.226,72

1325.01.02 REC. DE REMUN.DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS FUNDEB

5.807,50

5.514,99

5.349,82

5.607,78

5.863,22

6.442,21

34.585,53

1325.01.03 REC. DE REMUN.DE DEP. BANCÁRIOS FUNDO DE SAUD

811,42

770,55

747,47

783,51

819,20

900,10

4.832,24

1325.01.05 REC.REM.DEP.BANC.REC.VINC.-MANUT.DESEN.ENSINO

175,47

166,64

161,64

169,44

177,16

194,65

1.045,00

10.328,56

9.808,34

9.514,59

9.973,37

10.427,66

11.457,38

61.509,89 2.148,67

1325.01.06 REM.DEP.BANC.-QESE 1325.01.08 REM. DEP. BANC. - PNAE

360,80

342,63

332,36

348,39

364,26

400,23

1325.01.09 REM. DEP. BANC. - PNTE

350,95

333,27

323,29

338,88

354,31

389,30

2.090,00

1325.01.10 REM. DEP. BANC. - TFAF

1.986,50

1.886,44

1.829,94

1.918,18

2.005,56

2.203,60

11.830,22

1325.01.11 REM. DEP. BANC. - PAB

4.425,47

4.202,57

4.076,71

4.273,28

4.467,93

4.909,13

26.355,08

1325.01.12 REM. DEP. BANC. - PACS 1325.01.14 REM. DEP. BANC. - PSF

1.849,44 227,99

1.756,29 216,51

1.703,69 210,02

1.785,84 220,15

1.867,19 230,18

2.051,57 252,91

11.014,03 1.357,75

METAS BIMESTRAIS DE ARRECADAÇÃO - EXERCÍCIO 2014 CONTA

DESCRIÇÃO

1325.01.16 REM. DEP. BANC.-MAC

1.416,69

1.481,22

1.627,49

8.737,30

3.303,09

3.453,55

3.794,58

20.371,51

1325.01.25 REM. DEP. BANC.- BOLSFM/IGD/FNAS

31,58

29,99

29,09

30,49

31,88

35,03

188,07

1325.01.30 REM. DEP. BANC. - PEJA

366,94

348,46

338,02

354,32

370,46

407,04

2.185,23

1325.01.31 REM. DEP. BANC. - CIDE

1.551,59

1.473,44

1.429,31

1.498,23

1.566,47

1.721,16

9.240,20

1325.01.32 REM. DEP. BANC. - PRE-ESCOLAR

216,09

205,21

199,06

208,66

218,17

239,71

1.286,91

1325.01.34 REM.DEP.BANC - PSB/PETI/FNAS

80,82

76,75

74,45

78,04

81,60

89,65

481,32

1325.01.40 REM.DEP.BANC - PSB/PBF/FNAS

432,67

410,88

398,57

417,79

436,82

479,96

2.576,69

1325.01.41 REM. DEP.BANC CONVENIO SOMANDO FORCA 1325.02.99 REMUN.DE OUTROS DEP. DE RECURSOS N VINCULADOS

1.228,59

1.287,83

1.346,49

1.479,46

7.942,59

1.819,67

1.902,56

2.090,43

11.222,66

1600.46.00 SERVICOS DE CEMITERIO

1.525,53

1.448,70

1.405,31

1.473,07

1.540,17

1.692,26

9.085,04

33,54

31,85

30,90

32,39

33,86

37,21

199,75

1.730.825,00 1.643.647,05 1.594.421,43 1.671.302,03 1.747.431,59 1.919.987,48

10.307.614,58

1600.99.02 SERVICOS DE BAIXA DE CADASTRO 1721.01.02 COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNIC 1721.01.05 COTA-PARTE DO IMP.SOBRE A PROP. TER. RURAL

1.506,30

1.430,43

1.387,59

1.454,50

1.520,75

1.670,92

8.970,50

1721.01.13 COTA-PARTE DA CONTRIB.INTERV.DOM.ECONO.CIDE

9.992,05

9.488,77

9.204,59

9.648,42

10.087,92

11.084,08

59.505,83

7.339.400,42 6.969.730,56 6.760.993,93 7.086.998,88 7.409.819,11 8.141.526,10

43.708.469,01

1721.22.30 COTA-PARTE ROYALTIES-COMP.PROD.PETROLEO L7990 1721.22.70 COTA-PARTE FUNDO ESPECIAL DO PETROLEO - FEP

614.449,32

583.500,83

566.025,55

593.318,45

620.344,73

681.602,71

3.659.241,59

1721.33.01 TRANSFERÊNCIA RECURSOS SUS - PAB - FIXO 1721.33.04 INCENTIVOS AÇÕES BASICAS VIGILANCIA EM SAÚDE

297.858,94 61.625,58

282.856,42 58.521,64

274.385,15 56.768,97

287.615,59 59.506,28

300.716,78 62.216,86

330.412,05 68.360,67

1.773.844,93 367.000,00

07

27

GUILHERM OTTO MARTIN SCHUTZ

08

12

ERIC GOSOLOV CURE

09

21

RONALDO STEELE FILHO

1721.34.09 PROGRAMA PBVI-FNAS

LARISSA LARA ALMEIDA PEREIRA

1721.34.10 PISO BÁSICO FIXO - FNAS

METAS BIMESTRAIS DE ARRECADAÇÃO - EXERCÍCIO 2014 CONTA

1º BIM

DESCRIÇÃO

4º BIM

5º BIM

6º BIM

TOTAL

76.342,22

72.497,03

70.325,81

73.716,81

77.074,69

84.685,69

454.642,25

94.999,80

90.214,87

87.513,02

91.732,77

95.911,29

105.382,37

565.754,11

1721.33.12 TRANSFERENCIA RECEITA PROG.FARMÁCIA BÁSICA

11.446,87

10.870,32

10.544,76

11.053,22

11.556,70

12.697,91

68.169,78

1721.33.14 TRANSF. DE RECURSOS PACS

80.765,78

76.697,78

74.400,76

77.988,25

81.540,70

89.592,70

480.985,97

1721.34.04 TRANSF PROG ERRAD TRAB INF PSB/PETI/FNAS

4.832,43

4.589,03

4.451,60

4.666,24

4.878,80

5.360,57

28.778,67

1721.34.06 IND.GESTÃO DESC.BOLSA FAMILIA-IGD-BF

4.355,25

4.135,89

4.012,02

4.205,48

4.397,04

4.831,24

25.936,93

1721.35.01 COTA-PARTE DA CONTRIBUIÇÃO SALÁRIO EDUCAÇÃO

7.369,88

6.998,68

6.789,07

7.116,43

7.440,59

8.175,34

43.890,00

23.256,24

22.084,87

21.423,45

22.456,46

23.479,37

25.797,92

138.498,31 698.000,00

117.206,15

111.302,73

107.969,32

113.175,44

118.330,70

130.015,65

1721.35.03 TRANSF.DIRETAS FNDE PROG.NAC.ALIMENTAÇÃO PNAE

15.843,20

15.045,22

14.594,63

15.298,36

15.995,21

17.574,71

94.351,33

1721.35.04 TRANSFERENCIAS DIRETAS FNDE PARA PNATE

15.601,18

14.815,38

14.371,68

15.064,66

15.750,87

17.306,24

92.910,00

1721.35.05 TRANSF. PROG. ALIMENTACAO ESCOLAR-PEJA

1.715,23

1.628,84

1.580,06

1.656,25

1.731,69

1.902,69

10.214,77

1721.35.50 PNAP-PROG. NAC. DE ALIMEN. ESCOLAR PRE-ESCOLA

4.787,84

4.546,68

4.410,51

4.623,18

4.833,77

5.311,10

28.513,09

27.307,15

25.931,75

25.155,12

26.368,06

27.569,15

30.291,56

162.622,79

6.346.787,04 6.027.112,99 5.846.606,84 6.128.521,42 6.407.682,00 7.040.429,66

37.797.139,94

1721.36.00 TRANSF. FINANCEIRA ICMS-DESONERADO LC 87/96 1722.01.01 COTA-PARTE DO ICMS 1722.01.02 COTA-PARTE DO IPVA

120.675,76

114.597,58

111.165,49

116.525,73

121.833,59

133.864,45

718.662,60

1722.01.04 COTA-PARTE DO IPI SOBRE EXPORTACAO

254.963,11

242.121,16

234.869,87

246.194,94

257.409,38

282.828,11

1.518.386,57

1722.30.00 COTA-PARTE COMPENSAÇÃO PROD.PETROLEO L.7990

342.024,60

324.797,55

315.070,18

330.262,39

345.306,19

379.404,59

2.036.865,49

6.667,99

6.332,14

6.142,50

6.438,68

6.731,97

7.396,74

39.710,00

1.013.113,61

962.085,25

933.271,73

978.272,69 1.022.834,04 1.123.837,15

6.033.414,47

47.377,82

44.991,50

43.644,05

45.748,50

47.832,39

52.555,76

282.150,00

1.491,52 7.266,19

1.416,40 6.900,21

1.373,98 6.693,55

1.440,23 7.016,31

1.505,83 7.335,91

1.654,53 8.060,31

8.882,50 43.272,48

1722.34.01 TRANSF. REC. APERFEIÇOAMENTO GESTÃO MUNICIPAL 1724.01.00 TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDEB 1762.99.04 CONV.PROG.ERRAD.TRABALHO INFANTIL PETI-RJ 1911.38.00 MULTA/JURO/MORA DO IMP. SOBRE IPTU

METAS BIMESTRAIS DE ARRECADAÇÃO - EXERCÍCIO 2014 CONTA

DESCRIÇÃO

1º BIM

2º BIM

3º BIM

4º BIM

5º BIM

6º BIM

TOTAL

1911.40.01 MULTA JUROS MORA IMPOSTO SOBRE SERVIÇO - ISS

1.005,58

954,93

926,33

971,00

1.015,22

1.115,48

5.988,53

1911.99.01 MULTA E JUROS DE MORA DE OUTROS TRIBUTOS

1.330,93

1.263,90

1.226,04

1.285,16

1.343,70

1.476,39

7.926,12

1913.11.00 MULTA/JURO/MORA DA DIV. ATIVA DE IPTU

3.182,85

3.022,54

2.932,02

3.073,39

3.213,39

3.530,71

18.954,90

82,01

77,88

75,54

79,19

82,79

90,97

488,38

1.298,28

1.232,89

1.195,96

1.253,63

1.310,73

1.440,17

7.731,66

1913.13.00 MULTA/JURO/MORA DA DIV. ATIVA DE ISS 1913.99.01 MULTA JUROS MORA DIV.ATIVA OUTROS TRIBUTOS 1919.48.01 PROCESSOS TCE - RJ

675,27

641,26

622,05

652,04

681,75

749,07

4.021,43

1922.99.00 OUTRAS RESTITUIÇÕES

2.508,50

2.382,15

2.310,81

2.422,23

2.532,57

2.782,65

14.938,90

1931.11.00 RECEITA DA DÍVIDA ATIVA DO IMPOSTO SOBRE A PR

8.605,89

8.172,43

7.927,67

8.309,93

8.688,46

9.546,43

51.250,82

1931.13.00 RECEITA DA DÍVIDA ATIVA DO IMPOSTO SOBRE SERV

126,68

120,30

116,70

122,32

127,90

140,52

754,42

2.070,04

1.965,78

1.906,91

1.998,86

2.089,90

2.296,28

12.327,77

1931.99.01 RECEITA DIV. ATIVA DE OUTROS TRIBUTOS-PRINCIP 1990.98.00 OUTRAS RECEITAS 2472.03.02 CONVENIO PSF SOMANDO FORÇAS-PAV. E DRENAGEM 9721.01.02 DEDUÇÃO FORMAÇÃO DO FUNDEB - FPM 9721.01.05 DEDUÇÃO RECEITA ITR-FUNDEB E REDUTOR FINANCEI 9721.36.00 DEDUÇÃO TRANSF. FINANCEIRA ICMS - LC 87/96

ANTÔNIO LUIZ PINHEIRO SANTOS Presidente da FESPORTUR

3º BIM

1721.33.05 PROGRAMA DE SAUDE DA FAMILIA - PSF

MEDICO JORNADA AMBULATÓRIO (ORTOPEDISTA)

Macaé, 17 de janeiro de 2014.

2º BIM

1721.33.08 TRANSF.REC.ATEND.MEDIA/ALTA COMP.- MAC

1761.03.01 TRANSF. CONV. PAIF RJ

Tornamos público que, com base no art. 25, III, da Lei Federal nº 8.666/93, estamos contratando a CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VÔLEI - CBV, CNPJ Nº 34.046.722/0001-07, para realização da 1ª Etapa do Campeonato Sul Americano de Vôlei de Praia nos dias 23 a 27 de janeiro de 2014. Processo Administrativo nº 200712/2013.

20.900,00 195.125,57

1.735,96

PAULO GABRIEL PESSANHA FARIA

INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº 001/2014

3.893,02 36.345,81

1.266,52

26

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ FUNDAÇÃO DE ESPORTES E TURISMO DE MACAÉ

3.543,14 33.079,29

1.789,56

06

CIRURGIÃO DENTISTA (ORTODONTISTA) 1 4 RAFAEL BORGES DE ALMEIDA GOMES

3.388,78 31.638,14

1.333,70

FERNANDO GOMES OLIVEIRA NETO

CIRURGIÃO DENTISTA (PSF) 1 31 TARCIO ANTONIO SANTOS PEREIRA 2 37 AMANDA VERVLOET DUTRA AGOSTINHO ASSIS 3 34 LEONAM GONZAGA BARBOZA 4 19 FLAVIA DO BEM CASTILHO ALMEIDA

3.232,89 30.182,77

1.884,48

THIAGO TOSTES PADILHA MOREIRA PINTO

CIRURGIÃO DENTISTA (ENDODONTISTA) 1 6 CAMILA AUGUSTA DA CONCEIÇÃO 2 16 LARISSA FERREIRA MARTINS BELEM

3.332,70 31.114,63

1600.13.04 SERVICOS DE EXPEDICAO DE CERTIFICADOS

14

RODRIGO LUNA VENANCIO

3.509,47 32.764,92

1600.29.00 SERVIÇOS DE CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES

25

30

144.245,89

1.351,52

05

1

TOTAL

26.868,52

3.151,14

04

MEDICO JORNADA AMBULATÓRIO (UROLOGISTA) 1 11 RONALDO PINTO PESSANHA

6º BIM

24.453,75

1.393,25

STEVIE BARBOSA DE ALMEIDA

MÉDICO JORNADA AMBULATÓRIO (ENDOCRINOLOGISTA) 1 8 EDUARDO PACHECO TERRA

5º BIM

23.388,38

3.248,43

LEONARDO RIBEIRO SANTOS

MEDICO JORNADA AMBULATÓRIO (ALERGISTA) 1 5 MARIA ANGELA HILEL

4º BIM

22.312,51

1.467,14

28

MEDICO JORNADA AMBULATÓRIO (OTORRINOLARINGOLOGISTA) 1 10 RALPH LAMES PINHEIRO

3º BIM

23.001,38

3.420,73

20

MÉDICO DE FAMÍLIA 01 2 ALFREDO CODECO CLAUDINO

2º BIM

24.221,36

1325.01.20 REM. DEP. BANC. - FMAS

03

24

1º BIM

1325.01.24 REM. DEP. BANC. - ROY SAUDE

02

10

7

9722.01.01 DEDUÇÃO FORMAÇÃO DO FUNDEB - ICMS 9722.01.02 DEDUÇÃO RECEITA IPVA-FUNDEB E REDUTOR FINANCE 9722.01.04 DEDUÇÃO FORMAÇÃO DO FUNDEB - IPI EXPORTAÇÃO

5.033,74

4.780,20

4.637,04

4.860,63

5.082,04

5.583,88

29.977,54

839.585,62

797.297,49

773.419,21

810.712,32

847.641,12

931.344,23

5.000.000,00

-346.165,00

-328.729,41

-318.884,29

-334.260,41

-349.486,32

-301,26

-286,09

-277,52

-290,90

-304,15

-334,18 -

1.794,10

-5.461,43

-5.186,35

-5.031,02

-5.273,61

-5.513,83

-6.058,31 -

32.524,56

-383.997,50 - 2.061.522,92

-1.269.357,41 -1.205.422,60 -1.169.321,37 -1.225.704,28 -1.281.536,40 -1.408.085,93 - 7.559.427,99 -24.135,15 -50.992,62

-22.919,52 -48.424,23

-22.233,10 -46.973,97

-23.305,15 -49.238,99

-24.366,72 -51.481,87

-26.772,89 -56.565,62 -

143.732,52 303.677,31 110.705.732,49

TOTAL GERAL (PREVISTO) Carapebus, 28 de Janeiro de 2014 SECRETARIO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO RODRIGO LOPES GUARÇONY C.P.F.: 820.166.746-87

CONTADOR MARCOS ANTÔNIO LAMOGLIA DE SÁ C.P.F.: - CRC: 092591/0-6

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Macaé Empresa Pública Municipal de Saneamento EXTRATO DE TERMO CONTRATUAL Contrato nº 028/2013. Processo Administrativo nº 140291/2013. Contratante: Empresa Pública Municipal de Saneamento - Esane. Contratada: SOVEREIGN COMÉRCIO DE PRODUTOS DE LABORATÓRIO. Valor: R$ 20.336,00 (vinte mil, trezentos e trinta e seis reais). Empenho nº 0282/2013. Programa de Trabalho: 17.512.0031.2.444. Elemento de Despesa: 3390.30.99.00 - Cód. Reduzido: 229. Prazo: 12 (doze) meses. Objeto do contrato: Tem por finalidade atender o disposto na legislação vigente concernente ás contratações públicas, Lei 8.666/93 e alterações posteriores, e definir os elementos que nortearão a contratação de empresa para aquisição de material de laboratório, visando atender as necessidades da empresa Pública de Saneamento - ESANE por um prazo de 12 meses. Origem da Solicitação: Diretoria de Saneamento. Macaé, 30 de janeiro de 2014. MARCOS ROBERTO MUFFAREG Diretor Presidente da Esane Portaria nº 144/2013

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Macaé Empresa Pública Municipal de Saneamento EXTRATO DE TERMO CONTRATUAL Contrato nº 026/2013. Processo Administrativo nº 140314/2013. Contratante: Empresa Pública Municipal de Saneamento - Esane. Contratada: SOVEREIGN COMÉRCIO DE PRODUTOS DE LABORATÓRIO. Valor: R$ 1.600,00 (Hum mil e seiscentos reais). Empenho nº 0286/2013. Programa de Trabalho: 17.512.0031.2.444. Elemento de Despesa: 4490.52.00.00 - Cód. Reduzido: 231. Prazo: 30 (trinta) dias. Objeto do contrato: Tem por finalidade aquisição de equipamentos analíticos de laboratório e apoio ao tratamento de água, visando atender as necessidades da empresa Pública de Saneamento - ESANE . Origem da Solicitação: Diretoria de Saneamento. Macaé, 30 de janeiro de 2014. MARCOS ROBERTO MUFFAREG Diretor Presidente da Esane Portaria nº 144/2013


8 Esporte

MACAÉ, SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2014

CARIOCÃO

DECISÃO

Macaé Esporte perde com o placar de 1 x 0 para o Volta Redonda

Macaé Esporte esclarece decisão do STJD

Em reencontro do Macaé com seu ex-técnico Toninho, equipe adversária leva a melhor e sai com a vitória TIAGO FERREIRA/ ASSESSORIA

Maira Abreu mairaabreu@odebateon.com.br

M

acaé e Volta Redonda entraram em campo na última quartafeira (29), no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo. O Alvinil Praiano vinha embalado, após a vitória incrível sobre o Madureira no final de semana passado, já o Volta Redonda com uma sequência de derrotas, ocupava a lanterna do campeonato. A partida começou com marcação forte no meio-campo das duas partes. A equipe da casa pressionava seu adversário no início, que com sua defesa bem postada, só neutralizava o Macaé, tentando equilibrar o jogo. Em um dos raros lances de perigo, o Tricolor de Aço assustou com um chute de longe de Zé Augusto, mas o goleiro Felipe Sanchez espalmou para escanteio. O Alvinil respondeu e assustou com Marco Goiano, que deu um chute também de longe, obrigando Gatti a fazer uma boa defesa, aos 44 minutos. Sem emoções no primeiro tempo por não conseguir espaço, as duas equipes pouco criaram. Na segunda etapa, o Macaé voltou mais disposto, chegando com mais facilidade ao ataque, porém, pecava no último toque. Antes dos dez primeiros minutos, a equipe macaense perdeu grandes oportunidades. Digão cruzou na área, mas Gedeil não alcançou. Logo em sequência, a bola sobrou para Leozinho, que

cruzou e foi na cabeça de João Carlos e não converteu. Aos 32 minutos, veio a melhor chance. João Carlos tabelou com Daniel, recebeu de volta dentro da área e finalizou, mas o goleiro do Voltaço mostrou muito reflexo e defendeu com a ponta dos dedos. Mesmo parecendo que o time da casa abriria o placar, não foi como o esperado. Aos 41 minutos, após bate e rebate na entrada da área, a bola sobrou para Preto, que foi oportunista, chutou colocado, acertou o canto esquerdo de

Felipe Sanchez e marcou o gol da vitória do Volta Redonda. O Macaé ocupa a décima colocação no Campeonato Ca-

› MACAÉ: Felipe Sanchez, Daniel, Filipe Machado, Cléber Carioca, Marco Goiano, Gedeil, Digão, Marquinho (Diniz 44’/2ºT), Ernani (Waldir17’/2ºT), Leozinho (Bruno Alves 29’/2ºT) e João Carlos. Técnico: Paulo Henrique Filho.

KANÁ MANHÃES

Toninho Andrade é o novo técnico do Volta Redonda à noite falei com o diretor do clube e entramos logo em um acordo. Logo na segunda-feira de manhã, fui para sede, tive um bate-papo com o grupo, à tarde já treinamos e na terçafeira viajamos." Contou sobre sua vinda para a equipe, o novo treinador do Tricolor de Aço. Toninho estava parado desde quando deixou o Cabofriense no fim da temporada de 2013, recebeu proposta do Duque de Caxias, mas não chegou a um acordo. O ex-auxiliar e agora técnico, teve passagem pelo Olaria, Bonsucesso, Portuguesa Carioca, Cabofriense, Macaé, Americano, São Paulo, Ituano, Bragantino. Porém, o time que conseguiu uma alavancada foi a Cabofriense, conquistando acesso à série A do Carioca em 2013, a Portuguesa sendo campeão no Carioca da série B, vice-campeão na série D com o Macaé. O técnico também falou sobre a importância de sua experiência."Alguns fatores

rioca, com quatro pontos. O próximo confronto do time será diante do Flamengo, no domingo (02), às 17h, no Raulino

ESCALAÇÃO

Ex-técnico do Macaé estreiou no comando do Volta Redonda e já mostrou sua competência

na terça-feira (28), a equipe do Volta Redonda veio para Macaé disputar mais um jogo do Campeonato Carioca, contra o time da casa. O grupo ficou hospedado no Hotel Personal, localizado no Centro. A equipe do jornal O Debate teve acesso à comissão técnica e o treinador comentou sobre sua vinda ao clube, as experiências e, principalmente, como será sua estadia daqui para frente na atual equipe. Logo após a demissão de Tarcísio Pugliese, o Volta Redonda acertou a contratação neste domingo (26) do técnico Toninho Andrade. "No domingo

na tarde de quarta-feira (29), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) suspendeu juntamente com o Macaé, outros três clubes por não pagar as multas aplicadas em punições dadas pelo Tribunal. O Alvinil Praiano deve cerca de R$ 600, devido ao atraso na competição contra o Sampaio Corrêa (MA), na última partida pela série C do Brasileiro. Caso a dívida não seja paga a tempo, o time ficará fora do Campeonato Brasileiro da Série C, que começa em abril. Essa pena vale para todas as competições organizadas pela CBF, não valendo para os Estaduais. Na manhã de ontem (30), a assessoria de imprensa do Macaé Esporte divulgou nota informando detalhes sobre a decisão do STJD.

No comunicado, o clube informou que um dia após a decisão do STJD, no dia 13 de novembro de 2013, foi notificado e, com isso, teria sete dias para o cumprimento da obrigação. A direção do clube disse ainda que, contudo, no dia 19 de novembro do mesmo ano, e dentro do prazo estabelecido pelo Tribunal, o clube realizou o pagamento integral da multa junto à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). Mas, como não houve o devido repasse à CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o clube providenciou um novo pagamento nesta quintafeira, dia 30 de janeiro de 2014. A nota informa ainda que o Departamento Jurídico do Macaé Esporte aponta que a decisão do STJD do dia 28 de janeiro de 2014, que ordenou o imediato desligamento do clube das competições organizadas pela CBF não causará prejuízo algum à agremiação. No final da tarde de ontem, o clube recebeu o comunicado sobre a suspensão da decisão expedida anteriormente pelo STJD.

TIAGO FERREIRA/ASSESSORIA

EXPERIENTE

Tendo destaque em suas passagens por Macaé, Cabofriense, Portuguesa Carioca, o treinador terá pela frente a responsabilidade de assumir a nova equipe

Marco Goiano assustou a equipe do Volta Redonda em lance perigoso, mas juntamente com sua equipe, não conseguiu evitar a derrota

No final da tarde de ontem, Supremo Tribunal de Justiça Desportiva revogou suspensão

ajudam, a experiência é importante pelo fato de conhecer bem os atletas, mas não quer dizer que vá ganhar ou perder os jogos", destacou. Sua estreia foi justamente contra um dos clubes pelo qual fez grande sucesso, o Macaé. E apesar de estar iniciando agora sua temporada no Volta Redonda, o novo treinador já fez suas alterações, colocando Rodrigo Dantas no lugar do Sasá, Laionel ocupando a posição do João e saindo Cris para entrada do João Paulo. Toninho comentou a maneira que atuará. "Como os três técnicos jogavam será o modo que irei jogar, não muda muita coisa. Estarei fazendo de tudo para o time ter um melhor desempenho no decorrer do campeonato.” O treinador Toninho Andrade estreou pelo Volta Redonda com uma vitória diante do Macaé, fora de casa, na quarta-feira (29) por 1 x 0.

› VOLTA REDONDA: Gatti, Jeffeson

Feijão, Marcelo, Gilberto, João Paulo, Bruno Barra, Laionel (Preto 28’/2ºT), Zé Augusto (Dudu 36’/2ºT), Glauber, Rodrigo Dantas (Sassá 17’/2ºT) e Tiago Amaral. Técnico: Toninho Andrade.

Macaé Esporte aponta que a decisão não causará prejuízo algum à agremiação

Noticiário 31 01 14  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you