Issuu on Google+

LILIA VÍDEO

CIDADE

Prêmio marca início da Semana Médica Programação segue até sábado (19) com palestras e eventos sociais pág. 9 WWW.ODEBATEON.COM.BR • MACAÉ (RJ), QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013 • ANO XXXVIII • Nº 8217 • FUNDADOR/DIRETOR: OSCAR PIRES • O JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO DO MUNICÍPIO • R$ 1,00

Unidade de formação de PMs promove avanços na segurança Companhia Pedagógica da Polícia Militar, inaugurada ontem em Rio das Ostras, contribuirá com o processo de expansão das políticas públicas direcionadas aos municípios do interior do Estado pág. 5 EDUCAÇÃO

KANÁ MANHÃES

Estímulo à pesquisa ajuda no ensino na última semana a Escola Municipalizada Polivalente Anísio Teixeira marcou um grande passo na história da educação do município com o Projeto “Quem é Polivalente inclui”. A instituição registrou também a inauguração oficial do Laboratório de Ciências da instituição. A aula inaugural no local com os professores das disciplinas de Ciências, Física, Química e Matemática foi realizada em setembro. O espaço estimula os alunos da instituição, ao promover o aprendizado através da pesquisa. pág. 7

CÂMARA

POLÍTICA

Estudo de Impacto de Vizinhança em discussão Projeto de lei do Executivo foi apreciado ontem em primeira discussão pelo poder Legislativo pág. 3

Presos suspeitos por tráfico na Malvinas Laboratório de Ciências promove o incentivo ao estudo, despertando o interesse dos alunos através da manipulação de materiais

Ação realizada pelo GAT resultou na apreensão de 20 buchas de maconha pág. 5

FISCALIZAÇÃO

Vereadores registram homenagens a professores Parlamentares dedicaram discursos em reverência aos profissionais pág. 3

Petrobras incentiva Programa Jovem Aprendiz

Flagrante de despejo irregular de entulho é registrado em área Terrenos não habitados no Jardim Vitória, bairro que registra franca expansão imobiliária, são utilizados como área de despejo irregular de entulhos gerados pela construção de residências no próprio local. A ação flagrada requer fiscalização imediata dos órgãos competentes municipais pág. 2 WANDERLEY GIL

AMADA e Casa do Caminho em festa

estatal garantiu a realização da terceira edição do programa que abre 850 vagas de cursos profissionalizantes para moradores de Macaé e região pág. 6

Importantes instituições sociais da cidade celebram aniversário pág. 7

WANDERLEY GIL

Reativação de hospital na Barra é solicitada Área já se transformou em lixão devido ao constante despejo de entulhos, animais mortos e outros tipos de materiais

IMMT e Salesiana firmam parceria

DIVULGAÇÃO

Joelson Falcão destacou projeto

COTAÇÃO

Dólar C. Dólar V.

R$ 2,1820 R$ 2,1840

TEMPO

Máxima. Mínima.

30º C 20º C

Uma parceria firmada entre a Faculdade Salesiana e o Instituto Macaé de Metrologia e Tecnologia - IMMT, no início deste mês, abre novas possibilidades para alunos, professores e pesquisadores. Assinado no dia 3 de outubro, o acordo estabelece a cooperação técnicocientífica entre as duas instituições, que, a partir de agora, poderão contar uma com a outra para a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento técnico e profissional. O IMMT vive fase de reestruturação de atividades. pág. 6

Imbróglio que se arrasta há anos, antigo Hospital do Sase segue fechado pág. 2

Macprevi atualiza cadastro de servidores o instituto de Previdência dos Servidores do Município de Macaé (Macprevi) iniciou ontem (15) o processo de recadastramento anual obrigatório dos servidores. O procedimento segue até o próximo dia 30 de novembro. pág. 6


2

MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013

Cidade

NOTA

Aedes Aegypti: tempo de redobrar os cuidados

LEI 3.371/2010

Flagrantes mostram o desrespeito à lei em área nobre da cidade Moradores reclamam de terreno no Jardim Vitória II, que virou alvo de descarte irregular Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

C

onsiderada uma área valorizada da cidade, o Jardim Vitória ultimamente só tem de nobre o status. O bairro fica localizado em um ponto pouco frequentado, mas a poucos minutos da região central. Apesar de ter sofrido um forte crescimento nos últimos anos, é comum ver grandes quantidades de casas ainda sendo erguidas. Os diversos terrenos vazios demonstram que a tendência é que o número de residências aumente ainda mais nos próximos anos. Assim como diversos bairros de Macaé, essa região sofre com o descarte irregular, alvo constante de reclamações dos moradores. No ano passado, o jornal O DEBATE publicou diversas reportagens falando sobre um enorme lixão em um terreno próximo à Estrada Aterrado do Tatu. Para

evitar que o problema continuasse acontecendo, o acesso ao local foi isolado. Mas enquanto os moradores pensaram que essa situação já havia sido sanada, um outro terreno, a poucos metros, começou a ser alvo do mesmo problema. A grande quantidade de lixo, principalmente restos de comida e de entulhos é assustadora e quem vive ali teme que isso só se agrave. Na tarde da última segundafeira (14), a equipe de reportagem flagrou dois homens em uma camionete descartando restos de móveis e materiais de obras no local. Nem a presença do carro de reportagem foi suficiente para coibir a ação, que é considerada ilegal de acordo com a Lei municipal nº 3.371/2010. O descarte de lixo doméstico, industrial, hospitalar ou entulhos nos logradouros públicos da cidade é proibido e o infrator, se pego em flagrante, pode ser notificado e até multa-

do. Porém a fiscalização parece passar longe dessa região, já que a sujeira só tem aumentado. Os moradores contam que cenas como essa são comuns no bairro e acontecem dia e noite, sem nenhuma fiscalização. “São anos convivendo com essa situação e parece não ter uma solução. Comprei um terreno, fiz minha casa aqui achando que iria viver em um bairro tranquilo, limpo, mas a realidade é bem outra. Isso não só desvaloriza nosso imóvel, como compromete a nossa saúde. Uma vez que tem uma grande quantidade de lixo acumulado, que atrai animais como ratos, baratas, moscas, cobras e até mosquitos da dengue. Jogam de tudo que se possa imaginar ali, desde lixo doméstico até animais mortos. Tem dias que os urubus tomam conta da área. Não se trata de um luxo, mas sim de saúde pública. Os moradores estão cansados de conviver com esse pro-

OPORTUNIDADE

WANDERLEY GIL

Moradores dizem que flagrantes desse tipo no bairro, principalmente na área do lixão, podem ser feitos a qualquer hora

blema. São pessoas de fora que vêm com carroças, camionetes e jogam tudo ali e vão embora. Fora os terrenos baldios pelo bairro das casas em construção. Fazemos, novamente, um apelo às autoridades, para que tomem alguma providência”, ressalta um morador que pede para não

ser identificado. Procurada, a prefeitura informou que uma equipe da secretaria de Limpeza Pública irá ao local hoje (16), para providenciar a limpeza do espaço. Além disso, o proprietário do imóvel será notificado a fim de que adote medidas que impeçam que o

espaço seja utilizado para descarte irregular de lixo. Ela também ressalta que disponibiliza o serviço de "Cata Bagulho" para retirada de lixo como entulhos e outros materiais, como móveis e eletrodomésticos. Para isso é necessário o agendamento pelo telefone: 2796-1235.

Ciência sem Fronteiras abre novas vagas para graduação no exterior Programa vai oferecer bolsas de estudo para estudantes em universidades de 11 países foram publicados nesta segunda-feira (14), no Diário Oficial da União, os editais de abertura de novas vagas para o Programa Ciência sem Fronteiras, promovido pelo governo federal. Serão oferecidas bolsas para categoria graduação-sanduíche - modalidade de ensino superior onde o estudante realiza parte dos seus estudos em uma instituição estrangeira. O curso tem duração de um ano, podendo chegar a um ano e meio quando for estendido em função de estágio ou curso de idioma. As vagas são para as universidades dos seguintes países: Estados Unidos, Alemanha, Itália, França, Suécia, Noruega, Irlanda, China, Hungria, Japão e Áustria. As inscrições estão abertas e podem ser fei-

tas até o dia 29 de novembro de 2013. Para participar da seleção, o estudante deve comprovar nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) igual ou acima de 600 pontos, em prova realizada após 2009 e deve estar regularmente matriculado em curso de nível superior das Instituições da Rede Federal, ter nacionalidade brasileira, ter cumprido de 20% a 90% do currículo previsto para seu curso, além de apresentar teste de proficiência em idioma (inglês ou francês). O candidato deverá escolher o país de destino, que terá um parceiro definido para cuidar de sua inserção no exterior. É importante ressaltar que se deve escolher apenas um país, caso contrário, a única candidatura a ser considerada será a última delas, sendo todas as demais automaticamente canceladas. Além da oportunidade de estudar em outro país, o es-

tudante terá todas as despesas custeadas pelo programa Ciência sem Fronteiras, que arcará com as taxas escolares e bolsa mensal ao estudante, além de conceder auxílios para instalação, saúde, deslocamento e material didático. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o Ciência Sem Fronteiras é considerado o principal programa do governo federal de mobilidade acadêmica no exterior. Ele foi criado com a meta de oferecer 101 mil bolsas de estudo no exterior, o Ciência sem Fronteiras mantém parcerias em 35 países. Ainda segundo o MEC, o objetivo do governo federal é promover o avanço da ciência e tecnologia, inovação e competitividade industrial por meio da expansão da mobilidade internacional. Outras informações mais detalhadas podem ser obtidas no site: www.cienciasemfronteiras.gov.br ou através do telefone: 0800 616161.


MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013

Política

NOTA

Renata Paes (PV) registrou ontem reclamação sobre falta de energia da região de Córrego do Ouro

DEBATE

Projeto que institui estudo passa por primeira votação Matéria do Executivo estabelece a realização de Estudo de Impacto de Vizinhança em Macaé WANDERLEY GIL

Márcio Siqueira marcio@odebateon.com.br

A

o abrir os trabalhos, no momento da Ordem do Dia, da sessão ordinária de ontem, os vereadores apreciaram, em primeira discussão, o projeto de lei 002/2013, que institui o Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) e o Relatório de Impacto de Vizinhança (RIV) em Macaé. Considerada como de extrema importância para o município, a análise da matéria voltou a registrar atritos quanto ao período de tramitação dentro do Legislativo. Apresentado pelo Executivo em agosto, o projeto de lei estabelece novos parâmetros para a construção de empreendimentos imobiliários, assim como comerciais, na cidade, questão que elevou a importância da discussão da matéria dentro do parlamento municipal. Ao abrir a discussão, o líder do governo, Julinho do Aeroporto (PPL), criticou a demora da tramitação da matéria dentro do Legislativo. O parlamentar afirmou que medidas como a realização da Audiência Pública que discutiu, na semana passada, o projeto acabou atravancando a pauta.

3

ENERGIA

Discursos criticam prestação de serviço logo no início da sessão ordinária de ontem, o vereador George Jardim (PMDB) solicitou a palavra para registrar reclamação sobre o serviço de fornecimento de energia na região serrana. "Quero registrar o péssimo serviço fornecido pela Ampla, que deixou os moradores da Bicuda sem luz por mais de 15h. Isso é um absurdo. Para fazer a reclamação, não conseguimos falar com ninguém, apenas com o sistema eletrônico", disse George. O discurso do parlamentar foi corroborado pela vereadora Renata Paes (PV) que relatou problemas com o fornecimento de energia também na região de Córrego do Ouro. WANDERLEY GIL

Vereadores apontaram importância da matéria que modifica parâmetros para a implantação de imóveis em toda a cidade "Essa matéria já está tramitando na Casa há mais de 60 dias. Ela é de extrema importância para cidade, mas algumas medidas, como o pedido de Audiência Pública, só serviu para atravancar a pauta. Emendas ao projeto foram apresentadas e nós precisamos analisar com cuidado as suas propostas. Peço

à bancada que fique mais atenta a essas questões. Espero que não levemos mais 30 dias para fazer a votação final do projeto", apontou Julinho. Igor Sardinha (PT) voltou a defender o cumprimento dos períodos regimentais de tramitação dos projetos do Executivo na Câmara, o que

para ele garante o aprimoramento das matérias. "O projeto possui uma grande envergadura, aí eu concordo com o líder do governo sobre a sua importância. E é exatamente por isso que defendo o cumprimento do período regimental. Após a primeira votação, a matéria segue para o

registro de emendas. Mais que a preocupação com a agilidade do projeto, precisamos nos comprometer em votar uma matéria de qualidade, por isso a necessidade de análise dos vereadores", apontou Igor. O projeto segue, por sete dias, o período de apresentação de emendas, para voltar a plenário.

George fez reclamação

DESTAQUE WANDERLEY GIL

Vereadores fazem homenagens aos professores durante sessão Parlamentares destacaram importância da categoria na formação da sociedade

Guto Garcia dedicou seu discurso para apontar avanços WANDERLEY GIL

Carlos Emir fez homenagem

WANDERLEY GIL

Marcel declarou apoio

durante a sessão de ontem, os parlamentares que participaram do Grande Expediente dedicaram parte do tempo para enaltecer o trabalho realizado pelos docentes de Macaé, nos setores público e privado, em homenagem ao Dia do Professor. O primeiro a discursar ontem, Cesinha (PSL), registrou o seu reconhecimento sobre o trabalho desenvolvido pelos profissionais. "Não podemos deixar de reverenciar os profissionais que, mesmo com tantas dificuldades, se dedicam a exercer uma das mais belas profissões. Parabéns a todos os professores de Macaé", declarou. O vereador suplente, Carlos Emir Mussi Júnior (PDT),

também aproveitou o momento para fazer homenagem aos professores, citando o trabalho realizado por sua mãe, a ex-deputada estadual Tânia Jardim. "No dia de hoje não podemos deixar de falar dos professores, classe sofrida, ainda não tendo reconhecida toda a sua potencialidade. Em Macaé houve uma valorização significativa desses profissionais, mas ainda não é o que gostaríamos de ver. Ainda temos muito o que avançar, no município, no Estado e do país", disse. Marcel Silvano (PT) utilizou parte do seu momento para destacar a luta travada pelos professores da rede estadual de ensino no Rio de Janeiro. Ele declarou seu apoio aos movimentos e manifestações, repudiou os excessos cometidos pela polícia e afirmou que o dia é fundamental para que todos repensem sobre o real conhecimento dos professores no país. "Eu venho de uma família de

professores. Esses profissionais, em especial da rede estadual, enfrentam problemas há anos. Que hoje seja um dia para que essa situação seja refletida e revista pelos governos", apontou. O líder do governo, Julinho do Aeroporto (PT), aproveitou a data para destacar as ações promovidas pelo poder Executivo em prol dos professores. "Os professores merecem todos os nossos elogios. E vemos hoje em Macaé uma aula de democracia dada pelo governo, quando o prefeito Dr. Aluízio Júnior (PV) se dispõe a conversar com os professores para discutir questões e avanços para a categoria", destacou. O vereador, e mestre, Guto Garcia (PT), dedicou todo o seu momento, na explicação pessoal, para destacar os avanços e o reconhecimento dos profissionais da educação. "Há 50 anos, os professores recebiam o mesmo salário que um juiz. Eram convidados para

compor a mesa em solenidades políticas. Ao longo do tempo esse reconhecimento foi se perdendo. Nós, como vereadores, precisamos lutar para que isso seja revisto. Esse é o meu compromisso na Casa", disse. Guto apontou também propostas que poderão contribuir com o processo de reestruturação da categoria, citando a lei sancionada pelo governo federal que destinará 75% dos royalties do petróleo, extraído nas camadas do pré-sal, para a Educação. "O Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos de Macaé foi feito pelos próprios professores, essa é a grande riqueza do projeto. Agora, o governo tem nas mãos uma oportunidade para ampliar esse ganho real, com a proposta que defendemos a aplicação desses recursos dos royalties no salário dos professores, que optarem pela carga horária de 40 horas para dedicação exclusiva", defendeu.

PROPOSTA

Ampliação de cargos do concurso em discussão Requerimento apresentado por Julinho propôs legalidade ao Executivo a questão relativa à ampliação de vagas públicas no quadro do funcionalismo da prefeitura, abrindo espaço para a convocação de novos aprovados no concurso, voltou a ser tema de debate no plenário. O assunto foi tema do requerimento 469/2013 apresentado pelo líder do governo, o vereador Julinho do Aeroporto (PPL), que solicitou informação ao Executivo a respeito de pro-

jeto que dispõe sobre ampliação do quadro de cargos de agentes de trânsito. Na defesa da matéria, Julinho afirmou que o requerimento visa dar legalidade ao Executivo, caso haja a possibilidade de apresentação do projeto. O requerimento visa dar respaldo ao governo para que não aconteça o que ocorreu na gestão passada, que convocou 12 aprovados no concurso para atuar como porteiros em uma escola no Frade. Porém, essa proposta não significa a garantia de novas convocações", apontou o vereador. Julinho voltou a explicar a di-

ferença entre agentes de trânsito e controladores de tráfego, grupo cuja atuação será contratada pela secretaria de Mobilidade Urbana. "Acredito que a proposta do governo é garantir uma gestão mais eficiente do trânsito, já que as duas categorias de profissionais têm atuações distintas", informou o líder do governo. Igor Sardinha (PT) elogiou a proposta de Julinho. "É necessário ressaltar a importância da proposta que segue uma discussão levantada por concursados que aguardam novas convocações", destacou Igor Sardinha.

WANDERLEY GIL

Julinho apontou que requerimento não dá garantia de convocação de novos servidores


4

MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013

Opinião EDITORIAL

NOTA

Moradores do Bairro da Glória denunciam descarte de lixo em terreno particular.

FOTO LEGENDA

Responsabilidade pública

WANDERLEY GIL

Ao analisar o perfil dos problemas sociais registrados nas comunidades geradas a partir do isolamento de grupos de pessoas que não garantiram acesso à prosperidade econômica da Capital Nacional do Petróleo, criando assim o espaço perfeito para a instalação do submundo do crime organizado, as autoridades relativas à segurança pública demonstraram nesta semana, em Macaé, a importância de cada um fazer a sua parte.

E

statísticas exploradas por retratar as mazelas sociais e representar também o “Calcanhar de Aquiles” das gestões públicas, os números referentes a assaltos à mão armada, homicídios, estupros, e tantos outros crimes relativos à atual realidade do Estado e do país, podem ser combatidos, não apenas pela força policial, mas também pelo posicionamento de todos os agentes escolhidos para zelar pelo bem da sociedade. Na realidade específica de Macaé, a cidade viu surgir, em 30 anos, três densas comunidades que correm o risco de se unir, formando assim a maior área de favelização do interior do estado do Rio de Janeiro. Próximas geograficamente, porém afastadas pelo domínio de facções criminosas opostas, a Nova Esperança e a Nova Holanda, e a Malvinas, hoje são o retrato da falta de investimentos públicos e do acompanhamento do crescimento populacional ignorado pelos governantes passados.

Antes vistos como polos eleitorais, na época em que se ganha as urnas com o chamado voto de cabresto, as formações das comunidades carentes são marcas que ultrapassam a dimensão da chamada “mancha criminal”, termo utilizado para definir as áreas de ocupação do crime organizado. O Estado do Rio de Janeiro deu um significativo salto, nos últimos anos, ao recuperar a presença do poder público dentro das comunidades que registram verdadeiras guerras civis, onde o poder do tráfico era o que mandava na vida das pessoas. Sem disparar um tiro, favelas foram dominadas e Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) foram instaladas. O mesmo posicionamento pode ser feito em Macaé. Apesar da realidade da disputa entre a Polícia e o Tráfico ser bem menos tensa, a recuperação da presença do poder público nessas comunidades passa a ser uma medida simples, sem a necessidade de utilização de tanques de guerra.

ESPAÇO ABERTO Municipalização da Metrologia Legal Há algum tempo vimos reportagem publicada no jornal “O Debate - Diário de Macaé” sobre as mudanças e custos dos serviços de verificação metrológica dos taxímetros.

C

om o início da operação desse sistema de cobrança, mais usuários começaram a utilizar os serviços dos taxistas. Isso foi muito bom para ambas as partes. Pelo lado do consumidor há uma garantia da cobrança correta. Por sua vez, para o prestador de serviço, tornou mais atrativo o seu negócio e, por conseqüência, podendo ampliar sua renda com o aumento do número de usuários. Como dissemos, em outras ocasiões, a fiscalização e verificação metrológica periódica e eventual dos taxímetros é executada, atualmente, pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro - IPEM/RJ. Esse serviço foi autorizado pelo Inmetro, de acordo com o disposto na Lei Federal 9933/1999, cujas atividades de Metrologia legal devendo ser delegadas somente a organizações públicas estaduais ou municipais. Entretanto, voltamos nessa questão para reforçar nossos sentimentos de que tais serviços podem e devem ser executados por organizações metrológicas municipais. Essa é uma questão que procuramos disseminar em todos os fóruns técnicos que temos oportunidades de participar e naqueles em que somos convidados. Poderíamos simplesmente informar que a legislação brasileira permite que seja delegado esse tipo de competência e tarefa ao poder público municipal, através de organismos metrológicos.

Contudo, avançamos para uma questão mais lógica das gestões públicas no país. A municipalização da metrologia legal pode minimizar custos para os taxistas, otimizando o tempo de resposta aos mesmos - pois podem sanar suas dúvidas e pendências de forma mais rápida e adequada -, gerando divisas, emprego, desenvolvimento e conforto para os munícipes. Além dessa ação peculiar ao sistema de transporte existente em cada município, esse processo de municipalização poderá ampliar em muito o nível de controle e qualidade de diversos instrumentos, equipamentos e produtos que de certa forma oferecem diversos riscos à população de modo geral e a saúde dos trabalhadores dos mais diversos comércios e indústrias pelo país afora. Assim, reforçamos a necessidade da sociedade promover debates sobre o assunto, de forma a proporcionar entendimentos para que esses serviços sejam executados pelos órgãos públicos municipais. Outra ação que já apontamos ser vital é exatamente no Campo do Legislativo Federal. Afinal, ampliar a oferta de serviços básicos para a Garantia da Qualidade de Vida do Cidadão é um dever público e uma ação verdadeiramente Social, Democrata e acima de tudo Cristã. Eduardo Batista Neiva Físico pela UFRJ e Mestre em Metrologia para a Qualidade Industrial pela PUC-Rio.

Os flagrantes de desrespeito à placa situada no trevo da Rodovia Amaral Peixoto, próximo à guarita da Polícia Militar, na região da Praia dos Cavaleiros, são constantes e seguem sem punições. A situação reflete o caso do tráfego de veículos na cidade, o que acaba gerando transtornos ao deslocamento da população, principalmente no horário de rush.

PAINEL Combate

Emenda

Negócios

Efeitos

Educação

Firjan

Reclamações

Reverências

Um trabalho sério, dedicado a garantir a segurança da saúde da população macaense não pode ser esquecido, mas sim intensificado. É o que acontece atualmente em Macaé, através do trabalho desenvolvido pela equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) no combate aos focos de proliferação do mosquito da dengue. A ação é fundamental nos meses que antecedem o início do verão, quando a incidência de casos de contaminação da doença é maior. A população macaense ainda enfrentará ao longo dessa semana os efeitos ocasionados pela greve, perdurada por 23 dias, dos bancários. Desde a segunda-feira (14), as agências estão superlotadas. Diante da procura intensa pelos serviços, os bancos poderiam criar horários especiais, abrindo mais cedo, ou fechando mais tarde, com objetivo de suprir a demanda de atendimento aos usuários. Vale ressaltar que, como tudo em Macaé, essa situação é típica na cidade, em relação aos demais municípios da região. Mesmo com a ampliação do número de coletivos, e a definição de novas rotas de circulação deles, ainda é grande o número de reclamações dos usuários do sistema de transporte público. Não mais pelo valor da passagem, subsidiada pelo governo, garantindo o valor de R$ 1, mas sim pela quantidade de passageiros que circulam no mesmo coletivo em horários de rush. O transporte de massa em Macaé ainda é um grande desafio a ser superado.

Falando nisso, o vereador Chico Machado (PMDB) foi autor de uma emenda, aprovada na semana passada pela bancada governista, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que propõe metas para a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos. Vale ressaltar que, depois de 10 meses de gestão, o novo governo ainda não finalizou o processo de auditoria dos contratos, licitações e serviços prestados, pagos pelo governo passado, para a criação do serviço que resultou na compra de duas composições que seguem paradas. Mesmo tímida, a campanha institucional feita pela prefeitura, com objetivo de conscientizar os motoristas da cidade a respeitar as faixas de pedestres, dando preferência às pessoas que circulam a pé pela cidade tem um caráter social. Essa informação deveria ser repassada de uma forma mais direta aos condutores. É através da educação, que deve ser iniciada nas escolas, que as pessoas se tornam cidadãos conscientes e mais respeitáveis. Defesas como a revisão salarial, melhores condições de trabalho e apoio efetivo do poder público foram declaradas ontem por todas as pessoas que prestaram homenagens aos docentes, no Dia do Professor. Classe que vem sendo foco de uma série de medidas administrativas adotadas pelo governo municipal, dentro da proposta de reconhecimento do funcionalismo público, os professores merecem, sim, todos os elogios e reverências pelos relevantes serviços prestados à sociedade.

EXPEDIENTE EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias. cnpj: 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. diretor responsável: Oscar Pires. sede própria: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate). Impresso pelo Sistema Offset. circulação: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu. A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ - Agência Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. Representante: ESSIÊ PUBLICIDADE E COMUNICAÇÃO S/C LTDA. são paulo: R. Abílio Soares, 227/8º andar - Conjunto 81 - CEP: 04005-000 Telefone: (11) 3057-2547 e Fax: (11) 3887-0071 • rio de janeiro: Av. Princesa Isabel, 323 - sala 608 - CEP: 22011-901 - Telefone: (21) 2275-4141 • brasília: SCS Ed. Maristela, sala 610 / DF - CEP: 70308-900 - Telefone: (61) 3034-1745 (61) 3036-8293.

Organização criada com objetivo de fomentar dentro da cidade a geração de negócios, dentro do ambiente proporcionado pela cadeia produtiva do petróleo, a Rede Petro-Bacia de Campos promoverá, no próximo dia 24, uma grande festa para celebrar os 10 anos de atividades em Macaé. Nascido através da iniciativa pública, o grupo cresceu e se fortaleceu ao ser assumido pelo setor empresarial, contando hoje com mais de 70 fornecedores da Petrobras cadastrados. Nesta quinta-feira (17), a Federação da Indústria do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e o Centro Industrial do Rio de Janeiro (Cirj) realizam a cerimônia de posse das suas novas diretorias para o mandato 2013-2016. A solenidade será presidida por Eduardo Eugênio Gouvêa, que se mantém à frente da Firjan, e também do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB). A Comissão Municipal da Firjan estará presente no evento.

Recadastramento

O recadastramento anual obrigatório do Instituto de Previdência Social de Macaé (Macprevi) começou ontem (15) e seguirá até o dia 30 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h, na sede do instituto. Todos os funcionários públicos municipais aposentados e pensionistas devem comparecer no local neste período. O processo é obrigatório para todos os aposentados e pensionistas da prefeitura que recebem os seus benefícios junto à instituição.

GUIA DO LEITOR JORNAL O DEBATE tel/fax: (22) 2106-6060 acesse: http://www.odebateon.com.br/ e-mail: odebate@odebateon.com.br comercial: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 219/220 e-mail: comercial@odebateon.com.br classificados: E-mail: classificados@odebateon.com.br

TELEFONES ÚTEIS: POLÍCIA MILITAR: POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL: SAMU - SERV. AS. MED. URGÊNCIA: CORPO DE BOMBEIROS: DEFESA CIVIL: POLÍCIA CIVIL - 123ª DP: DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR): DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS): DEL. DE POL. FEDERAL (DISQUE DENÚNCIA): DEL. DE POL. FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO): DISQUE-DENÚNCIA (CÂMARA DE MACAÉ): HOSPITAL PÚBLICO MUNICIPAL: AMPLA: CEDAE: PREFEITURA MUNICIPAL: DELEGACIA DA MULHER: GUARDA MUNICIPAL: ILUMINAÇÃO PÚBLICA: AEROPORTO DE MACAÉ: CARTÓRIO ELEITORAL 109ª ZONA: CARTÓRIO ELEITORAL 254ª ZONA: CORREIOS - SEDE: AG CORREIOS CENTRO: TELEGRAMA FONADO: SEDEX: CEG RIO:

190 191 192 193 199 2791-4019 2791-5379 2762-0820 2759-1312 2759-0698 2772-7262 2773-0061 0800-28-00-120 2772-5090 2791-9008 2772-0620 2773-0440 0800-72-77-173 2772-0950 2772-9214 2772-2256 2759-2405 2762-7527 0800-5700100 2762-6438 0800-28-20-205


MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013

Polícia

5

NOTA

Saúde: profissionais recebem capacitação sobre substâncias psicoativas

RIO DAS OSTRAS

Beltrame e autoridades inauguram Companhia Pedagógica da PM Aulas da primeira turma começam nesta quinta-feira (17). Ao todo 100 policiais serão formados a cada seis meses Bertha Muniz berthamuniz@odebateon.com.br

A

o inaugurar, na manhã de ontem (15), a Companhia de Práticas Pedagógicas da Polícia Militar, com um atraso de dois meses e meio, o município de Rio das Ostras se tornou pioneiro na região em grandes investimentos voltados à segurança pública. Estiveram reunidos na solenidade o secretário de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, o diretor geral de Ensino e Instrução da Polícia Militar, Antônio Carlos Carballo Blanco, representando o comandante geral da PM, coronel José Luís Castro Menezes, o comandante do 32º Batalhão da Polícia Militar, coronel Ramiro Campos, o prefeito de Rio das Ostras, Alcebíades Sabino, a delegada titular da 128ª DP, Dra. Carla Tavares, além de autoridades de cidades vizinhas. O evento contou com a presença de policiais integrantes da banda da PM de Campos dos Goytacazes. Para a construção da sede da Companhia, o município de Rio das Ostras investiu cerca de R$ 2,2 milhões em recursos. O prédio tem 1.250 metros quadrados, e conta com salas de aula, alojamento, banheiro e refeitório, além de uma quadra poliesportiva. Ao todo,

100 policiais serão formados a cada seis meses, para abastecer o efetivo do 32º BPM. As aulas da primeira turma começam nesta quinta-feira (17). No prédio também está funcionando a 3ª Companhia da Polícia Militar, responsável pelo policiamento ostensivo da cidade de Rio das Ostras. Desde a semana passada, os novos policiais estão alojados no novo quartel para frequentar o curso de formação. Durante os seis meses de treinamento, esses militares irão ajudar no patrulhamento, reforçando o policiamento da cidade. Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), dão conta do aumento da criminalidade no município. De janeiro a julho deste ano foram registradas 514 ocorrências de roubo e 1.108 de furtos, contra 310 roubos e 621 furtos, no mesmo período do ano passado. Em seu discurso, o secretário José Mariano Beltrame defendeu que a segurança pública não é um dever unicamente da polícia. “Não temos nenhuma cidade no estado com 100% de efetivo, pois em um passado não tão distante foram criados batalhões sem que houvesse uma produção correta de policiais. É necessário que sejam aplicados cada vez mais concursos públicos, visando a manutenção do efetivo. Além disso, os gover-

KANÁ MANHÃES

Em seu discurso, o secretário José Mariano Beltrame defendeu que a segurança pública não é um dever unicamente da polícia nantes precisam desenvolver políticas públicas sólidas, em que o governo, seja ele municipal ou estadual, demonstre preocupação com as comunidades, com a inserção de jovens em situação de risco em projetos de inclusão social, mostrando a eles que é mais vantajoso estar ao lado do governo do que da criminalidade”, disse.

FLAGRANTE

Malvinas: GAT apreende 2 por tráfico KANÁ MANHÃES

Com os suspeitos foram encontrados 20 “buchas” de maconha. Eles confessaram a participação na venda de entorpecentes dois adolescentes foram apreendidos durante uma incursão das equipes do GAT (Grupamento de Ações Táticas), na favela da Malvinas. A ação da polícia, que visa exterminar o tráfico nas comunidades macaenses, ocorreu por volta das 18 horas de segunda-feira (14). Durante o patrulhamento, os militares receberam uma denúncia de populares informando a venda de entorpecentes em uma casa na Rua Principal. Ao chegar à residência, os policiais encontraram dois adolescentes, ambos de 17 anos, deitados em um colchão. Após a revista pessoal e buscas no interior do imóvel, foram encontradas 20 “buchas” de maconha embaixo

De acordo com Beltrame, os novos agentes irão passar por um estágio nas Unidades de Polícia Pacificadora (UPP’s) da capital, para que depois sejam realocados de acordo com a demanda de efetivo do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Segundo o comandante do 32º BPM, tenente-coronel Ramiro de Oliveira Campos, os investi-

mentos feitos pela Prefeitura de Rio das Ostras, demonstram a preocupação do governo em garantir a segurança da população. “Quero ressaltar a importância da parceria entre a Polícia Militar, Polícia Civil e os poderes Legislativo e Executivo. Rio das Ostras e Casimiro de Abreu , por exemplo, sempre foram cidades parceiras, endossando a visão de

VISTORIA

Detran disponibiliza 9,6 mil vagas até domingo Ao todo, no interior do estado serão 5,6 mil vagas para vistoria e 1.500 para transferência de propriedade o detran estará disponibilizando até a próxima sexta-feira (18), em seus 48 postos em

todo o estado, um total de 9,6 mil vagas para vistoria e transferência de propriedade (TP), sendo 2.200 vagas para o primeiro serviço e 300 para o segundo, nas unidades da Região Metropolitana, e 5,6 mil vagas para o primeiro serviço e 1.500 para o segundo, nas unidades do interior. O número de vagas tem reduzido rapidamente. Os serviços podem ser reali-

zados em qualquer posto, independentemente do município de emplacamento do veículo. Além disso, qualquer motorista habilitado poderá conduzir o veículo à unidade para qual o carro foi agendado. Para agendar os procedimentos, basta acessar o portal www.detran.rj.gov.br ou telefonar para 3460-4040, 34604041 (Região Metropolitana) e 0800-0204040 (interior). KANÁ MANHÃES

Segundo a polícia, a droga foi encontrada embaixo do colchão onde os adolescentes estavam deitados do colchão onde os adolescentes estavam deitados, além de R$ 55 em espécie escondidos dentro de um berço. À polícia, os menores afirmaram traficar no local e vender cada bucha de maconha, a R$ 5. A dupla foi conduzida até a 123ª Delegacia Policial de Macaé (DP), onde foram autuados

que a segurança pública é um dever de todos”, declarou. O município ainda planeja transformar a antiga sede da 3ª Companhia da PM, no bairro Costazul, em uma Central de Monitoramento e em um Núcleo de Segurança Pública, agregando equipes da Guarda Municipal, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.

por tráfico de entorpecentes (artigo 33). Eles ficaram detidos por ato infracional e serão apresentados ao Ministério Público. Muitos menores apontam que o lucro rápido é o que os atrai para o tráfico. A Polícia Civil investigará o caso e o possível envolvimento destes dois jovens no tráfico local.

Os serviços podem ser realizados em qualquer posto, independentemente do município de emplacamento do veículo

COMBATE

Primavera ascende cuidados contra a Dengue Até sexta-feira (17) acontece a quinta etapa deste ano no Levantamento do Índice Rápido para Aedes Aegypti os meses mais quentes e úmidos, época mais favorável à proliferação do mosquito transmissor da dengue, se aproximam. Por isso os cuidados devem se intensificar desde já. Desde segunda (14), acontece em todo o município, a quinta etapa deste ano no Levantamento do Índice Rápido para Aedes Aegypti (LIRAa), que se estenderá até sexta-feira (18). As equipes do Centro de Controle de Zoonoses precisam do apoio da popu-

lação para que essa verificação dos focos de larvas do vetor seja precisa. Este índice é usado para nortear medidas de prevenção da doença nos próximos meses, quando os números de casos costumam aumentar. Além de verificar os locais que têm potencial para criadouro de larvas, os agentes de controle de endemias informam à população sobre os procedimentos necessários para se evitar os focos e conscientizam os moradores sobre a necessidade da colaboração de todos para se evitar a proliferação da dengue. De acordo com a análise dos dados dos LIRAas anteriores, os criadouros são encontrados em locais de fácil acesso e poderiam ser evitados com o cuida-

do da população. Caixas d’água destampadas, pratos de vasos de plantas com água parada e tambores que acumulam água das chuvas ainda são grandes problemas para a população. Outro relevante é o elevado número de imóveis fechados. Tanto o levantamento quanto o ciclo de trabalho das equipes acontecem de segunda a sextafeira, entre 8 e 17 horas, inclusive em horários alternativos, como 12 e 13 horas. Por isso, os proprietários ou moradores de imóveis que se encontram fechados devem marcar horário de visita dos agentes por meio de ligação gratuita, mesmo de celulares, pelo número 0800-0226461, ou no CCZ, no Centro. Os agentes deixam nas

caixas de correio dos endereços onde os moradores não são encontrados por mais de uma vez, uma notificação com essa orientação. Na semana anterior, as equipes fizeram um mutirão de vistas em horários alternativos com objetivo de baixar o Índice de Pendências, ou seja, de imóveis fechados e por isso não vistoriados. O LIRAa acontece em todos os bairros de Macaé e experimentalmente também na região serrana do município. Cerca de cem agentes realizam este trabalho, que será feito em aproximadamente quatro mil imóveis. Em cada bairro é sorteado um quarteirão que será verificado pelos agentes. De acordo com essa metodologia, um

DIVULGAÇÃO

quinto dos imóveis deverá ser checado por região. Os últimos levantamentos apontaram para uma maior incidência de focos de larvas do Aedes Aegypti nos bairros Cajueiros, Miramar, La-

As equipes do Centro de Controle de Zoonoses precisam do apoio da população para que essa verificação dos focos de larvas do vetor seja precisa

gomar e Centro. Os números se apresentam estáveis se comparados com os do ano anterior. Entretanto, esse inverno foi atípico, com mais chuvas e sem temperaturas muito baixas.


6

MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013

Economia

NOTA

Parquímetros do Estacionamento Rotativo começam a ser instalados

PROGRAMA

Petrobras assina convênio para o Jovem Aprendiz Na terceira edição, 850 vagas para cursos são oferecidas pela empresa na região

O

gerente geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Bacia de Campos (UOBC), Joelson Falcão Mendes, representando a Petrobras, e Josenilza Gomes de Lima, da Fundação Cultural Educacional e de Radiodifusão Valença Filho (CR3), selaram na última segunda-feira (14) o novo convênio para a realização da terceira edição do Programa Jovem Aprendiz. Ao todo serão oferecidas 850 vagas para cursos profissionalizantes. A reunião para a assinatura do convênio foi realizada na base operacional da Petrobras, na Imbetiba. No encontro, foi firmado o compromisso para oferecer formação e iniciação profissional aos jovens selecionados para participar do programa. Joelson Falcão Mendes destacou o sucesso do programa. “Este programa já é vitorioso. E, podendo contar com uma instituição capacitada para desenvolver o trabalho com os jovens, não temos dúvida de que o Programa Petrobras Jovem Aprendiz (PPJA) será mais uma vez bem sucedido”, afirmou. A expectativa da CR3, que operacionaliza o programa, é de que todos os alunos se transformem em profissionais. “Vamos trabalhar para que não haja evasão e que todos os jovens conquistem uma vaga de emprego ao final. Para tanto, estaremos com eles em todas as fases do curso, avaliando seu desempenho, tirando dúvidas e oferecen-

WANDERLEY GIL

Joelson Falcão demonstrou otimismo e elogiou o programa do reforço escolar”, destacou Josenilza Gomes de Lima. Nesta terceira edição do PPJA, que começa no dia 11 de novembro, as 850 vagas estão distribuídas nos municípios de Campos dos Goytacazes, Carapebus, Casimiro de Abreu (no distrito de Barra de São João), Conceição de Macabu, Macaé, Quissamã, Rio das Ostras, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana e São João da Barra. O programa oferece carteira assinada, jornada de trabalho diária máxima de quatro horas, salário mínimo integral, ticket refeição, 13º salário, férias, vale transporte, FGTS e assistência previdenciária. O PPJA tem duração de dois

MACPREVI

anos e é dividido em três etapas, sendo a primeira de formação básica, em período de seis meses, com conteúdo que vai de linguagens e tecnologias, passando por ética, cidadania, prevenção ao uso de drogas e introdução às profissões industriais. A segunda fase é dedicada à qualificação profissional, com período que pode variar entre nove e doze meses, de acordo com a carga horária de cada um dos cursos (caldeireiro, auxiliar em logística, eletricista em manutenção industrial, encanador industrial, mecânico de manutenção, soldador de tubulação, torneiro mecânico, operador de processo produtivo, mecânico de usinagem e instrumentista).

WANDERLEY GIL

A última etapa é a vivência profissional. Os jovens são acolhidos pelas empresas parceiras da Petrobras, por seis meses, a fim de desenvolver as habilidades aprendidas durante a capacitação nos cursos. O Programa Petrobras Jovem Aprendiz foi criado para garantir o atendimento à Lei 10.097/2000, que prevê a contratação do menor aprendiz por dois anos, em empresas com mais de 100 funcionários. O objetivo é beneficiar o jovem que vive em situação de vulnerabilidade social, com a sua inserção no mercado de trabalho e sua inclusão social, além do desenvolvimento humano e do resgate da cidadania.

Servidores devem renovar cadastro no Macprevi Atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h. o instituto de Previdência dos Servidores do Município de Macaé (Macprevi) iniciou ontem (15) o processo de recadastramento anual obrigatório dos servidores. O procedimento segue até o próximo dia 30 de novembro. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h, na sede do instituto. O Macprevi funciona na Rua Tenente Rui Lo-

pes Ribeiro, 293, no Centro. Os telefones para atendimento ao público são: (22) 2759-2309 e 2759-2310. De acordo com a instituição, todos os funcionários públicos municipais aposentados e pensionistas devem comparecer no local neste período. Para o recadastramento, os servidores inativos e os pensionistas precisam levar os seguintes documentos pessoais originais: foto 3 x 4 atualizada, carteira de identidade (RG), CPF, certidão de nascimento ou de casamento, comprovante de residência e o número do PIS/Pasep.

O recadastramento é obrigatório para todos os aposentados e pensionistas da prefeitura que recebem os seus benefícios junto ao Macprevi. O objetivo é manter atualizados os dados cadastrais dos servidores públicos já inativos e daqueles que recebem pensão. Os pagamentos de proventos de quem não fizer o recadastramento poderão ser suspensos até que o interessado compareça à convocação no instituto. O recadastramento é necessário para atualizar o estudo atuarial anual, que são as informações estatísticas, financeiras e contáveis de cada servidor.

IMMT e Salesiana firmam parceria Acordo estabelece a cooperação técnicocientífica entre as duas instituições uma parceria firmada entre a Faculdade Salesiana e o Instituto Macaé de Metrologia e Tecnologia - IMMT, no início deste mês, abre novas possibilidades para alunos, professores e pesquisadores. Assinado no dia 3 de outubro, o acordo estabelece a cooperação técnico-científica entre as duas instituições, que, a partir de agora, poderão contar uma com a outra para a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento técnico e profissional. A assinatura do contrato se deu por meio do presidente do IMMT, Eduardo Neiva, e do coordenador do curso de Engenharia de Produção, André Manzela, que iniciaram a negociação. Contudo, a parceria é extensiva a todos os cursos da Salesiana. “Esse é um momento importante para o Instituto, que segue um projeto de reestruturação, recuperando o seu potencial.

Parcerias como essa são fundamentais nesse nosso processo, que tem como principal objetivo garantir benefícios a toda população macaense”, afirmou o físico Eduardo Neiva. André Manzela também destacou o potencial da parceria. De acordo com ele, esse acordo possibilitará a realização de estágios, visitas técnicas, projetos de pesquisa e trabalhos de conclusão de curso, nos quais alunos e professores poderão utilizar a estrutura do órgão, que é vinculado à Prefeitura de Macaé. “Esse é o primeiro convênio formal estabelecido pela Salesiana para uma parceria com fins técnico-científicoculturais. Trata-se de uma significativa conquista para a instituição”, destacou. O IMMT possui laboratório de pressão, eletricidade, audiometria, metrologia ambiental, fluidos, massa e temperatura, sendo quatro deles acreditados pela Rede Brasileira de Calibração - RBC/Inmetro. São espaços modernos, equipados com tecnologia de ponta, que dispõem de técnicos especializados e instalações de padrão internacional. DIVULGAÇÃO

Eduardo Neiva assinou parceria firmada entre o IMMT e a Faculdade Salesiana

SELEÇÃO

Abertas inscrições para Processo Seletivo Simplificado Contrato tem prazo de seis meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período

Servidores devem conferir lista de documentos que devem ser apresentados no processo

ACORDO

a prefeitura abriu, na manhã de terça-feira (15), as inscrições do Processo Seletivo Simplificado (PSS). O objetivo é selecionar profissionais para atuarem na secretaria municipal de Desenvolvimento Social para atender à necessidade temporária de interesse público, suprindo as vagas no Programa de Correios Comum. As inscrições vão até quinta-feira (17), das 9h às 16h, na secretaria municipal de Administração, Avenida Rui Barbosa, nº 275, 1º andar, sala 106 - Galeria Macaé Center - Centro. O contrato tem prazo de seis meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. O PSS possui três etapas: análise do currículo, entrevista presencial, e avaliação. Os candida-

tos aprovados e admitidos vão atuar nas comunidades como carteiros ou supervisores administrativos. A data para início de vigência do contrato é primeiro de janeiro de 2014. O pré-requisito para a inscrição na categoria de carteiro é ter Ensino Fundamental completo. Estão disponíveis 65 vagas e o piso salarial é R$ 1.073,74. Para a categoria de supervisor administrativo, o pré-requisito é ter o Ensino Médio completo, piso salarial de R$ 1.431,65 e são oferecidas 15 vagas. A carga horária é de quarenta horas semanais para as duas categorias. Os documentos necessários para inscrição são: currículo atualizado; cópia da carteira de identidade; título de eleitor com o comprovante da última eleição; CPF; certificado de reservista (gênero masculino); certidão de nascimento ou de casamento; comprovantes de escolaridade e de residência

atualizado com emissão máxima dos últimos seis meses conta de luz, água ou telefone. Em caso de aluguel, apresentar um dos comprovantes acima citados junto com a declaração do proprietário (com reconhecimento de firma em cartório) e declaração de acúmulo/não acúmulo de cargo público. O candidato deve comprovar experiência através de carteira de trabalho e/ou declaração emitida pelo local onde desempenhou suas atividades laborais. Em caso de contratação serão exigidas cópias do imposto de renda (analítico), da carteira do PIS//Pasep, informar banco, agência, e conta corrente (Banco Itaú ou Banco do Brasil), da certidão de nascimento dos filhos menores de 21 anos e do cartão de vacinação se menor de quatro anos. As cópias dos documentos deverão ser apresentadas de forma que não haja mais de um documento na mesma folha. WANDERLEY GIL

Processo visa contratar profissionais que irão atuar em unidades da rede pública social


MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013

Geral

7

NOTA

Estudantes da rede municipal participam da Avaliação Nacional de Alfabetização

FAPERJ E UFRJ

Escola Polivalente conta com Laboratório de Ciências

Laboratório é fruto de uma parceria entre a UFRJ e a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

N

a última semana a Escola Municipalizada Polivalente Anísio Teixeira marcou um grande passo na história da educação do município com o Projeto “Quem é Polivalente inclui”. Já na última sexta-feira, 11 de outubro, mais um evento marcou a história da instituição: a inauguração oficial do Laboratório de Ciências da instituição. A aula inaugural no local com os professores das disciplinas de Ciências, Física, Química e Matemática foi realizada em setembro. Na oportunidade, eles receberam orientação e os conhecimentos necessários para utilizar da melhor maneira o laboratório. Já nesta última sexta-feira (11) foi a vez dos alunos desfrutarem do espaço que visa despertar cada vez mais o interesse deles pela ciência e dedicação às disciplinas

que muito apontam como as piores da grade curricular, como Matemática e Física. “Esse laboratório foi uma grande conquista para toda a escola e a ideia é que os alunos aproveitem bastante o espaço e aprendam cada vez mais”, disse a diretora da instituição, Sônia Dias. Ela explicou ainda que o laboratório é fruto de uma parceria entre a UFRJ e a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) e que no novo espaço os alunos vão poder colocar em prática a teoria aprendida em sala de aula. O local será usado pelos alunos do 6º ao 9º ano de escolaridade tanto do turno da manhã quanto da tarde e vai contar com a atuação de estagiários da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). De acordo com a prefeitura, a unidade atende uma média de 970 estudantes do segundo segmento do Ensi-

no Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). A diretora da escola lembra ainda que as metas dos profissionais da educação para atuar no Laboratório de Ciências são permitir que os estudantes tenham conhecimento científico e aprendam os processos e métodos das ciências e que os alunos compreendam as aplicações da ciência, especialmente as relações entre ciência e sociedade e ciênciatecnologia-sociedade. “Conforme já mencionei, os trabalhos dos professores no Laboratório de Ciências visa deslocar o núcleo das atividades dos estudantes da sala de aula e a nossa intenção principal é permitir que os alunos manipulem os equipamentos e materiais e preparem montagens para outras ações que se aproximam mais do fazer ciência”, disse.

KANÁ MANHÃES

A iniciativa tem como obejtivo promover a disseminação da ciência

Aulas visam despertar interesse e curiosidade dos alunos a coordenadora do Projeto, Dra. Flávia Borges Mury, Professora Adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) / NUPEM explica que a iniciativa trata-se de um projeto de extensão, com apoio da FAPERJ, de Implantação de um Laboratório Didático na Escola que busca instrumentalizar os professores para o uso do laboratório. Ela esclarece ainda que o mes-

mo foi inaugurado no dia 04/09 e alguns professores já estão desenvolvendo atividades práticas no local. “O objetivo do projeto é promover a disseminação da ciência. O projeto está voltado diretamente para a atuação efetiva no combate à dengue no município de Macaé e região. No entanto, com a construção do laboratório, estamos buscando a

interdisciplinaridade. O local já se encontra equipado com estereomicroscópios, microscópios, balança analítica, pHmetro, geladeira, destilador de água, capela de exaustão, etc”, explicou. Quanto à importância da iniciativa para os alunos, Flávia pontuou que as aulas práticas são sempre importantes para a vivência do aluno. “Além disso, ao apresentarmos questões prá-

ticas, os alunos se envolvem mais, tornando mais críticos. No caso específico da prática que ocorreu na sexta-feira (11), os alunos perguntavam várias questões sobre o ciclo de vida do mosquito, como transmite a doença, como fazer para combater. As explicações, na prática, fazem com que fixem muito mais o conteúdo observado na teoria, fazendo com que se tornem “disseminadores” da

PORTAS ABERTAS

Escola Municipal de Dança recebe pais em “Aula Pública” Seguindo as normas do calendário e objetivando comemorar o Dia das Crianças, a instituição realizou aulas com a presença dos pais não é sempre que os pais têm a oportunidade de acompanhar o desenvolvimento do filho em determinada atividade, ficar dentro da sala de aula, por exemplo, e acompanhar cada passo. Mas foi isso que a Escola Municipal de Dança de Macaé ofereceu aos pais de alunos na última semana. Seguindo as normas do novo calendário, a instituição abriu as portas para receber os responsáveis que tiveram a oportunidade de assistir as aulas de balé dos alunos. Ação também teve como objetivo comemorar o Dia das Crianças. “Denominamos essa ação de aula pública e a ideia é de que ela seja realizada uma vez a cada semestre para que os pais possam ver de perto o desenvolvimento dos seus filhos, saber os que eles fazem em sala de aula, o conteúdo que aprendem, enfim. É algo novo que estamos trazendo e esperamos que dê certo”, disse a diretora da instituição, Cláudia Tenório. De acordo com ela, a instituição conta com aproximadamente 1136 alunos com idade entre 3

e 27 anos, distribuídos em quatro modalidades de ensino: balé, jazz, contemporâneo e hip hop. “Temos uma média de 55 turmas e todos os professores para lecionar passam por processo seletivo”, ressaltou. Para os pais e familiares, é uma iniciativa maravilhosa. “Adorei. Foi a primeira vez que tive a oportunidade de vê-la se apresentar e olha que é só uma aula, mas estou emocionada. Os professores são atenciosos, observam cada movimento deles. Me sinto muito feliz pela escola nos ter dado essa oportunidade”, disse a tia da pequena Vanusa Lopes, de 7 anos, Zora Ashely. E ela não foi a única a se emocionar. “Uma iniciativa bem legal. É uma oportunidade pra gente acompanhar o dia a dia deles na escola e essa relação é importante, mostra que a escola também pertence à gente. Eu já havia assistido algumas apresentações da Maria Luiza, mas em aula, foi a primeira vez”, disse a tia Tatiana Moraes. “Minha filha sempre teve vontade de fazer balé e a Escola de Dança nos deu essa chance e ela já está realizando um sonho, um sonho que também acaba sendo meu. Ela começou a fazer parte da escola esse ano, quando foi inaugurad,a e já aprendeu muita coisa. Estou muito feliz”, ressaltou Luciene Lima, mãe da pequena Letícia Lima.

KANÁ MANHÃES

estimular a formação por meio de uma educação cultural, assegurando a promoção da cidadania. De acordo com a Fundação Macaé de Cultura, totalmente revitalizada estrutural e administrativamente pela nova gestão da FMC, o projeto tem o papel de propagar a cultura e a arte da dança para a população macaense. Ainda segundo o órgão, as três

AMADA e Casa do Caminho fazem aniversário amanhã Com o objetivo de estimular ainda mais os jovens assistidos, a AMADA realizará duas semanas de atividades. Eventos serão abertos ao público

“Aula pública” reuniu os pais e responsáveis que acompanharam de perto o desenvolvimento dos alunos “É uma emoção muito grande. Minha filha sempre gostou de balé e quando conseguimos a vaga, ela ficou toda boba e agora assistindo-a fazer a aula vejo o quanto já aprendeu. Outro dia ela abriu espaguete na maior facilidade e meus amigos ficaram bobos”, disse o pai coruja da pequena Lara Beatriz, de 7 anos, Glauber Moreira. Além da esposa, ele também fez questão de acompanhar a aula da filha e não escondeu a emoção de vê-la aprendendo cada passo. Já o presidente da Fundação Macaé de Cultura - FMC, Juliano Fonseca, destaca que o espaço desenvolve as potencia-

salas de aulas climatizadas foram adequadas com piso flutuante para amortecer o impacto dos saltos e garantem a segurança dos alunos para exercerem suas atividades sem oferecer riscos à coluna, joelhos, entre outras partes do corpo. “Foi implantada uma metodologia de ensino com plano de aula sequente ao aprendizado e proposta pedagógica com aulas

o conhecimento prévio dos mesmos sobre o assunto”, pontuou. Participam do projeto os pesquisadores colaboradores Dra. Natália Feitosa, Dr. Rodrigo Nunes, Dr. José Roberto, Dr. Leonardo Gomes, entre outros, e alunos que são bolsistas da FAPERJ (Lígia Carvalho e Sara Zanuti). Além de uma colaboração com a UENF, que possui um bolsista (Orlando Salvador).

FESTA

lidades afetivas e sociais, além de técnicas. “Foram priorizadas todas as condições adequadas para a realização do ensino como, por exemplo, segurança e conforto”, disse. Ele aponta ainda que a metodologia de ensino da escola inclui plano de aula prática; avaliação bimestral; boletim informativo e aulas guiadas por um plano de curso que possibilita a aprendizagem progressiva do aluno. “A unidade é o único polo público exclusivo da modalidade de dança com pretensão de tornar-se, no futuro, um curso profissionalizante”, ressaltou.

Projeto com foco na democratização da cultura inaugurada em julho deste ano, na sede social do Clube Fluminense, no Centro, a escola é considerada um polo de cultura da Fundação Macaé de Cultura (FMC) e que tem como principal objetivo democratizar a cultura e oferecer à população uma possibilidade de conhecer as modalidades de danças e usufruir de um serviço de qualidade e respeito, além de

informação para a sociedade de uma forma geral”, ressaltou. Flávia lembra ainda que durante as atividades no laboratório serão apresentados aos alunos os diferentes estágios de vida do mosquito transmissor da dengue Aedes Aegypti, bem como de um possível controle biológico, o peixe-zebra - Danio rerio. “Os alunos receberam um questionário inicial para que possamos avaliar

planejadas em turnos por nível e idade. O objetivo do projeto é democratizar a cultura e oferecer à população uma possibilidade de conhecer as modalidades de danças e usufruir de um serviço de qualidade e respeito, além de estimular a formação por meio de uma educação cultural, assegurando a promoção da cidadania”, ressaltou o órgão.

na próxima quinta-feira, 17, a Associação Macaense de Apoio ao Deficiente Auditivo (Amada) vai comemorar 12 anos de assistência ao surdo e deficiente auditivo em Macaé. Para comemorar a data, uma programação diversificada está sendo organizada por profissionais da instituição. O evento será realizado ao longo de duas semanas. A programação começa amanhã e segue até o dia 25, com atividades diversificadas e abertas ao público. São doze anos de muita dedicação e luta pelos surdos, sendo atualmente uma grande referência na região norte do Estado. A instituição foi fundada em assembleia realizada no dia 17 de outubro de 2001, em Macaé, e é uma sociedade civil filantrópica, pioneira na região de caráter bilíngue, cultural, assistencial, educacional, de estudo e pesquisa de pessoas surdas / deficientes auditivas, crianças, jovens e adultos de ambos os sexos, sem restrição de nível econômico-social advindos da

comunidade de Macaé e vários municípios vizinhos. Já a ONG Casa do Caminho iniciou suas atividades em 1989 e atualmente desenvolve várias ações sociais, culturais e educacionais no município. A instituição completa mais um aniversário, na quinta-feira, 17. São 24 anos de funcionamento e atendimento às famílias carentes, da periferia de Macaé, priorizando a criança e o adolescente entre oito e treze anos, com aulas de violino, violão, percussão e flauta doce. Atualmente são atendidos, em média, 150 crianças e adolescentes e o objetivo dos profissionais que atuam na instituição e dão vida aos projetos é formar novos componentes para o grupo musical da Casa do Caminho - que atualmente se chama “Girassóis do Caminho”. Trata-se de uma instituição filantrópica, não governamental, sem fins lucrativos. Seus principais objetivos são oferecer assistência social por meio de incentivos como o trabalho e a educação, a saúde e as artes, promover os valores morais e estrutura familiar, desenvolver a inclusão e o desenvolvimento social a partir de projetos de iniciação à profissionalização e implementar ações visando o conhecimento e a preservação do meio ambiente. KANÁ MANHÃES

Ambas as instituições são referências na cidade com assistência gratuita à população


8 Geral

MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013

CAMPANHA

KANÁ MANHÃES

"Outubro Rosa" promete recorde de público Os munícipes estão convidados para participar da caminhada que será realizada nesta quarta-feira (16) Tamara Lima tamara@odebateon.com.br

N

esta quarta-feira (16), a população está convidada para participar da caminhada “Outubro Rosa", que promete parar a Avenida Rui Barbosa, no Centro da cidade. A concentração será na Praça Veríssimo de Mello, a partir das 10h30. A campanha de conscientização é para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, que teve início na Califórnia - EUA, no ano de 1997. Em Macaé, o evento é promovido pela prefeitu-

ra, através da Coordenação de Enfermagem, Vigilância de Saúde e Programa Saúde da Mulher. O secretário de Saúde, Dr. Flávio Antunes, faz um convite à população: “Convido a sociedade civil para participar da caminhada no município. Todas as pessoas estão apoiando este movimento que é realizado pelo Ministério da Saúde. A cidade de Macaé também está abraçando essa causa tão importante”, disse o secretário de Saúde. Flávio Antunes ressaltou que a campanha é uma iniciativa que pode salvar vidas, e

que é importante que todas as mulheres procurem uma unidade de saúde para fazer o exame da mamografia. Já o gerente de Vigilância de Saúde, Dr. Marcos Hadad, disse que as mulheres precisam se prevenir contra o câncer para que suas vidas não sejam perdidas. “Além do câncer de mama, as mulheres também precisam ter cuidado com o câncer do colo de útero. Nós queremos evitar todos os tipos de óbito e, para isso, é preciso prevenir a doença”, ressaltou ele. Em entrevista à equipe do Jornal O DEBATE, o diretor administrativo do Hospital São João Batista, Dr. Sávio Mussi, disse que o autoexame é a melhor forma de as mulheres conhecerem suas mamas em todas as fases do ciclo menstrual, para que sejam evitados os problemas mais graves. “As mulheres precisam conhecer seu próprio corpo, para que seja possível fazer o diagnóstico precoce. Elas devem apalpar suas mamas semanalmente e, é importan-

Em Macaé, o acontecimento será na Avenida Rui Barbosa, no Centro da cidade e promete ser recorde de público. A população está convidada para participar te que elas guardem os resultados dos exames médicos, porque isso facilita a avaliação médica e o diagnóstico. Se for identificada alguma diferença, como nódulo, ou se houver alguma dúvida, imediatamente é preciso procurar um ginecologista”, alertou. Dr. Sávio Mussi focou a importância do exame da mamografia para mulheres acima de 40 anos. “Elas precisam realizar os exames a cada dois anos ou, em situações especiais, no intervalo de tempo menor. A

estratégia do resultado corresponde a 85% dos casos. Os tumores de crescimento mais lento que provocam alterações na mamografia, permitem o diagnóstico precoce. 15% dos tumores possuem um crescimento rápido, por isso se torna extremamente importante o autoexame", explicou o diretor administrativo do Hospital São João Batista. Desde o dia 1º de outubro, vários lugares da cidade aderiram à cor rosa. Entre as ações realizadas está a iluminação especial, duran-

te todo o mês de outubro, no Shopping Plaza Macaé, nas Igrejas de Sant’Ana e Nossa Senhora de Fátima, no prédio da prefeitura, na Fundação Educacional de Macaé (Funemac), Câmara Municipal e no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo. Panfletagem com orientação sobre autoexame e apresentações culturais também estão sendo distribuídos. De acordo com estimativas do Ministério da Saúde, cerca de 52 mil casos da doença deverão ser registrados em todo o Brasil no ano de 2013.

ERRATA No jornal O Diário na edição nº 8206 de 3/10/2013. Na página geral nº 08. Onde se lê: "28 de janeiro de 2014... Leia-se: ...28 de fevereiro de 2014"

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - FMAS

Macaé, 15 de outubro de 2013.

ERRATA No jornal “ O Debate Diário de Macaé” na edição de nº 8214 de sábado, 12/10/2013. Na página 8. Onde se lê: EXTRATO DE CONTRATO Leia-se: EXTRATO DE RECONHECIMENTO DE DÍVIDA Macaé, 14 de outubro de 2013.

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS Secretaria Municipal de Fazenda EDITAL DE NOTIFICAÇÃO A Prefeitura Municipal de Carapebus, através da Secretaria Municipal de Fazenda, em cumprimento ao disposto no art. 2º da Lei n.º 9.452, de 20 de Março de 1997, notifica aos Partidos Políticos, aos Sindicatos de Trabalhadores e as Entidades Empresarias, com sede neste Município, sobre os repasses dos recursos federais recebidos no período 01/10/ 2013 à 15/10/2013 conforme abaixo discriminados: C/C

Receita/Fonte

73.105-6 6673-7 8730-0 8892-7 9799-3 9652-0 11.030-2 11.170-8

FPM-STN ITR FUNDEB SIMPLES NACIONAL PNAE-FNDE PAB/PACS/PSF-FNS BOLSFAM-FNAS BOLSFAM-FNAS

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Macaé Empresa Pública Municipal de Saneamento PORTARIA ESANE Nº 0011 /2013 de 15 de Outubro de 2013. O DIRETOR-PRESIDENTE DA EMPRESA PÚBLICA MUNICIPAL DE SANEAMENTO - ESANE, no uso de suas atribuições legais, que lhe confere a Lei Complementar Municipal nº. 113/2009 e considerando o disposto no art. 4º do Decreto Municipal nº 014/2013, resolve: Art. 1º. - Substituir o Sr. BRUNO PEÇANHA GOMES, matrícula 39063 pela servidora DARLIANA DE ALMEIDA OLIVEIRA DA SILVA, matrícula 28130 na portaria ESANE 008 DE 07 de agosto de 2013 que nomeou a Comissão Permanente de Licitação. Art. 2º - Os demais integrantes da comissão permanecem inalterados. Art. 3º. - Essa Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

290.710,36 6.788,45 263.884,76 4.665,75 16.658,00 37.158,49 3.905,86 1.007,42

Carapebus-RJ, 15 de Outubro de 2013. José Carlos Alexandre Rocha Secretário Municipal de Fazenda

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS Comissão de Permanente de Licitação AVISO DE PREGÃO O Fundo Municipal de Saúde de Carapebus torna público, que fará realizar no dia 30 de outubro de 2013, às 10:00 hs, na sede do Poder Executivo, na Avenida Getúlio Vargas, nº 15, Centro - nesta cidade, o Pregão Presencial nº 026/2013 do tipo Menor Preço Unitário, de acordo com a legislação em vigor. O Edital e seus anexos estarão disponíveis na sala da Gerência de Compras, situada na Prefeitura Municipal e a retirada será mediante a entrega de 02 (duas) resmas de papel A4, através de pessoa credenciada e portando carimbo do CNPJ, de segunda a quinta-feira, no horário das 08:00 hs às 17:30 hs, exceto as sextas que será no horário de 08:00 as 12:00 hs. Tel. Contato (22) 2768-9537/9545. Objeto: Aquisição de Gás de Cozinha P13 e P45. . Carapebus, 15/10/2013 Alex Sandro Barcelos de Azevedo Pregoeiro

EDITAL DE CONVOCAÇÃO 001/13 CONSELHO MUNICIPAL MOBILIDADE URBANA E TRANSPORTE DE MACAÉ- RJ REUNIÃO ORDINÁRIA. A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, no uso de suas atribuições legais como Presidente do Conselho Municipal Mobilidade Urbana e Transporte de Macaé - RJ (COMMURT), faz saber que na data de 13/11/2013, às 15:00 hs em primeira chamada com presença de metade mais um de seus membros, e às 18:00 hs em segunda e última chamada com qualquer número de membros, no auditório do Paço Municipal - na sede da Prefeitura situado na AV. Presidente Sodré, 534, Centro, Macaé - RJ, realizar-se-á a Primeira Reunião Ordinária deste Conselho, e para tanto, convoca todos os membros titulares conforme dispõe o art. 4º da Lei 3.983/2013. A reunião terá como pauta: Aprovar Regimento Interno do Conselho Municipal Mobilidade Urbana e Transporte de Macaé - RJ (COMMURT); Eleição do Vice Presidente; Eleição do Secretário; e Assuntos Gerais

Macaé, 15 de Outubro de 2013. MARCOS ROBERTO MUFFAREG Diretor-Presidente da ESANE

José Mauro Farias Junior Presidente do Conselho Municipal Mobilidade Urbana e Transporte de Macaé - RJ (COMMURT)

EDITAL DE CASAMENTO

RCPN – 2° Distrito de Macaé – RJ. Habilitaram-se para casar: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23.

STEFAN ELIE, e NELCI DA SILVA ADOLPHO. WASHINGTON SANTOS FREIRE, e MARCIA REGINA REZENDE SOARES. VICENTE DE SOUZA PINTO, e TATYANA ALVES DE MENEZES. FRANCISCO JERMANO BATISTA DA SILVA, e VERALUCIA DE JESUS SANTOS. HELIO DA SILVA, e VANUSA DA CONCEICAO SANTOS. GILSON COSTA DE SA, e ELIANA CORREA DE BARROS. JEAN CARLOS ROCHA AMORIM, e GUIOMAR ANUNCIAÇÃO GOMES. CLEBIS DA SILVA SOUZA, e JOELMA RIBEIRO DOS ANJOS. VINICIUS MACHADO DA COSTA, e MARINA BENTO DE SOUZA. HUDSON PENUDO VIANA, e ADRIANA GONCALVES KILIM . MARCOS RANGEL DA SILVA BATISTA, e JANAINA DA SILVA MOTA. BRUNO TAVARES DO NASCIMENTO, e ELIDIANE GUIMARÃES GOMES WELLINGTON MARQUES, e MARIA DA CONCEIÇÃO DE ARAUJO BARROS. RODRIGO EDUARDO DE SOUZA LEMOS, e JULIANA DE SOUZA PEREIRA. ALESSANDRO MORAES MARTINS, e PATRICIA NASCIMENTO DUARTE. RONIS ROBSON DA SILVA, e ALINE CUSTODIO FERRAZ. ANDERSON ANGELO DOS SANTOS, e SAMARA PEREIRA MARTINS. HÊUDER DA SILVA FERNANDES, e MARCELLY MÁRCIA BARBOSA FERREIRA. BRUNO SANTANA, e SÂMELA DA SILVA MAIA. EZIO DERIS, e AMARILZA ALVES DE AMORIM MAURICIO SABINO DE SOUZA, e EDILMA CORREA DOS REIS. SEBASTIÃO GERÔNIMO COSTA, e CRISTIANE SILVA SANTOS. JANDIR DOS SANTOS, e ALINE DOS SANTOS RAMOS.

Quem souber de impedimento acuse-o. Barra de Macaé, 15 de outubro de 2013. Ruth Bastos de Azevedo Pimentel – oficial.


MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013

Geral 9

DIA DO MÉDICO

LILIA VIDEO

Associação abre 39ª Semana Médica com premiação Programação foi aberta na noite da última segunda-feira (14) em homenagem ao Dia do Médico, comemorado em 18 de outubro Tamara Lima tamara@odebateon.com.br

E

m homenagem ao Dia do Médico, que será no dia 18 de outubro, a Associação Médica de Macaé preparou uma programação imperdível. Na noite de segunda-feira (14) aconteceu a abertura da 39ª Semana Médica, quando foi realizada uma cerimônia de premiação para o Médico do Ano, Dr. Washington Luiz Teixeira Dutra, clínico geral, seguido pela palestra: Avanço na terapia coagulante e no tratamento TEP, ministrada pelo Dr. Rossi Murilo. Ao final do evento, foi oferecido para os convidados um jantar. Entre os dias 14 a 19 de outubro, haverá palestras, festas e discussões em benefício da saúde dos munícipes. O evento acontece até esta sexta-feira (18), na Rua da Igualdade, s/ PROGRAMAÇÃO

› 16/10, Dr. Guilherme Pinto Bra-

vo Neto ministrará a palestra: Avanços na cirurgia do câncer gástrico, às 20h30. › 17/10, Dra. Luna Azulay Abulafia vai falar sobre Psoríase - Uma doença multidisciplinar. › 18/10 - O tema “Uso, Abuso e Dependência Química”, será ministrado pelo Dr. Dimitri Marques Abramov. As palestras serão realizadas na Associação Médica de Macaé. › 19/10 - Haverá a “Festa dos Médicos 2013”, no Pândanus Festa, no bairro Granja dos Cavaleiros.

nº, bairro Imbetiba. No sábado (19), haverá a “Festa dos Médicos 2013”, que será realizada na Alameda do Bosque, 285, Granja dos Cavaleiros. Entre os presentes na abertura da Semana Médica estavam: o provedor do Hospital São João Batista, Dr. Luís Porto; Dr. Sávio Mussi, diretor administrativo do Hospital São João Batista; o gestor da Coordenadoria Extraordinária de Políticas sobre Drogas, Dr. Gleison Guimarães; o cardiologista e vereador Dr. Carlos Emir Mussi Júnior; a classe médica e sociedade civil. O presidente da Associação Médica, Dr. Marcelo Rizzo, deu início à programação. Em seu discurso, ele citou a importância do diálogo entre os profissionais. “Estamos dando início com grande satisfação a 39ª Semana Médica de Macaé. Este é um ano diferente para nós, médicos. Estamos vivendo um momento histórico. Ano em que nós, médicos, que durante toda nossa vida profissional, fomos treinados a salvar vidas, agora estamos sendo eleitos símbolos da ineficiência do sistema de saúde pública. Espero que possamos aproveitar esta semana de palestras na qual teremos a oportunidade de fazer uma reciclagem sobre diversos temas interessantes e nos colocar a par dos conhecimentos médicos em nosso país." Na ocasião, Dr. Marcelo ressaltou que as respostas do governo federal às manifestações nas ruas, inserindo o programa “Mais Médicos”, foi lançado às pressas, sem escutar a nenhuma entidade médica, se baseando no fato de que o problema de saúde

É um reconhecimento de dedicação de 30 anos de profissão.

WASHINGTON LUIZ, clínico geral.

no Brasil é a falta de médicos no interior do Brasil e nas áreas carentes. “A solução imposta pela medida provisória de número 621/2013 é a importação de médicos sem necessidade de revalidação de seus diplomas, nem domínio da língua portuguesa e a infraestrutura básica necessária para exercer a profissão, nas áreas mais carentes do país, expondo justamente esta população a grandes riscos”, declarou o presidente da Associação Médica de Macaé Dr. Marcelo Rizzo falou que a classe médica tem compromisso com a sociedade. “Temos um compromisso perante a população, junto aos nossos pacientes de esclarecer que somos mais de 400 mil médicos exercendo a profissão em todo o país e que não somos contra os médicos estrangeiros, desde que eles tenham seus diplomas revalidados”, frizou. Em seguida, Dr. Rossi Murilo ministrou a palestra: Avanço na Terapia Coagulante e no Tratamento TEP. Dr. Rossi deu boas-vindas à plateia e pontuou a situação colocada com a falta de médicos pelo governo federal, que precisa ser esclarecido para a população, porque trazer médicos estrangeiros é sem critério. Em seguida, ele falou sobre as doenças: Trombose Venosa e Embolia Pulmonar; abordou uma nova fór-

FESTA

Casa do Idoso promove festa DIVULGAÇÃO

No Dia das Crianças, os convidados proporcionaram muita alegria no dia 12 de outubro, a Casa do Idoso promoveu uma festa para comemorar o Dia das Crianças. O evento aconteceu às 14h, na Rua Dr. Luiz Belegard, nº 540, Imbetiba. A coordenadora de saúde da Casa do Idoso, Margarida Vieira da Silveira, contou como foi a festa. “Teve brincadeiras, músicas, doces e muita diversão. Recebemos também os alunos do Colégio Castelo e Faculdade Maria Auxiliadora para uma apresentação. Os donos da festa se divertiram muito com a presença dos convidados”, disse. Margarida Vieira ressaltou que após uma certa idade, os idosos viram crianças outra vez, por isso, sempre são realizados eventos para eles nesta data. Na ocasião, ela disse que gostaria de levar os idosos para passeios no município. No entanto, por questões de mobilidade reduzida ou a falta dela, quando entra em cena a cadeira de rodas, fica muito difícil colocá-los dentro de qualquer veículo para realizar passeios ou viagens. Infelizmente, essas limitações influenciam também na qualidade de vida, uma vez que alguns assistidos são deixados na instituição e não recebem visitas ou notícias de seus parentes. “Gostaria de ter condições de levar os idosos para vários passeios, porém, alguns são cadeirantes e isso dificulta a saída do local. Temos uma idosa de 103 anos e, sem recursos, infelizmente é muito difícil”, pontuou. Margarida faz um convite para os parentes dos idosos atendidos. Segundo ela, há assistidos que são deixados lá e seus filhos não voltam mais para visitá-los. Vale ressaltar ainda que alguns deles não têm mais parente, então, o convite é destinado a toda população macaense. “Gostaria que os familiares

comparecessem mais aqui para visitá-los, pelo menos de 15 em 15 dias. Alguns deixam seus pais e não voltam mais. Muitos deles não têm mais parentes, por isso, é muito importante que a população compareça nos eventos da instituição”, pediu. A Casa do Idoso foi criada

No Dia das Crianças, os idosos da Casa do Idoso receberam muito carinho do público. Doces e brincadeiras fizeram parte da data

em 1923 e sobrevive de doações. É com a ajuda de algumas empresas privadas e membros da sociedade, que a instituição sobrevive. Quem quiser ajudar, é só ligar para os telefones: (22) 2772-7442 ou (22) 2772-5313 e falar com a coordenadora Margarida.

Estatuto do Idoso A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República instituiu a Lei de n°10741/2013, pelo Estatuto do Idoso, que diz: "A pessoa com idade igual ou superior a 60 anos goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-selhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde física e mental e seu aper-

Médicos e profissionais da saúde participaram da abertura da Semana Médica

feiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade. Ainda de acordo com o Estatuto do Idoso, é obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do poder público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.

Dr. Washington Luiz Teixeira Dutra recebeu o prêmio Médico do Ano, ao lado da família mula anticoagulante oral atual diretamente sobre o fator XA, demonstrando ser uma escolha alternativa bastante segura e eficaz, que existe há dois anos e está começando a ser difundido. “Os novos anticoagulantes orais atuam em um único fator de coagulação e podem ser utilizados em doses fixas. A medicação melhora a qualidade de vida, por ser eficaz, além de ser aprovado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)”, disse. O novo medicamento é “Rivaroxabana”, do laboratório Bayer. Como toda a medicação, não pode ser usado pelos pacientes sem a prescrição médica. Dr. Rossi Murilo possui os títulos: Angiologista; Cirurgião Vascular; Mestre em Cirurgia Vascular pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro); e presidente do Centro de Estudos do Hospital Lagoa, lo-

calizado na Zona Sul, da cidade do Rio de Janeiro. Foi realizado um debate sobre o novo medicamento e para compor a mesa, estavam os médicos: Marcelo Rizzo, Eduardo Trindade, Marcelo Nascimento e o palestrante Rossi Murilo. Eles conversaram com seus colegas que estavam na plateia e tiraram suas dúvidas. Após a palestra, o clínico geral Dr. Washington Luiz Teixeira Dutra recebeu uma homenagem de sua esposa e filhos, com fotos dele desde criança, até a formatura. O momento emocionou os convidados. Em seguida, o presidente da Associação Médica, Dr. Marcelo entregou o título de Médico do Ano em suas mãos. Ele recebeu muitos aplausos de todos os presentes. Dr. Washington Luiz conversou com a nossa equipe de reportagem. “É um reconhecimento de dedicação de aproximadamente 30 anos

de profissão. Estou muito feliz, porque foi um prêmio escolhido pelos meus colegas”, disse emocionado. Ao final do evento, os convidados se divertiram ao som da banda instrumental Duo Sol, com os músicos Marco Briza e Henrique Verânio, e saborearam um jantar do Buffet Ricardo Cardoso, Gastronomia e Eventos. PATROCINADORES

› Unimed Costa do Sol; › Unicred; › Bioanálise e Hemolabes; › Grupo GSH (Gestor de Serviços

de Homoterapia); Cedi Diagnósticos; › Dermage; O2 Imóveis; › Bayer. › Apoio: Colégio Brasileiro de Cirurgiões.


10 Geral

MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2013

SASE

População deseja reativação de hospital Prefeitura diz que vem estudando o destino de prédio abandonado

KANÁ MANHÃES

Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

O

acesso aos serviços de saúde é, segundo a Constituição Brasileira de 1988, um direito que cada cidadão tem, seja ele de classe média ou baixa. Quando inaugurado, o antigo Hospital do Sase era de extrema importância para os moradores da Barra de Macaé, Fronteira e comunidades do entorno. Quem teve esse serviço à disposição lamenta ver o estado que esse espaço público se encontra atualmente. Desde que fechou, o prédio tem sido alvo de reclamações da parte da população nos últimos anos. No início do ano passado, ele foi fechado após diversas reclamações dos moradores de que o local era utilizado para a prática de prostituição, principalmente entre homossexuais. Mas o que foi motivo de alívio para quem vivia no entorno durou pouco, isso porque alguns meses depois, o local voltou a ser invadido. “Desde que fechou, diversas vezes o poder público veio, tentou fechar o prédio, inclusive com tijolos, mas de nada adiantou, pois foi invadido novamente. Em vez de complementar o atendimento à saúde da população, o lugar serviu apenas para que pessoas com más intenções utilizassem o local para coisas erradas. Quem mora no entorno fica apreensivo, com medo da violência. Eu mesma evito passar por aqui, principalmente à noite”, relata Michelle Dias. Atualmente a população vive na expectativa de que esse es-

SERRA X MESQUITA

Serra se prepara para jogo na quarta Partida desta quartafeira(16) no Frade é decisiva para a classificação a primeira fase do Torneio Octávio Pinto Guimarães vai chegando nos seus momentos decisivos e nesta quarta-feira, o Serra, que é o representante macaense na competição, recebe o Mesquita no Municipal do Frade e uma vitória deixa a equipe bem próxima da segunda fase. A equipe atualmente divide a liderança do grupo com o Flamengo, ambos com 11 pontos, com o rubro-negro levando vantagem nos critérios de desempate. A situação das duas equipes só não é mais confortável, porque o Madureira derrotou o Mesquita nesta segunda por 3 a 0 e encostou, somando 10 pontos. Uma vitória dos comandados do técnico PH Filho

no Frade, nesta quarta, pode fazer com que o alviverde jogue por um empate no próximo sábado, contra o próprio Madureira, no Rio de Janeiro. O zagueiro Gabriel retorna ao time, após passar por um período de testes no Flamengo. A dúvida do treinador macaense está em quem deixa a equipe. O lateral direito Maicon, machucado, ainda não sabe se poderá atuar e, nesse caso, Julinho seria improvisado na posição, com Gabriel formando a zaga com Júlio. Caso o lateral tenha condições, quem sairia do time seria o zagueiro Júlio, como confirmou o técnico do alviverde. “O Gabriel volta ao time e eu dependo da situação do Maicon, que está sentindo dores, pra saber se ele entra no lugar do Júlio ou do próprio Maicon. Se ele não puder atuar, eu vou puxar o Julinho pra lateral”, disse Paulo Henrique. RENATO DE CARVALHO/ASSESSORIA

Prédio desativado segue há anos abandonado pelas autoridades públicas paço seja revitalizado. “Foi informado que a prefeitura pretende transformar esse prédio em um hospital escola, só que até o momento não vimos nada ser feito. A volta de uma unidade de saúde seria muito boa para a população. Eu cheguei a ir lá diversas vezes quando precisava. Uma pena ver esse espaço abandonado”, ressalta

Regina da Silva. Muitas promessas foram feitas sobre o futuro do prédio, mas o retrato atual é de abandono. Recentemente, a prefeitura informou que estava em tramitação um convênio a ser assinado com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) para utilização futura

do espaço como hospital escola pela instituição. Procurada novamente, ela explicou que a utilização do local ainda está em estudo, contudo algumas medidas estão sendo tomadas para resguardar as instalações e a população no entorno, como o reforço da vistoria realizada pela Guarda Municipal.

Serra e Mesquita: jogo está confirmado pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro para às 15h no Frade


Noticiario 16 10 13