Page 1

WANDERLEY GIL

CARNAVAL

Suave Veneno vence a disputa dos Bois Pintadinhos Participação da comunidade da Nova Holanda garantiu mais uma vitória para o Boi pág. 8 WWW.ODEBATEON.COM.BR • MACAÉ (RJ), QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 • ANO XXXVIII • Nº 8336 • FUNDADOR/DIRETOR: OSCAR PIRES • O JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO DO MUNICÍPIO • R$ 1,00

Império da Barra e Foliões da Malvinas ganham o Carnaval

Repetindo o título do ano passado, Império da Barra foi a melhor na disputa pelo título de campeã do Grupo Especial. Já a Foliões da Malvinas brilhou na Avenida do Samba, ganhando a acirrada disputa pelo Grupo I pág. 5 WANDERLEY GIL

A grande campeã do Carnaval macaense levou para a avenida a história do descobrimento do Brasil

POLÍCIA

WANDERLEY GIL

Foliões da Malvinas falou sobre a força do povo, enredo que garantiu a vaga no Grupo Especial

ECONOMIA

Feriado marcado por assassinato e apreensões o carnaval foi violento na região. Em Casimiro de Abreu, uma mulher de 68 anos foi assassinada a facadas pelo próprio marido. Em Carapebus, duas mulheres morreram depois que um carro caiu da ponte e despencou no Rio Maracujá. No sábado (1) policiais militares apreenderam um revólver calibre 32 e munições, no bairro Parque Aeroporto. pág. 5

Quarta-feira de Cinzas tranquila em Macaé Ontem, a procura foi maior por atendimento nas agências bancárias situadas no Centro da cidade pág. 6

KANÁ MANHÃES

POLÍTICA

Exoneração em gabinete pode criar racha Após declarações de Danilo Funke (PT), assessores do gabinete do vice-prefeito foram cortados pág. 3 KANÁ MANHÃES

Lixos tomam conta de areia das praias Durante o Carnaval, muita gente aproveitou o tempo livre para curtir as praias da cidade. Mas como sempre, muitos macaenses deixaram de fazer o seu papel como cidadão e o resultado não poderia ter sido outro: resíduos deixados nas areias. pág. 2

Aulas na rede municipal retornam dia 10

WANDERLEY GIL

Os alunos da rede municipal vão ter mais alguns dias de folga. É que as atividades nas unidades de ensino só vão retornar no dia 10 de março. De acordo com a prefeitura, o recesso já estava previsto no calendário e não irá prejudicar o processo ensino-aprendizagem da rede municipal. O órgão ressalta ainda que o atendimento da secretaria de Educação funcionará normalmente. pág. 7

Educação e Saúde terão mais recursos COTAÇÃO

Dólar C. Dólar V.

TEMPO

R$ 2,3170 R$ 2,3180

Máxima. 34º C Mínima. 23º C

Fim da folia e início de mês levaram clientes às agências bancárias do Centro da cidade

os setores da Saúde, Educação e Obras (Infraestrutura) contarão com investimentos que somam mais de R$ 75 milhões apenas neste mês, segundo o planejamento de execução orçamentária do governo municipal. Neste mês o governo prevê a aplicação de R$ 196.800.922,22. pág. 3


2

MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014

Cidade

NOTA

O Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, campus Macaé, realizará a terceira edição do Encontro Saúde, Mídia e Informação

ESTRADA NORTE-SUL

KANÁ MANHÃES

Motoristas são flagrados transitando pela faixa seletiva do BRS Apesar de ser considerado uma infração, desrespeito continua acontecendo na via Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

D

esrespeito ao uso da faixa do BRS (Bus Rapid Service) na Estrada Norte-Sul continua sendo rotina para muitos motoristas. Na última semana, a equipe de reportagem do jornal O DEBATE fez novos flagrantes de veículos não autorizados transitando pela pista, que é exclusiva apenas para ônibus ou micro-ônibus do transporte público intramunicipal e intermunicipal, táxis com passageiros, transporte escolar legalizado e veículos utilizados por portadores de deficiência ou dificuldades de locomoção, autorizados pelo município de Macaé. Assim como nos outros casos, no momento em que as fotos foram feitas, nenhum agente de

trânsito se encontrava no local. Dessa vez, o flagrante foi feito na parte da tarde, por volta das 16 horas, mas situações como essa já foram presenciadas em outros horários. A criação da faixa exclusiva passou a valer desde o dia 2 de janeiro deste ano e tem como objetivo melhorar o trânsito para os milhares de usuários do transporte público na cidade. Já os outros tipos de veículos, como os carros de passeio e motos, o acesso à faixa exclusiva só poderá ser feito “para fins de conversão à direita no cruzamento, acessar entradas de garagem existentes na mesma quadra ou acessar as baias de serviço existentes, obedecendo à sinalização que há em cada uma delas, sendo permitida a circulação em qualquer

faixa de rolamento nos demais horários”. Desde o dia 21 de janeiro, as infrações não estão mais sendo toleradas. A partir de agora, quem desrespeitar e transitar pela pista da direita será penalizado, conforme as regras previstas dentro do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). De acordo com o CTB, transitar com o veículo (Art.184) “na faixa ou pista da direita, regulamentada como de circulação exclusiva para determinado tipo de veículo, exceto para acesso a imóveis lindeiros ou conversões à direita” é considerada uma infração leve. O infrator pode ser penalizado com multa de R$ 53, 20 e perda de três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Desde que foi inaugurada, a

BELEZA Incrições podem ser feitas entre os dias 10 e 31 de março, no Tênis Clube

Inscrições para o “Mais Bela Negra” começam na próxima segunda a partir da próxima segundafeira (10), começam as inscrições para a 5ª edição do Concurso A Mais Bela Negra de Macaé, promovido pelo Movimento Negro Tribo dos Malês. Segundo a organização, as interessadas têm até o dia 31 de março para se candidatar. As inscrições vão poder ser feitas de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, no Tênis Clube sede social, localizado na Praça Veríssimo de Mello, 68 - Centro. As interessadas também podem se candidatar pelo telefone: 99956-4574 ou através do email: macaenegro@gmail.com. Para participar, as candidatas precisam ser negras, maiores de 18 anos e residir na cidade há pelo menos 5 anos, independente de ter nascido em Macaé ou não. Durante o ato de inscrição, a pessoa interessada deve comparecer ao local portando a cópia da identidade e do comprovante de residência. As candidatas devem levar também no dia uma lata de leite em pó que será doada para o projeto social

via, que liga a Fazenda Mutum até o Parque de Tubos, tem ajudado a reduzir os impactos no trânsito na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), que é um dos mais intensos da cidade. Ela conta, ao todo, com 3 quilômetros de extensão, beirando a linha férrea, que podem ser acessados na altura da Churrascaria Galope, Posto Shell

(Parque de Tubos), Avenida A (entrada do Jardim Guanabara), rua Ricardo Muylaert Salgado (ao lado do IFF), em frente ao condomínio industrial Osep e pela Avenida Melquíades. A rodovia recebeu calçada, urbanização, paisagismo e sinalização horizontal e vertical. Apesar disso, a secretaria de Mobilidade Urbana esclarece

que a fiscalização na Rodovia Norte-Sul é realizada em período integral por dois agentes de trânsito e uma viatura que faz a cobertura de todo o trecho. Sendo assim, os condutores flagrados trafegando de maneira irregular pela faixa do BRS serão infracionados. A medida cumpre o que está descrito no Decreto nº 245/2013.

CONSCIENTIZAÇÃO DIVULGAÇÃO/MATEUS CUSTÓDIO

Essa é a 5ª edição do conscurso, promovido pelo Movimento Tribo dos Malês

No momento do flagrante, que foi feito na semana passada, nenhum agente de trânsito foi visto no local

“Fome não tem cor”. No mês de abril irá acontecer uma etapa seletiva, onde serão escolhidas as finalistas. A grande final está marcada para acontecer na segunda quinzena de maio, com data a ser definida pela organização do concurso. O evento será realizado no Tênis Clube e toda população macaense está convidada a participar. Além de ver de perto as vencedoras, será uma festa beneficente. Maiores informações sobre a venda das pulseiras serão divulgadas em breve. Os três primeiros lugares serão premiados. Já o quarto lugar vai receber o título de “Simpatia Negra”. A idealizadora do concurso, a líder comunitária Marilene Ibrain, convida as mulheres negras da cidade a participarem e espera que a 5ª edição repita o sucesso das anteriores. “Esse concurso é para valorizar a beleza e Macaé não tinha um concurso desse tipo antes. Estamos na nossa quinta edição e a cada ano que passa, recebemos uma aprovação da população cada vez maior. No início enfrentamos muitas dificuldades, pois ninguém acreditava nessa ideia, mas graças a Deus isso foi mudando e hoje esse concur-

so é um sucesso. O objetivo é elevar a autoestima dessas mulheres, mostrando que elas têm a sua beleza. Tem muitas mulheres lindas dentro das comunidades que têm vergonha de mostrar suas qualidades. Esse ano estamos vindo com novidades, tudo voltado para o lado social. Convido todas a participarem”, ressalta. O Movimento Negro Tribo dos Malês foi criado em 2009 por iniciativa da Marilene Ibrain com o objetivo de resgatar a autoestima dos moradores das diversas comunidades carentes e também a raça negra, possibilitando a conscientização dos seus direitos e deveres. Ele não tem fins lucrativos e não aceita doações em espécies. As ações ocorrem quando pessoas entram em contato para solicitar as doações. O movimento apura os fatos e busca, através de seus parceiros, contribuir para atender estas solicitações. Neste sentido, ele realiza projetos como: A Mais Bela Negra de Macaé; Projeto Mulheres em Luta, Mulheres Solidárias; Amigos Para Sempre; Fome Não Tem Cor; e Os Malezinhos (que é realizado em uma escolinha de futebol no Lagomar).

População continua deixando resíduos nas praias Situação gera diversos transtornos, entre eles, impactos ambientais durante o carnaval, muita gente aproveitou o tempo livre para curtir as praias da cidade. Mas como sempre, muitos macaenses deixaram de fazer o seu papel como cidadão e o resultado não poderia ter sido outro: resíduos deixados nas areias. Até mesmo em praias menos frequentadas pela população, como a Praia do Aeroporto, na altura do Bar do Coco, banhistas reclamaram da falta de conscientização de algumas pessoas. A estudante Diana Herrera conta que chegou a cortar o pé em um pedaço de caco de vidro, que estava escondido na areia. “Eu me descuidei por andar sem sandália, mas acho uma vergonha esse tipo de situação. Por sorte o corte não foi profundo, mas poderia ter sido. O que que custa catar o seu próprio lixo?”, relata.

Situações como essa podem ser presenciadas nas praias da cidade durante todo ano, mas é no verão que isso piora ainda mais. Mesmo com serviço de limpeza, é comum ver resíduos deixados pelas pessoas na areia e no meio da vegetação. Apesar de parecer um gesto inofensivo, os resíduos deixados na areia acabam sendo levados para os oceanos através de correntes de vento e do mar, quando a maré fica alta. Um dos maiores riscos que esses resíduos podem causar é a morte de animais marinhos, que sofrem grandes consequências por ingerir sacolas plásticas e diversos outros materiais. O lixo se espalha rapidamente no mar, chegando a locais como ilhas desertas e recifes costeiros. Vários estudos no mundo inteiro mostram a grande quantidade de lixo encontrada nos estômagos dos animais. Uma das espécies que mais sofrem são as tartarugas, que confundem o plástico com algas. Muitas morrem sufocadas e acabam surgindo na costa, casos que já

foram encontrados em Macaé nos últimos anos. Mas além dela, outras espécies de animais também ficam ameaçadas, caso dos golfinhos e das baleias. Para nós, o tempo de utilização dos resíduos muitas vezes são de minutos, porém, quando se trata de decomposição, esse tempo é significativamente muito maior. O tempo de decomposição no mar é diferente do tempo no solo, devido a diversos fatores. Um plástico, por exemplo, leva mais de 100 anos para se desfazer nos oceanos. Já o papel leva em torno de três a seis meses, o pano de seis meses a 1 ano, a ponta de cigarro e o chiclete em média 5 anos, o nylon mais de 3 anos, o metal mais de 100 anos, o vidro cerca de 1 milhão de anos e a borracha dura tempo indeterminado. Isso nos leva a refletir que o simples ato de recolher o próprio resíduo na praia, nas cachoeiras e rios pode parecer algo simples, porém tem um grande impacto positivo quando se trata da preservação ambiental. WANDERLEY GIL

Além de impactos ambientais, situação compromete a segurança dos banhistas


MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014

Política

3

NOTA

O secretário municipal de Governo, Leonardo Gomes, afirmou que a gestão municipal tem foco técnico, e em 2014 será voltada para o social

GESTÃO

WANDERLEY GIL

Educação e Saúde terão mais recursos Governo planejou para março aplicar mais de R$ 196 milhões do orçamento, mantendo setores como prioridades Márcio Siqueira marcio@odebateon.com.br

O

s setores da Saúde, Educação e Obras (Infraestrutura) contarão com investimentos que somam mais de R$ 75 milhões apenas neste mês, segundo o planejamento de execução orçamentária do governo municipal. Entre as três áreas prioritárias do governo, a Educação contará com o maior montante em aplicação, pouco mais de R$ 27 milhões, seguindo assim as diretrizes da Constituição Federal que exige a aplicação de 25% do total de receitas próprias acumuladas pela prefeitura para o setor. No mês em que o governo prevê a aplicação de R$

196.800.922,22 em recursos públicos, acumulando assim uma arrecadação que beira os R$ 700 milhões, a Saúde contará com investimentos na ordem dos R$ 26 milhões. Constitucionalmente, o setor deve contar com uma aplicação de 15% do total de receitas próprias geradas pela prefeitura. O setor de Obras, apesar de não possuir percentual determinado pela Constituição, contará com um investimento de R$ 20 milhões, tendo como sua principal fonte os recursos oriundos das riquezas geradas pela exploração e a produção do petróleo na Bacia de Campos, ônus que segue defasado em função da demora na liberação da segunda parcela dos

Ampliação do Hospital Público Municipal, com a construção de novos leitos, é uma das metas para a rede municipal de saúde royalties do petróleo, prevista para ser liberada até o dia 21 do mês passado. Seguindo a determinação da Constituição, a Educação contará com mais de R$ 18 milhões em recursos oriundos do montante adquirido pelo governo apenas com o recolhimento de taxas como o Imposto Sobre Serviços (ISS) e o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). O restante dos recursos desti-

nados ao setor são oriundos de repasses governamentais, em especial do governo federal, como o Fundo de Manutenção da Educação Básica (Fundeb). Já a Saúde contará com mais de R$ 25 milhões oriundos dos recursos arrecadados pelo governo com os impostos. Já para o departamento de obras e infraestrutura, o governo prevê a aplicação de R$ 16 milhões dos montantes gerados

pela aplicação dos royalties do petróleo no mês. De acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2014, o orçamento previsto para a Saúde é de R$ 250.326.292,72. Já a Educação contará com um orçamento total de R$365.283.408,44. O setor de Obras e Urbanismo contará com um orçamento total de R$ R$ 379.309.187,64. O orçamento total pre-

visto para este ano é de R$ 2.243.475.007,10. Entre os projetos previstos para os três setores estão a construção de novas unidades escolares, a implantação de projetos pedagógicos, a ampliação do Hospital Público Municipal, com a construção de novos leitos, e a implantação do Arco Viário de Santa Tereza, projeto que segue em análise pelo Tribunal de Contas.

ALIANÇA

Exonerações podem criar racha no governo WANDERLEY GIL

Gabinete do viceprefeito Danilo Funke (PT) é esvaziado após corte de assessores o governo exonerou no último sábado (1) assessores e servidores cedidos, através de desvio de função, que atuavam no gabinete do vice-prefeito Danilo Funke (PT), além de coordenadorias e setores cujas atuações eram ligadas diretamente às metas do seu mandato. Os cortes aconteceram dois dias após o vice-prefeito divulgar nota pública firmando posicionamento contrário à decisão do governo municipal em apoiar projeto político do PMDB, voltado às eleições de 2014. Danilo reforçou o seu apoio ao projeto construído pelo senador Lindbergh Farias (PT), a sucessão do governo do Estado. As declarações de Danilo ganharam ampla repercussão nas redes sociais, abrindo fóruns de discussão quanto à aliança política e partidária entre o Partido Verde de Macaé e o projeto orquestrado pelo governador Sérgio Cabral (PMDB), com objetivo de garantir a vitória do seu vice, Pezão (PMDB), na disputa pela sucessão do Estado.

Além de assessores que atuavam na gestão do gabinete do vice-prefeito, através do trabalho de interlocução entre o mandato de Danilo e a estrutura administrativa de Macaé, realizando encaminhamentos direcionados a secretarias e órgãos

das administrações diretas e indiretas, as equipes que atuavam no Orçamento Participativo, programa ligado à estrutura da Câmara Permanente de Gestão, e à gestão da Coordenadoria Extraordinária de Diversidade Sexual também foram cortados

através da portaria publicada no sábado. Em relação ao posicionamento do governo, o vice-prefeito afirmou que a sua postura será mantida a favor do partido. "Essa foi uma decisão tomada sem diálogo, de forma centrali-

Grupos que conduziam a gestão do Orçamento Participativo foram cortados nas exonerações realizadas pelo governo no fim da semana passada

zadora como a gestão de Macaé está sendo conduzida", limitouse a afirmar. A exoneração criou também um novo fórum de discussões nas redes sociais. Alguns dos nomes cortados fazem parte da militância do PT, a mesma

vertente que se manteve na linha de oposição ao governo municipal na gestão passada, mesmo no período em que o partido conduzia a gestão da cidade ao lado do PMDB, tendo Marilena Garcia ocupando o posto de vice-prefeita, chegando a ser presidente da legenda na cidade. Alguns grupos internos do partido já levantam discursos sobre a decisão da saída imediata do PT do governo, situação que ainda está sendo estudada. Além da exoneração dos assessores do gabinete do viceprefeito, o Partido dos Trabalhadores de Macaé perdeu ainda espaços dentro da Fundação Educacional de Macaé (Funemac) e na secretaria municipal de Assistência Social, posto ocupado até o fim do mês passado por Ivânia Ribeiro, militante histórica do partido. A repercussão da decisão do governo não esfriou nem mesmo em meio ao recesso do feriado do Carnaval. Enquanto as lideranças petistas analisam a posição do partido dentro da gestão, o governo mantém o posicionamento de uma gestão técnica, não baseada em escolhas por base política, e sim por metas e resultados.

SAÍDA

Vereador defende nova posição para partido Igor Sardinha propôs discussão para saída imediata do PT da base do governo semelhante ao processo vivido pelo Partido dos Trabalhadores na esfera estadual, o vereador Igor Sardinha (PT) defendeu nesta semana a saída do grupo petista da base da gestão municipal. Enquanto os parlamentares de mandato da bancada petista na Câmara mantêm o discurso de apoio à gestão municipal, Igor, que liderou grupo ocupante do maior número de cadeiras dentro do diretório municipal

do PT, reforça o seu posicionamento de oposição diante de falhas apontadas por ele na condução da cidade. "Ao contrário da tão prometida quebra de monopólio, a SIT aumentou a abrangência dos seus serviços passando também a operar no transporte escolar", apontou o parlamentar. O vereador elencou também pontos relativos à rede municipal de educação e à saúde pública como medidas que possam engrossar a proposta de saída do partido. "A educação ainda enfrenta problemas relatados pelo corpo docente. A saúde ainda não oferece a qualidade necessária

à demanda da população. As mudanças esperadas não ocorreram", apontou Igor. Assunto que está sendo debatido no diretório municipal, o racha entre os partidos que comandam a gestão municipal ainda não é a saída apontada e esperada pelos demais parlamentares que, junto com Igor, formam a bancada petista na Câmara. Apesar de se posicionarem também de forma contrária à aliança política entre a gestão municipal e o projeto do PMDB, os vereadores Guto Garcia (PT) e Marcel Silvano, além de Luciano Diniz, se mantêm na base governista do parlamento.

WANDERLEY GIL

Igor levantou discussão sobre saída definitiva de partido


4

MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014

Opinião EDITORIAL

NOTA

Passe Livre: recadastramento foi prorrogado até 30 de março

FOTO LEGENDA

Desenvolvimento político

WANDERLEY GIL

São muitas as necessidades de Macaé para se tornar, na realidade, a verdadeira Capital Nacional do Petróleo, não apenas pela capacidade de gerar abundantes riquezas, mas sim por se tornar modelo no desenvolvimento de governos sociais, sustentáveis e planejados, voltados a projetar as mesmas perspectivas acreditadas por empresas que chegaram e chegam em busca da prosperidade do petróleo.

H

oje, a indústria offshore alcançou o ápice do seu desenvolvimento, sendo capaz de prospectar petróleo em camadas situadas a mais de sete quilômetros de profundidade, em relação ao nível do mar. O desenvolvimento offshore chegou, já o desenvolvimento político parece que ainda está longe de acontecer. Nas últimas semanas, o alerta apontado pelo setor empresarial não foi apagado pelo brilho dos confetes e das serpentinas que, em mais um ano, foram arremessados nos salões por foliões ávidos por alegria, por se distanciar da dura realidade enfrentada na cidade. Enquanto muitos se preparavam para pular o Carnaval, carretas continuaram a cruzar as principais ruas e avenidas da cidade, seguindo a um mesmo destino: o porto da Praia de Imbetiba. Assim como o tráfego pesado, bases operacionais de empresas preparam contêineres prestes a embarcar para plataformas: 35% seguem da forma regular, fiscalizada e controlada. Já 75% continuaram sendo embarcados em barcos projetados para pesca,

de forma bastante improvisada, no cais do porto do Mercado de Peixes. Hoje, o futuro e a capacidade de Macaé atender as demandas antigas da indústria do petróleo entra em uma discussão não mais ideológica, e sim mais executiva. Porém, enquanto o setor empresarial se dispõe a planejar a cidade, a buscar alternativas imediatas para que os resultados aconteçam, o alerta da desmobilização offshore torna-se pano de fundo, ou até pretexto, para escolhas políticas relacionadas à disputa pelo processo eleitoral deste ano. Macaé precisa sim se preocupar com os adversários políticos que tentam, a todo custo, manter currais eleitorais com a força da pujança do petróleo. Afinal de contas, quem nunca sonhou em ter um poço de petróleo em seu quintal, e ainda lucrar milhões em royalties? O discurso político é importante, a realização de alianças faz parte do jogo, porém, não se pode colocar à mesa 35 anos de história e impactos que são reflexos, não do desenvolvimento offshore, mas sim da falta do desenvolvimento político.

ESPAÇO ABERTO Mudança cultural para um novo Brasil Fala-se muito na imprensa e nos círculos empresariais, com justificadas razões, sobre a necessidade de se realizarem as chamadas reformas estruturais, principalmente a política, a previdenciária, a tributária e a trabalhista, sempre postergadas pelo Congresso Nacional e o governo federal.

S

em dúvida, elas são mesmo necessárias para adequar o arcabouço legal brasileiro às realidades mais contemporâneas dos cenários mundiais. No entanto, mesmo que efetivadas, terão efeito limitado como fator de estímulo e crescimento econômico se o Brasil não empreender uma ampla transformação cultural, focada de modo firme no desenvolvimento. Esse processo, no qual já estamos atrasados a esta altura da segunda década do século XXI, assenta-se sobre três vertentes essenciais: a postura da classe política; a atitude dos empresários; e, atrelado a ambas, um consistente choque de produtividade. É premente refletir sobre isso e partir para a ação. Não há mais tempo a perder! No primeiro caso, é preciso que os ocupantes de cargos eletivos nos poderes Executivo e no Legislativo coloquem cada vez mais os interesses do Brasil acima das questões partidárias e políticas. O debate nos anos eleitorais, como este 2014, os embates programáticos e filosóficos, a permanente vigilância das oposições e a retórica são enriquecedores para a democracia. Permitem a troca de ideias, a participação da sociedade nas discussões dos grandes temas nacionais e possibilitam que a opinião pública posicione-se. No entanto, governantes e parlamentares não podem nortear sua gestão e seu trabalho tendo como parâmetro essencial as próximas eleições, como se o cotidiano nacional fosse uma novela voltada a conquistar pontos de audiência, conforme as emoções, o humor e as preferências do público. A prioridade é a solução dos problemas, a expansão do PIB, a qualidade do ensino e da saúde, os investimentos públicos e a gestão eficaz. Quanto à oposição, não deve ficar torcendo pelo caos para ter mais argumentos de crítica contra a situação e tentar vencê-la nas urnas. Encerrada cada eleição, a classe política deve trabalhar em favor e não contra o país. É assim que ocorre na maioria das nações que

conquistaram o desenvolvimento. Quanto aos empresários, a mudança cultural que deles se espera transcende a sua já decisiva e importante missão de empreender, investir, criar empregos, gerar riquezas e pagar impostos. É necessário que se engajem de modo mais efetivo na política, na mobilização cidadã da sociedade, no debate dos grandes temas e na proposição de mudanças positivas. Sua experiência, capacidade de gestão e olhar pragmático do mundo são elementos essenciais para o aperfeiçoamento do setor público e o avanço do Brasil. A terceira grande mudança cultural diz respeito ao choque de produtividade, de modo a se atender às exigências e expectativas dos grandes investidores: recursos humanos qualificados e eficientes; logística eficaz; e inovação. O nosso fantástico mercado de 200 milhões de habitantes não é mais suficiente para atrair investimentos produtivos, que miram nossos consumidores, mas podem conquistá-los, neste mundo globalizado, com produtos fabricados em qualquer lugar do planeta. O capital para ampliar e erguer novas fábricas e empresas da área de serviços somente ficará e virá para o Brasil se tivermos alta produtividade em todo o sistema econômico. Sem essas três mudanças culturais, continuaremos por muito tempo a ser uma economia de renda média e dificilmente alcançaremos os padrões das nações desenvolvidas. Seguiremos com baixo crescimento do PIB, discutindo medidas pontuais para a correção de rumos e priorizando as urgências, em detrimento das estratégias. Enquanto isso, assistimos a numerosas outras nações, com potencial muito menor do que o nosso, decolarem para um futuro de prosperidade! Juan Quirós É presidente do Grupo Advento e do LIDE Campinas (Grupo de Lideranças Empresariais) e vice-presidente da FIESP.

Ainda em clima de Carnaval, milhares de macaenses, de nascença ou de coração, retornaram ontem à cidade após os quatro dias de folia. Porém, mesmo com o fim da festa, o movimento na Rodoviária de Macaé foi intenso, mas inferior ao registrado na sexta-feira (28), véspera da folia. A chegada de passageiros deve se intensificar no domingo (9), após o feriadão prolongado.

PAINEL Cinzas

Ausência

Trânsito

Festa

Presença

Retorno

Bandeira Branca

Caixa

Exoneração

Após quatro dias de festas, a quarta-feira de cinzas foi um dia de recesso para boa parte dos macaenses que pularam o Carnaval em outras cidades da região. Ontem, o trânsito era tranquilo e até sobraram vagas de estacionamento nos principais pontos do comércio varejista. Poucas foram as lojas que abriram as suas portas no dia após a folia. Como muita gente vai emendar o feriadão, Macaé só deve voltar a rotina normal na próxima segunda-feira (10). Quem permaneceu na cidade durante o Carnaval pôde conferir a programação simples, porém animada, proporcionada pela prefeitura. Na Praia dos Cavaleiros, quem aproveitou o sol que prevaleceu por boa parte dos dias curtiu shows realizados no palco montado no calçadão. Na Lagoa de Imboassica marchinha atraiu principalmente pais e crianças. Na Serra, blocos animaram a folia que movimentou também a Praia do Coco, no Parque Aeroporto. Com a cidade vazia, muita gente se preocupou também com a segurança. Na cidade há relatos de que estabelecimento comercial no Centro foi invadido por assaltantes. Já nas comunidades que ainda vivem o domínio pelo crime organizado o clima era de trégua nos confrontos, já que os moradores estavam mobilizados em função dos desfiles de bois pintadinhos, das escolas do grupo de acesso e das agremiações que participam do grupo especial.

Na Avenida do Samba, muita gente sentiu falta de algumas lideranças políticas da cidade, que não compareceram às apresentações que fazem parte da cultura popular de Macaé. Teve gaiato afirmando que muita gente chegará atrasada para o Carnaval, já que a medida de adiar os desfiles, comuns na época da gestão passada, foi cancelada nesse governo. Quem participou da festa pôde conferir a superação das escolas em meio a dificuldades de recursos. Já em um dos mais belos cenários do litoral fluminense, Armação dos Búzios, famílias macaenses curtiram os quatro dias de descanso nas águas claras e geladas de praias como Geribá e João Fernandes. Blocos de rua da cidade foram mais prestigiados por políticos de Macaé, do que as apresentações que ocorreram na Avenida do Samba. Empresários, comerciantes e representantes de instituições importantes, como a Petrobras, também desfilaram por lá. A bilionária Prefeitura de Macaé, assim como os cofres públicos das demais cidades produtoras de petróleo, passou o Carnaval “sem caixa”. É que os recursos referentes à segunda parcela dos royalties do ano, que deveria ter sido paga até o dia 21 de fevereiro, ainda não foi liberada. O motivo, segundo especialistas, foi o recesso do Carnaval, além da complexidade na análise do processo de produção e exploração do petróleo na Bacia de Campos.

Quem optou por retornar a Macaé ainda na terça-feira (4) de Carnaval acabou enfrentando o inevitável congestionamento que parou, ao menos, três cidades: Cabo Frio, Casimiro de Abreu e Rio das Ostras. O ponto mais crítico sempre é a travessia da ponte de Barra de São João. Sem o devido controle de agentes de trânsito, a formação de filas duplas, por carros que seguem pelo acostamento, gerou o engarrafamento gigante. Já na BR 101, apesar do fluxo intenso, o retorno para Macaé foi menos congestionado. A faixa com retenções foi registrada no sentido Região dos Lagos/Niterói, já que muita gente que vive na região próxima à capital do Estado opta por passar o feriado nas praias do litoral fluminense. O movimento deve ficar ainda mais intenso no domingo (9), já que muita gente emendou o feriadão do Carnaval. Prudência e tranquilidade são fatores fundamentais para evitar acidentes. Nem mesmo o feriadão do Carnaval foi capaz de amenizar os ânimos gerados por uma decisão do governo municipal oficializada no sábado, dia 1º: a exoneração de todos os assessores que atuavam no gabinete do vice-prefeito Danilo Funke (PT), assim como ocupantes de coordenadorias ligadas ao gabinete do prefeito, mas que possuíam gestão próxima ao mandato de Danilo. Há quem diga que a decisão pode gerar um racha político em Macaé.

EXPEDIENTE

GUIA DO LEITOR

EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias.

TELEFONES ÚTEIS:

cnpj: 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. diretor responsável: Oscar Pires. sede própria: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate). Impresso pelo Sistema Offset. circulação: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu. A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ - Agência Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. Representante: ESSIÊ PUBLICIDADE E COMUNICAÇÃO S/C LTDA. são paulo: R. Abílio Soares, 227/8º andar - Conjunto 81 - CEP: 04005-000 Telefone: (11) 3057-2547 e Fax: (11) 3887-0071 • rio de janeiro: Av. Princesa Isabel, 323 - sala 608 - CEP: 22011-901 - Telefone: (21) 2275-4141 • brasília: SCS Ed. Maristela, sala 610 / DF - CEP: 70308-900 - Telefone: (61) 3034-1745 (61) 3036-8293. tel/fax: (22) 2106-6060, acesse: http://www.odebateon.com.br/, e-mail: odebate@odebateon. com.br, comercial: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 215, e-mail: comercial@odebateon.com. br, classificados: E-mail: classificados@odebateon.com.br

POLÍCIA MILITAR: 190 POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL: 191 SAMU - SERV. AS. MED. URGÊNCIA: 192 CORPO DE BOMBEIROS: 193 DEFESA CIVIL: 199 POLÍCIA CIVIL - 123ª DP: 2791-4019 DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR): 2791-5379 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS): 2796-8330 DEL. DE POL. FEDERAL (DISQUE DENÚNCIA): 2796-8326 DEL. DE POL. FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO): 2796-8320 DISQUE-DENÚNCIA (CÂMARA DE MACAÉ): 2772-7262 HOSPITAL PÚBLICO MUNICIPAL: 2773-0061 AMPLA: 0800-28-00-120 CEDAE: 2772-5090 PREFEITURA MUNICIPAL: 2791-9008 DELEGACIA DA MULHER: 2772-0620 GUARDA MUNICIPAL: 2773-0440 ILUMINAÇÃO PÚBLICA: 0800-72-77-173 AEROPORTO DE MACAÉ: 2772-0950 CARTÓRIO ELEITORAL 109ª ZONA: 2772-9214 CARTÓRIO ELEITORAL 254ª ZONA: 2772-2256 CORREIOS - SEDE: 2759-2405 AG CORREIOS CENTRO: 2762-7527 TELEGRAMA FONADO: 0800-5700100 SEDEX: 2762-6438 CEG RIO: 0800-28-20-205 RADIO TAXI MACAÉ 27726058 CONSELHO TUTELAR I 2762-0405 / 2796-1108 plantão: 8837-4314 CONSELHO TUTELAR II 2762-9971 / 2762-9179 plantão: 8837-3294 CONSELHO TUTELAR III 2793-4050 / 2793-4044 plantão: 8837-4441


MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014

Polícia

5

NOTA

Operação nas estradas da região segue até próximo final de semana

CARNAVAL

Império da Barra conquista tricampeonato do Carnaval

Apuração aconteceu na última terça-feira (4) na Cidade do Samba. A Unidos dos Bairros ficou em segundo lugar WANDERLEY GIL

Daniela Bairros danielabairros@odebateon.com.br

O

Grêmio Recreativo Escola de Samba Império da Barra é a tricampeã do Carnaval de Macaé. O resultado foi divulgado após apuração na tarde da última terça-feira (4) na Cidade do Samba, na Linha Verde. O boi pintadinho Suave Veneno, do bairro Nova Holanda, levou o troféu de campeão, colecionando 11 títulos. O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos dos Bairros ficou em segundo lugar no Grupo Especial. O resultado causou revolta entre os integrantes da escola de samba, que quebraram o troféu de segundo lugar. Membros da escola disseram que vão recorrer na justiça o título do Carnaval deste ano, alegando que a campeã apresentou falhas técnicas e não foi punida. A Liga Independente das Entidades Carnavalescas de Macaé (Liecam) não se pronunciou sobre o caso. As disputas foram acirradas tanto no grupo Especial como no de Acesso. O Grêmio Recreativo Escola de Samba Império da Barra alcançou 197,3 pontos. Uma diferença de apenas 0,4 da Unidos dos Bairros (196,9). Outra coincidência é que também foi de 0,4 a distância entre a primeira e a segunda colocada do Grupo 1. Foliões das Malvinas, com 179,4, e Arco-Íris, com 179. Isso provocou torcidas acirradas durante a apuração. Tem sido difícil desbancar o título da Império da Barra. Só nos últimos cinco anos, foram quatro títulos. Ela foi campeã em

OS RESULTADOS

Boi Pintadinho › 1º lugar - Suave Veneno (Nova Holanda)

› 2º lugar - Falcão (Miramar) › 3º lugar - Remedinho (Botafogo)

Grupo Especial › Império da Barra - 197,3 › Unidos dos Bairros - 196,9 › Princesinha do Atlântico - 195,9 › Acadêmicos da Aroeira - 195 › Pulo do Gato - 192,9 › Acadêmicos do Lagomar - 189,8 G. R. Escola de Samba Império da Barra, tricampeã do Carnaval, levou para avenida 22 alas e cinco carros alegóricos 2010; em 2011, o troféu foi para a Castelo Imperial; recuperou o título em 2012; e o manteve em 2013 e 2014. Este ano, a Império da Barra levou para passarela do samba o enredo “Viagem pitoresca de Cabral aos anos das Artes no País das descobertas chamado

Brasil”, do carnavalesco Cléber Brás, e samba de César Reis. A escola contou um pouco da arte que Cabral encontrou assim que chegou ao Brasil. Foi uma viagem pitoresca, desde as viagens pelas artes indígenas, contemporâneas, barroca até a arte moderna.

Com as cores vermelho, azul, branco e amarelo, a Império da Barra levou para Cidade do Samba 22 alas, incluindo baianas e bateria, com 150 integrantes, comissão de frente e cinco carros alegóricos. Foliões da Malvinas apresentou o enredo “O que é da gente,

o que é do povo”. O presidente, Alex Sandro Caldas, também destacou o envolvimento da comunidade. “Ficamos até o final com o samba no pé. A comunidade fez a diferença. Somos trabalhadores que acordamos cedo e temos muita garra”, enfatizou.

(Grupo 1 em 2015)

Grupo 1 › Foliões das Malvinas - 179,4 (Grupo Especial em 2015)

› Arco-Íris - 179 › Unidos da Vila - 177,3 › Unidos do Barreto - 177,2 › União do Miramar - 175,6 › Castelo Imperial - 175,1

ASSASSINATO

Mulher é morta a facadas pelo marido DIVULGAÇÃO

Segundo a polícia, crime aconteceu na última segunda-feira de Carnaval, por volta das 6h30. Em Macaé, menores foram apreendidos com drogas o carnaval foi violento na região. Em Casimiro de Abreu, uma mulher de 68 anos foi assassinada a facadas pelo próprio marido. Segundo a polícia, o crime ocorreu no início da manhã da última segunda-feira de Carnaval, dia 3, por volta das 6h30, depois de uma discussão entre os envolvidos. A vítima, identificada como Zilma, foi encontrada caída dentro do banheiro da casa onde morava, na rua Joaquim Nunes da Rosa, no bairro Mataruna, com uma faca cravada no pescoço. A polícia informou ainda que o crime foi executado pelo marido da vítima, que tem 78 anos. Testemunhas informaram que o casal tinha problemas de relacionamento e brigava constantemente, pois o suspeito desconfiava que a mulher o traía. Acusado foi preso em flagrante e encaminhado à Casa de Custódia em Campos dos Goytacazes.

Acidente em carapebus, duas mulheres

morreram depois que um carro caiu da ponte e despencou no

Rio Maracujá. Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu na noite da última terçafeira (4) e as vítimas ficaram presas no carro. As duas mulheres morreram no local e um idoso, que conduzia o veículo, foi encaminhado com ferimentos leves e em estado de choque para o HPM (Hospital Público Municipal) de Macaé. Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, as vítimas não foram identificadas porque os documentos ficaram presos no interior do carro. O nome do idoso ferido não foi divulgado. Os corpos das duas mulheres

foram levados para o IML (Instituto Médico Legal) de Macaé. Um menor de 17 anos foi baleado na noite da última segunda-feira, por volta das 21h, em Conceição de Macabu. Segundo a polícia, o adolescente integra o tráfico de drogas e a facção criminosa ADA (Amigos dos Amigos). O jovem foi atingido no braço direito. Segundo a Polícia Militar, o jovem relatou que caminhava pela rua Esmeralda Acena da Fonseca, quando na altura do número 151, no bairro Paraíso, viu várias motos com integrantes da facção Comando Ver-

melho, vindo em sua direção, efetuando vários disparos. A vítima permanece internada no Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes.

Revólver e munições apreendidos no bairro Parque Aeroporto

Com o adolescente, os policiais militares apreenderam uma munição de calibre 38 e uma réplica de arma de fogo de madeira.

Suspeito de roubo preso Um homem de 21 anos foi preso suspeito de praticar vários roubos em Macaé. Durante patrulhamento no bairro Lagomar, policiais militares identificaram W.S.N., como suspeito de vários

roubos ocorridos no bairro Engenho da Praia. Segundo a PM, W. S.N, utilizava um fuzil para cometer os crimes e já existia um mandado de prisão contra ele pelo Artigo 157 (roubo).

Apreensão de armas e drogas em Macaé

no último sábado de Carnaval, dia 1º de março, por volta das 7h20, policiais militares apreenderam um revólver calibre 32 e munições, no bairro Parque Aeroporto. Depois de denúncias, os policiais se dirigiram à Rua 62, onde avistaram um homem armado e ameaçando pessoas. Ao avistar a viatura, W.M.L.S, 22 anos, tentou fugir, mas acabou sendo detido. Encaminhado à 123ª Delegacia de Polícia, foi preso. A arma foi apreendida. No bairro Lagomar, na Rua W24, quatro menores de 17 anos foram apreendidos com drogas na madrugada de ontem (5), por volta das 4h. Policiais militares efetuavam patrulhamento no bairro, onde se depararam com uma moto Yamaha Lander, placa LPP4353, ocupada por dois homens. No local, os policiais militares encontraram 15 papelotes de cocaína e duas trouxinhas de maconha. Os adolescentes foram encaminhados à 123ª Delegacia de Polícia, onde depois de prestarem esclarecimentos, foram liberados. A droga foi apreendida e encaminhada à perícia. No Centro de Macaé, na noite da última terça-feira, por volta das 21h30, 12 papelotes de cocaína foram apreendidos pela Polícia Militar. Um homem de 25 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas. A apreensão foi na Praça Washington Luís.


6

MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014

Economia

NOTA

A Prefeitura de Macaé continua intensificando o combate à dengue

PÓS-CARNAVAL

Movimento em agências marca a Quarta-feira de Cinzas População aproveitou o dia após o fim do Carnaval para quitar dívidas e movimentar contas bancárias Márcio Siqueira marcio@odebateon.com.br

A

pós os quatro dias de folia, parte da população macaense, que permaneceu na cidade durante o Carnaval, ou que reiniciou a rotina normal ao meio-dia da Quartafeira de Cinzas, enfrentou filas e problemas em equipamentos nas principais agências bancárias da cidade. Houve reclamação por parte dos usuários que buscaram o atendimento eletrônico durante o feriadão. Como rege a tradição, os serviços nas agências bancárias da cidade foram retomados ao meio-dia de ontem, assim como o funcionalismo de empresas e parte do comércio em geral. Em meio ao clima de euforia do Carnaval, muitos macaenses não esqueceram de garantir o pagamento das dívidas. Neste ano, a festa popular coincidiu em dois momentos de planejamento no orçamento familiar: o fim de fevereiro e o início de março. Como as contas não seguem o “calendário da folia”, a correria para a utilização dos caixaseletrônicos foi grande na tarde de ontem. As filas nas principais agências foram inevitáveis. “Não dá para deixar de pagar as contas em dia. O problema

maior é que alguns caixas-eletrônicos não estão funcionando, o que aumenta o número de pessoas na fila. Além disso, os equipamentos não fazem todas as operações, o que gera transtornos”, afirmou o aposentado Amaro da Conceição, 75 anos. A mesma reclamação foi apresentada por usuários que tentaram efetuar saques em caixas eletrônicos das agências de bancos de diferentes instituições. “Durante todo o Carnaval, os caixas eletrônicos não funcionaram. Não sei se foi por medo de assaltos, ou por causa do recesso, a questão é que nós não podemos ficar sem utilizar esse serviço. O problema atrapalhou o Carnaval de muita gente”, reclamou a professora Ana Lima, 27 anos. Quem pensou em aproveitar o dia para resolver pendências em serviços relativos a repartições públicas da cidade acabou não conseguindo. É que, em virtude do decreto do governo municipal, determinando a Quarta-feira de Cinzas como Ponto Facultativo, nenhum setor ligado à administração da cidade funcionou ontem. Apenas os chamados “serviços essenciais”, como o atendimento de emergência e de urgência foram mantidos. A previsão é que hoje (6) os

KANÁ MAMHÃES

Movimento nas agências bancárias da cidade foi intenso e marcou a Quarta-feira de Cinzas serviços sejam restabelecidos. Além dos serviços de atendimento, muita gente aproveitou para reabastecer a geladeira, enfrentando fila nos principais estabelecimentos comerciais da

cidade. Muitos supermercados funcionaram durante os dias de folia, porém, como muito macaense optou por passar o Carnaval fora de casa, o jeito foi garantir as compras da semana

CONCURSO

na Quarta-feira de Cinzas. “Aproveitamos a data para oferecer promoções e descontos para os nossos clientes. Como já sabemos que a procura é grande, reforçamos o estoque de vários

EVENTO WANDERLEY GIL

As provas objetivas serão realizadas em 18 de maio nos municípios, inclusive em Macaé

FeMASS promove palestra com o tema: Investimentos Inteligentes Estudantes participaram de evento que teve como objetivo estimular novos profissionais

Petrobras segue com inscrição para concurso Ao todo serão oferecidas 1.232 vagas, sendo 100 para convocação imediata e 1.132 para cadastro reserva interessados em participar do processo seletivo da Petrobras devem ficar atentos. A estatal abriu no último dia 24 as inscrições para o concurso. Ao todo estão sendo oferecidas 1.232 vagas, sendo 100 para convocação imediata e 1.132 para cadastro reserva incluindo as vagas reservadas para portadores de deficiência para os cargos de nível médio e superior. As inscrições deverão ser feitas pelo www.cesgranrio.org.br até o dia 17 de março. As taxas são de R$ 40 para nível médio e

produtos. Antes a procura maior era por carne e cerveja, agora voltam aos carrinhos o feijão e o arroz”, apontou Lázaro de Matos, gerente de um supermercado no Centro da cidade.

de R$ 58 para nível superior. O edital completo está disponível em (www.petrobras.com.br). O salário para os cargos de nível médio é de R$ 3.400,47. E para nível superior, R$ 8.081,98 para engenheiros e R$ 7.501,06 para médicos. O processo seletivo será realizado por meio de provas objetivas, avaliação psicológica, exames médicos e levantamento sociofuncional e terá validade de seis meses, contados a partir da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogada por igual período. O resultado final está previsto para 26 de junho. As provas objetivas serão realizadas em 18 de maio nos municípios de Belo Horizonte, Curitiba, Recife, Manaus, Fortaleza, Natal, Porto Alegre, Ma-

caé ou Rio de Janeiro, Mauá/SP, Campinas/SP, Rio de Janeiro, Salvador, Santos/SP, São José dos Campos/SP, São Mateus do Sul/PR e São Paulo. As vagas para os cargos de nível médio para técnico(a) de exploração de petróleo júnior - geodésia (Rio de Janeiro), técnico(a) de inspeção de equipamentos e instalações júnior (estado de Pernambuco e Rio de janeiro); técnico(a) de logística de transporte júnior controle (Macaé, Rio de Janeiro, Salvador e Santos); técnico(a) de manutenção júnior - mecânica (Santos); técnico(a) de operação júnior (Belo Horizonte, Curitiba, estado de Pernambuco, estado do Amazonas, estado do Ceará, estado do Rio Grande do Norte, estado do Rio Grande

do Sul, Mauá, Paulínia, Rio de Janeiro, Salvador, Santos, São José dos Campos e São Mateus do Sul); técnico(a) de projetos, construção e montagem júnior - edificações (Salvador); técnico(a) de projetos, construção e montagem júnior - mecânica (Rio de Janeiro); técnico(a) de segurança júnior (Macaé, Rio de Janeiro, Salvador e Santos) e técnico(a) de suprimento de bens e serviços júnior - administração (Macaé e São Paulo). Já para nível superior as oportunidades são para engenheiro (a) de meio ambiente júnior (Macaé e Rio de Janeiro), engenheiro(a) de produção júnior (Macaé e Rio de Janeiro) e médico(a) do trabalho júnior (Estado de Pernambuco, Macaé e Rio de Janeiro).

alunos convidados dos três cursos superiores da Faculdade Professor Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS), da prefeitura, participaram de uma palestra sobre Investimentos Inteligentes, no auditório Cláudio Ulpiano, da Cidade Universitária. O tema foi apresentado pelo administrador Mário Lucena, da Access Investimentos e agente de investimentos da XP Investimentos. Só não participaram estudantes do primeiro período que terão palestras específicas sobre Administração Financeira Pessoal, posteriormente. A diretoria da FeMASS tam-

bém participou do evento e o objetivo foi proporcionar aos alunos informações sobre as várias possibilidades de investimentos, levando o conceito de Shopping Financeiro, em detrimento às ofertas dos bancos tradicionais. A ideia foi levar mais informações ao público-alvo para que possa “colher” as decisões mais acertadas. O resultado foi um auditório lotado, boa receptividade do tema entre os alunos dos cursos de Administração, Engenharia de Produção e Sistemas de Informação, e interação com o palestrante. A FeMASS é mantida pela Fundação Educacional de Macaé (Funemac) e ambas funcionam na Cidade Universitária, na rua Aloísio da Silva Gomes, 50, bairro Granja dos Cavaleiros. WANDERLEY GIL

Evento foi realizado no auditório da Cidade Universitária


MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014

Geral

7

NOTA

Seguem até o próximo dia 11 as inscrições para os cursos gratuitos de Formação Continuada, que estão sendo oferecidos pela rede municipal de ensino para os profissionais da Educação

DESCANSO

Rede municipal retorna as atividades só no dia 10 Prefeitura informa que o recesso já estava previsto no calendário e não irá prejudicar o processo ensino-aprendizagem da rede Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

O

s alunos da rede municipal vão ter mais alguns dias de folga. É que as atividades nas unidades de ensino só vão retornar no dia 10 de março. De acordo com a prefeitura, o recesso já estava previsto no calendário e não irá prejudicar o processo ensino-aprendizagem do ensino municipal. O órgão ressalta ainda que o atendimento da secretaria de Educação funcionará normalmente. Já as férias de julho que costumam ocorrer no final do mês, estão agendadas para começarem no dia 30 de junho e vão até 11 de julho em virtude dos jogos da Copa do Mundo. Mais uma vez a prefeitura pontua que a mudança não vai acarretar a alteração pedagógica no sistema de ensino municipal. E no dia 12 de junho, data da abertura da Copa do Mundo no Brasil, as unidades municipais de ensino vão funcionar normalmente com programação especial para os alunos que estudam no turno da tarde, que na oportunidade, poderão assistir aos jogos nas próprias escolas.

Já no dia 17 de junho, data de jogo da seleção brasileira, às 17h, os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) também vão fazer parte de atividades diferenciadas com a oportunidade de verem o jogo na unidade escolar. Além do retorno das aulas para o dia 10, a prefeitura prorrogou o período para recadastramento do passe escolar que estava previsto para encerrar na última sexta-feira, 28. Com a prorrogação, os mais de cinco mil alunos que ainda não realizaram o procedimento, poderão fazer até o dia 30 de março. Atendimento está sendo feito na Central da Gratuidade (Passe Escolar), que fica na Estação Ferroviária, na Rua Euzébio de Queiroz 678, Centro das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira. É necessária a apresentação da declaração da escola para o passe escolar e o cartão do passe. Já os alunos novos, que vão usufruir do passe livre pela primeira vez, deverão estar presentes para tirar a fotografia de identificação, além de apresentar identidade ou certidão de nascimento, além do comprovante de residência e da declaração da escola para o passe livre.

WANDERLEY GIL

As aulas retornam no dia 10, mas o atendimento na secretaria de Educação ocorrerá normalmente na quinta e sexta-feira

OPORTUNIDADE

SAÚDE

IFF segue com a inscrição para seleção de profissionais Candidatos selecionados vão atuar no Pronatec. Vagas oferecidas são para os cargos de Orientador, Supervisor e Apoio Administrativo o instituto Federal Fluminense (IFF) segue com as inscrições abertas para a seleção de profissionais para atuar no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (Pronatec) por tempo determinado. As vagas são para os cargos de Orientador, Supervisor e Apoio Administrativo para os turnos da manhã, tarde e noite. As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de março pelo pronatec.inscricoes.iff.edu.br. Em seguida, é necessária a entrega da documentação solicitada no edital nos campis onde deseja atuar. Entrega pode ser feita das 9h às 18h. As vagas estão sendo oferecidas para os municípios de Quissamã, Macaé / Casimiro de Abreu / Rio das Ostras, Cam-

pos dos Goytacazes, Itaperuna, Cabo Frio, Araruama, Silva Jardim, São Pedro da Aldeia, Armação dos Búzios, Aperibé, Santo Antônio de Pádua, Cardoso Moreira, São Francisco de Itabapoana, São João da Barra, Bom Jesus do Itabapoana, São Sebastião do Alto. O processo seletivo será realizado mediante análise curricular. Os servidores aprovados dentro do número de vagas atuarão pelo Pronatec na área de abrangência do Instituto Federal Fluminense em apoio, supervisão e orientação aos profissionais e alunos dos cursos de formação inicial e continuada e dos cursos técnicos, com carga horária semanal de no máximo, 20 horas. O Pronatec é um programa que tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos de nível médio e cursos de formação inicial e continuada. Além de intensificar e reforçar a ação e o movimento de expansão da rede federal de educação profissional e tecnológica por todo o país. A documentação solicitada no edital deverá ser entregue

no envelope lacrado, deve ser encadernado em espiral, com sobrecapas transparentes em PVC flexível, no formato A4, preferencialmente na ordem descrita no edital. O documento que não estiver encadernado não será avaliado e o candidato será eliminado se este documento for obrigatório. Segundo o edital, o desenvolvimento das atividades está previsto para ocorrer de segunda-feira a sábado, das 7h às 23h, de acordo com os turnos e necessidades dos cursos, incluindo períodos não previstos no calendário acadêmico dos campis, inclusive períodos de férias, ou sempre que solicitado pela Coordenação Geral do PRONATEC. Sendo no turno da manhã, entre 7h e 13h, à tarde, entre 12h e 18h e à noite entre 18h e 23h. A remuneração por hora de 60 (sessenta) minutos, e pelo tempo de duração de efetivo exercício das atribuições será de R$ 18 para os cargos de apoio às atividades acadêmicas e administrativas, R$ 36 para os cargos de supervisor e orientador. WANDERLEY GIL

Processo seletivo será realizado mediante análise curricular dos candidatos

WANDERLEY GIL

Os encontros serão realizados das 09 às 17h no Auditório Cláudio Ulpiano, na Cidade Universitária

UFRJ e Capacita Coren oferecem cursos em Macaé Instituições estão com inscrições abertas para o curso de Atualização em Enfermagem entre os dias 10 de março e 9 de junho, o curso de Enfermagem de Obstetrícia do Campus UFRJ-Macaé realizará uma série de palestras e eventos relacionados ao Curso de Atualização em Enfermagem. A iniciativa é fruto da parceria com o Programa Capacita Coren, do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro, destinado a enfermeiros, técnicos em enfermagem e acadêmicos de toda a região e tem como objetivo disseminar o conhecimento teórico inerente à enfermagem entre os profissionais e acadêmicos que lidam com procedimentos

técnicos no cotidiano, obedecendo às normas do Ministério da Saúde. Os interessados em participar do curso devem enviar o nome completo, categoria profissional e telefone de contato para o email: cursodeextensaoenfermagem@gmail.com No dia 10 de março o tema da palestra será “Controle de Infecções Relacionadas na Assistência à Saúde”, dia 24 “Afecções Respiratórias e Gas-

trointestinais em Pediatria”, dia 14 de abril “Administração e diluição de Fármacos”, dia 28 de abril “O Paciente em Tratamento Quimioterápico”, dia 05 de maio “Urgência e Emergência Obstétrica”, dia 19 de maio “Sistematização da Assistência de Enfermagem e Aplicabilidade Prática”, dia 02 de junho “Prescrições de Medicações pelo Enfermeiro no SUS”, dia 09 de junho “Prevenção e Manejo de Úlceras e Feridas”.


8

MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014

Geral DESFILES FOTOS WANDERLEY GIL

Última escola a desfilar pelo grupo de acesso, a Foliões da Malvinas sobe para o grupo especial em 2015

Grêmio Recreativo Escola de Samba Arco-Íris foi a terceira a desfilar pelo grupo de acesso

A escola de Samba Unidos da Vila ficou em terceiro lugar na classificação do grupo de acesso

Escolas abrilhantam Carnaval na Cidade do Samba

Seis escolas do grupo de acesso passaram pela passarela no sábado de Carnaval, dia 2 Daniela Bairros danielabairros@odebateon.com.br

A

s doze escolas de samba de Macaé, seis do grupo de acesso e seis do grupo especial, abrilhantaram o Carnaval macaense na Cidade do Samba, na Linha Verde. No domingo de Carnaval, dia 2 de março, entraram na avenida as seis escolas do grupo de

acesso: Grêmio Recreativo Escola de Samba Castelo Imperial, Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Barreto, Grêmio Recreativo Escola de Samba Arco-Íris, Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos da Vila, Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Miramar e Grêmio Recreativo Escola de Samba Foliões da Malvinas. Essa última obteve 179, 4 pontos e subiu para

o grupo especial em 2015. A classificação das escolas do grupo de acesso ficou assim: 1º Lugar-Grêmio Recreativo Escola de Samba Foliões da Malvinas (179,4 pontos). Sobe para o grupo especial no ano que vem. 2º Lugar- Grêmio Recreativo Escola de Samba Arco-Íris (179 pontos) e 3º Lugar- Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos da Vila (177,3 pontos)

Sexta e última escola a desfilar, a Império da Barra conquistou o tricampeonato no Carnaval

A Unidos dos Bairros foi a quarta escola a entrar na Cidade do Samba e conquistou o vice-campeonato

Grêmio Recreativo Escola de Samba Princesinha do Atlântico conquistou terceiro lugar no grupo especial

Prefeito Dr. Aluízio prestigiou os desfiles e cumprimenta diretores da tricampeã Império da Barra

Suave Veneno, da comunidade Nova Holanda, conquistou o primeiro lugar do Boi Pintadinho

Na segunda-feira de Carnaval, dia 3 de março, desfilaram as seis escolas do grupo especial: Grêmio Recreativo Escola de Samba Pulo do Gato, Grêmio Recreativo Escola de Samba Princesinha do Atlântico, Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Lagomar, Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos dos Bairros, Grêmio Recreativo Escola de

Samba Acadêmicos da Aroeira e Grêmio Recreativo Escola de Samba Império da Barra, tricampeã do Carnaval. Com 189,8 pontos, a Acadêmicos do Lagomar desceu para o Grupo 1 em 2015. A classificação das escolas do grupo especial: 1ºLugarGrêmio Recreativo Escola de Samba Império da Barra (197,3 pontos), 2º Lugar- Grêmio Re-

creativo Escola de Samba Unidos dos Bairros (196,9 pontos) e 3º Lugar- Grêmio Recreativo Escola de Samba Princesinha do Atlântico (195,9 pontos) Os Bois Pintadinhos fizeram a alegria dos foliões na noite do sábado de Carnaval. Conquistaram os títulos: 1º Lugar: Suave Veneno (Nova Holanda), 2º Lugar: Falcão (Miramar) e 3º Lugar: Remedinho (Botafogo).

Noticiário 06 03 14  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you