Page 1

ASSESSORIA

DIVULGAÇÃO

GOVERNADOR QUATRO LINHAS SE REÚNE DE 10 CARACTERES COM PREFEITOS

FEIRA DE QUATRO LINHAS DEDO CIÊNCIAS 10 CARACTERES CAP MOBILIZA ESTUDANTES

BANDA ROUTE QUATRO LINHAS 69: SUCESSO DE 10 CARACTERES NO ROCK EM MACAÉ

EDITORIA, PÁG.3 POLÍTICA, PÁG.X

EDITORIA, PÁG.X EDUCAÇÃO, PÁG.7

EDITORIA,DOIS, CADERNO PÁG.X CAPA

R$ 1,00 Macaé (RJ), terça-feira 3 de junho de 2014 Ano XXXIX, Nº 8412 Fundador/Diretor: Oscar Pires

O DEBATE

facebook/odebate twiter/odebate issuu/odebateon

www.odebateon.com.br

DIÁRIO DE MACAÉ

Demanda por transporte aéreo de carga reforça luta por nova pista ACIM busca novo respaldo para proposta de viabilização de projeto para obras no Aeroporto de Macaé POLÍCIA

ECONOMIA SYLVIO SAVINO

Acidentes e morte no trânsito de Macaé o final de semana foi marcado por acidentes graves, e morte, em estradas que cortam o município. Um veículo Peugeot 206 capotou depois de bater em um poste na rodovia Norte Sul na manhã de ontem (2), por volta das 8h. Dois ocupantes do carro foram conduzidos ao HPM (Hospital Público Municipal) de Macaé com ferimentos. O trânsito no local registrou retenção devido a rodovia estar operando em apenas uma faixa. O acidente acabou interferindo no trânsito da via utilizada diariamente por veículos de Macaé que seguem para Rio das Ostras. Já na madrugada do último domingo (1), um homem morreu atropelado, por volta da 1h, na Rodovia Amaral Peixoto, próximo ao Bar do Coco. Os dois casos foram registrados em vias de tráfego intenso do município. PÁG. 6

KANÁ MANHÃES

Desenvolvimento em alta

EMPREGO Motorista do carro Peugeot 206 perdeu o controle do veículo e capotou na Estrada Norte/Sul depois de bater em um poste

BRUNO CAMPOS

AMBIENTE EM DESTAQUE dando início às comemorações pela Semana do Meio Ambiente, que será realizada até o próximo dia 8, cerca de 150 pessoas participaram no último domingo (1º) da 7ª Caminhada na Natureza - “Circuito Parque Atalaia”. O evento foi promovido pela Associação Macaense de Guias de Turismo & Região Costa do Sol e a ONG Anda Bra-

sil, com apoio da prefeitura. Além de praticar a atividade ao ar livre, os convidados tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a biodiversidade do local, que abriga espécies da fauna e flora da Mata Atlântica. Ao todo foram 10 quilômetros de caminhada, em uma trilha de leve à moderada, que atende ao padrão Interna-

FIRJAN

cional. Para hoje (3) e amanhã (4), está previsto a visita dos alunos das escolas da rede municipal ao Parque Atalaia. As atividades no espaço prosseguem amanhã com a trilha noturna “Observando a Biodiversidade sob as Estrelas”, entre 18h e 23h. A “Ação Ambiente e Comunidade” acontece na mesma data, no Parque Aeroporto. PÁG. 2

Eduardo Neiva com Dr. Devesen Kruthivienti, Gerente de Gestão do Grupo TATA na Índia

Geofísico acompanhou debate sobre indústria no Estado do Rio PÁG. 5

Vereador acompanha demandas da Guarda Proposta de atualização de PCCV é defendida PÁG. 3

População participa de ações

MEC abre inscrição para o Sisu Vagas oferecidas são para o segundo semestre PÁG. 7

GERAL

Projeto Social realiza nova campanha Agasalhos serão entregues a famílias carentes PÁG. 2

ao registrar nesta semana 1.369 oportunidades de trabalho oferecidas pelo mercado macaense, a Central do Trabalhador renovou na semana a listagem de empregos. Desta vez, o comércio e a indústria lideram o número de contratações imediatas. Confira lista no caderno de Classificados desta edição de O DEBATE. PÁG. 5

TIAGO FERREIRA/ ASSESSORIA

Macaé perde de goleada no Brasileirão Alvianil perdeu de 4 a 1 para o Guaratinguetá na Série C do Brasileirão PÁG. 12

EDUCAÇÃO

Comércio e indústria lideram vagas

ESPORTE

ARQUIVO PESSOAL

Eduardo Neiva participa de encontro POLÍTICA

Município lidera índice da Firjan macaé se manteve no topo do ranking no Estado dentro do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM)que analisa a evolução dos 5.565 municípios brasileiros. PÁG. 5

PRESERVAÇÃO

Atividades marcam início da Semana dedicada à discussão sobre proteção do ecossistema na região

PÁG. 3

CIDADE

Usuários reclamam de falta de limpeza Sanitários do Terminal Central são alvos de depredação PÁG. 9

Macaé não evita a derrota para a equipe paulista

TEMPO

ÍNDICE

Máxima 24º C Mínima 17º C

EDITORIAL

4 CRUZADINHA

C2

PAINEL

4 HORÓSCOPO

C2

GUIA DO LEITOR

4 CINEMA

C2

ESPAÇO ABERTO

4 AGENDA

C2

COTAÇÃO DO DÓLAR

Compra R$ 2,2750 Venda R$ 2,2755

Anuncie: (22) 2106-6060 (215)


2

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Cidade

NOTA

Sistema de Avaliação da Educação será aplicado na rede municipal. Um total de 4.445 alunos do quinto e do nono ano vão passar pela avaliação

PARQUE ATALAIA

Atividades marcam o início da Semana de Meio Ambiente em Macaé Neste domingo (1), aconteceram a 7ª Caminhada na Natureza e o Pedal Mountain Bike na serra Marianna Fontes

DIVULGAÇÃO/ BRUNO CAMPOS

marifontes@odebateon.com.br

D

ando início às comemorações pela Semana do Meio Ambiente, que será realizada até o próximo dia 8, cerca de 150 pessoas participaram no último domingo (1º) da 7ª Caminhada na Natureza - “Circuito Parque Atalaia”. O evento foi promovido pela Associação Macaense de Guias de Turismo & Região Costa do Sol e a ONG Anda Brasil, com apoio da prefeitura. Além de praticar a atividade ao ar livre, os convidados tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a biodiversidade do local, que abriga espécies da fauna e flora da Mata Atlântica. Ao todo foram 10 quilômetros de caminhada, em uma trilha de leve à moderada, que atende ao padrão Internacional. O Parque Municipal Atalaia fica localizado na serra de Macaé, a 27 km do Centro de Macaé, na subida para o distrito de Glicério. No local existem trilhas ecológicas de vários níveis (fácil, médio e intenso). Criado em 1995, essa área pertence ao grupo de Unidade de Conservação de Proteção Integral, sendo utilizada também para pesquisas e aulas de educação ambiental. Ao todo são 235 hectares de Mata Atlântica, totalmente monitorado, o que evita a invasão ou desmatamento do parque. Essa, que já foi a segunda

maior floresta tropical do país, é uma das poucas no estado que tem esse total controle do território. O parque é um reduto de espécies como tucanos, cachorros do mato, lontras, papagaios,

tatus, gambás, jiboias, macacos e onças-pardas. Além da caminhada, a programação da Prefeitura também contou com o Pedal Mountain Bike, que reuniu aproxima-

damente 50 ciclistas. Os participantes saíram do Centro e passaram por diversas trilhas, percorrendo um trecho de 27 quilômetros, tendo como destino final o Parque Atalaia.

Ainda no parque, os ciclistas assistiram a palestra sobre a unidade de conservação, ministrada pelo secretário de Ambiente, Guilherme Sardenberg. “A iniciativa é uma parceria de

Cerca de 150 pessoas de todas as idades percorreram uma trilha de 10 quilômetros no Parque Atalaia

diversos órgãos da gestão municipal. Estaremos ao longo da semana realizando diversas ações. A ideia é que as pessoas valorizem questões ambientais no seu dia a dia”, ressaltou.

Prefeitura segue com as atividades comemorativas nesta segunda-feira (2), foi feita a visita a propriedades de agrofloresta implantada na Serra da Cruz e também a Travessia dos Municípios, que se trata de uma caminhada em dois dias, por trilha centenária que leva aos limites de Macaé, Trajano de Moraes e Nova Friburgo (Bom Jardim). Além disso, também teve a mostra de cinema ambiental nas escolas municipais do bairro Malvinas. Já para hoje (3) e amanhã (4), está previsto a visita dos alunos das escolas da rede municipal ao Parque Atalaia. As atividades no espaço prosseguem amanhã com a trilha noturna

“Observando a Biodiversidade sob as Estrelas”, entre 18h e 23h. A “Ação Ambiente e Comunidade” acontece na mesma data, no Parque Aeroporto, com sensibilização em relação aos temas de Resíduos, Recursos Hídricos e Fauna Marinha. Na quinta-feira (5), serão realizadas as seguintes atividades: palestra “História Ambiental do Sana”, plantio de mudas e sensibilização ambiental no Colégio Municipal do Sana; Ação Ambiente e Comunidade com sensibilização em relação aos temas de Resíduos, Recursos Hídricos e Fauna Marinha, no Centro da cidade; Exposição

de animais silvestres taxidermizados e mostra de vídeos na Base Operacional da Secretaria de Ambiente no Sana; Pousada Verde - campanha de plantio de mudas de espécies da Mata Atlântica nas pousadas da APA do Sana; Observando a Biodiversidade sob as estrelas - Trilha noturna no Parque Atalaia, das 18h às 23h. A cerimônia de entrega da área para ampliação do Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem), será na sexta-feira (6), às 14h, no auditório da instituição. No sábado (7), haverá Regata na Lagoa de Imboassica, com con-

centração na Barra da Lagoa, às 8h. Em seguida, às 8h30, é a vez do Passeio Ecociclístico entre a Praia Campista e Lagoa de Imboassica. A partir das 9h, está marcada a inauguração da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Mário e Alba Corral, na localidade de Duas Barras. Para encerrar, no domingo (8), tem exposição de animais silvestres taxidermizados e mostra de vídeos, na Base Operacional da Secretaria de Ambiente no Sana, às 8h. Além disso, campanha de plantio de mudas de espécies da Mata Atlântica nas pousadas da APA do Sana e caminhada guiada pe-

lo Vale do Peito de Pombo, com concentração no Espaço Cria Sana, às 9h. “A Restinga da Praia do Pecado é nossa!”, evento em comemoração à desapropriação da Restinga da Praia do Pecado, ocorrerá a partir das 10h, na Restinga da Praia do Pecado. VISITA AO PARQUE ATALAIA

A estrutura física do Parque Municipal do Atalaia é composta de um centro administrativo, refeitório e centro de convivência. Ele funciona às terças-feiras, de 13h30 às 16h, e de quarta a sábado, de 9h às 12h e de 13h30 às 16h. A visitação é gratuita e não

necessita de agendamento no caso de famílias. Já para grupos, esse procedimento deve ser feito com antecedência através do email: agendamento.sema@ macae.rj.gov.br. O responsável deverá enviar a solicitação com as seguintes informações: nome da instituição, data e horário de visita, número de participantes, nome e telefone do responsável. Após isso, ele será comunicado e irá receber uma ficha de préagendamento com as normas do parque. Após preenchida, a ficha deve ser encaminhada com antecedência, de no mínimo 72 horas, para o e-mail do agendamento.

MÃO AMIGA

Projeto Social realiza a 1ª Campanha do Agasalho Doações, que irão beneficiar pessoas carentes, podem ser feitas até o dia 5 de julho apesar de macaé não sofrer um inverno muito rigoroso, muitas pessoas contam com a solidariedade da sociedade para não passar frio nos dias em que a temperatura fica mais baixa. Diante disso, o Projeto Social Mão Amiga iniciou no último domingo (1º), a Campanha do Agasalho. Segundo um dos responsáveis pelo projeto, Tiago da Silva Antônio, o objetivo dessa campanha é arrecadar o maior número possível de agasalhos para beneficiar as pessoas mais necessitadas das comunidades Nova Holanda, Nova Esperança, Fronteira, Barra de Macaé e Brasília. “Nós já tínhamos uma ideia antiga de fazer uma ação desse

tipo na nossa comunidade e, mediante os acontecimentos da ressaca na Fronteira, onde diversas famílias foram desabrigadas de suas casas, vimos a fragilidade daquelas pessoas. Juntamos isso a outras situações que vimos nas comunidades do entorno e resolvemos tornar essa campanha uma realidade. Assim como vem acontecendo nos outros eventos feitos por nós, onde a população macaense sempre abraça a nossa causa, gostaria de pedir a todos que ajudem doando aquele agasalho ou cobertor que não usa mais. Isso vai fazer uma grande diferença na vida dessas famílias”, frisa. Thiago ressalta que a campanha esse ano terá abrangência apenas nessas comunidades, mas a ideia é de beneficiar cada vez mais pessoas nas próximas edições. “Nós já recebemos ligações de pessoas em bairros

como o Visconde de Araújo e Parque Aeroporto pedindo para nós estendermos a iniciativa nessas regiões, mas esse ano estamos focados nessas áreas mais carentes. Mas nada impede de que nos próximos anos a gente atenda outras localidades também”, explica. A campanha segue até o dia 5 de julho. Quem quiser ajudar, pode entrar em contato com o Thiago através do número (22) 99999-0523. Os responsáveis pelo projeto vão marcar o dia e local para recolher as doações. A entrega das doações deverá ser feita em um sábado do mês de julho, com data a ser definida ainda. Thiago frisa que a ONG Oficina Itinerante de Beleza, grande parceira do projeto, vai estar participando no dia, fazendo os serviços de corte e barba dos moradores. O Projeto Social Mão Amiga foi criado com o intuito de

DIVULGAÇÃO

Objetivo da campanha é atender pessoas carentes da Fronteira e das comunidades do entorno

integrar essas comunidades carentes, oferecendo aos seus moradores atividades culturais e atividades inclusivas através do esporte e da educação. Atu-

almente a iniciativa está sendo formalizada conforme a lei para que em breve passe a ter uma sede. Assim que o espaço estiver pronto, serão oferecidas aulas

de artesanato, corte e costura, informática, futsal, entre outras. Vale frisar que a iniciativa não tem envolvimento com nenhum movimento político.


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Política

3

NOTA

Igor Sardinha (PT) cobrou do governo informações sobre a distribuição de uniformes escolares para rede municipal

AEROPORTO

Demanda por transporte aéreo de carga reforça luta por nova pista ACIM busca novo respaldo para proposta de viabilização de projeto para obras no Aeroporto de Macaé Márcio Siqueira

marcio@odebateon.com.br

O

deslocamento de cerca de 600 mil toneladas de materiais por ano, contratados pelas empresas da indústria do petróleo em Macaé, através do serviço aéreo de transporte de cargas torna-se um dos principais dados que respaldam a necessidade do município garantir a viabilização do projeto de construção de uma nova pista de pousos e decolagens para o Aeroporto de Macaé. As informações, levantadas pela Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (Abespetro), a pedido da Associação Comercial e Industrial de Macaé (Acim) reforçarão o levantamento feito pela equipe do consórcio Concremat/Themaq, contratado pela Secretaria de Aviação Civil, da presidência da República, com objetivo de viabilizar demandas de Macaé e de outros 29 aeroportos brasileiros. De acordo com o levantamento solicitado pela Acim, os materiais contratados pela indústria do petróleo local, através do transporte aéreo de cargas, são desembarcados, ou desbaratados segundo termo offshore, nos Aeroportos de Viracopos, em Campinas, de Guarulhos, na Grande São Paulo, ou no Galeão (Aeroporto Internacional do Rio), além do Aeroporto Internacional de Cabo Frio, sendo deslocados para Macaé através do sistema de transporte terrestre. "Esse processo eleva o custo das operações para a indústria do petróleo. A nova pista no Aeroporto de Macaé torna o município capaz de operar essa atividade, que gera recursos alfandegários", apontou o presidente da Acim, Aristóteles Cliton da Silva Santos. Segundo Cliton, as informa-

WANDERLEY GIL

ções foram solicitadas pela equipe do consórcio que dentro de 30 dias deve apresentar o relatório final do levantamento feito em abril sobre as demandas do Aeroporto de Macaé. "Contamos com o apoio da Abespetro para buscar essas informações que já foram passadas à Infraero e também ao consórcio. Vamos aguardar a conclusão do relatório para darmos novos passos na defesa pela viabilização do projeto. Se for o caso, poderemos buscar nova audiência com a Secretaria de Aviação Civil em Brasília", informou Cliton. O projeto de implantação de uma nova pista no Aeroporto de Macaé foi apontado também pelo presidente da Acim durante a reunião realizada no último dia 29, no Senai Macaé, pela secretaria de Estado de Transportes. A proposta foi levantada durante o grupo de trabalho promovido pela oficina que registrou demandas dos empresários locais para a elaboração do Plano Estratégico de Logística de Cargas (PELC), que prevê um novo cenário para o estado do Rio de Janeiro, referente ao setor, na projeção 2014/2014. "Mantemos a nossa defesa por consolidação do projeto do novo porto, para a conclusão das obras de duplicação da BR 101, assim como o projeto da nova pista do Aeroporto. Acreditamos que essas são metas a serem cumpridas para resolver as demandas de Macaé em logística", apontou Cliton.

Transporte ferroviário e novo porto são defendidos Assim como a demanda da Acim pelo Aeroporto de Macaé, os modais do transporte ferroviário e a consolidação do projeto do porto foram defendidas como demandas para a logística de Macaé, através da participação do vice-presidente da Câmara, Maxwell Vaz (SD), na reunião da secretaria de Estado de Transportes, no Senai. Ao participar da oficina proposta para a elaboração do PELC, Maxwell propôs a criação de um grupo de trabalho que analise os impactos da logística portuária na mobilidade urbana da cidade. "Os impactos na mobilidade são oriundos do transporte necessário à logística entre a indústria e o terminal portuário da Imbetiba. Com um novo porto, essa rota é deslocada para a parte Norte do município, que possui saídas rodoviárias que reduzirão significativamente os transtornos no trânsito. Por isso defendemos a consolidação do projeto de um novo porto em Macaé, na região do São José do Barreto", apontou o vereador. WANDERLEY GIL

NÚMERO

600 mil

Toneladas de materiais são contratados, por ano, pela indústria através de transporte aéreo de cargas

Cliton aguarda conclusão de relatório, em 30 dias, para acompanhar viabilização de projeto

APOIO

A campanha iniciada desde o ano passado por Guardas Municipais mobilizados pela proposta de reforma e atualização do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos da categoria é acompanhada pelo parlamento municipal. Entre os vereadores que seguem a rotina de reuniões dos servidores, Welberth Rezende (PPS) destacou, na última semana, em plenário, a expectativa sobre a consolidação de uma das principais propostas levantadas pela categoria: a criação do nivelamento dos cargos da corporação com base no tempo atual dos Guardas. A proposta torna-se a principal alternativa para a garantia de valorização dos profissionais de acordo com o potencial de trabalho de cada servidor, segundo entendimento do parlamentar. "A nossa defesa é que essa demanda dos Guardas seja atendida o mais rápido possível. Por questão de poderes, a proposta só pode ser elaborada pelo Executivo. Assim que entrar na Câ-

Candidatos

WANDERLEY GIL

Proposta de atualização de Plano de Cargos é defendida por parlamentar

REGIÃO

CURTAS

Vereador acompanha demandas da Guarda

Com a chegada de junho, abre o calendário de realização das convenções partidárias que irão definir os nomes das lideranças políticas que irão concorrer o pleito deste ano. O anúncio deve ser feito até o dia 30. WANDERLEY GIL

Liderança Vereador apoia proposta de nivelamento por tempo de trabalho

mara certamente será votada de forma favorável", destacou o vereador. Welberth propôs ainda à corporação uma nova forma de atuação da Corregedoria da Guarda, com perfil menos punitivo e mais administrativo. "A Corregedoria hoje tem um papel muito forte, que deveria ser transformado em uma questão mais administrativa", analisou o parlamentar. O vereador defendeu também o fim do Regulamento Disciplinar da Guarda Municipal (RDGM), votando junto a bancada governista pelo fim

também das punições aplicadas de acordo com essas diretrizes, uma proposta também levantada pela categoria. "Queremos a valorização dos servidores que representam uma tradicional categoria do serviço público de Macaé. Essa é uma proposta do sindicato dos servidores", apontou.

“Defendemos a valorização dos servidores que atuam na Guarda” WELBERTH, PPS

Maxwell Vaz (SD)

Com a licença do vereador Chico Machado (PMDB), o vereador Paulo Antunes (PMDB) - foto - é cotado a assumir a liderança da bancada peemedebista na Câmara de Vereadores. A definição ocorre nesta semana

Pezão reúne prefeitos na XXX Expo Macabu Governador foi prestigiado por lideranças da região durante encontro O g ov e r n a d o r P ez ão (PMDB) foi prestigiado no último sábado (31) por prefeitos da região durante a sua participação da XXX Exposição Agropecuária de Conceição de Macabu. No encontro ele fortaleceu a política do Estado em incentivar o desenvolvimento econômico das cidades do interior. Recebido pelo prefeito da cidade, Cláudio Linhares (PMDB), Pezão, acompanhado do deputado estadual Christino

Áureo (PSD), se reuniu também com o prefeito de Quissamã, Otávio Carneiro (PP), e com lideranças que representaram municípios da região. Durante a visita ao evento, o governador destacou a importância da atuação dos produtores rurais do interior para a sustentação da economia do Estado. No encontro, autoridades de Macabu e do Estado assinaram o Termo de Compromisso de Criação da Zona Industrial do município, que tem como objetivo fomentar a economia local, dentro do ambiente regional estimulado principalmente pela indústria do petróleo. ASSESSORIA CHRISTINO ÁREUO

Fiscalização

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ), mantém a proibição ao deputado federal Anthony Garotinho (PR) de promover a "Caravana Palavra da Paz". Ele é précandidato a sucessão do governo do Estado. Cláudio Linhares recebeu Pezão e o deputado Christino Áureo


4

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Opinião

Além da Globo e Band a Rede Vida também começou a operar no sinal digital e com isso a cidade de Macaé tem 3 canais digitais em funcionamento

FOTO LEGENDA KANÁ MANHÃES

EDITORIAL

NOTA

Logística em baixa Macaé já sabe, há muito tempo, quais são os gargalos relativos a um dos setores que concentram hoje os seus maiores desafios. Mas por que será que, ao longo dos últimos anos, nenhuma das alternativas propostas para a logística, de massa e de cargas, não conseguiu sair do papel? A resposta é falta de planejamento e de gestão. Na mesma semana, dois pontos cruciais sobre o futuro do setor foram discutidos, e até polemizados, nas esferas política e empresarial do município. Enquanto a utilização da linha férrea como modal para o transporte, tanto de passageiros, como de deslocamento da produção industrial, foi apontada como grande alternativo para a logística em Macaé, dentro do Plano Estratégico elaborado pela secretaria de Estado de Transporte, tramitava na Câmara de Vereadores o projeto de lei, de autoria do poder Executivo, que garante a cessão do uso das duas composições do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que há três anos já deveria estar transportando passageiros entre o Lagomar e Imboassica, conforme projeto elaborado pela administração municipal passada. Símbolo, não só de um projeto que teve a base de operação sustentada por uma aposta alta na capitalização de recursos do governo federal, que não vieram para Macaé, o VLT, fruto

do programa Metrô Macaé, pode ser analisado também como a inexperiência do poder público em buscar alternativas importantes para a logística. A ideia de se utilizar a linha férrea para transportar pessoas era boa. O ruim foi o planejamento para fazer isso acontecer. Ao propor a elaboração de um leque de projetos eficientes, viáveis economicamente e funcionais para a população, o Plano Estratégico em Logística de Cargas (PELC), torna-se hoje uma espécie de guia para Macaé conseguir superar os seus desafios com a infraestrutura e a mobilidade. Porém, o município não pode esperar até 2040, ano de projeção da análise do trabalho realizado pela secretaria de Estado de Transportes. O planejamento realizado pelo Plano evidencia os principais riscos de não concretização de projetos para logística: falta de conhecimento técnico sobre a demanda, popularismo na gestão pública e a busca pela alternativa mais barata, e não mais viável. Será que foram esses os erros do Metrô Macaé?

Placas implantadas pela secretaria municipal do Ambiente informam à população sobre o nível de balneabilidade das praias da cidade. Reduto dos praticantes do surf, e de outras modalidades de esportes náuticos com prancha, a Praia do Pecado é uma das áreas que segue com índices aceitáveis na qualidade das águas. Já a Praia da Barra, ponto que recebe diariamente toneladas de materiais despejados nas águas do Rio Macaé, a qualidade é imprópria para o banho

PAINEL ESPAÇO ABERTO Lei da autovistoria predial: controvérsias e alertas Depois de desabamento de marquises no Rio, explosão, incêndios e desabamento de prédios no centro do Rio, entre outros desastres urbanos de menor repercussão, mas igualmente graves, finalmente foi aprovada a Lei Estadual n.º 6.400/2013 de Autovistoria disciplinando a verificação das condições de manutenção predial. Os municípios do Rio de Janeiro e de Niterói já regulamentaram a lei que prevê claramente responsabilidades para as Prefeituras, administradores e síndicos de edificações privadas e públicas, acima de mil metros quadrados ou três pavimentos, residenciais, comerciais, institucionais ou mistas. O novo ordenamento legal muda o paradigma da manutenção predial, tão negligenciada pela sociedade brasileira, criando uma nova cultura na matéria, na medida em que define o administrador predial e os próprios usuários das edificações na cadeia de responsabilidade sobre o estado de conservação dos prédios de uso coletivo, ao exigir a autovistoria. A partir de agora, os administradores e síndicos passam a ter que contratar profissionais habilitados da engenharia para fazerem a vistoria periódica de todas as partes que compõem o prédio, sua estrutura, elementos construtivos, acabamentos, coberturas, marquises e instalações elétricas, de prevenção contra incêndio e elevadores e informarem à prefeitura e aos moradores as condições de conservação da edificação e corrigir o que for constatado. Na peça técnica deve constar o plano de manutenção apontando-se prioridades, a Anotação de Responsabilidade Técnica-ART registrada no Crea-RJ, a temporalidade das medidas de urgência, se houver, bem como as recomendações para correção de problemas. Para tanto, as municipalidades terão que se adaptar para aplicar a norma, regulamentando-a e criando mecanismo de controle de seu cumprimento. A matéria ainda encontra algumas controvérsias até mesmo no meio profissional da engenharia, onde se questiona o nível de profundidade necessário na produção do Laudo de Vistoria capaz de resguardar os profissionais, con-

tratante e usuários, na medida em que cada prédio, em razão do estado de conservação pode requerer um exame mais detalhado e não só visual, necessitando medições, equipamentos e equipe multidisciplinar composta por engenheiros civis, eletricistas e mecânicos, o que consequente onera o contratante. Mas sem dúvida constitui-se em um novo conceito para a produção e manutenção das cidades, para a preservação da vida sob o concreto, afinal é melhor prevenir que remediar. Para os engenheiros abre-se um novo mercado de trabalho, análise e correção de patologias em edificações e engenharia legal. Há que se considerar que a matéria toca de forma mais profunda em uma política de manutenção predial que trará repercussões para o projeto, especificação de materiais e técnicas construtivas e no plano da formação e do exercício profissional, trará questões éticas e de responsabilidade civil e criminal sobre os produtos e serviços da engenharia. Enfim, sobram responsabilidades para todos, mas ganham a engenharia e a sociedade, na medida em que a deficiência do Estado em fiscalizar toda a produção urbana encontra na nova legislação a responsabilidade compartilhada que inclui como novo ator o próprio usuário final da edificação, que permite, caso seja aplicada com êxito, a produção de cidades mais seguras. Colaborando para o debate em todo o Estado do Rio, estamos participando de um ciclo de debates sobre o tema com a participação de especialistas e interlocutores locais, na intenção de colaborar para a imediata regulamentação da Lei Estadual n.º 6.400/2013. Reynaldo Barros, Técnico em Eletrotécnica, Engenheiro Eletricista e de Segurança do Trabalho, Professor, Perito de Engenharia e ex-presidente do Crea-RJ

Mobilidade

Reajuste

Sinalização

Ferrovia

Limpeza

Acesso

Negócios

Convocação

Energia

Ao registrar desafios semelhantes a capital do Estado, Macaé poderia aproveitar o projeto desenvolvido no Rio de Janeiro, para garantir uma maior mobilidade ao transporte público dentro da rota congestionada do trânsito. Os BRTs, sistema diferenciado de utilização de coletivos com rotas exclusivas, já é testado em trecho da Estrada Norte/Sul, que poderia ser criado por definitivo dentro do projeto que criará a nova concessão do serviço em 2014.

A nova proposta do governo para a criação de um serviço de transporte de massas através da utilização do trecho da linha férrea deveria acompanhar os debates realizados pelo Plano Estratégico de Logística de Cargas (PELC), elaborado pela secretaria de Estado de Transporte. Além disso, para sair na frente, Macaé poderia buscar a municipalização da administração da linha férrea que corta o município, já que a FCA devolverá a gestão do trecho para o governo federal.

Acontece nesta quarta-feira (4), a partir das 16h, a 1ª Rodada de Negócios, no sistema pregão presencial, que abre oportunidades para empresas fornecedoras da prefeitura terem acesso a contratos de compras públicas. Além do Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico (Fumdec), que promove o evento, a Fesportur, a secretaria municipal de Obras, o Fundo Ambiental da secretaria do Ambiente e a Funemac participarão do encontro que acontece no Senai Macaé.

O governo aguarda para esta terça-feira (3) a votação, na Câmara de Vereadores, do projeto de lei que estabelece o reajuste salarial dos servidores públicos municipais. Com a aprovação do plenário, o Executivo abrirá uma folha de pagamento suplementar, garantindo assim a inclusão dos benefícios nos vencimentos dos profissionais concursados. O pagamento de todas as pessoas que atuam na administração municipal começou a ser liberado nesta segunda-feira (2).

Além dos vigilantes, ao que parece, as agências bancárias de Macaé estão impedidas também de garantir a limpeza dos espaços abertos aos usuários: os terminais do atendimento eletrônico. Todo tipo de papel pode ser encontrado no chão próximo aos caixas eletrônicos, situação que está relacionada também a falta de educação de alguns correntistas. O aspecto sujo das agências também é motivo de insegurança para alguns clientes.

A presidência da Câmara de Vereadores publicou hoje a convocação do vereador suplente Theodomiro Bittencourt Filho (PMDB) para assumir o mandato no legislativo municipal. Ele atuará durante o período do dia 3 de junho ao dia 7 de outubro deste ano, conforme requerimento de licenciamento apresentado na semana passada pelo vereador Chico Machado (PMDB), titular do mandato. Mirinho já participa da sessão ordinária desta terça-feira (3).

EXPEDIENTE EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias CNPJ: 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. DIRETOR RESPONSÁVEL: Oscar Pires. SEDE PRÓPRIA: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate).Impresso pelo Sistema Offset. CIRCULAÇÃO: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu.

A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ - Agência Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. REPRESENTANTE:

ESSIÊ PUBLICIDADE E COMUNICAÇÃO S/C LTDA.

R. Abílio Soares, 227/8º andar - Conjunto 81 - CEP: 04005-000 Telefone: (11) 3057-2547 e Fax: (11) 3887-0071 • RIO DE JANEIRO: Av. Princesa Isabel, 323 - sala 608 - CEP: 22011-901 - Telefone: (21) 2275-4141 • BRASÍLIA: SCS Ed. Maristela, sala 610 / DF - CEP: 70308-900 - Telefone: (61) 3034-1745(61) 3036-8293. TEL/FAX: (22) 2106-6060, acesse: http://www.odebateon.com.br/, E-MAIL: odebate@odebateon.com.br, COMERCIAL: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 215, E-MAIL: comercial@odebateon.com.br, classificados: E-mail: classificados@ odebateon.com.br SÃO PAULO:

A prefeitura substituiu a placa que sinaliza aos motoristas que utilizam o contorno, situado próximo ao destacamento da Polícia Militar na Rodovia Amaral Peixoto, na altura da Praia dos Cavaleiros, sobre a proibição do acesso de caminhões naquele local. Porém, mesmo com o novo aviso, a prática ainda é comum, assim como o avanço de sinal por parte de motoristas que desrespeitam as leis de trânsito. A solução mais viável é a presença constante de um agente de trânsito no contorno.

A secretaria municipal de Mobilidade Urbana, junto com a secretaria municipal de Obras, deveria planejar um novo acesso para veículos que cruzam a Rodovia Amaral Peixoto em direção ao Polo Offshore situado no Novo Cavaleiros. A proposta criaria uma rota exclusiva para as carretas que seguem diariamente, ou para o Porto da Imbetiba, ou para o Parque de Tubos, separando assim o transporte pesado dos veículos domésticos. O projeto é bastante viável.

As interrupções no fornecimento de energia elétrica têm sido constantes na região Oeste de Macaé. Na última quinta-feira (29), durante a reunião entre empresários e representantes da secretaria de Estado de Transportes, a pane no sistema foi registrada no prédio do Senai. Na mesma semana, uma reunião da Câmara de Vereadores também foi encerrada devido ao problema. A concessionária que administra o serviço tem feito manutenção na rede em vários pontos da cidade.

GUIA DO LEITOR

Telefones úteis

POLÍCIA MILITAR: 190 POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL: 191 SAMU - SERV. AS. MED. URGÊNCIA: 192 CORPO DE BOMBEIROS: 193 DEFESA CIVIL: 199 POLÍCIA CIVIL - 123ª DP: 2791-4019 DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR): 2791-5379 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS): 2796-8330 DEL. DE POL. FEDERAL (DISQUE DENÚNCIA): 2796-8326 DEL. DE POL. FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO): 2796-8320 DISQUE-DENÚNCIA (CÂMARA DE MACAÉ): 2772-7262 HOSPITAL PÚBLICO MUNICIPAL: 2773-0061 AMPLA: 0800-28-00-120 CEDAE: 2772-5090 PREFEITURA MUNICIPAL: 2791-9008 DELEGACIA DA MULHER: 2772-0620 GUARDA MUNICIPAL: 2773-0440 ILUMINAÇÃO PÚBLICA: 0800-72-77-173 AEROPORTO DE MACAÉ: 2772-0950 CARTÓRIO ELEITORAL 109ª ZONA: 2772-9214 CARTÓRIO ELEITORAL 254ª ZONA: 2772-2256 CORREIOS - SEDE: 2759-2405 AG CORREIOS CENTRO: 2762-7527 TELEGRAMA FONADO: 0800-5700100 SEDEX: 2762-6438 CEG RIO: 0800-28-20-205 RADIO TAXI MACAÉ 27726058 CONSELHO TUTELAR I 2762-0405 / 2796-1108 PLANTÃO: 8837-4314 CONSELHO TUTELAR II 2762-9971 / 2762-9179 PLANTÃO: 8837-3294 CONSELHO TUTELAR III 2793-4050 / 2793-4044 PLANTÃO: 8837-4441


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Economia

5

NOTA

Começam na próxima quarta-feira (4) as inscrições para o concurso público de Carapebus. Ao todo são oferecidas 201 vagas

DESENVOLVIMENTO

Eduardo Neiva participa de evento da Firjan no Rio

ARQUIVO PESSOAL

Eduardo Neiva com Ana Hofmann, Coordenadora do Projeto de Gestão do Conhecimento da FIRJAN

Geofísico prestigiou reunião que contou com a presença de representantes do Grupo TATA, uma das maiores empresas do mundo em inovação

O

Geofísico Eduardo Neiva participou, na semana passada, do Fórum de Gestão do Conhecimento realizado pela Firjan no Rio de Janeiro, cuja mesa redonda foi composta pelo Dr. Devesen Kruthivienti, Gerente de Gestão do Conhecimento do Grupo TATA da Índia, sendo um dos empresários do mundo, tais com ramo automobilístico, telecom, software, estando no ranking das 50 empresas inovadoras do mundo, que atuou como palestrante principal, Alexandre Sonntag, Gerente de Gestão do Conhecimento da Vale S.A. e Ana Hofmann, Coordenadora do Projeto de Gestão do Conhecimento da FIRJAN. Na oportunidade, o Geofísico Eduardo Neiva foi entrevistado pela equipe de comunicação da Firjan, declarando que a iniciativa foi de extrema importância para despertar esse tipo de ação nas comunicações internas dentro dos ambientes

organizacionais das empresas e das diversas instituições produtivas, sendo o verdadeiro caminho para se atingir o equilíbrio necessário para a construção de ambientes de trabalhos e empresas competitivas mas com a felicidade dos seus colaboradores, na busca permanente para a qualidade de vida de todos. “Há tempos que o sistema produtivo vem abordando, em diversos fóruns, sobre as tendências futuras da competitividade empresarial. Esse estado de raciocínio foi estabelecido de forma muito permanente nesses tempos em que entramos na era da inovação, não somente de produtos e processos, mas também nas relações de trabalho e sociais. Diante desse cenário se verifica, facilmente, que o sucesso das organizações dependerá do estabelecimento de habilidades gerenciais para manter o espírito de equipe, focando nos resultados, quer

Eduardo Neiva com Alexandre Sonntag, Gerente de Gestão do Conhecimento da Vale S.A.

sejam sociais ou econômicos, mas com a tão sonhada sustentabilidade ambiental”, aponta Eduardo Neiva. “Vimos a público manifestar os nossos parabéns a Ana Hofman e toda sua equipe pelo desenvolvimento desse trabalho e pela disseminação desses conhecimentos, trazendo as grandes experiências internacionais com autoridades nesse assunto, o que demonstra a visão de futuro que o sistema FIRJAN está disseminando pelos meios produtivos no Estado do Rio de Janeiro”, complementa Eduardo Neiva.

Eduardo Neiva com Dr. Devesen Kruthivienti, Gerente de Gestão do Conhecimento do Grupo TATA

“Há tempos que o sistema produtivo vem abordando, em diversos fóruns, sobre as tendências futuras da competitividade empresarial” EDUARDO NEIVA, GEOFÍSICO

EMPREGO

Comércio e indústria lideram lista de 1,3 mil oportunidades WANDERLEY GIL

A listagem pode ser conferida no caderno de Classificados desta edição de O DEBATE Ao registrar nesta semana 1.369 oportunidades de trabalho oferecidas pelo mercado macaense, a Central do Trabalhador renovou na semana a listagem de empregos. Desta vez, o comércio e a indústria lideram o número de contratações imediatas. Segundo a listagem, que pode ser conferida no caderno de Classificados desta edição de O DEBATE, o maior número de oportunidades, pela terceira semana consecutiva, é para representante de atendimento, que oferece 500 vagas. A novidade da semana são as 22 vagas para vigilante, incluídas na relação desta semana. Seguem

Além das vagas, a Central do Trabalhador oferece outros serviços de atendimento

ainda em abertas 13 vagas para professor de inglês, 45 vagas para vendedor, 20 vagas para pintor hidrojatista, 32 vagas para manicure, 19 vagas para corretor de imóveis, 20 vagas para caldeireiro e 20 vagas para auxiliar de vendas. Há ainda uma série de outras oportunidades para o mercado de trabalho do comércio local, construção civil e a indústria offshore. Vagas para deficientes também seguem em aberto. A secretaria de Trabalho e Renda realiza a intermediação das vagas entre as empresas e os trabalhadores. Para fazer o cadastro na Central do Trabalhador de Macaé (CTM) é necessário comparecer ao endereço: Rua Dr. Télio Barreto, 28, no Centro, munidos de documentos originais: carteira de identidade, CPF e carteira de trabalho e currí-

culo atualizado. O horário de atendimento ao público é das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira. Os telefones são (22) 2796-1255, 2796-1226. Além da oferta de emprego a Secretaria de Trabalho e Renda oferece serviços de: Emissão da carteira de identidade (primeira e segunda via): 1ª via - original e cópia da certidão de nascimento ou casamento (opcionais CPF e PIS/PASEP) e 2ª via - Duda pago pelo banco Bradesco, certidão de nascimento ou casamento, (opcionais PIS/PASEP e CPF); Cadastro de jovens (em cumprimento da Lei da Aprendizagem 10.097/2000. Documentos necessários: carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e declaração escolar e Cadastro para vagas de Estágio (Lei 11.788/2008). Documentos necessários: carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e declaração escolar.

DESENVOLVIMENTO

Macaé entre os dez maiores índices Firjan do Estado Análise é relativa a dados obtidos por municípios durante o ano de 2011 Macaé se manteve no topo do ranking no Estado dentro do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM). Criado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro para acompanhar a evolução dos 5.565 municípios brasileiros, o estudo revelou em sua 6ª edição que oito dos nove municípios do Norte Fluminense alcançaram patamar moderado. Macaé, com IFDM 0,7905,

se manteve no topo do ranking regional, ficando entre os dez maiores IFDMs do estado. No entanto, a cidade perdeu o alto nível de desenvolvimento por conta de uma menor atividade econômica, observada em 2011. Essa redução foi registrada pela queda do indicador de Emprego e Renda. Por sua vez, São João da Barra e Quissamã se destacaram por terem melhorado nas três vertentes em comparação à medição anterior, conseguindo avançar no ranking estadual. Com recorte municipal e abrangência nacional, o IFDM avalia as condições de Educação, Saúde, Emprego e Renda

de todos os municípios brasileiros. O índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) para classificar o nível de cada cidade em quatro categorias: baixo (de 0 a 0,4), regular (0,4001 a 0,6), moderado (de 0,6001 a 0,8) e alto (0,8001 a 1) desenvolvimento. Os resultados obtidos têm base em informações oficiais dos ministérios da Educação, Saúde, Trabalho e Emprego. Nesta edição foram utilizados os dados de 2011, o que permite a comparação do desenvolvimento dos municípios com o ano de 2010 - último ano da primeira década do século XXI. A metodologia foi aprimorada para captar os no-

vos desafios do desenvolvimento brasileiro na segunda década do mesmo século. O Norte Fluminense se destacou nos resultados do IFDM-Saúde de 2011, já que a região ficou com quatro municípios com alto índice de desenvolvimento, com destaque para Quissamã (0,9313), maior nota do estado nesta área. Em Educação, o quadro também foi positivo, uma vez que todos os municípios possuem, no mínimo, desenvolvimento moderado, novamente com destaque para Quissamã (0,8096), o único município com alto desenvolvimento em Educação na região. Na verten-

te Emprego e Renda, por sua vez, há municípios em todas as classificações do IFDM, desde baixo desenvolvimento, como São Fidélis e Cardoso Moreira, até alto desenvolvimento, como São João da Barra. Na faixa intermediaria do ranking regional, Campos dos Goytacazes perdeu posições na região e no estado por conta da queda de 10,7% observada no índice Emprego e Renda mesmo obtendo avanços em Educação (o índice cresceu 4,8%) e Saúde (+1,7%). No ranking geral do estado do Rio, Resende ocupa a primeira posição, com 0,8349 ponto. Em seguida, está Volta Redonda,

que se destacou por ser a única cidade a registrar alto nível de desenvolvimento nas três vertentes analisadas pelo IFDM, status conquistado por conta do expressivo avanço no IFDMEmprego e Renda e à melhora no IFDM-Educação. Já a terceira colocação no ranking estadual é ocupada por Nova Friburgo, seguida do município do Rio de Janeiro, que também ultrapassou a fronteira do alto desenvolvimento devido, principalmente, ao avanço da variável Educação. Entre as capitais brasileiras, o Rio é a 9ª melhor colocada. Japeri manteve-se na última colocação no ranking do estado do Rio.


6

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Polícia

NOTA

Policiais do GAT II apreendem pistola turca no bairro Novo Horizonte

COLISÕES

Final de semana registra graves acidentes de trânsito Em um dos acidentes, um homem morreu atropelado na madrugada do último domingo na Rodovia Amaral Peixoto daniela bairros

SYLVIO SAVINO

danielabairros@odebateon.com.br

O

primeiro final de semana de junho foi marcado por graves acidentes de trânsito. Na madrugada do último domingo (1), um homem morreu atropelado, por volta da 1h, na Rodovia Amaral Peixoto, próximo ao Bar do Coco. Segundo o Corpo de Bombeiros, um homem atravessou a rodovia para comprar sardinha e, ao atravessar a pista, não viu a motocicleta, que trafegava sentido Centro. Ele morreu na hora. Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem que morreu não portava documentos. A reportagem de O DEBATE contatou ontem (2) o IML (Instituto Médico Legal) de Macaé, mas o nome da vítima não foi divulgado sob alegação de que a informação só seria passada a familiares. O piloto e passageiro da motocicleta foram conduzidos ao HPM (Hospital Público Municipal) de Macaé, onde permanecem internados em observação.

Corpo do homem que morreu atropelado à espera de remoção na rodovia. Motocicleta, que era ocupada por duas pessoas, envolvida no grave acidente na RJ 106

Carro capota na rodovia Norte Sul um veículo peugeot 206 capotou depois de bater em um poste na Rodovia Norte Sul, na manhã de ontem (2), por volta das 8h. Dois ocupantes do carro foram conduzidos ao HPM (Hospital Público Municipal) de Macaé com ferimentos. Os nomes das vítimas não foram divulgados. Segundo o Corpo de Bom-

DIVULGAÇÃO

beiros, o carro seguia sentido Rio das Ostras e, ao efetuar uma curva, perdeu o controle da direção e bateu no poste. Com o impacto da colisão, capotou. O veículo ficou totalmente destruído. O trânsito no local registrou retenção devido à rodovia estar operando em apenas uma faixa.

EXECUTADO KANÁ MANHÃES

Veículo Peugeot 206 capotado no local depois da batida

ENTORPECENTE

Menores são apreendidos com drogas na Fronteira Adolescentes foram surpreendidos na tarde do último domingo (1), por volta das 17h40 dois menores foram apreendidos com drogas na Fronteira, na tarde do último domingo (1), por volta das 17h40. Policiais militares do GAT (Grupo de Ações Táticas) efetuavam patrulhamento pela Travessa 17, quando avistaram G.M.S.P., 16 anos, e R.F.S., 15 anos. Ao serem revistados, os policiais encontraram 11 sacolés de cocaína, um

DIVULGAÇÃO/POLÍCIA MILITAR

rádio transmissor e um celular da marca LG e R$ 50 em dinheiro. Com R.F.S., foram encontradas 10 buchas de maconha e um rádio transmissor. Os menores foram encaminhados à 123ª Delegacia de Polícia, onde foram autuados e permaneceram apreendidos. NÚMERO

11 sacolés

De cocaína, um rádio transmissor, celulares e R$ 50 em dinheiro foram encontrados pela polícia

Drogas, rádio transmissor e celulares encontrados na Fronteira

INVESTIGAÇÃO

Incêndio na PNA-1 foi o segundo em seis meses Informação foi divulgada ontem (2) por entidade sindical dos petroleiros O SINDIPETRO (Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense) informou ontem (2) que o incêndio nas proximidades do tanque de água da Plataforma PNA-1, no Campo de Namorado, Bacia de Campos, na tarde

do último sábado (31), por volta das 17h12, foi o segundo em menos de seis meses na UO-BC (Unidade Operacional) na Bacia de Campos. Segundo o sindicato, seis trabalhadores da Odebrecht Oil & Gas, empresa responsável pela pintura da plataforma, ficaram feridos. O incêndio durou aproximadamente 40 minutos e foi debelado, de acordo com o sindicato, pela atuação automática do sistema de dilúvio. A produção da plataforma foi inter-

rompida e a brigada de incêndio foi acionada. Quatro dos trabalhadores sofreram queimaduras de primeiro grau, sendo que um apresentou sintomas de intoxicação e outra torceu o tornozelo. Todos os trabalhadores, segundo informou o sindicato, são pintores e estavam em atividade na hora do acidente. Em nota, a assessoria de imprensa da Petrobras informou que os trabalhadores apresentaram ferimentos leves, sendo que cinco foram desem-

barcados em Macaé e liberados após avaliação médica. SERVIÇO

Obituário ● MARCOS AURÉLIO LOPES

GONÇALO, 30 anos, solteiro,

Barreto. O sepultamento ocorreu ontem (2), às 15h30, no Cemitério Memorial da Igualdade.

Mais um homicídio foi registrado na 123ª Delegacia de Polícia

Assassinado a tiros no Aeroporto Crime aconteceu na noite do último sábado (31), por volta das 22h20, na Rua 13 mais um homem foi executado a tiros em Macaé. Dessa vez, segundo a polícia, o crime aconteceu na noite do último sábado (31), por volta das 22h20, na Rua 13, bairro Parque Aeroporto. Policiais militares do 32º BPM (Batalhão de Polícia Militar) de Macaé foram acionados ao local, onde encontraram Marco Aurélio Lopes Gonçalo, 30 anos, morto com dois tiros na cabeça e no tórax. Próximo ao corpo, os policiais militares encontraram quatro cápsulas de calibre 9 mm, todas deflagradas. O corpo de Gonçalo foi removido ao IML (Instituto Médico Legal). O caso foi registrado na 123ª Delegacia de Polícia. Os autores dos disparos ainda não foram identificados. NOVO HORIZONTE

No último dia 26 de maio, por volta das 20h05, um homem também foi executado a tiros no bairro Novo Horizonte. O crime aconteceu em um bar, localizado na Rua E. Policiais militares foram acionados ao local, onde constataram que a vítima, identificada como Deivid Denis Mateus de Lima, 23 anos, havia sido levada por moradores do

bairro ao HPM (Hospital Público Municipal) de Macaé, depois de ter sido alvejado por vários tiros. Na unidade hospitalar, a vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu. Uma testemunha relatou aos policiais que Deivid Denis estava no bar, quando dois homens entraram no local e se dirigiram diretamente a ele, efetuando vários disparos e fugiram tomando rumo ignorado. A testemunha não conseguiu fornecer aos policiais as descrições físicas dos autores dos disparos. O homicídio foi registrado na 123ª Delegacia de Polícia de Macaé, onde o caso está sendo investigado. TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Na madrugada do último domingo, por volta das 0h45, um homem de 19 anos deu entrada no HPM (Hospital Público Municipal) de Macaé, depois de ter sido baleado na perna. Segundo a polícia, a tentativa de homicídio aconteceu na rua Dr. Manoel Marques Monteiro, na Fronteira. Em declaração aos policiais no hospital, J.R.P.P., disse que os disparos de arma de fogo foram efetuados por dois homens, os quais chegaram ao local ocupando uma motocicleta. A vítima não soube informar o motivo e também não reconheceu os autores dos disparos. Ninguém foi preso. O caso também foi registrado na 123ª DP.


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Geral

7

NOTA

Alunos participam da Semana do Meio Ambiente. Os estudantes assistiram a uma Mostra de Cinema Ambiental

EDUCAÇÃO

Prestadores de serviços de transporte escolar ainda sem pagamento De acordo com profissionais, até ontem não havia sido feito nenhum pagamento referente aos meses trabalhados esse ano Juliane Reis

GLAUBER MOREIRA

Juliane@odebateon.com.br

A

o que tudo indica ainda falta muita coisa a ser resolvida em prol da educação em Macaé, cidade conhecida como a Capital do Petróleo. Na manhã de ontem, o tema das discussões foi sobre o transporte escolar, mais especificamente das vans. Os profissionais prestadores de serviço se reuniram próximo ao Bar do Coco onde receberam equipes de reportagens de vários veículos e falaram de suas indignações com relação a falta de pagamento referentes a todos os meses trabalhados esse ano. “Há dois meses nós fizemos uma manifestação sobre a mesma temática, no entanto, até mesmo após a promessa de que tudo seria resolvido, continuamos sem receber. Hoje nossa ideia não é fazer uma manifestação que venha impactar a cidade, causar caos e aborrecimentos. Por isso vamos nos reunir aqui, inclusive estamos atendendo à solicitação do Prefeito que é não prejudicar as crianças, por isso nós as levamos na escola e vamos buscar. O que a gente quer é o nosso direito. Todo mundo que trabalha quer receber, e com a gente não é diferente. A gen-

te tem família, tem uma vida. Muitos aqui se endividaram, alguns chegaram até a vender suas casas e estão morando de favor para poder comprar o carro novo e atender à legalidades para continuar prestando o serviço e o que temos é isso aí: o pagamento simplesmente atrasado há cinco meses”, disse um dos participantes. Eles falam ainda dos cerca de 100 carros que foram cortados e que a partir de amanhã não prestarão mais serviço. “Para eles é simples e fácil chegar e cortar e dizer a partir de hoje

você não trabalha mais. Só que para nós, a realidade passa a ser outra. Até sexta-feira tínhamos um trabalho. Nos endividamos para andar dentro da normalidade, atender todas as exigências deles, mudamos de carro, adaptamos carros, colocamos o

“Tivemos cerca de cem carros cortados e que param de rodar a partir de hoje” MOTORISTA QUE PREFERE NÃO SE IDENTIFICAR

selo, e agora nossos carros não podem rodar? Hoje (ontem), por exemplo, as crianças que atendemos na Pestalozzi foram prejudicadas, justamente os dois carros que os atendiam foram cortados”, desabafou outro representante. A indignação continua. “Nossa ideia não é retalhar a Prefeitura. O que queremos é nosso pagamento. A partir de amanhã (hoje) seremos gerenciados por uma cooperativa, mas em paralelo a isso cerca de cem carros foram cortados. E como vão ficar essas pessoas?”, disse outro

De acordo com os prestadores de serviços, após a manifestação realizada há dois meses, o que eles tiveram de resposta foi a represália com cerca de cem carros cortados

prestador de serviço. O parlamentar Igor Sardinha esteve no local e conversou com os profissionais e os convidou para participar de uma reunião com a Comissão Permanente de Transporte que vai acontecer nesta terça-feira, às 15h, na sede da Câmara. “Vocês disseram que a Prefeitura diz que já pagou a empresa responsável. Mas mesmo quando ela diz que já pagou, ela não pode se eximir da responsabilidade, ela tem que se impor, fiscalizar, buscar saber o quê e o por quê isto está acontecendo. Nessa reunião

amanhã vamos discutir e preparar material para notificar a Prefeitura”, pontuou. “Se o que a Prefeitura paga à empresa viesse para nossas mãos, se o serviço que prestamos é bom passaria para excelente. Recebemos bem menos do que a prefeitura repassa para a empresa. Gostaríamos de saber por que o dinheiro não pode vir direto para nossas mãos, assim como por que a Prefeitura ou a escola não pode nos contratar direto, temos que depender de um intermediário. Antes éramos físicos e tivemos que passar para jurídico, agora somos MEI (microempreendedor individual), temos CNJP, tudo que nos foi cobrado, mas do que adiantou?”, questiona outro motorista. Um pai que prefere não se identificar disse que ano passado sua filha utilizava a van escolar que a buscava e levava na porta de casa. “Já este ano o serviço foi mudado e ela depende de ônibus. Para mim piorou, pois não consigo me concentrar, trabalhar direito sabendo que ela e o irmão têm que andar até o ponto e ficar aguardando o transporte”, desafaba um pai que prefere não se identificar. Procurada pela redação, até o fechamento da edição a Prefeitura e a empresa responsável não haviam se pronunciado.

EDUCAÇÃO

MEC abre inscrição para o Sisu Vagas oferecidas são para o segundo semestre e os interessados podem se inscrever até quarta-feira, 4 o ministério da Educação (MEC) abriu ontem as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) referentes ao segundo semestre. Ao todo são mais de 51 mil vagas para cursos superior em instituições públicas e os interessados devem se inscrever até quarta-feira, 4, pelo http://sisu.mec.gov.br . Para Macaé há vagas para cursos oferecidos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Campus Macaé Professor Aloísio Teixeira e para a Universidade Federal Fluminense. Para a UFRJ as vagas ofereci-

das são para os cursos de Licenciatura em Ciências Biológicas (20), Bacharelado em Ciências Biológicas (20), Enfermagem e Obstetrícia (40), Farmácia (50), Medicina (30), Nutrição (40), Química (25). Já pela UFF a oportunidade é para o curso de Direito, com 70 vagas. O Sisu é um processo seletivo SERVIÇO

Cronograma ● 02/06 A 04/0 6

- Período de

inscrições ● 06/06-

Re s ul ta d o da 1 ª

chamada ● 09/06 A 13/06

- Matrícula da

1ª chamada

WANDERLEY GIL

que usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar estudantes para cursos de graduação em universidades federais e institutos tecnológicos de ensino superior. E para participar desta edição, o interessado deve ter feito o Enem de 2013, com nota acima de zero na redação. ● 24 / 0 6 -

Resultado da 2ª

Em Macaé a UFRJ está oferecendo vagas para os cursos de Ciências Biológicas, Enfermagem e Obstetrícia, Farmácia, Medicina, Nutrição e Química

chamada - Prazo para participar da Lista de Espera ● 27/06 A 02/07 - Matrícula da 2ª chamada ● 1 4 / 0 7 - Convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições a partir desta data ● 24/06 A 07/07

EVENTO

V Feira de Ciências do CApFunemac mobiliza estudantes Ecologia e sustentabilidade foram destaques do evento realizado nos dias 30 e 31 desenvolver a qualidade do ensino capacitando seus alunos para projetos de pesquisa e extensão. É essa a proposta do Colégio de Aplicação (CAp), da Fundação Educacional de Macaé (FUNEMAC), ao promover entre os dias 30 e 31 de maio, sua V Feira de Ciências. Foram apresentados projetos de estudantes das 1ª, 2ª e 3ª séries da instituição, auxiliados por monitores acadêmicos da Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal do Estado

do Rio de Janeiro (UFRJ), ambos do campus Cidade Universitária, que auxiliaram na execução das propostas apresentadas na feira. Muito bem orientados e com explicações claras e concisas, os alunos do CAp-Funemac uniram simplicidade e ousadia mesclando inovações tecnológicas com soluções tradicionais. Estudantes da 1ª série, Ana Clara, Letícia e Manoelly, criaram um projeto de um ventilador portátil que para funcionar basta ser ligado através de um cabo USB. A ideia parece simples, mas além de prática é sustentável. A explicação vem de Ana Clara - que como todos os alunos que estiveram na feira -, demonstra-

va conhecimento pleno sobre seu projeto. “Apesar de possuir a função principal de refrescar uma pessoa em dias quentes, nosso ventilador chama atenção para o desperdício e acúmulo de lixo eletrônico, que já é três vezes maior que o lixo convencional. Utilizamos um cd para fazer as hélices, uma garrafa pet de 600 ml e um cabo USB. Todo esse material seria descartado”, explicou a estudante. Para a diretora do CAp - Funemac, Wanessa Leal, a quinta edição da feira superou suas expectativas. “A cada ano nos surpreendemos mais com a qualidade dos trabalhos e sabemos que isso reflete no aprendizado. Estou bem

satisfeita pelos alunos e pelos professores”, pontuou a diretora. Entre as propostas apresentadas um aplicativo para detectar os tipos de dores de cabeça e musculares mais comuns direcionando o paciente à medicação indicada, o uso de ervas como tratamento de doenças através da medicina alternativa, um aquecedor solar feito com placas de PVC, onde a economia para a aquisição pode chegar a R$ 1.800 e ainda um projeto sobre a reciclagem de pilhas, visando a conscientização sobre os impactos ambientais provenientes do descarte de resíduos tecnológicos. Gleison Guimarães, presidente da Funemac, esteve na feira em seu segundo dia e disse

WANDERLEY GIL

ter ficado impressionado com a qualidade dos projetos. “O que vi foram alunos apresentando propostas com propriedade na fala e na execução. O nível dos projetos estava excelente e nos motiva a pensar no futuro desta geração capaz de criar e pensar alternativas inteligentes e ao mesmo tempo ecológicas e sustentáveis. Estes estudantes irão acrescen-

Foram apresentados projetos de estudantes das 1ª, 2ª e 3ª séries da instituição

tar muito no desenvolvimento da cidade de Macaé, através da oportunidade que estão tendo de ampliar seus horizontes e aplicar seu conhecimento”, avaliou. Os projetos apresentados na feira ainda serão expostos em competições no município e no estado. Sobre o CAp A instituição começou em 2010 como um projeto piloto, com 70 alunos.


8

Geral

Estado do Rio de Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ Comissão Permanente de Licitação

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Estado do Rio de Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Macaé Capital do Petróleo Lei Estadual nº 6081 de 21.11.2011

CAPACITAÇÃO

Macaé oferece cursos para o mercado da moda

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Estado do Rio de Janeiro O PresidentePrefeitura da CâmaraMunicipal Municipal de de Macaé Macaé, Estado do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuições legais, especialmente de acordo com o Art. 68 da Lei Estado do Rio de Janeiro Fundação Educacional de Macaé - FUNEMAC Orgânica Municipal e § 1 e 2 do Art. l69 da Resolução nº 1.645/92 Regimento PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ Interno), convoca o Primeiro Suplente do Partido Do Movimento Democrático Secretaria Municipal de Saúde

Brasileiro (PMDB) Teodomiro Bittencourt Filho, para assumir a função de Vereador, no dia 03 de junho de 2014, às 14 horas, no Gabinete da Presidência, ESTADO DOSalvador RIO DEAntunes JANEIRO na sede do Palácio Natálio nesta casa legislativa, em substiEstado do Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ tuição ao Vereador Francisco Alves Machado Neto, licenciado para tratar de asEstado do Rio de Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ DE ESPORTES E TURISMO DEdoMACAÉ suntos de seu FUNDAÇÃO interesse, conforme prevê o artigo 165, Regimento Interno. PREFEITURA MUNICIPAL DEVI,MACAÉ

Comissão Permanente de Licitação

Secretaria Municipal de Saúde A Subsecretária de Políticas para Mulheres, Jane Roriz, disse Câmara Municipal de Macaé, 02 de junho de 2014. Estado do Rio de Janeiro Estado do Rio de Janeiro EduardoMUNICIPAL Cardoso Gonçalves que em 2013 os cursos tiveram um total de 1230 alunos PREFEITURA DE MACAÉ Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Estado do Rio dePresidente

Macaé Capital do Petróleo Lei Estadual nº 6081 de 21.11.2011

A

Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres oferece cursos gratuitos no Espaço Mulher Cidadã Erosita França Leclerc - na Rua da Igualdade, 890 - em parceria com o Centro de Educação Tecnológica e Profissional (Cetep). Atualmente, são ministradas aulas dos cursos de Corte e Costura, Design de Sobrancelhas e Maquiagem, e Patch Work, que começaram dia 19 de maio e terminam em oito de agosto. Há vagas para os cursos Mimos & Lembranças, Molde Vazado (Pintura em Tecido) e Vagonite, que é uma costura diferenciada. A Subsecretária de Políticas para Mulheres, Jane Roriz, disse que em 2013 os cursos tiveram um total de 1230 alunos. Em 2014, de janeiro até hoje, há 135 inscritos. “O projeto Espaço Mulher Cidadã Itinerante levará os cursos até os Centros de Referência de Assistência Social nos bairros Aroeira, Barra, Parque Aeroporto, Botafogo e Nova Esperança, além do distrito de Córrego do Ouro. Desta forma as mulheres dessas localidades ganham mais tempo e poupam a locomoção até Imbetiba”, contou. O objetivo de Marles dos Santos Lemos, 32 anos, em fazer o curso de Design de

EDUCAÇÃO

Sistema de Avaliação da Educação será aplicado mais uma etapa do Sistema de Avaliação da Educação do Estado do Rio de Janeiro (Saerjinho-2014) vai ser realizada nesta terça-feira (3). Um total de cinquenta e uma escolas da rede municipal participarão da prova nos turnos da manhã, a partir das 8h, e à tarde, às 13h30. A avaliação será aplicada para um total de 4.445 alunos de 111 turmas do 5º ano, e 170 turmas do 9º ano. Segundo a secretária de Educação, Lúcia Thomaz, a prova é diagnóstica e visa avaliar o ensino municipal. Os alunos vão responder a 40 questões de múltipla escolha das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. De acordo com a coordenação da secretaria de Educação, após a aplicação, o Caderno de Provas ficará na unidade municipal. A avaliação, que será aplicada pelos próprios professores, será levada na quarta-feira (4) para a secretaria de Educação, que vai encaminhar os cartões para correção da Universidade Federal de Juiz de Fora. O Saerjinho faz parte de uma parceria entre os governos municipal e estadual e segue a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. O objetivo do Governo Municipal, com a aplicação da avaliação, é assegurar o processo de avaliação do rendimento escolar nos ensinos fundamental, e contribuir com a melhoria da qualidade do ensino. GUGA MALHEIROS/SECOM

GUGA MALHEIROS

Secretaria Municipal de Saúde CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Fundação Municipal Hospitalar de Macaé Comissão Permanente de Licitação

Estado do Rio de Janeiro

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Macaé Estado do Rio de Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Prefeitura Municipal de Macaé Empresa Pública Municipal de Saneamento Macaé Capital do Petróleo Fundação Educacional de Macaé - FUNEMAC Lei Estadual nº 6081 de 21.11.2011 LEI Nº 4045/2014

Estado do Rio de Janeiro ESTADO DO RIO DE JANEIRO A CÂMARA MUNICIPAL de Macaé deliberou e o seu Vice-presidente, com PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ Prefeitura Municipal de Macaé fulcro no artigo 76 parágrafos 3º e 7º da Lei Orgânica Municipal, promulga a FUNDAÇÃO DE ESPORTES E TURISMO DE MACAÉ Fundação Educacional de Macaé - FUNEMAC seguinte lei: Art. 1º As áreas de lazer infantis públicas municipais devem conter brinque-

Estado do Rio de Janeiro dos adaptados a crianças com deficiência. ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL Parágrafo DE MACAÉ CONSELHO MUNICIPAL DEFESA DOSdevem DIREITOS único. Os brinquedos de que trata o DE caput deste artigo ser PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ o uso crianças com deficiência e estarem DE de MACAÉ/RJ acordo com Secretaria Municipal de Saúdeadequados para DAdeCRIANÇA E DO ADOLESCENTE ESPORTES E TURISMO DE MACAÉ as normas deFUNDAÇÃO segurança doDE Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Travessa Ari Shueller Pimentel, n° 25, centro - Macaé/RJ Fundação Municipal Hospitalar de Macaé Qualidade IndustrialTel.: (Inmetro). (022) 2796-1300 e 2796-1546 cmddcademacae@gmail.com Art. 2º Os locais deE-mail: que trata o art. 1º desta Lei devem se adequar aos padrões da AssociaçãoEstado Brasileira Técnicas _ ABNT, para o fácil acesso de Estado do Rio de Janeiro do de RioNormas de Janeiro pessoas com deficiência. PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ Prefeitura MunicipalArt. de3ºMacaé O nãoSecretaria cumprimento desta Leide acarretará Municipal Saúde o fechamento da área de lazer Empresa Pública Municipal deFundação Saneamento até a sua adequação. Municipal Hospitalar de Macaé Art. 4º Esta Lei entra em vigor depois de decorridos 180 (cento e oitenta) dias, de sua publicação oficial. SALA DA VICE-PREVIDÊNCIA, 29 de de 2014. Estado do Rio demaio Janeiro

Os cursos são ministrados no Espaço Mulher Cidadã Erosita França Leclerc

Sobrancelhas e Maquiagem, sair de casa, onde também é conseguir um emprego no tem de cuidar de um filho de mercado de beleza em Macaé. dez meses. “Aprendi a colocar “Já sei avaliar o rosto da clien- fechecler e a fazer almofadas te, além de ter aprendido nas e bolsas. Semana que vem faaulas de Empreendedorismo remos camisas do Brasil, num Individual, oferecidas nesse preparo para a Copa do Muncurso, comoEstado abrirdo e Rio manter do”, pontuou. de Janeiro meu negócio”, comentou. MUNICIPAL Outras informações poPREFEITURA DE MACAÉ Já Denise Monteiro das Ne- dedem Secretaria Municipal Saúdeser obtidas pelo telefone ves, da mesma idade, que faz (DDD 22) 2796-1149 ou atrao curso de Corte e Costura, vés do e-mail: espacomulherEstado do Rio de Janeiro quer uma fonte de renda sem cidada@macae.rj.gov.br. CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Comissão Permanente de Licitação

Estado do Rio de Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Macaé Capital do Petróleo Lei Estadual nº 6081 de 21.11.2011 LEI Nº 4046/2014

Estado do Rio de Janeiro

A CÂMARAPrefeitura MUNICIPAL de Macaé Municipal dedeliberou Macaé e o seu Vice-presidente, com fulcro no artigo 76 parágrafos 3º e 7º da Lei Orgânica Municipal, promulga a Fundação Educacional de Macaé - FUNEMAC seguinte lei: Art. 1º É assegurada às pessoas portadoras de deficiências físicas, visuais, auditivas e mentais que sejam impossibilitadas de locomoção, autodeterminaESTADOdeDO RIO DE JANEIRO ção e que dependam acompanhante a presença dos mesmos em qualquer PREFEITURA DE MACAÉ estabelecimento cultural ou deMUNICIPAL lazer. FUNDAÇÃO DE E TURISMO DE MACAÉ § 1º Os estabelecimentos emESPORTES epígrafe serão os destinados à diversão, espetáculos teatrais, musicais e circenses, exibições cinematográficos, eventos esportivos e artísticos em geral. § 2º Não seráEstado permitida cobrança do acompanhamento do portador de defido aRio de Janeiro ciência, nem aPREFEITURA cobrança de valorMUNICIPAL de entrada diferenciada ao mesmo. DE MACAÉ Art. 2º Fica fixado que em caso de descumprimento do artigo anterior, o Poder Secretaria Municipal de Saúde Público imporá multa ao estabelecimento correspondente a R$ 5.000,00 (cinco Fundação Municipal Hospitalar de Macaé mil reais), ressalvada ainda indenização pelos danos sofridos ao portador de deficiência. Art. 3º A comprovação da condição deficiente que garante os benefícios Estado do Riodede Janeiro desta Lei poderá ser aferida através da apresentação do cartão utilizado para a Prefeitura Municipal de Macaé gratuidade do Sistema de Transporte Público do Município de Macaé. Art. 4º Nas bilheterias dos estabelecimentos atingidos por de estaSaneamento Lei, a direção Empresa Pública Municipal dos mesmos providenciará a fixação de cartazes nunca inferiores a dez por quinze centímetros, contendo a informação de que as pessoas portadoras de deficiência serão beneficiadas com a entrada de seus acompanhantes, mediante a comprovaçãoEstado previstado noRio artigo deanterior. Janeiro Art. 5º Esta Lei entra em vigorMUNICIPAL na da data de sua PREFEITURA DEpublicação, MACAÉ revogadas as disposições emSecretaria contrário. Municipal de Saúde SALA DA VICE-PREVIDÊNCIA, 29 de maio de 2014. MAXWELL SOUTO VAZ

Estado do RioVICE-PRESIDENTE de Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Comissão Permanente de Licitação CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS

Prefeitura Municipal de Macaé MAXWELL SOUTO VAZ VICE-PRESIDENTE Empresa Pública Municipal de Saneamento

CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MACAÉ/RJ Travessa Ari Shueller Pimentel, n° 25, centro - Macaé/RJ Tel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546 E-mail: cmddcademacae@gmail.com

CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MACAÉ/RJ Travessa Ari Shueller Pimentel, n° 25, centro - Macaé/RJ Tel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546 E-mail: cmddcademacae@gmail.com

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS GABINETE DO PREFEITO

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Administração Gabinete do Prefeito Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Coordenadoria de Contratos – COTRA ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Fazenda PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS GABINETE DO PREFEITO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS Estado do Rio de Janeiro Comissão Permanente de Licitação ESTADO DO RIO DE JANEIRO Prefeitura Municipal de Carapebus PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS Secretaria Municipal de Administração GABINETE DO PREFEITO Gabinete do Prefeito Estado do Rio de Janeiro Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Prefeitura Municipal de Carapebus Coordenadoria de Contratos – COTRA Secretaria Municipal de Administração Gabinete do Prefeito ESTADO DO RIO DE JANEIRO Estado do Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Fazenda Coordenadoria de Contratos – COTRA ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS Comissão Permanente de Licitação Secretaria Municipal de Fazenda

DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MACAÉ/RJ

Travessa Ari Shueller Pimentel, n° 25, centro - Macaé/RJ

Estado do(022) Rio2796-1300 de Janeiro Tel.: e 2796-1546 E-mail: MUNICIPAL cmddcademacae@gmail.com CÂMARA DE MACAÉ Macaé Capital do Petróleo Lei Estadual nº 6081 de 21.11.2011 LEI COMPLEMENTAR Nº 231/2014

Estado do Rio de Janeiro DISPÕE SOBRE A DERROGAÇÃO CÓDIGO DE URBANISMO DO Prefeitura Municipal deDO Macaé MUNICÍPIO DE MACAÉ – LCM Nº 141/2010 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNFundação Educacional de Macaé - FUNEMAC

CIAS. A CÂMARA MUNICIPAL de Macaé deliberou e o seu Vice-presidente, com fulcro no artigo 76 parágrafos 3º e 7º da Lei Orgânica Municipal, promulga a seguinte lei: ESTADO DO RIO DE JANEIRO Art. 1º. Ficam acrescentados os parágrafos 1º, 2º, 3º, 4º e 5º ao art. 85 da Lei PREFEITURA MUNICIPAL MACAÉ Complementar Municipal nº 141/2010 com asDE seguintes redações: Art. 85 (...) FUNDAÇÃO DE ESPORTES E TURISMO DE MACAÉ §1º – As Quadras 5, 6, 7, 9 e os lotes / Sítios Lindeiros à Avenida Atlântica no Loteamento Balneário Lagomar passam a ser classificados como ZUD – 5 para fins de atividades comerciais de Janeiro serviços. Estado do Rioe de Art. 2º Fica acrescentado o inciso V ao art. 89 da LeiMACAÉ Complementar MuniciPREFEITURA MUNICIPAL DE pal nº 141/2010 com a seguinte redação: Secretaria Municipal de Saúde “Art. 89(...) Fundação Municipal Hospitalar de Macaé V – Zona de Uso Diversificado 10: Constitui proposta de adequação de área próxima ao oceano com propósito de criação de Terminal Marítimo para desenvolvimento das atividades comerciais e dede serviços voltados para logística porEstado do Rio Janeiro tuária e compreende a área delimitada pelo perímetro que se inicia na Avenida Prefeitura Municipal de no Macaé Perimetral do Lago esquina com a Avenida Atlântica loteamento Praias de ESTADO DO RIO São José do Barreto, seguindo atéPública aDE RJ JANEIRO – 106,Municipal seguindo até de o ponto que divide Empresa Saneamento PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS a ZR7 com ZEIS – 1 (loteamento Balneário Lagomar) seguindo linha limítrofe GABINETE PREFEITO dos dois Zoneamentos (ZR-7DO e ZEIS – 1) até a Avenida Atlântica e seguindo por esta Avenida até o ponto inicial, além de suprimir da ZR – 7 a área correspondente acima descrita como ZUD – 10 e os parâmetros urbanísticos a serem seguidos na ZUD-10 serão mesmos utilizados na ZUD-6. Estado doosRio de Janeiro Art. 3º Esta Lei entra em vigor depois de decorridos 180 (cento e oitenta) dias, Prefeitura Municipal de Carapebus de sua publicação oficial. Secretaria Municipal SALA DA VICE-PREVIDÊNCIA, 29 de de maioAdministração de 2014. Gabinete do Prefeito MAXWELL SOUTO VAZ VICE-PRESIDENTE Estado do Rio de Janeiro DE DEFESA DOS DIREITOS CONSELHO MUNICIPAL Prefeitura Municipal Carapebus DE MACAÉ/RJ DA CRIANÇA E DO de ADOLESCENTE Coordenadoria de Contratos COTRA Travessa Ari Shueller Pimentel,– n° 25, centro - Macaé/RJ Tel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546 E-mail: cmddcademacae@gmail.com

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS

Comissão Permanente de Licitação


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Geral

9

SUJEIRA

Passageiros reclamam de situação dos banheiros no Terminal Central Segundo a prefeitura, a partir dessa semana uma nova empresa ficará responsável pela limpeza Marianna Fontes

KANÁ MANHÃES

marifontes@odebateon.com.br

N

ão é de hoje que o jornal O DEBATE vem relatando a situação crítica dos banheiros públicos nos terminais de ônibus da cidade. Um exemplo disso fica no Terminal Central, onde passam milhares de pessoas todos os dias. O local, que é o principal ponto de acesso ao transporte público municipal da população macaense e que deveria oferecer conforto, continua sendo alvo de reclamações da parte dos usuários. Passa o tempo e a situação parece nunca mudar, seja por parte dos responsáveis pela manutenção e limpeza e também pela falta de educação de algumas pessoas, que colaboram com a sujeira e vandalizam o lugar. Idosos, gestantes e pessoas portadoras de doenças ou necessidades especiais são os que mais sofrem com a situação. Na última semana, a equipe de reportagem do jornal voltou ao local para averiguar as denúncias. No banheiro masculino, debaixo dos mictórios sujos, foram colocados pedaços de papelão, onde os usuários urinam em cima. Já as paredes sofrem com as pichações e a porta da cabine com o vaso sanitário foi arrancada e depositada do lado. O cheiro forte causado pelo acúmulo de urina também incomoda os passageiros. Por conta disso e do ambiente insalubre, a solução para algumas pessoas acaba sendo utilizar a parte externa para urinar. Funcionários do local dizem que a limpeza é feita diariamente, porém o problema parece não ter nunca uma solução. Já os passa-

geiros dizem que o poder público deveria fiscalizar o local para evitar que a situação chegasse a esse ponto de insalubridade. “Eu pego meu ônibus aqui todos os dias e a situação é sempre a mesma. São anos convivendo com isso. Uma vez estava com minha mãe, que já é uma senho-

ra de idade, e ela precisou usar o banheiro. Como não tinha condições de utilizar aqui, o jeito foi andar até a rodoviária, que fica a um quarteirão daqui, e pagar para utilizar o banheiro de lá. Sei que boa parcela de culpa é de alguns usuários que vandalizam o local, mas se sabem que isso acontece, por que não colocam alguém aqui na porta para fiscalizar?”, reclama Vanessa Lima. A equipe do jornal procurou a prefeitura para saber por que a situação permanecia desse jeito. Segundo a secretaria de Mobilidade Urbana reforçou que a

limpeza dos banheiros no Terminal Central já é realizada diariamente. Porém, a partir dessa semana, uma nova empresa passará a atuar na limpeza, não só dos banheiros, mas também de todo o Terminal Central. No entanto, com o elevado número de pessoas utilizando os sanitários, se faz necessária também a colaboração dos usuários em mantê-los limpos e em bom estado de conservação. Recentemente, a prefeitura anunciou diversas ações para melhorar a questão da mobilidade urbana em todo município.

Uma delas é a reforma e modernização dos Terminais Rodoviários, construídos em 2006. O governo municipal frisa que o projeto básico já está concluído. RISCOS PARA A SAÚDE

Além de questão estética, a falta de limpeza é um problema de saúde pública.

Urina no chão e porta quebrada foram algumas das situações presenciadas pela equipe do jornal na semana passada

Apesar da transmissão de doenças por contágio nesses casos ser rara, os riscos existem, principalmente para pessoas que tenham feridas na pele ou baixa imunidade. Entre as doenças que podem ser adquiridas estão o HPV (Papiloma Vírus Humano) e o herpes genital.

Estado doDO RioRIO de DE Janeiro ESTADO JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ Secretaria Municipal de Saúde FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ PORTARIA nº 054/2014

Estado doDO RioRIO de DE Janeiro ESTADO JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ Secretaria Municipal de Saúde FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ Estado doDO RioRIO de DE Janeiro ESTADO JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ Secretaria Municipal de Saúde FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ PORTARIA nº 052/2014

Estado do Rio de Janeiro O DIRETOR CÂMARA PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR MUNICIPAL DE MACAÉ DE MACAÉ - FMHM, no uso de suas atribuições legais, Comissão Permanente de Licitação CONSIDERANDO que a Fundação Municipal Hospitalar de Macaé – FMHM gere o HospitalEstado Público do Municipal Fernando Pereira da Silva e o Hospital Rio deDr. Janeiro Público Municipal da Serra; CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ

Macaé Capital do CONSIDERANDO a relevância dosPetróleo serviços prestados e o funcionamento do Lei Estadual 6081 dePereira 21.11.2011 Hospital Público Municipal Dr.nºFernando da Silva e do Hospital Público Municipal da Serra para a sociedade local e para as cidades circunvizinhas; CONSIDERANDO dos serviços prestados pelas unidades Estado adoessencialidade Rio de Janeiro hospitalares aos nossos munícipes, bem como aos cidadãos das cidades circunPrefeitura Municipal de Macaé vizinhas, não pairam dúvidas quanto à necessidade de profissionais de saúde, Fundaçãodos Educacional de Macaé - FUNEMAC visando à continuidade atendimentos e tratamentos dos pacientes do HPM/ HPMS, vez que não há como conceber um serviço de saúde prestado dentro dos padrões de excelência perseguidos sem que existam as condições mínimas para o desenvolvimento hospitalar. ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ CONSIDERANDO que se efetivada a contratação imediata cessará os riscos de FUNDAÇÃO E TURISMO MACAÉ danos irreparáveis passiveisDE deESPORTES comprometer a saúde eDE o bem estar das pessoas que dependem de tratamento no HPM/HPMS.

PORTARIA nº 053/2014

Estado do Rio de Janeiro O DIRETOR CÂMARA PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR MUNICIPAL DE MACAÉ DE MACAÉ - FMHM, no uso de suas atribuições legais, Comissão Permanente de Licitação CONSIDERANDO que a Fundação Municipal Hospitalar de Macaé – FMHM gere o HospitalEstado Público do Municipal Fernando Pereira da Silva e o Hospital Rio deDr. Janeiro Público Municipal da Serra; MUNICIPAL DE MACAÉ CÂMARA

Macaé Capital do CONSIDERANDO a relevância dosPetróleo serviços prestados e o funcionamento do Lei Estadual 6081 dePereira 21.11.2011 Hospital Público Municipal Dr.nºFernando da Silva e do Hospital Público Municipal da Serra para a sociedade local e para as cidades circunvizinhas;

CONSIDERANDO dos serviços prestados pelas unidades Estado adoessencialidade Rio de Janeiro hospitalares aos nossos munícipes, bem como aos cidadãos das cidades circunPrefeitura Municipal de Macaé vizinhas, não pairam dúvidas quanto à necessidade de profissionais de saúde, Fundaçãodos Educacional de Macaé - FUNEMAC visando à continuidade atendimentos e tratamentos dos pacientes do HPM/ HPMS, vez que não há como conceber um serviço de saúde prestado dentro dos padrões de excelência perseguidos sem que existam as condições mínimas para o desenvolvimento hospitalar. ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ CONSIDERANDO que se efetivada a contratação imediata cessará os riscos de FUNDAÇÃO E TURISMO MACAÉ danos irreparáveis passiveisDE deESPORTES comprometer a saúde eDE o bem estar das pessoas que dependem de tratamento no HPM/HPMS. CONSIDERANDO Estadoadoexcepcionalidade, Rio de Janeiro essencialidade, a continuidade dos serviços, visando o atendimento MUNICIPAL da situação emergencial, que poderá ocasionar PREFEITURA DE MACAÉ prejuízo e/ou comprometer a segurança, a saúde e o bem estar das pessoas que Secretaria Municipal de Saúde necessitam de atendimento médico/hospitalar;

Fundação Municipal Hospitalar de Macaé

CONSIDERANDO Estadoadoexcepcionalidade, Rio de Janeiro essencialidade, a continuidade dos serviços, visando o atendimento MUNICIPAL da situação emergencial, que poderá ocasionar PREFEITURA DE MACAÉ prejuízo e/ou comprometer a segurança, a saúde e o bem estar das pessoas que Secretaria Municipal de Saúde necessitam de atendimento médico/hospitalar;

CONSIDERANDO o disposto na Lei Municipal nº 2951/2007 e o artigo 37, inciso IX da Constituição Federal de 1988 – que autoriza a Administração Pública Estado do Rio de Janeiro Municipal a efetuar contratos de trabalho temporário, para atender excepcional Prefeitura Municipal de Macaé interesse público;

CONSIDERANDO o disposto na Lei Municipal nº 2951/2007 e o artigo 37, inciso IX da Constituição Federal de 1988 – que autoriza a Administração Pública Estado do Rio de Janeiro Municipal a efetuar contratos de trabalho temporário, para atender excepcional Prefeitura Municipal de Macaé interesse público;

CONSIDERANDO a convocação já realizada de candidatos aprovados no concurso público nº 001/2012, por meio do 1º e 2º Edital de Convocação, sendo que estes teriam o prazo legal de 30 dias para tomar posse, de acordo com a LCM 011/98;

Fundação Municipal Hospitalar de Macaé

Empresa Pública Municipal de Saneamento

CONSIDERANDO a convocação já realizada de candidatos aprovados no concurso público nº 001/2012, por meio do 1º e 2º Edital de Convocação, sendo que estes teriam o prazo legal de 30 dias para tomar posse, de acordo com a LCM 011/98; RESOLVE, Contratar até 30/06/2014, a cidadã a contar da data abaixo: NOME EMANUELA CINTIA MEIRELES DO CARMO

CARGO DATA MÉDICO PLANTONISTA 01/03/2014

*Omitida Publicação. CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS Diretor Presidente, Eem 02ADOLESCENTE de Junho de 2014. DE MACAÉ/RJ DA CRIANÇA DO Travessa Ari Shueller Pimentel, n° 25, centro - Macaé/RJ NEWTONeJOSÉ Tel.: (022) 2796-1300 2796-1546 DIRETOR PRESIDENTE FMHM E-mail: cmddcademacae@gmail.com

Empresa Pública Municipal de Saneamento

Estado do Rio de Janeiro O DIRETOR CÂMARA PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR MUNICIPAL DE MACAÉ DE MACAÉ - FMHM, no uso de suas atribuições legais, Comissão Permanente de Licitação CONSIDERANDO que a Fundação Municipal Hospitalar de Macaé – FMHM gere o HospitalEstado Público do Municipal Fernando Pereira da Silva e o Hospital Rio deDr. Janeiro Público Municipal da Serra; CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ

Macaé Capital do CONSIDERANDO a relevância dosPetróleo serviços prestados e o funcionamento do Lei Estadual 6081 dePereira 21.11.2011 Hospital Público Municipal Dr.nºFernando da Silva e do Hospital Público Municipal da Serra para a sociedade local e para as cidades circunvizinhas; CONSIDERANDO dos serviços prestados pelas unidades Estado adoessencialidade Rio de Janeiro hospitalares aos nossos munícipes, bem como aos cidadãos das cidades circunPrefeitura Municipal de Macaé vizinhas, não pairam dúvidas quanto à necessidade de profissionais de saúde, Fundaçãodos Educacional de Macaé - FUNEMAC visando à continuidade atendimentos e tratamentos dos pacientes do HPM/ HPMS, vez que não há como conceber um serviço de saúde prestado dentro dos padrões de excelência perseguidos sem que existam as condições mínimas para o desenvolvimento hospitalar. ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ CONSIDERANDO que se efetivada a contratação imediata cessará os riscos de FUNDAÇÃO E TURISMO MACAÉ danos irreparáveis passiveisDE deESPORTES comprometer a saúde eDE o bem estar das pessoas que dependem de tratamento no HPM/HPMS. CONSIDERANDO Estadoadoexcepcionalidade, Rio de Janeiro essencialidade, a continuidade dos serviços, visando o atendimento MUNICIPAL da situação emergencial, que poderá ocasionar PREFEITURA DE MACAÉ prejuízo e/ou comprometer a segurança, a saúde e o bem estar das pessoas que Secretaria Municipal de Saúde necessitam de atendimento médico/hospitalar;

Fundação Municipal Hospitalar de Macaé

CONSIDERANDO o disposto na Lei Municipal nº 2951/2007 e o artigo 37, inciso IX da Constituição Federal de 1988 – que autoriza a Administração Pública Estado do Rio de Janeiro Municipal a efetuar contratos de trabalho temporário, para atender excepcional Prefeitura Municipal de Macaé interesse público;

Empresa Pública Municipal de Saneamento

CONSIDERANDO a convocação já realizada de candidatos aprovados no concurso público nº 001/2012, por meio do 1º e 2º Edital de Convocação, sendo que estes teriam o prazo legal de 30 dias para tomar posse, de acordo com a LCM 011/98; RESOLVE, Renovar pelo período de 01/01/2014 a 30/06/2014 a portaria 214/2013, exceto os cidadãos abaixo:

Travessa Ari Shueller Pimentel, n° 25, centro - Macaé/RJ

NOME DATA EDUARDO SALGADO DE CASTRO 01/10/2013 JALMEIR PIRES VIANA 01/10/2013 SARAH TANUS MACHADO 01/10/2013 CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS THALLES WILSONDA SOUZA DOMINGOS 01/10/2013 CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MACAÉ/RJ MANUELA BRAGANCA REIS 06/11/2013 Travessa Ari Shueller Pimentel, n° 25, centro - Macaé/RJ JAIR MENDES DA SILVA JUNIOR 01/12/2013 Tel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546 LEANDRO SIQUEIRA CORREA 01/12/2013 E-mail: cmddcademacae@gmail.com KELEN GLEICE LIMA LEMOS NASCIMENTO 01/01/2014 LARISSA FREITAS PEIXOTO 01/01/2014 MARIA DE LOURDES GUERSON 31/01/2014 FRANCISCO KARLOS LEAL GOMES 01/02/2014 LEILANE PEREIRA DE CASTRO 01/02/2014 RODRIGO FRANCISCO DA SILVA 28/02/2014 MAYARA BARCELOS TAVARES DE ABREU 18/03/2014

E-mail: cmddcademacae@gmail.com

*Omitida Publicação

RESOLVE, Contratar até 30/06/2014, os cidadãos a contar da data abaixo: NOME CARGO DATA GLÓRIA DA SILVA CARDOZO MÉDICO PLANTONISTA 01/04/2014 LUIZA NEVES MONTEIRO VIANNA MENDONÇA MÉDICO PLANTONISTA 01/04/2014 DAIR MARA MEDEIROS CORTAT MÉDICO PLANTONISTA CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS02/04/2014 DIREITOS THIAGO CAMPOS DE MELLO MÉDICO PLANTONISTA 01/05/2014 DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MACAÉ/RJ

*Omitida Publicação.Tel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546

Diretor Presidente, em 02 de Junho de 2014. NEWTON JOSÉ DIRETOR PRESIDENTE FMHM

Diretor Presidente, em 02 de Junho de 2014. NEWTON JOSÉ DIRETOR PRESIDENTE FMHM


10

Geral

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014 ESTADO DO RIO DE JANEIRO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ

PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ

FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS _ 1ª publicação trimestral

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ

FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM

FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM

EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS _ 1ª publicação trimestral

EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS _ 1ª publicação trimestral

Nº 004 / 2014

Nº 003 / 2014

Nº 001 / 2014

INTERESSADO: FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM

INTERESSADO: FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM

INTERESSADO: FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM

EMPRESA DETENTORA DO REGISTRO: MAV COMÉRCIO E CONFECÇÕES LTDA

EMPRESA DETENTORA DO REGISTRO: WHITE MARTINS GASES INDUSTRIAIS LTDA

EMPRESA DETENTORA DO REGISTRO: MICROMED COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA

CNPJ Nº 35.820.448/0012-99

CNPJ Nº 00.071.343/0001-47

PROCESSOS ADMINISTRATIVOS FMHM nº 1035/2013 e em apenso nº 1090/2013

PROCESSOS ADMINISTRATIVOS FMHM nº 352/2013 e em apenso nº 370/2013 e 371/2013

PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/2014

PROCESSO ADMINISTRATIVO PMM nº 29.351/2013

OBJETO: AQUISIÇÃO DE GASES com cessão de equipamentos e acessórios em regime de “comodato”, visando atender as

PREGÃO PRESENCIAL Nº 132/2013

necessidades do Hospital Público Municipal - HPM.

OBJETO: AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE CONSUMO HOSPITALAR (CATETER DE PUNÇÃO PROFUNDA, AGULHA PARA

PRAZO: 12 (doze) meses

ANESTESIA RAQUE/ PERIDURAL E CONJUNTO DE ACESSO VENOSO PERIFÉRICO), visando atender as necessidades do

INÍCIO: 05 / 02 / 2014

Hospital Público Municipal - HPM.

TÉRMINO: 23 / 02 / 2015

TÉRMINO: 04 / 02 / 2015

PRAZO: 12 (doze) meses

VALOR ESTIMATIVO: R$ 564.887,20 (quinhentos e sessenta e quatro mil oitocentos e oitenta e sete reais e vinte centavos)

VALOR ESTIMATIVO: R$ 364.996,71 (Trezentos e sessenta e quatro mil novecentos e noventa e seis reais e setenta e um centavos )

INÍCIO: 17 / 02 / 2014

VALOR UNIT.

ITEM

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

UNID.

QUANT.

MARCA

1

OXIGÊNIO MEDICINAL _ cilindro de 3 a 10m³

471,07

White Martins

R$ 5,94

R$ 2.798,16

2

OXIGÊNIO MEDICINAL CARGA _ cilindro

un.

456

White Martins

R$ 12,37

R$ 5.640,72

3

OXIGÊNIO LÍQUIDO para abastecimento em tanque de criogênio estacionário

4

ÓXIDO NITROSO _ cilindro de 28Kg a 33Kg

kg

1.194,67

5

ÓXIDO NÍTRICO MISTURA 500ppm _ cilindro

6

AR COMPRIMIDO cilindro de 6 a 10m³

7

NITROGÊNIO MEDICINAL co grau de pureza igual ou superior a 99,998% _ cilindro de 6 a 10m³

8

DIÓXIDO DE CARBONO MEDICINAL com grau de pureza igual ou superior a 99,998% _ cilindro de 23 a 33kg

kg

12

White Martins

R$ 17,32

R$ 207,84

9

ARGÔNIO CARGA com grau de pureza igual ou superior a 99,998%

2

White Martins

R$ 15,00

R$ 30,00

MEDICINAL

_

187.886,67 White Martins

VALOR TOTAL

R$ 1,70

R$ 319.407,34

White Martins

R$ 16,50

R$ 19.712,06

52

White Martins

R$ 278,10

R$ 14.461,20

574,4

White Martins

R$ 4,40

R$ 2.527,36

36

White Martins

R$ 5,89

R$ 212,04

TOTAL REGISTRADO

R$ 364.996,71

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014 OBJETO: Prestação de serviços de confecção de ROUPARIA de uso hospitalar, visando atender as necessidades da Fundação Municipal Hospitalar de Macaé – FMHM e suas unidades hospitalares (HPM e HPMS). PRAZO: 12 (doze) meses INÍCIO: 24 / 02 / 2014

ITEM

TÉRMINO: 16 / 02 / 2015

ITEM

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

UNID.

QUANT.

MARCA

UND

52

B. BRAUN

VALOR UNIT.

Cateter de punção profundapediátrico duo valvulada 22g- Em /

2

Cateter de punção profundapediátrico mono valvulada 18g- Em poliuretano /certon. Elevada flexibilidade e resistência a dobras. Alta biocompatibilidade. Radiopaco. Marcação em cm. Comprimento de 20 cm. Agulhada valvulada de punção. Dilatador. Dupla asa de fixação. Conector luer-lock. Guia metálico em aço cromo-níquel. Radiopaco em dispensador . Cabo de conexão para ECG intra-atrial. Seringa omnifix 5ml esterelizado por ETO. Para punção de subclávia.

3

EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS _ 1ª publicação trimestral

Cateter de punção profundapediátrico mono valvulada 18g- Em / Cateter de punção profundapediátrico mono valvulada 22g- Em / Cateter venoso central, duo valvulada, Nº. 16. Para punção de C

UND

13

B. BRAUN

R$ 314,99

VALOR TOTAL

R$ 248,00

R$ 16.379,48

1

R$ 3.224,00 2

UND

13,00

UND

26,00

B. BRAUN

R$ 180,00

R$ 4.680,00

UND

660

B. BRAUN

R$ 195,77

R$ 129.208,20

B. BRAUN

R$ 257,00

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

VALOR UNIT.

UNID.

TAM

QUANT.

MARCA

VALOR TOTAL

un.

G

2100

MAV

R$ 49,00

R$ 102.900,00

un.

G

850

MAV

R$ 15,52

R$ 13.192,00

un.

G

1300

MAV

R$ 49,00

R$ 63.700,00

un.

M

900

MAV

R$ 48,00

R$ 43.200,00

un.

100x100cm

900

MAV

R$ 16,61

R$ 14.949,00

un.

100x100cm

1.400

MAV

R$ 33,00

R$ 46.200,00

un.

120x120cm

500

MAV

R$ 39,00

R$ 19.500,00

un.

160x120cm

1100

MAV

R$ 34,00

R$ 37.400,00

un.

160x160cm

900

MAV

R$ 52,00

R$ 46.800,00

un.

50x50 cm

500

MAV

R$ 4,30

R$ 2.150,00

MAV

R$ 20,96

R$ 9.641,60

MAV

R$ 5,84

R$ 5.256,00

LOTE 1

LOTE 1 1

5

FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM

PROCESSOS ADMINISTRATIVOS FMHM nº 544/2013

VALOR ESTIMATIVO: R$ 230.972,58 (duzentos e trinta mil novecentos e setenta e dois reais e cinquenta e oito centavos )

4

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ

CNPJ Nº 31.260.029/0001-36

R$ 3.341,00 3

CAPOTE CIRÚRGICO confeccionado em brim tape 2/1, 100% algodão, pré encolhido, com 150 cm de comprimento, manga 70cm de comprimento, cava de 30cm, com punho de ribana com elasticidade de 100% e com tira para prender ao dedo indicador, com barrigueira amarrando na cintura, com fechamento de cordão no pescoço e costas. Impressão da logomarca em silk screen. Cor AZUL ESCURO.

CAMISOLA HOSPITALAR confeccionado em percal 50% poliéster, 50% algodão, 180 fios. Gola redonda, manga curta, aberta com cordão amarrando na altura do pescoço e costas. Impressão da logomarca em silk screen na cor azul da FMHM. Cor BRANCA.

CONJUNTO CIRÚRGICO confeccionado em brim tipo sarja 2/1, 100% algodão, pré encolhido, composto por CAMISA de manga curta tipo japonesa, com decote tipo canoa, sem botões, frente inteira com dois bolsos inferiores na região frontal e CALÇA COMPRIDA sem aberturas, com elástico no cós. Impressão da logomarca em silk screen na cor branca da FMHM. Cor AZUL ESCURO.

Nº 002 / 2014 INTERESSADO: FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM EMPRESA DETENTORA DO REGISTRO: AIR LIQUIDE BRASIL LTDA CNPJ Nº 00.331.778/0006-23 PROCESSOS ADMINISTRATIVOS FMHM nº 1035/2013 e em apenso nº 1090/2013 PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/2014 OBJETO: AQUISIÇÃO DE GASES com cessão de equipamentos e acessórios em regime de “comodato”, visando atender as

6

necessidades do Hospital Público Municipal da Serra - HPMS. PRAZO: 12 (doze) meses INÍCIO: 05 / 02 / 2014

Estado do Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ Secretaria Municipal de Saúde

TÉRMINO: 04 / 02 / 2015

VALOR ESTIMATIVO: R$ 99.489,96 (Noventa e nove mil quatrocentos e oitenta e nove reais e noventa e seis centavos )

ITEM

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

UNID.

1

OXIGÊNIO MEDICINAL _ cilindro de 3 a 10m³

2

AR COMPRIMIDO cilindro de 6 a 10m³

QUANT.

MARCA

VALOR UNIT.

ALB

8.300 Estado do Rio de Janeiro MEDICINAL _ m³ CÂMARA MUNICIPAL MACAÉ 5.760 DE ALB MEDICINAL CARGA _ Comissão Permanente de Licitação un. ALB

3

OXIGÊNIO cilindro

4

DIÓXIDO DE CARBONO MEDICINAL com grau de pureza igual ou superior 99 998% ili d d 23 33k

72

kg

8

ALB

R$ 71.961,00

R$ 4,51

R$ 25.977,60

R$ 18,90

R$ 1.360,80

R$ 23,82

UND

39

B. BRAUN

R$ 178,00

R$ 6.942,00

1

R$ 190,56 R$ 99.489,96

FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM

4

7

EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS _ 1ª publicação trimestral

Nº 005 / 2014

Estado do Rio de Janeiro EMPRESA DETENTORA DO REGISTRO: W. M. COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA Prefeitura Municipal de Macaé CNPJ Nº 36.078.616/0001-22 Fundação Educacional de Macaé - FUNEMAC PROCESSOS ADMINISTRATIVOS FMHM nº 523/2013 INTERESSADO: FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM

PREGÃO PRESENCIAL Nº 003/2014 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TIRAS DE GLICEMIA CAPILAR, com cessão de equipamentos, em regime de “comodato”, visando

Cateter venoso central, trio valvulada, para punção de subclávia, em poliuretano/certon 7F, elevada flexibilidade, transparente, radiopaco, marcação em cm para aferição de profundidade de inserção, comprimento 30cm, com 03 conectores terminais de vias internas isoladas, lumens internos 16/18/18G, tubo extensor transparente, pinça corta-fluxo, indicadores das vias centro-lateral, agulha de punção para técnica de Seldinger 18G com 7cm, valvulada na extremidade para introdução do guia, reduzindo extravasamento sanguíneo e riscos de embolia, dilatador, asa de fixação, conector lue-lock, com guia metálico em aço cromo-níquel, radiopaco em dispensador/protetor ergonômico, com 70cm, bisturi cutifix, seringa omnifix 5ml, cabo de conexão/ECG intraatrial. Esterilizado por ETO.

2

3

UND

105

B. BRAUN

R$ 345,00

R$ 36.225,00

4

5

6

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ INÍCIO: 24 / 02 / 2014 FUNDAÇÃO DE ESPORTES E TURISMO DE MACAÉ o atendimento aos setores do Hospital Público Municipal Dr. Fernando Pereira da Silva – HPM. PRAZO: 12 (doze) meses TÉRMINO: 23 / 02 / 2015

LOTE 2

VALOR ESTIMATIVO: R$ 75.650,00 (Setenta e cinco mil seiscentos e cinquenta reais)

ITEM

VALOR UNIT.

QUANT. MARCA Estado do Rio deUNID. Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ LOTE 1 Secretaria de Saúde Tira hemorreagente, de leituraMunicipal de glicemia capilar em sensor Fundação Municipal Hospitalar de Macaé numérico de alta precisão, ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

embalada individualmente com cobertura de proteção laminada que diminui os efeitos quando expostas ao meio-ambiente, mantendo-a protegida da umidade e da luz, garantindo a eficiência do procedimento até o final da data de validade. A mesma possui um sistema em sua fórmula que anula interferências de medicamentos, vitaminas e substâncias endógenas e exógenas. Indicado para amostra de sangue capilar fresco, venoso e arterial e em amostra de sangue total neonatal, pediátrico e adulto.

VALOR TOTAL

1

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Macaé Empresa Pública Municipal de Saneamento

1

un.

85000

ABOTT

R$ 0,89

TOTAL REGISTRADO

R$ 75.650,00

CAMPO DUPLO confeccionado em brim tipo tapé 2/1, 100% algodão, préencolhido. Cor AZUL ESCURO. Impressão da logomarca em silk screen. CAMPO DUPLO confeccionado em brim tipo tapé 2/1, 100% algodão, préencolhido. Cor AZUL ESCURO. Impressão da logomarca em silk screen. CAMPO FENESTRADO SIMPLES confeccionado em brim tipo tapé 2/1, 100% algodão, pré-encolhido, com fenestra no centro de 10x10 cm de diâmetro. Cor AZUL ESCURO. Impressão da logomarca em silk screen.

UND

60

B. BRAUN

R$ 18,70

FRONHA DE MAYO de brim. Impressão da logomarca em silk screen.

un.

120x60cm

460

2

FRONHA confeccionada em percal 50% poliéster, 50% algodão, 180 fios. Impressão da logomarca em silk screen na cor azul da FMHM. Cor BRANCA

un.

50x70 cm

900

R$ 1.122,00

2

4

Agulha para anestesia peridural, epidural ou caudal, G18, bisel tipo Tuohy, marcação em cm para controle de profundidade, comprimento 8.1cm, empunhadura anatômica, canhão transparente, embalagem individual, papel grau cirúrgico.

Agulha para anestesia raquidiana G22, descartável, bisel tipo Quincke, mandril de encaixe anatômico, canhão transparente, empunhadura anatômica com depressões digitais, codificação em cores: preto. Agulha para anestesia raquidiana G25, descartável, bisel tipo Quincke, mandril de encaixe anatômico, canhão transparente, empunhadura anatômica com depressões digitais, codificação em cores: laranja.

UND

80

B. BRAUN

R$ 17,60

R$ 1.408,00 2

3

UND

470

B. BRAUN

R$ 8,00

R$ 3.760,00

UND

2120

B. BRAUN

R$ 5,70

R$ 12.084,00

2

5

INTERESSADO: FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM EMPRESA DETENTORA DO REGISTRO: HOSP-LOG COMÉRCIO DE PRODUTOS HOSPITALARES LTDA CNPJ Nº 06.081.203/0001-36 PROCESSOS ADMINISTRATIVOS FMHM nº 752/2013 e PMM nº 39.138/2013 PREGÃO PRESENCIAL Nº 153 / 2013 6

PRAZO: 12 (doze) meses

Agulha para anestesia raquidiana G26, descartável, bisel tipo Quincke, mandril de encaixe anatômico, canhão transparente, empunhadura anatômica com depressões digitais, codificação em cores: marrom. Agulha longa para anestesia raquidiana em obesos G27, descartável, bisel tipo Quincke, mandril de encaixe anatômico, canhão transparente, empunhadura anatômica com depressões digitais, Codificação em cores: cinza.

LENÇOL HOSPITALAR confeccionado em percal 50 % poliéster, 50 % algodão, 180 fios com acabamento padrão. Impressão da logomarca em silk screen na cor azul da FMHM. Cor BRANCA.

LENÇOL DE BERÇO confeccionado em percal 100% algodão, 180 fios. Impressão da logomarca em silk screen na cor azul da FMHM. Cor BRANCA. LENÇOL PARA RECÉM NATO confeccionado em percal 100% algodão, 180 fios com acabamento padrão. Impressão da logomarca em silk screen na cor azul da FMHM. Cor BRANCA.

un.

160x250cm

4500

MAV

R$ 21,89

R$ 98.505,00

un.

120x150cm

210

MAV

R$ 9,81

R$ 2.060,10

un.

60x80 cm

110

MAV

R$ 3,95

R$ 434,50

un.

100x100cm

300

MAV

R$ 15,43

R$ 4.629,00

un.

110x90 cm

1100

MAV

R$ 42,70

R$ 46.970,00

LOTE 6 1

FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ – FMHM

OBJETO: AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTO CONTROLADO (MICAFUNGINA SÓDICA 50MG) visando atender as necessidades do Hospital Público Municipal - HPM.

CAMPO DUPLO confeccionado em brim tipo tapé 2/1, 100% algodão, préencolhido. Cor AZUL ESCURO. Impressão da logomarca em silk screen.

LOTE 3

ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Nº 014 / 2013

CAMPO DUPLO confeccionado em brim tipo tapé 2/1, 100% algodão, préencolhido. Cor AZUL ESCURO. Impressão da logomarca em silk screen.

1

PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS _ 2ª publicação trimestral

CAMPO SIMPLES confeccionado em brim tipo tape 2/1, 100% algodão, préencolhido. Cor AZUL ESCURO. Impressão da logomarca em silk screen.

LOTE 5

3

Travessa Ari Shueller Pimentel, n° 25, centro - Macaé/RJ Tel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546 E-mail: cmddcademacae@gmail.com

Agulha para anestesia peridural, epidural ou caudal, G16, bisel tipo Tuohy, marcação em cm para controle de profundidade, comprimento 8.1cm, empunhadura anatômica, canhão transparente, embalagem individual, papel grau cirúrgico.

1

R$ 75.650,00

CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MACAÉ/RJ

CONJUNTO CIRÚRGICO confeccionado em brim tipo sarja 2/1, 100% algodão, pré encolhido, composto por CAMISA de manga curta tipo japonesa, com decote tipo canoa, sem botões, frente inteira com dois bolsos inferiores na região frontal e CALÇA COMPRIDA sem aberturas, com elástico no cós. Impressão da logomarca em silk screen na cor branca da FMHM. Cor AZUL ESCURO.

LOTE 2

VALOR TOTAL

R$ 8,67

Estado do Rio de Janeiro TOTAL REGISTRADO CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Macaé CapitalESTADO do Petróleo DO RIO DE JANEIRO DE MACAÉ Lei EstadualPREFEITURA nº 6081MUNICIPAL de 21.11.2011

Cateter venoso central, mono valvulada, Nº. 16. Para punção de subclávia em poliuretano/certon, elevada flexibilidade e resistência a dobras, alta biocompatibilidade, radiopaco, marcação em cm, comprimento de 20 cm, agulha valvulada de punção, Dilatador, dupla asa de fixação, conector luer-lock, guia metálico em aço cromo-níquel, radiopaco em dispensador, cabo de conexão p/ ECG intra-atrial. Seringa omnifix 5ml. Esterilizado por ETO.

UND

530

B. BRAUN

R$ 7,05

R$ 3.736,50

3

UND

570

B. BRAUN

R$ 11,80

R$ 6.726,00

COBERTOR PARA RECÉM NATO confeccionado em sarja 3/1 dupla face, composição 100% algodão, antialérgico. Impressão da logomarca em silk screen na cor branca da FMHM. Cor AZUL ESCURO.

COBERTOR ADULTO confeccionado em sarja 3/1 dupla face, composição 65% poliéster, 15% acrílico, 10% algodão,5% polipropileno e 5% viscose. Impressão da logomarca em silk screen na cor branca da FMHM. Cor AZUL ESCURO.

COBERTOR DE BERÇO confeccionado em sarja 3/1 dupla face, composição 100% algodão, antialérgico. Impressão da logomarca em silk screen na cor branca da FMHM. Cor AZUL ESCURO.

un. MAV R$ 18,50 220x180cm Estado do Rio de Janeiro400 PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ Secretaria Municipal de Saúde

TOTAL REGISTRADO

R$ 7.400,00

R$ 564.887,20

INÍCIO: 02 / 12 / 2013

Estado do Rio de Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Comissão Permanente de Licitação

TÉRMINO: 01 / 12 / 2014 VALOR ESTIMATIVO: R$ 21.260,00 (vinte e um mil duzentos e sessenta reais ) ITEM 1

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MICAFUNGINA SÓDICA 50 MCG

UNID.

QUANT.

MARCA

FR/ AMP

200

MYCAMINE

VALOR UNIT.

VALOR TOTAL

R$ 106,30

R$ 21.260,00

TOTAL REGISTRADO

R$ 21.260,00

ESTADODO DORIO RIODE DEJANEIRO JANEIRO ESTADO PREFEITURAMUNICIPAL MUNICIPALDE DECARAPEBUS CARAPEBUS PREFEITURA Secretaria Municipal de Fazenda GABINETE DO PREFEITO EDITAL DE NOTIFICAÇÃO Estado dode Rio de Janeiro A Prefeitura Municipal Carapebus, através da Secretaria Municipal de deart. Carapebus Fazenda, emPrefeitura cumprimentoMunicipal ao disposto no 2º da Lei n.º 9.452, de 20 de Secretaria Municipal de Administração Março de 1997, notifica aos Partidos Políticos, aos Sindicatos de Trabalhadores e asGabinete Entidades Empresarias, com sede neste Município, sobre os do Prefeito repasses dos recursos federais recebidos no período 16/05/2014 à 30/05/2014 conforme abaixo discriminados: Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Coordenadoria de Contratos – COTRA ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS Secretaria Municipal de Fazenda ESTADO DO RIO DE JANEIRO Carapebus-RJ, 02 deDE Junho de 2014. PREFEITURA MUNICIPAL CARAPEBUS

7

8

Agulha longa para anestesia raquidiana em obesos G25, descartável, bisel tipo Quincke, mandril de encaixe anatômico, canhão transparente, empunhadura anatômica com depressões digitais, codificação em cores: laranja.

UND

80

B. BRAUN

R$ 19,50

Estado do Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ UND 20 B. BRAUN R$ 28,82 Secretaria Municipal de Saúde

Agulha para anestesia raquidiana G29, descartável, bisel tipo Quincke, mandril de encaixe anatômico, canhão transparente, empunhadura anatômica com depressões digitais, acompanha mandril com dente de travagem para encaixe do canhão na agulha, codificação em cores: vermelho.

Estado do Rio de Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ TOTAL REGISTRADO Comissão Permanente de Licitação

R$ 230.972,58

Estado doCÂMARA Rio de Janeiro O PRESIDENTE DA MUNICIPAL DE MACAÉ, no uso de suas Prefeitura Municipal de Macaé atribuições legais e consoante disposto na Resolução nº 1897/2011, resolve NOMEAR a cidadã: Fundação Educacional de Macaé - FUNEMAC

Estado do Rio de Janeiro 15 de maio de 2014. Gabinete da Presidência, PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ Secretaria Municipal deGonçalves Saúde da Silva Eduardo Cardoso Presidente da Câmara Municipalde deMacaé Macaé Fundação Municipal Hospitalar

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Macaé

- PREGÃO Estado EDITAL do Rio de Janeiro PRESENCIAL Prefeitura Municipal de Macaé REGISTRO DE PREÇOS Fundação Educacional de Macaé - FUNEMAC NO 030 / 2014

PORTARIA Nº 052/2014

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÉ FUNDAÇÃO DE ESPORTES E TURISMO DE MACAÉ

Estado do de Janeiro Estado doRio Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DEDE MACAÉ CÂMARA MUNICIPAL MACAÉ FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ - FMHM Macaé Capital do Petróleo Comissão Permanente de Licitação Lei Estadual nº 6081 de 21.11.2011 Pregoeiro AVISO DE LICITAÇÃO

R$ 576,40

Estado do Rio de Janeiro CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Macaé Capital do Petróleo Lei Estadual nº 6081 de 21.11.2011

Comissão Permanente de Licitação

José Carlos Alexandre Rocha Secretário Municipal de Fazenda

R$ 1.560,00

A FUNDAÇÃO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAÉ - FMHM, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar no dia 16(dezESTADO DO DE no JANEIRO esseis) de junho de 2014, às RIO 15:00h, sala de reunião da Fundação MuniciMUNICIPAL DEnas MACAÉ pal HospitalarPREFEITURA de Macaé – FMHM, localizado dependências do Hospital FUNDAÇÃO E TURISMO DEVirgem MACAÉSanta, na ciPúblico Municipal - HPM,DE à ESPORTES Rod. RJ 168 Km. 04 s/nº dade de Macaé /RJ, o PREGÃO PRESENCIAL no 030 / 2014 do tipo MENOR PREÇO, e na forma de REGISTRO DE PREÇOS, de acordo com as leis em vigência. Os interessados poderão obter informações e/ou adquirir o Edital e Estado do Rio de Janeiro seus anexos naPREFEITURA Comissão Permanente de Licitação/Equipe de Pregão situada à MUNICIPAL DE MACAÉ Rodovia RJ 168 km. 04 – Municipal Virgem Santa, na cidade de Macaé/RJ, de segunda a Secretaria de Saúde sexta-feira no horário de 08:00h às 12:00h e de 14:00 às 17:30h – tel. contato Fundação Municipal Hospitalar de Macaé (22) 2773-0061 Ramal 291, mediante a entrega de 02(duas) resmas de papel A4, de forma compensatória aos gastos de impressão do referido Edital, na íntegra, e portando carimbo de CNPJ ou outro equivalente. Estado do Rio de Janeiro

Prefeitura Municipal de Macaé Objeto: Aquisição de equipamentos do tipo Ventilador Pulmonar de uso hospitalar visando atender as necessidades da Fundação Municipal Hospitalar de Empresa Pública Municipal de Saneamento Macaé – FMHM e de suas unidades hospitalares (HPM e HPMS) conforme discriminados nos anexos I (Termo de Referência), II (Planilha de Preços), III (Minuta da Ata de Registro de Preços) e IV (Minuta Contratual de Garantia). Macaé-RJ, 02 de junho de 2014. Marcio da Mata Pregoeiro Fundação Municipal Hospitalar de Macaé -FMHM

CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MACAÉ/RJ Travessa Ari Shueller Pimentel, n° 25, centro - Macaé/RJ


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Geral

11

RIO DAS OSTRAS

Pedalada abre atividades da Educação Professores, alunos e comunidade aproveitaram a manhã para conhecer melhor a área rural de Rio das Ostras

O

passeio ciclístico “Conhecendo e Reconhecendo Rio das Ostras”, abriu, no último sábado, a programação preparada pela Secretaria de Educação durante a Semana do Meio Ambiente. A pedalada aconteceu em Cantagalo e reuniu professores, alunos e comunidade. A Secretaria de Educação preparou outras atividades durante a semana, que incluem palestras, oficinas e gincanas. No sábado, cerca de 50 pessoas participaram do passeio de bike, promovido pela Prefeitura, com apoio d o grupo Bikero. Os ciclistas saíram da Praça Valdemar Barcelos, em frente à Escola Municipal Professora Marinete Coelho de Souza, rumo à Fazenda São Leandro, percorrendo cerca de 10 quilômetros. O objetivo do passeio, de acordo com a secretária de Educação, Andrea Machado, é desenvolver essa cultura do uso da bicicleta entre os alunos e oferecer a oportunidade de conhecer as belezas naturais da área rural de Cantagalo, despertando o interesse pela preservação. Durante a Semana do Meio Ambiente, a Secretaria de Educação está realizando diferentes atividades. Entre essas, palestras e oficinas de incentivo ao uso racional dos recursos hídricos que integram o projeto "Uma gota de consciência" e envolvem 10 unidades de ensino da Rede Municipal. Outra iniciativa é a Gincana Eco-Ostras, que começou em 10 de abril, no aniversário da Cidade, e será concluída nesta quarta-feira, dia 4, no Parque Municipal, reu-

DIVULGAÇÃO

nindo cerca de 220 alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental de 14 escolas da Rede. Ao longo da Semana também serão realizadas feiras

de Ciências nas seguintes unidades: Instituto Municipal de Educação de Rio das Ostras Imero (2 e 3/6), Escola Municipal Nilton Balthazar (3/6) e

Colégio Municipal Professora América Abdalla (7/6). Nessas feiras serão selecionados trabalhos para participar da II Feira Eco-Ostras: Exatas

e Humanas em Ação, porque tudo é ambiente. "O objetivo é incentivar a investigação e a inovação científica no Município com vistas às questões

O objetivo do passeio é desenvolver essa cultura do uso da bicicleta

socioambientais", explica Laureliane Alves, diretora do Departamento de Educação Ambiental da Secretaria de Educação.

ARTE

Casimiro promove atividade cultural Fundação Cultural de Casimiro de Abreu realiza café literário para comemorar centenário de Caymmi muitas foram as homenagens pelo país pelo centenário do cantor e compositor baiano, Dorival Caymmi, comemorado no dia 30 de abril. E, na tarde da última sexta-feira, 30, a Casa de Cultura reuniu os amantes da boa música para relembrar os acordes e as histórias de Caymmi. Para o presidente da Fundação Cultural de Casimiro de Abreu, Gustavo Marchiori, a autarquia não poderia ficar de fora dessas comemorações. “Além de cantor e compositor, Caymmi era pintor e ator, um artista completo e um representante da Cultura brasileira. É com muito carinho que a Casa de Cultura abre espaço para essa homenagem”, destacou. O Coral Reviver a Melhor

Idade abriu o evento com a marchinha de carnaval intitulada “Querida Infância”, que Caymmi compôs ao homenagear o poeta Casimiro de Abreu. A aluna Lise Rebeca, da E.M. Cristiane Siqueira Sales de Carvalho, de Rio Dourado, executou, ao vilão, a música “Retirantes”, composição de Caymmi e Jorge Amado. Feita para a trilha da peça ‘Terras do Sem Fim’, a música também figurou entre as canções da novela Escrava Isaura, com os versos “Vida de negro é difícil, é difícil como o quê”. O Trem Cultural - grupo que figurou entre os cinco mais importantes da Cultura no Estado do Rio de Janeiro, segundo o ‘Prêmio Rio Sócio Cultural 2013’ - apresentou a esquete ‘Contando e Recontando Caymmi’, junto aos alunos do 8º ano da E.E. Professor Souza. “O trabalho com o teatro na escola fez uma grande diferença na vida dos alunos. Os que já estavam desmotivados

com o cotidiano escolar estão mais integrados”, comentou a diretora da Escola, Sônia Cardoso. “A Educação deve perceber que lançar mão de expressões culturais e que o estímulo dessas atividades vai refletir positivamente no rendimento ao final de cada bimestre e no crescimento pessoal do aluno, ampliando sua cidadania”. As Escolas de Dança Casimiro de Abreu e Música Eliseu Tinoco Miranda também fizeram suas homenagens ao compositor baiano, três coreografias e o sucesso “Modinha para Gabriela” foram apresentados pelos alunos e professores. Para a diretora da Casa de Cultura, Soraia Cardoso, o evento atraiu a comunidade e o espaço cumpriu o papel de divulgar a obra de artistas brasileiros como Caymmi. “A iniciativa foi da Casa de Cultura, mas todos os departamentos da Fundação Cultural se envolveram. Foi uma tarde muito agradável”, afirmou.

DIVULGAÇÃO

As Escolas de Dança Casimiro de Abreu e Música Eliseu Tinoco Miranda também fizeram suas homenagens

APRENDIZADO

Alunos da FSMA rumo ao exterior Estudantes da instituição foram selecionados para o programa Ciências Sem Fronteiras a faculdade salesiana Maria Auxiliadora (FSMA) continua enviando alunos para o exterior dentro do Programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal. O próximo será Bruno Leite Teixeira, 23 anos, aluno do 9º período de Engenharia de Produção. Em julho, o estudante seguirá para a França, onde ficará até setembro de 2015. Ao chegar, participará de um curso intensivo de dois meses, para obter proficiência na língua francesa. Em setembro, ingressará na Université de Technologie de Belfort-Montbiliard. A universidade está localizada em uma região de indústrias, como a Citröen e a Peugeot, e por isso dá oportunidades pa-

ra estudantes de Engenharias e áreas de tecnologia. A oportunidade de estudar fora do Brasil já era um desejo antigo de Bruno, que esperava o momento certo para se inscrever no Programa Ciências sem Fronteiras. “Acompanhei o edital do programa e procurei a ViceDireção Acadêmica para homologação”, conta Bruno, que também participa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) da FSMA, um dos quesitos que contam ponto na hora da seleção dos candidatos. Seu projeto no PIBIC trata de “Gravimetria para prospecção de gás natural no gráben de Pimenta Bueno”. Na universidade francesa, o aluno integrará uma divisão chamada de “Gênio Mecânico”, para atuar em Termomecânica com ênfase na área de energia. O estudante receberá passagem de ida e volta, alimenta-

DIVULGAÇÃO

Bruno Leite Teixeira, 23 anos, aluno do 9º período de Engenharia de Produção

ção, plano de saúde, ajudas de custo e hospedagem. De acordo com a vice-diretora acadêmica da FSMA, Ana Cristina Lousada, os interessados em participar do programa devem ficar atentos aos editais na página do programa (http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf ) e em seguida procurá-la na sala da Vice-Direção para receber as orientações pertinentes ao processo. “É muito gratificante ter alunos da nossa instituição no programa Ciência sem Fronteiras, pois geralmente os participantes são alunos de instituições federais. Isso mostra que, além de oferecer qualidade no ensino, também estamos conseguindo despertar neles o interesse de crescer na carreira que escolheram”, afirma a vice-diretora acadêmica, responsável pelo programa na FSMA.


12

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, terça-feira, 3 de junho de 2014

Esporte

NOTA

Macaé Esporte está perto de apresentar seu sétimo reforço do ano, o volante Lucas que atua no Friburguense

BRASILEIRO SÉRIE C

Macaé perde de goleada para Guaratinguetá

FUTEBOL WANDERLEY GIL

Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo recebeu novo jogo do Brasileirão

Equipe do interior de São Paulo mostra superioridade e passa fácil pelo Leão por 4 a 1 Maira Abreu

mairaabreu@odebateon.com.br

N

a despedida do Brasileiro Série C antes da Copa do Mundo, o Macaé tropeçou no Guaratinguetá, sendo goleado por 4 a 1, na tarde deste último sábado (31), no Estádio Dario Rodrigues Leite, em São Paulo. O confronto válido pela sexta rodada do grupo B teve como destaque o centroavante Ytalo, da equipe do interior paulista, marcando três gols no jogo. O Guaratinguetá até iniciou bem a partida. Mas logo no primeiro ataque macaense, a equipe não desperdiçou e em cobrança de escanteio aberto

de Marquinhos, João Carlos cabeceou para o meio da área, Gedeil sempre oportunista com bola parada, cabeceou e abriu o placar sem dar chances ao goleiro do Guará. Após cinco minutos, os paulistas empataram com Rafinha. Em seguida veio a virada, Ytalo desempatou para os donos da casa. O Alvianil quase empatou com João Carlos, porém acabou permanecendo o 2 a 1. Em busca de mais velocidade no segundo tempo, o Macaé mudou seu ataque, saíram João Carlos e Digão para a entrada de Bruno Alves e Jonathan Balotelli. Os comandados de Junior Lopes não deram conta do recado e tomaram o

terceiro gol, aos 20 minutos, mais uma vez marcado por Ytalo. Logo se transformou em goleada, o quarto gol do Guaratinguetá saiu com o artilheiro do jogo Ytalo. O Alvianil Praiano ainda teve a expulsão de Dos Santos, recebendo seu segundo cartão amarelo. Pelo Guará, a expulsão foi para o técnico Fernando Diniz em reclamação da arbitragem. Por fim, a partida acabou sendo encerrada com vitória dos donos da casa, por 4 a 1. Com a parada para a Copa, o Brasileiro reinicia no dia 19 de julho. O Macaé atua em casa, às 16h, contra o Duque de Caxias. Atualmente o Leão está com oito pontos, em sétima colocação.

TIAGO FERREIRA/ ASSESSORIA

Mesmo saindo na frente do placar, Macaé não evita a derrota para a equipe paulista

GESTÃO

Nova Holanda recebe serviços gratuitos Atendimentos são coordenados pela secretaria municipal de Governo a prefeitura de Macaé, por meio da Secretaria Municipal de Governo, está promovendo um mutirão de serviços durante toda a semana para a população do bairro Nova Holanda. A ação iniciou nesta segunda (02) em tendas montadas no pátio do CIEP Municipalizado Professor Darcy Ribeiro, de 09h às 17h. Participam do evento secretarias e órgãos como Trabalho

e Renda, Desenvolvimento Social, Saúde, Educação, Habitação, Ouvidoria Geral, Guarda Municipal, Centro de Educação Tecnológica e Profissional (CETEP) e Câmara Permanente de Gestão (CPG). Entre os serviços oferecidos estão informações sobre emprego e geração de renda, inscrições para cursos profissionalizantes, emissão de carteira de identidade (primeira e segunda via), orientações sobre Orçamento Participativo e Plano Diretor, além de receber as demandas dos moradores. De acordo com o Secretário

de Governo, Leonardo Gomes, o objetivo principal é aproximar o governo municipal da população, buscando soluções junto àqueles que vivenciam a realidade de cada bairro da cidade: “Cada bairro tem uma necessidade e é importante ouvir quem vive aquela realidade, sobre o que funciona ou não para aquele lugar. Levar uma parcela dos serviços oferecidos pela Prefeitura aonde o povo está agiliza o trabalho dos servidores e facilita a vida de quem mais precisa”, explica o secretário.

WEVERTON MANHÃES/SECOM

Moradores recebem orientações sobre Orçamento Participativo e Plano Diretor

Fluminense e Inter empatam em Macaé Os gaúchos abriram o placar no primeiro tempo, mas o Tricolor Carioca empatou na noite deste último domingo (01) fechando a participação no Brasileiro Série A, por conta da paralisação para a Copa do Mundo, Fluminense e Inter se enfrentaram pela nona rodada do Campeonato, no Estádio Moacyrzão, em Macaé. Os gaúchos abriram o placar no primeiro tempo, mas o Tricolor Carioca empatou. O Fluminense começou melhor, porém não conseguiu marcar, ficava apenas com maior posse de bola. Até que, aos 21 minutos, Alan Patrick

lançou para Jorge Henrique completar e abrir o placar para o Inter. Em seguida, Walter marcou para a equipe carioca, mas o árbitro invalidou e alegou falta no goleiro Dida. Aos 30 minutos, em bate-rebate a bola sobrou para Jean marcar o gol FLUMINENSE

Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Fabrício e Carlinhos; Dieguinho, Jean, Chiquinho (Kenedy 24'/2ºT) e Conca; Rafael Sóbis (Gustavo Scarpa 34'/2ºT) e Walter. Técnico: Cristóvão Borges

de empate. Sem muitas oportunidades no segundo tempo, o placar permaneceu 1 a 1 e foi encerrado. Com esse resultado, o Fluminense fica na segunda colocação, tendo 16 pontos. Enquanto o Internacional está em quinto lugar, também com 16 pontos. INTERNACIONAL (RS)

Dida; Cláudio Winck, Ernando, Juan e Fabrício; Willians, Wellington, D'Alessandro e Alan Patrick (Valdivia 24'/2ºT); Jorge Henrique (Eduardo Sasha 24'/2ºT) e Wellington Paulista. Técnico: Abel Braga

Cartões amarelos: Diguinho e Bruno (FLU); Wellington Paulista, Cláudio Winck e Wellington (INT)

Noticiário 03 06 14