Page 1

KANÁ MANHÃES

POLÍTICA

Repasses rendem R$ 12 milhões Transferência de verbas ajuda a reforçar orçamento municipal pág. 3 WWW.ODEBATEON.COM.BR • MACAÉ (RJ), QUARTA-FEIRA, 25 DE DEZEMBRO DE 2013 • ANO XXXVIII • Nº 8277 • FUNDADOR/DIRETOR: OSCAR PIRES • O JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO DO MUNICÍPIO • R$ 1,00

Petrobras mantém previsão de investimentos de US$ 236,7 bi Ao investir cerca de R$ 9 bilhões na economia macaense, com a contratação de serviços e compra de materiais, estatal garantiu projeção positiva de investimentos para os próximos quatro anos pág. 3 CIDADE

WANDERLEY GIL

Interdição de ponte atrapalha o trânsito uma das principais rotas de integração entre os principais pontos de acesso a Macaé através da BR 101, utilizada diariamente por milhares de veículos leves e pesados que atendem principalmente à indústria do petróleo, a Linha Verde registra diariamente pontos de retenção, durante os horários de pico. Para piorar a situação, a ponte que dá acesso ao bairro da Aroeira segue interditada, o que atrapalha ainda mais a vida dos motoristas que passam por ali. Reforma da estrutura será realizada no próxomo mês. pág. 2

POLÍTICA

POLÍCIA

Pesquisa aponta redução de homicídios Autoridades apontam efeito de pacificação em comunidades no Rio de Janeiro pág. 5

Dicas ajudam a aumentar segurança Rotina de motoristas que seguem pela Linha Verde foi alterada em função da interdição da ponte sobre o Canal do Capote

População pode contribuir para evitar registro de crimes na cidade pág. 5

ECONOMIA

Nova lei define mudanças no processo eleitoral Pré-candidatos e membros de partidos devem ficar atentos pág. 3

Salesiana oferece vagas para pósgraduação

Compras de última hora levam consumidores ao Calçadão Tão tradicionais quanto o Natal, as compras de última hora levaram ontem (24) milhares de pessoas ao Calçadão da Avenida Rui Barbosa. Lojas funcionaram em horário especial para atender aos clientes e garantir o alcance das metas referentes à previsão do faturamento pág. 6 KANÁ MANHÃES

Cederj segue com inscrição para curso

a faculdade salesiana Maria Auxiliadora (FSMA) está com matrículas abertas para os cursos de pós-graduação em MBA em Gerenciamento de Recursos Humanos, QSMS (Gestão da Qualidade, Saúde, Meio Ambiente e Segurança), Logística de Processos Empresariais, MBA Gerência de Projetos / Ênfase em Petróleo e Gás, Educação Ambiental ambos com duração média de 15 a 18 meses. Interessados deverão se inscrever na sede da instituição de segunda a sexta-feira na secretaria, das 15h às 21h. pág. 7 WANDERLEY GIL

As aulas estão previstas para ocorrer entre março e dezembro pág. 8

Moradores solicitam poda de árvores Disputa por produtos e espaço foi grande na Véspera de Natal, quanto consumidores ainda escolhiam os presentes

“Circulando no Trânsito” faz balanço positivo em 2013

Inscrições podem ser feitas na sede da instituição

A Prefeitura de Macaé encerra as ações do programa “Circulando no Trânsito”, em 2013, com um balanço positivo. Coordenado pela secretaria de Mobilidade Urbana, o programa trabalhou durante todo ano, em empresas e instituições de ensino da cidade, conceitos como segurança no trânsito e cidadania, além de atuar para o resgate de valores como a cooperação e o respeito no trânsito. pág. 5

WANDERLEY GIL

Pedestres são obrigados a desviar o caminho pelo meio da pista pág. x

Profissionais orientam sobre alimentos profissionais do curso de Nutrição, da UFRJ - Campus UFRJ Macaé Professor Aloísio Teixeira ressaltam a importância do consumo de alimentos saudáveis, como por exemplo os chamados alimentos funcionais. pág. 7


2

MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 25 DE DEZEMBRO DE 2013

Cidade AROEIRA

Interdição de ponte gera impactos no trânsito Bloqueio foi feito pela Defesa Civil após parte da estrutura ceder por conta das chuvas

WANDERLEY GIL

Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

P

assar um longo período preso em congestionamentos, sejam eles antes ou após a jornada de trabalho, pode ser algo estressante. Apesar de ser uma cidade de porte médio, Macaé sofre com problema de trânsito em alguns pontos da cidade, principalmente nas vias próximas às áreas industriais, onde se concentram uma grande quantidade de empresas. Um exemplo disso é a Linha Verde, que registra pontos de retenção diariamente, durante os horários de pico. Para piorar a situação, a ponte que dá acesso ao bairro da Aroeira segue interditada, o que atrapalha ainda mais a vida dos motoristas que passam por ali. “O trânsito aqui, dependendo da hora, é muito ruim, mas nada comparado ao Rio ou São Paulo. A interdição da ponte acabou piorando a situação, pois é uma alternativa para muitos motoristas que querem ir para bairros como Aroeira, e até mesmo o Centro. Sem poder passar, o jeito é acessar essa região pelo Monumento do Petróleo. Como ali é uma rotatória, os motoristas precisam reduzir e até parar para poder seguir. Quando se tem muitos veículos, isso acaba impactando no fluxo, causando os pontos de reten-

ção. A população macaense espera que a prefeitura faça logo o conserto da ponte para poder liberá-la”, ressalta Renato Silva. Por conta da forte chuva que atingiu a cidade há cerca de três semanas, a estrutura da ponte foi atingida, causando a abertura de um buraco na pista. Como oferece riscos aos motoristas que passam pelo local, o bloqueio foi feito a fim de evitar problemas mais graves.

Para orientar a população, e também coibir infrações, uma equipe de agentes de trânsito ficou no local. Mesmo com a interdição, alguns motoristas foram flagrados tentando passar pelo local. Essa situação, que pode comprometer ainda mais a estrutura da ponte, também pode causar um acidente. O motorista que se arrisca está colocando a sua e a vida dos outros em risco. Procurada na semana passada, a

BAIRRO DA GLÓRIA

Moradores solicitam serviço de poda de árvores DIVULGAÇÃO

Atualmente pedestres estão sendo obrigados a desviar o caminho pelo meio da pista promover sombra e redução na sensação térmica são apenas alguns benefícios que as árvores promovem, porém, quando localizadas em perímetro urbano, elas também podem causar alguns danos a equipamentos urbanos, como fiações elétricas, encanamentos, calhas, calçamentos, muros, postes de iluminação, entre outros. Por isso o serviço de poda é fundamental. Essa semana, moradores do Bairro da Glória procuraram a equipe de reportagem para pedir socorro sobre uma situação que tem gerado transtornos na rua Ana Benedita, uma das principais do bairro. Sem receber o serviço de poda há um bom tempo, duas árvores, em pontos distintos da via, têm atrapalhado o trânsito de pedestres. Por conta disso, a população que trafega a pé pelo local precisa desviar o seu trajeto pelo meio da pista, situação que pode ser perigosa. Procurada, a prefeitura informou que a Coordenadoria de Arborização da secretaria de Ambiente enviaria ainda nesta segunda-feira (23), um técnico até o local. Seja em área pública ou privada, esse tipo de serviço não pode ser feito por qualquer pessoa. Mesmo parecendo ser um ato inofensivo, o corte de árvores sem autorização dos órgãos competentes é considerado um crime ambiental. Em Macaé existe a Lei nº 3010/2007, que “disciplina o plantio, o replantio, a poda, a supressão, o transplante e o uso adequado e planejado da arborização urbana, e dá outras providências”.

Serviço de poda só pode ser efetuado por equipes da secretaria de Ambiente Segundo o Art. 6º, “as árvores que se mostrem inadequadas ao bem-estar da população ou ao bom funcionamento dos equipamentos e mobiliários públicos, visando sua compatibilização aos equipamentos existentes, poderão, mediante autorização da Coordenadoria Geral de Arborização e Paisagismo, ser submetidas às podas de galhos e, eventualmente, de raízes, desde que não comprometam a estabilidade da planta”. A lei ressalta que a poda de árvores em logradouros públicos só será permitida nas seguintes condições: para condução, visando a sua formação; sob fiação, quando representarem riscos de acidentes ou de interrupção dos sistemas elétrico, de telefonia ou de outros serviços; para sua limpeza, visando somente a retirada de galhos secos, apodrecidos, quebrados ou com pragas e/ou doenças; quando os galhos estiverem causando interferências prejudiciais em edificações, na iluminação ou na sinalização de trânsito nas vias públicas; para a recuperação da arquitetura da copa. De acordo com os Art. 11 e 16, fica proibido ao munícipe a realização de podas em espécies em logradouros públicos e o

corte de árvores em áreas públicas e privadas. “Em caso de necessidade, o interessado deverá solicitar a poda à secretaria de Ambiente, via Protocolo Geral”. No caso de áreas privadas, a pessoa deverá seguir algumas exigências e providências para que o serviço seja feito. Para fazer o requerimento, é preciso: apresentar a cópia atualizada do título de registro da propriedade do imóvel ou promessa de compra e venda; cópia dos documentos pessoais do requerente (CPF e identidade). As solicitações devem ser feitas através dos telefones: (22)2762-4802/ 2796-1280/ 2796-1380/ 2759-9487. A sede da secretaria de Ambiente fica localizada na Rua da Igualdade, 537 - Imbetiba. Os pedidos podem ser realizados de segunda a sexta-feira, em horário comercial. Esse mesmo meio pode ser utilizado também para denúncias. O serviço de poda isenta o proprietário de ter que atender a uma medida compensatória, onde é feita a doação de mudas de espécies nativas da região para o órgão ambiental. No caso de corte, a quantidade varia de acordo com a metragem do imóvel.

prefeitura explicou que permanece o alerta aos motoristas de que a passagem continua interditada pela Defesa Civil, depois que o asfalto cedeu no local. Trecho encontra-se devidamente bloqueado e sinalizado, com agentes de trânsito da Mobilidade Urbana fazendo vistorias periódicas nos períodos da manhã e da tarde. Placas de sinalização instaladas em locais como a Linha Azul, RJ-168 e em outros pontos da Linha Verde

também indicam a interdição. A orientação é para que os motoristas não desrespeitem a sinalização. Como alternativa, os condutores devem utilizar a Avenida Gastão Henrique Schueler, tanto os que vêm da Linha Verde em direção à Aroeira, quanto os que seguem da Aroeira em direção à Avenida Aloísio da Silva Gomes. Questionada quanto à situação da ponte, como início de obras e

Por conta de desvio no Monumento do Petróleo, motoristas enfrentam pontos de retenção na Linha Verde

prazo para liberação das pistas, ela explicou que a secretaria de Obras vai começar a recuperação da ponte assim que o nível do Canal do Capote baixar. Vale ressaltar que transpor, sem autorização, em bloqueio viário é considerado, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), uma infração grave. O motorista que descumprir as regras poderá ser penalizado com multa.


MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 25 DE DEZEMBRO DE 2013

Política

3

NOTA

O vereador Marcel Silvano (PT) defende a reestruturação interna do Partido dos Trabalhadores

PETRÓLEO

Petrobras mantém previsão de investimentos de US$ 236,7 bi

Apesar de expressivos, números apontam permanência de fase de estagnação no processo de produção do petróleo WANDERLEY GIL

Márcio Siqueira marcio@odebateon.com.br

A

s expectativas são bastante positivas para a indústria do petróleo para os próximos anos. Diante a previsão de investimentos pesados pela Petrobras na exploração e produção do petróleo na Bacia de Campos, a manutenção da meta de aplicação de US$ 236,7 bilhões possui também um outro significado: a permanência do processo de estagnação na evolução da indústria do petróleo nacional. Os recursos, previstos através do Plano de Investimentos da estatal para os próximos quatro anos, foram confirmados no início do mês, através da apresentação feita pelo gerente-geral da Unidade de Operações da Bacia de Campos (UO-BC), Joelson Falcão. Diante de um público formado por membros da Rede PetroBacia de Campos (fornecedores da indústria offshore), membros da Comissão Municipal da Firjan e da Associação Comercial e Industrial de Macaé (Acim), Joelson apontou qual será o foco da Petrobras em 2014: a recuperação das unidades de exploração. De acordo com o gerente geral da UO-BC, atualmen-

Números como os investimentos de R$ 9 bilhões em Macaé, na aquisição de produtos e serviços, deverão ser mantidos no próximo ano, segundo a Petrobras te atuam na Bacia de Campos três unidades de manutenção e segurança, contratadas através do Plano de Manutenção de plataformas. Outra unidade de manutenção atua no novo núcleo da Bacia de Campos operado por uma gerência da Petrobras situ-

ada no Rio de Janeiro. Em 2014, a previsão é que três novas unidades de manutenção entrem em operação na Bacia de Campos, o que representa o aumento de oportunidades de negócios de empresas que possuem a expertise offshore, que é o caso da indústria do petróleo

em Macaé. "Esse anúncio foi encarado com otimismo pelo mercado que já acompanha o planejamento da Petrobras em relação a Bacia de Campos. Essa mesma expertise será fundamental para a consolidação da exploração do pré-sal na Bacia de Santos",

DISPUTA

afirmou o presidente da Comissão Municipal da Firjan, Evandro Esteves. No ano em que os municípios produtores de petrélo registraram a redução no volume de receitas geradas pela exploração do petróleo, em virtude da estagnação na produção, Macaé

RECEITA WANDERLEY GIL

Contratação de cabos eleitorais será mais restrita no próximo ano

Repasses rendem R$ 12 milhões Município receberá ainda nesta semana última parcela dos royalties do petróleo

Nova lei define mudanças no processo eleitoral de 2014 Minireforma foi sancionada no início deste mês pela presidenta Dilma Sancionada no último dia 11 pela presidenta Dilma Rousseff (PT), a Lei nº 12.891/2013, conhecida como a Minirreforma Eleitoral, implica em mudanças importantes para o processo eleitoral do próximo. Lideranças políticas, membros de partidos e eleitores de Macaé também precisam acompanhar as alterações na normativa que rege o processo eleitoral, que impõe novas regras para a contratação de cabos eleitorais. Antes das alterações introduzidas pela Minirreforma, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) baseava-se no art. 22 da Lei de Inelegibilidades (Lei nº 64/1990) para julgar processos relativos ao assunto, conside-

recebeu cerca de R$ 9 bilhões em investimentos da Petrobras, dos quais, R$ 6 bilhões foram utilizados na contratação de serviços e mais R$ 3 bilhões na aquisição de equipamentos e materiais, números que deverão ser mantidos no próximo ano, segundo a estatal.

rando que a contratação excessiva de cabos eleitorais configura abuso de poder econômico. Até a sanção da Lei nº 12.891, o tema era abordado na Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições) apenas sob os aspectos trabalhistas, conforme o que está disposto no art. 100: “A contratação de pessoal para prestação de serviços nas campanhas eleitorais não gera vínculo empregatício com o candidato ou partido contratantes.” Já a Minirreforma estabelece determinados limites para que candidatos contratem os serviços desses colaboradores. Segundo o art. 100-A da norma, “A contratação direta ou terceirizada de pessoal para prestação de serviços referentes a atividades de militância e mobilização de rua nas campanhas eleitorais observará” certos limites, “impostos a cada candidato”. Os limites são definidos a par-

tir de uma relação proporcional entre o número de eleitores dos municípios e a quantidade de cabos eleitorais que poderão ser contratados. As regras valem para a disputa a todos os cargos eletivos, sejam eles majoritários (presidente da República, governador de Estado, senador e prefeito) ou proporcionais (deputado federal, deputado estadual/distrital e vereador). Além disso, segundo a Minirreforma, na prestação de contas de campanha, os candidatos que contratarem cabos eleitorais serão “obrigados a discriminar nominalmente as pessoas contratadas, com indicação de seus respectivos números de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF)”. Os candidatos que descumprirem os limites estabelecidos pela Minirreforma estarão sujeitos às penalidades previstas no art. 299 do Código Eleitoral, segundo o

qual, são considerados crimes eleitorais “dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita”. A pena para a prática de tais crimes é de reclusão de até quatro anos e pagamento de cinco a 15 dias-multa. Ficam excluídos dos limites fixados pela Minirreforma “a militância não remunerada, pessoal contratado para apoio administrativo e operacional, fiscais e delegados credenciados para trabalhar nas eleições e os advogados dos candidatos ou dos partidos e coligações”. A Lei n° 12.891/2013 altera, além de pontos da Lei das Eleições, aspectos do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965) e da Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096/1995).

faltando pouco mais de uma semana para o encerramento de 2013, Macaé vive a expectativa de receber como presente de Natal a última parcela dos royalties do petróleo. Porém, antes do depósito ser liberado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), o município já contabilizava o reconhecimento de mais de R$ 12 milhões em repasses governamentais. A receita total recolhida pelo município no ano já ultrapassou a marca de R$ 2 bilhões. Ao fortalecer a receita bilionária registrada pelo município neste ano, os repasses são fundamentais também para setores ditos como prioridades pela nova gestão municipal, como é o caso da educação. No último mês do ano, Macaé já recebeu quase R$ 7 milhões apenas com os recursos

gerados pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização do Profissional da Educação (Fumdeb). A quantia é oriunda de verba federal e sua aplicação será acompanhada por Comissão Especial formada pelo governo municipal com objetivo de dar transparência e eficiência na gestão dos recursos oriundos de repasses. Também verba federal, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) já rendeu ao município neste mês mais de R$ 5 milhões. O valor é pago e calculado de acordo com o número oficial de habitantes da cidade, liberado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Até sexta-feira (27) Macaé deverá receber o repasse referente a janeiro dos royalties do petróleo. Se seguir a previsão do governo, a última liberação do ano da ANP elavará para R$ 500 milhões o total arrecadado pelo município apenas com as riquezas do ouro negro brasileiro. KANÁ MANHÃES

Município deverá arrecadar R$ 500 milhões com royalties


4

MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 25 DE DEZEMBRO DE 2013

Opinião EDITORIAL

FOTO LEGENDA WANDERLEY GIL

Importância tributária Ao corresponder diretamente por cerca de 35% do total do orçamento municipal, as riquezas provenientes do ouro negro brasileiro deixam Macaé em uma posição confortável economicamente, destacando o município como líder do “emirado do petróleo” do interior do estado do Rio de Janeiro.

C

apaz de proporcionar o custeio de projetos e serviços pertinentes à realidade da cidade, como o Hospital Público Municipal e a Funemac, os recursos dos royalties e da participação especial no processo de produção e exploração do petróleo renderão ao município ainda milhões, ajudando a inflar o orçamento que já alcança a casa do bilhão de reais. Porém, até quando isso vai durar? Por não ser um recurso de manipulação próprio em sua produção, os royalties do petróleo não possibilitam ao município executar manobras que mantenham o seu crescimento em escalas planejadas, o que depende apenas dos volumes de produção das unidades da Bacia de Campos, assim como a valorização do barril de óleo bruto comercializado no mercado internacional. Com o aumento de gastos, no mesmo ritmo do crescimento no volume desses recursos, a administração municipal se dedica a promover a ampliação da chamada receita própria, recursos gerados através do recolhimento de taxas e impostos cobrados diretamente pelo governo. Porém, o que mais é possível fazer para manter em franca expansão os valores referentes ao orçamento municipal?

A presença da indústria offshore na rotina do município contribui para que todos os setores que sustentam a economia registrem crescimentos expressivos através do alto poder aquisitivo da população. Porém, apenas isso não basta para que a cidade possa suportar investimentos pesados e supostos desvios nesse percurso para garantir o tão esperado desenvolvimento, não alcançado ao longo desses 10 anos de arrecadação do petróleo. Buscar a atração de novas empresas, não ligadas à indústria do petróleo, como forma de abrir um novo foco no setor industrial e de quebra aumentar o volume de arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS), considerada como a menina dos olhos da administração municipal, é, sem dúvida, uma boa jogada, mas que merece o devido cuidado. Ao alcançar o topo máximo no percentual de cobrança, abrindo brechas para que novos investimentos acabem sendo atraídos por subsídios econômicos proporcionados por outros municípios da região, Macaé se vê obrigada a desenvolver propostas, incluindo até mesmo o interesse do setor privado, para garantir o seu status, hoje e futuramente, como a Capital Nacional do Petróleo e de todas as suas riquezas.

ESPAÇO ABERTO Nossa água de cada dia Há algum tempo verificamos a sanção e publicação da Lei Municipal 3.460, de 14 de outubro de 2010, dispondo sobre a instalação de banheiros e bebedouros nas praças públicas. Esta permitiu ao município estabelecer, em lugares públicos, a distribuição de água potável para consumo humano.

A

mesma lei determinou que o Instituto Macaé de Metrologia e Tecnologia - IMMT fosse o Órgão Municipal competente e delegado para realizar as análises periódicas e eventuais da “potabilidade” da água, a ser consumida pelos cidadãos. Verifica-se novamente, como um exemplo prático (pelo ao menos definido em Lei Municipal) mais uma aplicação da Ciência Metrologia no cotidiano da população. Esta iniciativa, inclusive, pode ser considerada pioneira no país, maximizando o uso de um órgão municipal com essa natureza, em benefício de toda a população local. Ressalta-se que com essa condição atual desse conceituado órgão da estrutura municipal, essas ações são realizadas com tempo de respostas rápido e adequado as necessidades dos munícipes. As avaliações da “potabilidade” da água (se estão sendo executadas) estão sob a responsabilidade do Laboratório de Metrologia Ambiental do Instituto. Vale novamente evidenciar que este laboratório foi pensado, projetado e desenvolvido pelo Engenheiro Químico Luis Carlos (conhecido como professor Bilu). Entendemos que além de prestar esses serviços de análise da qualidade da água, que pela Legislação Municipal deve ser distribuída gratuitamente, o órgão poderá retomar alguns projetos que eram executados no passado, tal como a verificação (através do processo de calibração) dos medidores de pressão arterial humana da rede

pública de saúde do município. Esse era um serviço, no campo da metrologia, de altíssima relevância social e contribuía fortemente para o estabelecimento de políticas públicas de saúde. O momento que vivemos é exatamente a “Era da Qualidade”. Então, o que devemos fazer para nos enquadrarmos nesse contexto? As legislações existem e outras surgirão. As necessidades do ser humano sempre se evidenciam, mas ainda verificamos muitos pontos a se evoluir, principalmente no aspecto dos sentimentos e ações efetivas de parceria. A resposta para a pergunta pode ser de alguma forma fácil de entender, mas o simples fato de formatar uma boa pergunta parece ser o grande desafio da humanidade. Por isso é que afirmamos que o que parece um simples gesto de analisar a qualidade da água que a população consome, se configura na realidade numa das maiores ações da história humana desse Planeta que ora habitamos. Isso pode ser por vários motivos, mas certamente o maior de todos é exatamente pelo fato de que essa reflete na própria sobrevivência e na verdadeira condição da nossa existência. Nesse Momento, desejamos a todos os leitores “Um FELIZ NATAL”, brindado especialmente com o líquido VIDA, ou seja, a nossa ÁGUA DE CADA DIA! Eduardo Batista Neiva Físico pela UFRJ, Mestre em Metrologia pela PUC-Rio e Idealizador do IMMT (Instituto Macaé de Metrologia e Tecnologia).

Por eliminar produtos químicos utilizados na composição de equipamentos, o lixo eletrônico, quando despejado em terrenos baldios, gera a contaminação do solo e do lençol freático, o que pode comprometer até o abastecimento d'água. Mesmo com esses riscos, a destinação desses produtos ainda é incorreta, em vários pontos da cidade. A criação de postos fixos de recolhimento desse tipo de material deve acontecer em Macaé.

PAINEL Celebração

Produção

Réveillon

Campanha

VLT

Duplicação

Importância

Alerta

Agroeconomia

Macaenses nativos e de coração celebram hoje mais um dia especial. Independente da crença religiosa, o dia 25 de dezembro representa os espíritos desarmados, a renovação do amor, da solidariedade e na crença por dias melhores. A troca dos presentes, a confraternização e as orações são importantes para renovar as energias do ano que finaliza, e preparar boas novas para mais um ano de lutas, conquistas e sucessos. O jornal O DEBATE deseja um Feliz Natal a todos! Em tempo de definições de projetos que irão disputar as eleições estadual e nacional no próximo ano, algumas lideranças políticas aproveitaram os festejos de Natal e de Réveillon para enviar, via celular e e-mail, votos de felicidades aos eleitores. Condenada pela Justiça Eleitoral, a propaganda extemporânea pode resultar em suspensão do registro de candidatura, no futuro. Mesmo com clima de paz e união, a fiscalização da própria população deve ser mantida. Foco de uma série de programas e benefícios criados neste ano pelo governo municipal, a classe pesqueira de Macaé ainda precisa de maior apoio. Projetos como o fomento da produção, através da criação da fábrica de gelo, subsídios para aquisição de equipamentos e embarcações, além da realização de cursos profissionalizantes são pautas ainda em aberto, entre os representantes da classe, e os membros dos governos municipal, estadual e federal.

Ainda falando nos pescadores, a demarcação da área de atuação das embarcações macaenses ainda segue em discussão na cidade. Com a operação da indústria do petróleo, a construção do novo porto no São José do Barreto, as interferências na área de produção pesqueira serão inevitáveis. Porém, estudos estão sendo realizados para dá suporte a projetos que irão amenizar esses impactos, reduzindo assim os efeitos negativos aos pescadores. Passados quase dois meses das discussões relativas ao futuro das duas composições do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), ainda não se sabe qual será o destino dos equipamentos, que seguem parados na antiga estação ferroviária central, no Miramar. Por mês são gastos R$ 20 mil na manutenção dos trens, cerca de R$ 15 mil apenas com a segurança patrimonial. A proposta defendida pelo governo é alienar os veículos para o Estado, recebendo R$ 15 milhões como contrapartida. Apesar do período de bonança, a realização dos trabalhos preventivos, como a limpeza de ruas, bueiros e redes de drenagem de águas pluviais, além da conscientização da população em evitar jogar qualquer tipo de material nas ruas, devem ser mantidos e até intensificados. A prevenção é a principal forma de amenizar os prejuízos ocasionados pelas tempestades de verão, evitando transtornos como os registrados no início deste mês.

Quem pretende curtir a virada do ano no litoral sul da cidade deve se apressar. A disputa por espaços nas orlas das Praias dos Cavaleiros e do Pecado é grande. Muita gente opta por montar tendas nas areias para curtir a queima de fogos, além de ouvir o Show da Virada, que neste ano contará com a apresentação da cantora Preta Gil. Quem desejar montar as estruturas devem seguir as regras definidas pela subsecretaria de Posturas. Diante da expectativa da consolidação do projeto do Terminal Portuário de Macaé (Terpor), o governo municipal deveria garantir junto ao Estado a realização das obras de duplicação da Rodovia Amaral Peixoto, no trecho entre o São José do Barreto e o Trevo dos 40, na BR 101. O projeto contribuiria e muito para amenizar os futuros impactos de movimentação de carretas e de cargas que seriam registradas no trecho. A prefeitura realizou na semana passada o primeiro diagnóstico da gestação das vacas no Assentamento Celso Daniel, na unidade Gleba Maria Amália. O objetivo é estimular os potenciais e a produtividade de leite do município, com a finalidade de melhorar o desenvolvimento socioeconômico do pequeno produtor. A ação consiste na visita de um veterinário em cada unidade cadastrada na secretaria. O profissional realiza o diagnóstico mensalmente.

EXPEDIENTE

GUIA DO LEITOR

EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias.

TELEFONES ÚTEIS:

cnpj: 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. diretor responsável: Oscar Pires. sede própria: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate). Impresso pelo Sistema Offset. circulação: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu. A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ - Agência Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. Representante: ESSIÊ PUBLICIDADE E COMUNICAÇÃO S/C LTDA. são paulo: R. Abílio Soares, 227/8º andar - Conjunto 81 - CEP: 04005-000 Telefone: (11) 3057-2547 e Fax: (11) 3887-0071 • rio de janeiro: Av. Princesa Isabel, 323 - sala 608 - CEP: 22011-901 - Telefone: (21) 2275-4141 • brasília: SCS Ed. Maristela, sala 610 / DF - CEP: 70308-900 - Telefone: (61) 3034-1745 (61) 3036-8293. tel/fax: (22) 2106-6060, acesse: http://www.odebateon.com.br/, e-mail: odebate@odebateon. com.br, comercial: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 215, e-mail: comercial@odebateon.com. br, classificados: E-mail: classificados@odebateon.com.br

POLÍCIA MILITAR: 190 POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL: 191 SAMU - SERV. AS. MED. URGÊNCIA: 192 CORPO DE BOMBEIROS: 193 DEFESA CIVIL: 199 POLÍCIA CIVIL - 123ª DP: 2791-4019 DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR): 2791-5379 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS): 2796-8330 DEL. DE POL. FEDERAL (DISQUE DENÚNCIA): 2796-8326 DEL. DE POL. FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO): 2796-8320 DISQUE-DENÚNCIA (CÂMARA DE MACAÉ): 2772-7262 HOSPITAL PÚBLICO MUNICIPAL: 2773-0061 AMPLA: 0800-28-00-120 CEDAE: 2772-5090 PREFEITURA MUNICIPAL: 2791-9008 DELEGACIA DA MULHER: 2772-0620 GUARDA MUNICIPAL: 2773-0440 ILUMINAÇÃO PÚBLICA: 0800-72-77-173 AEROPORTO DE MACAÉ: 2772-0950 CARTÓRIO ELEITORAL 109ª ZONA: 2772-9214 CARTÓRIO ELEITORAL 254ª ZONA: 2772-2256 CORREIOS - SEDE: 2759-2405 AG CORREIOS CENTRO: 2762-7527 TELEGRAMA FONADO: 0800-5700100 SEDEX: 2762-6438 CEG RIO: 0800-28-20-205 RADIO TAXI MACAÉ 27726058 CONSELHO TUTELAR I 2762-0405 / 2796-1108 plantão: 8837-4314 CONSELHO TUTELAR II 2762-9971 / 2762-9179 plantão: 8837-3294 CONSELHO TUTELAR III 2793-4050 / 2793-4044 plantão: 8837-4441


MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 25 DE DEZEMBRO DE 2013

Polícia

5

NOTA

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), já deu início a operação de fiscalização nas BRs 101 e 356, que segue até depois do carnaval

Pesquisa aponta redução de homicídios em Macaé

RESULTADO

Para o secretário de Ordem Pública do município, Edmilson Jório, interior do Estado foi beneficiado com as pacificações na capital Daniela Bairros danielabairros@odebateon.com.br

A

pontada nos últimos anos como uma das cidades mais violentas do país, Macaé conseguiu reduzir os índices de homicídios no município. Pesquisa do Mapa da Violência apontou redução do número de mortes violentas na cidade. Elaborado pela Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI), o Mapa da Violência no Brasil leva em conta dados de homicídios dos anos de 2009, 2010 e 2011 por 100 mil habitantes. Em Macaé, a taxa média atual é de 42,4 homicídios, enquanto a anterior era de 187 homicídios, passando a cidade, respectivamente, da 150ª para a 248ª posição. Para o secretário de Ordem Pública de Macaé, Edmilson Jório, o resultado positivo é atribuído à implantação de política pública pela secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro. De acordo com Jório, o interior foi beneficiado com os processos de pacificação nas comunidades da capital. “As pacificações no Rio de Janeiro permitiram que as cidades do interior fossem beneficiadas. E estamos implantando um modelo de política pública semelhante ao da

capital”, enfatizou. Outro motivo, segundo Jório, é o envolvimento do município nas soluções que buscam reduzir a violência. “A administração municipal tem realizado inúmeras ações no combate à violência em Macaé. Dentre as ações, podemos citar melhoria na iluminação pública, programa de pacificação nas escolas, ordenamento do trânsito, investimento na guarda municipal e vários projetos sociais. São inclusões que a sociedade pode fazer, através do esporte, da cultura, trabalho e renda”. Ainda segundo o secretário de Ordem Pública, Macaé, desde 2007, tem sido eficiente na busca pela redução da violência. J ó r i o re s s a l t o u a i n d a que os números favoráveis mostram a ação efetiva que a cidade tem executado no setor de segurança. “São ações realizadas diariamente. Entre elas está a construção da Delegacia Legal, uma parceria entre a prefeitura e o governo do Estado, implantação do Sistema Municipal de Videomonitoramento com 54 câmeras em pleno funcionamento e a criação do GGIM (Gabinete de Gestão Integrada), que tem um papel importante por ser um órgão estratégico, discutindo soluções de forma mais

prática, pois trabalhamos com a integração das forças de segurança pública em todos os níveis”, explicou. Os estudos do Mapa da Violência começaram em 2007 e apontavam Macaé como o quinto município mais violento do Brasil em homicídios entre jovens de 15 a 24 anos. “Hoje, esse quadro já mudou, pois com as ações de combate à violência que são realiza-

KANÁ MANHÃES

das diariamente, sendo algumas em parceria com os governos estadual e federal, a cidade passou da 5ª posição no ranking da violência contra jovens para a 62ª. Jório atribuiu também o resultado positivo à substituição e ampliação do número de viaturas do 32º Batalhão de Polícia Militar de Macaé, além da aproximação com o Poder Judiciário e o Ministério Público.

Instalação de UPP's nas comunidades de Macaé Três novos módulos semelhantes às UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) implantadas no Rio de Janeiro, serão instalados em comunidades de Macaé. Um dos módulos será instalado no final das Malvinas, um na Ilha Leocádia e na Nova Holanda, onde já existe um contênier. Outros contêineres serão relocados na Favela da Linha e bairro Aeroporto. O bairro Lagomar também conta com um módulo. De acordo com Jório, são locais que precisam ser pacificados e, desde dezembro de 2011, a Prefeitura de Macaé desenvolve estratégias para melhorar a segurança nas comunidades.

ORIENTAÇÃO

Para o secretário de Ordem Pública, a previsão de instalação dos módulos é para o início de 2014. “Será necessário definir o efetivo policial para atuação nos módulos, mas já foram realizados estudos do número necessário de policiais, bem como a logística ideal para eles trabalharem nos contêineres. Esse estudo já foi conduzido ao Comando Geral da Polícia Militar, por meio do comandante do 32º BPM, Ramiro Campos”. Mais de 15 policiais militares deverão atuar em cada módulo. Os contêineres têm capacidade para oito policiais e sete nas viaturas para policiamento nas comunidades.

Secretário de Ordem Pública de Macaé, Edmilson Jório, ressalta os resultados positivos para redução do número de homicídios na cidade

AÇÕES

Polícia Militar cria cartilha “Circulando no Trânsito” encerra atividades em com dicas de segurança 2013 com balanço positivo Segundo o comandante do 32º BPM, Ramiro Campos, cerca de 5 mil cartilhas com dicas para evitar assaltos em bancos e residências serão distribuídas

Furtos às residências nessa época do ano são mais frequentes, já que muitos proprietários não tomam algumas precauções de segurança ao viajar. O imóvel fica sozinho, com luzes acesas, o que demonstra que não há ninguém na casa. Isso chama atenção dos ladrões. Mas, de acor-

do com a Polícia Militar, não são somente os furtos às residências que são frequentes, mas também furtos e roubos de veículos. É importante também ter cuidados no momento em que for sacar pagamentos e abonos bancários. Para ajudar a população, o comando do 32º BPM criou cartilhas com várias dicas de segurança. “Até a última semana do ano, vamos distribuir cerca de cinco mil cartilhas aos moradores de Macaé e àqueles que vão viajar, é importante seguir nossas dicas, para que tenham uma viagem e um final de ano tranquilo”, enfa-

tizou Ramiro Campos, comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar de Macaé. Ainda segundo ele, a população deve ficar alerta quanto à segurança em várias situações. “Para evitar furto e roubos de veículos em vias públicas, a Polícia Militar orienta as pessoas para certificar-se de que o veículo está trancado ao sair dele. É recomendável estacionar o carro em lugares movimentados. É importante também evitar deixar os documentos do veículo no porta-luvas e não deixem objetos de valor dentro do veículo”, explicou Ramiro Campos.

DICAS PARA EVITAR FURTOS À RESIDÊNCIA › NÃO deixar luzes acesas

durante o dia. Isso pode ajudar a perceber que não existem pessoas em casa; › ABRIR a porta somente após a identificação prévia; › ATENÇÃO ao sair ou retornar à residência. Se perceber

pessoas em atitudes suspeitas, acione a Polícia Militar pelo 190; › À noite, deixe pelo menos uma lâmpada acesa na área de maior risco da residência; › AO viajar, alerte aos vizinhos de confiança, eles podem

ajudar a vigiar a residência ou mesmo coletar as correspondências em caso de viagens mais longas, e ainda acender e apagar as luzes da casa; › NÃO forneça informações a pessoas desconhecidas;

NO DIA DO PAGAMENTO OU AO UTILIZAR CAIXAS ELETRÔNICOS › EVITE conversar com pessoas estranhas dentro e fora do banco; › SOLICITE auxílio somente do funcionário da agência ou

de pessoas conhecidas, caso haja necessidade; › NÃO saia da agência conferindo dinheiro. Faça-o dentro do banco e assim que

efetuar o saque;

› NÃO revele sua senha para terceiros;

› EVITE efetuar saque de grandes quantias;

EM DESLOCAMENTO NAS RUAS OU CARREGANDO DINHEIRO › NÃO carregue objetos de valor, grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito, se não houver necessidade; › SE precisar transportar muito

dinheiro, não ande sozinho, peça a companhia de parentes, amigos ou seguranças; › OBSERVE se está sendo seguido;

› AO se deslocar, mantenha a

sua carteira no bolso da frente ou mesmo a bolsa à frente do corpo, sempre sob sua vigilância;

Evento foi promovido pela secretaria de Mobilidade Urbana com realização de várias atividades voltadas à segurança no trânsito A Prefeitura de Macaé encerra as ações do programa “Circulando no Trânsito”, em 2013, com um balanço positivo. Coordenado pela secretaria de Mobilidade Urbana, o programa trabalhou durante todo ano, em empresas e instituições de ensino da cidade, conceitos como segurança no trânsito e cidadania, além de atuar para o resgate de valores como a cooperação e o respeito no trânsito. Para isso, foram realizadas pela Subsecretaria de Educação no Trânsito atividades educativas, por meio de palestras nas empresas instaladas na cidade e na Escolinha de Trânsito, voltada aos estudantes. - Esperamos ter alcançado o objetivo de conscientizar as pessoas para a prática de um trânsito cada vez mais seguro, com os condutores pensando mais no próximo, atentos a quem está transitando nas vias e, principalmente, sendo mais tolerantes e cuidadosos, diz o subsecretário de Educação no Trânsito, Paulo César Pereira. O programa “Circulando no Trânsito” realizou uma série de ações em empresas instaladas na cidade, como as palestras sobre "Trânsito Seguro". O objetivo foi trabalhar, de forma dinâmica, conceitos como segurança no trânsito e cidadania. Nos últimos 30 dias, foram atendidas cerca de 250 pessoas. Os números com-

provam que a ação se consolidou como uma das mais importantes ferramentas para conscientização dos trabalhadores, tornando-se referência entre essas empresas. Palestras - No caso das palestras sobre “Trânsito seguro”, grandes instituições foram atendidas ao longo de 2013, como a Ampla Energia e Serviços S/A (duas vezes), o Senai - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - (duas vezes), o Grupo Sotreq (três vezes), a Empresa MELF Locação de Guindastes e Equipamentos Ltda, a Empresa Ester Serviço Industrial Ltda, a Weatherford International, a Loc Serv Logística Dedicada, a Franks International Brasil Ltda, a Alphatec Engenharia e Inspeção S.A., a Hopevig Vigilância e Segurança Ltda e a Vix Transportes e Logística. Escolinha de Trânsito - Já a “Escolinha de Trânsito” começou a funcionar de forma itinerante neste ano e, a partir daí, atendeu um total de oito escolas, levando conscientização sobre a importância dos cuidados e respeito no trânsito. Com isso, foram formados 1672 multiplicadores que receberam instruções, por meio de demonstrações práticas promovidas no ambiente

escolar, sobre as regras básicas de circulação e segurança no trânsito. Para isso, passou a ser utilizada uma estrutura que conta com réplicas reduzidas de semáforos, faixas de pedestre, radares eletrônicos e placas de sinalização. Estes dispositivos são dispostos em um circuito que é percorrido de bicicleta pelos estudantes com o auxílio de um agente de trânsito. - As atividades voltadas à educação no trânsito foram proveitosas e tivemos uma aceitação muito boa por parte do público atendido. Conseguimos ir até as escolas e ver os resultados no comportamento das crianças nas abordagens que fizemos. O mesmo aconteceu com os trabalhadores nas empresas, de onde saímos com total sucesso nas abordagens realizadas. A expectativa para 2014 é que possamos instalar o Centro Municipal para o Trânsito para receber nosso público e viabilizarmos parcerias para realizar cursos de formação e capacitação. A partir disso, esperamos que a educação para o trânsito passe a fazer parte da agenda fixa do município, como lei ou decreto, finaliza a pedagoga e membro da equipe de Educação no Trânsito da Mobilidade Urbana, Joseana Wilme.


6

MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 25 DE DEZEMBRO DE 2013

Economia

NOTA

Dívida pública teve alta de 2,32% em novembro, resultado divulgado esta semana mostra uma débito de R$2,06 trilhões

COMPRAS

Calçadão lota na véspera do Natal Milhares de pessoas deixam para fazer as compras de última hora e encontram lojas lotadas Paty Mendes patriciamendes@odebateon.com

D

esde o início do mês que as vendas de Natal tem aquecido o comércio. Nos dias 24 e 25 de dezembro então, são ainda mais agitados. O Calçadão da Avenida Rui Barbosa , no Centro, o ponto de concentração das lojas mais populares de Macaé, o movimento de pessoas é enorme e nas lojas é difícil achar um vendedor desocupado e à disposição. Esse foi o cenário registrado na Véspera do Natal. As pessoas que deixaram para comprar os presentes na última hora precisam enfrentar imprevistos como a falta produtos, estacionamentos e principalmente tempo, já que o comércio hoje fecha mais cedo. Nem o tempo nublado, e meio chuvoso, assustou os consumidores. Para Sônia Alves, 53 anos, Supervisora de Vendas, o ideal é fazer as compras antecipadamente. “Comprei tudo que precisava antes do dia 20 para não precisar passar por aperto. Hoje só vou curtir o dia”, conta ela satisfeita. No entanto, não é o que a

maioria das pessoas pensa, já que todos os anos, os shoppings, centros e comércios em geral sempre ficam cheios no dia 24 do último mês do ano. Um exemplo é Elisabete Cardoso, 30 anos, recepcionista. Ela diz sempre esquecer algo nas vésperas do Natal. “Estou aqui no calçadão procurando uma toalha de mês para colocar na hora da ceia. Eu esqueci de comprar e agora preciso enfrentar esse tumulto”, reclama. Não só os esquecidos, mas os atrasados se multiplicam no calçadão. Para o vendedor Jackson Costa, 27 anos, essa é uma péssima tática para quem quer gastar pouco. “As pessoas chegam aqui na loja com pressa e muitas vezes compram os presentes de tamanhos errados e sem desconto”, explica. Para Jackson, quando o dia 24 se aproxima, os produtos do estoque já estão terminando e por isso é difícil encontrar todas as numerações e tamanhos. Em uma loja de calçados, a numeração 40, 41 e 42 terminou. A vendedora Ana Valéria, 32 anos, explica que não tem previsão para chegar mais mercadoria.

KANÁ MANHÃES

Estoques reduzidos oferecem menos opções para os consumidores de última hora “Do dia 17 até hoje vendou muito chinelo e as numerações do estoque terminaram. Por isso, algumas pessoas que chegam

na loja para escolher um calçado para dar de presente levam qualquer numeração com a justificativa de que depois do Natal

DIVULGAÇÃO

PORTARIA IMMT Nº 018/2013. O DIRETOR PRESIDENTE DO INSTITUTO MACAÉ DE METROLOGIA E TECNOLOGIA - IMMT, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS E CONSIDERANDO: I – A extinção da Diretoria Técnica do IMMT pela Lei Municipal Nº 164/ 2010, que era o Setor Responsável da Autarquia pelas atividades fins do órgão, gerando impactos negativos na estrutura funcional do Instituto para atender os requisitos legais, estabelecidos por Legislação do Município de Macaé, de manutenção dos laboratórios e demais serviços técnicos Acreditados pelo Instituo Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO, devendo seguir as diretrizes do Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial – CONMETRO,

III – O Processo Administrativo PMM Nº 35956/2013, em resposta ao requerimento aprovado pela Câmara Municipal de Macaé, de Autoria do Vereador Manoel Francisco da Silva Neto, através da Indicação do Legislativo Municipal Nº 751/2013, encaminhado ao Chefe do Executivo Municipal, para que seja promovida a reestruturação e realização de concurso público para os Cargos Técnicos do IMMT, com o objetivo de suprir as necessidades atuais e futuras, de forma que a Autarquia possa cumprir suas finalidades precípuas estabelecidas em lei e atender de forma eficiente e eficaz as expectativas da sociedade,

Artigo 2º - Determinar que o Engenheiro Newton Estevão de Amorim Neto, Engenheiro Mecânico e Gerente Técnico do IMMT, Matrícula IMMT 055, Nomeado pelo Chefe do Executivo Municipal, através da Portaria Nº 028/2013, seja o Responsável Gerencial pelo Laboratório de Pressão – LABPRE e pelo Laboratório de Massa – LABMAS. Artigo 3º - Determinar que o Técnico em Metrologia Dilson Dilberto Coutinho de Fiuza, Matrícula PMM N º 9719, Nomeado como Assessor Funcional pelo Chefe do Executivo Municipal, através da Portaria Nº 1339/ 2013, seja o Responsável Gerencial pelo Laboratório de Temperatura – LABTEM. Artigo 4º - Determinar que o Engenheiro Pedro Fernando Passos Peixoto, Tecnologista e Gerente Técnico do IMMT, Matrícula IMMT 048, Nomeado pelo Chefe do Executivo Municipal, através da Portaria Nº 028/2013, seja o Responsável Gerencial pelo Laboratório de Fluidos – LABFLU. Artigo 5º - Determinar que o Técnico em Metrologia Antônio Benedito Leal, Matrícula PMM Nº 10674, Nomeado como Assessor Funcional pelo Chefe do Executivo Municipal, através da Portaria Nº 1339/2013, seja o Responsável Gerencial pelo Laboratório Dimensional – LABDIM. Artigo 6º - Determinar que o Engenheiro Químico Luis Carlos da Silva Castro, Diretor de Planejamento do IMMT, Professor da Rede Municipal de Ensino, Matrícula PMM Nº 2624, Nomeado pelo Chefe do Executivo Municipal, através da Portaria Nº 028/2013, seja o Responsável Técnico e Gerencial pelo Laboratório de Metrologia Ambiental - LABMAM. Artigo 7º - Determinar que Técnico Elmo Martins Soares, Matrícula PMM Nº 40646, Nomeado como Assessor Adjunto pelo Chefe do Executivo Municipal, através da Portaria Nº 337/2013, seja o Responsável pelas atividades de manutenção da parte física onde se encontra atualmente instalado o Pólo Tecnológico IMMT-UFRJ e dos bens móveis do IMMT. Artigo 8º - Determinar que a Técnica em Metrologia Simone Rangel da Silva, Matrícula PMM Nº 9031, Nomeado como Assessora Funcional pelo Chefe do Executivo Municipal, através da Portaria Nº 1339/2013, seja a Responsável pelas atividades de Secretaria Técnica do IMMT, coordenando as ações de entrega dos certificados aos clientes, sendo responsável pela salva guarda e integridade dos Selos da Rede Brasileira de Calibração – RBC e da Rede Brasileira de Laboratório de Ensaios, dos Laboratórios do IMMT Acreditados pelo INMETRO e responsável por secretariar o Conselho Administrativo e Conselho Curador do IMMT. Artigo 9º - Esta Portaria terá seus efeitos e entrará em vigor a partir da data de sua publicação. Macaé, 23 de dezembro de 2013. Eduardo Batista Neiva Diretor Presidente do IMMT Portaria 609/2013

Atendimento bancário está suspenso no Natal População deve utilizar serviços alternativos para resolver pendências

II - O esforço da equipe técnica do IMMT de recuperar as atividades dos diversos laboratórios do IMMT,

RESOLVE, Artigo 1° - Determinar que o Físico Roberto Mendonça de Lemos Júnior, Metrologista do IMMT, Matrícula IMMT 039, Nomeado como Assessor Funcional pelo Chefe do Executivo Municipal, através da Portaria Nº 1339/ 2013, seja o Responsável Gerencial pelo Laboratório de Elétrica – LABELE e pelo Laboratório de Audiometria – LABAUD.

Antes da aprovação dos parlamentares, governo previa aumento para R$722,90 somente Antes da aprovação dos parlamentares, governo previa aumento para R$722,90 somente

Salário mínimo vai ter reajuste em janeiro Subindo para R$724, o valor representa 6,78% a mais A presidente Dilma Rousseff anunciou na segunda - feira (23) que assinou o decreto que reajusta o salário mínimo para R$ 724.O anuncio foi feito pelo microblog Twitter e novo valor passa a vigorar em janeiro. Em agosto, a presidente enviou ao Congresso a proposta de Orçamento para 2014, onde o governo previa um salário mínimo de R$ 722,90. Mas o valor aprovado pelos parlamentares foi maior, sendo R$724. Representando um reajuste de 6,78% sobre o salário mínimo atual, que está em R$ 678, Dilma já havia indicado que o valor poderia ser esse em entrevista a uma rádio em Pernambuco. Ela afirmou que aguardaria a informação oficial sobre crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). “A gente aguarda

cas aumenta quase que 100%. Tanto que as trocas na maioria das lojas só são autorizadas após o dia 25.

BANCOS

REAJUSTE

IV – A necessidade urgente de estabelecer Responsabilidades Técnicas e Gerenciais aos Laboratórios de Prestação de Serviços Tecnológicos do IMMT, em especial os de calibração e ensaios, identificados e exigidos pelo INMETRO, em auditoria realizada durante o mês de dezembro de 2013, nas dependências do IMMT, enquanto ocorre o trâmite do Processo Administrativo PMM Nº 35956/2013;

podem trocar”, comenta Ana. De acordo com os vendedores do comércio macaense, após o Natal, o número de tro-

o fechamento do PIB para saber se o valor vai ser R$ 722, R$ 723 ou R$ 724", afirmou. O cálculo do reajuste do salário mínimo é feito com base na inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e no crescimento do PIB dos dois anos anteriores. "O patamar é esse e com esse viés de alta, nós sempre damos essa força ao salário mínimo. O pessoal pode ficar satisfeito antecipadamente porque o salário mínimo vai sofrer um bom reajuste”, afirmou à rádio. Para a presidente esse aumento significa um “bom reajuste”, mas para o auxiliar de serviços gerais, Antônio Pedreira, um aumento de aproximadamente R$50 não fará grande diferença em sua vida. “Aumento sempre é bom, mas esse valor não vai ajudar muita coisa. Com esse dinheiro vou poder comprar mais uns quilinhos de leite pros meus filhos, nada mais”, reclama Antônio.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos o horário de funcionamento dos bancos do Rio de janeiro, durante o Natal e Ano Novo terão o horário de atendimento alterado. Hoje os bancos permanecem fechados, assim como no dia 1° de janeiro e último dia útil do mês, 31. Quem não aproveitou para resolver as suas pendências ontem, não precisa se desesperar. De acordo com a Federação, mesmo durante os recessos, a população poderá utilizar outros canais de atendimento para realizar operações bancárias. São eles: internet banking, mobile banking,

banco por telefone e correspondentes, como casas lotéricas e outros estabelecimentos comerciais credenciados (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados). . As contas de consumo, como de água e luz, TV a cabo e telefone por exemplo,e os carnês que vencerem nos dias de recesso poderão ser pagos no próximo dia útil (26/12 e 02/01) e sem multa. As pessoas também podem agendar nos bancos os pagamentos das contas de consumo ou pagar as que têm código de barra nos caixas automáticos ou em correspondentes. Os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do Débito Direto Autorizado. DIVULGAÇÃO

Internet, caixa eletrônico e telefone são algumas das alternativas

Homem é morto a tiros no Jardim Santo Antônio Um homem foi assassinado a tiros na manhã de terçafeira (24), na Rua Maestro Vila Lobos, no Jardim Santo Antônio. O crime aconteceu na calçada de uma residência. Segundo testemunhas, o assassinato teria ocorrido por volta das 6h. Não se sabe as causas do crime, mas algumas testemunhas apontam que o crime teria sido praticado por

homens de moto. Segundo pessoas que estavam no local, a vítima não era moradora do bairro e estaria rondando a região há cerca de dois dias. Após o crime, os moradores acionaram a polícia, que foi até o local para investigar o caso. Até o encerramento desta edição, ainda não tinham mais informações sobre o desfecho do homicídio.


MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 25 DE DEZEMBRO DE 2013

Geral 7

FIM DE ANO

Profissionais orientam sobre a importância da alimentação saudável Os alimentos funcionais, por exemplo, são fundamentais para a prevenção do câncer e outras doenças crônicas não transmissíveis Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

N

essa época de final de ano, festas natalinas é comum o consumo de alimentos mais gordurosos como os que costumam compor a ceia de Natal. No entanto, profissionais do Curso de Nutrição, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) - Campus UFRJ Macaé Professor Aloísio Teixeira ressaltam a importância do consumo de alimentos saudáveis, como por exemplo os chamados alimentos funcionais, que são fundamentais no combate e prevenção de doenças crônicas que não são transmitidas como por exemplo, o câncer. Maria Fernanda Larcher e Jane Capelli coordenam no município o projeto “Prevenção do Câncer na rede SUS de Macaé: Ação quimeopreventiva através da introdução de alimentos funcionais” junto com a professora Angélica Nakamura. Ele é uma das linhas temáticas do PET Saúde/Redes de Atenção à Saúde, financiado pelo Ministério da Saúde, que começou a ser desenvolvido em agosto deste

ano. Tem como finalidade fazer um diagnóstico situacional dos casos de câncer na Capital do Petróleo estabelecendo os tipos mais prevalentes e a faixa etária. Com base no diagnóstico, a ideia é realizar um trabalho de conscientização com a população sobre a importância desses alimentos na prevenção da doença, disseram as professoras. “Os alimentos funcionais atuam na prevenção e tratamento de doenças crônicas de modo geral e, por isso, o seu consumo diário é de grande importância”, disse a docente Maria Fernanda Larcher. Entre os alimentos funcionais citados por ela estão os legumes, verduras e frutas (que são alimentos ricos em fibras, vitaminas, minerais etc.), azeite, carne de soja, cebola, alho, aspargos, atum, brócolis, uva, tomate, feijão, além dos alimentos ricos em ômega 3 como a sardinha, também considerado de alto valor nutritivo. “Eles devem estar presentes em pelo menos cinco refeições diárias. Pois estudos apontam que o consumo desses alimentos diminui o risco de câncer”, lembrou. Mas ela orienta também para os cuida-

dos na hora do consumo. “É preciso dar ênfase na ingestão dos produtos orgânicos, pois eles não possuem agrotóxico. Por isso está sendo cada vez mais orientado o consumo destes produtos, que também podem ser cultivados em casa, ou aqueles vendidos em feiras agroecológicas”, explica. E o tema tem despertado o interesse dos alunos da universidade. O tema do trabalho de conclusão de curso, da estudante Carine de Abreu Machado, do curso de Nutrição, por exemplo, é “Conhecimento sobre alimentos funcionais em pacientes portadores de câncer atendidos no Núcleo Municipal de Apoio ao Paciente Oncológico (NMPAPO), orientado pela professora Maria Fernanda Larcher. As profissionais apontam a gordura da alimentação e a obesidade como um dos grandes fatores para o desenvolvimento da doença. Sendo exclusivo em mulher o câncer de mama e nos homens o de próstata. Estão na lista dos alimentos que contribuem para o desenvolvimento da doença se consumidos em excesso, as carnes vermelhas

CURSOS

Faculdade Salesiana oferece vagas para pós-graduação WANDERLEY GIL

Opções são para: os MBA's em Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerência de Projetos, QSMS, Logística de Processos Empresariais e Educação Ambiental Juliane Reis Maira Abreu - estagiária Juliane@odebateon.com.br

a faculdade salesiana Maria Auxiliadora (FSMA) está com matrículas abertas para os cursos de pós-graduação em MBA em Gerenciamento de Recursos Humanos, QSMS (Gestão da Qualidade, Saúde, Meio Ambiente e Segurança), Logística de Processos Empresariais, MBA Gerência de Projetos / Ênfase em Petróleo e Gás, Educação Ambiental ambos com duração média de 15 a 18 meses. Interessados deverão se inscrever na sede da instituição de segunda a sexta-feira na secretaria, das 15h às 21h e alunos e ex-alunos da Salesiana têm 20% de desconto sobre o valor da mensalidade. No ato da inscrição é necessário preencher o formulário de inscrição na secretaria da faculdade (contrato); Cópia do Diploma de Ensino Superior; Cópia da identidade; Cópia do CPF; Histórico escolar do curso de graduação; Certidão de nascimento ou casamento; 1 foto 3 x 4. Os candidatos também devem optar pelas aulas quinzenalmente aos sábados 8h30 às 17h ou durante a semana (dois dias) das 18h30 às 22h30. A aula inaugural da turma semanal será no dia 25 de fevereiro de 2014 e da turma aos sábados 22 de fevereiro de 2014. O curso de MBA em Gerenciamento de Recursos Humanos tem como objetivo proporcionar a capacitação, ampliação e aprimoramento, para o exercício de funções relativas ao planejamento e administração de recursos humanos, com uma visão integrada de negócios, social e tecnicamente competente, quer no âmbito das empresas privadas, quer na administração pública e formar capital intelectual necessário para analisar as alternativas técnicas e econômicas de programas estratégicos no setor, além de garantir novas competências na área de recursos humanos, aumentan-

Inscrições podem ser feitas na sede da instituição de segunda a sexta-feira, das 15h às 21h do de forma significativa, a vantagem competitiva de qualquer empresa. O curso de Qualidade, Saúde, Meio Ambiente e Segurança tem como principal objetivo suprir a demanda do mercado regional por profissionais especializados em prevenção de acidentes e saúde ocupacional. Já o de Logística de Processos Empresariais visa proporcionar formação de profissionais com sólidos conhecimentos dos processos de integração logística, com ênfase em distribuição de suprimentos, envolvendo os aspectos mercadológicos, fiscais e financeiros. Além de também buscar habilitar os participantes a fazerem o acompanhamento de seus processos através de indicadores de desempenho adequados e consistentes, de modo que os profissionais possam desenvolver e/ou gerenciar projetos logísticos que levam à melhoria contínua de uma organização. E quem optar pelo MBA Gerência de Projetos /Ênfase em Petróleo e Gás, irá ingressar em uma especialização que tem como objetivo mostrar, por meio da experiência de profissionais do setor, como é o cotidiano das empresas que atuam na área e prover ferramentas que possibilitem um diferencial especialista, muito valorizado pelo mercado. Também fazem parte dos objetivos do curso favorecer a formação crítica e criativa do aluno pós-graduando, destacando seu papel profissional como tomador de decisão, além de desenvolver conhecimentos e habilidades que contribuam com a capacidade de gestão e aprimoramento de competências profissionais; exercitar

normas científicas na elaboração de trabalhos acadêmicos tais como: projeto de pesquisa, artigo acadêmico, monografia, entre outros; conhecer de forma sólida todo o segmento de E&P, o mais importante da indústria petrolífera; analisar um projeto de desenvolvimento da produção, no qual estão inseridas informações sobre todas as disciplinas necessárias para a exploração e desenvolvimento de um campo de óleo e gás; entender os processos de contratação de bens e serviços de empresas operadoras. Já o curso de Educação Ambiental, que passará a ser oferecido na instituição no próximo ano letivo, tem como finalidade entender o impacto das tecnologias associadas às ciências naturais na sua vida pessoal, nos processos de produção, no desenvolvimento do conhecimento e na vida social; compreender o desenvolvimento da sociedade como processo de ocupação de espaços físicos e as relações da vida humana com a paisagem, em seus desdobramentos político-sociais, culturais, econômicos e humanos; Compreender o funcionamento dos órgãos ambientais e como estes desempenham o papel de cuidar dos recursos naturais; entender os princípios básicos da política nacional de meio ambiente; compreender como os diversos ecossistemas da região da Bacia de Campos estão interligados e como se sustentam; adquirir conhecimentos que permitam utilizar espaços naturais em aulas que transmitam conhecimentos sobre o mundo natural; utilizar a metodologia científica em sua prática profissional.

WANDERLEY GIL

Frutas, legumes e verduras também devem estar na lista das refeições. Além de serem saudáveis, eles estão entre os alimentos que atuam na prevenção e combate de doenças “gordas”, leite integral e derivados, produtos industrializados (ricos, principalmente, em conservantes, sódio e gordura), bebida alcoólica, churrasco, chimarrão, produtos defumados e

enlatados, salsichas. “As doenças crônicas não transmissíveis podem surgir com o hábito alimentar inadequado e consumo desses produtos por longo tempo, em algum momento o corpo

se manifesta. Por isso, também é de fundamental importância a visita periódica ao médico, assim como a prática de exercícios físicos”, orientam.

O que são alimentos Funcionais são os alimentos que exercem funções metabólicas ou fisiológicas no organismo atuando no crescimento, desenvolvimento, nutrição, proteção, entre outros. Aplica-se aos alimentos funcionais o papel

de proteger o organismo contra doenças crônicas não trasmissíveis, além de problemas como acnes, envelhecimento precoce e outros. Entre esses alimentos estão os legumes, verduras e frutas (que são ali-

mentos ricos em fibras, vitaminas, minerais, antioxidantes, polifenóis, etc.), azeite extra virgem, carne de soja, cebola, alho, aspargos, atum, brócolis, além dos alimentos ricos em ômega 3, como a sardinha.


8 Geral

MACAÉ, QUARTA-FEIRA, 25 DE DEZEMBRO DE 2013

1ª EDIÇÃO

OPORTUNIDADE

Festa de Natal na Barra Cederj segue com inscrição de Macaé é adiada por para Pré-Vestibular Social conta da chuva DIVULGAÇÃO

Evento será realizado no próximo domingo (29), na Praça Beira Rio

Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

P

or conta do mau tempo, a 1ª Festa de Natal Solidário da Barra, que seria realizada no último dia 22, na Praça Beira Rio, teve de ser adiada. De acordo com os organizadores, o evento vai acontecer no próximo domingo (29), a partir das 11h, no mesmo local. Será uma data especial para milhares de crianças carentes da região e seus familiares, que vão contar com uma programação especial. A iniciativa surgiu quando quatro moradores da Barra de Macaé decidiram se unir para transformar esse final de ano especial e inesquecível para aqueles que muitas vezes não têm condições de ter um ceia ou comprar um presente para seus filhos. A iniciativa conta com a parceria de comerciantes e moradores da região, Sindicato dos Comerciários, Doutores Palhaços, ONG Oficina Itinerante de Beleza, Celício Aguiar, ONG Apoel, prefeitura através das secretarias de Saúde e de Governo e da Coordenadoria de Apoio aos Bairros e Assuntos Comunitários, Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Juízado de Menores e torcidas organizadas Raça Rubro Negro e Urubuzada, que estão ajudando de diversas maneiras. “Gostaria de pedir desculpa a todos pela mudança na data, mas, infelizmente, não tinha condições de realizar o evento com o mau tempo. Mesmo na chuva, diversas famílias che-

ARQUIVO

As aulas estão previstas para ocorrer entre março e dezembro. Interessados poderão se inscrever até 28 de janeiro

Um dos organizadores, Tiago, esteve visitando as casas para entregar o cupom do sorteio de prêmios gavam a todo momento na expectativa da festa, conversamos com os moradores e comerciantes presentes e a maioria decidiu adiar o evento para o próximo domingo no mesmo local e horário. Se Deus quiser, o tempo vai nos ajudar no próximo final de semana e teremos um dia com muita alegria. Estaremos a partir de quinta-feira (26), rodando as comunidades da Barra, Brasília, Nova Holanda, Nova Esperança e Fronteira, informando os moradores sobre o novo dia”, ressalta Tiago, um dos organizadores e idealizadores do evento. Como a diversão é um item essencial, vai ter recreação com pula pula, piscina de bolinhas, castelo e escorrega infláveis. Já o lanche vai ser outro momento aguardado. Será servido cachorro-quente, pipoca, algodão doce e refrigerante. O momento mais esperado do

dia será a entrega de presentes, que será feita pelo Papai Noel, que promete emocionar os convidados. Quem não fez sua contribuição, mas deseja ajudar, ainda dá tempo. Os organizadores dizem que as doações de brinquedos podem ser feitas até o dia do evento. Maiores informações podem ser obtidas através dos números: 999990523 (Tiago) ou 2765-1453 (Uelinton). É importante ressaltar que elas não vão poder ser feitas em dinheiro. Apesar de ser voltada para os menores, os pais não vão ser esquecidos. Vai acontecer o sorteio de brindes. Entre os itens estão: geladeira, fogão, liquidificador, bicicleta, ferro elétrico, entre outros. “Nós fomos de casa em casa para ver quem realmente precisa para entregar os cupons do sorteio”, frisa Tiago.

Interessados em se preparar para os tradicionais vestibulares devem ficar atentos às oportunidades de preparatórios para as avaliações. A Fundação Cecierj (Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro), da secretaria de Ciência e Tecnologia, está com inscrições abertas para o Pré-Vestibular Social. As inscrições podem ser feitas até o dia 28 de janeiro de 2014 pelo www.pvs.cederj. edu.br. Ao todo estão sendo oferecidas 18 mil vagas, distribuídas por 56 polos de estudo, localizados em 39 municípios, beneficiando todas as regiões do estado do Rio. Em Macaé as aulas serão ministradas na Escola Estadual Irene Meireles. O processo seletivo é destinado àqueles que não têm condições de pagar por um curso preparatório e que, em 2014, estarão no último ano do Ensino Médio ou que já tenham concluído a modalidade de ensino. Já a escolha dos alunos é feita por meio de uma seleção socioeconômica e as aulas vão acontecer de março a dezembro de 2014. Após se inscrever, o candidato deverá entregar, pessoalmente, no polo onde deseja estudar, ou enviar pelos Correios para a Caixa Postal conforme consta no edital, um envelope identificado com o código do pedido de inscrição, contendo as cópias dos documentos exigidos. Ao decorrer do curso, os

O programa tem como objetivo atender os candidatos que desejam preparar-se para ingresso no ensino superior participantes vão estudar as disciplinas de Língua Portuguesa, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Geografia e História, cujas aulas serão oferecidas nos polos, locais, dias e horários especificados na página. Já as disciplinas de Inglês e Espanhol serão ministradas na modalidade a distância com o apoio de tutoria, através de atendimento 0800 e via Internet. O resultado do processo seletivo para cada polo e categoria de vaga será divulgado no site www.pvs.cederj.edu.br às 18h do dia 26 de fevereiro de 2014, a partir de quando o candidato selecionado deverá confirmar, no mesmo site, a sua participação no curso até as 23h59min do dia 05 de março de 2014. Aqueles que não realizarem o procedimento são considerados desistentes e substituídos pelo candidato em fila de espera que tiver confirmado seu interesse em participar do curso, obedecida a ordem de classificação. E a lista com os reclassifica-

dos será divulgada no site www. pvs.cederj.edu.br no dia 10 de março de 2014, a partir das 18h. As aulas terão início no dia 15 de março de 2014 nos polos com aulas aos sábados, no dia 17 de março de 2014 no polo com aulas às segundas e quartas, no dia 18 de março 2014 nos polos com aulas às terças e quintas e no dia 19 de março de 2014 no polo com aulas às quartas e sextas. Ao ingressar no curso, os participantes passam a fazer parte de um programa que tem como objetivo atender os candidatos que desejam preparar-se para ingresso no ensino superior, levando-se em conta a situação socioeconômica do candidato e demais residentes no mesmo domicílio, assim como seu histórico e projetos acadêmicos. Outras informações referentes ao processo seletivo estão disponíveis no edital publicado em www.pvs.cederj.edu.br ou, de segunda a sexta-feira das 9h às 17h, pelo telefone 08002820636.

Noticiário 25-12-13