Page 1

KANÁ MANHÃES

DIVULGAÇÃO

ASSALTOS CONSTANTES NA VILA DO BADEJO

MACAÉ E FLAMENGO AGITAM O MOACYRZÃO

ESTUDANTE SURDO INGRESSA NO CURSO DE MEDICINA

POLÍCIA, PÁG.7

ESPORTE, PÁG.7

GERAL, PÁG.5

R$ 1,50 Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018 Ano XLII, Nº 9511 Fundador/Diretor: Oscar Pires

O DEBATE

facebook/odebate twiter/odebate issuu/odebateon

www.odebateon.com.br

DIÁRIO DE MACAÉ

Chuva causa transtorno e deixa a cidade em estado de alerta Em seis horas choveu em Macaé o esperado para sete dias: 150 mm, número considerado acima da média

U

MÁRCIO SIQUEIRA

m cenário que lembrou aos macaenses a tragédia ocorrida em 2013. Mais uma vez as chuvas voltaram a causar estragos na Capital do Petróleo, que segue em estado de alerta. As fortes chuvas são decorrentes da atuação de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul, que tem deixado o tempo instável em todo o Estado do Rio de Janeiro. Por conta disso, vários bairros, comunidades e distritos serranos registraram pontos de alagamentos, quedas de árvores, interrupção no fornecimento de energia e água e até mesmo a interdição de estradas rurais. Como a previsão é de que o tempo continue instável durante o final de semana, equipes de vários órgãos da prefeitura, entre eles, a Defesa Civil, seguem nas ruas atendendo os chamados da população, principalmente na região serrana, área mais castigada. PAG. 9 WANDERLEY GIL

KANÁ MANHÃES

BAIRROS EM DEBATE

Alto dos Cajueiros aguarda melhorias em infraestrutura Solicitações que já vêm sendo feitas há anos continuam na lista de reivindicações dos moradores da localidade

KANÁ MANHÃES

Um bairro que divide duas realidades e, ao mesmo tempo, tem problemas em comum. Esse é o Alto dos Cajueiros, na Região Central, que, assim como as demais localidades em Macaé, carece de diversos serviços de infraestrutura. Essa semana, a equipe de Bairros em Debate esteve no local conversando com os moradores, que apontaram os principais problemas. Alguns deles chegaram a ser ressaltados na última visita, em novembro de 2016, mas, ao que tudo indica, quase nada mudou desde então. Entre as pendências estão a falta de manutenção nas vias e a sujeira em terrenos baldios. PÁG. 6 PAINEL

POLÍTICA

Reclamação por más condições de trabalho na Prefeitura PÁG. 3

ECONOMIA

Abespetro faz alerta sobre projeto na Alerj Políticos e trabalhadores vão ser mobilizados para evitar

projeto que causará desempregos no Estado do Rio de Janeiro. PÁG. 3

Paradas há três anos, obras de urbanização prometiam melhorias na linha do trem. Enquanto isso, o local segue sem receber limpeza há meses

DIVULGAÇÃO

Gilson Coelho estima que até 2022 o Repetro pode gerar mais de 700 mil empregos com a recuperação da indústria do petróleo EDUCAÇÃO

Corrida das Academias Servidores denunciam UFRJ conta com tem local transferido abuso de poder Comissão Provisória Evento irá ocorrer na orla dos Cavaleiros e Campista PÁG. 4

EU LEITOR, O REPÓRTER

Objetivo é apoiar as pessoas com deficiência PÁG. 5

CADERNO DOIS

Mulheres dão show de competência Classe feminina ganha homenagem PAG. 12

TEMPO

ÍNDICE

Máxima 30º C Mínima 22º C

EDITORIAL

4

PAINEL

4

GUIA DO LEITOR

4

ESPAÇO ABERTO

4

COTAÇÃO DO DÓLAR

Compra R$ 3,2505 Venda R$ 3,2514

Anuncie: (22) 2106-6060 (215)


2

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

Cidade

NOTA

Motoristas de transporte escolar denunciam atraso no pagamento. De acordo com relatos, a categoria está há dois meses sem receber e não há previsão para normalização da situação

SEMANA EM DEBATE

O DEBATE EM MEMÓRIA EDIÇÃO Nº 430 DE 02-02-1983 DIVULGAÇÃO

Gilson Coelho (Abespetro), alertou os membros da Comissão da Firjan para o perígo do projeto se aprovado

Alerj tem projeto de lei do PT que pode acabar com 130 mil empregos Decisão do deputado André Ceciliano (PT) pode restringir o alcance do Repetro criado por lei federal

A

decisão do deputado André Ceciliano (PT) de apresentar na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei número 3660/2017, restringindo o alcance do Repetro, regime aduaneiro especial para a indústria de óleo e gás, acendeu a luz vermelha e deixou preocupado grande número de trabalhadores que amar-

gam o desemprego desde o início da crise que abalou o país. Caso o projeto seja aprovado e sancionado, alterando o regime especial do Repetro, de 3% para 20% a incidência do ICMS nas operações de produção, que representam investimentos na fase de desenvolvimento e são os mais elevados, poderá ocorrer a migração de

grande número de empresas para São Paulo e Espírito Santo, e acabar com cerca de 130 mil empregos. Na reunião da Firjan, ficou decidido a elaboração de um manifesto assinado pelas instituições e a mobilização política e de trabalhadores para um possível protesto em frente ao prédio da Assembleia Legislativa.

Câmara Municipal realizou sessão solene para dar posse ao Prefeito e Vereadores “Não quero ter a vaidade, quando deixar a Prefeitura

pela segunda vez, de ser aclamado como o melhor prefeito, mas quero ter a honra quando dela sair, receber novamente o reconhecimento pelo trabalho que pretendo realizar", disse em seu discurso o novo prefeito Alcides Ramos, na sessão solene de posse na Câmara Municipal.

Homenagem causa emoção a ex-Prefeito na inauguração de obras em Carapebus Visivelmente emocionado, com lágrimas escorrendo

pela face durante todo o tempo em que transcorreu a solenidade da inauguração da Praça Salim Selem Bichara, "transformando um sonho em realidade para o povo de Carapebus", o ex-Prefeito Nacif Salim Selem, no exercício do cargo, falando para uma grande multidão que compareceu ao ato inaugural, pediu a todos que cuidassem com carinho daquela obra porque ela foi "construída para ser dedicada às crianças, que terão no futuro aquilo que os adultos de hoje não tiveram no passado".

182 candidatos disputam vagas no vestibular da Faculdade de Filosofia

Tendo sido iniciado domingo às 8 hs com as provas de Comunicação e Expressão, terá prosseguimento

hoje o concurso de vestibular da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Macaé. Segunda-feira, dia 31, foram realizadas as provas de Estudos Sociais, compreendendo História Geral e do Brasil, Geografia e Organização Social e Política Brasileira.

Eleitos pelos vereadores os novos membros para a Mesa Diretora da Câmara Municipal Contando com a presença do Juiz da Comarca, Dr.

Elvio Antonio Granja Abreu, em reunião realizada às 10 hs do dia 1º de fevereiro, sob a presidência do Vereador Atagildo Gonçalves Marinho (PDS), o mais idoso entre os presentes, como estabelece a legislação, a Câmara Municipal de Macaé elegeu os novos membros para a Mesa Diretora para o próximo biênio.


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

Política

NOTA

Marcel chama atenção do Governo para os danos causados pela chuva na serra

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Servidores denunciam abuso PONTO de poder pelo Executivo DE VISTA Servidores denunciaram as más condições de trabalho na Prefeitura, como falta de veículos, ar condicionado, ventilador, banheiro sem condições de uso e até água tratada

A

audiência pública para discutir o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos servidores municipais de Macaé e dos profissionais da educação reuniu cerca de 300 pessoas na Câmara Municipal de Macaé, na última terça-feira (6). Os profissionais encheram o plenário para denunciar as más condições de trabalho, o não cumprimento de direitos assegurados por lei e a perseguição política que vêm sofrendo na gestão do prefeito Aluízio dos Santos Júnior (PMDB). O evento foi presidido pelo vereador Marvel Maillet (Rede), que solicitou a sua realização em apoio às reivindicações dos servidores e lamentou a falta de representantes do governo no debate. Contudo, ele lembrou que o secretário adjunto de Recursos Humanos, Alexandre Salles, foi convocado para ir à Câmara na sessão do dia 20 de março, às 10h, para dar esclarecimentos sobre a suspensão da regência de classe dos profissionais da educação. "Vamos aproveitar e perguntar a ele sobre todas as demais reivindicações dos servidores, como o reajuste salarial, o triênio, o enquadramento e tudo mais que foi suspenso pelo atual prefeito”, disse Marvel. Como

IVANA GRAVINA

No próximo dia 22, às 18h, está marcada uma assembleia geral com os servidores municipais

se trata de uma convocação, a presença de um representante do Executivo é obrigatória. Já o parlamentar Marcel Silvano (PT) fez um apelo aos servidores para que pressionem os seus vereadores a aprovar a emenda à Lei Orgânica 01/2017. A sua proposta é garantir a possibilidade de sustar, por meio de um decreto legislativo, os efeitos de um decreto executivo que ultrapasse os limites da sua competência e legalidade. "Se conseguirmos a aprovação desta emenda, poderemos frear atos abusivos do prefeito, como o Decreto 93, que prevê a perda de todas as gratificações

e benefícios do servidor, caso ele falte um dia de trabalho para fazer greve ou paralisação, o que é direito legítimo de todo trabalhador”, explicou Marcel. O presidente da Câmara, Eduardo Cardoso (PPS), também esteve presente e defendeu a criação de um PCCV único que contemple todos os servidores - sem privilégios restritos a apenas algumas categorias. Ainda participaram do evento os vereadores Luiz Fernando Pessanha (Avante) e Valdemir da Silva Souza (PHS), o Val Barbeiro. ASSEMBLEIA GERAL

No dia 22 de março, às 18h,

está marcada uma assembleia geral com os servidores municipais, que será realizada na Escola Municipal Professora Maria Isabel Damasceno Simão, no Centro. Embora o evento tenha sido convocado pelo Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe), os servidores decidiram, durante a audiência pública, transformá-lo em uma assembleia geral para todos os servidores do município - atendendo ao convite do Sepe. Na ocasião, serão decididas as estratégias de mobilização dos servidores, que planejam uma greve geral para pressionar o Executivo.

REPETRO

Políticos e trabalhadores vão ser mobilizados para evitar projeto que causa desempregos Após a reunião realizada na Firjan em que Gilson Coelho, Secretário Geral da Abespetro - Associação Brasileira das Empresas de Petróleo, alertou sobre o risco de ser aprovado na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 3660/17, de autoria do deputado André Ceciliano (PT), os mais de 30 representantes das instituições decidiram mobilizar não só prefeitos e vereadores, bem como a classe política em geral. De acordo com o projeto, o parlamentar pretende aumentar de 3% para 20% a incidência do ICMS na fase de produção de petróleo e gás, o que poderá causar o desemprego de cerca de 130 mil pessoas, na contramão do que a população mais se preocupa hoje, a inserção no mercado de trabalho. Em nota distribuída ontem, a Abespetro esclareceu detalhes do projeto de lei que tramita na Alerj e a importância do Repetro no Estado do Rio, informando os pontos críticos. Segundo a Abespetro, trata-se da internalização de benefício prorrogado pelo CONFAZ, realizada conforme as Leis Complementares 24/75 e 160/17. Não há afronta à Lei 7.495/16, ilegalidade ou inconstitucionalidade na publicação do Decreto. Diz ainda a nota que: O Decreto Legislativo 02/16, editado pela ALERJ para sustar os efeitos do REPETRO anterior, gerou inicialmente prejuízos para as empresas lo-

calizadas no Estado, que perderam licitações/concorrências para empresas localizadas em SP (por conta da aplicação normal do REPETRO naquele Estado). As empresas começaram a se movimentar para deixar o Estado, e novas empresas já decidiram por se instalar em outros Estados. Contudo, com base em decisão judicial, seus efeitos foram suspensos, tornando a medida ineficaz, e assegurando a permanência das empresas. Esta nova iniciativa relacionada ao Projeto de Lei do parlamentar pode ser definitiva para a decisão das empresas no Rio de Janeiro. Desde 2013, o STF já indicou a impossibilidade de cobrança do ICMS, por qualquer dos Estados, nas importações temporárias. Segundo Gilson Coelho, não há renúncia fiscal quanto às importações temporárias. Reconhecer a não incidência do ICMS nas importações temporárias é apenas obedecer a decisão do STF. Restringir o decreto nesse ponto será ineficaz, por conta das inúmeras decisões judiciais sobre o tema, liberando as empresas do pagamento. Diz ainda a nota que: "O fato de existir petróleo no litoral do RJ não assegura a arrecadação para o Estado. Mapa do pré-sal na Bacia de Santos mostra que empresas podem se instalar em São Paulo e usar suas bases naquele Estado para executar

as atividades no litoral do RJ. O ICMS maior no RJ favorece fornecedores de outros Estados e instalação ou mudança das empresas para outros Estados, que concedam tratamento mais favorável, como São Paulo". Manter o REPETRO no Estado do RJ estabelecendo o pagamento de 3% do ICMS, em vez de aumentar para 20% como deseja o deputado do PT, é assegurar que a arrecadação continue aqui, ampliando o volume dos repasses aos Municípios. A decisão do Estado contrária à manutenção do REPETRO, afetará severamente os Municípios, com redução dos volumes arrecadados e do índice de participação dos Municípios estratégicos para a indústria de petróleo e gás. A permanência

3

das empresas no Estado garantirá além de maior repasse ao Estado do RJ no rateio pela União de parte da arrecadação dos tributos federais, comparativamente a outros Estados, garantirá empregos para mais de 700 mil pessoas. Ainda perplexo por ter comparecido a audiência pública realizada na segunda-feira passada e ter sido impedido de defender seu ponto de vista, também o prefeito de Macaé não pode se manifestar. Esta semana um grupo de representantes de instituições começa a visitar todos os municípios na fase de mobilização para uma possível manifestação em frente à Assembleia Legislativa, com o objetivo de evitar que o projeto seja aprovado e desapareçam as vagas de empregos.

Foi dada a largada Aguardado com ansiedade pelos deputados federais e senadores, além de muitos outros nomes conhecidos que pretendem alçar voos mais altos, começou dia 7 e vai durar um mês, o prazo para que os parlamentares troquem de partido, buscando alternativas eleitorais, além do enorme montão de dinheiro público que vai pagar as campanhas a partir do dia 16 de agosto, quando as candidaturas deverão estar registradas. Como é “briga de cachorro grande” e alguns deputados vão ter à disposição cerca de R$ 1,5 milhão para garantir a volta para Brasília, a ilha da fantasia, tem gente chiando pelos bastidores e reclamando com o leilão dos partidos dispostos a pagar uma conta bem alta (depois nós é que vamos pagar), e este é o objetivo da minirreforma política, inibir as novas lideranças. Mas... parece que os atuais parlamentares tanto na Assembleia como na Câmara dos Deputados esqueceram que eles não representam a população e só pensam no próprio umbigo, razão do medo e de arranjar “jeitinhos” para se manter como “empregados nosso”. Para dar a largada na corrida eleitoral em direção à Presidência da República, até sexta-feira, pelo menos três nomes já lançaram suas pré-candidaturas. Jair

Bolsonaro (PSL), que parece estar raivoso porque o presidente Michel Temer “comprou” as ideias dele, fazendo a intervenção na segurança do Estado do Rio e criando o Ministério da Segurança, o presidente da Câmara dos Deputados (DEM), que tentou se destacar como o novo prometendo ter a maior base de deputados federais e senadores, e por fim, o Ciro Gomes (PDT), que começou a beliscar Lula, considerando que está difícil para ele escapar da prisão ou da inelegibilidade. Para ficar apenas nestes, já que outros não deram a cara a tapa, vamos acompanhando para ver se, de fato, vai haver mudanças ou teremos mais do mesmo, o que o povo não quer, prometendo muitos votos nulos e em branco. Depois, vamos alinhar os pretensos candidatos a governador.

Macaé tem jeito Já transcorrendo os primeiros três meses do sexto ano da gestão do prefeito municipal, com a desesperança reinando em todos os cantos da cidade, de norte a sul e de leste a oeste, com o afastamento e prisão de dois vereadores da Câmara Municipal, e uma denúncia de delação premiada da Odebrecht por um executivo da empresa contra um grupo da prefeitura de Macaé, vão ficando longe as esperanças que ainda existiam numa recuperação administrativa, salvo se o governo estiver com dinheiro embaixo do colchão guardado para utilizar nos próximos dois anos. Uma certeza, alguns grupos políticos já têm. Igual ocorreu em 2014, ele deverá incentivar candidaturas a deputado estadual e federal, trocando apoio de um ou outro, para Macaé continuar sem representação na Câmara dos Deputados e na Assembleia. Ou seja, teremos desfilando por Macaé muitos candidatos Copa do Mundo, aquele político que só aparece de quatro em quatro anos, paga aos cabos eleitorais (quando pagam), se elegem ou não e, esquecem que Macaé existe. Mas como o prefeito não é o senhor da razão, o grande número de aliados que vai engrossando a lista de exaliados, promete mudar o

quadro por não acreditar muito em histórias da carochinha. Por exemplo, um grupo de empresários e representantes de instituições, começam no dia 20 de março, uma série de encontros para fazer um levantamento sério e técnico para mostrar que Macaé tem jeito. Outros desafetos do governo também estão se unindo para aceitar o desafio do Chefe do Executivo que, ele sozinho não pode muito. Também, a expectativa de que novos nomes vão começar a surgir para disputar em 2020 a prefeitura. Quem pensar que não tem jeito, está errado. Jeito tem e tem muita gente querendo essa mudança, e rápido.

PONTADA O Diretor Executivo da Firjan, Alexandre Reis, disse na reunião da Comissão Municipal, sobre a provocação do empresário Cliton Silva Santos, que a Unidade Senai Cabiúnas, necessita de investimentos na ordem de R$ 6,5 milhões para ser concluída. Com a crise que abala também o Sistema Firjan, a obra não será continuada, até que haja recursos de outra fonte. O “exército de Stédile”, como Lula denomina o MST, resolveu invadir o parque gráfico de O Globo na quinta-feira. Os invasores, cerca de 400 pessoas, a maioria mulheres que chegaram em 10 ônibus, algumas estavam armadas com facões. Fizeram pichações de mensagens políticas em vidraças, sofás, paredes e piso, além de atear fogo em pneus. A polícia investiga o caso, mas, com certeza, já sabe quem é o chefe... E no dia em que as mulheres em todo o mundo eram homenageadas ou faziam manifestação, o município de Macaé viveu um enorme clima de abandono. A forte chuva que caiu em toda a região atingiu milhares de famílias, estradas e pontes foram danificadas, e a população ficou indefesa sem saber qualquer tipo de ação das autoridades. Foi um clima de caos total e de pânico para muitos. Será que tem jeito?

Até domingo.


4

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

Opinião

Retomada da obra de escola na Ajuda segue mantida para este mês. De acordo com a Prefeitura, o contrato está sendo concluído para o chamamento da segunda empresa colocada na licitação

FOTO LEGENDA WANDERLEY GIL

EDITORIAL

NOTA

Reforma necessária Apesar do baixo crescimento da economia, a arrecadação tributária continua se sustentando - embora num ritmo mais lento. Na avaliação de economistas, o grande problema é que as despesas caminham num ritmo mais rápido e os resultados das contas públicas têm sido decepcionantes. A má notícia é acompanhada de outra: dados do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) mostram que 36% do total produzido no país nos primeiros seis meses do ano foram pagos em impostos. A elevada carga tributária nacional faz vítimas em todas as classes sociais do Brasil. Uma simples conta de luz vem repleta de tributos e impostos que aumentam em mais de um terço o valor pago efetivamente pelo consumo. Existem casos piores, principalmente para as bebidas que cobram até 81,8% de imposto, ou o fumante, que deixa 80,4% para o Leão, ou o viciado em videogames, que desembolsa 72,1% para o governo. Isto sem falar no chamado Custo Brasil. A tão sonhada reforma tributária - prometida pelo presidente Michel Temer - ainda não conseguiu sair do papel e a conclusão é drástica: o ano vai-se embora e até o momento a proposta não apareceu na pauta de discussão do Congresso. Enquanto não sai, estados e municípios

ficam impossibilitados de empreender as reformas nas suas respectivas bases. No caso de Macaé o dilema é o mesmo. As múltiplas facetas da economia macaense, com forte vocação industrial e offshore, exigem dos poderes públicos medidas que possam dar continuidade a esse processo histórico de formação econômica, ampliando o parque industrial e, consequentemente, gerando novos empregos. A reforma desejada pelas classes produtivas - e também pela sociedade - precisa ser agilizada rapidamente em nome do crescimento nacional. Caso contrário, o país ficará refém de suas políticas econômicas muitas vezes desastradas, impedindo que a sociedade consiga avançar. A reforma não é necessária. É vital para o Brasil.

ESPAÇO ABERTO Amadurecimento do consumo digital Este mês é o aniversário do nosso Código de Defesa do Consumidor, que entrou em vigor em 11 de março de 1991, época em que a internet ainda engatinhava. De lá para cá, observamos a evolução da rede, com destaque para o comércio eletrônico, atual realidade de grande parte da população mundial. No campo jurídico, as mudanças geradas pela vida digital são diversas, muitas das quais ainda não pacificadas, especialmente, no que tange à definição da jurisdição competente para acionar empresas digitais, direitos individuais (intimidade e vida privada) e aplicação das regras tributárias, passando por questões de ordem técnica. Por outro lado, no campo do direito do consumidor de produtos pela internet, vislumbramos grandes avanços na regulação das relações entre empresas e consumidores, seja do ponto de vista positivo ou jurisprudencial. É inegável que a atuação dos PROCONS e as decisões do Poder Judiciário, além da atuação dos advogados e outros órgãos/ entidades de controle (por exemplo, Reclame Aqui, CONAR etc), vêm contribuindo positivamente no desenvolvimento dos negócios pela internet, seja do ponto de vista do consumidor e das empresas. O crescimento deste varejo, a melhora dos serviços dos lojistas digitais e o aumento de informações detidas pelos consumidores simbolizam o nosso atual momento. Como exemplo, temos a boa aplicação dos Tribunais acerca do direito de arrependimento do consumidor e respectivas consequências, situação hoje plenamente aceita e entendida pela população. Seria injusto não mencio-

nar que o Brasil tem certo destaque em matérias legais do consumidor, sendo que também verificamos esta atenção no tratamento jurídico-legal do e-commerce, através do Decreto 7.962/2013, que cuida de regular o comércio eletrônico. Não há dúvida que o universo jurídico sofrerá efeitos decorrentes da realidade constantemente mutante da internet. Ademais, não podemos esquecer todos os desafios logísticos do Brasil, o que parece ser o maior entrave para o pleno desenvolvimento das operações de e-commerce. No aspectro jurídico, os elementos atuais indicam uma segurança jurídica robusta sobre os temas relevantes que envolvem empresas de comércio eletrônico e seus consumidores. Daniel Alcântara Nastri Cerveira é sócio do escritório Cerveira Advogados Associados; autor do livro "Shopping Centers - Limites na liberdade de contratar"; pós-Graduado em Direito Econômico pela Fundação Getúlio Vargas; professor de Pós-Graduação em Direito Imobiliário do Instituto de Direito da PUC/RJ; professor do curso MBA em Gestão de Franquias da FIA - Fundação de Instituto de Administração; professor de Pós-Graduação em Direito Empresarial pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e; consultor jurídico do Sindilojas-SP.

Moradores da Rua Silva Jardim, no Centro, sofreram com os danos causados pela chuva na última sexta-feira (09). A água invadiu residências e lojas e alguns cidadãos, no desespero de perder pertences materiais, usaram baldes como solução para escoar o volume da água da chuva.

PAINEL Procon

Faetec

Nota

Corrida

Reajuste

Detran

Macaeprev

Jazz & Blues

TRE

A Procuradoria Adjunta de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Macaé) começou, esta semana, a fiscalizar as agências bancárias e dos Correios. O objetivo é verificar o cumprimento da lei estadual 7.720/2017, que modifica a lei 4.223/2003, sobre o atendimento aos usuários. A regulamentação, agora, estende para os Correios, determinando o prazo máximo para atendimento de 20 minutos, em dias normais, e de 30 minutos, na véspera e depois dos feriados, devendo as instituições públicas e privadas colocar funcionários suficientes à disposição dos clientes em seus caixas e gerências.

Devido às condições climáticas, a Corrida das Academias, que seria realizada neste domingo (11), na Linha Verde, foi transferida para a orla das praias Campista e Cavaleiros. A largada será no trevo do Posto BR, às 7h15. A corrida faz parte do Calendário de Eventos Turísticos de Macaé. A retirada do kit contendo camisa, bolsa, viseira, squeeze, número de peito com alfinetes e chip está mantida para este sábado (10), no Hotel Blue Tree, de 10h às 17h.

O Instituto de Previdência dos Servidores de Macaé (Macaeprev) informa que está com novos contatos para atender os servidores da Prefeitura. Para acionar os serviços da Macaeprev estão disponíveis, agora, o e-mail macaeprev.rj@gmail.com e o telefone 2763-6339. O Instituto está funcionando na Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 293, no Centro. O horário de atendimento é das 9h às 17h. O Macaeprev é responsável pela arrecadação e administração das contribuições dos servidores e segurados e dos repasses dos patrocinadores/empregador.

Uma boa notícia para quem está em busca de qualificação profissional gratuita: as unidades da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social, estão com vagas ociosas abertas em cursos profissionalizantes oferecidos pela instituição. Os interessados têm até o dia 16 deste mês para se candidatar. As oportunidades são oferecidas em 72 unidades da Rede em todo o Estado, e as aulas começam no dia 19 de março.

O governador Pezão sancionou o novo piso salarial regional, que beneficiará milhões de trabalhadores da iniciativa privada que não contam com piso definido em lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho. O texto estabelece um reajuste de 5% para as seis categorias profissionais, com salários que variam entre R$ 1.193,36 e R$ 3.044,78. O aumento será retroativo a 1º de janeiro. O texto também determina que os três poderes ficarão obrigados a comprovar e manter a paridade salarial entre homens e mulheres.

O Ministério da Cultura acaba de selecionar o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival para integrar o Programa Reage Rio de Janeiro a Janeiro. Agora o evento pode ter o aporte financeiro de empresas estatais, indicadas pelo Governo Federal. Este ano, o Festival acontecerá em duas etapas. Em Rio das Ostras, a data está confirmada entre os dias 31 de maio e 3 de junho e no Rio de Janeiro o evento acontece de 7 a 9 de setembro. Todos os shows têm entrada franca.

EXPEDIENTE EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. DIRETOR RESPONSÁVEL: Oscar Pires. SEDE PRÓPRIA: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate).Impresso pelo Sistema Offset. CNPJ:

CIRCULAÇÃO: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras,

Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu.

A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ADJORI-Brasil - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ Associação Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. ABI - Associação Brasileira de Imprensa. REPRESENTANTE:

Tráfego Publicidade e Marketing

Rio de Janeiro: Av. Rio Branco, 185 - Sala 1813 - Centro. Tel: (21) 2532-1329 Macaé - Tel/fax: (22) 2106-6060, acesse: http://www.odebateon.com.br, E-MAIL: odebate@odebateon.com.br, COMERCIAL: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 215, E-MAIL: comercial@odebateon.com.br, classificados: E-mail: classificados@ odebateon.com.br

O governo do Estado informa que o resultado do índice constitucional da Saúde em 2016 foi plenamente justificado pelos arrestos e bloqueios, naquele ano, de mais de R$ 8 bilhões nas contas do Estado, que não teve acesso ao seu caixa durante 46 dias naquele ano. A grave crise financeira levou o governador em exercício à época a decretar estado de calamidade financeira. Essa justificativa foi submetida à Assembleia Legislativa. As contas de 2016 foram aprovadas pela Alerj. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) recorreu da ação do MP no STF.

O Detran divulgou para este mês o calendário da Vistoria Itinerante em Rio das Ostras. Quem precisa fazer vistoria de veículo terá duas datas disponíveis. O serviço está programado para os dias 12 (segunda-feira) e 22 de março (quintafeira), das 8h às 17h. Para o atendimento nestas datas, é necessário que os proprietários de veículos façam agendamento, através do site www.detran.rj.gov.br ou pelos telefones 0800 020 4040 e 0800 020 4041.

Os eleitores que estão com o título cancelado têm até 9 de maio para regularizar sua situação eleitoral, prazo que vale também para quem precisa tirar a primeira via do documento, transferir o domicílio ou solicitar mudança para uma seção de fácil acesso. O agendamento do atendimento pode ser feito pela internet, no site do TRE-RJ, ou pelo telefone (21) 3436-9000. Vale lembrar também que quem completar 16 anos até o dia do primeiro turno (7 de outubro) já pode tirar o título.

GUIA DO LEITOR

Telefones úteis

POLÍCIA MILITAR 190 POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL 191 SAMU 192 CORPO DE BOMBEIROS 193 DEFESA CIVIL 199 POLÍCIA CIVIL 123º DP 2791-4019 DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR) 2791-5379 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS) 2796-8330 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (OPERAÇÕES) 2796-8320 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO) 2796-8320 CÂMARA DE MACAÉ 2772-2288 HPM 2773-0061 CEDAE: 2772-5090 AMPLA 0800-28-00-120 PREFEITURA MUNICIPAL 2791-9008 DELEGACIA DA MULHER 2772-0620 GUARDA MUNICIPAL 2773-0440 AEROPORTO DE MACAÉ 2763-5700 CARTÓRIO ELEITORAL 109º ZONA 2772-3520 CARTÓRIO ELEITORAL 254º ZONA 2772-2256 CORREIOS (SEDE) 2759-3390 CORREIOS CENTRO 2762-7527 CEG RIO 0800-28-20-205 RÁDIO TAXI MACAÉ 2772-6058 CONSELHO TUTELAR I 2762-0405/ 2796-1108 PLANTÃO: 8837-4314 CONSELHO TUTELAR II 2762-9971/ 2762-9179 PLANTÃO: 8837-3294 CONSELHO TUTELAR III (SERRA) 2793-4050/2793-4044 PLANTÃO: 8837-4441


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

Geral

UFRJ MACAÉ

5

Estudante surdo ingressa no curso de Medicina Matheus Oliveira é natural de São Fidelis e será o primeiro aluno surdo formado na universidade Juliane Reis

juliane@odebateon.com.br

O

ano letivo 2018 já começou para muitos estudantes. Para Matheus Oliveira, que é surdo, e irá ingressar no curso de Medicina oferecido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Campus Macaé Professor Aloísio Teixeira, as aulas começam em breve. A princípio, de acordo com informações de profissionais que atuam na universidade, ele será o primeiro aluno surdo a cursar medicina no país. Nas redes sociais o futuro médico não esconde a alegria. “O meu sonho representa a realização de um desejo. Agora sim, eu digo, realizei o meu sonho oficial”, disse. Para os professores e amigos do estudante, a conquista de Matheus é, com certeza, uma

vitória para a Comunidade Surda. “Matheus é uma pessoa muito interessada, proativa, e demonstrou força de vontade e otimismo para realizar o seu sonho, o de ser médico e nós vamos recebê-lo de braços abertos e auxiliá-lo nessa jornada no que for possível. Ele é bastante esforçado e está superando os obstáculos com muita alegria e sempre procurando olhar o lado bom das coisas. Até onde sabemos, será o primeiro aluno com surdez a cursar medicina e em universidade federal”, disse a Professora Jane Capelli. Jane ressaltou ainda que, segundo a Comissão Provisória UFRJ Macaé Acessível e Inclusiva, todos os membros estarão junto a direção do Campus UFRJ-Macaé e ao Curso de Medicina para apoiar a apontar as adequações necessárias para que Matheus realize seu sonho.

DIVULGAÇÃO

E, no dia 04 de abril, será oferecido uma Oficina abordando o tema, como primeiro movimento de acolhimento ao corpo docente do Campus UFRJ-Macaé. A Professora Roberta Pereira Coutinho, substituta eventual da Direção do Campus UFRJMacaé pontuou que o ingresso na universidade de alunos com deficiência é essencial para que

Matheus é natural de São Fidelis e segundo profissionais da UFRJ Macaé, será o primeiro aluno surdo a cursar medicina e em universidade federal

o ensino público seja o reflexo da sociedade através da inclusão. “O Campus UFRJ-Macaé já havia recebido alunos com deficiência, porém, pela primeira vez, a nossa instituição recebe ingressantes através de Regime de Entrada Específico. Há uma lei sancionada pelo governo federal que determina a estruturação das universidades

INCLUSÃO

UFRJ conta com Comissão Provisória Acessível e Inclusiva A iniciativa tem entre os objetivos apoiar as pessoas com deficiência do Campus UFRJ Macaé De acordo com informações emitidas por profissionais da UFRJ Campus Macaé, desde novembro de 2016, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Campus Fundão/Rio de Janeiro, tem acontecido Plenárias do Fórum Permanente UFRJ Acessível e Inclusiva, para discutir questões referentes aos ingressantes pela cota da Pessoa com Deficiência (PcD), que começou no segundo semestre de 2017, nas Universidades Federais. A professora Jane Capelli é representante do Campus UFRJMacaé, aprovada pelo Conselho Deliberativo, que também implementou, em outubro de 2017, a Comissão Provisória UFRJ Macaé Acessível e Inclusiva, também conhecida como CPAI, com o objetivo de apoiar as PcD do Campus UFRJ Macaé, mapear todos os estudantes com deficiência, levantar as necessidades dos PcD e identificar como está o Campus quanto à acessibilidade e inclusão (incluindo estrutura física, capacitação de professores etc.). Essa Comissão é composta por representantes do Campus, incluindo os cursos de graduação do Campus, dentre docentes, técnicos e discentes, descritos a seguir: Professores, Jane de Carlos Santana Capelli (Curso de Nutrição), Inês Leoneza de Souza (Curso de Enfermagem e Obstetrícia), Hercules Rigoni Bossato (Curso de Enfermagem e Obstetrícia), Raquel Silva de Paiva (Curso de Enfermagem e Obstetrícia), Adriana Bispo Alvarez (Curso de Enfermagem e Obstetrícia), Valeria Belmont (Curso de Engenharia), Angelica Nakamura (Curso de Nutrição), Ainá Innocencio da Silva Gomes (Curso de Nutrição). Técnica, Jullyana Dias (Técnica Administrativa do Campus UFRJMacaé). Discentes, Paula Silva Figueiredo (Curso de Medicina), Artur Vitório Valladares Cardoso (Curso de Enfermagem e Obstetrícia). A CPAI tem o interstício de outubro de 2017 a março de 2018. Após esse período se tornará permanente. A Comissão discute leis, estatutos e resoluções sobre o tema PcD, bem como as discussões abordadas na Plenária do Fórum UFRJ Acessível e Inclusiva realizada na UFRJ Fundão, entre outros. Acompanha a matrícula dos PcD em Macaé, junto a Secretaria Acadêmica e Cursos de Graduação tem feito o levantamento da infraestrutura e recursos humanos do Campus que atendem ou não as necessidades do seu corpo social PcD ou não (discentes, docentes e técnicos) para encaminhar à Direção do Campus, dentre outras atribuições. No dia 1° de março, a Comissão se reuniu com o primeiro estudante surdo do Curso de Medi-

cina, Matheus da Silva Oliveira, que utiliza como primeira língua (L1), a Língua Brasileira de Sinais (Libras), tendo a Intérprete de Libras, Cristiane Dantas, servidora pública da UFRJ-Macaé, como tradutora. Nessa reunião estiveram presentes a professora Uliana Pontes do Curso de Medicina, que o receberá no primeiro período pela disciplina Saúde da Comunidade I; e o professor Peter Franco Entringer, coordenador do Ciclo Básico da Saúde, representando o coordenador do Curso de Medicina, Professor Joelson Rodrigues.

DIVULGAÇÃO

Profissionais que fazem parte da comissão e o novo aluno do curso - Matheus Oliveira (ao centro)

públicas para receber os alunos com necessidades especiais. Considerando que cada estudante com deficiência tem suas particularidades, é necessário avaliar as peculiaridades de cada um, de acordo com a demanda, semestre a semestre”, disse Roberta Pereira Coutinho. Já o Coordenador do curso de Medicina do Campus Macaé, Dr. Joelson Tavares destacou que até onde constam informações, Matheus será o primeiro aluno com esse tipo de deficiência a estudar Medicina no Brasil. “Ao menos não temos noticia de outros casos. Já nos Estados Unidos existem médicos surdos e o curso de Medicina da UFRJ

sabe do desafio de um aluno surdo, uma experiência que até onde sabemos não tem procedentes no país. Teremos que adaptar a nossa estrutura de aulas assim como contar com a presença de um tradutor em grande parte das aulas. Tanto a direção da universidade quanto a coordenação do curso estão se organizando para receber o aluno da melhor forma possível. Ao mesmo tempo que entendemos os desafios, ressaltamos a importância dessa ação para termos uma universidade e uma sociedade cada vez mais inclusivas”, enfatizou Joelson.


6

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

BAIRROS EM DEBATE Alto dos Cajueiros

Alto dos Cajueiros aguarda melhorias em infraestrutura Solicitações que já vêm sendo feitas há anos continuam na lista de reivindicações dos moradores Marianna Fontes

marifontes@odebateon.com.br

U

m bairro que divide duas realidades e, ao mesmo tempo, tem problemas em comum. Esse é o Alto dos Cajueiros, na Região Central, que, assim como as demais localidades em Macaé, carece de diversos serviços de infraestrutura. Essa semana, a equipe de Bairros em Debate esteve no local conversando com os moradores, que apontaram os principais problemas. Alguns deles chegaram a ser ressaltados na última visita, em novembro de

2016, mas, ao que tudo indica, quase nada mudou desde então. Entre as pendências estão a falta de manutenção nas vias e a sujeira em terrenos baldios. Segundo histórias relatadas pelos habitantes mais antigos, no século passado o local era caminho de carvoeiros, o que motivou a escolha do nome “Morro do Carvão”. A localidade servia como passagem para esses profissionais e para o trem da extinta Leopoldina que, anos mais tarde, passaria a se chamar RFFSA. O bairro foi crescendo, assim como a diferença social. Basta caminhar um pouco pelas ru-

FOTOS KANÁ MANHÃES

Moradores do Alto dos Cajueiros cobram modernização do bairro

Obras sem previsão de serem retomadas Mais uma promessa que nunca saiu do papel. O projeto de urbanização na linha férrea, no trecho que divide a Costa do Sol e o Alto dos Cajueiros, está cada dia mais longe de se tornar uma realidade. Pelo menos é isso o que relatam os moradores. Na semana passada, o jornal O DEBATE publicou uma reportagem falando sobre o caso. Até então, a prefeitura ainda não havia se pronunciado sobre as obras, que seguem paradas há mais de três anos. “Eles iniciaram em 2015, mas até hoje a única coisa que fizeram foi o manilhamento. Antes o esgoto corria a céu aberto aqui. Pelo menos isso parou de acontecer depois que o serviço foi feito. No entanto, a gente aguarda a urbanização, conforme nos foi prometido na

Presidente do bairro, Robson, mostra local que seria área de lazer

época que seria feito e até hoje nada. Inclusive, isso foi anunciado pela prefeitura nas suas redes sociais. Existe um projeto

de urbanização e pavimentação, mas não sabemos se isso um dia vai se tornar realidade ou não”, diz Robson.

Ele enfatiza que já procurou as autoridades algumas vezes, mas sem sucesso. “Estive na secretaria de Obras em busca de respostas e me informaram que a prefeitura não tem verba para infraestrutura. Eu me pergunto, não tem recurso para melhorias nos bairros? E os milhões arrecadados em royalties e impostos? O que dá a impressão é que não existe interesse”, lamenta. Além do Executivo, ele busca apoio do poder Legislativo. “Procurei um vereador e pedi a ele que fizesse esse requerimento, que já está tramitando na Câmara, ao prefeito Dr. Aluízio. Essas obras serão de grande importância para a população. Esperamos que os vereadores nos ajudem a cobrar da prefeitura que a urbanização seja concluída”, finalizou.

Infestação de ratos e mosquitos Sem prazo de retomar os trabalhos, o morador conta que nem mesmo o serviço básico de manutenção vem sendo feito. Nas imagens feitas é possível ver que o matagal toma conta da linha do trem. “Estamos esquecidos pelo poder público. O local está totalmente abandonado. O mato cobrindo tudo. Nem mesmo a limpeza tem sido feita”, diz ele, ressaltando que a situação gera inúmeros transtornos. Um deles é o problema de zoonoses. “Sem capina, o local está virando cria-

douro de mosquitos. Estamos sofrendo com uma infestação. A prefeitura nos abandonou”, conta. Durante o período em que ficou no local, a nossa equipe de reportagem pôde comprovar as reclamações da infestação de mosquito. Entre os insetos encontrados estava o Aedes aegypti. “Quem mora nas proximidades está reclamando demais dos mosquitos e ratos. Enquanto não limparem essa área, isso nunca vai ter solução”, lamenta.

SEM ÁREA DE LAZER

Direito de todos, mas acessível para poucos. Essa é a realidade da população em Macaé quando o assunto é lazer. Apesar de o governo municipal ter realizado a reforma de algumas praças ao longo dos últimos anos, e ter criado algumas novas, muitos espaços seguem abandonados pelo poder público. É o caso do Alto dos Cajueiros que há anos luta pela construção de uma praça no bairro. “Isso é uma reivindicação antiga nossa. Eu nasci e fui criado aqui.

Era um sonho meu quando era novo e agora vejo que outras gerações surgiram e passam pelo mesmo que meus vizinhos e eu passamos no passado. Tem vários terrenos aqui. A prefeitura poderia comprar um deles e fazer a praça aqui, ou então, no local onde seria urbanizado na linha do trem. As crianças e os jovens não têm onde se divertir. Tudo depende de ir para outros bairros ou então na rua, correndo o risco de serem atropelados”, diz Robson, que mora há 30 anos no local.

Limpeza precisa melhorar A cada 10 bairros, pelo menos 9 registram reclamações sobre a limpeza. E no Alto dos Cajueiros não tem sido diferente. Canteiros e meios-fios sem capina evidenciam o abandono da prefeitura, que tem “deixado a desejar”, segundo os moradores. “Eles atendem apenas se a gente fizer a solicitação. Não existe um cronograma que atenda o bairro periodicamente, como deveria ser. As reclamações são muitas”, diz Robson. “Na linha do trem está

tudo abandonado, o mato com mais de 2 metros de altura. Precisamos de um mutirão aqui”, completa. Mas não são só os espaços públicos que acabam sendo alvos do desrespeito. Terrenos particulares também viram depósito para tudo que é tipo de material. Vale ressaltar que, além de comprometer o meio ambiente, esses resíduos acabam virando criadouros para o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus.

Matagal retrata a falta de serviço de capina no bairro

O que diz a prefeitura A Prefeitura informou em nota que o atendimento ao bairro está no cronograma do Centro de Controle de Zoonoses(CCZ) da próxima semana. Caso haja chuvas

fortes, o cronograma pode ser alterado. Para solicitações de visitas ou dúvidas, o cidadão pode entrar em contato com o CCZ, pelo telefone: 0800-0226461 ou pelo

email: cczmacae@yahoo.com.br. Sobre a limpeza das ruas (capina), retirada de entulhos emanutenção das galerias pluviais, a prfeitura disse que o trabalho de

manutenção é contínuo no município, porém, a Secretaria Adjunta de Serviços Públicos informou que vai enviar uma equipe para verificar a situação do local.

as para ter a sensação de estar em dois bairros diferentes. Por um lado casas de médio e alto padrão, e de outro, construções humildes. Mas se tem uma coisa certa ali é que o poder público tem deixado de fazer o seu papel. Ele fica situado em um local estratégico, pois está exatamente entre a Região Central da cidade e a Praia dos Cavaleiros. Em poucos minutos de caminhada é possível chegar ao

centro comercial de Macaé ou às praias. “O Alto dos Cajueiros é um dos bairros mais antigos de Macaé. Já passou da hora de ser modernizado. Moramos a menos de um quilômetro da casa do prefeito e ele nada faz por nós aqui. E isso é algo que vem sendo motivo de descaso desde as gestões anteriores”, lamenta o vice-presidente da Associação de Moradores, Robson Santos de Souza.

OLHO VIVO Muda Cidade, muda Brasil

A

lguém, muito acertadamente, observou que não se mora em um país ou em um estado - vivemos todos em alguma cidade. Isso porque, por mais que sejamos atingidos pelas medidas e leis promulgadas nas capitais, o que mais nos impacta no nosso dia-a-dia são as coisas com as quais convivemos nas nossas cidades. O trânsito, os ruídos, o comércio, a coleta de lixo e esgotos, a segurança pública, o ar que respiramos, tudo advém dos poderes públicos locais. Ou da sua omissão, em grande parte das vezes. Isso demonstra porque é tão importante para todos que as prefeituras e câmaras legislativas funcionem adequadamente. Nossa qualidade de vida é decidida nos gabinetes municipais. É lá que a coleta de lixo é planejada, os horários de funcionamento do comércio são estipulados, as linhas de ônibus municipais são instituídas e tudo mais que encontramos nas vias urbanas ou em suas calçadas. Mesmo os serviços concedidos de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto ficam à mercê das decisões municipais, uma vez que é a prefeitura quem determina para quem eles serão concedidos. Portanto, ainda que a CEDAE seja estadual, faculta aos prefeitos assinar convênio com ela ou conceder esses serviços a alguma outra empresa mais competente. Paradoxalmente, no entanto, nos indignamos com roubalheiras e absurdos federais e estaduais, e costumamos não dar conta daquilo que ocorre em nossas esquinas. Nos revoltamos com o desmatamento da Amazônia, mas nem ligamos para as pessoas que jogam lixo nas ruas, que logo irão contaminar nossos rios e praias depois que entupirem bueiros e manilhas e causarem alagamentos e inundações. Ou ainda nos solidarizamos com ambulantes vendendo produtos sem nota fiscal reconhecendo-o como um mero chefe de família lutando por sua sobrevivência “honestamente”. E nos escandalizamos com os índices de roubo a transeuntes e de cargas, cobrando do Estado mais policiamento, enquanto compramos o fruto desses roubos nas bancas de camelô. Enquanto as prefeituras permitirem a atuação desses varejistas de produtos desviados e contrabandeados, não faltarão “atacadistas fornecedores” de mercadorias. Enquanto isso, comerciantes

amargam cargas tributárias estratosféricas e elevados custos para contratação de mão de obra. Da mesma maneira, o poder público municipal ao fazer vista grossa para invasões e ocupações irregulares, promove a criminalidade ao permitir que se institua grandes bolsões carentes de serviços públicos e com mobilidade restrita, propiciando a tomada desse território por facções que se estabelecem traficando drogas, promovendo a violência e tomando a população carente local como refém. Ao mesmo tempo, aceitamos passivamente que falsos líderes comunitários se estabeleçam nas câmaras de vereadores formando aparatos de arrecadação em cima do dinheiro público destinado à verba de gabinete, assessoria parlamentar (repasse de salários), dotação orçamentária assistencialista destinada a esquemas de compadrio para cabos eleitorais, etc. Nos escandalizamos ao assistirmos na TV os arquiassaltos às estatais e aos ministérios, e nos julgamos impotentes para mudar qualquer coisa. Mas outro dia mesmo assistimos um vereador ser detido dentro da Câmara de Macaé flagrado recebendo dinheiro de repasse de assessores, mas pouca gente se deu conta. Sabe-se que outros fazem o mesmo, mas são reeleitos para diversos mandatos. Não nos sentimos assaltados quando o ilícito ocorre dentro da Câmara ou Prefeitura municipal de nossa cidade. Aceitamos como algo inevitável e trivial, mas nos enojamos com as malas de dinheiro e conchavos estaduais e federais. Esquecemos que para mudar esse cenário não haverá nenhum “salvador da pátria” e sim a criação de uma nova mentalidade intransigente com desvios de QUALQUER dinheiro público. Não haverá salvação que virá de cima para baixo. Só avançaremos com a criação de uma mentalidade que deverá surgir com o amor dos cidadãos às suas cidades, exigindo correção e honestidade do poder público local, fazendo uso dos mecanismos de controle social instituídos, entre eles a Justiça, o Ministério Público e a imprensa. E sobretudo, votando corretamente. Se fizermos isso nas nossas Cidades, estaremos passando o Brasil a limpo. É o ponto de partida! JJ Duran


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

INSEGURANÇA

7

TAÇA RIO

Assaltos constantes Flamengo aposta em transformam rotina dos time alternativo para moradores da Vila Badejo o jogo contra o Macaé Partida pela quinta Desde 2015 a população denuncia a rodada acontece neste situação no bairro que não tem melhoras sábado, às 19h30, no Estádio Claúdio Apesar de indicar tran- morador. balha com o mapeamento das Moacyr de Azevedo quilidade, a Vila Badejo é um bairro que vem passando por transformações devido a insegurança. Desde 2015, moradores procuram o jornal O DEBATE denunciando a falta de policiamento no local, e como consequência disso, os casos de assaltos a transeuntes e comércios só têm aumentado. A nossa equipe foi mais uma vez procurada por um morador do bairro, que relatou as mudanças que precisam ser adotadas pela população local para evitar os roubos. Segundo ele, a espera pelo transporte coletivo urbano nos pontos de ônibus é a principal apreensão dos moradores. “A situação é a mesma, nada mudou, só piorou. Esperar os ônibus no ponto é a certeza de ser assaltado, principalmente quando se está sozinho. Geralmente, os criminosos praticam o roubo em motocicletas e até em bicicletas, mas sempre armados. As mulheres são as principais vítimas”, relatou o

Por conta dos assaltos e da falta de segurança, os moradores passaram a adotar medidas que possam evitar os crimes. “O morador fica observando o ponto de ônibus, principalmente este da praça, quando percebem que tem gente, vão pro local aguardar o transporte. Evitam caminhar sozinhas também, principalmente as mulheres, que são as principais vítimas.” O morador também frisou que os assaltos não acontecem apenas com os transeuntes, os comércios sempre são alvos de criminosos. “A padaria já foi assaltada mais de dez vezes, e possui segurança privada, mas infelizmente não dá conta. A nossa creche do bairro foi assaltada há cerca de quatro meses também. A creche foi a que mais sentimos, já que, como comunidade, estamos sempre realizando benfeitorias para o local. Levaram televisões e outras coisas da escola. Esta é realmente uma situação lamentável.” A Polícia Militar (PM) tra-

áreas de riscos do município, ou seja, onde ocorrem mais roubos e há o registro dos casos na delegacia, o policiamento é direcionado. Para o caso de prevenção, a PM pede que os moradores colaborem com informações nos vários canais de comunicação ofertados pelo 32º BPM. Colaboração - Para ajudar a Polícia Militar no combate à criminalidade e violência em toda a área do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM), qualquer cidadão pode denunciar pessoas e situações suspeitas. Basta entrar em contato com o Disque-Denúncia da Polícia Militar através do número 2765-7296. O telefone está à disposição da população 24 horas por dia para atender todos os chamados, e não é preciso se identificar. Além das ligações, os cidadãos também podem passar informações pelo WhatsApp, através do número 981682344. Ou por e-mail para: denuncie@32bpmrj.org .

De um lado, o Macaé Esporte, que busca a primeira vitória na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, para fugir do possível rebaixamento. Do outro, o Flamengo, campeão da Taça Guanabara, que visa manter a liderança do Grupo B. A partida pela quinta rodada acontece neste sábado (10), às 19h30, no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo. O time da casa deve trazer no seu elenco o atacante Pipico, atual artilheiro da competição com seis gols, que volta a estar disponível para o técnico Josué Teixeira após cumprir a suspensão. Já o Flamengo, que tem pela frente o seu segundo jogo pela Libertadores na quartafeira (14) contra o Emelec, deve apostar em um time alternativo para o duelo do Cariocão. Em coletiva realizada na manhã de sexta-feira (9), Lucas Paquetá ressaltou que todo o elenco, independente de ser

BRUNINHO VOLOTÃO

GILVAN DE SOUZA

Pipico (Macaé Esporte) e Vinicius Jr. (Flamengo) são alguns dos possíveis nomes para o duelo da Taça Rio

titular ou não, está bem preparado para defender o time em qualquer duelo. “Cada um ali faz o melhor de si para ajudar o Flamengo dentro de campo. O elenco montado, independe de quem vai jogar no dia, vai representar bem o nosso time. Para alguns que não têm jogado será uma boa oportunidade de atuar”, declarou ele, que será poupado para o confronto deste sábado. Assim como Paquetá, o técnico Carpegiani também não deve escalar para esse jogo os seguintes nomes: Éverton Ribeiro, Diego, Everton, Henrique Dourado, Renê e Rhodolfo, que

estão fora do confronto contra o Alvianil Praiano. Diante disso, a provável escalação Rubro Negra deve ser: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Thuler e Trauco; Cuéllar, Jonas e Willian Arão; Vinícius Júnior, Geuvânio e Felipe Vizeu. Os ingressos para o jogo estão à venda nos seguintes pontos: Moacyrzão (bilheteria), sede do Macaé (Centro), Choperia Largadão, Banca Top 7 e na Barbearia do Joãozinho (Rua Tenente Coronel Amado). O valor do ingresso é de R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia, mediante a apresentação do documento de identificação).


8

CADERNO DOIS

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

VIP'S por ISIS MARIA

“Ao homem que o agrada, Deus dá sabedoria, conhecimento e felicidade. Quanto ao pecador, Deus o encarrega de ajuntar e armazenar riquezas para entregá-las a quem o agrada. Isso também é inútil, é correr atrás do vento.” (ECLESIASTES 2:26)

isismaria@odebateon.com.br

Empório Bistrô Zengibre é inaugurada Em ambiente dos mais agradáveis e clima de muito entusiasmo e sorrisos, foi inaugurado o Empório Bistrô Zengibre, com o que há de mais moderno no mercado dos produtos naturais e veganos e fundamentado no equilíbrio, boa alimentação e vida saudável. O no-

vo empreendimento fica em Imboassica - Av. Muylaert Salgado, 951 - Norte Sul Boulevard (ao lado do Condominio Vale dos Cristais), sob a direção das empresárias Daniella Paixão Moreira e Vanesca Pinheiro Dantas. A novidade coloca em evidência um

ambiente agradável de forma leve e saudável, destacando-se como bistrô vegetariano com opções veganas tanto para lanches, sobremesas e refeições. A proposta do Zengibre é reunir em um só lugar produtos como o sorvete vegano

As novas empresárias Vanesca e Daniella celebrando o sucesso do novo empreendimento

Hoba, alimentos importados da marca Now Foods, além de lanches e refeições naturais com cardápio especial de surpresas, diariamente, oferecendo, por exemplo, ceviche e salpicão vegetarianos, moqueca de banana da terra, entre outros. Por outro lado, a casa pro-

As empresárias Daniella e Vanesca recepcionando Juliana, Samuca e Ruan Barreto

Gianini Coelho sendo recebido pelos maridos das empresárias, Fernando Moreira e Gustavo El Hage

Vanesca e Daniella junto a Jackqueline

Sabrina, Werner e Daniele Salgado levaram o seu abraço às empresárias

porciona opções interessantes, como pães e bolos sem glúten e sem lactose, pipocas artesanais, tábuas de queijos, vinhos, chás orgânicos e muito mais. Merece lembrar ainda a linha cosméticos veganos com matéria prima orgânica, que não causam alergia.

Daniella junto a amiga Paula Barcelos

Presenças queridas de Célia Cabral, Sônia Rocha e Adelmayres

Neide e Bruno também marcaram presença na inauguração

O DEBATINHO por KÁTIA GOLOSOV CURE katiacure@bol.com.br Olha quanta beleza nessa princesinha, que nasceu há três meses!!! É a Luna Lima, a plena felicidade que Papai do Céu endereçou a seus papais, Luana Lima e Marcio Raro, que desde seu nascimento, são somente gratidão para com Deus. Uma joia preciosa!!! Ela é um trevo de quatro folhinhas, quem a recebeu vibra de amor por essa pequenina!!! É a Gabriela Ribeiro Mussi, a rainha de seus papais, Silviane Ribeiro Azevedo Mussi e Gabriel de Abreu Mussi. Encantadora!!!

Ela anda, desfila, faz pose com nobreza!!! É a Maria Eduarda Valente, a riqueza em ascensão de sua vovó, Valeria Valente. Muito delicadinha!!!

Ela é um charme de mocinha!!! É a Gabriela Gonçalves de Figueiredo, o sorriso mais brilhante de sua mamãe, a advogada e Gestora Pública Municipal, Mônica Gonçalves. Muito bela mesmo!!! Esse talentoso galã é o Miguel Gonçalves de Carvalho, o orgulho de seus papais: Gisele e Gláucio de Carvalho. Uauuu, Oh cara!!!

Ela não é um arraso, de tão linda??? É a Maria Eduarda Portugal, a mocinha estilosa, no qual a mamãe Luana de Oliveira não economiza amor. Uma graça mesmo!!!!


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira,12 de março de 2018

9

ENCHENTES

Após fortes chuvas, Macaé entra em estado de alerta Há registros de transtornos em vários bairros da cidade. Distritos serranos são os mais afetados pelo mau tempo Marianna Fontes

KANÁ MANHÃES

KANÁ MANHÃES

KANÁ MANHÃES

KANÁ MANHÃES

marifontes@odebateon.com.br

U

m cenário que lembrou aos macaenses a tragédia ocorrida em 2013. Mais uma vez as chuvas voltaram a causar estragos na Capital do Petróleo, que segue em estado de alerta. As fortes chuvas são decorrentes da atuação de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul, que tem deixado o tempo instável em todo o Estado do Rio de Janeiro. Segundo a prefeitura, entre o final da tarde de quinta-feira (8) e a madrugada de sextafeira (9), em seis horas choveu o esperado para sete dias: 150 mm, número considerado acima da média esperada. Por conta disso, vários bairros, comunidades e distritos serranos registraram pontos de alagamentos, quedas de árvores, interrupção no fornecimento de energia e água e até mesmo a interdição de estradas rurais. Como a previsão é de que o tempo continue instável durante o final de semana, equipes de vários órgãos da prefeitura, entre eles, a Defesa Civil, seguem nas ruas atendendo os chamados da população, principalmente na região serrana, área mais castigada. Entre os bairros bastantes castigados estavam o Novo Horizonte, Campo d'Oeste,

Diversos bairros tiveram pontos de alagamentos causando grande transtorno aos moradores. Também foi registrado queda de árvores

Visconde de Araújo, Sol y Mar, Riviera, Novo Cavaleiros, Granja dos Cavaleiros, Nova Holanda, Nova Esperança,

Piracema, Jardim Aeroporto, Praia Campista, entre outros. Na Cidade Universitária, na Granja, o nível da água subiu

tanto que estudantes e funcionários tiveram que passar a noite no local, isolados. Imagens enviadas por alguns deles

mostram que a água chegou a cobrir os veículos no estacionamento. A poucos metros dali, um carro chegou a cair no

canal em frente a entrada do Shopping Plaza Macaé. No Bairro da Glória, próximo ao trevo do Hotel Dubai, que está passando por obras de infraestrutura, uma carreta e um veículo de passeio caíram nos buracos e ficaram presos até a manhã de sexta-feira. No Centro, moradores e comerciantes tiveram suas casas e estabelecimentos invadidos pela água. Há relatos de alagamentos em vias importantes, como a Rua Alfredo Baker, Rua Tenente Coronel Amado, Rua Velho Campos, Rua Teixeira de Gouveia e Avenida Papa João XXIII. “A água entrou em casa e estragou os móveis. O que deixa a gente indignado que isso não é a primeira vez que acontece. Moro aqui há quase uma década e já perdi as contas de quantas vezes os alagamentos me causaram transtornos. Toda vez que chove é a mesma história. Assim como eu, a maioria dos vizinhos me relatou que não ouviu o barulho das bombas, o que achei estranho pois a gente sempre escuta quando estão ligadas”, relata o morador Carlos Henrique. Apesar das denúncias, a prefeitura informou que todas as bombas de drenagem estão funcionando normalmente desde a tarde de quinta-feira (8) devido ao grande volume de chuvas.

Temporal deixa 40 mil alunos sem aula Situação na serra segue crítica Por conta da situação, as aulas na rede pública municipal, na rede particular e na Cidade Universitária foram suspensas. O mesmo ocorreu com as Estratégias Saúde da Família (ESF) do Horto e Campo D'Oeste, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Imboassica e Casa da Vacina devido as dificuldades de acesso.

O transporte público também foi afetado e passou a funcionar com restrições em todas as linhas. 11 passageiros chegaram a ser resgatados pelo Corpo de Bombeiros após ficarem presos dentro do coletivo na noite de quinta-feira, na Avenida Aristeu Ferreira da Silva, na Granja. Para orientar os condutores e auxiliar no

tráfego, a secretaria de Mobilidade Urbana colocou todos os agentes de trânsito nas ruas. Devido aos transtornos, a prefeitura emitiu uma nota orientando a população para evitar sair de casa. A recomendação é que as pessoas só se desloquem pelo município se houver realmente muita necessidade.

EU LEITOR, O REPÓRTE

MÁRCIO SIQUEIRA

Se a situação está crítica na cidade, nos distritos serranos o caos é ainda maior. Desde o início da semana a população vem sendo fortemente castigada com os temporais. Por conta disso, a prefeitura tem reforçado as equipes na região e conta com o suporte do Corpo de Bombeiros. Os acessos em estradas em Crubixais, Boa Alegria, Serra da Cruz e Bicudas ficaram obstruídos devido a lama e a queda de barreiras. Outro trecho afetado foram as pontes de Trapiche e Córrego do Ouro, que precisaram ser interditadas para veículos de grande porte. Todas as linhas de ônibus estão operando com restrições e itinerários alterados. Na região serrana está sendo feito sistema de baldeação. Uma delas é linha Macaé x Frade. Um morador de Glicério enviou imagens da região. “Várias estradas aqui estão interditadas, sem acesso de carro ou moto. As ruas seguem alagadas. Um verdadeiro caos. A Defesa Civil está aqui atuando, mas está realmente complicado”, relata Fernando. Por conta disso, o abastecimento de água na serra foi interrompido e restabelecido nas localidades de Córrego do Ouro, Trapóleo e Sana. Já em Glicério, Trapiche e Frade o trabalho continua para que a normalização no fornecimento ocorra o quanto antes. A orientação para economia de água permanece.

Apesar de não haver registros oficiais de desalojados ou desabrigados, apenas uma família da serra foi conduzida pela prefeitura para uma pousada como medida de segurança. A prefeitura reitera que não houve rompimento da barragem do Rio São Pedro. O que houve foi transbordamento do rio por conta do volume de chuva. Diante disso, ela orienta que a população deve ficar atenta somente às informações oficiais sobre o município pelo Facebook da prefeitura e site: www.macae.rj.gov.br.

A Defesa Civil atua em plantão de 24h e, em caso de necessidade, o contato pode ser feito pelo 199. A orientação dela é para que a população evite o contato com rios e cachoeira, bem como não ultrapasse faixas marginais de proteção. Informações e solicitações podem ser feitas pelo telefone: 2793-3846. As bases operacionais da região serrana estão na quadra de Trapiche (anexo ao Hospital do Trapiche), contato: 2793-3372, e na secretaria de Interior, contato pelos telefones: 2791-2725 e 2793-3372. EU LEITOR, O REPÓRTE

DIVULGAÇÃO

FRASE

Bombeiros foram chamados para resgatar passageiros de ônibus que ficaram ilhados

Cruz Vermelha inicia campanha de doação A Cruz Vermelha Brasileira filial de Macaé, em apoio às fámilias da região serrana vítimas de alagamento devido a intensa chuva na região, está iniciando uma campanha de doação dos seguintes itens: Água, roupas, alimentos, sa-

patos, produtos de uso pessoal (papel higiênico, creme dental, escova e etc), colchões, roupas de cama e banho. Os donativos podem ser entregues na sede da Cruz Vermelha, sito à Rua Dr. Télio Barreto, 323, sala 102, no Cen-

tro; 32º Batalhão de Pólicia Militar, Avenida Hildebrando Alves Barbosa, s/n, Barra de Macaé; Sede da Guarda Municipal, Avenida Camilo Nogueira da Gama, nº 2, bairro Botafogo. Mais informações pelo telefone (22) 99703-9202.

“Enviamos uma equipe para dar todo o suporte a Defesa Civil nos distritos serranos” CEL ANDRÉ SIQUEIRA, COMANDANTE DO 9ºGBM

Região Serrana continua sendo castigada pelas fortes chuvas


12

www.odebateon.com.br

Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018, Ano XLII, Nº 9511

Fundador/Diretor: Oscar Pires

CADERNO DOIS O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Mulheres ganham homenagem e dão show de competência O Hotel Personal e jornal O DEBATE promovem homenagem à classe feminina pelo Dia Internacional da Mulher Isis Maria Borges Gomes isismaria@odebateon.com.br

D

urante a homenagem especial à classe feminina pelo Dia Internacional da Mulher, uma data que representa todas as conquistas femininas nos últimos séculos, promovida pelo Hotel Personal e jornal O DEBATE, a competência da mulher ficou em evidência, ga-

nhamdo destaque também a sua valorização na sociedade. O evento aconteceu no Salão de Convenções do Hotel Personal, na quinta-feira, dia 8 de março, quando o mundo reverenciou a atuação da mulher na sociedade, numa iniciativa dos empresários Oscar e Zilma Pires. As homenagens transcorreram em meio a delicioso Coffee Break, abordando o tema

“Empoderamento Feminino”. Na oportunidade, as mulheres ganharam flores, presentes e muitos abraços. O evento contou com a participação da Cerimonialista Anna Paula Saudação, da Win Personalizações e Eventos, e das seguintes convidadas: Drª Mônica Gonçalves - advogada e membro da Comissão da Mulher da OAB; Nika Gripp - dirigente de Dança

Sênior em Macaé e renomada bailarina; Empresaria Marcia Eliane Barbosa - representante da Associação Comercial e Industrial de Macaé; Marilene Fernandes - Fundadora e Diretora Presidente da AMADA; e da Psicóloga Fatima Barreira. Cada representante das mulheres macaenses falou sobre o assunto, mas todas com o mesmo ponto em comum: o fortale-

cimento do papel da mulher na sociedade. Realmente, foi um show de competência das profissionais, expressando ações de fortalecimento das mulheres, no sentido de desenvolver a equidade de gênero, visando sempre a conscientização sobre a luta pelos seus direitos. O jornalista Oscar Pires ressaltou a competência profissional das mulheres, que se comprova

nos dias atuais até mesmo em áreas de atuação que eram exclusivamente masculinas. O encerramento foi marcado pelos diretores oferecendo bouquet de flores e um Relógio da marca O DEBATE às palestrantes. O evento contou com o apoio da loja Babuska, Salgados Macaé, Mônica Cosméticos - Lingerie & Multimarcas e Avenida Calçados. FOTOS WANDERLEY GIL

O jornalista Oscar Pires ressaltou a competência profissional das mulheres

Zilma Pires entregando flores à homenageada Marilene Fernandes

Zilma prestando a homenagem a Andréia Britto, Isis Borges, Kátia Golosov Cure e Fátima Barreiras

Zilma sendo homenageada pelo marido Oscar Pires

A Cerimonialista Anna Paula Anjos desempenhando com elegância a sua função

As lindas mulheres homenageadas pelo jornal O DEBATE e Hotel Personal

A homenageada Nika Gripp falando sobre o Empoderamento da Mulher

A homenageada Mônica Gonçalves recebendo flores de Isis Borges

A homenageada Fátima Barreira falando sobre a trajetória de luta das mulheres

A Diretora Zilma Pires com a homenageada, a colunista Kátia Golosov Cure

As homenageadas Nika Gripp e Marcia Costa

Zilma e Oscar homenageando Ana Clara, Isis e Anna Paula Anjos

Oscar Pires e a homenageada Bernadete Vasconcellos


www.odebateon.com.br

Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018, Ano XLII, Nº 9511

Fundador/Diretor: Oscar Pires

1

CADERNO DOIS O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Mulheres ganham homenagem e dão show de competência O Hotel Personal e jornal O DEBATE promovem homenagem à classe feminina pelo Dia Internacional da Mulher Isis Maria Borges Gomes isismaria@odebateon.com.br

D

urante a homenagem especial à classe feminina pelo Dia Internacional da Mulher, uma data que representa todas as conquistas femininas nos últimos séculos, promovida pelo Hotel Personal e jornal O DEBATE, a competência da mulher ficou em evidência, ga-

nhamdo destaque também a sua valorização na sociedade. O evento aconteceu no Salão de Convenções do Hotel Personal, na quinta-feira, dia 8 de março, quando o mundo reverenciou a atuação da mulher na sociedade, numa iniciativa dos empresários Oscar e Zilma Pires. As homenagens transcorreram em meio a delicioso Coffee Break, abordando o tema

“Empoderamento Feminino”. Na oportunidade, as mulheres ganharam flores, presentes e muitos abraços. O evento contou com a participação da Cerimonialista Anna Paula Saudação, da Win Personalizações e Eventos, e das seguintes convidadas: Drª Mônica Gonçalves - advogada e membro da Comissão da Mulher da OAB; Nika Gripp - dirigente de Dança

Sênior em Macaé e renomada bailarina; Empresaria Marcia Eliane Barbosa - representante da Associação Comercial e Industrial de Macaé; Marilene Fernandes - Fundadora e Diretora Presidente da AMADA; e da Psicóloga Fatima Barreira. Cada representante das mulheres macaenses falou sobre o assunto, mas todas com o mesmo ponto em comum: o fortale-

cimento do papel da mulher na sociedade. Realmente, foi um show de competência das profissionais, expressando ações de fortalecimento das mulheres, no sentido de desenvolver a equidade de gênero, visando sempre a conscientização sobre a luta pelos seus direitos. O jornalista Oscar Pires ressaltou a competência profissional das mulheres, que se comprova

nos dias atuais até mesmo em áreas de atuação que eram exclusivamente masculinas. O encerramento foi marcado pelos diretores oferecendo bouquet de flores e um Relógio da marca O DEBATE às palestrantes. O evento contou com o apoio da loja Babuska, Salgados Macaé, Mônica Cosméticos - Lingerie & Multimarcas e Avenida Calçados. FOTOS WANDERLEY GIL

O jornalista Oscar Pires ressaltou a competência profissional das mulheres

Zilma Pires entregando flores à homenageada Marilene Fernandes

Zilma prestando a homenagem a Andréia Britto, Isis Borges, Kátia Golosov Cure e Fátima Barreiras

Zilma sendo homenageada pelo marido Oscar Pires

A Cerimonialista Anna paulo Anjos desempenhando com elegância a sua função

A lindas mulheres homenageadas pelo jornal O DEBATE e Hotel Personal

A homenageada Nika Gripp falando sobre o Empoderamento da Mulher

A homenageada Mônica Gonçalvez recebendo flores de Isis Borges

A homenageada Fátima Barreira falando sobre a trajetória de luta das mulheres

A Diretora Zilma Pires com a homenageada, a colunista Kátia Golosov Cure

As homenageadas Nika Gripp e Marcia Costa

Zilma e Oscar homenageando Ana Clara, Isis e Anna Paula Anjos

Oscar Pires e a homenageada Bernadete Vasconcellos


2

CADERNO DOIS

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

CULTURAL ARQUIVO SECOM

1001 Espetáculos leva atrações ao bairro da Ajuda As apresentações acontecem neste sábado às 10h e às 14h

A

população da Ajuda poderá curtir duas atrações do projeto 1001 Espetáculos no sábado (10). Com entrada franca, a Cia de Encenações Musicais promete muita diversão em dois horários com

duas apresentações diferentes: às 10h acontecerá o espetáculo "Enquanto Houver Criança" e às 14h, "Roda Gigante". O 1001 Espetáculos é um projeto cultural de ônibus teatro que nasceu no ano passado e irá percorrer as

cidades de Macaé, Campos dos Goytacazes, Nova Friburgo, Itaperuna, Niterói e Rio de Janeiro. O projeto conta com a realização de 200 oficinas e 90 espetáculos teatrais gratuitos envolvendo mais de 20 mil

crianças, 40 escolas públicas e 33 mil espectadores em periferias com pouco ou nenhum acesso a equipamentos teatrais. O ônibus teatro estará na Quadra Poliesportiva da Ajuda, na rua José Alves de Azevedo,s/

n°, próximo à subida do Planalto. Para realizar o projeto, um ônibus comum foi transformado em um equipamento teatral, com direito a estrutura de camarim, riders de luz e som, cenografia técnica e mobiliário de plateia.

Durante a semana, o 1001 Espetáculos ocupa as escolas municipais com oficinas de artes cênicas. Nos finais de semana, o projeto é levado aos espaços públicos com a apresentação de espetáculos.

AFETOLOGIA - A CIÊNCIA DOS AFETOS por PAULO DE TARSO PEIXOTO

Paulo-de-Tarso de Castro Peixoto Compositor, pianista e arranjador / Graduado em Musicoterapia - CBM - RJ / Graduado em Filosofia - Unimes - Santos - SP / Pós-graduado em Educação, Currículo e Práticas Educativas - PUC - RJ / Pós-graduado em Psicopedagogia - UCAM - RJ / Especialista na Abordagem Gestáltica - Teresinha Mello da Silveira (RJ) Mestre e Doutor em Psicologia - UFF - Niterói - RJ / Pós-Doutorado em Filosofia - UFRJ e Université Paris-Est Créteil Val de Marne - Paris XII / Professor do Curso de Especialização em Saúde Mental e Atenção Psicossocial - LAPS-ENSP-FIOCRUZ / Professor do Curso de Pós-graduação em Humanidades na Contemporaneidade - UFRJ Macaé (RJ) / Professor do Curso de Pós-graduação em Psicologia Clínica na Abordagem Gestáltica - IPGL [sob a coordenação da PF. Dra. Teresinha Mello da Silveira].

O INESPERADO A vida nos coloca em situações inesperadas! Por vezes, a vida toca a porta de nossa existência e não nos pergunta se estamos prontos para viver o que ela nos reserva. Em meio ao que a vida nos convida a viver, podemos ter que parar inúmeras atividades que antes executávamos meio que no automático. Trabalhar, ir ao supermercado, fazer ginástica, estudar, passear, ir numa festa, ir à igreja, fazer tantas coisas que, ao longo do tempo, fazemos sem perceber o valor delas. Quando precisamos parar tudo o que estávamos fazendo antes [por inúmeros motivos] a vida nos revela quem estará conosco n e st a n ov a j o r n a d a ! Sim, descobriremos

quem estará conosco e ao nosso lado para compreender este momento! Podemos nos deparar com a descoberta de pessoas que antes não levaríamos em conta numa situação como esta. Outras, pelas quais criamos t a n t a s e x p e c t a t i v a s, podem se revelar de outras maneiras. Assim, seguindo os nossos princípios da Afetologia, descobriremos as capacidades da empatia, da proximidade, do afastamento, das ressonâncias, da compreensão, de incompreensão, de tolerância, de intolerância, de paciência e de impaciência frente ao nosso modo de ser que a vida nos convida a viver num dado momento. Claro, as experiên-

cias de vida nos dizem e nos ensinam que o melhor não será criar expectativas sobre as pessoas, não esperando nada delas! Contudo, por mais que exercitemos este ponto de vista metodológico sobre nossos modos de nos relacionarmos com os outros, sempre fica uma pontinha de que poderemos contar com as pessoas que consideramos. Poderemos nos enc o n t r a r n e st a s s i t u ações que a vida nos convida a viver com a experiência da decepção, da frustração que podem fazer brotar em nós a nossa capacidade de ressentir... sim, passamos a viver o ressentimento que tem como origem o afeto de tristeza movido pelas

imagens e ideias de que uma pessoa [ou pessoas] não correspondera ao que pensávamos e desejávamos como ela seria conosco! Bem, o ressentimento é um estado afetivo, ou seja, é um modo de ser que nasce de determinadas situações onde somos afetados e que diminui a n o s sa p ot ê n c i a d e existir [diminuindo a nossa vitalidade]. Este estado afetivo movimenta a nossa imaginação, produzindo imagens de uma certa revolta, pois a pessoa não correspondera àquilo que desejávamos! Uma mistura de imagens, de ideias confusas e de emoções tristes nos envolvem de tal modo nos paralisando, nos fixando, nos cristalizando nes-

te modo de ser. Daí podemos encontrar um dos nossos modos de ser que nasce da ilusão de que poderemos ser correspondidos pelas pessoas que criámos expectativas durante a vida. O nosso ponto de vista, nestas ocasiões, é um grande egocentrismo, pois, nos colocamos no centro das coisas, no centro de todos, no centro do mundo, esperando que tudo e todos venham nos compreender! A vida bate à porta para nos ensinar sobre as coisas que precisamos viver para aumentar o nosso conhecimento sobre nós mesmos e sobre os outros. A vida nos diz a partir destas experiências que podemos aumentar o grau de conhecimento sobre

nós [compreendendo como nos fixamos em determinados modos de ser, em determinadas arquiteturas emocionais, imaginativas e ideativas] desejando que tudo e todos venham nos agradar... ou que possamos afirmar que a nossa existência não é mais importante que a de uma outra pessoa! A vida bate à nossa porta para nos retirar das nossas manias, dos nossos hábitos, dos nossos costumes [que inventamos a cada instante, a cada dia] de nos sentirmos o centro de tudo, o centro do mundo, o centro do universo! Afete os outros como você gostaria de ser afetado! Abraço, Paulo-de-Tarso


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

VIP'S por ISIS MARIA

Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

CADERNO DOIS

3

“Ao homem que o agrada, Deus dá sabedoria, conhecimento e felicidade. Quanto ao pecador, Deus o encarrega de ajuntar e armazenar riquezas para entregá-las a quem o agrada. Isso também é inútil, é correr atrás do vento.” (ECLESIASTES 2:26)

isismaria@odebateon.com.br

Empório Bistrô Zengibre é inaugurada Em ambiente dos agradáveis e clima de muito entusdiasmo e sorrisos, foi inaugurado o Empório Bistrô Zengibre, com o que há de mais moderno no mercado dos produtos naturais e veganos e fundamentado no equilíbrio, boa alimentação e vida saudável. O no-

vo empreendimento fica em Imboassica - Av. Muylaert Salgado, 951 - Norte Sul Boulevard (ao lado do Condominio Vale dos Cristais), sob a direção das empresárias Daniella Paixão Moreira e Vanesca Pinheiro Dantas. A novidade coloca em evidência um am-

biente agradável de forma leve e saudável, destacando-se como bistro vegetariano com opções veganas tanto para lanches, sobremesas e refeições. A proposta do Zengibre é reunir em um só lugar produtos como o sorvete vegano Hoba,

As novas empresárias Vanesca e Daniella celebrando o sucesso do novo empreendimento

Vanesca e Daniella junto a Jackqueline

Sabrina,Werner e Daniele Salgado levaram o seu abraço às empresárias

alimentos importados da marca Now Foods, além de lanches e refeições naturais com cardápio especial de surpresas, diariamente, oferecendo por exemplo ceviche e salpicão vegetarianos, moqueca de de banana da terra, entre outros. Por outro lado, a casa pro-

As empresárias Daniella e Vanesca recepcionando Juliana, Samuca e Ruan Barreto

Gianini Coelho sendo recebido pelos maridos das empresárias, Fernando Moreira e Gustavo El Hage

Daniella junto a amiga Paula Barcelos

CIGARRAS DE MACAÉ por AURORA RIBEIRO

porciona opções interessantes, como pães e bolos sem glúten e sem lactose, pipocas artesanais, tábuas de queijos, vinhos, chás orgânicos e muito mais. Merece lembrar ainda a linda cosméticos veganos com matéria prima orgânica, que não causam alergia.

Presenças queridas de Célia Cabral, Sônia Rocha e Adelmayres

Neide e Bruno também marcaram presença na inauguração

MENSAGEM DE FÉ por ROBSON OLIVEIRA

cigarrasmacae@gmail.com

CIGARRA DE MACAÉ - Neste 10 de março, apresentamos poesia de nossa querida Mentora, a poetisa Laurita se Souza Santos Moreira, que nos conduz a momentos de beleza através de seus versos!

COLCHA DE RETALHOS

Quase

Ainda pior que a convicção do não e Laurita de Souza Santos Moreira a incerteza do talvez é a desilusão de um quase. É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata o gosto de cambucá Quero fazer com pedaços trazendo tudo que poderia ter sido e na praia catar conchinhas linda colcha de retalhos não foi. Quem quase ganhou ainda jorevoada de gaivotas com os momentos mais belos ga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem a volta das andorinhas dos velhos tempos de outrora quase amou não amou. Basta pensar uma pipa solta ao léu de quando fui tão feliz... nas oportunidades que escaparam penavegando pelo céu Domingos ensolarados los dedos, nas chances que se perdem por medo, nas ideias que nunca sairão festivo toque de sinos noites de estrelas bordadas do papel por essa maldita mania de o apito do Rixales. que a menina sonhadora viver no outono. Como é doce recordar... as olhava extasiada... Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou O caminho da escola O canto da alvorada melhor não me pergunto, contesto. As pipocas no cinema céu ornado em aro iris A resposta eu sei de cór, está estamAquele banco da praça belas cantigas de roda pada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na injuras de amor ao luar... perfumes da minha infância Mas... Pra minha colcha acabar, diferença dos “Bom dia”, quase que madre silva, resedá sussurrados. Sobra covardia e falta só se possível voltar histórias da carochinha coragem até pra ser feliz. A paixão queima, o amor enlouquece, o dea grande ventura enfim que me contava Dindinha sejo trai. Talvez esses fossem bons de ter você ao meu lado o canto da sabiá motivos para decidir entre a alegria de ter você junto a mim! boa água da Atalaia e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio cigarrasmacae@gmail.com <mailto:cigarrasmacae@gmail.com> termo, o mar não teria ondas, os dias Aurora Ribeiro Pacheco

seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza. O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si. Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer. Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu. Pense nisso e não fique quase pensando!


4

CADERNO DOIS

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

ARTE MACAENSE

Aulas são iniviadas na Emart e nos polos de cultura A unidades de arte retomam o ano letivo ampliando o quadro de alunos

O

som dos instrumentos e a movimentação dos alunos de teatro e de pintura voltaram a fazer parte da rotina do Centro Macaé de Cultura esta semana. É que a Escola Municipal de Artes Maria José Guedes (Emart) deu início às aulas para mais um ano de aprendizado. Os polos de cultura que atendem a região serrana e o bairro Fronteira, bem como a Escola Municipal de Dança (EM Dança) também iniciaram as aulas. A Emart retomou as aulas com os cursos livres de Teatro (infantil, juvenil e adulto), Música (adulto), Musicalização Infantil, Pintura, além do técnico de Teatro e técnico em Música para as turmas iniciadas no ano passado. Entre antigos e novos alunos a escola matriculou 580 alunos até o momento. No Polo da Fronteira as aulas começaram mantendo as 15 atividades culturais e esportivas desenvolvidas no ano passado: balé, jazz, ginástica, fit dance, combat, ginástica adaptada, dança de rua, arco e flecha, jiujitsu, capoeira, kick boxing, badminton, corfebol e percussão. Com o quadro funcional composto em sua maioria por professores vinculados à Escola Municipal de Artes,

JOÃO BARRETO

Escola Municipal de Dança matriculou 600 alunas para esse ano

a EM Dança matriculou 600 alunas em 2018. As futuras bailarinas se distribuem entre as 40 turmas de balé clás-

sico, jazz, contemporâneo e danças urbanas. Inaugurado no final do ano passado, em Glicério, o Po-

● GÊNERO

Drama

16 anos ● HORÁRIOS (2D LEG): 17h40 ● SINOPSE: Inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha, Mildred Hayes (Frances McDormand) decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada. A inesperada atitude repercute em toda a cidade e suas consequências afetam várias pessoas, especialmente a própria Mildred e o Delegado Willoughby (Woody Harrelson), responsável pela investigação. ● CLASSIFICAÇÃO:

A Maldição da Casa Winchester Terror, Biografia ● CLASSIFICAÇÃO: 14 anos ● HORARIOS (2D DUB): 19h50 (2D LEG): 21h55 ● SINOPSE: Herdeira de uma empresa de armas de fogo, Sarah Winchester (Helen Mirren) está convicta de que é assombrada pelas almas mortas através do rifle da família Winchester. Após as repentinas mortes do marido e do filho, ela decide construir uma mansão para afastar os espíritos e ao avaliá-la o psiquiatra Eric Price (Jason Clarke) percebe que talvez sua obsessão não seja tão ● GÊNEROS

Musical, Canto, Dança de Salão, Balé, Zumba e Fotografia. Já o Polo de Cultura no Espaço CriaSana proporciona

aa

CINEMA Três Anúncios para um Crime

lo de Cultura da Serra está abrindo as portas à comunidade serrana para o ensino de onze instrumentos, Teoria

insana quanto parece.

Os Farofeiros Comédia nacional ● CLASSIFICAÇÃO: 12 anos ● HORÁRIOS (2D): 14h50, 17h, 19h20, 21h30 ● SINOPSE: Quatro colegas de trabalho se programam para curtir o feriado prolongado em uma casa de praia e, chegando lá, descobrem que se meteram em uma tremenda roubada. Para começar o destino não é Búzios, mas Maringuaba; a residência alugada é encontrada caindo aos pedaços, bem diferente do prometido; a praia está sempre cheia; e as confusões são inúmeras. ● GÊNERO

O Destino de uma Nação Histórico, Drama 12 anos ● HORÁRIOS (2D LEG): 15h10 ● SINOPSE: Winston Churchill (Gary Oldman) está prestes a encarar um de seus maiores desafios: tomar posse do cargo de Primeiro Mnistro da Grã-Bretanha. Paralelamente, ele começa a costurar um tratado de paz com a Alemanha nazista que pode significar o fim de anos de conflito. ● GÊNEROS

● CLASSIFICAÇÃO:

17h20 (2D LEG): 19h40 Durante o seu trajeto usual de volta para casa, um vendedor de seguros (Liam Neeson) é forçado por uma estranha misteriosa (Vera Farmiga) a descobrir a identidade de um dos passageiros do trem em que se encontra antes da última parada. Com a rotina quebrada, o homem se encontra no meio de uma conspiração criminosa.

● SINOPSE:

● SINOPSE: Liam e sua mãe, Cathe-

rine, estão de mudança novamente. Uma nova vida os espera na casa da Tia Sylvia, que é rodeada por estranhos gnomos. Com o tempo Liam percebe que coisas esquisitas estão acontecendo ao redor e aos poucos uma grande amizade surge entre o garoto e os curiosos seres, que têm como propósito proteger a casa dos trolls.

Pantera Negra

Suspense ● CLASSIFICAÇÃO: 16 anos ● HORÁRIO (2D LEG) 21h45 ● SINOPSE: Outrora talentosa bailarina, Dominika Egorova (Jennifer Lawrence) encontra-se em maus bocados quando é convencida a se tornar uma Sparrow, ou seja, uma sedutora treinada na melhor escola de espionagem russa. Após passar pelo árduo processo de aprendizagem, ela se torna a mais talentosa espiã do país e precisa lidar com o agente da CIA Nathaniel Nash (Joel Edgerton). Os dois, no entanto, acabam desenvolvendo uma paixão proibida que ameaça não só suas vidas, mas também as de outras pessoas.

● GÊNERO:

O Passageiro

Duda e os Gnomos

Suspense, Ação ● CLASSIFICAÇÃO: 14 anos ● HORÁRIOS (2D DUB): **15h20,

● GÊNERO:

classificação e livre. Programação cultural mensal do Teatro do Sesi Macaé ● DATA: mês de março ● LOCAL: Teatro do Sesi Macaé

com os produtos de qualidade, acontece a 1ª Feira de Agricultura Familiar e Economia Solidária do Município de Macaé. O evento abre uma nova oportunidade de bons negócios na cidade. A Feirinha é realizada semanalçmente, toda quarta-feira das 6h às 13h na Praça do Bairro da Glória, reunindo agricultores da cidade e região, e oferecendo seus excelentes produtos do município e região, numa promoção da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Município de Macaé, Coopmac. A Diretora Financeira e de Administração, Miria Marins, esclarece que a proposta deste evento é proporcionar maior renda aos produtores, e promover o escoamento de suas mercadorias, oferecendo melhor qualidade aos consumidores. ● SERVIÇO: Feira de Agricultura Familiar ● LOCAL: Praça do Bairro da Glória ● DATA: toda quarta-feira ● HORÁRIO: das 6h às 13h

● GÊNEROS

Programação de Cinema de 8 a 14 de março

Operação Red Sparrow ● GÊNERO:

Animação Livre ● HORÁRIOS (2D DUB): *15h40 ● CLASSIFICAÇÃO:

aos moradores do distrito do Sana, nesse ano, as aulas de Canto, Zumba, Fotografia, JiuJitsu e Capoeira.

Ação

● CLASSIFICAÇÃO:

14 anos

● HORÁRIOS (3D DUB): 16h30 (2D

DUB): 19h10 (3D LEG): 21h50 Após a morte do rei T'Chaka (John Kani), o príncipe T'Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. Nela são reunidas as cinco tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, não apoia o atual governo. T'Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri (Laetitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong'o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás.

● SINOPSE:

Cinquenta Tons de Liberdade Romance 16 anos ● HORÁRIOS (2D DUB): 19h30, 21h40 ● SINOPSE: Superados os principais problemas, Anastasia (Dakota Johnson) e Christian (Jamie Dornan) agora têm amor, intimidade, dinheiro, sexo, relacionamento estável e um promissor futuro. A vida, no entanto, ainda reserva surpresas para os dois e fantasmas do passado como Jack Hyde (Eric Johnson) e Elena Lincoln (Kim Basinger) voltam a impedir a paz do casal. Adaptação da última parte da trilogia de E. L. James iniciada em Cinquenta Tons de Cinza (2015). ● GÊNERO:

● CLASSIFICAÇÃO:

A Forma da Água ● GÊNERO:

Ficção

(Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer).

O Touro Ferdinando Animação Livre ● HORÁRIOS: 14h30 (3D/Dub) ● SINOPSE: Ferdinando é um touro com um temperamento calmo e tranquilo, que prefere sentar-se embaixo de uma árvore e relaxar ao invés de correr por aí bufando e batendo cabeça com os outros. À medida que vai crescendo, ele se torna forte e grande, mas com o mesmo pensamento. Quando cinco homens vão até sua fazenda para escolher o melhor animal para touradas em Madri, Ferdinando é selecionado acidentalmente. ● GÊNERO:

● CLASSIFICAÇÃO:

Viva - A Vida é uma Festa

● CLASSIFICAÇÃO:

16 anos (2D/Leg): 17h10 ● SINOPSE: Década de 60. Em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria, a muda Elisa (Sally Hawkins), zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate ela recorre ao melhor amigo Giles

● GÊNEROS

● HORÁRIOS

● CLASSIFICAÇÃO:

Animação, Fantasia Livre ● HORARIOS (2D DUB): 15h ● SINOPSE: Miguel é um menino de 12 anos que quer muito ser um músico famoso, mas ele precisa lidar com sua família que desaprova seu sonho. Determinado a virar o jogo, ele acaba desencadeando uma série de eventos ligados a um mistério de 100 anos. A aventura, com inspiração no feriado mexicano do Dia dos Mortos, acaba gerando uma extraordinária reunião familiar.

caldos, tortas, bolos, doces, acarajé, churrasco, empadas e outros. A feira vem atraindo a presença de um público crescente a cada semana, recebendo moradores e convidados, sendo considerada uma excelente opção para famílias e amigos. ● SERVIÇO: Feira Gastronômica Artesanal do Mirante da Lagoa ● LOCAL: Mirante da Lagoa ● DATA: todas as quintas-feiras ● HORÁRIO: a partir das 19h

base os 12 passos, que propõem um programa de vida plena de amor e felicidade e as 12 tradições, que propõem uma convivência harmoniosa com todas as outras pessoas. ● SERVIÇO: Programa de Recuperação de Neuróticos Anônimos ● DATA: Aos domingos ● HORÁRIO: das 17h às 19h ● LOCAL: Paróquia São João Batista - Rua Prefeito Moreira Neto, 72 - 3º Andar ● INFORMAÇÕES: telefone (22) 99229-1945 (Claro) / 997995649 (Vivo) / e-mail podersuperior12@gmail.com

AGENDA CULTURAL Teatro é Sesi Macaé ● O Teatro Sesi Macaé presta expres-

siva homenagem as mulheres pela passagem do dia Internacional da Mulher (8 de março). apresentando excelentes espetáculos. Neste sentido, a programação de março do Teatro do Sesi é toda voltada para as mulheres, sendo aberta com o show de de Fernanda Takai às 20h do dia 15. Os ingressos custam R$ 34 (inteira) e R$ 17 (meia), e a classificação etária é de 16 anos. No dia seguinte (16), acontece o espetáculo ‘Além do que nossos olhos registram’, com as atrizes Luiza Thomé e Priscila Fantin. Os ingressos custam R$ 22 (inteira) e R$ 11 (meia) e a classificação etaria é de 16 anos. Já no dia 22, será exibido o filme documentário ‘Legítima Defesa’, às 19h. A entrada é franca. A classificação etária é 16 anos. E fechando o mês, será a vez da criançada assistir a peça infantil ‘Ovelha Negra’ dia 23 às 16h. Os ingressos custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia), e a

● SERVIÇO:

Curso de Teatro ● ESTÃO abertas as inscrições para

o Curso de Teatro para Crianças e Adolescentes na Sociedade Musical Lyra dos Conspiradores - Rua do Sacramento, 63 - Imbetiba. O evento é uma realização do Organogruteatral, com a proposta de descobrir o artista que existe em cada participante. As vagas são limitadas. ● SERVIÇO: Curso de Teatro para Crianças e Adolescentes ● LOCAL: Sociedade Musical Lyra dos Conspiradores - Rua do Sacramento, 63 - Imbetiba ● INFORMAÇÕES: 99943-1552

Feira de Agricultura Familiar beneficiar tanto os produtores quanto a comunidade

● VISANDO

Feirinha do Horto terceiro ano consecutivo acontece a Feirinha do Horto, que se tornou um local de boa música, comidas gostosas e encontro de amigos. O evento é realizado toda quinta-feira, a partir das 18h30, oferecendo yakisoba, vatapá, churrasquinhos, batata frita, cachorro quente, caldos, pastéis, doces, bebidas e artesanato. ● SERVIÇO: Feirinha do Horto ● DATA: toda quinta-feira ● HORÁRIO: a partir das 18h30 ● LOCAL: Village do Horto ● O U T R A S informações: (22) 99957-5299 ● PELO

Feira do Mirante ● SEMANALMENTE, acontece a Feira

Gastronômica Artesanal do Mirante da Lagoa marcando pleno sucesso. O evento é realizado às quintas-feiras, a partir das 19h, com talentos locais, transcorrendo em meio a diversas barracas com pastéis, batatas fritas, pizzas,

Neuróticos Anônimos com depressão, solidão, raiva, ansiedade, timidez, insônia, ciúmes, pânico e estresse? Procure o Neuróticos Anônimos, através do Grupo Conviver e Reviver, que funciona na Rua Prefeito Moreira Neto, 72 - 3º Andar - Paróquia São João Batista. As reuniões acontecem aos domingos, de 17h às 19h. O Programa de Recuperação de Neuróticos Anônimos tem por

● PROBLEMAS

Aion Ville aos bons momentos, quem não conhece deve conhecer o espaço Aion Ville, no Mar do Norte, para agradáveis horas de lazer e de festas, além de treinamentos especiais para funcionários de empresas. Informações tel. 2762-1037.

● ALIADO


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé (RJ), sábado, 10, domingo, 11 e segunda-feira, 12 de março de 2018

CADERNO DOIS

5

O DEBATINHO por KÁTIA GOLOSOV CURE katiacure@bol.com.br

O Elefante x A abelhinha - O Socorro

Um Elefante jovem andava sozinho na floresta, havia se desgarrado de sua manada, muito ansioso, andava sem parar, pois havia muitos animais perigosos: leões, onças, javalis, cobras... Enfim muitos bichos habitavam o lugar. Contudo quando a noite mansamente vinha chegando, em meio a um enorme corredor de árvores protegidas por es-

pinhos, o elefante ouviu um Ai, ai, ai... e logo atrás uma vozinha aflita muito baixinho dizia: “Ai que dor, estou toda espetada.., ai como dói...!!!" E o elefante, atento com aquele agonizante gemido, porém macio e mimado, parou. O pobre que estava a caminho, em busca de um lugar seguro para dormir, saiu rumo a vozinha, até chegar à sua dona. Foi quando viu a abelhinha

tremendo com as asinhas toda machucada suplicando socorro. Então o grande animal lhe perguntou "Nossa o que veio fazer numa floresta tão fechada?” - E a dengosa, exausta, lhe respondeu - “Eu me perdi da colmeia”. Ssurpreso com a coincidência, disse: “Aconteceu a mesma coisa comigo. Então somos dois perdidos nesta vasta mata. Diante da situação, o grandão

muito bonzinho foi até a abelha e livrou-a com cuidado daqueles espinhos, e a colocou em sua tromba, levando-a até uma folha de árvore bem segura e sem espinhos. Após acomodá-la, foi à mata e apanhou umas flores e água, para que ela sugasse o néctar das flores e bebesse água até se restabelecer e ficar bem. Assim, ele a deixou e se despediu seguindo seu caminho, e a pequenina Ela é um charme de mocinha!!! É a Gabriela Gonçalves de Figueiredo, o sorriso mais brilhante de sua mamãe, a advogada e Gestora Pública Municipal, Mônica Gonçalves. Muito bela mesmo!!!

Olha quanta beleza nessa princesinha, que nasceu há três meses!!! É a Luna Lima, a plena felicidade que Papai do Céu endereçou a seus papais, Luana Lima e Marcio Raro, que desde seu nascimento, são somente gratidão para com Deus. Uma joia preciosa!!! Ela é um trevo de quatro folhinhas, quem a recebeu vibra de amor por essa pequenina!!! É a Gabriela Ribeiro Mussi, a rainha de seus papais, Silviane Ribeiro Azevedo Mussi e Gabriel de Abreu Mussi. Encantadora!!!

Ela anda, desfila, faz pose com nobreza!!! É a Maria Eduarda Valente, a riqueza em ascensão de sua vovó, Valeria Valente. Muito delicadinha!!! Ela não é um arraso, de tão linda??? É a Maria Eduarda Portugal, a mocinha estilosa, no qual a mamãe Luana de Oliveira não economiza amor. Uma graça mesmo!!!!

Esse talentoso galã é o Miguel Gonçalves de Carvalho, o orgulho de seus papais: Gisele e Gláucio de Carvalho. Uauuu, Oh cara!!!

abelhinha lhe agradece de todo o coração e lhe desejou boa sorte. Você conhece alguém que já passou por alguma situação parecida, pequeno? Eu já ouvi falar. O Claudio e a esposa Ana foram à praia com o seu filho João, de apenas 6 anos e lá o pequeno se perdeu da barraca da família. Seus pais se desesperaram, e ele, muito inteligente, viu um guarda-vidas e pediu ajuda.

Depois de uma hora, conseguiu chegar até eles. Neste reencontro seus pais choraram muito e agradeceram a Deus por não ter havido nada com o filhão. Que bom, né, pequenos?!!!. Uma vez perdidos vão até o primeiro guarda-vidas e o acompanhe até achar sua família. Moral: Quem ajuda ao próximo, sempre ganha ponto com Papai do Céu!!!

Edição 9511 10 11 12 03 2018  
Edição 9511 10 11 12 03 2018  
Advertisement