Page 1

www.odebateon.com.br

Macaé (RJ), domingo, 16 de outubro de 2016, Ano XLI, Nº 9151

Fundador/Diretor: Oscar Pires

EDUCAÇÃO O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

FOTOS DIVULGAÇÃO

BRASIL VENCE OLIMPÍADA LATINOAMERICANA DE ASTRONOMIA E ASTRONÁUTICA PÁG.3

“ESCOLINHA DE TRÂNSITO” NA FORMAÇÃO DE CIDADÃOS Alunos da CRECHE DENTE DE LEITE e da ESCOLA CONSTRUIR, participaram da atividade. PÁG.7

MAIS DE 1 MILHÃO DE PESSOAS BAIXARAM O APLICATIVO DO ENEM 2016 PÁG. 2

MEC quer reforço de matemática e português no ensino fundamental Total de alunos que podem ser beneficiados não foi estimado. Ministério prevê atender entre 15 a 40 mil escolas com verba de R$ 400 milhões em 2017. PÁG.6


2

EDUCAÇÃO

Macaé, domingo, 16 de outubro de 2016

Mais de 1 milhão de pessoas baixaram o aplicativo do Enem 2016

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ DIVULGAÇÃO

Ferramenta para celulares e tablets notifica os participantes sobre os procedimentos para o exame

O

Ministério da Educação (MEC) informou que o aplicativo oficial da edição de 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) superou 1 milhão de downloads no final da tarde do dia 13 de outubro. O aplicativo foi lançado no dia 1º de junho. A expectativa do MEC é que esse número aumente na próxima semana, quando será liberado o acesso ao cartão de confirmação de inscrição do Enem 2016. O cartão informa, entre outras coisas, o local e sala de prova. O aplicativo oficial do Enem 2016 é gratuito e está disponível para smartphones e tablets que usam as plataformas Android, iOS e Windows Phone. Para acessá-lo, basta usar o login e a senha cadastrados no sistema de inscrição do Enem.

me, auxiliando-os quanto a organização pessoal e no cumprimento de prazos do Enem 2016. Dentre as funcionalidades, está a opção da função Alerta, ou seja, o usuário pode escolher quais informações deseja receber uma notificação quando as mesmas forem atualizadas, permitindo o acompanhamento de possíveis pendências. Além disso, há a opção de realizar um check list e ir listando as ações já concluídas. O participante também terá acesso ao Mural de Avisos, onde constam os comunicados oficiais e demais avisos enviados pelo Inep. O aplicativo permite, ainda, encontrar dados referentes a situação da inscrição, cronograma, locais de provas, cartão de confirmação, gabaritos e resultados das provas.

APLICATIVO

ENEM

Desenvolvido pelo MEC em parceria com Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o aplicativo tem como principal objetivo facilitar o contato dos participantes com as informações e dados do Exa-

EDUCAÇÃO

O Enem 2016 vai ser realizado nos dias 5 e 6 de novembro, a partir das 13h (horário de Brasília), para mais de 8,6 milhões de pessoas. Entre os dias 18 e 20 de outubro, o Inep vai liberar o acesso ao cartão com o local de prova.

Para acessá-lo, basta usar o login e a senha cadastrados no sistema de inscrição do Enem

EXPEDIENTE - JORNAL EDUCAÇÃO É UMA PUBLICAÇÃO SAZONAL • Propriedade: EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e Agências de Notícias • Sede e Parque Gráfico Próprios. Rua: Benedito Peixoto, 90 Centro Macaé/RJ Tel. (22) 21066060 - CNPJ: 29699.626/0001-10 • Registrado na forma da lei • Diretor Presidente: Oscar Pires • Editor: Márcio Siqueira (marcio@odebateon.com.br) • Vendas de Publicidade: Juana Lima (juanalimadebate@odebateon.com.br) • Edição Gráfica: Felipe Neto (comercial@odebateon.com.br) e Marcos Vinícius (marcosvinicius@odebateon.com.br) • Fotos: Wanderley Gil e Kaná Manhães (fotografia@odebateon.com.br) • Acesse: www.odebateon.com.br • E-Mail: comercial@odebateon.com.br • A direção de O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. • Filiado à ADJORI - RJ Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ADI Brasil • ANJ Associação Nacional de Jornais.


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, domingo, 16 de outubro de 2016

Brasil vence Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica

EDUCAÇÃO

3

DIVULGAÇÃO

País liderou quadro de medalhas com dois ouros, duas pratas e um bronze. 8ª edição do evento reuniu estudantes de nove países em Córdoba, na Argentina.

O

Brasil conquistou o primeiro lugar no quadro geral de medalhas da Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica com duas medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze. A 8ª edição do evento aconteceu na cidade argentina de Córdoba, entre 2 e 8 de outubro, e reuniu 41 alunos do ensino médio de nove países: Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, México, Paraguai, Peru e Uruguai. “Cada dia tem uma prova diferente. Tem a prova individual, em grupo, teórica, observacional. Eles vão falando e você vai fazendo, com o horário certo e as instruções”, explicou o estudante

Nicolas Almeida Verras, de 16 anos. Ele cursa o segundo ano no Etapa e conquistou a prata, na competição, ao lado de Lucas Camargo da Silva. Henrique Barbosa de Oliveira e Mateus Siqueira Thimóteo levaram o ouro. Beatriz Marques de Brito, o bronze. Beatriz garantiu ainda outros dois prêmios individuais: como melhor companheira e por ter feito a melhor prova observacional. Segundo Nicolas, essa etapa da competição é dividida em três provas menores. Na primeira, os atletas devem identificar, a olho nu, uma série de corpos celestes apontados pelos organizadores. Na segunda, eles usam um

telescópio previamente posicionado para definir qual tipo de corpo encaram no aparelho. Já na terceira, os próprios competidores devem apontar o telescópio para um corpo celeste sugerido pelos organizadores e, assim identificá-lo. Durante a olimpíada, os estudantes foram acompanhados pelos astrônomos Dr. João Canalle, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Dr. Júlio Klakfe, da Universidade Paulista (UNIP). Eles e os demais competidores foram selecionados para participar do evento por meio das olimpíadas nacionais de astronomia e astronáutica. “Eu descobri um pouco mais

Mateus Siqueira ganhou ouro ao lado de Henrique Barbosa

tarde que ia participar, porque tinha sido escolhido como terceiro suplente da delegação brasileira”, explicou Nicolas. “Então, como houve a saída de três competidores, consegui entrar na delegação e viajar. Foi uma experiência bem legal”. Com pouco mais de um ano de experiência em competições voltadas às áreas de física e astronomia, o estudante quer agora a conquista de uma vaga na etapa internacional da Olimpí-

ada, em 2017. Eu penso em fazer isso e, depois que eu me formar, tentar uma faculdade no exterior, para área de física, astronomia ou astrofísica”, disse. Com o resultado deste ano, o Brasil chegou à marca de 40 medalhas em todas as suas participações na competição. Desse número, 22 medalhas são de ouro, 15 de prata e três de bronze. Para 2017, a olimpíada já conta com o Chile como seu país-sede.


4

EDUCAÇÃO

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, domingo, 16 de outubro de 2016

Locais de prova do Enem 2016 devem estar disponíveis a partir do dia 18 de outubro O MEC informou que deve liberar o acesso ao cartão de confirmação nos próximos dias

O

DIVULGAÇÃO

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) deve liberar na segunda quinzena de outubro, entre os dias 18 e 20, a consulta ao cartão de confirmação de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. No documento, será possível conhecer os locais de aplicação do exame, marcado para os dias 5 e 6 de novembro. Para ter acesso ao cartão será necessário consultar o site do Inep e informar o número do CPF e a senha cadastrada na inscrição. Além dos locais de prova, o comprovante traz as informações pessoais dos candidatos, o número de inscrição no Enem e as opções de língua estrangeira e de atendimento diferenciado e/ou específico, informadas no ato da inscrição. Faltando pouco menos de um mês para as provas, o Inep informou que as provas já começaram a ser distribuídas entre os estados brasileiros. Sob forte esquema de segurança, com escoltas da Polícia Rodoviária Federal, os caminhões com carregamento devem deixar os cadernos de prova em poder do Exército, em todas as Unidades da Federação.

NO DIA DA PROVA

Vale lembrar que as provas serão aplicadas, nos dois dias, a partir das 13h30 e que os portões serão fechados às 13h pontualmente. A programação obedece ao horário oficial de Brasília. No primeiro dia serão aplicadas 90 questões de Ciências Humanas e Ciências da Natureza e no segundo mais 90 questões sobre Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e

O Enem 2016 teve mais de 9,2 milhões de candidatos inscritos

Matemática, além de uma Redação. De acordo com o Edital do Enem, os participantes devem levar, obrigatoriamente, um documento de identidade e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

EDIÇÃO DE 2016

O Enem 2016 teve mais de 9,2 milhões de candidatos inscritos, dos quais 8,6 milhões confirmaram a inscrição, mediante o pagamento da taxa ou da isenção. Além do Programa Universidade para

Todos (ProUni) e do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), diversas instituições utilizam o Enem como critério de avaliação. O exame permite ainda que o estudante solicite o financiamento estudantil em uma

universidade privada por meio do Fies, consega certificado de conclusão do Ensino Médio, intercâmbio de línguas, através do Ciência sem Fronteiras e também ingressar em instituições de ensino superior em Portugal.


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, domingo, 16 de outubro de 2016

EDUCAÇÃO

5


6

EDUCAÇÃO

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, domingo, 16 de outubro de 2016

MEC quer reforço de matemática e português no ensino fundamental Total de alunos que podem ser beneficiados não foi estimado. Ministério prevê atender entre 15 a 40 mil escolas com verba de R$ 400 milhões em 2017

O

Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta semana que pretende, por meio do Programa Novo Mais Educação, apoiar financeiramente escolas que desejam dar aulas de reforço de matemática e de português no ensino fundamental em 2017. Na prática, a verba destinada às escolas serviria para bancar horas extras de professores das duas disciplinas. O MEC diz ter reservdo R$ 400 milhões para aplicar no programa no próximo ano. Questionado, o MEC afirmou que não há previsão de contratação de mais professores para atender às necessidades do reforço escolar. Não há previsão de quantos alunos poderão ser beneficiados pela medida e nem se o programa será renovado nos próximos anos. O MEC afirma que o desempenho das escolas públicas no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) é uma das razões para as aulas de reforço. Ele cita que 24% das escolas de ensino fundamental, nos anos iniciais (1º ao 5º ano), não alcançaram a meta em 2015, e que 49% dos colégios nos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) também não atingiram o objetivo previsto. O país tem atualmente 22,4 milhões de alunos nesta faixa de ensino na rede pública, sendo que 10% já estudam em tempo integral e estão fora do público alvo do programa. De acordo com dados de 2014, os últimos disponíveis, o país investiu R$ 5,9 mil por ano em cada aluno do ensino fundamental. ADESÃO

O programa entrará em vi-

CRÉDITO

O programa entrará em vigor em 2017 e pode afetar de 15 mil a 40 mil escolas

gor em 2017 e pode afetar de 15 mil a 40 mil escolas, priorizando as que têm piores índices educacionais e que ocupam regiões vulneráveis. De acordo com o MEC, as escolas que optarem por participar da iniciativa poderão escolher entre acrescentar 5 ou 15 horas à jornada semanal dos alunos. Se optarem por adicionar 5 horas, os alunos terão atividades extras de acompanhamento pedagógico em português e matemática, logo antes ou depois do turno em que já estudam, ou concentradas apenas em alguns dias da semana, no

contraturno. Caso escolham a ampliação de 15 horas, as crianças e jovens ficarão em período integral no colégio, todos os dias. A escola receberá auxílio financeiro dependendo do número de alunos que incluirá no programa e da carga horária que escolher para a atendimento (5 ou 15 horas semanais). Segundo o ministério, as secretarias estaduais, municipais e distrital poderão aderir à iniciativa a partir do dia 17 de outubro – a previsão é que o processo de seleção de co-

légios seja concluído em novembro deste ano. O programa ocorrerá de março a novembro de 2017. PERÍODO INTEGRAL

Em outro nível de ensino, a iniciativa de implementar o período integral nas escolas é discutida recentemente para o ensino médio, desde o anúncio da medida provisória, em 22 de setembro. O governo chegou a lançar um programa para apoiar até 572 escolas que pretendam ampliar a carga horária nesta faixa de ensino. A MP pretende, entre outros

itens, aumentar a carga horária das escolas de forma progressiva, até atingirem 1,4 mil horas anuais. A meta, segundo o ministro da Educação Mendonça Filho, é que 500 mil jovens tenham jornada estendida até dezembro de 2018. A reforma do ensino médio foi alvo de polêmica e recebeu 567 emendas de deputados e senadores, que pretendem alterar o conteúdo da proposta. A MP precisa ser aprovada na Câmara e no Senado em até 120 dias, contados a partir de sua publicação, no mês passado.


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, domingo, 16 de outubro de 2016

EDUCAÇÃO

7

“Escolinha de Trânsito” na formação de cidadãos Durante a atividade, as crianças receberam orientações para que respeitem as regras de trânsito

O

s alunos da CRECHE DENTE DE LEITE e da ESCOLA CONSTRUIR, participaram da “Escolinha de Trânsito”, em parceria com a Mobilidade Urbana. Os alunos daquela instituição de ensino localizada na Rua Dr Luiz Belegard, 585, Imbetiba, tiveram um dia de aprendizado sobre educação para o trânsito, com direito a percorrer um circuito especialmente montado para isso. Receberam material educativo, a cartilha de trânsito, para reforço dos conceitos trabalhados. Durante a atividade, as crianças receberam orientações para que respeitem as regras de trânsito e também puderam verificar na prática como se comportar, fazendo simulação na répli-

DIVULGAÇÃO

ca das vias de uma cidade, com cruzamentos, semáforos, faixa de pedestres e outros elementos comuns às ruas e avenidas. Aprenderam o seu papel como cidadão inserido no trânsito, seja como pedestre, ciclista e futuros motoristas. ”É papel da Escola contribuir para a construção de cidadãos, e o apoio da Prefeitura Municipal de Macaé, através da Secretaria de Mobilidade Urbana, foi fundamental para realização dessa vivência tão enriquecedora para nossas crianças. Além do conteúdo regular de sala de aula, procuramos sempre abordar temas para que eles possam conhecer e praticar as regras de respeito ao próximo, também fora da Escola”, concluiu a Diretora Solange Vasconcelos.


8

EDUCAÇÃO

Macaé, domingo, 16 de outubro de 2016

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Educação 16 08 2016  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you