Page 1

REPRODUÇÃO INTERNET

WANDERLEY GIL

PM TROCA TIROS E PRENDE SUSPEITO

CURSO DE BIOLOGIA DE ARTRÓPODES ABRE VAGAS

AÇÃO DA CÂMARA GARANTE RESULTADO

POLÍCIA, PÁG.5

GERAL, PÁG.6

POLÍTICA, PÁG.3

R$ 1,00 Macaé (RJ), sexta-feira 18 de maio de 2018 Ano XLIII, Nº 9557 Fundador/Diretor: Oscar Pires

O DEBATE

facebook/odebate twiter/odebate issuu/odebateon

www.odebateon.com.br

DIÁRIO DE MACAÉ

Secretário da intervenção federal visitará o 32º Batalhão de Macaé Agenda será cumprida na próxima semana e atende a solicitações apontadas pela Câmara de Vereadores. Cidade já conta com reforço de efetivo através do RAS e ganhará também novas viaturas para a PM PÁG. 5 CIDADE

Nível das águas da Lagoa próximo da barra do mar

POLÍTICA CECOM/ADILSON DOS SANTOS

WANDERLEY GIL

Ompetro debateu tema em Quissamã, em reunião extraordinária

Nova partilha dos royalties volta a mobilizar Ompetro Prefeitos da região se unem contra pauta levantada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM)

A

Em pleno ano de eleição, e os novos indicadores positivos sobre o desempenho do mercado do petróleo nacional, levam a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) a reviver o debate sobre a proposta de distribuição dos royalties, suspensa desde 2013 por liminar assinada pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), a ministra Cármen Lúcia. E os prefeitos das cidades que registram os impactos das operações e da crise do setor offshore começam a se mobilizar contra a iniciativa.

Ontem (17), régua medidora já atingia a marca de 115 cm em trecho de Imboassica

pesar de não estarem ocorrendo fortes chuvas, nos últimos dias, a Lagoa de Imboassica tem sofrido um aumento significativo no seu nível. Basta andar pelo entorno para notar que a água já está próxima de transbordar e atingir os bairros que ficam situados nas suas margens. Na manhã de ontem (17), por exemplo, quando a nossa equipe de repor-

ESPORTE

CIDADE

Confira quem faturou ingressos

Lagomar ainda sem unidade de Saúde

Ruas do Barreto com água e crateras

Através de live na fanpage de O DEBATE, torcedores do Serra foram premiados PÁG. 2

Base do ESF ainda não ficou pronta, e projeto segue paralisado PÁG. 2

Vias do bairro sofrem com trânsito intenso e falta de pavimentação PÁG. 6

POLÍCIA

GERAL

Carro cai em valão no Canal do Capote Novo Botafogo ainda sem limpeza Acidente foi registrado no início da manhã de ontem PÁG. 5

Canal é importante para drenagem das chuvas PÁG. 2

tagem esteve no local, a régua medidora instalada próxima ao bairro Morada das Garças já atingia a marca de 115 cm. Para o nível total dela ficar estabilizado, é necessário que atinja os 80 cm na régua de medição. Já para que a água transborde para os bairros no entorno ou para a Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), o nível deve superar a marca de 120 cm. PÁG. 3

Para transbordar, nível da lagoa precisa atingir a marca de 120 cm na régua medidora

KANÁ MANHÃES

Segundo a prefeitura, unidade irá ampliar o serviço POLÍTICA

Licença de Estrada será entregue hoje Solenidade libera obras em Santa Tereza PÁG. 3

Agendada para os próximos dias 21 a 24 de maio, a 21ª Marcha a Brasília em defesa dos municípios, promovida pela CNM, promete se tornar um novo "campo de guerra", sobre a discussão da partilha dos royalties. Com um abaixo-assinado virtual, a Confederação tenta pressionar o Supremo a reavaliar a liminar de Cármen Lúcia, em busca de uma arrecadação utópica, de acordo com a secretária da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), a prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco (PTN). PÁG. 3

GERAL

CADERNO DOIS

Banda Jamz agita noite no Sentrinho Confira também a edição digital do Caderno Dois PÁG. 8

MARIANNA FONTES

Rua Arnald Sussekind está danificada

TEMPO

ÍNDICE

Máxima 29º C Mínima 22º C

EDITORIAL

4 CRUZADINHA

C2

PAINEL

4 HORÓSCOPO

C2

GUIA DO LEITOR

4 CINEMA

C2

ESPAÇO ABERTO

4 AGENDA

C2

COTAÇÃO DO DÓLAR

Compra R$ 3,6996 Venda R$ 3,7012

Anuncie: (22) 2106-6060 (215)


2

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 18 de maio de 2018

Cidade

NOTA

Senai oferece vagas para cursos gratuitos. Para Macaé são 20 vagas para cursos de aperfeiçoamento e 148 para cursos de qualificação profissional

SAÚDE

Moradores denunciam obras de ESF paradas no Lagomar Segundo eles, unidade na W-5, que já deveria estar pronta e em funcionamento, está abandonada Marianna Fontes

KANÁ MANHÃES

marifontes@odebateon.com.br

M

esmo sendo um direito de todo cidadão, o acesso à saúde de qualidade é uma realidade para poucos no Brasil. A situação é ainda pior se isso for em relação à rede pública. Em Macaé, o quadro não é diferente. Com uma população que chega a quase 40 mil habitantes, o Lagomar é hoje considerado um dos maiores bairros de Macaé. Com o crescimento, vários problemas surgiram ao longo dos últimos anos. Uma das demandas da população é a melhoria no setor da saúde, que anda precária, segundo relatam alguns moradores. Visando suprir essa demanda e ampliar o atendimento, a prefeitura diz que pretende, em breve, entregar mais uma unidade no bairro. Trata-se da Estratégia Saúde da Família (ESF). O imóvel, que ainda está na fase de construção, fica situado na Avenida Doutor Sergio Vieira de Mello (W-5). No entanto, enquanto o poder público diz que vem atuando para melhorar as condições da população, os próprios moradores fazem denúncias em relação às obras que, segundo eles, estariam paradas. A nossa equipe de repor-

Segundo a prefeitura, unidade irá ampliar o serviço da ESF

tagem esteve no local duas vezes, em dias e horários alternados, onde também não encontrou nenhuma equipe. “Continua do mesmo jeito, não fizeram nada. A promessa do prefeito, Dr. Aluízio, era de que entregaria a unidade pronta em fevereiro. Pelo que podemos ver, isso não foi concretizado mais uma vez. Está totalmente parada”, relata o

morador André. Ele aponta que problemas estruturais já podem ser vistos. “Ainda está correndo o risco de ter que refazê-la novamente porque já está com alguns rachões”, alerta. E o abandono se estende a parte de fora da unidade. Parte da calçada na W-5 e no entorno estão, aos poucos, sendo ocupadas de maneira irre-

gular. “Estão fazendo umas barracas de comércio coladas no muro e o pessoal também está jogando lixo no terreno”, denuncia uma moradora, que pede sigilo do nome. Segundo promete a prefeitura, após ficar pronta, a ESF contará com mais três equipes, totalizando atendimento para 12 mil pessoas, ou seja, menos da metade

de habitantes. A unidade terá 500 metros quadrados de área construída. A nossa equipe de reportagem procurou a secretaria de Comunicação novamente, duas vezes, para saber sobre as denúncias feitas pelo jornal e pela população, no entanto, até o encerramento desta edição ela não havia se pronunciado sobre o caso.

PARCERIA

Confira os ganhadores da promoção O DEBATE e Serra Macaense O Serra Macaense estreia no Campeonato Carioca da Série B1 neste domingo (20), contra o América-RJ, às 15h, no Estádio Moacyrzão. E numa parceria inédita entre o clube e o Jornal O DEBATE leitores e torcedores amantes do futebol puderam participar de uma promoção de ingressos, realizada nas redes socias do períodico, para assistir a partida. O prêmio deverá ser retirado na sede do jornal nesta sextafeira (18), mediante apresentação de documento com foto, no horário comercial (9h às 17), na Rua Benedito Peixoto, nº 90 - Centro/Macaé-RJ. Ao todo 10 torcedores foram contemplados com um par de ingressos. Confira o nome dos ganhadores da promoção:

Evandro Carvalho Felipe Coelho Isana Tavares Luana Turque Michel Bastos Nathália Brígida Pedro Viana Quel Freitas Ribeiro Marcelo Tina da Pesca

MEIO AMBIENTE

LIMPEZA

Nível da Lagoa de Imboassica está alto

Canal do Capote segue aguardando serviço

WANDERLEY GIL

Na última quinta-feira, régua medidora já atingia a marca de 115 cm Apesar de não estarem ocorrendo fortes chuvas, nos últimos dias, o nível da Lagoa de Imboassica tem sofrido um aumento significativo no seu nível. Basta andar pelo entorno para notar que a água já está próxima de transbordar e atingir os bairros que ficam situados nas suas margens. Na manhã de ontem (17), por exemplo, quando a nossa equipe de reportagem esteve no local, a régua medidora instalada próxima ao bairro Morada das Garças já atingia a marca de 115 cm. Para o nível total dela ficar estabilizado, é necessário que atinja os 80 cm na régua de medição. Já para que a água transborde para os bairros no entorno ou para a Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), o nível deve superar a marca de 120 cm. Com a urbanização do entorno da lagoa, a abertura de barra não acontece mais de maneira natural. Diante disso, esse fenômeno se tornou comum nos últimos tempos por meio da ação humana, o que até hoje é motivo de polêmica e divide opiniões. De acordo com ambientalistas, há um pouco mais de 10 anos esse processo acontecia de acordo com o ciclo da natureza, sem gerar fortes impactos ambientais. Outro fator também é a redução das áreas de vegetação das margens. A preservação da mata ciliar é fundamental, pois ela evita alagamentos, uma vez que evita o avanço das águas. Elas trabalham na contenção de enxurradas, diminuindo a velocidade de infiltração no solo, protegem e rede de drenagem dos reservatórios subterrâneos, reduzem os assoreamentos, entre outros benefícios. Por conta dessa importân-

deverá ser de, no mínimo, 30 metros. Segundo o Art. 7º, “a vegetação situada em APP deverá ser mantida pelo proprietário da área, possuidor ou ocupante a qualquer título, pessoa física ou jurídica, de direito público ou privado”. Em contrapartida, o Art. 8º ressalta que a intervenção ou a supressão de vegetação nativa em APP só poderá ocorrer “nas hipóteses de utilidade pública, de interesse social ou de baixo impacto ambiental previstas nesta lei”. ABERTURA DE BARRA

Para transbordar, nível da lagoa precisa atingir a marca de 120 cm na régua medidora

cia, o Código Florestal (Lei Nº 12.651/12) diz que as ocupações devem obedecer uma distância mínima do recurso hídrico. Esse número varia de acordo com a largura do curso d'água em

metros. A lagoa é considerada uma Área de Proteção Permanente (APP). De acordo com o Código Florestal, nas zonas urbanas, a faixa de mata ciliar de proteção

Para evitar os problemas de alagamentos no entorno, em agosto de 2011, foi inaugurado o Canal Extravasor, fruto de uma parceria entre governo municipal, a secretaria de estado do Ambiente e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea). O objetivo desse mecanismo, que conta com um vertedouro, é evitar alagamentos, além da necessidade de realizar a abertura da barra toda vez que o nível ultrapassar o limite da lagoa. No entanto, mesmo assim, muitas vezes esse procedimento é feito de outra maneira. A última abertura de barra, próximo a Praia do Pecado, aconteceu no final de 2016. Na época, o procedimento gerou polêmica após o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) declarar que a Prefeitura de Macaé havia feito isso sem autorização do órgão. A ação, inclusive, foi condenada por alguns ambientalistas que estudam o manancial há anos. A ação de abertura coincidiu com o mesmo período em que chuvas intensas resultaram no aumento do nível da lagoa, que transbordou e causou o alagamento em alguns bairros situados no entorno. Apesar disso, a prefeitura negou que tivesse qualquer tipo de ligação na época.

Devido a demora do poder público, gigogas continuam se proliferando Há cerca de três semanas, o jornal O DEBATE publicou uma reportagem falando sobre a falta de limpeza do Canal do Capote, na Linha Verde. Um dos problemas que a falta de manutenção e o lançamento de esgoto in natura causam nesse recurso hídrico é o surgimento de gigogas, plantas aquáticas que servem como indicador de desequilíbrio ambiental. Na época, quando procurada pela nossa equipe, a prefeitura explicou que a limpeza para retirada das plantas estava prevista no seu cronograma. Ela ressaltou que o serviço, que até então estava sendo feito no Canal Macaé-Campos, seria feito posteriormente na Linha Verde. Na ocasião, ela disse que não seria possível precisar uma data, já que o trabalho é dinâmico e depende ainda das condições climáticas. Enquanto isso, as gigogas acabaram se proliferando, tomando conta de boa parte do canal. Quem mora próximo reclama do aumento na quantidade de mosquitos. “Não limpam aqui tem tempo. Com isso a quantidade de plantas está aumentando. Toda vez que isso acontece resulta em infestação de mosquitos”, reclama Ana Lúcia, moradora da Aroeira. Considerada uma praga por muitos, as gigogas são plantas aquáticas que têm surgido com frequência nesses ambientes. Isso retrata o alto índice de poluição dessas águas, que recebem grande parte do esgoto da cidade, muitas vezes sem tratamento. Por mais que a limpeza seja

feita, as gigogas sempre irão aparecer nesses locais enquanto houver esgoto, pois elas surgem em ambientes onde há matéria orgânica. No caso de locais poluídos, como há excesso dessas matérias, a produção de alimentos torna-se grande e o resultado é a rápida proliferação da espécie, causando um desequilíbrio ambiental. Apesar de ser um bioindicador de poluição, a proliferação pode causar danos e prejuízos para o meio ambiente. Essas plantas funcionam como esponjas, sugando os nutrientes presentes no esgoto. Além disso, em ambientes onde há o despejo de esgoto in natura elas são capazes de se duplicarem em apenas duas semanas. Elas impedem a entrada de luz solar na água, comprometendo, dessa forma, o processo de fotossíntese, causando danos ao ecossistema local, como plânctons e peixes. Quem mora em regiões próximas a canais e lagoas com poluição reclama que as gigogas, além de ser um ambiente favorável à proliferação de mosquitos, causam mau cheiro. Quando controladas e em ambiente livre de poluição, as gigogas trazem diversos benefícios, como a troca de oxigênio da água, mas quando se proliferam de maneira desordenada em ambientes poluídos, tornam-se uma praga, podendo ser responsáveis por doenças da água. Em resposta, a prefeitura informou que o serviço está no cronograma, contudo, não é possível prever com exatidão uma data, já que o trabalho realizado pelas equipes da Secretaria de Infraestrutura é dinâmico e depende de fatores externos, como as condições climáticas, que acabam por interferir na programação do dia de trabalho.


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 18 de maio de 2018

Política

3

NOTA

Welberth Rezende (PPS) voltou a defender regulamentação de novas atribuições da Guarda Municipal

IMPASSE

AVANÇO

Nova partilha dos royalties volta a assombrar municípios produtores

Licença de Santa Tereza será entregue nesta sexta

Prefeitos da região se unem contra pauta levantada pela Confederação Nacional dos Municípios Márcio Siqueira

CECOM/ADILSON DOS SANTOS

marcio@odebateon.com.br

E

m pleno ano de eleição, e os novos indicadores positivos sobre o desempenho do mercado do petróleo nacional, levam a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) a reviver o debate sobre a proposta de distribuição dos royalties, suspensa desde 2013 por liminar assinada pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), a ministra Cármen Lúcia. E os prefeitos das cidades que registram os impactos das operações e da crise do setor offshore começam a se mobilizar contra a iniciativa. Agendada para os próximos dias 21 a 24 de maio, a 21ª Marcha a Brasília em defesa dos municípios, promovida pela CNM, promete se tornar um novo "campo de guerra", sobre a discussão da partilha dos royalties. Com um abaixo-assinado virtual, a Confederação tenta pressionar o Supremo a reavaliar a liminar de Cármen Lúcia, em busca de uma arrecadação utópica, de acordo com a secretária da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), a prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco (PTN). "Essa visão de partilha dos royalties é equivocada e não possui nenhum amparo legal. Nós acreditamos que o Supremo não vá mexer nisso agora. Em uma crise muito forte, é comum que as cidades busquem novas fontes de receitas. Mas não há cabimento rediscutir a partilha dos royalties diante de um cenário ainda tão incerto

Em reunião extraordinária, prefeitos que integram a Ompetro definiram estratégia para frear investida da CNM por royalties

quanto o vivido por todo o país", afirmou Fátima. O enfrentamento à nova pressão exercida pela CNM sobre a discussão da partilha dos royalties foi o tema central da reunião extraordinária realizada pela Ompetro, em Quissamã, na última quarta-feira (16). Para os prefeitos, o objetivo principal hoje é mobilizar as lideranças políticas de apoio ao Rio de Janeiro, para acompanhar em Brasília esse debate que pode ganhar espaço no campo político.

"Vivemos agora o período préeleitoral. É comum que esse tipo de debate aconteça, mas não podemos ficar calados ou parados. É preciso agir", disse Fátima. Desde 2017, os municípios produtores de petróleo contam com o aumento dos repasses dos royalties e da Participação Especial. No entanto, a compensação financeira prevista em lei, como forma de amenizar os impactos gerados pela atividade offshore, nunca tiveram tanta relação com o equilíbrio tributário da maior parte das cidades da região.

"O desempenho dos royalties se assemelha muito ao perfil do ano passado. E não dá para equilibrar três anos de crise, com um período ainda oscilante. Ainda temos déficits, a nossa folha de pagamento está no limite e as despesas fixas são altas. Manter toda a rede construída quando havia dinheiro também é um desafio para todos os municípios produtores de petróleo. E isso só deve se equilibrar em mais dois anos", disse Fátima. Em função do risco criado pela CNM na Marcha dos Mu-

DEMANDA

Ação da Câmara sobre segurança já alcança a intervenção federal WANDERLEY GIL

Macaé será contemplada com mais policiais e novas viaturas A ação da Câmara de Vereadores em acionar a intervenção federal sobre a segurança pública no Estado já começa a surtir efeitos, e garantirá para o município o aumento do efetivo de policiais nas ruas, assim como a recomposição da frota de viaturas. Informações do grupo oficial ligado ao comando geral da intervenção indicam que a agenda solicitada pelo Legislativo junto ao interventor, o general Braga Neto, está prestes a ser confirmada, uma vitória para o vereador Robson Oliveira (PSDB), autor do requerimento que acionou o comandante do Exército. "Estamos em contato com a equipe que gerencia a agenda do interventor e acreditamos que rapidamente conseguiremos essa agenda tão importante para a nossa cidade", disse Robson. Através da agência oficial de notícias do governo federal, o porta-voz do Gabinete de Intervenção Federal (GIF), coronel Roberto Itamar, afirmou que a nova estratégia de segurança do Estado começa uma fase diferenciada nos próximos dias. E neste caso, a ação política iniciada pela Câmara, surtirá os efeitos desejados pela população.

Debate com autoridades da segurança pública elevou o nível da ação da Câmara em busca de apoio

O município deverá contar com mais policiais nas ruas, através do Regime Adicional de Serviço (RAS), um programa criado pelo governo do Estado que permite pagar hora-extra aos soldados que passam a atuar nos dias de folga. Inicialmente, a previsão é que o município conte com mais 15 soldados nas ruas, através do RAS. Outra ação da nova fase da intervenção da segurança é a aquisição de mais viaturas para aparelhar os comandos da PM no Estado. Com a pressão da Câmara, o 32º Batalhão situado em Macaé será contemplado. "Não podemos perder a força da nossa voz, da nossa luta.

Já foi exposto pelo próprio comando do 32º BPM que o principal problema da nossa região é o efetivo reduzido e a falta de viaturas. Com essa nova fase da intervenção, vamos solucionar esse problema", disse Robson. Com o espaço aberto pelo plenário da Casa, durante a sessão ordinária de quarta-feira (16), para o comandante em exercício do 32º BPM, Marcelo Amorim Arédes, a Câmara de Vereadores também entrou em um novo nível de discussões sobre a segurança. Em plenário, o comandante afirmou que a intervenção federal precisa ser o momento utilizado para que as demandas do batalhão sejam resol-

nicípios, os prefeitos que integram a Ompetro buscam agora o fortalecimento da instituição. Também participaram do encontro a prefeita de Carapebus, Christiane Cordeiro; os prefeitos de Casimiro de Abreu, Paulo Dames; Rio das Ostras, Carlos Afonso; e Arraial do Cabo, Renatinho Vianna; o vice-prefeito de Búzios, Henrique Gomes; o presidente da Câmara Municipal de São João da Barra, Aluizio Siqueira; e o assessor da secretaria de Fazenda de Niterói, Fábio Sabença.

Nesta sexta-feira (18), às 19h, a presidência do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) entregará ao município a licença ambiental, que permite a prefeitura dar início às obras de pavimentação da Estrada de Santa Tereza. Anunciada em 2014, a Estrada ligará o Parque dos Tubos ao trecho da RJ 168 (Estrada da Serra), próximo a área do Horto. De acordo com o Portal da Transparência, a prefeitura realizou em 2015 a licitação para a realização do projeto. Após ser concluído o certame, o governo já assinou com a empresa MJRE Construtora o contrato que prevê o investimento de R$ 77 milhões para a realização do projeto. O prazo de vigência do acordo é de um ano, podendo sofrer aditivos de valores e prorrogação da previsão das obras. A solenidade de hoje acontece através de uma ação da Comissão Permanente de Meio Ambiente, cujo relator é o vereador Maxwell Vaz (SD), junto ao Inea. O deputado estadual André Corrêa, que conduziu a secretaria estadual do Ambiente até o início do ano, também participará do encontro. "É um projeto aguardado como início do novo processo de desenvolvimento da cidade, baseado nas novas perspectivas da indústria do petróleo", disse Maxwell Vaz. Representantes do governo também foram convidados a participar da solenidade. Após ser entregue, a licença ambiental também deve ser publicada no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

TRANSPARÊNCIA

Câmara faz adequação ao regimento para casos de afastamento Medida respeita prazo de 120 dias para a convocação de suplentes Aprovada nesta semana, a Câmara de Vereadores já instituiu oficialmente um novo regime direcionado a caso de afastamento de vereadores em funções legislativas. Com nova resolução, a presidência da Casa passa a ser responsável pela gestão de assessores de gabinetes de parlamentares que estão fora do plenário, independente da situação. "Já tivemos casos diferenciados de afastamento de vereadores. No ano passado, a vereadora Renata Paes (PSC) ficou em licença maternidade. Temos ainda os casos dos vereadores Prestes e Neto. Para

que esses assessores não fiquem ociosos, entendemos que a melhor forma é aproveitar esses profissionais para atender demandas gerais da Casa", disse o parlamentar. A resolução manterá a ocupação dos cargos de assessoria dos gabinetes, de acordo com a nomeação proposta pelo vereador. Porém, o caso prevalece apenas por 120 dias, até que haja a convocação do vereador suplente. Em outra resolução também instituida neste ano, a Câmara passou a permitir ao vereador suplente a nomeação de todos os 10 cargos de assessoria disponíveis em cada um dos 17 gabinetes dos parlamentares. Atualmente, a Câmara vive a expectativa de convocação do vereador suplente para assumir a cadeira de Neto Macaé (PTC), afastado por decisão judicial.

vidas, com mais agilidade e menos burocracia. "A intervenção será temporária, mas as demandas da nossa região precisam de medidas a longo prazo. Reforçar o efetivo e ampliar a frota de viaturas é o nosso objetivo", disse o comandante. Através do requerimento de Robson, a Câmara tenta apresentar ao comando geral da intervenção os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) da secretaria estadual de Segurança Pública, que apontam o crescimento considerável da criminalidade local, em função da migração de facções que atuavam na área central Presidência adequa regimento à nova realidade do plenário do Rio de Janeiro.

WANDERLEY GIL


4

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 18 de maio de 2018

Opinião

VIII edição do Macaenf será no próximo mês. O evento tem entre os objetivos promover o intercâmbio científico e discutir tendências e possibilidades de melhorias para a saúde

FOTO LEGENDA WANDERLEY GIL

EDITORIAL

NOTA

Pressão que dá certo Embora o descrédito da política seja forte, por conta dos desdobramentos dos crimes apurados pela operação Lava Jato, há de se concordar que ainda é possível apostar na democracia, como ferramenta capaz de encontrar caminhos e soluções para demandas reprimidas da sociedade, que tenta se esquivar dos efeitos da crise econômica, ética e até moral do país. Em uma intensa batalha contra o crescimento dos índices de criminalidade local, a Câmara de Vereadores ampliou os debates da necessidade da intervenção do Estado sobre a incapacidade técnica das forças de segurança instaladas no município, responsáveis por conter a avalanche gerada pela migração do tráfico de drogas para o interior fluminense. Ao fazer alarde sobre a falta de consideração da intervenção federal para as estatísticas que dispararam sobre os crimes de homicídio, assaltos e até latrocínios, em Macaé, o parlamento municipal conseguiu ser ouvido pela forçatarefa montada no Rio de Janeiro, que desde fevereiro tenta combater o avanço na criminalidade apenas na Capital Federal. E como o descontentamento com os atrasos em pagamentos é o fator principal para a desmotivação da tropa, o comando geral do Exército, que conduz as ações da intervenção federal, ordenou a liberação do RAS Regime Adicional de Serviço, que permite aos soldados da corporação estender os tra-

balhos nas ruas, sendo assim devidamente remunerados. Aos poucos, e com a confiança de que a política ainda é capaz de gerar frutos positivos para a sociedade, o debate e as cobranças sobre a segurança pública em Macaé podem garantir resultados. E a Câmara ainda tenta aundiência com o interventor federal, o general Braga Neto, para apresentar ainda mais demandas para o município. É fato que a atuação do Exército sobre a segurança do Rio não vai perdurar por bastante tempo. Haja vista que essa decisão emperra uma série de debates políticos, que precisam ser retomados no Congresso Nacional. Mas é fato também que não se pode perder a oportunidade de se utilizar uma medida que reduz a burocracia, e ao menos dá mais transparência sobre a gestão da segurança, para garantir que o efetivo do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM), assim como a estrutura de operação técnica, sejam reforçados, pelo bem de Macaé e pelo bem do interior do Estado do Rio de Janeiro.

ESPAÇO ABERTO Milícia não é polícia Um levantamento do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro revela que em oito anos as milícias dobraram sua área de atuação no município carioca. De 2010 até hoje, o total de favelas sob o controle de grupos paramilitares aumentou de 41 para 88. O dado é reflexo da forte atuação das milícias que, assim como as facções, se impõem atualmente como uma opção de combate à insegurança frente ao decadente cenário urbano do Rio. Há quem defenda a presença do grupo como a solução ideal para um basta na desordem urbana carioca, uma vez que o Estado se mostra cada vez mais enfraquecido com suas políticas públicas de mitigação à violência. Mas não é bem assim. Não podemos defender a atuação das milícias simplesmente como uma medida desesperadora de autodefesa cidadã. O encantamento popular se dá porque as milícias têm uma posição, digamos assim, mais oficial sob os olhos da comunidade. Talvez não é sabido pela grande massa da livre passagem que o grupo tem nos bastidores do poder estatal, com suas equipes compostas por policiais militares aposentados e/ou expulsos, bombeiros e outros profissionais ligados a entidades de proteção civil. Esta mescla de leis próprias com mecanismos estatais cria um poder paralelo, capaz de ganhar o respeito em determinados territórios do estado do Rio de Janeiro, sobretudo, os localizados em áreas periféricas. Engana-se quem acha que há um cunho puramente social na gestão dos grupos paramilitares nas favelas. Eles até podem garantir mais segurança à comunidade em relação a outros criminosos, como assaltantes e traficantes, mas há um preço a ser pago pelos moradores. As milícias controlam serviços, como a TV a cabo e a distribuição de botijões de gás, bem como cobram taxa aos moradores e comerciantes. Um ato rentável, que despertou o interesse escuso de várias esferas oficiais da sociedade. O apoio político também tem uma importante presença ao se

envolver neste processo em busca de votos nestas regiões mais carentes. Juntando a fome com a vontade de comer, os políticos têm polos eleitorais estabelecidos nessas comunidades, conquistam votos de cabresto e, como forma de agradecimento, o estadista dá proteção aos criminosos. Talvez isso explique o papel reativo das autoridades competentes para combater as milícias. Houve uma CPI isolada aqui. Algumas operações específicas quando a coisa estava muito gritante ali e, assim, seguiu o baile focando mais em ações contra as facções criminosas, tidas como não oficiais neste caso. Nada mais do que isso. A cada dia, as milícias estão cada vez mais fortes, com muitas armas e muito dinheiro para financiar a compra de mais estrutura e o silêncio de muitos. Atualmente, mapeia-se, pela Inteligência da Segurança Pública, mais de 200 territórios espalhados por todo o Estado, onde já se falam de uma milícia pura, formada somente por agentes públicos, e de uma milícia mesclada, em que já houve o recrutamento e a junção de traficantes. Nesta última, se juntou também os modelos de captação de recursos, por meio de pedágios ilegais e do tráfico de armas e drogas. Por isso, pense duas vezes ao defender a presença de grupos paramilitares no quadro de intervenção do Rio de Janeiro. Não sejamos vítimas da nossa afoita ignorância, mesmo vivendo em tempos vulneráveis de violência. Milícia não é polícia. Carlos Guimar é gerente de segurança corporativa

É preciso uma ação conjunta entre a prefeitura e as Polícias Civil e Militar para identificar os autores de incêndios criminosos que vêm acontecendo na cidade. Se a “moda pega”, o município se tornará palco para uma guerra civil. E falta pouco para isso acontecer.

PAINEL Bombeiros

Licença

Briga

Intervenção

Saúde

Trânsito

Mortes

Inauguração

Segurança

É preciso que o debate sobre a segurança pública em Macaé tenha um foco direcionado também para o comando do 9º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) que tenta, através do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), recompor o efetivo local, e manter assim o atendimento a Macaé e a outras cidades da região. De acordo com o próprio comando, há a possibilidade que o destacamento de Cabiúnas seja fechado. E isso não é bom para a sociedade!

Abraçada pelo vereador Robson Oliveira (PSDB), a pauta da segurança pública discutida na Câmara gerou eco e foi ouvida pelo comando geral da intervenção federal no Estado. Com a cobrança de ações efetivas para o interior, o general Braga Neto determinou que 15 soldados incluídos no sistema do RAS - Regime Adicional de Serviço, passe a atuar nas ruas. Com isso, aos poucos, o efetivo do 32º Batalhão da PM será ampliado.

Ainda sobre a segurança, é lamentável que Macaé volte a registrar índices alarmantes de criminalidade. Em menos de um mês, duas agências bancárias da cidade foram arrombadas. Além disso, quatro incêndios aparentemente criminosos também ocorreram no município. Isso sem falar nos sequentes assaltos a mão armada, em plena luz do dia, flagrados por câmeras de segurança. A situação está bastante complexa e precisa de uma resposta rápida da intervenção militar.

Nesta sexta-feira (18), a alta cúpula do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da secretaria estadual do Ambiente estarão em Macaé com um objetivo bastante importante: o de entregar a licença ambiental que permite o início das obras de pavimentação da Estrada de Santa Tereza. O ato de entrega ocorrerá no Palácio Cláudio Moacyr de Azevedo, a partir das 19h. A expectativa é sobre quem do governo será direcionado a participar do encontro promovido por Maxwell Vaz (SD).

Sem grande alarde, o governo promoveu a troca na gestão da secretaria municipal de Saúde, a segunda desde que foi iniciado o segundo mandato do governo 'da mudança'. Há quem acredite que a alteração se deve a um impasse comum na administração: o fogo amigo político. Por enquanto, a gestão tenta solucionar problemas gerados pela centralização das verbas destinadas ao setor. E isso tem sufocado especialmente a rede de assistência básica.

A gestão da Irmandade São João Batista inaugura nesta sexta-feira (18), o segundo Centro de Terapia Intensivo (CTI) para adultos no Hospital. A nova unidade vai ampliar o atendimento de média e alta complexidades da unidade, que já é referência nacional em cirurgias cardíacas. Atualmente, o Hospital ainda vive impasse com o governo municipal, sobre o repasse de verbas do SUS para o atendimento promovido na área pública.

EXPEDIENTE EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. DIRETOR RESPONSÁVEL: Oscar Pires. SEDE PRÓPRIA: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate).Impresso pelo Sistema Offset. CNPJ:

CIRCULAÇÃO: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras,

Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu.

A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ADJORI-Brasil - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ Associação Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. ABI - Associação Brasileira de Imprensa. REPRESENTANTE:

Tráfego Publicidade e Marketing

Rio de Janeiro: Av. Rio Branco, 185 - Sala 1813 - Centro. Tel: (21) 2532-1329 Macaé - Tel/fax: (22) 2106-6060, acesse: http://www.odebateon.com.br, E-MAIL: odebate@odebateon.com.br, COMERCIAL: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 215, E-MAIL: comercial@odebateon.com.br, classificados: E-mail: classificados@ odebateon.com.br

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Macaé (Sindservi) promete apertar o cerco contra o governo, na busca por soluções para o impasse relativo à campanha salarial da categoria neste ano. Além da recomposição dos vencimentos, de acordo com o índice da inflação, a categoria reivindica triênio e enquadramento, previstos no Plano de Cargos e Salários. Ao menos, sete ações judiciais correm hoje por conta de não pagamento de benefícios dos servidores previstos em lei.

Com planejamento e tecnologia, a secretaria municipal de Mobilidade Urbana conseguiria solucionar o nó que se forma no trânsito da área Central da cidade, todos os dias, no final da tarde. É que, em comboio, saem cerca de 10 ônibus ao mesmo tempo do Terminal Central. E isso trava o trânsito nas imediações da Rodoviária. Com isso, um trajeto que é feito em menos de cinco minutos, passa a levar meia hora devido ao congestionamento.

A atuação de flanelinhas nas ruas da cidade ainda incomoda os motoristas, especialmente mulheres que se sentem inseguras de parar em pontos próximos a Praça Veríssimo de Melo. Por conta dos recentes casos de brigas e até morte no local, a situação vem se tornando crítica. E olha que a cidade não conta com muitas vagas públicas de estacionamento, mesmo as operadas pelo Rotativo. É preciso um choque de ordem para resolver o problema.

GUIA DO LEITOR

Telefones úteis

POLÍCIA MILITAR 190 POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL 191 SAMU 192 CORPO DE BOMBEIROS 193 DEFESA CIVIL 199 POLÍCIA CIVIL 123º DP 2791-4019 DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR) 2791-5379 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS) 2796-8330 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (OPERAÇÕES) 2796-8320 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO) 2796-8320 CÂMARA DE MACAÉ 2772-2288 HPM 2773-0061 CEDAE: 2772-5090 AMPLA 0800-28-00-120 PREFEITURA MUNICIPAL 2791-9008 DELEGACIA DA MULHER 2772-0620 GUARDA MUNICIPAL 2773-0440 AEROPORTO DE MACAÉ 2763-5700 CARTÓRIO ELEITORAL 109º ZONA 2772-3520 CARTÓRIO ELEITORAL 254º ZONA 2772-2256 CORREIOS (SEDE) 2759-3390 CORREIOS CENTRO 2762-7527 CEG RIO 0800-28-20-205 RÁDIO TAXI MACAÉ 2772-6058 CONSELHO TUTELAR I 2762-0405/ 2796-1108 PLANTÃO: 8837-4314 CONSELHO TUTELAR II 2762-9971/ 2762-9179 PLANTÃO: 8837-3294 CONSELHO TUTELAR III (SERRA) 2793-4050/2793-4044 PLANTÃO: 8837-4441


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 18 de maio de 2018

Polícia

NOTA

Ações marcam Maio Amarelo em Macaé. Para chamar a atenção da sociedade sobre o alto índice de mortes e feridos no trânsito, a Secretaria de Mobilidade Urbana realiza diversas ações no município.

RETORNO

TIROTEIO

Secretário da intervenção federal visitará o 32º BPM de Macaé

PM troca tiros, suspeito é ferido e outro é detido

Ação faz parte de nova fase da estratégia de segurança pública no Estado

N

a próxima semana, o general do Exército Richard Nunes, secretário estadual de Segurança Pública, fará visita ao 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM). A ação faz parte da nova fase da intervenção federal e tem como base também solicitações e debates promovidos pela Câmara de Vereadores nas últimas duas semanas. A agenda do general Richard em Macaé foi confirmada ontem (17), pelo coronel do Exército Roberto Itamar, porta-voz do Gabinete da Intervenção Federal (GIF) no Estado. Itamar foi entrevistado pelo radialista e vereador Robson Oliveira, durante o programa Show da 95 FM, transmitido pela rádio na manhã de ontem. A equipe do jornal O DEBATE também participou do contato com o porta-voz do Gabinete. "O secretário de Segurança Pública estará em Macaé na próxima semana, em visita ao 32º BPM, para acompanhar a demanda da unidade. Esse trabalho faz parte da nova fase da intervenção, que vai garantir uma nova sensação de segurança para os moradores da cidade, assim como os demais municípios atendidos pela unidade da Polícia Militar", disse Itamar. O porta-voz do GIF garantiu também que o 32º BPM será contemplado com novas viaturas, que serão adquiridas em um segundo lote pelo governo do Estado.

DIVULGAÇÃO/PM

Policiais militares do 32° Batalhão de Macaé, vão realizar patrulhamento de rotina a pé em locais estratégicos onde o índice de criminalidade é bastante considerável

"Na primeira leva, Macaé não foi contemplada. Mas certamente o batalhão situado na cidade vai receber novas viaturas. A cidade já conta com o reforço do efetivo, através da reativação do RAS", afirmou. Itamar garantiu que a população da cidade e da região pode confiar nas ações programadas pela intervenção para as cidades do interior. "Eu quero deixar uma mensagem especial para todos os moradores de Macaé e demais municípios do Interior. Peço que confiem no nosso trabalho que vai garantir maior sensação de segurança a todos", disse o coronel Itamar. O contato com o porta-voz do

GIF foi garantido por Robson Oliveira após apresentar requerimento na Câmara, solicitando audiência com o comandante geral da intervenção federal, o general Braga Neto, para apresentar as demandas da cidade. RETORNO DO RAS

Suspenso desde o ano de 2016 por falta de pagamento, o Regime Adicional de Serviço (RAS), hora extra remunerada de policiais militares, retomou as atividades na manhã de quinta-feira (17). Ao todo, 15 policiais militares do 32° Batalhão de Macaé, vão realizar patrulhamento de rotina a pé em locais estratégicos onde o índice de criminalidade é bastante considerável.

Com a medida, policiais de folga trabalharão oito horas diárias remuneradas. De acordo com a Polícia Militar, quinze vagas por dia serão disponibilizadas aos policiais que quiserem fazer as horas extras.Os recursos para o RAS foram liberados pelo Governo Federal e fazem parte da intervenção do Estado do Rio de Janeiro. Após o crescimento de roubos e furtos no município, o RAS será importante para aumentar o efetivo policial nas ruas da Capital do Petróleo, pois tem aspecto extremamente positivo no policiamento ostensivo. O reforço no policiamento ocorrerá em locais onde há maior incidência de criminalidade, através de um cronograma da violência, previamente elaborado pelo 32º Batalhão de Polícia Militar (32º BPM). Ao todo, serão disponibilizados pelo Governo do Estado R$ 8 milhões por mês para o pagamento do benefício. No final deste mês, o Estado pagará a última parcela referente ao Sistema Integrado de Metas (SIM) pendente a servidores da área de Segurança, de aproximadamente R$ 20 milhões. As parcelas estão sendo depositadas sempre no fim de cada mês, conforme compromisso assumido pelo governador Luiz Fernando Pezão no início de fevereiro deste ano. Já foram depositados cerca de R$ 60 milhões.

MACAÉ

Polícia Civil divulga imagem de suspeito de cometer assalto DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL

Segundo delegado de Macaé, Marcos Paulo Lacerda Bromberg foi detido por roubo a estabelecimento comercial, no bairro Campo d’Oeste A Polícia Civil de Macaé divulgou a imagem e a identidade de um homem, suspeito de ter assaltado uma residência, localizada da Rua Goiânia, no último dia 16, no bairro Campo d’ Oeste, em Macaé. O suspeito identificado como Marcos Paulo Lacerda Bromberg, foi detido na manhã de quarta-feira (16), por volta das 9h50min, após assaltar um comércio no bairro e em seguida teria roubado um veículo, no

Marcos Paulo Lacerda Bromberg permanece detido após roubo em comércio

bairro Novo Horizonte. A policia foi acionada, o cerco foi fechado e os três bandidos que estavam no veículo roubado

5

efetuaram disparos de arma de fogo contra a viatura da Polícia Militar. Marcos Paulo foi detido em

flagrante pelos agentes da PM, e outros dois criminosos fugiram a pé. A Polícia Civil de Macaé solicita às vítimas que reconhecerem o Marcos Paulo como autor do crime, que compareçam à delegacia da cidade, onde serão tomadas as providências cabíveis ao fato. O delegado adjunto Rodolfo Maravilha, garante que as vítimas não serão colocadas à frente com o suspeito e que o reconhecimento é realizado em sala específica. A Polícia Civil ainda pede colaboração à população para quem tiver qualquer informação que possa ajudar a localizar outros dois autores do crime, procurar a 123ª DP ou entrar em contato por meio do número do Disque-Denúncia (22) 2791-5379.

Confronto aconteceu na madrugada de quinta-feira (17), no bairro Fronteira, em Macaé. Drogas foram apreendidas Polícia Militar trocou tiros com suspeitos na madrugada de quinta-feira (17), no bairro Engenho da Praia, em Macaé. Um homem foi ferido de raspão e levado sob custódia para o Hospital Público de Macaé. Um outro homem foi detido em flagrante durante o confronto que durou quase uma hora. De acordo com a Polícia Militar, os agentes estavam em

patrulhamento a pé, no bairro, quando homens, ao perceberem a aproximação dos policiais, atiraram na direção da equipe. Na troca de tiros, um dos homens ficou ferido, um outro foi detido e os demais conseguiram fugir. Com o suspeito detido, foram apreendidos um revólver calibre 38 com seis munições, dois aparelhos radiotransmissores, dinheiro e 305 buchas de maconha. Segundo informações da unidade de saúde, o rapaz baleado segue internado em observação e passa bem. O caso foi registrado na 123ª Delegacia de Polícia de Macaé. DIVULGAÇÃO

Materiais entorpecentes foram encaminhados para a 123ª DP de Macaé

ACIDENTE

Carro cai dentro do valão Um acidente grave foi registrado na manhã de quintafeira (17), por volta das 9h, em Macaé. O motorista perdeu a direção do veículo e caiu da ponte que fica localizada entre os bairros Botafogo e Novo Botafogo.

A cena chamou atenção dos moradores que tentaram ajudar o condutor a sair do veículo que ficou de cabeça para baixo. O motorista, que não teve a identidade divulgada, conseguiu sair do automóvel sem ferimentos graves. DIVULGAÇÃO

Veículo cai da ponte do bairro Botafogo e condutor sai ileso


6

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 18 de maio de 2018

Geral

NOTA

Transportuária: decreto desapropria área para construção da rodovia. Implantação da Rodovia Transportuária é fundamental para a obra do porto, no São José do Barreto

ESGOTO

Vazamento de esgoto volta a ser denunciado no Quinta da Boa Vista De acordo com os moradores, o problema é antigo, mas o órgão municipal não toma nenhuma providência Juliane Reis

WANDERLEY GIL

juliane@odebateon.com.br

O

saneamento básico é um item fundamental para promover a melhoria na qualidade de vida da população, mas quem reside no Loteamento Quinta da Boa Vista, na Virgem Santa, continua sofrendo com os vazamentos de esgoto. Um problema que vem sendo denunciado há anos pelo Jornal, mas que segue sem solução. Esta semana a equipe de reportagem do Jornal voltou ao local, e conforme já havia sido informado por moradores, constatou que nada mudou. “Nenhuma obra foi feita para conter o vazamento e os mais prejudicados somos nós. A cada dia está mais dificil passar aqui. Devido as valas que estão se formando, está complicado passar de carro”, disse um motorista. Um dos pontos onde foi identificado o primeiro vazamento fica na estrada de acesso. Outra localidade, talvez a mais crítica, fica na via principal, onde o vazamento tem atrapalhado, inclusive, o acesso de veículos. “O problema tem se agravado cada vez mais. O que começou com um pequeno vazamento, hoje está em grande proporção. Tem esgoto vazando por todo bairro, os bueiros estão transbordando. Não sabemos mais a quem

O problema, segundo moradores, tem se agravado cada vez mais

recorrer. Toda vez a Prefeitura responde que irá encaminhar equipe ao local e tomar as devidas providências, mas até hoje nada foi feito. Vai chegar a hora que os carros não irão conseguir passar”, disse.

Em várias edições anteriores quando foi procurada pela redação do Jornal, a prefeitura informou que uma equipe seria encaminhada ao local e que o problema seria resolvido. No inicio deste ano, por exemplo,

umas das respostas emitidas pelo órgão foi que “a Secretaria de Saneamento disse que a equipe técnica realizou vistoria no local, constatando presença de esgoto na rede de drenagem de águas pluviais,

possivelmente oriunda de ligação clandestina. Ainda segundo o órgão, a partir da situação constatada, foi solicitada à BRK Ambiental, Secretaria de Serviços Públicos e Secretaria de Ambiente

e Sustentabilidade ação conjunta, a fim de viabilizar a verificação in loco e prospecção no interior da rede. Caso sejam confirmadas possíveis ligações clandestinas, serão aplicadas as medidas cabíveis”. Vale lembrar que, de acordo com a Lei Complementar do município nº 076/2006, o “saneamento básico é o conjunto de serviços que compreende o abastecimento de água potável, o esgoto sanitário, a limpeza urbana, o manejo de resíduos sólidos e a drenagem das águas pluviais, de infraestruturas e instalações operacionais que visam melhorar a vida da comunidade”. E a legislação informa que, para reduzir a poluição nos corpos hídricos pela eliminação dos lançamentos irregulares, enquanto não houver abastecimento do sistema de esgotamento sanitário, caberá ao poder público disponibilizar veículos tipo limpa-fossa. A redação do Jornal voltou a fazer contato com a Prefeitura, e mais uma vez o órgão se limitou em dizer que a solicitação foi repassada para a Secretaria de Saneamento, que vai verificar a situação. Já a BRK Ambiental voltou a informar que "esta localidade está fora da nossa área de concessão".

INFRAESTRUTURA

Buracos causam transtornos no São José do Barreto WANDERLEY GIL

Além dos buracos, algumas ruas do bairro não contam com pavimentação

Situação da Rua Arnald Sussekind esquina com a São José do Barreto, próximo ao Nupem é critica

Enquanto o progress o chega em todos os bairros, alguns como o São José do Barreto sofrem com precariedade das vias. Na Rua Antônio Cesário e na Rua Arnald Sussekind - esquina com a São José do Barreto, por exemplo, os motoristas precisam ter atenção redobrada para não passar com os veículos nos buracos. Moradores relatam que o problema tem se agravado cada vez mais. “Está cada dia pior. As ruas estão ficando tomadas por buracos”, disse um motorista. Além dos buracos, algumas ruas do bairro não contam com pavimentação. Com isso, transitar em

dias de chuva não é para todos, a menos que desejem chegar ao devido destino tomados de lama. Já em dias quentes, a poeira invade as residências. “Muitas ruas não estão pavimentadas e quem sofre somos nós. Quando não é poeira, é lama. Uma situação dificil”, relatou um morador. O São José do Barreto é um dos bairros mais antigos de Macaé onde ficam situados o Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho e o Parque de Exposições Latiff Mussi, onde são realizados os maiores eventos da cidade. É importante lembrar que a manutenção das vias está prevista dentro do Código Brasileiro de Trânsito (CBT), que garante ser dever das autoridades promover um trânsito seguro e de quali-

dade. De acordo com o Art. 1º "o trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito, a estes cabendo, no âmbito das respectivas competências, adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito". Mas, na prática, a lei não é respeitada nem mesmo pelas autoridades. Procurada pela redação do Jornal, a Prefeitura informou que “A Secretaria de Infraestrutura lembra que as ações de manutenção nas vias do município são contínuas e seguem um cronograma. Na segunda-feira (14), a equipe atuou em Cabiúnas e na terça (15), no Vale das Palmeiras. No São José do Barreto, já foi feita a manutenção na beira valão e, a previsão, é que, em breve, as outras ruas sejam contempladas”.

VAGAS KANÁ MANHÃES

Curso de Biologia de Artrópodes Vetores oferece vagas A seleção dos candidatos será feita entre os dias 15 e 30 de Junho. E o anúncio dos selecionados será no dia 2 de Julho Seguem abertas as inscrições para a VIII edição do Curso de Biologia de Artrópodes Vetores (CBAV). Os interessados podem se inscrever até o dia 15 de junho, por meio do preenchimento da ficha de cadastro disponível em https://www.dropbox.com/s/10twkuiu8659u6q/ Ficha%20de%20cadastro%20

inscri%C3%A7%C3%A3o. docx?dl=0>. Já a documentação solicitada deve ser enviada pelo cbav.inct. em@gmail.com Os documentos que devem ser enviados no ato da inscrição são: Curriculo Lattes; Cópia do RG; Cópia do diploma de graduação; Carta de Interesse do aluno; Carta de Indicação do orientador* e Ficha de cadastro. A seleção dos candidatos será feita entre os dias 15 e 30 de Junho. E o anúncio dos selecionados será no dia 2 de Julho. O curso será realizado entre

os dias 20 a 31 de agosto de 2018 na sede do Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem) / Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Campus Macaé Professor Aloísio Teixeira. A iniciativa é voltada, preferencialmente, para alunos de pósgraduação da área de artrópodes vetores e tem como finalidade oferecer base teórica e prática em diversos aspectos relevantes para a taxonomia, biologia, fisiologia e bioquímica de artrópodes vetores, incluindo a sistemática e filogenética, interação patógeno-

vetor, vigilância e controle. Além disso, o CBAV promove integração e conhecimento das linhas de pesquisa de diferentes grupos nacionais e internacionais. Será fornecido transporte para o translado dos alunos entre o Rio de Janeiro e Macaé, no início (Rio - Macaé) e no fim do curso (Macaé - Rio); e todos os inscritos, exceto moradores de Macaé, ficarão hospedados no alojamento do NUPEM, local de realização do curso. O alojamento é simples com quartos coletivos e uma cantina que oferece alimentação básica. Ainda

O curso será realizado na sede do Nupem / UFRJ, entre os dias 20 e 31 de agosto

segundo informações, o curso arca com as despesas de hospedagem e alimentação dos alunos, a não ser que não tenha financiamento por parte das agências de fomento. Além disso, o curso será oferecido como disciplina de pós graduação pela Fiocruz. Alunos de outras pós graduações receberão certificado de partici-

pação como alunos externos, para validação de créditos nas pós graduações de origem. O curso é patrocinado pelo Instituto Nacional de Entomologia Molecular (INCT-EM) e voltado a alunos de pós-graduação de todo o Brasil da área de artrópodes vetores e pode ser validado como disciplina de pós graduação.


8

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 18 de maio de 2018

CULTURA

AVANÇO

Banda Jamz de volta para agitar a noite no Sentrinho

Produção de petróleo da Petrobras chega a 2,68 milhões de barris

Esta sexta-feira (18) será de muita animação no Sentrinho por conta do projeto Gourmet Sentrinho - Unimed Isis Maria Borges Gomes

DIVULGAÇÃO

isismaria@odebateon.com.br

O

público macaense pediu ‘bis’, e retorna aos palcos a banda pop com raízes no jazz, no soul, no rock e R&B. Trata-se da consagrada Jamz, que faz um super show nesta sexta-feira (18), numa promoção do Sentrinho, realizando mais uma edição do Goumet Sentrinho-Unimed e oferecendo uma deliciosa programação ao público macaense. O evento terá início às 21h30, tendo na abertura os shows de Eduardo Bruno, Willer Bechara e Fábio Guma. Os organizadores informam que a venda antecipada de mesas acontece na sede da escola. Os contatos podem ser feitos pelos telefones (22) 27629647. A promoção consta ainda de pista de dança. Na oportunidade, a Banda Jamz irá disponibilizar para venda o CD Tudo Nosso pelo valor de R$ 20. Merece lembrar que uma grande oportunidade para Banda Jamz foi a participação no Rock in Rio. A banda se apresentou no Rock District no dia 16 de setembro de 2017 com grande sucesso. Formada pelos jovens músicos William Gordon (baixo e voz), Paulinho Moreira (guitarra), Gustavo Tibi (teclado e voz) e Pepê Santos (bateria), a JAMZ mostrou ao Brasil a sua maturidade ganhando evidência, a princípio, com autênticas releituras de hits nacionais e internacionais. Três anos depois de ser finalista do SuperStar, a

JAMZ consolida o seu espaço com som vibrante nas 11 faixas do seu segundo disco intitulado ‘Tudo Nosso’. Ganhadores do Prêmio Multishow na Categoria Experimente, shows em grandes palcos com Rock in Rio, Festival de Verão de Salvador e Planeta Atlântida e as recentes indicações dos seus 2 álbuns ao Grammy Latino firmam a JAMZ como uma das bandas mais interessantes da nova safra da música brasileira que também levou o título de Melhor Grupo na Categoria "Canção Popular" do 27º Prêmio da Música Brasileira. O programa foi o pontapé inicial

para fortalecer a sintonia dos jovens integrantes, que já eram músicos profissionais antes da competição. A alta repercussão evidenciou o talento do grupo que caiu no gosto do público e de famosos como Pedro Bial e Ed Motta, além de emplacar 3 músicas em novelas da Rede Globo. Sim. Uma banda pop, mas com raízes no Jazz, no Soul, no Rock e R&B. E essa é a mistura que faz da JAMZ uma banda tão interessante de se ver e ouvir. Uma galera nova fazendo um som com influências velhas e mais atual do que nunca. Musicalidade é coisa de família na banda Jamz. O baixista

Dados foram atualizados ontem pela e vocalista William Gordon é meio-irmão do baterista Pepê companhia estatal

Santos, que vem a ser filho do vocalista do Roupa Nova, Paulo César dos Santos, o Paulinho. E o enredo não para por aí: o mesmo William é sobrinho-neto de Dolores Duran e, respectivamente, filho e sobrinho dos cantores Tony e Izzy Gordon. Os dois participam da faixa “Rational culture”, de Tim Maia, que a Jamz recriou para seu primeiro CD, “Insano” . William, de 21 anos; Pepê, de 25; Paulinho Moreira (guitarra), de 26; e Gustavo Tibi (teclado e vocal), de 23, tocavam na banda da cantora Tânia Mara quando decidiram formar a Jamz e participar do “SuperStar”. O quarteto saiu vice-campeão da primeira edição do programa. Pedro Bial disse: “Só o nome da banda já é um convite à liberdade. JAM é aquele encontro em que os músicos vão com o único compromisso de improvisar e é JAM de A à Z. JAMZ. Eu gosto do frescor, das caras limpas, da leveza, da elegância, eu aplaudo antes de sair pra dançar, porque eles são dançantes, aplaudo a competência musical, são ótimos instrumentistas. Além disso tem cultura, eles conhecem a história, sabem quem veio antes deles, sabem que só vai para frente quem sabe quem veio antes. Eles sabem. Eles vão. JAMZ!" Já Ivete Sangalo declarou: “Essa é uma Banda que eu sairia da minha casa, compraria o ingresso, para assistir. O Brasil precisa de uma Banda como a Jamz”.

A produção total de petróleo e gás da Petrobras em abril, incluindo líquidos de gás natural (LGN), foi de 2,68 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), sendo 2,59 milhões boed produzidos no Brasil e 95 mil boed no exterior. A produção total operada da companhia (parcela própria e dos parceiros) foi de 3,33 milhões boed, sendo 3,20 milhões boed no Brasil. No país, a produção média de petróleo foi de 2,09 milhões de barris por dia (bpd), volume 1,0% superior ao de março, devido, principalmente, ao

término de manutenções em equipamentos no FPSO Cidade de Angra dos Reis, localizado no campo de Lula, e ao início de produção do FPSO P-74, localizado no Campo de Búzios, ambas plataformas que operam no pré-sal da Bacia de Santos. A produção de gás natural, excluído o volume liquefeito, foi de 79,0 milhões de m3/d, 1,2% acima do mês anterior. No exterior, a produção de petróleo foi de 58 mil bpd, volume 5% abaixo do mês anterior, e a produção de gás natural foi de 6,3 milhões de m3/d, 1,6% abaixo do volume produzido em março. A redução ocorreu, principalmente, em função de manutenções nos campos de Saint Malo e Lucius, nos EUA. ANDRE RIBEIRO / BANCO DE IMAGENS PETROBRAS

Finalização de manutenção de unidades expandiu capacidade de produção


www.odebateon.com.br

Macaé (RJ), sexta-feira, 18 de maio de 2018, Ano XLIII, Nº 9557

Fundador/Diretor: Oscar Pires

9

CADERNO DOIS O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Banda Jamz de volta para agitar a noite no Sentrinho Esta sexta-feira (18) será de muita animação no Sentrinho por conta do projeto Gourmet Sentrinho - Unimed Isis Maria Borges Gomes isismaria@odebateon.com.br

O

público macaense pediu ‘bis’, e retorna aos palcos a banda pop com raízes no jazz, no soul, no rock e R&B. Trata-se da consagrada Jamz, que faz um super show nesta sexta-feira (18), numa promoção do Sentrinho, realizando mais uma edição no Goumet Sentrinho-Unimed e oferecendo uma deliciosa programação ao público macaense. O evento terá início às 21h30, tendo na abertura os shows de

Eduardo Bruno, Willer Bechara e Fábio Guma. Os organizadores informam que a venda antecipada de mesas acontece na sede da escola. Os contatos podem ser feitos pelos telefones (22) 2762-9647. A promoção consta ainda de pista de dança. Na oportunidade, a Banda Jamz irá disponibilizar para venda o CD Tudo Nosso pelo valor de R$ 20. Merece lembrar que uma grande oportunidade para Banda Jamz foi a participação no Rock in Rio. A banda se apresentou no Rock District no dia 16 de setembro de 2017 com grande sucesso. SERVIÇO

Banda Jamz Formada pelos jovens músicos William Gordon (baixo e voz), Paulinho Moreira (guitarra), Gustavo Tibi (teclado e voz) e Pepê Santos (bateria), a JAMZ mostrou ao Brasil a sua maturidade ganhando evidência, a princípio, com autênticas releituras de hits nacionais e internacionais. Três anos depois de ser finalista do SuperStar, a JAMZ consolida o seu espaço com som vibrante nas 11 faixas do seu segundo disco intitulado ‘Tudo Nosso’.

Ganhadores do Prêmio Multishow na Categoria Experimente, shows em grandes palcos como Rock in Rio, Festival de Verão de Salvador e Planeta Atlântida e as recentes indicações dos seus 2 álbuns ao Grammy Latino firmam a JAMZ como uma das bandas mais interessantes da nova safra da música brasileira que também levou o título de Melhor Grupo na Categoria "Canção Popular" do 27º Prêmio da Música Brasileira. O programa foi o pontapé inicial para fortalecer a sintonia

Gourmet Sentrinho-Unimed com a Banda Jamz dos jovens integrantes, que já eram músicos profissionais antes da competição. A alta repercussão evidenciou o talento do grupo que caiu no gosto do público e de famosos como Pedro Bial e Ed Motta, além de emplacar 3 músicas em novelas da Rede Globo. Sim. Uma banda pop, mas com raízes no Jazz, no Soul, no Rock e R&B. E essa é a mistura que faz da JAMZ uma banda tão interessante de se ver e ouvir. Uma galera nova fazendo um som com influências velhas e mais atual do que nunca.

18 de maio Escola Sentrinho - Av. Evaldo Costa, 475 - Sol y Mar ● HORÁRIO: às 21h30 ● PREÇO do convite: Individual - R$ 30; Mesa com 4 cadeiras - R$ 120 ● INFORMAÇÕES e reservas pelo telefone (22) 2762 9647 / (21) 99971-6482 ● DATA:

● LOCAL:

União de talentos Elogios de quem entende Musicalidade é coisa de família na banda Jamz. O baixista e vocalista William Gordon é meio-irmão do baterista Pepê Santos, que vem a ser filho do vocalista do Roupa Nova, Paulo César dos Santos, o Paulinho. E o enredo não para por aí: o mesmo William é sobrinho-neto de Dolores Duran e, respectivamente, filho e sobrinho dos cantores Tony e Izzy Gordon. Os dois participam da faixa “Rational culture”, de Tim Maia, que a Jamz recriou para seu primeiro CD, “Insano” . William, de 21 anos; Pepê, de 25; Paulinho Moreira (guitarra), de 26; e Gustavo Tibi (teclado e vocal), de 23, tocavam na banda da cantora Tânia Mara quando decidiram formar a Jamz e participar do “SuperStar ”. O q u a r t et o sa i u vice-campeão da primeira edição do programa.

Pedro Bial disse: “Só o nome da banda já é um convite à liberdade. JAM é aquele encontro em que os músicos vão com o único compromisso de improvisar e é JAM de A à Z. JAMZ. Eu gosto do frescor, das caras limpas, da leveza, da elegância, eu aplaudo antes de sair pra dançar, porque eles são dançantes, aplaudo a competência musical, são ótimos instrumentistas. Além disso tem cultura, eles conhecem a história, sabem quem veio antes deles, sabem que só vai para frente quem sabe quem veio antes. Eles sabem. Eles vão. JAMZ!" Já Ivete Sangalo declarou: “Essa é uma Banda que eu sairia da minha casa, compraria o ingresso, para assistir. O Brasil precisa de uma B a n d a como a Jamz”.


10

CADERNO DOIS

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 18 de maio de 2018

KELVIN KARVALHO colunakk@gmail.com

KELVIN KARVALHO

Bomba Juíze s de todo o país e stão adotando uma medida inusitada para forçar cidadãos inadimplentes a pagar suas dívidas. De acordo com a Folha de São Paulo, os magistrados têm solicita-

do a suspensão de documentos como o passapor te, a car teira de habilitação e até cartões de crédito de quem está devendo, o que tem gerado polêmica entre especialistas.

Fantástico Com o objetivo de incluir ainda mais os cegos e outros deficientes visuais nas ações do governo municipal, a Prefeitura de Macaé aderiu ao projeto #PraCegoVer, uma ferramenta de disseminação da cultura da acessibilidade nas redes sociais. O projeto permite que cegos e outros deficientes visuais ouçam a descrição das imagens nas redes sociais oficiais da prefeitura. O portal da prefeitura já tem o dispositivo por atender aos requisitos do Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico (eMag). Idealizado

pela professora baiana Patrícia Braille, o projeto consiste na utilização de uma hashtag nas postagens, fazendo a descrição da imagem divulgada. A tradução consiste em transformar imagens em palavras, obedecendo a critérios de acessibilidade e respeitando as características do público a que se destina. É voltado, principalmente, para pessoas cegas, mas também pode beneficiar os que apresentam outras deficiências visuais, dislexia, deficiência intelectual ou com déficit de atenção.

Menos bagunça O Facebook apagou 583 milhões de contas falsas no primeiro trimestre, segundo relatório da rede social no qual detalha, pela primeira vez, ações para controlar práticas abusivas. Segundo o Facebook, na maioria dos casos, as contas foram identificadas em minutos. A rede estima que, mesmo com os perfis deletados, entre 3%

e 4% das contas ativas no período seriam falsas. A empresa também afirma ter apagado 837 milhões de mensagens consideradas spam em seis meses. Em quase todos os casos, a companhia não dependeu de um aviso de usuário para identificar as mensagens inadequadas, o serviço foi feito a partir da inteligência artificial.

Ninguém vai A mais recente pe squis a de intenção de voto para presidente, divulgada na segunda-feira, 14/05, pela CNT/MDA, apontou um grande favorito para a eleição de outubro: ninguém. A soma de eleitores indecisos ou dispostos a votar em branco ou nulo chega a 45,7%, número superior ao desempenho dos quatro primeiros colocados na disputa. Juntos, Jair Bolsonaro (18,3%), Marina Silva (11, 2), Ciro G ome s (9%) e G e r al do

Alckmin (5,3%) somam 43,8% das preferências. O número de b r anco e nulo s é de 2 9,6%, quase dez pontos a mais do que a pesquisa CNT/MDA divulgada no final de abril de 2014: 20%. Àquela altura o total de indecisos era de 9,6%. Hoje é de 16,1%, quase o dobro. Ou seja: o número de eleitores que não sabem ou não querem votar em nenhum dos candidatos a presidente aumentou cerca de 15% em quatro anos. Vivian Vaz Coelho Mussi, nossa Vice-campeã Estadual 2018 de fisioculturismo!

CINEMA Deadpool 2 (PRÉ-ESTREIA) ● GÊNERO:

Ação

16 anos 20h* (2D/Dub), 20h30* (2D/Leg), 22h10* (2D/Dub), 22h45* (2D/Leg) *Apenas no dia 16/05 ● SINOPSE: Deadpool (Ryan Rey n o l d s ) e s t á d e v o l t a maior, melhor e mais engraçado do que nunca. Quando o supersoldado Cable (Josh Brolin) chega em uma missão assassina, o mercenário precisa aprender o que é ser ● CLASSIFICAÇÃO: ● HORÁRIOS:

Programação de Cinema de 10 a 16 de maio herói de verdade, recrutando pessoas poderosas, ou não, para ajudá-lo.

Desejo de Matar ● GÊNERO:

Ação

em uma máquina mortífera para conseguir fazer justiça com as próprias mãos.

A Noite do Jogo Comédia 14 anos ● HORÁRIOS: 21h45 (2D/Leg) ● SINOPSE: Max (Jason Bateman) e Annie (Rachel McAdams) participam de um grupo de casais que organizam noites de jogos. O irmão de Max, Brooks (Kyle Chandler), chega decidido a organizar uma festa de assassinato e mistério e ● GÊNERO:

18 anos ● HORÁRIOS: 17h10 (2D/Dub), 21h50* (2D/Leg) *Exceto o dia 16/05 ● SINOPSE: Um homem gentil tem sua vida transformada quando sua família é abalada por um ato de violência que machuca a todos. Em busca de justiça, ele se transforma

● CLASSIFICAÇÃO:

Jazz, Blues, Soul, R&B, Vintage, Black Music, Rock clássicos nacionais e internacionais, MPB e Samba Canção. A programaçao é a seguinte: 18 de maio - Jaci Temóteo; 8 de junho - Nathalie Alvim; e 22 de junho - Kynnie Williams. Os ingressos antecipados estão à venda no Vintage Restaurante. ● SERVIÇO: Musical Vintage ● DATA: mês de maio ● LOCAL: Vintage Restaurante ● PRODUÇÃO: Agnes Williams ● OUTRAS informações: (22) 99710-9361

é realizada semanalçmente, toda quarta-feira das 6h às 13h na Praça do Bairro da Glória, reunindo agricultores da cidade e região, e oferecendo seus excelentes produtos do município e região, numa promoção da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Município de Macaé, Coopmac. A Diretora Financeira e de Administração, Miria Marins, esclarece que a proposta deste evento é proporcionar maior renda aos produtores, e promover o escoamento de suas mercadorias, oferecendo melhor qualidade aos consumidores. ● SERVIÇO: Feira de Agricultura Familiar ● LOCAL: Praça do Bairro da Glória ● DATA: toda quarta-feira ● HORÁRIO: das 6h às 13h

● CLASSIFICAÇÃO:

acaba sequestrado, levando todos a acreditarem que o sumiço faz parte da misteriosa brincadeira. Os seis amigos competitivos precisam então resolver o caso para vencer o jogo, cujo rumo vai se tornando cada vez mais inesperado.

Paulo, Apóstolo de Cristo ● GÊNERO:

Drama

12 anos ● HORÁRIOS: 15h10 (2D/Dub), 17h20 (2D/Dub), 19h30* (2D/ Leg) *Exceto o dia 16/05 ● CLASSIFICAÇÃO:

● SINOPSE: Paulo (James Faulk-

ner) era conhecido como um dos perseguidores de cristãos mais cruel de seu tempo. Mas tudo muda quando ele tem um encontro com o próprio Jesus. A partir desse momento, esse jovem se torna um dos apóstolos mais influentes do cristianismo.

Os Vingadores Guerra Infinita ● GÊNERO:

Ação 12 anos 13h10* (3D/Dub),

● CLASSIFICAÇÃO: ● HORÁRIOS:

14h (2D/Dub), 15h (3D/Dub), 16h (3D/Dub), 18h30 (3D/ Dub), 19h (3D/Leg), 19h20** (2D/Dub), 21h30 (3D/Dub), 22h (2D/Leg) *Apenas sábado e domingo **Exceto o dia 16/05 ● SINOPSE: Thanos (Josh Brolin) enfim chega à Terra, disposto a reunir as Joias do Infinito. Para enfrentá-lo, os Vingadores precisam unir forças com os Guardiões da Galáxia, ao mesmo tempo em que lidam com desavenças entre alguns de seus integrantes.

AGENDA CULTURAL Feira Barramares elogiada, a Feira Barramares acontece toda quintafeira, das 19h às 23h, na Rua Elis Regina - atrás do Atacadão, perto do Bairro Barreto. Organizada por moradores, o evento oferece boa gastronomia, artesanato, perfumaria e cosméticos, diversão para as crianças e música ao vivo. ● SERVIÇO: Feira Barramares ● DATA: toda quinta-feira ● LOCAL: .Rua Elis Regina - atrás do Atacadão, perto do Bairro Barreto ● HORÁRIO: das 19h às 23h ● MUITO

Musical Vintage em Macaé o Musical Vintage com performances de cantores e músicos nacionais e internacionais. São 18 shows sempre às sextas-feiras. O Musical visa atender apreciadores em potencial dos gêneros musicais oferecidos no Set List nas Session Sound:

● CHEGA

Feira de Agricultura Familiar beneficiar tanto os produtores quanto a comunidade com os produtos de qualidade, acontece a 1ª Feira de Agricultura Familiar e Economia Solidária do Município de Macaé. O evento abre uma nova oportunidade de bons negócios na cidade. A Feirinha

● VISANDO

Feirinha do Horto ● PELO terceiro ano consecutivo

acontece a Feirinha do Horto, que se tornou um local de boa música, comidas gostosas e encontro de amigos. O evento é realizado toda quinta-feira, a partir das 18h30, oferecendo yakisoba, vatapá, churrasquinhos, batata frita, cachorro quente, caldos, pastéis, doces, bebidas e artesanato. ● SERVIÇO: Feirinha do Horto ● DATA: toda quinta-feira ● HORÁRIO: a partir das 18h30 ● LOCAL: Village do Horto ● OUTRAS informações: (22) 99957-5299

Feira do Mirante acontece a Feira Gastronômica Artesanal do Mirante da Lagoa marcando pleno sucesso. O evento é realizado às quintas-feiras, a partir das 19h, com talentos locais, transcorrendo em meio a diversas barracas com pastéis, batatas fritas, pizzas, caldos, tortas, bolos, doces, acarajé,

● SEMANALMENTE,

churrasco, empadas e outros. A feira vem atraindo a presença de um público crescente a cada semana, recebendo moradores e convidados, sendo considerada uma excelente opção para famílias e amigos. ● SERVIÇO: Feira Gastronômica Artesanal do Mirante da Lagoa ● LOCAL: Mirante da Lagoa ● DATA: todas as quintas-feiras ● HORÁRIO: a partir das 19h

Neuróticos Anônimos com depressão, solidão, raiva, ansiedade, timidez, insônia, ciúmes, pânico e estresse? Procure o Neuróticos Anônimos, através do Grupo Conviver e Reviver, que funciona na Rua Prefeito Moreira Neto, 72 - 3º Andar - Paróquia São João Batista. As reuniões acontecem aos domingos, de 17h às 19h. O Programa de Recuperação de Neuróticos Anônimos tem por base os 12 passos, que pro-

● PROBLEMAS

põem um programa de vida plena de amor e felicidade e as 12 tradições, que propõem uma convivência harmoniosa com todas as outras pessoas. ● SERVIÇO: Programa de Recuperação de Neuróticos Anônimos ● DATA: Aos domingos ● HORÁRIO: das 17h às 19h ● LOCAL: Paróquia São João Batista - Rua Prefeito Moreira Neto, 72 - 3º Andar ● INFORMAÇÕES: telefone (22) 99229-1945 (Claro) / 997995649 (Vivo) / e-mail podersuperior12@gmail.com

Aion Ville aos bons momentos, quem não conhece deve conhecer o espaço Aion Ville, no Mar do Norte, para agradáveis horas de lazer e de festas, além de treinamentos especiais para funcionários de empresas. Informações tel. 2762-1037.

● ALIADO

Edição 9557 18 05 2018  
Edição 9557 18 05 2018  
Advertisement