Issuu on Google+

DIVULGAÇÃO PM

ASSESSORIA

DROGA LEVA À PRISÃO SUSPEITA NA MALVINAS

AUTOMÓVEIS FICAM MAIS CAROS ESTE MÊS

WELBERTH DIZ: "MEU TRABALHO É NA RUA"

POLÍCIA, PÁG.6

ECONOMIA, PÁG.5

POLÍTICA, PÁG.3

R$ 1,00 Macaé (RJ), sexta-feira 13 de janeiro de 2017 Ano XLI, Nº 9224 Fundador/Diretor: Oscar Pires

O DEBATE

facebook/odebate twiter/odebate issuu/odebateon

www.odebateon.com.br

DIÁRIO DE MACAÉ

GERAL

POLÍTICA

Duplicação vai reduzir a distância entre o Rio e Macaé

WANDERLEY GIL

Governo já nomeou quase um terço dos novos assessores Quase um terço das assessorias disponíveis na prefeitura, após a implantação da reforma administrativa, já foram preenchidas pelo prefeito Dr. Aluízio Júnior (PMDB) que está prestes a completar também a composição dos 43 cargos do alto escalão do quadro de secretários. Até ontem, 272 cargos em comissão e funções gratificadas, de livre nomeação do chefe do Executivo, já haviam sido preenchidos pelo governo. PÁG. 3

Autopista Fluminense anuncia à FIRJAN entrega de trecho total de novas vias em Casimiro

KANÁ MANHÃES

Até abril deste ano, a viagem entre Macaé e Rio de Janeiro ficará mais rápida para os motoristas que trafegam pela BR 101. Pelo menos, é o que espera a indústria local diante das informações repassadas pela Autopista Fluminense durante a reunião, realizada na última terça-feira (11), junto aos membros do conselho da re-

presentação regional Norte Fluminense da FIRJAN. Segundo a concessionária que administra a rodovia, os cerca de 58 quilômetros compreendidos entre Casimiro de Abreu e Rio Bonito estarão duplicados dentro dos próximos três meses, ampliando assim o percentual de novas pistas construídas pela Autopista. PÁG. 7

Duplicação dos 176 quilômetros da BR 101 está prevista para ser concluída em quatro anos

CIDADE

ESGOTO JORRA EM VALA NEGRA DIVULGAÇÃO/ EU LEITOR, O REPÓRTER

Rua do Jardim Vitória foi tomada pela água podre que denuncia problemas em rede

A

pesar de o saneamento básico ser uma das maiores obras do governo atual, o problema de esgoto a céu aberto é algo que ocorre não só nas áreas periféricas e carentes de infraestrutura, como também em áreas nobres da cidade. E é essa a situação no Jardim Vitória. Não bastasse conviver com o famoso lixão, os moradores também convivem com os constantes vazamentos. O assunto foi, inclusive, pauta de uma reportagem de O DEBATE em novembro do ano passado. No entanto, ao que tudo indica, nada mudou, o que tem deixado os moradores indignados. A insatisfação é tanta que um grupo procurou o jornal essa semana novamente. Preocupados com os riscos que o problema representa para a sua saúde, eles denunciam o caso. PÁG. 2

Aulão de karatê acontece no dia 20

Adenilson Aprígio dos Santos será um dos professores da nova equipe

Evento realizado no Plaza Macaé marca a inauguração de escola na cidade PÁG. 2

Polícia Militar segue com operações Bingo clandestino é fechado no Parque Aeroporto PÁG. 6

Proerd e Ronda na Escola serão mantidos PÁG. 7

No início dessa semana, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) divulgou o edital que abre vagas para o acesso aos cursos de graduação por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Segundo o edital, em Macaé (Campus Macaé Professor Aloísio Teixeira) estão sendo disponibilizadas 570 vagas, sendo 345 para o primeiro semestre e 225 para o segundo.

PHILLIPE MOACYR/ASSESSORIA

Quissamã estuda reativar Associação Comerciantes da cidade buscam apoio de Fátima Pacheco PÁG. 7

Educação e Polícia reforçam parceria

UFRJ abre 570 vagas em Macaé

REGIÃO

DIVULGAÇÃO

GERAL

GERAL

PÁG. 2

ESPORTE

POLÍCIA

Fotos enviadas pelos leitores mostram a situação um dia após a prefeitura enviar caminhão limpa-fossa

Espaços estão sendo ocupados

POLÍTICA

Câmara Itinerante prepara retorno Projeto pode iniciar sessões públicas neste ano PÁG. 3

CADERNO DOIS

Maré Alta de volta à cena macaense Após oito anos, banda se reencontra nos palcos PÁG. 11

Prefeita se reuniu com integrantes de Associação

TEMPO

ÍNDICE

Máxima 31º C Mínima 23º C

EDITORIAL

4 CRUZADINHA

C2

PAINEL

4 HORÓSCOPO

C2

GUIA DO LEITOR

4 CINEMA

C2

ESPAÇO ABERTO

4 AGENDA

C2

COTAÇÃO DO DÓLAR

Compra R$3,1737 Venda R$3,1746

Anuncie: (22) 2106-6060 (215)


2

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Cidade

NOTA

UFRJ disponibiliza 570 vagas em Macaé. Total é referente a dois semestres de 2017. Ao todo são oito cursos de graduação

JARDIM VITÓRIA

Área nobre sofre com a falta de saneamento Moradores denunciam vazamentos e relatam que caminhões limpa-fossa estariam despejando o esgoto em córrego Marianna Fontes

DIVULGAÇÃO/ EU LEITOR, O REPÓRTER

marifontes@odebateon.com.br

A

pesar de o saneamento básico ser uma das maiores obras do governo atual, o problema de esgoto a céu aberto é algo que ocorre não só nas áreas periféricas e carentes de infraestrutura, como também em áreas nobres da cidade. E é essa a situação no Jardim Vitória. Não bastasse conviver com o famoso lixão, os moradores também convivem com os constantes vazamentos. O assunto foi, inclusive, pauta de uma reportagem de O DEBATE em novembro do ano passado. No entanto, ao que tudo indica, nada mudou, o que tem deixado os moradores indignados. A insatisfação é tanta que um grupo procurou o jornal essa semana novamente. Preocupados com os riscos que o problema representa para a sua saúde, eles denunciam o caso. Segundo a moradora Fabíola, apesar de ter se agravado há pouco tempo, o problema já dura há anos. Ela enviou à equipe de reportagem fotos da Rua Berta Fernandes Martins Antunes (antiga Rua 16). “Não é de hoje que estamos tentando resolver a situação junto à Prefeitura de Macaé. Mas até agora nada. Está realmente insuportável. Não

Fotos enviadas pelos leitores mostram a situação um dia após a prefeitura enviar caminhão limpa-fossa

podemos nem abrir as janelas de casa devido ao incômodo que isso causa”, conta ela explicando que algumas pessoas já denunciaram o caso ao Ministério Público. “Fizemos isso porque não temos tratamento no bairro. Os dejetos são joga-

dos dentro da mata que divide o bairro com a Linha Verde”, completa. Ela ressalta que essa semana o caminhão limpa-fossa esteve no bairro, mas o problema não foi resolvido. “Eles vieram na terça-feira (10) porque fomos

ESPORTE

Vem aí um novo conceito que promete fomentar o karatê em Macaé. Com o objetivo de formar grandes atletas no município e na região, a Escola Michu Karatê realizará dois grandes eventos para marcar a sua inauguração. O primeiro deles, que é aberto ao público e conta com o apoio da X-Force, será no dia 20, às 19h, no Shopping Plaza Macaé. No dia será feito um aulão, que contará com a presença de grandes nomes do esporte do Estado do Rio e de São Paulo. Entre eles, já estão confirmados o Presidente da Escola de Karatê Seigokan, Roberto Takeshi Fuchu, do Diretor Técnico da Seigokan no Brasil, Pedro Silva de Oliveira (Faixa-preta/ 5º Dan), da Direto-

ra Administrativa da Seigokan, a professora Carolina Torres (Faixapreta/ 4º Dan nos estilos Goju Rye e Shotokan) e de representantes da Federação de karatê Interestilos do Rio de Janeiro (FEKI-RJ). Já a grande inauguração acontece no dia 23, na sede da escola, situada na Rua Secretário Saulo Brand, nº 83 - Visconde de Araújo. “A escola já existia desde 2006, mas estava há muito tempo parada. Até que um dia Pedro Paulo Alves de Melo, que é empresário, ex-karateka, e tem um filho, Vitor Melo, que pratica a modalidade, me procurou e disse estar interessado em abraçar esse projeto e levantar o esporte na região. O nosso objetivo aqui é formar atletas para participar de campeonatos e, quem sabe, alcançar o sonho de um dia representar o nosso país em uma Olimpíada”, explica um dos professores, Adenilson Aprígio dos Santos, que é Faixapreta/2º Dan. O mestre tem em sua carreira esportiva os títulos de

mês, isso porque é decorrente há mais de cinco anos”. Moradores denunciam ainda um possível crime ambiental cometido pela prefeitura. “Quando enchem o caminhão, eles jogam o esgoto no final da rua sem saída. Na terça-feira,

ENSINO SUPERIOR

Aulão de karatê acontece no dia 20 Evento realizado no Plaza Macaé marca a inauguração de escola na cidade

ao MP. E de nada adiantou, porque no dia seguinte já estava tudo do mesmo jeito”, relata. A moradora Tarcila diz que o vazamento já dura há mais de 20 dias. “Não aguentamos mais o estado do nosso bairro. Está transbordando há quase um

quando eles iam fazer isso, chegou um morador e não deixou, senão ia denunciar. Eles alegaram que o veículo não conseguia subir o morro cheio. A situação acontece desde que foi feito o loteamento, que deveria contar com uma ETE, mas isso nunca foi feito. Existe um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Esane, Odebrecht e Lotear”, denunciou uma outra moradora. Procurada pela nossa equipe a Odebrecht Ambiental informou que a estrutura para a coleta de esgoto no bairro Jardim Vitória está em construção e é de responsabilidade da empresa que realiza o loteamento no local. "O extravasamento do esgoto ocorreu devido ao entupimento da rede por lixo e outros resíduos descartados no local, além do direcionamento da água da chuva para a rede de esgoto", diz ela em nota. Por fim, a concessionária reforça que conta com "profissionais treinados e equipamentos adequados para realizar a limpeza, desobstrução de rede, coleta e transporte do esgoto coletado para o devido tratamento nas Estações de Tratamento de Esgoto Mutum e Centro". Apesar das denúncias dos moradores, ela alega que não procede a informação de descarte de efluentes no manancial próximo a Linha Verde por parte da empresa.

KANÁ MANHÃES

Bicampeão mundial do torneio de Seigokan, no Japão; e de Campeão pan-americano e sul-americano. Além dele, integram o time de mestres os professores Carlos Magno e Maria Gonçalves. “Todos os professores são federados”, explica Aprígio. A Escola Michu Karatê é federada a Federação de Karatê do Estado do Rio de Janeiro (FKERJ), a Confederação Brasileira de Karatê (CBK) e a Seigokan. “Queremos mostrar para Macaé que somos capazes de formar grandes atletas. Nosso diferencial será prestar todo o apoio a eles para que possam alcançar seus objetivos. Somos pioneiros no município”, explica o empresário Pedro Paulo. Podem participar alunos com a faixa etária a partir dos seis anos. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas através do telefone: (22) 2141-5401. A grade com dias e horários está sendo montada e será divulgada em breve. DIVULGAÇÃO

Michu Karatê terá foco em preparação dos atletas para campeonatos

Universidade divulgou editais de ingresso pelo SISU e por meio de cotas

UFRJ disponibiliza 570 vagas em Macaé Total é referente a dois semestres de 2017. Ao todo são oito cursos de graduação No início dessa semana, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) divulgou o edital que abre vagas para o acesso aos cursos de graduação por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Segundo o edital, que pode ser consultado na página de acesso à graduação (http://acessograduacao.ufrj.br/), ao todo serão 8.693 vagas em todo o estado, divididas da seguinte forma: 4.917 para o 1º semestre e 3.776 para o 2º período letivo de 2017. Para o SiSU, podem participar da seleção os estudantes que

fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não tiraram zero na redação. As vagas dos cursos cujo o acesso exige Teste de Habilidade Específica (THE) não são disponibilizadas por esse meio e possuem edital próprio. A universidade também está oferecendo metade das vagas para os candidatos que desejam concorrer através de Ação Afirmativa. Segundo a UFRJ, essa modalidade contempla estudantes egressos do Ensino Médio de escolas públicas, incluindo os autodeclarados pretos, pardos e indígenas. O edital completo também pode ser consultado na página de acesso à graduação. No total, em Macaé (Campus Macaé Professor Aloísio Teixei-

ra) estão sendo disponibilizadas 570 vagas, sendo 345 para o primeiro semestre e 225 para o segundo. As oportunidades são para os cursos de Química - licenciatura (50), Nutrição (80), Medicina (60), Farmácia (100), Enfermagem e Obstetrícia (80), Ciências Biológicas - Bacharelado (40) e Ciências Biológicas Licenciatura (40) e Engenharia (120 - apenas primeiro semestre, podendo ao final do quinto período após o ingresso, optar entre os cursos de Engenharia Civil, Mecânica e de Produção, que terão número de vagas definido pelo colegiado de Macaé). A quantidade de vagas específicas disponibilizadas para cada tipo de ingresso poderá ser consultada nos editais disponíveis no site da universidade.


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Política

NOTA

Christino Áureo (PP) passa a ser o número 2 no governo do Estado, ao assumir a Casa Civil

REFORMA

Governo já nomeou quase um terço dos novos assessores Até ontem, Executivo ocupou 272 cargos comissionados e gratificações que restaram Márcio Siqueira

KANÁ MANHÃES

marcio@odebateon.com.br

Q

uase um terço das assessorias disponíveis na prefeitura, após a implantação da reforma administrativa, já foram preenchidas pelo prefeito Dr. Aluízio Júnior (PMDB) que está prestes a completar também a composição dos 43 cargos do alto escalão do quadro de secretários. Até ontem, 272 cargos em comissão e funções gratificadas, de livre nomeação do chefe do Executivo, já haviam sido preenchidos pelo governo. O maior número de assessorias ocupadas está no quadro da Procuradoria Geral do Município, onde 64 comissionados já foram nomeados. Com base na lei sancionada pelo governo no início do ano, as nomeações já definidas pelo Executivo somam exatos 30% do total de cargos comissionados disponíveis na prefeitura: 889. E essas assessorias têm sido motivo de briga interna entre os integrantes da base aliada do chefe do Executivo. Atualmente, a supersecretaria da Casa Civil, que responde também pelas pastas adjuntas do Cermonial, Comunicação, Relações Institucionais e pelo Gabinete do Prefeito, já preencheu 26 das 49 assessorias disponíveis, segundo a reforma. Na Procuradoria, das 107 assessorias previstas no novo organograma do governo, 64 já foram definidas. Na Educação, apenas 18 dos 69 cargos previstos em comis-

TRABALHO

Plenário vai abrir sessões no dia 14 de fevereiro Em recesso desde o final de dezembro, a Câmara de Vereadores vai iniciar oficialmente as discussões em plenário do primeiro ano da nova legislatura, no dia 14 de fevereiro. A data foi confirmada pelo Legislativo nesta semana marcada pela avaliação do desempenho das atividades promovidas pelos parlamentares que participaram do mandato 2013-2016. E dispostos a superar a produção do mandato passado, que gerou quase oito mil proposições (indicações, requerimentos e projetos), os novos 17 parlamentares já apresentaram mais de 100 propostas direcionadas aos governos estadual e municipal. Por enquanto, o Palácio Natálio Salvador Antunes registra a instalação dos vereadores nos gabinetes, especialmente os seis parlamentares que conquistaram novos mandatos na Casa. Já os reeleitos só redefinem as estratégias políticas. WANDERLEY GIL

Prefeitura reduziu número de assessorias e passa a reabilitar servidores para assumir funções, de acordo com editais de concursos NÚMEROS

889

Número de assessorias e cargos gratificados existentes na atual administração da cidade

272

Cargos já preenchidos pelo governo, através de nomeações, definidas pelo prefeito

são foram ocupados. Na Saúde, pasta que passa a ser administrada pelo próprio prefeito, das 119 assessorias, 15 já foram preenchidas. Na supersecretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, dos 35 cargos previstos pela reforma, 15 já foram devidamente definidos por indicações. A composição administrativa e técnica do Macaeprev (Instituto de Previdência), composta

por 16 cargos, já foi completamente definida pelo governo. A supersecretaria de Administração, que aglutinou as pastas do Recursos Humanos, Patrimônio e Planejamento, das 69 assessorias, 18 já foram ocupadas. A relação das demais secretarias e assessorias preenchidas é a seguinte: Controladoria (23), Fazenda (33), Ordem Pública (2), Mobilidade (9), Ambiente

DEBATE

Legislativo prepara retorno da "Câmara Itinerante" KANÁ MANHÃES

Audiências em bairros, comunidades e distritos da cidade devem ocorrer ainda neste ano Em processo de análise do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a licitação que permitirá a Câmara de Vereadores montar estrutura em bairros, comunidades e distritos da Serra torna-se o primeiro passo oficial do Legislativo para retomar um dos principais projetos criados pela Casa, com objetivo de estreitar as relações com a sociedade. Após o sucesso da edição realizada em 2015, que repetiu o projeto criado durante a presidência da Câmara na gestão 2009-2012, a atual presidência do parlamento confirma que a Câmara Itinerante vai retornar, em um futuro bem próximo. "Nós vamos reiniciar as audiências públicas nos bairros. Estamos preparando os trâmites de licitação para que possamos reiniciar um projeto que passou a ser respeitado por todos os vereadores e por toda a cidade. Somos pioneiros nesse trabalho e precisamos manter essa dinâmica de ouvir as pessoas e cobrar do governo soluções para os problemas da cidade", disse o presidente da Câmara, Dr. Eduardo Cardoso (PPS). Durante a legislatura passada, o parlamento municipal promoveu 18 audiências públi-

3

Projeto abre espaço democrático para a população apresentar demandas ao poder Legislativo

cas em bairros como Lagomar, Aroeira, Glicério, Jardim Franco Plaza e Novo Cavaleiros. "Todas as demandas apresentadas pela população foram registradas pela Câmara e encaminhadas ao governo. E as respostas que recebemos também foi enviada para as pessoas que cobraram obras e serviços, maior presença do poder público em seu dia a dia. E esse é o nosso compromisso", disse Dr. Eduardo. Autor do pedido que originou a Câmara Itinerante, o vereador e vice-presidente do Legislativo, Julinho do Aeroporto (PMDB), afirmou que a proposta é garan-

tir um espaço democrático para o cidadão. "Na sessão ordinária, as pessoas não podem se pronunciar. Já na Câmara Itinerante o processo é inverso. Estamos lá para ouvir as pessoas, para anotar as suas solicitações e buscar, junto ao governo, as soluções. Esse é um espaço democrático que é importante para a cidade", disse Julinho. Através da Câmara Itinerante, melhorias foram garantidas para diversos moradores da cidade. "Nós conseguimos asfaltamento de ruas, saneamento, sinalização de trânsito, melhorias

(8), Cultura (5), Desenvolvimento Social (1), Esporte (1) e Agroeconomia (1). Do total das 43 vagas de secretários e secretários adjuntos, apenas a de Ordem Pública ainda não foi preenchida. Com isso, crescem as expectativas sobre a migração de um novo vereador para a estrutura administrativa do governo, garantindo assim mandato para parlamentares suplentes.

Vereadores preparam pautas

PERFIL

Welberth afirma: "o meu trabalho é feito nas ruas" Vereador reassume secretaria da Câmara, mas mantém mandato focado em demandas Reeleito para ocupar a secretaria da Mesa Diretora da Câmara, Welberth Rezende (PPS) se prepara para cumprir duas funções importantes no novo mandato do Legislativo municipal. Além de coordenar os trabalhos que organizam as sessões ordinárias da Casa, Welberth mantém o perfil 'de rua' do seu mandato, acompanhando demandas da cidade apresentadas por moradores dos quatro cantos de Macaé. "O meu trabalho é feito nas ruas. O meu mandato é dedicado a ouvir as pessoas. Não sei

fazer política de gabinete. Estar nas sessões é cumprir uma obrigação dos eleitos. Mas, estar ao lado do povo é uma vocação", disse o vereador. Mais votado entre todos os 17 parlamentares que compõem o novo quadro do Legislativo, Welberth afirma que o resultado das urnas não gera pressão sobre o seu mandato, mas chancela postura diferenciada, adotada ao longo dos últimos quatro anos. "Nós estivemos presente em todos os bairros, comunidades e distritos onde fomos solicitados. Visitamos também áreas onde identificamos a necessidade de maior presença do poder público. Tivemos resultados, por respeitar tanto a população, quanto o governo. É nesse caminho que vamos seguir", disse.

na Saúde e na Educação. Vários pontos foram solucionados. Mas o projeto ainda precisa avançar mais", disse Julinho. Ex-presidente da Câmara que instituiu oficialmente o projeto na Casa, o vereador Paulo Antunes (PMDB) também reconheceu a necessidade de retomada do projeto. "Tenho muito orgulho de ter contribuido com a criação da Câmara Itinerante. E nessa legislatura precisa ser fortalecida, para ajudar o governo a acertar mais e para garantir que o Legislativo possa cumprir o seu papel: cobrar e fiscalizar", disse Nas ruas é que o vereador Welberth cumpre o seu mandato o vereador.

ASSESSORIA


4

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Opinião

O governo municipal está todo mobilizado para combater o mosquito Aedes Aegypti. Para isso, foi montado o maior aparato técnico da região, onde todo o corpo administrativo da cidade está recrutado para visitar casas e eliminar focos que podem ajudar na proliferação do inseto que transmite a dengue, a chikungunya e o zika vírus.

FOTO LEGENDA KANÁ MANHÃES

EDITORIAL

NOTA

Superações A crise financeira, administrativa e até política encarada pelo governo do Estado força reflexos profundos ao cotidiano da Capital Nacional do Petróleo. Mesmo sendo a “filha rica” da região fluminense, Macaé ainda não é capaz de solucionar problemas relativos à infraestrutura de estradas, abastecimento de água e segurança, setores que interferem diretamente na rotina dos mais de 240 mil habitantes que ainda vivem na cidade.

S

ucateados, os serviços ligados à rede estadual servem como exemplo de que o período de prosperidade do petróleo não foi bem aproveitado pelos gestores que antecederam os atuais governos, que hoje encaram o desafio de reconstruir cidades pregando as mesmas atitudes da velha política. Hoje, o saneamento básico de Macaé é o reflexo das influências de erros políticos cometidos no passado que passam a custar ainda mais caro para os repasses do petróleo, a cada dia mais escassos. Enquanto o tratamento de esgoto chega a regiões do Norte e do Sul, o abastecimento ainda deixa muito a desejar. E em meio a um jogo de interesses dignos de serem investigados durante os desdobramentos da Operação Lava Jato, a relação esgoto e água em Macaé é tão complexa que nem mesmo

as contas que chegam mensalmente nas caixas de correios dos contribuintes são capazes de explicar. Sem saber a quem recorrer, a população fica refém de sistemas que demonstram claramente o aparelhamento do serviço público em benefício de acordos privados, cujos resultados geram a corrupção que destruiu os cofres do governo do Estado. E se a água é um dilema, imagina como serão resolvidos os problemas estruturais apresentados pelas principais estradas que cortam a região, e que interligam os municípios essenciais para a rotina das operações do petróleo na Bacia de Campos. A falta de esperança, atrelada a uma sensação de desânimo em virtude de tantas desgraças registradas desde 2014, acaba reduzindo as expectativas da população macaense por dias melhores.

ESPAÇO ABERTO A diferença entre estar só e estar sozinho Estar só é uma ação deliberada e consciente, porém sentirse só é uma aflição para a alma. Em um mundo marcado por múltiplas possibilidades de encontros presenciais ou virtuais, e de incontáveis estímulos sensoriais, é cada vez mais difícil perceber-se sozinho. Graças aos avanços tecnológicos, a imensa maioria de nós tem “o mundo na palma da mão”.

O

nde quer que estejamos, alcançamos e somos alcançados. Por isso, A solidão foi sendo paulatinamente descrita como algo negativo, prejudicial e evitável. Convencionou-se que estar sozinho seria sinônimo de infelicidade, tristeza, não realização da plenitude de nosso ser. No entanto, nada poderia ser mais equivocado, pois como diziam os antigos: “deste mundo, chegamos sozinhos e partimos sozinhos.” É claro que é inequívoca a nossa vocação comunitária. Platão já afirmava que “o homem é um ser social”, exatamente na dimensão de que almejamos estar com nosso semelhante. No entanto, a qualidade de meu encontro com os outros, deriva substancialmente da qualidade de encontro com si mesmo. Enquanto estou interagindo com outros, o meu ‘eu’ não se percebe, não se avalia nem se questiona. Se eu espontaneamente não silenciar os barulhos externos e internos, também não conseguirei ouvir o que Deus tem falado. Proponho aqui, então, uma diferenciação de significado. Estar sozinho não é o mesmo que se sentir só! O sentimento de estar só deriva de uma solidão que se instala, ainda que você esteja acompanhado. Ela não encontra força no mundo exterior, mas na interioridade do ser. E aí está o seu traço mais severo. Aqueles que a vivenciam, por não saber exatamente como surge, não dispõem dos meios para mandá-la embora. Seu fruto quase sempre é um vazio, um isolamento que tolhe a criatividade, o ânimo e o significado existencial. Em algumas pessoas, esse sentimento está oculto por uma postura expansiva, sempre sorridente, de uma fala prolixa e de alto tom. Um esforço descomunal em ocultar dos outros e de si mesmo que, embora entre muitos, essa alma não encontra similaridade entre os que a cercam. Nesse sentido, a solidão pode ganhar contornos patológicos que merecem o devido cuidado e atenção. Já a condição de ficar sozinho

derivada de intencionalidade é chamada de solitude. Ela é fruto de uma vontade do ser, que busca encontrar consigo, ouvir-se, contemplar-se. Apenas na solitude somos capazes de exercitar a individualidade que nos é própria, e esses momentos são oportunos e necessários. Externamente, o indivíduo parece estar solitário, mas ele tem a companhia de si mesmo e de Deus. Somente na solitude, podemos experimentar também a possibilidade de um encontro com Deus, pois, em Sua pedagogia, trata-nos em nossa individualidade. O Senhor sempre falou aos que se “retiravam”. Assim foi com Abraão, Moisés, Elias. Até mesmo Jesus, podemos constatar nos Evangelhos, afastava-se para estar com Deus. Sendo assim, solitude não é um simples estar só, mas um momento de encontro com a minha alma e o encontro desta com Deus. Pode parecer uma experiência assustadora se você, há muito tempo, não busca a solidão. Se quando você acorda até o ocaso do dia, você verifica, a cada cinco minutos, seu WhatsApp, Facebook ou outras mídias sociais; se ao chegar em casa a primeira coisa que faz é ligar a TV, e no carro ligar o rádio ou aquele pendrive com 16 gigas de músicas; se você não consegue se lembrar da última vez que contemplou o céu e viu que a lua continua lá, está na hora de buscar, no silêncio intencional, ficar um pouco com você mesmo e com Deus. Convido também você que se sente só a buscar a solitude. A solidão é destrutiva, mas a solitude é edificante. Mesmo sem ninguém por perto, o interior dos que a exercitam encontram na plenitude a presença de Deus. Não há receita nessa experiência. Cada um de nós trilhará uma estrada própria e única. Mas aí está a beleza: o caminho. Deus o abençoe em sua jornada! Christian Moreira é missionário da Comunidade Canção Nov em Fortaleza (CE)

Em qualquer dia da semana, o movimento nas praias do litoral Sul de Macaé é intenso, superior ao verão dos anos passados. E isso representa que a cidade passa a ser vista como ponto turístico ligado as belezas naturais, da serra ao mar, algo que precisa ser aproveitado de forma sustentável.

PAINEL Gigantes

Transporte

Cortes

Espaço

Caro

Social

Dengue

Preparativos

Trevo

Está bonita a propaganda do Macaé Basquete exibida em todas as salas do cinema no Shopping Plaza Macaé. Com qualidade e muita competência, os gigantes da cidade ganham, a cada dia, mais admiradores que passam a acompanhar o desempenho da equipe nos jogos realizados em casa, e também em outras cidades do país. Sem a mesma visibilidade que o futebol, o basquete já caiu nas graças da população que passa a contar com novos heróis.

A proximidade com o vice-governador Francisco Dornelles (PP) e a confiança do governador Pezão (PMDB), o deputado estadual Christino Áureo (PP) assume posição crucial na administração estadual: a Casa Civil. Cabe ao macaense controlar e dar eficiência à gestão do orçamento deficitário do governo, além de criar uma nova linha política para a gestão que chegou a ficar à beira da calamidade em função da crise. A população macaense deseja sorte a Christino!

Já em Macaé, o governo está todo mobilizado para combater o mosquito Aedes Aegypti. Para isso, foi montado o maior aparato técnico da região, onde todo o corpo administrativo da cidade está recrutado para visitar casas e eliminar focos que podem ajudar na proliferação do inseto que transmite a dengue, a chikungunya e o zika vírus. Hoje a prioridade da cidade que prevê arrecadar R$ 1,9 bilhão até o final do ano é combater o inimigo que vem ganhando força a cada ano.

A atitude do vereador Marvel (REDE) de utilizar o transporte público na linha LagomarParque de Tubos, com objetivo de verificar a qualidade do serviço, deu o que falar nesta semana na cidade. O novato do Legislativo teve a ideia após a paralisação dos coletivos, no dia do protesto dos funcionários da SIT. Ele disse que pretende ir a sessões da Câmara de ônibus, partindo, a cada dia, de um bairro ou comunidade diferente da cidade. A conferir!

O reajuste da tarifa do transporte intermunicipal de passageiros ajuda a elevar a inflação que pesa sobre o orçamento familiar na região. Com a crise, muita gente vai deixar de visitar as principais praias do litoral Norte e da Região dos Lagos por conta do preço mais salgado do serviço que deveria ajudar os municípios locais a vencer o cenário da recessão. Neste ponto, o subsídio da passagem a R$ 1 faz a diferença dentro de Macaé.

A movimentação é intensa nos gabinetes dos vereadores de Macaé. Os preparativos para as sessões, os atendimentos à população e a definição do quadro de assessores exigem dos eleitos atenção especial nos momentos que antecedem as discussões em plenário. Hoje, todos são amigos e se reúnem, independente das posições políticas. Mas, quando os microfones são ligados, o tom muda para agradar ao povo e ao “chefe”.

EXPEDIENTE EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. DIRETOR RESPONSÁVEL: Oscar Pires. SEDE PRÓPRIA: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate).Impresso pelo Sistema Offset. CNPJ:

CIRCULAÇÃO: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu.

A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ - Agência Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. REPRESENTANTE:

ESSIÊ PUBLICIDADE E COMUNICAÇÃO S/C LTDA.

R. Abílio Soares, 227/8º andar - Conjunto 81 - CEP: 04005-000 Telefone: (11) 3057-2547 e Fax: (11) 3887-0071 • RIO DE JANEIRO: Av. Princesa Isabel, 323 - sala 608 - CEP: 22011-901 - Telefone: (21) 2275-4141 • BRASÍLIA: SCS Ed. Maristela, sala 610 / DF - CEP: 70308-900 - Telefone: (61) 3034-1745(61) 3036-8293. TEL/FAX: (22) 2106-6060, acesse: http://www.odebateon.com.br/, E-MAIL: odebate@odebateon.com.br, COMERCIAL: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 215, E-MAIL: comercial@odebateon.com.br, classificados: E-mail: classificados@ odebateon.com.br SÃO PAULO:

Devido ao corte das contratações e a redução das assessorias, alguns serviços públicos passam a ser penalizados em Macaé. Esse é o caso do Correios Comunitários, que foi suspenso pela prefeitura na Ajuda, Barra, Aeroporto, Lagomar, Barreto e Virgem Santa. Os polos redistribuíam as correspondências entregues pelos Correios em locais onde as ruas e avenidas ainda não possuem logradouros oficiais. E agora?

E por mais que a iniciativa social de voluntários que protegem os animais repercutem nas redes sociais, e ajudam a criar uma maior consciência de cidadania na cidade, eis que casos de maus-tratos ainda são mais comuns do que se pensa em Macaé. A Casa dos Anjos, por exemplo, recebe semanalmente cães e gatos adultos que são abandonados pelas famílias. É triste esta situação que demonstra o grau de frieza que a sociedade do país e do mundo alcançou.

Até o momento, nem a prefeitura e nem o DER deram qualquer tipo de esclarecimento aos moradores da Fronteira, em relação à correção do traçado do trevo da Rodovia Amaral Peixoto, que dá acesso ao Parque Aeroporto. E isso coloca em risco a vida de moradores da comunidade, onde acidentes já quase custaram a vida de uma idosa. Enquanto o poder público se cala, a sociedade acaba sendo vítima da omissão e do descaso.

GUIA DO LEITOR

Telefones úteis

POLÍCIA MILITAR 190 POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL 191 SAMU 192 CORPO DE BOMBEIROS 193 DEFESA CIVIL 199 POLÍCIA CIVIL 123º DP 2791-4019 DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR) 2791-5379 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS) 2796-8330 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (OPERAÇÕES) 2796-8320 DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO) 2796-8320 CÂMARA DE MACAÉ 2772-2288 HPM 2773-0061 CEDAE: 2772-5090 AMPLA 0800-28-00-120 PREFEITURA MUNICIPAL 2791-9008 DELEGACIA DA MULHER 2772-0620 GUARDA MUNICIPAL 2773-0440 AEROPORTO DE MACAÉ 2763-5700 CARTÓRIO ELEITORAL 109º ZONA 2772-3520 CARTÓRIO ELEITORAL 254º ZONA 2772-2256 CORREIOS (SEDE) 2759-3390 CORREIOS CENTRO 2762-7527 CEG RIO 0800-28-20-205 RÁDIO TAXI MACAÉ 2772-6058 CONSELHO TUTELAR I 2762-0405/ 2796-1108 PLANTÃO: 8837-4314 CONSELHO TUTELAR II 2762-9971/ 2762-9179 PLANTÃO: 8837-3294 CONSELHO TUTELAR III (SERRA) 2793-4050/2793-4044 PLANTÃO: 8837-4441


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Economia

5

NOTA

Receita Federal inclui Quode em CPF para coibir fraude

Calor aquece as vendas na indústria de moda praia VERÃO

Em Macaé, lojas de biquínis, sungas e maiôs deram um salto nas últimas semanas; comerciantes se preparam para atender a demanda até o fim da temporada da estação

A

estação mais quente do ano, o verão, tem aquecido as temperaturas das vendas em alguns setores da economia. Com a expectativa de aumento no faturamento, as lojas de moda praia já receberam as novidades e estão preparadas para atender à demanda do mercado que segue até o mês de março. Um dos setores que mais aumentam os lucros nesta temporada são as roupas da moda praia. Pelas mulheres, os biquínis são os mais procurados em diversas modelagens, com estampas variadas e acessórios que acentuam ainda mais a beleza da peça e o melhor, com preços que agradam ao consumidor. Apesar desses itens dispararem na preferência, também há procura por maiôs, peças masculinas, saídas de praia, que incluem cangas, vestidos, blusões, saias e ainda acessórios que complementam o visual. Nas principais lojas do Calçadão de Macaé, as roupas comuns já deram lugar para os artigos de verão 2017 nas vitrines, evidenciando que estes são os looks mais procurados da estação. As ofertas são diversas. “Nas vésperas do Réveillon, quando as pessoas normalmente viajam, a procura aumentou muito. E o carnaval costuma ser o Natal dos lojistas deste ramo”, afirma a empresária Hérica Pi-

WANDERLEY GIL

Comerciantes de Macaé comemoram com o lucro nas vendas de roupas de praia neste verão 2017

AUMENTO

ALTERAÇÃO

Automóveis ficam mais caros este mês Imposto de veículos populares com motor 1.0 sobe de 2% para 3% Quem não aproveitou para comprar um carro novo no ano que passou, vai ter que pagar mais caro este ano. Conforme foi divulgado no Diário Oficial da União, a partir desse mês, o aumento das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industriais (IPI) que incidem sobre os automóveis ocorrerá gradualmente. A partir da próxima semana, os carros populares (1.0), por exemplo, a alíquota, que antes estava em 2%, passa a ser de 3%. A alíquota será avaliada

em um segundo momento, a partir de 30 de junho, e pode sofrer mais um aumento, chegando aos 7%. Já para os carros com motor entre 1.0 e 2.0 flex (que rodam tanto com etanol quanto com gasolina), a alíquota de IPI, que era de 7%, sobe para 9% e pode retornar ao patamar de 11% em julho. Já para os veículos com os mesmos motores, mas movidos apenas a gasolina, a alíquota sobe de 8% para 10% e pode ir a 13% em julho. Veículos utilitários terão alta do IPI de 2% para 3%. A partir de julho, o imposto pode ir a 8%. Para os utilitários usados para transporte de carga, a variação será a mesma agora. Em

nheiro, que também trabalha com tamanho especial número 52 a 56. “O tamanho grande está sendo o nosso forte. Eu nunca tinha investido nessa linha, pelo fato de os produtos serem o dobro do preço dos biquínis comuns. Mas consegui trabalhar com eles sem repassar o alto preço para o consumidor. E, por ser difícil de ser encontrado nas lojas, quem nos procura aqui, acaba levando três ou quatro peças”, disse Hérica. Para a gerente de loja de roupas de praia, Kely Alves, o movimento na loja é intenso desde o mês passado. “A procura pelo produto é grande e a expectativa de vendas é positiva. Calculamos que até o fim deste mês o movimento vai crescer bastante, para isso, pensamos em contratar mais funcionários e investir em modelos novos”, declarou. Os preços variam de acordo com o modelo. Os mais simples custam cerca de R$ 75,00, já os mais incrementados podem chegar a aproximadamente R$ 200,00. No mercado é possível encontrar biquínis com aplicações de miçangas, bordados, pintados à mão, com detalhes exóticos, com bojo, laços e fitas. Os lojistas estão investindo para tornar a temporada praiana ainda mais atraente aos consumidores.

DIVULGAÇÃO

CPFs terão novos procedimentos tecnológicos para coibir fraude

julho, porém, se houver alta ela será para 4%. Já para caminhões o IPI não vai aumentar, a aliquota para esses veículos é zero e continuará assim por tempo indeterminado. Conforme foi anunciado no fim do mês passado, enquanto o IPI sobe, a partir desse mês, o salário mínimo também aumentou e passou a ser R$ 937. O valor representa um aumento de 7,5%, já que salário estava em R$ 880. Inicialmente, o governo havia previsto um mínimo de R$ 947 para este ano, mas o valor foi atualizado no mês passado durante votação da proposta orçamentária pelo Congresso. WANDERLEY GIL

Receita Federal inclui Quode em CPF Novos documentos passarão a ter no verso um QR Quode espécie de código de barras A Receita Federal alterou o modelo do Cadastro Pessoa Física (CPF) emitido pelo órgão. De acordo com ato publicado no Diário Oficial da União desta última quinta-feira (12), os novos documentos passarão a ter, no verso, um QR Quode, espécie de código de barras que pode ser escaneado por celulares e outros dispositivos. Também foi permitido que o CPF de pessoas com deficiência com mais de 18 anos seja requerido por cônjuge, pais, descendentes e parentes colaterais até terceiro grau. ATUALIZAÇÃO CPF

Veículos utilitários terão alta do IPI de 2% para 3%. A partir de julho, o imposto pode ir a 8%

A Receita Federal disponibilizará na próxima segunda-feira

(16), serviço gratuito de atualização de dados cadastrais no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) pela Internet. O novo serviço ficará disponível 24 horas por dia, inclusive nos feriados e finais de semana. O serviço poderá ser utilizado por brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, independentemente da idade. A Receita estima em cerca de 191 milhões os potenciais usuários desse serviço. Para atualizar quaisquer dados cadastrais de seu CPF, tais como nome, endereço e telefone, o contribuinte deverá preencher formulário eletrônico, disponível no endereço: receita.fazenda. gov.br. O atual serviço presencial de alteração de CPF continuará sendo disponibilizado em unidades de atendimento dos Correios, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. Nesse caso, há cobrança de tarifa de

serviço no valor de até R$ 7,00. RECEITA EXIGE JOVENS COM DOCUMENTAÇÃO

Contribuintes que tiverem filhos a partir de 14 anos e desejarem incluir seus dependentes na declaração do Imposto de Renda 2017 deverão registrá-los no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Até então, regra dizia que somente maiores de 16 anos tinham que possuir o CPF. Vale lembrar que a declaração começa a ser entregue a partir do mês de março de cada ano e vai até abril. A mudança foi fixada na Instrução Normativa 1.610/2016, publicada no dia 31 de outubro do ano passado, no Diário Oficial da União (DOU). Em 2015, essa obrigatoriedade era direcionada para dependentes com 16 anos ou mais. A medida entra em vigor já na declaração deste ano.


6

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Polícia

NOTA

Elementos de Macaé são presos em Carapebus, suspeitos de assalto a mão armada na região.

TRÁFICO

GAT faz operação na Malvinas e mulher é presa com drogas Em Rio das Ostras, em operações distintas, duas pessoas foram presas

A

Polícia Militar realizou duas operações de combate ao tráfico de drogas, sendo estas em Macaé e Rio das Ostras. As ocorrências resultaram na prisão de uma mulher, na comunidade Malvinas e na prisão de um jovem, no bairro Mariléa. Além disso, drogas e material do tráfico foram apreendidos com os suspeitos.

Na Malvinas, a equipe do Grupamento de Ações Táticas (GAT) II recebeu informações privilegiadas sobre o tráfico de drogas na comunidade. De imediato, os policiais foram até o endereço informado na denúncia e conseguiram localizar a proprietária da residência, que permitiu a entrada da equipe, alegando que nada de ilícito seria encontrado em sua casa.

DIVULGAÇÃO PM

realizava patrulhamento quando recebeu informações passadas pela 3ª Cia, de que na Rua Alagoas havia elementos em atitude suspeita. No local, os policiais avistaram dois suspeitos e realizaram a abordagem e revista pessoal, sendo encontrados com um dos elementos, três pinos de cocaína e uma bucha de maconha. Em seguida, a guarnição seguiu até uma residência, onde estava uma mulher. Após buscas na casa, a guarnição encontrou uma bolsa com dois rádios de comunicação, 492 pinos de cocaína, duas buchas de maconha e 23 munições de calibre 40. Diante dos fatos, os envolvidos foram encaminhados à delegacia, a mulher, de 20 anos, foi autuada no Artigo 33 da Lei 11.343 e ficou presa, e os outros dois elementos foram autuados por posse e uso e liberados. LEGISLAÇÃO

As drogas foram apreendidas pelas equipes e encaminhadas às delegacias dos municípios

Porém, após buscas foram localizados dentro de um colchão, uma mochila com 116 buchas de maconha, 60 papelotes de cocaína e três rádios de comunicação. A suspeita, 25 anos, foi encaminhada à delegacia e ficou presa no Artigo 33 da Lei 11.343. RIO DAS OSTRAS

Guarnições da Moto-Patrulha que

realizavam Ordem de Fiscalização de Trânsito foram informadas por um transeunte que próximo ao local da operação, no bairro Mariléa, havia um homem traficando, que estaria em uma praça. De imediato, os policiais em posse das características do suspeito, foram ao local e conseguiram realizar a abordagem, sendo encontradas 13 buchas de

maconha. Indagado sobre a denúncia, o suspeito teria informado que escondia em um terreno baldio ali próximo mais 83 buchas da mesma droga. O material foi encontrado e o jovem, de 18 anos, foi encaminhado à delegacia, sendo autuado e preso no Artigo 33 da Lei 11.343. Também em Rio das Ostras, no bairro Cidade Praiana, guarnição

Lei 11.343/06, Art. 33: “Importar, exportar, remeter, preparar, produzir, fabricar, adquirir, vender, expor à venda, oferecer, ter em depósito, transportar, trazer consigo, guardar, prescrever, ministrar, entregar a consumo ou fornecer drogas, ainda que gratuitamente, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar”. Pena: reclusão de cinco a quinze anos e pagamento de multa.

CARAPEBUS

Elementos de Macaé são presos suspeitos de assalto a mão armada na região Ação rápida da Polícia Militar levou à prisão os suspeitos e apreensão da arma de fogo

Em Carapebus, a Polícia Militar (PM) recebeu informações de que homens haviam acabado de assaltar um comércio e após montar cerco com apoio da Guarda Municipal de Carapebus, os suspeitos foram encontrados e uma arma de fogo apreendida. Segundo a PM, as informações relataram que os elementos estavam em um veículo VW/Gol, placa

LOR 7033 e que haviam acabado de roubar um estabelecimento comercial na Praia de Carapebus. De imediato, os policiais e agentes da guarda montaram cerco na área. Uma equipe da Guarda Municipal avistou o carro na Rua Marlen, no Centro e realizou a abordagem. Os elementos foram encontrados com um revólver de calibre 38, com cinco munições intactas e todo o material roubado, sendo cerca de R$ 2.000 em espécie, um relógio, dois pacotes de cigarro e doces. Segundo as informações, os suspeitos trabalhavam em Macaé como seguranças de bairros e

um deles como segurança de uma agência bancária. Os envolvidos, Renan Peixoto Caetano, 30 anos, Genoir Vicente Barcelos, 31anos e Carlos Magno Alves da Silva, 28 anos, foram encaminhados à delegacia, onde o fato foi registrado e os elementos ficaram presos. LEGISLAÇÃO

Porte ilegal de arma de fogo de uso permitido: Art. 14: “Portar, deter, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar, ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregar, manter sob guarda ou ocultar arma de fo-

go, acessório ou munição, de uso permitido, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar”: Pena - reclusão, de 2 a 4 anos, e multa. Posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito: Art. 16: “Possuir, deter, portar, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar, ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregar, manter sob sua guarda ou ocultar arma de fogo, acessório ou munição de uso proibido ou restrito, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar”: Pena - reclusão, de

DIVULGAÇÃO PM

Todo o material roubado foi recuperado pela Polícia Militar

3 a 6 anos, e multa. Roubo Artigo 157: Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por

qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência. Pena: reclusão, de quatro a dez anos, e multa. Incisos I e II: I - se a violência ou ameaça é exercida com emprego de arma; II - se há o concurso de duas ou mais pessoas;

JOGOS DE AZAR

Polícia segue com operações de combate aos crimes de contravenção Bingo clandestino é encontrado e fechado pela Polícia Militar no Parque Aeroporto Após o fechamento de um bingo clandestino no bairro Miramar, a Polícia Militar realizou mais uma operação bem sucedida de combate aos crimes de contravenção penal, sendo encontrado mais um local de exploração de jogos de azar, no Parque Aeroporto. Na Rua Durvalína Moura de Andrade, uma guarnição do setor “Alfa” e a equipe do Serviço Reservado (P2) localizaram um bingo clandestino, onde estavam seis máquinas de caça-níquel. Próximo ao local estava um homem que foi encaminhado à delegacia como testemunha. Após perícia, as máquinas foram apreendidas e encaminhadas à 123ª DP, onde a testemunha foi ouvida e liberada. LEGISLAÇÃO

De acordo com a Lei das Contravenções Penais, Lei nº 3.688/1941, artigo 50, é ilegal: “Estabelecer ou explorar jogo de azar em lugar público ou acessível ao público, mediante o pagamento de entrada ou sem ele. A pena pode variar de três meses a um ano de prisão e multa, estendendo-se os efeitos da condenação à perda dos moveis e objetos de decoração do local.” Já a Lei de Crimes contra a Economia Popular, Lei nº 1521/51, art. 2º, inciso IX, diz que: “obter ou

tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos, pode gerar detenção, de seis meses a dois anos, e multa.” COLABORAÇÃO

Para ajudar a Polícia Militar no

combate à criminalidade e violência em toda a área do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM), qualquer cidadão pode denunciar pessoas e situações suspeitas. Basta entrar em contato com o Disque-Denúncia da Polícia Militar através do número 2765-7296. O telefone

está à disposição da população 24 horas por dia para atender todos os chamados, e não é preciso se identificar. Além das ligações, os cidadãos também podem passar informações pelo WhatsApp, através do número 98168-2344. Ou por email para: denuncie@32bpmrj.org

DIVULGAÇÃO PM

As equipes encontraram no estabelecimento seis máquinas de caça-níqueis


O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Geral

7

NOTA

Educação e Polícia garantem a continuidade da Ronda Escolar

REGIÃO

Duplicação vai desafogar trânsito entre Macaé e o Rio de Janeiro Autopista Fluminense anuncia à FIRJAN entrega de trecho total de novas vias entre Casimiro de Abreu e Rio Bonito Márcio Siqueira

WANDERLEY GIL

Meta da Autopista é entregar obras de duplicação da BR 101 Norte ainda neste ano

marcio@odebateon.com.br

A

té abril deste ano, a viagem entre Macaé e Rio de Janeiro ficará mais rápida para os motoristas que trafegam pela BR 101. Pelo menos, é o que espera a indústria local diante das informações repassadas pela Autopista Fluminense durante a reunião realizada na última terça-feira (11), junto aos membros do conselho da representação regional Norte Fluminense da FIRJAN. Segundo a concessionária que administra a rodovia, os cerca de 58 quilômetros compreendidos entre Casimiro de Abreu e Rio Bonito estarão duplicados dentro dos próximos três meses, ampliando assim o percentual de novas pistas construídas pela Autopista nos 176 quilômetros da BR 101 compreendidos entre Campos dos Goytacazes e Niterói. Realizada em Campos dos Goytacazes, a reunião contou com a participação dos representantes da Comissão Municipal da Firjan, como o vice-presidente do conselho Evandro Cunha, e dos membros Francisco Navega e Fernando Ramos. A comitiva macaense também foi composta pelo presidente da Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM), Emerson Esteves. “Essa é uma boa notícia para a indústria local, já que as ati-

vidades do petróleo de Macaé possuem conexões diretas com bases de empresas sediadas no Rio de Janeiro. A duplicação vai reduzir o tempo de viagem, além de oferecer maior segurança aos motoristas”, comentou Navega. A reunião contribuiu para

que a concessionária pudesse acompanhar as demandas e planejamentos das empresas representadas pela FIRJAN, que movimentam a maior parcela do Produto Interno Bruto (PIB) de todo o Estado. E uma das preocupações da indústria é a migração do

MACAÉ

transporte de cargas pesadas, que cruza os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, para as novas pistas duplicadas da BR 101. TRECHO DE MACAÉ TRAVADO

Na reunião, os representantes da Autopista Fluminense

afirmaram que ainda não há previsão da liberação das licenças ambientais necessárias para a realização das obras de duplicação no trecho da rodovia compreendido no território de Macaé. Hoje, o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório

APOIO ASSESSORIA

PHILLIPE MOACYR/ASSESSORIA

Parceria ajuda a conscientizar alunos sobre os riscos das drogas

Educação e Polícia garantem a continuidade da Ronda Escolar Atividades do Proerd também serão desenvolvidas ao longo do novo ano letivo nas escolas Resistir às drogas e práticas de violência. Esta será uma das ações que será intensificada na rede municipal com a volta às aulas, no dia 6 de fevereiro. A Secretaria de Educação continuará a parceria com o Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência (Proerd), projeto em que policiais militares do 32° Batalhão da Polícia Militar (BPM) devidamente treinados e com material específico que desenvolvem um curso de prevenção às drogas e à violência na sala de aula. A rede municipal também irá intensificar a segurança nas unidades da rede através do projeto Ronda Escolar da Polícia Militar. No ano letivo de 2016, as atividades foram ministradas para cerca de 800 alunos das escolas municipais Jacyra Tavares Duval, Sandra Maria de Oliveira Araújo Franco, Ciep Municipal Maringá,

de Impacto Ambiental (RIMA) do projeto ainda estão sob análise do IBAMA que precisa avaliar os impactos que poderão ser gerados pelas obras dentro da área da Reserva Biológica da União (ReBio), assim como no local conhecido como o Brejo da Severina.

Alvarez Parada, Leonel de Moura Brizola, Coquinho e Interagir. Este ano os profissionais de ensino e equipes gestoras vão realizar dinâmicas, rodas de conversa e palestras junto a alunos e comunidade escolar para destacar a qualidade de vida e o uso indevido de cigarro, álcool e outras drogas. Junto às equipes pedagógicas das escolas municipais, os professores vão desenvolver intervenções com o objetivo de prevenir o abuso de drogas e a violência entre estudantes, bem como ajudá-los a reconhecer as pressões e as influências diárias que contribuem ao uso de drogas e à prática de violência, desenvolvendo habilidades para resisti-las. As atividades também poderão contar com parcerias de outras secretarias operacionais. PROERD - Durante o Proerd são desenvolvidas ações com foco voltado para responsabilidade como palestras, peças teatrais e dinâmicas com abordagens nos temas: bullying, violência e drogas, autoestima e escolhas de vida. O trabalho é ministrado de forma di-

ferenciada para alunos da Educação Infantil e primeiro segmento do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Para os estudantes do 1º ano de escolaridade, por exemplo, são apresentadas estratégias para estabelecer a segurança pessoal e assuntos como “tomada de decisões”, “dizer não às drogas e à abordagens de estranhos , e “cuidados com o oferecimento de dinheiro por pessoas desconhecidas”. Todas as temáticas têm respaldo do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), previsto na Lei 8.069/90. As escolas contam com o apoio da Guarda Municipal, por meio da Coordenadoria de Apoio Preventivo e Educativo (Cape), que realiza visitas periódicas nas escolas, e quando acionada, atua em casos de conflito. Muitas das situações recebem a atuação da Polícia Militar. O Cape atua com presença constante dos guardas nas escolas, com atividades de patrulhamento, ronda, cuidados com o patrimônio, ações educativas e também junto à comunidade escolar.

Iniciativa pode contribuir com fortalecimento da economia e geração de empregos na cidade

Fátima Pacheco apoia restruturação daAssociação Comercial de Quissamã Fechada há 10 anos, instituição pode ajudar novo governo a alcançar o desenvolvimento da cidade Diretores da Associação Comercial e Industrial de Quissamã, se reuniram com a prefeita Fátima Pacheco (PTN) para formalizar parceria objetivando a reativação da entidade, fechada há cerca de 10 anos. A Associação tem hoje, em média, 90 cadastrados, mas esse número deverá quintuplicar nos próximos anos. No encontro, realizado na sede do Executivo, na manhã desta quarta-feira (11), os comerciantes mostraram suas dificuldades e apresentaram sugestões para

crescimento da cadeia produtiva no município. De acordo com o presidente da Associação, Anderson Barcelos, do ramo de informática, uma das propostas da entidade é facilitar a vida dos que atuam neste segmento, permitindo melhor qualidade dos serviços existentes, e consequente geração de trabalho e renda para a população. “Todos estão envolvidos neste trabalho de parceria visando o crescimento de Quissamã”, lembrou. Os comerciantes reivindicaram ainda melhor estruturação dos pontos turísticos para a retomada do setor e agilidade nas questões administrativas e burocráticas, como concessão de alvarás e licenças, além da revisão do Plano Diretor.

A prefeita Fátima Pacheco destacou que o seu governo tem como uma das metas fortalecer o comércio, criando oportunidades para a população. “Vamos conversar muito com o comércio em relação a preços. Queremos que o dinheiro daqui fique no município. Estamos estudando a formatação de uma moeda local, para que os beneficiários de programas sociais e os servidores públicos utilizem os seus cartões e tíquetes em Quissamã. Isso é mais que justo”, declarou. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Arnaldo Mattoso disse que o setor deve buscar sua identidade. “Com a divulgação do leque de prestação de serviços, capacitação da mão de obra através de cursos de qualificação e a parceria com o Poder Público, podemos avançar para o desenvolvimento em diversos segmentos”, ressaltou. Participaram da reunião, Fábio Moraes, Beth Figueiredo e Tiago Carvalho (Alimentação), Lúcio José e Nilza Viana (Turismo), José Amaro Santos (Contabilidade), Saulo da Silva e Alessandro Grant (bebidas), além do secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Arnaldo Mattoso e do coordenador municipal de Turismo, Luiz Carlos Fonseca.


2

Macaé, Terça-Feira, 12 de Julho de 2011

Política

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ


2

Macaé, Terça-Feira, 12 de Julho de 2011

Política

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ


2

Macaé, Terça-Feira, 12 de Julho de 2011

Política

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ


www.odebateon.com.br

Macaé (RJ), sexta-feira, 13 de janeiro de 2017, Ano XLI, Nº 9224

Fundador/Diretor: Oscar Pires

11

CADERNO DOIS O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ MA

FOTOS KZ ESTÚDIO FOTOGRÁFICO

Maré Alta de volta à cena macaense A Banda Maré Alta está de volta aos palcos, após oito anos, com força total e muito agito Isis Maria Borges Gomes isismaria@odebateon.com.br

E

mbalando a animação da cidade, a Banda Maré Alta ganha evidência, conquista fãs, confirmando um retorno de muito brilho e sucesso ao cenário artístico macaense da região. Assim, o grupo está de volta aos palcos, após oito anos parado, com força total e muito agito. No momento, os músicos estão às voltas com a agenda de show, elaborando repertório e novos arranjos. O vocalista Clito Junior informou que eles já têm eventos marcados para março, contando inclusive com algumas participações de cantores de Ma-

caé e de múnicípios da região. Clito ressalta que a grande novidade deste retorno é o repertório da banda, no gênero de pop rock, destacando-se as versões de músicas sertanejas, axé e funk e com arranjos para pop. REPERTÓRIO E EXPECTATIVAS

O vocalista Clito Junior revela que o repertório da Maré Alta abrange O Rappa, Paralamas do Sucesso, J. Quest, versões dos funks cariocas, alguns sucessos de carnaval, numa versatilidade a toda prova, visando agradar em cheio ao público. “As minhas expectativas são as melhores, pois apostamos neste novo momento da banda, inclusive já estamos gravando

uma música autoral para divulgar nas rádios da região e breve ela estará estourando”, conta Clito Junior. METAS E DESAFIOS

Todos os integrantes da Banda Maré Altas são unânimes em declarar que a sua meta já está sendo cumprida. O grupo iniciou os preparativos para a gravação do seu Clipe da música de trabalho, que vai acontecer em poucos dias, em parceria com a RH Produções dos empresários Hélder Santana e Wellington Gomes em local a ser definido. Os contatos com a banda podem ser feitos através de (22) 99909-3105 / Facebook: Maré Alta / Instagram: bandamarealta.

União de talentos A Maré Alta é formada por Clito Junior (vocalista), Kim Karvalho (guitarrista); Gabriel Caldas (baixo) e Fábio Fernandes (baterista). Clito Junior estudou música com um professor de canto particular, durante um ano, quando tinha 18 anos. O jovem conta que sempre gostou de música, apreciando os mais diversos estilos. “Por isso que trouxe para a banda a mistura do axé e o funk para o pop rock”, revela. Nascido em Macaé, Kim Karvalho (guitarrista) teve seu primeiro contato com a música aos 11 anos, quando adquiriu os primeiros ensinamentos teóricos e práticos no teclado. Aos 15 anos, nasceu o seu grande amor pela guitarra e mudou o seu foco de estudo para este, que é o seu instrumento de trabalho até os dias atuais. Estudou em lugares como o Conservatório de Música de Macaé e a Escola de Música Geraldo Carneiro em Rio das Ostras. Em 2006 mudou-se para o Rio de Janeiro e escolheu a Universidade Estácio

de Sá para ser estudante do curso de Tecnólogo em Gravação e Produção Fonográfica, onde se formou em 2008. Também formou-se Bacharel em Guitarra Elétrica no Conservatório Brasileiro de Música em 2011. Possui hoje as Certificações 101 e 110 na plataforma Pro Tools da AVID. Gabriel Caldas (baixista) começou a estudar música na igreja aos 12 anos, e sempre gostou do som grave, mas até aquele momento não conhecia o contrabaixo. “Foi amor à primeira nota”, disse, acrescentando que aos 14 anos cursou o Conservatório de Música em Macaé. Fábio Fernandes (baterista) é autoditada na música, teve contato com a bateria pela primeira vez no ano de 2000. Já participou de diversos projetos, como Banda Opinião Pública e Deboreste

NASCE UMA BANDA A projeto da banda nasceu em 2004 em Macaé, graças ao jovem Clito e ao

antigo baterista Ian Rangel, que tiveram a ideia de fundar um grupo musical. A par tir daí foram chamando amigos para curtir um som despretenciosamente, mas com um propósito sério de levar adiante este projeto. Ne s se período entraram Artur Barros, Rafael Oliveira e o Kim, que junto a Clito formaram a Banda Ideia Fixa. Posteriormente mudaram o nome para Banda Maré Alta, fazendo shows em Macaé e região durante cinco anos. Em 2009 decidiram fazer uma pausa para restruturação. A primeira temporada da Banda Maré Alta fez s how s n a s E x p o s iç õe s Agropecuárias de Macaé, no Parque de Exposições Latif Mus si, nos aniversários da cidade, em festas da região serrana, abrindo shows de Biquini Cavadão, J. Quest, entre outros, e em várias casas noturnas de Macaé, Rio das Ostras, Cabo Frio e até Rio de Janeiro.


12

CADERNO DOIS

O DEBATE DIÁRIO DE MACAÉ

Macaé, sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

KELVIN KARVALHO kelvin.karvalho@uol.com.br KELVIN KARVALHO

IPVA Eles são caros, estão aí para serem pagos. Essa historinha de rede social, que diz: Se você estiver com a lei tal e tal não terá seu carro apreendido. Va-

mos parar com isso, desde que existimos quem não paga o imposto tem, sim, seu carro levado. Infelizmente neste Estado do Rio é assim. O valor arreca-

dado com o IPVA é dividido da seguinte forma: 50% ficam com o Estado e os outros 50% são repassados ao município onde foi efetuado o licenciamento.

Nova modalidade

O Brasil em geral

Essa semana um carro de luxo teve suas rodas roubadas no bairro Alto da Glória, em Macaé. Ficou estacionado e sem as duas rodas traseiras. Isso era coisa de Rio de Janeiro.

passa por um período de especulação. As pessoas não têm certeza de inúmeros assuntos e saem espalhando tudo por aí.

Estamos no início do ano de 2017, e as lojas que pensamos recuperar seu 2016 perdido, o que se viu no comércio foi realmente uma baixa do consumo. As vendedores

Basta checar a origem da informação para termos menos poluição informativa. A situação é trágica. Já virou calamidade social.

Muito cuidado

na cidade em época natalina estavam com cara de “tacho” como se fala. E uma tristeza profunda tomava conta na época. E ainda estão.

na hora de comprar o material escolar. Os economistas informam que os valores podem oscilar em até sessenta por cento. E muita gente vai comprar on line, algumas lojas grandes não cobram nem taxa de entrega.

Marcelo, Thais, Caroline e Pedro

AGENDA CULTURAL Bloco Batukada ● A grande festa do Bloco Batukada

está marcada para acontecer no dia 12 de fevereiro, celebrando 10 anos de participação no carnaval macaense. Além do mega Trio Elétrico Alucinante, o Batukada chega em mais um ano renovado com o que tem de mais atual no cenário mu-

sical brasileiro, com muito samba, sertanejo, arrocha, axé, pop, samba rock, marchinhas e muito mais. A concentração será a partir das 11h próximo ao Restaurante Brasa & Vivo. Quem não quiser ficar de fora dessa folia deve garantir seu abadá. Fabricio Carvalho informou que o 1º lote dos abadás já está esgota-

do. A organização está vendendo o 2º lote nos seguintes locais: loja Virgens e Vilões (Centro); Largadão (Centro); Bar do Betão (Aeroporto); Coca-Cola Jeans (Shopping Plaza Macaé); e Depósito de Bebidas Esquinão (Visconde); ou através do telefone (22) 99981-1289. Os ingressos também podem ser adquiridos on line pelo site www. ingressocerto.com e pagar com cartão de crédito. ● SERVIÇO: Bloco Batukada 2017 ● DATA e horário: Dia 12 de fevereiro ● HORÁRIO: a partir das 11h ● LOCAL: Orla da Praia Campista ● CONCENTRAÇÃO: próximo ao Restaurante Brasa & Vivo

Rappa em Macaé recebe na próxima sextafeira (13) uma das maiores bandas do Brasil. O Rappa se apresentará no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho com portões

● MACAÉ

CINEMA Eu Fico Loko Comédia Nacional ● CLASSIFICAÇÃO: 12 anos ● HORÁRIO (2D): 14h10, 16h, 18h, 20h20 ● SINOPSE: Christian (Filipe Bragança) é um adolescente pouco popular na escola, que também não tem vida fácil em casa. Enquanto sofre bullying dos colegas e busca a sua própria identidade, ele se preocupa com o primeiro beijo, a primeira noite com uma garota... Christian também é um cinéfilo que grava paródias de filmes para colocar na Internet. Aos poucos, ele decide usar as redes sociais para contar as suas histórias de vida. ● GÊNERO

Assassin's Creed ● GÊNEROS: Ação, Ficção científica

14 anos (3D/DUB): 14h40, 17h, 21h40 (3D/LEG): 19h20 ● SINOPSE: Callum Lynch (Michael Fassbender) descobre que é descendente de um membro da Ordem dos Assassinos e, via memória genética, revive as aventuras ● CLASSIFICAÇÃO: ● HORÁRIOS

Programação de Cinema de 12 a 18 de janeiro do guerreiro Aguilar, seu ancestral espanhol do século XV. Dotado de novos conhecimentos e incríveis habilidades, ele volta aos dias de hoje pronto para enfrentar os Templários. Versão para as telonas do game Assassin's Creed.

Moana - Um Mar de Aventuras ● GÊNEROS:

Animação, Família,

Aventura Livre (2D/DUB): 14h20, 15h55 (3D/DUB): 16h40, 19h

● CLASSIFICAÇÃO: ● HORÁRIOS:

Moana Waialiki é uma corajosa jovem, filha do chefe de uma tribo na Oceania, vinda de uma longa linhagem de navegadores. Querendo descobrir mais sobre seu passado e ajudar a família, ela resolve partir em busca de seus ancestrais, habitantes de uma ilha mítica que ninguém sabe onde é. Acompanhada pelo lendário semideus Maui, Moana começa sua jornada em mar aberto, onde enfrenta terríveis criaturas marinhas e descobre histórias do submundo.

● SINOPSE:

abertos a partir das 22h. Desde 2015 sem fazer show na cidade, o grupo traz sua nova turnê, Acústico Oficina Francisco Brennand. A censura do evento é 18 anos e menores de idade não entrarão nem mesmo acompanhados por responsáveis. Os ingressos podem ser comprados no site www. orappamacae.com.br, nas lojas: Koni (Cavaleiros), Virgens & Vilões (Calçadão), Coca-Cola Jeans (Shopping Plaza), Largadão e Bar do Betão. Mais informações no facebook do evento: www.facebook. com/DbozzProducoes ● SERVIÇO: Show O Rappa ● DATA: 13 de janeiro ● LOCAL: Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho ● HORÁRIO: a partir das 22h

Festas Starship e Aloha - Uma Noite no Hawaii ● REVIVER

a magia das discotecas

dos anos 70 e 80, curtindo uma mega produção, é o lance que desponta na cidade, trazendo um rastro de sucesso até os dias atuais. Trata-se de mais uma edição da Boate Starship, que vai rolar no dia 14 de janeiro, nos salões da sede social do Tênis Clube e contando com a presença das gerações que frequentavam as festas na época, sob o comando do seu idealizador e produtor cultural, Paulo Moraes, em meio a super programação. Paulinho anuncia ainda a super festa Aloha - Uma Noite no Hawaii, marcada para o dia 21 de janeiro, também na sede social do Tênis Clube, revivendo a tradional festa havaiana. Os locais de venda dos ingressos para as festas Starship e Aloha - Uma Noite no Hawaii são os seguintes pontos: CCAA (Rua Visconde de Quissamã, 377 - Centro); Immense (Galeria Carapebus - Centro);

Letícia Moda Indiana (Shopping 300 - Centro); Niel Restaurante (Hotel Comfort - Praia dos Cavaleiros);Plataformia Restaurante (entrada da Petrobras do lado da Praia Campista); e Veste (Shopping Tropical Plaza - Centro). ● SERVIÇO: Festas Starship e Aloha - Uma Noite no Hawaii ● DATAS: 14 de janeiro: Starship / 21 de janeiro: Aloha - Uma Noite no Hawaii ● HORÁRIO: a partir das 23h COMO DIVULGAR OS INTERESSADOS em divulgar eventos em Macaé e região podem entrar em contato com a jornalista Isis Maria, através do telefone (22) 2106-6060 - ramal 216 ou 9985-3569 / 9927-6822. Ou pelo e-mail: isismaria@odebateon.com.br


Edição 9224 13 01 2017