Page 1

Caderno Dois WWW.ODEBATEON.COM.BR • MACAÉ (RJ), DOMINGO, 20 E SEGUNDA-FEIRA, 21 DE OUTUBRO DE 2013 • ANO XXXVIII • Nº 8221 • FUNDADOR/DIRETOR: OSCAR PIRES

Nova tecnologia acaba de vez com a gordura localizada A Clínica de Dermatologia Cosmiátrica Drª Vera Peres oferece um tratamento revolucionário na área de medicina estética

Isis Maria Borges Gomes isismaria@odebateon.com.br

O

sonho de toda mulher sempre foi que um dia inventassem uma máquina que exterminasse todas as gordurinhas mal localizadas que habitam seu corpinho. E agora todas já podem acordar, pois este sonho se tornou realidade! Trata-se da nova tecnologia chamada Criolipólise, uma poderosa opção estética no combate a essas gordurinhas, que está à disposição dos clientes na Clínica de Dermatologia Cosmiátrica, apresentando o que há de mais moderno no setor da Medicina Estética, sob a liderança da fisioterapeuta Juliana Garcia Paes e supervisão da competente médica, Drª Vera Peres. A novidade Criolipólise foi desenvolvida por cientistas de Harvard, há dois anos, após longos estudos sobre o assunto. O procedimento atinge as células adiposas do corpo, que são submetidas a baixas temperaturas e morrem. As células de gordura são destruídas com o frio, sem causar danos aos tecidos adjacentes sendo eliminada pelo organismo. Uma vez “congelada” a gordura não volta à sua forma normal.

TUDO ISSO SEM CORTE, FURO, ANESTESIA OU DOR!!!

TECNOLOGIA DESENVOLVIDA EM HARVARD Cientistas de Harvard, intrigados com crianças que ganhavam covinhas de tanto tomar sorvete, resolveram investigar melhor e descobriram que o frio do sorvete congelava as células de gordura, danificava-as e o organismo ficava com a função de eliminar as 'danadinhas'.

O tratamento Criolipólise é indicado para pacientes que estão com peso normal ou um pouco acima dele e que possuem gordura localizada em áreas difícil de perder, como abdômen, flancos, dorso, face interna de coxa, culotes e também para pacientes que

fizeram lipoaspiração e ficaram com irregularidades no local. A natureza da mulher faz com que ela tenha mais tendência a concentrar gordura no quadril, no abdômen, nas coxas e também nos flancos, onde saem aquelas gordurinhas nas laterais da calça.

Esta avançada tecnologia chamada Criolipólise vem revolucionando a medicina estética no país. De fato, a Criolipólise é considerada entre os especialistas como menina dos olhos no quesito exterminadora das células adiposas. Segundo Drª Vera Peres, não há necessidade de anestesia e a recuperação é tranquila. O paciente pode retornar às atividades normais imediatamente após o procedimento. A pele pode ficar vermelha por alguns minutos, ou mesmo temporariamente sensível. A Criolipólise é um procedimento não invasivo e não agressivo, utilizando resfriamento intenso e localizado. As baixas temperaturas conseguem quebrar as células de gordura, levando-as à eliminação natural, sem lesionar outros órgãos, tecidos vizinhos, nervos etc.

O resfriamento local é feito com um aplicador do aparelho, que é posicionado na área a ser tratada, resfriando intensamente o local. Por exemplo, se o objetivo do paciente for redução dos flancos, o profissional posicionará o aplicador do aparelho, na lateral do paciente. “O aparelho suga e segura à gordura localizada entre duas placas de resfriamento”, revela a fisioterapeuta Juliana. Assim, o organismo reage e leva à destruição e eliminação dessas células, determinando uma melhora no contorno corporal, devido à redução de medidas. “O método não é invasivo, tornando-se seguro e eficaz. Numa única aplicação, a camada de gordura na área tratada pode reduzir, em média, de 20% a 25%. Os resultados serão vistos de 6 a 8 semanas, período necessário para se fazer outra sessão, se houver necessidade”, conclui Drª Vera.


2 Caderno Dois

MACAÉ, DOMINGO, 20 E SEGUNDA-FEIRA, 21 DE OUTUBRO DE 2013

Educação na ponta do lápis por Amélia Augusta Guedes Marinho

amelia.guedes@uol.com.br

Professores no limite É imprescindível que os estudantes recebam na escola orientações sobre princípios morais

N

o limite. É assim que muitos professores encaram seu dia a dia: no limite da compreensão, no limite da paciência, no limite da saúde física e mental. A rotina estressante da profissão gera desmotivação, cansaço, angústia, irritabilidade e muitos outros problemas. O motivo engloba várias causas: carga horária excessiva, cobrança por melhor desempenho, salas de aula

lotadas, escolas com infraestrutura inadequada, baixos salários, falta de tempo para atualização e capacitação. Além disso, alunos mal-educados e pouco interessados na aprendizagem, e famílias distantes. Ou seja, uma situação alarmante e que resulta em quadros lastimáveis para a educação. Professores são agredidos por alunos, e viceversa, dentro da escola. Diante disso, o que pode ser feito para que o limite não seja extrapolado? É imprescindível que os estudantes recebam na escola orientações sobre princípios morais. A conscientização a

respeito dos valores éticos e morais propicia ligação entre a escola e a vida. Particularmente, sentimos falta, em nossos alunos, dos valores morais. É uma lacuna que não poderia existir. Antes de mais nada, valor moral pode ser definido como respeito à vida, não apenas à vida individual, mas à vida coletiva. A falta desse tipo de orientação contribui, e muito, para o desrespeito na escola em todas as formas: desrespeito entre aluno e professor, entre aluno e direção, entre aluno e funcionário, e entre os próprios alunos. O clima de desrespeito, que

SUGESTÃO

O que fazer quando um aluno não consegue escrever com letra pequena, só grande? Não se preocupe se a criança ainda não tem esse domínio. Ela aprenderá com a prática. O importante é ensinar que não existe um padrão - o tamanho da letra varia de acordo com a finalidade do texto, o espaço em que vai ser escrito e quem vai lê-lo. Essa discriminação exige uma percepção refinada, que precisa ser aprendida. Quando começam a ter contato com a escrita, os pequenos se encantam

com o desenho das letras e é importante que experimentem diferentes maneiras de grafá-las. Para que a turma aprenda a controlar o tamanho das letras, ofereça folhas pautadas com espaçamentos diferentes e deixe que testem possibilidades. Aos poucos, os pequenos vão aprender a escrever dentro dos limites da linha. Evite a exercitação mecânica, como a cópia de palavras e letras soltas.

gera a violência na escola, tem sido uma das principais causas que levam os professores a viverem com a saúde física e emocional no limite. Acreditamos que os vários tipos de agressão (verbal e física) a que o professor está sujeito, na própria escola, exerce forte influência na sua qualidade de vida e em seu trabalho. É comum ouvirmos reclamações sobre as questões salariais, mas e as [questões] morais? Como ter educação sem resolver isso? Defendemos uma atuação mais efetiva dos conselhos escolares. A comunidade escolar está nele [no conselho].

A escola tem que ser uma célula viva de debate e não uma agenda fria que se estabelece no início do ano. A cada situação, a escola deve chamar o conselho para discutir o que fazer. O conselho deve assumir uma agenda mais viva, permanente, e deve levantar pautas. Esse é o compromisso de todos. O cenário que compõe o dia a dia escolar acaba gerando graves problemas para muitos professores, que acabam vivendo sob estresse permanente. Pesquisas mostram que os docentes estão adoecendo. Os fatores de adoecimento que mais se destacam são

a sobrecarga de trabalho e dificuldade de lidar com os alunos. Precisamos dar mais voz e apoio aos professores, reconhecendo e valorizando-os. O problema está relacionado à quantidade excessiva de atividades que o professor tem que executar hoje em dia, sobretudo no período extraclasse. Em relação aos alunos, as dificuldades surgem porque eles têm menos limites e educação [modos de comportamento] do que anos atrás, e menor motivação para estudar, já que hoje têm mais disponibilidade de informações.

BRINCANDO E APRENDENDO Longe, perto, dentro, fora, em cima e embaixo são conceitos importantes para a escrita, mas nem sempre estão amadurecidos nas crianças. Quando elas sobem ou rastejam nos brinquedos, assimilam tais noções. Um cano

que funcione como túnel e também possa ser escalado é uma opção. Para mostrar a relação entre espaço e tempo, peça que os alunos percorram o mesmo trecho rapidamente e, depois, lentamente.


MACAÉ, DOMINGO, 20 E SEGUNDA-FEIRA, 21 DE OUTUBRO DE 2013

Caderno Dois 3

EVENTO

1º Cantagalo Forró Fest acontece sábado Evento, direcionado aos forrozeiros de plantão, acontece no próximo sábado dia 26

A

ssim como o reggae é o som do Sana, o jazz e blue são as preferências de Rio das Ostras, Cantagalo já adotou o forró como estilo musical. No próximo dia 26, a partir das 20h, o local receberá bandas renomadas que farão todos os participantes “arrastar a chinela”, no I Cantagalo Forró Fest. O encontro acontecerá na Estrada Califórnia, próximo a Pracinha Cantagalo. De acordo com o organizador do evento, Pedro Cidade, o objetivo é tornar o Cantagalo Forró Fest reconhecido pela diversidade de bandas e revelar novos talentos da região. “Visamos tornar o evento tradicional nesta localidade, fomentar novos artistas e conjuntos musicais. Nossa pretensão é que o festival de forró seja desejado e esperado por todos a cada ano”, disse. São esperados cerca de 1500 forrozeiros. A organização pensou em tudo, haverá área de camping para aqueles que vierem de longe, café da manhã a partir das 4h. “Haverá uma área de camping, para evitar riscos no trânsito com o participante que vier de outra cidade. Teremos uma equipe especializada em segurança”, pontuou informando que quem quiser reservar o espaço deve entrar em contato pelo telefone (22) 81036636. Na ocasião, o evento ficará por conta da animação das bandas: Trio Lampião; Trio Candieiro; Trio Alvorada e Coisa de Zé. O Trio Lampião nasceu no início de 2004, quando os mineiros de Belo Horizonte(BH) apaixonados por forró pé de serra, Frederico Letro, Glauco Bruzzi e Júlio César Bretas se conheceram. Todos já haviam participado de outras bandas de grande valor no cenário do forró, com quase dez anos de pé na estrada. O envolvimento com este estilo musical veio da identificação dos amigos mineiros com a música e cultura nordestina. E o que começou de maneira informal, logo se tornou vocação e devoção, passando o trio a ser cada vez mais requisitado pelo público amante do autêntico forró péde-serra. Hoje é presença reconhecida no circuito nacional de forró, pela sua mescla de baiões, côcos, forrós, xaxados, xotes e

DIVULGAÇÃO

arrasta-pés, tocados com energia e paixão. No repertório estão presentes clássicos de Luiz Gonzaga, Os 3 do Nordeste, Jackson do Pandeiro, Marinês, Trio Nordestino, Mestre Zinho e Dominguinhos, entre outros grandes mestres, compositores e cantadores de forró. Na atualidade, o trio se apresenta nas principais casas do circuito pé-de-serra, alegrando, com sua energia, os forrozeiros de RJ, ES, MG, SP, GO e outros estados brasileiros. O TRIO CANDIÊIRO nasceu numa das maiores escolas de forró do Rio de Janeiro, o “Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas”, popularmente conhecido como “Feira de São Cristóvão”. O trio já se apresentou em várias casas que cultivam a cultura nordestina no Rio, tais

como Casa dos Forrozeiros, Quebra mar, Buxixo, América Futebol Clube, Forróbrasil, Projeto Brasileirinho, Roça in rio no jockey clube do rio de janeiro, forró da Capelinha e do Convés em Niterói, entre outras casas e eventos de suma importância no circuito do forró Carioca como o Roots’in Sana no ano de 2005, quando com apenas um mês de formação foi considerado como uma das revelações do evento. O Candiêiro começou o ano de 2006 com o pé direito, pisou em solo Capixaba mostrou mais uma vez toda a sua irreverência e alegria no evento Xodó Carioca realizado Estado do Espírito Santo, no Planeta Ibiza, só com atrações cariocas. E não para por aí, no final do mês de abril no estado de São Paulo no Forró do Figo, o Candiêiro foi o único trio de forró pé de serra a repre-

sentar os trios do estado do Rio de Janeiro, numa grande festa em Campinas, enfrentando uma enorme responsabilidade para um trio que está a tão pouco tempo no circuito do forró carioca.Mas o Trio Candiêiro com seu estilo inovador, despojado e encorajador alumiou os salões da Cooperativa Brasil no Forró do Figo em Campinas e saiu de lá ovacionado mais uma vez sendo considerado por muitos artistas que lá se encontravam, como uma das revelações do grande evento. E não para por ai, o Trio Candiêiro invadiu Itaúnas no VI Festival Nacional de Forró, chegou a final e recebeu o premio de melhor música e poesia, com a música “SERTÃO POTIGUÁ”, considerada por muitos artistas que ali estavam uma nova pérola do forró. O Candiêiro tem como prin-

cipal característica a animação dos seus shows, simplesmente não há quem não se contagie com a alegria e a animação desses meninos, que por amor e dedicação ao forró enaltecem a cultura nordestina. As músicas do Trio Alvorada falam de amor e do cotidiano do forró, com muito balanço. A banda Coisa de Zé surgiu em 2009 quando um grupo de amigos que gostavam do ritmo do forró e já tocavam alguns instrumentos, tiveram a idéia de montar uma banda. Começaram a tocar e em cada show a banda se apaixonava mais ainda pelo forró e pela animação da galera que contagiava os seus shows. Estão lançando o seu primeiro CD “com o titulo, É disso que eu to falando” que leva uma música com este nome e a qual concorreram o Festival Nacional de Forró de Itaúnas

em Itaúnas/ES em 2010. Hoje a banda continua pelos seus propósitos: Amor pelo que faz e levar o ritmo brasileiro para todo tipo de público. A Banda resgata as músicas dos principais cantores de forró tais como: Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro e entre outros grandes artistas, trazendo raízes e erguendo a bandeira do forró pé de Serra por onde passa. SERVIÇO

› INGRESSOS:1º Lote - R$ 20 / 2º Lote - R$ 30

› PONTO DE VENDA:Macaé - Cacau Show (Plaza), Studio M, Restaurante e Pizzaria Via do Sol, Bouticão. Rio das Ostras Studio de Dança Luis Vieira e Restaurante Sabor da Roça.

RELIGIÃO

Caminhada Contra Intolerância Religiosa O objetivo da Caminhada é reforçar o respeito entre as religiões visando o bom convívio entre cidadãos independente de credo, o gabinete do vice-prefeito, Danilo Funke, e a Coordenadoria Extraordinária de Igualdade Racial, estão organizando a 1ª Caminhada Contra Intolerância Religiosa de Macaé. Os idealizadores são

Wagner Satiro e Jean Macaé, com apoio da Fundação Macaé de Cultura. O objetivo da Caminhada, segundo os organizadores, é reforçar o respeito entre as religiões. Wagner Satiro e Jean Macaé esperam reunir candomblecistas, umbandistas, evangélicos, católicos, wiccas, espíritas, bahá’is, judeus, muçulmanos, seguidores do Santo Daime, budistas, ciganos, e até ateus no dia 27 de outubro, às 10h na Praça

da Imbetiba. De acordo com Jean Macaé, além do respeito, o crescimento da diversidade religiosa no país e o número casos de intolerância também motivaram o encontro. Além de unir as religiões em prol da paz, a 1ª Caminhada também tem o intuito de fomentar o diálogo entre poder público e membros religiosos para atender os mesmos. Segundo o vice-prefeito, Danilo Funke, “Vivemos em

um estado Laico e democrático, onde devemos respeitar o próximo, independente de credo, classe social, raça ou qualquer outra diferença que poça existir. A Caminha é um início para incentivarmos isso no nosso município e nos que virão participar” finalizou. Além do público macaense, outros grupos religiosos participarão da Caminhada. A organização do evento espera mais ou menos 1500 pessoas.

DIVULGAÇÃO


4 Caderno Dois

MACAÉ, DOMINGO, 20 E SEGUNDA-FEIRA, 21 DE OUTUBRO DE 2013

Vip's por Isis Maria

isismaria@odebateon.com.br

Provai e vede que o Senhor é bom; bemaventurado o homem que nele se refugia.

(SALMOS 34:8)

Encontro de jornalistas

Luíza e Dado em momentos maravilhosos em Las Vegas

Pausa para passeios A empresária Maria Luíza Cure e o médico Luiz Eduardo Mattos fizeram uma pausa em suas atividades para curtir uma bela viagem. Voaram para os Estados Unidos, onde desfrutaram das delícias de

Las Vegas e Los Angeles. Naturalmente, Luíza aproveitou para fazer aquelas comprinhas ‘básicas’, não tão básicas assim, adquirindo lindas peças de griffes famosas. Beijos, querida!!!

Grupo de jornalistas que marcou presença no almoço de conftaternização, juntamente com o repórter fotográfico Kaná Manhães

Ana Clara e Ana Paula Lindas e abençoadas por Deus, as gêmeas curtiram domingo (13) um dia de muitos abraços e carinhos, por conta dos seus aniversários. Elas são filhas de um casal maravilhoso: Alba e Paulinho. Deus as abençoe sempre!!!

Sucesso total Realmente, marcou o maior sucesso a Feira Internacional de Artesanato (Interart), versão 2013, a Interart Macaé 200 Anos, que aconteceu semana passada no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho. E com a feira, o artesanato macaense também atingiu pleno êxito, revelando grandes

Nesta quinta-feira (17), representantes da imprensa de Macaé marcaram presença no Restaurante Brazão Gastronomia, para um simples almoço de bate-papo. Mas o encontro surpreendeu a todos os jornalistas e repórter fotográfico, tendo se tornado uma deliciosa confraternização do grupo presente. Aliás, altos planos para o futuro!!!

talentos do município. Confirmando este fato estão Juliana Borges e Elisa Silva, que montaram um estande de sua loja Entre Panos e Recortes (que fica na Rua Visconde de Quissamã), na Interart, mostrando todas as suas habilidades artesanais e sendo altamente elogiadas.

A lindas aniversariantes, Ana Clara e Ana Paula Lima

Formandas de Farmácia Quarta-feira (16) foi dia festivo para Carlos Fernando Pessanha Motos (Calu), por conta do seu aniversário. E na sextafeira (18) foi a vez da esposa, Adriana Matos, curtir o seu dia especial. O casal comemorou as datas com festa dupla.

O casal Adriana e Calu em clima festivo junto ao filho Lucas

Abraços de hoje Hoje é dia festivo para Leise, por conta do seu aniversário. Ela comemora a data neste domingo (20), em meio a almoço em família, junto ao marido Edimilson, os filhos e outros familiares.

As sócias Juliana Borges e Elisa Silva, no estande da loja Entre Panos e Recortes, participando da Interart Macaé com o maior sucesso

Shopping Plaza Macaé Nesta segunda-feira (21), quando se comemora o Dia do Comerciário, o Shopping Plaza Macaé funcionará em horário diferente. Neste dia, as lojas e o Hipermercado Wallmart estarão fechados, mas quem quiser aproveitar a folga para assistir aos

lançamentos do cinema poderá ir ao Cinemagic, que funcionará normalmente, conforme a programação, que pode ser conferida no site www.shoppingplazamacae.com.br. A Praça de Alimentação também ficará aberta, mas das 11h às 22h.

Leise, que comemora aniversário neste domingo (20), junto ao marido Edimilson

Jump infantil O Shopping Plaza Macaé oferece diversas atrações para a criançada, neste feriado prolongado de comemorações pelo Dia de Tiradentes, no dia 21, e pelo Dia de São Jorge, no dia 23. Uma opção de lazer para as crianças é o Fly Motion ou Jump infantil, que está

em funcionamento naquele centro de compras. Para participar, as crianças devem ter idade a partir de 2 anos e pesar até 80kg. O tempo de duração da brincadeira é de 4 minutos e, de segunda a quinta-feira, a atividade custa R$13. Às sextas, sábados, domingos e feriados, são R$ 15.


MACAÉ, DOMINGO, 20 E SEGUNDA-FEIRA, 21 DE OUTUBRO DE 2013

Caderno Dois 5


6 Caderno Dois

MACAÉ, DOMINGO, 20 E SEGUNDA-FEIRA, 21 DE OUTUBRO DE 2013

Coluna da Mulher Cerimônia de Casamento não precisa ser sinônimo de estresse

Organizar um casamento não é tão complicado como parece, basta usar o bom senso e planejar alguns detalhes

P

or um longo tempo, o mês de maio era o predileto para a realização dos casamentos. Talvez esse seja um costume herdado dos europeus, uma vez que naquele continente o mês de maio é festivo e cheio de flores e tem ainda outra corrente que explica que o mês de maio é o mês das Mães e o mês da Virgem Maria, por isso a preferência dos noivos e noivas. Mas o fato é que no Brasil tem se verificado mudança neste hábito, sendo que o mês de dezembro tem se mostrado o campeão dos casamentos. É um mês festivo, é verão, tem os feriados de final de ano, renda extra por causa do décimo terceiro salário, promoções de preços em pacotes de viagem, estes seriam alguns dos motivos que explicariam a nova preferência. Mas, enfim, em maio, em dezembro ou em qualquer outro mês do ano, quando se fala em casamento, logo se remete o assunto a correrias, altos preços e inevitáveis estresses para os familiares e os noivos, os quais são magicamente esquecidos na hora do tão esperado “sim”. O casamento é sempre um momento muito esperado - tanto pelo casal como por seus familiares. É também momento de muita honra para os padrinhos que geralmente se sentem felizes com o convite. Passada a euforia de marcar a data, comunicar a família e escolher os padrinhos, vem a inevitável preocupação para todos estes envolvidos. É um grande evento, momento importante e todos querem fazer bonito. Ás vezes é tanta vontade de fazer bonito que o resultado final é um verdadeiro desastre. Um dos melhores caminhos é procurar por pessoas/em-

presas entendidas no assunto, mas se a opção é organizar tudo contando com a ajuda de amigos e familiares, o bom senso é o melhor mediador. Entre os detalhes que assombram as noivas é quanto ao buquê. Aqueles bem cheios e compridos são os mais sonhados, mas é preciso cuidar com este modelo, pois caem bem somente em noivas com alta estatura e corpo bem esguio. Segundo alguns entendidos no assunto, para não errar o melhor mesmo é escolher os redondos com alguma cascata, mas esta compatível com o tipo físico da mulher. E as flores? Bem, jamais deverão ser as mesmas da decoração da igreja ou do salão de festa. As rosas continuam no topo da lista, mas também entram em cena os lírios, callas, tulipas, gérberas e orquídeas. O ideal é que o buquê seja entregue duas horas antes do casamento para garantir o frescor das flores; cuidar para que os caules das flores tenham sido recobertos de tecido para garantir o conforto da noiva. Dependendo da temperatura, o buquê exige atenção especial. No verão, o bom mesmo é guardá-lo na geladeira. Existem alguns buquês que são montados em suportes específicos (com espuma floral) e isto garante a sua durabilidade sem estarem na água, mas é bom mantê-los com local ventilado e longe da luz. É aconselhável sempre buscar a ajuda de um profissional nesta área, isto garante o sucesso do arranjo e a beleza do conjunto da cerimônia. Uma dúvida muito frequente é qual a altura que o buquê deve ser levado pela noiva. Uma regrinha: a noiva deve manter o antebraço encaixado na lateral da cintura e quando chegar ao altar entregar o adereço à mãe ou à

madrinha mais próxima. O buquê deve sempre combinar com o vestido e ambos com o estilo do casamento. Para uma cerimônia no campo, por exemplo, o buquê deve ser de flores menores e o vestido mais vaporoso, tudo bem romântico. Se a ocasião for mais formal, o tecido e o modelo do vestido também mudarão e no buquê poderão ser usadas flores maiores e até outros adereços como pérolas, strass, cristais ou outros brilhos. Regrinha: isto vale apenas para os casamentos à noite; cerimônias diurnas pedem mais descontração, mas isto não quer dizer que mereçam menos cuidados ou que devam ser displicentes. Muitos dos detalhes finais do casamento, a noiva delega a pessoas de sua confiança, mas vai aqui um conselho, em se tratando do buquê cuide pessoalmente do assunto. Provavelmente, ele será entregue no dia da cerimônia e na hora da entrega veja você mesma se está de acordo com o que encomendou, pois ainda terá tempo para reparos ou substituições. Noiva e madrinhas compartilham do estresse. A primeira é óbvio, afinal ela é a estrela do dia; as segundas é porque não querem “fazer feio” e estragar o álbum de fotografia dos noivos e também porque competem entre si. Uma dica de ouro: quem deve brilhar soberanamente é a noiva, as madrinhas devem caprichar no visual, mas lembrando de que não é educado ofuscarem a noiva, além do que ela ficaria muito magoada com a situação. As madrinhas devem evitar as cores claras e os brilhos excessivos. Quanto ao vestido, tudo depende do horário da cerimônia e é de bom tom a noiva e madrinhas combinarem quanto ao cum-

O buquê da noiva é um complemento importante para toda a produção por isso merece atenção na hora da escolha das flores e do modelo. É recomendável recorrer aos profissionais no assunto a fim de que seja bem feito e resista à temperatura e ao tempo que durar toda a cerimônia / GB Imagem primento dos vestidos para que haja harmonia no altar quando todos estiverem juntos. E os pajens? Isso continua em alta. É usual escolher as crianças de ambas as famílias. Se dois lados tiveram candidatos aptos a carregar as alianças, é bom o casal buscar o bom senso e não fazer disso motivo de disputas. A tradição manda que seja um casal de crianças, mas nada impede que um trio ou um quarteto integre a “honrada comitiva encarregada das alianças”. É também emocionante, ao invés das crianças, dar aos

avós o privilégio de levarem as alianças até o altar. Esta dica é para todas, no dia do casamento cuidem da pele do rosto usando uma máscara caseira muito eficaz. Bata no liquidificar 50 ml de água filtrada com 50 mg de aloe vera e 50 mg de pepino. Faça um creme e aplique no rosto evitando a região dos olhos. Deixe agir durante 20 minutos e retire com água fria. Prepare os seus pés, numa bacia coloque água quente, junte 4 gotas de óleo essencial de lavanda, 4 gotas de óleo essencial de bergamota, pétalas

de flores claras e bolinhas de gude azul. Fique com os pés imersos durante 10 minutos massageando-os nas bolinhas de gude. Depois seque-os e aplique creme hidratante que tenha boa absorção. A alimentação é importante e não deve ser negligenciada preferindo alimentos sem gordura e que sustentem. Uma boa ideia é filé grelhado, arroz e salada além de suco de frutas e água. Estes pequenos detalhes garantem o bem estar necessário para aproveitar este momento tão importante e maravilhoso.

VIVER BEM

A criança também é vítima da depressão Erroneamente apontada como doença de adulto, é preciso enfrentar o preconceito e oferecer tratamento adequado

A

depressão, um transtorno que muita gente acha que só atinge jovens e adultos, pode acarretar diversos problemas no aprendizado da criança e influenciar no seu desenvolvimento e comportamento durante a adolescência e a fase adulta. Além disso, muitas vezes está associada ao TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade) presente em cerca de 5% a 13% da população infantil. Estudos mostram que cerca de 14% das crianças com TDAH

apresentam depressão. Especialistas em Neurologia explicam que inúmeros fatores atuam no desencadeamento da depressão, tais como genéticos, químicos cerebrais e ambientais. A depressão pode se manifestar na infância, até mesmo em crianças pré-escolares, com menos de seis anos de idade. Nessa idade, ela ocorre em uma de cada 100 crianças da população geral. Na fase escolar, entre duas e quatro de 100 e em adolescentes, em torno de cinco a oito. Os pais devem ficar atentos, a depressão na infância ocorre

na mesma frequência em ambos os sexos, mas a partir da adolescência até a vida adulta ela é mais comum no sexo feminino. O diagnóstico da depressão é mais difícil nas crianças, pois os sintomas podem ser confundidos com birra ou falta de educação, mau humor e agressividade. Mesmo assim, alguns comportamentos ajudam a indicar que uma criança possa estar deprimida. Os principais sintomas são: tristeza, negativismo, irritabilidade, falta de iniciativa e perda do interesse por coisas que an-

teriormente essa criança ou adolescente gostava. Muitas vezes associam-se sintomas físicos como cansaço, fadiga, dor de cabeça e alterações do sono e do apetite. As repercussões na escola são prontamente observadas na depressão infantil, a criança fica mais lenta e desatenta, cai o desempenho e surgem conflitos em decorrência de mudanças bruscas do humor, como explosões de raiva ou tendência ao isolamento social. Outra manifestação é o sentimento de menos valia, de baixa autoestima, seja em relação aos cuidados

pessoais ou a confiança em si próprio. Nos casos graves pode chegar a provocar comportamentos de risco, tais como sexo, drogas e direção perigosa de automóveis e até atos suicidas. Ainda segundo especialistas no assunto, apesar dos melhores resultados do tratamento da depressão na infância, quando comparada com outras fases da vida, sabe-se que a sua ocorrência nessa fase etária precoce anuncia a grande chance de recorrência do mesmo quadro na vida adulta, por isso, pais e professores pre-

cisam ficar atentos para os sintomas da depressão na infância e adolescência, pois muitas vezes são diferentes daqueles apresentados pelo adulto ou pela pessoa idosa. Precisam de orientação adequada para que superem os medos e preconceitos sobre esse problema. Só assim estarão capacitados a identificar precocemente o quadro, encaminhar a criança para uma avaliação e tratamento especializado, bem como auxiliar consideravelmente no tratamento deste frequente transtorno mental.


MACAÉ, DOMINGO, 20 E SEGUNDA-FEIRA, 21 DE OUTUBRO DE 2013

Caderno Dois 7

DIVERSÃO

Teatro de Rio das Ostras apresenta peça infantil Todo espetáculo é contado com muita música e cantigas de roda

E

spetáculo infantil garante diversão neste fim de semana para quem comparecer ao Teatro Popular de Rio das Ostras. Neste domingo, 20, a programação para toda a família é a peça "Dançando com os Backyardigans", com início às 17h. E ontem,boas gargalhadas foram dadas no mesmo teatro

por conta do show “Cara a Tapa” com o ator Leandro Teixeira e seus convidados Miguel Marques, do programa Show do Tom, e Gustavo Chermont que se apresentam neste sábado, 19, às 20h30. Com o texto escrito pelos próprios atores, o espetáculo "Cara a Tapa" aconteceu com um palco vazio, sem

Cigarras de Macaé

cenários e sem figurino. No elenco esteve o ator e humorista, Leandro Teixeira, fundador do grupo de improvisação “Molóides”, sucesso de público no Rio de Janeiro em 2008. Na televisão participou, na Record, do quadro de humor do programa “Tudo é Possível” e de diversas peças publicitárias.

Com personagens conhecidos das crianças, o espetáculo "Dançando com os Backyardigans" gira em torno de cinco amigos que moram na mesma rua. Os amigos Pablo (o Pinguim Azul), Tyrone (o Alce Laranja), Uniqua (a Uniqua cor-de-rosa), Tasha (a Hipopótamo Amarela) e Austin (o Canguru Roxo) se di-

SERVIÇO

Teatro Popular de Rio das Ostras

› LOCAL: Avenida Amazonas, s/ nº - Telefone: (22) 2764-1703

› ESPETÁCULO: Dançando com os Backyardigans

› DATA: Domingo, 20, às 17h › INGRESSOS: R$30 e R$15 (meia, antecipado e filipeta)

Mensagem de fé

cigarrasmacae@gmail.com

por Aurora Ribeiro

por Robson Oliveira

Dia 22/10 - 3 Anos sem Laurita... Esse era seu poema preferido...

Meus amados leitores!

PARDAL

Laurita de Souza Santos Moreira Laurita de Souza Santos Moreira Meu verso é pardal pequenino irresponsável menino sem engajamento ou bandeira liberto de regra ou rima sem fronteira nem barreira. Livre e solto vagabundo vazio de ambição ou pretensão passageira vai flanando pelo mundo... Será que ele faz poesia?

vertem com seu mundo de imaginação. Todo espetáculo é contado com muita música e cantigas de roda que fazem parte da infância de muita gente. É uma maneira divertida de aprender e se divertir. Conheça essa incrível história e saiba o final dela com muita alegria e diversão para todas as crianças.

Saberá ele cantar? Ele é pobre corriqueiro Irreverente brejeiro Leve alegre erradio Não quer se preocupar. Sem grandeza pobrezinho... Seu canto um mais que nada de poesia só pitada. Saberá ele cantar? Meu verso pardal vadio deixa então ele piar!

EM NOSSO último Encontro, dia13/10, na casa de Ivania Ribeiro, com a presença das Cigarras Éstia, Ivania, Inez, Mariucha, Marilena, Aurora, contamos também com as Amigas Otília, Inezita e Cacilda, homenageamos os Professores, a Nossa Senhora Aparecida, São Francisco de Assis, as Crianças, aos Médicos e Dentistas, e, para fechar uma homenagem especial a à nossa saudosa mentora, Laurita de Souza Santos Moreira, que nos deixou, aos 87 anos, numa noite de outubro, dia 22,do ano de 2010, no entanto sua capacidade de nos envolver com a poesia ficou até o finalzinho... Laurita nossa amiga, Laurita nossa professora, Laurita nossa inspiradora... Continue povoando nossas lembranças através da poesia e inspirando a todos nós, do Coro de Cigarras, a poetizar nossa gente e nossa terra, como você tão bem o fazia!!!! Salve Laurita! E saudação especial a Cigarrinha Mariucha Correa pelo lançamento de seu Livro Infantil, escrito com sua filha Cecília, intitulado “Joanie, a Joaninha” lançado no dia 05/10... Um sucesso!!!

Fomos criados por Deus e para Deus, só Ele á capaz de nos completar de maneira mais eficaz e eficiente.

M

uitas vezes estamos diante de pessoas que precisam da nossa ajuda e não conseguimos perceber. Às vezes nos tornamos frios no amor, pois nos deixamos levar pela ideia do Ter e esquecemos que o Ser é o mais importante. Não podemos deixar que a sociedade determine um modelo de felicidade ou de sucesso. Todos nós devemos sim lutar por uma vida digna, mas não devemos depositar nossa esperança nas coisas

materiais, pois só Deus é a essência de tudo. Não existe modelos humanos a serem seguidos, o único modelo a seguir é o de Jesus. Fomos criados por Deus e para Deus, só Ele á capaz de nos completar de maneira mais eficaz e eficiente. Hoje façamos esta reflexão, será que estamos nos esforçando o suficiente para seguir o modelo de Jesus? Não estou convocando você a fazer o impossível, deixe isso para Deus, quero convidar a

começar uma mudança em sua vida de verdade.Claro que não é religião e muito menos quero que você se filie a alguma igreja, apenas faça o que Cristo mandou: Amar uns aos outros e a Deus sobre todas as coisas! Confesso que não seria esta mensagem de hoje, mas quando comecei a escrever, foi saindo este pensamento. O mundo precisa de amor, o mundo precisa de Deus! Uma ótima semana iluminada por Ele!


8 Caderno Dois

MACAÉ, DOMINGO, 20 E SEGUNDA-FEIRA, 21 DE OUTUBRO DE 2013

O Debatinho por Kátia Golosov Cure katiacure@bol.com.br » katiacure@pop.com.br

O papagaio e o macaco As limitações

U

m papagaio pousou no alto da árvore. Feliz, repetia tudo o que ouvia. A pronúncia era tão perfeita, que a bicharada pensou que pessoas estivessem falando na mata. O macaco, que também estava no alto da árvore, morreu de ciúmes do louro. Quis chamar atenção dos amigos na floresta, então começou a se exibir: pulava, virava cambalhota, rolava no chão. Quando viu que não

ninguém ligou, ficou pensando o que mais poderia fazer. Foi quando olhou em sua volta. Viu lá longe o short de um rapaz que estava nadando no lago. Tentou vesti-lo. Não conseguiu. Tentou de novo. Não conseguiu. Na terceira vez, Oba!!! O dono do short gritou: “Larga minha roupa, seu bobão e aí mandou bronca no atrevido. Sabia, pequenos? Outro dia, o João Carlos quis dar uma de macaco. Ele joga basquete

Essa princesinha linda é a Alice, que recebeu as bênçãos do batismo no dia 6 de outubro, na Igreja São Paulo Apostolo. Orgulhosos de batizar a pequerrucha estavam os seus padrinhos, Priscilla e Leonar Castilho, e ainda a sua madrinha de Consagração, a Adriana. Após as bênçãos seus pais Thais e Tiago Motta confraternizaram com toda a família, em sua casa, oferecendo um delicioso almoço preparado com todo carinho. Parabéns e que Papai do Céu recheie seu crescimento com muita paz, amor e esperança, fofa!!!

muito bem. Mas não entende nada de futebol. Quando viu os amigos com a bola no pé, pediu pra entrar na equipe. Entrou. Mas ele só sabia jogar com as mãos. Resultado: Levou um montão de tombo, se machucou todo e ainda sofreu um montão de faltas levando o time ao rebaixamento e perdendo de goleada para a outra equipe. Moral: Ter habilidade é um dom doado por Deus e cada um tem o seu!!!

Esses dois amigos são verdadeiros reis de suas famílias!!! São eles Matheus Stell e Luis Felipe Matos, que, quando se juntam, brincam um dia inteirinho na maior paz. Majestosos os rapazinhos!!! Esse colosso de reizinho é o Matheus, que nasceu no dia 17 de setembro trazendo com ele uma mala cheia de paz e alegria para seus papais, Fernanda e Thiago, que estão literalmente apaixonados pelo neném. Um presentão o pequenino!!!

Elas são duas pérolas raras!!! São as bonequinhas Ana Clara e Hagata, as menininhas encantadoras de suas famílias. Um mimo as priminhas!!!

Essa baby encantadora, que tem o poder de atrair todos os olhares desde sua chegada ao mês passado!!! É a Alice Medeiros Pereira, que é tão gostosinha, que dá vontade de pegar e morder. Ela é o mais novo xodozinho de seus avós, Vera e Francisco. Um sonho mesmo!!!

Ela é mesmo uma belezinha diferenciada!!! É a bela Clarinha Mussi com seu jeitinho saboroso de ser. Um doce!!!

Um show deste planetinha!!! É um trevinho de quatro folhinhas, quem achou só obteve amor e sorte na vida. Ela é Maria Clara, filha de Mariana e Toni. Um troféu a pequenina!!!

Caderno2 20 10 13