Page 1

Caderno Dois WWW.ODEBATEON.COM.BR • MACAÉ (RJ), DOMINGO, 15 E SEGUNDA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2013 • ANO XXXVIII • Nº 8191 • FUNDADOR/DIRETOR: OSCAR PIRES

Restaurante Galeto Chopp reabre à noite, com música ao vivo, no coração de Macaé O

empresário Gilberto Machado, considerado o Rei da Noite Macaense, pelo seu refinado gosto musical, nos áureos tempos de 1998, quando aqui chegou, com uma proposta de tornar as noites dos macaenses com sabor de quero mais, através do delicioso galeto, o verdadeiro, tendo como diferencial a música de MPB, aliada diariamente ao atendimento de qualidade, em ambiente salutar, revitalizando assim a área central de Macaé A casa noturna, que se iniciou com o nome FAISÃO, faz sucesso há 15 anos consecutivos, sempre bem frequentada e as mesas sendo disputadas pelos amantes da farta e boa mesa, aliada ao bom gosto musical. Com o passar dos anos, por conta do prato mais pedido da casa, o autêntico “galeto na brasa”, todos passaram a chamar de Restaurante Galeto. Assim, o empresário Gilberto Machado assumiu o sucesso e passou a denominar a casa de Galeto Chopp. A noite de reinauguração do Galeto Chopp, na quarta, 4, voltou com força total e com o mesmo entusiasmo anterior de seu idealizador, o empresário Gilberto Machado, priorizando o bom atendimento aos seus clientes e dispondo de um preço super acessível (chopp de 300

ml a R$ 3,90 e galeto a R$ 15,90). Relembrando os velhos tempos, a nostalgia reinou absoluta em noite de reestreia, com a gerente geral Jocilaine Hoffmann e o empresário Gilberto Machado recebendo a família, convidados e frequentadores fiéis que amam a gastronomia, aliada ao som de músicos macaenses e sempre o tradicional encontro e bate papo com amigos ao cair da tarde, após a jornada de trabalho. A noite no Galeto Chopp se inicia diariamente às 19hs até às 23h30 e, no palco, apresentamse uma sucessão de conhecidos e aplaudidos talentos, tais como: Carlinhos Guilbert (voz e violão); Shell Show (voz e violão); Kal e Banda; Zé Rangel (sax); Dudu Bruno (sax); Micheli e Haroldo (voz e violão); Neguinho (voz e violão); Marcinho, Batata e Bob Marley (voz, violão e percussão) entre outros. Parabéns a Gilberto por mais essa atração na noite macaense, dando assim, oportunidade aos nossos músicos e tornando nosso happy hour um momento de prazer e descontração, aliados à excelente cozinha, com cardápio variado e excelente carta de vinhos e drinks, e o melhor no coração pulsante da nossa Macaé! Lilia Video

Gilberto com os músicos

O empresário Gilberto Machado e sua gerente geral Jocilaine Hoffmann

Os músicos: Sabá (percussão), Marcinho (voz), Batata (violão) e Dudu Bruno (sax) Gilberto em família, com a esposa Eliete e o filho Bruno

Gilberto com Sabá (percussão) e Rangel (sax)

Alex, Alan, vereador de Rio das Ostras e Aderson Jr., secretário de Administração de Macaé

Haroldo, Micheli, Kal, Gilberto, Carlinhos e Shell


2 Caderno Dois

MACAÉ, DOMINGO, 15 E SEGUNDA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2013

Educação na ponta do lápis por Amélia Augusta Guedes Marinho

amelia.guedes@uol.com.br

Aluno de escola pública está mais exposto a brigas e armas Documento mostra que adolescentes da rede pública presenciaram mais brigas com armas

A

lunos de escolas públicas estão mais expostos à violência do que os de escolas particulares. A constatação é da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), divulgada em junho pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O documento mostra que adolescentes da rede pública presenciaram mais brigas com armas e sofreram mais agressões. O envolvimento em confronto com arma de fogo foi testemunhado por 6,7% dos cerca de 110 mil estudantes ouvidos nas escolas públicas e por 4,9% das de escolas privadas, 30 dias antes da entrevista. Já o confronto com arma branca foi declarado por 7,6% da rede pública e por 6,2% da privada. Os meninos acabam vivenciando mais episódios de brigas do que as meninas.

Royalties vão para a Educação A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que destina 75% dos royalties do petróleo para a Educação e 25% para a saúde. A proposta segue agora para a sanção pre-

sidencial. Embora positiva, a medida não é suficiente para chegar aos 10% do Produto Interno Bruto (PIB) previstos no Plano Nacional de Educação (PNE).

DÚVIDAS DO DIA A DIA

O certo é idéia ou ideia? O correto é ideia. Com o Novo Acordo Ortográfico, o acento caiu nas paroxítonas com ditongo aberto ei e oi. Como a mudança será obrigatória só a partir de 2016, a grafia antiga ainda é encontrada em várias publicações. Oxítonas e monossílabos tônicos terminados em éi, éu e ói continuam com o acento. Exemplos: Heroico Tramoia Pastéis Chapéu Lençóis

PONTO DE VISTA

CADA UM TEM SEU PRÓPRIO MUNDO Uma amiga contou-nos um episódio, afirmando se tratar de um fato verídico. Como rimos demais e achamos a melhor coisa do mundo, gostaríamos de dividir a história com vocês: o pai chegou exausto em casa e disse ao filho de 5 anos que não atenderia ninguém, pois estava muito cansado e se trancaria no quarto “para ficar no seu próprio mundo”. O telefone toca e o menino atende. Era alguém querendo falar com o pai e o menino responde que não vai dar para o pai atender. A pessoa indaga sobre o motivo e o menino responde: “é que hoje ele está um pouco autista!” Querendo entender a lógica do menino, pergunteinos o que ele quis dizer com isso e minha amiga explicou-nos que, na escola, há um coleguinha autista, e a professora orientou os alunos a não se assustarem quando ele ficasse olhando fixo para o horizonte e não respondesse às suas perguntas. “É que ele é autista e, normalmente, os autistas vivem no seu próprio mundo”, explicou a professora. Para falar a verdade, pouco nos importamos se isso aconteceu de fato, porque nos divertimos tanto quando ela nos contou que a veracidade não alteraria em nada o sentimento que nos causou. Depois de rir bastante e achar a história “uma graça”, paramos para refletir sobre a situação. Foi aí que nos deparamos com uma questão: a inclusão carece de alguns esclarecimentos. Muitas pessoas, sejam elas educadoras ou não, sabem muito pouco sobre as características de alguns déficits, transtornos ou deficiências. E o desconhecido geralmente causa medo, resistência e desconforto. Foi muito bacana a professora conversar com os alunos sobre o colega e ressaltar que, em alguns momentos, ele não vai interagir com eles porque essa é uma condição da criança autista. Ainda não se pode dizer com absoluta certeza as causas do autismo. Sabe-se, no entanto, que não possui origem ambiental, como se acreditou durante muitos anos. Segundo Eugênio Cunha, um especialista no assunto, a atuação dos profissionais da escola é fundamental, uma vez que muitos casos de autismo

NAVEGANDO www.esquadraoverdetang. com.br/escolas <http://www. esquadraoverdetang.com.br/escolas> Acessando o site, você acompanha o projeto Reciclar É Show, baixa conteúdos para aplicar em sala de aula e se informa sobre as Brigadas Tang de Reciclagem. Além disso, pode enviar sua história, contando como seus alunos estão fazendo a diferença. Convide seus alunos a participar.

foram percebidos primeiramente no ambiente escolar. O professor deve ficar atento a alguns sinais, a fim de identificar comportamentos, pois a estimulação precoce ajuda muito no desenvolvimento da criança. Os sintomas podem aparecer nos primeiros anos de vida ou durante o período do desenvolvimento da criança. Normalmente, tornam-se aparentes por volta dos três anos de idade. Na escola, é mais comum nos depararmos com dois tipos de autismo: o autismo clássico e a síndrome de Asperger, que agrupam um conjunto de comportamentos numa tríade principal: comprometimentos qualitativos na comunicação, dificuldades na interação social, atividades restrito-repetitivas. Fique atento a alguns sinais. A criança autista costuma isolar-se das pessoas, não manter contato visual, agir como se fosse surda, fazer birras, não aceitar mudança de rotina, hiperatividade física, calma excessiva, apego e manuseio não apropriado de objetos, movimentos circulares no corpo, sensibilidade a barulho, estereotipias. Limitações da linguagem também são características do autista. Assim, ele ainda encontra dificuldades para simbolizar e ter compreensão subjetiva das coisas. Alguns Asperges habilidosos são chamados de savants e já foram retratados em filmes de cinema, como Rain Man, estrelado pelos atores Dustin Hoffman e Tom Cruise. A criança autista precisa aprender a função de cada objeto e o seu manuseio adequado. Um livro, por exemplo, passa a ser apenas um objeto de contato sensorial, em vez de ser visto como objeto de leitura, que carrega uma mensagem e tem uma função específica. A criança cria formas incomuns de manuseio, surgindo as estereotipias, que causam atraso no desenvolvimento motor, principalmente nos movimentos finos. No universo das crianças autistas, tudo tem valor pedagógico. Do simples ato de segurar um lápis ao hábito de escovar os dentes, tudo deve ser explorado para estimular o crescimento e as percepções da criança.

REVENDO E AVANÇANDO “Não adianta falar das belas virtudes da justiça e da generosidade e ter um ambiente de desrespeito e indiferença”

NÚMEROS 8,6% dos estudantes que estão no 9º ano do Ensino Fundamental já trabalham.


MACAÉ, DOMINGO, 15 E SEGUNDA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2013

Caderno Dois 3

EVENTO

Macaé recebe 2º Edição do festival de cultura da Ampla Evento gratuito traz artistas, costumes e tradições de todas as regiões do país ao município entre os dias 16 e 18 de Setembro

C

om shows dos cantores Dudu Nobre e Leoni e oficina do desenhista Daniel Azulay, entre outras atrações, acontece em Macaé, entre os dias 16 e 18 de setembro, o “Consciência Ampla Cultural - o Brasil que você ainda não conhece”. Promovido pela distribuidora de energia Ampla, o festival tem por objetivo levar ao público da cidade e entorno costumes e tradições de cada região brasileira. Serão apresentados ritos, lendas e ritmos que ajudaram a formar o país como conhecemos hoje. Com entrada gratuita, o evento acontece no teatro SESI (Alameda Etelvino Gomes, 155, Riviera Fluminense) e terá programação voltada para públicos de diferentes faixas etárias. Durante três dias, o público conhecerá diversas manifestações culturais brasileiras, por meio de apresentações, oficinas, exposições, bate-papos, entre outras atividades. Será possível participar de encontros com grandes nomes da música brasileira como Dudu Nobre e Leoni. O público infantil também terá diversão garantida no “Consciência Ampla Cultural”. O desenhista Daniel Azulay irá interagir com as crianças usando a arte e desenho. O grupo “Baú que Conta e Canta” fará uma apresentação com lendas e fábulas do folclore brasileiro

contadas por meio da música e da literatura. O grupo Cazumbaque, formado por dançarinos, cantores e percussionistas, apresentará os ritmos e danças do país, como o Maracatu, Coco de Roda, Jongo, Samba de Roda e Bumba meu Boi. Nas oficinas de danças típicas, música, pintura e brinquedo com material reciclado, o público presente será convidado a explorar o lado artístico de cada um. Além disso, crianças e adultos entrarão no universo mágico da literatura de cordel. O evento conta ainda com uma exposição de fotografias sobre o Jongo da Serrinha, tradição afrobrasileira que perdeu espaço nos morros cariocas. O autor das fotos é o fotógrafo italiano Alcinoo Giandinoto, colaborador da ONG Jongo da Serrinha, que realiza um trabalho de resgate desta tradição. Em todos os dias do evento, será exibido o documentário Mulatas, de Walmor Pamplona, que explora o papel delas na cultura popular e no Carnaval. Serão entrevistadas 13 mulatas de escolas de samba do Rio de Janeiro de diferentes gerações, para compor um retrato de personagens fundamentais da cultura popular. Macaé - 16 a 18 de setembro de 2013 - Teatro SESI Alameda Etelvino Gomes, 155 -Riviera Fluminense.

DIVULGAÇÃO

Sobre o Consciência Ampla Cultural O “Consciência Ampla Cultural” faz parte da plataforma de responsabilidade social da distribuidora de energia elétrica, o “Consciência Ampla”, com foco em Educação para o consumo consciente nas comunidades atendidas pela distribuidora. O programa prevê ações práticas, educacionais e profissionalizantes que envolvem também temas como a segurança, o meio ambiente e os direitos e deveres dos cidadãos.

Leoni, Dudu Nobre e do desenhista Daniel Azulay

PROGRAMAÇÃO

Festival de Cultura da Ampla 16/09 - SEGUNDA-FEIRA › OFICINA de Danças Típicas: 9h, 13h30 e 15h › OFICINA de Música: 9h, 13h30 e 15h › OFICINA de Pintura: 9h, 11h, 13h30 e 15h › OFICINA de Brinquedo: 9h, 11h, 13h30 e 15h ATIVIDADES

› MANIFESTAÇÕES de Samba de

Roda, Jongo, Coco de Roda e Maracatu com o Grupo Cazumbaque: manhã e tarde (horários surpresa) › VÍDEOS Educativos: 10h a 21h › LITERATURA de Cordel: 10h › CONTAÇÃO de Histórias: 10h, 13h30 e 15h › ESPAÇO Bate Papo › SOLENIDADE de Abertura e batepapo com cantor e compositor

Dudu Nobre: 19h 17/09 - TERÇA-FEIRA › OFICINA de Danças Típicas: 9h, 13h30 e 15h › OFICINA de Música: 9h, 13h30 e 15h › OFICINA de Pintura: 9h, 11h, 13h30 e 15h › OFICINA de Brinquedo: 9h, 11h, 13h30 e 15h

18/09 - QUARTA-FEIRA › OFICINA de Danças Típicas: 10h, 13h30 e 15h › OFICINA de Música: 9h, 13h30 e 15h › OFICINA de Pintura: 9h, 11h, 13h30 e 15h › OFICINA de Brinquedo: 9h, 11h, 13h30 e 15h

ATIVIDADES

ATIVIDADES

Roda, Jongo, Coco de Roda e Maracatu como Grupo Cazumbaque: Horários surpresa › VÍDEOS Educativos: 10h às 21h › LITERATURA de Cordel: 10h › CONTAÇÃO de histórias: 10h, 13h30 e 15h › ATRAÇÃO Especial › SHOW com o desenhista Daniel Azulay: 15h

Roda, Jongo, Coco de Roda e Maracatu como Grupo Cazumbaque: manhã e tarde (horários surpresa) › VÍDEOS Educativos : 10h às 21h › LITERATURA de Cordel:10h › CONTAÇÃO de Histórias: 10h, 13h30 e 15h › ATRAÇÃO especial › SHOW com a cantor Leoni:19h

› MANIFESTAÇÕES de Samba de

› MANIFESTAÇÕES de Samba de

EVENTO

Exposição Crux, Crucis, Crucifixus está no Centro Cultural Banco do Brasil Rio Em cartaz no Centro Cultural do Banco do Brasil até dia 23 de setembro de 2013 Inaugurada por ocasião da visita do Papa Francisco ao Rio de Janeiro, a exposição Crux, Crucis, Cruficixus - O Universo Simbólico da Cruz, em cartaz no Centro Cultural do Banco do Brasil até dia 23 de setembro de 2013, apresenta cerca de 150 cruzes, santos, relicários e oratórios dos séculos XVIII e XIX, em diferentes estilos, técnicas, materiais e origens e que ressaltam a presença da cruz forma elementar que habita, não só o universo religioso mas, no inconsciente coletivo da humanidade. Acervo do Museu de Arte Sacra de São Paulo, do Museu de Arte Africana e de coleções particulares importantes. Alguns destaques: - A exposição mostra, ao público carioca, obras raramente vistas pelo público como por exemplo: a grande coleção de objetos litúrgicos em ouro e prata (guardados em cofres do MAS); - Dois suntuosos retábu-

los de 5 metros oriundos de Santo Amaro (podem ser vistos montados inteiros graças ao alto pé direito das salas do CCBB); - Um crucifixo de mais de 4 metros com um Senhor Morto; - a grande sala Visível Sensível Tangível - contando a história do símbolo da cruz em diversas civilizações, como cruzes celtas, egípcias, romanas, de todas as origens, religiões, civilizações. A História da Cruz através da sua universalidade, por volta de 30 modelos diferenciados o público aprenderá o significado de cada imagem, exemplos da A Cruz Cristã que se transformou num símbolo de cultura da civilização ocidental, A Cruz na Origem da Arte Brasileira, mostra a linguagem barroca e sua riqueza regional. Detalhes: 1. a sala é dedicada a pesquisa, com 30 tipos diferentes de cruzes com os respectivos textos. Além de material apropriado em textura e escrita em braille para os deficientes visuais. A intenção foi dedi-

SERVIÇO

DIVULGAÇÃO

Crux, Crucis, Crucifixus - O Universo Simbólico da Cruz › RUA Primeiro de Março, 66 -

Centro, salas A e D do 2º andar

› TELEFONE: (21) 3808-2020 › VISITAÇÃO: de 4ª a segundafeira, de 9h às 21h.

› TÉRMINO: dia 23 de setembro › ENTRADA franca. › METRÔ: Uruguaiana › FACILIDADES para deficientes › WWW.BB.COM.BR/CULTURA car aos portadores de deficiência visual a oportunidade de conhecerem a riqueza de simbolismo que existe nas diferentes cruzes. O nome da sala explica o objetivo desse trabalho, o visível se torna possível através do tocar. 2. Para a curadora e historiadora Dalva de Abrantes “a história do Brasil está toda marcada pela presença da cruz. O brasileiro nasceu com nome de cruz, foi identificado, erroneamente, como Ilha de Vera Cruz

que, em seguida, passou a ser Terra de Santa Cruz”. Nas primeiras investidas da colonização portuguesa, as cruzes chegaram pelas velas das caravelas e continuaram no punhal das espadas, no pei-

to das armaduras, nos desenhos dos pratos, nos brasões, nos estandartes, nas joias, nos monogramas bordados, nos livros e plantas dos edifícios. Elas estavam em tudo e por toda parte. Os navegadores e,

logo depois, os colonizadores, por cinco séculos, ao implantar um modelo de organização social, levaram sem perceber a imagem da cruz, tornando-a onipresente na vida das pessoas, do nascimento à morte.


4 Caderno Dois

MACAÉ, DOMINGO, 15 E SEGUNDA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2013

Vip's por Isis Maria isismaria@odebateon.com.br

MAJU E O SONHOS DOS 15 ANOS A bela Maria Julia da Silva de Lemos foi apresentada a sociedade macaense, numa noite de muita beleza e glamour. A aniversariante, esbanjando elegância, comemorou os seus 15 anos de idade com uma festa impecável, que aconteceu na Maison Cristal (Lívia Araujo) semana passada. Tudo começou no sonho de marcar os 15 anos de Maju com uma linda festa, há oito meses, quando seus pais, Maria Luíza e Julio Lemos, deram início aos preparativos. Selecionaram cada detalhe, juntamente com a aniversariante. E tudo transcorreu como o planejado: belos vestidos (mãe e filha) assinados pelo estilista Sílvio Cruz do Rio de Janeiro; valsa ao som de violinos; Buffet Abdu Neme (Jaqueline & Fari), de Campos dos Goytacazes; Fotos Ga-

briel Habbib; detalhes Mauro Di Festas; cerimonialista Karine Rangel; sonorização e iluminação Blis (Moacyr); bolo Casal Garcia; doces Sabrina Verdun, convites Papel a La Carte (Claudia Haddad), do Rio. A grande emoção da festa foi o momento da valsa, em que a aniversariante dançou primeiramente com o ator Global Bernardo Mesquita e depois com João Lemos (o irmão mais velho), depois com o pai Julio, que não conseguiu segurar as lágrimas; em seguida com o Bernardo Lemos (irmão mais novo), e por último uma supresa foi o João Rochelas. Logo depois, a avó Maria Lúcia disse umas palavras e entregou o anel de brilhantes à aniversariante, tendo ao fundo a projeção de um vídeo preparado pelas amigas Juliana, Malu, Mariana Bittencourt, entre outras.

Após os parabéns, outra mega surpresa foi o MC Márcio G, super famoso nos bailes cariocas, que comandou a animação. Uma cabine de fotos da Zoom Fotos foi a sensação dos convidados. Para as garotas dançarem mais a vontade, a aniversariante distribuiu lindas sandálias pretas da Colcci do Plaza Macaé. Depois de todos na pista de dança ao som do DJ Moacyr, os convidados aproveitavam para degustar os variados cardápios em diferentes ambientes, como Japonês do Sansai, Barraca do Cachorro Quente Genial (hot dog mais famoso das praias e estádios cariocas), Bar Temático "Alquimia Campos" com várias bebidas exóticas, os doces maravilhosos da Sabrina Verdan e as deliciosas comidas do Buffet Abdu Neme. Enfim, um luxo!!!

A bela aniversariante com os pais Maria Luíza e Julio e os irmãos Bernardo e João

Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.”

(JOSUÉ 1:9)

Maju sendo conduzido ao salão pelo ator Bernardo Mesquita vestindo um lindo modelo vermelho

Maria Julia esbanjando beleza e elegância nos seus 15 anos usando um longo azul para receber os convidados

A aniversariante no momento da valsa com Bernardo Mesquita

Maju com músicos antes de iniciar a valsa

Maju deslumbrante com o ator Bernardo Mesquita

A jovem aniversariante brindando com os pais, o irmão João e o ator Bernardo

Junto ao ator Bernardo Mesquita, a bela aniversariante reaparece usando um belo vestido min para curtir a balada

Maju no momento dos parabéns junto aos amigos e familiares

Maria Julia em clima descontraído com um grupo de amigos

A emoção e alegria da valsa com os pai Julio Lemos

Maju com o famoso MC Márcio G


MACAÉ, DOMINGO, 15 E SEGUNDA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2013

Caderno Dois 5


6 Caderno Dois

MACAÉ, DOMINGO, 15 E SEGUNDA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2013

Coluna da Mulher Drenagem linfática contra a baixa estima A beleza do rosto e do corpo é fruto principalmente do bem-estar interior. Administrar a pesada rotina do dia a dia é o melhor remédio

M

uito trabalho e a consequente falta de tempo para as outras coisas essenciais da vida, porque não é só o trabalho é que é essencial, se transformam numa verdadeira bomba no dia a dia de qualquer pessoa. Filhos, netos e parentes da falta de tempo são a alimentação incorreta, obesidade, estresse, baixa estima, insatisfação geral, doenças cardíacas, celulite, acne, cabelo ralo, unhas quebradiças; é melhor parar a lista por aqui! Agora é “chover no molhado”, pois quantas vezes você já ouviu, ou leu, que é preciso saber dosar o tempo e que se você mudar a maneira de encarar a sua relação com o trabalho (ou com os estudos ou com os dois) e organizar melhor a sua vida, vai encontrar tempo para dedicar-se a si mesmo. Mesmo que seja apenas 1 hora por dia; só pra você. Reflita: somando a semana toda você terá 7 horas as quais serão dedicadas apenas ao seu bem-estar e alegria. Como você vai reverter isso em favor da sua beleza, é um problema que só você pode resolver. Talvez a primeira medida seja dedicar parte deste tempo a uma atividade física e tem que ser prazerosa. Que tal o Pilates? Vá a uma academia e se informe a respeito. Outra coisa muito boa para “limpar” o organismo, ajudar a combater a celulite e ainda ga-

nhar uma enorme sensação de leveza é a drenagem linfática. É uma técnica em estética que surgiu na década de 30 e até hoje conquista cada vez mais adeptos, trata de gordura localizada, inchaços, dores decorrentes de varizes, cuidados pós-cirúrgicos, entre outros incômodos. Para quem pensa que drenagem linfática é uma manobra atual, que foi descoberta agora e que somente nestes últimos tempos virou moda nas clínicas estéticas, está redondamente enganado. Já em 1932, na Riviera Francesa, os massagistas Dr. Vodder e sua esposa perceberam que grande parte de seus pacientes sofria de problemas de prisão de ventre, tendo os gânglios linfáticos inchados. Mesmo sabendo que as opiniões médicas da época eram contrárias no que se referia às massagens nos nódulos linfáticos (não se conhecia nada a respeito do sistema linfático e acreditava-se que a massagem espalhava bactérias e germes patogênicos), Dr. Vodder, intuitivamente, conseguiu importantes resultados com seu método de drenagem linfática manual, que orientava a direção desses nódulos (gânglios) linfáticos no sentido das fossas linfáticas. Aos poucos as doenças iam desaparecendo. Depois de anos, esse procedimento tem sua eficácia comprovada, sendo o tratamento escolhido para várias doenças ou apenas sendo utilizado para

manter os canais de drenagem do nosso corpo abertos, libertando, assim, as toxinas endógenas. Para esclarecer melhor, a drenagem linfática é um método fisioterapêutico de massagem altamente especializado, feito com pressões suaves, lentas, intermitentes e relaxantes. Na verdade, ela facilita o escoamento do líquido linfático (que fica entre as células e é rico em gorduras) até os gânglios linfáticos, que o drena para a circulação. Este procedimento torna-se ideal para combater a celulite, aliviar a dor das varizes e reduzir o desconforto durante o período pré-menstrual, em que normalmente as mulheres tendem a estar mais inchadas e com dores nas pernas. Além de todos estes benefícios, os cirurgiões plásticos garantem que a drenagem linfática é uma aliada no pré e pós-operatório de cirurgias plásticas de abdômen, lipoaspiração, lipoescultura, mamoplastia ou plásticas faciais. Isso porque ela estimula o organismo a reagir eliminando os líquidos que causam o inchaço e os edemas. O resultado é uma recuperação muito mais rápida. Para ajudar essa técnica de massagem, o ideal é utilizar produtos que possuem ativos suaves, que ajudam no fortalecimento da microcirculação. Dessa maneira, formulações com propriedades lipolíticas (quebra de gorduras), anti-inflamatórias e

A drenagem linfática livra o corpo das toxinas; é auxiliar no combate a celulite e dá uma enorme sensação de bem-estar

fortalecedoras da microcirculação, são ideais. Produtos compostos por extrato de Gingko Biloba, uma planta de origem chinesa, óleo de andiroba, o qual dá emoliência à pele, óleo de algodão, extrato de sete ervas, que possui ação hidratante e suavizante, e a arnica, também garantem excelentes resultados. Além desses, a suavidade do maracujá, a emoliência da macadâmia e a hidratação do pêssego auxiliam nos tratamentos de drenagem linfática de maneira eficaz. Já que você procurou a clínica de estética para fazer drenagem

linfática, dê uma espiadinha nos pacotes oferecidos que geralmente incluem limpeza de pele e massagens faciais rejuvenescedoras. Gente, o bem que isso faz para a autoestima de homens e mulheres só sabe quem já experimentou. Existem aquelas pessoas que não estão nada satisfeitas com seu corpo e que, apesar de adotarem um novo comportamento, não conseguem ter a aparência que gostariam e precisam mesmo de intervenção cirúrgica. Acontece que a grande dificuldade, algumas vezes, é o preço

destas operações. Se este é o seu caso, não desanime, procure um profissional competente, informe-se bem sobre o assunto e comece a fazer uma poupança. Seja objetivo e prepare-se financeiramente. Para refletir um pouco, não resuma os motivos de suas frustrações no seu corpo, muitas vezes o que você está precisando de verdade é mudar de emprego, ou se livrar de alguma outra coisa que te incomoda no dia a dia, para ser realmente feliz consigo mesmo e com a cara e o corpo que Deus lhe deu.

CULINÁRIA

Rocambole Festivo Ingredientes

› 3 colheres (sopa) de manteiga ou margarina; › 3 ovos; 1 xícara (chá) de farinha de trigo; › 1 xícara (chá) de açúcar; › 1 colher (sopa) de fermento em pó; açúcar de confeiteiro.

› Recheio: 1 lata de leite condensado cozida em panela de pressão por aproximadamente 35 minutos.

Preparo

› Bata no liquidificador os ovos, o açúcar e

a manteiga. Em seguida, junte a farinha e a manteiga. Misture até obter massa homogênea. › Coloque a massa em assadeira bem untada e enfarinhada. Leve ao forno pré-aquecido

(180º) e asse até a massa ficar ligeiramente dourada. . Retire do forno e desenforme sobre um guardanapo úmido e polvilhado com açúcar refinado. Enrole a massa no guardanapo e espere esfriar mais um pouco. Desenrole a massa com cuidado, coloque o recheio e enrole novamente. Polvilhe o rocambole com açúcar de confeiteiro e sirva a seguir. Dica: Se preferir, polvilhe o rocambole com açúcar e canela. Coloque a lata de leite condensado na panela de pressão e cubra com água. Conte o tempo de cozimento quando a panela começar a chiar. Substitua o doce de leite condensado por doce de frutas. Outra dica é rechear e cobrir o rocambole com ganache de chocolate.

VIVER BEM

O assunto é: cuidado com bullying

O “bullying” sempre assombrou o ambiente escolar, mas agora mostrou outra face: a intimidação virtual

O

assunto é tão importante que até já foi tema de campanha em um canal da TV paga. Trata-se do “bullying”, um termo em inglês usado para descrever os atos de violência física ou psicológica praticados contra uma pessoa, ou um grupo, que não tem condições de se defender. Isto é muito comum no ambiente escolar e este tipo de violência é praticada também via Internet. Os pais sofrem quando descobrem que seus filhos são vítimas deste tipo de abuso, mas o susto ainda é maior quando os seus filhos são os agressores. Daí vem o complexo de culpa e o inevitável questionamento: “Onde foi que eu errei na educação dele, ou dela?” Depois surgem os impasses: como mostrar que esse tipo de comportamento é intolerável, reverter a situação e ensinar a importância de um pedido de desculpas. Os ataques, gozações, perseguições e brincadeiras de péssimo gosto não são novidade no ambiente escolar. O que mudou nos últimos anos foi que essas agressões acontecem hoje também no mundo virtual - é o “cyberbullying”. E, o pior,

DIVULGAÇÃO

De acordo com pesquisas internacionais, 95% das crianças correm riscos de serem vítimas do assédio virtual

como não é ao vivo e em cores, a intimidação é mais agressiva. De acordo com pesquisas in-

ternacionais, 95% das crianças correm riscos de serem vítimas do assédio virtual. A explicação

é que, por ter certeza de que passará incógnito, o jovem extravasa maldade. Acha que

pode tudo, pois não será pego. É como se online, a violência fosse permissiva. Identificar a vítima é mais fácil para os pais, pois, em geral, essas crianças ficam deprimidas, ansiosas, sem vontade de ir à escola, deixam de se alimentar ou comem em excesso, se isolam do mundo, evitam o computador etc. Reconhecer, no entanto, o agressor é mais complicado, ainda mais se a escola não se envolver. Os pais dos agressores ficam arrasados ao descobrirem que seus filhos estavam envolvidos nessas investidas maldosas contra colegas de classe. Muitos têm problemas para lidar com a situação, sentemse culpados e não sabem o que fazer com os filhos. Especialistas neste tipo de atendimento explicam que, além de manter um canal aberto de diálogo com os filhos e interesse pelo o que acontece na escola e na vida afetiva desses jovens, é importante que os pais acompanhem a vida virtual dos seus filhos. Esta atitude ajuda aproximar gerações, a descobrir o que estão fazendo e como se apresentam nas redes sociais. É uma maneira

de conhecer melhor a prole, pensar nos conceitos que foram transmitidos na hora da educação e controlar todos os tipos de assédio. . Algumas dicas importantes podem ajudar os pais de filhos agressores. Primeiro, mostrar a responsabilidade dos jovens pelo assédio e o que isso significa na vida do outro; as reportagens são didáticas à medida que mostram que a brincadeira de péssimo gosto pode resultar em tragédia; obter informações sobre a vítima e seus pais para que possam juntos pedir desculpas, saber o que a agressão gerou na vida dessas famílias; descobrir por que o agressor resolveu partir para o ataque e rever os conceitos que ele tem das pessoas e do mundo; supervisionar a vida virtual desses jovens para ver como ela age no mundo virtual; conversar com os responsáveis na escola para ter mais detalhes dos ataques, pessoas envolvidas e atitudes que foram tomadas; se achar necessário, conversar com um profissional da área médica ou um psicólogo - já que o fato pode gerar percepções inadequadas de personalidade.


MACAÉ, DOMINGO, 15 E SEGUNDA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2013

Caderno Dois 7

TEATRO INFANTIL

Shopping Plaza Macaé apresenta “Tarzan, o Rei da Selva” Teatro infantil gratuito será realizado dia 15 de setembro, no Domingo Divertido

N

este domingo, 15, a criançada está convidada a se divertir com as aventuras de “Tarzan, o Rei da Selva”, no Domingo Divertido, realizado pelo Shopping Plaza Macaé. A peça, que é gratuita, será apresentada na Praça de Alimentação, a partir das 15h. E, para assistirem, as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou dos responsáveis. Tarzan é um menino que, junto com os pais, vai parar em uma ilha repleta de macacos após sofrerem um naufrágio. Depois que seus pais são mortos devido ao ataque do leopardo Sabor, Tarzan passa a ser criado por uma macaca, chamada Chita. Na selva, ele cresce e se desenvolve com o mesmo jeito e com os mesmos hábitos dos macacos. Depois de já adulto, ele conhece a tradicional inglesa Jane, enquanto ela faz uma expedição na selva com o pai, Sr. Porter, e o caçador Clayton. A partir desse encontro, a vida de Tarzan começa a mudar. Ao descobrir

DIVULGAÇÃO

sua verdadeira origem, o jovem resolve conhecer a civilização. Mas, nessa aventura, descobre que sua verdadeira felicidade está no seu mundo selvagem. Essa é mais uma peça do Domingo Divertido, que é realizado através de parceria entre o Shopping Plaza Macaé e a Cia Teatral Arte Rio. O objetivo do projeto é garantir, de forma gratuita, que as crianças espectadoras tenham fácil acesso à informação e à formação cultural, bem como incentivá-las ao raciocínio e à leitura. E as crianças ainda têm muita diversão pela frente com o Domingo Divertido. Muitas outras peças serão apresentadas nas próximas edições. Entre elas, “A Dama e o Vagabundo”, “Sherk”, e “Madagascar”. O Shopping Plaza Macaé fica na Avenida Aluisio da Silva Gomes, 800 - Granja dos Cavaleiros. Mais informações pelo telefone (22) 3311-5454 ou pelo site www.shoppingplazamacae.com.br

SERVIÇO:

Domingo Divertido › PEÇA: “Tarzan, o Rei da Selva” › DATA: 15 de setembro (domingo) › HORÁRIO: a partir das 15h

› ENTRADA gratuita. As crianças

devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis.

Sobre o Shopping Plaza Macaé: Inaugurado em setembro de 2008, o Shopping Plaza Macaé é localizado na cidade brasileira com uma das maiores rendas per capita e um dos municípios que mais cresce no país. O empreendimento

oferece lojas de prestígio nacional, opções de lazer, diversos restaurantes e um complexo com cinco salas de cinema stadium, uma delas com projeção 3D. O Plaza Macaé é administrado pela BRMALLS.

Sobre a BRMALLS: A BRMALLS é a maior empresa integrada de shopping centers do América Latina, com participação em 51 shoppings, que totalizam 1.620,6 mil m² de Área Bruta Locável (ABL) e 922,4 mil m² de ABL pró-

prio. A BRMALLS é a única empresa nacional de shopping centers com presença em todas as cinco regiões do Brasil, atendendo aos consumidores de todas as diferentes classes sociais no país.

Cigarras de Macaé

Mensagem de fé

cigarrasmacae@gmail.com

por Aurora Ribeiro

por Robson Oliveira

Hoje apresentamos poema de nosso querido poeta Mário Quintana, aquele que diz tudo que queremos dizer, aquele que com a palavra liberta nossos desejos, nosso poeta cuja riqueza de estilo nos faz voar pelos versos alcançando o Universo...

INFIÉIS DA PRÓPRIA VIDA Estamos em um século de grandes mudanças e muitos desafios, porém ainda existem pessoas que não conseguem se posicionar perante a sociedade deixando seus valores e crenças irem por água abaixo.

POEMA DE CIRCUNSTÂNCIA Mário Quintana

Onde estão os meus verdes? Os meus azuis? O Arranha - Céu comeu! E ainda falam nos mastodontes, nos brontossauros, nos tiranossauros, Que mais sei eu... Os verdadeiros monstros, os Papões, são eles, os arranha-céus! Daqui Do fundo Das suas goelas, Só vemos o céu, estreitamente, através de suas empinadas gargantas ressecas.

email: cafeamargo@globo.com 22 9604-3403 22 78351952 id 87*145831

Para que lhes serviu beberem Tanta luz?! Defronte À janela aonde trabalho Há uma grande árvore... Mas já estão gestando um monstro de permeio! Sim, uma grande árvore... Enquanto há verde, Pastai, pastai, olhos meus... Uma grande árvore verde... Ah, Todos os meus olhares são de adeus Como o último olhar de um condenado!

Para nós macaenses, esse poema cai feito uma luva... Onde estão as árvores de nossas ruas? De velhas foram sendo cortadas e em seus lugares não plantaram outras. Você já observou a Rua Teixeira de Gouveia, olhando da Praça Washington Luiz? Que vazio!!! Não era assim. Você já observou a orla de Imbetiba? parece que estamos em outro planeta, ali a claridade excessiva fere nosso olhar e procuramos pelas árvores que substituiriam as saudosas amendoeiras! Os dinossauros comeram nossas amendoeiras... Os brontossauros estão por todo canto, faz parte, tudo em nome do progresso! As ruas de nossa cidade precisam de verde... Nós precisamos de verde para que o ar fique mais puro, para que a sombra se faça frescor no verão escaldante... Comece a observar... Comece a pedir que aquela árvore cortada seja substituída, nossos filhos e netos desfrutarão de sua sombra e com certeza agradecerão! Dia 21 é o Dia da Árvore, vamos comemorar plantando, você uma, eu outra... Vamos alimentar nosso olhar de verde! Uma Macaé com ruas arborizadas, com certeza uma Macaé melhor!

N

ossa vida está perdendo consistência. Espessura. Segurança. Estamos mais sujeitos a mudar do que a insistir. Estamos mais sujeitos a nos separar do que a permanecer casados. Estamos mais sujeitos a ir embora do que a voltar para casa. O mundo está tomado de mutantes, zeligs, camaleões, transformers. Se algo incomoda, se algo atrapalha, o botão Desapego é rapidamente acionado. Como não pretendemos sofrer, caminhamos para a total insensibilidade. Deixa-se o começo por outro começo. Não há mais meio ou fim, o que vigora é a desistência. Substituímos a responsabilidade pela ideia de liberdade. Experimentar é a lei - fazer patrimônio e futuro não tem sentido. Anteriormente, nos dedicávamos à família. Agora, nossa obsessão é o prazer pessoal. Danem-se as complicações. A aparente leveza se assemelha a desenraizamento. Buscamos chegar logo, não olhar a paisagem. A velocidade é o que nos provoca. Buscamos desembarcar logo num novo destino, não nos vale a estrada. A viagem deve ser curta e indolor, jamais reflexiva e longa. Não estou sendo dramático. Na infância, tínhamos três canais de tevê. Hoje, são mais de 300. A variedade nos conduz a não nos fixarmos em nada durante grande tempo. Ter um romance longo é quase uma insanidade, assim como ler um livro de 400 páginas ou assistir a um filme de três horas.

Não oferecemos chance para permanência, para a rotina, para a confirmação das expectativas. Não toleramos o desgaste, o tentar o possível antes de se despedir. Sacrifício e renúncia são expressões banidas do vocabulário, significam burrice. “Perder tempo com alguém, com tanta gente interessante por aí?” é o que nos dizem. O oi já é um convite, o tchau já é um adeus, não existe relacionamento seguro e firme que suporte a tempestade de contradições. São muitos apelos para biografias imaginárias. São muitas opções de ser diferente, que nem descobrimos quem somos. É sempre alguém nos chamando no Facebook ou nas redes sociais com uma história incrível, extraordinária, afrodisíaca, que é um crime não provar. É sempre alguém oferecendo conselhos, dicas, sugestões. Repare. O mundo virou sábio de repente: todos têm soluções, ninguém mais convive com seus problemas. Não me refiro à infidelidade amorosa, mas ao quanto somos infiéis com o nosso passado. Não é trocar de parceiro ou parceira, mas trocar de tudo: largar emprego, cidade, amigos, esportes, manias. Troca-se de mentalidade mais do que de opinião. E é tão fácil descartar, difícil é refinar a própria vida. Mas se você concluiu a leitura desta crônica, ainda há esperança. Esperança de não virar a página por um momento. Texto de Fabrício Carpinejar


8 Caderno Dois

MACAÉ, DOMINGO, 15 E SEGUNDA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2013

O Debatinho por Kátia Golosov Cure katiacure@bol.com.br » katiacure@pop.com.br

Curiosidades sobre João de Barro...

V

ocê, pequeno, sabe que João d e Ba r ro é u m passarinho trabalhador e inteligente, não é? Seu canto parece uma gargalhada (no sul dizem que, quando ele canta, é sinal de bom tempo) e também é amigo de todos até não mexer no seu ninho. Um dia o João de Barro brigou com uma andorinha, que chegou a dominálo e despejou-o do ninho

ainda em construção. Ele travou uma batalha incansável com a andorinha até ela já exausta largou a sua engenhoca. Sua fêmea é mais conhecida como Joaninha de Barro ou Maria de Barro. Ela ajuda na construção do ninho, mas parece não ser constante nos seus relacionamentos, pois abandona o macho sem nenhum motivo. Já o João de Barro é fiel até o fim de seu ca-

samento, porém quando percebe que a esposa muda de namorado, faz uma tampa na abertura da casa, fechando-a para sempre. Então ele arruma outra esposa e nunca mais constrói outro lar nas imediações do antigo. Seu próximo ninho é arquitetado bem longe do local de seu último romance. Talvez para não ter recordações de sua última namorada. É uma hipótese, tá, amiguinhos?

O gatinho Gabriel Golosov Curvelo, cheio de marra com a camisa de seu time preferido, o Botafogo. Seus papais, os médicos Camile e Sérgio Júnior Curvelo, são só orgulho com esse pequeno notável. Mágico o pequerrucho!!!

Cheia de estilo e personalidade!!! É a graciosa Sophia Souza, o coração saudável de seus pais: Elaine e Waldir. Uma gracinha!!!

O reizinho Luís Felipe Cure Matos, que curtiu deliciosa farra nesta terça-feira (9), dia em que apagou sua velinha de 6 aninhos. Seus papais: a empresária Maria Luiza e o médico, Luís Eduardo não mediram esforços para elaborar a festinha do mocinho, para vê-lo brincar a valer. Parabéns da tia Katita, que Papai do Céu encharque o seu crescer de coisas boas deste mundo. Na foto: O aniversariante com seu irmão também reizinho, o Henrique. Um sucesso os garotões!!!

Elas são lindas e esbanjam charme por onde passam!!! São as priminhas Ana Clara Mendonça e Priscila Aguiar. Um luxo de mocinhas!!!

Desde neném, sempre distribuindo simpatia e beleza!!! É a Lorrany Leonardo, a vitamina de amor de Leonardo e Marcia. Felicidade pura a pequenina!!!

Esse top-model mirim supercarismático é o Lucas Tomaz Prata, o elixir de amor da vovó Memende. Realmente um galã!!!

Caderno2 15 09 13