Page 1

KANÁ MANHÃES

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Fórum busca sensibilizar empresariado macaense Poder público destaca que é preciso ser mais presente e mitigar as necessidades da população pág. 6 WWW.ODEBATEON.COM.BR • MACAÉ (RJ), QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013 • ANO XXXVII • Nº 8032 • FUNDADOR/DIRETOR: OSCAR PIRES • O JORNAL DE MAIOR CIRCULAÇÃO DO MUNICÍPIO • R$ 1,00

Degradação do Rio Macaé tem avançado nos últimos anos

KANÁ MANHÃES

Esgoto in natura e descarte irregular de lixo comprometem o principal recurso hídrico do município de Macaé

T

odo crescimento traz diversos avanços para a economia local, mas quando não ocorre de maneira sustentável, ele pode trazer ao mesmo tempo muitos impactos negativos. Macaé é uma prova disso, que nas últimas décadas sofreu um grande crescimento por conta da economia do petróleo. Com isso, a favelização e a expan-

são imobiliária sem infraestrutura vieram consequentemente, trazendo problemas ambientais sérios, como a poluição de suas águas, elemento fundamental para a sobrevivência de todo o planeta. Não é difícil encontrar pontos totalmente degradados, e a população, muitas vezes acaba contribuindo para agravar ainda mais a situação. pág. 2

Falta de pagamento suspende o Proeis Ao todo 40 policiais contratados através do convênio estão fora das ruas pág. 5

Flagrante de esgoto despejado sem tratamento e descarte irregular em um ponto do Rio Macaé, na altura do Novo Botafogo

CÂMARA

WANDERLEY GIL

OPORTUNIDADE A convocação de representantes da Vivo, Oi e Tim, para participarem de uma audiência pública a ser realizada em dia e hora a ser marcado, foi pedida por Maxwell Vaz terça-feira (12)

Procuradoria abre inscrição para estágio a prefeitura de Macaé, por meio da Procuradoria Geral do Município está com inscrições abertas para cadastro reserva para o Primeiro Exame de Seleção de Candidatos ao Estágio de Prática Forense voltado à Fazenda Pública Municipal.

As inscrições são gratuitas e os interessados poderão se inscrever até o próximo dia 22 na sede da Secretaria Municipal de Administração, Avenida Rui Barbosa, nº 275, 1º andar, sala 106 - Galeria Macaé Center, das 9h às 17h. pág. 7

Eleitores faltosos têm que regularizar situação Faltam 43 dias para que os eleitores, que não votaram e não justificaram a ausência nas três últimas eleições, compareçam ao cartório eleitoral para regularizar a

sua situação. O prazo para a regularização do título eleitoral termina no dia 25 de abril. Quem não fizer o procedimento terá o título eleitoral cancelado. pág. 3 WANDERLEY GIL

Anatel será convidada para explicar mau serviço telefônico na cidade Maxwell Vaz (PT) disse que tem sido comum a população de modo geral, reclamar dos serviços prestados, porém as operadoras nada fazem para melhorar pág. 3

Macaé Basquete viaja para SP O time masculino adulto do Macaé Basquete enfrenta o Rio Claro/SP na noite desta sextafeira (15), às 19h, na casa do adversário, em partida válida pela quinta rodada da Copa Brasil Sudeste. No sábado (16), o time viaja para a cidade vizinha para o confronto contra o XV de Piracicaba, no Ginásio Municipal de Esportes Waldemar Blatkauskas. Com duas vitórias em casa, o Macaé encara os paulistas com mais segurança e com um grupo mais entrosado. pág. 10

DIVULGAÇÃO

Vice-prefeito vai ao Rio de Janeiro e cumpre agenda o vice-prefeito de Macaé, Danilo Funke, estará na cidade do Rio de Janeiro nos próximos dias 14, 15 e 16 de março para cumprir uma série de agendas com autoridades locais, com o objetivo de discutir assuntos essenciais para o município, como a duplicação da BR-101, a construção do novo Porto e parcerias de políticas públicas para a população. pág. 3

COTAÇÃO

Dólar C. Dólar V.

TEMPO

R$ 1,9695 R$ 1,9710

Máxima. Mínima.

34º C 25º C


2

MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013

Cidade

NOTA

Merendeiras da rede municipal receberão treinamento

POLUIÇÃO

Degradação do Rio Macaé tem avançado nos últimos anos Esgoto in natura e descarte irregular comprometem o principal recurso hídrico da região KANÁ MANHÃES

Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

T

odo crescimento traz diversos avanços para a economia local, mas quando não ocorre de maneira sustentável, ele pode trazer ao mesmo tempo muitos impactos negativos. Macaé é uma prova disso, que nas últimas décadas sofreu um grande crescimento por conta da economia do petróleo. Com isso, a favelização e a expansão imobiliária sem infraestrutura vieram consequentemente, trazendo problemas ambientais sérios, como a poluição de suas águas, elemento fundamental para a sobrevivência de todo o planeta. Não é difícil encontrar pontos totalmente degradados, e a população, muitas vezes sem conhecimento e instrução, acaba contribuindo para agravar ainda mais a situação. São rios, canais e praias virando depósito de esgoto e lixo, gerando problemas ambientais e de saúde pública. Para piorar, o descarte irregular de lixos e entulhos, principalmente em terrenos baldios e à beira de recursos hídricos acontece com frequência na cidade, atraindo insetos e ratos, acarretando em outros tipos de doença. Macaé foi sendo moldada no entorno de rios, canais, lagoas e praias. A falta de saneamento,

O descarte irregular de móveis, lixo e até de esgoto in natura vem sendo observado sem que haja ação do poder público para evitar a degradação ambiental o desmatamento e o despejo de lixo e entulho nas margens geram problemas ambientais e para a população. Seja nos bairros nobres ou nos mais carentes, são visíveis os impactos negativos gerados no meio ambiente ao longo dos anos. Na tarde da última terça-feira (12), a equipe de reportagem do jornal O DEBATE encontrou próximo a comunidade Botafogo, que fica às margens de um dos braços do Rio Macaé, uma grande quantidade de entulho, lixo e móveis velhos.

Esse problema foi relatado pelo jornal no meio do ano passado, situação que mostra que nada foi feito para impedir tal ato irregular no local. Toda essa poluição gera transtornos, como a contaminação pelo contato com a água e o aumento no número de insetos na região, principalmente os mosquitos e ratos. Próximo ao local, a equipe flagrou um enorme cano despejando um material no rio, que aparenta ser esgoto. Segundo informações passadas ao jornal, essa tubulação vem da Elevató-

ria Télio Barreto. Esse cano despeja todo esgoto do canal que corta a Linha Vermelha, sendo descartado sem tratamento no rio, ou seja, contribuindo ainda mais para a degradação. O Rio Macaé, que corta boa parte da cidade, sofre com a poluição e aos poucos vai sendo assoreado em diversos pontos. A favelização das suas margens foi aos poucos destruindo um dos recursos hídricos mais importantes do município. Todo esse esgoto e lixo desembocam na Praia da Barra, que é atual-

mente considerada uma das mais poluídas da cidade. Muitos moradores das comunidades do entorno também tomam banho nessas águas, situação que é preocupante. O contato com essa água também representa um risco enorme para a saúde da população. A poluição das águas é um dos fatores que mais causam doenças no país. Quanto mais se joga esgoto, maiores são os casos de hepatite, doenças de pele, diarreia, entre outros problemas de saúde. Estudos apontam que cerca

de 500 pessoas morrem diariamente no país por diarreia. Procurada, a Prefeitura informou que desde o início da nova gestão o governo vem elencando uma série de situações de falta de tratamento adequado de esgoto. Por esta razão, uma das prioridades da prefeitura é o saneamento básico e avanços já têm sido obtidos como a entrada em funcionamento da ETE Mutum, com capacidade de tratar 20 litros por segundo cujo efluente desta estação está saindo com mais de 90% de eficiência no tratamento desses esgotos.

ÔNIBUS

Moradores do Parque Aeroporto reclamam de transporte Superlotação e atrasos são os principais problemas enfrentados que o transporte público em Macaé deixa a desejar não é nenhuma novidade. Crianças, jovens, adultos e idosos que dependem dele para se locomover pela cidade, seja para ir estudar, trabalhar ou para qualquer outra situação, precisam ter muita paciência. Dessa vez a reclamação é novamente dos moradores do Parque Aeroporto, que reclamam do atraso dos ônibus, da superlotação em alguns horários e do tratamento dos motoristas. Segundos os usuários do Sistema Integrado de Transporte (SIT), que pegam o ônibus no bairro, principalmente no Teminal Cehab, o descaso com a população parece nunca ter fim.

Na semana passada, alguns passageiros chegaram a reclamar que a frota tinha sido reduzida. “Apesar de ter tido a redução do preço da passagem para R$1, as condições não são boas. Tem ônibus com ar-condicionado que não funciona, e como as janelas não abrem fica aquele calor insuportável dentro. Muita gente passa mal. Quando funciona, não dá vazão. Ele continua cheio nos horários de pico, principalmente de manhã quando o povo vai para o trabalho e para escola e no final do dia. Pelo menos nesses horários deveriam aumentar a frota. Os motoristas são mal educados, freiam do nada. A sensação é de que vai jogar os passageiros no vidro da frente. Não respeitam idosos, crianças, deficientes. Hoje mesmo (ontem), uma

KANÁ MANHÃES

mulher ia descer e ele acelerou e ela quase caiu. A gente paga

pelo serviço, não é de graça, o mínimo que deveriam ter é res-

Prefeitura alega que mantém constante contato com a empresa para cobrar melhorias

peito pela gente”, relata a auxiliar de limpeza Denise Silva.

A população diz que a situação piora ainda mais no final de semana, quando a quantidade de ônibus é reduzida. “No período da noite, depois das 21 horas, a situação é pior. Nos sábados e domingo é um sufoco conseguir pegar o ônibus. A situação fica mais crítica do que já é”, lamenta a moradora. Segundo a Prefeitura, a frota não reduziu. Houve um pequeno aumento no número de passageiros neste primeiro momento em que a passagem passou a custar R$ 1,00. A prefeitura mantém constante contato com a empresa concessionária, informando e cobrando a melhoria no sistema de transporte público, inclusive com o encaminhamento à diretoria da empresa dessas reivindicações.


MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013

Política

3

NOTA

A Câmara aprovou o nome de José Eduardo como representante da casa para participar do Macprev

PRAZO

Eleitores faltosos têm que regularizar situação eleitoral

Quem não tiver votado e não fizer o procedimento até o dia 25 de abril terá o título eleitoral cancelado pela Justiça Douglas Chaves douglaschaves@odebateon.com.br

F

altam 43 dias para que os eleitores, que não votaram e não justificaram a ausência nas três últimas eleições, compareçam ao cartório eleitoral para regularizar a sua situação. O prazo para a regularizar o título eleitoral termina no dia 25 de abril. Quem não fizer o procedimento terá o título eleitoral cancelado. A regularização e a atualização do cadastro eleitoral fazem parte das medidas adotadas pela Justiça Eleitoral visando à preparação da eleição geral de 2014, onde serão eleitos para os cargos de presidente da República, Senadores, governador, deputados federais e estaduais. A atualização cadastral ocorre sempre no ano posterior às eleições, ou seja, nos anos ímpares, e é um dos primeiros passos para a depuração do colégio eleitoral brasileiro com vistas à eleição seguinte. O procedimento é simples: basta o eleitor comparecer ao cartório portando documento oficial com foto, título eleitoral e comprovantes de votação, de justificativa eleitoral e de recolhimento ou dispensa de recolhimento de multa. A relação com nomes e inscrições dos eleitores faltosos está disponível desde o dia 20 de fevereiro nos cartórios elei-

torais. O eleitor também pode consultar sua situação no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), www.tse.jus.br, na opção “Serviços ao eleitor”. De acordo com a legislação, o eleitor que tiver o título cancelado ficará excluído da participação no pleito e, sem a prova de que exerceu o voto, justificou a falta ou pagou a respectiva multa, poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos e inscrição. A irregularidade também pode gerar dificuldades para investidura e nomeação em concurso público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado. As faltas são computadas por turno eleitoral. Ou seja, se um eleitor deixou de votar no primeiro e no segundo turno de uma mesma eleição, já serão contadas duas eleições para efeito de cancelamento. Além disso, poderão ser contadas faltas às eleições municipais, eleições suplementares, plebiscitos e referendos. O não comparecimento ao cartório eleitoral para regularização do cadastro implicará

WANDERLEY GIL

o cancelamento automático do título de eleitor, que será efetivado de 10 a 12 de maio de 2013. Os eleitores no exercício do voto facultativo - menores de 18 anos, maiores de 70 anos e os analfabetos - não serão identificados nas relações de faltosos. As pessoas com deficiência para as quais o cumprimento das obrigações eleitorais seja impossível ou extremamente oneroso também não terão o título cancelado, desde que esta condição tenha sido oportunamente comunicada à Justiça Eleitoral. Os cartórios eleitorais em Macaé estão localizados no Centro da cidade. A 109ª Zona Eleitoral fica na Rua Visconde de Quissamã, 174 e a 254ª, na Rua Francisco Portela, 221.

A 109ª Zona Eleitoral fica na Rua Visconde de Quissamã, 174 e a 254ª, na Rua Francisco Portela, 221

os 30 partidos políticos registrados na Justiça Eleitoral deverão entregar até o próximo dia 30 de abril a prestação de contas relativas ao exercício de 2012. A determinação de entregar o balanço contábil está prevista na Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096/1995 - artigo 32) e também na Constituição Federal (artigo 17, inciso III). A legislação diz que a Justiça Eleitoral deve exercer a fiscalização sobre a escritu-

ração contábil e a prestação de contas do partido e das despesas de campanha eleitoral. A prestação de contas do diretório nacional do partido deve ser enviada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Já os órgãos estaduais de cada legenda devem enviar aos Tribunais Regionais Eleitorais, e os órgãos municipais devem encaminhar aos juízes eleitorais. As legendas que não prestarem contas terão o repasse das cotas do Fundo Par-

Prestação de contas até abril tidário suspenso. As prestações de contas devem conter: a discriminação dos valores e a destinação dos recursos recebidos do Fundo Partidário; a origem e o valor das contribuições e doações; as despesas de caráter eleitoral, com a especificação e comprovação dos gastos com programas no rádio e televisão, comitês, propaganda, publicações, comícios, e demais atividades de campanha; e a discriminação detalhada das receitas e

despesas. A página do TSE possui uma opção com os modelos de documentos que devem ser preenchidos pelos partidos. Basta clicar na opção “Partidos” e depois em “Contas Partidárias”. Em seguida, deve-se clicar na opção “modelos dos demonstrativos contábeis”, localizado em uma coluna à esquerda da página. Nesse link, os partidos poderão preencher os formulários conforme a exigência da legislação.

TELEFONIA

Anatel vai ser convidada para explicar mau serviço de operadoras Maxwell Vaz disse que tem sido comum a população de modo geral, reclamar dos serviços prestados depois de receber uma série de reclamações da população macaense que continua a sofrer com o mau serviço prestado pelas operadoras de telefonia móvel, o vereador Maxwell Vaz (PT), vice-presidente da Câmara Municipal, apresentou requerimento na reunião de terça-feira, solicitando ao presidente do Poder Legislativo, Eduardo Cardoso Gonçalves (PPS), a convocação de representantes da Vivo, Oi e Tim, para participarem de uma audiência pública a ser realizada em dia e hora a ser marcado, com o objetivo de discutir os problemas causados e prejudiciais aos milhares de usuários da região.

Maxwell Vaz disse que tem sido comum a população de modo geral, reclamar dos serviços prestados mas ninguém dá satisfação, embora as três operadoras de telefonia móvel, mantenham no município lojas próprias para atendimento, considerado ineficiente, como demonstra o grande número de reclamações registradas no PROCOM e, também, no Juizado de Pequenas Causas. “Não podemos admitir que o município de Macaé, considerado a Capital Brasileira do Petróleo, sediando em seu território centenas de empresas internacionais, continue recebendo tratamento ruim das operadoras. Se imaginam que a classe política não liga ou as autoridades não dão importância, as operadoras estão enganadas porque vamos convidar também representante da Anatel

WANDERLEY GIL

para explicar as razões do mau serviço prestado e exigir melhor atendimento aos usuários que pagam uma conta alta para contar com um serviço que só deixa a desejar”, pontuou. Outro ponto também destacado pelo vereador Maxwell Vaz, é a ligação picotada, a interrupção da chamada e a ausência de sinal mesmo dentro do perímetro urbano. “Vamos endereçar correspondência também ao Ministério das Comunicações para pedir providências com relação a região de Macaé, porque as maiores empresas do mundo ligadas à indústria do petróleo estão instaladas aqui. Como representantes do povo, temos que intermediar a solução e se for o caso punir as operadoras que não dão a mínima importância para os usuários”, disse.

BRASIL OFFSHORE

A convocação de representantes da Vivo, Oi e Tim, para participarem de uma audiência pública a ser realizada em dia e hora a ser marcado, foi aprovada na terça-feira (12)

ACORDOS

Maxwell quer informações Vice-prefeito cumpre sobre o Macaé Centro agendas no Rio de Janeiro O vereador solicitou o envio por parte do poder público de um parecer sobre as instalações durante a sessão de ontem (13), o vereador Maxwell Vaz (PT) conseguiu aprovação de requerimento de grande importância para o município. Devido a proximidade com a realização da feira Brasil Offshore, o vereador solicitou o envio por parte do poder público de um parecer sobre as instalações do Centro de Convenções de Macaé. “Eu gostaria de saber como está

a estrutura do local, se ele oferece segurança para o público presente. Até porque, essa feira tem grande visibilidade internacional e tudo tem que estar perfeito”, afirmou. “Até porque a 7ª edição da Brasil Offshore já tem confirmados mais de 550 expositores”, completou. Entre as principais marcas que confirmaram presença, estão Odebrecht, Honeywell, Cameron, Mobil,Technip, FMC, Shlumberger, OTC e Wartsila. O evento registra 90% do seu espaço total de exposição vendido. A Brasil Offshore é organizada e promovida em conjunto pela Reed

Exhibitions Alcantara Machado, Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) e Sociedade de Engenheiros de Petróleo (SPE), e será realizada entre os dias 11 e 14 de junho de 2013, no Macaé Centro, na cidade de Macaé- RJ, berço da maior bacia petrolífera do país e celeiro da cadeia fornecedora. Além disso, o evento vai apresentar mais de 10 pavilhões internacionais confirmados, dentre eles os destinados ao Reunido Unido, Estados Unidos, França, Dinamarca, Alemanha e Noruega, que representam mais de 100 empresas internacionais.

Na sexta feira (15), vai haver uma reunião no Instituto Estadual do Ambiente o vice-prefeito de Macaé, Danilo Funke, estará na cidade do Rio de Janeiro nos próximos dias 14, 15 e 16 de março para cumprir uma série de agendas com autoridades locais, com o objetivo de discutir assuntos essenciais para o município, como a duplicação da BR-101, a construção do novo Porto e parcerias de políticas públicas para a população. A primeira reunião, na quintafeira (14) é com o presidente da comissão de Direitos Humanos da

OAB, Wadih Damous, onde Danilo discutirá o apoio do presidente ao movimento de duplicação da BR101, em prol da proteção da vida. “A falta de segurança nessa estrada não pode continuar tirando a vida de pessoas inocentes que trafegam por ali. Vou buscar o apoio do Wadih para essa luta”, afirma Funke. Ainda para tratar da duplicação da rodovia, o vice-prefeito irá se encontrar com o deputado federal Alessandro Molon, que já garantiu o seu apoio na obra. “Molon já está nos apoiando, principalmente em articulações junto ao governo federal. Vamos nos encontrar para analisar os próximos passos”,

declara. Danilo ainda pretende pautar a questão dos royalties junto ao deputado. “Vou entender melhor os detalhes do processo que foi levado ao Supremo Tribunal Federal”, completa. Já na sexta feira (15), Funke estará em reunião no Instituto Estadual do Ambiente para avaliar demandas referentes à construção do novo porto. Na última reunião que teve com o grupo consorciado, Danilo se comprometeu a buscar detalhes sobre as burocracias que emperram o projeto. “O porto é um projeto essencial para a cidade, não vamos medir esforços para que aconteça”, finaliza.


4

MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013

Opinião EDITORIAL

NOTA

A partir de brincadeiras, jogos, teatro e desenhos, o Programa de Saúde Bucal do município ensina técnicas de higiene dental

FOTO LEGENDA O DEBATE

Prosperidade repartida Desde que assumiu o posto do principal município da região do emirado do petróleo fluminense, Macaé se tornou alvo de ataques econômicos que não desestabilizaram, ainda, o seu potencial em arrecadar recursos. Mas até quando a cidade vai suportar esses bombardeios?

P

orém, muito além das questões econômicas, Macaé ainda é vista como um município com grande capacidade de gerar riquezas. Isso, sem dúvidas, foi o principal atrativo para milhares de pessoas que chegaram ao município em busca de um lugar ao sol, tanto na questão do emprego e do território quanto nas decisões políticas. Reconhecida como mãe para os seus novos moradores e madrasta para os filhos da terra, o município recebeu de braços abertos pessoas que hoje ajudam a ditar o rumo do desenvolvimento econômico, seja nos bastidores políticos ou à frente de órgãos públicos que possuem relação direta com a realidade da cidade. Principalmente em um momento onde a perda dos royalties passa a ser uma realidade, após o Congresso Nacional, derrubar os vetos na Lei de redistribuição dos recursos do petróleo. Pelos feitos alcançados na cidade, muitos se tornaram “Cidadãos Macaenses” através de honrarias concedidas pelo parlamento municipal, uma espécie de batismo especial que serve como um registro, um diploma para quem almeja se colocar à disposição para defender

os interesses do município nos poderes executivo e legislativo. Mais do que se discutir o local de nascença das pessoas que buscam participar do processo eleitoral, é preciso conhecer de perto a vontade, a motivação por tras das propostas que visam representar os cerca de 210 mil habitantes da Capital Nacional do Petróleo. Hoje, o município precisa de filhos que assumam a responsabilidade de colocar, através do seu potencial de acumular riquezas, a cidade em um rumo de prosperidade social, de menos desigualdade, eliminando um sofrimento que não pode ser relacionado aos impactos gerados pela produção e a exploração do petróleo, a sua segunda maior riqueza. Importante para Macaé não é apenas uma certidão ou um diploma que se atesta a seu cidadão, mas sim a responsabilidade de pessoas que pensem em um novo momento para o município. Saúde, educação, segurança, transporte, habitação, proteção ao meio ambiente, dentre outras necessidades continuam sendo a prioridade dos macaenses e não macaenses que convivem o dia a dia do próspero município.

ESPAÇO ABERTO Ação direta de inconstitucionalidade Exmo Sr. Ministro Presidente do Supremo Tribunal Federal.

S

ei que, como um simples cidadão, não posso propor este tipo de ação mas, as coisas estão tão mudadas que, até a Constituição, não está sendo respeitada. E, diante disso, julgo-me competente para tal. Com fundamentação no artigo 102, I, "a" da Constituição Federal, venho arguir a incostitucionalidade da lei ordinária 12734/2012 aprovada pelo Congresso Nacional no mês de março de 2013. Considerando que vivemos em um país democrático onde temos direito a ampla defesa, este projeto de lei não deveria ter sido colocado em pauta pela Comissão de Justiça da Câmara Federal, pois, é um projeto que já nasce aprovado sem direito de uma justa discussão e votação por ser de interesse de uma maioria que jamais votará contra. Criando um entrave e uma batalha onde temos de um lado os estados onde há exploração de petróleo e do outro lado, em maioria, o restante da nação. Considerando que, os royaties do petróleo é uma compensação para os estados produtores, é uma corvadia! Poderíamos contratar o melhor advogado do mundo que não ia adiantar por ser uma causa ganha por antecipação. Portanto,

não democrático. Exmo Sr. Ministro, não podemos deixar que tal arbitrariedade aconteça. Amanhã, o país poderá viver um colapso por quebra de contratos. Com tal jurisprudência, imagino eu, um Deputado Federal do Estado da Paraíba que arrecada muito pouco em ICMS em relação a São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais e, sabedor que, o dinheiro impresso pela Casa da Moeda, circula por todo o Brasil, proponho um projeto de lei que, tudo que se arrecadar de ICMS no país, o somatório, seja dividido em partes iguais por todos os estados. É claro que, este projeto, se colocado em pauta irá ser aprovado por ser de interesse majoritário dos que arrecadam pouco. Com a quebra dos direitos, com certeza, teremos uma guerra civil entre irmãos por um erro da suprema Corte. Diante do exposto, requer: A suspensão do ato, a fim de evitar problemas federativos com os benesses da malfadada lei; Seja declarada a inconstitucionalidade e comunicada a decisão aos órgãos interessados, para os fins de direito. Macaé 13 de março 2013 Guto Sardinha

A realização da Ultramaratona de 12 horas na Imbetiba foi considerada um grande sucesso. A organização foi conjunta entre a Ascom (Associação dos Corredores de Rua de Macaé), e a Fesportur. Neste evento Macaé recebeu atletas de vários estados que competiram na cidade. Grande número de participantes que visitou a cidade para competir, reclamaram da falta de apoio e alguns custearam a viagem com recursos próprios. Num país que tem uma Olímpíada para ser realizada em 2016, a falta de incentivo acaba contribuindo para afastar os competidores. Mas o sucesso da Associação dos Corredores Macaenses consegue enfrentar os obstáculos e realizar os eventos.

PAINEL Câmara I

Subsídios

Transporte

Câmara II

Orçamento

Lixo

Porto

Brasil Offshore

Responsabilidade

Os vereadores de Macaé estão trabalhando bastante. Durante a sessão da Câmara Municipal de terça-feira (12), o presidente, Dr. Eduardo Cardoso (PPS), solicitou que os parlamentares tentassem diminuir o ritmo de projetos e requerimentos, pois a grande quantidade está fazendo com que as sessões terminem muito tarde. Desta forma, o presidente se viu obrigado a intervir para diminuir a pauta. Essa ação ajuda no desenvolvimento dos debates da Câmara e não atrapalha as ações dos vereadores. Uma prova disso é a atuação do vereador Julinho (PPL), líder da bancada do governo. Com a intenção de auxiliar no avanço da implantação do porto no Lagomar, o vereador teve seu requerimento para a realização de uma audiência pública aprovado. Desta forma, a população conhecerá maiores detalhes. As notícias relativas ao andamento do projeto Terminal Logístico de Macaé (Terlom) têm animado empresários locais interessados nas perspectivas de negócios. Ao ser apontado como um dos principais portos destinados a atender a demanda logística do setor offshore, a proposta, que segue atualmente a fase de licenciamento ambiental, já compete com outros projetos também em andamento na região.

O vereador Maxwell Vaz pretende requerer na Câmara Municipal a planilha que serviu de base para ser encontrada a tarifa de R$ 3,16 a fim de saber como todo o processo foi encaminhado com o objetivo de diminuir o preço da passagem para R$ 1,00 que os passageios vem pagando desde os primeiros dias de março. Em Campos, por exemplo, a prefeita Rosinha Garotinho fez nova licitação para baixar o preço. . Com três meses de atraso, o Senado Federal aprovou o Orçamento da União na terçafeira (12). Como não podia deixar de acontecer, as bancadas dos estados produtores protestaram na votação, devido à grande quantidade de vetos que não foram apreciados, somente o que diz respeito à redistribuição dos royalties. Pelo jeito o Supremo Tribunal Federal (STF) terá muito trabalho pela frente. A 7ª edição da Brasil Offshore - Feira e Conferência Internacional da Indústria de Petróleo e Gás já tem confirmados mais de 550 expositores. Entre as principais marcas que confirmaram presença, estão Odebrecht, Honeywell, Cameron, Mobil,Technip, FMC, Shlumberger, OTC e Wartsila. As obras de reforma do Centro de Convenções em Macaé estão aceleradas para nada dar errado.

EXPEDIENTE EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agências de Notícias. cnpj: 29699.626/0001-10 - Registrado na forma de lei. diretor responsável: Oscar Pires. sede própria: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Macaé - RJ. Confeccionado pelo Sistema de Editoração AICS e CTP (Computer to Plate). Impresso pelo Sistema Offset. circulação: Macaé, Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu. A direção do O DEBATE não se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em ações ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado à ADJORI-RJ - Associação dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e à ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior. ANJ - Agência Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associação dos Jornais Diários do Interior. Representante: ESSIÊ PUBLICIDADE E COMUNICAÇÃO S/C LTDA. são paulo: R. Abílio Soares, 227/8º andar - Conjunto 81 - CEP: 04005-000 Telefone: (11) 3057-2547 e Fax: (11) 3887-0071 • rio de janeiro: Av. Princesa Isabel, 323 - sala 608 - CEP: 22011-901 - Telefone: (21) 2275-4141 • brasília: SCS Ed. Maristela, sala 610 / DF - CEP: 70308-900 - Telefone: (61) 3034-1745 (61) 3036-8293.

O valor da tarifa dos ônibus caiu, a população aprovou a medida, porém não é por isso que está tudo perfeito. As grandes filas e o estado de conservação dos ônibus da SIT são alvos de reclamações diárias. É preciso verificar o transporte como um todo, pois pneus carecas, bancos soltos, lixo acumulado, não são as coisas que a população macaense quer ver ao utilizar os ônibus no seu cotidiano. É absurda a situação registrada, tanto no Calçadão da Avenida Rui Barbosa, quanto nos canteiros que dividem a pista principal do Parque Aeroporto. Mesmo com a presença de containers disponibilizados pela Prefeitura, lixos e materiais descartáveis são depositados no chão, ao lado das estruturas. A situação representa a falta de consciência de cidadania, e de apreço pela cidade, de algumas pessoas que circulam por essas áreas. A OAB Macaé participou do I Fórum de Responsabilidade Social Empresarial de Macaé - realizado no auditório da Funemac. A proposta do evento foi de fomentar as redes de relacionamento entre instituições públicas, empresas, cidadãs e cidadãos multiplicadores da responsabilidade social, além de formar parcerias de colaboração entre eles. Esse tipo de ação em Macaé tem grande valia para a sociedade.

GUIA DO LEITOR JORNAL O DEBATE tel/fax: (22) 2106-6060 acesse: http://www.odebateon.com.br/ e-mail: odebate@odebateon.com.br comercial: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 219/220 e-mail: comercial@odebateon.com.br classificados: E-mail: classificados@odebateon.com.br

TELEFONES ÚTEIS: POLÍCIA MILITAR: POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL: SAMU - SERV. AS. MED. URGÊNCIA: CORPO DE BOMBEIROS: DEFESA CIVIL: POLÍCIA CIVIL - 123ª DP: DISQUE-DENÚNCIA (POLÍCIA MILITAR): DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL (24 HORAS): DEL. DE POL. FEDERAL (DISQUE DENÚNCIA): DEL. DE POL. FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO): DISQUE-DENÚNCIA (CÂMARA DE MACAÉ): HOSPITAL PÚBLICO MUNICIPAL: AMPLA: CEDAE: PREFEITURA MUNICIPAL: DELEGACIA DA MULHER: GUARDA MUNICIPAL: ILUMINAÇÃO PÚBLICA: AEROPORTO DE MACAÉ: CARTÓRIO ELEITORAL 109ª ZONA: CARTÓRIO ELEITORAL 254ª ZONA: CORREIOS - SEDE: AG CORREIOS CENTRO: TELEGRAMA FONADO: SEDEX: CEG RIO: RADIO TAXI MACAÉ

190 191 192 193 199 2791-4019 2791-5379 2762-0820 2759-1312 2759-0698 2772-7262 2773-0061 0800-28-00-120 2772-5090 2791-9008 2772-0620 2773-0440 0800-72-77-173 2772-0950 2772-9214 2772-2256 2759-2405 2762-7527 0800-5700100 2762-6438 0800-28-20-205 27726058


MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013

Polícia

5

NOTA

A PM apreendeu na manhã desta terçafeira (12), 16 papelotes de cocaína, na Barra de Macaé. Os suspeitos por tráfico que estavam com a droga foram presos.

INSEGURANÇA

KANÁ MANHÃES

Suspenso o pagamento do Proeis

Ao todo 40 policiais contratados através do convênio estão fora das ruas. Sem efetivo há duas semanas, violência cresce Bertha Muniz berthamuniz@odebateon.com.br

H

á cerca de duas semanas, o Programa Estadual de Integração da Segurança (Proeis), que é feito através de um convênio entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Macaé, foi interrompido. Ao todo, 40 PMs que atuavam no patrulhamento do Centro da cidade estão fora das ruas. Por conta da interrupção do programa, lugares como o Terminal Central e a Rodoviária de Macaé - onde há pouco tempo era comum se ver vários militares reunidos - ficaram sem cobertura da força policial. O convênio com o município teve início em abril do ano passado e garantiu aos PMs o privilégio

de trabalharem em suas folgas, evitando, assim, os chamados “bicos” informais que policiais militares faziam como seguranças particulares. A medida se dá no momento em que a cidade sofre com o aumento da violência. Segundo estatísticas da Polícia Militar, esse índice teve uma elevação de 15% nos últimos dois meses. Os locais que tiveram a maior concentração de furtos a pedestres foram o Centro e o bairro Visconde de Araújo, justamente os locais em que os policiais do Proeis atuavam. A ausência dos militares do programa pode ter contribuído diretamente para a elevação da criminalidade nessas duas regiões. Em um momento em que as autoridades de segurança

Lugares como a Rodoviária de Macaé - onde há pouco tempo era comum se ver vários militares reunidos - ficaram sem cobertura pública têm se unido para combater o crime organizado, a falta deste efetivo pode representar planejamentos interrompidos. A medida também prejudica moradores e comerciantes da

cidade por reduzir a qualidade na segurança da população. “Me sentia mais segura de ir até o Terminal Central com a presença dos policiais. Fui assaltada duas vezes nessa re-

gião e depois da implantação do programa me sentia protegida”, explica a professora Daniele Reis. Após a implantação do Proeis, o efetivo da Polícia Militar pôde

OPERAÇÃO CORUJINHA

Moto é recuperada em 24 horas Na ação os policiais também encontraram três aparelhos celulares a polícia militar tem realizado incursões por todo o município com o objetivo de coibir o tráfico de drogas em várias comunidades. Paralelamente, as ações da “Operação Corujinha”, que conta com um efetivo de 100 policiais militares, estão sendo realizadas 24 horas por dia, para combater a onda de furtos a pedestre e roubos de veículos que vêm ocorrendo na região. O comando do 32º Batalhão de Polícia Militar está fechando o cerco contra as ações criminosas e a tolerância é zero. Em uma destas atividades, policiais do Serviço Reservado da PM, efetuaram a prisão de dois jovens acusados de praticarem roubos pela cidade. A prisão ocorreu por volta de 1h da manhã desta quarta-feira (13), em uma blitz que estava ocorren-

do na Rodovia Amaral Peixoto, Barra de Macaé. De acordo com informações da polícia, Julio Cesar da Silva Barreto, 26 anos e um menor de 17 anos, estavam em uma moto Honda CG, sem placa, quando passaram pelos policiais. Ao abordarem os suspeitos, os policiais realizaram a consulta do veículo e constataram que teria sido roubado em Macaé, no dia anterior. Ainda segundo a PM, dentro da mochila de um dos acusados, foram encontrados três aparelhos celulares. Os dois jovens foram conduzidos à 123ª Delegacia Policial de Macaé, e ao chegarem ao local um dos três celulares apreendidos teria tocado. De posse do aparelho, os policiais do Serviço de Inteligência atenderam a ligação e verificaram que se tratava de uma vítima que não se identificou e foi orientada pelos militares a comparecer até a delegacia. No local, a vítima reconheceu os dois acusados de serem os autores do roubo tanto da

KANÁ MANHÃES

moto quanto dos três aparelhos celulares. O menor ficou detido e logo

e na manhã desta quarta-feira (13), foi transferido para o Instituto CRIAM, em Macaé. Já

Na delegacia, a vítima reconheceu os dois acusados de serem os autores do roubo

Julio Cesar da Silva Barreto, foi autuado por roubo qualificado e permanece preso na 123ª DP.

migrar para zonas periféricas. Com a suspensão, essas áreas acabaram descobertas em função da volta desse efetivo para o Centro da cidade, onde há mais fluxo de pessoas.

SOL Y MAR

Homem é vítima de tentativa de homicídio

um homem de 31 anos foi vítima de uma tentativa de homicídio, na Rua Valdelina V. Santana, no bairro Sol y Mar. O crime ocorreu por volta das 22 horas desta terça-feira (12). Segundo informações do Serviço Reservado da Polícia Militar (P2), a vítima identificada pela polícia como Leonardo Simões da Silva, de 31 anos, teria dito que estava passando na Rua Valdelina Viana Santana, quando um grupo que estava em um Corsa preto, teria efetuado vários disparos em sua direção. Leonardo foi atingido no lado direito do peito e encaminhado ao Hospital Público Municipal de Macaé (HPM), onde informou à polícia maiores detalhes sobre o ocorrido. Na tarde de ontem (13), funcionários do HPM informaram que a vítima se encontrava internada na enfermaria e passava bem.

TRÂNSITO

Agentes de trânsito operam na Cancela Preta Objetivo é melhorar as condições do fluxo de veículos no trecho no fim da tarde condutores que vêm da Linha Verde em direção à Linha Vermelha ou Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), passando pela Cancela Preta, ou mesmo aqueles que vão em sentido ao bairro, contam agora com agentes de trânsito que estão diariamente no local, a partir das 16h, para garantir condições favoráveis de circulação de veículos que é intensa naquele trecho. O trabalho é auxiliado ainda por outros agentes que atuam no trevo da rodovia, na subida para o bairro, para quem vem do Centro da cidade. Na prática, essa intervenção melhora o tráfego de veículos, sem, no entanto, haver mudança de direção nos sentidos das vias, nem em suas sinalizações. Mas os condutores devem continuar com toda a

atenção ao cruzar as vias nas imediações do bairro Cancela Preta e também do Riviera Fluminense, já que as sinalizações existentes devem ser obedecidas por todos. A intervenção dos agentes na Cancela Preta continuará sendo feita, de segunda a sexta-feira, sempre no mesmo horário, até a normalização do fluxo de veículo, bem como nas entradas da Churrascaria Galope e bairro São Marcos. As alterações no trânsito estão sendo feitas também em outras partes do município a fim de melhorar as condições de circulação de veículos e pedestres na rodovia e nos bairros, oferecendo qualidade de vida às milhares de pessoas que todos os dias dependem de enfrentar o trânsito para se locomoverem. Também foram colocados cones em frente ao Mirante da Lagoa para facilitar a passagem livremente dos veículos que seguem em direção ao Parque de Tubos e a conversão, sem riscos

de acidentes, de quem mora no local. Em frente ao Atacadão, no bairro São José do Barreto, cones também dividem os eixos da rodovia evitando a conversão de veículos ao hipermercado, cujos condutores têm de fazer o retorno próximo ao Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho. Neste ponto, agentes em uma viatura ficam de prontidão para evitar infrações. O objetivo é diminuir as constantes retenções na cidade e os demais problemas decorrentes da convivência das pessoas no trânsito. Macaé tem o impacto do crescimento acelerado e precisa adequar as regras de trânsito a uma melhor mobilidade, por isto, estudos diários para solucionar os males provenientes da circulação de veículos em grande volume num só lugar e de uma só vez estão sendo feitos com intervenções em diversos trechos do município utilizando dispositivos e sinalizações com base no Código Nacional de Trânsito.

DIVULGAÇÃO

Agentes de trânsito que estão operando diariamente no local, a partir das 16h


6

MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013

Economia RESPONSABILIDADE SOCIAL

Fórum busca sensibilizar empresariado da cidade Poder público destaca que é preciso ser mais presente e mitigar as necessidades da população Patricia Lucena patricia@odebateon.com.br

E

m meio às incertezas sobre o futuro econômico da cidade, principalmente após a derrubada do veto dos royalties, governo, judiciário e sociedade se reuniram ontem (13) no I Fórum Macaense de Responsabilidade Social Empresarial, com o objetivo de sensibilizar a classe empresarial do município sobre a realidade das instituições de acolhimento de crianças, adolescentes, jovens e idosos. A iniciativa foi liderada pelo comissariado da Justiça, após perceber a necessidade das instituições em questões que as empresas poderiam auxiliar com sua experiência. “Não estamos aqui para falar sobre verbas públicas ou leis, mas queremos dar início a um maior contato que possa ser construtivo para Macaé. Precisamos recuperar a dignidade das crianças, adolescentes, jovens e idosos. Não queremos uma contribuição em dinheiro, mas sim a experiência

dos empresários para ajudar em projetos nas instituições”, afirmou o juiz titular da Segunda Vara de Família, da Infância, da Juventude e do Idoso da Comarca de Macaé, Raphael Baddini de Queiroz Campos. Segundo ele, após visitas técnicas às instituições, a Justiça percebeu que as entidades têm estrutura para receber, mas não possuem condições para fazer atividades, tanto de lazer quanto no que se refere à educação profissional. E foi desse cenário que surgiu a ideia em aproximar as empresas daqueles que precisam. “O maior problema das instituições é em relação à questão do ócio. As crianças afastadas de suas famílias precisam de lazer e atividades educativas para se reintegrarem aos seus lares. Assim como os jovens em conflito com a lei, que precisam de atividades para que eles percebam o quanto é positivo ficarem longe de coisas ilegais. Precisamos tornar sedutor aquilo que é certo. E precisamos devolver aos idosos a dignidade e a autoestima”, destacou Raphael.

KANÁ MANHÃES

Judiciário, Executivo e Legislativo se unem em fórum

Poder público deve ser mais presente apesar de o foco do fórum ter sido sensibilizar o empresariado sobre a importância de ajudar as instituições de acolhimento das crianças, adolescentes e idosos, o prefeito de Macaé afirma que, mais importante do que o meio empresarial, é o governo dar o exemplo. “Infelizmente, o nosso exemplo de hoje, independentemente do passado, ainda não é o melhor. Somos falhos, omissos e carentes de melhores ações. Mas tenho certeza que em breve teremos melhores resultados.” Os empresários, destacou o prefeito, vivem em função da eficiência e do resultado. Assim, segundo ele, é fundamental que o poder público também tenha esses objetivos. “Se o resultado da empresa é econômico, o do poder público é o bem-estar social. Para isso, o estado precisa proporcionar vagas nas escolas, creches, educação de qualidade e humanizada, leitos nos hospitais e vagas de emprego.

KANÁ MANHÃES

Enquanto Macaé não for uma cidade de justiça social, ela não vai ser a cidade administrativa que todos nós sonhamos.” Nesse sentido, de acordo com o prefeito, enquanto o poder municipal não assumir a bandeira da responsabilidade social, não teremos um

prestígio maior para divulgar e esperar que isso venha de outros setores. “Enquanto o poder público não sair às ruas e mitigar o dia a dia da população macaense, não teremos condições de negociar com as empresas de igual para igual.” Na avaliação do prefeito, o go-

O vereador Maxwell Vaz defende que o Conselho Municipal de Assistência Social (Comas) seja fortalecido

verno precisa ser mais presente e mais resolutivo. “Começamos a promover a violência com a falta de saneamento básico, ou quando não há vagas nas escolas, ou quando faltam leitos nos hospitais. É difícil, mas precisamos nos responsabilizar mais e a sociedade precisa cobrar.”

Futuro promissor é almejado “ideias, sonhos e vontades são sempre bem-vindos, mas é a partir da ação de cada um que tudo começa a virar realidade. Há cerca de duas semanas apresentamos para a administração pública a ideia de criar uma comissão municipal para o Plano de Desenvolvimento de Responsabilidade Social em Macaé”, disse Danilo Funke, vice-prefeito de Macaé. Segundo ele, a região vive um momento único na história do município. “Mesmo que tenhamos perda de recursos, se as sete mil empresas assumirem sua responsabilidade social, 20 mil pessoas vão ser poucas para serem atendidas com o tanto de recursos que essas empresas possuem. Cada um precisa assumir o seu papel.” O vereador Maxwell Vaz (PT), também presente no evento, destacou que essa é uma proposta simples e eficaz: obter do empresariado aquilo que ele tem competência em oferecer. “As instituições precisam de ajuda e acredito que sensibilizando os empresários conseguiremos alguma coisa.” Ainda em linha com o tema, o vereador afirmou que é preciso fortalecer o Conselho Municipal de Assistência So-

Projetos de instituições com o intuito de mostrar as necessidades de cada entidade, o CEMEAIAS I, II e III (casa de acolhimento à criança e aos adolescentes), o Recanto dos Idosos Sagrado Coração de Jesus (casa de acolhimento ao idoso), o Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS) e o Centro de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente (CRIAAD) casa de acolhimento ao jovem infrator - realizaram apresentações sobre suas principais demandas. Os projetos das instituições visam principalmente ativida-

CONHECIMENTO

Qualidade de vida pode ser diferencial Seminário no dia 18 de abril terá palestras sobre liderança, motivação e estratégias atualmente, mais do que uma boa empresa para se trabalhar, as pessoas buscam por mais qualidade de vida e equilíbrio para alcançar o sucesso. O vencedor do prêmio Top of Mind, uma espécie de Oscar brasileiro da área de Recursos Humanos, professor Gretz, afirma que o segredo é o bom humor. Assim, no próximo dia 18 de abril, acontecerá o 4º Seminário Empresarial de Liderança, Motivação e Estratégias, promovido pela K.L.A Eventos Empresariais, no Hotel Four Point by Sheraton, das 17 às 21 horas. Na ocasião, o professor Gretz irá ministrar a palestra “Como a Qualidade de Vida Pode se Tornar um Diferencial Competitivo nas Empresas”. Formado em administração de empresas e história, as palestras de Gretz são criadas para a realidade da

empresa e dos objetivos que a diretoria e os acionistas pretendem alcançar como retorno. Para o professor, o segredo do humor é ver as coisas por outro ângulo. Situações que parecem sérias e difíceis tornam-se, às vezes, simples de lidar quando vistas de modo bem humorado. Gretz foi indicado a todas as edições do prêmio Top of Mind de melhor palestrante e em quatro delas saiu vencedor. Assim, com entusiasmo, reflexão, carisma, novos conhecimentos e valorização do talento humano e da missão da empresa, Gretz busca em suas palestras mostrar a importância da qualidade de vida para tornar a empresa mais competitiva. Marcos Romero, sócio da K.L.A explica o porquê da escolha do nome de Gretz, para o quarto seminário promovido pelo grupo na Capital Nacional do Petróleo. “Ele sintetiza as coisas de uma maneira que nos faz perceber como nossos problemas são pequenos diante da diversidade da vida. Houve um tempo em

que as empresas desprezavam o funcionário e investiam em tecnologia, acreditando que o homem seria cada vez mais dispensável. Hoje esse cenário mudou, trabalhadores motivados produzem mais e melhor.” A abertura do evento ficará a cargo de Renier Alexandre, conhecido também como Mágico Renner, que irá ministrar a palestra “A Fórmula Mágica do Sucesso”. Formado em Engenharia de Minas pela Universidade Federal de Minas Gerais e Artes pelo Centro Cultural da universidade, Renier utiliza de seu conhecimento acadêmico e experiência profissional para atender a clientes corporativos por meio de suas palestras motivacionais. Nesse sentido, suas apresentações buscam motivar o público com o uso da mágica. Assim, o seminário promete ensinar cinco competências tidas como essenciais na liderança: alcançar o sucesso com qualidade de vida; despertar o entusiasmo na sua equipe; reinventar a sua organização

DIVULGAÇÃO

através de pessoas, estratégias e processos; desenvolver atitudes vencedoras na vida e nos negócios; e criar estratégias de sucesso para sua empresa. As vagas são limitadas (170 pessoas) e os interessados devem se inscrever pelo site www. klatreinamentos.com.br/macae ou pelos telefones: (22) 7836-

cial (Comas) para que, junto com os órgãos, possa atuar nos segmentos e combater a desigualdade social. “Temos diversos problemas com o idoso, e principalmente com crianças e adolescentes que não têm a ocupação adequada e seu tempo absorvido por atividades educativas. Por isso, eles acabam se envolvendo na criminalidade e pelo jogo atrativo do crime organizado que é o dinheiro. Precisamos atrair esses adolescentes com possibilidades de trabalho, de inserção, de estágio e de lazer.” Nesse sentido, Maxwell colocou a Câmara Municipal de Macaé à disposição do prefeito e do juiz Raphael para, juntos, construírem alternativas viáveis e práticas para combater, mesmo que aos poucos, as desigualdades sociais. Segundo ele, é fundamental incluir o idoso, as crianças e os adolescentes socialmente. Não apenas aqueles que estão nas áreas de risco, mas os jovens de uma forma geral. Isso porque muitos estão se envolvendo em atividades ilícitas de uma forma descabida, que acaba trazendo um enorme transtorno para toda sociedade.

Palestras do professor Gretz são criadas para a realidade das empresas

2946 e 3723-5440. O investimento é de R$ 399 por pessoa para inscrições realizadas até o dia 27 de março. Após essa data, o valor passa a ser de R$ 499 por pessoa. Há descontos especiais para grupos de empresas. Todos os participantes irão receber um certificado e um material didático ao final do evento.

des de lazer e educativas. Aulas de inglês, de computação, oficinas de leitura, esportes e educação profissional para inserir os jovens no mercado são algumas das propostas apresentadas pelas entidades, que estão paradas por falta de estrutura. Por isso, o pedido de ajuda é para que empresas, governo e sociedade assumam suas responsabilidades. As instituições de acolhimento possuem material e pessoal qualificado, mas precisam do auxílio de quem já tem experiência para ocupar o tempo ocioso das crianças, jovens e idosos.

CURSOS

Nova data para curso no setor de óleo & gás

com forte presença em Macaé, o setor de óleo & gás impulsiona a economia da cidade. No entanto, com características próprias e vocabulário específico, os profissionais da área precisam estar preparados. Pensando nisso, a Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (Amcham Rio) e a Bridge Brazil irão promover um curso de inglês voltado aos profissionais desse segmento. As aulas, com professores nativos, serão realizadas entre os dias 2 de abril e 28 de maio, na sede da Amcham Rio. O objetivo do curso é apresentar o vocabulário específico dos procedimentos operacionais, de segurança na área industrial e dos jargões utilizados nas embarcações e plataformas. Algumas das aulas contarão com o uso de uma plataforma virtual, com simulação dentro de uma plataforma de petróleo no Second Life.


MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013

Geral

7

NOTA

Agentes melhoram trânsito no acesso à Estrada da Cancela Preta

PASSE ESCOLAR

Mais de 18 mil estudantes ainda faltam fazer o recadastramento

Procedimento encerra na próxima segunda-feira e até o momento apenas cerca de 2 mil dos 20 mil esperados realizaram o recadastramento Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

P

ais e responsáveis de estudantes da rede municipal de ensino de Macaé que utilizam o transporte público gratuito para ir e vir à escola devem ficar atentos. O prazo para recadastramento do passe eletrônico - que dá direito a gratuidade nos coletivos, encerra na próxima segundafeira, dia 18. E de acordo com a Prefeitura, do total dos 20 mil alunos esperados para o procedimento, apenas cerca de dois mil fizeram o recadastramento. Para não ter o documento invalidado, os alunos devem comparecer na Central da Gratuidade, situada na Rua Euzébio de Queiroz, 678, Centro, das 8 às 16 horas. O órgão pontua a importância do comparecimento antecipado, para que as pessoas evitem filas e transtornos, tendo em

vista que faltam apenas três dias úteis para o recadastro. No ato da renovação, os alunos e responsáveis deverão apresentar a declaração da escola (padrão) assinada pela diretora, comprovante de residência, certidão de nascimento, carteira de identidade e a primeira via do passe escolar 2012, que será renovado e avaliado pela equipe da Coordenação da Central de Gratuidade para verificar as condições e após a renovação da segunda via, a recarga do passe será automática. O procedimento também deve ser feito pelos alunos matriculados nas instituições da região serrana ou que residem em áreas de difícil acesso que pretendem se inscrever no serviço de transporte escolar. Segundo a assessoria de imprensa, a Prefeitura oferece transporte gratuito aos estudantes que moram e es-

KANÁ MANHÃES

Prefeitura orienta que o procedimento seja feito com antecedência para evitar filas e transtornos tudam na Serra e localidades mais distantes e que o sistema de transporte gratuito di-

recionado aos alunos da rede municipal está sendo ajustado e reordenado pela equipe da

secretaria de Educação. Já na terça-feira (19), com o fim do recadastramento,

o órgão vai iniciar o mapeamento específico dos alunos que são contemplados com o transporte escolar e passe eletrônico. “A intenção é levantar o quantitativo de alunos que são beneficiados com o sistema de transporte gratuito de Macaé. O transporte escolar é fruto de uma parceria da Prefeitura de Macaé, é financiado com verba municipal, inclusive em áreas de difícil acesso. O governo federal suplementa em 2% esse custo com o Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE) voltado para essas áreas”, informou a assessoria. Mesmo com o recadastramento do passe eletrônico, para ter direito de utilizar o transporte público gratuito às escolas municipais, o aluno do ensino municipal deve estar devidamente matriculado, uniformizado e sempre munido do passe eletrônico.

CONCURSO

Inscrição para o Banco do Brasil começa hoje As vagas oferecidas são para o cargo de escriturário e exige apenas o nível médio o banco do Brasil abre nesta quinta-feira, dia 14, o período de inscrição para concurso. As vagas oferecidas são para cadastro reserva para o cargo de escriturário e exige apenas o nível médio e idade mínima de 18 anos até a data da contratação. A remuneração é de R$ 1.892,00 para jornada de 30 horas semanais. A taxa de inscrição é de R$ 40,00. Os interessados poderão se inscrever até o dia 12 de abril pelo www.concursosfcc.com. br <http://www.concursosfcc. com.br> e nos postos credenciados pela Fundação Carlos Chagas em dias úteis, das 9h às 12h e das 13h às 17h. Em Macaé

o posto de atendimento é na Macaé Microlins Educação e Profissão, Rua Julita Barcelos de Oliveira, 34, Centro. As vagas oferecidas são para os estados do Amazonas (parte do estado), Espírito Santo, Minas Gerais (parte do estado), Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (parte do estado). De acordo com o edital, o processo seletivo será realizado por meio de prova objetiva e prova discursiva-redação, previstas para o dia 26 de maio, com duração de 4h30, no período da manhã. A prova objetiva de conhecimentos básicos terá as disciplinas de português, raciocínio lógico-matemático e atualidades do mercado financeiro. Já a de conhecimentos específicos terá as disciplinas de cultura organizacional, téc-

nicas de vendas, atendimento (focado em vendas), domínio produtivo da informática e conhecimentos bancários. As provas serão aplicadas em Macaé e nas cidades de São Gabriel da Cachoeira, Tefé, Tabatinga, Humaitá, Vitória, São Mateus, Linhares, Cachoeiro de Itapemirim, Guarapari, Patos de Minas, Paracatu, Ituiutaba, Uberlândia, Uberaba, Florianópolis, Tubarão, Criciúma, Itajaí, Blumenau, Guaíba, Canoas, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Erechim, Pelotas, Bagé, Porto Alegre, Uruguaiana, Santa Maria, Santa Rosa, Duque de Caxias, Petrópolis, Nova Friburgo, Cabo Frio, Campo dos Goytacazes, Volta Redonda, Niterói, São Gonçalo, Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Campo Grande, Barra da Tijuca e Jacarepaguá.

WANDERLEY GIL

Ainda segundo o edital, o candidato classificado será convocado, em função das necessidades do banco, a assinar contrato individual pela Consolidação

das Leis do Trabalho (CLT), obedecidas as ordens de classificação, de acordo com a sua opção no ato da inscrição, por microrregião e por macrorregião.

A remuneração é de R$ 1.892,00 para jornada de 30 horas semanais

Outras informações referentes ao processo seletivo podem ser obtidas no edital disponível em http://www.concursosfcc. com.br/concursos.

DIREITO

Procuradoria abre inscrição para seleção de estagiário Interessados poderão se inscrever até o próximo dia 22, na sede da Secretaria Municipal de Administração, das 9h às 17h a prefeitura de Macaé, por meio da Procuradoria Geral do Município está com inscrições abertas para cadastro reserva para o Primeiro Exame de Seleção de Candidatos ao Estágio de Prática Forense voltado à Fazenda Pública Municipal. As inscrições são gratuitas e os interessados poderão se inscrever até o próximo dia 22 na sede da

Secretaria Municipal de Administração, Avenida Rui Barbosa, nº 275, 1º andar, sala 106 - Galeria Macaé Center, das 9h às 17h. O processo seletivo será realizado no dia 7 de abril, às 9h, na sede da Fundação Educacional de Macaé (Funemac), Cidade Universitária, Rua Aloísio da Silva Gomes, 50, Granja dos Cavaleiros. De acordo com o edital, estão aptos a participar do processo seletivo os estudantes que estejam cursando, no ato inscrição, a partir do 7º período do curso de Direto ou os últimos dois anos, para regime seriado

anual do curso de Bacharel em Faculdades de Direito. As vagas serão destinadas ao cadastro reserva da Procuradoria Geral do município e na medida em que surgirem vagas, os aprovados poderão ser convocados a estagiar por ordem de classificação. O processo seletivo será realizado por meio de única etapa. Ainda segundo o edital, serão admitidos a estagiar os candidatos que obtiverem nota final igual ou superior a 5. A remuneração salarial será de 1,5 salários, conforme a legislação municipal. A carga

horária de trabalho será de 4 horas diárias, de acordo com o expediente da Procuradoria Geral do Município e / ou nos demais órgãos e entidades da Administração Pública Municipal. A comissão de seleção será presidida pelo ProcuradorGeral do Município de Macaé e integrada por seis examinadores em cada uma das seguintes disciplinas: Direito Tributário, Direito Administrativo, Direito Processual, Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho, Direito Civil e Direito Penal.

Inscrições para Programa Bolsa de Estágio foram prorrogadas já os interessados em participar do Programa Bolsa de Estágio 2013 devem ficar atentos. As inscrições para o processo seletivo que estavam previstas para encerrar no último dia 8 de março foram prorrogadas e seguem até o próximo dia 27. A inscrição deverá ser feita na Secretaria de Administração que funciona à Avenida Rui Barbosa, 275, sala 204, Galeria Macaé Center, no Centro da cidade. Para realizar o procedimento o candidato deve apresentar uma foto 3x4, ficha para concorrer às vagas no programa, cópia de documento pessoal com foto, que pode ser a Carteira de Identidade (RG) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH), cópia do CPF, do título de eleitor e comprovante de residência em nome próprio ou dos pais, cópia de comprovação de vínculo com o município nos últimos dois anos, em nome próprio ou dos pais, que pode ser carnê de Imposto Territorial e Pre-

dial Urbano (IPTU), histórico escolar, contrato de trabalho na CTPS ou de aluguel registrado em cartório. Neste caso, vale a data do registro no cartório para a contagem de tempo. Também é exigida no ato da inscrição declaração original de matrícula na instituição de ensino, assinada, carimbada e com o CNPJ da instituição (não será aceita assinatura eletrônica). No caso de estudantes de nível superior, também devem apresentar histórico original do curso com as matérias cursadas e as que estiverem matriculados para cursar neste primeiro semestre do ano letivo com assinatura e carimbo. O programa tem como finalidade preparar estudantes para o trabalho produtivo e o desenvolvimento da cidadania por meio do exercício das atividades correlatas a sua formação profissional, completando o conhecimento teórico adquirido na instituição em que estuda.


8 Geral

MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013

EDUCAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Merendeiras da rede municipal receberão treinamento Na programação serão apresentados de forma de forma lúdica, trabalhos do dia-a-dia que abordam o processo operacional cerca de 200 merendeiras que atuam na rede municipal de ensino vão participar do curso de capacitação específico. O curso de qualificação será realizado no sábado, dia 23 e quinta-feira, dia 28, das 8h às 17h, na Escola Municipal Lions. O objetivo é reforçar a qualidade da merenda da rede municipal de ensino. Durante a programação serão ministradas cinco oficinas, que têm a proposta de contribuir na melhoria da atuação das merendeiras nas unidades municipais de ensino. A finalidade é pontuar abordagens como cuidados com preparo, manuseio e porções adequadas para cada modalidade de ensino e a importância do cardápio diferenciado para alunos, que apresentam intolerância ao leite, alergia à proteína do leite e ao glúten. Na programação serão apresentados de forma de forma lúdica, trabalhos do dia-a-dia,

que abordam o processo operacional de preparação, armazenamento e distribuição da merenda. Nos dois dias de formação, a atualização específica vai abranger as respectivas oficinas "Sessão Pipoca", que vai enfocar as boas práticas e questões de higiene pessoal, "Teatro", com enfoque para formas de recebimento, armazenamento e coleta. Também haverá as oficinas "Jogo da Trilha" com abordagens para o pré-preparo, preparação de alimentos, definição de porções, distribuição de refeições, devolução de pratos e segurança do trabalho. O cronograma também conta com a oficina "Tira o chapéu", que vai destacar a importância do processo operacional de Recursos Humanos (RH) e Segurança do Trabalho. O término do treinamento contará com a atividade "Jogo dos Erros", que vai apresentar

a prática das merendeiras, que terão a oportunidade de responder as situações que são adequadas e incorretas diante do trabalho. Durante o trabalho serão enfocados assuntos como "Embalagem dos processos de etiqueta", "Identificação dos produtos", "Uso obrigatório de uniformes" e "Controle do sistema de validade". O cardápio dos estudantes dos segmentos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, EJA e Médio, que é ministrado no município, conta diariamente com café da manhã (desjejum), almoço, lanche da tarde e jantar, para os estudantes do turno da noite. Durante este ano, o governo municipal irá priorizar a determinação da Lei 11.947/2009, que prevê a aplicação de 30% dos recursos da merenda escolar, provenientes do Governo Federal, na compra de produtos provenientes da agri-

Durante a programação de treinamento, serão ministradas cinco oficinas cultura familiar. A aquisição dos gêneros alimentícios da agricultura familiar no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar segue regras legais, estabelecidas por órgãos competentes. Por isso, são priorizados os alimentos produzidos de acordo com as boas práticas agrícolas e de fabricação no município. Para isso, a Prefeitura de Macaé adverte que os produtos deverão ser produzidos, acondicionados e transportados de acor-

do com as normas da Vigilância Sanitária. O objetivo é que os mesmo atendam aos padrões de qualidade para contribuir para o crescimento, aprendizagem, rendimento escolar e formação de hábitos saudáveis dos alunos. Conselho de Alimentação O governo municipal está traçando detalhes para o melhor oferecimento de aproximadamente 45 mil refeições diárias. A intenção é contribuir com o reforço da segurança alimentar

dos estudantes, além de combater o desperdício da merenda. Diante desta proposta, nesta quarta-feira (13), representantes do Conselho de Alimentação Escolar, da subsecretaria que trata da Saúde do Escolar na secretaria de Educação e da secretaria de Agroeconomia se reuniram para tratar da elaboração de relatórios de visitas realizadas nas unidades municipais e de ações solicitadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

CUIDADOS

Saúde Bucal leva prevenção para dentro da escola DIVULGAÇÃO

O objetivo é estimular crianças e adolescente sobre hábitos saudáveis de higiene bucal a partir de brincadeiras, jogos, teatro e desenhos, o Programa de Saúde Bucal do município ensina técnicas de higiene dental, prevenção da cárie por meio de atividades de escovação, orientação na quantidade de creme dental com flúor e a utilização do fio dental. O objetivo é estimular crianças e adolescente sobre hábitos saudáveis de higiene bucal e prevenir doenças. O trabalho começou nesta segunda-feira (11), a primeira escola contemplada foi a Escola Municipal Jofre Frossard, no Centro. Lá, os alunos foram os protagonistas desta nova fase do projeto. Para estimular a participação dos alunos nas discussões sobre os cuidados da boca, atuando como multiplicadores, os profissionais da Saúde encenaram peça teatral, além da palestra. As ações já aconteceram também nas escolas Joaquim Luiz Freire e Eléa Tatagiba, (terça-feira, 12). Hoje (13), a equipe de Saúde Bucal esteve nas escolas Balneário Lagomar, Prof. Laura Sueli Bacelar,

O trabalho começou nesta segundafeira (11), a primeira escola contemplada foi a Escola Municipal Jofre Frossard

ESTADO DO RIO DE JANEIRO CÂMARA MUNICIPAL DE MACAÉ Comissão Permanente de Licitação AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL - PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/2013

Wanderley Quintino e Amil Tanos. Os trabalhos contam com a participação de são cinco dentistas odontopediatras, cinco dentistas especialistas em odontologia preventiva e 13 técnicas em saúde bucal, dando suporte ao serviço, que atenderá este ano 28 escolas do município, além da Apae e da Sociedade Pestalozzi. Ainda neste mês de março, serão atendidas as unidades de ensino Prof. Marli Vasconcelos e Renato Martins (15); Nosso Senhor dos Passos e Coquinho (18); Prof. Leda Mª Ledo e Prof. Iracy P. Marques (19); Prof. Esméria e CIEP Maringá (20); Balneário Lagomar e Mª da Conc. Carvalho (21).

Petrobras divulga novo prazo Os candidatos para a 3ª edição do Programa Petrobras Jovem Aprendiz, que ainda não entregaram seus documentos, terão o dia 19 de março para quitar as pendências. A entrega da documentação poderá ser feita das 8h às 17h, nas regionais do Viva Rio em Campos dos Goytacazes (Av. Alberto Torres, 435 - Centro) e em Macaé (Av. Santos Moreira, 795 B - Miramar). A 3ª edição do PPJA disponibilizará 850 vagas dis-

tribuídas nos municípios de Campos dos Goytacazes, Carapebus, Casimiro de Abreu (distrito de Barra de São João), Conceição de Macabu, Macaé, Quissamã, Rio das Ostras, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana e São João da Barra. A listagem com os selecionados para as entrevistas será divulgada no site da Viva Rio (www.vivario.org.br) no dia 25 de março próximo. O resultado final será publicado no dia 4 de abril.

A Câmara Municipal de Macaé, através da Comissão Pregoeira da Câmara Municipal de Macaé, torna público, que fará realizar no dia 26 de março de 2013, às 10:00h, na sala de Licitação da Câmara, sito a Rua Drº Télio Barreto, 28, 1º andar, Centro na cidade de Macaé/RJ, o PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/2013 do tipo MENOR PREÇO GLOBAL, de acordo com as Leis em vigência. O Edital e seus anexos estarão disponíveis na sala da Comissão Permanente de Licitação, situada à Rua Drº Télio Barreto, 28, 1ºandar - Centro - Macaé/RJ e a retirada será mediante a entrega de 02 (duas) resmas de papel A4, através de pessoa credenciada e com carimbo do CNPJ, de segunda a sexta-feira, tel. contato (22) 2772-2888. Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA LOCAÇÃO DE VEÍCULOS Macaé, 14 de Março de 2013. Ana Paula Pinto Cruz Presidente Comissão Permanente de Licitação - CMM


MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013

Geral 9

RIO DAS OSTRAS

Workshop Organizando as Memórias Afetivas será realizado em Abril Evento visa promover expansão de consciência sobre os comportamentos e reações inconscientes BERTHA MUNIZ

Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

A

pós o sucesso de público em Macaé com as três edições da palestra “Organizando as Memórias Afetivas”, a psicóloga em formação Camylla Costa promove no próximo mês o “I Workshop Organizando as Memórias Afetivas”. O evento acontecerá no dia 6 de abril, das 8h59 às 19 horas, no Vilarejo Praia Hotel, em Rio das Ostras. Com menos teoria e mais prática, o sucesso e a boa energia das palestras agora serão oferecidos em um dia inteiro de aprendizado e desbloqueios emocionais. O Workshop vem complementar tudo que é feito nas palestras, tendo como objetivo levar ao participante uma expansão de consciência sobre os comportamentos e reações inconscientes. Especialista em treinamentos comportamentais, a psicóloga tem a fórmula para controlar as emoções e obter resultados sobre os conflitos interiores. “O que mais me chamou atenção é quando as pessoas falavam que saíam da palestra querendo saber mais, com mais sede de autoconhecimento, mais sede de investigar os próprios sentimentos e como reagem a determinadas situações. Quem acompanha de perto o meu trabalho sabe que sempre limito as vagas dos meus eventos, pois gosto de trocar experiências em minhas palestras ouvindo o meu público, tirando dúvidas e também gosto de conhecer mais intimamente as pessoas

que investem tempo e dinheiro confiando no meu trabalho, por isso, apenas pequenos grupos participam de minhas palestras, assim, além dessa troca, há um aprendizado com muito mais entendimento do conteúdo. O Workshop surge exatamente para isso, para promover um dia de profunda transformação e superação. Preparei um workshop com metodologia exclusiva para que durante 8

horas você fique frente a frente com o seu maior potencial e reconheça o tamanho do seu poder pessoal, ressignificando fatos negativos do passado, explica Camylla. Fatores inconscientes influenciam no desempenho de memória de maneira significativa. Os estados afetivos, o humor ou emoção alteram o processamento das informações. Nossa memória pode estar funcionan-

SAÚDE

Profissionais da Saúde participam de curso para manejo clínico da dengue A secretaria de Saúde de Macaé enviará seis profissionais que atuarão como multiplicadores das informações profissionais de saúde da região Norte e Noroeste do estado participam nesta quinta-feira (14), no município de Campos dos Goytacazes, do curso de Capacitação em Manejo Clínico da Dengue. A secretaria de Saúde de Macaé enviará seis profissionais que atuarão como multiplicadores das informações. O curso faz parte da Campanha de Mobilização da Dengue da Secretaria de Estado de Saúde. Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde, 15 municípios estão em epidemia, sendo a maior parte na região Noroes-

te. Dados da secretaria de Saúde de Macaé apontam que a cidade encontra-se em estado de alerta epidêmico. No último relatório, os números parciais entre 1º de janeiro e oito de março mostram 743 casos notificados e 111 confirmados. Dentre os 743 casos, 217 foram notificados no mês de janeiro, 517 em fevereiro, mais nove em março. Em relação ao município de residência, 722 moram em Macaé, nove são de Rio das Ostras e o restante encontra-se distribuído em outros sete municípios dentro e fora do Estado. As principais medidas da Saúde para tentar conter a doença na cidade já estão sendo realizadas, como fortalecer o combate ao vetor, através dos mutirões, mobilizar a sociedade com orientação e treinamento

dos profissionais da rede, além da implantação do centro de hidratação. A implantação do centro de hidratação, que tem a parceria do governo Estadual acontecerá nos próximos dias e faz parte do fortalecimento da assistência. De acordo com a equipe técnica, as cadeiras e a medicação serão enviadas inicialmente para duas unidades de saúde, como forma de descentralização do serviço. Macaé possui uma bem estruturada rede de emergência, tanto na sede do município quanto na região serrana, com Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), pronto socorros e hospitais, o que facilita o acesso dos usuários ao atendimento de forma descentralizada.

do adequadamente, mas se estivermos em estado de tensão, estresse, depressão ou ansiedade teremos dificuldades na recepção e registro de informação. Para começar a mudar de vida, três fatores são essenciais, segundo a palestrante: Identificar seu sonho, compartilhar seu sonho com as pessoas que você ama e trabalhar ardentemente por ele. Camylla também ressalta

sempre sobre a importância de fazer o que se gosta. “Toda carreira tem um lado negativo e positivo, mas quando a gente se encontra o negativo não conta mais”, explicou. A memória é fortemente influenciada por fatores afetivos e psicológicos, por isso o autoconhecimento é essencial para que corpo, emoção e mente estejam em sintonia. Crenças negativas e baixa autoestima tam-

Interessados em participar devem se inscrever logo pois as vagas são limitadas

bém alteram o funcionamento da memória. Muitas pessoas se titulam como esquecidas ou com uma memória ruim. A crença negativa sobre sua capacidade impede você de alcançar ou realizar o que realmente gostaria de realizar. Os interessados devem efetuar suas inscrições, pois as vagas são limitadas. Maiores informações podem ser obtidas através do número: (22) 9978-6410.


10 Geral

MACAÉ, QUINTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2013

ESPORTE

Macaé Basquete viaja para São Paulo Com duas vitórias em casa, o Macaé encara os paulistas com mais segurança

O

time masculino adulto do Macaé Basquete enfrenta o Rio Claro/SP na noite desta sexta-feira (15), às 19h, na casa do adversário, em partida válida pela quinta rodada da Copa Brasil Sudeste. No sábado (16), o time viaja para a cidade vizinha para o confronto contra o XV de Piracicaba, no Ginásio Municipal de Esportes Waldemar Blatkauskas. Com duas vitórias em casa, o Macaé encara os paulistas com mais segurança e com um grupo mais entrosado. “Para conseguirmos vencer estes jogos, precisamos defender bem. Tenho passado esta ideia para o grupo e eles assimilaram a proposta de ser a

TEMPO

Chuvas: Defesa Civil monitora condições do tempo em Macaé o dia amanheceu quente e seco em Macaé, nesta quartafeira (13), com a temperatura chegando aos 43 graus por volta de 14h30m, mas desde as 15h as condições do tempo começaram a mudar com muitas nuvens, ventos fracos a moderados e rajadas, podendo atingir a velocidade de até 9 Km/h. Chuvas começaram a cair na região serrana, no distrito de Glicério, e a previsão é de pancadas e trovoadas até por volta de meianoite, mas, até o momento, não há motivo de preocupação para a população. A Defesa Civil Municipal está monitorando o volume de água dos rios do município e o nível está normal com a marca de 0.83 milímetros no Rio São Pedro, que só começa a transbordar após atingir a marca, ainda distante, de 2.41 milímetros. O nível do Rio Macaé ainda será medido. O mau tempo deve continuar no município durante o dia nesta quinta-feira (14), segundo previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) onde o sol estará entre nuvens com pancadas de chuva e trovoadas, e temperatura mínima de 24ºC e máxima de 35ºC. A Defesa Civil informa que os índices são os mesmos apresentados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Em caso de emergência, a população deve ligar gratuitamente para o 199 da Defesa Civil. Além da unidade no Bairro Imbetiba, o órgão tem duas bases na serra macaense, nos distritos de Glicério e Sana, também com atendimento ao público pelo telefone (22) 2793-2760. Mesmo as chuvas ainda não representando perigo para a população macaense, a Defesa Civil orienta sobre os cuidados que as pessoas devem tomar para agir em casos de alagamentos. Se o nível da água estiver subindo, vá com sua família para um lugar seguro. Se estiver ao ar livre, procure um abrigo seguro, longe de árvores, pois seus galhos podem cair. Se for chuva acompanhada de raios evite lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção, tais como: celeiros, tendas ou barracos, veículos sem capota como tratores, motocicletas ou bicicletas; Não use telefone (só o sem fio pode ser usado); Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas; Não toque em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica; Não segure objetos metálicos longos, tais como varas de pesca e tripés; Nunca empine pipas ou aeromodelos com fio; Nunca permaneça na água (piscinas, mares, rios e lagoas); Não permaneça em áreas abertas, como campos de futebol, quadras de tênis e estacionamentos; Não fique no alto de morros ou no topo de prédios; Não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos e trilhos.

melhor defesa do campeonato. Se alcançarmos isto nos aproximaremos do sucesso na competição”, disse o técnico Léo Costa. O Macaé Basquete venceu o Ginástico/MG por 85 x 73, na primeira rodada, e o Minas Tênis por 70 x 52. Os próximos rivais do Macaé fizeram suas partidas fora de casa contra os times mineiros no último final de semana. O Rio Claro joga após uma vitória e uma derrota, contra o Minas Tênis e o Ginástico, respectivamente. O XV de Piracicaba, assim como o Macaé, levou a melhor nos dois jogos. “Sabemos que são dois jogos dificílimos pela qualidade das equipes e pelo

fato de jogarem juntos há bastante tempo. Mas o grupo vem evoluindo a cada semana e está muito confiante para estas partidas”, concluiu o treinador. O Macaé Basquete viaja com os pivôs André e Atílio; os alas Greg Hamlin, João Phylippe, Leo Crucillo, Lima, Lucas Oliveira, Pablo Sueiro e Will; e os armadores Jamaal Smith e Rafinha. O time contará também com dois juvenis, Luís Felipe e Wallace, atletas promissores da base, que já treinam e jogam com os adultos, adquirindo experiência para que, no futuro, estejam preparados para integrar definitivamente a equipe profissional.

DIVULGAÇÃO

Equipe do Macaé lidera o grupo junto com o Fluminense, com duas vitórias

Noticiário O Debate de Macaé - 140313  

oticiário O Debate de Macaé - 140313

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you