Page 1

LOURAPA REPARAÇÕES ELÉCTRICAS E MECÂNICAS AUTO

Zona Industrial de Coimbrões Lote 31 | 3500 Viseu T 965 250 704 | T 232 478 056 F 232 478 509 www.auto-lourapa.com www.auto-lourapa@sapo.pt

SEMANÁRIO INDEPENDENTE E REGIONALISTA ANO XLI - Nº 2095 | Quinta-feira, 17 de Setembro de 2015

Diretor e Fundador Fernando de Abreu

Preço 0,60 euros IVA incluído

LUXURIA & BEM-RECEBER

VISEU RECEBEU COM ÊXITO ENCONTRO PENINSULAR DO

MOVIMENTO CONFRÁDICO, GASTRONÓMICO, ENÓFILO E CULTURAL “Naturalmente a cidade de Viseu, orgulha-se por ter sido nesta região e, integrado no programa festivo da Feira de S. Mateus, que se realizou o Primeiro Encontro Peninsular do Movimento Confrádico, Gastronómico, Enófilo e Cultural, em que participaram cerca de trinta confrarias, academias e ordens, com mais de centena e meia de confrades dos diversos pontos do país e de Espanha, por ter sido diferente por terem sido distinguidas personalidades e feitas, paralamente, entronizações de duas confrarias Luso Galaica e da Ordem del Património Imaterial e Gastronómico Ibérico. página 3

Termatália 2015 a maior Feira Termal e Saúde Balnear do mundo Inegavelmente, Termatalia é uma trilogia conjunta resultante das águas, toda ela ligada à cultura do

17_setembro.indd 1

precioso líquido, ao turismo e a fisioterapia, na magia da cura e bem estar. Logo, Termatalia pela posição cimei-

ra que alcançou é hoje líder mundial, com forte representação na Europa e na América Latina, saltando de lado

para lado, para de mais perto, mostrar a tecnologia avançada termal. página 10

18-09-2015 13:58:59


2 | VISEU

17 DE SETEMBRO DE 2015

SÁTÃO

ESCOLA MUNICIPAL DE BALLET E DANÇA ARRANCA COM NOVO ANO LETIVO

CONTACTOS

telefone

232 087 050 | 968 072 909

fax

232 087 567

site

www.noticiasviseu.com

email@

e-mail: geral@noticiasdeviseu.com publicidade@noticiasdeviseu.com

Ficha Técnica Registo DGCS 102220 Depósito Legal 182.842/02 Semanário - sai às 5ªs feiras SEDE: Complexo Conventurispress Av. do Convento, nº 1 3510-674 Viseu Norte PROPRIEDADE Nodigráfica - Informação e Artes Gráficas, Lda. Empresa Jornalística nº 223518 Contribuinte: 501 511 784 Nº Registo Conservatória: 1299 Capital Social: 75.000,00 Euros SÓCIOS Fernando Mateus Rodrigues de Abreu - Administrador Graça Maria Lourenço de Abreu Anabela Lourenço de Abreu (5458) - Gerentes COLABORADORES Acácio Pinto Laurinda Ribeiro Fernando José Ribas de Sousa Celso Neto Armindo Amaral Serafim Marques Maria Helena Marques Pedro Gomes de Almeida Humberto Pinho da Silva

Idosos do concelho visitaram o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios e Peso da Régua O Município de Sátão assinalou mais uma vez o Dia Internacional do Idoso e ofereceu um passeio totalmente gratuito no dia 13 de setembro de 2015, a todos os idosos do Concelho com idade igual ou superior a 65 anos, ao Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego e ao Peso da Régua. Participaram no evento cerca de seiscentas pessoas. O programa deste dia começou com uma visita ao Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego seguida da celebração da Santa Eucaristia pelo Sr. Padre

João Martins, do concelho de Sátão. Devido à chuva o almoço/ piquenique, onde todos confraternizaram, realizou-se no Centro Multiusos de Lamego. Depois, seguiu-se uma pequena animação com o acordeonista Sr. António Carvalho da freguesia de Rio de Moinhos, que animou ainda mais o evento. De seguida, depois da ida à Sé de Lamego, com a melhoria das condições meteorológicas, realizouse uma visita ao Peso da Régua onde os participantes neste passeio sénior puderam admirar as magníficas paisagens do Douro Vin-

(14)

CONSTELAÇÃO DOS PEIXES

DELEGAÇÕES LISBOA Pais da Rosa SÃO PAULO Adriano Costa Filho OURENSE Sílvia Pardo PAU (FRANÇA) Laurinda Ribeiro GABANDE (ESPANHA) Enric Ribera TIRAGEM Mês de agosto: 30.000 exemplares Dec. Lei 645/76 de 30/7 ÍNDICE DESTA EDIÇÃO: Viseu ................................................ 2 Reportagem ............................. 3/9 Termatalia ................................... 10/13 Regional ....................................... 14 Saúde ............................................ 15 Desporto ....................................... 17/18 Movimento confrádico ...... 19 Última ............................................... 20

17_setembro.indd 2

hateiro – Património Mundial e onde aproveitaram para lanchar. Apesar da chuva que por vezes teimava em cair, era visível o contentamento, a satisfação e a alegria no rosto de todos os participantes. A chegada a terras de Sátão deu-se por volta das 20h00. Este foi um dia certamente inesquecível para todos os que participaram nesta iniciativa da Câmara Municipal de Sátão, que todos os anos tem vindo a oferecer um passeio, totalmente gratuito, aos jovens com mais de 65 anos de idade do concelho de Sátão.

O Ballet é uma Arte conhecida pela sua beleza, leveza e graciosidade. Encanta o público, sobretudo as meninas por combinar a dança, a música, os fatos e os cenários. A Escola Municipal de Ballet e Dança de Sátão, com mais de dez anos de existência, inicia o ano letivo 2015/2016, no próximo dia 7 de outubro. As aulas vão decorrer no Cineteatro Municipal de Sátão, às quartas-feiras, das 18h00 às 19h00. Podem frequentar a Escola crianças a partir dos três anos de idade. Os interessados devem efetuar as inscrições no Gabinete de Atendimento ao Munícipe da Câmara Municipal até final de dezembro.

Mitologia Como acontece inúmeras vezes a Mitologia apresenta várias versões sobre um facto, de acordo com a interpretação do tema feita pelos vários criadores dessa Mitologia. Isto mesmo se dá em torno da Constelação dos Peixes. Uma dessas versões

diz que durante a guerra entre os deuses e os Titãs, a deusa Afrodite e o seu filho Eros esconderam-se na margem do rio Eufrates entre os vários canaviais que aí existiam. Foi então que se levantou um violento vendaval que agitou de tal modo as canas dos canaviais produzindo um

barulho tão assustador que Afrodite procurou refugio juntamente com o seu filho, nas águas do rio. Nesse momento dois peixes se aproximaram e colocando ambos nos seus dorsos evitaram que estes se afogassem. Então Afrodite como recompensa por ter sido salva conjuntamente com seu filho Eros colocou-os no céu. Astronomia Esta constelação ocupa uma área relativamente grande mas com poucos objectos observáveis por pequenos ou até médios equipamentos de observação amadora. O objecto mais signifi-

cativo é uma galáxia espiral designada por M 74 e que se situa a 50 mil anos-luz do nosso planeta. Como curiosidade diremos que a 14 anos-luz de distância se encontra uma estrela “anã-branca” cuja massa é idêntica à do sol mas cujo diâmetro é inferior ao do planeta Terra.

Um adulto na sua superfície pesaria milhares de toneladas. Pedro Gomes de Almeida Astrónomo Amador e Gnomonista Nota: Com este artigo se conclui este ciclo sobre a faixa zodiacal

18-09-2015 13:59:10


I ENCONTRO PENINSULAR DE CONFRARIAS

17 DE SETEMBRO DE 2015

|3

LUXURIA & BEM-RECEBER

Viseu recebeu, com êxito, Encontro Peninsular do Movimento Confrádico,

Gastronómico, Enófilo e Cultural Vaidosamente, a sala de visitas da cidade, Rossio ou Praça da República, três em uma tanto faz, ficou mais colorida do que o habitual com a presença

A

ssim, e com o salão repleto de confrades, a mesa era constituída e presidida pelo Dr Almeida Henriques, ladeado pelo presidente da Comissão de Turismo da Região Centro de Portugal, dr Pedro Machado; presidente da Fundação Luso Galaica, Don António Reguera Repiso; e embaixador na Região Centro, Fernando de Abreu. Aberta a sessão de boas vindas pelo prof. dr. Fernando Silva, usou da palavra em nome da Comissão organizadora do encontro, Fernando de Abreu que cumprimentou Almeida Henriques, agradecendo o receber bem a forma objetiva e amiga em como apoiou a realização do Encontro Peninsular, inclusive integrando-o no “Programa Festivo da Feira de S. Mateus”, o mais antigo certame que se realiza na Europa.

de personalidades que defendem a gastronomia, usando trajes e cores de insigniação que lhe emprestaram beleza, enquanto aguardavam para serem re-

Outrossim, agradecer a “Comissão de Honra do Encontro”, não só pelo prestígio que emprestam, mas também pela dignidade que lhe acrescentaram. A seguir dirigiu-se às diversas Confrarias, Academias e Ordens ali representadas, vindas de diversos pontos do País, da Europa e, porventura, do Mundo, enaltecendo e notabilizando com a sua participação, para representar tradições, bem como raízes profundas da Gastronomia, da Enófilia e da Cultura, como garantes na passagem para os vindouros, reconhecendo com sentido louvor, por honrarem e distinguirem com a presença, usando trajes e cores de insigniação. Às instituições e pessoas que integram a “Comissão Organizadora do Evento”, pelo trabalho realizado e competência, à Confraria Saberes e Sabores da Beira Grão

Dom António Reguera Repiso, presidente da Fundação Luso Galaica, no uso da palavra na sessão de boas-vindas

Os confrades que participaram na sessão de boas-vindas nos Paços do Concelho de Viseu

17_setembro.indd 3

Vasco, na pessoa do seu Almoxarife José Ernesto; à Academia Gastronómica e Cultural da Caça, Manuel Casais. Saudou a “embaixada espanhola” na pessoa de Dom António Reguera Repiso, na qualidade de Presidente da Fundação Luso Galaica. Homem bom e íntegro, dirigente associativo e empresarial de reconhecido mérito, com profunda dedicação ao movimento gastronómico e báquico, em Espanha e no mundo em geral; e ao prof. dr Fernando Silva, como pessoa a quem assenta o sucesso do encontro pela sua singularidade, experiência, dinamismo e cultura Por fim, Fernando de Abreu reconheceu a presença dos confrades certo de que irão gostar dos diversos atos e momentos para aquele evento, e muito especialmente com os encantos, a gastronomia e o património, que po-

cebidas pelo presidente do município de Viseu, dr Almeida Henriques para lhe dar as boas vindas, no salão nobre dos Paços do Concelho.

Dr. Almeida Henriques, presidente da Câmara Municipal de Viseu dá as boas-vindas aos confrades enófilo e cultural de Viseu

derão desfrutar, onde a arquitetura medieval e a sua monumentalidade ensaiam um matrimónio perfeito, com a ruralidade e modernidade urbana, em perfeito e amoroso amplexo, acrescentando Viseu ser “Cidade de Encanto”, onde vale a pena viver e ser recebido, como visitante, “Cidade Verde Pinho”; “Cidade Jardim”. Mas, Viseu, era, também a “Terra de Grão Vasco”; “berço de Reis”; e do “Imortal Viriato”, símbolo guerreiro da lusitanidade, onde, ainda hoje, passados mais de dois mil anos, se guardam religiosamente vestígios históricos, tais como os taludes, e se mantêm nomes de terras, como a povoação de “Cabanas de Viriato”, aqui bem perto, entre Viseu e os Montes Ermínios, daí que tenha solicitado ao dr Almeida Henriques e ao distinto Presidente da Fundação Luso Galaica, Dom António

Reguera Repiso, o pedido singelo, para que se repitam novos «Encontros do Património Imaterial e Gastronómico Ibérico». (continua pág 6)

Fernando de Abreu, faz entrega à C.M. de Viseu na pessoa do presidente Almeida Henriques de uma lembrança decorativa

Em nome da comissão organizadora do Encontro Peninsular do Movimento Gastronómico, Enófilo e Cultural, Fernando de Abreu agradece ao presidente da câmara, confrarias e confrades presentes

18-09-2015 13:59:24


4 | I ENCONTRO PENINSULAR DE CONFRARIAS

17 DE SETEMBRO DE 2015

Desfile das confrarias deram às ruas da cidade movimento e cor - Dão de Honra no Solar do Dão, oferecido pela Comissão Vitivinícola da Região do Dão Após a sessão de boas – vindas, nos Paços do Concelho, as três dezenas de Confrarias, Academias e Ordens, desfilaram com as suas vestes de insigniação, cheias de cor e realeza, pelas ruas Formosa e Direita, Alferes Maldonado e

Fontelo, aproveitando os confrades de Espanha e de outros países do mundo para captarem imagens de imóveis históricos onde a nobreza nelas viveu, para mais tarde recordar, do jardim de Mousinho de Albuquerque, Soldado Desconhecido,

As confrarias academicas e ordens desfilando pelas ruas da cidade em direção ao Solar do Vinho do Dão

Dr. Pedro Machado, presidente da Comissão de Turismo do Centro, recebe o diploma e o certificado com Medalha de Ouro da Confraria da Ordem del Património Imaterial e Gastronómico Ibérico

Novo confrade de Marin-Espanha recebe o diploma

O almoxarife pro. José Ernesto da Confraria Saberes e Sabores do Dão “Grão Vasco”, recebe uma lembrança pela atuação da Tuna da Confraria no Encontro

Em nome do Dr. Arlindo Coimbra, Eng. Carlos Silva, presidente da Confraria dos Enófilos do Dão, fez as honras da casa, ladeado pelo Dr. Pedro Machado da Comissão de Turismo do Centro e D. Antonio Reguera Repiso

17_setembro.indd 4

escola Emídio Navarro e o pulmão forte de Fontelo, até ao Solar do Vinho do Dão, onde foi servido um Dão de Honra, uma gentileza do Dr. Arlindo Cunha, presidente da Comissão Vitivinícola da Região do Dão.

Uma das confrarias recebe uma lembrança de presença de mérito que assinala o evento confrádico através dos tempos

Momento em que a equipa de reportagem de Turiviajar TV, Manuel Leonídio Silva, falava com Fernando de Abreu e D. Antonio Reguera no Solar do Dão

18-09-2015 13:59:43


I ENCONTRO PENINSULAR DE CONFRARIAS

17 DE SETEMBRO DE 2015

|5

Entronização de novos confrades dá vida às confrarias, na defesa dos produtos endógenos - ALMEIDA HENRIQUES É NOVO CONFRADE DA LUSO GALAICA - OITO MEMBROS NA ORDEM DEL PATRIMÓNIO IMATERIAL E GASTRONÓMICO As entronizações tem a comparação ao nascimento de um filho, aumento do número familiar. Nas confrarias, o sentimento é praticamente o mesmo, com as novas promessas na defesa da gastronomia, a família Confrádica aumenta, com nova vida dispostas a trabalhar na pureza da cozinha no propósito de não deixar acabar a tradição de bem cozinhar, inclusive em a deixar mais rica aos vindouros. Com esse propósito juraram sobre a espada, Almeida Henrique, de Viseu; Ricardo Fonseca, de Ovar e Severino, de Merin - Espanha.

Na Ordem del Património Imaterial e Gastronomia Ibérico, Arlindo Cunha; Presidente da Comissão Vitivinícola da Região do Dão; Pedro Machado, presidente da Comissão de Turismo da Região Centro; Telmo Antunes Ferreira, Diretor da Segurança Social; Fernando Lopes Sebastião, presidente do Instituto Politécnico; Gualter Lopes Mirandez, presidente da Associação Comercial de Viseu; José Ernesto; e Manuel Casais, além de Almeida Henriques que já o havia sido na sessão de Boas Vindas na Câmara Municipal.

Dr. Almeida Henriques, presidente da Câmara Municipal de Viseu dá as boas-vindas aos confrades enófilo e cultural de Viseu

Dr. Almeida Henriques, recebe diploma e a capa da entronização na confraria Luso-Galaica

Gualter Mirandez, presidente da As. Comercial de Viseu recebe diploma da entronização na Ordem del Património Imaterial e Gastronómico

Novos confrades da OPIGI, entronizados em Viseu

17_setembro.indd 5

18-09-2015 13:59:58


6 | I ENCONTRO PENINSULAR DE CONFRARIAS VISEU RECEBEU, COM ÊXITO, ENCONTRO PENINSULAR DO MOVIMENTO CONFRADICO, GASTRONÓMICO, ENÓFILO E CULTURAL (Cont. da página 3) Na continuidade, falou Don António Reguera Repiso para salientar o verdadeiro significado de se realizar aquele encontro confradico, tido na mira de haver uma maior aproximação entre a Galiza e a Região de Viseu, por forma a haver maior número de trocas comerciais, juntando-se pessoas em diversos atos que proporcionem uma maior força, trocando eventos que possam trazer perspetivas futuras, já que Galiza fica praticamente por metade da distância de Viseu com a capital Lisboa. Depois todo o percurso em auto estrada. Daí todo o empenho na abertura da delegação da Fundação Luso Galaica na Região Centro, com sede na cidade de Viseu, para a qual solicitou à edilidade, um espaço onde possa ficar sediada, procedendo à insigniação do dr Almeida Henriques como confrade da Ordem del Património Imaterial e Gastronómica Ibérica, bem como outras lembranças que assinalam o primeiro encontro Peninsular, Gastronómico, Enófilo e Cultural de Viseu. A encerrar a sessão de boas-vindas, dr Almeida Henriques agradeceu, na pessoa de Fernando de Abreu, àqueles que, devotadamente, organizaram o Encontro Peninsular Gastronómico, Enófilo e Cultural, com o qual, a cidade está muito honrada, por aceder ao movimento Confrádico, sobretudo pela sua organização ao chamar a esta cidade pessoas de diversas terras do país e estrangeiro que, por este evento, ficarão a conhecer quanto esta região é bonita e histórica. Logo, a autarquia de Viseu só poderia responder afirmativamente, não somente dando luz verde, mas mais do que isso juntando-se ao evento, ajudando para que seja um êxito. Quanto à representação espanhola da Fundação Luso Galaica, na pessoa do presidente, Gran Maestre, António Reguera Re-piso, agradeceu igualmente mostrando vontade e desejo para que haja um estreitar de relações entre a região de Viseu e a da Galiza, por desde há muitos anos se encontrarem ligadas por laços históricos e de amizade que, de ora em diante, se pretende incentivar nos domínios da cultura, economia, gastronomia e turismo, com disponibilidade total. Diriguiu-se de seguida aos confrades presentes no ato, para os cumprimentar e que se sentissem bem, tanto que, ao recebê-los na casa mais nobre Paços do Concelho – só por si, um facto em os considerar pessoas importantes. Voltando à organização do Encontro Confrádico de Viseu, Dr. Almeida Henrique acrescentou: - “Este primeiro Encontro Peninsular, proposto por Fernando de Abreu, não tive, pois, qualquer hesitação; e, de imediato, disse da total disponibilidade em a autarquia o apadrinhar. Isto, por se tratar de um encontro de várias confrarias da região Galega e de Portugal que dão vida à Feira de S. Mateus, com 623 anos ininterruptos, dando também a conhecer a parte histórica e toda a cidade considerada “Jardim”, pela qualidade de vida, como foi classificada como a melhor para viver”. Por último, Almeida Henrique falou da festa das vindimas, da Cava de Viriato e de Grão Vasco e, sentidamente, que iria guardar a visita honrosa das confrarias, deferência que considera um marco importante, enquanto presidente da Autarquia de Viseu”.

17_setembro.indd 6

17 DE SETEMBRO DE 2015

Diplomas de Honra e Medalhas de Ouro atribuídos a empresa e a personalidades

Dr José Arimateia, recebe pela Visabeira, o diploma de empresas

C

onvenientemente, é bom que se saiba nunca ser tarde para se fazer algo de reconhecimento de empresas e pessoas, que tudo fizeram e fazem pela sociedade civil e interesse da comunidade, organizando um encontro Confrádico, Peninsular, Gastronómico, Enófilo e Cultural que as distinguisse. Assim, todavia, não tem acontecido na vizinha Espanha, onde, em Xantar, Feira Internacional Gastronómica, se tem realizado tais encontros ao mais alto nível participativo e cultural distinguido elevadíssimo número de personalidades situadas nos vários sectores da hotelaria, restauração, arte e cultura granjeando fama e prestígio

como escola de bem saber confecionar os alimentos, com mais de meia centena de confrarias, bem como cerca de três centenas de confrades de todo o mundo. Viseu, aceitou copiar, por uma boa causa, com a Fundação Luso Galaica, a colaborar em ambos os eventos Ourense e Viseu. Desta forma em trazer para a Região algo que dê qualidade à hotelaria, por forma a evidenciar os melhores, reconhecendo também aqueles que se destingem na arte e cultura, em perfeita trilogia associada. A cerimónia de condecoração decorreu na emblemática capela do Solar do Vinho do Dão, na presença das persona-

Yuraldi Puent recebe diploma e medalha de honra de artista

gens constantes do quadro de honra e confrades. Primeiramente, foi entregue diploma de honra e medalha de ouro, ao Grupo Visabeira, na pessoa do seu administrador José Arimateia, por estar implicitamente ligada ao progresso da Região tão importante grupo espalhado pelo mundo que muito honra e prestigia a região que o viu nascer. Logo de seguida, foi reconhecida a arte na pessoa do peruano Yuraldi Puent, autor sublime da estátua de Aquilino Ribeiro e brevemente de uma outra que irá aparecer numa praça em Tondela, além de muitos outros trabalhos de grande mérito, uma forte mais valia

para a região de Viseu onde passou a residir. E, por fim, Fernando de Abreu, jornalista, escritor e poeta, recebeu igualmente o diploma de honra e medalha de ouro, em reconhecimento das qualidades cívicas e profissionais e méritos profissionais, postos ao serviço da sociedade civil e do interesse público em favor do interesse sustentável da comunidade, comprovado com a publicação de vinte livros (teatro, comédia, poesia e prosa, histórico e científicos; diretor e fundador de vários periódicos editados na região, entre eles o jornal Notícias de Viseu a celebrar quarenta anos de publicação ininterrupta.

Fernando de Abreu, jornalista, escritor e poeta recebe diploma de honra e medalha de ouro

18-09-2015 14:00:03


I ENCONTRO PENINSULAR DE CONFRARIAS

17 DE SETEMBRO DE 2015

|7

Restaurantes e casas rurais - Viseu, distinguidos com pratos de ouro pela Fundação Luso-Galaica Em Espanha, mais propriamente na Galiza, os restaurantes e casas rurais são, durante o ano, avaliados nos mais diversos setores, indo desde a escolha dos produtos alimentares à transformar, higiene e apresentação. Louvavelmente, nesta região galega, já é realizada, vais para duas dezenas de anos, no decorrer de Xantar,

Casa Rural de Bordonhos

Restaurante Santa Luzia

festa anual de gastronomia internacional, onde se reúnem confrarias, Academias e Ordens gastronómicas, Enófilas e Culturais, vai para duas dezenas de anos. Em Portugal, e mais propriamente em Viseu, na Região Centro, realizou – se, pela primeira vez, o Encontro Peninsular, de Movimento Confrádico, Enófilo e Cultural para, durante os diversos atos de entronização e insigniação, atribuir pratos de ouro, certificados e diplomas, com medalhas de ouro a quatro unidades de restauração, três restaurantes e uma casa rural todas elas situadas no distrito de Viseu, a saber: Restaurante “ Palmeira” , situado em Oliveira de Baixo – Bodiosa; Restaurante “ Santa Luzia”, situado em Vermum – Campo; Restaurante “ Clube de Caçadores”; e Casa Rural do Paço de Bordonhos – S. Pedro Sul. A cerimónia de entrega dos certificados decorreu no Solar do Vinho do Dão, de Fontelo – Viseu, exceto os do restaurante a “Palmeira” que devido a estar ocupada com o serviço do Jantar de Gala para os confrades daquele encontro os organizadores fizeram a entrega no seu próprio espaço onde diariamente recebe diversos clientes que

procuram ali ser servidos. No próximo ano, outros irão ter a distinção de receber pelo mérito de bem servir, como restaurantes de referência, e recomendados pela Fundação Luso Galaica juntos dos confrades de todo o mundo.

Clube de Caçadores

Restaurante a Palmeira

Confraria Feminina do Vinho de Curitiba visitou a região Delegação de Curitiba, constituída por 8 das 12 conferiras que compõem a Confraria Feminina do Vinho visitou a região de Viseu, durante 4 dias, a convite da Confraria Saberes e Sabores da Beira ‘Grão Vasco’ e o apoio da Câmara Municipal de Nelas. A ocasião foi aproveitada para a celebração de um protocolo de colaboração entre as duas confrarias, que passam a representar-se mutuamente. Depois de uma visita à sede da Confraria Saberes e Sabores da Beira ‘Grão Vasco’,foi recebida no salão nobre da Câmara de Viseu, pelo vereador Joaquim Seixas, que lembrou as afinidades existentes entre as duas cidades, nomeada-

17_setembro.indd 7

mente a sua relação com o vinho. O primeiro dia terminou com um jantar, que decorreu em Oliveira do Conde. A visita terminou com uma prova de vinhos. Depois do almoço a comitiva acompanhou a cerimónia de abertura da Feira do Vinho do Dão, bem como uma visita aos produtores presentes, com breves encontros com o crítico de vinhos Paul White, bem como com a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, aproveitando também para uma visita às vinícolas Caminhos Cruzados e Lusovini, em Nelas. A visita à região terminou com uma visita à Vindouro – Festa Pombalina, em São João da Pesqueira.

18-09-2015 14:00:12


8 | I ENCONTRO PENINSULAR DE CONFRARIAS

17 DE SETEMBRO DE 2015

Jantar de Gala no Solar do Vinho do Dão

constitui festa de singular animação GASTRONOMIA; ENOFILIA E CULTURA constituiu a simbiose perfeita no jantar de gala servido pelo restaurante Palmeira, a uma centena de confrades que participaram no Encontro Peninsular de Movimento Confrádico, Gastronómico , Enófilo e Cultural, perfeitamente enquadrado na causa Confrádica, / gastronómica, ao ser servido com uma variedade enorme de pratos de produtos endógenos, deliciosamente confecionados e apresentados com lindíssima decoração, onde os olhos se regalaram e o nariz absorvia a

17_setembro.indd 8

delicia divina, com o sabor do desejo de fazer crescer água na boca, já não diríamos de comer e chorar por mais, por haver comida com tanta qualidade e abundância ao gosto dos mais exigentes. Presidiu ao jantar o vice – presidente da Câmara Municipal de Viseu, dr Joaquim Sanches, ladeado pela dr Olga Cavaleiro, presidente da Federação das Confrarias de Portugal e da Comissão do Encontro. Para a história do movimento confradico, fotos de alguns dos confrades participantes no jantar de Gala.

18-09-2015 14:00:28


17 DE SETEMBRO DE 2015

I ENCONTRO PENINSULAR DE CONFRARIAS

|9

Agradecimiento de Antonio Reguera Repiso al pueblo de Viseu y felicitacion para los organizadores del I Encontro Peninsular Confrádico, Gastronómico, Enófilo e Cultural de Viseu 2015

A

mi regreso de Viseu, después de asistir al I ENCONTRO PENINSULAR CONFRADICO, GASTRONOMICO, ENOFILO E CULTURAL, quiero expresar mi gratitud y aprecio a la ciudad de Viseu en la persona de su Presidente de la Cámara Municipal de Viseu, Doutor Joaquim Almeida Henriques, por la acogida que ha dispensado a todos los miembros de la Fundación Luso Galaica que nos trasladamos a Viseu. También quiero expresar mi admiración al delegado de la región centro de Portugal de la Cofradía Gastronómica Luso-Galaica, al jornalista, poeta y escritor, Don Fernando Abreu. Desde el día 6 de septiembre, Fernando Abreu tiene la responsabilidad de dirigir la Fundación Luso Galaica en la región centro de Portugal, no tengo la menor duda de que Fernando sabrá hacer una buena labor en pro de la Fundación, en la cultura, gastronomía, industria, comercio; Fernando sabrá unirnos a todos y organizar actos que beneficien a la región centro de Portugal y a Galicia. Amigo Fernando, enhorabuena, felicidades, y en mi como Presidente, encontraras siempre todo mi apoyo, para que en la región centro de Portugal se hagan muchas cosas en beneficio de Portugal, Galicia y España. También quiero dejar constancia en este resumen del I ENCONTRO PENINSULAR CONFRADICO, GASTRONOMICO, ENOFILO E CULTURAL que se ha celebrado los días 5 y 6 de septiembre de 2015 en Viseu, ha sido un éxito de participación de cofradías que han acudido a este encuentro, a todos los cofrades que fueron de otras cofradías, 1.000 gracias, por haber acudido y espero y deseo que estos actos de encuentros de cofradías, sirvan para potenciar las relaciones de asociacionismo entre Portugal, Galicia, España y porque no, Europa. Tenemos las cofradías, que reunirnos más y cambiar impresiones, para que lo bueno de Portugal lo hagamos en Galicia, y lo bueno de Galicia se haga en Portugal. Mención especial para el Gran Maestre de la Orden del Patrimonio Inmaterial y Gastronómico Iberio, Profesor Don Fernando Manuel Silva, por el magnífico trabajo que ha realizado para que este I ENCONTRO PENINSULAR CONFRADICO, GASTRONOMICO, ENOFILO E CULTURAL, haya sido un éxito, gracias amigo Fernando, que tu entusiasmo, entrega al servicio de los demás, sepamos todos copiarlo, porque de esa forma las cofradías, realizaran un buen trabajo en beneficio de la comunidad. Quiero también expresar mi gratitud a los Presidentes que han formado parte de la Comisión de Honra del I ENCONTRO

17_setembro.indd 9

Professor Fernando Silva, Grão Mestre da OPIGI, presidente em Portugal da Confraria Luso-Galaica

PENINSULAR CONFRADICO, GASTRONOMICO, ENOFILO E CULTURAL; Doutor Arlindo Marques da Cunha-Presidente da Comissao Vitivinícola da Regiao do Dao, al Engenheiro Manuel Monteiro Casais-Grande Contador da Academia Gastronomica e Cultural de Caça, al Doutor Ricardo Sousa Fonseca- Mestre Timoneiro

da Confraria Gastronómica do Mar, al Doutor A. Telmo Antunes Ferreira-Director do Centro Distrital de Viseu do ISS-Instituto da Segurança Social, al Presidente do IPV-Instituto Politécnico de Viseu-Profesor Fernando Lopes R. Sebastiao, al Doutor Gualter Lopes Mirandez-Presidente de la Associaçao Comercial do Distrito de Viseu, y al Empresario D. Antonio Cardao-Embaixador Confrádico “Grao Vasco” no Rio de Janeiro-Brasil. Y para finalizar, quiero dejar constancia, de nuestro agradecimiento a Manuel Monteiro Casais y a Jose Ernesto P. Silva de la Cofradia de Saberes e Sabores da Beira “Grao Vasco”, y a todo el personal que trabajo para que I ENCONTRO PENINSULAR CONFRADICO, GASTRONOMICO, ENOFILO E CULTURAL, fuese un éxito. A los Restaurantes, Santa Luzia, Palmeira, Clube de Caçadores de Viseu, Casa do Paço de Bordonhos, que han sido distinguidos con la Bandeja de Oro, la Placa de Bronce de Restaurante Recomendado y la Medalla de Oro de la Orden Gastronómica Luso-Galaica. Y no quisiera terminar sin enviar un saludo muy afectuoso al Administrador Jose Arimateia, de la cadena de hoteles Montebelo, a su Directora y todo su personal, por el buen trato que nos han dispensado y al mismo tiempo felicitar por ese magnífico hotel que la cadena Montebelo tiene en Viseu. Personalmente recomiendo a todo el mundo que vaya a Viseu, que se aloje en Hotel Montebelo de Viseu.

D. António Reguera Repiso, presidente da Fundação Luso-Galaica Espanha

Gracias a todos los vecinos de Viseu, a mis amigos y conocidos, les manifiesto que en Galicia me tiene a su disposición como embajador de esa bonita ciudad, que es Viseu. Antonio Reguera Repiso

Dr. Almeida Henriques, presidente da Cãmara Municipal de Viseu e Dra Maria Noémia Correia Pires, secretária Geral da Fundação Luso-Galaica, em Portugal entregaram a ata da nomeação a Fernando de Abreu como delegado da Confraria Luso-Galaica na região centro de Portugal, com D. Antonio Reguera ao lado no nosso embaixador

18-09-2015 14:00:36


10 | TERMATÁLIA

17 DE SETEMBRO DE 2015

Termatália 2015 a maior Feira

Termal e Saúde Balnear do mundo

Don Alejandro Rubin Carballo

I

negavelmente, Termatalia é uma trilogia conjunta resultante das águas, toda ela ligada à cultura do precioso líquido, ao turismo e a fisioterapia, na magia da cura e bem estar. Logo, Termatalia pela posição cimeira que alcançou é hoje líder mundial, com forte representação na Europa e na América Latina, saltando de lado para lado para.

de mais perto, mostrar tecnologia avançada termal. Convictamente, depois do êxito alcançado, ano passado, na Argentina, nas Termas do Rio Hondo, Termatalia volta à casa onde nasceu e cresceu e se tornou adulta, fruto de uma equipa chefiada pelo “maestro” talentoso administrador numa ambição sem limites em fazer cada vez mais e melhor, Don Alejandro Rubin Carballo, deu ao evento aso e dimensão internacional jamais impensável. Termatalia 2015, apesar da crise, aparece dimensionada ao maior evento termal, a par do turismo aliado à saúde balnear e da maior capacidade económica, envolvendo no mesmo amplexo, saúde, bem estar e prazer de viver. Perante esta perspetiva, Ourense entre os próximos dias, 21 a 26 de setembro, ficará, por direito próprio, como capital mundial de termalismo, ao reunir no vasto recinto da Expourense, duas centenas e meia de expositores; cerca de quatro dezenas de países procedentes de quatro continentes, todos eles interessados pelo desafio comercial, saúde balnear, turístico com especial afluxo para as zonas termais existentes nos

vários centros do mundo. Paralelamente, no pavilhão haverá espaços reservados às agências turísticas, fabricantes de equipamentos termais, provadores de águas minerais ( as marcas engarrafadas de nascente não tem lugar), sujeitando-se ao concurso para se classificarem, como as melhores para a saúde.

Termatalia, será, pois, um mundo dentro de um espaço bem aproveitado onde há lugar a várias atividades abertas aos visitantes, como seja o bar, de águas engarrafadas das melhores marcas, débeis e muito débeis, para a saúde, áreas de massagens e relax praticadas por profissionais absolutamente gratuitas.

Termatalia que, nas andanças por Ourense e países da América Latina, mostra-se um evento de extrema necessidade para a humanidade, isto por uma mão cheia de valores ao permitir muitos e bons progressos, tantos são, pois, as aceitações devidas à eficiência da organização, ao permitir os mais pleonásticos êxitos.

Shoowcookings de cozinha saudável, área de compras, moda e artesanato da Galiza - Principais novidades para o público em Termatalia 2015 ya las acciones profesionales con la presencia confirmada de expositores y visitantes de 39 países, Termatalia afronta su edición más internacional poniendo ahora el foco en las actividades dirigidas al público general que es, al fin y al cabo, el usuario final de los productos y servicios presentados en feria. La 15ª edición de Termatalia, Feria Internacional de Turismo Termal, Salud y Bienestar, que se celebrará en Ourense (Galicia - España) entre el 24 y el 26 de septiembre de 2015. Entre las novedades de esta 15ª edición destaca en Área de Alimentación Saludable que incluirá un completo programa de exhibiciones de cocina en directo, degustaciones y catas que serán impartidas por importantes chefs de España, Colombia y Costa Rica. Este último país participará en feria de la mano de la Cámara Costarricense de Restaurantes (CACORE) y sus cocineros integrados en el Plan Nacional de la Gastronomía Costarricense Sostenible y Saludable y que realizarán showcookings sobre gastronomía tradicional de este país convertido en referencia mundial de comida sostenible y natural y cuyo lema nacional es “Come sano, come rico, come tico”.

17_setembro.indd 10

Por su parte, cocineros gallegos reconocidos como el chef Carlos Parra, colaborador del programa Larpeiros de la TVG, elaborará platos saludables como “Lomo de Lubina con gelatina con agua gasificada y verduras escaldadas” y Flavio Morganti, con dos Soles Repsol, impartirá una exhibición de Técnicas Gastronómicas Saludables. El cocinero ganador del Concurso Plato Xantar 2014 y 2015, Manuel Garea, también realizará una exhibición sobre en este aula. Estos talleres de cocina se completarán con exhibiciones de coctelería del

agua a cargo del Centro Superior de Hostelería de Galicia y con catas comentadas de agua impartidas por la sumiller Mercedes González, directora de la Cata Internacional de Aguas Termatalia 2015. Otra de las novedades de esta edición será la Zona Shopping en el que distintas formas de moda y de artesanía de Galicia que presentarán sus productos ante visitantes de casi 40 países. Termatalia aprovecha esta área para potenciar otro de los atractivos de Galicia como “marca-destino”: la moda y la artesanía. Estas novedades se completarán con las actividades destinadas para público como el Bar de Aguas, que presentará aguas de distintas marcas y categorías de varios países; la recreación de un Centro Termal que presenta todos los productos y servicios que se pueden disfrutar en un balneario y el Área de Relax, en el que poder disfrutar de forma gratuita de un masaje. Además, los visitantes podrán obtener descuentos especiales al hacer sus reservas en los balnearios presentes en feria y participar en sorteos de estancias en centros de España y Portugal.

18-09-2015 14:00:44


17 DE SETEMBRO DE 2015

17_setembro.indd 11

PUBLICIDADE

| 11

18-09-2015 14:00:53


12 | TERMATÁLIA BAR DA ÁGUA

Água, de elemento vital a capricho gourmet Todos os países do mundo têm tomado medidas para melhorar o consumo de água engarrafada na procura de melhorias para a saúde, reencontro com produtos naturais. A água, como bem básico, não foi considerada no passado como um item de luxo. Agora está a aumentar, tanto a nível nacional como internacional, o consumo de água engarrafada e seus derivados. Para exaltar as propriedades de diferentes águas engarrafadas BAR DE ÁGUAS, onde os visitantes têm a oportunidade de conhecer e degustar diferentes marcas que operam no mercado internacional. The Water Bar Termatalia reúne vinte marcas que querem posicionar-se bem no mercado espanhol ou internacional, como esta acção proporciona uma enorme projeção mediática. É um posto no qual cada marca pode reservar uma linha para a promoção. Este espaço é composto para dar aos visitantes um gosto de Termatalia diferente, água potável engarrafada e valorizar as propriedades e indicações de cada um dos participantes. As empresas Bar Água têm acesso ao “Tasting Internacional Água”, no qual um júri internacional vai escolher o melhor em cada categoria e os resultados serão publicados em vários meios de comunicação. ÁGUAS CONFIRMADAS Fontenova Água (Spain) Solar de Água (Spain) Fontecabras Água (Spain) Água Saudável (Spain) Sierra Água Eagle (Spain) Cabreiroá Águas (Spain) Mondariz Águas (Spain) Sousas Águas (Spain) Águas do Parano (Spain) Água Vilas Turbón (Spain) Aquadeus (Spain) Bioleve (Brasil) UAE Luchon (França) Água pura (Costa Rica)

17_setembro.indd 12

17 DE SETEMBRO DE 2015

Termatália em paralelo com a Conferência Internacional sobre Água e curas realizadas em 2015 comemora a sua décima edição Trata-se de uma série de fóruns e seminários técnicos que abordam o sector a partir de uma perpectiva multidisciplinar (turística, médica, ambiental, jurídico, económico, etc) que reunirá especialistas QUINTA - FEIRA, 24 DE SETEMBRO 09:30 - Reunião de cidades spa. 09:45 - Abertura. 10:00 - As cidades de spa no contexto dos Itinerários Culturais Europeus: novas oportunidades para o desenvolvimento do turismo sustentável. Palestrante: Luca Bruschi. Gerente de Projeto de Itinerários Culturais Europeus da Associação Europeia das Cidades térmica - EHTTA e da Associação Europeia de Via Francigena (Itália). 11:00 - abertura oficial da Termatalia 11:45 - Rota Europeia de termas romanas (Spas europeus Association) Palestrante: Joachim Lieber. Secretário-Geral da ESPA (Alemanha). 12:15 - Experiências de gestão de recursos térmicos e saúde turismo municipal e provincial. - Cuautla - Agua Hedionda (estado de Morelos, México). Juan Carlos Pascual, Diretor-Geral do Spa. - Santiago del Estero Province (Argentina). Ricardo Sosa. Subsecretaria de Turismo. - Concelho de Monchique (Portugal) Tiago Carvalho. - Canton Township Baños (Equador). Paulina Maria Gamboa Izurieta, Diretor de Turismo. 13:30 - Pausa 16:30 - Apresentação: Path térmica e água:. Ecovía fronteira Tâmega (Chaves-Verin) Ensinar: Gerardo Seoane. Diretor do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Eurocidade Chaves-Verin Mayor e Verin. Antonio Candido Monteiro Cabeleira. Presidente da Câmara Municipal de Chaves. 17:00 - Apresentação da Primeira Conferência Internacional sobre Thalasso: Saúde e Bem-Estar. Oradores: Lourdes Mourelle. Universidade de Vigo. - Jesus Gil Perez. Diretor Thalasso

Atlático de Baiona. 17:45 - Gestão e formação do pessoal no Wellness Spa Centros e Palestrante: Gloria Cuellar. Nirvana Spa e Director Delegado Geral da Associação Latino-Americana de Spa (Colômbia). 18:30 - Coaching Ontológico:. Suas aplicações e benefícios

de diferentes países, o que, servirá sem dúvida, para apresentar em comum experiências e projetos que estão a ser realizados tanto na Europa como na América Latina ou na Ásia.

O Meeting 2015 começará em 24 de Setembro no recinto de feiras da Fundação Feiras e Exposições de Ourense, Espanha.

Palestrante: Karina Serrapio. Especialista em cosmetologia (Argentina). Sessões paralelas, Quinta-feira 24 de setembro 00:45 .- IV Reunião de curas de Políticas Públicas SEXTA - FEIRA 25 SETEMBRO Sessão da manhã: Turismo, Inovação e Sustentabilidade 10:00 - Novos produtos turísticos térmica em Espanha. - Turismo Galícia - Thermal Castilla la Mancha Association. Presents: Philip Pulla. Presidente. - Spaincares, marca espanhola Saúde Turismo. Apresenta: Monica Figuerola. Manager. - Turismo Extremadura. Apresentado por: Francisco Martin Simon. Director Geral de Turismo Extremadura. 11:15 - O mercado global de turismo Saúde e Bem-Estar. Posicionamento e estratégias de desenvolvimento. Captura e fluxos de turistas de saúde americanas - Mary Todd. Mercury Saúde (Estados Unidos). - Pacotes médico-bem-estar global. Massimo Marinoni. Diretor do PROMED Wellness (Costa Rica). Projectos de Colômbia. Treinando para o desenvolvimento do sector. Rodrigo Giraldo. Diretor do Caldas Regional. 12:30 - destinos Mesa Redonda Turismo, Saúde e Bem-Estar da América. - Plano diretor Curas Costa Rica Zona Norte Alexander Munoz. O coordenador do projeto PAPP-ZEE (Costa Rica). Apresentação de turismo em San Miguel de Allende. (México). O futuro do turismo de saúde no Brasil. Fabio Lazzerini. OMTH - curas da OMC (Brasil). 13:30 - programa social Curas IMSERSO - Julian Toraño Tejerizo. Hidroterapia especialista programa IMSERSO. (Espanha) Sessão da tarde: Hidrologia

Médica, da água e saúde 16:20 - Abertura pelo Dr. José Carro Otero. Presidente da Real Academia de Medicina e Cirurgia da Galiza. 16:30 - Painel sobre tratamentos térmicos de inovação. - Tratamentos de spa aplicada a patologias pós-cirúrgicas. Dr. Alain Francon. Reumatologista.

Centro de Pesquisa Clínica. Aix-les-Bains e Tesoureiro da ISMH (Sociedade Internacional de Medicina Hidrologia) (França). A talassoterapia na recuperação de acidente vascular cerebral e os eventos cardiovasculares. Dra. Carla Morer Linan. Especialista em Hidrologia Médica. Research Group Universidad Complutense de Madrid (Múrcia-Espanha). - Balneoterapia vs. Talassoterapia. Situação em Espanha Dra. Araceli Garcia Muela. Especialista em Hidrologia Médica. Termas Marinas El Palasiet (Benicassim - Espanha). - A água como um elemento de reabilitação e prevenção em matéria de envelhecimento através do método de Hoffmann. Dra. Catherine Hoffman Muñoz-Seca, criador do Método Hoffmann, fundador e presidente Hoffmann Mundial e Centros de Dia Vitalia (Espanha). 18:00 - As evidências científicas dos benefícios do ponto de vista médico, o consumo de água mineral natural. Palestrante: Francisco Maraver. Presidente do Instituto de Pesquisa da Água e da Comissão Científica da Saúde. 18:30 - Mesa Redonda: a proteção dos recursos hídricos para promover o desenvolvimento sustentável Hidroterapia Moderador: Pedro Araujo Nespereira. Decano da Faculdade de Ciências de Ourense Campus da Universidade de Vigo. Oradores: Eduardo Costas Costas. Biólogo da Univ. Complutense de Madrid. Antonio Monteiro. Escultor e criador do Prêmio “OuroAzul”. 19:00 - Fim do dia. SESSÕES PARALELAS 10:30 - Apresentação do Mooc (Cursos Online Abertas maciças) “Formação em Spa e Bem-Estar” Campus do Mar da Universidade de Vigo. Presente: Lourdes Mourelle. Departamento de Física Aplicada. Universidade de Vigo. Nicholas Legido. Universidade de Vigo. José Luis Legido. Departamento de Física Aplicada. Universidade de Vigo. Antonio Freire. Diretor Médico de Gala Spa Termal e Augas Santas.

11:00 - experimenta uns banhos cura termal spas Molgas (Ourense) e Augas Santas (Lugo). Ensinar: - Marita Souto Figueroa. Doutor em Química. - Dr. Antonio Freire Magariños 11:30 - Tratamento Benefícios Hot Springs argila baseada processos pruriginosas caninos. Estudo transversal de uma série de casos clínicos. Organizadores: Veterinatura impart: White Novelle. Dr. Medicina Preventiva e Saúde Pública, Chefe do Grupo 49 do Hospital Research Institute Saúde da princesa .. - Carmen P. Gomez. O biólogo. Dra. Em Física Aplicada. Mestre Curas e Balneoterapia. - Olga Gomez. Veterinária. 00:00 - Conferência: “O uso de água mineral medicinal para a saúde e bem estar,” Palestrante: Laurent Dupont. Diretor do spa e centro de Luchon (França). 00:30 - de Coaching Ontológico:. Suas aplicações e benefícios Palestrante: Karina Serrapio. Especialista em cosmetologia (Argentina). 13:00 - ato oficial: Apresentação Termatalia 2016 em Coahuila (México) SESSÃO DA TARDE 16:30 - Experiências de produtos turísticos de Saúde e Previdência Social. - Método Entremonte de Bem-Estar. Phillipe Lacau Reyes (Colômbia). Runner fontes termais no estado de Guanajuato. Puy Mary e Jesus Alkiza (México). - Novos projetos Turismo Termal Regional no Chile. Gonzalo Miranda. 17:30 - água enriquecida com hidrogênio. A descoberta de que está mudando a vida de muitas pessoas. Organizado Biomedsalud. Palestrante: Pablo Andrés Tirado. Engenheiro Industrial e geobiologist. Aparelhos pesquisador e novas tendências no campo da saúde. 18:30 - estratégias de marketing aplicado ao Curas e Estratégico do Turismo. Patricia Hernandez Ruiz. Associação Latino-Americana de Spa (México) 19:00 - Fim do dia.

18-09-2015 14:00:56


TERMATALIA

17 DE SETEMBRO DE 2015

| 13

Termatalia, no 40º Congresso da Sociedade Internacional de Medicina Hidrologia no Brasil Termatalia foi apresentado no 24º Congresso da Associação Brasileira de Água Mineral Industries, ABINAM, onde teve um papel de destaque com a presença de expositores, operadores turísticos e meios de comunicação no certame que irá realizar em Ourense. Assim a próxima edição da Feira Internacional de Turismo Termal, da Saúde e da Previdência, será realizada em Ourense entre 24 e 26 de setembro, foi promovido em dois eventos de destaque internacional, realizada em paralelo no Rio de Janeiro onde a Termatalia foi apresentada aos profissionais no programa científico de ambos os eventos: o 40º Congresso da Sociedade Internacional de Medicina Hidrologia (ISMH) e o 24º Congresso da Associação Brasileira da Indústria e Água Mineral (ABINAM). Estas apresentações foram dadas pelo diretor Alejandro Rubin. O Congresso da ISMH foi realizado sob o lema “A agregação de valor através da Hidrologia Médica” e foi presidido pelo Dr. Mark Untura, especialista em Termatalia, exposição internacional em que participou como orador em diversas edições. Esta foi a

primeira vez que este congresso foi realizado na América Latina, refletindo a importância dada aos spas do continente. O programa desta conferência contou com a participação de líderes mundiais em Hidrologia Médica de países como Turquia, Portugal, Espanha, França e Brasil, como é o caso de Zaki Karagülle, Pedro Cantista, Christian Roques e Francisco Maraver. A relação entre Termatalia e ISHM tem

diminuído ao longo dos anos dizendo cada edição com os principais membros desta entidade como oradores na Conferência Internacional sobre Água e Spas e como membros de seu comitê consultivo-científica. Na edição de 2012, realizada em Lanjarón (Granada-Espanha), é que Termatália Peru, última realizada no Japão, também foi promovida através de Termatália Argentina

WORKSHOPS

DESCUBRA OS SERVIÇOS E PRODUTOS QUE OFERECE UM CENTRO TERMAL

PROCEDIMENTOS MINIMAMENTE INVASIVOS FACIAIS 24 SETEMBRO 2015 DAS 11H-14H00 E 16H-19H00 (Associated centros de spa ou quente) Palestrante: Dr. Patricia Hernandez Ruiz. Medicina Estética cirurgião, professor qualificado e cosmiatria de Terapias Spa Facial. Duração: Seis horas. Destinado a: Médicos, esteticistas, fisioterapeutas, esteticistas e proprietários de spas. Conteúdo: Facelift. Tratamento Vanguardia. Masculino dermatologia cosmética. Tratamentos inovadores. Acne relacionadas e uso adequado das águas minerais. Peelings químicos. Segredos para a renovação. Anti Aging. Hidroterapia e da Fonte da Juventude.

HIDROSUMILLER CURSO NÍVEL 1 25 DE SETEMBRO, 2015 DAS 16.00 A 19.00 H. Palestrante: Ms. Mercedes Gonzalez. Hidrosumiller. Conteúdo: Conheça as águas, estudar sua estrutura e físico-química ciclo A água como alimentos e nutrientes Classificação das águas com base em: O sabor: salgado, da terra, amargo, doce, acidulado sólidos (minerais): muito fraco, fraco e forte mineralização.

17_setembro.indd 13

Dr. Francisco Maraver, o líder espanhol no campo, levando o membro do conselho de ISMH e associado próximo de Termatália. Outrossim, Termatália foi apresentada no 24º Congresso da Associação Brasileira. Este congresso é o principal evento do setor em que participam oradores de vários países e se reúnem anualmente cerca de 1.000 participantes, que abrangem toda a cadeia de produção de água: autoridades, empresários e empacotadores, distribuidores, fornecedores de equipamentos, serviços e acessórios. Em paralelo à Expo-Abinam congresso foi realizada uma exposição de fornecedores de produtos e serviços de água potável. O Brasil será um dos países com maior representação na próxima edição da Termatália em Ourense. Regiões como a Foz do Iguaçu (onde são as famosas cataratas), além da Associação Latino-Americana (Alath) com sede neste país, Bar de Águas e o International Wine, várias empresas do sector das águas minerais, aderiram à iniciativa. A presença brasileira é completa com a participação de vários operadores turísticos em Tourism Exchange Trading and media.

Indicações de acordo com os tipos de alimentos, doenças, e actividade.... O consumo de água. A leitura da etiqueta Introdução à degustação de vinhos Conceitos: mineralização, pH, de resíduos secos. HIDROSUMILLER COURSE NÍVEL 2 26 DE SETEMBRO DE 2015 DAS16.00 A 19.00 H. Palestrante: Ms. Mercedes Gonzalez. Hidrosumiller. Conteúdo: Água como um item gourmet Microelementos, sais minerais e oligoelementos Análise Sensorial. Fisiologia de órgãos dos sentidos Estímulos sensoriais. Organização Sensorial Instrumentos de análise sensorial: visão, olfato, paladar, tato. Harmonias de água Água - pratos Água - vinhos Água Traçando Conservação e água de serviço

Argentina Termatália vai recriar um centro termal que visa sensibilizar os profissionais do sector dos diferentes tratamentos e técnicas hidrotermais e os produtos e serviços oferecidos por esses centros (também thalassos e spas). Para isso, será equipado com o mais recente equipamento e aparelhos manuais City Spa. Este Centro Termal é patrocinado pela Arredobagno SA, empresa líder na Argentina na fabricação de equipamentos para hotelaria e spas. Será criado um lugar de relaxamento e saúde orientadas para a divulgação entre o público, o usuário final deste tipo de instalações, diferentes áreas e estruturas desse estabelecimento. A exposição é complementada por demonstrações ao vivo de várias técnicas hidrotermais e manuais. Este centro recreativo termal é apenas uma das ações relacionadas com a promoção da cultura de água entre os visitantes da feira e é complementado por outras atividades, como o Bar de Águas ou Área de Massagem / Relax. Estas acções irão também ser promovidas para o público em geral. Com mais de 30 anos de experiência no mercado, Arredobagno SA está vinculada por um acordo de licenciamento, o inventor e principal expoente mundial em banheiras de hidromassagem, JACUZZI INC. Áreas centrais TÉRMICAS: Piscina; Boxe; Banheira de Hidromassagem; Sauna; Hamman e área de relaxamento com espreguiçadeira

18-09-2015 14:01:00


14 | REGIONAL Silly season das Beiras

17 DE SETEMBRO DE 2015

ASSINADO MEMORANDO DE ENTENDIMENTO

Rede viária do concelho de Mangualde vai ser alvo de melhorias até 2017

POR: Vítor Santos

Silly season é o termo que foi adotado em desporto para identificar o período do ano – Verão, em que não há campeonatos. Esta é a altura em que a comunicação social recorre a pseudonotícias para preencher as suas páginas. Diariamente alimentados com informações pouco rigorosas, com especulações sem sentido e com promoções – gratuitas, a quem nada fez, ainda, para o merecer. Tudo isto a exemplo de notícias de crianças a assinar por clubes como se do Cristiano Ronaldo se tratassem. A exposição a que são sujeitos é um motivo de vaidade e nada mais. Em nada contribui para a sua formação ou faz parte de um estratégia de desenvolvimento desportivo ou social. Os pais gostam de ver os seus meninos nos jornais. Não tem mal nenhum se fosse notícia. Informação relevante. Mas quem é o Manuel, de 9 anos, que assina pelo clube x??!! Que fez ele mais do que todos os seus colegas para ser notícia?! Onde está a igualdade de tratamento, a isenção?! São centenas de crianças a jogarem nos clubes do distrito. Todas elas vão ser notícia?! Quais os critérios jornalísticos que estão na base das escolhas? O mérito não é de certeza. Esperemos que não seja por o Manuel aos 9 anos em vez de estar a iniciar a prática desportiva federada esteja a concluí-la porque quem o rodeia não o tem em atenção, mas aos seus próprios interesses, ao seu ego. Quantos potenciais Ronaldos e Messis nem chegam aos juniores?!! E no caso dos treinadores aplica-se o ditado popular de que «quem não é visto não é lembrado», e daí o colar aos jornais. As unhas dos pés doem sempre aos mesmos. Coincidências a mais. Protagonismo saloio ou bolsa de emprego?! Porque é o que parece. E nestas coisas o que parece é. A comunicação dos clubes tem evoluído e em alguns clubes regionais ou mesmo recém-chegados ao panorama nacional encontramos bons exemplos de grande competência e profissionalismo. Mas é responsabilidade da comunicação social saber o que é notícia de interesse público e o que é informação clubística e que tem os seus canais próprios. À medida que a idade avança apuramos o nosso sentido critico e só come «gato por lebre» quem anda – ou se faz, muito distraído. Eu quando entendo por bem também me faço de distraído... silly é que não gosto que me façam!

17_setembro.indd 14

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde foi, palco da assinatura de um memorando de entendimento entre a IP - Infra estruturas de Portugal e a Autarquia Mangualdense para a rea-lização de um conjunto de intervenções na rede viária do concelho até ao ano de 2017. O momento contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo,

do Presidente da Administração da IP, António Ramalho e do secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro. Tendo como tema a mobilidade, João Azevedo não deixou de referir e aludir ao secretário de estado de que Mangualde assumirá a responsabilidade de ser uma referência na estratégia da mobilidade regional e nacional: “

Mangualde tem pela sua posição geostratégica uma importância determinante e por isso o investimento futuro que se criará nesta região passará obrigatoriamente pela criação de interfaces entre o terminal ferroviário internacional de mercadorias e passageiros com a rede viária e o tecido econômico da região e da zona centro referindo se à ligação férrea da linha da Beira Alta”. João Azevedo afirmou perante o secretário de estado que “é um desígnio de Mangualde e dos mangualdenses e que deve este ser também um desígnio da região”. “Mangualde tem o terminal ferroviário internacional, tem algumas das maiores empresas da região e tem centralidade e proximidade para o desenvolvimento econômico regional, fatores fundamentais para que se invista em Mangualde” reforçou.

Academia Dão Petiz vindima nas quintas e marca arranque da Festa das Vindimas O pré-arranque da Festa das Vindimas de Viseu está nas mãos das meninas e meninos que integram o projeto da Academia Dão Petiz. Dia 17 de setembro, este curiosos pelo território voltam a “pôr a mão na massa” nas Quintas que já se habituaram a receber os petizes e que agora oferecem uma experiência muito especial: a vindima. Neste serviço educativo de Viseu ligado aos ciclos da terra, estuda-se desde março o ciclo da vinha, acompanhando a sua evolução. A apanha da uva, o estudo da evolução das cores das folhas e o ritual da pisa são algumas das atividades asseguradas nesta

nova ida da Academia às Quintas. Entre 80 a 100 petizes, dos 6 e os 12 anos, irão vestir a pele de investigador, agricultor e repórter e descobrir o mundo rural. O ciclo que estreia a Academia é o da vinha e terminará em fevereiro de 2016. As atividades têm lugar em contexto real, nas Quintas parceiras da iniciativa (Falorca, Lemos, Pedra Cancela, Vinha Paz, Reis e Turquide), e os professores da ESAV e da ESEV acompanham a sua realização, tendo alunos das Escolas como monitores dos grupos de crianças. A Academia é um projeto do Município de Viseu, promovido em parceria com as Escola Su-

​ IRIATO V DE PAIVA NUNES 92º Aniversário 5 de Outubro Seu filho, Américo Nunes, esposa, Maria Fernanda e família guardam boa memória de ti, familiar e cidadão.

perior Agrária (ESAV) e Escola Superior de Educação de Viseu (ESEV). Visa proporcionar um programa educativo ao longo do ano que permita um contacto direto e de “campo” com os ciclos da terra e os produtos identitários de Viseu cidade-região.

FALECIMENTOS Vitima de doença prolongada, faleceu na Barra, da cidade do Rio de Janeiro-Brasil, onde residia, Regina Cardão, que foi esposa de António Cardão, conceituado empresário e dirigente associativo naquela cidade. António Cardão goza da maior estima por muitos viseenses e, pelo sentimento de dor, mandaram celebrar a missa do sétimo dia, na igreja de Nossa Senhora do Viseu, a que assistiu António Cardão, que veio a Portugal expressamente, com a filha Cristina Cardão, a residir em Torredeita. Por quanto é estimado, muitos foram aqueles que participaram naquele piedoso ato. Também, vitima de doença incurável e galopante, faleceu no hospital de Viseu, professor Idálio Martelo, que foi casado com Fernanda Martelo, de Orgens-Viseu. O funeral, muito participado, realizou-se de Orgens para o cemitério de Ribafeita, onde o corpo ficou junto ao dos pais. A ambas as família enlutadas, apresentamos sentidos pesamos.

ALMOÇO CONVÍVIO COMANDO DE AGRUPAMENTO 1978 ANGOLA 1966/1968

03/10/2015

Restaurante EPIRANGA Vale do Grou, Águeda, Concentraçao Câmara Municipal de Oliveira do Bairro ORGANIZAÇÃO JORGE 964 717 518 MARQUES 966 461 371

32º ENCONTRO

EX-COMBATENTES DO BAT CA 2853 No dia 26/09/2015 irá realizar-se um encontro dos ex- combatentes, na Quinta da Arroteia, Póvoa de Sobrinhos. Inscrições através de 919 684 600 José Lourenço

18-09-2015 14:01:04


SAÚDE

17 DE SETEMBRO DE 2015

| 15

Sumos detox não substituem refeições completas

Menopausa: 8 conselhos de ouro Um estilo de vida adequado tem o poder de atenuar os incómodos desta fase. Entre as primeiras manifestações do início do processo e o final dos ciclos menstruais, que

1

Adote uma dieta rica em fruta e vegetais, privilegiando o azeite e limitando a ingestão de gorduras saturadas e doces.

2

Reforce a ingestão de alimentos ricos em cálcio e vitamina D, que ajudam a preservar os ossos: leite e derivados, sardinhas com espinha, leguminosas, cereais integrais, legumes de folha verde. Exponha-se ao sol diariamente: está demons-trado que 15 minutos por dia de exposição solar nos antebraços ajuda a repor os níveis da vitamina D. Aconselhe-se com o médico sobre a necessidade de tomar um suplemento.

17_setembro.indd 15

marca a entrada efetiva na menopausa, podem decorrer anos. No entanto, impõe-se, desde logo, a adoção de medidas ao nível do estilo de vida: adequar os hábitos às trans-

3

Modere a ingestão de sal e proteínas, que potenciam a eliminação de cálcio pela urina, bem como de bebidas alcoólicas e estimulantes como o café, que favorecem o risco de problemas cardiovasculares e cancro da mama.

4

Mantenha um estilo de vida ativo (ande a pé, use escadas em vez do elevador, evite passar muitas horas sentada) e, três vezes por semana, pratique um desporto com carga (corrida, dança, musculação) durante 30 a 45 minutos, para preservar a massa muscular e o peso, estimular a formação óssea e reduzir o risco de problemas cardiovasculares. O exercício físico deve ser monitorizado

formações do organismo permite, a prazo, minimizar os riscos consequentes, assegurando uma transição mais cómoda e tranquila para esta nova etapa da vida.

e adequado às condições de saúde: peça aconselhamento médico e acompanhamento profissional.

5

Reduza o risco de incontinência urinária, fortaleça a musculatura pélvica praticando exercícios deKegel: com a bexiga vazia, contraia os músculos a que recorre quando está a urinar e interrompe o fluxo urinário. Mantenha a contração durante cinco segundos e relaxe durante outros cinco. Ao longo do dia, realize três séries de dez exercícios. Reduza o desconforto vaginal recorrendo a um lubrificante à base de água (sem glicerina, que pode provocar irritação) ou à aplicação local de uma solução (creme, anel, comprimidos) com estrogénios. Aconselhe-se com o seu ginecologista.

6

7

Deixe de fumar. Se ainda não o fez, esta é a altura ideal. Além da menopausa tender a surgir mais cedo, as mulheres fumadoras tendem a sofrer mais com os sintomas da menopausa e têm risco agravado de problemas cardiovasculares, osteoporose e cancro.

8

Consulte um especialista. Informe-se junto do seu ginecologista sobre as vantagens e inconvenientes de recorrer a tratamento hormonal ou a eventuais alternativas para retardar os sintomas da menopausa e o processo de envelhecimento.

Os batidos à base de frutos e vegetais estão na moda e são vistos como a solução ideal para uma alimentação saudável e uma perda de peso rápida e efetiva. A Unidade Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa alerta para o consumo equilibrado destes batidos, de forma a não comprometer a saúde. “O termo detox surgiu de desintoxicante, sendo esta uma dieta que promete ajudar a eliminar as toxinas do organismo, que diariamente se acumulam. Contudo, não existe evidência científica que o comprove, além dos já conhecidos benefícios dos vegetais quando consumidos nas formas mais comuns (em sopas, cozinhados ou crus)”, explica Ana Rita Lopes, coordenadora da Unidade de Nutrição do Hospital Lusíadas Lisboa. “A integração dos batidos detox num plano alimentar diversificado e completo pode ser uma medida saudável e um importante contributo para o aumento da ingestão diária de frutos e vegetais. Contudo, a alimentação jamais deve ser composta exclusivamente por batidos, uma vez que necessitamos diariamente de outros macro e micronutrientes obtidos através do consumo de outros grupos alimentares”, alerta a especialista. “As pessoas que apreciam os batidos detox não devem deixar de os consumir, especialmente se não gostam muito de vegetais e encontraram nestas bebidas a forma ideal de os ingerir”, revela Ana Rita Lopes, explicando ainda que “podem ser incluídos um a dois destes batidos na alimentação diária mas nunca como substitutos de refeições completas e muito menos como alimentação exclusiva diária”. A nutricionista salienta ainda que “se as pessoas têm problemas ao nível da coagulação sanguínea ou tomam medicação anticoagulante, estes batidos não são recomendados, pelo seu elevado teor em vitamina K”.

Ao adotar estas medidas, além de aumentar o seu conforto e bem-estar no imediato, estará a reduzir o risco de problemas de saúde a prazo.

18-09-2015 14:01:08


16 | PUBLICIDADE

17_setembro.indd 16

17 DE SETEMBRO DE 2015

18-09-2015 14:01:17


DESPORTO | 17

17 DE SETEMBRO DE 2015

GOLFE

Torneio da Quinta do Escudial

GRANDE PRÉMIO DO DÃO

Rui Vinhas vestiu camisola amarela em Mangualde A etapa do passado sábado do Grande Prémio do Dão em ciclismo que finalizou em Mangualde foi ganha por Rui Vinhas, também ele vencedor final da prova. O presidente da Câmara, João Azevedo e a maior referência da atualidade do ciclismo Mangualdense, José Rosa, vestiram a camisola amarela ao atleta.

A primeira edição do Grande Prémio do Dão em ciclismo realizou-se no passado fim de semana numa iniciativa intermunicipal, entre os concelhos de Mangualde, Nelas, Penalva do Castelo e Viseu. O Grande Prémio do Dão, foi dividido em duas etapas, Nelas/Mangualde, no sábado e Penalva do Castelo/Viseu, no domingo.

Luís Oliveira (vence individual) Ribeirinhos (equipas) no Trail Sabor d’ Ouro Na Praia Fluvial da Foz do Sabor / Torre de Moncorvo, a Câmara Municipal de Torre de Moncorvo organizou no dia 12, com partida às 18 horas o denominado SABOR D´OURO TRAIL, com a distância de 17 Km e uma Caminhada de 8 Km. Os participantes partiram da Torre de Moncorvo e chegaram à Praia Fluvial da Foz do Sabor. O tempo limite para a prova principal era de 2:30H e tinha um posto de abastecimento aos 7,7 Km. Dada a reduzida adesão ao percurso longo (30 Km) e o qual não oferecia as esperadas condições para a competição do evento, os atletas foram transferidos para o percurso (curto) de 17 Km. Os escalões para o SABOR D´OURO TRAIL estavam assim distribuídos: Elites (18/39 anos) - M40 - M50 - M60 em masculinos e femininos. O atleta Luís Oliveira do RIBEIRINHOS Trail, conseguiu o seu primeiro triunfo nesta difícil competição, deixando o segundo classificado a cerca de dez minutos o que diz bem a forma como encarou a prova. De realçar o triunfo coletivo em que os atletas Ribeirinhos somaram 4:16,24, contra as 4:46,20´´ da equipa do Ginásio de Bragança, que foi segunda, ficando em ter-

17_setembro.indd 17

ceiro lugar a equipa do Viriathvs Runners / Viseu, com 6:12,44´´. Alguns resultados: ELITES (M) 1º Luís Oliveira (RIBEIRINHOS) 1:15,26´´ / 2º Homero Lourenço (RIBEIRINHOS) 1:27,56´´ / 3º Bruno Bispo (FFitness Team) 1:30,53´´ - (M40) 1º Miguel Sá (Desnível Positivo) 1:26,46´´ / 2º José Gomes (RIBEIRINHOS) 1:33,02´´ / 3º Hugo Gaudêncio (Ginásio de Bragança) 1:33,12´´ - (M50) 1º José Augusto (Ginásio de Bragança) 1:27,08´´ / 2º Carlos Fernandes (Ginásio de Bragança) 2:14,06´´ / 3º Manuel Vale (Viriathvs Runners) 2:20,06´´ - (M60) 1º José Eufrásio (C.F.Coimbra) - ELITES (F) 1ª Adriana Machado (IND.) 1:54,00´´ / 2ª Cátia Vanzeler (RIBEIRINHOS) 1:59,46´´ / 3ª Vânia Amaral (FFitness) 2:04,46´´ / 4ª Sónia Martins (RIBEIRINHOS) 2:23,36´´ - (F40) 1ª Maria Vale (Viriathvs Runners) 1:59,16´´ / 2ª Sandra Oliveira (RIBEIRINHOS) 2:23,46´´ . Concluíram esta edição cerca de duzentos e cinquenta “trailers”. A organização ofereceu camisola, uma embalagem de amêndoa coberta e uma garrafa de vinho a todos os participantes. Olímpio Coelho

Foi com um shotgun que preenchia todos os buracos do percurso Caramulo do Montebelo, que foi disputado o torneio da Quinta do Escudial, prova que além de contar para a OM do Clube de Golfe de Viseu, contava também como 2ª volta do match com o CG Braga. O percurso e o tempo estavam impecáveis, augurando a excelente exibição que os jogadores beirões efectuaram, pois de uma desvantagem de 16 pontos que tinham da 1ª volta, conseguiram obter uma esmagadora vitória por 49 pontos de diferença, ficando assim de posse do troféu com uma vantagem de 33 pontos. Quanto às classificações individuais, a vitória na tabela abonada com 41 pontos - coube a um convidado - o emigrante luso/sul- africano Carlos Silva, que quando em férias no nosso país tem no Montebelo a sua casa golfista. Foi seguido pelo Carlos Ferreira (1º da 2ª catª) com 40, Jorge Serra 38, Bruno Esteves

época 2015/2016

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

PRIMEIRA LIGA

FC Porto Sporting Benfica Paços Ferreira Arouca Estoril Praia Braga Nacional U. Madeira Marítimo Rio Ave V. Guimarães V. Setúbal Boavista Tondela Belenenses Moreirense Académica

época 2015/2016

(1º da 4ª catª), Gay Adamson (1º da 3ª catª) e Carlos Graça todos com 37, Sandra Batista (1ª senhora), José Cabral (1º sénior) e Álvaro Marreco todos com 36 e Agostinho Lopes (1º da 1ª cat) com 35 e que acumulou com os prémios da pancada mais comprida e da mais certeira. Quanto à tabela abonada, a vitória sorriu ao bracarense Alexandre Coelho com 24 pontos (10+14), seguido do Carlos Ferreira (13+11) e António Cunha (14+10) com igual pontuação, Agostinho Lopes 23 José Marques 22 e Alexandre Carvalho e Paulo Domingues com 21. O “tratamento” no restaurante do Montebelo foi óptimo, até porque foi “regado” com os néctares da Quinta do Escudial, que recebeu de todos rasgados elogios, nomeadamente da extensa comitiva bracarense, que desde logo manifestou o desejo de marcar novo prélio para breve. Álvaro Marreco

J 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4

V 3 3 3 2 2 2 2 2 1 1 1 1 1 1 1 0 0 0

E 1 1 0 2 1 0 0 0 2 2 2 2 2 1 0 3 1 0

D 0 0 1 0 1 2 2 2 1 1 1 1 1 2 3 1 3 4

G 9- 2 8- 4 13- 3 4- 2 5- 4 3- 6 6- 3 4- 3 2- 2 8- 6 7- 7 2- 4 10- 9 3- 7 2- 4 5- 11 2- 7 1- 10

P 10 10 9 8 7 6 6 6 5 5 5 5 5 4 3 3 1 0

D 0 2 2 1 1 2 2 1 3 1 2 2 2 2 2 1 3 3 3 3 1 3 3 5

G 7- 3 9- 6 11- 9 9- 5 7- 3 8- 6 5- 6 9- 7 7- 7 9- 9 7- 5 4- 4 6- 5 6- 6 8- 6 9- 9 11-12 6- 6 6- 8 3- 8 6- 8 3- 6 4- 8 3- 11

P 14 12 12 11 11 10 10 9 9 9 8 8 8 8 8 7 7 7 7 5 5 5 3 1

JORNADA 4 Benfica 6-0 Belenenses Estoril Praia 1-0 Braga Arouca 1-3 FC Porto Marítimo 5-2 V. Setúbal Moreirense 0-0 U. Madeira Nacional 2-0 Académica V. Guimarães 1-0 Tondela Rio Ave 1-2 Sporting Boavista 0-1 Paços Ferreira

PRÓXIMA JORNADA V. Setúbal - V. Guimarães Tondela - Estoril Praia Paços Ferreira - Ave Académica - Boavista U. Madeira - Arouca FC Porto - Benfica Belenenses - Moreirense Braga - Marítimo Sporting - Nacional

SEGUNDA LIGA

SC Braga B Atlético CP FC Porto B Chaves Sporting B Benfica B Ac. Viseu Portimonense Santa Clara Famalicão Freamunde Olhanense Farense Penafiel Gil Vicente V. Guimarães B Oriental Mafra Varzim Sp. Covilhã Feirense Leixões Desp. Aves UD Oliveirense

J 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6

V 4 4 4 3 3 3 3 2 3 2 2 2 2 2 2 1 2 2 2 1 0 1 0 0

E 2 0 0 2 2 1 1 3 0 3 2 2 2 2 2 4 1 1 1 2 5 2 3 1

JORNADA 7 19/09 UD Oliveirense - Famalicão Desp. Aves - Benfica B Chaves - Santa Clara Feirense - Oriental Gil Vicente - Portimonense Farense - SC Braga B Sporting B - Leixões Varzim - Olhanense FC Porto B - Penafiel V. Guimarães B - Atlético CP Ac. Viseu - Freamunde Mafra - Sp. Covilhã

PRÓXIMA JORNADA 20/09 Atlético CP - FC Porto B Olhanense - UD Oliveirense Benfica B - Gil Vicente SC Braga B - Feirense Leixões - Mafra Oriental - Desp. Aves Portimonense - Sp. Covilhã Famalicão - Ac. Viseu h2h Freamunde - Sporting B Penafiel - Chaves Santa Clara - Farense Varzim - V. Guimarães B

18-09-2015 14:01:19


18 | DESPORTO

17 DE SETEMBRO DE 2015

António José Matos Almeida (Tozé) venceu concurso de Saltos de Viseu

Tozé campeão Nacional de Saltos

Realizou-se no Centro Hípico de Rio de Loba, o Concurso de Saltos Nacional -B, integrado no programa festivo da Feira de S. Mateus 2015, que teve como vencedor o tondelense António José Matos Almeida, mais conhecido por Tozé. Nos últimos anos, tem sido o crónico vencedor, ao ponto de, no ano anterior, arrebatar, com os três cavalos com que concorreu, ficar nos primeiros três lugares, dominando a seu belo prazer, toda a concorrência. Feito esse que, não aconteceu nas provas deste concurso nacional onde

obteve o primeiro lugar com o cavalo “Bonina D´eiro”, caindo com a segunda e terceira montada - Epicor da Gandarina e Phebus, para 7º e 8º, respetivamente. Pelo meio, em 2, 3, 4 e 5ºs ficaram campeões nacionais de Portugal e Brasil Felipe Ramos Guinato, montado em Lirion; Luís Filipe Borges Costa, em Bizet; António Maria Cabral Vozone, em Ego de Clinton; e Miguel Afonso Paiva, em Normandy des Ifs. O conhecido cavaleiro Hugo Tavares, de Aveiro, com a montada “Concorde da Anobra”, não passou da sexta posição classificativa. Refira-se que António José Matos Almeida entrou na roda mundial do hipismo, passando, por isso, grande parte dos seus dias em provas disputadas no estrangeiro, obtendo também excelentes resultados. O Dr. Almeida Henriques, presidente da Câmara Municipal de Viseu e o vereador do Desporto Dr Guilherme, estiveram presentes na entrega de prémios aos vencedores, tendo o autarca felicitado Tozé por ter sido campeão Nacional de Saltos, dando assim a conhecer, às muitas pessoas que assistiam, aquela novidade, ignorada

Dr. Almeida Henriques entrega o prémio ao vencedor do concurso

por muitos, quando se trata de um orgulho regional. Perante este feito, Almeida Henriques mostrou-se recetivo a comparticipar na iluminação do Centro Hípico de Rio de Loba, de modo a que haja treinos noturnos. Poderá, todavia, que, com este alerta do edil viseense, se deem condições àquele espaço, para que tenha a funciona-lidade para a prática de muitas atividades desportivas e hípicas na região de Viseu. Na verdade, nos últimos anos, o Centro Hípico de Viseu somente conta com este grande prémio, o que é muito pouco, ou nada para quem se dedica a este des-porto, ou para quem investe em cavalos e dedica tempo com desejos de que o seu nome seja projetado em competições locais. Lamentavelmente, o Centro Hípico de Viseu encontra-se cansado, sem vida, sem alternativas para continuar a viver. Acomodado, sem soluções, pior sem vontade de as ter ou algo fazer para a região que necessita de espaço para aquele desporto para treino e competitivamente. Este lamento, vai também para o facto de o Centro Hípico de Viseu ter um campeão Nacional de Saltos e nem uma conferência de imprensa tenha sido dada para divulgar tão grande orgulho regional.

Simplesmente, é lamentável e imperdoável que o Centro Hípico de Viseu nada tenha feito de público para homenagear o atleta. Depois é o campo hípico sem condições mínimas para a prática. Mantêm-se assim ano, após ano, sem que nele seja colocada uma simples pedra que o beneficie. Não tem bancada condigna, podem sofrer acidentes aqueles que nelas se sentam, não tem arruamentos arranjados, encontram-se cheios de pó que obrigam as pessoas a levar as suas roupas para a limpeza. Muito pior, é não ter boxes o que leva a um dispêndio de milhares de euros, em alugueres, sempre que há uma prova, para instalar os cavalos antes de participarem nas corridas de saltos. Não há, pois, iniciativas no Centro Hípico de Viseu, não tem ação, nem tão pouco ideias para tirar o espaço do marasmo em que nunca saiu. Reconhecidamente, Viseu com o Campeão Nacional de Saltos, em título, com tantas crianças desejosas de se mostrarem em competições, precisam de um centro hípico funcional e com várias atividades anuais que justifiquem a vontade de praticar aquele desporto. Fernando de Abreu

Dr Guilherme entrega o prémio ao segundo classifcado, Felipe Guinato

17_setembro.indd 18

18-09-2015 14:01:34


MOVIMENTO CONFRÁDICO

17 DE SETEMBRO DE 2015

| 19

A PROPÓSITO DO MOVIMENTO CONFRÁDICO ...

É preciso, rejuvenescer, cooperar, inovar e internacionalizar

C

omo é do conhecimento de todos, a origem das Confrarias remonta à Idade Média. Se estas foram criadas com o intuito de aportar um espaço onde as vocações de cariz filosófico, religioso, artístico e cultural, entre outras, pudessem partilhar ideais comuns na defesa de um conceito, de uma religião, de um Santo devoto, de uma personalidade distintiva, de um produto ou de uma região, não é menos verdade, que hoje, estas associações, são cada vez mais solicitadas, no sentido de dar uma resposta capaz aos novos desafios, que a sociedade global nos impõe. Consequentemente, assistimos nos últimos 15 anos em Portugal, à génese e constituição pública de inúmeras confrarias, ordens e academias, distribuídas geograficamente um pouco por todo o País e elencadas numa “trilogia de património”, onde pontuam, designa damente: • o gastronómico; • o Enófilo; e • o cultural. Os seus objetivos fundamentais, prendem-se com a promoção de produtos endógenos; a divulgação das regiões e das suas principais atividades gastronómicas e culturais no país e no estrangeiro; a gestão de produtos e marcas comerciais, eventos gastronómicos, báquicos e culturais; constituindo-se, num protagonista forte e decisivo polo dinamizador e divulgador do património imaterial, bem como, dos produtos tradicionais e, de uma forma geral, dos usos, costumes e tradições dos territórios e das suas gentes. Numa conjuntura económica adversa e deveras difícil, em que todos sentimos, que é necessário repensar os conceitos económicos que vigoraram durante décadas, impõe-se no presente, falar da necessidade de estabelecer e implementar novas metodologias de trabalho e abordagens inovadoras, com o intuito, de potenciar os recursos endógenos dos territórios e das suas gentes, pugnando pelo desenvolvimento sustentável e estancando o flagelo da desertificação humana, a que assistimos nas denominadas regiões do interior. Urge pois, saber escolher os fatores diferenciadores do nosso território, sem esquecer a tradição, a

17_setembro.indd 19

cultura ancestral e o conhecimento tácito, de forma a impulsionarmos o rejuvenescimento da economia rural e a modernização do comércio tradicional, e subsequentemente potenciarmos a eco-inovação e a revitalização dos activos patrimoniais, quer na forma de produtos, quer no formato imaterial, para nos posicionarmos como novos destinos turísticos. Neste contexto, a generalidade dos confrades desempenham hoje um papel determinante e único e deram início a um percurso que se pretende consolidar, na defesa dos produtos e do património, nas mais amplas valências, propiciando um espaço de debate e reflexão sobre o conceito e imagem do mesmo, permitindo novas dinâmicas, com vista a agilizar a sua colocação nos mercados. Assim, as confrarias, as ordens e as academias pretendem, deste modo, ser o motor deste percurso que se quer de excelência, inventariando os produtos possíveis e/ou o património existente, publicando informação científica, prestando o apoio técnico que entenda ser conveniente, procurando parcerias Institucionais, no fundo, visando orientar novas formas, para que os produtores locais e Instituições, possam sentir e entender, que a sua intervenção ao nível do “Produto Recomendado”, poderá trazer mais-valias para a denominada micro economia local. É certo que queremos manter, como já foi referido, os critérios de respeito pela genuinidade e ancestralidade dos produtos. Porém, não nos poderemos dissociar dos cuidados inerentes à sua confeção e higienizarão, bem como, o enquadramento legal que lhe está subjacente, e que o respeito pela “marca” e/ou “denominação de origem protegida”, assim o exige. Para além, desta postura proactiva e responsável em prol da divulgação e promoção de “produtos”, “destinos e “marcas” protagonizada pela generalidade das confrarias portuguesas, algo falta para tornar este movimento mais profissionalizante, interveniente e socialmente representativo. É de todos sabido, a fraca cooperação a que se assiste em Portugal entre a denominada “fileira gastronómica” e a sua congénere “fileira báquica”. Poucas ou quase nenhumas são as iniciativas conjun-

tas que ocorrem ao longo do ano, em que ambas as confrarias/ordens/academias de uma e de outra área, se envolvam em ações coletivas promocionais do património. Há como que, o “culto do individualismo” e até, um “pronúncio de sectarismo”, porventura tutelado pelas Direções das respetivas Federações, que nada têm feito para ultrapassar este cenário “doentio” e que urge modificar, a bem do nosso património eno-gastronómico coletivo. Na realidade somos poucos no País e necessitamos de ganhar massa crítica e dimensão suficiente, para podermos ombrear com os nossos pares Confrádicos internacionais, para melhorarmos o posicionamento turístico dos nossos destinos geográficos e um impulsionarmos a imagem de excelência dos nossos produtos e marcas. Registe-se aqui, igualmente a importância que as confrarias posicionadas na denominada “fileira cultural”, como o são a título de exemplo, a Confraria Queirosiana, a Confraria da Pedra, a Confraria Camoniana, a Confraria do Granito, etc. e que dever-se-ão associar também aos seus pares da gastronomia e da Enófilas, nesta peregrinação voluntária de servir e promocional o património material e imaterial português no País e no estrangeiro. É sabido, que não se decreta a vontade individual, mas também é conhecido de todos nós a necessidade de juntarmos vontades, para removermos barreiras comuns e projetarmos desígnios coletivos de sucesso, naturalmente para aquilo em que acreditamos. Consequentemente, aos principais protagonistas do movimento confrádico nacional e em especial às suas atuais lideranças desejamos reclamar por

mais cooperação entre fileiras, que potencie a inovação em iniciativas locais e em estratégias sociais, que nos conduzam a um crescimento na internacionalização dos nossos ativos patrimoniais. Parece-nos, que este deverá ser o “imperativo de consciência” que a todos nos deve animar, com o propósito de colocarmos o interesse coletivo acima da vaidade pessoal e da presunção individual. Portugal e o seu movimento confrádico reclama pois, por mudanças de comportamento e precisa urgentemente que acrescentemos ambição, inovação e concertação nas iniciativas de promoção coletiva, sem que as partes abdiquem da sua identidade individual distintiva. Teremos de ser capazes de converter a soma das partes num valor substantivo, necessariamente, maior que a sua soma algébrica, ou seja, a “soma das partes”, maior que o “todo”. E, este objetivo fundamental só será por nós conseguido, quando ao valor material individual, tivermos a arte e o engenho de acrescentar a paixão, a lealdade, o voluntariado, a competência e o conhecimento. Não podemos viver eternamente de “carolice” e do “improviso”. É preciso profissionalizar a gestão e adotar estratégias de planeamento e monitorização, para que possamos obter a melhoria contínua nos processos e nas ações que empreendemos. A globalização dos mercados não se compadece com a mediocridade e reclama junto de nós pela «excelência de uma oferta», para nos distinguir com a sua preferência. Para que este repto seja cumprido, é necessário estabelecer protocolos e desenvolver esforços no sentido de que o conceito possa

obter a concordância e a adesão do mais amplo leque de interessados, de modo a estabelecer um espaço de atuação o mais ajustado possível na defesa deste produto e do património. Para isso temos de estamos em contacto, não só com agentes e autoridades locais, como também com instituições de ensino superior, que nos permitam aportar conteúdos científicos, que nos ajudem a validar a qualidade e genuinidade dos produtos e a inovar as ofertas, coordenando com estes, processos de investigação, que se traduzam em estudos de impacto económico, social e cultural. Temos consciência das dificuldades que estamos e vamos atravessar, dos conflitos e interesses que podemos desassossegar, mas dever-nos-á mover a boa vontade de quem quer fazer algo por este País e pelas suas Gentes. Se no domínio dos produtos gastronómicos pela sua diversidade, se torna árdua a nossa tarefa, com o estabelecimento de critérios sob património, este desafio é muito mais abrangente e motivador, mas envolve, um esforço ainda maior pelas parcerias que terão e deverão de ser estabelecidas. É pois dever de cada uma das Confrarias/Ordens/Academias, mobilizar consciências na sua preservação e protecção, de modo a que este venha a constituir uma herança transmissível para gerações futuras. É igualmente nosso entendimento, que a divulgação do património e o potenciar de debates em torno do mesmo, incentivando estudos e linhas interpretativas ajustadas, contribuindo para um racional desenvolvimento económico, pode e deverá ser um caminho a explorar de forma assertiva. E, porque temos um território que nos caracteriza, porque temos tradições que nos conferem identidade, porque somos tolerantes, necessariamente teremos que ter talento, para que partilhando experiências e abrindo espaços de reflexão e de debate, se possam atingir os objetivos que nos propomos. “O caminho, como todos sabemos faz-se caminhando”. Estou pois certo, de que saberemos ser testemunhos deste nosso interesse comum. Bem Hajam Fernando Manuel Silva (PhD) Académico e Empresário Presidente da Fundação Luso Galaica Grão-Mestre da Ordem do Património Imaterial e Gastronómico Ibérico

18-09-2015 14:01:35


Complexo CONVENTURISPRESS Avenida do Convento nยบ 1 - Orgens 3510-674 Viseu Norte email: geral@noticiasdeviseu.com publicidade@noticiasdeviseu.com Telefones: 232 087 050 - Fax: 232 087 567

17_setembro.indd 20

2095

18-09-2015 14:01:45

Noticias de Viseu 17 Setembro 2015  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you