Page 1

2011 ANO HOLANDA-BRASIL

09 de outubro de 2011

Fascículo

Nº 22

Almanaque Imigrantes é uma publicação do Programa de Patrimônio Cultural do Parque Histórico de Carambeí

F Nestes meses de setembro e outubro, importantes eventos em comemoração ao Centenário da Imigração Holandesa estão acontecendo. A Assembleia Legislativa realizou sessão solene em homenagem aos pioneiros holandeses;

EDITORIAL H

a Cooperativa Batavo inaugurou sua nova unidade industrial Frísia; ocorre a turnê brasileira da Philips Symfonie Orkest de Eindhoven/Holanda e o Parque Histórico recebe o segundo Festival de Tortas de Carambeí. São dias festivos e de muita

F

importância para todos os descendentes holandeses, como reconhecimento por sua participação no desenvolvimento do nosso país. Esta edição do Almanaque Imigrantes procura abordar um pouco todos estes momentos. Boa leitura.

VARIEDADES H

Cooperativa Batavo inaugura planta industrial da Frísia

Alep homenageia comunidade holandesa

Dick de Geus e Louis Piët recebem os cumprimentos do secretário da Fazenda Luiz Carlos Hauly.

A colônia holandesa foi homenageada pela Assembleia Legislativa do Paraná com uma sessão comemorativa ao Ano da Holanda no Brasil e ao Centenário da Imigração, em Curitiba, no último dia 20. Cooperativa Batavo inaugura planta industrialMarcelo da FrísiaRangel, O deputado O governador Beto Richa juntamente com Renato Greidanus brindando à Frísia. proponente da sessão, disse que a A Batavo Cooperativa Agroindustrial o laticínio produzirá leite integral, solenidade é uma demonstração de retornou ao mercado brasileiro com uma semidesnatado e desnatado, creme de respeito e reconhecimento do Estado nova linha de produtos industrializados leite e leite concentrado. “O investimento aos holandeses que ajudaram no e nova marca comercial. A unidade de gera riqueza e agrega renda aos nossos desenvolvimento do Paraná. processamento leiteiro da Frísia, nova marca produtores rurais”, parabenizou Richa. “Sinto-me orgulhoso em ver o do grupo, foi inaugurada no último dia 15, O secretário de Estado da Indústria reconhecimento do trabalho feito pelos no limite entre Ponta Grossa e Carambeí. e Comércio, Ricardo Barros, disse que imigrantes durante estes últimos 100 “Trazemos novamente a industrialização à os Campos Gerais concentram uma das anos”, disse o presidente da Associação cooperativa para rentabilizar cada vez mais principais bacias leiteiras do país e que o do Parque Histórico de Carambeí, Dick a pecuária leiteira”, afirmou o presidente investimento valorizará ainda mais toda de Geus, que foi homenageado uma da Batavo, Renato Greidanus, durante a a região. solenidade que contou com a presença Já para Franke Djikstra, ex-presidente Menção Honrosa. O Cônsul Geral da Holanda em São do governador Beto Richa, secretários de da Batavo, a nova estrutura industrial estado, deputados e outras autoridades. trará excelentes resultados aos Paulo, Louis Piët, também recebeu uma Com um investimento de R$ 60 milhões, produtores em médio e longo prazo. Menção Honrosa.

www.parquehistoricodecarambei.com.br


F

Orquestra Holandesa realiza turnê no Brasil H

A Brazil Tour 2011, da Philips Symfonie Orkest (PSO), é uma iniciativa da Associação do Parque Histórico de Carambeí e integra o calendário de festividades do Centenário da Imigração Holandesa nos Campos Gerais. As apresentações ocorrerão em Ponta Grossa, Curitiba e São Paulo, entre 9 e 16 de outubro. A TV E-Paraná transmitirá ao vivo o concerto da capital paranaense no dia 12, a partir das 20h. A história PSO começa em 1930, na cidade de Eindhoven, no sul da Holanda, quando alguns funcionários da empresa Philips resolvem fundar uma orquestra, originalmente chamada “Fidelio”. No decorrer dos anos, a orquestra cresceu até atingir o seu porte atual, contando com aproximadamente 80 músicos. A denominação que hoje possui, por sua vez, foi adotada em 1995, mesmo ano em que surgiu a ambição de organizar turnês ao redor do mundo. Desde então, a PSO realizou apresentações na China (1995 e 2009), na Tailândia (2001) e na Itália (2005). Desde sua fundação, a orquestra, sob a regência de proeminentes maestros, tem levado o público ao êxtase. O maestro Jules van Hessen assumiu a direção da PSO em 1987. Seus concertos são fruto da enorme motivação e dedicação de seus membros e do seu diretor. Ao longo das oito décadas de existência, a Orquestra Sinfônica Philips tem evoluído, tornando-se uma das orquestras de destaque da Europa Ocidental.

PATROCÍNIO:

www.parquehistoricodecarambei.com.br


Brazil tour 2011 Programa Ponta Grossa (PR) Dia 09 de Outubro – 20h Cine-Teatro Ópera

Programa Ponta Grossa (PR) 10 de outubro – 20h Cine-Teatro Ópera

Repertório: Villa-Lobos, Heitor O Trenzinho do Caipira” das Bachianas Brasileiras No.2

Curitiba (PR) 12 de outubro – 20h Teatro Guaíra

Rota, Nino Passarella

São Paulo (SP) 16 de outubro -20h Sala São Paulo

Elgar, Edward Chanson de Nuit, Op.15, No.1 Chanson de Matin, Op.15, No.2 Gulda, Friedrich Concerto para violoncelo, conjunto de sopro, contrabaixo e percussão Ouverture – Idylle – Cadenza – Menuet - Finale alla marcia Borodin, Alexander Danças Polovetsianas da Ópera “O Principe Igor” Van Anrooy, Peter Rapsódia Piet Hein

REALIZAÇÃO:

PATROCÍNIO INSTITUCIONAL:

APOIO INSTITUCIONAL:

Repertório: Villa-Lobos, Heitor O Trenzinho do Caipira” das Bachianas Brasileiras No.2 Dvorak, Antonin Concerto para violoncelo e orquestra em Si menor, Op. 104 Allegro - Adagio ma non troppo - Finale Allegro moderato Rimsky-Korsakov, Nicholai Sheherazad, Suite sinfônico dos contos de fada das 1001 Noites, op. 35 O mar e o barco de Sinbad - A história do Princípe Kalender O jovem Princípe e a jovem Princesa - Festa em Bagdá, o Mar, o naufrágio

APOIO:

Secretaria do Turismo

www.parquehistoricodecarambei.com.br


F

BOAS PRÁTICAS • 5° Primavera de Museus mobiliza instituições culturais H

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) promove anualmente a Primavera de Museus, visando aumentar as atividades ofertadas para o público por museus e instituições culturais. A Primavera de Museus ocorre em setembro, durante os dias próximos a transição do inverno para a primavera. Neste ano, o evento chegou a sua quinta edição, e ocorreu entre os dias 19 e 25 de setembro. Com a participação de 589 instituições, foram realizadas 1.779 ações culturais em 310 cidades espalhadas por todo o Brasil. O tema dessa Primavera de Museus “Mulheres, Museus e Memórias” foi abordado em diversas atividades, como seminários,

exposições, oficinas, apresentações musicais, espetáculos de teatro e de dança, mesas-redondas, visitas guiadas e exibições de filmes. O Parque Histórico de Carambeí participou da programação com atividades especiais, que incluíram a exibição de um filme sobre música popular brasileira, em parceria com o Projeto Cinearte. Mais de 250 pessoas, entre alunos da região e grupos de pesquisadores, realizaram visita dirigida ao Parque e foi organizada uma edição especial do Falando de Histórias, batepapo com a comunidade carambiense, com o tema “A mulher na constituição histórica de Carambeí”. F

F

PERSONAGEM

H

• Dieuwertje Aaltje Kooiman Meijer •

EXPEDIENTE H

APHC - Associação do Parque Histórico de Carambeí Presidente: Dick Carlos de Geus Vice-Presidente: Franke Dijkstra Secretário: Gaspar João de Geus Curadoria Executiva: Fábio André Chedid Silvestre - Núcleo de Mídia e Conhecimento Guilherme Klopffleisch - Mind Promo Business Almanaque Imigrantes

Chamada carinhosamente de Dona Dinni, Dieuwertje Meijer nasceu em Purmerend – Província da Holanda do Norte, no dia 10 de março de 1913, e faleceu com 93 anos, no dia 7 de janeiro de 2007. Ao fim da Segunda Guerra Mundial, mudou-se com seu esposo, o engenheiro agrônomo e oficial do exército Hendrik Meijer, para o Brasil. Eles permaneceram como diplomatas no Rio de Janeiro até o início da década de 60, quando deixaram a embaixada e mudaram-se para Carambeí. Dinni era uma mulher forte e não se deixou abater nem mesmo com a morte do esposo, em 1983, quando começou a enfrentar algumas dificuldades. Sempre repetia a seguinte frase: “Never a dull moment”, que significa “Nenhum momento é chato”. Todos os momentos eram uma grande festa para Dinni, ela contagiava a todos com sua alegria de viver, tanto que mantinha contato com pessoas do mundo todo. Amante da música, formada em Conservatório, teve no piano um grande companheiro. Realizava concertos em sua chácara para ajudar entidades beneficentes. Amigos e pessoas próximas sempre compareciam para prestigiá-la. Não era cobrada a entrada, mas próximo à porta ela deixava um vaso, onde os convidados depositavam suas doações. Em novembro de 2006, com 93 anos, realizou sua última apresentação. Dinni dedicou sua vida para ajudar aos outros e, mesmo após sua morte, continuou contribuindo. Como não teve filhos, deixou pagas bolsas de estudos no Colégio Instituto Cristão, em Castro, e no Conservatório de Música de Curitiba, além de, por testamento, ter destinado importante valor em dinheiro para a Escola Evangélica de Carambeí e doado quadros valiosos para o Museu de Arte de São Paulo (MASP).

F

Realização: APHC - Associação do Parque Histórico de Carambeí Mind Promo Business Núcleo de Mídia e Conhecimento Editores: Fábio A. Chedid Silvestre - Núcleo de Mídia e Conhecimento Tarás Antônio Dilay - Núcleo de Mídia e Conhecimento Estagiários: André Felipe Pereira Martins - Núcleo de Mídia e Conhecimento Fernanda Cheffer Moreira - Núcleo de Mídia e Conhecimento Revisão: Cláudia Fonseca - Estúdio Texto Núcleo de Mídia e Conhecimento Colaboração: Ana Paula Bonfim - Jornalista APHC Luciano Tonon - Assessoria Cooperativa Agroindustria Batavo Assessoria de Comunicação Prefeitura Municipal de Carambeí Ari Lemos - Jornalista Projeto Gráfico: Núcleo de Mídia e Conhecimento Arte e Um Pouco Mais Estúdio Gráfico Diagramação: Ari Lemos Jornalista Responsável: Tarás Antônio Dilay - MT 22787

LEITURA Holandeses em Carambeí

Por Jennifer Bonfim e Deise Ribeiro - alunas do Colégio Estadual Eurico B. Rosas Os Holandeses Da Holanda tiveram que se mudar Para sua vida melhorar. De navio viajaram Por muitos dias pelo mar Até chegarem a São Paulo E de trem continuar Para em Carambeí se fixar. Nas terras foram trabalhar E mais para frente De sua empresa cuidar E a Batavo fundar Para queijo fabricar E sua vida melhorar. Uma colônia começou a se formar Casarões enormes surgiram em Carambeí

E sementes plantaram ali Foi a colheita começar E a vida começou a prosperar. Entre nossas belezas Encantadora é a natureza! E é também de tradição Que encanta o coração De quem passa por aqui Com as danças e canção. Tem o Parque Histórico Que é muito simbólico Que nos faz lembrar os velhos tempos Quando tudo começou. Este cordel agora vamos terminar Porque sobre o centenário tem mesmo muita Coisa para contar!

www.parquehistoricodecarambei.com.br

Periodicidade: Quinzenal - Distribuição 1.800 exemplares: Alunos do “Projeto Vamos Ler” na rede estadual de ensino de Carambeí 2.200 exemplares: Distribuição dirigida 9.000 exemplares: Região dos Campos Gerais na edição de domingo do Jornal da Manhã - Na WEB www.parquehistoricodecarambei.com.br e em redes sociais. ERRATAS NO SITE.

Almanaque Imigrante n°22  

Coleção Imigrantes . Periódico Almanaque Imigrantes, edição n° 22 - 09 de outubro de 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you