Page 1

NEPPNÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM PSICANÁLISE


ADVERTÊNCIA De acordo com o Artigo 184 do Código Penal,este material não poderá ser utilizados para outros fins que não seja para orientação dos estudos e pesquisas do aluno do NEPP. Assim como a sua reprodução ou uso como material didático para aulas, palestras.


O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO DE FREUD Supervisão:

Profº Sérgio Costa


INTRODUÇÃO PODEMOS CONSIDERAR QUE A PSICANÁLISE FOI A CRIAÇÃO ÚNICA DO GÊNIO DE UM HOMEM, TRABALHANDO NO QUE ELE CHAMOU DE UMA “DÉCADA DE ESPLÊNDIDO ISOLAMENTO”, NA VIENA DO FIM DO SÉCULO XIX.


POR VOLTA DE 1905, ALGUNS ALUNOS E COLEGAS COMEÇAM A ADERIR A FREUD, MAS O EMPREENDIMENTO É TOTALMENTE PRIVADO, FORA DO MUNDO ESTABELECIDO DA UNIVERSIDADE, DA MEDICINA E DA PSIQUIATRIA. ESTE ISOLAMENTO FORÇADO FOI CAUSADO PRINCIPALMENTE PELA REAÇÃO A DOUTRINA DA SEXUALIDADE INFANTIL E PELO ANTI-SEMITISMO.


FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA PSICANÁLISE FREUD CONSEGUE APENAS DURANTE UM ANO ACADÊMICO (1916-1917), EM MEIO A PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL, A FUNÇÃO DE PRIVAT-DOZENT NA UNIVERSIDADE DE VIENA E NESTA ÚNICA VEZ FOI CONVIDADO A DAR UMA SÉRIE DE PALESTRAS SEMANAIS POR UM ANO.


ASSIM A PSICANÁLISE CRESCEU COMO UM EMPREENDIMENTO PRIVADO, E SEU SISTEMA DE TRANSMISSÃO CRESCEU COMO UMA ESCOLA NOTURNA PRIVADA. EMBORA INICIALMENTE TIVESSE A ADESÃO DE ALGUNS NEUROLOGISTAS CLÍNICOS, GRANDE PARTE DOS ALUNOS TINHAM OUTRAS FORMAÇÕES PROFISSIONAIS.


FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA PSICANÁLISE “A aceitação de processos psíquicos inconscientes”, o reconhecimento da doutrina da resistência e do recalcamento e a consideração da sexualidade e do Complexo de Édipo são os conteúdos principais da Psicanálise e os fundamentos de sua teoria, e quem não estiver em condições de subscrever todos eles não deve figurar entre os psicanalista”. S.FREUD


“É MUITO PROVÁVEL TAMBÉM, QUE A APLICAÇÃO EM GRANDE ESCALA DE NOSSA TERAPIA NOS OBRIGUE A MISTURAR LIVREMENTE O PURO OURO DA PSICANÁLISE COM O COBRE DA SUGESTÃO DIRETA; E A INFLUÊNCIA HIPNÓTICA TAMBÉM PODERIA ENCONTRAR LUGAR NELA NOVAMENTE, COMO TEM NO TRATAMENTO DAS NEUROSES DE GUERRA.

MAS, SEJA QUAL FOR A FORMA QUE ESTA PSICOTERAPIA ASSUMA PARA AS PESSOAS, SEJAM QUAIS FOREM OS ELEMENTOS QUE AS CONSTITUEM, SEUS INGREDIENTES MAIS EFETIVOS E MAIS IMPORTANTES CERTAMENTE CONTINUARÃO SENDO AQUELES QUE TOMAREMOS EMPRESTADOS DA PSICANÁLISE ESTRITA E NÃO-TENDENCIOSA” Sigmund Freud


Expansรฃo da Psicanรกlise na Europa


Diรกspora da Psicanรกlise


A Produção Científica O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO DE SIGMUND FREUD OCORRE BASICAMENTE DE 1885 A 1938. NESTES 53 ANOS A PSICANÁLISE É INSTITUÍDA COMO CIÊNCIA / ARTE.


1873

FREUD OUVE O ENSAIO 'SOBRE A NATUREZA' (ATRIBUIDO A GOETHE).

DECIDE ESTUDAR MEDICINA NA UNIVERSIDADE DE VIENA. LÊ "ÉDIPO REI" DE SÓFOCLES


1881

GRADUA-SE EM MEDICINA.


1882 a 1885

TRABALHA NO HOSPITAL GERAL DE VIENA.


1885 a 1886 Paris - Charcot ESTUDA COM CHARCOT PARTICIPA DA CONFERÊNCIA SOBRE HISTERIA MASCULINA.

PASSA A USAR A HIPNOSE PARA TRATAR DA HISTERIA, NO SALPETRIÈRE, EM PARIS. ESTABELECE CLÍNICA PARTICULAR EM VIENA. OBSERVAÇÃO DE UM CASO GRAVE DE HEMIANESTESIA EM UM PACIENTE HISTÉRICO.


1884 a 1887

OBSERVAÇÃO SOBRE A COCAINOMANIA E A CACOINOFOBIA


1887 TRATA DE DOENÇAS NERVOSAS.

INTRODUZ A SUGESTÃO HIPNÓTICA .


1888 A PRIMEIRA TRADUÇÃO DE FREUD DA OBRA DE BERNHEIM: DIE SUGGESTION UND IHRE HEILWIRKUNG TRÊS CARTAS A FLIESS UM ESCRITO NEUROLÓGICO


1889

DOIS ARTIGOS SOBRE O LIVRO DE FOREL: DER HYPNOTISMUS, SEINE BEDEUTUNG UND HANDHABUNG


1890

DUAS CARTAS A FLIESS


1891 O PRIMEIRO LIVRO:

A INTERPRETAÇÃO DAS AFASIAS DOIS ESCRITOS NEUROLÓGICOS. UMA CARTA PARA A FAMÍLIA.

UMA CARTA A FLIESS.


1892 UM CASO DE CURA HIPNÓTICA COMUNICAÇÃO PRELIMINAR – SOBRE O MECANISMO PSÍQUICO DOS FENÔMENOS HISTÉRICOS – COM BREUER


1893 a 1896

TRABALHA COM JOSEF BREUER EM CASOS CLÍNICOS, INCLUINDO O DE “ANNA O”. ALGUMAS CONSIDERAÇÕES PARA UM ESTUDO COMPARADO DAS PARALISIAS MOTORAS ORGÂNICAS E HISTÉRICAS.


1894 TRÊS ARTIGOS SOBRE A NEUROSE: AS NEUROPSICOSES DE DEFESA

LEGITIMIDADE DE SEPARAR-SE DA NEURASTENIA, UM COMPLEXO PRECISO DE SINTOMAS COMO “NEUROSES DE ANGÚSTIA”; OBSESSÃO E FOBIA: SEU MECANISMO PSÍQUICO E SUA ETIOLOGIA.


1895

ESTUDOS SOBRE A HISTERIA (OBSERVAÇÃO DO CASO DE ANA O.) A PROPÓSITO DE UMA CRÍTICA DA “NEUROSE DE ANGÚSTIA” ESCREVE O "PROJETO PARA UMA PSICOLOGIA CIENTÍFICA".


1896

O TERMO "PSICANÁLISE" É USADO PELA PRIMEIRA VEZ.


1897 TEM INÍCIO SUA AUTOANÁLISE. ABANDONA A TEORIA TRAUMÁTICA DA NEUROSE, DESENVOLVIDA COM BREUER. RECONHECIMENTO DA SEXUALIDADE INFANTIL.

ELABORA A TEORIA DO COMPLEXO DE ÉDIPO.


1898 a 1899 DESENVOLVE OS ESTUDOS SOBRE OS SONHOS.


1900

PUBLICAÇÃO DE SEU LIVRO FAVORITO: "A INTERPRETAÇÃO DOS SONHOS"


1901

PUBLICA O LIVRO: "SOBRE A PSICOPATOLOGIA DA VIDA COTIDIANA" (LAPSO FREUDIANO)


1902

FUNDAÇÃO DA: "SOCIEDADE DAS QUARTAS-FEIRAS"


1905 PUBLICAÇÃO DO: "TRÊS ENSAIOS SOBRE A TEORIA DA SEXUALIDADE“ PUBLICAÇÃO DO CASO "DORA", EMBORA DATE DE 1899

PUBLICAÇÃO DE: "OS CHISTES E SUA RELAÇÃO COM O INCONSCIENTE"


1908 Iยบ CONGRESSO INTERNACIONAL DE PSICANรLISE - SALZBURGO


1909

CONFERÊNCIAS NA CLARK UNIVERSITY (EUA). RECONHECIMENTO AMERICANO DA PSICANÁLISE.


1912 a 1913 PUBLICAÇÃO DA 1.A EDIÇÃO DE "TOTEM E TABU" - PESQUISA SOBRE A PROIBIÇÃO GENERALIZADA DO INCESTO, TABUS, AMBIVALÊNCIA EMOCIONAL, ANIMISMIO, MAGIA, ONIPOTÊNCIA DE PENSAMENTOS E RETORNO DO TOTEMISMO NA INFÂNCIA.


1915 a 1917 PUBLICAÇÃO DE: "CONFERÊNCIAS INTRODUTÓRIAS SOBRE PSICANÁLISE"


1920 PUBLICAÇÃO DE: "ALÉM DO PRINCÍPIO DO PRAZER", ONDE INTRODUZ OS CONCEITOS DE 'COMPULSÃO À REPETIÇÃO' E 'INSTINTO DE MORTE'.

VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE PSICANÁLISE, EM HAGUE.


1921

PUBLICAÇÃO DE: "PSICOLOGIA DE GRUPO E A ANÁLISE DO EGO"


1923

PUBLICAÇÃO DE: "O EGO E O ID" TEORIA ESTRUTURAL OU SEGUNDA TÓPICA.

DIAGNÓSTICO DE CÂNCER DA BOCA.


1926

PUBLICAÇÃO DE:

"INIBIÇÕES, SINTOMAS E ANGÚSTIA", SENDO A ANGÚSTIA CONSIDERADA COMO PEDRA ANGULAR DA SUA TEORIA DO DESENVOLVIMENTO.


1927

PUBLICAÇÃO DE: "O FUTURO DE UMA ILUSÃO“. CONTÉM CONSIDERAÇÕES SOBRE AS ORIGENS E FUNÇÃO DA RELIGIÃO.


1930 PUBLICAÇÃO DE: “O MAL-ESTAR DA CIVILIZAÇÃO”. CONSIDERA IRRECONCILIÁVEL A DICOTOMIA ENTRE AS DEMANDAS COLETIVAS DA SOCIEDADE E OS IMPULSOS INDIVIDUAIS.


1932

PUBLICAÇÃO DE: "PORQUE A GUERRA?“ TROCA DE CARTAS COM ALBERT EINSTEIN


1933

QUEIMA DE SEUS LIVROS PELOS NAZISTAS, EM BERLIM.


1936

TORNA-SE MEMBRO HONORÁRIO DA "ROYAL SOCIETY" DA INGLATERRA AOS 80 ANOS.


1938

IMIGRA PARA A INGLATERRA COM A FAMÍLIA, CONTINUA CLINICANDO. TERMINA "MOISÉS E O MONOTEISMO" E "ESBOÇO DE PSICANÁLISE“.


1939

FALECIMENTO EM 23 DE SETEMBRO, NA INGLATERRA


neppbh@yahoo.com.br www.nepp.com.br

O Desenvolvimento Cientifico de Freud  

Revista Nepp Psicanalise

Advertisement