Page 1

boletim municipal . abril | maio | junho . 2016


contactos úteis Câmara Municipal de Torres Novas Rua General António César de Vasconcelos Correia, 2350-421 Torres Novas Taxas, tesouraria e urbanismo (horário de atendimento): segunda a sexta: 8h30 às 16h30 Tel.: 249 839 430 | Fax: 249 811 780 | geral@cm-torresnovas.pt www.cm-torresnovas.pt www.facebook.com/municipiodetorresnovas Ação Social Lote C - Loja Esquerda, Rua José Abreu Lopes, Torres Novas Segunda a sexta: 9h-12h30 / 14h-17h30 Tel.: 249 810 790 | Fax: 249 810 799 | dis@cm-torresnovas.pt Nas mesmas instalações: Comissão de Proteção de Crianças e Jovens Tel.: 249 810 797 | Fax: 249 810 799 | cpcj@cm-torresnovas.pt Arquivo Municipal de Torres Novas Edifício da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Segunda: 10h às 13h / 14h30 às 17h30 | terça a sexta: 9h30 às 17h30 Tel.: 249 810 312 | arquivo.historico@cm-torresnovas.pt www.facebook.com/ArquivoMunicipaldeTorresNovas Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Jardim das Rosas Segundas e sábados: 10h-13h / 14h30-18h30 | terça a sexta 9h30-18h30 Tel.: 249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt http://rbtn.torresnovas.pt Biblioteca Municipal Manuel Simões Serôdio Largo Manuel Simões Serôdio, Riachos Segunda a sexta: 10h-19h Tel: 249 820 561 Canil Intermunicipal Segunda a sexta: 8h30 às 12h / 13h às 16h30 Sábado e domingo: 8h30 às 12h Tel: 249 822 122 | canil.intermunicipal@cm-torresnovas.pt Cemitério Municipal Todos os dias das 8h às 12h | 13h30 às 17h Av. Arraial - Torres Novas Tel.: 249 812 563

Piscinas Municipais Fernando Cunha Jardim das Rosas Segunda a sexta: 8h às 21h30 | sábado: 9h às 13h / 14h às 18h Telefone: 249 839 170 | desporto@cm-torresnovas.pt Divisão de Educação Edifício da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Segunda a sexta: 9h às 12h30 / 14h às 17h30 Tel: 249 839 090 | de.gape@cm-torresnovas.pt Mercado Municipal Terça: 5h30 às 16h | 2.ª, 4.ª, 5.ª e 6.ª: 7h às 14h | Sábado: 6h às 14h Av. 8 de Julho, Torres Novas Tel.: 249 812 870 Museu Municipal Carlos Reis Rua do Salvador, 10, 2350-416 Torres Novas Terça a sexta: 9h às 12h30 / 14h às 17h30 | sábado e domingo: 14h às 17h30 Tel.: 249 812 535 | museu.municipal@cm-torresnovas.pt http://museu.cm-torresnovas.pt www.facebook.com/MMCarlosReis Posto de Turismo de Torres Novas Largo Combatentes da Grande Guerra - Torres Novas Segunda a sexta: 9h às 17h30 Tel.: 249 813 019 | turismo@cm-torresnovas.pt Proteção Civil Rua General António César de Vasconcelos Correia, 2350-421 Torres Novas Tel.: 249 839 443 | Fax: 249 817 251 | protec.civil@cm-torresnovas.pt Teatro Virgínia Largo José Lopes dos Santos, 2350-686 Torres Novas Bilheteira 249 839 309 | bilheteira@teatrovirginia.com terça a sexta: 13h às 19h | sábado 15h às 19h (dias de espetáculo encerra 30 minutos após o inicío do mesmo) Serviços Administrativos 249 839 300 Lab Criativo 249 839 305 | seducativo@teatrovirginia.com www.teatrovirginia.com | www.facebook.com/teatrovirginiatorresnovas Águas do Ribatejo (loja) Avenida 8 de Julho, 29, 2350-724 Torres Novas Segunda a sexta: 9h às 16h Linhas atendimento telefónico segunda a sexta 9h às 13h / 14h às 18h Atendimento geral 263 509 400 | Comunicação de leituras 808 202 011 Comunicação roturas na via pública 808 202 011 Faltas de água 263 509 400 | (fora do horário de expediente) 964 255 111 Fax: 263 509 499 | geral@aguasdoribatejo.com

www.cm-torresnovas.pt

Ficha técnica

Conheça também as edições anteriores em: www.cm-torresnovas.pt/index.php/municipio/boletins Título Boletim informativo #2 – 2016 Ano 2016 Propriedade Câmara Municipal de Torres Novas Direção Pedro Paulo Ramos Ferreira – Presidente da Câmara Municipal de Torres Novas Edição Município de Torres Novas Conteúdos Armanda Ferreira e Liliana Oliveira – Comunicação, audiovisuais e imagem | CMTN Revisão de textos Ana Marques – Gabinete de Estudos e Planeamento Editorial | CMTN Grafismo e paginação Cátia Ganhão – Comunicação, audiovisuais e imagem | CMTN Impressão Gráfica Almondina Tiragem 2000 exemplares Distribuição gratuita © Município de Torres Novas, 2016


A reabilitação urbana do centro histórico é um trabalho da maior importância, que assumimos como uma das nossas prioridades políticas. Neste segundo trimestre do ano, são precisamente a reabilitação urbana e os projetos solidários que merecem a nossa distinção. 1. A Praça dos Claras, edificada no local da antiga “garagem dos Claras”, empresa de camionagem que daria origem à Rodoviária Nacional, foi transformada em espaço multiusos coberto, vocacionado para o lazer e cultura. Inaugurou-se, simbolicamente, no passado dia 25 de abril, em festa.

. editorial .

Com a obtenção da classificação máxima atribuída ao PEDU de Torres Novas (Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano) o município está agora em condições de avançar com outras intervenções no centro histórico da cidade, que serão financiadas em 85% de fundo perdido. Os cinco milhões e trezentos mil euros de investimento elegível destinam-se a projetos de mobilidade urbana sustentável, de melhoria do ambiente urbano, mas também à regeneração de comunidades desfavorecidas em zonas urbanas e rurais. Para além disso, a autarquia contribui para este esforço financeiro, reduzindo em 50% as taxas devidas pela realização de obras de reabilitação urbana, numa perspetiva de incentivo à recuperação do edificado. 2. No domínio dos projetos solidários, destacamos a atribuição de bolsas de estudo a estudantes universitários torrejanos, uma forma de apoiar os nossos munícipes no atual contexto económico. A situação financeira do agregado familiar e o mérito escolar dos alunos constituem os critérios para a atribuição das bolsas. Mas a solidariedade também ultrapassa fronteiras e as nossas abriram-se ao acolhimento de duas famílias iraquianas que fazem parte do contingente de refugiados a ser repatriado pela União Europeia. Termino com uma palavra de regozijo pela forma como decorreram com sucesso, em datas sequentes no início de junho, a sétima edição da feira de época (nesta edição, quinhentista) e a Festa Nacional da Ginástica, com a participação de perto de 4000 atletas. Foram dias muito movimentados, vividos intensamente por quem soube acolher calorosamente quem de longe nos chegou. O Presidente da Câmara Pedro Paulo Ramos Ferreira


índice 05 abril 10 maio 14 deliberaçþes 19 junho 23 obras 25 obras em curso 26 em agenda


abril


1 de abril

Noite de Época

O tema e a imagem da sétima edição da feira de recriação histórica de Torres Novas foram apresentados na praça 5 de Outubro numa «Noite de Época» repleta de animação. Do programa fizeram parte músicas antigas de raiz tradicional com o grupo Recanto, uma demonstração de armas pelo núcleo torrejano da Espada Lusitana, uma oficina de dança e um espetáculo de fogo com «Fire Dragons».

2 de abril

Castelo iluminou-se de azul

No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Consciencialização do Autismo, o Município de Torres Novas aderiu, mais uma vez, ao movimento Light It Up Blue, uma iniciativa global única para a consciencialização do autismo. Em homenagem a este dia, muitos marcos emblemáticos, hotéis, instalações desportivas, salas de concerto, museus, câmaras municipais, pontes, restaurantes e lojas iluminaram-se de azul.

15 de abril

Debate «Fora de Série» destinado a estudantes de artes e desporto

O Município de Torres Novas promoveu o debate «Fora de Série» dedicado aos temas: alta competição, treino mental, limites da performance, erro, superação e limites de evolução, controle físico-emocional e ansiedade na performance. Esta iniciativa resultou duma parceria entre a Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes e o Conservatório de Música do Choral Phydellius e teve como público-alvo alunos do ensino secundário das áreas de artes e de desporto. Os oradores convidados foram: Paulo Antunes, triatleta e treinador; Gonçalo Neves, triatleta e empresário; António Saiote, clarinetista e professor da ESMAE do Porto; João Branco, tenor no Coro Gulbenkian e maestro do Choral Phydellius e Bruno Pascoal, músico da Banda Sinfónica do Exército e formador. A moderar as intervenções esteve José Pedro Frazão, jornalista e editor da Rádio Renascença. 17 de abril

Uma camisola, um jogo, um remate para a glória

8 de abril

Teatro «Os Piratas» na Biblioteca

O auditório da BMGPL acolheu a apresentação da peça «Os Piratas», pela Companhia Profissional de Teatro Educa. O público foi composto por alunos do 6.º ano, num total de cerca de 160 crianças. O espetáculo, promovido pelo Município de Torres Novas, é uma adaptação livre a partir da obra de Manuel António Pina, referenciada nas leituras obrigatórias do 6.º ano de escolaridade. 6

Este ano, o tema do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi «Desporto, um Património Comum». O Museu Municipal Carlos Reis relembrou o jogo mítico do Mundial de 1966 e o jogador torrejano José Torres. O ponto de partida foi a camisola da seleção do «magriço» José Torres, objeto que é património do MMCR, fazendo uma viagem no tempo, até Londres, estádio de Wembley, em 28 de julho de 1966: a um minuto do fim do jogo Portugal-Rússia, José Torres remata firme e bate o lendário Lev Yachine. O golo dá a Portugal o terceiro lugar e a melhor classificação de sempre num mundial de futebol.


19 de abril

Aprovada a Prestação de Contas e o Relatório de Gestão de 2015

Foram aprovados os documentos relativos à Prestação de Contas e Relatório de Gestão do exercício de 2015, com os votos favoráveis do PS, abstenção do PSD e votos contra da CDU e do BE. De realçar a obtenção de um resultado líquido do exercício positivo de 5.215.176 euros (melhor que em 2014 em 71,6%) e um saldo de gerência de 3.125.804,38 euros. A taxa de execução das GOP foi de 96% do faturado e pago. A redução da dívida global foi de 4,79% em relação ao ano anterior, cifrando-se nos 24.181.797 euros. Mantém-se a tendência descendente registada nos últimos quatro anos, verificando-se uma redução global de quase dez milhões de euros, cumprindo-se os objetivos do Plano de Saneamento Financeiro.

21 de abril

Formalizado protocolo que institui Gabinete de Mediação Escolar

Foi assinado entre o município e os agrupamentos de escolas Artur Gonçalves e Gil Paes o acordo de cooperação que formaliza a criação de um gabinete de mediação escolar, denominado «SPOT», que já esteve em funcionamento, a título experimental, nas quatro escolas de 2.º e 3.º CEB e ensino secundário da rede pública do concelho. Semanalmente, o município disponibiliza a deslocação de uma técnica especializada às instalações de cada uma das escolas, a fim de identificar situações-problema que possam configurar situações de carência social, alteração comportamental ou outras. O «SPOT» é um espaço a frequentar pelos jovens que, de forma autónoma e voluntária, ali deverão procurar apoio nos horários definidos para cada escola no início do ano letivo. 25 de abril

Praça dos Claras inaugurada no aniversário do 25 de abril

20 de abril

Delegação do governo timorense em visita a Torres Novas

No âmbito do processo de descentralização administrativa, que está a ser levado a cabo em Timor-Leste, esteve em Portugal uma comitiva do governo timorense com o objetivo de perceber o modelo administrativo das autarquias locais e a distribuição de competências entre o governo central, as autarquias e as freguesias. Do programa constou uma receção na Secretaria de Estado das Autarquias Locais e sessões de trabalho na Câmara Municipal de Lisboa e na Câmara Municipal de Torres Novas. Tratou-se de mais um passo na efetivação do acordo de cooperação assinado em março de 2013, num processo que envolve três dezenas de municípios, a Secretaria de Estado das Autarquias Locais e o Instituto Camões.

O programa de atividades para assinalar o 42.º aniversário do 25 de abril começou com uma arruada pelas ruas da cidade, com a Banda Operária Torrejana, às 10h. Às 14h30, foi hasteada na praça 5 de Outubro a bandeira nacional, ao som do hino. Às 15h, teve lugar a inauguração da Praça dos Claras, com a presença do Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, seguida da apresentação do livro «Rodoviária do Tejo – na história e na modernidade da viagem coletiva», da autoria de Deolinda Folgado e Jorge Custódio. A partir das 15h30, decorreu a sessão solene comemorativa do 25 de abril, com intervenções políticas de todos os partidos representados na assembleia municipal. A cerimónia foi abrilhantada pelo Choral Phydellius. Depois das 17 horas, houve baile popular com o grupo Xarepa Band distribuição gratuita de sandes de porco no espeto com venda de bebidas. 7


26 de abril

Reunião descentralizada de Câmara na União de Freguesias de Santa Maria, Santiago e Salvador

26 de abril

Operação «Ignição Zero» em Torres Novas

O Comando Territorial da GNR de Santarém, em conjunto com o Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro (GIPS) e o Município de Torres Novas, realizaram ações de fiscalização e sensibilização no âmbito da obrigatoriedade de limpeza dos terrenos, cuja infração pode levar a coimas de 140€ a 5000€, no caso de pessoa singular, e de 800€ a 60.000€, para pessoas coletivas. Os trinta operacionais e respetivas viaturas concentraram-se no tabuleiro superior do Almonda Parque, tendo o presidente da Câmara, Pedro Ferreira, destacado a importância deste tipo de operação num concelho em que se registam temperaturas muito elevadas no verão e em que é essencial a preservação do património natural, como a Serra de Aire.

26 de abril

Câmara atribui bolsas de estudo a estudantes universitários

Em complemento à atribuição de lugares em residência a estudantes universitários residentes no concelho, deliberada a 1 de outubro último, foram aprovadas as normas para atribuição de bolsas de estudo pecuniárias. Este ano, foi fixado o número de oito bolsas no total, quatro das quais se traduzem em alojamento gratuito na região de Lisboa, e as restantes quatro destinam-se a apoiar estudantes matriculados em cursos do ensino superior, independentemente da sua localização, correspondendo a um valor mensal de 25% do Salário Mínimo Nacional, ou seja 132,50 euros, a atribuir ao longo de 10 meses (outubro a julho). 8

Pela manhã, os autarcas visitaram as atuais instalações e zona envolvente da EB1 e JI de Santa Maria, as empresas Projectiva e Digidelta, localizadas na zona industrial de Torres Novas, e a Casa de São Jorge, instituição de apoio à terceira idade. Às 15 horas, teve início na sede do Clube Desportivo e Cultural Caveirense a reunião camarária, com o público presente a ser ouvido no período antes da ordem do dia. António Pedro Morte, presidente da junta, enumerou as principais prioridades de intervenção, a curto prazo: rua 10 de Junho (que liga Liteiros e Zibreira), calçada António Nunes, estrada de ligação à Vila Cardílio, Casal Garcia Mogo, entre outras. Questionou ainda acerca das obras de saneamento, a realizar pelas Águas do Ribatejo, naquele território.

A fórmula para classificar as candidaturas conjuga as disponibilidades financeiras do agregado familiar com o mérito escolar do aluno. Podem candidatar-se estudantes residentes no concelho há mais de 2 anos, que apresentem dificuldades económicas para o início ou prosseguimento dos estudos, que não possuam já habilitações ou curso de nível superior, que tenham obtido aproveitamento escolar no ano letivo anterior e que estejam matriculados num curso de ensino superior que confira grau académico. As candidaturas decorrem de 18 de setembro a 15 de outubro, tendo a ordenação provisória lugar até 21 de outubro. As reclamações podem ser feitas até 28 de outubro e a lista de ordenação definitiva é dada a conhecer no dia 16 de novembro.


30 de abril

Exposição «Entre Memórias», de Jorge Araújo, no Museu Municipal Carlos Reis

30 de abril

Challenge 3000 no Estádio Municipal

Com organização da Federação Portuguesa de Atletismo, e no âmbito do Programa Nacional de Marcha e Corrida, o Challenge 3000 destinou-se a atletas inscritos nos Centros de Marcha e Corrida de Alcanena, Entroncamento e Torres Novas e atletas em nome individual, que procuraram uma experiência de corrida em pista para cronometrarem o seu tempo. Cada participante definiu o seu desafio, ou seja, conseguir correr a distância de 3000 metros num determinado tempo limite de prova. O Challenge 3000 contou com 60 participantes e contemplou igualmente uma componente coletiva, denominada Team Challenge 3000, na qual cada equipa teve de realizar o desafio definido para cada género.

Esteve patente ao público, de 30 de abril a 22 de maio, na galeria de exposições temporárias do MMCR, a exposição de trabalhos de Jorge Araújo denominada «Entre Memórias». Natural de Braga, Jorge Araújo é licenciado pela Escola Superior Artística do Porto. É um artista que procura valorizar o lado emocional nos seus trabalhos de escultura e pintura. Tem exposto por todo o país, bem como em Espanha, França, Holanda, Lituânia e Argélia.

30 de abril

Exposição «Negativos em Vidro – Olhares dos finais do século XIX e início de XX» de Cipriano Trincão

A mostra expositiva esteve patente, de 30 de abril a 29 de maio, na Praça do Peixe e na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes. Teve por base o acervo fotográfico de Cipriano Antunes dos Santos Trincão (com cerca de 2000 registos, entre negativos em vidro e provas fotográficas), entregue à guarda do Arquivo Municipal. Cipriano Trincão (1874-1933) foi um fotógrafo de extrema relevância na comunidade torrejana, tendo retratado diversos locais no concelho. Segundo fontes orais foi ainda fotógrafo oficial da corte. 9


maio


3 de maio

6 de maio

A paragem cardiorrespiratória é a principal causa de morte nos países desenvolvidos, acontecendo quase sempre fora do meio hospitalar. Em Portugal ocorrem cerca de 10 mil casos todos os anos. A taxa de sobrevivência situa-se em valores inferiores a 5%. Contudo, a desfibrilhação precoce e as manobras de suporte básico de vida (SBV) podem aumentar significativamente essa taxa para valores superiores a 60%. A sobrevivência de uma vítima de paragem cardiorrespiratória poderá depender exclusivamente da existência de um desfibrilhador automático nas imediações.

«Visita ao Futuro de Torres Novas» foi o mote da ação de sensibilização promovida pela Resitejo no Colégio Andrade Corvo, no âmbito do programa Ecoescolas. Foi feita uma apresentação do sistema de gestão e tratamento de resíduos sólidos urbanos da Resitejo, que assinala em agosto o seu 20.º aniversário. A vereadora Elvira Sequeira marcou presença nos trabalhos e reforçou a importância que o gesto da separação dos resíduos tem para o nosso bem-estar e para o equilíbrio do meio ambiente.

Instalado equipamento de desfibrilhação automática nas Piscinas Municipais

Ação de sensibilização da Resitejo no Colégio Andrade Corvo

12 de maio

Rui Tavares e o futuro da Europa em sessão na Biblioteca

8 de maio

Caminhada «Passadiços do Paiva»

A caminhada nos Passadiços do Paiva decorreu no percurso entre Areinho e Espiunca com 8 km de distância. Com um nível alto de dificuldade, resultante dos acentuados desníveis existentes, os 46 participantes (limite máximo estabelecido) reuniram-se pelas 5h30 nas Piscinas Municipais Fernando Cunha e o preço praticado (4 euros para utentes das Piscinas Municipais e 6 euros para não utentes) incluiu transporte, percurso guiado e seguro. O regresso a Torres Novas realizou-se ao fim da tarde.

Rui Tavares dinamizou uma sessão na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, subordinada ao tema «E esta Europa, para onde vai?». Enquadrada no projeto Erasmus+, a conversa com o público andou à volta dos principais temas que marcam a atualidade da União Europeia, nomeadamente, o Brexit, o funcionamento das instituições europeias, as relações com a globalização e com outros blocos mundiais, a união monetária ou a questão dos refugiados. Rui Tavares, ex-eurodeputado, político, escritor e historiador, é cronista do jornal Público, foi um dos fundadores do partido LIVRE e escreveu, entre outros títulos, A ironia do projeto europeu, lançado em 2012 pela editora Tinta-da-China.

10 de maio

Concurso Fruta Escolar leva vencedores à Quinta da Escola

Os alunos das turmas vencedoras do concurso «Instalações com Sabor a Fruta» receberam como prémio uma visita à Quinta da Escola, onde aprenderam a fazer pão, conheceram algumas ervas aromáticas, identificaram diversos frutos e legumes, fizeram slide e participaram em diversos jogos como minigolfe, matraquilhos, ping-pong e carrinhos a pedais. O concurso de fruta escolar é promovido pelo município e visa incentivar hábitos de alimentação saudável e promover o consumo de fruta e hortícolas. Das 52 turmas da rede escolar pública do 1.º CEB, participaram 35 turmas. As vencedoras foram a turma do 2.º D da EB1 de Santa Maria com a instalação «Frutoné» e o slogan «Alegria para trabalhar, só com a fruta escolar!» e a turma do 4.º D do Centro Escolar de Serra de Aire com a instalação «O Relógio da Fruta» e o slogan «Todas as horas são horas de comer fruta!». 11


15 de maio

III Encontro de Coros Juvenis de Torres Novas na BMGPL

A Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes acolheu o III Encontro de Coros Juvenis de Torres Novas, promovido no âmbito do 59.º aniversário do Choral Phydellius. A iniciativa, com entrada livre, contou com a participação do Coro Juvenil «Cantar Nosso» da Escola de Música da Golegã, Coro de Câmara do Conservatório de Música de Ourém e Fátima e Coro Juvenil do Conservatório de Música do Choral Phydellius. 15 de maio

«Shot de Arte», com Jorge Araújo

Desta vez, coube ao artista Jorge Araújo conduzir um «Shot de Arte» pelos meandros do seu trabalho, técnicas e inspiração. Jorge Araújo expôs os seus trabalhos de escultura e pintura no MMCR numa exposição denominada «Entre Memórias».

15 de maio

Torrejano Humberto Delgado dá o nome ao aeroporto de Lisboa

O aeroporto de Lisboa chama-se agora Humberto Delgado, assinalando os 110 anos do nascimento daquele militar português da Força Aérea. Uma homenagem aprovada em Conselho de Ministros, seguindo a proposta da Câmara Municipal de Lisboa, que sustentava que Humberto Delgado «foi um vulto maior da aviação comercial portuguesa», destacando o facto de ter fundado a TAP. Humberto Delgado nasceu no dia 15 de maio de 1906 em Boquilobo, Torres Novas, e foi assassinado em 13 de Fevereiro de 1965, encontrando-se sepultado no Panteão Nacional. Na cerimónia estiveram o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o primeiro-ministro, António Costa, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, entre filhos, netos, bisnetos e outros familiares do «general sem medo». O presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, esteve também presente na homenagem, considerando tratar-se de um «justo reconhecimento». 12

18 de maio

Comemorações do Dia Internacional dos Museus

Para assinalar o Dia Internacional dos Museus em Torres Novas, o MMCR promoveu duas visitas orientadas aos seus núcleos expositivos. Às 10h30, a visita foi acompanhada pelo presidente da Câmara, Pedro Ferreira e, às 14h30, pela vereadora da Cultura, Elvira Sequeira. O público foi constituído por algumas turmas do ensino-pré escolar e ensino básico do concelho que aceitaram o convite para, além de desfrutarem duma visita guiada ao espaço, assistirem à dança coreografada por Susana Gaspar, alusiva ao quadro «O primeiro filho», de Carlos Reis, ali exposto no núcleo dedicado àquele pintor torrejano. 20 de maio

Atividades de Tempos Livres (ATL) durante as férias de verão

À semelhança de anos anteriores, o município promove Atividades de Tempos Livres durante as férias de verão, destinadas a crianças em idade pré-escolar e dos 6 aos 12 anos. As atividades decorrem no JI de Santa Maria, Centro Escolar de Assentis, Centro Escolar da Serra de Aire (Pedrógão), Centro Escolar de Meia Via, Centro Escolar de Riachos e Piscinas Municipais Fernando Cunha.


deliberaçþes | abril a junho . 2016

13


14

deliberaçþes | abril a junho . 2016


deliberaçþes | abril a junho . 2016

15


16


21 de maio

Noite Europeia dos Museus

21 de maio

Visita à empresa COMET − Construções Metálicas, Lda.

O presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira visitou a empresa COMET - Construções Metálicas, Lda., localizada na Rua Vale dos Poços, em Moreiras Grandes, freguesia de Assentis. Esta empresa, criada em 1993, conta atualmente com cerca de 30 colaboradores e opera no ramo da metalomecânica no mercado nacional e internacional. Dedica-se ao fabrico de construções metálicas, como pavilhões industriais, contentores e moldes. No início de 2002 foram feitos investimentos a nível das infraestruturas e de maquinaria de grande porte viabilizando a expansão da empresa que se transformou, ao longo de 20 anos de existência, numa organização moderna, dotada de recursos humanos e materiais de qualidade, mantendo um crescimento sustentado, visando a melhoria contínua dos seus processos e da satisfação dos seus clientes.

A pretexto da Noite Europeia dos Museus, o MMCR promoveu um fim de semana diferente, tendo aberto as portas em horário noturno, no sábado, das 21h30 à 1h, para apresentação da peça de teatro «O medidor de passos», um trabalho da Associação Paralelo 39, que voltou à cena no domingo, às 15h.

24 de maio

Duas famílias iraquianas acolhidas em Torres Novas

Duas famílias iraquianas chegaram a Torres Novas, vindas diretamente do aeroporto de Lisboa. Foram informalmente recebidas na BMGPL, onde decorreu uma breve sessão de boas-vindas. São oito pessoas e uma das mulheres está grávida: um casal com dois filhos pequenos — ela era jornalista e ele, operador de câmara — provenientes do Curdistão Iraquiano; outro casal de engenheiros civis, vindos de Bagdade, com um filho de cerca de ano e meio, acompanhados por um familiar do sexo masculino. Saíram, há mais de um ano, do Iraque (país que faz fronteira com a Síria e que foi também invadido pelo Estado Islâmico), estiveram na Turquia, atravessaram o Mar Mediterrâneo de bote até à Grécia. Fazem parte do contingente de refugiados que está a ser repatriado no âmbito do programa da União Europeia, em que Portugal assumiu que receberia 4574 pessoas. Com a ajuda de um tradutor, Muhammed agradeceu o bom acolhimento e afirmou acreditar numa mudança de vida em clima de paz. «Passámos por muitas dificuldades, saímos da guerra e da morte, mas graças a Deus chegámos a Portugal», sublinhou. As duas famílias foram entretanto encaminhadas para os apartamentos preparados para os receber em Torres Novas. Os serviços municipais, com o apoio do Conselho Português para os Refugiados, têm vindo a trabalhar no sentido de proporcionar a inclusão plena destas famílias, nomeadamente no que respeita à integração no sistema educativo, acesso ao sistema de saúde e apoio jurídico e inserção profissional.

29 de maio

Exposição «A nossa salgadeira. Um olhar sobre o acervo da galeria Neupergama»

Esteve patente ao público na sala de exposições temporárias do MMCR e na Galeria Neupergama, situada na rua Miguel Bombarda, a exposição «A nossa salgadeira. Um olhar sobre o acervo da galeria Neupergama», fruto de um trabalho de parceria. A inauguração teve lugar no Museu Municipal Carlos Reis, seguida de um porto de honra nos espaços da galeria.

17


30 de maio

Obras de reabilitação com redução de taxas de 50%

Da proposta de revisão dos Regulamentos Municipais de Urbanização e Edificação e de Taxas (RMUE) destacam-se as isenções e reduções de taxas a constar no Regulamento Municipal de Taxas. Para particulares e empresas que executem obras dentro do perímetro de delimitação da Área de Reabilitação Urbana de Torres Novas - Centro Histórico a isenção de taxas é total. A lei já previa, ainda, analisando caso a caso, isenções totais ou parciais para instituições particulares de solidariedade social ou associações de utilidade pública, cidadãos em absoluto estado de carência e empresas e atividades de interesse concelhio relevante ou particulares, no contexto de acordos ou parcerias com o município. Foi aprovada a inclusão de novas situações em que serão reduzidas as taxas respetivas, fora das Áreas de Reabilitação Urbana, numa perspetiva de incentivo à recuperação do edificado. Assim, os particulares que executem obras de reabilitação urbana fora das ARU ficam sujeitos a uma redução de 50% das taxas. Os particulares, com idade até 35 anos, que optarem por obras em perímetros urbanos que não o de Torres Novas, têm uma redução de 25%. As empresas que se instalarem nas zonas industriais legalmente constituídas têm uma redução nas taxas de 25%. E a instalação de estabelecimentos de comércio e serviços em núcleos urbanos de nível III e IV do PDM tem uma redução de 25% das respetivas taxas, desde que a área abrangida não ultrapasse os 150 m2. 18

31 de maio

Assinados contratos PEDU Mais de 5 milhões para Torres Novas

A sessão de assinaturas dos contratos dos Planos Estratégicos de Desenvolvimento Urbano (PEDU) decorreu no Europarque, em Santa Maria da Feira. O presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, assinou o contrato relativo à candidatura apresentada pelo município, que recebeu a classificação de “BOM” (classificação máxima) e que permitirá ao município, com financiamento de 85% a fundo perdido, fazer intervenções de reabilitação no centro histórico da cidade. O total de investimento elegível atribuído a Torres Novas é de cerca de 5 milhões e 300 mil euros: cerca de um milhão para a promoção de estratégias de baixo teor de carbono, incluindo a promoção da mobilidade urbana; perto de 3 milhões e 700 mil euros para a adoção de medidas destinadas a melhorar o ambiente urbano; e 480 mil euros para a concessão de apoio à regeneração das comunidades desfavorecidas em zonas urbanas e rurais.

31 de maio

Revisão orçamental possibilita avanço e planificação de obras

Foi aprovada uma primeira revisão ao orçamento do ano em curso, decorrente da inclusão do saldo de gerência transitado de 2015. Esta revisão visou o reforço de algumas obras e projetos a iniciar ainda este ano, tendo sido revistas e ajustadas as rubricas necessárias. Foram incluídos, entre outros, os projetos para recuperação do troço da EN3 entre Nicho de Riachos e Botequim, a reabilitação da Escola Maria Lamas e do Centro de Saúde e a ampliação do quartel dos Bombeiros Voluntários Torrejanos e as obras: estrada Casais Novos — Alcorochel, estrada Alcorochel — Charneca de Alcorochel, estrada Riachos — Caveira, Calçada António Nunes, Rua do Lavradio em Brogueira, arranjos exteriores do Almonda Parque, Largo de Casais de Igreja, Rua 10 de Junho e Rua das Matas (Liteiros/Zibreira), parte do Casal Garcia Mogo, Largo do Pavilhão de Resgais, muro em Outeiro Grande, reabilitação do Largo da Igreja Velha em Riachos e aplicação de relvado sintético no Campo de Treinos do Estádio Municipal. Foi também reforçada a verba para aquisição de inertes para a reabilitação de estradas por administração direta e destinada uma parcela a intervenções em casas em ruínas por via coerciva.


junho


1 de junho

Alunos receberam garrafa no Dia da Criança

Mais de 1700 alunos do pré-escolar e 1.º ciclo da rede pública do concelho de Torres Novas receberam, no Dia Mundial da Criança, uma garrafa personalizada, numa parceria entre o Município de Torres Novas e a Águas do Ribatejo. Pretendeu-se com esta iniciativa assinalar o Dia Mundial da Criança, bem como promover o consumo da água da torneira por ser mais saudável, mais económica e mais amiga do ambiente. A entrega formal foi feita pelo presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, e pelo vice-presidente, Luís Silva, que tem o pelouro da Educação. As escolas abrangidas por esta ação foram os centros escolares de Santa Maria, Visconde São Gião, Assentis e Chancelaria, Meia Via, Riachos, Olaia e Serra d’Aire (Pedrógão), bem como os alunos de Liteiros e do jardim-de-infância de Tufeiras. As garrafas que as crianças receberam são de cor azul água, têm uma capacidade de 600 ml, pesam 70 gramas e têm proteção antibacteriana. O recipiente mantém a água a uma temperatura agradável e está equipado com um arnês para pendurar na mochila ou no cinto.

2 de junho

Feira Quinhentista «D. Jaime de Lencastre – no tempo das confrarias»

A última edição da feira de época de Torres Novas foi inspirada no neto bastardo de D. João II, D. Jaime de Lencastre, que foi padroeiro das quatro paróquias de Torres Novas e exerceu cargos eclesiásticos de relevância. Vivia-se na época dos Descobrimentos, surgia a Inquisição, era o tempo das confrarias e da fundação das primeiras misericórdias. Nos dias 2, 3, 4 e 5 de junho, com o rigor histórico habitual, reviveram-se dias de grande agitação na vila com a chegada do novo prior. Pelo sétimo ano consecutivo, as Memórias da História deram lugar à recriação de importantes momentos do passado de Torres Novas. Uma viagem no tempo repleta de magia, de diversão e de experiências inesquecíveis. Empunhar espadas na praça d’armas, viver num acampamento militar, cozinhar com os ingredientes e utensílios de antigamente, provar as iguarias nas muitas bodegas do recinto, desvendar o segredo do castelo ou entrar no submundo dos mendigos, doentes e prostitutas no postigo da traição foram algumas das vivências à disposição dos visitantes no coração de Torres Novas.

20

7 de junho

Reunião descentralizada de Câmara em São Pedro

Chegou a vez da União de Freguesias de São Pedro, Lapas e Ribeira Branca receber a visita do executivo camarário, tendo a reunião pública descentralizada decorrido na Taberna do Aspirante, em Lapas. Pela manhã, os autarcas visitaram o Centro de Dia São Silvestre, em Carvalhal da Aroeira, o Lar Padre Américo, em Nicho dos Rodrigos, e o Grupo de Amigos Avós e Netos, em Lapas. Seguiu-se um périplo pelas ruas estreitas típicas de Lapas que culminou com uma visita às grutas que dão o nome à aldeia e que serão intervencionadas pelo município numa perspetiva de valorização daquele património. Às 15 horas, teve início a reunião camarária, com a audição do público presente, seguindo-se as intervenções do presidente da Câmara e vereação, que agradeceram o acolhimento. Júlio Clérigo, presidente da junta, congratulou-se pela oportunidade de mostrar no terreno algumas das necessidades mais prementes da freguesia.


8 de junho

Apresentada candidatura ao programa comunitário Europa Criativa

O Município de Torres Novas submeteu uma candidatura ao programa Europa Criativa na vertente de apoio à integração de refugiados, liderando um consórcio de seis entidades (três públicas e três privadas), num projeto orçamentado em 247.953,00 € com a duração de 24 meses, que integra representantes de Portugal, Reino Unido, Suécia, Áustria, Grécia e Turquia e com a denominação de Our Story – Refugees Past and Present. O projeto prevê ainda, a organização de uma exposição pop-up, passível de ser montada em bibliotecas, museus, arquivos, centros culturais e escolas e que possa ser adotada pelo maior número possível de entidades europeias, tendo como tema os grandes movimentos de migrantes e refugiados na Europa. Em caso de aprovação da candidatura, o financiamento é de 80%, sendo os restantes 20% assumidos pelos parceiros em custos de pessoal, instalações e outros, não estando previsto qualquer encargo financeiro acrescido com o projeto.

10 de junho

Festa Nacional da Ginástica em Torres Novas

Decorreu em Torres Novas, entre os dias 10 e 12 de junho, a 3.ª edição da Festa Nacional de Ginástica. Este evento reuniu cerca de 4000 ginastas com apresentações contínuas na Praça 5 de Outubro, Praça dos Claras, ambos no centro histórico da cidade, pavilhão da Escola Artur Gonçalves e Palácio dos Desportos, onde teve lugar a Gala Prof. Henrique Reis Pinto. No PortugalGym (Ginástica para Todos) participaram 2600 ginastas de 68 clubes, na Batalha dos Campeões (todas as disciplinas de competição da FGP), 42 ginastas de 16 clubes, no Memorial Guilherme Gonçalves GAF (Ginástica Artística Feminina), 288 ginastas de 17 clubes, no Memorial Guilherme Gonçalves GAM (Ginástica Artística Masculina), 120 ginastas de 14 clubes e nos Saltitões e Cangurus (Ginástica de Trampolins), 350 ginastas de 36 clubes.

21 de junho

Secretária de Estado do Turismo esteve em Torres Novas

Na sequência da inauguração de uma unidade hoteleira no concelho, Hotel Aires da Serra, Torres Novas recebeu a visita da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho e do presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado, para uma apresentação do TER – Turismo no Espaço Rural, que decorreu na Alcaidaria do Castelo de Torres Novas. A sessão contou com uma exposição efetuada por Jorge Rodrigues, coordenador da equipa local da ADIRN, que versou sobre as unidades TER da região e do concelho, tendo depois sido aberto espaço para que os promotores turísticos da região pudessem partilhar as suas experiências e dificuldades, bem como esclarecer dúvidas. 21


22 de junho

Há Bola na Praça

De 22 de junho a 10 de julho foi possível assistir à transmissão do Campeonato da Europa de Futebol 2016 em ecrã gigante, cedido para o efeito pela empresa Digidelta, e instalado na Praça 5 de Outubro. No âmbito da atividade, promovida pelo Município de Torres Novas, houve também tasquinhas e animação naquele espaço no coração da cidade, com Pedro Dyonysyo & Amigos, Ultra Rock, Djs At Work, Tv Head dj-set e a Banda Operária Torrejana.

30 de junho

Orçamento Participativo recebeu 73 propostas

Decorreu de 1 a 30 de junho o prazo para apresentação de propostas ao Orçamento Participativo 2016/2017. No total foram submetidas 62 propostas. Paralelamente decorreram também as sessões de informação nas diversas freguesias do concelho, de forma a apresentar o projeto e a esclarecer eventuais dúvidas dos munícipes sobre a forma de participação. Após a análise técnica das propostas, os munícipes torrejanos serão novamente convidados a participar através do processo de votação nos projetos que mais gostariam de ver concretizadas. A votação decorrerá de 1 a 30 de novembro. 22

23 de junho

Apresentação do romance Narrativylírica, de José-Alberto Marques

A sessão de apresentação do romance Narrativylírica, de José-Alberto Marques, decorreu na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes e esteve a cargo de António Mário Lopes dos Santos. José-Alberto Marques nasceu a 4 de outubro de 1939, em Torres Novas. Foi professor do ensino básico e secundário e orientador pedagógico. Escreveu livros de poesia, romances, teatro, livros infanto-juvenis, publicou textos de crítica literária em diários e revistas da especialidade, fez exposições de poesia visual em vários países e foi antologiado em múltiplas edições portuguesas e estrangeiras. Encenou peças de teatro e participou em vários debates sobre literatura.

27 de junho

Exposição de maquetas de edifícios na Biblioteca Municipal de Torres Novas

Uma exposição constituída por quinze maquetas que representam edifícios emblemáticos do concelho de Torres Novas e concelhos vizinhos esteve patente ao público no átrio da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes. Estas maquetas foram executadas, durante o ano letivo 2015/2016, pelos alunos do 12.º ano do curso de Artes Visuais da Escola Secundária Maria Lamas, no âmbito da disciplina de Oficina de Artes, da responsabilidade da professora Elsa Maria Cabral de Sousa Godinho e alguns dos materiais utilizados na sua elaboração foram K-line, cartolina canelada, tintas acrílicas, contraplacado, areia, roofmate, arame, massa de modelar, papel de acetato, madeira, balsa, esferovite, entre outros.


Obras

Obras de requalificação do antigo Convento do Carmo

Vale da Serra — Pavimentação de arruamentos

Rua da Fábrica e Avenida Dr. João Martins de Azevedo

Largo D. Diogo Fernandes de Almeida (Fonte/bancos e calçada)

Reabilitação de espaços no edifício do Paço — sala GURU

Requalificação da E.B. 2, 3 Manuel de Figueiredo

Construção de passeios em Riachos 23


Obras concluídas > Reconversão da Garagem dos Claras para espaço público (empreitada); > Campo de treinos do Estádio Municipal (administração direta); > Valetas em betão na Variante do Alqueidão (administração direta); > Largo D. Diogo Fernandes de Almeida (Fonte/bancos e calçada) (administração direta).

Obras em curso > Vale da Serra — pavimentação dos arruamentos no Casal do Freixo (administração direta); > Requalificação da E.B. 2, 3 Manuel de Figueiredo (empreitada); > Recuperação do Convento do Carmo (empreitada); > Rua da Fábrica e Avenida Dr. João Martins de Azevedo – levantamento e reposição de lancis e calçada (administração direta); > Construção de passeios em Riachos (Av. dos Boieiros e Avenida Sr. Jesus dos Lavradores) (administração direta); > Limpeza das margens do rio Almonda (prestação de serviços); > Monumento Dadores de Sangue – (administração direta + fornecimentos); > EM 557-Empreitada – Beneficiação do troço entre Assentis e Beselga da Cima (empreitada); > Pavimentação de arruamentos entre Rexaldia e Casal da Pena (administração direta); > Reabilitação de espaços no edifício do Paço (sala GURU e Bar da BOT) e arranjos exteriores no Largo do Paço (empreitada).

Obras a iniciar brevemente > Pé de Cão – pavimentação de arruamentos (empreitada); > Avenida João Paulo II (empreitada); > Trabalhos de manutenção/recuperação do relvado do Estádio Municipal Dr. Alves Vieira (prestação de serviços); > Muro de suporte na Vila Pinho (empreitada).

Processos em fase de projeto > Rua da Várzea/acesso ao Nersant; > Escadaria de acesso ao Castelo a partir da rua 1.º de Dezembro; > Novo acesso ao Centro Escolar de Olaia; > Ligação da rotunda de Stº. António à rotunda do Cerejal; > EM 567-2 — pavimentação do troço entre a EN3 e o limite da freguesia de Casével – Casais Novos (Alcorochel); > Construção da estrada do Lavradio – Brogueira; > Pavimentação da EM 557-3 entre a EN 243 e a povoação de Almonda; > Calçada António Nunes – Torres Novas (parceria com a empresa Águas do Ribatejo); > Construção de ringue junto ao Centro Escolar de Olaia; > Piso sintético no campo de treinos no Estádio Municipal; > Rua das Matas – Zibreira; > Rua 10 de Junho – Liteiros; > Reabilitação do Largo da Igreja Velha, em Riachos; > Centro Escolar de Santa Maria; > Estrada de Alcorochel/Charneca de Alcorochel 24


Obras em curso

Beneficiação da estrada entre Assentis e Beselga de Cima

Estão em curso trabalhos de beneficiação do troço da EM557-1 entre Assentis e Beselga de Cima. A empreitada, adjudicada à empresa Contec – Construção e Engenharia, SA, tem um prazo de execução de 90 dias e está orçamentada em 144.520,15 euros. Os trabalhos incluem a movimentação de terras nas zonas a alargar, saneamentos, a regularização e abertura de valetas, colocação da base de fundação da estrada, execução de drenos e valetas, aplicação de camada de regularização em betão betuminoso, construção de bermas e sinalização horizontal e vertical.

Pavimentação em Pena, Casal da Pena, Rexaldia e Charruada

Concluída a empreitada de construção de muros de suporte no troço Rexaldia - Casal da Pena e do arruamento entre Pena e Rexaldia, decorrem, por administração direta, os trabalhos de regularização, preparação da via e pavimentação nas localidades de Pena, Casal da Pena, Rexaldia e Charruada, a concluir até final deste ano.

25


em agenda julho

19 setembro . 21h . Teatro Maria Noémia Aula // A Cosmogonia de Boca Muralha (Festival Materiais Diversos)

2 julho . 21h30 . Teatro Virgínia Teatro // Mundo Imaginário — Atelier Teatral dos Miúdos

21 setembro . 19h . Escola «O Corpo da Dança» Aula // Momentos da História da Perfomance com Rita Castro Neves (Festival Materiais Diversos)

5 julho . 21h30 . Teatro Virgínia Música // Empire State Youth Orchestra com Orquestra Académica do Médio Tejo

22 setembro . 18h30 . Teatro Virgínia Aula // Lecture for every one (Festival Materiais Diversos)

10 julho . 09h00 . Serra d'Aire | Torres Novas Desporto // Trail do Almonda (7.ª edição)

22 setembro . 21h30 . Teatro Virgínia Dança // Boca Muralha – as benevolentes (Festival Materiais Diversos)

10 julho . 09h30 . Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Música // Andamentos Encontro Nacional de Jovens Acordeonistas 22 a 31 julho . Riachos Festa da Bênção do Gado 24 julho . 9h às 17h . Avenida Dr. João Martins de Azevedo Feira de Antiguidades e Colecionismo

agosto 28 agosto . 9h às 17h . Avenida Dr. João Martins de Azevedo Feira de Antiguidades e Colecionismo

23 a 25 setembro . Museu Municipal Carlos Reis Jornadas Europeias do Património 2016 24 de setembro . 15h30 . Alcaidaria do Castelo Perfomances //Sintomas Diversos (Festival Materiais Diversos) 24 setembro . 21h30 . Teatro Virgínia Dança // La Esclava (Festival Materiais Diversos) 25 setembro . 9h às 17h . Avenida Dr. João Martins de Azevedo Feira de Antiguidades e Colecionismo Festival Materiais Diversos organização

estrutura financiada

iniciativa financiada

setembro 5 e 6 setembro . Teatro Virgínia Encontro de professores e educadores do concelho de Torres Novas | Os dias da escola 17 setembro . 21h30 . Teatro Virgínia Dança // Espiões (Festival Materiais Diversos) 17 e 18 de setembro . 18h30 . Praça do Peixe Family Affair – Torres Novas: The Legacy (Festival Materiais Diversos) 18 setembro . 14h30 . Museu Municipal Carlos Reis Conversa // O Futuro é um Bem em Vias de Extinção? (Festival Materiais Diversos) 26

Exposições 29 maio a 17 de julho «A nossa salgadeira. Um olhar sobre o acervo da galeria Neupergama» Museu Municipal Carlos Reis e Galeria Neupergama 23 julho . 16h Inauguração da exposição «Chapéus não há muitos» Em permanência até 18 de setembro Museu Municipal Carlos Reis 24 setembro a 16 outubro Exposição de Saul Roque Gameiro Museu Municipal Carlos Reis


PROGRAMA COMPLETO EM setembro

www.teatrovirginia.com

Largo José Lopes dos Santos, período de construção do novo Quartel dos Bombeiros Voluntários Torrejanos: Década de 80 do século XX

1956-2016

139 anos_ Teatro Torrejano inaugurado em 1877 121 anos_denominação de Teatro Virgínia em 1895 60 anos_inauguração do atual edifício em 1956 11 anos_remodelação do edifício em 2005


E T A ED

H T 00 H E 1 1 V SA 016 | .2 30.09

Boletim municipal 2.º trimestre 2016  

Boletim informativo sobre as principais atividades municipais decorridas durante os meses de abril, maio e junho de 2016.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you