RIO#51

Page 1


2 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021


3 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

{ EDITORIAL }

AS OBRAS DE UMA VIDA Caros munícipes ano de 2020 veio trazer-nos desafios enormes de gestão dos recursos públicos e, acima de tudo, no encontrar de equilíbrios entre a Saúde e a Economia. Ninguém estava à espera de uma pandemia com esta magnitude e com estas consequências. Fomos todos obrigados a alterar planos e a rever as prioridades, as pessoais e as colectivas. Na última Revista Informativa de Óbidos fizemos um balanço da nossa luta contra a pandemia e anunciámos, de forma sistematizada, todas as medidas de ajuda à população, fossem elas para as famílias, fossem elas para as empresas. Nesta edição, fazemos um balanço das obras que, mesmo com a pandemia de Covid-19, nunca pararam. E mantivemos boa parte, pois consideramos que investir em infraestruturas públicas é investir nas nossas pessoas, fazendo-o com responsabilidade e equilíbrio financeiro. Mostramos o estado da Praça da Criatividade, que pretende criar uma nova centralidade para Óbidos; assim como a recuperação dos antigos Armazéns do Vinho, em A-da-Gorda, que serão mais um espaço de ativação de ideias; da Casa dos Seixos, que será também a nova sede da Junta de Freguesia da Amoreira; do novo quartel da GNR, cujas obras estão prestes a começar; ou mesmo os trabalhos no Centro de Saúde, que nesta fase pandémica foi essencial para o apoio às nossas populações. Falamos da nossa Rede de Caminhos Pedestres, que terá mais de 120 quilómetros quando estiver concluída, ou do novo Espaço F, F de Felicidade, onde tentamos ser um contributo activo para o bem-estar físico e mental dos nossos munícipes. Mostramos, freguesia a freguesia, o que está a ser feito, sejam obras municipais, sejam em parceria com cada uma das Juntas de Freguesia de Óbidos. Acreditamos na união de esforços entre os diversos actores que compõem o Território de Óbidos e os resultados estão à vista de todos. Este é o meu último editorial para a Revista Informativa de Óbidos. Foi uma honra ter servido o meu concelho nos últimos dois mandatos como presidente da Câmara Municipal de Óbidos. Um território que contraria a tendência nacional de diminuição da população, tendo sido, nos últimos dez anos, um dos únicos três concelhos do distrito de Leiria que aumentou a sua população em 1,4 por cento. Para além de um sinal muito positivo para Óbidos, é, acima de tudo, a certeza de continuar a servir de exemplo. Muito obrigado.

O

HUMBERTO DA SILVA MARQUES

Presidente da Câmara Municipal de Óbidos


4 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021


5 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

PRAÇA DA CRIATIVIDADE: ONDE A IDENTIDADE GANHA VIDA

ÓBIDOS GANHA UMA NOVA CENTRALIDADE “U

ma enorme praça que seja um espaço de vivência e mostra do que é a identidade territorial”. Foi desta forma que, no lançamento do concurso, em 2019, Humberto Marques, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, definiu a Praça da Criatividade, obra que irá requalificar o espaço à entrada da Vila de Óbidos, criando um novo desenho urbano, de relação e de vida com o centro histórico, e que cujos trabalhos deverão estar concluídos em meados de Setembro próximo. Uma nova centralidade, um espaço de partilha de ideias, o desafogar das infraestruturas, bem como a criação de uma maior urbanidade como visão de futuro, foram razões para a realização de um investimento superior a 3,1 milhões de euros neste espaço, que será de fruição para todos os que habitam neste território, bem como para todos os que visitam Óbidos. A ser intervencionada desde janeiro de 2020, a antiga zona de armazéns e do quartel dos bombeiros ficará dotada de um espaço multifacetado e dinâmico, com diferentes edifícios e estruturas, com capacidade para acolher conferências e congressos, ou converter-se num espaço dedicado à restauração; com um anfiteatro para performances ou apresentações; um lounge onde a literatura e a viticultura poderão conviver também através da interpretação e da mostra dos produtos locais; no qual o Posto de Turismo ganhará uma nova receção aos visitantes; e onde se poderá aproveitar as diferentes zonas de estar e de lazer elevadas pela inequívoca escultura de José Aurélio, a famosa “mão” ou “pomba” de Óbidos. O projeto da Praça da Criatividade é, acima de tudo, uma declaração do que Óbidos desenvolve na definição de um modo de vida assente numa ruralidade moderna, que acolhe alguns princípios mais interessantes e compatíveis da urbanidade.


6 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021


7 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

PRAÇA DA CRIATIVIDADE 2019 CONCURSO 01 DE MAIO DE 2019

ASSINATURA 14 DE DEZEMBRO DE 2019

2020 INÍCIO DE OBRA 01 DE JULHO DE 2020

OBRA EM CURSO 16 DE JULHO DE 2020

OBRA EM CURSO 04 DE AGOSTO DE 2020

OBRA EM CURSO 28 DE OUTUBRO DE 2020

2021 OBRA EM CURSO 17 DE FEVEREIRO DE 2021

OBRA EM CURSO 18 DE MAIO DE 2021

OBRA EM CURSO 26 DE MAIO DE 2021

OBRA EM CURSO 22 DE JUNHO DE 2021

OBRA EM CURSO 13 DE JULHO DE 2021

OBRA EM CURSO 24 DE JULHO DE 2021


8 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

ESPAÇO Ó, NOS ARMAZÉNS DO VINHO

A-DA-GORDA GANHA NOVO ESPAÇO URBANO E

stão a terminar as obras do projeto de reabilitação dos Armazéns do Vinho , o novo Espaço Ó de A-da-Gorda, concelho de Óbidos, que corresponde a um investimento de 1 milhão de euros, comparticipados por fundos europeus. As obras que, em 2019, foram interrompidas por insolvência da empresa a quem foram adjudicados os trabalhos, recomeçaram o ano passado após o esforço reiterado de renegociação por parte do presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Humberto Marques. A sua conclusão está prevista para o início de setembro. Segundo o autarca, este Espaço Ó de A-da-Gorda terá “equipas multidisciplinares para ajudar as pessoas a criar e a desenvolver a sua própria ideia”. Trata-se de um novo espaço

que pretende integrar-se ainda mais no território e trazer à comunidade local uma nova ferramenta de desenvolvimento de projetos, produtos e pessoas. Será um projeto colaborativo, onde os saberes e as tradições locais, por exemplo, através de novas visões e abordagens, poderão ganhar formas diferentes e ser uma mais-valia económica, para sectores específicos como a Agricultura, o Turismo e os Serviços. O edífício compõe-se de cinco infraestruturas, nomeadamente, um auditório multiusos, uma área de trabalho/laboratório, um espaço de co-work e de escritórios, uma zona de habitação e uma área de serviços de apoio, constituindo um espaço urbano que, mais que recuperar, requalificou

a zona permitindo uma área de estar, de forma a garantir que as pessoas possam usufruir deste local de forma continuada. Este espaço vem complementar o “Projeto Ó”, projeto global que cria uma nova realidade urbana no concelho de Óbidos, fazendo pontes entre o atual Espaço Ó da vila e o Espaço Ó das Gaeiras, já em funcionamento, e o Espaço Ó da Amoreira, cujas obras se iniciaram este ano. Com a criação deste conjunto de espaços descentralizados pretende-se gerar novos centros urbanos e uma nova centralidade integrada do concelho e, em simultâneo, alavancar uma cultura de desenvolvimento do Município de Óbidos, muito ligada à criatividade, em espaços focados no empreendedorismo e que valorizam o território de Óbidos.


9 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

CASA DOS SEIXOS NA AMOREIRA

ESPAÇO DE CRIAÇÃO DE OPORTUNIDADES PARA PROMOVER O CRESCIMENTO ECONÓMICO A

rrancaram, no passado dia 12 de Julho, as obras de reabilitação da Casa dos Seixos, na Amoreira, Óbidos, orçadas em 486 mil euros, e que, segundo o adjudicatário da obra, estarão concluídas em 9 meses. Este edifício servirá de instalações para a Junta de Freguesia da Amoreira, assim como de espaço de ativação comunitária. Esta é uma obra cuja importância o presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Humberto Marques, justifica “não só com a requalificação do património edificado, mas também com a dinamização de espaços colaborativos potenciadores do nosso património imaterial – as pessoas – sob o objetivo de,

a partir da nossa identidade, exponenciar novos produtos, mais empreendedores e mais empregos”. “As nossas pessoas são o ‘hardware’ para o crescimento económico”, explica, acrescentando que esta é “uma resposta local à Economia Global, através da valorização dos recursos endógenos do nosso território”. Na assinatura do auto de consignação que decorreu a 6 de Julho, na Casa dos Seixos, o presidente da edilidade referia que, mais do que o edifício, o importante “é, sobretudo, aquilo que se pode ter dentro deste espaço físico, que é um espaço de ativação do território da Amoreira, que procura criar uma certa disrupção com as rotinas”. “Por

outro lado, [pretende] ser um espaço que congregue e que crie comunidade”, afirmou, sublinhando a ideia de “um espaço que procura criar verdadeiras oportunidades, ampliando aquilo que temos feito com o Espaço Ó e que já vai com mais de uma centena de empregos criados”. Uma ideia aplaudida pela presidente da Junta de Freguesia da Amoreira. Para Vanessa Rolim, “esta é uma obra que já é longínqua e muito importante para a Amoreira, não só porque temos parcas instalações em termos de Junta de Freguesia, mas também porque queremos construir aqui um pólo em termos de desenvolvimento do território”.


10 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

LOJA DA IDENTIDADE

CRIATIVIDADE E GENUINIDADE MOSTRAM IDENTIDADE DE ÓBIDOS A

Loja da Identidade celebrou, em maio passado, quatro anos de portas abertas na Porta da Vila de Óbidos, consolidados pela experiência do saber fazer local. Esta loja, que dispõe de produtos únicos criados de forma artesanal, reúne criações de designers, mas também de habilidosos fazedores locais com muita criatividade e engenho, numa fusão de narrativas e tradições que o tempo e o território ajudam a homogeneizar. Uma mistura de memórias, saberes e habilidades destes empreendedores fazedores, desde jovens aos mais vividos do projeto “Melhor Idade”, empenhados em criar peças onde espelham a sua identidade. Produtos distintos, que brotam da destreza manual de cada um, são o estímulo e fortalecimento da

sua confiança e valorização pessoal, tendo impacto direto na vida de cada empreendedor. “A loja Identidade não é um simples espaço de vendas, mas antes uma janela de oportunidades para a nossa comunidade”, afirma Ricardo Duque, presidente do Espaço Ó, espaço de ativação comunitária que, através dos seus associados, enche as prateleiras de peças distintas e cheias de personalidade. A Identidade expõe, orgulhosamente, estes que são os frutos do empenho e dedicação desta comunidade, numa diversidade de cores, formas e linguagens, que se realçam à vista dos que visitam Óbidos e de onde se podem levar recordações únicas, levando também um pedaço do nosso Espaço e da nossa Identidade.


11 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

FUTURAS OBRAS - CENTRO DE SAÚDE DE ÓBIDOS

MAIS SAÚDE EM CASA RENOVADA A

Câmara Municipal de Óbidos lançou um concurso público para a realização de obras de beneficiação do Centro de Saúde, localizado no Bairro dos Arcos, no passado dia 28 de Maio. A empreitada desta estrutura de Saúde, que integra o Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Norte, está avaliada em 365 mil euros e o prazo previsto de execução é de dez meses. Com a requalificação do Centro de Saúde de Óbidos, prevêse dotar esta unidade de maior conforto e mais valências que permitam beneficiar o atendimento dos seus utentes e a actividade dos seus profissionais. A criação de condições para a classe de médicos e enfermeiros que trabalham em Óbidos tem em vista a execução de um melhor serviço ao utente. Este é um objetivo que acompanha as preocupações do executivo na área da saúde desde o início do mandato, considerando a imprescindibilidade das infraestruturas como suporte à necessidade de “um concelho que tem esta capacidade de polarizar e de atrair investidores, de atrair novos residentes e de ter um rácio de médicos e utentes que seja relativamente mais baixo”, reitera Humberto Marques, presidente da Câmara Municipal de Óbidos.

ALGUNS DOS TRABALHOS A DESENVOLVER Nova cobertura com isolamento térmico Novas paredes de alvenaria e respectivos acabamentos Substituição da caixilharias exterior e envidraçado Rede de aquecimento, ventilação e ar condicionado Pavimentação exterior


12 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

SENTIDOS, ARTE E RECREAÇÃO DESPERTAM NO “ESPAÇO F” O

Espaço F (de Felicidade) abriu no Complexo Desportivo Municipal, a 7 de maio, e é composto por sala de estimulação multissensorial (Sala Snoezelen), sala “Incluir pela Arte” e Circuito de Minigolfe Adaptado. A Sala Snoezelen contou com o apoio do Rotary Internacional, Clubes da Moita e Bombarral, e pretende oferecer uma verdadeira experiência dos sentidos. É um espaço agradável, confortável e seguro, conseguido através da luz, dos aromas, ou da música. Disponibiliza diversos equipamentos e materiais que permitem aos utilizadores usufruírem de momentos de estimulação, relaxamento e bem-estar, tais como cama de água, piscina de bolas, fibras óticas, colunas de água, ou poltrona de massagem. Tem como destinatários os mais idosos, os alunos da unidade de multideficiência do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos e outros munícipes com necessidades especiais que, por algum motivo, não estejam integrados em instituições. Os utentes serão apoiados por uma equipa multidisciplinar, composta por técnicos de reabilitação psicomotora, de psicologia, professores de atividade física, entre outros. De acordo com a vereadora Margarida

Reis este “é um espaço privilegiado para a promoção da qualidade de vida de todos, especialmente neste período difícil que atravessamos em virtude da pandemia, podendo funcionar, também, como uma resposta para aquelas pessoas que foram infetadas pela Covid-19 e que continuam a sentir o seu impacto, com sintomas como cansaço físico ou psicológico”. Para além da Sala Snoezelen, o Espaço F integra, ainda, a sala “Incluir pela Arte”, que aposta na inclusão social pelas práticas artísticas. Tendo como público-alvo idosos, jovens em risco de abandono escolar, ou pessoas com deficiência, promove diversos ateliês, tais como pintura, música, jogos, ou cerâmica. Funciona, também, como uma resposta no que respeita à promoção de um turismo acessível, disponibilizando atividades para pessoas que tenham dificuldade em deslocar-se, enquanto os seus familiares ou amigos visitam a Vila de Óbidos. Uma terceira valência do Espaço F é o circuito de minigolfe, uma prática inclusiva por si só, que poderá ter um impacto bastante interessante não só físico, mas também psicológico e/ou social nos seus utilizadores.


13 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021


EXTERIOR DO COMPLEXO DESPORTIVO DE ÓBIDOS

UMA EXPLOSÃO DE COR E DIVERSÃO PENSADA PARA TODOS A

funcionar desde maio passado, o espaço exterior existente no centro do Complexo Desportivo de Óbidos, entre o estádio, o sintético, o pavilhão e as piscinas, foi requalificado e transformado numa oferta diversificada de equipamentos disponíveis para a prática de exercício físico, com possibilidade de uma utilização formal ou informal, por parte dos munícipes, em geral, mas também dos alunos do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos, nas aulas de Educação Física e Desporto Escolar. Constituído por campos de ténis, voleibol, basquetebol 3x3, mesa de ténis e minigolfe, este espaço tornado arte pelo artista local João Olivença, está já aberto à utilização por todos os que se queiram divertir e aproveitar as atividades ao ar livre disponíveis.


15 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

NOVO ESPAÇO NAS PISCINAS MUNICIPAIS

ESPAÇO DE ESTUDO

ESPAÇO DE LEITURA E LAZER (JOGOS)

BAR

SALA DE MASSAGENS

ROTA DA POESIA

TERRAÇO + ATIVO


16 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

3ª EDIÇÃO COMEÇA NO FINAL DO MÊS DE SETEMBRO

PROGRAMA STARTUP ÓBIDOS DE REGRESSO PARA ATIVAR E ACELERAR NOVAS IDEIAS DE NEGÓCIO A

rranca na última semana de setembro, em formato online, a 3ª edição do StartUp Óbidos, programa de aceleração de ideias e de novos negócios lançado, em 2019, pelo Óbidos Parque Parque Tecnológico de Óbidos. Durante cinco semanas (nove sessões de trabalho), os participantes poderão contar com mentoria e orientação oneto-one, apoio no desenvolvimento do plano de negócios, ações de networking, ligação a empresas, empreendedores e investidores, acesso a espaço de trabalho (durante e depois do programa) e à oferta de formação POD - Plataforma de Ofícios Digitais. Os participantes terão ainda a oportunidade de conhecer, no decorrer do StartUp Óbidos, a Delta Ventures

do Grupo Nabeiro, e entrar no mundo da startup NÃM, um projeto de economia circular com um impacto verdadeiramente positivo no ambiente e na economia local, e que foi alavancado pela empresa de Campo Maior. O Óbidos Parque volta, assim, a reforçar o seu apoio a todos os empreendedores que precisem de validar as suas ideias, os seus projetos e, acima de tudo, de os alinhar com os desafios do futuro. Apoiar projetos de empreendedorismo inovador e qualificado, mas também identificar profissionais para áreas estratégicas que possam alimentar negócios e empresas do universo Óbidos Parque são os objetivos deste programa, aberto a todos os empreendedores com uma ideia de negócio.

As sessões do StartUp Óbidos começam no dia 28 setembro, com o lift-off de todas as ideias e projetos a desenvolver. O programa, com participação gratuita, termina a 26 de outubro, com uma sessão de pitch decks e talent scouting. De referir que o StartUp Óbidos é desenvolvido, desde a sua primeira edição, em estreita colaboração com a empresa Núcleo Inicial - Business Solutions. As sessões de trabalho, online, irão decorrer através da Stepforma, plataforma de EAD. Inscrições abertas a partir do dia 26 de julho via formulário através do site startupobidos.com, ou por email para o endereço: susana.abrantes@obidosparque.com.


17 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

ÓBIDOS PARQUE CRIA NOVO ESPAÇO DE TRABALHO PARA CRIATIVOS E FREELANCERS H

á um novo espaço de trabalho para criativos e freelancers a nascer no Óbidos Parque. Chama-se POD Office, e traduz-se num novo conceito de espaço de trabalho partilhado, criado para juntar pessoas e competências, na área dos ofícios digitais, em torno de dois objetivos: potenciar a criatividade, e aumentar a capacidade de envolvimento destes profissionais em projetos de maior dimensão. O POD Office arrancou no início de junho com dois designers, que “migraram” os seus home offices para este novo espaço de trabalho. Para além da sala em si, os profissionais terão acesso aos serviços habitualmente disponibilizados pelo parque (energia, wi-fi, apoio ao negócio, acesso a eventos, às salas de reuniões e à conference room, à comunidade e a todo o ecossistema), e ainda a mentoria, a um espaço complementar - o POD Studio (para vídeo e conteúdos multimédia) - e a uma das futuras ações de formação POD Plataforma de Ofícios Digitais. O espaço, nesta fase com capacidade para quatro pessoas, tem como parceira a

Almadesign, uma das melhores empresas da área do Design do País, reconhecida e premiada a nível nacional e internacional. O POD Office é uma iniciativa-satélite do projeto POD - Plataforma de Ofícios Digitais, lançado este ano pela Escola Superior de Artes e Design do Politécnico de Leiria (ESAD.CR), em associação com o Óbidos Parque e o Município de Óbidos. A plataforma, um conjunto de formações de curta duração na área das artes e da criação centradas no saber-fazer em meio digital, tem como objetivo atualizar ou renovar competências e aptidões de estudantes e profissionais, quer estejam no ativo ou à procura de emprego, de valorizar ou mudar a sua carreira. As primeiras formações POD centraramse nas seguintes áreas: Sound Design para Jogos, Digital Storytelling - Narrativas Visuais, Escrita e Som para Conteúdos Digitais e Motion Design. A POD pretende estimular uma aprendizagem assente em projetos através dos quais, adicionalmente, “sejam promovidas competências de pensamento crítico, empatia e adaptação à mudança

em contextos complexos”, alargando-se “aptidões de colaboração, promotoras de capacidades empreendedoras, essenciais para prosperar agora e no futuro”, define a ESAD.CR.


18 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

ACADEMIA DECODE LANÇA ROBOT BOOTCAMP O

deCode - Academia de Programação e Robótica, um projeto do Óbidos Parque, lançou este ano o Robot Bootcamp, uma ação 100% online assente num conceito de formação/workshop para desenvolvimento de competências por orientação e auto-aprendizagem. Durante os meses de maio e junho, os participantes foram desafiados a construir e a programar um braço robótico, cujas componentes - físicas e eletrónicas - lhes foram entregues num kit preparado para o efeito. Este novo modelo de bootcamp é uma aposta na continuidade da formação em linguagens de programação e robótica com aplicação prática. É a oportunidade

que os nossos alunos têm de aprender as bases da eletrónica, de escrever código, e de conseguirem ter o seu primeiro robô construído em casa. É uma atividade que surge da necessidade de materializarmos os conteúdos adquiridos, acompanhando a infinita capacidade criativa de cada um”, explica André Duque, coordenador do projeto. A academia deCode é a resposta às necessidades de formação e de reforço de competências que marcam estas áreas”, refere Miguel Silvestre, diretor executivo do Óbidos Parque. “É um programa que demonstra claramente o nosso compromisso com o futuro, onde uma associação, que vive dos seus resultados,

não deixa de investir no mais importante da economia digital: o talento”. O projeto deCode - Academia de Programação e Robótica foi lançado em 2015, com o objetivo de proporcionar formação em linguagens de programação, valorizando os currículos de crianças e jovens em idade escolar numa área crucial para o seu futuro profissional. Óbidos assumiu o pioneirismo no ensino da Programação a crianças e jovens através deste projeto, inicialmente coordenado pelo Óbidos Parque e pelo Município de Óbidos, em parceria com o Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos. É, agora, liderado e dinamizado, de forma integral, pelo parque tecnológico.


19 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

COMUNIDADE ÓBIDOS PARQUE PARTILHA CONHECIMENTO COM FUTUROS PROGRAMADORES N

ova edição do curso de Programador de Informática do CENCAL, novo grupo de formandos na comunidade Óbidos Parque. Até ao final do ano, 14 futuros programadores vão estar pelo parque e ficar a conhecer o posicionamento de algumas das suas tecnológicas, as linguagens de programação com que trabalham, assim como a sua visão sobre o que espera o mercado destes novos talentos. Ao todo, serão quatro as sessões de partilha de conhecimento que vão ter

lugar nos Edifícios Centrais, dinamizadas em conjunto com as empresas Impactwave, Makewise, TIC Project e SafeAlliance. Além de criarem importantes pontos de contacto entre os formandos e as diferentes tecnológicas do parque, estas sessões visam também passar aos futuros programadores algum know how e experiência de mercado. Em dezembro, e à semelhança de anos anteriores, terá lugar uma sessão final de apresentação e promoção de

competências por parte de cada um dos formandos do curso. A ideia é conseguir o melhor match entre formandos e empresas, e garantir-lhes um lugar para estágio, já no próximo ano. Recordese que o curso de Programador de Informática foi lançado com o apoio do Óbidos Parque, em 2018. A iniciativa faz parte de um conjunto de ações e parcerias nas quais o parque tecnológico tem vindo a trabalhar, no sentido de ajudar a responder à carência de programadores, em particular na região Oeste.


20 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

PERCURSOS PEDESTRES VIERAM PARA FICAR

NATUREZA E SAÚDE PELOS CAMINHOS DE ÓBIDOS A

rede municipal de Percursos Pedestres de Óbidos é um projeto que está a ser desenvolvido pelo programa municipal Óbidos +Ativo, desde 2018, e que prevê a efectivação de 120 quilómetros de vias pedestres multiusos. O seu lançamento realizou-se dia 12 de outubro e conta com a participação das Juntas de Freguesias como parceiros diretos na elaboração e manutenção de alguns dos percursos. “Este projeto vai disponibilizar uma grande diversidade de percursos, satisfazendo todos os gostos e interesses, com programas dirigidos a todos os obidenses, turistas, posicionando Óbidos como um destino de excelência de Turismo Desportivo e de Natureza. Os recursos naturais, paisagem, agricultura, História, as tradições, são elementos ricos para desfrutarmos ao longo destes caminhos, onde as escolhas

passarão por programas de atividades, valorizando todo o território e fomentando um crescimento sustentável”, refere Margarida Reis, vereadora do Pelouro de Desporto, Saúde e Bem-Estar. Já são uma realidade os percursos urbanos do Parque da Vila e do Complexo Desportivo. E para os que são adeptos da natureza, a Ecovia do Arnóia, junto às margens do rio, ou da Rota das Poças, que se desenvolve pela freguesia do Vau, são uma possibilidade, em contrabalanço com o Trilho dos Patos Reais, que permite a passagem por zonas da Lagoa de Óbidos menos acessíveis, mas com uma fauna e flora riquíssimas. É possível encontrar toda a informação online sobre estes percursos em obidos.pt, ou em formato papel no Posto de Turismo. Recentemente, juntaram-se à rede

municipal de Percursos Pedestres mais duas vias implementadas no terreno, nomeadamente, em A-dos-Negros, a Rota das Fontes, e, na freguesia da Amoreira, a Rota dos Moinhos. A rede municipal, que prevê a criação total de vinte percursos, pretende implementar brevemente novas rotas: a Rota do Aqueduto, na Usseira, o Caminho do Carteiro, nas Gaeiras, e, no Olho Marinho, a Rota do Calcário. A este respeito, José Pereira, vicepresidente da Câmara Municipal de Óbidos, confirma que “estamos a balizar o nosso território, a nossa identidade, a mostrar aquilo que temos de melhor” e deixa, a todos, o convite para desfrutar de “uma vida saudável e de poderem visitar o nosso território e ver aquilo que de melhor temos”.

PERCURSOS PEDESTRES CONCELHO DE ÓBIDOS


21 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

120KM REDE MUNICIPAL PERCURSOS PEDESTRES DE ÓBIDOS


22 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021


23 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

PROGRAMA DE HABITAÇÃO DÁ NOVO TELHADO A DEZENAS DE FAMÍLIAS E

ste ano decorre a 5ª edição do projeto Just a Change, que teve início em 2016 e que já permitiu reabilitar 24 habitações em Óbidos, permitindo, desta forma, dignificar a vida de 24 agregados familiares, o que corresponde a 41 indivíduos residentes no concelho (9 habitações na Freguesia da São Pedro, Santa Maria e Sobral da Lagoa, 2 na Usseira, 1 na Amoreira, 4 em A-dosNegros, 4 no Vau e 4 no Olho Marinho). Este projeto, parceria entre a Câmara de Óbidos, com o seu programa social ReHabitar, e a associação Just a Change, em que a primeira comparticipa sempre com uma verba e a associação adquire os materiais e envia os jovens voluntários para recuperar as casas indicadas pelos serviços de Ação Social. Para Humberto Marques, este programa para além de dar melhores condições habitacionais, tem um conjunto de outras valências, como “saúde e bemestar que se cruzam entre elas, e aí sim, damos a verdadeira dignidade humana”. O presidente da Câmara Municipal de Óbidos explicou que, após o levantamento de alguma “pobreza envergonhada”, era preciso fazer “um acompanhamento, em que construímos várias casas para pessoas que tinham, de facto, uma desintegração com condições precárias e, do mesmo modo, que resultou na parceria com a associação Just a Change”. “Hoje com a Just a Change demos-lhes uma outra dimensão física de equilíbrio emocional que a nós também nos permite aproveitar os recursos que temos, como um

psicólogo e um terapeuta, para fazer esse acompanhamento ao longo do tempo”, adiantou o autarca. Pretende-se, ainda, ativar toda a comunidade envolvente, contando com a colaboração efetiva das Juntas de Freguesia e Instituições Particulares de Solidariedade Social da área de residência e também com os próprios beneficiários. Sobre o programa Re-Habitar O Município de Óbidos, no âmbito do seu programa Re-Habitar – Obras de Conservação, Reparação ou Beneficiação de Habitações Degradadas, tem procurado desenvolver iniciativas que visam a resolução de situações onde se verifique ausência de condições de habitabilidade em residências permanentes de agregados familiares residentes no Concelho de Óbidos, com comprovada carência económica, promovendo a qualidade de vida das populações através de obras de conservação, reparação ou beneficiação de habitações degradadas. Just a Change O Just a Change é uma associação sem fins lucrativos que, através do seu programa Portugal Rural, reabilita casas de pessoas carenciadas, tendo como principal objetivo a luta contra a pobreza habitacional em Portugal, mobilizando todos os recursos necessários à execução de obras, nomeadamente, através da mobilização de jovens voluntários, no sentido de

devolver dignidade habitacional às famílias mais necessitadas. Trata-se de programas intensivos de reabilitação, com duração de 10 dias, no qual cerca de 50 jovens participam diariamente nas obras e atividades propostas.


24 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

NOVO QUARTEL DA GNR DE ÓBIDOS PRESTES A SER CONSTRUÍDO J

á se encontra em fase de projeto de execução o novo quartel da GNR de Óbidos, fase esta que antecede o lançamento do concurso que dará início à empreitada desta obra essencial para o concelho de Óbidos. Recorde-se que, em julho de 2019, foi assinado, em Óbidos, o contrato de cooperação interadministrativo entre a Câmara Municipal, a Secretaria Geral da Administração Interna e a Guarda Nacional Republicana (GNR), para a construção deste novo posto territorial de Óbidos. O investimento de 1,2 milhões de euros vai permitir retirar o atual posto territorial da GNR do perímetro muralhado e construir o quartel “numa nova centralidade de Óbidos”, disse, na ocasião, o presidente da Câmara Municipal, Humberto Marques. Esta obra só é possível pela cedência do

terreno junto ao Complexo Desportivo Municipal, realizada pelo executivo municipal à Guarda Nacional Republicana, e porque a autarquia se substituiu ao Estado como dono de obra. A cedência será pelo prazo de 50 anos, renovável por períodos de 20 anos. Quanto à construção deste novo quartel, o autarca lembra que, “no passado, fecharam-nos a porta, mas não desistimos. Voltámos a insistir e insistir e, hoje, é uma realidade”. Humberto Marques destaca, ainda, que “este novo quartel vai encurtar o tempo de socorro muito significativamente, pelo facto de não estar dentro do perímetro muralhado”. Ainda segundo o autarca, o novo imóvel também “vai melhorar em muito as condições de trabalho e de conforto e vai gerar capacidade para albergar um maior número de militares”.


25 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

PRAIAS DE ÓBIDOS SÃO BANDEIRA AZUL Foi hasteada, dia 16 de Julho, pela primeira vez, a Bandeira Azul na praia do Bom Sucesso. Para além deste galardão, foram também hasteadas as bandeiras de Praia Acessível para Todos, através de financiamento obtido por via de candidatura apresentada à Linha de Turismo Acessível do Turismo de Portugal, e o galardão de Praia de Qualidade de Ouro, que reconhece a qualidade da água balnear como excelente durante um período mínimo de cinco anos consecutivos. Para Margarida Reis, vereadora com o Pelouro da Saúde e BemEstar, “a atribuição da bandeira Azul, pela primeira vez, às praias do Bom Sucesso e do Rei Cortiço, mostra o esforço que temos tido para equipar toda a nossa zona balnear com infraestruturas essenciais, preservando, ao mesmo tempo, toda a beleza

natural”. “Este dia 16 de Julho, para além de histórico, enchenos de orgulho”, confessa Margarida Reis, dando destaque “às acessibilidades para todas as pessoas e ainda ao reconhecimento que nos foi dado pela Quercus”. Segundo a autarca, em todo este processo, nomeadamente no Bom Sucesso, “houve necessidade de articular muito bem com a Agência Portuguesa do Ambiente a forma como os trabalhos das dragagens da Lagoa de Óbidos decorrerão, para não prejudicar os veraneantes e, acima de tudo, a qualidade daquela praia tão apetecível”. A vereadora explica ainda que “a colocação da bandeira azul na praia do Rei Cortiço está dependente do fim das obras que o concessionário está a fazer”. Em Óbidos, a época balnear irá estender-se até 15 de Setembro.


26 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

A-DOS-NEGROS

CEMITÉRIO Ampliação

VIAS Limpeza das bermas

OBRAS


27 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

AMOREIRA

CAMINHOS VALE BEM FEITO Construção

RUA DO BAIRRO DO JABOÉ Requalificação

PARQUE DO RIO Requalificação


28 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

GAEIRAS

PARQUE INFANTIL Requalificação em parceria com a Junta de Freguesia

ECOPISTA VALE DA HORTA Requalificação

OBRAS


29 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

OLHO MARINHO

LAVADEIRAS Mural

LARGO DO CEMITÉRIO Requalificação

RUA PROF. ROQUE DUARTE Requalificação


30 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

SÃO PEDRO SANTA MARIA SOBRAL DA LAGOA

PRAÇA DA CRIATIVIDADE ÓBIDOS Construção

OBRAS


31 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

SÃO PEDRO SANTA MARIA SOBRAL DA LAGOA

ARMAZÉNS DO VINHO A-DA-GORDA Requalificação


32 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

SÃO PEDRO SANTA MARIA SOBRAL DA LAGOA PONTE DAS CEGONHAS Requalificação

ESTRADA DOS BREJOS BAIRRO DA SENHORA DA LUZ Requalificação

EDIFÍCIOS MUNICIPAIS ÓBIDOS Caiação

OBRAS


33 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

USSEIRA

RUA PRINCIPAL Requalificação

TRAVESSA DA GAMELEIRA Asfaltamento

URBANIZAÇÃO DO BAJUNCO Construção


34 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

VAU

LAVADOUROS MUNICIPAIS Requalificação

ESTRADA MUNICIPAL 573 Regularização

JARDIM DE INFÂNCIA Projeto da requalificação

OBRAS


35 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

O IMPACTO DA COVID-19 NOS EVENTOS DE ÓBIDOS

No início de 2020, a empresa municipal Óbidos Criativa, EM, entidade organizadora dos eventos de Óbidos, aprovava aquele que era o seu melhor resultado operacional de sempre , referente a 2019, com um saldo positivo de 172.935,66 euros. Por força da declaração da existência de uma pandemia pela OMS, em março de 2020, todos os grandes eventos que a Óbidos Criativa, EM organizava anualmente – Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, Mercado Medieval de Óbidos, FOLIO e Óbidos Vila Natal - foram sucessivamente cancelados, fazendo com que o seu volume de negócios tenha diminuído drasticamente e, consequentemente, se traduzisse em resultados operacionais negativos. Na impossibilidade de obter receita através das entradas dos visitantes nos eventos - a sua principal fonte de financiamento-, e dado que, desde 2014, esta empresa se mostrou financeiramente independente do seu accionista, o Município de Óbidos, no decurso do ano

EVOLUÇÃO FINANCEIRA ÓBIDOS CRIATIVA (EM MILHÕES DE EUROS) EVOLUÇÃO FINANCEIRA ÓBIDOS CRIATIVA, EM (EM MILHÕES DE EUROS) RESULTADO OPERACIONAL

PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS

2 000 000,00€

1 500 000,00€

DÍVIDAS A FORNECEDORES

FINANCIAMENTOS

CONTRATO PROGRAMA

de 2020, sem a existência de quaisquer contratos-programa, a paragem forçada dos eventos confluiu na impossibilidade da empresa absorver o impacto da redução do volume de negócios. A este revés agregou-se, ainda, o facto de, como empresa municipal que é, não reunir condições para obter a certificação como PME do IAPMEI, necessária para recorrer aos apoios financeiros, ou, devido ao seu estatuto público, não poder recorrer às medidas de apoio concedidas pelo governo, como o lay-off simplificado. Ainda assim, todos os postos de trabalho foram assegurados pelas reservas financeiras existentes, pelo que se fechou o ano com o menor valor de passivo de sempre: 11.696,22 euros.

AINDA ASSIM, TODOS OS POSTOS DE TRABALHO FORAM ASSEGURADOS PELAS RESERVAS FINANCEIRAS EXISTENTES” Apesar de todos os constrangimentos existentes, a empresa municipal conseguiu realizar, em parte, os seus objetivos estratégicos e a sua missão: apoiar o tecido empresarial e comunitário do concelho, e continuou a promover o território e a participação dos cidadãos, através da realização de atividades em diversos meios.

1 000 000,00€

O gráfico demonstra a evolução financeira da empresa municipal confirmando que os resultados da “Óbidos Criativa, EM” estariam em linha com os dos anos anteriores, caso o surgimento da pandemia não tivesse forçado ao cancelamento administrativo das actividades que normalmente esta empresa realiza.

500 000,00€

0,00€

-500 000,00€

-1 000 000,00€

2016

2017

2018

2019

2020


36 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

MAIS INVESTIMENTO,

A

evolução da dívida total, ao longo dos últimos 21 anos, teve um pico entre 2009 e 2013, fruto de avultados investimentos absolutamente necessários, quer na construção de escolas, quer noutros investimentos que hoje se repercutem no aumento de postos de trabalho no nosso concelho, designadamente no Parque tecnológico de Óbidos que conta hoje com mais de 250 trabalhadores. Apesar desse pico, como se pode ver no gráfico abaixo, actualmente verifica-se uma redução muito significativa da dívida total. Ainda neste gráfico, temos uma projecção para o ano em curso, de acordo com as autorizações para a contracção de empréstimos de médio e longo prazo, que, ainda assim, coloca o valor da dívida total praticamente ao nível da dívida de 2020. Tal justifica-se pelo facto do valor dos novos empréstimos ser praticamente o mesmo que foi amortizado no corrente ano por conta de empréstimos que já vinham de 2011.

EVOLUÇÃO (EM MILHÕES DE EUROS) EVOLUÇÃODA DADÍVIDA DÍVIDA TOTAL (MILHÕES DE EUROS) 0M

1999

2M

4M

6M

10 M

12 M

3 589 469,38€ 4 869 449,63€

2000 2001

5 330 169,29€

2002

5 050 222,82€ 5 789 560,19€

2003 2004

5 742 245,72€

2005

5 802 984,95€ 5 736 718,02€

2006

5 613 788,18€

2007

7 941 859,16€

2008

13 075 332,23€

2009

13 574 689,38€

2010

12 667 727,00€

2011

11 008 737,00€

2012

10 929 673,00€

2013

9 071 364,00€

2014

9 326 741,00€

2015

Todavia, e apesar de estar na projecção de 2021 o valor onde se incluem os novos empréstimos, o município tem conseguido manter o normal decurso das obras sem acesso aos empréstimos autorizados.

8M

7 889 114,00€

2016

7 110 259,00€

2017

6 078 810,00€

2018

5 267 650,00€

2019 2020

5 871 874,00€

2021

5 900 607,57€

Ano a decorrer

14 M

16 M


37 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

MAIS PATRIMÓNIO, MAIS PROGRESSO I

nteressa, no gráfico seguinte, conjugar a sua análise em simultâneo com o anterior. Feita essa análise verifica-se que o valor da dívida que aparentemente parecia baixo entre 1999 e 2002, na verdade tinha um peso enorme face ao valor das receitas gerados.

EXECUÇÃO DA RECEITA (EM(EM MILHÕES EXECUÇÃO DA RECEITA MILHÕESDE DEEUROS) EUROS) 0M

5M

1999

6 729 394,00€

2000

6 702 872,18€

20 M

9 371 196,30€ 11 907 471,22€

2003

15 057 551,58€

2004

18 119 338,65€

2005

15 237 102,82€

2006

19 283 826,34€

2007

16 917 217,38€

2008

21 898 231,64€

2009

21 396 216,61€

2010

15 378 541,47€

2011

Importa ainda realçar que deste valor apenas uma pequena parte (15%) representa o pagamento de imposto (IMI); a grande parte destas receitas provem de fundos comunitários, contratos e do Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT)

15 M

9 644 950,67€

2001 2002

A projecção para o ano de 2021 foi efetuada com base nas receitas arrecadadas pelo município até ao dia 30 de Junho, o que será absolutamente prudente considerar que este ano o município chegará aos cerca de 16,9 milhões de euros.

10 M

16 019 077,15€

2012

19 587 987,46€

2013

19 011 752,63€

2014

14 117 534,80€

2015

12 731 940,10€

2016

13 904 450,93€

2017

14 959 029,00€

2018

16 183 156,04€

2019

15 189 707,63€

2020

16 981 865,09€

2021

Ano a decorrer

25 M


38 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

VALOR GERADO EM EUROS DE ATIVO (PATRIMÓNIO) POR CADA EURO DE DÍVIDA

DÍVIDA TOTAL / ATIVO (EM PERCENTAGEM) DÍVIDA TOTAL / ATIVO (%)

VALOR GERADO EM EUROS DE ATIVO (PATRIMÓNIO) POR CADA EURO DE DÍVIDA

0,0

2002 2003 2004

2,0

4,0

6,0

8,0

10,0

12,0

14,0

16,0

0%

18,0

1,1€

10%

20%

30%

40%

50%

60%

70%

18%

2008

5,6€ 4,2€

2009

24%

2010

22%

4,6€

2010

16%

2007

6,3€

2008

20%

2006

5,0€

2007

2009

23%

2005

4,4€

2006

33%

2004

3,0€

8%

2011

11,8€

2011

11%

2012

9,2€

2012

2013

9,2€

2013

11%

2014

9%

10,9€

2014

9%

2015

10,5€

2015

2019

6%

2020

6%

17,3€

2019

15,7€

2020

7%

2018

15,3€

2018

8%

2017

13,3€

2017

8%

2016

12,0€

2016

N

o gráfico em cima verifica-se que, de 2002 a 2010, o peso da dívida sobre o activo (património) foi o que teve o maior impacte, quer dizer, apesar do valor da dívida total ser mais baixa nestes anos, o património do município também era mais baixo.

100%

53%

2003

2005

90%

87%

2002

1,9€

80%

Em síntese, a situação financeira apesar de ser boa, ainda assim, era distinta do que verificamos no período de 2014 a 2020. Este gráfico evidencia, claramente, que o peso da dívida sobre o ativo é muitíssimo baixo (6%).

RESULTADOS 2010/2020 RESULTADOS 2010 / 2020

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

2018

2019

2020

RESULTADOS ANTES DE DEPRECIAÇÕES E GASTOS DE FINANCIAMENTO

3 348 300 .16€

10 089 283 .16€

57 576 .30€

120 232 .77€

113 419 .83€

1 798 803 .26€

1 061 986 .49€

1 747 072 .74€

1 995 111 .19€

2 477 336 .67€

2 114 688 .93€

AMORTIZAÇÃO DO EXERCÍCIO

0 .00€

- 5 278 049 .19€

- 2 667 088 .12€

- 2 548 633 .12€

- 2 321 402 .06€

- 2 427 089 .47€

- 2 437 480 .47€

- 2 380 386 .81€

- 2 342 730 .06€

- 2 274 302 .49€

- 2 394 428 .06€

3 348 300 .16€

4 811 233 .97€

- 2 609 511 .82€

- 2 428 400 .35€

- 2 207 982 .23€

- 628 286 .21€

- 1 375 493 .98€

- 633 314 .07€

- 347 618 .87€

203 034 .18€

- 279 739 .13€

JUROS E GASTOS SIMILARES SUPORTADOS

-613 112 .79€

- 313 151 .93€

- 312 758 .91€

- 303 664 .02€

- 134 807 .87€

- 150 907 .91€

- 139 961 .02€

- 252 337 .47€

- 115 195 .67€

-97 433 .72€

- 71 340 .37€

RESULTADO ANTES DOS IMPOSTOS

2 735 187 .37€

4 498 082 .04€

- 2 922 270 .73€

- 2 732 064 .37€

- 2 342 790 .10€

- 779 194 .12€

- 1 515 455 .00€

- 885 651 .54€

- 462 814 .54€

105 600 .46€

- 351 079 .50€

RLE

2 735 187 .37€

4 498 082 .04€

- 2 922 270 .73€

- 2 732 064 .37€

- 2 342 790 .10€

- 779 194 .12€

- 1 515 455 .00€

- 885 651 .54€

- 462 814 .54€

105 600 .46€

- 351 079 .50€

RESULTADO OPERACIONAL


39 RIO-Revista Informativa de Óbidos #51 JULHO 2021

ATENDIMENTO AO PÚBLICO DO EXECUTIVO PRESIDENTE DA CÂMARA Humberto Marques

VEREADORES

José Pereira Pedro Félix Margarida Reis

www.obidos.pt

CHEFE DE GABINETE DE APOIO À PRESIDÊNCIA Telmo Félix

ADJUNTO DO PRESIDENTE Ricardo Capinha

SECRETÁRIOS

Ricardo Duque Sérgio Félix

TERÇAS-FEIRAS

9h00/13h00 - 14h00/17h00 (por marcação)

RIO – Revista Informativa de Óbidos T. 262 955 541 rio@cm-obidos.pt

ATAS DAS REUNIÕES DE CÂMARA Disponíveis em www.cm-obidos.pt

CONTACTOS ATENDIMENTO GERAL T. 262 955 500 F. 262 955 501 geral@cm-obidos.pt

EC – ESPAÇO CIDADÃO

Segunda a sexta-feira das 09h00 às 16h00 T. 262 955 522 geral@cm-obidos.pt

GABINETE DE APOIO À PRESIDÊNCIA T. 262 955 500

Chefe de Gabinete chefe.gabinete@cm-obidos.pt Adjunto do Presidente ricardo.capinha@cm-obidos.pt

CENTRO DE INTERVENÇÃO SOCIAL

ÓBIDOS VISTO PELAS CRIANÇAS

T. 262 955 561 F. 262 955 514 Tlm. 939 430 701 obidos.criancas@cm-obidos.pt

CASA DA MÚSICA

T. 262 955 583 mario.ferreira@cm-obidos.pt

COMPLEXO DESPORTIVO

T. 262 955 590 complexodesportivo@cm-obidos.pt

PISCINAS MUNICIPAIS

T. 262 955 569 F. 262 950 682 cis@cm-obidos.pt

T. 262 955 550 F. 262 955 589 Tlm. 937 755 616 complexodesportivo@cm-obidos.pt

COMPLEXO LOGÍSTICO MUNICIPAL

ÓBIDOS CRIATIVA, E.M.

T. 262 955 511/548 Tlm. 937 755 604 vitor.sousa@cm-obidos.pt

GABINETE DE METROLOGIA

T. 262 955 543 metrologia@cm-obidos.pt

SERVIÇO DE ARQUEOLOGIA

Tlm. 937 755 593 arqueologia@cm-obidos.pt

ARQUIVO HISTÓRICO MUNICIPAL T. 262 955 557 arquivohist@cm-obidos.pt

POSTO DE TURISMO

T. 262 959 231 posto.turismo@cm-obidos.pt

BIBLIOTECA MUNICIPAL

T. 262 955 559 biblioteca@cm-obidos.pt

REDE DE MUSEUS E GALERIAS

T. 262 959 299 galerias@cm-obidos.pt museu.municipal@cm-obidos.pt

T. 262 955 561 F. 262 955 524 obidoscriativa@cm-obidos.pt

PARQUE TECNOLÓGICO DE ÓBIDOS T. 262 955 700 obitec@cm-obidos.pt

ESCOLA DE HOTELARIA E TURISMO DE ÓBIDOS T. 262 001 401 ehto.recepcao@turismodeportugal.pt

TURISMO DO CENTRO (DELEGAÇÃO OESTE)

JUNTAS DE FREGUESIA

CONTACTOS ÚTEIS

A-DOS-NEGROS

BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE ÓBIDOS

T. 262 958 602 fregadosnegros@mail.telepac.pt www.freguesiaadosnegros.pt

AMOREIRA

T. 262 969 334 F. 262 969 002 geral@freguesiadeamoreira.pt www.freguesiadeamoreira.pt

GAEIRAS

Urgências: 262 959 144 Atendimento Geral: 262 959 728

GNR

T. 262 959 515

PROTEÇÃO CIVIL T. 262 955 515

VAT - Veículo de Apoio Técnico Tlm. 939 430 702

T. 262 958 671 F. 262 958 670 junta.gaeiras@mail.telepac.pt www.jf-gaeiras.pt

PIQUETE ÁGUAS

OLHO MARINHO

VETERINÁRIO MUNICIPAL

T. 262 965 060 F. 262 965 069 geral@olhomarinho.net www.olhomarinho.net

SÃO PEDRO / SANTA MARIA / SOBRAL DA LAGOA T. 262 950 555 F. 262 950 579 jfsmaria.pedro.sobral@sapo.pt www.jfsmariapedrosobral.pt

USSEIRA

T. 262 955 505 Tlm. 937 400 400

Tlm. 939 430 734

GABINETE TÉCNICO FLORESTAL T. 262 955 500

FARMÁCIAS FARMÁCIA OLIVEIRA (Óbidos) T. 262 959 198

FARMÁCIA VITAL (Amoreira)

T. 262 955 060 F. 262 955 061 info@turismodooeste.pt

T. 262 950 588 F. 262 950 599 freguesia.usseira@hotmail.com www.freguesiausseira.pt

T. 262 969 425

OBIDOS.COM – ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DO CONCELHO DE ÓBIDOS

VAU

FARMÁCIA SENHORA DA AJUDA (Gaeiras)

T. 262 950 194 obidos.com@gmail.com

OesteCIM – COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO OESTE T. 262 839 030 F. 262 839 031 geral@oestecim.pt www.oestecim.pt

T. 262 968 670 F. 262 969 733 freg.vau.obd@sapo.pt www.freguesiavau.com

FARMÁCIA HIGIÉNICA (Olho Marinho) T. 262 969 130

T. 262 958 637

POSTO DE MEDICAMENTOS (A-dos-Negros) T. 262 959 012

PARAFARMÁCIA FARMAVAU (Vau) T. 262 968 285

NÚMERO NACIONAL DE EMERGÊNCIA T. 112



Issuu converts static files into: digital portfolios, online yearbooks, online catalogs, digital photo albums and more. Sign up and create your flipbook.