Page 1

BANCO DE ENSAIOS

VEGA SURF TECH E POTENZA ST

FIOS EVOLUÍDOS Brito Ribeiro estreia-se nas nossas páginas com uma avaliação a dois monofilamentos que não deixaram os seus créditos por mãos alheias.

F

ui fazer uma jornada de pesca num dia de mar com uns dois metros de vaga, bastante força na rebentação, tempo fresco e nevoeiro quanto baste. Fiz as três últimas horas da enchente na praia da Gelfa, lançando para uma coroa de areia. Foi o momento escolhido para experimentar o monofilamento Surf Tech e o fluorocarbono Potenza ST, ambos da Vega. Devo dizer que estou habituado a pescar com multifilamentos em surf casting e este regresso ao monofilamento não tem nada de regresso ao passado — pelo contrário, estes nylons evoluíram imenso. Prova disso mesmo foi a escolha de uma linha 0.35

mm, que o fabricante anuncia como tendo uma resistência de 15.9 kg, algo impensável há alguns anos.

da a confiança no material, alonguei os lançamentos, até porque queria experimentar atrás da rebentação, que não dava descanso com o avançar da maré. Aumentei o peso da chumbada para 180 g e a linha continuou a corresponder muito bem. O que mais me agradou foi a sensibilidade ao toque, sinal que deve ter pouca elasticidade. A baixada e os tensos em especial, sofreram as consequências desta jornada em condições bastante duras. Como estava a pescar com dois anzóis, o tenso inferior foi sujeito a uma dura prova da qual saiu satisfatoriamente. O fluorocarbono experimentado, ST Potenza 0.31 mm, com resistência de 14 kg, apesar de regressar várias vezes ensarilhado, resistiu bem aos nós e, depois de esticado, de-

TEXTO e IMAGENS Brito Ribeiro

monstrou ter pouca memória, algo essencial nas linhas dos tensos, que apenas substituí no final de mais uma manhã bem passada.

O Surf Tech rapidamente conquistou a minha confiança

À pesca

Com a bobine carregada com 300 metros, deu imediatamente para perceber que estava perante uma linha macia e com boa flexibilidade. Faltava observar em acção de pesca. Propositadamente, não usei shock leader, unindo a baixada directamente à linha, mediado apenas por um destorcedor. Tenho de confessar que estava apreensivo, pois o mar obrigava a usar uma chumbada de 150 g, por isso os primeiros lançamentos foram suaves, quase a medo. Obti-

O Surf Tech está disponível em oito diâmetros entre 0.16 (resistência de 2.9 kg) e 0.40 mm (resistência de 19.3 kg)

FICHA Técnica SURF TECH ·C  omposição: 100% Premium Nylon de fabrico japonês · Bobines disponíveis: 300 m (diâmetros de 0.30, 0.35 e 0.40mm) e 1000 m (diâmetros 0.16, 0.18, 0.20, 0.22 e 0.25mm) ·A  lta sensibilidade e resistência ·M  emória e elasticidade muito reduzidas

16

POTENZA ST · Composição: 100% fluorocarbono com protecção anti-salinidade · Bobines disponíveis: 50 m · Diâmetros disponíveis: 0.21,0.23, 0.25, 0.28, 0.31 e 0.35 · Alta resistência linear e ao nó, excelente resistência à abrasão · Memória muito reduzida DEZEMBRO 2015

Surf Tech e Potenza ST  

Dois fios de eleição em teste: o nylon Surf Tech e o fluorocarbono Potenza ST

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you