Page 1

Mala Direta Postal CORREIOS

ASSOCIAÇÃO DE LOCADORAS DEVOLUÇÃO GARANTIDA

Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis Avenida Mandaqui, 67 - Bairro do Limão - São Paulo - SP - Tel: 11 3965-9819

CORREIOS

INFORMATIVO INTERNO DA ALEC - OUTUBRO/2010

ALUGAR BRASIL E FELOC 2010 – COMEÇOU A CONTAGEM REGRESSIVA! Está a todo o vapor a organização de ambos os eventos que são os únicos do mercado focados em locadoras de máquinas e equipamentos. Pela primeira vez, o ALUGAR Brasil e a FELOC – Feira de Equipamentos para Empresas Locadoras - serão realizados em dois dias, 26 e 27 de novembro, no Hotel Quality Resort & Convention Center, em Itupeva, interior de São Paulo. Na sexta-feira, 26/11, os fabricantes aproveitarão os “módulos empresariais” para apresentar seus produtos e condições diferenciadas para as locadoras. Serão reuniões de 20 a 30 minutos, nas quais os fabricantes poderão utilizar políticas comerciais agressivas para fechar excelentes negócios, possibilitando a renovação das frotas das locadoras.

No final da sexta-feira será realizada uma palestra pela Adriana Netto, professora associada da Fundação Dom Cabral, com foco em sucessão empresarial, abordando um tema que representa a realidade das nossas locadoras e um dos nossos grandes desafios. No sábado serão realizadas palestras das 9h às 18h sobre diversos temas que têm como objetivo a qualificação da equipe das locadoras: mercado de locação, uma abordagem sobre os rumos da construção civil no Brasil e o encerramento com uma palestra motivacional do professor Marins, um dos palestrantes mais famosos do Brasil e um excelente comunicador. Em paralelo, acontecerá a FELOC 2010 com 27 empresas que vão expor seus produtos, novas tecnologias e serviços para locadoras.

Visite o hot site

www.alugarbrasil.com.br

e fique por dentro de todas as novidades destes grandes eventos. Neste site, você vai encontrar todas as informações que precisa para participar e investir na sua qualificação. Sua presença é fundamental para o sucesso destes eventos!


Palavra do Presidente Chegamos ao 4º trimestre! Continuamos crescendo, as previsões para 2011 permanecem otimistas e a grande locomotiva é a CONSTRUÇÃO CIVIL. Tudo maravilhoso para nós locadores e prestadores de serviço deste mercado, mas pergunto: a sua locadora teve o aumento de faturamento compatível com os números de crescimento da CONSTRUÇÃO CIVIL? Se não teve, não estranhe, pois detectamos que realmente houve um aumento da demanda de máquinas, mas parte foi absorvida por um aumento de oferta decorrente do aumento do investimento em máquinas pelas locadoras, e parte absorvida

DA SOAL O S E P O ÇÃ UTEN MAN AR COM IC VAI F ADES. SAUD

pela entrada de novas locadoras no mercado, atraídas pelas notícias positivas. Isso é muito importante, pois traz equilíbrio a todo o mercado da construção civil, afastando a hipótese do “APAGÃO DE MÁQUINAS” tão alardeado no início do ano. Notem que estou me referindo ao mercado de máquinas como um todo e alguns poucos itens podem apresentar desabastecimento momentâneo decorrente de uma demanda maior que a prevista, mas com certeza as locadoras que atuam com estes itens se apressarão em adquiri-los para atender ao mercado, afinal ESTE É O NOSSO NEGÓCIO: ALUGAR! Outro ponto que gostaria de abordar, são os dois grandes eventos do MERCADO DE LOCAÇÃO, o ALUGAR Brasil e FELOC 2010 que ocorrerão em 26 e 27 de novembro de 2010, no Quality Resort & Convention Center em Itupeva, interior de São Paulo. Em ambos os eventos ocorrerão painéis e palestras de relevância para o nosso mercado e, em paralelo, uma feira com a

presença de 27 expositores apresentando suas linhas de produtos e serviços. Para encerramento, no sábado à noite, há a festa de confraternização dos associados, jantar e baile com música ao vivo. Há melhor maneira de fecharmos um ano tão bem sucedido? ALEQUEANOS, prestigiem nosso evento, comparecendo em massa. Encontro vocês lá! Aproveito para convidá-los a visitar o site www.alugarbrasil.com.br, acessem, naveguem e saibam todos os detalhes dos eventos que foram desenvolvidos especialmente para nós, locadores. Durval C. Gasparetti Presidente

QUALIDADE, RESISTÊNCIA

E BAIXO CUSTO

DE MANUTENÇÃO. O programa DEWALT Rental é seu melhor parceiro para locação de máquinas e ferramentas, oferecendo produtos de alta qualidade e resistência, com baixo custo de manutenção. O que se traduz em maior lucratividade para a sua empresa. VANTAGENS DO PROGRAMA DEWALT RENTAL: • Suporte total de nossa equipe de promotores técnicos • Compra de máquinas, peças e acessórios direto da fábrica • Treinamento direto na fábrica CONSULTE UM DE NOSSOS REPRESENTANTES.


FOrma modular x FOrma de madeira Comparativamente, o custo das formas modulares, quando utilizadas uma vez durante um mês de locação, já equivale a todo o custo das de madeira. Obviamente que esse equipamento pode ser utilizado mais vezes durante o mesmo período, reduzindo ainda mais o custo, que se torna menor do que o das formas convencionais. Finalmente, em tempos de sustentabilidade, é bom lembrar que as formas modulares também contribuem para a preservação da natureza, por não gerarem resíduos e ajudarem a reduzir o consumo de madeira na construção civil – um dos setores que mais consomem madeira. As formas modulares apresentam uma série de vantagens técnicas e econômicas, quando comparadas às formas de madeira. A análise comparativa deve ser feita em busca da melhor solução. São muitas as variáveis, a começar pelo fato de que as formas tradicionais em madeira, produzidas nos canteiros de obras, muitas vezes não conseguem a mesma qualidade de acabamento do concreto quando comparadas às formas modulares. Para atingir tal qualidade, demandam materiais melhores e maior tempo de produção. Já as formas modulares têm esse benefício integrado, dispensando gasto de tempo e mão de obra dos carpinteiros. Outro benefício das formas modulares é a certeza do consumo do volume de concreto a ser utilizado durante a concretagem. Por apresentarem medidas mais precisas, garantem o volume calculado. Acidentes durante as concretagens em obras são comuns. Muitas vezes, uma forma de madeira precariamente produzida, pode se tornar algo perigoso na obra, dependendo do tamanho da concretagem que está sendo realizada.

As formas modulares reduzem o risco de acidentes, por ter maior capacidade de suportar a pressão do concreto. Seus travamentos e apoios também são desenvolvidos com fatores de segurança que proporcionam benefícios. Boa parte das formas modulares oferecidas no mercado é de fácil utilização, não precisando de mão de obra especializada. Algumas formas modulares disponíveis no mercado apresentam diferentes características entre elas. Uma diferença considerável é a possibilidade da movimentação de conjuntos pré-montados de diversos painéis entre as concretagens, reduzindo assim o tempo de montagem e desmontagem. As formas modulares com seus tamanhos e medidas variadas atendem a todas as especificações de projeto e possibilitam a montagem e desmontagem durante a obra em menor tempo. Do ponto de vista de custo, pode parecer que as formas modulares, muitas vezes locadas de empresas especializadas, são mais caras do que as de madeira. Porém, no custo total da forma de madeira é preciso contabilizar a mão de obra empregada na montagem, produção da forma e desmontagem, e o material envolvido (madeira, sarrafos, prego e ferramentas).

Engenheiro Vinicius Farias Santos Superintendente Técnico Metax EFCO


Martelo Demolidor GSH 16-28 Professional

COMO ATENDER SEUS CLIENTES

Mais rápido e potente:

O mundo dos negócios está cada vez mais concorrido. Jamais houve tanta oferta de produtos e serviços. Os consumidores estão mais informados.

remove 13 toneladas de material/dia E Força de impacto único de 45 J e motor de 1.750 W: 40% mais taxa de remoção. E Estrutura robusta: 50% mais vida útil.

Durante o momento da decisão de compra ou locação, quanto mais conhecida for sua empresa maior será sua chance de ser a escolhida.

E Duas empunhadeiras facilitam o manuseio. E Transporte prático: resistente maleta com rodas.

Dados técnicos Potência

1.750 W

Força de impacto (joule)

45 J

Taxa de remoção concreto médio-duro Nº de tipo

220 / 230 V

1.700 kg/h 0 601 335 0E0

Um grande diferencial competitivo está na venda direta em que o vendedor pode criar um relacionamento com os compradores (construtoras e empreiteiras), gerando assim bons negócios no decorrer de suas obras (construção). A venda de locação de equipamentos para construção civil é igual a uma venda comum, o que muda é o produto e o serviço prestado, além do comprometimento que o vendedor precisa ter com seu cliente, dando-lhe um pós-venda melhor que a própria venda. O marketing de relacionamento é uma ferramenta muito apropriada para gerar negócios com seus consumidores e criar novos laços comerciais. Se você não criar um vínculo comercial forte, acaba gerando o esquecimento da sua empresa, lembrando que todo dia surge uma nova locadora e que a renovação dos contratos de locação depende muito do seu pós-venda. As empresas maduras e consagradas sabem que a venda é apenas a porta de entrada, um primeiro e importante passo.

Sistema Vibration Control: reduz as vibrações e aumenta a produtividade.

Soluções para locação. Confiança e qualidade para o seu negócio.

De profissionais para profissionais

www.bosch.com.br

O maior diferencial que os revendedores podem oferecer é sua equipe de atendimento, tanto pré quanto pós-venda. O fundamental é desenvolver o relacionamento. Quanto maior e mais intenso, a empresa só tem a ganhar. Ganhar porque o investimento para manter é inferior a 20% do que o necessário para conquistar; ganhar porque renovando o encantamento do cliente, ele poderá conquistar sua preferência total ou exclusiva, ganhar porque o motivará a comprar quantidades maiores e com maior intensidade, ganhar porque seus comentários naturais e apaixonados atrairão outros clientes para a empresa. O ideal é criar elos com o cliente dando maior atenção, sendo transparente nas negociações, cumprindo os prazos prometidos e, o mais importante, fornecendo produtos com qualidade e profissionais qualificados para atendê-lo. Assim, você fideliza o cliente e o satisfaz. Um cliente satisfeito gera mais negócio para a empresa. Lairton Zuza da Silva Gestor de Negócio Weber MT do Brasil


Padrão visual para pequenas e médias empresas não é um bicho de sete cabeças! As empresas de pequeno e médio porte começaram a se dar conta da importância da comunicação com seu público-alvo há pouco tempo. Na verdade, depois que a China entrou para valer em vários segmentos do mercado, a concorrência ficou muito mais feroz e a necessidade de se fazer presente falou mais alto. Existe um mito de que propaganda exige um grande valor de investimento e que somente as grandes empresas têm fôlego para isso. Não é bem assim! Continuo encontrando ainda no mercado muitas empresas que deixam sua comunicação nas mãos de uma sobrinha que fez um cursinho na escola à tarde e que, portanto, se acha apta a desenvolver um anúncio ou pede a um conhecido que sabe mexer em algum programa de criação para desenvolver um logotipo. Eu pergunto: você colocaria um projeto técnico de um equipamento ou componente que sua empresa fabrica para apresentar a um potencial cliente nas mãos do seu afilhado de 18 anos que ainda não tem experiência? Por que você faz isso com a comunicação da sua empresa? As empresas têm um jeito peculiar de se comunicar com o mercado. Em primeiro lugar é preciso determinar quem é o seu público-alvo. Definido isso, fica muito mais fácil pensar na estratégia de comunicação. Entretanto, a base para tudo é definir um padrão visual. Isso não requer um investimento alto, mas bom senso e orientação para todos na empresa.

Estabelecer um padrão permite ao receptor da mensagem identificar de batepronto que aquele material se refere à sua empresa.

GERADORES A GASOLINA PORTER CABLE. GERADORES DE ENERGIA E DE LUCROS.

Seu logotipo tem que ter cores especificadas e, em todos os lugares em que ele for aplicado, deverá sair com as mesmas cores, no mesmo tipo de letra, sem distorção – cartão de visita, nota fiscal, papel de carta, envelope, orçamentos, anúncios, no site, nos uniformes e assim por diante. Você já parou para pensar que o logotipo é a “cara da sua empresa”? Grandes empresas sabem disso e têm um manual de identidade visual com regras muito claras de como usá-lo e de como aplicá-lo em cada um de seus materiais. Isso não é um detalhe insignificante e sim uma estratégia que demonstra coerência e cuidado por parte da empresa, garantindo o reforço da sua marca. Toda vez que o seu comprador vir o seu logotipo, ele vai lembrar da sua empresa.

Pense nisso: o investimento é muito pequeno e o retorno, a médio e longo prazo, é significativo. Marot Gandolfi Diretora de Relacionamento Multifoco Comunicação e Marketing

Qualidade, desempenho, baixo custo de manutenção, venda direta de peças, suporte total da equipe de promotores técnicos e treinamento na fábrica. É com tudo isso que sua empresa pode contar, quando trabalha com os geradores Porter Cable. CONSUMIDOR, EXIJA O PREENCHIMENTO DO NÚMERO DA SÉRIE DA MÁQUINA EM SEU DOCUMENTO FISCAL

0800 703 4644 www.portercable.com.br


Por que informatizar o MEU negócio?

Nas minhas andanças como analista de sistemas, já ouvi muitas razões que impedem os empresários de optar por uma empresa organizada e informatizada que são duas coisas diferentes, organize primeiro, informatize depois ou que você conseguirá apenas é uma desorganização mais ágil! Resolvi então dedicar este artigo a enumerar estas razões e contra-argumentar, no sentido de convencê-lo a tomar esta decisão. A informatização traz um choque de gestão grande para a empresa. Processos que sempre foram feitos de uma forma precisam ser repensados com a chegada de computadores, sistemas e treinamento. Realmente é um processo que mexerá profundamente na cultura e nos hábitos dos diretores e funcionários, mas que sempre, no final, traz muito mais benefícios do que transtornos.

Em vez de se preocupar com o serviço em si, por exemplo, os contratos de locação ou com as ordens de serviços, em que ponto está o serviço, já foi entregue, entre outros, você passa a se preocupar com os equipamentos, as versões dos sistemas, e o correto uso diário deste sistema (e é aí que entra a mudança de processos e hábitos), e deixa que a informática se preocupe com os detalhes do negócio para você.

Para o sistema, você com certeza encontrará várias opções e é aí que você deve ter mais atenção: meu conselho, é que você, além de procurar uma empresa séria, com tempo de mercado no seu ramo, que abranja os detalhes do seu negócio, sobretudo que esta empresa trate você como um parceiro, procurando fidelizar a relação ao máximo, entendendo suas necessidades para realizar um atendimento personalizado e não apenas ganhar dinheiro através da venda do sistema.

Para que uma empresa cresça, é necessário que seu diretor, além de investimentos constantes em infraestrutura, controles e tecnologia, decida diariamente sobre compras, preços, custos, contratações, demissões... É muito mais fácil decidir apoiado em informações corretas e consistentes, e é isso que um bom processo de informatização trará para a sua empresa: informações para que você possa tomar decisões corretas.

E, por fim, as pessoas envolvidas não precisam ser experts em informática, uma vez até que o processo de implantação já envolve o treinamento dos usuários.

São três os pontos que você precisará se preocupar: os equipamentos necessários (hardware), o sistema a ser instalado (software) e as pessoas envolvidas no processo que usarão o sistema (peopleware). Em relação aos equipamentos, nos últimos anos o Brasil teve uma série de desonerações de impostos o que barateou bastante o preço final dos computadores e impressoras.

Um bom sistema de gestão deve poder oferecer, ao menos, as seguintes informações:

• Em relação aos serviços efetuados, quais produtos eu devo ter mais em estoque e quais eu devo comprar? • Quais serviços estão em que ponto, quais estão atrasados? • Como está o meu estoque? • Quanto foi meu faturamento e minha inadimplência, no período “X”? • Como está minha cobrança?


Eu não quero informatizar pois ...

Por outro lado ...

Não consigo trabalhar usando o computador, minha equipe não saberá usá-lo.

Um processo de informatização bem feito, que abranja vários departamentos, demora alguns meses. Tempo suficiente para que os treinamentos sejam dados de forma gradativa e os usuários possam ir assimilando, aos poucos, a mudança na cultura da empresa.

A informática ira desumanizar a organização.

Na verdade, as informações internas ficarão mais ágeis e íntegras. Isso trará menos atritos entre os funcionários e ainda passará a idéia para seus clientes que você se importa com a sua empresa e que está investindo na tranquilidade deles.

Não consigo trabalhar utilizando um computador.

O diretor do negócio, embora seja interessante, não precisa necessariamente operar pessoalmente o sistema. Ele pode pedir aos funcionários que imprimam os relatórios com os resultados necessários para a tomada das decisões.

Serão necessárias novas contratações para suprir a manutenção adequada de um sistema de informação.

Sim, mas você deve pensar nisso como um investimento e não como um custo. Os dados que a sua empresa manipula diariamente são a sua empresa. Quanto vale tê-la sob controle?

Computadores são muito complicados e tornam-se perigosos quando dependemos deles para administrar a empresa.

A dependência realmente ocorrerá, como aconteceu na história das empresas com a energia elétrica ou o telefone. Com um fornecedor de serviços que seja realmente um parceiro, estes problemas serão minimizados.

Não há sistemas de informática que atendam às necessidades do negócio, além disso, a maioria dos profissionais de informática não entende as minhas necessidades empresariais.

Realmente você dificilmente encontrará um sistema “pacote” que resolva todos os problemas da sua empresa, mas com certeza encontrará muitos que, com pequenas adaptações, poderão ser moldados a sua realidade. Portanto procure um sistema que possa ser adaptável, converse com um consultor de informática ou analista de sistemas, marque uma apresentação.

Um vírus de computador pode prejudicar anos de trabalho.

Com procedimentos diários rotineiros como cópia diária de dados (backup), configuração correta do servidor e um bom antivírus instalado, isso estará resolvido.

Preciso sempre estar comprando e adequando os equipamentos de tecnologia, pois sempre estou com sistemas e computadores defasados e antiquados.

Hoje em dia, para um sistema “for windows” ou que funcione via internet, a grande maioria dos equipamentos até usados (com 2 anos de uso pra cá), podem ser utilizados, sem que a performance fique a desejar. Você poderá, depois disso, fazer algumas melhorias a cada 3 ou 4 anos.

Treinar os empregados constantemente, além de aumentar os custos da organização, também afeta o atendimento dos clientes com as constantes faltas e dificuldades em operar novos sistemas.

Isso será sentido apenas no início do processo de informatização e deverá durar duas a seis semanas, mas como sabemos toda mudança traz transtornos iniciais para que depois tudo fique mais rápido.

Não sei exatamente o que irei ganhar com a informatização da empresa.

Poder de decisão, uma empresa mais ágil em todos os aspectos, tanto operacionais (atendimento ao cliente, emissão de contratos, recibos, etc.), como administrativos. Mauricio Almeida Filho Diretor de Relacionamento Unitecnologia


ALEC NA CONCRETE SHOW 2010

A ALEC esteve presente na Concrete Show 2010, em São Paulo, de 25 a 27 de agosto. O evento é um dos mais importantes do segmento da construção civil e a participação em Feiras de grande expressão no segmento em que atuamos faz parte do planejamento estratégico da Associação, permitindo a divulgação de nossas ações junto ao mercado que atendemos e, também, a conquista de novos associados. Nesta edição da Concrete Show, ambos objetivos foram alcançados. O estande da ALEC recebeu inúmeros visitantes do Brasil inteiro, locadoras, fabricantes e parceiros de negócios. Em contato com os associados que expuseram na Feira, pode-se verificar que o resultado do evento foi acima da expectativa para todos, uma forte demonstração do aquecimento do mercado de construção civil e a conscientização da importância da qualificação dos prestadores de serviço.


DEPOIMENTOS DE EXPOSITORES ASSOCIADOS NA CONCRETE SHOW “A Feira foi excelente. Nosso objetivo era somente uma participação institucional, mas já no primeiro dia, fechamos negócios.” Elvio Luiz Lovieri Soldatopo

“O público visitante da Concrete Show é bem qualificado, não tem curiosos e o movimento esteve acima da expectativa. Aproveitamos o evento para lançar uma alisadora de piso 36 para cantos.”

“A Feira nos surpreendeu desde o primeiro dia. Estamos com vários lançamentos da linha DeWalt e lançamentos da linha hidráulica da Stanley. Nosso foco ao participar da Concrete Show é institucional para locadoras e revendas e reforçar a marca para o usuário final.

“O movimento foi dentro das expectativas, considerando a nossa participação em outras feiras. Imaginamos um público bom, mas a qualidade técnica dos visitantes nos surpreendeu, são profissionais que realmente decidem a compra.

O nível dos visitantes também nos surpreendeu, assim como o dos expositores - profissionais de todos os estados do Brasil. É um evento que vem crescendo ano a ano.”

É a primeira vez que a Metax participa da Concrete Show e preparamos para esta Feira o lançamento de Formas de Concreto.”

Marcos Lembo e Fabio Govina DeWalt

Reginaldo Santos e Bruno Bolzam Metax

Marcio Antonio Petrotec

“O estande da CSM permaneceu constantemente repleto de visitantes e a nossa equipe recebeu clientes e fornecedores de todo o país e do exterior, todos otimistas com o bom momento do mercado da construção civil no Brasil. “Já no primeiro dia, o movimento foi acima do esperado, concentrando visitas de profissionais com amplo conhecimento técnico. O nosso objetivo em participar da Concrete Show é institucionalizar a marca.” Renato Caetano Mecan

Em especial, temos grande respeito e satisfação em atender da melhor maneira possível aos locadores de máquinas que, além de clientes fiéis são ótimos parceiros, e sempre auxiliaram a CSM na busca contínua por qualidade e fortalecimento da marca no mercado”. Marcelo Emmerich CSM

“O primeiro dia de Feira foi muito bom, mas o segundo melhor ainda. Estamos investindo muito na Concrete Show, uma das feiras mais importantes para o segmento, com um estande de 340m² e a equipe inteira para atender os clientes: Gerente Nacional, Gerentes Regionais, Gerentes de Atendimento a Clientes Vips.” Moacir Tassinari Menegotti


L

Nordeste

2010

Encontro de Profissionais das Empresas Locadoras

L

Interior

2010

Encontro de Profissionais das Empresas Locadoras

L

Norte

2010

Encontro de Profissionais das Empresas Locadoras

ALUGAR NORDESTE REÚNE LOCADORAS DE TODA A REGIÃO

ALUGAR INTERIOR REÚNE locadoras Da região de Bauru

ALEC LEVA INFORMAÇÕES VALIOSAS ÀS LOCADORAS DO NORTE

No dia 16 de setembro foi realizado o primeiro seminário ALUGAR na região nordeste do país, promovido pelo SindileqPE. O evento que aconteceu em Recife, reuniu mais de 140 profissionais de locadoras de máquinas e equipamentos de todos os estados do Nordeste.

Dando continuidade à meta de promover uma contínua qualificação das empresas locadoras visando atender à demanda crescente e cada vez mais exigente do mercado, a ALEC realizou em 13 de agosto de 2010, no Espaço Bauru, no interior de São Paulo, o ALUGAR Interior que reuniu 45 profissionais de 14 locadoras da região.

Em 01 de outubro, a ALEC realizou o primeiro ALUGAR NORTE, em Belém, reunindo 48 profissionais de 17 representantes de locadoras da região.

O ALUGAR Nordeste teve apoio da ABELME, ALEC, Sindileq-MG, SindileqGO e Sindileq-CE e foi patrocinado pelas empresas DN4, Menegotti, Weber MT e Mecan. O evento apresentou palestras de diversos temas de grande interesse às locadoras: segurança com foco em locação (incluindo um painel abordando NR18 sobre andaimes), transformação de construtoras em linhas de produção industrial, sucessão familiar planejada nas empresas. Também foi realizada uma mesa redonda com a participação de entidades do setor: CBIC (Serapião Bispo), ALEC (Durval C. Gasparetti), ABELME (Arthur Vieira Brandão), Sindileq-MG (Marco Aurelio de Cerqueira), Sindileq-CE (Roberto Farias), Sindileq-GO (Antonio Carlos de Paiva Fagundes) e Sindileq-PE (Reynaldo Fraiha).

Foram debatidos temas como segurança ligada à locação, capacitação de mão de obra, mercado em geral, necessidade da divulgação do conceito de locação, roubo de equipamentos e a importância da interligação das entidades representativas do setor.

No evento foram feitas palestras sobre o mercado de construção civil, gestão de empresas e segurança.

Foram feitas diversas palestras, entre elas: uma abordagem sobre o mercado de locação, o que a ALEC vem fazendo para fortalecer o segmento em todo o Brasil, gestão de locadoras, segurança e também uma apresentação de como pode ser avaliado o valor da locação.

Os participantes também tiveram a oportunidade de ver os produtos e lançamentos dos seguintes associados patrocinadores do evento: Andmax, CSM, DeWALT, Flexjowa, Mecan, Menegotti, Presto Industrial e Saint-Gobain. O ALUGAR Norte foi patrocinado pela Menegotti, Bosch, Presto Industrial, SaintGobain, Mecan, DeWALT e PS Cortes e Furos que expuseram seus produtos e puderam estreitar o relacionamento com seus clientes, firmando novas parcerias. Eventos como este fazem parte da estratégia de divulgação da ALEC e também são excelentes ferramentas para levar conhecimento às locadoras mais distantes do eixo Rio-São Paulo.


Agenda Cursos OUTUBRO EMPRESA

DATA

HORÁRIO

CURSO

LOCAL

DeWalt

14 e 15/10/10

das 8h às 17h

Treinamento Técnico para Rompedores Elétricos

Av. Murchid Honsi, 2465 - São José do Rio Preto/SP

Makita

18 a 21/10/10

das 8h às 17h

Treinamento Makita Linha Hammer

PATAM (Posto de Assistência Técnica Avançada Makita) - Rua Luis Góis, 111 - São Paulo - SP

Makita

25 a 28/10/10

das 8h às 17h

Treinamento Makita Linha Hammer

PATAM (Posto de Assistência Técnica Avançada Makita) - Rua Luis Góis, 111 - São Paulo - SP

NOVEMBRO EMPRESA

DATA

HORÁRIO

CURSO

LOCAL

DeWalt

04 e 05/11/10

das 8h às 17h

Treinamento Técnico para Rompedores Elétricos

Sede ALEC - Av. Mandaqui, 67 - São Paulo - SP

Menegotti

17/11/10

das 8h às 17h

Treinamento Técnico de Manutenção para Betoneiras

Sede ALEC - Av. Mandaqui, 67 - São Paulo - SP

Feiras

Feira de Fornecedores da Construção Civil 21 a 24 de outubro de 2010 Expotrade Convention Center Pinhais - Curitiba - PR www.feiraexpocon.com.br

Construção da Internacional 17 a 20 de Novembro Riocentro - RJ www.feiraconstruir.com.br

23 a 26 de Novembro Shangai Expo Centre New International www.bauma-china.com


COQUETEL PARA NOVOS ASSOCIADOS Foi realizado na ALEC, em 06/10/10, um coquetel como “boas vindas” aos novos associados. Compareceram 7 locadoras recém associadas de São Paulo e Grande São Paulo. Neste encontro, os novos associados têm a oportunidade de conhecer as instalações da ALEC, suas ações em prol do segmento e estreitar o relacionamento com a diretoria e a equipe da Associação.

NOVOS ASSOCIADOS Orman - Tecnologia e Sistema para Construção

Ferracal

Vipeças

Locadora Evolução

Towers Brasil

Machbert Equipamentos e Serviços

Metalúrgica Fernandes

Briggs & Stratton do Brasil

Th Equipamentos

Santa Tereza Escoramento

Porto Seguro Cortes e Furos

Wg Locadora

ANUNCIE NO ALEC NEWS (versão impressa e eletrônica) Contate Adalberto, gerente da ALEC, através do tel. (11) 3965-9819 ou envie um e-mail para grs@alec.org.br

A SISLOC estará presente na quarta edição da ALUGAR BRASIL. Visite o nosso stand e entenda porque mais de 200 locadores e 2000 usuários utilizam o nosso exclusivo software de locação.

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS Para receber nosso newsletter eletrônico, envie seus dados (nome, empresa, telefone e e-mail) para mkt@alec.org.br ou ligue para 11 3965-9819.

Diretoria Executiva Presidente: Durval C. Gasparetti Vice-presidente: Fernando Forjaz Diretor Tesoureiro: Stavros E. Roussoglou Diretor Secretário: Paulo Cesar Chiomento Diretor de Sede: Seiji Ikeda Diretor de Relações Sociais: Carlos Arasanz

ALEC News - outubro 2010 Projeto Gráfico: Multifoco Comunicação Jornalista: Marot Gandolfi

Tel/Fax: + 55 31 3269-6600 + 55 11 2588-7880 www.sisloc.com.br

Impressão: Grafcopy Gráfica e Editora Tiragem: 2000 unidades

Alec News outubro 2010  

Notícias sobre locação de equipamentos para construção civil

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you