Issuu on Google+


solution

Quando os clientes pensam em qualidade e comodidade, a Localiza vem sempre em primeiro lugar. Localiza: vencedora do prêmio Mérito Empresarial 2011 ACIU / CDL Obrigado, Unaí. Em Unaí: Praça São Cristóvão, 107 Tel.: (38) 3676-3999

Em Paracatu: Rua Padre Manoel, 298 Tel.: (38) 3671-6131

Reservas 24h:

0800 979 2000

www.localiza.com


O CIELC se transformou no grande palco da solidariedade A FACTU participou do Seminário Internacional na UCB. Estiveram presentes diretoria, coordenadores e docentes da FACTU, Dra Ilma Passos e Dr Jean Carlos Crespo Lopes de Castilho, da Católica do Peru, foram palestrantes.

A

VI ano de realização pela FACTU do “Dia da Responsabilidade Social”, evento nacional de extensão das faculdades particulares.

Professora Maria José em frente o Prédio da FACTU.

FACTU é o amanhecer

nacionais e internacionais, numa

lançou o livro “Surgir das Cinzas” no

de um novo dia, no que

busca constante de novos conheci-

Rio de Janeiro e na FACTU e o Prof.

se refere ao crescimento

mentos, visando à melhoria da qua-

Arthur Henrique Pereira lançou o

educativo,

lidade de seus serviços.

livro “O Psicodrama e o Imaginário

sociocultu-

ral e econômico da região Noroeste

São muitos os docentes qualifica-

de Minas Gerais. Unaí, cidade nova,

dos ou em qualificação que contri-

Professores da FACTU participam, no MEC, das discussões sobre o Sistema Nacional de Avaliação Superior - SINAES.

Contemporâneo” A FACTU é o lugar onde você

cercada de grande número de outras

Professores Orivaldo e Denner Colaboraram intensamente

cidades menores, de povoações de

Gestores da FACTU estiveram, a convite do Senhor Governador de Minas Gerais, em Belo Horizonte, nos dias 28 e 29 de novembro no “I Congresso Mineiro de Ensino Superior”, ocasião em que a FACTU foi premiada na categoria de Faculdade de Referência na área de ensino Superior em Unaí e Região, recebendo a medalha ”Helena Antipoff” e o selo Universidade Cidadã de Minas Gerais.

Amélia Maria e Adalberto Capanema, juntos ao secretário de Educação Superior do MEC, Luiz Cláudio Costa

zona rural rica em população laboriosa e produtiva, vê o crescimento educativo e cultural espandir-se puxado pela FACTU, sua IES pioneira. São vários seus seguidores na área da educação, ensino público e privado. Além das aulas teóricas, a FACTU proporciona aos seus alunos diversas atividades práticas e de extensão. Os projetos pedagógicos dos cursos dão valor ao conhecimento

Acadêmicos do Curso de Direito estiveram presentes no plenário do STF por ocasião do julgamento do caso Battisti, o mais comentado no Brasil e Internacionalmente em 2011.

A FACTU participou da Agrobrasília 2011. O evento aconteceu no período de 17 a 21 de maio em Brasília/DF.

prático adquirido nos estágios e nas atividades complementares, pois são fatores importantes na forma-

buem para o ensino na FACTU.

deve começar para prosseguir sua

A Faculdade conta ainda com a

carreira. Aqui você será feliz e sai-

produção dos acadêmicos tendo os

rá pronto para os desafios da vida.

Faz parte da política educacional

mesmos participado em outros esta-

Veja os cursos que estão sendo ofe-

da FACTU e de capacitação de seus

dos e no Exterior de apresentação de

recidos para 2012: Administração,

docentes e funcionários estar atua-

trabalhos.

Agronomia, Ciências Contábeis, Di-

ção integral dos profissionais.

lizada em todos os segmentos onde

Recentemente Humberto Gonçal-

atua. Para isso participa de eventos

ves Figueredo, aluno da Agronomia

reito, Educação Física, Enfermagem e Pedagogia.

Alunos da Enfermagem em atividades de extensão na zona rural

Alunos da Agronomia, Pedagogia e Enfermagem, de forma integrada, participam do dia Nacional do Campo Limpo.


Jornal Noroeste de Minas e a Minas em Revista mais uma vez recebem o Mérito Empresarial da ACIU /CDL

O O certificado do Jornal Noroeste de Minas de Mérito Empreendedor ACIU/CDL, foi recebido pelo jornallisa Luiz Anselmo e sua mãe Altair Ribeiro de Sá.

Jornal Noroeste de Minas e Minas em Revista ganharam o Mérito Empresarial desde que foi criado e neste tempo somente uma vez não o recebeu. O primeiro foi no ano 2000. “Isto é motivo de orgulho e incentivo para que o trabalho continue e cada vez mais com afinco e vontade de fazer melhor.” Ressaltou o diretor e redator do Jornal, o jornalista Luiz Anselmo de Sá. A direção do Jornal agradece a população a recorrente indicação e promete fazer a cada dia um jornal e uma revista que seja a cara de Unaí e do noroeste. Com fidedignidade dos fatos e publicação de notícias que mostrem a cultura, o entretenimento e a vida dos noroestinos mineiros. Aos que dispensaram seu voto o nosso muito obrigado e a promessa de nunca perdermos nosso foco que é promover o ser humano e seus feitos. Jornal Noroeste de Minas Minas em Revista

O certificado da Minas em Revista de Mérito Empreendedor ACIU/CDL, foi recebido pelo jornalista Luiz Anselmo e sua irmã Luz Teresinha Ribeiro de Sá


Entrevista

I

Minas em Revista

ndependentemente de eventual candidatura a qualquer cargo eletivo, justiça se faça a um incansável trabalhador da Prefeitura

Municipal de Unaí que, para nós seus

Entrevista

José Gomes Branquinho

Unaí é a sexta colocação no ranking nacional da produção agropecuária

amigos, atende sempre pelo sobrenome Branquinho. Para ele pouco importa o fato de ser vice-prefeito pois, importa mais o trabalho a ser executado na sua inabalável rotina do dia a dia. Dizem os madrugadores que ele é sempre um dos primeiros a chegar, o último a sair e, assim mesmo, quando esgotada a sua agenda, juntamente com a do senhor prefeito. Havendo obras a vistoriar, seja na Boa Vista, no Mamoeiro, na Cidade Nova, Divinéia, ou mesmo no Boqueirão, lá estará o Branquinho com a mesma disposição de trabalho enaltecendo sua indissolúvel união com o prefeito Antério, abrindo novas oportunidades de trabalho, gerando o progresso e deixando o caminho compactado e aberto para novas arrancadas para esse monumental trabalho. Por tudo isso é que aqui se diz rotineiramente que a atividade pública puxa a particular: no momento, em Unaí são levantadas mil obras, do barraco à mansão, passando pelos edifícios que brotam do chão como milagre da terra. Enquanto isso, vimos reconhecido o 1º PIB agrícola do Estado para Unaí e sua extraordinária produção, de tal modo que elevou a cidade a sexta colocação no ranking nacional da produção agropecuária. É mole... Ou querem mais!

Branquinho, estamos praticamente no final do segundo mandato e poucas administrações têm esta qualidade, a oportunidade de encerrar o mandato com a aprovação que a administração Antério Mânica está tendo, a que você atribui isto? A aprovação do nosso governo está acima de 80%, realmente é muito bom depois de 7 anos estar com uma aprovação desta e, para termos esta aprovação, existe uma série de fatores. Tivemos um momento difícil no ano de 2009 e 2010, não foi muito fácil para nós; foi complicado em função da queda de arrecadação. Também, no ano passado, período eleitoral, foi bem conturbado; mas este ano, graças a Deus, a coisa se encaminhou. Tá tudo certo. Claro que pra isso tiveram vários fatores, mas eu atribuo o êxito à forma correta com que o Antério tem feito sua administração, a retidão do Antério e o controle que ele tem sobre a sua equipe. Possuímos uma equipe harmônica, não temos nenhuma divergência em nossa equipe de governo; grupo afinadíssimo, nossos secretários são todos afinados e estamos afinados politicamente também. Para se ter uma idéia, com uma

antecedência tão grande, o grupo, além de ser um grupo forte, coeso, já tem inclusive a candidatura definida para a próxima eleição, a pré-candidatura já está definida. Optaram pelo meu nome, isso é uma definição que já esta consolidada, não se discute mais qual o candidato que o grupo vai apresentar e isso faz parte desta harmonia. Esse controle do Antério com relação às finanças, principalmente, está redondinho. As contas estão rigorosamente em dia, não temos um fornecedor atrasado, nunca pagamos servidor fora do prazo. Desta forma, esta é uma tranqüilidade: termos todas as recomposições que os funcionários tinham direito, inclusive as recomposições que não foram dadas no governo anterior. E um fato extremamente importante é o do prefeito e vice-prefeito caminharem juntos. Isso é fundamental. O quê

mais se vê é prefeito não valorizando o vice-prefeito, não dando espaço para o vice-prefeito, ou então, o vice querendo passar por cima do prefeito e aí, consequentemente, vêm a briga e a desarmonia. No nosso governo não existe isso, nós nunca brigamos nem levantamos dedo um para o outro, e isso traz tranqüilidade. Nos respeitamos muito, trazendo equilíbrio para toda a equipe e promovendo tranquilidade para a população, inclusive. Estamos em um ótimo momento, um dos melhores dos nossos 7 anos de governo e isso me anima muito. Nesse último ano de governo, vamos encerrar os oito anos de governança, finalizar com as contas em dia sem deixar nada pra trás. O Antério vai poder ir embora pra casa, sem precisar olhar pra trás, absolutamente tranqüilo e cuidar de sua vida pessoal. Está tudo dentro dos cronogramas: os convênios e a administração estão em ordem. Tenho certeza que 2012 será melhor do que 2011, um dos melhores dos nossos sete anos, ano que fizemos muito, mas muito mesmo: diversas obras, no meio rural, dentro da cidade; fizemos asfalto. Foi um ano extraordinário para nós em 2011 e será ainda mais próspero em 2012. Por exemplo, o ano passado foi difícil. Entramos no ano de 2011 pagando contas de 2010 que ficaram para trás. Vamos entrar neste ano novo com as contas rigorosamente em dia e com dinheiro em caixa: não temos nada a pagar do ano passado. Além disso, vamos começar 2012 também com aproximadamente oito milhões de reais contratados com a empresa para fazer asfalto. Isso significa que é só a chuva amenizar para a empresa começar as obras; não tenho que licitar, não há burocracia nenhuma mais. É executar o serviço que o dinheiro tá garantido, então a perspectiva é muito boa. Logo, acho que esta harmonia, a aceitação que temos, é reflexo da maneira de como estamos governando, nosso governo não tem nada de

José Gomes Branquinho

nós vamos entrar em 2012 com as contas rigorosamente em dia e com dinheiro em caixa, nós não temos que pagar nada de 2011, está tudo em dia. extraordinário, mas também não tem nada de negativo, pode ser um feijão com arroz, mas é um feijão com arroz bem temperado. É aquele negócio tranqüilo, todo dia é dia de trabalhar. Fiz o compromisso de que vinha pra cá e vim; nós dois estamos unidos , trabalhando, e esta aceitação vem mesmo, porque o eleitor é muito conservador. Às vezes até arrisca um pouco mais no legislativo, para deputado, vereador; mas para o executivo, para cuidar das coisas do dia a dia da cidade, o eleitorado quer certeza de que vai dar certo, não paga pra ver não. O povo não aposta no escuro. Sabemos disso e, de certa forma, temos atendido a esta expectativa do eleitor e este sente esta segurança do nosso comprometimento. Tenho dito que fazer mais ou menos tem uma série de fatores, depende de várias circunstâncias: da postura, do comportamento pessoal e, se depender de mim, do Antério, da nossa equipe, nunca decepcionamos e nunca vamos decepcionar. As pessoas, às vezes, podem até falar assim: “eu não gosto”; mas não podem falar: “O fulano cometeu um ato ali irreparável, um ato que desabona”. Não

podem. No nosso governo não existe, por parte do Antério, da minha parte e por ninguém de nossa equipe, alguma fumacinha que começou a levantar. O prefeito Antério chegou e cortou de uma vez, então não deixamos nascer este tipo de dúvida no nosso governo, nem para o lado pessoal. Todos nós temos uma vidinha comum, como toda a população, aquela vida de respeito aos outros e às nossas famílias. Branquinho, tudo mundo sabe que você é uns dos primeiros a chegar à Prefeitura e um dos últimos a sair, quase sempre, é uma pessoa que tem um conhecimento muito grande sobre Unaí, sobre o município, eu gostaria que o senhor comentasse um pouco sobre sua história de trabalho em Unaí. Eu fiz um compromisso. Primeiro com o Antério para ser o vice. Naquela primeira reeleição firmei que viria para dentro da Prefeitura porque eu já tinha uma passagem na Casa como secretário do “Tão” e secretário do “Zé Braz” e, com aquele episódio de 2004, acabei fazendo um compromisso também com a população e vim pra Unaí. Estou aqui até hoje e, claro, atualmente, tenho maior conhecimento do que há 7 anos. Hoje tenho maior sabedoria, aprendi demais, não só como administrar, não só pela parte burocrática que eu acho muito importante. Aprendemos a desenvolver a sensibilidade aqui dentro da Prefeitura, a respeitar o que não é importante pra mim, mas tem uma importância danada para outra pessoa. Criamos esta sensibilidade, então eu diria que hoje tenho bastante conhecimento, graças a Deus. Agora isto não é de ontem. Tenho uma grande alegria em poder dizer que tive loja em Unaí durante trinta anos. Construí vários prédios, administrei a “Tulha”, fui presidente da Associação Comercial com 24 anos de idade e agora tenho 57; sendo assim, faz 33 anos. Fui presidente da Sociedade São Vicente de Paulo por duas vezes, do Abrigo


Entrevista Frei Anselmo por seis anos, Rotary; fui governador assistente. Tenho uma vida comunitária, como já falei; coordenei as campanhas do Zé Braz, Saint Clair a deputado, Aroldo, Antério para deputado e para prefeito três vezes; lecionei no Colégio Rio Preto. Sou vice-prefeito pela segunda vez, então aprendi demasiadamente. Minha vida é isto: estou quase há quarenta anos nesta luta, amadureci e aprendi muito na minha vida empresarial, pública, familiar. Branquinho, a gente poderia dizer que você está pronto para administrar Unaí ? Sim, eu acho que sim, aliás, nós já estamos fazendo isto. Falo hoje em dia o seguinte: a grande alegria que tenho é de saber que nosso governo está bem porque tenho certeza absoluta que estarei no processo eleitoral deste ano e eu, como candidato, se tudo der certo. Se a administração estiver mal, as pessoas me reprovarão, não votarão em mim porque eles irão querer trocar de governo. Se o governo estiver bem, como está hoje e, é claro, que tenho minha participação nisso tudo, e Antério, que é o cabeça; a população terá e tem credibilidade em nossa liderança. Estou preparado da mesma forma, ninguém vai ouvir da minha boca que eu vou fazer Unaí crescer, aquela historia de Juscelino’ Crescer 50 anos em 5’; isso não, não é isso. Unaí já mostrou que tem uma perspectiva extraordinária de crescimento dessa região e tudo aponta para isto: Universidade Federal, um dos maiores PIB agropecuários do Estado. Em todo lugar que você vai existe uma construção, o povo animado construindo, a cidade com vários carros novos, as ruas lotadas de carros: nas ruas já não cabem mais veículos. A cidade só tende a crescer. Estamos em uma situação privilegiada e fazemos parte disto. Diria que é muito difícil um assunto que eu não saiba. Sei de grotas aqui que não conheço pessoalmente, mas estão na minha cabeça. Sei do problema, de quem

Se a administração estiver mal, as pessoas vão me reprovar, não vão votar em mim porque eles vão querer trocar. Se as coisas estiverem bem, como estão hoje, vão votar. Claro que eu tenho minha participação nisso tudo. é e sabemos também qual a solução. Se, de repente, não resolveu, é porque operacionalmente não demos conta ainda; mas crescemos e tenho consciência do excelente conhecimento do nosso município e região. O prefeito Antério deixou claro em muitas ocasiões que vai entregar Unaí toda asfaltada no final do seu governo e tem tentado fazer de uma maneira que a administração fique redonda. Então você sendo candidato qual seriam suas prioridades, seria finalmente correr atrás da industrialização ? Ainda ficarão vários pontos de infraestrutura no nosso município. Asfaltamos diversas ruas e vamos asfaltar mais no ano que vem. Gostaria de dizer a você em primeira mão que, em dez dias, fui ao Bairro Santa Clara, depois do Mamoeiro e fiquei com dó da população de lá. A palavra é esta mesmo, fiquei condoído com o população do local. Então, cheguei na Prefeitura e falei com o Antério. Tomei a liberdade, percorri as ruas do Bairro e medi; fiz na minha cabeça aqueles cálculos que estamos acostumados a fazer e já sei até quanto gasta para asfaltar. De imediato, Antério me

autorizou a fazer o projeto para asfaltar o Bairro Santa Clara. Deste modo, vamos asfaltar ainda várias áreas. Agora nós temos uma série de outras infraestruturas para o município e que teremos que correr atrás. Tudo isso está catalogado aqui e começarei agora, em fevereiro e, em março, estarei tomando as devidas providências. Não esperarei o processo eleitoral, porque este é árduo: ou você ganha ou perde. E, caso sejamos vitoriosos, gostaria de deixar isso marcado, registrado, porque os outros candidatos poderão ver que são pontos estruturais que temos que resolver em nossa cidade. Podemos citar, por exemplo: A cadeia pública, no centro da cidade, teremos que resolver esta parada. A reforma do CAMPUS da Unimontes, também terá que ser solucionada. A duplicação da estrada indo da ponte do Rio Preto até o Mamoeiro, duplicação e iluminação da MG/188, das estradas vicinais. Melhorar as estradas principais, tipo daqui para Palmeirinha, de Unaí para a Ruralminas, passando pelo Boqueirão; a estrada do Santa Maria, do Almescar, ou seja, as vias principais. Aperfeiçoar o anel viário para tirar o trânsito da Praça da Matriz e da Boca da Ponte. O asfaltamento de Garapuava para Cabeceira da Mata, da Femecap (Maria do Pão de queijo) para Bonfinopólis; a Iluminação das Chácaras Rio Preto e Chácaras Areia. São questões estruturais das mais variadas. Construiremos a Universidade, a Escola Técnica Federal, que será feita onde é a instalação da TAMASA hoje; terminaremos também a duplicação da BR 251. Tive uma conversa com o Bernardo Vasconcelos e ele me assegurou que o serviço será retomado no mês de março. Sendo assim, existem ainda várias ações a serem alavancadas. Sobre a questão da industrialização, tenho uma idéia, um entendimento muito próprio sobre isto. Tenho consciência de que não vem pra cá um grande grupo empresarial. Não vou vender lote na lua pra ninguém. Vamos supor que, como exemplo, empresas de grande

porte como a Perdigão e a Sadia: quando elas se instalam numa cidade, estão em busca de benefícios. E o que a Prefeitura da cidade pode oferecer é terreno e terraplanagem, mas isto qualquer outro município pode oferecer. Unaí pode proporcionar um benefício que você dá uma vez só e as grandes empresas querem isso. O quê querem é benefício fiscal, pois este é concedido de trinta em trinta dias e, infelizmente, não temos, aqui em Minas, tais benefícios. Hoje, temos o suporte do Fundo Constitucional do Centro-Oeste, abrangendo o Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Assim, estamos em pé de desigualdade com estes estados. Não adianta sonhar com isso por outro lado, acredito no êxito do empresariado da cidade, porque as empresas de grande porte não têm sentimento, visam apenas o lucro; são financistas, capitalistas. Por outro lado, o comércio local tem sentimento, raízes no município. Como exemplo disso, a CAPUL, COAGRIL, COANOR vão muito bem em seus negócios. A Cooperativa dos Açougueiros, atrás da serra, está excelente também. Estão fazendo uma estrutura de cair o queixo: moderna, muito bem arrumada. Acredito nesta integração local e estou apostando muito, mas muito mesmo, no en-

José Gomes Branquinho

as grandes empresas querem é o benefício fiscal, porque o benefício fiscal ele é de trinta em trinta dias e infelizmente nos não temos aqui em Minas esses benefícios fiscais. tendimento da Capul com a Itambé: ou a Itambé colocaria a indústria do leite para processar o leite aqui na cidade ao invés de levar para fora; ou então para a Itambé liberar a Capul de um contrato que não permite vender os produtos em Brasília, por exemplo. Liberar e achar o caminho para a própria Capul, colocar a indústria de leite em Unaí, isso é coisa local. E eu aprendi muito, a exemplo do que a Capul fez com

a fábrica de ração. Vejo muita viabilidade nisso, porque nós somos o primeiro PIB agropecuário de Minas. Temos muito grãos e grão serve pra quê? Serve para alimentar gado: pra dar leite, carne; alimentar porcos, aves. Entendo que temos que alimentar esta cadeia, fechar esta cadeia produtiva aqui e precisamos acreditar nisso. É necessário proporcionar a união das forças em Unaí, das nossas cooperativistas, para criarmos este ciclo. Não estou dizendo para unirmos as cooperativas e fazer só uma e sim juntarmos forças para buscar esta integração. Agregamos valor ao grão e, com isso, está se produzindo leite, carne e assim, sucessivamente, gerando emprego e renda. Mas temos que reconhecer que possuímos um comércio muito bom, o povo é trabalhador, e estamos muito perto de Brasília, então nosso comércio é pujante. Falei da questão do leite. Pra você ter uma idéia, nós tiramos aqui, uma média de 400 mil litros de leite por dia, e isso já comporta a indústria na nossa cidade, porque a Itambé vai para Uberlândia, Uberaba. Acho que a Itambé já deve isso para Unaí.

Mensagem para população

O

ano de 2011 foi próspero. Como disse, vamos entrar em 2012 direitinho, graças a Deus, e queremos que seja melhor. Vamos continuar trabalhando muito e mais, pois temos que entregar a casa arrumada. Mas o que eu mais gostaria de ver mesmo neste ano é um processo eleitoral tranquilo. Acho que as forças políticas de Unaí, os partidos, têm uma grande responsabilidade, porque o

sistema é feito desta forma: as pessoas votam em quem é candidato, em quem os partidos apresentam e registram como candidato. Então, olha a responsabilidade dos partidos. Quaisquer que sejam estes candidatos, gostaria que a eleição acontecesse em um nível bem elevado; uma campanha eleitoral no campo das ideias, que não entrasse para o lado pessoal, para chegarmos no dia 8 de outubro sem maiores sequelas, ressentimentos. Aproveito a oportunidade para desejar aos unaienses um feliz 2012 repleto de paz, saúde e prosperidade.


Os netos de Beu Costa, Vagner, Silvana e Ângela continuam a criar o Gir, grande paixão da família

História do

Vaca “Abertura”, Hexa Campeâ da raça em Unaí no ano de 1992

E

les são netos do “lendário Beu Costa”, Pedro Costa Vale, o baluarte da família Costa Vale, família que há 52 anos participa da Exposição Agropecuária de Unaí, sendo premiado todos os anos devido a excelência da qualidade de seu gado (Gir). Vagner, Silvana e Ângela Costa Vale estão dando continuidade ao trabalho de seus antepassados e apresentam sempre um gado digno de premiação nas exposições em que participam. Tudo começou com o fazendeiro “Beu Costa” que começou a criar a araça na região que hoje é a cidade de Ca-

GIR

beceira Grande em 1920. Valter, seu filho, pai de Vagner, Silvana e Ângela continuou a paixão criando a raça e a tradição de ser premiado aonde expuser seu gado. Hoje seguindo os passos de seu pai e avô, eles continuam criando a raça e sendo premiados onde quer que exponham seu gado, ganhando agora na Expoagro 2011, em Unaí, o troféu de melhor criador e melhor expositor. Hoje a nova geração cria o gado na Fazenda Jardim, no município de Unaí.

Lá são comercializados vacas, novilhas, tourinhos, matrizes e sêmen do melhor gado da região. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone: (38) 3676-1178 e (38) 8407-4890. Falar com Vagner.

“Iracema II”, campeã em Cabeceira Grande

Vaca “Fortaleza”, grande campeâ em Unaí

Orgulhosos eles apresentam uma mesa cheia de troféus conquistados ao longo dos tempos. É tróféu que não acaba mais

T

GIR

alvez seja a raça zebuina mais antiga do planeta, segundo sugestões da literatura sagrada hinduista. Na rota das migrações humanas que iriam formar o futuro povo ariano e que povoavam o norte da África, temporariamente, estava o bovino ancestral da raça Gir, o qual teria permanecido na região de Kathiavar desde aqueles remotos tempos. Mais tarde, por volta de 20.000 a.C. ou, segundo outros autores, por volta de 5.000 a.C., as tribos de arianos remanescentes no deserto de Gobi, migraram para a India, entrando pelo estreito de Khebyr, trazendo consigo o gado de giba. Estes povos arianos teriam trazido apenas o gado branco-cinza do norte da India, nao havendo menção sobre o Gir, ou o Guzerá. Estas duas raças, pelo que tudo indica, já estavam na India naqueles tempos. Na Índia, existem rebanhos com história de 300 anos, ou mais, tendo sido uma raça muito utilizada para melhorar as demais em termos de produtividade leiteira e trabalho pesado. O Gir, modernamente, goza de grande popularidade na Índia, principalmente pela sua notável mansidão e aptidão leiteira. E comum encontrar vacas Gir produzindo leite nos templos e nos centros de pesquisas, bem como nos asilos e organismos sociais. E uma raça muito estudada, havendo relativa fartura de dados técnicos sobre famílias leiteiras, na Índia.


CapuL Nutrição Animal:

I

naugurada em 19 de março de 2009, a Indústria CapuL Nutrição Animal tem reafirmado a sua força a cada ano. Com uma capacidade de produção instalada de 45 toneladas/hora em uma área de 60.000m², chega ao final de 2011 com grandes conquistas. Campeã absoluta em vendas de rações e suplementos minerais no noroeste mineiro, região de atuação da Cooperativa Agropecuária Unaí Ltda,

Noroeste Mineiro

Líder em vendas na região Noroeste, a CapuL conquista em 2011 as demais regiões de Minas Gerais, além do Distrito Federal e Goiás com suas rações e suplementos minerais. incluiu em sua praça outros polos agropecuários de Minas, tais como: Sete Lagoas; Montes Claros; João Pinheiro, Patos de Minas, além de cruzar fronteiras e conquistar o mercado do Distrito Federal e Goiás. Trabalho desenvolvido por uma equipe comercial composta por 25 pessoas que se dedicam desde a qualidade do processo de produção,

passando pelo desenvolvimento de novos produtos até a estratégia de logística da Indústria. Para manter o alto nível de qualidade nos produtos que coloca no mercado, a unidade de produção de rações e suplementos minerais possui um Sistema de Gestão da Qualidade que recebeu em agosto de 2011 o certifica-

do ISO 9001. Trata-se de um certificado internacional concedido às organizações que mantém um alto padrão de qualidade no processo de desenvolvimento, produção e comercialização de produtos baseados na normativa NBR ISO 9001:2008. Tal qualidade já é bastante conhecida pelos produtores rurais que oferecem ao seu rebanho ou plantel os produtos CapuL Nutrição Animal. Prova desta aceitação e confiança se deu na realização da primeira AGROCAPUL – A Feira de Agronegócios do Noroeste Mineiro no período de 16 a 18 de junho de 2011, que atingiu a marca de dez milhões de reais através da comercialização de diversos produtos para os cooperados da CapuL, sendo o carro chefe as rações e suplementos minerais. Já na XI edição do Concurso Leiteiro Comunitário da CapuL, encerrado em 12 de novembro, o cooperado José Júlio Jacinto, da comunidade do Curral do Fogo, foi o grande vencedor através de sua vaca Cachoeira que atingiu a produção de 63,2 Kg. De acordo com o cooperado, Cachoeira e todo o seu rebanho é alimentado com as rações e suplementos CapuL Nutrição Animal, comprovando assim a qualidade e o custo benefício dos produtos. Este ano, pecuaristas de outras cidades mineiras também obtiveram sucesso em outros concursos com animais que consomem os produtos CapuL Nutrição Animal, como o produtor Luciano Teixeira Melo de Sete Lagoas-

MG. Sua novilha Morena ficou em segundo lugar do Torneio Leiteiro da Feileite, uma das maiores feiras pecuárias do país, realizada anualmente em São Paulo-SP, com uma produção de 51,4 kg aos vinte e três meses de idade. O produtor paracatuense, Cleone Alves Costa, da Fazenda Santo Antônio, venceu o Concurso Leiteiro da Exposição Agropecuária de Paracatu-MG com a fêmea Negrona que produziu 62,0 Kg. Com 10 linhas de produtos voltados para a nutrição de bovinos, equinos, aves, caprinos, suínos e ovinos, no final de 2011 a CapuL Nutrição Animal aprimorou seu mix de produtos com o lançamento de 21 novas opções para o

Outra novidade da indústria é a renovação das embalagens de todas as linhas de produtos que receberam novas cores e um design moderno

produtor rural, tais como: CapuL Leite Lactação 24 AP; CapuL Corte Confina 18/Monensina; rações e concentrados para aves; e Capulphós Reprodução. Dentre este mix, a linha de suplementação mineral merece destaque por ser produzida com matéria-prima altamente qualificada que leva os produtos a atenderem às necessidades nutricionais dos animais. Outra novidade da indústria é a renovação das embalagens de todas as linhas de produtos que receberam novas cores e um design moderno. As novas embalagens continuam sendo confeccionadas em ráfia laminada que conserva a qualidade das rações e suplementos minerais. Diante de tantas conquistas, toda a equipe da CapuL Nutrição Animal inicia um novo ano com as melhores expectativas, principalmente expandir a área de atuação podendo levar a qualidade e a segurança dos produtos da CapuL a uma número cada vez maior de produtores rurais.


Produção da região contribuiu para safra recorde em Minas Unaí lidera a produção entre os municípios mineiros

O

Noroeste de Minas liderou a produção de grãos no Estado em 2011. A região foi responsável por 25,4% da safra estadual, com 2,7 milhões de toneladas. Houve um crescimento de 13,9% em relação à produção colhida em 2010. A safra do Noroeste contribuiu para uma colheita recorde no Estado de 10,6 milhões de toneladas. Os números da produção de grãos estão no último relatório do IBGE sobre a safra de 2011, que está praticamente encerrada. Segundo o levantamento, a região do Alto Paranaíba aparece em segundo lugar no ranking do Estado com 2,4 milhões de toneladas, que correspondem a 22,3% do total em Minas. O Triângulo Mineiro vem em seguida com 2,2 milhões de toneladas colhidas. O número representa 20,8% da safra mineira. Entre os municípios, Unaí (Noroeste) aparece como o principal produtor de grãos em Minas Gerais, com uma safra de 798,5 mil toneladas. Em seguida ficou Uberaba (Triângulo), com 577,6 mil toneladas. Completam a lista dos cinco maiores produtores os municípios de Buritis, Paracatu (ambos no Noroeste) e Perdizes (Alto Paranaíba). Produtos O milho é o principal grão cultivado em Minas Gerais. A safra 2011 deve chegar a 6,5 milhões de toneladas, segundo o IBGE. A região do Alto Paranaíba detém a maior produção estadual com 1,5 milhão de toneladas, o equivalente a 23,6% da produção mineira. Em seguida, aparecem as regiões do Sul de Minas (20,4%) e Noroeste (17,1%). Mas o município que mais produziu milho

em 2011 está no Triângulo Mineiro: Uberaba liderou o ranking estadual com 329,2 mil toneladas. Em segundo lugar, aparece o município de Unaí, com 249 mil toneladas, e Perdizes, com 198 mil toneladas. A produção de soja em Minas Gerais, neste ano, será de 2,9 milhões de toneladas. O Noroeste foi responsável por 37,1% da produção do Estado, seguido do Triângulo Mineiro (35,8%) e do Alto Paranaíba (21,6%). Unaí lidera a produção de soja entre os municípios mineiros, com 330 mil toneladas. Na vice-liderança aparece Buritis (Noroeste), com 253,7 mil toneladas, seguido por Uberaba, que produziu 240 mil toneladas. Números da safra mineira de grãos Principais produtores de grãos no Estado (total): 1º Unaí – Noroeste de Minas – 798.528 toneladas 2º Uberaba - Triângulo - 577.674 toneladas 3º Buritis – Noroeste de Minas 530.456 toneladas 4º Paracatu – Noroeste de Minas 366.545 toneladas 5º Perdizes – Alto Paranaíba – 290.290 toneladas 6º Sacramento – Triângulo – 288.763 toneladas 7º Uberlândia – Alto Paranaíba – 283.578 toneladas 8º Coromandel – Alto Paranaíba – 246.813 toneladas 9º Guarda-Mor – Noroeste de Minas204.640 toneladas 10º Nova Ponte – Alto Paranaíba – 193.741 toneladas

Ranking de produção por produto cultivado Milho 1º Uberaba – Triângulo – 329.250 toneladas 2º Unaí – Noroeste de Minas – 249.000 toneladas 3º Perdizes – Alto Paranaíba – 198.000 toneladas 4º Sacramento – Alto Paranaíba 196.500 toneladas 5º Buritis – Noroeste de Minas 193.200 toneladas Soja 1º Unaí - Noroeste de Minas – 330.000 toneladas 2º Buritis - Noroeste de Minas – 253.750 toneladas 3º Uberaba – Triângulo – 240.000 toneladas 4º Paracatu – Noroeste de Minas – 151.200 toneladas 5º Uberlândia – Triângulo – 135.360 toneladas Feijão 1º Unaí - Noroeste de Minas – 120.000 toneladas 2º Paracatu – Noroeste de Minas52.140 toneladas 3º Guarda-Mor- Noroeste de Minas 28.600 toneladas 4º Buritis - Noroeste de Minas – 23.100 toneladas 5º Cabeceira Grande - Noroeste de Minas – 15.420 toneladas Assessoria de Comunicação – Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais Jornalista responsável: Marcelo Varella Tel: (31) 3915-8552 Twitter: @agriculturamg


72,2 mil toneladas. Na pecuária, a criação de bovinos é expressiva, com 340 mil cabeças. Outras atividades como a produção de leite, a cultura como milho e do café, destacam –se devido a qualidade e também quantidade. Já Uberaba, o município lidera a produção estadual de cana, que no Triângulo alcança 39,7 mil toneladas ou 58,4% da safra estadual. A produção de milho registrou na colheita 329,2 mil toneladas do grão em 47,8 mil hectares. Outro bom resultado foi a produção de 240,0 mil toneladas de soja em 80,0 mil hectares. Além de produção de hortaliças que ocupa 4 mil hectares, Uberaba é o grande Pólo de produção de gado zebu, Uberaba conta atualmente com 220 mil bovinos. A produção de leite alcança 80 milhões de litros por ano. Em Uberlândia, um dos destaques da agricultura são os 48 mil hectares de soja, com a produ-

UNAÍ, UBERABA E UBERLÂNDIA

E

m Minas Gerais, ao lado de Unaí, que tem um PIB do agronegócio no valor de R$ 512,3 milhões, estão os municípios de Uberaba e Uberlândia, que ocupam o nono e o vigésimo lugar, respectivamente, com os valores de R$ 505,5 milhões e R$ 331,1 milhões de reais. Através do trabalho dos agricultores, aplicando a agricultura de precisão, a atividade cresceu muito nos últimos anos. Os produtores destas regiões acreditam que a agricultura aqui, está se tornando uma das mais eficientes

do mundo. Alem de produzir em alta escala, o agricultor do Noroeste Mineiro está consciente e busca maneiras para produzir mais e desenvolver-se com sustentabilidade, como foi na reunião com o secretário de estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Adriano Magalhães Chaves: “ Eu vejo muito futuro para a agricultura de nosso estado, especialmente aqui no Noroeste Mineiro que é uma região privilegiada. Ao encontrar com os agricultores aqui, percebo uma preocupação

grandiosa com o meio ambiente, e vejo a vontade dos agricultores em produzir com sustentabilidade.”( Adriano Magalhães Chaves - Sec. de estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável). Na produção de soja, Unaí lidera a produção estadual com 330 mil toneladas em 110 mil hectares. Está em primeiro lugar também na produção mineira de sorgo, que alcançou 84 mil toneladas em 20 mil hectares. O feijão, cuja produção apurada pelo IBGE em 48 mil hectares, neste ano, foi de

tividade média de 3,1 mil quilos por hectare. O setor se beneficia da possibilidade de agregação do valor à soja no próprio município, onde o óleo de soja é um dos produtos transformados no próprio município. Já o milho há 18 mil hectares plantados em Uberlândia, e a produtividade média é de 9 mil quilos do grão por hectare.além do cultivo de hortaliças e frutas em cerca de 700 hectares. A silvicultura é representada por 7 a 8 mil hectares de eucalipto. A rotação de cultura, a assistência técnica especializada, os recursos tecnológicos, inclusive a irrigação garantem sucesso aos produtores de Unaí lá no Noroeste Mineiro, em Uberaba e também aqui em Uberlândia. Para o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento, a participação de Unaí, Uberaba e Uberlândia no grupo dos vinte municípios com maior PIB agropecuário do

país mostra o expressivo potencial de Minas Gerais nas múltiplas atividades ligadas à produção de alimentos. “ Temos a satisfação em dizer que a região do Noroeste, do Triangulo e Alto Paranaíba são regiões bastante interessantes e importantes para nosso estado como também para todo país. Minas está consolidando como celeiro do Pais graças ao esforço dos agricultores. Sem dúvida alguma estamos colocando alimentos com fartura na mesa dos brasileiros e alimentos de qualidade” ( Elmiro Nascimento -Sec. de estado de Agricultura, Pecuária e AbastecimentoSeapa – MG ) Minas Gerais mantém seu dinamismo na produção, e é um grande estado produtor de alimentos para o mundo. ( Fonte: Seapa- MG ) Giancarlo Faria ( Mais Comunicação )


Integração Lavoura Pecuária-Floresta

O

aumento populacional mundial e a inserção de novos contingentes no mercado consumidor tem gerado crescente demanda mundial por matérias-primas, alimentos, fibras e agroenergia e consequentemente forte pressão sobre os preços desses produtos, em especial dos alimentos, podendo colocar em risco a estabilidade econômica mundial, com o retorno da inflação e ameaça de desabastecimento. O aumento da oferta desses produtos pode se dar por meio do crescimento da área cultivada e do aumento da produtividade. Porém, a sociedade tem pressionado para que o aumento da área cultivada não se dê através dos desmatamentos, especialmente em biomas frágeis e/ ou estratégicos como a Amazônia e o Pastagem verde no período da seca - cerca elétrica - ganho de peso de 8,25 @/ha/ano

Cerrado brasileiro. Então parece mais sensato recuperar a capacidade produtiva das áreas antropizadas e degradadas e intensificar a produção nas áreas cultivadas. O Brasil possui cerca de 110 milhões de hectares são de pastagens cultivadas onde cerca de 70% apresentam algum grau de degradação, com baixa capacidade produtiva de forragens e conseqüentemente baixa produção de carne e/ou leite e elevado índice de perda de solo e água (erosão), com reflexos negativos na economia e no meio ambiente. Estas áreas podem ser recuperadas com a adoção da Integração LavouraPecuária-Floresta (ILPF), que consiste na implantação de diferentes sistemas produtivos de grãos, fibras, carne, leite, agroenergia e outros, na mesma área, em plantio consorciado, seqüencial ou rotacionado, aproveitando as sinergias existentes entre eles. A ILPF, alia-

da a práticas conservacionistas como o Sistema Plantio Direto (SPD) é uma alternativa econômica e sustentável para recuperar áreas de pastagens degradadas Estudos técnico-científicos e experiências de produtores mostram que a implantação da ILPF resulta em importantes benefícios econômicos, ambientais e sociais: Na ILPF estabelece-se o cultivo da espécie florestal com espaçamento ampliado entrelinhas, possibilitando a implantação de uma cultura de interesse comercial na região como soja, milho, feijão, sorgo, girassol, mandioca etc., nas entrelinhas por dois a três anos. Em seguida implanta a cultura forrageira consorciada com o milho ou com o sorgo, sistema este denominado Santa Fé desenvolvido pela Embrapa. Após colher a cultura de grãos terá o pasto formado nas entrelinhas da floresta cultivada, permitindo a implantação da

atividade de pecuária e a sua exploração até o corte da madeira. Nesse sistema ILPF (também conhecido como Sistema Agroflorestal) as receitas das lavouras e da pecuária pagarão as despesas de implantação da floresta e, então o produtor terá uma poupança verde, capaz de lhe proporcionar uma renda líquida de aproximadamente R$ 30 mil/ ha ao longo de 9 a 10 anos, sem considerar a receita com a venda de créditos de carbono. A Fazenda Bom Sucesso pertencente ao Grupo Votorantim Metais Unidade Aço Forestal, localizada no município de Vazante, região Noroeste de Minas Gerais, adotou este sistema há cerca de 15 anos, combinando os cultivos agrícolas, arbóreos, pastagens e criação de animais, de forma simultânea. Eles implantaram a cultura do eucalipto com espaçamentos (10 x 4 m) maiores que o tradicional (3 x 2 m), fazendo a correção total da área (calagem e fosfatagem). Nas entrelinhas do eucalipto, no primeiro ano eles implantaram a cultura do arroz, seguindo as recomendações técnicas para o seu cultivo na região. No segundo ano eles implantaram a cultura da soja e no terceiro ano o capim, colocando os animais na área quando a pastagem está completamente formada e pronta para o pastejo, utilizando a cerca elétrica, conforme demonstrado nas figuras acima. Com a receita das lavouras de arroz e soja e da pecuária eles conseguem cobrir todos os custos de implantação da floresta de eucaliptos. O animal é um componente muito importante no sistema, pois ele gera receitas anuais ou bianuais melhorando muito o fluxo de caixa e a atratividade do negócio. As culturas agrícolas também me-

lhoram o fluxo de caixa com entradas e saídas a curto prazo, contribuem com o preparo do solo e melhoram as condições químicas com suas adubações e resíduos orgânicos. O menor número de árvores/ha (250 ou 350) e a menor competição entre as plantas proporcionam ganho mais rápido em diâmetro. Desta forma já aos 8 anos podemos colher postes para eletrificação e aos 12 anos toras acima de 30 cm de diâmetro para serraria. Estes produtos têm maior valor agregado que podem chegar a até 6 vezes o da madeira para energia (carvão). Este valor agregado somado às receitas com as das lavouras e da pecuária compensam com sobra o volume maior de madeira energética produzido no sistema convencional (3 x 2 m). Produtividade média do eucalipto no noroeste de Minas: yy No sistema convencional – lenha, escoramento, estacas – 35 m³/ha/ ano. yy No SAF – toras, postes, postinhos p/ construção civil, lenha, estacas etc. – 25 m³/ha/ano. No SAF ou ILPF as árvores proporcionam uma melhoria

climática no ambiente da pastagem, o capim permanece verde e palatável por mais tempo, inclusive na época de seca. Os animais têm mais conforto em relação à pastagem aberta e ficam menos estressados. Desta forma, o gado neste ambiente mais ameno responde com maior produtividade de carne ou leite. As pesquisas das universidades e centros de estudos correlatos, concluíram que o eucalipto consome tanto ou menos água que qualquer outra espécie arbórea, contudo nenhuma delas cresce e produz madeira rapidamente igual a ele. Então o mito de que o eucalipto seca a terra não é verdade. E quase tudo que o eucalipto retira do solo é devolvido em forma de matéria orgânica (galhos, folhas, casca etc.). Portanto, se bem manejado, o eucalipto não esgota o solo. Na tabela abaixo são apresentados os custos e as receitas das diversas atividades, demonstrando que a receita líquida média anual é de R$ 1.005,43 por ha, sem considerar a possível receita com os serviços ambientais (créditos de carbono) gerados pela floresta de eucalipto. yy Custos de implantação do


Produtividade média do arroz = 1.670 kg/ha

Produtividade média da soja = 2.040 kg/ha

Formação da pastagem no 3º ano com Brachiaria brizantha

euca lipto – 1ºano (saídas) (2.800,00). yy Custos de manutenção do eucalipto – 6anos (saídas) (1.400,00). yy Custos e receitas c/lavouras considerados nulos (saídas=entradas) 0,00. yy Custos c/o gado – compra/pastagem/manejo – 5 anos (saídas) (3.575,00). yy Total dos custos – 7anos (saídas) (7.775,00). yy Receita com os animais – 5 anos (entradas) 5.363,00. yy Receitas com amadeira p/energia – 7anos (entradas) 9.450,00. yy Total das receitas – 7anos (entradas) 14.813,00. yy Resultado líquido médio/ha/ano (saldo positivo) 1.005,43 Fonte: Votorantim Siderurgia Unidade Florestal – Fazenda Bom Sucesso, Vazante-MG (2009). Visando a ampla adoção da ILPF, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), criou um programa de incentivo para a sua utilização, o Programa ILPF. O MAPA também criou uma linha de crédito específica no Plano Safra 2009/10 (PRODUSA) para financiar a implantação da ILPF, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os recursos são de R$ 1,5 bilhão, onde cada produtor pode financiar até R$ 400 mil para implantar a ILPF (acrescido de 15% se tiver Reserva Legal Averbada) e são destinados a investimentos em infraestrutura, formação de pastagens, recuperação do solo, aquisição de animais e equipamentos e outros itens necessários a ILPF. As taxas de juros são de 5,75% ao ano, para projetos em áreas degradadas e de 6,75% ao ano para outras situações. O financiamento poderá ser pago em até 5 anos, com até 2 anos de carência, quando se tratar somente de correção de solo, e em até 8 anos, com até 3 anos de carência, para projetos que envolvam investimentos em solos, equipamentos, benfeitorias etc., e em até 12 anos, com até 3 anos de carência, quando o componente silvicultura (floresta) estiver integrado ao projeto. Os recursos financeiros estão disponíveis nas agências bancárias para os produtores que apresentarem projeto técnico contemplando a adoção da ILPF em suas propriedades. Os resultados obtidos com a ILPF apontam que ela é uma alternativa economicamente viável, ambientalmente correta e socialmente justa para o aumento da produção de alimentos seguros, fibras e agroenergia, possibilitando a diversificação de atividades na propriedade, a redução dos riscos climáticos e de mercado, a melhoria da renda e da qualidade de vida no campo, contribuindo para a mitigação do desmatamento, para a redução da erosão, para a diminuição da emissão de gases de efeito estufa e para o seqüestro de carbono, enfim, possibilitando a produção sustentável e proporcionando um mundo melhor para as próximas gerações. * Ronaldo Trecenti Engenheiro Agrônomo, M.Sc. Especialista em Sistema Plantio Direto e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta Coordenador Técnico do Projeto Integração Lavoura-Pecuária-Floresta Campo Consultoria e Agronegócios Ltda - Telefone: (61) 3447-9752/9978-4558 E-mails: trecenti@campo.com.br ou ronaldotrecenti@hotmail.com

Cultivo em forma de I

ndependência. Aquela imagem de chão rachado, sem água e famílias enfrentando constantes períodos de seca no Interior do Ceará não se sustenta com as práticas desenvolvidas pelas famílias da comunidade de Várzea do Toco, no município de Independência, distante 309km de Fortaleza. Para aprender a conviver com os períodos em que não ocorrem precipitações, moradores do semi-árido nordestino desenvolvem projetos alternativos exemplares para evitar a estiagem e perder a produção. O segredo está em saber como ter um melhor aproveitamento da água. O resultado das ações propostas pela Associação Comunitária dos Pequenos Produtores de Várzea do Toco foi bastante proveitoso. Isso porque as famílias foram beneficiadas com a criação de mandalas e quintais produtivos, como forma de estimular a plantação de

mandala verduras. “Antes, a gente tinha que comprar tudo em Independência, e as pessoas não iam sempre pra cidade”, conta a agricultora Marinete Gonçalves da Silva.

Participação Agora, com a iniciativa de plantar no quintal de casa e ter uma área produtiva capaz de suprir com os alimentos de subsistência, Marinete aprova a participação dos moradores e estimula, cada vez mais, a ampliação desse projeto. A mandala (seguindo o modelo usado no tantrismo) possui diferentes camadas que facilitam a irrigação das verduras e dos legumes. A mandala usada por Marinete possui quatro diferentes camadas. Cada

uma delas tem alface, pimenta, coentro e outras plantações. “Antes, a gente comia verdura. Mas era muito pouco. Só quando comprava na cidade. Agora, toda a nossa alimentação é temperada e melhorou muito”, conta Marinete. Apesar de a proposta da mandala ser benéfica aos moradores de Várzea do Toco, o custo da construção de um equipamento como esse ainda é considerado bastante elevado. São necessários R$ 2 mil para o equipamento completo. A mandala possui um tanque central, com capacidade para até 30 mil litros de água, abastecido por cisterna ou açude. Ao redor do tanque, são cultivados alimentos básicos como feijão, arroz, mandioca, batata, hortaliças e frutas.


O objetivo do Projeto Mandala é atender às necessidades locais desenvolvendo um modelo de agricultura familiar baseado no empreendedorismo e na cultura da cooperação. Essa mesma metodologia já foi implantada em nove Estados: Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Alagoas, Roraima, Ceará, Sergipe, Piauí e Maranhão, com a proposta de desenvolver a comunidade local. Para viabilizar a construção das mandalas, todas as famílias passaram a ser acompanhadas, desde 2005, pela Cáritas Diocesana, entidade sem fins lucrativos da Igreja Católica, que incentiva a construção e conquista da cidadania por intermédio de relações democráticas e políticas sociais públicas.

Quintal produtivo Mas o sucesso do cultivo em forma de mandala não é único aos moradores de Várzea do Toco. Eles também são beneficiados com o quintal produtivo. Para a professora e secretaria Ana Nery Gonçalves, o quintal produtivo possibi-

lita uma melhoria na alimentação dos moradores. “Muitos não comiam verdura não porque não gostavam, mas pelo fato de não terem acesso com muita facilidade”, diz. Assim como Ana Nery, os pais dela também possuem um quintal produtivo para a produção de subsistência. “Só tem nos ajudado. Todos os dias a gente água a horta e colhe para a nossa alimentação”. A experiência das famílias de Várzea do Toco é uma prova de que a convivência com o semi-árido é possível, desde que adotados os manejos corretos, considerando a sustentabilidade dos recursos naturais. MAURÍCIO VIEIRA Repórter


O Noroeste

S

urpreendidos somos quando falamos deste Noroeste de Minas, porque este é um novo, muito novo gigante, mas forte em extensão geográfica, parrudo na produção de grãos, leite e carne, ocupando espaços de outras regiões e se tornando o Celeiro Agrícola de Minas Gerais. Por aqui, temos municípios com as maiores produções e produtividades de grãos como o feijão, algodão, milho, soja e também carne e leite, não só das Minas Gerais mas do País. Hô trem bão que por aqui passará para transportar e exportar grãos e também o trem da agregação de valores da produção. Por aqui , temos tecnologias avançadas e de ponta, equiparadas com outros Países grandes produtores de grãos. Porém, ainda temos terras baratas abertas e não descobertas uma vez que, será a próxima briga no mundo, falamos do chão plano, e fértil, além da água que já é disputada. Hoje temos no mundo 0,5 ha e amanhã por

Grande!

volta do ano de 2040, teremos 0,16 há de terra para cada habitante ( 7,0 bilhões hoje ). Produzimos sim, muita matéria prima sem agregação de valores, sem transformação. Por quê ? As lideranças Noroestinas vão discutir brevemente este polêmico assunto . Analisando as safras agrícolas de 10 anos atrás com a atual, percebemos nitidamente um crescimento assustador em produtividades e evidentemente elevadas produções, as maiores de Minas Gerais e nós estamos entre os maiores 10 municípios produtores de grãos do nosso Brasil . Também sabemos de onde vem esta pujância toda, ou seja, Cooperativas bem organizadas, Prefeituras Municipais dando força ao setor Rural, as lideranças empenhadas em trabalhar com dinamismo e integração com Sindicatos e Associações, as Empresas de Ater extremamente dedicadas. Mas não são eles os heróis os atores principais e sim os guerreiros.

Produtores Rurais e suas respectivas Famílias do Noroeste de Minas Concluímos que, com a agregação de valores da produção, as organizações mais fortalecidas, as prefeituras continuando a apoiar, o corpo técnico das empresas públicas e privadas sempre ao lado dos produtores Rurais, agora sim, o Noroeste de Minas será mesmo o gigante e o pioneiro no desenvolvimento regional sustentável incluso, ou para todos . Recomendamos a busca de um caminho para o nosso reconhecimento e da igualdade social, e a formação de uma rede de gestão coletiva, objetivando uma qualidade de vida melhor, para todos. Para tal, a AMNOR (Associação dos muncipios do noroeste de minas). Esta no caminho certo, mas temos caminhos longos ainda a seguir. Eis a questão agora sim, “ Viva o Vivo Noroeste de Minas Gerais “. Manoel F Duque Filho Gerente Regional

Equiparação de Safras Agrícolas no Noroeste de Minas Anos: 2000/2001 com ano 2010/2011. Culturas Anuais Grãos e Permanentes (perene/semi-perene) Data:30/12/2011 Culturas

Unidade Ano Agrícola 2000/2001

Ano Agrícola 2010/2011

Área(ha)

Produção(t)

Área(ha)

Produção(t)

Variação/área e produção

Arroz

t

9750

23153

9580

14028

Redução na área

Algodão

t

12560

32010

16958

65433

Aumento 100% na produção

Café (Área em produção)

SC/60k/be 2310 neficiado

67360

5563

235016

Aumento de 350% na produção

Cana (Área em produção)

t

3150

131400

42485

3231950

Aumento de 2400% na produção

Feijão (3 safras)

t

51685

119052

92114

221078

Aumento de 85% na produção

Milho (safrinha)

t

62400

282144

114240

851948

Aumento na produção em 3 vezes mais.

Mandioca (Área em produção)

t

555

7765

3500

53630

Aumento de 700% na produção

Soja

t

80300

181480

339900

985710

Aumento na produção em 5 vezes mais

Sorgo (granífero)

t

5000

13060

43140

160467

Aumento na produção em 12 vezes mais

Trigo

t

3110

11163

1750

8060

Redução na areá e produção

Total cultura Grãos

t

224805

662062

617708

2306724

Aumento na produção em 3,5 vezes e na área 2,7 vezes em 10anos.

Ano Agrícola 2010/22011 *Café área em formação *Cana de Açúcar área em formação

1.192,0ha. 13.015,0ha.

*Mandioca área em formação

3.140,0ha.

Manoel Faria Duque Filho

Eng.º Agrônomo

Fonte: Safra Agrícolas Emater MG.

EMATER- MG


Município de Unaí

ocupa a sexta posição no ranking do PIB agropecuário brasileiro

O

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizou um levantamento dos 100 municípios brasileiros que possuem o maior Produto Interno Bruto (PIB) do setor agropecuário a nível nacional. A somatória do PIB agropecuário brasileiro representa 26,4 bilhões de reais. O município de Sorriso, no Mato Grosso, é o primeiro colocado, com R$ 791,159 milhões, seguida de São Desidério, na Bahia, com R$ 753,031 milhões, e Petrolina, no Pernambuco, ocupa a terceira colocação, com R$ 658,796 milhões. Em Minas Gerais, foram listados 17 municípios. Dentre os municípios mineiros, Unaí destaca-se por ocupar a primeira colocação. Já a nível nacional, Unaí ocupa a sexta posição, com R$ 512.309 milhões. Os demais municípios mineiros listados são: Uberaba, com a nona colocação; Uberlândia, com a vigésima colocação; Patrocínio, com a vigésima primeira colocação; Paracatu, com a trigésima quinta colocação; Araguari, com a quadragésima primeira colocação; Patos de Minas, com a quinquagésima segunda colocação;

João Pinheiro, com a quinquagésima terceira colocação; Frutal, com a quinquagésima sexta colocação; Buritis, com a sexagésima oitava colocação, entre outros. A Unidade Federativa com maior número de municípios classificados é Mato Grosso, com 24 municípios, no qual seis, estão entre os 10 primeiros colocados. O prefeito Antério Mânica, explanou sobre o desempenho agropecuário do município. “ É uma satisfação Unaí figurar entre os principais produtores agropecuários do país. Ocupamos a sexta colocação, dentre mais de cinco mil municípios. Na verdade, esses números representam o potencial de Unaí: município que destacase por ser o maior produtor de grãos e o segundo maior produtor de leite do Estado de Minas Gerais. A nível nacional, Unaí é o maior produtor de feijão. Tais dados representam o grau de tecnologia e, consequentemente, o desenvolvimento do setor agropecuário e o arrojo dos produtores unaienses. Unaí situase entre os maiores produtores agrícolas do Brasil”, afirma Antério Mânica. Segundo o prefeito Antério Mânica, o desempenho agropecuário de Unaí é resultado de uma convergência de fatores: o subsídio oferecido pela

Município que destaca-se por ser o maior produtor de grãos e o segundo maior produtor de leite do Estado de Minas Gerais. A nível nacional, Unaí é o maior produtor de feijão.

Administração Municipal destinado ao setor agropecuário, a utilização de tecnologia de ponta, a produção nas propriedades rurais unaienses de médio, grande porte, além da produção em cerca de 30 assentamentos rurais de reforma agrária existentes no município. “Essa soma de esforços aliada à parceria com a Prefeitura Municipal de Unaí faz com que tal produção seja real e tenha trafegabilidade para escoamento, que é, sem dúvida, uma das maiores do país, e é, com certeza, a maior do Estado de Minas Gerais”, observa Antério. Para o próximo ano, a previsão do prefeito Antério Mânica é que os produtores unaienses continuarão a receber benefícios da administração municipal. “Dentro de poucos anos, eu quero ver Unaí no topo da lista, como o maior produtor de grãos do país”, ressalta Antério. fonte: www.prefeituraunai.mg.gov.br

Prefeito Antério Mânica projeta Unaí, no futuro, como o maior produtor de grãos do país.

Novo corredor de grãos

beneficiará o Noroeste de Minas O Projeto Noroeste de Minas está criando um novo corredor de grãos para escoar a produção agrícola do Noroeste de Minas até o Complexo Portuário de Tubarão, em Vitória (ES), por meio da malha da FCA e da Estrada de Ferro Vitória a Minas. Trata-se de uma Parceria entre a FCA, por meio de sua controladora Vale, e o Governo de Minas Gerais. Até 2013, o projeto viabilizará o transporte anual de 2,6 milhões de toneladas de grãos, proporcionando competitividade aos produtos dessa região mineira O projeto também permitirá o aumento do consumo de fertilizantes. Nesse período, estima-se que 20 mil empregos diretos e indiretos serão criados e que a safra de grãos para exportação será triplicada, com benefícios para os 19 municípios localizados na área de influência do projeto que verão sua economia dinamizada com as melhores condições de competitividade aos produtores da região. Lançado em maio de 2008, quando

a Vale e o Governo do Estado de Minas Gerais assinaram protocolo de intenções, o projeto já está com a primeira fase implantada: o Terminal Intermodal de Pirapora está em operação e o trem de carga retornou à região. Iniciativas Na FCA, a criação desse novo corredor de grãos envolve as áreas de Novos Negócios, Engenharia, Operação, Manutenção, Relações Institucionais e Comercial, que estão dando andamento as seguintes ações: Criação do Terminal Intermodal em Pirapora (TIP), inaugurado em abril de 2009, preparado para o transbordo de soja e milho de caminhões para vagões. A unidade pode embarcar 80 vagões/ dia e conta com duas linhas férreas, dois silos com capacidade para três mil toneladas cada, tombadores de caminhão, balanças rodoviária e ferroviária, escritórios e estacionamento. Recapacitação do trecho de 159 quilômetros entre Corinto e Pirapora (MG), também já concluída, e que envolveu o nivelamento do trecho, a remodelagem de 30 quilômetros de via, a sinalização

35 passagens em nível e a troca de 120 mil dormentes e 13 quilômetros (cerca de quatro mil toneladas) de trilhos. Recapacitação do trecho de 100 km de Corinto a Sete Lagoas (MG); Aquisição e reforma de vagões e locomotivas. Já foram recuperados pela FCA e transformados em graneleiros 82 vagões do modelo FRD, que estavam acidentados ou inativos. O projeto em síntese yy Capacidade de transporte: 2,6 milhões de toneladas até 2013 yy Trechos recapacitados: 159 km entre Corinto e Pirapora yy 100 km entre Corinto e Sete Lagoas yy Capacidade TIP: embarque de 80 vagões/dia yy PNs sinalizadas: 35 yy Dormentes trocados: 120 mil yy Trilhos trocados: 13 km yy Vagões reformados: 82 yy N° de municípios da zona de influência: 19 yy Investimento: R$ 300 milhões da Vale e Governo do Estado yy Expectativa de geração de emprego: 20 mil vagas diretas e indiretas Fonte: http://www.fcasa.com.br


Agricultores familiares do noroeste

O

por Rodrigo Farhat

Sistema de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS) é uma tecnologia social de apoio à agricultura familiar, cerca de 450 agricultores familiares de quatro municípios do noroeste de Minas Gerais vão investir na agricultura orgânica, por meio da reaplicação da Produção Agroecológica Integrada Sustentável (Pais). Paulo Manoel de Andrade, 39 anos, produtor de Lagoa Grande, e Lázaro Coelho Guimarães, 59, de João Pinheiro, são dois deles. Ontem (16), eles participaram do lançamento do programa na cidade de João Pinheiro/MG, distante 402km de Belo Horizonte. O evento foi realizado, na tarde do mesmo dia, também na cidade de Paracatu. Resultado de parceria entre a Fundação Banco do Brasil, o Ministério da Ciência e Tecnologia e a Associação de Apoio à Agricultura Familiar (Alfa), os

eventos deram início à montagem de 90 unidades do Pais, nas cidades de João Pinheiro, Lagoa Grande, Paracatu e Unaí. O convênio tem a participação das Prefeituras de João Pinheiro e Paracatu. Nesta última, a parceria tem, ainda, o apoio do Galpão do Produtor. Lázaro tem uma área com 26 hectares, nos quais produz galinhas e doces. Apesar de ainda não conhecer a nova tecnologia social, tem grandes expectativas. Há quatro anos, é parceiro da Alfa e está empolgado com o projeto. “Quero diversificar minha produção, aproveitando o Pais para melhorar minha renda”, afirma. Paulo e a companheira Vera Lúcia Reis, 44, são agricultores familiares há cinco anos. Plantam couve, alface e cheiro verde para vender. Conheceram o Pais por meio da Alfa. Apostaram na nova tecnologia e é deles a primeira unidade criada em João Pinheiro, em área da Associação Atlética Banco do

orgânicos

de Minas Gerais investem em

Brasil (AABB). Vera diz que pretendem se especializar na agricultura orgânica e até já fizeram planos para o quintal agroecológico que integra o Pais: cultivar amoras, goiabas e maracujás. Contraponto - Durante o lançamento do Pais em João Pinheiro e Paracatu, o presidente da Fundação Banco do Brasil, Jacques Pena, foi enfático: “A desigualdade brasileira é fruto da concentração de renda, da concentração de terra e da concentração da propriedade e o Pais é um contraponto a essas desigualdades,

pois permite que homens e mulheres vivam com dignidade das coisas do campo”. Ele revelou que a meta da instituição é criar mais 7 mil unidades até 2010, passando das atuais 3 mil para 10 mil unidades do projeto. Com 2.774 unidades instaladas em todo o país, o Pais tem como pilares a horta em formato circular, a irrigação por gotejamento e um galinheiro para fornecimento de adubo orgânico. A simplicidade da idéia é o que garante a sustentabilidade do projeto, já implantado em 42 municípios de 14 estados brasileiros (ES, BA, GO, MG, PB, PI, RN, SE, AL, CE, MS, PE, RO, RJ). A reaplicação da tecnologia social no noroeste mineiro recebeu investimentos sociais da Fundação Banco do Brasil de R$ 418 mil. A Alfa, parceira da instituição no noroeste mineiro, foi criada em 2004 para permitir o acesso de agricultores familiares a políticas públicas do Governo Federal. A organi-

zação trabalha em várias frentes: valorização de sementes crioulas, incentivo à ovinocaprinocultura, à avicultura, à horticultura e à agroindústria e também apoio a iniciativas da economia solidária, feiras livres e ações de inclusão digital. Regras do Pais são simples e eficazes Para alcançar bons resultados, as regras são bastante claras na aplicação da tecnologia social Pais: respeitar o meio ambiente, a vida, os hábitos e os costumes da população local, e garantir a sustentabilidade das comunidades participantes. Alguns cuidados devem ser tomados para a implantação do Pais. A primeira etapa é escolher um terreno com pouca ou nenhuma declividade. O ideal é que o espaço seja protegido do vento e o mais próximo possível de uma fonte de água. É importante, também, que receba luz do sol na maior parte do dia.

Na parte central do empreendimento, deverá ser construído um galinheiro circular com capacidade para 11 aves. Os canteiros devem ser preparados em forma circular, com largura de 1,20 metro e distância de 50 centímetros entre eles. Além disso, o preparo do solo dos canteiros deverá ser enriquecido com matéria orgânica.

Mais informações Fundação Banco do Brasil Gerência de Comunicação e Mobilização Social Portal: www.fundacaobancodobrasil.org. br Endereços eletrônicos: priscilla@fbb.org.br / rodrigo.farhat@fbb.org.br waleska.barbosa@fbb.org.br / dalva@fbb. org.br Telefones: (61) 3310.1974/3310.1967 Fonte: Fundação Banco do Brasil Data: 18/02/2009


O Circuito Turístico Noroeste das Gerais e Municípios Unidos para Desenvolver o Turismo na Região Os Circuitos Turísticos surgiram da necessidade de diagnosticar, planejar e desenvolver uma determinada região com grande potencial turístico, no intuito de trazer uma sustentabilidade ambiental e financeira a suas comunidades

A

Associação do Circuito Turístico Noroeste das Gerais tem como objetivo a integração dos municípios que compõem a mesma, Paracatu, sua sede, Unaí, João Pinheiro, Lagoa Grande, Santa Fé de Minas e Buritis, formando um cluster turístico a fim de fomentar os diversos produtos existentes nesses municípios. Essa região foi o centro geográfico do Brasil, foi palco dos mais importantes acontecimentos da nossa história. Por estas terras passaram não apenas o ouro e outras riquezas das minas para o litoral, mas também por elas chegavam às comitivas e as novidades da metrópole. Suas cidades guardam igrejas, casas, monumentos, ruínas que evocam um passado repleto de histórias e vultos. Estes destinos turísticos são formados por um conjunto de cidades que possuem um dos mais representativos patrimônios culturais, artísticos e históricos de Minas Gerais. Para quem aprecia a erudição e a cultura, o ambiente é o mais adequado, as artes fazem parte da cultura local, com inúmeros artistas desenvolvendo e expondo seus trabalhos em escultura, pintura e música. O artesanato é de grande versatilidade, preserva a identidade de sua gente e transforma o utilitário em belas obras de arte. A região oferece ainda cavalgadas, caminhadas, mountain bike e passeios de off road por belas trilhas, lugares apropriados para o esportes radicais e de aventura, como escalada, rapel, rafting, mergulho, corrida de aventura e etc., onde a emoção supera a razão, levando sua adrenalina ao máximo. Há uma grande diversidade de cavernas, grutas e cachoeiras a serem exploradas pelos mais ousados. Nas cidades que compõem o circuito você também encontra tranquilidade e sossego. O clima é temperado, as chuvas bem distribuídas e não faz bastante

frio no inverno. Na zona rural, as fazendas oferecem refúgios tranquilos onde a arquitetura se contrata com a natureza e se manifesta em lazeres típicos do turismo rural e Ecoturismo. A responsabilidade por essa revolução silenciosa é da sua Presidente Eloisa Cunha e seu Gestor, o turismólogo Anderson Rodrigues Bijos, que tem feito o possível para que esse mercado seja desenvolvido. Anderson Rodrigues Bijos Turismólogo, Gestor da Associação do Circuito Turístico Noroeste das Gerais, Presidente da Associação dos Amigos e Produtores de Água do Prata – AMPRA, Secretário da Associação de Condutores de Turismo de Paracatu – ACONTUP, Conselheiro do Movimento Cultural de Paracatu, Professor, Escritor e Membro do Lions Clube de Paracatu.


Tradição e lazer na Lapa do Sapezal Festa reúne famílias de cidades mineiras e de Brasília no feriado do Dia do Trabalho

A

50km do Centro de Unaí, acontece a tradicional Festa da Lapa do Sapezal. Todo ano, entre os dias 1º e 3 de maio, moradores de fazendas próximas, de cidades vizinhas – como Paracatu, Vazantes e Buritis – e, até mesmo, de Brasília, reúnem-se no evento. A festa, dedicada a São José Operário e à Santa Cruz, mistura, há 20 anos, religiosidade e lazer. Formada pela ação do lençol freático sobre o solo calcário, a Lapa ou Gruta do Sapezal fica a 200m da Vila São José, local da festa. Reconhecido ponto turístico de Unaí, ela tem no interior um lago, cujas águas são tidas como milagrosas. Há também, entre falhas e formas geológicas seculares, uma figura interpretada por muitos como a imagem de Nossa Senhora. Além dos motivos ligados ao catolicismo popular, que é responsável pelo surgimento dessas crenças a respeito da Lapa, os participantes da festa buscam sossego, mas também diversão no feriado prolongado. Em meio à quermesse, leilões de animais, de comidas e de artigos trazidos da cidade animam os visitantes e a população local. “Esse ano, já foram leiloados frango assado e farinha”, conta Ana Rodrigues de Souza, 72 anos, responsável pela capela da vila, que recebe toda a renda. Sinônimo de religiosidade, dona Nica, como é conhecida, organizou a primeira edição oficial da Festa da Lapa, em 1989.

São revelados, então, os nomes dos festeiros (organizadores) do próximo ano. Dona Nica é uma das escolhidas. O critério para ser festeiro é ter disponibilidade e boa vontade para chegar um pouco antes do evento a fim de preparar tudo. Nica vem, todo ano, com dois meses de antecedência. “Está nas mãos de Jesus a escolha dos festeiros”, diz, antes da revelação. Começa a reza do terço e as pessoas vão acendendo velas. Os andores com as imagens dos santos homenageados são levantados e as pessoas começam a caminhar em direção à porta da capela. A ordem de Dona Nica é para que os homens levem o andor de São José Operário e as mulheres, os de Nossa Senhora Aparecida e da Santa Cruz. A procissão segue sob um céu repleto de estrelas, típico de áreas rurais. Um homem, segurando uma cruz, puxa a fila. São 59 pessoas, sendo a maioria mulheres. Há 12 crianças, que conhecem todas as músicas e orações. A música vinda do bar cessa quando a procissão começa a contornar o campo de futebol ao lado da capela. Pessoas sentadas se levantam e engrossam as filas. Terminada a volta no campo, todos retornam à capela. As velas são apagadas e as rezas continuam. Nica partilha algumas palavras com os fiéis, os três mastros com as bandeiras dos santos são postos perto da capela e uma grande fogueira é acesa.

Rituais

O sagrado e o profano no Sapezal

No dia 1º de maio, pontualmente às 19 horas, ouve-se o sino da capela. Dona Nica vai para o altar. Os acordes do violão aquecem o ambiente, enquanto os fiéis entram e se acomodam nos típicos bancos compridos de madeira dispostos em fila dupla. É a hora em que Nica agradece a presença de todos.

Nem os mais antigos moradores da região se recordam de quando foi realizada a primeira festa religiosa: “Desde o princípio do mundo, desde que nós nos entendemos por gente, nossos pais contavam que aqui tinha a festa”, diz dona Nica. Para o antropólogo

Edgard Magalhães, essa indefinição acerca da data de início da festividade é uma das principais características do catolicismo popular brasileiro. Autor do artigo A festa da Lapa Sapezal: O catolicismo popular e o uso simbólico de cavernas no Brasil, ele lembra que “as grutas têm forte apelo para o imaginário humano, sendo comum o seu uso religioso”, e cita como exemplo a festa de Bom Jesus da Lapa, na Bahia. Graças à gruta, o Sapezal virou um ponto de encontro onde as pessoas, além de rezar, também dançavam e cantavam em roda. A forte ligação com o local levou algumas a pedir para serem

enterradas lá mesmo, num pequeno cemitério, hoje abandonado. Uma das sepulturas é de Antônio Rodrigues Barbosa, pai de dona Nica. Nos anos 1980, ela organizava, na vila onde morava, em Buritis (MG), uma festividade em homenagem a Nossa Senhora Aparecida. Mas Nica vinha tendo sonhos com o pai: “Eu sonhava que estava no mato e meu pai, lá longe, me chamava. Eu nunca conseguia alcançá-lo. Uma noite, ele me pediu que construísse uma igreja aqui no Sapezal”. Foi de uma conversa casual que partiu a iniciativa: “Elmo, meu sobrinho, me perguntou como fazer nossa festa em outro lugar. Eu o puxei pela gola e disse: ‘Vamos fazer uma no Sapezal’”. No dia 22 de abril de 1989, foi realizada a primeira edição oficial da Festa da Lapa do Sapezal, um grande encontro de parentes e conhecidos de dona Nica. Ilda Inácio Ferreira, 70 anos, uma das fundadoras, conta que a improvisação não foi um problema: “Rezamos embaixo de uma lona presa entre as árvores e depois dançamos forró embaixo de um pequizeiro”. Dessa reunião surgiu a Associação Comunitária do Sapezal que, no ano seguinte, começou a angariar fundos para a construção de uma capela. Tudo com a permissão e o apoio de José Branco, já falecido, à época dono da fazenda onde fica a Vila São José. A celebração também teve o aval do bispo da região. Todos os anos, um padre de Unaí é designado para realizar uma missa na capela. A história da Festa da Lapa é recheada de lendas e fatos curiosos. Antigamente, a missa era rezada no interior da gruta e ocorriam, até mesmo, batizados nas águas do lago. Um padre vinha de Paracatu para fazer o cerimonial, sempre no dia três de maio, dia da Exaltação à Santa Cruz de acordo com o antigo calendário católico. Uma das histórias conta que um dos romeiros teria matado outro durante a festa. “O padre foi embora. Ele disse que padre nenhum deveria rezar missa lá”, afirma dona Nica, calculando que por mais de 100 anos não foi realizada a cerimônia. Segundo ela, somente depois da oficialização da festa em 1989, a comunidade voltou a receber um padre. Ainda assim, ocorreram problemas. − Um dia um homem estava dançando forró com a mulher, caiu e desmaiou. Nós o levamos para o hospital, mas já estava morto. Isso foi na primeira edição da festa. No ano seguinte, quando estávamos indo embora, um menino viu um homem matar outro com um facão. Esses acontecimentos levaram os

organizadores a acreditar que aquele primeiro padre os havia excomungado. Dona Nica conta que rezou bastante depois disso e nunca mais aconteceu nada. De acordo com Edgard Magalhães, a proliferação dessas lendas ajuda a ressignificar a história da Lapa. Outro exemplo seria a origem do atual nome do local: Vila São José. Alguns dos organizadores da festa afirmam a homenagem a José Branco, antigo dono das terras, quando na verdade o nome se deve à São José Operário. José Branco sempre ajudava a organizar as cerimônias, participava dos festejos e autorizava os visitantes a acampar no local. Antes de morrer, doou o terreno, onde hoje fica a vila, para a prefeitura de Unaí, que transferiu a administração para a associação comunitária, adotando o nome de São José. Gerações e famílias Os freqüentadores da Festa da Lapa são, muitas vezes, membros de duas grandes famílias: a Vasconcelos e a Tolentino, ambas ligadas aos fundadores da vila. Alguns deles vêm de Brasília, outros de cidades vizinhas. Geralmente, acampam ou ficam em casas de alvenaria construídas para recebê-los durante os dias de comemoração. De manhã e à tarde, músicas, bebidas e conversas agitam o bar administrado por dona Terezinha, irmã de Nica, e seu marido, Sílvio Caetano Vasconcelos. À noite, é realizada a parte religiosa do evento, seguida de muita dança numa discoteca improvisada numa grande barraca de lona, ponto de encontro dos jovens. É também a juventude que hoje está mais presente na gruta. Longe dos adultos, que ficam na vila, eles percorrem os 200m da trilha de pedras escorregadias para se divertir na caverna. Entre bebidas e mergulhos, falam entusiasmados sobre as lendas do lugar, indicando não uma, mas duas supostas imagens de Nossa Senhora, junto das quais se notam amontoados de parafina derretida. Para Natália Tolentino, de 19 anos, a fé não é mais a mesma: “Antigamente, se acreditava mais. Hoje isso se perdeu”. Na observação de muitos dos presentes na Festa da Lapa deste ano, a movimentação foi abaixo do esperado. Se, em algumas edições, a festa chegou a receber mais de mil pessoas, com ônibus cheios vindos de Brasília, Unaí, Paracatu, Vazantes e Buritis, hoje está muito longe disso. Segundo Sílvio Caetano, há uma explicação. No dia 1º de maio dos últimos quatro


COMO CHEGAR

anos, organizou-se uma cavalgada, que percorria todo o caminho das fazendas próximas até a vila. Era essa atividade que atraía um grande número de visitantes. Ao perceber que a religiosidade estava ficando para segundo plano, dona Nica resolveu adiantar a data da cavalgada, que passou a ser realizada no final de semana anterior ao da festa. “Para a festa não foi bom. Acho que a diminuiu”, critica Sílvio. Ilda Inácio, que todos os anos monta uma barraquinha onde serve comidas e bebidas, compartilha dessa visão. “Se não tem nada para a pessoa ver, o que ela vem fazer no mato?”, pergunta, lem-

brando a pouca divulgação nas cidades vizinhas, queixa feita também pelos que vão à quermesse em busca de dinheiro extra, como Lucimar Fernandes, que instalou um pula-pula onde brincavam apenas duas crianças: “Já tinha ouvido falar da festa. Resolvi vir para experimentar e foi essa decepção. Para mim, foi a primeira vez e a última”. Apesar do esvaziamento, os católicos da região continuam participando das cerimônias. No sábado (2/5), com a presença de um padre da cidade, foram realizados três batizados na capela. Vanusa Ferreira, 27, levou a filha, Ana Clara Ferreira, de apenas um mês. “To-

Saindo de Unaí, pela rodovia que liga o município a Paracatu, percorrem-se 50km. Após o único posto de combustível que se vê nesse percurso, pode-se avistar uma pequena placa, à direita, onde se lê “Lapa”. Nove quilômetros de uma estrada de terra bem conservada ou três mata-burros separam a Lapa do Sapezal da rodovia. Deve-se lembrar de virar, à esquerda, e depois de pegar a primeira à direita. O que se vê, acima da porteira da fazenda, é uma placa indicando ser ali a “Associação da Vila São José”. Ao entrar, a primeira visão é a do campo de futebol e de algumas casinhas dispostas em “L”. Ao lado do campo, localiza-se a capela. A Gruta do Sapezal fica a cerca de 200m da vila, onde há uma área para se acampar. dos os meus filhos foram batizados aqui. Nós moramos perto e fazemos parte desta comunidade”, explica. Esse sentimento de comunidade é o que alimenta a imaginação de vários dos freqüentadores da Festa da Lapa. Se já existem pessoas morando ali, como Ildeu Alves Júnior, 39, há também os que desejam se mudar para a Lapa. Enquanto Sílvio Caetano reclama da falta de apoio da Prefeitura para um maior desenvolvimento do local, Nica pensa em levar um posto de saúde e uma escola para a vila onde quer morar um dia. Sonho tão persistente que a levou a enviar uma carta para o programa Domingo Legal, do SBT, pedindo uma casa. Terra de sonhos, terra de fé, essa é a Lapa do Sapezal.

Escrito por: Felipe Müller, Mariane Rodrigues e Thaís Regina Universidade de Brasília | Faculdade de Comunicação

GRUTAS EM UNAÍ

BELEZAS PARA POUCOS OLHARES

D

istante cerca de 160 km de Brasília, Unaí, no noroeste mineiro, tem mais de 20 grutas. Algumas com pinturas rupestres e ossadas milenares. Com cerca de 80.000 habitantes, este cerrado é “dono” deste magnífico tesouro. Pesquisadores encontraram ao menos 10 cavernas com formações geológicas milenares, lagos transparentes e pinturas feitas por alguns dos primeiros habitantes do centro do país. Os homens antigos também deixaram gravuras em paredões e em pedras encravadas no cerrado. Estes locais apresentam hoje como museus pré-históricos explorados por poucos cientistas, minguados adeptos de esportes radicais e quase nenhum turista, por falta de informação e de infraestrutura para a visitação. As pinturas das cavernas nítidas, levando-se em conta o desgaste sofrido ao longo tempo em exposição. As mais expressivas ficam na Gruta do Gentio 2, a 30 km do centro da cidade. Ela começou a ser ocupada há cerca de 10.250 anos, de acordo com pesquisas realizadas nas décadas de 1970 e 1980. Existem ainda vestígios de um ponto cerimonial, com pinturas em vermelho no teto e nas paredes onde foram depositados corpos parcialmente cremados. Consulta feita no blog ultimaparada.wordpress.com/category/minas gerais Alda Alves Barbosa


A MINHA BICICLETA A minha bicicleta só tem dois pedais mas se monto nela não tem dois, tem mais! A minha bicicleta tem um guiador quando monto nela... ...sou aviador! No jardim onde ando não vejo um canteiro... sou aviador, vejo o mundo inteiro Voo mesmo a sério !... Por cima das árvores (não toco no chão!)

voo mesmo a sério vou de avião... A minha bicicleta também tem selim mas eu nem me sento, gosto mais assim : Pedalo em pé dá mais rapidez a minha bicicleta é o que tu vês: É um avião, pois eu não te digo?! Poema de Fernando Miguel Bernardes

Uma homenagem da Minas em Revista ao grande leitor e amigo Geraldo Magela da Silva (Branco) 24/04/1960 21/12/2011

Prefeitura de Unaí lançou o

Carnaval 2012 A escola de samba Unidos do Novo Horizonte de Paracatu (MG) fez o público cair no samba No sábado, 27 de Agosto, a Prefeitura Municipal realizou o Lançamento do Carnaval 2012. O evento aconteceu no Letabella restaurante e Pizzaria, com a presença de autoridades locais e a Escola de Samba Unidos do Novo Horizonte de Paracatu (MG). A escola se apresentou e convidou o público para cair no samba com eles. Para o Carnaval 2012, a prefeitura de Unaí criou uma escola de samba, a Unidos do Taquaril. O Rei Momo, Pedro (Betinho) e a Rainha do Carnaval de Unaí, Ana Paula Siqueira, também entraram na dança, e sambaram com a escola de Paracatu. O trio BMW se apresentou, enquanto

o público aguardava o início do evento. Com muito samba no pé, os passistas de Paracatu mostraram que é possível realizar um carnaval cheio de cores e alegria na cidade. O organizador do evento, Luiz Anselmo, que também é jornalista e diretor do Museu Municipal, disse que a iniciativa de resgatar o carnaval se deve ao fato do prejuízo que a cidade tem na época do carnaval, “tanto o monetário, pois sai muito dinheiro e deixa de entrar, e o prejuízo também na área do entretenimento, porque na época do carnaval que é a maior festa do Brasil, Unaí fica ás moscas. Queremos reverter esse quadro, e

já lançar o carnaval 2012, com a proposta diferenciada de carnaval”, afirma Luiz. De acordo com o jornalista, o lançamento do carnaval foi realizado este mês para que a prefeitura pudesse ter tempo hábil, pois “nós montamos a escola de samba, o prefeito comprou os instrumentos, mas quem vai tocar?” Por não haver a cultura de samba na cidade, a prefeitura optou por “importar” o pessoal da Escola de Samba de Paracatu, que virá à Unaí durante seis meses, para ministrar 24 aulas, no total. Luiz Anselmo diz ainda, que haverá oficina de bateria, para que a escola de samba


possa ter sua própria bateria. A secretária de Cultura e Turismo de Unaí, Creonice Leitão, disse que antigamente o carnaval da cidade era muito bom, porém por falta de incentivo ele acabou. E agora “queremos resgatar essa festa aqui. Esse lançamento é para que a população saiba do carnaval e nos prestigie ano que vem”, afirmou a secretária. “Essa festa é um sonho, uma reivindicação de muita gente em Unaí, por parte dos foliões, de quem gosta de brincar o carnaval, que tinham que ir para longe para poderem se divertir. E também por parte dos empresários, administradores, prestadores de serviço, pois o dinheiro que sai daqui é gasto em outras regiões”, afirma o prefeito Antério Mânica. De acordo com ele, o intuito também é trazer as pessoas que têm vínculo em Unaí, mas atualmente moram fora, “eles vem, visitam as famílias e brincam o carnaval também”. O presidente do Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Taquaril, Arlindo Salatiel, conta que foi criado no meio do carnaval, e que se sente feliz por Unaí abraçar essa causa. Ele diz ainda que o carnaval, além da alegria contagiante, trará muitos benefícios para a cidade: “pensando no lado social, vai tirar muito jovem e criança da rua, vai gerar muito emprego”. Reciclar para preservar O tema do carnaval 2012 em Unaí será a reciclagem. Com a frase: “Reciclar para preservar” a tentativa é de conscientizar a população, “e mostrar que tudo pode ser reaproveitado.

O carnavalesco Pelezinho com amplas experiência em Carnaval em Paracatu e outras cidades vai dar agora sua contribuição ao Carnaval Unaiense o qual faz questão de reforçar, alem de assessorar uma formação de uma escola de samba em Unaí, “Unidos da Taquaril”. Prometeu também sua Escola Unidos do Novo Horizonte no Carnaval Unaí 2012.

Carnaval 2012 Arlindo Salatiel fala que esse é o momento em que o país está unido na questão da reciclagem, do meio ambiente, e será o momento propício para Unaí reaproveitar muita coisa que está jogada e fazer um carnaval bonito. “Essa iniciativa vai limpar o meio ambiente e contribuir para a cidade”, afirma.

De acordo com Luiz Anselmo, serão cinco dias de festa, de sexta á terçafeira. O desfile acontecerá na av. Governador Valadares, entre a escola Domingos Pinto Brochado e a Av. Celina Lisboa Frederico. “Colocaremos arquibancadas, iremos decorar as ruas, e o

carnaval todo estará concentrado na Praça da Prefeitura. Será feito o desfile, depois os foliões e toda a população poderá se divertir”, conta. Os organizadores do evento, juntamente com as lideranças municipais, convidam a população para presenciar, ajudar e incrementar o carnaval de Unaí. Eles esperam que a população tenha o interesse de fazer parte das escolas de samba, ficar na cidade para participar do evento, chamar os amigos, convidar todo mundo, “para que possa ser criada uma história de sucesso no carnaval de Unaí, já no primeiro ano”, afirma Luiz Anselmo. Maiores informações (38) 3677 5647 ou (38) 8802 - 8848 falar com Luiz Anselmo.


A Festa em Honra e Louvor a Deus por Nossa Senhora da Pena completou este ano 206 anos de história, a festa foi realizada pela Paróquia Nossa Senhora da Pena.

A

s novenas começaram no dia 30/08 com a missa ás 19:30hs, a Igreja Matriz permaneceu aberta ao público durante todos os dias da festa, as missas foram celebradas pelo Monsenhor João César e Padre Regís (Párocos de Buritis) e padres de outras cidades como Pe. Geraldo Marconi (Paracatu), Pe. Antônio Marcilio (Bonfinópolis), Pe. Tarcísio (Uruana de Minas), Pe. Rogério e Pe. Ricardo (Arinos), Pe. José dos Anjos (Brasilândia)e Pe. Rui (Unaí). No dia 08/09 Dia de Nossa Senhora da Pena ás 09:00hs foi realizada a Celebração Festiva em honra a Padroeira de Buritis MG, após a missa da manhã foi servido o tradicional café da manhã na praça da igreja matriz e ás 19:00hs uma Procissão luminosa que saiu na igrejinha para a igreja matriz onde após ouve a Missa celebrada pelo Dom Leonardo (Bispo da Diocese de Paracatu). O Tema central da festa foi “Família e Juventude: A Transmissão da Fé às Futuras Gerações” com o Lema: “Maria, Peregrina da Fé, Levai a Juventude a Cristo, pela Família” Os Festeiros deste ano foram: José Maria da Silva, Maria Anselmo da Silva e Família. Reportagem

Luan Cordeiro

e

Fotos:


O Porta Voz do nosso Progresso

DESENVOLVIMENTO NOROESTE MINEIRO

E

nquanto Monteiro Lobato dizia, há muitas décadas, “que um País se faz com homens e livros”, Washington Luíz, Presidente Republicano, enfático emendava que: “governar é abrir estradas”, nós outros, mais modernamente, ousamos conciliar, dizendo que é preciso produzir para crescer, tendo como disposição final, o equilíbrio na distribuição dessas riquezas e a preservação ambiental. Para que tudo isso se torne possível, antes de tudo é necessário que se produzam livros técnicos pertinentes a cada etapa desse desenvolvimento. Foi nessa corrente desenvolvimentista que o Noroeste Mineiro, atrelado à construção de Brasília, promoveu seu avanço nas áreas educacionais, implantando escolas, faculdades e até extensões universitárias, formando uma notável base educacional para a promoção dos ensinamentos básicos de qualquer região. Assim, a partir do ginásio do Carmo em Unaí, essas unidades educacionais foramse ampliando no tempo, expandindo-se para outros municípios, até atingirmos o estágio atual do ensino das principais áreas da região, com Paracatu, João Pinheiro, Arinos, Buritis e outros, podendo-se afirmar, sem medo de errar que 1/4 da população desses municípios são estudantes, desde o primário (obrigatório) até o universitário, podendo-se afirmar que 25% dessa população estuda alguma coisa totalizando cerca de 50.000 pessoas. Feliz é uma região que soube aproveitar culturalmente essa explosão do desenvolvimento moderno. Há cerca de meio século quem pretendesse sair do interiorão mineiro para algum tipo de ensino superior, não raro era obrigado a gastar quatro, cinco ou mais dias de viagem para ter a chance de alcançar algum nível de ensino, do médio para cima, às vezes submetendo-se à concorrência de estudantes que, na capital do estado, tinham notórias chances de estarem mais bem preparados. Mas esse tempo se foi no embalo do desenvolvimento, podendo hoje boa parte do alunato encontrar a faculda-

Por Altir de Sousa Maia de na porta de casa, sem qualquer outro sacrifício, senão atravessar a rua. Ainda que se deixe de lado esse tipo de facilidade logística, o que importa, sobremaneira, é que boa parte dessa mão de obra especializada termine por encontrar ocupação profissional na sua própria região. Mesmo que se alegue que porção razoável dessa população preparada emigre em busca de concursos, boa parte aqui haverá de permanecer, principalmente sabendo-se que a vocação do bacharelismo vai cedendo espaço às profissões eminentemente técnicas, das quais a região é carente, até por determinismo histórico. Se essa carência é regional, em Unaí ela é crucial, pois o município que ocupa o primeiro PIB agrícola do estado e o sexto município agropecuário do Brasil, necessita de um exército de técnicos, capazes de somar com as máquinas moderníssimas de hoje um verdadeiro batalhão de produção. Como em toda a história da humanidade o progresso se fez acompanhar do desenvolvimento cultural. Nós não somos diferentes: o grande impulso da economia puxou a onda cultural, seja através de bandas de músicas, de grupos teatrais, de catiras e congados e além de tudo da criação de academias de letras: a primeira, a Academia de Letras do Noroeste de Minas, com sede em Paracatu,

acolheu escritores de nomeada, poetas de todos os estilos, contadores de causos da antiga Paracatu e de como as portas do urucuia se abriram para os personagens de Guimarães Rosa, Mario Palmério e Napoleão Valadares, dentre outros. Tal embalagem serviu de base para que Unaí, sem qualquer tipo de competição, ousasse criar também a sua academia que hoje, com trinta livros editados orgulha a nossa região provando, cinco séculos depois de Caminha que nela “em se plantando, tudo dá... até cultura”. O que se espera doravante é que a expansão cultural dos municípios mais desenvolvidos expanda-se para os demais, de tal maneira que possamos constituir, no futuro, uma região com sustentáculo cultural compatível com a extraordinária produção de bens que hoje alcança basicamente todo o Noroeste Mineiro.

Uma homenagem as crianças


“Sem dúvida que a escrita é a minha vida. Sinto-me orgulhoso com o percurso, mas, tendo em conta que tenho apenas 34 anos, entendo que sou apenas um iniciante, um aprendiz da escrita”, afirma o escritor Pedro Silva, em entrevista à escritora Alda Barbosa. Motivada pelo conhecimento artístico, Alda, busca a todo momento fortalecer o debate cultural entre seus conterrâneos. Desta vez foi a visita inesperada

PEDRO SILVA

UM ESCRITOR PORTUGUÊS ABRAÇANDO A CULTURA UNAIENSE do referido escritor ao site “Raízes”, onde ela é a administradora. Ali o Senhor Pedro Silva deixou suas impressões sobre o site com seu olhar bonito que procura o novo e busca com profundidade virtual as belezas naturais do nosso país, bem como a sua cultura tão rica pelas diversidades! A ele, escritor Pedro Silva, interessa o intercâmbio cultural e a inserção de suas obras no contexto literário brasileiro. Busca esta que leva o escritor a procurar no Brasil outras formas de arte para repousar no encanto das cores vibrantes tão singulares em nosso país. A entrevista da escritora unaiense Alda Barbosa ao Programa Via Mulher revela esta preocupação de estar sempre em contato com o outro para agregar conhecimentos, o que unifica o pensamento destes dois escritores de terras tão distantes mas interagidos pelo mesmo interesse: a cultura brasileira. Autor de 55 livros publicados em seus onze anos de trabalho e com apenas 34 anos de idade, aborda em seu trabalho literário temas complexos como a Ordem dos Templários (Ordem Militar e Religiosa que terminou oficialmente no início do século XIV) e os Maçons... Em sua entrevista o escritor ressalta a importância da difusão da arte pelos meios de comunicação moderna para que ela chegue ao grande público, a massa, que cada vez mais vive uma evolução, degustando da arte difundida através destes meios. O site “Raízes” foi escolhido justamente por ser um instrumento desta evolução que diminui as distâncias e as diferenças entre os povos, uma vez que o intercâmbio cultural visa a descentralização das idéias , por meio das diversidades de opiniões e presenças, promovendo a discussão mais crítica e possivelmente verdadeira sobre a realidade. Na entrevista que Alda Barbosa enviou ao escritor Pedro silva, ela o questiona sobre a viabilidade dele acompanhar o crescimento cultural de Unaí, e ele diz: “Seria uma honra acompanhar e fazer parte do movimento cultural unaiense, pois vejo que têm pessoas ligadas à cultura local capazes de fazer essa “revolução cultural.” Quando perguntado pela escritora unaiense sobre os movimentos literários e suas significâncias para a melhoria de uma sociedade, o escritor português deixa transparecer sua paixão pela arte e sua convicção de que é fundamental construir paradigmas novos, dizendo”Creio piamente na importância de todas as academias literárias, agremiações de escritores e institutos similares para um crescimento cultural e para a angariação de novos leitores.”.´ Apadrinhada culturalmente Unaí já está sendo abraçada por um escritor advindo da Terra - Mãe. Resta a nós unaienses valorizarmos a nossa cultura, priorizando a nossa arte, o nosso jeito de ser, enfim, a nossa essência! Veja entrevista completa no www.unainet.com.br

O

N

ão poderia escrever sobre este legítimo unaiense, Romualdo Neiva Gonzaga, sem lançar um olhar à nossa pequenina Unaí, retornando a um tempo lúdico onde as brincadeiras permeavam nossas vidas na Rua Dr. Joaquim Brochado, no bairro Capim Branco. Sem a menor intenção de desmistificar a infância, caracterizada pelo não envolvimento com os problemas dos adultos, mesmos abraçados pelo mundo de “faz-de-conta,” dentro de cada um de nós, naquela tenra idade, os sonhos já começavam a manifestar na quietude inexprimível das ausências de um horizonte maior e na timidez de ver nossos sonhos invadidos pelo olhar do outro, ou pela clareza de nossas limitações dentro daquele espaço tão pequeno. Limitações estas superadas pela maioria daqueles que um dia divertiram nas calçadas quentes da nossa cidade. E Romualdo Neiva Gonzaga está entre aqueles muitos jovens unaienses que concretizaram seus sonhos, como está também entre os muitos que para realizá-los, ousaram caminhar por estradas cheias de percalços; “tomar a história nas mãos”, ou seja, encher-se de coragem e tornarse sujeito da sua história. História que começou a ser escrita por Geni Gonzaga e Vitorina Neiva Gonzaga, seus pais, e foi sendo tecida pela sua determinação , lançando mão de seus conhecimentos teóricos articulado ao conhecimento adquirido nas escolas e na sua vida neste sertão. Diante deste quadro que fui “desenhando” pelos caminhos das letras, o fato é que o sonho de Romualdo Neiva Gonzaga foi a dinâmica que o ajudou a transpor os obstáculos e investir no conhecimento não só profissional, mas se tornando também um transformador da história e não expectador dela. Graduado em Direito pelo Centro Universitário do Distrito Federal, UniDF. Especializado em Didática do Ensino Superior pela Universidade Católica de Brasília e em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito de Sete Lagoas, FAFI. Mestre em Administração e Desenvolvimento de Empresas pela Faculdade Cinecista de Varginha, FACECA. É Membro do Conselho Seccional da OAB de Minas Gerais. É servidor Aposentado do Banco do Brasil S/A, onde ocupou entre outros cargos, o de Chefe do Núcleo Jurídico. Exerceu o cargo de Professor Titular da cadeira de Direito Comercial das Faculdades INESC. Exerce atualmente o cargo de Diretor Geral do Instituto de Ensino Superior Cenecista – INESC de Unaí. Casado com Zeneide Campos Gonzaga e pai de dois filhos, formou a sua família alicerçada em parâmetros éticos, gerando visibilidade, clareza, respeito e amor tão

necessários à boa convivência e harmonia familiar. Advogado e professor universitário, Romualdo é reconhecido pelo seu profissionalismo, e pelo dinamismo com que transforma projetos em realidade, mesmo quando defronta com desafios que poderão levá-lo a uma reflexão maior sobre a viabilidade ou não do que se quer construir, porque sabe que a reflexão contribui para uma inserção crítica e participativa na sociedade. Atitude esta necessária para construir uma sociedade cujas relações apontam para uma transformação social, desmitificando a naturalidade que se dá a fatos, realidades não tão naturais assim, o que significa que a sociedade é constituída e acionada a partir das motivações e intenções dos homens. Romualdo Neiva Gonzaga é assim: diante de toda uma problemática que se apresenta hoje, ele responde, sem correr o risco de cair em explicações banais, porque o equilíbrio é a característica dele! Alda Alves Barbosa

prefeito Antério Mânica recebeu na quinta-feira (15/9), em visita de trabalho, o reitor da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), professor Pedro Ângelo Almeida Abreu. Durante entrevista coletiva, o reitor afirmou que o campus unaiense, a partir de 2014, vai oferecer inicialmente sete cursos superiores, incluindo ciências agrárias. Além da instalação do curso de ciências agrárias que, segundo ele, atende a uma demanda da vocação agropecuária regional e desejo manifestado por representantes da sociedade organizada, os outros cursos deverão atender à camada da população que estuda à noite, dando preferência para as áreas das ciências humanas e das ciências sociais aplicadas. Pedro Ângelo disse ser necessário o campus maximizar todos os seus espaços, oferecendo cursos diurnos e noturnos. Quando em funcionamento pleno, ele revelou, a unidade federal unaiense deverá abrigar cerca de 2.500 alunos. Perguntado sobre o critério da escolha de Unaí para a instalação da unidade, ele informou que o Ministério da Educação observou a localização geográfica e a densidade populacional, assim como a ocupação dos territórios ainda sem a presença do ensino superior federal no país. A entrada definitiva da UFVJM em Unaí ainda depende de aprovação do Conselho Universitário da instituição, que se reunirá no dia 7 de outubro. O reitor explicou que o conselho tem autonomia para aprovar ou não a expansão da universidade. Entretanto, ele foi taxativo: “a instalação de um campus universitário em Unaí é irreversível. Se não for da UFVJM, será de outra instituição federal de ensino superior”. Quando o MEC determinou a expansão da universidade rumo a Unaí e Janaúba (Norte de Minas), foi uma surpresa para a reitoria e o conselho. Pedro Ângelo explica que Unaí e Janaúba saem do território inicialmente dimensionado, que enquadraria municípios dos Vales do Jequitinhonha (Diamantina como sede) e do Mucuri (Teófilo Ottoni como campus avançado). “Isso requer um novo planejamento estratégico, uma vez que passaríamos a trabalhar outros dois territórios, noroeste e norte de Minas”, ele observou, antecipando a possibilidade até da alteração no nome da universidade, caso seja efetivada a expansão. O nome da UFVJM pode ser modificado

“futuramente” para Universidade Federal Juscelino Kubitschek (UFJK), a única no Brasil que teria o nome de um personagem, proposta que já teve boa acolhida pelo ministro Fernando Haddad (Educação) e que, ainda assim, ficaria na dependência também da aprovação do Conselho Universitário. Segundo o reitor, a UFVJM é a única instituição federal de ensino superior com representatividade na metade norte (hemisfério norte) do Estado de Minas Gerais. Outras 10 universidades e campi universitários estão situados na metade sul do Estado. Terrenos Para a instalação da estrutura física do campus em Unaí, é necessário o município doar um terreno com infraestrutura de água potável, rede de esgoto e energia elétrica. Seriam apresentados oito terrenos para o reitor. A proximidade com o centro urbano e a facilidade de deslocamento dos alunos são fatores que vão pesar na escolha, além de espaço disponível para possível expansão do campus. Duas opções de fazendas experimentais para o curso de ciências agrárias também seriam avaliadas: uma de 140 hectares da Escola Agrícola e outra de 120 hectares pertencente ao Sindicato Rural de Unaí. Conforme o prefeito Antério Mânica, é importante escolher um terreno onde daqui a alguns anos não sejam formados gargalos que dificultem o escoamento do trânsito e a mobilidade urbana. “Isso tudo será visto da melhor maneira possível. O pedido é que até o mês de outubro a doação seja viabilizada, e vamos correr para que em outubro tudo esteja pronto”, disse o prefeito. Acompanharam o prefeito Antério e o reitor Pedro Ângelo nas visitas aos terrenos, o vice-prefeito José Gomes Branquinho, o secretário municipal Geraldo Magela da Cruz (Educação), o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFVJM, professor Alexandre Chistófaro Silva, e parte da imprensa local. Por Portal Atento


S

egundo a obra de Oliveira Mello “UNAÍ Rumo as Veredas Urucuinas” quem primeiro introduziu o teatro em Unaí foi a Professora Georgina Ribeiro, com seus próprios alunos, por volta de 1918, a peça montada A DONA DE CASA. Além dela outras pessoas como José Luiz Adjuto foram incentivadores do teatro em nossa cidade, as peças eram encenadas nas próprias casas dos “atores”, Com a inauguração do CINE CRISTAL, Unaí pode contar com um espaço destinado ao teatro. No ano de 1981 alguns atores se uniram e fundaram o GRUPO DE TEATRO AMADOR MAGOS DA LUA, que levou a público vários espetáculos teatrais que revolucionaram a arte cênica em Unaí. Em 1984, alunos do Colégio do Carmo fundaram o GRUPO ASAS DO VENTO,que durante alguns anos realizou os famosos festivais de teatro do Colégio do Carmo. Com o fim do “Asas” surgiu então o MOVIMENTO CULTURAL UMPAC-JEM liderado pela atriz Célia Araújo; este grupo foi idealizador de várias campanhas de popularização do teatro e responsável pela transformação do teatro em nosso meio. O GRUPO VIA-SACRA realiza anualmente a encenação da paixão e morte de Jesus Cristo. Este trabalho já dura 16 anos. O Grupo Teatral Fênix surgiu no ano de 1996 com intuito de desenvolver a arte e a cultura em Unaí, éramos jovens sedentos por cultura, cheios de medos e fraquezas,tínhamos por desafio, convencer a nós mesmo que era possível, que podíamos fazer arte, porém tínhamos que driblar não só o nosso amadorismo, mas também a incompreensão dos nossos pais e a falta de patrocinadores. Mesmo diante das dificuldades o Grupo consolidou seus projetos e ao longo destes 15 anos já realizou cerca de 35 montagens teatrais com mais de 280 apresentações, criou o Centro de Cultura Maria Torres Gonçalves com atividades como: aulas de violão, dança, capoeira, pintura em telas e teatro. O centro de cultura matem uma biblioteca comunitária (Biblioteca Francisco Sérgio Dias (Chico Dias do Laboratório) e vai inaugurar em janeiro o primeiro Cine Clube de Unaí (Cine Clube Hunay). O Grupo se prepara para lançar no mês de março um livro contando sua história.

João Pereira Filho

S

ou da região da Serra das Araras, primeiro fui criado na lavoura e tocando gado. A partir dos quinze anos, passei a tratar as madeiras. Foi então que construí engenho de madeira, carro de boi, roda de ralar mandioca à mão, roda de ralar mandioca tocada a cavalo, roda de ralar mandioca tocada a cavalo intentada. Fazia também as prensas de prensar mandioca com parafuso de madeira. Tudo eu construía só com madeira. Construía muitos carros de boi, pois todo mundo tinha que ter um para transportar mercadorias. Cobrava para fazer um carro completo o valor de um conto de réis e este dinheiro, na época, podia comprar cinco vacas gordas. Eu levava um mês inteirinho para construir um carro completo. Um carro de boi carregava mil quilos, mas hoje ninguém mais compra carro de boi e também

não existe mais a madeira para fazer o carro. Tinha cinco tipos de carros de boi: o carro com trilha de madeira, o carro com roda chapeada, o carro com roda dentada, o carro de mesa de volta e o carro com mesa quadrada. O carro com trilha de madeira, a roda não tinha nenhum ferro, a roda era toda construída de madeira; em volta da roda não tinha chapa de ferro, era a madeira pura que rodava na terra. A roda chapeada era envolta com uma chapa de ferro, era um arco de ferro que envolvia a roda. A roda ferrada (dentada) era envolvida por uma chapa de ferro com cravos, ela rodava melhor na terra. O carro com mesa de volta era um carro de boi que tinha a mesa arredondada na extremidade da frente. O carro com mesa quadrada, toda a mesa era quadrada. Para construir a mesa do carro, as melhores madeiras eram o ipê e a sucupira branca, a melhor madeira para o rodeiro era a braúna, jatobá e o bálsamo. Na mesa

tinha o cabeçalho, duas chedas, dois “vacavém”, duas arreias, quatro cocões, tábuas para o assoalho, duas cantadeiras ou chumaços. No rodeiro tinha um par de mãos, quatro cambotas, quatro arreias. No carro tinha também o eixo, a “chaveia” e o fueiro. O cabeçalho era para o boi puxar, as chedas para sustentar a mesa. O cocão sustentava o eixo da mesa, as cantadeiras ou chumaços apoiavam no eixo da mesa e cantavam bonito. O eixo era para pôr a mesa. A “chaveia” era na ponta do cabeçalho para segurar a canga. Os fueiros eram paus que cercavam o carro de bois. Eram três juntas de bois que puxavam o carro. A junta da frente era a guia, era a mais importante. A junta do cabeçalho era a última, sustentava todo o carro de boi. A junta do meio era navegada pelas. outras duas juntas, só sabia puxar. Vivas Vividas em Arinos Por: Marcos Spagnuolo


O

s homenageados especiais são indicados através de um grupo de discussão composto pelo conselho editorial do Jornal Noroeste de Minas, e por pessoas formadoras de opinião na cidade. Eles são escolhidos pela sua afinidade e compromisso com a cidade e seu envolvimento com a história e as estórias do município.

O

evento foi realizado no dia 16 de junho em Unaí no espaço Kalahari. Uma noite Oriental, este foi o tema deste na. O evento foi muito prestigiado por toda à comunidade, participaram mais de 100 empresas segmentos em uma grande confraternização. Sucesso de público e de critica a 8ª edição do Destaques do Ano promovido pelo Jornal Noroeste de Minas e pela Minas em Revista foi só elogios. O indicados se deram através de opinião pública, este de ano com a novidade de se poder votar também pela internet, sendo um sucesso.

IRACI MARTINS

JOSÉ GOMES BRANQUINHO

CREONICE LEITÃO

ILDEU PEREIRA

CLAUDINEY HONÓRIO

CAPITÃO ELIAS

SAAE

HERMES MARTINS Rep. Whashigton Moreno

MARIA HELENA LEITÃO

PROJETO NATUREZA LIMPA

MARY FOTOGRAFIAS

NEUZA QUINTÃO

PORTAL UNAÍ

REPR. JOÃO BATISTA FURTADO

EMERSON GONÇALVES DA SILVA

MARCENARIA DO MARCELO Rua Carlos Gonzaga 87 (38) 3676 4997

CERVEJA DEVASSA DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS NUTE Rua Capitão C. Gonzaga 123 (38) 3676 8500

UNAINET


DR. JULIANA MORI Médica veterinária CLINICA VETERINÁRIA PET STOP UNAÍ Clinica Veterinária

ESTUDANTE PRESENTES Papelaria e Presentes Av. Gov. Valadares 1044 3676 4997

THIAGO MARTINS Vereador

ADONAY Som, Luz e Imagem Rua Canabrava 192, sala 102 9936 9996

SALÃO ALTO ESTILO Salão de Beleza Rua São José n° 338 centro (38) 3676 5345

ACADEMIA SPORT E FORMA Academia Av. Vereador João Narciso 377 3676 6701

AGP ASSESSORIA FINANCEIRA Empréstimo Consignado Avenida Gov. Valadares nº 710 – Bairro 3676-9555

AÇOUGUE MODELO Açougue Av. Governador Valadares 361 3676 1244

ART JUNCO Moveis de Junco Sintético Rua Aldeia, 752 – Centro 8813-6118 3676-9074

ALINO PEREIRA Secretário Municipal

ALUMAQ Tele caçamba e locação de equip. para construção Rua Natal J. da Costa 1009 3676 5200

AAMA ONG Rua Canabrava 66 sala 106

AUTO ESCOLA NOROESTE Auto Escola Rua Alba Gonzaga 360 (38) 3676 1951’

BERNARDO CAMPOS Advocacia Rua Prefeito João Costa 154 (38) 3676 2469

DIVINA MASSAGISTA Massagista (38) 9966 5400

BICICLETARIA DO MIGUEL Bicicletaria Av. Governador Valadares 536 3676 3375

CHARLOTE BUFFET Buffet Rua Natal J. da Costa, 312 (38) 3676 7134

CALANA PISOS Acabamentos para construção Rua Aldeia n° 03 (38) 3676 – 9919

CALCE CHARM Venda de Sapatos Av. Gov. Valadares 920 (38) 3676 2453

DRA. ELIANA DURÃES Cirurgia Plástica Av. José Luiz Adjuto 325 (38) 3676 1229

CASA BELLA Venda de Colchões Av. Gov. Valadares, 770 centro (38) 3676 6261

CASA MOURA Cama, Mesa e Banho Av. Gov. Valadares n° 971 (38) 3676 2408

CASA MOURA Confecções Av. Gov. Valadares 1000 3676 1252

CDI Centro de diagnóstico por imagem Rua João Pinheiro 571 (38) 3676 7120

EL. DOURADO EMPREENDIMENTOS CDI Centro deImobiliária diagnóstico por Rua N. imagem Sra. do Carmo, 224 (38) 6227571 Rua: João3676 Pinheiro

Emanuelle Moraes Cantora (38) 9938 - 7630

PET SHOP UNAÍ Pet Shop

CREDIPARNOR Cooperativa de Crédito Rua Celina Lisboa 69 (38) 3676 6633

COLÉGIO DO CARMO Escola Particular Rua Celina Lisboa Frederico 142 (38) 3676 4343

DR. ITAQUE VASCONCELOS Gastroenterologista

DR. ODENIR DAMASCENO Cardiologista Av. José Luiz Adjuto 325 (38) 3676 1229

ELETRO PATOS Chaveiro Rua São José 331 3676 1809

Rua Celina Lisboa 372 Fone: 3676-9449

CONDOMÍNIO RURAL UNAÍ Condomínio Rural Av. Governado Valadares 1847 (38) 3676 5151

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA SÉRGIO BATHARELLY Escola de Música Rua Canabrava 194 (38) 3676 6516

DR. WAGNER WILLIAN GARCIA Psicólogo Rua Felisberto Versiane 120 (38) 3676 8897

DR. LEONARDO DURÃES Coloproctologista Av. José Luiz Adjuto 325 (38) 3676 1229

DRU SIGN Comunicação Visual Rua Canabrava 212 3676 6918 / 3676 7604

EASY COMP Escola de Informática Rua João Pinheiro 422 centro (38) 3676 8161

E. E. DOM ELISEU Escola Estadual Rua Santa Luzia nº 398 Bairro Cachoeira (38) 3676 – 0944

ESCOLA MORANGUINHOS Escola Infantil Rua Presidente Bernardes, 1295 (38) 3677 6126


ESPAÇO PILATES Ginástica Pilates Rua Melo Viana, 1175 (38) 9961 0434

FABIOLA EVANGELISTA CERIMONIAL Cerimonial (38) 3677 4251 / 9956 2441 fabiolacerimonial@hotmail.com

FLOR DO CAMPO Floricultura Rua Nossa Senhora do Carmo, 242 (38) 3676 1962

HOSP. SANTA MÔNICA Hospital Av. José Luís Adjuto nº 325 (38) 3676-1229

KDX INFORMÁTICA Loja de Informática Recarga de CDICartuchos Rua Nossa Senhora do Carmopor Centro de diagnóstico nº 31imagem – Bairro Centro (38) Rua: João3676-7915 Pinheiro 571

EVERESTY CONFECÇÕES Loja de roupas masculinas Av. Gov. Valadares 1081 (38) 3676 1762

FACULDADES INESC Faculdade Rua Celina L. Frederico 142 (38) 3677 47 47

FREEDOM HONDA Revenda de Motos Rua Celina L. Frederico 32 (38) 3676 7711

IGREJA EVANGÉLICA NAÇÕES UNIDAS Igreja Evangélica

HIDRAÚLICA E CIA Material Hidráulico Rua Paracatu n° 88 (38) 3676 6070

LAVANDERIA HUNAY Lavanderia Av. Governador Valadares, 464 (38) 3677 4545

LEANDRO CAMARGO Professor de Artes

LETABELLA Pizzaria Rua N. Sra. do Carmo 256 3676 5111

LOCALIZA Aluguel de carros Praça São Cristovão 107 (38) 3676 3999

LÚCIO DE SÁ Professor Universitário

MACLAREN Oficina mecânica Rua Prefeito João Costa 872 (38) 3676 1539

MADEIREIRA MENEZES Madeireira Av. São João 755 (38) 3676 6464

MANIA DE VOAR Agência de Turismo Rua Afonso Pena 555 (38) 3676 2001

HERBA LIFE DISTRIBUIDORA INDEPENDENTE (ROSANGELA RODRIGUES) Nutrição alimentar Rua Canabrava, 192 1º andar (38) 3676 7158 / 8823 0776

MARMORARIA BRASIL Marmoraria Av. São João 780 (38) 3676 3553

MARTELINHO DE OURO DO VALDSON Lanternagem e Pintura Av. Gov. Valadares 1808 (38) 3676 8163

MINAS GÁS Revenda de Gás Rua Alba Gonzada 250 (38) 3676 1382

MÁSTER CABO TV a Cabo e Internet Rua N. Sra. do Carmo 257 (38) 3677 2000

JOMAR TINTAS Loja de Tintas Rua Prefeito João Costa, 1041 3676 1121

KAKÁ FAGUNDES Decoração de Festas (38) 3676 9850

MUNDIAL PAX Funerária Rua N. Sra. do Carmo 332 (38) 3676 4845

NELSON SEGUROS Corretora de Seguros Rua Alba Gonzaga 534 (38) 3676 2242

NILMAQ Com. de Peças de Máq. Agrícolas Rua Virgílio J. Ribeiro 1525 (38) 3676 0300

PAULO CESAR SILVA DUARTE Diagramador (38) 9137 2063 / 9848 8533

LABORATÓRIO DIAS Lab. de Análises Clínicas Rua Alba Gonzaga, 128 (38) 3676 3078

LAVA- RÁPIDO DÚSMIÓ Lava a Jato Rua Paracatu 520 centro (38) 3676 8839 / 9802 7730

PANIFICADORA E LANCHONETE QUITANDELA Panificadora Rua N. Sra. do Carmo nº 85 Bairro Centro (38) 3676-1134

PRINTE HOUSE Gráfica Rápida Rua Afonso Pena, 621 (38) 8818 2188

POLY DANCE VANESSA RIBEIRO Escola de Dança Rua Vereador João Narciso 355-A (38) 9806 5254

PRIMAVIA VEÍCULOS Concessionária de Automóveis Rua Virgílio J. Ribeiro, 1091 (38) 2102 4000

ESTOFADOS ALAUÊNIO Reformas de Estofados Rua Roncador 640 (38) 3677 2954

FARMÁCIA HERVA DOCE Farmácia de Manipulação Rua N. Senhora do Carmo 239 3676 3611

FARMÁCIA RIO PRETO Drogaria Av. Jóse Luiz Adjuto 246 (38) 3676 1364

FISIO CLINIC FISIOTERAPIA E ESTÉTICA Fisioterapia e estética Av. José Luiz Adjuto 349 (38) 3676 3503

HELEN SILVA Esteticista Rua Canabrava 767 centro (38) 3676 5789


PROGRAMA AGRO MAIS Programa Rural / Mais Comunicação www.maisunai.com.br (38) 2102 4000

RÁDIO UNAÍ-FM Rádio Comunitária Rua Alba Gonzaga 750 (38) 3676 7221

RAIA 4 Escola de Natação Rua Santa Clara, 698 (38) 3676 8800

SANTA IZABEL Transporte e Turismo Avenida Governador Valadares nº 1817 – Bairro Centro (38) 3677-2211

SAMUCA GAMES Lan House Rua Santa Luzia 381 (38) 9931 8081

SEMELC SEGURANÇA ELETRÔNICA Segurança Eletrônica e Monitoramento Rua Nossa Senhora do Carmo nº 352 – Bairro Centro (38) 3676-5677

SINDICATO DOS PRODUTORES RURAIS DE UNAÍ Sindicato dos Prod. Rurais Praça S.M Ferreira 1780 (38) 3676 1235

SOLUÇÃO ESCOLA PROFISSIONALIZANTE Escola Profissionalizantes Rua Celina Lisboa nº 203 (38) 3676-1648

SORVETERIA MORANGUINHOS Sorveteria Rua Calixto M. de Melo 167 (38) 3676 5000

SUPER CRIATIVO (Flávio Pessoa) Desenvolv. de Aplicativos Av. Gov. Valadares 1016 sala 12 (38) 9957 0005

GRUPO DE TEATRO FÊNIX Grupo Teatral

TEMPER BOX Vidraçaria Rua Francisco R. da Silva nº 47 – Bairro Centro (38) 3676-1632

TOLDOS BRASIL Fábrica de Toldos Rua Águas Marinhas, 262 (38) 3676 0150

TORNEADORA RIO PRETO Torneadora BR 251 Km 878 n° 847 (38) 3676 3333

UNATURBO PEÇAS E SERVIÇOS LTDA Venda de Turbinas Rua Piquizeiros nº 115 Bairro Vila do Sol (38) 3676-4100

UNIÃO BATERIAS Venda de Baterias Rua Virgilio J. Ribeiro 1322 (38) 3676 1600

TRIMACO LTDA Materiais de construção Novo Endereço Av. Governador Valadares, 2061 (38) 3676 1241

TV RIO PRETO Televisão Regional

ROSE DECORAÇÕES Aluguel de material para festa Rua Eli Pinto de Carvalho. 98 (38) 3676 6380

RONALDO LOPES Personal hair Rua Canabrava 767 centro (38) 3676 5789


UNAÍ EXTINTORES Venda de extintores Rua Virgilio J. Ribeiro 1282 (38) 3676 6354

UNITEC Cursos Técnicos Av. Governador Valadares 1441 (38) 3676 9612

VITA SUPLEMENTOS Suplemento Alimentar Rua Djalma Torres 273 (38) 3676 6608

VLM CONTABILIDADE Contabilidade Rua Canabrava 389 (38) 3676 4507

03

01

WA COMÉRCIO DE SAL Comércio de Sal Av. Gov. Valadares 304 (38) 3676 0038

ZAPP FASHION Boutique Av. Governador Valadares 888 (38) 3676 5437

ZAPP KIDS Moda Infantil Av. Governador Valadares 914 (38) 3677 9070 / 3676 1241

CAPUL (COOPERATIVA AGRÍCOLA DE UNAÍ) Cooperativa Rua Prefeito João Costa 1375 (38) 2102 5100

Jesus Machado Produtor de Leite

02

CAPUL SUPERMERCADO Supermercado Rua Prefeito João Costa 1375 (38) 2102 5100 Dra. Tais e Leonardo Mendosa em recente acontecimento social

POSTO CAPUL Posto de Gasolina Rua Prefeito João Costa 1375 (38) 2102 5100

Foto 01: Ronildo, José Gomes Branquinho e Floriano Collato prestigiando a Festa do Boqueirão. Foto 02: Vânia Frederico e Luiz Anselmo em recente acontecimento social. Foto 03: Mag, o ator Global ???? e Creonice Leitão no Miss Minas Gerais em Divinópolis-MG

Dep. Fed. Antônio Andrade, Vereador Mário, Ministro Hélio Costa e o Prefeito Keny Soares em visita a cidade administrativa em BH-MG

João Lúcio Lima Engenheiro Civil / Projeto e calculo estrutural Rua Cachoeira 27 ap 21 (38) 3677 4662 / 9999 9666 Em Recente acontecimento cultural no Museu Municipal de Unaí, Maria de Lourdes, Ubiratan Martins, Luiz Anselmo, Adélio Claúdio Martins e Marneide Matos

CONEXÃO NOROESTE Portal de Internet www.cnx.com.br

SAFRA TRATORES Venda de Tratores Av. Castelo Branco 621 (38) 2102 2102

MAIS COMUNICAÇÃO Agência de Publicidade

Dr. Atílio Casagrande e sua esposa Cristina em recente acontecimento social

Washington Moreno tirando duvidas com o imortal Jorge Amado, no bar Vesúvio em Ilhéus. Falavam sobre Gabriela e seu Nacib.

CEramica Rio Preto CERÂMICA Av. J. R. Santos 655 (38) 3676 2897 Mariana, Vanessa, Fernanda, Laís e Camila Avelar nas comemorações natalinas

O casal Antônio e Zélia Souto, leitores da Minas em Revista Angélica Versiane, Dagá, Nara Versiane, Mary Menezes e Maneide Matos em recente acontecimento cultural

Prefeita de Uruana de Minas e seu esposo Tiãozinho

Flash do Aniversário de 80 anos de Dona “Dó” realizado no espaço Kalarary em uma bela festa prestigiada pelos muitos amigos e parentes que foram lhe levar o seu abraço

Secretária de turismo de Paracatu, Heloísa Cunha, Dep. Est. Almir Paraca, Prefeito de Paracatu Vasco Praça Filho e o Prefeito de Unaí Antério Mânica em evento do SEBRAE


Drª Glacy-mar diretora e responsável técnica do Laboratório Santa Mônica participa de Congressos

Cintia Mota

A Diretora e responsável técnica do Laboratório Santa Mônica, Drª Glacy-mar Almeida, esteve presente no 38º Congresso Brasileiro de Análises Clínicas em Curitiba e do 45º Congresso Brasileiro de Patologia Clinica em Florianópolis.

D

rª Glacy-mar explicou que o objetivo principal da participação nos congressos é o aprimoramento e aperfeiçoamento profissional frente às inovações científicas e tecnológicas, o que permite que o Laboratório Santa Mônica se mantenha atualizado com o que há de mais moderno, proporcionando aos clientes segurança, eficiência e confiabilidade nos exames. O Laboratório Santa Mônica possui uma parceria de anos com um dos maiores Centros de Diagnósticos em volume e qualidade de exames do país, o Instituto Hermes Pardini. Para este instituto, o apoio significa conhecer melhor os clientes, entender sua realidade e melhorar continuamente. Drª Glacy-mar Almeida, Farmacêutica Bioquímica, é a diretora responsável técnica do Laboratório Santa Mônica. O laboratório foi fundado em 1999, e está completando 12 anos de serviços prestados à comunidade unaiense e região. Dispõe de equipamentos auto-

matizados e uma equipe altamente especializada. “Nosso reconhecimento e agradecimento a todos que estiveram, estão e aos que estarão conosco nesta caminhada de crescimento com equilíbrio, valorização das pessoas e trabalho em equipe, que são os princípios do Laboratório Santa Mônica”, disse Drª Glacy-mar. A dedicação consistente à qualidade como forma de garantir maior confiabilidade nos serviços prestados faz com que o Laboratório Santa Mônica invista continuamente no controle de seus processos. O laboratório tem a qualidade atestada pelo Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ), com conceito EXCELENTE em todas as avaliações desde a fundação. O Laboratório Santa Mônica tem o compromisso com a qualidade do atendimento e das análises, tendo como missão a satisfação plena dos clientes, através de resultados rápidos, seguros e confiáveis.

Av. José Luiz Adjuto, 454 Centro - Unaí - MG

(38) 3676 - 2531 Cabeleireiros


A

ltir de Souza Maia comemorou seus oitenta anos com amigos e parentes, e sua segunda família, segundo ele os amigos do Bar do Kaveirinha, em sua propriedade as margens do Rio Preto. Festa aminada, comida boa, bebida a vontade ao som do trio BMW. Este colunista esteve presente levando seu abraço ao amigo. ParabÊns!


Parabéns a Nara Versiane que concluiu mais um titulo de pós-graduação fazendo sua monografia e pasta do estágio com dados do município de Unaí. Nossa querida Tia Nara como é reconhecida por todos pela sua alta qualificação em educação, agora trabalha no departamento pedagógico da Secretaria Municipal de Educação (SEMED). Unaí ganha muito com sua volta a cena educacional

Parabéns ao amigo Marcelo Batista Monteiro pelo recente casamento com Janaina Celera realizado em Belo Horizonte-MG. Ao casal nossos votos de muitas felicidades!

O sim de Arthur Henrique Pereira e Lorena Soares Ulhoa, na foto seus pais Eliana Oliveira Zica Pereira e Paulo Luiz Pereira; e Neuza Maria Soares Ulhoa e Paulo Roberto Adjuto Ulhoa.

Dona Ilda e seus fihos: Juraci, Renata, Tânia, Dezinho, Valmir e Cleber Avelar em momento natalino


E

la está fazendo história no Lions Clube de Unaí. Raquel Damasceno, que foi a primeira mulher a assumir o clube de serviço, se torna, agora, o primeiro integrante do Lions a assumir a presidência pela segunda vez. Depois de ter feito uma gestão onde conseguiu desempenhar ótimos trabalhos entre os anos de 2008 e 2009, volta agora à presidência da entidade a pedido de seus companheiros leões. Raquel terá em sua diretoria: Luiz Carlos como secretário, Kassio Soares como tesoureiro e Frederico Andrade como diretor social. “Liderar líderes não é fácil. Conheço minhas limitações e dificuldades, no entanto, com o apoio e compreensão dos companheiros e companheiras, sei que faremos a diferença”, afirmou Raquel. Disse que é com imensa satisfação que volta à presidência Lions, que considera como sua segunda casa. “Aqui não encontrei apenas amigos e companheiros, encontrei uma família que faz parte da minha vida e que posso contar nos momentos de alegria e tristeza” revelou. Raquel enalteceu o trabalho do Leo Clube e desejou que eles trabalhem junto dela nesse seu novo desafio. Agradeceu a todos por confiar mais uma vez essa responsabilidade à ela, em especial à doutora Juliana Mori, que aceitou continuar na presidência do Clube das Domadoras. Valter Pereira, que presidiu o Lions entre os anos de 2010 e 2011, agradeceu o apoio de seus companheiros na sua gestão e disse sentir-se realizado em participar da história de um clube de tamanha importância. Desejou boa sorte para Raquel e disse estar à disposição para o

que for preciso. A posse da nova diretoria do Lions Clube Unaí foi realizada na noite desta terça-feira, 28 de junho, na sede do clube. Na oportunidade foram empossados 6 novos membros no Clube de serviço. Reportagem e fotos: José Ney Lopes


José carlos

U

ma noite de pura magia e alto astral!! Para comemorar os 40 anos do marido José Carlos ( Leia-se Primavia Veiculos), a elegante Elza Maria deu um show na arte de receber, e ao lado dos filhos, parentes e amigos celebraram a data no Espaço de Eventos do Hotel Fazenda Curva do Rio. Kaká Fagundes assinou a decoração da noite, onde predominou o preto, o azul e o branco. O menu regado a camarões, com ilhas de comida japonesa e crepes compunha o cardápio da noite, juntamente com servido volante de canapés, miniconsumês além do delicioso jantar, que foi harmonizado com um vasto e rico numero de bebidas e coquetéis drinks. A top banda Carnavalha comandou a cena musical!! Em seguida a pista ferveu sob a batuta do Dj Dudu!! Na hora da sessão “Parabéns”,

40 anos

muita emoção e surpresa. Mais tarde, o aniversariante fez um speech recheado de ternura!! No hall de presenças sobrenomes poderosos da city!! Uma noite perfeita, sem retoques.

Ficha Técnica: Decoração : Kaká Fagundes Decorações Fotos: Welismar Tavares By Art’s Fotos Sonorização: Adonai Banda: Carnavália Brownie: Marina bolos Open bar: Dancing Bar Cerimonial : Danusa Carvalho Maquete do bolo: Val

Flashes do evento ................


Fabiola Evangelista CERIMONIAL

(38) 3677 4251 / 9956 2441 fabiolacerimonial@hotmail.com Atendimento com hora marcada

O

Casamento é um evento social que implica na contratação de vários serviços para sua realização, bem como o envolvimento de inúmeros profissionais. Ter alguém de sua confiança organizando e coordenando todas as equipes, realizando a sua tão sonhada festa é fundamental! O trabalho de Fabíola Evangelista Assessoria e Cerimonial envolve desde a concepção do enlace até sua realização. Baseado nas informações expressadas pelo casal, o cerimonial auxilia na formatação do evento e faz diversas sugestões, indicações e pesquisas de mercado que atendam às suas necessidades. Isto significa estar ao lado dos noivos, lhes dando apoio, suporte e trabalhando pelo seu casamento. E se você já contratou os serviços, também pode contar com a participação de nossa equipe! Fabíola Evangelista Cerimonial também responsabiliza por verificar o andamento dos serviços contratados além de acompanhar a cerimônia religiosa e recepção. Portanto, na noite de seus sonhos, se deleite! Deixe que Fabíola Evangelista Cerimonial se preocupe e se dedique por você!

N

atalina Araújo comemorou entre os muitos amigos e parentes os seus 70 anos no salão social do Hotel Fazenda Curva do Rio no dia 06 de fevereiro. A coordenação da festa ficou por conta de sua filha Adriana, que acertou em cheio. Parabéns Natalina muita saúde e felicidades!

(38) 3676-1962 Rua Nossa Senhora do Carmo, 242 - Centro Unaí-MG


Mais um

campeão

de audiência!!!

P

aulo Henrique Brochado e Marneide Matos receberam a fina flor da sociedade unaiense e brasiliense no dia de 18 junho nas dependências do Unique Palace, em Brasília para comemorar os 15 anos de sua filha Maria Luiza (Tuka). Uma grande festa digna da linda debutante que era só alegria em meio aos amigos a parentes que foram comemorá-la. Uma festa sofisticada e requintada, como mãe e filha acompanhada de um buffet impecável e musica de qualidade para comemorar uma data tão especial. Parabéns Maria Luiza, felicidades sempre!

E

xibido em três edições semanais há mais de um ano na TV Rio Preto para Unaí, Paracatu, João Pinheiro, Brasilândia e Arinos, o Programa Evidência comandado pelo comunicador Junei Martins tem ocupado espaço cada vez maior na preferência dos telespectadores. O principal ingrediente do programa é a cobertura de eventos sociais que acontecem em Unaí e na região, mas também há espaço para se ampliar a visibilidade de empresas e produtos dentro de um formato descontraído, com entrevistas muito bem conduzidas, e criterioso trabalho de captação de imagens, edição e finalização. Junei Martins é o responsável pela concepção do programa que é produzido pela Radar Vídeomaker, de cuja equipe fazem parte Elizabety Martins, Filipe Martins, Leonardo Novais, Maysa Castro, Marcos Paulo Tauffer, com as ocasionais e sempre muito bem vindas colaborações de Gustavo Gomes e Josias Castro. Para que o sonho da existência da em-

presa se tornasse realidade, Junei Martins faz questão de creditar a imensurável gratidão ao presidente da TV Rio Preto Adilson Mendes, e ao casal amigo Caê e Adeine da empresa Caê Produções. Nos planos para 2012 uma presença mais regular na cobertura de eventos das cidades alcançadas pela TV Rio Preto, aumento da equipe e maior presença na internet em especial na redes sociais. No cardápio de serviços oferecidos pela Radar Vídeomaker também constam a assessoria em marketing, produção de comerciais para TV e rádio, documentários, reportagens e outras mídias. A Radar Vídeomaker já é uma empresa filiada à ACIU, e como produtora, devidamente registrada na ANCINE, e conta com uma equipe de profissionais vocacionada que sempre recebe com muito entusiasmo os desafios que se apresentam. O endereço da empresa é Rua São José, 203 – sala 06 – Centro – Unaí-MG, fone: 38 3677 2244.

Maria Luiza ladeada pelos pais Paulo Henrique e Marneide e seus irmãos, Mateus e Paulo


O1

O3

O2

Maria Luiz e Marneide Ladeadas por Leninha e Lourdes Leitão

O4

O5

O6

O8

10

01. 02. 03. 04. 05. 06. 07. 08. 09. 10. 11. 12.

Maria Luiza e seu Avô, Alcimino Marneide Matos ladeada por Cecília e Joaquim Santiago Adriana e Andréia Brochado e Vanessa Conradi Maria Luiza e Letícia Maria Luiza e seu Pediatra Dr. Márcio Brostel Maria Luiza e sua Vó Maria Angela Brochado Marneide Matos, Sérgio e Leza Maria Luiza, Lurdinha, Natália e Calita Marneide Matos, Márcia e Beto Maria Luiza e Marnilda, Emanulle, Aline, Cantarelle, Paulo e Mariana Rogério, Rodrigo, Marneide e Pedro Henrique Maria Luiza (Tuka) e Bruno de Lucca

Paulo Henrique, Maria Luiza, Cida Ferreira, Marneide e Paulo

O7

O9

Maria Luiz ladeada por Jú e Ana Carla e o casal Lírio Denoni e Carla

Murilo e Dagar Caxito, Marneide e Maria Luiza

Marneide ladeada por Emanuelle e Guilherme

Dr. José Batista e Marli, Dr. Itaquê e Norma, Helen e Valdemar Faria

11

12

Dr. Saint’ Clair fillho , Dra. Elizabeth Martins, Romualdinho, Dr. Romualdo Neiva Gonzaga, Marneide Matos, Paulo Henrique, Ludmila, Dr. Bruno e Zeneide Campos

O casal Haroldo Adjuto e Ana Helena seu filho e Marneide Matos


Maria Luiza e sua mãe Marneide Matos

Maria Luiza e seu Pai Paulo Henrique Brochado

Marneide Matos , Maria Luiza , Elza Maria, José Carlos Dourado e Paulo Henrique

Marilene Pereira, Marlene, Zeneide, Marneide, este colunista Luiz Anselmo, Lânia e Ivete Vilela


BURITIS EM GRANDE DESENVOLVIMENTO A melhoria é prioridade da Administração e direito de todos Administração 2009/2012

E

m 2009/2010 o prefeito municipal Dr. Keny Soares, reivindicou com o deputado federal Antônio Andrade, melhorias no sistema de telecomunicação de Buritis. O na época ministro Hélio Costa comentou sobre os programas desenvolvidos pelo Ministério das Comunicações que visam ampliação das políticas de inclusão por acreditar ser possível adotar novo relacionamento com o universo das tecnologias, capaz de promover a cidadania, ampliarem oportunidades nesse campo e tornar nossas conquistas patrimônio de toda a sociedade. Mas, para chegarmos lá, o conhecimento deve ser visto e tratado como produto de excelência, estratégico para o desenvolvimento do país. yy Ressaltou a liberação de Telecentro para Buritis (que hoje já existe). yy Melhorias na telecomunicação e acesso a internet (projeto da Cidade Digital). A administração municipal direcionou o telecentro para o Distrito de Serra Bonita, onde visa implantar políticas de inclusão digital e oportunidades para os alunos, comunidade e produtores rurais (que hoje também já existe). Programa Bolsa Família

A administração ressaltou o aprimoramento da secretaria de ação social para o melhor atendimento do programa, onde foi criado um setor especifico. O resultado desse trabalho é visto hoje com mais de 2.220 famílias sendo beneficiadas no município de Buritis.

dos deveres da família; yy Manter os cuidados necessários com seus filhos e faze-los freqüentar a escola; yy Público Alvo: são as famílias em situação de vulnerabilidade social.

Inauguração do CRAS e CAPS

A Prefeitura Municipal de Buritis, através da Secretaria de Ação Social e Saúde, devido à preocupação e atenção com a população tem trazido sempre buscar melhores recursos ao cidadão, um exemplo é o Governo Itinerante o qual a comunidade tem acesso a diversos programas sociais,

O CRAS (centro de referência assistência social),é destinada a prestação de serviços e programas socioassistenciais da proteção social básica das famílias; yy Fiscalizar o cumprimento

Governo Itinerante como oficinas, atendimento médico, emissão de documentos, fotos 3x4, palestras, artesanatos, bolsa família, marcação de consultas, vacinas, informação e cultura. O evento torna-se um grande momento de cidadania, com troca de informações e experiências que socializam a comunidade e aproximam a população dos serviços públicos. O clima de entusiasmo entre as equipes que trabalham nesse tipo evento é grande, pois, leva a cidadania a quem tem menos oportunidades. Todos precisam de alguma coisa na vida, mas quando se pode ajudar alguém parece ser ainda mais prazeroso diminuindo as diferenças sociais, resgatando a dignidade e o sentimento de cidadania para a população assistida. “O trabalho que estamos fazendo tem se notado que é um trabalho efetivo, não existe uma demanda reprimida, esta suprindo todas as necessidades da população e vamos esta estendendo isso a todo o município.” salientou o Prefeito Dr.Keny Soares.

NA SAÚDE Inauguração do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial)

É um Centro de Atenção Psicossocial de referência e tratamento para pessoas com sofrimento psíquico. É um recurso em saúde mental, constituindo-se em serviço substitutivo ao modelo asilar de assistência


educação da cidade. O município de Buritis como exemplo de bom uso dos recursos públicos. EDUCAÇÃO

extra-hospitalar que diminui e procura evitar reinternações psiquiátricas, buscando a ressocialização do indivíduo. O objetivo é oferecer atendimento a população realizando o acompanhamento clínico e reinserção social dos usuários, contribuindo para o resgate da cidadania em função da discriminação por se acometido de sofrimento psíquico. Saúde Direito de todos e Prioridade da Administração Inauguração de mais um PSF des-

sa vez no Bairro Israel Pinheiro, os PSF’S são tido como uma das principais estratégias de reorganização dos serviços e de reorientação das práticas profissionais neste nível de assistência, promoção da saúde, prevenção de doenças e reabilitação. A administração municipal não vem olhando apenas pra a cidade, mas também está beneficiando a zona rural. O prefeito sempre em busca da qualidade de vida para a população que lidera sempre em parceria com a comunidade a administração de Buritis promove de forma proativa a melhoria da infra-estrutura, saúde e

A administração municipal realizou reforma e ampliação da Biblioteca Pública Municipal Gonçalo Rodrigues Ferreira, fica na Rua Paraná 803. Pelo projeto Livro Aberto foram adquiridos 1000(mil) novos exemplares, móveis, coleção infantil e telecentro para os usuários. Reformas em algumas Escolas urbanas e rurais. Numa parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer da Prefeitura de Buritis e a Universidade de Brasília, realizaram no dia 18 de Março de 2011 a aula inaugural dos cursos de Licenciatura, já em funcionamento no Pólo de Ensino Superior, que foi implantado no ano de 2008 no município pela atual administração. O Prefeito Dr.Keny Soares, destaca a importância da Universidade Aberta de Buritis (UAB). Ao cursar o

ensino superior cada aluno poderá qualificar sua formação e contribuir com trabalho e obras para a sociedade. “Trata-se de uma importante conquista para a cultura e educação que irá beneficiar diretamente os aspectos sociais do nosso município” afirmou Dr.Keny. No momento, a Universidade de Brasília oferece cerca de quatro cursos de graduação, as opções são: Letras, Música, Artes Visuais e Educação Física. O Pólo de Buritis tem funcionamento com a metodologia de ensino a distância. O objetivo principal é permitir o acesso ao maior número possível de pessoas. Nesse sistema de EAD, o aluno tem acesso ao material 100% pela internet, que é disponibilizado no portal AVA, através de videoaulas e livros em PDF.

AGRICULTURA Benefícios aos produtores rurais Com o convênio junto ao Ministério de Agricultura Pecuária e Abastecimento – MAPA foi adquirido um trator, uma grade arado-

ra e uma carreta no valor de R$ 99.910,00 e uma carregadeira no valor R$ 223.000,00, que objetivou o aumento do atendimento as manutenções das estradas rurais do município. A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, continuam com suas ações no município. Têm sido desenvolvidas: Silagem, Barraginhas, Transporte de Calcário e Curvas de Nível.

TRANSPORTE Buritis fez aquisição de novos veículos. A Administração com melhoria na renovação da frota de veículos, aplicando o gerenciamento de custo e benefício. Isso tudo para melhor atender a população e ter rapidez nos serviços prestados à comunidade. yy Transportes de Universitários yy A Administração municipal


DESTAQUES DO ANO 2011 / BURITIS-MG preocupada com o bem estar dos universitários realizou a reforma e padronização dos ônibus escolares que realizam o transporte de Buritis/Unaí/Formosa. yy Aquisição de Ambulâncias yy Remoção nos casos de acidentes e doenças graves, agora com muita mais segurança.

“UMA NOITE DE cINEMA”

OBRAS Neste ano de 2011 foi assinado o convênio entre Governo de Minas e a Prefeitura Municipal de Buritis, recurso conseguido através do Deputado Gustavo Correia, para a pavimentação asfáltica e manutenção de estradas na zona rural. A Administração tem tido muito trabalho e grandes realizações para melhor atender a população.

O

Destaque do Ano do Jornal Noroeste de Minas em Buritis foi realizado no dia 29 de setembro no salão social do CTG. Uma bela festa prestigiada pelos empresários, comerciantes, profissionais liberais, políticos e personalidades buritienses. O Jantar dançante foi abrilhantado pela cantora paracatuense Emanuelle Moraes que com suas performances encantou o publico presente. Parabéns aos agraciados que foram indicados através de pesquisa popular nas ruas e pela internet, que detectou o “quem é quem” em Buritis em seu segmento. O evento teve com tema uma noite de cinema.

O Prefeito de Buritis, Dr. Keny está entre os cem melhores prefeitos do Brasil. Dr. Keny Soares prefeito de Buritis foi homenageado em Florianópolis no Resort Costão do Santinho nos dias 25 a 28 de Agosto de 2011, no encontro nacional de prefeitos, para a entrega do Prêmio JK, este importante prêmio é destinado aos oferecido cem melhores prefeitos do Brasil. Prefeitos que neste último ano destacaram-se na administração de municípios. Tudo isso é reflexo de uma administração transparente, séria e honesta.

Como sempre Emanuelle Moraes deu um show, que encantou a todos com sua música e performances. O mestre de cerimônias Whashinton Moreno conduziu o evento como sempre com muita competência.


Gabriela Aquarela Moda Infanto Juvenil Rua Ceará 680 (38) 3662-1595 Gabriela Aquarela Moda Infanto Juvenil Rua Ceará 680 (38) 3662-1595

Auto Escola Conceito Auto Escola Av. Central nº 1120 e Rua Jardim 94 (38) 3662 1480 - 1478

Balaio de Flor Floricultura Rua Brasilia 445 (38) 3662 1668

Centro Médico Buritis Clinica Médica Rua Ceará 385 (38) 3662-1572

Cláudia G. Parente Secretaria de Saude

GabrielaCDI Aquarela Modadiagnóstico Infanto Juvenil Centro de por Rua Ceará 680 imagem (38) 3662-1595

Rua: João Pinheiro 571

Banco do Brasil S-A Instituição Financeira AV. Central nº 620 (38) 3662 1270

Casa do Cabelereiro Venda de Cosméticos Rua Rio Grande do Norte nº 28 (38) 3662-2227

Contabilidade Silva Contabilidade Av. Central nº 381 (38) 3662 1230

Delta Crédito Empréstimos consignados Rua Sete de Setembro 227 - Buritis Rua Alba Gonzaga 251 sala 01 (38) 3676 4454 - Unaí

Eletrozema Venda de Eletrodomésticos Av. Bandeirantes, 530 (38) 3662-1434

Colégio Opção Colégio Particular Rua 31 de Março 338 (38) 3662-1673

Cursos de Idiomas Wizard Cursos de Idiomas Rua Rio Grande do Norte nº 59 (38) 3662 1296

Drogaria Oliveira Farmácia Av. Bias Fortes 544 (38) 3662-1356

Hosana Luiz de Faria Pecuarista de Corte Rua Rio Grande do Norte, 111 (38) 9961-6690

Bar do Tomáz Barzinho Av. São Vicente 546 (38) 9956 8927

Líder FM Radio FM Rua Rio Grande do Sul 156 (38) 3662 1381

Mademinas Materiais para Construção Av. Bandeirantes 1175 (38) 3662-1960

Mecânica Romilson Mecânica Av. Pedro Valadares Versiane 1028 (38) 9947-9051

Kelly Diana Carmo de Oliveira Fonoaudióloga Rua 31 de março nº 121 (38) 9922 4316

Digidata Venda de computadores Rua Floresta 465, centro (38) 3662 1512

Paulo Pichioni Clinico Veterinário Av. Central 592 (38) 3662-3222

Pettyta Papelaria Papelaria Av. Bandeirantes 371 (38) 3662-1835

Donna Bela Modas e Acessórios Boutique Rua Ceará 670 (38) 3662 2100

Portalburitis Site de conteúdo www.portalburitis.com.br

Produção Venda de Defensivos Agrícolas Av. Minas Gerais 800 (38) 3662-1308

Laboratório São Lucas Laboratório de Analises Clínica Rua Bahia 378 (38) 3662-1630

Rodrigo Lopes Rocha Ortodontia Rua Ceará 676 (38) 3662-2454

Ronaldo Auto Peças Venda de peças para automóveis Av. Pedro Valadares Versiane 857 (38) 3662 2206

Capul Cooperativa agropecuária Av. Bandeirantes 1125 (38) 3662 1622

Mais.com Lan house Rua Jardim nº 100 (38) 9842 2784 / 3662 3642

Miguel Torres Advogado Rua Rio Grande do Norte 166 (38) 9969-701 / 3662 3642

Fisiolife Clinica de Fisioterapia Av. Rui Barbosa nº 1245 (38) 3662 1948

Odont’os Clinica odontológica Av. Minas Gerais 915 (38) 3662-1798

Hedimilson de C. Sanábio Pediatria Rua Ceará 385 (38) 3662-1572

Posto Buritis Posto de Combustíveis Rua Tiradentes nº 105 Loja 02 (38) 3662 2402

Nara Abdo Cardiologista Rua Ceará 385 (38) 3662-1572

Rádio Buritis Rádio AM Rua Ceará 677 (38) 3662 1857

Restaurante Casa da Roça Restaurante Av. Pedro Valadares 995 (38) 3662 2405

Toka do Som Instalação de Som Automotivo Av. Pedro Valadares nº 1626 (38) 9953 6583


Turbo BSB Provedor de Internet Rua Rio Grande do Norte 111 (38) 3662 1606

Tele-cerveja Central Telecerveja Av. Central 340 (38) 3662-1281 ou 1559

Açouque Marley Açouque Rua Belmiro Rodrigues da Costa 310 (38) 3662 3642

Foto Olympus Fotografia Av. Bandeirantes nº 332 (38) 3662-1164

Celenita P. de Souza Ramos Psicóloga Rua Belo Horizonte 160 (38) 3662 3965

PADRE REGIS

LUAN CORDEIRO

Nara Abdo Cardiologista Rua Ceará 385 (38) 3662-1572

REPRESENTANTE DÉLIO PRADO LOPES

Tércio Motos Concessionaria de Moto Rua Ceára nº 547 (38) 9918 5369 / 9223-0000

Top Lanches Lanchonete Av. Central 520 (38) 3662 1145

Hedimilson de C. Sanábio Pediatria Rua Ceará 385 (38) 3662-1572

Marcos Alcântara Propaganda Volante

Phil Decorações Buffet e decorações Av. Minas Gerais nº 1241 (38)

Supermercado Nogueira Supermercado Rua Floresta 575 (38) 3662 1235

CLÊNIO C. PIMENTEL

REPRE. DR. KENY S. RODRIGUES

CECÍLIA R. DE ALMEIDA


Tio Jarbas, houve um tempo em que você foi o mensageiro da paz, o pai da pobreza, o protetor dos aflitos, o porto seguro da família e, indiscutivelmente a mais alta voz política do Vale do Urucuia. Porém, em toda a sua vida, você foi um grande homem e nós o amamos muito, portanto jamais o esqueceremos. Você detinha todas as qualidades que fazem o ser humano a imagem e semelhança de Deus: inteligência, humildade, solidariedade, caridade, honestidade e, acima de tudo, o respeito e amor pelo próximo. A sua passagem neste mundo foi marcada pelo trabalho: luta pela sobrevivência e pela justiça social.” Os dois parágrafos acima fazem parte da introdução do livro, Jarbas: lição

de vida, de Jaques Valadares. O livro é uma homenagem a “Jarbas Valadares, último coronel do Vale do Urucuia” (no bom sentido). “O Senhor do Urucuia!” Palavras do Tenente-Coronel Geraldo Donizete Luciano, p. 149 e de Milton Medeiros, p. 141, do referido livro. O autor de Jarbas: lição de vida, traz a baila uma ligeira biografia do homenageado e causos de sua vida em forma de contos. Tais episódios são contados com requinte de floreamento para dar maior sabor à leitura, é como se fosse um tempero para tornar o manjar mais saboroso. Embora a história de Jarbas, ainda que in natura, não deixa de ser interessante e curiosa. O capítulo IX, se compõe de quinze páginas, que contam a história do início de umas das mais jovens cidades Urucuianas: Uruana de Minas, que teve início em meados da década de 60, com a participação política e ativa de Tão, o saudoso Sebastião Alves Pinheiro e de Plínio Jarbas Valadares,

o cidadão e político então homenageado nas páginas do livro: obra com 170 páginas, produzida pela editora Unimontes, impressa e montada pelas Organizações Gráficas e Papelaria - OGP. UnaíMG. Nas páginas 120/121, da obra, se encontra a reportagem: Arinos chora a perda de um líder, do próprio autor e publicada no Jornal Tribuna, edição de 1º a 20 de agosto de 2000, por ocasião da morte do saudoso munícipe de Arinos, então homenageado.

A CÂMARA MUNICIPAL DE UNAÍ –MG., manifesta e lamenta a triste perda. CERTIDÃO N.º 15/2005 e REQUEIMENTO /2005, assinados pelo então Presidente José Inácio e 1º Secretário, Euler Braga. P.122/123 No capítulo XIV, encontram-se emocionantes depoimentos de parentes e amigos que demonstram o que realmente foi Plínio Jarbas Valadares. Homem nascido no ano de 1929, na Faz. Saquinho, vale do Urucuia, Noroeste de Minas Gerais. Foi criado sem pai e sem mãe, uma vez que ficou órfão de mãe aos dez e de pai aos doze anos de idade. Apenas se alfabetizou, Todavia se

Mais uma etapa da redenção do noroeste do estado de Minas consolidase na pavimentação de estradas que escoam as safras recordes desta abençoada região e dá mais dignidade ao povo que vive nela. Por Washington Moreno / Fotos: Paulo Duarte

destacou no cenário social e político com grande notoriedade a partir demeados do século XX, até sua morte. Foi político de renome e exerceu alguns cargos eletivos, embora sempre tentando a resistir candidaturas a estes, mas respeitava e acabava aceitando a indicação dos correligionários. Entre os depoentes se destaca o saudoso Raimundo Campolina Diniz, também grande patrimônio humano do Urucuia e seu “filho adotivo.” Urucuiano de coração. Um dos homens mais dinâmicos, desbravador e condutor do progresso urucuiano, no passado. Raimundo Campolina fala da amizade e admiração que tinha por Jarbas. Das distantes lembranças das lidas com as boiadas pelos rincões mineiros. O referido livro já esgotado, justifica uma 2ª edição, pois sua leitura dá prazer a quem conheceu Jarbas e o apresenta a quem não o conheceu.

O

sonho é antigo. A necessidade de se ter melhores estradas para as safras, no mínimo surpreendentes, que desde a década de 70, antes mesmo da descoberta da cultura do cerrado pelo iluminado Alysson Paulinelli, percursor da exploração deste bioma, mesmo antes dele, Unaí e região já brilhava perante o estado e o país com suas safras de feijão roxinho que eram plantados apenas nos vãos da Chapada e ainda nas barrancas e baixadas dos

rios. Mesmo sem uma agricultura mecanizada e voltada apenas para a produção, mesmo quando em todas as fazendas possuíam seus quintais cheios de frutas e legumes, coisa inexistente nas propriedade rurais de hoje, mesmo nesse tempo, quando tudo era longe, a região já sonhava com rodovias pavimentadas que encurtassem as distancias que davam canseiras mesmo antes de se iniciar a viagem. Unaí, porta de entrada para todo o vasto e majestoso Vale do Urucuia, teve a primeira ligação. A região noroeste durante anos ficou conhecida como

duas: uma da BR 040 para lá indo até Vazante e a de cá, do Vale, indo até Formoso. Essa terra nunca vira antes asfalto ou progresso algum. A fartura de suas lavouras e os gordos bois nos pastos ainda não enchiam os olhos do governo estadual. A primeira redenção veio na década de 1980 ligando a dita BR em Paracatu, até a cidade de Unaí. O inicio do progresso. Nesta época as terras da região já não eram tão fartas e baratas quanto tempos atrás e as produções começaram, ano a ano, a baterem


sempre seus próprios recordes. A região vem se firmando como líder agropecuário e não tinha como escoar dignamente e sem maiores perdas seus produtos. Não devemos designar esse ou aquele político nas ações que se moveram para que a região recebesse

os benefícios do governo estadual que pretende ligar todos os municípios com pavimentação asfáltica. Foram muitos os pedidos, foram muitos os movimentos, foram muitas as viagens, foram muitos os políticos e por isso, agradecemos ao povo desta terra que

acreditando em seus líderes ajudaram a promover a mudança. E ela veio. Veio como se fora em galope. Rapidamente imensas chapadas que por centenas de anos viveram empoeirados nas beiras das estradas, sem nunca perder o seu eterno marrom começaram a vislumbrar o verde com a chegada do asfalto. As ligações mais rápidas, o povo mais feliz, as distancias encurtadas. Quem diria que saindo de Unaí de manhã, a pessoa esta em

até ao auxílio médico que atende na hora certa. Com o asfalto não existem mais cidades esquecidas no meio do nada. A simples ligação asfáltica já representa progresso, unidade, parte integrante que precisa ser cuidada. A chegada do asfalto, seja ele em ruas urbanas ou em estradas, como é o centro de nossa narrativa, sempre motiva mudanças. Nas cidades são as calçadas que logo são colocadas e quando menos se espera, a rua se

Urucuiano não mais tem vergonha de ser de tal lugar e se orgulha em ser noroestino, mais um cidadão das Minas Gerais, pelo contrário, tem orgulho de ser da região conhecida mundialmente pela obra de Guimarães Rosa e, quando em terras distantes, gaba-se por ser pescador costumaz no rio Urucuia. Longe o tempo de se esconder por ser humilde. O asfalto traz ousadia. A distante capital Belo Horizonte já não é tão distante assim e

Formoso na hora do almoço? Quem diria. Os asfalto trouxe facilidades e principalmente remoçou o orgulho do povo do noroeste que há anos clama por melhores condições. Os benefícios do asfalto são inúmeros e vão desde o leite que chega mais cedo à cooperativa

transformou em uma totalmente nova e diferente até. A mesma rua. Nas estradas é do mesmo. O fazendeiro arruma melhor a entrada de sua propriedade, um outro pinta a cerca de branco, um novo posto será construído depois daquela curva e assim vai. O

já pode conhecer melhor os prodígios de nossa terra, sejam eles em forma de letras, musicas, números, criação ou produções. Com o asfalto o povo do noroeste se mostra cada vez mais e cada vez mais, mais pessoas querem e podem chegar até esse local onde


reina o trabalho, a paz e a grandeza de um povo que esquecido durante anos agora, por um simples detalhe chamado asfalto, pode se mostrar aos demais. pela obra de Guimarães Rosa e, quando em terras distantes, gabase por ser pescador costumaz no rio Urucuia. Longe o tempo de se esconder por ser humilde. O asfalto traz ousadia. A distante capital Belo Horizonte já não é tão distante assim e já pode conhecer

melhor os prodígios de nossa terra, sejam eles em forma de letras, musicas, números, criação ou produções. Com o asfalto o povo do noroeste se mostra cada vez mais e cada vez mais, mais pessoas querem e podem chegar até esse local onde reina o trabalho, a paz e a grandeza de um povo que esquecido durante anos agora, por um simples detalhe chamado asfalto, pode se mostrar aos demais.

Uma Santa Viagem VIAGEM À TERRA SANTA: UM SONHO

ANTIGO, UMA REALIZAÇAO, UM PRESENTE DE DEUS.

V

isitar a Terra Santa é um presente que DEUS nos concede, neste ano de 2011 , eu fui agraciada por DEUS com esse presente. Por mais que conheçamos a história da Salvação, é diferente quando temos a graça de conhecer todos aqueles locais onde Jesus nasceu, viveu, morreu e ressuscitou. Na Terra Santa, nos sentimos envolvidos por uma magia que nos faz sentir mais perto de Deus. No dia 01 de Novembro saímos de Brasília, descemos no aeroporto de Guarulhos em São Paulo, onde pegamos o vôo direto pra Tel-Avivi em

Israel, ali o nosso primeiro contato foi com um restaurante, onde constamos que teríamos algumas dificuldades de adaptação com a alimentação daquele pais. Depois do almoço fomos pra a Aldeia de Jope onde assistimos a Missa na Basílica de São Pedro. De cima do monte onde fica localizada a igreja, avistamos o Mar Mediterrâneo, é uma visão linda fantástica! Ficamos 2 dias em Tiberíades e visitamos vários lugares santos daquelas imediações, fomos ao Monte Tabor (800 acima do nível do mar) assistimos a santa Missa e refletimos sobre a transfiguração de Jesus. Fizemos a travessia do lago de Tiberíades. Em Nazaré es-

Altair de Sá e suas irmãs companheiras de viagem, Olinda Matias e Zulmira Salgado

tivemos na casa onde São José viveu com Jesus e Nossa Senhora. É muito emocionante pisar naquele Lugar Saímos de Tiberíades e fomos para Jerusalém onde a peregrinação continuou cada vez mais intensa, pelo caminho apreciamos a beleza das colinas e avistamos a montanha das Bem Aventuranças. Em Cafarnaum assistimos missa na igreja de Cafarnaum, ao lado existe as ruínas de uma Sinagoga, vizinha da casa da sogra de São Pedro . Foi na igreja de Cafarnaum que Jesus se revelou, ali ele fez seu quartel general quando o expulsaram de Nazaré, ali Jesus fez muitos milagres, inclusive a cura da sogra de Pedro.


Outra grande emoção foi a visita à Basílica da Natividade, local onde Jesus nasceu, e ainda campo dos pastores, neste mesmo dia fomos à Aldeia de Ein Karem. Onde fica a casa de Isabel, quando Maria foi visitá-la e contou o magnificat, ali encontra-se o magnificat em várias línguas, incluindo em português. Do alto daquela montanha temos uma visão maravilhosa e podemos avaliar o esforço de Maria para estar ali e servir sua prima, uma grande lição para nós. Estivemos também em Betânia na casa de Lázaro, Marta e Maria. Na tumba de Lázaro refletimos sobre essa passagem bíblica em frente à igreja. Andamos pelo deserto de Judá e chegamos ao Rio Jordão onde João batizou Jesus. Naquele lugar místico, renovamos as promessas do nosso batismo, foi uma experiência marcante. Neste mesmo dia fomos ao Mar Morto onde se pode tranquilamente tomar banho e usar a lama medicinal. Na manhã do dia 07-11-2011, visitamos o Monte das Oliveiras, local da Ascensão de Jesus e também a Basílica Agonía, a Igreja da Dormição de Maria o muro das lamentações e a igreja de São Pedro onde o galo cantou. No dia 08 visitamos a igreja de Sant’ Ana e fizemos a Via sacra percorrendo as ruas da via Dolorosa, Capela da Fla-

O batismo no Rio Jordão pelo Padre José Augusto nosso companheiro de viagem renovou nossas promessas de fé, santicando ainda mais a viagem

gelação, Capela da Condenação e a Basílica do “ ECC e JHOMO”, onde Pilatos entregou Jesus à multidão (João 19,5). Finalizamos nossa peregrinação com a visita ao Santo Sepulcro e fechamos com chave de ouro assistindo à santa Missa na Aldeia de Emaiús, onde os discípulos reconheceram Jesus ao partir o pão. Foi realmente uma experiência incrível e inesquecível! O nosso diretor espiritual, Padre José Augusto pediu-nos para divulgarmos muito a vigem à Terra Santa, pois o papa, segundo ele está pedindo essa

divulgação. Eu recomendo, quem tiver a oportunidade, faça essa viagem, pois é de uma espiritualidade incrível, além de ser um banho de cultura e conhecimento religioso. Aproveito a oportunidade para desejar aos leitores da Minas Em Revista, um Ano Novo cheio de Paz Saúde e Alegrias. Um abraço Carinhoso. Altair de Sá.


HONORÁRIA Por: Altir de Souza Maia

N

o último dia 14 de dezembro de 2011, a Câmara Municipal de Unaí outorgou títulos de cidadania honorária ao cidadão José Carlos Dourado de Azevedo Júnior, proprietário da Primavia Veículos. Recifense apaixonado por sua terra, carregando na alma a nostalgia dos rios Beberibe e Capiberibe, José Carlos veio fazer uma difícil junção: integrar os revoltosos rios do Recife com as escuras e quase sempre mansas águas do rio Preto. Por uma dessas eventualidades da vida, o recifense acostumado às praias de Boa-Viagem e às lagostas dos antigos restaurantes de beira-mar, este jovem bacharel em direito veio dar com os costados nestes longínquos rincões urucuianos, trazido pela atividade automobilística, de cujo comércio talvez só o conhecesse como freguês. Mas, aqui, sorvendo conosco as águas do rio Preto e estabelecendo raízes sentimentais com a cidade, tornou-se, em pouco tempo, um extraordinário cidadão unaiense, casando com bela moça unaiense e tendo saudáveis

José Carlos presidente do Grupo Primavia Veículos com sede em Unaí, sua esposa Elza Maria e sua filha Maria Carolina

filhos da terra. Para nós, seus amigos, “apenas o Zé Carlos da Primavia”, é uma honra tê-lo no nosso convívio: bom com-

panheiro, partícipe efetivo de todas as atividades sociais e benemerentes da cidade é sempre um parceiro pronto para atuar junto ao Sindicato Rural, à APAE, Mão Amiga e outras instituições, jamais se negando à compor com as forças que promovem o desenvolvimento da região. Por tudo isso, aos recebê-lo como novo cidadão unaiense, fazemo-lo com justa alegria, augurando que Zé Carlos juntamente com Elza e filhos continuem distribuindo amizade, companheirismo e, sobretudo trabalho a esta região que dele tanto necessita. Seja Bem Vindo nosso novo conterrâneo.

RECONHECIDO

O

vereador Euler Braga, líder do PSDB, vereador por 3 mandatos, duas vezes presidente da Câmara Municipal de Unaí, foi agraciado recentemente com a medalha Dom Pedro Segundo – Colar de Ouro, pelo Instituto Tiradentes; como vereador que teve melhor atuação no Município de Unaí em 2011. A indicação foi através de pesquisa de opinião pública realizada pelo Instituto. A entrega da comenda se deu em sessão solene ao final do 46° Simpósio Brasileiro de Prefeitos, Secretários e Assessores Municipais que foi

realizado entre 9 e 10 dezembro de 2011 no AudiCurral do Fogo, Boa União, Vazante, tório do Bristol Merit Hotel, em Belo Horizonte. yy Fez parte da luta junto à comitiva pela permaA medalha Imperiador Dom Pedro II é conferinência da Vara do Trabalho em Unaí, da apenas à políticos com aprovação na mencio- yy Viabilizou junto à Epamig, através do seu Presinada pesquisa mediante rigorosos critérios de sedente Baldonedo Arthur Napoleão, a instalação leção, que possuam ilibada reputação ético moral da Epamig a nível regional na Escola Agrícola e significativos serviços prestados à comunidade. de Unaí, aguardando apenas a documentação O Vereador também foi consagrado em 2007 do Executivo, com a medalha Tiradentes em Ouro Preto-MG. yy Entregou ao Executivo de Unaí, juntamente No caso do vereador Euler Braga podemos cicom o Senhor Edson Xavier, toda documentar aqui algumas ações tais como: tação, entre licenças ambientais, autorização para construção e outras, para construção da yy Luta pela permanência do Posto do Trabalho imagem do Cristo na Serra do Taquaril, em Unaí, junto ao Ministério do Trabalho, yy Deu início a obra do anexo da Câmara Municipal yy Viabilização de 5 novos tanques para refrigerade Unaí, em 2007, e finalizou em 2010, tendo a ção de leite, estes doados para os assentamenhonra de nominá-lo com o nome do saudoso tos: Santa Clara/Furadinho, São Pedro Cipó, prefeito Sebastião Alves Pinheiro – “Tão”,

Na maioria dessas ações sempre teve como conselheiro e padrinho o Deputado Federal Silas Brasileiro.


Prefeitura Municipal de Unaí promoveu a 2ª Semana de Prevenção DST/HIV/ AIDS/Hepatites

A

Prefeitura Municipal de Unaí promoveu, de 28 de novembro a 2 de dezembro de 2011, a 2ª Semana de Prevenção DST/HIV/AIDS/ Hepatites, em comemoração ao Dia Mundial de Prevenção contra a Aids, celebrada no dia 01/12. A Secretaria Municipal de Saúde por meio do Programa Municipal DST/AIDS promoveu, ao longo da semana, diversas atividades, tais como: oficinas, fórum, mobilização e dia de convivência. Uma oficina de prevenção para adolescentes e jovens abriu a programação. Foi realizada também a oficina de prevenção para professores da rede pública e particular de ensino de Unaí , que contou com a participação de cerca de 20 desses profissionais, cujo objetivo principal foi orientá-los a realizar ações preventivas a respeito das formas de contaminação de mazelas como DST, AIDS, HIV e Hepatites nas escolas. O facilitador Samir Jorge explicou sobre o objetivo da palestra destinada aos professores, realizada no dia 29 de novembro. “O programa Saúde e Prevenção nas Escolas é difundido em todo o país, e em Unaí não é diferente. O objetivo principal é orientar os educadores para que eles transmitam aos alunos informações sobre a importância da prevenção de Aids, das Doenças Sexualmente Transmissíveis, do HIV e das Hepatites. Nas escolas brasileiras, atualmente, existe uma demanda desse tipo de orientação, pois há uma lacuna a ser preenchida nas abordagens de temas atuais como, por exemplo, sexualidade, prevenção às doenças sexualmente transmissíveis, às drogas, entre outros. Eu observo que os professores são receptivos em absorver esses conhecimentos e repassá-los aos alunos”, afirma Samir. A coordenadora do Programa Municipal DST/AIDS, Eliane Baia, explicou sobre o objetivo do evento. “ A 2ª Semana de Prevenção DST/HIV/AIDS/HEPATITES é voltada à prevenção de segmentos específicos para que o Programa Municipal DST/AIDS atinja o objetivo da respectiva semana, estipulada pelo Ministério da Saúde: difundir informações sobre prevenção das respectivas mazelas a todos os grupos e segmentos da sociedade.

Fotos: www.prefeituraunai.mg.gov.br

Na ocasião a prefeitura municipal de Unaí foi envolvida pelo laço vermelho símbolo da luta

O dia 1º de Dezembro é considerado o Dia Mundial de Prevenção Contra a AIDS. Foi realizado em Unaí uma extensa campanha pela Secretaria Municipal de Saúde, com ações como teste de HIV grátis na praça da prefeitura e no plenário da Câmara Municipal palestra Samir Jorge e dinamicas de grupo. Eliane Baia a coordenadora do Programa Municipal DST/AIDS, explicou sobre o objetivo do evento. “ A 2ª Semana de Prevenção DST/HIV/ AIDS/HEPATITES é voltada à prevenção de segmentos específicos para que o Programa Municipal DST/AIDS atinja o objetivo da respectiva semana, estipulada pelo Ministério da Saúde.

Para que todos os públicos sejam atingidos, serão oferecidas diversas atividades”, explica Eliane Baia. No dia 30 de novembro, aconteceu o 2º

Fórum de Diversidade Sexual, na Câmara Municipal. No dia 01 de dezembro, Dia Mundial da Prevenção contra a Aids, foi realizada a Mobilização Fique Sabendo, na praça da Prefeitura, onde foram realizados testes gratuitos de HIV. “Esse tipo de ação é importante para que a população se informe melhor a respeito da Aids e de como se prevenir”, ressalta Eliane. Já no dia 02, o dia de convivência, foram prestados atendimentos jurídicos, orientações sobre saúde, além de palestra. Segundo Eliane, ainda, durante a semana, nos Postos de Saúde da Família (PSF) de Unaí, foram realizadas diversas ações: distribuição de panfletos, de preservativos e orientações aos cidadãos. Nos dias 6 e 7 de dezembro, aconteceu o 5º Seminário Regional DST/ AIDS.


A

Indústria de Sorvetes Moranguinho’s tem uma história de sucesso e ao longo de seus 25 anos de existência tem se dedicado na busca de qualidade de seus produtos. Em 2012 pretende consolidar essa qualidade. Aguardem novos produtos!!! Paulo e Eliana, fundadores dos Sorvetes Moranguinho’s, com muito orgulho, trabalham hoje com seu filho Bruno Vinícius. É a segunda geração administrando a empresa, modernizando a produção com novos equipamentos e máquinas e brevemente com nova loja para melhor atender seus clientes. A comprovação da preferência da população de Unaí pelos produtos Moranguinho’s, através de pesquisas realizadas, é motivo de responsabilidade e compromisso com o cliente. Que 2012 tenha o sabor da alegria, da saúde, da realização e do amor!!! Sorvete é alimento!, Sorvete é alegria! Sorvete é Moranguinho’s!

SORVETERIA MORANGUINHOS COMEMORA 25 ANOS RECEBENDO VÁRIAS HOMENAGENS Agradecemos a população pela preferência dispensada ao longo destes 25 anos e o reconhecimento do nosso trabalho através das pesquisas realizadas.

DESTAQUE DO ANO DO JORNAL NOROESTE DE MINAS 2011

MÉRITO EMPRESARIAL 2011 DA CÂMARA MUNICIPAL

MÉRITO EMPRESARIAL 2011 ACIU/CDL


T V RIO PRETO , GANHANDO O

NOROESTE DE MINAS

F

undada em 06 de janeiro de 2000 na cidade de Unaí/ MG a TV Rio Preto, com muita dedicação e compromisso, vem crescendo a cada dia e conquistando a comunidade do noroeste mineiro com seu trabalho de qualidade, transparência e imparcialidade. Com uma nova diretoria, constituída desde o ano de 2005,a TV Rio Preto vem fomentando e promovendo a cultura educativa em nossa sociedade. Nossa determinação é contribuir para que tenhamos um convívio social cada dia melhor. Orgulhamo-nos de ser hoje uma das mais queridas e respeitadas instituições de comunicação televisiva de Unaí e região. A TV ao longo desses

anos conquistou grandes transformações. Hoje estamos com uma programação ampla. Contamos com um telejornal diário e mais 16 programas dos mais variados gêneros (saúde, policial, entretenimento, agropecuária, religiosos, entrevistas, automotivo, dentre outros). Nossa abrangência vai além de Unaí. Atualmente, nossa programação também é vista nas cidades de Paracatu, João Pinheiro, Brasilândia de Minas, Arinos e em Janeiro de 2012 mais uma conquista, a cidade de Buritis. É com grande satisfação que informamos também que já temos concessão para as cidades de Dom Bosco, Natalândia,

Vazante e Cabeceira Grande. Nosso objetivo é continuar prestando serviços à nossa comunidade, levando informações dos mais variados gêneros que contribuam com o desenvolvimento sócio-educativo de nossa região. Em março de 2011 mais uma conquista, foi criado o Portal TV Rio Preto, onde além de todas as cidades abrangidas com nosso sinal, podemos divulgar para o mundo todo o que acontece em nossa região.


Nossa programação:

Rio Preto Notícias

Tele Jornal diário com veiculação inédita de segunda a sexta, às 19:00hs e reapresentação às 12:00hs. Edição especial aos Domingos às 12:00hs com reapresentação todas as segundas-feiras às 12:00hs.

Momento de Oração Programa Religioso com o Padre Reginaldo Manzoti exibido de Segunda a Sexta-Feira às 06:50hs

Agro Mais Há 5 anos no ar, o Agro Mais exibe matérias de pecuária, meio ambiente, cooperativismo, cobertura de dia de campo e eventos empresariais. Produção mais comunicação.

Momentos com Deus Programa da Igreja Presbiteriana Central de Unaí exibido todas as Segundas-Feiras às 18:30hs com reprise às Terças-Feiras às 11:30 hs

Evidência

Programa de colunismo social eletrônico com foco na cobertura de eventos em geral exibido todas as Quintas-Feiras às 19:30hs com reprise aos Sábados às 13:00hs

Sos Espiritual Programa Religioso exibido de Segunda a Sexta-Feira Ao Vivo às 08:00hs com reprisede Segunda a Sexta-Feiraàs 13:15hs

Camera Aberta “TalkShow” veiculado ao vivo, todas as quartasfeiras às 19h30hs, com participação dos telespectadores por telefone e através do Portal TV Rio Preto.

Na Mira da Notícia Programa que aborda as notícias policiais do noroeste mineiro. Todas as quartas-feiras às 12:30hs e reapresentação quinta feira às 18:30hs

Viva Melhor

Programa voltado à qualidade de vida, saúde e bem estar, vai ao ar na terça feira às 12:30hs e 19:30hs, conta sempre com matérias e entrevistas que visam levar ao telespectador informações que o beneficie no seu dia a dia, para isso conta sempre com profissionais altamente qualificados, o que garante a credibilidade das informações em suas matérias. O Viva Melhor têm como slogan “Você de bem com a vida” o que resume o objetivo do programa. O Viva Melhor é produzido pela Agência Ônix e ZTK Produções.

Auto Max

Programa com foco na área automobilística, vai ao ar na sexta feira e no sábado às 12:30hs levando ao telespectador informações e novidades em carros novos da marca Fiat comercializados pela Primavia Veículos, além de apresentar aos telespectadores carros semi-novos, opinião de clientes, promoções especiais, dicas de trânsito, manutenção do seu veículo e prevenção de acidentes, com um aspecto jovem o programa informa de uma maneira descontraída e eficaz. O AutoMax é produzido pela Agência Ônix e ZTK Produções, todos empenhados em levar ao telespectador os serviços e produtos de nossos clientes com seriedade e respeito.

Chora Viola Programa totalmente voltado à música sertanejaexibido todos os Domingos às 10:45hs com reprise às Segundas-Feiras às 19:30hs

João Pinheiro Notícias Jornal independente com reportagens de João Pinheiro e Brasilândia de Minas. Vai ao ar de segunda a sexta-feira às 18:40hs com reprise no dia seguinte às 7:00hs e às 11:40hs.

Dia de Campo na TV

Programa produzido pela embrapa em parceria com a Tv Rio Preto. São pesquisas realizadas em todas as regiões do Brasil. O foco é o homem do campo. O programa conta com o apio cultural da CAPUL, COAGRIL, COANOR E SICOOB NOROESTE DE MINAS.

A Caminho da Luz

O programa A CAMINHO DA LUZ é produzido pela TV Rio Preto, sob orientação dos trabalhadores do Centro Espírita Cristianismo Redivivo. São abordados diversos temas da Doutrina Espírita tendo como apoio as obras básicas do espiritismo: o Evangelho Segundo o Espiritismo, O Livro dos Espíritos, A Gênese e diversos outros que focalizam temas como a vida após a morte, a evolução espiritual, o livre arbítrio, a lei de causa e efeito, as colônias espirituais, a reencarnação, a evangelização para as crianças e jovens, a mediunidade, etc.

Brasil Caipira Programa em parceria com Luiz Rocha, focado na música sertaneja e com uso esclusivo dos instrumentos viola e violão. Exibido todos osDomingos às 13:30hs.

Evangeliza show

Programa com o Padre Reginaldo Manzoti exibido todos os sábados 14:00h

TV RIO PRETO UMA TV FEITA PARA VOCÊ!

Programa Via Mulher Produzido pela Agência Zulato Mídia, fala do universo feminino de seus anseios, sonhos, decepções, dúvidas, alegrias e experiências. O programa Via Mulher também focaliza empresas e ventos de nossa região que merecem destaque, sendo retratados pelo vies da mulher. O programa via mulher é exibido toda quarta-feira as 18:00hs com reprise no sábado as 15hs.


MAIS COMUNICAÇÃO

É DESTAQUE

MÉRITO EMPRESARIAL ACIU/CDL UNAÍ - 2011

U

naí é um município do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2011 é de 78.143 habitantes. Possuidora de uma agricultura e pecuária forte, o município destaca-se como maior produtor de grãos do Estado. Se de um lado a agricultura e a pecuária tem movimentado a economia e tem sido orgulho para seus munícipes, o comércio local também tem feito seu papel. Muitos empresários empreendedores tem investido no crescimento do comércio local, aprimorado técnicas para atender bem o cliente e serem competitivos. Com o objetivo de defender todos os interesses do comércio e dos empresários lojistas de Unaí, as entidades: Associação Comercial e Industrial de Unaí ACIU e a Câmara de Dirigentes Logistas – CDL, idealizaram uma pesquisa que abrangeu todos os bairros da cidade. Após a conclusão de quase 2000 formulários, preenchidos e assinados pela população de Unaí, os empresários, acompanhados de amigos e familiares, reuniram-se para receberem o certificado de Mérito Empresarial 2011. Este certificado representa o esforço da classe empresarial, que indicada pelo povo, tem hoje o seu reconhecimento. O Sicoob Noroeste de Minas (cooperativa de crédito) e a Cooperativa Agropecuária Unaí Ltda (Capul) destacaram-se pelos serviços prestados em prol de seus cooperados e de toda a sociedade unaiense. Graças ao sucesso de seus clientes, a Mais Comunicação foi homenageada por seu excelente desempenho junto a seus veículos de comunicação - Programa Agropecuário Agro News da TV Band Minas/Programa Agropecuário Agro mais da TV Rio Preto e site de agronegócio: www.agromais.tv. Para Afonso Almeida (Diretor da Mais Comunicação) receber mais um título em 2011 é motivo de muita satisfação: “Nós hoje estamos felizes mais uma vez, porque receber este certificado da ACIU/CDL significa muito, pois é uma pesquisa muito séria. E não podemos esquecer este ano de 2011, pois o ano foi muito positivo para nossa empresa. Recebemos certificado da Empresa Imagem e Propaganda de Uberlândia, recebemos destaque pelo Jornal Noroeste de Minas, recebemos o reconhecimento do Rotary Club Unaí e hoje estamos recebendo este Mérito Empresarial da ACIU/CDL. Vejo que isto sim é o resultado de nosso trabalho.” (Afonso Almeida – Mais Comunicação) Oportunidade também em que o empresário Afonso Almeida apresentou a Unaí e região mais um produto de marketing de alta tecnologia. “Nós estamos apresentando a Unaí e região mais um veículo de marketing da Mais Comunicação. Investimos em um painel Full Color de Leds de alta definição tanto para o dia ou à noite, para divulgarmos os produtos e serviços de nossos clientes. É um investimento alto, mas Unaí e o Noroeste Mineiro merecem.” (Afonso Almeida – Mais Comunicação) A noite de entrega dos certificados de Mérito Empresarial 2011, foi um grande sucesso. Unaí é um município que respira desenvolvimento com sustentabilidade, oferece qualidade de vida, um grande potencial agropecuário e seu comércio não para de crescer. Giancarlo Faria / Mais Comunicação

naí-MG . Cachoeira - UG B 7 8 , a g za n arlos Go - Unaí-M Rua Capitão Co Verde, 940 - B. Industrial b Av. Ca

3

7-497 7 6 3 2 8 5 8 6 (38) 367


inaugura

Fábrica A

Marcenaria do Marcelo vem há 17 anos se concretizando a cada dia através da qualidade de seus trabalhos como marcenaria destaque no Noroeste de Minas. Móveis de estilo e bom gosto e de grande qualidade para Unaí, Brasília, Paracatu, Buritis, Arinos, etc. Tudo isso levou o empresário Marcelo a ser considerado o empresário do ano em 2010. A Marcenaria do Marcelo inicia 2012 com pé direito e de casa nova, a indústria de móveis Marcenaria do Marcelo recém inaugurada no Bairro Industrial (uma construção de 5.000m²) com o que há de mais novo em maquinário para a fabricação de móveis e afins. Seu novo endereço é na Avenida Cabo Verde 940 Bairro Industrial, Unaí-MG. Telefone: (38) 3676-8582 / 3677-4973.

Maquinário de ultima geração e o profissionalismo de Marcelo e seus colabodores, refletem -se na qualidade de seus serviços


UnaíNet: 11 anos fazendo o diferencial para o empresariado unaiense Provedor de Conteúdo, o site destaca-se há 11 anos divulgando o que há de melhor da Região Noroeste de Minas

A

década de 2000 tornou-se a era de consagração da Internet. O surgimento acelerado de provedores de acesso e portais de serviços on line contribuíram para este crescimento. A Internet passou a ser utilizada por vários segmentos sociais. Os estudantes passaram a buscar informações para pesquisas escolares, enquanto jovens utilizavam para a pura diversão em sites de games. As salas de chat tornaram-se pontos de encontro para um batepapo virtual a qualquer momento. As empresas descobriram na Internet um excelente caminho para melhorar seus lucros e as vendas on line dispararam, transformando a Internet em verdadeiros shopping centers virtuais. Nos dias atuais, é impossível pensar no mundo sem a Internet. Ela tomou parte dos lares de pessoas do

mundo todo. Estar conectado a rede mundial passou a ser uma necessidade de extrema importância. A Internet também está presente nas escolas, faculdades, empresas e diversos locais, possibilitando acesso as informações e notícias do mundo em apenas um click. O site UnaíNet é fruto de um trabalho de 11 anos, a empresa é dedicada a um propósito de divulgar Unaí e a Região Noroeste de Minas Gerais a todo o mundo, sem limitações, sem barreiras, levar o que há de mais especial na nossa sociedade, nas pessoas, nas organizações, nos comércios, na vida pública a conhecimento de todos através da internet, comprovadamente o instrumento mais eficiente que existe para publicidade e divulgações de conteúdo. www.unainet.com.br

São mais de 4 milhões de visualizações de páginas em 2011, média que faz do UnaíNet a principal mídia da cidade de Unaí e Região com acesso em mais de 63 países pelo mundo tendo como principais cidades, Unaí, Noroeste de Minas, Brasília e Belo Horizonte.

“Hoje no mundo da comunicação e globalização a internet é a ferramenta mais utilizada para pesquisas, informações e conhecimento. Há 05 anos quando fui co nv i d a d o para morar em Unaí a primeira busca na internet, me apontou o site da UnaíNet, onde eu pude pesquisar e conhecer sobre a região do Noroeste de Minas. Hoje eu vejo como o site cresceu com um novo design e as empresas da região a cada dia divulgam neste novo mercado cada vez mais agressivo e competitivo. O Sebrae MG acredita no trabalho da empresa UNAÍNET, pois acreditamos na divulgação e repercussão que atinge os nossos clientes.”


A

Unidade de Atendimento Frei Anselmo Unaí, mais conhecida como Abrigo Frei Anselmo é uma entidade beneficente, sem fins lucrativos, que tem como primeiro objetivo proporcionar uma hospedagem com carinho, aconchego e conforto, aliada à segurança e à garantia de uma vida saudável. Para falar deste belo trabalho é oportuno referendar a Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP), que sempre trabalhou alicerçada em dois objetivos: assistência às famílias carentes do município com cesta básica e espiritual e seu maior projeto - Abrigo Frei Anselmo, que conta hoje com 113 residentes. A chegada à melhor idade traz consigo limitações sobre um corpo debi

O

Abrigo Frei Anselmo fica na Avenida Frei Anselmo 687, telefone: (38) 3676-3229. O Abrigo está localizado em um terreno de 20.000 m2 e tem 2.400m2 de área construída, local amplo e a cada dia se transforma em função de oferecer uma melhor acolhida ao

residente. O Abrigo foi inaugurado em 12 de dezembro de 1989(as novas instalações), pois ele veio da avenida José Luiz Adjuto, local onde hoje é a Factu. O Abrigo Frei Anselmo tem como atual presidente Cláudio Gonçalves Siqueira.


A

litado, que já não tem a mesma força, resistência e raciocínio da época da juventude. Conversando com algumas pessoas, nós percebemos que, para a maioria, o grande receio é de ficarem sozinhas e abandonadas, pois o envelhecimento muitas vezes traz consigo a perda dos amigos, da independência, da liberdade, do carinho e da atenção de todos. Trabalhando com toda dedicação, em respeito à experiência e à sabedoria dos muitos anos vividos pelos internos, a diretoria e toda a equipe Abrigo Frei Anselmo reconhecem que o envelheci-

lém do pão, a coordenadora Juraci Cota explica que é também necessário a interatividade com o mundo lá fora e programa passeios maravilhosos a fazendas ao Museu Municipal, a Festa de Santo Antônio do Boqueirão entre outras. Fazem questão de comemorar várias ocasiões como as festas juninas e o carnaval. Um dos grandes momentos do ano é a semana do idoso, quando é elaborada uma extensa programação incluindo passeios, pizzarias, sorveterias e etc. Segundo Juraci eles também fazem uma festa de aniversário na última quartafeira do mês, onde comemoram os aniversariantes daquele mês, uma festa. Juraci aproveita para convidar à todos a escolherem uma ocasião e comparecer para confraternizar.

mento é um processo inexorável, que começa na infância, reservando a todos nós, a enorme experiência e o eterno aprendizado da vida; dessa forma, propõe-se a trabalhar com amor, responsabilidade e honestidade em prol do bem estar, conforto, tranquilidade e de uma vida digna para todos os seus

Novas instalações

As novas instalações, que buscam adequação às exigências da Anvisa, oferecem mais qualidade de vida aos residentes: • atendimento e tratamento personalizado a todos os hóspedes, com uma equipe multidisciplinar • profissionais especializados em todos os tipos de patologia do idoso, com médico, enfermagem 24 horas, nutricionista e projetos de interação com a comunidade;

• refeitório e salas arejadas e bem iluminadas; • ampla varanda que possibilita a prática de diversas atividades; • jardim e horta que permitem a proximidade com a natureza;

• quartos e banheiros arejados e higiênicos;

• higiene, organização e todos os detalhes, tornam o ambiente confortável e aconchegante;

• pátio arborizado que proporciona bem estar e atividades ao ar livre;

• adequações para idosos com limitações físicas ou não;

• infraestrutura com rampas e corrimãos que facilitam o acesso;

• disponibilidade de local de fácil acesso para facilitar as visitas de parentes e amigos.

residentes. O Abrigo Frei Anselmo tem como objetivo proporcionar à Terceira Idade um ambiente acolhedor, alegre e aconchegante, onde se encontra maior alegria de viver. Por isso hoje o Programa de Gestão do Abrigo é um novo conceito em cuidados para idosos, prestando um serviço de hospedagem assistida e supervisionada diretamente por profissionais da saúde. Foi pensando na melhoria da qualidade de vida, através de convívio harmônico, ativo e saudável, que nasceu a “Campanha Amigos do Abrigo Frei Anselmo da SSVP”. A campanha busca


a estabilidade financeira da instituição e canaliza investimentos, atenção e cuidados direcionados às novas formas de atendimento ao idoso, oferecendo serviços diferenciados num ambiente familiar, extremamente agradável, e com toda a infraestrutura que os residentes necessitam. Com o trabalho da diretoria e graças ao apoio recebido de toda a sociedade organizada - entidades, associações, clubes de serviços, doadores, voluntários e todos os clientes do carnê da Campanha Amigos do Abrigo Frei Anselmo durante todas as campanhas, o Abrigo está sendo reestruturado. A 6ª Campanha Amigos do Abrigo Frei Anselmo tem papel fundamental no custeio das despesas de manutenção, bem como nas reformas e adequações já citadas. O Abrigo conta hoje com uma equipe de profissionais qualificados, com experiência e motivação para prestar um atendimento ao idoso com qualidade superior. Além da eficiência dos serviços na saúde, os colaboradores oferecem aos residentes todos os cuidados básicos necessários e complementares de higiene pessoal, alimentação, serviços de lavanderia, atividades interativas e apoio de ambulância em caso de emergência.

Carinho, ética, transparência e paciência com cada um. Aqui, cada detalhe é pensado e planejado para garantir o bem estar de todos. A “Família Abrigo Frei Anselmo” agradece a todos que contribuem , espiritual e financeiramente, para que os objetivos sejam alcançados.

Assim como de pão, precisamos de amor e carinho. Esse é o chamamento feito por nossos irmãos, provisoriamente abrigados conosco. Faça-nos uma visita, deixe um pouco de si. Haverão de ser muitas as lembranças e, com certeza, o maior beneficiado será você.

O

cuidado com a saúde do residente é uma preocupação constante da direção. Os residentes

contam com a assistência de Fisioterapeutas, Fonoaudiólogos, Enfermeiros, Psicólogo, Psiquiatra, Clínico Geral, Assistente Social, Neurologista, Terapeuta Ocupacional, Nutricionista, Técnicos em Enfermagem e uma excelente equipe de limpeza e na cozinha.


P

elo 3º ano consecutivo, o Posto Soares Braz, sob a direção de Frederico Soares Braz, promoveu seu evento de final de ano “Natal Solidário”. O evento aconteceu na manhã do dia 07 de Dezembro no pátio do Posto SB, com alunos do Bairro Mamoeiro sendo contemplados. Uma ação onde Papai Noel comandou a festa que teve direito a: pipoca, refrigerante, algodão doce, cachorro quente e pinturas no corpo, é e claro depois de receber das mãos do próprio Papai Noel muitos brinquedos e abraços trazendo alegria para a criançada nesta época tão especial. Foi uma bonita festa, em que a família “Soares Braz” e colaboradores

A Associação Amigos do Meio Ambiente, acaba de entregar ao município 22 propriedades inteiramente dentro das normas ecológicas.

do Posto SB não pouparam esforços para a realização da mesma. O Posto SB tem mostrado a cada dia sua preocupação para com o social em outras ações como o jantar da APAE que realizam anualmente. Parabéns ao Posto SB pelo desenvolvimento de sua responsabilidade social.

undada em 10 de Março de 1997, esta conceituada ONG ambientalista está devidamente constituída há mais de 13 anos, e desde então vem lutando pela preservação e recuperação da qualidade ambiental dos ecossistemas locais, através da execução de diversos projetos como: REVITALIZAÇÃO DA NASCENTE DO CÓRREGO CANABRAVA, Projeto EXERÇA CIDADANIA: RECICLE NO DIA A DIA, “RIO PRETO” e esse, que deu personificação nacional e até internacional à associação, que é o Projeto UNAÍ: RIO DAS ÁGUAS ESCURAS. Presidida pelo jornalista e radialista, Washington Moreno, um dos fundadores da associação, a mesma procura ter em sua diretoria associados que tenham em seu ofício diário atuações junto ao meio ambiente e, prova disto, é que muitos membros são servidores de autarquias como IEF e EMATER por exemplo. Na ultima quinta-feira, dia 05 de janeiro, no auditório das faculdades INESC, aconteceu a entrega de certificados e troféus aos proprietários rurais e parceiros do projeto Unaí: Rio das Águas Escuras. Foram 22 as propriedades trabalhadas quando todas elas tiveram suas nascentes protegidas com: cerca de arame, limpeza e adequação do local da nascente, reflorestamento local, cercas de isolamento, construção de barraginhas e curvas de nível. Tendo como parceiros a Prefeitura Municipal, o SAAE, o IEF e a APROFAP, que é a associação dos fazendeiros da região do Pico. O município de Unaí ganhou mais vida nesta

região quando todas as águas das nascentes escorrem diretamente para o rio Preto, que as leva para o Paracatu e por ele, chegar as águas do São Francisco, cuja bacia, o rio Preto faz parte. O presidente Washington Moreno falou sobre o projeto: “ É com grande orgulho que todos nós da AAMA conseguimos entregar a comunidade mais esse trabalho. O momento é de alegria e agradecimento e quero deixar claro e público o agradecimento que tenho por todas as pessoas de todas as etapas desse projeto. Desde a Taynara e o Daniel que são os que mais ficam em nossa sede, até aos colaboradores que eu nem chego a conhecer. Obrigado. A AAMA como um todo esta satisfeita pelo resultado quase final dos trabalhos e esperamos que em março, quando termina o nosso aditivo, possamos sim, dizer que não apenas 95% do trabalho foi realizado mas sim, 100%. Esse ano de 2012 vai ser um ano de mudanças na AAMA uma vez que nos foi repassado um terreno pela Prefeitura e esperamos poder construir, estaremos trabalhando para isso, a nossa sede própria que nos dará mais mobilidade e até mesmo mais credibilidade junto aos órgãos que estão sempre ávidos a bons projetos, pois verba existe, devemos saber procurá-la. Aproveito a ocasião para desejar um feliz 2012 a todos e que possamos, todos nós, sempre estarmos preocupados e cuidando do nosso meio, do meio ambiente.” disse o presidente.


Saúde

C

Uruana de Minas 15 anos

de contínuo progresso

C

om várias cachoeiras e abundante beleza e riqueza natural, nasceu em janeiro de 1997, há 15 anos atrás. Foi realmente construída para ser a princesinha do Urucuia. Seu nome foi uma junção do Vale do Urucuia com o nome de uma onça bastante conhecida na região, Sussuarana. Sem muita estrutura urbana ,poucas casas, quase nenhum comércio, unidades públicas raras, mas uma população ansiosa para conhecer o desenvolvimento de sua cidade. Em pouco tempo muita coisa aconteceu....Quem te viu ,quem te vê... Nasce a cidade de Uruana de Minas, junto, vieram as administrações municipais, a primeira se instalou na E.M. Gustavo Capanema( em uma sala de aula), aceleradamente as mudanças foram acontecendo...

Mudanças de Uruana •Formação de novos bairros... •Água tratada ... •Asfalto urbano... •Energia em todos os bairros... •Centro de saúde... •Faculdade... •Ginásios poliesportivos... •Praças... •Associações comunitárias... •Centro poliesportivo.. •Ambulâncias... A transformação trouxe o progresso de Uruana de Minas que é hoje uma das melhores cidade pra se viver. Somos orgulhosos de sermos uruanenses, acreditamos na expansão do progresso a cada dia e dedicamos todo o nosso trabalho a esta cidade acolhedora, calma e de gente guerreira.

•Frotas de veículos municipais... •Veículos escolares, tratores, máquinas e implementos... •Calçadas... •Reforma de casas... •Especialistas na área da saúde... •Festa da cidade, de Romaria, da Cultura... •Apoio aos produtores rurais... •Programas de Ação social.. •Atendimento bancário... •Legalização dos terrenos urbanos...

Tânia Menezes Lepesqueur Prefeita

om apenas 01 postinho de saúde sem atendimento nasceu o sistema de saúde de Uruana de Minas.Segundo município do Noroeste de Minas a implantar o Programa Saúde da Família que tem uma cobertura de 100% dos moradores. Foi apenas o pontapé inicial para que os atendimentos básicos fossem ampliados. A saúde bucal foi novidade para a população que não possuía nenhum atendimento odontológico. As crianças passaram a ter atendimento odontológico nas escolas , os adultos passaram a ter um atendimento especializado. Hoje temos um dos melhores índices de saúde bucal da região. As instalações físicas foram construídas, médicos, enfermeiras, técnicos em en-

fermagem, bioquímicos, psicóloga, nutricionista, agentes de endemias, agentes de saúde,THD e dentista formaram o quadro da saúde. A água tratada chegou através da ETA para atender melhor os consumidores.

Obras

A coleta de lixo e a implantação do aterro sanitário previne doenças. A contratação de vários especialistas: oftalmologista, neurologista, pediatra, ortope dista,urologista,ginecologista fez a diferença no atendimento. “Estamos investindo mais a cada dia na saúde e o retorno é a população saudável.” Os programas de prevenção, campanhas e acompanhamento das famílias, dão prioridade aqueles que possuem hipertensão, diabetes e outras doenças crônicas. São oito veículos novos e semi novos para transportar os pacientes que tem atendimento especializado em Unai e Brasília.

Administração

Administrar é cuidar da população

A

secretaria de administração é a linha mestre para planejamento e execução dos projetos do município. Através dela também vários benefícios foram entregues à população. As prioridades da administração foram a construção da sede da Prefeitura e da Câmara Municipal. A rodoviária foi de também de grande importância para os uruanenses e visitantes. O registro dos terrenos urbanos deu segurança e tranqüilidade aos proprietários de imóveis, era um sonho antigo dos moradores.O progresso trouxe o posto dos correios , o Banco Postal e o posto de atendimento BRADESCO, o IMA, o atendimento da delegacia civil, o SIAT, o controle do patrimônio e a implantação da Lei eral do Município que beneficia os empreendedores.

A

s obras são destaque no município, pela qualidade, importância e quantidade. São 15 anos , quatro administrações em busca de recursos junto ao governo estadual e federal para realizar inúmeras obras:

1. Estação de tratamento de água 2. Construção da Escola da Educação Infantil Balão Mágico 3. Construção da sede da Prefeitura Municipal 4. Construção da sede da Câmara Municipal 5. 08 etapas de pavimentação asfáltica 6. Construção da biblioteca Municipal

7. Construção da praça da matriz 14. Sala de Rx 8. Construção do Centro poliesportivo 15. Centro de informática 9. Construção da quadra Astor 16. Rede de esgoto Ferreira de Morais 17. CRAS 10. Construção da Praça da matriz 18. Construção de calçadas 11. Centro Municipal de Saúde 19. Construção de 30 casas 12. Construção do PSF populares 13. Construção da sede da vigilância sanitária


Esporte Esporte é vida • Campeão do torneio do Peladão categoria A. • Campeão do Campeonato Veredão em 1999 categoria A. • Campeão do Campeonato Veredão em 2000 categoria A. • Campeão do torneio Veredão 2003 categoria B. Todos os eventos organizados pela Radio Veredas de Unai: • Supercampeão da I Copa Grande Sertão Veredas de Futebol de 2010 categoria A e Vice campeão da categoria B NO FUTSAL Campeão Regional de Futsal em quatrocategorias. Três foram ganhas pelas equipes uruanenses Com a chegada do Parque Aquático, com piscina de 25 metros semi olímpica, estamos plantando sementes na na-

Educação

Uruana de Minas é referência na Educação de qualidade

A

Educação de qualidade no município de Uruana de Minas sempre foi reconhecida. Após a emancipada a capacitação e os investimentos na Educação aperfeiçoaram o sistema de Ensino. A nucleação e implantação de 12 linhas de transporte escolar acelerou o desenvolvimento desde 1997 (15 anos atrás) e o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica tem elevado o município que é considerado um dos ensinos mais qualificados do noroeste. Em 1999 ,a Educação Infantil se destacou com novas estruturas Físicas e implantação oficial do Ensino Infantil.(E.Municipal da Educação Infantil Balão Mágico) Em 2003, foi instalada a primeira Faculdade em Uruana com a implantação do Curso Normal Superior através da UNIPAC (Universidade Presidente Antônio Carlos). Vários concluintes já fazem parte do quadro de pro-

tação e no futuro bem próximo veremos grandes nadadores uruanenses. -A criação de escolinhas de esporte, foi realmente uma conquista importante para nossas crianças e adolescentes tornando um celeiro de cidadãos e no surgimento de grandes talentos no esporte local e regional. No voleibol, no futsal, na natação, no fessores do Distrito Federal, Unaí, Uruana de outros. Em 2007 Foi construído o prédio da Escola Estadual Darci Ribeiro que atende os alunos do Ensino Médio. Os núcleos de informática em um total de quatro oferecem cursos de capacitação profissional e atende a população com as novas tecnologias (internet e cursos). O convênio com a APAE/Arinos atende os alunos especiais do município Em 2011 foi implantado o curso Técnico de Enfermagem oferecido também pela UNIPAC.Em parceria com o parceria com o IFET (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia), implantamos dois cursos técnicos Federais : Técnico em Segurança do Trabalho e Técnico em Meio Ambiente. A escola de aprendizagem de marcenaria busca a geração de renda para os jovens. O apoio aos alunos do 3º grau com o transporte escolar via Unaí tem sido permanente e jovens e adultos estão a cada dia buscando novos horizontes com a conclusão do Curso superior. Para erradicar o analfabetismo o município oferece também cursos de habilitação para Jovens e Adultos (EJA).

handebol já estamos colhendo frutos importantes. Nossas equipes vêm ganhando tudo que participam e com isso passou a ser um esquadrão a ser batido na região. -O grupo da 3º idade, uma conquista muito importante, tendo pela melhoria da qualidade de vida dos participantes, adquiridas através de aulas de ginástica aeróbica e localizada, caminhadas, alongamento e flexibilidade, encontros com outros grupos e os bailes da 3º idade. São hoje 82% menos consultas e internações. A pratica destas atividades tem levado aos mais vividos uruanenses uma formula infalível para se viver melhor e prolongar sua expectativa de vida. Exercícios físicos, boa alimentação e fazer parte de um grupo se pessoas para se divertir e passar o tempo.

A capacitação e valorização dos professores tem sido constante, e com a implantação do plano de carreira que está andamento os profissionais terão maior segurança na sua carreira de educador. A merenda escolar de excelente qualidade,realizada com o acompanhamento de nutricionista e por cantineiras dedicadas completa a alimentação diária dos alunos Para fechar os 15 anos com chave de ouro, a Secretaria Municipal de educação inaugura as instalações do Centro referencial de Educação, que é uma Escola Apoio para integrar e aperfeiçoar o Ensino Fundamental.

Presidente Adão Mendes, Vice Jesus Ribeiro, 1º Secretário Fernandão Queiroz e 2º Secretário José Antônio. Membros da 3ª sessão legislativa da 4ª legislatura compreendendo o periodo de 3 de janeiro de 2011 a 02 de janeiro de 2012

LEGISLATIVO DE URUANA REALIZA BONS TRABALHOS EM 2011

A

mesa diretora da Camara Municipal de Uruana de Minas teve um ano de excelentes trabalho, com muitos motivos para comemorar, desde a harmonia entres os edís, na discussão dos trabalhos assim como nos bons resultados obtidos nos mesmos. Em 2011 foram protocolados 48 projetos e votados 42 e um projeto de lei complementar. Foram apresentados ainda e votados três projetos de decretos VETO AO PROJETO DE LEI N° 017/2011, de autoria da Prefeita Municipal, que institui o Diário Oficial Eletrônico do Município de Uruana de Minas para fins de publicação de atos do governo municipal e dá outras providências. VETO AO PROJETO DE LEI N° 019/2011, de autoria da Prefeita Municipal, que dispõe sobre a revisão geral e anual dos servidores públicos municipais de Uruana de Minas. INDICAÇÕES E REQUERIMENTOS: Nos termos do livro de protocolo e arquivo de proposições, foram apre-

sentadas 65 (sessenta e cinco) Indicações e 27 (vinte e sete) Requerimentos de iniciativa dos Vereadores, durante a

3º Sessão Legislativa, da 43 Legislatura, sendo que a distribuição por Autor é a seguinte:


auto de natal Decoração de Natal de Brasília usa iluminação colorida realçando arquitetura

BRASÍLIA

da cidade

NO NATAL

Dos Canarinhos de Nossa Senhora do Carmo

O

Coral Canarinhos de Nossa Senhora do Carmo já vem encantado aos unaienses e pessoas de várias cidades por onde se apresentam há mais de dez anos, dirigidos pela dupla Ana e Gustavo, o coral canta e encanta por onde passa. Este ano ao contrário dos últimos três anos o Auto de Natal apresentado por eles, que foi uma iniciativa do jornalista Luiz Anselmo, não foi realizado no Museu Municipal, e sim nas janelas da prefeitura municipal aproveitando a linda iluminação da praça. A população compareceu para prestigiar este belo momento natalino. Esteve presente também o vice prefeito José Gomes Branquinho, que tem prestigiado os eventos culturais na cidade. O evento foi abrilhantado também pela apresentação da Banda Municipal Unaiense. Parabéns a Creonice Leitão Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, por mais esta ação de sucesso!


(38) 3676-7846

Fax: (38) 3676-2242


Ano do Dragão: O espírito indomável

trará energia para fazer de 2012 um ano marcante

N

o horóscopo chinês, um dos mais antigos do mundo, cada ano é regido por um animal, cujas características emprestam significado e dão o ‘tom’ para os acontecimentos. Os animais são: Rato, Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Carneiro, Macaco, Galo, Cão e Porco. Diz a lenda que Buda convocou todos os animais para um banquete, mas apenas 12 compareceram. Como forma de mostrar a sua gratidão, atribuiu um ano a cada animal. Os 12 animais da astrologia chinesa dizem muito sobre cada pessoa; seu caráter e traços de personalidade. Você descobre qual é o seu signo animal tomando por base o ano de nascimento. Segundo este sistema, cada signo tem suas próprias forças e fraquezas, pontos cardeais, cores, estações do ano. Ano do Dragão Em 2012, que é o Ano do Dragão, o Ano Novo Chinês se inicia em 23 de janeiro e termina no dia 09 de fevereiro de 2013. Segundo os chineses, em um ano do Dragão o Céu e a Terra estão em equilíbrio e, por isso, o sucesso é possível de ser alcançado, se houver determinação, ousadia e empenho. O espírito indomável do Dragão tornará tudo maior neste ano. Teremos energia adicional e combustível para fazer de 2012 um ano marcante. Outro aspecto positivo deste ano é que será bom para negócios e dinheiro, que poderá ser gerado ou obtido facilmente. É o momento de pedir ao gerente um empréstimo ou pedir para o chefe um aumento. Mas com os grandes gastos, aqueles que ultrapassam os limites do razoável. O poderoso Dragão

não é muito prudente. Com ele é tudo ou nada. Os orientais consideram que este é um ano auspicioso, bom para casar, ter filhos ou começar um negócio novo, porque o Dragão benevolente traz a boa fortuna e a felicidade. Entretanto, este é também um momento de moderar o nosso entusiasmo e de olhar duas vezes antes de dar um salto maior que as pernas. O afortunado Dragão rega com a sua sorte indiscriminadamente tudo, inclusive nossos erros. O sucesso e as falhas serão ampliados da mesma maneira.

Instituto

Temperamentos e ânimos se aquecem. As pessoas ficam mais sujeitas às ofensas, brigas e discussões. As paixões são mais difíceis de serem controladas. A atmosfera elétrica criada pelo poderoso Dragão afetará de forma individual e coletivamente todos nós e também a natureza.

O

No ano do Dragão, os desastres serão tão grandiosos quanto as fortunas. Este será um ano marcado por muitas surpresas e atos violentos da natureza.

Instituto Inhotim foi idealizado pelo empresário Bernardo Paz em meados da década de 1980. Em 1984, o local recebeu a visita do renomado paisagista Roberto Burle Marx, que apresentou algumas sugestões e colaborações para os jardins. Desde então, o projeto paisagístico cresceu e passou por várias modificações. A propriedade particular foi se transformando com o tempo. Começava a nascer um grande espaço cultural, com a construção das primeiras edificações destinadas a receber obras de arte contemporânea. Ganhava vida também o rico acervo botânico, consolidado a partir de 2005 com o resgate e a introdução de coleções botânicas de diferentes partes do Brasil e com foco nas espécies nativas. Inhotim possui atualmente cerca de 70 obras em exposição, que se dividem entre trabalhos permanentemente ins-

Inhotim

talados e aqueles expostos em quatro galerias, que abrigam mostras temporárias de longa duração: Fonte, Lago, Mata e Praça.

A proposta museológica do Inhotim compreende diferentes espaços expositivos. Muitas obras estão expostas ao ar livre, em meio ao jardim, imersas na mata, no topo de uma montanha, ou sobre um espelho d’água. Outros trabalhos se encontram em espaços fechados, exibidos individualmente em pavilhões construídos especialmente para abrigá-los, ou compondo mostras coletivas em grandes galerias. A coexistência de espaços abertos e fechados promove uma experiência singular de fruição da obra de arte. Outro diferencial deste espaço museológico do Inhotim é a ausência de um percurso linear preestabelecido, de uma ordem obrigatória, ou de uma perspectiva predominante. As trilhas que percorrem organicamente o parque propõem percursos livres entre as obras ao ar livre e as galerias.


A

Albertina de Sá

Luciana Navarro

Cleuza Moura

Marneide Matos

M. José Capanema

pedido do administrador do Museu Municipal de Unaí, jornalista Luiz Anselmo, a renomada fotografa Mary Menezes, fotografou diversas mulheres para a exposição “Mulheres de Unaí” para o projeto “Primavera nos Museus” realizado pelo IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus). Exposição esta que foi um sucesso de público e de critica. A exposição continua no Museu Municipal Maria Torres Gonçalves até o carnaval. A administração do Museu convida a todos que ainda não viram a exposição para prestigiar o museu e conhecer um pouco mais sobre a mulher unaiense. O Museu Municipal fica na rua Dr. Joaquim Brochado 197, bairro Capim Branco, funciona de terça a sexta de 08:00 as 18:00 horas e nos domingos de 09:00 as 15:00 horas. O telefone do Museu Municipal é (38) 3677-5647

Vera B. Martins

Neuzani Branquinho

Nara Versiane

Alda Barbosa

“Bilisca”

Cleusa F. Oliveira

Maria Tibúrcio

Catia Regina

Raquel Damasceno

Elza Maria

Sgt. Kátia Analu

Dona Luzia

Creonice P. Leitão

Ana Mânica

Bernadete Mânica

Dona Conceição

Mãe Ôta

Altair R. de Sá

Marisa Costa

Maria Helena Leitão

Maria Torres Gonçalves

Margarida Angélica

Nenem Gaia

Dalva Dias

Silvana Alves

Joviana Alves



minasemrevista18