Page 1


BUENOS AIRES

CANNES JOHANNESBURG

CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS SHOPPING MUELLER | JOINVILLE - SC LAS VEGAS MIAMI NICE ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SÃO PAULO

550 LOJAS - 18 PAÍSES


@carmensteffens CarmenSteffensOnline


EDITORIAL

Infinitamente satisfeito Parabéns para a Duo! Há 8 anos no mercado inovando com criatividade e credibilidade. O número 8 deitado simboliza o infinito que representa o conceito do que seria a eternidade, como algo que não tem começo, nem fim. Essa frase resume meu texto de parabéns à revista, que seja eterna e que não tenha fim. Há 8 anos a Duo é a revista que mais se encaixa no perfil de Joinville. Para os leitores, nossa intenção é agradar gregos e troianos com vários cadernos com propostas diferentes. Para os empresários que confiam sua marca, trabalhamos na busca constante do retorno de investimento, credibilidade, pontualidade e assertividade. Como diretor, acredito que o principal desafio dos próximos anos será o de continuar a regionalidade e a qualidade, seja nas edições mensais ou nas edições especiais: anuários de Noivas, Duo mulher, Homem e Kids. E principalmente, criando novos eventos para atender às necessidades dos anunciantes. A Duo nasceu de uma conversa entre amigos sobre a necessidade de mercado de um produto local, acessível e interessante. Falar da história da Duo é falar de cada edição, de conteúdo inovador, da criatividade e credibilidade dessas quase 50 edições entregues nestes 8 anos de existência. Quando escrevemos nossa história, falamos de páginas escritas dia após dia, uma de cada vez, como a própria revista,

pontuando temas locais, atuais e relevantes. Já nas capas, encontramos belezas naturais da nossa cidade, fotógrafos, profissionais de moda e beleza, o que gera um resultado totalmente local. Por sinal, esse é um ponto que me orgulha muito, tudo que você lê na Duo, é feito por nós, aqui em Joinville. Nem nos meus melhores rascunhos, eu imaginava que me apaixonaria desse jeito por algo e que gostaria tanto de ver esse “ filho” crescer. Por isso hoje eu só quero agradecer e desejar a todos que encontrem algo que realmente façam o seu coração bater mais forte. Quando isso acontece, o seu trabalho acontece, as coisas fluem e qualquer obstáculo vira trampolim. Para finalizar esse momento tão importante, traduzo meu sentimento com a letra da música “Quase sem querer”, de Renato Russo: “Quantas chances desperdicei, Quando o que eu mais queria Era provar pra todo o mundo Que eu não precisava Provar nada pra ninguém Já não me preocupo Se eu não sei por que Às vezes o que eu vejo Quase ninguém vê Tão correto, tão bonito o infinito é realmente um dos deuses mais lindos...” Obrigado a todos que fazem a nossa revista ser a mais linda da cidade. Boa leitura!

DIAGRAMAÇÃO

EXPEDIENTE 47 3043 2150 monograma@monogramadesign.com EDITORA DE CONTEÚDO Tabata Kadur jornalismo@revistaduo.com.br JORNALISTAS Ana Paula Padilha Jefferson Luchtenberg

CAPA | Por trnd 24/7 Fotografia e tratamento: Kacio Lira Assit. fotografia: Arthur Peters Produção: Tabata Kadur e Mariáh Cidral Beleza: Paula Bernardes Modelo: Adriana Lamim Veste: Marise Moda R: Ministro Calógeras,1575 | (47)34542166

COLABORADORES Ademir Moerschbacher Jr Cláudia Petry Drag Conchita Evelize Olimpo Fabíola Bernardes Flávia Sapelini Ju Pamplona Katiane Marta Laura Bona Moll

Toni Furtado

Márcia Campos Márcia Tasca Mario Kutianski Matilde Melo Rafael Lobo FOTOGRAFIA Elaine Theodoro Valéria Grams Simone Zancanella REVISÃO Ana Paula Padilha DIREÇÃO GERAL Toni Furtado toni@revistaduo.com.br 8423-3934 | 3025-4711

ANUNCIE EM NOSSA REVISTA! DEPARTAMENTO COMERCIAL toni@revistaduo.com.br comercial@revistaduo.com.br contato@revistaduo.com.br


ÍNDICE

CASA & DECORAÇÃO

16

MODA

37

DUO SAÚDE

54

CABELOS

65

DUO SABORES

74

Concrete soul

Projeto verão

Mova-se

Um Brasil alemão

SOCIAL

37 CONCRETE SOUL

Foto: Kacio Lira

65

74

98

Foto: Vand Rodriguez

Construção civil e as tendências do setor


SOFISTICAÇÃO E PRATICIDADE. Venha conhecer o que nós separamos para sua casa e para sua família. Fotos: Valéria Grams

DESTAQUE DO MÊS

JOGO DE PANELAS BRINOX 7 PEÇAS POR R$

499,00

cada

COZINHA APARELHO DE JANTAR PORCELANA 32 PEÇAS

SOUSPLATS 6 PEÇAS

POR 3x DE R$229,00

POR R$149,00

PANELAS REFRATÁRIAS

JOGO DE TAÇAS 6 PEÇAS

A PARTIR DE R$59,90

A PARTIR DE R$149,00

cada

FAQUEIROS (VÁRIOS MODELOS)

(VÁRIOS MODELOS)

cada

A PARTIR DE R$79,90 cada

SUQUEIRA 4 LITROS

(VÁRIOS MODELOS)

cada

cada

POR 3x DE R$166,00 cada

LIQUIDIFICADOR OSTER

CENTRO DE MESA

CASTIÇAIS

POR 3x DE R$199,00

POR 2x DE

A PARTIR DE R$69,90

cada

Edição 01 - Ano 01 - 2016 • Imagens meramente ilustrativas.

R$124,00 cada

cada

Ofertas válidas de 01/10/2016 a 31/11/2016.


SOFISTICAÇÃO E PRATICIDADE. TUDO PARA SUA CASA. PRESENTES E SUGESTõES PARA CHÁS

PRATOS DE BOLOS COM PÉ

AÇUCAREIROS

(VÁRIOS MODELOS)

PORTA RETRATOS (VÁRIOS MODELOS)

A PARTIR DE

POR R$169,00

R$99,00

cada

cada

A PARTIR DE R$29,90

cada

decorações DECORAÇÕES DE CERÂMICA

VASOS DECORATIVOS

VASOS DE MURANO

A PARTIR DE

A PARTIR DE R$59,90

A PARTIR DE R$199,00

R$69,00 cada

cada

cada

lavabo LINHA DE LAVABO

LINHA DE LAVABO

QUADROS PARA LAVABO

A PARTIR DE

A PARTIR DE R$79,90

POR R$49,90

R$79,90 cada

cada

cada

Venha fazer sua lista de casamento na Casa & Case. Facilidade para os seus convidados, presentes incríveis para você.

Saiba mais em www.casaecase.com.br ou listadecasamento@casaecase.com.br

www.casaecase.com.br | 3025 4711 | 9732 8892 (WhatsApp) Rua Lages, 480 - Centro - Joinville

6X sem juros no cartão.

Imagens meramente ilustrativas.

Ofertas válidas de 01/10/2016 a 31/11/2016.


CASA &

DECORAÇÃO


Construção civil e as tendências do setor Nos últimos anos, o setor de construção mudou em alguns aspectos. O modo de construir não é mais o mesmo, reflexo da mudança no comportamento do consumidor. Por Laura Bona Moll Fotos: Cedidas por Incorposul

C

onstrução civil é o nome dado a confecção de obras como edifícios, casas, estradas, pontes e outras infraestruturas que interajam com uma comunidade, cidade ou população. Engenheiros civis, arquitetos e técnicos de outras áreas são os responsáveis por esse trabalho. Na construção, os profissionais trabalham para chegar ao objetivo da obra. Luis Carlos Presente, engenheiro civil e sócio diretor da Incorposul, explica que o propósito de cada projeto, é que a obra aconteça dentro do custo, prazo estipulado e garantindo a qualidade. Além de obedecer às leis pertinentes ao setor e aos programas de qualidade para uma edificação consciente, o engenheiro explica que a responsabilidade social, a segurança e cuidado com o trabalhador e o ambiente são fundamentais no processo.

17


CASA &

DECORAÇÃO Em seus 35 anos de experiência na área, Luis Carlos percebe que a construção civil mudou bastante, seja no nível técnico, nos equipamentos, materiais, acabamentos ou técnicas construtivas, tudo evoluiu com o tempo, assim como o perfil do usuário. “Por exemplo, os apartamentos de dois quartos antigamente tinham o dobro do tamanho que têm hoje. A tendência são apartamentos menores e mais integrados, já que as famílias optam por cômodos mais próximos para a convivência”, afirma. Com as mudanças que foram acontecendo, a gerente comercial da incorporadora, Renata Baggio também fala que os clientes ficaram mais exigentes e participativos na escolha de seus imóveis, buscando as melhores opções. Área de lazer nos condomínios como salão de festas, piscina, academia e churrasqueira na sacada são escolhas frequentes do público. O crescimento vertical e a melhor utilização dos terrenos foram algumas das transformações que que aconteceram. “Com o aumento dos carros e a necessidade de mais vagas de garagem, também existe a maior necessidade de vagas no subsolo. Agora é bem mais comum do que há um tempo atrás”, explica Amandus Zibell Neto, que trabalha há 15 anos com o mercado imobiliário e de construção civil, dos quais, sete também são dedicados à arquitetura. Hoje, trabalhando no Studio Zaav arquitetura, Zibell relata que assim como na moda, algumas tendências caem em desuso e depois voltam a ser usadas. Ele cita uma pesquisa onde a primeira preocupação das pessoas em relação aos imóveis é a segurança, em segundo lugar o conforto e em terceiro o lazer. Amandus conta que o mercado

18

imobiliário sempre tem a cultura local. “Aqui no sul, por exemplo, churrasqueira a carvão é bastante pedido”, disse. Com a tecnologia de esquadrias, ele explica que muitas pessoas optam por fechar as sacadas dos imóveis, de modo que fiquem incorporadas ao apartamento. Também existe a preocupação com a orientação solar dos imóveis. O profissional explica que a equipe evita construir apartamentos com todos os cômodos virados para o sul, já que não pegam sol. As normas de segurança e de bombeiro são mais rígidas do que alguns anos atrás, salienta Amandus, assim como os elevadores são mais modernos. “O que também mudou bastante na arquitetura

por questão de legislação, é a parte de acessibilidade. A partir do decreto federal, todos os projetos, comercias ou residenciais, são obrigados a ter”, fala. A troca das l âmpadas incandescentes pelas de LED, que aconteceram porque o custo da energia subiu e o custo das lâmpadas de LED diminuiu já se tornou uma prática comum. As novas tecnologias também influenciaram em peças de vidro em dimensões maiores e peças de alumínio que suportam esquadrias maiores. Amandus também fala sobre a evolução na parte de ferragens e sobre o maior uso de alumínio, PVC e vidro temperado nas construções. ■


PUBLIEDITORIAL

Construindo sonhos

A construtora Mega Brasil está no mercado há dez anos construindo e entregando os melhores edifícios da região norte. Por Ana Paula Padilha Fotos: Valéria Grams

C

onquistar um apartamento é muito mais do que comprar um lugar para morar. É atender às suas necessidades, ter um lugar com a sua cara e seus gostos em cada cantinho da decoração. É receber os amigos, é ter onde formar uma família e criar os filhos. Um apartamento é um sonho para muita gente, e todos os sonhos, por mais alto que cheguem, precisam de um alicerce firme. É com esse espírito que a Mega Brasil Construtora está no mercado desde 2006 construindo edifícios primorosos e entregando imóveis de qualidade para seus clientes. A construtora que já entregou 112 unidades habitacionais surgiu

20

da experiência de Gerson Souza, que desde 2000 trabalha na área da construção civil e vem acompanhando de perto as mudanças e principais características do mercado. Quatro anos [...] mais tarde, Gerson resolveu investir na sua ideia e abriu as portas da Mega Brasil. Pouco tempo depois, a esposa Vanessa Sawulsky Souza, que trabalhava como funcionária pública, se juntou a ele no negócio. “Ela entrou na empresa para somar. Temos o mesmo objetivo, a mesma visão de negócios, trabalhamos lado a lado

e temos a mesma ideia de atender extremamente bem os nossos clientes”, conta o empresário. No momento, 59 imóveis estão sendo construídos na zona de norte de Joinville pelas mãos de Gerson, literalmente. Isso, porque o profissional faz questão de participar de cada detalhe dos empreendimentos que realiza, desde a ideia do projeto, até a entrega da chaves. “Eu faço questão de estar diariamente acompanhando cada detalhe da obra e pensando em como evoluir ou aperfeiçoar nos

no mercado desde 2006 construindo edifícios primorosos e entregando imóveis de qualidade.


BELLA FIORI:

“Imponente, sofistiticado e elegante”

mínimos detalhes. Eu e a Vanessa sempre estamos a par de tudo que está acontecendo, por isso os clientes sabem que podem contar conosco”, explica orgulhoso. O casal de empresários, que está junto há 18 anos, preza tanto pelo comprometimento com o resultado do trabalho entregue, que optou por não ter um escritório fixo, e sim, atender pessoalmente seus clientes no empreendimento que estiver em construção. “Como construímos um residencial por vez, montamos o nosso escritório na própria obra. Isso nos torna acessíveis aos nossos clientes e podemos acompanhar de perto tudo que acontece”, defende Vanessa que complementa: “sempre penso em fazer para o público, o que gostaria que fizessem por mim. Às vezes nos pedem para resolver coisas que não são nossas obrigações, mas o pós-venda é o melhor momento para garantir a satisfação de quem comprou conosco”, argumenta.

BELLA FIORI Imponente, sofistiticado e elegante. O residencial trabalhado em vidro, tons de preto e chumbo

chama atenção de quem passa pela rua Tangará onde está localizado, no número 90, no Iririú. Planejado e construído para, além de encher os olhos, ser funcional e sofisticado, o Bella Fiori atende desde o público solteiro até as famílias que querem quartos para os filhos. E não é para menos. Na fase final da construção, o residencial será entregue quase um ano antes da promessa inicial. Isso se deve a qualidade dos profissionais envolvidos na obra e pela gerência constante do casal dono da construtora. “Nos prometemos só para julho de 2017 e já vamos inaugurar o Bella Fiori agora em outubro porque trabalhamos focados em fazer o nosso melhor e acredito que esse seja um grande ponto positivo”, garante Gerson. O apartamento decorado do Residencial Bella Fiori já está disponível para visitação e é um paraíso à parte para os amantes de tendências modernas e exclusivas. Cada detalhe foi planejado e pensado para aproveitar cada cantinho do imóvel e proporcionar uma experiência de extremo conforto e singularidade ao morador. ■

MEGA BRASIL

www.megabrasilconstrutora.com.br (47) 3043-4333

21


PUBLIEDITORIAL

Tradição em conforto desde 1950

As Lojas Flamingo comemoraram este ano, 66 anos de atuação no mercado de cama, mesa, banho e presentes. Uma senhora loja, com tradição e qualidade inquestionáveis, e o espírito atual e contemporâneo. Por Tabata Kadur Fotos: Valéria Grams

D

esde 1950 no mercado catarinense, a loja Flamingo é sinônimo de tradição e qualidade. Iniciando suas atividades em Blumenau, o propósito do comércio era de atender nichos diversificados. A loja além da tradicional linha de cama, mesa e banho, atendia os setores de vestuário, tecidos e utilidades em geral. Com o passar

24

dos anos, a vocação para trabalhar com o conforto e as vestimentas do lar foi ficando latente e tornando-se o foco comercial da loja. Inicialmente fundada pelo patriarca da família, hoje a empresa está sob o comando dos sócios e irmãos Roberto e Emílio Schramm. A Flamingo atualmente tem oito lojas espalhadas em Santa Catarina, além de um outlet intitulado Outlet Prime.

A expansão das filiais aconteceu de acordo com a demanda de mercado nos anos 90. Hoje encontram-se lojas nas cidades de Itapema (desde 1972), Balneário Camboriú, Itajaí, Florianópolis, Joinville, Blumenau e em breve em Criciúma, que tem previsão de inauguração até o final do ano. A Flamingo, com a credibilidade e reconhecimento que tem hoje,


passou por vários processos de identidade de marca, assim como um trabalho incisivo de consultoria. “A experiência foi nos mostrando novos caminhos de atuar no mercado, com a ideia de sempre aprimorar nosso trabalho”, explica Roberto. A loja é especializada em produtos de cama, mesa e banho, de alto padrão, assim como recentemente foi inserida a linha de decoração e presentes. Quem assina todos os projetos arquitetônicos da empresa há 23 anos, é o renomado arquiteto Marcos Rück. O arquiteto explica que como

NOVIDADES A nova loja da Flamingo de Joinville mudou de endereço. Para garantir mais conforto e espaço aos clientes, o novo destino, com o mesmo cuidado e qualidade, fica na rua Max Colin. Muitas novidades estão sendo planejadas para o espaço, como a inserção de uma cozinha gourmet e pequenos eventos.

a loja trabalha com um segmento de moda é preciso acompanhar o mercado e as tendências. “É necessário inovar. Cada vez mais tentamos transmitir nos projetos o aconchego dos produtos”, diz Rück. O proprietário Roberto complementa que mesmo sendo uma empresa muito tradicional, sempre estão se reinventando. “Acredito que isso faz com que tenhamos sucesso. Nós sempre trazemos novidades de nossas viagens. O Marcos quando refaz um projeto para a loja, traz referências de suas viagens ao exterior. Minha filha Vicky que ajuda nos projeto das lojas e faz as compras na linha de presente e decoração, está sempre viajando também”, conta. A empresa que atualmente emprega em torno de 80 funcionários, tem a matriz e o centro de distribuição localizados em Itapema. De acordo com o empresário, a Flamingo é o maior revendedor da marca Trussardi. “Para um consumidor brasileiro e exigente, não deixamos nada a desejar. Joinville se destaca como uma das lojas que mais consome a marca Trussardi, por exemplo.” diz Roberto. Além de diversas marcas de peso e renome a companhia trabalha com as linhas da Buddemeyer e Buddemeyer Luxus, além de ter uma marca própria, chamada Domani, que atende ao mercado” nacional e também a importação.

LISTA DE CASAMENTO ON-LINE A loja virtual Flamingo foi transformada recentemente em um site especializado em listas de casamento. A noiva pode ter a comodidade de montar sua lista pela internet, assim como os convidados podem fazer suas escolhas de presente e mandar entregá-lo, tudo sem sair de casa.

DIFERENCIAIS FLAMINGO Os produtos comercializados pela empresa atendem aos padrões de primeira linha, com altíssima qualidade, encontrados em estabelecimentos planejados para melhor receber o cliente. O atendimento é um dos pontos fortes das lojas, com equipes bem preparadas e qualificadas. “Temos também o serviço de atender o cliente em casa. A pessoa nos pede o que busca e montamos todos os itens na casa dela, sem precisar vir até a loja”, explica Roberto. “A simpatia e atenção da equipe é muito importante. A gente acaba se tornando amigo. Na Flamingo os funcionários se perpetuam por muito tempo, o que dá credibilidade e confiança ao consumidor”, diz o arquiteto Marcos. ■

LOJAS FLAMINGO

Rua Max Colin, 1010 | Joinville - SC (47) 3433-5378 | lojasflamingo.com.br /lojas.flamingo @lojasflamingo Roberto Schramm

Marcos Rück

25


PUBLIEDITORIAL

Detalhes em DESTAQUE O designer Wagner Luis Mueller apresenta em parceira com as lojas Revestire e Sou.fa Design, um apartamento decorado e planejado para expressar personalidade e estilo.

Por Tabata Kadur Fotos: Valéria Grams

P

ara compor um ambiente de forma a traduzir a essência daqueles que ali habitam, é preciso sensibilidade e tato. O Designer de Produtos Wagner Luis Mueller, é especialista

26

em interiores e atua em projetos residenciais, corporativo e também com reformas. Ele conta para a Revista Duo sobre um de seus projetos realizados recentemente em parceria com as lojas joinvilenses Revestire e Sou.fa.

PROJETO PERSONALIZADO Para a definição desta área social em um apartamento na cidade de Camboriú, foram pontuadas


algumas características marcantes definindo a personalidade do cliente: um jovem solteiro e apaixonado pelo surf. As únicas premissas que estavam definidas no apartamento eram o piso cerâmico e o gesso liso. Os detalhes para caracterizar tal personalidade, dividiram-se em cores, imagens, texturas, móveis e objetos decorativos. Em meus projetos, gosto de valorizar os acabamentos, utilizando cores, evidenciando tons de madeira, quando possível o produto natural e direcionando o olhar através da iluminação. Neste projeto de iluminação, foram distribuídos vários pontos estratégicos, a fim de evidenciar detalhes e criar diferentes cenários, principalmente no período da noite, quando predomina a iluminação interna. Gosto de distribuir pontos de iluminação, de diferentes efeitos

e intensidades. No painel lateral ao sofá, por exemplo, existem duas luminárias embutidas lineares, para auxiliar como iluminação difusa ao assistir a um filme, tendo o restante do ambiente escuro. Lâmpadas específicas também foram usadas pontuando as composições de quadros e ao quadro principal na sala de jantar, com uma bela imagem na junção do sol e mar. Pequenos pontos de led evidenciam a textura da parede de revestimento na entrada. A escolha deste acabamento, para remeter as ondas do mar, foi de uma cerâmica espanhola, indicada para paredes internas, da marca Porcelanosa e adquirida na loja especializada em revestimento de Joinville, a Revestire, que também oferece outros produtos como persianas, laminados, papéis de

parede, tapetes e tecidos, além de acabamentos para áreas externas. O estofado de linhas retas, almofadas soltas e aconchegantes, sem o braço na lateral para dar mais conforto na passagem do corredor, complementando com tapetes sobrepostos de forma irregular atraindo o olhar, aquecem o ambiente, estes produtos foram adquiridos na loja Sou.fa também em Joinville, que oferece ao cliente, peças de mobiliário diferenciado, como poltronas, cadeiras, mesas, quadros e entre outras peças decorativas e assinadas. A proposta deste ambiente foi a utilização de tonalidades sóbrias, pontuando com cores nas estampas e objetos decorativos. Nas paredes utilizou-se de uma única cor para todo o ambiente, o cinza tubarão da Suvinil, valorizando o aspecto claro do piso e do teto. ■

REVESTIRE

Rua Benjamin Constant, 148 - América (47) 3423-1950 | (47) 3026-6636 contato@revestire.com

SOU.FA DESIGN Wagner Luis Mueller Designer de Produto wagnermueller@gmail.com (47) 9626.5710

Rua Lages, 660 - Sala 7 | (47) 3278-9780 soufadesign.com | contato@soufadesign.com (47) 8830-8007 | /soufadesign

27


ETIQUETA DO LAR Evelize Olimpo

Realidade V ai se mudar para a casa nova? Que felicidade! Pois é, foi o que pensei assim que iniciei o projeto casa nova. Mas, até atingir a felicidade total, desfrutar dos ambientes e receber amigos, há muito para se fazer. Quando se vê um projeto, não se imagina o quanto tem por trás do lindo desenho. Mesmo contratando um profissional, um escritório de interiores, você precisará tomar decisões que envolvem capital financeiro ou gosto. Afinal, a casa é sua e tem que ficar do jeitinho que sonhou. Mas por que estou falando sobre isso na Coluna da Etiqueta do Lar? Simples-mente, porque para iniciar uma obra é necessário se organizar. Planejar o tempo, finanças e mudança. Afinal, a casa nova é a realização de um sonho e não pode se transformar em

28

pesadelo. Alguns fatores podem lhe ajudar a viver este momento: Tempo: Organize sua agenda e reserve períodos para acompanhar as obras. Alguns fatores dependem de sua avaliação que deve ser feita durante o processo de construção e reforma, para evitar problemas futuros. Aprendi na prática que vazamentos, imprevistos, diferenças de medidas acontecem normalmente. O que precisamos saber é como driblar, resolver e despender tempo para isso. Finanças: Se ainda está no pensamento, sonho ou projeto, organize-se financeiramente. Avalie seu rendimento e suas despesas, verifique o quanto deste valor você pode despender

Foto: Banco de Imagens

Projeto x

para a casa nova. Faça uma planilha de gastos e controle tudo. Se identificou o valor da nova aquisição, não esqueça de somar no valor da casa a decoração e pelo menos 10% para imprevistos, pois eles podem ocorrer. Mudança: Está aí a base da felicidade para a casa nova. Não só falo sobre este assunto, como presto consultoria para que a mudança seja organizada e de rápida identificação na nova casa. Listas, numeração de caixas, identificação e separação de segmentos, são fatores importantíssimos para uma mudança calma e rápida. Afinal, quando as caixas chegam você precisa logo colocar tudo no lugar. Com tudo pronto, é hora de aproveitar e ser feliz! ■

“[...] a casa nova é a realização de um sonho e não pode se transformar em pesadelo.”


para aproveitar os melhores momentos com a sua família!

Imagens meramentes ilustrativas. Incorporação registrada sob n° R -8-152.652 no 1° Registro de Imóveis de Joinville

O Vila Madalena residencial oferece piscina e salão de festas entregue mobiliado e decorado!

Pensando no bem estar da sua família, o Residencial Vila Madalena possui piscina com tratamento de ozônio, que evita efeitos indesejados, Além de ter o menor custo de manutenção.

47 3425 4655 | 47 9924 4214 | 47 9964 7487


Rua Capinzal, 439, América. www.casadacisterna.com.br

(47) 3278-8665

contato@casadacisterna.com.br Empresa especializada em captação e armazenamento da água da chuva para fins não potáveis. Conta com todos os tipos de cisternas, filtros e acessórios para casas, condomínios, empresas, prédios e indústrias. Você pode usar esta água para lavar calçadas, carros e regar o jardim. Ela está livre de qualquer química e assim será devolvida ao solo. As cisternas são de rápida e fácil instalação.

Cisterna modular que pode ampliar a capacidade de água armazenada

Casa da Cisterna. Solução completa para qualquer tipo de construção

Diversas cores para harmonizar com o ambiente. Basta adaptar à calha

Cisterna slim aparente de 1.050 litros com filtro e clorador

Slim aparente de 1000 litros sem uso de bomba

ÁGUA DA CHUVA: APROVEITE, ECONOMIZE E AJUDE A NATUREZA


Água da chuva Faça sua parte para não deixar faltar água na praia neste verão. Use uma cisterna, economize e faça o bem para o seu bolso e ao meio ambiente.

Por Luiz Augusto Antonin Foto: Banco de Imagens

T

odos os anos, a alta temporada chega junto com o fantasma da falta de água que volta a assombrar quem tem casa de praia e quem está pensando em veranear. No Litoral Norte, o desabastecimento virou um problema a ponto do morador sentir-se constrangido ao lavar uma calçada com água tratada. De fato, não precisamos desperdiçar este recurso vital para nossa sobrevivência. Com menos de R$ 500,00 é possível adquirir um reservatório aparente e adaptá-lo à calha da casa, sem transtornos. Aí é só esperar chover e aproveitar essa água para lavar calçadas, área da piscina, carro e regar o jardim. Há também modelos de cisterna slim com capacidade para armazenar de 600 e 1000 litros, com várias cores, que se adaptam perfeitamente à casa, harmonizando com o ambiente. A instalação é rápida e fácil. Não necessita de obra. Mas, para quem preferir, há cisternas subterrâneas, com a

mesma funcionalidade, ideais para novas construções. Todas vêm com tratamento antimicrobiano que prolonga a durabilidade da água. Ao instalar uma cisterna, o morador recebe um selo “Água da Chuva: Eu Uso” para colocar em sua casa. Ele será a prova de que o morador não usa água tratada para fins não potáveis, confirmando sua consciência ambiental.

DURANTE A CONSTRUÇÃO Outra bandeira que a Casa da Cisterna, especializada em captação e armazenamento da

água da chuva, vem tentando encampar é que os engenheiros e arquitetos adotem a cisterna em seus projetos. Isto porque, é possível usar a água da chuva em descargas sanitárias, o que pode gerar uma economia de até 35% na conta da água. Basta não deixar a tubulação cruzada. Prever a solução antes, para economizar depois. Um aspecto importante é que a água da chuva está livre de qualquer química para ser usada na limpeza de áreas externas e assim será devolvida ao solo em um processo natural. Soluções sustentáveis que todos precisamos agora e que o futuro vai nos cobrar. ■

LUIZ AUGUSTO ANTONIN

Empresário e diretor da Casa da Cisterna Fone: (47) 3278-8665 www.casadacisterna.com.br contato@casadacisterna.com.br

31


PUBLIEDITORIAL

Esculpindo inovação e criatividade A Art Madeiras é uma empresa especializada em fabricar móveis e objetos de madeira sob medida. Conheça a história do casal joinvilense que decidiu empreender e inovar nos negócios. Por Tabata Kadur Fotos: Stanley Takamatsu

V

alquíria Ventura e Jone Vanderlinde são casados há dez anos e pais de dois filhos. Ao longo de sua caminhada, muitas vezes perante atividades do dia a dia, como as tarefas de casa, surgia a necessidade de um móvel novo. “Às vezes falava pro Jone, precisamos de uma prateleira ou estante, ele criava e ele mesmo a fazia”, conta Valquíria. Ela que trabalhava numa livraria, ele com ferramentaria e usinagem, juntaram as forças ao abrirem um comércio de bebidas. Mas não foi o suficiente para colocar os dons e talentos do casal em prática. Viram no hobby de fabricar móveis e objetos de madeira, uma oportunidade de mercado. Tudo começou efetivamente após Jone ter criado uma estante para a coleção de livros da esposa, e os amigos e vizinhos pedirem

32

para que o artesão reproduzisse a peça. “Quem vinha em nossa casa reparava nos móveis e gostava. Encomendavam e mais pessoas começaram a se interessar”, relembra Valquíria. Depois de realizarem um projeto de um móvel bem peculiar, um banco que vira mesa, os pedidos de objetos de decoração e móveis foram crescendo, e surgiu a ideia de divulgar o trabalho que vinham fazendo nas redes sociais. Utilizaram a plataforma do Facebook e as vendas começaram a expandir e crescer. A casa do casal ficou pequena para servir como mostruário dos produtos e então

foi a hora de repensar em um local apropriado para atender ao público. A Art Madeiras iniciou as atividades em julho de 2015 e há quatro meses a loja foi inaugurada, com a proposta de oferecer peças de madeira rústica, sem pintura. Hoje, conforme os pedidos dos clientes foram acontecendo, os empresários adaptaram os produtos e trabalham com estilos variados de fabricação, assim como móveis pintados, trabalhados em cores e diversos detalhes. O grande diferencial da empresa é que os projetos saem sempre de acordo com o que o cliente busca. “Nós fazemos aquilo que o cliente


quer. Eles nos trazem as ideias das mais diferentes possíveis, o Jone estuda o projeto e entregamos aquilo que nos é pedido”, afirma Valquíria. Jone completa: “trabalhamos essencialmente com móveis de utilidade e decorativos em madeira, não trabalhamos com MDF”. Além disso, outro foco da Art Madeiras é produzir móveis que visem a praticidade no dia a dia. “Hoje os imóveis diminuíram, por isso é preciso fazer coisas que funcionem em espaços reduzidos, como o banco que vira mesa e o quadro que vira mesa”. Os produtos mais procurados são: os aparadores, os suportes e acessórios diversos para vinhos, e o famoso banco que vira mesa.

Todos os produtos são fabricados exclusivamente pelas mãos do artesão, não há terceirização de processos. “Cada produto é único. Mesmo os que são feitos no mesmo modelo, não são iguais. É artesanal mesmo”, explica Jone. A madeira utilizada é procedente de reflorestamento, como o pinus autoclave, e também de reaproveitamento. As encomendas feitas são entregues no prazo de 10 a 15 dias úteis, dependendo da complexidade do produto.

Quem tem interesse em conhecer um pouco mais dos produtos e móveis oferecidos pela Art Madeiras, como também deseja a p re s e n t a r um projeto para orçamento, é só marcar um horário com os proprietários, ou fazer uma visita na loja localizada no bairro Itinga. O atendimento acontece em horário comercial, de segunda a sexta-feira, das 9hs às 12hs e das 13hs às 19hs, e aos sábados das 10hs às 14hs. ■

“Cada produto é único. Mesmo os que são feitos no mesmo modelo, não são iguais. É artesanal mesmo”

ART MADEIRAS

Foto: Elaine Theodoro

Rua Waldemiro José Borges, 4984 – Itinga (47)3438-2277 | (47) 8426-8989 artmadeiras. joinville@gmail.com /artmadeirasjoinville

33


DUO HUMOR

Dia 31 de outubro ĂŠ o dia da Dona de Casa, por isso, resolvi mostrar meu lado...

Por Drag Conchita* Fotos: Banco de Imagens


O

h meu pai, ajuda este corpo! Porque sou bonita, feminina e com local! Blupt! Me segura porque hoje estou atacada. Acordei com o espírito da Maria Dona de Casa encarnado neste corpo. Tentei fazer ele sair, chamando o exu-petinha, mas ele não teve força desta vez. O jeito foi encarar um batidão, colocar um funk no radinho de pilha e sair fazendo a Isaura pela casa, só no lere, lere, lere, lere, lere... Não que eu não tenha condições e assistentes para ajudar a cuidar do meu lar, na verdade são 12 gogo boys que fazem tudo para mim, se é que você me entende. Mas tem dias que é bom encarnarmos a dona de casa. Eu, na verdade, tenho muitas casas, são enormes e em muitos lugares... Tá bom, na verdade, são algumas quitinetes ali no Jardim Edilene, mas... Cuida da sua vida! O que eu quero dizer é que esta história de ser bela, recatada e do lar não é para qualquer um não, meu amor! É preciso força de vontade e talento para acordar cedo passar um gloss, ficar belíssima e ir para o batente. Dos serviços do lar, o que eu mais gosto é lavar roupa. Meu amigo Flávio sempre me ajuda, emprestando seu shape tanquinho. É um esfrega-esfrega que me deixa doida, é muito cansativo, mas divertido, principalmente quando vamos preparar a goma. Aprendi com vovó. Ela sim sabia aproveitar as gomas da vida! Depois da roupa lavada, é preciso colocá-las na secadora, mas às vezes, prefiro subir na laje para pendurar as roupichas, e é claro, dar aquela espiada no alemão. Um negão de

dois metros de altura, que é meu vizinho. Ui que medo, ai que perigo! Depois da lavanderia, dispenso o Flávio e chamo o Renan. Ele é quem me ajuda a ir ao supermercado para fazer o rancho, ou o pedido, como dizem por aqui. Adoro fazer o mercado todo, sempre é babado e confusão. O que é passar por toda aquelas gôndolas, desfilando entre os clientes? Sou uma menina discreta, você sabe, mas sempre acabo atraindo olhares! #Condições. Falando nisso, o que é ter condição para pegar um activia, um sabonete Senador e um cream cracker? Acho chique! Renan sempre está lá comigo, o que ele mais gosta é quando vamos comprar linguiça, mas deixa isso pra lá! De volta à minha luxuosa residência ou quitinete, como você preferir, é hora de fazer aquele almoço especial. Afinal de contas é preciso manter o corpicho. O cardápio de hoje será uma coisa leve: Buchada, gosta? Depois de comer, é hora de fazer a siesta, enquanto os meninos limpam a cozinha. Daniel e Thiago me acompanham no meu spa da beleza, afinal não tô morta! A tarde chega, e é comprida, dá aquela fominha... Hum... já me jogo pra cozinha preparar alguns petiscos para mim e meus meninos, que tal alguns torresmos com ki-suco para acompanhar a sessão da tarde? Afinal sempre fui do povo.... Isso até me lembra o tempo que eu passava as tardes fazendo empadinha para vender! Eram tantos clientes, tantos telefonemas, todos adoravam comer a minha empada. Ai gente, gosto muito de cozinhar, você que me conhece já

É preciso força de vontade e talento para acordar cedo passar um gloss, ficar belíssima e ir para o batente.

deve ter percebido isso. Amo bater um bolo, fazer um glacê, bater uma polenta, até manteiga eu sei produzir! Hum... Quer ver? Acho melhor não né! Bom, agora preciso ir, porque o meu dia de dona de casa está chegando ao fim. É hora de retocar a maquiagem e me preparar para noite que promete. É isso viu, toda a dona de casa precisa de uma noite de rainha! Acredita bonita! Bora pra night nos tornar bela, desbocada e do bar! Blupt! Feliz dia das donas de casa! ■

*Drag Conchita é jornalista, animadora, produtora cultural e maquiadora. Atriz performática que há 12 anos trabalha com telegramas animados em casamentos, chás, despedidas de solteiros, festas, formaturas, eventos corporativos e caracterizações, além de shows em boates de todo o Sul e Sudeste do Brasil. Contatos: E-mail: dragconchita@gmail.com Skype: DragConchita Twitter: @dragconchita Facebook: Drag Conchita Pradinha e Drag Conchita Eventos Youtube: youtube.com/ dragconchita Concha’s fone: 47/8873-9960 e 47/9615-1260 “Porque se a vida é uma festa, com a Drag Conchita ela se torna inesquecível!”

35


PUBLIEDITORIAL

trnd.

24/7 Recentemente lançado em Joinville, trnd 24/7 é um portal e produtora de moda focado em fazer e divulgar tendências no norte Catarinense.

Por Ana Paula Padilha Fotos: trnd 24/7

A

vontade de fazer Joinville respirar e vivenciar moda foi o que levou cinco amigos a criar uma nova plataforma para falar sobre tendências e tudo que diz respeito à moda na região. Reuniram-se o fotógrafo Kacio Lira, a maquiadora Paula Bernardes, as produtoras de moda e conteúdo Tabata Kadur e Mariah Cidral, e o assistente de fotografia e responsável comercial Arthur Peters. Da união profissional desse grupo nasceu o trnd 24/7, um portal para falar sobre tendências e tudo que diz respeito à moda em Joinville.

42

A ideia surgiu da necessidade de abastecer a cidade com informações sobre o meio da moda. Até esse ano, muito pouco se falava sobre o assunto na cidade, o que dificultava desenvolver trabalhos na área. Foi então que os amigos se tornaram sócios e colocaram o portal no ar com o objetivo claro de facilitar a comunicação entre marcas, lojistas, designers de moda e profissionais de beleza com o público em geral, integrando conteúdo de qualidade no portal e nas principais redes sociais. Como cada integrante da equipe é especializado em um

serviço, o conteúdo acaba se tornando cada dia mais completo. No portal é possível ler sobre tendências, lifestyle, entrevistas com modelos e profissionais da área, além de acessar os principais trabalhos fotografados e produzidos exclusivamente pela equipe.

PRODUTORA DE MODA Mas como todo projeto bem feito, mesmo tendo pouco mais de seis meses de vida, o grupo começou a alçar voos mais altos e o que era para ser apenas um portal


MARCA REGISTRADA A equipe mal chegou no mercado e assim como o profissionalismo empregado em cada trabalho, as fotografias desenvolvidas pela equipe e publicadas no portal, levam a marca registrada do time de moda: uma linha geométrica aplicada com maquiagem geralmente no rosto dos modelos. Mais tendência, impossível, não é?

Editorial La Voyagère

cio Lir

ug

M

las Cama

r ari áh Cid

de conteúdo, virou uma produtora de moda que atende o mercado joinvilense. “Nós percebemos a necessidade das lojas em conseguir fazer uma divulgação com qualidade dos seus produtos. Então começamos a atuar como produtora, entregando um trabalho completo para esse cliente”, explica a maquiadora Paula. Dessa forma, ao contratar a trnd 24/7 como produtora de moda, não é preciso se preocupar com nada, a não ser receber o trabalho final. A equipe fica encarregada de entender a necessidade que o cliente precisa, desenvolver um conceito para a campanha, encontrar os modelos que se encaixam na proposta, assim como a locação, o ensaio em si e o tratamento das imagens. O resultado é um trabalho de qualidade e tempo livre para o dono da marca trabalhar no próprio negócio. Mas engana-se quem pensa que para ter um serviço completo e de qualidade, precisa desembolsar grandes quantias.

“Nós priorizamos atender bem o cliente, levar em consideração as suas necessidades e expectativas e claro, as condições financeiras disponíveis para o trabalho. Por isso sempre optamos por nos reunir com quem estamos atendendo e pensar em um pacote que fique bom para todo mundo”, explica a produtora de moda Tabata Kadur. O objetivo da equipe está tão alinhado e a sintonia no método de trabalho é visível entre os profissionais que já desenvolveram ações e editoriais para marcas como Triton e Revista Duo, além de trabalhar em parceria com nomes como Fórum, Damyller, Capodarte, Dayany Armstrong e Francesca Romana Diana.

NOME DE PESO TRND é uma forma de escrever trend. Em português quer dizer tendência. E o número 24/7 significa algo como respirar moda 24 horas por dia durante sete dias da semana. ■

al

a

rs

Ka

Do

e ur Pet

A

r th

rg o

Exposição Mãe 24/7 no Shopping Mueller

Ação para Triton

TRND.

www.trnd247.com.br | hi@trnd247.com.br /trnd247 @trnd247 ur

es

ab a t a Ka d

T

Pa

ul a Bernard

43


DUO MULHER

Pele bronzeada sem esforço Bronzeamento artificial é uma opção rápida e fácil.

Por Márcia Campos Fotos: Banco de imagens

F

oi-se o tempo em que para ter uma pele da cor do verão precisava-se ficar horas torrando no sol. Se você adora exibir a marquinha do biquíni e não tem tempo ou disposição para conquistá-la ao modo natural, o bronzeamento artificial é uma opção. Em apenas algumas sessões, você obtém a cor deseja e está pronta para a estação mais quente do ano. Mas vale lembrar que é preciso procurar um profissional especializado e uma clínica que obedeça as regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A Sociedade Brasileira de Dermatologia não recomenda o uso de câmeras bronzeadoras, devido aos riscos de envelhecimento da pele e desenvolvimento de câncer de pele, causados pelos raios emitidos nas câmaras. A Duo conversou com a Dra. Mosara Vendramini, da Clínica

44

Rennova, para esclarecer algumas dúvidas sobre o bronzeamento artificial, quais os métodos mais indicados e as vantagens e desvantagens.

TIPOS DE BRONZEAMENTO ARTIFICIAL As antigas câmaras de bronzeamento não são mais permitidas no Brasil, de acordo com a Anvisa. Isso porque há indícios e inúmeros estudos que comprovam que o método provoca câncer de pele, já que utiliza lâmpadas com radiação UVA e UVB que queimam a pele, assim como o sol. Mas não se desespere! A tecnologia trouxe avanços na área estética, e hoje, é possível facilmente conquistar o bronzeado dos seus sonhos por meio de outros métodos: Pílulas de bronzeamento: São cápsulas preparadoras da pele

para o sol que agem estimulando uma produção maior de melanina e facilitando a obtenção do bronze. Autobronzeadores: São produtos cosméticos muito comuns encontrados em farmácias e lojas de cosméticos. São vendidos em forma de gel ou spray e devem ser aplicados manualmente sobre a pele, com cuidado para não deixar manchas. Bronzeamento a jato com pistola: Tipo jet bronze que utiliza uma pistola própria (aerógrafo) de ar comprimido que borrifa o produto na pele. Geralmente leva em torno de duas horas para ser realizada, pois depende da aplicação manual da esteticista, além do tempo de secagem. Magic Tan: Esse tipo de bronzeamento não é considerado a jato por ser feito dentro


de uma cabine computadorizada. Dois jatos de spray jogam o produto pelo corpo todo. Já o tempo de secagem é quase instantâneo, mesmo assim é bom ficar sem tomar banho por seis horas, nem suar nesse período para que o bronzeado penetre na pele. Basta apenas uma aplicação que ele permanece por uma semana. Mas alguns fatores contribuem para que o bronzeado fique por menos tempo, como a água do mar ou piscina, banhos quentes e a prática de esportes de longa duração. De acordo com a Dra. Mosara, tanto o bronzeamento com pistola quanto o Magic Tan são feitos em sessões únicas e o produto usado é a base de

DICA: Antes de fazer qualquer uma das três técnicas de bronzeamento artificial é importante esfoliar toda a pele um dia antes. Capriche em regiões de pele mais grossa como joelho e cotovelo, pois nestes locais há mais células mortas. A pele esfoliada é capaz de absorver o produto de maneira uniforme.

Erythrulose e diidroxiacetona (DHA), que reagem junto com as proteínas na camada superficial da pele para produzir uma cor similar à da pele exposta ao sol. O procedimento age de forma equilibrada com os outros ativos proporcionando um resultado ainda mais natural e livre de contra-indicações.

CUIDADOS APÓS SESSÕES DE BRONZEAMENTO A durabilidade do bronzeamento artificial varia entre sete a dez dias e, para manter a cor do verão por mais tempo, é importante evitar banhos muito quentes e demorados e contato intenso com cloro. Para que o resultado seja satisfatório é necessário esfoliar a pele antes do procedimento. Pode ser feito em casa ou na clínica, de preferência no dia anterior.

PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DO PROCEDIMENTO Vantagens: De acordo com Mosara Vendramini o bronzeamento artificial é 100% seguro, prático, não causa nenhum dano à pele, além de ser um procedimento muito rápido. E o melhor de tudo: é possível manter a pele bronzeada o ano todo ou apenas no dia de um evento especial. Desvantagens: com exceção do Magic Tan, os outro procedimentos citados acima, se mal aplicados, podem manchar a pele. O problema do bronzeamento a jato, tanto quanto do autobronzeador e dos hidratantes, é que a durabilidade do bronzeado é baixa. Cerca de uma semana, em média. Para ficar mais tempo bronzeada, mantenha a pele bem hidratada. ■

45


PUBLIEDITORIAL

O Shopping do Cosmético

Bem-estar ao seu alcance Com uma relação de confiança e credibilidade com o mercado da beleza e estética, a Empório da Estética comemora 10 anos de atuação em Joinville.

Por Tabata Kadur Fotos: Valéria Grams

A

Empório da Estética comemorou no último dia seis de outubro, 10 anos de atuação no mercado de Joinville. À frente do negócio está a sócia administrativa e gestora Deise Bust, que é joinvilense e tem uma longa estrada percorrida no ramo da beleza. “Minha história com essa área começou há mais de 25 anos. Sempre fui apaixonada por esse universo”, diz a empresária Deise conta que na escola tinha mais habilidades com as exatas e que foi depois de uma experiência ainda na juventude na época do

48

vestibular, com uma queda intensa de cabelos, que ela se submeteu a tratamentos e procedimentos estéticos e mudou seu olhar. “O tratamento deu resultado e aquilo me aguçou a curiosidade. A cada sessão eu perguntava mais sobre aqueles procedimentos, estava deslumbrada”, relembra. Decidiu então cursar fisioterapia, já focada em trabalhar com estética. Hoje, formada há 18 anos, Deise é apaixonada pela profissão. A empresária trabalhou na indústria com projetos de inovação tecnológica, que a possibilitaram

viajar por todo o país e conhecer muitos parceiros. Na sequência de sua carreira, começou a dar cursos e palestrar, e em seguida a lecionar na Univali no curso de Cosmetologia e Estética. Nesta mesma época reencontrou amigos e decidiu que era o momento de abrir seu negócio próprio. Com os sócios Henrique e Goreti Bagatim inauguraram há 10 anos a Empório da Estética em Joinville. Inicialmente a loja tinha como foco abastecer as clínicas de estética com produtos para tratamentos corporais e faciais. A


empresa cresceu e foram agregando cosméticos, equipamentos e marcas de excelência no mercado, contando hoje com uma cartela de mais de 40 fornecedores. Além disso, a empresa se preocupou em ofertar e trazer cursos profissionalizantes com destaques da área, para a cidade.

LINHAS DE PRODUTOS PROFISSIONAIS E HOME CARE A paixão que move a proprietária é perceptível em toda a equipe de trabalho. “A gente gosta da área e não a vê apenas como área de beleza, mas de bem-estar. Quando a pessoa se sente bem e apaixonada por ela mesma, ela rende em todos os setores: pessoal, profissional, familiar. É transformador”, explica a profissional. Além das linhas de produtos profissionais a empresa

trabalha com os cosméticos chamados home care, para os cuidados de manutenção em casa. A empresa conquistou um estoque de produtos que disponibiliza a maior parte dos itens a pronta entrega. A logística e organização da equipe é outro ponto forte, conciliando o atendimento ao profissional da área, como também ao consumidor final. As marcas oferecidas são de qualidade máxima e especializadas em peles brasileiras, além de muitas serem exclusivamente distribuídas pela Empório da Estética.

OS CURSOS A empresa oferece cursos para profissionais que estão iniciando na área ou que têm a intenção de conhecer mais sobre o mundo da estética. Com professores capacitados e especializados,

NOVIDADES Deise Bust, que anda a frente do mercado, em parceria com novos sócios, desenvolveu um sistema de consultoria financeira e gerencial para empresas da área de estética chamado “For Me Solutions”. Descubra mais sobre essa novidade acessando ao site: www.4me.solutions.

são disponibilizados cursos de assuntos específicos, atendendo às necessidades de mercado. Outro serviço de grande importância para quem empreende na área, são as consultorias: “mostramos ao profissional onde começa e onde termina o trabalho dele, até onde ele pode explorar o seu potencial”, diz Deise. ■

EMPÓRIO DA ESTÉTICA

Rua Itaiópolis, 467 | América – Joinville (47) 3804-3800 emporioestetica.com.br /emporioestetica @emporiodaestetica

O Shopping do Cosmético

49


CABELOS Flávia Sapelini

O

cabelo da mulherada é sempre motivo de curiosidade de quem quer ficar por dentro das tendências. Especialistas afirmam que agora a vez é dos curtos que trazem um visual muito mais fresco e moderno. Os cabelos curtos prometem ser uma verdadeira febre durante o verão e já estão conquistado a cabeça de atrizes e modelos mais ousadas.

mudada no visual sem radicalizar demais. Além disso, combina com todos os tipos de cabelo.

Curto: Os que mais se destacam entre os curtos são os estilos pixie cut, um quase joãozinho, que serve para quase todos os tipos de rosto

TENDÊNCIA EM COLORAÇÃO

Médio: Uma tendência que se mantém para os médios é o long bob ou chanel comprido. O estilo é ideal para quem quer dar uma

50

Longo: Os longos sempre vão fazer a cabeça da mulherada, não importa a estação. Para o verão 2017, a aposta são os longos retos e chapados, é perfeito para usar o penteado que promete ser febre na temporada: o rabo de cavalo baixo, preso na altura da nuca.

As cores de cabelo que são tendência para o verão 2017 prometem iluminar o rosto. Alguns estilos e tons voltam, outros permanecem. Dentre eles, uma novidade é o strawberry blonde.

Foto: Banco de Imagens

O cabelo do verão Os loiros, que já fazem a cabeça das brasileiras, se uniram com a tonalidade do ruivo e resultaram na nova tendência chamada de strawberry blonde. Para conseguir este efeito, é preciso aplicar mechas iluminadoras avermelhadas e algumas levemente loiras. A cor é ideal para as mulheres com pele clara e é super delicada. Outra opção em tonalização das madeixas é o tom sobre tom. Para quem pretende não agredir muito os fios com uma coloração em toda a sua extensão, essa é a sugestão. As mechas criam uma escala de tons que traz um efeito mais suave. Inclusive, um grande destaque visto nos desfiles das últimas semanas de moda foi a naturalidade nas colorações das modelos. ■


PUBLIEDITORIAL

Sua beleza em boas mãos O Rick Centro de Beleza tem uma cartela de serviços completa para cuidar de você. Conheça a história de quem está a frente deste negócio de sucesso. Por Tabata Kadur Fotos: Vanderlei Kupick

R

icardo Geraldo Willemann, o Rick, é formado em pedagogia empresarial e contabilidade. Sua vida profissional no mundo dos negócios parecia trilhar o caminho certo, o que aconteceu por muitos anos, até que o mercado da beleza e estética cruzou seu caminho. Ao lado de amigos que trabalhavam no ramo, Rick decidiu aceitar o convite para ser sócio de um salão e assim entrou de cabeça na área.

52

“Eu era bancário, trabalhei muitos anos no banco. Através de um amigo de longa data que vinha me convidando para ser sócio dele, decidi aceitar a proposta e abrimos um negócio juntos” diz o empresário. Depois de um ano com o salão, os sócios separaram os negócios, e hoje Ricardo toca sozinho o Rick Centro de Beleza, contando com uma equipe de 11 colaboradores. No ramo da beleza, Rick sempre atuou como administrador. Sua

experiência no setor burocrático e financeiro o capacitaram para liderar o salão com maestria. “Cuido de tudo. Da recepção ao funcionamento do salão. Acompanho cada detalhe para saber se as coisas estão em ordem, funcionando”, afirma. Outro ponto de excelência prezado pelo proprietário é o atendimento. “Acho primordial o bom atendimento. Tratar bem as clientes é um diferencial, porque


Foto: Simone Zancanella

DIFERENCIAIS RICK CENTRO DE BELEZA • Fidelização de clientes • Atualização profissional constante • Profissionais qualificados, com muitos anos de carreira • Promoções para tratamentos especiais • Flexibilidade de valores para pacotes de eventos (formaturas e casamentos)

“Acho primordial o bom atendimento. Tratar bem as clientes é um diferencial, porque elas são essenciais [...]” elas são essenciais. Às vezes elas vêm nos visitar apenas para um café, um chá ou bater um papo”, conta. Esse cuidado com a clientela gerou no espaço de beleza, um ambiente para cultivar amizades. Rick conta que muitos comentam e ficam surpresas quando sabem que sua formação não é na área da beleza e o salão funciona tão bem. “As pessoas querem assumir tudo e acabam por fazer tudo pela metade. Eu prefiro cuidar da parte administrativa e deixar os outros profissionais trabalharem suas áreas”. Além disso, o profissional relata que fica em tempo integral presente no salão, com os olhos atentos ao funcionamento do negócio. A essência do salão segue uma das características do proprietário: a sensibilidade com o outro. E esse olhar diferencial é repassado nos atendimentos profissionais. “Eu gosto de conhecer minha cliente e entender o que ela precisa. Às

vezes quando percebo que ela está precisando, presenteio com uma hidratação ou faço um desconto especial. Gosto de oferecer esse agrado”, conta. Com sede própria, localizado no bairro Santo Antônio, o salão oferece todos os serviços para manutenção da beleza, como: todos os cuidados com cabelo (tinturas, cortes, penteados, hidratação, etc.), maquiagem, manicure e pedicure (unhas de gel, unhas de fibra de vidro, podologia), depilação e cuidados estéticos com o corpo (massagens e drenagens). De terça-feira a sábado, o Centro de Beleza abre às nove horas da manhã e só fecha quando a última cliente é atendida. O salão também está disponível para agendamentos especiais, para aqueles que precisam de horários mais flexíveis, como por exemplo, atendimentos aos domingos e segundas. ■

RICK CENTRO DE BELEZA Rua Coelho Neto, 629 - Santo Antônio (47) 3029-4142 | (47) 9186-4150 Rick CentrodeBeleza

53


DUO SAÚDE

Com a proximidade do fim de ano, muita gente aposta em alimentação saudável e exercícios para o já conhecido “Projeto Verão”. Saiba quais as novidades nas academias!

Por Laura Bona Moll Fotos: Banco de Imagens

54


C

om a chegada do final do ano, muitas pessoas iniciam os cuidados com a saúde e o corpo e dão largada ao conhecido “Projeto Verão”. Novos hábitos alimentares e a busca por academias e treinos se tornam parte da rotina de quem quer alcançar um corpo enxuto para a próxima estação. Existem muitas opções de treinos e aulas disponíveis. O personal trainer Rafael Nunes Kilipper conta que o mercado fitness está em constante mudança. Ele explica que as aulas em grupo são as mais procuradas e que muitas academias estão investindo nas na prática de lutas, exercícios funcionais, bike indoor, yoga, pilates e outras modalidades que trazem novidades ao público. Entre as aulas, o CrossFit é uma das mais procuradas para obter resultados mais rápidos. Essa modalidade reúne diversos exercícios funcionais de alta intensidade, constantemente variados. “Treinos de alta intensidade que estimulem o seu corpo a evoluir cada vez mais são os mais indicados para quem busca reduzir peso rápido”, afirma. Mas não adianta buscar o “corpo ideal” e inventar dietas mirabolantes ou usar terapias exógenas (anabolizantes), sem nenhum cuidado. Rafael explica que para ser saudável, o processo tem que ser bem orientado. É necessário buscar uma academia ou um espaço com bons profissionais e tomar cuidado com a mudança dos hábitos alimentares e do estilo de vida. “Ir em busca de dietas extremas, uso não controlado e mal orientados de esteróides pode ser perigoso, pois a evolução é física e mental”, alerta.

COMO CHEGAR LÁ A estudante Andreza Giotto Luiz iniciou recentemente os treinos na academia. Ela faz musculação e atividade aeróbica de três a quatro vezes por semana, junto com o acompanhamento de profissionais. Andreza também começou uma reeducação alimentar e está conseguindo resultados saudáveis. Dedicação e disciplina são

fundamentais segundo o personal Rafael. Ele afirma que com a orientação de profissionais, é possível traçar objetivos em busca de uma qualidade de vida melhor, tanto física quanto psíquica. A dica dele é se apaixonar pelo processo e buscar treinos e aulas que tenham a ver com você. Algo pelo qual você vai se dedicar e se empenhar porque ama. “Assim o processo será fácil e o resultado mais rápido e duradouro”, explica. ■

55


SAÚDE Dr. Nildo Manoel Duarte

O

Processamento Auditivo (PA) é um conjunto de habilidades e tarefas necessárias para que uma pessoa possa entender e compreender o que ouviu. Pesquisas apontam que mesmo uma alteração mínima na audição já é suficiente para afetar esse processo. Várias são as causas do Distúrbio do processamento auditivo central, uma delas, a privação auditiva. Por ser silenciosa e muitas vezes sem nenhum desconforto para quem está iniciando um processo de alteração auditiva, faz com que as pessoas cheguem para iniciar um tratamento quando o problema está mais grave. A falta de informação, o preconceito, e principalmente a imagem antiga de que os aparelhos auditivos são grandes e visíveis, faz com que os pacientes fiquem anos sem buscar tratamento. É importante lembrar que os ouvidos recebem as informações

auditivas, mas é no cérebro que os processos de compreensão acontecem. Portanto, quando nosso cérebro fica em privação auditiva por muito tempo, o aparelho de audição sofre modificações no processamento auditivo. Pode levar anos até que uma pessoa perceba falhas auditivas, por isso, é preciso estar atento aos sinais e sintomas, principalmente, quando familiares ou amigos alertam o problema. Nesse momento, já é hora de consultar um otorrinolaringologista e um fonoaudiólogo para investigar se o sistema auditivo está funcionando corretamente. Em uma primeira análise se realiza um exame de audiometria e imitanciometria. Esses exames são rápidos e não causam nenhum desconforto. Quando os resultados indicarem uma perda auditiva neurossensorial, imediatamente o paciente é orientado a realizar um teste com

“Pode levar anos até que uma pessoa perceba falhas auditivas, por isso, é preciso estar atento aos sinais e sintomas [...]”

Foto: Banco de Imagens

Distúrbio do processamento auditivo central (DPAC)

aparelhos auditivos por ser a melhor e mais simples forma de corrigir essa falha na audição, permitindo que a informação chegue novamente ao córtex auditivo. Com os avanços na medicina e na nanotecnologia, hoje os aparelhos auditivos são pequenos e imperceptíveis, de forma que podem ficar dentro do canal auditivo por meses sem a necessidade de retirar para tomar banho ou dormir. Mesmo as próteses implantáveis cirurgicamente para corrigir a audição estão mais sofisticadas, possibilitando mais conforto e diminuindo o tempo cirúrgico. Embora não seja um costume, o ideal é que os exames de rotina incluam o teste da audição, porque quanto mais cedo iniciado o tratamento, melhor serão os resultados. ■

59


MAKE Katiane Marta

Foto: Banco de Imagens

Make

de verão As passarelas dão o tom às tendências e as cores, que são a cara da estação e voltam com tudo!

P

ode se preparar para no próximo verão dizer adeus à “make nada” e discreta e dar boas vindas às cores da alegria. Muita boca colorida, brilho, cores quentes e pele bem iluminada. Vem aí uma cartela de cores bem quentes com apostas no bronze, coral e laranja, além da boca fortíssima e laqueada. O nosso queridinho delineado continua em alta e vem com tudo, em todos os formatos, desde o gatinho ao gráfico e vazado. Se quiser ousar, invista também nos traços coloridos como azul, verde ou rosa. Vai ser a hora e a vez das sardas,

60

tanto as naturais quanto as fakes. Isso mesmo, se depender das passarelas, as manchinhas “de ferrugem” que dão charme ao rosto, vão estar com tudo. E mais, o brilho esteve muito presentes nos mais famosos desfiles, um toque de glitter nos olhos vai te deixar super na moda. Invista!

“O nosso queridinho delineado continua em alta e vem com tudo, em todos os formatos [...]”

DICA: O estilo super despojado foi tema de beleza em alguns desfiles da SPFW, e além de uma pele bem iluminada, o brilho discreto com hidratante labial foi uma constante. O efeito suave dá a ilusão de lábios ligeiramente mais volumosos e ao mesmo tempo garante o efeito “fresh”, esperados em makes de verão para o dia. ■


(47) 3433 - 0007 | (47) 8497-4475


PUBLIEDITORIAL

Mamoplastia x Cicatrizes Realizar um procedimento estético inevitavelmente deixa marcas, mas saiba como é possível amenizar esses efeitos.

Por Dr. Vinícius Spiandorello Foto: Banco de Imagens

62


“ ” [...] a principal preocupação em relação a cirurgia são as cicatrizes. Muitas pacientes não querem ficar com marcas evidentes de um procedimento cirúrgico.

A

cirurgia da mama, conhecida como mamoplastia ou lifting mamário, é um dos procedimentos mais realizados pela cirurgia plástica. Muitas mulheres procuram nossos consultórios para melhorar o que chamam de “mama caída”, ou ptose mamária. A causa mais comum deste problema está relacionada ao processo gestacional, onde as mamas perdem volume, mas o contingente de pele não reduz e o resultado é a queda dos tecidos mamários. Além disso, outros fatores contribuem para a queda: • • •

Grandes alterações no peso; Característica genéticas; Não utilização de sutiã regularmente (Acredite, essa é uma causa importante de queda mamária, vide as mulheres indígenas, que mesmo com mamas pequenas, apresentam quedas dos tecidos, por não utilizarem sutiã); Cirurgias mamárias prévias. Para solucionar este problema, a

cirurgia plástica mamária é a opção. O procedimento tem por objetivo retirar o excesso de pele e tecidos mamários, reposicionando as aréolas e harmonizando o formato das mamas. Na grande maioria dos casos se associa a utilização de próteses de silicone para melhorar o contorno e restaurar o volume. Porém a principal preocupação em relação a cirurgia são as cicatrizes. Muitas pacientes não querem ficar com marcas evidentes de um procedimento cirúrgico. Dito isso, é possível realizar a mamoplastia com cicatrizes mínimas?

A resposta é sim. Em casos selecionados através da consulta com seu cirurgião plástico, onde a queda dos tecidos mamários não são exageradas, é possível utilizar técnicas com cicatrizes localizadas somente ao redor da aréola. Neste procedimento, chamado de mamoplastia periareolar, geralmente é necessário a utilização de prótese de silicone para auxiliar no ganho de volume e harmonia da forma mamária.

O resultado é uma correção da queda dos tecidos mamários somente com cicatrizes periareolar, que são muito discretas e se assemelham ao pigmento areolar. A recuperação é mais rápida quando comparado com as demais técnicas e o risco de abertura de pontos é muito menor, já que a quantidade de cicatrizes é reduzida.

RECUPERAÇÃO

Pontos fundamentais na recuperação são o uso de sutiãs modeladores durante um período de aproximadamente dois meses, além de evitar movimentos bruscos e que exijam força dos braços. Apesar da cicatrização estar sujeita a características individuais da pele, são prescritos cremes e fitas que ajudam a suavizá-las. A realização de drenagem linfática pós-operatória auxilia na recuperação e prevenção de algumas complicações, como a fibrose, por exemplo. Não é recomendado tomar sol pelo menos nos primeiros 60 dias, até porque a radiação é prejudicial na cicatrização e ainda pode provocar manchas. ■

DR. VINÍCIUS SPIANDORELLO Cirurgião Plástico - Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica CRM/SC – 19275 – RQE: 10954 Clínica Idealle – Rua Plácido Gomes, 572 Tel.: (47) 3804-9461 www.vsplastica.com.br /viniciussplastica

63


BEBIDAS Mario Kutianski

Fotos: Banco de Imagens e Divulgação

Vinhos de

verão

L

eves, frescos, refrescantes, versáteis, servidos a baixa temperatura, ótimos para beber entre amigos, à beira da piscina, na praia. Cada vez mais, essas bebidas vêm caindo no gosto do brasileiro. Com a chegada do verão e das altas temperaturas, o consumo de espumantes aumenta em todo o país. Embora seja consumida em todas as épocas do ano, a bebida tem a cara do verão. Os dias quentes da estação tornam-se uma época bastante interessante para o consumo de vinhos, destacando-se vinhos brancos, rosés e espumantes. Os espumantes podem agradar a todos os gostos, dos apreciadores

SUGESTÃO DE BEBIDAS Los Haroldos Rosé – Los Haroldos Rosé, elaborado apenas com a variedade Malbec, é produzido em Mendoza, de cor rosada com reflexos vermelho e aromas que lembram morango, cereja e framboesa. É um vinho fácil de beber, muito frutado e refrescante.

da bebida mais seca (Brut, Extra Brut e Nature) até os apreciadores das bebidas mais doces (Demi-Sec e Moscatéis). Os vinhos brancos também combinam muito com o verão, com destaque para os vinhos elaborados com a variedade Sauvignon Blanc, um vinho leve, fresco, frutado, ideal para o verão brasileiro. E também o Chardonnay, um vinho frutado, refrescante e que pode ser mais encorpado. Outra opção muito interessante para os dias quentes de verão são os vinhos rosés. Em algumas situações pode ser um intermediário entre os vinhos brancos e tintos, e para alegria de muitos, é um vinho muito

Farmus Sauvignon Blanc – Possui notas de frutas tropicais e aroma cítrico. No paladar é refrescante com boa acidez, equilibrado e com final de boca mantendo as características do olfato, agradável e persistente final. Muito fácil de beber e tem grande frescor. Espumante Peterlongo Privillege Prosecco Brut – possui coloração branca com reflexos dourados e

fácil de ser apreciado e adorado. Por possuir uma acidez notável, tornam-se muito refrescantes, além de ter como características aromas frutados e florais, o que os tornam muito elegantes. Assim como os vinhos brancos, a temperatura de serviço para o vinho rosé é de 10°C. E como ficam os amantes do vinho tinto? Para esse público há opções apropriadas ao verão. Recomendam-se os tintos jovens, leves, frutados que combinam com a estação, vinhos elaborados com a variedade Pinot Noir se enquadram perfeitamente nessas características. Além disso, esses vinhos podem ser servidos a uma temperatura em torno de 14°C e 15°C.

elegantes. Aromas frutados intensos. Em boca, ataque vivo e direto com bela persistência e harmonia. Carmine Granata Pinot Negro – Vermelhorubi brilhante de boa intensidade. Aberto nos aromas com muita fruta vermelha e preta sobre madeira e especiarias. Na boca taninos macios, boa acidez e álcool equilibrado. Enfim, um Pinot fácil de beber e de gostar.

Dica: Tanto os vinhos brancos quanto os espumantes devem ser servidos a baixa temperatura. Os espumantes servidos a 8 °C e os vinhos brancos servidos a 10 °C. ■

64


Leila e Gisele | Centro Integrado de Cabelo e EstĂŠtica apresenta:

Mova-se O verĂŁo chega com muitas tendĂŞncias de beleza e cores, movimente e encante-se. Fotos: Vand Rodriguez (DF Studio)


Beleza: Leila e Gisele | Centro Integrado de Cabelo e EstĂŠtica


Beleza: Leila e Gisele | Centro Integrado de Cabelo e EstĂŠtica


Criação artística: Leila Pereira e Gisele Pereira. Figurino: Claire Juliani Ateliê de Costura. Modelos: Camila Azevedo, Duda Laurentino, Maria Helena, Maria Casagrande e Clarine Ramos (GAS Models). Fotografia e tratamento: Vand Rodriguez (DF Studio). Beleza: Leila e Gisele | Centro Integrado de Cabelo e Estética.


Onde encontrar:

Rua Max Colin, 1440 – América | CEP 89204-041 Telefones: (47) 3027-3177 (47) 3026-3176


LIDERANÇA Matilde Melo

Por onde anda seu futuro? Foto: Banco de Imagens

30 anos depois… parece que foi ontem!

O

que podemos conquistar em trinta anos? Quantos sonhos sonhamos e quantos realizamos? O que deixamos de fazer e de acreditar? O que nem imaginamos supor e que a vida nos fez passar? Estas foram algumas perguntas que me fiz diante do convite para reunir a nossa turma da oitava série. Como seria possível encontrar tantas pessoas que já não se viam a mais de trinta anos e ainda assim se conectar com suas histórias, imagens e lembranças? Muitas mensagens antecederam ao encontro e um misto de saudade e ansiedade rondavam várias vezes por dia em cada foto enviada e em cada pessoa adicionada ao grupo. O grande dia chegou, e para minha surpresa conseguimos reunir mais de sessenta mulheres, todas aparentemente lindas e felizes. Foi uma festa incrível cheia de recordações, novidades e curiosidades.

70

Uma semana depois, e no corre-corre da vida, as centenas de mensagens diárias foram rareando, a maquiagem foi indo embora e a rotina voltando, mostrando as dores e mazelas de muitas, as doenças e recursos usados para esquecer as perdas acompanhados de notícias não tão apetitosas, assim como comemoração de aniversário, festa de 25 anos de casados e nota de falecimento. Ficaram as lembranças de um tempo tão lindo, onde o respeito e amizade eram valores tão importantes, onde família e lealdade eram levados a sério, onde segredos e verdades eram vividos intensamente por todas nós. E agora, o que vem depois? Nunca saberemos a não ser se continuarmos vivendo e

escrevendo a nossa história, atentas aos nossos desejos e realizações. Cada um de nós somos responsáveis por analisar nosso passado, planejar o nosso futuro e fazer acontecer no agora que para novas possibilidades apareçam e que nossos sonhos se realizem. E você, como deseja estar no futuro? Como estará pensando, sentindo ou amando? Pelo que você será grato e reconhecido? O que está fazendo hoje para garantir que tudo aconteça como deseja? Faça agora, pois passa muito rápido e não volta mais. Espero que daqui a trinta anos estejamos juntas novamente e relembrando este dia tão especial, comemorando nossas novas conquistas e certamente dizendo: Parece que foi ontem. ■

“[...] O que está fazendo hoje para garantir que tudo aconteça como deseja?”


SEXO Cláudia Petry

Adolescência e o despertar sexual

O

aparecimento da puberdade, a partir dos 10 ou 11 anos, marca o início da adolescência, um período marcado por múltiplas alterações: biofisiológicas, psicológicas, intelectuais, sociais. Nos dois sexos, a puberdade surge acompanhada de novas sensações e sentimentos sexuais originados pelo aumento da produção hormonal que faz com que os adolescentes sintam mais intensamente desejo e excitação sexual. O corpo redesenha-se e as diversas transformações corporais provocam uma nova imagem de si mesmo. Por sua vez, as transformações psicológicas e sociais levam o adolescente a ter também uma nova imagem dos outros, sentindo vontade de experimentar novas relações, novas formas de estar com os seu pares e de explorar a sua sexualidade.

72

Foto: Banco de Imagens

Momento de descobertas, novos contatos afetivos e relações de gênero. Saiba como lidar com o período de formação da sexualidade.

As preocupações de criança são substituídas por novos focos de interesse e inicia-se a predisposição para assumir compromissos com relações de diferentes tipos. De fato, é a partir desta idade que o adolescente forma a sua identidade sexual, ou seja, reflete sobre si próprio e sobre a sua sexualidade, emoções e sobre o desejo que sente em relação aos outros, que podem ser do mesmo sexo, de outro sexo ou de ambos os sexos. Desta forma, esta fase pode ser mais ou menos complexa, preenchida com medos, dúvidas e questões que devem ser entendidas e atendidas com serenidade, paciência e apoio incondicional por parte dos pais e dos demais educadores. O

despertar sexual na adolescência deve ser acompanhado de uma educação para a responsabilidade, transmitindo aos jovens que ser sexualmente responsável significa respeitar e usufruir de direitos fundamentais e implica que as pessoas não devem sofrer qualquer tipo de pressão, discriminação ou violência, qualquer que seja a sua identidade e orientação sexual. Com esta perspectiva em mente, conseguiremos que os adolescentes vivam o seu despertar sexual de forma saudável, promovendo a tomada de decisões responsáveis, autoconfiança e autoestima. ■

“O corpo redesenha-se e as diversas transformações corporais provocam uma nova imagem de si mesmo”

Fontes: Robert, J. (2005). A Minha Sexualidade – dos 9 aos 13 anos.


DUO SABORES

74


Um Brasil

alemão A chegada dos alemães em terras brasileiras trouxe características saborosas que se mesclaram ao jeitinho brasileiro de cozinhar.

Por Ademir Moerchbacher Jr. Fotos: Divulgação e Banco de Imagens

D

urante a colonização, a gastronomia do litoral até o alto vale catarinense recebeu influência européia, se mesclou com a cultura indígena e recebeu ingredientes típicos do estado. A chegada do povo alemão ao Brasil, durante e após a segunda guerra, trouxe características e técnicas culturalmente importantes para nossa gastronomia. Com o passar do tempo e disponibilidade de ingredientes fornecidos por aqui, os pratos foram se adaptando ao cotidiano e clima do Brasil. No inverno rigoroso da Alemanha, se utiliza muitas técnicas de fermentação

e conservação, como picles, chucrute e também a salga da carne ou conservada em gordura. Já aqui no Brasil, o clima mais ameno e estações mais regradas ajudaram a modificar essas técnicas acrescentando ingredientes mais frescos ao preparo, mas mantendo a característica da comida de sabor mais marcante. Resultado disso, outros pratos com a mistura de receitas dos dois países foram surgindo. A hackepeter, por exemplo, é um prato de carne moída, que deriva de um prato do leste europeu, feito com carne suína fermentada. As cucas e pães doces são variações do strudel de maçã, um clássico na Alemanha.

75


DUO SABORES

A TRADIÇÃO DA CERVEJA Não se pode deixar passar também a cultura cervejeira implantada pelos alemães, que têm a bebida como especialidade, já que Alemanha é conhecida mundialmente pelo produto e por ser uma das pioneiras na produção. As cervejas alemãs têm uma identidade muito específica, já que no país é normal se encontrar uma cervejaria ou produtor de cerveja em todas as cidades, das grandes às pequenas, e também produzir cervejas para cada estação ou época do ano. Em 2016 foi comemorado os 500 anos da Reinheitsgebot, lei da pureza alemã, que diz que a cerveja

76

pode ser produzida a partir de apenas quatro ingredientes (água, malte, lúpulo e levedura), lei até hoje utilizada e respeitada pelos alemães. As cervejarias brasileiras que utilizam o formato de produção alemão em Santa Catarina produziram cervejas em homenagem a essa marca de meio milênio.

FESTAS TÍPICAS A junção desses dois produtos - a cerveja e a gastronomia - e o formato europeu de festejar resultaram nas festas culturais mais conhecidas do Brasil. Em Blumenau acontece a Oktoberfest, festa que iniciou em Munique, na Alemanha e foi também introduzida em solo brasileiro, criada pelo rei bávaro Ludwig I para comemorar seu casamento. Hoje

se tornou a maior festa cultural do mundo comemorada no Brasil, Alemanha e EUA. No Brasil, hoje a festa retomou o tom de importância para gastronomia e a cerveja, já que hoje temos restaurantes, escolas e chefs especializados em gastronomia alemã que marcam presença na festa. É possível comer e beber em altíssima qualidade e ter uma bela noção de como a cultura alemã foi impregnada no nosso dia a dia, se tornando também nossa característica cultural. Uma das influências mais importantes que chegaram no Brasil, a cultura alemã formou cidades, ambientes e, sem dúvida, as melhores festas do sul do Brasil. A Oktoberfest é imperdível. Beba, coma e viva essa experiência! ■


GASTRONOMIA

Da Alemanha para Santa Catarina

Foto: Banco de Imagens

Chef Rafael Lobo

A gastronomia típica germânica chegou em terras catarinenses junto com os imigrantes. Delícias sem fim, acompanhadas de muita cultura!

P

ara quem cresceu em Santa Catarina, falar da gastronomia alemã é como relembrar a infância. A influência da cultura germânica está viva com boa comida, qualidade nas cervejas artesanais e seus costumes. Como na Alemanha existe o hábito de se aproveitar ao máximo os alimentos, cada receita é influenciada pela vegetação e clima local. Por isso, os pratos típicos de cada região revelam muito sobre os hábitos de vida dos seus moradores. Há diversos municípios,

comunidades, colônias e distritos tipicamente germânicos em Santa Catarina. Os principais ficam no Vale Europeu, Caminho dos Príncipes e Grande Florianópolis. A gastronomia alemã vai muito além do chucrute, das cucas (derivado da palavra alemã Kuchen, que significa bolo) e das salsichas acompanhadas pelos mais diferentes tipos de mostarda. Cada região tem suas próprias especialidades, preparadas a partir dos recursos disponíveis. Além da carne de porco e das batatas, consumidas com mais

frequência por serem produtos baratos e de fácil acesso durante o ano todo, existem muitos outros que fazem parte do cotidiano dos alemães e que tornam a culinária do país autêntica e tradicional. Depois do porco, as carnes mais consumidas são o frango, vitela, gado, javali e veado – as duas últimas, em geral, provenientes da caça. Há ainda, variedades de almôndegas de carne, batata e farinha (Knödel), sem contar os tipos de massas Spätzle e Schupfnudeln servidos como acompanhamento. Impossível resistir! ■

79


MÚSICA

Banda Uhul

E

stamos no clima das festas germânicas, e nada mais justo que um papo com uma banda bem no estilo. Com vocês, Banda Uhul! Como surgiu a idéia de montar uma banda com o estilo germânico? Desde pequenos, todos nós crescemos ouvindo nossos pais e avós ouvindo músicas regionais, sejam marchinhas alemãs ou músicas gaúchas e isso influenciou bastante nossas composições. Mas o fato é que a ideia original na verdade era criar músicas alegres, dançantes e que retratassem nossos próprios momentos de diversão, nossos próprios momentos UHUL. Nós nos consideramos na verdade uma banda de rock, e não uma banda germânica. Apesar de tocarmos cinco ou seis marchinhas em formato rock’n’roll em nossos shows, os 90% restantes do show são sempre com nossas músicas autorais. A banda surgiu em 2007 quando o Thomson Schuelter decidiu gravar algumas músicas que ele compôs

enquanto estudávamos no Colégio Santos Anjos. Ele me chamou para gravar os baixos, chamou outro amigo para gravar as baterias em troca de uma garrafa de conhaque e assim nasceu a banda. Logo em seguida o Rodrigo Döhler se uniu a nós e, aí sim, oficializamos UHUL como uma empresa/banda profissional.

típicas alemãs e bandas de baile em nossas viagens. Nossa relação costuma ser ótima, mesmo com a diferença entre nossos estilos pois vemos estas bandas como precursores. Temos uma relação muito especial com a banda VOX 3 que tem várias músicas que marcaram a nossa infância. Somos realmente fãs deles.

Quais as referências da banda UHUL? Temos dois grupos de referências que nos moldaram como banda: As da infância onde ouvíamos o que os nossos pais ouviam como banda Cavalinho, Vox 3, Os Montanari, Gaúcho da Fronteira, Mamonas Assassinas... Misturamos isso com o que nós gostamos de ouvir na adolescência que é basicamente punk rock e hardcore como: Blink 182, Bad Religion, Metallica, Ratos de Porão, Sugar Kane, Offspring, NOFX entre outros.

Quais os projetos da banda Estamos finalizando neste mês um CD com cinco músicas inéditas em conjunto com o OPA BIER. Já temos um novo CD composto que está em gravação. Ele contará com 20 músicas e será lançado no ano que vem. Estamos melhorando a imagem visual da banda com apoio de estilistas e assessoria de moda, nos deixando mais autênticos e transparecendo ainda melhor a imagem de rock’n’roll cervejeiro que queremos refletir.

Vocês são bem jovens, como é a relação com as outras bandas germânicas? Encontramos diversas bandas

Continuamos em turnê, com mais de 30 shows nos próximos dias. Em especial, shows na Oktober de Blumenau, em São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná. ■

Conheça mais sobre a banda: www.bandauhul.com.br | www.facebook.com/uhulrock

80

Foto: Divulgação

Ju Pamplona


PUBLIEDITORIAL

Implantes dentários Uma realidade mais próxima do natural. Por Dr. Pedro Jaime Rosa Jr. Fotos: Banco de Imagens e Arquivo Pessoal

N

a prática diária do meu consultório, o que mais tenho visto são pacientes novos com perdas de alguns dentes, desdentados totais e até mesmo pacientes com dentes, porém com uma doença periodontal avançada. Frente a essa demanda, precisamos dentro de um planejamento multidisciplinar, escolher o melhor para cada paciente. Mas os mais complexos, numa visão de mudança de personalidade e vida, ainda são os pacientes desdentados totais e os que possuem um prognóstico muito desfavorável para os dentes que restam. Neste caso, o trabalho chamado Protocolo de Branemark, em acrílico ou cerâmica, é o mais indicado. O

82

protocolo sobre implantes é uma solução excelente, rápida e estética. Em apenas alguns dias, nos casos específicos, o paciente realiza os implantes e instala a prótese fixa tendo a sua função mastigatória e estética restabelecida, além de sua autoestima melhorada. Neste tratamento é realizada a colocação de uma prótese fixa total, por intermédio de implantes dentários e se restabelecendo totalmente a mastigação, estética, posição, harmonia facial, conforto e segurança. Por se tratar de uma

prótese fixa, que não será removida pelo paciente, se comporta como dentes naturais. Em alguns casos clínicos, esse tratamento demora um pouco mais a ser concluído, devido à qualidade óssea do paciente, variando de 45 a 210 dias, dependendo do implante instalado. Os implantes suíços a p re s e n t a m uma qualidade superior na superfície do titânio, favorecendo uma reabilitação iniciada em 28 dias. Fazendo com que o paciente em

“Por se tratar de uma prótese fixa, que não será removida pelo paciente, se comporta como dentes naturais.”


Essa paciente acreditou em nosso trabalho e finalizamos o tratamento com algumas fotos artísticas, com qualidade de estúdio fotográfico que disponibilizamos em nosso consultório. Uma forma agradável que incorporamos, para mostrar nos detalhes ao nosso paciente, o que procuramos no final de cada reabilitação. Agradecemos muito pela confiança na equipe Dr. Pedro Rosa.

pouco tempo tenha sua função mastigatória e estética restabelecida, independente da qualidade óssea que apresenta. No caso dos implantes convencionais, é preciso aguardar quatro meses em mandíbula e seis meses em maxila para iniciar a reabilitação, caso não obtenha o torque necessário para iniciar no mesmo momento da instalação dos implantes, a chamada carga imediata. O protocolo sobre implantes, permite devolver a mastigação

logo após a instalação da prótese parafusada sobre os implantes, mas recomendo que se alimente de forma progressiva para entender o trabalho e na próxima consulta refinarmos ainda mais os contatos oclusais. Pacientes com pouco osso, podem realizar implantes sem a necessidade de enxertos ósseos, porém é preciso ser bem indicado, e a técnica muito bem esclarecida ao paciente. Ainda assim, reconstruir osso em maxila atrófica, continua sendo o padrão ouro de trabalho no

meu consultório. Hoje, em nossa prática diária, disponibilizamos inúmeras formas de reconstrução do aparelho bucal para nossos pacientes. Podemos iniciar uma reabilitação de longa duração em 21 dias e implantes premium, com protocolo convencional de quatro a seis meses, dependendo da região. Além da atenção total e o acompanhamento anual dos nossos pacientes reabilitados, deixando-os sempre respaldados pela qualidade e assistência após o término do tratamento. ■

DR. PEDRO JAIME ROSA JR. CROSC 10771 Especialista em Implantodontia (47) 9929-1415 drpedrojoinville@hotmail.com /drpedrojaimerosajr @drpedro.rosa

83


NOSSO TRABALHO É TRANSFORMAR BOAS EMPRESAS EM AINDA MELHORES! Há 23 anos no mercado com assessoria especializada para apresentar a melhor soluçăo para o seu negócio!

Contabilize Soluções Empresariais R. Iririu, 3499 - Iririu | 47 3028.1483


DUO EXTRA

O dia do

CHEFE Parabéns aos verdadeiros líderes, que exercem com maestria a função.

Por Márcia Campos Fotos: Arquivo pessoal

A

comemoração do “Boss’s Day” surgiu nos Estados Unidos e acontece dia 16 de outubro. O objetivo é fortalecer os relacionamentos entre o patrão e seus empregados e a Duo faz uma homenagem a todos os chefes que são verdadeiros líderes agradecendo a dedicação, paciência

e a responsabilidade de gerenciar e trabalhar com pessoas. Buscamos algumas histórias envolvendo chefes em diversas situações! Para entender melhor o universo da liderança, a Duo conversou com Júlio César de Lanznaster Cruz, coach de desenvolvimento humano, practitioner em PNL, formado em

Gestão de Recursos Humanos e Parapsicologia Clínica, da Human Evolution Institute. Há dez anos, o profissional realiza trabalhos e treinamentos estimulando mudanças de comportamento e possibilitando a implantação de uma nova cultura nos mais diversos ambientes e estruturas corporativas.

85


“Comandar não é gritar ou delegar funções. É conhecer o que há de melhor dentro de cada pessoa que está na sua equipe. Apenas assim é que podemos tirar o melhor de cada um.”

Para o coach, o chefe como líder, em qualquer área, deve ter a postura que deseja que seus liderados tenham. “O bom líder é aquele que conquista sua equipe com uma conduta adequada. Sendo flexível e posicionando-se com segurança, calculando riscos e tendo a humildade de assumir erros, inspirando confiança e credibilidade demonstrando ao mesmo tempo sensibilidade e empatia, tendo equilíbrio nos momentos críticos e sendo capaz de avaliar imparcialmente sua equipe, inclusive a sua própria liderança”, pontua. De acordo com Cruz, o autoconhecimento é fundamental para que o líder atual entenda sua capacidade e seus potenciais, desenvolvendo sua competência e potencializando resultados cada vez mais assertivos.

mesma equipe há 14 anos e conta um pouco da sua experiência como líder.

A ARTE DE LIDERAR

DUO - Qual é o segredo ou dicas importantes para que a relação chefe-funcionário, dê certo? Dangelo Peixer - Respeitar a individualidade de cada um,

O empresário, Dangelo Peixer, fundador da Gas Models Management, trabalha com a

86

DUO - Como é liderar uma equipe por tanto tempo? Dangelo Peixer - Uma alegria e um sentimento de dever cumprido, tenho pessoas que estão há 14 anos comigo. É muito gratificante ver a evolução deles. Isso me ajuda a evoluir. Existe uma troca grande: antes eu ensinava e hoje eu sou o aluno. DUO - Qual é a maior dificuldade? Dangelo Peixer - Não vejo dificuldade. Claro que somos pessoas com muita personalidade, e isso causa alguns desacordos. Mas eu tento colocar a equipe e a Gas Models em primeiro lugar. Assim eu mostro a eles que unidos somos mais fortes.

escutar o que eles têm para falar, saber ouvir e ser sábio. Quando você respeita, você atrai o próprio respeito. Comandar não é gritar ou delegar funções. É conhecer o que há de melhor dentro de cada pessoa que está na sua equipe. Apenas assim é que podemos tirar o melhor de cada um.

MEU CHEFE FAVORITO Dicleia Markendorf, booker na empresa do Dângelo Peixer, há quase 13 anos. “Foi meu primeiro emprego, e com ele aprendi a trabalhar. Existem muitas vantagens em ser crua e poder ser moldada pelo método de trabalho do chefe, você ainda não possui “vícios” e absorve tudo com maior qualidade, e foi deste modo que aprendi minha profissão. Por isso nossa relação de trabalho é muito ágil, pois temos a mesma linha de raciocínio e conseguimos alinhar tudo de maneira rápida e prática. Hoje passamos mais tempo no trabalho do que com os amigos,


DUO EXTRA

“[...] pensamos até mesmo em um dos dois sair da empresa. Porém, conseguimos contornar bem a situação.” Dicleia Markendorf

não tem como não saber dos acontecimentos da vida pessoal, sabemos muito da vida do outro e rola até uns conselhos...risos. A amizade se estende fora do trabalho acabamos tendo uma relação profissional, amizade e até família.

O CHEFE QUE VIROU MARIDO A Duo entrevistou o casal Murilio Vinícios e Ana que se apaixonaram no trabalho. O consultor de desenvolvimento humano contratou Ana após um período de recrutamento e seleção para uma vaga na empresa. Juntos trabalharam por mais de um ano sem muito contato, com uma relação estritamente profissional. Depois houve uma aproximação e após três anos de namoro acabaram se casando. DUO - Como começou relação de vocês? Vinícios - Nós dois éramos casados e nos separamos mais ou menos na mesma época. Foi

este momento que nos uniu, pois estávamos passando pelas mesmas experiências e acabamos ficando muito próximos. Quando ela se separou eu já estava separado há um tempo e após ela ter me dito que havia saído de casa, esperei umas duas semanas e a convidei para sair. Depois disso, acho que passamos a nos encontrar de três a quatro vezes por semana. DUO - O relacionamento foi difícil pelo fato de você ter sido chefe dela? Vinícios - Após o início do relacionamento, pensamos até mesmo em um dos dois sair da empresa. Porém, conseguimos contornar bem a situação. Um dos gestores da empresa ainda citou que nosso profissionalismo era espantoso, alguém só saberia que éramos um casal se contassem, pois, observando era impossível de dizer. Vale lembrar que nossas mesas eram uma do lado da outra. DUO - Ainda trabalham juntos? Vinícios - Foram três anos

e meio, mas saí da empresa há pouco tempo. DUO - Ficaram com receio pelos colegas de trabalho? Vinícios - Sim, ficamos. Havia um trecho do regulamento interno da empresa que dizia: “Evitar relacionamento entre funcionários”. Após o nosso relacionamento se tornar público mudaram o trecho para: “fica proibido o rel acionamento entre funcionários sob pena de demissão por infringir normas internas da instituição”. Porém ficou decidido que como nosso relacionamento aconteceu antes da mudança oficial da norma, não houve penalidades. O casal encarou essa experiência com muita naturalidade e o relacionamento deu tão certo que criaram um canal no youtube que se chama Teoria ViniAna www. youtube.com/teoriaviniana. E a Ana deixou um recado: “Agora a chefe sou e ele apenas concorda com tudo”, finaliza. ■

87


DUO KIDS

Criação com amor e respeito Escolhas e condutas que vão moldar a personalidade de uma pessoa. Os princípios de criação e educação são uma escolha complexa na hora criar filhos. Afinal, existe um manual de conduta? Por Jefferson Luchtenberg Fotos: Banco de Imagens e Aquivo Pessoal

C

om base na psicologia não existem estudos que classifiquem ou caracterizem tipos de criação. O que existe são características de tratamento que devem se alternar, como momentos de autoridade e outros de compreensão. Se existe uma regra ela é única e clara: diálogo. A Duo Kids conversou com duas mães e uma psicóloga para entender e refletir sobre o tema.

COM CARINHO E APEGO Monique M. F. Wormsbecker, 30 anos, é casada com Bruno e mãe do pequeno Rafa, de um ano e dois meses. Em sua casa as escolhas de educação de seu bebê passam pelo conceito

88

criação com apego, algo que para ela aconteceu naturalmente, a partir do terceiro mês de vida dele. A livre demanda em amamentação, que consiste em alimentar a criança sempre que ela pede, e a cama compartilhada, quando o bebê dorme no meio dos pais, levaram Monique a acreditar e confiar no estilo. A teoria veio depois da prática e deu a ela a noção de que as conversas e explicações têm forte impacto mesmo nos bebês com poucos meses de vida, bem

como o respeito e a autonomia da criança e suas necessidades. Isso pode incluir os casos de birra e de choro. “Não sei como será quando o Rafa ficar maior e fizer essas birras, mas pretendo resolver tudo com diálogo”, conta. Monique vê muitas diferenças entre a criação que teve quando foi criança e as escolhas que fez e fará pelo Rafael. “Não quero que a educação do meu filho envolva castigos e violência, porque eu lembro dos momentos não tão positivos da minha infância”,


VISÃO PROFISSIONAL Kariny Tavares Leão é psicóloga e traz algumas informações importantes para pontuar as falas dessas duas mães. São conselhos gerais que podem ajudar. “É de suma importância o diálogo nas relações familiares e, principalmente, com as crianças. Os pequenos precisam de orientação e os pais precisam constantemente participar das atividades e brincadeiras com as crianças, orientando e ensinando nas suas dúvidas. Os pequenos aprendem com exemplos e repetições. As crianças não possuem a mesma estrutura psíquica que nós adultos temos, portanto é muito importante que a educação seja sempre feita com muito amor, com dedicação e com muita paciência. Xingamentos e gritos trazem

1

2

Foto 1: Bruno, Rafa e Monique. Foto 2: Pedro, Cláudia e Giulia.

consigo uma carga enorme de energia negativa e sentimentos de raiva da pessoa que os usa. As crianças sentem isso, trazendo à tona sentimentos de inferioridade, assumindo os papéis que os xingamentos trazem (ex: você é burro! por isso tira notas baixas). Pais presentes não só mostram para as crianças que têm alguém com quem contar e que estão em segurança, como estimulam a criatividade, o carinho e a atenção. As crianças se sentem importantes, se sentem integrantes daquela estrutura familiar e têm o estímulo de apego e relacionamento saudável no desenvolvimento da sua personalidade. Os pais precisam dosar a liberdade e o estabelecimento de limites para as crianças. Sempre orientando muito e explicando diversas vezes.

AUTORITÁRIA, MAS NEM TANTO Cláudia Elisa Orthey Rizzatti, 37 anos, é esposa de Marcelo, mãe do Pedro de 13 anos, Giulia de oito e espera seu terceiro filho. Ela garante que desde a barriga já se preocupava com os princípios de criação, mas sua preocupação ficou mais evidente quando eles começam a externar suas posições e tendências, principalmente as arestas a serem aparadas, como birras, vontades e principalmente quando começam a se relacionar com outras crianças com diferentes posturas. Por ter cursado pedagogia ela percebeu que a questão educação é complexa. “É muito mais complexa do que pensamos. Tento acertar mais hoje com os muitos erros

“Na verdade é a gente que muda, aprendemos muito com os filhos [...]” que cometi quando exagerei nas exigências com os filhos. Hoje em dia sou menos rígida”. Sua maior lição é não se desesperar. “Os desafios são muitos! Muda muito de um filho pro outro, sim. Na verdade é a gente que muda, aprendemos muito com os filhos, não que eles sejam o centro do universo, mas devemos respeitar sua individualidade e tempo de cada um. É algo intenso e bonito. Muitos choros, mas muitos risos”, revela. ■

89


PUBLIEDITORIAL

Brincando e aprendendo O universo dos brinquedos educativos abre espaço para a imaginação e a criatividade nas crianças e adultos. A Loja da Bia oferece opções de brinquedos e brincadeiras para todas as idades e perfis. Por Tabata Kadur Fotos: Gislane Mendes (Valéria Grams Fotografia) e Fernanda Luz

A

empresária Simone Finder escolheu a cidade de Joinville para cursar a faculdade de Engenharia Civil e consolidar sua carreira. Depois da família constituída, a maternidade trouxe além de alegrias, uma nova oportunidade de empreender. A ideia de abrir uma loja surgiu com a chegada dos filhos e a busca por brinquedos educativos. “Encontrávamos poucas alternativas de brinquedos educativos na cidade, buscando na internet e em viagens vimos que existia outro universo de brinquedos que desconhecíamos”, relembra. A Loja da Bia iniciou as atividades em 2007, num

92

pequeno espaço comercial no bairro Saguaçú. “Foi um primeiro passo para conhecer o público e o mercado dos brinquedos, um período de aprendizado”, conta a empresária. Depois de quatro anos a loja mudou de endereço, indo para a Rua Max Colin e no início de 2016, ampliou o espaço se estabelecendo na Rua Blumenau (esquina com Rua Lages). O nome escolhido foi uma homenagem à primogênita dos proprietários, Beatriz, que hoje já está com 17 anos. Os filhos Bia e Henrique, cresceram num mundo de brinquedos que deram espaço à imaginação. A empresária conta que sentiu como diferencial no

desenvolvimento dos filhos a aptidão para a leitura e raciocínio lógico, e também uma maior interesse pela diversidade cultural.

BRINQUEDOS EDUCATIVOS A proposta da loja é fugir do padrão comercial de brinquedos. “Não trabalhamos com nenhum tipo de personagem, e evitamos materiais com publicidade em televisão”, afirma a proprietária. Ela explica que os brinquedos devem gerar interesse na criança por conta da curiosidade, do aprendizado e possibilidades de criação, e não por conta do que ela viu em uma


propaganda televisiva. Neste ponto a orientação dos pais e responsáveis tem importância fundamental. A criança deve ser a parte principal da brincadeira, sendo ela o elemento primordial, dando vida e fazendo dos brinquedos seus instrumentos de criação. “Os brinquedos educativos abrem novas propostas e dão liberdade de expressão às crianças. Os adultos por sua vez devem estimular e apoiar todas as fases do desenvolvimento, dando aos pequenos, além de muita atenção, a oportunidade de aprender enquanto brincam”, argumenta Simone. A busca pelos produtos disponibilizados na loja se dá através de viagens, feiras e pesquisas, onde os responsáveis procuram conhecer os detalhes de acabamento e produção para comercializar somente produtos seguros e com excelente padrão de acabamento. A Loja da Bia também oferece outras linhas de brinquedos, como os de robótica e científicos, jogos de tabuleiro nacionais e internacionais, brinquedos de lógica e enigmas,

jogos gigantes e uma linha selecionada para bebês. Não há faixa etária para quem quer brincar e aprender. “Nosso público vai de zero a 120 anos (risos). Não é só a criança que brinca, o adolescente, o adulto e o idoso podem e devem brincar também”, explica Simone.

DIFERENCIAL LOJA DA BIA Um diferencial dos brinquedos oferecidos na loja é a durabilidade. Como muitos deles são fabricados em madeira, a vida útil é muito longa. “Se forem bem cuidados os brinquedos são passados de uma geração para outra”, afirma a empresária. Outro grande diferencial é o atendimento, as funcionárias são treinadas e conhecedoras dos brinquedos, sempre buscando auxiliar e explicar aos clientes a função de cada um, o sorriso no rosto e o amor pelo que fazem são as principais características dessa equipe! A Loja da Bia funciona das 9h às

O QUE VOCÊ ENCONTRA NA LOJA DA BIA? • Casinhas de bonecas e seus acessórios • Barracas e tendas • Brinquedos de artes e pintura • Quebra cabeças • Brinquedos de coordenação motora e equilíbrio • Instrumentos musicais • Brinquedos lúdicos (fazendinha, arca de Noé, etc.) • Brinquedos de alfabetização • Jogos de tabuleiro nacionais e internacionais • Desafios e jogos de lógica • Brinquedos tradicionais: amarelinha, corda, elástico, pião, etc. • Kits de robótica

18h30h de segunda a sexta-feira, e aos sábados das 9h às 13h. Reserve um tempo e venha conhecer todo o universo criativo e lúdico dos brinquedos educativos. ■

LOJA DA BIA

Rua Blumenau, esquina com Rua Lages, 660 Loja 02 - Centro – Joinville/SC (47) 3028-6527 | www.lojadabia.com.br lojadabia@lojadabia.com.br /lojadabiajoinville Simone entre as funcionárias Daniela e Maria.

93


CASE DE SUCESSO

Fisioterapia

como estilo de vida Por Tabata Kadur Fotos: Valéria Grams

J

ohny Jablonski é natural de São Bento do Sul. Veio para Joinville aos quatro anos de idade e se considera um joinvilense de coração. Hoje aos 45 anos é reconhecido nacionalmente por sua caminhada dentro da fisioterapia e como especialista em coluna e postura. Conheça um pouco mais desse profissional que é um case de sucesso, dentro e fora da profissão.

94


HISTÓRIA DE VIDA A sensibilidade e tato com as pessoas sempre foi uma característica de Johny. Já na infância, sua personalidade despontava e ele sabia que no futuro sua vocação para cuidar do outro estava definida. Muito ativo e com os pais atentos às suas habilidades, logo cedo se envolveu com esportes e com a saúde. “Eu era uma criança muito hiperativa, gostava muito de fazer coisas. Como todo o pai e mãe, os meus me incentivaram ao esporte”, relembra. O fisioterapeuta foi atleta de natação por muitos anos e em função do esporte, a convivência com a saúde se tornou diária. Quando jovem percebeu que sua carreira tenderia para o lado da saúde, mas

a medicina não fazia sua cabeça. “Sempre tive uma coisa muito forte com gente, cuidar de pessoas”, afirma. A aproximação com a área de fisioterapia se deu por conta do esporte e o fez entender que era essa a profissão que deveria seguir. Na época de seu vestibular, aos 17 anos Johny precisou fazer uma escolha entre seguir a vida de atleta de natação ou realizar uma faculdade. “Vi que o esporte não era mais para mim, como uma carreira, ele passaria a ser um prazer”, conta. Como a natação já corria nas veias desde muito cedo, a relação com água não seria desfeita. “Entendi que a forma que eu teria

para ajudar as pessoas, poderia ser feita através da reintegração e reabilitação por meio da fisioterapia”. Já na faculdade, as escolhas foram feitas de forma muito rápida. “Eu já sabia o que eu iria fazer, no que me especializaria. Minha paixão sempre foi a parte mais complexa do corpo: a coluna”, relembra Johny. Ao acompanhar na própria família, parentes e pessoas queridas com problemas e dores nas costas, isso o estimulou a se tornar o profissional que é hoje. “Minha mãe tinha uma malharia, e eu ajudava em todos os processos. Via ela e outras pessoas a minha volta reclamando de dor nas costas, precisava fazer algo”, relata.

“A coerência não está naquilo que você faz bem, mas em acreditar naquilo que você faz”

95


CASE DE SUCESSO “É difícil falar de mim e da fisioterapia, porque é mais ou menos a mesma coisa. Eu sou o que eu faço, e isso é um reflexo direto na minha vida pessoal”

DR. JOHNY E A FISIOTERAPIA

BATE-BOLA COM DR. JOHNY Profissão: Fisioterapeuta/Coach Fé: Deus interior e o universo Família: Alicerce maior Lazer: Leitura e viagem Livro: O poder do hábito Música: É preciso saber viver (Titãs) Sonho: Trabalhar por muitos anos Medo: Da ignorância Viagem: Estados Unidos e Nordeste A fisioterapia é: Minha ferramenta de vida Johny por Johny: Um apaixonado por conhecimento. Um profissional incansável e um amigo disponível

96

Há 20 anos o processo de reabilitação por meio aquático estava iniciando ainda no país, e foi onde Dr. Johny viu uma oportunidade de mercado. Dois anos antes de se formar, o fisioterapeuta já tinha sua clínica e profissionais contratados que trabalham em conjunto com ele. “Fui o pioneiro. O primeiro profissional a trabalhar com fisioterapia aquática em Joinville. Também fui o primeiro professor de hidroginástica fisioterapeuta da cidade, trabalhei por oito anos no Elias Moreira”, conta. Das limitações de coluna e dor, as mais desafiadoras, segundo o doutor, são as hérnias de disco. “Sou apaixonado por tratar hérnias de disco. É o que mais sei fazer e mais me identifico”, revela o especialista. A paixão e identificação por tratar este tipo de enfermidade foi o que, de acordo com o fisioterapeuta, o levaram a ser o profissional que é hoje. Sempre muito dedicado aos estudos, Dr. Johny explica que nunca parou de estudar. “Minha

mãe me colocou no jardim com dois anos de idade. De lá pra cá nunca mais parei de estudar”. Ao longo dos anos, o profissional da saúde colecionou diversas conquistas e um currículo de peso. Hoje está concluindo a 13ª pós-graduação, e já finalizou mais de 40 métodos de formação dentro da fisioterapia. Além disso ele possui credenciamentos internacionais e envolvimento em diversas pesquisas. Dr. Johny conta que em determinado momento de sua carreira, se deparou com algumas limitações. “Nossa mente é a responsável por comandar todo o corpo. E minha profissão é essencialmente física. Mas como ajustar um corpo se a cabeça não está legal?”. Johny relata que buscou entendimento e ferramentas para conseguir trabalhar também a questão psicológica em relação aos pacientes. Hoje já tem mais de 14 anos em estudos de comportamento humano, como programação neurolinguística e naturopatia, especialidades que agregam grandes diferenciais em sua caminhada.


CAMPANHA DR. COLUNA O ITC Vertebral desenvolveu uma campanha nacional de conscientização e informação com ações preventivas e orientações junto com a Fisiothera em prol de uma vida sem dor nas costas. A ideia é levar a iniciativa para as ruas e às escolas, sob o comando do personagem Dr. Coluna.

FISIOTHERA + ITC VERTEBRAL O nome da clínica a qual Dr. Johny está a frente hoje, nasceu desse universo de cuidado e estudos de forma global com o ser humano. A Fisiothera, é a materialização de três conceitos: fisio (de fisioterapia, físico, material), other (em português significa outro) e a palavra “era”. Em suma, uma Fisioterapia de outra Era. “Esse nome para mim é muito forte. Foi a forma que consegui concretizar toda uma ideologia em que acredito”, explica Johny. A Fisothera nasceu com seu conceito diferenciado, há nove anos em Joinville. Há seis, Dr. Johny conheceu o sistema de tratamento chamado ITC vertebral (Instituto de tratamento da Coluna), que visa integrar tecnologias e diversos

métodos de cuidar a coluna, oferecendo um tratamento global, chamado RMA (Reconstrução Músculo Articular), que une várias técnicas para cuidar de cada caso isoladamente. A franquia ITC Vertebral já existe há 10 anos e atua em mais 80 clínicas espalhadas dentro e fora do Brasil. Além de suas diversas atividades profissionais, Dr. Johny também é o diretor geral da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna no estado de Santa Catarina. Dentre suas preocupações ele explica que é preciso tomar cuidado com os exercícios que procuramos fazer com o intuito de ganhar mais saúde. “Eu tenho uma teoria de que muita gente discorda. Para mim, se o exercício físico isolado fosse bom, jogador de futebol durava até os 60 anos. Exercício é igual remédio, basta errar a dose para

dar mais problemas”. Segundo o especialista, a superficialidade com a qual é tratada a complexidade do exercício faz com que pensemos que ele é simples. Sua paixão pela profissão chega a ser palpável. “Não consigo imaginar um profissional fazer uma consulta de dez minutos, não olhar nos olhos do paciente, não ouvir o que ele tem a falar, subestimar os problemas, se sentir superior”. Essa é a essência de Johny, um profissional, uma pessoa sensível e preocupada com o bem-estar do outro. A mesma motivação de cuidar de pessoas, e do brilho do olhar do garoto que decidiu ser um fisioterapeuta.“Eu não quero ser o melhor fisioterapeuta que existe. Quero ser o melhor para quem senta à minha frente. Não vendemos fisioterapia, devolvemos vida”, conclui. ■

Fisiothera | ITC Vertebral Joinville: Rua Caçador, 111A - Anita Garibaldi | (47) 3029-3037 / 9668-4881 joinville@clinicafisiothera.com.br | www.herniadedisco.com.br Balneário Camboriú: Rua Andorinha, 76F, Aririba | (47) 3081-3037 / 9765-4090 balneariocamboriu@clinicafisiothera.com.br | www.itcvertebral.com.br

97


FABÍOLA BERNARDES E-mail: fabiolacolunista@terra.com.br Site: www.fabiolabernardes.com.br Siga no twitter - @FabiolaBernarde Facebook - Fabíola Bernardes

1.

1. 34º Festival de Dança de Joinville

1.

A noite de Gala e a Noite dos Campeões do Festival de Dança de Joinville foram uma surpresa! A apresentação do Balé Teatro Guaíra foi um conto de fadas que apresentou uma releitura contemporânea do clássico Cinderela, e foi muito aplaudido. Já a noite dos campeões foi maravilhosa e cheia de emoções! Foram dias de cor para Joinville, com dança ao ar livre, nas empresas, hospitais, shoppings e claro, no palco do Centreventos Cau Hansen. Já estamos aguardando o próximo! Débora Barcellos e Sidney Daniel do Vale

Natalia Policano e Fabiola Bernardes

1.

2. NISSAN Lança Carro Das Olimpíadas Em Joinville Prestigiamos nosso amigo colunista social Gustavo Siqueira no lançamento do NISSAN KICKS, na concessionária NIX NISSAN em Joinville. O lançamento contou com a presença dos diretores do Grupo Barigui de Curitiba e foi um sucesso. O carro está a disposição para test drive e promete enfeitar as ruas de todas as cidades do Brasil! Foto: Alex Miranda

1.

3. BAILE DOS ADVOGADOS – 2016

Ieda Isoton e Mateus Novelli

Ely e Rolf Buddemeyer

1.

1.

André Marini e Fabiola Bernardes

A esperada “Semana dos Advogados” promovida pela OAB Joinville aconteceu com sucesso e muito prestígio. O Baile, em especial, foi um dos melhores e mais lotados de todos os tempos pois convidados de Brasília e outras localidades do Brasil vieram participar. Parabéns a todos! Fotos: Tayane Cristina Pereira 4. ACIJ – Núcleo de Mulheres Empreendedoras ACIJ – Associação Empresarial de Joinville recebe mulheres para comemorar os 21 anos do Núcleo das Mulheres Empreendedoras da ACIJ e para isso tivemos uma palestra super interessante sobre empreendedorismo e liderança feminina. Isabel Baggio nos deu uma verdadeira aula de determinação e competência. Tania Giesel, atual presidente estava visivelmente emocionada de ter a casa cheia de mulheres antenadas e empenhadas em fazer seu melhor. Foto: Alana Schwoelk

Fabiola Bernardes e Ludmila Vodianitskaia

3.

3.

1.

Janaina Cavasolla, Regina Dos Reis Do Amaral, Fabiola Bernardes e Andrea Schmitt Palmieri

2.

Maurício e Rosana Voos

3.

Mauro Kunen, Fabiola Bernardes e Pablo Miranda

98

Alessandra e Fabricio Bittencourt

Maurício Voos, Marcelo Juliano Cardoso, Simone Brümmer, Fabricio Bittencourt e Lucas Hildebrand


4.

5.

5. Programa Design Inside Susane Raiter sempre a mil com as gravações para a nova edição do Programa Design Inside veiculado pela TV Joinville das Flores canal 26 da NET. 6. Viagens pelo mundo 7. ENXOVAIS D´ORO exclusividade Buddemeyer em Joinville

Tania Giesel Carneiro Lins e Isabel Baggio

6.

A tão esperada loja inaugura na cidade com coquetel para convidados e amigos da família com sucesso esperado! A família Buddemeyer compareceu em peso para agradecer o carinho com que a cidade recebeu e as vendas comprovaram isso já no próprio coquetel! Produtos de excelência no mercado poderão ser adquiridos na loja que conta com a coleção completa da marca já consolidada e reconhecida como uma das melhores no Brasil. Foto: Jéssica Veiga Fotografia

Jader Almeida e Susane Raiter no evento Casa Cor

6.

Claudia e André Heinig com o filho Gustavo Heinig

8. Kargo Lança Coleção Verão O desfile da Kargo Original aconteceu na loja de Joinville com a presença maciça de amantes da moda e amigas da loja. A coleção está linda, tanto de acessórios como de roupas femininas, que atualmente a Kargo Original traz como novidade para o mercado. O evento foi super prestigiado.

Claudine Zattar com o filho Paulo Victor Zattar Ribeiro em Punta Cana

6.

6.

6.

7.

Ana Maura e Leopoldo Phillipps em viagem por San Martin de Los Andes, (Cerro Chapelco) – Argentina

Elisabeth Dohler na feira de Caruaru

7.

Pedro Boscardin

Claudia Henklein e Natasha Buddemeyer

7.

Cibele, Monica, Leonida, Melissa e Nicole Buddemeyer

7.

Sérgio e Margi Loyola Alves com Fabiola Bernardes e Ely Buddemeyer

Familia Buddemeyer emoldurando Rolf Buddemeyer ao centro

7.

7.

Fabiola Bernardes, Susane Raiter e Débora Barcellos

8.

Bruno Cubas e Ana Claudia de Oliveira

Maura Hinselmann e Carla Wendt Schroeder

101


FABÍOLA BERNARDES 8.

9. Tarde da Maçã 2016

8.

A Tarde da Maçã em prol do Hospital Hans Dieter Schmidt foi super bacana, uma tarde dinâmica para todos os públicos. O café estava maravilhoso com variedade de pratos feitos de maçã específicos da nossa região. Tivemos também desfile da Cida Modas que arrancou suspiros das convidadas. Rodrigo Sehbe e Claudia Pires

10. 35ª Jornada Carioca de Cirurgia Plástica & Cutting Edge in Rio

Mery Eger, Cláudia Michele Heinig e Giselle Kluck

8.

Promovida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP-RJ), a jornada apresentou um conteúdo científico de qualidade abordando temas como: Os avanços em técnicas cirúrgicas, novidades na área de cirurgia reparadora e estética além de proporcionar a troca de experiências através de estudos de casos, workshops, fóruns e simpósios. Parabéns ao sempre antenado Dr. Marcio Grave por trazer para nossa Joinville as novidades do universo da cirurgia plástica.

8.

11. Novo Civic Geração 10 Marisa Dantas, Sirlei Nass e Gillian Maia

Jana Fantoni e Thais Marques

Confira o Lançamento do novo Civic Geração 10 que aconteceu na Gabivel Veículos em Joinville. Fotos: Diego Rossi 8.

8.

Raquel de Borba, Ivanise Vieira, Nayme Mafra, Sonara Freitas, Katia Baratella com Manu e Helzi Freitas

Modelos e Clientes com Claudia Pires e Fabiola Bernardes

9.

9.

9.

Cida Petry

Voluntárias do Hospital Hans Dieter Schmidt

Elzinha Schartz e Sandra Von Dokonal

11.

11.

Cyro Pellizzari II e Viviane Pellizzari

Cyro Pellizzari II

11. Fabiola Bernardes @FabiolaBernarde Fabiola Bernardes

Iara e Ivo Koentopp

102

10.

Assista no Canal 26 NET Joinville Diariamente às: 08h - 10h13h – 16h – 17h 20h - 23h e meia noite. INÉDITO: 22 h

Marcio Grave e Mariana Côrte-Real


SAMANTHA TEENKIDS | PARA ELAS

Fotos: Eduardo Bandeira

Theodora

Helena

Isadora

Julia Mei e Anna Lien

Julia


SAMANTHA TEENKIDS | PARA ELES

Felipe e Artur

Ismael

Tomรกs

Lucas

Joรฃo e Pedro

SEMPRE AO SEU LADO RETRATANDO AS MELHORES FASES DA VIDA! Rua Alexandre Dohler, 75, Centro Joinville/SC - (47) 3028.3326 WWW.SAMANTHATEENKIDS.COM.BR


RUA OTTO BOEHM, 1170 (AMPLO ESTACIONAMENTO) | 47 3029 5009 | FACE Coisas Boas Presentes


CRÔNICAS DA VIDA REAL Márcia Tasca

A lenda do pé

Foto: Banco de Imagens

grande M

ais do que a razão de eu querer ter dois filhos - que eu confesso, não era um sonho -, foi o desejo de meus filhos terem irmãos. Os irmãos são seus primeiros amigos. Será com eles que você aprenderá a dividir: seja o tempo de seus pais, o iogurte da geladeira ou um pacote de bolacha. Embora eu não lembre de ter um sentimento tão bom no decorrer da minha infância, hoje entendo, que meus irmãos fizeram essa época da minha vida, mais feliz. Somos quatro filhos. Dois homens, duas mulheres e com no máximo dois anos de diferença entre um e outro. Eu, a caçula e queridinha do pai, certamente fui a mais aterrorizada em minha infância. Sei que eles ao lerem a minha coluna irão revirar os olhos e dizer: “Lá vem a

108

exagerada!” Então contarei alguns episódios para que vocês, leitores, tirem suas próprias conclusões. Eu sempre tive pés grandes. Calço 39, acho eu, desde os quatro ou cinco anos (ok ok, talvez eu tivesse seis), o que ficava ainda mais estranho, principalmente para quem olhasse de lado. Apenas gostaria de esclarecer que meus pés são deste tamanho por conta do meu dedão, pois sem ele eu calçaria número 33. Então nem preciso dizer que meus pés foram alvo certo de meus estimados irmãos: 1. Eles me apelidavam de Tatuíra pois eu escondia meus dedos embaixo da terra, quando se tornavam tema das conversas. 2. No auge dos meus 12 anos, quando estava prestes a dar o meu primeiro beijo, meu irmão entra em cena e pergunta para o rapaz: “Você

já viu o pé dela?” 3. Em uma promoção do suco Tang, o desafio lançado era escrever uma frase sobre o sabor inesquecível deste suco, e as mentes criativas lá de casa escreveram: “O dedo da minha irmã é bem maior do que a janela, mas o sabor de Tang é bem maior que o dedo dela”. Sorte que eu tinha meu pai para me defender, pois tenho certeza que esta frase junto a foto (tirada a força) que eles bateram do meu dedão seria um sucesso nacional. Esses são apenas alguns exemplos que marcaram minha infância e que me faziam odiar hora ou outra, meus irmãos. Mas, pensando melhor, me fizeram aceitar meu pé e dedo grandes - que hoje ainda contam com joanetes – da melhor maneira possível. ■


PROMOÇÃO

DA CARROS

0 Km

CHEIOS DE

ACESSÓRIOS

Revista Duo - 042  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you