Page 1

Vestem Betina Modas

Ano 8 | n° 47 | Maio 2017

Vai encarar?

Mercado de trabalho

Nos boxes não existe sexo frágil

MODA

Seu estilo, suas regras!

MULHERES SEM RÓTULOS

REALIDADE E DESAFIOS

MATÉRIA PRINCIPAL

Mães do séc. 21


JOINVILLE (47) 3027-2323 Al Rolf Colin, 109 . Salas 16 e 17 Bairro AmĂŠrica www.bentecjoinville.com


VIDAS SINGULARES, ESPAÇOS QUE COMBINAM.

bentecoficial

bentec.com.br

/moveisbentec.ltda


CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS SHOPPING MUELLER JOINVILLE | JOINVILLE - SC BUENOS AIRES CANNES LAS VEGAS MIAMI ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO 550 LOJAS - 18 PAÍSES


@carmensteffens CarmenSteffensOnline

Carmen Steffens


EDITORIAL

E

ntrando no meu terceiro ano de Duo, assinando o segundo editorial para a Duo Mulher, inicio uma reflexão que leva a temática dessa edição. O que é ser uma mulher sem rótulo? Me parece que tudo o que penso em escrever, de forma ou outra, torna-se rótulo, adjetiva, ou segrega nós, mulheres. Essa foi a deixa para a única palavra que consigo definir como a mulher sem rótulo que quero ser: livre. Livre de preconceitos, livre de limites, livre de imposições da sociedade, livre de padrões, livre de fronteiras, livre de inseguranças, livre de paradigmas. Livre. Poder sair de casa a pé e sem medo de ser assediada. Entregar um currículo acreditando que ele vale o mesmo que de meu concorrente de vaga, do sexo masculino. Cuidar do meu corpo, da minha mente e de mim, da forma que me for mais conveniente. Ter a maternidade como um direito e escolha. Ter o cabelo, o emprego, o(a) parceiro(a), a profissão, a fé, o estilo de vida… Que eu quiser.

Essa é a mulher que eu batalho para ser a mulher em que acredito que todas merecemos ser. Na edição da Duo Mulher deste ano, abordamos diversos assuntos que permeiam nosso universo e nos unem ainda mais. Mercado de trabalho, esportes, beleza, tecnologia, gastronomia. Diversos cadernos e pautas interessantes, além da matéria principal em que falamos sobre a maternidade vista por outros ângulos, e claro, sem rótulos. Descubra um pouco mais das histórias de mulheres reais que dividiram um pouco do seu mundo com a gente. E lembre-se: a mulher livre é a mulher que você quer ser. Boa leitura! #SejaUmaMulherSemRotulos

DIAGRAMAÇÃO (47) 3043-2150 monograma@monogramadesign.com EDITORA DE CONTEÚDO Tabata Kadur jornalismo@revistaduo.com.br CAPA Fotografia: Marcos Schaefer Tratamento: Guilherme Bolomini Modelos: Ana S., Fernanda E. e Clarine R. Produção: Tabata Kadur Beleza: Kamila Padilha Joias: Patrícia Martins Semi Joias Vestem: Betina Modas

JORNALISTAS Ana Paula Padilha e Márcia Campos COLABORADORES Alessandra Lobo, Alyxala da Veiga, Ana Cláudia Antunes, Ademir Moerschbacher Jr, Cláudia de Moura de Mattos, Cláudia Petry, Evelize Olimpo, Gisele Pereira,

Tabata Kadur jornalismo@revistaduo.com.br

Ju Pamplona, Leila Pereira, Márcia Tasca, Mariana Woj, Mario Kutianski, Matilde Melo, Paula Bernardes, Rosi Blunk, Yasmim Fassbinder e Wesley Coelho FOTOGRAFIA Marcos Schaefer REVISÃO Ana Paula Padilha DIREÇÃO GERAL Toni Furtado ANUNCIE EM NOSSA REVISTA! (47) 3025-4711 | 9 8423-3934 toni@revistaduo.com.br

A Revista DUO não se responsabiliza por materiais publicados nos anúncios e opiniões dos colunistas.

Sem rótulos, por favor.


ÍNDICE 2017 18

36 10 18

30

63

36

58

63

ENQUETE O que é uma mulher sem rótulo CASA & DECORAÇÃO A quintessência MATÉRIA PRINCIPAL Maternidade sem rótulo BELEZA Tendências de beleza COMPORTAMENTO Mulheres no volante MODA On the road


ENQUETE

Fomos O tema da edição virou enquete! rentes às ruas descobrir o que é, para dife ulo. mulheres, ser uma mulher sem rót

POR TABATA KADUR FOTOS ARQ

10

DUO MULHER

UIVO PESSOAL


“Uma mulher sem rótulos é uma mulher versátil e destemida. Ela faz muito mais que simplesmente o seu papel. Não se importa com a opinião alheia, ela vive sua vida sem colocar limites e restrições. Ela é uma mulher que te surpreende!”. Viviane A. Pellizzari, 26 anos.

“Uma mulher sem rótulo é uma mulher selvagem. Ela vive em plena liberdade. Ela não economiza em nada, ela ri com alma, goza com o corpo todo, saboreia uma conversa com todos os sentidos, faz amor com a vida diariamente e a todo o instante. Uma mulher ser rótulo não tem explicação alguma que a defina. Eu sou Ale, uma mulher, eu sou uma, sou”. Alessandra Cordeiro, 38 anos.

“Para mim a mulher sem rótulo é aquela pessoa simples, humilde e de caráter. Mas ao mesmo tempo muito elegante e com essência. É ser mãe, ser empresária, e ao mesmo tempo ser simplesmente uma mulher”. Bernardette Lopes da Silva, 62 anos.

DUO MULHER

11


CASA & DECORAÇÃO

12

DUO MULHER


closet seu

Um para chamar de O sonho de consumo de 99% das mulheres. POR MÁRCIA CAMPOS FOTOS BANCO DE IMAGENS

J

á imaginou ter um closet super estiloso para organizar roupas, sapatos, bolsas, acessórios e maquiagens? Pois com nossas dicas isso é bem possível e nem precisa gastar um dinheirão, basta ter criatividade e um espaço disponível. A Duo pesquisou as últimas tendências de decoração para que você organize tudo e nunca mais esqueça aquela peça linda no fundo do armário. Mesmo que você não disponha de muito espaço, ou não tenha como fazer um closet com armários sob medida, uma opção são os móveis modulares, disponíveis no mercado. Hoje encontramos móveis de qualidade com um preço bastante acessível. Módulos, araras, sapateiras, puffs e espelhos não podem faltar. Os espelhos e móveis brancos ampliam o espaço e se você optar pelo papel de parede, escolha cores claras. Mesmo com pouco espaço o closet para ser “mara”, precisa ter uma penteadeira, né meninas? O ideal é

escolher um móvel compacto, com gavetas com tampos de vidro transparente que facilite a visibilidade das makes e dos acessórios.

ILUMINAÇÃO Ah! Não esqueça da iluminação que é fundamental, para você criar um ambiente claro e aconchegante. Você pode usar e abusar da criatividade e fazer uma iluminação digna da sua loja preferida. Use a Iluminação indireta, pois é boa opção para não fazer sombra no ambiente. Iluminar a parte interna dos armários deixa os móveis mais funcionais. Nas gavetas e sapateiras, por exemplo, é possível usar led, que não esquentam. As fitas de leds também são uma opção bem bacana. Mas, independentemente da lâmpada ou da localização, a luz precisa ser branca ou amarela para não interferir na cor do tecido. O ambiente também precisa ser bem ventilado para evitar mofo e outros problemas. DUO MULHER

13


CASA & DECORAÇÃO

Camisas, calças e vestidos precisam de cabides. Caixas são uma ótima opção para manter a organização do closet.

DISPOSIÇÃO As roupas e os acessórios precisam estar ao alcance das suas mãos. Então coloque na parte de cima, as peças que não são utilizadas diariamente, como malas e chapéus. Tudo o que é usado no dia a dia tem que estar organizado de forma prática. As roupas dobradas podem ser colocadas empilhadas em prateleiras. E as peças como camisas, calças e vestidos precisam de cabides. As caixas organizadoras são uma ótima opção para guardar acessórios ou mesmo documentos no armário sem fazer bagunça. E elas ainda podem decorar o closet, desde que sejam coordenadas com a decoração.

que acaba contribuindo para evitar mofo nas peças, por outro, ele acaba juntando poeira. Então escolha de acordo com seus hábitos e pela praticidade que ele trará pra você. As versões sem portas são ideais para ambientes pequenos, e na hora fazer o projeto é importante considerar espaço para calçados; Cabideiro para blusas e vestidos longos; Gavetas para diferentes estilos de roupas, como peças íntimas e camisetas. Se optar pelo closet fechado, uma boa dica é escolher portas de vidro ou com um material que proporcione maior ventilação no armário. E investir na decoração com puffs, tapetes e espelhos para que seu closet fique bem charmoso e estiloso.

ABERTO OU FECHADO

TENDÊNCIA DIY

Vai depender do gosto de cada pessoas, mas a escolha pelo closet aberto implica em alguns cuidados. A organização deve ser o principal fator, as roupas devem ser organizadas por cores e os sapatos alinhados pelo tamanho do salto.Se por um lado ele é mais ventilado, o

Se você for adepta do faça você mesmo, uma boa opção é reaproveitar pallets, além de baratos você vai ter um closet personalizado. E para dar um charme especial dê uma repaginada em móveis antigos com pátina ou tinta, para compôr a decoração. ■

14

DUO MULHER


ETIQUETA DO LAR EVELIZE OLÍMPIO

Como está o

E

xistem inúmeras respostas para esta pergunta. Mas existe um único espaço para acondicionar tudo o que você tem. Desorganização gera estresse e com a correria do dia a dia tudo precisa estar guardado de forma funcional. Não adianta ter 20 blusas se, ao acomodar no armário, 10 delas somem no meio da pilha de roupas e você só lembrará que tem no próximo ano. Neste caso, é melhor ter apenas 10 e visualizar todas. Já ouviram falar que a casa da vizinha é sempre melhor do que a nossa? Pois é, não é diferente com o closet. Lido diariamente com pessoas se queixando, principalmente com a falta de espaço e organização dos armários. Por isso, utilizo técnicas para aproveitar melhor os espaços e dar leveza e funcionalidade. Se quiser ter tudo isso só pra você, basta contratar uma profissional ou colocar a mão na massa. O que não pode é sair comprando, postar foto do look sem se preocupar com a maneira que sua roupa nova será guardada. Cartela de cores, cabides ideais, técnicas de dobras, limpeza e demais cuidados deixam qualquer armário igualzinho aos que você vê nas revistas. Inicie analisando o espaço que você possui. Após, faça uma triagem

16

DUO MULHER

selecionando as peças que você não usou na estação atual ou passada. Estas peças poderão ser guardadas em caixas organizadoras ou descartadas. Nos cabides e prateleiras, devem ficar apenas roupas de uso, ou seja, nada de ocupar espaço com aquelas peças que não lhe serve mas tem a esperança de um dia voltar a usar. Nestes casos, separe e acomode em caixas, cestos ou plásticos a vácuo.

Após separado tudo, comece a organização do que restou. Primeiramente por segmento, separando tudo por categorias. Após, fará a escolha do melhor lugar e colocará por tamanho e cor. Não esqueça que seu closet precisa ficar funcional além de bonito. Então, o ideal é que as roupas de maior utilização fiquem nas prateleiras mais baixas com fácil acesso. Outro fator importante, é lembrar que mesmo contendo portas, os armários acumulam poeira e quanto mais empilhar mais difícil fica o processo de limpeza. O ideal é fazer pilhas baixas de roupas e manter um espaço entre uma e outra. Assim, você pode tirar, limpar e colocar novamente no lugar sem desmanchar sua organização. Feito este processo você já começa a visualizar a diferença. Agora é só desfrutar. Ah! Não esqueça de fotografar o antes e depois. ■

Fotos: Banco de Imagens

seu closet?


CASA & DECORAÇÃO

ˆ A Quintessencia Papéis de parede como você nunca viu! Tema sugerido por Gleidson Silvério traz um mix luxuoso de moda, decoração e arte. As obras foram confeccionadas a partir dos papéis de parede que trazem seu nome.


CASA & DECORAÇÃO

Fotos: Leo Cristofoli Looks: Estilistas da Libere Fashion School Modelos: Camila Poletti, Schula Belino, Taís Leite e Amanda Veiga (Mega Model)


ONDE ENCONTRAR: Gleidson Silvério Wallpapers gleidsonsilverio.com.br Gleidson Silvério Wallpapers luxury_decorations


MERCADO DE TRABALHO

Mulheres conquistam seu espaço POR MÁRCIA CAMPOS FOTOS BANCO DE IMAGENS

A

mulher moderna está conquistando um espaço maior no mercado de trabalho, antes dominado majoritariamente pelos homens. Foi preciso muita luta e o amadurecimento da sociedade para que as mulheres ocupassem cargos de chefia e fossem reconhecidas como profissionais. De acordo com dados da organização Internacional do Trabalho (OIT), hoje elas somam aproximadamente 50% dos trabalhadores do mundo. Mas infelizmente um fator alarmante é a disparidade salarial. As mulheres ganham em média 16% menos que os homens, mesmo tendo mais tempo de estudo e qualificação. A mulher atual procura a realização tanto pessoal, como profissional e busca a valorização do seu trabalho. Muitas delas ainda acumulam jornada dupla, não deixando de lado seu papel de mãe e de esposa, afinal, são meninas super poderosas! 24

DUO MULHER

Hoje, aproximadamente 50% dos trabalhadores do mundo são mulheres.

Mulheres ganham em média 16% menos que os homens, mesmo tendo mais tempo de estudo e qualificação.

Elas correspondem a 31% do total de donos de empresas no país.


De acordo com a profissional de Self Coaching especialista em Análise Comportamental e Gestora do Human Evolution Institute, Fernanda Engelmand, a tendência de muitas mulheres modernas tem sido a de conciliar um grande e variado número de atividades em áreas de seu interesse, equilibrando as exigências da profissão e da família com seus interesses pessoais. “As áreas profissionais tradicionalmente femininas como Administração de Negócios, Atendimento ao Cliente e Gestão de Pessoas já não estão mais na lista das prioridades da modernidade feminina”. Para a coaching, as mulheres de hoje têm maiores possibilidades e poder de escolha, além de maior poder de decisão. “Essas possibilidades fazem parte da evolução da história das mulheres e devem ser encaradas como conquistas”. De acordo com a especialista, as mulheres possuem atitudes mais positivas no ambiente de trabalho, poder de superar obstáculos, caráter forte, procuram expandir seus conhecimentos, apaixonam-se pelo que fazem e trabalham muito. “Essa versatilidade feminina tem garantido sua permanência e expansão cada vez maior no mercado de trabalho. A força

feminina no ato de empreender tem chamado atenção do mercado. Atualmente as mulheres correspondem a 31% do total de donos de empresas no país”.

Segundo a coaching, as profissões mais procuradas na atualidade pelas mulheres empreendedoras são: Blogueira, Franchising de marcas de seu interesse, Beleza – Estética e Moda, Produção Multimídia, TIC (Tecnologia da Informação e da Comunicação) e Turismo e Eventos, este com a perspectiva de excelentes negócios com os eventos já programados (Copa do Mundo de Futebol e Olimpíadas). A especialista deixa uma dica importante para as mulheres. “A escolha certa não exclui outras profissões, só reforça a forma com a qual a mulher empreendedora atribui seu valor estratégico”. ■ DUO MULHER

25


LIDERANÇA

O

que leva uma mulher com muito ou nenhum conhecimento desejar empreender e abrir seu próprio negócio? O que faz com que esta mesma mulher adie seu sonho e muitas vezes nem tenha coragem de enfrentar este desafio? A resposta eu não sei de cor, pensei muito por estes dias, e encontrei algo muito recorrente nas grandes mulheres de negócios que conheço. Na sua grande maioria o que as move a fazer acontecer e empreender, geralmente não é o seu grande sonho. O que as faz desistir e sabotar os seus desejos ou pagar o preço de enfrentar os desafios em seu empreendimento, alavancando a sua ideia, é o tamanho da sua dor ou a dor de pessoas que deseja ajudar. Geralmente a mulher empreende quando sente uma grande necessidade de ajudar. Pode ser a si mesma, a sua família ou as muitas pessoas que ela percebe estar sofrendo ou necessitando de algo com a qual ela possa contribuir através de seu

26

DUO MULHER

novo negócio. E quanto maior a dor e a necessidade observada, mas empenho e persistência ela estará disposta a realizar para que as coisas aconteçam.

Muitos são os impeditivos que as fazem repensar sua vontade: os filhos, a casa, o marido, o trabalho, o compromisso, a falta de recursos e as milhões de desculpas que sempre insistem em aparecer. Mas são estes mesmos motivos que na maioria das vezes a impulsiona a dar a grande virada da sua vida. E você, o que te moveu a ser uma mulher líder de negócios? ■

Fotos: Banco de Imagens

MATILDE MELO


TECNOLOGIA

ANA PAULA PADILHA

Tecnologia a favor das mulheres

A

Foto: Banco de Imagens

tecnologia está aí para nos ajudar e, claro, existem inúmeros recursos focados no público feminino que podemos aproveitar na nossa rotina diária. São inúmeros aplicativos de beleza, saúde, bem-estar, moda e muito mais. Separamos alguns que vão ajudar a facilitar a sua vida.

BELEZA O app Vaniday funciona como uma agenda virtual de serviços de beleza. O usuário escolhe o local, serviço, horário e até o profissional de preferência, tudo pelo aplicativo. Após o agendamento, recebe uma confirmação por e-mail ou sms. O pagamento pode ser feito no local ou via app.

SAÚDE Disponível gratuitamente, o aplicativo Period Calendar permite que você inclua informações detalhadas de tudo o que é relacionado com o seu ciclo menstrual, data e período, relações sexuais (protegido ou não, se teve orgasmo ou não), peso, temperatura, notas, corrimentos, comprimidos e anticonceptivos. É uma forma discreta e acessível de você se conhecer melhor. Para preservar a sua intimidade, o app é protegido por senha.

IDIOMAS O Duolingo é um dos mais famosos e elogiados aplicativos de ensino de idiomas do mercado. Ele já ganhou diversos 28

DUO MULHER

prêmios, está disponível em Android, iOS, Windows Phone e web, funciona de maneira super fácil e é bastante útil para quem está estudando inglês ou espanhol.

SEGURANÇA O bSafe, assim como a maioria dos apps de segurança, entra em contato com pessoas selecionadas caso você aperte o botão de emergência. Se a mulher precisar andar sozinha por um lugar em que não se sinta confortável, pode convidar um amigo para acompanhar a sua trajetória por GPS, garantindo que qualquer desvio da rota seja notado. O maior diferencial desse aplicativo é o alarme opcional, que, se acionado, toca uma sirene e começa a gravar e filmar automaticamente tudo que está acontecendo. Disponível no Brasil em português para iOS e Android. ■


MATÉRIA PRINCIPAL

Maternidade sem rótulo POR TABATA KADUR FOTOS ARQUIVO PESSOAL E BANCO DE IMAGENS

U

ma das grandes e mais belas características destinadas somente às mulheres, é a de ser mãe. Contudo, mesmo sendo um momento único e cheio de particularidades, a sociedade ainda impõe

30

DUO MULHER

padrões e regras que designam e dividem mulheres consideradas “mães ideais”. A Duo conta a seguir histórias de três mulheres que abraçaram a maternidade de formas diferentes e sem preconceitos, mulheres que decidiram ser mães sem rótulos.


O MILAGRE DA MATERNIDADE Fernanda Prust Machado é fisioterapeuta dermato-funcional, empresária, esposa e mãe. Ela sempre acreditou que para se realizar como mulher precisaria ser feliz profissionalmente e construir uma família com amor. “Desde cedo comecei a trabalhar, com 17 anos, e graças a Deus me encontrei profissionalmente de primeira”, diz. Foi cedo também que encontrou o amor de sua vida e aos 22 anos casou-se com Thiago Machado. O casamento foi início de um sonho e uma história linda que envolve, filhos, família, fé e muitas batalhas. Revista Duo – Como foi o momento em que decidiu ser mãe? Fernanda P. Machado: O sonho de ter filhos vem desde muito nova, eu nem sei bem quando isso começou, mas quando casei esse sonho aumentou e tive a impressão de que a cada amiga ou conhecida que engravidava, o meu sonho aumentava. Porém, como sou autônoma, sempre pensava na minha carreira, como seria parar por uns tempos, tinha que deixar um sonho de lado para começar um novo sonho, então, me organizei profissionalmente, o que levou alguns anos até decidirmos que era o momento.

Revista Duo – Como foi sua caminhada para conseguir atingir o sonho da maternidade? Fernanda: Infelizmente a batalha para me tornar mãe foi muito mais difícil do que eu imaginava. Eu tentei engravidar por quatro anos e durante esse tempo passei por vários exames, cirurgias, muito sofrimento e decepção. Todos os testes negativos eram uma frustração. Mas como todos diziam, tudo tem um porquê. Deus sabe de todas as coisas e não era nosso momento. Acredito que não estávamos tão estruturados como família, e até financeiramente, quando decidimos. Após quatro anos de muita batalha, depois de uma fertilização, engravidamos de primeira, de um lindo casal de gêmeos, Matheus e Julia. E começou uma nova fase de sonho realizado e curtir a gestação de uma forma intensa. Até que com 23 semanas de gestação, mais ou menos o quinto mês, entrei em trabalho de parto prematuro e tive que ficar de repouso absoluto para manter a gestação. Foi uma nova luta, muito difícil. Os médicos não acreditavam que eu conseguiria levar a gravidez adiante, e se os bebês nascessem não teriam chance de sobreviver, por serem prematuros extremos. Mas sabíamos que nosso sonho era maior que tudo e que Deus estava com a gente. Conseguimos manter por mais 29 dias a gestação e entrar no sexto mês. Nossos bebês vieram a nascer, prematuros extremos, e sobreviveram. Ficaram dois meses e meio na UTI neonatal para terminarem o desenvolvimento e ganharem peso. Duo – Depois do nascimento dos bebês, como foi a adaptação a nova rotina?

Fernanda P. Machado, Julia e Matheus.

Fernanda: Ali começou uma nova luta para sobreviverem e enfrentarem as sequelas da prematuridade. Ainda é uma batalha para cuidar de dois, precisamos estar atentos a médicos e exames. Porém, apesar dos desafios, me sinto super realizada, consegui DUO MULHER

31


MATÉRIA PRINCIPAL conquistar a maternidade e tenho dois filhos maravilhosos. Vi que a maternidade é muito mais do que eu imaginava. É muito mais amor e mais doação. Parar de trabalhar foi outra coisa assustadora. Foi muito mais rápido do que eu imaginava, mas Deus tinha deixado tudo preparado pra dar certo. Agora, depois de quase nove meses do nascimento dos bebês, eu consegui voltar a trabalhar. Está sendo um recomeço e consegui de verdade unir meus sonhos: trabalhar e ter minha família. Me sinto completamente realizada.

desses pequenos seres. Mudou também o meu modo de ver a vida, na verdade, a palavra vida tem outro significado agora para mim. Descobri outra forma de amor, percebi como coisas tão simples no nosso dia a dia podem ser tão difíceis para bebês tão pequenos. Passei a valorizar as coisas simples do dia a dia. Aprendi a viver um dia de cada vez, e que cada dia é diferente e especial quando se tem bebês em casa. A maternidade me tornou uma mulher mais madura e muito mais forte, agora sei que posso enfrentar coisas que imaginei que não conseguiria.

MAMÃE AO QUADRADO Shéron Piccoli, bancária, ex-cantora e formada em direito é uma mulher extrovertida e cheia de vida. Ao lado da parceira Danielle Pereira, elas dividem seus sonhos e uma grande tarefa: a de serem mães do Pedro.

Matéria Principal (Em pauta)

Os gêmeos Matheus e Julia.

Duo – Como é ser mamãe de gêmeos?

Fernanda: Ser mãe de gêmeos é uma experiência incrível! Vê-los descobrindo um ao outro, se reconhecer, se tocar, interagirem, isso tudo é muito prazeroso. Uma mãe de um bebê só acaba não passando por isso. É uma experiência muito diferente. Só pude pegá-los no colo juntos a primeira vez quando tinham 18 dias de vida e a primeira reação deles foi um pegar no outro. O lado ruim é a comparação, acabamos comparando um filho com o outro. Mas, o mais importante é o amor em dobro. Pensamos que não vamos conseguir amar os dois da mesma forma, mas é incrível como podemos amar igualmente e com a mesma intensidade duas pessoas diferentes. Duo – O que a maternidade mudou em sua vida? Fernanda: A maternidade mudou tudo na minha vida, uma vida que agora gira em torno 32

DUO MULHER

Revista Duo – Quando você decidiu que era o momento de engravidar? Sheron: Sempre quis ser mãe. No banco onde trabalho, sou conhecida como a "crianceira" (risos). Não podia e não posso ver criança. Não consigo tirar o olho e não descanso enquanto não for dar um “oi”, um cheiro. Arranjo algum brinquedo, ou objeto que chame atenção e me achego. Era só uma questão de tempo e de me organizar pra conseguir engravidar. Duo – O que representa a maternidade para vocês? Sheron e Danielle: A maternidade é a nossa vida! Tudo gira em torno do nosso filho Pedro. Vivemos pra ele, em função dele. Tudo o que ele faz de novo e de engraçadinho achamos lindo, mas também temos uma sintonia incrível na hora de educar e repreender quando precisa. Ele é tudo pra nós, o amamos demais. Fazemos tudo por ele.


Shéron Piccoli e Danielle Pereira com Pedro.

Duo – Como é ser mãe ao quadrado do Pedro? Sheron: Tive duas experiências de mãe ao quadrado. A primeira com minha ex companheira, que foi com quem eu projetei o Pedro, e outra com a Dani agora. Sem dúvida nenhuma, agora sim, somos mães ao quadrado. A Dani é ótima, parece que nasceu para isso. Ela sabe o que fazer antes mesmo de eu ou do Pedro pedirmos. A gente tem uma super sintonia nas atividades que envolvem a maternidade. Tudo se dividiu naturalmente no dia a dia. Como enquanto estou cuidando das coisas da casa, ela dá atenção a ele, e vice-versa, sem uma ter que pedir para a outra, tudo naturalmente. Quando estou arrumando ele para sair, ela já organiza a mochila e eu nem vejo, só me dou conta quando já estamos saindo e está tudo organizado. É muuuito cansativo, mas é muito bom! Sentimos falta quando ele não está presente, por mais que as vezes precisamos de um descanso.

pais e no fim do projeto os amiguinhos dele, e ele, sabiam que o Pedro tinha duas mamães. Tudo muito natural. Duo – O que a maternidade mudou em suas vidas?

Matéria Principal (Em pauta)

Duo – Como foi explicar para o Pedro o fato de ter duas mamães? Sheron: A creche que o Pedro frequenta é bem avançada na questão diversidade. Ano passado quanto ele tinha dois anos, a professora dele abordou o tema família. Todos os amigos levaram fotos dos seus

Sheron: Mudou tudo! Virou minha vida de pernas pro ar. Não tinha hora para dormir, para comer, para tomar banho, para ficar de papo com as amigas… Sair pra conversar tranquilamente sem ter que colocar o peito a mostra para amamentar, ou ter ele no meu colo para dar de comer e tentar pegar alguma sobra quando dava tempo (risos). Uma loucura! E o pior, já estou com saudades dele nessa fase (risos). A vida da Dani também mudou demais. De repente ela passou de uma vida de solteira convicta (risos), pra uma mãe de família, em questão de dias. Mas parecia que fazia anos que estava se preparando para isso. Nada acontece por acaso mesmo, talvez o Pedro não fosse esse carinha maravilhoso que todo mundo quer por perto se minha vida tivesse seguido o rumo que tinha sido projetado. Hoje a Dani passa a tranquilidade e o carinho que eu e o Pedro precisamos e nós nos completamos, os três, como uma família, como se tudo tivesse sido escrito há tempos e de uma forma que tudo se encaixasse perfeitamente. DUO MULHER

33


MATÉRIA PRINCIPAL FILHOS DE QUATRO PATAS Gabrieli Voigt, aos 26 anos, iniciou cedo a carreira de modelo fotográfica e trabalha no ramo há 12 anos. Há cinco anos residindo em Balneário Camboriú, terminando sua faculdade em Design de Interiores, é a legítima amante e protetora dos animais. Mas seu carinho pelos bichanos não para por aí. Toda a família faz parte de uma rede que luta contra o abandono pelos animais e Gabrieli se considera hoje uma mamãe para seus filhos de quatro patas.

Gabrieli Voigt e seus filhos quatro patas.

Revista Duo – Como é sua relação com seus animais de estimação? Gabrieli: Meu amor pelos animais acredito que vem desde a barriga da minha mãe, pois meus pais e toda a minha família são unidos pela causa dos animais abandonados e sem lar. Então, não teria como eu ser diferente em relação aos meus amiguinhos peludos. No momento tenho sete cachorrinhos, por ordem de chegada: Bob, Cheddar, Rebeca, Furda, Usher, Savana e Angelina Jolie. Tenho também seis gatinhos, dois moram comigo Kelvin Jr e Horácio Palmito e quatro moram no céu. Sim, eu nunca esqueço dos meus “filhos” peludos que já partiram para o reino dos animais, são eles: Kelvin, Zara, Horácia e Felícia. Minha relação com todos eles é de amor verdadeiro, o mais puro que alguém pode dar e receber. São meus parceiros de todas as horas, se estou na sala, estão comigo, se vou para o quarto estudar, logo estão do meu lado, até para ir ao banheiro tenho companhia, podem acreditar (risos). Duo – Você se considera uma mãe para seus pets? Gabrieli: Sim, não tenho dúvida que eles são meus filhos queridos. Faço tudo o que posso por eles, cuido da alimentação, passeamos, levo com frequência ao veterinário e quando ficam doentes, nossa, parece que adoeço junto com eles. Esse apego que temos por eles é algo tão bonito, é uma troca de amor na minha concepção. 34

DUO MULHER

Duo – O que você pensa sobre a maternidade? Gabrieli: Tenho a maternidade muito forte em mim, sempre tive o desejo de ser mãe. Penso que muito do afeto e ternura que devoto aos meus animais é justamente por eu ter esse sentimento batendo em meu coração. Duo – Como é sua rotinha de cuidados com seus bichinhos? Gabrieli: A rotina dos meus gordinhos – como eu gosto de chamá-los – é de muita diversão e vida boa. Adoram comer bem e dormir por horas e horas em suas camas quentinhas. Não posso deixar de agradecer a minha família, pois sem eles eu não conseguiria cuidar sozinha de todos eles, pois viajo muito e à noite vou para a faculdade. Agradeço em especial ao meu querido pai, pois ele muitas vezes deixa de fazer passeios, viagens, para não deixar os cachorros sozinhos. Se hoje eu luto pelas causas dos animais, devo isso, principalmente a ele, que me ensinou o respeito e a igualdade de todos os seres que habitam na terra. ■


BELEZA Leila & Gisele Centro de Beleza apresenta:

Tendências de beleza

Cor, volume e praticidade nos penteados são cada vez mais aceitos para mulheres sem rótulos.

Fotografia: Marcos Schaefer Tratamento: Guilherme Bolomini Beleza: Equipe Leila & Gisele Joias: Scheffer atelier Modelo: Vanessa P. (Gas Models)


Beleza: Equipe Leila & Gisele


BELEZA

Beleza: Equipe Leila & Gisele


Onde encontrar: Leila & Gisele | R. Max Colin, 1440 - AmĂŠrica, Joinville - SC | (47) 3027-3177


ESTÉTICA

E

m meu consultório observo que os problemas estéticos que mais acometem e incomodam as mulheres são: gordura localizada, celulite, estrias e flacidez de pele (ou flacidez tissular). Dentre os tratamentos que podemos oferecer para esses casos atualmente, o principal de todos é o Power Delivery.

minimizando a celulite e conferindo firmeza e elasticidade à pele; Pro-Sirtuin, indicado para redução do armazenamento de gordura por meio da ativação da lipólise; e o Actigym®, ativo que induz o desenvolvimento de fibras lentas, regularizando os genes responsáveis pelo acúmulo de gordura, entre inúmeros outros benefícios.

Este produto inovador, que a Adcos lançou em setembro do ano passado, é o tratamento que mais trabalho hoje e mais vejo resultados. O Power Delivery aumenta a produção de colágeno, o que melhora a firmeza da pele e reduz o acúmulo de gordura nos adipócitos, por estimular a lipólise. Sua tecnologia atua em 18 diferentes alvos com ativos que garantem a eficácia do tratamento. Entre eles estão o Lipout™, que reduz a circunferência corporal e proporciona redução da espessura da gordura subcutânea,

Até agora só mencionei o produto, mas na verdade, o Power Delivery faz parte de um protocolo, desenvolvido por mim e que une manobras manuais, laser de baixa potência e aparelhos eletroterápicos, que somados nos trazem um resultado formidável! Então não perca tempo, invista em você e se sinta cada vez melhor com seu corpo e sua autoestima. Entre em contato comigo e agende uma avaliação. Mande um e-mail para: contato@rosiblunk. com.br ou um WhatsApp para nossa Central de Atendimento (47) 99632-6361. Eu espero você! ■

42

DUO MULHER

Foto: Banco de Imagens

ROSI BLUNK


MAKE

A pele da

parisiense POR PAULA BERNARDES FOTOS BANCO DE IMAGENS

E

m uma temporada de estudos sobre beleza em Paris, na França, percebi várias diferenças em termos de maquiagem das parisienses. Elas aparentam não usar nada na pele, olho neutro e pouquíssimo (ou até nada) de contorno. Elas realmente abraçam sua beleza individual. Mas aí você vai dizer: “mas elas são naturalmente mais bonitas”. Mas não são. Elas aceitam seus rostos como eles são, e o glow “natural” não é tão natural assim. Como o clima lá é seco, elas geralmente usam uma preparação de pele com produtos de finalização em creme, muitos itens cremosos têm acabamento iluminado, além de várias camadas finas de corretivo para corrigir imperfeições. Pó para finalizar, e um tico de blush para dar um ar de saúde (já que pegam pouco sol).

44

DUO MULHER

Para nós brasileiras, esse efeito iluminado de pele saudável pode ser reproduzido pelo queridinho do momento, o iluminador. E você pode escolher a dose de “brilho” dependendo do acabamento do produto. Tem vááárias opções, algumas você passa antes da base, outros misturados na base, alguns bem localizados nas têmporas (logo acima do blush, no ossinho das bochechas) na finalização da maquiagem, com ou sem partícula de brilho.


As parisienses aparentam não usar nada na pele, olho neutro e pouquíssimo (ou até nada) de contorno.

“Você vai amar e nunca mais vai deixar o iluminador de lado, acredite!”

Aí vai do seu gosto pessoal. Gosta de um glow natural, mas não quer deixar claro que é o iluminador? Escolha os produtos que refletem pouco a luz, use pouca quantidade e você vai ter um efeito lindo e natural. Quer um pouco mais de iluminado quando a luz bate no rosto? Se jogue nos produtos que contêm partícula de brilho. A dica aqui é sempre pensar em que momento do dia ou da noite você vai usar cada um. Recomendo os mais naturais e com cor quente para o dia, e os de tom frio e mais brilho para noite. O efeito desse pequeno detalhe numa selfie, por exemplo, é viciante. Você vai amar e nunca mais vai deixar o iluminador de lado, acredite! Encontre o que mais se encaixa pro seu gosto, e bora ter o efeito de Paris na pele brasileira (que aliás é beeem mais bonita). ■ DUO MULHER

45


CABELOS

LEILA & GISELE

sou eu!

V

ocê já parou para se perguntar o que você quer expressar através da sua imagem? Quando o assunto é beleza, a maioria das mulheres possuem muitas dúvidas do que devem fazer ou usar para se sentirem ainda mais lindas e confiantes, afinal, não há um padrão de beleza que deva se aplicar a todas. Cada mulher possui seu estilo, personalidade e características físicas que a fazem ser completamente única. E que tal usar tudo isso ao seu favor para transmitir, através de sua beleza, quem você realmente é? Sim, é possível! O visagismo vem ajudando muitas mulheres a se encontrarem e a se entenderem também. Através de uma consultoria é possível conhecer seu estilo de vida, suas exigências profissionais, suas necessidades particulares, desejos e preferências. Essa análise é feita através de uma conversa onde o profissional analisa todos estes fatores junto às principais características do seu rosto, como o formato do rosto, olhos, nariz e boca, para então detectar as suas principais personalidades, podendo assim maximizar posteriormente seus pontos positivos.

46

DUO MULHER

“[...] para você ter um estilo que reflita quem você realmente é.” Após conhecer o cliente, o profissional visagista irá customizar e personalizar a criação de sua mudança visual, e sugerirá a cor, corte de cabelo, design de suas sobrancelhas e tudo o que precisar para você ter um estilo que reflita quem você realmente é. Essa transformação promove um encontro entre a imagem interior e a imagem exterior. O resultado? Você se olhará no espelho e falará: Essa sou eu! ■

Foto: Banco de Imagens

Essa mulher


SEXO

CLÁUDIA PETRY

A

repressão sexual é tão antiga quanto a vida humana, mas o estudo do seu sentido, de suas variações no tempo e no espaço é um estudo relativamente novo.

Para a mulher, o prazer sexual é uma conquista muito recente. Antes da liberação sexual, que começou nos anos 60, a mulher que demonstrasse desejo sexual era tida como doente.

Marilena Chauí, em seu livro ‘’Repressão Sexual’’, considera que a repressão sexual será mais eficaz quanto mais conseguir ocultar, dissimular e disfarçar o caráter sexual daquilo que está sendo reprimido. E que a repressão sexual se liga a um conjunto de valores, regras estabelecidas histórica e culturalmente para controlar o exercício da sexualidade, pois, como inúmeras expressões sugerem, o sexo é encarado como uma torrente impetuosa e cheia de perigos.

Para as mulheres deste milênio, dependendo do seu grau de cultura e do seu acesso a informações, o orgasmo feminino passou a ser levado em conta. Quase que cobrado. A mulher anorgásmica (que não consegue ter orgasmo) já se permite procurar tratamento. Muitas já conseguem falar sobre esta dificuldade com o parceiro. O passado preconceituoso aos poucos está se transformando, embora lentamente, pois a repressão sexual ainda vigora de forma significativa até mesmo em centros vistos como intelectualizados.

A sexualidade se faz presente em todas as etapas do desenvolvimento humano. Por um lado é fonte de prazer, e por outro, o alvo predileto para ataques e censuras de toda ordem. Freud já defendia a ideia de que os seres humanos nascem com impulso vital para a busca do prazer, o que ele denominou de libido. A repressão sexual impede a liberação da fantasia erótica, um fator muito importante para o orgasmo feminino. A sexualidade feminina por longo tempo permaneceu na procriação e manutenção da espécie. O objetivo da relação sexual era a reprodução. O mesmo não era aplicado ao homem. Este podia satisfazer seus desejos e fantasias com outras mulheres. A sociedade não o condenava por isso. 48

DUO MULHER

Hoje a mulher já corre em busca de uma imagem poderosa e sensual, como forma de expressão da sua liberdade. E todos os envolvidos na relação saem ganhando. Porque ter prazer na relação, melhora a saúde sexual e a qualidade de vida. Permitam-se! ■

Foto: Banco de Imagens

Repressão sexual


MÚSICA

JU PAMPLONA

Jussara Gossen, uma artista!

N

Ju - A Lady Murphy já tem um bom tempo de estrada e a Ladies On the rock vem ganhando força também. Tem mais projetos por aí?

esta edição, batemos um papo com Jussara Gossen. Uma artista incansável e muito talentosa!

Ju - Você não para quieta, conta para a gente como é ser mãe, cantora, professora, artista...

Foto: Rodrigo Arsego

Jussara: É difícil responder a isso, porque nem eu sei como dou conta. Trabalho 40 horas semanais como professora pela Rede Municipal, com 50 crianças de quatro anos. É uma pena que poucas pessoas tenham consciência da nossa importância e poucos valorizam nossa profissão. Tenho ainda quatro grupos de aulas de inglês, são mais 27 crianças. Percebo que a maioria acaba se apaixonando pelo inglês, porque eu transmito a paixão que tenho. Canto profissionalmente desde meus 17 anos. Fundei a Lady Murphy em 2001 e remontei a mesma com Rico Vogel em 2007. Ajudei a estruturar o Ladies on the Rock e estamos com esse projeto desde 2014. Mas a melhor parte, é ser mãe de duas crianças ímpares, Giordano, 12 anos e Isabella, seis anos. São meu motivo, meu céu e meu porto seguro. O segredo de dar conta disso tudo é simplesmente amar tudo que faço e fazer sempre da melhor forma que consigo.

Jussara: Lady Murphy tem 10 anos de estrada com a mesma formação: Rico Vogel, Ricardo Motta, Formiga Machado e Jussara Gossen. Temos o VJ Marcelo Casas que além de colorir nosso palco, divulga nossos apoios: Levi´s, Barbearia Ministro, Jucelia Baumer e Winds Idiomas. Ladies on the rock é um projeto que “canta” a História do Rock. Temos figurino, coreografias ensaiadas, um conceito de show mesmo. É fruto de estudos, ensaios, dedicação e garra de pessoas extremamente comprometidas e apaixonadas. Envolve nós quatro da Lady, mais a Carolina Luz, Andressa da Rocha, Fábio Oliveira e Julio Cesar Schwochow (Julay JB), e o nosso VJ Marcelo Casas. É sucesso aonde passa! Tenho outros projetos, mas ainda estamos organizarmos tudo. Logo teremos novidades e grandes encontros! Ju - Uma dica para as mulheres e garotas que querem seguir carreira artística. Jussara: Estudem, sejam humildes, façam porque seu coração pede, não seu ego. Façam com dedicação, busquem parcerias, pois ninguém constrói nada sozinho, sem ajuda, em trocar experiências e sem ter vontade de aprender e se superar sempre. Todo mundo tem suas limitações e falhas, mas cada um tem sua luz. Descubram a sua e mostrem ao mundo. ■

/JussaraGossen /LadyMurphyRockBand @jussaragossen @Ladymurphyrockband @ladiesontherock

DUO MULHER

49


PUBLIEDITORIAL

Planejamento digital a seu favor A tecnologia presente no consultório odontológico, feita para trazer agilidade e precisão na busca pelo sorriso perfeito. POR DR. PEDRO JAIME ROSA

FOTOS ARQUIVO PESSOAL E BANCO DE IMAGENS

A

Odontologia, desde 2007, já apresenta tecnologia e recursos para diagnóstico do dente e gengiva em relação ao rosto por meio das imagens e vídeos do paciente. Com essas medidas, é possível propor o que é ideal para cada indivíduo e como cada especialidade da Odontologia vai lhe ajudar a alcançar o melhor resultado possível, seja utilizando as chamadas lentes de contato dental, aparelho invisível, plástica gengival, implantes ou outros produtos. Para a personalização de cada sorriso, é levado em consideração princípios de design e de desejos do paciente. Essas imagens no computador são compartilhadas entre a equipe odontológica para agregar mais informações e unificar o planejamento até que o paciente concorde com todos os detalhes apresentados. Esse compartilhamento de informações entre a equipe possibilita que o paciente tenha sempre profissionais especialistas em cada etapa do seu tratamento. 50

DUO MULHER


O paciente tem antecipadamente o “retrato” de como ficará seu sorriso ao final do tratamento.

Na prática, unir os dados obtidos pelos exames de fotos, vídeos e software visa a excelência na comunicação entre profissional e paciente, e aumenta a sua confiança quanto à aceitação da opção de tratamento escolhida, isto é, o entendimento do planejamento individualizado para cada atendimento. Como toda novidade tecnológica, a técnica do Digital Smile Design traz vantagens tanto para o paciente como para o dentista, que tem mais segurança na escolha dos procedimentos. Já para o paciente, ele tem antecipadamente o “retrato” de como ficará sua boca, seu sorriso, ao final do tratamento que foi feito pela programação virtual. Os procedimentos buscam unir o desejo estético com a funcionalidade da boca, incluindo qualidade de

mastigação, das articulações e alinhamentos dos dentes e gengiva. Isso porque o grande objetivo do DSD é desenvolver um novo sorriso em harmonia com o rosto e personalidade do paciente, a partir de um ponto de vista mais humano, emocional e artístico, beneficiando a qualidade de vida e a autoestima das pessoas de maneira mais previsível, rápida e conservadora. Outro grande diferencial da tecnologia do Digital Smile Design é que, de posse da imagem efetiva, o dentista pode simular desejos subjetivos dos pacientes, como ter um sorriso mais delicado, mais extrovertido ou mais intenso. Esse direcionamento possibilita, inclusive, um tratamento mais rápido, pois evita que etapas tenham a necessidade de serem refeitas em virtude do “desgosto” do paciente. ■

DR. PEDRO JAIME ROSA JÚNIOR Especialista em Implantodontia CRO/SC: 10771 (47)9 9929-1415

DUO MULHER

51


PUBLIEDITORIAL

A mulher moderna e sua coluna POR JOHNY JABLONSKI FOTO BANCO DE IMAGENS

52

DUO MULHER


N

este mês em que comemoramos as mulheres de forma geral, e em especial as noivas e as mamães, trouxemos a tona suas principais causas de dores na coluna, como prevenilas e como tratá-las. Afinal a evolução social contemporânea obriga as mulheres a serem boas filhas, esposas, mães, estudantes e profissionais de sucesso, onde muitas vezes vivem jornadas duplas de trabalho dentro e fora de seus lares, levando o mundo em suas costas e deixando de lado a preocupação com sua integridade física e psíquica. O que posteriormente poderá refletir em sua coluna, ou ao contrário, aquelas mulheres que são aceleradas, fazem milhares de atividades e em nome da estética e do retardo ao envelhecimento e se prejudicam pelo excesso. A maior parte das queixas no consultório de dor nas costas vem do sexo feminino. Muitas mulheres sofrem diariamente com esse mal. Salto alto, bolsas, estresse, fumo, Diabetes, Colesterol, gestação, filhos, maridos e má postura são fatores que podem desencadear uma série de desconfortos, mas são facilmente resolvidos com a mudança de alguns hábitos diários e o tratamento certo. Existem ainda algumas patologias típicas do sexo feminino, além das alterações posturais decorrentes das Escolioses as que envolvem o período gestacional. A qualidade de vida e saúde tem uma relação muito mais direta do que a maioria das pessoas imagina. A dieta balanceada ao longo do mês, por exemplo, influencia no bem-estar geral da mulher, inclusive na

fase mais crítica os dias que antecedem a menstruação. Nesta fase, as mulheres também apresentam deficiência de alguns nutrientes. A simples reposição desses componentes na alimentação já pode ser suficiente para fazer desaparecer ou diminuir os sintomas da TPM.

“A qualidade de vida e saúde tem uma relação muito mais direta do que a maioria das pessoas imagina.” Lembrando que consultas periódicas aos médicos específicos são importantes para controle de algumas doenças, e aos fisioterapeutas para cuidar das questões mecânicas e posturais. A FISIOTHERA/ ITC VERTEBRAL em Joinville e também em Balneário Camboriú, tem muito orgulho de há 20 anos cuidar das colunas da nossa cidade e cada vez mais das mulheres que recebem todo o nosso carinho e atenção. Neste mês de maio todas as mulheres, noivas e mamães que vierem através desta matéria da revista Duo terão um super desconto de 50% em qualquer avaliação na clínica no mês inteiro e receberão um tratamento especial e diferenciado com benefícios para se cuidarem. Entrem em contato conosco, livrem-se das dores e tenham muitas felicidades nestas novas etapas de suas vidas como esposas e mamães. ■

DR. JOHNY WILLIAM JABLONSKI

Diretor Regional da Associação Brasileira de Reabilitação da Coluna Joinville: Rua Dr. João Colin, 1702 - América | 47 3029-3037 joinville@clinicafisiothera.com.br | herniadedisco.com.br Balneário Camboriú: Rua Andorinha, 76F - Aririba | 47 3081-3037 balneariocamboriu@clinicafisiothera.com.br | itcvertebral.com.br DUO MULHER

53


GASTRONOMIA

A

brasilidade a seu favor POR ADEMIR JR. FOTOS BANCO DE IMAGENS

A

gastronomia brasileira passou por uma evolução gradativa em diversas regiões do país, a partir de influências, primeiramente dos povos indígenas, depois das colonizações, e por fim das imigrações durante o pós-guerra. O Brasil então criou sua identidade alimentar, até chegar hoje a uma fase de afirmação mundial em relação aos hábitos alimentares e a nossa gastronomia. Avançando a um ponto onde alguns ingredientes típicos nacionais estejam em alta a ponto de caracterizarem alguns períodos, hoje vivemos um momento onde o cuidado do corpo e saúde está em alta. Logo identificamos esses ingredientes costumeiros brasileiros entrarem com força na alimentação diária. O trabalho dos nutricionistas está cada vez mais se alinhando com o dos profissionais de gastronomia, onde juntos, conseguimos unir sabor e saúde. Ingredientes como tapioca, goma da mandioca obtida após a extração do tucupi e a desvantagem do mesmo, muito utilizado por não conter glúten e substituir muito bem algumas farinhas; também a biomassa de banana verde, massa obtida a partir da banana ainda verde, cozendo a mesma em panela de pressão com água e depois

processando, onde se obtém uma massa cremosa e maleável (dependendo do quanto se processa e o volume de água utilizado para isso). Esse produto é um coringa na chamada cozinha fitness, por substituir, laticínios em receitas, para engrossar molhos e em bases de massas, por não ter lactose e ser bastante indicado para essa substituição.

E também as recorrentes adaptações criadas diariamente com o intuito principalmente de eliminar o glúten e a lactose das preparações, como: as massas de pizza a base de couve-flor e brócolis, as coxinhas a base de batata-doce, pães com farinha de amêndoas, arroz e tubérculos. O mais importante disso é conseguir unir a opção da alimentação mais saudável às técnicas de preparo para chegar a refeições DUO MULHER

55


GASTRONOMIA saborosas e bonitas, e não deixar esse período se transformar em uma obsessão por achar defeitos e cortar tudo na alimentação. Chegar a um ponto de equilíbrio, primeiramente com o acompanhamento de um profissional, e depois unir as técnicas para se alimentar adequadamente. Já que o nosso principal combustível e a alimentação, não aceite

dietas sem indicação, dietas milagrosas e cortes de alimentos sem prescrição. Segue uma dica de receita que une sabor e saúde. Lembrando que você pode adaptar tudo para sua dieta, tendo uma boa conversa com seu nutricionista.

COXINHA DE MASSA DE BATATA-DOCE COM RECHEIO DE FRANGO (SEM GLÚTEN E LACTOSE) INGREDIENTES Massa: • 1kg de batata doce • 2 ovos • 2 colheres de goma de tapioca Recheio: • 1kg de peito de frango • 1 cebola • 2 dentes de alho • 6 tomates italianos • Banha de porco (pode substituir por óleo de coco) • Manjericão a gosto • Sal a gosto • Pimenta a gosto Empanamento: • 1 ovo • Fubá fino (farinha panko caso possa ter glúten e/ou seja frito) MODO DE PREPARO Massa: Coloque em uma forma, sal grosso fazendo uma cama, coloque a batatadoce em cima, cubra com papel alumínio e leve ao forno a 220ºc por 40min, retire as batatas e teste se estão cozidas. Ainda quente, descasque e amasse com a ajuda de uma peneira, reserve e deixe esfriar. Depois de frio adicione a goma de tapioca, e um ovo de cada vez, sovando a massa (se 56

DUO MULHER

com o primeiro ovo ela tiver na textura boa para montar as coxinhas não é necessário adicionar o segundo ovo, reserve). Recheio: Cozinhe o frango em água com sal, desfie e reserve, corte a cebola o alho e os tomates sem pele e sem semente em cubos. Em uma panela funda coloque a cebola e o alho na banha de porco, adicione o frango e tempere com sal e pimenta. Adicione os tomates em cubo e deixe criar um molho rápido e seco com os pedaços de tomate ainda aparentes, finalize com o manjericão fresco picado grosseiro. Deixe esfriar. MONTAGEM Abra uma bolinha de massa, coloque o recheio frio e feche no formato de coxinha, empane passando no ovo batido misturado com um pouco de água e depois passe no fubá fino (ou panko). Esta receita você pode ou fritar ou assar. Para assar: pré-aqueça o forno a 200ºc por 10 min e asse por 20 min até ficar dourado. Para fritar: pré-aqueça o óleo a aproximadamente 170ºC e frite por aproximadamente 5 minutos. Esta receita também pode ser congelada, já empanada, somente para fritar ou assar. Bom apetite e boa leitura! ■


COMPORTAMENTO

Mulheres ao volante POR CLÁUDIA DE MOURA DE MATTOS FOTOS ARQUIVO PESSOAL E BANCO DE IMAGENS

J

á foi o tempo em que mulher no volante era sinal de perigo constante. Esse tempo, na verdade, nunca existiu. As mulheres sempre possuíram capacidades iguais às dos homens para dirigir um automóvel. A diferença é que antigamente era raro ver mulheres dirigindo, já que elas eram vistas como frágeis, que deveriam somente cuidar da casa e da família. Mas agora, elas já atropelaram o mercado de trabalho, conquistaram autonomia, e dirigir, mais do que nunca, se tornou algo necessário.

58

DUO MULHER


Rosalina Sobrinho, motorista de caminhão e Iara Koentopp, empresária do ramo automotivo.

Rosalina Sobrinho tem 45 anos e há 16 anos é carreteira e motorista de caminhão. Ela dirige em trajetos do Rio Grande do Sul a São Paulo. “Às vezes vou até o Rio de Janeiro. Dirijo uma carreta de 19 metros, que suporta o transporte de até 32 toneladas, nesse trajeto recebo muitos elogios pela minha coragem”, explica Rosalina.

“[...] homens e mulheres não possuem nenhuma diferença de capacidade para conduzir um veículo, seja do porte que for.” Quanto ao preconceito, ela afirma que ele ainda existe e que já passou por momentos de constrangimento na estrada. “Na fiscalização do Rio grande do sul, tive que apresentar minha CNH para sair com o

caminhão, pois o manifesto da carga sai no nome do motorista e eu tive que provar isso”. Rosalina ainda conta de quando teve que tomar banho em banheiro masculino porque os postos de combustível não possuem banheiros femininos para banho. Para a carreteira, homens e mulheres não possuem nenhuma diferença de capacidade para conduzir um veículo, seja do porte que for, e acredita que o preconceito ainda existe devido ao estigma da mulher ser o sexo frágil, o qual ela deixa claro que discorda completamente. Não é só Rosalina que não vê diferenças entre as capacidades masculinas e femininas. Iara Koentopp tem 54 anos e dirige desde os 21. Mas, a ligação dela com o volante não é só essa. Além de motorista, Iara é empresária do ramo automotivo. Ela diz que o que existe hoje em dia são situações diferentes, mas que isso não quer dizer que existe alguém melhor ou pior. “As mulheres são mais cuidadosas, isso é uma realidade. Também somos mais atenciosas no volante”, explica. Para a empresária, cada vez mais mulheres conquistaram os volantes, independe do objetivo, seja para ajudar no cuidado e transporte dos filhos, como para suas tarefas pessoais ou de trabalho, pois atualmente é algo essencial. ■ DUO MULHER

59


MODA

Seu

estilo, suas regras A moda e as tendências estão aí para te ajudar. Mas não se esqueça de levar em consideração seu estilo e seu conforto.

POR YASMIM FASSBINDER FOTOS BANCO DE IMAGENS

60

DUO MULHER


V

ocê já abriu seu guarda-roupa e sentiu que nada ali refletia quem você é? Ou percebeu que a maneira como você se veste não condiz com sua rotina? Quando isso acontece, vem aquela pergunta: qual é o meu estilo? Para os consultores de imagem, existem entre seis e oito estilos diferentes e cada pessoa possui um estilo predominante, mas também pode flertar com outros. Para descobrir seu estilo existem testes prontos (que você pode encontrar online), mas uma boa observação já pode ajudar você a descobrir qual é o seu. Autoconhecimento é a chave. Se você quer encontrar roupas que reflitam a sua personalidade, preste atenção na sua rotina, pense no que você gosta de fazer, nos lugares que costuma ir, com o que você se sente melhor. Olhe o seu armário e analise as peças que você mais usa, afinal, não é a toa que elas são suas preferidas, né? Pense em palavras que definam a sua personalidade. Tudo fica mais fácil quando você se conhece e sabe qual imagem quer passar.

DICA Nunca use nada que não faça sentido para você. Tendências não são regras que devem ser seguidas e elas podem não funcionar tão bem para qualquer pessoa. Se você quer aderir a alguma, misture ela com outras peças que expressem o seu estilo e personalidade, assim você sempre se sentirá confortável e bem vestida.

Depois de saber o que quer expressar em suas combinações, busque referências. Procure em sites e revistas looks que você goste e que acha que se sentiria bem usando. Eles não servem para que você os copie, mas para identificar o que mais te atrai e pensar em como incorporar isso ao seu dia a dia, de maneira natural e confortável. Sabendo seu estilo vai ser muito mais fácil fazer compras e até mesmo decidir se vai ou não aderir àquela tendência da estação. Afinal, você já vai saber o que realmente combina com o seu dia a dia e o seu guarda-roupa. ■ DUO MULHER

61


RUA MINISTRO CALÓGERAS, 896 • 1O ANDAR • CENTRO • JOINVILLE/SC | (47) 3433.6326 • WHATSAPP (47) 98801.7468 | WWW.BARBEARIAMINISTRO.COM.BR MODELO BRUNO FARIA | FOTOGRAFIA ARTHUR ANDRADE | PRODUÇÃO SONG HOMEM E MULHER | BARBEIROS MARCIO E JONATHAN | MAKEUP CAMILA SELLA


MODA

Betina Modas apresenta:

On the road Peças-chave no inverno e de fácil composição trazem looks rápidos para mulheres práticas.

Fotografia: Marcos Schaefer Tratamento: Guilherme Bolomini Modelo: Alessandra (Gas Models) Beleza: Espaço Prime Agradecimentos: Emanuella Noivas com os carros antigos


MODA

Look completo Betina Modas


Look completo Betina Modas


MODA

Look completo Betina Modas


Onde encontrar: BETINA MODAS Rua Rio Grande do Sul, 549 - Anita Garibaldi (47) 3433-0054 | 9 9647-7444


ESTILO

Muito além das

academias Agora a roupa de ginástica é pensada para ser bonita o dia inteiro POR WESLEY COELHO FOTOS DIVULGAÇÃO

C

onforto, versatilidade e liberdade, palavras presentes no cotidiano de quem prima pelo estilo em meio à correria do dia a dia. Unidas passaram a ditar tendência no mundo da moda e a atrair os olhares de grandes estilistas e marcas poderosas, lançando um novo segmento esportivo com a estética “fashion” do prêt-à-porter de luxo.

comprometer o estilo, proporcionando liberdade e praticidade para quem precisa ir do trabalho para um evento à noite ou de casa para o shopping.

Athleisure é a combinação de duas palavras em inglês, que por si só, já carregam seu significado: athletic (atleta) + leisure (lazer). A trend surgiu da necessidade de um vestuário mais funcional e confortável produzido a partir de materiais tecnológicos e tecidos maleáveis que acompanhassem o estilo de vida agitado do consumidor contemporâneo.

A tendência já virou objeto de desejo com looks cada vez mais bonitos e autênticos estendendo-se aos mais badalados ambientes noturnos e after hours. Tendo em vista os grandes centros urbanos e usando-os como inspiração, grandes marcas como Animale, Ellus, Nike, Puma e Adidas investiram no nicho com o objetivo de espelhar o mundo fashion das passarelas no activewear, trazendo parcerias com Stella McCartney, filha do ex-Beatle Paul McCartney, a famosa marca Farm, ícone fashion da moda jovem carioca, e até a popstar Rihanna.

Em tempos em que o conforto é a tendência mundial na moda, a Athleisure traz as roupas de ginástica para o dia a dia sem

O segredo consiste em mesclar a pegada esportiva com peças mais casuais para o visual ficar mais despojado.

68

DUO MULHER


O tênis da academia, por exemplo, pode ser usado com jeans skinny, saia mídi plissada e até com vestidos longos ou saias lápis. Se as blusas cropped estão em alta, por que não os tops de ginástica? Eles ficam lindos quando usados com blusas transparentes, e se a intenção é agregar um ar mais sofisticado ao look, use com blazers, salto alto e acessórios mais poderosos, como maxi colares e bolsas elegantes. O short de academia também não escapou da mira dos fashionistas, se ele for larguinho, blusas de tecido mais fino, como a seda, adicionam requinte ao visual.

O conforto é a nova tendência mundial na moda. Com uma boa dose de atitude, é possível, sim, ser esportiva sem abrir mão do estilo, trazendo a liberdade de movimento proporcionada pelas roupas de ginástica para fora do ambiente das academias. ■ DUO MULHER

69


ESPORTE

VAI ENCARAR? Em busca de notoriedade e um estilo de vida mais saudável, elas não temem em suar a camisa POR WESLEY COELHO FOTOS DIVULGAÇÃO

C

onquistando cada vez mais adeptos, a geração de pessoas que buscam por uma vida mais saudável, encontra nas atividades físicas o equilíbrio entre corpo e mente necessário para a realização das tarefas do dia a dia. Com isso, novas formas de se exercitar ganharam vida dentro das diversas academias ao redor do mundo. O CrossFit, programa de treinamento de força e condicionamento físico geral, baseado em movimentos funcionais e naturais, feitos em alta intensidade e constantemente variados, traz para o box uma mistura de ginástica olímpica, atletismo e disciplina militar, promovendo um alto gasto calórico e resultados rápidos para quem decide deixar a preguiça de lado e encarar os treinos intensos. Além de trabalhar a resistência muscular, os benefícios da modalidade são diversos, dentre eles: o aumento da funcionalidade diária, prevenção de doenças do sistema cardiovascular e cardiorrespiratório, alivia a 70

DUO MULHER

tensão, diminui o estresse e ajuda a manter o metabolismo mais rápido resultando na queima calórica durante e após o treino.

Dentro dos boxes não existe sexo frágil, e nem fora deles. Instituída a geração saúde, se criou uma tendência em estar com o corpo e a saúde em dia, o que influenciou muitas mulheres a se aventurarem no mundo dos esportes e a participar dos mais variados torneios e competições, antes dominados na maioria pelos homens. Dessa forma, muitos tabus foram sendo desconstruídos a partir da grande participação do sexo feminino nas mais variadas modalidades, mostrando que dentro dos boxes não existe sexo frágil, e nem fora deles.


Joyce Richter atleta da academia CrossFit Sinistro.

A credibilidade do CrossFit no meio feminino, vem por conta de se tratar de uma atividade física intensa, desafiadora e em grupo, aplicada em um ambiente baseado no respeito e igualdade entre os sexos. “O esporte vem chamando cada vez mais atenção justamente pelo ótimo resultado físico e estético que proporciona, além de ser inclusivo, pois mulheres de todas as idades praticam”, explica Jenyfer Wodzinsky, graduanda de Educação Física e futura coach da academia CrossFit Sinistro localizada na região central de Joinville. O número de mulheres interessadas em competições de CrossFit hoje em dia é alto, aproximando-se da quantidade de homens nestes eventos. “As mulheres estão gostando disso, de se desafiar, se superar. Elas entram de cabeça e a superação delas é lindo de ver”, pontua Jenyfer. Essas competições têm sido muito bem aceitas pelo público feminino pelo caráter desafiador e acessível,

abrindo espaço para o reconhecimento e prestígio da força feminina. “O CrossFit me faz acreditar mais em mim, saber que não existem limites, basta você ter persistência e dedicação”, pondera Joyce Richter, praticante da modalidade há três anos, que fez do esporte sua prioridade na vida. A atleta, que já participou de várias competições, afirma que mudou seu estilo de vida adotando uma alimentação saudável voltada para melhorar cada dia mais seu desempenho e recuperação. Além de proporcionar muitas experiências e novos contatos, o esporte ajudou a despertar o espírito de comunidade, muito importante para incentivar e motivar futuros atletas, conclui Joyce. Dessa maneira, a inclusão do sexo feminino nos mais diversos meios de atuação é uma arma contra o preconceito ultrapassado e retrógrado comum no ambiente social. Lutar hoje e sempre não é o papel reservado apenas para as mulheres, mas sim para todos os indivíduos. ■ DUO MULHER

71


ACESSÓRIOS

POR ANA CLÁUDIA ANTUNES FOTOS BANCO DE IMAGENS

72

DUO MULHER


S

eguindo as principais tendências de moda para a temporada, os acessórios e calçados chegam ao outono/inverno de 2017 repletos de novidades. Para essa estação, as bolsas ganham versões estruturadas minis e médias, com destaque para as alças longas ou clutchs sem alças. Com foco nas formas geométricas, surgem formatos retangulares, quadrados e em círculo. As pochetes em versões muito mais refinadas surgem nos principais desfiles internacionais, porém ainda causam opiniões adversas. Com consumidoras que prezam cada vez mais pelo conforto, diversos modelos de tênis roubaram a cena das últimas temporadas, do democrático tênis branco às versões metalizadas e flatforms. O versátil calçado continua em alta e ganha variantes ainda mais fashionistas, com materiais diferenciados e detalhes ousados. A ideia aqui é usá-lo além das produções tradicionais, como ponto de contraste com looks mais femininos e formais.

Calçado ícone do inverno, as botas permanecem com o estilo over the knee e subindo cada vez mais pelas pernas das mulheres mais ousadas, o novo modelo chamado de cuissarde veste até metade da coxa. As botas de cano curto, também continuam em evidência, os detalhes em pedraria e pelos são a aposta dessa temporada. Porém, se os invernos passados foram dominados pelos canos extra longos ou na altura do tornozelo, nessa temporada as botas de cano médio começar a despontar. A novidade da estação é volta da polêmica bota branca, uma febre da década de 80. O icônico calçado tem ganhado destaque entre as produções de desfiles e street style.

A aposta para o outono/ inverno 2017 são as mules, o calçado fechado na frente e completamente aberto atrás, promete conquistar as ruas. Versões rasteiras e com saltos médios aparece com visual repaginado em diferentes materiais e estilos, a novidade fica por conta da versão peep toe, com pequena abertura na frente. Da tendência militar surgem os coturnos, ostentados nos desfiles internacionais, com canos curtos, saltos altos quadrados e visual pesado. É claro que os modelos sem salto também estão em evidência, adornados com fivelas e tachas. A amarração, característica indissociável do modelo ganha tons contrastantes em novos materiais.

Para as cores de modo geral, preto e tons terrosos predominam juntamente com o prata e dourado. Dentre os materiais, o camurça divide a cena com os metalizados e couro com acabamento em vinil, e os solados de borracha tratorado são um sucesso. ■ DUO MULHER

73


CULTURA

Letícia Souza fala sobre sua trajetória e seus novos projetos para 2017.

POR MARIANA WOJ FOTOS DIVULGAÇÃO

A

rtista e produtora cultural, Letícia Souza é graduada em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Londrina. Ávida por movimentar a cena cultural da cidade, durante sua carreira já participou como intérprete em mais de 20 obras principalmente nas linguagens de dança e teatro. Além disso, trabalhou como arte-educadora no Sesc de Joinville, Colégio Bom Jesus e Escola do Teatro Bolshoi no Brasil e hoje está a frente do Instituto Amora Arte. Confira a entrevista que fizemos com ela e conheça mais sobre essa artista e seus planos para o futuro:

DUO: Como você vê o panorama cultural em Joinville? Em sua opinião o que poderia melhorar na área?

DUO: O que te motivou a ser artista?

Letícia Souza: Neste ano criamos a Amora Arte, um instituto em parceria com os artistas Sabrina Lermen e Lucas David. A Amora é um espaço colaborativo de pesquisa e criação em arte e processos criativos. Estamos trabalhando nas produções de espetáculos híbridos, aulas regulares e workshops.

Letícia Souza: Ter pais que valorizavam a arte, uma infância estimulada por idas a exposições, espetáculos e ter feito aulas de dança e teatro desde muito cedo, foram fundamentais na minha escolha em ser artista. 74

DUO MULHER

Letícia Souza: Joinville já tem uma potente produção artística, só falta uma formação de plateia – ou, seja ter mais espectadores participando das ações artísticas. Além disso, creio que a cidade precisa ter cursos superiores de arte. DUO: Em 2017 você está com alguns projetos programados. Fale um pouco sobre eles?


Letícia Souza em espetáculos.

Além do trabalho como produtora da Amora, tenho projetos enquanto intérprete também em andamento. São projetos de teatro e de temporadas de apresentações do espetáculo de dança Frágil aqui em Joinville. Além destas apresentações já previstas, o espetáculo Frágil – que estreou ano passado contemplado pelo Prêmio Klauss Vianna do Ministério da Cultura/Governo Federal deve seguir em apresentações para outras cidades ainda este ano. Além de tudo isso sigo conciliando estudos e pesquisas acadêmicas em aulas do Mestrado em Teatro. DUO: Recentemente você apresentou um trabalho bem bacana em parceria com seu marido. Como foi essa experiência?

“Joinville já tem uma potente produção artística, só falta uma formação de plateia – ou, seja ter mais espectadores participando das ações artísticas.”

Letícia Souza: Eu já trabalhei com o Rodrigo Ascenção em projetos anteriores. O Rodrigo é publicitário, ilustrador e tem uma história forte com a música e é ele quem cria os materiais gráficos dos espetáculos que produzo. No final de abril, estreamos juntos Esboço de Memórias - que une dança e ilustração ao vivo. A obra questiona alguns padrões da arte e da própria linguagem da dança, propondo assim um diálogo, uma conversa dançada-ilustrada com o público do que poderia ser a dança contemporânea. A ideia não é definir nada, mas sim propor questionamentos e olhares. DUO: O que você espera da sua vida para os próximos anos? Letícia Souza: Eu espero continuar trabalhando com cultura (ainda que re-existindo em tempos difíceis para os artistas, para a cultura...). ■ DUO MULHER

75


VIAGEM

para renovar-se POR ALYXALA E. DA VEIGA FOTOS BANCO DE IMAGENS

O

grande espaço que a mulher têm conquistado na sociedade vem exigindo de nós cada vez mais. A família (casa, filhos e esposo), a carreira profissional e a vida social tomam nossos dias, semanas, nossas vidas. É necessário tirar um tempo para si mesma. Viajar é uma experiência única, um tempo para si, para se descobrir, descontrair, curtir a vida, relaxar. Nova Iorque é um desses destinos, onde você pode usufruir desses prazeres. É uma cidade mágica, que se renova a cada dia. São tantas coisas diferentes para ver e fazer, além de hotéis super confortáveis, alta gastronomia, entretenimento, contato com a natureza e inúmeras opções de compras.

76

DUO MULHER


A Estátua da Libedade, o Central Park e a Brooklyn Bridge são alguns dos pontos turísticos de Nova Iorque.

Quando tiver a oportunidade de conhecer, não deixe de ir à Estátua da Liberdade e Ellis Island, ao Central Park, Times Square, Brooklyn Bridge, Quinta Avenida, Ground Zero e ao Empire State ou ao Top of the Rock para ter uma visão geral da selva de pedra.

“Se você gosta de compras, NY é a cidade perfeita [...]”

Para fazer programas culturais, as opções são inúmeras. Há diversos museus na cidade, o Central Park, é claro, é uma visita obrigatória em qualquer época do ano. Se você gosta de compras, NY é a cidade perfeita porque reúne as principais marcas do mundo, das mais famosas às superpopulares.

À noite faça um passeio pela Times Square e assista a algum dos espetáculos da Broadway – são vários em cartaz. Aproveite a noite para comer em um restaurante bacana ou ouvir um bom jazz e blues em um dos bares da cidade.

Para comer, Nova York é o paraíso. Há todo tipo de restaurante na cidade, desde os mais luxuosos e caros com vistas incríveis, aos mais singelos carrinhos de rua.

Viaje, explore, conheça! Viajar é mais do que a visão de pontos turísticos, é uma mudança que acontece, profunda e permanente, no conceito sobre o que é a vida. ■ DUO MULHER

77


FOTOGRAFIA SINONE ZANCANELA

(47) 9 9666-1549 simonezancanellafotografia@hotmail.com

Uma homenagem a todas as mulheres

78

Mulher, mãe.

Girls on power!

Grande menina, pequena mulher.

We can do it!

Que o batom seja tirado somente por um beijo roubado!

“Eu gosto de estar bem vestida ou inteiramente despida. Não me preocupo com o meio termo”, Marilyn Monroe.

DUO MULHER


ENTREVISTA

Conheça

Josiane D. Ghanem POR ALESSANDRA LOBO FOTO DIVULGAÇÃO

A

joinvilense Josiane Deschamps Ghanem, casada com o oftalmologista Vinícius Coral Ghanem, e mãe de Victor (4 anos) e Luca (2 anos), atua há oito anos como Gerente de Marketing do Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem. Exemplo de mulher de muita fibra, determinação, elegância e simpatia, nos conta abaixo um pouco sobre sua vida e carreira: 1 – Como faz para conciliar sua vida pessoal com a profissional? Administrar uma casa, cuidar da saúde, da estética e da mente, dedicar-se ao marido e filhos, e ainda ser profissional atuante requer um pouco de malabarismo. Para isso, sou extremamente organizada, não vivo sem celular onde leio meus e-mails, sigo uma agenda rigorosa e conto com profissionais que me dão suporte. Além disso, aproveito cada minuto da minha vida. Durmo tarde e acordo cedo. 2 – Do que não abre mão? De estar com a família. 3 – Para você, qual a maior conquista da mulher? Sem dúvida, a conquista no mercado de trabalho. 4 – E o que ainda falta para a mulher conquistar? A equiparação salarial. 5 – Por ser mulher, você já encontrou alguma dificuldade em sua trajetória profissional? Nunca tive dificuldades. Nos últimos anos isto vem mudando, prova disso é que hoje trabalho numa empresa onde a gestão é 99% feminina.

BATE-BOLA: Ser mulher é: “A mulher é a coragem, é a harmonia, é a poesia, é a beleza. Sem ela o mundo não seria harmônico .” (Papa Francisco) Ser mãe é: Uma bênção de Deus. A mais rica, forte e profunda experiência da vida. Mulher que admira: Pode soar estranho ou demagogia, mas admiro muito a minha sogra (Cleusa Coral-Ghanem), ela é um grande exemplo de mulher e uma profissional de sucesso. Símbolo de elegância: A Digital Influencer Silvia Braz. Hobby: Adoro estar com as amigas, assistir filmes, ler com tranquilidade e degustar um bom vinho. Não vive sem: Meu marido e meus filhos. Família: Meu tesouro, meu porto seguro. Sonho: É ver meus filhos se tornarem pessoas do bem. Deus: A quem agradeço todos os dias por tudo que nos concede. O que não falta na sua bolsa: Celular e batom.

Diante do sucesso da empresa, isto, com certeza, é motivo de orgulho. 6 – Como você imagina as mulheres no futuro? Ainda existem áreas de atuação que estão sendo conquistadas. O preconceito é grande e o caminho árduo, mas as mulheres não desistem das lutas. ■ DUO MULHER

79


SOCIAL FABÍOLA BERNARDES E-mail: fabiolacolunista@terra.com.br Site: www.fabiolabernardes.com.br Twitter: @FabiolaBernarde | Facebook: Fabíola Bernardes 1.

1.

1.

Fabiola Bernardes e Mery Paul

Ninfo Konig e Mery Paul

Voluntárias Mutirão do Amor

2.

2.

Marcio e Rosi Vargas com Jana Fantoni e Renato Castro Júnior

Vanessa, Marcio, Rosi, Jonas e Jean Vargas

3.

3.

2. Márcio Vargas inaugura terceira unidade

Rita Vieira e Karina Agassi

Desfile Backstage A Grande Beleza

Sucesso é o nome que se dá ao trabalho do casal Marcio e Rosi Vargas! A rede cresce a cada dia e agora, em parceria com Jana Fantoni, abre outra unidade no bairro Atiradores em Joinville. Os serviços oferecidos serão os mesmos das outras unidades, com a mesma excelência! Fotos: Emily Milioli, Juliano Masselai e Juliana Oliveira

3.

3.

Maria José e Ana Paula

Desfile Backstage A Grande Beleza

1. Mutirão do Amor Feliz em participar de mais uma edição do evento Café Solidário do Mutirão do Amor que aconteceu na Sociedade Glória de Joinville. No mês de junho, a entidade completa 32 anos de trabalho voluntário e nestas tres décadas muitas histórias lindas de amor ao próximo.

3. Desfile Backstage A Grande Beleza. Lia Schuetzler e Tere May receberam clientes e amigas para o desfile Backstage A Grande Beleza da coleção inverno 2017 da Loja Princesa. Fotos: Vand Rodriguez


4.

4.

Eliane Karam e Matilde Melo

Susane Raiter e Ciléa Bitencourt

4.

4.

4.

4.

Joice Cipriani e Ana Luiza Bencz

Kresthine Danuze Glatz e Katia Christina Brand

4.

Monique Campos, Fabiola Bernardes e Michelline Zambon

Rosana Oliveira, Fabiola Bernardes e Margareth Carmo

Camarote Joice Stein

4.

4. 37ª Festa Estrelas com Champanhe Mais uma edição da nossa festa Estrelas com Champanhe que aconteceu na Sociedade Harmonia Lyra de Joinville com o tema Festa Japonesa. Fotos: Gisele Nocce, Valéria Grams e Gi Cerutti DJ: Dj Fabinho Corrêa Desfile: Lez a Lez e Via Mond Calçados Apoio: Sicredi e Karam Eventos Parceiros: Balões Criativos, Jack Simonéia, Promoboo, Muito mais som e luz, Impactus Eventos, Queen Pipoca Gourmet, Bombom Art, Sodie Doces e Maia Tiemann Brigaderia

Camarote Cida Nazari

4.

Claudia Henklein e Renata Amaral com amigas

4.

4.

4.

Liliane Scholz, Ana Maria Krüger e Rafaela Martinelli

Tomasia Moreira, Maria Salete Reis, Zilma Maria e Marcia Dalcastagne

Maria Eduarda Savtchen e Amanda Savtchen


4.

Janaina Neves

4.

4.

4.

Gisele Nocce, ValĂŠria Grams e Gi Cerutti

Camarote Cecilia Coelho e Cristiane da Costa Mello

4.

4.

Maria Zelia Morais e Luiza dos Santos

Camarote Simone Deretti

4.

Camarote Barbara Conte

4.

Camarote Cissa Mariluci

4.

4.

Camarote Ivonete Teodoro

4.

Edilaine Nogueira Fontalva Tannouri

4.

Camarote Sicredi

4.

Claudia Monteiro Roque

Camilla D Amato

4.

Camarote Lez a Lez

As blogueiras Jana e Ana Laura com amigas


4.

4.

4.

Raquel Beckhauser e amigas

Fabiola Bernardes com Carol e Dani Song

Gina Devienne, Tica Taise, Fabiola Bernardes e Jaqueline Souza

4.

4.

Mesa Camila Siduoski

4.

Vanessa Aguiar e Fabiola Bernardes

4.

Camarote Gy Knies e Cidinéia Henz

Adriane Borges e Suelen Kath

4.

4.

Dete Medeiros, Dietlein Reimer, Fabiola Bernardes e Eoda Steglich

Mesa Ligia Sampaio

4.

4.

4.

4.

Evelise Vieira Meurer com Fabiola Bernardes e amigas

Fabiola Bernardes e DJ Fabinho Corrêa

Fabiola Bernardes com Elenise Scheel

Jack Simonéia e Fabiola Bernardes

4.

4.

Mesa Luciane Bordun

4.

Mesa Vanessa Alves Miranda

Fabiola Bernardes, Elzinha Schwartz, Elizabeth Muller e Sandra Dokonal

Fabiola Bernardes @Fabiola Bernarde Fabiola Bernardes Assista: Canal 26 da NET Diariamente às 10h, 13h, 17h, 22h e 23h. Outros horários alternativos flutuantes.


CRÔNICAS DA VIDA REAL

MÁRCIA TASCA

Bolsa de

mulher

U

Foto: Banco de Imagens

ma das paixões de toda mulher, são as bolsas! Vitrines com bolsas de vários tamanhos, estilos, cores e texturas nos deixam praticamente vidradas e fazendo as contas de qual seria o valor se parcelada em seis vezes no cartão. Sou obrigada a confessar que meu frenesi por bolsas só acaba quando eu lembro que, para usar uma bolsa nova, tenho que transferir TUDO que tenho dentro de uma bolsa para outra.

Certa vez fui parada numa blitz, então o policial me pediu o documento do carro e a carteira de motorista, e como toda mulher que se preze, obviamente minha carteira não estava onde deveria estar, então iniciei uma busca pela dita cuja. Para facilitar o trabalho fui tirando algumas coisas de dentro da bolsa: pente, escova de dente, saquinho de maquiagem, dois pincéis e um pó que eu tinha usado mas fiquei com preguiça de guardar no tal do saquinho, cabelos (eles saltaram do pente), boletim do meu filho do ano passado, carteira de vacinação dos meus gatos, cartolina, caneta de 10 cores, fotos de família… E assim foi, até que encontrei lá no fundo (grudada em duas moedas semi enferrujadas) minha carteira de motorista. Não sei quem estava mais feliz, eu, ou o “seu” policial, que então poderia partir pra outra. Triste mesmo foi devolver – de forma brusca e rápida – todos os itens retirados. Ao final do episódio anterior eu jurei que seria básica, 86

DUO MULHER

simples e que nunca mais carregaria tantas coisas sem sentido na minha bolsa. Uma semana depois, lá estava eu enfiando uma carta pokémon na máquina de saída do estacionamento do shopping. Pior: discuti com o operador da máquina dizendo que era absurdo a máquina “engolir” o meu cartão e a cancela não abrir. Percebi a minha troca quando olhei, ali no cantinho da bolsa o cartãozinho do estacionamento, intacto. Hoje, passei a admirar ainda mais as mulheres que trocam de bolsas ao menos duas vezes na semana, e as mantém organizadas por subdivisões: óculos na caixinha (jamais consegui fazer isso), maquiagem básica apenas para retoque, carteira com tudo devidamente guardado no seu lugar. Não é a toa que meu marido faz barulho de ratos a cada vez que vai procurar algo dentro da minha (somente com meu aval, claro), lá no fundo ele tem até sua razão. ■


LUZ DA LUA

GRENDELLI LUZ DA LUA


Duo Mulher 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you