Issuu on Google+

MinistĂŠrio da Cultura e Copel apresentam:


IDA HANNEMANN DE CAMPOS, BETWEEN THE PEN AND THE PAINTBRUSH MU S EU OS CAR NIEMEY ER

de 30 novembro de 2013 a 02 de março de 2014

MURALISTA, TAPECEIRA, PINTORA E DESENHISTA, A ARTISTA CRIA E REINVENTA A PAISAGEM DA SUA CIDADE. MAIS: IDA JÁ ESTÁ INCORPORADA AO CENÁRIO.

Reflexos II, 1985 Óleo sobre tela / Oil on canvas 57,5 x 69 cm Acervo MON / MON’s collection

Ida Hannemann de Campos se destaca por ter uma produção reconhecida nacionalmente. Nascida em Curitiba em 1922, Ida produz todos os dias. Muralista, tapeceira, pintora e desenhista, a artista cria e reinventa a paisagem da sua cidade. Mais: Ida já está incorporada ao cenário. Basta andar pelas ruas e ver os murais coloridos no hall da Biblioteca Central da Pontifícia Universidade Católica do Paraná e na Praça do Asilo São Vicente de Paula. Para o Museu Oscar Niemeyer é uma honra receber esta exposição, e para o público é a oportunidade de conhecer a obra de uma das grandes artistas do Estado. Ida Hanneman de Campos is an outstanding artist, whose production has been nationally acknowledged. Born in Curitiba in 1922, Ida creates something every day. A mural maker, tapestry weaver, painter and illustrator, she creates and reinvents her city’s language. And more: Ida has already become part of the scenery. All it takes is a hike around the streets to see the colorful murals at the Central Library hall of Pontifícia Universidade Católica do Paraná and the square of Asilo São Vicente de Paula. It is an honor for the Oscar Niemeyer Museum to receive this exhibition, as well as an opportunity for the public to get to know the work of one of the state’s greatest artists. ESTELA SANDRINI

Diretora Cultural do Museu Oscar Niemeyer Cultural Director at the Oscar Niemeyer Museum


A pintora Ida Hannemann de Campos, curitibana do bairro Ahú, nasceu no dia 16 de junho de 1922. Desde os anos 1940 frequentou o ateliê livre de Guido Viaro, de quem herdou a forte tendência figurativa ligada ao “expressionismo lírico”, segundo Adalice Araújo. Ela se lembra do ateliê no qual trabalhavam: “... nos fundos da casa, entre grossas paredes, entre luz e sombras, perfeita geometria cubista”, talvez a inspiração para as suas telas de sabor cubista dos anos 1960 e 1970. Lá conheceu e foi colega da geração que criou a arte moderna no Paraná.

Ida Hannemann de Campos, a painter from the Ahú neighborhood in Curitiba, was born on June 16, 1922. Ever since the 40’s she frequented Guido Viaro’s free workshop, and it was from Viaro that she inherited her strong figurative tendency, associated with “lyrical expressionism,” according to critic Adalice Araújo. She remembers the workshop in which they used to work: “...in his backyard, between thick walls, between light and shadow, a perfect Cubist geometry,” which was perhaps the inspiration for her Cubistflavored paintings from the 60’s and 70’s. There she met and became colleagues with the generation that gave birth to modern art in the state of Paraná.

T E X T O/ T E X T :

Fernando Antonio Fontoura Bini Curador da exposição Curator of the exhibition

Autorretrato, 1943 Grafite sobre papel / Pencil on paper 22 x 32 cm Acervo MON / MON’s collection

Através da Jarra Vermelha, 1961 Óleo sobre tela / Oil on canvas 80,5 x 61,5 cm Acervo MON / MON’s collection


Suas figuras são leves, coloridas e espontâneas, produzidas por sua rica imaginação; ela trabalha com os planos transparentes de luz e cor produzindo uma síntese plástica com base na simplicidade e recriando a natureza. Ida busca sua inspiração nos temas literários, nas tradições populares e na vida cotidiana, ela mesma escreve poemas, mas seus quadros, inclusive os pintados nos anos 1940, guardam o mesmo colorido intenso e frescor de suas obras recentes. A cor é para ela o elemento básico, e o quadro é construído pela cor, herança de Viaro, mas que vem afirmar o primeiro preceito da pintura: pintura é cor. Ida é a pintora-poeta do cromatismo primaveril.

Her pictures are light, colorful and spontaneous, a product of a rich imagination; she works with the transparent planes of light and color, producing a visual synthesis based on simplicity and the recreation of nature. Ida looks for inspiration in literary themes, in folk traditions and daily life, she writes poems herself as well, but her paintings, including the ones painted back in the 40’s, keep the same intense coloring and freshness of her most recent works. Color is the basic element for her, and her paintings are built on it, an inheritance from Viaro, but that only reaffirms the first precept of painting: painting is color. Ida is the poet-painter of springtime chromaticism.

Em mais de 70 anos de carreira, sempre procurando novos caminhos com curiosidade, simplicidade e criatividade, a artista trabalha o traço e a cor. Seus meios são o desenho, a aquarela, a tapeçaria, a poesia, mas a sua grande paixão é a pintura.

With a career that spans over 70 years, always on the lookout for new directions, with curiosity, simplicity and creativity, the artist works her traces and her color. Her means are drawing, watercolors, tapestry, poetry, and her greatest passion is painting.

SUAS FIGURAS SÃO LEVES, COLORIDAS E ESPONTÂNEAS, PRODUZIDAS POR SUA RICA IMAGINAÇÃO; ELA TRABALHA COM OS PLANOS TRANSPARENTES DE LUZ E COR PRODUZINDO UMA SÍNTESE PLÁSTICA COM BASE NA SIMPLICIDADE E RECRIANDO A NATUREZA.

Irmãs Paulinas II - Colégio, 1969 Óleo sobre tela / Oil on canvas 81 x 60 cm Acervo MON / MON’s collection


LENDA DO FOGO (ESTUDO)

O Índio transformou-se em gralha branca Óleo sobre tela / Oil on canvas 14 x 22 cm Coleção particular / Private collection

Jaravy leva o pássaro a beira da fogueira, para secar. Óleo sobre tela / Oil on canvas 14 x 22 cm Coleção particular / Private collection

O pássaro bicou a brasa e saiu voando Óleo sobre tela / Oil on canvas 14 x 22 cm Coleção particular / Private collection

Todos puderam usar o fogo. Formação do Planalto do Paraná Óleo sobre tela / Oil on canvas 14 x 22 cm Coleção particular / Private collection


Natureza morta em azul, 1972 Óleo sobre tela / Oil on canvas 81 x 61 cm Acervo MAC - PR / MAC’s Collection


VIVO! Entre o pincel e a pena... Vale a pena viver? Usufruindo rabiscando analisando tentando ver. Entre o pincel e a pena, apenas juro que direi a verdade. A cidade que contemplo através da janela aberta para o porvir é minha, a vi crescer... Analisando, sou parte desta matéria a fluir mínima célula como enzima que trabalha e se integra. É o pontinho na imensidão.

Então, entre o pincel e a pena num vai e vem constante levantando a cada instante pincel, pena, telefone. As telas são pacientes... esperam sempre. Não digo o mesmo à pena neurótica e prosa nas letras enfileiradas desajeitadas algumas vibram, outras só falam argumentam aceitam rejeitam espalham e espelham.

IDA HANNEMANN DE CAMPOS


Ida Hannemann de Campos 1971 Coleção da família.


Thaísa M. Teixeira Sade Coordenação de Comunicação - SEEC Coordinator of Communication - SEEC Rita Solieri Brandt Coordenação de Desenho Gráfico - SEEC Coordinator of Graphic Design - SEEC MUSEU OSCAR NIEMEYER Oscar Niemeyer Museum Diretor Presidente CEO Cristiano Augusto Solis de Figueiredo Morrissy Diretora Cultural Cultural Director Estela Sandrini Coordenação de Ação Educativa Educative Action Coordination Rosemeri Bittencourt Franceschi Sirlei Espíndola Claudia Stoicov Karine de Castro Serafim Coordenação Administrativa e Financeira Management and Finance Coordination Elvira Wos Tatiane Canalle Lucas Murilo dos Santos Francieli Iantas Sabrina Ellen de Souza Jéssica Mayumi Santos Coordenação de Atividades Culturais Cultural Activities Coordination Beto Lanza Katharina Beletti Coordenação de Infraestrutura Infrastructure Coordination Helio Figlarz Coordenação Jurídica Legal Coordination Janaina Bertoncelo de Almeida Coordenação de Planejamento Cultural Cultural Planning Coordination Sandra Mara Fogagnoli PERÍODO EXPOSITIVO:

Assessoria de Comunicação Press Office Marianna Camargo Ana Neumann Contabilidade Accounting Lucilene Bezerra da Silva Design Gráfico Graphic Design Marcello Kawase Marciel Conrado Maico Amorim Documentação e Referência Search and Documentation Iolete Guibe Hansel Maita Pantaleão Franco Lêda Godoy Gomes Salles Rosa Gestão Museológica Museum Management Cristine Pieske Manutenção Maintenance Alceu Chmiluk Alaete José Alves Gilmar Mendes de Miranda Giomar Guandahim José Edson Ribeiro José Carlos Cordeiro de Oliveira Luiz Ferreira de Almeida Secretária Secretary Karina Marques Auditoria Externa External Audit Russell Bedford Brasil – Auditores Independentes CRÉDITOS DA EXPOSIÇÃO Credits of the exhibition Fernando Antonio Fontoura Bini Curador / Curator Jacson Luis Trierveiler Curador adjunto / Assistant curator Adriano Scandolara Versão para o inglês / English version

de 30 novembro de 2013 a 02 de março de 2014

REALIZAÇÃO

Christine Vianna Baptista Coordenação do Sistema Estadual de Museus Coordinator of the State’s System of Museums

Acervo Collection Humberto Imbrunisio Ricardo Freire Taffarel Rômulo Vieira

PATROCÍNIO

Valéria Marques Teixeira Diretora-Geral da SEEC General Director of SEEC

Ingressos: R$ 6,00 inteira e R$ 3,00 meia-entrada. Entrada franca para maiores de 60 e menores de 12 anos. De terça a domingo, das 10h às 18h. Venda de ingressos até às 17h30. Acesso gratuito no primeiro domingo de cada mês. Toda primeira quinta-feira do mês horário estendido das 10h às 20horas. Entre 18h e 20h entrada gratuita. Rua Marechal Hermes, 999 · Centro Cívico · Curitiba PR | CEP: 80530 230 · Tel.: 41 3350 4400 | www.museuoscarniemeyer.org.br ∙ facebook.com/monmuseu ∙ twitter.com/monmuseu

Paulino Viapiana Secretário de Estado da Cultura State Secretary of Culture

Coordenação de Produção e Montagem Production and Installation Coordination Fabiana Wendler Jacson Luis Trierveiler Vanderley de Almeida Jordana Cristina Machado

FOLDER COLECIONÁVEL

Beto Richa Governador do Estado do Paraná Governor of Paraná State


MON - Folder "Ida Hannemman de Campos, entre o pincel e a pena"