Page 1

SUGESTĂ•ES ESPECIAIS DE VINHOS

inverno 2011

Especial Touriga Nacional Cinco Estrelas Especial Dia dos Namorados


2

Seleção Mistral


para brindar e celebrar

PARA PARA BRINDAR BRINDAR EE CELEBRAR CELEBRAR AsAs melhores melhores sugestões sugestões para para festas festas e comemorações e comemorações

Até US$30 17233 Spumante Brut Cà Bauda (Cà Bauda / Piemonte/ Itália)

Saboroso espumante do Piemonte elaborado por Ca’Bauda, com as mesmas uvas utilizadas na região de Champagne. Rico e cheio de fruta, é fresco e equilibrado, em um estilo fácil de agradar.

US$23.90

22075 Rosé d’Anjou 2009 (Guy Saget/ Loire/ França)

Famoso e típico rosado do Loire, fácil de beber, com um agradável sabor levemente adocicado.

US$ 24.90

20464 Porcupine Ridge Sauvignon Blanc 2010 (Boekenhoutskloof/ África do Sul)

Ótimo Sauvignon Blanc da África do Sul, de excepcional relação qualidade/preço. Fino e muito aromático, na boca é saboroso e intenso, refrescante, com grande equilíbrio entre a fruta e a perfeita acidez. Muito recomendado!

US$24.90

20897 Quinta da Ponte Pedrinha 2006 (Quinta da Ponte Pedrinha/ Dão/ Portugal)

Grande descoberta do Dão, o Ponte Pedrinha é fresco e sedutor, com um cativante bouquet floral e ótima presença de boca, bastante macio e saboroso. Ótima relação qualidade / preço de Portugal.

US$29.50

3


4

para brindar e celebrar

De US$30 a US$40 16641 Saccheto Espumante Brut Rosado (Sacchetto/ Veneto/ Itália)

Surpreendente rosado frisante elaborado por Sacchetto com a uva Pinot Noir. Fresco, cheio de fruta madura e cativante, promete ser um grande sucesso para os dias de verão.

US$33.90

16278 Quinta do Perdigão Rosado 2006 (Quinta do Perdigão/ Dão/ Portugal)

Delicioso rosado elaborado pela Quinta do Perdigão, incrivelmente rico e aromático, com bastante frescor e muito charme, mantendo o mesmo estilo sofisticado dos outros vinhos da Quinta.

US$39.90

19661 Baluarte Verdejo 2008 (Julián Chivite/ Navarra/ Espanha)

Fresco e aromático, o Baluarte é elaborado com uvas 100% Verdejo de vinhedos antigos e de baixos rendimentos plantados na região de Rueda. Com uma refrescante acidez e apetitosas notas florais e de frutas maduras, é um delicioso vinho de aperitivo.

US$32.00

17796 Blason d’Aussières 2005

(Domaine D’Aussières/ Languedoc-Roussillon/ França) Antigamente chamado de “’A’ d’Aussières”, este excelente tinto é produzido pelo Château Lafite Rothschild na região do Roussillon, aos pés dos Pirineus. É concentrado e exuberante, mostrando grande personalidade e profundidade de fruta, com toda a assinatura de elegância do château. Altamente recomendado!

US$37.90 Seleção Mistral


para brindar e celebrar

A partir de US$40 6755 Bollinger Spécial Cuvée NM (Bollinger/ Champagne/ França)

Este champagne exprime toda a personalidade da Maison Bollinger. Encorpado, equilibrado e muito fino, é um corte de 60% de Pinot Noir, 25% de Chardonnay e 15% de Pinot Meunier, provenientes, em no mínino 80%, de vinhedos classificados como Grands e Premiers Crus. Obteve 93 pontos da Wine Spectator e foi o único Champagne recomendado pela revista para sua lista dos “100 Melhores Vinhos do Mundo” no ano passado. Refência absoluta.

US$159.90

15087 Spumante Brut 2003 (Bruno Giacosa/ Piemonte/ Itália)

Espumante extra-bruto (bem seco), um dos melhores da Itália, segundo Burton Anderson. Recebeu as máximas 3 estrelas do Guia Veronelli, além de estar relacionado dentre os grandes vinhos italianos no Catálogo de Veronelli.

US$84.25

20903 Cape Crest Sauvignon Blanc 2009 (Te Mata/ Nova Zelândia)

Um fantástico Sauvignon Blanc barricado, rico e concentrado, o Cape Crest é um dos mais profundos brancos da Nova Zelândia. “Luxuriante e de encher a boca” para Bob Campbell, foi classificado pelo crítico como o nível mais alto que o Sauvignon Blanc de Hawke’s Bay pode chegar. E para o Dominion Post é “um vinho de virar a cabeça”.

US$64.50

21097 Chocolate Block 2009 (Boekenhostkloof/ África do Sul)

Produzido a partir de um fantástico blend de Grenache, Syrah, Cabernet, Cinsault e a branca Viognier, é um tinto cativante que lembra um bom Châteauneuf-du-Pape, já tendo sido escolhido como o “Vinho da Semana” de Jancis Robinson. O intenso bouquet de frutas maduras e flores é inebriante. Na boca, é tão equilibrado e prazeroso que é quase impossível resistir a um segundo copo.

US$69.90

5


6

especial veneto

ESPECIAL TOURIGA NACIONAL 18782 Pombal Vesúvio 2007 (Quinta do Vesúvio/ Douro)

Um dos novos e celebrados tintos da Quinta do Vesúvio, o Pombal do Vesúvio é talhado com maior proporção de Touriga Franca (60%), sendo amigável desde jovem, e mantendo o toque aristocrático dos vinhos da Quinta. Aqui, a casta Touriga Nacional (30%) contribui com sedutoras notas florais e deixa o conjunto com uma impressionante estrutura. A pequena parcela de Tinta Amarela traz equilíbrio e harmonia. Este estiloso vinho, de clara aptidão gastronômica, é tão macio e cheio de fruta que oferece grande prazer até mesmo sem acompanhar comida. Uma verdadeira descoberta, é um dos melhores lançamentos do Douro!

US$59.90

19739 Quinta do Pôpa Touriga Nacional 2007 (Quinta do Pôpa/ Douro)

Uma ótima versão desta que é talvez a casta mais celebrada da atualidade em Portugal, o Quinta do Pôpa Touriga Nacional mostra a excelente interpretação de Luís Pato desta variedade – um vinho exuberante e cheio de notas de frutas, mas com apenas um toque de carvalho. Rico e expressivo, com grande capacidade de envelhecimento, é uma grande pedida para acompanhar o tradicional bacalhau com natas ou carnes vermelhas.

US$73.50

15421 Quinta da Pellada Touriga Nacional 2004 (Quinta da Pellada/ Dão)

O Quinta da Pellada Touriga Nacional é para toda a crítica especializada um dos melhores vinhos do país e talvez o maior expoente da emblemática casta Touriga Nacional. Jancis Robinson selecionou este empolgante tinto como o melhor da região do Dão. Trata-se de um vinho incrivelmente rico, complexo e potente, capaz de envelhecer em garrafa por muitos e muitos anos. A minúscula produção, de menos de 500 caixas para a mundo inteiro, é muito disputada na Europa. Um grande tinto.

US$135.50

Seleção Mistral


Especial touriga nacional

21507 João Pato Touriga Nacional 2007 (Luis Pato/ Bairrada)

O genial Luis Pato elabora este delicioso Touriga Nacional na região da Bairrada em um estilo moderno e cativante, provando que é possível oferecer belos tintos desta famosa casta com uma excelente relação qualidade/preço.

US$29.90

17813 Espumante Touriga Nacional Brut (Luis Pato/ Bairrada)

Elaborado com a emblemática casta Touriga Nacional, mostra um bouquet típico dos melhores rosados, com generosas notas de frutas vermelhas. Maria João Almeida, uma das mais respeitadas críticas de Portugal, descreveu o vinho como “um espumante de excelente nível”. Mais alegre e cheio de fruta que o consagrado espumante Baga, é uma das melhores opções em espumantes rosados de todo o mercado.

US$49.90

17148 Quinta do Perdigão Touriga Nacional 2005 (Quinta do Perdigão/ Dão)

O sofisticado Touriga Nacional é o mais disputado vinho da Quinta do Perdigão, considerado hoje entre os melhores vinhos do país elaborados com esta casta. A impressionante lista de prêmios deste vinho inclui o título de “Grande Vinho do Dão” por 3 anos, além do cobiçado “Trophy” e a medalha de ouro da revista inglesa Decanter. Combina um sedutor bouquet, repleto de notas florais, com uma saborosa e marcante presença no palato. Uma verdadeira referência.

US$89.50

21031 Meandro do Vale Meão 2008 (Quinta do Vale Meão/ Douro)

Um tinto de fantástica relação qualidade/preço, o Meandro é o segundo vinho da Quinta do Vale Meão, o melhor de Portugal para a Wine Spectator, com 97 pontos para a safra de 2004. As uvas são provenientes dos excelentes e históricos vinhedos que antes forneciam os frutos para o famoso Barca Velha. Trata-se de um tinto intenso, concentrado e profundo, com bastante classe e um marcante estilo duriense, que mereceu nada menos que 91 pontos da Wine Spectator em 2007.

US$55.50

20471 Altano Reserva 2008 (Altano/ Douro)

Excelente tinto, de excepcional relação qualidade/preço, o Altano Reserva foi indicado como um dos “100 Melhores Vinhos do Mundo” pela Wine Spectator, feito realmente extraordinário para um vinho desta faixa de preço. A revista conferiu 91 pontos à safra 2003, classificando o vinho como “intenso e poderoso”. Um verdadeiro achado, que também foi indicado entre os melhores vinhos portugueses de preço médio pela Revista de Vinhos.

US$54.90

7


8

Lançamentos

22272 Volnay 1er Cru Santenots 07

(Domaine des Comtes Lafon/ Bourgogne/ França) Os fantásticos Volnay do Domaine des Comtes Lafon competem em qualidade com os Grand Crus de outros produtores. O Santenots é o mais prestigiado dos premier crus – “de uma elegância e finesse de tirar o fôlego”, nas palavras de Robert Parker. Combina grande complexidade com taninos incrivelmente sedodos, o arquétipo do bom vinho da Borgonha.

US$299.50

22333 Brunello di Montalcino 05

(Fuligni/ Toscana/ Itália) Exuberante e repleto de notas de frutas maduras, o Brunello di Montalcino de Fuligni é “excepcional” e “de cair de costas” na opinião de Robert Parker, que concedeu 93 pontos para a safra 2005 - a terceira nota mais alta entre todos os Brunellos provados desta safra. Uma verdadeira descoberta, com um perfil moderno e cativante, sem perder um destacado acento regional.

US$159.50

22335 Chinon 2006

(Marc Brédif/ Loire/ França) Elaborado com uvas selecionadas de vinhedos antigos de Cabernet Franc, este delicioso tinto é leve e cheio de fruta, com um ótimo toque herbáceo e taninos suficientes para deixar-lo fresco e equilibrado. O mais clássico tinto do Loire, que combina surpreendentemente bem com carpaccio.

US$59.90 Seleção Mistral


lançamentos

21779 Pato Rebel 09

(Luis Pato/ Bairrada/ Portugal) o moderno Rebel é a interpretação de Luis Pato para o que deveria ser um vinho oposto ao padrã para a casta Baga: um vinho repleto de fruta, com um estilo mais leve, que pode acompanhar até peixes! Ou até mesmo ser bebido sozinho, como um delicioso aperitivo de inverno. Seu baixo teor alcoólico e grande frescor deixa o vinho muito palatável e apetitoso.

US$55.00

22091 Altos Las Hormigas Malbec Terroir 09 (Altos Las Hormigas/Argentina)

Com a colaboração de Pedro Parra, o único especialista em solos e terroir da América do Sul, Altos Las Hormigas realizaram um profundo estudo dos diversos terroirs de Mendoza, mapeando as melhores parcelas para a casta Malbec – a grande especialidade de Altos las Hormigas. O Malbec Terroir é elaborado com uvas de vinhedos plantados a 900 metros de altura no Vale do Uco. É mais delicado e perfumado que o Altos las Hormigas classico, com as cativantes notas florais típicas dos melhores vinhedos desta reputada região.

US$39.90

21602 Santa Alvara Carmenère 2010

(Santa Alvara/ Chile) Com a supervisão da equipe técnica da Casa Lapostolle, que atestou o grande potencial da casta Carmenère no cultuado Clos Apalta, Santa Alvara elabora este Carmenère em um estilo mais leve e sedoso, ótimo para acompanhar carnes menos gordurosas. Mostra um agradável toque herbáceo, acompanhado de saborosas notas de frutas maduras.

US$14.50

22095 Aruma Malbec 2010 (Bodegas Caro/ Argentina)

Aruma é o novo vinho das Bodegas Caro, a parceria entre o Château Lafite Rothschild e Catena Zapata. Ao contrário dos outro vinhos da bodega – o grandioso Caro e o aclamado Amancaya – Aruma é elaborado apenas com a casta Malbec, em um estilo cheio de fruta e fácil de gostar, mas com a elegância que é a assinatura dos vinhos dos Domaines Barons de Rothschild. Um belíssimo Malbec, perfeito para acompanhar carnes grelhadas e de ótima relação qualidade/preço.

US$28.90

9


10

destaques

ALBERTO TASCA O dinâmico Alberto Tasca sucedeu seu pai de forma brilhante, colocando a vinícola TASCA D’ALMERITA — que já era a grande referência da Sicília – entre os mais respeitados nomes do mundo do vinho. Alberto Tasca contratou o famoso enólogo Carlo Ferrini e desenvolveu duas linhas distintas de vinhos: uma com vinhos exuberantes e modernos e outra com vinhos bastante típicos, verdadeiros clássicos da região. O resultado foi um número impressionante de prêmios da imprensa especializada e a expansão dos domínios da vinícola para novas zonas promissoras da ilha, como o monte Etna e a ilha de Salina. Hoje, rótulos como Regaleali, Rosso del Conte e Cygnus estão intimamente entremeados com a história de sucesso dos vinhos sicilianos, que são cada vez mais apreciados em todo o mundo.

Seleção Mistral


destaques alberto tasca

19460 Regaleali Nero D’Avola 2007 Produzido com emblemática uva Nero d’Avola, o Regaleali é um dos vinhos de melhor relação qualidade/preço do mundo para Robert Parker. Trata-se de um tinto saboroso e macio, com fruta exuberante e boa acidez, no melhor estilo do sul da Italia, que vem fazendo tanto sucesso no mundo todo. É, talvez, o mais consagrado tinto da Sicília — região onde a reputada Tasca d’Almerita foi a grande pioneira de qualidade.

US$37.90

20435 Cygnus Nero d’Avola/Cabernet Sauvignon 2007 É um vinho “fantástico” para Robert Parker, que concedeu 91 pontos para a safra 2007. Esta sofisticada combinação de Nero d’Avola com Cabernet Sauvignon, é um belo vinho moderno, repleto de fruta e sabor, mas sem perder o cativante apelo regional.

US$55.50

18469 Rosso del Conte 2005 Rosso del Conte é um dos melhores vinhos produzidos com a uva Nero d’Avola, mostrando enorme exuberância e complexidade, em um conjunto elegante e potente. Um dos melhores vinhos italianos, que mereceu os disputados “tre bicchieri” do Gambero Rosso em sua safra 2003!

US$139.50

20438 Nozze d’Oro 2008 Um dos poucos “Vini dell’Eccellenza” do guia do L’Espresso, o marcante Nozze d’Oro foi criado para celebrar as bodas de ouro de Giuseppe Tasca d’Almerita, sendo apontado desde então como um dos grandes brancos da Sicilia. Ostenta aromas expressivos e grande equilíbrio, fruto de um corte de 78% Inzolia e 22% Sauvignon, sem passagem por barricas. Mostra grande profundidade de fruta, além de uma grande capacidade de envelhecimento.

US$55.90

20819 Malvasia di Salina 2008 (500 ml) Desde o ano 588 AC a paradisíaca ilha Salina, hoje patrimônio internacional da Unesco, dá origem a um delicioso vinho de sobremesa elaborado com a casta Malvasia chamado antigamente de “Vinho dos Vulcões”. Este verdadeiro néctar é elaborado com uvas Malvasia passificadas, originando um vinho repleto de “belíssimas notas de menta, casca de laranja e flores” sengundo Robert Parker, que classificou a safra de 2008 como “outstanding”. O vinho, que também mostra uma sofisticada veia mineral, é uma interessante opção para acompanhar foie gras, ou mesmo sobremesas.

US$89.90

11


12

destaques CHAPOUTIER

Apontado como o “Produtor do Ano” em 2010 por Robert Parker, Chapoutier é um dos maiores nomes do mundo do vinho. Ostentando a impressionante marca de treze notas 100, com nada menos que 105 vinhos classificados com 95 pontos ou mais por Parker, o genial Michel Chapoutier conferiu uma nova dimensão aos vinhos da região, atingindo a perfeição nas diversas denominações do Norte e do Sul. De opiniões controversas e virtuosismo técnico, Michel é adepto da viticultura biodinâmica e da agricultura orgânica. Seus vinhos impecáveis e elegantes — Hermitage, Côte-Rôtie, St Joseph, Cornas, Châteuneuf, etc — são referências para a região. Além dos vinhos produzidos no Rhône, Chapoutier tem impressionado a crítica especializada com seus outros projetos. O Bila Hâut, por exemplo, elaborado no Roussillon, já foi apontado como uma das maiores pechinchas do mundo do vinho pela revista Wine Spectator. Também têm sido muito elogiados os vinhos de Chapoutier na Austrália e o novo Ex Aequo, produzido em Portugal em parceria com a renomada Quinta do Monte D’Oiro.

Seleção Mistral


destaques chapoutier

20023 Hermitage M. de la Sizeranne 2006 Este excelente Hermitage La Sizeranne tornou-se um dos ícones que mostra bem porque Chapoutier é o maior colecionador de prêmios e notas altas do Rhône. Apresenta um bouquet marcante e opulento e grande complexidade. Sua incrível estrutura faz com que possa evoluir em garrafa por mais de 15 anos. Um verdadeiro monumento à casta Syrah, que recebeu 92 pontos de Robert Parker para a safra de 2006.

US$208.50

21250 Châteauneuf-du-Pape La Bernardine 2008 Esta ótima interpretação de Chapoutier para um vinho histórico — o mais emblemático do Sul do Rhône — mereceu 92 pontos e muitos elogios da Wine Spectator na maravilhosa safra de 2005. Um dos poucos Châteauneuf-du-Pape produzidos com apenas duas castas, o La Bernardine é elaborado com a elegante Grenache, em maioria, e a emblemática Syrah. A bela cor, característica de um Grenache de baixos rendimentos, e o complexo bouquet oferecem uma prévia da deliciosa sensação de boca que esse vinho proporciona.

US$125.50

19188 Crozes-Hermitage Les Meysonniers 2007 Os deliciosos Crozes-Hermitage de Chapoutier também são ótimos, verdadeiros achados. Este belo tinto mostra a Syrah em sua região de origem, com um estilo elegante, mas encorpado, rico e sedoso. Perfeito para acompanhar comida.

US$53.90

21257 Tavel Beaurevoir 2009 Delicioso rosado com fresco e aromático, elaborado em Tavel (região muito conhecida pelos seus rosados gastronomicos de excelente qualidade). Presença de frutas bem maduras, cerejas e especiarias doces no nariz. Na boca se apresenta fresco, redondo e harmonioso. Super versátil, é uma excelente companhia para diversos estilos de pratos, principalmente orientais.

US$47.50

21259 Vin du pays de la Drôme Vignes de Pilate 2009 O Les Vignes de Pilate Viognier é um branco deliciosamente floral, com notas de especiarias e um palato bastante fresco e convidativo.

US$34.75

19193 Banyuls rouge 2007 (500 ml) Excelente tinto doce do sul da França produzido por Chapoutier, um dos maiores nomes do país. É um dos vinhos que melhor combinam com chocolate.

US$45.50

13


14

destaques

Espumantes 20093 Alma Negra Malbec Rosado Brut 2009 (Tikal - Ernesto Catena/Mendoza/ Argentina)

Um sofisticado espumante rosado elaborado com a uva Malbec, o Alma Negra Malbec Rosado Brut é uma verdadeira sensação na Argentina, onde faz enorme sucesso. Rico, encorpado e com um delicioso bouquet de frutas maduras, é uma ótima opção em espumantes.

US$33.50

17794 Cremant d´Alsace Chardonnay Brut 2006 (Dopff au Moulin/ Alsace/ França)

Dopff au Moulin foi o inventor do Crémant d’Alsace, em 1900. Exclusivamente de uvas Chardonnay, é bastante seco e de aroma vibrante e intenso. Encorpado, cremoso, de boa estrutura e ótima acidez, bastante refrescante.

US$52.90

19446 Espumante Vallontano Brut (Vallontano/ Brasil)

Com as uvas Pinot Noir e Chardonnay, as mesmas utilizadas em Champagne, Vallontano elabora este espumante de bastante classe — seco, cheio de fruta e com grande apelo. Uma deliciosa pedida como aperitivo ou mesmo para acompanhar entradas e carnes brancas.

R$43.50

Seleção Mistral


destaques

Rosados 16119 Artazuri Rosado 2006 (Artazur/ Navarra/ Espanha)

Delicioso rosado desta dinâmica vinícola da região de Navarra, pertencente à lendária bodega riojana Artadi. Muito fresco e saboroso, este rosado substitui muito bem brancos encorpados e tintos leves, sendo bem versátil e combinando com uma ampla variedade de pratos, desde peixes, frutos do mar e paella até tortas, aves e carnes delicadas ou grelhadas.

US$27.90

20514 Scaloti Salento Rosato 2009 (Cosimo Taurino/ Puglia/ Itália)

Com a variedade Negroamaro, Cosimo Taurino elabora um excelente rosado seco, leve e harmônico. Vinho super versátil e agradável; fácil de harmonizar com diferentes estilos de pratos.

US$32.50

19307 Etna Rosato 2008

(Tenuta delle Terre Nere/ Sicília/ Itália) Este delicioso rosado — elaborado com as castas Nerello Mascalese e Nerello Mantellato de vinhedos de até 140 anos de idade — é “realmente de graça pelo que custa” na opinião de Robert Parker. Com notas de frutas vermelhas e um toque terroso, é incrivelmente elegante. Um vinho para ser bebido a qualquer momento.

US$47.50

15


16

destaques

Brancos 19539 Cuvée Alexandre Chardonnay 2008 (Casa Lapostole/ Chile)

Um dos melhores brancos produzidos no Chile — “soberbo”, segundo Robert Parker e “rico e estiloso” para a Wine Spectator — o Cuvée Alexandre é fermentado em barricas de carvalho francês. Denso, limpo e cremoso na boca, possui bouquet complexo e final longo. A revista Wine Spectator concedeu 90 pontos a este belo branco, classificando-o como “Smart Buy” e confirmando sua excelente relação qualidade/preço.

US$47.90

21375 Calanchi di Vaiano Chardonnay IGT 2009 (D’Amico/ Lazio/ Itália)

Para atender ao público que procurava um Chardonnay com a mesma sofisticação que o excelente Falesia, mas um pouco mais leve e fresco, D’Amico criou este delicioso branco. Saboroso, fino e muito equilibrado.

US$55.90

21278 Tiara branco 2009 (Redoma/ Douro/ Portugal)

Um vinho surpreendente, de minúscula produção, que tem sido cultuado pelos conhecedores em Portugal. Ele é talhado pelo genial Dirk Niepoort, com castas locais do Douro, para lembrar os melhores Rieslings, mostrando um frutado exuberante e um incrível frescor. Um branco de incrível complexidade e carisma.

US$67.90

20791 Grüner Veltliner L. Berg-Vogelsang 2009 (Bründlmayer/ Áustria)

Última moda na Inglaterra e Estados Unidos, a uva Grüner Veltiner dá brancos deliciosos e é a mais emblemática da Áustria. Este é encorpado, seco e bastante complexo, com ótima acidez e um aroma delicado e muito fino. Na boca é refrescante e simplesmente uma delícia.

US$56.90

19755 Tokaji Furmint Mandolás 2007 (Oremus/ Hungria)

Grande descoberta, o Mandolás é o delicioso branco seco elaborado por Oremus (Vega Sicília) na Hungria, com uvas Furmint. O aroma é intenso e complexo, com toques cítricos. Na boca é muito saboroso e rico, pleno e encorpado, com grande finesse e um toque amanteigado. Muito aromático e com perfeita acidez, é um vinho apaixonante, de excelente relação qualidade/preço. Muito recomendado!

US$51.50

Seleção Mistral


destaques

19659 Gran Feudo Chardonnay 2009 (Julián Chivite/ Navarra/ Espanha)

Chivite elabora alguns dos melhores brancos espanhois. O Gran Feudo Chardonnay é um branco seco, fresco e com ótima acidez. Bem complexo, mostra convidativas notas de fruta madura.

US$27.50

Tintos 20116 Mercurey Clos du Roy 1er Cru 2008 (Faiveley Bourgogne/ França)

Faiveley é talvez o maior especialista em Mercurey, elaborando vinhos profundos e complexos, entre as melhores pechinchas que podem ser encontradas na Borgonha. Este 1er Cru é concentrado, com um exuberante bouquet de frutas silvestres e notas de terra molhada. Um vinho que compete com Borgonhas de preço muito mais alto.

US$77.50

19483 Cornas 2007

(Domaine Clape/ Rhône/ França) “Uma das referências incontestáveis de Cornas” para o guia Bettane & Desseauve, a mais respeitada publicação sobre vinhos franceses, Clape elabora minúsculas quantidades de tintos soberbos, entre os maiores e mais aclamados de todo o Rhône. Segundo o guia do La Revue du Vin de France, Auguste Clape é o melhor representante da escola tradicional de Cornas, talhando vinhos complexos e elegantes, capazes de envelhecer por décadas. Elaborado sem desengaçamento e com uso de barricas de carvalho de segundo uso, é sem duvida uma das grandes expressões da uva Syrah, que mereceu 96 pontos na safra de 2005.

US$279.00

19716 Canon du Maréchal rouge 2008 (Domaine Cazes/Roussillon /França)

Este autêntico vinho de bistrô é uma das maiores pechinchas do sul da França. Elaborado pelo Domaine Cazes, apontado como “Uma verdadeira instituição do Roussillon” pelo o respeitado guia “Classement des Meilleurs Vins de France”, mostra saborosas notas de frutas vermelhas e um destacado frescor.

US$35.50

18137 Nebbiolo d’Alba Valmaggiore 2006 (Luciano Sandrone/ Piemonte/ Itália)

Apontado por Robert Parker como “outstanding” e uma das melhores opções em Nebbiolo d’Alba, este ótimo tinto de Sandrone – um dos maiores expoentes da escola moderna do Piemonte - é “elegante e refinado”, com “um equilíbrio impecável” e várias camadas de “notas de flores e frutas maduras” na opinião do critico. Um grande achado, que mereceu 90 pontos de Parker na safra 2006.

US$87.90

17


18

destaques

20095 El Enemigo Malbec 2008 (Adriana Catena/ Mendoza/ Argentina)

Mais novo “cult wine” da família Catena Zapata, na Argentina, El Enemigo é talhado para ser um dos mais ricos e cativantes vinhos em seu estilo. Ele é elaborado com uvas especialmente selecionadas da casta Malbec, cortadas com um sofisticado “perfume” e nervo da variedade Petit Verdot. “Profundo, saboroso e repleto de camadas” na opinião de Robert Parker, é um vinho de grande personalidade, que já nasce como um dos mais disputados de Mendoza.

US$54.50

20042 Dehesa Gago Toro 2009 (Telmo Rodriguez/ Toro/ Espanha)

O delicioso Dehesa Gago é produzido na emergente região de Toro, próxima à Ribera del Duero. Classificado por Robert Parker como “um super-vinho”, este tinto, segundo Parker, é “sexy, luxuriante e repleto de fruta madura”. Um dos melhores achados da Espanha.

US$31.90

9064 Têmpera Tinta Roriz 2001

(Quinta do Monte d’Oiro/ Alenquer/ Portugal) Consagrada com a produção de alguns dos melhores e mais disputados vinhos de Portugal, a Quinta do Monte d’Oiro é sem dúvida uma das maiores estrelas ibéricas. O Têmpera é o primeiro vinho da casa feito com uma casta local, a Tinta Roriz (a mesma que a espanhola Tempranillo), e foi o vencedor do “Duelo Ibérico” organizado na Espanha. Resultado: desde então, os espanhóis “arrematam” 2/3 da minúscula produção, o que torna o vinho ainda mais raro e procurado na Europa.

US$89.50

18664 CrossBarn Cabernet Sauvignon Napa Valley 2005 (Paul Hobbs/ Califórnia/ Estados Unidos)

A linha Cross Barn é elaborada com um corte de diversos vinhos de vinhedo único, desclassificados pelo rigorosíssimo processo de produção de Paul Hobbs. São melhores que a maioria dos vinhos principais de outras vinícolas, oferecendo ótima estrutura e complexidade, combinando as qualidades de diversos vinhedos excepcionais. O Cross Barn Cabernet Sauvignon é maturado 20 meses em barricas de carvalho e mostra classe e complexidade por um preço bastante atrativo.

US$139.50

19738 Quinta do Pôpa Preffácio 2007 (Quinta do Pôpa /Douro/Portugal)

Consagrada com a produção de alguns dos melhores e mais disputados vinhos de Produzido com uma apetitosa combinação das castas Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Touriga Nacional plantadas em solos xistosos e vinificado nos tradicionais lagares de granito, mostra um cativante frutado e um toque sedoso no palato. Uma bela opção entre os novos tintos do Douro, de excelente relação qualidade/preço.

US$45.50 Seleção Mistral


20

destaques

17895 Atalayas de Golban 2005

(Dominio de Atauta/ Ribera del Duero/ Portugal) Atalayas de Golban é um impressionante projeto paralelo de Miguel Sanchez, proprietário do Dominio de Atauta. Elaborado com uvas de vinhedos antigos plantados nos arredores de Atauta, é um pouco mais leve que o poderoso Domínio de Atauta, ficando pronto para ser bebido antes. O vinho é maturado por um ano em barricas de carvalho francês, sendo a grande maioria de barricas de segundo e terceiro usos utilizadas pelo Château Haut Brion. Um vinho realmente impressionante, de excelente relação qualidade/preço, recebeu 90 pontos de Robert Parker na safra de 2005.

US$59.90

18507 Viñas del Vero Syrah Colección 2005 (Viñas del Vero/ Somontano/ Espanha)

Com 93 pontos do prestigiado guia CAMPSA, este delicioso Syrah mostra grande profundidade de fruta, em um estilo moderno e cativante. Sem dúvida, uma das estrelas de Somontano.

US$39.90

21054 Veraton 2008

(Bodegas Alto Moncayo/ Aragón/ Espanha) Para Robert Parker, que classificou a safra de 2005 com 93 pontos, o Veraton é um vinho que “beira a opulência, repleto de camadas de fruta madura e um final longo e puro.” Elaborado com uvas Garnacha de vinhedos antigos, de baixos rendimentos, é um dos mais notáveis exemplos dos exuberantes vinhos de Aragón.

US$85.90

17246 Gaía Estate 2005 (Gaía/ Grécia)

Maravilhoso tinto elaborado com a ótima uva grega Agiorgítiko, é considerado o melhor vinho da Grécia pela revista Decanter. Seu aroma amplo e generoso é impressionante, marcado por frutas vermelhas e negras, e muita complexidade. Na boca mostra ser um grande vinho, com muita classe e elegância, taninos finos e perfeito equilíbrio. Perfeito para combinar com comida.

US$94.50

20907 Woodthorpe Syrah 2005 (Te Mata/ Nova Zelândia)

Este estiloso tinto de Te Mata é inspirado nos vinhos de Côte Rôtie, no norte do Rhône. Trata-se de uma deliciosa combinação da casta Syrah com uma pequena porcentagem da aromática uva branca Viognier, que traz mais graça, elegância e complexidade, além de ajudar a extrair ainda mais a cor da Syrah, deixando o vinho potente e cheio de nuances.

US$54.50

Seleção Mistral


destaques

18653 Koonunga Hill Shiraz/Cabernet Sauvignon 2007 (Penfolds/ Austrália)

Verdadeiro clássico, o Koonunga Hill é produzido por Penfolds, o grande nome da Austrália e uma das mais reverenciadas vinícolas do mundo. Rico e intenso, ele é elaborado com um típico corte australiano e apresenta impressionante complexidade para sua categoria. Um tinto que nunca decepciona.

US$41.90

20453 Amancaya 2009

(Bodegas Caro/ Mandoza/ Argentina) Elaborado por uma associação de dois dos maiores nomes do mundo do vinho, Domaines Barons de Rothschild (Lafite) e Catena Zapata, Amancaya é um magnífico corte de Cabernet Sauvignon e Malbec, em um estilo elegante, bem francês. O bouquet é bastante complexo e sutil, mostrando várias nuances e aromas maduros, com carvalho muito fino, de excelente qualidade. No palato é encorpado e muito sofisticado. Um vinho de fantástica relação qualidade/preço, tem recebido excelentes notas da imprensa especializada.

US$33.90

19243 Reyneke Pinotage 2008 (Reyneke/ África do Sul)

Este delicioso tinto, elaborado com uvas de cultivo biodinâmico, mostra a casta Pinotage em uma versão com notas terrosas e ótima complexidade. Mais sério que a maioria dos Pinotage, é um vinho elegante e sofisticado, perfeito para acompanhar comida.

US$52.90

18777 Hawk Crest Cabernet Sauvignon 2006 (Stags Leap Wine Cellars/ Estados Unidos)

Elaborado pela aclamada vinícola Stag’s Leap Wine Cellars, produtora do mítico Cask 23, o Hawk Crest mostra concentração e profundidade de fruta e excelente relação qualidade/preço.

US$45.50

21439 DV Catena Malbec-Malbec 2007 (Catena Zapata/ Argentina)

Outra estrela da nova linha premium de Catena Zapata, o DV Catena MalbecMalbec mostra grande complexidade, resultado dos dois excelentes vinhedos utilizados na produção. Esbanja uma cativante fruta, com ótima profundidade. No palato é longo e saboroso, mostrando porque desde seu lançamento já é considerado um dos melhores Malbecs da Argentina.

US$36.50

21


22

destaques

18378 Mapema Malbec 2007 (Mapema/ Argentina)

Mapema é o projeto de Pepe Galante e Mariano Di Paola. Este sofisticado Malbec é sedoso e elegante, com grande finesse. Recebeu 90 pontos, tanto da Wine Spectator quanto de Robert Parker, na última safra avaliada.

US$33.90

21466 Cuvée Alexandre Merlot 2007 (Casa Lapostolle/ Chile)

Talhado no estilo dos grandes tintos de Bordeaux, o excelente Cuvée Alexandre Merlot é um premiadíssimo corte de Merlot com uma pequena parcela de Carmenère do vinhedo Apalta, de mais de 60 anos de idade. Poderoso e estruturado, é um vinho muito fino, elegante e sedoso, com um caráter bem clássico e francês. Sempre merece mais do que 90 pontos da Wine Spectator (“Smart Buy”), Wine&Spirits e Wine Enthusiast, em uma incrível prova de consistência e qualidade.

US$47.90

18639 Montes Alpha Syrah 2007 (Viña Montes/ Chile)

Este extraordinário tinto é o vinho de menor produção de toda a linha Montes Alpha e acaba de ser indicado pela revista Wine Spectator como um dos vinhos de melhor relação qualidade/preço em todo o mundo, com 90 pontos. Já foi indicado para a prestigiosa lista dos “100 Melhores Vinhos do Mundo” da publicação. Para a Wine Enthusiast “é consistentemente um vinho que merece notas altíssimas, descrevendo o Syrah como “repleto de aromas de café, framboesas, ameixas e cravo; um vinho profundo e cheio de nuances”.

US$48.90

19115 Rio de los Pájaros Tannat 2008 (Pisano/ Uruguai)

Saboroso tinto, elaborado com a mais típica uva uruguaia. É maturado em carvalho por 4 meses, para complementar as características varietais da Tannat. O aroma é intenso e agradável, cheio de fruta, com notas de canela e cogumelos. No palato é rico e encorpado, tipicamente adstringente.

US$23.50

20389 Vallontano Reserva Cabernet Sauvignon 2005 (Vallontano/ Brasil)

Elaborado somente nas safras excepcionais, o Vallontano Reserva Cabernet Sauvignon é um dos melhores e mais autênticos exemplos desta casta elaborados no Brasil, combinando aromas generosos de fruta madura e madeira bem integrada com elegância e tipicidade. Perfeito para acompanhar comida, fica ainda melhor se decantado.

R$49.90

Seleção Mistral


24

destaques

Portos 17933 Graham’s Extra Dry White (Graham’s/ Porto/ Portugal)

Fresco e seco, com um delicioso toque frutado, o Graham’s Extra Dry é um celebrado aperitivo. Este vinho é fortificado mais tarde que a maioria dos vinhos do Porto, para que boa parte de seu açúcar residual seja fermentado. Servido gelado, é perfeio antes das refeições. Em Portugal faz grande sucesso combinado com água tônica e limão nos dias mais quentes.

US$30.90

5646 Niepoort 10 Years old Tawny (Niepoort/ Porto/ Portugal)

O Niepoort 10 anos foi o Tawny 10 Anos com a maior pontuação na história da Wine Spectator: 95 pontos! A revsta descreveu o vinho como “encorpado e luxuriante e o novo ‘benchmark’ para os Porto 10 Anos”. Longuíssimo e muito fino. Niepoort é um verdadeiro especialista em Portos Tawny, elaborando vinhos excepcionais, de grande complexidade.

US$99.90

21269 Graham’s LBV 2005

(Quinta de Roriz/ Porto/ Portugal) Este LBV ou “Late Bottled Vintage” é um excelente blend, envelhecido por mais de 5 anos em cascos de madeira, estando pronto para ser bebido. Aromas de frutas negras e alcaçuz, com toques de caramelo. Na boca é pleno e macio.

US$49.90

Seleção Mistral


destaques

Sobremesa 21511 Abafado Molecular tinto 2009 (Luis Pato/ Bairrada/ Portugal)

Um vinho realmente singular, é talvez o único tinto do mundo com apenas 10% de álcool e 120g/l de açúcar residual, equilibrados por uma acidez de 6,7g/l! Esta combinação resulta em um vinho incrivelmente rico e cheio de nuances, mas com frescor suficiente para suportar comida. Uma ótima opção par harmonizar com carnes da cozinha molecular, ou mesmo chocolate!

US$77.00 (375ml)

19719 Muscat de Rivesaltes 2006

(Domaine Cazes/ Languedoc-Roussillon/ França) O reputado Domaine Cazes é uma verdadeira autoridade em Muscat de Rivesaltes, um dos mais tradicionais vinhos de sobremesa da França. Rico e denso, mostra notas de fruta doce e uma belíssima untuosidade no palato.

US$36.90 (375ml)

18641 Montes Late Harvest Gewürztraminer 2008 (Viña Montes/ Chile)

Está de volta a nossa carta o aclamado Vendímia Tardia de Viña Montes, um dos melhores vinhos doces do Chile. Delicado, aromático e complexo, é elaborado com uvas Gewürztraminer e uma pitada de Riesling para deixar o vinho mais fresco e equilibrado. Um vinho de bastante personalidade, com ótima relação qualidade/preço.

US$38.90 (375ml)

25


26

VINHOS PARA COMPRAR POR CAIXA E TER SEMPRE EM CASA TINTOS 20740 Côtes du Roussillon Villages Bila-Haut 2009 (M. Chapoutier/ Languedoc-Roussillon/ França)

Um saboroso corte de Grenache, Syrah e Carignan, este vinho do Sul da França é produzido pelas mãos perfeccionistas de Chapoutier, um dos maiores nomes do Rhône. O bouquet oferece frutas maduras e especiarias e um toque que nos faz lembrar o mar. De grande apelo é, segundo Parker, um vinho que “implora para ser bebido”.

Garrafa US$29.90/ Caixa US$358.80

20690 Ciranda tinto 2009

(Herdade de Coelheiros/ Alentejo/ Portugal) O saboroso Ciranda já nasce como um dos vinhos de melhor relação qualidade/ preço do Alentejo. Cheio de fruta e sabor, mas sem o caráter enjoativo de alguns tintos da região, é um vinho perfeito para ter sempre na adega.

Garrafa US$22.50/ Caixa US$270.00

21500 Montepulciano d’Abruzzo Vasari 2008 (Barba/ Abruzzo/ Itália)

Premiado com os “due bicchieri” do Gambero Rosso, além da estrela por sua excepcional relação qualidade/preço, o Varsai é uma das maiores pechinchas do vinho italiano. Combina um frutado saboroso com um toque terroso, que deixa o vinho perfeito para acompanhar diversos pratos.

Garrafa US$21.50/ Caixa US$258.00

Seleção Mistral


comprar por caixa

20069 The Wolftrap Blend 2009 (Boekenhoutskloof/ África do Sul)

Boekenhoutskloof é uma das mais premiadas e competentes vinícolas da África do Sul. Elaborado com um blend de muitas uvas tintas diferentes, o Wolftrap é bastante saboroso e fácil de agradar, tendo sido indicado pela Wine Spectator como uma das melhores relações qualidade/preço no mundo todo.

Garrafa US$23.50/ Caixa US$282.00

18898 Masi Passo Doble Malbec/Corvina 2007 (Masi Tupungato/ Mendoza/ Argentina)

Este delicioso tinto é elaborado por Masi — o rei do Amarone e o grande mestre da passificação de uvas — utilizando a uva Malbec, a mais emblemática do país, cortada com a italiana Corvina, da região do Veneto. A ótima acidez o deixa fresco e seco, ideal para acompanhar diversos pratos. Para Jancis Robinson, ele é “extraordinário” e “great value”, “um vinho único, com um final de boca mais seco e sofisticado do que a maioria dos vinhos argentinos”. Excelente relação qualidade/preço!

Garrafa US$25.25 / Caixa US$286.80

19633 Viñas del Vero tinto 2008 (Viñas del Vero/ Somontano/ Espanha)

Um tinto de excepcional relação qualidade/preço, elaborado com as Castas Cabernet Sauvignon e Merlot, o Vñas del Vero tinto é marcante e saboroso, em um estilo perfeito para combinar com comida.

Garrafa US$24.50/ Caixa US$294.00

19815 Mapema Malbec Tempranillo 2008 (Mapema/ Argentina)

Esta nova e saborosa criação dos enólogos Pepe Galante e Mariano Di Paola é elaborada com um corte de 50% Malbec e 50% Tempranillo, maturado 12 meses em barricas de carvalho francês e americano. É um vinho exuberante e cheio de fruta, com notas de especiarias e um agradável toque sedoso no palato. Um verdadeiro achado, que já surge como uma das maiores pechinchas da Argentina.

Garrafa US$19.90/ Caixa US$238.80

21038 Gran Feudo Crianza 2006 (Julián Chivite/ Navarra/ Espanha)

Julián Chivite é uma bodega de imenso prestígio e tradição na Espanha, fundada em 1647. Todos seus vinhos são de altíssima qualidade, incluindo brancos, rosados e tintos. Seu consagrado Gran Feudo Crianza é um dos tintos de melhor relação qualidade/preço do país, elaborado com um delicioso corte de 70% Tempranillo, 25% Garnacha, 5% Cabernet Sauvignon. Possui aromas de frutas maduras e carvalho bem integrado. Na boca é muito saboroso, convidando a um outro copo.

Garrafa US$29.50/ Caixa US$354.00

* 1 caixa = 12 garrafas

27


28

comprar por caixa

BRANCOS 19911 Altera Chardonnay 2009

(Schröder & Schÿler/ Languedoc-Roussillon/ França) O Altera Chardonnay, produzido pela reputada Maison Schröder & Schÿler, proprietária do famoso Château Kirwan, apresenta uma relação qualidade/preço quase imbatível.

Garrafa US$22.50/ Caixa US$270.00

18881 Nativa Terra Reserva Sauvignon Blanc 2009 (Nativa/ Chile)

Este exuberante branco impressiona pela notas puras e limpas de frutas cítricas. No palato, é cheio e saboroso, com boa persistência. Não passa por barricas de carvalho para manter o frutado expressivo. Um ótimo exemplo de Sauvignon Blanc do Novo Mundo.

Garrafa US$24.90/ Caixa US$298.80

ROSADOS 20164 Côtes-du-Rhône Parallèle Rosé 2009 (Paul Jaboulet/ Rhône/ França)

Um vinho “suculento e mineral” para a revista Wine Spectator, o saboroso Parallèle 45 Rosé é seco e fresco, com ótimo frutado e presença de boca. O estilo é perfeito para um aperitivo, ou mesmo para acompanhar peixes e carnes brancas. Excelente relação qualidade/preço.

Garrafa US$33.90/ Caixa US$406.80

16760 Quinta de Saes rosé 2006 (Quinta da Pellada/ Dão/ Portugal)

Delicioso rosado elaborado pelo genial Álvaro Castro na Quinta de Saes. Mostra saborosas notas de frutas silvestres e um sofisticado toque floral. Sua ótima acidez o deixa fresco e seco, perfeito para acompanhar comida.

Garrafa US$28.90/ Caixa US$346.80 Seleção Mistral


30

ESPECIAL

DIA DOS NAMORADOS

Seleção Mistral


especial dia dos namorados

Kit Champagne Belos espumantes e ótimos motivos para brindar!

1 caixa especial (21072), 2 flûtes para Champagne Riedel (cód 19150), 1 Champagne Pol Roger Brut (cód 1315) Não é por acaso que este Champagne foi escolhido para celebrar o casamento real do Príncipe William e Kate Middleton. O famoso Brut prima pela finesse, elegância e complexidade, sendo elaborado em pequenas quantidades, apenas com uvas de vinhedos entre os mais bem classificados de Champagne. Um dos Champagne não safrados mais premiados, o Pol Roger Brut recebeu 90 pontos de Robert Parker e 92 pontos da Wine Spectator.

R$321,20 Outras opções de espumante:

Com Cremant d’Alsace Brut

(cód 4467 - P.E. D.)opff & Fils/ Alsace/ França) Tradicionalíssimo, um dos mais reputados espumantes franceses, vinificado pelo método tradicional. Seco, aromático e elegante, de boa estrutura, com uma espuma bem cremosa, é uma especialidade alsaciana.

R$190,90

Com Prosecco di Valdobbiadene Dei Casel Extra Dry (cód 2950 - Adriano Adami / Veneto/ Itália)

Este excelente Prosecco Extra Dry recebeu 90 pontos de Robert Parker e o “Oscar Qualidade/Preço” do conceituado guia Gambero Rosso 2006, para quem “é um dos melhores exemplares da categoria Extra Dry”, a mais consumida na Itália, sendo ligeiramente menos seca e bastante agradável. Os delicados aromas florais e frutados e todo o seu frescor se realçam pelo leve toque de açúcar, tornando-o muito redondo e harmônico.

R$184,30

Com Vallontano Espumante Rosé Brut

(cód 19444 - Vallontano / Vale dos Vinhedos/ Brasil) Elaborado com base na casta Pinot Noir, mostra um cativante bouquet de frutas vermelhas e ótima presença no palato. Um vinho versátil, de minúscula produção, que combina com uma infinidade de pratos, sendo também uma ótima escolha como aperitivo.

R$153,00

31


32

especial dia dos namorados

Kit Porto Verdadeiro clássico, o Porto tem um caráter único e uma história de séculos. É um excelente vinho de meditação, que também combina com nozes, alguns chocolates e queijos finos. 1 caixa especial, 2 taças Riedel (cód 20253), 1 Porto Graham’s Fine Tawny (cód 21549), 1 caixa de chocolates Valrhona (cód 21073 - c/ 6 tabletes).

R$185,10 Outras opções de Porto:

Com Graham’s Six Grapes (cód 21550)

R$221,40

Com Niepoort LBV 2005 (cód 20465)

R$210,30

Com Niepoort 10 Years Old Tawny (cód 5646)

R$294,00 Outra opção de vinho tinto doce:

Com Mavrodaphne of Patras 2000 (Antonópoulos/ Grécia)

R$ 212,20

19261 Kit Niepoort Um kit que ilustra as diferenças entre o Porto Ruby e o Tawny, acompanhados de um belo livro de arte com ilustrações da premiada artista Regina Pessoa.

US$ 119.50 Seleção Mistral


especial dia dos namorados 33

sugestões para o dia dos namorados 16889 Ayala Brut Nature Zéro Dosage (Ayala / Champagne / França)

US$113.90

19535 Montes Cherub Rosé 2009 (Viña Montes / Chile)

US$30.90

21140 Les Charmes de Kirwan 2007 (Château Kirwan / Bordeaux / França)

US$118.00

20630 Cartizze Prosecco di Valdobbiadene Superiore di Cartizze 2009 (Bisol/ Veneto / Itália)

US$83.50

21036 Pétalos del Bierzo 2008

(Descendientes de J. Palacios / Bierzo / Espanha)

US$55.90

19608 Terre di San Leonardo 2005 (Tenuta San Leonardo/ Trentino/ Itália)

US$46.90

20436 Regaleali Le Rose 2009 (Tasca d´Almerita/ Sicilia/ Itália)

US$37.90

21264 Chambolle Musigny 2007 (Joseph Drouhin/ Bourgogne/ França)

US$166.50

18157 TrebbianoVDT 2004

(Tenuta di Capezzana/ Toscana/ Itália)

US$ 72.00

15878 Trockenbeerenauslese (Alois Kracher/ Hungria)

US$42.90 (187ml)


34

destaques

CINCO

ESTRELAS Cultuados e premiados, estes são cinco grandes ícones do mundo do vinho.

20966 Château Cordeillan Bages 2000 (Château Cordeillan Bages/ Bordeaux/ França)

Elaborado pelo famoso Château Lynch-Bages, o Cordeillan-Bages é um vinho boutique de Bordeaux, produzido com uvas de um minúsculo vinhedo de apenas 2 hectares localizado no platô de Bages, na região de Pauillac. O vinho é uma especialidade de Cordeillan-Bages, um belíssimo hotel e restaurante da rede Relais & Châteaux em Pauillac. A safra de 2000 foi apontada como “outstanding” por Robert Parker, que admirado com a qualidade do vinho e seu estilo cativante exclamou: “como pode este vinho ser tão sensacional?”

US$218.00

20023 Hermitage M de la Sizeranne 2006 (Chapoutier/ Rhône/ França)

Elaborado com uvas de cultivo biodinâmico, este excelente Hermitage La Sizeranne mostra bem porque Chapoutier é o maior colecionador de prêmios e notas altas do Rhône. Mostra um bouquet marcante, opulento com grande complexidade. Na opinião de Robert Parker, que concedeu 92 pontos para esta safra, trata-se de um vinho de “fantástica riqueza e equilíbrio”. Sua incrível estrutura, marca registrada dos melhores Hermitage, faz com que o vinho possa evoluir em garrafa por mais de 15 anos. Um verdadeiro monumento à casta Syrah.

US$ 208.50

Seleção Mistral


cinco estrelas 35

17847 Cento Trenta Radici Taurasi Riserva DOCG 1999 (Mastroberardino/ Campania/ Itália)

Para comemorar os 130 da vinícola, Mastroberardino produziu uma fantástica reserva especial do emblemático Taurasi 1999. O vinho foi elaborado com menores rendimentos e uma seleção ainda mais rigorosa de uvas que a utilizada na produção do Riserva 1999 regular, que já havia recebido os máximos “tre bicchieri” do Gambero Rosso e 93 pontos de Robert Parker. Além de ser um dos melhores Taurasi já criados por Mastroberardino, sua pequena produção e rótulo comemorativo deixam o vinho ainda mais “colecionável”. Maturado por 30 meses em uma combinação de pequenas barricas e grandes “botti” de carvalho, é incrivelmente longevo, capaz de evoluir por décadas em garrafa.

US$109.50

19742 Valbueña 5º Año Reserva 2004 (Vega Sicilia/ Ribera del Duero/ Espanha)

Um dos grandes ícones do vinho espanhol, o consagrado Valbuena 5º Año é o segundo vinho das Bodegas Vega Sicília, um tinto superlativo, de grande classe e elegância. Envelhece menos tempo em carvalho do que o Vega Sicília Unico, sendo lançado cinco anos após a colheita – bem mais tarde que a maioria dos vinhos principais de outras bodegas. Consagrado com 94 pontos de Robert Parker, trata-se de um vinho extraordinário, extremamente bem talhado, com potência e concentração bem moldadas por finesse e grande complexidade, além de um adorável frescor e um longo final de boca.

US$389.00

22089 Alto Las Hormigas Malbec Single Vineyard 2006 (Altos Las Hormigas/ Argentina)

Com a colaboração de Pedro Parra, o único especialista em solos e terroir da América do Sul, Altos Las Hormigas realizou um profundo estudo dos diversos terroirs de Mendoza, mapeando as melhores parcelas para a casta Malbec – a grande especialidade de Altos las Hormigas. O Single Vineyard é elaborado com uvas de um pequeno vinhedo em Vista Flores, localizado a 1.250 metros de altitude. Alberto Antonini e Attilio Pagli pesquisaram durante anos a região do Vale de Uco para achar um terreno onde as raízes das videiras pudessem se tornar profundas – algo raro nos vinhedos argentinos. O concentrado tinto, de minúscula produção, já nasce como um dos melhores da América do Sul, incrivelmente complexo e mineral, capaz de competir com os grandes vinhos do mundo.

US$179.00


Mistral Importadora Ltda. Rua Rocha 288 CEP 01330 - 000 S達o Paulo SP info@mistral.com.br TEL (11) 3372 3400 FAX (11) 3372 3417 www.mistral.com.br

Mistral inverno 2011  

Catálogo Selecão Mistral inverno 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you