Issuu on Google+

ESPUMANTES e outros vinhos

PARA O VERテグ

ESP UM ANT ES 窶「 VINHOS B R A N COS 窶「 V IN HOS R OSA D OS 窶「 T IN TOS L E V E S 2 01 3/2 01 4


Desde 1973


promoção especial de final de ano

VINHOS GRÁTIS, OFERTAS ESPECIAIS E PARCELAMENTO! Ganhe vinhos de presente para experimentar! Até o final do ano, dependendo do valor do seu pedido, você escolhe vinhos consagrados para ganhar de presente e experimentar! Consulte as condições desta promoção no catálogo Especial de Fim de Ano 2013-2014 ou pelo telefone (11 3372-3400). Como você verá, há uma grande variedade de vinhos maravilhosos e premiados à sua escolha. Aproveite!

PARCELAMENTO ESPECIAL DE FINAL DE ANO APROVEITE NOSSAS CONDIÇÕES ESPECIAIS DE PAGAMENTO! Pedidos a partir de R$250 parcelamento em até 2 vezes Pedidos a partir de R$500 parcelamento em até 3 vezes Pedidos a partir de R$1200 parcelamento em até 4 vezes Pedidos a partir de R$2500 parcelamento em até 5 vezes * O parcelamento pode ser feito no cartão de crédito e é válido para pedidos de pessoa física, feitos na loja, por telefone ou através do site, até o final de 2013. Aproveite!


HORÁRIO ESPECIAL DE FUNCIONAMENTO ATÉ 23 DE DEZEMBRO DE 2013

DE 26 A 29 DE DEZEMBRO DE 2013

Mistral Rua Rocha De segunda a sexta, das 9h às 20h Sábado, das 9h às 18h

Mistral Rua Rocha Quinta e sexta, das 9h às 18h Sábado, das 9h às 15h Domingo, não estaremos abertos

Mistral JK (até 06/12) De segunda a sábado, das 10h às 22h Domingos e feriados, das 14h às 20h Mistral JK (a partir de 07/12) De segunda a sábado, das 10h às 23h Domingo, 8 de dezembro, das 14h às 22h Domingo, 15 de dezembro, das 10h às 22h Sábado, 21 de dezembro, das 10h às 00h Domingo, 22 de dezembro, das 10h às 22h Mistral JK Wine & Champagne Bar (até 06/12) De segunda a sábado, das 12 às 23h Domingos e feriados, das 12h às 22h

Mistral JK De quinta a sábado, das 10h às 22h Domingo, das 14h às 20h Mistral JK Wine & Champagne Bar De quinta a sábado, das 12h às 23h Domingo, das 12h às 22h

SEGUNDA, 30 DE DEZEMBRO DE 2013 Mistral Rua Rocha Das 9h às 18h

Mistral JK Wine & Champagne Bar (a partir de 07/12) De segunda a domingo, das 12h às 23h Sábado, 21 de dezembro, das 12h às 00h

Mistral JK Das 10h às 22h

TERÇA, 24 DE DEZEMBRO DE 2013

TERÇA, 31 DE DEZEMBRO DE 2013

Mistral Rua Rocha Das 9h às 15h30

Mistral Rua Rocha Não estaremos abertos

Mistral JK Das 10h às 18h

Mistral JK Das 10h às 16h

Mistral JK Wine & Champagne Bar Das 12h às 18h

Mistral JK Wine & Champagne Bar Das 12h às 16h

QUARTA, 25 DE DEZEMBRO DE 2013

QUARTA, 1 DE JANEIRO DE 2014

Não estaremos abertos

Não estaremos abertos

Mistral JK Wine & Champagne Bar Das 12h às 23h

COMPRE PELO TELEFONE 11 3372 3400


índice CHAMPAGNE

08

CRÉMANT

12

PROSECCO

15

FRANCIACORTA E OUTROS ITALIANOS

19

CAVA

20

ESPUMANTES PORTUGUESES

21

ESPUMANTES BRASILEIROS

23

ESPUMANTES ARGENTINOS

24

ESPUMANTE NEOZELANDÊS

25

ESPUMANTES SUL-AFRICANOS

26

OUTRAS BORBULHAS

27

ROSADOS

29

BRANCOS

36

TINTOS LEVES PARA O VERÃO

48

IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. PREÇOS SUJEITOS A ALTERAÇÃO SEM AVISO PRÉVIO. OS PREÇOS E CONDIÇÕES DESTE CATÁLOGO SÃO VÁLIDOS ATÉ O FINAL DE 2013 OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES.


CHAMPAGNE OS CHAMPAGNE SÃO OS MELHORES E MAIS REPUTADOS ESPUMANTES DO MUNDO. ELES SÃO ELABORADOS NA FRIA REGIÃO DE CHAMPAGNE, NO NORTE DA FRANÇA, SEGUINDO REGRAS ESTRITAS E SÃO OS ÚNICOS ESPUMANTES NO MUNDO QUE PODEM OSTENTAR ESTE NOME. OS MELHORES CHAMPAGNES SÃO VINHOS GLORIOSOS, COM PERFEITO EQUILÍBRIO, ELEGÂNCIA, FINESSE, FRESCOR E COMPLEXIDADE. ELES SÃO ELABORADOS COM TRÊS UVAS PRINCIPAIS, DUAS TINTAS — A PINOT NOIR E A PINOT MEUNIER — E A BRANCA CHARDONNAY (OS BLANC DE BLANCS SÃO 100% CHARDONNAY). Nas melhores safras, são elaborados os Champagne millesimés, como a grandiosa Grande Année de Bollinger. Ao contrário do que alguns imaginam, os melhores Champagne podem durar muito tempo, se tornando ainda mais complexos e refinados. Para quem busca Champagne especiais, exclusivos e gastronômicos, Bollinger, Pol Roger e Aÿala são excelentes escolhas. De minúscula produção (dez a vinte vezes menor do que a das casas mais comerciais) e enorme prestígio, merecendo sempre altas notas e muitos elogios da imprensa especializadas. Experimente e você vai notar uma grande diferença!

Bollinger

22036 BOLLINGER SPECIAL CUVÉE NM

VERDADEIRA LENDA, BOLLINGER É UM DOS

Este Champagne exprime toda a personalidade da Maison Bollinger. Encorpado, equilibrado e muito fino, é um corte de 60% de Pinot Noir, 25% de Chardonnay e 15% de Pinot Meunier provenientes, em no mínino 80%, de vinhedos classificados como Grands e Premiers Crus. Obteve 94 pontos da Wine Spectator — um grande feito!

MAIORES NOMES DE CHAMPAGNE. FUNDADA EM 1829, É UMA DAS POUCAS CASAS A RECEBER AS MÁXIMAS CINCO ESTRELAS DE ROBERT PARKER, QUE INDICA A MAISON ENTRE OS MELHORES PRODUTORES DO MUNDO TODO EM SEU LIVRO “THE WORLD’S GREATEST WINE ESTATES”. É TAMBÉM UM DOS ÚNICOS DOIS PRODUTORES

US$ 175.50

A MERECEREM AS MÁXIMAS E RARAS TRÊS ESTRELAS

US$ 94.75 a garrafa de 375ml [cód 6756]

DO GUIA BETTANE&DESSEAUVE. PRODUZ APENAS DOIS ASSEMBLAGE: SPECIAL CUVÉE E GRANDE ANNÉE.

22038 BOLLINGER GRANDE ANNÉE VINTAGE 2002

A FAMOSA SPÉCIAL CUVÉE BRUT É TALVEZ A MELHOR DENTRE TODAS AS CUVÉES NÃO-SAFRADAS DE CHAMPAGNE, MERECENDO NADA MENOS DO QUE

Este classudo Champagne só é produzido em anos excepcionais, sendo considerado a verdadeira cuvée de topo de Bollinger, no mais alto nível de qualidade de Champagne. Seu assemblage é de 60% Pinot Noir e 40% Chardonnay, apenas de vinhedos Grands e Premiers Crus. A fermentação alcoólica é sempre realizada em pequenos e antigos cascos de carvalho. Sua maturação com as borras, em frias caves, é de no mínimo 5 anos. Recebe as máximas 5 estrelas da Decanter e 94 pontos tanto da Wine Spectator como de Robert Parker na safra 2002.

94 PONTOS DA WINE SPECTATOR. POR SUA VEZ, A REPUTADÍSSIMA GRANDE ANNÉE, DE MINÚSCULA PRODUÇÃO, É INCRIVELMENTE COMPLEXA E REFINADA, ELABORADA APENAS NOS GRANDES ANOS. INDICADA COMO “NÚMERO 1 EM CHAMPAGNE” PELA CONCEITUADA REVISTA REVUE DU VIN DE FRANCE, BOLLINGER É O CHAMPAGNE PREFERIDO DE JAMES BOND, APARECENDO EM DIVERSOS DE SEUS FILMES.

US$299.50 8


CHAMPAGNE

22037 BOLLINGER ROSÉ NM A tonalidade levemente rosada deste delicioso e raro Champagne rosé é obtida a partir da adição de 5% de vinho tinto. Ele é elaborado somente com uvas de vinhedos classificados como Grands Crus e fermentado em madeira, com cuidadoso envelhecimento de 3 anos. A produção artesanal origina um champagne intenso e ao mesmo tempo delicado, com complexos aromas de frutas vermelhas e aromas secundários da secunda fermentação e da longa maturação em garrafa.

US$219.90

Pol Roger POL ROGER FOI O CHAMPAGNE SERVIDO NO CASAMENTO REAL DO PRÍNCIPE WILLIAM E KATE MIDDLETON. CONHECIDO COMO “O CHAMPAGNE DOS ESPECIALISTAS”, JÁ QUE OS JORNALISTAS DE VINHO INGLESES – OS MAIS CONCEITUADOS E ISENTOS DO MUNDO – SÃO PRATICAMENTE UNÂNIMES EM PROCLAMÁLO SEU CHAMPAGNE PREFERIDO. SÓ PARA QUE SE TENHA UMA IDEIA, A REVISTA INGLESA DECANTER TROUXE UMA MATÉRIA INTITULADA “THE GURUS TELL ALL” EM QUE OS ‘GURUS’ DO VINHO FALARAM DE SEU CHAMPAGNE PREDILETO. SEIS ENTRE SETE CITARAM POL ROGER.

22031 POL ROGER RESERVE BRUT

SIR WINSTON CHURCHILL ERA ADMIRADOR INCONDICIONAL DESTA CASA, AO PONTO DE DAR O

SPECTATOR. O ESTILO DA MAISON É CRIAR VINHOS DE

Eleito várias vezes “o melhor Brut” pela revista Wine Spectator, é um Champagne de muita classe, que prima pela elegância. É um assemblage de diversas colheitas, de forma a manter, a cada ano, consistentemente o mesmo estilo da casa. Para Jancis Robinson, trata-se “indiscutivelmente um grande vinho”.

MÉDIO CORPO E MUITA ELEGÂNCIA. É LÍDER NO

US$149.50

MERCADO INGLÊS, O MAIS EXIGENTE DO PLANETA.

US$99.50 a garrafa de 375ml [cód 22032]

NOME DE POL ROGER A SEU MELHOR CAVALO DE CORRIDA. FOI ELEITO VÁRIAS VEZES “O MELHOR BRUT” PELA WINE

HARMONIZANDO COM CHAMPAGNE O Champagne é um vinho muito versátil, talvez seja o único capaz de harmonizar com qualquer prato e que, ao mesmo tempo, pode ser degustado sozinho. No entanto, vale a pena seguir algumas regras básicas para conseguir as harmonizações mais sublimes:

Demi-sec: vai bem com a cozinha oriental ou mais moderna e também com sobremesas. Uma harmonização mais ousada é combinar o Champagne Demi-sec com alguns tipos de queijos.

BRUT, BLANC DE BLANCS: ideais como aperitivo e para escoltar peixes brancos delicados.

Os Champagne são uma ótima opção quando nos deparamos com pratos muito condimentados. Eles também acompanham bem alguns queijos e comidas gordurosas porque limpam o paladar e deixam uma sensação agradável na boca. Para um menu degustação em um restaurante, o Champagne é uma excelente pedida devido a sua versatilidade. Além disso, é capaz de realçar pratos de difícil harmonização, como: ovos, alcachofra e receitas elaboradas com ingredientes de natureza ácida.

MILLÉSIMÉ (safrado): é geralmente mais complexo e generoso, acompanhando facilmente uma refeição inteira e os pratos mais nobres. Rosé: maravilhoso para harmonizar com carnes brancas e vermelhas. Também combina com sobremesas de frutas vermelhas, e pode ainda ser servido como um belo aperitivo.

9


CHAMPAGNE

Aÿala

20131 POL ROGER BRUT VINTAGE 2000

AŸALA ELABORA PEQUENAS QUANTIDADES DE

Este maravilhoso Champagne millesimé é produzido apenas nas melhores safras com um corte de Pinot Noir e Chardonnay exclusivamente de vinhedos classificados como Grands Crus. Muito elegante, já foi eleito “o melhor espumante” por Steven Spurrier, da Decanter, para quem “é um triunfo, sublime durante toda a próxima década. A safra 2000 foi considerada outstanding pela Wine Spectator, com 91 pontos.

CHAMPAGNE DO MAIS ALTO NÍVEL, UTILIZANDO APENAS VINHEDOS CLASSIFICADOS COMO GRAND CRU E PREMIER CRU, LOCALIZADOS AO REDOR DA CIDADE DE AŸ. ESTA TRADICIONAL MAISON FOI FUNDADA EM 1860, QUANDO EDMOND DE AŸALA RECEBEU O MAGNÍFICO CHÂTEAU DE AŸ E EXCEPCIONAIS VINHEDOS COMO DOTE POR SEU CASAMENTO. AŸALA FOI UMA DAS 18 CASAS FUNDADORAS

US$199.90

DO SYNDICAT DES GRANDES MARQUES EM CHAMPAGNE, EM 1882, E FORNECEDORA DAS CORTES DA GRÃ-BRETANHA E ESPANHA. SUA GAMA DE VINHOS É INIGUALÁVEL, COM

22035 POL ROGER BLANC DE BLANCS BRUT 2000

MUITA FINESSE, ELEGÂNCIA E UM ÓTIMO FRESCOR. O PERLE D’AYALA, UMA DAS MAIS RENOMADAS “CUVÉES DE

Sempre um dos melhores Champagnes Blanc de Blancs do mercado, o sofisticado Pol Roger Blanc de Blancs ostenta uma fantástica complexidade, com notas de fermentação e uma perlage cremosa, de minúsculas bolhas. Elaborado apenas com uvas de vinhedos classificados como Grands Crus, mostra a classe e o refinamentos dos grandes vinhos brancos. Um dos mais sofisticados Blanc de Blancs produzidos, com nada menos que 94 pontos da Wine Spectator na safra 2000.

PRESTIGE”, É O ÚNICO FECHADO COM ROLHA DE CORTIÇA — AO INVÉS DA TAMPINHA METÁLICA — ENQUANTO ESTÁ EM CONTATO COM AS BORRAS, SENDO A DEGOLA TOTALMENTE MANUAL. O EXCELENTE NATURE ZÉRO DOSAGE É UM BRUT SEM NENHUM “LICOR DE DOSAGEM” — ALGO RARÍSSIMO EM CHAMPAGNE — DE FORMA QUE TODA A FRUTA, FRESCOR E DIVERSIDADE DE AROMAS SÃO APRESENTADOS EM SEU ESTADO PURO, NÃO MASCARADOS PELA ADIÇÃO DE AÇÚCAR. O BRUT MAJEUR

US$244.50

É A CONCEITUADA CUVÉE BRUT DA CASA, QUE TAMBÉM APRESENTA UM MAGNÍFICO MILLÉSIMÉ E UM DISTINTO

24252 POL ROGER SIR WINSTON CHURCHILL BRUT 1999

CUVÉE ROSÉ NATURE.

Um dos melhores Champagne já produzidos, pertence à categoria Cuvée de Prestige e foi lançado em 1984 em homenagem ao célebre estadista britânico Sir Winston Churchill. O assemblage é majoritariamente de Pinot Noir, complementado por Chardonnay. Seleciona-se apenas os melhores frutos, oriundos de vinhedos na Vallée de la Marne e na Côte des Blancs. Este Champagne permanece maturando nas caves, em contato com as borras das leveduras, por mais de 7 anos antes da degola, o que lhe confere uma enorme complexidade. Recebeu 94 pontos de Robert Parker na safra 1999.

US$399.50 22041 BRUT MAJEUR NM 22034 POL ROGER ROSÉ BRUT 2002 Este excelente Champagne é elaborado com um grande percentual de Pinot Noir e uma “dosage” bem pequena, resultando em um vinho exuberante, seco e fresco, ótimo para ser servido como aperitivo. O uso de diversos vinhos Reserva, mantidos em adega por longos períodos, deixa o assemblage ainda mais complexo e interessante. Uma excelente opção em Champagne, bastante superior aos exemplares mais comuns encontrados no mercado.

Um dos mais reputados Champagne rosados, de delicada cor salmonada, o magnífico Pol Roger Rosé 2002 foi elaborado com a adição de 15% de Pinot Noir vinificada como vinho tinto. Encorpado, suculento e muito complexo, é um champagne perfeito para acompanhar comida ou para ser servido como um sofisticado aperitivo. Robert Parke classificou o vinho com excelentes 93+ pontos.

US$132.50 US$65.90 a garrafa de 375ml [cód 16890]

US$228.50 10


CHAMPAGNE

24370 BRUT NATURE ZÉRO DOSAGE NM

16895 ROSÉ MAJEUR BRUT NM

Um dos raros Champagne a não usar licor de expedição, o conceituado Zéro Dosage é incrivelmente fresco, com delicadas notas frutadas e minerais em um estilo muito equilibrado e bastante seco. Um Champagne delicioso e único, que merece ser descoberto.

O finíssimo rosé de Aÿala é elaborado com uma proporção grande de Chardonnay, originando um Champagne de rara elegância e equilíbrio, bem delicado e complexo. Uvas Pinot Noir de alguns dos melhores Crus, vinificadas como vinho tinto, deixam o vinho cheio e rico, com grande presença de palato.

US$123.00

US$ 149.90

22042 MILLÉSIMÉ BRUT 1999

16896 CUVÉE ROSÉ NATURE

Este magnífico Champagne safrado, elaborado apenas com uvas de vinhedos Grands Crus, é talhado com 80% de Pinot Noir, vinificada como vinho branco, e 20% de Chardonnay, originando um vinho suntuoso e exuberante, com grande concentração. Descrita como “vibrante e elegante”, a safra 1999 mereceu 93 pontos da Wine Spectator!

Este concentrado rosé, elaborado sem nenhuma adição de licor de expedição, é uma verdadeira raridade, combinando potência, classe e finesse. O segredo para o grande equilíbrio deste vinho é o uso de mais de 50% de uvas Chardonnay, combinadas com uma pequena parte de Pinot Noir de vinhedos muito antigos, vinificada como vinho tinto, da mesma forma que os grandes Borgonhas.

US$179.90

US$219.50

A DOSAGEM DE AÇÚCAR EM CADA TIPO DE CHAMPAGNE:

16894 PERLE D’AYALA BRUT 2000 O Perle d’Ayala, uma das mais renomadas “cuvées de prestige”, é o único fechado com rolha de cortiça — ao invés da tampinha metálica — enquanto está em contato com as borras, sendo a degola totalmente manual. Jancis Robinson ressaltou a ótima relação qualidade/preço para um Champagne deste alto nível. Um dos grandes vinhos de Champagne, elaborado de maneira completamente artesanal.

Zéro dosage, Brut Nature ou Integral: 0 g/litro de açúcar Extra brut: entre 0 e 6 g/litro de açúcar Brut: até 12g/litro de açúcar

US$265.25

Extra dry: 12 a 17g/litro de açúcar Sec: 17 a 32g/litro de açúcar Demi-sec: entre 32 e 50 g/litro de açúcar Doux: mais de 50g/litro de açúcar 11


CRÉMANT SÃO ESPUMANTES CHARMOSOS, ELABORADOS DA MESMA FORMA QUE O CHAMPAGNE – COM SEGUNDA FERMENTAÇÃO NA GARRAFA –, MAS COMO NÃO PERTENCEM À FAMOSA REGIÃO FRANCESA DE VINHOS BORBULHANTES, ENTRAM PARA A CATEGORIA DE CRÉMANT. ELA FOI CRIADA NO FINAL DOS ANOS 1980, QUANDO OS ESPUMANTES ELABORADOS FORA DE CHAMPAGNE FICARAM PROIBIDOS DE USAR O TERMO “MÉTODO CHAMPENOISE”. Alsácia, Loire, Borgonha e Bordeaux originam excelentes Crémant, verdadeiros achados. A subregião de Vouvray, no Loire, produz ainda os chamados Vouvray Mousseux – são espumantes deliciosos, à base da versátil e surpreendente uva Chenin Blanc vinificada também de acordo com a cartilha tradicional de Champagne. Muitos desses vinhos são equivalentes em qualidade aos grandes Champagne por um preço bastante interessante. Vale a pena experimentar!

Parigot OS DELICIOSOS CRÉMANT DE BOURGOGNE ESTÃO ENTRE OS MAIS TRADICIONAIS ESPUMANTES DA FRANÇA. AO CONTRÁRIO DA MAIORIA DOS PRODUTORES DA REGIÃO, QUE ELABORAM SEUS VINHOS COM UVAS DE RULLLY, NA CÔTE CHALONNAISE, E EM AUXERRE, PARIGOT UTILIZA VINHEDOS DE ATÉ 50 ANOS DE IDADE SITUADOS NAS NOBRES VILAS DE CÔTE DE BEAUNE E HAUTE CÔTE DE BEAUNE. SEUS DISPUTADOS ROSÉS SÃO PRODUZIDOS COM UVAS PINOT NOIR DE PARCELAS NA CÔTE DE NUITS – UM VERDADEIRO LUXO PARA UM ESPUMANTE. NA VERDADE, PARIGOT É UM SEGREDO QUE OS ENÓFILOS DA BORGONHA PROCURAM

22976 CRÉMANT DE BOURGOGNE TRADITION BRUT

NÃO PASSAR ADIANTE PARA GARANTIR A PRESENÇA DO VINHO EM SUAS ADEGAS. O RÓTULO MAIS DISPUTADO

O Crémant de Bourgogne é geralmente um vinho mais leve que os Champagne de alta gama, mas Parigot leva a denominação ao extremo, originando vinhos capazes de competir com várias maisons de Champagne a um preço incrível por sua qualidade. O Tradition Brut é o carro-chefe da casa, com saborosas notas de brioche e um agradável toque cremoso na boca.

É O CUVÉE L’OR, UM MAGNÍFICO ROSÉ COM FLOCOS DE OURO DE 24 QUILATES! O TRADITION BRUT É O CARRO-CHEFE DE PARIGOT. JÁ O CUVÉE ROSÉ É PRODUZIDO EXCLUSIVAMENTE COM UVAS PINOT NOIR, RESULTANDO EM UM VINHO DE ENORME CLASSE.

US$64.90

12


CRÉMANT

Dopff & Fils DOPFF & FILS, DOS MESMOS DONOS DA DOPFF

22978 CRÉMANT DE BOURGOGNE ROSÉ BRUT

AU MOULIN, ESPECIALIZOU-SE NA PRODUÇÃO DE VINHOS DE ÓTIMA RELAÇÃO QUALIDADE/PREÇO, COM TIPICIDADE

Esta cuvée rosé é elaborada exclusivamente com uvas Pinot Noir submetidas a uma curta maceração, resultando em um vinho de grande classe e muita aptidão gastronômica.

ALSACIANA. GRANDES DESTAQUES SÃO SEUS CRÉMANT, DELICIOSOS ESPUMANTES.

US$66.90

22979 CUVÉE L’OR DE PARIGOT ROSÉ BRUT

4467 CRÉMANT D’ALSACE BRUT

O vinho mais disputado de Parigot é o Cuvée L’Or, um magnífico rosé com flocos de ouro de 24 quilates! Além do charme e do belo efeito nas taças, na medicina oriental e entre muitos povos asiáticos o ouro tem a fama de trazer diversos benefícios à saúde e à longevidade. Maturado por 48 meses com as borras, o vinho é complexo, profundo e macio.

Tradicionalíssimo, um dos mais reputados espumantes franceses. Seco, aromático e elegante, de boa estrutura, com uma espuma bem cremosa, é uma especialidade alsaciana.

US$ 57.90

US$179.90

Dopff au Moulin

Domaine Baumard

A FAMÍLIA DOPFF SE DEDICA AO VINHO DESDE O SÉCULO

ESTE EXTRAORDINÁRIO PRODUTOR DO LOIRE,

XVII NA BELA CIDADE MEDIEVAL DE RIQUEWIHR,

CONSIDERADO O “REI DA CASTA CHENIN BLANC”,

ONDE UM DECRETO DE 1574 JÁ PROIBIA A PRODUÇÃO

É UM DOS MAIORES NOMES DO VINHO NA FRANÇA,

DE QUALQUER VINHO QUE NÃO FOSSE DE ALTA

MERECENDO INCRÍVEIS ELOGIOS E ALTAS NOTAS DE TODAS

QUALIDADE. TRATA-SE DE UM DOS MAIS REPUTADOS

AS PRINCIPAIS REFERÊNCIAS. ELE É CLASSIFICADO POR

NOMES DA ALSÁCIA. SEUS VINHOS SÃO DE GRANDE

ROBERT PARKER, QUE LHE CONCEDE SUAS MÁXIMAS

TRADIÇÃO, ELEGÂNCIA E TIPICIDADE E OS CRUS ESTÃO

CINCO ESTRELAS, COMO UM DOS “MELHORES DOMAINES

SEMPRE ENTRE OS MELHORES DA REGIÃO. A FAMÍLIA

DO MUNDO” EM SEU LIVRO. A WINE SPECTATOR LHE

DOPFF FOI A INVENTORA DO FAMOSO “CRÉMANT

CONFERE SEMPRE NOTAS ALTÍSSIMAS.

D’ALSACE”, O TRADICIONAL ESPUMANTE ALSACIANO, ELABORADO PELO MÉTODO DE CHAMPAGNE.

22083 CRÉMANT DE LOIRE CARTE TURQUOISE BRUT 20133 CRÉMANT D’ALSACE CHARDONNAY BRUT 2007

Apontado como um dos melhores enólogos do mundo todo pela revista Wine Spectator, Florent Baumard criou este delicioso Crémant de Loire com as uvas Chenin Blanc, Cabernet Franc e Chardonnay. Elaborado pelo método clássico, o mesmo utilizado em Champagne, é fresco e longo, com perfeito equilíbrio entre a acidez e a fruta. Um excelente achado!

Excelente espumante produzido por Dopff au Moulin, os criadores do delicioso Crémant d’Alsace. Este vinho é elaborado pelo método tradicional, o mesmo de Champagne, com uvas Chardonnay selecionadas. Rico, vivo, com ótimo frescor, mostra uma incrível relação qualidade/preço.

US$49.90

US$59.90 13


CRÉMANT

Marc Brédif ESPECIALISTA EM DELICIOSOS VOUVRAY (INCLUINDO ESPUMANTES), MARC BRÉDIF É UMA IMPECÁVEL VINÍCOLA DO LOIRE, DE PROPRIEDADE DO BARON DE LADOUCETTE, UM DOS MAIS REVERENCIADOS NOMES DA FRANÇA. OS VINHOS DE MARC BRÉDIF ENCARNAM ALGUMAS DAS MAIS PURAS EXPRESSÕES DO TERROIR E PERSONALIDADE DESTA BELA REGIÃO. SÃO VINHOS DE GRANDE CARÁTER

22343 VOUVRAY RÉSERVE PRIVÉ BRUT EXTRÊME

E PROFUNDIDADE, COM MUITA ELEGÂNCIA E FRESCOR.

Elaborado de acordo com o método de Champagne, sem adição de licor de expedição, é incrivelmente seco, mineral e aromático, mostrando ótima complexidade. À base da uva Chenin Blanc, estrela do Loire, é excelente companhia para ostras e frutos do mar, assim como ótimo aperitivo.

OS ESPUMANTES VOUVRAY MOSTRAM A VOCAÇÃO DA CASTA CHENIN BLANC PARA ORIGINAR TAMBÉM GRANDES ESPUMANTES PELO MÉTODO TRADICIONAL, O MESMO USADO EM CHAMPAGNE: SÃO FRESCOS, COM UM TOQUE

US$69.90

CREMOSO E CHEIOS DE NUANCES. PARA LHES CONFERIR AINDA MAIS COMPLEXIDADE, MARC BRÉDIF ACRESCENTA UMA PARTE DE VINHOS RESERVA, MATURADOS POR LONGOS ANOS.

22341 VOUVRAY BRUT

20187 VOUVRAY PÉTILLANT DOMAINE DES CHATAIGNERAIES

Delicioso espumante do Loire elaborado por Marc Brédif com a cativante uva Chenin Blanc.

Uma saborosa escolha entre os espumantes, o Vouvray Pétillant Domaine des Chataigneraies conta com a excelente acidez natural da casta Chenin Blanc cultivada no Loire para originar um vinho cativante e fresco, com grande apelo, assinado pelo talentoso Jean-Louis Saget.

US$68.50

US$52.25

BLANC DE BLANCS COMTE D’ORMONT BRUT – UMA VERDADEIRA PECHINCHA ENTRE OS ESPUMANTES FRANCESES Espumante de excepcional relação qualidade/preço, assinado por Guy Saget, um dos grandes nomes do Loire. Bastante aromático e fresco, com ótima acidez, muito agradável. US$29.90 [cód 22420]

14


PROSECCO MAIS LEVES E DESPRETENSIOSOS QUE OS CHAMPAGNE, OS PROSECCO SÃO PRODUZIDOS NA REGIÃO ITALIANA DO VÊNETO. EM SEU MELHOR, QUANDO ELABORADOS POR UM PRODUTOR CAPRICHOSO PODEM SER ESPUMANTES DELICIOSOS, REFRESCANTES E AROMÁTICOS – PERFEITOS COMO APERITIVO OU ACOMPANHANDO ANTIPASTOS E ENTRADAS LEVES.

Os melhores Prosecco estão entre as mais consagradas opções de espumantes europeus de qualidade, como são o célebre Vigneto Giardino, de Adami, ou o raro e extraordinário Cartizze, de Bisol. É preciso estar muito atento ao nome do produtor, que faz toda a diferença na DOC Prosecco entre os vinhos excessivamente comerciais e os realmente bons. Adriano Adami e Bisol são verdadeiros artesãos, elaborando vinhos muito premiados e de alta qualidade, enquanto os Prosecco de Sacchetto também são muito agradáveis e equilibrados, de excelente relação qualidade/preço.

Adriano Adami EXTRAORDINÁRIO PRODUTOR DE PROSECCO,

ESTRELAS A VÁRIOS DE SEUS VINHOS. SEUS ESPUMANTES

DE ALTÍSSIMA QUALIDADE, INÚMERAS VEZES PREMIADO

SÃO FRESCOS, FINOS E DELICIOSAMENTE AROMÁTICOS.

COM O “OSCAR QUALIDADE/PREÇO” DO GAMBERO ROSSO,

NADA TÊM A VER COM OS EXEMPLARES MAIS COMUNS

QUE AFIRMA: “A CADA ANO, ADAMI LEVA MAIS ALTO O

DESTA DENOMINAÇÃO. O MELHOR DE TODOS É O

NÍVEL DE QUALIDADE DA DOC PROSECCO”. A REVISTA

DELICIOSO VIGNETO GIARDINO, ELABORADO

DECANTER TAMBÉM O CONSIDERA UM DOS MAIORES

COM UVAS DO REPUTADO VINHEDO DE MESMO NOME.

NOMES EM PROSECCO, CONFERINDO AS MÁXIMAS CINCO

21942 PROSECCO 13 GARBÈL

2950 PROSECCO DI VALDOBBIADENE EXTRA DRY

Gàrbel significa ‘’agradavelmente fresco’’ no dialeto vêneto local, descrevendo bem este delicioso Prosecco, que é mais seco que o Extra-Dry e mais frutado que o Brut. Uma ótima opção para brindar ou para acompanhar tapas.

Este excelente Prosecco Extra Dry já recebeu o “Oscar Qualidade/Preço” do conceituado guia Gambero Rosso, para o qual “é um dos melhores exemplares da categoria Extra Dry”, ligeiramente menos seca e bastante agradável. Os delicados aromas florais e frutados e todo o seu frescor são realçados pelo leve toque de açúcar, que o torna muito redondo e harmônico. Foi classificado com ótimos 90 pontos por Robert Parker.

US$46.50

US$48.90 15


PROSECCO

21641 PROSECCO DI VALDOBBI DENE BOSCO DI GICA BRUT

21943 PROSECCO VIGNETO GIARDINO 2010

O espumante mais seco de Adami, Bosco di Gica é elaborado com uvas Glera e até 5% de Chardonnay de ótimos vinhedos nas comunas de Valdobbiadene e Vidor, os primeiros da família Adami. O aroma é delicado e perfumado, de boa intensidade. Na boca é frutado, com boa estrutura, refrescante. Ele já foi eleito o melhor Prosecco entre todos os avaliados pela revista inglesa Wine. Segundo a publicação, “é Prosecco em seu melhor. O nariz é fantasticamente aromático, a mousse é fina e elegante e ele é perfeitamente equilibrado na boca. Elegante e delicioso de beber”. Robert Parker classificou o vinho com excelentes 91 pontos!

Fino, delicado e perfumado, o Vigneto Giardino é um Prosecco muito especial. Frutado e refrescante, com ótima acidez, ele é muito superior à maioria dos vinhos desta denominação, sendo elaborado apenas com uvas do ótimo vinhedo Giardino.

US$57.50

US$49.90 US$30.90 a garrafa de 375ml [cód 2951]

Bisol “CONSISTENTEMENTE UMA DAS MELHORES ESCOLHAS PARA ESPUMANTES FRESCOS, AROMÁTICOS, REFRESCANTES E PUROS”, SEGUNDO ROBERT PARKER,

24155 CREDE PROSECCO DI VALDOBBIADENE BRUT 2011

BISOL É SINÔNIMO DE PROSECCO DA MAIS ALTA QUALIDADE, BASTANTE DISTINTO DA MAIORIA DOS VINHOS

VINHEDOS DE EXCEPCIONAL LOCALIZAÇÃO, COM ÓTIMA

O nome “ Crede” se refere ao subsolo da região onde as uvas deste prosecco são cultivadas. É um solo composto por arenito e argila de origem marinha e tem o nome de “Crede” nessa região de Vêneto. Este terreno beneficia a uva de diversas formas: protege da seca em periodos críticos, propicia uma riqueza incomum de ácidos nobres (característica importantíssima nos vinhos espumantes) e aromas varietais nas uvas.

EXPOSIÇÃO SOLAR, CULTIVADOS DE MANEIRA ORGÂNICA,

US$47.50

DÃO ORIGEM A UVAS DE EXCELENTE QUALIDADE, QUE

US$29.90 a garrafa de 375ml da safra 2009 [cód 21368]

DESTA DENOMINAÇÃO HOJE DISPONÍVEIS NO MERCADO. A PROPRIEDADE, QUE CONTA COM ALGUNS DOS MELHORES VINHEDOS DA REGIÃO PRODUTORA DE PROSECCO, PERTENCE À FAMÍLIA BISOL DESDE 1542. OS

PERMITEM ELABORAR ESPUMANTES INCRIVELMENTE DELICADOS E CHEIOS DE NUANCES, DOTADOS DE UM MARAVILHOSO FRESCOR. TODOS SÃO SAFRADOS — UMA RARIDADE NA DENOMINAÇÃO — E RECEBEM OS “DUE BICCHIERI” DO GAMBERO ROSSO, ALÉM DE BELÍSSIMAS NOTAS DE ROBERT PARKER — COMO 90 PONTOS PARA O “SENSACIONAL” CARTIZZE. SIMPLESMENTE O PONTO MÁXIMO EM QUALIDADE E PRESTÍGIO QUE OS DELICIOSOS

20630 CARTIZZE PROSECCO DI VALDOBBIADENE SUPERIORE 2009

PROSECCO PODEM ALCANÇAR.

Classificado como “outstanding”, com 90 pontos de Robert Parker, que apontou este espumante como “sensacional”, Cartizze é o mais cultuado Prosecco de Bisol e uma das grandes estrelas da denominação. Cartizze é a mais famosa zona de Prosecco e este vinho é “ensolarado, de encher a boca” nas palavras do Gambero Rosso. Com um cativante toque doce no palato, equilibrado por um ótimo frescor, é uma das mais sofisticas escolhas em Prosecco, com a prestigiosa assinatura de Bisol.

US$83.50 16


PROSECCO

ENTENDA OS TERMOS • O “Blanc de Blancs” é um Champagne branco elaborado de uvas brancas, ou seja, Chardonnay. • As “Cuvées” significam que os vinhos provêm de um corte (mistura seletiva) de terroirs (crus) ou de cepas diferentes (Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay). • Millésimé é quando as uvas que entram na elaboração do Champagne provêm de um único ano, que em geral reúne condições excepcionais. • Quando na garrafa de Champagne não está especificado o ano significa que ele é feito de uma mistura de diferentes vinhos de diferentes safras.

Sacchetto MODERNÍSSIMA VINÍCOLA QUE PRODUZ ALGUNS ÓTIMOS PROSECCO. SEUS ESPUMANTES SÃO MUITO BEM FEITOS, FRESCOS E AROMÁTICOS, DE ÓTIMA RELAÇÃO QUALIDADE/PREÇO. SEU PROSECCO BRUT MERECEU A MEDALHA DE OURO NO MAIS IMPORTANTE CONCURSO DE VINHOS ITALIANO, O XI CONCORSO ENOLOGICO INTERNAZIONALE, REALIZADO DURANTE A FEIRA VINITALY.

21944 PROSECCO BRUT

21945 PROSECCO EXTRA DRY

Fresco, elegante e equilibrado, este é um ótimo Prosecco elaborado por Sacchetto. Saboroso e cheio de fruta, é um vinho fácil de gostar e de excelente relação qualidade/preço!

O prosecco extra dry é ligeiramente menos seco que o brut, sendo o estilo mais consumido na Itália. Este exemplar assinado por Sacchetto é muito agradável.

US$37.90

US$38.50

US$ 25.90 a garrafa de 375ml [cód 23047]

17


FRANCIACORTA E OUTROS ESPUMANTES ITALIANOS O UNIVERSO DOS ESPUMANTES ITALIANOS VAI MUITO ALÉM DOS PROSECCO. OS GRANDES FRANCIACORTA, COMO OS ELABORADOS POR CA’ DEL BOSCO – UM DOS MAIORES NOMES DO VINHO ITALIANO –, ESTÃO NO MESMO NÍVEL DOS MELHORES CHAMPAGNE, COM ENORME FINESSE, ELEGÂNCIA, COMPLEXIDADE E LONGEVIDADE. OUTROS EXCELENTES ESPUMANTES SÃO ALGUNS PIEMONTESES.

Os concebidos por Bruno Giacosa figuram entre as raridades, de minúscula produção. E quem ainda não experimentou um Lambrusco de alta qualidade, precisa conhecer os ótimos exemplares de Pederzana – são muito diferentes dos Lambrusco mais comerciais, sendo concentrados, intensos e equilibrados, incríveis surpresas!

17657 FRANCIACORTA BRUT 2003 (Ca’del Bosco/Franciacorta)

Segundo o jornalista Burton Anderson, Ca’ del Bosco produz os melhores espumantes clássicos fora de Champagne. Trata-se do “Produtor do Ano de 2003” para o Gambero Rosso, que o classifica como o segundo melhor produtor da Itália (atrás apenas de Gaja) e lhe confere suas duas estrelas. Este excelente espumante é um dos melhores da Itália, de enorme prestígio. Encorpado, seco, complexo e muito elegante.

US$139.50 22298 FRANCIACORTA CUVÉE PRESTIGE BRUT

24546 FRANCIACORTA CUVÉE PRESTIGE ROSÉ

(Ca’del Bosco/Franciacorta)

(Ca’del Bosco/Franciacorta)

É um espumante espetacular, comparável aos melhores vinhos de Champagne. Feito com uma grande proporção de Chardonnay e maturado 28 meses com as borras, é delicado e complexo, com grande presença no palato. A rigorosa seleção das melhores uvas ajuda a fazer desta Franciacorta um dos grandes espumantes do Velho Mundo.

Com a mesma receita da fantástica Cuvée Prestige, uma grande proporção de Chardonnay e adição de gloriosos “vinhos reserva”, elaborados nas melhores safras, este impressionante rosé só encontra concorrentes entre melhores rosados de Champagne. Rico, complexo e raro, com uma impressionante elegância, é um grande vinho, de produção bastante limitada.

US$99.90

US$135.00

18


FRANCIACORTA E OUTROS ESPUMANTES ITALIANOS

17656 FRANCIACORTA ANNAMARIA CLEMENTI 2001

25544 JEIO SPUMANTE CUVÉE BRUT (Jeio/Veneto)

(Ca’del Bosco/Franciacorta)

Os espumantes Jeio são talhados com uvas selecionadas das melhores videiras das colinas de Prosecco, que se expressam em vinhos delicados, com um bouquet que combina notas frutadas, florais, e um palato aveludado e cheio de frescor. Nas palavras de Robert Parker, o Jeio Spumante Brut é “repleto de caráter varietal” e “saboroso e acessível”. Para a Wine Spectator é “um atraente aperitivo”. Fácil de gostar, ele combina as uvas Glera, Sauvignon Blanc e Chardonnay.

Annamaria Clementi é provavelmente o melhor espumante produzido fora de Champagne e, sem dúvida, a maior referência em Franciacorta. Este fantástico vinho, elaborado apenas em safras excepcionais, recebeu mais “tre bicchieri” do guia Gambero Rosso que muitas vinícolas italianas chegam a conquistar para todos os seus vinho somados! É um dos grandes ícones do vinho italiano.

US$279.50

US$35.90

20772 SPUMANTE EXTRA BRUT 2005

25545 JEIO SPUMANTE CUVÉE ROSÉ BRUT

(Bruno Giacosa/Piemonte)

(Jeio/Veneto)

Espumante extra-bruto (bem seco), um dos melhores da Itália, segundo Burton Anderson. Recebeu as máximas 3 estrelas do Guia Veronelli, além de estar relacionado entre os grandes vinhos italianos no Catálogo de Veronelli.

O Jeio Spumante Rosé arrematou medalha de ouro na 9ª. edição do Mondial du Rosé, concurso realizado na França, do qual participaram 900 vinhos de todo o mundo. “É um dos poucos exemplares [de Prosecco rosé] que merecem atenção”, segundo Robert Parker. Cheio de caráter, o corte de partes iguais de Merlot e Pinot Noir combina aromas de rosas, frutas cítricas e lichia, sendo bastante elegante. “Excelente equilíbrio, com uma refinada mousse”, nas palavras de Parker.

US$96.50

US$35.90

23048 ESPUMANTE BRUT ROSADO

25153 LAMBRUSCO GRASPAROSSA DI CASTELVETRO 2011

(Sacchetto/Vêneto)

(Pederzana/Emilia Romagna)

Surpreendente rosado frisante elaborado por Sacchetto com a uva Pinot Noir. Fresco, cheio de fruta madura e cativante, promete ser um grande sucesso para os dias de verão.

Este ótimo Lambrusco semi-seco, de produção bastante limitada, é elaborado artesanalmente por Pederzana. Bem diferente dos Lambrusco comerciais, é concentrado e equilibrado. Boa alternativa para acompanhar feijoada.

US$39.00

US$38.90

22883 SPUMANTE CORTESIO BRUT

21640 LAMBRUSCO PUNTAMORA AMABILE 2007

(Cortesio/Piemonte)

(Pederzana/Emilia Romagna)

Excelente espumante elaborado no Piemonte com a uva Chardonnay. Uma pequena proporção do vinho é fermentada em barricas de carvalho para conferir maior complexidade ao espumante. Rico e delicado, combina uma boa cremosidade com agradáveis notas de fruta.

Muito diferente da grande maioria dos Lambrusco existentes no mercado, este ótimo e saboroso exemplar, produzido por Pederzana, é equilibrado, com um cativante toque refrescante. É levemente doce e suave, com grande personalidade.

US$29.90

US$47.50

19


CAVA CAVA É COMO OS ESPANHÓIS CLASSIFICAM SEUS ESPUMANTES ELABORADOS À SEMELHANÇA DO CHAMPAGNE. O TERMO FOI ADOTADO NA DÉCADA DE 1970, QUANDO SE DEIXOU DE USAR A PALAVRA “CHAMPAÑA” PARA DESIGNAR ESTES ESPUMANTES DE ALTA QUALIDADE. A REGIÃO DE PENEDÉS, NA CATALUÑA, É RECONHECIDA POR SUAS DELICIOSAS CAVAS, SENDO JANÉ VENTURA UM GRANDES ESPECIALISTAS NESSE TIPO DE VINHO. Seus espumantes são verdadeiros achados, com ótima relação qualidade/preço. Para a Revue du Vin de France, trata-se de uma das 100 vinícolas mais importantes do Mediterrâneo.

24204 CAVA RESERVA DE LA MUSICA BRUT 2008

24206 CAVA RESERVA DE LA MUSICA ROSÉ BRUT NATURE 2009

(Jané Ventura/Pénedes)

(Jané Ventura/Pénedes)

Excelente Cava elaborada por Jané Ventura, grandes conhecedores do tema. No nariz apresenta muita fruta cítrica e flores brancas. Na boca mostra um carbônico elegante e agradável.

Essa cava rosada é elaborada por um dos grandes nomes do espumante espanhol, Jané Ventura. Combina fruta madura, frescor e untuosidade, sendo um acompanhamento versátio para os mais diversos tipos de pratos.

US$49.90

US$51.90

24203 CAVA RESERVA DE LA MUSICA BRUT NATURE 2008

21415 CAVA GRAN RESERVA BRUT NATURE VINTAGE 2007

(Jané Ventura/Pénedes)

(Jané Ventura/Pénedes)

Excelente achado, em um estilo cremoso e bastante fresco, cheio de personalidade. Por ser um Brut Nature, esta cava é bem seca, perfeita para acompanhar os mais variados tipos de comida.

Este excelente Gran Reserva é a melhor Cava de Jané Ventura, elaborada sem adição de licor de expedição e maturada por nada menos que 42 meses com as borras. Rico, complexo e bastante seco é, sem dúvida, um dos melhores espumantes da Espanha.

US$49.90

US$69.00

20


ESPUMANTES PORTUGUESES PORTUGAL TAMBÉM É FONTE DE ÓTIMOS ESPUMANTES, ELABORADOS COM CASTAS AUTÓCTONES, QUE ORIGINAM VINHOS CHEIOS DE CARÁTER. A regão da Bairrada, no centro do país, é o território de eleição para os espumantes lusos de alta qualidade, sendo Luis Pato o seu maior embaixador. Carlos Campolargo é outro nome de imenso prestígio, responsável pela elaboração de pequanas quantidades de espumantes deliciosos, com muita finesse.

21887 ESPUMANTE MARIA GOMES 2010 (Luis Pato/Bairrada)

A casta Maria Gomes, com seu frutado intenso e excelente acidez, é naturalmente apta a originar belos espumantes, frescos e extremamente agradáveis. Elaborado pelo método tradiconal – o mesmo de Champagne – mostra deliciosos aromas florais e sofisticadas notas de fermentação.

US$39.50

22794 ESPUMANTE BAGA ROSADO BRUTO 2010 (Luis Pato/Bairrada)

Uma escolha diferente e charmosa, este belo espumante rosado é elaborado com a uva Baga pelo famoso Luís Pato. Com um aroma intenso e uma bela coloração salmonada, ele é delicioso na boca, bem seco e refrescante, com boa concentração e grande estrutura. Encorpado e complexo, com excelente relação qualidade/preço!

US$39.90

21


ESPUMANTES PORTUGUESES

17813 ESPUMANTE TOURIGA NACIONAL BRUT

21890 ESPUMANTE VINHA FORMAL 2008

(Luis Pato/Bairrada)

(Luis Pato/Bairrada)

Elaborado com a emblemática casta Touriga Nacional, mostra um bouquet típico dos melhores rosados, com generosas notas de frutas vermelhas. Maria João Almeida, uma das mais respeitadas críticas de Portugal, descreveu o vinho como “um espumante de excelente nível”.

Este sofisticado espumante de vinhedo único é elaborado com uvas Touriga Nacional e Bical colhidas no celebrado vinhedo Vinha Formal. O vinho fermenta em barricas de carvalho de segundo uso, adquirindo corpo e complexidade. Elaborado pelo método tradicional, o mesmo usado em Champagne, matura na garrafa com as borras por 9 meses. Um espumante de minúscula produção, um dos melhores de Portugal.

US$49.90

US$79.90

21889 ESPUMANTE DUET 2010

21902 ESPUMANTE CAMPOLARGO BRUTO 2009

(Luis Pato/Bairrada)

(Campolargo/Bairrada)

Uma verdadeira raridade, apenas 290 caixas do Espumante Duet foram produzidas. Luis Pato combinou a acidez da casta Baga com o toque aromático e delicado da uva Maria Gomes. Um espumante bem seco e cheio de personalidade.

Este “Blanc de Blancs” é elaborado pelo método tradicional, o mesmo dos grandes vinhos de Champagne, usando as castas autóctones Bical, Arinto e Cerceal. Mostra ótima fruta e finíssima perlage.

US$53.50

US$41.90

21888 ESPUMANTE ROSADO BRUTO INFORMAL 2010

20896 ESPUMANTE CAMPOLARGO ROSÉ BRUTO 2008

(Luis Pato/Bairrada)

(Campolargo/Bairrada)

O Espumante Informal é elaborado em pequenas quantidades com uvas Baga colhidas no famoso vinhedo Vinha Pan. Sem adição de licor de expedição, é um vinho bastante seco, com um sofisticado toque tostado. A apresentação é realmente inusitada e moderna, sendo fechado com a mesma tampa usada em garrafas de cerveja – a escolha da maioria das casas de Champagne enquanto o vinho descansa nas caves antes da degola.

Espumante elaborado principalmente com a uva Pinot Noir. Apresenta aromas exuberantes de morangos e framboesas combinados a notas florais. Na boca se mostra estruturado, persistente e com ótima acidez.

US$63.90

US$54.90 22


ESPUMANTES BRASILEIROS O TERROIR DO VALE DOS VINHEDOS, NO RIO GRANDE DO SUL, TEM SE DESTACADO PRINCIPALMENTE POR SEUS ÓTIMOS ESPUMANTES – FINOS E REFRESCANTES, COM TIPICIDADE E PERFEITA ACIDEZ. A MISTRAL REPRESENTA COM EXCLUSIVIDADE UM DOS MAIS TALENTOSOS ARTESÃOS DE BENTO GONÇALVES, VALLONTANO, QUE SE DEDICA A PRODUZIR QUANTIDADES PEQUENAS DE FANTÁSTICOS ESPUMANTES. São exemplares diferentes e cheios de personalidade, que expressam toda a identidade local. Seus espumantes em estilo seco ou delicadamente adocicado são excelentes escolhas para aperitivos ou para acompanhar inúmeros pratos.

19446 ESPUMANTE BRUT

19444 ESPUMANTE ROSÉ BRUT

(Vallontano/Vale dos Vinhedos)

(Vallontano/Vale dos Vinhedos)

Com as uvas Pinot Noir e Chardonnay, as mesmas utilizadas em Champagne, Vallontano elabora este espumante de bastante classe — seco, cheio de fruta e com grande apelo. Uma deliciosa pedida como aperitivo ou mesmo para acompanhar entradas e carnes brancas.

Elaborado com base na casta Pinot Noir, mostra um cativante bouquet de frutas vermelhas e ótima presença no palato. Um vinho versátil, de minúscula produção, que combina com uma infinidade de pratos, sendo também uma ótima escolha como aperitivo.

R$47.90 R$29.50 a garrafa de 375ml [cód 21087]

R$51.50

19445 ESPUMANTE MOSCATEL

20284 VALLONTANO ESPUMANTE EXTRA BRUT LUIS H. ZANINI 2008

(Vallontano/Vale dos Vinhedos)

(Vallontano/Vale dos Vinhedos)

Delicado e muito aromático, este é um espumante de muito apelo e grande tipicidade. Elaborado com a uva Moscatel, é delicadamente adocicado, sendo perfeito para acompanhar bolos e sobremesas leves, ou para aperitivos.

Este espumante Extra Brut é elaborado a partir de um corte clássico de uvas Chardonnay e Pinot Noir da safra 2008, com dois anos de autólise. É o primeiro espumante artesanal brasileiro de autor. Elaborado pelo tradicional méthode champenoise, este vinho-ícone da Vallontano é assinado pelo poeta vinhateiro Luís Henrique Zanini em uma quantidade limitadíssima de 2.500 garrafas.

R$47.50

R$77.50

23


ESPUMANTES ARGENTINOS A FAMÍLIA CATENA, O MAIOR NOME DO VINHO ARGENTINO, TAMBÉM ELABORA ESPUMANTES MUITO BONS NO TERROIR DE MENDOZA. SÃO VINHOS INOVADORES E ESTILOSOS E DE EXCELENTE RELAÇÃO QUALIDADE-PREÇO.

23716 ALAMOS EXTRA BRUT (Catena Zapata/ Mendoza)

Alamos Extra Brut é o delicioso espumante assinado por Catena Zapata. Elaborado em um estilo bastante seco e refrescante, mostra uma excepcional relação qualidade/preço, como todos os demais vinhos da consagrada linha Alamos.

US$27.90

21438 ANIMAL BRUT NATURE (Tikal-Ernesto Catena/Mendoza)

Rico e seco, este espumante foi criado por Ernesto Catena com uvas Chardonnay de cultivo orgânico. É elaborado sem licor de expedição, o que resulta em um vinho fresco e gastronômico.

US$35.90

24499 ALMA NEGRA MALBEC ROSADO BRUT (Tikal-Ernesto Catena/Mendoza)

Um sofisticado espumante rosado elaborado com a uva Malbec, o Alma Negra Malbec Rosado Brut é uma verdadeira sensação na Argentina, onde faz enorme sucesso. Rico, encorpado e com um delicioso bouquet de frutas maduras, é uma ótima opção em espumantes.

US$39.90

24


ESPUMANTE NEOZELANDÊS 22999 SPARKLING BRUT NV (Sileni Estates/Hawkes Bay) Elaborado com a uva Chardonnay, é um espumante fresco, leve e acessível. Feito para ser bebido jovem, é fácil de gostar e uma ótima opção de aperitivo ou para acompanhar pratos leves e mariscos.

US$45.90

25


ESPUMANTES SUL-AFRICANOS

21743 TWEE JONGE GEZELLEN KRONE BOREALIS CUVÉE BRUT 2007

21744 KRONE ROSÉ CUVÉE BRUT 2005 (Krone/Tulbagh)

(Krone/Tulbagh)

Maturado nada menos que 54 meses com as borras, este excelente espumante rosé é elaborado pelo mesmo método utilizado em Champagne. Verdadeira referência na África do Sul, combina sofisticadas notas de fermentação com aromas de frutas silvestres em um conjunto muito equilibrado e convidativo, com um pouco menos de acidez que os vinhos de Champagne.

O Krone Borealis é um delicioso espumante brut elaborado pelo método tradicional com um corte de Chardonnay e Pinot Noir. Com ótima complexidade, mostra notas de fermentação e uma saborosa cremosidade no palato. Um espumante surpreendente!

US$53.50

US$77.00

26


OUTRAS BORBULHAS França 22029 FRIZANT ROSÉ 2010 (Mas de Daumas Gassac/Languedoc-Roussillon)

Este delicioso frisante de Daumas Gassac é apenas um pouco menos gasoso que um espumante, mostrando grande leveza e saborosas notas de frutas vermelhas. Delicado e muito fresco, é uma boa alternativa aos Champagne rosados – um saboroso e sofisticado modo de começar uma refeição.

US$66.50

22283 ANTOINETTE, CIDRE BOUCHÉ DE CRU (4%) (Duché de Longueville/Normandia)

Duché de Longeville é a única maison da França especializada na produção artesanal de sidras no estilo tradicional da Normandia, no qual o gás não é adicionado artificialmente, sendo um produto natural da fermentação mais lenta das maçãs. O método de produção é inteiramente certificado como orgânico e é feito por meio de “crus” que indicam a variedade da maçã utilizada. Trata-se um aperitivo refrescante e delicado, o que existe de mais próximo às tradicionais sidras normandas de antigamente.

US$21.90

22284 MUSCADET DIEPPE, CIDRE BOUCHÉ DE CRU DOUX (Duché de Longueville/Normandia)

Elaborada com maçãs selecionadas, esta sidra artesanal, delicadamente doce, é a bebida tradicional da Normandia. Fresca, saborosa e levemente alcoólica, é uma ótima alternativa à cerveja.

US$21.90

27


OUTRAS BORBULHAS

Espanha

Austrália

25308 MRS WIGLEY MOSCATO 2012 23163 INFINITUS MOSCATEL 2010

(Wirra Wirra/McLaren Vale)

(Cosecheros y Criadores)

Um vinho aromático, cheio de notas de especiarias doces, pétalas de rosa e flor de laranjeira, muito fiel à uva Frontignac – como a Moscato é conhecida na Austrália. No palato, lembra lichia e melão, com boa acidez e frescor. Um delicioso rosé frisante para apreciar com sobremesas de fruta ou como aperitivo.

Este vinho espanhol de sobremesa é uma deliciosa escolha para acompanhar pratos não muito doces e tortas de frutas. O estilo é semelhante ao dos Moscato d’Asti e tem feito grande sucesso na Espanha. Perfeito para incrementar saladas de fruta: uma pequena parte é despejada na tigela e o restante da garrafa acompanha a sobremesa!

US$53.50

US$17.90

CONHEÇA O MOSCATO D’ASTI Leve e delicado, o Moscato d’Asti é uma especialiade piemontesa, um vinho frisante, levemente adocicado. É um vinho muito agradável e equilibrdo, que combina bem com panettone, bolinhos, sobremesas mais delicadas e até mesmo algumas frutas. Luigi Coppo e Vietti estão entre os mais reputados produtores de Moscato d’Asti.

23076 MOSCATO D’ASTI CASCINETTA 2010 (Vietti)

Bastante diferente dos exemplares mais comuns de Moscato d’Asti, o Cascinetta é muito refinado e elegante, com boa complexidade de fruta. O toque frisante confere a este saboroso vinho um caráter ainda mais vivo e fresco.

US$49.90

23951 MOSCATO D’ASTI MONCALVINA 2011 (Luiggi Coppo)

Este espumante fino e delicado é uma especialidade piemontesa. Com baixo teor alcóolico e levemente adocicado, o Moscato d’Asti Moncalvina é fresco e muito agradável, perfeito para combinar com sobremesas à base de frutas. Este belo exemplar é elaborado por Coppo, um dos grandes nomes do Piemonte.

US$47.50 28


ROSADOS FRESCOS, CHARMOSOS E COM AROMAS CATIVANTES DE FRUTAS VERMELHAS, OS ROSADOS SÃO UM SUCESSO ABSOLUTO DURANTE OS MESES QUENTES DO VERÃO. ELES ESTÃO CADA VEZ MELHORES GRAÇAS A PRODUTORES CAPRICHOSOS QUE LANÇARAM EXEMPLARES DELICIOSOS. OS ROSADOS SÃO VINHOS VERÁTEIS, FUNCIONAM COMO APERITIVO MAS TAMBÉM PODEM ACOMPANHAR UMA REFEIÇÃO LEVE. CONHEÇA A NOSSA SELEÇÃO DE ROSADOS DO VELHO E DO NOVO MUNDO!

França 24128 FIGARO ROSÉ 2011 25391 MARIUS ROSÉ 2012

(Mas de Daumas Gassac/Languedoc-Roussillon)

(M. Chapoutier/Languedoc-Roussillon)

Com estilo fresco e saboroso dos vinhos do sul da França, este rosado cheio de fruta é leve e seco, elaborado por Mas de Daumas Gassac, um dos grandes ícones da França.

Uma grata surpresa é a versão rosé da fabulosa linha Marius, que o consagrado enólogo Michel Chapoutier produz na emergente região de Languedoc-Roussillon. Assim como o Marius tinto e o Marius branco, o rosé é impregnado do charme do sul da França, caprichosamente talhado para combinar com a gastronomia dos despojados bistros e brasseries. Com uma cor atraente, de pétalas de rosas, é um vinho delicado, mostrando notas florais no aroma e um palato agradável, rico em frutas brancas e com impecável acidez. O corte de Grenache e Syrah é perfeito para combinar com saladas, grelhados e pratos leves, mas também é ótimo como aperitivo.

US$23.90

22984 LA PETITE PERRIÉRES PINOT NOIR ROSÉ 2010 (Domaine Guy Saget/Loire)

Delicioso rosé elaborado por Guy Saget, grande nome do Loire. Refrescante, agradável e extremamente versátil, é uma companhia perfeita para entradas, peixes, mariscos e risotos.

US$25.90

24135 ALTERA ROSÉ 2011

US$29.00

(Schröder & Schÿler/Sul da França)

Perfeito para os dias mais quentes, este rosado do Sul da França é elaborado em um estilo um pouco mais concentrado que os famosos rosés da Provence, mostrando apetitosas notas de frutas silvestres. É ótimo como aperitivo ou mesmo acompanhando entradas.

22082 CABERNET D’ANJOU 2009 (Domaine Baumard/Loire)

Domaine des Baumard elabora este saboroso e típico rosado de Cabernet Franc, com boa fruta, um ótimo toque aveludado, em um estilo levemente adocicado, que faz tanto sucesso na França.

US$23.50

US$29.90

29


ROSADOS

22974 CH LA GATTE ROSÉ 2010

23994 ATTITUDE ROSÉ 2010

(Château La Gatte/Bordeaux)

(Pascal Jolivet/Loire)

Elaborado a partir de sangria da ótima cuvée tinta La Butte, de vinhas de mais de 50 anos de idade, este delicioso rosado bordalês é fresco e seco, com um sedutor bouquet de frutas vermelhas.

Este delicioso rosé elaborado por Pascal Jolivet combina as uvas Pinot Noir, Gamay e Cabernet Sauvignon em um estilo fresco, agradável e versátil. Ótima companhia para a mais variada gama de pratos, como entradas, embutidos e carnes brancas em geral.

US$30.90

US$42.90

21258 CÔTEAUX DU TRICASTIN CHÂTEAU DES ESTUBIERS 2009

24254 CH. VANNIÈRES BANDOL ROSÉ 2011

(M. Chapoutier/Rhône)

(Château Vannières/Provence)

Por seus vinhos de excelente relação qualidade/ preço, Côteaux du Tricastin é uma das regiões do Rhône que mais têm crescido nos últimos tempos. Com um corte de Grenache e Syrah, Chapoutier elabora este saboroso rosado maturado com as borras finas. Na França ele recebe o certificado de vinho biodinâmico.

Excelente rosé de coloração salmão, possui nariz exótico e mineral com notas de flores e casca de laranja. Na boca apresenta ataque frutado e de frutas secas. Acompanha perfeitamente peixes, legumes e pratos mediterrâneos em geral.

US$85.50

US$32.50

Itália

24124 CANON DU MARÉCHAL ROSÉ 2011 (Domaine Cazes/Languedoc-Roussillon)

25147 LACRIMAROSA 2012

A linha Canon du Marechal é um dos mais saborosos segredos do sul da França, oferecendo vinhos de ótimo apelo e fáceis de gostar. Este delicioso rosé elaborado com as castas Syrah e Merlot é levemente mais encorpado que a maioria dos vinhos da região, com cativantes aromas de frutas vermelhas e um destacado frescor.

(Mastroberardino/Campania)

“Um grande vinho”, na opinião de Robert Parker, o novo Lacrimarosa é o grande rosado de Mastroberardino. Elaborado com uvas Aglianico cultivadas especialmente para talhar um rosado de grande classe, foi descrito como “firme e elegante” pela a Wine Spectator. Uma ótima escolha tanto como aperitivo quanto para acompanhar uma refeição.

US$35.50

US$44.50

22757 CÔTES DU RHÔNE BELLERUCHE ROSÉ 2010 (M. Chapoutier/Rhône)

25112 CIRÒ ROSATO 2012

Delicioso rosado assinado por Michel Chapoutier, um dos maiores enólogos da França, reverenciado pelos mais importantes jornalistas da imprensa especializada. O corte com Grenache em maior proporção, além de Cinsault e Syrah, resulta em um vinho cativante, que combina notas de frutas vermelhas, ervas e flor de laranjeira. De corpo leve e muito agradável, “tem um final de boca elegante”, segundo a Wine Spectator. Ótima pedida para acompanhar refeições leves ou como aperitivo.

(Librandi/Calabria)

Ótimo rosado elaborado por Librandi, o maior nome da Calábria. Fresco, seco e cheio de fruta madura, é um rosado estiloso e encorpado.

US$28.50

US$42.90

30


ROSADOS

25228 ROSATO 2012

23903 REGALEALI LE ROSE 2011

(Castello di Ama/ Toscana)

(Tasca d’Almerita/Sicilia)

Um dos rosados preferidos de Jancis Robinson, o delicioso Rosato do Castello di Ama é fresco, seco e muito saboroso, acompanhando uma grande variedade de pratos. Uma excelente pedida para substituir um vinho tinto em dias mais quentes. Frutado com aromas que lembram morangos silvestres. Na boca apresenta agradável equilíbrio entre fruta e mineralidade.

Delicioso rosado elaborado por Tasca d’Almerita com uvas Nerello Mascalese. Seco, rico e bastante expressivo, já recebeu o “Oscar” qualidade/preço do Gambero Rosso, o mais reputado guia italiano.

US$41.50

US$42.50

23259 MODELLO VENEZIE ROSÉ 2010

24755 BRACCALE ROSADO 2011 (Castello di Montepò-Jacopo Biondi Santi/Toscana)

(Agricola Masi/Veneto)

O celebrado enólogo Jacopo Biondi-Santi, um dos grandes nomes da Itália, talhou o Braccale Rosado com duas uvas típicas: Canaiolo (50%) e Ciliegiolo (50%) – esta última, aliás, vem ganhando cada vez mais destaque no país. Seu nome deriva da palavra italiana “ciliegia”, que significa cereja. Fresco e cheio de fruta madura, com notas florais e um toque de mel no palato, o Braccale Rosado 2011 é um vinho fácil de gostar e que pode ser apreciado sozinho ou à mesa, combinando com peixe grelhado, massas, risottos e até carnes delicadas.

Com tonalidade vibrante, este delicioso rosé apresenta um nariz intenso e atraente com notas de morango e framboesa. Na boca é fresco, saboroso e com agradável e longo final.

US$27.90

US$39.90 24439 TRE TORRI CARIGNANO DEL SULCIS ROSATO 2011 (Santadi/Sardegna)

23051 SASSI ROSA 2010 (Castello del Terriccio/Toscana)

O Tre Torri é um saboroso rosado de Santadi, perfeito para os dias quentes de verão. Elaborado com a emblemática casta Carignano, mostra cativantes aromas de frutas vermelhas, uma boa acidez e um gostoso toque terroso.

Elaborado com a uva Syrah, o Sassi Rosa é um delicioso rosado, repleto de fruta e com uma mineralidade inconfundível que é a marca dos vinhos do reputado Castello del Terriccio. De produção limitada a 5 mil garrafas, seu nome remete às pedras rosadas que cobrem os vinhedos. O Sassi Rosa é um vinho cativante, ótimo como aperitivo ou para acompanhar pratos leves, como saladas, queijo de cabra e peixes.

US$28.90

US$75.90 24922 ROSATO COLLINE TEATINE 2011 (Masciarelli/Abruzzo)

Excelente rosé elaborado com a uva Montepulciano. Fresco, agradável, cheio de fruta, este rosado é extremamante versátil, combinando com a mais variada gama de pratos.

US$29.50

31


ROSADOS

Espanha 23970 MAS AMOR 2011

24199 ARTAZURI ROSADO 2011

(Huellas/Terra Alta)

(Artazur/Navarra)

O Mas Amor é um delicioso rosado de Garnacha da DO Terra Alta. Seco e refrescante, é uma companhia certeira para diversos tipos de tapas e “perfeito para um dia de verão”, nas palavras de Robert Parker.

Delicioso rosado desta dinâmica vinícola da região de Navarra, pertencente à lendária bodega riojana Artadi. Muito fresco e saboroso, este rosado substitui muito bem brancos encorpados e tintos leves, sendo bem versátil e combinando com uma ampla variedade de pratos, desde peixes, frutos do mar e paella até tortas, aves e carnes delicadas ou grelhadas.

US$35.90

US$28.90

24074 GRAN FEUDO ROSADO 2011

24329 VIÑA BUJANDA ROSADO 2011

(Julián Chivite/Navarra)

(Viña Bujanda/Rioja)

O mais famoso e tradicional rosado espanhol, elaborado por Julián Chivite na região de Navarra. Fresco, delicado e seco, cheio de charme, possui um delicioso bouquet e boa presença de boca. Boa pedida para acompanhar ‘‘tapas‘‘ ou paella.

Elaborado com uvas Tempranillo cultivadas em Rioja Alta e Rioja Alavesa, o Viña Bujanda rosado é um vinho bastante atraente. Aromas de morango, cassis e amora saltam da taça. No palato é volumoso e fresco, com delicioso apelo gastronômico.

US$24.50

US$23.90

23896 CONDE DE VALDEMAR ROSADO 2011

21413 ROSAT SELECCIÓ 2009 (Jané Ventura/Penedès)

(Bodegas Valdemar/Rioja)

Elaborado com uma seleção de 10 vinhedos distintos, o rosado de Jané Ventura já foi apontado como o melhor da Espanha pela revista Sibaritas, do Guía Peñin. Denso, rico e repleto de notas de frutas do bosque, é um rosé seco e concentrado.

O Conde de Valdemar Rosado é o melhor rosé da vinícola, elaborado com as castas Garnacha e Tampranillo. Logo na primeira safra já arrematou a Medalha de Ouro no concurso “Le Mondial du Rosé”, na Fraça, e foi apontado como um “Best Buy” pela Wine Enthusiast. Sem dúvida uma ótima pechincha entre os deliciosos rosados espanhóis.

US$32.90

US$25.50

22157 VINAS DEL VERO ROSADO 2010

23577 MAS DONIS ROSADO 2011

(Viñas del Vero/Somontano)

(Celle de Capçanes/Montsant)

Delicioso e tradicional rosado produzido em Somontano por Viñas del Vero, o melhor produtor desta região aos pés dos Pirineus espanhóis. Leve e fresco, com um saboroso toque frutado, é perfeito para aperitivos.

Na região de Monsant, vizinha ao Priorato, o Celler de Capçanes elabora este rosado seco e cheio de fruta, em um estilo bem marcante.

US$44.00

US$27.50

32


ROSADOS

24322 INFINITUS TEMPRANILLO/CABERNET FRANC ROSADO 2011 (Cosecheros y Criadores/Castilla-la-Mancha)

Com o know-how da família Martinez Bujanda, os vinhos da linha Infinitus estão entre as melhores relações qualidade/ preço da Europa. Este rosado, é bastante saboroso e cativante. Trata-se de um vinho elaborado com as uvas Tempranillo e Cabernet Franc, fresco e repleto de notas de frutas vermelhas, ótimo para acompanhar paella.

US$20.90

Portugal 24037 CIRANDA ROSADO 2011

24505 PAÇO DE TEIXEIRÓ 2011

(Herdade dos Coelheiros/Alentejo)

(Quinta do Côtto/Douro)

Elaborado pela Herdade dos Coelheiros, um dos mais reverenciados produtores do Alentejo, o Ciranda rosé combina uma uva portuguesa muito típica da região, a Trincadeira, com a emblemática Cabernet Sauvignon. O resultado é um vinho cativante, cheio de fruta vermelha.

Este delicioso rosado causou muita polêmica em Portugal por utilizar tampa “screwcap” no país da cortiça. Cheio de charme, é um rosé de bastante elegância e frescor, com um agradável final de boca e aroma de frutos silvestres. Belo achado, de excelente relação qualidade/preço.

US$22.90

US$23.90

24187 ENTRE II SANTOS ROSÉ 2010

16278 QUINTA DO PERDIGÃO ROSADO 2006

(Campolargo/Bairrada)

(Quinta do Perdigão/Dão)

Elaborado com a uva Pinot Noir, cultivada na clássica região da Bairrada, o Entre II Santos Rosé é um vinho com “um nariz muito suave, uma presença longínqua de fruta, tudo a pedir um salmão fumado por perto”, segundo o crítico João Paulo Martins, uma das maiores autoridades em vinhos portugueses.

Delicioso rosado elaborado pela Quinta do Perdigão, incrivelmente rico e aromático, com muito charme, mantendo o mesmo estilo sofisticado dos outros vinhos da Quinta.

US$39.90

US$29.90

24025 REDOMA ROSADO 2010

24228 QUINTA DA LAGOALVA ROSADO 2011

(Niepoort/Douro)

(Quinta da Lagoalva de Cima/Tejo)

O festejado Redoma Rosé é considerado por Jancis Robinson como o melhor rosado do mundo e sempre referenciado por todas as publicações como um dos grandes rosés de Portugal. É um vinho bem distinto da maioria dos rosés, com ótima estrutura e capacidade de envelhecimento. Uma verdadeira referência, de minúscula produção.

Com uma linda cor e um bouquet cativante, este rosado português é um verdadeiro achado. Muito saboroso e elegante, com ótima relação qualidade/preço.

US$29.90

US$38.50

33


ROSADOS

Grécia

África do Sul 23475 THE WOLFTRAP ROSÉ 2011 (Boekenhoutskloof/Franschhoek)

Com uma coloração rosada intensa e muitos aromas de frutas vermelhas, este agradável rosé elaborado por Boekenhoutskloof é uma excelente companhia para os mais diversos pratos. Fresco e aromático, apresenta boa presença de boca e um final longo e prazeroso.

25196 14-18 AGIORGITIKO ROSÉ 2012 (Gaía/Peloponeso)

US$23.50

Este delicioso rosado é elaborado com a casta Agiorgitiko, a mais emblemática da Grécia, por Gaía, um dos maiores nomes do vinhos grego. Perfeito para os dias mais quentes, é um vinho fresco e seco, com saborosoas notas de frutas vermelhas e boa presença de boca.

US$42.50

20701 KADETTE PINOTAGE ROSÉ 2010 (Kanonkop/Stellenbosch)

Elaborado por Kanonkop com 100% de Pinotage, este rosado apresenta-se encorpado, persistente e cheio de agradáveis aromas florais e de frutas, típicos da variedade. Excelente aperitivo e como companhia para mariscos, peixes, pratos leves e massas.

Alemanha

US$26.90

23820 VILLA BURKLIN ROSÉ 2011

22373 DANIE DE WET ROSÉ BIO 2011

(Dr. Bürklin-Wolf/Pfalz)

(De Wetshof/Robertson)

Situado no coração de Pfalz, Burklin Wolf é considerado um dos melhores produtores da Alemanha. Desde 2005 possui o certificado de biodinâmico. O Villa Burklin rosé é um corte de diversas uvas, entre elas Sangiovese, Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon, o que resulta em um vinho cheio de caráter.

Perfeito para o verão, este saboroso rosado é bastante elegante, com generosas notas de frutas maduras e uma ótima acidez. Mostra bom volume na boca, sem ser pesado ou cansativo. Outra boa escolha entre os bons rosados.

US$48.90

US$21.90

Líbano Austrália 25309 MRS. WIGLEY GRENACHE 2012 (Wirra Wirra/South Australia)

Belo rosé 100% Grenache, muito perfumado, lembrando framboesa, morango e maçã. No palato, revela fruta doce e uma equilibrada acidez, que deixa o vinho bastante vivo e saboroso. James Halliday classificou o Mrs. Wigley Grenache 2012 entre os seus “Top 100”, com 93 pontos!

23946 MUSAR JEUNE ROSÉ 2009 (Château Musar/Líbano)

Novo rosado elaborado pelo Château Musar no Vale de Bekaa, Líbano. Cativante, mostra cor intensa e aromas frutados que lembram frutas vermelhas (framboesa e morango). É um rosé perfeito para acompanhar comida.

US$53.50

US$46.90

34


ROSADOS

Argentina

Brasil

23362 ALAMOS MALBEC ROSÉ 2011

25727 VALLONTANO TEMPRANILLO ROSÉ 2013

(Catena Zapata/Mendoza)

(Vallontano/Vale dos Vinhedos)

Ótimo rosado de Catena Zapata, este Malbec é encorpado e marcante, com bouquet exuberante de frutas maduras, muito fresco e saboroso no palato. Excelente relação qualidade/preço.

Este charmoso rosado vem embalado em uma bela garrafa feita sob encomenda na França. Diferentemente dos rosés mais simples, é um vinho de bastante personalidade. Seu estilo único se deve em parte ao uso da uva Tempranillo, raramente encontrada na Serra Gaúcha. É um rosé deliciosamente fresco, com um final de boca seco, remetendo aos bons exemplares franceses. De produção artesanal e limitada a apenas 1.400 garrafas, é uma saborosa novidade deste que é um dos mais caprichosos produtores brasileiros.

US$18.90

Chile 22514 CLASSIC SYRAH/CABERNET SAUVIGNON ROSÉ 2011

R$59.50

(Viña Carmen)

Um verdadeiro achado, este delicioso rosado chileno é produzido com uvas Syrah e Cabernet Sauvignon por Viña Carmen, um dos maiores nomes do Chile. Como todos os vinhos da linha Classic, é uma escolha de espetacular relação qualidade/preço!

Uruguai 22991 RIO DE LOS PÁJAROS CABERNET FRANC/SYRAH 2011 (Pisano)

US$20.90

Este delicioso rosado uruguaio é produzido por Pisano, maior nome do país, com um corte da macia e generosa Cabernet Franc com a típica Tannat, que traz nervo, frescor e interesse. Com um rico aroma de frutas vermelhas, é um vinho de ótima relação qualidade/preço!

24066 MONTES CHERUB SYRAH ROSÉ 2011 (Viña Montes)

Muito fino e elegante, Cherub é o primeiro rosado de altíssima qualidade da América do Sul. Ao contrário de quase todos os rosados, o Cherub não é elaborado a partir de sangria de vinhos tintos, mas de ótimas uvas Syrah especialmente cultivadas para sua produção. É elegante e classudo, com bastante frescor e um longo e complexo final de boca.

US$23.90

US$30.90

VINHOS PARA FRUTOS DO MAR E PEIXES

combinam muito bem com brancos galegos como os Albariño, ou então com os portugueses Alvarinho. Peixes e frutos do mar um pouco mais fortes, ou com molhos mais elaborados, são excelentes com Chardonnay, sejam os grandes brancos da Borgonha ou os bons exemplares do Novo Mundo e outras regiões europeias. Os vinhos rosados combinam bem com vários peixes e frutos do mar, como é tradição na famosa Côte d’Azur (e também com aves e carnes brancas em geral). Peixes bastante fortes, como bacalhau e atum, podem combinar até com tintos leves e macios, como é costume em Portugal, ou então com brancos barricados, como os Chardonnay que passam por madeira. A combinação perfeita para comida japonesa são os bons Rieslings e Grüner Veltliners da Alemanha e Áustria — ainda mais apropriados do que os Champagne e outros bons espumantes!

Peixes e frutos do mar em geral são deliciosos com vinhos brancos variados e também com vinhos rosados. Quanto mais leve for o peixe, mais leve pode ser o vinho, e vice-versa. Peixes delicados, grelhados ou feitos no vapor, pedem brancos também mais delicados, como alguns Rieslings alemães, Grüner Veltliner austríacos ou mesmo um Sauvignon Blanc de clima mais frio, como os do Loire e Nova Zelândia. Aliás, os bons Sauvignon Blanc — como os franceses Sancerre e Pouilly-Fumé, ou os bons exemplares chilenos e neo-zelandeses — são uma combinação perfeita para muitos peixes e frutos do mar, como mariscos, polvo e vieiras. Vieiras que, aliás, também

35


BRANCOS NADA MELHOR DO QUE UM AROMÁTICO E FRESCO VINHO BRANCO PARA COMPLETAR A ALEGRIA DO RÉVEILLON E OS BELOS DIAS DE VERÃO. OS VINHOS A SEGUIR SÃO SUGESTÕES DELICIOSAS, ÓTIMOS COMO APERITIVO OU PARA ACOMPANHAR PETISCOS DIVERSOS E PRATOS TÍPICOS DO VERÃO, COM OSTRAS, MARISCOS, PEIXES, FRUTOS DO MAR, SALADAS, TORTAS E ATÉ MESMO CARNES GRELHADAS. TAMBÉM SÃO EXCELENTES ALTERNATIVAS PARA APRECIAR NA PISCINA OU NA PRAIA. SE VOCÊ É DAQUELES QUE SÓ BEBEM TINTOS, APROVEITE O CALOR E A ESTAÇÃO PARA DESCOBRIR TAMBÉM O MARAVILHOSO MUNDO DOS VINHOS BRANCOS.

França 25361 CHABLIS 2011

22450 POUILLY-FUISSÉ 2009

(Joseph Drouhin/Borgonha)

(Faiveley/Bourgogne)

Joseph Drouhin elabora este ótimo Borgonha branco, marcante e mineral. No melhor estilo de Chablis, o vinho não passa por carvalho, ficando mais limpo e fresco, com ótima persistência e tipicidade.

Um dos melhores achados de Mâconnais, o Pouilly-Fuissé é um branco fresco e mineral. Este do Domaine Faiveley mostra também cativantes notas de frutas tropicais e um toque de especiarias. Especialmente bom para acompanhar crustáceos.

US$59.90

US$79.90

25055 BOURGOGNE COUVENT DES JACOBINS BLANC 2011

25127 BOUZERON ALIGOTÉ 2011 (Domaine de Villaine/Bourgogne)

(Louis Jadot/ Bourgogne)

Este é um Aligoté diferente de todos os outros. Perfumado, delicado, cheio de fruta e mineralidade e vibrante, com notas discretas de baunilha no nariz e uma textura aveludada no palato, o vinho tem a assinatura de charme de Aubert de Villaine, co-proprietário do cultuado Domaine de La Romanée-Conti. Na propriedade em Bouzeron, uma vila na Côte Chalonnaise que privilegia a casta Aligoté, o produtor cultiva as uvas nas encostas privilegiadas das encostas das colinas, talhando este branco singular, que dá prazer logo nos primeiros anos, mas também pode ser guardado por mais de uma década.

Excelente Borgonha branco, com qualidade muito superior à média da denominação. O Couvent des Jacobins é amplo e macio, com madeira perfeitamente integrada à fruta e ótima acidez. Certamente é um dos bons Borgonhas brancos mais acessíveis de nosso catálogo!

US$56.90

US$97.50

36


BRANCOS

21030 GOULÉE BLANC 2009

25392 SCHIEFERKOPF GEWÜRZTRAMINER 2011

(Château Cos d’Estournel/Bordeaux)

(M. Chapoutier/Alsace)

Localizadas em um região próxima ao porto de Goulée, ao norte de St.-Estèphe, as vinhas que dão origem ao Goulée Blanc estão plantadas em um solo pedregoso, parecido com as melhores parcelas de Graves. Opulento, intenso e bastante aromático, é uma agradável surpresa.

Schieferkopf Gewürztraminer é um branco “fresco e vibrante” repleto de “aromas expressivos” para a Wine Spectator, que o classificou com ótimos 90 pontos na safra 2011. É uma sofisticada versão dessa casta, mais uma notável criação de Michel Chapoutier, produtor do ano para o guia Bettane et Desseauve.

US$114.50

US$72.50

23284 CH TOUR DE MIRAMBEAU CUVÉE PASSION BLANC 2009

25078 RIESELING 2012 (Dopff & Fils/Alsace)

(Château Tour de Mirambeau/Bordeaux)

Um belo exemplo dos melhores Riesling da Alsace, este delicioso branco é bem seco e potente, com ótimo frutado e elegantes notas florais. É um vinho cheio de nuances, em um estilo mais mineral, que combina muito bem com comida.

Excelente branco de Bordeaux, realmente muito fino e saboroso. É o melhor branco produzido pelo Château Tour de Mirambeau, um dos mais consistentes e elogiados produtores da região. Ótima relação qualidade/preço!

US$39.90

US$52.90

25380 CELEBRATION VIOGNIER 2012

23989 SAVENNIERES CLOS DU PAPILLON 2009

(Château de la Tuilerie/Rhône)

(Domaine Baumard/Loire)

O Celebration Viognier é um branco sedutor, com notas de damasco, mel e jasmim, perfeito para as refeições leves do dia a dia, ou acompanhando aperitivos.

Aromático, mineral e de muita personalidade, este grande branco é elaborado com a casta Chenin Blanc pelo maior especialista na variedade, Baumard. Mostra muita estrutura e elegância, com ótima acidez e boa complexidade.

US$30.90

US$72.90

25482 CROZES HERMITAGE BLANC 2012

24369 AUSSIÈRES BLANC 2012 (Domaine d’Aussières/Languedoc-Roussillon)

(Alain Graillot/ Rhône)

Estudando as uvas Chardonnay plantadas em uma pequena parcela dos vinhedos do Domaine d’Aussiéres na região de Corbières, a equipe técnica do Château Lafite Rothschild – proprietários da vinícola – decidiu elaborar um branco limpo e puro – delicado e sem contato com barricas de carvalho. O Aussières é um branco despretensioso, em um estilo que agrada todos.

O Crozes-Hermitage branco assinado por Alain Graillot, uma das estrelas do norte do Rhône, foi descrito como “delicioso” por Robert Parker. O vinho é elaborado com uvas Marsanne (80%) e Roussanne (20%) selecionadas em uma pequena parcela de vinhedo. A fermentação e maturação em barrica resultam em um conjunto muito bem sucedido, com aromas florais e cítricos combinados a notas de mel e um evidente toque mineral. Gordo no palato, pode ser apreciado desde jovem ou ser guardado por vários anos.

US$31.50

US$89.50

37


BRANCOS

Itália

24850 BIANCO SECCO 2011 (Giuseppe Quintarelli/Veneto)

Vette di San Leonardo Sauvignon Blanc é o primeiro branco com a assinatura prestigiosa da vinícola. Ele foi elogiado como “muito fresco e com boa profundidade” por Jancis Robinson na safra de estreia, a 2011. Classudo e com cativante mineralidade, é um branco delicioso para combinar com peixes, carnes brancas, queijo de cabra e charcutaria, além de servir como ótimo aperitivo.

Assinado pelo lendário Giuseppe Quintarelli, Bianco Secco é uma excelente novidade. O corte de cinco uvas – Garganega, Trebbiano Toscano, Sauvignon Blanc, Chardonnay e Saorin (esta última, uma casta bastante rara) – resulta em um vinho muito expressivo, repleto de fruta, com um toque floral e de mel no nariz, textura aveludada e uma deliciosa reminiscência mineral no final de boca. “Incrivelmente sutil e elegante, o Giuseppe Quintarelli Bianco Secco é um vinho que o deixa em estado de contemplação logo após o primeiro gole”, segundo o The Independent Wine Review.

US$49.90

US$94.50

22842 ROSSJ-BASS LANGHE CHARDONNAY/SAUVIGNON BLANC 2010

23557 SOAVE CLASSICO 2010

25654 VETTE DI SAN LEONARDO SAUVIGNON BLANC 2012 (San Leonardo/Trentino)

(Inama/Veneto)

(Angelo Gaja/ Piemonte)

O delicioso Soave Clássico de Inama é bem mais intenso e profundo que a grande maioria dos vinhos desta denominação. Maturado em tanques de aço inoxidável, é “uma escolha perfeita para o dia a dia”, segundo o guia Duemilavini, e merece a estrela de excepcional relação qualidade preço do Gambero Rosso. Um belíssimo Soave.

Magnífico branco barricado de Chardonnay com um toque de Sauvignon Blanc, que leva a chancela do mago Gaja. Usa frutos de diversos vinhedos próprios localizados nas vilas de Barbaresco e Serralunga d’Alba, inclusive um deles foi batizado com o nome da filha caçula de Angelo Gaja, o Rossana (Rossj). Tem um fino perfume de frutas cítricas e flores, com notas de mel. O corpo é elegante, com carácter e boa acidez. O final de boca é sedoso e fresco.

US$48.50

US$172.90

22482 TOCAI FRIULANO COLLI ORIENTALI 2010

24211 ROERO ARNEIS 2011

(Livio Felluga/Friuli)

(Bruno Giacosa/Piemonte)

Um branco delicado e rico ao mesmo tempo, cheio de aromas e sabores típicos desta variedade de uva. Equilibrado e redondo, uma bela criação de um dos grandes nomes do vinho friulano.

Reconhecido como um dos produtores que recuperaram a cativante uva Arneis, típica do Piemonte, Bruno Giacosa talha este delicioso exemplar, muito distinto. Robert Parker já se referiu a ele como um branco “campeão”, “elegante” e “refinado”. Já a Wine Spectator descreveu a safra 2011 como “equilibrada”e “suculenta”. Vale a pena experimentar.

US$75.50

US$67.90 24707 FLORS DI UIS 2010 (Vie di Romans/Friuli)

25104 MASIANCO PINOT GRIGIO/ VERDUZZO 2012

Considerado uma das melhores relações qualidade/preço do mundo pela Wine Enthusiast, este saboroso branco combina o corpo e aromas de frutas secas da Verduzzo com o frescor e as notas cítricas e florais da Pinot Grigio. Muito equilibrado, com boa complexidade, é um verdadeiro achado.

“Um corte esplêndido de Malvasia Istriana, Riesling e Friulano”, para o Gambero Rosso. É um branco distinto, avaliado como “outstanding” nas últimas safras pelas maiores autoridades no assunto. Robert Parker ressaltou sua “marcante finesse”, e afirmou: “Flors di Uis é um dos grandes brancos da Itália”. Revela um bouquet sedutor com notas de frutas tropicais e florais e uma persistência impressionante.

US$45.90

US$89.50

(Agricola Masi/Venteo)

38


BRANCOS

24451 PINOT GRIGIO VALDADIGE 2011

23256 TERRE DI ALA SAUVIGNON BLANC 2010

(Bossi Fedigotti/Trentino)

(D’Amico/Lazio)

Intenso, com nota florais e de fruta tipo pêssego e maçã, é um Pinot Grigio espantosamente fresco e mineral. Indiscutivelmente um ótimo exemplar dessa típica variedade e com a assinatura de dois grandes nomes do Vêneto: a família Bossi Fedrigotti e a Masi Agricola.

Sauvignon Blanc feito de uvas cultivadas na Umbria, a 500 metros de altitude, em um solo de origem vulcânica. Muito aromático, com notas típicas da variedade, o Terre di Ala é um branco agradável e elegante para tomar como aperitivo ou para acompanhar massas, peixes e carnes brancas.

US$59.90

US$55.90

23833 RIFF PINOT GRIGIO DELLE VENEZIE IGT 2011

22894 TREBBIANO D’ABRUZZO MARINA CVETIC 2008

(Alois Lageder/Alto Adige)

(Masciarelli/Abruzzo)

Alois Lageder foi apontado como um dos produtores de Pinot Grigio favoritos nos melhores restaurantes dos Estados Unidos. O novo Riff é elaborado em um estilo fresco e cativante, que agrada a todos, com notas florais e de frutas brancas. Sua ótima acidez limpa o palato, deixando o branco vivo e marcante.

Este é um dos mais elogiados brancos do centro da Itália, considerado “outstanding” por Robert Parker nas quatro últimas safras avaliadas pelo crítico, que comentou: “emerge da taça com camadas de rica fruta tropical , especiarias doces, notas defumadas e mel” e “impossível não admirar o equilíbrio deste vinho”. Elaborado a partir de vinhas velhas, o Trebbiano d’Abruzzo Marina Cvetic é fermentado e maturado em barricas francesas, mostrando muita complexidade e impressionante caráter.

US$29.90

22692 PEPESTRINO 2009

US$113.90

(Fattoria Fèlsina/Toscana)

Elaborado com uma saborosa combinação das castas Trebbiano, Chardonnay e Sauvignon Blanc, o Pepestrino foi criado para ser uma ótima escolha para iniciar uma refeição. Fresco e bastante aromático, pode acompanhar peixes ou mesmo ser bebericado sozinho.

US$39.90

ACERTE A TEMPERATURA temperatura correta! Nesta temperatura baixíssima, é claro que não mostrarão seus aromas e qualidades.

É impressionante a diferença que faz servir os vinhos à temperatura correta. Vinhos frios demais se tornam muito fechados e não mostram seus aromas e qualidades — apenas seus defeitos. Quentes demais, eles parecem ser alcoólicos, pesados e desequilibrados. Servidos à temperatura correta, eles ficam muito melhores! Em geral, quando se está falando de temperatura correta, o verdadeiro problema não está na diferença de um grau apenas, mas de muitos graus. Muitos brancos, por exemplo, chegam a ser servidos 10º C abaixo da

Tintos encorpados: 19º-20ºC Tintos mais leves: 16-18º C Rosados e Brancos secos encorpados: 11-13ºC Brancos leves e aromáticos: 9º: 11ºC Champagne e espumantes encorpados: 7º-9ºC Brancos doces e espumantes mais leves e descompromissados: 7ºC-8ºC 39


BRANCOS

Portugal 23795 SOALHEIRO ALVARINHO 2011

21333 BUÇACO RESERVA 2007

(Quinta de Soalheiro/Vinho Verde)

(Palácio do Buçaco/Beiras)

Sempre nas listas dos melhores Alvarinhos de Portugal da imprensa especializada, é proveniente da subregião de Monção, que produz os melhores vinhos verdes. Delicioso, cheio de charme e frescor, mais encorpado e complexo que os outros vinhos verdes. Mereceu 90 pontos de Robert Parker na safra 2011.

Incrivelmente reputado, bastante fino e aromático, o Buçaco Reserva branco é um dos melhores e mais longevos brancos da Península Ibérica. Os vinhos desse produtor sempre foram tratados com o máximo respeito pela crítica especializada, principalmente a inglesa, que desde sempre soube ver sua grandeza e individualidade. Eles merecem a máxima cotação, quatro estrelas, de Hugh Johnson, admirador declarado dos vinhos. Somente vendido no Palace Hotel do Bussaco e na Mistral, a única importadora do mundo a comercializar os vinhos.

US$54.50

25870 CONVERSA BRANCO 2012 (Niepoort/Douro)

US$129.50

O Conversa branco foi destacado como “uma bela barganha” por Robert Parker na safra 2011,a única avaliada pelo crítico norte-americano até agora. Resulta da combinação de várias uvas locais, como é comum na região do Douro — Rabigato, Códega do Larinho, Gouveio, Dona Branca, Viosinho, Bical, entre outras — de vinhedos entre 20 e 50 anos plantados em altitude, a aproximadamente 600 metros. Parte fermentou em cubas de inox e parte em carvalho, sendo que 25% do vinho ainda estagiou em barricas francesas. O resultado é um branco saboroso, com aromas minerais e de frutas brancas e um palato vibrante, no qual se nota um toque de defumado e um leve salgado que remete ao terroir rochoso.

US$33.50 24039 TAPADA DE COELHEIROS CHARDONNAY 2010

24046 QUINTA DA PELLADA PRIMUS 2010 (Quinta da Pellada-Alvaro Castro/Dão)

É um Dão na sua elegância máxima e mereceu 94 pontos de Robert Parker na safra 2009. “Quanto mais tempo ele permanecia na taça, mais eu gostava. E mais eu queria”, disse o crítico norte-americano na sua avaliação no The Wine Advocate. “Como a maioria dos vinhos de Castro, (o Primus) combina finesse e uma persistência surpreendente”. O respeitado crítico português Rui Falcão considerou o Quinta da Pellada Primus um vinho único, “o primeiro de uma nova geração que se adivinha”. É um exemplar exuberante e que alia na perfeição mineralidade, textura e acidez.

US$136.50

(Herdade dos Coelheiros/Alentejo)

Premiadíssimo Chardonnay que frequentemente recebe o prêmio de Melhor Vinho de Casta Estrangeira no guia do respeitado crítico João Paulo Martins. Encorpado e potente, é sem dúvida um dos melhores Chardonnay de Portugal.

22650 ALTANO BRANCO 2010 (Altano-Symigton/Douro)

Assim como o tinto, o Altano Branco é uma das melhores relações qualidade/preço de Portugal. Elaborado com uma saborosa coleção de castas – Malvasia Fina, Viosinho, Rabigato e Moscatel Galego – mostra um bouquet aromático, repleto de notas de fruta. No palato é fresco e marcante. Uma das boas sugestões para o verão!

US$72.50

21884 LUIS PATO MARIA GOMES 2010 (Luis Pato/Bairrada)

US$25.50

Um vinho leve, fresco e aromático, perfeito para ser bebido como aperitivo ou na companhia de peixes e mariscos, com a assinatura do genial Luis Pato.

US$24.50

40


BRANCOS

Espanha 25910 CAMINO DEL PELEGRINO 2012

24808 REMELLURI BLANCO 2009

(Pazo de Señorans/Rías Baixas)

(Granja Remelluri/Rioja)

Mais recente criação de Pazo de Señorans, Camino del Pelegrino Albariño é elaborado segundo a mesma filosofia minimalista que o produtor emprega em seus elogiados Albariño e Albariño Selección de Añada. É um vinho para ser consumido jovem, mostrando muita tipicidade nos aromas de melão, pera e pêssego, além de um palato vivo, cheio frescor. É uma ótima escolha para acompanhar os pratos leves do verão.

O Remelluri Blanco é um dos mais cultuados e disputados brancos da Espanha, de minúscula produção. Este branco espelha o caráter único da Granja Remelluri e o enorme talento do enólogo Telmo Rodríguez. O corte de 9 castas (que Telmo faz questão de manter em segredo) revela notas de fruta cítrica e de pêssego no nariz e um palato vivo, com toques de amêndoas e gengibre, arrematando 93 pontos de Neal Martin, colaborador de Robert Parker no The Wine Advocate.

US$49.90

US$137.90

24802 MOUNTAIN BLANCO 2010

22142 ERRE PUNTO BLANCO 2009

(Telmo Rodriguez/Málaga)

(Remirez de Ganuza/Rioja)

Mountain Blanco é um vinho elaborado a partir de vinhas velhas de Moscatel de Alejandría plantadas nas encostas escarpadas de Málaga, na Andaluzia, em solo coberto de ardósia e a uma altitude entre 500 e 1000 metros. Trata-se de uma versão seca do histórico Mountain Wine de Málaga, que já foi um dos mais celebrados do planeta. Maturado durante 9 meses em carvalho francês, o Mountain Blanco é rico e cativante, muito perfumado, combinando notas de flor de laranjeira, especiadas e minerais. No palato mostra uma textura aveludada e longa persistência.

Erre Punto é elaborado com um corte de 40% Malvasía e 60% Viura, fermentado e maturado em barricas de carvalho. Um branco “profundo, concentrado e complexo” nas palavras de Parker, que concedeu 92 pontos para a safra 2009.

US$71.90

US$53.90 23382 NELIN 2009 20855 INSPIRACIÓN VALDEMAR TEMPRANILLO BLANCO 2009

(Clos Mogador/Priorato)

(Bodegas Valdemar/Rioja)

O Nelin é um blend surpreendente que combina diversas uvas – 50% de Garnacha Blanca e porcentagens variadas de Pinot Noir Blanc, Macabeo, Marsanne, Roussanne, Pedro Ximenez e Escanyo Velles. A safra 2009 recebeu 91 pontos de Robert Parker, que comentou: “Tem um equilíbrio impecável, um volume excelente e uma persistência infinita”. Vale a pena provar o Nelin por no mínimo duas razões: para descobrir os aromas por trás dos vinhos brancos dessa clássica região de tintos, e pela exótica mistura de castas.

O primeiro vinho do mundo elaborado com a uva Tempranillo Blanco, uma mutação da Tempranillo tinta, que somente é encontrada na Rioja. Fermentado em barricas de carvalho, combina exuberantes notas de fruta com uma marcante presença no palato. Um branco potente, que acompanha uma infinidade de pratos

US$76.50

US$109.50

41


BRANCOS

Alemanha 24324 FINCA MONTEPEDROSO VERDEJO 2011

13306 FORSTER JESUITENGARTEN GRAND CRU FASS “63” RIESLING 2003

(Finca Montepedroso/Rueda)

(Dr. Bürklin-Wolf/Pfalz)

Este delicioso Verdejo é um branco refinado, repleto de fruta e mineralidade, com uma perfeita acidez, no mais típico estilo dos bons Rueda. É um vinho cativante e autêntico, que combina as melhores características da região com um estilo moderno conferido pelo enólogo Lauren Rosillo, que tem larga experiência na vinificação de brancos na África do Sul e Nova Zelândia.

O Jesuitengarten Fass Barrel 63 é um excelente Grand Cru da região de Pfalz, de muita complexidade. Da ótima safra de 2003, demanda muitos anos para mostrar todas as qualidades. Encorpado e opulento, é ao mesmo tempo refinado e potente, com muita personalidade, sendo uma ótima tradução deste maravilhoso terroir.

US$42.50

US$149.50

25198 NÓTIOS WHITE 2012

13312 IPHOFER JULIUS-ECHTER-BERG RIESLING SPÄTLESE TROCKEN “S” 2004

Grécia (Gaía/Peloponeso)

Vinho vibrante e de muito caráter, produzido por Gaía, um dos melhores produtores gregos. A uva Moschofílero contribui com um fascinante aroma floral e a uva Rodítis com um macio caráter cítrico. Essa mescla resulta em um vinho frutado, leve, harmônico e refrescante.

(Hans Wirsching/Franken)

US$39.90

US$79.90

25201 THALASSITIS OAK FERMENTED 2011

18268 HOCHHEIM RIESLING CLASSIC 2007

(Gaía/Santorini)

(Domdechant Werner/Rheingau)

Esta versão fermentada em barricas da casta Assyrtico é um ótimo meio termo entre o vinho da uva típica grega com a vinificação francesa. O resultado é um vinho robusto e profundo, com elegantes notas tostadas e ótima complexidade.

Com uma pequena produção, este excelente Riesling do Rheingau é elaborado no melhor estilo da região, com uma refrescante acidez e convidativas notas florais e de frutas maduras. Para a revista Wine Spectator, é um vinho “de dar água na boca”, “firme e preciso”. Uma bela interpretação da casta Riesling.

Julius-Echter-Berg é o melhor vinhedo de Hans Wirsching, classificado como Grosses Gewächs (Grand Cru). Este excelente branco é bastante seco, muito aromático e complexo, podendo evoluir em garrafa por muitos e muitos anos.

US$63.90

US$56.00

42


BRANCOS

Áustria 18273 KIEDRICH GRÄFENBERG RIESLING KABINETT TROCKEN 2007

20799 RIESLING STEINRIEGL FEDERSPIEL 2009

(Robert Weil/Rheingau)

(Franz Prager/Wachau)

Robert Weil é o maior nome do Rheingau e uma das grandes estrelas do mundo do vinho. Este excelente Riesling é produzido com uvas do vinhedo mais prestigiado de Weil, o mítico Gräfenberg. Mostra um complexo bouquet, com caracteristicas florais e minerais, acidez marcante e grande elegância.

Toni Bodenstein, diretor da Prager desde 1990, busca desenvolver vinhos que retratem fielmente o terroir de onde provêm as uvas. Este fantástico Riesling apresenta deliciosos aromas de fruta misturados com notas minerais. Na boca é fresco, equilibrado e delicado. Uma excelente opção para quem aprecia vinhos brancos diferentes e de muita qualidade!

US$77.90

US$78.50

20802 VILLA BÜRKLIN CUVÉE WEISS 2009

22656 GRÜNER VELTLINER L. BERGVOGELSANG 2010

(Dr. Bürklin-Wolf/Pfalz)

(Wilhelm Bründlmayer/Kamptal)

Elaborado com um saboroso corte de diversas castas – uma raridade na Alemanha – este cativante branco é fresco e bastante aromático, sendo um excelente aperitivo ou acompanhamento de uma grande variedade de pratos.

A uva Grüner Veltiner origina brancos deliciosos e é a mais emblemática da Áustria. Este exemplar é encorpado, seco e bastante complexo, com ótima acidez e um aroma delicado e muito fino. Na boca é refrescante, simplesmente uma delícia.

US$39.90

US$68.90

20838 HOCHHEIM RIESLING CLASSIC QBA 2009

25852 MUSKAT OTTONEL 2012 (Alois Kracher/Burgenland)

(Domdechant Werner/Rheingau)

Com uma pequena produção, este excelente Riesling do Rheingau é elaborado no melhor estilo da região, com uma refrescante acidez e convidativas notas florais e de frutas maduras. Para a revista Wine Spectator, é um vinho “de dar água na boca”, “firme e preciso”. Uma bela interpretação da casta Riesling.

O branco Muskat Ottonel — uva de origem francesa, resultante do cruzamento da Chasselas com a Muskat de Saumur — é um vinho fresco e intensamente perfumado. No palato é vibrante, com notas cítricas, de maçãs e de ervas, mostrando uma deliciosa mineralidade no final de boca. É um belo vinho para conhecer esta casta tão rara e diferente!

US$59.00

US$55.00

43


BRANCOS

Hungria

Nova Zelândia

24190 TOKAJI FURMINT MANDOLÁS 2010

25537 KUMEU RIVER PINOT GRIS 2011

(Tokaji Oremus/Tokaj)

(Kumeu River/Auckalnd)

Grande descoberta, o Mandolás é o delicioso branco seco elaborado por Oremus (Vega Sicília) na Hungria, com uvas Furmint. O aroma é intenso e complexo, com toques cítricos. Na boca é muito saboroso e rico, pleno e encorpado, com grande finesse e um toque amanteigado. Muito aromático e com perfeita acidez, é um vinho apaixonante, de excelente relação qualidade/preço. Muito recomendado!

Este Pinot Gris — lançamento que gerou muito interesse no país — leva a assinatura de precisão do enólogo Michael Brajkovich, sendo talhado em um estilo rico, a partir de colheita manual, leveduras naturais e um método não intervencionista de produção. Repleto de notas de fruta doce e florais, com uma sedutora textura amanteigada no palato,

US$84.50

US$51.50

Austrália 25539 TE TERA SAUVIGNON BLANC 2012 (Martinborough Vineyard/Wairarapa)

Com aromas de frutas tropicais, como maracujá, e um palato macio e cativante, com ótima persistência, Te Tera Sauvignon Blanc é um vinho com incrível tipicidade da casta. Não exibe as notas herbáceas características dos Sauvignon Blanc de clima frio, sendo redondo, repleto de personalidade, em um estilo fácil de gostar.

25297 JULIUS RIESLING 2012 (Henschke/Eden Valley)

“Vibrante” e “de grande intensidade de aromas cítricos e minerais”, nas palavras de Robert Parker, o Julius é um maravilhoso Riesling australiano. Mereceu 91+ pontos do crítico norte-americano e 90 pontos da Wine Spectator na safra 2012. Delicado, cheio de matizes, é uma incrível surpresa de Eden Valley, um branco puro e muito atraente.

US$55.90

US$119.00

25304 SCRUBBY RISE UNOAKED CHARDONNAY 2012 (Wirra Wirra/McLaren Vale)

Ótimo Chardonnay australiano sem madeira. O Scrubby Rise Unoaked Chardonnay mostra os aromas puros da casta cultivada na região de McLaren Vale. Pêssego doce, suco de limão e melão fresco dominam o olfato. Fresco e sedoso no palato, é um branco exemplar para combinar com frutos do mar, saladas e massas.

US$46.90 44


BRANCOS

África do Sul

Estados Unidos

23037 PORCUPINE RIDGE SAUVIGNON BLANC 2011

24414 MER SOLEIL CHARDONNAY 2009

(Boekenhoutskloof/Franschhoek)

(Caymus Vineyards/Califórnia)

Ótimo Sauvignon Blanc da África do Sul, de excepcional relação qualidade/preço. Fino e muito aromático, na boca é saboroso e intenso, refrescante, com grande equilíbrio entre a fruta e a perfeita acidez. Muito recomendado!

É um branco suntuoso, com bouquet muito complexo e envolvente. É um dos melhores Chardonnays californianos, produzido pela Caymus, num vinhedo em Santa Lucia Highlands, no condado de Monterey, na Central Coast.

US$26.90

US$99.50

23042 REYNEKE CHENIN BLANC 2010

22227 HAWK CREST CHARDONNAY 2008

(Reyneke/Stellenbosch)

(Hawk Crest/ Califórnia)

A única vinícola totalmente biodinâmica e certificada da África do Sul, Reyneke elabora vinhos vibrantes e cheios de personalidade, entre os maiores achados do país na atualidade. Todos os vinhos desta dinâmica vinícola recebem excelentes notas de John Paltter, com elogios como “sério”, “classudo”, “fantástico” e “soberbo”. O aromático Chenin Blanc é um dos melhores exemplos da casta elaborados no país, ostentando uma impressionante mineralidade e frescor.

Este Chardonnay mostra um estilo bem californiano, rico e cheio de fruta, com ótimas notas de carvalho.

US$43.90

US$57.90

24958 HRV CHARDONNAY 2011

25021 CHARDONNAY PARDUCCI 2010

(Hamilton Russell/Walker Bay)

(Mendocino/Califórnia)

É um dos brancos mais premiados da África do Sul. O Hamilton Russell Chardonnay seduziu a crítica especializada e os enófilos de todo o mundo pela semelhança com os mais elegantes exemplares da Borgonha. Elaborado no frio Vale de Hemel-enAarde, em Walker Bay, a poucos quilômetros do Oceano Atlântico, beneficia-se da brisa marítima, revelando notas delicadas de nectarina no nariz e de avelã no paladar. Muito profundo e persistente, com toques de frutas cítricas no final de boca.

Dentre os grandes achados da Mendoncino Wine Co, Parducci é fonte de algumas das maiores pechinchas do Novo Mundo. Este Chardonnay é delicioso, fácil de gostar, ótima descoberta entre os brancos californianos.

US$36.90

US$ 79.90

45


BRANCOS

Argentina

25022 ALAMOS TORRONTÉS 2012

23852 TAHUAN CHARDONNAY 2010

(Alamos-Catena Zapata/Mendoza)

(Tikal-Ernaesto Catena/Mendoza)

Ótima novidade, com a mesma extraordinária relação qualidade/preço da linha Alamos. A Torrontés é a uva branca mais emblemática da Argentina, originando vinhos muito aromáticos. O Alamos combina um sedutor e complexo bouquet com ótima acidez, em um conjunto bastante equilibrado, sem a graduação alcoólica elevada de outros exemplares produzidos com esta casta. Uma ótima descoberta!

Elaborado com uvas colhidas em uma altitude de 1100 metros em Mendoza, com estágio de 8 meses em carvalho francês e americano, o Tahuan Chardonnay é um saboroso achado. O crítico Stephen Tanzer o descreveu como um branco “amplo”, “redondo” e “rico”.

US$29.90

US$18.90

23364 MASI PASSO BLANCO PINOT GRIGIO/TORRONTÉS 2011

25050 CATENA ZAPATA ADRIANNA CHARDONNAY WHITE BONES 2009

(Masi Tupungato/Mendoza)

(Catena Zapata/Mendoza)

Combinando mais uma vez castas emblemáticas da Argentina com uvas típicas italianas, Masi Tupungato elaborou este branco saboroso e original. Fresco, aromático e cheio de personalidade, é perfeito para acompanhar pratos com acento oriental ou mesmo como um delicioso aperitivo. Mais uma bela surpresa de Masi Tupungato, diferente de tudo que você já provou na Argentina.

Segundo Parker, o White Bones 2009 “deixaria com vergonha muitos Grands Crus da Borgonha”. Este Chardonnay mereceu nada menos que 96 pontos do crítico norteamericano, a mais alta nota já concedida a um branco da América do Sul. As uvas são originadas no vinhedo Adrianna, de solo aluvial, rico em calcário, e subsolo composto de pedras redondas. Seu estilo é exuberante e denso, com notas de mel e damasco, muito cremoso no palato, com ótima acidez “e um elemento salino que confere ao vinho uma textura tridimensional”, na opinião de Stephen Tanzer. Sem dúvida uma das mais fantásticas expressões da casta Chardonnay.

US$25.90

US$159.90

Chile 21756 SANTA ALVARA CHARDONNAY 2010

23234 CLASSIC SAUVIGNON BLANC 2011

(Lapostolle/Casablanca)

(Viña Carmen)

Com a prestigiosa chancela de Lapostolle, o saboroso Santa Alvara Chardonnay é um dos vinhos de melhor relação qualidade/ preço do Chile. As uvas são colhidas no vale de Casablanca, a mais famosa região do país para brancos. Carca de 20% do vinho é maturado em barricas de carvalho, conferindo ao branco complexidade e um agradável toque cremoso no palato.

Um branco saboroso, cheio de charme e frescor. Bastante aromático e fresco, mostra ótima relação qualidade/preço, como toda linha Classic da Viña Carmen.

US$20.90

US$15.90

46


BRANCOS

24950 AMAYNA SAUVIGNON BLANC 2012

23245 OUTER LIMITS SAUVIGNON BLANC 2011

(Viña Garcés Silva/Layda)

(Viña Montes/Zapallar)

Um dos mais elogiados brancos chilenos. Mostra um bouquet impressionante de frutas tropicais, notas cítricas e um sofisticado toque mineral. Excelente relação qualidade/preço.

O Outer Limits Sauvignon Blanc surpreende pela elegância e riqueza de sabores de fruta tropical e cítrica, combinadas a uma incrível mineralidade e frescor. Logo em seu lançamento, este maravilhoso branco já foi eleito o melhor Sauvignon Blanc de clima frio do Chile, em um painel que reuniu especialistas chilenos e norte-americanos.

US$43.90

US$ 53.50

Brasil 25397 VALLONTANO CHARDONNAY 2013 (Vallontano/Vale dos Vinhedos)

Um Chardonnay saboroso, aromático e fresco, com ótima presença no palato. O estilo marcante, mas limpo e sem madeira, é o mesmo que vem fazendo cada vez mais sucesso entre vários bons produtores de Chardonnay de todo o mundo. Uma grande descoberta!

R$46.50

Uruguai 22994 CISPLATINO TORRONTÉS 2011 Ótimo branco de Pisano, com excelente relação qualidade/preço. Ele é elaborado com a interessante uva Torrontés, muito encontrada no Uruguai e na Argentina. Leve, refrescante e aromático, este vinho uruguaio é muito agradável, sendo ideal como aperitivo.

US$18.90

47


TINTOS LEVES PARA O VERÃO MUITOS ENÓFILOS NÃO DISPENSAM OS VINHOS TINTOS MESMO NOS DIAS MAIS QUENTES DE VERÃO. NESTE CASO, É MUITO MELHOR OPTAR POR UM TINTO MAIS LEVE, COM BOA ACIDEZ, ESPECIALMENTE PARA ACOMPANHAR OS APERITIVOS DA ESTAÇÃO OU PARA AS SITUAÇÕES MAIS DESCONTRAÍDAS. É CLARO QUE EM UM JANTAR FORMAL, EM UM AMBIENTE COM TEMPERATURA REFRIGERADA, POR EXEMPLO, VOCÊ AINDA PODE ESCOLHER SEUS TINTOS FAVORITOS PARA ACOMPANHAR OS PRATOS MAIS FORTES, MESMO NO VERÃO. NO ENTANTO, NÃO FAZ SENTIDO TOMAR UM VINHO TINTO ENCORPADO, RESFRIADO OU NÃO, À BEIRA DA PISCINA EM UM DIA DE CALOR, POIS PARA ESSA OCASIÃO HÁ DIVERSAS OPÇÕES MUITO MAIS APROPRIADAS ENTRE OS BRANCOS, ESPUMANTES, ROSADOS E ATÉ MESMO TINTOS – DESDE QUE SEJAM UM POUCO MAIS DELICADOS, COMO AS SUGESTÕES A SEGUIR.

França 24515 MARIUS 2011

23991 ANJOU CLOS DE LA FOLIE 2009

(M. Chapoutier/Languedoc-Roussillon)

(Domaine Baumard/Loire)

Delicioso tinto elaborado por Chapoutier no Languedoc-Roussillon. As 2 variedades utilizadas no corte têm raízes no Rhone: Syrah e Grenache. O resultado é um vinho alegre, descontraído, frutado e com agradável frescor!

Ao contrário do rótulo original, que é uma coleção de muitas citações sobre a loucura, o vinho é facilmente decodificado como ele é, construído sobre um prazer gourmet.Estiloso e consistente é a expressão de um bom vinho tinto do Loire. Só é produzido em determinados anos.

US$26.50

US$49.90

21967 MORGON CHÂTEAU DES JACQUES 2009 19706 ATTITUDE PINOT NOIR 2008

(Louis Jadot/Borgonha)

(Pascal Jolivet/Loire)

Morgon é um dos 10 Crus de Beaujolais. Este vinhedo localizado perto da cidadezinha Ville Morgon foi comprado pela Maison Louis Jadot em 2001. É um vinho fresco, aveludado, versátil, com muita presença de fruta. Excelente para ser bebido jovem mas com poder de envelhecimento de 10 anos. Quanto mais velho, as notas de frutas dão lugar as especiarias.

Pascal Jolivet elaborou com maestria este Pinot Noir delicado e cheio de nuances. Mostra um agradável frutado e um toque macio e sedoso no palato. É um vinho que combina muito bem com carnes leves ou até mesmo peixes.

US$42.90

US$59.90 48


TINTOS LEVES PARA O VERÃO

24686 FIGARO ROUGE 2011

25217 GHIAIA NERA 2010

(Mas de Daumas Gassac/Languedoc-Roussillon)

(Tasca d’Almerita/Sicilia)

Saboroso tinto produzido por Mas de Daumas Gassac no sul da França. Ótimo para o dia a dia.

“Delicado e refinado”, nas palavras de Robert Parker, que classificou a safra de estreia deste vinho como “outstanding”, com nada menos que 90 pontos. Elaborado por Tasca d’Almerita com uvas Nerello Mascalese plantadas a 600 metros de altitude no Etna, o Ghiaia Nera mostra um pouco da personalidade do disputado Tascante, com um estilo elegante e fácil de gostar.

US$23.50

US$57.50

24101 MAS KAROLINA CÔTES CATALANES 2010

23554 TERRE DI SAN LEONARDO 2008

(Mas Karolina/Languedoc-Roussillon)

(Tenuta San Leonardo/Trentino)

Com muita tipicidade, este delicioso tinto esbanja frutas negras e revela um paladar denso e bastante sedoso. Elaborado com Carignan, Cinsault e Grenache com mais de 40 anos de idade pela talentosa enóloga Caroline Bonville, é um vin de pays atraente, fácil de gostar, sem estágio em madeira e que oferece “prazer imediato”, segundo o Guide Bettane Et Desseauve.

Esta empolgante criação da Tenuta San Leonardo é um dos melhores achados do norte da Itália. Elaborado com um corte de diversas castas da propriedade, incluindo Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Carmenère, é um tinto elegante e repleto de camadas de fruta, no estilo de um bom Bordeaux, com o toque aristocrático dos vinhos de San Leonardo.

US$53.50

US$46.90

Itália

Portugal 23083 BARBERA D’ASTI L’AVVOCATA 2010

24041 QUINTA DA PONTE PEDRINHA 2008

(Coppo/Piemonte)

(Quinta da Ponte Pedrinha/ Dão)

Trata-se de um tinto muito aromático, mostrando uma ótima profundidade de fruta e um estilo inegavelmente italiano. A excelente acidez, caracteristica da Barbera, e a exuberância da fruta, tornam este vinho muito fácil de ser combinado com uma vasta gama de pratos. Na boca é fresco, elegante, aveludado e muito saboroso.

Grande descoberta do Dão! O Ponte Pedrinha é fresco e sedutor, com um cativante bouquet floral e ótima presença de boca, bastante macio e saboroso. Ótima relação qualidade/preço em Portugal.

US$29.50

US$44.50

22411 BARDOLINO CLASSICO FRESCARIPA 2010

24047 DOURO 2010 (Lavradores de Feitoria/Douro)

(Agricola Masi/Veneto)

Um dos grandes Best Buys de Portugal, o Lavradores de Feitoria Tinto combina as uvas Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca de algumas das melhores Quintas do Douro. Trata-se de um vinho moderno e saboroso, com nítidas notas de fruta vermelha madura e invejável equilíbrio.

Tinto do Veneto que usa as mesmas castas e possui as mesmas características de seu primo mais famoso, o Valpolicella, porém sendo mais delicado. Para ser bebido jovem e levemente resfriado. Perfeito para os dias mais quentes.

US$39.90

US$28.90

49


TINTOS LEVES PARA O VERÃO

25791 ALVARELHÃO 2012

25445 PLIC PLIC PLIC 2010

(Campolargo/Bairrada)

(Anima Negra/Montsant)

Carlos Campolargo resolveu elaborar um tinto com essa casta esquecida, e caprichou. Ao ser apresentado para a imprensa internacional, o Alvarelhão 2011 logo se destacou – foi eleito pela Master of Wine Julia Harding um dos 50 melhores vinhos portugueses entre todos os 1.200 que ela degustou a longo de 2012. “Muito perfumado”, “intenso e distinto”, descreveu a crítica britânica.

Excelente e alegre tinto elaborado por Anima Negra em Montsant. Aromas de frutas negras, chocolate, baunilha e um agradável toque mineral. Na boca é desprentensioso, saboroso, fresco e com amplo final.

US$31.90

US$42.50

Espanha

Grécia 25452 TEOREMA GARNACHA VIEJAS VIÑAS 2010

23069 NÓTIOS 2010 (Gaía/Peloponeso)

(Bodegas Y Viñedos del Jalón/Calatayd)

Este saboroso tinto é elaborado com a elogiada uva grega Agiorgitiko e mostra todas as melhores qualidades da casta, com um aroma amplo e generoso, marcado por frutas escuras e framboesa, e um final de boca sedoso. No palato, é rico e macio, com bastante elegância.

O Teorema impressiona pela pureza de fruta madura combinada a notas de cacau, balsâmicas e de mel e um frescor com toques de mineralidade. Macio no palato, é um vinho que remete à essência de sua variedade, a Garnacha Tinta de vinhas velhas, e de seu terroir: um microlima agreste, entre 680 e 1050 metros de altitude.

US$42.50

US$28.90

Alemanha

24084 GABA DO XIL MENCIA 2010 (Telmo Rodríguez/Valdeorras)

Este tinto é elaborado com a casta Mencia, famosa pelos fantásticos vinhos de Bierzo. Esta versão é exuberante e cheia de fruta, com um delicioso toque sedoso no palato. Um vinho de grande frescor e fácil de gostar, perfeito para ser servido à mesa.

18261 DR BÜRKLIN-WOLF PINOT NOIR QBA TROCKEN 2006 (Dr. Bürklin-Wolf/Pfalz)

Este tinto mostra notas de ameixa combinadas a um leve toque tostado. No palato é macio com taninos finos. A boa acidez deixa o vinho fresco e marcante.

US$39.90

US$77.00 22121 FINCA ANTIGUA CRIANZA 2008 (Finca Antigua/La Mancha)

Aromático, com agradável presença de fruta e madeira bem integrada, é um vinho redondo e elegante, combinando com uma infinidade de pratos.

US$33.90

50


TINTOS LEVES PARA O VERÃO

África do Sul

Áustria 23809 ZWEIGELT 2010

24957 HAMILTON RUSSELL PINOT NOIR 2010

(Wilhelm Bründlmayer/Kamptal)

(Hamilton Russell/Walker Bay)

O Dr. Zweigelt, criador da casta da qual é feito este vinho, cultivou vinhedos na região de Langenlois. Partes destes vinhedos são de propriedade de Bründlmayer. Produzido com rendimentos limitados a partir de videiras desta uva tinta austríaca, o vinho é marcante, com boa fruta e um toque elegante.

Os críticos mais respeitados surpreendem-se com o estilo do Hamilton Russell Pinot Noir que lembra os melhores exemplares franceses sem deixar de lado o saboroso acento regional. Com 95 pontos de Parker na safra 2010, trata-se de um tinto elegante, com notas de frutas vermelhas frescas, corpo médio, taninos suaves e sedosos e uma acidez vibrante.

US$48.90

US$95.50

Estados Unidos

23812 ILLMITZ ZWEIGELT 2009 (Alois Kracher/Áustria)

Elaborado com a uva Zweigelt, este tinto é elegante e saboroso, com boa fruta e ótima acidez.

24407 CLOUDLINE PINOT NOIR 2009 (Domaine Drouhin/Oregon)

US$42.50

Este Pinot Noir é um verdadeiro achado. Assinado por Véronique Drouhin-Boss, é fino e sedoso, com um delicioso toque francês.

US$49.90

Nova Zelândia 25533 ISABEL ESTATE PINOT NOIR 2010

23300 CROSSBARN PINOT NOIR SONOMA COAST 2009

(Isabel Estate/Marlborough)

(Paul Hobbs/Califórnia)

O que impressiona neste vinho é a complexidade de perfumes, com predomínio de cassis, amoras, violeta e notas minerais. No palato é aveludado, com ótimo nervo, concentrado e levemente amendoado.

Elaborado a partir de uma seleção rigorosa de vinhos de vinhedo único de Sonoma Coast, trata-se de um vinho complexo e elegante, com frutas negras e vermelhas doces e maduras, especiarias e um toque mineral inconfundível. De textura deliciosa, tem profundidade e persistência.

US$84.50

US$98.50

23007 WOODTHORPE GAMAY NOIR 2011 (Te Mata/Hawke’s Bay)

Este saboroso Gamay é elaborado no estilo dos melhores Crus de Beaujolais, com um bouquet repleto de frutas vermelhas maduras e uma ótima acidez. Maturado por 4 meses em barricas de carvalho, mostra um leve tostado e uma agradável textura sedosa.

US$59.90

51


TINTOS LEVES PARA O VERÃO

Argentina 25248 ALAMOS BONARDA (Alamos-Catena Zapata/Mendoza)

Concentrado e cheio de fruta madura, este saboroso tinto elaborado com a casta Bonarda leva a prestigiosa assinatura de Catena Zapata. Elaborado em um estilo alegre, que agrada a todos.

US$18.90

25589 MASI TUPUNGATO MALBEC 2012 (Masi Tupungato/Mendoza)

Tinto denso, cheio de fruta e especiarias e com um cativante toque de chocolate no final de boca — além de todo apelo gastronômico dos vinhos de Masi. É um excelente achado da Argentina, com a assinatura de um dos grandes nomes do mundo do vinho.

US$19.90

Chile 23672 CASA LAPOSTOLLE MERLOT 2011 (Lapostolle/Vale de Rapel)

Este saboroso tinto é elegante, macio e bem equilibrado. Robert Parker já descreveu seu bouquet como “quase de um Borgonha” e elogiou seu palato: “concentrado e harmonioso, com taninos soberbamente maduros”.

US$28.90

24169 AMAYNA PINOT NOIR 2009 (Viña Garcés Silva/Leyda)

Pinot Noir maravilhoso, de muita profundidade, combinando elegância e complexidade. Tem uma textura aveludada e um longo final de boca. Já foi indicado como “Melhor Vinho do Novo Mundo” por Steven Spurrier.

US$58.90

52


SUGESTÕES DE KITS COM VINHOS

OUTROS ESTADOS

SANTA CATARINA Carolina Testoni (47) 9168-7567 / (48) 9155-0195 e Camila Maffezzolli (47) 3028-8878 / (47) 9161-2136

Mistral Rio de Janeiro (21) 3534-0044 Praça Santos Dumont 74/76, Gávea Mistral Brasília (61) 3701-1000 SHIS / Sul QI 09 Bloco J Lojas 03 e 04

RIO GRANDE DO SUL Porto Alegre - Amilton Leal (51) 9707-3107 e (51)3737-7813

Mistral Belo Horizonte (31) 3115-2100 e (31) 9907-2850 Rua Claudio Manoel 723, Savassi

Caxias do Sul - Manoel Maciel (54) 3221-4961 e (54) 9973-6757 BAHIA Salvador - Ana Bagesteiro (71) 8840-3909 e (71) 8788-3889

NOSSOS REPRESENTANTES E VENDEDORES

Sul e Sudoeste da Bahia – Marcio Ribeiro (73) 9975-0716

GRANDE ABC , LITORAL E VALE DO PARAÍBA (SP) Litoral Sul e Grande ABC Marcos Medeiros (11) 98953-8062

SERGIPE Aracajú - Ana Bagesteiro (71) 8840-3909 e (71) 8788-3889

Litoral Norte e Vale do Paraíba Marcelo Banhara (11) 99369-6491, (12) 98142-8181

ALAGOAS Maceió - Ana Cecilia (Club du Vin) (81) 3326-5719

INTERIOR DE SP Bauru - Geraldo Plese (14) 3841-3236 e (14) 98115-2573

PERNAMBUCO Recife - Ana Cecilia (Club du Vin) (81) 3326-5719

Campinas - Madalena Correa (19) 98146-2691 e (19) 3272-1007

PARAÍBA João Pessoa - Ana Cecilia (Club du Vin) (81) 3081-5250, (81) 3326-5719 e (81) 3081-5260

Piracicaba - Nilson Schiavon (19) 99787-4417

RIO GRANDE DO NORTE Natal – Linesio Duarte (84) 9401-0342 e (84) 9816-5711

Ribeirão Preto - Alexandre Martins (16) 99136-4569 e (16)3621-5885 São José do Rio Preto - Marcos Braga (17) 98133-1747- (17) 78120836

CEARÁ Fortaleza - Lara Studart e Helano Pinheiro (Concept Wine) (85) 3265-6633 e (85) 8833-4994

ESPÍRITO SANTO Marco Ferrara – (27) 9600-5283 e (27) 8149-3371

MARANHÃO São Luís - Machado Junior (86) 9907-1261

MINAS GERAIS Belo Horizonte e outras regiões de Minas José Maria Carvalho (31) 3115-2100 e (31) 9907-2850

PIAUÍ Teresina - Machado Junior (86) 9907-1261 AMAZONAS Manaus - Ivan Mendes (92) 3584-1065 e (92) 8133-4945

Monte Verde e Sul de Minas - Roberto Filgueiras (35) 3438-1716 e (35) 8816-4811 e (35)8816-4819

PARÁ Belém do Pará - Fabio Ferreira (91) 8155-9887 e (91) 3224-3257

Uberlândia / Triângulo Mineiro Sofia Palazzo (34) 9914 1801

MATO GROSSO Cuiabá - Kezia Giugni (65) 8416-0583

PARANÁ Curitiba - Luiz Groff (In Vino Veritas) (41) 3338-7519- (41)8403-1674 e (41) 9979-3559

MATO GROSSO DO SUL Campo Grande - Douglas Mamoré (67) 3043-2988 e (67) 8421-9797

Londrina - Renato Bigati (43) 9118-4070

53


SUGESTÕES DE KITS COM VINHOS

Mistral Importadora Ltda Rua Rocha, 288 São Paulo SP Brasil CEP 01330-000 Tel 55 11 3372 3400 Fax 55 11 3372 3417 mistral.com.br

54


Catálogo Espumantes e outros Vinhos para o Verão 2013