Issuu on Google+

20


Compre pelo telefone 11 3372 3400 www.mistral.com.br


Novos Vinhos 60 Vinhos Premiados

perfeitos para o inverno

20 Eternos Favoritos da Mistral

4 8 18

SugestĂľes

para harmonizar com as clĂĄssicas receitas de inverno

Kits Especiais

para presentear

Vinhos para comprar por caixas e ter sempre em casa

24 30 34


novos vinhos


TINTOS 25123

Domaine des Tours Vin de Pays de Vaucluse 2009

(Château des Tours / Rhône / França) Emmanuel Reynaud, proprietário do mítico Château Rayas e do cultuado Château de Tours, elabora este Vin de Pays com as uvas Grenache, Counoise, Syrah, Cinsault, Merlot e Dious cultivadas na parte oeste da Provence, na fronteira com o Rhône, usando o mesmo perfeccionismo com que talha seu Grand Vin. O Domaine des Tours Vin de Pays de Vaucluse é rico e saboroso, com notas de lavanda, frutas vermelhas e especiarias combinadas a um sedutor toque mineral. Na boca revela uma textura sedosa e grande persistência. Um verdadeiro achado, de minúscula produção.

US$57.50 25225

Ama Chianti Classico 2010

(Castello di Ama / Toscana / Itália) Para elevar ainda mais a qualidade do cultuado Chianti Classico Castello di Ama, Marco Pallanti decidiu replantar parte dos vinhedos com clones selecionados de Sangiovese em alta densidade. As uvas mostraram uma qualidade realmente excelente, mas o perfeccionismo de Pallanti não permitiu que estas uvas de videiras novas entrassem no Riserva para não alterar o estilo do vinho. Assim surgiu o empolgante Ama, um Chianti Classico elaborado a partir de parreiras jovens, que já nasce como um dos grandes achados da Toscana. Com dez meses de estágio em barricas usadas, é um tinto repleto de frutas vermelhas e de bosque maduras, equilibrado e com ótima acidez e um incrível apelo gastronômico.

US$87.50 25217

Ghiaia Nera 2010

(Tasca d’Almerita / Sicília / Itália) “Delicado e refinado”, nas palavras de Robert Parker, que classificou a safra de estreia deste vinho como “outstanding”, com nada menos que 90 pontos. Elaborado por Tasca d’Almerita com uvas Nerello Mascalese plantadas a 600 metros de altitude no Etna, o Ghiaia Nera mostra um pouco da personalidade do disputado Tascante, com um estilo elegante e fácil de gostar. O nome Ghiaia Nera significa “pedra negra” e remete ao seu terroir único, de solo rico em sedimentos vulcânicos. “É uma grande introdução aos vinhos de altitude”, segundo Parker.

US$57.50

Sugestões de Inverno 2013

5


25260

Pato d’Oiro 2010

(Luis Pato e Quinta do Monte d’Oiro / Bairrada e Lisboa / Portugal) Pato d’Oiro é resultado da parceria de dois dos maiores nomes do vinho português – Luís Pato, da Bairrada, e José Bento dos Santos, da Quinta do Monte d’Oiro, na região de Lisboa. Para a respeitada Revista de Vinhos, Pato d’Oiro é um tinto com “muito boa complexidade aromática, fruta madura bem elegante”, “muito afinado”. Amigos desde a universidade, os dois produtores combinaram vinhos talhados em suas respectivas regiões – 45% de Baga, de um vinhedo único de mais de 90 anos na Bairrada, e 45% Tinta Roriz e 10% de Syrah, de Lisboa. A minúscula produção é limitada a 1662 garrafas!

US$169.50 25048

Alamos Red Blend 2011

(Alamos-Catena Zapata / Mendoza / Argentina) Reconhecida por seus vinhos varietais bastante saborosos, a linha Alamos, de Catena Zapata, apresenta este excelente corte de Malbec, Tempranillo, Bonarda, Cabernet Sauvignon, Petit Verdot e Syrah elaborado a partir de uvas colhidas em altitude, nas encostas dos Andes. Concentrado, redondo, frutado, aveludado e com aromas de frutas maduras, especiarias, notas terrosas e madeira bem integrada, é uma ótima novidade da Argentina – mais uma incrível barganha da linha Alamos, tida como uma das melhores relações qualidade-preço do mundo do vinho!

US$18.90

ROSADO 25147

Lacrimarosa 2012

(Mastroberardino / Campania / Itália) “Um grande vinho”, na opinião de Robert Parker, o novo Lacrimarosa é o excelente rosado de Mastroberardino. Elaborado com uvas Aglianico cultivadas especialmente para talhar um rosado de grande classe, foi descrito como “firme e elegante” pela a Wine Spectator. Uma ótima escolha tanto como aperitivo quanto para acompanhar uma refeição.

US$44.50

6

Mistral


BRANCOS 25090

Teixeiró Grande Escolha 2010 (Quinta do Côtto / Vinho Verde / Portugal) Concebido para ser a grande referência entre os brancos de Vinho Verde, o Teixeiró Grande Escolha é cheio, equilibrado, aromático e muito macio. No corte entram as uvas Avesso e Loureiro de videiras entre 10 e 20 anos de idade. O vinho estagia por 6 meses em barricas de carvalho francês, resultando em um branco de maior complexidade do que o já consagrado Paço de Teixeiró. Uma agradável novidade de Portugal.

US$49.90 25049

Catena Zapata Adrianna Chardonnay White Stones 2009 (Catena Zapata / Mendoza / Argentina)

Com fantásticos 95 pontos de Robert Parker e 94+ pontos de Stephen Tanzer, o White Stones 2009 de Catena Zapata já nasce como um dos grandes brancos do mundo. Para Tanzer, é “o mais promissor Chardonnay da Argentina que eu experimentei até agora, no mesmo estilo de um Chablis Grand Cru”. Elaborado com uvas de uma pequena parcela do cultuado vinhedo Adrianna, plantado a 1450 metros de altitude, e com fermentação em carvalho francês, é um branco muito complexo, concentrado e aveludado, combinando notas de mel, minerais e de frutos secos.

US$119.50 25050

Catena Zapata Chardonnay White Bones 2009

BRANCO DOCE 25197

(Catena Zapata / Mendoza / Argentina)

Vinsanto by Gaía 2002

Segundo Parker, o White Bones 2009 “deixaria com vergonha muitos Grands Crus da Borgonha”. Este Chardonnay mereceu nada menos que 96 pontos do crítico norte-americano, a mais alta nota já concedida a um branco da America do Sul. As uvas são originadas no vinhedo Adrianna, de solo aluvial, rico em calcário, e subsolo composto de pedras redondas. Seu estilo é exuberante e denso, com notas de mel e damasco, muito cremoso no palato, com ótima acidez “e um elemento salino que confere ao vinho uma textura tridimensional”, na opinião de Stephen Tanzer. Sem dúvida uma das mais fantásticas expressões da casta Chardonnay.

Gaía se inspirou nos Vinsanto elaborados na Antiguidade. para criar essa moderna versão com a uva autóctone Assyrtico – colhida bem madura e deixada desidratar parte no sol de Santorini e parte na sombra, para concentrar aromas, mas preservar o frescor. No corte também entra pequena dose das uvas Athiri e Aidani. Com fermentação e estágio em cascos de madeira, o Vinsanto by Gaía é um vinho doce extremamente complexo, sem clarificação ou filtragem, revelando uma exuberância singular. Combina muito bem com sobremesas à base de chocolate.

US$159.90

(Gaía / Grécia)

US$129.00

Sugestões de Inverno 2013

7


60 vinhos Premiados perfeitos para o inverno


Espumantes 19446

Vallontano Espumante Brut (Vallontano / Brasil)

“Fino e persistente, vai além do brinde” – 103 Grandes Goles – Prazeres da Mesa

R$47,90 21641

Prosecco di Valdobbiadene Bosco di Gica Brut (Adami / Itália)

“Um estilo intenso e sério de Prosecco” – 91 pontos – Robert Parker

US$49.90 21888

Espumante rosado Bruto Informal 2010 (Luis Pato / Portugal)

“Longo e profundo” – 17/20 pontos – Jancis Robinson

US$54.90 22036

Bollinger Special Cuvée NM (Bollinger / França)

“Camadas de sabores e textura refinada” – 94 pontos – Wine Spectator

US$175.50

BRANCOS 23801

Casa Lapostolle Chardonnay 2011 (Lapostolle / Chile)

“Sabores que se expandem no final” – 88 pontos – Wine Spectator

US$29.90 22912

Bourgogne Blanc Clos du Château 2008 (Château de Puligny-Montrachet / França)

Robert Parker

91

pontos

“Boa profundidade e final deliciosamente fresco” – Burghound

US$69.90

Sugestões de Inverno 2013

9


Robert Parker

89 pontos

23557

Soave Classico 2010 (Inama / Itália)

“Envolve o palato com camadas de fruta” – 89 pontos – Robert Parker

US$48.50 22142 Robert Parker

92

pontos

Erre Punto Blanco 2009

(Remirez de Ganuza / Espanha) “Profundidade, complexidade e concentração” – 92 pontos – Robert Parker

US$71.90 24517

Schieferkopf Riesling 2010 (M. Chapoutier / França) Wine Spectator

90 pontos

“Textura refinada combinada a um fundo mineral” – 90 pontos – Wine Spectator

US$64.90 22894

Trebbiano d’Abruzzo Marina Cvetic 2008 (Masciarelli / Itália)

Robert Parker

90 pontos

“É impossível não admirar o equilíbrio deste vinho. Cremoso, generoso e cheio de estilo” – 90 pontos – Robert Parker

US$113.90 25050

Catena Zapata Chardonnay White Bones 2009 (Catena Zapata / Argentina)

“Deixaria com vergonha muitos Grands Crus da Borgonha” – 96 pontos – Robert Parker

US$159.90 Robert Parker

96 pontos

24165

Lesca Chardonnay 2010 (De Wetshof / África do Sul)

“Final cremoso e encantador” – 90 pontos – Wine Spectator

US$44.50

Wine Spectator

90 pontos


23547

Duquesa D’A 2008 (Aristos / Chile)

“Sensacional, brilhante!” – 20/20 (100) pontos – Decanter

US$199.50 25183

Ch. Musar Blanc 2005 (Château Musar / Líbano)

“Inesquecível” – Simon Hoggart

US$89.90 18665

CrossBarn Chardonnay Sonoma Mountain 2008 (Paul Hobbs / Estados Unidos)

“Uma estonteante pechincha” – Robert Parker

US$73.50

Robert Parker

92

pontos

22500

Wine Maker’s Reserve Chardonnay 2007 (Viña Carmen / Chile)

“Deliciosamente equilibrado, este Chardonnay concentrado proporcionará prazer por muitos anos” – 90 pontos – Robert Parker

US$79.50 25200

Thalassitis 2012 (Gaía / Grécia)

“Simplesmente delicioso, puro e longo” – 92 pontos – Robert Parker

US$55.90

ROSADOS 24443

Rosato 2011

(Castello di Ama / Itália) “Um vinho sério, com equilíbrio impecável” – 91 pontos – Robert Parker

US$39.90

Robert Parker

91

pontos

24199

Artazuri rosado 2011 (Artazur / Espanha)

“Seco, concentrado e refrescante, com um belo equilíbrio no palato” - Robert Parker

US$28.90 Sugestões de Inverno 2013

11


25112

Cirò rosato 2012 (Librandi / Italia)

“Cheio, suculento, moderno e totalmente convincente” – 16,5/20 pontos – Jancis Robinson

US$28.90 23970

Mas Amor 2011

(Huellas / Espanha) “Muito bem feito, com um atraente bouquet com notas de pétalas de rosas” – 89 pontos – Robert Parker

US$35.90 24215

Ciantons Rose 2006 (Vie di Romans / Itália)

“É de longe o rosé mais fascinante que eu provei este ano” – 91 pontos – Robert Parker

US$92.90 24025

Redoma rosado 2010 (Redoma / Portugal)

“Realmente fascinante. É quase um tinto que você pode beber gelado” – Robert Parker

US$38.50

TINTOS 23958

Barolo Castiglione 2008 (Vietti / Itália)

“Impressionante”, “impecável”, “é um Castiglione feminino, de rara classe” – 92 pontos – Robert Parker

US$149.50 21703 Robert Parker

91

pontos

Montes Alpha Syrah 2009 (Viña Montes / Chile)

“Suculento e refinado no palato” – 91 pontos – Robert Parker

US$48.90

12

Mistral


23169

El Gran Enemigo 2008 (El Enemigo / Argentina)

Robert Parker

94 pontos

“Um Cabernet Franc “Top” feito para os amantes da casta como eu” – 94 pontos – Robert Parker

US$159.50 23358

Cepparello IGT 2008 (Isole e Olena / Itália)

“Salta da taça, com notas de ervas, flores e alcaçuz” – 92+ pontos – Robert Parker

Robert Parker

92+ pontos

US$199.50 23307

Quinta do Perdigão Alfrocheiro 2008 (Quinta do Perdigão / Portugal)

“Lindamente estruturado, dá prazer ao beber” – 90 pontos – Robert Parker

US$79.90

Robert Parker

90 pontos

18659

Paul Hobbs Cabernet Sauvignon Napa Valley 2005 (Paul Hobbs / Estados Unidos)

“Encorpado, opulento e carnudo” – 92 pontos – Robert Parker

US$199.50 24404

Robert Parker

92

pontos

Sonoma County Zinfandel 2010 (Seghesio / Estados Unidos)

“Absolutamente delicioso”, “inacreditável relação qualidade-preço” – 93 pontos – Wine Enthusiast

US$69.90 24231

Altano Reserva Quinta do Ataíde 2008 (Altano-Symington / Portugal)

Wine Enthusiast

93 pontos

“Notas de chocolate preto enriquecem o sedutor final de boca” – 92 pontos – Wine Spectator

US$67.00

Wine Spectator

92

pontos

Sugestões de Inverno 2013

13


24713

19316

(Ànima Negra / Espanha)

(Celler de Capçanes / Espanha)

ÀN/2 2010

Costers del Gravet Crianza 2006

“Equilibrado, com boa estrutura e tensão” – 92 pontos – Robert Parker

“Textura sedutora, intenso, cheio de camadas de fruta vibrante” – 90 pontos – Robert Parker

US$69.90

US$72.50

21970

20728

(Louis Jadot / França)

Domaine du Comte Liger-Belair

Moulin à Vent Ch. des Jacques 2009

La Romanée Grand Cru 2007

“Incrível e surpreendentemente macio, tem um palato cheio de fruta exuberante e doce”– (91-92) pontos – Robert Parker

“Com um bouquet caleidoscópico e um perfume de boca que só os mais grandiosos vinhos podem mostrar” – 95 pontos – Burghound

US$69.50

US$2235.00

22898

22888

(Lungarotti / Itália)

(Masciarelli / Itália)

Rubesco 2008

“Excelente densidade e maravilhoso equilíbrio. Cereja doce e notas mentoladas envolvem o final de boca” – 89 pontos – Robert Parker

US$49.90

Montepulciano d’Abruzzo Marina Cvetic 2007 “Salta da taça em camadas perfumadas de fruta vermelha. É um Montepulciano d’Abruzzo especialmente refinado e macio, que impressiona pela elegância” – 92 pontos – Robert Parker

US$90.50

23070

Agiorgitiko by Gaía 2009

23933

(Gaía / Grécia)

Felton Road Pinot Noir Calvert 2010

“Tremendamente interessante”, “é um vinho que os amantes de Borgonha deveriam experimentar” – 90 pontos – Robert Parker

“Com fruta musculosa no palato, boa estrutura e acidez vibrante” – 91+ pontos – Robert Parker

(Felton Road / Nova Zelândia)

US$52.90

US$133.50

21114

22901

(Château Kirwan / França)

(Domaine du Castel / Israel)

Château Kirwan 2008

“Musculoso, concentrado e denso”, “boca cheia de camadas”, “tem potencial para durar duas décadas” – 90 pontos – Robert Parker

US$215.90

Castel Grand Vin 2009

“Imensamente apelativo, sedutor e agradável, com muito charme” – 92 pontos – Robert Parker

US$239.50 23844

23000

Coleraine Cabernet/Merlot 2009 (Te Mata / Nova Zelândia)

“De corpo médio a cheio com taninos finos e firmes, carnudo com acidez vibrante e um final longo e repleto de camadas” – 93+ pontos – Robert Parker

US$177.00

14

Mistral

Brunello di Montalcino 2006 (Biondi Santi / Itália)

“Fascinante riqueza e integridade, com uma potente frutosidade, mostra um estilo cativante e sensual” – 94 pontos – Robert Parker

US$439.00


20962

Tapanappa Cabernet/Shiraz 2005 (Tapanappa / Austrália)

Wine Spectator

93 pontos

“Macio e lindamente talhado, com especiaria, toque de chocolate, fruta preta madura e pimenta preta” – 93 pontos – Wine Spectator

US$139.90 21273

Poeira 2008

(Poeira / Portugal) “Muito preciso, puro e mineral”, “final de boca persistente, com notas de especiarias e chocolate preto” – 91 pontos – Wine Spectator

Wine Spectator

91

pontos

US$129.50 19799

Clos Manyetes 2006

(Clos Mogador / Espanha) “Encorpado, rico e denso, com impressionante profundidade, opulência e impecável equilíbrio” – 94 pontos – Robert Parker

Robert Parker

94 pontos

US$169.50 22586

Chianti Classico Riserva 2007 (Badia a Coltibuono / Itália)

“Fantástico equilíbrio em uma delicada e perfumada expressão de fruta vermelha madura” – 91 pontos – Robert Parker

US$97.50

Robert Parker

91

pontos

21085

Cuvée Alexandre Carmenère 2009 (Lapostolle / Chile)

“Rico”, “profundo” e “moderno” – 92 pontos – Wine Enthusiast

US$57.90 23038

Reyneke Reserve 2008

Wine Enthusiast

92

pontos

(Reyneke / África do Sul)

“Já está maravilhoso, mas deve ainda durar muitos anos” – 94 pontos – Robert Parker

US$149.50 Robert Parker

94 pontos


PORTO, MADEIRA, JEREZ 23511

10 Years Old Malmsay Rich

(Blandy’s / Portugal)

“Palato muito equilibrado, com ataque viscoso que envolve a boca” – 90 pontos – Robert Parker

US$107.90 23979

Manzanilla Pasada Pastrana (Hidalgo / Espanha)

“Fino, complexo e persistente” – 91 pontos – Wine Spectator

US$46.90 21662

Niepoort 10 Years Old Tawny (Niepoort / Portugal)

“A referência para Portos 10 anos” – 95 pontos – Wine Spectator

US$99.90 21557

Quinta do Vesúvio Vintage 2007 (Quinta do Vesúvio / Portugal)

“Aromas fascinantes”, “promete muito com o envelhecimento na garrafa”– 94 pontos – Wine Spectator

US$246.00 14003

Graham’s Vintage Port 2003 (Symington / Portugal)

“Grande, encorpado e expansivo” – 95 pontos – Robert Parker

US$385.00 5647 Decanter

96 pontos

Niepoort 20 Years Old Tawny (Niepoort / Portugal)

“Fino e delicado”– 96 pontos – Decanter

US$169.50

16

Mistral


VINHOS DOCES 23992

Coteaux du Layon Carte d’Or 2010 (Domaine Baumard / Loire / França)

“Intenso, estiloso e puro” – 93 pontos – Wine Spectator

US$59.90 19736

Abafado Molecular tinto 2009 (Luis Pato / Portugal)

“Cheio de fruta, macio e aveludade” – 91 pontos – Robert Parker

US$59.90 (375ml) 24803

Molino Real 2007

(Telmo Rodríguez / Espanha) “Impecavelmente equilibrado, redondo e especiado com um final longo e puro” – 92 pontos – Robert Parker

Robert Parker

91

pontos

US$117.50 22756

Banyuls 2009

(M. Chapoutier / França) “Ameixa e mirtilo e notas de menta e chocolate compõe um vinho extremamente macio” – 90 pontos – Robert Parker

US$58.50 (500ml) 20806

Wachenheimer Böhlig Premier Cru Riesling Beerenauslese 2007 (Dr. Bürklin-Wolf / Alemanha)

“Extraordinário toque delicado para um vinho com esta densidade” – 94 pontos – Robert Parker

US$284.00 (375ml) 21047

Tokaji Aszú 6 Puttonyos 2002 (Tokaji Oremus / Hungria)

“Tem finesse e precisão” – 93 pontos – Wine Spectator

US$199.50 (500ml)

Robert Parker

90 pontos

Sugestões de Inverno 2013

17


20 eternos

favoritos da mistral


24352

Chambolle Musigny 2010

(Joseph Drouhin / Bourgogne / França) Elaborado por Joseph Drouhin - uma das mais aclamadas “maisons” da Borgonha -, este tinto cheio de finesse foi classificado como “outstanding” pela revista Burghound. Uma gande expressão da casta Pinot Noir, é um tinto complexo e refinado, com estrutura moderada e um delicioso acento mineral. O toque aveludado e cheio de fruta é uma das características típicas dos melhores vinhos de Chambolle Musigny.

US$164.90 23221

Montes Alpha ‘M”2009 (Viña Montes / Chile)

Com nada menos que 94 pontos da Wine Spectator na safra 2009, o Montes Alpha “M” é um dos maiores tintos do Chile e da América do Sul. É incrivelmente elegante e refinado, lembrando um grande vinho de Bordeaux. Foi o primeiro vinho superpremium do Chile e até hoje é considerado entre o melhor que o país pode produzir, merecendo sempre notas altíssimas da imprensa especializada.

US$199.50 23377

Font de La Figuera Priorat 2008 (Clos Figueras / Priorato / Espanha)

Super-segundo vinho de Clos Figueras, o importante projeto de René Barbier e Christopher Cannan no Priorato. Complexo, exuberante, com um bouquet cativante e sedutor, é um verdadeiro achado desta cultuada região da Espanha, sempre muito elogiado por Parker e pela Wine Spectator.

US$117.90 22691

Chianti Classico Rancia Riserva 2007 (Fattoria Fèlsina / Toscana / Itália)

O cultuado Chianti Classico Rancia Riserva é, para muitos, o melhor Chianti da atualidade — “uma das melhores compras entre os vinhos de grande qualidade” para Robert Parker, que classificou a safra de 2007 com impressionantes 96 pontos! Parker destacou a “fruta suntuosa e a sensualidade pura” do tinto que é maturado 16 meses em barricas de carvalho. O vinho é elaborado com uvas de um vinhedo único e excepcional, que por seu caráter único é vinificado separadamente. Uma das mais grandiosas expressões de Chianti Classico.

US$ 149.90

Sugestões de Inverno 2013

19


21880

Vinhas Velhas tinto 2008

(Luis Pato / Bairrada / Portugal) Luis Pato é o maior nome da Bairrada e talvez o maior enólogo de Portugal. O Vinhas Velhas tinto mostra a casta Baga “domada”, mas cheia de potência e fruta, com uma enorme capacidade de envelhecimento. É uma ótima pedida para acompanhar pratos elaborados.

US$73.50 22198

Côtes du Rhône Parallèle 45 rouge 2009 (Paul Jaboulet Aîné / Rhône / França)

Um dos melhores e mais consagrados Côtes du Rhône, produzido pela reputada Paul Jaboulet Aîné, que se encontra na melhor fase dos últimos tempos. Rico, intenso e saboroso, é o “Best Value” entre todos de sua região, segundo o crítico Frank Prial, do New York Times, e uma das melhores relações qualidade/preço do mundo, segundo a Wine Spectator. Belo achado! Impossível não gostar!

US$39.90 23085

Pomorosso 2008

(Luigi Coppo / Piemonte / Itália) Certamente um dos melhores e mais reputados tintos do Piemonte, o Pomorosso representa o ponto máximo de qualidade da casta Barbera. É um vinho extremamente complexo e elegante, com uma ótima acidez, o que o torna uma perfeita companhia para carnes mais gordurosas. Um tinto com lugar cativo na cobiçada lista dos “tre bicchieri” do Gambero Rosso.

US$189.50 22378

Porcupine Ridge Syrah 2010

(Boekenhoutskloof / África do Sul) Fantástico “Best Buy”, o imbatível Porcupine Rigde Syrah é elaborado por Boekenhoutskloof, o maior especialista sul-africano nesta variedade. É um dos vinhos favoritos de Jancis Robinson, para quem “é a resposta sul-africana para os Syrah do norte do Rhône”. Rico e intenso, estiloso, um vinho na medida certa.

US$34.90

20

Mistral


22837

Barbaresco 2008

(Angelo Gaja / Piemonte / Itália) Verdadeiro ícone do Piemonte, o Barbaresco de Angelo Gaja é o máximo em elegância e sofisticação que esta comuna pode produzir. O bouquet é incrivelmente complexo e rico, devendo se desenvolver ainda mais no decorrer dos anos. Potente e elegante na boca, mostra a casta Nebbiolo em seu esplendor. A fantástica safra de 2008 originou um vinho excepcional, que mereceu 93 pontos de Robert Parker, que o descreveu como um tinto “de tirar o fôlego”.

US$479.00 22708

Quinta do Monte d’Oiro Reserva 2005 (Quinta do Monte d’Oiro / Lisboa / Portugal)

O maravilhoso Quinta do Monte d’Oiro Reserva é um elegante, complexo e muito bem proporcionado corte de Syrah com uma pequena parcela da uva branca Viognier, a mesma mescla dos famosos Côte Rotie do Rhône. Eleito um dos “Vinhos do Ano” por João Paulo Martins, o mais influente crítico português, este belo tinto faz frente aos melhores Syrah do mundo, ostentando grande classe e personalidade.

US$129.90 23917

Condado de Haza Crianza 2008

(Pesquera / Ribera del Duero / Espanha) O excelente Condado de Haza é uma das escolhas certas da Espanha. Trata-se de um tinto robusto e cheio de fruta, com a opulência e o toque sedoso característicos dos vinhos de Pesquera.

US$64.90 23091

Beaune 1er Cru Cent Vignes 2009 (Louis Jadot / Bourgogne / França)

Reconhecido entre as boas compras da Borgonha, o Beaune Cent Vignes é um livro texto da região de Beaune. Fino e elegante, com boa complexidade, notas exuberantes de frutas silvestres e um sofisticado toque terroso. Um belo Premier Cru.

US$119.90

Sugestões de Inverno 2013

21


22410

Campofiorin Rosso del Veronese 2008 (Agricola Masi / Veneto / Itália)

Verdadeiro clássico italiano, o Campofiorin é produzido pela técnica de “dupla fermentação”, que consiste em passificar uma parte das uvas e adicionar estas uvas passificadas ao vinho elaborado com uvas “frescas”. Este processo desencadeia uma segunda fermentação, extraindo mais cor, aromas e complexidade. Muito elogiado pela Wine Spectator, este delicioso tinto apresenta uma ótima relação qualidade/preço.

US$52.90 22119

Finca Antigua Tempranillo 2008 (Fina Antigua / La Mancha / Espanha)

Finca Antigua é a nova e muito elogiada propriedade da família riojana Martinez Bujanda na emergente região de La Mancha. A vinícola produz este delcioso Tempranillo cheio de fruta madura e bem redondo na boca, em um estilo que combina muito bem com massas e carne de porco. Ele foi indicado como “Best Buy” pela revista Wine Enthusiast.

US$33.90 23022

Quinta do Vale Meão 2009

(Quinta do Vale Meão / Douro / Portugal) O disputado “Barca Nova”, elaborado com as mesmas uvas que costumavam produzir o famoso Barca Velha. Concentrado, extremamente rico e potente, muito complexo, ele bateu os maiores vinhos de Portugal em uma degustação às cegas organizada pela Revista de Vinhos. Realmente fantástico, foi o tinto português indicado para a lista dos “100 Melhores Vinhos do Mundo” da Wine Spectator em 2005. Na safra 2009 obteve a fantástica nota 94 pontos de Robert Parker!

US$193.50 20040

Inspiración Valdemar 2007

(Bodegas Valdemar / Rioja / Espanha) O expressivo Inspiración Valdemar é produzido com um corte de 86% Tempranillo, 10% Graciano e 4% Maturana, com estágio de 11 meses em barricas de carvalho. Perfumado e denso, é um rioja moderno e bastante cativante, com notas de frutas pretas maduras, especiarias e balsâmicas. Já foi recomendado pelo International Wine Challenge.

US$52.90

22

Mistral


23910

23668

(Castello di Ama /Toscana / Itália)

(Bodegas Caro / Mendoza / Argentina)

Vigna L’Apparita Merlot 2008 Um dos maiores ícones da Toscana, o L’Apparita é um aristocrático Merlot que, por seu preço, “deixa o Pétrus a ver navios”, nas palavras da Wine Spectator. A safra de 2008 foi classificada com nada menos que 93+ pontos de Robert Parker, que descreveu o tinto como “muito, muito bom”. Um grande vinho e um dos mais disputados supertoscanos, que fica ainda mais complexo e sedutor após alguns anos em garrafa.

Caro 2009

US$389.50

Caro é talvez o mais elegante vinho produzido na Argentina, um delicioso e fino corte de Cabernet Sauvignon e Malbec em um estilo bem francês. Parte das barricas de carvalho utilizadas são produzidas no próprio Château Lafite, o que confere ao vinho um acento do famoso Bordeaux. Para Jancis Robinson, o Caro “tem algo vivo de uma boa safra de Lafite que o eleva e distingue de outros Malbec de Mendoza”. Para Robert Parker, que avaliou a safra 2009 com 92 pontos, trata-se de um vinho “sério com uma personalidade que lembra um Bordeaux”.

24382

US$84.90

Chambolle Musigny 1er Cru La Combe d’Orveau 2010 (Faiveley / Bourgogne / França)

É um vinho “tremendamente cativante” para a Wine Spectator, que classificou a safra 2010 com fantásticos 94 pontos. Elaborado com uvas de um cru privilegiado, com exposição sul, o vinho passou 14 a 16 meses em barrica. Muito elegante, também foi considerado “outstanding” por Stephen Tanzer – com 93-96 pontos. “Suculento e explosivo” foram os comentários do crítico.

US$244.50

24553

Contrada Porcaria 2010

(Passopisciaro / Sicília / Itália) Contrada Porcaria é outro dos raríssimos e disputados vinhos de vinhedo único de Passopisciaro, merecendo a excelente nota de 95+ pontos de Robert Parker na safra 2010. Este talvez seja o terraço que recebe mais sol, originando uvas potentes e cheias de fruta, sem perder a mineralidade e a elegância típica dos vinhos de Etna. É o mais nobre e disputado cru de Passopisciaro. Bem ao contrário do significado em português, em italiano o nome do cru, “porcaria”, indica o lugar onde costumavam ficar os porcos, que iam à procura das raras trufas “estivo”, típicas do monte Etna. Lá, todos sabem que ninguém melhor do que porco reconhece aquilo que é bom.

US$215.00 Sugestões de Inverno 2013

23


sugestĂľes para

harmonizar com as clĂĄssicas receitas de inverno


Creme de legumes

Caldo de feijão

22340

24815

(Marc Brédif / Loire / França)

(Campolargo / Bairrada / Portugal)

Vouvray Marc Brédif 2009

Castelão 2009

O bouquet é delicioso e intenso exalando aromas de frutas maduras (pêssegos brancos e pêra) que se misturam com nuances de mel e acácia. Ataque envolvente e com uma vivacidade encantadora.

Castelão Nacional, uva que normalmente entra em cortes com outras castas lusas e internacionais, desta vez foi vinificada sozinha para compor um tinto cheio de caráter. Com fermentação em pequenos lagares mecânicos e estágio de 18 meses em barricas de segundo uso, este é um Castelão charmoso, cheio de tipicidade, um autêntico representante da “nova Bairrada”.

US$59.90 2282

Rainwater Medium Dry

(Blandy’s / Madeira / Portugal) Um dos maiores expoentes do estilo “medium dry”, o Rainwater - servido refrescado - é um delicioso aperitivo para antes das refeições e também acompanha bem entradas, sopas cremosas e patês.

US$49.50 22761

Marius blanc 2010

(M. Chapoutier / Languedoc-Roussillon / França) Excelente branco elaborado por Chapoutier no Languedoc Roussillon. As duas variedades utilizadas no corte têm raízes mediterrâneas: a Terret, com toda sua vivacidade, e a Vermentino, por seus aromas florais e sua textura untuosa. O resultado é um vinho alegre, descontraído, frutado e com agradável untuosidade.

US$26.50

US$59.90 23991

Anjou Clos de la Folie 2009

(Domaine Baumard / Loire / França) Ao contrário do rótulo original, que é uma coleção de muitas citações sobre a loucura, o vinho é facilmente decodificado como ele é, construído sobre um prazer gourmet. Estiloso e consistente, é a expressão de um bom vinho tinto do Loire. Só é produzido em determinados anos.

US$49.90 24084

Gaba do Xil Mencia 2010

(Telmo Rodriguez / Valdeorras / Espanha) Este tinto é elaborado com a casta Mencia, famosa pelos fantásticos vinhos de Bierzo. Esta versão é exuberante e cheia de fruta, com um delicioso toque sedoso no palato. Um vinho de grande frescor e fácil de gostar, perfeito para ser servido à mesa.

US$39.90

Risoto de cogumelo 24174

Montes Alpha Chardonnay 2010 (Viña Montes / Chile)

Verdadeiro clássico entre os Chardonnays chilenos, o Montes Alpha é excelente: moderno e exuberante, mas com grande elegância e finesse. As uvas vêm da fria região de Casablanca, a melhor do Chile para brancos. Sem dúvida um dos melhores Chardonnay da América do Sul.

US$48.90

Sugestões de Inverno 2013

25


23198

Sangiovese Cancelli 2010

(Badia a Coltibuono/ Toscana / Itália) Descrito como “suculento, com um atrativo perfume, perfeito para ser bebido casualmente” por Robert Parker, esta deliciosa combinação de Sangiovese e Syrah é um verdadeiro achado, de excelente relação qualidade/preço.

US$32.90 24026

Redoma Reserva Branco 2010 (Niepoort/ Douro / Portugal)

Verdadeira unanimidade, o espetacular Redoma Reserva Branco é considerado o melhor branco de Portugal por todas as referências. Para João Paulo Martins, um dos críticos portugueses mais respeitados do país, este vinho está “cada vez mais longe dos segundos colocados”. O jornalista completa: “aqui temos a complexidade e a finesse elevadas a um nível já de classe mundial”. A Wine Spectator, que classificou a safra 2010 com 91 pontos, considera-o “viscoso, com um final de boca untuoso”. Para Robert Parker, “quanto mais você bebe, mais você quer”.

US$109.50 24169

Amayna Pinot Noir 2010

Nhoque 23356

Chianti Classico 2009

(Isole e Olena / Toscana / Itália) Um dos melhores e mais tradicionais produtores de Chianti Classico, Isole e Olena elabora vinhos muito típicos e marcantes, de grande elegância. Para Parker, “entra ano e sai ano, é um dos melhores vinhos de toda a região.” Este verdadeiro superChianti é fino e sedoso, cheio de frutas maduras que lembram cerejas. Envolvente e delicioso.

US$85.90 23408

Quinta do Côtto 2010

(Quinta do Côtto / Douro / Portugal) Um dos mais aclamados e tradicionais vinhos de Portugal, o consagrado Quinta do Côtto foi o primeiro “Vinho de Quinta” do país. Saboroso, rico e intenso, com ótima estrutura e concentração, sempre recebe excelentes notas da imprensa especializada. É um clássico de Portugal.

US$36.90 24592

(Viña Garcés Silva-Amayna / Chile)

Isabel Estate Pinot Noir 2005

Uma das grandes descobertas da Mistral, este é um Pinot Noir maravilhoso, de muita profundidade, combinando potência, elegância e complexidade. Tem uma textura aveludada e um longo final de boca. Foi indicado como “Melhor Vinho do Novo Mundo” por Steven Spurrier, da Decanter, revista que classifica Amayna como “a mais excitante vinícola chilena da atualiadade”.

Excelente Pinot Noir, que para muitos é um dos melhores Pinot Noir do país. O que impressiona neste vinho é a complexidade de perfumes advindos da diversidade de clones, onde predominam cassis, amoras, violeta e notas minerais. No palato é aveludado, com ótimo nervo, concentrado e levemente amendoado.

US$58.90

(Isabel Estate / Nova Zelândia)

US$79.90

Polenta com ragu de cordeiro 22572

La Croix de Pérenne 2007

(Bernard Magrez / Bordeaux / França) Considerado um “mini-Le Pin” por Robert Parker por causa da extraordinária riqueza, o Le Croix de Pérenne é mais uma impecável criação de Bernard Magrez. O corte com 95% de Merlot e 5% de Cabernet Sauvignon revela uma textura extremamente sedosa, notas de frutas pretas combinadas a de chocolate e defumadas, em um conjunto muito sedutor, cheio de personalidade.

US$119.90 26

Mistral


22468

Sassoalloro 2008

(Castello di Montepò-Jacopo Biondi Santi / Toscana / Itália) Sassoalloro é um ambicioso projeto da reputada vinícola Biondi Santi para produzir um vinho exuberante, aliando potência e concentração com muita fruta e elegância. Delicioso, rico e profundo, trata-se de um tinto em estilo moderno elaborado com a uva Sangiovese. Sua ótima acidez, seu toque macio e o excelente equilíbrio entre fruta e estrutura fizeram do Sassoaloro um enorme sucesso, sinônimo de vinho de alta qualidade na Toscana.

US$82.90 23707

Catena Alta Cabernet Sauvignon 2009 (Catena Zapata / Mendoza / Argentina)

Provavelmente o melhor Cabernet Sauvignon da Argentina, o Catena Alta combina potência e elegância em um conjunto harmonioso. Elaborado com uvas de parcelas selecionadas de vinhedos situados a 940 metros de altura, de baixíssimos rendimentos, e produzido apenas em anos excepcionais, este vinho impressiona por seu equilíbrio entre fruta e carvalho, concentração, fineza e complexidade. Recebe sempre altas notas de Parker e da Wine Spectator.

US$75.50 23474

The Wolftrap Blend 2011

(Boekenhoutskloof/ África do Sul) Boekenhoutskloof é uma das mais premiadas e competentes vinícolas da África do Sul. Elaborado com um blend de muitas uvas tintas diferentes, o Wolftrap é bastante saboroso e fácil de agradar, tendo sido indicado pela Wine Spectator como uma das melhores relações qualidade/preço no mundo todo.

US$25.90

Escondidinho de carne seca 24509

Corbec 2009

(Masi Tupungato / Mendoza / Argentina) O Corbec é um tinto rico e elegante ao mesmo tempo. Sem dúvida, um vinho diferente da grande maioria dos argentinos: mescla as uvas Corvina, variedade nativa do Vêneto, e Malbec, sendo que a primeira domina 70% do corte e segue o peculiar processo de passificação - marca registrada do Amarone e na qual a Masi é perita -, que consiste em deixar as uvas em esteiras de bambu após a colheita para perderem água e concentrarem açúcar, aromas e sabores, dando origem a vinhos intensos. “Encorpado, aveludado e cheio de camadas”, segundo Robert Parker, o Cobec já nasceu como um dos grandes tintos da Argentina.

US$84.50 21758

Vallontano Reserva Merlot 2007

(Vallontano / Vale dos Vinhedos / Brasil) Procurando traduzir o terroir da Serra Gaúcha, o competente enólogo Luís Henrique Zanini elabora este belo tinto de forma pouco intervencionista, respeitando a qualidade da uva. O resultado é um vinho bem proporcionado e equilibrado, com boa estrutura e complexidade.

R$59.90 22163

Viñas del Vero Crianza 2006

(Viñas del Vero / Somontano / Espanha) Elaborado por uma das mais premiadas vinícolas da Espanha, o ótimo Viñas del Vero Crianza é um verdadeiro achado, combinando um frutado marcante, saborosas notas de carvalho e uma exclelente relação qualidade/preço.

US$36.90

Sugestões de Inverno 2013

27


24759

19706

(Viña Montes/ Chile)

(Pascal Jolivet / Sancerre / França)

Montes Twins Cabernet Sauvignon Malbec 2011 Aurelio Montes criou no Chile uma nova e suculenta interpretação para um clássico corte argentino. O premiado enólogo de Viña Montes utilizou clones franceses da casta Malbec e o terroir do vale de Colchagua para originar um delicioso corte com a tradicional Cabernet Sauvignon – inédito no Chile. O Montes Twins é um vinho suculento e macio com um toque sutil e elegante de carvalho – conferido pelo estágio de 50% do tinto em barricas nova de carvalho francês – e um final de boca bastante elegante.

US$28.50

Estrogonofe de frango 24879

Attitude Pinot Noir 2008

Pascal Jolivet elaborou com maestria este Pinot Noir delicado e cheio de nuances. Mostra um agradável frutado e um toque macio e sedoso no palato. É um vinho que combina muito bem com pratos de carnes leves, como um suculento estrogonofe de frango, ou até mesmo com peixes.

US$42.90 23861

Classic Merlot 2011 (Viña Carmen/ Chile)

Um achado de fantástica relação qualidade/preço, o imbatível Classic Merlot é saboroso, macio e cheio de fruto, lembrando um ótimo “petit château” de Bordeaux. Ele é produzido pela Viña Carmen, um dos maiores nomes do Chile, a “Value Brand of the Year” para a Wine&Spirits.

US$20.90

Rio de los Pájaros Merlot/Tannat Reserva 2010 (Pisano / Uruguai)

Tinto saboroso e frutado, elaborado com as castas Merlot e Tannat, produzido por Pisano, a grande estrela do Uruguai. Macia e redonda, a Merlot ajuda a equilibrar a tanicidade da Tannat. O bouquet é intenso e concentrado, com bastante fruta. Na boca é aveludado e cativante.

US$23.90 24957

HRV Pinot Noir 2010

(Hamilton Russell / Walker Bay / África do Sul) Obcecado pela Pinot Noir, Anthony Hamilton Russell elabora no frio Vale de Hemel-en-Aarde, em Walker Bay, um dos mais cobiçados varietais da África do Sul – e do mundo! Os críticos mais respeitados surpreendem-se com o estilo do Hamilton Russell Pinot Noir que lembra os melhores exemplares franceses sem deixar de lado o saboroso acento regional. “Pode ser absolutamente sublime e envelhecer tão bem quanto os grandes Borgonha”, afirmou Robert Parker. Trata-se de um tinto elegante, com notas de frutas vermelhas frescas, corpo médio, taninos suaves e sedosos e uma acidez vibrante. Uma bela surpresa que merece ser descoberta.

US$95.50

QUEIJOS 22581

Vino Nobile di Montepulciano 2008 (Avignonesi / Toscana/ Itália)

Com a prestigiosa “Stella” do Gambero Rosso, Avignonesi é uma das mais consagradas e tradicionais vinícolas da Toscana. Para Robert Parker, trata-se de “um dos líderes em qualidade em Montepulciano”, sempre recebendo notas altíssimas. Com a típica uva Sangiovese, chamada em Montepulciano de “Prugnolo Gentile”, Avignonesi produz vinhos sedutores e cheios de personalidade, sempre entre os mais destacados da região. O Vino Nobile de Montepulciano — rico e maduro — é uma verdadeira referência na região, com grande capacidade de envelhecimento.

US$53.90 (375ml) 23562

Ch. de Cayx 2009

(Château de Cayx / Cahors / França) O Château de Cayx revela uma complexidade singular, com aromas delicados de frutas vermelhas e notas especiadas no paladar.

US$79.90

28

Mistral


24058

Madrigal Viognier 2010

(Quinta do Monte d’Oiro / Lisboa / Portugal) Um grande branco português, feito aos moldes de um Condrieu. Muito encorpado e complexo, com notas de frutas secas e geleia, em um conjunto incrivelmente rico e harmonioso. Altamente recomendado, “lembra um tinto” para João Paulo Martins, que o indicou este ano como “O melhor branco de casta estrangeira” em Portugal, com muitos elogios.

US$79.90

FONDUE DE CHOCOLATE 22756

Banyuls 2009

(M. Chapoutier / Languedoc-Roussillon / França) Uma ótima companhia para chocolates, este Banyuls safrado é elaborado em LanguedocRoussillon por Chapoutier, a grande sensação do Rhône, com uvas Grenache de mais de 90 anos de idade misturadas com um pouco de Carignan.

US$58.50 (500ml) 21035

Quinta do Vale Meão Vintage 2008 (Quinta do Vale Meão / Douro / Portugal)

O Quinta do Vale Meão Vintage é um soberbo Porto de Quinta, ou seja, é produzido com uvas cultivadas exclusivamente na propriedade Quinta do Vale Meão. De minúscula produção e muito refinado, desde que foi lançado já recebeu notas altíssimas de toda a imprensa especializada.

US$149.90 24102

Mas Karolina Cotês du Roussillon Villages 2008 (Mas Karolina / Languedoc-Roussillon / França)

BANANA FLAMBADA 5647

Niepoort 20 Years Old Tawny (Niepoort / Douro / Portugal)

Para a Wine Spectator, o Niepoort 20 Years Old é “como todos os Portos 20 anos deveriam ser”, merecendo 94 pontos da revista que o descreveu como “soberbo”. O segredo é a combinação perfeita de vinhos de diversas idades, envelhecidos, na média 20 anos, feita pelo Masterblender da Niepoort. O resultado é um vinho rico e refinado, com grande complexidade de aromas e um incrível frescor.

US$169.50 21551

Graham’s 10 Years Old Tawny (Graham’s / Douro / Portugal)

Simplesmente o melhor Porto 10 anos para a revista Decanter, o Graham’s 10 years Old é um Tawny elaborado com uma impressionante seleção de vinhos reserva, envelhecidos 10 anos em média. O enólogo de Graham’s combina vinhos bastante antigos com outros mais jovens, originando um Tawny complexo e elegante, com o exuberante frutado que é a marca registrada de Graham’s. Extremamente macio na boca, possui um ótimo bouquet e um longo final.

US$74.50 23511

10 Years Old Malmsey Rich (Blandy’s / Madeira / Portugal)

Este excelente Malmsey é envelhecido em média 10 anos no sistema de canteiro e mostra aromas atraentes de frutas secas, tofee e especiarias. Doce, mas com um agradável frescor, é um vinho incrivelmente versátil, que combina com bolos, chocolate, frutas secas, sendo também um delicioso vinho de meditação.

US$107.90

Simplesmente irresistível, com um bouquet rico de fruta madura e especiarias e um palato equilibrado, amplo e sedutor. O Côtes du Rossillon Villages é mais uma impecável criação da jovem Caroline Bonville a partir de vinhas velhas de Carignan, Grenache e Syrah. Um tinto elegante que espelha todo o potencial dessa emergente região francesa.

US$64.50

Sugestões de Inverno 2013

29


kits especiais para presentear


Kit Porto

Kit “A Arte de Fazer um Grande Vinho”

Verdadeiro clássico, o Porto tem um caráter único e uma história secular, sendo considerado um excelente vinho de meditação. Neste kit, o Graham’s Fine Ruby, um Porto muito expressivo e cheio de fruta, assinado pela talentosa família Symington, é acompanhado de duas taças da grife Riedel e 6 minitabletes de chocolate AMMA, em diferentes graduações de cacau (desde o ao leite até o amargo). Uma das harmonizações mais sensacionais com esse tipo de fortificado.

Os apreciadores dos tintos europeus vão se deleitar com a trajetória do emblemático produtor Angelo Gaja, um gênio responsável por revolucionar completamente o panorama do vinho italiano nos últimos 30 anos. No livro “A Arte de Fazer um Grande Vinho” [cód 16917], o autor Edward Steinberg conta de maneira envolvente a fascinante história de como Gaja transformou seu Barbaresco em um dos mais míticos vinhos do mundo. Este kit inclui o saboroso tinto Promis 2009 [cód 24241], elaborado por Angelo Gaja na sua propriedade na Toscana.

[cód 22357] Graham’s Fine Ruby [cód 20253] 2 taças Riedel

US$119.00

[cód 25037] Chocolate Gourmet AMMA (6 minitabletes)

US$99.60

Kit Niepoort

Kit Wine Set

Uma das melhores, mais reputadas e tradicionais casas de Porto, responsável por alguns dos grandes Portos já produzidos, a Niepoort criou um kit composto de uma garrafa de Porto Ruby e uma garrafa de Tawny acompanhado de um belo livro com ilustrações da premiada artista Regina Pessoa (cód 19261).

Um kit prático para enófilos composto por saca-rochas “Twister”, bico servidor e cooler “Rapid ice” (cód 68893).

US$42.50

US$199.50

Sugestões de Inverno 2013

31


Kit Viña Carmen

Kit 3 Taças Riedel

1 garrafa do Gold Reserve Cabernet Sauvignon 2009 e 1 garrafa do Gran Reserva Carmenère 2011 – dois vinhos reputados da tradicional vinícola chilena Viña Carmen – em uma bela caixa de madeira (cód 24725).

3 taças de cristal Riedel para vinho tinto – Cabernet Sauvignon, Pinot Noir e Syrah (cód. 24423)

US$199.50

US$148.00

Kit 8 Taças Riedel

Kit 4 Taças Riedel

8 taças de cristal Riedel para vinho tinto da linha Vinum (cód. 19409)

4 taças criadas especialmente para vinhos Cabernet Sauvignon, Riesling, Bourgogne Grand Cru e Pinot Noir (cód. 19410)

US$347.00

32

Mistral

US$185.80


Kit Vinhos e decanter Riedel

Kit Decanter e 6 taças para brindar

Um belo e exclusivo decanter [20249 Decanter Merlot] produzido pela grife austríaca Riedel para valorizar ainda mais os grandes tintos, como o Château Pérenne 2005 [22571], um Bordeaux com assinatura de Bernard Magrez, repleto de saborosas notas de frutas negras e silvestres, e o Meandro do Vale Meão 2009 [22706], segundo vinho da cultuada Quinta do Vale Meão, do Douro, em um estilo complexo, rico e sedutor.

Neste charmoso kit, o decanter Riedel [19448] é acompanhado de 6 taças de cristal [19543] desenvolvidas para servir tintos Cabernet Sauvignon, Merlot e Sangiovese

US$349.00

US$200.00

Kit Vinho e Taças certas para brindar

Kit Decanter e 2 taças para brindar

Tintos reputados acompanhados de taças de cristal Riedel desenvolvidas sob medida para apreciar todas as sutilezas de aromas e sabores do vinho. Nesta sugestão, o Remirez de Ganuza Reserva 2004 [22140] acompanha duas taças Riedel Magnum Overture [19149]

Perfeito para servir grandes tintos, este kit é formado por um decanter Riedel [19412] e duas taças de cristal [19544] criadas especialmente para vinhos Bordeaux, Cabernet Sauvignon, Merlot ou Sangiovese

US$266.00

Consulte nossos vendedores para outras opções de kits. Atenção: alguns itens têm estoque limitado.

U$S199.50

Sugestões de Inverno 2013

33


vinhos para comprar

por caixas e ter sempre em casa


Tintos 22459

Alamos Syrah 2010

(Alamos-Catena Zapata / Mendoza / Argentina) Ótimo Syrah produzido por Catena Zapata. Este tinto matura por 9 meses em barricas de carvalho francês e americano. No nariz aparecem aromas de frutas maduras e especiarias. Incrível relação qualidade.

Garrafa US$18.90 / Caixa US$226.80

23275

Celebration Merlot 2010

(Château de la Tuilerie / Rhône / França) O Celebration Merlot é mais uma ótima novidade do renomado Château de la Tuilerie, conhecido por seus tintos e brancos de incrível relação qualidade/preço. Empenhada em elaborar vinhos que, acima de tudo, dão prazer ao beber, essa casa apresenta um Merlot que se revela uma excelente compra, com aromas atraentes e um paladar rico e elegante, cheio de fruta. É uma ótima pedida para escoltar carnes grelhadas e queijos macios.

Garrafa US$29.90 / Caixa US$358.80

24515

Marius 2011

(M. Chapoutier / Languedoc-Roussillon / França) Delicioso tinto elaborado por Chapoutier no Languedoc Roussillon. As duas variedades utilizadas no corte têm raízes no Rhône: Syrah e Grenache. O resultado é um vinho alegre, descontraído, frutado e com agradável frescor!

Garrafa US$26.50 / Caixa US$318.00 24504

Altano 2010

(Altano-Symington / Douro / Portugal) Fantástico achado, o delicioso Altano foi indicado simplesmente como uma das “Melhores Relações Qualidade/Preço em todo o mundo” pela Wine Spectator! A revista também o classifica como um dos maiores “Top Value” de Portugal. É um corte rico e saboroso de Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Barroca, elaborado na Quinta do Sol, propriedade da famosa família Symington no Douro.

Garrafa US$26.90 / Caixa US$322,80 24047

Douro 2010

(Lavradores de Feitoria/ Douro / Portugal) Elaborado com uvas de algumas das melhores Quintas do Douro, o Lavradores de Feitora tinto é um vinho moderno e saboroso, com otima tipicidade. Um grande achado!

Garrafa US$28.90 / Caixa US$346.80

Brancos 24154

Noe Orvieto 2011

(D’Amico / Lazio / Itália) Elaborado na região do Lazio, este ótimo branco seco é um dos mais típicos e tradicionais da Itália. Sua cor é amarelo-palha, com reflexos esverdeados. O aromático bouquet mostra flores brancas e polpa de frutos brancos. Na boca é seco e frutado, com boa acidez.

Garrafa US$35.50 / Caixa US$426.00 24043

Quinta da Ponte Pedrinha 2010

(Quinta da Ponte Pedrinha / Dão / Portugal) Aromático, o Quinta da Ponte Pedrinha branco mescla as uvas Encruzado, Cerceal e Malvasia e já nasce como uma das melhores escolhas entre os novos brancos portugueses. “Na boca tem uma acidez muito agradável, alguma mineralidade, bom e suave fruto e final macio e delicado”, na avaliação da respeitada Revista de Vinhos.

US$29.50 / Caixa US$354.00 22258

Parducci Chardonnay 2009

(Mendocino / Califórnia / Estados Unidos) A Wine Enthusiast, que frequentemente coloca os tintos e brancos de Parducci em sua restrita lista de “Best Buys”, aponta o produtor como “uma fonte segura de boas pechinchas, todas elaboradas utilizando agricultura sustentável — simplesmente deliciosas”. São vinhos macios e cheios de fruta, em um estilo de grande apelo e fácil de gostar.

Garrafa US$37.50 / Caixa US$450.00

Sugestões de Inverno 2013

35


20816

Sallier de la Tour Inzolia 2009 (Tasca d’Almerita / Sicília / Itália)

Excelente vinho branco elaborado com a uva autóctona da Sicilia chamada Inzolia. Esta uva se distingue pela pureza e persistência de seus aromas e também por preservar a sua acidez mesmo quando plantada em zonas quentes. O resultado é um vinho branco seco, aromático e fresco com muita fruta madura e notas cítricas.

Garrafa US$30.75 / Caixa US$369.00

Rosados 24135

Altera Syrah 2011

(Schröder & Schÿler / Languedoc-Roussillon / França) Este rosado do Sul da França é elaborado em um estilo um pouco mais concentrado que os famosos rosés da Provence, mostrando apetitosas notas de frutas silvestres. É ótimo como aperitivo ou mesmo acompanhando entradas.

22375

Garrafa US$23.50 / Caixa US$282.00

(De Wetshof / Robertson / África do Sul)

22990

Danie de Wet Chardonnay Bio 2011 Este delicioso vinho é elaborado preservando e valorizando a rica biodiversidade da região. Fino e aromático, este rico Chardonnay é elegante como os demais brancos de De Wetshof, lembrando um vinho do Velho Mundo, sem deixar de mostrar um saboroso toque cheio de fruta, típico dos vinhos modernos.

Garrafa US$23.90/ Caixa US$286.80

Cisplatino Cabernet Franc 2011 (Pisano / Uruguai)

Assinado por Pisano, maior nome do Uruguai, este saboroso rosado é elaborado com a mesma uva dos famosos rosés do Vale do Loire. Fresco e cheio de fruta.

Garrafa US$18.90 / Caixa US$226.80 22305

Le Torri Carignano del Sulcis 2010 (Santadi / Sardegna / Itália)

Elaborado com a emblemática casta Carignano, mostra cativantes aromas de frutas vermelhas, uma boa acidez e um agradável toque terroso.

Garrafa US$26.50 / Caixa US$318.00 21913

Quinta de Saes 2010

(Álvaro Castro / Dão / Portugal) Delicioso rosado elaborado pelo genial Álvaro Castro na Quinta de Saes. Mostra saborosas notas de frutas silvestres e um sofisticado toque floral. Sua ótima acidez o deixa fresco e seco, perfeito para acompanhar comida.

Garrafa US$33 / Caixa US$396 24329

Viña Bujanda 2011

(Viña Bujanda / Rioja / Espanha) Elaborado com uvas Tempranillo cultivadas em Rioja Alta e Rioja Alavesa, o Viña Bujanda rosado é um vinho bastante atraente. Aromas de morango, cassis e amora saltam da taça. No palato é volumoso e fresco, de delicioso apelo gastronômico.

Garrafa US$23.90 / Caixa US$286.80

36

Mistral


Sugest천es de Inverno 2013

37


38

Mistral


Visite nossas lojas e wine bar em São Paulo: Mistral – Bela Vista R. Rocha 288, Bela Vista São Paulo Telefone: (11) 3372-3400

Monte Verde e Sul de Minas - Roberto Filgueiras (35) 3438-1716 e (35) 8816-4811 Uberlândia / Triângulo Mineiro – Sofia Palazzo (34) 9914 1801

Horário de funcionamento: Segunda a Sexta Atendimento pelo telefone: 9h00 - 20h00 Atendimento na loja: 9h00 - 18h00

PARANÁ

Sábado Atendimento pelo telefone e na loja: 9h00-15h00

Londrina - Renato Bigati (43) 9118-4070

Curitiba - Luiz Groff (In Vino Veritas) (41) 3338-7519 e (41) 9979-3559

SANTA CATARINA Mistral – Shopping JK Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2.041 Loja 320A/321A - Piso 2, Vila Olímpia (11) 3152-6050

Joinville – Carolina Testoni e Daniel Piazera (47) 3028-8878, ( 47) 9161-2136, (47) 9168-7567, (48) 9155-0195

Horário de funcionamento: Segunda a Sábado: 10h-22h Domingos e Feriados: 14h-20h

Porto Alegre - Amilton Leal (51) 9707-3107 e (51) 3407-3107

Mistral JK Wine & Champagne Bar Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2.041 Loja 205B - Piso 1, Vila Olímpia (11) 3152-6080

RIO GRANDE DO SUL

Caxias do Sul - Manoel Maciel (54) 3221-4961 e (54) 9973-6757 BAHIA Salvador - Ana Bagesteiro (71) 8788-3889

Horário de funcionamento: Segunda a Sábado: 12h-23h Domingos e Feriados: 12h-22h

Sul e Sudoeste da Bahia – Marcio Ribeiro (73) 9975-0716

Compre pelo telefone

Aracajú - Ana Bagesteiro (71) 8788-3889

11 3372 3400 www.mistral.com.br

SERGIPE

ALAGOAS Maceió - Ana Cecilia (Club du Vin) (81) 3081-5250, (81) 3326-5719 e (81) 3081-5260 PERNAMBUCO Recife - Ana Cecilia (Club du Vin) (81) 3081-5250, (81) 3326-5719 e (81) 3081-5260 PARAÍBA

Outros Estados Mistral Rio de Janeiro (21) 3534-0044 Praça Santos Dumont 74/76, Gávea

João Pessoa - Ana Cecilia (Club du Vin) (81) 3081-5250, (81) 3326-5719 e (81) 3081-5260 RIO GRANDE DO NORTE

Mistral Brasilia (61) 3701-1000 SHIS / Sul QI 09 Bloco J Lojas 03 e 04

Natal – Linesio Duarte (84) 9401-0342

Mistral Belo Horizonte (31) 3115-2100 / (31) 9907-2850 Rua Claudio Manoel 723, Savassi

CEARÁ

Nossos Representantes e vendedores Grande ABC, Litoral e Vale do Paraíba (SP) Litoral Sul e Grande ABC - Marcos Medeiros

Fortaleza - Lara Studart e Helano Pinheiro (Concept Wine) (85) 3265-6633 e (85) 8833-4994 MARANHÃO São Luís - Machado Junior (98) 8268-9580 e (86) 9499-2764 PIAUÍ Teresina - Machado Junior (98) 8268-9580 e (86) 9499-2764

(11) 98953-8062

AMAZONAS

Litoral Norte e Vale do Paraíba - Marcelo Banhara (11) 9369-6491, (12) 8142-8181 e (12) 9197-8380

Manaus - Ivan Mendes (92) 3584-1065 e (92) 8133-4945

Interior de SP

PARÁ

Bauru - Geraldo Plese (14) 3841-3236 e (14) 8115-2573

Belém do Pará - Fabio Ferreira (91) 8155-9887 e (91) 3224-3257

Campinas - Madalena Correa (19) 8146-2691 e (19) 3272-1007 Piracicaba - Nilson Schiavon (19) 9787-4417

MATO GROSSO

Ribeirão Preto - Alexandre Martins (16) 9136-4569

Cuiabá - Kezia Giugni (65) 8416-0583

São José do Rio Preto - Marcos Braga (17) 8133-1747

MATO GROSSO DO SUL

MINAS GERAIS

Campo Grande - Douglas Mamoré (67) 3043-2988 e (67) 8421-9797

Belo Horizonte e outras regiões de Minas – José Maria Carvalho (31) 3115-2100 e (31) 9907-2850


Mistral Importadora Ltda Rua Rocha 288 CEP 01330 - 000 S達o Paulo SP info@mistral.com.br Tel (11) 3372 3400 Fax (11) 3372 3417 www.mistral.com.br


Catálogo Sugestões de Inverno 2013